Adriana Maria Burgo de Mendonça

Possui graduação em Biomedicina pela Universidade Federal de Pernambuco (2008) e Mestrado Acadêmico em Biologia Celular e Molecular pela Universidade de Pernambuco (2011). Tem experiência na área de hematologia, com ênfase em hemostasia, e em parasitologia, com ênfase em malacologia de parasitos e vetores. Atualmente faz colaboração com a Fundação Oswaldo Cruz no desenvolvimento de pesquisas a respeito da esquistossomose mansônica.

Informações coletadas do Lattes em 22/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Biologia Celular e Molecular Aplicada

2009 - 2011

Universidade de Pernambuco
Fábio André Brayner dos Santos.Coorientador: Luiz Carlos Alves. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Esquistossomose; Ultra-estrutura; Praziquantel.Grande área: Ciências Biológicas / Área: Parasitologia.

Especialização em andamento em Pós-graduação em Análises Clínicas

2012 - Atual

Faculdade Frasinetti do Recife

Graduação em Biomedicina

2004 - 2008

Universidade Federal de Pernambuco
Orientador: Maria Emília dos Santos

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2004 - 0

Inglês. , ETN IDIOMAS LTDA - WIZARD.

2008 - 2008

HEMOGRAMA. (Carga horária: 20h). , Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco, HEMOPE, Brasil.

2008 - 2008

Biossegurança. (Carga horária: 15h). , Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães.

2007 - 2007

Extensão universitária em HEMATOLOGIA. (Carga horária: 100h). , Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.

2003 - 2003

Radiofarmácia. (Carga horária: 20h). , Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Parasitologia / Subárea: Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

I Simpósio Pernambucano de Biossegurança. 2008. (Simpósio).

I Workshop Interno dos serviços de referência do Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães. 2008. (Oficina).

XX Congresso Brasileiro de Parasitologia. 2007. (Congresso).

Encontro de Hemofilia - Atualizando o Tratamento do Paciente Hemofílico. 2007. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

MARIA ELIZABETH CAVALCANTE CHAVES

ALVES, L. C.; Márcia Maria Camargo de Morais; Álvaro Aguiar Coelho; Maria Elizabeth Cavalcante Chaves. Caracterização ultraestrutural do efeito do praziquantel sobre diferentes isolados de Schistosoma mansoni. 2011. Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e Molecular Aplicada) - Universidade de Pernambuco.

Dyana Leal Veras

Veras, D.L.; Domingues, B.L.. Anticoagulante Lúpico em pacientes com doença falciforme. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade Federal de Pernambuco.

Betânia Lucena Domingues Hatzlhofer

Mendonça, A.M.B.; Santos, M.E.; Veras, D.L.;Domingues, Betânia L. T. B.. Anticoagulante Lúpico em pacientes com Doença Falciforme. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade Federal de Pernambuco.

Alvaro Aguiar Coelho Teixeira

TEIXEIRA, A. A. C.; MORAIS, Márcia Maria Camargo de; CHAVES, Maria Elizabeth Cavalcante. Caracterização utraestrutural do efeito do praziquantel sobre diferentes isolados de Schistosoma maansoni.. 2011. Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e Molecular Aplicada) - Universidade de Pernambuco.

Marcia Maria Camargo de Morais

MORAIS, M. M. C.; Teixeira, A.A.C.; Chaves, M.E.C.. Caracterização Ultraestrutural do efeito do praziquantel sobre diferentes isolados de Schistossoma mansoni. 2011. Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e Molecular Aplicada) - Universidade de Pernambuco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Lânia Ferreira da Silva

CARACTERIZAÇÃO ULTRAESTRUTURAL DO EFEITO DE DROGAS ESQUISTOSSOMICIDAS SOBRE VERMES ADULTOS DE Schistosoma mansoni DE ÁREA ENDEMICA DE PERNAMBUCO; Início: 2009; Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e Molecular Aplicada) - Universidade de Pernambuco; (Orientador);

Fábio André Brayner dos Santos

CARACTERIZAÇÃO ULTRAESTRUTURAL DO EFEITO DO PRAZIQUANTEL SOBRE VERMES ADULTOS DE Schistosoma mansoni; 2011; Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e Molecular Aplicada) - Universidade de Pernambuco, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Fábio André Brayner dos Santos;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • Cavalcanti, M.G.S. ; Filho, F.C. ; MENDONÇA, A.M.B. ; DUARTE, G.R. ; BARBOSA, C.C.G.S. ; DE CASTRO, C.M.M.B. ; ALVES, L.C. ; Brayner, F.A. . Morphological characterization of hemocytes from Biomphalaria glabrata and Biomphalaria straminea. Micron (Oxford. 1993) , v. 43, p. 285-291, 2012.

