Nívea Núnes Cavascan

Docente do Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais da Universidade Federal de São Paulo/Escola Paulista de Medicina (UNIFESP/EPM), ocupando atualmente o cargo de Professora Adjunta II, na Disciplina de Distúrbios Visuais Funcionais. Possui graduação em Tecnologia Oftálmica (2002) e doutorado em Ciências Visuais (2012) pela UNIFESP/EPM. Atualmente é Vice- coordenadora do Curso de Tecnologia Oftálmica da UNIFESP. No Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais da UNIFESP/EPM, é professora orientadora do Programa de Mestrado Profissional em Tecnologia, Gestão e Saúde Ocular; exerce a coordenação dos ambulatórios de Visão Subnormal (Setor de Baixa Visão e Reabilitação Visual) e de Ambliopia (Setor de Oftalmopediatria), é membro do Laboratório de Eletrofisiologia Visual Clínica e do Núcleo de Epidemiologia Ocular. Possui experiência em Eletrofisiologia Visual Clínica, Epidemiologia Ocular, Reabilitação Visual em Baixa Visão e Ambliopia, e rastreamento de problemas visuais em escolares, sendo membro da Association for Research in Vision and Ophthalmology (ARVO).

Informações coletadas do Lattes em 24/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Ciências Visuais

2010 - 2012

Universidade Federal de Sao Paulo/Escola Paulista de Medicina
Título: Déficit, diferença interocular e maturação da acuidade visual em crianças com deficiência visual cerebral
Profª Drª Adriana Berezovsky. Coorientador: Profª Drª Paula Yuri Sacai. Palavras-chave: Acuidade visual; Potenciais evocados visuais; Eletrofisiologia; Distúrbios visuais; Doença cerebral; Criança. Grande área: Ciências da SaúdeGrande Área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Oftalmologia. Setores de atividade: Atividades de atenção à saúde humana.

Especialização em Eletrofisiologia Visual Clínica

2004 - 2005

Departamento de Oftalmologia da Universidade Federal de São Paulo
Título: Potencial visual evocado, eletrorretinografia e eletro-oculografia

Especialização em Visão Subnormal

2003 - 2004

Departamento de Oftalmologia da Universidade Federal de São Paulo
Título: Reabilitação visual

Graduação em Tecnologia Oftálmica

2000 - 2002

Universidade Federal de Sao Paulo/Escola Paulista de Medicina

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2011 - 2011

Desenvolvimento Visual. (Carga horária: 60h). , Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, IP-USP, Brasil.

2011 - 2011

Curso on-line de Pesquisa no Pubmed. (Carga horária: 96h). , Biblioteca Central da Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP/EPM, Brasil.

2011 - 2011

Psicologia Sensorial. (Carga horária: 180h). , Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, IP-USP, Brasil.

2011 - 2011

Epidemiologia Ocular Básica. (Carga horária: 20h). , Departamento de Oftalmologia da Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP/EPM, Brasil.

2010 - 2010

Ética Médica. (Carga horária: 12h). , Departamento de Patologia da Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP/EPM, Brasil.

2010 - 2010

Estratégias Retinianas de Codificação Visual. (Carga horária: 30h). , Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, IP-USP, Brasil.

2010 - 2010

Formação Didático-Pedagógica em Saúde. (Carga horária: 60h). , CEDESS da Universidade Federal de são Paulo, UNIFESP/EPM, Brasil.

2010 - 2010

Metodologia Científica. (Carga horária: 36h). , Departamento de Patologia da Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP/EPM, Brasil.

2009 - 2009

Biologia Molecular Aplicada a Microbiologia Ocular. (Carga horária: 5h). , Departamento de Oftalmologia da Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP/EPM, Brasil.

2008 - 2008

Análise de Dados Epidemiológicos - Programa STATA. (Carga horária: 20h). , Departamento de Medicina Preventiva da Universidade de São Paulo, FMUSP, Brasil.

2008 - 2008

Análise Estatística. (Carga horária: 48h). , Setor de Estatística Aplicada da Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP/EPM, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências da Saúde.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Tecnologia Oftálmica.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

HOFLING-LIMA, A. L. ; MELLO, P. A. A. ; BELFORT JR, R. ; SALOMAO, S. R. ; BEREZOVSKY, A. ; FREITAS, D. ; CAMPOS, M. S. Q. ; FARAH NETO, M. E. ; SCHOR, P. ; PARANHOS JR, A. ; REGATIERI, C. V. S. ; MUCCIOLI, C. ; OLIVEIRA, F. ; TAVARES, I. M. ; GOMES, J. A. P. ; MAIA, M. ; FERRAZ, N.N. ; ALLEMANN, N. ; SACAI, P. Y. ; SANTOS, V. R. ; CHAMON, W. ; NOSE, W. . Integrante da Comissão Científica do 43º SIMASP - Corpo Docente. 2020. (Congresso).

MUCCIOLI, C. ; HIRAI, F. E. ; TAVARES, I. M. ; GOMES, J. A. P. ; SOUZA, L. B. ; LIMA, L. H. S. G. ; CONTE, M. ; MONTEIRO, M. R. ; GRAZIOSI, M. E. S. ; SCARPI, M. J. ; FERRAZ, N.N. ; ALLEMANN, N. ; SACAI, P. Y. ; CRISTOVAM, P. ; HAZARBASSANOV, R. M. ; SANTOS, V. R. . Integrante da Comissão Científica do 5⁰ Dia da Pesquisa do Mestrado Profissional em Tecnologia, Gestão e Saúde Ocular. 2019. (Outro).

HOFLING-LIMA, A. L. ; MELLO, P. A. A. ; BELFORT JR, R. ; SALOMAO, S. R. ; BEREZOVSKY, A. ; FARAH NETO, M. E. ; PARANHOS JR, A. ; MUCCIOLI, C. ; FREITAS, D. ; OLIVEIRA, F. ; TAVARES, I. M. ; GOMES, J. A. P. ; MAIA, M. ; CAMPOS, M. S. Q. ; FERRAZ, N.N. ; ALLEMANN, N. ; SACAI, PAULA Y ; SCHOR, P. ; SANTOS, V. R. ; CHAMON, W. ; NOSE, W. . Integrante da Comissão Científica do 42⁰ SIMASP - Corpo Docente. 2019. (Congresso).

BEREZOVSKY, A. ; MUCCIOLI, C. ; HIRAI, F. E. ; TAVARES, I. M. ; GOMES, J. A. P. ; SOUZA, L. B. ; LIMA, L. H. S. G. ; CONTE, M. ; MONTEIRO, M. R. ; GRAZIOSI, M. E. S. ; SCARPI, M. J. ; FERRAZ, N.N. ; ALLEMANN, N. ; SACAI, P. Y. ; CRISTOVAM, P. ; HAZARBASSANOV, R. M. ; SANTOS, V. R. . Integrante da Comissão Científica do 4⁰ Dia da Pesquisa do Mestrado Profissional em Tecnologia, Gestão e Saúde Ocular. 2018. (Outro).

HOFLING-LIMA, A. L. ; MELLO, P. A. A. ; BELFORT JR, R. ; SALOMAO, S. R. ; BEREZOVSKY, A. ; FARAH NETO, M. E. ; PARANHOS JR, A. ; MUCCIOLI, C. ; FREITAS, D. ; OLIVEIRA, F. ; TAVARES, I. M. ; GOMES, J. A. P. ; MAIA, M. ; CAMPOS, M. S. Q. ; FERRAZ, N.N. ; ALLEMANN, N. ; SACAI, P. Y. ; SCHOR, P. ; SANTOS, V. R. ; CHAMON, W. ; NOSE, W. . Integrante da Comissão Científica do 41º SIMASP - Corpo Docente. 2018. (Congresso).

