Adriana Maria Burgo de Mendonça

Possui graduação em Biomedicina pela Universidade Federal de Pernambuco (2008) e Mestrado Acadêmico em Biologia Celular e Molecular pela Universidade de Pernambuco (2011). Tem experiência na área de hematologia, com ênfase em hemostasia, e em parasitologia, com ênfase em malacologia de parasitos e vetores. Atualmente faz colaboração com a Fundação Oswaldo Cruz no desenvolvimento de pesquisas a respeito da esquistossomose mansônica.

Informações coletadas do Lattes em 23/05/2022

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Biologia Celular e Molecular Aplicada

2009 - 2011

Universidade de Pernambuco
Fábio André Brayner dos Santos.Coorientador: Luiz Carlos Alves. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Esquistossomose; Ultra-estrutura; Praziquantel.Grande área: Ciências Biológicas / Área: Parasitologia.

Especialização em andamento em Pós-graduação em Análises Clínicas

2012 - Atual

Faculdade Frasinetti do Recife

Graduação em Biomedicina

2004 - 2008

Universidade Federal de Pernambuco
Orientador: Maria Emília dos Santos

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2004 - 0

Inglês. , ETN IDIOMAS LTDA - WIZARD.

2008 - 2008

HEMOGRAMA. (Carga horária: 20h). , Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco, HEMOPE, Brasil.

2008 - 2008

Biossegurança. (Carga horária: 15h). , Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães.

2007 - 2007

Extensão universitária em HEMATOLOGIA. (Carga horária: 100h). , Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.

2003 - 2003

Radiofarmácia. (Carga horária: 20h). , Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Parasitologia / Subárea: Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

I Simpósio Pernambucano de Biossegurança. 2008. (Simpósio).

I Workshop Interno dos serviços de referência do Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães. 2008. (Oficina).

XX Congresso Brasileiro de Parasitologia. 2007. (Congresso).

Encontro de Hemofilia - Atualizando o Tratamento do Paciente Hemofílico. 2007. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

MARIA ELIZABETH CAVALCANTE CHAVES

ALVES, L. C.; Márcia Maria Camargo de Morais; Álvaro Aguiar Coelho; Maria Elizabeth Cavalcante Chaves. Caracterização ultraestrutural do efeito do praziquantel sobre diferentes isolados de Schistosoma mansoni. 2011. Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e Molecular Aplicada) - Universidade de Pernambuco.

Dyana Leal Veras

Veras, D.L.; Domingues, B.L.. Anticoagulante Lúpico em pacientes com doença falciforme. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade Federal de Pernambuco.

Alvaro Aguiar Coelho Teixeira

TEIXEIRA, A. A. C.; MORAIS, Márcia Maria Camargo de; CHAVES, Maria Elizabeth Cavalcante. Caracterização utraestrutural do efeito do praziquantel sobre diferentes isolados de Schistosoma maansoni.. 2011. Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e Molecular Aplicada) - Universidade de Pernambuco.

Betânia Lucena Domingues Hatzlhofer

Mendonça, A.M.B.; Santos, M.E.; Veras, D.L.;Domingues, Betânia L. T. B.. Anticoagulante Lúpico em pacientes com Doença Falciforme. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade Federal de Pernambuco.

Marcia Maria Camargo de Morais

MORAIS, M. M. C.; Teixeira, A.A.C.; Chaves, M.E.C.. Caracterização Ultraestrutural do efeito do praziquantel sobre diferentes isolados de Schistossoma mansoni. 2011. Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e Molecular Aplicada) - Universidade de Pernambuco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Fábio André Brayner dos Santos

CARACTERIZAÇÃO ULTRAESTRUTURAL DO EFEITO DO PRAZIQUANTEL SOBRE VERMES ADULTOS DE Schistosoma mansoni; 2011; Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e Molecular Aplicada) - Universidade de Pernambuco, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Fábio André Brayner dos Santos;

