Dágon Manoel Ribeiro

Possui graduação em Biotecnologia pela Universidade Federal da Grande Dourados (2009 - 2013) Mestre em Ciências e Tecnologias Ambientais pela Universidade Federal da Grande Dourados (2014 - 2016) E Atualmente Doutorando em Biotecnologia e Biodiversidade pela Universidade de Brasília (2016 - 2020)

Informações coletadas do Lattes em 04/06/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em BIOTECNOLOGIA E BIODIVERSIDADE - REDE PRÓ-CENTRO-OESTE

2016 - Atual

Universidade de Brasília, UnB
Título: Desenvolvimento de cepas superiores de microalgas com alta produtividade de biomassa em meios de cultivo de baixo custo,
Bruno dos Santos Alves Figueiredo Brasil. Coorientador: Thomas Christopher Rhys Williams.

Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental

2014 - 2016

Universidade Federal da Grande Dourados
Título: ESTUDO SOBRE CULTIVO E APLICAÇÕES BIOTECNOLÓGICAS DAS MICROALGAS,Ano de Obtenção: 2016
Gustavo Graciano Fonseca.Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Graduação em Biotecnologia

2009 - 2013

Universidade Federal da Grande Dourados
Título: CULTIVO DE Chlorella vulgaris EM DIFERENTES SISTEMAS DE FOTOBIORREATORES
Orientador: Prof. Dr. Marcelo Fossa da Paz
com Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2011 - 2011

IV Curso de Inverno de Genética. (Carga horária: 44h). , Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.

2011 - 2011

Transformação genética de cana-de-açúcar. (Carga horária: 80h). , Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.

2011 - 2011

Transformação Genética de Microrganismo. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.

2011 - 2011

Aproveitamento de frutos regionais. Produtos Ferme. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.

2010 - 2010

Técnicas Básicas para PCR em Tempo Real. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.

2010 - 2010

Biodiversidade e Recursos Genéticos. (Carga horária: 20h). , Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.

2008 - 2008

Microbiologia sem Fronteiras. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal da Grande Dourados, UFGD, Brasil.

2007 - 2008

Informática. (Carga horária: 100h). , Bit Point - Tecnologia & Treinamentos, BP, Brasil.

2007 - 2008

Auxliar Administrativo, De. Pessoal e Dep. Contábi. (Carga horária: 50h). , Bit Point - Tecnologia & Treinamentos, BP, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Pouco.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

53º Congresso da UNE. 2013. (Congresso).

14º Workshop de Plantas Medicinais de Mato Grosso do Sul.SECAGEM DE SEMENTE DE GUAVIRA (Campomanesia adamantium). 2011. (Outra).

7º Bienal da UNE. 2011. (Outra).

III Seminário Catarinense de Biotecnologia e Bionegócios. 2011. (Seminário).

VII Simpósio Brasileiro de Engenharia Física.BIOTECNOLOGIA SUSTENTÁVEL: POSSIBILIDADES DE UTILIZAÇÃO DE RESÍDUOS DA PRODUÇÃO DE AÇÚCAR E ALCOOL PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL ATRÁVES DE MICROALGAS.. 2011. (Seminário).

II Simposio Regional Sobre Produção de Cana de Açucar - Desafios e Inovações. 2010. (Simpósio).

II Workshop Responsabilidade Ambiental de Usinas do Mato Grosso do Sul - Tecnologia e Inovações. 2010. (Outra).

I Semana Integrada de Ciências Biológicas e Ambientais. 2010. (Outra).

3º Seminario de Assuntos Estudantis. 2009. (Seminário).

I Encontro de Cooperação e Intercambio Internacional de Dourados - I ECIND. 2009. (Encontro).

Semana de Biotecnologia. 2009. (Simpósio).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Emerson Machado de Carvalho

FONSECA, G. G.; DAMIANI, C. R.;CARVALHO, E. M.; RUSSO, M. R.. Estudo sobre cultivos e aplicações biotecnológicas de microalgas. 2016. Dissertação (Mestrado em PPG em Ciência e Tecnologia Ambiental) - Universidade Federal da Grande Dourados.

Claudia Roberta damiani

FONSECA, G. G.;DAMIANI, C. R.; CARVALHO, E. M.; RUSSO, M. R.. Estudo sobre cultivos e aplicações biotecnológicas de microalgas. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental) - Universidade Federal da Grande Dourados.

Maricy Raquel Lindenbah Bonfá

Fonseca, G. G.; Minillo, A.;Bonfá, M.R.L.. Estudo sobre cultivo e aplicações biotecnológicas das microalgas". 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência e Tecnologia Ambiental) - Universidade Federal da Grande Dourados.

Alessandro Minillo

MINILLO, A.Fonseca, G.G.; BONFA, M. R. L.. Estudo sobre cultivo e aplicações biotecnológicas das microalgas. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência e Tecnologia Ambiental) - Universidade Federal da Grande Dourados.