BEREZOVSKY, A. ; MUCCIOLI, C. ; FREITAS, D. ; FERRETTI, E. C. ; CARVALHO, F. R. ; HIRAI, F. E. ; TAVARES, I. M. ; GOMES, J. A. P. ; SOUZA, L. B. ; LIMA, L. H. S. G. ; CONTE, M. ; MONTEIRO, M. R. ; GRAZIOSI, M. E. S. ; SCARPI, M. J. ; NAVARRO, M. ; CAVASCAN, N.N. ; ALLEMANN, N. ; SACAI, P. Y. ; CRISTOVAM, P. ; HAZARBASSANOV, R. M. ; BELFORT JR, R. ; SANTOS, V. R. . Integrante da Comissão Científica do 3⁰ Dia da Pesquisa do Mestrado Profissional em Tecnologia, Gestão e Saúde Ocular. 2017. (Outro).

HOFLING-LIMA, A. L. ; MELLO, P. A. A. ; BELFORT JR, R. ; SALOMAO, S. R. ; BEREZOVSKY, A. ; FARAH NETO, M. E. ; PARANHOS JR, A. ; MUCCIOLI, C. ; FREITAS, D. ; TAVARES, I. M. ; GOMES, J. A. P. ; CAMPOS, M. S. Q. ; FERRAZ, N.N. ; ALLEMANN, N. ; SACAI, P. Y. ; SCHOR, P. ; CHAMON, W. ; NOSE, W. . Integrante da Comissão Científica do 40º SIMASP - Corpo Docente. 2017. (Congresso).

BEREZOVSKY, A. ; HOFLING-LIMA, A. L. ; PARANHOS JR, A. ; MUCCIOLI, C. ; FREITAS, D. ; GOMES, J. A. P. ; SCARPI, M. J. ; CAMPOS, M. S. Q. ; FARAH NETO, M. E. ; CAVASCAN, N.N. ; ALLEMANN, N. ; SACAI, P. Y. ; MELLO, P. A. A. ; SCHOR, P. ; BONOMO, P. P. O. ; BELFORT JR, R. ; SALOMAO, S. R. ; CHAMON, W. ; NOSE, W. . Integrante da Comissão Científica do 39⁰ SIMASP - Corpo Docente. 2016. (Congresso).

BEREZOVSKY, A. ; MUCCIOLI, C. ; FREITAS, D. ; RODRIGUES, E. B. ; FERRETTI, E. C. ; CARVALHO, F. R. ; HIRAI, F. E. ; TAVARES, I. M. ; GOMES, J. A. P. ; SOUZA, L. B. ; LIMA, L. H. S. G. ; CONTE, M. ; MONTEIRO, M. R. ; GRAZIOSI, M. E. S. ; SCARPI, M. J. ; NAVARRO, M. ; CAVASCAN, N.N. ; ALLEMANN, N. ; SACAI, P. Y. ; BELFORT JR, R. ; PRATA, T. S. . Integrante da Comissão Científica do 2⁰ Dia da Pesquisa do Mestrado Profissional - Programa de Pós Graduação em Oftalmologia e Ciências Visuais. 2016. (Outro).

BEREZOVSKY, A. ; PIRES, B. H. F. F. ; MUCCIOLI, C. ; FREITAS, D. ; RODRIGUES, E. B. ; FERRETTI, E. C. ; CARVALHO, F. R. ; HIRAI, F. E. ; TAVARES, I. M. ; GOMES, J. A. P. ; SOUZA, L. B. ; LIMA, L. H. S. G. ; CONTE, M. ; GRAZIOSI, M. E. S. ; MONTEIRO, M. R. ; SCARPI, M. J. ; NAVARRO, M. ; CAVASCAN, N.N. ; ALLEMANN, N. ; SACAI, P. Y. ; BELFORT JR, R. ; PRATA, T. S. . Integrante da Comissão Científica do 1⁰ Dia da Pesquisa do Mestrado Profissional - Programa de Pós Graduação em Oftalmologia e Ciências Visuais. 2015. (Outro).

BEREZOVSKY, A. ; HOFLING-LIMA, A. L. ; PARANHOS JR, A. ; MUCCIOLI, C. ; FREITAS, D. ; GOMES, J. A. P. ; LAPA, M. C. S. ; SCARPI, M. J. ; CAMPOS, M. S. Q. ; FARAH NETO, M. E. ; ALLEMANN, N. ; CAVASCAN, N.N. ; SACAI, P. Y. ; MELLO, P. A. A. ; SCHOR, P. ; BONOMO, P. P. O. ; SALOMAO, S. R. ; BELFORT JR, R. ; CHAMON, W. ; NOSE, W. . Integrante da Comissão Científica do 38⁰ SIMASP - Corpo Docente. 2015. (Congresso).

FREITAS, D. ; MITSUHIRO, M. R. K. H. ; NAKANAMI, C. R. ; CAVASCAN, N.N. ; MORIYAMA, A. S. ; LOPES, M. C. B. . Integrante da Comissão Organizadora do Curso de capacitação multidisciplinar em Baixa Visão na infância. 2012. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

42 Curso de Ciências Básicas em Oftalmologia e Ciências Visuais do Departamento de Oftalmologia da UNIFESP/EPM.Reabilitação visual e adaptação de recursos ópticos. 2020. (Outra).

42 Curso de Ciências Básicas em Oftalmologia e Ciências Visuais do Departamento de Oftalmologia da UNIFESP/EPM.Processamento visual: sensação e percepção. 2020. (Outra).

42 Curso de Ciências Básicas em Oftalmologia e Ciências Visuais do Departamento de Oftalmologia da UNIFESP/EPM.Campo visual e estereopsia. 2020. (Outra).

43 SIMASP.Palestrante com tema ?Reabilitação visual no idoso? no Simpósio Olhos para Cidadania: Reabilitação. 2020. (Simpósio).

43 SIMASP.Coordenador da atividade: Auxílios nas Atividades de Vida Diária do Longevo com Dificuldade Visual: da Rotina ao Lazer. 2020. (Simpósio).

43 SIMASP.Coordenador do Painel de Discussão: Casos Desafiadores em Oftalmogeriatria. 2020. (Simpósio).

43 SIMASP.Coordenador do Simpósio de Tecnologia Oftálmica. 2020. (Simpósio).

43 SIMASP.Coordenador do Painel de Discussão: Definindo Técnicas Adequadas em Tecnologia Oftálmica. 2020. (Simpósio).

43 SIMASP.Palestrante com tema "Recursos ópticos e não ópticos para leitura e lazer: quais as opções?" na atividade: Auxílios nas Atividades de Vida Diária do Longevo com Dificuldade Visual: da Rotina ao Lazer. 2020. (Simpósio).

43 SIMASP.Apresentadora do caso clínico ?Deficiência visual cortical? no Simpósio Reabilitação Visual e Baixa Visão em Adultos. 2020. (Simpósio).

43 SIMASP.Coordenador do Simpósio Reabilitação Visual e Baixa Visão em Adultos. 2020. (Simpósio).

43 SIMASP. 2020. (Simpósio).

41 Curso de Ciências Básicas em Oftalmologia e Ciências Visuais do Departamento de Oftalmologia da UNIFESP/EPM.Reabilitação visual e adaptação de recursos ópticos. 2019. (Outra).

42 SIMASP. 2019. (Simpósio).

42 SIMASP.Coordenador do Painel de Discussão: Definindo Técnicas Adequadas em Tecnologia Oftálmica. 2019. (Simpósio).

42 SIMASP.Coordenador do Simpósio de Tecnologia Oftálmica. 2019. (Simpósio).

42 SIMASP.Coordenador do Simpósio Reabilitação Visual e Baixa Visão em Adultos. 2019. (Simpósio).

ARVO 2019 Annual Meeting. 2019. (Congresso).

Curso de Epidemiologia Ocular do Programa de Pós-Graduação em Oftalmologia e Ciências Visuais da UNIFESP/EPM.Como desenvolver um estudo ocular de base populacional no Brasil. 2019. (Outra).

Curso de Pesquisa Aplicada e Bioestatítica do Centro Oftalmológico de Ensino e Pesquisa (COEP).Como elaborar um protocolo de pesquisa. 2019. (Outra).

Curso de Revisão em Oftalmologia -.Baixa visão e reabilitação em doenças retinianas. 2019. (Outra).

Jornada Multidisciplinar em Envelhecimento - Abordagens nas Síndromes Geriátricas.Incapacidade comunicativa - limitações visuais no idoso. 2019. (Encontro).

40 Curso de Ciências Básicas em Oftalmologia e Ciências Visuais do Departamento de Oftalmologia da UNIFESP/EPM.Reabilitação visual e adaptação de recursos ópticos. 2018. (Outra).

41 SIMASP.Coordenador do Simpósio de Tecnologia Oftálmica. 2018. (Simpósio).

41 SIMASP.Palestrante com tema "Reabilitação visual em baixa visão" no Painel de Discussão: Definindo Técnicas Adequadas em Tecnologia Oftálmica. 2018. (Simpósio).

41 SIMASP.Coordenador do Simpósio Reabilitação Visual e Baixa Visão em Adultos. 2018. (Simpósio).

41 SIMASP.Coordenador do Painel de Discussão: Definindo Técnicas Adequadas em Tecnologia Oftálmica. 2018. (Simpósio).

41 SIMASP. 2018. (Simpósio).

Curso de Oftalmologia Fetal e Pediátrica.Reabilitação visual em escolares com baixa visão. 2018. (Outra).

Oficina sobre Curricularização da Extensão no Campus São Paulo - Universidade Federal de São Paulo. 2018. (Oficina).

Programa de Educação Permanente da Diretoria de Enfermagem - Hospital São Paulo/SPDM.Como lidar com o deficiente visual. 2018. (Outra).

Research & Technology Rounds.Reabilitação visual em baixa visão. 2018. (Outra).

Simpósio da Sociedade Panamericana de Baixa Visão - XXVIII Congresso do Hospital São Geraldo.Testes disponíveis de avaliação funcional da visão - instrumentos de avaliação da visão funcional da criança com baixa visão. 2018. (Simpósio).

39 Curso de Ciências Básicas em Oftalmologia e Ciências Visuais do Departamento de Oftalmologia da UNIFESP/EPM.Reabilitação visual e adaptação de recursos ópticos. 2017. (Outra).

40 SIMASP.Coordenador do Curso de Baixa Visão e Reabilitação Visual. 2017. (Simpósio).

40 SIMASP.Coordenador do Simpósio de Tecnologia Oftálmica. 2017. (Simpósio).

40 SIMASP.Orientador do caso clínico "Uso de filtros em reabilitação visual" no Curso de Baixa Visão e Reabilitação Visual. 2017. (Simpósio).

40 SIMASP. 2017. (Simpósio).

ARVO 2017 Annual Meeting. 2017. (Congresso).

Curso de Formação em Oftalmogeriatria.Recursos ópticos e não ópticos para adaptação de leitura no idoso. 2017. (Outra).

38 Curso de Ciências Básicas em Oftalmologia e Ciências Visuais do Departamento de Oftalmologia da UNIFESP/EPM.Reabilitação visual e adaptação de recursos ópticos. 2016. (Outra).

39 SIMASP.Discutidor no Simpósio Baixa Visão. 2016. (Simpósio).

39 SIMASP.Coordenador do Simpósio Tecnologia Oftálmica. 2016. (Simpósio).

39 SIMASP.Coordenador do Simpósio Baixa Visão. 2016. (Simpósio).

39 SIMASP. 2016. (Simpósio).

ARVO 2016 Annual Meeting. 2016. (Congresso).

37 Curso de Ciências Básicas em Oftalmologia e Ciências Visuais do Departamento de Oftalmologia da UNIFESP/EPM.Reabilitação visual e adaptação de recursos ópticos. 2015. (Outra).

38 SIMASP.Coordenador do Simpósio de Tecnologia Oftálmica. 2015. (Simpósio).

38 SIMASP.Eletrofisiologia na deficiência visual cortical. 2015. (Simpósio).

38 SIMASP. 2015. (Simpósio).

38 SIMASP.Reabilitação de leitura na baixa visão. 2015. (Simpósio).

ARVO 2015 Annual Meeting. 2015. (Congresso).

Curso de Visão Subnormal do Centro de Estudos em Oftalmologia da.Avaliação clínica das funções visuais em adultos e escolares com baixa visão. 2015. (Outra).

IV Simpósio de Oftalmologia Esportiva da UNIFESP.Fundamentos de percepção visual na área da tecnologia oftálmica. 2015. (Simpósio).

Programa Avançado de Ensino Teórico da Oftalmologia - PAETO.Visão subnormal: auxílios ópticos. 2015. (Outra).

37 SIMASP.Discutidor na sessão: Grand Round - Baixa Visão e Reabilitação Visual. 2014. (Simpósio).

37 SIMASP.Treinamento para adaptação de recursos ópticos para perto. 2014. (Simpósio).

37 SIMASP.Coordenador da sessão: Evolução em Tecnologia Oftálmica. 2014. (Simpósio).

37 SIMASP. 2014. (Simpósio).

37 SIMASP.Velocidade de leitura e sensibilidade ao contraste em baixa visão. 2014. (Simpósio).

37 SIMASP.Coordenador da sessão: Básico em Baixa Visão e Reabilitação Visual. 2014. (Simpósio).

Curso "New Horizons in OCT Thechnology". 2014. (Outra).

Curso de Ciências Básicas em Oftalmologia do Departamento de Oftalmologia da UNIFESP/EPM.Visão subnormal e reabilitação visual: adaptação de recursos ópticos. 2014. (Outra).

36 SIMASP.Discutidor na mesa redonda "Acuidade Visual em Crianças" na sessão: Tecnologia Oftálmica e Precisão. 2013. (Simpósio).

36 SIMASP.Avaliação da acuidade visual em crianças com o potencial visual evocado. 2013. (Simpósio).

36 SIMASP.Coordenador da sessão: Tecnologia Oftálmica e Precisão. 2013. (Simpósio).

36 SIMASP.Discutidor na sessão: Super Grand Round - Reabilitação Visual e Visão Subnormal. 2013. (Simpósio).

36 SIMASP.Coordenador da sessão: Básico em Visão Subnormal e Reabilitação Visual. 2013. (Simpósio).

36 SIMASP. 2013. (Simpósio).

ARVO 2013 Annual Meeting. 2013. (Congresso).

Curso de Ciências Básicas em Oftalmologia do Departamento de Oftalmologia da UNIFESP/EPM.Visão subnormal e reabilitação visual: avaliação das funções visuais. 2013. (Outra).

I Simpósio da Sociedade Panamericana de Baixa Visão no Brasil. Capacitação para uso adequado dos auxílios ópticos. 2013. (Congresso).

Reunião do Setor de Estrabismo e Oftalmopediatria do Departamento de Oftalmologia da UNIFESP/EPM.Acuidade visual: métodos de medida e notações. 2013. (Outra).

35 SIMASP. 2012. (Simpósio).

35 SIMASP.Discutidor na sessão: Visão Subnormal. 2012. (Simpósio).

35 SIMASP.O trabalho multiprofissional na visão subnormal e reabilitação visual. 2012. (Simpósio).

35 SIMASP.Coordenador da sessão: Visão Subnormal. 2012. (Simpósio).

Atualização da Classificação Brasileira de Ocupações.Reunião de convalidação da família ocupacional FO 3241 - tecnólogos e técnicos em métodos diagnósticos e terapêutica. 2012. (Outra).

Curso de capacitação multidisciplinar em Baixa Visão na infância.Avaliação das funções visuais em escolares. 2012. (Outra).

Curso de Ciências Básicas em Oftalmologia do Departamento de Oftalmologia da UNIFESP/EPM.Visão subnormal e reabilitação visual. 2012. (Outra).

Curso inicial para terapeutas em Baixa Visão.Recursos ópticos e não ópticos. 2012. (Outra).

Grand Round do Departamento de Oftalmologia da UNIFESP/EPM.Visão Subnormal: auxílios ópticos na prática clínica para adultos e crianças. 2012. (Outra).

II Workshop de Capacitação de Recursos Humanos para Assistência à Pessoa com Deficiência Visual. 2012. (Outra).

IX Reunião Anual da BRAVO. Déficit visual em crianças com deficiência visual cortical. 2012. (Congresso).

Programação de reciclagem da residência médica do Hospital Oftalmológico de Sorocaba.Reabilitação visual: o que podemos fazer?. 2012. (Outra).

Reunião do Setor de Baixa Visão e Reabilitação Visual do Departamento de Oftalmologia da UNIFESP/EPM.A atuação do tecnólogo oftálmico na reabilitação visual. 2012. (Outra).

XXVII Reunião Anual da Federação de Sociedades de Biologia Experimental. 2012. (Congresso).

Reunião do Setor de Baixa Visão e Reabilitação Visual do Departamento de Oftalmologia da UNIFESP/EPM.A atuação do tecnólogo oftálmico na reabilitação visual. 2011. (Outra).

III Simpósio de Tecnologia Oftálmica.Coordenadora do bloco: Fórum de Ações Sociais em Oftalmologia. 2010. (Simpósio).

XXV Reunião Anual da Federação de Sociedades de Biologia Experimental. 2010. (Congresso).

XXXIII SIMASP UNIFESP - Instituto da Visão. 2010. (Simpósio).

Curso de Capacitação para Auxiliar e Técnico de Enfermagem em Oftalmologia - CEO/Instituto da Visão/UNIFESP.Noções de saúde pública em oftalmologia e prevenção à cegueira. 2009. (Outra).

Curso de Capacitação para Auxiliar e Técnico de Enfermagem em Oftalmologia - CEO/Instituto da Visão/UNIFESP.Medidas da visão. 2009. (Outra).

II Simpósio de Tecnologia Oftálmica UNIFESP.Pacientes com dificuldades visuais: adequação no atendimento. 2009. (Simpósio).

XXIV Reunião Anual da Federação de Sociedades de Biologia Experimental. 2009. (Congresso).

XXXII SIMASP UNIFESP - Instituto da Visão. 2009. (Simpósio).

Aplicação de Gerenciamento de Projetos em Engenharia Clínica. 2008. (Outra).

I Simpósio de Tecnologia Oftálmica.Eletro-oculografia. 2008. (Simpósio).

XXII Reunião Anual da Federação de Sociedades de Biologia Experimental. 2008. (Congresso).

XXXI Congresso de Oftalmologia da UNIFESP. 2008. (Congresso).

Congresso Internacional sobre a Inclusão da Pessoa com Deficiência Visual - Comunicação e Participação Ativa. 2007. (Congresso).

III Congresso da Sociedade Brasileira de Visão Subnormal. 2007. (Congresso).

Simpósio Moacyr Álvaro do Segmento Posterior - Simasp 2007.Apresentação de caso clínico de visão subnormal. 2007. (Simpósio).

XIV Encontro Cultural e Científico em Tecnologia Oftálmica.Atuação do Tecnólogo Oftálmico em equipe multidisciplinar. 2007. (Encontro).

XXX Simpósio de Oftalmolgia da UNIFESP.Atuação do Tecnólogo Oftálmico em equipe multidisciplinar em um centro de reabilitação para deficientes visuais. 2007. (Simpósio).

XXX Simpósio de Oftalmologia da UNIFESP. 2007. (Simpósio).

World Ophthalmology Congress. 2006. (Congresso).

XXIX Simpósio de Oftalmologia da UNIFESP.Atuação do tecnólogo oftálmico em trabalhos de campo. 2006. (Simpósio).

Congresso da Sociedade Brasileira de Visão Subnormal. 2005. (Congresso).

Curso "Atuação Multidisciplinar com Crianças com Déficits Motores e Visuais" - AACD. 2005. (Outra).

Curso "Eletrofisiologia Ocular e Degenerações Retinianas" - FeSBE 2005. 2005. (Outra).

Fórum de Profissões do Colégio da Polícia Militar.Tecnologia oftálmica. 2005. (Outra).

XX Reunião Anual da Federação de Sociedades de Biologia Experimental. 2005. (Congresso).

Curso Básico em Estrabismo - XXVII Simasp. 2004. (Outra).

Curso Noções de Primeiros Socorros - SENAI. 2004. (Outra).

Curso Prático em Eletrofisiologia - XXVII Simasp. 2004. (Outra).

XXVII Simasp. 2004. (Simpósio).

Curso "Cirurgia Personalizada e Aberrometria". 2003. (Outra).

