Carmen Luisa Barbosa Guedes

Graduada em Química pela Universidade Severino Sombra, Vassouras, RJ. Pósgraduada com Mestrado e Doutorado em Química no Departamento de Química Orgânica do Instituto de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IQ-UFRJ). Durante o Mestrado trabalhou com óleos vegetais na temática tecnológica e no Doutorado desenvolveu pesquisa na área de petróleo e derivados com ênfase na temática ambiental. É Professora Associada no Departamento de Química do Centro de Ciências Exatas (CCE) da Universidade Estadual de Londrina (UEL), ministrando aulas na graduação e pósgraduação. Orienta trabalhos de Iniciação Científica e Iniciação Tecnológica, Trabalhos de Conclusão de Curso: Graduação, Mestrado e Doutorado na área de Química e Multidisciplinar com foco na Interdisciplinaridade em parceria com as áreas de Biologia, Biotecnologia, Física, Engenharia e Agronomia. Coordena e colabora em projetos de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e extensão. Atua nas seguintes linhas de pesquisa: Química Ambiental, Química Tecnológica, Fotoquímica Orgânica, Fotocatálise, Petróleo, Combustíveis e Biocombustíveis, Oleoquímica e Gliceroquímica. Interage com colaboradores em Instituições de Ensino e Pesquisa no país e no exterior. Os termos mais frequentes na contextualização da produção científica e tecnológica são: petróleo e derivados, combustíveis e biocombustíveis veiculares e de aviação, espectroscopia de fluorescência molecular e Ressonância Paramagnética Eletrônica, fotodegradação e fotocatálise, processos químicos e biotecnológicos de conversão da biomassa e coprodutos, microalgas e outras fontes alternativas para geração de energia e insumos industriais. Em relação a atuação profissional na UEL foi Coordenadora Geral do Programa de Pós-Graduação em Bioenergia, Associação em Rede no Estado do Paraná (2010-2013). É Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Bioenergia na UEL - Mestrado Acadêmico com Área de Concentração em Biocombustíveis e Energias Renováveis (2014-atual). É Coordenadora do LaQuiBio - Laboratório de Química da Biomassa, Biocombustíveis e Bioenergia do Departamento de Química do Centro de Ciências Exatas (CCE) da Universidade Estadual de Londrina (UEL). É docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Química e em Bioenergia da Universidade Estadual de Londrina.

Informações coletadas do Lattes em 05/04/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Química

1994 - 1997

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Título: Intemperismo fotoquímico de petróleo sobre água do mar: Estudo do processo natural e efeito da adição de tetrafenilporfina.
Orientador: David Ernest Nicodem
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: petróleo; tetrafenilporfina; intemperismo; fotoquímica.Grande área: Ciências Exatas e da TerraGrande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Química Analítica / Especialidade: Análise de Traços e Química Ambiental. Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Química Analítica / Especialidade: Instrumentação Analítica. Setores de atividade: Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado; Pesca, Aqüicultura e Maricultura; Fabricação de Produtos Químicos.

Mestrado em Química

1986 - 1988

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Título: Foto-oxigenação sensibilizada de ricinoleato de metila: Estudos visando o aproveitamento de óleo de mamona.,Ano de Obtenção: 1989
Orientador: David Ernest Nicodem
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: foto-oxigenação; ricinoleato de metila; óleo de mamona; sensibilizador.Grande área: Ciências Exatas e da TerraGrande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Química Orgânica / Especialidade: Síntese Orgânica. Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Química Analítica / Especialidade: Instrumentação Analítica. Setores de atividade: Fabricação de Produtos Químicos; Fabricação de Equipamentos de Instrumentação Médico-Hospitalares, Instrumentos de Precisão e Ópticos, Equipamentos Para Automação Industrial, Cronômetros e Relógios; Desenvolvimento de Novos Materiais.

Graduação em Química

1976 - 1979

Universidade de Vassouras

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2008 - 2008

Biodiesel Análise Gromatografia Fase Gasosa. (Carga horária: 16h). , Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis, IBP, Brasil.

2005 - 2005

Gerenciamento de Resíduos para Laboratório. (Carga horária: 28h). , Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás, IBP, Brasil.

2004 - 2004

Contaminação de Solos e Àguas Subterrâneas. (Carga horária: 20h). , Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás, IBP, Brasil.

2003 - 2003

Responsabilidades Ambientais nas Empresas. (Carga horária: 16h). , Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás, IBP, Brasil.

2002 - 2002

Gerenciamento de Resíduos Industriais. (Carga horária: 24h). , Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás, IBP, Brasil.

2001 - 2001

Gestão de Ecossistemas. (Carga horária: 80h). , Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Química Orgânica/Especialidade: Fotoquímica Orgânica.

    Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Meio Ambiente/Especialidade: Petróleo Combustíveis e Biocombustíveis.

    Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Meio Ambiente/Especialidade: Solos e Águas Naturais.

    Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Espectroscopia Molecular.

    Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Meio Ambiente/Especialidade: Gerenciamento de Resíduos.

    Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Físico-Química/Especialidade: Processos de Adsorção.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

GUEDES, C. L. B. . Avaliadora dos trabalhos submetidos ao XXIV Congreso Iberoamericano de Catálisis. 2014. (Outro).

GUEDES, C. L. B. . Membro do Comitê Científico do VII ENQAmb. 2014. (Outro).

GUEDES, C. L. B. . VI ENQAmb Encontro Nacional de Química Ambiental. 2012. (Outro).

GUEDES, C. L. B. ; ANDRADE, D. S. . Curso de curta duração: Sensores e Biosensores Ópticos para Análisis Industrial y Control de Processos. 2012. (Outro).

GUEDES, C. L. B. . Avaliação de trabalhos da Divisão de Química Ambiental e Fotoquímica na 34a. Reunião Anual da SBQ.. 2011. (Congresso).

ZANELLA, R. ; CAMPOS, V. P. ; GUEDES, C. L. B. . IX Latin American Symposium on Environmental and Sanitary Analytical Chemistry. 2011. (Congresso).

GUEDES, C. L. B. . I SIMBIOMERCOSUL - I Simpósio de Bioenergia e Biocombustíveis do Mercosul. 2010. (Congresso).

GUEDES, C. L. B. . Avaliação de trabalhos da Divisão de Química Ambiental e Fotoquímica na 33a. Reunião Anual da SBQ.. 2010. (Congresso).

GUEDES, C. L. B. . Avaliação de trabalhos da Divisão de Química Ambiental e Fotoquímica na 32a. Reunião Anual da SBQ.. 2009. (Congresso).

GUEDES, C. L. B. . Coordenação de Área Temática Meio Ambiente no III Salão de Extensão: Políticas Públicas e Extensão Universitária - Caminhos para a Interação Universidade/Sociedade. 2009. (Congresso).

GUEDES, C. L. B. . Avaliação de trabalhos para o 15 CBCAT e 5 MERCOCAT. 2009. (Congresso).

GUEDES, C. L. B. . XVIII Encontro Anual de Iniciação Científica na UEL, Londrina, PR. 2009. (Congresso).

GUEDES, C. L. B. . Avaliação de trabalhos da Divisão de Química Ambiental e Fotoquímica na 31a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química. 2008. (Congresso).

GUEDES, C. L. B. . Membro da Comissão Científica do IV Encontro Nacional de Química Ambiental. 2008. (Congresso).

GUEDES, C. L. B. . Membro da comissão organizadora do 7o. Encontro Brasileiro sobre Adsorção. 2008. (Congresso).

GUEDES, C. L. B. . Coordenação da Sessão: Ambiente, Biotecnologia e Aplicação em Refrigeração e Ar Condicionado. 2008. (Congresso).

GUEDES, C. L. B. . Coordenação de área temática: Meio Ambiente no I Fórum de Extensão - As IES do Paraná e a Extensão em busca da sustentabilidade. 2007. (Congresso).

GUEDES, C. L. B. . Coordenação do Curso PREPARACIÓN DE FOTO-CATALIZADORES Y SUS APLICACIONES. 2007. (Outro).

GUEDES, C. L. B. . Avaliação de trabalhos da Divisão de Química Ambiental na 30a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química. 2007. (Congresso).

GUEDES, C. L. B. . Presidente da comissão organizadora da XXII SEMANA DE QUÍMICA: Gerenciamento de Resíduos. 2006. (Congresso).

GUEDES, C. L. B. . Membro da comissão organizadora do 6o. Encontro Brasileiro sobre Adsorção. 2006. (Congresso).

GUEDES, C. L. B. . Membro da Comissão Científica do III Encontro Nacional de Química Ambiental. 2006. (Congresso).

GUEDES, C. L. B. . Membro da Comissão Científica da 14a. SBQSul - Química na Sociedade: significados e implicações. 2006. (Congresso).

GUEDES, C. L. B. . Membro da comissão científica Joint Event - 3rd ISRMU / 4o. ENSEQUI. 2006. (Congresso).

GUEDES, C. L. B. . Coordenação de Conferência: Cenários Mundiais para o Mercado do Biodiesel (Nivaldo Trama) na Conferência Internacional de Agroenergia. 2006. (Congresso).

GUEDES, C. L. B. . Coordenação de sessão oral no 13o. Congresso Brasileiro de Catálise e 3o. Congresso de Catálise do Mercosul. 2005. (Congresso).

GUEDES, C. L. B. . Coordenação da sessão de comunicação oral da Área Temática Meio Ambiente no XXII SEURS. 2004. (Congresso).

GUEDES, C. L. B. . Membro da Comissão Organizadora do XXII SEURS. 2004. (Congresso).

GUEDES, C. L. B. . Coordenação da Sessão de Comunicação Oral no IX Encontro de Química da Região Sul. 2001. (Congresso).

GUEDES, C. L. B. . Membro da Comissão Organizadora do IX Encontro de Química da Região Sul. 2001. (Congresso).

GUEDES, C. L. B. . Coordenação da Sessão de Comunicação Oral no IX Encontro Anual de Iniciação Científica-PR. 2000. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

19° Congresso Brasileiro de Catálise 19° Congresso Brasileiro de Catálise. Síntese de precursores do bioquerosene por catálise homogênea a partir do óleo fusel da indústria sucroalcooleira. 2017. (Congresso).

46th World Chemistry Congress, 40a. Reunião Anual da SBQ. Pyrolysis activated biochar: Characterization and use as support for immobilizing lipases. 2017. (Congresso).

4th INTERNATIONAL CONGRESS ON CATALYSIS FOR BIOREFINERIES. Agroindustrial Raw Material Transformation into Biogas from Optimized Anaerobic Digestion Process. 2017. (Congresso).

XXXVII International Sodebras Congress. BIOGAS PRODUCTION FROM BIODIESEL AND ALCOHOL FUEL COPRODUCTS. 2017. (Congresso).

XXXVII International Sodebras Congress. SURVEY ON THE OIL AND WOOD RESIDUES GENERATION WITH POTENCIAL FOR BRIQUETTE AND BIODIESEL PRODUCTION. 2017. (Congresso).

39a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química.Aproveitamento do resíduo da produção de etanol combustível na obtenção de aldeídos precursores do bioquerosene. 2016. (Outra).

CICI 2016 Congreso Internacional de Ciencias Básicas e Ingeniería. Agua De Producción De Petróleo Para Irrigación De Soya: Características Fenológicas y Productividad. 2016. (Congresso).

XXV Congreso Iberoamericano de Catálisis. Imobilização de lipase fúngica em poliamida 66 reciclada e biocarvão. 2016. (Congresso).

18 Congresso Brasileiro de Catálise - Descobrindo novas rotas para o o desenvolvimento sustentável. Poliamida reciclada na preparação de nanopartículas magnéticas como suporte em processo biocatalítico. 2015. (Congresso).

37a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química.RPE na caracterização de radicais livres orgânicos em sementes de plantas oleaginosas. 2015. (Outra).

Workshop de Nanotecnologia para Bioenergis: biocombustíveis para biocélulas a combustível. 2015. (Outra).

14o. Encontro de Articulação da Rota Estratégica de Energia - Temática: Biomassa. 2014. (Encontro).

16th International Congress on Photobiology. Microalgae in lipid biomass production and carotenoids. 2014. (Congresso).

Conferência Internacional 2014 - Energias Inteligentes.Representante da UEL no evento. 2014. (Outra).

I Jornada de Química da UTFPR, Campus de Londrina..Perspectivas para o futuro da Bioenergia.. 2014. (Outra).

Joint Conference of APES2014, IES and SEST2014.EPR in the Identification of Fe3+ Compounds and Free Radicals of Seeds. 2014. (Simpósio).

UK-Brasil Interaction Meeting on Cooperation in Future Energy System Innovation.Representante da PROPPG-UEL. 2014. (Encontro).

VII ENCONTRO NACIONAL DE QUÍMICA AMBIENTAL..Minicurso: Bioenergia. 2014. (Encontro).

XXIV Congreso Iberoamericano de Catálisis, CICAT 2014. Activation of pyrolysis-derived biochar and use as a support to immobilize lipase and employed in a two-step fatty acids methyl esters production.. 2014. (Congresso).

8o. Congresso Internacional de Bioenergia. 2013. (Congresso).

II Simpósio Nacional de Biorrefinarias. 2013. (Simpósio).

I Seminário sobre Avaliação da Pós-Graduação do Estado do Paraná..Coordenação Geral do Programa de Pós-Graduação em Bioenergia.. 2013. (Seminário).

Seminário de Acompanhamento dos PPGs da Área Interdisciplinar.Programa de Pós-Graduação em Bioenergia. 2013. (Seminário).

XXIX Semana da Química e VI Jornada de Pós-Graduação.Biorrefinarias e Química Verde (29 de agosto de 2013. 2013. (Outra).

4th International IUPAC Conference on Green Chemistry.Preparation of ethers from glycerin biodiesel production for use as additive of vehicular fossil fuels. 2012. (Outra).

7 Congresso Internacional de BioEnergia. Otimização da produção de microalgas com potencial capacidade antioxidante. 2012. (Congresso).

7 Congresso Internacional de BioEnergia. 2012. (Congresso).

AGROENERGIA NO PARANÁ: situação atual e perspectivas.Biodiesel. 2012. (Seminário).

I CONGRESO LATINOAMERICANO DE ESTUDIANTES DE QUÍMICA PURA Y APLICADA - UIS 2012. Energía Alternativa: Biocombustibles y los Procesos de Producción. 2012. (Congresso).

Sensores e Biosensores Ópticos para Análisis Industrial y Control de Procesos. 2012. (Outra).

The Energy & Materials Research Conference.Study of micro and nano bio-oil emulsions in fuel oil for use in power generation in thermoelectric plants. 2012. (Outra).

VI ENQAmb Encontro Nacional de Química Ambiental. 2012. (Encontro).

XI Encuentro Latinoamericano de Fotoquímica y Fotobiología.Visible Light Singlet Oxygen Production by Tetra(4-Carboxyphenyl)Porphyrin/SiO2. 2012. (Encontro).

XI Encuentro Latinoamericano de Fotoquímica y Fotobiología.Influência da radiação na produção de carotenoides pela microalga Haematococcus pluvialis. 2012. (Encontro).

XI Encuentro Latinoamericano de Fotoquímica y Fotobiología.Visible Light Singlet Oxygen Production by Tetra (4-Carboxyphenyl)Porphyrin/SiO2. 2012. (Encontro).

XIV ENCUENTRO NACIONAL DE ESTUDIANTES DE QUÍMICA - UIS 2012.Aplicación de la EPR para la Caracterización de Especies Paramagnéticas en Semillas, Biomasa y Residuos Agrícolas. 2012. (Encontro).

1st Brazilian BioEnergy Science and Technology Conference.Lipid content in the cultivation of haematococcus pluvialis. 2011. (Outra).

34a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química.Caracterização e destinação de efluente aquoso da pirólise de palha de cana de açúcar como aditivo para gasolina.. 2011. (Encontro).

6 Congresso Internacional de Bioenergia. Apresentação do Programa de Pós-Graduação em Bioenergia. 2011. (Congresso).

Encontro de Física 2011 - Integração da Física na América Latina.EPR in characterization of seeds paramagnetic species. 2011. (Encontro).

European Science Foundation. 2011. (Outra).

II Semana Acadêmica do Curso de Tecnologia de Biocombustíveis.Associação em Rede no Programa de Pós-Graduação em Bioenergia. 2011. (Outra).

I SIMPÓSIO DE BIOQUÍMICA E BIOTECNOLOGIA - SIMBBTEC2011.Determinação do teor de lipídios em microalgas por espectroscopia de fluorescência. 2011. (Simpósio).

IX Simpósio Latino-Americano de Química Analítica Ambiental e Sanitária.Processo Fotoquímico na Degradação de Aromáticos de Petróleo em Água do Mar contendo Dispersante Químico. 2011. (Simpósio).

The Future Role of Bio-energy from Tree Biomass.Lignocellulosic derived bio-oil for petroleum blends. 2011. (Outra).

Workshop de Fotoquímica Ambiental na 34a. Reunião Anual da SBQ.Espectroscopia de fluorescência e RPE na monitoração de compostos derivados de petróleo submetidos a processos fotoquímicos. 2011. (Oficina).

XXVII Semana da Química - IV Jornada de Pós-Graduação em Química.Determinação do teor de lipídios em biomassa e produtos comerciais por espectroscopia de fluorescência. 2011. (Outra).

1ª Conferência Regional Sul de Ciência, Tecnologia e Inovação. 2010. (Outra).

33a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química.Otimização das condições de obtenção de biodiesel de óleo de soja utilizando o delineamento experimental de misturas. 2010. (Outra).

4a. ReCoPI - 4a. Reunião Nacional de Coordenadores de Programas de Pós-Graduação Interdisciplinares.Coordenação Geral do Programa de Pós-Graduação em Bioenergia - Associação em Rede: UEL, UEM, UEPG, UNICENTRO, UNIOESTE, UFPR, EMBRAPA, IAPAR, TECPAR, UTFPR. 2010. (Outra).

4o. Congresso da Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel e 7o. Congresso Brasileiro de Plantas Oleaginosas, Óleos, Gorduras e Biodiesel. Avaliação do uso de combustível alternativo para motores de ciclo Otto. 2010. (Congresso).

5o. Congresso Internacional de Bioenergia. Programa de Pós-Graduação em Bioenergia. 2010. (Congresso).

5o. Congresso Internacional de Bioenergia. Biocombustíveis - Etanol. 2010. (Congresso).

Conferência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação. 2010. (Outra).

Conferência Estadual de Ciência Tecnologia e Inovação. 2010. (Outra).

Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação. 2010. (Outra).

Conferência Regional de Ciência, Tecnologia e Inovação. 2010. (Outra).

I Fórum de Extensão do Centro de Educação Física e Esporte da UEL.Projetos de Extensão, fontes de captação de recursos, política extensionista, eventos e divulgação de resultados. 2010. (Outra).

I Oficina CAPES de Nanobiotecnologia. 2010. (Oficina).

I Oficina CAPES de Nanobiotecnologia promovido pela DPB da CAPES e pelo MDIC através da Secretaria de Inovação. 2010. (Oficina).

I Simpósio de Bioenergia e Biocombustíveis do Mercosul.Torta de Pinhão Manso: extração, caracterização e avaliação das propriedades dos ésteres de forbol. 2010. (Simpósio).

Joint EUROMAR 2010 and 17th ISMAR Conference.EPR in the characterization of paramagnetic species in bio-oil by-produts of ligneous-cellulosic biomass. 2010. (Outra).

The Latin American Convention of the Global Sustaintable Bioenergy Project. 2010. (Outra).

XI Semana de Biologia: Limnoecologia Regional.Matriz Energética Brasileira e Impactos Ambientais. 2010. (Outra).

XVIII Encontro de Química da Região Sul.Identificação de metabólitos na bílis de peixe neotropical exposto a fração solúvel da gasolina em água. 2010. (Encontro).

15o. Congresso Brasileiro de Catálise/5o. Congresso de Catálise do Mercosul. Determinación por RPE de oxígeno singulete generado por la tetracarboxifenilporfirina soportada en SiO2. 2009. (Congresso).

32a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química.Obtenção e caracterização de ésteres e derivados fenólicos a partir dos efluentes líquidos de processos de pirólise.. 2009. (Outra).

3o. Encontro de Ciência e Tecnologia do Paraná - Ano da França no Brasil.Linhas de Pesquisa do Mestrado em Bioenergia. 2009. (Encontro).

8vo. Simposio Latinoamericano de Química Analítica Ambiental y Sanitaria.Tratamento in situ de solo argiloso contaminado com petróleo utilizando reagentes de Fenton. 2009. (Simpósio).

III Salão de Extensão da UEL.Áreas Temáticas: Trabalho em grupo e plenária. 2009. (Outra).

II Semana de Tecnologia e Meio Ambiente da UTFPR.Fontes Energéticas Combustíveis: Alternativas para redução do efeito poluente.. 2009. (Outra).

IV Simpósio Brasil-Alemanha - Desenvolvimento Sustentável.Coordenador de Grupo de Trabalho: Bioenergia e os Biocombustíveis. 2009. (Simpósio).

VII Workshop em física molecular e espectroscopia - VII WFME.Espectroscopia de fluorescencia para cuantificación de radical hidroxilo en el sistema TcPPFe/H2O2/UV-Vis. 2009. (Oficina).

XLIX. Congresso Brasileiro de Química - CBQ. Processo Fenton na Degradação de Petróleo em Sedimento Arenoso de Ambiente Marinho. 2009. (Congresso).

XXXII Encontro Nacional de Física da Matéria Condensada..Free radicals study in marine diesel by EPR and computational calculations.. 2009. (Encontro).

2o. Seminário de Laboratório - Biocombustíveis. 2008. (Seminário).

7o. Encontro Brasileiro sobre Adsorção e 1o. Simpósio Sul-Americano sobre Ciência e Tecnologia da Adsorção-SISA.Tratamento in situ de solo contaminado por HPA de petróleo utilizando processo de adsorção com turfa Sphag Sorb. 2008. (Simpósio).

Conferência 2008 biodieselbr. 2008. (Outra).

Encontro Anual de Iniciação Científica - XVII EAIC.Membro do Comitê Local da Universidade Estadual de Londrina. 2008. (Encontro).

Encontro Anual de Iniciação Científica - XVII EAIC.Consultor interno do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica. 2008. (Encontro).

Fórum 2008 de Pesquisa e Pós-graduação da Universidade Estadual de Londrina.Política de utilização de laboratórios multiusuários. 2008. (Oficina).

Fórum de Cooperação Brasil-Alemanha em Energias Renováveis.Competências na área de Bioenergia/Biocombustíveis na UEL. 2008. (Outra).

Fórum de Cooperação Brasil-Alemanha em Energias Renováveis.Pesquisa em Bioenergia na Universidade Estadual de Londrina. 2008. (Outra).

II Jornada do Dia Internacional do Meio Ambiente.A Matriz Energética Brasileira. 2008. (Outra).

IV Encontro Nacional de Química Ambiental.Fitorremediação de águas residuais contendo diesel e B2 utilisando Typha latifolia Linn. 2008. (Encontro).

IX ELAFOT - IX Encontro Latino-Americano de Fotoquímica e Fotobiologia. 2008. (Encontro).

IX Encontro Latino-Americano de Fotoquímica e Fotobiologia.Cuantificación de radical hidroxilo generado por el sistema TcPPFe/H2O2/UV-VIS utilizando espectroscopia de fluorescencia. 2008. (Encontro).

Palestra do Coordenador da Comissão de Área Interdisciplinar da CAPES. 2008. (Outra).

Saberes em discussão: Políticas Públicas para a Cooperação com o MERCOSUL.Apresentação de Projetos Institucionais da UEL em Energias Renováveis. 2008. (Outra).

Workshop FAPESP sobre pesquisa em Bioenergia. 2008. (Outra).

Workshop Projeto de Desenvolvimento Final do do Processo de Craqueamento Pirolítico de óleos vegetais.Análises físico químicas e espectroscópicas de matéria prima e produtos do craqueamento de óleos vegetais. 2008. (Outra).

X Jornada Brasileira de Ressonância Magnética.RPE aplicada a diesel marítimo: Caracterização de radicais livres orgânicos. 2008. (Outra).

XVII EAIC.Tratamento do óleo de borracha de pneu para aproveitamento na cadeia produtiva de biocombustíveis.. 2008. (Encontro).

14o. Congresso Brasileiro de Catálise. Degradação de Compostos orgânicos aromáticos em efluente da indústria do petróleo através de processo fotoquímico e fotocatalítico. 2007. (Congresso).

30a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química..Participante da 30a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química.. 2007. (Outra).

4o. Congresso Brasileiro de P&D em Petróleo e Gás. Dois trabalhos completos com apresentação oral.. 2007. (Congresso).

ACS/SBQ Joint Workshop on the Chemistry of Biorenewable Materials and Fuels..ACS/SBQ Joint Workshop on the Chemistry of Biorenewable Materials and Fuels.. 2007. (Oficina).

Debates do Brasil: Seminário Energia e Estado. 2007. (Seminário).

Energia e Desenvolvimento Industrial Sustentável. 2007. (Encontro).

II Congresso da Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel. Processos de Oxidação em Sistemas Aquáticos de Diesel Aditivado ou Misturado com Biodiesel do Óleo de Soja. 2007. (Congresso).

IV Encontro sobre Aplicações Ambientais de Processos Oxidativos Avançados.Fotocatálise com aeroxide TiO2 P25 in situ para remediação de solo impactado por derramamento de petróleo. 2007. (Encontro).

VI Convención Internacional sobre Medio Ambiente y Desarrollo.Fitorremediação de solo contaminado com petróleo utilizando Typha.. 2007. (Outra).

Workshop Conhecendo a Química Ambiental no Brasil e traçando o seu futuro.. 2007. (Outra).

XV Encontro de Química da Região Sul.Avaliação do desempenho da gasolina C com adição de biocombustível produzido a partir da pirólise de biomassa ligno-celulósica. 2007. (Encontro).

29a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química..Fotodegradação de aromáticos do diesel comercial retido em turfa utilizada na recuperação de águas naturais. 2006. (Encontro).

3rd International Symposium on Residue Management in Universities e 4o. Encontro Nacional de Segurança Química.Tratamento de resíduos gerados em atividades de pesquisa com petróleo e derivados. 2006. (Simpósio).

6o. Encontro Brasileiro sobre Adsorção.Fotodegradação de compostos aromáticos presentes em água residuária e efeito da adição de peróxido de hidrogênio. 2006. (Encontro).

9th International Conference on Solar Energy and Applied Photochemistry SOLAR 06 and the 6th International Training Workshop on Environmental Photochemistry ENPHO 06.Photocatalytic and natural degradations of crude oil in soils of Paraná North, Brazil. 2006. (Outra).

BIODIESEL BR 2006. BIODIESEL BR 2006. Cuiabá, MT. 31 de maio a 02 de junho de 2006 no Centro de Eventos do Pantanal.. 2006. (Congresso).

III Encontro Nacional de Química Ambiental..AVALIAÇÃO DO IMPACTO DE AGENTES ORGÂNICOS EM SEDIMENTO ARENOSO E ÁGUA DO MAR DECORRENTE DA EXPLOSÃO DO NAVIO VICUÑA NA BAÍA DE PARANAGUÁ, PR. 2006. (Encontro).

II Workshop Paranaense de Pós-graduação em Química..Coordenação das palestras sobre projetos de pesquisa do grupo de Química Orgânica. 2006. (Oficina).

Jornada de Pós-Graduação em Química. 2006. (Outra).

XIV Encontro de Química da Região Sul - 14o. SBQSul.Influência da adição de biocombustível a gasolina automotiva. 2006. (Encontro).

XX Simpósio Latino-Americano de Catálise (XX SICat).XX Simpósio Ibero-Americano de Catálise (XX SICat). Gramado, RS. 17 a 22 de setembro de 2006.. 2006. (Simpósio).

13o. Congresso Brasileiro de Catálise e 3o. Congresso de Catálise do Mercosul. Fotocatálise com AEROXIDE® TiO2 P25 e luz solar na remediação de solos do norte do Paraná contaminados com petróleo. 2005. (Congresso).

28a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química.28a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química. SBQ 2005, 30 de maio a 02 de junho, Poços de Caldas, MG.. 2005. (Outra).

3o. Congresso Brasileiro de P & D em Petróleo e Gás.. 3o. Congresso Brasileiro de P & D em Petróleo e Gás. 2 a 5 de outubro de 2005, Salvador, Bahia.. 2005. (Congresso).

5o. Forum de debates sobre qualidade e uso de combustíveis. 2005. (Outra).

VI IBERIAN AND III IBEROAMERICAN CONGRESS OF ENVIRONMENTAL CONTAMINATION AND TOXICOLOGY. VI Iberian and III Iberoamerican Congress of Environmental Contamination and Toxicology. The Environment: A challenge for the scientific research. CICTA 2005, 25 a 28 de setembro, Cádiz, Espanha.. 2005. (Congresso).

VIII Congresso Ibero-Americano de Extensão Universitária. Navegar é preciso...transformar é possível.. VIII Congresso Ibero-Americano de Extensão Universitária. 27 a 30 de novembro de 2005, Rio de Janeiro, RJ.. 2005. (Congresso).

V Workshop Nacional da Pós-graduação em Química. 2005. (Outra).

II Workshop de Espectroscopia no Infravermelho Próximo. 2004. (Oficina).

ISEF Workshop. 2004. (Oficina).

VIII Encuentro Latinoamericano de Fotoquímica y Fotobiología.VIII Encuentro Latinoamericano de Fotoquímica y Fotobiología, 8 al 12 de Noviembre, La Plata. 2004. (Encontro).

Workshop on Environmental Chemistry,. 2004. (Oficina).

XIX Simposio Iberoamericano de Catalisis.XIX Simposio Iberoamericano de Catalisis, 5 al 11 de Septiembre, Mérida, Yucatán. 2004. (Simpósio).

XXII SEURS - XXII Seminário de Extensão Universitária da Região Sul.Comissão Organizadora do XXII Seminário de Extensão Universitária da Região Sul - SEURS. 20 a 23 de outubro de 2004, Londrina, PR.. 2004. (Seminário).

XX Semana da Química. 2004. (Outra).

XXVI Congreso Latinoamericano de Química, 27a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química. XXVI Congreso Latinoamericano de Química, 27a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 30 de maio a 2 de junho, Salvador, Bahia. 2004. (Congresso).

12 Congresso Brasileiro de Catálise. 12o. Congresso Brasileiro de Catálise, 16-19 setembro, Hotel do Frade, Angra dos Reis-RJ.. 2003. (Congresso).

26a. Reunião Anual.26a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 26-29 maio, Poços de Caldas-MG.. 2003. (Outra).

2o. Congresso Brasileiro de Pesquisa & Desenvolvimento em Petróleo & Gás. 2o. Congresso Brasileiro de Pesquisa & Desenvolvimento em Petróleo & Gás, 15-18 junho, Hotel Glória, Rio de Janeiro-RJ.. 2003. (Congresso).

Environmental Problems in an Iberoamerican Context. 5th Iberian and 2nd Iberoamerican Congress of Envirnmental Contamination and Toxicology, 22-24 September, Porto-Portugal.. 2003. (Congresso).

II EPOA.Fotocatálise com dióxido de titânio (P25) aplicado e suportado na superfície de filme de petróleo sob luz solar.. 2003. (Encontro).

Palestra proferida por Joel Ribeiro Lagos.. 2003. (Outra).

Resíduos Laboratoriais no Ensino Médio - Diretrizes para o Futuro. 2003. (Encontro).

XIII Congresso Brasileiro de Toxicologia. 2003. (Congresso).

1st International Symposium on Residue Management in Universities. 2002. (Simpósio).

25a. Reunião Anual da SBQ.25a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 20-23 maio, Poços de Caldas-MG.. 2002. (Outra).

7th International Symposium on Spin Trapping.7th International Symposium on Spin Trapping, July 7-11, The Carolina Inn, Chapel Hill, North Carolina, USA.. 2002. (Simpósio).

Semana de Química. 2002. (Outra).

Seminário sobre os Impactos Ambientais da Mistura de Álcool e Gasolina em Derramamentos Subterrâneos.. 2002. (Seminário).

VII Encuentro Latinoamericano de Fotoquímica y Fotobiología.VII Encuentro Latinoamericano de Fotoquímica y Fotobiología, 19-23 de Noviembre, Viña del Mar, Chile.. 2002. (Encontro).

2o. Seminário do Rio Iguaçu.2o. Seminário do Rio Iguaçu, REPAR/PETROBRAS em Araucária-PR, 12 de julho.. 2001. (Seminário).

I Encontro sobre Aplicações Ambientais de Processos Oxidativos Avançados.Estrutura molecular e foto-oxigenação de asfaltenos em petróleo árabe, brasileiro e colombiano.. 2001. (Encontro).

IX Encontro de Química da Região Sul.IX Encontro de Química da Região Sul, Universidade Estadual de Londrina, Londrina-PR, 7 a 9 de novembro.. 2001. (Encontro).

VI Semana da Física do Departamento de Física da UEL. 2001. (Outra).

1o. Seminário do Rio Iguaçu.1o. Seminário do Rio Iguaçu, REPAR/PETROBRAS em Araucária-PR, 23 de novembro.. 2000. (Seminário).

23a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química.23a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, Poços de Caldas-MG, 23 a 26 de maio.. 2000. (Outra).

VIII Encontro de Química da Região Sul - SBQ.VIII Encontro de Química da Região Sul, Santa Cruz do Sul-RS, 8 a 10 de novembro.. 2000. (Encontro).

VI Seminário de Química da PETROBRAS.VI Seminário de Química da PETROBRAS, Rio de Janeiro-RJ, 20 a 22 de setembro.. 2000. (Seminário).

V Semana da Física. 2000. (Outra).

XVII Semana de Química.XVII Semana de Química do Departamento de Química da UEL, Londrina- PR, 22 a 25 de agosto.. 2000. (Outra).

Eighth Inter-American Photochemical Society Conference.Eighth Inter-American Photochemical Society Conference, Foz do Iguaçu-PR, 19 a 24 de maio.. 1996. (Outra).

18a. Reunião Anual da SBQ.18a. Reunião Anual da SBQ e 7o. Encontro Brasileiro de Fotoquímica e Fotobiologia, Caxambu-MG, 30 de maio a 02 de junho.. 1995. (Outra).

2o. Encontro Latino-Americano e 4o. Encontro Informal Brasileiro de Fotoquímica e Fotobiologia.2o. Encontro Latino-Americano e 4o. Encontro Informal Brasileiro de Fotoquímica e Fotobiologia, São Carlos - SP, 01 a 04 de fevereiro.. 1988. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Isadora Guilherme Branco

L. B. GUEDES, CARMEN; ALVES, João Carlos; M. M. Andrade. Levantamento de dados relacionados ao volume de óleo de fritura gerado em Londrina e avaliação para uso na produção de biodiesel.. 2018. Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Maria Catalina Bastidas Cobos

GUEDES, C. L. B.; Castro, C.; DI MAURO, E. Água da produção de petróleo na irrigação do cultivo de soja. 2016. Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Thiago Ometto Zorzenoni

PRETE, C. E. C.;GUEDES, C. L. B.; ARAUJO, P. M.. Desempenho agronômico e análise de crescimento de Crambe e canola juncea para a produção de biodiesel. 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Bioenergia) - Universidade Estadual de Londrina..

Aluno: Matheus Rodrigues Bofinger

GUEDES, C. L. B.; Alves, H. J.; REZENDE, M. I.. AVALIAÇÃO DE BIOCARVÃO PIROLÍTICO E SUA APLICAÇÃO COMO SUPORTE EM CATÁLISE ENZIMÁTICA. 2015. Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Freddy Eli Zambrano Gavilanes

GUEDES, C. L. B.; OLIVEIRA, A. L. M.; Souza, S. N. M.. PRODUÇÃO DE BIOGÁS A PARTIR DA TORTA DE PINHÃO MANSO (Jatropha curcas L.). 2015. Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Jonathan Baumi

GUEDES, C. L. B.MAURO, Eduardo Di; G. M. CARVALHO. UTILIZAÇÃO DE GLICERINA DA PRODUÇÃO DE BIODIESEL NA RECICLAGEM DE RETRAÇO TÊXTIL.. 2015. Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: KÁSSIO RICARDO GARCIA LUCAS

Castro, C.;GUEDES, C. L. B.; MATSUURA, M. I. S. F.. Avaliação do ciclo de vida do óleo de girassol. 2015. Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Jhonatan Luiz Fiorio

GUEDES, C. L. B.; OLIVEIRA, D.;BORSATO, Dionisio. Otimização da síntese de ésteres metílicos e etílicos a partir de óleo de dendê. 2014. Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Diego Galvan

BORSATO, Dionisio; Beleia, A. P.;GUEDES, C. L. B.. Determinação dos parâmetros cinéticos da reação de oxidação do biodiesel B100. 2014. Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Fabiano Marreiros de Souza

RALISCH, Ricardo;GUEDES, C. L. B.; C. BALARIM. AVALIAÇÃO DA IMPLANTAÇÃO DE MICROCENTRAIS HIDRELÉTRICAS NO APROVEITAMENTO DO POTENCIAL ENERGÉTICO DE PEQUENAS QUEDAS D? ÁGUA. 2014. Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Nilmaer Souza da Silva

GUEDES, C. L. B.; RALISCH, Ricardo; M. R. G. CAMARA. ANÁLISE DAS EMISSÕES DE DIÓXIDO DE CARBONO E IMPACTO ECONÔMICO DA SUBSTITUIÇÃO DO DIESEL POR BIODIESEL NA GERAÇÃO TERMELÉTRICA.. 2014. Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Layssa Aline Okamura

P. R. Costa Neto;GUEDES, C. L. B.; L. N. Vidal. Avaliação e Melhoria do Poder Calorífico de Biogás Proveniente de Resíduos Sólidos Urbanos. 2013. Dissertação (Mestrado em CIÊNCIA E TECNOLOGIA AMBIENTAL) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

Aluno: Otávio Augusto Lopes

ROCHA, José Dílcio;GUEDES, C. L. B.. Avaliação de Métodos Avançados de Geração Termelétrica na Industria da Cana de Açúcar. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Agroenergia) - Fundação Getúlio Vargas - SP.

Aluno: Flavia Correia Zanutto

GUEDES, C. L. B.; SANQUETTA, C. R.; ROCHA, José Dílcio. OBTENÇÃO DE BIO-ÓLEO A PARTIR DA PIRÓLISE DE EUCALIPTO E PREPARO DE EMULSÕES COM ÓLEO COMBUSTÍVEL. 2013. Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Helder Rodrigues da Silva

GUEDES, C. L. B.; OLIVEIRA, A. L. M.; Colozzi Filho, A.. Cultivo de microalgas com foco no desenvolvimento e aplicação de métodos para concentração da biomassa no meio líquido. 2013. Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Wallace Fernandes Menezes

ROCHA, José Dílcio;GUEDES, C. L. B.; Mizumoto, F. M.. Avaliação tecnológica de geração energética com resíduos sólidos urbanos(RSU) no Brasil. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Agroenergia) - Fundação Getúlio Vargas - SP.

Aluno: André Luiz Custódio Franco

GUEDES, C. L. B.; AZEVEDO, J. A. G.; MIZUBUTI, I. Y.. Fermentação Ruminal e Emissões de Metano Entérico Invitro a Partir do Uso de Co-Produtos da Cadeia do Biodiesel em Dietas. 2012. Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Bruna Francielle Gazzoni

GUEDES, C. L. B.; Rosane Aguiar da Silva San Gil; MACEDO JUNIOR, F. C.. Preparação de derivados da glicerina para aplicação na área petroquímica. 2011. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Química) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Talita Pedroso Quessada

GUEDES, C. L. B.; ROCHA, José Dílcio;BORSATO, Dionisio. Obtenção de derivados do bio-óleo de serragem de eucalipto para avaliação como aditivo oxigenado em mistura com a gasolina. 2011. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Química) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Fabio Cal Sabino

GUEDES, C. L. B.; MACHADO, Nádia Regina Camargo Fernandes; MACEDO JUNIOR, F. C.. Reações de Fenton na degradação de compostos aromáticos de petróleo em areia natural. 2010. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Química) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Bruna Francielle Gazzoni

GUEDES, C. L. B.; MACEDO JUNIOR, F. C.; COSTA, M. F.. EXAME DE QUALIFICAÇÃO: Preparação de derivados da Glicerina para aplicação na área petroquímica. 2010. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Química) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Talita Pedroso Quessada

GUEDES, C. L. B.BORSATO, DionisioMAURO, Eduardo Di. EXAME DE QUALIFICAÇÃO: Obtenção de derivados do bio-óleo de pirólise e avaliação como combustível automotivo. 2010. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Química) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Luciana Natalia Cividatti

GUEDES, C. L. B.; CORREA, R. J. .; TAKASHIMA, Keiko. Tratamento in situ de solo argiloso com reagentes de Fenton para degradação de petróleo residual.. 2009. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Química dos Recursos Naturais) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Giovana Granzotto

OLIVEIRA, A. L. M.;GUEDES, C. L. B.; REZENDE, Maria Inês. Caracterização Bioquímica e Molecular de Isolados Microbianos Presentes em Solo Contaminado por petróleo.. 2009. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Rafael Elias Siqueira

MAURO, Eduardo DiGUEDES, C. L. B.; PONTUSCHIKA, Walter Maigon. Ressonância Paramagnética Eletrônica no estudo de solo da região de Araucária-PR. 2008. Dissertação (Mestrado em Física) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Marcus Vinicius Cavalcanti Gandolfi

ARROYO, Pedro Augusto; Costa, B. J.; Pereira, N. C.;GUEDES, C. L. B.; SANTOS, Onélia Aparecida Andreo dos. Estudo da síntese de biodiesel a partir do óleo de girasol refinado e álcool anidro. 2008. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Caryna Januário Correr

GUEDES, C. L. B.; JARDIM, W. F.; SORIANO, Adriana Ururahy. Tratamento in situ de solo contaminado com petróleo utilizando tensoativos e peróxido de hidrogênio. 2008. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Química dos Recursos Naturais) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Gilberto Bueno Demétrio

BRITO, Osmar Rodrigues;GUEDES, C. L. B.; TAKAHASHI, H. W.. Fitorremediação de solo contaminado por Diesel. 2007. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Paulo Henrique Nardon Felici

RALISCH, Ricardo; AVILA, M. T.; Farina, C. S.;GUEDES, C. L. B.. Avaliação experimental de mini usina de craqueamento térmico de óleos vegetais. 2007. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Roselene Maria Schneider

BARROS, Maria Angélica Simões D de; COSTA, Antonio Carlos Augusto da; ARROYO, Pedro Augusto;GUEDES, C. L. B.. Adsorção de cromo (III) em carvão ativado.. 2006. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Marilene Turini Piccinato

MAURO, Eduardo DiGUEDES, C. L. B.; PONTUSCHIKA, Walter Maigon; JURAITIS, Klemensas Ringaudas. Caracterização de vanadila em petróleo através de Ressonância Paramagnética Eletrônica. 2005. Dissertação (Mestrado em Mestrado Física) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Fernando Alves de Melo

MAURO, Eduardo DiGUEDES, C. L. B.; SANO, Walter; BARRETO, Wagner José. Caracterização de radicais livres em biocombustíveis, petróleo e derivados por Ressonância Paramagnética Eletrônica. 2005. Dissertação (Mestrado em Mestrado Física) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Wania Hermenegildo da Silva Ferraz

SOLCI, Maria Cristina; VASCONCELOS, Pérola;LOBO, Ilza; CARVALHO, Lilian Rothschild Franco de;GUEDES, C. L. B.. Hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs) no material particulado atmosférico coletado com impactador em cascata e determinação cromatográfica. 2005. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Moacir Tavares Júnior

SOLCI, Maria Cristina;GUEDES, C. L. B.; VASCONCELLOS, P. C.. Determinação de HPAs em ar ambiente de terminal de ônibus em Londrina-Paraná.. 2003 - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Priscila Fialho Pesarini

NICODEM, David ErnestGUEDES, C. L. B.CORREA, Rodrigo José. Estudos sobre a preparação de um corante: surfactante, biodegradável, envolvido na degradação de petróleo em meio ambiente.. 2003. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Juliana Carla Garcia

GUEDES, C. L. B.; TAKASHIMA, Keiko; NOZAKI, J.. Degradação fotocatalítica de imazaquin em suspensão aquosa de dióxido de titânio.. 2002. Dissertação (Mestrado em Mestrado Química dos Recursos Naturais) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Lutécia Hiera da Cruz

ZAIA, Dimas Augusto Morozin; SANTANA, Henrique de; FIORETTO, R. A.;GUEDES, C. L. B.. Estudo da adsorção de glifosato sobre argilas e solos do Paraná.. 2002 - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Ariana de Campos

MAURO, Eduardo DiGUEDES, C. L. B.; NASCIMENTO, Otaciro Rangel Do; RUBIRA, A.. Espectroscopia de RPE no estudo da fotodegradação de asfaltenos em petróleo árabe e colombiano.. 2002. Dissertação (Mestrado em Mestrado Física) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Jurandir Pereira Pinto

SOLCI, Maria Cristina; CARVALHO, Lilian Rothschild Franco de;LOBO, IlzaGUEDES, C. L. B.. Formaldeído e acetaldeído na atmosfera urbana e rural da cidade de Londrina-Paraná.. 2002 - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Valdemir Antunes

MAURO, Eduardo DiGUEDES, C. L. B.; MEDINA NETO, A.; DUARTE, J. L.. Estudo por RPE da fotodegradação de petróleo brasileiro sob luz solar.. 2001. Dissertação (Mestrado em Mestrado Física) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Marcos Cesar Ramoni

MAURO, Eduardo DiGUEDES, C. L. B.; SANO, Walter; FUJII, A. T.. Estudo da fotodegradação de petróleo por RPE.. 2000. Dissertação (Mestrado em Mestrado Física) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Talita Pedroso Quessada

L. B. GUEDES, CARMEN; C. C. Peres; C. P. F. Borges; TURINI, M.. Bio-óleo da pirolise de resíduo agroindustrial na obtenção de derivados como aditivo para combustível fóssil e biocombustível. 2017. Tese (Doutorado em Doutorado em Química (UEL, UNICENTRO, UEPG)) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Matheus Paes Paschoalino

JARDIM, W. F.;GUEDES, C. L. B.; KONDO, M. M.; YOSHIDA, I. V. P.; CANTÚ, A. V. C. S.. Desenvolvimento e aplicação de nanosuportes e óxidos pouco explorados para fotocatálise heterogênea. 2010. Tese (Doutorado em Doutorado em Química) - Universidade Estadual de Campinas.

Aluno: Vinicius Cursino Carvalho Vieira

BATISTA, M. S.;GUEDES, C. L. B.; TEMPERINI, M. L. A.; ALCÂNTARA, M. R.; ITRI, R.. Micro-estruturas de filmes de petróleo na interface ar-água: efeitos da irradiação luminosa e de agentes tensoativos sobre as propriedades interfaciais. 2010. Tese (Doutorado em Doutorado em Química) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Marilene Turini Piccinato

MAURO, Eduardo Di; PONTUSCHIKA, Walter Maigon; Pelegrini, F.;GUEDES, C. L. B.; COSTA, M. F.; OTA, A. T.; SANO, Walter. RPE aplicada à caracterização de radicais livres orgânicos em diesel marítimo.. 2009. Tese (Doutorado em Doutorado em F'isica) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: JOSY ANTEVELI OSAJIMA

Neumann M. G.; AZEVEDO, E. B.; CAVALHEIRO, C. C. S.;GUEDES, C. L. B.; FERTONANI, I. A. P.. Degradação de poliestirenossulfonato de sódio fotossensibilizada pelo corante QTX.. 2009. Tese (Doutorado em Química (Físico-Química) - IQSC/USP) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Alexandre Rodrigues do Nascimento

NICODEM, D. E.CORREA, R. J.GUEDES, C. L. B.; Osvaldo Galvão Caldas da Cunha; Rosane Aguiar da Silva San Gil; Célia Machado Ronconi. Estudo da transformação fotocatalítica da fração asfaltênica do petróleo. 2008. Tese (Doutorado em Doutorado em Química Orgânica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Veronice Slusarski Santana

MACHADO, Nádia Regina Camargo Fernandes; MOREIRA, Regina de Fátima P Muniz;GUEDES, C. L. B.; BARROS, Maria Angélica Simões D de; SANTOS, Onélia Aparecida Andreo dos. Adsorção e fotocatálise de fenol e vinhaça. 2006. Tese (Doutorado em Engenharia Química) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Juliana Carla Garcia

SOUZA, Nilson Evelázio de;GUEDES, C. L. B.LOBO, Ilza; COSTA, Willian Ferreira da; GARCIA, Edivaldo Egea. Degradação fotocatalítica artificial e solar de efluentes têxteis por processos oxidativos avançados utilizando TiO2.. 2006. Tese (Doutorado em Química) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Elizabete Francisca de Santana

NICODEM, David ErnestGUEDES, C. L. B.; MACHADO, Antonio Eduardo Hora; LACHTER, Elizabeth Roditi; GARDEN, Nanci Lucas. Estudos mecanísticos de fotooxidação do petróleo.. 2005. Tese (Doutorado em Química Orgânica) - Departamento de Química Orgânica.

Aluno: Jonathan Baumi

L. B. GUEDES, CARMEN; C. C. Peres; P. R. DA COSTA NETO. APROVEITAMENTO DE COPRODUTO DA INDÚSTRIA SUCROALCOOLEIRA NA PREPARAÇÃO DE BIOADITIVOS PARA COMBUSTÍVEIS DE AVIAÇÃO. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Química (UEL, UNICENTRO, UEPG)) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Talita Pedroso Quessada

GUEDES, C. L. B.; Tischer, C. A.; ANDREI, C. C.. Obtenção de ésteres e derivados fenólicos de bio-óleo da pirólise de biomassa como aditivo para combustível fóssil e antioxidante para biodiesel. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Química (UEL, UNICENTRO, UEPG)) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Marilene Turini Piccinato

MAURO, Eduardo Di; SANO, Walter;GUEDES, C. L. B.; COSTA, M. F.; FUJII, A. T.. RPE aplicada a diesel marítimo: caracterização de radicais livres orgânicos. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em F'isica) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Francino Costa Palhares da Silva

ANDRADE, D. S.;L. B. GUEDES, CARMEN; PRETE, C. E. C.. Cultivo de microalgas Clorella Vulgaris em vinhaça in natura para produção de bioenergia e coprodutos. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Maria Catalina Bastidas Cobos

GUEDES, C. L. B.; Carneiro, C. E. A.; Castro, C.. Água da produção de petróleo na irrigação do cultivo de soja. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Kelly Roberta Spacino

BORSATO, D.; Orsato, A.;GUEDES, C. L. B.. Efeito de antioxidantes naturais nos parâmetros cinéticos e termodinâmicos do biodiesel B100 obtido de óleo de soja.. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Viviane Maria Barbana

GUEDES, C. L. B.; PRETE, C. E. C.; Di Mauro, E.. Caracteriação de Espécies Paramagnéticas em Sementes Vegetais e Glicerina por Ressonância paramagnética Eletrônica. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Física) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Vinícius Paiva Garcia Sá

GIMENEZ, S. M.;GUEDES, C. L. B.; SOUZA, F. A.. A química do lixo residencial.. 2002. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Química Professores Ensino Médio e Fundamental) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Daiane Caroline Nunes Alves

GUEDES, C. L. B.; BAUMI, J.; SILVA, H. R.. Extração da biomassa de microalgas para a determinação do teor de lipídios. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Dalilla Alves Colombo

GUEDES, C. L. B.; CORRER, Caryna Januário; SANCHEZ, A. L.. Tratamento da água de produção de petróleo através de processos fotoquímicos. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Caroline Milani Bertosse

GUEDES, C. L. B.; Sampaio, C. P.; G. M. CARVALHO. DESENVOLVIMENTO DE PRODUTO A PARTIR DE RETRAÇO TÊXTIL E GLICERINA LOIRA. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Química) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Jonathan Baumi

GUEDES, C. L. B.; MACEDO JUNIOR, F. C.; GALÃO, Olívio Fernandes. Obtenção de ésteres a partir da glicerina para uso como aditivo de combustíveis fósseis. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Caren Mura Cortez

GUEDES, C. L. B.BORSATO, Dionisio; GALÃO, Olívio Fernandes. Obtenção, caracterização e controle da qualidade de adtivos para combustível fóssil a partir de efluente derivado da pirólise da biomassa lignocelulósica. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Química) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Rafael Enrico Carvalho Bragueto

GUEDES, C. L. B.; SANTANA, Henrique de; COSTA, M. F.. Avaliação da fotodegradação de compostos aromáticos de B5 em água tratada por processos fotocatalíticos. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Guilherme Moraes Molina

GUEDES, C. L. B.; MACEDO JUNIOR, F. C.;PINTO, Jurandir Pereira. Produção de biodiesel por rota etílica e metílica: análise de produto, co-produto e controle de qualidade. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Química) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Flavia Correia Zanutto

GUEDES, C. L. B.MAURO, Eduardo Di; FIN, F. A.. Avaliação e tratamento de água do mar impactada por acidente ou operação de rotina da industria do petróleo. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Felipe Tsuruta Lisboa Cruz

GUEDES, C. L. B.; Elza Iouko Ida; Mara Lucia Luiz Ribeiro. Otimização do processo de extração do ácido fítico de farelo de arroz. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Ana Carolina de Souza

GALÃO, Olívio Fernandes;GUEDES, C. L. B.; MACEDO JUNIOR, F. C.. Obtenção e Caracterização de Biodiesel a Partir de Óleo Usado em Fritura. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Bruna Francielle Gazzoni

BRITO, Osmar Rodrigues;GUEDES, C. L. B.; PAVANELLI, A. G.. FITORREMEDIAÇÃO DE ÁGUA RESIDUAL CONTENDO DIESEL E BIODIESEL UTILIZANDO Typha latifolia Linn.. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Talita Pedroso Quessada

GALAO, O.;BORSATO, DionisioGUEDES, C. L. B.. Obtenção de Biodiesel a partir de Óleos de Soja e Milho utilizando Catalisadores Básicos e Ácido. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Angelita Aparecida Ribeiro da silva

LOBO, IlzaGUEDES, C. L. B.; SOLCI, Maria Cristina. Otimização e validação de métodos de extração e análise de HPAs em solos contaminados por derivados de petróleo.. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Em Química Com Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Ricardo Curilazo

DALL'ANTONIA, Luiz HenriqueGUEDES, C. L. B.BORSATO, Dionisio. A degradação eletroquímica do resíduo de turfas utilizadas como absorventes naturais em ambientes impactados por derrames de petróleo: um estudo físico-químico.. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: João Viçozo da Silva Júnior

FERREIRA, Dalva Trevisan;GUEDES, C. L. B.; FARIA, Terezinha de Jesus. Constituintes químicos das raízes de Spathodea campanulata e atividade antifúngica dos caules de Aspidosperma polyneuron. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Armando Mateus Pomini

FERREIRA, Dalva Trevisan; FACCIONE, Milton;GUEDES, C. L. B.. Síntese e teste microbiano de asperfenamato, metabólito isolado de Zeyhera digitalis (Bignoniaceae). 2004 - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Sonia Naomi Nomi

SOLCI, Maria Cristina;GUEDES, C. L. B.; BARRETO, Sonia Regina Giancoli. Metodologia de amostragem para determinação de dióxido de nitrogênio e ozônio troposférico por método espectrofotométrico. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Wanderson de Oliveira Santos

SOLCI, Maria Cristina;GUEDES, C. L. B.; BARRETO, Sonia Regina Giancoli. Determinação de óxidos de nitrogênio em ar ambiente. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Alexandre Luiz de Souza

SOLCI, Maria Cristina;GUEDES, C. L. B.LOBO, Ilza. Dióxido de Nitrogênio em Ambiente Urbano na Cidade de Londrina. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Rafael Cândido de Oliveira

SOLCI, Maria Cristina;GUEDES, C. L. B.LOBO, Ilza. Determinação de Dióxido de Enxofre no Ar Ambiente na Cidade de Londrina. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Milena Martins Andrade

GUEDES, C. L. B.; RALISCH, Ricardo; TAVARES, João. Análise física: avaliação da granulometria de solos impactados com petróleo. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Alex Gibellato Pavanelli

GUEDES, C. L. B.; BRITO, Osmar Rodrigues; GIMENEZ, Sonia Maria Nobre. Avaliação da fitorremediação em solo impactado com diesel comercial. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Juliana Aparecida de Queiroz

GUEDES, C. L. B.; BARBOSA, Aneli de Melo; REZENDE, Maria Inês. Avaliação da Biodegradação de óleo diesel por microorganismos isolados de turfa utilizando como referência o ascomiceto Botryosphaeria rhodina. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Rafael Augusto Melquiades

LOBO, IlzaGUEDES, C. L. B.; SOLCI, Maria Cristina. Determinação de BTEX em solos de diferentes texturas. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Marcelo Macedo Catuta Pécora

GUEDES, C. L. B.DALL'ANTONIA, Luiz Henrique; GALÃO, Olívio Fernandes. Degradação fotoquímica e eletroquímica da fração aromática do resíduo de óleo lubrificante. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Gislaine Maria Bragagnolo

GUEDES, C. L. B.DALL'ANTONIA, Luiz Henrique; MENEGELI, P.. Intemperismo Fotoquímico de Petróleo Colombiano.. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Rafael Tarozo

GUEDES, C. L. B.; FACCIONE, Milton; GALAO, O.. Intemperismo do diesel de mistura brasileiro em superfície aquosa.. 2003 - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Paulo Rogério da Silva

GUEDES, C. L. B.; SOLCI, Maria Cristina; YABE, Maria Josefa Santos. Tratamento fotoquímico do efluente de refino do petróleo.. 2003 - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Fernando Alves de Melo

MAURO, Eduardo DiGUEDES, C. L. B.; NAKAEMA, Marcelo Kiyoshi Kian. Aplicação de RPE no estudo de radicais livres em petróleo sob lâmpada de sódio.. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Física) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Fabiana Maria Monteiro Paschoal

BARRETO, Wagner José;GUEDES, C. L. B.; YABE, Maria Josefa Santos. Proposta de um mecanismo para a reação entre óxido de manganês e dopamina (ou L-DOPA) na presença de tiossulfato... 2000. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Química) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Leandro Freneda Mazzochim

GUEDES, C. L. B.; FACCIONE, Milton; FARIA, Terezinha de Jesus. Intemperismo fotoquímico de petróleo Árabe Leve: Análise da fase óleo.. 2000. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Priscila Fialho Pesarini

GUEDES, C. L. B.; FACCIONE, Milton; FARIA, Terezinha de Jesus. Intemperismo fotoquímico de petróleo Árabe Leve: Análise da fase aquosa.. 2000. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina.

F L Mingatto;GUEDES, C. L. B.; C D F Milagre. Membro Titular da Banca Examinadora de Concurso Público de Títulos e Provas para professor doutor.. 2015. Campus Experimental de Dracena - UNESP.

GUEDES, C. L. B.; LACERDA JUNIOR, V.; STEIL, L. J.. Presidente da Banca Examinadora do Concurso Público de Magistério Superior - Edital no. 05/UFABC/2009 - Área de PETROQUÍMICA E QUÍMICA DOS COMBUSTÍVEIS.. 2009. Universidade Federal do ABC.

GUEDES, C. L. B.; BORSATO, D.;MAURO, Eduardo Di; Laureto, E.; Medina, C.; Zapparoli, I.; Castro, C.; ANDRADE, D. S.. Presidente da Comissão Examinadora do Processo se Seleção para ingresso no Programa de Pós-Graduação em Bioenergia. 2016. Universidade Estadual de Londrina.

GUEDES, C. L. B.Ralisch, R.; BORSATO, D.; ANDRADE, D. S.; Castro, C.;MAURO, Eduardo Di; Zapparoli, I.; Medina, C.. Presidente da Comissão Examinadora do Mestrado em Bioenergia para seleção de estudantes na UEL.. 2015. Universidade Estadual de Londrina.

Tarley, C. R. T.; ALVES, João Carlos;GUEDES, C. L. B.. Processo Seletivo Simplificado para Contratação Temporária de Professor. 2015. Universidade Estadual de Londrina.

GUEDES, C. L. B.; SOLCI, Maria Cristina; CORRER, Caryna Januário. Presidente da Banca Examinadora para seleção de Monitores na disciplina de Química Ambiental. 2015. Universidade Estadual de Londrina.

GUEDES, C. L. B.; ALVES, João Carlos; SOLCI, Maria Cristina. Presidente da Banca Examinadora para seleção de Monitores na disciplina de Análise Instrumental. 2015. Universidade Estadual de Londrina.

GUEDES, C. L. B.. Presidente da Comissão Examinadora do Mestrado em Bioenergia para seleção de estudantes.. 2014. Universidade Estadual de Londrina.

GUEDES, C. L. B.. Presidente da Comissão Examinadora do Mestrado em Bioenergia para seleção de estudantes.. 2013. Universidade Estadual de Londrina.

GUEDES, C. L. B.. Presidente da Comissão Examinadora do Mestrado em Bioenergia para seleção de estudantes.. 2012. Universidade Estadual de Londrina.

GUEDES, C. L. B.. Presidente da Comissão Examinadora do Mestrado em Bioenergia para seleção de estudantes.. 2011. Universidade Estadual de Londrina.

GUEDES, C. L. B.; ALVES, João Carlos;LOBO, Ilza. Comissão de Seleção de Monitoria Acadêmica. 2010. Universidade Estadual de Londrina.

GUEDES, C. L. B.. Presidente da Banca Examinadora do Processo de Seleção do Mestrado em Bioenergia - Associação em Rede. 2010. Universidade Estadual de Londrina.

SOLCI, Maria Cristina; TAKASHIMA, Keiko; ZAIA, Dimas Augusto Morozin;GUEDES, C. L. B.; ALFAYA, Antônio Alberto da Silva. Comissão examinadora de seleção do programa de Mestrado em Química.. 2009. Universidade Estadual de Londrina.

SOLCI, Maria Cristina; TAKASHIMA, Keiko;DALL'ANTONIA, Luiz Henrique; SANTANA, Henrique de; ZAIA, Dimas Augusto Morozin;GUEDES, C. L. B.. Comissão Examinadora de Seleção do programa de Mestrado em Química dos Recursos Naturais. 2008. Universidade Estadual de Londrina.

GUEDES, C. L. B.. Comissão de Julgamento do Edital FAPEMIG 15/2007 PROGRAMA MINEIRO DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E PRODUÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS. 2007. Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais.

ANDREI, C. C.;GUEDES, C. L. B.; MACEDO JUNIOR, F. C.. Banca examinadora do teste seletivo para provimento do cargo de professor na área/subárea de Química/Química Orgânica. 2007. Universidade Estadual de Londrina.

GUEDES, C. L. B.; Câmara, C. A. P.; Kamizake, N. K. K. Comissão de Seleção de Monitoria Acadêmica. 2007. Universidade Estadual de Londrina.

GUEDES, C. L. B.; SOLCI, Maria Cristina; TAKASHIMA, Keiko; YABE, Maria Josefa Santos;DALL'ANTONIA, Luiz HenriqueLOBO, Ilza. Exame para Ingresso no Programa de Mestrado em Química dos Recursos Naturais do Departamento de Química.. 2006. Universidade Estadual de Londrina.

BUENO, Eliana Aparecida Silicz;GUEDES, C. L. B.; FACCIONE, Milton. Teste seletivo professor adjunto 40h Química/Química Orgânica - Departamento de Química - UEL.. 2006. Universidade Estadual de Londrina.

GUEDES, C. L. B.. Membro da Comissão de Bolsas do Programa de Mestrado em Química dos Recursos Naturais. 2006.

SOLCI, Maria Cristina;GUEDES, C. L. B.LOBO, Ilza. Banca de qualificação do Programa de Mestrado em Química dos Recursos Naturais: Wania Hermenegildo da Silva Ferraz. 2005. Universidade Estadual de Londrina.

MAURO, Eduardo DiGUEDES, C. L. B.; JURAITIS, Klemensas Ringaudas. Banca de qualificação do Programa de Mestrado em Física: Fernando Alves de Melo. 2004. Universidade Estadual de Londrina.

GUEDES, C. L. B.MAURO, Eduardo Di; JURAITIS, Klemensas Ringaudas. Banca de qualificação do Programa de Mestrado em Física: Marilene Turini Piccinato. 2004. Universidade Estadual de Londrina.

TAKASHIMA, Keiko; YABE, Maria Josefa Santos; SCARMINIO, I.; SOLCI, Maria Cristina;GUEDES, C. L. B.. Exame para Ingresso no Programa de Mestrado em Química dos Recursos Naturais do Departamento de Química.. 2003. Universidade Estadual de Londrina.

SOLCI, Maria Cristina;GUEDES, C. L. B.LOBO, Ilza. Exame de Qualificação do Programa de Mestrado em Química dos Recursos Naturais: Moacir Tavares Junior. 2003. Universidade Estadual de Londrina.

GUEDES, C. L. B.. Teste seletivo professor adjunto 40h Química/Química Orgânica - Departamento de Química - UEL.. 2003. Universidade Estadual de Londrina.

GUEDES, C. L. B.; ALFAYA, Antônio Alberto da Silva; ALMEIDA, Flaveli Aparecida de Souza. Processo de seleção para monitoria acadêmica no curso de química. 2003. Universidade Estadual de Londrina.

TAKASHIMA, Keiko;GUEDES, C. L. B.; SOLCI, Maria Cristina. Exame de Qualificação do Programa de Mestrado em Química dos Recursos Naturais: Renata Rumi Ischiki. 2002. Universidade Estadual de Londrina.

ZAIA, Dimas Augusto Morozin; FIORETTO, R. A.;GUEDES, C. L. B.. Exame de Qualificação do Programa de Mestrado em Química dos Recursos Naturais: Lutécia Hiera da Cruz. 2002. Universidade Estadual de Londrina.

TAKASHIMA, Keiko;GUEDES, C. L. B.; SCARMINIO, I.. Exame de Qualificação do Programa de Mestrado em Química dos Recursos Naturais: Juliana Carla Garcia. 2002. Universidade Estadual de Londrina.

SOLCI, Maria Cristina;GUEDES, C. L. B.LOBO, Ilza. Exame de Qualificação do Programa de Mestrado em Química dos Recursos Naturais: Jurandir Pereira Pinto. 2002. Universidade Estadual de Londrina.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Warner Bruce Kover

Nicodem, David Ernest;KOVER, W. B.; Ferreira, José Carlos Netto. Intemperismo Fotoquímico de Petroleo sobre Agua do Mar: Estudo do Processo Natural e o Efeito da Adição Tetrafenilporfina. 1998. Tese (Doutorado em Química) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aurelio Baird Buarque Ferreira

FERREIRA, A. B. B.. Intemperismo fotoquímico de petróleo brasileiro sobre água do mar. 1998. Tese (Doutorado em Química) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Joel Jones Junior

GUEDES, C. L. B.;JONES JR, J.. Exame Geral no Departamento de Química Orgânica do Instituto de Química da UFRJ. 1997. Exame de qualificação (Doutorando em Química) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Edson Henrique Gaspar Massi

GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS COM FOCO NA PRODUÇÃO DE GÁS METANO E GERAÇÃO DE ENERGIA RENOVÁVEL; Início: 2018; Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina, Secretaria de Meio Ambiente do Município de Londrina; (Orientador);

Luis Henrique Nogueira Marinho

AVALIAÇÃO TÉCNICA E ECONÔMICA DO USO DE ÓLEO FÚSEL EM MISTURA COM O ÁLCOOL COMBUSTÍVEL EM MOTOR-GERADOR CICLO OTTO; ; Início: 2018; Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Caroline Milani Bertosse

Obtenção de álcool isoamílico a partir de óleo fúsel e avaliação de uso em mistura com a gasolina de aviação; ; Início: 2018; Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Adriel de Oliveira

Estudo de viabilidade técnico econômicopara a implantação de uma usina de biogás a partir da avicultura; Início: 2018; Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

ROMEU WELBY PEREIRA PUGIN

GERAÇÃO SOLAR FOTOVOLTÁICA INTEGRADA A EDIFICAÇÕES URBANAS; Início: 2018; Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina; (Orientador);

[Nome removido após solicitação do usuário]

PRODUÇÃO DE BIOGÁS A PARTIR DO EFLUENTE GERADO NA EXTRAÇÃO DO ÓLEO DE PALMA; Início: 2017; Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Ana Claudia Cabral dos Santos Reis

Avaliação do Óleo de Crambe (Crambe abyssinica Hoechst) como fluído isolante em Transformador; ; Início: 2016; Tese (Doutorado em Doutorado em Química (UEL, UNICENTRO, UEPG)) - Universidade Estadual de Londrina; (Orientador);

Helder Rodrigues da Silva

Início: 2016; Universidade Estadual de Londrina; , Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior;

Victor Khenzo Komatsu

APROVEITAMENTO DE ÓLEO FÚSEL NA PRODUÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS PARA AVIAÇÃO; Início: 2018; Iniciação científica (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Isadora Guilherme Branco

AVALIAÇÃO DA GERAÇÃO DE ÓLEO RESIDUAL DE FRITURA NA CIDADE DE LONDRINA E SEU POTENCIAL USO COMO MATÉRIA PRIMA PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL; 2018; Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Anathan Bichel

CONTRIBUIÇÃO DE UM PROGRAMA DE FOMENTO FLORESTAL PÚBLICO PARA O DESENVOLVIMENTO DA CADEIA PRODUTIVA BIOENERGÉTICA NO SUDOESTE DO PARANÁ; 2018; Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina,; Coorientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Mariana Fontana

IMOBILIZAÇÃO DE LIPASE EM DIFERENTES SUPORTES VISANDO O USO EM BIOCATÁLISE; ; 2017; Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Cintia dos Santos Alves

Extração do óleo de microalgas e obtenção de ésteres metílicos visando a produção de biodiesel; ; 2017; Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária / CAPES; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Caroline Tourinho Rocha

Avaliação do potencial de uso dos resíduos de madeira e borra oleosa para produção de briquetes; 2017; Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Guilherme Augusto Colusse

PRODUÇÃO DE BIOGÁS A PARTIR DE GLICERINA E VINHAÇA PARA GERAÇÃO DE BIOMETANO EM ESCALA LABORATORIAL; 2017; Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Maria Catalina Bastidas Cobos

Água da produção de petróleo na irrigação do cultivo de soja; 2016; Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina, Empresa Brasileira de Pesquisas Agropecuárias; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Juarez Assis Soares

CARACTERÍSTICAS FÍSICAS E QUÍMICAS DO ÓLEO DE PALMA OBTIDO DE CULTIVARES DA REGIÃO NORTE E CENTRO-OESTE DO BRASIL; 2016; Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina,; Coorientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Jonathan Baumi

UTILIZAÇÃO DE GLICERINA DA PRODUÇÃO DE BIODIESEL NA RECICLAGEM DE RETRAÇO TÊXTIL; ; 2015; Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Matheus Rodrigues Bofinger

AVALIAÇÃO DE BIOCARVÃO PIROLÍTICO E SUA APLICAÇÃO COMO SUPORTE EM CATÁLISE ENZIMÁTICA; 2015; Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Freddy Eli Zambrano Gavilanes

PRODUÇÃO DE BIOGÁS A PARTIR DA TORTA DE PINHÃO MANSO (Jatropha curcas L; ); 2015; Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina, Governo do Equador; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Fabio Antonio Cajamarca Suquila

EXTRAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DO ÓLEO DE CULTIVARES DE INVERNO VISANDO A PRODUÇÃO DE BIODIESEL NO ESTADO DO PARANÁ; 2015; Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária; Coorientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Andres Fernando Lancheros Sanchez

FITORREMEDIAÇÃO DE SOLO CONTAMINADO COM BIODIESEL B10 UTILIZANDO Canavalia ensiformis; 2015; Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina,; Coorientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Nilmaer Souza da Silva

Avaliação dos aspectos e impactos ambientais e econômicos da substituição de combustíveis fósseis por biocombustíveis na geração termoelétrica; ; 2014; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Bioenergia) - Universidade Estadual de Londrina,; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Jhonatan Luiz Fiorio

OTIMIZAÇÃO DA SÍNTESE DE ÉSTERES METÍLICOS E ETÍLICOS A PARTIR DE ÓLEO DE DENDÊ; 2014; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Bioenergia) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Flavia Correia Zanutto

ESTUDO DAS EMULSÕES DE BIO-ÓLEO EM ÓLEO COMBUSTÍVEL USADO NA GERAÇÃO DE ENERGIA EM TERMELÉTRICAS; 2013; Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Helder Rodrigues da Silva

APLICAÇÃO DE MÉTODOS PARA CONCENTRAÇÃO DA BIOMASSA DE MICROALGAS CULTIVADAS EM MEIO LÍQUIDO; 2013; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Bioenergia) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Ana Carolina de Souza

USO ALTERNATIVO DE COMBUSTÍVEL RENOVÁVEL EM GASOLINA E ETANOL PARA MOTORES DE CICLO OTTO; 2012; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Química) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Bruna Francielle Gazzoni

PREPARAÇÃO DE ÉTERES DERIVADOS DA GLICERINA PARA UTILIZAÇÃO COMO ADITIVOS DE COMBUSTÍVEIS VEICULARES; ; 2011; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Química) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Talita Pedroso Quessada

OBTENÇÃO DE DERIVADOS DO BIO-ÓLEO DE PIRÓLISE E AVALIAÇÃO COMO COMBUSTÍVEL AUTOMOTIVO; ; 2011; Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Universidade Estadual de Londrina,; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Fabio Cal Sabino

Reações de Fenton na degradação de compostos aromáticos de petróleo em areia natural; 2010; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Química dos Recursos Naturais) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Luciana Natalia Cividatti

Tratamento in situ de solo argiloso com reagentes de Fenton para degradação de petróleo residual; ; 2009; Dissertação (Mestrado em Mestrado Química dos Recursos Naturais) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Caryna Januário Correr

Tratamento in situ de solo contaminado com petróleo utilizando surfactantes e peróxido de hidrogênio; 2008; 0 f; Dissertação (Mestrado em Mestrado Química dos Recursos Naturais) - Universidade Estadual de Londrina, Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobras; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Milena Martins Andrade

Utilização da turfa sphag sorb no tratamento de solo contaminado com petroleo: avaliação físico-química e espectroscópica; 2008; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Química dos Recursos Naturais) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Alex Gibellato Pavanelli

Avaliação da fitorremediação de solo contaminado com petróleo utilizando Typha sp; 2007; Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Rosa Cristina Souza Leite

Degradação ambiental do diesel aditivado e em mistura com biodiesel; ; 2007; 0 f; Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Estadual de Londrina,; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Vanessa Pulita Cayres

PROCESSOS DE DEGRADAÇÃO E ADSORÇÃO DE COMPOSTOS ORGÂNICOS AROMÁTICOS EM ÁGUA RESIDUAL E EFLUENTE DA INDUSTRIA DO PETROLEO; ; 2006; 50 f; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Química dos Recursos Naturais) - Universidade Estadual de Londrina, Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobras; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Thiago Pinotti Segato

Efeito de surfactantes no processo fotocatítico de degradação dos aromáticos de petróleo utilizando TiO2; ; 2006; 60 f; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Química dos Recursos Naturais) - Universidade Estadual de Londrina, Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobras; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Daniele Cristina Adão

AVALIAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA DE BIO-ÓLEO E BIOCOMBUSTÍVEL COMO ADITIVO PARA COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS; 2006; Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Estadual de Londrina,; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Rafael Tarozo

Processo fotoquímico na degradação de combustível fóssil e biodiesel; 2005; 67 f; Dissertação (Mestrado em Mestrado Química dos Recursos Naturais) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Marilene Turini Piccinato

Caracterização de Vanadila em Petróleo através de Ressonância Paramagnética Eletrônica; ; 2005; 50 f; Dissertação (Mestrado em Mestrado Física) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Fernando Alves de Melo

Caracterização de Radicais Livres em Biocombustíveis, Petróleo e Derivados por Ressonância Paramagnética Eletrônica; ; 2005; 50 f; Dissertação (Mestrado em Mestrado Física) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Coorientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Leandro Freneda Mazzochin

Luz solar e dióxido de titânio na foto-remediação de solos do Paraná contaminados com petróleo; ; 2004; 80 f; Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Estadual de Londrina, Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobras; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Ariana de Campos

Espectroscopia de RPE no Estudo da Fotodegradação de asfaltenos em petróleo árabe e colombiano; ; 2002; Dissertação (Mestrado em Física) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Valdemir Antunes

Estudo por Ressonância Paramagnética Eletrônica da Fotodegradação de Petróleo Brasileiro sob Luz Solar; 2001; 0 f; Dissertação (Mestrado em Física) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Marcos Cesar Ramoni

Estudo da Fotodegradação de Petróleo por Ressonância Paramagnética Eletrônica; 2000; 0 f; Dissertação (Mestrado em Física) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Jonathan Baumi

APROVEITAMENTO DE COPRODUTO DA INDÚSTRIA SUCROALCOOLEIRA NA PREPARAÇÃO DE BIOADITIVOS PARA COMBUSTÍVEIS DE AVIAÇÃO; 2019; Tese (Doutorado em Doutorado em Química (UEL, UNICENTRO, UEPG)) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Talita Pedroso Quessada

Bio-óleo da pirólise de resíduo agroindustrial na obtenção de derivados como aditivo para combustível fóssil e biocombustível; 2017; Tese (Doutorado em Doutorado em Química (UEL, UNICENTRO, UEPG)) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

CRISTINE ELIZABETH ALVARENGA CARNEIRO

2016; Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Gisele Silva de Aquino

2015; Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Priscila Fialho Pesarini Veiga

2013; Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Jefferson Sussumu de Aguiar Hachiya

Obtenção de biocombustível como tema motivador para aulas de química do ensino médio; ; 2008; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Química do Cotidiano na Escola) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Fernando de Souza Viana

Obtenção e aplicação de fontes alternativas de energia através da pirólise da biomassa em aulas práticas de química no ensino médio; ; 2008; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Química do Cotidiano na Escola) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Ligia Amaoka

A Água e sua escassez?; 2004; 0 f; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Química Professores Ensino Médio e Fundamental) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Maristela da Silva

Recursos Hídricos: Escassez e Abundância; ; 2000; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Química Professores Ensino Médio e Fundamental) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Daiane Caroline Nunes Alves

Extração da biomassa de microalgas para a determinação do teor de lipídios; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Larissa Lazarin Dorta

Caracterização de Biocarvão da Pirólise de Resíduo Agroindustrial; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Dalilla Alves Colombo

Tratamento da água de produção de petróleo através de processos fotoquímicos; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Andres Fernando Lancheros Sanchez

Obtenção de Biodiesel a Partir de Óleo Residual, Óleo de Soja e Gordura Bovina, Utilizando Delineamento de Misturas Simplex-Centroide; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Química) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Caroline Milani Bertosse

Utilização de retraços de poliamida e glicerina para o desenvolvimento de novos materiais; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado Química) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Grasiele Saltorelli

AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIOXIDANTE DE CAROTENOIDES; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado Química) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Matheus Rodrigues Bofinger

PRODUÇÃO DE BIODIESEL METÍLICO POR CATÁLISE ENZIMÁTICA E QUÍMICA; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado em Química) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Jonathan Baumi

SÍNTESE DE DERIVADOS DE GLICERINA PARA PRODUÇÃO DE ADITIVOS PARA COMBUSTIVEIS FÓSSEIS; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Guilherme Moraes Molina

Produção de biodiesel por rota metílica e etílica: análise de produto e co-produto; ; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado Química) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Caren Mura Cortez

Obtenção de aditivo para combustível fóssil a partir de efluente derivado da pirólise de biomassa lignocelulósica; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Flávia Correa Zanuto

Avaliação e tratamento de água do mar impactada por acidente ou operação de rotina da indústria do petróleo; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Rafael Enrico Carvalho Bragueto

Degradação fotocatalítica de compostos aromáticos do diesel contendo 5% de biodiesel (B5) em meio aquoso; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Carlos Henrique Gianjacomo

TRATAMENTO FOTOCATALÍTICO DE COMPOSTOS AROMÁTICOS EM EFLUENTE DA INDUSTRIA DO PETRÓLEO; 2007; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Karina Gomes Angilelli

MONITORAMENTO DA FOTODEGRADAÇÃO DE HPA NA ÁGUA RESIDUAL DA LAVAGEM DE SOLO CONTAMINADO COM PETRÓLEO; 2007; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Renato Cesar de Souza

Fotodegradação, biodegradação e incorporação de resíduo oleoso decorrente das atividades de pesquisa do LAFLURPE; ; 2006; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Luciana Natalia Cividatti

Avaliação de solos argilosos e arenosos contaminados com derivados de petróleo e remediação com TiO2; ; 2006; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Petróleo Brasileiro S A; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Caroline Catyussia Carradore Vecchi

Tratamento fotoquímico do resíduo gerado na remoção do óleo diesel de sistemas aquáticos utilizando turfa canadense; ; 2005; 50 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenadoria de Pesquisa e Pós Graduação da Universidade Estadual de Londr; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Fabiano Neves Romero

Efeito da luz solar e fontes artificiais no tratamento fotoquímico de efluente da indústria do petróleo; ; 2005; 50 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Pró Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação da Universidade Estadual de Londri; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Marcelo Macedo Catuta Pécora

Degradação fotoquímica e eletroquímica da fração aromática do resíduo de óleo lubrificante; ; 2004; 58 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Pró Reitoria de Extenão da Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Alex Gibellato Pavanelli

Avaliação da fitorremediação em solo impactado com diesel comercial; ; 2004; 59 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Milena Martins Andrade

Análise física: avaliação da granulometria de solos impactados com petróleo; ; 2004; 40 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Daniele Cristina Adão

Monitoramento e Avaliação dos Processos Abióticos Atuantes na Remediação de Solo Impactado com Petróleo; 2004; 50 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Juliana Aparecida de Queiroz

Avaliação da biodegradação de óleo diesel por microorganismos isolados de turfa utilizando como referência o ascomiceto Botryosphaeria rhodina; ; 2004; 40 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

André Luís Sancho Ereno

Caracterização de fotoprodutos do diesel comercial em águas naturais: Avaliação de toxicidade; ; 2003; 0 f; Trabalho de Conclusão de Curso - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Luciano Vetorasso Corbucci

Utilização de agente oxidante e fotossensibilizador no tratamento de águas naturais contaminadas com gasolina; ; 2003; Trabalho de Conclusão de Curso - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Thiago Pinotti Segato

Avaliação do desempenho de fotocatalizador e surfactante na degradação de petróleo; ; 2003; Trabalho de Conclusão de Curso - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Fernando Alves de Melo

Aplicação de RPE no estudo de radicais livres em petróleo sob lâmpada de sódio (co-orientação); 2002; 0 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado Física) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Marilene Turini

Aplicação de RPE no estudo de radicais livres em petróleo sob lâmpada de mercúrio (co-orientação); 2002; 0 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado Física) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Gislaine Maria Bragagnolo

Intemperismo Fotoquímico de Petróleo Colombiano; ; 2002; 0 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Rafael Tarozo

Intemperismo do diesel de mistura brasileiro em superfície aquosa; ; 2002; 0 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado em Química) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Paulo Rogério da Silva

Tratamento fotoquímico do efluente de refino do petróleo; ; 2002; 0 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado Química) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Leandro Freneda Mazzochin

Fotodegradação de Petróleo: análise da fase óleo; 2001; 60 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado em Química) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Priscila Fialho Pesarini

Fotodegradação de petróleo: análise da fase aquosa; 2001; 60 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado em Química) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Kawana Silva Bortolato

CULTIVO DE MICROALGAS PARA OBTENÇÃO DE BIOMASSA E PRODUÇÃO DE BIODIESEL; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Caroline Milani Bertosse

Aproveitamento do resíduo da produção sucroalcooleira na síntese do éter isoamílico para substituição parcial do querosene de aviação (Jet A1); 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Vinícius Santos Tenório Miranda

Aproveitamento do resíduo da produção sucroalcooleira na síntese de bioquerosene; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Tamara Maciel Machado

Obtenção de biodiesel a partir de óleo residual, óleo de soja e gordura bovina; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária - PIBIC; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Beatriz vieira duarte

Obtenção e caracterização do biogás utilizando efluentes da produção de biocombustíveis; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química) - Universidade Estadual de Londrina, CNPq (PIBIC); Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Sara Diniz de Souza

Obtenção e caracterização do biogás utilizando efluentes da produção de biocombustíveis; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Licenciatura em Química) - Universidade Estadual de Londrina, CNPq (PIBIC); Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Talita Echamendi da Costa

Obtenção de biodiesel a partir de óleo residual, óleo de soja e gordura bovina; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Licenciatura em Química) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária - PIBIC; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Daiane Caroline Nunes Alves

QUANTIFICAçãO DO TEOR DE LIPíDIOS POR ESPECTROSCOPIA DE FLUORESCêNCIA E TRANSESTERIFICAçãO IN SITU PARA PRODUçãO DE BIODIESEL DA BIOMASSA DE MICROALGAS; ; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Química) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Andres Fernando Lancheros Sanchez

Obtenção de Biodiesel a partir de óleo residual, óleo de soja e gordura bovina; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Química) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária - PIBIC; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Larissa Lazarin Dorta

SORçãO DE LIPASE EM BIOCARVãO DE PIRóLISE; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Química) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Kawana Silva Bortolato

Cultivo de microalgas em tanques abertos para obtenção de biomassa; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária / CAPES; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Beatriz vieira duarte

Obtenção de ésteres metílicos por esterificação e transesterificação de óleos de Crambe e Palma; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado em Química) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Giovana da Silva Ramos

SÍNTESE DE ALDEÍDOS PRECURSORES DO BIOQUERENE; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária - PROITI; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Caroline Milani Bertosse

Aproveitamento do resíduo da produção sucroalcooleira na síntese de bioquerosene; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Tamara Maciel Machado

OBTENÇÃO DE BIODIESEL A PARTIR DE ÓLEO RESIDUAL, ÓLEO DE SOJA E GORDURA BOVINA; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária / CAPES; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Larissa Lazarin Dorta

SORÇÃO DE LIPASE EM BIOCARVÃO DE PIRÓLISE; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

ELOÁ TRAVAINI

PRODUÇÃO DE BIODIESEL ATRAVÉS DA TRANSESTERIFICAÇÃO DO ÓLEO DE DENDÊ UTILIZANDO CATALISADOR HETEROGÊNEO; ; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Larissa Lazarin Dorta

ATIVAÇÃO QUÍMICA DE CARVÃO PIROLÍTICO DERIVADO DE BIOMASSA LIGNOCELULÓSICA; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Daiane Caroline Nunes Alves

FITORREMEDIAÇÃO DE SOLO CONTAMINADO COM BIODIESEL B5 E B10; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado em Química) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Dalilla Alves Colombo

Caracterização química de sementes oleaginosas por espectroscopia de RMN e RPE; ; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Giovana da Silva Ramos

APROVEITAMENTO DE GLICERINA ORIUNDA DA PRODUÇÃO DE BIODIESEL PARA OBTENÇÃO DE ÉSTERES; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

ELOÁ TRAVAINI

Produção de biodiesel metílico por catálise homogênea a partir de óleo de dendê; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, CNPq (PIBIC); Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Larissa Lazarin Dorta

IMOBILIZAÇÃO DE LIPASE EM CARVÃO ATIVADO DE PIRÓLISE; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária - PIBIC; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Beatriz Correia Devequi

Avaliação das propriedades antioxidantes de derivados fenólicos do bio-óleo; ; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química) - Universidade Estadual de Londrina, Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Felipe Revoredo Benatti

Caracterização química de sementes oleaginosas por espectroscopia de RMN e RPE; ; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado em Química) - Universidade Estadual de Londrina, Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Maria Eduarda Santana Zorzetto

Avaliação das propriedades antioxidantes de derivados fenólicos do bio-óleo; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Química) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Jonathan Baumi

Aproveitamento de glicerina oriunda da produção de biodiesel para obtenção de ésteres; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Grasiele Saltorelli

Avaliação da atividade antioxidante de carotenoides obtidos a partir da biomassa de microalgas; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Matheus Rodrigues Bofinger

Obtenção de biodiesel metílico e etílico através de catálise química e enzimática; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Maria Eduarda Santana Zorzetto

(co-orientação) ANÁLISE ESPECTROSCÓPICA POR RPE, RMN E NO INFRAVERMELHO DE BIOMASSA LIGNOCELULÓSICA E AVALIAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA DE DERIVADOS DO BIO-ÓLEO PIROLÍTICO; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado em Química) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Ana Paula Cunha Luiz

Tratamento fotoquímico e fotocatalítico de efluentes da refinação de óleos vegetais e gorduras e da produção de biodiesel; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Jonathan Baumi

Preparação de derivados da glicerina para aplicação na área petroquímica; ; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Grasiele Saltorelli

ANÁLISE DE LIPÍDIOS EM MICROALGAS PELO MÉTODO DE EMISSÃO DE FLUORESCÊNCIA COM NILE RED; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Maria Eduarda Santana Zorzetto

(co-orientação) AVALIAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA E ESPECTROSCÓPICA DE BIOMASSA, BIO-ÓLEO, BIOCOMBUSTÍVEIS E SUBPRODUTOS; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Paula Gabriela de Souza Vanzela

SEPARAÇÃO DA LIGNINA RESIDUAL PRESENTE NO BIO-ÓLEO OBTIDO POR PIRÓLISE DE BIOMASSA LIGNOCELULÓSICA; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Licenciatura em Química) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Jonathan Baumi

OBTENÇÃO DE ÉSTERES A PARTIR DA GLICERINA PARA USO COMO ADITIVO DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Matheus Rodrigues Bofinger

Caracterização e utilização de carvão de pirólise para imobilização de lipase; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Grasiele Saltorelli

Método de obtenção do teor lipídico em microalgas com emissão de fluorescência e comparação com os métodos gravimétricos; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Matheus Rodrigues Bofinger

ATIVAÇÃO QUÍMICA DE CARVÃO PIROLÍTICO DE PALHA DE CANA DE AÇÚCAR PARA IMOBILIZAÇÃO DE LIPASE; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Caren Mura Cortez

Tratamento de efluente aquoso do processo de pirólise para uso de derivados como aditivo de combustível fóssil; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, EMBRAPA Agroenergia; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Letícia Gabrieli Moura

(co-orientação) AVALIAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA E ESPECTROSCÓPICA DE BIOMASSA, BIO-ÓLEO, BIOCOMBUSTÍVEIS E DERIVADOS; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Licenciatura em Química) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

CRISTIELE APARECIDA SANTOS

ACOMPANHAMENTO DE EXPERIMENTOS NO LABORATÓRIO: Métodos analíticos para determinação de parâmetros, produtos, co-produtos, efluentes ou resíduos da cadeia produtiva dos biocombustíveis; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em ensino médio) - Colégio ESTADUAL ALBINO FEIJO SANCHES, Fundação Araucária; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

