Fernanda Ribeiro de Mello Fraga

Aluna de Doutorado em Botânica pelo Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro, sob orientação do Dr. João Marcelo Alvarenga Braga. e co-orientação do Dr. Eric Camargo Smidt. Taxonomista, trabalha atualmente com Marantaceae e Dioscoreaceae. Doutoranda como tema "Filogenia e Revisão dos gêneros do Clado Maranta (Marantaceae)". Mestra em Botânica pela Escola Nacional de Botânica Tropical ( Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro). Bióloga pela Universidade Federal Fluminense. Ex-bolsista CAPES de Graduação Sanduíche na Universität Trier (Ciências sem Fronteiras - Alemanha).

Informações coletadas do Lattes em 09/04/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Botânica

2018 - Atual

Instituto de Pesquisa Jardim Botânico do Rio de Janeiro
Título: Filogenia e Revisão dos gêneros do clado Maranta (Marantaceae),
João Marcelo Alvarenga Braga. Coorientador: Eric de Camargo Smidt. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Mestrado em Botânica

2016 - 2018

Instituto de Pesquisa Jardim Botânico do Rio de Janeiro
Título: Dioscoreaceae no Estado do Espírito Santo,Ano de Obtenção: 2018
João Marcelo de Alvarenga Braga.Coorientador: Ricardo Sousa Couto. Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: Dioscoreaceae; taxonomia;; yams; cará; Espírito Santo.Grande área: Ciências BiológicasGrande Área: Ciências Biológicas / Área: Biotecnologia / Subárea: Biotecnologia Ambiental e Recursos Naturais / Especialidade: Biodiversidade.

Graduação em Ciências Biológicas

2010 - 2016

Universidade Federal Fluminense
Título: Revisão taxonômica do complexo Dioscorea piperifolia (Dioscoreaceae)
Orientador: Ana Joffily Coutinho; Ricardo Sousa Couto

Graduação em Naturwissenschaften (Environmental Sciences)

2014 - 2015

Universitat Trier
Orientador: em Universität Trier ( Joachin Krueger)
com Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2015 - 2015

O Nome das Plantas: Princípios e Regras. (Carga horária: 15h). , Instituto de Pesquisa Jardim Botânico do Rio de Janeiro, IP/JBRJ, Brasil.

2012 - 2012

Identificação de Árvores de Mata Atlântica. (Carga horária: 24h). , Instituto de Pesquisa Jardim Botânico do Rio de Janeiro, IP/JBRJ, Brasil.

2012 - 2012

OSTEOBIOGRAFIA: RECUPERANDO A HISTÓRIA REGISTRADA. (Carga horária: 6h). , Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.

2010 - 2010

Tartarugas Marinhas no Brasil. (Carga horária: 6h). , Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Alemão

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Taxonomia Vegetal.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

67 Congresso Nacional de Botânica. Dioscoreaceae no Espírito Santo. 2016. (Congresso).

Encontro Fluminense Uso Público em UCs: Gestão e Responsabilidades. 2013. (Encontro).

II Simpósio da Flora das Restingas Fluminenses. 2012. (Simpósio).

VI Semana de Biologia e V Dia da Educação Ambiental. 2012. (Simpósio).

XX Seminário PIBIC-JBRJ."Revisão taxonômica do complexo Dioscorea piperifolia". 2012. (Seminário).

XXXI Jornada Fluminense de Botânica. "Revisão taxonômica do complexo Dioscorea piperifolia". 2012. (Congresso).

XIX Seminário PIBIC. 2011. (Seminário).

V Semana de Biologia da UFF. 2010. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Marlon Almeida

FRAGA, F. R. M.; COUTO, RICARDO SOUSA; ROCHA, M. E. N.. Cactaceae no Maciço da Tijuca, Rio de Janeiro, Brasil. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Veiga de Almeida.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Cláudio Nicoletti de Fraga

BRAGA, J. M. A.;FRAGA, C. N.; TROVÓ, M.. Disocoriaceae no Estado do Espírito Santo. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Botânico) - Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro.

Adriana Quintella Lobão

LOBÃO, A. Q.; CARDOSO, L.; TENORIO, V.. Revisão taxonômica do complexo Dioscorea piperifolia Humb.& Bonp.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Ciências Biológicas) - Universidade Federal Fluminense.

João Marcelo Alvarenga Braga

BRAGA, J. M. A.; TROVÓ, M.; FRAGA, C. N.. Dioscoreaceae no Estado do Espírito Santo, Brasil. 2018. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Instituto de Pesquisa Jardim Botânico do Rio de Janeiro.

Arno Fritz das Neves Brandes

BRANDES, A. F. N.; Lobão, A. Q.; ROSA, V. T.. Revisão taxonômica do complexo Dioscorea piperifolia Humb. & Bonp.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal Fluminense.

Leandro Jorge Telles Cardoso

CARDOSO, L. J. T.; ROSA, V. T.; LOBAO, A. Q.. Revisão Taxonômica do complexo Dioscorea piperifolia Humb. & Bonp.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal Fluminense.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

João Marcelo Alvarenga Braga

Filogenia e revisão taxonômica dos gêneros do clado Maranta (Marantaceae); Início: 2018; Tese (Doutorado em Botânica) - Instituto de Pesquisa Jardim Botânico do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

João Marcelo Alvarenga Braga

Dioscoreaceae no Estado do Espírito Santo, Brasil; 2018; Dissertação (Mestrado em Botânica) - Instituto de Pesquisa Jardim Botânico do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: João Marcelo Alvarenga Braga;

João Marcelo Alvarenga Braga

Revisão taxonômica do complexo Dioscorea piperifolia Humb; & Bonpl; (Dioscoreaceae); 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal Fluminense, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ; Orientador: João Marcelo Alvarenga Braga;

Ricardo Sousa Couto

Revisão Taxonômica do Complexo Dioscorea piperifolia Humb; & Bonpl; (Dioscoreaceae); ; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Abi - Ciências Biológicas) - Universidade Federal Fluminense, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ; Orientador: Ricardo Sousa Couto;

Ricardo Sousa Couto

Revisão Taxonômica do Complexo Dioscorea piperifolia Humb; & Bonpl; (Dioscoreaceae); ; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Abi - Ciências Biológicas) - Universidade Federal Fluminense; Orientador: Ricardo Sousa Couto;

Ricardo Sousa Couto

Revisão Taxonômica do Complexo Dioscorea piperifolia Humb; & Bonpl; (Dioscoreaceae); 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal Fluminense, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ; Orientador: Ricardo Sousa Couto;

Ana Joffily Coutinho

Revisão taxonômica do complexo Dioscorea piperifolia (Dioscoreaceae); 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Abi - Ciências Biológicas) - Universidade Federal Fluminense; Orientador: Ana Joffily Coutinho;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • FRAGA, FERNANDA RIBEIRO DE MELLO ; COUTO, RICARDO SOUSA ; BRAGA, JOÃO MARCELO ALVARENGA . The threatened Dioscorea galiiflora and the identification of Dioscorea triangularis (Dioscoreaceae): Solving a secular imbroglio. Phytotaxa , v. 391, p. 93-100, 2019.

  • YOSHIDA-ARNS, KARLA NORYE ; FRAGA, FERNANDA RIBEIRO DE MELLO ; FREIRE, TALVANIS LORENZETTI ; BRAGA, JOÃO MARCELO ALVARENGA . Maranta sophiana (Marantaceae), a new species from the Brazilian Amazon. Phytotaxa , v. 388, p. 247-252, 2019.

  • FRAGA, FERNANDA RIBEIRO DE MELLO ; COUTO, RICARDO SOUSA . Flora das cangas da Serra dos Carajás, Pará, Brasil: Dioscoreaceae. Rodriguesia , v. 69, p. 1105-1111, 2018.

  • B F G - The Brazil Flora Group ; Fraga, Fernanda R.M. . Brazilian Flora 2020: Innovation and collaboration to meet Target 1 of the Global Strategy for Plant Conservation (GSPC).. Rodriguesia , 2018.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    Filogenia e Revisão dos gêneros do Clado Maranta (Marantaceae), Descrição: Marantaceae apresenta hábito herbáceo, flores monoclinas, diclamídeas, que exibe alta especialização de seus estaminódios. Apresenta ca. 32 gêneros e 550 espécies. De origem africana, a família distribui-se atualmente também pela Ásia e Américas, onde se concentra sua diversidade, com ca. 14 gêneros e 450 espécies. A classificação atual subdivide a família em cinco clados principais, dois deles formados por gêneros neotropicais. Tanto os clados formados por gêneros asiáticos, quanto os africanos já foram alvos de estudos filogenéticos específicos. No Neotrópico, os gêneros inseridos no clado Calathea já tem suas relações filogenéticas esclarecidas, restando como grande lacuna o clado Maranta. Contendo 8 gêneros, o clado carece de estudo pois alguns dos gêneros nele inclusos não são naturais. Isso se deve provavelmente à baixa amostragem e inclusão de táxons mal circunscritos, o que denota a importância de revisões taxonômicas. Nesse contexto se insere Saranthe (Regel & Körn.) Eichler, gênero endêmico da América do Sul, ocorrendo pincipalmente na Mata Atlântica. Apesar de ter sido revisado uma única vez por Schumann (1902), suas espécies foram delimitadas apenas por seus autores, não sendo estudadas posteriormente. Logo, a identidade de Saranthe permanece mal compreendida e, consequentemente, possui posicionamento incerto entre os gêneros de Marantaceae. Assim, são propostas a construção de uma abrangente filogenia para o clado Maranta e a revisão taxonômica de Saranthe. Para tal, será realizada revisão de literatura, nomenclatural, excursões a campo e análise morfológica a fim de obter caráteres que circunscrevam os táxons. Concomitantemente, filogenia morfológica e molecular será realizada, com análises filogenéticas de máxima parcimônia e análise de inferência Bayesiana, a fim de compreender as relações de parentesco entre os gêneros do clado Maranta.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Fernanda Ribeiro de Mello Fraga - Integrante / João Marcelo Alvarenga Braga - Coordenador / Eric de Camargo Smidt - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2016 - 2018

    Dioscoreacea no Estado do Espírito Santo, Brasil, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Fernanda Ribeiro de Mello Fraga - Integrante / João Marcelo Alvarenga Braga - Coordenador / Ricardo Sousa Couto - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2011 - Atual

    Revisão Taxonômica do Complexo Dioscorea piperifolia (Dioscoreaceae), Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Fernanda Ribeiro de Mello Fraga - Coordenador.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2012

Premiação de Pôsteres - Modalidade Iniciação Científica (1º lugar)., XXXI Jornada Fluminense de Botânica.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Instituto de Pesquisa Jardim Botânico do Rio de Janeiro. , Rua Pacheco Leão, 615, 22460-030 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil, Telefone: (21) 32042139

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2011 - Atual

    Instituto de Pesquisa Jardim Botânico do Rio de Janeiro

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: IC-PIBIC-CNPQ, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Bolsista PIBIC- CNPQ

  • 2014 - 2014

    Bundesamt für Naturschutz

    Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Estágio na Área Ambiental: promoção de pequenos eventos (atos, rodas de conversa, panfletagem) de divulgação científica; consultoria para pequenos produtores (eco-vinhedos, agricultura orgânica);