Bruno César do Espírito Santo

Doutor em Biotecnologia Ambiental pela Universidade Estadual de Maringá (2020) na área de Biotecnologia Microbiana. Mestre pelo Programa de Pós Graduação em Biologia Evolutiva pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (2015) e Graduado com Licenciatura em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (2012). Tem experiência na área de Microbiologia, com ênfase em Microbiologia Aplicada, bactérias degradadoras de herbicidas, fungos endofíticos de plantas e Espectrometria de massas na análise de metabólitos secundários de fungos endofíticos.

Informações coletadas do Lattes em 08/03/2022

Acadêmico

Formação acadêmica

Doutorado em Biotecnologia Ambiental

2016 - 2020

Universidade Estadual de Maringá
Título: Atividade biológica e perfil químico do extrato metabólico do endófito Colletotrichum fructicola associado ao cafeeiro (Coffea arabica L.)
João Alencar Pamphile. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Endófitos; Metabólitos Secundários; Espectrometria de Massas.Grande área: Ciências BiológicasGrande Área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia / Subárea: Biologia e Fisiologia dos Microorganismos.

Mestrado em Biologia Evolutiva

2013 - 2015

Universidade Estadual de Ponta Grossa
Título: Resposta adaptativa de linhagens não ambientais de Escherichia coli frente ao herbicida glifosato.,Ano de Obtenção: 2018
Marcos Pileggi.Coorientador: Sônia Alvim Veiga Pileggi. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: estresse oxidativo; peroxidação lipidica.Grande área: Ciências Biológicas

Graduação em Ciências Biológicas

2009 - 2012

Universidade Estadual de Ponta Grossa
Título: História em quadrinhos: Uma proposta para melhor entendimento do papel das bactérias que vivem no organismo humano.
Orientador: Sônia Alvim Veiga Pileggi
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biotecnologia.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia / Subárea: Microbiologia Aplicada.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Bioquímica dos Microorganismos.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biotecnologia / Subárea: Biotecnologia Ambiental e Recursos Naturais.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Fisiologia / Subárea: Fisiologia de Órgãos e Sistemas.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Morfologia / Subárea: Anatomia/Especialidade: Anatomia Humana.

Participação em eventos

I Congresso Paranaense de Microbiologia e Simpósio Sul - Americano de Escherichia coli. Resposta Adaptativa de linhagens não ambientais de Escherichia coli frente ao herbicida glifosato. 2014. (Congresso).

VI Simpósio de Microbiologia Aplicada.Influence of katE gene in bacterial response to glyphosate herbicide. 2013. (Simpósio).

IX Encontro de Pesquisa e III Simpósio de Pós-Graduação - UEPG.PROSPECÇÃO DE MUTAÇÕES GÊNICAS RELACIONADAS AO DIABETES MELLITUS TIPO MODY EM FAMÍLIAS DA REGIÃO DOS CAMPOS GERAIS.. 2010. (Encontro).

XIX Encontro Anual de Iniciação Científica.PROSPECÇÃO DE MUTAÇÕES GÊNICAS RELACIONADAS AO DIABETES MELLITUS TIPO MODY EM FAMÍLIAS DA REGIÃO DOS CAMPOS GERAIS.. 2010. (Encontro).

XIII Simpósio de Citogenética e Genética de Peixes. 2009. (Simpósio).

Participação em bancas

Aluno: Laryssa Alves Borba

OLIVEIRA, J. A. S.; SILVA, A. A.;SANTO, BRUNO C. E.. Relação entre estresse oxidativo e doenças neurodegenerativas e o potencial neuroprotetor da Cagaita ( Eugenia dysenterica). 2019. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia e Bioprocessos) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Paulo Gibson Farias Bezerra

OLIVEIRA, J. A. S.; SILVA, A. A.;ESPÌRITO SANTO, B. C.. Controle da mosca-da-carambola (Bactrocera carambolae): um desafio para o desenvolvimento da fruticultura da Amazônia. 2019. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia e Bioprocessos) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Tatiane Oliveira de Souza

PAMPHILE, J. A.; POLONIO, J. C.;ESPÌRITO SANTO, B. C.. Potencial da vinhaça para a produção de biometano proveniente de etanol. 2019. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia e Bioprocessos) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Camila Moreira Pinto

PINTO, C. M.; PAMPHILE, J. A.;ESPÌRITO SANTO, B. C.; POLLI, A. D.. Implicações sobre o microbioma humano: análise metagenômica e abordagens terapêuticas. 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia e Bioprocessos) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Juliane da Silva Gonçalves Santana Lima

LIMA, J. S. G. S.; POLONIO, J. C.; RIBEIRO, A. S.;ESPÌRITO SANTO, B. C.. Abordagens da engenharia genética aplicada ao controle biológico de insetos praga. 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia e Bioprocessos) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Fernanda Regina Gallé

GALLE, F. R. G.; PAMPHILE, J. A.;ESPÌRITO SANTO, B. C.; SCHOFFEN, R. P.. Impacto ambiental e consequências pelo uso de organismos transgênicos. 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia e Bioprocessos) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Fernanda Andreski Mendes

MENDES, F. A.; PAMPHILE, J. A.; POLONIO, J. C.;ESPÌRITO SANTO, B. C.. Microrganismos endofíticos na agricultura orgânica. 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia e Bioprocessos) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Neila Zanella Puerta

PUERTA, N. Z.; PAMPHILE, J. A.;ESPÌRITO SANTO, B. C.; OLIVEIRA, J. A. S.. Bioprospecção de micro-organismos potenciais na produção de L-asparaginase: Uma perspectiva no tratamento da leucemia linfóide aguda (LLA) pediátrica. 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia e Bioprocessos) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Amanda Alves Silva

SILVA, A. A.;ESPÌRITO SANTO, B. C.. Pesquisa e exploração de endófitos das regiões norte e nordeste do Brasil: uma pequena revisão. 2017. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia e Bioprocessos) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Bruna Yera Barchi

BARCHI, B. Y.; POLLI, A. D.;ESPÌRITO SANTO, B. C.; POLONIO, J. C.. Fungos filamentosos como fontes alternativas de enzimas pectinolíticas para a indústria de alimentos. 2017. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia e Bioprocessos) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Evandro Hazael Welz Deringer

DERINGER, E. H. W.; POLLI, A. D.; POLONIO, J. C.;ESPÌRITO SANTO, B. C.. Produção de massa proteica de leveduras para ração animal. 2017. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia e Bioprocessos) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Marina Parreira Atayde Udo

UDO, M. P. A.; GARCIA, A.;ESPÌRITO SANTO, B. C.; POLLI, A. D.. Células-tronco: pesquisas e aplicações. 2017. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia e Bioprocessos) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Ana Lúcia Pinguello Xavier

XAVIER, A. L. P.; POLLI, A. D.;ESPÌRITO SANTO, B. C.; POLONIO, J. C.. Mecanismo de infecção do fungo Beauveria bassiana no controle de pragas. 2017. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia e Bioprocessos) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Pâmela Aparecida Maldaner Pereira

PEREIRA, P. A. M.; PAMPHILE, J. A.;ESPÌRITO SANTO, B. C.; POLLI, A. D.. Enzimas e a degradação de biomassa lignocelulósica. 2017. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia e Bioprocessos) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Rodrigo da Silva Santos

SANTOS, R. S.; PAMPHILE, J. A.; RIBEIRO, M. A. S.;ESPÌRITO SANTO, B. C.. O papel dos fatores de transcrição PacC e Nuc-1 na engenharia metabólica microbiana. 2017. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia e Bioprocessos) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Vanderley Pereira dos Santos

SANTOS, V. P.; PAMPHILE, J. A.; RIBEIRO, M. A. S.;ESPÌRITO SANTO, B. C.. Aplicação de venenos de serpentes na indústria farmacêutica. 2017. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia e Bioprocessos) - Universidade Estadual de Maringá.

Comissão julgadora das bancas

Denis Leandro de Freitas

PILEGGI, S. A. V.; PILEGGI, M.;FREITAS, D. L.. História em quadrinhos: uma proposta para melhor entendimento do papel das bactérias que vevem no organismo humano. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Ponta Grossa.

Galdino Andrade Filho

ANDRADE, G.; BATISTA, J. S. S.; PILEGGI, M.. Resposta adaptativa de linhagens não ambientais de Escherichia coli frente ao herbicida glifosato. 2015. Dissertação (Mestrado em Biologia Evolutiva) - Universidade Estadual de Ponta Grossa.

Helio Conte

Pamphile, J.A;Conte, H.; GOLIAS, H. C.. Atividade biológica e metaboloma de linhagens endofíticas do cafeeio (Coffea arábica). 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia Ambiental) - Universidade Estadual de Maringá.

Ravely Casarotti Orlandelli

PAMPHILE, J. A.; GOLIAS, H. C.; POLONIO, J. C.;ORLANDELLI, R. C.; RHODEN, S. A.. Atividade biológica e perfil químico do extrato metabólico do endófito Colletotrichum fructicola associado ao cafeeiro (Coffea arabica). 2020. Tese (Doutorado em Biologia Comparada) - Universidade Estadual de Maringá.

Sônia Alvim Veiga Pileggi

PILEGGI, S. A. V.PILEGGI, M.; FREITAS, D. L.. História em quadrinhos: uma proposta para melhor entendimento do papel das bactérias que vivem no organismo humano.. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Ponta Grossa.

Halison Correia Golias

PAMPHILE, J. A.;GOLIAS, H. C.; POLONIO, J. C.; ORLANDELLI, R. C.; RHODEN, S. A.. Atividade Biológica e perfil químico do extrato metabólico do endófito Colletotrichum fructicola associado ao cafeeiro (Coffea arabica). 2020. Tese (Doutorado em Biotecnologia Ambiental) - Universidade Estadual de Maringá.

Halison Correia Golias

PAMPHILE, J. A.; CONTE, H.;GOLIAS, H. C.. Atividade biológica e metaboloma de linhagens endofíticas do Cafeeiro (Coffea arabica). 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Biotecnologia Ambiental) - Universidade Estadual de Maringá.

Rosilene Aparecida Prestes

PILEGGI, M.;PRESTES, R. A.; BATISTA, J. S. S.. Resposta adaptativa de linhagens não ambientais de Escherichia coli Bw25133 frente ao herbicida glifosato. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Ponta Grossa.

Jesiane Stefânia da Silva Batista

Pileggi, M.; Andrade, G.;BATISTA, J. S. S.. Resposta adaptativa de linhagens não-ambientais de Escherichia coli frente ao herbicida glifosato. 2015. Dissertação (Mestrado em BIOLOGIA EVOLUTIVA - UEPG - UNICENTRO) - Universidade Estadual de Ponta Grossa.

Jesiane Stefânia da Silva Batista

Pileggi, M.; Prestes, R.A.;BATISTA, J. S. S.. Resposta adaptativa de linhagens não ambientais de Escherichia coli BW25133 frente ao herbicida glifosato. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em BIOLOGIA EVOLUTIVA - UEPG - UNICENTRO) - Universidade Estadual de Ponta Grossa.

Marcos Pileggi

PILEGGI, M.; ANDRADE, Galdino; Batista, J.S.S.. Resposta adaptativa de linhagens não ambientais de Escherichia coli frente ao herbicida glifosato. 2015. Dissertação (Mestrado em Biologia Evolutiva) - Universidade Estadual de Ponta Grossa.

Orientou

ANNE CAROLINE CALIZOTTI

Resistência bacteriana a antibióticos: estudo de Staphylococcus aureus resistentes a meticilina (MRSA); 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia e Bioprocessos) - Universidade Estadual de Maringá; Orientador: Bruno César do Espírito Santo;

Diely Melonari Dalla Costa

Aplicações de bactérias probióticas (bifidobactérias) e impacto no bem-estar humano; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia e Bioprocessos) - Universidade Estadual de Maringá; Orientador: Bruno César do Espírito Santo;

Leonardo Augusto Franzini Wah

Uso de células iPSC no tratamento de doenças degenerativas em humanos: uma perspectiva sobre suas aplicações; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia e Bioprocessos) - Universidade Estadual de Maringá; Orientador: Bruno César do Espírito Santo;

Ricardo Sabino Paulino

Cultivo de organismos aquáticos em sistema heterotrófico BFT; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia e Bioprocessos) - Universidade Estadual de Maringá; Orientador: Bruno César do Espírito Santo;

Tiago Duarte Martins

Produção de enzimas lignocelulósicas através de fermentação em estado sólido: uma revisão de experimentos recentes; ; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia e Bioprocessos) - Universidade Estadual de Maringá; Orientador: Bruno César do Espírito Santo;

Foi orientado por

Sônia Alvim Veiga Pileggi

Respostas não específicas de linhagens de Escherichia coli K-12 frente ao herbicida glifosato; ; 2015; Dissertação (Mestrado em BIOLOGIA EVOLUTIVA - UEPG - UNICENTRO) - Universidade Estadual de Ponta Grossa, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Sonia Alvim Veiga Pileggi;

Sônia Alvim Veiga Pileggi

História em quadrinhos: uma proposta para melhor entendimento do papel das bactérias que vivem no organismo humano; ; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Ponta Grossa; Orientador: Sonia Alvim Veiga Pileggi;

Sônia Alvim Veiga Pileggi

Atividade antimicrobiana de bactérias endofíticas e de extratos de fungos endofíticos isolados da planta medicinal Aloe vera (babosa); ; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Ponta Grossa, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sonia Alvim Veiga Pileggi;

Sônia Alvim Veiga Pileggi

Ação antagonista de micro-organismos endofíticos isolados de babosa (Aloe vera) frente ao fitopatógeno Sclerotinia sclerotiorum; ; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Licenciatura em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Ponta Grossa, uepg; Orientador: Sonia Alvim Veiga Pileggi;

João Alencar Pamphile

Atividade biológica e perfil químico do extrato metabólico do endófito Colletotrichum fructicola associado ao cafeeiro (Coffea arabica); 2020; Tese (Doutorado em Biotecnologia Ambiental) - Universidade Estadual de Maringá,; Orientador: João Alencar Pamphile;

Marcos Pileggi

Metagenômica virtual de microbiota degradadora de herbicidas; 2016; Tese (Doutorado em Biotecnologia Ambiental) - Universidade Estadual de Maringá,; Coorientador: Marcos Pileggi;

Roberto Ferreira Artoni

Propecção de mutações gênicas relacionadas ao Diabetes mitocondrial em famílias da região dos Campos Gerais no Paraná; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Ponta Grossa, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Roberto Ferreira Artoni;

Produções bibliográficas

  • DOBRZANSKI, TATIANE ; GRAVINA, FERNANDA ; STECKLING, BRUNA ; OLCHANHESKI, LUIZ R. ; SPRENGER, RICARDO F. ; ESPÍRITO SANTO, BRUNO C. ; GALVÃO, CAROLINA W. ; RECHE, PÉRICLES M. ; PRESTES, ROSILENE A. ; PILEGGI, SÔNIA A. V. ; CAMPOS, FRANCINETE R. ; AZEVEDO, RICARDO A. ; SADOWSKY, MICHAEL J. ; BELTRAME, FLÁVIO L. ; PILEGGI, MARCOS . Bacillus megaterium strains derived from water and soil exhibit differential responses to the herbicide mesotrione. PLoS One , v. 13, p. e0196166, 2018.

  • PRIONE, LILIAN P. ; OLCHANHESKI, LUIZ R. ; TULLIO, LEANDRO D. ; SANTO, BRUNO C. E. ; RECHE, PÉRICLES M. ; MARTINS, PAULA F. ; CARVALHO, GISELLE ; DEMIATE, IVO M. ; PILEGGI, SÔNIA A. V. ; DOURADO, MANUELLA N. ; PRESTES, ROSILENE A. ; SADOWSKY, MICHAEL J. ; AZEVEDO, RICARDO A. ; PILEGGI, MARCOS . GST activity and membrane lipid saturation prevents mesotrione-induced cellular damage in Pantoea ananatis. AMB Express , 2016.

  • ESPÌRITO SANTO, B. C. ; OLCHANHESKI, L. R. ; GRAVINA, F. ; TULLIO, L. D. ; PILEGGI, S. A. V. ; BATISTA, J. S. ; PILEGGI, M. . Resposta adaptativa de linhagens não ambientais de Escherichia coli frente ao herbicida glifosato. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • TULLIO, L. D. ; OLCHANHESKI, L. R. ; ESPÌRITO SANTO, B. C. ; BATISTA, J. S. ; PILEGGI, S. A. V. ; PILEGGI, M. . Identificação de mecanismos de tolerância e degradação de herbicidas por rizóbios das espécies Rhizobium tropici e R. freirei.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Projetos de pesquisa

  • 2016 - Atual

    Atividade biológica e perfil químico da linhagem endofítica Colletotrichum fructicola do cafeeiro (Coffea arabica)., Descrição: As plantas produzem uma variedade de compostos com propriedades terapêuticas, com ação antidiabética, antioxidante, antibacteriana, anti-inflamatória, antipirética e gastroprotetora. Estas plantas são ricas em uma ampla variedade de metabólitos secundários, como taninos, terpenóides, alcaloides, flavonóides, fenóis e quinonas. Esta é uma alternativa para que a produção de compostos e medicamentos sintéticos sejam diminuídos o que pode ajudar na manutenção da saúde humana. Micro-organismos endofíticos são aqueles encontrados no interior de plantas e que não causam danos ao seu hospedeiro, sendo que esses microrganismos podem produzir compostos similares aos das plantas. Neste caso, o uso desses endofíticos é uma alternativa interessante no manejo de microrganismos patogênicos para o homem. Os fungos filamentosos do gênero Colletotrichum são considerados importantes patógenos, amplamente disseminados, principalmente em regiões tropicais e subtropicais. O gênero Colletotrichum é comumente encontrado em inúmeros substratos sendo também reportado como endófito, demonstrando seu alto potencial oportunístico e sua capacidade de adaptação em várias condições ecológicas. Neste sentido, espécies pertencentes ao gênero Colletotrichum sp. se mostram economicamente relevantes pois são amplamente utilizadas como modelos de crescimento e agentes de fitopatologias no manejo em diversos tipos de culturas. Neste caso, procura-se por meio da Espectrometria de massas e técnicas biológicas, explorar os mais diversos compostos que possam ter potencial biotecnológico em linhagens de endófitos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (2) . , Integrantes: Bruno César do Espírito Santo - Integrante / João Alencar Pamphile - Coordenador / Marcos Alessandro dos Santos Ribeiro - Integrante / Rodrigo Pawloski Schoffen - Integrante.

  • 2013 - 2015

    Resposta adaptativa de linhagens não ambientais de Escherichia coli frente ao herbicida glifosato, Descrição: O aumento na produção agrícola deve-se, em boa parte, pelo uso intensivo de agroquímicos, os quais assumem papel relevante. Porém, um dos impactos gerados pelo seu uso é a mudança estrutural e populacional das microbiotas do solo, que precisam de alguma forma tolerar esse xenobióticos para subsistir. São questionados se mecanismos de tolerância são selecionados por pressão seletiva sobre fenótipos específicos ou se existem mecanismos plásticos de adaptação, prescindindo de agentes seletivos específicos.O objetivo deste trabalho foi avaliar os mecanismos de adaptação e respostas celulares, particularmente de isoenzimas de catalase em Escherichia coli, ao contato com o herbicida glifosato, sem seleção prévia para esse herbicida.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Bruno César do Espírito Santo - Integrante / sonia alvim veiga pileggi - Integrante / Marcos Pileggi - Coordenador.

  • 2012 - 2012

    Atividade antifúngica de micro-organismos endofíticos isolados de babosa (Aloe vera), Descrição: A babosa (Aloe vera ou Aloe barbadensis) vem sendo usada para fins terapêuticos há séculos. O gel retirado de suas folhas é utilizado principalmente no tratamento tópico de irritação da pele e feridas, devido ao seu poder curativo, mas a planta também pode ser ingerida como laxativo, antidiabético, antihipertensivo, analgésico, anti-inflamatório, antifúngico, antibacteriano, antiviral, anti-oxidante, angiogênico, modulador do sistema imune, e ainda como auxiliar no tratamento de hepatite e úlcera gástrica. A proteína Aloe de 14 kDa vinda do gel da folha de Aloe Vera foi isolada por cromatografia de troca iônica. A proteína exibiu uma potente atividade antifúngica contra Candida paraprilosis, Candida krusei e Candida albicans. No interior dos tecidos da maioria dos vegetais superiores coabitam diversos micro-organismos, denominados endofíticos. Esses micro-organismos podem estar presentes, ao menos durante um período do ciclo de vida da planta, aparentemente sem lhes causar doença. No entanto, sob condições de estresse, podem tornar-se patogênicos. Os endófitos têm sido descritos como protetores contra o ataque de outros micro-organismos, insetos, e animais herbívoros, devido à produção de toxinas. Podem ainda produzir fitormônios, antibióticos, imunossupressores, antitumorais e compostos de interesse biológico, como enzimas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Bruno César do Espírito Santo - Coordenador / sonia alvim veiga pileggi - Integrante.

  • 2011 - 2012

    Atividade antimicrobiana de bactérias endofíticas e de extratos de fungos endofíticos isolados da planta medicinal Aloe vera (babosa)., Descrição: A babosa (Aloe vera ou Aloe barbadensis) vem sendo usada para fins terapêuticos há séculos. O gel retirado de suas folhas é utilizado principalmente no tratamento tópico de irritação da pele e feridas, devido ao seu poder curativo, mas a planta também pode ser ingerida como laxativo, antidiabético, anti-hipertensivo, analgésico, anti-inflamatório, antifúngico, antibacteriano, antiviral, antioxidante, antigênico, modulador do sistema imune, e ainda como auxiliar no tratamento de hepatite e úlcera gástrica. Recentemente, o extrato alcoólico de suas folhas foi testado para atividade antibacteriana, sendo verificado um grande efeito inibitório contra bactérias Gram positivas, como Enterococcus bovis e Staphylococcus aureus, bem como contra Gram negativas, como Pseudomonas aeruginosa, Morganella morganii, Proteus mirabilis e P. vulgaris verificaram atividade antibacteriana e anti-inflamatória de folhas, raízes e caule de uma espécie sul-africana, Aloe barberae, contra Bacillus subtilis, Staphylococcus aureus, Escherichia coli e Klebsiella pneumoniae, mostrando ainda baixa mutagenicidade de quatro tipos de extratos de diferentes partes da planta. A proteína Aloe de 14 kDa vinda do gel da folha de Aloe Vera foi isolada por cromatografia de troca iônica. A proteína exibiu uma potente atividade antifúngica contra Candida paraprilosis, Candida krusei e Candida albicans. No interior das plantas, inclusive das plantas medicinais, habitam os micro-organismos endofíticos, podendo ser encontrados em folhas, ramos e raízes.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Bruno César do Espírito Santo - Coordenador / sonia alvim veiga pileggi - Integrante.

  • 2009 - 2010

    Prospecção de Mutações Gênicas Relacionadas ao diabetes mellitus tipo MODY em famílias da região dos Campos Gerais, Descrição: O diabetes mellitus tipo 2 (DM2) é uma doença heterogênea que resulta de defeitos da secreção e da ação da insulina pelo pâncreas. Sabe-se que alguns fatores genéticos, em conjunto com fatores ambientais, como estilo de vida sedentário e alimentação desbalanceada, associados ao excesso de peso, estão envolvidos na patogênese desta forma mais comum de diabetes, o tipo 2 sendo que para as mesmas existem formas monogênicas de mutações autossômicas dominantes. Outra forma de diabetes monogênica estudada é atribuída a mutação no DNA mitocondrial com herança exclusivamente materna, tendo como característica peculiar uma deficiência da fosforilação oxidativa da célula. Essa mutação, ocorre geralmente no gene tRNALeu (URR), com a substituição do nucleotídeo adenina pela guanina no lócus 3243. No presente estudo foi objetivo prospectar a presença da mutação A3243G em pacientes portadores de surdez e, clinicamente suspeitos da associação da perda auditiva com a DM2 mitocondrial.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Bruno César do Espírito Santo - Integrante / Roberto Ferreira Artoni - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

Histórico profissional

Experiência profissional

2016 - 2020

Universidade Estadual de Maringá

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista CAPES, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2012 - 2012

Universidade Estadual de Ponta Grossa

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista PIBIC-UEPG, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

2011 - 2012

Universidade Estadual de Ponta Grossa

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista PIBIC-CNPQ, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

2009 - 2010

Universidade Estadual de Ponta Grossa

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista PIBIC-CNPQ, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.