Jérémie Garnier

Professor Adjunto IV do Instituto de Geociências da Universidade de Brasília. Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Geociências Aplicadas e Geodinâmica (2018-XXXX). Possui graduação em Ciências Naturais (Sciences Naturelles - Université Paris-Sud, 2002), graduação em geologia (Science de la Terre et de l'Univers - Université Paris-Sud, 2003), mestrado em Geologia (Science de la Terre et de l'Univers - Université Paris-Sud, 2005) e doutorado em Geologia (Pós-graduação de geologia da UnB e cotutela com a Université Paris-Sud, 2008). Realizei pós-doutorado no instituto do Petróleo (IFP, França) durante 18 meses. Atualmente é professor adjunto IV da Universidade de Brasília. Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Geoquímica, atuando principalmente nos seguintes temas: mobilidade, (bio)disponibilidade, metais, mineralogia, especiação química, geoquímica das interfaces sedimento-solo/solução/organismos, traçadores geoquímicos, isótopos estáveis não convencionais.

Informações coletadas do Lattes em 01/11/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Sciences de la Terre

2006 - 2008

Université Paris-Sud XI
Título: Sources et Dynamique de Chrome dans les soils ultramafiques de Niquelandia, Bresil
Orientador: em Universidade de Brasília ( Edi Mendes Guimarães)
com Cécile Quantin. Bolsista do(a): Intérations et Dynamique des Environnements de Surface, IDES, França. Palavras-chave: mobility; Chromite; Chromium; Mineralogy; Ni-bearing smectites; Ultramafic soil. Grande área: Ciências Exatas e da TerraGrande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geologia / Especialidade: Geologia Ambiental. Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geologia / Especialidade: Mineralogia. Setores de atividade: Água, esgoto, atividades de gestão de resíduos e descontaminação; Indústrias Extrativas.

Mestrado em Science de la Terre et de l'Univers

2003 - 2005

Université Paris-Sud 11
Título: especiação de cromo em solos Niquelândia, Brasil,Ano de Obtenção: 2005
Cécile Quantin.Bolsista do(a): Institut de Recherche pour le Développement, IRD, França. Palavras-chave: Chromium; Metal .; nickel; Ultramafic soil; chemical weathering.Grande área: Ciências Exatas e da TerraGrande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geologia / Especialidade: Geologia Ambiental. Setores de atividade: Água, esgoto, atividades de gestão de resíduos e descontaminação.

Graduação em geologie

2002 - 2003

Université Paris-Sud 11

Graduação em Sciences Naturelles

1999 - 2002

Université Paris-Sud 11
Título: Estudo do sinal isotópica da água da chuva no território francês
Orientador: Cécile Quantin
Bolsista do(a): Bureau de Recherches Géologiques et Minières, BRGM, França.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2010 - 2011

Pós-Doutorado. , Institut Français du Pétrole, IFP, França. , Bolsista do(a): IInstitut Français du Pétrole, IFP, França. , Grande área: Ciências Exatas e da Terra, Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geologia / Especialidade: Geologia Ambiental.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Francês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências.

    Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geologia/Especialidade: Geoquímica.

    Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geologia/Especialidade: Geologia Ambiental.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

QUANTIN, C. ; Garnier Jérémie ; VANTELON, DELPHINE ; SIVRY, Y. ; Eric van Hullebusch ; ETTLER, V . Environmental impacts of mining and smelting. 2015. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

XIII Congresso Brasileiro de Geoquímica. especiação e disponibilidade do Cr nos solos tropicais ultramáficos: uma combinação de fluorescência de raio X, espectroscopia micro-XANES e cinética de troca isotópica. 2011. (Congresso).

Environmental mineralogy. Cr(VI) disponibility in ultramafic soils, spectrometric approach. 2009. (Congresso).

GES-7: 8th International Symposium on the Geochemistry of the Earth's Surface.. chromite weathering. 2008. (Congresso).

Reunião de apresentação dos resultados da parceria Embrapa Cerrados/IRD.especiaçao do cromo nos solos ultramaficos de Niquelândia, Goias. 2007. (Seminário).

Fourth International Serpentine Ecology Symposium.chromium disponibility in ultramafic soils of Niquelândia, Brazil. 2006. (Simpósio).

GES-7: 7th International Symposium on the Geochemistry of the Earth's Surface.. chromium speciation in ultramafic soils of Niquelândia, Brazil. 2006. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: JÉSSICA DE SÁ GUIMARAÉS PEIXOTO

CUNHA, L. S.; UAGODA, R.;Garnier Jérémie. A QUALIDADE DOS RECURSOS HIDRICOS SUPERFICIAIS NO ALTO CURSDO DA BACIA HIDROGRAFICA DO CORREGO CAMPO ALEGRE - GOIAS. 2015. Dissertação (Mestrado em Geociências Aplicadas) - Universidade de Brasília.

Aluno: Carlos Eduardo Souto de Oliveira

Jérémie Garnier. AVALIAÇÃO DA CONTRIBUIÇÃO DAS FONTES POLUENTES PARA A ASSINATURA ISOTÓPICA DE Pb, Zn e Cu DO AEROSSOL ATMOSFÉRICO DA CIDADE DE SÃO PAULO. 2017. Tese (Doutorado em Geociências (Geoquímica e Geotectônica)) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Daniel Ferreira

Jérémie Garnier. Investigations into isotope biogeochemistry of Zinc in coastal areas and mangroves. 2016. Tese (Doutorado em Geologia) - Universidade de Brasília.

Aluno: Fred Newton da Silva Souza

OLIVEIRA, C. G.;GUIMARAES, E. M.; THEODORO, S. H.; A. AZEVEDO;Jérémie Garnier. O potencial de agrominerais silicaticos como fonte de nutrientes na agricultura tropical. 2014. Tese (Doutorado em Geologia) - Universidade de Brasília.

Aluno: Elizabeth Cristina Arantes De Oliveira Miranda

Garnier Jérémie. Influencia do pulso de inundação do rio Solimoes sobre os processos geoquímicos e comunidade fitoplanctonica do Lago Januaca, Amazonas, Brasil. 2013. Tese (Doutorado em Geociências Aplicadas) - Universidade de Brasília.

Aluno: Daniel Ferreira Araujo

Jérémie Garnier. estudo geoquimico de isótopos de Zn e Cd na baia de sepetiba-RJ. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Geologia) - Universidade de Brasília.

Aluno: Tiago Godoi Ribeiro

Jérémie Garnier. indicadores geoquimicos na avaliação da qualidade ambiental. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Geociências Aplicadas) - Universidade de Brasília.

Aluno: Márcio Fernando dos Santos Albuquerque

Jérémie Garnier. geologia e geoquimica dos depositos de manganes de novo natal-apui AM. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Geologia) - Universidade de Brasília.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Thierry BECQUER

BECQUER, T.. Sources et dynamique du chrome dans les sols ultramafiques de Niquelândia, Brésil. 2008. Tese (Doutorado em Sciences de la terre) - Université Paris-Sud 11.

José Affonso Brod

BROD, J. A.. Exame de Qualificação ao Doutorado de Jeremie Garnier. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em Geologia) - Universidade de Brasília.

Geraldo Resende Boaventura

MARLIN, C.; QUANTIN, C.; GUIMARÃES, E.M;BOAVENTURA, G. R.; BENEDETTI, M F; BECQUER, T.. FONTES E DINÂMICA DO CROMO NOS SOLOS ULTRAMÁFICOS DE NIQUELÂNDIA, BRASIL (SOURCES ET DYNAMIQUE DU CHROME DANS LES SOLS ULTRAMAFIQUES DE. 2008 - Universite D'Orsay.

Cesar Fonseca Ferreira Filho

FERREIRA FILHO, C. F.. Fontes e dinâmica do cromo nos solos ultramáficos de Niquelândia, Brasil.. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em Geologia) - Universidade de Brasília.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Hikari Kobayashi

dinamica dos metais a partir de rejeito de mineração; Início: 2019; Dissertação (Mestrado profissional em Geociências Aplicadas) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Rafael de Araujo Mendes

Fonte e dinâmica de metais nos Manguezais das Baías de Sepetiba e da Ribeira, Rio de Janeiro; Início: 2018; Dissertação (Mestrado profissional em Geociências Aplicadas) - Universidade de Brasília; (Orientador);

Amanda Mayra Maia de Feritas

Estudo dos sedimentos da várzea lago grande de Curuai, processos de diagênese precoce; Início: 2017; Dissertação (Mestrado em Geociências Aplicadas) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Osvaldo Nunes Jr

; ; Estudo dos processos erosivos; Início: 2016; Dissertação (Mestrado em Geociências Aplicadas) - Universidade de Brasília; (Orientador);

Myller de Sousa Tonhá

DINÂMICA DOS METAIS PESADOS EM AMBIENTE COSTEIRO CONTAMINADO POR ATIVIDADE METALÚRGICA (BAÍA DE SEPETIBA - RJ); Início: 2017; Tese (Doutorado em Geologia) - Universidade de Brasília; (Orientador);

