Mário Danieli Neto

Professor de 3o. Grau do Instituto de Ciências Humanas e Letras da Universidade Federal de Alfenas (Unifal-MG); Doutor em Economia Aplicada (área de concentração História Econômica) pela Universidade Estadual de Campinas (2006), Mestre em História Econômica pela Universidade Estadual de Campinas (2001); Licenciado em História pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1995);especializado em Organização de arquivos pelo IEB-USP (1997);); ). Professor da Rede Estadual de Educação de São Paulo de 2004 a 2010. Professor de Ensino de Graduação pela UniSant´Anna entre 2002-2005. Aréa de atuação: História Geral e do Brasil; Historiografia, História Econômica. Áreas de pesquisa e interesse: Escravidão; escravidão urbana e escravidão industrial.

Informações coletadas do Lattes em 06/04/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Economia Aplicada

2003 - 2006

Universidade Estadual de Campinas
Título: Escravidão e indústria: um estudo sobre a Fábrica de Ferro São João de Ipanema - Sorocaba (SP) 1765-1895
Jose Jobson de Andrade Arruda. Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: Escravidão; Escravidão industrial; pré-indústria; Sorocaba - História.Grande área: Ciências HumanasGrande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Econômica.

Mestrado em História Econômica

1998 - 2001

Universidade Estadual de Campinas
Título: A escravidão urbana em Campinas: a dinâmica história e econômica do trabalho escravo no município em crescimento (1850-1888),Ano de Obtenção: 2001
Wilma Peres Costa.Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil. Palavras-chave: Escravidão; Escravidão urbana; Campinas.Grande área: Ciências HumanasGrande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil.

Especialização em Organizacao de Arquivos

1997 - 1997

Universidade de São Paulo
Título: O sistema de arquivos do Instituto Oceonográfico da USP

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

1997 - 1999

Extensão universitária em Alemão. , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

1991 - 1993

Violão. , Instituto Musical Dr. Gomes Cardim, IMGC, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Fala Pouco, Lê Bem.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem.

Alemão

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Econômica.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História Regional do Brasil.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História do Brasil Império.

    Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Teoria Econômica/Especialidade: História do Pensamento Econômico.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

DANIELI NETO, M. ; STEFFENS, Marcelo Hornos ; ROVAI, M. G. O. ; SEBRIAN, R. N. N. . Ciclo de Debates Os 50 anos do Golpe Militar (1964-2014). 2014. (Outro).

DANIELI NETO, M. ; MOREIRA, R. A. . Seminário Música contemporânea no Brasil e Ensino de Música. 2014. (Outro).

DANIELI NETO, M. ; STEFFENS, Marcelo Hornos . Seminário "Os 20 anos do impeachment de Fernando Collor de Mello. 2012. (Outro).

MARTINS, Marcos Lobato ; DANIELI NETO, M. . I Jornada de História Regional José Pedro Xavier da Veiga. 2011. (Congresso).

Soares, Olavo Pereira ; RIBEIRO, Elaine ; DANIELI NETO, M. . I Jornada de Ensino de História: a África no ensino básico. 2011. (Congresso).

Soares, Olavo Pereira ; DANIELI NETO, M. . Semana de História da Universidade Federal de Alfenas. 2010. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

XI Congresso Brasileiro de História Econômica e 12a. Conferência Internacional de História de Empresas. População e escravidão em três localidades do sul de Minas Gerais no século XIX - notas de pesquisa. 2015. (Congresso).

Forum das Artes Cênicas de Ouro Preto. 2013. (Outra).

Oficina de Cordas: timbres, técnica e forma na música para quarteto de cordas de W. A. Mozart.Forma e técnica nas artes "clássicas" do século XVIII. 2013. (Outra).

XVIII Encontro Regional ANPUH-MG. 2012. (Encontro).

XVIII Encontro Regional ANPUH-MG.Resistência escrava e trabalho industrial na Fábrica de Ferro São João de Ipanema (Século XIX). 2012. (Encontro).

IX Congresso Brasileiro de História Econômica e X Conferência Internacional de História de Empresas. Aspectos históricos da Fábrica de Ferro São João de Ipanema (Brasil-SP-Séculos XVII-XIX). 2011. (Congresso).

Seminário 50 Anos da Legalidade: Memória e História.Apontamentos sobre a economia brasileira entre 1955-1964.. 2011. (Seminário).

XXVI Simpósio Nacional de História.Escravos e africanos livres na Fábrica de Ferro Ipanema em Sorocaba - SP - Século XIX. 2011. (Simpósio).

Semana de História.Debate sobre o documentário: Memórias de um passageiro. 2010. (Encontro).

Semana de História.Negócios e poder no Sul de Minas Oitocentista. 2010. (Outra).

Simpósio de Pós-graduação em História Econômica.Escravidão na indústria: uma visão comparativa entre Brasil e Estados Unidos no século XIX.. 2008. (Simpósio).

Semana de História PUCCAMP."O escravo urbano na Campinas Imperial". 2003. (Encontro).

Encontro de Pós-graduação em História Econômica.Atividades econômicas na Vila de São Carlos (Campinas) e a propriedade escrava em pequenos fogos (séculos XVIII e XIX).. 2002. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Rafael Flores de Lima

ROVAI, M. G. O.;DANIELI NETO, M.; STEFFENS, Marcelo Hornos. Combatendo o ressentimento: análise de narrativas orais e imagéticas no documentário Sem Pena. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Alfenas.

Aluno: Almir José da Silva Júnior

ROVAI, M. G. O.;DANIELI NETO, M.; STEFFENS, Marcelo Hornos. Biografia política do sindicalista e jornalista Herculano dos Santos: uma experiência representativa da resistência contra a ditadura civil-militar no Brasil (1964/84). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Alfenas.

Aluno: Mariana Selena Gregatti Noronha

SEBRIAN, R. N. N.;DANIELI NETO, M.; STEFFENS, Marcelo Hornos. Tom Zé: do sertão da Bahia às leituras do Brasil (1968-1972). 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Alfenas.

Aluno: Aliny Ronchi Leme

SILVA, R. A.; FARIA, M. R.;DANIELI NETO, M.. Teoria da História: Pierre Vilar como expressão da história marxista no século XX. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Alfenas.

Aluno: Lalaine Rabêlo

CARLAN, C. U.;DANIELI NETO, M.; RUI, A. J.. Política e cultura na antiguidade: O período valentiniano e suas representações. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Alfenas.

Aluno: Ana Paula Pereira Sanção

RIBEIRO, E.; SILVA, R. A.;DANIELI NETO, M.. O reino do Daomé e suas relações com os portugueses no fim do século XVIII e início do XIX. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Alfenas.

Aluno: Bruno Araújo Ribeiro

STEFFENS, Marcelo Hornos; SEBRIAN, R. N. N.;DANIELI NETO, M.. Beethoven e a construção da nação: o uso da ?fábula beethoviana? no processo de criação da nação alemã. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Alfenas.

Aluno: André Silva de Souza

MARTINS, Marcos Lobato; STEFFENS, Marcelo Hornos;DANIELI NETO, M.. Famílias, negócios e poder entre as elites rurais da região de Alfenas, 1850-1910. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Alfenas.

Aluno: Marcella Ariane Nunes Paiva

MARTINS, Marcos Lobato; STEFFENS, Marcelo Hornos;DANIELI NETO, M.. Diamantina e a mineração de diamantes ao longo do século XIX. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal de Alfenas.

DANIELI NETO, M.; STEFFENS, Marcelo Hornos; ROVAI, M. G. O.. Processo Seletivo para Professor Substituto. 2016. Universidade Federal de Alfenas.

DANIELI NETO, M.; FAGUNDES, M.; SODRE, E.. Concurso Público para provimento de cargo de professorde 3o. Grau. 2013. Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

SEBRIAN, R. N. N.; SANTOS, A. P.; GALASTRI, L.;DANIELI NETO, M.. Concurso público para provimento de cargo de professor de 3o. Grau. 2013. Universidade Federal de Alfenas.

RUI, A. J.; STEFFENS, Marcelo Hornos;DANIELI NETO, M.; PATUZZI, S.; FERREIRA, R. A.. Concurso público para professor de 3o. grau. 2013. Universidade Federal de Alfenas.

RUI, A. J.;DANIELI NETO, M.; STEFFENS, Marcelo Hornos; FERREIRA, R. A.; SILVA, M. L. O. A.. Concurso para professor de 3o. grau. 2013. Universidade Federal de Alfenas.

DANIELI NETO, M.. Concurso público para professor temporário. 2011. Universidade Federal de Alfenas.

MARTINS, Marcos Lobato;DANIELI NETO, M.; STEFFENS, Marcelo Hornos. Concurso público para provimento de cargo de professor - Ciências Humanas I. 2011. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais.

SHERMAN, P. S.; JAUARA, Manuel; EUGÊNIO, Alisson; Soares, Olavo Pereira;DANIELI NETO, M.. Concurso público para provimento do cargo de Professor de História da África. 2010. Universidade Federal de Alfenas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Hernani Maia Costa

COSTA, H. M.. Escravidão e indústria: um estudo sobre a Fábrica de Ferro de São João de Ipanema - Sorocaba(SP), 1765-1895.. 2006. Tese (Doutorado em História Econômica) - Instituto de Economia/UNICAMP.

Robert Wayne Andrew Slenes

SLENES, Robert Wayne Andrew. Escravidão e indústria: um estudo sobre a Fábrica de Ferro São João de Ipanema: Sorocaba (SP): 1765-1895. 2006. Tese (Doutorado em História Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

José Jobson de Andrade Arruda

ARRUDA, J. J. A.. A escravidão urbana e industrial em São Paulo: um estudo sobre a Fábrica São João do Ipanema (Sorocaba) e as formas de exploração da mão-de-obra cativa nas cidades e em estabelecimentos fabris (séculos XVIII e XIX). 2006. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Estadual de Campinas.

Lígia Maria Osório Silva

SILVA, Ligia Osorio; COSTA, Wilma Peres. A escravidão urbana em Campinas: a dinâmica histórica e econômica do trabalho escravo no município em crescimento (1850-1888). 2001. Dissertação (Mestrado em História Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

José Edson dos Santos

Jornal "Uai"; Início: 2013; Iniciação científica (Graduando em História) - Universidade Federal de Alfenas; (Orientador);

Thales Moura Brasil Alegro

A turbulência política durante o governo de João Goulart: justificativas para a ditadura militar no Brasil; Início: 2012; Iniciação científica (Graduando em História) - Universidade Federal de Alfenas; (Orientador);

Diógenes José Arruda de Souza

A imigração para o Brasil entre o século XIX e XX nos livros didáticos de História; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal de Alfenas; Orientador: Mário Danieli Neto;

Aline Pereira Lima

Memórias do alagamento de Furnas em Carmo do Rio Claro; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal de Alfenas; Orientador: Mário Danieli Neto;

Nícolas Fontes Marucco

A ESCRAVIDÃO NA NOVA HOLANDA (1630-1654): NEGROS, PORTUGUESES, COLONOS E FLAMENGOS NOS RELATOS DE PIERRE MOREAU E FREI MANOEL CALADO; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal de Alfenas; Orientador: Mário Danieli Neto;

Carolina Messias Cação

AS RELAÇÕES SOCIAIS E A FORMAÇÃO DAS FAMÍLIAS CATIVAS EM ALFENAS-MG: UMA ANÁLISE ATRAVÉS DOS REGISTROS DE BATISMO (1819-1836); ; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal de Alfenas; Orientador: Mário Danieli Neto;

Natasha Vecchi Kraüss

O ensino de História durante o mandato do Ministro Gustavo Capanema (1934-1945); 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal de Alfenas; Orientador: Mário Danieli Neto;

José Edson dos Santos

Jornal Uai; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal de Alfenas; Orientador: Mário Danieli Neto;

Jean Talvani Costa

O PAPEL DO EMPRESARIADO INDUSTRIAL DE MINAS GERAIS DURANTE O PLANO TRIENAL (1963); 2017; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade Federal de Alfenas; Orientador: Mário Danieli Neto;

Jean Talvani Costa

EM BUSCA DE UM CONSENSO: O EMPRESARIADO MINEIRO NOS ARTIGOS DE NANSEN ARAÚJO DURANTE O ?MILAGRE ECONÔMICO? (1968-1974); 2017; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade Federal de Alfenas; Orientador: Mário Danieli Neto;

Rafael Martins Neves

Ditadura Militar e Copa do Mundo de 1970: a construção de discursos de legitimação do regime nas páginas da Veja e da Folha de São Paulo; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade Federal de Alfenas; Orientador: Mário Danieli Neto;

Rafael Martins Neves

DITADURA CIVIL-MILITAR E COPA DO MUNDO DE 1970: O ?NACIONALISMO DE CHUTEIRAS" COMO INSTRUMENTO DE LEGITIMAÇÃO; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade Federal de Alfenas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Mário Danieli Neto;

Thales Moura Brasil Alegro

A turbulência política durante o governo de João Goulart: justificativas para a ditadura militar no Brasil; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade Federal de Alfenas; Orientador: Mário Danieli Neto;

Nícolas Fontes Marucco

Escravidão e resistência no domínio flamengo sobre o Nordeste brasileiro (1630-1654); 2013; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade Federal de Alfenas, Universidade Federal de Alfenas; Orientador: Mário Danieli Neto;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

José Jobson de Andrade Arruda

A escravidão urbana e industrial em São Paulo: um estudo sobre a fábrica São João do Ipanema (Sorocaba) e as formas de exploração da mão-de-obra cativa nas cidades e em estabelecimentos fabris (Séculos XVIII e XIX); 2007; Tese (Doutorado em História) - Universidade Estadual de Campinas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: José Jobson de Andrade Arruda;

José Jobson de Andrade Arruda

A escravidão nas áreas urbanas do Oeste Paulista: café, violência o debate político sobre a abolição na segunda metade do século XIX; 2002; 0 f; Tese (Doutorado em História) - Universidade Estadual de Campinas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: José Jobson de Andrade Arruda;

Wilma Peres Costa

A escravidão urbana em Campinas: a dinâmica história e econômica do trabalho escravo no município em crescimento (1850-1888); 2001; 0 f; Dissertação (Mestrado em História Econômica) - Universidade Estadual de Campinas,; Orientador: Wilma Peres Costa;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • DANIELI NETO, M. . Trabalho e conflitos: aspectos da rotina e resistência dos escravos na Fábrica de Ferro São João de Ipanema (século XIX). Cultura histórica & Patrimônio , v. 1, p. 104-129, 2013.

  • DANIELI NETO, M. . ?PANORAMA HISTÓRICO DA FÁBRICA DE FERRO SÃO JOÃO DE IPANEMA E SUAS CARACTERÍSTICAS PRÉ-INDUSTRIAIS?. História Econômica & História de Empresas , v. XV, p. 99-134, 2012.

  • CELIA, Maria Isabel B. ; DANIELI NETO, M. . Aspectos históricos da evolução urbana do município de Campinas (SP) durante os séculos XVIII e XIX. Leituras de Economia Política (UNICAMP) , v. 10, p. 105-123, 2003.

  • MARIUTTI, E.B. ; NOGUERÓL, L.P.F. ; DANIELI NETO, M. . Mercado interno colonial e grau de autonomia: críticas às propostas de João Luís Fragoso e Manolo Florentino. Estudos Econômicos. Instituto de Pesquisas Econômicas , v. 31, p. 369-393, 2001.

  • DANIELI NETO, M. . Consolidação da cafeicultura e a escravidão no município de Campinas (1850-1888). LEITURAS DE ECONOMIA POLÍTICA (UNICAMP) , v. 8, p. 41-61, 2001.

  • DANIELI NETO, M. ; STEFFENS, Marcelo Hornos (Org.) ; ROVAI, M. G. O. (Org.) . Narrativas sobre tempos sombrios: ditadura civil-militar no Brasil. 1. ed. São Paulo: Letra e Voz, 2017. v. 1. 310p .

  • DANIELI NETO, M. . Entre a democracia e o autoritarismo:os planos econômicos de Jango a Geisel(décadas de 1960/70). In: Danieli Neto, Mário; Steffens, Marcelo Hornos; Rovai, Marta Gouveia de Oliveira. (Org.). Narrativas sobre tempos sombrios: Ditadura civil-militar no Brasil. 1ed.São Paulo: Letra e Voz, 2017, v. , p. 47-72.

  • REZENDE, E. G. ; DANIELI NETO, M. . A Extensão Universitária na UNIFAL-MG. In: EUGÊNIO, Alisson. (Org.). Universidade Federal de Alfenas.História de uma instituição centenária e de sua primeira década de transformação em universidade 2005-2015.. 1ed.Alfenas: UNIFAL-MG, 2015, v. , p. 189-200.

  • DANIELI NETO, M. . O Escravo Urbano na Campinas Imperial (1850-1888). In: Medrano, Lilia Inés Z. ; Godoy, João Miguel T.. (Org.). Campinas: visões de sua história. 1ed.Campinas: Editora Átomo, 2006, v. , p. 41-71.

  • DANIELI NETO, M. ; SUGIMOTO, Luiz . Pesquisa derruba mitos sobre o trabalho de escravos na indústria. Jornal da Unicamp, Campinas, p. 8 - 8, 30 set. 2007.

  • HORVATH, Sheila ; DANIELI NETO, M. . Estudo revela perfil industrial. Gazeta Mercantil, São Paulo, p. 10 - 10, 10 maio 2001.

  • DANIELI NETO, M. . População e escravidão em Alfenas (MG) no início do século XIX: uma pesquisa a partir dos registros paroquiais de batismos. In: I Colóquio de História Local e Regional do IF Sul de Minas, 2017, Muzambinho (MG). I Colóquio de História Local e Regional do IF Sul de Minas, 2017.

  • DANIELI NETO, M. ; CACAO, C. M. . População e escravidão em três localidades do sul de Minas Gerais no século XIX - notas de pesquisa. In: XI Congresso Brasileiro de História Econômica e 12a. Conferência Internacional de Historia de Empresas, 2015, Vitória ES. XI Congresso Brasileiro de História Econômica e 12a. Conferência Internacional de Historia de Empresas, 2015.

  • DANIELI NETO, M. . Escravos e africanos livres na Fábrica de Ferro Ipanema em Sorocaba (SP) - século XIX. In: XXVI Simpósio Nacional da Anpuh - Associação Nacional de História, 2011, São Paulo. Anais Eletrônicos do XXVI Simpósio Nacional da Anpuh. São Paulo: ANPUH SP, 2011.

  • ERBISTE, G. C. ; DANIELI NETO, M. . Orquestra Popular da UNIFAL-MG. In: Congresso Brasileiro de Extensão Universitária, 2018, Natal (RN). Congresso Brasileiro de Extensão Universitária, 2018.

  • DANIELI NETO, M. . Resistência escrava e trabalho industrial na Fábrica de Ferro São João de Ipanema (Século XIX). In: XVIII Encontro Regional ANPUH -MG, 2012, Mariana. XVIII Encontro Regional ANPUH MG, 2012.

  • DANIELI NETO, M. . Aspectos históricos da Fábrica de Ferro São João de Ipanema (Brasil-SP-Séculos XVII-XIX). In: IX Congresso Brasileiro de História Econômica e X Conferência Internacional de História de Empresas, 2011, Curitiba. IX Congresso Brasileiro de História de Empresas e X Conferência Internacional de História de Empresas. Curitiba: Universidade Federal do Paraná, 2011.

  • ROVAI, M. G. O. ; STEFFENS, Marcelo Hornos ; DANIELI NETO, M. . Os significados políticos do 31 de março: golpe ou revolução. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • ROVAI, M. G. O. ; STEFFENS, Marcelo Hornos ; DANIELI NETO, M. . Memórias e Esquecimentos no Brasil: 1915, 1935, 1945. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • DANIELI NETO, M. . Resistência escrava e trabalho industrial na Fábrica de Ferro São João de Ipanema (século XIX). 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • DANIELI NETO, M. . A economia brasileira sob os efeitos do Plano Collor. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • DANIELI NETO, M. . Escravos e africanos livres na Fábrica de Ferro Ipanema em Sorocaba (SP) - Século XIX. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • DANIELI NETO, M. . Seminário 50 Anos da Legalidade: Memória e História. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • DANIELI NETO, M. . Relações de poder, vigilância e resistência no contexto da Escravidão urbana e industrial. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • DANIELI NETO, M. . Escravidão na indústria: uma visão comparativa entre Brasil e Estados Unidos no século XIX.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • DANIELI NETO, M. ; SANTOS, N. P. . SANTOS, Nilton Pereira dos. A Fábrica de Ferro S. João de Ipanema: economia e política nas últimas décadas do Segundo Reinado (1860-1889). Rio de Janeiro: Multifoco, 2013. 2015 (Resenha).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

DANIELI NETO, M. . Assessor Externo para avaliação de projetos. 2012.

CANTALICE, Onildo Brito de ; SANTOS, Marco Aurélio dos ; DANIELI NETO, M. . Indústria de materiais de construção. 2010.

CANTALICE, Onildo Brito de ; TAYRA, Flávio ; DANIELI NETO, M. . Indústria e varejo da moda. 2010.

CANTALICE, Onildo Brito de ; TAYRA, Flávio ; DANIELI NETO, M. . Florestas plantadas. 2009.

CANTALICE, Onildo Brito de ; SANTOS, Marco Aurélio dos ; DANIELI NETO, M. . Cartões de crédito e débito. 2009.

CANTALICE, Onildo Brito de ; TAYRA, Flávio ; DANIELI NETO, M. . Saneamento básico. 2009.

DANIELI NETO, M. . Incorporação e Construção de Escritórios. 2002.

DANIELI NETO, M. . Galpões industriais e comerciais. 2001.

DANIELI NETO, M. . Edificações Residenciais. 2001.

DANIELI NETO, M. . A Indústria Cerâmica. 2000.

DANIELI NETO, M. ; TONELOTO, C. . História cativa: Escravidão encerra violência e mercantilização dos seres humanos, numa lógica condenável contemporaneamente. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

DANIELI NETO, M. ; MARTINS, Marcos Lobato ; SEBRIAN, R. N. N. . Cultura histórica & Patrimônio. 2012. (Editoração/Periódico).

DANIELI NETO, M. ; LOWANDE, W. F. F. . Uso das midias no ofício do historiador-docente. 2015. Interpretação.

DANIELI NETO, M. ; LOWANDE, W. F. F. ; BONASSA, F. B. ; OLIVEIRA, M. F. . Samba e História: aula aberta sobre algumas canções da Era Vargas. 2015. Interpretação.

REQUE, A. C. ; DANIELI NETO, M. ; SILVEIRA, N. J. F. . Viola e violão na canção popular. 2013. Interpretação.

DANIELI NETO, M. ; RIBEIRO, B. A. . Concerto para Violão e Orquestra em Ré Maior de A. Vivaldi. 2013. Interpretação.

DANIELI NETO, M. . A. Vivaldi - Concerto para Violão E Orquestra em Ré maior. 2013. Interpretação.

DANIELI NETO, M. ; REQUE, A. C. . O Violão e as raízes. 2012. Interpretação.

REQUE, A. C. ; DANIELI NETO, M. . Apresentação da Orquestra de Violões. 2012. Interpretação.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2016 - Atual

    Escravidão, arranjos familiares e legitimidade em Alfenas-MG: uma pesquisa com os registros de batismo de escravos (1817-1836), Descrição: O projeto trata do recolhimento, organização e análise da documentação existente em Alfenas sobre batismos, óbitos e casamento, com foco na população escrava.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Mário Danieli Neto - Coordenador / Mara Helena Lopes Ferreira - Integrante.

  • 2016 - Atual

    m busca de um consenso: o empresariado mineiro nos artigos de Nansen Araújo durante o ?Milagre Econômico? (1968-1974), Descrição: O Projeto busca analisar o debate empresarial comandado por Nansen Araújo por meio dos editoriais da revista Vida Industrial, periódico voltado para empresários em Minas Gerais durante os anos do "milagre econômico". , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Mário Danieli Neto - Coordenador / Jean Talvani Costa - Integrante.

  • 2014 - 2016

    O papel do empresariado industrial de Minas Gerais durante o Plano Trienal (1963), Descrição: O projeto tem por objetivo estudar os posicionamentos políticos do empresariado industrial mineiro durante a vigência do Plano Trienal elaborado por Celso Furtado durante o Governo de João Goulart (1961-1964) analisando fontes impressas, em particular, periódicos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Mário Danieli Neto - Coordenador / Jean Talvani Costa - Integrante.

  • 2014 - 2015

    DITADURA CIVIL-MILITAR E COPA DO MUNDO DE 1970: O ?NACIONALISMO DE CHUTEIRAS, Descrição: Projeto de Iniciação Científica desenvolvido com apoio financeiro da FAPEMIG. Este projeto se propõe a estudar as relações entre a ditadura civil-militar que se instalou no Brasil após 1964 e o futebol, enfatizando a conquista do tricampeonato mundial, em 1970. Ocorrida no primeiro dos chamados ?anos de chumbo?, a canalização de sentimentos suscitados por tal conquista rendeu dividendos políticos importantes para a ditadura, ajudando na construção de uma imagem de legitimidade. Os meios de comunicação tiveram importante papel no desenrolar desse processo, produzindo discursos que eram interessantes ao governo. Sendo assim, pretende-se avaliar a produção de tais discursos na revista Veja e no jornal Folha de São Paulo, veículos de grande circulação no início dos anos 1970.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Mário Danieli Neto - Coordenador / Rafael Martins Neves - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa.

  • 2013 - 2014

    Escravidão e resistência no domínio flamengo sobre o Nordeste Brasileiro (1630-1654), Descrição: Projeto de pesquisa em nível de Iniciação Científica. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Mário Danieli Neto - Coordenador / Nicolas Fontes Marucco - Integrante., Financiador(es): Universidade Federal de Alfenas - Bolsa.

  • 2012 - 2013

    A turbulência política durante o governo de João Goulart: justificativas para a ditadura militar no Brasil, Descrição: Trabalho de pesquisa em nível de iniciação científica. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Mário Danieli Neto - Coordenador / Thales Moura Brasil Alegro - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de Alfenas, Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, Instituto de Ciências Humanas e Letras. , Rua Gabriel Monteiro da Silva 700, Centro, 37130-000 - Alfenas, MG - Brasil, Telefone: (0035) 32991000

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2015 - Atual

    Universidade Federal de Alfenas

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Vice Coordenador do Curso de História UNIFAL, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Vice Coordenador do Curso de História da UNIFAL-MG

  • 2010 - Atual

    Universidade Federal de Alfenas

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor de 3o. Grau, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2014 - 2015

    Universidade Federal de Alfenas

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenador de Programas e Projetos da PROEX, Carga horária: 20

  • 2013 - 2014

    Universidade Federal de Alfenas

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenador de Cultura da PROEX, Carga horária: 15

    Atividades

    • 01/2015

      Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Ciências Humanas e Letras, .,Linhas de pesquisa

    • 09/2013

      Ensino, História, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, História do Brasil II, História do Brasil V (1930-1964)

    • 09/2013

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Diretoria Geral, Pró-Diretoria de Graduação.,Cargo ou função, Membro da Comissão elaboradora do edital para escolha do hino da UNIFAL-MG.

    • 08/2013

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Diretoria Geral, Pró-Diretoria de Graduação.,Cargo ou função, Presidente da Comissão para elaboração do projeto pedagógico do curso de Música da UNIFAL-MG. Portaria 1712 de 19 de agosto de 2013.

    • 08/2013

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Diretoria Geral, Pró-Diretoria de Graduação.,Cargo ou função, Presidente da Comissão para criação do Curso de Música da UNIFAL-MG.

    • 07/2013

      Extensão universitária , Diretoria Geral, Pró-Diretoria de Extensão.,Atividade de extensão realizada, Coordenador do Projeto Orquestra de Violões da UNIFAL-MG.

    • 03/2013

      Extensão universitária , Diretoria Geral, Pró-Diretoria de Extensão.,Atividade de extensão realizada, Coordenador de Cultura da Pró-Reitoria de Extensão.

    • 05/2013 - 09/2013

      Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, História do Brasil I

    • 05/2013 - 09/2013

      Ensino, História, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Economia Política

    • 11/2012 - 04/2013

      Ensino, História, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, História do Brasil II, História do Brasil V (1930-1964)

    • 02/2012 - 09/2012

      Ensino, Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, História do Brasil

    • 08/2011 - 12/2011

      Ensino, História, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, História do Brasil II, História do Brasil IV

    • 02/2011 - 07/2011

      Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Introdução à Economia

    • 02/2011 - 07/2011

      Ensino, Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, História do Brasil

    • 07/2010 - 12/2010

      Ensino, História, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, História da Escravidão negra no Brasil, História do Brasil IV (1930-1964)

    • 05/2010 - 07/2010

      Ensino, Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Historia do Brasil

  • 2004 - 2010

    Secretaria de Estado da Educação de São Paulo

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Efetivo, Carga horária: 31

  • 2002 - 2006

    Centro Universitário UniSant´anna

    Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor de Graduação, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Professor de Ensino de Graduação dos seguintes cursos e disciplinas: Ciências Econômicas: História Econômica Geral, Formação Econômica do Brasil, Economia do Setor Público, Técnicas de Pesquisa em Economia, Orientação de Monografias, Economia Brasileira I e II. Administração: Economia Brasileira, Finanças Públicas. História: Historiografia, Arquivologia, Introdução à Economia Turismo: História Geral

  • 1999 - 2003

    Gazeta Mercantil S/A

    Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Analista econômico, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Funções exercidas: análise de setores da economia brasileira.