Sérgio Tonetto de Freitas

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Santa Maria, Brasil, mestrado em Agronomia pela Universidade Federal de Santa Maria, Brasil, doutorado em Biologia de Plantas pela Universidade da Califórnia, Davis, EUA, e pós-doutorado em Ciência de Plantas pela Universidade da Califórnia, Davis, EUA com área de especialização em Fisiologia Vegetal, Nutrição de Plantas, Biologia Molecular e Fisiologia e Tecnologia Pós-colheita. É pesquisador A da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Trópico Semiárido e atua como professor/orientador no Programa de Pós-Graduação em Agronomia - Produção Vegetal da Universidade Federal do Vale do São Francisco, assim como no Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos da Universidade Federal de Sergipe.

Informações coletadas do Lattes em 07/02/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Biologia de Plantas

2006 - 2010

Universidade da Califórnia - Davis
Título: Understanding the mechanisms involved in calcium deficiency disorders in tomato and apple fruit
Orientador: Elizabeth J Mitcham
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior/Fulbright, CAPES/FULBRIGHT, Brasil. Palavras-chave: cellular calcium partitioning and distribution; cell wall; membrane damage; cellular organelles.Grande área: Ciências BiológicasGrande Área: Ciências Biológicas / Área: Genética. Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica. Setores de atividade: Atividades profissionais, científicas e técnicas; Agricultura, Pecuária, Produção Florestal, Pesca e Aqüicultura.

Mestrado em Agronomia

2004 - 2006

Universidade Federal de Santa Maria
Título: Qualidade de processamento e envelhecimento fisiológico de clones de batata produzidos durante a primavera e outono na região central do Rio Grande do Sul,Ano de Obtenção: 2006
Orientador: Dilson Antonio Bisognin
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: Matéria seca, açúcares redutores, batata semente.Grande área: Ciências AgráriasGrande Área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Ciência de Alimentos / Especialidade: Avaliação e Controle de Qualidade de Alimentos. Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Tecnologia de Alimentos / Especialidade: Tecnologia de Produtos de Origem Vegetal. Setores de atividade: Produção Vegetal.

Graduação em Agronomia

1999 - 2004

Universidade Federal de Santa Maria

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2011 - 2012

Pós-Doutorado. , Universidade da Califórnia - Departamento de Ciência de Plantas, Davis, UCDAVIS, Estados Unidos. , Grande área: Ciências Agrárias, Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fisiologia e Tecnologia Pós-colheita.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2015 - 2015

Applications of NIRS in Agriculture. (Carga horária: 8h). , 17th International Conference on Near Infrared Spectroscopy, NIR 2015, Brasil.

2013 - 2013

Espectrometria do Infravermelho Próximo (NIRS). (Carga horária: 16h). , Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.

2013 - 2013

3º Curso de Capacitação em Espectroscopia NIR. (Carga horária: 24h). , Embrapa Milho e Sorgo, CNPMS, Brasil.

2009 - 2009

Biological Safety/Medical Waste Management. (Carga horária: 8h). , Universidade da Califórnia - Davis, UC DAVIS, Estados Unidos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Italiano

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fisiologia Vegetal.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Ciência de Alimentos/Especialidade: Fisiologia Pós-Colheita.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biologia Geral / Subárea: Biologia Celular.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Biologia Molecular.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia/Especialidade: Melhoramento Vegetal.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

Lopes, P. R. ; Cavalcante, I.H.L. ; Fioravanço, J.C. ; OLIVEIRA, J.E.M. ; MACEDO, J.M.M. ; MARTINS JUNIOR, P. ; Freitas, S.T. ; Lima, M.A.C. ; MATOS, R.R.S.S. . XXVI Congresso Brasileiro de Fruticultura. 2019. (Congresso).

Freitas, S.T. . XX Congresso Brasileiro de Agrometeorologia e V Simpósio de Mudanças Climáticas e Desertificação no Semiárido Brasileiro. 2017. (Congresso).

Freitas, S.T. . II Jornada de Integração da Pós - graduação da Embrapa Semiárido. 2017. (Outro).

Freitas, S.T. . 33° Congresso Brasileiro de Nematologia. 2016. (Congresso).

Freitas, S.T. . 5º Simpósio Internacional de Vinhos Tropicais. 2016. (Congresso).

Castro, J.M.C.E. ; Oliveira, A. R. ; Freitas, S.T. ; Moraes, S. A. ; Souza, A. V. V. ; Freitas, D. M. S. ; Castro, C. D. P. C. . X Jornada de Iniciação Científica da Embrapa Semiárido. 2015. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Simpósio do National Mango Board. 2019. (Simpósio).

X Workshop Internacional da National Mango Board. 2016. (Simpósio).

17th International Conference on Near Infrared Spectroscopy. 2015. (Congresso).

1º Congresso Brasileiro de Processamento Mínimo e Pós-Colheita de Frutas, Flores e Hortaliças. 2015. (Congresso).

X Jornada de Iniciação Científica da Embrapa Semiárido. 2015. (Outra).

Advanced plant-based, internet-sensor technology increases water efficiency in agriculture: a po proactive response to water shortages and climate changes. 2014. (Seminário).

VIII Workshop da National Mango Board no Vale do São Franciscoi. 2014. (Outra).

VII Jornadas Argentinas de Biología y Tecnología Postcosecha.Understanding the mechanisms involved in Ca2+ deficiency disorders in fruit. 2014. (Simpósio).

IV Simpósio Brasileiro de Pós-colheita de Frutas, Hortaliças e Flores.Mechanisms regulating apple cultivar susceptibility to bitter pit. 2013. (Simpósio).

IV Simpósio Brasileiro de Pós-colheita de Frutas, Hortaliças e Flores.Role of cell wall on tomato fruit susceptibility to calcium deficiency disorder. 2013. (Simpósio).

VII Jornada de Iniciação Científica da Embrapa Semiárido. 2013. (Outra).

Fruit Ripening & Retail Handling Workshop. 2012. (Simpósio).

National Mango Board - NMB. 2012. (Encontro).

XXII Congresso Brasileiro de Fruticultura. Uso do 1-Metilciclopropeno para a preservação da qualidade pós-colheita de mangas 'Ataulfo'. 2012. (Congresso).

22nd Annual Conference of the Western Plant Growth Regulator Society.Effects of growth regulators on calcium deficiency disorders. 2010. (Outra).

International Annual Meetings of American Society of Agronomy, Crop Science Society of America, Soil Science Society of America. Role of pectin methylesterases on cellular Ca distribution and blossom-end rot development in tomato fruit. 2010. (Congresso).

Postharvest Gordon Conference.Understanding the mechanisms involved in Ca2+ deficiency disorders in fruit. 2010. (Outra).

21st Annual Conference of the Western Plant Growth Regulator Society.Tomato plant and fruit responses to growth regulator treatment. 2009. (Outra).

Annual Meetings of the American Society of Plant Biologists and the Phycological Society of America. The paradigm of calcium deficiency development in fruit. 2009. (Congresso).

International Annual Meetings of American Society of Agronomy, Crop Science Society of America, Soil Science Society of America. Tomato plant and fruit responses to growth regulator treatment. 2009. (Congresso).

3º Congresso Brasileiro de Melhoramento de Plantas. 2005. (Congresso).

Genômica Funcional e Estrutural. 2005. (Seminário).

Modo de Ação e Destino Ambiental de Herbicidas. 2005. (Seminário).

Curso Internacional de Redação Científica. 2004. (Seminário).

Seminário sobre o Programa Nacional de Proteção ao Conhecimento. 2004. (Seminário).

Seminário Internacional: Comunicação e Extenção Rural no Mercosul. 2003. (Seminário).

Tópicos relacionados a qualidade de trigo II. 2003. (Seminário).

VI ENFRUTE - Encontro Nacional sobre Fruticultura de Clima Temperado. 2003. (Encontro).

VIII Congresso Brasileiro de Agrometeorologia.. 2003. (Congresso).

Ciclo de Palestras. 2001. (Seminário).

IV ENFRUTE - Encontro Nacional Sobre Fruticultura de Clima Temperado.. 2001. (Encontro).

VI Reunião Técnica de Fruticultura. 2001. (Congresso).

XIV SEAGRO. 2001. (Seminário).

XIV SEAGRO - Semana Acadêmica da Agronomia: Vida - Educação -Ciência - Ética.. 2001. (Outra).

III ENFRUTE - Encontro Nacional sobre Fruticultura de Clima Temperado. 2000. (Encontro).

III Seminário de Fruticultura da 4ª Colônia. 2000. (Seminário).

I Simpósio Internacional de Frutas de Caroço: Pêssegos, Nectarinas e Ameixas. 2000. (Simpósio).

XXXIII Runião Técnica Anual do Feijão e IV Reunião Sul-Brasileira do Feijão. 2000. (Outra).

XIII Seagro. 1999. (Seminário).

XIII SEAGRO - Semana Acadêmica da Agronomia. 1999. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: LAIANE KEYLLA SILVA GOMES

Britto, D.; Olivier, N.C.;Freitas, S.T.. Preparação e caracterização de filmes nanocompósitos para fotoproteção em frutas. 2019. Dissertação (Mestrado em Ciência dos Materiais) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

Aluno: Shayne Rodrigues de Moura

CAVALCANTE, M. Z. B.;Freitas, S.T.; SANTOS, M. H. L. C.. Pós-colheita de hastes florais de cultivares de girassol ornamental. 2019. Dissertação (Mestrado em Agronomia ? Produção Vegetal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

Aluno: Jasmine Pereira de Sena

SILVA JUNIOR, G.B.; Cavalcante, I.H.L.; PEREIRA, G.A.;Freitas, S.T.. Estratégias de adubação com fontes de cálcio no cultivo de mangueira 'Kent' na região do Vale do São Francisco. 2019. Dissertação (Mestrado em Agronomia ? Produção Vegetal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

Aluno: Rosangela Felesmino de Sousa

Lima, M.A.C.;Freitas, S.T.; Santos, A.E.O.. Qualidade e potencial antioxidante de novos genótipos de uvas apirenas avaliados no Submédio do Vale do São Francisco. 2018. Dissertação (Mestrado em Agronomia ? Produção Vegetal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

Aluno: Joanaylla Gomes de Albuquerque

Freitas, S.T.; Rybka, A.C.P.; Castro, C. D. P. C.. Estágio de maturação para a colheita, métodos para a remoção da adstringência e uso de coberturas pós-colheita para caquis produzidos no Vale do São Francisco. 2018. Dissertação (Mestrado em Agronomia ? Produção Vegetal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

Aluno: Victor Alexandre Freire de Vasconcelos

Lima, M.A.C.;Freitas, S.T.; Leão, P.C.S.. Qualidade e atividade antioxidante em frutos da videira ?Syrah? sob influência do ciclo de produção, sistemas de condução e porta-enxertos. 2017. Dissertação (Mestrado em Agronomia ? Produção Vegetal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

Aluno: Mariana Urraburu Bordón

Záccari, F.; Amarante, C.V.T.;Freitas, S.T.; Gómez, A.C.S.; Zoppolo, R.. Comportamiento poscosecha y funcional de materiales genéticos de guayabo del país (Acca sellowiana (Ber.) Burret) y arazá (Psidium cattleianam Sab). 2017. Dissertação (Mestrado em Facultad de Agronomía) - Universidad de la Republica Uruguay.

Aluno: Bruna Silva Ribeiro

Freitas, S.T.; Neto, A.F.; Lima, M.A.C.. Padrão respiratório, refrigeração e atmosfera modificada na conservação pós-colheita de cultivares de acerola. 2017. Dissertação (Mestrado em Agronomia ? Produção Vegetal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

Aluno: Lígia Tuani da Silva Santos

Lima, M.A.C.;Freitas, S.T.; Azoubel, P. M.. Caracterização química e potencial antioxidante de vinhos e subprodutos em diferentes safras. 2016. Dissertação (Mestrado em Agronomia ? Produção Vegetal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

Aluno: Erivan dos Santos Sousa

CAVALCANTE, I. H. L.; Souza, F.F.;Freitas, S.T.. Viabilidade do paclobutrazol no sistema produtivo das aceloreiras 'Junko' e 'Flor Branca' irrigadas. 2016. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Danise Medeiros Vieira

Moreira, R.T.; Rockenbach, I.I.; Cavalcanti, M.T.;Freitas, S.T.. Qualidade física, química e sensorial de genótipos de uva com potencial para a produção de passas no Submédio do Vale do São Francisco. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal da Paraíba.

Aluno: Aline Santos

Amarante, C.V.T;Steffens, C.A.; Miqueloto, A.;de Freitas, Sergio Tonetto. Estudo de métodos de amostragem e da distribuição de minerais em maçãs como ferramenta para segregar frutos com predisposição ao bitter pit. 2015. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

Aluno: Douglas Correa de Souza

Resende, L. V.; Nassur, R.C.M.R.;Freitas, S.T.; Resende, J. T. V.. Caracterização físico-química de frutos de híbridos de morangueiro. 2015. Dissertação (Mestrado em Agronomia (Fitotecnia)) - Universidade Federal de Lavras.