Derlayne Flávia Dias Roque

Funcionamento biogeoquímico da várzea de Curuaí, bacia amazônica; ; Início: 2017; Tese (Doutorado em Geociências Aplicadas) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Alvaro Xavier Fereira

estudo dos recursos hídricos do altiplano; Início: 2016; Tese (Doutorado em Geociências Aplicadas) - Universidade de Brasília; (Orientador);

DERLAYNE FLÁVIA DIAS

PROCESSOS GEOQUÍMICOS NA INTERFACE SEDIMENTO-ÁGUA NO BRAÇO RIACHO FUNDO DO LAGO PARANOÁ ? DF; 2017; Dissertação (Mestrado em geociencias aplicadas) - instituto de geociencias, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Jeremie Garnier;

Adriano da Silva Bezerra

AVALIAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA DE ESCÓRIAS DE NÍQUEL E DE SEUS EFEITOS SOBRE OS SOLOS DE PRODUÇÃO AGRÍCOLA EM BARRO ALTO ? GOIÁS; 2016; Dissertação (Mestrado em Geologia) - Universidade de Brasília,; Orientador: Jeremie Garnier;

Álvaro Xavier Ferreira

Influencia da ocupação do solo sobre as propriedades hidráulicas e químicas dos solos da várzea de Curuaí (Pará, Brasil); 2014; Dissertação (Mestrado em geociencias aplicadas) - instituto de geociencias,; Orientador: Jeremie Garnier;

Julie Blois

Comprehensive study of an Amazonian floodplain water balance based on hydrologic and electrical conductivity data analyses and modelling; 2013; Dissertação (Mestrado em ecole centrale) - Ecole Centrale de Lyon,; Orientador: Jeremie Garnier;

Adriano da Silva Bezerra

AVALIAÇÃO DO COMPORTAMENTO FÍSICO-QUÍMICO DE ESCÓRIAS DE MINAS DE NÍQUEL E DOS EFEITOS DESSE MATERIAL SOBRE OS SOLOS DE PRODUÇÃO AGRÍCOLA, BARRO ALTO / NIQUELÂNDIA - GO; 2013; Dissertação (Mestrado em Geociências Aplicadas) - Universidade de Brasília,; Orientador: Jeremie Garnier;

Maria Izabel Duarte Martfeld

Avaliação da qualidade de água no alto curso do rio Xingu: bacia do rio Pacas, Quenrência, MT; ; 2012; Dissertação (Mestrado em Geociências Aplicadas) - Universidade de Brasília,; Coorientador: Jeremie Garnier;

Tessier Guillaume

Etude des transferts d éléments majeurs et en traces des sols latéritiques; ; 2012; Dissertação (Mestrado em geosciences) - Université Toulouse III Paul Sabatier,; Coorientador: Jeremie Garnier;

Mariana Ferreira Carriconde-Azevedo

Estudo do Parâmetro Solo nos Métodos de Determinação de Vulnerabilidade a Contaminação de Aquíferos usando Colunas de Solos; 2012; Dissertação (Mestrado em Geociências Aplicadas) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Coorientador: Jeremie Garnier;

Frédéric Christophe Satgé

Recursos Hídricos do Altiplano Andino: Contribuição do Sensoriamento Remoto; 2017; Tese (Doutorado em geociencias aplicadas) - instituto de geociencias, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Jeremie Garnier;

Gildas Ratié

FRACIONAMENTO ISOTOPICA DO NIQUEL, ESTUDO DO CICLO NATURAL E ANTROPOGENICO NOS MACICOS ULTRAMAFICAS; O CASO DE BARRO ALTO e NIQUELANDIA; ; 2015; Tese (Doutorado em Geociências Aplicadas) - Universidade de Brasília,; Orientador: Jeremie Garnier;

Claudia Adriana Görgen

Mecanismos de intemperismo em micaxisto e kamafugito-carbonatito; 2014; Tese (Doutorado em geociencias aplicadas) - instituto de geociencias,; Orientador: Jeremie Garnier;

Gildas Ratié

ANÁLISE DO CICLO BIOGEOQUÍMICO DO NÍQUEL NO MEIO AMBIENTES ULTRAMAFICO DO GOIÁS: BARRO ALTO E NIQUELÂNDIA - GOIAS; 2013; Tese (Doutorado em Geociências Aplicadas) - Universidade de Brasília, Intérations et Dynamique des Environnements de Surface; Orientador: Jeremie Garnier;

Frédéric SATGE

Contribuição de dados espaciais na modelagem distribuída da bacia do Altiplano; 2013; Tese (Doutorado em geociencias aplicadas) - instituto de geociencias,; Orientador: Jeremie Garnier;

Valessa Barros Vaz de Araújo

Mineralogia e Geoquímica de Sedimentos na Várzea Lago Grande de Curuaí, Pará; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em geologia) - instituto de geociencias; Orientador: Jeremie Garnier;

Álvaro Xavier Ferreira

Distribuição e propriedades hidráulicas dos solos de uma várzea- caso de lago grande de Curuaí (Pará, brasil); 2014; Iniciação Científica; (Graduando em geologia) - instituto de geociencias; Orientador: Jeremie Garnier;

Rômulo Duarte Moreira dos Santos

Dinâmica do Arsênio e do Ferro nos solos contaminados por agua contaminado em arsênio no Bangladesh; ; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Geologia) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Jeremie Garnier;

Victor Katalinic Said Dutra

Características da mineralização em rochas ultramáficas de Niquelândia e Barro alto - GO; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Geologia) - Universidade de Brasília; Orientador: Jeremie Garnier;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Thierry BECQUER

Spéciation solide du chrome dans des sols de Niquelândia, Brésil; 2005; 0 f; Dissertação (Mestrado em Sciences de La Terre) - Université Paris-Sud 11,; Coorientador: Thierry BECQUER;

Edi Mendes Guimarães

Sources et dynamique du chrome dans les sols ultramafiques de Niquelândia, Brésil (Fontes e dinâmica do cromo nos solos ultramáficos de Niquelândia, Brasil); 2008; Tese (Doutorado em Sciences de la Terre) - Université Paris-Sud 11, école doctorale; Orientador: Edi Mendes Guimarães;

Edi Mendes Guimarães

Funcionamento biogeoquímico de solos desenvolvidos sobre rochas ultramáficas: impacto sobre a disponibilidade de cromo (e Mn, Co, Ni) no continuum solo-planta-água; 2006; Tese (Doutorado em Geologia) - Universidade de Brasília, Institut de Recherche pour le Développement; Orientador: Edi Mendes Guimarães;

Cécile Quantin

Solid speciation of chromium in Niquelândia soils, Brasil; 2005; Dissertação (Mestrado em Science de la Terre et de l'Univers) - Université Paris-Sud 11,; Orientador: Cécile Quantin;

Cécile Quantin

Sources et dynamique du chrome dans les sols ultramafiques de Niquelândia, Brésil; 2008; Tese (Doutorado em Science de la Terre et de l'Univers) - Université Paris-Sud 11,; Orientador: Cécile Quantin;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • RATIÉ, G. ; QUANTIN, C. ; MAIA DE FREITAS, A. ; ECHEVARRIA, G. ; PONZEVERA, E. ; Garnier, J. . The behavior of nickel isotopes at the biogeochemical interface between ultramafic soils and Ni accumulator species. JOURNAL OF GEOCHEMICAL EXPLORATION , v. 196, p. 182-191, 2019.

  • KRAUS, CLEBER ; BONNET, MARIE-PAULE ; DE SOUZA NOGUEIRA, INA ; MORAIS PEREIRA SOUZA LOBO, MARIA ; DA MOTTA MARQUES, DAVID ; GARNIER, JÉRÉMIE ; CARDOSO GALLI VIEIRA, LUDGERO . Unraveling Flooding Dynamics and Nutrients? Controls upon Phytoplankton Functional Dynamics in Amazonian Floodplain Lakes. Water , v. 11, p. 154, 2019.

  • VIEIRA, CIRO COSTA ; BOTELHO, NILSON FRANCISQUINI ; GARNIER, JÉRÉMIE . Geochemical and mineralogical characteristics of REEY occurrences in the Mocambo Granitic Massif tin-bearing A-type granite, central Brazil, and its potential for ion-adsorption-type REEY mineralization. ORE GEOLOGY REVIEWS , v. 105, p. 467-486, 2019.

  • DE OLIVEIRA MARCIONILIO, SUZANA M.L. ; CRISAFULLI, RUDY ; ALVES, GISELE M. ; DE SOUSA TONHÁ, MYLLER ; GARNIER, JEREMIE ; NETO, BRENNO A.D. ; LINARES, JOSÉ J. . Influence of hydrodynamic conditions on the degradation of 1-butyl-3-methylimidazolium chloride solutions on boron-doped diamond anodes. CHEMOSPHERE , v. 224, p. 343-350, 2019.

