Fabio Ribeiro da Silva

Graduado em Ciências Biológicas, Faculdades Integradas Maria Thereza (2012), atualmente leciona Ciências Naturais e Biologia na escola Novo Amanhecer (CENA) e estagia no Laboratório Integrado de Zoologia (LIZ), o qual pertence ao Núcleo de Ecologia e Desenvolvimento Sócio-Ambiental de Macaé - UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro).

Informações coletadas do Lattes em 10/04/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em andamento em CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO

2017 - Atual

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Título: Caracterização da atividade pesqueira artesanal marinha nos desembarques realizados na foz do Rio das Ostras e foz do Rio São João, RJ, Brasil,Orientador:
Luciano Gomes Fischer.Bolsista do(a): Fundação Educacional Ciência e Desenvolvimento, FECD, Brasil. Palavras-chave: pesca artesanal; recurso pesqueiro; levantamento sócio-econômico.

Graduação em Ciências Biológicas

2008 - 2012

Faculdades integradas Maria Thereza
Título: Estágio Supervisionado em Práticas de ensino
Orientador: Maria Helena Figueiredo Medina
Bolsista do(a): Prouni, PROUNI, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2017 - 2017

Biologia Reprodutiva de Teleósteos - Técnicas de Amostragem e Laboratório. (Carga horária: 24h). , Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.

2016 - 2016

Uso de isótopos estáveis de carbono e nitrogênio em ecologia trófica. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.

2013 - 2013

XI Semana de Iniciação Científica das FAMATH. (Carga horária: 9h). , Faculdades Integradas Maria Thereza, FAMATh, Brasil.

2011 - 2011

Gestão Ambiental. (Carga horária: 40h). , Faculdades Integradas Maria Thereza, FAMATh, Brasil.

2011 - 2011

Validação de Métodos Analíticos. (Carga horária: 16h). , Instituto Vital Brazil, IVB, Brasil.

2010 - 2010

As Ameaças de Extinção para as Tartarugas Marinhas. (Carga horária: 4h). , Faculdades Integradas Maria Thereza, FAMATh, Brasil.

2010 - 2010

X Semana de Biologia. (Carga horária: 24h). , Faculdades Integradas Maria Thereza, FAMATh, Brasil.

2009 - 2009

Debates Científicos Vital Brasil 90 Anos. (Carga horária: 24h). , Instituto Vital Brasil, IVB, Brasil.

2008 - 2008

II Seminário de Biologia Marinha e Oceanografia. (Carga horária: 4h). , Faculdades Integradas Maria Thereza, FAMATh, Brasil.

2008 - 2008

Introdução ao Estudo de Briófitas. (Carga horária: 8h). , Faculdades Integradas Maria Thereza, FAMATh, Brasil.

2008 - 2008

O Universo de Atuação do Biólogo. (Carga horária: 30h). , Faculdades Integradas Maria Thereza, FAMATH, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

FISCHER, L. G. ; Ribeiro da Silva, F. . O Mar Invadiu o NUPEM! Dia Mundial dos Oceanos. 2016. (Exposição).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Fórum NUPEM +22: Pesquisa, Ensino e Sociedade em Macaé, 2016, Macaé.MULTIPESCA: Ciência para a sustentabilidade da pesca, pescado e pescadores do Rio de Janeiro. 2016. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Maria Martha Bernardi

BERNARDI, M. M.. Efeitos da administração perinatal de Diazepam sobre parâmetros físicos , comportamentais e atividade de macrófagos da prole de ratos. 1998. Dissertação (Mestrado em Clínica Cirúrgica Veterinária) - Universidade de São Paulo.

Michael Maia Mincarone

FISCHER, L. G.MINCARONE, M. M.; TUBINO, R. A.. Caracterização da atividade pesqueira artesanal marinha nos desembarques realizados na foz do Rio das Ostras e foz do Rio São João, RJ, Brasil. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Rafael de Almeida Tubino

FISCHER, L. G.; Mincarone, M. M.;TUBINO, R. A.. Caracterização da atividade pesqueira artesanal marinha nos desembarques realizados na foz do Rio das Ostras e foz do Rio São João, RJ, Brasil. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais e Conservação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Luciano Gomes Fischer

FISCHER, L.G.Almeida Tubino, R.Petry, A.C.Mincarone, M. M.. Caracterização da atividade pesqueira artesanal marinha nos desembarques realizados na foz do Rio das Ostras e foz do Rio São João, RJ, Brasil.. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

João Alfredo da Rocha Lagoa

LAGOA, J. A. R.; Marcus Vianna. Lan House - Ponto.-BR. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) - Universidade Gama Filho.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Glaucilene Pedroso Trapp

Análise financeira e econômica da fundação O Pão dos Pobres de Santo Antônio; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Tecnologia em Gestão Financeira) - Faculdade Senac Porto Alegre; Orientador: Glaucilene Pedroso Trapp;

Luciano Gomes Fischer

Caracterização da atividade pesqueira artesanal marinha nos desembarques realizados na foz do Rio das Ostras e foz do Rio São João, RJ, Brasil; Início: 2017; Dissertação (Mestrado em CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fundação Educacional Ciência e Desenvolvimento - FECD; (Orientador);

Luciano Gomes Fischer

Técnicas de Amostragem em Ictiologia e Pesca; 2015; Orientação de outra natureza - Núcleo em Ecologia e Desenvolvimento Socioambiental de Macaé, NUPEM/UFRJ; Orientador: Luciano Gomes Fischer;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • Ribeiro da Silva, F. ; FISCHER, L. G. ; PETRY, A. C. ; GESTINAR, L. M. S. ; MANCINI, P. L. ; Mincarone, M. M. ; BATISTA, L. L. ; BAUER, A. B. ; CARDOSO, J. A. ; CAVALHEIRO FILHO, S. L. ; ROSA, J. C. L. ; SANTOS, T. F. S. ; SZEPANIUK, A. W. . COSTÕES ROCHOSOS: Ecologia, Impactos e Conservação em duas Unidades de Conservação Municipais de Rio das Ostras, RJ. In: Fórum NUPEM +22: Pesquisa, Ensino e Sociedade em Macaé, 2016, 2016, Macaé. Resumos do Fórum NUPEM +22: Pesquisa, Ensino e Sociedade em Macaé, 2016, 2016.

  • Ribeiro da Silva, F. ; FISCHER, L. G. ; HOLLANDA-CARVALHO, P. ; COSTA, P. A. S. ; DARIO, F. ; GONCALVES, P. R. ; Mincarone, M. M. ; SILVA, J. P. ; BAUER, A. B. ; SILVA, E. R. . MULTIPESCA: Ciência para a sustentabilidade da pesca, pescado e pescadores do Rio de Janeiro. In: Fórum NUPEM +22: Pesquisa, Ensino e Sociedade em Macaé, 2016, 2016, Macaé. Resumos do Fórum NUPEM +22: Pesquisa, Ensino e Sociedade em Macaé, 2016.

  • Ribeiro da Silva, F. . Caracterização da atividade pesqueira artesanal marinha nos desembarques realizados na foz do Rio das Ostras e foz do Rio São João, RJ, Brasil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - 2018

    Projeto MULTISAR: uma abordagem multidisciplinar sobre a sardinha-verdaderia (Sardinella brasiliensis), Descrição: A presente proposta tem por objetivo a realização de estudos sobre distribuição e estimativa de abundância de sardinha-verdadeira em área de concentração de cardumes da espécie, além de estudos sobre alimentação e ecologia trófica, parasitologia, toxicologia, estrutura populacional por métodos de análises moleculares, correlações com a comunidade zooplanctônica e com condições oceanográficas na área. Para tanto serão realizados cruzeiros de pesquisa a bordo de um Navio de Pesquisa e de uma traineira de pesca, simultaneamente, em área de concentração de cardumes de sardinha-verdadeira, durante o período de safra da pesca comercial da espécie. A definição do momento exato de início do cruzeiro, a área amostral e o desenho amostral serão adaptativos, sendo definidos a partir do monitoramento por dados satelitais das condições oceanográficas (TSM, cor do oceano e anomalias de altimetria) e por informações advindas da frota comercial que atua sobre o estoque de sardinha-verdadeira (contato com armadores e Programa de Rastreamento de Embarcações Pesqueiras por Satélite ? PREPS). Nos cruzeiros serão coletados dados hidroacústicos, biológicos (peixes e zooplâncton) e ambientais, os quais serão analisados sobre os pontos de vista dos diferentes objetivos específicos. A amostragem biológica de peixes, além de atender às necessidades da metodologia hidroacústioca, proporcionará as amostras necessárias para os estudos tróficos, parasitológicos, toxicológicos e genéticos. Pretende-se aumentar o entendimento sobre os fatores que determinam a ocorrência de concentrações de cardumes de sardinha-verdadeira, além de novas informações em cada um dos campos de estudos considerados nesta proposta. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

  • 2016 - Atual

    MULTIPESCA: Ciência para a sustentabilidade da pesca, pescado e pescadores do Rio de Janeiro, Descrição: O projeto "MULTIPESCA: Ciência para a sustentabilidade da pesca, pescado e pescadores do Rio de Janeiro" terá duração de 36 meses. De forma integrada e multidisciplinar, pretendemos ampliar o conhecimento da biologia pesqueira no Estado do Rio de Janeiro abordando os seus principais problemas e visando a sustentabilidade da pesca, das espécies pescadas, e dos pescadores no Estado do Rio de Janeiro. Os objetivos principais do projeto são: 1) estudar a dinâmica reprodutiva de seis espécies relevantes como recursos pesqueiros no Estado do Rio de Janeiro; 2), estudar a dieta e ecologia trófica de quatro outros recursos pesqueiros, também relevantes no Rio de Janeiro; 3) caracterizar três locais de desembarque ainda pouco conhecidos cientificamente no norte do Rio de Janeiro (Macaé, Rio das Ostras e Barra de São João), incluindo: a) a caracterização das frotas pesqueiras; b) o acompanhamento dos desembarques, e c), a caracterização socioeconômica dos pescadores; 4) identificar e avaliar a distribuição geográfica e o tamanho populacional de recursos pesqueiros através de técnicas moleculares modernas; 5) estabalecer um método padrão eficaz para avaliação de estoques utilizando ferramentas genéticas; 6) identificar no nível de espécie recursos pesqueiros desembarcados nas principais "categorias mistas" (ex.: linguados, cações, raias), incluindo a quantificação das proporções das espécies em cada categoria; 7) quantificar o percentual de espécies ameaçadas de extinção em nível nacional e estadual nos desembarques; 8) criar um banco de dados com sequências gênicas de ao menos 150 espécies de recursos pesqueiros, vinculadas à espécimes-testemunho depositados em Coleções Científicas, com fins conservacionistas e voltados à gestão de estoque, e também como auxílio na detecção de fraudes em capturas e em rotulagem de produtos pesqueiros; 9) contribuir significativamente com a produção técnico-científica relacionada à pesca no Estado do Rio de Janeiro, através da produção de dez a quinze artigos científicos, além de relatórios-técnicos, cartilhas, livros, e apresentações em reuniões científicas; 10) contribuir para a formação e qualificação de pessoal na aplicação de técnicas e metodologias modernas no estudo de recursos pesqueiros marinhos na graduação, e pós-graduação, incluindo apoio ao pessoal técnico especializado.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (7) / Doutorado: (5) . , Integrantes: Fabio Ribeiro da Silva - Integrante / Luciano Gomes Fischer - Coordenador / Michael Maia Mincarone - Integrante / Fabio Di Dario - Integrante / Arthur de Barros Bauer - Integrante / Lucas Lemos Batista - Integrante / Aldrey Wanderley Szepaniuk - Integrante / Roberta Aguiar dos Santos - Integrante / Paulo Alberto Silva da Costa - Integrante / Evelyn Raposo da Silva - Integrante / Pablo Rodrigues Gonçalves - Integrante / Pedro Hollanda-Carvalho - Integrante / Jodir Pereira da Silva - Integrante / Anderson Vilasboa de Vasconcellos - Integrante / Marcelo Vianna - Integrante / Cristiano Valentim da Silva Lazosk - Integrante / Jaqueline Gusmão da Silva - Integrante / Haydée Andrade Cunha - Integrante / Rodolpho Mattos Albano - Integrante / Sergio Maia Queiroz Lima - Integrante.

  • 2016 - Atual

    Ecologia das Poças de Maré dos Costões Rochosos de Rio das Ostras, RJ, Descrição: O projeto "Costões Rochosos: Ecologia, Impactos e Conservação nas Regiões dos Lagos e Norte Fluminense" atende ao Tema 4 desta chamada (Caracterização ecológica dos ambientes costeiros e marinhos) e visa realizar pesquisa científica voltada aos ecossistemas de costão rochoso durante 30 meses em duas regiões fluminenses no norte do Estado. Integrando diversos especialistas de forma complementar e interdisciplinar, faremos estudos sobre biodiversidade, ecologia e impactos dos costões rochosos, um ecossistema pouco estudado no Brasil. Os objetivos principais são: 1) Avaliar a biodiversidade dos principais grupos (macroalgas, zooplâncton, invertebrados, peixes e aves) presentes nos costões de Macaé, Rio das Ostras e Armação dos Búzios; 2) Descrever os padrões de variação na abundância, riqueza de espécies e estrutura de comunidades, correlacionadas com parâmetros ambientais; 3) Estudar a dinâmica populacional, reprodutiva e ecologia trófica das principais espécies de peixes das poças de maré; 4) Descrever as relações tróficas de forma integrada, desenvolvendo um modelo trófico deste ecossistema; 5) Analisar os impactos antrópicos; e 6) Desenvolver atividades de divulgação e educação ambiental integrando população e comunidade cientifica na promoção da conservação dos costões rochosos. Este é um projeto pioneiro, contemplando diferentes aspectos neste ecossistema, com aplicação de novas metodologias que visa aumentar significativamente o conhecimento e a produção técnico-científica relacionada aos costões rochosos do norte do Rio de Janeiro, além de contribuir para a formação de pessoal em biodiversidade marinha. Em longo prazo, desejamos que o "Projeto Costões Rochosos? tenha continuidade e sustentabilidade, tornando-se um projeto de monitoramento de longa-duração. Os resultados deste projeto possuem grande potencial na indução de políticas públicas para conservação e sustentabilidade da biodiversidade nos ambientes costeiros e marinhos no Estado do Rio de Janeiro. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (12) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Fabio Ribeiro da Silva - Integrante / Luciano Gomes Fischer - Coordenador / Michael Maia Mincarone - Integrante / Lísia Monica de Souza Gestinar - Integrante / Fabio Di Dario - Integrante / Ana Cristina Petry - Integrante / Patricia Luciano Mancini - Integrante / Arthur de Barros Bauer - Integrante / Lucas Lemos Batista - Integrante / Aldrey Wanderley Szepaniuk - Integrante / Stella Almeida - Integrante / Júlia de Araújo Cardoso - Integrante / Sergio Luis Cavalheiro Filho - Integrante / Thayná de Fátima Sarinho dos Santos - Integrante.

  • 2016 - Atual

    Biologia de peixes não-nativos do gênero Cichla no Rio São João e sua interação com a ictiofauna nativa, Descrição: A autoecologia e o efeito da introdução de peixes amazônicos do gênero Cichla será avaliada no reservatório de Juturnaíba (município de Silva Jardim) e no trecho inferior do rio São João até sua a foz, no distrito de Barra de São João (município de Casimiro de Abreu). Desde agosto de 2014, são realizadas amostragens mensais em 15 localidades nesses dois sistemas para a coleta do tucunaré e dos demais peixes piscívoros, empregando pesca de anzol. As amostragens trimestrais para caracterização da estrutura da comunidade de peixes nessas mesmas localidades, empregando além da pesca de anzol, redes de espera, arrastos marginais e de fundo, está programada para ser realizada entre outubro de 2015 e setembro de 2016. Parâmetros ambientais serão registrados por ocasião das amostragens dos peixes com a finalidade de compreender se a intrusão marinha funciona como um limitante na dispersão do tucunaré. Amostras de músculo dos tucunarés serão analisadas para determinação do teor calorimétrico dos indivíduos e da variabilidade genética dos estoques do invasor. A biometria e a análise estomacal de todos os peixes piscívoros possibilitará caracterizar a dieta e avaliar o grau de sobreposição alimentar entre os nativos e o invasor. A estrutura de comunidades de peixes no reservatório e nos trechos do baixo rio São João e o gradiente ambiental formado pelo estuário será avaliada através de técnicas multivariadas, considerando um possível impacto do invasor na estrutura populacional de suas presas. A presente proposta possibilitará implementar a Biologia da Invasão como uma linha de pesquisa inovadora na UFRJ Macaé, e contribuirá com informações essenciais ao manejo desses ecossistemas costeiros, representados pelo reservatório e estuário do rio São João, altamente estratégicos para o abastecimento hídrico da região dos Lagos. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Fabio Ribeiro da Silva - Integrante / Ana Cristina Petry - Coordenador / Paula Catelani Araújo - Integrante / Fernando Maier Pelicice - Integrante / Érica Maria Pelegrini Caramaschi - Integrante / Vagner Leonardo Macedo dos Santos - Integrante / Alessandra Valeria de Oliveira - Integrante / José Alberto Prioli - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2017

Menção Honrosa, Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2015 - Atual

    Centro Educacional Novo Alvorecer

    Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: CLT, Carga horária: 6

  • 2016 - Atual

    Universidade Federal do Rio de Janeiro

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Aperfeiçoamento, Carga horária: 30

    Outras informações:
    Bolsista do Projeto Multipesca.

  • 2015 - 2016

    Universidade Federal do Rio de Janeiro

    Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Durante este período, auxiliei em diferentes atividades de diferentes projetos, incluindo a identificação, preparo e tombamento de lotes na Coleção de Peixes do Nupem.

  • 2011 - 2011

    CIEP 226 Porto da Estrela

    Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 6

    Outras informações:
    Programa Mais Educação

  • 2015 - 2015

    Universidade Federal do Rio Grande

    Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20

    Outras informações:
    A mim foi atribuída a responsabilidade de desenvolver diferentes atividades no Cruzeiro do Projeto TALUDE II "Avaliação da Distribuição e Abundância de Cetáceos no Talude e Plataforma Externa do Sudeste-Sul do Brasil: Uma Abordagem Ecossistêmica". Foi desenvolvido as seguintes atividades a bordo: processamento das coletas com rede de arrasto-de-meia-água e bongo, triagem das amostras, amostragens biológicas de comprimentos, coleta de tecido para DNA e isótopos estáveis, coleta de conteúdo para estudos de dieta dos peixes, registro fotográfico das espécies de peixes e cefalópodes coletados.