Aluno: Osvaldo Campelo de Melo Vasconcelos

Turco, S.H.N.; Dacanal, C.;Freitas, S.T.. Microclima interno de instalações de packing houses de uva no Vale do São Francisco. 2015. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

Aluno: Andreia Maria Tomazini Scolaro

Argenta, L.C.; Amarante, C.V.T;Steffens, C.A.de Freitas, Sergio Tonetto. Manejo da maturação na planta e conservação da qualidade de maçãs pelo uso de reguladores de crescimento. 2012. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

Aluno: Osvaldo Campelo de Mello Vasconcelos

MEDEROS, B. J. T.;DE FREITAS, S.T.; SPOTO, M. H. F.; BARBIN, D. F.; GARCIA, A. P.. Desenvolvimento de um dispositivo para a simulação térmica e monitoramento de mangas (Tommy Atkins). 2019. Tese (Doutorado em Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Estadual de Campinas.

Aluno: Miguel René Mogollón Lancheros

GUERRA, J. P. Z.; BORQUEZ, R.;Freitas, S.T.. Development of predictive and detection models for internal browning, watercore and bitter pit in apples using Vis-NIR spectrometry. 2019. Tese (Doutorado em Facultad de Agronomía e Ingeniería Forestal) - Pontificia Universidad Católica de Chile.

Aluno: Lucas Baiochi Riboldi

CASTRO, P.R.C.;Freitas, S.T.; Abreu Junior, C.H.; Lavres Junior, J.; Carvalho, R.F.. Physiological and morphological mechanisms regulating blossom-end rot in tomato fruit. 2018. Tese (Doutorado em Fisiologia e Bioquímica de Plantas) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (USP).

Aluno: Nemora Cavalcante da Silva

Lima, M.A.C.; Alves, R.E.;Freitas, S.T.. Revestimentos e condições de armazenamento para a conservação pós-colheita de mangas cultivar Keitt. 2018. Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade Federal da Paraíba.

Aluno: Ana Carolina Vilas Boas

Lima, L.C.O.; Batista, L.R.;Freitas, S.T.; Neto, A.D.; Carvalho, E.E.N.. Caracterização físico-química, atividade antioxidante e perfil de compostos fenólicos em vinhos de inverno produzidos e comercializados no sul de Minas Gerais. 2016. Tese (Doutorado em Ciências dos Alimentos) - Universidade Federal de Lavras.

Aluno: João Paulo Generoso Silveira

Amarante, C.V.T.;Steffens, C.A.Freitas, S.T.; Hawerroth, F.J.; Mota, C. S.. Crescimento vegetativo das plantas e qualidade pós-colheita dos frutos em macieiras tratadas com giberelinas e proexadiona-cálcio. 2015. Tese (Doutorado em Produção Vegetal) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

Aluno: Vinícius Adão Bartinicki

Amarante, C.V.T; Fioravanço, J.C.;de Freitas, Sergio Tonetto; Argenta, L.C.;Steffens, C.A.; Ernani, P.R.. Efeito de portaenxerto e diferentes clones de maçãs 'Gala' sobre a maturação na colheita e o potencial de armazenamento dos frutos. 2014. Tese (Doutorado em Produção Vegetal) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

Aluno: Aquidauana Miqueloto

Finger, F.L.; Amarante, C.V.T;de Freitas, Sergio Tonetto; Picoli, E.A.T.; Mendes, T.D.C.. Ação das auxinas na funcionalidade do xilema e ocorrência de "bitter pit" em maçãs. 2014. Tese (Doutorado em Ciências Agrárias (Fisiologia Vegetal)) - Universidade Federal de Viçosa.

Aluno: Maritza Gabriela Matteo Ponce

GUERRA, J. P. Z.; ZAPATA, M. A.; CAMPOS, R.;DE FREITAS, SERGIO. Understanding short distance movement of foliar calcium applications during fruit development and its relationship with cherry firmness. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Facultad de Agronomía e Ingeniería Forestal) - Pontificia Universidad Católica de Chile.

Aluno: Miguel René Mogollón Lancheros

GUERRA, J. P. Z.; BORQUEZ, R.;Freitas, S.T.; ESCARATE, P.. Desarrollo de modelos predictivos y de detección para pardeamiento interno, corazón acuoso y bitter pit en manzanas a partir de espectrometría en el rango Vis-NIR. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Facultad de Agronomía e Ingeniería Forestal) - Pontificia Universidad Católica de Chile.

Aluno: Marcos Schleiden Sousa Carvalho

Resende, L. V.; Gomes, M. S.; Resende, J. T. V.;Freitas, S.T.. Triagem fitoquímica e atividade antioxidante de cinco espécies de hortaliças não convencionais. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Agronomia (Fitotecnia)) - Universidade Federal de Lavras.

Aluno: João Paulo Generoso Silveira

Amarante, C.V.T;de Freitas, Sergio Tonetto; Sestari, I.;Steffens, C.A.; Argenta, L.C.. Ocorrência de bitter pit em maçãs e sua relação com a atividade do hormômio giberelina. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Produção Vegetal) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

Aluno: Vinícius Adão Bartinick

Amarante, C.V.T; Argenta, L.C.;Steffens, C.A.de Freitas, Sergio Tonetto. Efeito do clima, do porta-enxerto e de diferentes clones de 'Gala' e de 'Fuji' sobre a maturação na colheita, propriedades nutracêuticas e o potencial de armazenamento de maçãs. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Produção Vegetal) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

Aluno: Liliane Dária Félix

Biasoto, A.C.T.; CASTRO, C. D. P. C.;Freitas, S.T.. Potencial de diferentes genótipos de acerola (Malpighia emarginata DC) para a produção de suco, otimização do processo e avaliação da vida útil do produto. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal de Sergipe.

Aluno: Maria da Conceição Prudêncio Dutra

Pereira, G.E.; Lima, M.S.;Freitas, S.T.. Caracterização química de bebidas brasileiras derivadas da uva: desenvolvimento e validação de método para determinação de aromas e metais de transição. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Horticultura Irrigada) - Universidade do Estado da Bahia.

Aluno: LAIANE KEYLLA SILVA GOMES

Britto, D.; Olivier, N.C.;Freitas, S.T.. Preparação e caracterização de filmes nanocompósitos para fotoproteção em frutas. 2018.

Aluno: Joyce Fagundes de Souza

PEREIRA, G. E.; LIMA, M. S.;Freitas, S.T.. Influência da safra e cor de garrafa em vinho tinto Syrah e espumante moscatel oriundo do Vale do Submédio São Francisco, armazenados em ambiente controlado. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Horticultura Irrigada) - Universidade do Estado da Bahia.

Aluno: Vanessa Mariel Cuozzo Rucci

Gómez, A.C.S.; Cabrera, D.;Freitas, S.T.. Evaluación del comportamiento poscosecha de tres variedades de pera y su influencia sobre la calidad del producto mínimamente procesado. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Facultad de Agronomía) - Universidad de la Republica Uruguay.

Aluno: Carlos Antonio da Costa de Aguiar

Ribeiro, V.G.; Nassur, R.C.M.R.;Freitas, S.T.. Algas calcárias (Lithothamnium) no desenvolvimento e produção da videira cv. BRS Vitória. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Horticultura Irrigada) - Universidade do Estado da Bahia.

Aluno: Ianca Carneiro Ferreira

Freitas, S.T.; Lima, M.S.; Vilar, S.B.O.; Silva, V.P.. Qualidade físico-química de clones de aceroleira cultivados no semiárido nordestino e colhidos em dois estádios de maturação. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Alimentos) - Instituto Federal do Sertão Pernambucano.

Aluno: Isadora Benevides Miranda

Turco, S.H.N.;Freitas, S.T.; Lourençoni, D.. Avaliação de túnel de pré-resfriamento em packing house de uva de mesa. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agrícola e Ambiental) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

Aluno: Italo Emannuel dos Anjos Santos

Turco, S.H.N.;Freitas, S.T.; Lourençoni, D.. Cadeia do frio na produção de carambola e caju no Vale do São Francisco. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agrícola e Ambiental) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

Aluno: Daíse Souza Reis

Neto, A.F.; Ferraz, A.;Freitas, S.T.. Caracterização físico-química de três variedades de acerola com seleção de uma para obtenção do pó. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agrícola e Ambiental) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

Aluno: Isa Gabriela Vieira de Andrade

Neto, A.F.; Sousa, K.S.M.;Freitas, S.T.. Qualidade pós-colheita de 'melão amarelo' produzido com uso de coquetel vegetal em sistema de plantio direto e convencional. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

Aluno: Felipe Alves Andrade

Neto, A.F.;de Freitas, Sergio Tonetto; Olivier, N.C.. Análise físico-química e caracterização nutricional da manga 'Tommy Atkins' submetida a dano mecânico por impacto após queda e armazenada em diferentes condições. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agrícola e Ambiental) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

Aluno: Marcello Henryque Costa de Souza

Neto, A.F.;de Freitas, Sergio Tonetto; Olivier, N.C.. Avaliação da pós-colheita de melão amarelo submetidos a ensaios de compressão e danos mecânicos. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agrícola e Ambiental) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

Aluno: Josenara Daiane de Souza Costa

Neto, A.F.; Biasoto, A.C.T.;de Freitas, Sergio Tonetto. Análises químicas de uvas Ítália' das amostras in natura, após secagem e análise sensorial. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agrícola e Ambiental) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

Freitas, S.T.. X Jornada de Iniciação Científica e IV Jornada de Trabalhos de Extensão do Instituto Federal Sertã-PE. 2015. Instituto Federal do Sertão Pernambucano.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Rosangela Lunardi

BISOGNIN, D. A.;LUNARDI, R.; ANDRIOLO, J. L.. Qualidade de processamento e envelhecimento fisiológico de clones de batata produzidos durante a primavera e outono no Rio Grande do Sul. 2006. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Dilson Antônio Bisognin

BISOGNIN, D. A.ANDRIOLO, Jerônimo Luiz; LUNARDI, Rosangela. Qualidade de processamento e envelhecimento fisiológico de clones de batata produzidos durante a primavera e outono no Rio Grande do Sul. 2006. Dissertação (Mestrado em Curso de Pós Graduação Em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Alberto De Andrade Soares Filho

Manejo nutricional e práticas pós-colheita para melhorar a qualidade de consumo de mangas produzidas no Vale do São Francisco; Início: 2019; Dissertação (Mestrado em Agronomia ? Produção Vegetal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco; (Orientador);

Paula Tais Maia Santos

Produtos processados a base de umbu e/ou maracujá da Caatinga; Início: 2019; Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal de Sergipe; (Orientador);

João Claudio Vilvert

Desenvolvimento de embalagens de atmosfera modificada biodegradáveis eficientes na manutenção da qualidade pós-colheita de mangas produzidas no Vale do São Francisco; Início: 2019; Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) - Universidade Federal Rural do Semi-Árido; (Coorientador);

Bruno Emanuel Souza Coelho

Avaliação e identificação de modificações químicas e desenvolvimento de técnicas para evitar o escurecimento de suco de acerola; Início: 2019; Dissertação (Mestrado em Agronomia ? Produção Vegetal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco; (Orientador);

Kaline Gomes da Costa

Uso de polímeros de cobertura para a manutenção da qualidade pós-colheita de frutos e hortaliças produzidos no Vale do São Francisco; Início: 2019; Dissertação (Mestrado em Horticultura Irrigada) - Universidade do Estado da Bahia; (Coorientador);

Naiane Santos Barreto

Aplicação da técnica de espectroscopia do Visível e Infravermelho Próximo (VIS/NIR) para o controle da qualidade de vinhos; Início: 2019; Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal de Sergipe; (Coorientador);

Itala Tavares Guimarães

Avaliação e recomendação de espectrômetros NIR portáteis para o monitoramento da qualidade e definição do estádio de maturação ideal para a colheita de mangas produzidas no Vale do São Francisco; Início: 2018; Dissertação (Mestrado profissional em Agronomia ? Produção Vegetal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco; (Orientador);

Matheus Elysio Ayres de Andrade

Melhoria da qualidade e redução de distúrbios fisiológicos em mangas com o manjedo das plantas no pomar; Início: 2018; Dissertação (Mestrado profissional em Agronomia ? Produção Vegetal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco; (Orientador);

Maria Aparecida Rodrigues Ferreira

Avaliação da qualidade de acerolas do banco ativo de germoplasma da Embrapa Semiárido para consumo in natura e processamento; Início: 2018; Dissertação (Mestrado em Agronomia ? Produção Vegetal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco; (Orientador);

Bárbara Orrana Sobreira da Silva

Avaliação da qualidade de acerolas do banco ativo de germoplasma da Embrapa Semiárido para consumo in natura e processamento; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade de Pernambuco, Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco; (Orientador);

Deiziane dos Anjos Lima

Uso da tecnologia de infravermelho próximo para monitorar a qualidade e identificar com precisão a maturação de colheita de mangas de forma não destrutiva; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Emanuel José Nascimento Marques

Avaliação e recomendação de espectrômetros NIR portáteis para o controle de qualidade de mangas produzidas no Vale do São Francisco e definição do ponto ótimo para a colheita visando a exportação e a comercialização no mercado interno; Bolsa de Fixação de Pesquisador (BFP) FACEPE; Início: 2018; Orientação de outra natureza; Embrapa Semiárido; Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco; (Orientador);