I Curso Internacional do Nervo Óptico. 2003. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Marta Sonha Gomes Teixeira Valladares

MARBACK, E. F.; SACAI, P. Y.; WATANABE, S. E. S.;FERRAZ, N.N.. Linhas de cuidado integral em pacientes portadores de catarata. 2020. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Tecnologia, Gestão e Saúde Ocular) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Ivan Rogério Ribeiro

FERRAZ, N.N.; MELO JUNIOR, L. A. S.; SHIGUEMATSU, A. I.; SACAI, P. Y.. Desenvolvimento de interface para coleta de dados em pesquisa clínica em Oftalmologia. 2020. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Tecnologia, Gestão e Saúde Ocular) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Cristiane Okasaki

SHIGUEMATSU, A. I.; CARDOSO, E. B.;CAVASCAN, N.N.; SACAI, P. Y.. Gestão de qualidade no atendimento oftalmológico clínico e cirúrgico do setor de catarata do Departamento de Oftalmologia da Unifesp. 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Tecnologia, Gestão e Saúde Ocular) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Victor Piovezan

RIBEIRO, A. G.; TAVARES, I. M.;CAVASCAN, N.N.; SCHOR, P.. Aplicação metrológica em equipamentos oftalmológicos. 2016. Dissertação (Mestrado em Oftalmologia e Ciências Visuais (33009015082P0)) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: RITA DE CÁSSIA CARVALHO MACHADO

LIMA, L. H. S. G.; CAVALCANTE, M. M. P. D.; LIMA, S. F. C.;CAVASCAN, N.N.. Estudo sobre a utilização de pisos táteis no hospital-escola da Universidade Federal de São Paulo. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Tecnologia, Gestão e Saúde Ocular) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: José Alberto Gonçalves Lopes

LIMA, L. H. S. G.; CAVALCANTE, M. M. P. D.; LIMA, S. F. C.;CAVASCAN, N.N.. Projeto de acessibilidade em passeios públicos do entorno do Hospital São Paulo e do edifício do Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais da UNIFESP, Campus São Paulo (SP). 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Tecnologia, Gestão e Saúde Ocular) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Cristina Cardoso Coimbra Cunha

BEREZOVSKY, A.; ALMEIDA SOBRINHO, E. F.; KASAHARA, N.; MEDINA, N. H.;SALOMAO, S. R.; SANTOS, M. S.;FERRAZ, N.N.. Prevalência e causas de deficiência visual para perto em adultos de 45 anos ou mais de idade do município de Parintins, Amazonas: Estudo Ocular da Região Amazônica Brasileira. 2019. Tese (Doutorado em Oftalmologia e Ciências Visuais) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Vagner Rogério dos Santos

NICOLOSI, D. E. C.; SCHOR, P.; MATTAS, S. L. A.; WATANABE, S. E. S.;BEREZOVSKY, A.; VASCONCELOS, G. C.;CAVASCAN, N.N.. Desenvolvimento e validação de protótipo de sistema de leitura portátil (SLP) para baixa visão. 2015. Tese (Doutorado em Oftalmologia e Ciências Visuais) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Marcia Caires Bestilleiro Lopes

MESSA, A. A.; NAKANAMI, C. R.; DAMICO, F. M.; POMPEU, J. E.; NOBREGA, L. A. O. A.; VENTURA, D. S. F.;CAVASCAN, N.N.SALOMAO, S. R.. Relação entre o questionário de função visual infantil e as medidas psicofísicas de acuidade visual e visão de cores em crianças com deficiência visual. 2014. Tese (Doutorado em Neurociências e Comportamento) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Claudia Maria Osório Chaves

BEREZOVSKY, A.; MORALES, P. H. A.; BELFORT NETO, R.; BELFORT JR, R.;CAVASCAN, N.N.. Avaliação da saúde ocular da população longeva em Maués ? Amazônia. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Oftalmologia e Ciências Visuais) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Cristina Cardoso Coimbra Cunha

BEREZOVSKY, A.CAVASCAN, N.N.; MORALES, P. H. A.;SALOMAO, S. R.; FURTADO, J. M.. Prevalência de deficiência visual para perto em adultos de 45 anos ou mais de idade do município de Parintins, AM: estudo ocular da Amazônia Brasileira. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Oftalmologia e Ciências Visuais) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Fernanda Jordani Barbosa Harada

CAVASCAN, N.N.; RICCETTI, T. M.; SANTOS, V. R.; SCHOR, P.. Baixa Visão sob a ótica do design universal: desenvolvimento e análise de projeto para auxiliar a autoadministração de medicamentos por idosos com baixa visão. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Oftalmologia e Ciências Visuais) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Eric Pinheiro de Andrade

QUAGLIATO, E. M. A. B.;CAVASCAN, N.N.; SACAI, P. Y.;SALOMAO, S. R.. Estudo eletrofisiológico do potencial evocado em ambliopia. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Oftalmologia e Ciências Visuais) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Vagner Rogério dos Santos

CAVASCAN, N.N.; SACAI, P. Y.;SALOMAO, S. R.BEREZOVSKY, A.. Desenvolvimento e validação de protótipo funcional portátil de dispositivo de tecnologia assistiva para pacientes com baixa visão. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Oftalmologia e Ciências Visuais) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: ALEX GONCALVES DA SILVA

OLIVEIRA, F.; ALLEMANN, N.;FERRAZ, N.N.; BUENO, V.. Membro da Comissão Julgadora dos Trabalhos de Produção Intelectual - Curso de Tecnologia Oftálmica. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia Oftálmica) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Aline de Assis Marquini

OLIVEIRA, F.;FERRAZ, N.N.; ALLEMANN, N.; BUENO, V.. Correlação entre o tempo de positividade de cultura e o tempo de doença em ceratites por Acanthamoeba. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia Oftálmica) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Givaldo de Oliveira Lins

OLIVEIRA, F.;FERRAZ, N.N.; ALLEMANN, N.; BUENO, V.. Achados de autofluorescência em pacientes com degeneração macular relacionada à doença de Stargardt. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia Oftálmica) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Isabella Gualtieri Zancan

OLIVEIRA, F.;FERRAZ, N.N.; ALLEMANN, N.; BUENO, V.. Biometria em olhos portadores de buraco macular. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia Oftálmica) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Yang Yi Ju

OLIVEIRA, F.;FERRAZ, N.N.; ALLEMANN, N.; BUENO, V.. Estudo comparativo entre dois sistemas de medição dos potenciais visuais evocados (PVE) por padrão on-off em adultos saudáveis. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia Oftálmica) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Carolina Gomes de Almeida

OLIVEIRA, F.;FERRAZ, N.N.; ALLEMANN, N.; BUENO, V.. Proposta de método de seleção de pessoas cegas para avaliação de tecnologias assistivas de identificação de cores. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia Oftálmica) - Universidade Federal de São Paulo.

GODOSEVICIUS, S.; YARAK, S.; REGINATO, R. D.;FERRAZ, N.N.. Comissão julgadora dos pôsteres de monitoria - Congresso Acadêmico. 2018. Universidade Federal de São Paulo.

FERRAZ, D. A.; TAVARES, I. M.;FERRAZ, N.N.; SACAI, P. Y.; SCHOR, P.; WATANABE, S. E. S.. Poster presentation awards committee - Research Days 20 years. 2018. Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais - UNIFESP.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Yan Jonathan D' Almeida Souza

Estudo normativo do desempenho de leitura medido por meio da tabela MNREAD-P em escolares; Início: 2020; Dissertação (Mestrado profissional em Mestrado Profissional em Tecnologia, Gestão e Saúde Ocular) - Universidade Federal de São Paulo; (Orientador);

Paula Yuri Sacai

Atualização Profissional; Início: 2019; Orientação de outra natureza; Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais; (Orientador);

Andressa Zanini Fantato Quercia

Rastreamento visual em crianças da Educação Infantil e Ensino Fundamental I: acuidade visual, motilidade extrínseca ocular e acuidade estereoscópica; 2019; Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Tecnologia, Gestão e Saúde Ocular) - Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais - UNIFESP,; Coorientador: Nívea Nunes Ferraz;

Paula Baptista Eliseo da Silva

Usabilidade de aplicativos gratuitos de smartphone como recurso de leitura em pacientes com baixa visão; 2019; Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Tecnologia, Gestão e Saúde Ocular) - Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais - UNIFESP,; Orientador: Nívea Nunes Ferraz;

Ana Carla Ramos Vieira da Costa

Correlação da escala Bayley de desenvolvimento infantil e acuidade visual em bebês e crianças saudáveis nos primeiros 42 meses de vida; 2018; Dissertação (Mestrado em Oftalmologia e Ciências Visuais (33009015082P0)) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Nívea Nunes Ferraz;

Andréa Oliveira da Silva

Impacto das cirurgias filtrantes na qualidade de vida de crianças com glaucoma congênito primário; 2017; Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Tecnologia, Gestão e Saúde Ocular) - Universidade Federal de São Paulo,; Orientador: Nívea Nunes Ferraz;

Marlene Bernardo

Avaliação da qualidade da comunicação no atendimento terciário em oftalmologia; 2017; Dissertação (Mestrado em Oftalmologia e Ciências Visuais (33009015082P0)) - Universidade Federal de São Paulo,; Orientador: Nívea Nunes Ferraz;

Andressa Di Julio Vieira Margarido

Coorientadora: Relação entre o uso da visão de perto e o uso de óculos em universitários dos primeiro e quarto anos de Medicina da Universidade Anhembi Morumbi; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina) - Universidade Anhembi Morumbi; Orientador: Nívea Nunes Ferraz;

Paola Mompean de Vasconcelos Valle

Coorientadora: Relação entre o uso da visão de perto e o uso de óculos em universitários dos primeiro e quarto anos de Medicina da Universidade Anhembi Morumbi; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina) - Universidade Anhembi Morumbi; Orientador: Nívea Nunes Ferraz;

Victor Ferreira Siqueira

Coorientadora: Relação entre o uso da visão de perto e o uso de óculos em universitários dos primeiro e quarto anos de Medicina da Universidade Anhembi Morumbi; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina) - Universidade Anhembi Morumbi; Orientador: Nívea Nunes Ferraz;

Cyntia Lara Teixeira

Coorientadora: Relação entre o uso da visão de perto e o uso de óculos em universitários dos quartos anos de Medicina e Educação Física da Universidade Anhembi Morumbi; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina) - Universidade Anhembi Morumbi; Orientador: Nívea Nunes Ferraz;

Erika Fornelli Shimabukuro

Coorientadora: Relação entre o uso da visão de perto e o uso de óculos em universitários dos quartos anos de Medicina e Educação Física da Universidade Anhembi Morumbi; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina) - Universidade Anhembi Morumbi; Orientador: Nívea Nunes Ferraz;

Priscilla Veloz Cevallos

Coorientadora: Relação entre o uso da visão de perto e o uso de óculos em universitários dos quartos anos de Medicina e Educação Física da Universidade Anhembi Morumbi; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina) - Universidade Anhembi Morumbi; Orientador: Nívea Nunes Ferraz;

Laura Emilia Michelin Gobbo

Reabilitação visual de baixa visão em indivíduos com ceratoprótese; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Tecnologia Oftálmica) - Universidade Federal de São Paulo; Orientador: Nívea Nunes Ferraz;

Tatiane Luana Novele Bueno

Determinação de valores normativos da resposta fotópica negativa do ERG em adultos saudáveis; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Tecnologia Oftálmica) - Universidade Federal de São Paulo; Orientador: Nívea Nunes Ferraz;

Paula Baptista Eliseo da Silva

Usabilidade de aplicativos gratuitos de smartphone como recursos de leitura em pacientes com baixa visão; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Tecnologia Oftálmica) - Universidade Federal de São Paulo; Orientador: Nívea Nunes Ferraz;

HYE LIM OH

Qualidade de vida relacionada à visão em pacientes com baixa visão; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Tecnologia Oftálmica) - Universidade Federal de São Paulo; Orientador: Nívea Nunes Ferraz;

Mariana Gonçalves de Moraes

Avaliação do desempenho de leitura em pacientes com degeneração macular relacionada à idade; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Tecnologia Oftálmica) - Universidade Federal de São Paulo; Orientador: Nívea Nunes Ferraz;

Alessandro Finkelsztejn

Atualização Profissional; 2019; Orientação de outra natureza; (Reabilitação Visual - Visão Subnormal) - Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais; Orientador: Nívea Nunes Ferraz;

André Leite

Atualização Profissional; 2018; Orientação de outra natureza; (Reabilitação Visual - Visão Subnormal) - Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais; Orientador: Nívea Nunes Ferraz;

Fabiana Mayumi Ikeda

Atualização Profissional; 2017; Orientação de outra natureza; (Reabilitação Visual - Visão Subnormal) - Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais - UNIFESP; Orientador: Nívea Nunes Ferraz;

Daniele Freitas Bica Madalozzo

Atualização Profissional; 2017; Orientação de outra natureza; (Reabilitação Visual - Visão Subnormal) - Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais - UNIFESP; Orientador: Nívea Nunes Ferraz;

Sirley Lavagnoli Barchi

Atualização Profissional; 2017; Orientação de outra natureza; (Reabilitação Visual - Visão Subnormal) - Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais - UNIFESP; Orientador: Nívea Nunes Ferraz;

Bruna Roman Bois

Estágio de Especialização; 2015; Orientação de outra natureza; (Reabilitação Visual - Visão Subnormal) - Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais - UNIFESP; Orientador: Nívea Nunes Ferraz;

Kerson Bruno Vieira Dourado

Atualização Profissional; 2015; Orientação de outra natureza; (Reabilitação Visual - Visão Subnormal) - Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais - UNIFESP; Orientador: Nívea Nunes Ferraz;

Vagner Rogério dos Santos

Atualização Profissional; 2013; Orientação de outra natureza; (Reabilitação Visual - Visão Subnormal) - Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais - UNIFESP; Orientador: Nívea Nunes Ferraz;

Ariadne Stavare Leal Araujo

Estágio de Especialização; 2012; Orientação de outra natureza; (Reabilitação Visual - Visão Subnormal) - Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais - UNIFESP; Orientador: Nívea Nunes Ferraz;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • FURTADO, J. M. ; BEREZOVSKY, A. ; FERRAZ, N.N. ; MUNHOZ, S. R. ; FERNANDES, A. G. ; WATANABE, S. E. S. ; CUNHA, C. C. ; VASCONCELOS, G. C. ; SACAI, P. Y. ; CYPEL, M. C. ; MITSUHIRO, M. R. K. H. ; MORALES, P. H. A. ; COHEN, M. J. ; CAMPOS, M. S. Q. ; COHEN, J. M. ; BELFORT JR, R. ; SALOMAO, S. R. . Prevalence and causes of visual impairment and blindness in adults aged 45 years and older from Parintins: The Brazilian Amazon Region Eye Survey. OPHTHALMIC EPIDEMIOLOGY , v. 4, p. 1-10, 2019.

  • SONG WATANABE, SUNG EUN ; BEREZOVSKY, ADRIANA ; FURTADO, JOÃO MARCELLO ; KIMIE HIGASHI MITSUHIRO, MÁRCIA REGINA ; CYPEL, MARCELA ; COHEN, MARCOS JACOB ; COHEN, JACOB MOYSÉS ; CUNHA, CRISTINA COIMBRA ; SACAI, PAULA YURI ; FERRAZ, NÍVEA NUNES ; VASCONCELOS, GALTON CARVALHO ; MORALES, PAULO HENRIQUE ; CAMPOS, MAURO ; FERNANDES, ARTHUR GUSTAVO ; MUOZ, SERGIO ; BELFORT, RUBENS ; SALOMÃO, SOLANGE RIOS . Population-Based Cataract Surgery Complications And Its Impact On Visual Status In The Brazilian Amazon Region. AMERICAN JOURNAL OF OPHTHALMOLOGY , v. 208, p. 295-304, 2019.

  • FERNANDES, ARTHUR G ; SALOMÃO, SOLANGE R ; FERRAZ, NÍVEA N ; MITSUHIRO, MÁRCIA H ; FURTADO, JOAO M ; MUOZ, SERGIO ; CYPEL, MARCELA C ; CUNHA, CRISTINA C ; VASCONCELOS, GALTON C ; SACAI, PAULA Y ; MORALES, PAULO H ; COHEN, MARCOS J ; COHEN, JACOB M ; WATANABE, SUNG S ; CAMPOS, MAURO ; BELFORT JUNIOR, RUBENS ; BEREZOVSKY, ADRIANA . Pterygium in adults from the Brazilian Amazon Region: prevalence, visual status and refractive errors. BRITISH JOURNAL OF OPHTHALMOLOGY , v. 104, p. bjophthalmol-2-763, 2019.

  • CUNHA, CRISTINA COIMBRA ; BEREZOVSKY, ADRIANA ; FURTADO, JOÃO MARCELLO ; FERRAZ, NÍVEA NUNES ; FERNANDES, ARTHUR GUSTAVO ; MUOZ, SERGIO ; WATANABE, SUNG SONG ; SACAI, PAULA YURI ; CYPEL, MARCELA ; MITSUHIRO, MÁRCIA HIGASHI ; MORALES, PAULO HENRIQUE ; VASCONCELOS, GALTON CARVALHO ; COHEN, MARCOS JACOB ; CAMPOS, MAURO ; COHEN, JACOB MOYSÉS ; BELFORT, RUBENS ; SALOMÃO, SOLANGE RIOS . Presbyopia and Ocular Conditions Causing Near Vision Impairment In Older Adults From The Brazilian Amazon Region. AMERICAN JOURNAL OF OPHTHALMOLOGY , v. 196, p. 72-81, 2018.

  • SALOMÃO, SOLANGE R. ; BEREZOVSKY, ADRIANA ; FURTADO, JOÃO M. ; FERNANDES, ARTHUR G. ; MUOZ, SERGIO ; CAVASCAN, NÍVEA N. ; CYPEL, MARCELA C. ; CUNHA, CRISTINA C. ; VASCONCELOS, GALTON C. ; MITSUHIRO, MÁRCIA R. K. H. ; SACAI, PAULA Y. ; CAMPOS, MAURO ; MORALES, PAULO H. A. ; COHEN, MARCOS J. ; COHEN, JACOB M. ; WATANABE, SUNG E. S. ; BELFORT, RUBENS . Vision Status in Older Adults: The Brazilian Amazon Region Eye Survey. Scientific Reports , v. 8, p. 886, 2018.

  • SALOMÃO, SOLANGE R. ; FURTADO, JOÃO MARCELLO ; BEREZOVSKY, ADRIANA ; CAVASCAN, NÍVEA N. ; FERRAZ, ALBERTO N. ; COHEN, JACOB M. ; MUOZ, SERGIO ; BELFORT, RUBENS . The Brazilian Amazon Region Eye Survey: Design and Methods. OPHTHALMIC EPIDEMIOLOGY , v. 24, p. 257-264, 2017.

  • KARANJIA, RUSTUM ; BEREZOVSKY, ADRIANA ; SACAI, PAULA YURI ; CAVASCAN, NIVEA NUNES ; LIU, HENRY YUHENG ; NAZARALI, SAMIR ; MORAES-FILHO, MILTON NUNES ; ANDERSON, KIRSTEN ; TRAN, JEFFREY SHOW ; WATANABE, SUNG EUNSONG ; MORAES, MILTON NUNES ; SADUN, FEDERICO ; DENEGRI, ANNA MARIA ; BARBONI, PIERO ; DO VAL FERREIRA RAMOS, CAROLINA ; LA MORGIA, CHIARA ; CARELLI, VALERIO ; BELFORT, RUBENS ; COUPLAND, STUART GLENN ; SALOMAO, SOLANGE RIOS ; SADUN, ALFREDO A. . The Photopic Negative Response: An Objective Measure of Retinal Ganglion Cell Function in Patients With Leber's Hereditary Optic Neuropathy. Investigative Ophtalmology & Visual Science , v. 58, p. BIO300, 2017.

  • NAKANAMI, C. R. ; BEREZOVSKY, A. ; CAVASCAN, N.N. ; MITSUHIRO, M. R. K. H. ; WATANABE, S. E. S. ; SACAI, P. Y. ; PEREIRA, J. M. ; MUNHOZ, S. R. ; BELFORT JR, R. ; SALOMAO, S. R. . Refractive errors progression in Brazilian low-income school children. International Journal of Opthalmology & Eye Science , v. S6, p. 4-10, 2016.

  • DE FREITAS DOTTO, PATRÍCIA ; CAVASCAN, NÍVEA NUNES ; BEREZOVSKY, ADRIANA ; SACAI, PAULA YURI ; ROCHA, DANIEL MARTINS ; PEREIRA, JOSENILSON MARTINS ; SALOMÃO, SOLANGE RIOS . Sweep visually evoked potentials and visual findings in children with West syndrome. EUROPEAN JOURNAL OF PAEDIATRIC NEUROLOGY , v. 18, p. 201-210, 2014.

  • CAVASCAN, NÍVEA NUNES ; SALOMÃO, SOLANGE RIOS ; SACAI, PAULA YURI ; PEREIRA, JOSENILSON MARTINS ; ROCHA, DANIEL MARTINS ; BEREZOVSKY, ADRIANA . Contributing factors to VEP grating acuity deficit and inter-ocular acuity difference in children with cerebral visual impairment. Documenta Ophthalmologica , v. 128, p. 91-99, 2013.

  • BEREZOVSKY, A. ; ROCHA, D. M. ; SACAI, P. Y. ; WATANABE, S. E. S. ; CAVASCAN, N.N. ; SALOMAO, S. R. . Visual acuity and retinal function in patients with Bardet-Biedl syndrome. Clinics (USP. Impresso) , v. 67, p. 145-149, 2012.

  • BEREZOVSKY, A. ; CAVASCAN, N.N. ; SALOMAO, S. R. . Discriminação de cores em profissionais da área técnica de empresa de material fotográfico. Arquivos Brasileiros de Oftalmologia (Impresso) , v. 70, p. 1001-1005, 2007.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

REIS, F. M. ; PERUCIO, G. R. ; CARDOZO, O. J. S. ; DEMETRIO, R. ; SACAI, P. Y. ; FERRAZ, N.N. . Conjuntivite: como evitar o contágio (folder) | Material educativo/informativo elaborado para divulgação em escolas de Ensino Infantil e/ou Fundamental como Trabalho de Conclusão da disciplina 'Visão: desenvolvimento, funções e deficiência', do Programa de Mestrado Profissional em Tecnologia, Gestão e Saúde Ocular do Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais da UNIFESP. 2017. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Orientação).