  • BOMFIM, EUDES DE OLIVEIRA ; KRAUS, CLEBER NUNES ; LOBO, MARIA TEREZA M. P. S. ; NOGUEIRA, INA DE SOUZA ; PERES, LUCAS GARCIA MAGALHÃES ; BOAVENTURA, GERALDO RESENDE ; LAQUES, ANNE-ELISABETH ; GARNIER, JÉRÉMIE ; SEYLER, PATRICK ; MARQUES, DAVID MOTTA ; BONNET, MARIE-PAULE . Trophic state index validation based on the phytoplankton functional group approach in Amazon floodplain lakes. Inland Waters , v. 1, p. 1-11, 2019.

  • HORBE, ADRIANA MARIA COIMBRA ; DA COSTA LIMA, CYNTIA BEATRIZ ; GARNIER, JEREMIE . Factors driving mercury variability and background values in a tropical region: The case of western Amazonia. JOURNAL OF SOUTH AMERICAN EARTH SCIENCES , v. 95, p. 102279, 2019.

  • SATGÉ, FRÉDÉRIC ; HUSSAIN, YAWAR ; XAVIER, ALVARO ; ZOLÁ, RAMIRO PILLCO ; SALLES, LEANDRO ; TIMOUK, FRANCK ; SEYLER, FRÉDÉRIQUE ; GARNIER, JÉRÉMIE ; FRAPPART, FRÉDÉRIC ; BONNET, MARIE-PAULE . Unraveling the impacts of droughts and agricultural intensification on the Altiplano water resources. AGRICULTURAL AND FOREST METEOROLOGY , v. 279, p. 107710, 2019.

  • CUNHA, BRUNO ; MACHADO, WILSON ; MARRA, ARIADNE ; ARAÚJO, DANIEL ; GARNIER, JÉRÉMIE ; MARTINS, ALAN ; SALIBA, BRUNO ; GERALDES, MAURO . LEAD SOURCE ASSESSMENT BY ISOTOPIC AND ELEMENTARY COMPOSITION IN THE TRANSITION FROM PRISTINE TO POLLUTED CONDITION OF COASTAL SEDIMENTS / AVALIAÇÃO DAS FONTES DE PB PELAS COMPOSIÇÕES ISOTÓPICAS E ELEMENTARES DE SEDIMENTOS COSTEIROS NA TRANSIÇÃO DE CONDIÇÕES NATURAIS PARA POLUÍDAS. Journal of Sedimentary Environments , v. 3, p. 46-53, 2018.

  • RATIÉ, G. ; Garnier, J. ; CALMELS, D. ; VANTELON, D. ; GUIMARÃES, E. ; MONVOISIN, G. ; NOUET, J. ; PONZEVERA, E. ; QUANTIN, C. . Nickel distribution and isotopic fractionation in a Brazilian lateritic regolith: Coupling Ni isotopes and Ni K-edge XANES. GEOCHIMICA ET COSMOCHIMICA ACTA , v. 230, p. 137-154, 2018.

  • ARAÚJO, DANIEL F. ; MACHADO, WILSON ; WEISS, DOMINIK ; MULHOLLAND, DANIEL S. ; GARNIER, JEREMIE ; SOUTO-OLIVEIRA, CARLOS E. ; BABINSKI, MARLY . Zinc isotopes as tracers of anthropogenic sources and biogeochemical processes in contaminated mangroves. APPLIED GEOCHEMISTRY , v. 1, p. 1, 2018.

  • BOLAÑOS-BENÍTEZ, VIVIANA ; VAN HULLEBUSCH, ERIC D. ; GARNIER, JÉRÉMIE ; QUANTIN, CÉCILE ; THARAUD, MICKAËL ; LENS, PIET N.L. ; SIVRY, YANN . Assessing chromium mobility in natural surface waters: Colloidal contribution to the isotopically exchangeable pool of chromium (E w Cr value). APPLIED GEOCHEMISTRY , v. 92, p. 19-29, 2018.

  • LOBO, MARIA TEREZA MORAIS PEREIRA SOUZA ; DE SOUZA NOGUEIRA, INA ; FABRIS SGARBI, LUCIANO ; NUNES KRAUS, CLEBER ; DE OLIVEIRA BOMFIM, EUDES ; GARNIER, JÉRÉMIE ; DA MOTTA MARQUES, DAVID ; BONNET, MARIE-PAULE . Morphology-based functional groups as the best tool to characterize shallow lake-dwelling phytoplankton on an Amazonian floodplain. ECOLOGICAL INDICATORS , v. 95, p. 579-588, 2018.

  • KRAUS, CLEBER NUNES ; BONNET, MARIE-PAULE ; MIRANDA, CRISTINA ARANTES ; DE SOUZA NOGUEIRA, INA ; GARNIER, JÉRÉMIE ; VIEIRA, LUDGERO CARDOSO GALLI . Interannual hydrological variations and ecological phytoplankton patterns in Amazonian floodplain lakes. HYDROBIOLOGIA , v. 828, p. 1/15, 2018.

  • Garnier, J. ; GARNIER, J-M. ; VIEIRA, C.L. ; AKERMAN, A. ; CHMELEFF, J. ; RUIZ, R.I. ; POITRASSON, F. . Iron isotope fingerprints of redox and biogeochemical cycling in the soil-water-rice plant system of a paddy field. SCIENCE OF THE TOTAL ENVIRONMENT , v. 574, p. 1622-1632, 2017.

  • BONNET, MARIE-PAULE ; PINEL, SÉBASTIEN ; GARNIER, JÉRÉMIE ; BOIS, JULIE ; BOAVENTURA, GÉRALDO RESENDE ; SEYLER, PATRICK ; MARQUES, DAVID MOTTA . Amazonian floodplain water balance based on modelling and analyses of hydrologic and electrical conductivity data. HYDROLOGICAL PROCESSES , v. 1, p. 1-17, 2017.

  • SATGÉ, FRÉDÉRIC ; XAVIER, ALVARO ; ZOLÁ, RAMIRO PILLCO ; HUSSAIN, YAWAR ; TIMOUK, FRANCK ; GARNIER, JÉRÉMIE ; BONNET, MARIE-PAULE . Comparative Assessments of the Latest GPM Mission?s Spatially Enhanced Satellite Rainfall Products over the Main Bolivian Watersheds. Remote Sensing , v. 9, p. 369, 2017.

  • ARAÚJO, DANIEL ; MACHADO, WILSON ; WEISS, DOMINIK ; MULHOLLAND, DANIEL S. ; BOAVENTURA, GERALDO R. ; VIERS, JEROME ; GARNIER, JEREMIE ; DANTAS, ELTON L. ; BABINSKI, MARLY . A critical examination of the possible application of zinc stable isotope ratios in bivalve mollusks and suspended particulate matter to trace zinc pollution in a tropical estuary. ENVIRONMENTAL POLLUTION , v. 226, p. 41-47, 2017.

  • ARAÚJO, DANIEL FERREIRA ; PERES, LUCAS G.M. ; YEPEZ, SANTIAGO ; MULHOLLAND, DANIEL S. ; MACHADO, WILSON ; TONHÁ, MYLLER ; GARNIER, JÉRÉMIE . Assessing man-induced environmental changes in the Sepetiba Bay (Southeastern Brazil) with geochemical and satellite data. COMPTES RENDUS GEOSCIENCE , v. 349, p. 290-298, 2017.

  • SATGÉ, FRÉDÉRIC ; ESPINOZA, RAÚL ; ZOLÁ, RAMIRO ; ROIG, HENRIQUE ; TIMOUK, FRANCK ; MOLINA, JORGE ; GARNIER, JÉRÉMIE ; CALMANT, STÉPHANE ; SEYLER, FRÉDÉRIQUE ; BONNET, MARIE-PAULE . Role of Climate Variability and Human Activity on Poopó Lake Droughts between 1990 and 2015 Assessed Using Remote Sensing Data. Remote Sensing , v. 9, p. 218, 2017.

  • SATGÉ, FRÉDÉRIC ; BONNET, MARIE-PAULE ; GOSSET, MARIELLE ; MOLINA, JORGE ; HERNAN YUQUE LIMA, WILSON ; PILLCO ZOLÁ, RAMIRO ; TIMOUK, FRANCK ; GARNIER, JÉRÉMIE . Assessment of satellite rainfall products over the Andean plateau. Atmospheric Research (Print) , v. 167, p. 1-14, 2016.

  • ETTLER, VOJTě ; KVAPIL, JIND'ICH ; ?EBEK, OND'EJ ; JOHAN, ZDENEK ; MIHALJEVIč ; RATIÉ, GILDAS ; GARNIER, JÉRÉMIE ; QUANTIN, CÉCILE . Leaching behaviour of slag and fly ash from laterite nickel ore smelting (Niquelândia, Brazil). Applied Geochemistry , v. 64, p. 118-127, 2016.

  • ZELANO, I. ; SIVRY, Y. ; QUANTIN, C. ; GÉLABERT, A. ; THARAUD, M. ; NOWAK, S. ; Garnier, J. ; MALANDRINO, M. ; BENEDETTI, M.F. . Study of Ni exchangeable pool speciation in ultramafic and mining environments with isotopic exchange kinetic data and models. Applied Geochemistry , v. 64, p. 146-156, 2016.