THAIS BARBOSA SANTOS

Avaliação da qualidade de genótipos de pera e maçã produzidas no semiárido brasileiro e armazenadas em ambiente refrigerado; 2019; Dissertação (Mestrado em Agronomia ? Produção Vegetal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Magnólia Lourenço da Silva Neta

Recomendação de espectrômetros NIR portáteis para monitoramento da qualidade de mangas 'Keitt' produzidas no Submédio do Vale do São Francisco; 2019; Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal de Sergipe,; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Vagner Pereira Silva

Identificação de genótipos de umbuzeiro para o consumo in natura e técnicas para manter a qualidade pós-colheita dos frutos; 2019; Dissertação (Mestrado em Agronomia ? Produção Vegetal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Elaine Rocha Galvão

Uso de extratos de algas na produção de uvas de mesa no Vale do São Francisco; 2019; Dissertação (Mestrado em Horticultura Irrigada) - Universidade do Estado da Bahia,; Coorientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Luna Lopes Varjão

Métodos para a remoção da adstringência e manutenção da qualidade pós-colheita de caquis produzidos no Vale do São Francisco; 2018; Dissertação (Mestrado em Horticultura Irrigada) - Universidade do Estado da Bahia,; Coorientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Carlos Antonio da Costa de Aguiar

Aplicação de algas calcárias como fonte de nutrientes e biorreguladores para a melhoria da qualidade de uvas sem semente produzidas no Vale do São Francisco; 2018; Dissertação (Mestrado em Horticultura Irrigada) - Universidade do Estado da Bahia,; Coorientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Joanaylla Gomes de Albuquerque

Estágio de maturação para a colheita, métodos para a remoção da adstringência e uso de coberturas pós-colheita para caquis produzidos no Vale do São Francisco; 2018; Dissertação (Mestrado em Agronomia ? Produção Vegetal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Bruna Silva Ribeiro

Tecnologias para a conservação pós-colheita de acerolas; 2017; Dissertação (Mestrado em Agronomia ? Produção Vegetal) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Miguel René Mogollón Lancheros

Desenvolvimento de modelos de calibração para o uso de espectrômetros NIR no monitoramento e predição de desordens fisiológicas em frutos; 2019; Tese (Doutorado em Ciencias de la Agricultura) - Pontificia Universidad Católica Chile,; Coorientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Lucas Baiochi Riboldi

Physiological and morphological mechanisms regulating blossom-end rot in tomato fruit; 2018; Tese (Doutorado em Fisiologia Bioquímica de Plantas) - Universidade de São Paulo,; Coorientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Carlos Agostinho Balate

Efeito de ácido abscísico no controle de podridão apical e na qualidade do tomate; 2017; Tese (Doutorado em Agronomia (Fitotecnia)) - Universidade Federal de Lavras,; Coorientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Emanuel José Nascimento Marques

Uso de espectroscopia de infravermelho próximo para a caracterização da qualidade de frutos; 2017; Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Química) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Coorientador: Sergio Tonetto de Freitas;

João Paulo Generoso Silveira

Efeito dos Reguladores de crescimento sobre os distúrbios fisiológicos ocasionados pela deficiência de cálcio, funcionalidade do xilema e qualidade pós-colheita de maçãs; 2015; Tese (Doutorado em Produção Vegetal) - Universidade do Estado de Santa Catarina,; Coorientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Ianca Carneiro Ferreira

Qualidade de acerolas do banco ativo de germoplasma da Embrapa Semiárido para o consumo in natura e processamento; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Alimentos) - Instituto Federal do Sertão Pernambucano; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

João Claudio Vilvert

Métodos não destrutivos para a avaliação e monitoramento da qualidade de frutos produzidos no Vale do São Francisco; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Agronomia) - Universidade do Estado de Santa Catarina; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

DEYSE ALVES

Qualidade físico-química de frutos produzidos no Vale do São Francisco; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Rodrigo Torres Silva

Análise da qualidade de manga cv; Rosa (Mangifera Indica L; ) após armazenamento refrigerado; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Agrícola e Ambiental) - Universidade Federal do Vale do São Francisco; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Maria Aparecida Rodrigues Ferreira

Degrane de bagas e escurecimento do ráquis em uva de mesa; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade de Pernambuco; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Bertiene Maria Lack Barbosa

Fisiologia e tecnologia pós-colheita de frutos e hortaliças; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia de Alimentos) - Universidade Estadual de Ponta Grossa; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

MARIA DAS DORES FERREIRA DA SILVA

Fisiologia e tecnologia pós-colheita de frutos e hortaliças; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Alimentos) - Instituto Federal do Sertão Pernambucano; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Sheila Emanoela Marques Silva

Fisiologia e tecnologia pós-colheita de frutos e hortaliças; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Alimentos) - Instituto Federal do Sertão Pernambucano; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Jonas Agiar Soares

Fisiologia e tecnologia pós-colheita de frutos e hortaliças; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Alimentos) - Instituto Federal do Maranhão; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Daíse Souza Reis

Estágio de final de curso; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Agrícola e Ambiental) - Universidade Federal do Vale do São Francisco; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Vagner Pereira Silva

Estágio de final de curso; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Agronômica) - Universidade Federal do Vale do São Francisco; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Milton César Coldebella

Fisiologia Pós-colheita de Manga; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Agronomia) - Universidade do Estado de Santa Catarina; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Rafaela Ferraz Juca Menezes

Determinação do ponto de colheita e potencial de armazenamento de caquis produzidos sob irrigação no semiárido nordestino; 2019; Iniciação Científica - Embrapa Semiárido, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Bárbara Orrana Sobreira da Silva

Avaliação e recomendação de espectrômetros NIR portáteis para o monitoramento da qualidade e definição do estádio de maturação ideal para a colheita de mangas produzidas no Vale do São Francisco; 2019; Iniciação Científica - Embrapa Semiárido, Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Ianca Carneiro Ferreira

Determinação da qualidade e calibração de espectrometros NIR para monitorar a qualidade e teor de vitamina C em acessos de acerola do banco ativo de germoplasma da Embrapa Semiárido; 2019; Iniciação Científica - Embrapa Semiárido, Embrapa Semiárido; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Nadiane Raquel Moura

Avaliação de genótipos e uso de tecnologias para a redução da incidência de distúrbios fisiológicos e aumento da qualidade pós-colheita de maçãs produzidas no sertão Pernambucano; 2018; Iniciação Científica - Embrapa Semiárido, Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Taise Oliveira Passos

Métodos para a remoção da adstringência e manutenção da qualidade pós-colheita de caquis produzidos no Vale do São Francisco; 2018; Iniciação Científica - Embrapa Semiárido, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Danielly Souza Silva

Aplicação de filmes de polietileno e polímeros de cobertura para a manutenção da qualidade pós-colheita de acerolas destinadas ao consumo in natura; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade de Pernambuco, Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Maria Aparecida Rodrigues Ferreira

Qualidade pós-colheita de caquis após e durante o armazenamento; 2016; Iniciação Científica - Embrapa Semiárido, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Pedro Henrique Dias Nascimento

Fisiologia e tecnologia pós-colheita para acerola; 2016; Iniciação Científica - Embrapa Semiárido, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Maria Aparecida Rodrigues Ferreira

Fisiologia e tecnologia pós-colheita de frutos; 2016; Iniciação Científica - Embrapa Semiárido, Embrapa Semiárido; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Nadiane Raquel Moura

Fisiologia e tecnologia pós-colheita de frutos e hortaliças; 2016; Iniciação Científica - Embrapa Semiárido, Embrapa Semiárido; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Danielly Souza Silva

Estádio de maturação para a colheita, temperatura ideal de armazenamento e alternativas para o controle de podridão em acerolas destinadas ao consumo in natura; 2016; Iniciação Científica - Embrapa Semiárido, Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Maria Aparecida Rodrigues Ferreira

Seleção de genótipos de umbuzeiro com alta qualidade e potencial de armazenamento para o mercado in natura e determinação do estádio de maturação para a colheita e temperatura de armazenamento mais eficientes na conservação da qualidade pós-colheita dos frutos; Bolsa de Fixação de Técnico (BFT) FACEPE; 2018; Orientação de outra natureza - Embrapa Semiárido, Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco; Orientador: Sergio Tonetto de Freitas;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Dilson Antônio Bisognin

Qualidade de processamento e envelhecimento fisiológico de tubérculos de batata produzidos durante a primavera e outono no Rio Grande do Sul; 2006; 44 f; Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Dilson Antônio Bisognin;

Auri Brackmann

Qualidade de processamento e envelhecimento fisiólogicos de clones de batata produzidos duante a primavera e outono a região central do Rio Grande do Sul; 2006; Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria,; Coorientador: Auri Brackmann;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • 2020 RIBEIRO, BRUNA SILVA ; de Freitas, Sergio Tonetto . Maturity stage at harvest and storage temperature to maintain postharvest quality of acerola fruit. SCIENTIA HORTICULTURAE , v. 260, p. 108901, 2020.

  • 2019 DE MELLO VASCONCELOS, OSVALDO CAMPELO ; DUARTE, DIRLIANE ; DE CASTRO SILVA, JOSÉ ; OLIVEROS MESA, NELSON FELIPE ; TERUEL MEDEROS, BARBARA JANET ; de Freitas, Sergio Tonetto . Modeling -Tommy Atkins? mango cooling time based on fruit physicochemical quality. SCIENTIA HORTICULTURAE , v. 244, p. 413-420, 2019.

  • 2019 Mitcham, E.J. ; JIANG, F. ; LOPEZ, A. ; JEON, S. ; Freitas, S.T. ; YU, Q. ; Labavitch, J.M. ; TIAN, S. ; POWELL, A. . Disassembly of the fruit cell wall by the ripening-associated polygalacturonase and expansin influences tomato cracking. Horticulture Research , v. 6, p. 1-15, 2019.

  • 2019 Vasconcelos, O.C.M. ; Ferreira, G.J.B.C. ; Silva, J. C. ; Mederos, B.J.T. ; Freitas, S.T. . Development of an artificial fruit prototype for monitoring mango skin and flesh temperatures during storage and transportation. POSTHARVEST BIOLOGY AND TECHNOLOGY , v. 158, p. 110956, 2019.

  • 2019 RIBOLDI, LUCAS BAIOCHI ; GAZIOLA, SALETE APARECIDA ; AZEVEDO, RICARDO ANTUNES ; DE FREITAS, SÉRGIO TONETTO ; DE CAMARGO E CASTRO, PAULO ROBERTO . 24-Epibrassinolide Mechanisms Regulating Blossom-End Rot Development in Tomato Fruit. JOURNAL OF PLANT GROWTH REGULATION , v. 38, p. 812-823, 2019.

  • 2019 DO AMARANTE, CASSANDRO V.T. ; SILVEIRA, JOÃO PAULO G. ; STEFFENS, CRISTIANO A. ; de Freitas, Sergio T. ; MITCHAM, ELIZABETH J. ; MIQUELOTO, AQUIDAUANA . Post-bloom and preharvest treatment of `Braeburn? apple trees with prohexadione-calcium and GA4+7 affects vegetative growth and postharvest incidence of calcium-related physiological disorders and decay in the fruit. SCIENTIA HORTICULTURAE , v. 1, p. 108919-1, 2019.

  • 2018 DO AMARANTE, C.V.T. ; Miqueloto, A. ; Steffens, C.A. ; MACIEL, T.M. ; Denardi, V. ; Argenta, L.C. ; DE FREITAS, S.T. . Optimization of fruit tissue sampling method to quantify calcium, magnesium and potassium contents to predict bitter pit in apples. Acta Horticulturae , v. 1, p. 487-492, 2018.

  • 2018 VASCONCELOS, OSVALDO C. ; DACANAL, CRISTIANE ; TURCO, SÍLVIA H. N. ; FREITAS, SERGIO T. ; RAMOS, CLÓVIS M. C. ; LIMA, PAULA M. L. DE . Environmental variables in packing houses and their effects on the quality of grapes. Revista Brasileira de Engenharia Agricola e Ambiental , v. 22, p. 125-130, 2018.

  • 2018 RIBOLDI, L.B. ; ARAUJO, S.H.C. ; MURCIA, J.A.G. ; DE FREITAS, S.T. ; CASTRO, P.R.C.E. . Abscisic acid (ABA) and 24-epibrassinolide regulate blossom-end rot (BER) development in tomato fruit under Ca2+ deficiency. AUSTRALIAN JOURNAL OF CROP SCIENCE (ONLINE) , v. 12, p. 1440-1446, 2018.

  • 2018 Caldeira, V.F. ; Guimarães, S.M. ; Freitas, S.T. ; Nassur, R.C.M.R. . AVALIAÇÃO DA MANUTENÇÃO DA QUALIDADE DE UVAS PASSA BRS VITÓRIA APÓS APLICAÇÃO DE PRÉ-TRATAMENTO QUÍMICO. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA , v. 15, p. 133-151, 2018.

  • 2018 RIBOLDI, L.B. ; ARAUJO, S.H.C. ; Freitas, S.T. ; CASTRO, P.R.C. . Blossom-end rot incidence in elongated tomato fruit. Botany , v. 1, p. 1, 2018.

  • 2018 MELO, A.P.C. ; Rybka, A.C.P. ; Freitas, S.T. ; Biasoto, A.C.T. ; Nassur, R.C.M.R. . Influência de métodos de secagem na qualidade de uvas passa produzidas no semiárido brasileiro. REVISTA BRASILEIRA DE PRODUTOS AGROINDUSTRIAIS , v. 20, p. 103-110, 2018.