LUCAS AUGUSTO ANTUNES

ACOMPANHAMENTO DE EXPERIMENTOS NO LABORATÓRIO: Na visão de um técnico em química; ; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em ensino médio) - Colégio ESTADUAL ALBINO FEIJO SANCHES, Fundação Araucária; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Ana Paula Cunha Luiz

Tratamento fotoquímico e oxidativo utilizando peróxidos; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado em Química) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Beatriz Correia Devequi

ACOMPANHAMENTO DOS EXPERIMENTOS DO LABORATÓRIO: biocombustível; ; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em ensino médio) - colégio estadual polivalente londrina, Fundação Araucária; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Flavia Correia Zanutto

PRODUÇÃO DE COMBUSTÍVEIS E BIOCOMBUSTÍVEIS: Passivos ambientais e remediação de áreas contaminadas por compostos refratários; ; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Rafael Enrico Carvalho Bragueto

PRODUÇÃO DE COMBUSTÍVEIS e BIOCOMBUSTÍVEIS: Caracterização de compostos aromáticos e tratamento de águas residuárias e efluentes; ; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Pró Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação da Universidade Estadual de Londri; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Pamella Cristina Scheel

Produção de Gás de Síntese por Gaseificação de Bio-óleo obtido por Pirólise Rápida usando Diferentes Tipos de Biomassa: Estabilidade oxidativa de biocombustíveis e avaliação de antioxidantes; ; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária/Inclusão Social; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Guilherme Moraes Molina

Avaliação e desenvolvimento de processo para purificação da glicerina resultante da produção de biodiesel por via metílica e etílica; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Flavia Correia Zanutto

(Co-orientação IC) Derrame de petróleo no mar: avaliação de compostos aromáticos em sedimento arenoso superficial por espectroscopia de fluorescência e RPE; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Licenciatura em Química) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Heverson Renan de Freitas

PREPARAÇÃO DE ADITIVOS PARA COMBUSTÍVEL FÓSSIL A PARTIR DE EFLUENTES LÍQUIDOS DA PIRÓLISE DE BIOMASSA LIGNO-CELULÓSICA E ÓLEO VEGETAL; ; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

RAFAEL BRAGUETO

PROCESSOS DE REMEDIAÇÃO IN SITU PARA RECUPERAÇÃO DE ÁREAS IMPACTADAS POR COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS E BIOCOMBUSTÍVEIS; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

FLÁVIA ZANUTTO co-orientação

TRATAMENTO E MONITORAMENTO DE EFLUENTES E ÁGUAS RESIDUÁRIAS RESULTANTES DE ATIVIDADES DA INDÚSTRIA DE PETRÓLEO E BIOCOMBUSTÍVEIS; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Pró Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação da Universidade Estadual de Londri; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Caren Mura Cortez

DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIA PARA A PRODUÇÃO DE ADITIVOS PARA OS COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS: CARACTERIZAÇÃO E CONTROLE DA QUALIDADE DO BIO-ÓLEO E BIOCOMBUSTÍVEIS; ; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Iniciação Tecnológica PIBITI; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Guilherme Moraes Molina

PRODUÇÃO DE BIODIESEL, ANÁLISES DE PRODUTO E CO-PRODUTOS PARA USO E CONTROLE DE QUALIDADE; ; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Maria Fernanda Ferreira de Lima Mauro

TRATAMENTO FOTOQUÍMICO COM LUZ SOLAR, ANÁLISE FÍSICO-QUÍMICA E ESPECTROSCÓPICA DE ÁGUAS E SEDIMENTOS IMPACTADOS POR COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS E BIOCOMBUSTÍVEIS; ; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

ANA PAULA CUNHA LUIZ co-orientação

TRATAMENTO FOTOQUÍMICO COM FONTES ARTIFICIAIS, ANÁLISES FÍSICO-QUÍMICA E ESPECTROSCÓPICA DE ÁGUAS E SEDIMENTOS IMPACTADOS POR COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS E BIOCOMBUSTÍVEIS; ; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Talita Pedroso Quessada

Produção de gás de síntese por gaseificação de bio-óleo obtido por pirólise rápida usando diferentes tipos de biomassa; ; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Licenciatura em Química) - Universidade Estadual de Londrina, Iniciação Tecnológica e Industrial; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Andressa Del Fraro Frederico

OBTENÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEL A PARTIR DE BIO-ÓLEO PRODUZIDO NA PIRÓLISE DE RESÍDUOS DA AGRICULTURA; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Iniciação Tecnológica e Industrial; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Andressa Del Fraro Frederico

Aproveitamento de subproduto e co-produto orgânico da industria química na produção de aditivos para combustíveis; ; 2008; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Heverson Renan de Freitas

Produção de Biocombustível ou Aditivo para Combustível Fóssil a partir de Efluentes Líquidos; 2008; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Talita Pedroso Quessada

Produção de gás de síntese por gaseificação de bio-óleo obtido por pirólise rápida usando diferentes tipos de biomassa: Produção de biocombustível através da esterificação de bio-óleo em atanol; ; 2008; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Iniciação Tecnológica e Industrial; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Bruna Francielle Gazzoni

Fitorremediação de solo impactado com petróleo utilizando Typha Latifolia; 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado em Química) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Carlos Henrique Gianjacomo

Tratamento de efluentes da industria do petróleo através de processos fotocatalíticos; ; 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Pró Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação da Universidade Estadual de Londri; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Carlos Henrique Gianjacomo

Tratamento físico e químico de efluente e água residual derivados da industria do petróleo utilizando adsorção, processo oxidativo e fotoquímico; ; 2006; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Karina Gomes Angilelli

AVALIAÇÃO DO PROCESSO DE ADSORÇÃO E FOTODEGRADAÇÃO DE PETRÓLEO EM MATERIAIS HÚMICOS; 2006; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Pró Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação da Universidade Estadual de Londri; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Talita Pedroso Quessada

OBTENÇÃO E USO DE BIOCOMBUSTÍVEIS À PARTIR DE RESÍDUOS DA AGRICULTURA; 2006; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Iniciação Tecnológica e Industrial; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Diego Soares Domingues

COLETA DE DADOS E AVALIAÇÃO DE PASSIVOS AMBIENTAIS EM POSTOS DE COMBUSTÍVEIS NA CIDADE DE LONDRINA; 2006; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado em Química) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Paraná; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Wislley Dueli da Silva

ELABORAÇÃO DE MATERIAL EDUCATIVO, DE PREVENÇÃO E DE SEGURANÇA SOBRE PRODUTOS QUÍMICOS UTILIZADOS EM AMBIENTE DOMÉSTICO; ; 2006; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Física) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Paraná; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Marcos batista mendes

REMEDIAÇÃO QUÍMICA DE ÁREAS IMPACTADAS POR DERRAMAMENTO DE PETRÓLEO E DERIVADOS; 2006; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado em Química) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Pamella Cristina Scheel

AVALIAÇÃO DO IMPACTO AMBIENTAL DE COMBUSTÍVEL FÓSSIL E BIOCOMBUSTÍVEL; 2006; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado em Química) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Fabiano Neves Romero

Tratamento fotoquímico de água residual contendo BTEX e HPA; ; 2005; 50 f; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Pró Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação da Universidade Estadual de Londri; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Caroline Catyussia Carradore Vecchi

ESTUDO PRELIMINAR DA ESTRUTURA MOLECULAR E ATIVIDADE QUÍMICA DA TURFA CANADENSE; 2005; 50 f; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Daniele Cristina Adão

co-orientação - Estudo e otimização da fotocatálise com TiO2 sob luz solar; ; 2004; Iniciação Científica - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Fabiano Neves Romero

Foto-remediação com TiO2 sob luz solar de solos contaminados com petróleo bruto e derivados; ; 2004; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Petróleo Brasileiro S A; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Caroline Catyussia Carradore Vecchi

Remediação das águas naturais superficiais e subterrâneas e de efluentes líquidos contaminados com derivados do refino de petróleo; ; 2004; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Daniele Cristina Adão

co-orientação - Avaliação espectroscópica de solos do Paraná contaminados com derivados de petróleo e remediação com TiO2; ; 2004; Iniciação Científica - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Gislaine Maria Bragagnolo

Remediação com peróxido de hidrogênio do efluente gerado peIa indústria de petróleo e derivados na presença e ausência de luz solar; 2003; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Daniele Cristina Adão

Foto-remediação com TiO2 sob luz solar de solos contaminados com petróleo bruto e derivados; ; 2003; Iniciação Científica - Universidade Estadual de Londrina, Petróleo Brasileiro S A; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Luciano Vetorasso Corbucci

Remediação de águas naturais superficiais e subterrâneas contaminadas com derivados de petróleo; 2003; 0 f; Iniciação Científica - Universidade Estadual de Londrina, Coordenadoria de Pesquisa e Pós Graduação da Universidade Estadual de Londr; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Thiago Pinotti Segato

Co-orientação - Estudo da fotodegradação de petróleo bruto utilizando semi-condutor como catalisador; ; 2003; 0 f; Iniciação Científica - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Thiago Pinotti Segato

co-orientação - Estudo por fluorescência da fotodegradação de petróleo bruto na presença de TiO2; 2002; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Gislaine Maria Bragagnolo

(co-orientação) Intemperismo fotoquímico de petróleo colombiano: análise por fluorescência de HPAs; 2002; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Marilene Turini

(co-orientação) Estudo por RPE da fotodegradação de petróleo e asfalteno com uso de lâmpada de mercúrio; 2002; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Física) - Universidade Estadual de Londrina, Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Fernando Alves de Melo

(co-orientação) Estudo da fotodegradação de petróleo sob lâmpada de sódio através de RPE; 2002; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Física) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Luciano Vetorasso Corbucci

Remediação de águas naturais superficiais e subterrâneas contaminadas com derivados de petróleo; ; 2002; 0 f; Iniciação Científica - Universidade Estadual de Londrina, Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Evelyn Guimarães

Estudo do Mecanismo Envolvido na Fotodegradação de Petróleo (co-orientação); 1997; 0 f; Iniciação Científica - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Elizabeth Gama

Consumo de oxigênio e medida de rendimento quântico em reações de fotooxidação de petróleo; (co-orientação); 1996; Iniciação Científica - Universidade Federal do Rio de Janeiro; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Andrea Valente

Estudos de supressão da fotodegradação de petróleo; (co-orientação); 1996; Iniciação Científica - Universidade Federal do Rio de Janeiro; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Rodrigo José Corrêa

Fotodegradação Natural de Petróleo em Água do Mar (co-orientação); 1994; 0 f; Iniciação Científica - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Milena Martins Andrade

Obtenção de biodiesel a partir de óleo residual utilizando lipase imobilizada em biocarvão pirolítico; 2014; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual de Londrina, CNPq DTI-A Programa Especial de Energia-CT-ENERGIA; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

MATHEUS BOFINGER

Métodos de análises físico químicas para controle de qualidade do Biodiesel - Estágio na BIOPAR; 2010; Orientação de outra natureza; (Licenciatura em Química) - Universidade Estadual de Londrina, Biopar - Bioenergia do Paraná LTDA; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Caren Mura Cortez

OBTENÇÃO, CARACTERIZAÇÃO E CONTROLE DA QUALIDADE DE ADITIVOS PARA COMBUSTÍVEL FÓSSIL E BIODIESEL A PARTIR DE BIOMASSA LIGNOCELULÓSICA - Estágio EMBRAPA Agroenergia; 2010; Orientação de outra natureza; (Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Empresa Brasileira de Pesquisas Agropecuárias; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Bruna Francielle Gazzoni

Análise físico-química e cromatográfica de biodiesel; ESTÁGIO BIOPAR; ; 2009; Orientação de outra natureza; (Licenciatura em Química) - Universidade Estadual de Londrina, Biopar - Bioenergia do Paraná LTDA; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Ana Carolina de Souza

Estabilidade das misturas e ensaios físico-químicos de combustíveis e biocombustíveis para utilização em motores Ciclo Diesel e Ciclo Otto; ; 2009; Orientação de outra natureza; (Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Empresa Brasileira de Pesquisas Agropecuárias; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Talita Pedroso Quessada

Análise de biocombustível obtido a partir do craqueamento de óleo vegetal; ESTÁGIO EMBRAPA Soja; ; 2008; Orientação de outra natureza; (Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Empresa Brasileira de Pesquisas Agropecuárias; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Lízia Yassumoto

Produção de biodiesel e tratamento do efluente industrial; 2008; Orientação de outra natureza; (Licenciatura em Química) - Universidade Estadual de Londrina, Biopar - Bioenergia do Paraná LTDA; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Ana Carolina de Souza

Obtenção e Caracterização de Biodiesel a Partir de Óleo Usado em Fritura; 2008; Orientação de outra natureza; (Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Bruna Francielle Gazzoni

Fitorremediação de água residual contendo diesel e biodiesel utilizando Typha latifolia Linn; ; 2007; Orientação de outra natureza; (Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Talita Pedroso Quessada

Obtenção de Biodiesel a partir de Óleos de Soja e Milho utilizando Catalisadores Básicos e Ácido; 2007; Orientação de outra natureza; (Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Talita Pedroso Quessada

Gerenciamento de Resíduos Perigosos; 2006; 0 f; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual de Londrina, Pró Reitoria de Extenão da Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Karina Gomes Angilelli

Gerenciamento de Resíduos Perigosos; 2006; 0 f; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual de Londrina, Pró Reitoria de Extenão da Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Carlos Henrique Gianjacomo

Gerenciamento de Resíduos Perigosos; 2006; 0 f; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual de Londrina, Pró Reitoria de Extenão da Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Bruna Francielle Gazzoni

Atividade extensionista - Armazenagem, tratamento e disposição de resíduos químicos na UEL; ; 2006; 0 f; Orientação de outra natureza; (Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Pró Reitoria de Extenão da Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Milena Martins Andrade

Propriedades e análises físicas de solo impactado por derramamento de petróleo; ; 2005; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Luciana Natalia Cividatti

Atividade extencionista - Elaboração de inventário sobre laboratórios e resíduos perigosos gerados na UEL; ; 2005; 0 f; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual de Londrina, Pró Reitoria de Extenão da Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Renato Cesar de Souza

Atividade extensionista - Armazenagem, tratamento e disposição de resíduos químicos na UEL; ; 2005; 0 f; Orientação de outra natureza; (Bacharelado Química Habilitação Tecnológica) - Universidade Estadual de Londrina, Pró Reitoria de Extenão da Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Milena Martins Andrade

Gerenciamento de Resíduos Perigosos; 2005; 0 f; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual de Londrina, Pró Reitoria de Extenão da Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Angelita da Silva

Gerenciamento de Resíduos Perigosos; 2005; 0 f; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual de Londrina, Pró Reitoria de Extenão da Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Fabiano Neves Romero

Monitoria em Iniciação à pesquisa em química A - 3qui043; 2005; 0 f; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Caroline Catyussia Carradore Vecchi

Monitoria em Iniciação à pesquisa em química - 2qui003; 2005; 0 f; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Renato Cesar de Souza

Estocagem e identificação de resíduos do LAFLURPE; 2004; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual de Londrina, Pró Reitoria de Extenão da Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Luciana Natalia Cividatti

Levantamento sobre o descarte e estocagem de resíduos perigosos nos laboratórios da UEL; ; 2004; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual de Londrina, Pró Reitoria de Extenão da Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Marcelo Macedo Catuta Pécora

Tratamento alternativo para o resíduo gerado pelo uso de óleo lubrificantes nos automóveis da PCU-UEL; ; 2004; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual de Londrina, Pró Reitoria de Extenão da Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Daniele Cristina Adão

Monitoria na disciplina 3Qui043 Iniciação a Pesquisa em Química; 2004; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

VITOR DE MORAES ZAMARION

Monitoria na disciplina 3Qui045 Química Ambiental - Química Aquática; 2004; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Fabiano Neves Romero

Estágio voluntário - Eficiencia do processo fotoquímico sob luz solar e lâmpada de Hg na remediação de efluentes do refino de petróleo; ; 2003; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Caroline Catyussia Carradore Vecchi

Estágio voluntário - Estudo da interação física e química de substâncias húmicas com derivvados de petróleo sob condições naturais; ; 2003; 0 f; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Alex Gibellato Pavanelli

Estágio voluntário - Avaliação da fertilidade química de solos; ; 2003; 0 f; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Milena Martins Andrade

Estágio voluntário - Avaliação de perfil e propriedades físicas do solo; ; 2003; 0 f; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Luiz Antonio Zanolli Filho

Iniciação a pesquisa em química; 2003; 0 f; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Elisangela Manjurma Deduch

Iniciação a Pesquisa em Química; 2002; 0 f; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Erica Cristina da Silva

Química Tecnológica; 2000; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Carmen Luisa Barbosa Guedes;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Fabio Cal Sabino

Remediação de solo contaminado por petróleo e derivados; Início: 2008; Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Estadual de Londrina; (Orientador);

David Ernest Nicodem

Intemperismo fotoquímico de petróleo brasileiro sobre água do mar: Estudo do processo natural e do efeito da adição de tetrafenilporfina; ; 1998; Tese (Doutorado em Química) - Universidade Federal do Rio de Janeiro,; Orientador: David Ernest Nicodem;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • RODRIGUES, FERNANDO POSTALLI ; DA COSTA E SILVA CARVALHO, SIMONE ; MARTINEZ, C. B. R. ; MALAFAIA, GUILHERME ; GUEDES, C. L. B. ; JORDÃO, Berenice Quinzani . Are the damaging effects of oil refinery effluents on Corbicula fluminea (mollusca) reversible after its transfer to clean water?. ECOLOGICAL INDICATORS , v. 101, p. 1045-1054, 2019.

  • Cajamarca-Suquila, F. A. ; SANCHEZ, A. L. ; ARAUJO, P. M. ; MIZUBUTI, I. Y. ; SIMONELLI, S. M. ; IDA, E. I. ; Guedes, Carmen L.B. ; Guimarães, M. F. . Evaluation of various species of winter oleaginous plants for the production of biodiesel in the State of Parana, Brazil. INDUSTRIAL CROPS AND PRODUCTS , v. 126, p. 113-118, 2018.

  • SCHIRMER, WALDIR NAGEL ; OLANYK, LUCIANO ZART ; Guedes, Carmen Luisa Barbosa ; QUESSADA, Talita Pedroso ; RIBEIRO, CAMILO BASTOS ; CAPANEMA, MARLON ANDRÉ . Effects of air/fuel ratio on gas emissions in a small spark-ignited non-road engine operating with different gasoline/ethanol blends. Environmental Science and Pollution Research , v. 24, p. 20354-20359, 2017.

  • SANTOS, L.G. ; SPADOTTO, J.C. ; Valezi, D.F. ; FONTANA, M. ; Guedes, C.L.B. ; SOLORZANO, I.G. ; Di Mauro, E. . Morphological and Structural Analysis of Magnetic Support Produced from Magnetite (Fe3O4) Nanoparticles and Recycled Polyamide. MICROSCOPY AND MICROANALYSIS , v. 23, p. 1920-1921, 2017.

  • Colusse, G A ; Neves, R I ; SCHIRMER, W. N. ; Guedes, C.L.B. . Produção de biogás a partir de coproduto da industria do biodiesel e álcool combustível. SODEBRÁS , v. 12, p. 116-121, 2017.

  • Rocha, C T ; Branco, I G ; Polania, O A G ; Guedes, C.L.B. . LEVANTAMENTO SOBRE G ERAÇÃO DE RESÍDUOS D E MADEIRA E OLEOSOS COM POTENCIA L PARA PRODUÇÃO DE B RIQUETES E BIODIESEL. SODEBRÁS , v. 12, p. 110-115, 2017.

  • BAUMI, JONATHAN ; M. BERTOSSE, CAROLINE ; M. CARVALHO, GIZILENE ; L. B. GUEDES, CARMEN . Utilization of Glycerin from Biodiesel Production in Textile Waste Recycling. REVISTA VIRTUAL DE QUÍMICA , v. 9, p. 1686-1698, 2017.

  • GAVILANES, FREDDY ZAMBRANO ; Guedes, Carmen Luísa Barbosa ; SILVA, HELDER RODRIGUES ; NOMURA, RAFAEL GUAYATO ; ANDRADE, DIVA SOUZA . Physic Nut Seed Cake Methanation and Chemical Characterization of Anaerobic Bio-digested Substrate. Waste and Biomass Valorization , v. 2017, p. 1-10, 2017.

  • Valezi, D.F. ; PICCINATO, M.T. ; SARVEZUK, P.W.C. ; IVASHITA, F.F. ; PAESANO, A. ; VARALDA, J. ; MOSCA, D.H. ; URBANO, A. ; Guedes, C.L.B. ; Di Mauro, E. . Goethite (α-FeOOH) magnetic transition by ESR, Magnetometry and Mössbauer. MATERIALS CHEMISTRY AND PHYSICS , v. 173, p. 179-185, 2016.

  • PICCINATO, Marilene Turini ; DA COSTA, MARCELLO FERREIRA ; Ota, André Tsutomu ; Guedes, Carmen Luísa Barbosa ; Di Mauro, Eduardo . ESR and calculations on electronic structure of phenalenyl and phenalenyl derivative radicals. Magnetic Resonance in Chemistry , v. 53, p. 99-102, 2015.

  • DIAS G. H. ; GUEDES, C. L. B. ; SILVA, E.T. ; ANGILELLI, K. G. ; COPPO, R. ; BORSATO, D. . Application of the simplex-centroid design with process variable in the optimization of production conditions of B100 biodiesel from sunflower oil. ACTA SCIENTIARUM. TECHNOLOGY (ONLINE) , v. 36, p. 505-512, 2014.

  • OLANYK, L. Z. ; SCHIRMER, W. N. ; GUERI, M. V. D. ; GUEDES, C. L. B. ; Borsato, Dionísio ; RODRIGUES, P. R. P. ; QUESSADA, Talita Pedroso ; OLIVEIRA, D. S. . Avaliação das emissões gasosas, parâmetros de qualidade e desempenho de consumo de um motor de combustão interna operando com misturas gasolina/adulterante em diferentes proporções. Revista de Ciências Exatas Aplicadas e Tecnológicas da UPF , v. 6, p. 15-30, 2014.

  • CINI, JOÃO RAFAEL DE MORAES ; BORSATO, Dionísio ; Guedes, Carmen Luísa Barbosa ; SILVA, HÁGATA CREMASCO DA ; COPPO, RODOLFO LOPES . Comparação dos métodos de determinação da estabilidade oxidativa de biodiesel B100, em mistura com antioxidantes sintéticos: aplicação do delineamento simplex-centroide com variável de processo. Química Nova (Impresso) , v. 36, p. 79-84, 2013.

  • BARBANA V. M. ; GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di . Characterization of Paramagnetic Species in Seeds by Electron Paramagnetic Resonance (EPR). Renewable Energy & Power Quality Journal (RE&PQJ) , v. 11, p. 1-3, 2013.

  • ANDRADE, MILENA M. ; BARBOSA, ANELI M. ; BOFINGER, MATHEUS R. ; DEKKER, ROBERT F. H. ; MESSIAS, JOSANA M. ; GUEDES, CARMEN L. B. ; ZAMINELLI, TIAGO ; OLIVEIRA, BRUNO H. ; LIMA, VALÉRIA M. G. ; DALL'ANTONIA, LUIZ H. . Lipase Production by Botryosphaeria ribis EC-01 on Soybean and Castorbean Meals: Optimization, Immobilization, and Application for Biodiesel Production. Applied Biochemistry and Biotechnology (Online) , v. 170, p. 1792-1806, 2013.

  • SOUZA, A. C. ; GALÃO, Olívio Fernandes ; Guedes, Carmen Luisa Barbosa . BIODIESEL FROM USED FRYING OIL AND CONSERVATION USING NATURAL ANTIOXIDANTS. European International Journal of Science and Technology , v. 02, p. 01-09, 2013.

  • Diaz-Uribe, Carlos E. ; Daza, Martha C. ; Páez-Mozo, Edgar A. ; MARTÍNEZ O., FERNANDO ; Guedes, Carmen L.B. ; Di Mauro, Eduardo . Visible light singlet oxygen production with tetra(4-carboxyphenyl)porphyrin/SiO2. Journal of Photochemistry and Photobiology. A, Chemistry , v. 259, p. 47-52, 2013.

  • Granados-Oliveros, Gilma ; Páez-Mozo, Edgar Alberto ; Ortega, Fernando Martínez ; Piccinato, MarileneTurini ; Silva, Fausto Neves ; Guedes, Carmen Luísa Barbosa ; Di Mauro, Eduardo ; Costa, Marcello Ferreira da ; Ota, André Tsutomu . Visible Light Production of Superoxide Anion with MCarboxyphenylporphyrins (M= H, Fe, Co, Ni, Cu, and Zn) Free and Anchored on TiO2: EPR Characterization. Journal of Molecular Catalysis. A, Chemical (Print) , v. 339, p. 79-85, 2011.

  • Siqueira, R.E. ; Andrade, M.M. ; Valezi, D.F. ; Carneiro, C.E.A. ; Pinese, J.P.P. ; da Costa, A.C.S. ; Zaia, D.A.M. ; Ralisch, R. ; Pontuschka, W.M. ; Guedes, C.L.B. ; Di Mauro, E. . EPR, FT-IR and XRD investigation of soils from Paraná, Brazil. Applied Clay Science (Print) , v. 53, p. 42-47, 2011.

  • Guedes, Carmen Luisa Barbosa ; ADÃO, Daniele Cristina ; QUESSADA, Talita Pedroso ; BORSATO, Dionísio ; GALÃO, Olívio Fernandes ; Di Mauro, Eduardo ; Pérez, Juan Miguel Mesa ; Rocha, José Dilcio . Avaliação de biocombustível derivado do bio-óleo obtido por pirólise rápida de biomassa lignocelulósica como aditivo para gasolina. Química Nova (Impresso) , v. 33, p. 781-786, 2010.

  • Diaz-Uribe, Carlos E. ; Daza, Martha C. ; Martínez, O. Fernando ; Páez-Mozo, Edgar A. ; Guedes, Carmen L.B. ; Di Mauro, Eduardo . Visible Light Superoxide Radical Anion Generation by Tetra(4 carboxyphenyl)porphyrin/TiO2: EPR characterization. Journal of Photochemistry and Photobiology. A, Chemistry , v. 215, p. 172-178, 2010.

  • Rodrigues, Fernando Postalli ; Angeli, José Pedro Friedmann ; Mantovani, Mário Sérgio ; Guedes, Carmen Luisa Barbosa ; Jordão, Berenice Quinzani . Genotoxic evaluation of an industrial effluent from an oil refinery using plant and animal bioassays. Genetics and Molecular Biology (Impresso) , v. 33, p. 169-175, 2010.

  • GUEDES, C. L. B. ; CORRER, Caryna Januário ; LOBO, Ilza ; SAAB, Otavio J. G. Abi . Tratamento de Solo Contaminado com Petróleo Utilizando Tensoativos e Peróxido de Hidrogênio.. Semina. Ciências Exatas e Tecnológicas (Impresso) , v. 31, p. 87-100, 2010.

  • BORSATO, Dionisio ; GUEDES, C. L. B. ; MOREIRA, Ivanira ; PINTO, Jurandir Pereira ; DIAS, G. H. ; SPACINO, K. R. . Otimização das condições de obtenção de biodiesel de óleo de soja utilizando o delineamento experimental de mistura.. Semina. Ciências Exatas e Tecnológicas (Impresso) , v. 31, p. 3-13, 2010.

  • BORSATO, Dionísio ; Dall&amp ; Guedes, Carmen Luísa B. ; Maia, Elaine Cristina R. ; Freitas, Heverson Renan de ; MOREIRA, Ivanira ; Spacino, Kelly Roberta . Aplicação do delineamento simplex-centroide no estudo da cinética da oxidação de biodiesel B100 em mistura com antioxidantes sintéticos. Química Nova (Impresso) , v. 33, p. 1726-1731, 2010.

  • QUESSADA, Talita Pedroso ; GUEDES, C. L. B. ; BORSATO, Dionisio ; GAZZONI, Bruna Francielle ; GALÃO, Olívio Fernandes . Obtenção de biodiesel a partir de óleo de soja e milho utilizando catalisadores básicos e catalisador ácido. Enciclopédia biosfera , v. 6, p. 25 p, 2010.

  • GAZZONI, Bruna Francielle ; PAVANELLI, A. G. ; QUESSADA, Talita Pedroso ; BRITO, Osmar Rodrigues ; GUEDES, C. L. B. . Tratamento de água residual contendo diesel de petróleo e B2 utilizando Thypha latifólia. Enciclopédia biosfera , v. 6, p. 11 p, 2010.

  • Piccinato, M. T. ; GUEDES, C. L. B. ; Mauro, Eduardo . EPR characterization of organic free radicals in marine diesel. Applied Magnetic Resonance , v. 35, p. 379-388, 2009.

  • SIMONATO, J. D. ; GUEDES, C. L. B. ; MARTINEZ, Claudia Bueno dos Reis . Biochemical, physiological and histological changes in the neotropical fish Prochilodus lineatus exposed to diesel oil.. Ecotoxicology and Environmental Safety , v. 69, p. 112-120, 2008.

  • MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. ; PICCINATO, Marilene Turini . EPR of marine diesel.. Applied Magnetic Resonance , v. 32, p. 303-309, 2007.

  • GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di ; CAMPOS, Ariana de ; MAZZOCHIN, Leandro Freneda ; BRAGAGNOLO, Gislaine Maria ; MELO, Fernando Alves de ; PICCINATO, Marilene Turini . EPR and fluorescence spectroscopies in a study of photodegradation of Arabian and Colombian crude oils.. International Journal of Photoenergy (Online) , (in press), v. 2006, p. ID 48462-6 pages, 2006.

  • SILVA, Angelita da ; LOBO, Ilza ; GUEDES, C. L. B. ; PINTO, Jurandir Pereira . Análise de Hidrocarbonetos Policíclicos Aromáticos (HPAs) em solos utilizando agitação ultra-sônica, tubo aquecedor/minicondensador e cromatografia gasosa.. Semina. Ciências Exatas e Tecnológicas , v. 27, p. 105-112, 2006.

  • MELQUIADES, R. A. ; LOBO, Ilza ; GUEDES, C. L. B. ; PINTO, Jurandir Pereira . Análise de benzeno, tolueno, etilbenzeno e xilenos em solos por headspace e cromatografia gasosa/detector de ionização de chama.. Semina. Ciências Exatas e Tecnológicas , v. 27, p. 113-120, 2006.

  • Mauro, E. ; Guedes, C. L. B. ; Nascimento, O. R. . Multifrequency (X-band to W-band) CW EPR of the organic free radical in petroleum asphaltene. Applied Magnetic Resonance , v. 29, p. 569-575, 2005.

  • GUEDES, C. L. B. ; SEGATO, Thiago Pinotti ; PÉCORA, Marcelo Macedo Catuta ; DALL'ANTONIA, Luiz Henrique ; MAURO, Eduardo Di . Avaliação da degradação fotoquímica e eletroquímica de aromáticos no resíduo de óleo lubrificante.. Revista Petroquímica, Petróleo, Gás & Química , São Paulo, v. XXIX, n.278, p. 62-65, 2005.

  • GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di ; ANTUNES, Valdemir ; MANGRICH, Antonio Salvio . Photochemical Weathering of Brazilian Petroleum by EPR Spectroscopy.. Marine Chemistry , Amsterdam, v. 84, n.1-2, p. 105-112, 2003.

  • NICODEM, David Ernest ; GUEDES, C. L. B. ; FERNANDES, M. C. Z. ; CORREA, Rodrigo José ; SEVERINO, D. ; COUTINHO, M. ; SILVA, J. . Photochemistry of Petroleum. Progress in Reaction Kinetics and Mechanism (Print) , v. 26, n.2/3, p. 219-238, 2001.

  • GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di ; MANGRICH, Antonio Salvio ; RAMONI, Marcos César ; ANTUNES, Valdemir . Estudo da Fotodegradação de Petróleo através de Ressonância Paramagnética Eletrônica. Série Ciência-Técnica-Petróleo. Seção Química , CENPES/PETROBRAS, RJ, v. 3, p. 145-154, 2001.

  • NICODEM, D. E. ; CUNHA, M. F. V. ; GUEDES, C. L. B. . Time-Resolved Single Photon Counting Study of the Quenching of Fluorescent Probes by Petroleum: Probing the Energy Distribution of the Non-Aliphatic Components.. Applied Spectroscopy , v. 54, n.9, p. 1409-1411, 2000.

  • NICODEM, D. E. ; GUEDES, C. L. B. ; CORREA, R. J. . Photochemistry of petroleum I. Systematic study of a brazilian intermediate crude oil. Marine Chemistry (Print) , Amsterdam, v. 63, n.1-2, p. 93-104, 1998.

  • NICODEM, D. E. ; FERNANDES, M. C. Z. ; GUEDES, C. L. B. ; CORREA, R. J. . Photochemical Processes and the Enviromental Impact of Petroleum Spills. Biogeochemistry (Dordrecht) , Dordrecht, v. 39, n.2, p. 121-138, 1997.

  • PICCINATO, Marilene Turini ; Guedes, Carmen Luisa Barbosa ; MAURO, Eduardo Di . ESR Characterization of Organic Free Radicals in Crude Oil and By-Products. In: Chapter 3: Ashutosh K Shukla. (Org.). Analytical Characterization Methods for Crude Oiland Related Products. 1ed.New Jersey: John Wiley & Sons Ltd, 2017, v. , p. 77-99.

  • SILVA, H. R. ; ANDRADE, D. S. ; Colozzi Filho, A. ; Guedes, Carmen L.B. . Capítulo 5: Colheita e conservação da biomassa de microalgas. In: Diva de Souza Andrade; Arnaldo Colozzi Filho.. (Org.). MICROALGAS DE ÁGUAS CONTINENTAIS: Potencialidades e desafios do cultivo.. 1a.ed.Londrina: IAPAR, 2014, v. 1, p. 214-264.

  • ANDRADE, D. S. ; Colozzi Filho, A. ; Guedes, Carmen L.B. ; FIN, F. A. ; G S Machineski ; M A Matos ; SILVA, H. R. . Capítulo 6: Principais produtos da biomassa algal e suas aplicações biotecnológicas. In: Diva de Souza Andrade; Arnaldo Colozzi Filho.. (Org.). MICROALGAS DE ÁGUAS CONTINENTAIS: Potencialidades e desafios do cultivo.. 1a.ed.Londrina: IAPAR, 2014, v. 1, p. 266-343.

  • PICCINATO, Marilene Turini ; GUEDES, C. L. B. ; Di Mauro, E. . Chapter 8: Crude oils by EPR. In: Manar El-Sayed Abdel-Raouf. (Org.). Crude Oil Emulsions - Composition Stability and Characterization. 1ed.Rijeka - Croacia: InTech, 2012, v. 1, p. 147-168.

  • GUEDES, C. L. B. . Departamento de Química gerencia a produção "perigosa" dos laboratórios da UEL. Conexão Ciência, Londrina, 18 maio 2008.

  • GUEDES, C. L. B. . GESTÃO DE RESÍDUOS PERIGOSOS NA UEL. Folha de Londrina, Londrina, PR.

  • Colusse, G A ; Neves, R I ; SCHIRMER, W. N. ; L. B. GUEDES, CARMEN . PRODUÇÃO DE BIOGÁS A PARTIR DO EFLUENTE GERADO NA EXTRAÇÃO DO ÓLEO DE PALMA. In: XXXVII International Sodebras Congress, 2017, Fortaleza. XXXVII International Sodebras Congress. www.spdebras.com.br: Sodebras, 2017.

  • Rocha, C T ; Branco, I G ; Polania, O A G ; L. B. GUEDES, CARMEN . Levantamento sobre geração de resíduos de madeira e oleosos com potencial para produção de briquetes e biodiesel. In: XXXVII International Sodebras Congress, 2017, Fortaleza. XXXVII International Sodebras Congress. www.spdebras.com.br: Sodebras, 2017.

  • FONTANA, M. ; BAUMI, J. ; Larissa L. Dorta ; Alves, H. J. ; ANDRADE, Milena ; Guedes, Carmen L.B. . Imobilização de lipase fúngica em poliamida 66 reciclada e biocarvão. In: XXV Congresso Iberoamericano de Catálise, 2016, Montevideo. Livro de Resumos do CICat 2016. Montevideo: La Federación Iberoamericana de Sociedades de Catálisis (FISoCat) y la Facultad de Química de la Uni, 2016. v. 1. p. 5 páginas.

  • Larissa L. Dorta ; FONTANA, M. ; Guedes, Carmen Luísa Barbosa . CARACTERIZAÇAO E OTIMIZAÇÃO DE CARVÃO PROVENIENTE DE PIRÓLISE DE MADEIRA. In: VI Encontro Anual de Iniciação Tecnológica e Inovação, 2016, Londrina/PR. VI Encontro Anual de Iniciação Tecnológica e Inovação, 2016.

  • D. C. Nunes ; Guedes, Carmen Luísa Barbosa ; ALVES, C. S. . EXTRAÇÃO DA FRAÇÃO LIPÍDICA DA BIOMASSA DE MICROALGAS. In: XXV ENCONTRO ANUAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UEL, 2016, Londrina/PR. XXV ENCONTRO ANUAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UEL, 2016.

  • V. L. Almeida ; L. Nascimento ; BAUMI, J. ; Guedes, Carmen Luísa Barbosa . APROVEITAMENTO DO RESÍDUO DA PRODUÇÃO SUCROALCOOLEIRA NA SÍNTESE DE BIOQUEROSENE. In: XXV EAIC, 2016, Londrina/PR. XXV EAIC, 2016.

  • SANCHEZ, A. L. ; Guedes, C.L.B. . MONITORAMENTO DA DEGRADAÇÃO DA FRAÇÃO AROMÁTICA DO BIODIESEL B10 EM SOLO, USANDO ESPECTROFOTOMETRIA DE FLUORESCÊNCIA.. In: XXV EAIC, 2016, Londrina. Anais do Encontro Anual de Iniciação Científica, 2016.

  • Bastidas, M. Catalina ; Oliveira, A. ; Castro, C. ; CARNEIRO, C. C. ; Guedes, Carmen L.B. . Agua De Producción De Petróleo Para Irrigación De Soya: Características Fenológicas y Productividad. In: CONGRESO INTERNACIONAL DE CIENCIAS BÁSICAS E INGENIERÍA, 2016, Villavicencio, Colombia. Memorias CICI 2016 "Uniendo fronteras desde la Orinoquía para el mundo". Villavicencio, Colombia, 2016. v. 1. p. 1-6.

  • FONTANA, M. ; BAUMI, J. ; Larissa L. Dorta ; VALEZI, D. F. ; MAURO, Eduardo Di ; ANDRADE, Milena Martins ; Guedes, C. L. B. . Poliamida reciclada na preparação de nanopartículas magnéticas como suporte em processo biocatalítico. In: 18o Congresso Brasileiro de Catálise, 2015, Porto Seguro. Anais do 18o Congresso Brasileiro de Catálise, 2015. v. 1. p. 4 páginas.

  • COLOMBO, D. A. ; Guedes, C.L.B. . DESENVOLVIMENTO DA Canavalia ensiformis EM SOLO CONTAMINADO ARTIFICIALMENTE COM BIODIESEL B10.. In: V EAIT, 2015, Bandeirantes/PR. Anais do Encontro Anual de Iniciação Tecnológica, 2015.

  • Cajamarca-Suquila, F. A. ; SANCHEZ, A. L. ; BENATTI, F. ; MIZUBUTI, I. Y. ; ARAUJO, P. M. ; Guedes, Carmen Luísa B. ; Guimarães, M. F. . Grãos cultivados no inverno visando a produção de biodiesel.. In: II Simpósio de Bioenergia e Biocombustíveis do Mercosul, 2014, Foz do Iguaçu. Projeto de Extensão: II Simposio de Bioenergia e Biocombustíveis do Mercosul. UNIOESTE Cascavel: Programa de Pós-Graduação em Bioenergia, 2014. v. CD. p. 10 páginas.

  • SANCHEZ, A. L. ; Cajamarca-Suquila, F. A. ; D. C. Nunes ; Guedes, C.L.B. ; Guimarães, M. F. . Degradación de los compuestos aromáticos en suelo contaminado con biodiesel B10. In: 9o. Congresso Internacional de Bioenergia, 2014, São Paulo. Anais do 9o. Congresso Internacional de Bioenergia. São Paulo: Porthus Eventos, 2014. v. CD. p. 5 páginas.

  • Cajamarca-Suquila, F. A. ; SANCHEZ, A. L. ; MIZUBUTI, I. Y. ; ARAUJO, P. M. ; Guedes, C.L.B. ; Guimarães, M. F. . Caracterización de los granos de canola cultivados en invierno, proyectando la producción de biodiesel. In: 9o. Congresso Internacional de Bioenergia, 2014, São Paulo. Anais do 9o. Congresso Internacional de Bioenergia. São Paulo: Porthus Eventos, 2014. v. CD. p. 6 páginas.

  • BOFINGER, M. R. ; ANDRADE, Milena ; Larissa L. Dorta ; BARBOSA, Aneli de Melo ; DEKKER, R. F. H. ; MAURO, Eduardo Di ; Guedes, Carmen L.B. . Activation of pyrolysis-derived biochar and use as a support to immobilize lipase and employed in a two-step fatty acids methyl esters production.. In: XXIV Congreso Iberoamericano de Catálisis, CICat 2014, 2014, Medellín, Colombia. Proceding of CICat 2014. Medellín, Colombia: Sociedade Iberoamericana de Catálisis, 2014. v. 1. p. 6 páginas.

  • LOPES, E. T. ; FIORIO, J. L. ; Guedes, Carmen L.B. . Avaliação Físico-química dos esteres metilicos de óleo de dende. In: XXIII Encontro Anual de Iniciação Científica, 2014, Londrina. Anais do XXIII EAIC. Londrina: Editora da UEL, 2014. p. 4 páginas.

  • Larissa L. Dorta ; Guedes, Carmen L.B. ; BOFINGER, M. R. ; ANDRADE, Milena . Imobilização de lipase em biocarvão ativado quimicamente. In: 4o. Encontro de Iniciação Tecnológica e Inovação, 2014, Guarapuava. Anais do 4o. EAITI. Guarapuava: Editora da UNICENTRO, 2014. p. 4 páginas.

  • C. M. Bertossi ; FIORIO, J. L. ; Guedes, Carmen L.B. ; MARTINS, S. B. . Caracterização de radicais livres em sementes de oleaginosas por ressonancia paramagnética eletrônica. In: XXIII Encontro Anual de Iniciação Científica, 2014, Londrina. Anais do XXIII EAIC. Londrina: Editora da UEL, 2014. p. 4 páginas.

  • Devequi, B. C. ; QUESSADA, Talita Pedroso ; Guedes, C.L.B. . Avaliação das propriedades antioxidantes de derivados fenólicos do bio-óleo. In: 4o. Encontro Anual de Iniciação Tecnológica e Inovação, 2014, Guarapuava. Anais do 4o. EAITI. Guarapuava: Editora da UNICENTRO, 2014. v. CD. p. 4 páginas.

  • GAZZONI, Bruna Francielle ; Guedes, Carmen L.B. ; BAUMI, J. ; COSTA, M. F. . SÍNTESE DO ÉTER BIS[2,3-DIHIDROXIPROPIL] A PARTIR DA GLICERINA. In: 8o. Congresso Internacional de Bioenergia, 2013, São Paulo. Anais do 8o. Congresso Internacional de Bioenergia. São Paulo: Porthus Eventos, 2013. v. 1. p. 1-6.

  • QUESSADA, Talita Pedroso ; ZORZETTO, M. E. S. ; MAURO, Eduardo Di ; BORSATO, Dionísio ; Guedes, Carmen L.B. . DETERMINAÇÃO DE FÉNOIS TOTAIS E ESTERIFICAÇÃO DO BIOÓLEO E ESTUDO DOS DERIVADOS EM MISTURA COM GASOLINA. In: 8o. Congresso Internacional de Bioenergia, 2013, São Paulo. Anais do 8o. Congresso Internacional de Bioenergia. São Paulo: Porthus Eventos, 2013. v. 1. p. 1-6.

  • Zambrano-Gavilanes F. E. ; Devequi, B. C. ; Guedes, Carmen L.B. ; ANDRADE, D. S. ; Marcillo, D. M. ; PESARINI, P. F. . EXTRAÇÃO E CARACTERÍSTICAS FÍSICO-QUÍMICAS DO ÓLEO DE Jatropha curcas L.PROVENIENTE DE MANABÍ-EQUADOR. In: 8o. Congresso Internacional de Bioenergia, 2013, São Paulo. Anais do 8o. Congresso Internacional de Bioenergia. São Paulo: Porthus Eventos, 2013. v. 1. p. 1-6.

  • Cajamarca-Suquila, F. A. ; SANCHEZ, A. L. ; Guedes, Carmen L.B. ; Guimarães, M. F. . SITUACIÓN ACTUAL DE LA PRODUCCIÓN DE BIODIESEL EN COLOMBIA A PARTIR DEL ACEITE DE PALMA. In: 8o. Congresso Internacional de Bioenergia, 2013, São Paulo. Anais do 8o. Congresso Internacional de Bioenergia. São Paulo: Porthus Eventos, 2013. v. CD. p. 6 páginas.

  • BAUMI, J. ; GAZZONI, Bruna Francielle ; Guedes, Carmen L.B. ; Ramos, G. S. . SÍNTESE DE ADITIVOS PARA COMBUSTÍVEIS ATRAVÉS DE OXIDAÇÃO DE GLICERINA COMERCIAL. In: 8o. Congresso Internacional de Bioenergia, 2013, São Paulo. Anais do 8o. Congresso Internacional de Bioenergia. São Paulo: Porthus Eventos, 2013. v. 1. p. 1-6.

  • BOFINGER, M. R. ; ANDRADE, M. M. ; BARBOSA, ANELI M. ; Guedes, Carmen Luísa Barbosa ; ANTONIA, L. H. D. ; DEKKER, R. F. H. . SELEÇÃO DE SUPORTES PARA IMOBILIZAÇÃO DA LIPASE DE Botryosphaeria ribis EC-01 E USO NA PRODUÇÃO DE BIODIESEL. In: 8o. Congresso Internacional de Bioenergia, 2013, São Paulo. Anais do 8o. Congresso Internacional de Bioenergia. São Paulo: Porthus Eventos, 2013. v. 1. p. 1-6.

  • FIORIO, J. L. ; LOPES, E. T. ; Guedes, Carmen L.B. . OTIMIZAÇÃO DA SÍNTESE DE ÉSTERES ETÍLICOS A PARTIR DE ÓLEO DE DENDÊ COM ELEVADO ÍNDICE DE ACIDEZ. In: 8o. Congresso Internacional de Bioenergia, 2013, São Paulo. Anais do 8o. Congresso Internacional de Bioenergia. São Paulo: Porthus Eventos, 2013. v. 1. p. 6 páginas.

  • LOPES, E. T. ; FIORIO, J. L. ; Guedes, Carmen L.B. . Otimização da produção de ésteres metílicos a partir do óleo de palma. In: 22o. Encontro Anual de Iniciação Científica / 3o. Encontro Anual de Iniciação Tecnológica, 2013, Foz do Iguaçu. Anais do 22o. EAIC / 3o. EAITI. Foz do Iguaçu: Editora da UNIOESTE, 2013. p. 4 páginas.

  • Larissa L. Dorta ; BOFINGER, M. R. ; Guedes, Carmen L.B. . Caracterização de carvão proveniente de pirólise rápida de serragem de eucalipto. In: 22o. Encontro Anual de Iniciação Científica / 3o. Encontro Anual de Iniciação Tecnológica, 2013, Foz do Iguaçu. Anais do 22o. EAIC / 3o. EAITI. Foz do Iguaçu: Editora da UNIOESTE, 2013. p. 4 páginas.

  • SILVA, N. S. ; ZANUTTO, F. C. ; VANZELA, P. G. S. ; GUEDES, C. L. B. . Aspectos técnicos, impactos ambientais e econômicos da substituição de combustíveis fósseis por biomassa e biocombustíveis na geração de energia elétrica. In: VIII Congresso Brasileiro de Planejamento Energético, 2012, Curitiba. VIII CBPE. Curitiba: Sociedade Brasileira de Planejamento Energético, 2012. v. 1. p. 1-12.

  • GUEDES, C. L. B. ; FIN, F. A. ; SILVA, H. R. ; ANDRADE, D. S. . Otimização da produção de microalgas com potencial capacidade antioxidante. In: 7 Congresso internacional de Bioenergia, 2012, São Paulo. 7 Congresso internacional de Bioenergia. Porto Alegre: Porthus Eventos, 2012. v. 1. p. 1-6.

  • FIORIO, J. L. ; GALVAN, D. ; DALPOSSO, P. V. ; BORGES, R. ; CUNHA, M. A. A. ; GUEDES, C. L. B. . Caracterização e Fermentação Alcoólica da Uva-do-Japão. In: II Simpósio de Bioquímica e Biotecnologia da Universidade Estadual de Londrina, 2012, Londrina. II Simpósio de Bioquímica e Biotecnologia da Universidade Estadual de Londrina. Londrina: Universidade Estadual de Londrina, 2012. v. 1. p. 1-5.

  • SILVA, H. R. ; FIN, F. A. ; ANDRADE, D. S. ; Guedes, Carmen Luisa Barbosa . Sistema de separação por centrifugação da microalga Neochloris oleabundans do meio de cultivo. In: II SIMPÓSIO DE BIOQUÍMICA E BIOTECNOLOGIA, 2012, Londrina. SIMBBTEC 2012. Londrina: Departamento de Bioquímica e Biotecnologia, 2012. v. 1. p. 1-4.

  • ANDRADE, M. M. ; BOFINGER, M. R. ; OLIVEIRA, B. H. ; GUEDES, C. L. B. ; LIMA, V. M. G. ; BARBOSA, Aneli de Melo ; DEKKER, Robert Frans Huibert ; DALL'ANTONIA, Luiz Henrique . Comparação da imobilização da lipase de botryosphaeria ribis EC-01 em carvão ativado granular de coco e madeira. In: 51 Congresso Brasileiro de Química, 2011, São Luiz. Anais do Congresso Brasileiro de Química. Porto Alegre: ABQ, 2011. v. 1. p. 1-4.

  • FIN, F. A. ; SALTORELLI, G. ; SILVA, H. R. ; ANDRADE, D. S. ; GUEDES, C. L. B. . Determinação do teor de lipídios em microalgas por espectroscopia de fluorescência. In: I SIMPÓSIO DE BIOQUÍMICA E BIOTECNOLOGIA - SIMBBTEC2011, 2011, Londrina. SIMBBTEC2011 on line. Londrina: Departamento de Bioquímica e Biotecnologia, 2011. v. 1. p. 1-3.

  • Sabino, F. C. ; Almeida, L. A. S. ; Luiz, A. P. C. ; Mauro, M. F. L. ; Di Mauro, E. ; Guedes, C. L. B. . Processo Fenton na Degradação de Petróleo em Sedimento Arenoso de Ambiente Marinho. In: XLIX. Congresso Brasileiro de Química - CBQ, 2009, Porto Alegre. XLIX Congresso Brasileiro de Química - CBQ. Rio de Janeiro: ABQ, 2009. v. CD. p. 3 páginas.

  • Diaz-Uribe, C. E. ; Fernando Martínez O. ; Martha C. Daza E. ; Di Mauro, E. ; Guedes, C. L. B. . Determinación por RPE de oxígeno singulete generado por la tetracarboxifenilporfirina soportada en SiO2. In: 15o. Congresso Brasileiro de Catálise/5o. Congresso de Catálise do Mercosul, 2009. Congresso Brasileiro de Catálise. Rio de Janeiro: SBCat, 2009. v. CD. p. 4 páginas.

  • ANDRADE, M. M. ; RALISCH, Ricardo ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. . 7o. Encontro Brasileiro sobre Adsorção e 1o. Simpósio Sul-Americano sobre Ciência e Tecnologia da Adsorção-SISA. In: 7o. Encontro Brasileiro sobre Adsorção e 1o. Simpósio Sul-Americano sobre Ciência e Tecnologia da Adsorção-SISA, 2008, Campina Grande. Livro de resumos do 7o. Encontro Brasileiro sobre Adsorção e 1o. Simpósio Sul-Americano sobre Ciência e Tecnologia da Adsorção-SISA. Campina Grande: UFCG, 2008. v. 1. p. 9 páginas.

  • PAVANELLI, Alex Gibellato ; BRITO, Osmar Rodrigues ; GAZZONI, Bruna Francielle ; GUEDES, C. L. B. . Fitorremediação de solo contaminado com petróleo utilizando TYPHA sp. In: VI Convención Internacional sobre Medio Ambiente y Desarrollo, 2007, Havana, Cuba. Resúmenes III Congres0 de Gestión Ambiental. Havana, Cuba: Desoft S A, 2007. v. CD. p. 10 páginas.

  • LEITE, Rosa Cristina Souza ; SCHEEL, Pamella Cristina ; FACCIONE, Milton ; PINTO, Jurandir Pereira ; GUEDES, C. L. B. . Processos de oxidação em sistemas aquáticos de diesel aditivado ou misturado com biodiesel do óleo de soja. In: II Congresso da Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel, 2007, Brasilia. Anais II Congresso da Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel. Brasilia: SETEC/MCT, 2007. v. 1. p. 1-6.

  • ANDRADE, Milena Martins ; RALISCH, Ricardo ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. . Parâmetros físico-químicos e espectroscópicos de solo contaminado por petróleo: Aplicação de turfa como agente de remediação. In: 4o. Congresso Brasileiro de P&D em Petróleo e Gás, 2007, Campinas, SP. Anais do 4o. Congresso Brasileiro de P&D em Petróleo e Gás. Natal, RN: ABPG, 2007. v. 1. p. 1-9.

  • CAYRES, Vanessa Pulita ; GIANJACOMO, Carlos Henrique ; ANGILELLI, Karina Gomes ; FLORIDO, Priscilla Lopes ; GUEDES, C. L. B. . Degradação de Compostos orgânicos aromáticos em efluente da indústria do petróleo através de processo fotoquímico e fotocatalítico. In: 14o. Congresso Brasileiro de Catálise, 2007, Porto de Galinhas. Congresso Brasileiro de Catálise, 2007. v. 1. p. 1-6.

  • PICCINATO, Marilene Turini ; GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di . EPR in the Characterization of Organic Free Radicals in Marine Diesel. In: The International Conference Modern Development of Magnetic Resonance, 2007, Kazan. Proceedings Modern Development of Magnetic Resonance. Kazan, Rússia: ZAVOISKY PHYSICAL - TECHNICAL INSTITUTE, 2007. v. 1. p. 218-229.

  • CORRER, Caryna Januário ; MAZZOCHIN, L. F. ; LOBO, Ilza ; SAAB, Otavio J. G. Abi ; GUEDES, C. L. B. . APLICAÇÃO ?IN SITU? DE SURFACTANTES EM SOLO CONTAMINADO COM PETRÓLEO E TRATAMENTO DA ÁGUA RESIDUAL COM AGENTE OXIDANTE. In: 4o. Congresso Brasileiro de P&D em Petróleo e Gás, 2007, Campinas. Anais do 4o. Congresso Brasileiro de P&D em Petróleo e Gás. Natal, RN: ABPG, 2007. v. 1. p. 1-10.

  • CAYRES, Vanessa Pulita ; GIANJACOMO, Carlos Henrique ; MARTINS, Fabrício Almeida ; TORRES, Ana Paula Rodrigues ; FLORIDO, Priscilla Lopes ; GUEDES, C. L. B. . Avaliação do processo de filtração e adsorção em carvão ativado de compostos aromáticos em efluente da industria do petróleo.. In: 6o. Encontro Brasileiro sobre Adsorção, 2006, Maringá. Apresentação oral e Anais do 6o. Encontro Brasileiro sobre Adsorção, 2006. v. CD. p. 1-7.

  • MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. ; LOBO, Ilza ; SAAB, Otavio J. G. Abi ; PICCINATO, Marilene Turini ; CIVIDATTI, L. N. ; CAYRES, Vanessa Pulita ; SILVA, Angelita da . ANÁLISE ESPECTROSCÓPICA E FÍSICO-QUÍMICA DE SEDIMENTO ARENOSO E ÁGUA DO MAR DA BAÍA DE PARANAGUÁ, PR, BRASIL. In: VII ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE SEDIMENTOS, 2006, Porto Alegre. Anais do VII ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE SEDIMENTOS, 2006. v. CD. p. 1-8.

  • SOUZA, Renato César de ; Andreotti, G. C. ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. . Tratamento de resíduos gerados em atividades de Pesquisa com petróleo e derivados. In: 3rd International Symposium on Residue Management in Universities e 4o. Encontro Nacional de Segurança Química, 2006, São Carlos, SP. Anais Joint Event - ISRMU e ENSEQUI. São Paulo: RiMa, 2006. v. CD. p. 1-8.

  • SEGATO, Thiago Pinotti ; ANGILELLI, Karina Gomes ; GUEDES, C. L. B. . Efeito de surfactantes no processo fotocatalítico de degradação dos constituintes aromáticos de petróleo utilizando aeroxide TiO2 P25. In: XX Simpósio Latino-Americano de Catálise (XX SICat), 2006, Gramado. Anais do XX SICAT ? Simpósio Ibero-Americano de Catálise, 2006. v. CD. p. 1-7.

  • VECCHI, Caroline Catyussia Carradore ; TAROZO, Rafael ; PINTO, Jurandir Pereira ; FACCIONE, Milton ; GUEDES, C. L. B. . Processo térmico e fotoquímico na degradação de biodiesel do óleo de soja.. In: Apresentação oral no 3o. Congresso Brasileiro de Pesquisa & Desenvolvimento em Petróleo & Gás, 2005, Salvador. Anais do 3o. Congresso Brasileiro de P&D em Petróleo e Gás (CD-ROM e impresso), 2005. v. CD. p. 1-6.

  • SEGATO, Thiago Pinotti ; PÉCORA, Marcelo Macedo Catuta ; DALL'ANTONIA, Luiz Henrique ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. . Degradação térmica, fotoquímica e eletroquímica de aromáticos e derivados no resíduo de óleo lubrificante.. In: Apresentação oral no 3o. Congresso Brasileiro de Pesquisa & Desenvolvimento em Petróleo & Gás, 2005, Salvador. Anais do 3o. Congresso Brasileiro de Pesquisa & Desenvolvimento em Petróleo & Gás (CD-ROM e impresso), 2005. v. CD. p. 1-6.

  • SEGATO, Thiago Pinotti ; MAZZOCHIN, Leandro Freneda ; ADÃO, Daniele Cristina ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. . Fotocatálise com aeroxide TiO2 P25 e luz solar na remediação de solos do norte do Paraná contaminados com petróleo.. In: 13o. Congresso Brasileiro de Catálise e 3o. Congresso de Catálise do Mercosul, 2005, Foz do Iguaçu. Congresso Brasileiro de Catálise, 2005. v. 2. p. 1053-1058.

  • SEGATO, Thiago Pinotti ; PÉCORA, Marcelo Macedo Catuta ; MAURO, Eduardo Di ; DALL'ANTONIA, Luiz Henrique ; GUEDES, C. L. B. . Tratamento eletroquímico e fotoquímico do resíduo de óleo lubrificante usado em motores a diesel.. In: XV Simpósio Brasileiro de Eletroquímica e Eletroanalítica, 2005, Londrina. XV SIBEE Paraná 2005 Simpósio Brasileiro de Eletroquímica e Eletroanalítica. Londrina: Moriá Gráfica e Editora, 2005. v. 1. p. 1-3.

  • ADÃO, Daniele Cristina ; TAROZO, Rafael ; VECCHI, Caroline Catyussia Carradore ; PINTO, Jurandir Pereira ; FACCIONE, Milton ; GUEDES, C. L. B. . Avaliação da degradação ambiental de biodiesel (B100) do óleo de soja através de processos oxidativos.. In: II Congresso Brasileiro de Plantas Oleaginosas, Óleos, Gorduras e Biodiesel, 2005, Varginha. Anais do II Congresso Brasileiro de Plantas Oleaginosas, Óleos, Gorduras e Biodiesel, 2005. v. 1. p. 717-722.

  • SOUZA, Renato César de ; CIVIDATTI, Luciana Natália ; GUEDES, C. L. B. . Gerenciamento de resíduos químicos na Universidade Estadual de Londrina. In: VIII Congresso Ibero-Americano de Extensão Universitária. Navegar é preciso...transformar é possível., 2005, Rio de Janeiro. Trabalhos apresentados no VIII Congresso Ibero-Americano de Extensão Universitária., 2005. v. 2. p. 1918-1925.

  • GUEDES, C. L. B. ; SEGATO, Thiago Pinotti ; CORBUCCI, Luciano Vetorasso ; MAURO, Eduardo Di . Estudo e otimização da fotocatálise com TiO2 aplicado e suportado em superfície de filme de petróleo sob luz solar.. In: XIX Simposio Iberoamericano de Catálisis, 2004, Mérida. Presentación el oral en la sesión Catálisis Ambiental / Anais XIX Simposio Iberoamericano de Catálisis, 2004. v. 1. p. 290-296.

  • GUEDES, C. L. B. ; LOBO, Ilza ; FACCIONE, Milton ; PINTO, Jurandir Pereira ; CAL, Iara Ramos ; TAROZO, Rafael ; MAZZOCHIN, Leandro Freneda ; MAURO, Eduardo Di ; LEWIS, Robson da Silva ; RACHWAL, Marcos . Integração e degradação do diesel de mistura em solos da região de Morretes na Paraná.. In: Apresentação oral na sessão Petróleo e Gás Natural no 5o. Encontro Brasileiro sobre Adsorção - Fundamentos de Adsorção, 2004, Natal. Anais do 5o. Encontro Brasileiro sobre Adsorção. Natal: EDUFRN - Editora da UFRN, 2004. v. 1. p. 166-168.

  • CURILAZO, Ricardo ; BORSATO, Dionísio ; GUEDES, C. L. B. ; DALL'ANTONIA, Luiz Henrique . A degradação eletroquímica do resíduo de turfas utilizadas como absorventes naturais em ambientes impactados por derrames de petróleo. In: XIV Simpósio Brasileiro de Eletroquímica e Eletroanalítica, 2004, Teresópolis. XIV SIBEE - A Eletroquímica na Interface da nanociência e nanotecnologia, 2004. v. 1. p. 1-3.

  • DALL'ANTONIA, Luiz Henrique ; CURILAZO, Ricardo ; BORSATO, Dionisio ; GUEDES, C. L. B. . Eletrodegradação de turfas contaminadas com petróleo : um estudo físico-químico.. In: XIV Simpósio Brasileiro de Eletroquímica e Eletroanalítica, 2004, Teresópolis. Resumos do XIV Simpósio Brasileiro de Eletroquímica e Eletroanalítica, 2004. v. 1. p. 1-3.

  • SIMONATO, J. D. ; Luscher, A. C. ; GUEDES, C. L. B. ; MARTINEZ, Claudia Bueno dos Reis . The effects of diesel oil on some morphological and functional parameters of Prochilodus lineatus during acute and chronic exposure. In: VI International Congress on the Biology of Fish, 2004, Manaus. Behaviour, Physiology and Toxicology Interactions in Fish, 2004. v. 1. p. 41-45.

  • GUEDES, C. L. B. ; FACCIONE, Milton ; PINTO, Jurandir ; MAZZOCHIM, Leandro Freneda ; CAL, Iara Ramos ; TAROZO, Rafael ; LEWIS, Robson da Silva . Fotodegradação de diesel e monitoramento do solo e águas superficiais atingidos pelo óleo na região de Morretes-PR.. In: Apresentação oral no 2o. Congresso Brasileiro de Pesquisa & Desenvolvimento em Petróleo & Gás, 2003, Rio de Janeiro-RJ. Anais do 2o. Congresso Brasileiro de P&D em Petróleo & Gás., 2003. v. 1. p. 1-6.

  • BRAGAGNOLO, Gislaine Maria ; MAZZOCHIN, Leandro Freneda ; GUEDES, C. L. B. . Fotodegradação natural e fotocatálise com TiO2 e H2O2 de derivados de petróleo em águas superficiais.. In: Apresentação oral na sessão de Catálise Ambiental no 12o. Congresso Brasileiro de Catálise, 2003, Angra dos Reis-RJ. Anais do 12o. Congresso Brasileiro de Catálise, 2003. v. 2. p. 932-936.

  • GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di ; MANGRICH, Antonio Salvio ; RAMONI, Marcos César ; ANTUNES, Valdemir . Estudo da Fotodegradação de Petróleo por Ressonância Paramagnética Eletrônica. In: Apresentação oral na SESSÃO COORDENADA DE QUÍMICA ANALÍTICA no VI Seminário de Química Petrobras, 2002, Rio de Janeiro. Anais do VI Seminário de Química da Petrobras. CENPES/DIQUIM - SEREC/CENOR, 2001. v. 1. p. 26-29.

  • MELO, Fernando Alves de ; TURINI, Marilene ; CAMPOS, Ariana de ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. ; MANGRICH, Antonio Salvio . Estudo da fotodegradação de petróleo sob lâmpada de sódio e mercúrio através de RPE. In: VII Jornada Brasileira de Ressonância Magnética, 2002, Maringá. Anais da VII Jornada Brasileira de Ressonância Magnética, 2002. v. 1. p. 146-149.

  • GUEDES, C. L. B. . Estudo da Fotodegradação de Petróleo Colombiano em Águas Naturais e no Solo. In: 2o. Seminário do Rio Iguaçu - Ações implementadas pela UN-Repar /Petrobrás para o cumprimento do acordo negociado com o IAP e o IBAMA, 2002, Araucária. Anais do 2o. Seminário do Rio Iguaçu, 2002. v. 1. p. 78-83.

  • FERREIRA JUNIOR, J. ; Colusse, G A ; S B Gonçalves ; S. Mendonça ; L. B. GUEDES, CARMEN . Avaliação do potencial de resíduos agroindustriais da produção de biocombustíveis na geração de biogás. In: Encontro de Pesquisa e Inovação da Embrapa Agroenergia (V EnPI), 2018, Brasilia. Encontro de Pesquisa e Inovação da Embrapa Agroenergia (V EnPI). Brasilia: EMBRAPA AGROENERGIA, 2018. v. 1. p. 39.

  • BAUMI, J. ; C. M. Bertossi ; I. P. Soares ; L. B. GUEDES, CARMEN . Sintese de precursores do bioquerosene a partir de óleo fúsel da industria alcooleira. In: V Encontro de pesquisa e inovação da Embrapa Agroenergia, 2018, Brasilia. V EnPI da Embrapa Agroenergia. Brasilia: Embrapa Agroenergia, 2018. v. 1. p. 58.

  • BAUMI, JONATHAN ; L. B. GUEDES, CARMEN . Biokerosene Precursors Synthesis from Ethanol Fuel Production Waste. In: 4th International Congress on Catalysis for Biorefineries, 2017, Lyon. 4th International Congress on Catalysis for Biorefineries, 2017.

  • Colusse, G A ; Neves, R I ; SCHIRMER, W. N. ; L. B. GUEDES, CARMEN . Agroindustrial Raw Material Transformation into Biogas from Optimized Anaerobic Digestion Process. In: 4th International Congress on Catalysis for Biorefineries, 2017, Lyon. 4th International Congress on Catalysis for Biorefineries, 2017.

  • BARBANA, V. M. ; Guedes, Carmen L.B. ; Di Mauro, Eduardo . Characterization of Paramagnetic Species in Seeds by Electron Paramagnetic Resonance (EPR). In: International Conference on Renewable Energies and Power Quality (ICREPQ?13), 2013, Bilbao, Espanha. Abstracts ICREPQ'13. Vigo, Espanha: European Association for the Development of Renewable Energies, Environment and Power Quality (EA4EP, 2013. v. 1. p. 1-2.

  • Diaz-Uribe, C. E. ; Martha C. Daza E. ; Páez-Mozzo, E. A. ; Fernando Martínez O. ; GUEDES, C. L. B. ; Di Mauro, Eduardo . Visible Light Singlet Oxygen Production by Tetra (4-Carboxyphenyl)Porphyrin/SiO2. In: XI ELAFOT, 2012, Córdoba. Libro-de-resumenes. Córdoba: UNRC, 2012. v. 1. p. 188.

  • FIN, F. A. ; SILVA, H. R. ; SALTORELLI, G. ; ANDRADE, D. S. ; GUEDES, C. L. B. . Espectroscopia de Fluorescência na Determinação do Teor de Lipídios em Microalgas Visando à Produção de Biodiesel. In: 5° Congresso da Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel 8° Congresso Brasileiro de Plantas Oleaginosas, Óleos, Gorduras e Biodiesel, 2012, Salvador. 5° Congresso da Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel 8° Congresso Brasileiro de Plantas Oleaginosas, Óleos, Gorduras e Biodiesel. Brasilia: Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel, 2012. v. 1. p. 1-2.

  • GAZZONI, Bruna Francielle ; BAUMI, J. ; GUEDES, C. L. B. . Preparação de Éteres Derivados da Glicerina para Utilização como Aditivos de Combustíveis Veiculares. In: 5° Congresso da Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel 8° Congresso Brasileiro de Plantas Oleaginosas, Óleos, Gorduras e Biodiesel, 2012, Salvador. 5° Congresso da Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel 8° Congresso Brasileiro de Plantas Oleaginosas, Óleos, Gorduras e Biodiesel. Brasilia: Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel, 2012. v. 1. p. 1-2.

  • SILVA, H. R. ; FIN-LIMA, F. A. ; ANDRADE, D. S. ; Guedes, C. L. B. . Flocculation of microalgae un the means of cultivation using cationic starch of the cassava. In: 4° International IUPAC Conference on Green chemistry, 2012, Foz do iguaçu. Program and Book of Abstracts. São Paulo: SBQ/IUPAC, 2012. v. 1. p. 293.

  • GAZZONI, Bruna Francielle ; BAUMI, J. ; Guedes, C. L. B. . Preparation of ethers from glycerin biodiesel production for use as additive of vehicular fossil fuels. In: 4° International IUPAC Conference on Green chemistry, 2012, Foz do iguaçu. Program and Book of Abstracts. São Paulo: IUPAC/SBQ, 2012. v. 1. p. 250.

  • FIN-LIMA, F. A. ; SILVA, H. R. ; ANDRADE, D. S. ; Guedes, C.L.B. . Influencia da radiação na produção de carotenóides pela microalga Haematococcus pluvialis. In: XI ELAFOT, 2012, Córdoba. Libro-de-resumenes. Córdoba: UNRC, 2012. v. 1. p. 54.

  • ZANUTTO, F. C. ; QUESSADA, Talita Pedroso ; VANZELA, P. G. S. ; ZORZETTO, M. E. S. ; PESARINI, P. F. ; MAURO, Eduardo Di ; Guedes, Carmen Luisa Barbosa . Study of micro and nano bio-oil emulsions in fuel oil for use in power generation in thermoelectric plants. In: The Energy & Materials Research Conference, 2012, Málaga, Espanha. Book of Abstracts EMR 2012. Badajoz, Espanha: Formatex Research Center, 2012. v. 1. p. 72.

  • SILVA, H. R. ; ANDRADE, D. S. ; Guedes, C.L.B. . FLOCULAÇÃO DE BOTRYOCOCCUS BRAUNII COM AMIDO DE MANDIOCA CATIÔNICO. In: XXI Congresso Latinoamericano de Microbiologia, 2012, Santos. XXI ALAM. São Paulo: SBM, 2012. v. 1. p. painel 014.

  • ANDRADE, Milena ; BARBOSA, Aneli de Melo ; BOFINGER, M. R. ; Guedes, Carmen Luisa Barbosa ; DEKKER, R. F. H. ; OLIVEIRA, B. H. ; LIMA, V. M. G. ; ANTONIA, L. H. D. . Lipase immobilized onto coconut and wood activated carbons: Application for production of biodiesel. In: BIOFOR 2012 Conference, 2012, Ontario. Abstracts BIOFOR 2012. Canada, 2012. v. 1. p. 1-2.

  • ZANUTO, F. ; Luiz, A. P. C. ; Costa, Marcello Ferreira da ; Di Mauro, E. ; GUEDES, C. L. B. . Processo Fotoquímico na Degradação de Aromáticos de Petróleo em Água do Mar contendo Dispersante Químico. In: IX Simpósio Latino-Americano de Química Analítica Ambiental e Sanitária, 2011, Salvador. Program, 2011. v. 1. p. 16.

  • GUEDES, C. L. B. ; CORRER, Caryna Januário ; LOBO, Ilza ; SAAB, Otavio J. G. Abi . Tratamento de Solo Contaminado com Petróleo Utilizando Tensoativos e Peróxido de Hidrogênio. In: IX Simpósio Latino-Americano de Química Analítica Ambiental e Sanitária, 2011, Salvador. Livro de resumos - poster 136, 2011.

  • GAZZONI, Bruna Francielle ; PAVANELLI, A. G. ; QUESSADA, Talita Pedroso ; BRITO, Osmar Rodrigues ; Guedes, C. L. B. . Tratamento de Água Residual Contendo Diesel de Petróleo e B2 Utilizando Thypha latifolia. In: IX Simpósio Latino-Americano de Química Analítica Ambiental e Sanitária, 2011, Salvador. Livro de resumos - poster 137, 2011.

  • SPACINO, K. R. ; BORSATO, Dionisio ; GUEDES, C. L. B. ; MOREIRA, Ivanira ; PINTO, Jurandir Pereira ; DIAS, G. H. . Otimização das condições de obtenção de biodiesel de óleo de soja utilizando o delineamento experimental de misturas. In: 33a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 2010, Águas de Lindóia, SP. 33a. Reunião Anual da SBQ - A química construindo um futuro melhor. São Paulo, SP: SBQ, 2010. v. 1. p. TEC063.

  • MAIA E. C. R. ; SPACINO, K. R. ; BORSATO, Dionisio ; DALL'ANTONIA, Luiz Henrique ; GUEDES, C. L. B. ; FREITAS, H. R. ; MOREIRA, Ivanira . Estudo da cinética da oxidação de biodiesel B100 em mistura com antioxidantes sintéticos. In: 33a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 2010, Águas de Lindóia, SP. 33a. Reunião Anual da SBQ - A química construindo um futuro melhor. São Paulo, SP: SBQ, 2010. v. 1. p. TEC007.

  • SOUZA, A. C. ; GAZZONI, Bruna Francielle ; ALVES, João Carlos ; AVILA, M. T. ; SCHREINER, W. H. ; COSTA, M. F. ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. . Avaliação do uso de combustível alternativo para motores de ciclo Otto. In: 4o. Congresso da Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel e 7o. Congresso Brasileiro de Plantas Oleaginosas, Óleos, Gorduras e Biodiesel, 2010, Belo Horizonte, MG. Anais - Artigos Científicos - 2010 - Biodiesel - Inovação Tecnológica e Qualidade. Brasilia, DF: Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel, 2010. v. 02. p. 1725-1726.

  • Luiz, A. P. C. ; Mauro, M. F. L. ; PORTUGAL, K. O. ; BARBANA, V. M. ; CARNEIRO, C. C. ; ZAIA, Dimas Augusto Morozin ; PRETE, C. E. C. ; GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di . Caracterização de espécies paramagnéticas em sementes por ressonância paramagnética eletrônica (RPE). In: 4o. Congresso da Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel e 7o. Congresso Brasileiro de Plantas Oleaginosas, Óleos, Gorduras e Biodiesel, 2010, Belo Horizonte. Anais - Artigos Científicos - 2010. Brasilia, DF: Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel, 2010. v. 02. p. 707-708.

  • AVILA, M. T. ; SANTOS, A. M. ; GUEDES, C. L. B. ; SOUZA, A. C. . Uso de misturas de etanol e glicerina ou gasolina e glicerina em motores Otto. In: 4o. Congresso da Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel e 7o. Congresso Brasileiro de Plantas Oleaginosas, Óleos, Gorduras e Biodiesel, 2010, Belo Horizonte, MG. Anais - Artigos Científicos - 2010. Brasilia, DF: Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel, 2010. v. 02. p. 1627-1628.

  • ALMEIDA, L. A. S. ; SIMONATO, J. D. ; MARTINEZ, Claudia Bueno dos Reis ; GUEDES, C. L. B. . Identificação de metabólitos de peixe neotropical exposto a fração solúvel da gasolina em água. In: XVIII Encontro de Química da Região Sul, 2010, Curitiba, PR. Anais do XVIII Encontro de Química da Região Sul, 2010.

  • Guedes, C. L. B. ; Di Mauro, E. ; PICCINATO, Marilene Turini ; Neves Silva, F. ; Granados-Oliveiros, G. ; Diaz-Uribe, C. E. ; Páez-Mozzo, E. A. ; Fernando Martínez O. . Caracterización de Carboxifenilporfirinas libres y soportadas sobre TiO2 por EPR, FT-IR y UV-Vis. In: 15o. Congresso Brasileiro de Catálise/5o. Congresso de Catálise do Mercosul, 2009, Búzios. Congresso Brasileiro de Catálise. Rio de Janeiro: SBCat, 2009. v. CD.

  • MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. ; SIQUEIRA, R. E. ; ANDRADE, Milena Martins . EPR in the characterization of soil paramagnetic species. In: X Jornada Brasileira de Ressonância Magnética, 2008, Niterói. Resumos - Programa da X Jornada Brasileira de Ressonância Magnética. Rio de Janeiro: AUREMN, 2008. v. 1. p. 131-132.

  • PICCINATO, Marilene Turini ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. . RPE aplicada a diesel marítimo: Caracterização de radicais livres orgânicos. In: X Jornada Brasileira de Ressonância Magnética, 2008, Niterói. Resumos - Programa da X Jornada Brasileira de Ressonância Magnética. Rio de Janeiro: AUREMN, 2008. v. 1. p. 59-60.

  • Uribe, C. E. D. ; GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di ; Martha C. Daza E. ; Fernando Martínez O. . Cuantificación de radical hidroxilo generado por el sistema TcPPFe/H2O2/UV-VIS utilizando espectroscopia de fluorescência. In: IX Encontro Latino-Americano de Fotoquímica e Fotobiologia, 2008, Cubatão. IX ELAFOT Program and abstracts, 2008.

  • FREDERICO, A. F. ; QUESSADA, Talita Pedroso ; GUEDES, C. L. B. . Tratamento do Óleo de Borracha de Pneu para Aproveitamento na Cadeia Produtiva de Biocombustível. In: XVII Encontro Anual de Iniciação Científica, 2008, Foz do Iguaçu. XVII EAIC.

  • FREITAS, H. R. ; QUESSADA, Talita Pedroso ; GUEDES, C. L. B. . Produção de Biocombustível ou Aditivo para Combustível Fóssil a partir de Efluentes Líquidos. In: XVII Encontro Anual de Iniciação Científica, 2008, Foz do Iguaçu. XVII EAIC, 2008.

  • PAVANELLI, Alex Gibellato ; GAZZONI, Bruna Francielle ; BRITO, Osmar Rodrigues ; GUEDES, C. L. B. . Fitorremediação de solo contaminado com petróleo utilizando Thypha latifolia.. In: 30a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química., 2007, Águas de Lindóia. 30a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química.. São Paulo, SP: SBQ, 2007. v. CD. p. AB-102.

  • ADÃO, Daniele Cristina ; QUESSADA, Talita Pedroso ; GALÃO, Olívio Fernandes ; BORSATO, Dionísio ; GUEDES, C. L. B. . Avaliação do desempenho de Gasolina C com adição de biocombustível produzido a partir da pirólise de biomassa lignocelulósica.. In: 30a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química., 2007, Águas de Lindóia. 30a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química.. São Paulo, SP: SBQ, 2007. v. CD. p. TC-060.

  • CIVIDATTI, Luciana Natália ; MAZZOCHIN, Leandro Freneda ; PAVANELLI, Alex Gibellato ; SOUZA, Renato César de ; ANDRADE, Milena Martins ; RALISCH, Ricardo ; SAAB, Otavio J. G. Abi ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. . Fotocatálise com aeroxide TiO2 P25 in situ para remediação de solo impactado por derramamento de petróleo. In: IV Encontro sobre Aplicações Ambientais de Processos Oxidativos Avançados, 2007, Cubatão. IV Encontro sobre Aplicações Ambientais de Processos Oxidativos Avançados, 2007.

  • ADÃO, D. C. ; QUESSADA, Talita Pedroso ; GALÃO, Olívio Fernandes ; BORSATO, Dionísio ; GUEDES, C. L. B. . Avaliação do desempenho de gasolina C com adição de biocombustível produzido a partir da pirólise de biomassa lignocelulósica. In: Apresentação ORAL no XV Encontro de Química da Região Sul - Química e a Interdisciplinaridade, 2007, Ponta Grossa. Anais do XV Encontro da SBQ Sul, 2007.

  • GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di ; LOBO, Ilza ; SAAB, Otavio J. G. Abi ; CAYRES, Vanessa Pulita ; PICCINATO, Marilene Turini ; CIVIDATTI, Luciana Natália ; SILVA, Angelita da ; GIANJACOMO, Carlos Henrique ; DOMINGUES, Diego Soares . Avaliação do impacto de agentes orgânicos em sedimento arenoso e água do mar decorrente da explosão do navio Vicuña na Baía de Paranaguá, PR.. In: III Encontro Nacional de Química Ambiental, 2006, Cabo Frio. Anais do III Encontro Nacional de Química Ambiental, 2006.

  • GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di ; MAZZOCHIN, Leandro Freneda ; ADÃO, Daniele Cristina ; PAVANELLI, Alex Gibellato ; SEGATO, Thiago Pinotti . Photocatalytic and natural degradations of crude oil in soils of Paraná North, Brazil. In: 9th International Conference on Solar Energy and Applied Photochemistry SOLAR 06 and the 6th International Training Workshop on Environmental Photochemistry ENPHO 06, 2006, Cairo. Book of abstracts SOLAR'06 and ENPHO'06. Cairo: Photoenergy Center, 2006. v. 1. p. 36-37.

  • GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di ; CAMPOS, Ariana de ; MAZZOCHIN, Leandro Freneda ; BRAGAGNOLO, Gislaine Maria ; MELO, Fernando Alves de ; PICCINATO, Marilene Turini . EPR and fluorescence spectroscopy in the photodegradation study of Arabian and Colombian crude oils. In: 9th International Conference on Solar Energy and Applied Photochemistry SOLAR 06 and the 6th International Training Workshop on Environmental Photochemistry ENPHO 06, 2006, Cairo. Book of astract SOLAR '06 and ENPHO '06. Cairo: Photoenergy Center, 2006. v. 1. p. 70-71.

  • QUESSADA, Talita Pedroso ; ADÃO, Daniele Cristina ; GUEDES, C. L. B. . Influência da adição de biocombustível a gasolina automotiva. In: XIV Encontro de Química da Região Sul - 14o. SBQSul, 2006, Erechim. Livro de resumos do XIV Encontro da SBQSul. São Paulo: Sociedade Brasileira de Química, 2006. v. 1. p. QO139.

  • PICCINATO, Marilene Turini ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. ; NASCIMENTO, Otaciro Rangel Do . Ressonância Paramagnética Eletrônica (RPE) na caracterização de Vanadila (VO2+) em petróleo.. In: III Workshop em física molecular e espectroscopia, 2005, Belo Horizonte. Resumos do III Workshop em física molecular e espectroscopia, 2005. v. 1. p. P23.

  • REIS, A. C. ; L. B. GUEDES, CARMEN . Avaliação do uso de óleo vegetal de Crambe como fluido isolante para transformadores elétricos. In: 41a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 2018, Foz do Iguaçu. 41a. RASBQ - Construindo o Amanhã. São Paulo: SBQ, 2018. v. 1. p. CD.

  • BAUMI, J. ; V. L. Almeida ; L. Nascimento ; Guedes, Carmen L.B. . Aproveitamento do resíduo da produção de etanol combustível na obtenção de aldeídos precursores do bioquerosene. In: 39a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 2016, Goiânia. 39a. RASBQ 2016 - Criar e Empreender. São Paulo: Sociedade Brasileira de Química, 2016. v. 1.

  • SANTOS, L. G. ; FONTANA, M. ; Valezi, D.F. ; BAUMI, J. ; Guedes, C.L.B. ; URBANO, A. ; Di Mauro, Eduardo . ESR AND OTHERS TECHNIQUES IN THE CHARACTERIZATION OF RECYCLED POLYAMIDE WITH MAGNETITE (Fe3O4) NANOPARTICLES. In: XV SIMPOSIO LATINO AMERICANO DE POLÍMEROS (SLAP 2016), 2016, Cancún. ANAIS DO SLAP 2016,, 2016. v. 1. p. 250.

  • Salviato, A. ; Guedes, C.L.B. ; Khan, A. ; MAURO, Eduardo Di . Free radicals in edible oils. In: XXXVIII Encontro Nacional de Física da Matéria Condensada, 2015, Foz do Iguaçu. Anais do XXXVIII ENFMC. São Paulo: Sociedade Brasileira de Física, 2015. v. CD.

  • Valezi, D.F. ; Piccinato, M. T. ; Guedes, C.L.B. ; Di Mauro, E. ; SARVEZUK, P.W.C. ; IVASHITA, F.F. ; PAESANO, A. ; VARALDA, J. ; MOSCA, D.H. . EPR and auxiliary techniques on a study concerning magnetic properties and transitions of antiferromagnetic minerals. In: XXXVIII Encontro Nacional de Física da Matéria Condensada, 2015, Foz do Iguaçu. Anais do XXXVIII ENFMC. São Paulo: Sociedade Brasileira de Física, 2015. v. CD.

  • Guedes, Carmen L.B. . Microalgae in lipid biomass production and carotenoids. In: 16th International Congress on Photobiology, 2014, Córdoba, Argentina.. Anais do 16th International Congress on Photobiology.. Córdoba, Argentina.: UNC, 2014. v. 1. p. 295.

  • GAZZONI, Bruna Francielle ; VALEZI, D. F. ; BENATTI, F. R. ; MAURO, Eduardo Di ; Guedes, Carmen L.B. . EPR in the Identification of Fe3+ Compounds and Free Radicals of Seeds. In: Joint Conference of APES2014, IES and SEST2014, 2014, Nara. Proceding Conference of APES2014, IES and SEST2014. Nara: Asia-Pacific EPR/ESR Society, 2014. v. 1.

  • MAURO, Eduardo Di ; PICCINATO, Marilene Turini ; Guedes, Carmen L.B. . Multifrequency (X-band to W-band) CW EPR of the crude oil and by-products. In: Joint Conference of APES2014, IES and SEST2014, 2014, Nara. Proceding Conference of APES2014, IES and SEST2014. Nara: Asia-Pacific EPR/ESR Society, 2014. v. 1.

  • Salviato, A. ; MAURO, Eduardo Di ; Guedes, Carmen L.B. . Formation and identification by spin trapping of free radicals on oil by Eletron Paramagnetic Resonance. In: XXXVII Encontro Nacional de Física da Matéria Condensada, 2014, Costa do Sauipe. Anais do XXXVII Encontro Nacional de Física da Matéria Condensada. São Paulo: Sociedade Brasileira de Física, 2014. p. ID 659-1 [ATO].

  • GAZZONI, Bruna Francielle ; BENATTI, F. R. ; PESARINI, P. F. ; MAURO, Eduardo Di ; Guedes, Carmen L.B. . RPE na caracterização de radicais livres orgânicos em sementes de plantas oleaginosas. In: 37a. Reunião Anual da SBQ, 2014, Natal. Resumos da 37a. Reunião Anual da SBQ. São Paulo: SBQ, 2014. v. CD.

  • BAUMI, J. ; C. M. Bertossi ; MARTINS, S. B. ; Sampaio, C. P. ; Guedes, Carmen L.B. . Novos materiais a partir de retraços têxteis de poliamida (nylon) e glicerina da produção de biodiesel. In: 37a. Reunião Anual da SBQ, 2014, Natal. Resumos da 37a. Reunião Anual da SBQ. São Paulo: SBQ, 2014. v. CD.

  • Piccinato, MarileneTurini ; GOBATO, R. ; COSTA, M. F. ; Ota, A. T. ; Guedes, Carmen L.B. ; MAURO, Eduardo Di . EPR and calculations on electronic structure of phenalenyl and phenalenyl derivatives radicals. In: EUROMAR 2013, 2013, Crete, Greece. Proceding of Magnetic Resonance Conference. Crete, Greece: NCSR, 2013. p. 322 TU.

  • ANDRADE, M. M. ; BARBOSA, Aneli de Melo ; BOFINGER, M. R. ; GUEDES, C. L. B. ; DEKKER, R. F. H. ; OLIVEIRA, B. H. ; LIMA, V. M. G. ; ANTONIA, L. H. D. . Lipase Production by Botryosphaeria ribis on Soybean Oil-Extracted Meal as Fermentation Substrate: Application to Produce Biodiesel by Transesterification. In: Biofor 2012 Conference, 2012, Thunder Bay. Biofor 2012 Conference, 2012.

  • FIN, F. A. ; SALTORELLI, G. ; ANDRADE, D. S. ; SILVA, H. R. ; GUEDES, C. L. B. . Monitoramento do potencial de microalgas para a produção de biodiesel por Espectroscopia de Fluorescência. In: VI ENQAmb Encontro Nacional de Química Ambiental, 2012, Londrina. VI ENQAmb Encontro Nacional de Química Ambiental, 2012.

  • QUESSADA, Talita Pedroso ; Cortez, C. M. ; PEREZ, Juan Miguel Mesa ; ROCHA, José Dílcio ; Di Mauro, E. ; GUEDES, C. L. B. . Caracterização e avaliação de efluente aquoso da pirólise de cana de açúcar. In: VI ENQAmb Encontro Nacional de Química Ambiental, 2012, Londrina. VI ENQAmb Encontro Nacional de Química Ambiental, 2012.

  • ANDRADE, M. M. ; BARBOSA, Aneli de Melo ; BOFINGER, M. R. ; Guedes, C. L. B. ; DEKKER, R. F. H. ; ANTONIA, L. H. D. . Produção de lipase de Botryosphaeria ribis em torta de soja e imobilização em diversos suportes: Aplicaqção na produção de biodiesel. In: 4° encontro do doutorado associado em quimica UEL/UEPG/UNICENTRO, 2012, Guarapuava, PR. 4° encontro do doutorado associado em quimica UEL/UEPG/UNICENTRO, 2012.

  • Guedes, C. L. B. ; ANDRADE, D. S. ; FIN, F. A. . Otimização de produção de carotenoides a partir de microalgas em fotobiorreator de regime contínuo. In: 4° encontro do doutorado associado em quimica UEL/UEPG/UNICENTRO, 2012, Guarapuava, PR. 4° encontro do doutorado associado em quimica UEL/UEPG/UNICENTRO, 2012.