Lânia Ferreira da Silva

CARACTERIZAÇÃO ULTRAESTRUTURAL DO EFEITO DE DROGAS ESQUISTOSSOMICIDAS SOBRE VERMES ADULTOS DE Schistosoma mansoni DE ÁREA ENDEMICA DE PERNAMBUCO; Início: 2009; Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e Molecular Aplicada) - Universidade de Pernambuco; (Orientador);

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • Cavalcanti, M.G.S. ; Filho, F.C. ; MENDONÇA, A.M.B. ; DUARTE, G.R. ; BARBOSA, C.C.G.S. ; DE CASTRO, C.M.M.B. ; ALVES, L.C. ; Brayner, F.A. . Morphological characterization of hemocytes from Biomphalaria glabrata and Biomphalaria straminea. Micron (Oxford. 1993) , v. 43, p. 285-291, 2012.

  • BURGO, A.M.M. ; Filho, F.C. ; Cavalcanti, M.G.S. ; ARAÚJO, H.R.C. ; COSTA-FILHO, J.F. ; Mendonça, M.F.S. ; ALVES, L. C. ; Brayner, F.A. . Estudo funcional e morfológico dos hemócitos de Biomphalaria glabrata Say, 1818 (Planobidade). In: 1st International Workshop onBiotecnology, 3rd Alfa-Valnatura Meeting, 3rd Scientific Journey of LIKA, 2008, Recife. Workshop Internacional em Biotecnologia. Recife: Ed. Universitária da UFPE, 2008. v. 1. p. 309-310.

  • Mendonça, M.F.S. ; Filho, F.C. ; BURGO, A.M.M. ; Cavalcanti, M.G.S. ; ARAÚJO, H.R.C. ; COSTA-FILHO, J.F. ; PAIVA, M.H.S. ; ALVES, L. C. ; Brayner, F.A. . Estudo dos Hemócitos de Biomphalaria straminea DUNKER, 1948 (PLANORBIDAE). In: 1st International Workshop on Biotecnology, 3rd Alfa-Valnatura Meeting, 3rd Scientific Journey of LIKA, 2008, Recife. Workshop Internacional em Biotecnologia. Recife: Ed. Universitária da UFPE, 2008. v. 1. p. 303-304.

  • COSTA-FILHO, J.F. ; ARAÚJO, H.R.C. ; SILVA, G.M. ; Cavalcanti, M.G.S. ; Veras, D.L. ; BURGO, A.M.M. ; Mendonça, M.F.S. ; ALVES, L. C. ; Brayner, F.A. . Caracterização morfológica dos hemócitos de Aedes albopictus. In: 1st International Workshop on Biotecnology, 3rd Alfa-Valnatura Meeting, 3rd Scientific Journey of LIKA, 2008, Recife. Workshop Internacional em Biotecnologia. Recife: Ed. Universitária da UFPE, 2008. v. 1. p. 277-278.

  • SANTOS M E ; BURGO, A.M.M. ; SILVA, R. M. . Genetic and acquired thrombophilia. In: 20th International Congress of Clinical Chemistry and Laboratory Medicine, 35th Brasilian Congress of Clinical Analysis and 8th Brasilian congress of clinical citology, 2008, Fortaleza. Ciln Chem Lab Med 2008. Berlin: Walter de Gruyter. v. 46. p. 9-10.

  • Filho, F.C. ; Cavalcanti, M.G.S. ; BURGO, A.M.M. ; Mendonça, M.F.S. ; Brayner, F.A. ; ALVES, L. C. . Avaliação da capacidade fagocítica dos hemócitos de Biomphalaria straminea frente a partículas de látex.. In: XLV Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2009, Olinda. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2009. v. 42. p. 448-448.

  • COSTA-FILHO, J.F. ; ARAÚJO, H.R.C. ; Cavalcanti, M.G.S. ; BURGO, A.M.M. ; Mendonça, M.F.S. ; ALVES, L. C. . Contagem total e diferencial dos hemócitos de Aedes albopictus (Diptera:culicidae) e células com função fagocítica. In: XLV Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2009, Olinda. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2009. v. 42. p. 447-447.