  • 2018 BALATE, C.A. ; SOUZA, D.C. ; RESENDE, L.V. ; DE FREITAS, S.T. . Effect of abscisic acid on the calcium content for controlling blossom-end rot in tomato under water stress. Pesquisa Agropecuaria Tropical (Online) , v. 48, p. 414-419, 2018.

  • 2017 Vasconcelos, O.C. ; Turco, S.H.N. ; Dacanal, C. ; Luz, S.N. ; Freitas, S.T. . THERMAL ENVIRONMENT OF TABLE GRAPE PACKING HOUSES IN THE SÃO FRANCISCO VALLEY. Engenharia Agricola , v. 37, p. 35-45, 2017.

  • 2017 MALEGORI, CRISTINA ; NASCIMENTO MARQUES, EMANUEL JOSÉ ; de Freitas, Sergio Tonetto ; PIMENTEL, MARIA FERNANDA ; PASQUINI, CELIO ; CASIRAGHI, ERNESTINA . Comparing the analytical performances of Micro-NIR and FT-NIR spectrometers in the evaluation of acerola fruit quality, using PLS and SVM regression algorithms. Talanta (Oxford) , v. 165, p. 112-116, 2017.

  • 2017 REIS, DAÍSE SOUZA ; FIGUEIREDO NETO, ACÁCIO ; FERRAZ, ANDRÉA DE VASCONCELOS ; Freitas, Sérgio Tonetto de . Produção e estabilidade de conservação de farinha de acerola desidratada em diferentes temperaturas. Brazilian Journal of Food and Technology , v. 20, p. 1-7, 2017.

  • 2017 FERREIRA, MARIA APARECIDA RODRIGUES ; NASSUR, RITA DE CÁSSIA MIRELA RESENDE ; HAUSEN, LEANDRO JOSÉ OLIVEIRA DE VON ; SOUZA, FLÁVIO DE FRANÇA ; Freitas, Sérgio Tonetto de . Degrane de bagas e escurecimento da ráquis em uva de mesa. COMUNICATA SCIENTIAE , v. 8, p. 109-109, 2017.

  • 2017 de Freitas, Sergio Tonetto ; MARTINELLI, FEDERICO ; FENG, BIHONG ; REITZ, NICHOLAS F. ; MITCHAM, ELIZABETH J. . Transcriptome Approach to Understand the Potential Mechanisms Inhibiting or Triggering Blossom-End Rot Development in Tomato Fruit in Response to Plant Growth Regulators. JOURNAL OF PLANT GROWTH REGULATION , v. 36, p. 1-16, 2017.

  • 2017 DE FREITAS, S.T. ; DO AMARANTE, C.V.T. ; Dandekar, A.M. ; Mitcham, E.J. . Mechanisms regulating bitter pit development in `Greensleeves? apples with suppression of ethylene biosynthesis. Acta Horticulturae , v. 1179, p. 61-68, 2017.

  • 2016 Rybka, A.C.P. ; Freitas, S.T. ; Biasoto, A.C.T. ; Neto, A.F. . Central composite rotatable design approach to optimize -Italia? raisin drying conditions. COMUNICATA SCIENTIAE , v. 6, p. 454-462, 2016.

  • 2016 MARQUES, EMANUEL JOSÉ NASCIMENTO ; DE FREITAS, SÉRGIO TONETTO ; PIMENTEL, MARIA FERNANDA ; PASQUINI, CELIO . Rapid and non-destructive determination of quality parameters in the `Tommy Atkins? mango using a novel handheld near infrared spectrometer. Food Chemistry , v. 197, p. 1207-1214, 2016.

  • 2015 de Freitas, Sergio Tonetto ; Amarante, C.V.T. ; Mitcham, E.J. . Mechanisms regulating apple cultivar susceptibility to bitter pit. Scientia Horticulturae , v. 186, p. 54-60, 2015.

  • 2015 Amarante, C.V.T. ; Steffens, C.A. ; Miqueloto, A. ; Santos, A. ; Denardi, V. ; de Freitas, Sergio Tonetto . METHODS OF FRUIT TISSUE SAMPLING TO QUANTIFY CALCIUM AND MAGNESIUM CONTENTS TO SEGREGATE APPLES FOR BITTER PIT INCIDENCE. Acta Horticulturae , p. 359-364, 2015.

  • 2015 NHAM, NGOC T. ; de Freitas, Sergio Tonetto ; MACNISH, ANDREW J. ; CARR, KEVIN M. ; KIETIKUL, TRISHA ; GUILATCO, ANGELO J. ; JIANG, CAI-ZHONG ; ZAKHAROV, FLORENCE ; MITCHAM, ELIZABETH J . A transcriptome approach towards understanding the development of ripening capacity in `Bartlett? pears (Pyrus communis L.). BMC Genomics , v. 16, p. 762, 2015.

  • 2014 Tonetto de Freitas, S. ; Mcelrone, A.J. ; Shackel, K.A. ; Mitcham, E.J. . Calcium partitioning and allocation and blossom-end rot development in tomato plants in response to whole-plant and fruit-specific abscisic acid treatments. Journal of Experimental Botany (Online) , v. 65, p. 235-247, 2014.

  • 2013 de Freitas, Sergio T. ; Mitcham, E.J. . Quality of pitaya fruit (Hylocereus undatus) as influenced by storage temperature and packaging. Scientia Agrícola (USP. Impresso) , v. 70, p. 257-262, 2013.

  • 2013 Amarante, C.V.T. ; Miqueloto, A. ; FREITAS, Sergio Tonetto de ; Steffens, C.A. ; Silveira, J.P.G. ; Corrêa, T.R. . Fruit sampling methods to quantify calcium and magnesium contents to predict bitter pit development in -Fuji? apple: A multivariate approach. Scientia Horticulturae , v. 157, p. 19-23, 2013.

  • 2013 de Freitas, Sergio T. ; Amarante, C.V.T. ; Dandekar, A.M. ; Mitcham, E.J. . Shading affects flesh calcium uptake and concentration, bitter pit incidence and other fruit traits in -Greensleeves- apple. Scientia Horticulturae , v. 161, p. 266-272, 2013.

  • 2012 de Freitas, S. T. ; Handa A.K. ; Wu, Q. ; Park, S. ; Mitcham, E.J. . Role of pectin methylesterases on cellular calcium distribution and blossom-end rot development in tomato fruit. The Plant Journal , v. 71, p. 824-835, 2012.

  • 2012 de Freitas, S. T. ; Pereira, E.I.P. ; Gomez, A.C.S ; Brackmann, A. ; Nicoloso, F. ; Bisognin, D.A. . Processing quality of potato tubers produced during autumn and spring and stored at different temperatures. Horticultura Brasileira (Impresso) , v. 30, p. 91-98, 2012.

  • 2012 de Freitas, Sergio Tonetto ; JIANG, CAI-ZHONG ; MITCHAM, ELIZABETH JEANNE . Mechanisms Involved in Calcium Deficiency Development in Tomato Fruit in Response to Gibberellins. Journal of Plant Growth Regulation , v. 31, p. 221-234, 2012.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

Freitas, S.T. ; Nassur, R.C.M.R. ; Von Hausen, L.J.O. ; Rybka, A.C.P. ; Biasoto, A.C.T. ; Souza, F.F. . Método para a determinação da tensão de abscisão de uva de mesa. 2017.

Oliveira, V.R. ; Santos, M.F. ; Morais, A.A. ; Lima, M.F. ; Boiteux, L.S. ; Costa, N.D. ; Yuri, J.E. ; Freitas, S.T. ; Lima, T.C.C. ; ARAGAO, F. A. S. ; Buso, G.S.C. . BRS Anton: híbrido de melão amarelo tipo exportação. 2017.

Freitas, S.T. ; Barbosa, M.A.G. ; Souza, F.F. ; Nassur, R.C.M.R. . Colheita e armazenamento de acerola destinada ao consumo in natura. 2016.

Rybka, A.C.P. ; Batista, F.S. ; de Freitas, Sergio Tonetto . Potencial da aceitação de doces com banana 'Pacovan' e maracujá do mato produzidos no Vale do São Francisco, Brasil. 2015.

Souza, F.F. ; Deon, M.D. ; Castro, J.M.C.E. ; Lima, M.A.C. ; Rybka, A.C.P. ; FREITAS, Sergio Tonetto de . Principais Variedades de Aceroleiras Cultivadas no Submédio do Vale do São Francisco. 2013.

Freitas, S.T. . Projeto Bem Diverso - Biomas Brasileiros. 2019; Tema: Estudo e prospecção da biodiversidade brasileira em diferentes biomas. (Site).

Pereira, G.E. ; Tonietto, J. ; Mussnich, A. ; Freitas, S.T. ; Gama, G.F.B. . International Symposium on Tropical Wines. 2017. (Editoração/Anais).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    Uso da tecnologia de infravermelho próximo para determinar a maturação de colheita e predizer desordens fisiológicas em mangas de forma não destrutiva, Descrição: A mangicultura do Vale do São Francisco representa uma importante atividade agrícola para a o desenvolvimento da região e do Brasil, contribuindo com 70% da produção nacional de manga e gerando divisas de aproximadamente US$ 180 milhões por ano. Apesar da importância, a mangicultura do Vale do São Francisco apresenta grandes limitações como a falta de métodos precisos para monitorar a qualidade de mangas na colheita e a elevada incidência de desordens fisiológicas, as quais podem atingir 50% do fruto colhido. Estudos preliminares realizados na Embrapa Semiárido mostram um alto potencial de uso da espectroscopia na região do infravermelho próximo (NIR, do inglês Near Infrared Spectroscopy) para monitorar a qualidade e incidência de desordens fisiológicas em mangas. Entretanto, trabalhos de pesquisa precisam ser realizados para calibrar, validar e avaliar a precisão de espectrômetros NIR portáteis no monitoramento da qualidade e incidência de desordens fisiológicas em mangas produzidas no Vale do São Francisco, visando garantir a oferta de mangas de alta qualidade no mercado consumidor.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Coordenador.

  • 2016 - Atual

    Projeto BemDiverso (http://bemdiverso.org.br/quem-somos/equipe/s%C3%A9rgio-tonetto-de-freitas), Descrição: O objetivo do projeto é assegurar que a biodiversidade das paisagens florestais de múltiplo uso e de alto valor de conservação seja preservada, empregando um marco melhorado de gestão de uso sustentável de produtos florestais não madeireiros (PFNM) e sistemas agroflorestais (SAF), envolvendo o bioma Caatinga no Sertão do São Francisco. Território da Cidadania (TC) Sertão do São Francisco. Junto com outras áreas, esse território faz parte da Cadeia Produtiva Local de Frutas da Caatinga. O tipo de produção a ser promovida pelo projeto são SAF e PFNM, sendo o umbu (Spondia tuberosa), o licuri (Syagrus coronata) e o maracujá-do-mato (Passiflora spp.) as espécies selecionadas, envolvendo: a) Desenvolvimento de técnicas de pós-colheita e processamento de frutos de umbuzeiro em função da seleção de genótipos para mesa ou indústria; b) Padronização de produtos à base de frutos de umbuzeiro existentes no mercado e formulação de novos produtos; c) Implantação de unidades de Fruticultura de Sequeiro como modelo de aprendizagem e desenvolvimento (Site: http://bemdiverso.org.br/territ%C3%B3rios).. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Integrante / Fabrício Bianchini - Coordenador / PAOLA CORTEZ BIANCHINI - Integrante / FRANCISCO PINHEIRO DE ARAUJO - Integrante / ANA CECILIA POLONI RYBKA - Integrante / CLIVIA DANUBIA PINHO DA C CASTRO - Integrante., Financiador(es): Programas das Nações Unidas para o Desenvolvimento no Brasil - Auxílio financeiro / Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.

  • 2016 - Atual

    Manejo de solo, água e nutrientes para aumentar a viabilidade do cultivo de mangueiras no Semiárido, Descrição: O manejo adequado do solo, o uso eficiente do sistema de irrigação e a nutrição adequada das plantas representam fatores decisivos para maximização da produção e melhoria da qualidade da manga produzida nas condições semiáridas. Este projeto tem como objetivo desenvolver e disponibilizar alternativas para o manejo sustentável do solo, dos sistemas de irrigação e dos nutrientes no cultivo da mangueira visando eficiência e racionalização no uso dos recursos disponíveis. O projeto está estruturado em quatro planos de ação que se complementam para testar as hipóteses e alcançar os resultados esperados. O primeiro plano de ação (PA 01) ?Gestão?, trata do gerenciamento dos recursos financeiros, das atividades técnico-científicas e do fluxo de informação entre a equipe do projeto. O PA 02 ?Manejo do solo no cultivo de mangueira? tem por objetivo determinar o efeito da adubação verde e dos sistemas de preparo do solo, assim como, o impacto do sistema radicular e da liberação de exsudatos, na dinâmica e nos estoques de carbono e nutrientes no solo e identificar o efeito destas tecnologias no desenvolvimento vegetativo e reprodutivo das mangueiras e na qualidade dos frutos. Assim, as ações de pesquisa serão desenvolvidas em pomares comerciais e num experimento de longa duração implantado em 2009, localizado no Campo Experimental de Bebedouro, Petrolina-PE. Será realizada a caracterização da área de abrangência do cultivo de mangueira na região do Submédio São Francisco, por meio de levantamento de campo, assim como estudos sobre a dinâmica e estoques de carbono e nutrientes no solo e na planta e avaliação da biodiversidade edáfica. No PA 03 ?Melhoria da eficiência de uso de água para o cultivo da mangueira no semiárido brasileiro? serão avaliadas as estratégias para aumentar a eficiência de uso de água no cultivo da mangueira por meio de teste dos níveis controlados de deficiência hídrica para a mangueira, do aprimoramento do manejo do déficit hídrico para indução floral das variedades Kent e Palmer e da determinação do coeficiente de cultivo (Kc) para mangueira Kent. No PA 04 ?Manejo de nutrientes no cultivo de mangueira? será realizado o monitoramento nutricional de mangueiras das cultivares Tommy Atkins, Kent e Palmer no Submédio do Vale do São Francisco. As informações geradas irão compor um banco de dados. Estes dados serão utilizados para a definição de padrões nutricionais para teores foliares, obtenção de relações entre nutrientes, que serão avaliadas por diferentes critérios e geração de diagnósticos do estado nutricional da planta. Os diagnósticos obtidos serão testados por meio de experimentos de campo. Serão ainda realizadas avaliações de trocas gasosas para acompanhamento do estado nutricional de mangueiras Tommy Atkins e avaliações de qualidade dos frutos dos ensaios realizados em campo. Os recursos financeiros previstos são da ordem de 588.167,50 de custeio e 45.000,00 de investimento, para um período de quatro anos. A equipe multidisciplinar conta com a participação de pesquisadores da Embrapa Semiárido, Embrapa Mandioca e Fruticultura, Embrapa Rondônia, Embrapa Solos, Embrapa Instrumentação Agropecuária e de professores da Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal Rural do Semi-árido, Universidade Federal do Vale do São Francisco e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Integrante / Maria Auxiliadora Coelho de Lima - Integrante / Davi José Silva - Coordenador / VANDERLISE GIONGO - Integrante / WELSON LIMA SIMOES - Integrante / TATIANA AYAKO TAURA - Integrante / Maria do Socorro Conceição de Freitas - Integrante / Tony JARBAS FERREIRA CUNHA - Integrante / MARIA APARECIDA DO CARMO MOUCO - Integrante / Fabiane Machado Vezzani - Integrante / MAGNA SOELMA BESERRA DE MOURA - Integrante / EUGENIO FERREIRA COELHO - Integrante / José Sebastião Costa de Sousa - Integrante / Vladimir Batista Figueiredo - Integrante / Jose Aliçandro Bezerra da Silva - Integrante / PAULO GUILHERME SALVADOR WADT - Integrante / DANIEL VIDAL PEREZ - Integrante / AGNALDO RODRIGUES DE MELO CHAVES - Integrante., Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.

  • 2016 - Atual

    Validação e transferência de tecnologia utilizando o porta-enxerto resistente ao nematoide Meloidogyne enterolobii para produção comercial de goiaba em áreas infestadas, Descrição: A produção de goiaba vem sendo gravemente afetada pela ocorrência da meloidoginose na goiabeira causada pelo nematoide das galhas da espécie Meloidogyne enterolobii. A abrangência generalizada, a intensidade dos prejuízos e a velocidade do aumento de ocorrência desta doença apresentam−se como sérias ameaças ao cultivo comercial da goiabeira no nordeste brasileiro e em outras regiões de cultivo do país, como é o caso dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo. Para se ter uma ideia dos prejuízos causados pela doença, menciona-se uma redução de 70% da área cultivada devido a erradicação de plantas, entre os anos de 2001 e 2006, nos perímetros irrigados no Submédio do Vale do São Francisco (Pernambuco e Bahia). Estima-se um prejuízo de R$ 114.811.200,00 em 2006 somente nesta região (Almeida, et al., 2008). A meloidoginose na goiabeira vem sendo responsável pela erradicação anual de 14% da área cultivada na região do Submédio do Vale do São Francisco. Considerando que nenhuma alternativa de controle do nematoide obteve sucesso até o momento, a erradicação de áreas com o cultivo da goiabeira vão continuar. Constatada a presença do nematoide das galhas da goiabeira em uma área, a mesma fica inviável para o cultivo da goiabeira com as plantas susceptíveis a doença. A cada dia fica mais restrita a disponibilidade de áreas livres da doença, principalmente nas regiões tradicionais de cultivo. Com esta proposta pretende-se validar e viabilizar a produção de goiaba em escala comercial em áreas infestadas com o nematoide, utilizando o porta-enxerto resistente a esta doença nas principais regiões produtoras dos estados de Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo. Para cumprir este objetivo planeja-se implantar campos comerciais de produção de goiaba em áreas selecionadas nessas regiões do país. O objetivo geral do projeto é avaliar e validar a produção comercial de goiaba usando plantas enxertadas em porta-enxerto resistente ao nematoide e desenvolver ações que viabilizem a transferência desta tecnologia para os produtores. Os objetivos específicos serão avaliar a produtividade e qualidade do fruto das plantas enxertadas, avaliar a evolução da população do nematoide e os sintomas da doença nas plantas enxertadas no porta-enxerto resistente, avaliar o custo e viabilidade da nova tecnologia de produção de goiaba e implantar um banco de matrizes do porta-enxerto, visando a comercialização de estacas para produção comercial de mudas. Os impactos desta nova prática trará benefícios nas áreas social, econômica e ambiental. Na área social serão beneficiados tanto produtores quanto consumidores. Os primeiros serão beneficiados pela oportunidade de permanecer na atividade, mantendo a sua infraestrutura, experiência e boa rentabilidade média da cultura. Os consumidores serão beneficiados pela regularização da oferta da fruta e a tendência mais estável de preços. Ganhos econômicos serão alcançados com diminuição dos custos de produção da goiaba no médio e longo prazo, por manter a exploração econômica da cultura por mais tempo, evitando a erradicação precoce e o custo de novas implantações com a cultura. O benefício ambiental e da segurança alimentar é predominantemente em função da nova técnica estar associada a ausência de uso de produtos químicos para o controle da doença. Em passado recente e ainda na atualidade alguns produtores usaram e ainda eventualmente usam nematicidas, que não têm mostrado controle efetivo da doença e com agravante porque estes produtos não são registrados para a cultura e ainda deixam resíduos nos frutos e contaminam o meio ambiente.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Integrante / Elder Manoel de Moura Rocha - Integrante / JOSE LINCOLN PINHEIRO ARAUJO - Integrante / MARCELINO LOURENCO RIBEIRO NETO - Integrante / GERALDO MILANEZ DE RESENDE - Integrante / JOSE BARBOSA DOS ANJOS - Integrante / JOSE EGIDIO FLORI - Coordenador / JOSE MAURO DA CUNHA E CASTRO - Integrante., Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.

  • 2016 - Atual

    Novas cultivares e porta-enxertos para o fortalecimento da produção de uvas de mesa no Semiárido brasileiro, Descrição: O Vale do São Francisco destaca-se como a principal região de produção e exportação de uvas finas de mesa do país, sendo esta atividade de grande importância econômica e social. As cultivares utilizadas estão restritas a um pequeno número e considerando as uvas de mesa sem sementes, algumas apresentam características indesejáveis como baixa fertilidade de gemas, produtividades irregulares, suscetibilidade à doenças e à rachadura de bagas, entre outros problemas. Uma das alternativas encontradas pelo setor produtivo tem sido a diversificação dos cultivos pela introdução de novas cultivares copa. Antes da introdução de uma nova cultivar de videira em plantios comerciais, algumas informações são necessárias para orientar a implantação de novas áreas: como as novas cultivares se comportam em relação aos porta-enxertos comuns e disponíveis na região, e ainda, que manejo nutricional ou como o emprego de ácido giberélico poderia favorecer cachos e bagas com maior tamanho e mais uniformes. Deste modo, este projeto tem como objetivo geral indicar cultivares copa, porta-enxertos e disponibilizar informações técnicas sobre práticas de manejo nutricional e reguladores vegetais, afim de contribuir para o aumento da produtividade e rentabilidade econômica e para a melhoria da qualidade pós-colheita das uvas de mesa produzidas no Vale do São Francisco. O projeto será composto por cinco planos de ação (PAs), sendo que o plano de ação 1 será o plano de gestão e os demais constituem PAs técnicos liderados pela Embrapa Semiárido, com a participação de uma equipe multidisciplinar. Experimentos de campo já implantados no Campo experimental de Bebedouro na Embrapa Semiárido e em empresa privada em Petrolina, PE, serão utilizados como base para a execução de 17 atividades de pesquisa. Pretende-se com este projeto, gerar e disponibilizar informações técnicas, por meio do avanço do conhecimento, recomendação de novas práticas agropecuárias e de novas cultivares de uvas sem sementes e porta-enxertos, contribuindo para aumentar a eficiência econômica e a sustentabilidade do cultivo de uvas de mesa no Semiárido brasileiro.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Integrante / Maria Auxiliadora Coelho de Lima - Integrante / Aline Camarão Telles Biasoto - Integrante / Maria Angélica Guimarães Barbosa - Integrante / Davi José Silva - Integrante / Patrícia Coelho de Souza Leão - Coordenador / VANDERLISE GIONGO - Integrante / AGNALDO RODRIGUES DE MELO CHAVES - Integrante / MARCELINO LOURENCO RIBEIRO NETO - Integrante / JOAO DIMAS GARCIA MAIA - Integrante., Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.

  • 2015 - 2018

    Tecnologias para o incremento e conservação da qualidade e competitividade da maçã e pera brasileiras (Fase III), Descrição: A maçã e a pera são espécies frutíferas de clima temperado com alta importância econômica no Brasil, sendo cultivadas, majoritariamente, nos estados do Sul, mas com importante expansão na Região Sudeste, e atualmente Nordeste. Mesmo com a expansão do cultivo para outras regiões, ainda não se têm condições para a colheita durante todo o ano. As pesquisas realizadas nas fases I e II dos projetos anteriores evidenciaram condições adequadas de manejo pré e pós-colheita de maçãs. A superioridade das tecnologias de atmosfera controlada e atmosfera controlada dinâmica na manutenção da qualidade de frutos foi verificada. Entretanto, essas pesquisas não são conclusivas, necessitando ser repetidas em diferentes safras, visto que alguns distúrbios fisiológicos foram evidenciados. Na fase III busca-se realizar estudos voltados a redução de perdas pós-colheita inerentes ao manejo realizado durante a conservação, visando também o controle de doenças e distúrbios fisiológicos. O projeto visa ainda dar continuidade a estudos em temas técnico-científico de grande impacto inovador como uso de ferramentas de biologia molecular e de biotecnologia no intuito de estudar o papel que o etileno exerce na indução e evolução das mudanças na textura do fruto, procurando identificar genes e proteínas que possam estar associados a distúrbios fisiológicos associados a conservação. Já foram realizados estudos de transcriptômica, colocando em evidência diferentes genes possivelmente associados às mudanças de textura e ao desenvolvimento de distúrbios fisiológicos. Pretende-se agora realizar a caracterização funcional de alguns genes em colaboração com INRA/França (consórcio CIBA). Um novo tema proposto nesse projeto é a utilização do sistema SISALERT como ferramenta para tomada de decisão relativa à previsão e prevenção de distúrbios fisiológicos e doenças pós-colheita da maçã. Essa é uma demanda antiga do setor produtivo, visto que ano após ano tem-se registrado problemas de qualidade e produtividade associado a condições meteorológicas. Esse sistema necessita atualização e ajustes nos modelos de previsão de doenças que ocorrem no pomar com reflexos durante a conservação (fungos latentes). Com relação à pera, verifica-se que embora essa cultura tenha sido implantada no Sul do país, faltam estudos relativos ao manejo pós-colheita. Devido a essa carência, as tecnologias utilizadas para a conservação da pera são as mesmas empregadas para maçã, que nem sempre se adequam à pera. Dessa forma, estão previstas ações de pesquisas em frutos produzidos na região Sul do país, priorizando as variedades aceitas pelo mercado consumidor. Assim, prevêem-se atividades que envolvem estudos com diferentes cultivares, pontos de colheita e tecnologias de armazenamento e manutenção da qualidade, as quais englobam desde o uso de armazenamento refrigerado convencional até o emprego de coberturas comestíveis. Além disso, serão desenvolvidas ações que visam agregar valor aos frutos. A proposta apresenta ainda uma interação com ações de pesquisa em maçã e pera que vem sendo conduzida pela equipe da Embrapa Semiárido. A Região Nordeste, mediante a participação dos seus polos irrigados, é a principal região produtora e exportadora de frutas frescas do Brasil. Testes com as culturas da pereira e macieira têm demonstrado bons resultados em condição semiárida tropical. Porém, faltam informações relativas à qualidade pós-colheita desses frutos quando cultivados nas condições ambientais desta região. Assim, este projeto inclui ações destinadas a caracterização pós-colheita desses frutos e a identificação de tecnologias de armazenamento adequadas para a conservação dos mesmos. Além disso, buscam-se soluções para evitar a incidência de distúrbios relacionados à maior insolação.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Integrante / Cesar Valmor Rombaldi - Integrante / Luiz Carlos Argenta - Integrante / Joston Simão de Assis - Integrante / Cesar Luis Girardi - Coordenador / Fernando José Hawerroth - Integrante / Wanderson Araújo Ferreira - Integrante / Renata Gava - Integrante / Alexandre Hoffmann - Integrante / Ana Beatriz Costa Czermainski - Integrante / Andrea de Rossi Rufato - Integrante / Anita de Souza Dias Gutierrez - Integrante / Breno Xavier Gonçalves - Integrante / Camila Pegoraro - Integrante / François Laurens - Integrante / Gisele Crizel - Integrante / Helio Satoshi Watanabe - Integrante / Isadora Rubin de Oliveira - Integrante / João Carlos Taffarel - Integrante / José Maurício Cunha Fernandes - Integrante / Juliele Ilone Danbros - Integrante / Lucas da Ressurreição Garrido - Integrante / Luciano Consoli - Integrante / Lucimara Rogeria Antoniolli - Integrante / Maria Emilia Borges Alves - Integrante / Natalino Bettoni - Integrante / Odilio Benedito Garrido de Assis - Integrante / Renar João Bender - Integrante / Rosa Maria Valdebenito Sanhueza - Integrante / Sabrina Leite de Oliveira - Integrante / Tatiane Timm Storch - Integrante / Tiago Leite de Oliveira - Integrante / Vera Maria Quecini - Integrante., Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.

  • 2015 - 2018

    Tecnologias para a conservação pós-colheita de acerola, Descrição: O projeto é parte integrante do Arranjo de Projetos coordenado pela Embrapa Semiárido sobre ?Diversificação da fruticultura irrigada no Semiárido (DIVFRUTSA)?, que tem como finalidade contribuir para a diversificação da fruticultura e o desenvolvimento do Semiárido brasileiro. Neste contexto, a acerola é um dos principais frutos produzidos no Submédio do Vale do São Francisco, sendo uma importante fonte de renda para aproximadamente 1.000 produtores em 1.200 há, que geram uma renda de R$24 milhões/ano para a região. Entretanto, o cultivo da aceroleira ainda possui grandes limitações para o mercado in natura devido a falta de tecnologias pós-colheita adequadas para manter a qualidade dos frutos das cultivares produzidas na região por período adequado para o transporte e consumo. Atualmente, frutos das principais cultivares de acerola produzidas na região possuem uma vida pós-colheita entre 7 a 15 dias quando mantidos à temperaturas superiores a 10°C. Estas limitações dificultam a comercialização de acerolas in natura tanto no mercado local como em mercados mais distantes, restringindo as opções de comercialização dos frutos pelos produtores. A determinação do estádio de maturação ideal para a colheita associada com técnicas adequadas de armazenamento e controle de podridões podem aumentar a vida pós-colheita de acerolas de 2 a 3 vezes, possibilitando o tempo mínimo necessário para a comercialização e consumo dos frutos com alta qualidade em diferentes regiões do pais. Desta forma, o objetivo deste projeto é avaliar e desenvolver tecnologias pós-colheita que mantenham a qualidade e prolonguem a vida útil das principais cultivares de acerola produzidas no Vale do São Francisco. O uso das técnicas desenvolvidas neste projeto permitirá um aumento da vida pós-colheita das acerolas produzidas na região, podendo reduzir de 2 a 3 vezes as perdas decorrentes do curto período de armazenamento dos frutos nas condições atuais de produção.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Coordenador / Maria Auxiliadora Coelho de Lima - Integrante / Ana Cecília Poloni Rybka - Integrante / Flávio de França Souza - Integrante / Joston Simão de Assis - Integrante / Maria Angélica Guimarães Barbosa - Integrante / Diógenes da Cruz Batista - Integrante / Douglas de Britto - Integrante / Carlos Farley Herbster Moura - Integrante., Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Semiárido - Auxílio financeiro.

  • 2015 - 2018

    Determinação não destrutiva de parâmetros de qualidade de mangas produzidas no Vale do São Francisco, Descrição: O crescimento da mangicultura no São Francisco Pernambucano possui grandes limitações devido a grande heterogeneidade da qualidade dos frutos ofertados no mercado nacional e internacional. Isto deve-se a falta de métodos não destrutivos precisos para a determinação da qualidade dos frutos após a colheita, o que dificulta a colheita, o armazenamento, e a comercialização de frutos com qualidade alta e homogênea, resultando em perdas devido ao amadurecimento heterogêneo do lote de frutos e baixa aceitação do consumidor. Neste contexto, o presente projeto tem como objetivo calibrar e validar um espectrofotômetro portátil de infravermelho próximo para a determinação não destrutiva precisa da qualidade físico-química de mangas produzidas no Vale do São Francisco. A calibração e validação do espectrofotômetro portátil para tais fins será de grande importância para ajudar a suprir as necessidades tecnológicas e garantir a colheita, armazenamento e oferta de frutos com qualidade alta e homogênea aos mercados consumidores nacionais e internacionais. A tecnologia gerada neste projeto estimulará o consumo e a competitividade da agroindústria de manga regional, contribuindo para o desenvolvimento do São Francisco Pernambucano.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Coordenador / Maria Auxiliadora Coelho de Lima - Integrante / Maria Fernanda Pimentel Avelar - Integrante / Joston Simão de Assis - Integrante / Emanuel José Nascimento Marques - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1

  • 2015 - Atual

    Tecnologias para produção de caqui no Semiárido brasileiro, Descrição: A Região Nordeste, mediante a participação dos seus polos irrigados, é a principal região produtora e exportadora de frutas tropicais frescas do Brasil. Nessa região, estão os quatro maiores estados produtores e exportadores de frutas frescas do Brasil em 2009: Bahia, Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte. Seguindo o exemplo do desenvolvimento alcançado pelo polo frutícola Petrolina-PE/Juazeiro-BA, outros projetos estão sendo implantados em extensas áreas. Por exemplo, somente através dos projetos públicos da Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (CODEVASF) está previsto para entrar em operação, até 2016, mais de 30.000 ha, os quais serão incorporados ao sistema de produção frutícola da região. O aumento da área plantada com as mesmas culturas já exploradas poderá causar problemas na comercialização das frutas produzidas. A falta de opções de novos cultivos tem levado os produtores a persistirem nos plantios de manga e uva, o que vem ao logo dos anos, ocasionando ofertas concentradas em determinados períodos. Pesquisas realizadas na Embrapa Semiárido têm demonstrado que existe a possibilidade de cultivo de espécies de climas tropical úmido, subtropical e temperada, com potencial econômico para as áreas irrigadas do semiárido brasileiro. Assim, cultura como o caquizeiro foi introduzida e avaliada, com o objetivo de encontrar novas opções de cultivo para os produtores da região. Resultados de pesquisa com a cultura do caquizeiro no Vale do São Francisco têm demonstrado possibilidades de produção em condição semiárida tropical. Avaliações realizadas em uma coleção de variedades têm demonstrado que as plantas estão respondendo satisfatoriamente às práticas de manejo que estão sendo testadas. O caqui é uma fruta de clima subtropical, produzida tradicionalmente nas regiões Sudeste e Sul do país, nos meses de fevereiro a junho. A partir do mês de setembro, a referida fruta é importada da Espanha e Israel, chegando ao consumidor por preços até seis vezes maiores do que os praticados com a fruta nacional. Aproveitando as condições climáticas da região semiárida, pretende-se desenvolver um sistema de manejo que permita produzir a referida fruta no período de entressafra, conseguindo-se melhores preços no mercado. A diversificação de culturas será uma ação decisiva para garantir a sustentabilidade econômica, social e ambiental para as áreas irrigadas da Região Nordeste, bem como uma estratégia de mercado que poderá viabilizar a oferta de vários produtos em diferentes épocas do ano. O objetivo desse projeto é gerar tecnologias para produção de caquis nos principais polos irrigados do semiárido brasileiro, em função da competitividade econômica, das perspectivas de inclusão social, preservação ambiental e geração de renda. O projeto é constituído por nove Planos de Ação (PAs), sendo um de gestão, sete de pesquisa e um de difusão e transferência de tecnologia, compondo trinta e uma atividades, as quais contemplam todos os temas importantes de serem estudados no contexto da avaliação agronômica e econômica da cultura do caquizeiro em condição semiárida tropical. Com base nas atividades de pesquisa desenvolvidas, pretende-se identificar, dentre as variedades avaliadas, algumas que apresentem um bom desempenho agronômico e venham a ser cultivadas economicamente, servindo de opções para a diversificação de culturas nos principais polos irrigados do semiárido brasileiro. A busca de novas opções de cultivo para as áreas irrigadas é uma ação estratégica, no intuito de promover a diversificação da produção, aumentar a eficiência e rentabilidade das pequenas, médias e grandes propriedades dos perímetros irrigados do Nordeste.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Integrante / Paulo R.C. Lopes - Coordenador / Rafael Pio - Integrante / REBERT COELHO CORREIA - Integrante / Monaliza de Oliveira Ferreira - Integrante / ELDER MANOEL DE MOURA ROCHA - Integrante / JOAO RICARDO FERREIRA DE LIMA - Integrante / JOSE LINCOLN PINHEIRO ARAUJO - Integrante / ALESSANDRA MONTEIRO SALVIANO - Integrante / Augusto Miguel Nascimento Lima - Integrante / REGIS SIVORI SILVA DOS SANTOS - Integrante / Solerne Caminha Costa - Integrante / PEDRO MARTINS RIBEIRO JUNIOR - Integrante / Alessandro Carlos Mesquita - Integrante / BEATRIZ AGUIAR GIORDANO PARANHOS - Integrante / VIVIANE TALAMINI - Integrante / JOSE EUDES DE MORAIS OLIVEIRA - Integrante / MIZAEL FELIX DA SILVA NETO - Integrante / JOAO CAETANO FIORAVANCO - Integrante., Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.

  • 2015 - Atual

    Levantamento de viroses em videira no Submédio do Vale do São Francisco, Descrição: A viticultura instalada no Submédio do Vale do São Francisco tem papel econômico e social muito importante. Diversas doenças de videira ocorrem neste local, em particular as causadas por diversos vírus, que podem ocasionar danos à qualidade e quantidade das uvas produzidas, além de afetar a longevidade da cultura. As principais medidas de controle são: a) a utilização de material propagativo sadio, cuja sanidade deve ser testada em laboratório por meio de métodos confiáveis, b) manejo da cultura para controle de transmissão por meio de vetores e c) roguing de plantas infectadas. Dessa forma, os objetivos do presente projeto visam prospectar as principais viroses presentes em videiras no Submédio do Vale do São Francisco, quantificar danos causados por uma ou mais viroses e conhecer relações vírus-vetor específicas. Essas informações serão base para um manejo baseado em conhecimentos sobre os vírus presentes. O projeto também visa implementar análises de rotina para vírus de videira no Laboratório de Fitopatologia da Embrapa Semiárido, através da adequação da infra-estrutura já existente, bem como para a aquisição de reagentes químicos e equipamentos para as análises moleculares e sorológicas, inclusive para o início dos trabalhos envolvendo viroses em geral da Clínica Fitopatológica da Embrapa Semiárido. Por essa razão de adaptação da estrutura laboratorial para as primeiras análises sorológicas e moleculares de rotina para os numerosos vírus de videira, muitas das atividades serão concentradas dentro da Embrapa Semiárido. A equipe do projeto, incluindo colaboradores, se distribui no CPATSA, CNPMF, CNPUV e UFRPE. O período para a realização dos trabalhos será de 24 meses. Além da identificação de viroses presentes no Submédio do Vale do São Francisco, esse trabalho poderá trazer resultados de adaptação de uma metodologia mais rápida e mais precisa para os virus de videira locais e investigará relações entre vírus e vetor para fins de recomendação de manejo onde ambos estiverem presentes.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Integrante / Débora Maria Sansini Freitas - Coordenador / ELDER MANOEL DE MOURA ROCHA - Integrante / PEDRO MARTINS RIBEIRO JUNIOR - Integrante / JOSE EUDES DE MORAIS OLIVEIRA - Integrante / MARIA ANGELICA GUIMARAES BARBOSA - Integrante / EDNA SANTOS DE BARROS - Integrante., Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.

  • 2015 - Atual

    Estratégias agronômicas e enológicas para melhorar a qualidade e estabilidade de vinhos das cultivares Chenin Blanc e Cabernet Sauvignon, Descrição: No Vale do São Francisco está estabelecida uma das mais distintas regiões vitivinícolas do mundo, cujo clima é caracterizado como tropical semiárido que permitem que a videira não entre em repouso e vegete continuamente ao longo do ano, podendo ser encontradas plantas em fases fenológicas distintas no mesmo período e na mesma área de produção. Assim, dependendo do mês em que ocorre a colheita e a elaboração, os vinhos apresentam variações na sua composição físico-química, qualidade sensorial e tipicidade, devido à variabilidade climática intra-anual. Entretanto, os vinhos elaborados têm sido indicados principalmente para consumo rápido, nos primeiros dois anos após o engarrafamento, não estando aptos ao envelhecimento devido à sua instabilidade química. Tal problemática deve-se provavelmente: (1) às altas concentrações de potássio nos solos; (2) à maturação fenólica incompleta das uvas no momento da colheita; e (3) à baixa acidez total das uvas. Buscando agregar qualidade e estabilidade ao vinho branco e tinto do Submédio do Vale do São Francisco, esta pesquisa propõe intervir nas condições de cultivo da cultivar ?Cabernet Sauvignon?, de expressiva importância mundial, e em processos enológicos aplicados a elaboração de seu vinho e do vinho da cultivar Chenin Blanc, casta branca de maior importância para a elaboração de vinhos brancos na região. Esta proposta pretende ampliar ações iniciadas em 2012, em projeto sob liderança da proponente, que integra a carteira do MP3. A estabilidade dos vinhos do Submédio do Vale do São Francisco é problema prioritário do setor vitivinícola da região e deve incluir as principais cultivares. O estudo voltado para as variedades ?Chenin Blanc? e ?Cabernet Sauvignon? incrementaria o conhecimento atual e a tecnologia que está sendo gerada para a cultivar Syrah. Adicionalmente, será testada a utilização de novas técnicas enológicas (não convencionais), a fim de produzir na região vinhos de qualidade diferenciada e que agradem mais ao paladar dos consumidores. Dessa maneira, as contribuições obtidas com este poderão auxiliar na busca pelo futuro estabelecimento de Indicação Geográfica de Procedência para a região, que possibilitará gerar diferencial competitivo e promover agregação de valor aos seus vinhos. A proposta será executada em cinco Planos de Ação (PA), subdivididos em Atividades de Pesquisa (AP). O Plano de Ação 1 (PA1) tem como objetivo monitorar os recursos os financeiros do projeto, acompanhar a execução das atividades e transmitir a população interessada os resultados alcançados com o projeto. Nos Planos de Ação denominados: ?Influência da correção do pH e saturação por potássio do solo sobre a qualidade e estabilidade de vinhos de 'Cabernet Sauvignon?? e ?Influência do ponto de colheita e tempo de maceração sobre a qualidade e estabilidade do vinho de ?Cabernet Sauvignon? produzido em duas épocas do ano? serão instalados experimentos em campo com a cultivar Cabernet Sauvignon. Nos Planos de Ação ?Influência da correção do pH do vinho sobre a qualidade e estabilidade de vinhos de Chenin Blanc e Cabernet Sauvignon? e ?Aplicação de novas técnicas no processo de elaboração para a obtenção de vinhos brancos e tintos de qualidade diferenciada? serão realizados experimentos no Laboratório de Enologia da Embrapa Semiárido e na Escola do Vinho do Instituto Federal do Sertão Pernambucano ? IF Sertão com uvas fornecidas pelas vinícolas da região.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Integrante / Maria Auxiliadora Coelho de Lima - Integrante / Aline Camarão Telles Biasoto - Coordenador / Ana Cecília Poloni Rybka - Integrante / Magnus Dall'Igna Deon - Integrante / Giuliano Elias Pereira - Integrante / Luiz Cláudio Corrêa - Integrante / Ana Paula André Barros - Integrante / Marcos dos Santos Lima - Integrante / Patrícia Souza Leão - Integrante / Agnaldo Rodrigues de Melo Chaves - Integrante / Celito Crivellaro Guerra - Integrante / Cláudia Alcaraz Zini - Integrante / Daniela de Grandi C Freitas de SA - Integrante / Davi José Silva - Integrante / Deborah dos Santos Garruti - Integrante / Fabrício Bianchini - Integrante / Kirley Marques Canuto - Integrante / Luis Henrique Bassoi - Integrante / Magna Soelma Beserra de Moura - Integrante / Reinivaldo Sérgio Ferraz Junior - Integrante / Ronoel Luiz de Oliveira Godoy - Integrante., Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.

  • 2015 - Atual

    Alternativas para o processamento de manga visando o fortalecimento da mangicultura no Nordeste brasileiro, Descrição: A mangicultura na região semiárida se destaca no cenário nacional pela possibilidade de escalonamento da produção durante o ano, devido às condições climáticas e às tecnologias para o manejo da floração, com irrigação, podas e reguladores vegetais. No entanto, mesmo com a produção escalonada ao longo do ano, sabe-se da existência de significativas perdas que chegam a 72.000 toneladas anuais. A existência de matéria-prima na região, resultado de perdas no agronegócio da manga, aparece como uma vantagem competitiva para uma indústria de processamento. O objetivo deste projeto é fornecer alternativas de processamento para a manga produzida no Semiárido brasileiro, visando tanto o aproveitamento dos eventuais excedentes, como possível priorização de variedade, verificando a mais apropriada para elaboração dos produtos e fornecendo ao produtor uma alternativa de cultivo com foco em processamento, sendo que ambas as possibilidades podem diminuir a dependência do produtor quanto às exigências do mercado externo. Neste sentido, a proposta explora os mais diferentes produtos, como manga minimamente processada, polpas e sucos utilizando misturas de variedades, doces e geleias incluindo componentes funcionais, polpa de manga em pó que alcança diferentes mercados e ainda o aproveitamento de resíduos da indústria, com a farinha da casca de manga, a ser adicionada no doce, e a extração do óleo de caroço, que diminui o impacto ambiental. Além disso, ainda prevê avaliação dos custos de elaboração destes produtos. O projeto está previsto no arranjo aprovado ?Fortalecimento do Agronegócio da Mangicultura no Semiárido? e está definido em diferentes Planos de Ação afim de atingir os objetivos e resultados propostos. As ações previstas permitem repercussão tecnológica, social, econômica e ambiental, além do avanço do conhecimento. Em se tratando de ganhos tecnológicos, entende-se que a elaboração dos produtos propostos subsidiará maior aproveitamento da matéria-prima e insumos para o uso principal da agroindústria nas condições semiáridas. De modo geral, o projeto pretende fornecer aporte para tornar o agronegócio da manga mais sustentável na região.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Integrante / Aline Camarão Telles Biasoto - Integrante / Ana Cecília Poloni Rybka - Coordenador / Daniela de Grandi C Freitas de SA - Integrante / Deborah dos Santos Garruti - Integrante / Ronoel Luiz de Oliveira Godoy - Integrante / Antonio Gomes Soares - Integrante / Arthur Claudio Rodrigues de Souza - Integrante / Claudia Oliveira Pinto - Integrante / Eduardo Henrique Miranda Walter - Integrante / Elder Manoel de Moura Rocha - Integrante / Henriqueta Talita G Barboza Costa - Integrante / Hilton Cesar Rodrigues Magalhães - Integrante / Idila Maria da Silva Araújo - Integrante / Janice Ribeiro Lima - Integrante / João Ricardo Ferreira de Lima - Integrante / Jorge Luiz Potxci de Azevedo - Integrante / José Lincoln Pinheiro Araújo - Integrante / José Maria Correia da Costa - Integrante / Luciana Cavalcanti de Azevedo - Integrante / Marcos José de Oliveira Fonseca - Integrante / Marcos Rodrigues Amorim Afonso - Integrante / Murillo Freire Junior - Integrante / Nedio Jair Wurlitzer - Integrante., Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.

  • 2014 - 2016

    Diagnóstico de packing houses de uvas no Vale do Submédio São Francisco: microclima e sua influência nas perdas de qualidade pós-colheita, Descrição: O Vale do Submédio São Francisco é o segundo produtor brasileiro de frutas para exportação, destacando-se na produção irrigada de uvas finas de mesa de alta qualidade. Apesar da crescente expansão deste mercado, pouco se conhece sobre as condições das instalações agrícolas, as packing houses, na etapa Pós-colheita. Sabe-se que há uma variedade de tipologias construtivas com tecnolologias variadas para o controle higrotérmico dos ambientes de armazenamento, em dependência do volume da produção e das exigências do mercado de destino. Sob a influência do Clima Tropical Semiárido, os produtores enfrentam temperaturas altas e umidades baixas, inadequadas para o acondicionamento de uvas. Com a colaboração da Cooperativa Agrícola de Juazeiro (CAJ), que reúne mais de 300 produtores agrícolas, este projeto visa fazer um diagnóstico inédito de Pós-colheita, tendo como objeto de estudos packing houses de uvas da região. Envolve a coleta de dados relacionados ao dimensionamento das unidades, ao ambiente térmico, às tecnologias empregadas na climatização dos ambientes, e a qualidade dos frutos. O desenvolvimento desta pesquisa envolve a capacitação de produtores, técnicos agrícolas e alunos do curso de Engenharia Agrícola, para o reconhecimento de fatores ambientais que podem ser controlados com a finalidade de manter o máximo de qualidade dos frutos e garantir a inserção destes no mercado nacional ou internacional. Este diagnóstico é essencial para o impulsionamento da vinicultura no Vale do Submédio São Francisco, na medida em que os produtores poderão ampliar suas instalações agrícolas de maneira consciente e assistida. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) . , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Integrante / Silvia Helena Nogueira Turco - Coordenador / Acácio Figueiredo Neto - Integrante / Mario de Miranda Vilas Boas Ramos Leitão - Integrante / Cristiane Dacanal - Integrante / Hideo de Jesus Nagahama - Integrante / Osvaldo Campelo de Mello Vasconcelos - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    Núcleo de Química Analítica Avançada de Pernambuco (NUQAAPE) - PRONEX/FACEPE/CNPq, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Maria Fernanda Pimentel Avelar em 02/06/2018., Descrição: A Química Analítica é uma área de investigação científica que desenvolve métodos, instrumentos e estratégias para obter informações sobre a composição e a natureza de uma amostra no espaço e no tempo. As técnicas e métodos analíticos clássicos adotavam uma abordagem fundamentalmente química, entretanto, as necessidades atuais de se conhecer todo o ciclo de vida de um analito demandam uma abordagem muito mais ampla. Ao longo dos anos, a instrumentação, a automação, a eletrônica, a computação, a matemática, a estatística multivariada (quimiometria) e os novos materiais tornaram-se áreas alimentadoras do desenvolvimento do que hoje se pode denominar de Ciências Analíticas. Essa visão ampliada da Química Analítica utiliza todo um conhecimento inter e multidisciplinar capaz de potencializar sua eficiência nos mais diferentes aspectos. Esta eficiência pode ser avaliada em relação aos tradicionais parâmetros de desempenho analítico ou figuras de mérito (como exatidão, precisão, seletividade, sensibilidade e robustez), mas também em relação ao custo, rapidez, segurança e minimização de resíduos. Quando se considera as exigências atuais na resolução de problemas voltados para atender a uma demanda real, o químico analítico tem a frente, portanto, o desafio de atender a dois objetivos contraditórios: fornecer o máximo de informação confiável com um mínimo de custo. Para atender a esses requisitos, esforços têm sido concentrados em linhas como: preparação de amostras, quimiometria, espectroscopia e imagens na região do infravermelho, instrumentação e automação. O Núcleo de Química Analítica Avançada de Pernambuco (NUQAAPE) visa dentro de uma abordagem contemporânea inter e multidisciplinar, promover ações sinérgicas entre os pesquisadores em Pernambuco, promovendo o avanço científico e a inovação dos métodos analíticos para enfrentar os desafios atuais que se impõem nas mais diversas áreas do conhecimento e de interesse ao desenvolvimento econômico e social do País e mais particularmente do Estado de Pernambuco. ONUQAAPE formou-se em 2010, tendo sido contemplado com auxílio do Edital de Apoio a Núcleos Emergentes ? PRONEM/FACEPE/CNPq Nº 12/2010. O apoio financeiro recebido foi fundamental para a significativa evolução do NUQAAPE neste período, com o consequente aumento na quantidade e qualidade das publicações e orientações, bem como promoção dos pesquisadores líderes para bolsista de Produtividade 1, atendendo plenamente aos objetivos no Programa PRONEM. O NUQAAPE mostra-se, portanto, consolidado e para garantir continuidade das ações solicita através deste projeto apoio dentro do Programa PRONEX. As principais aplicações que vem sendo enfatizadas no NUQAAPE envolvem a química analítica de processo, a química analítica forense, a química analítica ambiental e o controle de qualidade de alimentos. Estas aplicações foram selecionadas com base nas competências e experiência da equipe participante, bem como para estarem em consonância com as áreas estratégicas e prioritárias para o desenvolvimento científico e tecnológico do Estado, quais sejam: (a) os empreendimentos industriais estruturadores em implantação no Estado - Pólo Farmacoquímico e Refinaria; b) o desenvolvimento de arranjos produtivos locais (APLs) do Estado ? Fruticultura e Laticínios. c) políticas públicas de impacto social ou ambiental ? Forense e Ambiental.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (10) / Doutorado: (15) . , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Integrante / Aline Camarão Telles Biasoto - Integrante / Celio Pasquini - Integrante / PIMENTEL, MARIA FERNANDA - Coordenador / Valdinete Lins da Silva - Integrante / Ana Paula Silveira Paim - Integrante / Claudete Fernandes Pereira - Integrante / Fernanda Honorato - Integrante / Marta M. M. B. Duarte - Integrante / Madalena Carneiro da Cunha Areias - Integrante / Clarice Dias Britto do Amaral - Integrante / Ricardo Saldanha Honorato - Integrante / André Fernando Lavorante - Integrante / Maria José de Filgueiras Gomes - Integrante / Andréa Monteiro Santana Silva - Integrante / Elaine Cristina Lima do Nascimento - Integrante / Edvaldo da Nóbrega Gaião - Integrante / Severino Grangeiro Jr - Integrante / Bárbara França Dantas - Integrante / Paula Tereza de Souza e Silva - Integrante / Simone da Silva Simões - Integrante / Liliana de Fátima Bezerra Lira de Pontes - Integrante / Márcio José Coelho de Pontes - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    Desenvolvimento de metodologias analíticas inovadoras e robustas empregando imagens hiperespectrais e quimiometria, Descrição: Imagem hiperespectral na região do infravermelho próximo (HI-NIR) é uma técnica recente que tem se mostrado poderosa em diferentes aplicações analíticas. Essas imagens, além de possuírem informações espaciais, também carregam informações a respeito da composição química, apresentando um espectro ou canais espectrais relacionados a cada pixel da imagem. O objetivo geral do presente projeto é desenvolver metodologias analíticas inovadoras, confiáveis e robustas empregando imagens hiperespectrais e técnicas quimiométricas com foco em aplicações farmacêuticas, alimentos e produtos agrícolas. Na linha de fármacos, será avaliado o uso de HI-NIR para determinação e identificação da distribuição do princípio ativo e excipientes em comprimidos de glibenclamida, bem como de produtos de degradação em comprimidos de ácido acetilsalicílico. As estratégias desenvolvidas podem ser estendidas para outros produtos do Laboratório Farmacêutico do Estado de Pernambuco - LAFEPE. Com relação aos alimentos, serão focadas frutas tropicais como mangas e acerolas. Mais especificamente, serão avaliadas: a distribuição de açúcares e acompanhadas as mudanças que ocorrem simultaneamente nos diferentes tecidos durante o processo de envelhecimento fisiológico de mangas; distribuição de ácido ascórbico, açucares e as mudanças que ocorrem durante o processo de maturação das acerolas, bem como a possibilidade de classificar diferentes variedades. Um aspecto que será discutido e avaliado com profundidade são os diferentes critérios para caracterizar homogeneidade. Com uma abordagem inovadora, imagens de diferentes camadas de comprimidos e alimentos serão obtidas com o objetivo de recompor imagens dos compostos de interesse em três dimensões. Também será avaliada a qualidade fisiológica e a constituição química, de sementes intactas, visando seleção de genótipos com características superiores. O Prof. José Manuel Amigo Rubio é um jovem e produtivo pesquisador que tem formação sólida e experiência comprovada no tratamento quimiométrico de imagens hiperespectrais. A equipe brasileira conta com pesquisadores da Universidade Federal de Pernambuco, do LAFEPE e da EMBRAPA. Este projeto de colaboração irá fortalecer a estruturação de um grupo multidisciplinar nas instituições envolvidas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (5) . , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Integrante / Maria Fernanda Pimentel Avelar - Coordenador / José Manuel Amigo Rubio - Integrante / Claudete Fernandes Pereira - Integrante / Fernanda Araújo Honorato - Integrante / Bárbara Dantas - Integrante / Severino Grangeiro Junior - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    Instituto Nacional de Ciências e Tecnologias Analíticas Avançadas - INCTAA, Descrição: Projeto aprovado no CNPq - processo número 573894/2008-6 e na FAPESP processo número 2008/57808-1 (SIte: https://www.inctaa.org/).. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Integrante / Aline Camarão Telles Biasoto - Integrante / Celio Pasquini - Coordenador / PIMENTEL, MARIA FERNANDA - Integrante / Mário César Ugulino de Araújo - Integrante / Ivo Milton Raimundo Júnior - Integrante / Jarbas José Rodrigues Rohwedder - Integrante / Boaventura Freire dos Reis - Integrante / Wilson Figueiredo Jardim - Integrante / Joaquim de Araújo Nóbrega - Integrante / Marco Tadeu Grassi - Integrante / Adriano Maldaner - Integrante / Márcio das Virgens Rebouças - Integrante / Anne Helene Fostier - Integrante / Cassiana Carolina Montagner Raimundo - Integrante / Cristiane Vidal - Integrante / Diego Campaci de Andrade - Integrante / Fabiano Barbieri Gonzaga - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2011 - 2014

    Identificação de mecanismos e marcadores moleculares envolvidos no amadurecimento de peras através de hibridização subtrativa sequida por sequenciamento genômico, Descrição: Pesquisa: Pós-doutorado/Colaborador. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Integrante / Elizabeth Jeanne Mitcham - Coordenador / Ngoc T. Nham - Integrante / Andrew Macnish - Integrante.

  • 2006 - 2012

    Mecanismos fisiológicos, moleculares e bioquímicos envolvidos no desenvolvimento de desordens fisiológicas causadas por deficiência de cálcio em plantas, Descrição: Pesquisa: Doutorado e Pós-doutorado. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Integrante / Elizabeth Jeanne Mitcham - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2004 - 2006

    Desenvolvimento de clones de batata resistentes a requeima e adaptados as condições sul-brasileiras de cultivo, Descrição: Pesquisa. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Integrante / Dilson Antônio Bisognin - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2004 - 2006

    Qualidade Pós-colheita de Tubérculos de Batata Submetidos ao Armazenamento em Diferentes Temperaturas, Descrição: Pesquisa. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Integrante / Dilson Antônio Bisognin - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 7

  • 2002 - 2006

    Controle de distúrbios fisiológios e manutenção da qualidade de maçã cv. Gala através do armazenamento em atmosfera controlada, Descrição: Pesquisa. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Integrante / Auri Brackmann - Coordenador / Anderson Machado de Mello - Integrante / Cristiano André Steffens - Integrante., Financiador(es): Universidade Federal de Santa Maria - Outra.

  • 2002 - 2006

    Tecnologia para armazenamento de frutas de clima temperado, Descrição: Pesquisa. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Integrante / Auri Brackmann - Coordenador.

  • 2002 - 2005

    Efeito do 1-MCP sobre a maturação de maçãs cv Gala, Descrição: Pesquisa. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Integrante / Auri Brackmann - Coordenador.

  • 2001 - 2006

    Efeito da atmosfera controlada, temperatura, umidade relativa e tratamentos em pre-colheita na manutenção da qualidade de caqui 'Kyoto' durante o armazenamento, Descrição: Pesquisa. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Integrante / Auri Brackmann - Coordenador.

  • 2001 - 2003

    Efeito de diferentes doses de adubação em couve-flor cv. Teresópolis Gigante na manutenção da qualidade pós-colheita, Descrição: Pesquisa. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Integrante / Auri Brackmann - Coordenador.

  • 2001 - 2003

    Efeito do 1-MCP e absorção de etileno na manutenção da qualidade pós-colheita de repolho cv. Wakaba, Descrição: Pesquisa. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Integrante / Auri Brackmann - Coordenador.

  • 2001 - 2002

    Efeito de diferentes doses de adubação em repolho cv. Wakaba na manutenção da qualidade pós-colheita, Descrição: Pesquisa. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Integrante / Auri Brackmann - Coordenador.

  • 2001 - 2001

    Efeito do armazenamento refrigerado em cultivares de alface, Descrição: Pesquisa. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Integrante / Auri Brackmann - Coordenador.

  • 2001 - 2001

    Efeito de diferentes condições de AC temperaturas e tipos de pré-resfriamento com e sem absorção de etileno sobre a qualidade de ameixas cv Pluma 7 e Reubennel, Descrição: Pesquisa. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Integrante / Auri Brackmann - Coordenador.

  • 1999 - 2006

    Conservação pós-colheita de flores de corte, Descrição: Projeto de Pesquisa. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Sergio Tonetto de Freitas - Integrante / Auri Brackmann - Coordenador / Rogério Antônio Bellé - Integrante / Anderson Machado de Mello - Integrante / Cristiano André Steffens - Integrante., Financiador(es): Universidade Federal de Santa Maria - Outra.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2017

1° Lugar - Trabalho apresentado na XII Jornada de Iniciação Científica da Embrapa Semiárido, Embrapa Semiárido.

2011

Shapiro Family Award for Excellence in Science, Universidade da Califórnia - Davis.

2010

Henry A. Jastro Research Award, Plant Biology Graduate Group - University of California, Davis.

2010

Teaching Assistantship - Plant Metabolic Processes, Plant Biology Graduate Group, Department of Plant Sciences, University of California - Davis.

2009

Henry A. Jastro Research Award, Plant Biology Graduate Group - University of California, Davis.

2009

Joseph M. Ogawa Research and Teaching Endowment Award, College of Agricultural and Environmental Sciences - University of California, Davis.

2009

Second place in the join C02/C04 graduate student competition held during the poster presentation session on Plant Physiology and Metabolism, Pittsburgh, PA, USA, American Society of Agronomy, Crop Science Society of America, Soil Science Society of America.

2008

Henry A. Jastro Research Award, Plant Biology Graduate Group - University of California, Davis.

2006

Aprovação em concurso público, 1° lugar, Doutorado no exterior (EUA), Programa CAPES/Fulbright.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Embrapa, Embrapa Semiárido. , BR 428, Km 152, Zona Rural - Caixa Postal 23, Zona Rural, 56302970 - Petrolina, PE - Brasil, Telefone: (87) 38663711, Ramal: 3711, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2019 - Atual

    Embrapa Semiárido

    Vínculo: , Enquadramento Funcional:

  • 2014 - Atual

    Universidade Estadual de Campinas

    Vínculo: , Enquadramento Funcional:

  • 2012 - Atual

    Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Pesquisador A, Carga horária: 40

    Atividades

    • 06/2012

      Pesquisa e desenvolvimento , Embrapa Semiárido, .,Linhas de pesquisa

  • 2015 - Atual

    Universidade Federal do Vale do São Francisco

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor titular

  • 2014 - 2016

    Universidade Federal do Vale do São Francisco

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador em projeto de pesquisa

    Atividades

    • 05/2015

      Ensino, Agronomia ? Produção Vegetal, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Água e nutrição de plantas

  • 2015 - Atual

    Universidade Federal de Sergipe

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor titular

    Atividades

    • 01/2015

      Ensino, Ciência e Tecnologia de Alimentos, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Fisiologia e Tecnologia Pós-colheita

  • 2014 - Atual

    Universidade Federal de Pernambuco

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador em projeto de pesquisa

  • 2011 - 2012

    Universidade da Califórnia - Davis

    Vínculo: Pesquisa, Enquadramento Funcional: Pós-Doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2010 - 2010

    Universidade da Califórnia Davis, UC Davis

    Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Teaching Assistant (TA), Carga horária: 25

    Outras informações:
    Teaching assistant (TA) of the undergraduate course: Metabolic processes of cultivated plants (PLS100AL)

  • 2010 - 2010

    Universidade da Califórnia Davis, UC Davis

    Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Graduate Student Assistant, Carga horária: 25

  • 2006 - 2010

    Universidade da Califórnia Davis, UC Davis

    Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Doutorado em Biologia de Plantas - UCDavis, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2006 - 2006

    Universidade do Oeste de Santa Catarina

    Vínculo: Horista, Enquadramento Funcional: Professor da disciplina de Fisiologia Vegetal

  • 2004 - 2006

    Universidade Federal de Santa Maria

    Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Mestrado em Agronomia - UFSM

  • 1999 - 2004

    Universidade Federal de Santa Maria

    Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Graduação em Agronomia - UFSM

    Atividades

    • 04/2004 - 04/2005

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Rurais, Departamento de Fitotecnia.,Cargo ou função, Representante dos dos alunos co Programa de Pós-Graduação em Agronomia/CCR-UFSM.

    • 08/2004 - 08/2004

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Rurais, Departamento de Fitotecnia.,Cargo ou função, Comissão de Acompanhamento e Distribuição de Bolsas do Programa de Pós-Graduação em Agronomia-UFSM.

    • 08/2003 - 01/2004

      Outras atividades técnico-científicas , Centro de Ciências Rurais, Centro de Ciências Rurais.,Atividade realizada, Bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PIBIC/CNPq/UFSM.

    • 05/2000 - 12/2003

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Rurais, Departamento de Fitotecnia.,Cargo ou função, Representante dos Bolsistas e Monitores - Colegiado do Departamento de Fitotecnia.

    • 08/2002 - 07/2003

      Outras atividades técnico-científicas , Centro de Ciências Rurais, Centro de Ciências Rurais.,Atividade realizada, Bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PIBIC/CNPq/UFSM.

    • 02/2003 - 04/2003

      Estágios , Centro de Ciências Rurais, Departamento de Fitotecnia.,Estágio realizado, Agrícola Fraiburgo S A-Videira - SC.

    • 08/2001 - 07/2002

      Outras atividades técnico-científicas , Centro de Ciências Rurais, Centro de Ciências Rurais.,Atividade realizada, Bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PIBIC/CNPq/UFSM.

    • 01/2001 - 03/2001

      Estágios , Centro de Ciências Rurais, Departamento de Fitotecnia.,Estágio realizado, Renar Maçãs S A - Fraiburgo - SC.

    • 05/2000 - 12/2000

      Outras atividades técnico-científicas , Centro de Ciências Rurais, Centro de Ciências Rurais.,Atividade realizada, Bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica FIPE/UFSM.

    • 05/1999 - 05/2000

      Estágios , Centro de Ciências Rurais, Departamento de Fitotecnia.,Estágio realizado, Núcleo de Pesquisa em Pós- Colheita, Universidade Federal de Santa Maria, área de Pós-Colheita de Frutos, Flores e Hortaliças.