  • GAZZONI, Bruna Francielle ; BAUMI, J. ; Guedes, C. L. B. . Obtenção de éteres e ésteres derivados da glicerina, uso como aditivos em combustíveis fósseis veiculares e avaliação de impactos ambientais. In: 4° encontro do doutorado associado em quimica UEL/UEPG/UNICENTRO, 2012, Guarapuava, PR. 4° encontro do doutorado associado em quimica UEL/UEPG/UNICENTRO, 2012.

  • Luiz, A. P. C. ; Mauro, M. F. L. ; PORTUGAL, K. O. ; BARBANA, V. M. ; Guedes, C. L. B. ; Di Mauro, E. ; CARNEIRO, C. C. ; ZAIA, Dimas Augusto Morozin ; PRETE, C. E. C. . EPR IN CHARACTERIZATION OF SEEDS PARAMAGNETIC SPECIES. In: Encontro de Física 2011, 2011, Foz do Iguaçu. Eletronic Properties of Molecules and Atoms, 2011.

  • BARBANA, V. M. ; Luiz, A. P. C. ; Mauro, M. F. L. ; PORTUGAL, K. O. ; GUEDES, C. L. B. ; Di Mauro, E. ; PRETE, C. E. C. . EPR in characterization of seeds paramagnetic species. In: Encontro de Física 2011 - Integração da Física na América Latina, 2011, Foz do Iguaçu. Encontro de Física 2011. São Paulo: SBF, 2011. v. 1388-1.

  • QUESSADA, Talita Pedroso ; Cortez, C. M. ; PEREZ, Juan Miguel Mesa ; ROCHA, José Dílcio ; BORSATO, Dionisio ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. . Esterificação de bio-óleo obtido por pirólise de serragem de eucalipto e avaliação dos derivados em mistura com a gasolina. In: 34ª REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE QUÍMICA, 2011, Florianópolis. 34ª REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE QUÍMICA, 2011.

  • SALTORELLI, G. ; FIN-LIMA, F. A. ; Luiz, A. P. C. ; SILVA, H. R. ; ANDRADE, D. S. ; GUEDES, C. L. B. . Determinação do teor de lipidios em microalgas por espectroscopia de fluorescência. In: 34ª REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE QUÍMICA, 2011, Florianópolis. 34ª REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE QUÍMICA. São Paulo: SBQ, 2011. v. 1. p. T1422-1.

  • Cortez, C. M. ; QUESSADA, Talita Pedroso ; PEREZ, Juan Miguel Mesa ; ROCHA, José Dílcio ; GALAO, O. ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. . Caracterização e avaliação de efluente aquoso da pirólise de cana de açúcar como aditivo para gasolina. In: 34ª REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE QUÍMICA, 2011, Florianópolis. 34ª REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE QUÍMICA, 2011.

  • Guedes, C. L. B. ; QUESSADA, Talita Pedroso ; ZORZETTO, M. E. S. ; ZANUTTO, F. C. ; VANZELA, P. G. S. ; MAURO, Eduardo Di . Avaliação de bio-oleo pirolítico de biomassa lignocelulósica visando à produção de derivados fenólicos. In: 4° encontro do doutorado associado em quimica UEL/UEPG/UNICENTRO, 2011, Guarapuava, PR. 4° encontro do doutorado associado em quimica UEL/UEPG/UNICENTRO, 2012.

  • GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di ; ROCHA, José Dílcio ; PEREZ, Juan Miguel Mesa ; MELO, Fernando Alves de ; QUESSADA, Talita Pedroso ; GAZZONI, Bruna Francielle ; Cortez, C. M. . EPR IN CHARACTERIZATION OF PARAMAGNETIC SPECIES IN BIO-OIL BY-PRODUCTS OF LIGNEUOS-CELLULOSIC BIOMASS. In: Joint EUROMAR 2010 and 17th ISMAR Conference, 2010, Florence, Italy. Book of abstracts. Florence, Italy: WWMR2010, 2010. v. 1. p. 441.

  • Granados-Oliveiros, G. ; Páez-Mozzo, E. A. ; Fernando Martínez O. ; PICCINATO, Marilene Turini ; Neves Silva, F. ; GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di ; COSTA, M. F. ; OTA, A. T. . DEGRADATION OF LUMINOL, EPR AND ELECTRONIC STRUCTURE CALCULATION IN THE CHARACTERISATION OF CARBOXYPHENYLPORPHYRINS. In: Joint EUROMAR 2010 and 17th ISMAR Conference, 2010, Florence, Italy. Books of Abstracts. Florence, Italy: WWMR2010, 2010. v. 1. p. 366.

  • GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di ; GALÃO, Olívio Fernandes ; BORSATO, Dionísio ; AVILA, M. T. ; Gazzoni, D. L. ; ROCHA, José Dílcio ; PEREZ, Juan Miguel Mesa ; FREITAS, H. R. ; GAZZONI, Bruna Francielle ; QUESSADA, Talita Pedroso . Obtenção e caracterização de ésteres e derivados fenólicos a partir dos efluentes líquidos de processos de pirólise.. In: 32a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 2009, Fortaleza. Resumos da 32a. Reunião Anual da SBQ. São Paulo: SBQ, 2009. v. 1. p. T1341-1.

  • PICCINATO, Marilene Turini ; GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di ; OTA, A. T. ; COSTA, M. F. ; GOBATO, R. . Free radicals study in marine diesel by EPR and computational calculations. In: XXXII Encontro Nacional de Física da Matéria Condensada., 2009, Águas de Lindóia. XXXII Encontro Nacional de Física da Matéria Condensada.. São Paulo: SBF, 2009. v. 1. p. 14.

  • MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. ; PICCINATO, Marilene Turini ; Neves Silva, F. ; Granados-Oliveiros, G. ; Páez-Mozzo, E. A. ; Fernando Martínez O. ; OTA, A. T. ; COSTA, M. F. . EPR, IR and UV-Vis in the Characterisation of free and anchored on TiO2 Carboxyphenyl Porphirins. In: VII Workshop em física molecular e espectroscopia - VII WFME, 2009, Joinville. VII Workshop em física molecular e espectroscopia - VII WFME. Joinville: UDESC, 2009. v. 1. p. 46.

  • Diaz-Uribe, C. E. ; Martha C. Daza E. ; Fernando Martínez O. ; Páez-Mozzo, E. A. ; Di Mauro, E. ; GUEDES, C. L. B. . Espectroscopia de fluorescencia para cuantificación de radical hidroxilo en el sistema TcPPFe/H2O2/UV-Vis. In: VII Workshop em física molecular e espectroscopia - VII WFME, 2009, Joinville - SC. VII workshop em Física Molecular e espectroscopia - VII WFME, 2009. v. 1. p. 32.

  • CIVIDATTI, L. N. ; ZANUTO, F. ; Bragueto, R. ; Di Mauro, E. ; GUEDES, C. L. B. . Tratamento in situ de solo argiloso contaminado com petróleo utilizando reagentes de Fenton. In: 8vo. Simposio Latinoamericano de Química Analítica Ambiental y Sanitaria, 2009, San José, Costa Rica. Anais do 8vo. Simposio Latinoamericano de Química Analítica Ambiental y Sanitaria, 2009.

  • GAZZONI, Bruna Francielle ; PAVANELLI, Alex Gibellato ; BRITO, Osmar Rodrigues ; GUEDES, C. L. B. . Fitorremediação de águas residuais contendo diesel e B2 utilizando Typha latifolia Linn. In: IV Encontro Nacional de Química Ambiental, 2008, Aracajú. Anais do IV Encontro Nacional de Química Ambiental, 2008. v. 1.

  • BONFIM, B. G. ; GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di ; NOGUEIRA, A. F. . Ressonância Paramagnética Eletrônica no estudo da degradação do copolímero P(EO-EPI). In: XXX Encontro Nacional de Física da Matéria Condensada, 2007, São Lourenço, MG. Anais do XXX Encontro Nacional de Física da Matéria Condensada na sessão Polímeros e fluidos complexos, 2007.

  • PICCINATO, Marilene Turini ; GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di ; Ota, A. T. ; GOBATO, R. . Radicais Livres em óleo diesel marítimo. In: XXX Encontro Nacional de Física da Matéria Condensada, 2007, São Lourenço. Anais do XXX Encontro Nacional de Física da Matéria Condensada. São Paulo: Sociedade Brasileira de Física, 2007. v. 1. p. ID 632-1.

  • ADÃO, D. C. ; QUESSADA, Talita Pedroso ; GALÃO, Olívio Fernandes ; BORSATO, Dionísio ; GUEDES, C. L. B. . Avaliação do desempenho de gasolina C com adição de biocombustível produzido a partir da pirólise de biomassa ligno-celulósica. In: XV Encontro de Química da Região Sul, 2007, Ponta Grossa. Anais do XV Encontro de Química da Região Sul: Química e a interdisciplinaridade. São Paulo: Sociedade Brasileira de Química, 2007. v. 1. p. QO 102.

  • ADÃO, Daniele Cristina ; TAROZO, Rafael ; VECCHI, Caroline Catyussia Carradore ; PINTO, Jurandir Pereira ; FACCIONE, Milton ; GUEDES, C. L. B. . Avaliação da degradação térmica e Fotoquímica de Biodiesel (B100) sob luz solar.. In: BIODIESEL BR 2006, 2006, Cuiabá. Anais do evento BIODIESEL BR 2006, 2006.

  • GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di ; ADÃO, Daniele Cristina ; TAROZO, Rafael ; MELO, Fernando Alves de ; QUESSADA, Talita Pedroso . Avaliação do processo oxidativo de bio-óleo obtido pela pirólise de resíduo da agricultura.. In: BIODIESEL BR 2006, 2006, Cuiabá. Anais do evento BIODIESEL BR 2006, 2006.

  • CIVIDATTI, Luciana Natália ; ADÃO, Daniele Cristina ; DOMINGUES, Diego Soares ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. . Avaliação espectroscópica de solos do Paraná contaminados com derivados de petróleo e remediação com TiO2.. In: 1o. Simpósio sobre derramamento de petróleo e derivados em ecossistemas de água doce., 2006, Curitiba. Anais do 1o. Simpósio sobre derramamento de petróleo e derivados em ecossistemas de água doce., 2006.

  • VECCHI, Caroline Catyussia Carradore ; ROMERO, Fabiano Neves ; TAROZO, Rafael ; GUEDES, C. L. B. . Fotodegradação do diesel comercial retido em turfa utilizada na recuperação de águas naturais.. In: 29a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 2006, Águas de Lindóia. Anais da 29a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 2006.

  • BRITO, Osmar Rodrigues ; PAVANELLI, A. G. ; GUEDES, C. L. B. ; KOGA, Lucimara J ; Brito, R. M. . Evaluation of fitoremediation in soil polluted by diesel. In: 18 th World Congress of Soil Science - Frontier of Soil Science, 2006, Philadelphia. Proceedings of 18th WCSS 2006, 2006. v. CD.

  • MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. ; PICCINATO, Marilene Turini . Free radical of diesel oil by EPR. In: IV Workshop em Física Molecular e Espectroscopia, 2006, Salvador. Comunicação Oral e Anais do IV WFME, 2006. v. CD.

  • ANDRADE, M. M. ; RALISCH, Ricardo ; GUEDES, C. L. B. . Análise física e química de solo contaminado com petróleo. In: 1o. Simpósio sobre Derramamento de Petróleo e Derivados em Ecossistemas de Água Doce, 2006, Curitiba. Anais do 1o. Simpósio sobre Derramamento de Petróleo e Derivados em Ecossistemas de Água Doce, 2006.

  • CAYRES, Vanessa Pulita ; GIANJACOMO, Carlos Henrique ; SEGATO, T. P. ; ROMERO, F. N. ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. . Fotodegradação de compostos aromáticos presentes em água residuária e efeito da adição de peróxido de hidrogênio. In: 1o. Simpósio sobre Derramamento de Petróleo e Derivados em Ecossistemas de Água Doce, 2006, Curitiba. Anais do 1o. Simpósio sobre Derramamento de Petróleo e Derivados em Ecossistemas de Água Doce, 2006.

  • VANZELLA, T. P. ; COLUS, I. M. S. ; SIMONATO, J. D. ; MARTINEZ, Claudia Bueno dos Reis ; CAYRES, Vanessa Pulita ; GUEDES, C. L. B. . Efeitos da fração solúvel do óleo diesel em peixes neotropicais. In: XXVI Congresso Brasileiro de Zoologia, 2006, Londrina. Resumos do XXVI Congresso Brasileiro de Zoologia, 2006. v. CD.

  • PICCINATO, Marilene Turini ; MELO, Fernando Alves de ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. ; NASCIMENTO, Otaciro Rangel Do . Caracterização de vanadila em petróleo através de RPE. In: XXVIII Encontro Nacional de Física da Matéria Condensada, 2005, Santos. Anais XXVIII ENFMC, 2005. v. 1. p. 254.

  • GAMARRA, L F ; MAURO, Eduardo Di ; PICCINATO, Marilene Turini ; MELO, Fernando Alves de ; GUEDES, C. L. B. ; SANDRO, M ; BRITO, G e S ; SORIANO, A N S ; MANTILLA, J ; PONTUSCHKA, W M . Estudo dos processos de relaxação dielétrica no petróleo. In: XXVIII Encontro Nacional de Física da Matéria Condensada, 2005, Santos. Anais XXVIII ENFMC, 2005. v. 1. p. 255.

  • ROMERO, Fabiano Neves ; VECCHI, Caroline Catyussia Carradore ; ADÃO, Daniele Cristina ; CAYRES, Vanessa Pulita ; SEGATO, Thiago Pinotti ; TAROZO, Rafael ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. . Efeito da luz solar e fontes artificiais no tratamento fotoquímico de efluente da industria do petróleo. In: 28a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 2005, Poços de Caldas. Anais da 28a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química. São Paulo: SBQ, 2005. v. 1. p. FT039.

  • CIVIDATTI, Luciana Natália ; ADÃO, Daniele Cristina ; PICCINATO, Marilene Turini ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. . Secagem de solos e sedimentos utilizando sistema de vácuo.. In: XXVI Congresso Brasileiro de Aplicações de Vácuo na Industria e na Ciência, 2005, Londrina. Resumos XXVI Congresso Brasileiro de Aplicações de Vácuo na Industria e na Ciência, 2005.

  • FONTES, Adriana da Silva ; MAURO, Eduardo Di ; PINHEIRO, J W ; PINTO, Jurandir Pereira ; GUEDES, C. L. B. ; PICCINATO, Marilene Turini . Ressonância paramagnética eletrônica no estudo de radicais livres em carne de suíno liofilizada.. In: XXVI Congresso Brasileiro de Aplicações de Vácuo na Industria e na Ciência, 2005, Londrina. Resumos XXVI Congresso Brasileiro de Aplicações de Vácuo na Industria e na Ciência, 2005.

  • ROMERO, Fabiano Neves ; VECCHI, Caroline Catyussia Carradore ; ADÃO, Daniele Cristina ; CAYRES, Vanessa Pulita ; SEGATO, Thiago Pinotti ; TAROZO, Rafael ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. . Efeito da luz solar e fontes artificiais no tratamento fotoquímico de efluente da industria do petróleo.. In: Sessão de apresentação oral na XXI Semana da Química da UEL, 2005, Londrina, 2005.

  • CIVIDATTI, Luciana Natália ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. ; ADÃO, Daniele Cristina . Monitoramento de hidrocarbonetos aromáticos ou derivados e processos abióticos em solo argiloso contaminado com petróleo.. In: Apresentação oral no XIV Encontro Anual de Iniciação Científica - UNICENTRO, 2005, Guarapuava. Anais do XIV EAIC, 2005.

  • ROMERO, Fabiano Neves ; GUEDES, C. L. B. ; CAYRES, Vanessa Pulita ; MAURO, Eduardo Di . Tratamento Fotoquímico de efluente do refino de petróleo contendo BTEX e HPAs. In: Apresentação oral no XIV Encontro Anual de Iniciação Científica - UNICENTRO, 2005, Guarapuava. Anais do XIV EAIC, 2005.

  • VECCHI, Caroline Catyussia Carradore ; GUEDES, C. L. B. ; TAROZO, Rafael . Estudo da atividade química e do desempenho da turfa canadense como absorvente do diesel. In: Apresentação oral no XIV Encontro Anual de Iniciação Científica - UNICENTRO, 2005, Guarapuava, 2005.

  • MAURO, Eduardo Di ; MELO, Fernando Alves de ; PICCINATO, Marilene Turini ; GUEDES, C. L. B. ; NASCIMENTO, Otaciro Rangel Do . Electron Paramagnetic Resonance of the Organic Free Radical in Petroleum.. In: Apresentação oral no XXIII Encontro de Físicos do Norte e Nordeste., 2005, Maceió. Livro de resumos do XXIII Encontro de Físicos do Norte e Nordeste., 2005. v. 1. p. 13.

  • CAYRES, Vanessa Pulita ; GIANJACOMO, Carlos Henrique ; SEGATO, Thiago Pinotti ; ROMERO, Fabiano Neves ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. . Fotodegradação de compostos aromáticos presentes em água residuária e efeito da adição de peróxido de hidrogênio.. In: III Encontro sobre Aplicações Ambientais de Processos Oxidativos Avançados., 2005, Campinas. Livro de resumos do III Encontro sobre Aplicações Ambientais de Processos Oxidativos Avançados., 2005. v. 1. p. POA69.

  • GUEDES, C. L. B. ; PAVANELLI, Alex Gibelato ; KOGA, Lucimara J ; BRITO, Osmar Rodrigues . Avaliação da fitorremediação de solo impactado por diesel comercial.. In: XIII Encontro de Química da Região Sul, 2005, Florianópolis. Livro de resumos do XIII Encontro de Química da Região Sul, 2005. v. 1. p. QO093.

  • CIVIDATTI, Luciana Natália ; ADÃO, Daniele Cristina ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. . Avaliação espectroscópica de solos do Paraná contaminados com derivados de petróleo e remediação com TiO2.. In: XIII Encontro de Química da Região Sul, 2005, Florianópolis. Livro de resumos do XIII Encontro de Química da Região Sul, 2005. v. 1. p. QO175.

  • ANDRADE, Milena Martins ; GUEDES, C. L. B. ; RALISCH, Ricardo . Análise física e química de solo contaminado com petróleo.. In: XIII Encontro de Química da Região Sul, 2005, Florianópolis. Livro de resumos do XIII Encontro de Química da Região Sul, 2005. v. 1. p. QO176.

  • VECCHI, Caroline Catyussia Carradore ; ROMERO, Fabiano Neves ; TAROZO, Rafael ; GUEDES, C. L. B. . Tratamento fotoquímico do resíduo de Spagh sorb resultante da remediação de águas naturais contaminadas com diesel.. In: XIII Encontro de Química da Região Sul, 2005, Florianópolis. Livro de resumos do XIII Encontro de Química da Região Sul, 2005. v. 1. p. QO173.

  • ROMERO, Fabiano Neves ; VECCHI, Caroline Catyussia Carradore ; ADÃO, Daniele Cristina ; CAYRES, Vanessa Pulita ; SEGATO, Thiago Pinotti ; TAROZO, Rafael ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. . Efeito da luz solar e fontes artificiais no tratamento fotoquímico de efluente da industria do petróleo.. In: XIII Encontro de Química da Região Sul, 2005, Florianópolis. Livro de resumos do XIII Encontro de Química da Região Sul, 2005. v. 1. p. QO174.

  • CAYRES, Vanessa Pulita ; GIANJACOMO, Carlos Henrique ; SEGATO, Thiago Pinotti ; ROMERO, Fabiano Neves ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. . Fotodegradação de compostos aromáticos presentes em água residuária e efeito da adição de peróxido de hidrogênio.. In: XIII Encontro de Química da Região Sul, 2005, Florianópolis. Livro de resumos do XIII Encontro de Química da Região Sul, 2005. v. 1. p. QO171.

  • ADÃO, Daniele Cristina ; TAROZO, Rafael ; VECCHI, Caroline Catyussia Carradore ; PINTO, Jurandir Pereira ; FACCIONE, Milton ; GUEDES, C. L. B. . Avaliação da degradação ambiental de biodiesel (B100) do óleo de soja através de processos oxidativos. In: XIII Encontro de Química da Região Sul, 2005, Florianópolis. Livro de resumos do XIII Encontro de Química da Região Sul, 2005. v. 1. p. QO172.

  • ADÃO, Daniele Cristina ; TAROZO, Rafael ; MELO, Fernando Alves de ; QUESSADA, Talita Pedroso ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. . Avaliação do processo de envelhecimento do bio-óleo obtido a partir da pirólise de caroço de pêssego.. In: XIII Encontro de Química da Região Sul, 2005, Florianópolis. Livro de resumos do XIII Encontro de Química da Região Sul, 2005. v. 1. p. QO140.

  • SILVA, Angelita da ; LOBO, Ilza ; GUEDES, C. L. B. ; PINTO, Jurandir Pereira . Otimização e validação de métodos de extração e análise de HPAs em solos contaminados por derivados de petróleo. In: XIV Encontro Anual de Iniciação Científica, 2005, Guarapuava. Anais do XIV Encontro Anual de Iniciação Científica, 2005. v. CD.

  • MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. ; CAMPOS, Ariana de ; MAZZOCHIN, Leandro Freneda ; BRAGAGNOLO, Gislaine Maria ; MELO, Fernando Alves de ; PICCINATO, Marilene Turini . Study by EPR and Fluorescence Spectroscopy of Crude Oils Photodegradation in the Environment. In: VI IBERIAN AND III IBEROAMERICAN CONGRESS OF ENVIRONMENTAL CONTAMINATION AND TOXICOLOGY, 2005, Cádiz. Abstracts of 6th Iberian and 3rd Iberoamerican Congress of Environmental Contamination and Toxicology., 2005. v. 1. p. 87.

  • GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di ; MAZZOCHIN, Leandro Freneda ; ADÃO, Daniele Cristina ; SILVA, Angelita da ; FACCIONE, Milton ; PINTO, Jurandir Pereira ; BRITO, Osmar Rodrigues ; PAVANELLI, Alex Gibellato ; RALISCH, Ricardo ; ANDRADE, Milena Martins . Monitoramento de compostos aromáticos e fotocatálise com aeroxide TiO2 P25 in situ para remediação de solo impactado por derramamento de petróleo.. In: VI IBERIAN AND III IBEROAMERICAN CONGRESS OF ENVIRONMENTAL CONTAMINATION AND TOXICOLOGY, 2005, Cádiz. Abstracts of 6th Iberian and 3rd Iberoamerican Congress of Environmental Contamination and Toxicology., 2005. v. 1. p. 335.

  • MAZZOCHIM, Leandro Freneda ; ADÃO, Daniele Cristina ; GUEDES, C. L. B. . Degradação natural e fotocatalítica da fração aromática e asfaltenos de petróleo em solos da região norte do Paraná. In: VIII Encuentro Latinoamericano de Fotoquímica y Fotobiología, 2004, La Plata. Proceedings VIII Encuentro Latinoamericano de Fotoquímica y Fotobiología, 2004. v. 1. p. 42.

  • GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di ; SEGATO, Thiago Pinotti ; MAZZOCHIM, Leandro Freneda ; ADÃO, Daniele Cristina . Aplicação de semicondutores em tecnologia de recuperação ambiental. In: Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, 2004, Londrina. Mostra de Projetos de Pesquisa da UEL, 2004.

  • VECCHI, Caroline Catyussia Carradore ; ROMERO, Fabiano Neves ; ADÃO, Daniele Cristina ; TAROZO, Rafael ; MAZZOCHIM, Leandro Freneda ; GUEDES, C. L. B. . Avaliação do desempenho da turfa canadense como absorvente de diesel e tratamento fotoquímico do resíduo. In: XXVI Congresso Latinoamericano de Química e 27a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 2004, Salvador. Anais da 27a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 2004. v. 1. p. FT007.

  • ROMERO, Fabiano Neves ; VECCHI, Caroline Catyussia Carradore ; ADÃO, Daniele Cristina ; MAZZOCHIN, Leandro Freneda ; TAROZO, Rafael ; GUEDES, C. L. B. . Processo fotoquímico no tratamento de efluente do refino de petróleo. In: XXVI Congresso Latinoamericano de Química e 27a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 2004, Salvador. Anais da 27a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 2004. v. 1. p. AB122.

  • GUEDES, C. L. B. ; ROMERO, Fabiano Neves ; VECCHI, Caroline Catyussia Carradore ; ADÃO, Daniele Cristina ; MAZZOCHIN, Leandro Freneda ; TAROZO, Rafael . Processo fotoquímico no tratamento de efluente do refino de petróleo. In: Apresentação oral na Sessão de Química Ambiental no XII Encontro de Química da Região Sul, 2004, Guarapuava. Anais do XII Encontro de Química da Região Sul - Química: Tecnologia e desenvolvimento, 2004. v. 1. p. AB027.

  • VECCHI, Caroline Catyussia Carradore ; ROMERO, Fabiano Neves ; ADÃO, Daniele Cristina ; TAROZO, Rafael ; MAZZOCHIN, Leandro Freneda ; GUEDES, C. L. B. . Avaliação do desempenho da turfa canadense como absorvente de diesel e tratamento fotoquímico do resíduo. In: XII Encontro de Química da Região Sul, 2004, Guarapuava. Anais do XII Encontro de Química da Região Sul - Química: Tecnologia e Desenvolvimento, 2004. v. 1. p. AB028.

  • ADÃO, Daniele Cristina ; MAZZOCHIN, Leandro Freneda ; VECCHI, Caroline Catyussia Carradore ; ROMERO, Fabiano Neves ; GUEDES, C. L. B. ; LOBO, Ilza ; MAURO, Eduardo Di . Avaliação de processos abióticos no solo para remoção de componentes aromáticos de petróleo em fase adsorvida e residual. In: XII Encontro de Química da Região Sul, 2004, Guarapuava. Anais do XII Encontro de Química da Região Sul - Química: Tecnologia e Desenvolvimento, 2004. v. 1. p. AB040.

  • VECCHI, Caroline Catyussia Carradore ; ROMERO, Fabiano Neves ; TAROZO, Rafael ; CORBUCCI, Luciano Vetorasso ; GUEDES, C. L. B. . Remediação de águas naturais superficiais e subterrâneas contaminadas com derivado de petróleo. In: XIII Encontro Anual de Iniciação Científica, 2004, Londrina. Anais do XIII EAIC, 2004.

  • ADÃO, Daniele Cristina ; SEGATO, Thiago Pinotti ; MAZZOCHIN, Leandro Freneda ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. . Fotodegradação de petróleo com TiO2 na presença de luz solar. In: XIII Encontro Anual de Iniciação Científica, 2004, Londrina. Anais do XIII EAIC, 2004.

  • VECCHI, Caroline Catyussia Carradore ; ROMERO, Fabiano Neves ; ADÃO, Daniele Cristina ; MAZZOCHIN, Leandro Freneda ; TAROZO, Rafael ; GUEDES, C. L. B. . Avaliação do desempenho da turfa canadense como absorvente de diesel e tratamento fotoquímico do resíduo. In: XX Semana da Química da UEL, 2004, Londrina, 2004.

  • ROMERO, Fabiano Neves ; VECCHI, Caroline Catyussia Carradore ; ADÃO, Daniele Cristina ; MAZZOCHIN, Leandro Freneda ; TAROZO, Rafael ; GUEDES, C. L. B. . Processo fotoquímico no tratamento de efluentes do refino de petróleo. In: XX Semana da Química da UEL, 2004, Londrina, 2004.

  • GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di ; CAMPOS, Ariana de ; MAZZOCHIN, Leandro Freneda ; BRAGAGNOLO, Gislaine Maria ; MELO, Fernando Alves de ; PICCINATO, Marilene Turini . EPR and fluorescence spectroscopy in a study of photodegradation of Arabian and Colombian crude oils.. In: 17th EENC / 32nd AMPERE, 2004, Lille. www.NMR2004.com, 2004. v. 4. p. 355.

  • MAURO, Eduardo Di ; NAKAEMA, Marcelo Kiyoshi Kian ; MELO, Fernando Alves de ; TURINI, Marilene ; GUEDES, C. L. B. ; NASCIMENTO, Otaciro Rangel Do . EPR spectroscopy in the asphaltenes photodegradation study in petroleum. In: Apresentação Oral na Sessão FÍSICA ATÔMICA E MOLECULAR NO XXVI Encontro Nacional de Física da Matéria Condensada, 2003, Caxambu. Anais do XXVI Encontro de Física da Matéria Condensada, 2003. v. 1. p. 50.

  • GUEDES, C. L. B. ; TAROZO, Rafael ; MAZZOCHIM, Leandro Freneda ; MAURO, Eduardo Di ; BARBOSA, Aneli de Melo . Caracterização e avaliação de turfa utilizada na remediação de acidentes com petróleo e derivados. In: 26a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 2003, Poço de Caldas. Anais da 26a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 2003. v. 1. p. AB007.

  • GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di ; LOBO, Ilza ; FACCIONE, Milton ; PINTO, Jurandir Pereira ; BRAGAGNOLO, Gislaine Maria ; CAL, Iara Ramos ; MAZZOCHIN, Leandro Freneda . Monitoring and evaluation of the weathering of petroleum in the soil and natural waters under tropical conditions.. In: Oral presentation in the session CHEMICALS IN THE ENVIRONMENT in 5th Iberian and 2nd Iberoamerican Congress of Environmental Contamination and Toxicology, 2003, Porto. Proceedings Environmental Problems in an Iberoamerican Context - CICTA 2003, 2003. v. 1. p. 45.

  • SILVA, Paulo Rogério da ; GUEDES, C. L. B. ; TAROZO, Rafael ; NOMI, Sonia N ; CUNHA, Magda e T ; SOLCI, Maria Cristina ; YABE, Maria Josefa Santos . Foto-remediação e monitoramento de efluente líquido proveniente do refino de petróleo.. In: XLIII Congresso Brasileiro de Química, 2003, Ouro Preto. Anais do XLIII Congresso Brasileiro de Química., 2003. v. 1. p. 74.

  • CORBUCCI, Luciano Vetorasso ; GUEDES, C. L. B. ; SEGATO, Thiago Pinotti ; TAROZO, Rafael ; MOREIRA, Ivanira . Degradação Química da Fração Aromática da Gasolina em Água Subterrânea e Superficial.. In: II Encontro sobre Aplicações Ambientais de Processos Oxidativos Avançados., 2003, Campinas. Anais do II Encontro sobre Processos Oxidativos Avançados, 2003. v. 1. p. POA55.

  • SEGATO, Thiago Pinotti ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. ; CORBUCCI, Luciano Vetorasso ; MAZZOCHIN, Leandro Freneda . Fotocatálise com Dióxido de Titânio (P25) aplicado e suportado na superície de filme de petróleo sob luz solar.. In: II Encontro sobre Aplicações Ambientais de Processos Oxidativos Avançados., 2003, Campinas. Anais do II Encontro sobre Processos Oxidativos Avançados, 2003. v. 1. p. POA54.

  • MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. ; MELO, Fernando Alves de ; PICCINATO, Marilene Turini ; NAKAEMA, Marcelo Kiyoshi Kian ; NASCIMENTO, Otaciro Rangel Do . EPR in the study of petroleum asphaltenes. In: CICTA - Environmental Problems in an Iberoamerican Context, 2003, Porto. Proceedings in 5th Iberian and 2nd Iberoamerican Congress of Environmental Contamination and Toxicology, 2003. v. 1. p. 48.

  • CORBUCCI, Luciano Vetorasso ; GUEDES, C. L. B. . Degradação química da fração aromática da gasolina em água subterrânea e superficial.. In: XII Encontro Anual de Iniciação Científica da UNIOESTE, 2003, Foz do Iguaçu. Caderno de Programa do XII EAIC PIBIC/CNPq, 2003.

  • MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. ; MELO, Fernando Alves de ; PICCINATO, Marilene Turini ; NAKAEMA, Marcelo Kiyoshi Kian ; NASCIMENTO, Otaciro Rangel Do . Electron Paramagnetic Resonance in study of the organic free radicals in asphaltenes of crude petroleum.. In: I Workshop em Física Molecular e Espectroscopia, 2003, Niterói-RJ. Não editado, 2003.

  • SEGATO, Thiago Pinotti ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. . Fotocatálise com dióxido de titânio (P25) aplicado e suportado na superficie de filme de petróleo sob luz solar.. In: XII Encontro Anual de Iniciação Científica da UNIOESTE, 2003, Foz do Iguaçu. Caderno de Programa do XII EAIC PIBIC/CNPq, 2003.

  • SILVA, Paulo Rogério da ; TAROZO, Rafael ; NOMI, Sonia N ; CUNHA, Magda e T ; SOLCI, Maria Cristina ; YABE, Maria Josefa Santos ; GUEDES, C. L. B. . Foto-remediação e monitoramento de efluente líquido proveniente do refino de petróleo.. In: XI Encontro de Química da Região Sul, 2003, Pelotas. Livro de Resumos do XI Encontro de Química da Região Sul, 2003. v. 1. p. QA100.

  • SEGATO, Thiago Pinotti ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. ; CORBUCCI, Luciano Vetorasso ; MAZZOCHIN, Leandro Freneda . Fotocatálise com dióxido de titânio (P25) aplicado e suportado na superfície de filme de petróleo sob luz solar.. In: XI Encontro de Química da Região Sul, 2003, Pelotas. Livro de Resumos do XI Encontro de Química da Região Sul, 2003. v. 1. p. QA103.

  • GUEDES, C. L. B. . EPR in the study of petroleum asphaltenes. In: Oral presentation in the session CHEMICALS IN THE ENVIRONMENT in 5th Iberian and 2nd Iberoamerican Congress of Environmental Contamination and Toxicology, 2003, Porto. Proceedings Environmental Problems in an Iberoamerican Context - CICTA 2003, 2003. v. 1. p. 46.

  • CORBUCCI, Luciano Vetorasso ; GUEDES, C. L. B. ; SEGATO, Thiago Pinotti ; TAROZO, Rafael ; MOREIRA, Ivanira . Degradação química da fração aromática da gasolina em água subterrânea e superficial.. In: XI Encontro de Química da Região Sul, 2003, Pelotas. Livro de Resumos do XI Encontro de Química da Região Sul, 2003. v. 1. p. QA102.

  • CAL, Iara Ramos ; TAROZO, Rafael ; MAZZOCHIN, Leandro Freneda ; PINTO, Jurandir ; GUEDES, C. L. B. . Foto-remediação de solo do norte do Paraná e água superficial contaminados com derivado de petróleo. In: 25a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 2002, Poços de Caldas. Anais da 25a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 2002.

  • BRAGAGNOLO, Gislaine Maria ; ISHIKI, R. ; TAKASHIMA, Keiko ; GUEDES, C. L. B. . Fotodegradação dos HPAs de petróleo em águas naturais e efeito da adição de peróxido de hidrogênio. In: 25a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 2002, Poços de Caldas. Anais da 25a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 2002. v. 1.

  • GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di ; ANTUNES, Valdemir ; MANGRICH, Antonio Salvio . Photochemical weathering of brazilian petroleum by EPR spectroscopy. In: 7th International Symposium on Spin Trapping, 2002, Chapel Hill. Proceedings in 7th International Symposium on Spin Trapping, 2002. v. 1.

  • BRAGAGNOLO, Gislaine Maria ; MAZZOCHIM, Leandro Freneda ; SCARMINIO, I. ; GUEDES, C. L. B. . Intemperismo fotoquímico de petróleo colombiano: análises por fluorescência de hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs). In: XI Encontro Anual de Iniciação Científica., 2002, Maringá. Anais do XI Encontro Anual de Iniciação Científica., 2002.

  • CAL, Iara Ramos ; CAL, L. R. ; MAZZOCHIM, Leandro Freneda ; PINTO, Jurandir ; FACCIONE, Milton ; LOBO, Ilza ; GUEDES, C. L. B. . Interação de contaminantes orgânicos com solos.. In: XI Encontro Anual de Iniciação Científica., 2002, Maringá. Anais do XI Encontro Anual de Iniciação Científica., 2002. v. 1.

  • GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di ; NASCIMENTO, Otaciro Rangel Do ; CAMPOS, Ariana de ; MAZZOCHIM, Leandro Freneda ; BRAGAGNOLO, Gislaine Maria . Petroleum asphaltenes photodegradation study in arabian and colombian oils by EPR and fluorescence spectroscopy.. In: VII Encuentro Latinoamericano de Fotoquímica y Fotobiología, 2002, Viña del Mar. Acta de VII Encuentro Latinoamericano de Fotoquímica y Fotobiología, 2002. v. 1.

  • CAL, Iara Ramos ; CAL, L. R. ; MAZZOCHIM, Leandro Freneda ; PINTO, Jurandir Pereira ; FACCIONE, Milton ; GUEDES, C. L. B. ; LOBO, Ilza . Interação de hidrocarbonetos derivados de petróleo com solos da região de Morretes-PR.. In: X Encontro de Química da Região Sul, 2002, Joinville. Anais do X Encontro de Química da Região Sul, 2002.

  • BRAGAGNOLO, Gislaine Maria ; MAZZOCHIM, Leandro Freneda ; ISCHIKI, R. R. ; TAKASHIMA, Keiko ; GUEDES, C. L. B. . Fotodegradação dos HPAs de petróleo em águas naturais e efeito da adição de peróxido de hidrogênio.. In: X Encontro de Química da Região Sul, 2002, Joinville. Anais do X Encontro de Química da Região Sul, 2002. v. 1.

  • CAL, Iara Ramos ; TAROZO, Rafael ; MAZZOCHIM, Leandro Freneda ; PINTO, Jurandir Pereira ; FACCIONE, Milton ; GUEDES, C. L. B. . Foto-remediação de solo do norte do Paraná e água superficial contaminados com derivado de petróleo.. In: X Encontro de Química da Região Sul, 2002, Joinville. X Encontro de Química da Região Sul, 2002. v. 1.

  • ANTUNES, Valdemir ; MAURO, Eduardo Di ; MANGRICH, Antonio Salvio ; GUEDES, C. L. B. . Fotodegradação de Asfaltenos no Petróleo da Bacia de Campos-RJ. In: 24a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 2001, Poços de Caldas. Anais da 24a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 2001.

  • MAZZOCHIN, L. ; PESARINI, P. ; BRAGAGNOLO, G. ; GUEDES, C. L. B. . Intemperismo Fotoquímico de Petróleo Árabe Leve. In: Apresentação oral na SESSÃO COORDENADA DE QUÍMICA AMBIENTAL na 24a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 2001, Poços de Caldas. Anais da 24a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 2001.

  • CAMPOS, Ariana de ; TURINI, Marilene ; MELO, F. ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. . Estudo de asfaltenos em petróleo por RPE. In: IX Encontro de Química da Região Sul, 2001, Londrina. Anais do IX Encontro de Química da Região Sul, 2001.

  • BRAGAGNOLO, G. ; CAL, Iara Ramos ; MAZZOCHIN, L. ; PINTO, Jurandir ; GUEDES, C. L. B. ; LOBO, Ilza ; FACCIONE, Milton ; MAURO, Eduardo Di . Degradação de petróleo e óleo diesel em águas naturais e no solo. In: IX Encontro de Química da Região Sul, 2001, Londrina. Anais do IX Encontro de Química da Região Sul, 2001.

  • GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di ; MANGRICH, Antonio Salvio ; ANTUNES, Valdemir ; CAMPOS, Ariana de ; MAZZOCHIN, L. ; PESARINI, P. ; BRAGAGNOLO, G. . Estrutura molecular e foto-oxigenação de asfaltenos em petróleo árabe, brasileiro e colombiano. In: I Encontro sobre Aplicações Ambientais de Processos Oxidativos Avançados, 2001, Águas de São Pedro. Anais do I Encontro sobre Aplicações Ambientais de Processos Oxidativos Avançados, 2001.

  • MELO, F. ; TURINI, Marilene ; CAMPOS, Ariana de ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. ; MANGRICH, Antonio Salvio . Estudo da fotodegradação de petróleo sob lâmpada de sódio e mercúrio através de RPE. In: VI Semana da Física - UEL, 2001, Londrina, 2001.

  • GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di ; RAMONI, Marcos César . Estudo da Fotodegradação de Petróleo por Ressonância Paramagnética Eletrônica. In: 23a. Reunião Anual da SBQ, 2000, Poços de Caldas. Anais da 23a. Reunião Anual da SBQ, 2000.

  • RAMONI, Marcos César ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. ; SANO, Walter . Radicais Livres e Metais de Transição no Petróleo da Bacia de Campos e Elementos Poluentes por EPR. In: 8a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisadores Nikkeis, 2000, Curitiba. Anais da 8a. Reunião Anual da SBPN, 2000.

  • GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di ; MAZZOCHIN, L. ; PESARINI, P. ; BRAGAGNOLO, G. . Intemperismo de Petróleo em Águas Naturais Atingidas pelo Vazamento do Oleoduto da REPAR. In: Apresentação oral na SESSÃO COORDENADA DE QUÍMICA AMBIENTAL no VIII Encontro de Química da Região Sul, 2000, Santa Cruz do Sul. Anais do VIII Encontro de Química da Região Sul, 2000. v. 1.

  • GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di ; MANGRICH, Antonio Salvio ; RAMONI, Marcos César ; ANTUNES, Valdemir . Estudo da Fotodegradação de Petróleo Através de Ressonância Paramagnética Eletrônica. In: VIII Encontro de Química da Região Sul, 2000, Santa Cruz do Sul. Anais do VIII Encontro de Química da Região Sul, 2000.

  • GUEDES, C. L. B. ; MAURO, Eduardo Di ; MAZZOCHIM, Leandro Freneda ; PESARINI, P. F. ; BRAGAGNOLO, Gislaine Maria . Intemperismo de petróleo em águas naturais atingidas pelo vazamento do oleoduto da REPAR. In: VII Encontro de Química da Região Sul, 2000, Santa Cruz do Sul. Anais do VII Encontro de Química da Região Sul, 2000.

  • GUEDES, C. L. B. . Estudo da Fotodegradação de Petróleo por Ressonância Paramagnética Eletrônica. In: V Semana da Física - Departamento de Física - CCE - UEL, 2000, Londrina, 2000.

  • NICODEM, D. E. ; GUEDES, C. L. B. ; CORREA, R. J. ; SEVERINO, D. ; COUTINHO, M. ; GUIMARÃES, E. . Fluorescence Changes in a Brazilian Crude Petroleum due to Photochemical Weathering. In: VI Encontro Latino-Americano de Fotoquímica e Fotobiologia, 1999, Teresópolis. Anais do VI Encontro Latino-Americano de Fotoquímica e Fotobiologia, 1999.

  • NICODEM, D. E. ; GUEDES, C. L. B. ; CORREA, R. J. ; SEVERINO, D. . Singlet Oxygen Formation by Crude Petroleum. In: Singlet Molecular Oxigen Chemical, Biological and Medical Aspects, 1998, Caraguatatuba. Proceedings in Singlet Molecular Oxigen Chemical, Biological and Medical Aspects, 1998.

  • NICODEM, D. E. ; CUNHA, M. F. V. ; GUEDES, C. L. B. . Análise de Petróleo: Estudo de Supressão com Sondas Fluorescentes. In: V Encuentro Latinoamericano de Fotoquímica y Fotobiologia, 1997, Córdoba. Acta de V Encuentro Latinoamericano de Fotoquímica y Fotobiologia, 1997.

  • GUEDES, C. L. B. ; GUIMARÃES, E. ; NICODEM, D. E. . Mecanismo Envolvido na Fotodegradação de Petróleo e Rendimento Quântico de Formação de Oxigênio Singlete.. In: V Encuentro Latinoamericano de Fotoquímica y Fotobiologia, 1997, Córdoba. Acta de V Encuentro Latinoamericano de Fotoquímica y Fotobiologia, 1997.

  • GUIMARÃES, E. F. ; GUEDES, C. L. B. ; NICODEM, David Ernest . Estudo do Mecanismo Envolvido na Fotodegradação do Petróleo.. In: XIX Jornada de Iniciação Científica da UFRJ, 1997, Rio de Janeiro. Anais da XIX Jornada de Iniciação Científica da UFRJ, 1997.

  • GUEDES, C. L. B. ; NICODEM, David Ernest . A Flash Photolys Study of the Formation and the Quenching of Singlet Oxygen by Petroleum.. In: Eighth Inter-American Photochemical Society Conference, 1996, Foz do Iguaçu. Proceedings in Eighth Inter-American Photochemical Society Conference, 1996.

  • GUEDES, C. L. B. ; CORREA, R. J. ; SANTIAGO, P. B. ; NICODEM, D. E. . Efeito de Corante na Fotodegradação do Petróleo. In: Apresentação oral na SESSÃO COORDENADA DE QUÍMICA AMBIENTAL na 18a. Reunião Anual da SBQ e 7o. Encontro Brasileiro de Fotoquímica e Fotobiologia, 1995, Caxambu. Anais da 18a. Reunião Anual da SBQ e 7o. Encontro Brasileiro de Fotoquímica e Fotobiologia, 1995. v. 1.

  • NICODEM, D. E. ; FERNANDES, M. C. Z. ; GUEDES, C. L. B. ; CORREA, R. J. . The Role of Photochemical Processes on the Environmental Impact of Petroleum Spills.. In: XII International Symposium on Environmental Biogeochemistry. Biosphere and Atmospheric Changes, 1995, Rio de Janeiro. Proceedings in XII International Symposium on Environmental Biogeochemistry. Biosphere and Atmospheric Changes, 1995.

  • GUEDES, C. L. B. ; CORREA, Rodrigo José ; NICODEM, David Ernest . Efeito Filtro Interno. In: 18a. Reunião Anual da SBQ, 1995, Caxambu. Anais da 18a. Reunião Anual da SBQ, 1995.

  • GUEDES, C. L. B. ; CUNHA, M. F. V. ; NICODEM, David Ernest . Estudo de Supressão em Petróleo de Sondas Fluorescentes. In: VI Encontro Regional de Química da SBQ, 1995, Rio de Janeiro. Anais do VI Encontro Regional de Química da SBQ, 1995.

  • VALENTE, A. C. S. ; SANTIAGO, P. B. ; GUEDES, C. L. B. ; NICODEM, D. E. . Análise de Misturas de Beta-Caroteno. In: XVII Jornada Interna de Iniciação Científica da UFRJ, 1995, Rio de Janeiro. Anais da XVII Jornada Interna de Iniciação Científica da UFRJ, 1995.

  • GUEDES, C. L. B. ; CORREA, Rodrigo José ; SANTIAGO, P. B. ; NICODEM, David Ernest . Efeito de corante na fotodegradação de petróleo. In: 18a. Reunião Anual da SBQ e 7o. Encontro Brasileiro de Fotoquímica e Fotobiologia, 1995, Caxambu. Anais da 18a. Reunião Anual da SBQ, 1995.

  • FERNANDES, M. C. Z. ; GUEDES, C. L. B. ; CORREA, R. J. ; NICODEM, D. E. . O Efeito da Fenantrenoquinona na Fotodegradação do Petróleo.. In: 17a. Reunião Anual da SBQ, 1994, Caxambu. Anais da 17a. Reunião Anual da SBQ, 1994.

  • GUEDES, C. L. B. ; CORREA, R. J. ; NICODEM, D. E. . Fotodegradação de Petróleo. In: 17a. Reunião Anual da SBQ, 1994, Caxambu. Anais da 17a. Reunião Anual da SBQ, 1994.

  • GUEDES, C. L. B. ; NICODEM, David Ernest . Síntese de Trienos Conjugados a partir do Óleo de Mamona. In: IV Encontro Regional de Química da SBQ, 1988, Rio de Janeiro. Anais do IV Encontro Regional de Química da SBQ, 1988.

  • GUEDES, C. L. B. ; NICODEM, David Ernest . Análise de Hidroperóxidos Obtidos na Foto-Oxigenação de Ricinoleato de Metila. In: 2o. Encontro Latino-Americano de Fotoquímica e Fotobiologia, 1988, São Carlos. Anais do 2o. Encontro Latino-Americano de Fotoquímica e Fotobiologia, 1988.

  • GUEDES, C. L. B. ; NICODEM, David Ernest . Foto-Oxigenação do Óleo de Mamona. In: 39a. Reunião Anual da SBPC, 1987, Brasilia. Anais da 39a. Reunião Anual da SBPC, 1987.

  • Colusse, G A ; Neves, R I ; SCHIRMER, W. N. ; Guedes, C. L. B. . PRODUÇÃO DE BIOGÁS A PARTIR DE COPRODUTO DA INDÚSTRIA DO BIODIESEL E ÁLCOOL COMBUSTÍVEL. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FONTANA, M. ; BAUMI, J. ; Larissa L. Dorta ; Alves, H. J. ; ANDRADE, Milena ; Guedes, Carmen L.B. . Imobilização de lipase fúngica em poliamida 66 reciclada e biocarvão. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • Guedes, C.L.B. . 18o Congresso Brasileiro de Catálise. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Guedes, Carmen L.B. . Microalgae in lipid biomass production and carotenoids. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Guedes, Carmen L.B. . Programa de Pós-Graduação em Bioenergia em rede no estado do Paraná.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Guedes, Carmen L.B. . Perspectivas para o futuro da Bioenergia.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • BOFINGER, M. R. ; ANDRADE, Milena ; Larissa L. Dorta ; BARBOSA, Aneli de Melo ; DEKKER, R. F. H. ; MAURO, Eduardo Di ; Guedes, C.L.B. . Activation of pyrolysis-derived biochar and use as a support to immobilize lipase and employed in a two-step fatty acids methyl esters production.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • GAZZONI, Bruna Francielle ; VALEZI, D. F. ; BENATTI, F. R. ; MAURO, Eduardo Di ; Guedes, Carmen L.B. . EPR in the Identification of Fe3+ Compounds and Free Radicals of Seeds. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • GAZZONI, Bruna Francielle ; Guedes, Carmen L.B. ; BAUMI, J. ; COSTA, M. F. . SÍNTESE DO ÉTER BIS[2,3-DIHIDROXIPROPIL] A PARTIR DA GLICERINA. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • BAUMI, J. ; GAZZONI, Bruna Francielle ; Guedes, Carmen L.B. ; Ramos, G. S. . SÍNTESE DE ADITIVOS PARA COMBUSTÍVEIS ATRAVÉS DE OXIDAÇÃO DE GLICERINA COMERCIAL. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FIN-LIMA, F. A. ; SILVA, H. R. ; ANDRADE, D. S. ; GUEDES, C. L. B. . Influência da radiação na produção de carotenoides pela microalga Haematococcus pluvialis. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GUEDES, C. L. B. . Bioenergia e Biocombustíveis. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • GUEDES, C. L. B. . Perspectivas da Bioenergia através da Converção Térmica de Biomassa através da Conservação Térmica de Biomassa Agroindustrial. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • GUEDES, C. L. B. . As perspectivas do setor de bioenergia no Brasil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ZANUTTO, F. C. ; QUESSADA, Talita Pedroso ; VANZELA, P. G. S. ; ZORZETTO, M. E. S. ; PESARINI, P. F. ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. . Study of micro and nano bio-oil emulsions in fuel oil for use in power generation in thermoeletric plants. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SILVA, N. S. ; ZANUTTO, F. C. ; VANZELA, P. G. S. ; Guedes, C.L.B. . ASPECTOS TÉCNICOS, IMPACTOS AMBIENTAIS E ECONÔMICOS DA SUBSTITUIÇÃO DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS POR BIOMASSA E BIOCOMBUSTÍVEIS NA GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • ZANUTO, F. ; Luiz, A. P. C. ; Costa, Marcello Ferreira da ; COSTA, M. F. ; Di Mauro, E. ; Guedes, C. L. B. . Processo Fotoquímico na Degradação de Aromáticos de Petróleo em Água do Mar contendo Dispersante Químico. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • FIN, F. A. ; ANDRADE, D. S. ; GUEDES, C. L. B. . Lipid content in the cultivation of haematococcus pluvialis. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • GUEDES, C. L. B. ; ADÃO, Daniele Cristina ; QUESSADA, Talita Pedroso ; BORSATO, Dionisio ; GALÃO, Olívio Fernandes ; Di Mauro, E. ; PEREZ, Juan Miguel Mesa ; ROCHA, José Dílcio . Evaluation of biofuel derived from lignocellulosic biomass fast pyrolysis bio-oil for use as gasoline addictive. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • GUEDES, C. L. B. ; ADÃO, D. C. ; QUESSADA, Talita Pedroso ; Cortez, C. M. ; BORSATO, Dionisio ; GALÃO, Olívio Fernandes ; Di Mauro, E. . Lignocellulosic derived bio-oil for petroleum blends. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GUEDES, C. L. B. . Pós-Graduação em Bioenergia com Área de concentração em Biocombustíveis. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Guedes, C. L. B. . Tecnologia de produção de bio-óleo e impactos ambientais de combustíveis. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Andrade, M.M. ; BOFINGER, M. R. ; OLIVEIRA, B. H. ; Guedes, C.L.B. ; LIMA, V. M. G. ; BARBOSA, Aneli de Melo ; DEKKER, R. F. H. ; ANTONIA, L. H. D. . Comparação da imobilização da lipase de Botryosphaeria Ribis EC-01 em carvão ativado granular de coco e madeira. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • DINIZ-PIGOZZO, V. G. ; MIZUBUTI, I. Y. ; GUEDES, C. L. B. . Torta de Pinhão Manso: extração, caracterização e avaliação das propriedades dos ésteres de forbol. 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • SOUZA, A. C. ; GAZZONI, Bruna Francielle ; ALVES, João Carlos ; SCHREINER, W. H. ; AVILA, M. T. ; COSTA, M. F. ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. . Avaliação do uso de combustível alternativo para motores ciclo Otto. 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • ADÃO, D. C. ; QUESSADA, Talita Pedroso ; Cortez, C. M. ; GALÃO, Olívio Fernandes ; BORSATO, Dionisio ; GUEDES, C. L. B. . Avaliação de gasolina comum com adição de biocombustível produzido a partir da pirólise de biomassa lignocelulósica. 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • CORRER, Caryna Januário ; QUESSADA, Talita Pedroso ; GUEDES, C. L. B. . Caracterização de efluente proveniente da produção de biodiesel em usina do Paraná. 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • GUEDES, C. L. B. ; FIN, F. A. ; ANDRADE, D. S. . Produção de Carotenóides a partir de microalgas cultivadas em sistemas abertos e fechados. 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • CIVIDATTI, L. N. ; ZANUTO, F. ; Bragueto, R. ; MAURO, Eduardo Di ; GUEDES, C. L. B. . Tratamento in situ de solo argiloso contaminado com petróleo utilizando reagentes de Fenton. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Diaz-Uribe, C. E. ; Martha C. Daza E. ; Fernando Martínez O. ; Páez-Mozzo, E. A. ; MAURO, Eduardo Di ; Guedes, C. L. B. . Espectroscopia de fluorescencia para cuantificación de radical hidroxilo en el sistema TcPPFe/H2O2/UV-Vis. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • GUEDES, C. L. B. . CRAQUEAMENTO DE ÓLEO VEGETAL: Análises físico-químicas. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • GUEDES, C. L. B. . Projetos Institucionais em Energias Renováveis. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • GUEDES, C. L. B. . Palestra sobre "Monitoramento e remediação fotoquímica de solo impactado com petróleo" no 3o. Seminário do Rio Iguaçu na REPAR/PETROBRAS em Araucária, PR. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • GUEDES, C. L. B. . Palestra sobre "Estudo da fotodegradação de petróleo colombiano em águas naturais e no solo" no 2o. Seminário do Rio Iguaçu na REPAR/PETROBRAS em Araucária-PR. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • GUEDES, C. L. B. . Palestra sobre "Estudo da fotodegradação de petróleo" no 1o. Seminário do Rio Iguaçu na REPAR/PETROBRAS em Araucária-PR. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ADÃO, D. C. ; TAROZO, R. ; VECCHI, C. C. C. ; PINTO, Jurandir Pereira ; FACCIONE, Milton ; GUEDES, C. L. B. . Avaliação da degradação ambiental de biodiesel (B100) do óleo de soja através de processos oxidativos.. Biodieselbr - Eco Óleo, v. 2006, 2006 (Trabalho técnico).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

Guedes, Carmen L.B. . Avaliador ad hoc das propostas da chamada pública da Fundação Araucária. 2014.

Guedes, C.L.B. . Assessoria para o periódico Ciencia Rural da Scielo. 2014.

Guedes, Carmen L.B. . Elaborador e revisor de itens do Banco Nacional de Itens (BNI) do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes - ENADE. 2014.

Guedes, Carmen L.B. . Assessoria para o períodico Food Chemistry da Elsevier. 2013.

Guedes, Carmen L.B. . Consultor ad hoc FACEPE - Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco. 2012.

Guedes, Carmen L.B. . Avaliação de submissão de trabalho para Pesquisa Florestal Brasileira. 2012.

GUEDES, C. L. B. . Consultora ad hoc do processo de avaliação dos Editais 008/2010 Pappe Subvenção Econômica; 009/2010 Pesquisador na Empresa; 010/2010 Inovação Aberta e 014/2010 Cooperação Técnica. 2010.

GUEDES, C. L. B. . Consultora Científica no XIX Encontro Anual de Iniciação Científica na UNICENTRO, Guarapuava, PR. 2010.

GUEDES, C. L. B. . Assessor Ad hoc da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG). 2009.

GUEDES, C. L. B. . Consultora Científica no XVIII Encontro Anual de Iniciação Científica na UEL, Londrina, PR. 2009.

GUEDES, C. L. B. . Consultora Científica no XVII Encontro Anual de Iniciação Científica na UNIOESTE, Foz do Iguaçu, PR. 2008.

GUEDES, C. L. B. . Consultora ad hoc da Fundação de Apoio à Pesquisa Científica e Tecnológica do Estado de Santa Catarina. 2007.

GUEDES, C. L. B. . Consultora Ad hoc da Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná. 2007.

GUEDES, C. L. B. . Consultor Ad hoc da Revista ESTAÇ@O - Revista Eletrônica da Pró-Reitoria de Extensão. 2007.

GUEDES, C. L. B. . Consultora Científica no XVI Encontro Anual de Iniciação Científica na UEM, Maringá, PR. 2007.

GUEDES, C. L. B. . Assessora ad hoc: CT PETRO/ Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico. 2003.

GUEDES, C. L. B. . Consultora ad hoc: FUNDAÇÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA. 2003.

GUEDES, C. L. B. . Consultora ad hoc: FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE SÃO PAULO. 2002.

GUEDES, C. L. B. . Consultora ad hoc: V ENCONTRO DE ATIVIDADES CIENTÍFICAS DA UNOPAR. 2002.

GUEDES, C. L. B. . Consultora ad hoc: PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO - UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ. 2002.

GUEDES, C. L. B. . Assessora para elaboração de projetos e relatórios na área de SMS para a REPAR/PETROBRAS. 2000.

NICODEM, David Ernest ; GUEDES, C. L. B. ; CORREA, Rodrigo José . Suporte móvel para cubeta em espectrofluorímetro SPEX Fluorolog 2 modelo F111XI. 1998.

GUEDES, C. L. B. . Reviewer American Chemical Society Petroleum Research Fund. 2010.

GUEDES, C. L. B. . Auditora técnica de laboratório em química orgânica - Petróleo Brasileira S. A.. 2006.

GUEDES, C. L. B. . Consultora ad hoc: FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE SERGIPE. 2005.

GUEDES, C. L. B. . Comitê Assessor do Programa de Apoio a Ações Afirmativas para Inclusão Social em Atividades de Pesquisa e Extensão Universitária da UEL. 2005.

GUEDES, C. L. B. . Coordenadora do Gerenciamento de Resíduos Perigosos da UEL. 2004.

GUEDES, C. L. B. . Perícia técnica solicitada pelo Ministério Público para atuar no acidente ambiental ocorrido no Pool de Combustíveis de Londrina. 2003.

GUEDES, C. L. B. ; GAZZONI, D. . O Futuro Energético do País. 2006. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

GUEDES, C. L. B. . Gerenciamento de Resíduos Perigosos. 2004. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

GUEDES, C. L. B. . II Simpósio de Bioquímica e Biotecnologia da Universidade Estadual de Londrina. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

GUEDES, C. L. B. . II Simpósio de Bioquímica e Biotecnologia da Universidade Estadual de Londrina. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

GUEDES, C. L. B. . XXVIII Semana da Química e V Jornada de Pós-Graduação da Uel. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

GUEDES, C. L. B. . GESTÃO DE RESÍDUOS QUÍMICOS. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

GUEDES, C. L. B. . FOTOQUÍMICA APLICADA. 2009. .

Guedes, C. L. B. . Reunião de Avaliação do Projeto Biodiesel. 2009. (Reunião Técnica).

Guedes, C. L. B. . Processo de Seleção de Projetos do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC 2009/2010). 2009. (Comissão).

GUEDES, C. L. B. . Oficina técnica sobre organização de portifólio de projetos em agroenergia. 2008. (Oficina técnica).

Carmen Silvia Vieira Janeiro Neves ; Laurenil Gaste ; GUEDES, C. L. B. ; Marcia Regina Gabardo da Câmara ; Alamir Aquino Correa . Elaborar estudos e propor regulamentaçãoà ascensão do Título de Livre Docente na UEL. 2008. (Comissão).

Guedes, C. L. B. . Membro da Comissão para regulamentação do TIDE e Projetos - UEL.. 2008. (Comissão).

GUEDES, C. L. B. . Processo de Seleção de Projetos do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC 2008/2009). 2008. (Reunião Técnica).

GUEDES, C. L. B. . Curso de segurança em laboratório para estagiários: Manipulação e Armazenamento de Produtos Químicos e Resíduos Químicos dos Laboratórios. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

GUEDES, C. L. B. . Minicurso sobre "Gerenciamento de Resíduos Químicos em Laboratório de Ensino e Pesquisa" na 14a. SBQSul. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

GUEDES, C. L. B. . Treinamento sobre "Resíduos Químicos de Laboratório: Segregação, Tratamento e Destinação" na UEL. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

GUEDES, C. L. B. . Palestra sobre "Resíduos Laboratoriais" na XX Semana de Química da UEL. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

GUEDES, C. L. B. . Palestra sobre "Resíduos Gerados em Laboratório" no X Encontro do Programa Estadual de Controle de Resíduos de Medicamentos Veterinários em Alimentos. 2004. .

GUEDES, C. L. B. . Curso de Química Ambiental e Sanitária nas Faculdades Integradas de Ourinhos. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

GUEDES, C. L. B. . Palestra sobre GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS PERIGOSOS no Laboratório de Medicamentos da UEL. 2003. .

GUEDES, C. L. B. . Curso de Química Ambiental e Sanitária nas Faculdades Integradas de Ourinhos. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

GUEDES, C. L. B. . Seminário sobre "Energia Solar no Combate à Poluição" no CENPES/PETROBRAS. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

GUEDES, C. L. B. . Palestra sobre "Estudo da fotodegradação de petróleo por técnicas espectroscópicas" no Departamento de Física da UEM. 2000. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

GUEDES, C. L. B. . Palestra sobre "Estudo da fotodegradação de petróleo por RPE" no Departamento de Química da UEL. 2000. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

GUEDES, C. L. B. . Palestra sobre "Estudo da fotodegradação de petróleo por técnicas espectroscópicas" no XV Ciclo de Seminários do Grupo de Óptica e Optoeletrônica do Departamento de Física da UEL. 1999. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

GUEDES, C. L. B. . Minicurso sobre "Petróleo e Meio Ambiente" para o Curso de Química da UEL. 1999. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2011 - 2014

    Projeto 07469 - CARACTERIZAÇÃO POR RESSONÂNCIA PARAMAGNÉTICA ELETRÔNICA (RPE), FLUORECÊNCIA, Descrição: OS RECURSOS TERRESTRES, COSTEIROS E MARÍTIMOS, BEM COMO O MEIO AMBIENTE E OS SERES VIVOS, VÊM SOFRENDO UM PROCESSO ACELERADO DE DEGRADAÇÃO EM MUITOS LUGARES DO PLANETA. O GERENCIAMENTO DESTES RECURSOS PRECISA ALCANÇAR O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: CONSERVAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS EM BENEFÍCIO DE SUAS POPULAÇÕES. SUCESSIVOS VAZAMENTOS E DERRAMES DE PETRÓLEO OU DERIVADOS, ACIDENTAIS OU DEVIDO ÀS OPERAÇÕES DE ROTINA, REVELAM A NECESSIDADE DE SE AVALIAR OS DANOS REAIS CAUSADOS AO MEIO AMBIENTE, OS QUAIS AFETAM A QUALIDADE DA ÁGUA E DO SOLO, À FAUNA E FLORA DAS ÁREAS ATINGIDAS. 1) DETERMINAR EM DETERMINADAS ÁREAS DO ESTADO DO PARANÁ AS REGIÕES COM MAIOR POTENCIAL DE SEREM ATINGIDAS OU ESTAREM CONTAMINADAS POR RESÍDUOS DE POLUENTES FÓSSEIS OU INDUSTRIAIS, NO SENTIDO DE MAPEAR OS PONTOS MAIS ADEQUADOS PARA EFETUAR A COLETA DE AMOSTRAS PARA ANÁLISE. 2) IDENTIFICAR A COMPOSIÇÃO DE SEDIMENTOS, BEM COMO RECURSOS MINERAIS DE DETERMINADAS REGIÕES DO PARANÁ, UTILIZANDO MÉTODOS DE ANÁLISE, QUE POSSIBILITEM A IDENTIFICAÇÃO DAS FONTES ANTROPOGÊNICAS DO TIPO INDUSTRIAL E URBANA, E A AVALIAÇÃO DA TOXICIDADE DE POSSÍVEIS CONTAMINANTES PARA O HOMEM E OUTROS SERES VIVOS QUE HABITEM ESTE ECOSSISTEMA, ASSIM COMO NO TEMPO DE PERMANÊNCIA DESTES NO AMBIENTE.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Integrante / Marilene Turini Piccinato - Integrante / André Tsutomo Ota - Integrante / MARCELLO FERREIRA DA COSTA - Integrante / Di Mauro, Eduardo - Coordenador.

  • 2009 - 2014

    Projeto: 06752 - ESTUDO DA TRANSFERÊNCIA ELETRÔNICA FOTOINDUZIDA ENTRE UMA PORFIRINA E UM COMPLEXO RECEPTOR, Descrição: Tipo de Cadastro: ÓRGÃOS EXTERNOS DE FOMENTO Tipo de Pesquisa: TRABALHO CIENTÍFICO Processo: 39227 / 2009 Tempo Pr. Inicial: 060 Término Previsto: 30/09/2014 Área do CNPQ: FISICA Desenvolvimento do Projeto 02/10/2009 EM ANDAMENTO Aprovações do Projeto ÓRGÃOS EXTERNOS - CAPES - PNPD Resumo: COM O DESENVOLVIMENTO DESTE TRABALHO, PODERÃO SER CONSTITUÍDAS AS BASES PARA O FUTURO DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS SIMPLIFICADAS, IMPORTANTES PARA A RESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE. PODENDO SER ADAPTÁVEIS ÀS CONDIÇÕES RURAIS, DE DIFÍCIL ACESSO, ESTAS LOCALIDADES PODEM APROVEITAR A ABUNDÂNCIA DE LUZ SOLAR NO TRATAMENTO DE ÁGUAS DE ABASTECIMENTO DE AQUEDUTOS RURAIS, OU PROVENIENTES DE USO DOMÉSTICO E TAMBÉM DE MINERAÇÃO ARTESANAL. ENFIM, COM NOVOS SISTEMAS CATALÍTICOS HETEROGÊNEOS, SE PRODUZIRÃO MATERIAIS MAIS ESTÁVEIS, QUE PODERÃO SER UTILIZADOS EM MEIO AQUOSO E COM LUZ SOLAR, NA OXIDAÇÃO DE CONTAMINANTES REFRATÁRIOS A BIODEGRADAÇÃO. ALÉM DISSO, A IDENTIFICAÇÃO DAS OXOESPÉCIES FOTO GERADAS DURANTE O PROCESSO FOTOINDUZIDO, POR SUA CURTA VIDA, REQUER O USO DE TÉCNICAS COMO A RPE. AS INFORMAÇÕES FORNECIDAS POR ESTA TÉCNICA, AJUDARÃO NA ESCOLHA DO CATALISADOR E PERMITIRÁ A APLICAÇÃO DA QUÍMICA VERDE NA SÍNTESE ORGÂNICA DE COMPOSTOS TIPO HIDROCARBONETOS, PARA A OBTENÇÃO DE PRODUTOS DE GRANDE VALOR AGREGADO. ESTES PRODUTOS PERMITIRÃO OBSERVAR UMA OXIDAÇÃO SELETIVA COM O2 ATMOSFÉRICO, QUE EM PRESENÇA DA RADIAÇÃO SOLAR, GERARÁ UM FLUXO ELETRÔNICO, FAVORECENDO A ATIVIDADE DO CATALISADOR E UM PRODUTO DE OXIDAÇÃO SELETIVO.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Integrante / Eduardo Di Mauro - Coordenador / MARCELLO FERREIRA DA COSTA - Integrante / Carlos Eduardo Dias Uribe - Integrante / Fernando Martínez O. - Integrante / Fernando Pelegrini - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2011

    Projeto: 05484 - INVESTIGAÇÃO POR RPE E TÉCNICAS ÓTICAS DE PETRÓLEO E DERIVADOS EM SEDIMENTOS MARINHOS E TERRESTRES, Descrição: Resumo: OS RECURSOS TERRESTRES, COSTEIROS E MARÍTIMOS, BEM COMO O MEIO AMBIENTE E OS SERES VIVOS, VÊM SOFRENDO UM PROCESSO ACELERADO DE DEGRADAÇÃO EM MUITOS LUGARES DO MUNDO. O GERENCIAMENTO DESTES RECURSOS PRECISA ALCANÇAR O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: CONSERVAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS EM BENEFÍCIO DE SUAS POPULAÇÕES. SUCESSIVOS VAZAMENTOS E DERRAMES DE PETRÓLEO OU DERIVADOS, ACIDENTAIS OU DEVIDO ÀS OPERAÇÕES DE ROTINA, REVELAM A NECESSIDADE DE SE AVALIAR OS DANOS REAIS CAUSADOS AO MEIO AMBIENTE, OS QUAIS AFETAM A QUALIDADE DA ÁGUA E DO SOLO, À FAUNA E FLORA DAS ÁREAS ATINGIDAS. O PRESENTE ESTUDO CONSISTE EM: 1)DETERMINAR NA BAÍA DE PARANAGUÁ E EM OUTRAS ÁREAS DO ESTADO DO PARANÁ AS REGIÕES COM MAIOR POTENCIAL DE SEREM ATINGIDAS OU ESTAREM CONTAMINADAS POR RESÍDUOS DE MATERIAL BETUMINOSO, NO SENTIDO DE MAPEAR OS PONTOS MAIS ADEQUADOS PARA EFETUAR A COLETA DE AMOSTRAS PARA ANÁLISE. 2) IDENTIFICAR A COMPOSIÇÃO DE SEDIMENTOS MARINHOS SUPERFICIAIS DE PRAIAS ARENOSAS DA BAÍA DE PARANAGUÁ - PR, BEM COMO SEDIMENTOS TERRESTRES DE ALGUMAS REGIÕES DO PARANÁ, UTILIZANDO MÉTODOS DE ANÁLISE, QUE POSSIBILITEM A IDENTIFICAÇÃO DAS FONTES ANTROPOGÊNICAS DO TIPO INDUSTRIAL E URBANA, E A AVALIAÇÃO DA TOXICIDADE DE POSSÍVEIS CONTAMINANTES PARA O HOMEM E A OUTROS SERES VIVOS QUE HABITEM ESTE ECOSSISTEMA, ASSIM COMO NO TEMPO DE PERMANÊNCIA DESTES NO AMBIENTE. SOMANDO ASSIM ESFORÇOS PARA AUXILIAR NA IMPLEMENTAÇÃO DA AGENDA 21, ATRAVÉS DO FORNECIMENTO DE SUBSÍDIOS PARA A CONSERVAÇÃO E GESTÃO DOS RECURSOS NATURAIS NO ESTADO DO PARANÁ. ENTRE AS TÉCNICAS DE ANÁLISE, UTILIZAREMOS À ESPECTROSCOPIA DE RESSONÂNCIA PARAMAGNÉTICA ELETRÔNICA (RPE) PARA ESTUDAR AS ESPÉCIES PARAMAGNÉTICAS METÁLICAS, PRINCIPALMENTE OS METAIS DE TRANSIÇÃO E OS RADICAIS LIVRES, PRESENTES NOS SEDIMENTOS MARINHOS E TERRESTRES. A ESPECTROSCOPIA DE FLUORESCÊNCIA SERÁ UTILIZADA PARA ANALISAR MATERIAL ORGÂNICO FLUORESCENTE ADSORVIDO NOS SEDIMENTOS E DISSOLVIDOS EM ÁGUA DO MAR.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Integrante / Eduardo Di Mauro - Coordenador / Ilza Lobo - Integrante / ANDRE TSUTOMU OTA - Integrante / MARCELLO FERREIRA DA COSTA - Integrante., Financiador(es): Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação da UEL - Auxílio financeiro.

  • 2005 - 2008

    Projeto: 04278 - ISOLAMENTO DE MICROORGANISMOS A PARTIR DE RESÍDUOS CONTAMINADOS POR DERIVADOS, Descrição: Resumo: A CONTAMINAÇÃO ACIDENTAL DE SOLOS E ÁGUAS NATURAIS, POR ROMPIMENTOS DE TUBULAÇÕES E TANQUES DE ARMAZENAMENTO EM POSTOS DE COMBUSTÍVEIS TEM SIDO CONSTANTE EM VIRTUDE DA APROXIMAÇÃO DO FINAL DA VIDA ÚTIL DESTES MATERIAIS. ÓRGÃOS DE PROTEÇÃO AMBIENTAL ESTÃO EXIGINDO A IMEDIATA RECUPERAÇÃO DO PASSIVO AMBIENTAL DE POSTOS DE COMBUSTÍVEIS, OU SEJA, A DESCONTAMINAÇÃO DO SOLO E DO LENÇOL FREÁTICO, QUANDO ATINGIDOS. OS MAIORES PROBLEMAS DESTA CONTAMINAÇÃO SÃO ATRIBUÍDOS AOS HPAS E BTEX, SENDO ESTES ÚLTIMOS, MAIS SOLÚVEIS E MAIS MÓVEIS DA FRAÇÃO DA GASOLINA E OS PRIMEIROS A ATINGIR O LENÇOL FREÁTICO. A BUSCA E O DESENVOLVIMENTO DE SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS PARA A REMEDIAÇÃO DE AMBIENTES CONTAMINADOS, QUE ATENDAM À LEGISLAÇÃO AMBIENTAL VIGENTE E QUE, AO MESMO TEMPO, SEJAM COMPATÍVEIS COM AS CONDIÇÕES ECONÔMICAS E OPERACIONAIS SE FAZ PRIMORDIAL. NOS ÚLTIMOS ANOS, TÉCNICAS DE REMEDIAÇÃO EMPREGANDO A BIODEGRADAÇÃO TÊM SIDO APLICADAS POR APRESENTAREM PARTICULAR IMPORTÂNCIA NA MINIMIZAÇÃO DO IMPACTO AMBIENTAL CAUSADO PELOS DERIVADOS DE PETRÓLEO.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Integrante / Ilza Lobo - Coordenador / Jurandir Pereira Pinto - Integrante / Aneli de Melo Barbosa - Integrante / Maria Inês Rezende - Integrante / Robert Frans Huibert Dekker - Integrante., Financiador(es): Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação da UEL - Auxílio financeiro.

  • 2004 - 2010

    Projeto: 04342 - Interação de agentes orgânicos antrópicos com espécies paramagnéticas presentes em sedimentos marinhos de praias arenosas da Baía de Paranaguá., Descrição: EDITAL FUNDAÇÃO ARAUCÁRIA - Cadastro no. 04342 PROPPG-UEL VALOR FINANCIAMENTO - R$ 20.000,00 Resumo: OS RECURSOS COSTEIROS E MARÍTIMOS, BEM COMO O AMBIENTE E OS SERES VIVOS, VÊM SOFRENDO UM PROCESSO ACELERADO DE DEGRADAÇÃO EM MUITOS LUGARES DO MUNDO. O GERENCIAMENTO DESTES RECURSOS PRECISA ALCANÇAR O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: CONSERVAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS EM BENEFICIO DE SUAS POPULAÇÕES. SUCESSIVOS VAZAMENTOS E DERRAMES DE PETRÓLEO OU DERIVADOS, ACIDENTAIS OU DEVIDO A OPERAÇÕES DE ROTINA, REVELAM A NECESSIDADE DE SE AVALIAR OS DANOS REAIS CAUSADOS AO MEIO AMBIENTE, OS QUAIS AFETAM A QUALIDADE DA ÁGUA E DO SOLO, A FAUNA E FLORA DAS ÁREAS ATINGIDAS.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Integrante / Eduardo Di Mauro - Coordenador / Otaciro Rangel do Nascimento - Integrante / Ilza Lobo - Integrante / Marilene Turini Piccinato - Integrante / Vanessa Pulita Cayres - Integrante / Angelita da Silva - Integrante / Luciana Natália Cividatti - Integrante / Otavio J. G. Abi Saab - Integrante / Renato César de Souza - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Paraná - Auxílio financeiro / Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos - Cooperação.

  • 2004 - 2007

    Projeto: 04585 - Diagnóstico dos efeitos de derrames de diesel e gasolina em espécie de peixe neotropical., Descrição: Resumo: COM O OBJETIVO DE APROFUNDAR OS ESTUDOS SOBRE BIOMARCADORES PARA O DIAGNÓSTICO DOS EFEITOS DE DERRAMES DE ÓLEO EM ESPÉCIES DE PEIXES NATIVAS ESTE PROJETO PROPÕE: 1. REALIZAR TESTES DE TOXICIDADE COM ESPÉCIE DE PEIXE NEOTROPICAL (PROCHILODUS LINEATUS) EXPOSTA À SIMULAÇÃO DE DERRAMES DE DIESEL E GASOLINA. 2. CARACTERIZAR OS PADRÕES DE RESPOSTAS DESTES PEIXES AOS DERIVADOS DE PETRÓLEO EM VÁRIOS NÍVEIS ORGANIZACIONAIS: MOLECULAR, CELULAR, BIOQUÍMICO, GENÉTICO, MORFOLÓGICO E FISIOLÓGICO. 3. MAPEAR AS INTEGRAÇÕES DAS RESPOSTAS OBSERVADAS PARA COMPREENDER A RESPOSTA DO ORGANISMO AO ESTRESSE QUÍMICO PROMOVIDO PELOS DERIVADOS DE PETRÓLEO. 4. PADRONIZAR BIOMARCADORES QUE FORNEÇAM INFORMAÇÕES RELEVANTES PARA O MONITORAMENTO DE AMBIENTES IMPACTADOS PELO DERRAME DE DERIVADOS DE PETRÓLEO E QUE ANTECIPEM DESEQUILÍBRIOS MAIS PROFUNDOS NA COMUNIDADE ÍCTICA DO RIO E NO ECOSSISTEMA COMO UM TODO. PARA TANTO, SERÃO REALIZADOS TESTES DE TOXICIDADE AGUDO (6, 24 E 96H) E CRÔNICOS (15 DIAS) COM EXEMPLARES JOVENS DE CURIMBAS (P. LINEATUS) EXPOSTOS AO DERRAME SIMULADO DE DIESEL E GASOLINA. PARA CADA SITUAÇÃO EXPERIMENTAL SERÃO OBTIDOS ESPECTROS DE FLUORESCÊNCIA DA ÁGUA UTILIZADA NOS TESTES DE TOXICIDADE PARA CONTROLE DE HIDROCARBONETOS AROMÁTICOS. APÓS A EXPOSIÇÃO AOS DERRAMES OS ANIMAIS SERÃO SACRIFICADOS E AMOSTRADOS. PARA A ANÁLISE DOS EFEITOS DOS DERIVADOS DE PETRÓLEO SERÃO REALIZADAS AS SEGUINTES ANÁLISES: A) PARÂMETROS MOLECULARES: INTEGRIDADE DO DNA (TESTE DO COMETA E TESTE DO MICRONÚCLEO); B) PARÂMETROS BIOQUÍMICOS: ATIVIDADE HEPÁTICA DA CATALASE E GLUTATIONA TRANSFERASE (GST); C) PARÂMETROS HEMATOLÓGICOS: HEMATÓCRITO, CONTEÚDO DE HEMOGLOBINA E METAHEMOGLOBINA; D) PARÂMETROS ENDÓCRINOS: CORTISOL PLASMÁTICO; E) PARÂMETROS METABÓLICOS: GLICOSE, TRIGLICÉRIDES, COLESTEROL E PROTEÍNAS PLASMÁTICAS; F) PARÂMETROS IÔNICOS: OSMOLARIDADE E CONCENTRAÇÕES PLASMÁTICAS DE SÓDIO, POTÁSSIO E CLORETO; G) PARÂMETROS HISTOPATOLÓGICOS: OCORRÊNCIA DE ALTERAÇÕES HISTOPATOLÓGICAS NAS BRÂNQUIAS, FÍGA. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Integrante / Claudia Bueno dos Reis Martinez - Coordenador / Juliana Delatim Simonato - Integrante / Ilce Mara de Syllos Colus - Integrante / Silvia Helena Sofia - Integrante / Caroline Antunes Pereira - Integrante / Luciana de Campos Franci - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2007

    Projeto: 03246 - Estudo da fotodegradação de poluentes orgânicos refratários em efluentes da industria do petróleo, Descrição: Resumo:Estudo do intemperismo fotoquímico de compostos orgânicos tóxicos, carcinogênicos e refratários entre os contaminantes dos efluentes de refinarias de petróleo que tanto vem preocupando os orgãos reguladores de diversos países; propondo soluções para minimizar e até eliminar o efeito destes xenobióticos no ambiente.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Milton Faccione - Integrante / Maria Cristina Solci - Integrante / Celso Aleluia Mauro - Integrante / Vânia Junqueira Santiago - Integrante / Jurandir Pereira Pinto - Integrante / Vanessa Pulita Cayres - Integrante / Carlos Henrique Gianjacomo - Integrante / Ana Paula Rodrigues Torres - Integrante / Priscilla Lopes Florido - Integrante / Berenice Quinzano Jordão - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Outra / REFINARIA GABRIEL PASSOS - Cooperação / Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Leopoldo Américo Miguêz de Mello - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 19 / Número de orientações: 14

  • 2003 - 2006

    Riscos Ambientais Urbanos, Descrição: PENSAR A QUESTÃO DOS "RISCOS" ENVOLVE NÃO SÓ UM ESCLARECIMENTO DO QUE SEJA UM RISCO, COMO TAMBÉM O NÍVEL DOS RISCOS A QUE O HOMEM OU O AMBIENTE ESTÃO EXPOSTOS. NESTA PRIMEIRA APROXIMAÇÃO INTERDISCIPLINAR, ENVOLVENDO ESPECIALISTAS DE VÁRIAS ÁREAS QUE VÊM TRABALHANDO COM A QUESTÃO AMBIENTAL, PRETENDE-SE INICIALMENTE FAZER UMA IDENTIFICAÇÃO DOS POSSÍVEIS RISCOS AO HOMEM E AO AMBIENTE, DENTRO DE CADA ESPECIALIDADE. OS RISCOS PODEM SE APRESENTAR DE VÁRIAS FORMAS, COMO POR EXEMPLO. ÁREAS COM RISCOS POTENCIAIS, ÁREAS VULNERÁVEIS, ÁREAS CRÍTICAS, DO PONTO DE VISTA SOCIAL ETC. ASSIM, OS ESPECIALISTAS, COM LARGA EXPERIÊNCIA NA PESQUISA, PRETENDEM REALIZAR TRABALHOS ESPECÍFICOS, APLICANDO-OS NA ÁREA URBANA DE LONDRINA. O ESTUDO DOS RISCOS VINCULADOS À DRENAGEM URBANA, TANTO REFERINDO-SE ÀS ÁGUAS SUPERFICIAIS COMO PROFUNDAS, RELACIONANDO-OS À QUALIDADE DE VIDA DA POPULAÇÃO, COMO TAMBÉM ÀS VÁRIAS TRANSGRESSÕES AMBIENTAIS, SEJAM NOS RISCOS GEOLÓGICOS COMO ASSOREAMENTO OU PERIGOS PARA AS MORADIAS PRÓXIMAS AOS CÓRREGOS E AMBIENTES POLUÍDOS, SÃO ALGUNS DOS ESTUDOS CONTEMPLADOS. AS CIANOTONINAS, ORIUNDAS DE ÁGUAS EUTROFIZADAS REMETEM À QUESTÃO DE RISCO À QUALIDADE E SEGURANÇA ALIMENTAR, DEVIDO A PARTICIPAÇÃO FUNDAMENTAL DE ÁGUA AO LONGO DA CADEIA ALIMENTAR, RAZÃO DE SEU ESTUDO COMO UM SUBPROJETO. O SANEAMENTO URBANO, COMO TAMBÉM A QUALIDADE ESPACIAL FACE À DINÂMICA URBANA, DE UMA CIDADE HOJE COM CERCA DE 500.000 HABITANTES, REVELAM USOS E ADMINISTRAÇÕES INADEQUADAS DA GESTÃO PÚBLICA URBANA, UM DOS NOSSOS FOCOS DE ESTUDO. TRATA-SE DE UM PROJETO DE CARÁTER INTERDISCIPLINAR ONDE AS ÁREAS DE CONHECIMENTO COMO GEOGRAFIA, GEOLOGIA, ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, HISTÓRIA, QUÍMICA, ARQUITETURA, ENGENHARIA E CIÊNCIAS DA SAÚDE SÃO FUNDAMENTAIS PARA DAR O SUPORTE TÉCNICO E CIENTÍFICONECESSÁRIO PARA O ELUCIDAMENTO DE QUESTÕES ESPECÍFICAS SOBRE OS RISCOS AMBIENTAIS E QUALIDADE DE VIDA.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Integrante / Yoshiya Nakagawara Ferreira - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Paraná - Auxílio financeiro.

  • 2001 - 2005

    Estudo da fotodegradação de petróleo colombiano e diesel de mistura, Descrição: Estudo do intemperismo fotoquímico e monitoramento de hidrocarbonetos tóxicos e carcinogênicos, não biodegradáveis (refratários) visando o desenvolvimento de tecnologia para a remediação da área impactada pelo derrame de óleo bruto ocorrido no dia 16 de julho de 2000 nos Rios Barigüi e Iguaçu em decorrência do vazamento na REPAR.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (3) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Ilza Lobo - Integrante / Milton Faccione - Integrante / Ieda Scarminio - Integrante / Maria Cristina Solci - Integrante / Dionisio Borsato - Integrante / Leandro Freneda Mazzochin - Integrante / Gislaine Maria Bragagnolo - Integrante / Fernando Alves de Melo - Integrante / Marilene Turini Piccinato - Integrante / Daniele Cristina Adão - Integrante., Financiador(es): Refinaria Presidente Getúlio Vargas - Cooperação / TRANSPETRO - Paranaguá - Cooperação / Petróleo Brasileiro - Rio de Janeiro - Matriz - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 22 / Número de orientações: 19

  • 2001 - 2004

    Estudo por ressonância paramagnética eletrônica (RPE) e técnicas ópticas da fotodegradação de petróleo na presença de TiO2., Descrição: O dióxido de titânio pode ser considerado um dos mais eficientes fotocatalizadores, podendo remover os efeitos dos principais poluentes no ambiente. Neste estudo utilizaremos o dióxido para minimizar o efeito causado por derrame de petróleo e derivados sobre o meio ambiente. Por meio das técnicas de RPE e fluorescência estudaremos as modificações sofridas pelo petróleo quando irradiado por luz na presença do dióxido de titânio.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Integrante / David Ernest Nicodem - Integrante / Eduardo Di Mauro - Coordenador / Antonio Salvio Mangrich - Integrante / Otaciro Rangel do Nascimento - Integrante / Marcelo Kiyoshi Kian Nakaema - Integrante / Fernando Alves de Melo - Integrante / Marilene Turini Piccinato - Integrante / Thiago Pinotti Segato - Integrante / Daniele Cristina Adão - Integrante., Financiador(es): Petroleo Brasileiro S. A. - Cooperação / Ciência e Tecnologia no Setor de Petróleo e Gás Conselho Nacional de Desenv - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 12 / Número de orientações: 6

  • 1999 - 2002

    ESTUDO DA FOTODEGRADACAO DE POLUENTES NA PRESENCA DE TIO2 POR RESSONANCIA, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Integrante / Eduardo Di Mauro - Coordenador / Valdemir Antunes - Integrante / Marilene Turini Piccinato - Integrante / Walter Sano - Integrante / Fernando Alves de Melo - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2013 - Atual

    Projeto 09051 - DESENVOLVIMENTO DE SENSOR LUMINESCENTE DE FIBRA-ÓTICA PARA DETERMINAÇÃO IN SITU E ON-LINE DE TRIACILGLICERÓIS EM CULTIVOS DE MICROALGAS, Descrição: EMBORA SEJA VERDADE QUE A INDÚSTRIA DAS MICROALGAS, A OBTENÇÃO DE PRODUTOS DE VALOR AGREGADO (MEDICAMENTOS, PIGMENTOS, ETC.), TEM DEMONSTRADO SER RENTÁVEL E MADURA, NA PRODUÇÃO DE BIODIESEL AINDA TEM UM GRANDE CAMINHO A PERCORRER PARA ESTAR AO MESMO NÍVEL. ISTO SE DEVE AO FATO DE QUE, ENQUANTO O PREÇO DUMA TONELADA DE ASTAXANTINA (POR EXEMPLO) É DE $3 MILHÕES DÓLARES, O PREÇO DUMA TONELADA DE PETRÓLEO É INFERIOR AOS $1000 DÓLARES. MESMO QUE AMBAS AS TECNOLOGIAS UTILIZEM MICROALGAS ELAS TÊM UMA ECONOMIA MUITO DIFERENTE, AINDA É NECESSÁRIO UM GRANDE TRABALHO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO PARA QUE ESTA PROMETEDORA TECNOLOGIA POSSA COMPETIR COM OUTRAS TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO DE BIODIESEL MAIS MADURAS. SEU ÊXITO ECONÔMICO VAI DEPENDER DAS OTIMIZAÇÕES DE TODAS E CADA UMA DAS ETAPAS E FATORES QUE CONTROLAM A PRODUÇÃO, TENTANDO DIMINUIR CUSTOS E AUMENTAR A PRODUÇÃO. AS LINHAS DE PESQUISA SÃO MUITO VARIADAS: SELEÇÃO DE ESPÉCIES E CEPAS, MELHORAMENTO GENÉTICO DELAS, DESENHO DOS BIORREATORES, MELHORA E CONTROLE DAS CONDIÇÕES DE CRESCIMENTO, COLETA DAS CÉLULAS, EXTRAÇÃO DOS LIPÍDEOS, REVALORIZAÇÃO DOS PRODUTOS SECUNDÁRIOS (PROTEÍNAS, VITAMINAS, ETC.), ENTRE OUTROS. A FIM DE REDUZIR OS CUSTOS, TAMBÉM SÃO ESTUDADAS FONTES DE MATÉRIAS PRIMAS ALTERNATIVAS PARA A ALIMENTAÇÃO DOS CULTIVOS COMO ÁGUAS RESIDUAIS, ONDE OS BIORREATORES SERIAM PARTE DAS ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTO (ETE); OU A ALIMENTAÇÃO DOS CULTIVOS COM CO2 DIRETO DAS CHAMINÉS INDUSTRIAIS, O QUE PERMITIRIA ÀS INDÚSTRIAS, ALEM DE GERAR BIODIESEL, OBTER UM BENEFÍCIO DO MERCADO DAS EMISSÕES DE CO2. TUDO PARECE INDICAR QUE O FUTURO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE BIODIESEL DE MICROALGAS É UMA TAREFA MULTIDISCIPLINAR QUE ENVOLVE NÃO SÓ ÁREAS DIFERENTES DA CIÊNCIA, MAS TAMBÉM, DADA À IMPORTÂNCIA ESTRATÉGICA DO PRODUTO (ENERGIA), VONTADES POLÍTICAS. UMA DAS FORMAS DE REDUZIR OS CUSTOS E INCREMENTAR A PRODUÇÃO É CONTROLANDO TODOS OS PARÂMETROS FUNDAMENTAIS QUE DOMINAM A REAÇÃO BIOLÓGICA DE INTERESSE. É POR ISSO MESMO QUE OS BIORREATORES (DE TODOS OS TIPOS) ACOSTUMAM TER INSTALADOS CONJUNTOS DE SENSORES PARA MONITORIZAR PARÂMETROS COMO O PH, A TEMPERATURA, A CONCENTRAÇÃO DE REATIVOS (NUTRIENTES, CO2, ETC.), OU COPRODUTOS (O2, BIOMASSA OU PIGMENTOS).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Diva de Souza Andrade - Integrante / Guillermo Orellana - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Projeto: 09090 - ESTUDO DE EMULSÕES DO BIO-ÓLEO PIROLÍTICO EM ÓLEO COMBUSTÍVEL PARA USO NA GERAÇÃO DE ENERGIA EM TERMELÉTRICAS., Descrição: O MAIOR DESAFIO PARA A EXPANSÃO DA GERAÇÃO TERMELÉTRICA A PARTIR DA BIOMASSA IN NATURA ESTÁ NA LOGÍSTICA DO PROCESSO, DEVIDO ÀS CARACTERÍSTICAS DA BIOMASSA (GRANDE DISPERSÃO, BAIXA DENSIDADE, BAIXO PODER CALORÍFICO, DIFÍCIL MANUSEIO E ALTA UMIDADE). UNIDADES DE PIRÓLISE RÁPIDA DE BIOMASSA PARA PRODUÇÃO DE COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS DE ALTA DENSIDADE ENERGÉTICA, ADAPTADOS PARA GERAÇÃO TERMELÉTRICA A PARTIR DE BIOMASSAS AGROINDUSTRIAIS SERIA UMA ALTERNATIVA PARA PRODUÇÃO DE MATÉRIA PRIMA NA GERAÇÃO TERMELÉTRICA. A TRANSFORMAÇÃO DA BIOMASSA VIA PIRÓLISE RÁPIDA RESOLVERIA OS PROBLEMAS DE LOGÍSTICA, POSSIBILITANDO O USO DESSES COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS NOS SISTEMAS DE COMBUSTÃO ATUALMENTE EXISTENTES SEM MODIFICAÇÕES SUBSTANCIAIS. O PROCESSO TRANSFORMA A BIOMASSA DE BAIXA DENSIDADE (80-250 KG.M-3) EM BIO-ÓLEO (LÍQUIDO COM DENSIDADE DE 1200 KG.M-3). UNIDADES DE PIRÓLISE SÃO ECONOMICAMENTE VIÁVEIS E SUFICIENTEMENTE COMPACTAS PARA PERMITIR SUA IMPLANTAÇÃO DE FORMA DESCENTRALIZADA. ISSO PERMITE CRIAR UMA LOGÍSTICA DE FORNECIMENTO DE CARVÃO E BIO-ÓLEO A PARTIR DE UNIDADES DE PIRÓLISE ESPALHADAS GEOGRAFICAMENTE EM CENTROS GERADORES DE RESÍDUOS DE BIOMASSAS TAIS COMO: AGROINDUSTRIAIS, AGRÍCOLAS, RESÍDUOS ORGÂNICOS URBANOS, ALGAS, ENTRE OUTRAS. A PROPOSTA EM QUESTÃO PERMITE A OBTENÇÃO DE COMBUSTÍVEIS DE FÁCIL ADAPTABILIDADE AOS SISTEMAS DE COMBUSTÃO ATUALMENTE EXISTENTES NAS UNIDADES GERADORAS. O PROJETO PREVÊ PESQUISAS BÁSICAS E APLICADAS NA PRODUÇÃO E NO USO DE NOVOS BICOMBUSTÍVEIS NA CADEIA PRODUTIVA DE TERMELÉTRICAS ABRANGENDO A PRODUÇÃO E PADRONIZAÇÃO DE BIO-ÓLEO E SUAS MISTURAS COM O ÓLEO COMBUSTÍVEL DERIVADO DO PETRÓLEO PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA. A PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA, COMO A CARACTERIZAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DA BIOMASSA LIGNOCELULÓSICA E DO BIO-ÓLEO E/OU DERIVADOS EM MISTURA OU COMO ADITIVO PARA ÓLEO COMBUSTÍVEL É A TAREFA PRINCIPAL A SER DESENVOLVIDA NESTA PROPOSTA OBJETIVANDO O USO DO BIO-ÓLEO NA CO-COMBUSTÃO DOS DERIVADOS FÓSSEIS, PODENDO SER ESTE BIOCOMBUSTÍVEL NO FUTURO INSERIDO NA MATRIZ ENERGÉTICA NACIONAL PARA GERAÇÃO TERMELÉTRICA.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Talita Pedroso Quessada - Integrante / Pérez, Juan Miguel Mesa - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Projeto: 09091 - OBTENÇÃO DE BIODIESEL A PARTIR DE ÓLEO RESIDUAL UTILIZANDO LIPASE IMOBILIZADA EM BIOCARVÃO PIROLÍTICO., Descrição: COM O AUMENTO NA DEMANDA DE PETRÓLEO, SUA POSSÍVEL ESCASSEZ E CUSTO ASSOCIADO A PREOCUPAÇÕES POLÍTICAS E AMBIENTAIS SOBRE O USO DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS, SURGEM A NECESSIDADE DE DESENVOLVER UM PROCESSO ECONÔMICO E ENERGÉTICO PARA PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL DE COMBUSTÍVEIS. O BIODIESEL É UM COMBUSTÍVEL DERIVADO DE FONTES RENOVÁVEIS, COMO ÓLEOS VEGETAIS E GORDURAS ANIMAIS, COMPOSTOS POR TRIACILGLICERÓIS, UMA OPÇÃO COMO FONTE RENOVÁVEL DE ENERGIA COM POTENCIAL PARA SUBSTITUIR O DIESEL DE PETRÓLEO. A METODOLOGIA DE OBTENÇÃO DESTE BIOCOMBUSTÍVEL UTILIZA GERALMENTE A CATÁLISE BÁSICA, ENTRETANTO, DEVIDO A ALGUNS INCONVENIENTES COMO A DIFÍCIL RECUPERAÇÃO DO GLICEROL E REAÇÕES PARALELAS, BUSCARAM-SE NOVAS ALTERNATIVAS DE PRODUÇÃO. FOI ENTÃO OBSERVADO QUE A CATÁLISE ENZIMÁTICA, UTILIZANDO LIPASES É ESPECÍFICA E PERMITE A FÁCIL RECUPERAÇÃO DO GLICEROL. ATUALMENTE, OS CUSTOS DO EMPREGO DA LIPASE NA TRANSESTERIFICAÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL AINDA SÃO ELEVADOS. ISTO SE DEVE A BARREIRAS NO PROCESSO, COMO A POSSÍVEL PERDA DA ENZIMA POR DESATIVAÇÃO PERANTE O ÁLCOOL E O GLICEROL, PRESENTES NA MISTURA DE REAÇÃO. DIVERSAS TÉCNICAS TÊM SIDO DESENVOLVIDAS PARA MINIMIZAR ESTES EFEITOS, COMO A IMOBILIZAÇÃO DA ENZIMA, QUE PERMITE A SUA REUTILIZAÇÃO, SEPARAÇÃO DE PRODUTOS DO MEIO REACIONAL DE FORMA FÁCIL E AINDA, MUITAS VEZES, MELHORA A EFICIÊNCIA CATALÍTICA DA ENZIMA. UMA OPÇÃO VANTAJOSA É A IMOBILIZAÇÃO EM UM SUPORTE DE BAIXO CUSTO COMO O BIOCARVÃO, UM RESÍDUO DE PIRÓLISE, QUE APÓS ATIVAÇÃO, PERMITE A IMOBILIZAÇÃO DA ENZIMA POR ADSORÇÃO DEVIDO À GRANDE ÁREA SUPERFICIAL E GRUPOS FUNCIONAIS PRESENTES. PARA CONTRIBUIR COM A REDUÇÃO DE CUSTOS, A ENZIMA SERÁ PRODUZIDA POR UM FUNGO PREVIAMENTE SELECIONADO COMO PRODUTOR DE LIPASES A PARTIR DE CONDIÇÃO OTIMIZADA UTILIZANDO UM RESÍDUO AGROINDUSTRIAL, A TORTA DE SOJA, SOMENTE COM ADIÇÃO DE ÁGUA. E, AINDA, A UTILIZAÇÃO DE ÓLEO DE COZINHA RESIDUAL COMO MATÉRIA PRIMA PARA PRODUÇÃO DE BIODIESEL AO INVÉS DE ÓLEO VEGETAL, CONTRIBUIRÁ PARA A DIMINUIÇÃO DO CUSTO FINAL DO PROCESSO. OUTRA FERRAMENTA MUITO ÚTIL QUE SERÁ UTILIZADA COM O INTUITO DE DIMINUIR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO É O PLANEJAMENTO FATORIAL, ATRAVÉS DA AVALIAÇÃO DE VARIÁVEIS QUE INFLUENCIAM NA SÍNTESE DE BIODIESEL. O DESENVOLVIMENTO DESTE PROJETO VISA À ADIÇÃO DE VALOR AGREGADO AOS RESÍDUOS INDUSTRIAIS TORTA DE SOJA, CARVÕES DE PIRÓLISE E ÓLEO RESIDUAL. ESTAS INICIATIVAS PROPORCIONARÃO O DESENVOLVIMENTO DE NOVOS PROCESSOS BIOTECNOLÓGICOS PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL E POSSIBILIDADE DE NOVAS PATENTES E PUBLICAÇÕES, ALÉM DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS EM NÍVEL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, MESTRADO, DOUTORADO E PÓS-DOUTORADO, CONTRIBUINDO PARA O FORTALECIMENTO DOS PROGRAMAS DE PÓS GRADUAÇÃO EM QUÍMICA, BIOENERGIA E BIOTECNOLOGIA.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Aneli de Melo Barbosa - Integrante / Maria Inês Rezende - Integrante / Milena Martins Andrade - Integrante / André Luiz Martinez de Oliveira - Integrante / Robert F. H. Dekker - Integrante.

  • 2009 - 2012

    Projeto: 06751 - REMEDIAÇÃO IN SITU DE SOLOS IMPACTADOS COM PETRÓLEO OU DERIVADOS UTILIZANDO, Descrição: Tipo de Cadastro: ÓRGÃOS EXTERNOS DE FOMENTO - PETROBRAS/CENPES Tipo de Pesquisa: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Processo: 39226 / 2009 Tempo Pr. Inicial: 036 Meses Prorrog.: Término Previsto: 30/04/2012 Área do CNPQ: QUIMICA Desenvolvimento do Projeto 08/05/2009 EM ANDAMENTO ÓRGÃOS EXTERNOS Resumo: ESPERA-SE COMO PRODUTO TECNOLÓGICO FINAL À RECUPERAÇÃO IN SITU DE ÁREAS IMPACTADAS DEVIDO A ACIDENTES OU OPERAÇÕES DE ROTINA LIGADAS A ATIVIDADES DA INDÚSTRIA DO PETRÓLEO, ATRAVÉS DE TRATAMENTOS ALTERNATIVOS QUE POSSAM ALÉM DE BAIXAR OS CUSTOS OPERACIONAIS DA REMEDIAÇÃO, EVITAR A GERAÇÃO DE RESÍDUOS OU DE EFLUENTES PARA A DISPOSIÇÃO FINAL. OS BENEFÍCIOS SERÃO DE ATENDER A LEGISLAÇÃO AMBIENTAL VIGENTE COM IMPLEMENTAÇÃO DE AÇÕES QUE CONTRIBUAM PARA O DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO SUSTENTÁVEL, COM PRESERVAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS E DOS SERES VIVOS, CONTRIBUINDO ASSIM, PARA A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DAS FUTURAS GERAÇÕES.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Claudia Bueno dos Reis Martinez - Integrante / Flávia Zanuto - Integrante / Rafael Bragueto - Integrante / Fabio Cal Sabino - Integrante / Lucia A. S. Almeida - Integrante / Ana Paula C. Luiz - Integrante., Financiador(es): Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobras - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    Projeto 07838 - DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS PARA A PRODUÇÃO DE MICROALGAS COMO FONTE DE ÓLEO, Descrição: OBJETIVO GERAL: - desenvolver tecnologias para produção de biomassa de microalgas visando extração de óleo vegetal e utilização agrícola dos co-produtos. - elaboração de estudos para o dimensionamento e estruturação de um empreendimento de produção de óleo vegetal a partir de micro-algas para a fabricação de biodiesel e aproveitamento econômico dos co-produtos, prevendo-se a possibilidade de implantação de uma instalação piloto junto a um local onde haja condições adequadas para o melhor desenvolvimento da biomassa de microalgas. Objetivos especificos: 1 - coleta no paraná e aquisição de coleções nacionais e internacionais de material genético de microalgas para a formação de um banco genético com potencial para alavancar trabalhos sobre a produção de óleos vegetais para biodiesel a partir da biomassa destes organismos; 2- caracterização das microalgas para a produção de biomassa; 3- definição de sistemas de cultivo 4- determinação da produção de biomassa (kg/ha/dia); 5- quantificação do teor de lipídeos na biomassa das algas selecionadas e cultivadas em tanques abertos. Financiamento: Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR), a Companhia Paranaense de Energia (Copel) e a Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio (Fapeagro).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Diva de Souza Andrade - Integrante / ARNALDO COLOZZI FILHO - Integrante., Financiador(es): Companhia Paranaense de Energia - Auxílio financeiro / Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio - Outra / Instituto Agronômico do Paraná - Auxílio financeiro.Número de orientações: 3

  • 2009 - Atual

    Projeto 06785 - Avaliação, Desenvolvimento e Aplicação de Tecnologia para produção de biodiesel, Aproveitamento de Co-produto e Análise para Controle de Processos., Descrição: ESTE PROJETO DE PESQUISA ATUARÁ NO DESENVOLVIMENTO E APLICAÇÃO DE TECNOLOGIA PARA PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE BIODIESEL POR ROTA ETÍLICA, CONTEMPLANDO ANÁLISES FÍSICO-QUÍMICAS E CROMATOGRÁFICAS PARA CONTROLE DE PROCESSOS, VISANDO MAXIMIZAR O USO DE MATÉRIAS PRIMAS E CO-PRODUTOS DE ORIGEM RENOVÁVEL, MINIMIZANDO IMPACTOS AMBIENTAIS E DE SAÚDE PÚBLICA, BUSCANDO O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / João Carlos Alves - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Jurandir Pereira Pinto - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Eduardo DiMauro - Integrante / Fernanda de Almeida Fin-Lima - Integrante.

  • 2008 - 2010

    Projeto: 05746 - Produção de gás de síntese por gaseificação de bio-óleo obtido por pirólise rápida usando diferentes tipos de biomassa., Descrição: Juan Miguel Mesa Pérez - Coordenador geral - Bioware Tecnologia Edital MCT/SETEC/CNPq nº 32/2007 - RHAE Pesquisador na Empresa. R$300,00 Resumo: Desenvolver tecnologias de transformação de biomassa em energia, materiais e combustíveis renováveis de alto valor agregado com responsabilidade social e ambiental. Esse projeto de desenvolvimento tecnológico insere-se no contexto do uso racional da fonte de energia renovável da biomassa. A biomassa é uma vocação natural do Brasil e seu uso como fonte de energia e materiais em bases sustentáveis com a aplicação de tecnologias eficientes é imprescindível para que o país alcance maiores índices de aproveitamento e possa manter e ampliar sua liderança mundial em biocombustíveis. Por biomassa entende-se toda matéria orgânica de origem vegetal ou animal, inclusive os materiais procedentes de sua transformação natural ou artificial. . , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Dionisio Borsato - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Talita Pedroso Quessada - Integrante / Caren Mura Cortez - Integrante., Financiador(es): Bioware Tecnologia - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2010

    Projeto: 06940 - USO ALTERNATIVO DE COMBUSTÍVEL RENOVÁVEL PARA MOTORES DE CICLO OTTO EM GASOLINA E ETANOL, Descrição: A queima de combustíveis nos motores libera uma quantidade considerável de dióxido de carbono na atmosfera. O uso de componentes derivados de biomassa, os chamados biocombustíveis, na composição de combustíveis de motores, particularmente os oxigenados, reduzem o impacto nocivo do combustível no ambiente. Alguns países como Estados Unidos e Dinamarca proibiram o uso de metil-tércio-butil éter (MTBE) na gasolina. Vários países, incluindo os Estados Unidos, União Européia (UE), Japão, China e Índia estimulam e promovem o uso de biocombustíveis. A mistura gasolina-etanol (E85) e o uso de biodiesel em misturas com diesel como B2, B5 e B20 são exemplos destas diretrizes. O Brasil é citado mundialmente por utilizar na sua matriz energética grande percentagem de biomassa renovável. Além do impacto na redução de gases efeito estufa (GEE), os componentes oxigenados entre eles, o etanol - melhoram as características físico-química da mistura, por exemplo, o teor de oxigênio, o número de octano, a pressão de vapor, etc. A única desvantagem diz respeito à redução no poder calorífico, que aumenta o consumo, mas a relação de preços álcool-gasolina compensa o uso de etanol (GOLUBKOV et al., 2005). Enfim, para que se possa ter dados que balizem a possível regulamentação do uso das misturas sugeridas (glicerol + gasolina e glicerol + álcool hidratado) necessita-se de informações técnico-científicas, razão pela qual se propõe esse projeto. Financiamento: Edital 04/2008 - Convênio Embrapa/Petrobrás / Macroprograma 3 / Aproveitamento de co-produtos e resíduos dos processos industriais de óleos e de biodiesel / Proposta MP-3.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Ricardo Ralisch - Integrante / Marcio Turra de Ávila - Integrante., Financiador(es): EMBRAPA Soja - Bolsa / Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro / Petrobras Biocombustível - Matriz - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2010

    Projeto: 04962 - OTIMIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE OBTENÇÃO DE BIODIESEL UTILIZANDO O DELINEAMENTO, Descrição: Resumo: O CONSUMO DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS, TEM UM SIGNIFICATIVO IMPACTO NA QUALIDADE DO MEIO AMBIENTE. A POLUIÇÃO DO AR, AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS, OS DERRAMAMENTOS DE ÓLEO E A GERAÇÃO DE RESÍDUOS TÓXICOS SÃO RESULTADOS DO USO E DA PRODUÇÃO DE TAIS COMBUSTÍVEIS DERIVADOS DO PETRÓLEO. NO MUNDO, OS COMBUSTÍVEIS CONSUMIDOS POR VEÍCULOS AUTOMOTORES SÃO RESPONSÁVEIS PELA EMISSÃO DA MAIOR PARTE DE MONÓXIDO DE CARBONO, ÓXIDOS DE NITROGÊNIO (NOX), GASES ORGÂNICOS REATIVOS, MATERIAIS PARTICULADOS E DIÓXIDO DE ENXOFRE PRESENTE NA ATMOSFERA. O BIODIESEL PERMITE QUE SE ESTABELEÇA UM CICLO FECHADO DE CARBONO NO QUAL O GÁS CARBÔNICO É ABSORVIDO QUANDO A PLANTA CRESCE E É LIBERADO QUANDO O BIODIESEL É QUEIMADO NA COMBUSTÃO NO MOTOR. OS BENEFÍCIOS AMBIENTAIS PODEM, AINDA, GERAR VANTAGENS ECONÔMICAS PARA O PAÍS. O BRASIL PODERIA ENQUADRAR O BIODIESEL NOS ACORDOS ESTABELECIDOS NO PROTOCOLO DE KYOTO E NAS DIRETRIZES DOS MECANISMOS DE DESENVOLVIMENTO LIMPO. A TRANSESTERIFICAÇÃO EM MEIO BÁSICO SERÁ O PROCESSO PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL E COM O EMPREGO DE PARÂMETROS ADEQUADOS COMO RAZÃO MOLAR ÁLCOOL-ÓLEO VEGETAL, CONCENTRAÇÃO DE CATALISADOR E TEMPERATURA ESTA REAÇÃO, APESAR DE REVERSÍVEL, DEVERÁ APRESENTAR ALTOS RENDIMENTOS. NESTE TRABALHO, A ETANÓLISE DO ÓLEO DE SOJA REFINADO SERÁ OTIMIZADA POR MEIO DE UM PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL DE MISTURA UTILIZANDO 3 TIPOS DE CATALISADORES. A OTIMIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DA REAÇÃO DE TRANSESTERIFICAÇÃO PERMITIRÁ, ATRAVÉS DA ESCOLHA DO CATALISADOR ADEQUADO OU MESMO DE UMA MISTURA DE CATALISADORES, UMA MELHORA DO RENDIMENTO DO PROCESSO DE OBTENÇÃO DE BIODIESEL.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Integrante / Dionisio Borsato - Coordenador / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Ivanira Moreira - Integrante., Financiador(es): Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação da UEL - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2009

    Projeto 05473 - Produção de amostras de briquetes de carvão e bio-óleo em planta de pirólise - PPR-200 visando a sua comercialização., Descrição: ESSE PROJETO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PRETENDE ADEQUAR QUALIDADE E RENDIMENTO DOS PRODUTOS DA PLANTA PILOTO DENOMINADA PPR-220 (PLANTA DE PIRÓSE RÁPIDA COM CAPACIDADE PARA PROCESSAR 200 KG/H DE BIOMASSA) ÀS NECESSIDADES DE POTENCIAIS MERCADOS CONSUMIDORES, COM O OBJETIVO DE COMERCIALIZAR A TECNOLOGIA. ATUALMENTE, A PPR-220 PRODUZ DE FORMA CONTÍNUA O CARVÃO VEGETAL, O EXTRATO DE ÁCIDO, O BIO-ÓLEO E OS GASES DE COMBUSTÃO. ESSES PRODUTOS APRESENTAM MÚLTIPLAS APLICAÇÕES, COMO COMBUSTÍVEIS E INSUMOS QUÍMICOS, PORÉM, OS ESFORÇOS NESTE PROJETO ESTARÃO DIRIGIDOS PARA PRODUÇÃO DE GRANDES AMOSTRAS DE BRIQUETES SIDERÚRGICOS, BIO-ÓLEO COMBUSTÍVEL E EXTRATO ÁCIDO, VISANDO A CRIAÇÃO DO MERCADO CONSUMIDOR E POSTERIOR VENDA DA TECNOLOGIA. A AMOSTRA DE BRIQUETES DE CARVÃO VEGETAL TERÁ QUALIDADE PARA SEU USO EM ALTOS-FORNOS DA INDUSTRIA SIDERÚRGICA, O ESTRATO ÁCIDO SERÁ TESTADO COMO INSETICIDA NATURAL PARA A AGRICULTURA ORGÂNICA E ADITIVO DE COMBUSTÍVEL FÓSSIL. O BIO-ÓLEO SERÁ MISTURADO COM ÓLEO DIESEL PU BPF PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA EM CENTRAIS TERMELÉTRICAS. Edital MCT/CNPq/CTEnerg nº 33/2006 - Combustão e Gaseificação - IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO: 555127/2006-0 VALOR FINANCIAMENTO: 139.842,44 Subprojeto UEL: OBTENÇÃO DE ADITIVOS E BIOCOMBUSTÍVEIS A PARTIR DE EXTRATOS ÁCIDOS PRODUZIDOS NA PIRÓLISE DE RESÍDUOS DA AGRICULTURA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / José Dílcio Rocha - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante / ANDRESSA DEL FRARO FREDERICO - Integrante / Luis Augusto Barbosa Cortez - Integrante., Financiador(es): Bioware Tecnologia - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2006 - 2009

    Projeto: 05165 - Monitoramento da Bacia do Arroio Saldanha e Aplicação de Tecnologia para Remediação de Solo Atingido pelo Vazamento de Petróleo ocorrido em 16 de julho de 2000 na refinaria Presidente Getukio Vargas- REPAR, em Araucária, PR., Descrição: Convênio FAUEL/UEL - REPAR/PETROBRAS - Cadastro no. 05165 PROPPG-UEL FINANCIADOR: Petroleo Brasileiro S. A.-PETROBRAS VALOR FINANCIAMENTO: R$ 265.000,00 . A CONTINUIDADE DAS AÇÕES IMPLEMENTADAS PELA FAUEL/UEL QUE DIZEM RESPEITO AO MONITORAMENTO E APLICAÇÃO DE TECNOLOGIAS, COM APROVEITAMENTO DE LUZ SOLAR PARA REDUZIR OU ELIMINAR O IMPACTO CAUSADO PELO DERRAMAMENTO DE PETRÓLEO EM SOLO NA ÁREA DA REPAR/PETROBRÁS E VIZINHANÇA, É OPORTUNA NÃO SÓ PARA A RECUPERAÇÃO DA MATRIZ AMBIENTAL, MAS TAMBÉM PARA ASSESSORAR O SETOR DE SMS DA REPAR/PETROBRÁS NOS RELATÓRIO. REUNIÕES E SEMINÁRIOS EXIGIDOS PELOS ÓRGÃOS AMBIENTAIS, ASSIM COMO, DAR PROSSEGUIMENTO AOS TRABALHOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO NO PONTO ZERO. ALÉM DAS TECNOLOGIAS JÁ IMPLEMENTADAS E EM FASE DE MONITORAMENTO, SERÃO IMPLEMENTADAS OUTRAS AÇÕES EM SINERGIA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Ilza Lobo - Integrante / Milton Faccione - Integrante / Maria Cristina Solci - Integrante / Luiz Henrique Dall'Antonia - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Ricardo Ralisch - Integrante / Osmar Rodrigues Brito - Integrante / Otavio J. G. Abi Saab - Integrante., Financiador(es): Degussa Brasil Ltda - Cooperação / Petroleo Brasileiro S. A. - Auxílio financeiro / Tecnologia Ambiental - Cooperação.Número de orientações: 4

  • 2006 - 2009

    Projeto: 05339 - Obtenção de Biocombustíveis a partir de Óleos Vegetais por Processo de Pirólise Catalítica, Descrição: EDITAL Convênio Encomenda Transversal MCT / RBT / FINEP / EMBRAPA Global Energy and Telecommunication Ltda (GET) VALOR FINANCIAMENTO: R$ 293.000,00 Resumo: PROPÕE-SE A DESENVOLVER UM PROTÓTIPO PARA OBTENÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS SUCEDÂNEOS DE PETRODIESEL, GASOLINA, QUEROSENE E GLP, A PARTIR DE ÓLEOS VEGETAIS. DIFERENCIA-SE DE TRANSESTERIFICAÇÃO (BIODIESEL) POR GERAR UMA MISTURA DE HIDROCARBONETOS DE CADEIA LINEAR, SEMELHANTE AOS DERIVADOS DE PETRÓLEO. NÃO NECESSITA DE OUTROS INSUMOS, COMO O ÁLCOOL ANIDRO, NEM GERA SUB-PROJETOS, COMO GLICERINA, RAZÃO PELA QUAL ADAPTA-SE A UMA AMPLA GAMA DE USUÁRIOS, DESDE A PEQUENA PRODUÇÃO RURAL OU O PEQUENO EMPRESÁRIO, ATÉ A PRODUÇÃO POR ATACADO. ADAPTA-SE PERFEITAMENTE AO ATENDIMENTO ENERGÉTICO DE COMUNIDADES ISOLADAS. . , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Berenice Quinzano Jordão - Integrante / Marcio Turra de Ávila - Integrante / Decio Luiz Gazzoni - Integrante., Financiador(es): Embrapa Agroenergia - Cooperação / Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro / GET Global Energy and Telecommunication Ltda - Auxílio financeiro.

  • 2005 - 2007

    Projeto: 04578 - USO DE BIOMASSA COMO ENERGIA LIMPA E MATÉRIA-PRIMA RENOVÁVELUso de biomassa como energia limpa e matéria-prima renovável., Descrição: EDITAL CNPq 21/2004 - RHAE Inovação / RHAE Inovação - Projetos Tipo C VALOR FINANCIAMENTO R$ 128.500,00 Resumo: ESTE PROJETO PROPÕE REALIZAR UM ESTUDO TEÓRICO E EXPERIMENTAL VISANDO MELHORAR AS PROPRIEDADES COMBUSTÍVEIS DO BIO-ÓLEO OBTIDO NA PLANTA DE PIRÓLISE DA UNICAMP. VÁRIAS AMOSTRAS DE BIO-ÓLEO SERÃO OBTIDAS E CARACTERIZADAS PARA DIFERENTES CONDIÇÕES DE OPERAÇÃO DO REATOR. FAZENDO USO DE UM PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL SERÃO REALIZADOS NO LAFLURPE DA UEL SOBRE A ESTABILIDADE E A EFICIÊNCIA DA COMBUSTÃO DE MISTURAS DO BIODIESEL (BIOFLEX) OBTIDO A PARTIR DO BIO-ÓLEO COM O DIESEL E A GASOLINA, DERIVADOS DE PETRÓLEO. SERÃO TAMBÉM PRODUZIDOS VÁRIOS TIPOS DE BIODIESEL À PARTIR DE BIO-ÓLEO, ÓLEO VEGETAL E GORDURA ANIMAL.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / José Dílcio Rocha - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante., Financiador(es): Bioware Tecnologia - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2006

    Monitoramento ambiental e aplicação de tecnologia relacionados a recuperação de matrizes ambientais., Descrição: APLICAÇÃO DA TÉCNICA DE FOTOCATÁLISE HETEROGÊNEA COM TIO2 SOB EFEITO DE LUZ SOLAR, E AINDA, UTILIZAÇÃO DE AGENTES COMPLEXANTES PARA MINIMIZAR OU ELIMINAR A AÇÃO DE REFRATÁRIOS DE PETRÓLEO EM MATRIZES AMBIENTAIS, MONITORANDO O PROCESSO NATURAL DE DEGRADAÇÃO QUÍMICA DO MATERIAL BETUMINOSO, COMO TAMBÉM, A EFICIÊNCIA DOS AGENTES DE REMEDIAÇÃO.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / David Ernest Nicodem - Integrante / Eduardo Di Mauro - Integrante / Ilza Lobo - Integrante / Milton Faccione - Integrante / Maria Cristina Solci - Integrante / Dionisio Borsato - Integrante / Luiz Henrique Dall'Antonia - Integrante / Marilene Turini Piccinato - Integrante / Walter Sano - Integrante / Jurandir Pereira Pinto - Integrante / Aneli de Melo Barbosa - Integrante / Robson da Silva Lewis - Integrante / Ivanira Moreira - Integrante / Marcos Rachwal - Integrante / Daniele Cristina Adão - Integrante / Caroline Catyussia Carradore Vecchi - Integrante / Ricardo Ralisch - Integrante / Osmar Rodrigues Brito - Integrante / Angelita da Silva - Integrante / Alex Gibelato Pavanelli - Integrante / Luciana Natália Cividatti - Integrante / Otavio J. G. Abi Saab - Integrante / Renato César de Souza - Integrante / Karina Gomes Angilelli - Integrante., Financiador(es): Industria Química - Cooperação / Petróleo Brasileiro S A - Auxílio financeiro / Tecnologia Ambiental - Cooperação.

  • 2013 - Atual

    Projeto 09051 - DESENVOLVIMENTO DE SENSOR LUMINESCENTE DE FIBRA-ÓTICA PARA DETERMINAÇÃO IN SITU E ON-LINE DE TRIACILGLICERÓIS EM CULTIVOS DE MICROALGAS, Descrição: EMBORA SEJA VERDADE QUE A INDÚSTRIA DAS MICROALGAS, A OBTENÇÃO DE PRODUTOS DE VALOR AGREGADO (MEDICAMENTOS, PIGMENTOS, ETC.), TEM DEMONSTRADO SER RENTÁVEL E MADURA, NA PRODUÇÃO DE BIODIESEL AINDA TEM UM GRANDE CAMINHO A PERCORRER PARA ESTAR AO MESMO NÍVEL. ISTO SE DEVE AO FATO DE QUE, ENQUANTO O PREÇO DUMA TONELADA DE ASTAXANTINA (POR EXEMPLO) É DE $3 MILHÕES DÓLARES, O PREÇO DUMA TONELADA DE PETRÓLEO É INFERIOR AOS $1000 DÓLARES. MESMO QUE AMBAS AS TECNOLOGIAS UTILIZEM MICROALGAS ELAS TÊM UMA ECONOMIA MUITO DIFERENTE, AINDA É NECESSÁRIO UM GRANDE TRABALHO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO PARA QUE ESTA PROMETEDORA TECNOLOGIA POSSA COMPETIR COM OUTRAS TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO DE BIODIESEL MAIS MADURAS. SEU ÊXITO ECONÔMICO VAI DEPENDER DAS OTIMIZAÇÕES DE TODAS E CADA UMA DAS ETAPAS E FATORES QUE CONTROLAM A PRODUÇÃO, TENTANDO DIMINUIR CUSTOS E AUMENTAR A PRODUÇÃO. AS LINHAS DE PESQUISA SÃO MUITO VARIADAS: SELEÇÃO DE ESPÉCIES E CEPAS, MELHORAMENTO GENÉTICO DELAS, DESENHO DOS BIORREATORES, MELHORA E CONTROLE DAS CONDIÇÕES DE CRESCIMENTO, COLETA DAS CÉLULAS, EXTRAÇÃO DOS LIPÍDEOS, REVALORIZAÇÃO DOS PRODUTOS SECUNDÁRIOS (PROTEÍNAS, VITAMINAS, ETC.), ENTRE OUTROS. A FIM DE REDUZIR OS CUSTOS, TAMBÉM SÃO ESTUDADAS FONTES DE MATÉRIAS PRIMAS ALTERNATIVAS PARA A ALIMENTAÇÃO DOS CULTIVOS COMO ÁGUAS RESIDUAIS, ONDE OS BIORREATORES SERIAM PARTE DAS ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTO (ETE); OU A ALIMENTAÇÃO DOS CULTIVOS COM CO2 DIRETO DAS CHAMINÉS INDUSTRIAIS, O QUE PERMITIRIA ÀS INDÚSTRIAS, ALEM DE GERAR BIODIESEL, OBTER UM BENEFÍCIO DO MERCADO DAS EMISSÕES DE CO2. TUDO PARECE INDICAR QUE O FUTURO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE BIODIESEL DE MICROALGAS É UMA TAREFA MULTIDISCIPLINAR QUE ENVOLVE NÃO SÓ ÁREAS DIFERENTES DA CIÊNCIA, MAS TAMBÉM, DADA À IMPORTÂNCIA ESTRATÉGICA DO PRODUTO (ENERGIA), VONTADES POLÍTICAS. UMA DAS FORMAS DE REDUZIR OS CUSTOS E INCREMENTAR A PRODUÇÃO É CONTROLANDO TODOS OS PARÂMETROS FUNDAMENTAIS QUE DOMINAM A REAÇÃO BIOLÓGICA DE INTERESSE. É POR ISSO MESMO QUE OS BIORREATORES (DE TODOS OS TIPOS) ACOSTUMAM TER INSTALADOS CONJUNTOS DE SENSORES PARA MONITORIZAR PARÂMETROS COMO O PH, A TEMPERATURA, A CONCENTRAÇÃO DE REATIVOS (NUTRIENTES, CO2, ETC.), OU COPRODUTOS (O2, BIOMASSA OU PIGMENTOS).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Diva de Souza Andrade - Integrante / Guillermo Orellana - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Projeto: 09090 - ESTUDO DE EMULSÕES DO BIO-ÓLEO PIROLÍTICO EM ÓLEO COMBUSTÍVEL PARA USO NA GERAÇÃO DE ENERGIA EM TERMELÉTRICAS., Descrição: O MAIOR DESAFIO PARA A EXPANSÃO DA GERAÇÃO TERMELÉTRICA A PARTIR DA BIOMASSA IN NATURA ESTÁ NA LOGÍSTICA DO PROCESSO, DEVIDO ÀS CARACTERÍSTICAS DA BIOMASSA (GRANDE DISPERSÃO, BAIXA DENSIDADE, BAIXO PODER CALORÍFICO, DIFÍCIL MANUSEIO E ALTA UMIDADE). UNIDADES DE PIRÓLISE RÁPIDA DE BIOMASSA PARA PRODUÇÃO DE COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS DE ALTA DENSIDADE ENERGÉTICA, ADAPTADOS PARA GERAÇÃO TERMELÉTRICA A PARTIR DE BIOMASSAS AGROINDUSTRIAIS SERIA UMA ALTERNATIVA PARA PRODUÇÃO DE MATÉRIA PRIMA NA GERAÇÃO TERMELÉTRICA. A TRANSFORMAÇÃO DA BIOMASSA VIA PIRÓLISE RÁPIDA RESOLVERIA OS PROBLEMAS DE LOGÍSTICA, POSSIBILITANDO O USO DESSES COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS NOS SISTEMAS DE COMBUSTÃO ATUALMENTE EXISTENTES SEM MODIFICAÇÕES SUBSTANCIAIS. O PROCESSO TRANSFORMA A BIOMASSA DE BAIXA DENSIDADE (80-250 KG.M-3) EM BIO-ÓLEO (LÍQUIDO COM DENSIDADE DE 1200 KG.M-3). UNIDADES DE PIRÓLISE SÃO ECONOMICAMENTE VIÁVEIS E SUFICIENTEMENTE COMPACTAS PARA PERMITIR SUA IMPLANTAÇÃO DE FORMA DESCENTRALIZADA. ISSO PERMITE CRIAR UMA LOGÍSTICA DE FORNECIMENTO DE CARVÃO E BIO-ÓLEO A PARTIR DE UNIDADES DE PIRÓLISE ESPALHADAS GEOGRAFICAMENTE EM CENTROS GERADORES DE RESÍDUOS DE BIOMASSAS TAIS COMO: AGROINDUSTRIAIS, AGRÍCOLAS, RESÍDUOS ORGÂNICOS URBANOS, ALGAS, ENTRE OUTRAS. A PROPOSTA EM QUESTÃO PERMITE A OBTENÇÃO DE COMBUSTÍVEIS DE FÁCIL ADAPTABILIDADE AOS SISTEMAS DE COMBUSTÃO ATUALMENTE EXISTENTES NAS UNIDADES GERADORAS. O PROJETO PREVÊ PESQUISAS BÁSICAS E APLICADAS NA PRODUÇÃO E NO USO DE NOVOS BICOMBUSTÍVEIS NA CADEIA PRODUTIVA DE TERMELÉTRICAS ABRANGENDO A PRODUÇÃO E PADRONIZAÇÃO DE BIO-ÓLEO E SUAS MISTURAS COM O ÓLEO COMBUSTÍVEL DERIVADO DO PETRÓLEO PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA. A PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA, COMO A CARACTERIZAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DA BIOMASSA LIGNOCELULÓSICA E DO BIO-ÓLEO E/OU DERIVADOS EM MISTURA OU COMO ADITIVO PARA ÓLEO COMBUSTÍVEL É A TAREFA PRINCIPAL A SER DESENVOLVIDA NESTA PROPOSTA OBJETIVANDO O USO DO BIO-ÓLEO NA CO-COMBUSTÃO DOS DERIVADOS FÓSSEIS, PODENDO SER ESTE BIOCOMBUSTÍVEL NO FUTURO INSERIDO NA MATRIZ ENERGÉTICA NACIONAL PARA GERAÇÃO TERMELÉTRICA.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Talita Pedroso Quessada - Integrante / Pérez, Juan Miguel Mesa - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Projeto: 09091 - OBTENÇÃO DE BIODIESEL A PARTIR DE ÓLEO RESIDUAL UTILIZANDO LIPASE IMOBILIZADA EM BIOCARVÃO PIROLÍTICO., Descrição: COM O AUMENTO NA DEMANDA DE PETRÓLEO, SUA POSSÍVEL ESCASSEZ E CUSTO ASSOCIADO A PREOCUPAÇÕES POLÍTICAS E AMBIENTAIS SOBRE O USO DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS, SURGEM A NECESSIDADE DE DESENVOLVER UM PROCESSO ECONÔMICO E ENERGÉTICO PARA PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL DE COMBUSTÍVEIS. O BIODIESEL É UM COMBUSTÍVEL DERIVADO DE FONTES RENOVÁVEIS, COMO ÓLEOS VEGETAIS E GORDURAS ANIMAIS, COMPOSTOS POR TRIACILGLICERÓIS, UMA OPÇÃO COMO FONTE RENOVÁVEL DE ENERGIA COM POTENCIAL PARA SUBSTITUIR O DIESEL DE PETRÓLEO. A METODOLOGIA DE OBTENÇÃO DESTE BIOCOMBUSTÍVEL UTILIZA GERALMENTE A CATÁLISE BÁSICA, ENTRETANTO, DEVIDO A ALGUNS INCONVENIENTES COMO A DIFÍCIL RECUPERAÇÃO DO GLICEROL E REAÇÕES PARALELAS, BUSCARAM-SE NOVAS ALTERNATIVAS DE PRODUÇÃO. FOI ENTÃO OBSERVADO QUE A CATÁLISE ENZIMÁTICA, UTILIZANDO LIPASES É ESPECÍFICA E PERMITE A FÁCIL RECUPERAÇÃO DO GLICEROL. ATUALMENTE, OS CUSTOS DO EMPREGO DA LIPASE NA TRANSESTERIFICAÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL AINDA SÃO ELEVADOS. ISTO SE DEVE A BARREIRAS NO PROCESSO, COMO A POSSÍVEL PERDA DA ENZIMA POR DESATIVAÇÃO PERANTE O ÁLCOOL E O GLICEROL, PRESENTES NA MISTURA DE REAÇÃO. DIVERSAS TÉCNICAS TÊM SIDO DESENVOLVIDAS PARA MINIMIZAR ESTES EFEITOS, COMO A IMOBILIZAÇÃO DA ENZIMA, QUE PERMITE A SUA REUTILIZAÇÃO, SEPARAÇÃO DE PRODUTOS DO MEIO REACIONAL DE FORMA FÁCIL E AINDA, MUITAS VEZES, MELHORA A EFICIÊNCIA CATALÍTICA DA ENZIMA. UMA OPÇÃO VANTAJOSA É A IMOBILIZAÇÃO EM UM SUPORTE DE BAIXO CUSTO COMO O BIOCARVÃO, UM RESÍDUO DE PIRÓLISE, QUE APÓS ATIVAÇÃO, PERMITE A IMOBILIZAÇÃO DA ENZIMA POR ADSORÇÃO DEVIDO À GRANDE ÁREA SUPERFICIAL E GRUPOS FUNCIONAIS PRESENTES. PARA CONTRIBUIR COM A REDUÇÃO DE CUSTOS, A ENZIMA SERÁ PRODUZIDA POR UM FUNGO PREVIAMENTE SELECIONADO COMO PRODUTOR DE LIPASES A PARTIR DE CONDIÇÃO OTIMIZADA UTILIZANDO UM RESÍDUO AGROINDUSTRIAL, A TORTA DE SOJA, SOMENTE COM ADIÇÃO DE ÁGUA. E, AINDA, A UTILIZAÇÃO DE ÓLEO DE COZINHA RESIDUAL COMO MATÉRIA PRIMA PARA PRODUÇÃO DE BIODIESEL AO INVÉS DE ÓLEO VEGETAL, CONTRIBUIRÁ PARA A DIMINUIÇÃO DO CUSTO FINAL DO PROCESSO. OUTRA FERRAMENTA MUITO ÚTIL QUE SERÁ UTILIZADA COM O INTUITO DE DIMINUIR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO É O PLANEJAMENTO FATORIAL, ATRAVÉS DA AVALIAÇÃO DE VARIÁVEIS QUE INFLUENCIAM NA SÍNTESE DE BIODIESEL. O DESENVOLVIMENTO DESTE PROJETO VISA À ADIÇÃO DE VALOR AGREGADO AOS RESÍDUOS INDUSTRIAIS TORTA DE SOJA, CARVÕES DE PIRÓLISE E ÓLEO RESIDUAL. ESTAS INICIATIVAS PROPORCIONARÃO O DESENVOLVIMENTO DE NOVOS PROCESSOS BIOTECNOLÓGICOS PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL E POSSIBILIDADE DE NOVAS PATENTES E PUBLICAÇÕES, ALÉM DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS EM NÍVEL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, MESTRADO, DOUTORADO E PÓS-DOUTORADO, CONTRIBUINDO PARA O FORTALECIMENTO DOS PROGRAMAS DE PÓS GRADUAÇÃO EM QUÍMICA, BIOENERGIA E BIOTECNOLOGIA.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Aneli de Melo Barbosa - Integrante / Maria Inês Rezende - Integrante / Milena Martins Andrade - Integrante / André Luiz Martinez de Oliveira - Integrante / Robert F. H. Dekker - Integrante.

  • 2009 - 2012

    Projeto: 06751 - REMEDIAÇÃO IN SITU DE SOLOS IMPACTADOS COM PETRÓLEO OU DERIVADOS UTILIZANDO, Descrição: Tipo de Cadastro: ÓRGÃOS EXTERNOS DE FOMENTO - PETROBRAS/CENPES Tipo de Pesquisa: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Processo: 39226 / 2009 Tempo Pr. Inicial: 036 Meses Prorrog.: Término Previsto: 30/04/2012 Área do CNPQ: QUIMICA Desenvolvimento do Projeto 08/05/2009 EM ANDAMENTO ÓRGÃOS EXTERNOS Resumo: ESPERA-SE COMO PRODUTO TECNOLÓGICO FINAL À RECUPERAÇÃO IN SITU DE ÁREAS IMPACTADAS DEVIDO A ACIDENTES OU OPERAÇÕES DE ROTINA LIGADAS A ATIVIDADES DA INDÚSTRIA DO PETRÓLEO, ATRAVÉS DE TRATAMENTOS ALTERNATIVOS QUE POSSAM ALÉM DE BAIXAR OS CUSTOS OPERACIONAIS DA REMEDIAÇÃO, EVITAR A GERAÇÃO DE RESÍDUOS OU DE EFLUENTES PARA A DISPOSIÇÃO FINAL. OS BENEFÍCIOS SERÃO DE ATENDER A LEGISLAÇÃO AMBIENTAL VIGENTE COM IMPLEMENTAÇÃO DE AÇÕES QUE CONTRIBUAM PARA O DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO SUSTENTÁVEL, COM PRESERVAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS E DOS SERES VIVOS, CONTRIBUINDO ASSIM, PARA A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DAS FUTURAS GERAÇÕES.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Claudia Bueno dos Reis Martinez - Integrante / Flávia Zanuto - Integrante / Rafael Bragueto - Integrante / Fabio Cal Sabino - Integrante / Lucia A. S. Almeida - Integrante / Ana Paula C. Luiz - Integrante., Financiador(es): Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobras - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    Projeto 07838 - DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS PARA A PRODUÇÃO DE MICROALGAS COMO FONTE DE ÓLEO, Descrição: OBJETIVO GERAL: - desenvolver tecnologias para produção de biomassa de microalgas visando extração de óleo vegetal e utilização agrícola dos co-produtos. - elaboração de estudos para o dimensionamento e estruturação de um empreendimento de produção de óleo vegetal a partir de micro-algas para a fabricação de biodiesel e aproveitamento econômico dos co-produtos, prevendo-se a possibilidade de implantação de uma instalação piloto junto a um local onde haja condições adequadas para o melhor desenvolvimento da biomassa de microalgas. Objetivos especificos: 1 - coleta no paraná e aquisição de coleções nacionais e internacionais de material genético de microalgas para a formação de um banco genético com potencial para alavancar trabalhos sobre a produção de óleos vegetais para biodiesel a partir da biomassa destes organismos; 2- caracterização das microalgas para a produção de biomassa; 3- definição de sistemas de cultivo 4- determinação da produção de biomassa (kg/ha/dia); 5- quantificação do teor de lipídeos na biomassa das algas selecionadas e cultivadas em tanques abertos. Financiamento: Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR), a Companhia Paranaense de Energia (Copel) e a Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio (Fapeagro).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Diva de Souza Andrade - Integrante / ARNALDO COLOZZI FILHO - Integrante., Financiador(es): Companhia Paranaense de Energia - Auxílio financeiro / Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio - Outra / Instituto Agronômico do Paraná - Auxílio financeiro.Número de orientações: 3

  • 2009 - Atual

    Projeto 06785 - Avaliação, Desenvolvimento e Aplicação de Tecnologia para produção de biodiesel, Aproveitamento de Co-produto e Análise para Controle de Processos., Descrição: ESTE PROJETO DE PESQUISA ATUARÁ NO DESENVOLVIMENTO E APLICAÇÃO DE TECNOLOGIA PARA PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE BIODIESEL POR ROTA ETÍLICA, CONTEMPLANDO ANÁLISES FÍSICO-QUÍMICAS E CROMATOGRÁFICAS PARA CONTROLE DE PROCESSOS, VISANDO MAXIMIZAR O USO DE MATÉRIAS PRIMAS E CO-PRODUTOS DE ORIGEM RENOVÁVEL, MINIMIZANDO IMPACTOS AMBIENTAIS E DE SAÚDE PÚBLICA, BUSCANDO O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / João Carlos Alves - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Jurandir Pereira Pinto - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Eduardo DiMauro - Integrante / Fernanda de Almeida Fin-Lima - Integrante.

  • 2008 - 2010

    Projeto: 05746 - Produção de gás de síntese por gaseificação de bio-óleo obtido por pirólise rápida usando diferentes tipos de biomassa., Descrição: Juan Miguel Mesa Pérez - Coordenador geral - Bioware Tecnologia Edital MCT/SETEC/CNPq nº 32/2007 - RHAE Pesquisador na Empresa. R$300,00 Resumo: Desenvolver tecnologias de transformação de biomassa em energia, materiais e combustíveis renováveis de alto valor agregado com responsabilidade social e ambiental. Esse projeto de desenvolvimento tecnológico insere-se no contexto do uso racional da fonte de energia renovável da biomassa. A biomassa é uma vocação natural do Brasil e seu uso como fonte de energia e materiais em bases sustentáveis com a aplicação de tecnologias eficientes é imprescindível para que o país alcance maiores índices de aproveitamento e possa manter e ampliar sua liderança mundial em biocombustíveis. Por biomassa entende-se toda matéria orgânica de origem vegetal ou animal, inclusive os materiais procedentes de sua transformação natural ou artificial. . , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Dionisio Borsato - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Talita Pedroso Quessada - Integrante / Caren Mura Cortez - Integrante., Financiador(es): Bioware Tecnologia - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2010

    Projeto: 06940 - USO ALTERNATIVO DE COMBUSTÍVEL RENOVÁVEL PARA MOTORES DE CICLO OTTO EM GASOLINA E ETANOL, Descrição: A queima de combustíveis nos motores libera uma quantidade considerável de dióxido de carbono na atmosfera. O uso de componentes derivados de biomassa, os chamados biocombustíveis, na composição de combustíveis de motores, particularmente os oxigenados, reduzem o impacto nocivo do combustível no ambiente. Alguns países como Estados Unidos e Dinamarca proibiram o uso de metil-tércio-butil éter (MTBE) na gasolina. Vários países, incluindo os Estados Unidos, União Européia (UE), Japão, China e Índia estimulam e promovem o uso de biocombustíveis. A mistura gasolina-etanol (E85) e o uso de biodiesel em misturas com diesel como B2, B5 e B20 são exemplos destas diretrizes. O Brasil é citado mundialmente por utilizar na sua matriz energética grande percentagem de biomassa renovável. Além do impacto na redução de gases efeito estufa (GEE), os componentes oxigenados entre eles, o etanol - melhoram as características físico-química da mistura, por exemplo, o teor de oxigênio, o número de octano, a pressão de vapor, etc. A única desvantagem diz respeito à redução no poder calorífico, que aumenta o consumo, mas a relação de preços álcool-gasolina compensa o uso de etanol (GOLUBKOV et al., 2005). Enfim, para que se possa ter dados que balizem a possível regulamentação do uso das misturas sugeridas (glicerol + gasolina e glicerol + álcool hidratado) necessita-se de informações técnico-científicas, razão pela qual se propõe esse projeto. Financiamento: Edital 04/2008 - Convênio Embrapa/Petrobrás / Macroprograma 3 / Aproveitamento de co-produtos e resíduos dos processos industriais de óleos e de biodiesel / Proposta MP-3.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Ricardo Ralisch - Integrante / Marcio Turra de Ávila - Integrante., Financiador(es): EMBRAPA Soja - Bolsa / Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro / Petrobras Biocombustível - Matriz - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2010

    Projeto: 04962 - OTIMIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE OBTENÇÃO DE BIODIESEL UTILIZANDO O DELINEAMENTO, Descrição: Resumo: O CONSUMO DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS, TEM UM SIGNIFICATIVO IMPACTO NA QUALIDADE DO MEIO AMBIENTE. A POLUIÇÃO DO AR, AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS, OS DERRAMAMENTOS DE ÓLEO E A GERAÇÃO DE RESÍDUOS TÓXICOS SÃO RESULTADOS DO USO E DA PRODUÇÃO DE TAIS COMBUSTÍVEIS DERIVADOS DO PETRÓLEO. NO MUNDO, OS COMBUSTÍVEIS CONSUMIDOS POR VEÍCULOS AUTOMOTORES SÃO RESPONSÁVEIS PELA EMISSÃO DA MAIOR PARTE DE MONÓXIDO DE CARBONO, ÓXIDOS DE NITROGÊNIO (NOX), GASES ORGÂNICOS REATIVOS, MATERIAIS PARTICULADOS E DIÓXIDO DE ENXOFRE PRESENTE NA ATMOSFERA. O BIODIESEL PERMITE QUE SE ESTABELEÇA UM CICLO FECHADO DE CARBONO NO QUAL O GÁS CARBÔNICO É ABSORVIDO QUANDO A PLANTA CRESCE E É LIBERADO QUANDO O BIODIESEL É QUEIMADO NA COMBUSTÃO NO MOTOR. OS BENEFÍCIOS AMBIENTAIS PODEM, AINDA, GERAR VANTAGENS ECONÔMICAS PARA O PAÍS. O BRASIL PODERIA ENQUADRAR O BIODIESEL NOS ACORDOS ESTABELECIDOS NO PROTOCOLO DE KYOTO E NAS DIRETRIZES DOS MECANISMOS DE DESENVOLVIMENTO LIMPO. A TRANSESTERIFICAÇÃO EM MEIO BÁSICO SERÁ O PROCESSO PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL E COM O EMPREGO DE PARÂMETROS ADEQUADOS COMO RAZÃO MOLAR ÁLCOOL-ÓLEO VEGETAL, CONCENTRAÇÃO DE CATALISADOR E TEMPERATURA ESTA REAÇÃO, APESAR DE REVERSÍVEL, DEVERÁ APRESENTAR ALTOS RENDIMENTOS. NESTE TRABALHO, A ETANÓLISE DO ÓLEO DE SOJA REFINADO SERÁ OTIMIZADA POR MEIO DE UM PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL DE MISTURA UTILIZANDO 3 TIPOS DE CATALISADORES. A OTIMIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DA REAÇÃO DE TRANSESTERIFICAÇÃO PERMITIRÁ, ATRAVÉS DA ESCOLHA DO CATALISADOR ADEQUADO OU MESMO DE UMA MISTURA DE CATALISADORES, UMA MELHORA DO RENDIMENTO DO PROCESSO DE OBTENÇÃO DE BIODIESEL.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Integrante / Dionisio Borsato - Coordenador / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Ivanira Moreira - Integrante., Financiador(es): Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação da UEL - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2009

    Projeto 05473 - Produção de amostras de briquetes de carvão e bio-óleo em planta de pirólise - PPR-200 visando a sua comercialização., Descrição: ESSE PROJETO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PRETENDE ADEQUAR QUALIDADE E RENDIMENTO DOS PRODUTOS DA PLANTA PILOTO DENOMINADA PPR-220 (PLANTA DE PIRÓSE RÁPIDA COM CAPACIDADE PARA PROCESSAR 200 KG/H DE BIOMASSA) ÀS NECESSIDADES DE POTENCIAIS MERCADOS CONSUMIDORES, COM O OBJETIVO DE COMERCIALIZAR A TECNOLOGIA. ATUALMENTE, A PPR-220 PRODUZ DE FORMA CONTÍNUA O CARVÃO VEGETAL, O EXTRATO DE ÁCIDO, O BIO-ÓLEO E OS GASES DE COMBUSTÃO. ESSES PRODUTOS APRESENTAM MÚLTIPLAS APLICAÇÕES, COMO COMBUSTÍVEIS E INSUMOS QUÍMICOS, PORÉM, OS ESFORÇOS NESTE PROJETO ESTARÃO DIRIGIDOS PARA PRODUÇÃO DE GRANDES AMOSTRAS DE BRIQUETES SIDERÚRGICOS, BIO-ÓLEO COMBUSTÍVEL E EXTRATO ÁCIDO, VISANDO A CRIAÇÃO DO MERCADO CONSUMIDOR E POSTERIOR VENDA DA TECNOLOGIA. A AMOSTRA DE BRIQUETES DE CARVÃO VEGETAL TERÁ QUALIDADE PARA SEU USO EM ALTOS-FORNOS DA INDUSTRIA SIDERÚRGICA, O ESTRATO ÁCIDO SERÁ TESTADO COMO INSETICIDA NATURAL PARA A AGRICULTURA ORGÂNICA E ADITIVO DE COMBUSTÍVEL FÓSSIL. O BIO-ÓLEO SERÁ MISTURADO COM ÓLEO DIESEL PU BPF PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA EM CENTRAIS TERMELÉTRICAS. Edital MCT/CNPq/CTEnerg nº 33/2006 - Combustão e Gaseificação - IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO: 555127/2006-0 VALOR FINANCIAMENTO: 139.842,44 Subprojeto UEL: OBTENÇÃO DE ADITIVOS E BIOCOMBUSTÍVEIS A PARTIR DE EXTRATOS ÁCIDOS PRODUZIDOS NA PIRÓLISE DE RESÍDUOS DA AGRICULTURA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / José Dílcio Rocha - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante / ANDRESSA DEL FRARO FREDERICO - Integrante / Luis Augusto Barbosa Cortez - Integrante., Financiador(es): Bioware Tecnologia - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2006 - 2009

    Projeto: 05165 - Monitoramento da Bacia do Arroio Saldanha e Aplicação de Tecnologia para Remediação de Solo Atingido pelo Vazamento de Petróleo ocorrido em 16 de julho de 2000 na refinaria Presidente Getukio Vargas- REPAR, em Araucária, PR., Descrição: Convênio FAUEL/UEL - REPAR/PETROBRAS - Cadastro no. 05165 PROPPG-UEL FINANCIADOR: Petroleo Brasileiro S. A.-PETROBRAS VALOR FINANCIAMENTO: R$ 265.000,00 . A CONTINUIDADE DAS AÇÕES IMPLEMENTADAS PELA FAUEL/UEL QUE DIZEM RESPEITO AO MONITORAMENTO E APLICAÇÃO DE TECNOLOGIAS, COM APROVEITAMENTO DE LUZ SOLAR PARA REDUZIR OU ELIMINAR O IMPACTO CAUSADO PELO DERRAMAMENTO DE PETRÓLEO EM SOLO NA ÁREA DA REPAR/PETROBRÁS E VIZINHANÇA, É OPORTUNA NÃO SÓ PARA A RECUPERAÇÃO DA MATRIZ AMBIENTAL, MAS TAMBÉM PARA ASSESSORAR O SETOR DE SMS DA REPAR/PETROBRÁS NOS RELATÓRIO. REUNIÕES E SEMINÁRIOS EXIGIDOS PELOS ÓRGÃOS AMBIENTAIS, ASSIM COMO, DAR PROSSEGUIMENTO AOS TRABALHOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO NO PONTO ZERO. ALÉM DAS TECNOLOGIAS JÁ IMPLEMENTADAS E EM FASE DE MONITORAMENTO, SERÃO IMPLEMENTADAS OUTRAS AÇÕES EM SINERGIA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Ilza Lobo - Integrante / Milton Faccione - Integrante / Maria Cristina Solci - Integrante / Luiz Henrique Dall'Antonia - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Ricardo Ralisch - Integrante / Osmar Rodrigues Brito - Integrante / Otavio J. G. Abi Saab - Integrante., Financiador(es): Degussa Brasil Ltda - Cooperação / Petroleo Brasileiro S. A. - Auxílio financeiro / Tecnologia Ambiental - Cooperação.Número de orientações: 4

  • 2006 - 2009

    Projeto: 05339 - Obtenção de Biocombustíveis a partir de Óleos Vegetais por Processo de Pirólise Catalítica, Descrição: EDITAL Convênio Encomenda Transversal MCT / RBT / FINEP / EMBRAPA Global Energy and Telecommunication Ltda (GET) VALOR FINANCIAMENTO: R$ 293.000,00 Resumo: PROPÕE-SE A DESENVOLVER UM PROTÓTIPO PARA OBTENÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS SUCEDÂNEOS DE PETRODIESEL, GASOLINA, QUEROSENE E GLP, A PARTIR DE ÓLEOS VEGETAIS. DIFERENCIA-SE DE TRANSESTERIFICAÇÃO (BIODIESEL) POR GERAR UMA MISTURA DE HIDROCARBONETOS DE CADEIA LINEAR, SEMELHANTE AOS DERIVADOS DE PETRÓLEO. NÃO NECESSITA DE OUTROS INSUMOS, COMO O ÁLCOOL ANIDRO, NEM GERA SUB-PROJETOS, COMO GLICERINA, RAZÃO PELA QUAL ADAPTA-SE A UMA AMPLA GAMA DE USUÁRIOS, DESDE A PEQUENA PRODUÇÃO RURAL OU O PEQUENO EMPRESÁRIO, ATÉ A PRODUÇÃO POR ATACADO. ADAPTA-SE PERFEITAMENTE AO ATENDIMENTO ENERGÉTICO DE COMUNIDADES ISOLADAS. . , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Berenice Quinzano Jordão - Integrante / Marcio Turra de Ávila - Integrante / Decio Luiz Gazzoni - Integrante., Financiador(es): Embrapa Agroenergia - Cooperação / Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro / GET Global Energy and Telecommunication Ltda - Auxílio financeiro.

  • 2005 - 2007

    Projeto: 04578 - USO DE BIOMASSA COMO ENERGIA LIMPA E MATÉRIA-PRIMA RENOVÁVELUso de biomassa como energia limpa e matéria-prima renovável., Descrição: EDITAL CNPq 21/2004 - RHAE Inovação / RHAE Inovação - Projetos Tipo C VALOR FINANCIAMENTO R$ 128.500,00 Resumo: ESTE PROJETO PROPÕE REALIZAR UM ESTUDO TEÓRICO E EXPERIMENTAL VISANDO MELHORAR AS PROPRIEDADES COMBUSTÍVEIS DO BIO-ÓLEO OBTIDO NA PLANTA DE PIRÓLISE DA UNICAMP. VÁRIAS AMOSTRAS DE BIO-ÓLEO SERÃO OBTIDAS E CARACTERIZADAS PARA DIFERENTES CONDIÇÕES DE OPERAÇÃO DO REATOR. FAZENDO USO DE UM PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL SERÃO REALIZADOS NO LAFLURPE DA UEL SOBRE A ESTABILIDADE E A EFICIÊNCIA DA COMBUSTÃO DE MISTURAS DO BIODIESEL (BIOFLEX) OBTIDO A PARTIR DO BIO-ÓLEO COM O DIESEL E A GASOLINA, DERIVADOS DE PETRÓLEO. SERÃO TAMBÉM PRODUZIDOS VÁRIOS TIPOS DE BIODIESEL À PARTIR DE BIO-ÓLEO, ÓLEO VEGETAL E GORDURA ANIMAL.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / José Dílcio Rocha - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante., Financiador(es): Bioware Tecnologia - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2006

    Monitoramento ambiental e aplicação de tecnologia relacionados a recuperação de matrizes ambientais., Descrição: APLICAÇÃO DA TÉCNICA DE FOTOCATÁLISE HETEROGÊNEA COM TIO2 SOB EFEITO DE LUZ SOLAR, E AINDA, UTILIZAÇÃO DE AGENTES COMPLEXANTES PARA MINIMIZAR OU ELIMINAR A AÇÃO DE REFRATÁRIOS DE PETRÓLEO EM MATRIZES AMBIENTAIS, MONITORANDO O PROCESSO NATURAL DE DEGRADAÇÃO QUÍMICA DO MATERIAL BETUMINOSO, COMO TAMBÉM, A EFICIÊNCIA DOS AGENTES DE REMEDIAÇÃO.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / David Ernest Nicodem - Integrante / Eduardo Di Mauro - Integrante / Ilza Lobo - Integrante / Milton Faccione - Integrante / Maria Cristina Solci - Integrante / Dionisio Borsato - Integrante / Luiz Henrique Dall'Antonia - Integrante / Marilene Turini Piccinato - Integrante / Walter Sano - Integrante / Jurandir Pereira Pinto - Integrante / Aneli de Melo Barbosa - Integrante / Robson da Silva Lewis - Integrante / Ivanira Moreira - Integrante / Marcos Rachwal - Integrante / Daniele Cristina Adão - Integrante / Caroline Catyussia Carradore Vecchi - Integrante / Ricardo Ralisch - Integrante / Osmar Rodrigues Brito - Integrante / Angelita da Silva - Integrante / Alex Gibelato Pavanelli - Integrante / Luciana Natália Cividatti - Integrante / Otavio J. G. Abi Saab - Integrante / Renato César de Souza - Integrante / Karina Gomes Angilelli - Integrante., Financiador(es): Industria Química - Cooperação / Petróleo Brasileiro S A - Auxílio financeiro / Tecnologia Ambiental - Cooperação.

  • 2013 - Atual

    Projeto 09051 - DESENVOLVIMENTO DE SENSOR LUMINESCENTE DE FIBRA-ÓTICA PARA DETERMINAÇÃO IN SITU E ON-LINE DE TRIACILGLICERÓIS EM CULTIVOS DE MICROALGAS, Descrição: EMBORA SEJA VERDADE QUE A INDÚSTRIA DAS MICROALGAS, A OBTENÇÃO DE PRODUTOS DE VALOR AGREGADO (MEDICAMENTOS, PIGMENTOS, ETC.), TEM DEMONSTRADO SER RENTÁVEL E MADURA, NA PRODUÇÃO DE BIODIESEL AINDA TEM UM GRANDE CAMINHO A PERCORRER PARA ESTAR AO MESMO NÍVEL. ISTO SE DEVE AO FATO DE QUE, ENQUANTO O PREÇO DUMA TONELADA DE ASTAXANTINA (POR EXEMPLO) É DE $3 MILHÕES DÓLARES, O PREÇO DUMA TONELADA DE PETRÓLEO É INFERIOR AOS $1000 DÓLARES. MESMO QUE AMBAS AS TECNOLOGIAS UTILIZEM MICROALGAS ELAS TÊM UMA ECONOMIA MUITO DIFERENTE, AINDA É NECESSÁRIO UM GRANDE TRABALHO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO PARA QUE ESTA PROMETEDORA TECNOLOGIA POSSA COMPETIR COM OUTRAS TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO DE BIODIESEL MAIS MADURAS. SEU ÊXITO ECONÔMICO VAI DEPENDER DAS OTIMIZAÇÕES DE TODAS E CADA UMA DAS ETAPAS E FATORES QUE CONTROLAM A PRODUÇÃO, TENTANDO DIMINUIR CUSTOS E AUMENTAR A PRODUÇÃO. AS LINHAS DE PESQUISA SÃO MUITO VARIADAS: SELEÇÃO DE ESPÉCIES E CEPAS, MELHORAMENTO GENÉTICO DELAS, DESENHO DOS BIORREATORES, MELHORA E CONTROLE DAS CONDIÇÕES DE CRESCIMENTO, COLETA DAS CÉLULAS, EXTRAÇÃO DOS LIPÍDEOS, REVALORIZAÇÃO DOS PRODUTOS SECUNDÁRIOS (PROTEÍNAS, VITAMINAS, ETC.), ENTRE OUTROS. A FIM DE REDUZIR OS CUSTOS, TAMBÉM SÃO ESTUDADAS FONTES DE MATÉRIAS PRIMAS ALTERNATIVAS PARA A ALIMENTAÇÃO DOS CULTIVOS COMO ÁGUAS RESIDUAIS, ONDE OS BIORREATORES SERIAM PARTE DAS ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTO (ETE); OU A ALIMENTAÇÃO DOS CULTIVOS COM CO2 DIRETO DAS CHAMINÉS INDUSTRIAIS, O QUE PERMITIRIA ÀS INDÚSTRIAS, ALEM DE GERAR BIODIESEL, OBTER UM BENEFÍCIO DO MERCADO DAS EMISSÕES DE CO2. TUDO PARECE INDICAR QUE O FUTURO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE BIODIESEL DE MICROALGAS É UMA TAREFA MULTIDISCIPLINAR QUE ENVOLVE NÃO SÓ ÁREAS DIFERENTES DA CIÊNCIA, MAS TAMBÉM, DADA À IMPORTÂNCIA ESTRATÉGICA DO PRODUTO (ENERGIA), VONTADES POLÍTICAS. UMA DAS FORMAS DE REDUZIR OS CUSTOS E INCREMENTAR A PRODUÇÃO É CONTROLANDO TODOS OS PARÂMETROS FUNDAMENTAIS QUE DOMINAM A REAÇÃO BIOLÓGICA DE INTERESSE. É POR ISSO MESMO QUE OS BIORREATORES (DE TODOS OS TIPOS) ACOSTUMAM TER INSTALADOS CONJUNTOS DE SENSORES PARA MONITORIZAR PARÂMETROS COMO O PH, A TEMPERATURA, A CONCENTRAÇÃO DE REATIVOS (NUTRIENTES, CO2, ETC.), OU COPRODUTOS (O2, BIOMASSA OU PIGMENTOS).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Diva de Souza Andrade - Integrante / Guillermo Orellana - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Projeto: 09090 - ESTUDO DE EMULSÕES DO BIO-ÓLEO PIROLÍTICO EM ÓLEO COMBUSTÍVEL PARA USO NA GERAÇÃO DE ENERGIA EM TERMELÉTRICAS., Descrição: O MAIOR DESAFIO PARA A EXPANSÃO DA GERAÇÃO TERMELÉTRICA A PARTIR DA BIOMASSA IN NATURA ESTÁ NA LOGÍSTICA DO PROCESSO, DEVIDO ÀS CARACTERÍSTICAS DA BIOMASSA (GRANDE DISPERSÃO, BAIXA DENSIDADE, BAIXO PODER CALORÍFICO, DIFÍCIL MANUSEIO E ALTA UMIDADE). UNIDADES DE PIRÓLISE RÁPIDA DE BIOMASSA PARA PRODUÇÃO DE COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS DE ALTA DENSIDADE ENERGÉTICA, ADAPTADOS PARA GERAÇÃO TERMELÉTRICA A PARTIR DE BIOMASSAS AGROINDUSTRIAIS SERIA UMA ALTERNATIVA PARA PRODUÇÃO DE MATÉRIA PRIMA NA GERAÇÃO TERMELÉTRICA. A TRANSFORMAÇÃO DA BIOMASSA VIA PIRÓLISE RÁPIDA RESOLVERIA OS PROBLEMAS DE LOGÍSTICA, POSSIBILITANDO O USO DESSES COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS NOS SISTEMAS DE COMBUSTÃO ATUALMENTE EXISTENTES SEM MODIFICAÇÕES SUBSTANCIAIS. O PROCESSO TRANSFORMA A BIOMASSA DE BAIXA DENSIDADE (80-250 KG.M-3) EM BIO-ÓLEO (LÍQUIDO COM DENSIDADE DE 1200 KG.M-3). UNIDADES DE PIRÓLISE SÃO ECONOMICAMENTE VIÁVEIS E SUFICIENTEMENTE COMPACTAS PARA PERMITIR SUA IMPLANTAÇÃO DE FORMA DESCENTRALIZADA. ISSO PERMITE CRIAR UMA LOGÍSTICA DE FORNECIMENTO DE CARVÃO E BIO-ÓLEO A PARTIR DE UNIDADES DE PIRÓLISE ESPALHADAS GEOGRAFICAMENTE EM CENTROS GERADORES DE RESÍDUOS DE BIOMASSAS TAIS COMO: AGROINDUSTRIAIS, AGRÍCOLAS, RESÍDUOS ORGÂNICOS URBANOS, ALGAS, ENTRE OUTRAS. A PROPOSTA EM QUESTÃO PERMITE A OBTENÇÃO DE COMBUSTÍVEIS DE FÁCIL ADAPTABILIDADE AOS SISTEMAS DE COMBUSTÃO ATUALMENTE EXISTENTES NAS UNIDADES GERADORAS. O PROJETO PREVÊ PESQUISAS BÁSICAS E APLICADAS NA PRODUÇÃO E NO USO DE NOVOS BICOMBUSTÍVEIS NA CADEIA PRODUTIVA DE TERMELÉTRICAS ABRANGENDO A PRODUÇÃO E PADRONIZAÇÃO DE BIO-ÓLEO E SUAS MISTURAS COM O ÓLEO COMBUSTÍVEL DERIVADO DO PETRÓLEO PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA. A PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA, COMO A CARACTERIZAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DA BIOMASSA LIGNOCELULÓSICA E DO BIO-ÓLEO E/OU DERIVADOS EM MISTURA OU COMO ADITIVO PARA ÓLEO COMBUSTÍVEL É A TAREFA PRINCIPAL A SER DESENVOLVIDA NESTA PROPOSTA OBJETIVANDO O USO DO BIO-ÓLEO NA CO-COMBUSTÃO DOS DERIVADOS FÓSSEIS, PODENDO SER ESTE BIOCOMBUSTÍVEL NO FUTURO INSERIDO NA MATRIZ ENERGÉTICA NACIONAL PARA GERAÇÃO TERMELÉTRICA.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Talita Pedroso Quessada - Integrante / Pérez, Juan Miguel Mesa - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Projeto: 09091 - OBTENÇÃO DE BIODIESEL A PARTIR DE ÓLEO RESIDUAL UTILIZANDO LIPASE IMOBILIZADA EM BIOCARVÃO PIROLÍTICO., Descrição: COM O AUMENTO NA DEMANDA DE PETRÓLEO, SUA POSSÍVEL ESCASSEZ E CUSTO ASSOCIADO A PREOCUPAÇÕES POLÍTICAS E AMBIENTAIS SOBRE O USO DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS, SURGEM A NECESSIDADE DE DESENVOLVER UM PROCESSO ECONÔMICO E ENERGÉTICO PARA PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL DE COMBUSTÍVEIS. O BIODIESEL É UM COMBUSTÍVEL DERIVADO DE FONTES RENOVÁVEIS, COMO ÓLEOS VEGETAIS E GORDURAS ANIMAIS, COMPOSTOS POR TRIACILGLICERÓIS, UMA OPÇÃO COMO FONTE RENOVÁVEL DE ENERGIA COM POTENCIAL PARA SUBSTITUIR O DIESEL DE PETRÓLEO. A METODOLOGIA DE OBTENÇÃO DESTE BIOCOMBUSTÍVEL UTILIZA GERALMENTE A CATÁLISE BÁSICA, ENTRETANTO, DEVIDO A ALGUNS INCONVENIENTES COMO A DIFÍCIL RECUPERAÇÃO DO GLICEROL E REAÇÕES PARALELAS, BUSCARAM-SE NOVAS ALTERNATIVAS DE PRODUÇÃO. FOI ENTÃO OBSERVADO QUE A CATÁLISE ENZIMÁTICA, UTILIZANDO LIPASES É ESPECÍFICA E PERMITE A FÁCIL RECUPERAÇÃO DO GLICEROL. ATUALMENTE, OS CUSTOS DO EMPREGO DA LIPASE NA TRANSESTERIFICAÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL AINDA SÃO ELEVADOS. ISTO SE DEVE A BARREIRAS NO PROCESSO, COMO A POSSÍVEL PERDA DA ENZIMA POR DESATIVAÇÃO PERANTE O ÁLCOOL E O GLICEROL, PRESENTES NA MISTURA DE REAÇÃO. DIVERSAS TÉCNICAS TÊM SIDO DESENVOLVIDAS PARA MINIMIZAR ESTES EFEITOS, COMO A IMOBILIZAÇÃO DA ENZIMA, QUE PERMITE A SUA REUTILIZAÇÃO, SEPARAÇÃO DE PRODUTOS DO MEIO REACIONAL DE FORMA FÁCIL E AINDA, MUITAS VEZES, MELHORA A EFICIÊNCIA CATALÍTICA DA ENZIMA. UMA OPÇÃO VANTAJOSA É A IMOBILIZAÇÃO EM UM SUPORTE DE BAIXO CUSTO COMO O BIOCARVÃO, UM RESÍDUO DE PIRÓLISE, QUE APÓS ATIVAÇÃO, PERMITE A IMOBILIZAÇÃO DA ENZIMA POR ADSORÇÃO DEVIDO À GRANDE ÁREA SUPERFICIAL E GRUPOS FUNCIONAIS PRESENTES. PARA CONTRIBUIR COM A REDUÇÃO DE CUSTOS, A ENZIMA SERÁ PRODUZIDA POR UM FUNGO PREVIAMENTE SELECIONADO COMO PRODUTOR DE LIPASES A PARTIR DE CONDIÇÃO OTIMIZADA UTILIZANDO UM RESÍDUO AGROINDUSTRIAL, A TORTA DE SOJA, SOMENTE COM ADIÇÃO DE ÁGUA. E, AINDA, A UTILIZAÇÃO DE ÓLEO DE COZINHA RESIDUAL COMO MATÉRIA PRIMA PARA PRODUÇÃO DE BIODIESEL AO INVÉS DE ÓLEO VEGETAL, CONTRIBUIRÁ PARA A DIMINUIÇÃO DO CUSTO FINAL DO PROCESSO. OUTRA FERRAMENTA MUITO ÚTIL QUE SERÁ UTILIZADA COM O INTUITO DE DIMINUIR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO É O PLANEJAMENTO FATORIAL, ATRAVÉS DA AVALIAÇÃO DE VARIÁVEIS QUE INFLUENCIAM NA SÍNTESE DE BIODIESEL. O DESENVOLVIMENTO DESTE PROJETO VISA À ADIÇÃO DE VALOR AGREGADO AOS RESÍDUOS INDUSTRIAIS TORTA DE SOJA, CARVÕES DE PIRÓLISE E ÓLEO RESIDUAL. ESTAS INICIATIVAS PROPORCIONARÃO O DESENVOLVIMENTO DE NOVOS PROCESSOS BIOTECNOLÓGICOS PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL E POSSIBILIDADE DE NOVAS PATENTES E PUBLICAÇÕES, ALÉM DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS EM NÍVEL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, MESTRADO, DOUTORADO E PÓS-DOUTORADO, CONTRIBUINDO PARA O FORTALECIMENTO DOS PROGRAMAS DE PÓS GRADUAÇÃO EM QUÍMICA, BIOENERGIA E BIOTECNOLOGIA.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Aneli de Melo Barbosa - Integrante / Maria Inês Rezende - Integrante / Milena Martins Andrade - Integrante / André Luiz Martinez de Oliveira - Integrante / Robert F. H. Dekker - Integrante.

  • 2009 - 2012

    Projeto: 06751 - REMEDIAÇÃO IN SITU DE SOLOS IMPACTADOS COM PETRÓLEO OU DERIVADOS UTILIZANDO, Descrição: Tipo de Cadastro: ÓRGÃOS EXTERNOS DE FOMENTO - PETROBRAS/CENPES Tipo de Pesquisa: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Processo: 39226 / 2009 Tempo Pr. Inicial: 036 Meses Prorrog.: Término Previsto: 30/04/2012 Área do CNPQ: QUIMICA Desenvolvimento do Projeto 08/05/2009 EM ANDAMENTO ÓRGÃOS EXTERNOS Resumo: ESPERA-SE COMO PRODUTO TECNOLÓGICO FINAL À RECUPERAÇÃO IN SITU DE ÁREAS IMPACTADAS DEVIDO A ACIDENTES OU OPERAÇÕES DE ROTINA LIGADAS A ATIVIDADES DA INDÚSTRIA DO PETRÓLEO, ATRAVÉS DE TRATAMENTOS ALTERNATIVOS QUE POSSAM ALÉM DE BAIXAR OS CUSTOS OPERACIONAIS DA REMEDIAÇÃO, EVITAR A GERAÇÃO DE RESÍDUOS OU DE EFLUENTES PARA A DISPOSIÇÃO FINAL. OS BENEFÍCIOS SERÃO DE ATENDER A LEGISLAÇÃO AMBIENTAL VIGENTE COM IMPLEMENTAÇÃO DE AÇÕES QUE CONTRIBUAM PARA O DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO SUSTENTÁVEL, COM PRESERVAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS E DOS SERES VIVOS, CONTRIBUINDO ASSIM, PARA A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DAS FUTURAS GERAÇÕES.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Claudia Bueno dos Reis Martinez - Integrante / Flávia Zanuto - Integrante / Rafael Bragueto - Integrante / Fabio Cal Sabino - Integrante / Lucia A. S. Almeida - Integrante / Ana Paula C. Luiz - Integrante., Financiador(es): Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobras - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    Projeto 07838 - DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS PARA A PRODUÇÃO DE MICROALGAS COMO FONTE DE ÓLEO, Descrição: OBJETIVO GERAL: - desenvolver tecnologias para produção de biomassa de microalgas visando extração de óleo vegetal e utilização agrícola dos co-produtos. - elaboração de estudos para o dimensionamento e estruturação de um empreendimento de produção de óleo vegetal a partir de micro-algas para a fabricação de biodiesel e aproveitamento econômico dos co-produtos, prevendo-se a possibilidade de implantação de uma instalação piloto junto a um local onde haja condições adequadas para o melhor desenvolvimento da biomassa de microalgas. Objetivos especificos: 1 - coleta no paraná e aquisição de coleções nacionais e internacionais de material genético de microalgas para a formação de um banco genético com potencial para alavancar trabalhos sobre a produção de óleos vegetais para biodiesel a partir da biomassa destes organismos; 2- caracterização das microalgas para a produção de biomassa; 3- definição de sistemas de cultivo 4- determinação da produção de biomassa (kg/ha/dia); 5- quantificação do teor de lipídeos na biomassa das algas selecionadas e cultivadas em tanques abertos. Financiamento: Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR), a Companhia Paranaense de Energia (Copel) e a Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio (Fapeagro).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Diva de Souza Andrade - Integrante / ARNALDO COLOZZI FILHO - Integrante., Financiador(es): Companhia Paranaense de Energia - Auxílio financeiro / Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio - Outra / Instituto Agronômico do Paraná - Auxílio financeiro.Número de orientações: 3

  • 2009 - Atual

    Projeto 06785 - Avaliação, Desenvolvimento e Aplicação de Tecnologia para produção de biodiesel, Aproveitamento de Co-produto e Análise para Controle de Processos., Descrição: ESTE PROJETO DE PESQUISA ATUARÁ NO DESENVOLVIMENTO E APLICAÇÃO DE TECNOLOGIA PARA PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE BIODIESEL POR ROTA ETÍLICA, CONTEMPLANDO ANÁLISES FÍSICO-QUÍMICAS E CROMATOGRÁFICAS PARA CONTROLE DE PROCESSOS, VISANDO MAXIMIZAR O USO DE MATÉRIAS PRIMAS E CO-PRODUTOS DE ORIGEM RENOVÁVEL, MINIMIZANDO IMPACTOS AMBIENTAIS E DE SAÚDE PÚBLICA, BUSCANDO O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / João Carlos Alves - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Jurandir Pereira Pinto - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Eduardo DiMauro - Integrante / Fernanda de Almeida Fin-Lima - Integrante.

  • 2008 - 2010

    Projeto: 05746 - Produção de gás de síntese por gaseificação de bio-óleo obtido por pirólise rápida usando diferentes tipos de biomassa., Descrição: Juan Miguel Mesa Pérez - Coordenador geral - Bioware Tecnologia Edital MCT/SETEC/CNPq nº 32/2007 - RHAE Pesquisador na Empresa. R$300,00 Resumo: Desenvolver tecnologias de transformação de biomassa em energia, materiais e combustíveis renováveis de alto valor agregado com responsabilidade social e ambiental. Esse projeto de desenvolvimento tecnológico insere-se no contexto do uso racional da fonte de energia renovável da biomassa. A biomassa é uma vocação natural do Brasil e seu uso como fonte de energia e materiais em bases sustentáveis com a aplicação de tecnologias eficientes é imprescindível para que o país alcance maiores índices de aproveitamento e possa manter e ampliar sua liderança mundial em biocombustíveis. Por biomassa entende-se toda matéria orgânica de origem vegetal ou animal, inclusive os materiais procedentes de sua transformação natural ou artificial. . , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Dionisio Borsato - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Talita Pedroso Quessada - Integrante / Caren Mura Cortez - Integrante., Financiador(es): Bioware Tecnologia - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2010

    Projeto: 06940 - USO ALTERNATIVO DE COMBUSTÍVEL RENOVÁVEL PARA MOTORES DE CICLO OTTO EM GASOLINA E ETANOL, Descrição: A queima de combustíveis nos motores libera uma quantidade considerável de dióxido de carbono na atmosfera. O uso de componentes derivados de biomassa, os chamados biocombustíveis, na composição de combustíveis de motores, particularmente os oxigenados, reduzem o impacto nocivo do combustível no ambiente. Alguns países como Estados Unidos e Dinamarca proibiram o uso de metil-tércio-butil éter (MTBE) na gasolina. Vários países, incluindo os Estados Unidos, União Européia (UE), Japão, China e Índia estimulam e promovem o uso de biocombustíveis. A mistura gasolina-etanol (E85) e o uso de biodiesel em misturas com diesel como B2, B5 e B20 são exemplos destas diretrizes. O Brasil é citado mundialmente por utilizar na sua matriz energética grande percentagem de biomassa renovável. Além do impacto na redução de gases efeito estufa (GEE), os componentes oxigenados entre eles, o etanol - melhoram as características físico-química da mistura, por exemplo, o teor de oxigênio, o número de octano, a pressão de vapor, etc. A única desvantagem diz respeito à redução no poder calorífico, que aumenta o consumo, mas a relação de preços álcool-gasolina compensa o uso de etanol (GOLUBKOV et al., 2005). Enfim, para que se possa ter dados que balizem a possível regulamentação do uso das misturas sugeridas (glicerol + gasolina e glicerol + álcool hidratado) necessita-se de informações técnico-científicas, razão pela qual se propõe esse projeto. Financiamento: Edital 04/2008 - Convênio Embrapa/Petrobrás / Macroprograma 3 / Aproveitamento de co-produtos e resíduos dos processos industriais de óleos e de biodiesel / Proposta MP-3.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Ricardo Ralisch - Integrante / Marcio Turra de Ávila - Integrante., Financiador(es): EMBRAPA Soja - Bolsa / Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro / Petrobras Biocombustível - Matriz - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2010

    Projeto: 04962 - OTIMIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE OBTENÇÃO DE BIODIESEL UTILIZANDO O DELINEAMENTO, Descrição: Resumo: O CONSUMO DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS, TEM UM SIGNIFICATIVO IMPACTO NA QUALIDADE DO MEIO AMBIENTE. A POLUIÇÃO DO AR, AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS, OS DERRAMAMENTOS DE ÓLEO E A GERAÇÃO DE RESÍDUOS TÓXICOS SÃO RESULTADOS DO USO E DA PRODUÇÃO DE TAIS COMBUSTÍVEIS DERIVADOS DO PETRÓLEO. NO MUNDO, OS COMBUSTÍVEIS CONSUMIDOS POR VEÍCULOS AUTOMOTORES SÃO RESPONSÁVEIS PELA EMISSÃO DA MAIOR PARTE DE MONÓXIDO DE CARBONO, ÓXIDOS DE NITROGÊNIO (NOX), GASES ORGÂNICOS REATIVOS, MATERIAIS PARTICULADOS E DIÓXIDO DE ENXOFRE PRESENTE NA ATMOSFERA. O BIODIESEL PERMITE QUE SE ESTABELEÇA UM CICLO FECHADO DE CARBONO NO QUAL O GÁS CARBÔNICO É ABSORVIDO QUANDO A PLANTA CRESCE E É LIBERADO QUANDO O BIODIESEL É QUEIMADO NA COMBUSTÃO NO MOTOR. OS BENEFÍCIOS AMBIENTAIS PODEM, AINDA, GERAR VANTAGENS ECONÔMICAS PARA O PAÍS. O BRASIL PODERIA ENQUADRAR O BIODIESEL NOS ACORDOS ESTABELECIDOS NO PROTOCOLO DE KYOTO E NAS DIRETRIZES DOS MECANISMOS DE DESENVOLVIMENTO LIMPO. A TRANSESTERIFICAÇÃO EM MEIO BÁSICO SERÁ O PROCESSO PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL E COM O EMPREGO DE PARÂMETROS ADEQUADOS COMO RAZÃO MOLAR ÁLCOOL-ÓLEO VEGETAL, CONCENTRAÇÃO DE CATALISADOR E TEMPERATURA ESTA REAÇÃO, APESAR DE REVERSÍVEL, DEVERÁ APRESENTAR ALTOS RENDIMENTOS. NESTE TRABALHO, A ETANÓLISE DO ÓLEO DE SOJA REFINADO SERÁ OTIMIZADA POR MEIO DE UM PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL DE MISTURA UTILIZANDO 3 TIPOS DE CATALISADORES. A OTIMIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DA REAÇÃO DE TRANSESTERIFICAÇÃO PERMITIRÁ, ATRAVÉS DA ESCOLHA DO CATALISADOR ADEQUADO OU MESMO DE UMA MISTURA DE CATALISADORES, UMA MELHORA DO RENDIMENTO DO PROCESSO DE OBTENÇÃO DE BIODIESEL.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Integrante / Dionisio Borsato - Coordenador / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Ivanira Moreira - Integrante., Financiador(es): Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação da UEL - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2009

    Projeto 05473 - Produção de amostras de briquetes de carvão e bio-óleo em planta de pirólise - PPR-200 visando a sua comercialização., Descrição: ESSE PROJETO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PRETENDE ADEQUAR QUALIDADE E RENDIMENTO DOS PRODUTOS DA PLANTA PILOTO DENOMINADA PPR-220 (PLANTA DE PIRÓSE RÁPIDA COM CAPACIDADE PARA PROCESSAR 200 KG/H DE BIOMASSA) ÀS NECESSIDADES DE POTENCIAIS MERCADOS CONSUMIDORES, COM O OBJETIVO DE COMERCIALIZAR A TECNOLOGIA. ATUALMENTE, A PPR-220 PRODUZ DE FORMA CONTÍNUA O CARVÃO VEGETAL, O EXTRATO DE ÁCIDO, O BIO-ÓLEO E OS GASES DE COMBUSTÃO. ESSES PRODUTOS APRESENTAM MÚLTIPLAS APLICAÇÕES, COMO COMBUSTÍVEIS E INSUMOS QUÍMICOS, PORÉM, OS ESFORÇOS NESTE PROJETO ESTARÃO DIRIGIDOS PARA PRODUÇÃO DE GRANDES AMOSTRAS DE BRIQUETES SIDERÚRGICOS, BIO-ÓLEO COMBUSTÍVEL E EXTRATO ÁCIDO, VISANDO A CRIAÇÃO DO MERCADO CONSUMIDOR E POSTERIOR VENDA DA TECNOLOGIA. A AMOSTRA DE BRIQUETES DE CARVÃO VEGETAL TERÁ QUALIDADE PARA SEU USO EM ALTOS-FORNOS DA INDUSTRIA SIDERÚRGICA, O ESTRATO ÁCIDO SERÁ TESTADO COMO INSETICIDA NATURAL PARA A AGRICULTURA ORGÂNICA E ADITIVO DE COMBUSTÍVEL FÓSSIL. O BIO-ÓLEO SERÁ MISTURADO COM ÓLEO DIESEL PU BPF PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA EM CENTRAIS TERMELÉTRICAS. Edital MCT/CNPq/CTEnerg nº 33/2006 - Combustão e Gaseificação - IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO: 555127/2006-0 VALOR FINANCIAMENTO: 139.842,44 Subprojeto UEL: OBTENÇÃO DE ADITIVOS E BIOCOMBUSTÍVEIS A PARTIR DE EXTRATOS ÁCIDOS PRODUZIDOS NA PIRÓLISE DE RESÍDUOS DA AGRICULTURA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / José Dílcio Rocha - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante / ANDRESSA DEL FRARO FREDERICO - Integrante / Luis Augusto Barbosa Cortez - Integrante., Financiador(es): Bioware Tecnologia - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2006 - 2009

    Projeto: 05165 - Monitoramento da Bacia do Arroio Saldanha e Aplicação de Tecnologia para Remediação de Solo Atingido pelo Vazamento de Petróleo ocorrido em 16 de julho de 2000 na refinaria Presidente Getukio Vargas- REPAR, em Araucária, PR., Descrição: Convênio FAUEL/UEL - REPAR/PETROBRAS - Cadastro no. 05165 PROPPG-UEL FINANCIADOR: Petroleo Brasileiro S. A.-PETROBRAS VALOR FINANCIAMENTO: R$ 265.000,00 . A CONTINUIDADE DAS AÇÕES IMPLEMENTADAS PELA FAUEL/UEL QUE DIZEM RESPEITO AO MONITORAMENTO E APLICAÇÃO DE TECNOLOGIAS, COM APROVEITAMENTO DE LUZ SOLAR PARA REDUZIR OU ELIMINAR O IMPACTO CAUSADO PELO DERRAMAMENTO DE PETRÓLEO EM SOLO NA ÁREA DA REPAR/PETROBRÁS E VIZINHANÇA, É OPORTUNA NÃO SÓ PARA A RECUPERAÇÃO DA MATRIZ AMBIENTAL, MAS TAMBÉM PARA ASSESSORAR O SETOR DE SMS DA REPAR/PETROBRÁS NOS RELATÓRIO. REUNIÕES E SEMINÁRIOS EXIGIDOS PELOS ÓRGÃOS AMBIENTAIS, ASSIM COMO, DAR PROSSEGUIMENTO AOS TRABALHOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO NO PONTO ZERO. ALÉM DAS TECNOLOGIAS JÁ IMPLEMENTADAS E EM FASE DE MONITORAMENTO, SERÃO IMPLEMENTADAS OUTRAS AÇÕES EM SINERGIA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Ilza Lobo - Integrante / Milton Faccione - Integrante / Maria Cristina Solci - Integrante / Luiz Henrique Dall'Antonia - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Ricardo Ralisch - Integrante / Osmar Rodrigues Brito - Integrante / Otavio J. G. Abi Saab - Integrante., Financiador(es): Degussa Brasil Ltda - Cooperação / Petroleo Brasileiro S. A. - Auxílio financeiro / Tecnologia Ambiental - Cooperação.Número de orientações: 4

  • 2006 - 2009

    Projeto: 05339 - Obtenção de Biocombustíveis a partir de Óleos Vegetais por Processo de Pirólise Catalítica, Descrição: EDITAL Convênio Encomenda Transversal MCT / RBT / FINEP / EMBRAPA Global Energy and Telecommunication Ltda (GET) VALOR FINANCIAMENTO: R$ 293.000,00 Resumo: PROPÕE-SE A DESENVOLVER UM PROTÓTIPO PARA OBTENÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS SUCEDÂNEOS DE PETRODIESEL, GASOLINA, QUEROSENE E GLP, A PARTIR DE ÓLEOS VEGETAIS. DIFERENCIA-SE DE TRANSESTERIFICAÇÃO (BIODIESEL) POR GERAR UMA MISTURA DE HIDROCARBONETOS DE CADEIA LINEAR, SEMELHANTE AOS DERIVADOS DE PETRÓLEO. NÃO NECESSITA DE OUTROS INSUMOS, COMO O ÁLCOOL ANIDRO, NEM GERA SUB-PROJETOS, COMO GLICERINA, RAZÃO PELA QUAL ADAPTA-SE A UMA AMPLA GAMA DE USUÁRIOS, DESDE A PEQUENA PRODUÇÃO RURAL OU O PEQUENO EMPRESÁRIO, ATÉ A PRODUÇÃO POR ATACADO. ADAPTA-SE PERFEITAMENTE AO ATENDIMENTO ENERGÉTICO DE COMUNIDADES ISOLADAS. . , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Berenice Quinzano Jordão - Integrante / Marcio Turra de Ávila - Integrante / Decio Luiz Gazzoni - Integrante., Financiador(es): Embrapa Agroenergia - Cooperação / Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro / GET Global Energy and Telecommunication Ltda - Auxílio financeiro.

  • 2005 - 2007

    Projeto: 04578 - USO DE BIOMASSA COMO ENERGIA LIMPA E MATÉRIA-PRIMA RENOVÁVELUso de biomassa como energia limpa e matéria-prima renovável., Descrição: EDITAL CNPq 21/2004 - RHAE Inovação / RHAE Inovação - Projetos Tipo C VALOR FINANCIAMENTO R$ 128.500,00 Resumo: ESTE PROJETO PROPÕE REALIZAR UM ESTUDO TEÓRICO E EXPERIMENTAL VISANDO MELHORAR AS PROPRIEDADES COMBUSTÍVEIS DO BIO-ÓLEO OBTIDO NA PLANTA DE PIRÓLISE DA UNICAMP. VÁRIAS AMOSTRAS DE BIO-ÓLEO SERÃO OBTIDAS E CARACTERIZADAS PARA DIFERENTES CONDIÇÕES DE OPERAÇÃO DO REATOR. FAZENDO USO DE UM PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL SERÃO REALIZADOS NO LAFLURPE DA UEL SOBRE A ESTABILIDADE E A EFICIÊNCIA DA COMBUSTÃO DE MISTURAS DO BIODIESEL (BIOFLEX) OBTIDO A PARTIR DO BIO-ÓLEO COM O DIESEL E A GASOLINA, DERIVADOS DE PETRÓLEO. SERÃO TAMBÉM PRODUZIDOS VÁRIOS TIPOS DE BIODIESEL À PARTIR DE BIO-ÓLEO, ÓLEO VEGETAL E GORDURA ANIMAL.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / José Dílcio Rocha - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante., Financiador(es): Bioware Tecnologia - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2006

    Monitoramento ambiental e aplicação de tecnologia relacionados a recuperação de matrizes ambientais., Descrição: APLICAÇÃO DA TÉCNICA DE FOTOCATÁLISE HETEROGÊNEA COM TIO2 SOB EFEITO DE LUZ SOLAR, E AINDA, UTILIZAÇÃO DE AGENTES COMPLEXANTES PARA MINIMIZAR OU ELIMINAR A AÇÃO DE REFRATÁRIOS DE PETRÓLEO EM MATRIZES AMBIENTAIS, MONITORANDO O PROCESSO NATURAL DE DEGRADAÇÃO QUÍMICA DO MATERIAL BETUMINOSO, COMO TAMBÉM, A EFICIÊNCIA DOS AGENTES DE REMEDIAÇÃO.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / David Ernest Nicodem - Integrante / Eduardo Di Mauro - Integrante / Ilza Lobo - Integrante / Milton Faccione - Integrante / Maria Cristina Solci - Integrante / Dionisio Borsato - Integrante / Luiz Henrique Dall'Antonia - Integrante / Marilene Turini Piccinato - Integrante / Walter Sano - Integrante / Jurandir Pereira Pinto - Integrante / Aneli de Melo Barbosa - Integrante / Robson da Silva Lewis - Integrante / Ivanira Moreira - Integrante / Marcos Rachwal - Integrante / Daniele Cristina Adão - Integrante / Caroline Catyussia Carradore Vecchi - Integrante / Ricardo Ralisch - Integrante / Osmar Rodrigues Brito - Integrante / Angelita da Silva - Integrante / Alex Gibelato Pavanelli - Integrante / Luciana Natália Cividatti - Integrante / Otavio J. G. Abi Saab - Integrante / Renato César de Souza - Integrante / Karina Gomes Angilelli - Integrante., Financiador(es): Industria Química - Cooperação / Petróleo Brasileiro S A - Auxílio financeiro / Tecnologia Ambiental - Cooperação.

  • 2013 - Atual

    Projeto 09051 - DESENVOLVIMENTO DE SENSOR LUMINESCENTE DE FIBRA-ÓTICA PARA DETERMINAÇÃO IN SITU E ON-LINE DE TRIACILGLICERÓIS EM CULTIVOS DE MICROALGAS, Descrição: EMBORA SEJA VERDADE QUE A INDÚSTRIA DAS MICROALGAS, A OBTENÇÃO DE PRODUTOS DE VALOR AGREGADO (MEDICAMENTOS, PIGMENTOS, ETC.), TEM DEMONSTRADO SER RENTÁVEL E MADURA, NA PRODUÇÃO DE BIODIESEL AINDA TEM UM GRANDE CAMINHO A PERCORRER PARA ESTAR AO MESMO NÍVEL. ISTO SE DEVE AO FATO DE QUE, ENQUANTO O PREÇO DUMA TONELADA DE ASTAXANTINA (POR EXEMPLO) É DE $3 MILHÕES DÓLARES, O PREÇO DUMA TONELADA DE PETRÓLEO É INFERIOR AOS $1000 DÓLARES. MESMO QUE AMBAS AS TECNOLOGIAS UTILIZEM MICROALGAS ELAS TÊM UMA ECONOMIA MUITO DIFERENTE, AINDA É NECESSÁRIO UM GRANDE TRABALHO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO PARA QUE ESTA PROMETEDORA TECNOLOGIA POSSA COMPETIR COM OUTRAS TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO DE BIODIESEL MAIS MADURAS. SEU ÊXITO ECONÔMICO VAI DEPENDER DAS OTIMIZAÇÕES DE TODAS E CADA UMA DAS ETAPAS E FATORES QUE CONTROLAM A PRODUÇÃO, TENTANDO DIMINUIR CUSTOS E AUMENTAR A PRODUÇÃO. AS LINHAS DE PESQUISA SÃO MUITO VARIADAS: SELEÇÃO DE ESPÉCIES E CEPAS, MELHORAMENTO GENÉTICO DELAS, DESENHO DOS BIORREATORES, MELHORA E CONTROLE DAS CONDIÇÕES DE CRESCIMENTO, COLETA DAS CÉLULAS, EXTRAÇÃO DOS LIPÍDEOS, REVALORIZAÇÃO DOS PRODUTOS SECUNDÁRIOS (PROTEÍNAS, VITAMINAS, ETC.), ENTRE OUTROS. A FIM DE REDUZIR OS CUSTOS, TAMBÉM SÃO ESTUDADAS FONTES DE MATÉRIAS PRIMAS ALTERNATIVAS PARA A ALIMENTAÇÃO DOS CULTIVOS COMO ÁGUAS RESIDUAIS, ONDE OS BIORREATORES SERIAM PARTE DAS ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTO (ETE); OU A ALIMENTAÇÃO DOS CULTIVOS COM CO2 DIRETO DAS CHAMINÉS INDUSTRIAIS, O QUE PERMITIRIA ÀS INDÚSTRIAS, ALEM DE GERAR BIODIESEL, OBTER UM BENEFÍCIO DO MERCADO DAS EMISSÕES DE CO2. TUDO PARECE INDICAR QUE O FUTURO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE BIODIESEL DE MICROALGAS É UMA TAREFA MULTIDISCIPLINAR QUE ENVOLVE NÃO SÓ ÁREAS DIFERENTES DA CIÊNCIA, MAS TAMBÉM, DADA À IMPORTÂNCIA ESTRATÉGICA DO PRODUTO (ENERGIA), VONTADES POLÍTICAS. UMA DAS FORMAS DE REDUZIR OS CUSTOS E INCREMENTAR A PRODUÇÃO É CONTROLANDO TODOS OS PARÂMETROS FUNDAMENTAIS QUE DOMINAM A REAÇÃO BIOLÓGICA DE INTERESSE. É POR ISSO MESMO QUE OS BIORREATORES (DE TODOS OS TIPOS) ACOSTUMAM TER INSTALADOS CONJUNTOS DE SENSORES PARA MONITORIZAR PARÂMETROS COMO O PH, A TEMPERATURA, A CONCENTRAÇÃO DE REATIVOS (NUTRIENTES, CO2, ETC.), OU COPRODUTOS (O2, BIOMASSA OU PIGMENTOS).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Diva de Souza Andrade - Integrante / Guillermo Orellana - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Projeto: 09091 - OBTENÇÃO DE BIODIESEL A PARTIR DE ÓLEO RESIDUAL UTILIZANDO LIPASE IMOBILIZADA EM BIOCARVÃO PIROLÍTICO., Descrição: COM O AUMENTO NA DEMANDA DE PETRÓLEO, SUA POSSÍVEL ESCASSEZ E CUSTO ASSOCIADO A PREOCUPAÇÕES POLÍTICAS E AMBIENTAIS SOBRE O USO DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS, SURGEM A NECESSIDADE DE DESENVOLVER UM PROCESSO ECONÔMICO E ENERGÉTICO PARA PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL DE COMBUSTÍVEIS. O BIODIESEL É UM COMBUSTÍVEL DERIVADO DE FONTES RENOVÁVEIS, COMO ÓLEOS VEGETAIS E GORDURAS ANIMAIS, COMPOSTOS POR TRIACILGLICERÓIS, UMA OPÇÃO COMO FONTE RENOVÁVEL DE ENERGIA COM POTENCIAL PARA SUBSTITUIR O DIESEL DE PETRÓLEO. A METODOLOGIA DE OBTENÇÃO DESTE BIOCOMBUSTÍVEL UTILIZA GERALMENTE A CATÁLISE BÁSICA, ENTRETANTO, DEVIDO A ALGUNS INCONVENIENTES COMO A DIFÍCIL RECUPERAÇÃO DO GLICEROL E REAÇÕES PARALELAS, BUSCARAM-SE NOVAS ALTERNATIVAS DE PRODUÇÃO. FOI ENTÃO OBSERVADO QUE A CATÁLISE ENZIMÁTICA, UTILIZANDO LIPASES É ESPECÍFICA E PERMITE A FÁCIL RECUPERAÇÃO DO GLICEROL. ATUALMENTE, OS CUSTOS DO EMPREGO DA LIPASE NA TRANSESTERIFICAÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL AINDA SÃO ELEVADOS. ISTO SE DEVE A BARREIRAS NO PROCESSO, COMO A POSSÍVEL PERDA DA ENZIMA POR DESATIVAÇÃO PERANTE O ÁLCOOL E O GLICEROL, PRESENTES NA MISTURA DE REAÇÃO. DIVERSAS TÉCNICAS TÊM SIDO DESENVOLVIDAS PARA MINIMIZAR ESTES EFEITOS, COMO A IMOBILIZAÇÃO DA ENZIMA, QUE PERMITE A SUA REUTILIZAÇÃO, SEPARAÇÃO DE PRODUTOS DO MEIO REACIONAL DE FORMA FÁCIL E AINDA, MUITAS VEZES, MELHORA A EFICIÊNCIA CATALÍTICA DA ENZIMA. UMA OPÇÃO VANTAJOSA É A IMOBILIZAÇÃO EM UM SUPORTE DE BAIXO CUSTO COMO O BIOCARVÃO, UM RESÍDUO DE PIRÓLISE, QUE APÓS ATIVAÇÃO, PERMITE A IMOBILIZAÇÃO DA ENZIMA POR ADSORÇÃO DEVIDO À GRANDE ÁREA SUPERFICIAL E GRUPOS FUNCIONAIS PRESENTES. PARA CONTRIBUIR COM A REDUÇÃO DE CUSTOS, A ENZIMA SERÁ PRODUZIDA POR UM FUNGO PREVIAMENTE SELECIONADO COMO PRODUTOR DE LIPASES A PARTIR DE CONDIÇÃO OTIMIZADA UTILIZANDO UM RESÍDUO AGROINDUSTRIAL, A TORTA DE SOJA, SOMENTE COM ADIÇÃO DE ÁGUA. E, AINDA, A UTILIZAÇÃO DE ÓLEO DE COZINHA RESIDUAL COMO MATÉRIA PRIMA PARA PRODUÇÃO DE BIODIESEL AO INVÉS DE ÓLEO VEGETAL, CONTRIBUIRÁ PARA A DIMINUIÇÃO DO CUSTO FINAL DO PROCESSO. OUTRA FERRAMENTA MUITO ÚTIL QUE SERÁ UTILIZADA COM O INTUITO DE DIMINUIR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO É O PLANEJAMENTO FATORIAL, ATRAVÉS DA AVALIAÇÃO DE VARIÁVEIS QUE INFLUENCIAM NA SÍNTESE DE BIODIESEL. O DESENVOLVIMENTO DESTE PROJETO VISA À ADIÇÃO DE VALOR AGREGADO AOS RESÍDUOS INDUSTRIAIS TORTA DE SOJA, CARVÕES DE PIRÓLISE E ÓLEO RESIDUAL. ESTAS INICIATIVAS PROPORCIONARÃO O DESENVOLVIMENTO DE NOVOS PROCESSOS BIOTECNOLÓGICOS PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL E POSSIBILIDADE DE NOVAS PATENTES E PUBLICAÇÕES, ALÉM DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS EM NÍVEL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, MESTRADO, DOUTORADO E PÓS-DOUTORADO, CONTRIBUINDO PARA O FORTALECIMENTO DOS PROGRAMAS DE PÓS GRADUAÇÃO EM QUÍMICA, BIOENERGIA E BIOTECNOLOGIA.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Aneli de Melo Barbosa - Integrante / Maria Inês Rezende - Integrante / Milena Martins Andrade - Integrante / André Luiz Martinez de Oliveira - Integrante / Robert F. H. Dekker - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Projeto: 09090 - ESTUDO DE EMULSÕES DO BIO-ÓLEO PIROLÍTICO EM ÓLEO COMBUSTÍVEL PARA USO NA GERAÇÃO DE ENERGIA EM TERMELÉTRICAS., Descrição: O MAIOR DESAFIO PARA A EXPANSÃO DA GERAÇÃO TERMELÉTRICA A PARTIR DA BIOMASSA IN NATURA ESTÁ NA LOGÍSTICA DO PROCESSO, DEVIDO ÀS CARACTERÍSTICAS DA BIOMASSA (GRANDE DISPERSÃO, BAIXA DENSIDADE, BAIXO PODER CALORÍFICO, DIFÍCIL MANUSEIO E ALTA UMIDADE). UNIDADES DE PIRÓLISE RÁPIDA DE BIOMASSA PARA PRODUÇÃO DE COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS DE ALTA DENSIDADE ENERGÉTICA, ADAPTADOS PARA GERAÇÃO TERMELÉTRICA A PARTIR DE BIOMASSAS AGROINDUSTRIAIS SERIA UMA ALTERNATIVA PARA PRODUÇÃO DE MATÉRIA PRIMA NA GERAÇÃO TERMELÉTRICA. A TRANSFORMAÇÃO DA BIOMASSA VIA PIRÓLISE RÁPIDA RESOLVERIA OS PROBLEMAS DE LOGÍSTICA, POSSIBILITANDO O USO DESSES COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS NOS SISTEMAS DE COMBUSTÃO ATUALMENTE EXISTENTES SEM MODIFICAÇÕES SUBSTANCIAIS. O PROCESSO TRANSFORMA A BIOMASSA DE BAIXA DENSIDADE (80-250 KG.M-3) EM BIO-ÓLEO (LÍQUIDO COM DENSIDADE DE 1200 KG.M-3). UNIDADES DE PIRÓLISE SÃO ECONOMICAMENTE VIÁVEIS E SUFICIENTEMENTE COMPACTAS PARA PERMITIR SUA IMPLANTAÇÃO DE FORMA DESCENTRALIZADA. ISSO PERMITE CRIAR UMA LOGÍSTICA DE FORNECIMENTO DE CARVÃO E BIO-ÓLEO A PARTIR DE UNIDADES DE PIRÓLISE ESPALHADAS GEOGRAFICAMENTE EM CENTROS GERADORES DE RESÍDUOS DE BIOMASSAS TAIS COMO: AGROINDUSTRIAIS, AGRÍCOLAS, RESÍDUOS ORGÂNICOS URBANOS, ALGAS, ENTRE OUTRAS. A PROPOSTA EM QUESTÃO PERMITE A OBTENÇÃO DE COMBUSTÍVEIS DE FÁCIL ADAPTABILIDADE AOS SISTEMAS DE COMBUSTÃO ATUALMENTE EXISTENTES NAS UNIDADES GERADORAS. O PROJETO PREVÊ PESQUISAS BÁSICAS E APLICADAS NA PRODUÇÃO E NO USO DE NOVOS BICOMBUSTÍVEIS NA CADEIA PRODUTIVA DE TERMELÉTRICAS ABRANGENDO A PRODUÇÃO E PADRONIZAÇÃO DE BIO-ÓLEO E SUAS MISTURAS COM O ÓLEO COMBUSTÍVEL DERIVADO DO PETRÓLEO PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA. A PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA, COMO A CARACTERIZAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DA BIOMASSA LIGNOCELULÓSICA E DO BIO-ÓLEO E/OU DERIVADOS EM MISTURA OU COMO ADITIVO PARA ÓLEO COMBUSTÍVEL É A TAREFA PRINCIPAL A SER DESENVOLVIDA NESTA PROPOSTA OBJETIVANDO O USO DO BIO-ÓLEO NA CO-COMBUSTÃO DOS DERIVADOS FÓSSEIS, PODENDO SER ESTE BIOCOMBUSTÍVEL NO FUTURO INSERIDO NA MATRIZ ENERGÉTICA NACIONAL PARA GERAÇÃO TERMELÉTRICA.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Talita Pedroso Quessada - Integrante / Pérez, Juan Miguel Mesa - Integrante.

  • 2009 - 2012

    Projeto: 06751 - REMEDIAÇÃO IN SITU DE SOLOS IMPACTADOS COM PETRÓLEO OU DERIVADOS UTILIZANDO, Descrição: Tipo de Cadastro: ÓRGÃOS EXTERNOS DE FOMENTO - PETROBRAS/CENPES Tipo de Pesquisa: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Processo: 39226 / 2009 Tempo Pr. Inicial: 036 Meses Prorrog.: Término Previsto: 30/04/2012 Área do CNPQ: QUIMICA Desenvolvimento do Projeto 08/05/2009 EM ANDAMENTO ÓRGÃOS EXTERNOS Resumo: ESPERA-SE COMO PRODUTO TECNOLÓGICO FINAL À RECUPERAÇÃO IN SITU DE ÁREAS IMPACTADAS DEVIDO A ACIDENTES OU OPERAÇÕES DE ROTINA LIGADAS A ATIVIDADES DA INDÚSTRIA DO PETRÓLEO, ATRAVÉS DE TRATAMENTOS ALTERNATIVOS QUE POSSAM ALÉM DE BAIXAR OS CUSTOS OPERACIONAIS DA REMEDIAÇÃO, EVITAR A GERAÇÃO DE RESÍDUOS OU DE EFLUENTES PARA A DISPOSIÇÃO FINAL. OS BENEFÍCIOS SERÃO DE ATENDER A LEGISLAÇÃO AMBIENTAL VIGENTE COM IMPLEMENTAÇÃO DE AÇÕES QUE CONTRIBUAM PARA O DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO SUSTENTÁVEL, COM PRESERVAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS E DOS SERES VIVOS, CONTRIBUINDO ASSIM, PARA A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DAS FUTURAS GERAÇÕES.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Claudia Bueno dos Reis Martinez - Integrante / Flávia Zanuto - Integrante / Rafael Bragueto - Integrante / Fabio Cal Sabino - Integrante / Lucia A. S. Almeida - Integrante / Ana Paula C. Luiz - Integrante., Financiador(es): Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobras - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    Projeto 06785 - Avaliação, Desenvolvimento e Aplicação de Tecnologia para produção de biodiesel, Aproveitamento de Co-produto e Análise para Controle de Processos., Descrição: ESTE PROJETO DE PESQUISA ATUARÁ NO DESENVOLVIMENTO E APLICAÇÃO DE TECNOLOGIA PARA PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE BIODIESEL POR ROTA ETÍLICA, CONTEMPLANDO ANÁLISES FÍSICO-QUÍMICAS E CROMATOGRÁFICAS PARA CONTROLE DE PROCESSOS, VISANDO MAXIMIZAR O USO DE MATÉRIAS PRIMAS E CO-PRODUTOS DE ORIGEM RENOVÁVEL, MINIMIZANDO IMPACTOS AMBIENTAIS E DE SAÚDE PÚBLICA, BUSCANDO O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / João Carlos Alves - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Jurandir Pereira Pinto - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Eduardo DiMauro - Integrante / Fernanda de Almeida Fin-Lima - Integrante.

  • 2009 - Atual

    Projeto 07838 - DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS PARA A PRODUÇÃO DE MICROALGAS COMO FONTE DE ÓLEO, Descrição: OBJETIVO GERAL: - desenvolver tecnologias para produção de biomassa de microalgas visando extração de óleo vegetal e utilização agrícola dos co-produtos. - elaboração de estudos para o dimensionamento e estruturação de um empreendimento de produção de óleo vegetal a partir de micro-algas para a fabricação de biodiesel e aproveitamento econômico dos co-produtos, prevendo-se a possibilidade de implantação de uma instalação piloto junto a um local onde haja condições adequadas para o melhor desenvolvimento da biomassa de microalgas. Objetivos especificos: 1 - coleta no paraná e aquisição de coleções nacionais e internacionais de material genético de microalgas para a formação de um banco genético com potencial para alavancar trabalhos sobre a produção de óleos vegetais para biodiesel a partir da biomassa destes organismos; 2- caracterização das microalgas para a produção de biomassa; 3- definição de sistemas de cultivo 4- determinação da produção de biomassa (kg/ha/dia); 5- quantificação do teor de lipídeos na biomassa das algas selecionadas e cultivadas em tanques abertos. Financiamento: Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR), a Companhia Paranaense de Energia (Copel) e a Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio (Fapeagro).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Diva de Souza Andrade - Integrante / ARNALDO COLOZZI FILHO - Integrante., Financiador(es): Companhia Paranaense de Energia - Auxílio financeiro / Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio - Outra / Instituto Agronômico do Paraná - Auxílio financeiro.Número de orientações: 3

  • 2008 - 2010

    Projeto: 05746 - Produção de gás de síntese por gaseificação de bio-óleo obtido por pirólise rápida usando diferentes tipos de biomassa., Descrição: Juan Miguel Mesa Pérez - Coordenador geral - Bioware Tecnologia Edital MCT/SETEC/CNPq nº 32/2007 - RHAE Pesquisador na Empresa. R$300,00 Resumo: Desenvolver tecnologias de transformação de biomassa em energia, materiais e combustíveis renováveis de alto valor agregado com responsabilidade social e ambiental. Esse projeto de desenvolvimento tecnológico insere-se no contexto do uso racional da fonte de energia renovável da biomassa. A biomassa é uma vocação natural do Brasil e seu uso como fonte de energia e materiais em bases sustentáveis com a aplicação de tecnologias eficientes é imprescindível para que o país alcance maiores índices de aproveitamento e possa manter e ampliar sua liderança mundial em biocombustíveis. Por biomassa entende-se toda matéria orgânica de origem vegetal ou animal, inclusive os materiais procedentes de sua transformação natural ou artificial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Dionisio Borsato - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Talita Pedroso Quessada - Integrante / Caren Mura Cortez - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Bioware Tecnologia - Cooperação.

  • 2008 - 2010

    Projeto: 06940 - USO ALTERNATIVO DE COMBUSTÍVEL RENOVÁVEL PARA MOTORES DE CICLO OTTO EM GASOLINA E ETANOL, Descrição: A queima de combustíveis nos motores libera uma quantidade considerável de dióxido de carbono na atmosfera. O uso de componentes derivados de biomassa, os chamados biocombustíveis, na composição de combustíveis de motores, particularmente os oxigenados, reduzem o impacto nocivo do combustível no ambiente. Alguns países como Estados Unidos e Dinamarca proibiram o uso de metil-tércio-butil éter (MTBE) na gasolina. Vários países, incluindo os Estados Unidos, União Européia (UE), Japão, China e Índia estimulam e promovem o uso de biocombustíveis. A mistura gasolina-etanol (E85) e o uso de biodiesel em misturas com diesel como B2, B5 e B20 são exemplos destas diretrizes. O Brasil é citado mundialmente por utilizar na sua matriz energética grande percentagem de biomassa renovável. Além do impacto na redução de gases efeito estufa (GEE), os componentes oxigenados ? entre eles, o etanol - melhoram as características físico-química da mistura, por exemplo, o teor de oxigênio, o número de octano, a pressão de vapor, etc. A única desvantagem diz respeito à redução no poder calorífico, que aumenta o consumo, mas a relação de preços álcool-gasolina compensa o uso de etanol (GOLUBKOV et al., 2005). Enfim, para que se possa ter dados que balizem a possível regulamentação do uso das misturas sugeridas (glicerol + gasolina e glicerol + álcool hidratado) necessita-se de informações técnico-científicas, razão pela qual se propõe esse projeto. Financiamento: Edital 04/2008 - Convênio Embrapa/Petrobrás / Macroprograma 3 / Aproveitamento de co-produtos e resíduos dos processos industriais de óleos e de biodiesel / Proposta MP-3.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Ricardo Ralisch - Integrante / Marcio Turra de Ávila - Integrante., Financiador(es): EMBRAPA Soja - Bolsa / Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro / Petrobras Biocombustível - Matriz - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2010

    Projeto: 04962 - OTIMIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE OBTENÇÃO DE BIODIESEL UTILIZANDO O DELINEAMENTO, Descrição: Resumo: O CONSUMO DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS, TEM UM SIGNIFICATIVO IMPACTO NA QUALIDADE DO MEIO AMBIENTE. A POLUIÇÃO DO AR, AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS, OS DERRAMAMENTOS DE ÓLEO E A GERAÇÃO DE RESÍDUOS TÓXICOS SÃO RESULTADOS DO USO E DA PRODUÇÃO DE TAIS COMBUSTÍVEIS DERIVADOS DO PETRÓLEO. NO MUNDO, OS COMBUSTÍVEIS CONSUMIDOS POR VEÍCULOS AUTOMOTORES SÃO RESPONSÁVEIS PELA EMISSÃO DA MAIOR PARTE DE MONÓXIDO DE CARBONO, ÓXIDOS DE NITROGÊNIO (NOX), GASES ORGÂNICOS REATIVOS, MATERIAIS PARTICULADOS E DIÓXIDO DE ENXOFRE PRESENTE NA ATMOSFERA. O BIODIESEL PERMITE QUE SE ESTABELEÇA UM CICLO FECHADO DE CARBONO NO QUAL O GÁS CARBÔNICO É ABSORVIDO QUANDO A PLANTA CRESCE E É LIBERADO QUANDO O BIODIESEL É QUEIMADO NA COMBUSTÃO NO MOTOR. OS BENEFÍCIOS AMBIENTAIS PODEM, AINDA, GERAR VANTAGENS ECONÔMICAS PARA O PAÍS. O BRASIL PODERIA ENQUADRAR O BIODIESEL NOS ACORDOS ESTABELECIDOS NO PROTOCOLO DE KYOTO E NAS DIRETRIZES DOS MECANISMOS DE DESENVOLVIMENTO LIMPO. A TRANSESTERIFICAÇÃO EM MEIO BÁSICO SERÁ O PROCESSO PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL E COM O EMPREGO DE PARÂMETROS ADEQUADOS COMO RAZÃO MOLAR ÁLCOOL-ÓLEO VEGETAL, CONCENTRAÇÃO DE CATALISADOR E TEMPERATURA ESTA REAÇÃO, APESAR DE REVERSÍVEL, DEVERÁ APRESENTAR ALTOS RENDIMENTOS. NESTE TRABALHO, A ETANÓLISE DO ÓLEO DE SOJA REFINADO SERÁ OTIMIZADA POR MEIO DE UM PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL DE MISTURA UTILIZANDO 3 TIPOS DE CATALISADORES. A OTIMIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DA REAÇÃO DE TRANSESTERIFICAÇÃO PERMITIRÁ, ATRAVÉS DA ESCOLHA DO CATALISADOR ADEQUADO OU MESMO DE UMA MISTURA DE CATALISADORES, UMA MELHORA DO RENDIMENTO DO PROCESSO DE OBTENÇÃO DE BIODIESEL.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Integrante / Dionisio Borsato - Coordenador / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Ivanira Moreira - Integrante., Financiador(es): Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação da UEL - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2009

    Projeto 05473 - Produção de amostras de briquetes de carvão e bio-óleo em planta de pirólise - PPR-200 visando a sua comercialização., Descrição: ESSE PROJETO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PRETENDE ADEQUAR QUALIDADE E RENDIMENTO DOS PRODUTOS DA PLANTA PILOTO DENOMINADA PPR-220 (PLANTA DE PIRÓSE RÁPIDA COM CAPACIDADE PARA PROCESSAR 200 KG/H DE BIOMASSA) ÀS NECESSIDADES DE POTENCIAIS MERCADOS CONSUMIDORES, COM O OBJETIVO DE COMERCIALIZAR A TECNOLOGIA. ATUALMENTE, A PPR-220 PRODUZ DE FORMA CONTÍNUA O CARVÃO VEGETAL, O EXTRATO DE ÁCIDO, O BIO-ÓLEO E OS GASES DE COMBUSTÃO. ESSES PRODUTOS APRESENTAM MÚLTIPLAS APLICAÇÕES, COMO COMBUSTÍVEIS E INSUMOS QUÍMICOS, PORÉM, OS ESFORÇOS NESTE PROJETO ESTARÃO DIRIGIDOS PARA PRODUÇÃO DE GRANDES AMOSTRAS DE BRIQUETES SIDERÚRGICOS, BIO-ÓLEO COMBUSTÍVEL E EXTRATO ÁCIDO, VISANDO A CRIAÇÃO DO MERCADO CONSUMIDOR E POSTERIOR VENDA DA TECNOLOGIA. A AMOSTRA DE BRIQUETES DE CARVÃO VEGETAL TERÁ QUALIDADE PARA SEU USO EM ALTOS-FORNOS DA INDUSTRIA SIDERÚRGICA, O ESTRATO ÁCIDO SERÁ TESTADO COMO INSETICIDA NATURAL PARA A AGRICULTURA ORGÂNICA E ADITIVO DE COMBUSTÍVEL FÓSSIL. O BIO-ÓLEO SERÁ MISTURADO COM ÓLEO DIESEL PU BPF PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA EM CENTRAIS TERMELÉTRICAS. Edital MCT/CNPq/CTEnerg nº 33/2006 - Combustão e Gaseificação - IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO: 555127/2006-0 VALOR FINANCIAMENTO: 139.842,44 Subprojeto UEL: OBTENÇÃO DE ADITIVOS E BIOCOMBUSTÍVEIS A PARTIR DE EXTRATOS ÁCIDOS PRODUZIDOS NA PIRÓLISE DE RESÍDUOS DA AGRICULTURA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / José Dílcio Rocha - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante / ANDRESSA DEL FRARO FREDERICO - Integrante / Luis Augusto Barbosa Cortez - Integrante., Financiador(es): Bioware Tecnologia - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2006 - 2009

    Projeto: 05165 - Monitoramento da Bacia do Arroio Saldanha e Aplicação de Tecnologia para Remediação de Solo Atingido pelo Vazamento de Petróleo ocorrido em 16 de julho de 2000 na refinaria Presidente Getukio Vargas- REPAR, em Araucária, PR., Descrição: Convênio ? FAUEL/UEL - REPAR/PETROBRAS - Cadastro no. 05165 PROPPG-UEL FINANCIADOR: Petroleo Brasileiro S. A.-PETROBRAS VALOR FINANCIAMENTO: R$ 265.000,00 . A CONTINUIDADE DAS AÇÕES IMPLEMENTADAS PELA FAUEL/UEL QUE DIZEM RESPEITO AO MONITORAMENTO E APLICAÇÃO DE TECNOLOGIAS, COM APROVEITAMENTO DE LUZ SOLAR PARA REDUZIR OU ELIMINAR O IMPACTO CAUSADO PELO DERRAMAMENTO DE PETRÓLEO EM SOLO NA ÁREA DA REPAR/PETROBRÁS E VIZINHANÇA, É OPORTUNA NÃO SÓ PARA A RECUPERAÇÃO DA MATRIZ AMBIENTAL, MAS TAMBÉM PARA ASSESSORAR O SETOR DE SMS DA REPAR/PETROBRÁS NOS RELATÓRIO. REUNIÕES E SEMINÁRIOS EXIGIDOS PELOS ÓRGÃOS AMBIENTAIS, ASSIM COMO, DAR PROSSEGUIMENTO AOS TRABALHOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO NO PONTO ZERO. ALÉM DAS TECNOLOGIAS JÁ IMPLEMENTADAS E EM FASE DE MONITORAMENTO, SERÃO IMPLEMENTADAS OUTRAS AÇÕES EM SINERGIA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Ilza Lobo - Integrante / Milton Faccione - Integrante / Maria Cristina Solci - Integrante / Luiz Henrique Dall'Antonia - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Ricardo Ralisch - Integrante / Osmar Rodrigues Brito - Integrante / Otavio J. G. Abi Saab - Integrante., Financiador(es): Degussa Brasil Ltda - Cooperação / Tecnologia Ambiental - Cooperação / Petroleo Brasileiro S. A. - Auxílio financeiro.Número de orientações: 4

  • 2006 - 2009

    Projeto: 05339 - Obtenção de Biocombustíveis a partir de Óleos Vegetais por Processo de Pirólise Catalítica, Descrição: EDITAL Convênio ? Encomenda Transversal ? MCT / RBT / FINEP / EMBRAPA Global Energy and Telecommunication Ltda (GET) VALOR FINANCIAMENTO: R$ 293.000,00 Resumo: PROPÕE-SE A DESENVOLVER UM PROTÓTIPO PARA OBTENÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS SUCEDÂNEOS DE PETRODIESEL, GASOLINA, QUEROSENE E GLP, A PARTIR DE ÓLEOS VEGETAIS. DIFERENCIA-SE DE TRANSESTERIFICAÇÃO (BIODIESEL) POR GERAR UMA MISTURA DE HIDROCARBONETOS DE CADEIA LINEAR, SEMELHANTE AOS DERIVADOS DE PETRÓLEO. NÃO NECESSITA DE OUTROS INSUMOS, COMO O ÁLCOOL ANIDRO, NEM GERA SUB-PROJETOS, COMO GLICERINA, RAZÃO PELA QUAL ADAPTA-SE A UMA AMPLA GAMA DE USUÁRIOS, DESDE A PEQUENA PRODUÇÃO RURAL OU O PEQUENO EMPRESÁRIO, ATÉ A PRODUÇÃO POR ATACADO. ADAPTA-SE PERFEITAMENTE AO ATENDIMENTO ENERGÉTICO DE COMUNIDADES ISOLADAS.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Berenice Quinzano Jordão - Integrante / Marcio Turra de Ávila - Integrante / Decio Luiz Gazzoni - Integrante., Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro / GET Global Energy and Telecommunication Ltda - Auxílio financeiro / Embrapa Agroenergia - Cooperação.

  • 2005 - 2007

    Projeto: 04578 - USO DE BIOMASSA COMO ENERGIA LIMPA E MATÉRIA-PRIMA RENOVÁVELUso de biomassa como energia limpa e matéria-prima renovável., Descrição: EDITAL CNPq 21/2004 - RHAE Inovação / RHAE Inovação - Projetos Tipo C VALOR FINANCIAMENTO R$ 128.500,00 Resumo: ESTE PROJETO PROPÕE REALIZAR UM ESTUDO TEÓRICO E EXPERIMENTAL VISANDO MELHORAR AS PROPRIEDADES COMBUSTÍVEIS DO BIO-ÓLEO OBTIDO NA PLANTA DE PIRÓLISE DA UNICAMP. VÁRIAS AMOSTRAS DE BIO-ÓLEO SERÃO OBTIDAS E CARACTERIZADAS PARA DIFERENTES CONDIÇÕES DE OPERAÇÃO DO REATOR. FAZENDO USO DE UM PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL SERÃO REALIZADOS NO LAFLURPE DA UEL SOBRE A ESTABILIDADE E A EFICIÊNCIA DA COMBUSTÃO DE MISTURAS DO BIODIESEL (BIOFLEX) OBTIDO A PARTIR DO BIO-ÓLEO COM O DIESEL E A GASOLINA, DERIVADOS DE PETRÓLEO. SERÃO TAMBÉM PRODUZIDOS VÁRIOS TIPOS DE BIODIESEL À PARTIR DE BIO-ÓLEO, ÓLEO VEGETAL E GORDURA ANIMAL.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / José Dílcio Rocha - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante., Financiador(es): Bioware Tecnologia - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2006

    Monitoramento ambiental e aplicação de tecnologia relacionados a recuperação de matrizes ambientais., Descrição: APLICAÇÃO DA TÉCNICA DE FOTOCATÁLISE HETEROGÊNEA COM TIO2 SOB EFEITO DE LUZ SOLAR, E AINDA, UTILIZAÇÃO DE AGENTES COMPLEXANTES PARA MINIMIZAR OU ELIMINAR A AÇÃO DE REFRATÁRIOS DE PETRÓLEO EM MATRIZES AMBIENTAIS, MONITORANDO O PROCESSO NATURAL DE DEGRADAÇÃO QUÍMICA DO MATERIAL BETUMINOSO, COMO TAMBÉM, A EFICIÊNCIA DOS AGENTES DE REMEDIAÇÃO.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / David Ernest Nicodem - Integrante / Eduardo Di Mauro - Integrante / Ilza Lobo - Integrante / Milton Faccione - Integrante / Maria Cristina Solci - Integrante / Dionisio Borsato - Integrante / Luiz Henrique Dall'Antonia - Integrante / Marilene Turini Piccinato - Integrante / Walter Sano - Integrante / Jurandir Pereira Pinto - Integrante / Aneli de Melo Barbosa - Integrante / Robson da Silva Lewis - Integrante / Ivanira Moreira - Integrante / Marcos Rachwal - Integrante / Daniele Cristina Adão - Integrante / Caroline Catyussia Carradore Vecchi - Integrante / Ricardo Ralisch - Integrante / Osmar Rodrigues Brito - Integrante / Angelita da Silva - Integrante / Alex Gibelato Pavanelli - Integrante / Luciana Natália Cividatti - Integrante / Otavio J. G. Abi Saab - Integrante / Renato César de Souza - Integrante / Karina Gomes Angilelli - Integrante., Financiador(es): Industria Química - Cooperação / Tecnologia Ambiental - Cooperação / Petróleo Brasileiro S A - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Projeto: 09090 - ESTUDO DE EMULSÕES DO BIO-ÓLEO PIROLÍTICO EM ÓLEO COMBUSTÍVEL PARA USO NA GERAÇÃO DE ENERGIA EM TERMELÉTRICAS., Descrição: O MAIOR DESAFIO PARA A EXPANSÃO DA GERAÇÃO TERMELÉTRICA A PARTIR DA BIOMASSA IN NATURA ESTÁ NA LOGÍSTICA DO PROCESSO, DEVIDO ÀS CARACTERÍSTICAS DA BIOMASSA (GRANDE DISPERSÃO, BAIXA DENSIDADE, BAIXO PODER CALORÍFICO, DIFÍCIL MANUSEIO E ALTA UMIDADE). UNIDADES DE PIRÓLISE RÁPIDA DE BIOMASSA PARA PRODUÇÃO DE COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS DE ALTA DENSIDADE ENERGÉTICA, ADAPTADOS PARA GERAÇÃO TERMELÉTRICA A PARTIR DE BIOMASSAS AGROINDUSTRIAIS SERIA UMA ALTERNATIVA PARA PRODUÇÃO DE MATÉRIA PRIMA NA GERAÇÃO TERMELÉTRICA. A TRANSFORMAÇÃO DA BIOMASSA VIA PIRÓLISE RÁPIDA RESOLVERIA OS PROBLEMAS DE LOGÍSTICA, POSSIBILITANDO O USO DESSES COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS NOS SISTEMAS DE COMBUSTÃO ATUALMENTE EXISTENTES SEM MODIFICAÇÕES SUBSTANCIAIS. O PROCESSO TRANSFORMA A BIOMASSA DE BAIXA DENSIDADE (80-250 KG.M-3) EM BIO-ÓLEO (LÍQUIDO COM DENSIDADE DE 1200 KG.M-3). UNIDADES DE PIRÓLISE SÃO ECONOMICAMENTE VIÁVEIS E SUFICIENTEMENTE COMPACTAS PARA PERMITIR SUA IMPLANTAÇÃO DE FORMA DESCENTRALIZADA. ISSO PERMITE CRIAR UMA LOGÍSTICA DE FORNECIMENTO DE CARVÃO E BIO-ÓLEO A PARTIR DE UNIDADES DE PIRÓLISE ESPALHADAS GEOGRAFICAMENTE EM CENTROS GERADORES DE RESÍDUOS DE BIOMASSAS TAIS COMO: AGROINDUSTRIAIS, AGRÍCOLAS, RESÍDUOS ORGÂNICOS URBANOS, ALGAS, ENTRE OUTRAS. A PROPOSTA EM QUESTÃO PERMITE A OBTENÇÃO DE COMBUSTÍVEIS DE FÁCIL ADAPTABILIDADE AOS SISTEMAS DE COMBUSTÃO ATUALMENTE EXISTENTES NAS UNIDADES GERADORAS. O PROJETO PREVÊ PESQUISAS BÁSICAS E APLICADAS NA PRODUÇÃO E NO USO DE NOVOS BICOMBUSTÍVEIS NA CADEIA PRODUTIVA DE TERMELÉTRICAS ABRANGENDO A PRODUÇÃO E PADRONIZAÇÃO DE BIO-ÓLEO E SUAS MISTURAS COM O ÓLEO COMBUSTÍVEL DERIVADO DO PETRÓLEO PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA. A PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA, COMO A CARACTERIZAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DA BIOMASSA LIGNOCELULÓSICA E DO BIO-ÓLEO E/OU DERIVADOS EM MISTURA OU COMO ADITIVO PARA ÓLEO COMBUSTÍVEL É A TAREFA PRINCIPAL A SER DESENVOLVIDA NESTA PROPOSTA OBJETIVANDO O USO DO BIO-ÓLEO NA CO-COMBUSTÃO DOS DERIVADOS FÓSSEIS, PODENDO SER ESTE BIOCOMBUSTÍVEL NO FUTURO INSERIDO NA MATRIZ ENERGÉTICA NACIONAL PARA GERAÇÃO TERMELÉTRICA.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Talita Pedroso Quessada - Integrante / Pérez, Juan Miguel Mesa - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Projeto 09051 - DESENVOLVIMENTO DE SENSOR LUMINESCENTE DE FIBRA-ÓTICA PARA DETERMINAÇÃO IN SITU E ON-LINE DE TRIACILGLICERÓIS EM CULTIVOS DE MICROALGAS, Descrição: EMBORA SEJA VERDADE QUE A INDÚSTRIA DAS MICROALGAS, A OBTENÇÃO DE PRODUTOS DE VALOR AGREGADO (MEDICAMENTOS, PIGMENTOS, ETC.), TEM DEMONSTRADO SER RENTÁVEL E MADURA, NA PRODUÇÃO DE BIODIESEL AINDA TEM UM GRANDE CAMINHO A PERCORRER PARA ESTAR AO MESMO NÍVEL. ISTO SE DEVE AO FATO DE QUE, ENQUANTO O PREÇO DUMA TONELADA DE ASTAXANTINA (POR EXEMPLO) É DE $3 MILHÕES DÓLARES, O PREÇO DUMA TONELADA DE PETRÓLEO É INFERIOR AOS $1000 DÓLARES. MESMO QUE AMBAS AS TECNOLOGIAS UTILIZEM MICROALGAS ELAS TÊM UMA ECONOMIA MUITO DIFERENTE, AINDA É NECESSÁRIO UM GRANDE TRABALHO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO PARA QUE ESTA PROMETEDORA TECNOLOGIA POSSA COMPETIR COM OUTRAS TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO DE BIODIESEL MAIS MADURAS. SEU ÊXITO ECONÔMICO VAI DEPENDER DAS OTIMIZAÇÕES DE TODAS E CADA UMA DAS ETAPAS E FATORES QUE CONTROLAM A PRODUÇÃO, TENTANDO DIMINUIR CUSTOS E AUMENTAR A PRODUÇÃO. AS LINHAS DE PESQUISA SÃO MUITO VARIADAS: SELEÇÃO DE ESPÉCIES E CEPAS, MELHORAMENTO GENÉTICO DELAS, DESENHO DOS BIORREATORES, MELHORA E CONTROLE DAS CONDIÇÕES DE CRESCIMENTO, COLETA DAS CÉLULAS, EXTRAÇÃO DOS LIPÍDEOS, REVALORIZAÇÃO DOS PRODUTOS SECUNDÁRIOS (PROTEÍNAS, VITAMINAS, ETC.), ENTRE OUTROS. A FIM DE REDUZIR OS CUSTOS, TAMBÉM SÃO ESTUDADAS FONTES DE MATÉRIAS PRIMAS ALTERNATIVAS PARA A ALIMENTAÇÃO DOS CULTIVOS COMO ÁGUAS RESIDUAIS, ONDE OS BIORREATORES SERIAM PARTE DAS ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTO (ETE); OU A ALIMENTAÇÃO DOS CULTIVOS COM CO2 DIRETO DAS CHAMINÉS INDUSTRIAIS, O QUE PERMITIRIA ÀS INDÚSTRIAS, ALEM DE GERAR BIODIESEL, OBTER UM BENEFÍCIO DO MERCADO DAS EMISSÕES DE CO2. TUDO PARECE INDICAR QUE O FUTURO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE BIODIESEL DE MICROALGAS É UMA TAREFA MULTIDISCIPLINAR QUE ENVOLVE NÃO SÓ ÁREAS DIFERENTES DA CIÊNCIA, MAS TAMBÉM, DADA À IMPORTÂNCIA ESTRATÉGICA DO PRODUTO (ENERGIA), VONTADES POLÍTICAS. UMA DAS FORMAS DE REDUZIR OS CUSTOS E INCREMENTAR A PRODUÇÃO É CONTROLANDO TODOS OS PARÂMETROS FUNDAMENTAIS QUE DOMINAM A REAÇÃO BIOLÓGICA DE INTERESSE. É POR ISSO MESMO QUE OS BIORREATORES (DE TODOS OS TIPOS) ACOSTUMAM TER INSTALADOS CONJUNTOS DE SENSORES PARA MONITORIZAR PARÂMETROS COMO O PH, A TEMPERATURA, A CONCENTRAÇÃO DE REATIVOS (NUTRIENTES, CO2, ETC.), OU COPRODUTOS (O2, BIOMASSA OU PIGMENTOS).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Diva de Souza Andrade - Integrante / Guillermo Orellana - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Projeto: 09091 - OBTENÇÃO DE BIODIESEL A PARTIR DE ÓLEO RESIDUAL UTILIZANDO LIPASE IMOBILIZADA EM BIOCARVÃO PIROLÍTICO., Descrição: COM O AUMENTO NA DEMANDA DE PETRÓLEO, SUA POSSÍVEL ESCASSEZ E CUSTO ASSOCIADO A PREOCUPAÇÕES POLÍTICAS E AMBIENTAIS SOBRE O USO DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS, SURGEM A NECESSIDADE DE DESENVOLVER UM PROCESSO ECONÔMICO E ENERGÉTICO PARA PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL DE COMBUSTÍVEIS. O BIODIESEL É UM COMBUSTÍVEL DERIVADO DE FONTES RENOVÁVEIS, COMO ÓLEOS VEGETAIS E GORDURAS ANIMAIS, COMPOSTOS POR TRIACILGLICERÓIS, UMA OPÇÃO COMO FONTE RENOVÁVEL DE ENERGIA COM POTENCIAL PARA SUBSTITUIR O DIESEL DE PETRÓLEO. A METODOLOGIA DE OBTENÇÃO DESTE BIOCOMBUSTÍVEL UTILIZA GERALMENTE A CATÁLISE BÁSICA, ENTRETANTO, DEVIDO A ALGUNS INCONVENIENTES COMO A DIFÍCIL RECUPERAÇÃO DO GLICEROL E REAÇÕES PARALELAS, BUSCARAM-SE NOVAS ALTERNATIVAS DE PRODUÇÃO. FOI ENTÃO OBSERVADO QUE A CATÁLISE ENZIMÁTICA, UTILIZANDO LIPASES É ESPECÍFICA E PERMITE A FÁCIL RECUPERAÇÃO DO GLICEROL. ATUALMENTE, OS CUSTOS DO EMPREGO DA LIPASE NA TRANSESTERIFICAÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL AINDA SÃO ELEVADOS. ISTO SE DEVE A BARREIRAS NO PROCESSO, COMO A POSSÍVEL PERDA DA ENZIMA POR DESATIVAÇÃO PERANTE O ÁLCOOL E O GLICEROL, PRESENTES NA MISTURA DE REAÇÃO. DIVERSAS TÉCNICAS TÊM SIDO DESENVOLVIDAS PARA MINIMIZAR ESTES EFEITOS, COMO A IMOBILIZAÇÃO DA ENZIMA, QUE PERMITE A SUA REUTILIZAÇÃO, SEPARAÇÃO DE PRODUTOS DO MEIO REACIONAL DE FORMA FÁCIL E AINDA, MUITAS VEZES, MELHORA A EFICIÊNCIA CATALÍTICA DA ENZIMA. UMA OPÇÃO VANTAJOSA É A IMOBILIZAÇÃO EM UM SUPORTE DE BAIXO CUSTO COMO O BIOCARVÃO, UM RESÍDUO DE PIRÓLISE, QUE APÓS ATIVAÇÃO, PERMITE A IMOBILIZAÇÃO DA ENZIMA POR ADSORÇÃO DEVIDO À GRANDE ÁREA SUPERFICIAL E GRUPOS FUNCIONAIS PRESENTES. PARA CONTRIBUIR COM A REDUÇÃO DE CUSTOS, A ENZIMA SERÁ PRODUZIDA POR UM FUNGO PREVIAMENTE SELECIONADO COMO PRODUTOR DE LIPASES A PARTIR DE CONDIÇÃO OTIMIZADA UTILIZANDO UM RESÍDUO AGROINDUSTRIAL, A TORTA DE SOJA, SOMENTE COM ADIÇÃO DE ÁGUA. E, AINDA, A UTILIZAÇÃO DE ÓLEO DE COZINHA RESIDUAL COMO MATÉRIA PRIMA PARA PRODUÇÃO DE BIODIESEL AO INVÉS DE ÓLEO VEGETAL, CONTRIBUIRÁ PARA A DIMINUIÇÃO DO CUSTO FINAL DO PROCESSO. OUTRA FERRAMENTA MUITO ÚTIL QUE SERÁ UTILIZADA COM O INTUITO DE DIMINUIR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO É O PLANEJAMENTO FATORIAL, ATRAVÉS DA AVALIAÇÃO DE VARIÁVEIS QUE INFLUENCIAM NA SÍNTESE DE BIODIESEL. O DESENVOLVIMENTO DESTE PROJETO VISA À ADIÇÃO DE VALOR AGREGADO AOS RESÍDUOS INDUSTRIAIS TORTA DE SOJA, CARVÕES DE PIRÓLISE E ÓLEO RESIDUAL. ESTAS INICIATIVAS PROPORCIONARÃO O DESENVOLVIMENTO DE NOVOS PROCESSOS BIOTECNOLÓGICOS PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL E POSSIBILIDADE DE NOVAS PATENTES E PUBLICAÇÕES, ALÉM DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS EM NÍVEL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, MESTRADO, DOUTORADO E PÓS-DOUTORADO, CONTRIBUINDO PARA O FORTALECIMENTO DOS PROGRAMAS DE PÓS GRADUAÇÃO EM QUÍMICA, BIOENERGIA E BIOTECNOLOGIA.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Aneli de Melo Barbosa - Integrante / Maria Inês Rezende - Integrante / Milena Martins Andrade - Integrante / André Luiz Martinez de Oliveira - Integrante / Robert F. H. Dekker - Integrante.

  • 2009 - 2012

    Projeto: 06751 - REMEDIAÇÃO IN SITU DE SOLOS IMPACTADOS COM PETRÓLEO OU DERIVADOS UTILIZANDO, Descrição: Tipo de Cadastro: ÓRGÃOS EXTERNOS DE FOMENTO - PETROBRAS/CENPES Tipo de Pesquisa: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Processo: 39226 / 2009 Tempo Pr. Inicial: 036 Meses Prorrog.: Término Previsto: 30/04/2012 Área do CNPQ: QUIMICA Desenvolvimento do Projeto 08/05/2009 EM ANDAMENTO ÓRGÃOS EXTERNOS Resumo: ESPERA-SE COMO PRODUTO TECNOLÓGICO FINAL À RECUPERAÇÃO IN SITU DE ÁREAS IMPACTADAS DEVIDO A ACIDENTES OU OPERAÇÕES DE ROTINA LIGADAS A ATIVIDADES DA INDÚSTRIA DO PETRÓLEO, ATRAVÉS DE TRATAMENTOS ALTERNATIVOS QUE POSSAM ALÉM DE BAIXAR OS CUSTOS OPERACIONAIS DA REMEDIAÇÃO, EVITAR A GERAÇÃO DE RESÍDUOS OU DE EFLUENTES PARA A DISPOSIÇÃO FINAL. OS BENEFÍCIOS SERÃO DE ATENDER A LEGISLAÇÃO AMBIENTAL VIGENTE COM IMPLEMENTAÇÃO DE AÇÕES QUE CONTRIBUAM PARA O DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO SUSTENTÁVEL, COM PRESERVAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS E DOS SERES VIVOS, CONTRIBUINDO ASSIM, PARA A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DAS FUTURAS GERAÇÕES.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Claudia Bueno dos Reis Martinez - Integrante / Flávia Zanuto - Integrante / Rafael Bragueto - Integrante / Fabio Cal Sabino - Integrante / Lucia A. S. Almeida - Integrante / Ana Paula C. Luiz - Integrante., Financiador(es): Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobras - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    Projeto 07838 - DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS PARA A PRODUÇÃO DE MICROALGAS COMO FONTE DE ÓLEO, Descrição: OBJETIVO GERAL: - desenvolver tecnologias para produção de biomassa de microalgas visando extração de óleo vegetal e utilização agrícola dos co-produtos. - elaboração de estudos para o dimensionamento e estruturação de um empreendimento de produção de óleo vegetal a partir de micro-algas para a fabricação de biodiesel e aproveitamento econômico dos co-produtos, prevendo-se a possibilidade de implantação de uma instalação piloto junto a um local onde haja condições adequadas para o melhor desenvolvimento da biomassa de microalgas. Objetivos especificos: 1 - coleta no paraná e aquisição de coleções nacionais e internacionais de material genético de microalgas para a formação de um banco genético com potencial para alavancar trabalhos sobre a produção de óleos vegetais para biodiesel a partir da biomassa destes organismos; 2- caracterização das microalgas para a produção de biomassa; 3- definição de sistemas de cultivo 4- determinação da produção de biomassa (kg/ha/dia); 5- quantificação do teor de lipídeos na biomassa das algas selecionadas e cultivadas em tanques abertos. Financiamento: Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR), a Companhia Paranaense de Energia (Copel) e a Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio (Fapeagro).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Diva de Souza Andrade - Integrante / ARNALDO COLOZZI FILHO - Integrante., Financiador(es): Companhia Paranaense de Energia - Auxílio financeiro / Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio - Outra / Instituto Agronômico do Paraná - Auxílio financeiro.Número de orientações: 3

  • 2009 - Atual

    Projeto 06785 - Avaliação, Desenvolvimento e Aplicação de Tecnologia para produção de biodiesel, Aproveitamento de Co-produto e Análise para Controle de Processos., Descrição: ESTE PROJETO DE PESQUISA ATUARÁ NO DESENVOLVIMENTO E APLICAÇÃO DE TECNOLOGIA PARA PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE BIODIESEL POR ROTA ETÍLICA, CONTEMPLANDO ANÁLISES FÍSICO-QUÍMICAS E CROMATOGRÁFICAS PARA CONTROLE DE PROCESSOS, VISANDO MAXIMIZAR O USO DE MATÉRIAS PRIMAS E CO-PRODUTOS DE ORIGEM RENOVÁVEL, MINIMIZANDO IMPACTOS AMBIENTAIS E DE SAÚDE PÚBLICA, BUSCANDO O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / João Carlos Alves - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Jurandir Pereira Pinto - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Eduardo DiMauro - Integrante / Fernanda de Almeida Fin-Lima - Integrante.

  • 2008 - 2010

    Projeto: 05746 - Produção de gás de síntese por gaseificação de bio-óleo obtido por pirólise rápida usando diferentes tipos de biomassa., Descrição: Juan Miguel Mesa Pérez - Coordenador geral - Bioware Tecnologia Edital MCT/SETEC/CNPq nº 32/2007 - RHAE Pesquisador na Empresa. R$300,00 Resumo: Desenvolver tecnologias de transformação de biomassa em energia, materiais e combustíveis renováveis de alto valor agregado com responsabilidade social e ambiental. Esse projeto de desenvolvimento tecnológico insere-se no contexto do uso racional da fonte de energia renovável da biomassa. A biomassa é uma vocação natural do Brasil e seu uso como fonte de energia e materiais em bases sustentáveis com a aplicação de tecnologias eficientes é imprescindível para que o país alcance maiores índices de aproveitamento e possa manter e ampliar sua liderança mundial em biocombustíveis. Por biomassa entende-se toda matéria orgânica de origem vegetal ou animal, inclusive os materiais procedentes de sua transformação natural ou artificial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Dionisio Borsato - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Talita Pedroso Quessada - Integrante / Caren Mura Cortez - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Bioware Tecnologia - Cooperação.

  • 2008 - 2010

    Projeto: 06940 - USO ALTERNATIVO DE COMBUSTÍVEL RENOVÁVEL PARA MOTORES DE CICLO OTTO EM GASOLINA E ETANOL, Descrição: A queima de combustíveis nos motores libera uma quantidade considerável de dióxido de carbono na atmosfera. O uso de componentes derivados de biomassa, os chamados biocombustíveis, na composição de combustíveis de motores, particularmente os oxigenados, reduzem o impacto nocivo do combustível no ambiente. Alguns países como Estados Unidos e Dinamarca proibiram o uso de metil-tércio-butil éter (MTBE) na gasolina. Vários países, incluindo os Estados Unidos, União Européia (UE), Japão, China e Índia estimulam e promovem o uso de biocombustíveis. A mistura gasolina-etanol (E85) e o uso de biodiesel em misturas com diesel como B2, B5 e B20 são exemplos destas diretrizes. O Brasil é citado mundialmente por utilizar na sua matriz energética grande percentagem de biomassa renovável. Além do impacto na redução de gases efeito estufa (GEE), os componentes oxigenados ? entre eles, o etanol - melhoram as características físico-química da mistura, por exemplo, o teor de oxigênio, o número de octano, a pressão de vapor, etc. A única desvantagem diz respeito à redução no poder calorífico, que aumenta o consumo, mas a relação de preços álcool-gasolina compensa o uso de etanol (GOLUBKOV et al., 2005). Enfim, para que se possa ter dados que balizem a possível regulamentação do uso das misturas sugeridas (glicerol + gasolina e glicerol + álcool hidratado) necessita-se de informações técnico-científicas, razão pela qual se propõe esse projeto. Financiamento: Edital 04/2008 - Convênio Embrapa/Petrobrás / Macroprograma 3 / Aproveitamento de co-produtos e resíduos dos processos industriais de óleos e de biodiesel / Proposta MP-3.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Ricardo Ralisch - Integrante / Marcio Turra de Ávila - Integrante., Financiador(es): EMBRAPA Soja - Bolsa / Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro / Petrobras Biocombustível - Matriz - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2010

    Projeto: 04962 - OTIMIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE OBTENÇÃO DE BIODIESEL UTILIZANDO O DELINEAMENTO, Descrição: Resumo: O CONSUMO DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS, TEM UM SIGNIFICATIVO IMPACTO NA QUALIDADE DO MEIO AMBIENTE. A POLUIÇÃO DO AR, AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS, OS DERRAMAMENTOS DE ÓLEO E A GERAÇÃO DE RESÍDUOS TÓXICOS SÃO RESULTADOS DO USO E DA PRODUÇÃO DE TAIS COMBUSTÍVEIS DERIVADOS DO PETRÓLEO. NO MUNDO, OS COMBUSTÍVEIS CONSUMIDOS POR VEÍCULOS AUTOMOTORES SÃO RESPONSÁVEIS PELA EMISSÃO DA MAIOR PARTE DE MONÓXIDO DE CARBONO, ÓXIDOS DE NITROGÊNIO (NOX), GASES ORGÂNICOS REATIVOS, MATERIAIS PARTICULADOS E DIÓXIDO DE ENXOFRE PRESENTE NA ATMOSFERA. O BIODIESEL PERMITE QUE SE ESTABELEÇA UM CICLO FECHADO DE CARBONO NO QUAL O GÁS CARBÔNICO É ABSORVIDO QUANDO A PLANTA CRESCE E É LIBERADO QUANDO O BIODIESEL É QUEIMADO NA COMBUSTÃO NO MOTOR. OS BENEFÍCIOS AMBIENTAIS PODEM, AINDA, GERAR VANTAGENS ECONÔMICAS PARA O PAÍS. O BRASIL PODERIA ENQUADRAR O BIODIESEL NOS ACORDOS ESTABELECIDOS NO PROTOCOLO DE KYOTO E NAS DIRETRIZES DOS MECANISMOS DE DESENVOLVIMENTO LIMPO. A TRANSESTERIFICAÇÃO EM MEIO BÁSICO SERÁ O PROCESSO PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL E COM O EMPREGO DE PARÂMETROS ADEQUADOS COMO RAZÃO MOLAR ÁLCOOL-ÓLEO VEGETAL, CONCENTRAÇÃO DE CATALISADOR E TEMPERATURA ESTA REAÇÃO, APESAR DE REVERSÍVEL, DEVERÁ APRESENTAR ALTOS RENDIMENTOS. NESTE TRABALHO, A ETANÓLISE DO ÓLEO DE SOJA REFINADO SERÁ OTIMIZADA POR MEIO DE UM PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL DE MISTURA UTILIZANDO 3 TIPOS DE CATALISADORES. A OTIMIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DA REAÇÃO DE TRANSESTERIFICAÇÃO PERMITIRÁ, ATRAVÉS DA ESCOLHA DO CATALISADOR ADEQUADO OU MESMO DE UMA MISTURA DE CATALISADORES, UMA MELHORA DO RENDIMENTO DO PROCESSO DE OBTENÇÃO DE BIODIESEL.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Integrante / Dionisio Borsato - Coordenador / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Ivanira Moreira - Integrante., Financiador(es): Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação da UEL - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2009

    Projeto 05473 - Produção de amostras de briquetes de carvão e bio-óleo em planta de pirólise - PPR-200 visando a sua comercialização., Descrição: ESSE PROJETO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PRETENDE ADEQUAR QUALIDADE E RENDIMENTO DOS PRODUTOS DA PLANTA PILOTO DENOMINADA PPR-220 (PLANTA DE PIRÓSE RÁPIDA COM CAPACIDADE PARA PROCESSAR 200 KG/H DE BIOMASSA) ÀS NECESSIDADES DE POTENCIAIS MERCADOS CONSUMIDORES, COM O OBJETIVO DE COMERCIALIZAR A TECNOLOGIA. ATUALMENTE, A PPR-220 PRODUZ DE FORMA CONTÍNUA O CARVÃO VEGETAL, O EXTRATO DE ÁCIDO, O BIO-ÓLEO E OS GASES DE COMBUSTÃO. ESSES PRODUTOS APRESENTAM MÚLTIPLAS APLICAÇÕES, COMO COMBUSTÍVEIS E INSUMOS QUÍMICOS, PORÉM, OS ESFORÇOS NESTE PROJETO ESTARÃO DIRIGIDOS PARA PRODUÇÃO DE GRANDES AMOSTRAS DE BRIQUETES SIDERÚRGICOS, BIO-ÓLEO COMBUSTÍVEL E EXTRATO ÁCIDO, VISANDO A CRIAÇÃO DO MERCADO CONSUMIDOR E POSTERIOR VENDA DA TECNOLOGIA. A AMOSTRA DE BRIQUETES DE CARVÃO VEGETAL TERÁ QUALIDADE PARA SEU USO EM ALTOS-FORNOS DA INDUSTRIA SIDERÚRGICA, O ESTRATO ÁCIDO SERÁ TESTADO COMO INSETICIDA NATURAL PARA A AGRICULTURA ORGÂNICA E ADITIVO DE COMBUSTÍVEL FÓSSIL. O BIO-ÓLEO SERÁ MISTURADO COM ÓLEO DIESEL PU BPF PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA EM CENTRAIS TERMELÉTRICAS. Edital MCT/CNPq/CTEnerg nº 33/2006 - Combustão e Gaseificação - IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO: 555127/2006-0 VALOR FINANCIAMENTO: 139.842,44 Subprojeto UEL: OBTENÇÃO DE ADITIVOS E BIOCOMBUSTÍVEIS A PARTIR DE EXTRATOS ÁCIDOS PRODUZIDOS NA PIRÓLISE DE RESÍDUOS DA AGRICULTURA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / José Dílcio Rocha - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante / ANDRESSA DEL FRARO FREDERICO - Integrante / Luis Augusto Barbosa Cortez - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Bioware Tecnologia - Cooperação.

  • 2006 - 2009

    Projeto: 05165 - Monitoramento da Bacia do Arroio Saldanha e Aplicação de Tecnologia para Remediação de Solo Atingido pelo Vazamento de Petróleo ocorrido em 16 de julho de 2000 na refinaria Presidente Getukio Vargas- REPAR, em Araucária, PR., Descrição: Convênio ? FAUEL/UEL - REPAR/PETROBRAS - Cadastro no. 05165 PROPPG-UEL FINANCIADOR: Petroleo Brasileiro S. A.-PETROBRAS VALOR FINANCIAMENTO: R$ 265.000,00 . A CONTINUIDADE DAS AÇÕES IMPLEMENTADAS PELA FAUEL/UEL QUE DIZEM RESPEITO AO MONITORAMENTO E APLICAÇÃO DE TECNOLOGIAS, COM APROVEITAMENTO DE LUZ SOLAR PARA REDUZIR OU ELIMINAR O IMPACTO CAUSADO PELO DERRAMAMENTO DE PETRÓLEO EM SOLO NA ÁREA DA REPAR/PETROBRÁS E VIZINHANÇA, É OPORTUNA NÃO SÓ PARA A RECUPERAÇÃO DA MATRIZ AMBIENTAL, MAS TAMBÉM PARA ASSESSORAR O SETOR DE SMS DA REPAR/PETROBRÁS NOS RELATÓRIO. REUNIÕES E SEMINÁRIOS EXIGIDOS PELOS ÓRGÃOS AMBIENTAIS, ASSIM COMO, DAR PROSSEGUIMENTO AOS TRABALHOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO NO PONTO ZERO. ALÉM DAS TECNOLOGIAS JÁ IMPLEMENTADAS E EM FASE DE MONITORAMENTO, SERÃO IMPLEMENTADAS OUTRAS AÇÕES EM SINERGIA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Ilza Lobo - Integrante / Milton Faccione - Integrante / Maria Cristina Solci - Integrante / Luiz Henrique Dall'Antonia - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Ricardo Ralisch - Integrante / Osmar Rodrigues Brito - Integrante / Otavio J. G. Abi Saab - Integrante., Financiador(es): Degussa Brasil Ltda - Cooperação / Petroleo Brasileiro S. A. - Auxílio financeiro / Tecnologia Ambiental - Cooperação.Número de orientações: 4

  • 2006 - 2009

    Projeto: 05339 - Obtenção de Biocombustíveis a partir de Óleos Vegetais por Processo de Pirólise Catalítica, Descrição: EDITAL Convênio ? Encomenda Transversal ? MCT / RBT / FINEP / EMBRAPA Global Energy and Telecommunication Ltda (GET) VALOR FINANCIAMENTO: R$ 293.000,00 Resumo: PROPÕE-SE A DESENVOLVER UM PROTÓTIPO PARA OBTENÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS SUCEDÂNEOS DE PETRODIESEL, GASOLINA, QUEROSENE E GLP, A PARTIR DE ÓLEOS VEGETAIS. DIFERENCIA-SE DE TRANSESTERIFICAÇÃO (BIODIESEL) POR GERAR UMA MISTURA DE HIDROCARBONETOS DE CADEIA LINEAR, SEMELHANTE AOS DERIVADOS DE PETRÓLEO. NÃO NECESSITA DE OUTROS INSUMOS, COMO O ÁLCOOL ANIDRO, NEM GERA SUB-PROJETOS, COMO GLICERINA, RAZÃO PELA QUAL ADAPTA-SE A UMA AMPLA GAMA DE USUÁRIOS, DESDE A PEQUENA PRODUÇÃO RURAL OU O PEQUENO EMPRESÁRIO, ATÉ A PRODUÇÃO POR ATACADO. ADAPTA-SE PERFEITAMENTE AO ATENDIMENTO ENERGÉTICO DE COMUNIDADES ISOLADAS.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Berenice Quinzano Jordão - Integrante / Marcio Turra de Ávila - Integrante / Decio Luiz Gazzoni - Integrante., Financiador(es): Embrapa Agroenergia - Cooperação / Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro / GET Global Energy and Telecommunication Ltda - Auxílio financeiro.

  • 2005 - 2007

    Projeto: 04578 - USO DE BIOMASSA COMO ENERGIA LIMPA E MATÉRIA-PRIMA RENOVÁVELUso de biomassa como energia limpa e matéria-prima renovável., Descrição: EDITAL CNPq 21/2004 - RHAE Inovação / RHAE Inovação - Projetos Tipo C VALOR FINANCIAMENTO R$ 128.500,00 Resumo: ESTE PROJETO PROPÕE REALIZAR UM ESTUDO TEÓRICO E EXPERIMENTAL VISANDO MELHORAR AS PROPRIEDADES COMBUSTÍVEIS DO BIO-ÓLEO OBTIDO NA PLANTA DE PIRÓLISE DA UNICAMP. VÁRIAS AMOSTRAS DE BIO-ÓLEO SERÃO OBTIDAS E CARACTERIZADAS PARA DIFERENTES CONDIÇÕES DE OPERAÇÃO DO REATOR. FAZENDO USO DE UM PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL SERÃO REALIZADOS NO LAFLURPE DA UEL SOBRE A ESTABILIDADE E A EFICIÊNCIA DA COMBUSTÃO DE MISTURAS DO BIODIESEL (BIOFLEX) OBTIDO A PARTIR DO BIO-ÓLEO COM O DIESEL E A GASOLINA, DERIVADOS DE PETRÓLEO. SERÃO TAMBÉM PRODUZIDOS VÁRIOS TIPOS DE BIODIESEL À PARTIR DE BIO-ÓLEO, ÓLEO VEGETAL E GORDURA ANIMAL.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / José Dílcio Rocha - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante., Financiador(es): Bioware Tecnologia - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2006

    Monitoramento ambiental e aplicação de tecnologia relacionados a recuperação de matrizes ambientais., Descrição: APLICAÇÃO DA TÉCNICA DE FOTOCATÁLISE HETEROGÊNEA COM TIO2 SOB EFEITO DE LUZ SOLAR, E AINDA, UTILIZAÇÃO DE AGENTES COMPLEXANTES PARA MINIMIZAR OU ELIMINAR A AÇÃO DE REFRATÁRIOS DE PETRÓLEO EM MATRIZES AMBIENTAIS, MONITORANDO O PROCESSO NATURAL DE DEGRADAÇÃO QUÍMICA DO MATERIAL BETUMINOSO, COMO TAMBÉM, A EFICIÊNCIA DOS AGENTES DE REMEDIAÇÃO.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / David Ernest Nicodem - Integrante / Eduardo Di Mauro - Integrante / Ilza Lobo - Integrante / Milton Faccione - Integrante / Maria Cristina Solci - Integrante / Dionisio Borsato - Integrante / Luiz Henrique Dall'Antonia - Integrante / Marilene Turini Piccinato - Integrante / Walter Sano - Integrante / Jurandir Pereira Pinto - Integrante / Aneli de Melo Barbosa - Integrante / Robson da Silva Lewis - Integrante / Ivanira Moreira - Integrante / Marcos Rachwal - Integrante / Daniele Cristina Adão - Integrante / Caroline Catyussia Carradore Vecchi - Integrante / Ricardo Ralisch - Integrante / Osmar Rodrigues Brito - Integrante / Angelita da Silva - Integrante / Alex Gibelato Pavanelli - Integrante / Luciana Natália Cividatti - Integrante / Otavio J. G. Abi Saab - Integrante / Renato César de Souza - Integrante / Karina Gomes Angilelli - Integrante., Financiador(es): Industria Química - Cooperação / Petróleo Brasileiro S A - Auxílio financeiro / Tecnologia Ambiental - Cooperação.

  • 2013 - Atual

    Projeto: 09091 - OBTENÇÃO DE BIODIESEL A PARTIR DE ÓLEO RESIDUAL UTILIZANDO LIPASE IMOBILIZADA EM BIOCARVÃO PIROLÍTICO., Descrição: COM O AUMENTO NA DEMANDA DE PETRÓLEO, SUA POSSÍVEL ESCASSEZ E CUSTO ASSOCIADO A PREOCUPAÇÕES POLÍTICAS E AMBIENTAIS SOBRE O USO DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS, SURGEM A NECESSIDADE DE DESENVOLVER UM PROCESSO ECONÔMICO E ENERGÉTICO PARA PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL DE COMBUSTÍVEIS. O BIODIESEL É UM COMBUSTÍVEL DERIVADO DE FONTES RENOVÁVEIS, COMO ÓLEOS VEGETAIS E GORDURAS ANIMAIS, COMPOSTOS POR TRIACILGLICERÓIS, UMA OPÇÃO COMO FONTE RENOVÁVEL DE ENERGIA COM POTENCIAL PARA SUBSTITUIR O DIESEL DE PETRÓLEO. A METODOLOGIA DE OBTENÇÃO DESTE BIOCOMBUSTÍVEL UTILIZA GERALMENTE A CATÁLISE BÁSICA, ENTRETANTO, DEVIDO A ALGUNS INCONVENIENTES COMO A DIFÍCIL RECUPERAÇÃO DO GLICEROL E REAÇÕES PARALELAS, BUSCARAM-SE NOVAS ALTERNATIVAS DE PRODUÇÃO. FOI ENTÃO OBSERVADO QUE A CATÁLISE ENZIMÁTICA, UTILIZANDO LIPASES É ESPECÍFICA E PERMITE A FÁCIL RECUPERAÇÃO DO GLICEROL. ATUALMENTE, OS CUSTOS DO EMPREGO DA LIPASE NA TRANSESTERIFICAÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL AINDA SÃO ELEVADOS. ISTO SE DEVE A BARREIRAS NO PROCESSO, COMO A POSSÍVEL PERDA DA ENZIMA POR DESATIVAÇÃO PERANTE O ÁLCOOL E O GLICEROL, PRESENTES NA MISTURA DE REAÇÃO. DIVERSAS TÉCNICAS TÊM SIDO DESENVOLVIDAS PARA MINIMIZAR ESTES EFEITOS, COMO A IMOBILIZAÇÃO DA ENZIMA, QUE PERMITE A SUA REUTILIZAÇÃO, SEPARAÇÃO DE PRODUTOS DO MEIO REACIONAL DE FORMA FÁCIL E AINDA, MUITAS VEZES, MELHORA A EFICIÊNCIA CATALÍTICA DA ENZIMA. UMA OPÇÃO VANTAJOSA É A IMOBILIZAÇÃO EM UM SUPORTE DE BAIXO CUSTO COMO O BIOCARVÃO, UM RESÍDUO DE PIRÓLISE, QUE APÓS ATIVAÇÃO, PERMITE A IMOBILIZAÇÃO DA ENZIMA POR ADSORÇÃO DEVIDO À GRANDE ÁREA SUPERFICIAL E GRUPOS FUNCIONAIS PRESENTES. PARA CONTRIBUIR COM A REDUÇÃO DE CUSTOS, A ENZIMA SERÁ PRODUZIDA POR UM FUNGO PREVIAMENTE SELECIONADO COMO PRODUTOR DE LIPASES A PARTIR DE CONDIÇÃO OTIMIZADA UTILIZANDO UM RESÍDUO AGROINDUSTRIAL, A TORTA DE SOJA, SOMENTE COM ADIÇÃO DE ÁGUA. E, AINDA, A UTILIZAÇÃO DE ÓLEO DE COZINHA RESIDUAL COMO MATÉRIA PRIMA PARA PRODUÇÃO DE BIODIESEL AO INVÉS DE ÓLEO VEGETAL, CONTRIBUIRÁ PARA A DIMINUIÇÃO DO CUSTO FINAL DO PROCESSO. OUTRA FERRAMENTA MUITO ÚTIL QUE SERÁ UTILIZADA COM O INTUITO DE DIMINUIR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO É O PLANEJAMENTO FATORIAL, ATRAVÉS DA AVALIAÇÃO DE VARIÁVEIS QUE INFLUENCIAM NA SÍNTESE DE BIODIESEL. O DESENVOLVIMENTO DESTE PROJETO VISA À ADIÇÃO DE VALOR AGREGADO AOS RESÍDUOS INDUSTRIAIS TORTA DE SOJA, CARVÕES DE PIRÓLISE E ÓLEO RESIDUAL. ESTAS INICIATIVAS PROPORCIONARÃO O DESENVOLVIMENTO DE NOVOS PROCESSOS BIOTECNOLÓGICOS PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL E POSSIBILIDADE DE NOVAS PATENTES E PUBLICAÇÕES, ALÉM DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS EM NÍVEL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, MESTRADO, DOUTORADO E PÓS-DOUTORADO, CONTRIBUINDO PARA O FORTALECIMENTO DOS PROGRAMAS DE PÓS GRADUAÇÃO EM QUÍMICA, BIOENERGIA E BIOTECNOLOGIA.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Aneli de Melo Barbosa - Integrante / Maria Inês Rezende - Integrante / Milena Martins Andrade - Integrante / André Luiz Martinez de Oliveira - Integrante / Robert F. H. Dekker - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Projeto: 09090 - ESTUDO DE EMULSÕES DO BIO-ÓLEO PIROLÍTICO EM ÓLEO COMBUSTÍVEL PARA USO NA GERAÇÃO DE ENERGIA EM TERMELÉTRICAS., Descrição: O MAIOR DESAFIO PARA A EXPANSÃO DA GERAÇÃO TERMELÉTRICA A PARTIR DA BIOMASSA IN NATURA ESTÁ NA LOGÍSTICA DO PROCESSO, DEVIDO ÀS CARACTERÍSTICAS DA BIOMASSA (GRANDE DISPERSÃO, BAIXA DENSIDADE, BAIXO PODER CALORÍFICO, DIFÍCIL MANUSEIO E ALTA UMIDADE). UNIDADES DE PIRÓLISE RÁPIDA DE BIOMASSA PARA PRODUÇÃO DE COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS DE ALTA DENSIDADE ENERGÉTICA, ADAPTADOS PARA GERAÇÃO TERMELÉTRICA A PARTIR DE BIOMASSAS AGROINDUSTRIAIS SERIA UMA ALTERNATIVA PARA PRODUÇÃO DE MATÉRIA PRIMA NA GERAÇÃO TERMELÉTRICA. A TRANSFORMAÇÃO DA BIOMASSA VIA PIRÓLISE RÁPIDA RESOLVERIA OS PROBLEMAS DE LOGÍSTICA, POSSIBILITANDO O USO DESSES COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS NOS SISTEMAS DE COMBUSTÃO ATUALMENTE EXISTENTES SEM MODIFICAÇÕES SUBSTANCIAIS. O PROCESSO TRANSFORMA A BIOMASSA DE BAIXA DENSIDADE (80-250 KG.M-3) EM BIO-ÓLEO (LÍQUIDO COM DENSIDADE DE 1200 KG.M-3). UNIDADES DE PIRÓLISE SÃO ECONOMICAMENTE VIÁVEIS E SUFICIENTEMENTE COMPACTAS PARA PERMITIR SUA IMPLANTAÇÃO DE FORMA DESCENTRALIZADA. ISSO PERMITE CRIAR UMA LOGÍSTICA DE FORNECIMENTO DE CARVÃO E BIO-ÓLEO A PARTIR DE UNIDADES DE PIRÓLISE ESPALHADAS GEOGRAFICAMENTE EM CENTROS GERADORES DE RESÍDUOS DE BIOMASSAS TAIS COMO: AGROINDUSTRIAIS, AGRÍCOLAS, RESÍDUOS ORGÂNICOS URBANOS, ALGAS, ENTRE OUTRAS. A PROPOSTA EM QUESTÃO PERMITE A OBTENÇÃO DE COMBUSTÍVEIS DE FÁCIL ADAPTABILIDADE AOS SISTEMAS DE COMBUSTÃO ATUALMENTE EXISTENTES NAS UNIDADES GERADORAS. O PROJETO PREVÊ PESQUISAS BÁSICAS E APLICADAS NA PRODUÇÃO E NO USO DE NOVOS BICOMBUSTÍVEIS NA CADEIA PRODUTIVA DE TERMELÉTRICAS ABRANGENDO A PRODUÇÃO E PADRONIZAÇÃO DE BIO-ÓLEO E SUAS MISTURAS COM O ÓLEO COMBUSTÍVEL DERIVADO DO PETRÓLEO PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA. A PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA, COMO A CARACTERIZAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DA BIOMASSA LIGNOCELULÓSICA E DO BIO-ÓLEO E/OU DERIVADOS EM MISTURA OU COMO ADITIVO PARA ÓLEO COMBUSTÍVEL É A TAREFA PRINCIPAL A SER DESENVOLVIDA NESTA PROPOSTA OBJETIVANDO O USO DO BIO-ÓLEO NA CO-COMBUSTÃO DOS DERIVADOS FÓSSEIS, PODENDO SER ESTE BIOCOMBUSTÍVEL NO FUTURO INSERIDO NA MATRIZ ENERGÉTICA NACIONAL PARA GERAÇÃO TERMELÉTRICA.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Talita Pedroso Quessada - Integrante / Pérez, Juan Miguel Mesa - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Projeto 09051 - DESENVOLVIMENTO DE SENSOR LUMINESCENTE DE FIBRA-ÓTICA PARA DETERMINAÇÃO IN SITU E ON-LINE DE TRIACILGLICERÓIS EM CULTIVOS DE MICROALGAS, Descrição: EMBORA SEJA VERDADE QUE A INDÚSTRIA DAS MICROALGAS, A OBTENÇÃO DE PRODUTOS DE VALOR AGREGADO (MEDICAMENTOS, PIGMENTOS, ETC.), TEM DEMONSTRADO SER RENTÁVEL E MADURA, NA PRODUÇÃO DE BIODIESEL AINDA TEM UM GRANDE CAMINHO A PERCORRER PARA ESTAR AO MESMO NÍVEL. ISTO SE DEVE AO FATO DE QUE, ENQUANTO O PREÇO DUMA TONELADA DE ASTAXANTINA (POR EXEMPLO) É DE $3 MILHÕES DÓLARES, O PREÇO DUMA TONELADA DE PETRÓLEO É INFERIOR AOS $1000 DÓLARES. MESMO QUE AMBAS AS TECNOLOGIAS UTILIZEM MICROALGAS ELAS TÊM UMA ECONOMIA MUITO DIFERENTE, AINDA É NECESSÁRIO UM GRANDE TRABALHO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO PARA QUE ESTA PROMETEDORA TECNOLOGIA POSSA COMPETIR COM OUTRAS TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO DE BIODIESEL MAIS MADURAS. SEU ÊXITO ECONÔMICO VAI DEPENDER DAS OTIMIZAÇÕES DE TODAS E CADA UMA DAS ETAPAS E FATORES QUE CONTROLAM A PRODUÇÃO, TENTANDO DIMINUIR CUSTOS E AUMENTAR A PRODUÇÃO. AS LINHAS DE PESQUISA SÃO MUITO VARIADAS: SELEÇÃO DE ESPÉCIES E CEPAS, MELHORAMENTO GENÉTICO DELAS, DESENHO DOS BIORREATORES, MELHORA E CONTROLE DAS CONDIÇÕES DE CRESCIMENTO, COLETA DAS CÉLULAS, EXTRAÇÃO DOS LIPÍDEOS, REVALORIZAÇÃO DOS PRODUTOS SECUNDÁRIOS (PROTEÍNAS, VITAMINAS, ETC.), ENTRE OUTROS. A FIM DE REDUZIR OS CUSTOS, TAMBÉM SÃO ESTUDADAS FONTES DE MATÉRIAS PRIMAS ALTERNATIVAS PARA A ALIMENTAÇÃO DOS CULTIVOS COMO ÁGUAS RESIDUAIS, ONDE OS BIORREATORES SERIAM PARTE DAS ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTO (ETE); OU A ALIMENTAÇÃO DOS CULTIVOS COM CO2 DIRETO DAS CHAMINÉS INDUSTRIAIS, O QUE PERMITIRIA ÀS INDÚSTRIAS, ALEM DE GERAR BIODIESEL, OBTER UM BENEFÍCIO DO MERCADO DAS EMISSÕES DE CO2. TUDO PARECE INDICAR QUE O FUTURO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE BIODIESEL DE MICROALGAS É UMA TAREFA MULTIDISCIPLINAR QUE ENVOLVE NÃO SÓ ÁREAS DIFERENTES DA CIÊNCIA, MAS TAMBÉM, DADA À IMPORTÂNCIA ESTRATÉGICA DO PRODUTO (ENERGIA), VONTADES POLÍTICAS. UMA DAS FORMAS DE REDUZIR OS CUSTOS E INCREMENTAR A PRODUÇÃO É CONTROLANDO TODOS OS PARÂMETROS FUNDAMENTAIS QUE DOMINAM A REAÇÃO BIOLÓGICA DE INTERESSE. É POR ISSO MESMO QUE OS BIORREATORES (DE TODOS OS TIPOS) ACOSTUMAM TER INSTALADOS CONJUNTOS DE SENSORES PARA MONITORIZAR PARÂMETROS COMO O PH, A TEMPERATURA, A CONCENTRAÇÃO DE REATIVOS (NUTRIENTES, CO2, ETC.), OU COPRODUTOS (O2, BIOMASSA OU PIGMENTOS).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Diva de Souza Andrade - Integrante / Guillermo Orellana - Integrante.

  • 2009 - 2012

    Projeto: 06751 - REMEDIAÇÃO IN SITU DE SOLOS IMPACTADOS COM PETRÓLEO OU DERIVADOS UTILIZANDO, Descrição: Tipo de Cadastro: ÓRGÃOS EXTERNOS DE FOMENTO - PETROBRAS/CENPES Tipo de Pesquisa: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Processo: 39226 / 2009 Tempo Pr. Inicial: 036 Meses Prorrog.: Término Previsto: 30/04/2012 Área do CNPQ: QUIMICA Desenvolvimento do Projeto 08/05/2009 EM ANDAMENTO ÓRGÃOS EXTERNOS Resumo: ESPERA-SE COMO PRODUTO TECNOLÓGICO FINAL À RECUPERAÇÃO IN SITU DE ÁREAS IMPACTADAS DEVIDO A ACIDENTES OU OPERAÇÕES DE ROTINA LIGADAS A ATIVIDADES DA INDÚSTRIA DO PETRÓLEO, ATRAVÉS DE TRATAMENTOS ALTERNATIVOS QUE POSSAM ALÉM DE BAIXAR OS CUSTOS OPERACIONAIS DA REMEDIAÇÃO, EVITAR A GERAÇÃO DE RESÍDUOS OU DE EFLUENTES PARA A DISPOSIÇÃO FINAL. OS BENEFÍCIOS SERÃO DE ATENDER A LEGISLAÇÃO AMBIENTAL VIGENTE COM IMPLEMENTAÇÃO DE AÇÕES QUE CONTRIBUAM PARA O DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO SUSTENTÁVEL, COM PRESERVAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS E DOS SERES VIVOS, CONTRIBUINDO ASSIM, PARA A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DAS FUTURAS GERAÇÕES.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Claudia Bueno dos Reis Martinez - Integrante / Flávia Zanuto - Integrante / Rafael Bragueto - Integrante / Fabio Cal Sabino - Integrante / Lucia A. S. Almeida - Integrante / Ana Paula C. Luiz - Integrante., Financiador(es): Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobras - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    Projeto 07838 - DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS PARA A PRODUÇÃO DE MICROALGAS COMO FONTE DE ÓLEO, Descrição: OBJETIVO GERAL: - desenvolver tecnologias para produção de biomassa de microalgas visando extração de óleo vegetal e utilização agrícola dos co-produtos. - elaboração de estudos para o dimensionamento e estruturação de um empreendimento de produção de óleo vegetal a partir de micro-algas para a fabricação de biodiesel e aproveitamento econômico dos co-produtos, prevendo-se a possibilidade de implantação de uma instalação piloto junto a um local onde haja condições adequadas para o melhor desenvolvimento da biomassa de microalgas. Objetivos especificos: 1 - coleta no paraná e aquisição de coleções nacionais e internacionais de material genético de microalgas para a formação de um banco genético com potencial para alavancar trabalhos sobre a produção de óleos vegetais para biodiesel a partir da biomassa destes organismos; 2- caracterização das microalgas para a produção de biomassa; 3- definição de sistemas de cultivo 4- determinação da produção de biomassa (kg/ha/dia); 5- quantificação do teor de lipídeos na biomassa das algas selecionadas e cultivadas em tanques abertos. Financiamento: Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR), a Companhia Paranaense de Energia (Copel) e a Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio (Fapeagro).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Diva de Souza Andrade - Integrante / ARNALDO COLOZZI FILHO - Integrante., Financiador(es): Companhia Paranaense de Energia - Auxílio financeiro / Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio - Outra / Instituto Agronômico do Paraná - Auxílio financeiro.Número de orientações: 3

  • 2009 - Atual

    Projeto 06785 - Avaliação, Desenvolvimento e Aplicação de Tecnologia para produção de biodiesel, Aproveitamento de Co-produto e Análise para Controle de Processos., Descrição: ESTE PROJETO DE PESQUISA ATUARÁ NO DESENVOLVIMENTO E APLICAÇÃO DE TECNOLOGIA PARA PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE BIODIESEL POR ROTA ETÍLICA, CONTEMPLANDO ANÁLISES FÍSICO-QUÍMICAS E CROMATOGRÁFICAS PARA CONTROLE DE PROCESSOS, VISANDO MAXIMIZAR O USO DE MATÉRIAS PRIMAS E CO-PRODUTOS DE ORIGEM RENOVÁVEL, MINIMIZANDO IMPACTOS AMBIENTAIS E DE SAÚDE PÚBLICA, BUSCANDO O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / João Carlos Alves - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Jurandir Pereira Pinto - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Eduardo DiMauro - Integrante / Fernanda de Almeida Fin-Lima - Integrante.

  • 2008 - 2010

    Projeto: 05746 - Produção de gás de síntese por gaseificação de bio-óleo obtido por pirólise rápida usando diferentes tipos de biomassa., Descrição: Juan Miguel Mesa Pérez - Coordenador geral - Bioware Tecnologia Edital MCT/SETEC/CNPq nº 32/2007 - RHAE Pesquisador na Empresa. R$300,00 Resumo: Desenvolver tecnologias de transformação de biomassa em energia, materiais e combustíveis renováveis de alto valor agregado com responsabilidade social e ambiental. Esse projeto de desenvolvimento tecnológico insere-se no contexto do uso racional da fonte de energia renovável da biomassa. A biomassa é uma vocação natural do Brasil e seu uso como fonte de energia e materiais em bases sustentáveis com a aplicação de tecnologias eficientes é imprescindível para que o país alcance maiores índices de aproveitamento e possa manter e ampliar sua liderança mundial em biocombustíveis. Por biomassa entende-se toda matéria orgânica de origem vegetal ou animal, inclusive os materiais procedentes de sua transformação natural ou artificial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Dionisio Borsato - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Talita Pedroso Quessada - Integrante / Caren Mura Cortez - Integrante., Financiador(es): Bioware Tecnologia - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2010

    Projeto: 06940 - USO ALTERNATIVO DE COMBUSTÍVEL RENOVÁVEL PARA MOTORES DE CICLO OTTO EM GASOLINA E ETANOL, Descrição: A queima de combustíveis nos motores libera uma quantidade considerável de dióxido de carbono na atmosfera. O uso de componentes derivados de biomassa, os chamados biocombustíveis, na composição de combustíveis de motores, particularmente os oxigenados, reduzem o impacto nocivo do combustível no ambiente. Alguns países como Estados Unidos e Dinamarca proibiram o uso de metil-tércio-butil éter (MTBE) na gasolina. Vários países, incluindo os Estados Unidos, União Européia (UE), Japão, China e Índia estimulam e promovem o uso de biocombustíveis. A mistura gasolina-etanol (E85) e o uso de biodiesel em misturas com diesel como B2, B5 e B20 são exemplos destas diretrizes. O Brasil é citado mundialmente por utilizar na sua matriz energética grande percentagem de biomassa renovável. Além do impacto na redução de gases efeito estufa (GEE), os componentes oxigenados ? entre eles, o etanol - melhoram as características físico-química da mistura, por exemplo, o teor de oxigênio, o número de octano, a pressão de vapor, etc. A única desvantagem diz respeito à redução no poder calorífico, que aumenta o consumo, mas a relação de preços álcool-gasolina compensa o uso de etanol (GOLUBKOV et al., 2005). Enfim, para que se possa ter dados que balizem a possível regulamentação do uso das misturas sugeridas (glicerol + gasolina e glicerol + álcool hidratado) necessita-se de informações técnico-científicas, razão pela qual se propõe esse projeto. Financiamento: Edital 04/2008 - Convênio Embrapa/Petrobrás / Macroprograma 3 / Aproveitamento de co-produtos e resíduos dos processos industriais de óleos e de biodiesel / Proposta MP-3.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Ricardo Ralisch - Integrante / Marcio Turra de Ávila - Integrante., Financiador(es): EMBRAPA Soja - Bolsa / Petrobras Biocombustível - Matriz - Auxílio financeiro / Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2010

    Projeto: 04962 - OTIMIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE OBTENÇÃO DE BIODIESEL UTILIZANDO O DELINEAMENTO, Descrição: Resumo: O CONSUMO DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS, TEM UM SIGNIFICATIVO IMPACTO NA QUALIDADE DO MEIO AMBIENTE. A POLUIÇÃO DO AR, AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS, OS DERRAMAMENTOS DE ÓLEO E A GERAÇÃO DE RESÍDUOS TÓXICOS SÃO RESULTADOS DO USO E DA PRODUÇÃO DE TAIS COMBUSTÍVEIS DERIVADOS DO PETRÓLEO. NO MUNDO, OS COMBUSTÍVEIS CONSUMIDOS POR VEÍCULOS AUTOMOTORES SÃO RESPONSÁVEIS PELA EMISSÃO DA MAIOR PARTE DE MONÓXIDO DE CARBONO, ÓXIDOS DE NITROGÊNIO (NOX), GASES ORGÂNICOS REATIVOS, MATERIAIS PARTICULADOS E DIÓXIDO DE ENXOFRE PRESENTE NA ATMOSFERA. O BIODIESEL PERMITE QUE SE ESTABELEÇA UM CICLO FECHADO DE CARBONO NO QUAL O GÁS CARBÔNICO É ABSORVIDO QUANDO A PLANTA CRESCE E É LIBERADO QUANDO O BIODIESEL É QUEIMADO NA COMBUSTÃO NO MOTOR. OS BENEFÍCIOS AMBIENTAIS PODEM, AINDA, GERAR VANTAGENS ECONÔMICAS PARA O PAÍS. O BRASIL PODERIA ENQUADRAR O BIODIESEL NOS ACORDOS ESTABELECIDOS NO PROTOCOLO DE KYOTO E NAS DIRETRIZES DOS MECANISMOS DE DESENVOLVIMENTO LIMPO. A TRANSESTERIFICAÇÃO EM MEIO BÁSICO SERÁ O PROCESSO PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL E COM O EMPREGO DE PARÂMETROS ADEQUADOS COMO RAZÃO MOLAR ÁLCOOL-ÓLEO VEGETAL, CONCENTRAÇÃO DE CATALISADOR E TEMPERATURA ESTA REAÇÃO, APESAR DE REVERSÍVEL, DEVERÁ APRESENTAR ALTOS RENDIMENTOS. NESTE TRABALHO, A ETANÓLISE DO ÓLEO DE SOJA REFINADO SERÁ OTIMIZADA POR MEIO DE UM PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL DE MISTURA UTILIZANDO 3 TIPOS DE CATALISADORES. A OTIMIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DA REAÇÃO DE TRANSESTERIFICAÇÃO PERMITIRÁ, ATRAVÉS DA ESCOLHA DO CATALISADOR ADEQUADO OU MESMO DE UMA MISTURA DE CATALISADORES, UMA MELHORA DO RENDIMENTO DO PROCESSO DE OBTENÇÃO DE BIODIESEL.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Integrante / Dionisio Borsato - Coordenador / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Ivanira Moreira - Integrante., Financiador(es): Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação da UEL - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2009

    Projeto 05473 - Produção de amostras de briquetes de carvão e bio-óleo em planta de pirólise - PPR-200 visando a sua comercialização., Descrição: ESSE PROJETO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PRETENDE ADEQUAR QUALIDADE E RENDIMENTO DOS PRODUTOS DA PLANTA PILOTO DENOMINADA PPR-220 (PLANTA DE PIRÓSE RÁPIDA COM CAPACIDADE PARA PROCESSAR 200 KG/H DE BIOMASSA) ÀS NECESSIDADES DE POTENCIAIS MERCADOS CONSUMIDORES, COM O OBJETIVO DE COMERCIALIZAR A TECNOLOGIA. ATUALMENTE, A PPR-220 PRODUZ DE FORMA CONTÍNUA O CARVÃO VEGETAL, O EXTRATO DE ÁCIDO, O BIO-ÓLEO E OS GASES DE COMBUSTÃO. ESSES PRODUTOS APRESENTAM MÚLTIPLAS APLICAÇÕES, COMO COMBUSTÍVEIS E INSUMOS QUÍMICOS, PORÉM, OS ESFORÇOS NESTE PROJETO ESTARÃO DIRIGIDOS PARA PRODUÇÃO DE GRANDES AMOSTRAS DE BRIQUETES SIDERÚRGICOS, BIO-ÓLEO COMBUSTÍVEL E EXTRATO ÁCIDO, VISANDO A CRIAÇÃO DO MERCADO CONSUMIDOR E POSTERIOR VENDA DA TECNOLOGIA. A AMOSTRA DE BRIQUETES DE CARVÃO VEGETAL TERÁ QUALIDADE PARA SEU USO EM ALTOS-FORNOS DA INDUSTRIA SIDERÚRGICA, O ESTRATO ÁCIDO SERÁ TESTADO COMO INSETICIDA NATURAL PARA A AGRICULTURA ORGÂNICA E ADITIVO DE COMBUSTÍVEL FÓSSIL. O BIO-ÓLEO SERÁ MISTURADO COM ÓLEO DIESEL PU BPF PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA EM CENTRAIS TERMELÉTRICAS. Edital MCT/CNPq/CTEnerg nº 33/2006 - Combustão e Gaseificação - IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO: 555127/2006-0 VALOR FINANCIAMENTO: 139.842,44 Subprojeto UEL: OBTENÇÃO DE ADITIVOS E BIOCOMBUSTÍVEIS A PARTIR DE EXTRATOS ÁCIDOS PRODUZIDOS NA PIRÓLISE DE RESÍDUOS DA AGRICULTURA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / José Dílcio Rocha - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante / ANDRESSA DEL FRARO FREDERICO - Integrante / Luis Augusto Barbosa Cortez - Integrante., Financiador(es): Bioware Tecnologia - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2006 - 2009

    Projeto: 05165 - Monitoramento da Bacia do Arroio Saldanha e Aplicação de Tecnologia para Remediação de Solo Atingido pelo Vazamento de Petróleo ocorrido em 16 de julho de 2000 na refinaria Presidente Getukio Vargas- REPAR, em Araucária, PR., Descrição: Convênio ? FAUEL/UEL - REPAR/PETROBRAS - Cadastro no. 05165 PROPPG-UEL FINANCIADOR: Petroleo Brasileiro S. A.-PETROBRAS VALOR FINANCIAMENTO: R$ 265.000,00 . A CONTINUIDADE DAS AÇÕES IMPLEMENTADAS PELA FAUEL/UEL QUE DIZEM RESPEITO AO MONITORAMENTO E APLICAÇÃO DE TECNOLOGIAS, COM APROVEITAMENTO DE LUZ SOLAR PARA REDUZIR OU ELIMINAR O IMPACTO CAUSADO PELO DERRAMAMENTO DE PETRÓLEO EM SOLO NA ÁREA DA REPAR/PETROBRÁS E VIZINHANÇA, É OPORTUNA NÃO SÓ PARA A RECUPERAÇÃO DA MATRIZ AMBIENTAL, MAS TAMBÉM PARA ASSESSORAR O SETOR DE SMS DA REPAR/PETROBRÁS NOS RELATÓRIO. REUNIÕES E SEMINÁRIOS EXIGIDOS PELOS ÓRGÃOS AMBIENTAIS, ASSIM COMO, DAR PROSSEGUIMENTO AOS TRABALHOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO NO PONTO ZERO. ALÉM DAS TECNOLOGIAS JÁ IMPLEMENTADAS E EM FASE DE MONITORAMENTO, SERÃO IMPLEMENTADAS OUTRAS AÇÕES EM SINERGIA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Ilza Lobo - Integrante / Milton Faccione - Integrante / Maria Cristina Solci - Integrante / Luiz Henrique Dall'Antonia - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Ricardo Ralisch - Integrante / Osmar Rodrigues Brito - Integrante / Otavio J. G. Abi Saab - Integrante., Financiador(es): Petroleo Brasileiro S. A. - Auxílio financeiro / Tecnologia Ambiental - Cooperação / Degussa Brasil Ltda - Cooperação.Número de orientações: 4

  • 2006 - 2009

    Projeto: 05339 - Obtenção de Biocombustíveis a partir de Óleos Vegetais por Processo de Pirólise Catalítica, Descrição: EDITAL Convênio ? Encomenda Transversal ? MCT / RBT / FINEP / EMBRAPA Global Energy and Telecommunication Ltda (GET) VALOR FINANCIAMENTO: R$ 293.000,00 Resumo: PROPÕE-SE A DESENVOLVER UM PROTÓTIPO PARA OBTENÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS SUCEDÂNEOS DE PETRODIESEL, GASOLINA, QUEROSENE E GLP, A PARTIR DE ÓLEOS VEGETAIS. DIFERENCIA-SE DE TRANSESTERIFICAÇÃO (BIODIESEL) POR GERAR UMA MISTURA DE HIDROCARBONETOS DE CADEIA LINEAR, SEMELHANTE AOS DERIVADOS DE PETRÓLEO. NÃO NECESSITA DE OUTROS INSUMOS, COMO O ÁLCOOL ANIDRO, NEM GERA SUB-PROJETOS, COMO GLICERINA, RAZÃO PELA QUAL ADAPTA-SE A UMA AMPLA GAMA DE USUÁRIOS, DESDE A PEQUENA PRODUÇÃO RURAL OU O PEQUENO EMPRESÁRIO, ATÉ A PRODUÇÃO POR ATACADO. ADAPTA-SE PERFEITAMENTE AO ATENDIMENTO ENERGÉTICO DE COMUNIDADES ISOLADAS.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Berenice Quinzano Jordão - Integrante / Marcio Turra de Ávila - Integrante / Decio Luiz Gazzoni - Integrante., Financiador(es): Embrapa Agroenergia - Cooperação / Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro / GET Global Energy and Telecommunication Ltda - Auxílio financeiro.

  • 2005 - 2007

    Projeto: 04578 - USO DE BIOMASSA COMO ENERGIA LIMPA E MATÉRIA-PRIMA RENOVÁVELUso de biomassa como energia limpa e matéria-prima renovável., Descrição: EDITAL CNPq 21/2004 - RHAE Inovação / RHAE Inovação - Projetos Tipo C VALOR FINANCIAMENTO R$ 128.500,00 Resumo: ESTE PROJETO PROPÕE REALIZAR UM ESTUDO TEÓRICO E EXPERIMENTAL VISANDO MELHORAR AS PROPRIEDADES COMBUSTÍVEIS DO BIO-ÓLEO OBTIDO NA PLANTA DE PIRÓLISE DA UNICAMP. VÁRIAS AMOSTRAS DE BIO-ÓLEO SERÃO OBTIDAS E CARACTERIZADAS PARA DIFERENTES CONDIÇÕES DE OPERAÇÃO DO REATOR. FAZENDO USO DE UM PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL SERÃO REALIZADOS NO LAFLURPE DA UEL SOBRE A ESTABILIDADE E A EFICIÊNCIA DA COMBUSTÃO DE MISTURAS DO BIODIESEL (BIOFLEX) OBTIDO A PARTIR DO BIO-ÓLEO COM O DIESEL E A GASOLINA, DERIVADOS DE PETRÓLEO. SERÃO TAMBÉM PRODUZIDOS VÁRIOS TIPOS DE BIODIESEL À PARTIR DE BIO-ÓLEO, ÓLEO VEGETAL E GORDURA ANIMAL.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / José Dílcio Rocha - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante., Financiador(es): Bioware Tecnologia - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2006

    Monitoramento ambiental e aplicação de tecnologia relacionados a recuperação de matrizes ambientais., Descrição: APLICAÇÃO DA TÉCNICA DE FOTOCATÁLISE HETEROGÊNEA COM TIO2 SOB EFEITO DE LUZ SOLAR, E AINDA, UTILIZAÇÃO DE AGENTES COMPLEXANTES PARA MINIMIZAR OU ELIMINAR A AÇÃO DE REFRATÁRIOS DE PETRÓLEO EM MATRIZES AMBIENTAIS, MONITORANDO O PROCESSO NATURAL DE DEGRADAÇÃO QUÍMICA DO MATERIAL BETUMINOSO, COMO TAMBÉM, A EFICIÊNCIA DOS AGENTES DE REMEDIAÇÃO.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / David Ernest Nicodem - Integrante / Eduardo Di Mauro - Integrante / Ilza Lobo - Integrante / Milton Faccione - Integrante / Maria Cristina Solci - Integrante / Dionisio Borsato - Integrante / Luiz Henrique Dall'Antonia - Integrante / Marilene Turini Piccinato - Integrante / Walter Sano - Integrante / Jurandir Pereira Pinto - Integrante / Aneli de Melo Barbosa - Integrante / Robson da Silva Lewis - Integrante / Ivanira Moreira - Integrante / Marcos Rachwal - Integrante / Daniele Cristina Adão - Integrante / Caroline Catyussia Carradore Vecchi - Integrante / Ricardo Ralisch - Integrante / Osmar Rodrigues Brito - Integrante / Angelita da Silva - Integrante / Alex Gibelato Pavanelli - Integrante / Luciana Natália Cividatti - Integrante / Otavio J. G. Abi Saab - Integrante / Renato César de Souza - Integrante / Karina Gomes Angilelli - Integrante., Financiador(es): Petróleo Brasileiro S A - Auxílio financeiro / Tecnologia Ambiental - Cooperação / Industria Química - Cooperação.

  • 2013 - Atual

    Projeto: 09090 - ESTUDO DE EMULSÕES DO BIO-ÓLEO PIROLÍTICO EM ÓLEO COMBUSTÍVEL PARA USO NA GERAÇÃO DE ENERGIA EM TERMELÉTRICAS., Descrição: O MAIOR DESAFIO PARA A EXPANSÃO DA GERAÇÃO TERMELÉTRICA A PARTIR DA BIOMASSA IN NATURA ESTÁ NA LOGÍSTICA DO PROCESSO, DEVIDO ÀS CARACTERÍSTICAS DA BIOMASSA (GRANDE DISPERSÃO, BAIXA DENSIDADE, BAIXO PODER CALORÍFICO, DIFÍCIL MANUSEIO E ALTA UMIDADE). UNIDADES DE PIRÓLISE RÁPIDA DE BIOMASSA PARA PRODUÇÃO DE COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS DE ALTA DENSIDADE ENERGÉTICA, ADAPTADOS PARA GERAÇÃO TERMELÉTRICA A PARTIR DE BIOMASSAS AGROINDUSTRIAIS SERIA UMA ALTERNATIVA PARA PRODUÇÃO DE MATÉRIA PRIMA NA GERAÇÃO TERMELÉTRICA. A TRANSFORMAÇÃO DA BIOMASSA VIA PIRÓLISE RÁPIDA RESOLVERIA OS PROBLEMAS DE LOGÍSTICA, POSSIBILITANDO O USO DESSES COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS NOS SISTEMAS DE COMBUSTÃO ATUALMENTE EXISTENTES SEM MODIFICAÇÕES SUBSTANCIAIS. O PROCESSO TRANSFORMA A BIOMASSA DE BAIXA DENSIDADE (80-250 KG.M-3) EM BIO-ÓLEO (LÍQUIDO COM DENSIDADE DE 1200 KG.M-3). UNIDADES DE PIRÓLISE SÃO ECONOMICAMENTE VIÁVEIS E SUFICIENTEMENTE COMPACTAS PARA PERMITIR SUA IMPLANTAÇÃO DE FORMA DESCENTRALIZADA. ISSO PERMITE CRIAR UMA LOGÍSTICA DE FORNECIMENTO DE CARVÃO E BIO-ÓLEO A PARTIR DE UNIDADES DE PIRÓLISE ESPALHADAS GEOGRAFICAMENTE EM CENTROS GERADORES DE RESÍDUOS DE BIOMASSAS TAIS COMO: AGROINDUSTRIAIS, AGRÍCOLAS, RESÍDUOS ORGÂNICOS URBANOS, ALGAS, ENTRE OUTRAS. A PROPOSTA EM QUESTÃO PERMITE A OBTENÇÃO DE COMBUSTÍVEIS DE FÁCIL ADAPTABILIDADE AOS SISTEMAS DE COMBUSTÃO ATUALMENTE EXISTENTES NAS UNIDADES GERADORAS. O PROJETO PREVÊ PESQUISAS BÁSICAS E APLICADAS NA PRODUÇÃO E NO USO DE NOVOS BICOMBUSTÍVEIS NA CADEIA PRODUTIVA DE TERMELÉTRICAS ABRANGENDO A PRODUÇÃO E PADRONIZAÇÃO DE BIO-ÓLEO E SUAS MISTURAS COM O ÓLEO COMBUSTÍVEL DERIVADO DO PETRÓLEO PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA. A PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA, COMO A CARACTERIZAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DA BIOMASSA LIGNOCELULÓSICA E DO BIO-ÓLEO E/OU DERIVADOS EM MISTURA OU COMO ADITIVO PARA ÓLEO COMBUSTÍVEL É A TAREFA PRINCIPAL A SER DESENVOLVIDA NESTA PROPOSTA OBJETIVANDO O USO DO BIO-ÓLEO NA CO-COMBUSTÃO DOS DERIVADOS FÓSSEIS, PODENDO SER ESTE BIOCOMBUSTÍVEL NO FUTURO INSERIDO NA MATRIZ ENERGÉTICA NACIONAL PARA GERAÇÃO TERMELÉTRICA.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Talita Pedroso Quessada - Integrante / Pérez, Juan Miguel Mesa - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Projeto 09051 - DESENVOLVIMENTO DE SENSOR LUMINESCENTE DE FIBRA-ÓTICA PARA DETERMINAÇÃO IN SITU E ON-LINE DE TRIACILGLICERÓIS EM CULTIVOS DE MICROALGAS, Descrição: EMBORA SEJA VERDADE QUE A INDÚSTRIA DAS MICROALGAS, A OBTENÇÃO DE PRODUTOS DE VALOR AGREGADO (MEDICAMENTOS, PIGMENTOS, ETC.), TEM DEMONSTRADO SER RENTÁVEL E MADURA, NA PRODUÇÃO DE BIODIESEL AINDA TEM UM GRANDE CAMINHO A PERCORRER PARA ESTAR AO MESMO NÍVEL. ISTO SE DEVE AO FATO DE QUE, ENQUANTO O PREÇO DUMA TONELADA DE ASTAXANTINA (POR EXEMPLO) É DE $3 MILHÕES DÓLARES, O PREÇO DUMA TONELADA DE PETRÓLEO É INFERIOR AOS $1000 DÓLARES. MESMO QUE AMBAS AS TECNOLOGIAS UTILIZEM MICROALGAS ELAS TÊM UMA ECONOMIA MUITO DIFERENTE, AINDA É NECESSÁRIO UM GRANDE TRABALHO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO PARA QUE ESTA PROMETEDORA TECNOLOGIA POSSA COMPETIR COM OUTRAS TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO DE BIODIESEL MAIS MADURAS. SEU ÊXITO ECONÔMICO VAI DEPENDER DAS OTIMIZAÇÕES DE TODAS E CADA UMA DAS ETAPAS E FATORES QUE CONTROLAM A PRODUÇÃO, TENTANDO DIMINUIR CUSTOS E AUMENTAR A PRODUÇÃO. AS LINHAS DE PESQUISA SÃO MUITO VARIADAS: SELEÇÃO DE ESPÉCIES E CEPAS, MELHORAMENTO GENÉTICO DELAS, DESENHO DOS BIORREATORES, MELHORA E CONTROLE DAS CONDIÇÕES DE CRESCIMENTO, COLETA DAS CÉLULAS, EXTRAÇÃO DOS LIPÍDEOS, REVALORIZAÇÃO DOS PRODUTOS SECUNDÁRIOS (PROTEÍNAS, VITAMINAS, ETC.), ENTRE OUTROS. A FIM DE REDUZIR OS CUSTOS, TAMBÉM SÃO ESTUDADAS FONTES DE MATÉRIAS PRIMAS ALTERNATIVAS PARA A ALIMENTAÇÃO DOS CULTIVOS COMO ÁGUAS RESIDUAIS, ONDE OS BIORREATORES SERIAM PARTE DAS ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTO (ETE); OU A ALIMENTAÇÃO DOS CULTIVOS COM CO2 DIRETO DAS CHAMINÉS INDUSTRIAIS, O QUE PERMITIRIA ÀS INDÚSTRIAS, ALEM DE GERAR BIODIESEL, OBTER UM BENEFÍCIO DO MERCADO DAS EMISSÕES DE CO2. TUDO PARECE INDICAR QUE O FUTURO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE BIODIESEL DE MICROALGAS É UMA TAREFA MULTIDISCIPLINAR QUE ENVOLVE NÃO SÓ ÁREAS DIFERENTES DA CIÊNCIA, MAS TAMBÉM, DADA À IMPORTÂNCIA ESTRATÉGICA DO PRODUTO (ENERGIA), VONTADES POLÍTICAS. UMA DAS FORMAS DE REDUZIR OS CUSTOS E INCREMENTAR A PRODUÇÃO É CONTROLANDO TODOS OS PARÂMETROS FUNDAMENTAIS QUE DOMINAM A REAÇÃO BIOLÓGICA DE INTERESSE. É POR ISSO MESMO QUE OS BIORREATORES (DE TODOS OS TIPOS) ACOSTUMAM TER INSTALADOS CONJUNTOS DE SENSORES PARA MONITORIZAR PARÂMETROS COMO O PH, A TEMPERATURA, A CONCENTRAÇÃO DE REATIVOS (NUTRIENTES, CO2, ETC.), OU COPRODUTOS (O2, BIOMASSA OU PIGMENTOS).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Diva de Souza Andrade - Integrante / Guillermo Orellana - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Projeto: 09091 - OBTENÇÃO DE BIODIESEL A PARTIR DE ÓLEO RESIDUAL UTILIZANDO LIPASE IMOBILIZADA EM BIOCARVÃO PIROLÍTICO., Descrição: COM O AUMENTO NA DEMANDA DE PETRÓLEO, SUA POSSÍVEL ESCASSEZ E CUSTO ASSOCIADO A PREOCUPAÇÕES POLÍTICAS E AMBIENTAIS SOBRE O USO DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS, SURGEM A NECESSIDADE DE DESENVOLVER UM PROCESSO ECONÔMICO E ENERGÉTICO PARA PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL DE COMBUSTÍVEIS. O BIODIESEL É UM COMBUSTÍVEL DERIVADO DE FONTES RENOVÁVEIS, COMO ÓLEOS VEGETAIS E GORDURAS ANIMAIS, COMPOSTOS POR TRIACILGLICERÓIS, UMA OPÇÃO COMO FONTE RENOVÁVEL DE ENERGIA COM POTENCIAL PARA SUBSTITUIR O DIESEL DE PETRÓLEO. A METODOLOGIA DE OBTENÇÃO DESTE BIOCOMBUSTÍVEL UTILIZA GERALMENTE A CATÁLISE BÁSICA, ENTRETANTO, DEVIDO A ALGUNS INCONVENIENTES COMO A DIFÍCIL RECUPERAÇÃO DO GLICEROL E REAÇÕES PARALELAS, BUSCARAM-SE NOVAS ALTERNATIVAS DE PRODUÇÃO. FOI ENTÃO OBSERVADO QUE A CATÁLISE ENZIMÁTICA, UTILIZANDO LIPASES É ESPECÍFICA E PERMITE A FÁCIL RECUPERAÇÃO DO GLICEROL. ATUALMENTE, OS CUSTOS DO EMPREGO DA LIPASE NA TRANSESTERIFICAÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL AINDA SÃO ELEVADOS. ISTO SE DEVE A BARREIRAS NO PROCESSO, COMO A POSSÍVEL PERDA DA ENZIMA POR DESATIVAÇÃO PERANTE O ÁLCOOL E O GLICEROL, PRESENTES NA MISTURA DE REAÇÃO. DIVERSAS TÉCNICAS TÊM SIDO DESENVOLVIDAS PARA MINIMIZAR ESTES EFEITOS, COMO A IMOBILIZAÇÃO DA ENZIMA, QUE PERMITE A SUA REUTILIZAÇÃO, SEPARAÇÃO DE PRODUTOS DO MEIO REACIONAL DE FORMA FÁCIL E AINDA, MUITAS VEZES, MELHORA A EFICIÊNCIA CATALÍTICA DA ENZIMA. UMA OPÇÃO VANTAJOSA É A IMOBILIZAÇÃO EM UM SUPORTE DE BAIXO CUSTO COMO O BIOCARVÃO, UM RESÍDUO DE PIRÓLISE, QUE APÓS ATIVAÇÃO, PERMITE A IMOBILIZAÇÃO DA ENZIMA POR ADSORÇÃO DEVIDO À GRANDE ÁREA SUPERFICIAL E GRUPOS FUNCIONAIS PRESENTES. PARA CONTRIBUIR COM A REDUÇÃO DE CUSTOS, A ENZIMA SERÁ PRODUZIDA POR UM FUNGO PREVIAMENTE SELECIONADO COMO PRODUTOR DE LIPASES A PARTIR DE CONDIÇÃO OTIMIZADA UTILIZANDO UM RESÍDUO AGROINDUSTRIAL, A TORTA DE SOJA, SOMENTE COM ADIÇÃO DE ÁGUA. E, AINDA, A UTILIZAÇÃO DE ÓLEO DE COZINHA RESIDUAL COMO MATÉRIA PRIMA PARA PRODUÇÃO DE BIODIESEL AO INVÉS DE ÓLEO VEGETAL, CONTRIBUIRÁ PARA A DIMINUIÇÃO DO CUSTO FINAL DO PROCESSO. OUTRA FERRAMENTA MUITO ÚTIL QUE SERÁ UTILIZADA COM O INTUITO DE DIMINUIR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO É O PLANEJAMENTO FATORIAL, ATRAVÉS DA AVALIAÇÃO DE VARIÁVEIS QUE INFLUENCIAM NA SÍNTESE DE BIODIESEL. O DESENVOLVIMENTO DESTE PROJETO VISA À ADIÇÃO DE VALOR AGREGADO AOS RESÍDUOS INDUSTRIAIS TORTA DE SOJA, CARVÕES DE PIRÓLISE E ÓLEO RESIDUAL. ESTAS INICIATIVAS PROPORCIONARÃO O DESENVOLVIMENTO DE NOVOS PROCESSOS BIOTECNOLÓGICOS PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL E POSSIBILIDADE DE NOVAS PATENTES E PUBLICAÇÕES, ALÉM DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS EM NÍVEL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, MESTRADO, DOUTORADO E PÓS-DOUTORADO, CONTRIBUINDO PARA O FORTALECIMENTO DOS PROGRAMAS DE PÓS GRADUAÇÃO EM QUÍMICA, BIOENERGIA E BIOTECNOLOGIA.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Aneli de Melo Barbosa - Integrante / Maria Inês Rezende - Integrante / Milena Martins Andrade - Integrante / André Luiz Martinez de Oliveira - Integrante / Robert F. H. Dekker - Integrante.

  • 2009 - 2012

    Projeto: 06751 - REMEDIAÇÃO IN SITU DE SOLOS IMPACTADOS COM PETRÓLEO OU DERIVADOS UTILIZANDO, Descrição: Tipo de Cadastro: ÓRGÃOS EXTERNOS DE FOMENTO - PETROBRAS/CENPES Tipo de Pesquisa: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Processo: 39226 / 2009 Tempo Pr. Inicial: 036 Meses Prorrog.: Término Previsto: 30/04/2012 Área do CNPQ: QUIMICA Desenvolvimento do Projeto 08/05/2009 EM ANDAMENTO ÓRGÃOS EXTERNOS Resumo: ESPERA-SE COMO PRODUTO TECNOLÓGICO FINAL À RECUPERAÇÃO IN SITU DE ÁREAS IMPACTADAS DEVIDO A ACIDENTES OU OPERAÇÕES DE ROTINA LIGADAS A ATIVIDADES DA INDÚSTRIA DO PETRÓLEO, ATRAVÉS DE TRATAMENTOS ALTERNATIVOS QUE POSSAM ALÉM DE BAIXAR OS CUSTOS OPERACIONAIS DA REMEDIAÇÃO, EVITAR A GERAÇÃO DE RESÍDUOS OU DE EFLUENTES PARA A DISPOSIÇÃO FINAL. OS BENEFÍCIOS SERÃO DE ATENDER A LEGISLAÇÃO AMBIENTAL VIGENTE COM IMPLEMENTAÇÃO DE AÇÕES QUE CONTRIBUAM PARA O DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO SUSTENTÁVEL, COM PRESERVAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS E DOS SERES VIVOS, CONTRIBUINDO ASSIM, PARA A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DAS FUTURAS GERAÇÕES.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Claudia Bueno dos Reis Martinez - Integrante / Flávia Zanuto - Integrante / Rafael Bragueto - Integrante / Fabio Cal Sabino - Integrante / Lucia A. S. Almeida - Integrante / Ana Paula C. Luiz - Integrante., Financiador(es): Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobras - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    Projeto 07838 - DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS PARA A PRODUÇÃO DE MICROALGAS COMO FONTE DE ÓLEO, Descrição: OBJETIVO GERAL: - desenvolver tecnologias para produção de biomassa de microalgas visando extração de óleo vegetal e utilização agrícola dos co-produtos. - elaboração de estudos para o dimensionamento e estruturação de um empreendimento de produção de óleo vegetal a partir de micro-algas para a fabricação de biodiesel e aproveitamento econômico dos co-produtos, prevendo-se a possibilidade de implantação de uma instalação piloto junto a um local onde haja condições adequadas para o melhor desenvolvimento da biomassa de microalgas. Objetivos especificos: 1 - coleta no paraná e aquisição de coleções nacionais e internacionais de material genético de microalgas para a formação de um banco genético com potencial para alavancar trabalhos sobre a produção de óleos vegetais para biodiesel a partir da biomassa destes organismos; 2- caracterização das microalgas para a produção de biomassa; 3- definição de sistemas de cultivo 4- determinação da produção de biomassa (kg/ha/dia); 5- quantificação do teor de lipídeos na biomassa das algas selecionadas e cultivadas em tanques abertos. Financiamento: Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR), a Companhia Paranaense de Energia (Copel) e a Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio (Fapeagro).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Diva de Souza Andrade - Integrante / ARNALDO COLOZZI FILHO - Integrante., Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio - Outra / Instituto Agronômico do Paraná - Auxílio financeiro / Companhia Paranaense de Energia - Auxílio financeiro.Número de orientações: 3

  • 2009 - Atual

    Projeto 06785 - Avaliação, Desenvolvimento e Aplicação de Tecnologia para produção de biodiesel, Aproveitamento de Co-produto e Análise para Controle de Processos., Descrição: ESTE PROJETO DE PESQUISA ATUARÁ NO DESENVOLVIMENTO E APLICAÇÃO DE TECNOLOGIA PARA PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE BIODIESEL POR ROTA ETÍLICA, CONTEMPLANDO ANÁLISES FÍSICO-QUÍMICAS E CROMATOGRÁFICAS PARA CONTROLE DE PROCESSOS, VISANDO MAXIMIZAR O USO DE MATÉRIAS PRIMAS E CO-PRODUTOS DE ORIGEM RENOVÁVEL, MINIMIZANDO IMPACTOS AMBIENTAIS E DE SAÚDE PÚBLICA, BUSCANDO O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / João Carlos Alves - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Jurandir Pereira Pinto - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Eduardo DiMauro - Integrante / Fernanda de Almeida Fin-Lima - Integrante.

  • 2008 - 2010

    Projeto: 05746 - Produção de gás de síntese por gaseificação de bio-óleo obtido por pirólise rápida usando diferentes tipos de biomassa., Descrição: Juan Miguel Mesa Pérez - Coordenador geral - Bioware Tecnologia Edital MCT/SETEC/CNPq nº 32/2007 - RHAE Pesquisador na Empresa. R$300,00 Resumo: Desenvolver tecnologias de transformação de biomassa em energia, materiais e combustíveis renováveis de alto valor agregado com responsabilidade social e ambiental. Esse projeto de desenvolvimento tecnológico insere-se no contexto do uso racional da fonte de energia renovável da biomassa. A biomassa é uma vocação natural do Brasil e seu uso como fonte de energia e materiais em bases sustentáveis com a aplicação de tecnologias eficientes é imprescindível para que o país alcance maiores índices de aproveitamento e possa manter e ampliar sua liderança mundial em biocombustíveis. Por biomassa entende-se toda matéria orgânica de origem vegetal ou animal, inclusive os materiais procedentes de sua transformação natural ou artificial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Dionisio Borsato - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Talita Pedroso Quessada - Integrante / Caren Mura Cortez - Integrante., Financiador(es): Bioware Tecnologia - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2010

    Projeto: 06940 - USO ALTERNATIVO DE COMBUSTÍVEL RENOVÁVEL PARA MOTORES DE CICLO OTTO EM GASOLINA E ETANOL, Descrição: A queima de combustíveis nos motores libera uma quantidade considerável de dióxido de carbono na atmosfera. O uso de componentes derivados de biomassa, os chamados biocombustíveis, na composição de combustíveis de motores, particularmente os oxigenados, reduzem o impacto nocivo do combustível no ambiente. Alguns países como Estados Unidos e Dinamarca proibiram o uso de metil-tércio-butil éter (MTBE) na gasolina. Vários países, incluindo os Estados Unidos, União Européia (UE), Japão, China e Índia estimulam e promovem o uso de biocombustíveis. A mistura gasolina-etanol (E85) e o uso de biodiesel em misturas com diesel como B2, B5 e B20 são exemplos destas diretrizes. O Brasil é citado mundialmente por utilizar na sua matriz energética grande percentagem de biomassa renovável. Além do impacto na redução de gases efeito estufa (GEE), os componentes oxigenados ? entre eles, o etanol - melhoram as características físico-química da mistura, por exemplo, o teor de oxigênio, o número de octano, a pressão de vapor, etc. A única desvantagem diz respeito à redução no poder calorífico, que aumenta o consumo, mas a relação de preços álcool-gasolina compensa o uso de etanol (GOLUBKOV et al., 2005). Enfim, para que se possa ter dados que balizem a possível regulamentação do uso das misturas sugeridas (glicerol + gasolina e glicerol + álcool hidratado) necessita-se de informações técnico-científicas, razão pela qual se propõe esse projeto. Financiamento: Edital 04/2008 - Convênio Embrapa/Petrobrás / Macroprograma 3 / Aproveitamento de co-produtos e resíduos dos processos industriais de óleos e de biodiesel / Proposta MP-3.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Ricardo Ralisch - Integrante / Marcio Turra de Ávila - Integrante., Financiador(es): EMBRAPA Soja - Bolsa / Petrobras Biocombustível - Matriz - Auxílio financeiro / Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2010

    Projeto: 04962 - OTIMIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE OBTENÇÃO DE BIODIESEL UTILIZANDO O DELINEAMENTO, Descrição: Resumo: O CONSUMO DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS, TEM UM SIGNIFICATIVO IMPACTO NA QUALIDADE DO MEIO AMBIENTE. A POLUIÇÃO DO AR, AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS, OS DERRAMAMENTOS DE ÓLEO E A GERAÇÃO DE RESÍDUOS TÓXICOS SÃO RESULTADOS DO USO E DA PRODUÇÃO DE TAIS COMBUSTÍVEIS DERIVADOS DO PETRÓLEO. NO MUNDO, OS COMBUSTÍVEIS CONSUMIDOS POR VEÍCULOS AUTOMOTORES SÃO RESPONSÁVEIS PELA EMISSÃO DA MAIOR PARTE DE MONÓXIDO DE CARBONO, ÓXIDOS DE NITROGÊNIO (NOX), GASES ORGÂNICOS REATIVOS, MATERIAIS PARTICULADOS E DIÓXIDO DE ENXOFRE PRESENTE NA ATMOSFERA. O BIODIESEL PERMITE QUE SE ESTABELEÇA UM CICLO FECHADO DE CARBONO NO QUAL O GÁS CARBÔNICO É ABSORVIDO QUANDO A PLANTA CRESCE E É LIBERADO QUANDO O BIODIESEL É QUEIMADO NA COMBUSTÃO NO MOTOR. OS BENEFÍCIOS AMBIENTAIS PODEM, AINDA, GERAR VANTAGENS ECONÔMICAS PARA O PAÍS. O BRASIL PODERIA ENQUADRAR O BIODIESEL NOS ACORDOS ESTABELECIDOS NO PROTOCOLO DE KYOTO E NAS DIRETRIZES DOS MECANISMOS DE DESENVOLVIMENTO LIMPO. A TRANSESTERIFICAÇÃO EM MEIO BÁSICO SERÁ O PROCESSO PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL E COM O EMPREGO DE PARÂMETROS ADEQUADOS COMO RAZÃO MOLAR ÁLCOOL-ÓLEO VEGETAL, CONCENTRAÇÃO DE CATALISADOR E TEMPERATURA ESTA REAÇÃO, APESAR DE REVERSÍVEL, DEVERÁ APRESENTAR ALTOS RENDIMENTOS. NESTE TRABALHO, A ETANÓLISE DO ÓLEO DE SOJA REFINADO SERÁ OTIMIZADA POR MEIO DE UM PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL DE MISTURA UTILIZANDO 3 TIPOS DE CATALISADORES. A OTIMIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DA REAÇÃO DE TRANSESTERIFICAÇÃO PERMITIRÁ, ATRAVÉS DA ESCOLHA DO CATALISADOR ADEQUADO OU MESMO DE UMA MISTURA DE CATALISADORES, UMA MELHORA DO RENDIMENTO DO PROCESSO DE OBTENÇÃO DE BIODIESEL.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Integrante / Dionisio Borsato - Coordenador / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Ivanira Moreira - Integrante., Financiador(es): Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação da UEL - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2009

    Projeto 05473 - Produção de amostras de briquetes de carvão e bio-óleo em planta de pirólise - PPR-200 visando a sua comercialização., Descrição: ESSE PROJETO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PRETENDE ADEQUAR QUALIDADE E RENDIMENTO DOS PRODUTOS DA PLANTA PILOTO DENOMINADA PPR-220 (PLANTA DE PIRÓSE RÁPIDA COM CAPACIDADE PARA PROCESSAR 200 KG/H DE BIOMASSA) ÀS NECESSIDADES DE POTENCIAIS MERCADOS CONSUMIDORES, COM O OBJETIVO DE COMERCIALIZAR A TECNOLOGIA. ATUALMENTE, A PPR-220 PRODUZ DE FORMA CONTÍNUA O CARVÃO VEGETAL, O EXTRATO DE ÁCIDO, O BIO-ÓLEO E OS GASES DE COMBUSTÃO. ESSES PRODUTOS APRESENTAM MÚLTIPLAS APLICAÇÕES, COMO COMBUSTÍVEIS E INSUMOS QUÍMICOS, PORÉM, OS ESFORÇOS NESTE PROJETO ESTARÃO DIRIGIDOS PARA PRODUÇÃO DE GRANDES AMOSTRAS DE BRIQUETES SIDERÚRGICOS, BIO-ÓLEO COMBUSTÍVEL E EXTRATO ÁCIDO, VISANDO A CRIAÇÃO DO MERCADO CONSUMIDOR E POSTERIOR VENDA DA TECNOLOGIA. A AMOSTRA DE BRIQUETES DE CARVÃO VEGETAL TERÁ QUALIDADE PARA SEU USO EM ALTOS-FORNOS DA INDUSTRIA SIDERÚRGICA, O ESTRATO ÁCIDO SERÁ TESTADO COMO INSETICIDA NATURAL PARA A AGRICULTURA ORGÂNICA E ADITIVO DE COMBUSTÍVEL FÓSSIL. O BIO-ÓLEO SERÁ MISTURADO COM ÓLEO DIESEL PU BPF PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA EM CENTRAIS TERMELÉTRICAS. Edital MCT/CNPq/CTEnerg nº 33/2006 - Combustão e Gaseificação - IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO: 555127/2006-0 VALOR FINANCIAMENTO: 139.842,44 Subprojeto UEL: OBTENÇÃO DE ADITIVOS E BIOCOMBUSTÍVEIS A PARTIR DE EXTRATOS ÁCIDOS PRODUZIDOS NA PIRÓLISE DE RESÍDUOS DA AGRICULTURA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / José Dílcio Rocha - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante / ANDRESSA DEL FRARO FREDERICO - Integrante / Luis Augusto Barbosa Cortez - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Bioware Tecnologia - Cooperação.

  • 2006 - 2009

    Projeto: 05165 - Monitoramento da Bacia do Arroio Saldanha e Aplicação de Tecnologia para Remediação de Solo Atingido pelo Vazamento de Petróleo ocorrido em 16 de julho de 2000 na refinaria Presidente Getukio Vargas- REPAR, em Araucária, PR., Descrição: Convênio ? FAUEL/UEL - REPAR/PETROBRAS - Cadastro no. 05165 PROPPG-UEL FINANCIADOR: Petroleo Brasileiro S. A.-PETROBRAS VALOR FINANCIAMENTO: R$ 265.000,00 . A CONTINUIDADE DAS AÇÕES IMPLEMENTADAS PELA FAUEL/UEL QUE DIZEM RESPEITO AO MONITORAMENTO E APLICAÇÃO DE TECNOLOGIAS, COM APROVEITAMENTO DE LUZ SOLAR PARA REDUZIR OU ELIMINAR O IMPACTO CAUSADO PELO DERRAMAMENTO DE PETRÓLEO EM SOLO NA ÁREA DA REPAR/PETROBRÁS E VIZINHANÇA, É OPORTUNA NÃO SÓ PARA A RECUPERAÇÃO DA MATRIZ AMBIENTAL, MAS TAMBÉM PARA ASSESSORAR O SETOR DE SMS DA REPAR/PETROBRÁS NOS RELATÓRIO. REUNIÕES E SEMINÁRIOS EXIGIDOS PELOS ÓRGÃOS AMBIENTAIS, ASSIM COMO, DAR PROSSEGUIMENTO AOS TRABALHOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO NO PONTO ZERO. ALÉM DAS TECNOLOGIAS JÁ IMPLEMENTADAS E EM FASE DE MONITORAMENTO, SERÃO IMPLEMENTADAS OUTRAS AÇÕES EM SINERGIA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Ilza Lobo - Integrante / Milton Faccione - Integrante / Maria Cristina Solci - Integrante / Luiz Henrique Dall'Antonia - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Ricardo Ralisch - Integrante / Osmar Rodrigues Brito - Integrante / Otavio J. G. Abi Saab - Integrante., Financiador(es): Petroleo Brasileiro S. A. - Auxílio financeiro / Tecnologia Ambiental - Cooperação / Degussa Brasil Ltda - Cooperação.Número de orientações: 4

  • 2006 - 2009

    Projeto: 05339 - Obtenção de Biocombustíveis a partir de Óleos Vegetais por Processo de Pirólise Catalítica, Descrição: EDITAL Convênio ? Encomenda Transversal ? MCT / RBT / FINEP / EMBRAPA Global Energy and Telecommunication Ltda (GET) VALOR FINANCIAMENTO: R$ 293.000,00 Resumo: PROPÕE-SE A DESENVOLVER UM PROTÓTIPO PARA OBTENÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS SUCEDÂNEOS DE PETRODIESEL, GASOLINA, QUEROSENE E GLP, A PARTIR DE ÓLEOS VEGETAIS. DIFERENCIA-SE DE TRANSESTERIFICAÇÃO (BIODIESEL) POR GERAR UMA MISTURA DE HIDROCARBONETOS DE CADEIA LINEAR, SEMELHANTE AOS DERIVADOS DE PETRÓLEO. NÃO NECESSITA DE OUTROS INSUMOS, COMO O ÁLCOOL ANIDRO, NEM GERA SUB-PROJETOS, COMO GLICERINA, RAZÃO PELA QUAL ADAPTA-SE A UMA AMPLA GAMA DE USUÁRIOS, DESDE A PEQUENA PRODUÇÃO RURAL OU O PEQUENO EMPRESÁRIO, ATÉ A PRODUÇÃO POR ATACADO. ADAPTA-SE PERFEITAMENTE AO ATENDIMENTO ENERGÉTICO DE COMUNIDADES ISOLADAS.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Berenice Quinzano Jordão - Integrante / Marcio Turra de Ávila - Integrante / Decio Luiz Gazzoni - Integrante., Financiador(es): Embrapa Agroenergia - Cooperação / Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro / GET Global Energy and Telecommunication Ltda - Auxílio financeiro.

  • 2005 - 2007

    Projeto: 04578 - USO DE BIOMASSA COMO ENERGIA LIMPA E MATÉRIA-PRIMA RENOVÁVELUso de biomassa como energia limpa e matéria-prima renovável., Descrição: EDITAL CNPq 21/2004 - RHAE Inovação / RHAE Inovação - Projetos Tipo C VALOR FINANCIAMENTO R$ 128.500,00 Resumo: ESTE PROJETO PROPÕE REALIZAR UM ESTUDO TEÓRICO E EXPERIMENTAL VISANDO MELHORAR AS PROPRIEDADES COMBUSTÍVEIS DO BIO-ÓLEO OBTIDO NA PLANTA DE PIRÓLISE DA UNICAMP. VÁRIAS AMOSTRAS DE BIO-ÓLEO SERÃO OBTIDAS E CARACTERIZADAS PARA DIFERENTES CONDIÇÕES DE OPERAÇÃO DO REATOR. FAZENDO USO DE UM PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL SERÃO REALIZADOS NO LAFLURPE DA UEL SOBRE A ESTABILIDADE E A EFICIÊNCIA DA COMBUSTÃO DE MISTURAS DO BIODIESEL (BIOFLEX) OBTIDO A PARTIR DO BIO-ÓLEO COM O DIESEL E A GASOLINA, DERIVADOS DE PETRÓLEO. SERÃO TAMBÉM PRODUZIDOS VÁRIOS TIPOS DE BIODIESEL À PARTIR DE BIO-ÓLEO, ÓLEO VEGETAL E GORDURA ANIMAL.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / José Dílcio Rocha - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Bioware Tecnologia - Cooperação.

  • 2003 - 2006

    Monitoramento ambiental e aplicação de tecnologia relacionados a recuperação de matrizes ambientais., Descrição: APLICAÇÃO DA TÉCNICA DE FOTOCATÁLISE HETEROGÊNEA COM TIO2 SOB EFEITO DE LUZ SOLAR, E AINDA, UTILIZAÇÃO DE AGENTES COMPLEXANTES PARA MINIMIZAR OU ELIMINAR A AÇÃO DE REFRATÁRIOS DE PETRÓLEO EM MATRIZES AMBIENTAIS, MONITORANDO O PROCESSO NATURAL DE DEGRADAÇÃO QUÍMICA DO MATERIAL BETUMINOSO, COMO TAMBÉM, A EFICIÊNCIA DOS AGENTES DE REMEDIAÇÃO.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / David Ernest Nicodem - Integrante / Eduardo Di Mauro - Integrante / Ilza Lobo - Integrante / Milton Faccione - Integrante / Maria Cristina Solci - Integrante / Dionisio Borsato - Integrante / Luiz Henrique Dall'Antonia - Integrante / Marilene Turini Piccinato - Integrante / Walter Sano - Integrante / Jurandir Pereira Pinto - Integrante / Aneli de Melo Barbosa - Integrante / Robson da Silva Lewis - Integrante / Ivanira Moreira - Integrante / Marcos Rachwal - Integrante / Daniele Cristina Adão - Integrante / Caroline Catyussia Carradore Vecchi - Integrante / Ricardo Ralisch - Integrante / Osmar Rodrigues Brito - Integrante / Angelita da Silva - Integrante / Alex Gibelato Pavanelli - Integrante / Luciana Natália Cividatti - Integrante / Otavio J. G. Abi Saab - Integrante / Renato César de Souza - Integrante / Karina Gomes Angilelli - Integrante., Financiador(es): Industria Química - Cooperação / Tecnologia Ambiental - Cooperação / Petróleo Brasileiro S A - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Projeto: 09090 - ESTUDO DE EMULSÕES DO BIO-ÓLEO PIROLÍTICO EM ÓLEO COMBUSTÍVEL PARA USO NA GERAÇÃO DE ENERGIA EM TERMELÉTRICAS., Descrição: O MAIOR DESAFIO PARA A EXPANSÃO DA GERAÇÃO TERMELÉTRICA A PARTIR DA BIOMASSA IN NATURA ESTÁ NA LOGÍSTICA DO PROCESSO, DEVIDO ÀS CARACTERÍSTICAS DA BIOMASSA (GRANDE DISPERSÃO, BAIXA DENSIDADE, BAIXO PODER CALORÍFICO, DIFÍCIL MANUSEIO E ALTA UMIDADE). UNIDADES DE PIRÓLISE RÁPIDA DE BIOMASSA PARA PRODUÇÃO DE COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS DE ALTA DENSIDADE ENERGÉTICA, ADAPTADOS PARA GERAÇÃO TERMELÉTRICA A PARTIR DE BIOMASSAS AGROINDUSTRIAIS SERIA UMA ALTERNATIVA PARA PRODUÇÃO DE MATÉRIA PRIMA NA GERAÇÃO TERMELÉTRICA. A TRANSFORMAÇÃO DA BIOMASSA VIA PIRÓLISE RÁPIDA RESOLVERIA OS PROBLEMAS DE LOGÍSTICA, POSSIBILITANDO O USO DESSES COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS NOS SISTEMAS DE COMBUSTÃO ATUALMENTE EXISTENTES SEM MODIFICAÇÕES SUBSTANCIAIS. O PROCESSO TRANSFORMA A BIOMASSA DE BAIXA DENSIDADE (80-250 KG.M-3) EM BIO-ÓLEO (LÍQUIDO COM DENSIDADE DE 1200 KG.M-3). UNIDADES DE PIRÓLISE SÃO ECONOMICAMENTE VIÁVEIS E SUFICIENTEMENTE COMPACTAS PARA PERMITIR SUA IMPLANTAÇÃO DE FORMA DESCENTRALIZADA. ISSO PERMITE CRIAR UMA LOGÍSTICA DE FORNECIMENTO DE CARVÃO E BIO-ÓLEO A PARTIR DE UNIDADES DE PIRÓLISE ESPALHADAS GEOGRAFICAMENTE EM CENTROS GERADORES DE RESÍDUOS DE BIOMASSAS TAIS COMO: AGROINDUSTRIAIS, AGRÍCOLAS, RESÍDUOS ORGÂNICOS URBANOS, ALGAS, ENTRE OUTRAS. A PROPOSTA EM QUESTÃO PERMITE A OBTENÇÃO DE COMBUSTÍVEIS DE FÁCIL ADAPTABILIDADE AOS SISTEMAS DE COMBUSTÃO ATUALMENTE EXISTENTES NAS UNIDADES GERADORAS. O PROJETO PREVÊ PESQUISAS BÁSICAS E APLICADAS NA PRODUÇÃO E NO USO DE NOVOS BICOMBUSTÍVEIS NA CADEIA PRODUTIVA DE TERMELÉTRICAS ABRANGENDO A PRODUÇÃO E PADRONIZAÇÃO DE BIO-ÓLEO E SUAS MISTURAS COM O ÓLEO COMBUSTÍVEL DERIVADO DO PETRÓLEO PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA. A PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA, COMO A CARACTERIZAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DA BIOMASSA LIGNOCELULÓSICA E DO BIO-ÓLEO E/OU DERIVADOS EM MISTURA OU COMO ADITIVO PARA ÓLEO COMBUSTÍVEL É A TAREFA PRINCIPAL A SER DESENVOLVIDA NESTA PROPOSTA OBJETIVANDO O USO DO BIO-ÓLEO NA CO-COMBUSTÃO DOS DERIVADOS FÓSSEIS, PODENDO SER ESTE BIOCOMBUSTÍVEL NO FUTURO INSERIDO NA MATRIZ ENERGÉTICA NACIONAL PARA GERAÇÃO TERMELÉTRICA.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Talita Pedroso Quessada - Integrante / Pérez, Juan Miguel Mesa - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Projeto: 09091 - OBTENÇÃO DE BIODIESEL A PARTIR DE ÓLEO RESIDUAL UTILIZANDO LIPASE IMOBILIZADA EM BIOCARVÃO PIROLÍTICO., Descrição: COM O AUMENTO NA DEMANDA DE PETRÓLEO, SUA POSSÍVEL ESCASSEZ E CUSTO ASSOCIADO A PREOCUPAÇÕES POLÍTICAS E AMBIENTAIS SOBRE O USO DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS, SURGEM A NECESSIDADE DE DESENVOLVER UM PROCESSO ECONÔMICO E ENERGÉTICO PARA PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL DE COMBUSTÍVEIS. O BIODIESEL É UM COMBUSTÍVEL DERIVADO DE FONTES RENOVÁVEIS, COMO ÓLEOS VEGETAIS E GORDURAS ANIMAIS, COMPOSTOS POR TRIACILGLICERÓIS, UMA OPÇÃO COMO FONTE RENOVÁVEL DE ENERGIA COM POTENCIAL PARA SUBSTITUIR O DIESEL DE PETRÓLEO. A METODOLOGIA DE OBTENÇÃO DESTE BIOCOMBUSTÍVEL UTILIZA GERALMENTE A CATÁLISE BÁSICA, ENTRETANTO, DEVIDO A ALGUNS INCONVENIENTES COMO A DIFÍCIL RECUPERAÇÃO DO GLICEROL E REAÇÕES PARALELAS, BUSCARAM-SE NOVAS ALTERNATIVAS DE PRODUÇÃO. FOI ENTÃO OBSERVADO QUE A CATÁLISE ENZIMÁTICA, UTILIZANDO LIPASES É ESPECÍFICA E PERMITE A FÁCIL RECUPERAÇÃO DO GLICEROL. ATUALMENTE, OS CUSTOS DO EMPREGO DA LIPASE NA TRANSESTERIFICAÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL AINDA SÃO ELEVADOS. ISTO SE DEVE A BARREIRAS NO PROCESSO, COMO A POSSÍVEL PERDA DA ENZIMA POR DESATIVAÇÃO PERANTE O ÁLCOOL E O GLICEROL, PRESENTES NA MISTURA DE REAÇÃO. DIVERSAS TÉCNICAS TÊM SIDO DESENVOLVIDAS PARA MINIMIZAR ESTES EFEITOS, COMO A IMOBILIZAÇÃO DA ENZIMA, QUE PERMITE A SUA REUTILIZAÇÃO, SEPARAÇÃO DE PRODUTOS DO MEIO REACIONAL DE FORMA FÁCIL E AINDA, MUITAS VEZES, MELHORA A EFICIÊNCIA CATALÍTICA DA ENZIMA. UMA OPÇÃO VANTAJOSA É A IMOBILIZAÇÃO EM UM SUPORTE DE BAIXO CUSTO COMO O BIOCARVÃO, UM RESÍDUO DE PIRÓLISE, QUE APÓS ATIVAÇÃO, PERMITE A IMOBILIZAÇÃO DA ENZIMA POR ADSORÇÃO DEVIDO À GRANDE ÁREA SUPERFICIAL E GRUPOS FUNCIONAIS PRESENTES. PARA CONTRIBUIR COM A REDUÇÃO DE CUSTOS, A ENZIMA SERÁ PRODUZIDA POR UM FUNGO PREVIAMENTE SELECIONADO COMO PRODUTOR DE LIPASES A PARTIR DE CONDIÇÃO OTIMIZADA UTILIZANDO UM RESÍDUO AGROINDUSTRIAL, A TORTA DE SOJA, SOMENTE COM ADIÇÃO DE ÁGUA. E, AINDA, A UTILIZAÇÃO DE ÓLEO DE COZINHA RESIDUAL COMO MATÉRIA PRIMA PARA PRODUÇÃO DE BIODIESEL AO INVÉS DE ÓLEO VEGETAL, CONTRIBUIRÁ PARA A DIMINUIÇÃO DO CUSTO FINAL DO PROCESSO. OUTRA FERRAMENTA MUITO ÚTIL QUE SERÁ UTILIZADA COM O INTUITO DE DIMINUIR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO É O PLANEJAMENTO FATORIAL, ATRAVÉS DA AVALIAÇÃO DE VARIÁVEIS QUE INFLUENCIAM NA SÍNTESE DE BIODIESEL. O DESENVOLVIMENTO DESTE PROJETO VISA À ADIÇÃO DE VALOR AGREGADO AOS RESÍDUOS INDUSTRIAIS TORTA DE SOJA, CARVÕES DE PIRÓLISE E ÓLEO RESIDUAL. ESTAS INICIATIVAS PROPORCIONARÃO O DESENVOLVIMENTO DE NOVOS PROCESSOS BIOTECNOLÓGICOS PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL E POSSIBILIDADE DE NOVAS PATENTES E PUBLICAÇÕES, ALÉM DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS EM NÍVEL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, MESTRADO, DOUTORADO E PÓS-DOUTORADO, CONTRIBUINDO PARA O FORTALECIMENTO DOS PROGRAMAS DE PÓS GRADUAÇÃO EM QUÍMICA, BIOENERGIA E BIOTECNOLOGIA.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Aneli de Melo Barbosa - Integrante / Maria Inês Rezende - Integrante / Milena Martins Andrade - Integrante / André Luiz Martinez de Oliveira - Integrante / Robert F. H. Dekker - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Projeto 09051 - DESENVOLVIMENTO DE SENSOR LUMINESCENTE DE FIBRA-ÓTICA PARA DETERMINAÇÃO IN SITU E ON-LINE DE TRIACILGLICERÓIS EM CULTIVOS DE MICROALGAS, Descrição: EMBORA SEJA VERDADE QUE A INDÚSTRIA DAS MICROALGAS, A OBTENÇÃO DE PRODUTOS DE VALOR AGREGADO (MEDICAMENTOS, PIGMENTOS, ETC.), TEM DEMONSTRADO SER RENTÁVEL E MADURA, NA PRODUÇÃO DE BIODIESEL AINDA TEM UM GRANDE CAMINHO A PERCORRER PARA ESTAR AO MESMO NÍVEL. ISTO SE DEVE AO FATO DE QUE, ENQUANTO O PREÇO DUMA TONELADA DE ASTAXANTINA (POR EXEMPLO) É DE $3 MILHÕES DÓLARES, O PREÇO DUMA TONELADA DE PETRÓLEO É INFERIOR AOS $1000 DÓLARES. MESMO QUE AMBAS AS TECNOLOGIAS UTILIZEM MICROALGAS ELAS TÊM UMA ECONOMIA MUITO DIFERENTE, AINDA É NECESSÁRIO UM GRANDE TRABALHO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO PARA QUE ESTA PROMETEDORA TECNOLOGIA POSSA COMPETIR COM OUTRAS TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO DE BIODIESEL MAIS MADURAS. SEU ÊXITO ECONÔMICO VAI DEPENDER DAS OTIMIZAÇÕES DE TODAS E CADA UMA DAS ETAPAS E FATORES QUE CONTROLAM A PRODUÇÃO, TENTANDO DIMINUIR CUSTOS E AUMENTAR A PRODUÇÃO. AS LINHAS DE PESQUISA SÃO MUITO VARIADAS: SELEÇÃO DE ESPÉCIES E CEPAS, MELHORAMENTO GENÉTICO DELAS, DESENHO DOS BIORREATORES, MELHORA E CONTROLE DAS CONDIÇÕES DE CRESCIMENTO, COLETA DAS CÉLULAS, EXTRAÇÃO DOS LIPÍDEOS, REVALORIZAÇÃO DOS PRODUTOS SECUNDÁRIOS (PROTEÍNAS, VITAMINAS, ETC.), ENTRE OUTROS. A FIM DE REDUZIR OS CUSTOS, TAMBÉM SÃO ESTUDADAS FONTES DE MATÉRIAS PRIMAS ALTERNATIVAS PARA A ALIMENTAÇÃO DOS CULTIVOS COMO ÁGUAS RESIDUAIS, ONDE OS BIORREATORES SERIAM PARTE DAS ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTO (ETE); OU A ALIMENTAÇÃO DOS CULTIVOS COM CO2 DIRETO DAS CHAMINÉS INDUSTRIAIS, O QUE PERMITIRIA ÀS INDÚSTRIAS, ALEM DE GERAR BIODIESEL, OBTER UM BENEFÍCIO DO MERCADO DAS EMISSÕES DE CO2. TUDO PARECE INDICAR QUE O FUTURO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE BIODIESEL DE MICROALGAS É UMA TAREFA MULTIDISCIPLINAR QUE ENVOLVE NÃO SÓ ÁREAS DIFERENTES DA CIÊNCIA, MAS TAMBÉM, DADA À IMPORTÂNCIA ESTRATÉGICA DO PRODUTO (ENERGIA), VONTADES POLÍTICAS. UMA DAS FORMAS DE REDUZIR OS CUSTOS E INCREMENTAR A PRODUÇÃO É CONTROLANDO TODOS OS PARÂMETROS FUNDAMENTAIS QUE DOMINAM A REAÇÃO BIOLÓGICA DE INTERESSE. É POR ISSO MESMO QUE OS BIORREATORES (DE TODOS OS TIPOS) ACOSTUMAM TER INSTALADOS CONJUNTOS DE SENSORES PARA MONITORIZAR PARÂMETROS COMO O PH, A TEMPERATURA, A CONCENTRAÇÃO DE REATIVOS (NUTRIENTES, CO2, ETC.), OU COPRODUTOS (O2, BIOMASSA OU PIGMENTOS).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Diva de Souza Andrade - Integrante / Guillermo Orellana - Integrante.

  • 2009 - 2012

    Projeto: 06751 - REMEDIAÇÃO IN SITU DE SOLOS IMPACTADOS COM PETRÓLEO OU DERIVADOS UTILIZANDO, Descrição: Tipo de Cadastro: ÓRGÃOS EXTERNOS DE FOMENTO - PETROBRAS/CENPES Tipo de Pesquisa: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Processo: 39226 / 2009 Tempo Pr. Inicial: 036 Meses Prorrog.: Término Previsto: 30/04/2012 Área do CNPQ: QUIMICA Desenvolvimento do Projeto 08/05/2009 EM ANDAMENTO ÓRGÃOS EXTERNOS Resumo: ESPERA-SE COMO PRODUTO TECNOLÓGICO FINAL À RECUPERAÇÃO IN SITU DE ÁREAS IMPACTADAS DEVIDO A ACIDENTES OU OPERAÇÕES DE ROTINA LIGADAS A ATIVIDADES DA INDÚSTRIA DO PETRÓLEO, ATRAVÉS DE TRATAMENTOS ALTERNATIVOS QUE POSSAM ALÉM DE BAIXAR OS CUSTOS OPERACIONAIS DA REMEDIAÇÃO, EVITAR A GERAÇÃO DE RESÍDUOS OU DE EFLUENTES PARA A DISPOSIÇÃO FINAL. OS BENEFÍCIOS SERÃO DE ATENDER A LEGISLAÇÃO AMBIENTAL VIGENTE COM IMPLEMENTAÇÃO DE AÇÕES QUE CONTRIBUAM PARA O DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO SUSTENTÁVEL, COM PRESERVAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS E DOS SERES VIVOS, CONTRIBUINDO ASSIM, PARA A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DAS FUTURAS GERAÇÕES.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Claudia Bueno dos Reis Martinez - Integrante / Flávia Zanuto - Integrante / Rafael Bragueto - Integrante / Fabio Cal Sabino - Integrante / Lucia A. S. Almeida - Integrante / Ana Paula C. Luiz - Integrante., Financiador(es): Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobras - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    Projeto 07838 - DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS PARA A PRODUÇÃO DE MICROALGAS COMO FONTE DE ÓLEO, Descrição: OBJETIVO GERAL: - desenvolver tecnologias para produção de biomassa de microalgas visando extração de óleo vegetal e utilização agrícola dos co-produtos. - elaboração de estudos para o dimensionamento e estruturação de um empreendimento de produção de óleo vegetal a partir de micro-algas para a fabricação de biodiesel e aproveitamento econômico dos co-produtos, prevendo-se a possibilidade de implantação de uma instalação piloto junto a um local onde haja condições adequadas para o melhor desenvolvimento da biomassa de microalgas. Objetivos especificos: 1 - coleta no paraná e aquisição de coleções nacionais e internacionais de material genético de microalgas para a formação de um banco genético com potencial para alavancar trabalhos sobre a produção de óleos vegetais para biodiesel a partir da biomassa destes organismos; 2- caracterização das microalgas para a produção de biomassa; 3- definição de sistemas de cultivo 4- determinação da produção de biomassa (kg/ha/dia); 5- quantificação do teor de lipídeos na biomassa das algas selecionadas e cultivadas em tanques abertos. Financiamento: Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR), a Companhia Paranaense de Energia (Copel) e a Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio (Fapeagro).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Diva de Souza Andrade - Integrante / ARNALDO COLOZZI FILHO - Integrante., Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio - Outra / Instituto Agronômico do Paraná - Auxílio financeiro / Companhia Paranaense de Energia - Auxílio financeiro.Número de orientações: 3

  • 2009 - Atual

    Projeto 06785 - Avaliação, Desenvolvimento e Aplicação de Tecnologia para produção de biodiesel, Aproveitamento de Co-produto e Análise para Controle de Processos., Descrição: ESTE PROJETO DE PESQUISA ATUARÁ NO DESENVOLVIMENTO E APLICAÇÃO DE TECNOLOGIA PARA PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE BIODIESEL POR ROTA ETÍLICA, CONTEMPLANDO ANÁLISES FÍSICO-QUÍMICAS E CROMATOGRÁFICAS PARA CONTROLE DE PROCESSOS, VISANDO MAXIMIZAR O USO DE MATÉRIAS PRIMAS E CO-PRODUTOS DE ORIGEM RENOVÁVEL, MINIMIZANDO IMPACTOS AMBIENTAIS E DE SAÚDE PÚBLICA, BUSCANDO O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / João Carlos Alves - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Jurandir Pereira Pinto - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Eduardo DiMauro - Integrante / Fernanda de Almeida Fin-Lima - Integrante.

  • 2008 - 2010

    Projeto: 06940 - USO ALTERNATIVO DE COMBUSTÍVEL RENOVÁVEL PARA MOTORES DE CICLO OTTO EM GASOLINA E ETANOL, Descrição: A queima de combustíveis nos motores libera uma quantidade considerável de dióxido de carbono na atmosfera. O uso de componentes derivados de biomassa, os chamados biocombustíveis, na composição de combustíveis de motores, particularmente os oxigenados, reduzem o impacto nocivo do combustível no ambiente. Alguns países como Estados Unidos e Dinamarca proibiram o uso de metil-tércio-butil éter (MTBE) na gasolina. Vários países, incluindo os Estados Unidos, União Européia (UE), Japão, China e Índia estimulam e promovem o uso de biocombustíveis. A mistura gasolina-etanol (E85) e o uso de biodiesel em misturas com diesel como B2, B5 e B20 são exemplos destas diretrizes. O Brasil é citado mundialmente por utilizar na sua matriz energética grande percentagem de biomassa renovável. Além do impacto na redução de gases efeito estufa (GEE), os componentes oxigenados ? entre eles, o etanol - melhoram as características físico-química da mistura, por exemplo, o teor de oxigênio, o número de octano, a pressão de vapor, etc. A única desvantagem diz respeito à redução no poder calorífico, que aumenta o consumo, mas a relação de preços álcool-gasolina compensa o uso de etanol (GOLUBKOV et al., 2005). Enfim, para que se possa ter dados que balizem a possível regulamentação do uso das misturas sugeridas (glicerol + gasolina e glicerol + álcool hidratado) necessita-se de informações técnico-científicas, razão pela qual se propõe esse projeto. Financiamento: Edital 04/2008 - Convênio Embrapa/Petrobrás / Macroprograma 3 / Aproveitamento de co-produtos e resíduos dos processos industriais de óleos e de biodiesel / Proposta MP-3.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Ricardo Ralisch - Integrante / Marcio Turra de Ávila - Integrante., Financiador(es): EMBRAPA Soja - Bolsa / Petrobras Biocombustível - Matriz - Auxílio financeiro / Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2010

    Projeto: 05746 - Produção de gás de síntese por gaseificação de bio-óleo obtido por pirólise rápida usando diferentes tipos de biomassa., Descrição: Juan Miguel Mesa Pérez - Coordenador geral - Bioware Tecnologia Edital MCT/SETEC/CNPq nº 32/2007 - RHAE Pesquisador na Empresa. R$300,00 Resumo: Desenvolver tecnologias de transformação de biomassa em energia, materiais e combustíveis renováveis de alto valor agregado com responsabilidade social e ambiental. Esse projeto de desenvolvimento tecnológico insere-se no contexto do uso racional da fonte de energia renovável da biomassa. A biomassa é uma vocação natural do Brasil e seu uso como fonte de energia e materiais em bases sustentáveis com a aplicação de tecnologias eficientes é imprescindível para que o país alcance maiores índices de aproveitamento e possa manter e ampliar sua liderança mundial em biocombustíveis. Por biomassa entende-se toda matéria orgânica de origem vegetal ou animal, inclusive os materiais procedentes de sua transformação natural ou artificial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Dionisio Borsato - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Talita Pedroso Quessada - Integrante / Caren Mura Cortez - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Bioware Tecnologia - Cooperação.

  • 2007 - 2010

    Projeto: 04962 - OTIMIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE OBTENÇÃO DE BIODIESEL UTILIZANDO O DELINEAMENTO, Descrição: Resumo: O CONSUMO DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS, TEM UM SIGNIFICATIVO IMPACTO NA QUALIDADE DO MEIO AMBIENTE. A POLUIÇÃO DO AR, AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS, OS DERRAMAMENTOS DE ÓLEO E A GERAÇÃO DE RESÍDUOS TÓXICOS SÃO RESULTADOS DO USO E DA PRODUÇÃO DE TAIS COMBUSTÍVEIS DERIVADOS DO PETRÓLEO. NO MUNDO, OS COMBUSTÍVEIS CONSUMIDOS POR VEÍCULOS AUTOMOTORES SÃO RESPONSÁVEIS PELA EMISSÃO DA MAIOR PARTE DE MONÓXIDO DE CARBONO, ÓXIDOS DE NITROGÊNIO (NOX), GASES ORGÂNICOS REATIVOS, MATERIAIS PARTICULADOS E DIÓXIDO DE ENXOFRE PRESENTE NA ATMOSFERA. O BIODIESEL PERMITE QUE SE ESTABELEÇA UM CICLO FECHADO DE CARBONO NO QUAL O GÁS CARBÔNICO É ABSORVIDO QUANDO A PLANTA CRESCE E É LIBERADO QUANDO O BIODIESEL É QUEIMADO NA COMBUSTÃO NO MOTOR. OS BENEFÍCIOS AMBIENTAIS PODEM, AINDA, GERAR VANTAGENS ECONÔMICAS PARA O PAÍS. O BRASIL PODERIA ENQUADRAR O BIODIESEL NOS ACORDOS ESTABELECIDOS NO PROTOCOLO DE KYOTO E NAS DIRETRIZES DOS MECANISMOS DE DESENVOLVIMENTO LIMPO. A TRANSESTERIFICAÇÃO EM MEIO BÁSICO SERÁ O PROCESSO PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL E COM O EMPREGO DE PARÂMETROS ADEQUADOS COMO RAZÃO MOLAR ÁLCOOL-ÓLEO VEGETAL, CONCENTRAÇÃO DE CATALISADOR E TEMPERATURA ESTA REAÇÃO, APESAR DE REVERSÍVEL, DEVERÁ APRESENTAR ALTOS RENDIMENTOS. NESTE TRABALHO, A ETANÓLISE DO ÓLEO DE SOJA REFINADO SERÁ OTIMIZADA POR MEIO DE UM PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL DE MISTURA UTILIZANDO 3 TIPOS DE CATALISADORES. A OTIMIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DA REAÇÃO DE TRANSESTERIFICAÇÃO PERMITIRÁ, ATRAVÉS DA ESCOLHA DO CATALISADOR ADEQUADO OU MESMO DE UMA MISTURA DE CATALISADORES, UMA MELHORA DO RENDIMENTO DO PROCESSO DE OBTENÇÃO DE BIODIESEL.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Integrante / Dionisio Borsato - Coordenador / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Ivanira Moreira - Integrante., Financiador(es): Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação da UEL - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2009

    Projeto 05473 - Produção de amostras de briquetes de carvão e bio-óleo em planta de pirólise - PPR-200 visando a sua comercialização., Descrição: ESSE PROJETO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PRETENDE ADEQUAR QUALIDADE E RENDIMENTO DOS PRODUTOS DA PLANTA PILOTO DENOMINADA PPR-220 (PLANTA DE PIRÓSE RÁPIDA COM CAPACIDADE PARA PROCESSAR 200 KG/H DE BIOMASSA) ÀS NECESSIDADES DE POTENCIAIS MERCADOS CONSUMIDORES, COM O OBJETIVO DE COMERCIALIZAR A TECNOLOGIA. ATUALMENTE, A PPR-220 PRODUZ DE FORMA CONTÍNUA O CARVÃO VEGETAL, O EXTRATO DE ÁCIDO, O BIO-ÓLEO E OS GASES DE COMBUSTÃO. ESSES PRODUTOS APRESENTAM MÚLTIPLAS APLICAÇÕES, COMO COMBUSTÍVEIS E INSUMOS QUÍMICOS, PORÉM, OS ESFORÇOS NESTE PROJETO ESTARÃO DIRIGIDOS PARA PRODUÇÃO DE GRANDES AMOSTRAS DE BRIQUETES SIDERÚRGICOS, BIO-ÓLEO COMBUSTÍVEL E EXTRATO ÁCIDO, VISANDO A CRIAÇÃO DO MERCADO CONSUMIDOR E POSTERIOR VENDA DA TECNOLOGIA. A AMOSTRA DE BRIQUETES DE CARVÃO VEGETAL TERÁ QUALIDADE PARA SEU USO EM ALTOS-FORNOS DA INDUSTRIA SIDERÚRGICA, O ESTRATO ÁCIDO SERÁ TESTADO COMO INSETICIDA NATURAL PARA A AGRICULTURA ORGÂNICA E ADITIVO DE COMBUSTÍVEL FÓSSIL. O BIO-ÓLEO SERÁ MISTURADO COM ÓLEO DIESEL PU BPF PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA EM CENTRAIS TERMELÉTRICAS. Edital MCT/CNPq/CTEnerg nº 33/2006 - Combustão e Gaseificação - IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO: 555127/2006-0 VALOR FINANCIAMENTO: 139.842,44 Subprojeto UEL: OBTENÇÃO DE ADITIVOS E BIOCOMBUSTÍVEIS A PARTIR DE EXTRATOS ÁCIDOS PRODUZIDOS NA PIRÓLISE DE RESÍDUOS DA AGRICULTURA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / José Dílcio Rocha - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante / ANDRESSA DEL FRARO FREDERICO - Integrante / Luis Augusto Barbosa Cortez - Integrante., Financiador(es): Bioware Tecnologia - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2006 - 2009

    Projeto: 05165 - Monitoramento da Bacia do Arroio Saldanha e Aplicação de Tecnologia para Remediação de Solo Atingido pelo Vazamento de Petróleo ocorrido em 16 de julho de 2000 na refinaria Presidente Getukio Vargas- REPAR, em Araucária, PR., Descrição: Convênio ? FAUEL/UEL - REPAR/PETROBRAS - Cadastro no. 05165 PROPPG-UEL FINANCIADOR: Petroleo Brasileiro S. A.-PETROBRAS VALOR FINANCIAMENTO: R$ 265.000,00 . A CONTINUIDADE DAS AÇÕES IMPLEMENTADAS PELA FAUEL/UEL QUE DIZEM RESPEITO AO MONITORAMENTO E APLICAÇÃO DE TECNOLOGIAS, COM APROVEITAMENTO DE LUZ SOLAR PARA REDUZIR OU ELIMINAR O IMPACTO CAUSADO PELO DERRAMAMENTO DE PETRÓLEO EM SOLO NA ÁREA DA REPAR/PETROBRÁS E VIZINHANÇA, É OPORTUNA NÃO SÓ PARA A RECUPERAÇÃO DA MATRIZ AMBIENTAL, MAS TAMBÉM PARA ASSESSORAR O SETOR DE SMS DA REPAR/PETROBRÁS NOS RELATÓRIO. REUNIÕES E SEMINÁRIOS EXIGIDOS PELOS ÓRGÃOS AMBIENTAIS, ASSIM COMO, DAR PROSSEGUIMENTO AOS TRABALHOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO NO PONTO ZERO. ALÉM DAS TECNOLOGIAS JÁ IMPLEMENTADAS E EM FASE DE MONITORAMENTO, SERÃO IMPLEMENTADAS OUTRAS AÇÕES EM SINERGIA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Ilza Lobo - Integrante / Milton Faccione - Integrante / Maria Cristina Solci - Integrante / Luiz Henrique Dall'Antonia - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Ricardo Ralisch - Integrante / Osmar Rodrigues Brito - Integrante / Otavio J. G. Abi Saab - Integrante., Financiador(es): Degussa Brasil Ltda - Cooperação / Tecnologia Ambiental - Cooperação / Petroleo Brasileiro S. A. - Auxílio financeiro.Número de orientações: 4

  • 2006 - 2009

    Projeto: 05339 - Obtenção de Biocombustíveis a partir de Óleos Vegetais por Processo de Pirólise Catalítica, Descrição: EDITAL Convênio ? Encomenda Transversal ? MCT / RBT / FINEP / EMBRAPA Global Energy and Telecommunication Ltda (GET) VALOR FINANCIAMENTO: R$ 293.000,00 Resumo: PROPÕE-SE A DESENVOLVER UM PROTÓTIPO PARA OBTENÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS SUCEDÂNEOS DE PETRODIESEL, GASOLINA, QUEROSENE E GLP, A PARTIR DE ÓLEOS VEGETAIS. DIFERENCIA-SE DE TRANSESTERIFICAÇÃO (BIODIESEL) POR GERAR UMA MISTURA DE HIDROCARBONETOS DE CADEIA LINEAR, SEMELHANTE AOS DERIVADOS DE PETRÓLEO. NÃO NECESSITA DE OUTROS INSUMOS, COMO O ÁLCOOL ANIDRO, NEM GERA SUB-PROJETOS, COMO GLICERINA, RAZÃO PELA QUAL ADAPTA-SE A UMA AMPLA GAMA DE USUÁRIOS, DESDE A PEQUENA PRODUÇÃO RURAL OU O PEQUENO EMPRESÁRIO, ATÉ A PRODUÇÃO POR ATACADO. ADAPTA-SE PERFEITAMENTE AO ATENDIMENTO ENERGÉTICO DE COMUNIDADES ISOLADAS.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Berenice Quinzano Jordão - Integrante / Marcio Turra de Ávila - Integrante / Decio Luiz Gazzoni - Integrante., Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro / GET Global Energy and Telecommunication Ltda - Auxílio financeiro / Embrapa Agroenergia - Cooperação.

  • 2005 - 2007

    Projeto: 04578 - USO DE BIOMASSA COMO ENERGIA LIMPA E MATÉRIA-PRIMA RENOVÁVELUso de biomassa como energia limpa e matéria-prima renovável., Descrição: EDITAL CNPq 21/2004 - RHAE Inovação / RHAE Inovação - Projetos Tipo C VALOR FINANCIAMENTO R$ 128.500,00 Resumo: ESTE PROJETO PROPÕE REALIZAR UM ESTUDO TEÓRICO E EXPERIMENTAL VISANDO MELHORAR AS PROPRIEDADES COMBUSTÍVEIS DO BIO-ÓLEO OBTIDO NA PLANTA DE PIRÓLISE DA UNICAMP. VÁRIAS AMOSTRAS DE BIO-ÓLEO SERÃO OBTIDAS E CARACTERIZADAS PARA DIFERENTES CONDIÇÕES DE OPERAÇÃO DO REATOR. FAZENDO USO DE UM PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL SERÃO REALIZADOS NO LAFLURPE DA UEL SOBRE A ESTABILIDADE E A EFICIÊNCIA DA COMBUSTÃO DE MISTURAS DO BIODIESEL (BIOFLEX) OBTIDO A PARTIR DO BIO-ÓLEO COM O DIESEL E A GASOLINA, DERIVADOS DE PETRÓLEO. SERÃO TAMBÉM PRODUZIDOS VÁRIOS TIPOS DE BIODIESEL À PARTIR DE BIO-ÓLEO, ÓLEO VEGETAL E GORDURA ANIMAL.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / José Dílcio Rocha - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Bioware Tecnologia - Cooperação.

  • 2003 - 2006

    Monitoramento ambiental e aplicação de tecnologia relacionados a recuperação de matrizes ambientais., Descrição: APLICAÇÃO DA TÉCNICA DE FOTOCATÁLISE HETEROGÊNEA COM TIO2 SOB EFEITO DE LUZ SOLAR, E AINDA, UTILIZAÇÃO DE AGENTES COMPLEXANTES PARA MINIMIZAR OU ELIMINAR A AÇÃO DE REFRATÁRIOS DE PETRÓLEO EM MATRIZES AMBIENTAIS, MONITORANDO O PROCESSO NATURAL DE DEGRADAÇÃO QUÍMICA DO MATERIAL BETUMINOSO, COMO TAMBÉM, A EFICIÊNCIA DOS AGENTES DE REMEDIAÇÃO.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / David Ernest Nicodem - Integrante / Eduardo Di Mauro - Integrante / Ilza Lobo - Integrante / Milton Faccione - Integrante / Maria Cristina Solci - Integrante / Dionisio Borsato - Integrante / Luiz Henrique Dall'Antonia - Integrante / Marilene Turini Piccinato - Integrante / Walter Sano - Integrante / Jurandir Pereira Pinto - Integrante / Aneli de Melo Barbosa - Integrante / Robson da Silva Lewis - Integrante / Ivanira Moreira - Integrante / Marcos Rachwal - Integrante / Daniele Cristina Adão - Integrante / Caroline Catyussia Carradore Vecchi - Integrante / Ricardo Ralisch - Integrante / Osmar Rodrigues Brito - Integrante / Angelita da Silva - Integrante / Alex Gibelato Pavanelli - Integrante / Luciana Natália Cividatti - Integrante / Otavio J. G. Abi Saab - Integrante / Renato César de Souza - Integrante / Karina Gomes Angilelli - Integrante., Financiador(es): Industria Química - Cooperação / Tecnologia Ambiental - Cooperação / Petróleo Brasileiro S A - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Projeto: 09090 - ESTUDO DE EMULSÕES DO BIO-ÓLEO PIROLÍTICO EM ÓLEO COMBUSTÍVEL PARA USO NA GERAÇÃO DE ENERGIA EM TERMELÉTRICAS., Descrição: O MAIOR DESAFIO PARA A EXPANSÃO DA GERAÇÃO TERMELÉTRICA A PARTIR DA BIOMASSA IN NATURA ESTÁ NA LOGÍSTICA DO PROCESSO, DEVIDO ÀS CARACTERÍSTICAS DA BIOMASSA (GRANDE DISPERSÃO, BAIXA DENSIDADE, BAIXO PODER CALORÍFICO, DIFÍCIL MANUSEIO E ALTA UMIDADE). UNIDADES DE PIRÓLISE RÁPIDA DE BIOMASSA PARA PRODUÇÃO DE COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS DE ALTA DENSIDADE ENERGÉTICA, ADAPTADOS PARA GERAÇÃO TERMELÉTRICA A PARTIR DE BIOMASSAS AGROINDUSTRIAIS SERIA UMA ALTERNATIVA PARA PRODUÇÃO DE MATÉRIA PRIMA NA GERAÇÃO TERMELÉTRICA. A TRANSFORMAÇÃO DA BIOMASSA VIA PIRÓLISE RÁPIDA RESOLVERIA OS PROBLEMAS DE LOGÍSTICA, POSSIBILITANDO O USO DESSES COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS NOS SISTEMAS DE COMBUSTÃO ATUALMENTE EXISTENTES SEM MODIFICAÇÕES SUBSTANCIAIS. O PROCESSO TRANSFORMA A BIOMASSA DE BAIXA DENSIDADE (80-250 KG.M-3) EM BIO-ÓLEO (LÍQUIDO COM DENSIDADE DE 1200 KG.M-3). UNIDADES DE PIRÓLISE SÃO ECONOMICAMENTE VIÁVEIS E SUFICIENTEMENTE COMPACTAS PARA PERMITIR SUA IMPLANTAÇÃO DE FORMA DESCENTRALIZADA. ISSO PERMITE CRIAR UMA LOGÍSTICA DE FORNECIMENTO DE CARVÃO E BIO-ÓLEO A PARTIR DE UNIDADES DE PIRÓLISE ESPALHADAS GEOGRAFICAMENTE EM CENTROS GERADORES DE RESÍDUOS DE BIOMASSAS TAIS COMO: AGROINDUSTRIAIS, AGRÍCOLAS, RESÍDUOS ORGÂNICOS URBANOS, ALGAS, ENTRE OUTRAS. A PROPOSTA EM QUESTÃO PERMITE A OBTENÇÃO DE COMBUSTÍVEIS DE FÁCIL ADAPTABILIDADE AOS SISTEMAS DE COMBUSTÃO ATUALMENTE EXISTENTES NAS UNIDADES GERADORAS. O PROJETO PREVÊ PESQUISAS BÁSICAS E APLICADAS NA PRODUÇÃO E NO USO DE NOVOS BICOMBUSTÍVEIS NA CADEIA PRODUTIVA DE TERMELÉTRICAS ABRANGENDO A PRODUÇÃO E PADRONIZAÇÃO DE BIO-ÓLEO E SUAS MISTURAS COM O ÓLEO COMBUSTÍVEL DERIVADO DO PETRÓLEO PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA. A PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA, COMO A CARACTERIZAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DA BIOMASSA LIGNOCELULÓSICA E DO BIO-ÓLEO E/OU DERIVADOS EM MISTURA OU COMO ADITIVO PARA ÓLEO COMBUSTÍVEL É A TAREFA PRINCIPAL A SER DESENVOLVIDA NESTA PROPOSTA OBJETIVANDO O USO DO BIO-ÓLEO NA CO-COMBUSTÃO DOS DERIVADOS FÓSSEIS, PODENDO SER ESTE BIOCOMBUSTÍVEL NO FUTURO INSERIDO NA MATRIZ ENERGÉTICA NACIONAL PARA GERAÇÃO TERMELÉTRICA.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Talita Pedroso Quessada - Integrante / Pérez, Juan Miguel Mesa - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Projeto: 09091 - OBTENÇÃO DE BIODIESEL A PARTIR DE ÓLEO RESIDUAL UTILIZANDO LIPASE IMOBILIZADA EM BIOCARVÃO PIROLÍTICO., Descrição: COM O AUMENTO NA DEMANDA DE PETRÓLEO, SUA POSSÍVEL ESCASSEZ E CUSTO ASSOCIADO A PREOCUPAÇÕES POLÍTICAS E AMBIENTAIS SOBRE O USO DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS, SURGEM A NECESSIDADE DE DESENVOLVER UM PROCESSO ECONÔMICO E ENERGÉTICO PARA PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL DE COMBUSTÍVEIS. O BIODIESEL É UM COMBUSTÍVEL DERIVADO DE FONTES RENOVÁVEIS, COMO ÓLEOS VEGETAIS E GORDURAS ANIMAIS, COMPOSTOS POR TRIACILGLICERÓIS, UMA OPÇÃO COMO FONTE RENOVÁVEL DE ENERGIA COM POTENCIAL PARA SUBSTITUIR O DIESEL DE PETRÓLEO. A METODOLOGIA DE OBTENÇÃO DESTE BIOCOMBUSTÍVEL UTILIZA GERALMENTE A CATÁLISE BÁSICA, ENTRETANTO, DEVIDO A ALGUNS INCONVENIENTES COMO A DIFÍCIL RECUPERAÇÃO DO GLICEROL E REAÇÕES PARALELAS, BUSCARAM-SE NOVAS ALTERNATIVAS DE PRODUÇÃO. FOI ENTÃO OBSERVADO QUE A CATÁLISE ENZIMÁTICA, UTILIZANDO LIPASES É ESPECÍFICA E PERMITE A FÁCIL RECUPERAÇÃO DO GLICEROL. ATUALMENTE, OS CUSTOS DO EMPREGO DA LIPASE NA TRANSESTERIFICAÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL AINDA SÃO ELEVADOS. ISTO SE DEVE A BARREIRAS NO PROCESSO, COMO A POSSÍVEL PERDA DA ENZIMA POR DESATIVAÇÃO PERANTE O ÁLCOOL E O GLICEROL, PRESENTES NA MISTURA DE REAÇÃO. DIVERSAS TÉCNICAS TÊM SIDO DESENVOLVIDAS PARA MINIMIZAR ESTES EFEITOS, COMO A IMOBILIZAÇÃO DA ENZIMA, QUE PERMITE A SUA REUTILIZAÇÃO, SEPARAÇÃO DE PRODUTOS DO MEIO REACIONAL DE FORMA FÁCIL E AINDA, MUITAS VEZES, MELHORA A EFICIÊNCIA CATALÍTICA DA ENZIMA. UMA OPÇÃO VANTAJOSA É A IMOBILIZAÇÃO EM UM SUPORTE DE BAIXO CUSTO COMO O BIOCARVÃO, UM RESÍDUO DE PIRÓLISE, QUE APÓS ATIVAÇÃO, PERMITE A IMOBILIZAÇÃO DA ENZIMA POR ADSORÇÃO DEVIDO À GRANDE ÁREA SUPERFICIAL E GRUPOS FUNCIONAIS PRESENTES. PARA CONTRIBUIR COM A REDUÇÃO DE CUSTOS, A ENZIMA SERÁ PRODUZIDA POR UM FUNGO PREVIAMENTE SELECIONADO COMO PRODUTOR DE LIPASES A PARTIR DE CONDIÇÃO OTIMIZADA UTILIZANDO UM RESÍDUO AGROINDUSTRIAL, A TORTA DE SOJA, SOMENTE COM ADIÇÃO DE ÁGUA. E, AINDA, A UTILIZAÇÃO DE ÓLEO DE COZINHA RESIDUAL COMO MATÉRIA PRIMA PARA PRODUÇÃO DE BIODIESEL AO INVÉS DE ÓLEO VEGETAL, CONTRIBUIRÁ PARA A DIMINUIÇÃO DO CUSTO FINAL DO PROCESSO. OUTRA FERRAMENTA MUITO ÚTIL QUE SERÁ UTILIZADA COM O INTUITO DE DIMINUIR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO É O PLANEJAMENTO FATORIAL, ATRAVÉS DA AVALIAÇÃO DE VARIÁVEIS QUE INFLUENCIAM NA SÍNTESE DE BIODIESEL. O DESENVOLVIMENTO DESTE PROJETO VISA À ADIÇÃO DE VALOR AGREGADO AOS RESÍDUOS INDUSTRIAIS TORTA DE SOJA, CARVÕES DE PIRÓLISE E ÓLEO RESIDUAL. ESTAS INICIATIVAS PROPORCIONARÃO O DESENVOLVIMENTO DE NOVOS PROCESSOS BIOTECNOLÓGICOS PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL E POSSIBILIDADE DE NOVAS PATENTES E PUBLICAÇÕES, ALÉM DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS EM NÍVEL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, MESTRADO, DOUTORADO E PÓS-DOUTORADO, CONTRIBUINDO PARA O FORTALECIMENTO DOS PROGRAMAS DE PÓS GRADUAÇÃO EM QUÍMICA, BIOENERGIA E BIOTECNOLOGIA.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Aneli de Melo Barbosa - Integrante / Maria Inês Rezende - Integrante / Milena Martins Andrade - Integrante / André Luiz Martinez de Oliveira - Integrante / Robert F. H. Dekker - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Projeto 09051 - DESENVOLVIMENTO DE SENSOR LUMINESCENTE DE FIBRA-ÓTICA PARA DETERMINAÇÃO IN SITU E ON-LINE DE TRIACILGLICERÓIS EM CULTIVOS DE MICROALGAS, Descrição: EMBORA SEJA VERDADE QUE A INDÚSTRIA DAS MICROALGAS, A OBTENÇÃO DE PRODUTOS DE VALOR AGREGADO (MEDICAMENTOS, PIGMENTOS, ETC.), TEM DEMONSTRADO SER RENTÁVEL E MADURA, NA PRODUÇÃO DE BIODIESEL AINDA TEM UM GRANDE CAMINHO A PERCORRER PARA ESTAR AO MESMO NÍVEL. ISTO SE DEVE AO FATO DE QUE, ENQUANTO O PREÇO DUMA TONELADA DE ASTAXANTINA (POR EXEMPLO) É DE $3 MILHÕES DÓLARES, O PREÇO DUMA TONELADA DE PETRÓLEO É INFERIOR AOS $1000 DÓLARES. MESMO QUE AMBAS AS TECNOLOGIAS UTILIZEM MICROALGAS ELAS TÊM UMA ECONOMIA MUITO DIFERENTE, AINDA É NECESSÁRIO UM GRANDE TRABALHO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO PARA QUE ESTA PROMETEDORA TECNOLOGIA POSSA COMPETIR COM OUTRAS TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO DE BIODIESEL MAIS MADURAS. SEU ÊXITO ECONÔMICO VAI DEPENDER DAS OTIMIZAÇÕES DE TODAS E CADA UMA DAS ETAPAS E FATORES QUE CONTROLAM A PRODUÇÃO, TENTANDO DIMINUIR CUSTOS E AUMENTAR A PRODUÇÃO. AS LINHAS DE PESQUISA SÃO MUITO VARIADAS: SELEÇÃO DE ESPÉCIES E CEPAS, MELHORAMENTO GENÉTICO DELAS, DESENHO DOS BIORREATORES, MELHORA E CONTROLE DAS CONDIÇÕES DE CRESCIMENTO, COLETA DAS CÉLULAS, EXTRAÇÃO DOS LIPÍDEOS, REVALORIZAÇÃO DOS PRODUTOS SECUNDÁRIOS (PROTEÍNAS, VITAMINAS, ETC.), ENTRE OUTROS. A FIM DE REDUZIR OS CUSTOS, TAMBÉM SÃO ESTUDADAS FONTES DE MATÉRIAS PRIMAS ALTERNATIVAS PARA A ALIMENTAÇÃO DOS CULTIVOS COMO ÁGUAS RESIDUAIS, ONDE OS BIORREATORES SERIAM PARTE DAS ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTO (ETE); OU A ALIMENTAÇÃO DOS CULTIVOS COM CO2 DIRETO DAS CHAMINÉS INDUSTRIAIS, O QUE PERMITIRIA ÀS INDÚSTRIAS, ALEM DE GERAR BIODIESEL, OBTER UM BENEFÍCIO DO MERCADO DAS EMISSÕES DE CO2. TUDO PARECE INDICAR QUE O FUTURO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE BIODIESEL DE MICROALGAS É UMA TAREFA MULTIDISCIPLINAR QUE ENVOLVE NÃO SÓ ÁREAS DIFERENTES DA CIÊNCIA, MAS TAMBÉM, DADA À IMPORTÂNCIA ESTRATÉGICA DO PRODUTO (ENERGIA), VONTADES POLÍTICAS. UMA DAS FORMAS DE REDUZIR OS CUSTOS E INCREMENTAR A PRODUÇÃO É CONTROLANDO TODOS OS PARÂMETROS FUNDAMENTAIS QUE DOMINAM A REAÇÃO BIOLÓGICA DE INTERESSE. É POR ISSO MESMO QUE OS BIORREATORES (DE TODOS OS TIPOS) ACOSTUMAM TER INSTALADOS CONJUNTOS DE SENSORES PARA MONITORIZAR PARÂMETROS COMO O PH, A TEMPERATURA, A CONCENTRAÇÃO DE REATIVOS (NUTRIENTES, CO2, ETC.), OU COPRODUTOS (O2, BIOMASSA OU PIGMENTOS).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Diva de Souza Andrade - Integrante / Guillermo Orellana - Integrante.

  • 2009 - 2012

    Projeto: 06751 - REMEDIAÇÃO IN SITU DE SOLOS IMPACTADOS COM PETRÓLEO OU DERIVADOS UTILIZANDO, Descrição: Tipo de Cadastro: ÓRGÃOS EXTERNOS DE FOMENTO - PETROBRAS/CENPES Tipo de Pesquisa: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Processo: 39226 / 2009 Tempo Pr. Inicial: 036 Meses Prorrog.: Término Previsto: 30/04/2012 Área do CNPQ: QUIMICA Desenvolvimento do Projeto 08/05/2009 EM ANDAMENTO ÓRGÃOS EXTERNOS Resumo: ESPERA-SE COMO PRODUTO TECNOLÓGICO FINAL À RECUPERAÇÃO IN SITU DE ÁREAS IMPACTADAS DEVIDO A ACIDENTES OU OPERAÇÕES DE ROTINA LIGADAS A ATIVIDADES DA INDÚSTRIA DO PETRÓLEO, ATRAVÉS DE TRATAMENTOS ALTERNATIVOS QUE POSSAM ALÉM DE BAIXAR OS CUSTOS OPERACIONAIS DA REMEDIAÇÃO, EVITAR A GERAÇÃO DE RESÍDUOS OU DE EFLUENTES PARA A DISPOSIÇÃO FINAL. OS BENEFÍCIOS SERÃO DE ATENDER A LEGISLAÇÃO AMBIENTAL VIGENTE COM IMPLEMENTAÇÃO DE AÇÕES QUE CONTRIBUAM PARA O DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO SUSTENTÁVEL, COM PRESERVAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS E DOS SERES VIVOS, CONTRIBUINDO ASSIM, PARA A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DAS FUTURAS GERAÇÕES.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Claudia Bueno dos Reis Martinez - Integrante / Flávia Zanuto - Integrante / Rafael Bragueto - Integrante / Fabio Cal Sabino - Integrante / Lucia A. S. Almeida - Integrante / Ana Paula C. Luiz - Integrante., Financiador(es): Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobras - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    Projeto 07838 - DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS PARA A PRODUÇÃO DE MICROALGAS COMO FONTE DE ÓLEO, Descrição: OBJETIVO GERAL: - desenvolver tecnologias para produção de biomassa de microalgas visando extração de óleo vegetal e utilização agrícola dos co-produtos. - elaboração de estudos para o dimensionamento e estruturação de um empreendimento de produção de óleo vegetal a partir de micro-algas para a fabricação de biodiesel e aproveitamento econômico dos co-produtos, prevendo-se a possibilidade de implantação de uma instalação piloto junto a um local onde haja condições adequadas para o melhor desenvolvimento da biomassa de microalgas. Objetivos especificos: 1 - coleta no paraná e aquisição de coleções nacionais e internacionais de material genético de microalgas para a formação de um banco genético com potencial para alavancar trabalhos sobre a produção de óleos vegetais para biodiesel a partir da biomassa destes organismos; 2- caracterização das microalgas para a produção de biomassa; 3- definição de sistemas de cultivo 4- determinação da produção de biomassa (kg/ha/dia); 5- quantificação do teor de lipídeos na biomassa das algas selecionadas e cultivadas em tanques abertos. Financiamento: Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR), a Companhia Paranaense de Energia (Copel) e a Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio (Fapeagro).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Diva de Souza Andrade - Integrante / ARNALDO COLOZZI FILHO - Integrante., Financiador(es): Companhia Paranaense de Energia - Auxílio financeiro / Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio - Outra / Instituto Agronômico do Paraná - Auxílio financeiro.Número de orientações: 3

  • 2009 - Atual

    Projeto 06785 - Avaliação, Desenvolvimento e Aplicação de Tecnologia para produção de biodiesel, Aproveitamento de Co-produto e Análise para Controle de Processos., Descrição: ESTE PROJETO DE PESQUISA ATUARÁ NO DESENVOLVIMENTO E APLICAÇÃO DE TECNOLOGIA PARA PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE BIODIESEL POR ROTA ETÍLICA, CONTEMPLANDO ANÁLISES FÍSICO-QUÍMICAS E CROMATOGRÁFICAS PARA CONTROLE DE PROCESSOS, VISANDO MAXIMIZAR O USO DE MATÉRIAS PRIMAS E CO-PRODUTOS DE ORIGEM RENOVÁVEL, MINIMIZANDO IMPACTOS AMBIENTAIS E DE SAÚDE PÚBLICA, BUSCANDO O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / João Carlos Alves - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Jurandir Pereira Pinto - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Eduardo DiMauro - Integrante / Fernanda de Almeida Fin-Lima - Integrante.

  • 2008 - 2010

    Projeto: 05746 - Produção de gás de síntese por gaseificação de bio-óleo obtido por pirólise rápida usando diferentes tipos de biomassa., Descrição: Juan Miguel Mesa Pérez - Coordenador geral - Bioware Tecnologia Edital MCT/SETEC/CNPq nº 32/2007 - RHAE Pesquisador na Empresa. R$300,00 Resumo: Desenvolver tecnologias de transformação de biomassa em energia, materiais e combustíveis renováveis de alto valor agregado com responsabilidade social e ambiental. Esse projeto de desenvolvimento tecnológico insere-se no contexto do uso racional da fonte de energia renovável da biomassa. A biomassa é uma vocação natural do Brasil e seu uso como fonte de energia e materiais em bases sustentáveis com a aplicação de tecnologias eficientes é imprescindível para que o país alcance maiores índices de aproveitamento e possa manter e ampliar sua liderança mundial em biocombustíveis. Por biomassa entende-se toda matéria orgânica de origem vegetal ou animal, inclusive os materiais procedentes de sua transformação natural ou artificial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Dionisio Borsato - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Talita Pedroso Quessada - Integrante / Caren Mura Cortez - Integrante., Financiador(es): Bioware Tecnologia - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2010

    Projeto: 06940 - USO ALTERNATIVO DE COMBUSTÍVEL RENOVÁVEL PARA MOTORES DE CICLO OTTO EM GASOLINA E ETANOL, Descrição: A queima de combustíveis nos motores libera uma quantidade considerável de dióxido de carbono na atmosfera. O uso de componentes derivados de biomassa, os chamados biocombustíveis, na composição de combustíveis de motores, particularmente os oxigenados, reduzem o impacto nocivo do combustível no ambiente. Alguns países como Estados Unidos e Dinamarca proibiram o uso de metil-tércio-butil éter (MTBE) na gasolina. Vários países, incluindo os Estados Unidos, União Européia (UE), Japão, China e Índia estimulam e promovem o uso de biocombustíveis. A mistura gasolina-etanol (E85) e o uso de biodiesel em misturas com diesel como B2, B5 e B20 são exemplos destas diretrizes. O Brasil é citado mundialmente por utilizar na sua matriz energética grande percentagem de biomassa renovável. Além do impacto na redução de gases efeito estufa (GEE), os componentes oxigenados ? entre eles, o etanol - melhoram as características físico-química da mistura, por exemplo, o teor de oxigênio, o número de octano, a pressão de vapor, etc. A única desvantagem diz respeito à redução no poder calorífico, que aumenta o consumo, mas a relação de preços álcool-gasolina compensa o uso de etanol (GOLUBKOV et al., 2005). Enfim, para que se possa ter dados que balizem a possível regulamentação do uso das misturas sugeridas (glicerol + gasolina e glicerol + álcool hidratado) necessita-se de informações técnico-científicas, razão pela qual se propõe esse projeto. Financiamento: Edital 04/2008 - Convênio Embrapa/Petrobrás / Macroprograma 3 / Aproveitamento de co-produtos e resíduos dos processos industriais de óleos e de biodiesel / Proposta MP-3.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Ricardo Ralisch - Integrante / Marcio Turra de Ávila - Integrante., Financiador(es): EMBRAPA Soja - Bolsa / Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro / Petrobras Biocombustível - Matriz - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2010

    Projeto: 04962 - OTIMIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE OBTENÇÃO DE BIODIESEL UTILIZANDO O DELINEAMENTO, Descrição: Resumo: O CONSUMO DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS, TEM UM SIGNIFICATIVO IMPACTO NA QUALIDADE DO MEIO AMBIENTE. A POLUIÇÃO DO AR, AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS, OS DERRAMAMENTOS DE ÓLEO E A GERAÇÃO DE RESÍDUOS TÓXICOS SÃO RESULTADOS DO USO E DA PRODUÇÃO DE TAIS COMBUSTÍVEIS DERIVADOS DO PETRÓLEO. NO MUNDO, OS COMBUSTÍVEIS CONSUMIDOS POR VEÍCULOS AUTOMOTORES SÃO RESPONSÁVEIS PELA EMISSÃO DA MAIOR PARTE DE MONÓXIDO DE CARBONO, ÓXIDOS DE NITROGÊNIO (NOX), GASES ORGÂNICOS REATIVOS, MATERIAIS PARTICULADOS E DIÓXIDO DE ENXOFRE PRESENTE NA ATMOSFERA. O BIODIESEL PERMITE QUE SE ESTABELEÇA UM CICLO FECHADO DE CARBONO NO QUAL O GÁS CARBÔNICO É ABSORVIDO QUANDO A PLANTA CRESCE E É LIBERADO QUANDO O BIODIESEL É QUEIMADO NA COMBUSTÃO NO MOTOR. OS BENEFÍCIOS AMBIENTAIS PODEM, AINDA, GERAR VANTAGENS ECONÔMICAS PARA O PAÍS. O BRASIL PODERIA ENQUADRAR O BIODIESEL NOS ACORDOS ESTABELECIDOS NO PROTOCOLO DE KYOTO E NAS DIRETRIZES DOS MECANISMOS DE DESENVOLVIMENTO LIMPO. A TRANSESTERIFICAÇÃO EM MEIO BÁSICO SERÁ O PROCESSO PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL E COM O EMPREGO DE PARÂMETROS ADEQUADOS COMO RAZÃO MOLAR ÁLCOOL-ÓLEO VEGETAL, CONCENTRAÇÃO DE CATALISADOR E TEMPERATURA ESTA REAÇÃO, APESAR DE REVERSÍVEL, DEVERÁ APRESENTAR ALTOS RENDIMENTOS. NESTE TRABALHO, A ETANÓLISE DO ÓLEO DE SOJA REFINADO SERÁ OTIMIZADA POR MEIO DE UM PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL DE MISTURA UTILIZANDO 3 TIPOS DE CATALISADORES. A OTIMIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DA REAÇÃO DE TRANSESTERIFICAÇÃO PERMITIRÁ, ATRAVÉS DA ESCOLHA DO CATALISADOR ADEQUADO OU MESMO DE UMA MISTURA DE CATALISADORES, UMA MELHORA DO RENDIMENTO DO PROCESSO DE OBTENÇÃO DE BIODIESEL.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Integrante / Dionisio Borsato - Coordenador / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Ivanira Moreira - Integrante., Financiador(es): Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação da UEL - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2009

    Projeto 05473 - Produção de amostras de briquetes de carvão e bio-óleo em planta de pirólise - PPR-200 visando a sua comercialização., Descrição: ESSE PROJETO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PRETENDE ADEQUAR QUALIDADE E RENDIMENTO DOS PRODUTOS DA PLANTA PILOTO DENOMINADA PPR-220 (PLANTA DE PIRÓSE RÁPIDA COM CAPACIDADE PARA PROCESSAR 200 KG/H DE BIOMASSA) ÀS NECESSIDADES DE POTENCIAIS MERCADOS CONSUMIDORES, COM O OBJETIVO DE COMERCIALIZAR A TECNOLOGIA. ATUALMENTE, A PPR-220 PRODUZ DE FORMA CONTÍNUA O CARVÃO VEGETAL, O EXTRATO DE ÁCIDO, O BIO-ÓLEO E OS GASES DE COMBUSTÃO. ESSES PRODUTOS APRESENTAM MÚLTIPLAS APLICAÇÕES, COMO COMBUSTÍVEIS E INSUMOS QUÍMICOS, PORÉM, OS ESFORÇOS NESTE PROJETO ESTARÃO DIRIGIDOS PARA PRODUÇÃO DE GRANDES AMOSTRAS DE BRIQUETES SIDERÚRGICOS, BIO-ÓLEO COMBUSTÍVEL E EXTRATO ÁCIDO, VISANDO A CRIAÇÃO DO MERCADO CONSUMIDOR E POSTERIOR VENDA DA TECNOLOGIA. A AMOSTRA DE BRIQUETES DE CARVÃO VEGETAL TERÁ QUALIDADE PARA SEU USO EM ALTOS-FORNOS DA INDUSTRIA SIDERÚRGICA, O ESTRATO ÁCIDO SERÁ TESTADO COMO INSETICIDA NATURAL PARA A AGRICULTURA ORGÂNICA E ADITIVO DE COMBUSTÍVEL FÓSSIL. O BIO-ÓLEO SERÁ MISTURADO COM ÓLEO DIESEL PU BPF PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA EM CENTRAIS TERMELÉTRICAS. Edital MCT/CNPq/CTEnerg nº 33/2006 - Combustão e Gaseificação - IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO: 555127/2006-0 VALOR FINANCIAMENTO: 139.842,44 Subprojeto UEL: OBTENÇÃO DE ADITIVOS E BIOCOMBUSTÍVEIS A PARTIR DE EXTRATOS ÁCIDOS PRODUZIDOS NA PIRÓLISE DE RESÍDUOS DA AGRICULTURA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / José Dílcio Rocha - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante / ANDRESSA DEL FRARO FREDERICO - Integrante / Luis Augusto Barbosa Cortez - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Bioware Tecnologia - Cooperação.

  • 2006 - 2009

    Projeto: 05165 - Monitoramento da Bacia do Arroio Saldanha e Aplicação de Tecnologia para Remediação de Solo Atingido pelo Vazamento de Petróleo ocorrido em 16 de julho de 2000 na refinaria Presidente Getukio Vargas- REPAR, em Araucária, PR., Descrição: Convênio ? FAUEL/UEL - REPAR/PETROBRAS - Cadastro no. 05165 PROPPG-UEL FINANCIADOR: Petroleo Brasileiro S. A.-PETROBRAS VALOR FINANCIAMENTO: R$ 265.000,00 . A CONTINUIDADE DAS AÇÕES IMPLEMENTADAS PELA FAUEL/UEL QUE DIZEM RESPEITO AO MONITORAMENTO E APLICAÇÃO DE TECNOLOGIAS, COM APROVEITAMENTO DE LUZ SOLAR PARA REDUZIR OU ELIMINAR O IMPACTO CAUSADO PELO DERRAMAMENTO DE PETRÓLEO EM SOLO NA ÁREA DA REPAR/PETROBRÁS E VIZINHANÇA, É OPORTUNA NÃO SÓ PARA A RECUPERAÇÃO DA MATRIZ AMBIENTAL, MAS TAMBÉM PARA ASSESSORAR O SETOR DE SMS DA REPAR/PETROBRÁS NOS RELATÓRIO. REUNIÕES E SEMINÁRIOS EXIGIDOS PELOS ÓRGÃOS AMBIENTAIS, ASSIM COMO, DAR PROSSEGUIMENTO AOS TRABALHOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO NO PONTO ZERO. ALÉM DAS TECNOLOGIAS JÁ IMPLEMENTADAS E EM FASE DE MONITORAMENTO, SERÃO IMPLEMENTADAS OUTRAS AÇÕES EM SINERGIA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Ilza Lobo - Integrante / Milton Faccione - Integrante / Maria Cristina Solci - Integrante / Luiz Henrique Dall'Antonia - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Ricardo Ralisch - Integrante / Osmar Rodrigues Brito - Integrante / Otavio J. G. Abi Saab - Integrante., Financiador(es): Petroleo Brasileiro S. A. - Auxílio financeiro / Tecnologia Ambiental - Cooperação / Degussa Brasil Ltda - Cooperação.Número de orientações: 4

  • 2006 - 2009

    Projeto: 05339 - Obtenção de Biocombustíveis a partir de Óleos Vegetais por Processo de Pirólise Catalítica, Descrição: EDITAL Convênio ? Encomenda Transversal ? MCT / RBT / FINEP / EMBRAPA Global Energy and Telecommunication Ltda (GET) VALOR FINANCIAMENTO: R$ 293.000,00 Resumo: PROPÕE-SE A DESENVOLVER UM PROTÓTIPO PARA OBTENÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS SUCEDÂNEOS DE PETRODIESEL, GASOLINA, QUEROSENE E GLP, A PARTIR DE ÓLEOS VEGETAIS. DIFERENCIA-SE DE TRANSESTERIFICAÇÃO (BIODIESEL) POR GERAR UMA MISTURA DE HIDROCARBONETOS DE CADEIA LINEAR, SEMELHANTE AOS DERIVADOS DE PETRÓLEO. NÃO NECESSITA DE OUTROS INSUMOS, COMO O ÁLCOOL ANIDRO, NEM GERA SUB-PROJETOS, COMO GLICERINA, RAZÃO PELA QUAL ADAPTA-SE A UMA AMPLA GAMA DE USUÁRIOS, DESDE A PEQUENA PRODUÇÃO RURAL OU O PEQUENO EMPRESÁRIO, ATÉ A PRODUÇÃO POR ATACADO. ADAPTA-SE PERFEITAMENTE AO ATENDIMENTO ENERGÉTICO DE COMUNIDADES ISOLADAS.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Berenice Quinzano Jordão - Integrante / Marcio Turra de Ávila - Integrante / Decio Luiz Gazzoni - Integrante., Financiador(es): Embrapa Agroenergia - Cooperação / Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro / GET Global Energy and Telecommunication Ltda - Auxílio financeiro.

  • 2005 - 2007

    Projeto: 04578 - USO DE BIOMASSA COMO ENERGIA LIMPA E MATÉRIA-PRIMA RENOVÁVELUso de biomassa como energia limpa e matéria-prima renovável., Descrição: EDITAL CNPq 21/2004 - RHAE Inovação / RHAE Inovação - Projetos Tipo C VALOR FINANCIAMENTO R$ 128.500,00 Resumo: ESTE PROJETO PROPÕE REALIZAR UM ESTUDO TEÓRICO E EXPERIMENTAL VISANDO MELHORAR AS PROPRIEDADES COMBUSTÍVEIS DO BIO-ÓLEO OBTIDO NA PLANTA DE PIRÓLISE DA UNICAMP. VÁRIAS AMOSTRAS DE BIO-ÓLEO SERÃO OBTIDAS E CARACTERIZADAS PARA DIFERENTES CONDIÇÕES DE OPERAÇÃO DO REATOR. FAZENDO USO DE UM PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL SERÃO REALIZADOS NO LAFLURPE DA UEL SOBRE A ESTABILIDADE E A EFICIÊNCIA DA COMBUSTÃO DE MISTURAS DO BIODIESEL (BIOFLEX) OBTIDO A PARTIR DO BIO-ÓLEO COM O DIESEL E A GASOLINA, DERIVADOS DE PETRÓLEO. SERÃO TAMBÉM PRODUZIDOS VÁRIOS TIPOS DE BIODIESEL À PARTIR DE BIO-ÓLEO, ÓLEO VEGETAL E GORDURA ANIMAL.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / José Dílcio Rocha - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Bioware Tecnologia - Cooperação.

  • 2003 - 2006

    Monitoramento ambiental e aplicação de tecnologia relacionados a recuperação de matrizes ambientais., Descrição: APLICAÇÃO DA TÉCNICA DE FOTOCATÁLISE HETEROGÊNEA COM TIO2 SOB EFEITO DE LUZ SOLAR, E AINDA, UTILIZAÇÃO DE AGENTES COMPLEXANTES PARA MINIMIZAR OU ELIMINAR A AÇÃO DE REFRATÁRIOS DE PETRÓLEO EM MATRIZES AMBIENTAIS, MONITORANDO O PROCESSO NATURAL DE DEGRADAÇÃO QUÍMICA DO MATERIAL BETUMINOSO, COMO TAMBÉM, A EFICIÊNCIA DOS AGENTES DE REMEDIAÇÃO.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luísa Barbosa Guedes - Coordenador / David Ernest Nicodem - Integrante / Eduardo Di Mauro - Integrante / Ilza Lobo - Integrante / Milton Faccione - Integrante / Maria Cristina Solci - Integrante / Dionisio Borsato - Integrante / Luiz Henrique Dall'Antonia - Integrante / Marilene Turini Piccinato - Integrante / Walter Sano - Integrante / Jurandir Pereira Pinto - Integrante / Aneli de Melo Barbosa - Integrante / Robson da Silva Lewis - Integrante / Ivanira Moreira - Integrante / Marcos Rachwal - Integrante / Daniele Cristina Adão - Integrante / Caroline Catyussia Carradore Vecchi - Integrante / Ricardo Ralisch - Integrante / Osmar Rodrigues Brito - Integrante / Angelita da Silva - Integrante / Alex Gibelato Pavanelli - Integrante / Luciana Natália Cividatti - Integrante / Otavio J. G. Abi Saab - Integrante / Renato César de Souza - Integrante / Karina Gomes Angilelli - Integrante., Financiador(es): Industria Química - Cooperação / Tecnologia Ambiental - Cooperação / Petróleo Brasileiro S A - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Projeto 09051 - DESENVOLVIMENTO DE SENSOR LUMINESCENTE DE FIBRA-ÓTICA PARA DETERMINAÇÃO IN SITU E ON-LINE DE TRIACILGLICERÓIS EM CULTIVOS DE MICROALGAS, Descrição: EMBORA SEJA VERDADE QUE A INDÚSTRIA DAS MICROALGAS, A OBTENÇÃO DE PRODUTOS DE VALOR AGREGADO (MEDICAMENTOS, PIGMENTOS, ETC.), TEM DEMONSTRADO SER RENTÁVEL E MADURA, NA PRODUÇÃO DE BIODIESEL AINDA TEM UM GRANDE CAMINHO A PERCORRER PARA ESTAR AO MESMO NÍVEL. ISTO SE DEVE AO FATO DE QUE, ENQUANTO O PREÇO DUMA TONELADA DE ASTAXANTINA (POR EXEMPLO) É DE $3 MILHÕES DÓLARES, O PREÇO DUMA TONELADA DE PETRÓLEO É INFERIOR AOS $1000 DÓLARES. MESMO QUE AMBAS AS TECNOLOGIAS UTILIZEM MICROALGAS ELAS TÊM UMA ECONOMIA MUITO DIFERENTE, AINDA É NECESSÁRIO UM GRANDE TRABALHO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO PARA QUE ESTA PROMETEDORA TECNOLOGIA POSSA COMPETIR COM OUTRAS TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO DE BIODIESEL MAIS MADURAS. SEU ÊXITO ECONÔMICO VAI DEPENDER DAS OTIMIZAÇÕES DE TODAS E CADA UMA DAS ETAPAS E FATORES QUE CONTROLAM A PRODUÇÃO, TENTANDO DIMINUIR CUSTOS E AUMENTAR A PRODUÇÃO. AS LINHAS DE PESQUISA SÃO MUITO VARIADAS: SELEÇÃO DE ESPÉCIES E CEPAS, MELHORAMENTO GENÉTICO DELAS, DESENHO DOS BIORREATORES, MELHORA E CONTROLE DAS CONDIÇÕES DE CRESCIMENTO, COLETA DAS CÉLULAS, EXTRAÇÃO DOS LIPÍDEOS, REVALORIZAÇÃO DOS PRODUTOS SECUNDÁRIOS (PROTEÍNAS, VITAMINAS, ETC.), ENTRE OUTROS. A FIM DE REDUZIR OS CUSTOS, TAMBÉM SÃO ESTUDADAS FONTES DE MATÉRIAS PRIMAS ALTERNATIVAS PARA A ALIMENTAÇÃO DOS CULTIVOS COMO ÁGUAS RESIDUAIS, ONDE OS BIORREATORES SERIAM PARTE DAS ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTO (ETE); OU A ALIMENTAÇÃO DOS CULTIVOS COM CO2 DIRETO DAS CHAMINÉS INDUSTRIAIS, O QUE PERMITIRIA ÀS INDÚSTRIAS, ALEM DE GERAR BIODIESEL, OBTER UM BENEFÍCIO DO MERCADO DAS EMISSÕES DE CO2. TUDO PARECE INDICAR QUE O FUTURO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE BIODIESEL DE MICROALGAS É UMA TAREFA MULTIDISCIPLINAR QUE ENVOLVE NÃO SÓ ÁREAS DIFERENTES DA CIÊNCIA, MAS TAMBÉM, DADA À IMPORTÂNCIA ESTRATÉGICA DO PRODUTO (ENERGIA), VONTADES POLÍTICAS. UMA DAS FORMAS DE REDUZIR OS CUSTOS E INCREMENTAR A PRODUÇÃO É CONTROLANDO TODOS OS PARÂMETROS FUNDAMENTAIS QUE DOMINAM A REAÇÃO BIOLÓGICA DE INTERESSE. É POR ISSO MESMO QUE OS BIORREATORES (DE TODOS OS TIPOS) ACOSTUMAM TER INSTALADOS CONJUNTOS DE SENSORES PARA MONITORIZAR PARÂMETROS COMO O PH, A TEMPERATURA, A CONCENTRAÇÃO DE REATIVOS (NUTRIENTES, CO2, ETC.), OU COPRODUTOS (O2, BIOMASSA OU PIGMENTOS).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Diva de Souza Andrade - Integrante / Guillermo Orellana - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Projeto: 09091 - OBTENÇÃO DE BIODIESEL A PARTIR DE ÓLEO RESIDUAL UTILIZANDO LIPASE IMOBILIZADA EM BIOCARVÃO PIROLÍTICO., Descrição: COM O AUMENTO NA DEMANDA DE PETRÓLEO, SUA POSSÍVEL ESCASSEZ E CUSTO ASSOCIADO A PREOCUPAÇÕES POLÍTICAS E AMBIENTAIS SOBRE O USO DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS, SURGEM A NECESSIDADE DE DESENVOLVER UM PROCESSO ECONÔMICO E ENERGÉTICO PARA PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL DE COMBUSTÍVEIS. O BIODIESEL É UM COMBUSTÍVEL DERIVADO DE FONTES RENOVÁVEIS, COMO ÓLEOS VEGETAIS E GORDURAS ANIMAIS, COMPOSTOS POR TRIACILGLICERÓIS, UMA OPÇÃO COMO FONTE RENOVÁVEL DE ENERGIA COM POTENCIAL PARA SUBSTITUIR O DIESEL DE PETRÓLEO. A METODOLOGIA DE OBTENÇÃO DESTE BIOCOMBUSTÍVEL UTILIZA GERALMENTE A CATÁLISE BÁSICA, ENTRETANTO, DEVIDO A ALGUNS INCONVENIENTES COMO A DIFÍCIL RECUPERAÇÃO DO GLICEROL E REAÇÕES PARALELAS, BUSCARAM-SE NOVAS ALTERNATIVAS DE PRODUÇÃO. FOI ENTÃO OBSERVADO QUE A CATÁLISE ENZIMÁTICA, UTILIZANDO LIPASES É ESPECÍFICA E PERMITE A FÁCIL RECUPERAÇÃO DO GLICEROL. ATUALMENTE, OS CUSTOS DO EMPREGO DA LIPASE NA TRANSESTERIFICAÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL AINDA SÃO ELEVADOS. ISTO SE DEVE A BARREIRAS NO PROCESSO, COMO A POSSÍVEL PERDA DA ENZIMA POR DESATIVAÇÃO PERANTE O ÁLCOOL E O GLICEROL, PRESENTES NA MISTURA DE REAÇÃO. DIVERSAS TÉCNICAS TÊM SIDO DESENVOLVIDAS PARA MINIMIZAR ESTES EFEITOS, COMO A IMOBILIZAÇÃO DA ENZIMA, QUE PERMITE A SUA REUTILIZAÇÃO, SEPARAÇÃO DE PRODUTOS DO MEIO REACIONAL DE FORMA FÁCIL E AINDA, MUITAS VEZES, MELHORA A EFICIÊNCIA CATALÍTICA DA ENZIMA. UMA OPÇÃO VANTAJOSA É A IMOBILIZAÇÃO EM UM SUPORTE DE BAIXO CUSTO COMO O BIOCARVÃO, UM RESÍDUO DE PIRÓLISE, QUE APÓS ATIVAÇÃO, PERMITE A IMOBILIZAÇÃO DA ENZIMA POR ADSORÇÃO DEVIDO À GRANDE ÁREA SUPERFICIAL E GRUPOS FUNCIONAIS PRESENTES. PARA CONTRIBUIR COM A REDUÇÃO DE CUSTOS, A ENZIMA SERÁ PRODUZIDA POR UM FUNGO PREVIAMENTE SELECIONADO COMO PRODUTOR DE LIPASES A PARTIR DE CONDIÇÃO OTIMIZADA UTILIZANDO UM RESÍDUO AGROINDUSTRIAL, A TORTA DE SOJA, SOMENTE COM ADIÇÃO DE ÁGUA. E, AINDA, A UTILIZAÇÃO DE ÓLEO DE COZINHA RESIDUAL COMO MATÉRIA PRIMA PARA PRODUÇÃO DE BIODIESEL AO INVÉS DE ÓLEO VEGETAL, CONTRIBUIRÁ PARA A DIMINUIÇÃO DO CUSTO FINAL DO PROCESSO. OUTRA FERRAMENTA MUITO ÚTIL QUE SERÁ UTILIZADA COM O INTUITO DE DIMINUIR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO É O PLANEJAMENTO FATORIAL, ATRAVÉS DA AVALIAÇÃO DE VARIÁVEIS QUE INFLUENCIAM NA SÍNTESE DE BIODIESEL. O DESENVOLVIMENTO DESTE PROJETO VISA À ADIÇÃO DE VALOR AGREGADO AOS RESÍDUOS INDUSTRIAIS TORTA DE SOJA, CARVÕES DE PIRÓLISE E ÓLEO RESIDUAL. ESTAS INICIATIVAS PROPORCIONARÃO O DESENVOLVIMENTO DE NOVOS PROCESSOS BIOTECNOLÓGICOS PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL E POSSIBILIDADE DE NOVAS PATENTES E PUBLICAÇÕES, ALÉM DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS EM NÍVEL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, MESTRADO, DOUTORADO E PÓS-DOUTORADO, CONTRIBUINDO PARA O FORTALECIMENTO DOS PROGRAMAS DE PÓS GRADUAÇÃO EM QUÍMICA, BIOENERGIA E BIOTECNOLOGIA.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Aneli de Melo Barbosa - Integrante / Maria Inês Rezende - Integrante / Milena Martins Andrade - Integrante / André Luiz Martinez de Oliveira - Integrante / Robert F. H. Dekker - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Projeto: 09090 - ESTUDO DE EMULSÕES DO BIO-ÓLEO PIROLÍTICO EM ÓLEO COMBUSTÍVEL PARA USO NA GERAÇÃO DE ENERGIA EM TERMELÉTRICAS., Descrição: O MAIOR DESAFIO PARA A EXPANSÃO DA GERAÇÃO TERMELÉTRICA A PARTIR DA BIOMASSA IN NATURA ESTÁ NA LOGÍSTICA DO PROCESSO, DEVIDO ÀS CARACTERÍSTICAS DA BIOMASSA (GRANDE DISPERSÃO, BAIXA DENSIDADE, BAIXO PODER CALORÍFICO, DIFÍCIL MANUSEIO E ALTA UMIDADE). UNIDADES DE PIRÓLISE RÁPIDA DE BIOMASSA PARA PRODUÇÃO DE COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS DE ALTA DENSIDADE ENERGÉTICA, ADAPTADOS PARA GERAÇÃO TERMELÉTRICA A PARTIR DE BIOMASSAS AGROINDUSTRIAIS SERIA UMA ALTERNATIVA PARA PRODUÇÃO DE MATÉRIA PRIMA NA GERAÇÃO TERMELÉTRICA. A TRANSFORMAÇÃO DA BIOMASSA VIA PIRÓLISE RÁPIDA RESOLVERIA OS PROBLEMAS DE LOGÍSTICA, POSSIBILITANDO O USO DESSES COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS NOS SISTEMAS DE COMBUSTÃO ATUALMENTE EXISTENTES SEM MODIFICAÇÕES SUBSTANCIAIS. O PROCESSO TRANSFORMA A BIOMASSA DE BAIXA DENSIDADE (80-250 KG.M-3) EM BIO-ÓLEO (LÍQUIDO COM DENSIDADE DE 1200 KG.M-3). UNIDADES DE PIRÓLISE SÃO ECONOMICAMENTE VIÁVEIS E SUFICIENTEMENTE COMPACTAS PARA PERMITIR SUA IMPLANTAÇÃO DE FORMA DESCENTRALIZADA. ISSO PERMITE CRIAR UMA LOGÍSTICA DE FORNECIMENTO DE CARVÃO E BIO-ÓLEO A PARTIR DE UNIDADES DE PIRÓLISE ESPALHADAS GEOGRAFICAMENTE EM CENTROS GERADORES DE RESÍDUOS DE BIOMASSAS TAIS COMO: AGROINDUSTRIAIS, AGRÍCOLAS, RESÍDUOS ORGÂNICOS URBANOS, ALGAS, ENTRE OUTRAS. A PROPOSTA EM QUESTÃO PERMITE A OBTENÇÃO DE COMBUSTÍVEIS DE FÁCIL ADAPTABILIDADE AOS SISTEMAS DE COMBUSTÃO ATUALMENTE EXISTENTES NAS UNIDADES GERADORAS. O PROJETO PREVÊ PESQUISAS BÁSICAS E APLICADAS NA PRODUÇÃO E NO USO DE NOVOS BICOMBUSTÍVEIS NA CADEIA PRODUTIVA DE TERMELÉTRICAS ABRANGENDO A PRODUÇÃO E PADRONIZAÇÃO DE BIO-ÓLEO E SUAS MISTURAS COM O ÓLEO COMBUSTÍVEL DERIVADO DO PETRÓLEO PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA. A PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA, COMO A CARACTERIZAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DA BIOMASSA LIGNOCELULÓSICA E DO BIO-ÓLEO E/OU DERIVADOS EM MISTURA OU COMO ADITIVO PARA ÓLEO COMBUSTÍVEL É A TAREFA PRINCIPAL A SER DESENVOLVIDA NESTA PROPOSTA OBJETIVANDO O USO DO BIO-ÓLEO NA CO-COMBUSTÃO DOS DERIVADOS FÓSSEIS, PODENDO SER ESTE BIOCOMBUSTÍVEL NO FUTURO INSERIDO NA MATRIZ ENERGÉTICA NACIONAL PARA GERAÇÃO TERMELÉTRICA.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Talita Pedroso Quessada - Integrante / Pérez, Juan Miguel Mesa - Integrante.

  • 2009 - 2012

    Projeto: 06751 - REMEDIAÇÃO IN SITU DE SOLOS IMPACTADOS COM PETRÓLEO OU DERIVADOS UTILIZANDO, Descrição: Tipo de Cadastro: ÓRGÃOS EXTERNOS DE FOMENTO - PETROBRAS/CENPES Tipo de Pesquisa: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Processo: 39226 / 2009 Tempo Pr. Inicial: 036 Meses Prorrog.: Término Previsto: 30/04/2012 Área do CNPQ: QUIMICA Desenvolvimento do Projeto 08/05/2009 EM ANDAMENTO ÓRGÃOS EXTERNOS Resumo: ESPERA-SE COMO PRODUTO TECNOLÓGICO FINAL À RECUPERAÇÃO IN SITU DE ÁREAS IMPACTADAS DEVIDO A ACIDENTES OU OPERAÇÕES DE ROTINA LIGADAS A ATIVIDADES DA INDÚSTRIA DO PETRÓLEO, ATRAVÉS DE TRATAMENTOS ALTERNATIVOS QUE POSSAM ALÉM DE BAIXAR OS CUSTOS OPERACIONAIS DA REMEDIAÇÃO, EVITAR A GERAÇÃO DE RESÍDUOS OU DE EFLUENTES PARA A DISPOSIÇÃO FINAL. OS BENEFÍCIOS SERÃO DE ATENDER A LEGISLAÇÃO AMBIENTAL VIGENTE COM IMPLEMENTAÇÃO DE AÇÕES QUE CONTRIBUAM PARA O DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO SUSTENTÁVEL, COM PRESERVAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS E DOS SERES VIVOS, CONTRIBUINDO ASSIM, PARA A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DAS FUTURAS GERAÇÕES.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Claudia Bueno dos Reis Martinez - Integrante / Flávia Zanuto - Integrante / Rafael Bragueto - Integrante / Fabio Cal Sabino - Integrante / Lucia A. S. Almeida - Integrante / Ana Paula C. Luiz - Integrante., Financiador(es): Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobras - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    Projeto 07838 - DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS PARA A PRODUÇÃO DE MICROALGAS COMO FONTE DE ÓLEO, Descrição: OBJETIVO GERAL: - desenvolver tecnologias para produção de biomassa de microalgas visando extração de óleo vegetal e utilização agrícola dos co-produtos. - elaboração de estudos para o dimensionamento e estruturação de um empreendimento de produção de óleo vegetal a partir de micro-algas para a fabricação de biodiesel e aproveitamento econômico dos co-produtos, prevendo-se a possibilidade de implantação de uma instalação piloto junto a um local onde haja condições adequadas para o melhor desenvolvimento da biomassa de microalgas. Objetivos especificos: 1 - coleta no paraná e aquisição de coleções nacionais e internacionais de material genético de microalgas para a formação de um banco genético com potencial para alavancar trabalhos sobre a produção de óleos vegetais para biodiesel a partir da biomassa destes organismos; 2- caracterização das microalgas para a produção de biomassa; 3- definição de sistemas de cultivo 4- determinação da produção de biomassa (kg/ha/dia); 5- quantificação do teor de lipídeos na biomassa das algas selecionadas e cultivadas em tanques abertos. Financiamento: Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR), a Companhia Paranaense de Energia (Copel) e a Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio (Fapeagro).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Diva de Souza Andrade - Integrante / ARNALDO COLOZZI FILHO - Integrante., Financiador(es): Companhia Paranaense de Energia - Auxílio financeiro / Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio - Outra / Instituto Agronômico do Paraná - Auxílio financeiro.Número de orientações: 3

  • 2009 - Atual

    Projeto 06785 - Avaliação, Desenvolvimento e Aplicação de Tecnologia para produção de biodiesel, Aproveitamento de Co-produto e Análise para Controle de Processos., Descrição: ESTE PROJETO DE PESQUISA ATUARÁ NO DESENVOLVIMENTO E APLICAÇÃO DE TECNOLOGIA PARA PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE BIODIESEL POR ROTA ETÍLICA, CONTEMPLANDO ANÁLISES FÍSICO-QUÍMICAS E CROMATOGRÁFICAS PARA CONTROLE DE PROCESSOS, VISANDO MAXIMIZAR O USO DE MATÉRIAS PRIMAS E CO-PRODUTOS DE ORIGEM RENOVÁVEL, MINIMIZANDO IMPACTOS AMBIENTAIS E DE SAÚDE PÚBLICA, BUSCANDO O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / João Carlos Alves - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Jurandir Pereira Pinto - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Eduardo DiMauro - Integrante / Fernanda de Almeida Fin-Lima - Integrante.

  • 2008 - 2010

    Projeto: 05746 - Produção de gás de síntese por gaseificação de bio-óleo obtido por pirólise rápida usando diferentes tipos de biomassa., Descrição: Juan Miguel Mesa Pérez - Coordenador geral - Bioware Tecnologia Edital MCT/SETEC/CNPq nº 32/2007 - RHAE Pesquisador na Empresa. R$300,00 Resumo: Desenvolver tecnologias de transformação de biomassa em energia, materiais e combustíveis renováveis de alto valor agregado com responsabilidade social e ambiental. Esse projeto de desenvolvimento tecnológico insere-se no contexto do uso racional da fonte de energia renovável da biomassa. A biomassa é uma vocação natural do Brasil e seu uso como fonte de energia e materiais em bases sustentáveis com a aplicação de tecnologias eficientes é imprescindível para que o país alcance maiores índices de aproveitamento e possa manter e ampliar sua liderança mundial em biocombustíveis. Por biomassa entende-se toda matéria orgânica de origem vegetal ou animal, inclusive os materiais procedentes de sua transformação natural ou artificial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Dionisio Borsato - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Talita Pedroso Quessada - Integrante / Caren Mura Cortez - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Bioware Tecnologia - Cooperação.

  • 2008 - 2010

    Projeto: 06940 - USO ALTERNATIVO DE COMBUSTÍVEL RENOVÁVEL PARA MOTORES DE CICLO OTTO EM GASOLINA E ETANOL, Descrição: A queima de combustíveis nos motores libera uma quantidade considerável de dióxido de carbono na atmosfera. O uso de componentes derivados de biomassa, os chamados biocombustíveis, na composição de combustíveis de motores, particularmente os oxigenados, reduzem o impacto nocivo do combustível no ambiente. Alguns países como Estados Unidos e Dinamarca proibiram o uso de metil-tércio-butil éter (MTBE) na gasolina. Vários países, incluindo os Estados Unidos, União Européia (UE), Japão, China e Índia estimulam e promovem o uso de biocombustíveis. A mistura gasolina-etanol (E85) e o uso de biodiesel em misturas com diesel como B2, B5 e B20 são exemplos destas diretrizes. O Brasil é citado mundialmente por utilizar na sua matriz energética grande percentagem de biomassa renovável. Além do impacto na redução de gases efeito estufa (GEE), os componentes oxigenados ? entre eles, o etanol - melhoram as características físico-química da mistura, por exemplo, o teor de oxigênio, o número de octano, a pressão de vapor, etc. A única desvantagem diz respeito à redução no poder calorífico, que aumenta o consumo, mas a relação de preços álcool-gasolina compensa o uso de etanol (GOLUBKOV et al., 2005). Enfim, para que se possa ter dados que balizem a possível regulamentação do uso das misturas sugeridas (glicerol + gasolina e glicerol + álcool hidratado) necessita-se de informações técnico-científicas, razão pela qual se propõe esse projeto. Financiamento: Edital 04/2008 - Convênio Embrapa/Petrobrás / Macroprograma 3 / Aproveitamento de co-produtos e resíduos dos processos industriais de óleos e de biodiesel / Proposta MP-3.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Ricardo Ralisch - Integrante / Marcio Turra de Ávila - Integrante., Financiador(es): EMBRAPA Soja - Bolsa / Petrobras Biocombustível - Matriz - Auxílio financeiro / Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2010

    Projeto: 04962 - OTIMIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE OBTENÇÃO DE BIODIESEL UTILIZANDO O DELINEAMENTO, Descrição: Resumo: O CONSUMO DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS, TEM UM SIGNIFICATIVO IMPACTO NA QUALIDADE DO MEIO AMBIENTE. A POLUIÇÃO DO AR, AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS, OS DERRAMAMENTOS DE ÓLEO E A GERAÇÃO DE RESÍDUOS TÓXICOS SÃO RESULTADOS DO USO E DA PRODUÇÃO DE TAIS COMBUSTÍVEIS DERIVADOS DO PETRÓLEO. NO MUNDO, OS COMBUSTÍVEIS CONSUMIDOS POR VEÍCULOS AUTOMOTORES SÃO RESPONSÁVEIS PELA EMISSÃO DA MAIOR PARTE DE MONÓXIDO DE CARBONO, ÓXIDOS DE NITROGÊNIO (NOX), GASES ORGÂNICOS REATIVOS, MATERIAIS PARTICULADOS E DIÓXIDO DE ENXOFRE PRESENTE NA ATMOSFERA. O BIODIESEL PERMITE QUE SE ESTABELEÇA UM CICLO FECHADO DE CARBONO NO QUAL O GÁS CARBÔNICO É ABSORVIDO QUANDO A PLANTA CRESCE E É LIBERADO QUANDO O BIODIESEL É QUEIMADO NA COMBUSTÃO NO MOTOR. OS BENEFÍCIOS AMBIENTAIS PODEM, AINDA, GERAR VANTAGENS ECONÔMICAS PARA O PAÍS. O BRASIL PODERIA ENQUADRAR O BIODIESEL NOS ACORDOS ESTABELECIDOS NO PROTOCOLO DE KYOTO E NAS DIRETRIZES DOS MECANISMOS DE DESENVOLVIMENTO LIMPO. A TRANSESTERIFICAÇÃO EM MEIO BÁSICO SERÁ O PROCESSO PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL E COM O EMPREGO DE PARÂMETROS ADEQUADOS COMO RAZÃO MOLAR ÁLCOOL-ÓLEO VEGETAL, CONCENTRAÇÃO DE CATALISADOR E TEMPERATURA ESTA REAÇÃO, APESAR DE REVERSÍVEL, DEVERÁ APRESENTAR ALTOS RENDIMENTOS. NESTE TRABALHO, A ETANÓLISE DO ÓLEO DE SOJA REFINADO SERÁ OTIMIZADA POR MEIO DE UM PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL DE MISTURA UTILIZANDO 3 TIPOS DE CATALISADORES. A OTIMIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DA REAÇÃO DE TRANSESTERIFICAÇÃO PERMITIRÁ, ATRAVÉS DA ESCOLHA DO CATALISADOR ADEQUADO OU MESMO DE UMA MISTURA DE CATALISADORES, UMA MELHORA DO RENDIMENTO DO PROCESSO DE OBTENÇÃO DE BIODIESEL.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Integrante / Dionisio Borsato - Coordenador / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Ivanira Moreira - Integrante., Financiador(es): Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação da UEL - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2009

    Projeto 05473 - Produção de amostras de briquetes de carvão e bio-óleo em planta de pirólise - PPR-200 visando a sua comercialização., Descrição: ESSE PROJETO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PRETENDE ADEQUAR QUALIDADE E RENDIMENTO DOS PRODUTOS DA PLANTA PILOTO DENOMINADA PPR-220 (PLANTA DE PIRÓSE RÁPIDA COM CAPACIDADE PARA PROCESSAR 200 KG/H DE BIOMASSA) ÀS NECESSIDADES DE POTENCIAIS MERCADOS CONSUMIDORES, COM O OBJETIVO DE COMERCIALIZAR A TECNOLOGIA. ATUALMENTE, A PPR-220 PRODUZ DE FORMA CONTÍNUA O CARVÃO VEGETAL, O EXTRATO DE ÁCIDO, O BIO-ÓLEO E OS GASES DE COMBUSTÃO. ESSES PRODUTOS APRESENTAM MÚLTIPLAS APLICAÇÕES, COMO COMBUSTÍVEIS E INSUMOS QUÍMICOS, PORÉM, OS ESFORÇOS NESTE PROJETO ESTARÃO DIRIGIDOS PARA PRODUÇÃO DE GRANDES AMOSTRAS DE BRIQUETES SIDERÚRGICOS, BIO-ÓLEO COMBUSTÍVEL E EXTRATO ÁCIDO, VISANDO A CRIAÇÃO DO MERCADO CONSUMIDOR E POSTERIOR VENDA DA TECNOLOGIA. A AMOSTRA DE BRIQUETES DE CARVÃO VEGETAL TERÁ QUALIDADE PARA SEU USO EM ALTOS-FORNOS DA INDUSTRIA SIDERÚRGICA, O ESTRATO ÁCIDO SERÁ TESTADO COMO INSETICIDA NATURAL PARA A AGRICULTURA ORGÂNICA E ADITIVO DE COMBUSTÍVEL FÓSSIL. O BIO-ÓLEO SERÁ MISTURADO COM ÓLEO DIESEL PU BPF PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA EM CENTRAIS TERMELÉTRICAS. Edital MCT/CNPq/CTEnerg nº 33/2006 - Combustão e Gaseificação - IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO: 555127/2006-0 VALOR FINANCIAMENTO: 139.842,44 Subprojeto UEL: OBTENÇÃO DE ADITIVOS E BIOCOMBUSTÍVEIS A PARTIR DE EXTRATOS ÁCIDOS PRODUZIDOS NA PIRÓLISE DE RESÍDUOS DA AGRICULTURA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / José Dílcio Rocha - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante / ANDRESSA DEL FRARO FREDERICO - Integrante / Luis Augusto Barbosa Cortez - Integrante., Financiador(es): Bioware Tecnologia - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2006 - 2009

    Projeto: 05165 - Monitoramento da Bacia do Arroio Saldanha e Aplicação de Tecnologia para Remediação de Solo Atingido pelo Vazamento de Petróleo ocorrido em 16 de julho de 2000 na refinaria Presidente Getukio Vargas- REPAR, em Araucária, PR., Descrição: Convênio ? FAUEL/UEL - REPAR/PETROBRAS - Cadastro no. 05165 PROPPG-UEL FINANCIADOR: Petroleo Brasileiro S. A.-PETROBRAS VALOR FINANCIAMENTO: R$ 265.000,00 . A CONTINUIDADE DAS AÇÕES IMPLEMENTADAS PELA FAUEL/UEL QUE DIZEM RESPEITO AO MONITORAMENTO E APLICAÇÃO DE TECNOLOGIAS, COM APROVEITAMENTO DE LUZ SOLAR PARA REDUZIR OU ELIMINAR O IMPACTO CAUSADO PELO DERRAMAMENTO DE PETRÓLEO EM SOLO NA ÁREA DA REPAR/PETROBRÁS E VIZINHANÇA, É OPORTUNA NÃO SÓ PARA A RECUPERAÇÃO DA MATRIZ AMBIENTAL, MAS TAMBÉM PARA ASSESSORAR O SETOR DE SMS DA REPAR/PETROBRÁS NOS RELATÓRIO. REUNIÕES E SEMINÁRIOS EXIGIDOS PELOS ÓRGÃOS AMBIENTAIS, ASSIM COMO, DAR PROSSEGUIMENTO AOS TRABALHOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO NO PONTO ZERO. ALÉM DAS TECNOLOGIAS JÁ IMPLEMENTADAS E EM FASE DE MONITORAMENTO, SERÃO IMPLEMENTADAS OUTRAS AÇÕES EM SINERGIA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Ilza Lobo - Integrante / Milton Faccione - Integrante / Maria Cristina Solci - Integrante / Luiz Henrique Dall'Antonia - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Ricardo Ralisch - Integrante / Osmar Rodrigues Brito - Integrante / Otavio J. G. Abi Saab - Integrante., Financiador(es): Degussa Brasil Ltda - Cooperação / Tecnologia Ambiental - Cooperação / Petroleo Brasileiro S. A. - Auxílio financeiro.Número de orientações: 4

  • 2006 - 2009

    Projeto: 05339 - Obtenção de Biocombustíveis a partir de Óleos Vegetais por Processo de Pirólise Catalítica, Descrição: EDITAL Convênio ? Encomenda Transversal ? MCT / RBT / FINEP / EMBRAPA Global Energy and Telecommunication Ltda (GET) VALOR FINANCIAMENTO: R$ 293.000,00 Resumo: PROPÕE-SE A DESENVOLVER UM PROTÓTIPO PARA OBTENÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS SUCEDÂNEOS DE PETRODIESEL, GASOLINA, QUEROSENE E GLP, A PARTIR DE ÓLEOS VEGETAIS. DIFERENCIA-SE DE TRANSESTERIFICAÇÃO (BIODIESEL) POR GERAR UMA MISTURA DE HIDROCARBONETOS DE CADEIA LINEAR, SEMELHANTE AOS DERIVADOS DE PETRÓLEO. NÃO NECESSITA DE OUTROS INSUMOS, COMO O ÁLCOOL ANIDRO, NEM GERA SUB-PROJETOS, COMO GLICERINA, RAZÃO PELA QUAL ADAPTA-SE A UMA AMPLA GAMA DE USUÁRIOS, DESDE A PEQUENA PRODUÇÃO RURAL OU O PEQUENO EMPRESÁRIO, ATÉ A PRODUÇÃO POR ATACADO. ADAPTA-SE PERFEITAMENTE AO ATENDIMENTO ENERGÉTICO DE COMUNIDADES ISOLADAS.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Berenice Quinzano Jordão - Integrante / Marcio Turra de Ávila - Integrante / Decio Luiz Gazzoni - Integrante., Financiador(es): Embrapa Agroenergia - Cooperação / GET Global Energy and Telecommunication Ltda - Auxílio financeiro / Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.

  • 2005 - 2007

    Projeto: 04578 - USO DE BIOMASSA COMO ENERGIA LIMPA E MATÉRIA-PRIMA RENOVÁVELUso de biomassa como energia limpa e matéria-prima renovável., Descrição: EDITAL CNPq 21/2004 - RHAE Inovação / RHAE Inovação - Projetos Tipo C VALOR FINANCIAMENTO R$ 128.500,00 Resumo: ESTE PROJETO PROPÕE REALIZAR UM ESTUDO TEÓRICO E EXPERIMENTAL VISANDO MELHORAR AS PROPRIEDADES COMBUSTÍVEIS DO BIO-ÓLEO OBTIDO NA PLANTA DE PIRÓLISE DA UNICAMP. VÁRIAS AMOSTRAS DE BIO-ÓLEO SERÃO OBTIDAS E CARACTERIZADAS PARA DIFERENTES CONDIÇÕES DE OPERAÇÃO DO REATOR. FAZENDO USO DE UM PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL SERÃO REALIZADOS NO LAFLURPE DA UEL SOBRE A ESTABILIDADE E A EFICIÊNCIA DA COMBUSTÃO DE MISTURAS DO BIODIESEL (BIOFLEX) OBTIDO A PARTIR DO BIO-ÓLEO COM O DIESEL E A GASOLINA, DERIVADOS DE PETRÓLEO. SERÃO TAMBÉM PRODUZIDOS VÁRIOS TIPOS DE BIODIESEL À PARTIR DE BIO-ÓLEO, ÓLEO VEGETAL E GORDURA ANIMAL.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / José Dílcio Rocha - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante., Financiador(es): Bioware Tecnologia - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2006

    Monitoramento ambiental e aplicação de tecnologia relacionados a recuperação de matrizes ambientais., Descrição: APLICAÇÃO DA TÉCNICA DE FOTOCATÁLISE HETEROGÊNEA COM TIO2 SOB EFEITO DE LUZ SOLAR, E AINDA, UTILIZAÇÃO DE AGENTES COMPLEXANTES PARA MINIMIZAR OU ELIMINAR A AÇÃO DE REFRATÁRIOS DE PETRÓLEO EM MATRIZES AMBIENTAIS, MONITORANDO O PROCESSO NATURAL DE DEGRADAÇÃO QUÍMICA DO MATERIAL BETUMINOSO, COMO TAMBÉM, A EFICIÊNCIA DOS AGENTES DE REMEDIAÇÃO.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / David Ernest Nicodem - Integrante / Eduardo Di Mauro - Integrante / Ilza Lobo - Integrante / Milton Faccione - Integrante / Maria Cristina Solci - Integrante / Dionisio Borsato - Integrante / Luiz Henrique Dall'Antonia - Integrante / Marilene Turini Piccinato - Integrante / Walter Sano - Integrante / Jurandir Pereira Pinto - Integrante / Aneli de Melo Barbosa - Integrante / Robson da Silva Lewis - Integrante / Ivanira Moreira - Integrante / Marcos Rachwal - Integrante / Daniele Cristina Adão - Integrante / Caroline Catyussia Carradore Vecchi - Integrante / Ricardo Ralisch - Integrante / Osmar Rodrigues Brito - Integrante / Angelita da Silva - Integrante / Alex Gibelato Pavanelli - Integrante / Luciana Natália Cividatti - Integrante / Otavio J. G. Abi Saab - Integrante / Renato César de Souza - Integrante / Karina Gomes Angilelli - Integrante., Financiador(es): Industria Química - Cooperação / Petróleo Brasileiro S A - Auxílio financeiro / Tecnologia Ambiental - Cooperação.

  • 2013 - Atual

    Projeto: 09091 - OBTENÇÃO DE BIODIESEL A PARTIR DE ÓLEO RESIDUAL UTILIZANDO LIPASE IMOBILIZADA EM BIOCARVÃO PIROLÍTICO., Descrição: COM O AUMENTO NA DEMANDA DE PETRÓLEO, SUA POSSÍVEL ESCASSEZ E CUSTO ASSOCIADO A PREOCUPAÇÕES POLÍTICAS E AMBIENTAIS SOBRE O USO DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS, SURGEM A NECESSIDADE DE DESENVOLVER UM PROCESSO ECONÔMICO E ENERGÉTICO PARA PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL DE COMBUSTÍVEIS. O BIODIESEL É UM COMBUSTÍVEL DERIVADO DE FONTES RENOVÁVEIS, COMO ÓLEOS VEGETAIS E GORDURAS ANIMAIS, COMPOSTOS POR TRIACILGLICERÓIS, UMA OPÇÃO COMO FONTE RENOVÁVEL DE ENERGIA COM POTENCIAL PARA SUBSTITUIR O DIESEL DE PETRÓLEO. A METODOLOGIA DE OBTENÇÃO DESTE BIOCOMBUSTÍVEL UTILIZA GERALMENTE A CATÁLISE BÁSICA, ENTRETANTO, DEVIDO A ALGUNS INCONVENIENTES COMO A DIFÍCIL RECUPERAÇÃO DO GLICEROL E REAÇÕES PARALELAS, BUSCARAM-SE NOVAS ALTERNATIVAS DE PRODUÇÃO. FOI ENTÃO OBSERVADO QUE A CATÁLISE ENZIMÁTICA, UTILIZANDO LIPASES É ESPECÍFICA E PERMITE A FÁCIL RECUPERAÇÃO DO GLICEROL. ATUALMENTE, OS CUSTOS DO EMPREGO DA LIPASE NA TRANSESTERIFICAÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL AINDA SÃO ELEVADOS. ISTO SE DEVE A BARREIRAS NO PROCESSO, COMO A POSSÍVEL PERDA DA ENZIMA POR DESATIVAÇÃO PERANTE O ÁLCOOL E O GLICEROL, PRESENTES NA MISTURA DE REAÇÃO. DIVERSAS TÉCNICAS TÊM SIDO DESENVOLVIDAS PARA MINIMIZAR ESTES EFEITOS, COMO A IMOBILIZAÇÃO DA ENZIMA, QUE PERMITE A SUA REUTILIZAÇÃO, SEPARAÇÃO DE PRODUTOS DO MEIO REACIONAL DE FORMA FÁCIL E AINDA, MUITAS VEZES, MELHORA A EFICIÊNCIA CATALÍTICA DA ENZIMA. UMA OPÇÃO VANTAJOSA É A IMOBILIZAÇÃO EM UM SUPORTE DE BAIXO CUSTO COMO O BIOCARVÃO, UM RESÍDUO DE PIRÓLISE, QUE APÓS ATIVAÇÃO, PERMITE A IMOBILIZAÇÃO DA ENZIMA POR ADSORÇÃO DEVIDO À GRANDE ÁREA SUPERFICIAL E GRUPOS FUNCIONAIS PRESENTES. PARA CONTRIBUIR COM A REDUÇÃO DE CUSTOS, A ENZIMA SERÁ PRODUZIDA POR UM FUNGO PREVIAMENTE SELECIONADO COMO PRODUTOR DE LIPASES A PARTIR DE CONDIÇÃO OTIMIZADA UTILIZANDO UM RESÍDUO AGROINDUSTRIAL, A TORTA DE SOJA, SOMENTE COM ADIÇÃO DE ÁGUA. E, AINDA, A UTILIZAÇÃO DE ÓLEO DE COZINHA RESIDUAL COMO MATÉRIA PRIMA PARA PRODUÇÃO DE BIODIESEL AO INVÉS DE ÓLEO VEGETAL, CONTRIBUIRÁ PARA A DIMINUIÇÃO DO CUSTO FINAL DO PROCESSO. OUTRA FERRAMENTA MUITO ÚTIL QUE SERÁ UTILIZADA COM O INTUITO DE DIMINUIR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO É O PLANEJAMENTO FATORIAL, ATRAVÉS DA AVALIAÇÃO DE VARIÁVEIS QUE INFLUENCIAM NA SÍNTESE DE BIODIESEL. O DESENVOLVIMENTO DESTE PROJETO VISA À ADIÇÃO DE VALOR AGREGADO AOS RESÍDUOS INDUSTRIAIS TORTA DE SOJA, CARVÕES DE PIRÓLISE E ÓLEO RESIDUAL. ESTAS INICIATIVAS PROPORCIONARÃO O DESENVOLVIMENTO DE NOVOS PROCESSOS BIOTECNOLÓGICOS PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL E POSSIBILIDADE DE NOVAS PATENTES E PUBLICAÇÕES, ALÉM DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS EM NÍVEL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, MESTRADO, DOUTORADO E PÓS-DOUTORADO, CONTRIBUINDO PARA O FORTALECIMENTO DOS PROGRAMAS DE PÓS GRADUAÇÃO EM QUÍMICA, BIOENERGIA E BIOTECNOLOGIA.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Aneli de Melo Barbosa - Integrante / Maria Inês Rezende - Integrante / Milena Martins Andrade - Integrante / André Luiz Martinez de Oliveira - Integrante / Robert F. H. Dekker - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Projeto 09051 - DESENVOLVIMENTO DE SENSOR LUMINESCENTE DE FIBRA-ÓTICA PARA DETERMINAÇÃO IN SITU E ON-LINE DE TRIACILGLICERÓIS EM CULTIVOS DE MICROALGAS, Descrição: EMBORA SEJA VERDADE QUE A INDÚSTRIA DAS MICROALGAS, A OBTENÇÃO DE PRODUTOS DE VALOR AGREGADO (MEDICAMENTOS, PIGMENTOS, ETC.), TEM DEMONSTRADO SER RENTÁVEL E MADURA, NA PRODUÇÃO DE BIODIESEL AINDA TEM UM GRANDE CAMINHO A PERCORRER PARA ESTAR AO MESMO NÍVEL. ISTO SE DEVE AO FATO DE QUE, ENQUANTO O PREÇO DUMA TONELADA DE ASTAXANTINA (POR EXEMPLO) É DE $3 MILHÕES DÓLARES, O PREÇO DUMA TONELADA DE PETRÓLEO É INFERIOR AOS $1000 DÓLARES. MESMO QUE AMBAS AS TECNOLOGIAS UTILIZEM MICROALGAS ELAS TÊM UMA ECONOMIA MUITO DIFERENTE, AINDA É NECESSÁRIO UM GRANDE TRABALHO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO PARA QUE ESTA PROMETEDORA TECNOLOGIA POSSA COMPETIR COM OUTRAS TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO DE BIODIESEL MAIS MADURAS. SEU ÊXITO ECONÔMICO VAI DEPENDER DAS OTIMIZAÇÕES DE TODAS E CADA UMA DAS ETAPAS E FATORES QUE CONTROLAM A PRODUÇÃO, TENTANDO DIMINUIR CUSTOS E AUMENTAR A PRODUÇÃO. AS LINHAS DE PESQUISA SÃO MUITO VARIADAS: SELEÇÃO DE ESPÉCIES E CEPAS, MELHORAMENTO GENÉTICO DELAS, DESENHO DOS BIORREATORES, MELHORA E CONTROLE DAS CONDIÇÕES DE CRESCIMENTO, COLETA DAS CÉLULAS, EXTRAÇÃO DOS LIPÍDEOS, REVALORIZAÇÃO DOS PRODUTOS SECUNDÁRIOS (PROTEÍNAS, VITAMINAS, ETC.), ENTRE OUTROS. A FIM DE REDUZIR OS CUSTOS, TAMBÉM SÃO ESTUDADAS FONTES DE MATÉRIAS PRIMAS ALTERNATIVAS PARA A ALIMENTAÇÃO DOS CULTIVOS COMO ÁGUAS RESIDUAIS, ONDE OS BIORREATORES SERIAM PARTE DAS ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTO (ETE); OU A ALIMENTAÇÃO DOS CULTIVOS COM CO2 DIRETO DAS CHAMINÉS INDUSTRIAIS, O QUE PERMITIRIA ÀS INDÚSTRIAS, ALEM DE GERAR BIODIESEL, OBTER UM BENEFÍCIO DO MERCADO DAS EMISSÕES DE CO2. TUDO PARECE INDICAR QUE O FUTURO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE BIODIESEL DE MICROALGAS É UMA TAREFA MULTIDISCIPLINAR QUE ENVOLVE NÃO SÓ ÁREAS DIFERENTES DA CIÊNCIA, MAS TAMBÉM, DADA À IMPORTÂNCIA ESTRATÉGICA DO PRODUTO (ENERGIA), VONTADES POLÍTICAS. UMA DAS FORMAS DE REDUZIR OS CUSTOS E INCREMENTAR A PRODUÇÃO É CONTROLANDO TODOS OS PARÂMETROS FUNDAMENTAIS QUE DOMINAM A REAÇÃO BIOLÓGICA DE INTERESSE. É POR ISSO MESMO QUE OS BIORREATORES (DE TODOS OS TIPOS) ACOSTUMAM TER INSTALADOS CONJUNTOS DE SENSORES PARA MONITORIZAR PARÂMETROS COMO O PH, A TEMPERATURA, A CONCENTRAÇÃO DE REATIVOS (NUTRIENTES, CO2, ETC.), OU COPRODUTOS (O2, BIOMASSA OU PIGMENTOS).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Diva de Souza Andrade - Integrante / Guillermo Orellana - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Projeto: 09090 - ESTUDO DE EMULSÕES DO BIO-ÓLEO PIROLÍTICO EM ÓLEO COMBUSTÍVEL PARA USO NA GERAÇÃO DE ENERGIA EM TERMELÉTRICAS., Descrição: O MAIOR DESAFIO PARA A EXPANSÃO DA GERAÇÃO TERMELÉTRICA A PARTIR DA BIOMASSA IN NATURA ESTÁ NA LOGÍSTICA DO PROCESSO, DEVIDO ÀS CARACTERÍSTICAS DA BIOMASSA (GRANDE DISPERSÃO, BAIXA DENSIDADE, BAIXO PODER CALORÍFICO, DIFÍCIL MANUSEIO E ALTA UMIDADE). UNIDADES DE PIRÓLISE RÁPIDA DE BIOMASSA PARA PRODUÇÃO DE COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS DE ALTA DENSIDADE ENERGÉTICA, ADAPTADOS PARA GERAÇÃO TERMELÉTRICA A PARTIR DE BIOMASSAS AGROINDUSTRIAIS SERIA UMA ALTERNATIVA PARA PRODUÇÃO DE MATÉRIA PRIMA NA GERAÇÃO TERMELÉTRICA. A TRANSFORMAÇÃO DA BIOMASSA VIA PIRÓLISE RÁPIDA RESOLVERIA OS PROBLEMAS DE LOGÍSTICA, POSSIBILITANDO O USO DESSES COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS NOS SISTEMAS DE COMBUSTÃO ATUALMENTE EXISTENTES SEM MODIFICAÇÕES SUBSTANCIAIS. O PROCESSO TRANSFORMA A BIOMASSA DE BAIXA DENSIDADE (80-250 KG.M-3) EM BIO-ÓLEO (LÍQUIDO COM DENSIDADE DE 1200 KG.M-3). UNIDADES DE PIRÓLISE SÃO ECONOMICAMENTE VIÁVEIS E SUFICIENTEMENTE COMPACTAS PARA PERMITIR SUA IMPLANTAÇÃO DE FORMA DESCENTRALIZADA. ISSO PERMITE CRIAR UMA LOGÍSTICA DE FORNECIMENTO DE CARVÃO E BIO-ÓLEO A PARTIR DE UNIDADES DE PIRÓLISE ESPALHADAS GEOGRAFICAMENTE EM CENTROS GERADORES DE RESÍDUOS DE BIOMASSAS TAIS COMO: AGROINDUSTRIAIS, AGRÍCOLAS, RESÍDUOS ORGÂNICOS URBANOS, ALGAS, ENTRE OUTRAS. A PROPOSTA EM QUESTÃO PERMITE A OBTENÇÃO DE COMBUSTÍVEIS DE FÁCIL ADAPTABILIDADE AOS SISTEMAS DE COMBUSTÃO ATUALMENTE EXISTENTES NAS UNIDADES GERADORAS. O PROJETO PREVÊ PESQUISAS BÁSICAS E APLICADAS NA PRODUÇÃO E NO USO DE NOVOS BICOMBUSTÍVEIS NA CADEIA PRODUTIVA DE TERMELÉTRICAS ABRANGENDO A PRODUÇÃO E PADRONIZAÇÃO DE BIO-ÓLEO E SUAS MISTURAS COM O ÓLEO COMBUSTÍVEL DERIVADO DO PETRÓLEO PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA. A PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA, COMO A CARACTERIZAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DA BIOMASSA LIGNOCELULÓSICA E DO BIO-ÓLEO E/OU DERIVADOS EM MISTURA OU COMO ADITIVO PARA ÓLEO COMBUSTÍVEL É A TAREFA PRINCIPAL A SER DESENVOLVIDA NESTA PROPOSTA OBJETIVANDO O USO DO BIO-ÓLEO NA CO-COMBUSTÃO DOS DERIVADOS FÓSSEIS, PODENDO SER ESTE BIOCOMBUSTÍVEL NO FUTURO INSERIDO NA MATRIZ ENERGÉTICA NACIONAL PARA GERAÇÃO TERMELÉTRICA.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Talita Pedroso Quessada - Integrante / Pérez, Juan Miguel Mesa - Integrante.

  • 2009 - 2012

    Projeto: 06751 - REMEDIAÇÃO IN SITU DE SOLOS IMPACTADOS COM PETRÓLEO OU DERIVADOS UTILIZANDO, Descrição: Tipo de Cadastro: ÓRGÃOS EXTERNOS DE FOMENTO - PETROBRAS/CENPES Tipo de Pesquisa: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Processo: 39226 / 2009 Tempo Pr. Inicial: 036 Meses Prorrog.: Término Previsto: 30/04/2012 Área do CNPQ: QUIMICA Desenvolvimento do Projeto 08/05/2009 EM ANDAMENTO ÓRGÃOS EXTERNOS Resumo: ESPERA-SE COMO PRODUTO TECNOLÓGICO FINAL À RECUPERAÇÃO IN SITU DE ÁREAS IMPACTADAS DEVIDO A ACIDENTES OU OPERAÇÕES DE ROTINA LIGADAS A ATIVIDADES DA INDÚSTRIA DO PETRÓLEO, ATRAVÉS DE TRATAMENTOS ALTERNATIVOS QUE POSSAM ALÉM DE BAIXAR OS CUSTOS OPERACIONAIS DA REMEDIAÇÃO, EVITAR A GERAÇÃO DE RESÍDUOS OU DE EFLUENTES PARA A DISPOSIÇÃO FINAL. OS BENEFÍCIOS SERÃO DE ATENDER A LEGISLAÇÃO AMBIENTAL VIGENTE COM IMPLEMENTAÇÃO DE AÇÕES QUE CONTRIBUAM PARA O DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO SUSTENTÁVEL, COM PRESERVAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS E DOS SERES VIVOS, CONTRIBUINDO ASSIM, PARA A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DAS FUTURAS GERAÇÕES.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Claudia Bueno dos Reis Martinez - Integrante / Flávia Zanuto - Integrante / Rafael Bragueto - Integrante / Fabio Cal Sabino - Integrante / Lucia A. S. Almeida - Integrante / Ana Paula C. Luiz - Integrante., Financiador(es): Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobras - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    Projeto 07838 - DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS PARA A PRODUÇÃO DE MICROALGAS COMO FONTE DE ÓLEO, Descrição: OBJETIVO GERAL: - desenvolver tecnologias para produção de biomassa de microalgas visando extração de óleo vegetal e utilização agrícola dos co-produtos. - elaboração de estudos para o dimensionamento e estruturação de um empreendimento de produção de óleo vegetal a partir de micro-algas para a fabricação de biodiesel e aproveitamento econômico dos co-produtos, prevendo-se a possibilidade de implantação de uma instalação piloto junto a um local onde haja condições adequadas para o melhor desenvolvimento da biomassa de microalgas. Objetivos especificos: 1 - coleta no paraná e aquisição de coleções nacionais e internacionais de material genético de microalgas para a formação de um banco genético com potencial para alavancar trabalhos sobre a produção de óleos vegetais para biodiesel a partir da biomassa destes organismos; 2- caracterização das microalgas para a produção de biomassa; 3- definição de sistemas de cultivo 4- determinação da produção de biomassa (kg/ha/dia); 5- quantificação do teor de lipídeos na biomassa das algas selecionadas e cultivadas em tanques abertos. Financiamento: Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR), a Companhia Paranaense de Energia (Copel) e a Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio (Fapeagro).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Diva de Souza Andrade - Integrante / ARNALDO COLOZZI FILHO - Integrante., Financiador(es): Companhia Paranaense de Energia - Auxílio financeiro / Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio - Outra / Instituto Agronômico do Paraná - Auxílio financeiro.Número de orientações: 3

  • 2009 - Atual

    Projeto 06785 - Avaliação, Desenvolvimento e Aplicação de Tecnologia para produção de biodiesel, Aproveitamento de Co-produto e Análise para Controle de Processos., Descrição: ESTE PROJETO DE PESQUISA ATUARÁ NO DESENVOLVIMENTO E APLICAÇÃO DE TECNOLOGIA PARA PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE BIODIESEL POR ROTA ETÍLICA, CONTEMPLANDO ANÁLISES FÍSICO-QUÍMICAS E CROMATOGRÁFICAS PARA CONTROLE DE PROCESSOS, VISANDO MAXIMIZAR O USO DE MATÉRIAS PRIMAS E CO-PRODUTOS DE ORIGEM RENOVÁVEL, MINIMIZANDO IMPACTOS AMBIENTAIS E DE SAÚDE PÚBLICA, BUSCANDO O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / João Carlos Alves - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Jurandir Pereira Pinto - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Eduardo DiMauro - Integrante / Fernanda de Almeida Fin-Lima - Integrante.