Alessandro Minillo

LEITE, R. S. R.; CARVALHO, E. M.;MINILLO, A.. Cultivo de Microalgas em diferentes Fotobiorreatores. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biotecnologia) - Universidade Federal da Grande Dourados.

Márcia Regina Russo

Fonseca, G. G.;RUSSO, MÁRCIA REGINA; CARVALHO, EMERSON MACHADO DE; Damiani, C. R.. Estudo sobre cultivos e aplicações biotecnológicas de microalgas.. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental) - Universidade Federal da Grande Dourados.

Gustavo Graciano Fonseca

FONSECA, G. G.; RUSSO, M. R.; DE CARVALHO, E. M.; DAMIANI, C. R.. Estudo sobre cultivos e aplicações biotecnológicas de microalgas. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental) - Universidade Federal da Grande Dourados.

Gustavo Graciano Fonseca

FONSECA, G. G.; BONFA, M. R. L.;MINILLO, A.. Estudo sobre cultivos e aplicações biotecnológicas de microalgas. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência e Tecnologia Ambiental) - Universidade Federal da Grande Dourados.

Marcelo Fossa da Paz

PAZ, M. F.; CARVALHO, E. M.; MINILLO, A.. Cultivo de Microalgas em diferentes fotobiorreatores. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biotecnologia) - Universidade Federal da Grande Dourados.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Giuliano Marcelo Dragone Melnikov

(Aluno de graduação; Estágio de 10 meses); Cultivo de microalgas em biorreatores de fluxo oscilatório; 2012; Orientação de outra natureza; (Engenharia Química e Biológica) - Departamento de Engenharia Biológica - Universidade do Minho; Orientador: Giuliano Marcelo Dragone Melnikov;

Tathiana Elisa Masetto

Redução da sensibilidade à dessecação de sementes de mangaba; ; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Biotecnologia) - Universidade Federal da Grande Dourados, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Tathiana Elisa Masetto;

Bruno dos Santos Alves Figueiredo Brasil

Desenvolvimento de cepas superiores de microalgas com alta produtividade de biomassa em meios de cultivo de baixo custo; Início: 2016; Tese (Doutorado em BIOTECNOLOGIA E BIODIVERSIDADE - REDE PRÓ-CENTRO-OESTE) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Rosilda Mara Mussury Franco Silva

Germinação de sementes de araticum (Annona crassiflora Mart; e Anonna coriaceae Mart; ) após o armazenamento; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em BIOTECNOLOGIA) - Universidade Federal da Grande Dourados, Universidade Federal da Grande Dourados; Orientador: Rosilda Mara Mussury Franco Silva;

Gustavo Graciano Fonseca

Estudo sobre cultivos e aplicações biotecnológicas de microalgas; 2016; Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental) - Universidade Federal da Grande Dourados, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Gustavo Graciano Fonseca;

Gustavo Graciano Fonseca

Produção de biocombustíveis a partir de microalgas; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Biotecnologia) - Universidade Federal da Grande Dourados, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Gustavo Graciano Fonseca;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • RIBEIRO, Dágon Manoel ; MINILLO, A. ; SILVA, C. A. A. ; FONSECA, G.G . Characterization of different microalgae cultivated in open ponds. ACTA SCIENTIARUM-TECHNOLOGY , v. 41, p. 1-6, 2018.

  • LOPES, K. S. ; CAMPOS, G. A. A. ; CAMARGO, L. C. ; SOUZA, A. C. B. ; IBITURUNA, B. V. ; MAGALHAES, A. C. M. ; ROCHA, L. F. ; GARCIA, A. B. ; RODRIGUES, M. C. ; RIBEIRO, D. M. ; COSTA, M. C. ; LOPEZ, M. H. M. ; NOLLI, L. M. ; ZUNIGA, F. Z. ; POSSANI, L. D. ; SCHWARTZ, E. F. ; MORTARI, M. R. . Characterization of two peptides isolated from the venom of social wasp Chartergellus communis (Hymenoptera: Vespidae): Influence of multiple alanine residues and C-terminal amidation on biological effects. PEPTIDES , v. 95, p. 84-93, 2017.

  • MASETTO, T. E. ; RIBEIRO, D. M. ; Rezende, R.K.S . Germinação de sementes de Urochloa ruziziensis em função da disponibilidade hídrica do substrato e teor de água das sementes. Pesquisa Agropecuaria Tropical (Online) , v. 43, p. 385-391, 2013.

  • MASETTO, TATHIANA ELISA ; SCALON, SILVANA DE PAULA QUINTÃO ; BRITO, JOSUÉ QUADROS DE ; MOREIRA, FERNANDO HENRIQUE ; RIBEIRO, Dágon Manoel ; REZENDE, RODRIGO KELSON SILVA . Germinação e armazenamento de sementes de carandá (Copernicia alba). CERNE (UFLA) , v. 18, p. 541-546, 2012.

  • MASETTO, T. E. ; QUADROS, J. B. ; RIBEIRO, D. M. ; REZENDE, R. K. S. ; SCALON, S. P. Q. . Potencial hÃ?­drico do substrato e teor de Ã?¡gua das sementes na germinaÃ?§Ã?£o do crambe. REVISTA BRASILEIRA DE SEMENTES (IMPRESSO) , v. 33, p. 511-519, 2011.

  • MASETTO, T. E. ; QUADROS, J. B. ; SANTOS, F. H. M. ; RIBEIRO, D. M. ; BENITES JUNIOR, I. ; REZENDE, R. K. S. . Qualidade Fisiológica e Sanitária de Sementes de Crambe Produzidas no Estado de Mato Grosso do Sul. Revista Brasileira de Oleaginosas e Fibrosas (Online) , v. 3, p. 1-7, 2010.

  • RIBEIRO, Dágon Manoel ; NASCIMENTO, R. C. ; CEREIJO, C. R. ; SANTANA, H. ; GARCIA, L. C. ; BRASIL, B. S. A. F. . Caracterização da composição química da biomassa da microalga Chlamydomonas biconvexa cultivada em efluente da indústria de óleo de palma. In: IV Encontro de Pesquisa e Inovação da Embrapa Agroenergia, 2017, Brasília. Caracterização da composição química da biomassa da microalga Chlamydomonas biconvexa cultivada em efluente da indústria de óleo de palma, 2017.

  • PATRICIO, V. S. ; RIBEIRO, D. M. ; MASETTO, TATHIANA ELISA ; MUSSURY, R. M. . Disponibilidades hídricas do substrato na germinação de sementes de Brachiaria ruziziensis. In: 3º ENCONTRO DE ENSINO DE GRADUAÇÃO, 5º ENCONTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO, 6º ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E 6º ENCONTRO DE EXTENSÃO, 2012, Dourados. 3º ENCONTRO DE ENSINO DE GRADUAÇÃO, 5º ENCONTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO, 6º ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E 6º ENC, 2012, Dourado - MS. 3º ENCONTRO DE ENSINO DE GRADUAÇÃO, 5º ENCONTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO, 6º ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E 6º ENCONTRO DE EXTENSÃO, 2012, Dourados. 3º ENCONTRO DE ENSINO DE GRADUAÇÃO, 5º ENCONTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO, 6º ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E 6º ENC, 2012. p. 1-12.

  • RIBEIRO, D. M. ; MASETTO, T. E. ; SCALON, S.P.Q ; REZENDE, R. K. S. . TOLERÂNCIA À DESSECAÇÃO DE SEMENTES DE GUAVIRA (Campomanesia adamantium).. In: 2º ENCONTRO DE ENSINO DE GRADUAÇÃO, 4º ENCONTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO, 5º ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E 5º ENCONTRO DE EXTENSÃO da UFGD., 2011, Dourados/MS. TOLERÂNCIA À DESSECAÇÃO DE SEMENTES DE GUAVIRA (Campomanesia adamantium)., 2011.

  • RIBEIRO, D. M. ; S. JUNIOR, P. L. D. ; TELES, V. C. ; SOARES, I. P. ; GARCIA, L. C. ; ABREU, P. C. V. ; BRASIL, B. S. A. F. . Caracterização da composição química da biomassa da microalga Nannochloropsis oculata cultivada em tanque aberto tipo raceway. In: III Encontro de Pesquisa e Inovação da Embrapa Agroenergia, 2016, Brasília. III Encontro de Pesquisa e Inovação da Embrapa Agroenergia, 2016.

  • MARQUES, O. G. B. ; OLIVEIRA, N. N. ; RIBEIRO, D. M. ; FONSECA, G.G . Analysis of Chlorella sorokiniana growth in different photoperiods. In: IV Latin American Congress from the Sociedad Latino Americana de Biotecnologia Ambiental y Algal (IV SOLABIAA), 2015, Florianópolis. IV Congresso da SOLABIAA, 2015.

  • OLIVEIRA, N. N. ; RIBEIRO, D. M. ; SILVA, C. A. A. ; MARQUES, O. G. B. . Lipid composition of six microalgae isolated in the Brazilian Midwest Region after grown in open ponds. In: IV Latin American Congress from the Sociedad Latino Americana de Biotecnologia Ambiental y Algal (IV SOLABIAA), 2015, Florianópolis. IV SOLABIAA, 2015.

  • RIBEIRO, D. M. ; MENEGAZZO, M. L. ; CARVALHO, E. M. ; FONSECA, G.G . Nile tilapia growth and survival in several conditions of feeding, microalgae supply and water aeration. In: IV Latin American Congress from the Sociedad Latino Americana de Biotecnologia Ambiental y Algal (IV SOLABIAA), 2015, Florianópolis. IV SOLABIAA, 2015.

  • MENEGAZZO, M. L. ; RIBEIRO, D. M. ; MARQUES, O. G. B. ; OLIVEIRA, N. N. ; FONSECA, G.G . Flocculation performance of Chlorella sorokiniana biomass from different concentrations ferric chloride. In: IV Latin American Congress from the Sociedad Latino Americana de Biotecnologia Ambiental y Algal (IV SOLABIAA), 2015, Florianópolis. IV SOLABIAA, 2015.

  • RIBEIRO, D. M. ; OLIVEIRA, N. N. ; MARQUES, O. G. B. ; FONSECA, G.G . Kinetics of Chlorella sorokiniana in different growth media. In: IV Latin American Congress from the Sociedad Latino Americana de Biotecnologia Ambiental y Algal (IV SOLABIAA), 2015, Florianópolis. IV SOLABIAA, 2015.

  • CARVALHO, E. M. ; PEREIRA, N. S. ; RUSSO, M. R. ; RIBEIRO, Dágon Manoel ; FONSECA, G.G . Microalgae growth rate cultivated in synthetic medium with vinasse. In: IV Latin American Congress from the Sociedad Latino Americana de Biotecnologia Ambiental y Algal (IV SOLABIAA), 2015, Florianópolis. IV SOLABIAA, 2015.

  • MENEGAZZO, M. L. ; RIBEIRO, D. M. ; OLIVEIRA, N. N. ; MARQUES, O. G. B. ; CARVALHO, E. M. ; FONSECA, G.G . Evaluation of different flocculant agents for chlorella sorokiniana biomass recovery. In: IV Latin American Congress from the Sociedad Latino Americana de Biotecnologia Ambiental y Algal (IV SOLABIAA), 2015, Florianópolis. IV SOLABIAA, 2015.

  • PEREIRA, N. S. ; CARVALHO, E. M. ; RIBEIRO, D. M. ; FONSECA, G.G ; MENEGAZZO, M. L. . Cultivation of Chlorella sorokiniana in alternative media with agricultural fertilizer and vinasse. In: IV Latin American Congress from the Sociedad Latino Americana de Biotecnologia Ambiental y Algal (IV SOLABIAA), 2015, Florianópolis. IV SOLABIAA, 2015.

  • RIBEIRO, D. M. ; MASETTO, T. E. ; SCALON, S.P.Q ; REZENDE, R. K. S. . SECAGEM DE SEMENTE DE GUAVIRA (Campomanesia adamantium). In: 14º Workshop de Plantas Medicinais de Mato Grosso do Sul, 2011, Dourados. 14º Workshop de Plantas Medicinais de Mato Grosso do Sul, 2011.

  • RIBEIRO, D. M. ; MASETTO, T. E. ; RISSI, D. V. ; PINHO, G.B. ; REZENDE, R. K. S. . ESTRESSE HÍDRICO EM SEMENTES DE GIRASSOL (Helianthus annuus L.). In: Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão (ENEPE), 2010, DOURADOS. Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão (ENEPE), 2010.

  • RIBEIRO, D. M. ; MOREIRA, T. B. ; WILLIAMS, T. C. R. ; RONCARATTI, L. F. ; BRASIL, B. S. A. F. . Urea as a strategy to advance an algal biomass industry. In: AlgalBBB 2018 : The 8th International Conference on Algal Biomass, Biofuels and Bioproducts, 2018, Seattle. The 8th International Conference on Algal Biomass, Biofuels and Bioproducts, 2018.

  • RIBEIRO, D. M. ; GARCIA, L. C. ; CANCADO, L. J. ; WILLIAMS, T. C. R. ; RONCARATTI, L. F. ; BRASIL, B. S. A. F. . Evaluation of microalga Chlorella sorokiniana LBA 39 isolated in the Brazilian Savanna (Cerrado) cultivated in different culture media. In: Algae Biomass Summit 2018, 2018, Houston. Algae Biomass Summit 2018, 2018.

  • RIBEIRO, D. M. ; GARCIA, L. C. ; CANCADO, L. J. ; WILLIAMS, T. C. R. ; RONCARATTI, L. F. ; BRASIL, B. S. A. F. . Produção de biomassa algal: Uma abordagem econômica e bioquímica integrada. In: V Encontro de Pesquisa e Inovação da Embrapa Agroenergia, 2018, Brasilia. V Encontro de Pesquisa e Inovação da Embrapa Agroenergia: Anais, 2018.

  • RIBEIRO, D. M. ; GARCIA, L. C. ; CANCADO, L. J. ; WILLIAMS, T. C. R. ; RONCARATTI, L. F. ; BRASIL, B. S. A. F. . Final evaluation of the biomass in prolonged growth of different Brazilian microalgae of the order Chlorococcales in culture with aeration and shaker in a medium composed by Fertilizers. In: Algae Biomass Summit 2018, 2018, Houston. Algae Biomass Summit 2018, 2018.

  • RIBEIRO, D. M. ; FALCO, W. F. ; OLIVEIRA, N. N. ; CAIRES, A. R. L. ; FONSECA, G.G . Interação de diferentes nanopartículas no desenvolvimento da microalga Chlorella sorokiniana: Uma abordagem inicial sobre Nanoecotoxicologia. In: Mostra de Ciência e Tecnologia da 10a Bienal da UNE, 2017, Fortaleza. ANAIS DA MOSTRA DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA 10a BIENAL DA UNE VIVA A CRÍTICA: NA CIÊNCIA E NA DEMOCRACIA, 2017.

  • RIBEIRO, Dágon Manoel ; NASCIMENTO, R. C. ; CEREIJO, C. R. ; SANTANA, H. ; GARCIA, L. C. ; BRASIL, B. S. A. F. . Composição da biomassa de Chlamydomonas biconvexa cultivadas em efluente da agroindústria de óleo de palma. In: XI CONGRESO DE FICOLOGÍA DE LATINOAMÉRICA Y EL CARIBE IX REUNIÓN IBEROAMERICANA DE FICOLOGÍA, 2017, Cali, Colômbia. Composição da biomassa de Chlamydomonas biconvexa cultivadas em efluente da agroindústria de óleo de palma, 2017.

  • OLIVEIRA, N. N. ; RIBEIRO, D. M. ; LEON, C. O. ; SILVA, C. A. A. ; FONSECA, G.G . LIPID CONTENT AND FATTY ACIDS PROFILE OF DIFFERENT MICROALGAE GREW IN OPEN POUNDS. In: 16th International Biotechnology Symposium and Exhibition, 2014, Fortaleza. GREEN ECONOMY: BIOPROCESSES, BIOPRODUCTS & BIOFUELS, 2014.

  • RIBEIRO, D. M. ; MINILLO, A. ; FONSECA, G.G ; GODOY, H. C. . BIOTECNOLOGIA SUSTENTÁVEL: POSSIBILIDADES DE UTILIZAÇÃO DE RESÍDUOS DA PRODUÇÃO DE AÇÚCAR E ALCOOL PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL ATRÁVES DE MICROALGAS.. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE ENGENHARIA FÍSICA, 2011, DOURADOS. BIOTECNOLOGIA SUSTENTÁVEL: POSSIBILIDADES DE UTILIZAÇÃO DE RESÍDUOS DA PRODUÇÃO DE AÇÚCAR E ALCOOL PARA A PRODUÇÃO DE BIODIESEL ATRÁVES DE MICROALGAS., 2011.

  • NEVES, G. T. ; GRISOLIA, A. B. ; RAMOS, D. S. ; RIBEIRO, D. M. ; SCALABRINI, R. P. . DIALOGANDO BIOTECNOLOGIA NAS ESCOLAS DE ENSINO MÉDIO DE DOURADOS-MS. In: 2º ENCONTRO DE ENSINO DE GRADUAÇÃO, 4º ENCONTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO, 5º ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E 5º ENCONTRO DE EXTENSÃO da UFGD., 2011, Dourados/MS. DIALOGANDO BIOTECNOLOGIA NAS ESCOLAS DE ENSINO MÉDIO DE DOURADOS-MS, 2011.

  • MASETTO, T. E. ; RIBEIRO, D. M. ; REZENDE, R. K. S. ; PEREIRA, S.T.S. . WATER AND SALT STRESS ON SUNFLOWER SEEDS (HELIANTHUS ANNUUS L.). In: XII CONGRESSO BRASILEIRO DE FISIOLOGIA VEGETAL E XIV REUNIÃO LATINO-AMERICANA DE FISIOLOGIA VEGETAL, 2011, BÚZIOS - RJ. Brazilian Journal of Plant Physiology, 2011. v. 32. p. 109.

  • RIBEIRO, D. M. ; MASETTO, T. E. ; SANTOS, F. H. M. ; QUADROS, J. B. ; BENITES JUNIOR, I. ; REZENDE, R. K. S. . QUALIDADE SANITÁRIA DE SEMENTES DE SOJA PRODUZIDAS NO MATO GROSSO DO SUL. In: 3º ENCONTRO DE EXTENSÃO 3º ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2º ENCONTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFGD, 2009, Dourados. 3º ENCONTRO DE EXTENSÃO 3º ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2º ENCONTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFGD. Dourados: UFGD, 2009.

  • BENITES JUNIOR, I. ; MASETTO, T. E. ; QUADROS, J. B. ; SANTOS, F. H. M. ; RIBEIRO, D. M. ; REZENDE, R. K. S. . QUALIDADE FISIOLÓGICA DE SEMENTES DE CRAMBE (cv. FMS BRILHANTE). In: 3º ENCONTRO DE EXTENSÃO 3º ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2º ENCONTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO da UFGD, 2009, Dourados. 3º ENCONTRO DE EXTENSÃO 3º ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2º ENCONTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO da UFGD. Dourados: UFGD, 2009.

  • QUADROS, J. B. ; MASETTO, T. E. ; BENITES JUNIOR, I. ; SANTOS, F. H. M. ; RIBEIRO, D. M. ; REZENDE, R. K. S. . QUALIDADE SANITÁRIA DE SEMENTES DE CRAMBE PRODUZIDAS EM MATO GROSSO DO SUL. In: 3º ENCONTRO DE EXTENSÃO 3º ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2º ENCONTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFGD, 2009, Dourados. 3º ENCONTRO DE EXTENSÃO 3º ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2º ENCONTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFGD, 2009.

  • SANTOS, F. H. M. ; MASETTO, T. E. ; RIBEIRO, D. M. ; QUADROS, J. B. ; BENITES JUNIOR, I. ; REZENDE, R. K. S. . QUALIDADE FISIOLÓGICA DE SEMENTES DE SOJA PRODUZIDAS NO MATO GROSSO DO SUL. In: 3º ENCONTRO DE EXTENSÃO 3º ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2º ENCONTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFGD, 2009, Dourados. 3º ENCONTRO DE EXTENSÃO 3º ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2º ENCONTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFGD, 2009.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2015 - 2016

    Estudo fisiológico de diferentes leveduras isoladas da região centro-oeste em condições de anaerobiose, Descrição: A Região Centro-Oeste tem potencial para produção de cana-de-açúcar nas suas extensas áreas agricultáveis, algumas delas substituindo pastagens degradadas, que poderiam ser ocupadas pala cultura. A transformação em etanol carburante e a instalação de usinas e destilarias autônomas estão mudando a paisagem rural da Região, principalmente no Mato Grosso do Sul. Mesmo em São Paulo e outros centros de produção de etanol, o processo fermentativo não tem acompanhado as inovações da matéria-prima, mecanização agrícola e comercialização de leveduras selecionadas. Essas leveduras têm sido obtidas por modificações genéticas ou por isolamento de locais (usinas e destilarias), nas principais usinas e destilarias do Estado de São Paulo. As condições do Mato Grosso do Sul, por exemplo, são muito diferentes daquelas de São Paulo, com colheitas mais precoces e temperaturas ambiente maiores. Sob o aspecto científico é marcante a ausência de trabalhos publicados sobre leveduras que protagonizam os processos de produção de etanol combustível. Existe hoje muito pouco conhecimento sobre estes organismos, sendo que somente há alguns anos foram implementadas análises de DNA (como a cariotipagem, por exemplo) com o objetivo de se verificar qual(is) linhagem(ns) predomina(m) no processo. Assim, já é possível fazer o start-up do processo, quando do começo da safra, com a linhagem mais adequada, o que contribui para melhorar o rendimento e a produtividade em etanol. Contudo não há ainda nenhum estudo que tenha utilizado metodologias integradas, das clássicas às ferramentas genômicas pós genômicas, a fim de realizar de uma comparação direta da fisiologia de leveduras produtoras de etanol. Desta forma o objetivo deste projeto será estudar a fisiologia das leveduras isoladas em termos do consumo de substratos, formação de metabólitos, crescimento celular e fluxos metabólicos, utilizando sacarose, glicose e frutose como fonte de carbono em anaerobiose.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Dágon Manoel Ribeiro - Integrante / Gustavo Graciano Fonseca - Coordenador / Otavio Gonçalves Benites Marques - Integrante / Cinthia Aparecida de Andrade Silva - Integrante / Mariana Lara Menegazzo - Integrante / Emerson Machado de Carvalho - Integrante / William Renzo Cortez Vega - Integrante / Valkírea Matos Nascimento - Integrante / Carmen Cicera Maria da Silva - Integrante / Alisson Alves da Silva - Integrante / Rosiane de Souza Silva - Integrante / Marta Ligia Oka - Integrante / Pedro Garcia Pereira da Silva - Integrante / Janaina Mayumi Honma - Integrante / Nathanya Nayla de Oliveria - Integrante / Kauyse Matos Nascimento - Integrante.