  • BURGO, A.M.M. ; Filho, F.C. ; Cavalcanti, M.G.S. ; ARAÚJO, H.R.C. ; COSTA-FILHO, J.F. ; Mendonça, M.F.S. ; ALVES, L. C. ; Brayner, F.A. . Estudo funcional e morfológico dos hemócitos de Biomphalaria glabrata Say, 1818 (Planobidade). In: 1st International Workshop onBiotecnology, 3rd Alfa-Valnatura Meeting, 3rd Scientific Journey of LIKA, 2008, Recife. Workshop Internacional em Biotecnologia. Recife: Ed. Universitária da UFPE, 2008. v. 1. p. 309-310.

  • Mendonça, M.F.S. ; Filho, F.C. ; BURGO, A.M.M. ; Cavalcanti, M.G.S. ; ARAÚJO, H.R.C. ; COSTA-FILHO, J.F. ; PAIVA, M.H.S. ; ALVES, L. C. ; Brayner, F.A. . Estudo dos Hemócitos de Biomphalaria straminea DUNKER, 1948 (PLANORBIDAE). In: 1st International Workshop on Biotecnology, 3rd Alfa-Valnatura Meeting, 3rd Scientific Journey of LIKA, 2008, Recife. Workshop Internacional em Biotecnologia. Recife: Ed. Universitária da UFPE, 2008. v. 1. p. 303-304.

  • COSTA-FILHO, J.F. ; ARAÚJO, H.R.C. ; SILVA, G.M. ; Cavalcanti, M.G.S. ; Veras, D.L. ; BURGO, A.M.M. ; Mendonça, M.F.S. ; ALVES, L. C. ; Brayner, F.A. . Caracterização morfológica dos hemócitos de Aedes albopictus. In: 1st International Workshop on Biotecnology, 3rd Alfa-Valnatura Meeting, 3rd Scientific Journey of LIKA, 2008, Recife. Workshop Internacional em Biotecnologia. Recife: Ed. Universitária da UFPE, 2008. v. 1. p. 277-278.

  • SANTOS M E ; BURGO, A.M.M. ; SILVA, R. M. . Genetic and acquired thrombophilia. In: 20th International Congress of Clinical Chemistry and Laboratory Medicine, 35th Brasilian Congress of Clinical Analysis and 8th Brasilian congress of clinical citology, 2008, Fortaleza. Ciln Chem Lab Med 2008. Berlin: Walter de Gruyter. v. 46. p. 9-10.

  • Filho, F.C. ; Cavalcanti, M.G.S. ; BURGO, A.M.M. ; Mendonça, M.F.S. ; Brayner, F.A. ; ALVES, L. C. . Avaliação da capacidade fagocítica dos hemócitos de Biomphalaria straminea frente a partículas de látex.. In: XLV Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2009, Olinda. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2009. v. 42. p. 448-448.

  • COSTA-FILHO, J.F. ; ARAÚJO, H.R.C. ; Cavalcanti, M.G.S. ; BURGO, A.M.M. ; Mendonça, M.F.S. ; ALVES, L. C. . Contagem total e diferencial dos hemócitos de Aedes albopictus (Diptera:culicidae) e células com função fagocítica. In: XLV Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2009, Olinda. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2009. v. 42. p. 447-447.

  • BURGO, A.M.M. ; Cavalcanti, M.G.S. ; Mendonça, M.F.S. ; COSTA-FILHO, J.F. ; SILVA, L. F. ; NAKAZAWA, Y. M. M. . Dinâmica populacional dos hemócitos de Biomphalaria glabrata sadios e infectados por miracídios de Schistosoma mansoni.. In: XLV Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2009, Olinda. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2009. v. 42. p. 449-449.

  • Cavalcanti, M.G.S. ; Filho, F.C. ; SILVA, G.M. ; BURGO, A.M.M. ; Mendonça, M.F.S. ; COSTA-FILHO, J.F. ; CASTRO, C. ; ALVES, L. C. . Estudo morfológico dos hemócitos de Biomphalaria straminea (DUNKER,1948). In: XLV Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2009, Olinda. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2009. v. 42. p. 447-447.

  • BURGO, A.M.M. ; Cavalcanti, M.G.S. ; COSTA-FILHO, J.F. ; Mendonça, M.F.S. ; BARBOSA, C. S. ; Brayner, F.A. ; ALVES, L. C. . Estudo morfofuncional dos hemócitos de Biomphalaria glabrata através das microscopias confocal e de contraste de interferência diferencial. In: XLV Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2009, Olinda. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2009. v. 42. p. 448-448.

  • Veras, D.L. ; BURGO, A.M.M. ; ALVES, L. C. ; Brayner, F.A. ; NAKAZAWA, Y. M. M. ; LOPES, A. C. S. . Determinação da ocorrência do gene BLA SHV-1 em isolados de Klebsiela pneumoniae obtidos de infecções hospitalares obtidos de infecções hospitalares. In: 44º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2008, Porto Alegre. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2008. v. 41. p. 77-77.