  • ETTLER, VOJTě ; POLÁK, LADISLAV ; MIHALJEVIč ; RATIÉ, GILDAS ; GARNIER, JÉRÉMIE ; QUANTIN, CÉCILE . Oral bioaccessibility of inorganic contaminants in waste dusts generated by laterite Ni ore smelting. ENVIRONMENTAL GEOCHEMISTRY AND HEALTH , v. 1, p. 1-14, 2016.

  • SATGE, FRÉDÉRIC ; DENEZINE, MATHEUS ; PILLCO, RAMIRO ; TIMOUK, FRANCK ; PINEL, SÉBASTIEN ; MOLINA, JORGE ; GARNIER, JÉRÉMIE ; SEYLER, FRÉDÉRIQUE ; BONNET, MARIE-PAULE . Absolute and relative height-pixel accuracy of SRTM-GL1 over the South American Andean Plateau. ISPRS JOURNAL OF PHOTOGRAMMETRY AND REMOTE SENSING , v. 121, p. 157-166, 2016.

  • SATGÉ, F. ; BONNET, M.P. ; TIMOUK, F. ; CALMANT, S. ; PILLCO, R. ; MOLINA, J. ; LAVADO-CASIMIRO, W. ; ARSEN, A. ; CRÉTAUX, J.F. ; Garnier, J. . Accuracy assessment of SRTM v4 and ASTER GDEM v2 over the Altiplano watershed using ICESat/GLAS data. International Journal of Remote Sensing (Print) , v. 36, p. 465-488, 2015.

  • RATIÉ, G. ; JOUVIN, D. ; Garnier, J. ; ROUXEL, O. ; MISKA, S. ; GUIMARÃES, E. ; CRUZ VIEIRA, L. ; SIVRY, Y. ; ZELANO, I. ; MONTARGES PELLETIER, E. ; THIL, F. ; QUANTIN, C. . Nickel isotope fractionation during tropical weathering of ultramafic rocks. Chemical Geology , v. xx, p. xx, 2015.

  • RATIÉ, G. ; QUANTIN, C. ; JOUVIN, D. ; CALMELS, D. ; ETTLER, V. ; SIVRY, Y. ; VIEIRA, L.CRUZ ; PONZEVERA, E. ; Garnier, J. . Nickel isotope fractionation during laterite Ni ore smelting and refining: implications for tracing the sources of Ni in smelter-affected soils. Applied Geochemistry , v. 1, p. 1, 2015.

  • GARNIER, JEAN-MARIE ; GARNIER, JÉRÉMIE ; JÉZÉQUEL, DIDIER ; ANGELETTI, BERNARD . Using DET and DGT probes (ferrihydrite and titanium dioxide) to investigate arsenic concentrations in soil porewater of an arsenic-contaminated paddy field in Bangladesh. Science of the Total Environment , v. 536, p. 306-315, 2015.

  • GARNIER, JÉRÉMIE ; QUANTIN, CÉCILE ; GUIMARÃES, EDI MENDES ; VANTELON, DELPHINE ; MONTARGÈS-PELLETIER, EMMANUELLE ; Becquer, Thierry . Cr(VI) genesis and dynamics in Ferralsols developed from ultramafic rocks: The case of Niquelândia, Brazil. Geoderma (Amsterdam) , v. 193-194, p. 256-264, 2013.

  • ZELANO, I. ; SIVRY, Y. ; QUANTIN, C. ; GÉLABERT, A. ; THARAUD, M. ; JOUVIN, D. ; MONTARGES-PELLETIER, E. ; Garnier, J. ; PICHON, R. ; NOWAK, S. ; MISKA, S. ; ABOLLINO, O. ; BENEDETTI, M.F. . Colloids and suspended particulate matters influence on Ni availability in surface waters of impacted ultramafic systems in Brazil. Colloids and Surfaces. A, Physicochemical and Engineering Aspects (Print) , v. 435, p. 36-47, 2013.

  • Garnier, J.-M. ; Hurel, C. ; GARNIER, J. ; Lenoble, V. ; Garnier, C. ; Ahmed, K.M. ; Rose, J. . Strong chemical evidence for high Fe(II)-colloids and low As-bearing colloids (200nm 10kDa) contents in groundwater and flooded paddy fields in Bangladesh: A size fractionation approach. Applied Geochemistry , v. 26, p. 1665-1672, 2011.

  • Raous, S. ; BECQUER, T. ; GARNIER, J. ; MARTINS, E. S. ; ECHEVARRIA, G. ; Sterckeman, T. . Mobility of metals in nickel mine spoil materials. Applied Geochemistry , v. 25, p. 1746-1755, 2010.

  • Garnier, J. ; QUANTIN, C. ; Guimarães, E. ; Garg, V.K. ; Martins, E.S. ; BECQUER, T. . Understanding the genesis of ultramafic soils and catena dynamics in Niquelândia, Brazil. Geoderma (Amsterdam) , v. 151, p. 204-214, 2009.

  • Garnier, Jérémie ; Quantin, Cécile ; Echevarria, Guillaume ; Becquer, Thierry ; Garnier, J. . Assessing chromate availability in tropical ultramafic soils using isotopic exchange kinetics. Journal of Soils and Sediments (Print) , v. 9, p. 468-475, 2009.

  • GARNIER, J. ; QUANTIN, C. ; GUIMARAES, E. M. ; BECQUER, T. . Can chromite weathering be a source of Cr in soils?. Mineralogical Magazine (Print) , v. 72, p. 49-53, 2008.

  • QUANTIN, C ; ETTLER, V ; GARNIER, J ; SEBEK, O ; Garnier, J. . Sources and extractibility of chromium and nickel in soil profiles developed on Czech serpentinites. Comptes Rendus. Géoscience , v. 340, p. 872-882, 2008.

  • GARNIER, J ; QUANTIN, C ; MARTINS, E ; BECQUER, T ; Garnier, J. . Solid speciation and availability of chromium in ultramafic soils from Niquelândia, Brazil. Journal of Geochemical Exploration , v. 88, n.1-3, p. 206-209, 2006.

  • PINEL, SÉBASTIEN ; SEYLER, FRÉDÉRIQUE ; calmant s ; FRAGASO, C. ; BONNET, M. ; Jérémie Garnier ; MARQUES, DAVID MOTTA . Remote Sensing of Hydrometeorological Hazards. Remote Sensing of Hydrometeorological Hazards. 1ed.: Taylor & Francis, 2017, v. , p. 1-.

  • BONNET, M. ; Garnier, J. ; BOAVENTURA, G. R. ; SEYLER, P. . Biogeochemical Functioning of Amazonian Floodplains: The Case of Lago Grande de Curuai. In: Oleg S. Pokrovsky. (Org.). Riparian Zones: Characteristics, Management Practices and Ecological Impacts. 1ed.: , 2016, v. , p. 77-98.

  • GARNIER, J. ; QUANTIN, C. ; MARTINS, E. S. ; BECQUER, T. . Solid speciation and availability of chromium in ultramafic soils from Niquelândia, Brazil. In: congrès GES-7, 2005, Aix-en-Provence. GES-7, 2005.

  • GARNIER, J. ; RATIE, G. ; GUIMARÃES, EDI MENDES ; VIEIRA, L. ; JOUVIN, D. ; QUANTIN, C . CICLO BIOGEOQUÍMICO DO NÍQUEL: ASSINATURA ISOTÓPICA E ESPECIAÇÃO SÓLIDA. In: 47º Congresso Brasileiro de Geologia, 2014, Salvador. 47º Congresso Brasileiro de Geologia, 2014.

  • valessa Araujo ; GARNIER, J. ; GUIMARÃES, EDI MENDES . Investigação da mineralogia dos sedimentos de várzea, novo abordagem. In: 47º Congresso Brasileiro de Geologia, 2014, salvador. 47º Congresso Brasileiro de Geologia, 2014.

  • QUANTIN, C. ; Garnier, J. ; JOUVIN, D. ; SIVRY, Y. ; GELABERT, A. ; MONTARGES-PELLETIER, E. ; ZELANO, I. ; BENEDETTI, M. F. ; PICHON, R. . Combining μSXRF, EXAFS and isotopic signature to understand the Ni cycle in impacted ultramafic soils.. In: Goldschmidt 2012, 2012, Montreal. The 22nd V.M. Goldschmidt 2012, 2012.

  • GARNIER, J. ; QUANTIN, C. ; GUIMARAES, E. M. ; BECQUER, T. . Especiação e disponibilidade do Cr nos solos tropicais ultramáficos: uma combinação de fluorescência de raios x, espectroscopia micro-xanes e cinética na geoquímica. In: III Congresso Brasileiro de Geoquímica e III Simpósio de Geoquimica dos países do Mercosul, 2011, gramado. Congresso Brasileiro de Geoquímica e III, 2011.

  • GARNIER, J. ; QUANTIN, C. ; MARTINS, E. S. ; BECQUER, T. . Chromium in ultramafic soils from Niquelândia, Brazil. In: V international conference on serpentine ecology, 2006, Siena. V international conference on serpentine ecology, 2006.

  • PETELET-GIRAUD, E. ; CHERY, L. ; GARNIER, J. ; NEGREL, P. ; MICHELOT, J.L. ; MARLIN, C. ; BLAVOUX, B. ; STIEVENARD, M. ; VIMIEUX, F. ; DRAY, M. . Cartography of the stable isotopic signature (δ18O and δ2H) of rainwater over the French territory. In: congrès IWAITHES ? UNESCO, 2004, Paris. IWAITHES ? UNESCO, 2004.

  • Garnier, J. ; BECQUER, T. ; GUIMARAES, E. M. ; QUANTIN, C. . Especiação e disponibilidade do Cr nos solos tropicais ultramáficos: uma combinação de fluorescência de raios x, espectroscopia micro-xanes e cinética na geoquímica. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    ESTUDOS DA DINÂMICA BIOGEOQUÍMICA DOS METAIS NOS ECOSSISTEMAS COSTEIROS ? USO DOS ISÓTOPOS ESTÁVEIS, Descrição: Os sedimentos constituem um dos principais compartimentos dos ecossistemas continentais e costeiros. Estes ecossistemas estão situados na interface entre a litosfera, a atmosfera, a hidrosfera e a biosfera e assim são considerado como zonas críticas. Eles são, por sua vez, fonte e sistema de acumulação de contaminantes, de origem geoquímica ou de atividades antrópicas. Numerosas reações de transformação, mobilização e de transferência de elementos químicos para as águas e micro-organismo ou/e plantas, sob intervenção ou não dos organismos vivos, têm lugar dentro dos sedimentos superficiais e solos, e contribuem assim, para considerá-los como «reatores biogeoquímicos». Como conseqüência, sedimentos e solos têm um papel fundamental nos ciclos biogeoquímicos, sobre a qualidade da água superficial e subterrânea e o bom funcionamento dos ecossistemas de maneira geral. Dada a capacidade limitada de acumulação, retenção e depuração de metais, as zonas críticas constituem um ambiente muito sensível à mudanças antrópicas e poluição. Portanto, é necessário o melhor conhecimento sobre esse ambiente com o objetivo de minimizar e mitigar os impactos da poluição no espaço e no tempo. Nesses ecossistemas superficiais, o conhecimento da dinâmica de metais representa um eixo de pesquisa chave para entender e resolver vários problemas de cunho geológico e geoquímico ambiental (fertilidade, qualidade de água, contaminação, gestão de rejeitos e efluentes, formação de jazida, etc.). Os metais e os elementos-traço (ET) estão presentes naturalmente nas rochas. A alteração química destas rochas conduz à liberação e à redistribuição de ET nos solos e sedimentos. Os processos bio-físico-químicos são responsáveis pela dinâmica desses elementos nos sedimentos e solos e, consequentemente, dos riscos ecotoxicológicos. Entretanto, não é somente a presença de metais que induz o impacto sobre o ecossistema, mas sua biodisponibilidade. Esta é condicionada pela mobilidade e interação com soluções e organismos vivos. Não apenas as interações com partículas inorgânicas e orgânicas, mas também as interações com organismos podem reduzir significativamente a bio-disponibilidade dos elementos (co-precitação dos metais, adsorção, complexação). As reações geoquímicas e assim a dinâmica (sequestração/liberação) dos elementos nesse ecossistema são complexas e ainda mal conhecidas. Há um certo número de métodos de traçagem e determinação da especiação dos elementos nos sólidos e soluções. Destes, a espectroscopia de absorção de raios-X (XAS), combinado com XANES e EXAFS, é particularmente útil, pois pode determinar e a especiação e quantificar a partição de metal em amostras intactas. Além da XAS, os isótopos estáveis não convencionais, tal como Fe, Ni, Zn, Cu e Cr, oferecem novos horizontes para estudar esses sistemas complexos e rastrear as fontes e destinos dos metais. Os primeiros estudos dos isotópicos estáveis « tradicionais » demonstraram que o fracionamento isotópico é primeiramente controlado por especiação química do elemento, seu estado redox e, também, pela temperatura ou ainda pelas reações biológicas. Os isótopos estáveis permitem a elaboração de um viés de massa mais seguro que a simples observação das concentrações, e permitem rastrear as reações químicas dominantes do elemento. O conjunto de dados de geoquímica, de mineralogia e de especiação sólida deveria permitir rastrear não apenas as fontes dos metais como também os diferentes processos que afetam sua especiação, como adsorção, precipitação, redução, complexação e absorção. Esses parâmetros controlam a sua liberação potencial e mobilidade. Esses resultados poderão assim permitir avaliar e modelar a dinâmica dos metais estudados em diferentes ecossistemas superficiais e, por consequência, avaliar os riscos associados. estudo multidisciplinar da dinâmica dos metais no contínuo sedimento-água-biota. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Jeremie Garnier - Coordenador / Edi Mendes Guimarães - Integrante / gildas ratié - Integrante / CRUZ VIEIRA, L. - Integrante / SEYLER, PATRICK - Integrante / henrique llacer roigg - Integrante / ARAÚJO, DANIEL - Integrante / MACHADO, WILSON - Integrante / DANTAS, ELTON L. - Integrante / CUNHA, BRUNO - Integrante / rejane cicerelli - Integrante / tati almeida - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    ESTUDO MULTIDISCIPLINAR DO ESTADO FISICO DO LAGO PARANOA: TOPO-BATIMETRIA, QUALIDADE DOS SEDIMENTOS E BALANÇO HIDRICO, Descrição: O principal objetivo deste Projeto é prover a ADASA de conhecimento e instrumentalização necessária com vista à caracterização do balanço hídrico da Bacia do Paranoá e seus reflexos na gestão do lago homônimo, conforme apresentado na carta de intensões da ADASA. Para tanto, faz-se necessário alcançar os seguintes objetivos específicos: 1. Determinar a Cota-Área-Volume do Lago Paranoá para o ano de 2016, baseado em levantamento topobatimétrico; 2. Determinar a geometria dos pacotes sedimentares nas áreas assoreadas, bem como determinar os parâmetros de controle da biodisponibilidade dos elementos (nutrientes e contaminantes) retidos nos sedimentos com vista a avaliar o impacto na qualidade da água, na biodiversidade e no meio ambiente; 3. Determinar o balanço hídrico médio mensal e anual do lago Paranoá (DF) com base nos dados existentes e na estruturação de um modelo hidrológico simplificado e a construção de base para simulação hidrológica utilizando o modelo SWAT da parte da bacia do Paranoá afluente ao reservatório.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jeremie Garnier - Integrante / ROIG, HENRIQUE - Coordenador.

  • 2016 - Atual

    Avaliação dos impactos físico-químicos do sedimento sobre os sistemas aquáticos do lago Paranoá para a determinação de indicadores de integridade ambiental, Descrição: A proposta de implantação de nova linha de pesquisa no Instituto de Geociências/UnB tem como interesse conhecer, quantificar os processos e condições da mobilização de elementos e metais nos sedimentos, e em geral, nos ecossistemas continentais. Esse estudo no Lago Paranoá, visa proporcionar conhecimentos novos através de uma abordagem multidisciplinar e fornecer um novo modelo para auxiliar na definição de políticas públicas, a fim de promover a gestão sustentável dos recursos naturais e a proteção ambiental. A dinâmica dos elementos no continuum "sedimento-água-organismo" dentro dos ecossistemas continentais se torna de grande importância para responder os desafios futuros como, por exemplo, a disponibilidade de água de qualidade em quantidade. Hoje em dia, nesse contexto de forte urbanização, é imprescindível realizar um estudo sobre as interações sedimento-água para o desenvolvimento sustentável do Distrito Federal, portanto, a preservação da qualidade da água e dos sedimentos do Lago Paranoá. Esse estudo, tem assim, a finalidade de favorecer o entendimento da dinâmica dos elementos (nutrientes e elementos potencialmente tóxicos) na bacia do Lago Paranoá com experimentações de campo e laboratório. Este conhecimento é de grande importância para explicar e prever o potencial de liberação/sequestro de elementos ou substâncias contidas nos sedimentos, nos hidrossistemas (como partículas ou em solução), a biodisponibilidade desses elementos, e também os riscos de toxicidade para contaminação da água e cadeia alimentar. O projeto pretende também produzir indicadores de integridade ambiental de forma a contribuir para as ações na bacia de drenagem que porventura sejam necessárias à manutenção ou mesmo melhoria da qualidade das águas Os resultados serão integrados para propor um modelo reunindo dados físicos, químicos e biológicos do Lago Paranoá que poderão servir de suporte para o estabelecimento de cenários de evolução ambiental.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Jeremie Garnier - Coordenador / Edi Mendes Guimarães - Integrante / Lucieth Vieira - Integrante / Geraldo Resende Boaventura - Integrante / Marie-Paula Bonnet - Integrante / patrick seyler - Integrante / Adriana Maria Coimbra Horbe - Integrante / henrique llacer roigg - Integrante / daniel ferreira Araujo - Integrante / derlayne flavia dias Roque - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2015 - Atual

    O ciclo do niquel nos depósitos de Barro Alto- Niquelândia, Descrição: O intemperismo em condições tropicais de rochas ultrabásicas (UB) eleva, excepcionalmente, as concentrações de Ni. tornando tal elemento economicamente viável. Com reserva medida de cerca de 80 milhões de toneladas de minério, os municípios de Niquelândia e Barro Alto (GO) são responsáveis por mais de 60 % da produção nacional de níquel (DNPM, 2006). Da exploração do minério para produção de níquel e ligas metálicas resulta um expressivo volume de escória, contendo concentrações variáveis de metais (1.000 ? 32.000 mg/kg de Ni, 3.300 ? 8.500 mg/kg de Cr) acumulados principalmente a céu aberto. Entretanto, uma fração significativa é geralmente acumulada na superfície do solo, onde a sua dispersão pelo vento ou pela água pode ter impacto ambiental sobre extensas áreas. Além do mais, alguns resíduos são considerados materiais perigosos, pois contêm elementos potencialmente tóxicos, como Ni. O objetivo deste trabalho é compreender o ciclo de níquel nos ambientes onde ocorrem rochas ultrabásicas expostas ao intemperismo e desenvolver um indicador sensível à pressão antrópica sobre a degradação pela mineração. Este índice terá como base o estudo das variações de composição isotópica do níquel nos perfis de intemperismos, nos solos, resíduos, nas águas e na vegetação dos maciços ultrabásicos de Barro Alto e Niquelândia (Goiás). Graças a recentes desenvolvimentos analíticos é possível medir a composição isotópica do níquel com uma precisão nunca vista, o que abre novas perspectivas para sua utilização como traçador de processos naturais e antropogênicos. Com esta abordagem isotópica, será possível solucionar questões científicas acerca do ciclo externo do níquel, envolvendo inclusive sua transferência desde os solos até as águas de superfície e, finalmente, as plantas. Devido ao estudo do sistema solos-água-vegetação nos maciços ultrabásicos, realizado no quadro da cooperação científica Brasil-França há mais de 10 anos, será possível caracterizar finamente a mineralogia das fases portadas de níquel da rochas ate o solo e nos rejeitos associados as atividades das minas e plantas de aproveitamento, bem como a vegetação endêmicas tanto tolerante que acumuladores de níquel. Diante das considerações prévias, este projeto tem como objetivo estudar a aplicabilidade de traçagem isotópica do níquel em ambiente natural e minerado: 1- Determinação da composição isotópica do níquel de amostras de rochas, minérios, saprolíticos e lateríticos, solos, águas e vegetação. Dentro deste, são discriminados os objetivos específicos: - Caracterização do destino do Ni durante intemperismo na formação das reservas lateríticas; - Caracterização da mobilidade e disponibilidade do Ni no continuum solo-água-plantas; - Melhorar o conhecimento do ciclo do níquel. 2 Determinação da composição isotópica do níquel de amostras antrópicas (escórias, solos e plantas) sobre pilhas de rejeitos antes ou depois revegetalização e solos e plantas em áreas cercando. - Caracterizar a assinatura isotópica em Ni de amostras antrópicas e avaliar a potencialidade de usar essa como indicador; - Caraterização e quantificação da mobilidade do Ni nos rejeitos (escórias, cinzas); - Determinação do destino do níquel durante atividade da mineração; - Avaliação de efeito potencialmente tóxico da mineração.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Jeremie Garnier - Integrante / Garnier Jérémie - Coordenador / Edi Mendes Guimarães - Integrante / Lucieth Vieira - Integrante / Adriana Maria Coimbra Horbe - Integrante.

  • 2015 - Atual

    OSCa-Varz - Observatório das dinâmicas socioambientais nas várzeas: em visto uma gestão sustentável dos recursos em contexto de mudanças climáticas e socioambientais, Descrição: A proposta integra-se no quadro das linhas de pesquisas do laboratório misto internacional OCE (Observatoire des Changements Environnementaux / Observatório das mudanças ambientais) criado entre a Universidade de Brasília e o instituto de pesquisa para o desenvolvimento (IRD Institut de recherche pour le développement). Criado em 2009, o laboratório é baseado sobre um consorcio multidisciplinar juntando quatro laboratórios franceses (ESPACE-DEV, GET, LEGOS e PALOC), três institutos da UnB (departamento de geografia, Instituto de geociência, Centro de Desenvolvimento Sustentável), um laboratório da Universidade Estadual de Amazonas e a Fiocruz. Vale mencionar que o laboratório foi avaliado fim 2013 pelo um comitê misto (CNPq-IRD) de peritos que ressalteou o nível de excelência das pesquisas desenvolvidas com uma forte integração das equipas francesas e brasileiras e sua forte implicação na formação de recursos. Diante da avaliação positiva feita por o comitê misto, a laboratório foi estendido por mais cinco anos (2014-2018). As atividades do laboratório têm por objetivo de estudar as interações entre sociedade e meio ambiente, incluindo as interações entre meio-ambiente e saúde, no contexto das mudanças sócias e ambientais. A proposta apresentada aqui tem por objetivo principal de reforçar as atividades do laboratório desenvolvidas na bacia Amazônica, com um foco no estudo dos ecossistemas de planícies de inundação. Estes ecossistemas estão ameaçados por pressões antropogênicas aplicados a nível local e regional. Os impactos antrópicos se sobrepõem ás mudanças climáticas e ameaçam o funcionamento dos ecossistemas de várzeas, a sua biodiversidade e os usos tradicionais dos recursos. O laboratório OCE, em associação com demais instituições brasileiras (UFRGS/ IPH, UFOPA, UFJF, INPE em particular) e francesas, propõe uma abordagem interdisciplinar associando observação por satélite e in situ, experimentações de campo e de laboratório, entrevista e oficinas de trabalho com a população local, e modelagem (sistemas multiagentes e a base física) para entender melhor a resposta dos ecossistemas de várzeas e sua biodiversidade no contexto das mudanças a fim de procurar com a população local meios de adaptação sustentáveis. Tal questão é de interesse evidente para a comunidade científica brasileira e internacional, e para a definição de políticas de manejo sustentável e de conservação dessas áreas que poderão ser executadas com maior eficiência com base nos resultados de pesquisa.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Jeremie Garnier - Integrante / Garnier Jérémie - Coordenador / Marie-Paula Bonnet - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Avaliação dos impactos físico-químicos do sedimento sobre os sistemas aquáticos do lago Paranoá para a determinação de indicadores de integridade ambiental, Descrição: A proposta de implantação de nova linha de pesquisa no Instituto de Geociências/UnB tem como interesse conhecer, quantificar os processos e condições da mobilização de elementos e metais nos sedimentos, e em geral, nos ecossistemas continentais. Esse estudo no Lago Paranoá, visa proporcionar conhecimentos novos através de uma abordagem multidisciplinar e fornecer um novo modelo para auxiliar na definição de políticas públicas, a fim de promover a gestão sustentável dos recursos naturais e a proteção ambiental. A dinâmica dos elementos no continuum "sedimento-água-organismo" dentro dos ecossistemas continentais se torna de grande importância para responder os desafios futuros como, por exemplo, a disponibilidade de água de qualidade em quantidade. Hoje em dia, nesse contexto de forte urbanização, é imprescindível realizar um estudo sobre as interações sedimento-água para o desenvolvimento sustentável do Distrito Federal, portanto, a preservação da qualidade da água e dos sedimentos do Lago Paranoá. Esse estudo, tem assim, a finalidade de favorecer o entendimento da dinâmica dos elementos (nutrientes e elementos potencialmente tóxicos) na bacia do Lago Paranoá com experimentações de campo e laboratório. Este conhecimento é de grande importância para explicar e prever o potencial de liberação/sequestro de elementos ou substâncias contidas nos sedimentos, nos hidrossistemas (como partículas ou em solução), a biodisponibilidade desses elementos, e também os riscos de toxicidade para contaminação da água e cadeia alimentar. O projeto pretende também produzir indicadores de integridade ambiental de forma a contribuir para as ações na bacia de drenagem que porventura sejam necessárias à manutenção ou mesmo melhoria da qualidade das águas. Os resultados serão integrados para propor um modelo reunindo dados físicos, químicos e biológicos do Lago Paranoá que poderão servir de suporte para o estabelecimento de cenários de evolução ambiental.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Jeremie Garnier - Integrante / Garnier Jérémie - Coordenador / BONNET, M.P. - Integrante / CRUZ VIEIRA, L. - Integrante / BONNET, MARIE-PAULE - Integrante., Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    Validação, geração e desenvolvimento de metodologias e protocolos analíticos para caracterização de rochas silicáticas, solos e biointemperismo como subsídio a mapeamentos agrogeológicos, Descrição: Considerando a atividade agrícola como principal vetor econômico e a grande variabilidade geológica regional do Sudoeste Goiano e do Nordeste do Mato Grosso do Sul, são executados projetos de pesquisa, desenvolvimento e extensão na utilização de rejeitos e/ou subprodutos das mineradoras para fins agrícolas. Nesse sentido, áreas comerciais de soja, milho, cana de açúcar, milheto, braquiária, sorgo, hortifrutigranjeiros, entre outras, tem sido remineralizadas através da aplicação de rochas moídas que vêm suprindo a demanda adequada de nutrientes para produção em grande escala (Görgen et al., 2012, Hack et al., 2012a 2012b). Os conhecimentos e tecnologias oriundos das ações da pesquisa são transferidos e disponibilizados aos usuários potenciais contribuindo para tornar suas atividades sustentáveis e dessa forma contribuindo para o desenvolvimento da região. Nesse sentido, a Sociedade Ecológica de Jataí - SEJA - dispõe de estrutura para transferência de tecnologia relacionando atividades agrícolas e produtos minerais, atendendo as demandas sociais, promovendo negócios para um grande número de usuários. Além disso, busca através de publicações científicas, conferir embasamento para a tecnologia de uso de rochas silicáticas na agricultura. A metodologia consiste na avaliação das características do solo, das rochas e do tecido foliar buscando definir parâmetros que possam prever o potencial de liberação e assimilação de nutrientes. As rochas são caracterizadas quanto aos aspectos geoquímicos, mineralógicos e texturais, enquanto solo é caracterizado por suas propriedades físicas, químicas e microbiológicas antes, durante e após o desenvolvimento da cultura. Também, são realizadas análises químicas do tecido vegetal para verificação da adequada nutrição das plantas (Martins & Görgen 2013). Com vistas a segurança alimentar será feita uma avaliação dos teores dos elementos químicos nas rochas-solos-plantas, como os macro e micronutrientes e aqueles (Pb, Cd, As) nocivos a saúde ambiental (?práticas intersetoriais e transdisciplinares voltadas aos reflexos, na saúde humana, das relações ecogeossociais do homem com o ambiente, com vistas ao bem-estar, à qualidade de vida e à sustentabilidade, a fim de orientar políticas públicas? / BRASIL-Ministério da Saúde, 2007). Além daqueles elementos tradicionalmente considerados tóxicos, alguns nutrientes face à deficiência ou excesso no alimento podem, caso consumido continuamente, causar problemas a saúde.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Jeremie Garnier - Integrante / Garnier Jérémie - Integrante / Edi Mendes Guimarães - Coordenador.

  • 2014 - Atual

    Análises bio-físico-químicas de troca de elementos químicos entre sedimento e água. Experimentos em Laboratório, medições no campo e capacitação em biogeoquímica., Descrição: Nossa proposta entrega-se dentro do projeto de pesquisa de cooperação internacional Brasil-França CNPq No 490634/2013-3 (Vigência: Fev 2014 a Jan 2018) intitulado ?Ecossistemas das várzeas e biodiversidade: cenários de desenvolvimento sustentáveis? baseado numa equipe interdisciplinar franco-brasileira que tem por objetivos avançar na avaliação dos impactos das mudanças climáticas e ambientais sobre o funcionamento dos ecossistemas aquáticos das várzeas e interações com a sua biodiversidade com vista à elaboração de cenários de adaptação, visando melhorar o uso dos recursos enquanto promovendo à biodiversidade. O enfoque deste projeto é o desenvolvimento de um modelo hidro e biogeoquímico acoplado, descrevendo as interações entre propriedades físicas, químicas e biológicas de várzeas. Porém, esta modelagem precisa de parametrizar as trocas de elementos químicos (nutrientes e poluentes) entre o sedimento e a coluna d?água. Os objetivos do projeto são descrever e quantificar as reações diagenéticas que ocorrem em sedimentos lacustres depositados recentemente para entender melhor o ciclo e o destino de elementos, nutrientes e traço no ambiente aquático. A realização dos objetivos requer experimentos em laboratório para determinar as constantes de equilíbrio de reações e medidas em lagos incluindo perfis de substâncias dissolvidas e perfis de sedimentos para verificar que essas reações se aplicam. Os resultados aqui obtidos serão utilizados no desenvolvimento de modelos de funcionamento da áreas alagáveis das várzeas da bacia amazônica. A proposta encaixa-se nas atividades desenvolvidas pelo laboratório misto internacional LMI OCE Observatoire des Changements Environnementaux (Observatório das Mudanças Ambientais) criado entre a Universidade de Brasília e demais instituições brasileiras parceiras e o Instituto Francês de Pesquisa para o Desenvolvimento (IRD). Esse laboratório que pode ser considerado como uma rede de pesquisa, suportando as interações entre os equipes brasileiras e francesas para juntar e dividir os conhecimentos, dados e ferramentas desenvolvidos. Além do trabalho de campo e de laboratório este projeto atenderá metas de formação e de co-orientação Franco-Brasileiro dos estudantes de pós-graduação.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Jeremie Garnier - Integrante / Garnier Jérémie - Integrante / Geraldo Resende Boaventura - Coordenador / Marie-Paula Bonnet - Integrante / patrick seyler - Integrante., Financiador(es): Associação dos Servidores do CNPq - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    VALIDAÇÃO, GERAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE METODOLOGIAS E PROTOCOLOS ANALÍTICOS PARA CARACTERIZAÇÃO DE ROCHAS SILICÁTICAS, DOS SOLOS E DO BIOINTEMPERISMO COMO SUBSÍDIO À MAPEAMENTOS AGROGEOLÓGICOS, Descrição: o contexto da produção agrícola da região do Sudoeste Goiano e Nordeste do Mato Grosso do Sul é colocada esta proposta de desenvolvimento baseada nos fatores geoambientais, pela caracterização dos ambientes agrícolas. Solos derivados de diferentes materiais apresentam potencialidades e necessidades que podem ser entendidas ou supridas através do conhecimento dos fatores geológicos, climáticos e do relevo. O mapeamento agrogeológico destes fatores regionais, desde suas origens, interações e derivações, possibilita a aplicação de tecnologias integradas entre os tipos de rocha, solos e sistemas de produção, bem como o entendimento dos fenômenos que ocorrem na interface rocha-solo-planta. O uso de rochas silicáticas nos ambientes agrícolas tropicais poderá ser otimizada através de metodologias analíticas básicas e complementares para o reconhecimento dos processos pedológicos, ciclos biogeoquímicos, fertilidade natural ou construída e, das reações do biointemperismo na rizosfera. Os objetivos deste trabalho compreendem a integração científica transdisciplinar para validação de métodos analíticos e de caracterização dos solos, rochas e plantas, para uso nos laboratórios brasileiros, e a geração de protocolo analítico para avaliação de biotintemperismo, ambos adequados às condições tropicais.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Jeremie Garnier - Integrante / Edi Mendes Guimarães - Coordenador.

  • 2014 - Atual

    Ecossistemas das várzeas e biodiversidade: Impactos das mudanças ambientais e climáticas considerando cenários de desenvolvimento sustentáveis, Descrição: Hoje em dia, as pressões antrópicas na bacia Amazônica vêm crescendo e ameaçam o funcionamento ecológico e a biodiversidade das várzeas. Com uma superfície de cerca 200 000 km2 na Amazônia brasileira, as várzeas são reconhecidas como hot spots de biodiversidade e particularmente produtivas. As atividades humanas tais como o desmatamento, a extração de madeira ou a transformação do curso dos rios pela produção de energia elétrica têm impactos na dinâmica hidrológica dos rios da qual dependem o funcionamento e a biodiversidade das várzeas. Os impactos do desenvolvimento da pesca comercial e de complexos agrícolas de grande porte se sobrepõem ás mudanças regionais e climáticas e ameaçam o funcionamento dos ecossistemas de várzeas, a sua biodiversidade e os usos tradicionais dos recursos. Porém o conhecimento sobre o funcionamento das planícies é parcial e dificulta a avaliação dos impactos. Com uma abordagem associando estudo in situ, experimentos de campo e de laboratório e modelagem ecológica, nossa proposta concentra-se sobre a resposta dos ecossistemas de várzeas e sua biodiversidade no contexto das mudanças climáticas e ambientais. Tal questão é de interesse evidente para a comunidade científica brasileira e internacional, e para a definição de políticas de manejo sustentável e de conservação dessas áreas que poderão ser executadas com maior eficiência com base nos resultados da pesquisa proposta.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Jeremie Garnier - Integrante / Marie-Paula Bonnet - Coordenador.