  • BURGO, A.M.M. ; Cavalcanti, M.G.S. ; Mendonça, M.F.S. ; COSTA-FILHO, J.F. ; SILVA, L. F. ; NAKAZAWA, Y. M. M. . Dinâmica populacional dos hemócitos de Biomphalaria glabrata sadios e infectados por miracídios de Schistosoma mansoni.. In: XLV Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2009, Olinda. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2009. v. 42. p. 449-449.

  • Cavalcanti, M.G.S. ; Filho, F.C. ; SILVA, G.M. ; BURGO, A.M.M. ; Mendonça, M.F.S. ; COSTA-FILHO, J.F. ; CASTRO, C. ; ALVES, L. C. . Estudo morfológico dos hemócitos de Biomphalaria straminea (DUNKER,1948). In: XLV Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2009, Olinda. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2009. v. 42. p. 447-447.

  • BURGO, A.M.M. ; Cavalcanti, M.G.S. ; COSTA-FILHO, J.F. ; Mendonça, M.F.S. ; BARBOSA, C. S. ; Brayner, F.A. ; ALVES, L. C. . Estudo morfofuncional dos hemócitos de Biomphalaria glabrata através das microscopias confocal e de contraste de interferência diferencial. In: XLV Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2009, Olinda. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2009. v. 42. p. 448-448.

  • Veras, D.L. ; BURGO, A.M.M. ; ALVES, L. C. ; Brayner, F.A. ; NAKAZAWA, Y. M. M. ; LOPES, A. C. S. . Determinação da ocorrência do gene BLA SHV-1 em isolados de Klebsiela pneumoniae obtidos de infecções hospitalares obtidos de infecções hospitalares. In: 44º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2008, Porto Alegre. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2008. v. 41. p. 77-77.

  • ALVES, L. C. ; Cavalcanti, M.G.S. ; ARAÚJO, H.R.C. ; SILVA, G.M. ; BURGO, A.M.M. ; Filho, F.C. ; COSTA-FILHO, J.F. ; Brayner, F.A. . Caracterization of Unsaturated Fatty Acids and Calcium Sites In the Cercaria of Schistosoma mansoni. In: 11º Simpósio Internacional sobre Esquistossomose, 2008, Salvador. 11º Simpósio Internacional sobre Esquistossomose, 2008. p. 117-117.

  • BURGO, A.M.M. ; ALVES, L. C. ; Brayner, F.A. . Caracterização dos hemócitos de Biomphalaria glabrata sadios e infectados com miracídios de Schistosoma mansoni. In: 12ª Jornada de Iniciação Científica do CPqAM, 2008, Recife. 12ª Jornada de Iniciação Científica do CPqAM, 2008. p. 13-13.

  • SANTOS M E ; SILVA, R. M. ; BURGO, A.M.M. ; GOMES, Y. M. . Marcadores de Trombofilia em Portadores de Síndromes Falciformes. In: Congresso Brasileiro de Hematologia e Hemoterapia / HEMO - 2007, 2007, São Paulo. Revista Brasileira de Hematologia e Hemoterapia, 2007. v. 29. p. 58-59.

  • BURGO, A.M.M. ; ALVES, L. C. ; Brayner, F.A. . Caracterização do Hemócitos de Biomphalaria glabrata sadios e infectados com miracídios de Schistosoma mansoni. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2009 - 2011

    CARACTERIZAÇÃO ULTRAESTRUTURAL DO EFEITO DO PRAZIQUANTEL SOBRE VERMES ADULTOS DE Schistosoma mansoni PROVENIENTES DE PERNAMBUCO., Descrição: gênero Schistosoma, sendo o Schistosoma mansoni a única espécie presente na América que parasita o homem. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que a esquistossomose acometa cerca de 200 milhões de pessoas em 74 países, estando cerca de 652 milhões sob risco de infecção e 500.000 mortes por ano são relatadas. O Brasil é uma das maiores regiões endêmicas de todo o globo e no Nordeste, os estados de Pernambuco e Alagoas têm esta doença como a terceira causa de morte entre as doenças classificadas como grandes endemias rurais. Em Pernambuco, a área endêmica ocupa 79 dos 167 municípios, onde cerca de 7.911.937 pessoas estão sob risco de infecção. Apesar dos números alarmantes, o Estado é considerado o pior do país no controle à esquistossomose. A quimioterapia antiparasitária representa, hoje, o único recurso imediato para minimizar a prevalência e a incidência da esquistossomose, porém, algumas cepas do S. mansoni têm demonstrado resistência ao tratamento com Praziquantel, droga utilizada no combate à doença no Estado. Estudos quanto à ação desta droga sobre isolados de vermes adultos de S. mansoni provenientes de áreas endêmicas de Pernambuco, bem como a avaliação do desenvolvimento de resistência destes vermes frente ao tratamento por este medicamento são inexistentes, tornando-se necessário o preenchimento das lacunas deixadas. Este trabalho tem por objetivo analisar, através das microscopias de transmissão e de varredura, os efeitos causados pelo Praziquantel sobre a ultra-estrutura de vermes adultos de Schistosoma mansoni oriundos de isolados de áreas endêmicas para esquistossomose mansônica em Pernambuco e investigar a possibilidade do desenvolvimento de resistência dos isolados a esta droga. . , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (1) . Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2007 - 2008

    PRESENÇA DE ANTICOAGULANTE LÚPICO EM PACIENTES COM DOENÇA FALCIFORME, Descrição: A anemia falciforme é uma hemoglobinopatia hereditária crônica determinada por mutação pontual na superfície da cadeia beta da hemoglobina (Hb). Esta alteração dá origem a moléculas anormais HbS, responsáveis por deformações nas células vermelhas. Portadores da forma homozigota da doença (HbSS) apresentam numerosas anormalidades no sistema de coagulação e fibrinólise, o que determina risco para o desenvolvimento de processos trombóticos. A presença de trombofilia hereditária ou adquirida pode influenciar o fenótipo da doença, já que têm grande importância em algumas complicações clínicas. A mais comum causa de trombofilia adquirida é a Síndrome Antifosfolípide, caracterizada laboratorialmente pela presença de Anticorpos Antifosfolípides (Anticoagulante Lúpico e Anticorpo Anticardiolipina). Estas imunoglobulinas reconhecem e reagem com fosfolipídios aniônicos ou com proteínas associadas a fosfolipídios de membrana. O Anticoagulante Lúpico é um auto-anticorpo que altera os testes de coagulação fosfolipídios-dependentes alargando os tempos. Paradoxalmente, está associado in vivo com tromboses, agindo sobre fosfolipídios de plaquetas no complexo ativador de protrombina. Em pacientes suscetíveis a episódios trombóticos, o estudo da presença de Anticorpos Antifosfolípides como o Anticoagulante Lúpico visa avaliar o risco ao desenvolvimento destes episódios e, desta forma, contribuir para a melhora da condução clínica e, conseqüentemente, da qualidade de vida destes pacientes. O estudo foi realizado de maio a dezembro de 2007 no Laboratório de Hemostasia da Fundação HEMOPE. Foram incluídos indivíduos de ambos os sexos e idades entre 1 e 40 anos. Após consentimento, amostras de sangue periférico foram coletas para obtenção de plasma. O Anticoagulante Lúpico foi detectado através do Teste de Veneno de Víbora de Russel Diluído (TVVRD) por ser este mais específico para este fim. As informações sobre antecedentes de crises vaso-oclusivas foram obtidas por consulta aos prontuári. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Adriana Maria Burgo de Mendonça - Integrante / Maria Emília dos Santos - Coordenador / Flavia Miranda Gomes de Constantino Bandeira - Integrante.

  • 2007 - 2008

    Caracterização dos hemócitos de Biomphalaria glabrata sadios e infectados com miracídios de Schistosoma mansoni, Descrição: Introdução: A esquistossomose, grupo de endemias associadas a helmintos do gênero Schistosoma, é considerado um dos mais sérios problemas de saúde pública no Brasil. É transmitida por moluscos planorbídeos do gênero Biomphalaria, os quais mantêm o ciclo de vida desta parasitose ao assumirem a função de hospedeiros intermediários. O B. glabrata é a principal espécie vetora do S. mansoni no país e também a mais suscetível à infecção por esse trematódeo. O sistema imune destes moluscos é composto por um sistema humoral e por células denominadas hemócitos . Ambos são determinantes na susceptibilidade ou resistência do caramujo à infecção e, portanto, sobre a eficiência do caramujo como vetor da doença. Objetivo: Descrever a morfologia e função fagocítica dos hemócitos obtidos de B. glabrata. Material e Métodos: A hemolinfa dos moluscos foi obtida por punção na região cefalopodal com auxílio de pipeta automática e ponteiras siliconizadas. A morfologia das células foi observada através da microscopia eletrônica de transmissão, ótica e confocal a laser. Para análise in vitro dos fagócitos, os hemócitos foram colocados em meio Greice e incubados por 30 minutos com partículas de látex conjugadas a FITC e analisados no microscópio confocal a laser. Resultados e Discussão: Foram encontrados quatro tipos de hemócitos circulantes na hemolinfa de B. glabrata. Estas células apresentam morfologias semelhantes aos hemócitos de insetos. São elas: Granulócitos, Hialinócitos, Prohemócitos e Oenocitóides. Os Granulócitos (Fig.1a-b) medem cerca de 5-8μm, possuem núcleo acidófilo excêntrico e caracterizam-se pela presença de vários grânulos citoplasmáticos. Os Hialinócitos (Fig.2a-b) apresentam tamanho que varia entre 10-30 μm, núcleo grande e excêntrico, citoplasma hialino, numerosos vacúolos e várias organelas, como retículo endoplasmático, complexo de Golgi, mitocôndrias e algumas vesículas. A forma varia de redonda a oval e projeções citoplasmáticas denominadas pseudópodes. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Adriana Maria Burgo de Mendonça - Integrante / Luiz Carlos Alves - Integrante / Fábio Brayner dos Santos - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2007 - 2007

    PREVALÊNCIA DE HEMOFILIA E INIBIDORES EM PACIENTES ATENDIDOS NO HEMOPE, Descrição: No Brasil, estima-se que o número de pessoas com hemofilia na população é cerca de 8.700. No ano de 2000, 6.297 pacientes foram cadastrados com hemofilias A e B e destes 366 apresentaram-se com inibidores, revelando um índice diagnóstico de 5,8%.(Ministério da Saúde, 2005). Estudos sobre prevalência de hemofilia e inibidores na população de Pernambuco são escassos, havendo muitas lacunas ainda não preenchidas, o que demonstra a necessidade de novas pesquisas nesta área. Sendo assim o presente projeto tem por objetivo avaliar a prevalência de Hemofilia e Inibidores em pacientes atendidos no HEMOPE.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Adriana Maria Burgo de Mendonça - Integrante / Maria Emília dos Santos - Coordenador / Aderson da Silva Araújo - Integrante., Financiador(es): Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco - Auxílio financeiro / Nordisk Haemophilia Foundation - Auxílio financeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2008

Bacharela em Biomedicina, Universidade Federal de Pernambuco.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2009 - 2011

Universidade de Pernambuco

Vínculo: Bolsista - CAPES, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

2008 - 2008

Hospital de Aeronáutica de Recife

Vínculo: voluntário, Enquadramento Funcional: Estágio em análises clínicas, Carga horária: 20

2007 - 2008

Fundação Oswaldo Cruz

Vínculo: Bolsista Iniciação Científica, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20

2007 - 2007

Universidade Federal de Pernambuco

Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Monitora em Radiobiologia A

2007 - 2007

Hospital das Clinicas de Pernambuco

Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Estagiária em Análises Clínicas, Carga horária: 12

2007 - 2007

Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco

Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagio de Iniciação Científica

2004 - 2004

Centro de Medicina Nuclear

Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Estagiária na área de Medicina Nuclear, Carga horária: 6