  • ALVES, L. C. ; Cavalcanti, M.G.S. ; ARAÚJO, H.R.C. ; SILVA, G.M. ; BURGO, A.M.M. ; Filho, F.C. ; COSTA-FILHO, J.F. ; Brayner, F.A. . Caracterization of Unsaturated Fatty Acids and Calcium Sites In the Cercaria of Schistosoma mansoni. In: 11º Simpósio Internacional sobre Esquistossomose, 2008, Salvador. 11º Simpósio Internacional sobre Esquistossomose, 2008. p. 117-117.

  • BURGO, A.M.M. ; ALVES, L. C. ; Brayner, F.A. . Caracterização dos hemócitos de Biomphalaria glabrata sadios e infectados com miracídios de Schistosoma mansoni. In: 12ª Jornada de Iniciação Científica do CPqAM, 2008, Recife. 12ª Jornada de Iniciação Científica do CPqAM, 2008. p. 13-13.

  • SANTOS M E ; SILVA, R. M. ; BURGO, A.M.M. ; GOMES, Y. M. . Marcadores de Trombofilia em Portadores de Síndromes Falciformes. In: Congresso Brasileiro de Hematologia e Hemoterapia / HEMO - 2007, 2007, São Paulo. Revista Brasileira de Hematologia e Hemoterapia, 2007. v. 29. p. 58-59.

  • BURGO, A.M.M. ; ALVES, L. C. ; Brayner, F.A. . Caracterização do Hemócitos de Biomphalaria glabrata sadios e infectados com miracídios de Schistosoma mansoni. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2009 - 2011

    CARACTERIZAÇÃO ULTRAESTRUTURAL DO EFEITO DO PRAZIQUANTEL SOBRE VERMES ADULTOS DE Schistosoma mansoni PROVENIENTES DE PERNAMBUCO., Descrição: gênero Schistosoma, sendo o Schistosoma mansoni a única espécie presente na América que parasita o homem. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que a esquistossomose acometa cerca de 200 milhões de pessoas em 74 países, estando cerca de 652 milhões sob risco de infecção e 500.000 mortes por ano são relatadas. O Brasil é uma das maiores regiões endêmicas de todo o globo e no Nordeste, os estados de Pernambuco e Alagoas têm esta doença como a terceira causa de morte entre as doenças classificadas como grandes endemias rurais. Em Pernambuco, a área endêmica ocupa 79 dos 167 municípios, onde cerca de 7.911.937 pessoas estão sob risco de infecção. Apesar dos números alarmantes, o Estado é considerado o pior do país no controle à esquistossomose. A quimioterapia antiparasitária representa, hoje, o único recurso imediato para minimizar a prevalência e a incidência da esquistossomose, porém, algumas cepas do S. mansoni têm demonstrado resistência ao tratamento com Praziquantel, droga utilizada no combate à doença no Estado. Estudos quanto à ação desta droga sobre isolados de vermes adultos de S. mansoni provenientes de áreas endêmicas de Pernambuco, bem como a avaliação do desenvolvimento de resistência destes vermes frente ao tratamento por este medicamento são inexistentes, tornando-se necessário o preenchimento das lacunas deixadas. Este trabalho tem por objetivo analisar, através das microscopias de transmissão e de varredura, os efeitos causados pelo Praziquantel sobre a ultra-estrutura de vermes adultos de Schistosoma mansoni oriundos de isolados de áreas endêmicas para esquistossomose mansônica em Pernambuco e investigar a possibilidade do desenvolvimento de resistência dos isolados a esta droga. . , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (1) . Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2007 - 2008

    PRESENÇA DE ANTICOAGULANTE LÚPICO EM PACIENTES COM DOENÇA FALCIFORME, Descrição: A anemia falciforme é uma hemoglobinopatia hereditária crônica determinada por mutação pontual na superfície da cadeia beta da hemoglobina (Hb). Esta alteração dá origem a moléculas anormais HbS, responsáveis por deformações nas células vermelhas. Portadores da forma homozigota da doença (HbSS) apresentam numerosas anormalidades no sistema de coagulação e fibrinólise, o que determina risco para o desenvolvimento de processos trombóticos. A presença de trombofilia hereditária ou adquirida pode influenciar o fenótipo da doença, já que têm grande importância em algumas complicações clínicas. A mais comum causa de trombofilia adquirida é a Síndrome Antifosfolípide, caracterizada laboratorialmente pela presença de Anticorpos Antifosfolípides (Anticoagulante Lúpico e Anticorpo Anticardiolipina). Estas imunoglobulinas reconhecem e reagem com fosfolipídios aniônicos ou com proteínas associadas a fosfolipídios de membrana. O Anticoagulante Lúpico é um auto-anticorpo que altera os testes de coagulação fosfolipídios-dependentes alargando os tempos. Paradoxalmente, está associado in vivo com tromboses, agindo sobre fosfolipídios de plaquetas no complexo ativador de protrombina. Em pacientes suscetíveis a episódios trombóticos, o estudo da presença de Anticorpos Antifosfolípides como o Anticoagulante Lúpico visa avaliar o risco ao desenvolvimento destes episódios e, desta forma, contribuir para a melhora da condução clínica e, conseqüentemente, da qualidade de vida destes pacientes. O estudo foi realizado de maio a dezembro de 2007 no Laboratório de Hemostasia da Fundação HEMOPE. Foram incluídos indivíduos de ambos os sexos e idades entre 1 e 40 anos. Após consentimento, amostras de sangue periférico foram coletas para obtenção de plasma. O Anticoagulante Lúpico foi detectado através do Teste de Veneno de Víbora de Russel Diluído (TVVRD) por ser este mais específico para este fim. As informações sobre antecedentes de crises vaso-oclusivas foram obtidas por consulta aos prontuári. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Adriana Maria Burgo de Mendonça - Integrante / Maria Emília dos Santos - Coordenador / Flavia Miranda Gomes de Constantino Bandeira - Integrante.

  • 2007 - 2008

    Caracterização dos hemócitos de Biomphalaria glabrata sadios e infectados com miracídios de Schistosoma mansoni, Descrição: Introdução: A esquistossomose, grupo de endemias associadas a helmintos do gênero Schistosoma, é considerado um dos mais sérios problemas de saúde pública no Brasil. É transmitida por moluscos planorbídeos do gênero Biomphalaria, os quais mantêm o ciclo de vida desta parasitose ao assumirem a função de hospedeiros intermediários. O B. glabrata é a principal espécie vetora do S. mansoni no país e também a mais suscetível à infecção por esse trematódeo. O sistema imune destes moluscos é composto por um sistema humoral e por células denominadas hemócitos . Ambos são determinantes na susceptibilidade ou resistência do caramujo à infecção e, portanto, sobre a eficiência do caramujo como vetor da doença. Objetivo: Descrever a morfologia e função fagocítica dos hemócitos obtidos de B. glabrata. Material e Métodos: A hemolinfa dos moluscos foi obtida por punção na região cefalopodal com auxílio de pipeta automática e ponteiras siliconizadas. A morfologia das células foi observada através da microscopia eletrônica de transmissão, ótica e confocal a laser. Para análise in vitro dos fagócitos, os hemócitos foram colocados em meio Greice e incubados por 30 minutos com partículas de látex conjugadas a FITC e analisados no microscópio confocal a laser. Resultados e Discussão: Foram encontrados quatro tipos de hemócitos circulantes na hemolinfa de B. glabrata. Estas células apresentam morfologias semelhantes aos hemócitos de insetos. São elas: Granulócitos, Hialinócitos, Prohemócitos e Oenocitóides. Os Granulócitos (Fig.1a-b) medem cerca de 5-8μm, possuem núcleo acidófilo excêntrico e caracterizam-se pela presença de vários grânulos citoplasmáticos. Os Hialinócitos (Fig.2a-b) apresentam tamanho que varia entre 10-30 μm, núcleo grande e excêntrico, citoplasma hialino, numerosos vacúolos e várias organelas, como retículo endoplasmático, complexo de Golgi, mitocôndrias e algumas vesículas. A forma varia de redonda a oval e projeções citoplasmáticas denominadas pseudópodes. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Adriana Maria Burgo de Mendonça - Integrante / Luiz Carlos Alves - Integrante / Fábio Brayner dos Santos - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2007 - 2007

    PREVALÊNCIA DE HEMOFILIA E INIBIDORES EM PACIENTES ATENDIDOS NO HEMOPE, Descrição: No Brasil, estima-se que o número de pessoas com hemofilia na população é cerca de 8.700. No ano de 2000, 6.297 pacientes foram cadastrados com hemofilias A e B e destes 366 apresentaram-se com inibidores, revelando um índice diagnóstico de 5,8%.(Ministério da Saúde, 2005). Estudos sobre prevalência de hemofilia e inibidores na população de Pernambuco são escassos, havendo muitas lacunas ainda não preenchidas, o que demonstra a necessidade de novas pesquisas nesta área. Sendo assim o presente projeto tem por objetivo avaliar a prevalência de Hemofilia e Inibidores em pacientes atendidos no HEMOPE.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Adriana Maria Burgo de Mendonça - Integrante / Maria Emília dos Santos - Coordenador / Aderson da Silva Araújo - Integrante., Financiador(es): Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco - Auxílio financeiro / Nordisk Haemophilia Foundation - Auxílio financeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2008

Bacharela em Biomedicina, Universidade Federal de Pernambuco.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional