Vinicius Medeiros de Magalhães

Graduado em Farmácia com habilitação em Análises Clínicas pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) em 2008. Mestre em Farmácia pelo Programa de Pós-Graduação em Farmácia (PPGFAR) da Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 2014. Especialista em Farmácia Hospitalar com aperfeiçoamento em Farmácia Clínica e Atenção Farmacêutica pela Universidad de Chile em 2015. Título de Profissional Especialista em Farmácia Clínica pela SBRAFH (Sociedade Brasileira de Farmácia Hospitalar) em 2019 e, título de Especialista em Farmácia Clínica em Oncologia (2020). Possui vivência em Farmácia Hospitalar, com foco nos seguintes temas: Farmácia Clínica, Antibioticoterapia, Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Em Microbiologia Clínica, possui experiência em micologia clínica com ênfase em Testes de Susceptibilidade Antifúngica e Biologia Molecular. Atualmente, ocupa o cargo de Farmacêutico Clínico na Sociedade Anônima Hospital Aliança, na cidade de Salvador - Bahia.

Informações coletadas do Lattes em 30/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em FARMÁCIA

2012 - 2014

Universidade Federal da Bahia
Título: AVALIAÇÃO DA SUSCEPTIBILIDADE ANTIFÚNGICA in vitro E DA VARIABILIDADE GENÉTICA DE ISOLADOS DE Candida,Ano de Obtenção: 2014
Prof. Dra. Tânia Fraga Barros.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Candida; Susceptibilidade; Tipagem molecular; PFGE.Grande área: Ciências da SaúdeGrande Área: Ciências da Saúde / Área: Farmácia / Subárea: Análises Clínicas / Especialidade: Micologia Clínica.

Especialização em Farmácia Clínica em Oncologia

2018 - 2019

Instituto Pessoa
Título: TRATAMENTO DAS NEOPLASIAS DE MAMA COM ANTICORPOS MONOCLONAIS: O QUE MUDOU?
Orientador: Giulliano Gardenghi

Especialização em Farmácia Hospitalar e Clínica

2010 - 2012

Faculdade Santa Emília
Título: UTILIZAÇÃO DE EQUINOCANDINAS NA TERAPIA ANTIFÚNGICA EM NEONATOS
Orientador: Gustavo Santiago Dimech

Graduação em Farmácia - Bioquímica

2005 - 2008

Universidade Federal da Paraíba
Título: PERFIL PARASITOLÓGICO DOS MANIPULADORES DE ALIMENTOS DOS RESTAURANTES UNIVERSITÁRIOS DO CAMPUS I DA UFPB - JOÃO PESSOA - PB
Orientador: Francisca Inês de Sousa Freitas

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2017 - 2017

Farmácia Clínica aplicada à Oncologia. (Carga horária: 40h). , Capacitech, IBDH, Brasil.

2017 - 2017

Prática Clínica Farmacêutica em Unidade de Terapia Intesiva (UTI). (Carga horária: 60h). , RACINE, RACINE, Brasil.

2016 - 2016

Capacitação em Assistência Farmacêutica para Profissionais do Sistema Único. (Carga horária: 8h). , Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein, IIEPAE, Brasil.

2015 - 2015

Farmacia Clínica y Atención Farmaceutica. (Carga horária: 118h). , Universidad de Chile, UC, Chile.

2012 - 2012

Tratamento do Câncer Gastrointestinal e Ginecológi. (Carga horária: 23h). , Hospital São Rafael, HSR, Brasil.

2011 - 2011

Genética Molecular Humana. (Carga horária: 20h). , Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.

2010 - 2010

Antibióticos na Prática Clínica. (Carga horária: 16h). , Residência Médica, SJT, Brasil.

2010 - 2010

Imunologia Clínica Laboratorial. (Carga horária: 60h). , Portal Educação, ABED, Brasil.

2010 - 2010

Microbiologia Geral. (Carga horária: 60h). , Portal Educação, ABED, Brasil.

2009 - 2009

Farmácia Clínica. (Carga horária: 16h). , Conselho Regional de Farmácia, CRF-PB, Brasil.

2005 - 2007

Espanhol. (Carga horária: 280h). , Centro Cultural Anglo Americano, CCAA, Brasil.

2006 - 2006

Farmácia Hospitalar. (Carga horária: 40h). , PET - Departamento de Ciências Farmacêuticas, UFPB, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Farmácia / Subárea: Farmácia Clínica.

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Farmácia / Subárea: Farmácia Clínica/Especialidade: ATENÇÃO FARMACÊUTICA.

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Farmácia / Subárea: Análises Clínicas.

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Farmácia / Subárea: Microbiologia Clínica.

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Farmácia / Subárea: Análises Clínicas/Especialidade: Micologia Clínica.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

X Board Review Medical oncology: Atualização, Discussão e Inovação. 2019. (Congresso).

XII Congressso Brasileiro e VIII Congresso Sulamericano de Farmácia Hospitalar. 2019. (Congresso).

I Simpósio de Cuidados do Paciente Crítico. 2018. (Simpósio).

I Simpósio Racine de Farmácia Hospitalar (Brasil-Espanha). 2018. (Simpósio).

IV Simpósio Internacional de Farmácia Clínica e I Simpósio em Oncologia. 2018. (Simpósio).

VI Congresso Internacional Oncologia D'or. 2018. (Congresso).

II Fórum de Qualidade e Segurança do Paciente do Hospital São Rafael: O Ser Humano no Centro das Nossas Atenções. 2017. (Outra).

1 Congresso Nacional Online de Farmácia Hospitalar - CONAFH. 2016. (Congresso).

I Fórum de Qualidade e Segurança do Paciente do Hospital São Rafael. 2016. (Outra).

Fórum Interdisciplinar de Fungos do Hospital São Rafael. 2015. (Encontro).

I Café Científico com farmacêuticos. 2015. (Encontro).

I Seminário do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica. 2015. (Seminário).

IV Atualização em Microbiologia Clínica. 2014. (Outra).

IV Simpósio de Ciências Farmacêuticas. 2014. (Simpósio).

27 Congresso de Brasileiro de MIcrobiologia. 2013. (Congresso).

I Fórum Baiano de Serviços Farmacêuticos Hospitalares. 2013. (Outra).

II Curso de Antibiótico na Prática Médica: O que o profissional médico deve saber. 2013. (Outra).

8° Congresso Regional de Análises Clínicas do Nordeste. 2012. (Congresso).

II Atualização em Microbiologia Clínica. 2012. (Simpósio).

INFOCUS - Fórum de Infecções Fúngicas na Prática Clínica. 2012. (Simpósio).

VII Congresso Brasileiro de Farmácia Hospitalar ? SBRAFH. 2011. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Giovana Braga Castro; Josiane Souza Silva

RAMBO, DF; BARRETO, E O;MAGALHAES, V. M.. Avaliações toxicológicas do uso de chás durante a gestação em mulheres no ambulatório da Maternidade José Maria de Magalhães Netto, Salvador, Bahia, Brasil. 2018 - Universidade Salvador.

Aluno: Vanessa Souza Silva; Josefa Ariane Alves de Aguiar

PAIXAO, J.A.;MAGALHAES, V. M.; SOUZA, C. S.. Revisão da Literatura: Os desafios para eliminação da Tuberculose no Brasil na Atenção Básica. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Salvador.

Aluno: Lorena Cerqueira Oliveira

PAIXAO, J.A.;MAGALHAES, V. M.; PINHEIRO, C. G.. Levantamento Bibliográficas sobre o uso da Digoxina em pacientes geriátricos: Toxicidade e Interações. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Salvador.

Aluno: Gabriel Couto Rocha; Bruno Lula Silva Rocha

Quariguazy, P.; BARBOSA, A T;MAGALHAES, V. M.. Efeitos toxicológicos causados pelo uso indicriminado de esteróides anabolizantes androgênicos ao sistema cardiovascular como preceptor do infarto agudo do miocárdio. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Salvador.

Aluno: Priscila Carolaine Mauro Meneses

Quariguazy, P.;MAGALHAES, V. M.; DEUS, S. C.. A importancia do farmacêutico clínico na análise das prescrições médicas no âmbito hospitalar. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Salvador.

Aluno: Brenna Vilas Boas Alves

RAMBO, DF;MAGALHAES, V. M.; CRUZ, D. Atuação do farmacêutico no tratamento de pacientes com dependêncioa química. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Salvador.

Aluno: Carla Cerqueira da SIlva; Fernanda Souza dos Santos

PAIXAO, J.A.;MAGALHAES, V. M.; SACRAMENTO, M.. Atenção Farmacêutica voltada para pacientes geriátricos: Revisão de Literatura. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Salvador.

Aluno: Ana Paula de Araújo Brito; Sabrina Oliveira Santos Cruz

PAIXAO, J.A.;MAGALHAES, V. M.; FELICIANO, S.C.S.. Tratamentos alternativos atuais utilizados para fibromialgia. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Salvador.

Aluno: Aline Lilia dos Santos de Jesus; Rejane Monteiro Andrade

Quariguazy, P.;MAGALHAES, V. M.; NASCIMENTO, G.. Descarte de medicamentos e uma breve análise referente ao impacto ambiental decorrente. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Salvador.

Aluno: Letícia Martins de Oliveira

SANTOS, J. S. F.; AMARAL, A. L.;MAGALHAES, V. M.MAGALHAES, V. M.. Atenção Farmacêutica e Adesão ao Tratamento com Tamoxifeno em mulheres comCâncer de Mama. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Salvador.

Aluno: Daniela de Jesus Pinho; Joice de Jesus Falcão

PAIXAO, J.A.; ARAUJO NETO, J. F.;MAGALHAES, V. M.. Levantamento bibliográfico sobre o uso de plantas medicinais e medicamentos fitoterápicos utilizados por pacientes oncológicos para tratamento de câncer em alguns estados brasileiros. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Salvador.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Patrícia Soares dos Santos

MEDICAMENTOS VIA SONDA NASOENTERAL E GASTROSTOMIA: PERFIL DE UTILIZAÇÃO EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA DE UM HOSPITAL PEDIÁTRICO DE SALVADOR/BA; Início: 2018; Orientação de outra natureza; Hospital Martagão Gesteira; (Orientador);

Camila da Silva Lima

Utilização de medicamentos off-label em Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica: Revisão da Literatura; 2016; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Farmácia) - Universidade Salvador; Orientador: Vinicius Medeiros de Magalhães;

Deborah Cruz Novaes Pereira

Melhoria da Assistência Farmacêutica no Município de Limoeiro do Ajuru, PA; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão da Assistência Farmacêutica) - Universidade Federal de Santa Catarina; Orientador: Vinicius Medeiros de Magalhães;

Joana Darc da Costa Cardoso

Análise da Elaboração do Plano Operativo para o Desabastecimento de Medicamentos em uma Farmácia Hospitalar Satélite de Referência em Tratamento Oncológico; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão da Assistência Farmacêutica) - Universidade Federal de Santa Catarina; Orientador: Vinicius Medeiros de Magalhães;

Luciana Alves Nogueira Silva

Análise da dispensação de medicamentos nas Unidade Básicas de Saúde no Município de Paraupebas, PA; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão da Assistência Farmacêutica) - Universidade Federal de Santa Catarina; Orientador: Vinicius Medeiros de Magalhães;

Pablo Ricardo Barbosa Ferreira

Avaliação de um Serviço de Solicitação de Medicamentos do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica em Teresina - PI; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão da Assistência Farmacêutica) - Universidade Federal de Santa Catarina; Orientador: Vinicius Medeiros de Magalhães;

Yara Vanessa Trindade Xavier

Implantação de um Serviço de Assistência Farmacêutica no Centro de Hematologia e Hemoterapia do Estado do Piauí; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão da Assistência Farmacêutica) - Universidade Federal de Santa Catarina; Orientador: Vinicius Medeiros de Magalhães;

Rafael Carvalho

A importancia do farmacêutico na farmacoterapia de pacientes portadores de HIV-AIDS; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Universidade Salvador; Orientador: Vinicius Medeiros de Magalhães;

Larrisa Lima Carneiro Carvalho; João Paulo Alves Santos

A importancia da atuação do farmacêutico no cuidado do paciente em profilaxia ou tratamento para tromboembolismo venoso; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Universidade Salvador; Orientador: Vinicius Medeiros de Magalhães;

Aline Souza Santos; Fernanda Macedo Souza

Reconciliação medicamentosa na oncopediatria; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Universidade Salvador; Orientador: Vinicius Medeiros de Magalhães;

Túlio Pimentel Montino

Cardiotoxicidade associada ao uso do trastuzumab em pacientes com câncer de mama HER-2 positivo: Uma revisão da literatura; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Universidade Salvador; Orientador: Vinicius Medeiros de Magalhães;

Ellen Santos Bandeira

Fatores que influenciam na adesão ao tratamento medicamentoso em pecientes psiquiátricos; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Universidade Salvador; Orientador: Vinicius Medeiros de Magalhães;

Juciele Lima Modesto; Karina Lopes Lima

A importancia da atenção farmacêutica à pacientes portadores de Câncer de Mama HER-2 positivo em uso de Trastuzumab; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Universidade Salvador; Orientador: Vinicius Medeiros de Magalhães;

Eusli Lobo da Silva; Jessica Kelly da SIlva

Utilização de medicamentos Off-Label ou não licenciados para uso pediátrico; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Universidade Salvador; Orientador: Vinicius Medeiros de Magalhães;

Saana Caroline S

dos Santos; Tamires N; do Carmo Oliveira; Atenção do Farmacêutico Clínico na adesão ao Tratamento com Carbonato de Lítio em Pacientes Portadores de Transtorno Afetivo Bipolar; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Universidade Salvador; Orientador: Vinicius Medeiros de Magalhães;

Lidinete Mangabeira da Silva

Contribuição do Farmacêutico Clínco nos Programas Stewardship de Antimicrobianos; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Universidade Salvador; Orientador: Vinicius Medeiros de Magalhães;

Jade Oliveira Rios Almeida; Síria Menezes Carvalho

Atenção Farmacêutica à pacientes em uso de anticoncepcionais orais com risco de tromboembolismo venoso: Revisão de Literatura; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Universidade Salvador; Orientador: Vinicius Medeiros de Magalhães;

Daniely Azevêdo Rêgo; Helen Rodrigues Oliveira Silva

Acompanhamento Farmacêutico na utilização de benzodiazepínicos para transtorno de ansiedade na pediatria; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Universidade Salvador; Orientador: Vinicius Medeiros de Magalhães;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Francisca Inês de Sousa Freitas

Perfil parasitológico dos manipuladores de alimentos dos restaurantes universitários do campus I da UFPB, João Pessoa-PB; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bioquímica) - Universidade Federal da Paraíba; Orientador: Francisca Inês de Sousa Freitas;

Tânia Fraga Barros

Avaliação da sensibilidade antifúngica in vitro e da variabilidade genética de isolados de Candida spp; 2014; Dissertação (Mestrado em FARMÁCIA) - Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Tânia Fraga Barros;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

MAGALHAES, V. M. . Manual de Boas Práticas de Armazenamento e Distribuição - HMSI. 2010.

MAGALHAES, V. M. . Procedimentos Operacionais Padrão - Núcleo de Farmácia HMSI. 2010.

MAGALHAES, V. M. ; PEREIRA, E. G. ; WANDERLEY, R. L. . Manual de Antibioticoterapia Profilática em Cirurgias - HMSI. 2010.