  • 2008 - 2010

    Projeto: 05746 - Produção de gás de síntese por gaseificação de bio-óleo obtido por pirólise rápida usando diferentes tipos de biomassa., Descrição: Juan Miguel Mesa Pérez - Coordenador geral - Bioware Tecnologia Edital MCT/SETEC/CNPq nº 32/2007 - RHAE Pesquisador na Empresa. R$300,00 Resumo: Desenvolver tecnologias de transformação de biomassa em energia, materiais e combustíveis renováveis de alto valor agregado com responsabilidade social e ambiental. Esse projeto de desenvolvimento tecnológico insere-se no contexto do uso racional da fonte de energia renovável da biomassa. A biomassa é uma vocação natural do Brasil e seu uso como fonte de energia e materiais em bases sustentáveis com a aplicação de tecnologias eficientes é imprescindível para que o país alcance maiores índices de aproveitamento e possa manter e ampliar sua liderança mundial em biocombustíveis. Por biomassa entende-se toda matéria orgânica de origem vegetal ou animal, inclusive os materiais procedentes de sua transformação natural ou artificial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Dionisio Borsato - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Talita Pedroso Quessada - Integrante / Caren Mura Cortez - Integrante., Financiador(es): Bioware Tecnologia - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2010

    Projeto: 06940 - USO ALTERNATIVO DE COMBUSTÍVEL RENOVÁVEL PARA MOTORES DE CICLO OTTO EM GASOLINA E ETANOL, Descrição: A queima de combustíveis nos motores libera uma quantidade considerável de dióxido de carbono na atmosfera. O uso de componentes derivados de biomassa, os chamados biocombustíveis, na composição de combustíveis de motores, particularmente os oxigenados, reduzem o impacto nocivo do combustível no ambiente. Alguns países como Estados Unidos e Dinamarca proibiram o uso de metil-tércio-butil éter (MTBE) na gasolina. Vários países, incluindo os Estados Unidos, União Européia (UE), Japão, China e Índia estimulam e promovem o uso de biocombustíveis. A mistura gasolina-etanol (E85) e o uso de biodiesel em misturas com diesel como B2, B5 e B20 são exemplos destas diretrizes. O Brasil é citado mundialmente por utilizar na sua matriz energética grande percentagem de biomassa renovável. Além do impacto na redução de gases efeito estufa (GEE), os componentes oxigenados ? entre eles, o etanol - melhoram as características físico-química da mistura, por exemplo, o teor de oxigênio, o número de octano, a pressão de vapor, etc. A única desvantagem diz respeito à redução no poder calorífico, que aumenta o consumo, mas a relação de preços álcool-gasolina compensa o uso de etanol (GOLUBKOV et al., 2005). Enfim, para que se possa ter dados que balizem a possível regulamentação do uso das misturas sugeridas (glicerol + gasolina e glicerol + álcool hidratado) necessita-se de informações técnico-científicas, razão pela qual se propõe esse projeto. Financiamento: Edital 04/2008 - Convênio Embrapa/Petrobrás / Macroprograma 3 / Aproveitamento de co-produtos e resíduos dos processos industriais de óleos e de biodiesel / Proposta MP-3.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Ricardo Ralisch - Integrante / Marcio Turra de Ávila - Integrante., Financiador(es): EMBRAPA Soja - Bolsa / Petrobras Biocombustível - Matriz - Auxílio financeiro / Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2010

    Projeto: 04962 - OTIMIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE OBTENÇÃO DE BIODIESEL UTILIZANDO O DELINEAMENTO, Descrição: Resumo: O CONSUMO DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS, TEM UM SIGNIFICATIVO IMPACTO NA QUALIDADE DO MEIO AMBIENTE. A POLUIÇÃO DO AR, AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS, OS DERRAMAMENTOS DE ÓLEO E A GERAÇÃO DE RESÍDUOS TÓXICOS SÃO RESULTADOS DO USO E DA PRODUÇÃO DE TAIS COMBUSTÍVEIS DERIVADOS DO PETRÓLEO. NO MUNDO, OS COMBUSTÍVEIS CONSUMIDOS POR VEÍCULOS AUTOMOTORES SÃO RESPONSÁVEIS PELA EMISSÃO DA MAIOR PARTE DE MONÓXIDO DE CARBONO, ÓXIDOS DE NITROGÊNIO (NOX), GASES ORGÂNICOS REATIVOS, MATERIAIS PARTICULADOS E DIÓXIDO DE ENXOFRE PRESENTE NA ATMOSFERA. O BIODIESEL PERMITE QUE SE ESTABELEÇA UM CICLO FECHADO DE CARBONO NO QUAL O GÁS CARBÔNICO É ABSORVIDO QUANDO A PLANTA CRESCE E É LIBERADO QUANDO O BIODIESEL É QUEIMADO NA COMBUSTÃO NO MOTOR. OS BENEFÍCIOS AMBIENTAIS PODEM, AINDA, GERAR VANTAGENS ECONÔMICAS PARA O PAÍS. O BRASIL PODERIA ENQUADRAR O BIODIESEL NOS ACORDOS ESTABELECIDOS NO PROTOCOLO DE KYOTO E NAS DIRETRIZES DOS MECANISMOS DE DESENVOLVIMENTO LIMPO. A TRANSESTERIFICAÇÃO EM MEIO BÁSICO SERÁ O PROCESSO PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL E COM O EMPREGO DE PARÂMETROS ADEQUADOS COMO RAZÃO MOLAR ÁLCOOL-ÓLEO VEGETAL, CONCENTRAÇÃO DE CATALISADOR E TEMPERATURA ESTA REAÇÃO, APESAR DE REVERSÍVEL, DEVERÁ APRESENTAR ALTOS RENDIMENTOS. NESTE TRABALHO, A ETANÓLISE DO ÓLEO DE SOJA REFINADO SERÁ OTIMIZADA POR MEIO DE UM PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL DE MISTURA UTILIZANDO 3 TIPOS DE CATALISADORES. A OTIMIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DA REAÇÃO DE TRANSESTERIFICAÇÃO PERMITIRÁ, ATRAVÉS DA ESCOLHA DO CATALISADOR ADEQUADO OU MESMO DE UMA MISTURA DE CATALISADORES, UMA MELHORA DO RENDIMENTO DO PROCESSO DE OBTENÇÃO DE BIODIESEL.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Integrante / Dionisio Borsato - Coordenador / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Ivanira Moreira - Integrante., Financiador(es): Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação da UEL - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2009

    Projeto 05473 - Produção de amostras de briquetes de carvão e bio-óleo em planta de pirólise - PPR-200 visando a sua comercialização., Descrição: ESSE PROJETO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PRETENDE ADEQUAR QUALIDADE E RENDIMENTO DOS PRODUTOS DA PLANTA PILOTO DENOMINADA PPR-220 (PLANTA DE PIRÓSE RÁPIDA COM CAPACIDADE PARA PROCESSAR 200 KG/H DE BIOMASSA) ÀS NECESSIDADES DE POTENCIAIS MERCADOS CONSUMIDORES, COM O OBJETIVO DE COMERCIALIZAR A TECNOLOGIA. ATUALMENTE, A PPR-220 PRODUZ DE FORMA CONTÍNUA O CARVÃO VEGETAL, O EXTRATO DE ÁCIDO, O BIO-ÓLEO E OS GASES DE COMBUSTÃO. ESSES PRODUTOS APRESENTAM MÚLTIPLAS APLICAÇÕES, COMO COMBUSTÍVEIS E INSUMOS QUÍMICOS, PORÉM, OS ESFORÇOS NESTE PROJETO ESTARÃO DIRIGIDOS PARA PRODUÇÃO DE GRANDES AMOSTRAS DE BRIQUETES SIDERÚRGICOS, BIO-ÓLEO COMBUSTÍVEL E EXTRATO ÁCIDO, VISANDO A CRIAÇÃO DO MERCADO CONSUMIDOR E POSTERIOR VENDA DA TECNOLOGIA. A AMOSTRA DE BRIQUETES DE CARVÃO VEGETAL TERÁ QUALIDADE PARA SEU USO EM ALTOS-FORNOS DA INDUSTRIA SIDERÚRGICA, O ESTRATO ÁCIDO SERÁ TESTADO COMO INSETICIDA NATURAL PARA A AGRICULTURA ORGÂNICA E ADITIVO DE COMBUSTÍVEL FÓSSIL. O BIO-ÓLEO SERÁ MISTURADO COM ÓLEO DIESEL PU BPF PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA EM CENTRAIS TERMELÉTRICAS. Edital MCT/CNPq/CTEnerg nº 33/2006 - Combustão e Gaseificação - IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO: 555127/2006-0 VALOR FINANCIAMENTO: 139.842,44 Subprojeto UEL: OBTENÇÃO DE ADITIVOS E BIOCOMBUSTÍVEIS A PARTIR DE EXTRATOS ÁCIDOS PRODUZIDOS NA PIRÓLISE DE RESÍDUOS DA AGRICULTURA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / José Dílcio Rocha - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante / ANDRESSA DEL FRARO FREDERICO - Integrante / Luis Augusto Barbosa Cortez - Integrante., Financiador(es): Bioware Tecnologia - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2006 - 2009

    Projeto: 05165 - Monitoramento da Bacia do Arroio Saldanha e Aplicação de Tecnologia para Remediação de Solo Atingido pelo Vazamento de Petróleo ocorrido em 16 de julho de 2000 na refinaria Presidente Getukio Vargas- REPAR, em Araucária, PR., Descrição: Convênio ? FAUEL/UEL - REPAR/PETROBRAS - Cadastro no. 05165 PROPPG-UEL FINANCIADOR: Petroleo Brasileiro S. A.-PETROBRAS VALOR FINANCIAMENTO: R$ 265.000,00 . A CONTINUIDADE DAS AÇÕES IMPLEMENTADAS PELA FAUEL/UEL QUE DIZEM RESPEITO AO MONITORAMENTO E APLICAÇÃO DE TECNOLOGIAS, COM APROVEITAMENTO DE LUZ SOLAR PARA REDUZIR OU ELIMINAR O IMPACTO CAUSADO PELO DERRAMAMENTO DE PETRÓLEO EM SOLO NA ÁREA DA REPAR/PETROBRÁS E VIZINHANÇA, É OPORTUNA NÃO SÓ PARA A RECUPERAÇÃO DA MATRIZ AMBIENTAL, MAS TAMBÉM PARA ASSESSORAR O SETOR DE SMS DA REPAR/PETROBRÁS NOS RELATÓRIO. REUNIÕES E SEMINÁRIOS EXIGIDOS PELOS ÓRGÃOS AMBIENTAIS, ASSIM COMO, DAR PROSSEGUIMENTO AOS TRABALHOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO NO PONTO ZERO. ALÉM DAS TECNOLOGIAS JÁ IMPLEMENTADAS E EM FASE DE MONITORAMENTO, SERÃO IMPLEMENTADAS OUTRAS AÇÕES EM SINERGIA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Ilza Lobo - Integrante / Milton Faccione - Integrante / Maria Cristina Solci - Integrante / Luiz Henrique Dall'Antonia - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Ricardo Ralisch - Integrante / Osmar Rodrigues Brito - Integrante / Otavio J. G. Abi Saab - Integrante., Financiador(es): Degussa Brasil Ltda - Cooperação / Tecnologia Ambiental - Cooperação / Petroleo Brasileiro S. A. - Auxílio financeiro.Número de orientações: 4

  • 2006 - 2009

    Projeto: 05339 - Obtenção de Biocombustíveis a partir de Óleos Vegetais por Processo de Pirólise Catalítica, Descrição: EDITAL Convênio ? Encomenda Transversal ? MCT / RBT / FINEP / EMBRAPA Global Energy and Telecommunication Ltda (GET) VALOR FINANCIAMENTO: R$ 293.000,00 Resumo: PROPÕE-SE A DESENVOLVER UM PROTÓTIPO PARA OBTENÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS SUCEDÂNEOS DE PETRODIESEL, GASOLINA, QUEROSENE E GLP, A PARTIR DE ÓLEOS VEGETAIS. DIFERENCIA-SE DE TRANSESTERIFICAÇÃO (BIODIESEL) POR GERAR UMA MISTURA DE HIDROCARBONETOS DE CADEIA LINEAR, SEMELHANTE AOS DERIVADOS DE PETRÓLEO. NÃO NECESSITA DE OUTROS INSUMOS, COMO O ÁLCOOL ANIDRO, NEM GERA SUB-PROJETOS, COMO GLICERINA, RAZÃO PELA QUAL ADAPTA-SE A UMA AMPLA GAMA DE USUÁRIOS, DESDE A PEQUENA PRODUÇÃO RURAL OU O PEQUENO EMPRESÁRIO, ATÉ A PRODUÇÃO POR ATACADO. ADAPTA-SE PERFEITAMENTE AO ATENDIMENTO ENERGÉTICO DE COMUNIDADES ISOLADAS.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Berenice Quinzano Jordão - Integrante / Marcio Turra de Ávila - Integrante / Decio Luiz Gazzoni - Integrante., Financiador(es): Embrapa Agroenergia - Cooperação / Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro / GET Global Energy and Telecommunication Ltda - Auxílio financeiro.

  • 2005 - 2007

    Projeto: 04578 - USO DE BIOMASSA COMO ENERGIA LIMPA E MATÉRIA-PRIMA RENOVÁVELUso de biomassa como energia limpa e matéria-prima renovável., Descrição: EDITAL CNPq 21/2004 - RHAE Inovação / RHAE Inovação - Projetos Tipo C VALOR FINANCIAMENTO R$ 128.500,00 Resumo: ESTE PROJETO PROPÕE REALIZAR UM ESTUDO TEÓRICO E EXPERIMENTAL VISANDO MELHORAR AS PROPRIEDADES COMBUSTÍVEIS DO BIO-ÓLEO OBTIDO NA PLANTA DE PIRÓLISE DA UNICAMP. VÁRIAS AMOSTRAS DE BIO-ÓLEO SERÃO OBTIDAS E CARACTERIZADAS PARA DIFERENTES CONDIÇÕES DE OPERAÇÃO DO REATOR. FAZENDO USO DE UM PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL SERÃO REALIZADOS NO LAFLURPE DA UEL SOBRE A ESTABILIDADE E A EFICIÊNCIA DA COMBUSTÃO DE MISTURAS DO BIODIESEL (BIOFLEX) OBTIDO A PARTIR DO BIO-ÓLEO COM O DIESEL E A GASOLINA, DERIVADOS DE PETRÓLEO. SERÃO TAMBÉM PRODUZIDOS VÁRIOS TIPOS DE BIODIESEL À PARTIR DE BIO-ÓLEO, ÓLEO VEGETAL E GORDURA ANIMAL.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / José Dílcio Rocha - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Bioware Tecnologia - Cooperação.

  • 2003 - 2006

    Monitoramento ambiental e aplicação de tecnologia relacionados a recuperação de matrizes ambientais., Descrição: APLICAÇÃO DA TÉCNICA DE FOTOCATÁLISE HETEROGÊNEA COM TIO2 SOB EFEITO DE LUZ SOLAR, E AINDA, UTILIZAÇÃO DE AGENTES COMPLEXANTES PARA MINIMIZAR OU ELIMINAR A AÇÃO DE REFRATÁRIOS DE PETRÓLEO EM MATRIZES AMBIENTAIS, MONITORANDO O PROCESSO NATURAL DE DEGRADAÇÃO QUÍMICA DO MATERIAL BETUMINOSO, COMO TAMBÉM, A EFICIÊNCIA DOS AGENTES DE REMEDIAÇÃO.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / David Ernest Nicodem - Integrante / Eduardo Di Mauro - Integrante / Ilza Lobo - Integrante / Milton Faccione - Integrante / Maria Cristina Solci - Integrante / Dionisio Borsato - Integrante / Luiz Henrique Dall'Antonia - Integrante / Marilene Turini Piccinato - Integrante / Walter Sano - Integrante / Jurandir Pereira Pinto - Integrante / Aneli de Melo Barbosa - Integrante / Robson da Silva Lewis - Integrante / Ivanira Moreira - Integrante / Marcos Rachwal - Integrante / Daniele Cristina Adão - Integrante / Caroline Catyussia Carradore Vecchi - Integrante / Ricardo Ralisch - Integrante / Osmar Rodrigues Brito - Integrante / Angelita da Silva - Integrante / Alex Gibelato Pavanelli - Integrante / Luciana Natália Cividatti - Integrante / Otavio J. G. Abi Saab - Integrante / Renato César de Souza - Integrante / Karina Gomes Angilelli - Integrante., Financiador(es): Industria Química - Cooperação / Tecnologia Ambiental - Cooperação / Petróleo Brasileiro S A - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Projeto: 09091 - OBTENÇÃO DE BIODIESEL A PARTIR DE ÓLEO RESIDUAL UTILIZANDO LIPASE IMOBILIZADA EM BIOCARVÃO PIROLÍTICO., Descrição: COM O AUMENTO NA DEMANDA DE PETRÓLEO, SUA POSSÍVEL ESCASSEZ E CUSTO ASSOCIADO A PREOCUPAÇÕES POLÍTICAS E AMBIENTAIS SOBRE O USO DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS, SURGEM A NECESSIDADE DE DESENVOLVER UM PROCESSO ECONÔMICO E ENERGÉTICO PARA PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL DE COMBUSTÍVEIS. O BIODIESEL É UM COMBUSTÍVEL DERIVADO DE FONTES RENOVÁVEIS, COMO ÓLEOS VEGETAIS E GORDURAS ANIMAIS, COMPOSTOS POR TRIACILGLICERÓIS, UMA OPÇÃO COMO FONTE RENOVÁVEL DE ENERGIA COM POTENCIAL PARA SUBSTITUIR O DIESEL DE PETRÓLEO. A METODOLOGIA DE OBTENÇÃO DESTE BIOCOMBUSTÍVEL UTILIZA GERALMENTE A CATÁLISE BÁSICA, ENTRETANTO, DEVIDO A ALGUNS INCONVENIENTES COMO A DIFÍCIL RECUPERAÇÃO DO GLICEROL E REAÇÕES PARALELAS, BUSCARAM-SE NOVAS ALTERNATIVAS DE PRODUÇÃO. FOI ENTÃO OBSERVADO QUE A CATÁLISE ENZIMÁTICA, UTILIZANDO LIPASES É ESPECÍFICA E PERMITE A FÁCIL RECUPERAÇÃO DO GLICEROL. ATUALMENTE, OS CUSTOS DO EMPREGO DA LIPASE NA TRANSESTERIFICAÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL AINDA SÃO ELEVADOS. ISTO SE DEVE A BARREIRAS NO PROCESSO, COMO A POSSÍVEL PERDA DA ENZIMA POR DESATIVAÇÃO PERANTE O ÁLCOOL E O GLICEROL, PRESENTES NA MISTURA DE REAÇÃO. DIVERSAS TÉCNICAS TÊM SIDO DESENVOLVIDAS PARA MINIMIZAR ESTES EFEITOS, COMO A IMOBILIZAÇÃO DA ENZIMA, QUE PERMITE A SUA REUTILIZAÇÃO, SEPARAÇÃO DE PRODUTOS DO MEIO REACIONAL DE FORMA FÁCIL E AINDA, MUITAS VEZES, MELHORA A EFICIÊNCIA CATALÍTICA DA ENZIMA. UMA OPÇÃO VANTAJOSA É A IMOBILIZAÇÃO EM UM SUPORTE DE BAIXO CUSTO COMO O BIOCARVÃO, UM RESÍDUO DE PIRÓLISE, QUE APÓS ATIVAÇÃO, PERMITE A IMOBILIZAÇÃO DA ENZIMA POR ADSORÇÃO DEVIDO À GRANDE ÁREA SUPERFICIAL E GRUPOS FUNCIONAIS PRESENTES. PARA CONTRIBUIR COM A REDUÇÃO DE CUSTOS, A ENZIMA SERÁ PRODUZIDA POR UM FUNGO PREVIAMENTE SELECIONADO COMO PRODUTOR DE LIPASES A PARTIR DE CONDIÇÃO OTIMIZADA UTILIZANDO UM RESÍDUO AGROINDUSTRIAL, A TORTA DE SOJA, SOMENTE COM ADIÇÃO DE ÁGUA. E, AINDA, A UTILIZAÇÃO DE ÓLEO DE COZINHA RESIDUAL COMO MATÉRIA PRIMA PARA PRODUÇÃO DE BIODIESEL AO INVÉS DE ÓLEO VEGETAL, CONTRIBUIRÁ PARA A DIMINUIÇÃO DO CUSTO FINAL DO PROCESSO. OUTRA FERRAMENTA MUITO ÚTIL QUE SERÁ UTILIZADA COM O INTUITO DE DIMINUIR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO É O PLANEJAMENTO FATORIAL, ATRAVÉS DA AVALIAÇÃO DE VARIÁVEIS QUE INFLUENCIAM NA SÍNTESE DE BIODIESEL. O DESENVOLVIMENTO DESTE PROJETO VISA À ADIÇÃO DE VALOR AGREGADO AOS RESÍDUOS INDUSTRIAIS TORTA DE SOJA, CARVÕES DE PIRÓLISE E ÓLEO RESIDUAL. ESTAS INICIATIVAS PROPORCIONARÃO O DESENVOLVIMENTO DE NOVOS PROCESSOS BIOTECNOLÓGICOS PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL E POSSIBILIDADE DE NOVAS PATENTES E PUBLICAÇÕES, ALÉM DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS EM NÍVEL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, MESTRADO, DOUTORADO E PÓS-DOUTORADO, CONTRIBUINDO PARA O FORTALECIMENTO DOS PROGRAMAS DE PÓS GRADUAÇÃO EM QUÍMICA, BIOENERGIA E BIOTECNOLOGIA.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2013 - Atual

    Projeto: 09090 - ESTUDO DE EMULSÕES DO BIO-ÓLEO PIROLÍTICO EM ÓLEO COMBUSTÍVEL PARA USO NA GERAÇÃO DE ENERGIA EM TERMELÉTRICAS., Descrição: O MAIOR DESAFIO PARA A EXPANSÃO DA GERAÇÃO TERMELÉTRICA A PARTIR DA BIOMASSA IN NATURA ESTÁ NA LOGÍSTICA DO PROCESSO, DEVIDO ÀS CARACTERÍSTICAS DA BIOMASSA (GRANDE DISPERSÃO, BAIXA DENSIDADE, BAIXO PODER CALORÍFICO, DIFÍCIL MANUSEIO E ALTA UMIDADE). UNIDADES DE PIRÓLISE RÁPIDA DE BIOMASSA PARA PRODUÇÃO DE COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS DE ALTA DENSIDADE ENERGÉTICA, ADAPTADOS PARA GERAÇÃO TERMELÉTRICA A PARTIR DE BIOMASSAS AGROINDUSTRIAIS SERIA UMA ALTERNATIVA PARA PRODUÇÃO DE MATÉRIA PRIMA NA GERAÇÃO TERMELÉTRICA. A TRANSFORMAÇÃO DA BIOMASSA VIA PIRÓLISE RÁPIDA RESOLVERIA OS PROBLEMAS DE LOGÍSTICA, POSSIBILITANDO O USO DESSES COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS NOS SISTEMAS DE COMBUSTÃO ATUALMENTE EXISTENTES SEM MODIFICAÇÕES SUBSTANCIAIS. O PROCESSO TRANSFORMA A BIOMASSA DE BAIXA DENSIDADE (80-250 KG.M-3) EM BIO-ÓLEO (LÍQUIDO COM DENSIDADE DE 1200 KG.M-3). UNIDADES DE PIRÓLISE SÃO ECONOMICAMENTE VIÁVEIS E SUFICIENTEMENTE COMPACTAS PARA PERMITIR SUA IMPLANTAÇÃO DE FORMA DESCENTRALIZADA. ISSO PERMITE CRIAR UMA LOGÍSTICA DE FORNECIMENTO DE CARVÃO E BIO-ÓLEO A PARTIR DE UNIDADES DE PIRÓLISE ESPALHADAS GEOGRAFICAMENTE EM CENTROS GERADORES DE RESÍDUOS DE BIOMASSAS TAIS COMO: AGROINDUSTRIAIS, AGRÍCOLAS, RESÍDUOS ORGÂNICOS URBANOS, ALGAS, ENTRE OUTRAS. A PROPOSTA EM QUESTÃO PERMITE A OBTENÇÃO DE COMBUSTÍVEIS DE FÁCIL ADAPTABILIDADE AOS SISTEMAS DE COMBUSTÃO ATUALMENTE EXISTENTES NAS UNIDADES GERADORAS. O PROJETO PREVÊ PESQUISAS BÁSICAS E APLICADAS NA PRODUÇÃO E NO USO DE NOVOS BICOMBUSTÍVEIS NA CADEIA PRODUTIVA DE TERMELÉTRICAS ABRANGENDO A PRODUÇÃO E PADRONIZAÇÃO DE BIO-ÓLEO E SUAS MISTURAS COM O ÓLEO COMBUSTÍVEL DERIVADO DO PETRÓLEO PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA. A PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA, COMO A CARACTERIZAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DA BIOMASSA LIGNOCELULÓSICA E DO BIO-ÓLEO E/OU DERIVADOS EM MISTURA OU COMO ADITIVO PARA ÓLEO COMBUSTÍVEL É A TAREFA PRINCIPAL A SER DESENVOLVIDA NESTA PROPOSTA OBJETIVANDO O USO DO BIO-ÓLEO NA CO-COMBUSTÃO DOS DERIVADOS FÓSSEIS, PODENDO SER ESTE BIOCOMBUSTÍVEL NO FUTURO INSERIDO NA MATRIZ ENERGÉTICA NACIONAL PARA GERAÇÃO TERMELÉTRICA.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2013 - Atual

    Projeto 09051 - DESENVOLVIMENTO DE SENSOR LUMINESCENTE DE FIBRA-ÓTICA PARA DETERMINAÇÃO IN SITU E ON-LINE DE TRIACILGLICERÓIS EM CULTIVOS DE MICROALGAS, Descrição: EMBORA SEJA VERDADE QUE A INDÚSTRIA DAS MICROALGAS, A OBTENÇÃO DE PRODUTOS DE VALOR AGREGADO (MEDICAMENTOS, PIGMENTOS, ETC.), TEM DEMONSTRADO SER RENTÁVEL E MADURA, NA PRODUÇÃO DE BIODIESEL AINDA TEM UM GRANDE CAMINHO A PERCORRER PARA ESTAR AO MESMO NÍVEL. ISTO SE DEVE AO FATO DE QUE, ENQUANTO O PREÇO DUMA TONELADA DE ASTAXANTINA (POR EXEMPLO) É DE $3 MILHÕES DÓLARES, O PREÇO DUMA TONELADA DE PETRÓLEO É INFERIOR AOS $1000 DÓLARES. MESMO QUE AMBAS AS TECNOLOGIAS UTILIZEM MICROALGAS ELAS TÊM UMA ECONOMIA MUITO DIFERENTE, AINDA É NECESSÁRIO UM GRANDE TRABALHO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO PARA QUE ESTA PROMETEDORA TECNOLOGIA POSSA COMPETIR COM OUTRAS TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO DE BIODIESEL MAIS MADURAS. SEU ÊXITO ECONÔMICO VAI DEPENDER DAS OTIMIZAÇÕES DE TODAS E CADA UMA DAS ETAPAS E FATORES QUE CONTROLAM A PRODUÇÃO, TENTANDO DIMINUIR CUSTOS E AUMENTAR A PRODUÇÃO. AS LINHAS DE PESQUISA SÃO MUITO VARIADAS: SELEÇÃO DE ESPÉCIES E CEPAS, MELHORAMENTO GENÉTICO DELAS, DESENHO DOS BIORREATORES, MELHORA E CONTROLE DAS CONDIÇÕES DE CRESCIMENTO, COLETA DAS CÉLULAS, EXTRAÇÃO DOS LIPÍDEOS, REVALORIZAÇÃO DOS PRODUTOS SECUNDÁRIOS (PROTEÍNAS, VITAMINAS, ETC.), ENTRE OUTROS. A FIM DE REDUZIR OS CUSTOS, TAMBÉM SÃO ESTUDADAS FONTES DE MATÉRIAS PRIMAS ALTERNATIVAS PARA A ALIMENTAÇÃO DOS CULTIVOS COMO ÁGUAS RESIDUAIS, ONDE OS BIORREATORES SERIAM PARTE DAS ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTO (ETE); OU A ALIMENTAÇÃO DOS CULTIVOS COM CO2 DIRETO DAS CHAMINÉS INDUSTRIAIS, O QUE PERMITIRIA ÀS INDÚSTRIAS, ALEM DE GERAR BIODIESEL, OBTER UM BENEFÍCIO DO MERCADO DAS EMISSÕES DE CO2. TUDO PARECE INDICAR QUE O FUTURO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE BIODIESEL DE MICROALGAS É UMA TAREFA MULTIDISCIPLINAR QUE ENVOLVE NÃO SÓ ÁREAS DIFERENTES DA CIÊNCIA, MAS TAMBÉM, DADA À IMPORTÂNCIA ESTRATÉGICA DO PRODUTO (ENERGIA), VONTADES POLÍTICAS. UMA DAS FORMAS DE REDUZIR OS CUSTOS E INCREMENTAR A PRODUÇÃO É CONTROLANDO TODOS OS PARÂMETROS FUNDAMENTAIS QUE DOMINAM A REAÇÃO BIOLÓGICA DE INTERESSE. É POR ISSO MESMO QUE OS BIORREATORES (DE TODOS OS TIPOS) ACOSTUMAM TER INSTALADOS CONJUNTOS DE SENSORES PARA MONITORIZAR PARÂMETROS COMO O PH, A TEMPERATURA, A CONCENTRAÇÃO DE REATIVOS (NUTRIENTES, CO2, ETC.), OU COPRODUTOS (O2, BIOMASSA OU PIGMENTOS).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2009 - 2012

    Projeto: 06751 - REMEDIAÇÃO IN SITU DE SOLOS IMPACTADOS COM PETRÓLEO OU DERIVADOS UTILIZANDO, Descrição: Tipo de Cadastro: ÓRGÃOS EXTERNOS DE FOMENTO - PETROBRAS/CENPES Tipo de Pesquisa: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Processo: 39226 / 2009 Tempo Pr. Inicial: 036 Meses Prorrog.: Término Previsto: 30/04/2012 Área do CNPQ: QUIMICA Desenvolvimento do Projeto 08/05/2009 EM ANDAMENTO ÓRGÃOS EXTERNOS Resumo: ESPERA-SE COMO PRODUTO TECNOLÓGICO FINAL À RECUPERAÇÃO IN SITU DE ÁREAS IMPACTADAS DEVIDO A ACIDENTES OU OPERAÇÕES DE ROTINA LIGADAS A ATIVIDADES DA INDÚSTRIA DO PETRÓLEO, ATRAVÉS DE TRATAMENTOS ALTERNATIVOS QUE POSSAM ALÉM DE BAIXAR OS CUSTOS OPERACIONAIS DA REMEDIAÇÃO, EVITAR A GERAÇÃO DE RESÍDUOS OU DE EFLUENTES PARA A DISPOSIÇÃO FINAL. OS BENEFÍCIOS SERÃO DE ATENDER A LEGISLAÇÃO AMBIENTAL VIGENTE COM IMPLEMENTAÇÃO DE AÇÕES QUE CONTRIBUAM PARA O DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO SUSTENTÁVEL, COM PRESERVAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS E DOS SERES VIVOS, CONTRIBUINDO ASSIM, PARA A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DAS FUTURAS GERAÇÕES.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Claudia Bueno dos Reis Martinez - Integrante / Flávia Zanuto - Integrante / Rafael Bragueto - Integrante / Fabio Cal Sabino - Integrante / Lucia A. S. Almeida - Integrante / Ana Paula C. Luiz - Integrante.Financiador(es): Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobras - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    Projeto 07838 - DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS PARA A PRODUÇÃO DE MICROALGAS COMO FONTE DE ÓLEO, Descrição: OBJETIVO GERAL: - desenvolver tecnologias para produção de biomassa de microalgas visando extração de óleo vegetal e utilização agrícola dos co-produtos. - elaboração de estudos para o dimensionamento e estruturação de um empreendimento de produção de óleo vegetal a partir de micro-algas para a fabricação de biodiesel e aproveitamento econômico dos co-produtos, prevendo-se a possibilidade de implantação de uma instalação piloto junto a um local onde haja condições adequadas para o melhor desenvolvimento da biomassa de microalgas. Objetivos especificos: 1 - coleta no paraná e aquisição de coleções nacionais e internacionais de material genético de microalgas para a formação de um banco genético com potencial para alavancar trabalhos sobre a produção de óleos vegetais para biodiesel a partir da biomassa destes organismos; 2- caracterização das microalgas para a produção de biomassa; 3- definição de sistemas de cultivo 4- determinação da produção de biomassa (kg/ha/dia); 5- quantificação do teor de lipídeos na biomassa das algas selecionadas e cultivadas em tanques abertos. Financiamento: Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR), a Companhia Paranaense de Energia (Copel) e a Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio (Fapeagro).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Diva de Souza Andrade - Integrante / ARNALDO COLOZZI FILHO - Integrante.Financiador(es): Companhia Paranaense de Energia - Auxílio financeiro / Instituto Agronômico do Paraná - Auxílio financeiro / Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio - Outra.Número de orientações: 3

  • 2009 - Atual

    Projeto 06785 - Avaliação, Desenvolvimento e Aplicação de Tecnologia para produção de biodiesel, Aproveitamento de Co-produto e Análise para Controle de Processos., Descrição: ESTE PROJETO DE PESQUISA ATUARÁ NO DESENVOLVIMENTO E APLICAÇÃO DE TECNOLOGIA PARA PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE BIODIESEL POR ROTA ETÍLICA, CONTEMPLANDO ANÁLISES FÍSICO-QUÍMICAS E CROMATOGRÁFICAS PARA CONTROLE DE PROCESSOS, VISANDO MAXIMIZAR O USO DE MATÉRIAS PRIMAS E CO-PRODUTOS DE ORIGEM RENOVÁVEL, MINIMIZANDO IMPACTOS AMBIENTAIS E DE SAÚDE PÚBLICA, BUSCANDO O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2008 - 2010

    Projeto: 05746 - Produção de gás de síntese por gaseificação de bio-óleo obtido por pirólise rápida usando diferentes tipos de biomassa., Descrição: Juan Miguel Mesa Pérez - Coordenador geral - Bioware Tecnologia Edital MCT/SETEC/CNPq nº 32/2007 - RHAE Pesquisador na Empresa. R$300,00 Resumo: Desenvolver tecnologias de transformação de biomassa em energia, materiais e combustíveis renováveis de alto valor agregado com responsabilidade social e ambiental. Esse projeto de desenvolvimento tecnológico insere-se no contexto do uso racional da fonte de energia renovável da biomassa. A biomassa é uma vocação natural do Brasil e seu uso como fonte de energia e materiais em bases sustentáveis com a aplicação de tecnologias eficientes é imprescindível para que o país alcance maiores índices de aproveitamento e possa manter e ampliar sua liderança mundial em biocombustíveis. Por biomassa entende-se toda matéria orgânica de origem vegetal ou animal, inclusive os materiais procedentes de sua transformação natural ou artificial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Dionisio Borsato - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Talita Pedroso Quessada - Integrante / Caren Mura Cortez - Integrante.Financiador(es): Bioware Tecnologia - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2010

    Projeto: 06940 - USO ALTERNATIVO DE COMBUSTÍVEL RENOVÁVEL PARA MOTORES DE CICLO OTTO EM GASOLINA E ETANOL, Descrição: A queima de combustíveis nos motores libera uma quantidade considerável de dióxido de carbono na atmosfera. O uso de componentes derivados de biomassa, os chamados biocombustíveis, na composição de combustíveis de motores, particularmente os oxigenados, reduzem o impacto nocivo do combustível no ambiente. Alguns países como Estados Unidos e Dinamarca proibiram o uso de metil-tércio-butil éter (MTBE) na gasolina. Vários países, incluindo os Estados Unidos, União Européia (UE), Japão, China e Índia estimulam e promovem o uso de biocombustíveis. A mistura gasolina-etanol (E85) e o uso de biodiesel em misturas com diesel como B2, B5 e B20 são exemplos destas diretrizes. O Brasil é citado mundialmente por utilizar na sua matriz energética grande percentagem de biomassa renovável. Além do impacto na redução de gases efeito estufa (GEE), os componentes oxigenados ? entre eles, o etanol - melhoram as características físico-química da mistura, por exemplo, o teor de oxigênio, o número de octano, a pressão de vapor, etc. A única desvantagem diz respeito à redução no poder calorífico, que aumenta o consumo, mas a relação de preços álcool-gasolina compensa o uso de etanol (GOLUBKOV et al., 2005). Enfim, para que se possa ter dados que balizem a possível regulamentação do uso das misturas sugeridas (glicerol + gasolina e glicerol + álcool hidratado) necessita-se de informações técnico-científicas, razão pela qual se propõe esse projeto. Financiamento: Edital 04/2008 - Convênio Embrapa/Petrobrás / Macroprograma 3 / Aproveitamento de co-produtos e resíduos dos processos industriais de óleos e de biodiesel / Proposta MP-3.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Ricardo Ralisch - Integrante / Marcio Turra de Ávila - Integrante.Financiador(es): EMBRAPA Soja - Bolsa / Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro / Petrobras Biocombustível - Matriz - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2010

    Projeto: 04962 - OTIMIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE OBTENÇÃO DE BIODIESEL UTILIZANDO O DELINEAMENTO, Descrição: Resumo: O CONSUMO DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS, TEM UM SIGNIFICATIVO IMPACTO NA QUALIDADE DO MEIO AMBIENTE. A POLUIÇÃO DO AR, AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS, OS DERRAMAMENTOS DE ÓLEO E A GERAÇÃO DE RESÍDUOS TÓXICOS SÃO RESULTADOS DO USO E DA PRODUÇÃO DE TAIS COMBUSTÍVEIS DERIVADOS DO PETRÓLEO. NO MUNDO, OS COMBUSTÍVEIS CONSUMIDOS POR VEÍCULOS AUTOMOTORES SÃO RESPONSÁVEIS PELA EMISSÃO DA MAIOR PARTE DE MONÓXIDO DE CARBONO, ÓXIDOS DE NITROGÊNIO (NOX), GASES ORGÂNICOS REATIVOS, MATERIAIS PARTICULADOS E DIÓXIDO DE ENXOFRE PRESENTE NA ATMOSFERA. O BIODIESEL PERMITE QUE SE ESTABELEÇA UM CICLO FECHADO DE CARBONO NO QUAL O GÁS CARBÔNICO É ABSORVIDO QUANDO A PLANTA CRESCE E É LIBERADO QUANDO O BIODIESEL É QUEIMADO NA COMBUSTÃO NO MOTOR. OS BENEFÍCIOS AMBIENTAIS PODEM, AINDA, GERAR VANTAGENS ECONÔMICAS PARA O PAÍS. O BRASIL PODERIA ENQUADRAR O BIODIESEL NOS ACORDOS ESTABELECIDOS NO PROTOCOLO DE KYOTO E NAS DIRETRIZES DOS MECANISMOS DE DESENVOLVIMENTO LIMPO. A TRANSESTERIFICAÇÃO EM MEIO BÁSICO SERÁ O PROCESSO PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL E COM O EMPREGO DE PARÂMETROS ADEQUADOS COMO RAZÃO MOLAR ÁLCOOL-ÓLEO VEGETAL, CONCENTRAÇÃO DE CATALISADOR E TEMPERATURA ESTA REAÇÃO, APESAR DE REVERSÍVEL, DEVERÁ APRESENTAR ALTOS RENDIMENTOS. NESTE TRABALHO, A ETANÓLISE DO ÓLEO DE SOJA REFINADO SERÁ OTIMIZADA POR MEIO DE UM PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL DE MISTURA UTILIZANDO 3 TIPOS DE CATALISADORES. A OTIMIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DA REAÇÃO DE TRANSESTERIFICAÇÃO PERMITIRÁ, ATRAVÉS DA ESCOLHA DO CATALISADOR ADEQUADO OU MESMO DE UMA MISTURA DE CATALISADORES, UMA MELHORA DO RENDIMENTO DO PROCESSO DE OBTENÇÃO DE BIODIESEL.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2007 - 2009

    Projeto 05473 - Produção de amostras de briquetes de carvão e bio-óleo em planta de pirólise - PPR-200 visando a sua comercialização., Descrição: ESSE PROJETO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PRETENDE ADEQUAR QUALIDADE E RENDIMENTO DOS PRODUTOS DA PLANTA PILOTO DENOMINADA PPR-220 (PLANTA DE PIRÓSE RÁPIDA COM CAPACIDADE PARA PROCESSAR 200 KG/H DE BIOMASSA) ÀS NECESSIDADES DE POTENCIAIS MERCADOS CONSUMIDORES, COM O OBJETIVO DE COMERCIALIZAR A TECNOLOGIA. ATUALMENTE, A PPR-220 PRODUZ DE FORMA CONTÍNUA O CARVÃO VEGETAL, O EXTRATO DE ÁCIDO, O BIO-ÓLEO E OS GASES DE COMBUSTÃO. ESSES PRODUTOS APRESENTAM MÚLTIPLAS APLICAÇÕES, COMO COMBUSTÍVEIS E INSUMOS QUÍMICOS, PORÉM, OS ESFORÇOS NESTE PROJETO ESTARÃO DIRIGIDOS PARA PRODUÇÃO DE GRANDES AMOSTRAS DE BRIQUETES SIDERÚRGICOS, BIO-ÓLEO COMBUSTÍVEL E EXTRATO ÁCIDO, VISANDO A CRIAÇÃO DO MERCADO CONSUMIDOR E POSTERIOR VENDA DA TECNOLOGIA. A AMOSTRA DE BRIQUETES DE CARVÃO VEGETAL TERÁ QUALIDADE PARA SEU USO EM ALTOS-FORNOS DA INDUSTRIA SIDERÚRGICA, O ESTRATO ÁCIDO SERÁ TESTADO COMO INSETICIDA NATURAL PARA A AGRICULTURA ORGÂNICA E ADITIVO DE COMBUSTÍVEL FÓSSIL. O BIO-ÓLEO SERÁ MISTURADO COM ÓLEO DIESEL PU BPF PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA EM CENTRAIS TERMELÉTRICAS. Edital MCT/CNPq/CTEnerg nº 33/2006 - Combustão e Gaseificação - IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO: 555127/2006-0 VALOR FINANCIAMENTO: 139.842,44 Subprojeto UEL: OBTENÇÃO DE ADITIVOS E BIOCOMBUSTÍVEIS A PARTIR DE EXTRATOS ÁCIDOS PRODUZIDOS NA PIRÓLISE DE RESÍDUOS DA AGRICULTURA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / José Dílcio Rocha - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante / ANDRESSA DEL FRARO FREDERICO - Integrante / Luis Augusto Barbosa Cortez - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Bioware Tecnologia - Cooperação.

  • 2006 - 2009

    Projeto: 05165 - Monitoramento da Bacia do Arroio Saldanha e Aplicação de Tecnologia para Remediação de Solo Atingido pelo Vazamento de Petróleo ocorrido em 16 de julho de 2000 na refinaria Presidente Getukio Vargas- REPAR, em Araucária, PR., Descrição: Convênio ? FAUEL/UEL - REPAR/PETROBRAS - Cadastro no. 05165 PROPPG-UEL FINANCIADOR: Petroleo Brasileiro S. A.-PETROBRAS VALOR FINANCIAMENTO: R$ 265.000,00 . A CONTINUIDADE DAS AÇÕES IMPLEMENTADAS PELA FAUEL/UEL QUE DIZEM RESPEITO AO MONITORAMENTO E APLICAÇÃO DE TECNOLOGIAS, COM APROVEITAMENTO DE LUZ SOLAR PARA REDUZIR OU ELIMINAR O IMPACTO CAUSADO PELO DERRAMAMENTO DE PETRÓLEO EM SOLO NA ÁREA DA REPAR/PETROBRÁS E VIZINHANÇA, É OPORTUNA NÃO SÓ PARA A RECUPERAÇÃO DA MATRIZ AMBIENTAL, MAS TAMBÉM PARA ASSESSORAR O SETOR DE SMS DA REPAR/PETROBRÁS NOS RELATÓRIO. REUNIÕES E SEMINÁRIOS EXIGIDOS PELOS ÓRGÃOS AMBIENTAIS, ASSIM COMO, DAR PROSSEGUIMENTO AOS TRABALHOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO NO PONTO ZERO. ALÉM DAS TECNOLOGIAS JÁ IMPLEMENTADAS E EM FASE DE MONITORAMENTO, SERÃO IMPLEMENTADAS OUTRAS AÇÕES EM SINERGIA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Ilza Lobo - Integrante / Milton Faccione - Integrante / Maria Cristina Solci - Integrante / Luiz Henrique Dall'Antonia - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Ricardo Ralisch - Integrante / Osmar Rodrigues Brito - Integrante / Otavio J. G. Abi Saab - Integrante.Financiador(es): Degussa Brasil Ltda - Cooperação / Petroleo Brasileiro S. A. - Auxílio financeiro / Tecnologia Ambiental - Cooperação.Número de orientações: 4

  • 2006 - 2009

    Projeto: 05339 - Obtenção de Biocombustíveis a partir de Óleos Vegetais por Processo de Pirólise Catalítica, Descrição: EDITAL Convênio ? Encomenda Transversal ? MCT / RBT / FINEP / EMBRAPA Global Energy and Telecommunication Ltda (GET) VALOR FINANCIAMENTO: R$ 293.000,00 Resumo: PROPÕE-SE A DESENVOLVER UM PROTÓTIPO PARA OBTENÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS SUCEDÂNEOS DE PETRODIESEL, GASOLINA, QUEROSENE E GLP, A PARTIR DE ÓLEOS VEGETAIS. DIFERENCIA-SE DE TRANSESTERIFICAÇÃO (BIODIESEL) POR GERAR UMA MISTURA DE HIDROCARBONETOS DE CADEIA LINEAR, SEMELHANTE AOS DERIVADOS DE PETRÓLEO. NÃO NECESSITA DE OUTROS INSUMOS, COMO O ÁLCOOL ANIDRO, NEM GERA SUB-PROJETOS, COMO GLICERINA, RAZÃO PELA QUAL ADAPTA-SE A UMA AMPLA GAMA DE USUÁRIOS, DESDE A PEQUENA PRODUÇÃO RURAL OU O PEQUENO EMPRESÁRIO, ATÉ A PRODUÇÃO POR ATACADO. ADAPTA-SE PERFEITAMENTE AO ATENDIMENTO ENERGÉTICO DE COMUNIDADES ISOLADAS.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2005 - 2007

    Projeto: 04578 - USO DE BIOMASSA COMO ENERGIA LIMPA E MATÉRIA-PRIMA RENOVÁVELUso de biomassa como energia limpa e matéria-prima renovável., Descrição: EDITAL CNPq 21/2004 - RHAE Inovação / RHAE Inovação - Projetos Tipo C VALOR FINANCIAMENTO R$ 128.500,00 Resumo: ESTE PROJETO PROPÕE REALIZAR UM ESTUDO TEÓRICO E EXPERIMENTAL VISANDO MELHORAR AS PROPRIEDADES COMBUSTÍVEIS DO BIO-ÓLEO OBTIDO NA PLANTA DE PIRÓLISE DA UNICAMP. VÁRIAS AMOSTRAS DE BIO-ÓLEO SERÃO OBTIDAS E CARACTERIZADAS PARA DIFERENTES CONDIÇÕES DE OPERAÇÃO DO REATOR. FAZENDO USO DE UM PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL SERÃO REALIZADOS NO LAFLURPE DA UEL SOBRE A ESTABILIDADE E A EFICIÊNCIA DA COMBUSTÃO DE MISTURAS DO BIODIESEL (BIOFLEX) OBTIDO A PARTIR DO BIO-ÓLEO COM O DIESEL E A GASOLINA, DERIVADOS DE PETRÓLEO. SERÃO TAMBÉM PRODUZIDOS VÁRIOS TIPOS DE BIODIESEL À PARTIR DE BIO-ÓLEO, ÓLEO VEGETAL E GORDURA ANIMAL.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2003 - 2006

    Monitoramento ambiental e aplicação de tecnologia relacionados a recuperação de matrizes ambientais., Descrição: APLICAÇÃO DA TÉCNICA DE FOTOCATÁLISE HETEROGÊNEA COM TIO2 SOB EFEITO DE LUZ SOLAR, E AINDA, UTILIZAÇÃO DE AGENTES COMPLEXANTES PARA MINIMIZAR OU ELIMINAR A AÇÃO DE REFRATÁRIOS DE PETRÓLEO EM MATRIZES AMBIENTAIS, MONITORANDO O PROCESSO NATURAL DE DEGRADAÇÃO QUÍMICA DO MATERIAL BETUMINOSO, COMO TAMBÉM, A EFICIÊNCIA DOS AGENTES DE REMEDIAÇÃO.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / David Ernest Nicodem - Integrante / Eduardo Di Mauro - Integrante / Ilza Lobo - Integrante / Milton Faccione - Integrante / Maria Cristina Solci - Integrante / Dionisio Borsato - Integrante / Luiz Henrique Dall'Antonia - Integrante / Marilene Turini Piccinato - Integrante / Walter Sano - Integrante / Jurandir Pereira Pinto - Integrante / Aneli de Melo Barbosa - Integrante / Robson da Silva Lewis - Integrante / Ivanira Moreira - Integrante / Marcos Rachwal - Integrante / Daniele Cristina Adão - Integrante / Caroline Catyussia Carradore Vecchi - Integrante / Ricardo Ralisch - Integrante / Osmar Rodrigues Brito - Integrante / Angelita da Silva - Integrante / Alex Gibelato Pavanelli - Integrante / Luciana Natália Cividatti - Integrante / Otavio J. G. Abi Saab - Integrante / Renato César de Souza - Integrante / Karina Gomes Angilelli - Integrante.Financiador(es): Industria Química - Cooperação / Tecnologia Ambiental - Cooperação / Petróleo Brasileiro S A - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Projeto 09051 - DESENVOLVIMENTO DE SENSOR LUMINESCENTE DE FIBRA-ÓTICA PARA DETERMINAÇÃO IN SITU E ON-LINE DE TRIACILGLICERÓIS EM CULTIVOS DE MICROALGAS, Descrição: EMBORA SEJA VERDADE QUE A INDÚSTRIA DAS MICROALGAS, A OBTENÇÃO DE PRODUTOS DE VALOR AGREGADO (MEDICAMENTOS, PIGMENTOS, ETC.), TEM DEMONSTRADO SER RENTÁVEL E MADURA, NA PRODUÇÃO DE BIODIESEL AINDA TEM UM GRANDE CAMINHO A PERCORRER PARA ESTAR AO MESMO NÍVEL. ISTO SE DEVE AO FATO DE QUE, ENQUANTO O PREÇO DUMA TONELADA DE ASTAXANTINA (POR EXEMPLO) É DE $3 MILHÕES DÓLARES, O PREÇO DUMA TONELADA DE PETRÓLEO É INFERIOR AOS $1000 DÓLARES. MESMO QUE AMBAS AS TECNOLOGIAS UTILIZEM MICROALGAS ELAS TÊM UMA ECONOMIA MUITO DIFERENTE, AINDA É NECESSÁRIO UM GRANDE TRABALHO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO PARA QUE ESTA PROMETEDORA TECNOLOGIA POSSA COMPETIR COM OUTRAS TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO DE BIODIESEL MAIS MADURAS. SEU ÊXITO ECONÔMICO VAI DEPENDER DAS OTIMIZAÇÕES DE TODAS E CADA UMA DAS ETAPAS E FATORES QUE CONTROLAM A PRODUÇÃO, TENTANDO DIMINUIR CUSTOS E AUMENTAR A PRODUÇÃO. AS LINHAS DE PESQUISA SÃO MUITO VARIADAS: SELEÇÃO DE ESPÉCIES E CEPAS, MELHORAMENTO GENÉTICO DELAS, DESENHO DOS BIORREATORES, MELHORA E CONTROLE DAS CONDIÇÕES DE CRESCIMENTO, COLETA DAS CÉLULAS, EXTRAÇÃO DOS LIPÍDEOS, REVALORIZAÇÃO DOS PRODUTOS SECUNDÁRIOS (PROTEÍNAS, VITAMINAS, ETC.), ENTRE OUTROS. A FIM DE REDUZIR OS CUSTOS, TAMBÉM SÃO ESTUDADAS FONTES DE MATÉRIAS PRIMAS ALTERNATIVAS PARA A ALIMENTAÇÃO DOS CULTIVOS COMO ÁGUAS RESIDUAIS, ONDE OS BIORREATORES SERIAM PARTE DAS ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTO (ETE); OU A ALIMENTAÇÃO DOS CULTIVOS COM CO2 DIRETO DAS CHAMINÉS INDUSTRIAIS, O QUE PERMITIRIA ÀS INDÚSTRIAS, ALEM DE GERAR BIODIESEL, OBTER UM BENEFÍCIO DO MERCADO DAS EMISSÕES DE CO2. TUDO PARECE INDICAR QUE O FUTURO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE BIODIESEL DE MICROALGAS É UMA TAREFA MULTIDISCIPLINAR QUE ENVOLVE NÃO SÓ ÁREAS DIFERENTES DA CIÊNCIA, MAS TAMBÉM, DADA À IMPORTÂNCIA ESTRATÉGICA DO PRODUTO (ENERGIA), VONTADES POLÍTICAS. UMA DAS FORMAS DE REDUZIR OS CUSTOS E INCREMENTAR A PRODUÇÃO É CONTROLANDO TODOS OS PARÂMETROS FUNDAMENTAIS QUE DOMINAM A REAÇÃO BIOLÓGICA DE INTERESSE. É POR ISSO MESMO QUE OS BIORREATORES (DE TODOS OS TIPOS) ACOSTUMAM TER INSTALADOS CONJUNTOS DE SENSORES PARA MONITORIZAR PARÂMETROS COMO O PH, A TEMPERATURA, A CONCENTRAÇÃO DE REATIVOS (NUTRIENTES, CO2, ETC.), OU COPRODUTOS (O2, BIOMASSA OU PIGMENTOS).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Diva de Souza Andrade - Integrante / Guillermo Orellana - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Projeto: 09090 - ESTUDO DE EMULSÕES DO BIO-ÓLEO PIROLÍTICO EM ÓLEO COMBUSTÍVEL PARA USO NA GERAÇÃO DE ENERGIA EM TERMELÉTRICAS., Descrição: O MAIOR DESAFIO PARA A EXPANSÃO DA GERAÇÃO TERMELÉTRICA A PARTIR DA BIOMASSA IN NATURA ESTÁ NA LOGÍSTICA DO PROCESSO, DEVIDO ÀS CARACTERÍSTICAS DA BIOMASSA (GRANDE DISPERSÃO, BAIXA DENSIDADE, BAIXO PODER CALORÍFICO, DIFÍCIL MANUSEIO E ALTA UMIDADE). UNIDADES DE PIRÓLISE RÁPIDA DE BIOMASSA PARA PRODUÇÃO DE COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS DE ALTA DENSIDADE ENERGÉTICA, ADAPTADOS PARA GERAÇÃO TERMELÉTRICA A PARTIR DE BIOMASSAS AGROINDUSTRIAIS SERIA UMA ALTERNATIVA PARA PRODUÇÃO DE MATÉRIA PRIMA NA GERAÇÃO TERMELÉTRICA. A TRANSFORMAÇÃO DA BIOMASSA VIA PIRÓLISE RÁPIDA RESOLVERIA OS PROBLEMAS DE LOGÍSTICA, POSSIBILITANDO O USO DESSES COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS NOS SISTEMAS DE COMBUSTÃO ATUALMENTE EXISTENTES SEM MODIFICAÇÕES SUBSTANCIAIS. O PROCESSO TRANSFORMA A BIOMASSA DE BAIXA DENSIDADE (80-250 KG.M-3) EM BIO-ÓLEO (LÍQUIDO COM DENSIDADE DE 1200 KG.M-3). UNIDADES DE PIRÓLISE SÃO ECONOMICAMENTE VIÁVEIS E SUFICIENTEMENTE COMPACTAS PARA PERMITIR SUA IMPLANTAÇÃO DE FORMA DESCENTRALIZADA. ISSO PERMITE CRIAR UMA LOGÍSTICA DE FORNECIMENTO DE CARVÃO E BIO-ÓLEO A PARTIR DE UNIDADES DE PIRÓLISE ESPALHADAS GEOGRAFICAMENTE EM CENTROS GERADORES DE RESÍDUOS DE BIOMASSAS TAIS COMO: AGROINDUSTRIAIS, AGRÍCOLAS, RESÍDUOS ORGÂNICOS URBANOS, ALGAS, ENTRE OUTRAS. A PROPOSTA EM QUESTÃO PERMITE A OBTENÇÃO DE COMBUSTÍVEIS DE FÁCIL ADAPTABILIDADE AOS SISTEMAS DE COMBUSTÃO ATUALMENTE EXISTENTES NAS UNIDADES GERADORAS. O PROJETO PREVÊ PESQUISAS BÁSICAS E APLICADAS NA PRODUÇÃO E NO USO DE NOVOS BICOMBUSTÍVEIS NA CADEIA PRODUTIVA DE TERMELÉTRICAS ABRANGENDO A PRODUÇÃO E PADRONIZAÇÃO DE BIO-ÓLEO E SUAS MISTURAS COM O ÓLEO COMBUSTÍVEL DERIVADO DO PETRÓLEO PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA. A PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA, COMO A CARACTERIZAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DA BIOMASSA LIGNOCELULÓSICA E DO BIO-ÓLEO E/OU DERIVADOS EM MISTURA OU COMO ADITIVO PARA ÓLEO COMBUSTÍVEL É A TAREFA PRINCIPAL A SER DESENVOLVIDA NESTA PROPOSTA OBJETIVANDO O USO DO BIO-ÓLEO NA CO-COMBUSTÃO DOS DERIVADOS FÓSSEIS, PODENDO SER ESTE BIOCOMBUSTÍVEL NO FUTURO INSERIDO NA MATRIZ ENERGÉTICA NACIONAL PARA GERAÇÃO TERMELÉTRICA.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Talita Pedroso Quessada - Integrante / Pérez, Juan Miguel Mesa - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Projeto: 09091 - OBTENÇÃO DE BIODIESEL A PARTIR DE ÓLEO RESIDUAL UTILIZANDO LIPASE IMOBILIZADA EM BIOCARVÃO PIROLÍTICO., Descrição: COM O AUMENTO NA DEMANDA DE PETRÓLEO, SUA POSSÍVEL ESCASSEZ E CUSTO ASSOCIADO A PREOCUPAÇÕES POLÍTICAS E AMBIENTAIS SOBRE O USO DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS, SURGEM A NECESSIDADE DE DESENVOLVER UM PROCESSO ECONÔMICO E ENERGÉTICO PARA PRODUÇÃO SUSTENTÁVEL DE COMBUSTÍVEIS. O BIODIESEL É UM COMBUSTÍVEL DERIVADO DE FONTES RENOVÁVEIS, COMO ÓLEOS VEGETAIS E GORDURAS ANIMAIS, COMPOSTOS POR TRIACILGLICERÓIS, UMA OPÇÃO COMO FONTE RENOVÁVEL DE ENERGIA COM POTENCIAL PARA SUBSTITUIR O DIESEL DE PETRÓLEO. A METODOLOGIA DE OBTENÇÃO DESTE BIOCOMBUSTÍVEL UTILIZA GERALMENTE A CATÁLISE BÁSICA, ENTRETANTO, DEVIDO A ALGUNS INCONVENIENTES COMO A DIFÍCIL RECUPERAÇÃO DO GLICEROL E REAÇÕES PARALELAS, BUSCARAM-SE NOVAS ALTERNATIVAS DE PRODUÇÃO. FOI ENTÃO OBSERVADO QUE A CATÁLISE ENZIMÁTICA, UTILIZANDO LIPASES É ESPECÍFICA E PERMITE A FÁCIL RECUPERAÇÃO DO GLICEROL. ATUALMENTE, OS CUSTOS DO EMPREGO DA LIPASE NA TRANSESTERIFICAÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL AINDA SÃO ELEVADOS. ISTO SE DEVE A BARREIRAS NO PROCESSO, COMO A POSSÍVEL PERDA DA ENZIMA POR DESATIVAÇÃO PERANTE O ÁLCOOL E O GLICEROL, PRESENTES NA MISTURA DE REAÇÃO. DIVERSAS TÉCNICAS TÊM SIDO DESENVOLVIDAS PARA MINIMIZAR ESTES EFEITOS, COMO A IMOBILIZAÇÃO DA ENZIMA, QUE PERMITE A SUA REUTILIZAÇÃO, SEPARAÇÃO DE PRODUTOS DO MEIO REACIONAL DE FORMA FÁCIL E AINDA, MUITAS VEZES, MELHORA A EFICIÊNCIA CATALÍTICA DA ENZIMA. UMA OPÇÃO VANTAJOSA É A IMOBILIZAÇÃO EM UM SUPORTE DE BAIXO CUSTO COMO O BIOCARVÃO, UM RESÍDUO DE PIRÓLISE, QUE APÓS ATIVAÇÃO, PERMITE A IMOBILIZAÇÃO DA ENZIMA POR ADSORÇÃO DEVIDO À GRANDE ÁREA SUPERFICIAL E GRUPOS FUNCIONAIS PRESENTES. PARA CONTRIBUIR COM A REDUÇÃO DE CUSTOS, A ENZIMA SERÁ PRODUZIDA POR UM FUNGO PREVIAMENTE SELECIONADO COMO PRODUTOR DE LIPASES A PARTIR DE CONDIÇÃO OTIMIZADA UTILIZANDO UM RESÍDUO AGROINDUSTRIAL, A TORTA DE SOJA, SOMENTE COM ADIÇÃO DE ÁGUA. E, AINDA, A UTILIZAÇÃO DE ÓLEO DE COZINHA RESIDUAL COMO MATÉRIA PRIMA PARA PRODUÇÃO DE BIODIESEL AO INVÉS DE ÓLEO VEGETAL, CONTRIBUIRÁ PARA A DIMINUIÇÃO DO CUSTO FINAL DO PROCESSO. OUTRA FERRAMENTA MUITO ÚTIL QUE SERÁ UTILIZADA COM O INTUITO DE DIMINUIR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO É O PLANEJAMENTO FATORIAL, ATRAVÉS DA AVALIAÇÃO DE VARIÁVEIS QUE INFLUENCIAM NA SÍNTESE DE BIODIESEL. O DESENVOLVIMENTO DESTE PROJETO VISA À ADIÇÃO DE VALOR AGREGADO AOS RESÍDUOS INDUSTRIAIS TORTA DE SOJA, CARVÕES DE PIRÓLISE E ÓLEO RESIDUAL. ESTAS INICIATIVAS PROPORCIONARÃO O DESENVOLVIMENTO DE NOVOS PROCESSOS BIOTECNOLÓGICOS PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL E POSSIBILIDADE DE NOVAS PATENTES E PUBLICAÇÕES, ALÉM DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS EM NÍVEL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, MESTRADO, DOUTORADO E PÓS-DOUTORADO, CONTRIBUINDO PARA O FORTALECIMENTO DOS PROGRAMAS DE PÓS GRADUAÇÃO EM QUÍMICA, BIOENERGIA E BIOTECNOLOGIA.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Aneli de Melo Barbosa - Integrante / Maria Inês Rezende - Integrante / Milena Martins Andrade - Integrante / André Luiz Martinez de Oliveira - Integrante / Robert F. H. Dekker - Integrante.

  • 2009 - 2012

    Projeto: 06751 - REMEDIAÇÃO IN SITU DE SOLOS IMPACTADOS COM PETRÓLEO OU DERIVADOS UTILIZANDO, Descrição: Tipo de Cadastro: ÓRGÃOS EXTERNOS DE FOMENTO - PETROBRAS/CENPES Tipo de Pesquisa: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Processo: 39226 / 2009 Tempo Pr. Inicial: 036 Meses Prorrog.: Término Previsto: 30/04/2012 Área do CNPQ: QUIMICA Desenvolvimento do Projeto 08/05/2009 EM ANDAMENTO ÓRGÃOS EXTERNOS Resumo: ESPERA-SE COMO PRODUTO TECNOLÓGICO FINAL À RECUPERAÇÃO IN SITU DE ÁREAS IMPACTADAS DEVIDO A ACIDENTES OU OPERAÇÕES DE ROTINA LIGADAS A ATIVIDADES DA INDÚSTRIA DO PETRÓLEO, ATRAVÉS DE TRATAMENTOS ALTERNATIVOS QUE POSSAM ALÉM DE BAIXAR OS CUSTOS OPERACIONAIS DA REMEDIAÇÃO, EVITAR A GERAÇÃO DE RESÍDUOS OU DE EFLUENTES PARA A DISPOSIÇÃO FINAL. OS BENEFÍCIOS SERÃO DE ATENDER A LEGISLAÇÃO AMBIENTAL VIGENTE COM IMPLEMENTAÇÃO DE AÇÕES QUE CONTRIBUAM PARA O DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO SUSTENTÁVEL, COM PRESERVAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS E DOS SERES VIVOS, CONTRIBUINDO ASSIM, PARA A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DAS FUTURAS GERAÇÕES.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Claudia Bueno dos Reis Martinez - Integrante / Flávia Zanuto - Integrante / Rafael Bragueto - Integrante / Fabio Cal Sabino - Integrante / Lucia A. S. Almeida - Integrante / Ana Paula C. Luiz - Integrante., Financiador(es): Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobras - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    Projeto 07838 - DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS PARA A PRODUÇÃO DE MICROALGAS COMO FONTE DE ÓLEO, Descrição: OBJETIVO GERAL: - desenvolver tecnologias para produção de biomassa de microalgas visando extração de óleo vegetal e utilização agrícola dos co-produtos. - elaboração de estudos para o dimensionamento e estruturação de um empreendimento de produção de óleo vegetal a partir de micro-algas para a fabricação de biodiesel e aproveitamento econômico dos co-produtos, prevendo-se a possibilidade de implantação de uma instalação piloto junto a um local onde haja condições adequadas para o melhor desenvolvimento da biomassa de microalgas. Objetivos especificos: 1 - coleta no paraná e aquisição de coleções nacionais e internacionais de material genético de microalgas para a formação de um banco genético com potencial para alavancar trabalhos sobre a produção de óleos vegetais para biodiesel a partir da biomassa destes organismos; 2- caracterização das microalgas para a produção de biomassa; 3- definição de sistemas de cultivo 4- determinação da produção de biomassa (kg/ha/dia); 5- quantificação do teor de lipídeos na biomassa das algas selecionadas e cultivadas em tanques abertos. Financiamento: Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR), a Companhia Paranaense de Energia (Copel) e a Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio (Fapeagro).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Diva de Souza Andrade - Integrante / ARNALDO COLOZZI FILHO - Integrante., Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento do Agronegócio - Outra / Instituto Agronômico do Paraná - Auxílio financeiro / Companhia Paranaense de Energia - Auxílio financeiro.Número de orientações: 3

  • 2009 - Atual

    Projeto 06785 - Avaliação, Desenvolvimento e Aplicação de Tecnologia para produção de biodiesel, Aproveitamento de Co-produto e Análise para Controle de Processos., Descrição: ESTE PROJETO DE PESQUISA ATUARÁ NO DESENVOLVIMENTO E APLICAÇÃO DE TECNOLOGIA PARA PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE BIODIESEL POR ROTA ETÍLICA, CONTEMPLANDO ANÁLISES FÍSICO-QUÍMICAS E CROMATOGRÁFICAS PARA CONTROLE DE PROCESSOS, VISANDO MAXIMIZAR O USO DE MATÉRIAS PRIMAS E CO-PRODUTOS DE ORIGEM RENOVÁVEL, MINIMIZANDO IMPACTOS AMBIENTAIS E DE SAÚDE PÚBLICA, BUSCANDO O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / João Carlos Alves - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Jurandir Pereira Pinto - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Eduardo DiMauro - Integrante / Fernanda de Almeida Fin-Lima - Integrante.

  • 2008 - 2010

    Projeto: 05746 - Produção de gás de síntese por gaseificação de bio-óleo obtido por pirólise rápida usando diferentes tipos de biomassa., Descrição: Juan Miguel Mesa Pérez - Coordenador geral - Bioware Tecnologia Edital MCT/SETEC/CNPq nº 32/2007 - RHAE Pesquisador na Empresa. R$300,00 Resumo: Desenvolver tecnologias de transformação de biomassa em energia, materiais e combustíveis renováveis de alto valor agregado com responsabilidade social e ambiental. Esse projeto de desenvolvimento tecnológico insere-se no contexto do uso racional da fonte de energia renovável da biomassa. A biomassa é uma vocação natural do Brasil e seu uso como fonte de energia e materiais em bases sustentáveis com a aplicação de tecnologias eficientes é imprescindível para que o país alcance maiores índices de aproveitamento e possa manter e ampliar sua liderança mundial em biocombustíveis. Por biomassa entende-se toda matéria orgânica de origem vegetal ou animal, inclusive os materiais procedentes de sua transformação natural ou artificial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Dionisio Borsato - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Talita Pedroso Quessada - Integrante / Caren Mura Cortez - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Bioware Tecnologia - Cooperação.

  • 2008 - 2010

    Projeto: 06940 - USO ALTERNATIVO DE COMBUSTÍVEL RENOVÁVEL PARA MOTORES DE CICLO OTTO EM GASOLINA E ETANOL, Descrição: A queima de combustíveis nos motores libera uma quantidade considerável de dióxido de carbono na atmosfera. O uso de componentes derivados de biomassa, os chamados biocombustíveis, na composição de combustíveis de motores, particularmente os oxigenados, reduzem o impacto nocivo do combustível no ambiente. Alguns países como Estados Unidos e Dinamarca proibiram o uso de metil-tércio-butil éter (MTBE) na gasolina. Vários países, incluindo os Estados Unidos, União Européia (UE), Japão, China e Índia estimulam e promovem o uso de biocombustíveis. A mistura gasolina-etanol (E85) e o uso de biodiesel em misturas com diesel como B2, B5 e B20 são exemplos destas diretrizes. O Brasil é citado mundialmente por utilizar na sua matriz energética grande percentagem de biomassa renovável. Além do impacto na redução de gases efeito estufa (GEE), os componentes oxigenados ? entre eles, o etanol - melhoram as características físico-química da mistura, por exemplo, o teor de oxigênio, o número de octano, a pressão de vapor, etc. A única desvantagem diz respeito à redução no poder calorífico, que aumenta o consumo, mas a relação de preços álcool-gasolina compensa o uso de etanol (GOLUBKOV et al., 2005). Enfim, para que se possa ter dados que balizem a possível regulamentação do uso das misturas sugeridas (glicerol + gasolina e glicerol + álcool hidratado) necessita-se de informações técnico-científicas, razão pela qual se propõe esse projeto. Financiamento: Edital 04/2008 - Convênio Embrapa/Petrobrás / Macroprograma 3 / Aproveitamento de co-produtos e resíduos dos processos industriais de óleos e de biodiesel / Proposta MP-3.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Ricardo Ralisch - Integrante / Marcio Turra de Ávila - Integrante., Financiador(es): EMBRAPA Soja - Bolsa / Petrobras Biocombustível - Matriz - Auxílio financeiro / Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2010

    Projeto: 04962 - OTIMIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE OBTENÇÃO DE BIODIESEL UTILIZANDO O DELINEAMENTO, Descrição: Resumo: O CONSUMO DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS, TEM UM SIGNIFICATIVO IMPACTO NA QUALIDADE DO MEIO AMBIENTE. A POLUIÇÃO DO AR, AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS, OS DERRAMAMENTOS DE ÓLEO E A GERAÇÃO DE RESÍDUOS TÓXICOS SÃO RESULTADOS DO USO E DA PRODUÇÃO DE TAIS COMBUSTÍVEIS DERIVADOS DO PETRÓLEO. NO MUNDO, OS COMBUSTÍVEIS CONSUMIDOS POR VEÍCULOS AUTOMOTORES SÃO RESPONSÁVEIS PELA EMISSÃO DA MAIOR PARTE DE MONÓXIDO DE CARBONO, ÓXIDOS DE NITROGÊNIO (NOX), GASES ORGÂNICOS REATIVOS, MATERIAIS PARTICULADOS E DIÓXIDO DE ENXOFRE PRESENTE NA ATMOSFERA. O BIODIESEL PERMITE QUE SE ESTABELEÇA UM CICLO FECHADO DE CARBONO NO QUAL O GÁS CARBÔNICO É ABSORVIDO QUANDO A PLANTA CRESCE E É LIBERADO QUANDO O BIODIESEL É QUEIMADO NA COMBUSTÃO NO MOTOR. OS BENEFÍCIOS AMBIENTAIS PODEM, AINDA, GERAR VANTAGENS ECONÔMICAS PARA O PAÍS. O BRASIL PODERIA ENQUADRAR O BIODIESEL NOS ACORDOS ESTABELECIDOS NO PROTOCOLO DE KYOTO E NAS DIRETRIZES DOS MECANISMOS DE DESENVOLVIMENTO LIMPO. A TRANSESTERIFICAÇÃO EM MEIO BÁSICO SERÁ O PROCESSO PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL E COM O EMPREGO DE PARÂMETROS ADEQUADOS COMO RAZÃO MOLAR ÁLCOOL-ÓLEO VEGETAL, CONCENTRAÇÃO DE CATALISADOR E TEMPERATURA ESTA REAÇÃO, APESAR DE REVERSÍVEL, DEVERÁ APRESENTAR ALTOS RENDIMENTOS. NESTE TRABALHO, A ETANÓLISE DO ÓLEO DE SOJA REFINADO SERÁ OTIMIZADA POR MEIO DE UM PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL DE MISTURA UTILIZANDO 3 TIPOS DE CATALISADORES. A OTIMIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DA REAÇÃO DE TRANSESTERIFICAÇÃO PERMITIRÁ, ATRAVÉS DA ESCOLHA DO CATALISADOR ADEQUADO OU MESMO DE UMA MISTURA DE CATALISADORES, UMA MELHORA DO RENDIMENTO DO PROCESSO DE OBTENÇÃO DE BIODIESEL.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Integrante / Dionisio Borsato - Coordenador / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Ivanira Moreira - Integrante., Financiador(es): Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação da UEL - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2009

    Projeto 05473 - Produção de amostras de briquetes de carvão e bio-óleo em planta de pirólise - PPR-200 visando a sua comercialização., Descrição: ESSE PROJETO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PRETENDE ADEQUAR QUALIDADE E RENDIMENTO DOS PRODUTOS DA PLANTA PILOTO DENOMINADA PPR-220 (PLANTA DE PIRÓSE RÁPIDA COM CAPACIDADE PARA PROCESSAR 200 KG/H DE BIOMASSA) ÀS NECESSIDADES DE POTENCIAIS MERCADOS CONSUMIDORES, COM O OBJETIVO DE COMERCIALIZAR A TECNOLOGIA. ATUALMENTE, A PPR-220 PRODUZ DE FORMA CONTÍNUA O CARVÃO VEGETAL, O EXTRATO DE ÁCIDO, O BIO-ÓLEO E OS GASES DE COMBUSTÃO. ESSES PRODUTOS APRESENTAM MÚLTIPLAS APLICAÇÕES, COMO COMBUSTÍVEIS E INSUMOS QUÍMICOS, PORÉM, OS ESFORÇOS NESTE PROJETO ESTARÃO DIRIGIDOS PARA PRODUÇÃO DE GRANDES AMOSTRAS DE BRIQUETES SIDERÚRGICOS, BIO-ÓLEO COMBUSTÍVEL E EXTRATO ÁCIDO, VISANDO A CRIAÇÃO DO MERCADO CONSUMIDOR E POSTERIOR VENDA DA TECNOLOGIA. A AMOSTRA DE BRIQUETES DE CARVÃO VEGETAL TERÁ QUALIDADE PARA SEU USO EM ALTOS-FORNOS DA INDUSTRIA SIDERÚRGICA, O ESTRATO ÁCIDO SERÁ TESTADO COMO INSETICIDA NATURAL PARA A AGRICULTURA ORGÂNICA E ADITIVO DE COMBUSTÍVEL FÓSSIL. O BIO-ÓLEO SERÁ MISTURADO COM ÓLEO DIESEL PU BPF PARA A GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA EM CENTRAIS TERMELÉTRICAS. Edital MCT/CNPq/CTEnerg nº 33/2006 - Combustão e Gaseificação - IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO: 555127/2006-0 VALOR FINANCIAMENTO: 139.842,44 Subprojeto UEL: OBTENÇÃO DE ADITIVOS E BIOCOMBUSTÍVEIS A PARTIR DE EXTRATOS ÁCIDOS PRODUZIDOS NA PIRÓLISE DE RESÍDUOS DA AGRICULTURA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / José Dílcio Rocha - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante / ANDRESSA DEL FRARO FREDERICO - Integrante / Luis Augusto Barbosa Cortez - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Bioware Tecnologia - Cooperação.

  • 2006 - 2009

    Projeto: 05165 - Monitoramento da Bacia do Arroio Saldanha e Aplicação de Tecnologia para Remediação de Solo Atingido pelo Vazamento de Petróleo ocorrido em 16 de julho de 2000 na refinaria Presidente Getukio Vargas- REPAR, em Araucária, PR., Descrição: Convênio ? FAUEL/UEL - REPAR/PETROBRAS - Cadastro no. 05165 PROPPG-UEL FINANCIADOR: Petroleo Brasileiro S. A.-PETROBRAS VALOR FINANCIAMENTO: R$ 265.000,00 . A CONTINUIDADE DAS AÇÕES IMPLEMENTADAS PELA FAUEL/UEL QUE DIZEM RESPEITO AO MONITORAMENTO E APLICAÇÃO DE TECNOLOGIAS, COM APROVEITAMENTO DE LUZ SOLAR PARA REDUZIR OU ELIMINAR O IMPACTO CAUSADO PELO DERRAMAMENTO DE PETRÓLEO EM SOLO NA ÁREA DA REPAR/PETROBRÁS E VIZINHANÇA, É OPORTUNA NÃO SÓ PARA A RECUPERAÇÃO DA MATRIZ AMBIENTAL, MAS TAMBÉM PARA ASSESSORAR O SETOR DE SMS DA REPAR/PETROBRÁS NOS RELATÓRIO. REUNIÕES E SEMINÁRIOS EXIGIDOS PELOS ÓRGÃOS AMBIENTAIS, ASSIM COMO, DAR PROSSEGUIMENTO AOS TRABALHOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO NO PONTO ZERO. ALÉM DAS TECNOLOGIAS JÁ IMPLEMENTADAS E EM FASE DE MONITORAMENTO, SERÃO IMPLEMENTADAS OUTRAS AÇÕES EM SINERGIA.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Ilza Lobo - Integrante / Milton Faccione - Integrante / Maria Cristina Solci - Integrante / Luiz Henrique Dall'Antonia - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Ricardo Ralisch - Integrante / Osmar Rodrigues Brito - Integrante / Otavio J. G. Abi Saab - Integrante., Financiador(es): Petroleo Brasileiro S. A. - Auxílio financeiro / Tecnologia Ambiental - Cooperação / Degussa Brasil Ltda - Cooperação.Número de orientações: 4

  • 2006 - 2009

    Projeto: 05339 - Obtenção de Biocombustíveis a partir de Óleos Vegetais por Processo de Pirólise Catalítica, Descrição: EDITAL Convênio ? Encomenda Transversal ? MCT / RBT / FINEP / EMBRAPA Global Energy and Telecommunication Ltda (GET) VALOR FINANCIAMENTO: R$ 293.000,00 Resumo: PROPÕE-SE A DESENVOLVER UM PROTÓTIPO PARA OBTENÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS SUCEDÂNEOS DE PETRODIESEL, GASOLINA, QUEROSENE E GLP, A PARTIR DE ÓLEOS VEGETAIS. DIFERENCIA-SE DE TRANSESTERIFICAÇÃO (BIODIESEL) POR GERAR UMA MISTURA DE HIDROCARBONETOS DE CADEIA LINEAR, SEMELHANTE AOS DERIVADOS DE PETRÓLEO. NÃO NECESSITA DE OUTROS INSUMOS, COMO O ÁLCOOL ANIDRO, NEM GERA SUB-PROJETOS, COMO GLICERINA, RAZÃO PELA QUAL ADAPTA-SE A UMA AMPLA GAMA DE USUÁRIOS, DESDE A PEQUENA PRODUÇÃO RURAL OU O PEQUENO EMPRESÁRIO, ATÉ A PRODUÇÃO POR ATACADO. ADAPTA-SE PERFEITAMENTE AO ATENDIMENTO ENERGÉTICO DE COMUNIDADES ISOLADAS.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / Berenice Quinzano Jordão - Integrante / Marcio Turra de Ávila - Integrante / Decio Luiz Gazzoni - Integrante., Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro / GET Global Energy and Telecommunication Ltda - Auxílio financeiro / Embrapa Agroenergia - Cooperação.

  • 2005 - 2007

    Projeto: 04578 - USO DE BIOMASSA COMO ENERGIA LIMPA E MATÉRIA-PRIMA RENOVÁVELUso de biomassa como energia limpa e matéria-prima renovável., Descrição: EDITAL CNPq 21/2004 - RHAE Inovação / RHAE Inovação - Projetos Tipo C VALOR FINANCIAMENTO R$ 128.500,00 Resumo: ESTE PROJETO PROPÕE REALIZAR UM ESTUDO TEÓRICO E EXPERIMENTAL VISANDO MELHORAR AS PROPRIEDADES COMBUSTÍVEIS DO BIO-ÓLEO OBTIDO NA PLANTA DE PIRÓLISE DA UNICAMP. VÁRIAS AMOSTRAS DE BIO-ÓLEO SERÃO OBTIDAS E CARACTERIZADAS PARA DIFERENTES CONDIÇÕES DE OPERAÇÃO DO REATOR. FAZENDO USO DE UM PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL SERÃO REALIZADOS NO LAFLURPE DA UEL SOBRE A ESTABILIDADE E A EFICIÊNCIA DA COMBUSTÃO DE MISTURAS DO BIODIESEL (BIOFLEX) OBTIDO A PARTIR DO BIO-ÓLEO COM O DIESEL E A GASOLINA, DERIVADOS DE PETRÓLEO. SERÃO TAMBÉM PRODUZIDOS VÁRIOS TIPOS DE BIODIESEL À PARTIR DE BIO-ÓLEO, ÓLEO VEGETAL E GORDURA ANIMAL.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / Eduardo Di Mauro - Integrante / Olívio Fernandes Galão - Integrante / Dionísio Borsato - Integrante / José Dílcio Rocha - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante., Financiador(es): Bioware Tecnologia - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2006

    Monitoramento ambiental e aplicação de tecnologia relacionados a recuperação de matrizes ambientais., Descrição: APLICAÇÃO DA TÉCNICA DE FOTOCATÁLISE HETEROGÊNEA COM TIO2 SOB EFEITO DE LUZ SOLAR, E AINDA, UTILIZAÇÃO DE AGENTES COMPLEXANTES PARA MINIMIZAR OU ELIMINAR A AÇÃO DE REFRATÁRIOS DE PETRÓLEO EM MATRIZES AMBIENTAIS, MONITORANDO O PROCESSO NATURAL DE DEGRADAÇÃO QUÍMICA DO MATERIAL BETUMINOSO, COMO TAMBÉM, A EFICIÊNCIA DOS AGENTES DE REMEDIAÇÃO.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carmen Luisa Barbosa Guedes - Coordenador / David Ernest Nicodem - Integrante / Eduardo Di Mauro - Integrante / Ilza Lobo - Integrante / Milton Faccione - Integrante / Maria Cristina Solci - Integrante / Dionisio Borsato - Integrante / Luiz Henrique Dall'Antonia - Integrante / Marilene Turini Piccinato - Integrante / Walter Sano - Integrante / Jurandir Pereira Pinto - Integrante / Aneli de Melo Barbosa - Integrante / Robson da Silva Lewis - Integrante / Ivanira Moreira - Integrante / Marcos Rachwal - Integrante / Daniele Cristina Adão - Integrante / Caroline Catyussia Carradore Vecchi - Integrante / Ricardo Ralisch - Integrante / Osmar Rodrigues Brito - Integrante / Angelita da Silva - Integrante / Alex Gibelato Pavanelli - Integrante / Luciana Natália Cividatti - Integrante / Otavio J. G. Abi Saab - Integrante / Renato César de Souza - Integrante / Karina Gomes Angilelli - Integrante., Financiador(es): Industria Química - Cooperação / Tecnologia Ambiental - Cooperação / Petróleo Brasileiro S A - Auxílio financeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2011

Diploma de Reconhecimento - Qualidade Técnica, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - EMBRAPA.

2010

Prêmio Internacional Conhecer, Centro Científico Conhecer.

2009

Membro da Rede "Análisis de la Calidad Ambiental en América Latina", RACAL.

2008

Representante da UEL no Conselho Municipal do Meio Ambiente - CONSEMMA, Universidade Estadual de Londrina.

2007

Sócio efetivo da Associação Brasileira de P&D em Petróleo e Gás (ABPG), ABPG ? Associação Brasileira de P&D em Petróleo e Gás.

2006

Trabalho premiado no III Encontro Nacional de Química Ambiental., SBQ.

2005

Paraninfa, Curso de Graduação em Química da UEL.

2004

Trabalho premiado na XX Semana de Química, Departamento de Química da UEL.

2004

ISEF Member, International Society of Environmental Forensics.

2003

Patronesse, Curso de Graduação em Química da UEL.

2003

Sócio Efetivo da Sociedade Brasileira de Catálise, Sociedade Brasileira de Catálise.

2003

Membro da SICTA, Sociedade Ibero-Americana de Contaminação e Toxicologia Ambiental.

1994

Sócio Efetivo da Sociedade Brasileira de Química, Sociedade Brasileira de Química.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Estadual de Londrina, Centro de Ciências Exatas, Departamento de Química. , LaQuiBio - Laboratório de Química da Biomassa, Biocombustíveis e Bioenergia, Campus Universitário, 86057970 - Londrina, PR - Brasil, Telefone: (43) 33714684, Fax: (43) 33714684

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 1999 - Atual

    Universidade Estadual de Londrina

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: docente, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 08/2010

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Universidade Estadual de Londrina, .,Cargo ou função, Comissão Interna de Biossegurança (CIBio) da UEL.

    • 06/2010

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, .,Cargo ou função, Representante da Câmara de Pós-Graduação.

    • 03/2010

      Ensino, Mestrado em Química, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Biomassa e Biocombustíveis, Fotoquímica Aplicada

    • 03/2010

      Ensino, BIOENERGIA, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Aspectos e impactos ambientais, Energia e Bioenergia

    • 11/2009

      Direção e administração, Centro de Ciências Exatas - Departamento de Química, .,Cargo ou função, Coordenador de Programa de Pós-Graduação em Bioenergia.

    • 03/2009

      Ensino, Doutorado em Química (UEL, UNICENTRO, UEPG), Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Tópicos especiais em química orgânica, Biomassa e Biocombustíveis, Fotoquímica Aplicada

    • 06/2008

      Extensão universitária , Pró Reitoria de Extensão, .,Atividade de extensão realizada, Coordenação de Projeto de Extensão: Gestão de Resíduos Químicos.

    • 03/2006

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Exatas, Departamento de Química.,Cargo ou função, Membro da Comissão de Gerenciamento de Resíduos do Departamento de Química da UEL.

    • 02/2002

      Ensino, Bacharelado em Química, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Análise Instrumental, Iniciação a Pesquisa, Petróleo e Meio Ambiente, Química Ambiental

    • 04/1999

      Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Exatas, Departamento de Química.,Linhas de pesquisa

    • 04/1999

      Ensino, Mestrado Física, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Co-orientação de dissertação

    • 04/2010 - 09/2010

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, .,Cargo ou função, Representante suplente do CCE na Câmara de Pesquisa do CEPE.

    • 06/2007 - 09/2010

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação, .,Cargo ou função, Membro do Comitê Assessor do Programa de Iniciação Científica da UEL..

    • 03/2008 - 03/2010

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Colegiado do Curso de Química, .,Cargo ou função, Vice-Coordenadora de Trabalho de Conclusão de Curso - TCC.

    • 08/2006 - 03/2010

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Colegiados Superiores, Cepe.,Cargo ou função, Membro Titular do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão.

    • 03/2004 - 03/2010

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró Reitoria de Extensão, Câmara de Extensão.,Cargo ou função, Membro Titular da Cãmara de Extensão da PROEX.

    • 01/2004 - 01/2010

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró Reitoria de Extensão, Área Temática Meio Ambiente.,Cargo ou função, Coordenadora da Área Temática de Meio Ambiente.

    • 09/2007 - 06/2009

      Direção e administração, Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, .,Cargo ou função, Membro da Comissão para adequação das resoluções 27/97 e 274/05.

    • 12/2007 - 04/2009

      Outras atividades técnico-científicas , Gabinete da Reitoria, Gabinete da Reitoria.,Atividade realizada, Representante da UEL no Grupo de Trabalho para elaboração do Programa de Pós-Graduação em Bioenergia.

    • 03/2002 - 03/2009

      Ensino, Mestrado Química dos Recursos Naturais, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio em docência, Fotoquímica aplicada a Recursos Naturais, Seminários de Mestrado

    • 03/2006 - 03/2008

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Química, Conselho de Extensão.,Cargo ou função, Membro da Comissão de Extensão do Departamento de Química.

    • 03/2006 - 03/2008

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho Universitário, .,Cargo ou função, Membro suplente: Conselho Universitário da UEL.

    • 03/2000 - 03/2008

      Ensino, Química Professores Ensino Médio e Fundamental, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, Petróleo e Meio Ambiente, Química Aquática

    • 12/2003 - 11/2007

      Extensão universitária , Pró Reitoria de Extensão, DIRETORIA DE PLANEJAMENTO E APOIO TÉCNICO.,Atividade de extensão realizada, Coordenadora do projeto: Gerenciamento de Resíduos Perigosos.

    • 03/2006 - 06/2007

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Exatas, Departamento de Química.,Cargo ou função, Membro da Comissão de Bolsas do Programa de Mestrado em Química dos Recursos Naturais.

    • 01/2006

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação, Diretoria de Pesquisa.,Cargo ou função, Membro suplente: Comitê Assessor do PROIC/UEL.

    • 03/2004 - 09/2006

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão, Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão.,Cargo ou função, Suplente no Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão.

    • 06/2005 - 06/2006

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação, Comitê Assessor do Programa de Inclusão Social Fundação Araucária.,Cargo ou função, Membro do Comitê Assessor do Programa de Inclusão Social - Fundação Araucária.

    • 02/2003 - 06/2006

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, Gabinete.,Cargo ou função, Coordenadora do Grupo Gestor dos Resíduos de Laboratórios.

    • 05/2004 - 04/2006

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Exatas, Departamento de Química.,Cargo ou função, Coordenadora de Estágios do Curso de Química.

    • 05/2004 - 04/2006

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Exatas, Departamento de Química.,Cargo ou função, Coordenadora da comissão de pós-graduação do Departamento de Química.

    • 05/2004 - 04/2006

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Exatas, Departamento de Química.,Cargo ou função, Vice-coordenadora da comissão de pós-graduação do CCE.

    • 11/2002 - 11/2004

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Assessoria de Planejamento e Controle, Centro de Ciências Exatas.,Cargo ou função, Agente multiplicador do Planejamento Estratégico Institucional.

    • 08/2002 - 08/2004

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Exatas, Departamento de Química.,Cargo ou função, Vice-Coordenadora de Estágios do Curso de Química.

    • 04/1999 - 12/2001

      Ensino, Construção Civil, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Química Aplicada a Engenharia Civil

    • 04/1999 - 12/2001

      Ensino, Bacharelado Química Habilitação Tecnológica, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Química Tecnológica Inorgânica, Química Tecnológica

    • 04/1999 - 12/1999

      Ensino, Bacharelado Biologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Química Geral

  • 1997 - 1998

    Universidade de Vassouras

    Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 8

  • 1984 - 1988

    Universidade de Vassouras

    Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Professor Assistente, Carga horária: 16

  • 1980 - 1984

    Universidade de Vassouras

    Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Auxiliar de Ensino, Carga horária: 16

    Atividades

    • 07/1996 - 01/1997

      Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Exatas, Departamento de Química e Física.

    • 07/1996 - 01/1997

      Ensino, Química, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Química Orgânica III

    • 02/1980 - 02/1988

      Ensino, Química, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Química Orgânica, Química Inorgânica, Fundamentos de Química Orgânica, Química Orgânica e Biológica, Noções de Química Biológica

  • 1989 - 1989

    Montana Quimica S A

    Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Coordenação e Treinamento, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Diretoria de Treinamento e Desenvolvimento Comercial.

    Atividades

    • 01/1989

      Direção e administração, Empresa Privada, Treinamento.,Cargo ou função, Coordenação.

    • 01/1989

      Treinamentos ministrados , Empresa Privada, Empresa e Universidade.,Treinamentos ministrados, Preservação de madeira