  • 2013 - Atual

    NIDYFICS - NIckel DYnamics in impacted ultramaFIC Soils, Descrição: O conceito do projeto NIDYFICS é conectar pesquisadores em geociências ambientais para discussões de alto nível, intercâmbio e transferência de conhecimentos entre as instituições europeias e brasileiras. Um ponto chave é a formação de jovens pesquisadores em um campo de pesquisa promissor, trabalhando para compartilhar o conhecimento com especialistas. O processo pirometalúrgico de minérios metálicos gera grandes quantidades de resíduos que podem ser reprocessados ou reutilizados para a construção e aplicação agrícola. Entretanto, uma fração significativa é geralmente acumulada na superfície do solo, onde a sua dispersão pelo vento ou pela água pode ter impacto ambiental sobre extensas áreas. Além do mais, alguns resíduos são considerados materiais perigosos, pois contêm elementos potencialmente tóxicos, como Ni. O objetivo do projeto NIDYFICS é caracterizar a dinâmica de Ni e outros metais associados no continuum solo-planta-resíduos de água no maciço ultramáfico de Barro Alto (Goiás, Brasil), que é considerado como um hotspot mundial de biodiversidade. Assim, é crucial conhecer a especiação sólida dos metais, que controla a sua liberação potencial e mobilidade, para avaliar o impacto ambiental de resíduos sobre os solos. Além disso, para compreender e quantificar a dinâmica de metal, a medida de razões isotópicas é uma ferramenta chave que permite rastrear suas origens e destino no ambiente. Finalmente, os benefícios e também o risco de contaminação associados à reutilização de resíduos na produção de cana de açúcar será avaliada com experimentações em casa de vegetação e no campo. Este projeto multidisciplinar envolve cientistas do solo, geoquímicos e agrônomos, que já começaram a trabalhar em sinergia sobre este tema. Esta investigação conjunta e projeto de intercâmbio levará à aquisição de resultados de alta precisão sobre a geoquímica do Ni, que permitirão a proposição de estratégias de valoração dos resíduos pirometalúrgicos, e para a formação de jovens cientistas que mais tarde serão envolvidos nas pesquisas acadêmica e aplicada.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Jeremie Garnier - Integrante / Garnier Jérémie - Coordenador / Cécile Quantin - Integrante / Edi Mendes Guimarães - Integrante / ETTLER, V - Integrante / Lucieth Vieira - Integrante / Geraldo Resende Boaventura - Integrante / delphine jouvin - Integrante / yann sivry - Integrante / VANTELON, DELPHINE - Integrante., Financiador(es): FP7- IRSES - Cooperação.

  • 2012 - Atual

    Compreender o destino de metal em ambientes ultramáficas sob pressão antrópica, Descrição: O conceito do projeto é conectar pesquisadores em geociências ambientais para pesquisas de alto nível, intercâmbio e transferência de conhecimentos entre a universidade de Paris Sul (UPS) e o Instituto de Geociências da Universidade de Brasília (IG-UnB). Nossa pesquisa pluridisciplinar usa feramente clássicos da geoquímica, X ?ray Absorption Spectroscopy (XAS) e isótopos estáveis para conhecer a especiação sólida dos metais, que controla a sua liberação potencial e mobilidade, para avaliar o impacto ambiental de resíduos sobre os ecossistemas. Um ponto chave é a formação de jovens pesquisadores em um campo de pesquisa promissor, trabalhando para compartilhar o conhecimento com especialistas. Dois doutorados em co-tutela um Frances doutorado de 2012 ate 2015 e um brasileiro que vai entrar no processo seletivo, vão permitir de prolongar essa antiga cooperação cientifica. O processo pirometalúrgico de minérios metálicos gera grandes quantidades de resíduos que podem ser reprocessados ou reutilizados para a construção e aplicação agrícola. Entretanto, uma fração significativa é geralmente acumulada na superfície do solo, onde a sua dispersão pelo vento ou pela água pode ter impacto ambiental sobre extensas áreas. Além do mais, alguns resíduos são considerados materiais perigosos, pois contêm elementos potencialmente tóxicos, como Ni. O objetivo do projeto é caracterizar a dinâmica de Ni e outros metais associados no continuum solo-planta-resíduos de água no maciço ultramáfico de Barro Alto (Goiás, Brasil), que é considerado como um hotspot mundial de biodiversidade. Assim, é crucial conhecer a especiação sólida dos metais, que controla a sua liberação potencial e mobilidade, para avaliar o impacto ambiental de resíduos sobre os solos. Além disso, para compreender e quantificar a dinâmica de metal, a medida de razões isotópicas é uma ferramenta chave que permite rastrear suas origens e destino no ambiente. Finalmente, os benefícios e também o risco de contaminação associados à reutilização de resíduos na produção de cana de açúcar será avaliada com experimentações em casa de vegetação e no campo. Este projeto multidisciplinar envolve cientistas do solo, geoquímicos e agrônomos, que já começaram a trabalhar em sinergia sobre este tema. Esta investigação conjunta e projeto de intercâmbio levará à aquisição de resultados de alta precisão sobre a geoquímica do Ni, que permitirão a proposição de estratégias de valoração dos resíduos pirometalúrgicos, e para a formação de jovens cientistas que mais tarde serão envolvidos nas pesquisas acadêmica e aplicada.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Jeremie Garnier - Integrante / Cécile Quantin - Integrante / Edi Mendes Guimarães - Integrante / Lucieth Vieira - Coordenador / delphine jouvin - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2011 - Atual

    CLIM-FABIAM, Descrição: As planícies de inundação da Bacia Amazônica estendem-se por 800,000 km2 e tem um papel importante na hidrologia e no transporte de material dissolvido ou em suspensão na bacia. As várzeas amazônicas são compostas por lagos permanentes e/ou temporários apresentando uma produtividade e uma biodiversidade muito grande. Esses características são interpretadas no quadro do conceito do ?pulso de inundação? que destaca o papel importante da migração do litoral na zona alternativamente alagada para a formação de vários habitats aquáticos adequadas para uma alta biodiversidade (Junk, 1997, 2004 e 2010). A migração do litoral ao longo do ciclo hidrológico favorece a dinâmica biogeoquímica e metabólica provocando a reciclagem rápida da mateira. Assim, além de um papel de regulação da propagação da água e do transporte da mateira, as várzeas têm um papel importante nas transformações da matéria e nos ciclos dos elementos maiores e traços, associados aos processos de produção e mineralização. Estes processes são extremamente importantes para o sistema rio-planície; por exemplo, foi recentemente mostrado que as várzeas, devida a produção do fitoplâncton são uma fonte de C degradável e assim um ator importante do ciclo do C. As planícies de inundação fazem parte dos ecossistemas os mais diversificados e produtivos no mundo. Além, nas várzeas, a biodiversidade aquática e terrestre assim que as populações locais estão ameaçadas pelas mudanças climáticas mas também pelas atividades humanas na escala regional (tais como desmatamento, modificações dos rios pela navegação e produção de energia) e local (tais como o desenvolvimento da agropecuária de grande porte). Porém, o conhecimento sobre o funcionamento ecológico e biogeoquímico das várzeas fica restrito. Os principais objetivos do projeto pluridisciplinar são de: ? Avaliar a biodiversidade aquática atual e suas relações com as dinâmica hidrológica e geoquímica; ? Avaliar qual é a influencia das mudanças climáticas, consequências hidrológicas e sobre a biodiversidade aquática; ? Entender como as populações locais percebem as mudanças climáticas e como conseguem adaptar suas praticas a essas mudanças; ? Avaliar qual é a viabilidade económica das praticas locais; ? Quais perspectivas a projeção de cenários pode trazer para a elaboração de politicas publicas. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Jeremie Garnier - Coordenador / Marie-Paula Bonnet - Integrante., Financiador(es): Fondation de Recherche pour la Biodiversité - Auxílio financeiro.

  • 2009 - 2011

    seqüestração do CO2, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jeremie Garnier - Coordenador / Teddy Parra - Integrante., Financiador(es): Total - Cooperação.

  • 2007 - Atual

    Arsenio no Bangaldesh, Descrição: Conteúdos de arsênico em águas subterrâneas rasas tem sido um problema de saúde para milhões de pessoas em algumas regiões do sul da Ásia, como relatado em Bangladesh. O arsênio (As) acumulado no solo, devido a práticas de irrigação com água rica com este elemento, durante a estação seca tem potencial de transferência para as plantas. Como o As e ferro (Fe) são liberados nas águas subterrâneas, os óxidos de ferro devem desempenhar um papel significativo na especiação e disponibilidade do As nos solos, sendo importante investigar o comportamento desses dois elementos nos solos depois dos processos de irrigação. O objetivo deste projeto é aprimorar nosso conhecimento sobre o papel chave do Fe na dinâmica do As no sistema solo-soluçãoplanta (arroz) por meio da investigação da mineralogia e especiação sólida do As e do Fe, em um solo contaminado por água de irrigação rica em Fe e As.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Jeremie Garnier - Integrante / Garnier Jérémie - Integrante / Edi Mendes Guimarães - Integrante / Garnier Jean-Marie - Coordenador / Lucieth Vieira - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade de Brasília, Instituto de Geociências. , universidade de Brasilia, Instituto de Geociências, ASA NORTE, 70910900 - Brasília, DF - Brasil, Telefone: (61) 31076378, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional