Serge Péchiné

Atualmente é doutor pela Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales - EHESS Paris e pela Universidade Federal da Bahia. Coordenador do Grupo Hermes de Cultura e Promoção Social. Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Antropologia das Populações Afro-Brasileiras, atuando principalmente nos seguintes temas: pós-modernidade, sociologia dos conflitos, antropologia dinâmica, cultos afro-brasileiros e intolerância religiosa.

Informações coletadas do Lattes em 03/07/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Sociologia

2007 - 2013

École des Hautes Études en Sciences Sociales
Título: Intolérance et reconnaissance religieuse à Salvador de Bahia. Le face-à-face des Eglises néopencôtistes et des rleligions de matrice africaine en ce début de XXIe siècle
Orientador: Erwan Dianteill
com Coorientador: Ordep José Trindade Serra. Palavras-chave: Cultos Afro-brasileiros; Igrejas Neopentecostais; Intolerância Religiosa; Conflitos.Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia das Religiões.

Mestrado em Master 2

2005 - 2007

École des Hautes Études en Sciences Sociales
Orientador: Erwan Dianteill

Especialização em Anthropologie

1997 - 1999

Institut des Hautes Études de l´Amérique Latine
Orientador: Pierre-Yves Jacopin

Graduação em Diploma de Estudos Latino-Americanos

1994 - 1996

Institut des Hautes Études de l´Amérique Latine

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2014

Pós-Doutorado. , Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil. , Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. , Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia das Populações Afro-Brasileiras. , Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Rural.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2000 - 2000

Educação, Racismo e Diferenças Raciais no Brasil. , Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.

2000 - 2000

O Sistema Atlântico Negro. , Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Francês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia das Populações Afro-Brasileiras.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia das Religiões.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia Religiosa.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Rural.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

II Congresso Internacional de Direitos dos Povos e Comunidades Tradicionais. Religião Afro-Brasileira e Direitos Humanos. 2014. (Congresso).

Ciclo de Debates sobre os Espaços de Terreiros. 2014. (Seminário).

I Seminário de Justiça Ambiental pelas Águas: As Águas Não Têm Cor. 2008. (Seminário).

II Conferência Estadual do Meio Ambiente. 2008. (Outra).

X Congresso Latinoamericano de Medicina Social, IV Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde e XIV Congress of the International Association of Health Policy - Equidade, Ética e Direito à Saúde Coletiva na mundialização. Intolerância Religiosa e Saúde. 2007. (Congresso).

VI Seminário Nacional de Religiosidade Afro-Brasileira e Saúde.Pesquisadora do Projeto CASOS - Projeto Candomblé Solidariedade e Saúde em Salvador. 2007. (Seminário).

X Encontro de Ciênciais Sociais do Norte e Nordeste.As Dinâmicas Sociais, ou seja, o Jogo da Ordem e da Desordem na Antropologia de Georges Balandier. 2001. (Encontro).

Ciclo de Conferências - No Caminho de Hermes: Hermenêutica e Etnologia.A Interpretação dos Conflitos na Antropologia de Georges Balandier. 2001. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Xavier Gilles Vatin

SERRA, Ordep José Trindade; DIANTEILL, E.;VATIN, X. G.; AFFERGAN, F.; AUBREE, M.. Intolérance et reconnaissance religieuse à Salvador de Bahia. Le face-à-face des églises néo-pentecôtistes et des religions de matrice africaine en ce début de XXIe siècle. 2013. Tese (Doutorado em Sociologie) - Ecole des Hautes Études en Sciences Sociales.

Ordep José Trindade Serra

AFFERGAN, F.; AUBREE, M.; DIANTEIL, E.;SERRA, O. J. T.; VATIN, X.. Intolerância e reconhecimento religioso em Salvador, Bahia. O face-a-face das igrejas neopentecostais e das religiões de origem africana em seu início do século XXI. 2013. Tese (Doutorado em Sócio-Economie du développement) - École des hautes études en sciences sociales.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Lúcia Helena Ferreira dos Santos

Presas com Mel e Dendê: memórias dos deslocados do Parque Metropolitano de São Bartolomeu; Início: 2014; Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade Federal da Bahia; (Coorientador);

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Ordep José Trindade Serra

Intolérence Religieuse: les conflits religieux entre les cultes afro-brésiliens et les religieux néopentecostalistes; Início: 2010; Tese (Doutorado em Anthropologie) - École des Hautes Etudes en Sciences Sociales de Paris; (Coorientador);

Carlos Alberto Caroso Soares

2014; Universidade Federal da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Carlos Alberto Caroso Soares;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SERRA, O. J. T. ; PECHINE, S. . Candomblé e Políticas Públicas de Saúde em Salvador, Bahia. Revista Mediações (UEL) , v. 15, p. 163-178, 2010.

  • SERRA, O. J. T. ; PECHINE, S. . Feiras de Saúde do Terreiro da Casa Branca: estratégias de promoção de equidade na saúde da população negra. In: Ana Cristina de Souza Mandarino, Estélio Gomberg. (Org.). Leituras Afro-Brasileiras: territórios, religiosidades e saúdes. Salvador: Editora da Universidade Federal da Bahia (EDUFBA), 2009, v. , p. 1-344.

  • PECHINE, S. . Governance publique des eaux. Expériences des états brésiliens. Salavdor, 2011. (Tradução/Livro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

SERRA, O. J. T. ; PECHINE, S. . Laudo Antropológico do Terreiro do Bogum. 2007.

SERRA, O. J. T. ; PECHINE, S. . Laudo Antropológico do Terreiro Mokambo. 2005.

PECHINE, S. . Religião, Coexistência e Intolerância. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

PECHINE, S. ; RIBEIRO, D. de A. ; ALMEIDA, J. B. de A. ; SERRA, O. J. T. . Parâmetros Curriculares em Cultura Baiana. 2003. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

PECHINE, S. ; SERRA, O. J. T. . INTOLERÂNCIA RELIGIOSA: Ameaça à Paz. 2004. Vídeo.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2006 - 2009

    Candomblé Solidariedade e Saúde em Salvador, Descrição: Estudar as iniciativas recentes voltadas para melhoria das condições de saúde da população negra de Salvador envolvendo terreiros de candomblé; analisar o desempenho das agências empenhadas no processo (órgãos de governo, terreiros e ONG s), de modo a identificar tanto os problemas surgidos nessa interação como as possibilidades de aperfeiçoamento do trabalho conjunto; avaliar o impacto dessas iniciativas nos terreiros e no seu entorno; identificar os requisitos para a preparação específica de recursos humanos a fim de atuar nesse meio como agentes de saúde, considerando tanto a disponibilidade dos profissionais engajados nas instituições governamentais e não governamentais interessadas como a de membros dos terreiros empenhados nesse esforço de colaboração; definir, com base no acompanhamento de tais iniciativas, diretrizes de um plano de educação para a saúde condizente com as necessidades e as especificidades culturais do povo-de-santo soteropolitano; produzir conhecimento antropológico sobre os terreiros enquanto agências de saúde e seu papel como destinatários e colaboradores de projetos voltados para o incremento da saúde da população negra de Salvador; comparar o processo desenvolvido em Salvador com iniciativas semelhantes no horizonte da Rede Nacional de Religiões Afro-Brasileiras e Saúde.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Especialização: (1) Doutorado: (3) . , Integrantes: Serge Pechine - Integrante / Ordep José Trindade Serra - Coordenador / Denize de Almeida Ribeiro - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2007

Menção Honrosa na categoria pôster ao trabalho: Intolerância Religiosa e Saúde, ALAMES, ABRASCO e International Association of Health Policy.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2001 - 2003

Secretaria da Justiça e Direitos Humanos

Vínculo: Convênio, Enquadramento Funcional: Professor de Francês, Carga horária: 8

Atividades

  • 12/2001 - 12/2003

    Ensino,,Disciplinas ministradas, Curso Livre de Francês