Rafael Flora Ramos

Possui graduação em Ciências Biológicas (Bacharelado e Licienciatura) pela Universidade Federal de São Carlos (2008) e mestrado em Ecologia pela Universidade Estadual de Campinas (2013). Atualmente estuda as dinâmicas da vegetação e os estoques de biomassa viva acima do solo em áreas perturbadas de Mata Atlântica. Tem experiência em Bioquímica e Biologia Molecular, Genética de Populações, Ecologia Vegetal e Ecologia de Ecossistemas, bem como monitoramento de parcelas permanentes e manejo de banco de dados.

Informações coletadas do Lattes em 24/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Ecologia

2018 - Atual

Universidade Estadual de Campinas
Orientador: em University of California System ( Jeffrey Q. Chambers)
com Simone Aparecida Vieira. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Doutorado em andamento em Ecologia

2015 - Atual

Universidade Estadual de Campinas
Título: Impactos das ações antrópicas na dinâmica florestal em áreas de Floresta Ombrófila Densa Montana,
Simone Aparecida Vieira. Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Mestrado em Ecologia

2009 - 2013

Universidade Estadual de Campinas
Título: Estrutura genética em escala geográfica reduzida em Euterpe edulis Mart. (Arecaceae), uma palmeira da Mata Atlântica,Ano de Obtenção: 2013
Vera Nisaka Solferini.Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil. Palavras-chave: variação altitudinal; palmito; diversidade genética; Parque Estadual da Serra do Mar; microssatélites.

Graduação em Ciências Biológicas (Bacharelado)

2004 - 2008

Universidade Federal de São Carlos
Título: Produção de uma desintegrina recobinante em fusão com a Green Fluorescent Protein para estudos de localização celular
Orientador: Heloisa Sobreiro Selistre de Araujo
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Graduação em Ciências Biológicas (Licenciatura)

2004 - 2008

Universidade Federal de São Carlos

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2019 - 2019

São Paulo School of Advanced Science on Scenarios and Modelling on Biodiver. (Carga horária: 120h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2016 - 2016

School of Advanced Science on nitrogen cycling, environmental sustainabilit. (Carga horária: 80h). , Centro de Energia Nuclear na Agricultura, Universidade de São Paulo, CENA - USP, Brasil.

2014 - 2014

Extensão universitária em Introdução ao R. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

2013 - 2013

International Pollination Course. (Carga horária: 110h). , Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.

2010 - 2010

7º Curso Latinoamericano de Frugivoria e Dispersão. (Carga horária: 120h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2008 - 2008

Zonas de Amortecimento: desafios e oportunidades. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

2008 - 2008

Pesquisa de Campo no Parque Est. Ilha do Cardoso. (Carga horária: 96h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

2008 - 2008

Evolução do Comportamento Social. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

2008 - 2008

Introdução à Ecologia da Restauração. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

2007 - 2007

Mata Atlântica e Ambientes Cavernícolas (prático). (Carga horária: 70h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

2007 - 2007

Mata Atlântica e Ambientes Cavernícolas (teórico). (Carga horária: 10h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

2007 - 2007

DNA Forense. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

2007 - 2007

Biologia, Ecologia e Conc. de Tartarugas Marinhas. (Carga horária: 10h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

2007 - 2007

I Curso De Genética do PPGGEv. (Carga horária: 40h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

2006 - 2006

Introdução à Pesquisa com Cetáceos. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

2006 - 2006

Biotecnologia nas Ciências Agrárias. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

2006 - 2006

Princípios Básicos de Etologia e Aplicações. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

2005 - 2005

Animais Peçonhentos e Venenosos. (Carga horária: 8h). , Parque Ecológico de São Carlos, PESC, Brasil.

2004 - 2004

II Curso de Biologia e Manejo de Répteis. (Carga horária: 8h). , Parque Ecológico de São Carlos, PESC, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Biologia Molecular.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

RAMOS, R. F. . BIODIVERSIDADE não é problema, é SOLUÇÃO. 2019. (Outro).

RAMOS, R. F. . São Paulo School of Advanced Science on Scenarios and Modelling on Biodiversity and Ecosystem Services to Support Human Well-Being. 2019. (Outro).

VIEIRA, S. A. ; JOLY, C. A. ; BAKKER, Y. V. ; RAMOS, R. F. ; Silva, C. A. . II Workshop Mata Atlântica PELD & ECOFOR. 2016. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

BIODIVERSIDADE não é problema, é SOLUÇÃO. 2019. (Simpósio).

II Workshop do Laboratório de Ecologia e Manejo de Ecossistemas (LEME).Estrutura e dinâmica da vegetação na floresta montana atlântica. 2019. (Seminário).

2ª Reunião da Associação Brasileira de Ciência Ecológica e Conservação & 6 Simpósio de Ecologia Teórica. Aboveground live biomass recovery in Atlantic Rainforest after 40 years of regeneration. 2018. (Congresso).

9th Evaluation Meeting of the BIOTA/FAPESP Program.CARBON BALANCE IN HUMAN MODIFIED ATLANTIC FORESTS: impacts of a dryer period. 2017. (Encontro).

II Workshop Mata Atlântica.Estoques de biomassa viva acim do solo e produtividade em áreas de Floresta Ombrófila Densa Montana alteradas pela ação humana.. 2016. (Outra).

Matas Secas no Brasil: biodiversidade e serviços do ecossistema. 2016. (Simpósio).

49th Annual Meeting of the Association for Tropical Biology. Small scale genetic structure in Euterpe edulis Mart. (Arecaceae), a rainforest palm tree. 2012. (Congresso).

International Symposium on Phylogeography. 2010. (Simpósio).

II Simpósio de Ecologia do PPGERN. 2008. (Simpósio).

IV Semana da Biologia da UFSCar. 2008. (Outra).

VI Semana do Meio Ambiente e Sustentabilidade. 2008. (Outra).

I Workshop de Aves da UFSCar. 2007. (Outra).

V Semana do Meio Ambiente e Sustentabilidade. 2007. (Outra).

III Semana do Meio Ambiente e Sustentabilidade. 2005. (Outra).

Workshp Introdução a Gestão Ambiental. 2005. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Márcia Regina Cominetti

COMINETTI, M. R.ARAUJO, Heloisa Sobreiro Selistre de. Produção de uma desintegrina recombinante em fusão com a green fluorescent protein para estudos de localização celular. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos.

Luís Felipe de Toledo Ramos Pereira

Toledo, L. F.. Coevolução. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Ecologia) - Universidade Estadual de Campinas.

Evandro Marsola de Moraes

SOLFERINI, V. N.; VIEIRA, S. A.;MORAES, E. M.. Estrutura genética em escala geográfica reduzida em Euterpe edulis Mart. (Arecaceae), uma palmeira da Mata Atlântica. 2013. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Estadual de Campinas.

Cristiana Simão Seixas

SEIXAS, Cristiana. S.. Coevolução. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Ecologia) - Universidade Estadual de Campinas.

Simone Aparecida Vieira

VIEIRA, S. A.; SOLFERINI, V. N.; MORAES, E. M.. Estrutura genética e variação altitudinal em uma espécie da Mata Atlântica. 2013. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Estadual de Campinas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Juliana Uema Ribeiro

Projeto: Produção de uma desintegrina recombinante em fusão com a Green Fluorescent Protein para estudos de localização celular (Co-orientadora); 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Juliana Uema Ribeiro;

Vera Nisaka Solferini

Estrutura genética em Coussarea meridionalis (Rubiaceae), uma espécie endêmica da Mata Atlântica; 2013; Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Estadual de Campinas,; Orientador: Vera Nisaka Solferini;

Heloisa Sobreiro Selistre de Araujo

Produção de uma desintegrina recombinante em fusão com a green fluorescent protein para estudos de localização celular; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Heloisa Sobreiro Selistre de Araujo;

Simone Aparecida Vieira

Impactos das ações antrópicas na dinâmica florestal em áreas de Floresta Ombrófila Densa Montana; Início: 2015; Tese (Doutorado em Ecologia) - Universidade Estadual de Campinas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • GIUDICE-NETO, JOÃO ; RAMOS, RAFAEL FLORA ; MORAES, EVANDRO MARSOLA DE ; SILVA, MÁRCIO JOSÉ DA ; Solferini, Vera Nisaka . Isolation and characterization of ten new microsatellite markers in Machaerium villosum Vogel (Fabaceae). Hoehnea , v. 41, p. 77-80, 2014.

  • MONTENEGRO, CYNTIA F. ; SALLA-PONTES, CARMEN L. ; RIBEIRO, JULIANA U. ; MACHADO, ALINE Z. ; RAMOS, RAFAEL F. ; FIGUEIREDO, CAMILA C. ; MORANDI, VERÔNICA ; SELISTRE-DE-ARAUJO, HELOISA S. . Blocking v3 integrin by a recombinant RGD disintegrin impairs VEGF signaling in endothelial cells. Biochimie (Paris. Print) , v. 94, p. 1812-1820, 2012.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2013 - Atual

    ECOFOR: Biodiversidade e funcionamento de ecossistemas em áreas alteradas pelo homem nas Florestas Amazônica e Atlântica, Descrição: As Florestas Tropicais detêm metade do estoque de carbono na vegetação do mundo e produzem 34% da produtividade bruta primária em sistemas terrestres em todo o planeta, o que representa a maior contribuição para a produtividade da Terra de um único bioma e é representa quatro vezes a contribuição das florestas boreais e temperadas combinados. Ao mesmo tempo, as florestas tropicais detêm altos índices de biodiversidade, constituindo-se em hotspots para quase todos os grupos de plantas e de animais. Mesmo assim, são altamente ameaçadas por atividades humanas, apresentando taxas de desmatamento de 8 - 10 milhões de hectares/ano" de 2000 a 2010. As florestas remanescentes já foram degradadas pela sobre-exploração de madeira e de recursos não madeireiros, pela fragmentação e o consequente isolamento e efeitos de borda, e pelas mudanças climáticas globais. A degradação florestal resulta em um contínuo declínio nos serviços ambientais decorrentes dos níveis crescentes e insustentáveis dos impactos humanos. Entretanto, a maioria das pesquisas sobre a contribuição de Florestas Tropicais para o sistema Terra concentrou-se em habitats conservados, geralmente pouco alterados, sendo impossível extrapolar os resultados, por exemplo, de ciclagem de nutrientes e estoques de carbono, destas áreas pristinas para Florestas Tropicais modificadas pelo homem (HMTF). Cinco áreas de pesquisa científica precisam, urgentemente, abordar as seguintes lacunas: i) Impactos das alterações humanas sobre o funcionamento do ecossistema, especialmente ciclagem de matéria orgânica, nutrientes e as relações entre os processos biofísicos, a biodiversidade, o solo e o clima; ii) conectar o funcionamento do ecossistema e caracteres biológicos, que podem fornecer pistas sobre a estabilidade e a resiliência das florestas degradadas; iii) compreender a capacidade de generalização dos dados, isto é, até que ponto resultados obtidos em uma dada Floresta Tropical podem ser extrapolados para florestas em outros continentes; iv) compreender o impacto e as consequências das alterações humanas a nível de paisagem e tempo, multi escalas espaciais e temporais; v) reduzir a distância e o tempo entre a ciência e a tomada de decisão política. Este projeto visa proporcionar uma mudança radical em nossa compreensão das consequências da degradação florestal para a biodiversidade e os processos ecológicos associados e serviços ambientais na Amazônia e na Mata Atlântica. O Projeto visa: 1) estabelecer a primeira rede de sites de estudo intensivo e acompanhamento a longo prazo, ao longo de um gradiente de florestas intactas e alteradas na Amazônia, e melhorar significativamente a rede de sites de áreas alteradas e intactas na Mata Atlântica; 2) complementar este sites de estudo intensivo com uma rede de parcelas em diversas microbacias na Amazônia e na Mata Atlântica, quer permitirá extrapolar dados de biodiversidade, estoques de carbono e serviços ambientais para o nível da paisagem; 3) desenvolver uma visão integrada ao longo de gradientes de alteração humana, que permita uma abordagem multi-escalar espacial e temporal. O projeto focará quatro tipos de floresta ao longo de um gradiente de perturbação amplo, incluindo os dois processos predominantes de degradação: corte seletivo e incêndios. O estudo intensivo será realizado em dois conjuntos de parcelas: as parcelas Programa Biota no Parque Estadual da Serra do Mar da porção nordeste do estado de São Paulo, e parcelas na região de Santarém-Belterra na Amazônia. Os resultados esperados vão contribuir significativamente com o estabelecimento de hipóteses sobre as consequências funcionais de mudanças em comunidades de plantas e pássaros, aqui utilizados como indicadores de biodiversidade, após alterações humanas em florestas tropicais. O projeto vai deixar um legado importante, tanto em conhecimento como em e infraestrutura, que vai conti. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rafael Flora Ramos - Integrante / Carlos Alfredo Joly - Coordenador / Simone Aparecida Vieira - Integrante.

  • 2009 - 2013

    Estrutura genética e variação altitudinal em uma espécie da Mata Atlântica, Descrição: A variabilidade genética é fundamental para a manutenção dos processos evolutivos e para a continuidade de uma espécie frente às mudanças ambientais. O arranjo dos alelos no espaço é referido como estrutura genética populacional e está sob influência de diversos fatores. As variações decorrentes dos gradientes altitudinais, por exemplo, podem afetar a dinâmica e a estrutura genética em populações naturais. Assim, o objetivo do estudo foi analisar a distribuição da variabilidade genética ao longo de um gradiente altitudinal em Euterpe edulis (Arecaceae), uma palmeira da Mata Atlântica.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Rafael Flora Ramos - Integrante / Vera Nisaka Solferini - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2007 - 2008

    Produção de uma desintegrina recombinante em fusão com a Green Fluorescent Protein (GFP) para estudos de localização celular, Descrição: As integrinas são proteínas transmembrana heterodiméricas capazes de aderir à matriz extracelular. Atuam, dessa forma, na ancoragem celular, polarização, migração, apoptose e, consequentemente, têm papel chave na morfogênese, resposta imune, cicatrização, crescimento e diferenciação celular, além de processos patológicos como o câncer. As desintegrinas representam um grupo de proteínas de baixa massa molecular encontradas no veneno de serpentes das famílias Viperidae e Crotalidae e que se ligam com grande afinidade às integrinas ativando diferentes vias de sinalização interna e diversas respostas celulares. O estudo das desintegrinas se mostra de grande interesse para a compreensão dos processos celulares e a prospecção de novos fármacos. O objetivo do presente estudo foi clonar e expressar de maneira heteróloga a desintegrina DisBa-01, de Bothrops alternatus, fusionada à GFP (green fluorescent protein) para estudos de localização intracelular.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Rafael Flora Ramos - Integrante / Heloisa Sobreiro Selistre de Araújo - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2013

8 colocado Juri Popular no 1 Concurso Fotográfico "Aves de São Carlos", Grupo de Observadores de Aves de São Carlos.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Estadual de Campinas, Núcleo de Estudos e Pesquisas Ambientais - NEPAM. , Rua dos Flamboyants, Cidade Universitária, 13083867 - Campinas, SP - Brasil, Telefone: (00) 00000000

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2014 - 2015

Escola Estadual Prof. Joaquim Ferreira Lima

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor da Educação Básica II, Carga horária: 12

2012 - 2013

Serviço Social do Comércio

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Educador, Carga horária: 30

Outras informações:
Educador na Exposição Energia, unidade de Campinas

2015 - Atual

Universidade Estadual de Campinas

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Doutorando, Regime: Dedicação exclusiva.

2009 - 2013

Universidade Estadual de Campinas

Vínculo: Outro (especifique), Enquadramento Funcional: Mestrando, Regime: Dedicação exclusiva.

2017 - 2017

University of Leeds

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador visitante, Carga horária: 40