Alexandra Mussolino de Queiroz

Possui graduação em Odontologia pela Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (1990), mestrado em Odontologia na Área de Odontopediatria pela Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (2002) e doutorado em Odontopediatria pela Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (2008). Atualmente é Professora Titular do Departamento de Clínica Infantil da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, Coordenadora do Centro de Formação de Recursos Humanos Especializados no Atendimento Odontológico de Pacientes Especiais da FORP/USP (2010), Vice-Chefe do Departamento de Clínica Infantil da FORP/USP (2022-2024) e Ouvidora da FORP/USP (2020-2024). Foi Chefe do Departamento de Clínica Infantil FORP/USP de 2016-2018 e de 2018-2020 e Vice-Chefe de 2020-2022. Tem experiência nas áreas de Odontopediatria e Odontologia em Pacientes com Necessidades Especiais, atuando principalmente nos seguintes temas: endodontia, erupção dentária, defeitos do esmalte dentário (hipomimeralização molar-incisivo), traumatismo dentário e tratamento odontológico de pacientes com deficiências, com ênfase em pacientes sindrômicos e pacientes submetidos à radioterapia. Dedica-se ainda a divulgação de informações à comunidade, por meio de da página @odontopediatriauspriberao em redes sociais, e por meio de podcast Momento Odontologia (USP).

Informações coletadas do Lattes em 31/03/2024

Acadêmico

Formação acadêmica

Doutorado em Odontopediatria

2006 - 2008

faculdade de odontologia de ribeirao preto
Título: Materiais obturadores de canais radiculares de dentes decíduos: avaliação da atividade antibacteriana in vitro e da compatibilidade tecidual in vivo
, Ano de obtenção: 2008. Sada Assed. Palavras-chave: óxido de zinco e eugenol; atividade antibacteriana; biocompatibilidade; Sealapex; Endorez.Grande área: Ciências da SaúdeGrande Área: Ciências da Saúde / Área: Odontologia. Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Odontologia / Subárea: Materiais Odontológicos. Setores de atividade: Saúde e Serviços Sociais.

Mestrado em Odontologia na Área de Odontopediatria

1999 - 2002

Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo
Título: Adesivo dentinário autocondicionante e agregado de trióxido mineral (MTA): avaliação histopatológica após aplicação direta sobre o tecido pulpar, em dentes de cães, Ano de Obtenção: 2002
Orientador: Sada Assed
Palavras-chave: mta; adesivo dentinário; tecido pulpar.Grande área: Ciências da SaúdeSetores de atividade: Cuidado À Saúde das Pessoas.

Especialização em Odontologia Para Pacientes Com Necessidades Especi

2004 - 2004

Conselho Federal de Odontologia

Especialização em Residência em Odontopediatria

1991 - 1993

Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo
Bolsista do(a): Fundação de Desenvolvimento Administrativo, FUNDAP, Brasil.

Aperfeiçoamento em Odontopediatria

1993 - 1993

Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo
Ano de finalização: 1993;

Graduação em Odontologia

1987 - 1990

Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo
Título: Cirurgiã Dentista

Formação complementar

2022 - 2022

Saúde Mental na USP: inclusão e pertencimento. (Carga horária: 30h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

2022 - 2022

Tripé de aceleração da inovação: conceito e prática para organizações. , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

2022 - 2022

Ações de Educomunicação em Doenças Raras. (Carga horária: 10h). , Ministério da Saúde, MS, Brasil.

2021 - 2021

Biossegurança na prática clínica: estresse ou tranquilidade?. (Carga horária: 1h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto - USP, FORP, Brasil.

2021 - 2021

Biossegurança em Ambientes Clínicos da FORP. , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto - USP, FORP, Brasil.

2021 - 2021

Treinamento da Rede SIC-USP. (Carga horária: 3h). , Escola Técnica e de Gestão da USP, ESCOLA USP, Brasil.

2021 - 2021

COVID-19 em crianças. (Carga horária: 2h). , Associação Brasileira de Odontopediatria, ABOPED, Brasil.

2021 - 2021

Webinar Turnitin para Docentes USP. , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

2021 - 2021

Ensino superior compartilhando conhecimentos entre docentes USP. (Carga horária: 15h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

2021 - 2021

Capacitação em Harmonização Orofacial com Procedimentos de Toxina Botulínic. (Carga horária: 30h). , Associação Odontológica de Ribeirão Preto, AORP, Brasil.

2020 - 2020

Extensão universitária em Biossegurança em ambientes Clínicos na FORP. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto - USP, FORP, Brasil.

2020 - 2020

My Teeth = My Health. (Carga horária: 2h). , 2020 Forsyth Science Symposium, FSS, Estados Unidos.

2019 - 2019

Grandes Desafios na Pesquisa Clínica em Odontologia. (Carga horária: 16h). , Fundação Faculdade de Odontologia, FUNDECTO, Brasil.

2018 - 2018

Desafios no tratamento odontológico ambulatorial dos PNE. (Carga horária: 1h). , 40ª Jornada Odontológica e Ribeirão Preto, JORP, Brasil.

2018 - 2018

Estratégias para o tratamento de cárie: unindo tecnologias, evidências. (Carga horária: 4h). , 40ª Jornada Odontológica e Ribeirão Preto, JORP, Brasil.

2017 - 2017

Treinamento - Registro de Ponto Eletrônico para Chefias. (Carga horária: 2h). , Escola Técnica de Gestão da USP, USP, Brasil.

2017 - 2017

Odontologia para baixinhos: um panorama da Odontopediatria e de Pac. Esp.. (Carga horária: 2h). , 39ª Jornada Odontológica de Ribeirão Preto, JORP, Brasil.

2017 - 2017

Odontologia Pré-Natal e para Bebês. (Carga horária: 2h). , 39ª Jornada Odontológica de Ribeirão Preto, JORP, Brasil.

2017 - 2017

Manejo do paciente, cuidados pré e pós de pacientes com CA e como o dentist. (Carga horária: 2h). , 39ª Jornada Odontológica de Ribeirão Preto, JORP, Brasil.

2016 - 2016

Administrando las medidas de prevención. (Carga horária: 3h). , 38ª Jornada Odontológica de Ribeirão Preto, JORP, Brasil.

2015 - 2015

Pesquisas na Área de Traumatologia Dentária. (Carga horária: 3h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto - USP, FORP, Brasil.

2015 - 2015

Saúde bucal em crianças com problemas sistêmicos. (Carga horária: 4h). , 37ª Jornada Odontológica de Ribeirão Preto, JORP, Brasil.

2015 - 2015

Tratamento odontológico restaurador estético frente a traumatismos dentário. (Carga horária: 3h). , 37ª Jornada Odontológica de Ribeirão Preto, JORP, Brasil.

2014 - 2014

Imagem 3D na Odontologia. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto - USP, FORP, Brasil.

2014 - 2014

A importância da remoção seletiva da dentina. (Carga horária: 4h). , 36ª Jornada Odontológica de Ribeirão Preto, JORP, Brasil.

2013 - 2013

Cuidando de crianças com câncer. (Carga horária: 4h). , 35ª Jornada Odontológica de Ribeirão Preto, JORP, Brasil.

2013 - 2013

Fotografia Básica Aplicada à Clínica Odontológica. (Carga horária: 12h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

2013 - 2013

Uso de Anestésicos Locais em Situações Especiais. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto - USP, FORP-USP, Brasil.

2012 - 2012

Diagnóstico em Endodontia. (Carga horária: 4h). , 34ª Jornada Odontológica de Ribeirão Preto, JORP, Brasil.

2012 - 2012

Traumatologia. (Carga horária: 4h). , 34ª Jornada Odontológica de Ribeirão Preto, JORP, Brasil.

2010 - 2010

Atividade pedagógica- a avaliação que eu quero ou. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

2010 - 2010

Atendimento a Pacientes com Endocrinopatias, infec. (Carga horária: 3h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

2010 - 2010

Doenças Infecciosas. (Carga horária: 3h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

2010 - 2010

Atendimento Odontológico pacientes Cardiopatas Uso. (Carga horária: 3h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

2010 - 2010

Sedação Consciente e Anestesia Geral em pacientes. (Carga horária: 3h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

2010 - 2010

Atendimento Odontológico a Pacientes Submetidos. (Carga horária: 3h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

2009 - 2009

Controvérsias na odontologia- coisas que todos os. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

2009 - 2009

PRIMEIRO SIMPÓSIO SOBRE CHUMBO E A SAÚDE HUMANA. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

2008 - 2008

Excelência em odontopediatria: adesão e compósitos. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

2007 - 2007

Cuidados gerais, anestesia local e uso de medicame. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto - USP, FORP-USP, Brasil.

2007 - 2007

Odontopediatria na primeira infância (de Bebês de. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto - USP, FORP-USP, Brasil.

2006 - 2006

segundo encontro das faculdades de odontologia da. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

2006 - 2006

Cursos de sistemas rotatórios e oscilatórios na en. (Carga horária: 96h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

2005 - 2005

Módulos de Atualização Em Odontologia. (Carga horária: 12h). , Faculdade de Odontologia de Araraquara, FOAR, Brasil.

2004 - 2004

Protocolo Ufsc Para Tratamento Endodôntico de Dent. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

2004 - 2004

Atendimento Integral Em Odontopediatria do Bebê à. (Carga horária: 3h). , Associação Odontológica de Ribeirão Preto, AORP, Brasil.

2004 - 2004

Desmistificando o Atendimento Odontológico de Paci. (Carga horária: 3h). , Associação Odontológica de Ribeirão Preto, AORP, Brasil.

2003 - 2003

Dentística. (Carga horária: 8h). , Associação Odontológica de Ribeirão Preto, AORP, Brasil.

2003 - 2003

Endodontia Forramento Cavitário Capeamento Pulpar. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

2003 - 2003

Trauma Avanços Recentes no Tratamento de Trauma De. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

2002 - 2002

2º Seminário de Reestruturação Curricular 1º Simpó. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

2002 - 2002

Pacientes Especiais Em Odontologia Quem São e Como. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

2002 - 2002

Habilitação Em Sedação Inalatória e Analgesia Cons. (Carga horária: 65h). , Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, Brasil.

2002 - 2002

Ressuscitação Cardiopulmonar e Suporte Básico de V. (Carga horária: 12h). , Centro de Treinamento Berkeley Rio de Janeiro Rj Brasil, CTBRJ, Brasil.

2002 - 2002

Cariologia na Era Pós Genômica. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

2002 - 2002

Habilitação em sedação e analgesia consciente com. (Carga horária: 56h). , Associação Odontológica de Ribeirão Preto, AORP, Brasil.

2001 - 2001

Materiais Adesivos Utilizados na Prevenção e na Re. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1999 - 1999

Implantes Ósteo Integrados Sistema Ankylos. (Carga horária: 4h). , Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas, APCD, Brasil.

1999 - 1999

Expansão Óssea Em Implantodontia. (Carga horária: 4h). , Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas, APCD, Brasil.

1999 - 1999

Odontopediatria Para o Ano 2000 Realidades e Persp. (Carga horária: 4h). , Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas, APCD, Brasil.

1999 - 1999

Odontologia Estética Técnicas e Materiais. (Carga horária: 8h). , Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas, APCD, Brasil.

1998 - 1998

Terapêutica Medicamentosa. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1998 - 1998

Reabilitação Bucal Em Odontopediatria. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1998 - 1998

Odontologia Intra Uterina. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1997 - 1997

Traumatismos Dentais Em Odontopediatria. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1997 - 1997

Odontopediatria. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1996 - 1996

Odontopediatria. (Carga horária: 8h). , Universidade de Ribeirão Preto, UNAERP, Brasil.

1996 - 1996

Aspectos Básicos da Prevenção Em Odontologia. (Carga horária: 4h). , Associação Odontológica de Ribeirão Preto, AORP, Brasil.

1996 - 1996

Os Recentes Avanços no Tratamento dos Traumatismos. (Carga horária: 8h). , Associação Odontológica de Ribeirão Preto, AORP, Brasil.

1996 - 1996

Técnica de Microabrasão e o Uso de Selantes. (Carga horária: 4h). , Associação Odontológica de Ribeirão Preto, AORP, Brasil.

1996 - 1996

Cariologia Prevenção. (Carga horária: 4h). , Associação Odontológica de Ribeirão Preto, AORP, Brasil.

1996 - 1996

Curso Internacional de Dentística. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1996 - 1996

Endodontia. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1996 - 1996

Adesivos Dentinários e Seu Impacto na Odontologia. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1993 - 1993

Extensão universitária em ATENDIMENTO ODONTOLÓGICO DIRIGIDO A PACIENTES ESPE. (Carga horária: 240h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto - USP, FORP-USP, Brasil.

1991 - 1993

Extensão universitária em Residência Odontológica na Área de Odontopediatria. (Carga horária: 3120h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1991 - 1993

Extensão universitária em Especialização Em Odontopediatria. (Carga horária: 3200h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

1992 - 1992

Extensão universitária em Atendimento Odontológico Dirigido a Pacientes Espe. (Carga horária: 240h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1992 - 1992

Odontopediatria. (Carga horária: 4h). , Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas, APCD, Brasil.

1992 - 1992

Resinas Compostas. (Carga horária: 10h). , Associação Odontológica de Ribeirão Preto, AORP, Brasil.

1992 - 1992

Dentística. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1992 - 1992

Odontopediatria. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1992 - 1992

Ortodontia. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1992 - 1992

Cariologia Flúor. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1991 - 1991

Odontologia Preventiva. (Carga horária: 4h). , Universidade de Ribeirão Preto, UNAERP, Brasil.

1991 - 1991

Pacientes Especiais Em Odontopediatria. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1991 - 1991

Odontopediatria. (Carga horária: 4h). , Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas, APCD, Brasil.

1990 - 1990

Psicologia Aplicada à Odontopediatria. (Carga horária: 4h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

1990 - 1990

Fissura Lábio Palatal. (Carga horária: 12h). , Associação Odontológica de Ribeirão Preto, AORP, Brasil.

1990 - 1990

Odontopediatria. (Carga horária: 8h). , Associação Odontológica de Ribeirão Preto, AORP, Brasil.

1990 - 1990

Odontopediatria. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto - USP, FORP-USP, Brasil.

1990 - 1990

Cirurgia Ortognática. (Carga horária: 12h). , Associação Odontológica de Ribeirão Preto, AORP, Brasil.

1990 - 1990

Tratamento Periodontal e Complementação Protética. (Carga horária: 12h). , Associação Odontológica de Ribeirão Preto, AORP, Brasil.

1990 - 1990

Endodontia. (Carga horária: 8h). , Universidade de Ribeirão Preto, UNAERP, Brasil.

1990 - 1990

Dentística. (Carga horária: 12h). , Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas, APCD, Brasil.

1990 - 1990

Dentística. (Carga horária: 12h). , Associação Odontológica de Ribeirão Preto, AORP, Brasil.

1990 - 1990

Terapêutica Em Odontologia. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1990 - 1990

Cirurgia Paraendodôntica. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1990 - 1990

Odontopediatria. (Carga horária: 8h). , Universidade de Ribeirão Preto, UNAERP, Brasil.

1990 - 1990

Endodontia. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto - USP, FORP-USP, Brasil.

1990 - 1990

Metalocerâmica. (Carga horária: 4h). , SESC, SESC, Brasil.

1990 - 1990

reimplante dental. (Carga horária: 4h). , SESC, SESC, Brasil.

1990 - 1990

Cirurgia Oral Maior. (Carga horária: 4h). , SESC, SESC, Brasil.

1990 - 1990

Traumatologia. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1990 - 1990

AIDS/CÂNCER. (Carga horária: 4h). , SESC, SESC, Brasil.

1990 - 1990

Clareamento Dental. (Carga horária: 4h). , SESC, SESC, Brasil.

1990 - 1990

PACIENTES ESPECIAIS EM ODONTOPEDIATRIA. (Carga horária: 4h). , SESC, SESC, Brasil.

1990 - 1990

resina para dentes posteriores. (Carga horária: 4h). , SESC, SESC, Brasil.

1990 - 1990

ODONTOPEDIATRIA - DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DO MEDO. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1990 - 1990

Periodontia. (Carga horária: 4h). , SESC, SESC, Brasil.

1989 - 1989

Extensão universitária em Endodontia Clínica. (Carga horária: 12h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

1989 - 1989

Dentística. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1989 - 1989

Psicologia Em Odontopediatria Aplicações. (Carga horária: 6h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

1989 - 1989

Ortodontia. (Carga horária: 12h). , Associação Odontológica de Ribeirão Preto, AORP, Brasil.

1989 - 1989

Odontopediatria. (Carga horária: 8h). , Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas, APCD, Brasil.

1989 - 1989

Hipnose. (Carga horária: 24h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

1989 - 1989

Atualização Odontológica. (Carga horária: 40h). , Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas, APCD, Brasil.

1989 - 1989

Uso do Flúor. (Carga horária: 4h). , Semana Odontológica de Piracicaba, SOP, Brasil.

1989 - 1989

Ortopedia Funcional. (Carga horária: 4h). , Semana Odontológica de Piracicaba, SOP, Brasil.

1989 - 1989

Cirurgia. (Carga horária: 4h). , Semana Odontológica de Piracicaba, SOP, Brasil.

1989 - 1989

O Papel da Periodontia na Clínica Geral. (Carga horária: 4h). , Semana Odontológica de Piracicaba, SOP, Brasil.

1989 - 1989

Odontopediatria. (Carga horária: 8h). , Associação Odontológica de Ribeirão Preto, AORP, Brasil.

1989 - 1989

Pério Prótese. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1989 - 1989

Odontopediatria. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1989 - 1989

Endodontia. (Carga horária: 12h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1988 - 1988

Cirurgia Ortognática. (Carga horária: 12h). , Associação Odontológica de Ribeirão Preto, AORP, Brasil.

1988 - 1988

Endodontia. (Carga horária: 8h). , Associação Odontológica de Ribeirão Preto, AORP, Brasil.

1988 - 1988

Dentística. (Carga horária: 12h). , Associação Odontológica de Ribeirão Preto, AORP, Brasil.

1988 - 1988

Ionômero de Vidro. (Carga horária: 12h). , Associação Odontológica de Ribeirão Preto, AORP, Brasil.

1988 - 1988

Odontopediatria. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto Usp, FORP/USP, Brasil.

1988 - 1988

Terapeutica. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1988 - 1988

Ortopedia Funcional. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1988 - 1988

Diagnóstico. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1988 - 1988

Dentística. (Carga horária: 12h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1988 - 1988

Odontopediatria. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP, Brasil.

1987 - 1987

Ergonomia. (Carga horária: 8h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.

Áreas de atuação

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Odontologia / Subárea: Odontopediatria.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Odontologia / Subárea: Odontopediatria/Especialidade: Atendimento Odontológico de Bebês.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Odontologia / Subárea: Traumatismo dental.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Odontologia / Subárea: Odontologia em pacientes especiais.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Odontologia / Subárea: Defeitos do esmalte dentário e HMI.

Comissão julgadora das bancas

Sada Assed

ASSED, Sada; PORTO NETO, Sizenando de Toledo;LEONARDO, Mário Roberto. Adesivo dentinário autocondicionanate e agregado de trióxido mineral (MTA): avaliação histopatológica após aplicação direta sobre o tecido pulpar, em dentes de cães.. 2002. Dissertação (Mestrado em Odontopediatria) - Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto Usp.

Sada Assed

ASSED, Sada; ARAUJO, N. S.; CONSOLARO, A.; PERCINOTO, C.; SOUZA, I. P. R.. Materiais obturadores de canais radiculares de dentes decíduos: avaliação da atividade antibacteriana in vitro e da compatibilidade tecidual in vivo. 2008. Tese (Doutorado em Odontopediatria) - Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto Usp.

Sada Assed

ASSED, SadaNELSON FILHO, PauloFREITAS, Aldevina Campos de. Adesivo dentinário autocondicionanate e agregado de trióxido mineral (MTA): avaliação histopatológica após aplicação direta sobre o tecido pulpar, em dentes de cães.. 2002. Outra participação, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto Usp.

Mario Roberto Leonardo

LEONARDO, M. R.ASSED, Sada; PORTO NETO, S. T.. Adesivo dentinário autocondicionante e agregado de trióxido mineral (MTA): avaliação histopatológica após aplicação direta sobre o tecido pulpar, em dentes de cães. 2002. Dissertação (Mestrado em Odontopediatria) - Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto Usp.

Célio Percinoto

Percinoto, Célio. Adesivo dentinário autocondicionante e agregado de trióxido mineral (MTA): Avaliação histopatológica após aplicação direta sobre o tecido pulpar, em dentes de cães. 2002. Dissertação (Mestrado em Ciências Odontológicas) - Universidade de São Paulo.

Célio Percinoto

Percinoto, Célio; ARAÚJO, Ney Soares de; ASSED, Sada; CONSOLARO, Alberto. Materiais obturadores de canais radiculares de dentes decíduis: Avaliação da atividade antibacteriana in vitro e da compatibilidade tecidual in vivo.. 2008. Tese (Doutorado em Odontopediatria) - Universidade de São Paulo.

Maria Cristina Borsatto

BORSATTO, M. C.. EXAME DE QUALIFICACAO EM MESTRADO. 2002. Outra participação, Faculdade de Odontologia de Ribeirao Preto.

Mário Tanomaru Filho

ASSED, S.; ARAUJO, N. S.; PERCINOTO, C.; CONSOLARO, A.; SOUZA, I. P. R.; RONTANI, R. M. P.;TANOMARU-FILHO, M. Materiais obturadores de canais radiculares de dentes decíduos:avaliação da atividade antibacteriana in vitro e da compatibilidade tecidual in vivo. 2008. Tese (Doutorado em Odontologia) - Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.

Paulo Nelson Filho

NELSON-FILHO, P.ASSED, SadaFREITAS, Aldevina Campos de. Adesivo dentinário autocondicionante e agregado de trióxido mineral (MTA): avaliação histopatológica após aplicação direta sobre o tecido pulpar, em dentes de cães.. 2002. Outra participação, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto Usp.

Ney Soares de Araujo

Sada Assed; ARAUJO NS; Celio Percinoto; CONSOLARO, A.; Ivete Pomarico. Materiais obturadores de canais radiculares de dentes deciduos : avaliação da atividade antibacteriana in vitro e da compatibilidade tecidual in vivo. 2008. Tese (Doutorado em Odontologia) - Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.

Aldevina Campos de Freitas

ASSED, SadaNELSON FILHO, PauloFREITAS, A. C.. Adesivo dentinário autocondicionante e agregado de trióxido mineral (MTA): avaliação histopatológica após aplicação direta sobre o tecido pulpar, em dentes de cães.. 2002. Outra participação, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.

Alberto Consolaro

Assed. S.; ARAÚJO, N.S. de; PERSINOTO, C.;CONSOLARO, A.; SOUZA, I. B. A.. Materiais obturadores de canais radiculares de dentes decíduos: Avaliação da atividade antibacteriana in viro e da compatibilidade tecidual "in vivo". 2008. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Odontopediatria) - Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto - USP.

Foi orientado por

Sada Assed

Adesivo dentinário autocondicionanate e agregado de trióxido mineral (MTA): avaliação histopatológica após aplicação direta sobre o tecido pulpar, em dentes de cães; ; 2002; 277 f; Dissertação (Mestrado em Odontopediatria) - Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto Usp,; Orientador: Sada Assed;

Sada Assed

Materiais obturadores de canais radiculares de dentes decíduos: avaliação da atividade antibacteriana in vitro e da compatibilidade tecidual in vivo; 2008; Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Odontopediatria) - Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto Usp,; Orientador: Sada Assed;

Paulo Nelson Filho

Materiais obturadores em dentes decíduos: avaliação da biocompatibilidade em tecido conjuntivo subcutâneo de camundongos isogênicos; 2008; Tese (Doutorado em Odontologia Odontopediatria Ribeirão Preto Usp) - Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto Usp,; Coorientador: Paulo Nelson Filho;

Projetos de pesquisa

  • 2023 - Atual

    Avaliação do medo e ansiedade em estudos de graduação em Odontologia na clínica de Odontopediatria, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador / Jade de Souza Cavalcante - Integrante.

  • 2023 - Atual

    Inspeção visual, cuidados com a escova dental e avaliação da quantidade de creme dental fluoretado: estudo transversal, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / MOLENA, KELLY FERNANDA - Coordenador.

  • 2023 - Atual

    Cárie na primeira infância e amamentação prolongada: um estudo retrospectivo, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / MOLENA, KELLY FERNANDA - Coordenador.

  • 2023 - Atual

    Avaliando a precisão e a confiabilidade das respostas geradas por inteligência artificial em Odontologia: uma avaliação do modelo Chat-GPT, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / MOLENA, KELLY FERNANDA - Coordenador.

  • 2023 - Atual

    Desordens temporomandibulares em pessoas com deficiência: relato da experiência de um serviço especializado, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / MOLENA, KELLY FERNANDA - Coordenador.

  • 2022 - Atual

    Traumatismos dentários recorrentes e suas complicações para um tratamento reabilitador, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Lucas Masaru Marubayashi - Coordenador.

  • 2022 - Atual

    Atendimento odontológico em criança com diagnóstico em investigação de doença rara: relato de caso, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / MOLENA, KELLY FERNANDA - Coordenador.

  • 2022 - Atual

    Métodos para controle da dor causada pela hipomineralização molar incisivo em crianças, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador.

  • 2022 - Atual

    Achados craniofaciais e bucodentais de paciente com síndrome, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador / Larissa Dias VIlela - Integrante.

  • 2022 - Atual

    Práticas integrativas complementares em paciente com malformação de Arnold Chiari: relato de caso, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / MOLENA, KELLY FERNANDA - Coordenador.

  • 2021 - Atual

    Análise das propriedades físico-mecânicas de resina com rastreador ultravioleta utilizada para colagem de bráquetes ortodônticos em dentes submetidos à radioterapia, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador.

  • 2021 - Atual

    Avaliação de métodos de diagnóstico da gravidade da Hipomineralização Molar-incisivo e de suas repercussões no sistema estomatognático, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Fabrício Kitazono de Carvalho em 08/12/2023., Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Fabrício Kitazono de Carvalho - Coordenador.

  • 2021 - Atual

    Aplicabilidade da sedação com óxido nitroso no manejo da hipomineralização molar-incisivo: série de casos clínicos, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Francisco Wanderley Garcia de Paula e Silva em 08/01/2023., Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Francisco Wanderley Garcia de Paula e Silva - Coordenador.

  • 2020 - Atual

    Ativação de metaloproteinases da matriz: qual o impacto nos tecidos mineralizados da cavidade bucal?, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador / Maya Fernanda Manfrin Arnez - Integrante / Francisco Wanderley Garcia de Paula e Silva - Integrante / Claudia Maria Carpio Bonilla - Integrante / Angélica Aparecida de Oliveira - Integrante.

  • 2020 - Atual

    Análise dos substratos dentais submetidos a diferentes protocolos radioterápicos e comportamento de materiais, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Maria Cristina Borsatto - Coordenador.

  • 2020 - Atual

    Odontologia na escola: impacto de um programa de assistência odontológica sobre parâmetros bucais, desempenho estudantil e qualidade de vida em crianças com hipomineralização molar-incisivo, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Fabrício Kitazono de Carvalho em 22/04/2021., Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (2) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Fabrício Kitazono de Carvalho - Coordenador / Francisco Wanderley Garcia de Paula e Silva - Integrante / Milena Rodrigues Carvalho - Integrante / Fernanda Vicioni Marques - Integrante.

  • 2020 - Atual

    Machuquei meu dente! E agora?, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador / Carolina Paes Torres - Integrante / Camila Roberta Garrefa Dagostini - Integrante.

  • 2020 - Atual

    Alfabetização em saúde bucal: criação interface ensino superior e educação básica, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Francisco Wanderley Garcia de Paula e Silva em 21/03/2021., Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Maya Fernanda Manfrin Arnez - Integrante / Francisco Wanderley Garcia de Paula e Silva - Coordenador / Marcio Santos de Carvalho - Integrante / Fernanda Maria Machado Pereira Cabral de Oliveira - Integrante / Giuliana de Campos Chaves Lamarque - Integrante / Ana Beatriz de Souza Ramos - Integrante / Kamilla de Oliveira Ferreira - Integrante / Geovanna Peçanha - Integrante / Kauan Pires Leme - Integrante.

  • 2020 - Atual

    Avaliação sobre os conhecimentos da Covid-19 e as repercussões da pandemia na saúde mental dos Odontopediatras brasileiros, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Carolina Paes Torres Mantovani em 13/05/2021., Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Carolina Paes Torres - Coordenador.

  • 2020 - Atual

    PPG em Odontopediatria: aprimoramento do seu impacto científico e social, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Raquel Assed Bezerra da Silva - Coordenador.

  • 2020 - Atual

    Projeto Dente de Leite, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador / Paola Caroline S. Mira - Integrante.

  • 2020 - Atual

    Repercussões da pandemia da Covid-19 na saúde mental dos alunos de graduação em Odontologia do Brasil, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Carolina Paes Torres Mantovani em 13/05/2021., Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Carolina Paes Torres - Coordenador.

  • 2019 - Atual

    Uso do laser no tratamento das lesões oclusais hipomineralizadas moderadas de dentes afetados pela HMI: estudo clínico controlado e randomizado, Descrição: Atualmente vem-se observando um aumento na incidência de dentes afetados pela hipominaralização molar-incivo (HMI). Há diversas modalidades de tratamento que dependem do grau de severidade do defeito, como procedimentos preventivos, restauradores e até mesmo extrações dentárias. Porém, essas alterações podem influenciar negativamente a retenção e longevidade dos materiais restauradores. Portanto, a presente proposta tem como objetivo avaliar o emprego da irradiação do laser de diodo para o tratamento de superfícies oclusais de lesões em esmalte em primeiros molares permanentes afetados com HMI como método preventivo para a cárie dentária com envolvimento dentinário e desgaste oclusal, além de verificar o desconforto referido pelos pacientes após o tratamento. Para isso, será conduzido um estudo clínico controlado e randomizado, com grupos paralelos, no qual será feita a comparação do tratamento com o laser de diodo e o selamento com cimento de ionômero de vidro de alta viscosidade nos dentes afetados pela HMI. Os participantes serão avaliados no início do estudo e após 1 semana, 1, 6, 12, 18 e 24 meses. Como desfecho principal será avaliado a presença de lesão de cárie e/ou o desgaste da superfície oclusal da superfície incluída no estudo com envolvimento dentinário. Será feito exame visual para o diagnóstico de HMI, detecção de cárie, utilizando o ICDAS, fotografias e moldagem dos dentes afetados para análise quantitativa das lesões. Outros desfechos como satisfação dos responsáveis quanto ao tratamento, desconforto e ansiedade dos pacientes, avaliação da sensibilidade dentinária e impacto na qualidade de vida dos participantes, assim como a duração e custo inerentes ao tratamento, bem como sua relação de custo-eficácia também serão avaliados. Análises estatísticas multinível serão realizadas para verificar a eficácia do tratamento do laser de diodo comparado ao selamento, além de possíveis fatores associados a essa eficácia.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Regina Guenka Palma-Dibb - Coordenador / Juliana Jendiroba Faraoni Romano - Integrante / CARVALHO, FABRICIO KITAZONO DE - Integrante / Luciana Pion Antonio - Integrante / Daniela Hesse - Integrante / Isabela Barbosa Quero - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2019 - Atual

    Investigação dos aspectos relacionados aos defeitos de desenvolvimento do esmalte dentário em crianças e em adolescentes, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / CARVALHO, FABRICIO KITAZONO DE - Coordenador.

  • 2018 - Atual

    Importância das técnicas de manejo comportamental no estabelecimento de vínculo entre pacientes odontopediátricos e cirurgiões-dentistas, Descrição: O objetivo deste trabalho será realizar uma revisão de literatura sobre formas de manejo do comportamento em Odontopediatria, segundo a Academia Americana de Odontopediatria, Associação Brasileira de Odontopediatria, livros texto e artigos indexados no Pubmed, e descrever o caso de uma paciente de 04 anos de idade, onde o uso de técnicas de manejo comportamental, tais como dizer-mostrar-fazer, reforço positivo, distração, preparo progressivo e comunicação, foram fundamentais para a criação de um vínculo entre a cirurgiã dentista e a paciente a fim de se obter um comportamento colaborador e melhorar a qualidade do atendimento odontológico. Além disso, iremos abordar como o vínculo que se estabelece entre a paciente e o profissional pode ser benéfico para ambas as partes.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador / Andiara De Rossi - Integrante / Aline Fernanda Vicentin - Integrante.

  • 2018 - Atual

    Avaliação do conhecimento de estudantes de Odontologia e Cirurgiões-Dentistas, residentes em Ribeirão Preto-SP, sobre Doença Celíaca, Descrição: A doença celíaca (DC), também conhecida como enteropatia glúten-induzida, é uma doença autoimune, crônica, que ocorre em indivíduos geneticamente predispostos à intolerância digestiva ao glúten. Trata-se de uma das intolerâncias alimentares existentes mais comuns e pode se manifestar em qualquer fase da vida. O diagnóstico da DC pode ser feito por meio de testes sorológicos. Porém, apesar dos avanços recentes na realização desses testes, o diagnóstico definitivo é baseado na biópsia da mucosa intestinal. O tratamento desta condição consiste numa dieta livre de glúten, a qual resulta em remissão dos sinais e sintomas e na normalização da anatomia e fisiologia da mucosa intestinal. Além disso, a doença celíaca pode resultar em diversas manifestações bucais como: atraso na erupção dental, estomatite aftosa recorrente, queilite angular e defeitos do esmalte, tanto na dentição permanente, quanto na dentição. Estudos sugerem ainda, uma menor incidência de cárie em celíacos, o que pode ser explicado pela dieta mais controlada por parte destes indivíduos. Tendo em vista a alta prevalência de pacientes portadores de DC, a grande quantidade de manifestações bucais encontradas nestes pacientes e, principalmente, o fato de que estas manifestações podem auxiliar no diagnóstico precoce de pacientes que não possuam os sinais e sintomas gastrintestinais clássicos da doença, o objetivo do presente consiste em avaliar, por meio da aplicação de um questionário contendo 28 questões, o grau de conhecimento sobre a doença celíaca em dois diferentes grupos populacionais residentes na cidade de Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil: cirurgiões-dentistas e estudantes de odontologia. A amostra populacional será composta por 160 indivíduos divididos em dois grupos distintos: Grupo 01 ? constituído por 80 estudantes do quarto e quinto ano de graduação em odontologia; e grupo 02 ? constituído por 80 cirurgiões-dentistas. O questionário será padronizado e aplicado por um pesquisador, de forma não explicativa. Os dados serão analisados quanto a sua distribuição e homogeneidade. A verificação da diferença das médias será realizada por meio de Análise de Variância (ANOVA) e teste t (Student), comparando o afastamento entre elas e a variação existente dentro de cada amostra. O programa estatístico utilizado será Bioestat 5.3 e o nível de significância adotado será de 5%.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador / Fabrício Kitazono Carvalho - Integrante / Francisco Wanderley G P Silva - Integrante / Thais Tedeschi dos Santos - Integrante / Beatriz Pavoni Rodrigues - Integrante.

  • 2018 - Atual

    Idealização, produção e aplicação de materiais lúdicos, de cunho Odontopediátrico, voltados para o ensino/aprendizagem e para a motivação/promoção de saúde bucal, de crianças, sociedade e alunos de Odontopediatria, Descrição: Sabe-se que a criança é um ser lúdico, onde imaginação, fantasia e realidade se confundem, e podem constituir importante instrumento no processo de ensino/aprendizagem em diversas áreas do conhecimento, inclusive na promoção e motivação em saúde bucal e na facilitação do tratamento odontológico. O brincar está intimamente ligado à infância e ao desenvolvimento das crianças, sendo uma das maneiras mais eficientes para envolvê-las no processo educativo. Por meio do universo lúdico, a criança se satisfaz, realiza seus sonhos e desejos e explora o universo ao seu redor, sendo fundamental proporcionar atividades que promovam e estimulem seu desenvolvimento e aprendizado global, autonomia e sociabilização. A promoção da saúde bucal, quando inserida na rotina das crianças de forma precoce, possibilita a aquisição de conhecimentos e hábitos saudáveis que serão prolongados ao longo da sua vida. Dentro desse contexto, a educação tem sido relacionada como uma prática viabilizadora da saúde bucal. A educação em saúde é focada em oportunidades de aprendizagem, podendo ser desenvolvidas em uma enorme diversidade de espaços sociais, grupos populacionais e diferentes atividades. Assim, ao lidarmos com crianças, e nos depararmos com a oportunidade de educar, ensinar e promover saúde, nos apropriando do universo lúdico, resolvemos desenvolver esse projeto, onde a aplicação de métodos lúdicos contribuirá para o desenvolvimento infantil, auxiliando no processo ensino-aprendizagem e facilitando a comunicação e expressão de sentimentos e pensamentos. O contato com o Universo da Odontopediatria, de forma lúdica, além de promover educação em saúde bucal, contribuirá para que a criança sinta menos medo e ansiedade diante do desconhecido e imaginário, no caso o tratamento odontológico, permitindo que o mesmo se torne conhecido e palpável, e possa ser realizado de forma tranquila e acolhedora para ela, responsável e profissional. No entanto, a análise de mercado permite verificar que a Odontopediatria falha nesse aspecto, existindo pouco material de qualidade e com linguagem adequada que permita a inserção da criança na motivação para a prevenção e promoção de saúde bucal de forma ativa e acolhedora, e o contato com o ambiente e os procedimentos odontológicos, diminuindo o medo e ansiedade. Ainda, a utilização do lúdico como uma das mais importantes ferramentas de aprendizagem, deve ser incentivada em todas as etapas de formação acadêmica, e aplicada em projetos de pesquisa e em atividades de extensão a comunidade com fins educativos. Assim o objetivo do presente projeto é idealizar, produzir/ criar e aplicar materiais lúdicos (personagens, músicas, livros, brinquedos, fantoches, vídeos, aplicativos para dispositivos móveis?) com conteúdo visando a promoção/educação em saúde bucal de crianças e o contato com o tratamento/procedimentos odontopediátricos, que permitam respaldar atividades como contar estórias, cantar músicas, brincar, assistir vídeos e realizar teatros, colocando a criança em contato com o universo da Odontopediatria, permitindo que a mesma não só aprenda, mas também participe ativamente desse processo. Espera-se que essa abordagem lúdica e a utilização dos materiais desenvolvidos pra essa finalidade sejam um fator promotor/educador em saúde bucal, e um facilitador para o tratamento odontológico e mesmo para o processo de aprendizagem infantil. Além de permitir que os alunos de graduação e pós graduação o utilizem como base pra aplicação do lúdico na Odontopediatria junto a seus pacientes infantis e a Comunidade, e em projetos de pesquisa.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador / Thais Tedeschi dos Santos - Integrante / Paola Caroline S. Mira - Integrante.

  • 2018 - Atual

    Mensuração do taurodontismo dentário e sua relação com diferentes parâmetros clínicos e genéticos, Descrição: O taurodontismo consiste em uma anomalia do desenvolvimento dentário, caracterizada pelo aumento, no sentido vertical, da câmara pulpar associado com um deslocamento, no sentido apical, da bi ou tri-furcação da raiz dos dentes. Foi descrito primeiramente por Gorjanovic-Kramberger in 1908, mas, o termo ?taurodontismo? foi proposto por Sir Arthur Keith, em 1913. Ele associou os termos gregos ?tauros?, que significa "touro" e, "odontos", "dente", devido à semelhança morfológica do dente afetado com o dente dos ruminantes, especialmente os touros (Witkop, 1976). Várias são as teorias que tentam esclarecer a etiologia dos dentes taurodônticos. Acredita-se que ocorra um atraso na invaginação da bainha epitelial de Hertwig, resultando em aumento da câmara pulpar e conseqüente diminuição do tamanho das raízes. Esta alteração pode estar relacionada a um padrão primitivo, uma mutação ou ainda estar associada a uma característica ligada ao cromossomo X, a uma herança autossômica ou familial (Baht 2004). O taurodontismo aparece mais frequentemente como uma anomalia isolada, mas também foi associada a várias anomalias e síndromes de desenvolvimento. De acordo com Seow and Lai (1989), a razão entre a coroa (C) e altura da câmara pulpar (B) em relação ao comprimento da raiz (R), (CB:R), menor que 1, é considerado limite normal para o diagnóstico do taurodontismo. Pode acometer tanto a dentição decídua como a dentição permanente. A radiografia panorâmica consiste em um exame para diagnóstico, de primeira escolha entre os dentistas, por permitirem que em uma única imagem se tenha uma visão geral dos dentes e estruturas associadas, tanto na maxila quanto na mandíbula. Os primeiros molares inferiores permanentes são os dentes preferidos para esta análise de dentes taurodônticos. Apesar das radiografias panorâmicas poderem estar associadas com distorções, Seow and Lai (1989), demonstraram que não houve diferença estatística significativa entre as medidas de primeiros molares inferiores taurodônticos realizadas em radiografias periapicais quando comparadas com as medidas destes dentes realizadas na radiografia panorâmica. Considerando as implicações clínicas frente a necessidade de algum tipo de tratamento odontológico nos dentes taurodônticos, como realizações de endodontias, procedimentos reabilitadores, extrações, entre outros, o detecção precoce e a instituição de tratamentos preventivos assumem importância maior. Além disso, o diagnóstico e a quantificação precisa do grau de taurodontismo poderia proporcionar a oportunidade de se realizar correspondência entre a anomalia e diferentes síndromes, podendo o cirurgião dentista, auxiliar na investigação de determinadas alterações genéticas. Além disso a possível presença de dentes taurodônticos nos pais de pacientes sindrômicos, talvez possa servir de subsidio para suspeitar-se de um aumento no risco de se ter um filho com algum comprometimento genético. Assim, o objetivo deste estudo será avaliar presença de dentes taurodônticos, em pacientes normais ou com síndromes genéticas, bem como de seus genitores, no caso de pacientes sindrômicos, por meio de análise de radiografias panorâmicas digitais. Serão ainda realizados estudos relacionando taurodontismo e genética. O projeto está sendo submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador / KÜCHLER, ERIKA CALVANO - Integrante / Bruna Trazzi Pagani - Integrante / Guido Artemio Maraon Vásquez - Integrante.

  • 2018 - Atual

    Alterações do desenvolvimento do esmalte dentário: avaliação dos fatores epigenéticos associados, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Carolina Paes Torres Mantovani em 06/06/2019., Descrição: Alterações no desenvolvimento do esmalte dentário estão associados a fatores ambientais, genéticos e epigenéticos. As alterações do desenvolvimento do esmalte dentário em ambas as dentições são anomalias comuns e estão associadas ao maior risco de desenvolver lesões cariosas, à sensibilidade dentária, maloclusão e problemas estéticos, que podem promover problemas de ordem social e psicológica, interferindo na qualidade de vida das crianças, além de poder representar marcadores clínicos para alterações sistêmicas. Os objetivos do presente trabalho são estudar os fatores ambientais e epigenéticos, envolvidos com alterações no esmalte dos dentes, bem como avaliar a associação entre estas anomalias com outras alterações sistêmicas. A análise será realizada em 500 pacientes (entre 3 e 14 anos de idade), atendidos na Clínica de Odontopediatria da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Para todos os indivíduos serão preenchidas fichas padronizadas com informações referentes à anamnese, história médica e exame bucal, para avaliação dos parâmetros clínicos, sócio-demográficos e ambientais. Amostras de saliva serão coletadas como fonte de DNA genômico. Para análise dos padrões de metilação de genes relacionados com alterações do esmalte, o DNA será modificado por bissulfito de sódio e analisado por meio da técnica MSPCR (reação em cadeia da polimerase específica para metilação). Os resultados serão armazenados em um banco de dados do programa estatístico Epi Info 3.5.2. Para as análises estatísticas serão utilizados os testes do Qui-quadrado, teste de Student, razão de chance (OR) e análise de regressão logística binária. Para todas as análises será considerado um nível de significância de 5%. Este projeto é um projeto interinstitucional em parceria com a Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (Genética).. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Fabrício Kitazono de Carvalho - Integrante / Carolina Paes Torres - Coordenador / Raquel Assed Bezerra da Silva - Integrante / Paulo Nelson Filho - Integrante / KÜCHLER, ERIKA CALVANO - Integrante / Ester Silveira Ramos - Integrante.

  • 2018 - Atual

    Uso do laser no tratamento das lesões oclusais hipomineralizadas em esmalte de dentes afetados pela HMI: estudo clínico controlado e randomizado, Descrição: Atualmente vem-se observando um aumento na incidência de dentes afetados pela hipominaralização molar-incivo (HMI). Há diversas modalidades de tratamento que dependem do grau de severidade do defeito, como procedimentos preventivos, restauradores e até mesmo extrações dentárias. Porém, essas alterações podem influenciar negativamente a retenção e longevidade dos materiais restauradores. Portanto, a presente proposta tem como objetivo avaliar o emprego da irradiação do laser de Diodo para o tratamento de superfícies oclusais de lesões moderadas em primeiros molares permanentes afetados com HMI como método preventivo para a cárie dentária com envolvimento dentinário e desgaste oclusal, além de verificar a aceitabilidade referida pelos pacientes após o tratamento. Para isso, será conduzido um estudo clínico controlado e randomizado, com grupos paralelos, no qual será feita a comparação do tratamento com o laser de Diodo e o selamento com cimento de ionômero de vidro de alta viscosidade nos dentes afetados pela HMI. Os participantes serão avaliados no início do estudo e após 1 semana, 1, 6, 12, 18 e 24 meses. Como desfecho principal será avaliado a presença de lesão de cárie e/ou o desgaste da superfície oclusal da superfície incluída no estudo com envolvimento dentinário. Será feito exame visual para o diagnóstico de HMI segundo o critério proposto por Ghanim, et al, 2017, detecção de cárie, utilizando o ICDAS, emprego do índice baseado na classificação no Serviço de Saúde Pública dos Estados Unidos ? Modificado (USPH) para avaliação dos dentes selados e moldagem dos dentes afetados para análise quantitativa das lesões. Outros desfechos como satisfação dos responsáveis quanto ao tratamento, aceitabilidade dos pacientes, impacto na qualidade de vida e percepção dos participantes, assim como a duração e custo inerentes ao tratamento, bem como sua relação de custo-eficácia também serão avaliados. Análises estatísticas multinível serão realizadas para verificar a eficácia do tratamento do laser de Diodo comparada ao selamento, além de possíveis fatores associados a essa eficácia.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Fabrício Kitazono de Carvalho - Integrante / Regina Guenka Palma-Dibb - Integrante / Luciana Pion Antonio - Coordenador.

  • 2017 - Atual

    Avaliação da eficácia de um dispositivo polimérico anestésico não invasivo - Estudo clínico randomizado em crianças, Descrição: O objetivo do presente estudo foi realizar um estudo clínico randomizado para comparar a eficácia de um dispositivo polimérico anestésico (DP) não invasivo, em comparação à anestesia local convencional (AC), em crianças. Participaram da pesquisa 50 crianças, de ambos os sexos, de 4 a 12 anos de idade, que necessitam da realização de procedimentos odontológicos semelhantes em pelo menos 2 dentes homólogos e contra-laterais no arco superior. Os procedimentos odontológicos incluírão selantes de fossas e fissuras, restaurações de compósitos em cavidades rasas e médias, e exodontia de dentes decíduos com no mínimo 2/3 de rizólise. Na primeira sessão, o responsável preencherá um questionário sobre medo relacionado ao tratamento odontológico. A seguir, será efetuada a avaliação dos batimentos cardíacos por minuto (bpm) e aferição da pressão arterial, nos períodos pré e pós-anestesia. Cada criança será submetida as duas técnicas anestésicas, com intervalo de uma semana. As técnicas anestésicas serão aleatorizadas. Todos os procedimentos serão realizados por um único operador. Durante a realização de cada uma das técnicas anestésicas e procedimentos, será avaliado, por meio de ficha específica, o comportamento da criança. Logo após o procedimento anestésico, cada criança indicará o nível de dor por meio da Escala de Faces Wong-Baker. Ao final dos atendimentos, a criança relatará o método anestésico de sua preferência Os resultados obtidos serão apresentados sob a forma de porcentagem ou comparados por meio dos testes Qui-quadrado e Wilcoxon, com nível de significância de 5%.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Gisele Carvalho Inácio - Coordenador / Osvaldo de Freitas - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2017 - Atual

    Desenvolvimento de sistema de liberação nanoestruturado como medicação intracanal de dentes decíduos e permanentes, Descrição: A prevenção da doença cárie e de problemas de saúde bucal deve ser iniciada desde os primeiros anos de vida. Apesar de todo o avanço na área da saúde, o Brasil ainda possui um alto índice de cárie dentária, principalmente em crianças. Quando não tratado, este quadro evolui para a infecção de todo o sistema de canais radiculares, tornando necessário o tratamento endodôntico em múltiplas sessões, acarretando tempo e custo elevados e tratamento laborioso. Além disso, o tratamento inadequado do canal radicular pode causar a perda precoce de dentes decíduos e consequências importantes para a formação da dentição permanente. Embora haja vários tipos de medicação intracanal, com diferentes vantagens e desvantagens, o curativo entre sessões à base de hidróxido de cálcio é o que possui os principais requisitos de uma medicação intracanal, tais como atividade antimicrobiana de amplo espectro, capacidade de neutralização do LPS e biocompatibilidade. Entretanto, o hidróxido de cálcio possui algumas desvantagens como dificuldade de uso, eficácia variável na dependência do veículo e do manipulador e necessidade de manutenção no interior do canal radicular por período prolongado. Assim, as medicações intracanal disponíveis no mercado, em geral, não atendem completamente as exigências do uso, principalmente para os dentes decíduos, tais como ampla difusão no complexo sistema de canais radiculares, a reduzida dimensão dos dentes decíduos que dificulta a sua inserção, necessidade de uma liberação controlada e maior eficácia para redução de trocas. Atualmente, a utilização da nanotecnologia pode proporcionar alterações significativas nos veículos, provendo um aumento na biodisponibilidade, segurança e eficácia de produtos para a saúde. Assim, este projeto de pesquisa visa o desenvolvimento de um sistema de liberação nanoestruturado contendo hidróxido de cálcio, que possa ser utilizado como medicação intracanal, apresentando maior conveniência de uso, eficácia e segurança que as pastas de hidróxido de cálcio para o tratamento de canal de dentes permanentes e decíduos. Os sistemas de liberação nanoestruturados contendo hidróxido de cálcio e o óxido de zinco, como material radiopaco, serão realizados utilizando ingredientes oleosos, viscosos e polímeros, visando o controle da liberação do hidróxido de cálcio. A metodologia aplicada será a homogeneização a alta pressão. Os sistemas desenvolvidos serão submetidos à caracterização físico-química (pH, tamanho e distribuição de partícula e viscosidade), caracterização da formulação como medicação intracanal (solubilidade, tempo de endurecimento, alteração dimensional e quantificação de cálcio), avaliação da radiopacidade, estudo do efeito antimicrobiano e avaliação da citotoxicidade. Processo 2017/22639-4.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Léa Assed Bezerra da Silva - Integrante / Raquel Assed Bezerra da Silva - Integrante / Paulo Nelson Filho - Integrante / Daniela Spuri Bernardi - Coordenador / Osvaldo de Freitas - Integrante / Gustavo Cadurim de Oliveira - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Influência da reirradiação nas propriedades mecânicas, químicas e morfológicas do esmalte e dentina de dentes permanentes, Descrição: Atualmente, a radioterapia constitui-se uma modalidade amplamente utilizada para o tratamento de câncer de cabeça e pescoço (CCP). No entanto, embora seja altamente eficaz, não é raro observar a recidiva destas doenças. Este fato não é desejável no tratamento oncológico, contudo, dependo da resposta ao tratamento, novas aplicações de radiação ionizante se fazem necessárias para o controle da doença. O objetivo do presente estudo será avaliar, in vitro, simulando um retratamento radioterápico para CCP, os efeitos da reirradiação nas propriedades do esmalte e da dentina de dentes permanentes, devido à ausência de estudos nesta área de pesquisa. A amostra experimental será constituída por 45 molares permanentes humanos, divididos em 5 grupos: 1)Não irradiados (controle); 2)Irradiados até a dose de 60Gy; 3)Reirradiados até a dose de 30Gy (irradiados até 60Gy e reirradiados até 30Gy); 4)Reirradiados até 40Gy (irradiados até 60Gy e reirradiados até 40Gy); 5)Reirradiados até a dose de 50Gy (irradiados até 60Gy e reirradiados até 50Gy). Todos os espécimes serão submetidos à microscopia confocal a laser em três momentos distintos (antes da irradiação, após a dose de 60Gy e após a dosagem final da segunda irradiação), para análise da superfície do esmalte quanto à rugosidade superficial e morfologia dos túbulos dentinários (número, perímetro e diâmetro). Os corpos de prova irradiados receberão a fração de dose de 2Gy/dia, durante 5 dias consecutivos, até atingirem a dose total de 60Gy. Após o término do primeiro procedimento de irradiação, os dentes serão armazenados em condições semelhantes as da cavidade bucal em saliva artificial a 37oC (1oC), por seis meses. Durante este período, todos serão submetidos ao envelhecimento artificial acelerado por meio de termociclagem a fim de simular o período de um ano, tempo sugerido na literatura como o mínimo necessário para ser iniciado um novo tratamento radioterápico. Em seguida, será iniciado o procedimento de reirradiação até as doses cumulativas de 30Gy, 40Gy e 50Gy, de acordo com cada grupo, em um total de 15 frações por 3 semanas, 20 frações por 4 semanas e 25 frações por 5 semanas, respectivamente, em fração de dose de 2Gy/dia, durante 5 dias consecutivos por semana. Cada dente será seccionado no sentido mésio/distal, a fim de obter 90 hemissecções dentais que serão submetidas à microscopia confocal a laser para realização da análise morfológica de toda espessura de esmalte e dentina. A microdureza longitudinal do esmalte e da dentina de todos os dentes será avaliada em três regiões distintas: superficial, média e profunda e a média dessas medidas será utilizada para análise dos dados. Para realização da microscopia eletrônica de varredura (MEV) e avaliação da composição química do esmalte e dentina por meio de espectroscopia de energia dispersiva de raios X (EDX) serão utilizadas 4 hemissecções dentais de cada grupo, totalizando 20 hemissecções. Os dados obtidos pelos métodos quantitativos serão analisados estatisticamente para comparação entre os grupos e as imagens obtidas por MEV e os dados referente a concentração em peso dos elementos Ca, P e O serão comparados qualitativamente em relação as diferentes condições experimentais propostas no estudo.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador / Regina Guenka Palma-Dibb - Integrante / Harley Francisco de Oliveira - Integrante / Thais Tedeschi dos Santos - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2016 - 2018

    Influência da radioterapia na alteração de cor do binômio esmalte dental / restaurações de resina composta, Descrição: A cada ano milhares de novos casos de câncer de cabeça e pescoço são diagnosticados ao redor do mundo. A radioterapia constitui-se uma modalidade de tratamento amplamente utilizada para o tratamento desta patologia, podendo ser indicada como terapia primária, adjuvante ao tratamento cirúrgico e à quimioterapia ou como tratamento paliativo em estágios avançados e inoperáveis da doença. Porém, radioterapia na região de cabeça e pescoço afetará as funções orais do paciente, sob diferentes aspectos, muitas vezes de forma permanente, influenciando negativamente a qualidade de vida do mesmo. Além disso, estes pacientes apresentam condições bucais precárias devido a sua condição e frequentemente necessitam de tratamentos restauradores extensos. As restaurações de resina composta são um tratamento viável para esses pacientes e amplamente empregados na odontologia atual. O aspecto estético deste material auxilia na melhora da qualidade de vida destes pacientes que já estão debilitados, tanto fisicamente, quanto psicologicamente. O objetivo deste estudo será analisar a influência da radioterapia na alteração de cor do binômio dente/restaurações de resina composta, uma vez que a literatura não apresenta nenhum relato sobre alteração de cor de dentes e materiais restauradores pós-procedimento radioterápico na região de cabeça e pescoço. A amostra experimental será composta por 40 incisivos bovinos, divididos em 4 grupos, que serão restaurados com resina composta em 2 níveis (microhíbrida e nanohíbrida) e submetidos a 2 níveis de radiação (presente e ausente). Será confeccionado em cada espécime uma cavidade com 2mm de profundidade e diâmetro de 3mm que será, posteriormente, restaurada pela inserção de dois incrementos sobre o qual será aplicado, imediatamente após a última inserção, uma carga axial a fim de compactar o material restaurador, tornando a superfície plana e com espessura padronizada, para prosseguir com a fotopolimerização do material. Após a confecção dos espécimes, estes serão mantidos em saliva artificial e armazenados em estufa por 24 horas, quando então serão submetidas ao acabamento e polimento. Ao final desses procedimentos, as mensurações iniciais de cor serão realizadas. Os corpos de prova que serão irradiados receberão a fração de dose de 2Gy/dia, durante 5 dias consecutivos, até atingirem a dose total de 60Gy, em um total de 30 frações por 6 semanas. Após o término da radioterapia, os espécimes serão mantidos em saliva artificial em estufa a 37C, durante 24 horas, quando será realizada a análise da cor final. Será realizada análise da resposta quantitativa da estabilidade de cor (E, L, a e b) e rugosidade de superfície. Os dados obtidos serão submetidos à análise estatística. Processo 2016/16243-8.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador / Thais Tedeschi dos Santos - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2016 - 2018

    Avaliação da associação entre índice de massa corporal e polimorfismos que codificam metaloproteinases da matriz, com cronologia de erupção dentária, em crianças manauaras, Descrição: Diversos mecanismos estão envolvidos no processo de erupção dentária. O objetivo deste estudo foi avaliar se o sobrepeso/obesidade e os polimorfismos genéticos nos genes que codificam as metaloproteinases da matriz (MMPs) - 8 e -13 estão associados com a cronologia de erupção dos dentes permanentes, em crianças de Manaus - AM. Um total de 216 crianças de escolas públicas foram incluídas, com idade variando entre 9 e 12 anos. Inicialmente foi aplicado um questionário, contendo dados anamnésicos relevantes para a pesquisa. Em seguida, o índice de massa corporal escore-z foi calculado, e as crianças foram divididas em 2 grupos: crianças com peso normal (n=127) e crianças com sobrepeso/obesidade (n=65). A seguir, foi efetuado o exame clínico, onde foram avaliados os dentes presentes na cavidade bucal e comparação com uma tabela de cronologia de erupção de dentes permanentes, sendo as crianças classificadas em 2 grupos: com atraso (n=126) e sem atraso de erupção (n=90). Amostras de saliva de todos os participantes foram coletadas e utilizadas como fonte de DNA genômico. A genotipagem dos polimorfismos rs17099443 e rs3765620 em MMP8 e dos polimorfismos rs478927 e rs2252070 em MMP13 foi realizada pela análise do produto final de PCR, tecnologia Taqman. Os testes do qui-quadrado e/ou exato de Fisher foram utilizados para comparar crianças com e sem atraso de erupção. O grupo "sobrepeso / obeso" foi comparado com o grupo "peso normal" e comparado na proporção de 1:2. O teste de Shapiro-Wilk foi utilizado para verificar a normalidade dos dados. O teste t baseado na idade foi utilizado para comparação das médias entre os grupos. Uma análise de regressão linear usando idade e sexo como co-variantes foi utilizada. O teste Anova com pós-teste de Tukey foi utilizado para comparar o número de dentes com atraso de erupção de acordo com o genótipo. O nível de significância adotado foi de 5%. Cento e vinte e sete crianças foram classificadas com peso normal e 65 foram classificadas com sobrepeso/obesidade (49 com sobrepeso e 16 com obesidade). A condição de sobrepeso/obesidade associou-se ao sexo, no qual os meninos tiveram maior chance de apresentar condições de maior peso (OR = 1,84; IC 95% 1,06-3,37; p = 0,04). O número médio de dentes permanentes irrompidos foi maior no grupo sobrepeso/obesidade (p <0,001). A análise de regressão linear demonstrou que o estado nutricional, sexo e idade estavam fortemente associados ao número de dentes permanentes irrompidos (p<0,05). Concluiu-se que crianças manauaras com sobrepeso/obesidade apresentam aceleração da cronologia de erupção dentária, quando comparadas com crianças com peso normal. O polimorfismo rs17099443 em MMP8 está associado com atraso de erupção dentária, onde o genótipo GG e o alelo G foram encontrados mais frequentemente nas crianças com atraso da cronologia de erupção. Crianças com o genótipo GG nesse polimorfismo apresentavam um maior número de dentes permanentes com atraso da cronologia de erupção do que as crianças com os genótipos CC e CG.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador / Léa Assed Bezerra da Silva - Integrante / KÜCHLER, ERIKA CALVANO - Integrante / Silvane e Silva Evangelista - Integrante.

  • 2016 - 2018

    Associação do polimorfismo RANK, RANKL E OPG nas doenças peri-implantares, Descrição: A reabilitação por meio de implantes osseointegrados vem tornando-se uma atividade crescente na odontologia. Hoje em dia a taxa de sucesso vem aumentando devido às novas técnicas e tecnologias, porém a perda do implante dentário decorrente das doenças peri-implantares tem se tornado um problema frequente na prática clínica. O objetivo do presente trabalho será avaliar a associação dos genes RANK, RANKL E OPG no desenvolvimento das doenças peri-implantares na Clínica de Especialização em Implantodontia na Faculdade do Amazonas ? IAES. Cento e quatorze pacientes submetidos a instalação de implantes ossointegráveis serão incluídos na pesquisa. A avaliação clínica incluirá a análise das condições de saúde do paciente e do tecido peri-mplantar através de mensuração da profundidade clínica de sondagem, presença de sangramento espontâneo, fenótipo peri-implantar, supuração, placa bacteriana e coloração gengival. Radiografias padronizadas avaliarão a altura do osso peri-implantar. A amostra (n=114) será dividida em 3 grupos: A (saúde peri-implantar), B (mucosite) e C (peri-implantite). Amostras de saliva serão coletadas para avaliação da presença de polimorfismo nas regiões promotoras dos genes das osteoprotegerina (OPG), ligante do receptor ativador do fator nuclear Kappa (RANKL) e receptor ativador do fator nuclear kappa (RANK) por meio da técnica de PCR em tempo real. Os resultados serão submetidos a análise estatística (P 0,05).. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador / Arthur Belém Novaes Júnior - Integrante / KÜCHLER, ERIKA CALVANO - Integrante / Raphael Carvalho e Silva - Integrante.

  • 2016 - 2017

    Avaliação da quantidade de dentifrício fluoretado durante a escovação diária domiciliar de crianças, Descrição: O objetivo do presente estudo será avaliar a quantidade de dentifrício fluoretado, que é colocado nas escovas dentais, por crianças ou responsáveis, no momento da escovação diária, analisando se essa quantidade está dentro dos padrões preconizados pelas instituições nacionais e internacionais, nesse quesito. Serão analisadas ao todo 50 crianças com idade variando de 3 a 12 anos. Será solicitado então, para que estas crianças/responsáveis tragam sua escova dental e o dentifrício usado diariamente. Primeiramente aferiremos a massa da escova dental do paciente, sem dentifrício, a próxima aferição será feita, de acordo com quem realizava a escovação diária (crianças/responsáveis), será solicitado a este que colocoque a quantidade de dentifrício habitualmente usada durante a escovação domiciliar este valor será então anotado, por último, será feita a aferição de massa de dentifrício fluoretado, de acordo com os valores preconizados pelos órgãos nacionais e internacionais em relação a idade de cada criança ( ?grão de arroz cru?, ?grão de ervilha?, técnica transversal). Os dados serão submetidos a análise estatística, e o nível de significaria adotado será de 0,05%.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador / Juliana Arid - Integrante / Gabriel Sidney Espanhol - Integrante.

  • 2016 - Atual

    Influência da radioterapia, radio/quimioterapia e quimioterapia na indução de lesão de cárie, erosão e abrasão ao esmalte e dentina coronária de dentes permanentes, Descrição: Sabendo das alterações ocasionadas na cavidade bucal tanto pela radioterapia de cabeça e pescoço como pela quimioterapia, o objetivo do presente estudo será fazer uma análise externa das alterações sofridas pelo esmalte e dentina coronária de dentes permanentes de pessoas submetidas à radioterapia e/ou quimioterapia; avaliar, in situ, a erosão e indução de cárie em tais substratos; e avaliar a resistência à abrasão por escovação dos substratos. Serão selecionados dentes extraídos de pacientes que foram submetidos ao tratamento radioterápico na região de cabeça e pescoço e ao tratamento quimioterápico no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto e no Hospital do Câncer de Barretos. Os dentes selecionados serão divididos em grupos de acordo com o tratamento antineoplásico a que foram previamente submetidos. Cada grupo terá um n=10, em um total de 40 dentes: G1 - grupo controle: dentes extraídos de pacientes previamente à realização de qualquer tipo de tratamento antineoplásico ou saudáveis; G2- dentes extraídos de pacientes que já concluíram a radioterapia na região de cabeça e pescoço; G3 - dentes extraídos de pacientes que já concluíram o tratamento quimioterápico; G4 - dentes extraídos de pacientes que já concluíram o tratamento radioterápico e quimioterápico. Serão utilizados 40 fragmentos de esmalte e dentina coronária que serão aleatoriamente distribuídos entre 10 voluntários. A primeira fase será análise do processo DES/RE nos substratos dentais in situ, na segunda fase a suscetibilidade do tecidos a erosão in situ e na última fase a realização do teste de abrasão por meio de ensaio de escovação. As variáveis de resposta quantitativa serão perfil de desgaste, degrau formado, contagem de túbulos, perímetro dos túbulos dentinários, rugosidade da superfície, volume perdido e extensão do tecido desmineralizado. A variável qualitativa será a análise morfológica da superfície. Os dados obtidos pelos métodos quantitativos serão avaliados a normalidade e homogeneidade e se forem normais e homogêneos serão analisados estatisticamente com análise paramétrica (ANOVA e teste de Tukey-Kramer) para comparação entre os grupos, com nível de significância estabelecido em 5% (pe0,05). As imagens obtidas em confocal e microscopia óptica não serão analisados estatisticamente uma vez que o objetivo da análise será de uma comparação qualitativa das diferentes condições experimentais propostas no estudo.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador / Regina Guenka Palma-Dibb - Integrante / Juliana Arid - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2016 - Atual

    Influência da radioterapia na dentina radicular e cemento de dentes decíduos por meio de microscopia eletrônica de varredura e energia dispersiva de raios-X, Descrição: A radioterapia (RT), quando aplicada na região de cabeça e pescoço, pode ocasionar alterações estruturais no esmalte e na dentina, devido à ausência de estudos avaliando se essas alterações poderiam também ocorrer na região de dentina radicular e cemento de dentes decíduos, objetivamos realizar a presente investigação, onde avaliaremos a influência da radioterapia na morfologia e composição da região radicular de dentes deciduos. A análise morfológica da dentina radicular e do cemento de dentes decíduos, será realizada por meio da microscopia eletrônica de varredura (MEV); e para análise da composição química utilizaremos espectroscopia de energia dispersiva de raios X (EDX). Para ambos experimentos, serão utilizados raízes dentárias de dentes decíduos, irradiados (acelerador linear, simulando um tratamento de radioterapia de cabeça e pescoço) e não irradiados (n=14, sendo 7 espécimes controle e 7 espécimes irradiados). As áreas a serem analisadas serão toda a espessura da dentina radicular e do cemento, sendo que as imagens microscópicas não serão analisadas estatisticamente, tendo em vista que o intuito da análise da superfície será somente a comparação visual e qualitativa. Para a análise de EDX será utilizado a análise descritiva dos dados, utilizando a concentração em peso dos elementos Ca, P e O.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador / Penélope Swerts Rodrigues - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2015 - Atual

    Indução da diferenciação de células da polpa dentária e biomineralização: ensaios em cultura celular, em modelos animais e aplicação clínica em humanos, Descrição: O avanço no desenvolvimento de materiais para terapia conservadora do tecido pulpar tem permitido preservar a vitalidade do tecido e promover o reparo do tecido remanescente por meio da neoformação de tecido mineralizado. A Biodentine" e o MTA são materiais odontológicos utilizados com a finalidade de proteger o remanescente pulpar, porém os mecanismos por meio dos quais a biomineralização é induzida por estes materiais são pouco compreendidos. Assim, novos estudos devem ser realizados tanto in vitro como in vivo para aprofundar o conhecimento deste importante processo de reparo biológico e das vias de sinalização e moléculas envolvidas no processo. Para isso, serão utilizados modelos in vitro em cultura de células da polpa dentária de humanos e in vivo no tecido subcutâneo de camundongos e em dentes de cães com o objetivo de dissecar possíveis mecanismos de inflamação e reparo. Simultaneamente, pretendemos avaliar, em um estudo clínico randomizado, se os materiais que apresentam resultados histológicos satisfatórios poderiam ser indicados para pulpotomia em dentes decíduos de humanos. Finalmente, em modelo animal, avaliaremos se a deposição de tecido mineralizado induzida por células da polpa dentária poderia ser mimetizada pelas células do ligamento periodontal para estimular o reparo após perfuração de furca, que ainda representa uma situação clínica de difícil tratamento. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Andiara De Rossi - Integrante / Raquel Assed Bezerra da Silva - Integrante / Paulo Nelson Filho - Integrante / Francisco Wanderley Garcia de Paula e Silva - Integrante / Marilia Pacífico Lucisano - Integrante / SILVA, LÉA ASSED BEZERRA - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2014 - 2017

    Resposta dos tecidos perirradiculares à Biodentine ou MTA aplicados em perfuração de furca em dentes de cães, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Léa Assed Bezerra da Silva em 20/09/2019., Descrição: O trauma causado pela perfuração de furca pode provocar uma resposta inflamatória no periodonto, levando a uma destruição do ligamento periodontal, reabsorção óssea, dentinária e/ou cementária, até a perda de inserção periodontal. O objetivo deste estudo será avaliar a resposta dos tecidos radiculares e perirradiculares em dentes de cães, após perfuração intencional de furca e tratamento com Biodentine? ou MTA, por meio de análise radiográfica, histopatológica, imuno-histoquímica e imunofluorescência indireta. Serão utilizados os 2os e 3os pré-molares superiores e os 2 os, 3 os e 4 os pré-molares inferiores de 3 cães, totalizando 30 dentes, os quais serão distribuídos em 3 grupos de acordo com o material utilizado para selar a perfuração de furca: experimental (Biodentine?) (n= 14), controle negativo (MTA) (n= 9) e controle positivo (n= 6) (guta percha), por um período experimental de 120 dias. Radiograficamente, analisemos o local correspondente à perfuração de furca. Na análise histopatológica qualitativa será avaliada a presença ou não de tecido mineralizado depositado no local da perfuração de furca e adjacências. Para análise semi-quantitativa serão atribuídos escores para os parâmetros: presença ou ausência de tecido mineralizado depositado, intensidade do processo inflamatório, integridade do ligamento periodontal e reabsorção dos tecidos mineralizados. A análise quantitativa da espessura de tecido mineralizado depositado na área de perfuração de furca será realizada nos espécimes corados com HE em microscopia de luz fluorescente, utilizando videomicroscopia. A partir dos resultados obtidos no estudo in vivo, serão realizados ensaios de imuno-histoquímica para os marcadores de mineralização relacionados à neoformação dentinária: RANKL e osteoprotegerina (OPG). Os dados serão transformados em porcentagens e os grupos comparados entre sí por meio do teste qui-quadrado (=0,05). Ensaio de imunofluorescência indireta será realizado para avaliar a expressão Runx-2 como um possível fator de transcrição para a síntese de proteínas de mineralização. Os grupos serão comparados entre si pelo Teste de Kruskal Wallis com pós-teste de Dunn (=0,05). Os resultados radiográficos e histopatológicos serão analisados pelo Teste qui-quadrado e demonstrado em gráficos. A espessura de tecido mineralizado formado será analisada pelo Teste de Mann Whitney, utilizando o programa estatístico Graph Pad Prism 6.0. O nível de significância adotado para todas as análises foi de 5%.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Léa Assed Bezerra da Silva - Coordenador / Raquel Assed Bezerra da Silva - Integrante / Paulo Nelson Filho - Integrante / Karina Alessandra Michelão Grecca Pieroni - Integrante.

  • 2014 - Atual

    Eficácia das brocas de polímero em compração à escavação assistida por fluorescência, na remoção minimamente invasiva de lesões de cárie, Descrição: O conceito atual de odontologia minimamente invasiva favorece a utilização de tecnologias que permitam uma remoção seletiva de tecido cariado. Dentro dessa filosofia, a utilização de recursos que facilitem a remoção da dentina infectada, preservando ao máximo a dentina afetada, é essencial. A Escavação de Cárie Guiada por Fluorescência (FACE - Fluorescence-Aided Caries Excavation) baseia-se no princípio de que os tecidos dentais afetados pela cárie apresentam alteração no seu padrão de dureza e, com isso, quando obervados sob luz LED emitem diferentes padrões de fluorescência, os quais são captados por dispositivos específicos como a câmera intraoral baseada em fluorescência VistaProof. As brocas de polímeros representam um novo modelo de remoção mecánica auto-limitante de cárie, uma vez que sua dureza e resistência foram desenvolvidas para remover apenas o tecido amolecido infectado, preservando a dentina afetada intacta. O objetivo deste estudo in vivo será avaliar a eficácia das brocas de polímero na remoção minimamente invasiva de tecido cariado em dentes decíduos, em comparação à detecção trans-operatória de tecido cariado intracavitário pelo método FACE (Fluorescence Aided Caries Excavation) com a utilização do sistema Vista Proof, e por meio da detecção da viabilidade microbiana na dentina (cultura microbiológica e microscopia eletrônica de transmissão).. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Fabrício Kitazono Carvalho - Coordenador / Paulo Nelson Filho - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    Estudo de qualidade de vida em pacientes com neoplasia de cabeça e pescoço submetidos a tratamento oncológico no Brasil, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador / Marcos Antonio dos Santos - Integrante.

  • 2014 - Atual

    Avaliação dos fatores associados com a doença cárie e com alterações do desenvolvimento do esmalte, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Raquel Assed Bezerra Segato em 08/01/2015., Descrição: A doença cárie compromete a saúde e a qualidade de vida de crianças e adultos. Essa doença é um problema de saúde pública mundial, principalmente nos países em desenvolvimento, como o Brasil. As alterações do desenvolvimento do esmalte são anomalias comuns e estão associadas ao maior risco de desenvolver lesões cariosas, bem como, podem representar marcadores clínicos para alterações sistêmicas. Tanto a cárie, quanto as alterações do desenvolvimento do esmalte são alterações de etiologia complexa. Desta forma, o objetivo do presente trabalho é estudar os fatores etiológicos envolvidos com a etiologia da doença cárie, das alterações de esmalte, bem como avaliar a associação com outras alterações sistêmicas. A amostra constituirá de 1000 participantes atendidos na Clínica de Odontopediatria da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, com idade entre 0 e 13 anos. Para todos os participantes serão preenchidas fichas com informações referentes à anamnese e ao exame clínico, para avaliação dos parâmetros clínicos, sócio-demográficos e ambientais. Amostras de saliva serão coletadas como fonte de DNA genômico. A genotipagem será realizada por PCR em Tempo Real. Os dados serão tabulados e analisados em um programa estatístico com alfa de 5%. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (2) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Léa Assed Bezerra da Silva - Integrante / Raquel Assed Bezerra da Silva - Coordenador / Driely Barreiros - Integrante / Katharina Morant Holanda de Oliveira - Integrante / Sara Silva de Oliveira - Integrante / KÜCHLER, ERIKA CALVANO - Integrante.

  • 2013 - 2016

    Avaliação do comportamento de restaurações, com diferentes materiais odontológicos resinosos, em dentes decíduos e permanentes, de humanos, submetidos previamente ou posteriormente à radioterapia, Descrição: A cada ano, aproximadamente 500.000 novos casos de câncer de cabeça e pescoço são diagnosticados no mundo. No Brasil, dados do Instituto Nacional do Câncer (2009), estimam que em 2010 apenas a cavidade bucal terá sido responsável por 14.000 novos casos de câncer. A radioterapia, técnica utilizada no tratamento do câncer, embora possa aumentar os índices de cura, ocasiona efeitos secundários que incluem mucosite, xerostomia, perda de paladar, trismo, perda progressiva do ligamento periodontal, alterações microvasculares, necrose de tecidos moles, osteoradionecrose e cárie dental. A cárie dental pós-radioterapia de cabeça e pescoço, conhecida como ?cárie de radiação? é uma doença complexa e destrutiva, de origem multifatorial, que prejudica, em muito, a qualidade de vida, destes dos pacientes. Estudos prévios demonstraram que a irradiação é capaz de ocasionar alterações significativas (morfológicas, físicas e químicas) na estrutura dental, podendo ser estas alterações parte da patogênese da cárie de radiação. Após instalado um quadro de cárie de radiação os pacientes acometidos necessitam de tratamento odontológico reparador extenso, entretanto as alterações do substrato dental podem alterar o comportamento dos materiais restauradores odontológicos utilizados. Assim, o objetivo deste projeto de pesquisa será avaliar, in vitro, o comportamento de restaurações, com diferentes materiais odontológicos resinosos, os mais indicados até o presente momento, em dentes de humanos, decíduos e permanentes, submetidos previamente ou posteriormente à radioterapia.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador / Léa Assed Bezerra da Silva - Integrante / Paulo Nelson Filho - Integrante / Talitha de Siqueira Mellara - Integrante / Regina Guenka Palma-Dibb - Integrante / Harley Francisco de Oliveira - Integrante / Juliana Arid - Integrante.

  • 2013 - 2016

    Análise da atividade e expressão de metaloproteinases da matriz na junção amelodentinária de dentes humanos irradiados, Descrição: A prevalência de câncer na região da cabeça e pescoço é 29,2 pessoas por 100.000 (US Nacional Cancer Institute). O câncer de cabeça e pescoço pode ser tratado por meio de cirurgia, radiação, quimioterapia ou uma combinação destas modalidades. Uma das consequências secundárias mais graves da radioterapia é alteração da estrutura dental, com conseguinte prejuízo da função oral, a qual influencia negativamente a qualidade de vida. Estudos prévios demonstraram que a radioterapia pode levar a mudanças na composição e na estrutura do esmalte e da dentina, de dentes decíduos e permanentes. Recentemente trabalhos de pesquisa tem demostrado que a radiação provoca a ativação das metaloproteinases da matriz (MMPs), induzindo a expressão delas. As MMPs da matriz são endoproteinases que funcionam cooperativamente hidrolisando a maioria das proteínas da matriz extracelular, ante precursores inativos. Além disso tem a capacidade de degradar os componentes e estruturas da membrana tais como a junção amelo-cementária. A MMP-20 representa a mais proeminente das metaloproteinases da matriz em extratos irradiados, in vitro. Um único estudo recente (J. D. McGuire, et. al. 2014) planteia a ideia de que 23kDa MMP-20 pode proteoliticamente degradar as proteínas componentes da interface esmalte-dentina após a irradiação, o que pode contribuir para a degradação de esmalte patológico observado após radioterapia. No mesmo estudo foram encontrados níveis baixos, mas cataliticamente ativos de MMP-2 e MMP-9. Assim, o objetivo do presente estudo será analisar a atividade e a expressão das metaloproteinases da matriz 2, 9 e 20 no esmalte e dentina de dentes humanos, decíduos e permanentes irradiados com fração de dose de 2Gy, 5 dias consecutivos, até atingirem a dose total de 60Gy, com um total de 30 frações, durante 6 semanas. Para tal análise serão utilizadas as técnicas de Zimografia in situ e Western Blotting. E se produtos odontológicos (digluconato de clorexidina 0,12%, fluoreto de sódio 0,05% e polifenol epigalocatequina 3-galato 400M) são capazes de inativar as MMPs.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Paulo Nelson Filho - Integrante / Francisco Wanderley Garcia de Paula e Silva - Integrante / Regina Guenka Palma-Dibb - Integrante / Harley Francisco de Oliveira - Integrante / Claudia Maria Carpio Bonilla - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2013 - Atual

    Identificação de potenciais biomarcadores para a reabsorção óssea inflamatória associada às doenças periapical e periodontal, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Léa Assed Bezerra da Silva em 08/06/2015., Descrição: O presente projeto de pesquisa tem como objetivo caracterizar biomarcadores envolvidos na reabsorção óssea inflamatória associada às doenças periapicais e periodontais, visando estabelecer possíveis parâmetros de diagnóstico, bem como avaliar a possível repercussão sistêmica dessas doenças. Serão realizados estudos em humanos, utilizando amostras de saliva, sangue e biopsias de tecido de pacientes saudáveis ou portadores de doença periapical ou periodontal e em animais, utilizando modelos de indução experimental de doença periapical e periodontal. A expressão de diferentes proteínas (IL-1, TNF-, IFN, IL-4, IL-5, IL-6, IL-8, IL-10, IL-12, IL-17, MIP-1 , RANK, RANKL, OPG, MMP-8, MMP-9, TIMP-2, MPO) e do infiltrado inflamatório (neutrófilos, macrófagos e linfócitos), será avaliada por meio de citometria de fluxo e imunoistoquímica. Adicionalmente será realizado o processamento histotécnico para obtenção de cortes histológicos que serão corados com hemotoxilina e eosina (HE), para análise histopatológica do infiltrado inflamatório presente nas lesões periapicais e periodontais e para imunomarcação. Os eventuais resultados poderão fornecer bases imunopatológicas para a maior compreensão dos fatores celulares e moleculares envolvidos nas doenças periapicais e periodontais, suas possíveis repercussões sistêmicas, bem como gerar dados com potencial aplicabilidade no desenvolvimento de novos instrumentos para o diagnóstico ou de novos alvos terapêutico. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Léa Assed Bezerra da Silva - Coordenador / Andiara De Rossi - Integrante / Paulo Nelson Filho - Integrante / Maria da Conceição Pereira Saraiva - Integrante / Arthur Belém Novaes Júnior - Integrante / Sérgio Luís Scombatti de Sousa - Integrante / Márcio Fernando de Moraes Grisi - Integrante / Mario Taba Junior - Integrante / Daniela Bazan Palioto - Integrante., Financiador(es): Pró-Reitoria de Pesquisa - INFRA-USP - Auxílio financeiro.

  • 2012 - 2018

    Resistência ao cisalhamento de bráquetes ortodônticos colados em dentes expostos à radioterapia, Descrição: Com o avanço dos tratamentos oncológicos e o diagnóstico precoce da doença as taxas de sobrevida e cura aumentaram nas últimas décadas. Dessa forma, cada vez mais os dentistas estão propensos a atender pacientes com histórico de tratamento de câncer, sendo necessários procedimentos que proporcionem melhora na saúde bucal e geral, assim como na qualidade de vida do indivíduo. Entretanto, a literatura é escassa quanto ao período ideal para intervenção ortodôntica pós-radioterapia, e os poucos dados existentes falam apenas que esta deva ser realizada entre um e dois anos após o fim do tratamento. O tratamento ortodôntico, para ser realizado, necessita da colagem de bráquetes na superfície dental, a qual poderá apresentar alterações estruturais em pacientes com histórico de radioterapia. Restaurações adesivas em esmalte irradiado demonstraram menor resistência à tração e maior suscetibilidade a fraturas coesivas, entretanto, não há na literatura estudos que demonstrem a resistência da colagem de bráquetes ortodônticos em dentes irradiados. Assim o projeto de pesquisa visa avaliar quais os melhores materiais para colagem de bráquetes em dentes pós radioterapia, e qual o melhor tempo após o tratamento para fazer essa colagem, com respeito a capacidade de adesão.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Paulo Nelson Filho - Integrante / Fabio Lourenço Romano - Integrante / Gabriela Cristina Santin - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2012 - 2017

    Aspectos intra e extrabucais de crianças com malformação vascular linfática e/ou hemangiomas em face, Descrição: O objetivo deste estudo é relatar casos de pacientes com malformações vasculares linfáticas e hemangiomas bucofaciais e descrever as características encontradas e os tratamentos realizados a fim de divulgar a comunidade informações, e redimir dúvidas quanto aos cuidados necessários para o tratamento odontológico de pacientes com esses tipos de lesões na face e cavidade bucal.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (2) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador / Raquel Assed Bezerra da Silva - Integrante / Francisco W G Paula e Silva - Integrante / Carolina Pae Torres - Integrante / Regina Guenka Palma-Dibb - Integrante / Kessia S. F. Mesquita - Integrante / Karina Alessandra Michelão Grecca Pieroni - Integrante / Daniele Luca Longo - Integrante / Gabriela Cristina Santin - Integrante / Fernanda W. Gallarreta - Integrante.

  • 2012 - 2015

    Influência da displasia dentinária tipo I na qualidade de vida: relato de caso, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Andiara De Rossi Daldegan em 31/10/2012., Descrição: A displasia dentinária é um defeito raro de desenvolvimento de dentina, de etiologia desconhecida, com um padrão de herança autossômico dominante que afeta 1 em cada 100.000 indivíduos, se manifesta tanto na dentição decídua quanto na permanente e pode se apresentar com mobilidade dental, dor associada à abcessos dentários e cistos. Essa doença pode ser dividida em Tipo I (DD1) displasia de dentina radicular, e Tipo II (DD2) displasia da dentina coronária, e além de ocasionar problemas localizados severos na cavidade bucal, pode comprometer significantemente a qualidade de vida dos indivíduos acometidos. Segundo a OMS qualidade de vida é a percepção do indivíduo de sua posição na vida, no contexto cultural e no sistema de valores em que ele vive e em relação aos seus objetivos, expectativas, preocupações e desejos. O presente trabalho irá relatar o caso de um paciente, do gênero masculino, de 30 anos de idade, leucoderma, que procurou a clínica de pacientes especiais, pois estava insatisfeito com sua condição bucal e não conseguia emprego devido ao comprometimento estético, pela ausência dos dentes anteriores superiores. Após exame clínico e radiográfico, diagnosticou-se a displasia dentinária tipo I. Será efetuado contato com a equipe médica (genética) que o acompanha para elucidação do diagnóstico do mesmo, e a reabilitação bucal do paciente, visando sobretudo a melhoria da qualidade de vida do mesmo. Previamente e após o término do tratamento odontológico será avaliada a percepção do mesmo quando a melhoria ou não de sua qualidade de vida.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Andiara De Rossi - Coordenador / Danielly Cunha Araújo Ferreira - Integrante.

  • 2012 - 2014

    Uso da laserterapia no tratamento de paralisia facial decorrente de remoção cirúrgica de meduloblastoma, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Andiara De Rossi Daldegan em 31/10/2012., Descrição: Tumores cerebrais e da medula espinhal estão em segundo lugar na frequência como cancro que afeta as crianças, e são as causas mais comuns de mortalidade por câncer em jovens. Mundialmente, cerca de 30.000-40.000 crianças desenvolvem tumores no sistema nervoso central (SNC) a cada ano. A maioria das evidências favorece a mutação espontânea como a causa predominante do câncer infantil, ao contrário da etiologia ambiental ou hereditária, exceto radiação, que tem sido correlacionada com a ocorrência de tumores cerebrais na infância. O Meduloblastoma é o segundo tumor mais comum do SNC, sendo utilizado como tratamento a quimioterapia e radioterapia. A radioterapia é a razão principal para a ocorrência de trismo, o qual tem sido associado nutrição reduzida devido à mastigação deficiente, dificuldade em falar e comprometimento da higiene oral. A acupuntura tem sido amplamente utilizada para melhorar as funções motoras, sendo aplicada no tratamento da paralisia facial periférica na China. No entanto poucos relatos na literatura têm mostrado seu efeito no tratamento de paralisia facial e trismo após o tratamento oncológico de cabeça e pescoço. O objetivo desse estudo será a laserterapia para tratamento da paralisia facial, pós tratamento oncológico cirúrgico associado com quimioterapia e radioterapia.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Andiara De Rossi - Coordenador / Carolina Paes Torres Mantovani - Integrante / Francisco Wanderley Garcia de Paula e Silva - Integrante / Danielly Cunha Araújo Ferreira - Integrante.

  • 2012 - 2014

    Síndrome de Klinefelter ? variante 48, XXYY ? características craniofaciais e bucodentais e dificuldades no tratamento odontológico, Descrição: A Síndrome 48,XXYY foi considerada por muitos autores como uma variante da Síndrome de Klinefelter (KS), assim como outros mosaicismos contendo um ou mais cromossomos X extra e pelo menos um cromossomo Y (47, XXY; 47, XXY; 48, XXXY; 49, XXXXY; etc), porém, atualmente é conhecida como uma patologia distinta. É uma condição rara de aneuploidia sexual, caracterizada pela presença de dois cromossomos X e Y extras nos indivíduos do sexo masculino. Os indivíduos geralmente apresentam-se com deficiência intelectual de maior prevalência e gravidade em comparação com KS típicos e são propensos a frequentes e graves problemas comportamentais e psiquiátricos, incluindo déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), alterações de humor, convulsões, ansiedade, impulsividade, distúrbios psicóticos e tiques. Manifestações clínicas como câncer de mama, aumento incidência de doenças autoimunes, osteoporose, doenças venosas e diabetes mellitus podem estar presentes. Achados bucais associados a esta patologia incluem alterações craniofaciais, taurodontismo, esmalte fino, problemas periodontais, micrognatia, erupção dentária atípica e tardia, fenda palatina submucosa e aumento da incidência de cárie. O objetivo do presente estudo é descrever as características craniofaciais e bucodentais de um paciente com 48 e as dificuldades encontradas para efetuar o tratamentoto odontológico do paciente em função dos seus distúrbios psiquiátricos, dificuldades de compreensão e problemas sistêmicos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador / Aldevina Campos de Freitas - Integrante / Karina Alessandra Michelão Grecca Pieroni - Integrante / BEZERRA SILVA, RAQUEL ASSED - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Fundamentos teóricos para o atendimento odontológico de pacientes com lúpus eritematoso sistêmico, Descrição: O lúpus eritematoso sistêmico (LES) é uma doença auto-imune do tecido conjuntivo, de caráter crônico e com amplas repercussões sistêmicas, estando associada com morbidade e mortalidade. O LSE é uma doença multissistêmica grave, com grande variedade de manifestações cutâneas e orais. Pode afetar pele, articulações, rins, pulmões, sistema nervoso, pleura e pericárdio, tecidos mucosos e outros órgãos do corpo. Mulheres na faixa etária entre 30 e 40 anos são afetadas com mais frequencia do que os homens, numa relação de 10:1. A prevalência mundial de LES varia entre 12 e 50 por 100.000, dependendo da localização geográfica e da etnia. Estima-se que alterações na cavidade bucal ocorram numa proporção de 20% a 30%, destacando-se as lesões mucocutâneas (gengivite descamativa, gengivite marginal ou lesões erosivas na mucosa), infecções odontogênicas e desordens nas articulações temporomandibulares. Evidencia-se também higiene bucal precária em decorrência das lesões bucais dolorosas e alta incidência de lesões de cárie. O presente trabalho tem como objetivo fundamentar através de revisão de literatura quais os cuidados necessários ao tratamento odontológico e relatar os achados bucais de dois irmãos com diagnóstico de LES.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador / Aldevina Campos de Freitas - Integrante / Karina Alessandra Michelão Grecca Pieroni - Integrante.

  • 2011 - 2013

    Doença Celíaca: repercussões bucais e estudo do esmalte como marcador da doença, em crianças., Descrição: A doença celíaca é uma desordem autoimune que ocorre em indivíduos geneticamente predispostos à intolerância digestiva ao glúten. É uma patologia com manifestações clínicas variáveis, existindo portadores que permanecem não diagnosticados. A forma clássica manifesta-se nos primeiros anos de vida com um quadro de diarréia crônica, vômitos, irritabilidade, falta de apetite, déficit de crescimento, distensão abdominal e atrofia da musculatura glútea. O diagnóstico é baseado em testes sorológicos e na biópsia da mucosa intestinal. A doença celíaca pode apresentar diversas manifestações bucais como atraso na erupção dental, estomatite aftosa recorrente, queilite angular e defeitos do esmalte simétricos e cronologicamente detectáveis, em todos os quadrantes da dentição permanente. Segundo a Academia Americana de Gastroenterologia, Hepatologia e Nutrição Pediátrica, existe forte evidência que há ocorrência de defeitos de esmalte em pacientes com doença celíaca, mesmo no grupo de pacientes com doença assintomática, sendo indicado que se faça o diagnóstico desta condição nestes pacientes, pois a detecção destes pode ser importante para o diagnóstico precoce desta condição. O objetivo deste estudo será realizar uma avaliação das crianças recém diagnosticadas como portadoras de doença celíaca da clínica de gastroenterologia infantil da Faculdade de Medicina Ribeirão Preto-USP quanto à presença de defeitos de esmalte, análise microestrutural do esmalte, risco e incidência de cárie, estomatite aftosa recorrente, queilite angular e quantidade de salivação e compará-las com um grupo de crianças de mesma faixa etária que não apresentam a doença e avaliar a prevalência de doentes celíacos, por meio de teste sorológico, em um grupo de crianças que apresentam defeitos de esmalte.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Léa Assed Bezerra da Silva - Integrante / Fabrício Kitazono de Carvalho - Integrante / Paulo Nelson Filho - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Pró-Reitoria de Pesquisa da USP - Projeto 1 - Auxílio financeiro.

  • 2011 - 2013

    Avaliação de manifestações bucais em crianças portadoras de doença celíaca, Descrição: A doença celíaca é uma desordem autoimune que ocorre em indivíduos geneticamente predispostos à intolerância digestiva ao glúten. É uma patologia com manifestações clínicas variáveis, existindo portadores que permanecem não diagnosticados. A forma clássica manifesta-se nos primeiros anos de vida com um quadro de diarréia crônica, vômitos, irritabilidade, falta de apetite, déficit de crescimento, distensão abdominal e atrofia da musculatura glútea. O diagnóstico é baseado em testes sorológicos e na biópsia da mucosa intestinal. A doença celíaca pode apresentar diversas manifestações bucais como atraso na erupção dental, estomatite aftosa recorrente, queilite angular e defeitos do esmalte simétricos e cronologicamente detectáveis, em todos os quadrantes da dentição permanente. Segundo a Academia Americana de Gastroenterologia, Hepatologia e Nutrição Pediátrica, existe forte evidência que há ocorrência de defeitos de esmalte em pacientes com doença celíaca, mesmo no grupo de pacientes com doença assintomática, sendo indicado que se faça o diagnóstico desta condição nestes pacientes, pois a detecção destes pode ser importante para o diagnóstico precoce desta condição. O objetivo deste estudo será realizar uma avaliação das crianças recém diagnosticadas como portadoras de doença celíaca da clínica de gastroenterologia infantil da Faculdade de Medicina Ribeirão Preto-USP quanto à presença de defeitos de esmalte, análise microestrutural do esmalte, risco e incidência de cárie, estomatite aftosa recorrente, queilite angular e quantidade de salivação e compará-las com um grupo de crianças de mesma faixa etária que não apresentam a doença e avaliar a prevalência de doentes celíacos, por meio de teste sorológico, em um grupo de crianças que apresentam defeitos de esmalte. Processo 2010/20482-1.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador / Léa Assed Bezerra da Silva - Integrante / Fabrício Kitazono Carvalho - Integrante / Paulo Nelson Filho - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2011 - 2013

    Estudo comparativo da liberação de monômeros à partir das resinas Kalore e Silorane pelo método de espectroscopia de fluorescência ? estudo in vitro, Descrição: Compostos orgânicos podem ser liberados dos materiais resinosos, mesmo após sua polimerização, como resultado da presença de monômeros residuais e do processo de degradação do próprio material, podendo ocasionar efeitos citotóxicos, genotóxicos e alergênicos. O objetivo do presente estudo, in vitro, é avaliar a liberação de compostos orgânicos de dois materiais resinosos, recentemente lançados no mercado, que apresentam inovações em suas formulações (resinas Kalore TM - GC FUJI e FiltekTM Silorane - 3M ESPE), variando a fonte de luz polimerizadora (halógena ou LED), a solução de imersão (água ou saliva artificial) e o pH da solução de imersão (7 ou 4,5). Serão confeccionados 56 corpos de prova da resina Kalore TM e 56 da resina FiltekTM Silorane, sendo 28 polimerizados com luz halógena e 28 com luz LED. Após aleatorização, 7 corpos de prova de cada resina serão armazenados em água com pH neutro, 7 em água com pH ácido, 7 em saliva com pH neutro e 7 em saliva com pH ácido. A leitura dos espectros das soluções será realizada por meio da espectroscopia de fluorescência após 1, 3, 24, 48, 72, 168, 261, 312, 432, 504 e 672 horas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador / Patrícia G. Hernandez - Integrante / Karina Alessandra Michelão Grecca Pieroni - Integrante / Sofia Nikolau - Integrante / BEZERRA SILVA, RAQUEL ASSED - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2011 - 2012

    Quantificação da endotoxina (LPS) presente em canais radiculares de dentes decíduos e permanentes portadores de necrose pulpar e lesão periapical crônica, antes e após a utilização de curativo de demora., Descrição: Em função do importante papel dos microrganismos na etiologia das alterações pulpares e periapicais, a microbiota presente nos canais radiculares de dentes permanentes com necrose pulpar tem sido amplamente estudada na literatura específica. Técnicas de cultura e identificação microbiológica têm evidenciado que, em canais radiculares de dentes permanentes e decíduos portadores de necrose pulpar e lesão periapical crônica visível radiograficamente, predominam os microrganismos aneróbios Gram-negativos. Esses microrganismos além de possuírem diferentes fatores de virulência e gerarem produtos e subprodutos tóxicos aos tecidos apicais e periapicais, contêm a endotoxina em sua parede celular, a qual é liberada durante a multiplicação ou morte bacteriana, exercendo uma série de efeitos biológicos importantes que levam à reação inflamatória e reabsorção óssea na região periapical. Portanto, a terapêutica endodôntica adotada não deve ter como objetivo apenas a morte bacteriana, mas também a inativação da endotoxina. No entanto, poucos trabalhos foram publicados na literatura específica, quantificando a endotoxina presente em canais radiculares, e dentre esses todos foram realizados em dentes permanentes. O objetivo do presente estudo será quantificar, in vivo, a endotoxina (LPS) presente em canais radiculares de dentes decíduos e permanentes de humanos, portadores de necrose pulpar e lesão periapical crônica visível radiograficamente, antes e após a utilização do curativo de demora co hidróxidode cálcio, por meio do teste ?Limulus Amebocyte Lysate? cromogênico.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Léa Assed Bezerra da Silva - Integrante / Paulo Nelson Filho - Coordenador / Marilia Pacífico Lucisano - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2011 - 2012

    Correlação entre a quantidade de endotoxina bacteriana em canais radiculares de dentes decíduos e a área da lesão periapical, Descrição: O objetivo do presente estudo clínico randomizado será avaliar, in vivo, a correlação entre a quantidade de endotoxina bacteriana em canais radiculares de dentes decíduos de humanos, portadores de necrose pulpar e lesão periapical crônica visível radiograficamente, e a área da lesão periapical. Serão selecionados 30 molares decíduos inferiores com necrose pulpar e lesão periapical, de pacientes de 3 a 9 anos de idade. Radiografias padronizadas, tomadas antes do início do tratamento, serão escaneadas e as lesões serão mensuradas com auxílio do programa Image J. Após a abertura coronária, será efetuada a colheita do material de cada canal radicular, por meio do uso de cones de papel absorvente, para quantificação da endotoxina bacteriana, por meio do teste "Limulus Amebocyte Lysate" (LAL) turbidimétrico. Os resultados obtidos serão analisados em relação à distribuição normal (área) e aplicado teste de correlação de Pearson e se não normal o teste de Spearman. O valor de alfa será 0,05. Processo 2011/08537-8.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador / Léa Assed Bezerra da Silva - Integrante / Paulo Nelson Filho - Integrante / Marilia Pacífico Lucisano - Integrante / Juliana Arid - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2010 - 2012

    Modulação da expressão de metaloproteinases da matriz e resposta tecidual frente a agentes cimentantes utilizados em Odontologia. Estudo no tecido subcutâneo de camundongos e no tecido pulpar de dentes de cães com cavidades profundas., Descrição: Os agentes cimentantes são amplamente utilizados em Odontologia, embora a biocompatibilidade com o tecido pulpar e os mecanismos pelos quais esses materiais podem atuar na remodelação tecidual não sejam conhecidos. Dessa maneira, o objetivo deste projeto será avaliar a resposta tecidual de diferentes agentes cimentantes à base de resina e de ionômero de vidro no tecido conjuntivo subcutâneo de camundongos e no tecido pulpar de dentes de cães com cavidades profundas. Posteriormente, a remodelação do tecido conjuntivo em contato com esses materiais será investigada por meio da avaliação da presença e atividade de metaloproteinases da matriz (MMPs), as quais são enzimas importantes para o processo de remodelação tecidual. Os materiais-teste serão implantados no tecido subcutâneo de camundongos isogênicos da linhagem Balb/C e colocados em contato indireto com o tecido pulpar, em cavidades profundas preparadas em dentes de cães. Serão avaliados o cimento à base de ionômero de vidro Ketac Cem Easy Mix e os cimentos resinosos Multilink Automix e Rely X Unicem. Decorridos os períodos experimentais, os animais serão submetidos à eutanásia e os tecidos submetidos ao processamento histológico. A resposta tecidual será avaliada por meio de índicios de fibrosamento no tecido conjuntivo, intensidade do infiltrado inflamatório em contato com o material e pela presença de ponte de dentina. Posteriormente, com o objetivo de investigar os mecanismos envolvidos na reorganização do tecido conjuntivo em contato com os agentes cimentantes serão avaliadas a presença e atividade de metaloproteinases da matriz, por meio de zimografia in situ e imunoistoquímica. Os resultados obtidos serão submetidos à análise estatística apropriada de acordo com o padrão de distribuição da amostra por meio dos testes one way ANOVA seguido pelo pós-teste de Tukey, teste não paramétrico de Mann-Whitney ou pelo teste Exato de Fisher.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Léa Assed Bezerra da Silva - Coordenador / Raquel Assed Bezerra da Silva - Integrante / Francisco W G Paula e Silva - Integrante / Paulo Nelson Filho - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2012

    Influência da irradiação com cobalto-60 nas propriedades mecânicas, químicas e morfológicas do esmate e dentina, de dentes decíduos e permanentes, Descrição: A cada ano, aproximadamente 500.000 novos casos de câncer de cabeça e pescoço são diagnosticados no mundo. No Brasil, dados do Instituto Nacional do Câncer (2009), estimam que em 2010 apenas a cavidade bucal terá sido responsável por 14.000 novos casos de câncer. A radioterapia, técnica utilizada no o tratamento do câncer, embora possa aumentar os índices de cura, ocasiona efeitos secundários que incluem mucosite, xerostomia, perda de paladar, trismo, perda progressiva do ligamento periodontal, alterações microvasculares, necrose de tecidos moles, osteoradionecrose e cárie dental. A ?cárie de radiação? é uma doença complexa e destrutiva, de origem multifatorial, que atinge pacientes submetidos à radioterapia de cabeça e pescoço e prejudica a qualidade, sendo a principal complicação destes pacientes. Estudos relatam que os efeitos indiretos da irradiação, que incluem alterações na qualidade e na quantidade da saliva, dificuldade em realizar uma higiene bucal adequada, aumento do consumo de alimentos cariogênicos e alterações na microbiota bucal são os principais agentes causais da cárie de radiação. Por outro lado outros estudos demonstram que a irradiação ocasiona efeitos diretos sobre a estrutura dental, sendo este efeito parte da patogênese da cárie de radiação. A análise da literatura pertinente permite observar que o exato mecanismo envolvido no desenvolvimento da cárie de radiação continua controverso sendo atribuído ora aos efeitos indiretos da radioterapia que levam a alterações salivares, dificuldades de higiene bucal, consumo maior de alimentos cariogênicos e alterações da microbiota bucal; e ora aos efeitos diretos da radiação que ocasionam alterações morfológicas, físicas e químicas no substrato dental. Assim, o objetivo proposto será avaliar, in vitro, as propriedades do esmalte e da dentina de dentes decíduos e permanentes de humanos, com relação à microdureza, a composição bioquímica e morfologia, após irradiação com Co60, simulando um tratamento de radioterapia. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador / Raquel Assed Bezerra da Silva - Integrante / Paulo Nelson Filho - Integrante / Ligia Maria Napolitano Gonçalves - Integrante / Regina Guenka Palma-Dibb - Integrante / Airton A. Martin - Integrante / Harley Francisco de Oliveira - Integrante.

  • 2009 - 2011

    Técnicas adesivas de obturação ? Avaliação microscópica quantitativa da reparação apical e periapical pós-tratamento de canais radiculares de dentes de cães com lesão periapical, Descrição: Avaliar quantitativamente, in vivo, a resposta dos tecidos apicais e periapicais de dentes de cães com lesão periapical crônica induzida experimentalmente, após tratamento de canal radicular empregando os seguintes cimentos obturadores: Endo-Rez, Sistema Epiphany/Resilon e AH Plus. Canais radiculares não obturados (vazios) serão utilizados como controle. Após a obtenção de lesões periapicais experimentalmente induzidas, os dentes serão submetidos à abertura coronária, neutralização do conteúdo necrótico, preparo biomecânico, curativo de demora com uma pasta à base de hidróxido de cálcio (Calen) e obturação dos canais radiculares com os diferentes cimentos obturadores citados. Decorridos os períodos de 28 e 903 dias, grupos de animais serão mortos e o material será submetido ao processamento histotécnico.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Léa Assed Bezerra da Silva - Integrante / Mário Roberto Leonardo - Coordenador / Raquel Assed Bezerra da Silva - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2009 - 2011

    Avaliação da microdureza, morfologia e composição bioquímica do esmalte e dentina de dentes decíduos de humanos após irradiação com Co60., Descrição: A cada ano, aproximadamente 500.000 novos casos de câncer de cabeça e pescoço são diagnosticados no mundo. No Brasil, dados do Instituto Nacional do Câncer (2009), estimam que em 2010 apenas a cavidade bucal terá sido responsável por 14.000 novos casos de câncer. A radioterapia, técnica utilizada no o tratamento do câncer, embora possa aumentar os índices de cura, ocasiona efeitos secundários que incluem mucosite, xerostomia, perda de paladar, trismo, perda progressiva do ligamento periodontal, alterações microvasculares, necrose de tecidos moles, osteoradionecrose e cárie dental. A ?cárie de radiação? é uma doença complexa e destrutiva, de origem multifatorial, que atinge pacientes submetidos à radioterapia de cabeça e pescoço e prejudica a qualidade, sendo a principal complicação destes pacientes. Estudos relatam que os efeitos indiretos da irradiação, que incluem alterações na qualidade e na quantidade da saliva, dificuldade em realizar uma higiene bucal adequada, aumento do consumo de alimentos cariogênicos e alterações na microbiota bucal são os principais agentes causais da cárie de radiação. Por outro lado outros estudos demonstram que a irradiação ocasiona efeitos diretos sobre a estrutura dental, sendo este efeito parte da patogênese da cárie de radiação. A análise da literatura pertinente permite observar que o exato mecanismo envolvido no desenvolvimento da cárie de radiação continua controverso sendo atribuído ora aos efeitos indiretos da radioterapia que levam a alterações salivares, dificuldades de higiene bucal, consumo maior de alimentos cariogênicos e alterações da microbiota bucal; e ora aos efeitos diretos da radiação que ocasionam alterações morfológicas, físicas e químicas no substrato dental. Assim, o objetivo proposto será avaliar, in vitro, as propriedades do esmalte e da dentina de dentes decíduos de humanos, com relação a microdureza, morfologia e a composição química.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Sada Assed - Coordenador / Raquel Assed Bezerra da Silva - Integrante / Paulo Nelson Filho - Integrante / Talitha de Siqueira Mellara - Integrante / Regina Guenka Palma-Dibb - Integrante / Airton A. Martin - Integrante / Harley Francisco de Oliveira - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2009 - 2010

    Ocorrência de anomalias dentais em pacientes brasileiros com síndrome de Down., Descrição: : A síndrome de Down é a forma mais frequente de retardo mental ocasionado por aberração cromossomica microscópicamente demonstrável, sendo caracterizada por características fenotípicas bem definidas e pela história natural. E causada pela trissomia de todo ou de uma porção crítica do cromossomo 21 (Oline Mendelian Inheritance in Man ? OMIM #190685). As manifestações relatadas na literatura incluem língua protusa, larga e fissurada, palato atrésico, micrognatia, mordida aberta, queilite angular, maloclusão, bruxismo, pobre higiene bucal, baixa incidência de cárie, diastemas dentais, atraso na erupção, alta incidência de doença periodontal e anomalias dentais. As anomalias dentais relatadas na literature incluemmicrodontia, dentes conóides, hipodontia, dentes supranumerários, taurodontismo, hipoplasias e hipomineralizações de esmalte. Autores têm se preocupado em avaliar a prevalência de anomalias dentais em pacientes com síndrome de Down, em diferentes populações do mundo. No entanto, de acordo com MORAES et al. (2007), estudos desse tipo no Brasil são muito escassos. Assim, o objetivo deste estudo foi determinar a ocorrência de anomalias dentais em pacientes brasileiros portadores de síndrome de Down, por meio de exame clínico e radiográfico.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador / Léa Assed Bezerra da Silva - Integrante / Raquel Assed Bezerra da Silva - Integrante / Paulo Nelson Filho - Integrante / Talitha de Siqueira Mellara - Integrante / Luiz Carlos Pardini - Integrante.

  • 2007 - 2010

    Avaliação comparativa do stress em crianças submetidas à anestesia convencional e computadorizada, por meio da dosagem de cortisol salivar, Descrição: O controle da dor é essencial para o sucesso do tratamento odontológico, em Odontopediatria. No entanto, a anestesia local é capaz de ocasionar dor e ansiedade no paciente. Com o intuito de minimizar esses transtornos foi desenvolvido um sistema de anestesia local computadorizada, denominado The Wand, o qual permite o controle preciso e constante do fluxo de injeção, além de utilizar agulhas de pequeno calibre. O objetivo deste trabalho foi avaliar os níveis de stress transitórios, após anestesia local com o sistema The Wand, em comparação à anestesia convencional, por meio da dosagem de cortisol salivar em 10 crianças, de 7 a 12 anos de idade, de ambos os gêneros, da clínica de Odontopediatria da FORP-USP.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador / Fabrício Kitazono de Carvalho - Integrante / Raquel Assed Bezerra da Silva - Integrante / Paulo Nelson Filho - Integrante / Christie Ramos Andrade Leite Panissi - Integrante / Raphael Correa Bragagnollo - Integrante / Laís Larrubia Censi - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Cientifica - Bolsa.

  • 2007 - 2009

    Materiais obturadores em dentes decíduos: Avaliação da biocompatibilidade em tecido conjuntivo subcutâneo de camundongos isogênicos, cultura de células e dentes de cães., Descrição: O objetivo do presente trabalho foi avaliar, em diferentes níveis de pesquisa, a tolerância tecidual de quatro materiais obturadores de dentes decíduos: pasta à base de hidróxido de cálcio (Calen) associada ao óxido de zinco; cimento à base de hidróxido de cálcio (Sealapex); cimento à base de óxido de zinco e eugenol; e cimento EndoRez. Esses materiais foram avaliados por meio de três metodologias: implantes em tecido conjuntivo subcutâneo de ratos, atividade antimicrobiana e resposta apical e periapical em dentes de cães.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Léa Assed Bezerra da Silva - Integrante / Mário Roberto Leonardo - Integrante / Raquel Assed Bezerra da Silva - Integrante / Paulo Nelson Filho - Coordenador / Alberto Consolaro - Integrante / Olivia Santos de Oliveira Verardo - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2006 - 2008

    Avaliação das propriedades biológicas de materiais obturadores de canais radiculares de dentes decíduos e permanentes., Descrição: Os materiais obturadores de canais radiculares de dentes decíduos devem apresentar propriedades específicas, em função das características anatômicas desses dentes e da ocorrência do processo de rizólise. Tanto em dentes decíduos quanto em permanentes, é desejável que o material seja biocompatível permitindo o reparo dos tecidos periapicais. Em Odontopediatria não existe um consenso quanto ao material obturador ideal e, ainda, há escassez de estudos sobre as propriedades desses materiais. Paralelamente, novos materiais obturadores de canais radiculares de dentes permanentes, com diferentes composições, incluindo resinas, vêm sendo lançados no comércio especializado. Assim, o objetivo desse projeto foi avaliar a biocompatibilidade de diferentes materiais obturadores de canais radiculares de dentes decíduos e permanentes, em tecido conjuntivo subcutâneo de ratos e camundongos isogênicos e avaliar a reação dos tecidos apicais e periapicais de dentes de cães, após biopulpectomia e obturação dos canais radiculares. Estudos "in vitro" (cultura de células e imunohistoquímica) também foram realizados.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (3) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Sada Assed - Coordenador / Léa Assed Bezerra da Silva - Integrante / Mário Roberto Leonardo - Integrante / Raquel Assed Bezerra da Silva - Integrante / Cristiane Tomaz Rocha - Integrante / Paulo Nelson Filho - Integrante / Francisco Wanderley Garcia de Paula e Silva - Integrante / Aldevina Campos de Freitas - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2005 - 2009

    Avaliação das escovas dentais utilizadas por crianças quanto à indicação, armazenamento e substituição periódica, Descrição: A falta de informações educacionais e fatores sócio-econômicos fazem com que muitos pacientes utilizem escovas dentais de qualidade duvidosa e em condições precárias. Assim, o objetivo deste trabalho será avaliar a condição das escovas dentais de crianças atendidas na Clínica de Odontopediatria da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, com relação à indicação, armazenamento, condições atuais e periodicidade de substituição. Serão selecionadas aleatoriamente, por sorteio, 60 crianças atendidas na Clínica de Odontopediatria, de 3 a 12 anos de idade, de ambos os gêneros, para avaliação de suas escovas dentais. Essa avaliação será realizada por meio de questionário direcionado aos pais e observação das escovas dentais por um único cirurgião dentista. Serão avaliados os seguintes itens: instruções sobre cuidados com a escova dental, locais de armazenamento da escova tanto no domicílio como no transporte até a Clínica, periodicidade de troca, fatores que influenciam na escolha da escova e se o responsável considera aquela escova em condições adequadas de uso. As escovas serão, também, avaliadas visualmente pelo cirurgião-dentista, de acordo com os seguintes critérios: tamanho da cabeça (pequeno, médio ou grande), rigidez das cerdas (macia, média ou dura), presença de deformações e presença de resíduos. Os resultados obtidos, em porcentagens, serão submetidos à análise estatística descritiva.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Coordenador / Francisco W G P Silva - Integrante / Iza Teixeira Alves Peixoto - Integrante / Paulo Nelson Filho - Integrante.

  • 2004 - 2010

    Procedimentos clínicos efetuados em Odontopediatria., Descrição: O objetivo do trabalho é avaliar o perfil dos procedimentos odontológicos efetuados na Clínica de Odontopediatria utilizando os prontuários de 3.484 pacientes atendidos desde 1980. Resultados parciais desta pesquisa têm revelado um aumento significativo (p<0,01) nos porcentuais de aplicações tópicas de flúor (aumento de 18,9%) e aplicações de selantes (aumento de 11,2%). Por outro lado, os porcentuais de realização de restaurações de amálgama de prata e resina composta, pulpotomias e avulsões mostraram declínios também significativos (p<0,05) de 16,0%, 6,0% e 16,1%, respectivamente. Estes dados sugerem um declínio nos procedimentos restauradores, cirúrgicos e endodônticos, com concomitante aumento dos procedimentos preventivos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Sada Assed - Integrante / Gisele Faria - Integrante / Adriana Sasso Stuani - Integrante / Andréa Sasso Stuani - Integrante / Maria Cristina Borsatto - Integrante / Paulo Nelson Filho - Coordenador / Aldevina Campos de Freitas - Integrante / Talitha de Siqueira Mellara - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2003 - 2009

    Resposta da polpa e dos tecidos apicais e periapicais após proteção pulpar direta e pulpotomia, frente à utilização de diferentes materiais odontológicos. Estudos em dentes de cães e de humanos., Descrição: Neste projeto a biocompatibilidade de materiais recentemente desenvolvidos e introduzidos no comércio especializado foi avaliada histopatologicamente, após proteção pulpar direta ou pulpotomia, em dentes de cães e de humanos. Dentre os materiais avaliados encontram-se o Agregado de trióxido mineral, proteínas ósseas morfogenéticas, colágeno, adesivos dentinários e proteínas da matriz do esmalte.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (4) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Sada Assed - Integrante / Aldevina Campos de Freitas - Integrante / Léa Assed Bezerra da Silva - Coordenador / Alexandra Sárzyla Medeiros - Integrante / Mário Roberto Leonardo - Integrante / Fabrício Kitazono Carvalho - Integrante / Francisco W G P Silva - Integrante / Paulo Nelson Filho - Integrante / Ana Maria Scroden Rodrigues da Cunha - Integrante.

  • 2002 - 2006

    Perfil de sensibilidade de estreptococos do grupo mutans, isolados de crianças e adolescentes asmáticos, frente a antissépticos orais., Descrição: O objetivo deste trabalho foi comparar os níveis salivares de estreptococos do grupo mutans de crianças e adolescentes asmáticos com controles não asmáticos com a finalidade de caracterizar o risco a cárie neste grupo de indivíduos. Posteriormente, a atividade antimicrobiana de diferentes dentifrícios utilizados na higiene bucal infantil foi avaliada frente a cepas de Streptococcus mutans. Os dentifrícios foram classificados quanto a presença/ concentração de flúor e associação ou não a produtos naturais. A atividade antimicrobiana foi avaliada pelo método da difusão em ágar (técnica do disco). Após o preparo da suspensão microbiana no padrão 0,5 da escala de McFarland e semeadura por inundação, 20 l do sobrenadante de cada dentifrício foram pipetados em discos de papel e aplicados sobre o meio de cultura BHIA. Os halos de inibição ao redor dos discos foram medidos e os valores analisados pelo teste de Quades.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Rosa Vitória Palamin Azevedo - Integrante / Thais Helena Andreolli do Amaral - Integrante / Maria Cristina Monteiro de SouzaGugelmin - Coordenador / Francisco Wanderley Garcia de Paula e Silva - Integrante / Ana Tereza Mancini Pimenta - Integrante / Pedro Luiz Pompeu da Silva - Integrante / Cristiane Soncino Silva - Integrante / Elcio Oliveira Vianna - Integrante.

  • 2001 - 2002

    Avaliação do efeito da adequação do meio bucal sobre os níveis salivares de estreptococos do grupo mutans, em crianças., Descrição: O objetivo do presente projeto foi avaliar o efeito conjunto dos procedimentos de adequação do meio bucal sobre os níveis salivares de estreptococos do grupo mutans em crianças, de 4 a 9 anos de idade, com alto risco e atividade de cárie.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Moara de Rossi - Integrante / Paulo Nelson Filho - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 1999 - 2002

    Avaliação histopatológica da biocompatibilidade de diferentes materiais odontológicos utilizados para obturação de canais radiculares de dentes de cães, Descrição: Foi efetuado estudo histopatológico em dentes de cães avaliando a biocompatibilidade de diferentes materiais (Pasta Calen espessada com óxido de zinco, pasta Guedes-Pinto e cimento à base de óxido de zinco e eugenol), após pulpectomia e obturação de canais radiculares.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (1) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Léa Assed Bezerra da Silva - Integrante / Mário Roberto Leonardo - Coordenador / Daniela Silva Barroso - Integrante / Raquel Assed Bezerra da Silva - Integrante / Paulo Nelson Filho - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 1999 - 2002

    Avaliação histopatológica da biocompatibilidade de diferentes materiais odontológicos utilizados em dentes de cães e em tecido conjuntivo subcutâneo de camundongos, Descrição: Foram efetuados estudos histopatológicos, em dentes de cães e em tecido conjuntivo subcutâneo de camundongos, avaliando a biocompatibilidade de diferentes materiais (Agregado de trióxido mineral, adesivos dentinários, colágeno, hidroxiapatita, Ca(OH)2, Ca(OH)2 associado à clorexidina, cimentos e pastas obturadoras). Estes materiais foram avaliados em diferentes técnicas operatórias, ou seja, proteção pulpar direta, pulpotomia e pulpectomia.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (6) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Sada Assed - Coordenador / Aldevina Campos de Freitas - Integrante / Léa Assed Bezerra da Silva - Integrante / Sizenando de Toledo Porto Neto - Integrante / Mário Roberto Leonardo - Integrante / Daniela Silva Barroso - Integrante / Raquel Assed Bezerra da Silva - Integrante / Alexandra Sárzyla de Medeiros - Integrante / Paulo Nelson Filho - Integrante / Marcos Antonio Rossi - Integrante / Mario Tanomaru Filho - Integrante / Ana Maria Scroden Rodrigues da Cunha - Integrante / Daniela Petenusci Venturini - Integrante / Erika Maria Siqueira Delgado - Integrante / Juliane Maria Guerreiro Tanomaru - Integrante / Lucia Helena Facciolli - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 1999 - Atual

    Identificação da microbiota e quantificação de LPS em canais radiculares, antes e após tratamento, em dentes decíduos e permanentes com necrose pulpar e lesão periapical crônica. Cultura, Teste Limulus Amebocyte Lysate e Biologia Molecular., Descrição: A avaliação da presença bacteriana nos dentes de humanos infectados e com lesão periapical é avaliada por meio das técnicas de cultura microbiológica, Checkerboard DNA-DNA Hybridization, microscopia eletrônica de varredura e imunofluorescência indireta. Pelo método histomicrobiológico e coloração de Brown & Brenn é efetuada a contagem e identificação dos microrganismos em toda a superfície dentinária radicular, assim como na região do cemento apical. A quantificação do LPS presente em canais radiculares de dentes decíduos de humanos é avaliada pelo teste LAL (Kinetic-QLC). A eficácia de diferentes soluções irrigadoras de canais radiculares, curativos de demora e diferentes técnicas operatórias estão sendo avaliadas pelos métodos anteriormente citados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Alexandra Mussolino de Queiroz - Integrante / Sada Assed - Integrante / Izabel Yoko Ito - Integrante / Léa Assed Bezerra da Silva - Integrante / Mário Roberto Leonardo - Integrante / Raquel Assed Bezerra da Silva - Integrante / Fumio Matoba Júnior - Integrante / Denise Belucio Ruviére - Integrante / Paulo Nelson Filho - Coordenador / Francisco Wanderley Garcia de Paula e Silva - Integrante / Marcos Antonio Rossi - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

Prêmios

2022

Mención de Honor pela trabalho apresentado: Investigação do impacto anti-inflamatórios não esteroidais na biomineralização do esmalte dentário, III Simposio Latino-americano de Hipomineralização de Molares e Incisivos.

2022

Menção honrosa na categoria Odontopediatria pela apresentação do trabalho: Alfabetização em saúde bucal - Canal no Youtube para divulgação de conteúdos odontológicos, 44ª Jornada Odontológica de Ribeirão Preto.

2022

Menção honrosa pelo trabalho apresentado: Alfabetização em saúde bucal - Criação de uma plataforma de educação em saúde, XI Congresso Odontológico FOAr - UNESP Profa. Dra. Andreia Bufalino.

2021

3 lugar na modalidade relato de caso pelo trabalho: Intervenção precoce de odontoma composto na mandíbula: relato de caso, I Simpósio Online de Patologia e Cirurgia Oral e MaxiloFacial.

2021

Menção honrosa, na categoria Pesquisa Científica em Doenças Sistêmicas e Reabilitação Bucomaxilofacial, pelo trabalho apresentado: Radioterapia altera diferentemente a morfologia e composição da denti, 10° Simpósio do DAPE e 8 Simpósio do CAOPE.

2020

Menção Honrosa na categoria Odontopediatria, pela apresentação do trabalho: Tratamento tardio de fratura corono-radicular na dentição decídua: relato de caso clínico, 42ª Jornada Odontológica de Ribeirão Preto.

2020

1 Lugar na categoria Odontopediatria, pela apresentação do trabalho: Ativação de metaloproteínases da matriz: qual o impacto nos tecidos mineralizados da cavidade bucal, 42ª Jornada Odontológica de Ribeirão Preto.

2020

Menção Honrosa na categoria Relato de Experiência, pela apresentação do trabalho: Promoção se saúde em Odontopediatria por meio de ferramentas audiovisuais: Projeto Dente de Leite, uma iniciativa de, 3 Congresso Brasileiro de Odontologia para Bebês e Gestantes.

2020

3 lugar no concurso de painéis da graduação na modalidade Pesquisa com o trabalho: Aprendizagem baseada em laboratórios de simulação e tecnologias da informação e comunicação: uma experiência no ensi, Jornada Acadêmica on-line + 35ª Jornada Presencial da Faculdade de Odontologia do Estado do RJ.

2020

Menção Honrosa na categoria Odontopediatria, pela apresentação do trabalho: Alfabetização em saúde bucal por meio de um canal digital para crianças e adolescentes, 42ª Jornada Odontológica de Ribeirão Preto.

2019

3° Lugar no Fórum Científico com o trabalho: Anestesia local em crianças sem uso de agulha; expectativa ou realidade, 37° Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo.

2019

Prêmio Semana de Recepção aos Calouros - 2019, sendo a FORP eleita a 2ª melhor Semana de Recepção aos Calouros da USP, sob a coordenação da Profa. Dra. Alexandra Mussolino de Queiroz, Universidade de São Paulo.

2019

3 lugar pela apresentação do trabalho: Anestesia local em crianças sem uso de agulha: expectativa ou realidade?, 37 CIOSP - Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo.

2018

Menção Honrosa da área Odontopediatria, na categoria Graduação, pela apresentação do trabalho: Protetores bucais e sua importância na prevenção dos traumatismos dentais durante prática esportiva, 40ª Jornada Odontológica de Ribeirão Preto.

2018

Menção Honrosa da área Odontopediatria, na categoria Pós-Graduação, pela apresentação do trabalho: Reimplante dentário tardio: relato de caso, 40ª Jornada Odontológica de Ribeirão Preto.

2017

2° Lugar no Prêmio Colgate Odontologia Preventiva, pelo trabalho: Inibidores de proteases inativam metaloproteinases da matriz na junção amelodentinária após radioterapia, 34ª Reunião Anual da SBPqO.

2017

Menção Honrosa pelo trabalho: Tratamento de lesões traumáticas em língua em criança com malformação de Chiari do tipo II, 8° Simpósio do DAPE e 6° Simpósio do CAOPE.

2017

Menção Honrosa pelo trabalho: Manifestações orais na Síndrome de Van Maldergem: relato de caso, 8° Simpósio do DAPE e 6° Simpósio do CAOPE.

2017

Honra ao Mérito Programa Saúde na Escola, Prefeitura Municipal de Santa Rosa de Viterbo.

2017

Menção Honrosa na categoria Graduação e na área Odontopediatria pela apresentação do trabalho: Influência da radioterapia na alteração de cor do binômio esmalte dental/restaurações de resina composta, 39ª Jornada Odontológica de Ribeirão Preto.

2015

Menção Honrosa na Secção Sindrômicos, pela apresentação do trabalho: Achados bucais e conduta odontológica adotada em paciente com disceratose congênita - relato de caso clínico, 7° Simpósio do DAPE e 5° Simpósio do CAOPE.

2014

Menção Honrosa, na categoria dos sindrômicos, pela apresentação do trabalho: Abordagem odontológica em paciente portador da Síndrome de Simpson-Golabi-Behmel - Relato de caso clínico, 6° Simpósio do DAPE e 4° Simpósio do CAOPE.

2012

Menção Honrosa pelo trabalho: Alopécia areata x displasia ectodérmica, 4° Simpósio do DAPE e 2° Simpósio do CAOPE.

2011

Menção Honrosa, Sociedade Brasileira de Pesquisa Odontológica.

2010

Menção Honrosa, 31ª Jornada Odontológica da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto-USP,.

2010

Menção Honrosa, 31ª Jornada Odontológica da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto-USP,.

2010

Prêmio ??Francisco Degni?, 28 Congresso Interno de Odontologia de São Paulo.

2010

Premiação, Encontro do Grupo Brasileiro de Professores de Ortodontia e Odontopediatria.

2010

Professora Homenageada, 82ª Turma de Graduandos da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto-USP.

2010

Menção Honrosa, XXXII Jornada Odontológica de Ribeirão Preto.

2010

Menção Honrosa, I Congresso Odontológico de Araraquara F.O.Ar- Unesp e APCD.

2008

Menção Honrosa, 30ª Jornada Odontológica da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto-USP.

2005

1 Prêmio de incentivo à produção científica, na área de Odontopediatria, VII Congresso Interno de Pesquisa da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto-USP.

2005

Menção Honrosa, 7ª Jornada da Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas - Regional de Ribeirão Preto.

2005

Menção Honrosa, 27ª Jornada Odontológica de Ribeirão Preto da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto-USP.

2005

Paraninfa dos formandos da graduação do Curso de Odontologia (77ª) do ano de 2005, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto - SP (alunos da graduação).

2004

Professor Homenageado como Nome de Turma dos formandos da graduação do Curso de Odontologia do ano de 2004, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto-USP (alunos da graduação).

2003

Menção Honrosa, 6ª Jornada da Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas - Regional de Ribeirão Preto.

2003

Menção Honrosa, 17ª Jornada Acadêmica Prof. Dr. Oscar Fernando Muoz Chávez e 57ª Jornada Odontológica Internacion.

2002

Menção Honrosa, 19ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Pesquisa Odontológica.

2002

Menção Honrosa, 24ª Jornada Odontológica de Ribeirão Preto-FORP/USP.

2001

Menção Honrosa, 12ª SOURP-Semana Odontológica da Universidade de Ribeirão Preto-UNAERP.

1997

Menção Honrosa, 19ª Jornada Odontológica de Ribeirão Preto da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto-USP.

Histórico profissional

Endereço profissional

  • Universidade de São Paulo, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil. , Avenida do Café s/nº, Monte Alegre, 14040904 - Ribeirão Preto, SP - Brasil, Telefone: (16) 33154116, Fax: (16) 33154102, URL da Homepage:

Experiência profissional

2019 - Atual

Universidade de São Paulo

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Regime: Dedicação exclusiva.

2011 - 2019

Universidade de São Paulo

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Associado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2008 - 2011

Universidade de São Paulo

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Doutor, Carga horária: 40

2007 - 2008

Universidade de São Paulo

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Assistente, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2005 - 2007

Universidade de São Paulo

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Assistente, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2003 - 2004

Universidade de São Paulo

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Assistente, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

1997 - 2003

Universidade de São Paulo

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Cirurgiã-Dentista - Especialista em Odontoped, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Cirurgiã-Dentista do Departamento de Clínica Infantil, Odontologia Preventiva e Social

Atividades

  • 01/2023

    Ensino, Odontologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, 8011205 - Odontopediatria I

  • 01/2023

    Ensino, Odontopediatria, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, 8015710 Odontologia em Pacientes com Necessidades Especiais, 8015713 Seminários sobre Literatura Específica e Correlata, 8015748 Clinica do Esmalte Dental II

  • 01/2023

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Vice-Presidente da Comissão Gestora do Website e das Mídias Sociais da FORP-USP.

  • 01/2022

    Extensão universitária , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Atividade de extensão realizada, Ação Social com a Unidade Móvel Saúde Ciência da USP.

  • 01/2022

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Membro da Comissão de Graduação.

  • 01/2022

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Membro suplente do Grupo Setorial Pró-Calouro do Campus para 2023.

  • 01/2022

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Membro da Central de Multiusuários Laboratório Multiusuário de Análise de Biomateriais (LaABio - Multi).

  • 04/2021

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Presidente da Comissão da Gestão das Mídias Sociais da FORP.

  • 12/2020

    Direção e administração, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Colaboradora do Ouvidor da USP, representando a FORP.

  • 10/2020

    Direção e administração, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Vice-Chefe do Departamento de Clínica Infantil.

  • 08/2020

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Membro do Grupo de Acolhimento ao Estudante da FORP.

  • 01/2020

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Comissão para elaboração e condução de cursos de habilitação para a retomada das atividades na Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

  • 09/2019

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Presidente da Comissão para elaboração das normas para utilização do Centro de Pesquisa Clínica da FORP.

  • 01/2019

    Pesquisa e desenvolvimento, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Linhas de pesquisa

  • 01/2019

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Membro da Comissão para elaboração de proposta do Plano Diretor e Plano de Metas para a FORP, para o período de 2020-2023.

  • 01/2019

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Membro do Conselho de Curadores da Fundação Odontológica de Ribeirão Preto - FUNORP.

  • 12/2018

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Representante da FORP junto ao Grupo Setorial Pró-Calouro do Campus de Ribeirão Preto.

  • 11/2018

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Membro da Comissão para elaboração e acompanhamento do Projeto Acadêmico da FORP/USP..

  • 01/2017

    Direção e administração, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Vice-Coordenadora do Curso de Especialização em Odontopediatria.

  • 01/2017

    Extensão universitária , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Atividade de extensão realizada, Criação e administração da página Odontopediatria USP Ribeirão nas redes sociais (Facebook e Instagram) para fornecer à comunidade informações semanais sobre condições, tratamentos, cuidados para crianças e adolescentes, com base em evidências científicas.

  • 10/2016

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Membro titular da Congregação da FORP.

  • 10/2016

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Membro do Conselho Técnico Administrativo - CTA da FORP.

  • 01/2016

    Ensino, Odontologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Responsável pela disciplina optativa Tópicos em Traumatologia Dentária

  • 11/2014

    Ensino, Odontopediatria, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Responsável pela disciplina de Pós-Graduação 8015707 Tópicos em Odontopediatria III

  • 01/2014

    Pesquisa e desenvolvimento, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Linhas de pesquisa

  • 01/2014

    Pesquisa e desenvolvimento, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Linhas de pesquisa

  • 01/2014

    Extensão universitária , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Atividade de extensão realizada, Membro da equipe do Serviço de Atendimento a Crianças e Adolescentes com Bruxismo e/ou Sinais e Sintomas de Desordem Temporomandibular.

  • 06/2013

    Ensino, Odontopediatria, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Responsável pela disciplina de Pós-Graduação 8015704 Tópicos em Odontopediatria I

  • 03/2013

    Ensino, Atendimento Odontológico a Pacientes Especiais, Nível: Aperfeiçoamento,Disciplinas ministradas, Atendimento Odontológico a Pacientes Especiais

  • 01/2013

    Pesquisa e desenvolvimento, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Linhas de pesquisa

  • 11/2012

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Membro Suplente da Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Odontopediatria.

  • 04/2012

    Ensino, Odontopediatria, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Responsável pela 8075736 Odontologia em Pacientes com Necessidades Especiais II

  • 03/2012

    Extensão universitária , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Atividade de extensão realizada, Coordenadora do Curso de Aperfeiçoamento Atendimento Odontológico a Pacientes Especiais.

  • 05/2010

    Direção e administração, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Coordenadora do Centro de Formação de Recursos Humanos Especializados no Atendimento Odontológico a Pacientes Especiais, da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto-USP.

  • 01/2010

    Extensão universitária , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Atividade de extensão realizada, Responsável pelo Serviço de Atendimento a Traumatismos Dentais.

  • 02/1996

    Pesquisa e desenvolvimento, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Linhas de pesquisa

  • 01/2023

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Membro da Comissão de Recepção aos Calouros da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

  • 01/2022

    Ensino, Odontopediatria, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, 8015704 - Tópicos em Odontopediatria I, 8015705 - Tópicos em Odontopediatria II, 8015710 - Odontologia em Pacientes com Necessidades Especiais, 8015726 - Clínica do Esmalte Dental, 8015736 - Odontologia em Pacientes com Necessidades Especiais II

  • 01/2022

    Ensino, Odontologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, 8011205 - Odontopediatria I, 8011206 - Odontopediatria II, 5801213 - Estágio Interdisciplinar Prático-Clínico Complementar

  • 01/2022

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Vice-Presidente da Comissão de Recepção aos Calouros da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

  • 01/2022

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Vice-Presidente da Comissão de Recepção aos Calouros da FORP/USP - 2022.

  • 04/2021 - 12/2021

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Representante titular da FORP no Grupo Setorial Pró-Calouro do Campus USP de Ribeirão Preto para o ano de 2021.

  • 09/2020 - 09/2021

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Membro da Comissão para elaboração e condução de cursos de habilitação e material didático-instrucional para a retomada das atividades na FORP, paralisadas em função da pandemia da COVID-19.

  • 05/2021 - 05/2021

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Delegada da FORP para a eleição do representante dos antigos alunos junto ao Conselho Universitário.

  • 01/2021

    Ensino, Odontopediatria, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, 8015704 Tópicos em Odontopediatria, 8015713 Seminários sobre Literatura Específica e Correlata, 8015726 Clínica do Esmalte Dental, 8015736 Odontologia em Pacientes com Necessidades Especiais II

  • 01/2021

    Ensino, Odontologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, 5801213 - Estágio Interdisciplinar Prático-Clínico Complementar

  • 01/2021

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Docente Responsável pelo Projeto Criança da 43ª Jornada Odontológica de Ribeirão Preto - JORP.

  • 01/2020

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Presidente da Comissão de Recepção aos Calouros da FORP - 2021.

  • 11/2019 - 12/2020

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Representante suplente da FORP junto ao Grupo Setorial Pró-Calouro 2020 do Campus USP - Ribeirão Preto.

  • 10/2016 - 10/2020

    Direção e administração, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Chefe do Departamento de Clínica Infantil.

  • 10/2019 - 02/2020

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Vice-Presidente da Comissão de Recepção aos Calouros da FORP - 2020.

  • 01/2020

    Ensino, Odontologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, 8011205 - Odontopediatria I, 8011210 - Odontologia em Pacientes Especiais, 8011206 - Odontopediatria II

  • 01/2020

    Ensino, Odontopediatria, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, 8015704 Tópicos em Odontopediatria I, 8015710 Odontologia em Pacientes com Necessidades Especiais, 8015713 Seminários sobre Literatura Específica e Correlata, 8015726 Clínica do Esmalte Dental

  • 10/2012 - 10/2019

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Representante titular da categoria de Professor Associado, junto ao Conselho do Departamento de Clínica Infantil.

  • 08/2019 - 08/2019

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Membro da Comissão Eleitoral das Eleições para Escolha de representante discente de Graduação e Pós-Graduação junto aos Colegiados da FORP.

  • 02/2019 - 06/2019

    Ensino, Odontologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, 8011211 - Tópicos em Traumatologia Dentária, 8011205 - Odontopediatria I, 8011210 - Odontologia em Pacientes Especiais, 8011206 - Odontopediatria II

  • 10/2018 - 03/2019

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Presidente da Comissão de Recepção aos Calouros da FORP/USP - 2019.

  • 01/2019

    Ensino, Odontopediatria, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, 8015710 Odontologia em Pacientes com Necessidades Especiais, 8015726 Clínica do Esmalte Dental

  • 04/2016 - 04/2018

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Membro do Grupo de Trabalho do Teste Progresso.

  • 01/2018

    Ensino, Odontopediatria, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, 8015736 Odontologia em Pacientes com Necessidades Especiais II, 8015726 Clínica do Esmalte Dental, 8015713 Seminários sobre Literatura Específica e Correlata, 8015710 Odontologia em Pacientes com Necessidades Especiais, 8015704 Tópicos em Odontopediatria I

  • 01/2018

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Membro da Comissão Eleitoral das Eleições para escolha do representante discente de Graduação e Pós-Graduação, e seus respectivos suplentes, junto aos Colegiados da FORP.

  • 01/2013

    Ensino, Odontologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Odontopediatria e Odontologia para Bebês I, Odontopediatria e Odontologia para Bebês II

  • 11/2017 - 11/2017

    Extensão universitária , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Atividade de extensão realizada, Programa Saúde na Escola - Serviços prestados na área de saúde bucal às crianças de Santa Rosa de Viterbo/SP.

  • 01/2017

    Ensino, Odontopediatria, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, 8015704 Tópicos em Odontopediatria I, 8015710 Odontologia em Pacientes com Necessidades Especiais, 8015713 Seminários sobre Literatura Específica e Correlata, 8015736 Odontologia em Pacientes com Necessidades Especiais II

  • 06/2015 - 10/2016

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Representante suplente da Categoria de Professor Associado, junto à Congregação da FORP-USP.

  • 10/2012 - 10/2016

    Direção e administração, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Suplente da Chefia do Departamento de Clínica Infantil.

  • 03/2014 - 06/2016

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Membro da Comissão Assessora para Elaboração da Tábua-Horário.

  • 10/2012 - 06/2016

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Membro da Comissão de Seleção e Acompanhamento do Programa Ensinar com Pesquisa.

  • 01/2016

    Direção e administração, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Representante da FORP para articulações de projetos assistenciais com a Secretaria do Estado/DRS XIII Ribeirão Preto.

  • 01/2016

    Ensino, Odontopediatria, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, 8015704 Tópicos em Odontopediatria I, 8015710 Odontologia em Pacientes com Necessidades Especiais, 8015713 Seminários sobre Literatura Específica e Correlata, 8015736 Odontologia em Pacientes com Necessidades Especiais II

  • 09/2009 - 11/2015

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Membro da Comissão Assessora de Estágios da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

  • 10/2010 - 10/2015

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Membro suplente da Comissão de Graduação da FORP-USP.

  • 05/2009 - 09/2015

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Representante suplente da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, junto à Comissão Assessora do Biotério Geral do Campus de Ribeirão Preto.

  • 05/2013 - 05/2015

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Representante titular da Categoria de Professor Associado, junto à Congregação da FORP-USP.

  • 02/2015 - 02/2015

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Delegada titular para representar os antigos alunos da FORP na 2ª fase da eleição para escolha do representante dos antigos alunos junto ao Conselho Universitário.

  • 01/2015

    Ensino, Odontopediatria, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, 8015710 Odontologia em Pacientes com Necessidades Especiais, 8015736 Odontologia em Pacientes com Necessidades Especiais II, 8015725 Pesquisa Clínica em Odontopediatria IV, 8015704 Tópicos em Odontopediatria I

  • 08/2014 - 11/2014

    Ensino, Odontopediatria, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, 8015736 - Odontologia em Pacientes com Necessidades Especiais II

  • 06/2013 - 11/2014

    Ensino, Odontopediatria, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Responsável pela disciplina de Pós-Graduação 8015707 Tópicos Avançados em Odontopediatria II

  • 03/2014 - 06/2014

    Ensino, Odontopediatria, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, 8075713 Seminários sobre Literatura Específica e Correlata

  • 03/2014 - 06/2014

    Ensino, Odontopediatria, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, 8015710 Odontologia em Pacientes com Necessidades Especiais

  • 05/2014 - 05/2014

    Extensão universitária , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Atividade de extensão realizada, Dia de Prevenção - Projeto realizado pela Comissão de Graduação em conjunto com o Departamento de Clínica Infantil, em comoceração aos 90 anos de fundação da FORP.

  • 03/2014 - 03/2014

    Ensino, Odontopediatria, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, 8015704 Tópicos em Odontopediatria I

  • 01/2014

    Ensino, Odontopediatria, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, 8015710 Odontologia em Pacientes com Necessidades Especiais, 8015736 Odontologia em Pacientes com Necessidades Especiais II, 8015713 Seminários sobre Literatura Específica e Correlata, 8015704 Tópicos em Odontopediatria I

  • 08/2013 - 12/2013

    Ensino, Odontopediatria, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, 8015707 Tópicos Avançados em Odontopediatria II, 8075736 Atendimento Odontológico a Pacientes com Necessidades II

  • 06/2011 - 12/2013

    Ensino, Odontopediatria, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, 8075715 Odontologia em Pacientes com Necessidades Especiais

  • 02/2013 - 06/2013

    Ensino, Odontopediatria, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, 8075715 - Odontologia em Pacientes com Necessidades Especiais

  • 12/2012 - 12/2012

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Delegada suplente para representar os antigos alunos da FORP na 2ª fase da eleição para escolha do representante dos antigos alunos junto ao Conselho Universitário.

  • 08/2012 - 12/2012

    Ensino, Odontopediatria, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, 8075736 Odontologia em Pacientes com Necessidades Especiais II

  • 03/2012 - 12/2012

    Ensino, Atendimento Odontológico a Pacientes Especiais, Nível: Aperfeiçoamento,Disciplinas ministradas, Atendimento Odontológico a Pacientes Especiais

  • 11/2010 - 11/2012

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil Odontologia Preventiva e Social.,Cargo ou função, Membro Titular da Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Odontopediatria.

  • 03/2012 - 06/2012

    Ensino, Odontopediatria, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, 8075715 Odontologia em Pacientes com Necessidades Especiais

  • 02/2003 - 06/2012

    Ensino, Odontologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Odontopediatria II

  • 03/2011 - 12/2011

    Ensino, Atendimento Odontológico a Pacientes Especiais, Nível: Aperfeiçoamento,Disciplinas ministradas, Atendimento Odontológico a Pacientes Especiais - carga horária 56h

  • 02/2003 - 12/2011

    Ensino, Odontologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Odontopediatria I

  • 05/2009 - 03/2011

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Representante titular dos Professores Doutores, junto ao Conselho do Departamento de Clínica Infantil, Odontologia Preventiva e Social da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

  • 03/2009 - 03/2011

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Representante titular da Categoria de Professor Doutor, junto a Congregação da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto-USP.

  • 08/2010 - 12/2010

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Membro da Comissão Assessora para Elaboração da Tábua ? Horária do primeiro semestre de 2011, dos alunos de graduação da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto-USP.

  • 03/2010 - 12/2010

    Ensino, Atendimento Odontológico a Pacientes Especiais, Nível: Aperfeiçoamento,Disciplinas ministradas, Atendimento Odontológico a Pacientes Especiais - carga horária 55h

  • 03/2010 - 12/2010

    Ensino, Atendimento Odontológico para Bebês Normais e Port, Nível: Aperfeiçoamento,Disciplinas ministradas, Atendimento Odontológico para Bebês Normais e Portadores de Necessidades Especiais - carga horária 35h

  • 10/2007 - 10/2010

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Representante do Departamento de Clínica Infantil, Odontologia Preventiva e Social, da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto-USP, na qualidade de membro suplente, junto à Comissão de Graduação, desta Faculdade.

  • 08/2009 - 12/2009

    Ensino, Odontopediatria, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, 8075702 Seminários sobre Literatura Específica e Correlata

  • 03/2009 - 12/2009

    Ensino, Atendimento Odontológico a Pacientes Especiais, Nível: Aperfeiçoamento,Disciplinas ministradas, Atendimento Odontológico a Pacientes Especiais - carga horária 55h

  • 04/2009 - 05/2009

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Presidente da mesa receptora e apuradora de votos, na eleição para escolha do representante e respectivo suplente dos servidores não docentes junto ao Conselho Técnico Administrativo da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto-USP.

  • 03/2009 - 05/2009

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Representante suplente dos Professores Doutores, junto ao Conselho do Departamento de Clínica Infantil, Odontologia Preventiva e Social da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

  • 11/2007 - 03/2009

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Representante dos Professores Assistentes, na qualidade de Membro Nato, junto à Congregação da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto-USP.

  • 05/2007 - 03/2009

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Representante titular dos Professores Assistentes, junto ao Conselho do Departamento de Clínica Infantil, Odontologia Preventiva e Social da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

  • 03/2008 - 12/2008

    Ensino, Atendimento Odontológico a Pacientes Especiais, Nível: Aperfeiçoamento,Disciplinas ministradas, Atendimento Odontológico a Pacientes Especiais - carga horária 60h

  • 03/2008 - 12/2008

    Ensino, Atendimento Odontológico para Bebês Normais e Port, Nível: Aperfeiçoamento,Disciplinas ministradas, Atendimento Odontológico para Bebês Normais e Portadores de Necessidades Especiais - carga horária 30h

  • 05/2007 - 08/2008

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Representante titular dos Professores Assistentes, junto ao Conselho do Departamento de Clínica Infantil, Odontologia Preventiva e Social da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo,.

  • 03/2007 - 12/2007

    Ensino, Atendimento Odontológico para Bebês Normais e Port, Nível: Aperfeiçoamento,Disciplinas ministradas, Atendimento Odontológico para Bebês Normais e Portadores de Necessidades Especiais- carga horária 35h

  • 02/2007 - 12/2007

    Ensino, Atendimento Odontológico a Pacientes Especiais, Nível: Aperfeiçoamento,Disciplinas ministradas, Atendimento Odontológico a Pacientes Especiais - carga horária 54h

  • 08/2006 - 12/2007

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Membro da Comissão Assessora para Elaboração da Tábua ? Horária do primeiro semestre de 2007, dos alunos de graduação da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto-USP.

  • 10/2004 - 10/2007

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil Odontologia Preventiva e Social.,Cargo ou função, Membro suplente da Comissão de Graduação da FORP.

  • 08/2003 - 08/2007

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil Odontologia Preventiva e Social.,Cargo ou função, Representante suplente dos Professores Assistentes, junto ao Conselho do Departamento.

  • 03/2005 - 02/2007

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Representante Titular da Categoria de Professores Assistentes junto à Congregação da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto-USP.

  • 03/2004 - 02/2007

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Membro suplente do Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto-USP.

  • 02/2006 - 12/2006

    Ensino, Atendimento Odontológico para Bebês Normais e Port, Nível: Aperfeiçoamento,Disciplinas ministradas, Atendimento Odontológico para Bebês Normais e Portadores de Necessidades Especiais - carga horária 43h

  • 02/2006 - 12/2006

    Extensão universitária , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Atividade de extensão realizada, Coordenadora do Curso de Difusão Odontologia para Bebês Normais e Portadores de Necessidades Especiais.

  • 08/2005 - 12/2005

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil Odontologia Preventiva e Social.,Cargo ou função, Membro da Comissão de Assessora para Elaboração da Tábua-Horária do primeiro semestre de 2006.

  • 08/2005 - 12/2005

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Membro da Comissão Assessora para Elaboração da Tábua ? Horária do primeiro semestre de 2006, dos alunos de graduação da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto-USP.

  • 02/2005 - 12/2005

    Ensino, Atendimento Odontológico a Pacientes Especiais, Nível: Aperfeiçoamento,Disciplinas ministradas, Atendimento Odontológico a Pacientes Especiais - carga horária 40h

  • 06/2003 - 12/2005

    Direção e administração, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Coordenador de Curso.

  • 02/2005 - 11/2005

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Delegada eleita para representante da Categoria dos Professores Assistentes da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto-USP.

  • 08/2003 - 08/2005

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Representante suplente dos Professores Assistentes, junto ao Conselho do Departamento de Clínica Infantil, Odontologia Preventiva e Social da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

  • 03/2003 - 02/2005

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Representante Titular da Categoria de Professores Assistentes junto à Congregação.

  • 02/2004 - 12/2004

    Ensino, Atendimento Odontológico a Pacientes Especiais, Nível: Aperfeiçoamento,Disciplinas ministradas, Atendimento Odontológico a Pacientes Especiais

  • 02/2003 - 12/2003

    Ensino, Atendimento Odontológico a Pacientes Especiais, Nível: Aperfeiçoamento,Disciplinas ministradas, Atendimento Odontológico a Pacientes Especiais - carga horária 42h

  • 02/2003 - 12/2003

    Ensino, Atendimento Odontológico para Bebês Normais e Port, Nível: Aperfeiçoamento,Disciplinas ministradas, Atendimento Odontológico para Bebês Normais e Portadores de Necessidades Especiais - carga horária 25h

  • 02/2003 - 12/2003

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Presidente da mesa receptora e apuradora de votos, conforme Portaria da Diretoria 195/2003, de 19 de fevereiro de 2003, na eleição para escolha do representante dos servidores não-docentes e respectivo suplente, junto ao Conselho Técnico Administrati.

  • 11/2001 - 12/2003

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Membro suplente do Comitê de Ética em Pesquisa.

  • 03/2003 - 11/2003

    Direção e administração, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Delegada eleita para representante da Categoria dos Professores Assistentes da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto-USP.

  • 02/2003 - 02/2003

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, Departamento de Clínica Infantil.,Cargo ou função, Membro da comissão de Recepção aos calouros da FORP-USP/2003.

  • 01/2001 - 07/2001

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Cargo ou função, Membro da Comissão de Recepção aos Calouros.

  • 03/1991 - 11/1991

    Estágios , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Estágio realizado, Na Clínica de Pacientes Especiais da Disciplina de Odontopediatria da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto-USP, prestando atendimento clínico à comunidade,.

  • 03/1990 - 11/1990

    Estágios , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Estágio realizado, No Setor de Triagem e Emergência da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto-USP,.

  • 03/1990 - 08/1990

    Estágios , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Estágio realizado, No Serviço Odontológico Voluntário no Centro Comunitário da Vila Virgínia, sob a orientação do Prof. Dr. Cincinato Rodrigues Silva Neto (CROSP-1501), do Departamento de Estomatologia da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto-USP,.

  • 04/1989 - 12/1989

    Estágios , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Estágio realizado, No Serviço Odontológico Voluntário no Centro Comunitário da Vila Virgínia, sob a orientação do Prof. Dr. Cincinato Rodrigues Silva Neto (CROSP-1501), do Departamento de Estomatologia da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto-USP, prestando atendi.

  • 03/1988 - 12/1988

    Estágios , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto.,Estágio realizado, Na Clínica de Pacientes Especiais da Disciplina de Odontopediatria da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto-USP, auxiliando os residentes de Odontopediatria R1 e R2.