  • 2015 - 2016

    Caracterização de microalgas para utilização em processos biotecnológicos, Descrição: O Brasil é um principais paises quando se fala e riquezas naturais e com muitas possibilidades de estudos. O Centro-Oeste possui duas fontes ricas em em recursos naturais que pode ser palco de microrganismo que poderiam solucionar problemas regionais, nacionais e até mesmo globais. Microalgas são microrganismos fotossintetizantes encontradas tanto em água doce quanto em água salgada, com diversas aplicaçoes tanto na área ambiental, agronômica, alimentícia, industrial e médica e a região do cerrado e a região do pantanal possui uma vasta possibilidades de bioprospectacao de microalgas. Microalgas que ainda nunca foram estudadas. E este projeto em resumo tem como objetivo a bioprospecçao de microalgas, estudo e caracterizaçao e desenvolvimento de aplicacões biotecnologicas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Dágon Manoel Ribeiro - Integrante / Gustavo Graciano Fonseca - Coordenador / Otavio Gonçalves Benites Marques - Integrante / Cinthia Aparecida de Andrade Silva - Integrante / Mariana Lara Menegazzo - Integrante / Emerson Machado de Carvalho - Integrante / William Renzo Cortez Vega - Integrante / Valkírea Matos Nascimento - Integrante / Carmen Cicera Maria da Silva - Integrante / Alisson Alves da Silva - Integrante / Rosiane de Souza Silva - Integrante / Marta Ligia Oka - Integrante / Pedro Garcia Pereira da Silva - Integrante / Janaina Mayumi Honma - Integrante / Nathanya Nayla de Oliveria - Integrante / Kauyse Matos Nascimento - Integrante.

  • 2010 - 2011

    Tolerância à dessecação e integridade do DNA de sementes de espécies frutíferas do Cerrado., Descrição: Há uma crescente preocupação mundial com a exploração incontrolada e depreciação dos recursos naturais, especialmente da biodiversidade de plantas das florestas tropicais. Particularmente no Cerrado sul-matogrossense, a paisagem vem sendo modificada por ações antrópicas, como a agropecuária, construção de estradas e explosão demográfica. Uma das medidas mitigadoras para isso é o programa de recuperação de áreas degradadas com o uso de espécies arbóreas nativas. Um programa dessa natureza depende de sementes e mudas de boa qualidade e diversidade de espécies. Todavia, grande parte das espécies florestais tropicais apresenta sensibilidade à dessecação e a presença de recalcitrância se opõe ao pleno sucesso da propagação futura das espécies. A guavira (Campomanesia adamantium), mangaba (Hancornia speciosa) e uvaia (Eugenia pyriformis) produzem frutos apreciados pela população, porém, a falta de conhecimento referente à germinação e à longevidade dificulta o aproveitamento das propriedades dos frutos e a otimização do emprego de tais culturas nas pequenas propriedades rurais. A manutenção da integridade da informação genética após a desidratação das sementes é essencial para a viabilidade e conservação de sementes em bancos de germoplasma. Quanto mais mecanismos de proteção dispostos para a célula durante o processo de desidratação, maior será a integridade da informação genética e menor será a demanda por transcritos de DNA para a síntese de novo de constituintes de membranas, organelas e citoesqueleto. Portanto, objetiva-se avaliar a capacidade de tolerância à dessecação e a integridade do DNA de sementes de espécies frutíferas do Cerrado. Para isso, serão utilizadas as sementes de guavira, mangaba e uvaia com o teor de água original e sementes com o teor de água reduzido a cada cinco pontos percentuais até obter sementes com 5% de grau de umidade. A dinâmica da perda da viabilidade será avaliada por meio de teste de germinação e a integridade do DNA genômico das se.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Dágon Manoel Ribeiro - Integrante / Josué de Brito Quadros - Integrante / Rodrigo Kelson Silva Rezende - Integrante / MASETTO, TATHIANA ELISA - Coordenador / SCALON, SILVANA DE PAULA QUINTÃO - Integrante / Eliane Marques da Silva - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2008

Menção Honrosa, Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas - OBMEP.

2007

Menção Honrosa, Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas - OBMEP.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2012 - 2012

    European Union

    Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Youth in Action Programme, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    O Youth in Action Programme Financiado pela União Europeia, visa o intercâmbio de pessoas de diferentes países, trocando experiências e ajudando no desenvolvimento de atividades e apresentações. Aconteceu em 23/09/2012 até 30/09/2012 em Lodz na Polonia.

  • 2012 - 2012

    Universidade do Minho

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Cultivo de Microalgas em Biorreactores, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Bolsista do Programa Ciências sem Fronteiras. Estágio no Departamento de Engenharia Biológica de Universidade do Minho (Portugal) entre 15 de fevereiro de 2012 e 15 de Dezembro de 2012, tendo desenvolvido neste período o trabalho intitulado: ?Cultivo de microalgas em biorreactores?.

  • 2013 - 2014

    Universidade Federal da Grande Dourados

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista DTI 3 - CT Biotecnologia, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Avaliação do potencial biotecnológico de diferentes isoladas na região Centro-Oeste visando à produção de etanol através de uma abordagem sistémica.