MAGALHAES, V. M. . Seleção e Padronização de Medicamentos. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - 2019

    UTILIZAÇÃO DE MEDICAMENTOS OFF-LABEL OU NÃO LICENCIADOS EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA (UTI) PEDIÁTRICA E NEONATAL NA CIDADE DE SALVADOR - BAHIA, Descrição: O termo não padronizado off-label considera medicamentos prescritos de forma diferente daquela orientada na bula, em relação à faixa etária, à dose, à frequência, à apresentação, à via de administração ou à indicação para o uso em criança, ou seja, acaba ocorrendo com frequência o uso de medicamentos na pediatria com base em doses e/ou modificações para adultos, ignorando-se as diferenças entre um adulto e criança, levando a um risco de eficácia e efeitos não comprovados. A prescrição de medicamentos não licenciados ou de uso não padronizado em crianças é uma realidade condicionada por fatores tais como ausência de produtos licenciados para pacientes pediátricos. Tais dificuldades tornam o uso de medicamentos em crianças menos seguro e com resultados menos confiáveis do que aquele que ocorre em adultos. O objetivo do estudo é identificar os medicamentos de uso off-label ou não-licenciados nas Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) pediátricas e Neonatal do Hospital Martagão Gesteira, para isso será realizado um estudo descritivo, retrospectivo e exploratório com abordagem quantitativa sobre o perfil de utilização de medicamentos off-label ou não-licenciados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica e neonatal, na cidade de Salvador? Bahia. A carência de medicamentos adequados ao uso pediátrico é um problema de amplitude internacional, nos permitindo constatar que há necessidade da existência de capacidade técnico-científica e industrial no país na área de medicamentos destinados a crianças e também de desenvolvimento de preparações necessárias para uso em pediatria, realizando estudos de boa qualidade avaliando tanto a efetividade quanto a toxicidade de medicamentos em várias faixas etárias e com vários estados de patologias.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (1) . , Integrantes: Vinicius Medeiros de Magalhães - Coordenador / Eusli Lobo da Silva - Integrante / Jessica Kelly SIlva - Integrante.

  • 2018 - Atual

    MEDICAMENTOS VIA SONDA NASOENTERAL E GASTROSTOMIA: PERFIL DE UTILIZAÇÃO EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA DE UM HOSPITAL PEDIÁTRICO DE SALVADOR/BA, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Vinicius Medeiros de Magalhães - Coordenador / Patricia Soares Santos - Integrante / Izamar Nunes Macedo - Integrante.

  • 2016 - 2019

    PERFIL DE UTILIZAÇÃO DE MEDICAMENTOS OFF-LABEL EM UMA UNIDADE DE TREINAMENTO PARA DESOSPITALIZAÇÃO (UTD) NA CIDADE DE SALVADOR - BAHIA, Descrição: Crianças e adolescentes fazem parte de um grupo único e heterogêneo que como qualquer grupo populacional demanda de assistência médica, logo, necessita de terapia farmacológica. O baixo interesse comercial das Indústrias Farmacêuticas, a ausência de formulações especificas para o público infantil e questões envolvendo a ética clínica limitam o desenvolvimento de ensaios clínicos com a população pediatrica. Nesse cenário o que se observa é a utilização de medicamentos tendo como parametros os estudos em adultos e muitas destas terapias são consideradas . O presente estudo tem o objetivo de avaliar o perfil de utilização de medicamentos off-label na Unidade de Treinamento para Desospitalização (UTD) do Hospital Martagão Gesteira, no período compreendido entre janeiro a março de 2016. A metodologia a ser empregada será um estudo descritivo, retrospectivo com abordagem quantitativa sobre o perfil de utilização de medicamentos off-label. Fará parte do estudo todas as prescrições presentes no prontuário eletrônico dos pacientes internados na Unidade de Treinamento para Desospitalização (UTD) no período proposto pelo estudo. Espera-se que a partir dos resultados obtidos no presente trabalho, perceba-se a importância da abordagem do tema e que mais estudos possam ser realizados a fim de obter maiores informações sobre a utilização de medicamentos off-label na população investigada. Almeja-se que a prática da medicalização em crianças e adolescentes seja realizada de forma racional, segura e que os possíveis efeitos adversos sejam minimizados.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Vinicius Medeiros de Magalhães - Coordenador / Camila da Silva Lima - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2010 - Atual

    PERFIL DE SUSCEPTIBILIDADE ANTIFÚNGICA E CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR DE ISOLADOS DE Candida spp., Descrição: Dentre as infecções micóticas sistêmicas, as fungemias têm evidenciado incidência crescente e, as causadas por Candida sp. ocupam o quarto lugar entre todas as infecções sanguíneas estando o aumento na freqüência de candidemia associado a internações prolongadas. Apesar da C. albicans ser a espécie mais comumente isolada, o espectro da candidíase tem mudado nos últimos anos com a emergência das espécies não-albicans e com a resistência adquirida aos antifúngicos. Diante desta situação, surge a necessidade da utilização de antifúngicos para a terapia profilática ou empírica. Além disso, o processo de identificação de leveduras em nível de espécie com técnicas bioquímicas tradicionais é demorado e a confiança na expressão fenotípica as tem tornado incertas. Diversas técnicas de biologia molecular estão hoje disponíveis para a detecção de variabilidade genética permitindo a obtenção de um número virtualmente ilimitado de marcadores moleculares cobrindo todo o genoma do organismo. O projeto visa dar continuidade ao estudo da susceptibilidade aplicando as atualizações dos protocolos M44 e M27, do Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI) em leveduras do gênero Candida spp. isoladas de unidades de terapia intensiva na cidade de Salvador, Bahia, e discriminar os subtipos através de genotipagem.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Vinicius Medeiros de Magalhães - Integrante / Tânia Fraga Barros - Coordenador.

  • 2010 - Atual

    PERFIL DE SUSCEPTIBILIDADE ANTIFÚNGICA E CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR DE ISOLADOS DE Candida spp., Descrição: Dentre as infecções micóticas sistêmicas, as fungemias têm evidenciado incidência crescente e, as causadas por Candida sp. ocupam o quarto lugar entre todas as infecções sanguíneas estando o aumento na freqüência de candidemia associado a internações prolongadas. Apesar da C. albicans ser a espécie mais comumente isolada, o espectro da candidíase tem mudado nos últimos anos com a emergência das espécies não-albicans e com a resistência adquirida aos antifúngicos. Diante desta situação, surge a necessidade da utilização de antifúngicos para a terapia profilática ou empírica. Além disso, o processo de identificação de leveduras em nível de espécie com técnicas bioquímicas tradicionais é demorado e a confiança na expressão fenotípica as tem tornado incertas. Diversas técnicas de biologia molecular estão hoje disponíveis para a detecção de variabilidade genética permitindo a obtenção de um número virtualmente ilimitado de marcadores moleculares cobrindo todo o genoma do organismo. O projeto visa dar continuidade ao estudo da susceptibilidade aplicando as atualizações dos protocolos M44 e M27, do Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI) em leveduras do gênero Candida spp. isoladas de unidades de terapia intensiva na cidade de Salvador, Bahia, e discriminar os subtipos através de genotipagem.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Vinicius Medeiros de Magalhães - Integrante / Tânia Fraga Barros - Coordenador.

  • 2010 - Atual

    PERFIL DE SUSCEPTIBILIDADE ANTIFÚNGICA E CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR DE ISOLADOS DE Candida spp., Descrição: Dentre as infecções micóticas sistêmicas, as fungemias têm evidenciado incidência crescente e, as causadas por Candida sp. ocupam o quarto lugar entre todas as infecções sanguíneas estando o aumento na freqüência de candidemia associado a internações prolongadas. Apesar da C. albicans ser a espécie mais comumente isolada, o espectro da candidíase tem mudado nos últimos anos com a emergência das espécies não-albicans e com a resistência adquirida aos antifúngicos. Diante desta situação, surge a necessidade da utilização de antifúngicos para a terapia profilática ou empírica. Além disso, o processo de identificação de leveduras em nível de espécie com técnicas bioquímicas tradicionais é demorado e a confiança na expressão fenotípica as tem tornado incertas. Diversas técnicas de biologia molecular estão hoje disponíveis para a detecção de variabilidade genética permitindo a obtenção de um número virtualmente ilimitado de marcadores moleculares cobrindo todo o genoma do organismo. O projeto visa dar continuidade ao estudo da susceptibilidade aplicando as atualizações dos protocolos M44 e M27, do Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI) em leveduras do gênero Candida spp. isoladas de unidades de terapia intensiva na cidade de Salvador, Bahia, e discriminar os subtipos através de genotipagem.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Vinicius Medeiros de Magalhães - Integrante / Tânia Fraga Barros - Coordenador.

  • 2010 - Atual

    PERFIL DE SUSCEPTIBILIDADE ANTIFÚNGICA E CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR DE ISOLADOS DE Candida spp., Descrição: Dentre as infecções micóticas sistêmicas, as fungemias têm evidenciado incidência crescente e, as causadas por Candida sp. ocupam o quarto lugar entre todas as infecções sanguíneas estando o aumento na freqüência de candidemia associado a internações prolongadas. Apesar da C. albicans ser a espécie mais comumente isolada, o espectro da candidíase tem mudado nos últimos anos com a emergência das espécies não-albicans e com a resistência adquirida aos antifúngicos. Diante desta situação, surge a necessidade da utilização de antifúngicos para a terapia profilática ou empírica. Além disso, o processo de identificação de leveduras em nível de espécie com técnicas bioquímicas tradicionais é demorado e a confiança na expressão fenotípica as tem tornado incertas. Diversas técnicas de biologia molecular estão hoje disponíveis para a detecção de variabilidade genética permitindo a obtenção de um número virtualmente ilimitado de marcadores moleculares cobrindo todo o genoma do organismo. O projeto visa dar continuidade ao estudo da susceptibilidade aplicando as atualizações dos protocolos M44 e M27, do Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI) em leveduras do gênero Candida spp. isoladas de unidades de terapia intensiva na cidade de Salvador, Bahia, e discriminar os subtipos através de genotipagem.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Vinicius Medeiros de Magalhães - Integrante / Tânia Fraga Barros - Coordenador.

  • 2010 - Atual

    PERFIL DE SUSCEPTIBILIDADE ANTIFÚNGICA E CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR DE ISOLADOS DE Candida spp., Descrição: Dentre as infecções micóticas sistêmicas, as fungemias têm evidenciado incidência crescente e, as causadas por Candida sp. ocupam o quarto lugar entre todas as infecções sanguíneas estando o aumento na freqüência de candidemia associado a internações prolongadas. Apesar da C. albicans ser a espécie mais comumente isolada, o espectro da candidíase tem mudado nos últimos anos com a emergência das espécies não-albicans e com a resistência adquirida aos antifúngicos. Diante desta situação, surge a necessidade da utilização de antifúngicos para a terapia profilática ou empírica. Além disso, o processo de identificação de leveduras em nível de espécie com técnicas bioquímicas tradicionais é demorado e a confiança na expressão fenotípica as tem tornado incertas. Diversas técnicas de biologia molecular estão hoje disponíveis para a detecção de variabilidade genética permitindo a obtenção de um número virtualmente ilimitado de marcadores moleculares cobrindo todo o genoma do organismo. O projeto visa dar continuidade ao estudo da susceptibilidade aplicando as atualizações dos protocolos M44 e M27, do Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI) em leveduras do gênero Candida spp. isoladas de unidades de terapia intensiva na cidade de Salvador, Bahia, e discriminar os subtipos através de genotipagem.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Vinicius Medeiros de Magalhães - Integrante / Tânia Fraga Barros - Coordenador.

  • 2010 - Atual

    PERFIL DE SUSCEPTIBILIDADE ANTIFÚNGICA E CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR DE ISOLADOS DE Candida spp., Descrição: Dentre as infecções micóticas sistêmicas, as fungemias têm evidenciado incidência crescente e, as causadas por Candida sp. ocupam o quarto lugar entre todas as infecções sanguíneas estando o aumento na freqüência de candidemia associado a internações prolongadas. Apesar da C. albicans ser a espécie mais comumente isolada, o espectro da candidíase tem mudado nos últimos anos com a emergência das espécies não-albicans e com a resistência adquirida aos antifúngicos. Diante desta situação, surge a necessidade da utilização de antifúngicos para a terapia profilática ou empírica. Além disso, o processo de identificação de leveduras em nível de espécie com técnicas bioquímicas tradicionais é demorado e a confiança na expressão fenotípica as tem tornado incertas. Diversas técnicas de biologia molecular estão hoje disponíveis para a detecção de variabilidade genética permitindo a obtenção de um número virtualmente ilimitado de marcadores moleculares cobrindo todo o genoma do organismo. O projeto visa dar continuidade ao estudo da susceptibilidade aplicando as atualizações dos protocolos M44 e M27, do Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI) em leveduras do gênero Candida spp. isoladas de unidades de terapia intensiva na cidade de Salvador, Bahia, e discriminar os subtipos através de genotipagem.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Vinicius Medeiros de Magalhães - Integrante / Tânia Fraga Barros - Coordenador.

  • 2010 - Atual

    PERFIL DE SUSCEPTIBILIDADE ANTIFÚNGICA E CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR DE ISOLADOS DE Candida spp., Descrição: Dentre as infecções micóticas sistêmicas, as fungemias têm evidenciado incidência crescente e, as causadas por Candida sp. ocupam o quarto lugar entre todas as infecções sanguíneas estando o aumento na freqüência de candidemia associado a internações prolongadas. Apesar da C. albicans ser a espécie mais comumente isolada, o espectro da candidíase tem mudado nos últimos anos com a emergência das espécies não-albicans e com a resistência adquirida aos antifúngicos. Diante desta situação, surge a necessidade da utilização de antifúngicos para a terapia profilática ou empírica. Além disso, o processo de identificação de leveduras em nível de espécie com técnicas bioquímicas tradicionais é demorado e a confiança na expressão fenotípica as tem tornado incertas. Diversas técnicas de biologia molecular estão hoje disponíveis para a detecção de variabilidade genética permitindo a obtenção de um número virtualmente ilimitado de marcadores moleculares cobrindo todo o genoma do organismo. O projeto visa dar continuidade ao estudo da susceptibilidade aplicando as atualizações dos protocolos M44 e M27, do Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI) em leveduras do gênero Candida spp. isoladas de unidades de terapia intensiva na cidade de Salvador, Bahia, e discriminar os subtipos através de genotipagem.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Vinicius Medeiros de Magalhães - Integrante / Tânia Fraga Barros - Coordenador.

  • 2010 - Atual

    PERFIL DE SUSCEPTIBILIDADE ANTIFÚNGICA E CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR DE ISOLADOS DE Candida spp., Descrição: Dentre as infecções micóticas sistêmicas, as fungemias têm evidenciado incidência crescente e, as causadas por Candida sp. ocupam o quarto lugar entre todas as infecções sanguíneas estando o aumento na freqüência de candidemia associado a internações prolongadas. Apesar da C. albicans ser a espécie mais comumente isolada, o espectro da candidíase tem mudado nos últimos anos com a emergência das espécies não-albicans e com a resistência adquirida aos antifúngicos. Diante desta situação, surge a necessidade da utilização de antifúngicos para a terapia profilática ou empírica. Além disso, o processo de identificação de leveduras em nível de espécie com técnicas bioquímicas tradicionais é demorado e a confiança na expressão fenotípica as tem tornado incertas. Diversas técnicas de biologia molecular estão hoje disponíveis para a detecção de variabilidade genética permitindo a obtenção de um número virtualmente ilimitado de marcadores moleculares cobrindo todo o genoma do organismo. O projeto visa dar continuidade ao estudo da susceptibilidade aplicando as atualizações dos protocolos M44 e M27, do Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI) em leveduras do gênero Candida spp. isoladas de unidades de terapia intensiva na cidade de Salvador, Bahia, e discriminar os subtipos através de genotipagem.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Vinicius Medeiros de Magalhães - Integrante / Tânia Fraga Barros - Coordenador.

