Michele Soltosky Peres

Professor Adjunto IV do Curso de Fonoaudiologia da Universidade Federal Fluminense. Graduada em Fonoaudiologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Doutora em Linguística pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Mestre em Ciências/ Saúde Pública pelo Instituto Fernandes Figueira/FIOCRUZ. Experiência na área de Saúde Coletiva; Formação profissional em saúde e Educação Permanente. Desenvolve pesquisas no campo do cuidado e vulnerabilidades; Atenção à Saúde da Pessoa com deficiência no SUS, além da interface entre saúde e educação. Atua como pesquisadora associada no Laboratório de Informação Científica e Tecnológica em Saúde (LICTS) do ICICT/FIOCRUZ.

Informações coletadas do Lattes em 24/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Lingüística

2005 - 2008

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Título: As maneiras de falar e de ouvir: estudo sociolingüístico sobre aprendizagem e o fracasso escolar no Complexo da Maré-RJ
Orientador: Lúcia Quental
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Mestrado em Saúde da Criança e da Mulher

2002 - 2004

Fundação Oswaldo Cruz
Título: Dificuldades de Aprendizagem em Adolescentes Institucionalizadas,Ano de Obtenção: 2004
Simone Gonçalves Assis.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: aprendizagem; leitura e escrita; institucionalização.Grande área: Ciências da SaúdeGrande Área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Pediatria. Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística. Setores de atividade: Saúde Humana.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2017 - 2018

Pós-Doutorado. , Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde, ICICT/FIOCRUZ, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2011 -

Curso de Aprimoramento em Gestão DST/AIDS. (Carga horária: 200h). , Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.

2017 - 2017

Currículo: O que é? Para quem é?. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.

2017 - 2017

Moodle. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.

2016 - 2016

Extensão universitária em IV Oficina de Desenvolvimento Profissional Docente.. (Carga horária: 24h). , Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.

2016 - 2016

Oficina de Desenvolvimento Profissional Docente. (Carga horária: 16h). , Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.

2015 - 2015

Curso Introdutório de Métodos Ativos de Ensino-Apr. (Carga horária: 40h). , Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.

2014 - 2014

I Mostra Nacional de Educação Permanente. (Carga horária: 20h). , Ministério da Saúde, MS, Brasil.

2009 - 2009

Atualização Pedagógica. (Carga horária: 40h). , Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.

2009 - 2009

Estudantes universitários como sujeitos da aprendi. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.

2007 - 2007

Extensão universitária em Temas de Neurologia Pediátricas. (Carga horária: 40h). , Instituto Brasileiro de Medicina de Reabilitação, IBMR, Brasil.

2006 - 2006

leituras em Violência e Saúde. (Carga horária: 36h). , Escola Nacional de Saúde Pública, ENSP, Brasil.

2005 - 2005

Distúrbios de leitura e escrita: teoria e prática. (Carga horária: 10h). , Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.

2005 - 2005

Transtornos de Aprendizagem. (Carga horária: 8h). , Associação Brasileira de Neurologia e Psiquiatria Infantil, ABENEPI, Brasil.

2005 - 2005

Manejo e promoção do aleitamento materno.. (Carga horária: 18h). , Conselho Regional de Fonoaudiologia, CRFA/RJ, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Fonoaudiologia.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

PERES, M. S. ; Alencar, R. . I Mostra de Saúde Coletiva,Fonoaudiologia na Atenção Básica: Novos Caminhos e Desafios.. 2012. (Outro).

PERES, M. S. ; Dantas, S. M. ; Lacerda, J. S. . I Mostra de Saúde e Cultura de Mãe Luiza, com o tema DST/AIDS, conhecer para prevenir. 2011. (Outro).

Sousa, L.B. R. ; PERES, M. S. . Ciclo de Palestras em Fonoaudiologia. 2009. (Outro).

DINIZ, R. ; PERES, M. S. . II Congresso Multiprofissional da Saúde. 2009. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

I Colóquio Latino- Americano de Formação em Saúde Pública. 2017. (Outra).

V Congresso de Educação Médica da Regional ABEM RJ/ES. 2017. (Congresso).

V Online Conference - Management, Education and Health Promotion. PERSPECTIVA DO PROFISSIONAL FONOAUDIÓLOGO DA REDE PÚBLICA DE SAÚDE A SUA ATUAÇÃO NO TERRITÓRIO. 2016. (Congresso).

IV Online Conference - Management, Education and Health Promotion. PERFIL SOCIODEMOGRÁFICO E CLÍNICO DA POPULAÇÃO ATENDIDA NA CLÍNICA ESCOLA DE FONOAUDIOLOGIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE. 2015. (Congresso).

I Mostra Nacional de Educação Permanente: reconhecendo práticas dos trabalhadores do Ministério da Saúde. Apresentação de relato de experiência..Apoio Institucional nos processos de formação no ensino da graduação. 2014. (Outra).

1ºEncontro Nordeste Comunicação Saúde.A comunicação no fortalecimento de redes de ação comunitária para prevenção em DST/Aids na comunidade de Mãe Luiza, em Natal-RN. In: 1ºEncontro Nordeste Comunicação Saúde.. 2012. (Encontro).

1ºEncontro Nordeste Comunicação Saúde.Mídias e Protagonismo Juvenil formação de jovens multiplicadores no fortalecimento de redes de ação comunitária para prevenção em DST/Aids na comunidade de Mãe Luiza, em Natal-RN.. 2012. (Encontro).

27 Encontro Internacional de Audiologia. Uso de software com tarefas auditivas e suas contribuições na aprendizagem. 2012. (Congresso).

3rd WONCA-IBEROAMERICAN-CIMF REGIONAL CONGRESS. INTERNATIONAL SEMINAR ON PRIMARY HEALTH CARE.. Adolescentes Multiplicadores para la Promoción de los Derechos y Prevención de ITS / SIDA en el distrito de Madre Luiza, en Natal, Brasil.. 2012. (Congresso).

3rd WONCA-IBEROAMERICAN-CIMF REGIONAL CONGRESS. INTERNATIONAL SEMINAR ON PRIMARY HEALTH CARE.. Primera Muestra de salud e cultura Madre Luiza.. 2012. (Congresso).

3rd WONCA-IBEROAMERICAN-CIMF REGIONAL CONGRESS. INTERNATIONAL SEMINAR ON PRIMARY HEALTH CARE.. La Experiencia de Construcción e Implantación de un Proyecto de Intervención Comunitaria para Prevención en DST/SIDA en la Comunidad Mãe Luiza, Natal, Rio Grande do Norte, Brasil: Conocer e Intervenir.. 2012. (Congresso).

3rd WONCA-IBEROAMERICAN-CIMF REGIONAL CONGRESS. INTERNATIONAL SEMINAR ON PRIMARY HEALTH CARE.. Fortalecimento das Redes de Atenção Comunitária para prevenção das DST/Aids no bairro de Mãe Luiza, em Natal/Brasil. 2012. (Congresso).

Congresso Nordestino de Extensão Universitária: Cultura, Diversidade e Identidade. O Uso de Redes Sociais Digitais na Prevenção de DST/Aids: uma Análise das Ações do ?Projeto de Fortalecimento de Redes de Ação Comunitária para Prevenção em DST/Aids: Conhecer e Intervir. 2012. (Congresso).

I Encontro de Comunicação e Saúde do Nordeste.Midia e Protagonismo Juvenil para o fortalecimento de redes comunitárias para a prevenção das DST/AIDS.. 2012. (Encontro).

III Reunião anual e IV Fórum em Neurobiologia do Estresse.Uso de software auxiliar na reabilitação de distúrbios auditivos (SARDA) em tarefas que avaliam a Consciência Fonológica e a Inteligência Fluida em escolares.. 2012. (Outra).

IX Congresso Brasileiro de Prevenção das DST/Aids. Cooperação multidisciplinar e participação comunitária, a construção da I mostra de saúde e cultura para a prevenção das DST Aids.. 2012. (Congresso).

XX Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia. Relação entre Consciência Fonològica e inteligência Fluida: aprimoramento pelo treinamento auditivo computadorizado?. 2012. (Congresso).

VIII Congresso Brasileiro da Sociedade Brasileira de DST/AIDS. Fortalecimento de redes de ação comunitária para a prevenção em DST/Aids. 2011. (Congresso).

62 Reunião anual da Sociedade Brasileira para o progresso da Ciencia a C. PREPARANDO MULTIPLICADORES EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UMA VIVÊNCIA EM CIDADE NOVA. NATAL-RN.. 2010. (Congresso).

XVIII Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia. MELHORIA DO ENSINO NA GRADUAÇÃO VIA AÇÕES ASSOCIADAS NO CURSO DE FONOAUDIOLOGIA DA UFRN. 2010. (Congresso).

XVII Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia. A violência Familiar como fator de risco para a aquisição de leitura e escrita. 2009. (Congresso).

XVII Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia. Relação entte memória de trabalho e habilidades de Consciência Fonológica em escolares. 2009. (Congresso).

XVII Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia. Aprendizagem e auto-conceito: avaliação do impacto das ações intersetoriais da Fonoaudiologia no Campo da Saúde Coletiva. 2009. (Congresso).

Congresso Internacional de Dislexia. Perfil de Consciência Fonológica em escolares do Complexo da Maré. 2007. (Congresso).

Congresso Mundial de Saúde Publica. Perfil das Dificuldades de Aprendizagem em Adolescentes institucionalizados. 2006. (Congresso).

II Semana cultural de letras- UNIGRANRIO.Multiculturalismo e interação face-a-dace: os diferentes esquemas de conhecimento em interação em sala de aula. 2005. (Seminário).

XIII Congresso da ASSEL - RIO. Aspectos da cultura letrada e sua relação com o sistema de educação formal. 2005. (Congresso).

XVII Congresso Brasileiro de Neurologia e Psiquiatria Infantil. Problemas de aprendizagem em crianças vítimas de violência. 2003. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Flávia de Oliveira Champion Barreto

CAVALCANTI, M. L. T.; Costa, A. L.;PERES, M. S.. VIOLÊNCIA NAS RELAÇÕES FAMILIARES NA VISÃO DE CRIANÇAS DE UMA ESCOLA MUNICIPAL EM NITERÓI. 2011. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Josilene Ferreira da Silva

Antunes, N. Michele;PERES, M. S.; Abdala, R. L.. Produção Acadêmica sobre deficiência nos Programas de Pós Graduação Stricto Sensu no Brasil. 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Informação Científica e Tecnológica em Saúde) - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde.

Aluno: Paulo Cezar dos Santos Souza

BORGES, W. C.; Pitanga, C.E A.;PERES, M. S.. Entra na roda: A educação permanente como dispositivo para a qualificação das equipes de saúde auditiva e intelectiva da ABRAE-CER II. 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Acesso à Saúde: Informação, comunicação e equidade) - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde.

Aluno: Brunno Luiz Constantino

BORGES, W. C.; COELHO, V. F. S. M.;PERES, M. S.. De uma outra forma:o uso da animação para educação e saúde no território de Nova Friburgo/RJ. 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Acesso à Saúde: Informação, comunicação e equidade) - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde.

Aluno: Fernanda Rodrigues da Guia

PERES, M. S.; OLIVEIRA, R. D.; JUNIOR, A.G.S.. Análise da Implantação da Rede de Cuidado da Pessoa com Deficiência no Estado do Rio de Janeiro: os Casos das regiões de Saúde Centro Sul e Médio Paraíba. 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Acesso à Saúde: Informação, comunicação e equidade) - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde.

Aluno: Flávia Aparecida Alves

JUNIOR, A.G.S.; OLIVEIRA, R. D.;PERES, M. S.. Proposta de melhoria da Acessibilidade na Estratégia da Saúde da Família no Município de Mendes, destina à pessoas com mobilidade reduzida. 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Acesso à Saúde: Informação, comunicação e equidade) - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde.

Aluno: Diego Martins Aragão da Silva

Abdala, R; Guimarães, M.C. S.;PERES, M. S.. PRODUÇÃO CIENTÍFICA SOBRE ACESSIBILIDADE EM DEFICIENCIA VISUAL: uma análise bibliométrica. 2017. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Informação Científica e Tecnológica em Saúde) - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde.

Aluno: [Nome removido após solicitação do usuário]

Guimarães, M.C. S.; Souza, R. A;PERES, M. S.. Acessibilidade em Museus. 2017. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Informação Científica e Tecnológica em Saúde) - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde.

Aluno: Paula Camelo Soares Caldas

PERES, M. S.. Como os prematuros se desenvolvem, considerações acerca da linguagem.. 2009. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Atenção integral à saúde materno infantil) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Renata Spena dos Santos

PERES, M. S.; CARVALHO, M. R.. A boca do bebê, porta de entrada para o novo mundo.. 2009. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Atenção integral à saúde materno infantil) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Fabíolo Ronsac

PERES, M. S.. Percepção do conhecimento dos profissionais de saúde e educação do município de Nova Friburgo quanto o desenvolvimento linguístico e das políticas publicas sobre surdez?,. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Valeska Stork

PERES, M. S.; Novaes, B.; Cabral, M.. PERSPECTIVA DO PROFISSIONAL FONOAUDIÓLOGO DA REDE PÚBLICA DE SAÚDE A SUA ATUAÇÃO NO TERRITÓRIO. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Rafanelly Ferreira Lopes

Rodrigues, M. G. A.; GOLDENZWEIG, R.;PERES, M. S.. cartografia de iniciação à docência. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Ana Paula Mendes Rodrigues

PERES, M. S.; SAIPPA-OLIVEIRA, G.; Novaes, B.. .A Inserção do Fonoaudiólogo na Atenção Básica de Saúde do Município de Nova Friburgo-RJ. 2014.. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Valeska Stork

PERES, M. S.; Novaes, B.; Cabral, M.. PERSPECTIVA DO PROFISSIONAL FONOAUDIÓLOGO DA REDE PÚBLICA DE SAÚDE A SUA ATUAÇÃO NO TERRITÓRIO. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Vivian de Carvalho Reis Neves

PERES, M. S.; SAIPPA-OLIVEIRA, G.. Agir Comunicativo e Docência: Desafios para Formação do Fonaudiólogo na UFF. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso.. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Paula Renata Morais e Silva

BRAZOROTTO, J. S.;PERES, M. S.; GONCALVES, M. J.. Percepção de fala no ruído e suas relações com a consciência fonológica e o desempenho escolar em crianças do ensino fundamental.. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Fernanda Sampaio de Athayde

PERES, M. S.; BRAZOROTTO, J. S.; Balen, S. A. Relação entre alterações auditivas e desempenho escolar.. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Pollyana Rocha

PERES, M. S.; Amanda Almeida Batista; GONCALVES, M. J.. Comunicação alternativa e afasia: principais tipos de intervençã. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Ana Priscila Ferreira Freire

PERES, M. S.; GONCALVES, M. J.; Amanda Almeida Batista. Identificação de fatores de risco a partir do perfil das habilidades de leitura em escolares do ensino fundamental.. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Rikarla Kizzia Moura de Sales

PERES, M. S.; Pernambuco, L. A.; Brito, E.W. G.. COMPREENDENDO A ATUAÇÃO FONOAUDIOLÓGICA NA PROMOÇÃO DE SAÚDE: UMA REVISÃO DE LITERATURA. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Soraya Beatriz Pereira Campelo

PERES, M. S.; Balen, S. A; BRAZOROTTO, J. S.. CORRELAÇÃO ENTRE O DESEMPENHO DO TESTE DE CONSCIÊNCIA FONOLÓGICA E NO TESTE DE LEITURA DE PALAVRAS ISOLADAS EM ALUNOS DO 2° ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL A PARTIR DO USO DO TREINAMENTO COMPUTADORIZADO.. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Barbra Sousa Baldas

BEGROW, D.;PERES, M. S.; CORONA, A. P.. Discurso narrativo de crianças expostas a duas modalidades de narração de histórias infantis. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Thais Moreno Ribeiro

PERES, M. S.. Investigação do grau de conhecimento dos conlcuintes de fonoaudiologia de Salvador e Laoro de Freitas sobre a comunicação Suplementar e alternativa, sua importância e aplicação.. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Ívina Thaiana de Almeida Menezes

PERES, M. S.; SCAREL, R.; NOBREGA, A. C.. Característica da deglutição de pacientes com cancêr de laringe submetidos à radioterapia: relato de casos. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Marina Golçalves Santos

PERES, M. S.; SCAREL, R.. Atendimento multiprofissional ao laringectomizado que utiliza avoz esofágica: a visão do paciente.. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Sofia Brandão P

PERES, M. S.; BEGROW, D.. de Melo São Bernardo.Desenvolvendo o processo de letramento na escola: possibilidade de atuação da fonoaudiologia educacional.. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Aline Gisele Conceicao Leite

PERES, M. S.. Perfil das habilidades de consciência fonológica em crianças bilíngues e monolíngues. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Daniela Valente Sande

PERES, M. S.. A visão dos professores de educação infantil e ensino fundamental sobre a atuação do fonoaudiólogo na escola.. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Laura Catarina Santana de Carvalho

BEGROW, D.;PERES, M. S.. Surdez e família: a visão dos surdos, usuários da língua de sinais, sobre suas famílias.. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Leila Taline de Oliveira Batista

PERES, M. S.; BEGROW, D.. Abordagens terapêuticas fonoaudiológicas para os distúbios de leitura e escrita.. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Lívia C

LOPES, D.;PERES, M. S.. Carneiro.A estimulação de condutas simbólicas no atraso de linguagem. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Estácio de Sá.

Aluno: Rosangela de M

PERES, M. S.; LOPES, D.. Dorna.Maloclusão e respiração oral, implicações fonoaudiológicas.. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Estácio de Sá.

Aluno: Lorena Coutinho Cardoso

LURDERS, D.; LOPES, D.;PERES, M. S.. Aleitamento Materno: Um Esclarecimento às Mães.. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Estácio de Sá.

Aluno: Dacirlene Morais de Oliveira

LOPES, D.; LURDERS, D.;PERES, M. S.. Estimulação Fonoaudiológica com ênfase em Motricidade Oral na Síndrome de Moebius na 1a infância. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Estácio de Sá.

Aluno: Marcelle M

PERES, M. S.; LENCAST, E.. Nogueira.Fonoaudiologia e Prevenção na educação infantil: atuando nas habilidades fonológicas.. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Estácio de Sá.

Aluno: Martha Mendes S

PERES, M. S.; LOPES, D.. Thadeu.Orientação Fonoaudiológica aos pais, profissionais de saúde e escolas, quanto ao surgimento do atraso de linguagem em crianças detectadas na primeira infância. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Estácio de Sá.

PERES, M. S.; BRAZOROTTO, J. S.; GONCALVES, M. J.. Concurso para professor substituto na área de linguagem. 2012. Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

PERES, M. S.; Cavalcanti, R. A.; GONCALVES, M. J.. Concurso para professor substituto na área de linguagem. 2012. UFRN.

PERES, M. S.; BRAZOROTTO, J. S.; GONCALVES, M. J.. Concurso para professor substituto na área de linguagem. 2012. Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

LINS, R.;PERES, M. S.; GARCIA, D.. Comissão de seleção de vestibular de alunos com necessidades educacionais especiais. 2012. Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

GONCALVES, M. J.;PERES, M. S.; BRAZOROTTO, J. S.. Comissão de seleção do Concurso para professor substituto do Departamento de Fonoaudiologia, na área de Saúde Coletiva. 2012. Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

GONCALVES, M. J.;PERES, M. S.; BRAZOROTTO, J. S.; Cavalcanti, R. A.. Comissão de seleção do Concurso para professor substituto do Departamento de Fonoaudiologia, na área de linguagem. 2012. Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

GONCALVES, M. J.; Balen, S. A; SPERI, M.R.;PERES, M. S.. Comissão de seleção do Concurso para professor substituto do Departamento de Fonoaudiologia, na área de linguagem. 2011. Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

PERES, M. S.; Pernambuco, L. A.; Cavalcanti, R. A.. Comissão de Avaliação de Estágio Probatório. 2012. Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

PERES, M. S.. Comissão de avaliação Congresso de Iniciação Científica. 2011. Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Marci Dória Passos

BARBOSA, L. S. T. D.; RICARDO, S. M. B. F.;PASSOS, M. D.; SOUZA, L. B. R.; GONCALVES, J. C.. Maneiras de falar e de ouvir: estudo sociolinguístico sobre a aprendizagem e o fracasso escolar no Complexo da Maré, RJ. 2008 - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Deize Vieira dos Santos

QUENTAL, Lúcia de S.T.D.B.;SANTOS, D. V.; PASSOS, Marci Doria; RICARDO, Stella Maris Bortoni de Figueiredo; GONÇALVES, José Carlos. MANEIRAS DE FALAR E OUVIR: ESTUDO SOCIOLINGUÍSTICO SOBRE A APRENDIZAGEM E O FRACASSO ESCOLAR NO COMPLEXO DA MARÉ. 2008. Tese (Doutorado em Lingüística) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Jose Carlos Goncalves

GONCALVES, J. C.; Lucia Quental; BORTONI-RICARDO, S. M.; Passos, M D; Dos Santos, D V. Maneiras de Falar e Ouvir: Estudo sociolinguístico Aobre a Aprendizagem e o Fracasso Escolar no Complexo da Mare´, RJ.. 2008. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Letras) - Faculdade de Letras da UFRJ.

Christina Abreu Gomes

GOMES, C. A.; QUENTAL, Lúcia Santiago Dantas; CEZÁRIO, Maria Maura. O aluno novo: percepções sobre o aprendizado e o fracasso escolar na Maré. Um estudo sociolingüístico. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em Lingüística) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Simone Gonçalves de Assis

ASSIS, S. G.; CAPANELI, S. A.;GOMES, Romeu. Dificuldades de Apredizagem em adolescentes institucionalizados.. 2002. Dissertação (Mestrado em Saúde da Mulher e da Criança) - Fundação Oswaldo Cruz.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Tayane Frez Pacheco

METODOLOGIAS ATIVAS E OS CENÁRIOS DE FORMAÇÃO DO FONOAUDIÓLOGO; Início: 2015; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal Fluminense; (Orientador);

Valeska Stork

PERSPECTIVA DO PROFISSIONAL FONOAUDIÓLOGO DA REDE PÚBLICA DE SAÚDE DO MUNÍCIPIO DE NOVA FRIBURGO SOBRE O TERRITÓRIO; Início: 2014; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal Fluminense; (Orientador);

Luana Carolina Soares da Silva

Carcterização da linguagem dos pacientes da Clínica escola de fonoaudiologia da UFRN com diagnósticos pertencentes ao espectro autista; ; Início: 2013; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; (Orientador);

Leila Juliane Pinheiro do Nascimento

Avaliação de linguagem em bebês com Hiperbilirrubinemia; Início: 2013; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; (Orientador);

Thailanne Dariane Monteiro da Silveira

Perfil dos atendimentos da Clínica Escola de Fonoaudiologia da UFRN; Início: 2013; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; (Orientador);

Bianca Felgueiras

Transtornos de aprendizagem em alunos de Graduação: revisão sistemática de literatura; Início: 2013; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; (Orientador);

Katarina Tavares de Souza

Avaliação do perfil de consciencia fonológica, desempenho escolar e atenção em alunos matriculados no ensino fundamental em Natal/RN; Início: 2012; Iniciação científica (Graduando em Fonoaudiologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

LUANA CELLY SILVA APRÍGIO

A influência do Software Auxiliar na Reabilitação de Distúrbios Auditivos no desempenho de leitura, escrita e matemática de alunos do segundo ano; Início: 2012 - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN; (Orientador);

Karolyne Lima da Silva

Desenvolvimento de dispositivos tecnológicos à luz das Metodologias Ativas para a construção saberes e fazeres na Fonoaudiologia; Início: 2015; Orientação de outra natureza; Universidade Federal Fluminense; (Orientador);

Caroline Pimenta Mauricio Dantas Pinho

Desenvolvimento de dispositivos tecnológicos à luz das Metodologias Ativas para a construção saberes e fazeres na Fonoaudiologia; Início: 2015; Orientação de outra natureza; Universidade Federal Fluminense; (Orientador);

Ana Paula Mendes Rodrigues

Desenvolvimento de dispositivos tecnológicos à luz das Metodologias Ativas para a construção saberes e fazeres na Fonoaudiologia; Início: 2015; Orientação de outra natureza; Universidade Federal Fluminense; (Orientador);

Viviane Faria Marquete

Desenvolvimento de dispositivos tecnológicos à luz das Metodologias Ativas para a construção saberes e fazeres na Fonoaudiologia; Início: 2015; Orientação de outra natureza; Universidade Federal Fluminense; (Orientador);

Renata Barra Gomes Chagas

Projeto de Intervenção em Saúde Bucal para Pessoas com Deficiência em Campos do Goytacasses/RJ; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Acesso à Saúde: Informação, comunicação e equidade) - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde; Orientador: Michele Soltosky Peres;

Brunno Luiz Constantino

De uma outra forma: o uso de animação para educação e saúde; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Acesso à Saúde: Informação, comunicação e equidade) - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde; Orientador: Michele Soltosky Peres;

Josilene Ferreira da Silva

Produção Acadêmica sobre deficiência nos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu no Brasil; ; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Informação Científica e Tecnológica em Saúde) - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde; Orientador: Michele Soltosky Peres;

Vanessa de Oliveira Santos

Acesso a saúde à pessoa com deficiência auditiva; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Acesso à Saúde: Informação, comunicação e equidade) - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde; Orientador: Michele Soltosky Peres;

Paulo Cezar dos Santos Souza

Entra na Roda: a educação permanente como dispositivo para a qualificação das equipes de saúde auditiva e intelectiva da ABRAE-CER II; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Acesso à Saúde: Informação, comunicação e equidade) - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde; Orientador: Michele Soltosky Peres;

Patrícia Pereira Magalhães

Acesso à saúde e integralidade às pessoas com deficiência: como reorientar o processo de trabalho em uma enfermaria?; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Acesso à Saúde: Informação, comunicação e equidade) - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde; Orientador: Michele Soltosky Peres;

Amanda Tavares Almeida

Escuta terapêutica como estratégia para a comunicação: proposta de intervenção no cuidado de mães cuidadoras; ; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Acesso à Saúde: Informação, comunicação e equidade) - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde; Orientador: Michele Soltosky Peres;

Jussara Nascimento Fernandes Medeiros

Acessibilidade da Pessoa com Deficiência em uma rede de urgência e emergência; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Acesso à Saúde: Informação, comunicação e equidade) - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde; Orientador: Michele Soltosky Peres;

Camila Bonifácio Nunes da Silveira

Construindo modos de enfrentamento às barreiras de acesso à saúde: a deficiência auditiva em questão; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Acesso à Saúde: Informação, comunicação e equidade) - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde; Orientador: Michele Soltosky Peres;

José Henrique de Lacerda Furtado

O ambiente educacional como espaço de construção de cidadania para a pessoa com deficiência; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Acesso à Saúde: Informação, comunicação e equidade) - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde; Orientador: Michele Soltosky Peres;

Paula Roberta de Souza Maciel

Protagonismo social e expressões artisticas; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Acesso à Saúde: Informação, comunicação e equidade) - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde; Orientador: Michele Soltosky Peres;

Mayara França Barboza

Mapeamento do território por meio da Estratégia da Saúde da Familía: Equipe Atalaia/Rj; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Acesso à Saúde: Informação, comunicação e equidade) - Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde; Orientador: Michele Soltosky Peres;

Tayane Frez Pacheco

METODOLOGIAS ATIVAS E OS CENÁRIOS DE FORMAÇÃO DO FONOAUDIÓLOGO; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal Fluminense; Orientador: Michele Soltosky Peres;

Valeska Stork Nogueira

PERSPECTIVA DO PROFISSIONAL FONOAUDIÓLOGO DA REDE PÚBLICA DE SAÚDE DO MUNÍCIPIO DE NOVA FRIBURGO SOBRE A ATUAÇÃO NO TERRITÓRIO; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal Fluminense; Orientador: Michele Soltosky Peres;

Luana Caroline Soares da Silva

COMPORTA A LINGUAGEM DOS PACIENTES DA CLÍNICA ESCOLA DE FONOAUDIOLOGIA DA UFRN COM DIAGNÓSTICOS PERTENCENTES AO ESPECTRO AUTISTA; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; Orientador: Michele Soltosky Peres;

Rikarla Kizzia Moura de Sales

COMPREENDENDO A ATUAÇÃO FONOAUDIÓLOGICA NA ATENÇÃO PRIMÁRIA NO MUNICÍPIO DE NATAL/RN CONCEPÇÕES, SABERES E PRÁTICAS; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; Orientador: Michele Soltosky Peres;

Soraya Beatriz Pereira Campelo

CORRELAÇÃO ENTRE O DESEMPENHO DO TESTE DE CONSCIÊNCIA FONOLÓGICA E NO TESTE DE LEITURA DE PALAVRAS ISOLADAS EM ALUNOS DO 2° ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL A PARTIR DO USO DO TREINAMENTO COMPUTADORIZADO; ; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; Orientador: Michele Soltosky Peres;

Ana Priscila Ferreira Freire

Identificação de fatores de risco a partir do perfil das habilidades de leitura em escolares do ensino fundamental; ; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Fonoaudiologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; Orientador: Michele Soltosky Peres;

Julya Barros

Construção e implementação de estratégias pedagógicas ativas na construção do conhecimento para alunos na Educação Superior; 2017; Orientação de outra natureza; (Fonoaudiologia) - Universidade Federal Fluminense; Orientador: Michele Soltosky Peres;

Ana Paula Rodrigues

Desenvolvimento de dispositivos tecnológicos à luz das Metodologias Ativas para a construção saberes e fazeres na Fonoaudiologia; 2016; Orientação de outra natureza; (Fonoaudiologia) - Universidade Federal Fluminense; Orientador: Michele Soltosky Peres;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Maria Cristina Soares Guimarães

Início: 2018; Fundação Oswaldo Cruz;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • NASCHOLD, A. ; Sheila Andreoli balen ; CAMPOS, A. ; SANTOS, S. R. ; PERES, M. S. ; BRAZOROTTO, J. S. ; PEREIRA JUNIOR, A. . Contando histórias com realidade aumentada: estratégia para promover a fluência da leitura infantil.. Letras de Hoje (Impresso) , v. 59, p. 138-146, 2015.

  • L.,, M. M. ; D., R. A. ; PERES, M. S. . Efeitos da succão nãao nutritiva durante a alimentacão enteral em criancas prematuras. Revista do conselho Regional de Fonoaudiologia do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, p. 12-12, 2002.

  • PERES, M. S. ; LEITE, I. C. . Aspectos Crâniofaciais do bebe portador da Sequência Pierre Robin. JBP. Revista Íbero-Americana de Odontopediatria e Odontologia do Bebê , Curitiba, v. 4, p. 15-20, 2001.

  • PERES, M. S. ; BAIMA, M. L. (Org.) ; Sousa, L.B. R. (Org.) . Fonoaudiologia e Violência em Foco. Rio de Janeiro: Revinter, 2012. v. 01. 149p .

  • Santana, A.P. ; SOLTOSKY, M. . Atuação Fonoaudiológica na Educação Superior. In: Marchesan,I.; Silva, H.J.; Tomé, M.. (Org.). Tratado das Especialidades em Fonoaudiologia. 01ed.São Paulo: Guanabara Koogan, 2014, v. 01, p. 01-1117.

  • PERES, M. S. ; Sheila Andreoli balen . Do acesso à acessibilidade aos conteúdos: algumas reflexões sobre a dislexia no âmbito universitária.. In: Melo, F., Lins, R. V.. (Org.). Inclusão na Educação Superior:contribuições a docência.. Ied.Natal: EDURFN, 2013, v. , p. 265-287.

  • PERES, M. S. ; Chedier, C. M. ; SUDO, A. R. C. . Dificuldades de Aprendizagem e violência contra crianças e adolescentes. In: Peres, M. S, Baima, L., M., Souza, L., B.. (Org.). Fonoaudiologia e Violência em Foco. Rio de Janeiro: Revinter, 2012, v. , p. 65-75.

  • BRAZOROTTO, J. S. ; PERES, M. S. . Defiência Auditiva e barreiras comunicativas. In: Peres, M. S, Baima, L., M., Souza, L., B.. (Org.). Fonoaudiologia e Violência em Foco. Rio de Janeiro: Revinter, 2012, v. , p. 93-101.

  • PERES, M. S. ; SPERI, M. R. . CAMPANHA NACIONAL DE ORIENTAÇÃO A GAGUEIRA. NOVO JORNAL, MIDIA DIGITAL, 25 out. 2011.

  • BARRETO, C. F. ; PERES, M. S. . A Fonoaudiologia pode contribuir no enfrentamento da violência?. REVISTA DIÁLOGO, RIO DE JANEIRO, p. 8 - 9, 03 nov. 2009.

  • SILVEIRA, T. D. M. ; PERES, M. S. ; Cavalcanti, R. A. . SOCIO-DEMOGRAPHIC AND CLINICAL PROFILE OF THE POPULATION TREATED AT THE CLINICAL SCHOOL OF SPEECH-LANGUAGE PATHOLOGY AT FEDERAL UNIVERSITY OF RIO GRANDE DO NORTE. In: Management, Education and Health Promotion Conference., 2015. Management, Education and Health Promotion, 2015.

  • SILVA, G. S. N. ; Rodrigues, M. P. ; Vilar, R. ; PERES, M. S. . VIVER COM HIV/AIDS: ENTRE A ESTIGMATIZAÇÃO E A CRONICIDADE DA DOENÇA, OS PARADOXOS E DESAFIOS VIVER COM HIV/AIDS.. In: VI Congresso IBEROAMERICANO DE INVESTIGACIÓN EN CUALITATIVA EN SALUD, 2014, MEDELLIN- COLOMBIA. VI Congresso IBEROAMERICANO DE INVESTIGACIÓN EN CUALITATIVA EN SALUD, 2014.

  • Lacerda, J. S. ; MACHADO, D. ; Lucas, M.C.V ; DANTAS, S. ; PERES, M. S. . Mídia secundária: cartilha impressa como estratégia de prevenção das DST/Aids entre adolescentes e jovens no Bairro de Mãe Luiza, Natal-RN. In: FÓRUM NACIONAL DE PROFESSORES DE JORNALISMO (FNPJ) 9 XV ENCONTRO NACIONAL DE PROFESSORES DE JORNALISMO XI CICLO NACIONAL DE PESQUISA EM ENSINO DE JORNALISMO, 2014, Curitiba. FÓRUM NACIONAL DE PROFESSORES DE JORNALISMO (FNPJ) 9 XV ENCONTRO NACIONAL DE PROFESSORES DE JORNALISMO XI CICLO NACIONAL DE PESQUISA EM ENSINO DE JORNALISMO, 2014.

  • Lacerda, J. S. ; MACHADO, D. ; Lucas, M.C.V ; DANTAS, S. ; PERES, M. S. . Comunicação como estratégia para prevenção de DST/AIDS no projeto ?Viva Mãe Luiza?. VI Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde.. In: VI Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde. Rio de Janeiro. Novembro, 2013., 2013, Rio de Janeiro. VI Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde. Rio de Janeiro. Novembro, 2013., 2013.

  • Quental, L. ; PERES, M. S. ; Loivos, A.L. . A. Avaliação e remediação fonológica diante das dificuldades de aprendizagem. Projeto de Complementação pedagógica. 4º Congresso de Extensão da UFRJ, novembro de 2007.. In: 4º Congresso de Extensão da UFRJ, 2007, Rio de Janeiro. 4 Congresso de Exatensão da UFRJ. Rio de Janeiro: Editora Universitária, 2007.

  • Cardoso, C. ; PERES, M. S. . Dificuldades de aprendizagem em alunos do Complexo da Maré-RJ.. In: Congresso Internacional de Dislexia, 2007, Rio de Janeiro. I Congresso Internacional de Dislexia, 2007.

  • Cardoso, C. ; PERES, M. S. . Perfil de Consciência Fonológica em escolares do Complexo da Maré. In: Congresso Internacional de Dislexia, 2007, Rio de Janeiro. I Congresso Internacional de Dislexia, 2007.

  • PERES, M. S. ; Chedier, C. M. . Perfil de Consciência Fonológica e aprendizagem- estudo comparativo Congresso Internacional de Dislexia, Rio de Janeiro, 2007.. In: Congresso Nacional de Dislexia, 2006, Rio de Janeiro. Congresso Internacional de Dislexia, 2006.

  • PERES, M. S. . Aspectos da cultura letrada e sua relação com o sistema de educação formal. In: XIII Congresso da ASSEL - RIO, 2005. Linguagens para o terceiro milênio, 2005.

  • PERES, M. S. . Multiculturalismo e interação face-a-face: os diferentes esquemas de conhecimento em interação em sala de aula. In: II Semana cultural de letras- UNIGRANRIO, 2005, Rio de Jaaneiro. Multiculturalismo e sociedade, 2005.

  • PERES, M. S. . Perfil das dificuldades de aprendizagem em adolescentes institucionalizados. In: VIII. In: Congresso Brasileiro de saúde Coletiva, XI Congresso Mundial de Saúde Coletiva, 2006, Rio de Janeiro. VIII Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva e XI Congresso Mundial de Saúde Pública, 2006.

  • FREZ, T. ; PERES, M. S. ; SAIPPA-OLIVEIRA, G. . ACESSO, INTEGRALIDADE E LONGITUDINALIDADE NA ATENÇÃO BÁSICA: ANÁLISE DA PERCEPÇÃO DE USUÁRIOS IDODOS.. In: 22º Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia: da Promoção a Prevenção. 08 a 11 de outubro de 2014, Joinville-SC., 2014, Joinville-SC.. 22º Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia: da Promoção a Prevenção. 2014, Joinville-SC., 2014.

  • PERES, M. S. ; FREZ, T. ; SAIPPA-OLIVEIRA, G. . BARREIRAS COMUNICATIVAS NO CUIDADO À ADOLESCENTES SURDOS NA ATENÇÃO BÁSICA DE SAÚDE. In: 22º Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia: da Promoção a Prevenção. 08 a 11 de outubro de 2014, Joinville-SC., 2014, Joinvile- SC. 22º Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia: da Promoção a Prevenção. 08 a 11 de outubro de 2014, Joinville-SC., 2014.

  • FREZ, T. ; SAIPPA-OLIVEIRA, G. ; PERES, M. S. . CARTILHA ELETRÔNICA E A CONSTRUÇÃO DOS SABERES NO CAMPO DA SAÚDE COLETIVA.. In: 22º Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia: da Promoção a Prevenção., 2014, Joinville-SC.. 22º Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia: da Promoção a Prevenção., 2014.

  • PERES, M. S. ; FREZ, T. ; SAIPPA-OLIVEIRA, G. . A PERCEPÇÃO DO USUÁRIO ACOMPANHANTE S DE CRIANÇAS COM ALTERAÇÕES FONOAUDIOLÓGICAS NA ATENÇÃO BÁSICA.. In: 22º Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia: da Promoção a Prevenção. 08 a 11 de outubro de 2014, Joinville-SC., 2014, Joinville-SC.. 22º Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia: da Promoção a Prevenção., 2014.

  • FERREIRO, D. C. L. ; Aprigio, L. C. S. ; Almeida, A. ; PERES, M. S. ; BRAZOROTTO, J. S. ; Balen, S. A ; PEREIRA JUNIOR, A. . Uso de software auxiliar na reabilitação de distúrbios auditivos (SARDA) em tarefas que avaliam a Consciência Fonológica e a Inteligência Fluida em escolares.. In: III Reunião anual e IV Fórum em Neurobiologia do Estresse, 2012, Florianópolis. Anais III Reunião anual e IV Fórum em Neurobiologia do Estresse, 2012.

  • Almeida, A. C ; PEREIRA JUNIOR, A. ; Araújo, D. B. ; BRAZOROTTO, J. S. ; Almondes, K. ; Aprigio, L. C. S. ; PERES, M. S. ; Balen, S. A . Uso de software com tarefas auditivas e suas contribuições na aprendizagem.. In: 27 Encontro Internacional de Audiologia, 2012, São Paulo. Anais do 27 Congresso Internacional de Audiologia, 2012. p. 139-139.

  • Aprigio, L. C. S. ; Almeida, A. C ; Araújo, D. B. ; PERES, M. S. ; BRAZOROTTO, J. S. ; PEREIRA JUNIOR, A. ; Balen, S. A . Relação entre Consciência Fonológica e inteligência Fluida: aprimoramento pelo treinamento auditivo computadorizado?. In: XX Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia., 2012, Brasilia. Anais do XX Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia., 2012.

  • PERES, M. S. ; Lacerda, J. S. ; Dantas, S. M. ; Lucas, M.C.V . Midia e Protagonismo Juvenil para o fortalecimento de redes comunitárias para a prevenção das DST/AIDS.. In: 1ºEncontro Nordeste Comunicação Saúde -2012, 2012, Salvador. Anais do 1ºEncontro Nordeste Comunicação Saúde -2012, 2012.

  • ARAUJO, A. S. ; Lacerda, J. S. ; Dantas, S. M. ; PERES, M. S. ; Lucas, M.C.V . O Uso de Redes Sociais Digitais na Prevenção de DST/Aids: uma Análise das Ações do ?Projeto de Fortalecimento de Redes de Ação Comunitária para Prevenção em DST/Aids: Conhecer e Intervir. In: Congresso Nordestino de Extensão Universitária: Cultura, Diversidade e Identidade, 2012, Feira de Santana/BA. Anais Congresso Nordestino de Extensão Universitária: Cultura, Diversidade e Identidade, 2012.

  • Dantas, S. M. ; PERES, M. S. ; Lacerda, J. S. ; Lucas, M.C.V ; Souza,.F. E . Adolescentes Multiplicadores para la Promoción de los Derechos y Prevención de ITS / SIDA en el distrito de Madre Luiza, en Natal, Brasil.. In: 3rd WONCA-IBEROAMERICAN-CIMF REGIONAL CONGRESS. INTERNATIONAL SEMINAR ON PRIMARY HEALTH CARE., 2012, Havana/Cu. Anais do 3rd WONCA-IBEROAMERICAN-CIMF REGIONAL CONGRESS. INTERNATIONAL SEMINAR ON PRIMARY HEALTH CARE., 2012.

  • PERES, M. S. ; Lacerda, J. S. ; Dantas, S. M. ; Lucas, M.C.V . I Muestra de Salud y Cultura en el barrio de Madre Luiza: la cooperación interdisciplinaria y la participación comunitaria en la prevención de ITS/SIDA.. In: 3rd WONCA-IBEROAMERICAN-CIMF REGIONAL CONGRESS. INTERNATIONAL SEMINAR ON PRIMARY HEALTH CARE., 2012, Havana. Anais do 3rd WONCA-IBEROAMERICAN-CIMF REGIONAL CONGRESS. INTERNATIONAL SEMINAR ON PRIMARY HEALTH CARE., 2012.

  • PERES, M. S. ; Lacerda, J. S. ; Dantas, S. M. ; Lucas, M.C.V ; Souza,.F. E . Cooperação multidisciplinar e participação comunitária, a construção da I mostra de saúde e cultura para a prevenção das DST Aids.. In: IX Congresso Brasileiro de Prevenção das DST/Aids, 2012, São Paulo. anais IX Congresso Brasileiro de Prevenção das DST/Aids, 2012.

  • Dantas, S. M. ; PERES, M. S. ; Souza,.F. E ; Lacerda, J. S. ; Lucas, M.C.V ; castanho, S. . Fortalecimento de redes de ação comunitária para a prevenção em DST/Aids.. In: VIII Congresso Brasileiro da Sociedade Brasileira de DST/AIDS., 2011, Curitiba. Anais do VIII Congresso Brasileiro da Sociedade Brasileira de DST/AIDS., 2011.

  • BRAZOROTTO, J. S. ; PERES, M. S. ; VIRGILIO, H. M. . MELHORIA DO ENSINO NA GRADUAÇÃO VIA AÇÕES ASSOCIADAS NO CURSO DE FONOAUDIOLOGIA DA UFRN. In: XVIII Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia., 2010, Curitiba. Anais do XVIII Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia., 2010.

  • Sousa, L.B. R. ; PERES, M. S. ; BARRETO, C. F. . A violência Familiar como fator de risco para a aquisição de leitura e escrita.. In: XVII Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia, 2009, Salvador. Anais do XVII Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia., 2009.

  • PERES, M. S. ; BARRETO, C. F. . Aprendizagem e auto-conceito: avaliação do impacto das ações intersetoriais da Fonoaudiologia no Campo da Saúde Coletiva.. In: XVIII Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia., 2009, Salvador. Anais do XVII Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia., 2009.

  • Souza, L.B. ; PERES, M. S. . Relação entte memória de trabalho e habilidades de Consciência Fonológica em escolares. In: XVII Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia, 2009, Salvador. Anais do XVII Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia., 2009.

  • PERES, M. S. . Perfil de Consciência Fonológica em escolares do Complexo da Maré.. In: Congresso Internacional de Dislexia, 2007, Ruo de Janeiro. anais do congresso Internacional de Dislexia, 2007.

  • PERES, M. S. . Problemas de aprendizagem em crianças vítimas de violência. In: XVII Congresso Brasileiro de Neurologia e Psiquiatria Infantil, 2003, Vitória-ES. XVII Congresso Brasileiro de Neorologia e Psiquiatria Infantil, 2003.

  • PERES, M. S. . Distúrbios da Comunicação, Vulnerabilidade e Evasão Escolar. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • PERES, M. S. ; Starosky, P ; Pivetta, F. R . Práticas Ativas e Responsabilidade Social na Formação Dialogada entre a Educação e Saúde. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • PERES, M. S. ; Antunes, N. Michele ; Guimarães, M.C. S. . Educação Permanente como dispositivo para a ampliação do Acesso à saúde e inclusão no território. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SILVEIRA, T. D. M. ; ALVES, A. C. ; PERES, M. S. ; CAVALCANTI, R. V. A. . Perfil Sociodemográfico e Clínico da população atendida na Clínica Escola de Fonoaudiologia da UFRN. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • FREZ, T. ; Jardim, A. ; SAIPPA-OLIVEIRA, G. ; PERES, M. S. . Acesso, integralidade e longitudinalidade na atenção básica: análise da percepção de usuários idosos. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FREZ, T. ; SAIPPA-OLIVEIRA, G. ; PERES, M. S. . Cartilha eletrônica e a Construção de saberes no campo da saúde coletiva. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Jardim, A. ; FREZ, T. ; SAIPPA-OLIVEIRA, G. ; PERES, M. S. . Barreiras Comunicativas no Cuidado à adolescentes surdos na atenção básica de Saúde. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Jardim, A. ; FREZ, T. ; SAIPPA-OLIVEIRA, G. ; PERES, M. S. . A percepção do usuário acompanhados de crianças com alterações fonoaudiológicas na atenção básica. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SILVEIRA, T. D. M. ; PERES, M. S. . Caracterização clínica e sociodemográfica da população encaminhada para a clínica escola de fonoaudiologia da UFRN. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • PERES, M. S. ; Lacerda, J. S. ; Dantas, S. M. ; SOUZA, E. C. . I Muestra de Salud y Cultura en el barrio de Madre Luiza: la cooperación interdisciplinaria y la participación comunitaria en la prevención de ITS/SIDA. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Dantas, S. M. ; PERES, M. S. ; Lucas, M.C.V ; SOUZA, E. C. ; Lacerda, J. S. . Fortalecimiento de las redes de acción comunitaria para la prevención de ITS SIDA en el barrio de Madre Luiza, en Natal, Brasil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Lacerda, J. S. ; PERES, M. S. ; SOUZA, E. C. ; Lucas, M.C.V . Adolescentes Multiplicadores para la Promoción de los Derechos y Prevención de ITS / SIDA en el distrito de Madre Luiza, en Natal, Brasil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Almeida, A. C ; Balen, S. A ; Cide, L. A. S. ; Aprigio, L. C. S. ; BRAZOROTTO, J. S. ; PEREIRA JUNIOR, A. ; PERES, M. S. . Uso de software com tarefas auditivas e suas contribuições na aprendizagem. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • PERES, M. S. ; MACHADO, D. ; DANTAS, S. . Midia e Protagonismo Juvenil para o fortalecimento de redes comunitárias para a prevenção das DST/AIDS.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • ARAUJO, A. S. ; DANTAS, S. ; PERES, M. S. . O Uso de Redes Sociais Digitais na Prevenção de DST/Aids: uma Análise das Ações do ?Projeto de Fortalecimento de Redes de Ação Comunitária para Prevenção em DST/Aids: Conhecer e Intervir? .. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • PERES, M. S. ; Dantas, S. M. ; Lacerda, J. S. ; Lucas, M.C.V ; Souza,.F. E . Cooperação multidisciplinar e participação comunitária, a construção da I mostra de saúde e cultura para a prevenção das DST Aids.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • PERES, M. S. . Estratégias de ensino para alunos com Dislexia no ensino superior - Mini curso. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Almeida, A. C ; PEREIRA JUNIOR, A. ; BRAZOROTTO, J. S. ; Almondes, K. ; Aprigio, L. C. S. ; PERES, M. S. ; Costa, M. G. C ; Balen, S. A . Relação entre Consciência Fonològica e inteligência Fluida: aprimoramento pelo treinamento auditivo computadorizado?. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Dantas, S. M. ; Lucas, M.C.V ; PERES, M. S. ; Lacerda, J. S. ; Souza,.F. E . Prevenção em DST e Aids: uma experiência de intervenção comunitária. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FERREIRO, D. C. L. ; Almeida, A. C ; Aprigio, L. C. S. ; Cide, L. A. S. ; Costa, M. G. C ; PERES, M. S. ; BRAZOROTTO, J. S. ; Balen, S. A ; PEREIRA JUNIOR, A. . Contribuições do Software na reabilitação de distúrbios auitivos (Sarda) em tarefas que avaliam a consciência fonológica e a inteligência Fluída em crianças escolares. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • Dantas, S. M. ; PERES, M. S. ; Lucas, M.C.V ; Lacerda, J. S. . Fortalecimento de Redes de Ação Comunitária para Prevenção em DST/AIDS: conhecer e intervir. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • PERES, M. S. . Colóquio: Pergunte ao especialista: pequenos problemas, grandes soluções em Fonoaudiologia. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Sousa, L.B. R. ; PERES, M. S. ; BARRETO, C. F. . A violência faminliar como fator de risco para a aquisição da leitura e escrita. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Cardoso, C ; PERES, M. S. ; Caldas, P. ; Almeida, A. ; Strautman ; Marron, R. . Desempenho de Rima na Prova de Consciência Fonológica em escolas localizadas em áreas de alto índice de violência urbana. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Frota, S. M.M ; Mousinho, R. P S ; PERES, M. S. ; Garcia, T. R ; Santos, G. S . Avaliação auditiva periférica e central em escolas com atraso global do desenvolvimento, institucionalizados e vítimas de violência. 2003. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

PERES, M. S. . Comissão de apoio ao aluno com necessidades educacionais especiais no ensino superior. 2011.

Lacerda, J. S. ; PERES, M. S. ; Lucas, M.C.V ; DANTAS, S. . Conversando sobre sexualidade, HIV, Aids e DST. Cartilha eletrônica. Ministério da Saúde. Departamento Nacional DST/AIDS e Hepatites Virais.. 2013.

COELHO, D. X. ; Lacerda, J. S. ; PERES, M. S. ; Dantas, S. M. . Vídeo Hip Hop e Aids. 2012.

COELHO, D. X. ; Lacerda, J. S. ; PERES, M. S. ; Dantas, S. M. . Video Juventudes e Participação Juvenil. 2012.

COELHO, D. X. ; Lacerda, J. S. ; PERES, M. S. ; Dantas, S. M. . Video I Mostra de Saúde e Cultura de Mãe Luiza, com o tema DST/AIDS, conhecer para prevenir. 2011.

PERES, M. S. ; RUAS, E. C. ; Guimarães, M. C. ; Gomes Jr. . Curso de Especialização: Acesso a saúde: informação, comunicação e equidade.. 2017.

COSTA, L. M. ; PERES, M. S. ; RUAS, E. C. ; Gomes Jr. . Programa de Residência Multidisciplinar: Atenção à Saúde Integral da Pessoa com Deficiência. 2016.

PERES, M. S. . Parecerista da PRÓ-REITORIA DE PESQUISA UFRN. 2011.

PERES, M. S. . REVISTA DE ATENÇÃO PRIMARIA E SAÚDE. 2011.

PERES, M. S. . Avaliador AH DOC da Pró Reitoria de Extensão UFRN. 2009.

PERES, M. S. . PPSUS III - Edital FAPERN/011/2009. 2009.

PERES, M. S. . Fonoaudiologia Educacional: otimização dos processos de aprendizagem. 2008.

PERES, M. S. . Formação continuada para professores de ensino fundamental da rede municipal no Complexo da Maré/RJ. 2007.

Pinto, T. Ana Carolina ; PERES, M. S. ; Novaes, B. . Canal Saúde na Estrada - CAPS Nova Friburgo. 2015.

ARAUJO, A. S. ; Lacerda, J. S. ; PERES, M. S. ; Dantas, S. M. ; Lucas, M.C.V ; COELHO, D. X. ; MACHADO, D. . Viva Mãe Luiza. 2011; Tema: Prevenção DST/AIDS. (Blog).

Borges, C. M.B ; PERES, M. S. ; MENDONCA, D. F. . Currículo: O que é? Para quem é?2017. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

PERES, M. S. ; Antunes, N. Michele ; BORGES, W. C. ; RUAS, E. C. ; OLIVEIRA, R. D. ; JUNIOR, A.G.S. ; Guimarães, M.C. S. . Acesso à Saúde:Informação, comunicação e equidade. 2017. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material Didático).

Maia, F. ; PERES, M. S. ; Ferraiolo ; Assaf, A. V. . Estudo de Caso sobre o efeitos da implementação do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade na Atenção Básica e do Programa Mais Médicos em municípios do Estado do Rio de Janeiro- Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro-. 2017. (Relatório de pesquisa).

PERES, M. S. ; Barros, J. ; MELO, T. L. R. . Vida Acadêmica. 2017. (Jogo).

PERES, M. S. . Estratégias de Ensino/aprendizagem para alunos de graduação portadores de Dislexia. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

PERES, M. S. . Estratégias de ensino para alunos com Dislexia no ensino superior - Mini curso. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

PERES, M. S. . Juventudes, Sexualidade e Prevenção das DST/Aids. 2012. .

PERES, M. S. ; Dantas, S. M. . Oficina de Sustentabilidade para o Projeto Fortalecimento de Redes de Ação Comunitária para Prevenção de DST/Aids:conhecer e intervir. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

PERES, M. S. ; Lucas, M.C.V ; Dantas, S. M. ; Lacerda, J. S. ; MACHADO, D. ; COELHO, D. X. . Oficinas de Formação Adolescentes Multiplicadores para Promoção dos Direitos e Prevenção das DST/AIDS. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

PERES, M. S. ; Dantas, S. M. ; Souza,.F. E ; Lucas, M.C.V . Seminário de Integração e Avaliação do Projeto Fortalecimento de Redes de Ação Comunitária para Prevenção em DST/AIDS: conhecer e intervir. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Lucas, M.C.V ; PERES, M. S. ; Lacerda, J. S. ; Dantas, S. M. . Oficina ?Adolescentes Multiplicadores para promoção de Direitos e Prevenção das DST/Aids Tema:?Adolescências, juventudes e participação e Vídeo e Fotografia?.. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Borges, L ; Lucas, M.C.V ; PERES, M. S. ; MACHADO, D. ; Lacerda, J. S. ; Dantas, S. M. . Oficina de editoração: Elaboração da cartilha sobre prevenção das DST/Aids, voltada para adolescentes e jovens. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

PERES, M. S. ; Dantas, S. M. . Sustentabilidade de Ações Comunitárias: conceitos, valores, estratégias para intervenção de base comunitária. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

PERES, M. S. ; SPERI, M.R. . ORIENTAÇÃO SOBRE A GAGUEIRA. 2011. (Cartas, mapas ou similares/Outra).

Balen, S. A ; BRAZOROTTO, J. S. ; PERES, M. S. . A CIÊNCIA NO BANCO ESCOLAR. 2011. (Cartas, mapas ou similares/Outra).

PERES, M. S. ; Balen, S. A ; BRAZOROTTO, J. S. . Neuroeducação e a aquisição de linguagem. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Lacerda, J. S. ; PERES, M. S. ; Dantas, S. M. . Oficina de Redes Sociais Digitais. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Lucas, M.C.V ; PERES, M. S. ; Dantas, S. M. . Oficina de Formação Adolescentes Multiplicadores para Promoção dos Direitos e Prevenção das DST/AIDS. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

PERES, M. S. . Oficina para Estruturar o Polo de Família de Mãe Luiza - Tema: Expressão da Sexualidade nas questões do corpo e da saúde: Curto meu corpo. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

PERES, M. S. ; COSTA, N. D. L. . 2ª OFICINA DE ATUALIZAÇÃO À SAÚDE DO IDOSO NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA.. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

BARRETO, C. F. ; PERES, M. S. . A FONOAUDIOLOGIA PODE CONTRIBUIR PARA O ENFRENTAMENTO DA VIOLÊNCIA. 2009. (Cartas, mapas ou similares/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2016 - Atual

    LIDAR COM: Contribuição para uma comunicação eficaz entre profissionais de saúde e pacientes surdos., Descrição: A não compreensão das informações e orientações terapêuticas prestadas pelos profissionais de saúde a pacientes surdos pode trazer sérios riscos para a saúde e até mesmo para a vida desses pacientes. Objetivo: Reduzir os riscos à saúde por falta de acessibilidade comunicacional em saúde para pessoas surdas. Método: entrevistas com profissionais de saúde das áreas de clínica médica, pediatria, ginecologia, obstetrícia, ortopedia, neurologia e emergência; entrevistas com pessoas surdas; levantamento bibliográfico. Um produto contendo texto com informações importantes sobre ser surdo, dirigido a profissionais de saúde, e DVD contendo explicações e orientações terapêuticas relativas aos principais agravos e situações de saúde. A partir dos resultados dessa pesquisa será construído produto que possa ser acessado por profissionais de saúde e ouvintes, nos locais de atendimento, bem como aplicativos de telefones celulares e outros dispositivos eletrônicos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / Luiza Moreira da Costa - Coordenador / Ester Cristina Ruas - Integrante.

  • 2015 - Atual

    COMPREENDENDO AS NECESSIDADES EDUCACIONAIS ESPECIAIS E SUAS INSERÇÕES NA EDUCAÇÃO SUPERIOR, Descrição: A formação na área da saúde tem buscado a implementação de mudanças no que se refere à construção do conhecimento. Esta busca se dá no intuito de garantir maior protagonismo, autonomia, reflexão, e sinergia entre os diferentes atores envolvidos no processo de ensino/aprendizagem, especialmente nos contextos direcionados à produção do cuidado. Vencer a necessidade de formação que supere a vertente tradicional em suas dimensões estruturantes ainda é um desafio a ser enfrentado no ensino com vistas à superação das dicotomias observadas entre teoria-prática, saúde-doença, promoção e cura, básico e profissional, ensino e pesquisa. Desenvolver um ambiente propicio para a construção do conhecimento de alunos do ensino superior, e em especial daqueles com algum tipo de deficiência ainda tem sido um desafio no cenário de atuação docente. Identificar, desafios observados pelos estudantes do ensino superior; identificar metodologias utilizadas no processo de construção de conhecimento na graduação; Desenvolver estratégias metodológicas de ensino/aprendizagem ativas que contribuam para o melhor aproveitamento dos conteúdos utilizados na graduação para alunos com algum tipo de deficiência são objetivos deste projeto que articula pesquisa e extensão. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Coordenador / Fabiola Ronsac - Integrante / Thalita Marcello - Integrante.

  • 2014 - 2015

    Processos de trabalho na Atenção Básica em Saúde: com a palavra os F o n o a u d i ó l o g o s, Descrição: Trata-se de um estudo descritivo de abordagem mista, contemplado no Edital PIBIc CNPq UFF 2014-2015, cuja dinâmica de investigação tem como horizonte a produção de informações de caráter avaliativo, com intuito de produção de um mapeamento e intercâmbios de informações sobre as diferentes linhas de força presentes nos processos de trabalho em saúde, tendo por referência de sistematização das percepções de Fonoaudiólogos inseridos na Atenção Básica de Saúde de Nova Friburgo/ Rio de Janeiro.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Coordenador / Gilson Saippa-Oliveira - Integrante.

  • 2014 - Atual

    Fonoaudiologia Educacional: perspectivas, saberes e práticas no ensino superior., Descrição: Compreender as questões vivenciadas no âmbito acadêmico que interferem no acesso e permanência do estudante no ensino superior.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Coordenador / Ricardo Lins - Integrante.

  • 2014 - Atual

    Circulação de Saberes Docentes em Saúde Coletiva nas Unidades de Nova Friburgo, Rio das Ostras e Volta Redonda da UFF., Descrição: Trata-se de um estudo exploratório, descritivo e analítico que busca compreender os saberes docentes (Ensino, Pesquisa, Extensão e Gestão), que circulam do campo da Saúde Coletiva nos Campi UFF, a saber: Nova Friburgo, Rio das Ostras e Volta Redonda. Os dados serão coletados por meio de questionário organizado com escala do tipo Likert, com cinco pontos encaminhado por correio eletrônico, formulado com utilização do Google Drive, estruturado em 5 grandes componentes: a) articulação de conhecimentos (teoria, procedimentos, técnicas, instrumentos) com aspectos sociais, políticos e culturais da realidade brasileira e cotidiano do trabalho; b) vinculação e articulação entre disciplinas teóricas e de campo; c) práticas de Extensão, Monitoria, Iniciação Científica e Gestão vinculadas aos processos de formação, assim como preconizado no Projeto Político Pedagógico do Cursos (PPP) e nas DCN- Saúde d) utilização de recursos didático pedagógicos; e) utilização de estratégias que busquem aprendizagens críticas e reflexivas, as informações serão classificadas e agrupadas, de acordo com as variáveis de forma estruturada para análise e categorização com base na estatística descritiva com a utilização do Software R. A interpretação do material produzido (parte escrita dos questionários) será realizada tendo por referência a realização de procedimento sistemático de sumarização, explicação e estruturação (operação classificatória, formulação das categorias, classificação e agregação dos dados), tratamento dos resultados obtidos e interpretação (inferências e realização de interpretações, inter-relacionando-as com o quadro teórico desenhado inicialmente ou abrindo pistas em torno de novas dimensões teóricas e interpretativas, surgidas pela leitura do material). Como forma de produção de inferências analíticas que posteriormente serão confrontados com análise documental (Programas das disciplinas e CV Lattes). Objetiva-se a produção de um mapeamento de saberes, para posterior intercâmbio de informações, presentes nos processos de formação, com o intuito de assegurar as correlações possíveis e sua consistência, na tentativa sistemática de responder a três desafios sinérgicos: 1) elaborar um diagnóstico dos saberes docentes que subsidiem o desenvolvimento de planos analíticos e a implantação e viabilização de projetos de Ensino, de Pesquisa e de Extensão; 2) oferecer subsídios para estruturação de processos de produção de conhecimento em rede que estejam em consonância com o que é preconizado pelas diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação em saúde (DCN`s); 3) ampliar os espaços de Cooperação Científica no campo da Saúde Coletiva em sua tríplice dimensão (política, analítica e operacional). A interpretação das informações será produzida por movimentos de triangulação Espacial, onde se buscará a construção das categorias analíticas e empíricas, enquanto esforço de compreensão e produção de sínteses que transitarão por um conjunto de referenciais teóricos de campos do conhecimento distintos e os achados empíricos, tendo por referência os debates e produção acadêmica do campo que se dedicam as questões vinculadas aos saberes da docência, formação em saúde e saúde coletiva.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / Gilson Saippa-Oliveira - Coordenador.

  • 2013 - Atual

    Concepções, saberes e práticas da Fonoaudiologia no Campo da Saúde Coletiva, Descrição: O Sistema Único de Saúde (SUS) foi criado, a partir do 60 0 movimento da Reforma Sanitária como uma necessidade do país em atender às novas demandas em saúde colocadas pelo contexto social. Nessa perspectiva surge no Brasil, em 2006, a Política Nacional de Promoção da Saúde, na qual dedica-se ao enfrentamento dos desafios que envolvem a promoção de saúde no cenário atual, exigindo por parte dos profissionais reflexão e qualificação permanente das suas práticas sanitárias. Permeada por esse novo paradigma, a atuação fonoaudiológica na área da Saúde Coletiva e suas práticas vêm se firmando e reorientando o cuidado. Contudo há ainda desafios observados nos processos de trabalho, gerados por uma formação clínico-reabilitadora, é tensionada cotidianamente por ações voltadas para a integralidade no cuidado. Compreender quais as concepções, saberes e práticas no campo da Saúde Coletiva pode nos auxiliar no desenvolvimento de práticas fonoaudiológicas que atendam às demandas do SUS.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Coordenador.

  • 2012 - 2015

    Leitura+neurociências - Melhoria da Compreensão Leitora no Programa Mais Educação: Tempo, Espaço e Atividades Linguístico-Pedagógicas Inovadoras na Educação Integral, Descrição: Capacitar e formar professores da rede pública de ensino do RN em uma metodologia inovadora que visa ampliar a competência leitora dos alunos do ensino fundamental. A metodologia será baseada nos resultados obtidos em um Projeto de Pesquisa realizado em uma Escola Pública do ensino fundamental participante do programa. A capacitação desses profissionais será realizada de maneira presencial e através das ferramentas do Ensino à Distância (EAD). Essa ação se dará em consonância com o Programa Mais Educação da Secretaria de Educação Básica (SEB). PRODUTOS ESPERADOS: - Artigos científicos, resumos em congressos científicos, trabalhos de conclusão de curso, dissertações de mestrado, teses de doutorado baseados nos resultados da pesquisa científica com foco no papel das metáforas na compreensão leitora. - Produção dos seguintes materiais Linguístico-Pedagógicos de compreensão leitora pelos professores participantes do projeto: kit 1: Contação e Leitura de Histórias, kit 2: Atividades Fonológicas, Kit 3: Atividades Morfossintáticas, Semânticas e Pragmáticas, kit 4: Instrumento de Diagnóstico e Testagem da Compreensão Leitora. - Pacote de softwares, de distribuição livre, com portabilidade para múltiplas plataformas, incluindo desktops, tablets, e dispositivos de realidade aumentada. Serão desenvolvidos softwares com três estilos inovadores de interação, visando atender necessidades específicas da metodologia do projeto: (a) aplicações orientadas ao toque (tablets) através dos quais os estudantes, de maneira individual e sob a supervisão do condutor da atividade, poderão realizar as tarefas de criação interativa de histórias, montagem de texto, bem como testes de avaliação automatizados; (b) aplicação desktop colaborativa (vários estudantes trabalhando em conjunto para alcançar uma meta comum) cuja exibição de conteúdo será por meio de projetor em uma tela ou parede e cuja interação com o sistema se dará por meio de reconhecimento de gestos dos estudantes.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (12) / Mestrado acadêmico: (6) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / sheila Andreoli Balen - Integrante / Antônio Pereira Júnior - Integrante / Angela Chuvas Nachold - Coordenador.

  • 2011 - 2014

    APLICABILIDADE DO SOFTWARE AUXILIAR NA REABILITAÇÃO DE DISTÚRBIOS AUDITIVOS (SARDA) EM UMA ESCOLA MUNICIPAL DE NATAL (RN), Descrição: As habilidades auditivas e de consciência fonológica desenvolvem-se ao longo da primeira e segunda infâncias a partir do desenvolvimento neurofisiológico, linguístico e psíquico da criança e podem influenciar o processo de ensino-aprendizagem. Neste contexto, a escola é um dos agentes que pode auxiliar o desenvolvimento destas habilidades, otimizando a aprendizagem da leitura e escrita, que por sua vez, oferecerão o acesso necessário a todo conteúdo escolar. Este projeto tem como objetivo verificar a eficácia do software auxiliar na reabilitação de distúrbios auditivos (SARDA) para o desenvolvimento de habilidades de consciência fonológica e para a melhora no desempenho escolar de crianças do ensino público regular do município de Natal. A amostra desta pesquisa será formada por alunos de duas salas de aula do primeiro ano (com média de idade de seis anos), um grupo experimental e um controle. Ambos os grupos serão avaliados em dois momentos com intervalo de oito semanas, sendo que o grupo experimental será exposto à intervenção com o SARDA e o grupo controle à outra atividade de informática que não vise a estimulação destas habilidades. Após a aprovação no Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (CEP/UFRN) e do consentimento dos responsáveis pelas crianças participantes será dado início ao projeto. Os instrumentos das avaliações pré e pós intervenção constarão de: triagem auditiva composta pela audiometria tonal, timpanometria e emissões otoacústicas; avaliação da consciência fonológica (Teste CONFIAS), do desempenho escolar (Teste de Desempenho Escolar ? TDE), da avaliação dos processos de leitura (PROLEC) e Bateria de Teste WISC. Como instrumento de intervenção será utilizado o software SARDA, o qual é composto por seis jogos que serão utilizados uma vez por dias, cinco dias na semana, durante 30 minutos, ao longo de oito semanas. A análise dos resultados envolverá a verificação das habilidades de consciência fonológica, do dese. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / Antonio Medeiros Júnior - Integrante / sheila Andreoli Balen - Coordenador / Joseli Soares Brazorotto - Integrante / Draulio BARROS DE ARAUJO - Integrante.

  • 2010 - 2013

    PROJETO DE APOIO À MELHORIA DO ENSINO NA GRADUAÇÃO VIA AÇÕES ASSOCIADAS NO CURSO DE FONOAUDIOLOGIA, Descrição: O presente projeto traz como proposta atuar como partícipe dos processos de mudanças observados em nossa sociedade e nas necessárias transformações das concepções dos processos de ensino e aprendizagem.A partir do desenvolvimento do projeto ?Análise da efetividade de programas de conservação auditiva e bem estar vocal para professores em escolas públicas de ensino fundamental em Natal-RN? busca-se a indissociabilidade das ações de ensino, pesquisa e extensão de maneira integrada para o desenvolvimento de ações que busquem a melhoria da qualidade de ensino. Parte-se do pressuposto que a integração dos componentes curriculares oferecidos por diferentes departamentos ao Curso de Fonoaudiologia possa inovar as práticas docentes e contribuir significativamente para o aprendizado no curso de graduação. Apresenta como objetivos gerais: buscar a construção de práticas docente e discente que favoreçam a melhoria da qualidade de ensino; analisar a integração das disciplinas participantes do presente projeto, bem como sua articulação com as ações de pesquisa e extensão associadas; Específicos: descrever e analisar o processo de ensino-aprendizagem e o desempenho acadêmico dos alunos de graduação em concurso com as ações de pesquisa e extensão; analisar a satisfação dos alunos com a proposição destas ações integradas em seu processo de aprendizagem; a partir das análises do processo de integração das ações de ensino, pesquisa e extensão, do desempenho e satisfação dos alunos, implementar melhorias no Projeto Político Pedagógico do Curso de Fonoaudiologia, ampliando esta modalidade de ação integrada para os demais componentes curriculares; além da aquisição de tecnologia, propor o desenvolvimento de materiais didáticos para o curso de Fonoaudiologia, especificamente para as disciplinas participantes deste estudo; ampliar a pesquisa científica e a produção acadêmica no Curso de Fonoaudiologia. A metodologia utilizada pelo presente se respalda nos pressupostos difundidos pelas met. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (40) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / Lourdes Bernadete Rocha de Souza - Integrante / Joseli Soares Brazorotto - Coordenador / MARICELE NASCIMENTO BARBOSA - Integrante / Gilberto Corso - Integrante.

  • 2010 - 2012

    Análise da efetividade de um programa de conservação auditiva em escolas de ensino fundamental da rede pública da cidade de Natal RN., Descrição: O presente projeto de pesquisa está vinculado ao projeto de ações associadas contemplado pelo edital UFRN/PROGRAD/PROPESQ/PROEX N.02/2009. Trata-se de uma ação de pesquisa que tem por objetivos: Caracterizar a qualidade acústica das salas de aula de ensino fundamental estudadas considerando localização, o tipo de ruído predominante, dimensões das salas de aula, distribuição das cadeiras na sala de aula, aspectos da construção da sala de aula (piso, parede, ventilação, etc.), medidas de nível de ruído e tempo de reverberação; Avaliar a percepção de fala no ruído em alunos destas escolas participantes por meio do teste padronizado Hearing Test in Noise - HINT e comparar as situações de escuta do teste às condições de ruído da sala de aula; Analisar a efetividade de um programa de conservação auditiva em escolas de ensino fundamental. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (8) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / Joseli Soares Brazorotto - Coordenador / Antônio Pereira Júnior - Integrante.

  • 2009 - 2011

    Avaliação qualitativa da satisfação de usuários em áreas cobertas pela Estratégia de Saúde da Família no município de Natal/RN., Descrição: Trata-se de estudo qualitativo acerca da satisfação de usuários em áreas cobertas pela Estratégia Saúde da Família (ESF), localizadas nos cinco Distritos Sanitários (DS) da cidade de Natal-RN, nos quais o Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-SAUDE) vem atuando. Pretende-se, através da iniciativa de articulação ensino-serviço-comunidade, não só levantar informações sobre a ESF em Natal, mas, fundamentalmente, subsidiar as discussões sobre o tema com evidências científicas, bem como contribuir para o exercício da investigação em serviço. Assim, o objetivo da pesquisa consiste em constatar a satisfação ou não de usuários da ESF, considerando as dimensões relacional, organizacional, profissional e cognitiva da ESF, ou seja, aspectos relacionados à: acesso, assistência, vínculo, responsabilização, resolubilidade, expectativas e relacionamentos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / Maria do Socorro Costa Feitosa Alves - Coordenador / Antonio Medeiros Júnior - Integrante / Nilma Dias Leão Costa - Integrante / Jose Diniz Junior - Integrante.

  • 2009 - 2011

    Projeto de Apoio à melhoria do ensino na graduação vias ações associadas no curso de Fonoaudiologia da UFRN, Descrição: Os objetivos do projeto são buscar a construção de práticas docente e discente que favoreçam a melhoria da qualidade de ensino;analisar a integração das disciplinas participantes do presente projeto, bem como sua articulação com as ações de pesquisa e extensão associadas;Como objetivos específicos: descrever e analisar o processo de ensino-aprendizagem e o desempenho acadêmico dos alunos de graduação em concurso com as ações de pesquisa e extensão; analisar a satisfação dos alunos com a proposição destas ações integradas em seu processo de aprendizagem; a partir das análises do processo de integração das ações de ensino, pesquisa e extensão, do desempenho e satisfação dos alunos, implementar melhorias no Projeto Político Pedagógico do Curso de Fonoaudiologia, ampliando esta modalidade de ação integrada para os demais componentes curriculares. Além da aquisição de tecnologia, propor o desenvolvimento de materiais didáticos para o curso de Fonoaudiologia, especificamente para as disciplinas objetos deste estudo; ampliar a pesquisa científica e a produção acadêmica no Curso de Fonoaudiologia.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / Joseli Soares Brazorotto - Coordenador / MARIA ANGELA FERNANDES FERREIRA - Integrante / Luciana Cunha - Integrante.

  • 2009 - 2010

    Relação entre a memória de trabalho e habilidades de consciência fonológica em escolares, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Coordenador / Lourdes Bernadete Rocha de Souza - Integrante.

  • 2002 - 2004

    Efeitos da sucção não nutritiva durante a alimentação parenteral, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Coordenador.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2012 - Atual

    Melhoria da Compreensão Leitora no Programa Mais Educação: Tempo, Espaço e Atividades Linguístico-Pedagógicas Inovadoras na Educação Integral, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (20) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Coordenador / sheila Andreoli Balen - Integrante / Joseli Soares Brazorotto - Integrante / Antônio Pereira Júnior - Integrante / Angela Chuvas Nachold - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Dislexia e leitura, Descrição: Descrição: O Projeto Bom Começo é um programa de acompanhamento de saúde na escola com ação social direcionada a diagnosticar distúrbios de aprendizado relacionados a visão, principalmente dislexia e Síndrome de Irlen, que são co-responsáveis por altos índices de repetência e evasão escolar. Iniciado em 2006 em um trabalho conjunto entre o Hospital de Olhos de Belo Horizonte (Holhos-BH) e o Laboratório de Bioengenharia da UFMG (LAB-BIO), o projeto vem potencializando a educação de crianças, jovens e adultos por meio do diagnóstico e tratamento de problemas relacionados ao mau processamento cerebral da visão. O Projeto Boa Começo - Natal é a extensão desse projeto a ser implementado no Rio Grande do Norte sob coordenação do Prof. Danilo Nagem do LAIS (Laboratório de Inovação Tecnológica /UFRN/Huol) e tem como principais objetivos a integração da pesquisa, ensino e extensão por meio do desenvolvimento e do uso dos equipamentos de diagnóstico pelos alunos de Eng. Biomédica, profissionais da saúde e educadores visando o beneficio da sociedade. O Projeto Bom Começo-Natal, envolve o conceito de pesquisa translacional, uma vez que engloba o desenvolvimento de pesquisa básica no campo tecnologia e sua aplicação direta na melhoria da saúde e qualidade de vida da sociedade. O mesmo vem sendo desenvolvido com sucesso na UFMG / Holhos e já se encontra em fase de testes, em cidades de Minas Gerais, uma primeira versão do equipamento de screener, o equipamento de diagnóstico, desenvolvido pelo Laboratório de Bioengenharia da UFMG. Uma nova versão vem sendo desenvolvida em conjunto pelo LAIS/UFRN/HUOL e pelo LAB-BIO/UFRM/Holhos-BH, por alunos de mestrado e alunos voluntários de Graduação. A Introdução a Engenharia Biomédica, uma das disciplinas básicas e introdutórias do curso, tem como objetivo apresentar aos alunos o campo de trabalho e de desenvolvimento do Engenheiro Biomédico. O Projeto Bom Começo é uma clara oportunidade para atuação do Engenheiro, onde o mesmo pode aplicar . , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Coordenador / Jose Diniz Junior - Integrante / sheila Andreoli Balen - Integrante / Danilo Nagem - Integrante / fFrancis Tourinho - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Fortalecimento de redes de ação comunitária para prevenção em DST/Aids: conhecer e intervir, Descrição: Trata-se de um projeto acadêmico de natureza híbrida, que articula extensão, pesquisa e inovação tecnológica à intervenção comunitária na perspectiva de implementar ações de prevenção em DST/Aids, numa comunidade localizada no município do Natal-RN. O objetivo geral é construir um projeto para executá-lo no sentido da prevenção em DST/Aids no Bairro de Mãe Luiza, a partir de ações articuladas de educação, de comunicação e de pesquisa, na perspectiva de implementar tecnologias inovadoras e fortalecer redes sociais na comunidade. A partir disso, esperamos: desenvolver em conjunto com a comunidade, estratégias educacionais e de comunicação inovadoras para prevenção de DST/Aids, apropriação pelos sujeitos envolvidos de metodologias de ação inclusivas e participativas, produção de materiais de divulgação da experiência, de relatório do projeto, bem como a produção de artigos científicos para publicação e divulgação dos resultados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (30) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / Susana Maria Dantas - Coordenador / ELIZABETHE CRISTINA FAGUNDES DE SOUZA - Integrante / Marise Reis - Integrante / Juciano de Souza Lacerda - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Avaliação das habilidades de atenção, desempenho acadêmico e auto-eficácia de alunos de ensino fundamental- Natal/RN, Descrição: A presente pesquisa se articula com o projeto aprovado pela seleção pública do edital seleção pública do EDITAL UFRN/PROGRAD/PROPESQ/PROEX N.02/2009, " PROJETO DE APOIO À MELHORIA DO ENSINO NA GRADUAÇÃO VIA AÇÕES ASSOCIADAS NO CURSO DE FONOAUDIOLOGIA", busca-se a partir da análise acústica do ambiente escolar e do desempenho acadêmico dos alunos matriculados no ensino fundamental a avaliar a eficácia do programa de conservação auditiva e sua interface com o processo de aprendizagem escolar.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (40) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Coordenador / Joseli Soares Brazorotto - Integrante / Gilberto Corso - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Análise da efetividade de um programa de conservação auditiva em escolas de ensino fundamental da rede pública da cidade de Natal RN, Descrição: O presente projeto de pesquisa está vinculado ao projeto de ações associadas contemplado pelo edital UFRN/PROGRAD/PROPESQ/PROEX N.02/2009. Trata-se de uma ação de pesquisa que tem por objetivos: Caracterizar a qualidade acústica das salas de aula de ensino fundamental estudadas considerando localização, o tipo de ruído predominante, dimensões das salas de aula, distribuição das cadeiras na sala de aula, aspectos da construção da sala de aula (piso, parede, ventilação, etc.), medidas de nível de ruído e tempo de reverberação; Avaliar a percepção de fala no ruído em alunos destas escolas participantes por meio do teste padronizado Hearing Test in Noise - HINT e comparar as situações de escuta do teste às condições de ruído da sala de aula; Analisar a efetividade de um programa de conservação auditiva em escolas de ensino fundamental. Para a consecução destes objetivos serão realizados os seguintes procedimentos descritos em etapas: Etapa 1- Comitê de Ética em Pesquisa e Livre consentimento dos participantes: após a aprovação do presente estudo no Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte- CEP-UFRN, as escolas serão contatadas e após autorização dos participantes, a pesquisa/ação de extensão terão início. Etapa 2- Caracterização do ambiente escolar e avaliação inicial de alunos e professores: o ambiente da escola e de cada sala de aula será analisado, considerando sua localização, dimensões das salas de aula, ruído externo e interno, tempo de reverberação em cada sala de aula e características específicas de cada escola e sala de aula, referentes a rodízio em horários de intervalo, materiais da construção das escolas, número de alunos por sala, disposição das carteiras, entre outros fatores. Para tal, além da observação e registro das mesmas, será realizada a análise acústica do ambiente por meio de decibelímetro, conforme o método prescrito na Norma Brasileira Registrada (NBR) 10151: avaliação do ruído em áreas habitadas visand. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Coordenador / Lourdes Bernadete Rocha de Souza - Integrante / Joseli Soares Brazorotto - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Melhoria da Compreensão Leitora no Programa Mais Educação: Tempo, Espaço e Atividades Linguístico-Pedagógicas Inovadoras na Educação Integral, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (20) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Coordenador / sheila Andreoli Balen - Integrante / Joseli Soares Brazorotto - Integrante / Antônio Pereira Júnior - Integrante / Angela Chuvas Nachold - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Dislexia e leitura, Descrição: Descrição: O Projeto Bom Começo é um programa de acompanhamento de saúde na escola com ação social direcionada a diagnosticar distúrbios de aprendizado relacionados a visão, principalmente dislexia e Síndrome de Irlen, que são co-responsáveis por altos índices de repetência e evasão escolar. Iniciado em 2006 em um trabalho conjunto entre o Hospital de Olhos de Belo Horizonte (Holhos-BH) e o Laboratório de Bioengenharia da UFMG (LAB-BIO), o projeto vem potencializando a educação de crianças, jovens e adultos por meio do diagnóstico e tratamento de problemas relacionados ao mau processamento cerebral da visão. O Projeto Boa Começo - Natal é a extensão desse projeto a ser implementado no Rio Grande do Norte sob coordenação do Prof. Danilo Nagem do LAIS (Laboratório de Inovação Tecnológica /UFRN/Huol) e tem como principais objetivos a integração da pesquisa, ensino e extensão por meio do desenvolvimento e do uso dos equipamentos de diagnóstico pelos alunos de Eng. Biomédica, profissionais da saúde e educadores visando o beneficio da sociedade. O Projeto Bom Começo-Natal, envolve o conceito de pesquisa translacional, uma vez que engloba o desenvolvimento de pesquisa básica no campo tecnologia e sua aplicação direta na melhoria da saúde e qualidade de vida da sociedade. O mesmo vem sendo desenvolvido com sucesso na UFMG / Holhos e já se encontra em fase de testes, em cidades de Minas Gerais, uma primeira versão do equipamento de screener, o equipamento de diagnóstico, desenvolvido pelo Laboratório de Bioengenharia da UFMG. Uma nova versão vem sendo desenvolvida em conjunto pelo LAIS/UFRN/HUOL e pelo LAB-BIO/UFRM/Holhos-BH, por alunos de mestrado e alunos voluntários de Graduação. A Introdução a Engenharia Biomédica, uma das disciplinas básicas e introdutórias do curso, tem como objetivo apresentar aos alunos o campo de trabalho e de desenvolvimento do Engenheiro Biomédico. O Projeto Bom Começo é uma clara oportunidade para atuação do Engenheiro, onde o mesmo pode aplicar . , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Coordenador / Jose Diniz Junior - Integrante / sheila Andreoli Balen - Integrante / Danilo Nagem - Integrante / fFrancis Tourinho - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Fortalecimento de redes de ação comunitária para prevenção em DST/Aids: conhecer e intervir, Descrição: Trata-se de um projeto acadêmico de natureza híbrida, que articula extensão, pesquisa e inovação tecnológica à intervenção comunitária na perspectiva de implementar ações de prevenção em DST/Aids, numa comunidade localizada no município do Natal-RN. O objetivo geral é construir um projeto para executá-lo no sentido da prevenção em DST/Aids no Bairro de Mãe Luiza, a partir de ações articuladas de educação, de comunicação e de pesquisa, na perspectiva de implementar tecnologias inovadoras e fortalecer redes sociais na comunidade. A partir disso, esperamos: desenvolver em conjunto com a comunidade, estratégias educacionais e de comunicação inovadoras para prevenção de DST/Aids, apropriação pelos sujeitos envolvidos de metodologias de ação inclusivas e participativas, produção de materiais de divulgação da experiência, de relatório do projeto, bem como a produção de artigos científicos para publicação e divulgação dos resultados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (30) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / Susana Maria Dantas - Coordenador / ELIZABETHE CRISTINA FAGUNDES DE SOUZA - Integrante / Marise Reis - Integrante / Juciano de Souza Lacerda - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Avaliação das habilidades de atenção, desempenho acadêmico e auto-eficácia de alunos de ensino fundamental- Natal/RN, Descrição: A presente pesquisa se articula com o projeto aprovado pela seleção pública do edital seleção pública do EDITAL UFRN/PROGRAD/PROPESQ/PROEX N.02/2009, " PROJETO DE APOIO À MELHORIA DO ENSINO NA GRADUAÇÃO VIA AÇÕES ASSOCIADAS NO CURSO DE FONOAUDIOLOGIA", busca-se a partir da análise acústica do ambiente escolar e do desempenho acadêmico dos alunos matriculados no ensino fundamental a avaliar a eficácia do programa de conservação auditiva e sua interface com o processo de aprendizagem escolar.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (40) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Coordenador / Joseli Soares Brazorotto - Integrante / Gilberto Corso - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Análise da efetividade de um programa de conservação auditiva em escolas de ensino fundamental da rede pública da cidade de Natal RN, Descrição: O presente projeto de pesquisa está vinculado ao projeto de ações associadas contemplado pelo edital UFRN/PROGRAD/PROPESQ/PROEX N.02/2009. Trata-se de uma ação de pesquisa que tem por objetivos: Caracterizar a qualidade acústica das salas de aula de ensino fundamental estudadas considerando localização, o tipo de ruído predominante, dimensões das salas de aula, distribuição das cadeiras na sala de aula, aspectos da construção da sala de aula (piso, parede, ventilação, etc.), medidas de nível de ruído e tempo de reverberação; Avaliar a percepção de fala no ruído em alunos destas escolas participantes por meio do teste padronizado Hearing Test in Noise - HINT e comparar as situações de escuta do teste às condições de ruído da sala de aula; Analisar a efetividade de um programa de conservação auditiva em escolas de ensino fundamental. Para a consecução destes objetivos serão realizados os seguintes procedimentos descritos em etapas: Etapa 1- Comitê de Ética em Pesquisa e Livre consentimento dos participantes: após a aprovação do presente estudo no Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte- CEP-UFRN, as escolas serão contatadas e após autorização dos participantes, a pesquisa/ação de extensão terão início. Etapa 2- Caracterização do ambiente escolar e avaliação inicial de alunos e professores: o ambiente da escola e de cada sala de aula será analisado, considerando sua localização, dimensões das salas de aula, ruído externo e interno, tempo de reverberação em cada sala de aula e características específicas de cada escola e sala de aula, referentes a rodízio em horários de intervalo, materiais da construção das escolas, número de alunos por sala, disposição das carteiras, entre outros fatores. Para tal, além da observação e registro das mesmas, será realizada a análise acústica do ambiente por meio de decibelímetro, conforme o método prescrito na Norma Brasileira Registrada (NBR) 10151: avaliação do ruído em áreas habitadas visand. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Coordenador / Lourdes Bernadete Rocha de Souza - Integrante / Joseli Soares Brazorotto - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Melhoria da Compreensão Leitora no Programa Mais Educação: Tempo, Espaço e Atividades Linguístico-Pedagógicas Inovadoras na Educação Integral, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (20) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Coordenador / sheila Andreoli Balen - Integrante / Joseli Soares Brazorotto - Integrante / Antônio Pereira Júnior - Integrante / Angela Chuvas Nachold - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Dislexia e leitura, Descrição: Descrição: O Projeto Bom Começo é um programa de acompanhamento de saúde na escola com ação social direcionada a diagnosticar distúrbios de aprendizado relacionados a visão, principalmente dislexia e Síndrome de Irlen, que são co-responsáveis por altos índices de repetência e evasão escolar. Iniciado em 2006 em um trabalho conjunto entre o Hospital de Olhos de Belo Horizonte (Holhos-BH) e o Laboratório de Bioengenharia da UFMG (LAB-BIO), o projeto vem potencializando a educação de crianças, jovens e adultos por meio do diagnóstico e tratamento de problemas relacionados ao mau processamento cerebral da visão. O Projeto Boa Começo - Natal é a extensão desse projeto a ser implementado no Rio Grande do Norte sob coordenação do Prof. Danilo Nagem do LAIS (Laboratório de Inovação Tecnológica /UFRN/Huol) e tem como principais objetivos a integração da pesquisa, ensino e extensão por meio do desenvolvimento e do uso dos equipamentos de diagnóstico pelos alunos de Eng. Biomédica, profissionais da saúde e educadores visando o beneficio da sociedade. O Projeto Bom Começo-Natal, envolve o conceito de pesquisa translacional, uma vez que engloba o desenvolvimento de pesquisa básica no campo tecnologia e sua aplicação direta na melhoria da saúde e qualidade de vida da sociedade. O mesmo vem sendo desenvolvido com sucesso na UFMG / Holhos e já se encontra em fase de testes, em cidades de Minas Gerais, uma primeira versão do equipamento de screener, o equipamento de diagnóstico, desenvolvido pelo Laboratório de Bioengenharia da UFMG. Uma nova versão vem sendo desenvolvida em conjunto pelo LAIS/UFRN/HUOL e pelo LAB-BIO/UFRM/Holhos-BH, por alunos de mestrado e alunos voluntários de Graduação. A Introdução a Engenharia Biomédica, uma das disciplinas básicas e introdutórias do curso, tem como objetivo apresentar aos alunos o campo de trabalho e de desenvolvimento do Engenheiro Biomédico. O Projeto Bom Começo é uma clara oportunidade para atuação do Engenheiro, onde o mesmo pode aplicar . , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Coordenador / Jose Diniz Junior - Integrante / sheila Andreoli Balen - Integrante / Danilo Nagem - Integrante / fFrancis Tourinho - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Fortalecimento de redes de ação comunitária para prevenção em DST/Aids: conhecer e intervir, Descrição: Trata-se de um projeto acadêmico de natureza híbrida, que articula extensão, pesquisa e inovação tecnológica à intervenção comunitária na perspectiva de implementar ações de prevenção em DST/Aids, numa comunidade localizada no município do Natal-RN. O objetivo geral é construir um projeto para executá-lo no sentido da prevenção em DST/Aids no Bairro de Mãe Luiza, a partir de ações articuladas de educação, de comunicação e de pesquisa, na perspectiva de implementar tecnologias inovadoras e fortalecer redes sociais na comunidade. A partir disso, esperamos: desenvolver em conjunto com a comunidade, estratégias educacionais e de comunicação inovadoras para prevenção de DST/Aids, apropriação pelos sujeitos envolvidos de metodologias de ação inclusivas e participativas, produção de materiais de divulgação da experiência, de relatório do projeto, bem como a produção de artigos científicos para publicação e divulgação dos resultados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (30) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / Susana Maria Dantas - Coordenador / ELIZABETHE CRISTINA FAGUNDES DE SOUZA - Integrante / Marise Reis - Integrante / Juciano de Souza Lacerda - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Avaliação das habilidades de atenção, desempenho acadêmico e auto-eficácia de alunos de ensino fundamental- Natal/RN, Descrição: A presente pesquisa se articula com o projeto aprovado pela seleção pública do edital seleção pública do EDITAL UFRN/PROGRAD/PROPESQ/PROEX N.02/2009, " PROJETO DE APOIO À MELHORIA DO ENSINO NA GRADUAÇÃO VIA AÇÕES ASSOCIADAS NO CURSO DE FONOAUDIOLOGIA", busca-se a partir da análise acústica do ambiente escolar e do desempenho acadêmico dos alunos matriculados no ensino fundamental a avaliar a eficácia do programa de conservação auditiva e sua interface com o processo de aprendizagem escolar.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (40) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Coordenador / Joseli Soares Brazorotto - Integrante / Gilberto Corso - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Análise da efetividade de um programa de conservação auditiva em escolas de ensino fundamental da rede pública da cidade de Natal RN, Descrição: O presente projeto de pesquisa está vinculado ao projeto de ações associadas contemplado pelo edital UFRN/PROGRAD/PROPESQ/PROEX N.02/2009. Trata-se de uma ação de pesquisa que tem por objetivos: Caracterizar a qualidade acústica das salas de aula de ensino fundamental estudadas considerando localização, o tipo de ruído predominante, dimensões das salas de aula, distribuição das cadeiras na sala de aula, aspectos da construção da sala de aula (piso, parede, ventilação, etc.), medidas de nível de ruído e tempo de reverberação; Avaliar a percepção de fala no ruído em alunos destas escolas participantes por meio do teste padronizado Hearing Test in Noise - HINT e comparar as situações de escuta do teste às condições de ruído da sala de aula; Analisar a efetividade de um programa de conservação auditiva em escolas de ensino fundamental. Para a consecução destes objetivos serão realizados os seguintes procedimentos descritos em etapas: Etapa 1- Comitê de Ética em Pesquisa e Livre consentimento dos participantes: após a aprovação do presente estudo no Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte- CEP-UFRN, as escolas serão contatadas e após autorização dos participantes, a pesquisa/ação de extensão terão início. Etapa 2- Caracterização do ambiente escolar e avaliação inicial de alunos e professores: o ambiente da escola e de cada sala de aula será analisado, considerando sua localização, dimensões das salas de aula, ruído externo e interno, tempo de reverberação em cada sala de aula e características específicas de cada escola e sala de aula, referentes a rodízio em horários de intervalo, materiais da construção das escolas, número de alunos por sala, disposição das carteiras, entre outros fatores. Para tal, além da observação e registro das mesmas, será realizada a análise acústica do ambiente por meio de decibelímetro, conforme o método prescrito na Norma Brasileira Registrada (NBR) 10151: avaliação do ruído em áreas habitadas visand. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Coordenador / Lourdes Bernadete Rocha de Souza - Integrante / Joseli Soares Brazorotto - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Melhoria da Compreensão Leitora no Programa Mais Educação: Tempo, Espaço e Atividades Linguístico-Pedagógicas Inovadoras na Educação Integral, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (20) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Coordenador / sheila Andreoli Balen - Integrante / Joseli Soares Brazorotto - Integrante / Antônio Pereira Júnior - Integrante / Angela Chuvas Nachold - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Dislexia e leitura, Descrição: Descrição: O Projeto Bom Começo é um programa de acompanhamento de saúde na escola com ação social direcionada a diagnosticar distúrbios de aprendizado relacionados a visão, principalmente dislexia e Síndrome de Irlen, que são co-responsáveis por altos índices de repetência e evasão escolar. Iniciado em 2006 em um trabalho conjunto entre o Hospital de Olhos de Belo Horizonte (Holhos-BH) e o Laboratório de Bioengenharia da UFMG (LAB-BIO), o projeto vem potencializando a educação de crianças, jovens e adultos por meio do diagnóstico e tratamento de problemas relacionados ao mau processamento cerebral da visão. O Projeto Boa Começo - Natal é a extensão desse projeto a ser implementado no Rio Grande do Norte sob coordenação do Prof. Danilo Nagem do LAIS (Laboratório de Inovação Tecnológica /UFRN/Huol) e tem como principais objetivos a integração da pesquisa, ensino e extensão por meio do desenvolvimento e do uso dos equipamentos de diagnóstico pelos alunos de Eng. Biomédica, profissionais da saúde e educadores visando o beneficio da sociedade. O Projeto Bom Começo-Natal, envolve o conceito de pesquisa translacional, uma vez que engloba o desenvolvimento de pesquisa básica no campo tecnologia e sua aplicação direta na melhoria da saúde e qualidade de vida da sociedade. O mesmo vem sendo desenvolvido com sucesso na UFMG / Holhos e já se encontra em fase de testes, em cidades de Minas Gerais, uma primeira versão do equipamento de screener, o equipamento de diagnóstico, desenvolvido pelo Laboratório de Bioengenharia da UFMG. Uma nova versão vem sendo desenvolvida em conjunto pelo LAIS/UFRN/HUOL e pelo LAB-BIO/UFRM/Holhos-BH, por alunos de mestrado e alunos voluntários de Graduação. A Introdução a Engenharia Biomédica, uma das disciplinas básicas e introdutórias do curso, tem como objetivo apresentar aos alunos o campo de trabalho e de desenvolvimento do Engenheiro Biomédico. O Projeto Bom Começo é uma clara oportunidade para atuação do Engenheiro, onde o mesmo pode aplicar. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Coordenador / Jose Diniz Junior - Integrante / sheila Andreoli Balen - Integrante / Danilo Nagem - Integrante / fFrancis Tourinho - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Fortalecimento de redes de ação comunitária para prevenção em DST/Aids: conhecer e intervir, Descrição: Trata-se de um projeto acadêmico de natureza híbrida, que articula extensão, pesquisa e inovação tecnológica à intervenção comunitária na perspectiva de implementar ações de prevenção em DST/Aids, numa comunidade localizada no município do Natal-RN. O objetivo geral é construir um projeto para executá-lo no sentido da prevenção em DST/Aids no Bairro de Mãe Luiza, a partir de ações articuladas de educação, de comunicação e de pesquisa, na perspectiva de implementar tecnologias inovadoras e fortalecer redes sociais na comunidade. A partir disso, esperamos: desenvolver em conjunto com a comunidade, estratégias educacionais e de comunicação inovadoras para prevenção de DST/Aids, apropriação pelos sujeitos envolvidos de metodologias de ação inclusivas e participativas, produção de materiais de divulgação da experiência, de relatório do projeto, bem como a produção de artigos científicos para publicação e divulgação dos resultados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (30) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / Susana Maria Dantas - Coordenador / ELIZABETHE CRISTINA FAGUNDES DE SOUZA - Integrante / Marise Reis - Integrante / Juciano de Souza Lacerda - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Avaliação das habilidades de atenção, desempenho acadêmico e auto-eficácia de alunos de ensino fundamental- Natal/RN, Descrição: A presente pesquisa se articula com o projeto aprovado pela seleção pública do edital seleção pública do EDITAL UFRN/PROGRAD/PROPESQ/PROEX N.02/2009, " PROJETO DE APOIO À MELHORIA DO ENSINO NA GRADUAÇÃO VIA AÇÕES ASSOCIADAS NO CURSO DE FONOAUDIOLOGIA", busca-se a partir da análise acústica do ambiente escolar e do desempenho acadêmico dos alunos matriculados no ensino fundamental a avaliar a eficácia do programa de conservação auditiva e sua interface com o processo de aprendizagem escolar.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (40) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Coordenador / Joseli Soares Brazorotto - Integrante / Gilberto Corso - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Análise da efetividade de um programa de conservação auditiva em escolas de ensino fundamental da rede pública da cidade de Natal ? RN, Descrição: O presente projeto de pesquisa está vinculado ao projeto de ações associadas contemplado pelo edital UFRN/PROGRAD/PROPESQ/PROEX N.02/2009. Trata-se de uma ação de pesquisa que tem por objetivos: ? Caracterizar a qualidade acústica das salas de aula de ensino fundamental estudadas considerando localização, o tipo de ruído predominante, dimensões das salas de aula, distribuição das cadeiras na sala de aula, aspectos da construção da sala de aula (piso, parede, ventilação, etc.), medidas de nível de ruído e tempo de reverberação; ? Avaliar a percepção de fala no ruído em alunos destas escolas participantes por meio do teste padronizado Hearing Test in Noise - HINT e comparar as situações de escuta do teste às condições de ruído da sala de aula; ? Analisar a efetividade de um programa de conservação auditiva em escolas de ensino fundamental. Para a consecução destes objetivos serão realizados os seguintes procedimentos descritos em etapas: Etapa 1- Comitê de Ética em Pesquisa e Livre consentimento dos participantes: após a aprovação do presente estudo no Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte- CEP-UFRN, as escolas serão contatadas e após autorização dos participantes, a pesquisa/ação de extensão terão início. ?Etapa 2- Caracterização do ambiente escolar e avaliação inicial de alunos e professores: o ambiente da escola e de cada sala de aula será analisado, considerando sua localização, dimensões das salas de aula, ruído externo e interno, tempo de reverberação em cada sala de aula e características específicas de cada escola e sala de aula, referentes a rodízio em horários de intervalo, materiais da construção das escolas, número de alunos por sala, disposição das carteiras, entre outros fatores. Para tal, além da observação e registro das mesmas, será realizada a análise acústica do ambiente por meio de decibelímetro, conforme o método prescrito na Norma Brasileira Registrada (NBR) 10151: avaliação do ruído em áreas habitadas visand. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Coordenador / Lourdes Bernadete Rocha de Souza - Integrante / Joseli Soares Brazorotto - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Melhoria da Compreensão Leitora no Programa Mais Educação: Tempo, Espaço e Atividades Linguístico-Pedagógicas Inovadoras na Educação Integral, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (20) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Coordenador / sheila Andreoli Balen - Integrante / Joseli Soares Brazorotto - Integrante / Antônio Pereira Júnior - Integrante / Angela Chuvas Nachold - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Dislexia e leitura, Descrição: Descrição: O Projeto Bom Começo é um programa de acompanhamento de saúde na escola com ação social direcionada a diagnosticar distúrbios de aprendizado relacionados a visão, principalmente dislexia e Síndrome de Irlen, que são co-responsáveis por altos índices de repetência e evasão escolar. Iniciado em 2006 em um trabalho conjunto entre o Hospital de Olhos de Belo Horizonte (Holhos-BH) e o Laboratório de Bioengenharia da UFMG (LAB-BIO), o projeto vem potencializando a educação de crianças, jovens e adultos por meio do diagnóstico e tratamento de problemas relacionados ao mau processamento cerebral da visão. O Projeto Boa Começo - Natal é a extensão desse projeto a ser implementado no Rio Grande do Norte sob coordenação do Prof. Danilo Nagem do LAIS (Laboratório de Inovação Tecnológica /UFRN/Huol) e tem como principais objetivos a integração da pesquisa, ensino e extensão por meio do desenvolvimento e do uso dos equipamentos de diagnóstico pelos alunos de Eng. Biomédica, profissionais da saúde e educadores visando o beneficio da sociedade. O Projeto Bom Começo-Natal, envolve o conceito de pesquisa translacional, uma vez que engloba o desenvolvimento de pesquisa básica no campo tecnologia e sua aplicação direta na melhoria da saúde e qualidade de vida da sociedade. O mesmo vem sendo desenvolvido com sucesso na UFMG / Holhos e já se encontra em fase de testes, em cidades de Minas Gerais, uma primeira versão do equipamento de screener, o equipamento de diagnóstico, desenvolvido pelo Laboratório de Bioengenharia da UFMG. Uma nova versão vem sendo desenvolvida em conjunto pelo LAIS/UFRN/HUOL e pelo LAB-BIO/UFRM/Holhos-BH, por alunos de mestrado e alunos voluntários de Graduação. A Introdução a Engenharia Biomédica, uma das disciplinas básicas e introdutórias do curso, tem como objetivo apresentar aos alunos o campo de trabalho e de desenvolvimento do Engenheiro Biomédico. O Projeto Bom Começo é uma clara oportunidade para atuação do Engenheiro, onde o mesmo pode aplicar. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Coordenador / Jose Diniz Junior - Integrante / sheila Andreoli Balen - Integrante / Danilo Nagem - Integrante / fFrancis Tourinho - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Fortalecimento de redes de ação comunitária para prevenção em DST/Aids: conhecer e intervir, Descrição: Trata-se de um projeto acadêmico de natureza híbrida, que articula extensão, pesquisa e inovação tecnológica à intervenção comunitária na perspectiva de implementar ações de prevenção em DST/Aids, numa comunidade localizada no município do Natal-RN. O objetivo geral é construir um projeto para executá-lo no sentido da prevenção em DST/Aids no Bairro de Mãe Luiza, a partir de ações articuladas de educação, de comunicação e de pesquisa, na perspectiva de implementar tecnologias inovadoras e fortalecer redes sociais na comunidade. A partir disso, esperamos: desenvolver em conjunto com a comunidade, estratégias educacionais e de comunicação inovadoras para prevenção de DST/Aids, apropriação pelos sujeitos envolvidos de metodologias de ação inclusivas e participativas, produção de materiais de divulgação da experiência, de relatório do projeto, bem como a produção de artigos científicos para publicação e divulgação dos resultados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (30) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / Susana Maria Dantas - Coordenador / ELIZABETHE CRISTINA FAGUNDES DE SOUZA - Integrante / Marise Reis - Integrante / Juciano de Souza Lacerda - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Análise da efetividade de um programa de conservação auditiva em escolas de ensino fundamental da rede pública da cidade de Natal ? RN, Descrição: O presente projeto de pesquisa está vinculado ao projeto de ações associadas contemplado pelo edital UFRN/PROGRAD/PROPESQ/PROEX N.02/2009. Trata-se de uma ação de pesquisa que tem por objetivos: ? Caracterizar a qualidade acústica das salas de aula de ensino fundamental estudadas considerando localização, o tipo de ruído predominante, dimensões das salas de aula, distribuição das cadeiras na sala de aula, aspectos da construção da sala de aula (piso, parede, ventilação, etc.), medidas de nível de ruído e tempo de reverberação; ? Avaliar a percepção de fala no ruído em alunos destas escolas participantes por meio do teste padronizado Hearing Test in Noise - HINT e comparar as situações de escuta do teste às condições de ruído da sala de aula; ? Analisar a efetividade de um programa de conservação auditiva em escolas de ensino fundamental. Para a consecução destes objetivos serão realizados os seguintes procedimentos descritos em etapas: Etapa 1- Comitê de Ética em Pesquisa e Livre consentimento dos participantes: após a aprovação do presente estudo no Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte- CEP-UFRN, as escolas serão contatadas e após autorização dos participantes, a pesquisa/ação de extensão terão início. ?Etapa 2- Caracterização do ambiente escolar e avaliação inicial de alunos e professores: o ambiente da escola e de cada sala de aula será analisado, considerando sua localização, dimensões das salas de aula, ruído externo e interno, tempo de reverberação em cada sala de aula e características específicas de cada escola e sala de aula, referentes a rodízio em horários de intervalo, materiais da construção das escolas, número de alunos por sala, disposição das carteiras, entre outros fatores. Para tal, além da observação e registro das mesmas, será realizada a análise acústica do ambiente por meio de decibelímetro, conforme o método prescrito na Norma Brasileira Registrada (NBR) 10151: avaliação do ruído em áreas habitadas visand. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Coordenador / Lourdes Bernadete Rocha de Souza - Integrante / Joseli Soares Brazorotto - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Avaliação das habilidades de atenção, desempenho acadêmico e auto-eficácia de alunos de ensino fundamental- Natal/RN, Descrição: A presente pesquisa se articula com o projeto aprovado pela seleção pública do edital seleção pública do EDITAL UFRN/PROGRAD/PROPESQ/PROEX N.02/2009, " PROJETO DE APOIO À MELHORIA DO ENSINO NA GRADUAÇÃO VIA AÇÕES ASSOCIADAS NO CURSO DE FONOAUDIOLOGIA", busca-se a partir da análise acústica do ambiente escolar e do desempenho acadêmico dos alunos matriculados no ensino fundamental a avaliar a eficácia do programa de conservação auditiva e sua interface com o processo de aprendizagem escolar.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (40) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Coordenador / Joseli Soares Brazorotto - Integrante / Gilberto Corso - Integrante.

  • 2012 - 2015

    Melhoria da Compreensão Leitora no Programa Mais Educação: Tempo, Espaço e Atividades Linguístico-Pedagógicas Inovadoras na Educação Integral, Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (20) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / sheila Andreoli Balen - Integrante / Joseli Soares Brazorotto - Integrante / Antônio Pereira Júnior - Integrante / Angela Chuvas Nachold - Coordenador.

  • 2012 - 2013

    Dislexia e leitura, Descrição: Descrição: O Projeto Bom Começo é um programa de acompanhamento de saúde na escola com ação social direcionada a diagnosticar distúrbios de aprendizado relacionados a visão, principalmente dislexia e Síndrome de Irlen, que são co-responsáveis por altos índices de repetência e evasão escolar. Iniciado em 2006 em um trabalho conjunto entre o Hospital de Olhos de Belo Horizonte (Holhos-BH) e o Laboratório de Bioengenharia da UFMG (LAB-BIO), o projeto vem potencializando a educação de crianças, jovens e adultos por meio do diagnóstico e tratamento de problemas relacionados ao mau processamento cerebral da visão. O Projeto Boa Começo - Natal é a extensão desse projeto a ser implementado no Rio Grande do Norte sob coordenação do Prof. Danilo Nagem do LAIS (Laboratório de Inovação Tecnológica /UFRN/Huol) e tem como principais objetivos a integração da pesquisa, ensino e extensão por meio do desenvolvimento e do uso dos equipamentos de diagnóstico pelos alunos de Eng. Biomédica, profissionais da saúde e educadores visando o beneficio da sociedade. O Projeto Bom Começo-Natal, envolve o conceito de pesquisa translacional, uma vez que engloba o desenvolvimento de pesquisa básica no campo tecnologia e sua aplicação direta na melhoria da saúde e qualidade de vida da sociedade. O mesmo vem sendo desenvolvido com sucesso na UFMG / Holhos e já se encontra em fase de testes, em cidades de Minas Gerais, uma primeira versão do equipamento de screener, o equipamento de diagnóstico, desenvolvido pelo Laboratório de Bioengenharia da UFMG. Uma nova versão vem sendo desenvolvida em conjunto pelo LAIS/UFRN/HUOL e pelo LAB-BIO/UFRM/Holhos-BH, por alunos de mestrado e alunos voluntários de Graduação. A Introdução a Engenharia Biomédica, uma das disciplinas básicas e introdutórias do curso, tem como objetivo apresentar aos alunos o campo de trabalho e de desenvolvimento do Engenheiro Biomédico. O Projeto Bom Começo é uma clara oportunidade para atuação do Engenheiro, onde o mesmo pode aplicar. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / Jose Diniz Junior - Integrante / sheila Andreoli Balen - Integrante / Danilo Nagem - Coordenador / fFrancis Tourinho - Integrante.

  • 2011 - 2014

    Fortalecimento de redes de ação comunitária para prevenção em DST/Aids: conhecer e intervir, Descrição: Trata-se de um projeto acadêmico de natureza híbrida, que articula extensão, pesquisa e inovação tecnológica à intervenção comunitária na perspectiva de implementar ações de prevenção em DST/Aids, numa comunidade localizada no município do Natal-RN. O objetivo geral é construir um projeto para executá-lo no sentido da prevenção em DST/Aids no Bairro de Mãe Luiza, a partir de ações articuladas de educação, de comunicação e de pesquisa, na perspectiva de implementar tecnologias inovadoras e fortalecer redes sociais na comunidade. A partir disso, esperamos: desenvolver em conjunto com a comunidade, estratégias educacionais e de comunicação inovadoras para prevenção de DST/Aids, apropriação pelos sujeitos envolvidos de metodologias de ação inclusivas e participativas, produção de materiais de divulgação da experiência, de relatório do projeto, bem como a produção de artigos científicos para publicação e divulgação dos resultados.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (30) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / Susana Maria Dantas - Coordenador / ELIZABETHE CRISTINA FAGUNDES DE SOUZA - Integrante / Marise Reis - Integrante / Juciano de Souza Lacerda - Integrante.

  • 2010 - 2012

    Avaliação das habilidades de atenção, desempenho acadêmico e auto-eficácia de alunos de ensino fundamental- Natal/RN, Descrição: A presente pesquisa se articula com o projeto aprovado pela seleção pública do edital seleção pública do EDITAL UFRN/PROGRAD/PROPESQ/PROEX N.02/2009, " PROJETO DE APOIO À MELHORIA DO ENSINO NA GRADUAÇÃO VIA AÇÕES ASSOCIADAS NO CURSO DE FONOAUDIOLOGIA", busca-se a partir da análise acústica do ambiente escolar e do desempenho acadêmico dos alunos matriculados no ensino fundamental a avaliar a eficácia do programa de conservação auditiva e sua interface com o processo de aprendizagem escolar.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (40) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / Joseli Soares Brazorotto - Coordenador / Gilberto Corso - Integrante.

  • 2010 - 2012

    Análise da efetividade de um programa de conservação auditiva em escolas de ensino fundamental da rede pública da cidade de Natal ? RN, Descrição: O presente projeto de pesquisa está vinculado ao projeto de ações associadas contemplado pelo edital UFRN/PROGRAD/PROPESQ/PROEX N.02/2009. Trata-se de uma ação de pesquisa que tem por objetivos: ? Caracterizar a qualidade acústica das salas de aula de ensino fundamental estudadas considerando localização, o tipo de ruído predominante, dimensões das salas de aula, distribuição das cadeiras na sala de aula, aspectos da construção da sala de aula (piso, parede, ventilação, etc.), medidas de nível de ruído e tempo de reverberação; ? Avaliar a percepção de fala no ruído em alunos destas escolas participantes por meio do teste padronizado Hearing Test in Noise - HINT e comparar as situações de escuta do teste às condições de ruído da sala de aula; ? Analisar a efetividade de um programa de conservação auditiva em escolas de ensino fundamental. Para a consecução destes objetivos serão realizados os seguintes procedimentos descritos em etapas: Etapa 1- Comitê de Ética em Pesquisa e Livre consentimento dos participantes: após a aprovação do presente estudo no Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte- CEP-UFRN, as escolas serão contatadas e após autorização dos participantes, a pesquisa/ação de extensão terão início. ?Etapa 2- Caracterização do ambiente escolar e avaliação inicial de alunos e professores: o ambiente da escola e de cada sala de aula será analisado, considerando sua localização, dimensões das salas de aula, ruído externo e interno, tempo de reverberação em cada sala de aula e características específicas de cada escola e sala de aula, referentes a rodízio em horários de intervalo, materiais da construção das escolas, número de alunos por sala, disposição das carteiras, entre outros fatores. Para tal, além da observação e registro das mesmas, será realizada a análise acústica do ambiente por meio de decibelímetro, conforme o método prescrito na Norma Brasileira Registrada (NBR) 10151: avaliação do ruído em áreas habitadas visand. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / Lourdes Bernadete Rocha de Souza - Integrante / Joseli Soares Brazorotto - Coordenador.

  • 2012 - 2015

    Melhoria da Compreensão Leitora no Programa Mais Educação: Tempo, Espaço e Atividades Linguístico-Pedagógicas Inovadoras na Educação Integral, Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (20) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / sheila Andreoli Balen - Integrante / Joseli Soares Brazorotto - Integrante / Antônio Pereira Júnior - Integrante / Angela Chuvas Nachold - Coordenador.

  • 2012 - 2013

    Dislexia e leitura, Descrição: Descrição: O Projeto Bom Começo é um programa de acompanhamento de saúde na escola com ação social direcionada a diagnosticar distúrbios de aprendizado relacionados a visão, principalmente dislexia e Síndrome de Irlen, que são co-responsáveis por altos índices de repetência e evasão escolar. Iniciado em 2006 em um trabalho conjunto entre o Hospital de Olhos de Belo Horizonte (Holhos-BH) e o Laboratório de Bioengenharia da UFMG (LAB-BIO), o projeto vem potencializando a educação de crianças, jovens e adultos por meio do diagnóstico e tratamento de problemas relacionados ao mau processamento cerebral da visão. O Projeto Boa Começo - Natal é a extensão desse projeto a ser implementado no Rio Grande do Norte sob coordenação do Prof. Danilo Nagem do LAIS (Laboratório de Inovação Tecnológica /UFRN/Huol) e tem como principais objetivos a integração da pesquisa, ensino e extensão por meio do desenvolvimento e do uso dos equipamentos de diagnóstico pelos alunos de Eng. Biomédica, profissionais da saúde e educadores visando o beneficio da sociedade. O Projeto Bom Começo-Natal, envolve o conceito de pesquisa translacional, uma vez que engloba o desenvolvimento de pesquisa básica no campo tecnologia e sua aplicação direta na melhoria da saúde e qualidade de vida da sociedade. O mesmo vem sendo desenvolvido com sucesso na UFMG / Holhos e já se encontra em fase de testes, em cidades de Minas Gerais, uma primeira versão do equipamento de screener, o equipamento de diagnóstico, desenvolvido pelo Laboratório de Bioengenharia da UFMG. Uma nova versão vem sendo desenvolvida em conjunto pelo LAIS/UFRN/HUOL e pelo LAB-BIO/UFRM/Holhos-BH, por alunos de mestrado e alunos voluntários de Graduação. A Introdução a Engenharia Biomédica, uma das disciplinas básicas e introdutórias do curso, tem como objetivo apresentar aos alunos o campo de trabalho e de desenvolvimento do Engenheiro Biomédico. O Projeto Bom Começo é uma clara oportunidade para atuação do Engenheiro, onde o mesmo pode aplicar. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / Jose Diniz Junior - Integrante / sheila Andreoli Balen - Integrante / Danilo Nagem - Coordenador / fFrancis Tourinho - Integrante.

  • 2011 - 2014

    Fortalecimento de redes de ação comunitária para prevenção em DST/Aids: conhecer e intervir, Descrição: Trata-se de um projeto acadêmico de natureza híbrida, que articula extensão, pesquisa e inovação tecnológica à intervenção comunitária na perspectiva de implementar ações de prevenção em DST/Aids, numa comunidade localizada no município do Natal-RN. O objetivo geral é construir um projeto para executá-lo no sentido da prevenção em DST/Aids no Bairro de Mãe Luiza, a partir de ações articuladas de educação, de comunicação e de pesquisa, na perspectiva de implementar tecnologias inovadoras e fortalecer redes sociais na comunidade. A partir disso, esperamos: desenvolver em conjunto com a comunidade, estratégias educacionais e de comunicação inovadoras para prevenção de DST/Aids, apropriação pelos sujeitos envolvidos de metodologias de ação inclusivas e participativas, produção de materiais de divulgação da experiência, de relatório do projeto, bem como a produção de artigos científicos para publicação e divulgação dos resultados.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (30) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / Susana Maria Dantas - Coordenador / ELIZABETHE CRISTINA FAGUNDES DE SOUZA - Integrante / Marise Reis - Integrante / Juciano de Souza Lacerda - Integrante.

  • 2010 - 2012

    Avaliação das habilidades de atenção, desempenho acadêmico e auto-eficácia de alunos de ensino fundamental- Natal/RN, Descrição: A presente pesquisa se articula com o projeto aprovado pela seleção pública do edital seleção pública do EDITAL UFRN/PROGRAD/PROPESQ/PROEX N.02/2009, " PROJETO DE APOIO À MELHORIA DO ENSINO NA GRADUAÇÃO VIA AÇÕES ASSOCIADAS NO CURSO DE FONOAUDIOLOGIA", busca-se a partir da análise acústica do ambiente escolar e do desempenho acadêmico dos alunos matriculados no ensino fundamental a avaliar a eficácia do programa de conservação auditiva e sua interface com o processo de aprendizagem escolar.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (40) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / Joseli Soares Brazorotto - Coordenador / Gilberto Corso - Integrante.

  • 2010 - 2012

    Análise da efetividade de um programa de conservação auditiva em escolas de ensino fundamental da rede pública da cidade de Natal ? RN, Descrição: O presente projeto de pesquisa está vinculado ao projeto de ações associadas contemplado pelo edital UFRN/PROGRAD/PROPESQ/PROEX N.02/2009. Trata-se de uma ação de pesquisa que tem por objetivos: ? Caracterizar a qualidade acústica das salas de aula de ensino fundamental estudadas considerando localização, o tipo de ruído predominante, dimensões das salas de aula, distribuição das cadeiras na sala de aula, aspectos da construção da sala de aula (piso, parede, ventilação, etc.), medidas de nível de ruído e tempo de reverberação; ? Avaliar a percepção de fala no ruído em alunos destas escolas participantes por meio do teste padronizado Hearing Test in Noise - HINT e comparar as situações de escuta do teste às condições de ruído da sala de aula; ? Analisar a efetividade de um programa de conservação auditiva em escolas de ensino fundamental. Para a consecução destes objetivos serão realizados os seguintes procedimentos descritos em etapas: Etapa 1- Comitê de Ética em Pesquisa e Livre consentimento dos participantes: após a aprovação do presente estudo no Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte- CEP-UFRN, as escolas serão contatadas e após autorização dos participantes, a pesquisa/ação de extensão terão início. ?Etapa 2- Caracterização do ambiente escolar e avaliação inicial de alunos e professores: o ambiente da escola e de cada sala de aula será analisado, considerando sua localização, dimensões das salas de aula, ruído externo e interno, tempo de reverberação em cada sala de aula e características específicas de cada escola e sala de aula, referentes a rodízio em horários de intervalo, materiais da construção das escolas, número de alunos por sala, disposição das carteiras, entre outros fatores. Para tal, além da observação e registro das mesmas, será realizada a análise acústica do ambiente por meio de decibelímetro, conforme o método prescrito na Norma Brasileira Registrada (NBR) 10151: avaliação do ruído em áreas habitadas visand. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / Lourdes Bernadete Rocha de Souza - Integrante / Joseli Soares Brazorotto - Coordenador.

  • 2012 - 2015

    Melhoria da Compreensão Leitora no Programa Mais Educação: Tempo, Espaço e Atividades Linguístico-Pedagógicas Inovadoras na Educação Integral, Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (20) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / sheila Andreoli Balen - Integrante / Joseli Soares Brazorotto - Integrante / Antônio Pereira Júnior - Integrante / Angela Chuvas Nachold - Coordenador.

  • 2012 - 2013

    Dislexia e leitura, Descrição: Descrição: O Projeto Bom Começo é um programa de acompanhamento de saúde na escola com ação social direcionada a diagnosticar distúrbios de aprendizado relacionados a visão, principalmente dislexia e Síndrome de Irlen, que são co-responsáveis por altos índices de repetência e evasão escolar. Iniciado em 2006 em um trabalho conjunto entre o Hospital de Olhos de Belo Horizonte (Holhos-BH) e o Laboratório de Bioengenharia da UFMG (LAB-BIO), o projeto vem potencializando a educação de crianças, jovens e adultos por meio do diagnóstico e tratamento de problemas relacionados ao mau processamento cerebral da visão. O Projeto Boa Começo - Natal é a extensão desse projeto a ser implementado no Rio Grande do Norte sob coordenação do Prof. Danilo Nagem do LAIS (Laboratório de Inovação Tecnológica /UFRN/Huol) e tem como principais objetivos a integração da pesquisa, ensino e extensão por meio do desenvolvimento e do uso dos equipamentos de diagnóstico pelos alunos de Eng. Biomédica, profissionais da saúde e educadores visando o beneficio da sociedade. O Projeto Bom Começo-Natal, envolve o conceito de pesquisa translacional, uma vez que engloba o desenvolvimento de pesquisa básica no campo tecnologia e sua aplicação direta na melhoria da saúde e qualidade de vida da sociedade. O mesmo vem sendo desenvolvido com sucesso na UFMG / Holhos e já se encontra em fase de testes, em cidades de Minas Gerais, uma primeira versão do equipamento de screener, o equipamento de diagnóstico, desenvolvido pelo Laboratório de Bioengenharia da UFMG. Uma nova versão vem sendo desenvolvida em conjunto pelo LAIS/UFRN/HUOL e pelo LAB-BIO/UFRM/Holhos-BH, por alunos de mestrado e alunos voluntários de Graduação. A Introdução a Engenharia Biomédica, uma das disciplinas básicas e introdutórias do curso, tem como objetivo apresentar aos alunos o campo de trabalho e de desenvolvimento do Engenheiro Biomédico. O Projeto Bom Começo é uma clara oportunidade para atuação do Engenheiro, onde o mesmo pode aplicar. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / Jose Diniz Junior - Integrante / sheila Andreoli Balen - Integrante / Danilo Nagem - Coordenador / fFrancis Tourinho - Integrante.

  • 2011 - 2014

    Fortalecimento de redes de ação comunitária para prevenção em DST/Aids: conhecer e intervir, Descrição: Trata-se de um projeto acadêmico de natureza híbrida, que articula extensão, pesquisa e inovação tecnológica à intervenção comunitária na perspectiva de implementar ações de prevenção em DST/Aids, numa comunidade localizada no município do Natal-RN. O objetivo geral é construir um projeto para executá-lo no sentido da prevenção em DST/Aids no Bairro de Mãe Luiza, a partir de ações articuladas de educação, de comunicação e de pesquisa, na perspectiva de implementar tecnologias inovadoras e fortalecer redes sociais na comunidade. A partir disso, esperamos: desenvolver em conjunto com a comunidade, estratégias educacionais e de comunicação inovadoras para prevenção de DST/Aids, apropriação pelos sujeitos envolvidos de metodologias de ação inclusivas e participativas, produção de materiais de divulgação da experiência, de relatório do projeto, bem como a produção de artigos científicos para publicação e divulgação dos resultados.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (30) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / Susana Maria Dantas - Coordenador / ELIZABETHE CRISTINA FAGUNDES DE SOUZA - Integrante / Marise Reis - Integrante / Juciano de Souza Lacerda - Integrante.

  • 2010 - 2012

    Avaliação das habilidades de atenção, desempenho acadêmico e auto-eficácia de alunos de ensino fundamental- Natal/RN, Descrição: A presente pesquisa se articula com o projeto aprovado pela seleção pública do edital seleção pública do EDITAL UFRN/PROGRAD/PROPESQ/PROEX N.02/2009, " PROJETO DE APOIO À MELHORIA DO ENSINO NA GRADUAÇÃO VIA AÇÕES ASSOCIADAS NO CURSO DE FONOAUDIOLOGIA", busca-se a partir da análise acústica do ambiente escolar e do desempenho acadêmico dos alunos matriculados no ensino fundamental a avaliar a eficácia do programa de conservação auditiva e sua interface com o processo de aprendizagem escolar.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (40) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / Joseli Soares Brazorotto - Coordenador / Gilberto Corso - Integrante.

  • 2010 - 2012

    Análise da efetividade de um programa de conservação auditiva em escolas de ensino fundamental da rede pública da cidade de Natal ? RN, Descrição: O presente projeto de pesquisa está vinculado ao projeto de ações associadas contemplado pelo edital UFRN/PROGRAD/PROPESQ/PROEX N.02/2009. Trata-se de uma ação de pesquisa que tem por objetivos: ? Caracterizar a qualidade acústica das salas de aula de ensino fundamental estudadas considerando localização, o tipo de ruído predominante, dimensões das salas de aula, distribuição das cadeiras na sala de aula, aspectos da construção da sala de aula (piso, parede, ventilação, etc.), medidas de nível de ruído e tempo de reverberação; ? Avaliar a percepção de fala no ruído em alunos destas escolas participantes por meio do teste padronizado Hearing Test in Noise - HINT e comparar as situações de escuta do teste às condições de ruído da sala de aula; ? Analisar a efetividade de um programa de conservação auditiva em escolas de ensino fundamental. Para a consecução destes objetivos serão realizados os seguintes procedimentos descritos em etapas: Etapa 1- Comitê de Ética em Pesquisa e Livre consentimento dos participantes: após a aprovação do presente estudo no Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte- CEP-UFRN, as escolas serão contatadas e após autorização dos participantes, a pesquisa/ação de extensão terão início. ?Etapa 2- Caracterização do ambiente escolar e avaliação inicial de alunos e professores: o ambiente da escola e de cada sala de aula será analisado, considerando sua localização, dimensões das salas de aula, ruído externo e interno, tempo de reverberação em cada sala de aula e características específicas de cada escola e sala de aula, referentes a rodízio em horários de intervalo, materiais da construção das escolas, número de alunos por sala, disposição das carteiras, entre outros fatores. Para tal, além da observação e registro das mesmas, será realizada a análise acústica do ambiente por meio de decibelímetro, conforme o método prescrito na Norma Brasileira Registrada (NBR) 10151: avaliação do ruído em áreas habitadas visand. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / Lourdes Bernadete Rocha de Souza - Integrante / Joseli Soares Brazorotto - Coordenador.

  • 2018 - Atual

    Vídeos em saúde: uma proposta participativa de intervenção social e promoção de saúde de pessoas deficiência, Descrição: Esta proposta tem como objetivo produzir vídeos sobre saúde que abordem diversas questões abrangentes sobre a temática ?deficiências, incapacidades ou necessidades específicas?, com intuito de intervir socialmente e, através da integração de ações de promoção de saúde que estimulem a mudança de comportamento dos indivíduos a partir de informações prestadas e reflexões e discussões proporcionadas pelo processo de criação dos produtos gerados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (10) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Coordenador / Flávia Maia Silveira - Integrante / Leonardo Salo - Integrante.

  • 2018 - Atual

    Avaliação de dispositivos de informação e comunicação na Rede de Atenção à Saúde da Pessoa com deficiência., Descrição: : A presente proposta destina-se, prioritariamente, a profissionais de saúde que atuam na Rede de Cuidado à Saúde da Pessoa com Deficiência (RAS-PCD) no Sistema Único de Saúde, e que tem como desafio a construção de estratégias que possam ampliar o acesso à saúde e promover a integralidade do cuidado da PCD. Destina-se ainda aos gestores de saúde, na medida que poderão dispor de um dispositivo capaz não só de coletar dados mas também de descrever uma rede local/territorial de atenção à PCD, com seus itinerários, fluxos e gargalos, com potencial de orientar políticas públicas. Às PCD, almeja-se que a identificação das estruturas do território, em suas tramas de relação,possa promover melhoria do cuidado, redefinindo o território também como lugar de produção social da saúde.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Coordenador / Michele Nacif Antunes - Integrante / Maria Cristina Soares Guimarães - Integrante / Ricardo Dantas de Oliveira - Integrante / Aluísio Gomes da Silva Junior - Integrante.

  • 2012 - 2015

    Melhoria da Compreensão Leitora no Programa Mais Educação: Tempo, Espaço e Atividades Linguístico-Pedagógicas Inovadoras na Educação Integral, Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (20) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / sheila Andreoli Balen - Integrante / Joseli Soares Brazorotto - Integrante / Antônio Pereira Júnior - Integrante / Angela Chuvas Nachold - Coordenador.

  • 2012 - 2013

    Dislexia e leitura, Descrição: Descrição: O Projeto Bom Começo é um programa de acompanhamento de saúde na escola com ação social direcionada a diagnosticar distúrbios de aprendizado relacionados a visão, principalmente dislexia e Síndrome de Irlen, que são co-responsáveis por altos índices de repetência e evasão escolar. Iniciado em 2006 em um trabalho conjunto entre o Hospital de Olhos de Belo Horizonte (Holhos-BH) e o Laboratório de Bioengenharia da UFMG (LAB-BIO), o projeto vem potencializando a educação de crianças, jovens e adultos por meio do diagnóstico e tratamento de problemas relacionados ao mau processamento cerebral da visão. O Projeto Boa Começo - Natal é a extensão desse projeto a ser implementado no Rio Grande do Norte sob coordenação do Prof. Danilo Nagem do LAIS (Laboratório de Inovação Tecnológica /UFRN/Huol) e tem como principais objetivos a integração da pesquisa, ensino e extensão por meio do desenvolvimento e do uso dos equipamentos de diagnóstico pelos alunos de Eng. Biomédica, profissionais da saúde e educadores visando o beneficio da sociedade. O Projeto Bom Começo-Natal, envolve o conceito de pesquisa translacional, uma vez que engloba o desenvolvimento de pesquisa básica no campo tecnologia e sua aplicação direta na melhoria da saúde e qualidade de vida da sociedade. O mesmo vem sendo desenvolvido com sucesso na UFMG / Holhos e já se encontra em fase de testes, em cidades de Minas Gerais, uma primeira versão do equipamento de screener, o equipamento de diagnóstico, desenvolvido pelo Laboratório de Bioengenharia da UFMG. Uma nova versão vem sendo desenvolvida em conjunto pelo LAIS/UFRN/HUOL e pelo LAB-BIO/UFRM/Holhos-BH, por alunos de mestrado e alunos voluntários de Graduação. A Introdução a Engenharia Biomédica, uma das disciplinas básicas e introdutórias do curso, tem como objetivo apresentar aos alunos o campo de trabalho e de desenvolvimento do Engenheiro Biomédico. O Projeto Bom Começo é uma clara oportunidade para atuação do Engenheiro, onde o mesmo pode aplicar. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / Jose Diniz Junior - Integrante / sheila Andreoli Balen - Integrante / Danilo Nagem - Coordenador / fFrancis Tourinho - Integrante.

  • 2011 - 2014

    Fortalecimento de redes de ação comunitária para prevenção em DST/Aids: conhecer e intervir, Descrição: Trata-se de um projeto acadêmico de natureza híbrida, que articula extensão, pesquisa e inovação tecnológica à intervenção comunitária na perspectiva de implementar ações de prevenção em DST/Aids, numa comunidade localizada no município do Natal-RN. O objetivo geral é construir um projeto para executá-lo no sentido da prevenção em DST/Aids no Bairro de Mãe Luiza, a partir de ações articuladas de educação, de comunicação e de pesquisa, na perspectiva de implementar tecnologias inovadoras e fortalecer redes sociais na comunidade. A partir disso, esperamos: desenvolver em conjunto com a comunidade, estratégias educacionais e de comunicação inovadoras para prevenção de DST/Aids, apropriação pelos sujeitos envolvidos de metodologias de ação inclusivas e participativas, produção de materiais de divulgação da experiência, de relatório do projeto, bem como a produção de artigos científicos para publicação e divulgação dos resultados.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (30) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / Susana Maria Dantas - Coordenador / ELIZABETHE CRISTINA FAGUNDES DE SOUZA - Integrante / Marise Reis - Integrante / Juciano de Souza Lacerda - Integrante.

  • 2010 - 2012

    Análise da efetividade de um programa de conservação auditiva em escolas de ensino fundamental da rede pública da cidade de Natal ? RN, Descrição: O presente projeto de pesquisa está vinculado ao projeto de ações associadas contemplado pelo edital UFRN/PROGRAD/PROPESQ/PROEX N.02/2009. Trata-se de uma ação de pesquisa que tem por objetivos: ? Caracterizar a qualidade acústica das salas de aula de ensino fundamental estudadas considerando localização, o tipo de ruído predominante, dimensões das salas de aula, distribuição das cadeiras na sala de aula, aspectos da construção da sala de aula (piso, parede, ventilação, etc.), medidas de nível de ruído e tempo de reverberação; ? Avaliar a percepção de fala no ruído em alunos destas escolas participantes por meio do teste padronizado Hearing Test in Noise - HINT e comparar as situações de escuta do teste às condições de ruído da sala de aula; ? Analisar a efetividade de um programa de conservação auditiva em escolas de ensino fundamental. Para a consecução destes objetivos serão realizados os seguintes procedimentos descritos em etapas: Etapa 1- Comitê de Ética em Pesquisa e Livre consentimento dos participantes: após a aprovação do presente estudo no Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte- CEP-UFRN, as escolas serão contatadas e após autorização dos participantes, a pesquisa/ação de extensão terão início. ?Etapa 2- Caracterização do ambiente escolar e avaliação inicial de alunos e professores: o ambiente da escola e de cada sala de aula será analisado, considerando sua localização, dimensões das salas de aula, ruído externo e interno, tempo de reverberação em cada sala de aula e características específicas de cada escola e sala de aula, referentes a rodízio em horários de intervalo, materiais da construção das escolas, número de alunos por sala, disposição das carteiras, entre outros fatores. Para tal, além da observação e registro das mesmas, será realizada a análise acústica do ambiente por meio de decibelímetro, conforme o método prescrito na Norma Brasileira Registrada (NBR) 10151: avaliação do ruído em áreas habitadas visand. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / Lourdes Bernadete Rocha de Souza - Integrante / Joseli Soares Brazorotto - Coordenador.

  • 2010 - 2012

    Avaliação das habilidades de atenção, desempenho acadêmico e auto-eficácia de alunos de ensino fundamental- Natal/RN, Descrição: A presente pesquisa se articula com o projeto aprovado pela seleção pública do edital seleção pública do EDITAL UFRN/PROGRAD/PROPESQ/PROEX N.02/2009, " PROJETO DE APOIO À MELHORIA DO ENSINO NA GRADUAÇÃO VIA AÇÕES ASSOCIADAS NO CURSO DE FONOAUDIOLOGIA", busca-se a partir da análise acústica do ambiente escolar e do desempenho acadêmico dos alunos matriculados no ensino fundamental a avaliar a eficácia do programa de conservação auditiva e sua interface com o processo de aprendizagem escolar.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (40) . , Integrantes: Michele Soltosky Peres - Integrante / Joseli Soares Brazorotto - Coordenador / Gilberto Corso - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal Fluminense, Instituto de Saúde de Nova Friburgo. , Rua Doutor Sílvio Henrique Braune, Centro, 28625650 - Nova Friburgo, RJ - Brasil, Telefone: (22) 25287166, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2018 - Atual

Ministério da Saúde

Vínculo: , Enquadramento Funcional:

2016 - Atual

Universidade Federal Fluminense

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Membro efetivo Câmara Especializada CAECIC

Outras informações:
Assuntos Educacionais e culturais e de integração comunitária (CAECIC) na atribuição de conselheira

2016 - Atual

Universidade Federal Fluminense

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Membro Efetivo PROIAC

Outras informações:
Membro efetivo do PROIAC (Programa de Inovação e Assessoria Curricular) vinculado à PROGRAD

2015 - Atual

Universidade Federal Fluminense

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Membro Conselho Universitário Superior

2014 - Atual

Universidade Federal Fluminense

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Apoio e Desenvolvimento

Outras informações:
Participação em Grupo de Estudos de Gerência e Ensino em Saúde - GEGES

2014 - Atual

Universidade Federal Fluminense

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Membro Núcleo Docente Estruturante

2013 - Atual

Universidade Federal Fluminense

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto III, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2014 - 2016

Universidade Federal Fluminense

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Membro Suplente Colegiado de Curso

Atividades

  • 04/2015

    Extensão universitária , Instituto de Saúde de Nova Friburgo, .,Atividade de extensão realizada, A atividade de extensão tem como propósito mapear e aprofundar, a partir da produção sistemática de intercâmbios, a compreensão e capacidade de resposta dos diferentes agentes envolvidos no processo de interseção (academia, gestão, produção do cui.

  • 02/2015

    Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Médicas, Instituto de Saúde da Comunidade.,Linhas de pesquisa

  • 08/2014

    Ensino, Fonoaudiologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Fonoaudiologia Institucional: Fonoaudiologia em Saúde Coletiva

  • 08/2014

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Pólo Universitário Nova Friburgo, .,Cargo ou função, Membro titular do Núcleo Docente Estruturante.

  • 07/2014

    Ensino, Fonoaudiologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Tecendo redes dentro da rede. Desenvolvimento de dispositivos para as práticas de educação em saúde e na saúde

  • 12/2013

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Pólo Universitário Nova Friburgo, .,Cargo ou função, Coordenador de Monitoria do Departamento de Formação Específica em Fonoaudiologia.

  • 12/2013

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Pólo Universitário Nova Friburgo, .,Cargo ou função, Coordenador do Programa de Monitoria.

  • 11/2013

    Ensino, Fonoaudiologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Discussão de Casos na Clínica Fonoaudiológica, Epidemiologia, Ética e Integralidade, Pesquisa Qualitativa em Saúde, Políticas Públicas, Trabalhado de Campo Supervisionado II, Trabalho de Campo Supervisionado III

  • 02/2014 - 07/2014

    Ensino, Fonoaudiologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio de Fonoaudiologia e Saúde Mental

2012 - 2013

Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Membro Programa de Atualização Pedagógica, Carga horária: 8

Outras informações:
Membro do Docente do Programa de Atualização Pedagógico Obrigatório, ministrando temas ligados à deficiências e inclusão no Ensino Superior. Módulo sob a responsabilidade da Comissão Permanente de Apoio à Estudantes com NEEs

2011 - 2013

Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Docente, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Membro da Comissão Permanente de Apoio a Estudantes com Necessidades Educacionais Especiais /CAENE

2011 - 2013

Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Membro docente da Comissão Permanente CAENE, Carga horária: 12

Outras informações:
Membro efetivo da Comissão Permanente de Apoio à Estudantes com Necessidades Educacionais Especiais.

2011 - 2013

Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Comissão Especial do Vestibular, Carga horária: 20

Outras informações:
Consultor/parecerista, membro técnico da Comissão Permanente Especial do vestibular para o ingresso de estudantes com deficiências (COMPERVE/CAENE).

2009 - 2013

Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: PROFESSOR ADJUNTO II, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Desenvolve pesquisas em parceria com o Instituto do Cérebro/UFRN, grupo de pesquisa CNPQ: 1. Neurociências Cognitiva e Comportamental. Linha de pesquisa: Estudos sobre o desenvolvimento de audição e de linguagem e seus distúrbios relacionados à aprendizagem; grupo que desenvolve projetos com fomentos do MEC e CNPQ. 2. Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS) do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL). O objetivo essencial do LAIS é o de pesquisar e desenvolver inovações tecnológicas em saúde capazes de melhorar a qualidade de vida da população e promover o desenvolvimento socioeconômico de nossa sociedade. Para tanto, desenvolve produtos e/ou serviços de alto valor agregado, criando, desta maneira, propriedade intelectual e patentes genuinamente brasileiras. O LAIS é um laboratório de natureza multidisciplinar que integra várias áreas do conhecimento: Engenharias, Tecnologias da Informação e Comunicação, Medicina, Enfermagem e Fonoaudiologia. Pesquisador integrante do Núcleo de Estudos em Saúde Coletiva

2009 - 2013

Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto II, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Departamento de Fonoaudiologia

2009 - 2013

Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto II, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 06/2012 - 10/2013

    Direção e administração, Centro de Ciências da Saúde, Departamento de Fonoaudiologia.,Cargo ou função, DESIGNAÇÃO DE TUTOR.

  • 01/2012 - 10/2013

    Direção e administração, Centro de Ciências da Saúde, Departamento de Fonoaudiologia.,Cargo ou função, Professor Titular do Núcleo Docente Estruturante do Curso de Fonoaudiologia.

  • 12/2011 - 10/2013

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências da Saúde, Departamento de Fonoaudiologia.,Cargo ou função, Membro Titular do Colegiado de Curso de Fonoaudiologia.

  • 05/2011 - 10/2013

    Extensão universitária , Instituto do Cérebro, .,Atividade de extensão realizada, Curso de Neuroeducação voltado para os professores de rede municipal de educação de Natal/RN.

  • 03/2011 - 10/2013

    Direção e administração, Centro de Ciências da Saúde, Departamento de Fonoaudiologia.,Cargo ou função, Representação docente no CONSEC.

  • 03/2011 - 10/2013

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Prograd, .,Cargo ou função, Membro efetivo da Comissão Permanente de Comissão Permanente de Apoio a Estudantes com Necessidades Educacionais Especiais /.

  • 03/2013 - 04/2013

    Direção e administração, Centro de Ciências da Saúde, Departamento de Fonoaudiologia.,Cargo ou função, Chefe do Departamento de Fonoaudiologia Pró-tempore.

  • 08/2011 - 08/2011

    Extensão universitária , NESC, .,Atividade de extensão realizada, I Mostra de Saúde e Cultura de Mãe com o tema DST/AIDS, conhecer para prevenir.

  • 12/2009 - 12/2009

    Extensão universitária , Centro de Ciências da Saúde, .,Atividade de extensão realizada, Evento Científico - Dia do Fonoaudiólogo.

  • 12/2009 - 12/2009

    Extensão universitária , Centro de Ciências da Saúde, .,Atividade de extensão realizada, 2ª OFICINA DE ATUALIZAÇÃO À SAÚDE DO IDOSO NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA..

  • 07/2009 - 11/2009

    Extensão universitária , Centro de Ciências da Saúde, .,Atividade de extensão realizada, I Mostra de Profissões - Fonoaudiologia UFRN.

  • 09/2009 - 09/2009

    Extensão universitária , Centro de Ciências da Saúde, .,Atividade de extensão realizada, II Congresso Multiproficssional da Saúde CCS/UFRN.

2008 - 2009

Universidade Federal da Bahia

Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 20

2006 - 2008

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Coordenador - Extensão, Carga horária: 20

Outras informações:
2006- Coordenador do Projeto de Extensão Ampliando Saberes/ Fase I: Complementação Pedagógica/ Perfil das dificuldades de aprendizagem em escolares matriculados na rede municipal localizada no Complexo da Maré/RJ. Pró-reitoria de Extensão/PR5/Divisão de integração universidade/comunidade/DIUC 2007- 2008 Coordenador do projeto de Extensão- Ampliando Saberes?Fase II: Complementação Pedagógica/ Remediação fonológica em alunos com queixa de dificuldades de aprendizagem matriculados na rede municipal localizada no Complexo da Maré/RJ. O projeto enfocou aspectos como identificação e remediação das questões fonoaudiológicas, bem como a formação continuada voltada para professores do ensino fundamental de oito escolas da rede municipal localizadas no Complexo da Maré, além de consultoria aos coordenadores pedagógicos. DIUC/PR5/UFRJ.

2003 - 2003

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor convidado, Carga horária: 12

Outras informações:
Faculdade de Medicina / curso de Fonoaudiologia. Disciplinas ministradas 1. Práticas Fonoudiológicas I FMO230 (2003/I) 2. Práticas Fonoudiológicas II FMO245 (2003/II)

Atividades

  • 02/2003 - 07/2004

    Ensino, Fonoaudiologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Práticas fonoaudiológicas I e II

2003 - 2005

Universidade Estácio de Sá

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Livre, Carga horária: 20

Outras informações:
Enquadramento funcional: Professor assistente (ensino e pesquisa). Disciplinas ministradas 1. Estágio supervisionado na clínica escola de fonoaudiologia ? Campus Santa Cruz II 2. Estágio supervisionado I (avaliação (triagem) das alterações de fala e linguagem) ? Campus santa Cruz II. 3. Estágio Supervisionado III (Abordagens investigativas e terapêuticas nas Disfagias Neurogênicas)- Campus Rebouças. 4.Técnicas fonoaudiológicas (avaliação e terapia dos problemas de fala e linguagem). 5.Transtornos da linguagem escrita. 6. Avaliação e terapia dos transtornos da linguagem escrita. 7- Tópicos especiais em fonoaudiologia (atualização em Alterações da linguagem oral e escrita em pacientes portadores de alterações psiquiátricas) ? Campis Rebouças, Akxe e Santa Cruz. 2003-2004 - Professor coordenador do projeto de iniciação científica intitulado: Perfil das dificuldades de aprendizagem em adultos pertencentes ao programa de alfabetização de jovens e adultos (EJA-Colégio Santo Inácio). Campus Akxe 2005- Professor coordenador do projeto de iniciação científica intitulado: Avaliação das intercorrências durante a amamentação em puérperas no Alojamento conjunto do Hospital Estadual Pedro II. Campus Santa Cruz II.

Atividades

  • 08/2003 - 12/2005

    Ensino, Fonoaudiologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, 7- Tópicos especiais em fonoaudiologia (atualização em Alterações da linguagem oral e escrita em pacientes portadores de alterações psiquiátricas), 6. Avaliação e terapia dos transtornos da linguagem escrita., 5.Transtornos da linguagem escrita., 4.Técnicas fonoaudiológicas (avaliação e terapia dos problemas de fala e linguagem)., 3. Estágio Supervisionado III (Abordagens investigativas e terapêuticas nas Disfagias Neurogênicas)., 2. Estágio supervisionado I (avaliação (triagem) das alterações de fala e linguagem) ? Campus santa Cruz II., 1. Estágio supervisionado na clínica escola de fonoaudiologia ? Campus Santa Cruz II

  • 02/2003 - 12/2004

    Outras atividades técnico-científicas , Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Centro de Ciências Biológicas e da Saúde.,Atividade realizada, Professor coordenador do projeto de iniciação científica intitulado: Perfil das dificuldades de aprendizagem em adultos pertencentes ao programa de alfabetização de jovens e adultos (EJA-Colégio Santo Inácio). Campus Akxe.

2003 - 2004

Universidade Presidente Antônio Carlos

Vínculo: Professora Supervisora Clínica, Enquadramento Funcional: Docente, Carga horária: 24

Atividades

  • 08/2003 - 06/2004

    Ensino, Fonoaudiologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio supervisionado

1999 - 2001

Escola Nacional de Saúde Pública

Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Auxiliar de pesquisa, Carga horária: 30

Outras informações:
Auxiliar de pesquisa na tese de doutorado " Estudos da associação de exposições ambientais e ocupacionais e a ocorrência de fendas lábio-palatinas".

Atividades

  • 02/1999 - 12/2001

    Serviços técnicos especializados , Epidemologia, .,Serviço realizado, Auxiliar de pesquisa intitulada:Estudo da associação de exposições ambientais e ocupacionais e a ocorrência de fendas lábio-palatinas em uma amostra hospitalar, Ano de Conclusão: 2002..

2004 - 2004

Fundação Osvaldo Cruz

Vínculo: Pesquisador auxiliar, Enquadramento Funcional: livre, Carga horária: 20

2001 - 2001

Instituto Fernandes Figueira

Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: auxiliar de pesquisa, Carga horária: 24

Outras informações:
Auxiliar de Pesquisa na tese de mestrado " Efeitos da sucção não nutrutiva durante a alimentação enteral em crianças prematuras", defendida em Fevereiro de 2002.

2004 - 2008

Hospital Estadual Pedro II

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Técnico- Fonoaudiologia Neonatal, Carga horária: 30

1999 - 1999

Hospital Municipal Nossa Senhora do Loreto

Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Estagiário Bolsista, Carga horária: 24

Atividades

  • 03/1999 - 12/1999

    Estágios , Hospital Municipal Nossa Senhora do Loreto, .,Estágio realizado, atendimento fonoaudiológico.

2017 - Atual

Fundação Oswaldo Cruz

Vínculo: Pesquisador Associado, Enquadramento Funcional: Pesquisador Colaborador

Outras informações:
Pesquisador Colaborador do Laboratório de Informação Científica e Tecnológica em Saúde do Instituto de Comunicação Científica e Tecnológica em Saúde (ICICT/FIOCRUZ).

Atividades

  • 08/2017

    Pesquisa e desenvolvimento , Fundação Oswaldo Cruz, .,Linhas de pesquisa