  • 2013 - 2013

    Universidade Federal da Grande Dourados

    Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Padrinho de aluno intercambista, Carga horária: 6

    Outras informações:
    Apadrinhamento voluntário de uma aluna colombiana por meio do programa de apadrinhamento voluntário do Escritório de Assuntos Internacionais da UFGD.

  • 2013 - 2013

    Universidade Federal da Grande Dourados

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: MONITOR - FACULDADES ABERTAS, Carga horária: 24

  • 2013 - 2013

    Universidade Federal da Grande Dourados

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista ITI A - CT BIOTECNOLOGIA, Carga horária: 16

    Outras informações:
    Avaliação do potencial biotecnológico de diferentes isoladas na região Centro-Oeste visando à produção de etanol através de uma abordagem sistémica.

  • 2011 - 2012

    Universidade Federal da Grande Dourados

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsa de Iniciação Científica - PIBIC, Carga horária: 6

    Outras informações:
    Germinação de sementes de araticum após o armazenamento.

  • 2011 - 2011

    Universidade Federal da Grande Dourados

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Ação Social UFGD - SESI - BR Foods, Carga horária: 10

    Outras informações:
    Projeto de Extensão "Ação Social UFGD - SESI - BR Foods" Realizado dia 03 de Setembro de 2011.

  • 2011 - 2011

    Universidade Federal da Grande Dourados

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Análise da viabilidade de pólen de milho, Carga horária: 4

    Outras informações:
    Desenvolvimento de atividades no Laboratório de Sementes para a análise da viabilidade do pólen de milho coletados em diferentes condições ambientais.

  • 2011 - 2011

    Universidade Federal da Grande Dourados

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Extensão Biotecnologia Para Todos, Carga horária: 6

    Outras informações:
    Projeto de Extensão realizada pela Faculdade de Ciências Biológicas e Ambientais. Visa a divulgação da biotecnologia para alunos do ensino médio.

  • 2010 - 2011

    Universidade Federal da Grande Dourados

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica Tecnológica - PIBITI, Carga horária: 6

    Outras informações:
    Redução da Sensibilidade à Dessecação de Sementes de Mangaba.

  • 2010 - 2011

    Universidade Federal da Grande Dourados

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador Bioprocessos e Biotecnologia, Carga horária: 6

    Outras informações:
    Pesquisa com atividade anti-microbiana de compostos químicos sintetizados e estudo sobre o potencial de microalgas isoladas na região para o tratamento de resíduos e produção de biodiesel.

  • 2010 - 2011

    Universidade Federal da Grande Dourados

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica Tecnológica - PIBITI, Carga horária: 6

    Outras informações:
    Conservação de sementes de guavira por meio de osmocondicionamento.

  • 2010 - 2010

    Universidade Federal da Grande Dourados

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Ação Social UFGD - SESI - BRF Foods, Carga horária: 5

    Outras informações:
    Projeto de Extensão "Ação Social UFGD - SESI - BRF Foods" Realizado dia 23 de Outubro de 2010.

  • 2009 - 2010

    Universidade Federal da Grande Dourados

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estagio Análise de Sementes, Carga horária: 6

    Outras informações:
    Teste de umidade, testes de germinação, teste de avaliação da tolerância a dessecação, avaliação fisiológica e auxilio a alunos de Iniciação Cientifica júnior..

  • 2009 - 2009

    Universidade Federal da Grande Dourados

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Ação Social UFGD - SESI - PERDIGÃO, Carga horária: 10

    Outras informações:
    Projeto de Extensão "Ação Social UFGD - SESI - PERDIGÃO" Realizado dia 17 de Outubro de 2009.

  • 2009 - 2009

    Universidade Federal da Grande Dourados

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: MONITOR - FEIRA DAS FACULDADES, Carga horária: 8

    Outras informações:
    Evento de Extensão realizado no dia 26 de Novembro de 2009 que visa a divulgação dos cursos. Responsável pela apresentação do curso de Biotecnologia.

  • 2009 - 2009

    Universidade Federal da Grande Dourados

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: A importância da Biotecnologia para o Brasil, Carga horária: 4

    Outras informações:
    Participação do Projeto de Ensino "A IMPORTÂNCIA E AS PERSPECTIVAS DA BIOTECNOLOGIA PARA O BRASIL.". Realizado pela Faculdade de Ciências Biológicas e Ambientais da UFGD no periodo de 4/5/2009 a 30/06/2009.

  • 2008 - 2009

    Instituto Nacional de matematica Pura e Aplicada

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica Júnior, Carga horária: 4

    Outras informações:
    Programa de Iniciação Científica Júnior da Olimpíadas Brasileiras de Matemática 2007, realizado na cidade de Dourado/MS

  • 2012 - 2012

    Fundação Bracara Augusta

    Vínculo: Voluntario, Enquadramento Funcional: Apoio na promoção de atividades, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2016 - Atual

    Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador Colaborador, Carga horária: 20