  • 2010 - Atual

    PERFIL DE SUSCEPTIBILIDADE ANTIFÚNGICA E CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR DE ISOLADOS DE Candida spp., Descrição: Dentre as infecções micóticas sistêmicas, as fungemias têm evidenciado incidência crescente e, as causadas por Candida sp. ocupam o quarto lugar entre todas as infecções sanguíneas estando o aumento na freqüência de candidemia associado a internações prolongadas. Apesar da C. albicans ser a espécie mais comumente isolada, o espectro da candidíase tem mudado nos últimos anos com a emergência das espécies não-albicans e com a resistência adquirida aos antifúngicos. Diante desta situação, surge a necessidade da utilização de antifúngicos para a terapia profilática ou empírica. Além disso, o processo de identificação de leveduras em nível de espécie com técnicas bioquímicas tradicionais é demorado e a confiança na expressão fenotípica as tem tornado incertas. Diversas técnicas de biologia molecular estão hoje disponíveis para a detecção de variabilidade genética permitindo a obtenção de um número virtualmente ilimitado de marcadores moleculares cobrindo todo o genoma do organismo. O projeto visa dar continuidade ao estudo da susceptibilidade aplicando as atualizações dos protocolos M44 e M27, do Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI) em leveduras do gênero Candida spp. isoladas de unidades de terapia intensiva na cidade de Salvador, Bahia, e discriminar os subtipos através de genotipagem.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Vinicius Medeiros de Magalhães - Integrante / Tânia Fraga Barros - Coordenador.

  • 2010 - Atual

    PERFIL DE SUSCEPTIBILIDADE ANTIFÚNGICA E CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR DE ISOLADOS DE Candida spp., Descrição: Dentre as infecções micóticas sistêmicas, as fungemias têm evidenciado incidência crescente e, as causadas por Candida sp. ocupam o quarto lugar entre todas as infecções sanguíneas estando o aumento na freqüência de candidemia associado a internações prolongadas. Apesar da C. albicans ser a espécie mais comumente isolada, o espectro da candidíase tem mudado nos últimos anos com a emergência das espécies não-albicans e com a resistência adquirida aos antifúngicos. Diante desta situação, surge a necessidade da utilização de antifúngicos para a terapia profilática ou empírica. Além disso, o processo de identificação de leveduras em nível de espécie com técnicas bioquímicas tradicionais é demorado e a confiança na expressão fenotípica as tem tornado incertas. Diversas técnicas de biologia molecular estão hoje disponíveis para a detecção de variabilidade genética permitindo a obtenção de um número virtualmente ilimitado de marcadores moleculares cobrindo todo o genoma do organismo. O projeto visa dar continuidade ao estudo da susceptibilidade aplicando as atualizações dos protocolos M44 e M27, do Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI) em leveduras do gênero Candida spp. isoladas de unidades de terapia intensiva na cidade de Salvador, Bahia, e discriminar os subtipos através de genotipagem.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Vinicius Medeiros de Magalhães - Integrante / Tânia Fraga Barros - Coordenador.

  • 2010 - Atual

    PERFIL DE SUSCEPTIBILIDADE ANTIFÚNGICA E CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR DE ISOLADOS DE Candida spp., Descrição: Dentre as infecções micóticas sistêmicas, as fungemias têm evidenciado incidência crescente e, as causadas por Candida sp. ocupam o quarto lugar entre todas as infecções sanguíneas estando o aumento na freqüência de candidemia associado a internações prolongadas. Apesar da C. albicans ser a espécie mais comumente isolada, o espectro da candidíase tem mudado nos últimos anos com a emergência das espécies não-albicans e com a resistência adquirida aos antifúngicos. Diante desta situação, surge a necessidade da utilização de antifúngicos para a terapia profilática ou empírica. Além disso, o processo de identificação de leveduras em nível de espécie com técnicas bioquímicas tradicionais é demorado e a confiança na expressão fenotípica as tem tornado incertas. Diversas técnicas de biologia molecular estão hoje disponíveis para a detecção de variabilidade genética permitindo a obtenção de um número virtualmente ilimitado de marcadores moleculares cobrindo todo o genoma do organismo. O projeto visa dar continuidade ao estudo da susceptibilidade aplicando as atualizações dos protocolos M44 e M27, do Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI) em leveduras do gênero Candida spp. isoladas de unidades de terapia intensiva na cidade de Salvador, Bahia, e discriminar os subtipos através de genotipagem.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Vinicius Medeiros de Magalhães - Integrante / Tânia Fraga Barros - Coordenador.

  • 2010 - Atual

    PERFIL DE SUSCEPTIBILIDADE ANTIFÚNGICA E CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR DE ISOLADOS DE Candida spp., Descrição: Dentre as infecções micóticas sistêmicas, as fungemias têm evidenciado incidência crescente e, as causadas por Candida sp. ocupam o quarto lugar entre todas as infecções sanguíneas estando o aumento na freqüência de candidemia associado a internações prolongadas. Apesar da C. albicans ser a espécie mais comumente isolada, o espectro da candidíase tem mudado nos últimos anos com a emergência das espécies não-albicans e com a resistência adquirida aos antifúngicos. Diante desta situação, surge a necessidade da utilização de antifúngicos para a terapia profilática ou empírica. Além disso, o processo de identificação de leveduras em nível de espécie com técnicas bioquímicas tradicionais é demorado e a confiança na expressão fenotípica as tem tornado incertas. Diversas técnicas de biologia molecular estão hoje disponíveis para a detecção de variabilidade genética permitindo a obtenção de um número virtualmente ilimitado de marcadores moleculares cobrindo todo o genoma do organismo. O projeto visa dar continuidade ao estudo da susceptibilidade aplicando as atualizações dos protocolos M44 e M27, do Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI) em leveduras do gênero Candida spp. isoladas de unidades de terapia intensiva na cidade de Salvador, Bahia, e discriminar os subtipos através de genotipagem.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Vinicius Medeiros de Magalhães - Integrante / Tânia Fraga Barros - Coordenador.

  • 2010 - Atual

    PERFIL DE SUSCEPTIBILIDADE ANTIFÚNGICA E CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR DE ISOLADOS DE Candida spp., Descrição: Dentre as infecções micóticas sistêmicas, as fungemias têm evidenciado incidência crescente e, as causadas por Candida sp. ocupam o quarto lugar entre todas as infecções sanguíneas estando o aumento na freqüência de candidemia associado a internações prolongadas. Apesar da C. albicans ser a espécie mais comumente isolada, o espectro da candidíase tem mudado nos últimos anos com a emergência das espécies não-albicans e com a resistência adquirida aos antifúngicos. Diante desta situação, surge a necessidade da utilização de antifúngicos para a terapia profilática ou empírica. Além disso, o processo de identificação de leveduras em nível de espécie com técnicas bioquímicas tradicionais é demorado e a confiança na expressão fenotípica as tem tornado incertas. Diversas técnicas de biologia molecular estão hoje disponíveis para a detecção de variabilidade genética permitindo a obtenção de um número virtualmente ilimitado de marcadores moleculares cobrindo todo o genoma do organismo. O projeto visa dar continuidade ao estudo da susceptibilidade aplicando as atualizações dos protocolos M44 e M27, do Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI) em leveduras do gênero Candida spp. isoladas de unidades de terapia intensiva na cidade de Salvador, Bahia, e discriminar os subtipos através de genotipagem.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Vinicius Medeiros de Magalhães - Integrante / Tânia Fraga Barros - Coordenador.

  • 2010 - Atual

    PERFIL DE SUSCEPTIBILIDADE ANTIFÚNGICA E CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR DE ISOLADOS DE Candida spp., Descrição: Dentre as infecções micóticas sistêmicas, as fungemias têm evidenciado incidência crescente e, as causadas por Candida sp. ocupam o quarto lugar entre todas as infecções sanguíneas estando o aumento na freqüência de candidemia associado a internações prolongadas. Apesar da C. albicans ser a espécie mais comumente isolada, o espectro da candidíase tem mudado nos últimos anos com a emergência das espécies não-albicans e com a resistência adquirida aos antifúngicos. Diante desta situação, surge a necessidade da utilização de antifúngicos para a terapia profilática ou empírica. Além disso, o processo de identificação de leveduras em nível de espécie com técnicas bioquímicas tradicionais é demorado e a confiança na expressão fenotípica as tem tornado incertas. Diversas técnicas de biologia molecular estão hoje disponíveis para a detecção de variabilidade genética permitindo a obtenção de um número virtualmente ilimitado de marcadores moleculares cobrindo todo o genoma do organismo. O projeto visa dar continuidade ao estudo da susceptibilidade aplicando as atualizações dos protocolos M44 e M27, do Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI) em leveduras do gênero Candida spp. isoladas de unidades de terapia intensiva na cidade de Salvador, Bahia, e discriminar os subtipos através de genotipagem.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Vinicius Medeiros de Magalhães - Integrante / Tânia Fraga Barros - Coordenador.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2007

PRÊMIO ELO CIDADÃO - PREVENÇÃO E DIAGNÓSTICO DAS MICOSES SUPERFICIAIS NA COMUNIDADE DOS IPÊS JOÃO PESSOA - PB, PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS / UFPB., Probex.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2018 - 2019

    Universidade Salvador

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Assistência Farmacêutica Ética e Profissionalismo Deontologia Farmacêutica

  • 2017 - 2019

    Universidade Salvador

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Assistente I, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Farmacoterapia Atenção Farmacêutica

  • 2016 - 2019

    Universidade Salvador

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Assistente I

    Outras informações:
    Professor do Curso de Farmácia

    Atividades

    • 03/2016

      Ensino, Farmácia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Análises Toxicológicas, Bases da Terapêutica Medicamentosa, Biotecnologia de Produtos Farmacêuticos, Processos Fisiopatalógicos aplicados à Clínica, Seminários Interativos I

  • 2015 - Atual

    Secretaria Municipal de Saúde

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Farmacêutico, Carga horária: 30

  • 2015 - 2015

    Hospital Martagão Gesteira

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Farmacêutico Clínico, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Farmacêutico Clínico das unidades de terapia intensiva pediátrica e neonatal. Preceptor de estágio em Farmácia Hospitalar.

  • 2013 - 2013

    Hospital da Sagrada Família

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Farmacêutico Clínico, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2014 - 2015

    bioMérieux Brasil sa

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Assessor Científico PL, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2010 - 2011

    Universidade Federal da Bahia

    Vínculo: Outro (especifique), Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20

  • 2009 - 2010

    Hospital Municipal Santa Isabel

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Coordenação do Setor de Farmácia, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2009 - 2010

    ESCOLA DE ENFERMAGEM NOVA ESPERANÇA

    Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 8

    Outras informações:
    Aulas ministradas em Microbiologia e Parasitologia

  • 2006 - 2006

    Universidade Federal da Paraíba

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Extensionista voluntário, Carga horária: 12

    Outras informações:
    Laboratório de Micologia Clínica (UFPB) - Departamento de Ciências Farmacêuticas (DCF)

  • 2018 - Atual

    Hospital Martagão Gesteira

    Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Pesquisador Principal

    Atividades

    • 01/2018

      Pesquisa e desenvolvimento , Hospital Martagão Gesteira, .,Linhas de pesquisa

  • 2020 - Atual

    Hospital Aliança

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Farmacêutico Clínico II, Carga horária: 44