OTHA, J. C. ; SILVA FILHO, J. V. ; BARBOSA, L. E. ; SLEIMAN, T. M. ; SACAI, P. Y. ; FERRAZ, N.N. . Prevenção da conjuntivite (palestra) | Material educativo/informativo elaborado para divulgação em escolas de Ensino Infantil e/ou Fundamental como Trabalho de Conclusão da disciplina 'Visão: desenvolvimento, funções e deficiência', do Programa de Mestrado Profissional em Tecnologia, Gestão e Saúde Ocular da UNIFESP. 2017. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Orientação).

SILVA, A. O. ; SACAI, P. Y. ; FERRAZ, N.N. . Você já ouviu falar em glaucoma congênito (folder) | Material educativo/informativo elaborado para divulgação em escolas de Ensino Infantil e/ou Fundamental como Trabalho de Conclusão da disciplina 'Visão: desenvolvimento, funções e deficiência', do Programa de Mestrado Profissional em Tecnologia, Gestão e Saúde Ocular da UNIFESP. 2017. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Orientação).

QUERCIA, A. Z. F. ; ESCUTE, B. H. V. ; SILVA, P. B. E. ; SACAI, P. Y. ; FERRAZ, N.N. . Cuidados com a saúde geral e ocular, e prevenção de acidentes e doenças oculares (palestra) | Material educativo/informativo elaborado para divulgação em escolas de Ensino Infantil e/ou Fundamental como Trabalho de Conclusão da disciplina 'Visão: desenvolvimento, funções e deficiência', do Programa de Mestrado Profissional em Tecnologia, Gestão e Saúde Ocular da UNIFESP. 2017. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Orientação).

NUNES, H. ; COVRE, J. L. ; PIO, J. C. L. M. ; CRISTOVAM, P. C. ; LOUREIRO, R. R. ; SANTANA, V. P. ; SACAI, P. Y. ; FERRAZ, N.N. . Saúde ocular: fique de olho! (folder) | Material educativo/informativo elaborado para divulgação em escolas de Ensino Infantil e/ou Fundamental como Trabalho de Conclusão da disciplina 'Visão: desenvolvimento, funções e deficiência', do Programa de Mestrado Profissional em Tecnologia, Gestão e Saúde Ocular da UNIFESP. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Orientação).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    Estudo normativo do desempenho de leitura medido por meio da tabela MNREAD-P em escolares, Descrição: A habilidade de leitura é um importante fator no acesso social e cultural com importante impacto nas atividades produtivas. O desenvolvimento desta habilidade é uma das principais metas da educação fundamental, na qual pretende-se que os escolares adquiram e a aprimorem novos conteúdos de aprendizagem. Ao início do desenvolvimento, a leitura é lenta e realizada por meio da segmentação ortográfica, porém com o avanço da escolaridade e o ganho da familiaridade com as palavras, torna-se mais rápida e efetiva. O aumento da velocidade da leitura está correlacionada com o entendimento do texto lido, pois o indivíduo passa a utilizar os recursos cognitivos de memória e atenção para o processamento sintático (organização da escrita), semântico (significado) e prosódico (pronúncia das palavras) do texto lido, favorecendo a interpretação léxico-visual adquirida pela habituação com a grafia das palavras e seus significados. Apesar da relevância, há escassez de dados normativos de desempenho de leitura nas diversas faixas etárias e níveis de escolaridade, utilizando-se testes/instrumentos validados. O objetivo deste estudo é definir valores normativos de desempenho de leitura em escolares saudáveis alfabetizados, utilizando-se a tabela MNREAD-P. Serão incluídos participantes alfabetizados com idade entre 8 a 18 anos, acuidade visual melhor ou igual a 0,0 logMAR (20/20 Snellen) em ambos os olhos, com ausência de queixas visuais ou de doenças oculares e/ou neurológicas, após assinatura pelos pais/responsáveis do termo de consentimento livre e esclarecido. Os participantes serão submetidos à medida da acuidade visual para perto e para longe, à avaliação da motilidade extrínseca ocular e à avaliação do desempenho de leitura, com a melhor correção óptica.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Nívea Nunes Ferraz - Coordenador / Arthur Gustavo Fernandes - Integrante / Paula Baptista Eliseo da Silva - Integrante / Yan Jonathan D? Almeida Souza - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Usabilidade de aplicativos gratuitos de smartphone como recursos de leitura em pacientes com baixa visão, Descrição: A dificuldade na leitura é uma das principais queixas dos indivíduos com baixa visão encaminhados para reabilitação visual, pois ler é fundamental para a plena participação na sociedade moderna e permeia as atividades produtivas, intelectuais e culturais dentre outras. A melhora no desempenho de leitura pode ser alcançada com a utilização de recursos de magnificação e/ou otimização da legibilidade do texto. O uso das tecnologias digitais na reabilitação de leitura oferece vantagens em termos de custo, portabilidade, acessibilidade e aceitação social. O objetivo deste estudo é analisar a usabilidade de aplicativos gratuitos de smartphone com ferramentas de magnificação e otimização de legibilidade de textos impressos como recursos digitais para reabilitação visual de leitura em pacientes com baixa visão. Serão incluídos pacientes com baixa visão referidos para reabilitação visual de leitura, com idade igual ou superior a 18 anos, hábito pregresso do uso de smartphone com tela sensível ao toque há pelo menos 12 meses e acuidade visual para longe no olho de melhor visão com a melhor correção óptica entre 0,6 e 1,3 LogMAR. Dentre os aplicativos disponíveis para o sistema operacional Android, serão selecionados os três com maior índice de popularidade, atualização mais recente e interface mais adequada às necessidades dos indivíduos com baixa visão. Os aplicativos serão testados como recursos digitais de leitura e para cada um será calculado o escore de usabilidade a partir da média das pontuações (de zero a dez, representando respectivamente a mínima e a máxima eficiência) atribuídas pelo participante para os itens acessibilidade, manuseio para ajuste de foco e rastreamento do texto. Os participantes serão submetidos à avaliação binocular da acuidade visual (AV) para perto na tabela Lighthouse e do desempenho de leitura na tabela MNREAD-P, medido pela acuidade (AL) e velocidade de leitura (VL), com a melhor correção óptica e com os aplicativos selecionados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Nívea Nunes Ferraz - Coordenador / Ariadne Stavare Leal - Integrante / Bruna Roman Bois - Integrante / Carla Ribeiro da Silva Santos - Integrante / Paula Baptista Eliseo da Silva - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Qualidade de vida relacionada à visão em pacientes com baixa visão, Descrição: A capacidade visual do indivíduo norteia sua independência na realização das atividades cotidianas e sobrevivência no mundo. Assim, a deficiência visual representa um impacto negativo importante na qualidade de vida, pois acarreta prejuízos emocionais, sociais e econômicos ligados à perda da independência e da produtividade. Embora a baixa visão seja uma condição irreversível, as perdas visuais funcionais podem ser minimizadas por meio de estratégias de reabilitação. Os programas de reabilitação visual favorecem não só a melhor utilização da visão residual, mas também a inclusão social e consequentemente a qualidade de vida. O presente estudo pretende avaliar a qualidade de vida relacionada à visão em pacientes com baixa visão referidos para reabilitação visual. Serão incluídos 30 pacientes com baixa visão referidos para reabilitação visual, com idade igual ou superior a 18 anos, acuidade visual para longe no olho de melhor visão com a melhor correção óptica menor ou igual a 0,6logMAR e refração para longe e para perto atualizada há menos de 12 meses. Os participantes serão submetidos à avaliação monocular da acuidade visual (AV) para longe e para perto na tabela Lighthouse. Nos participantes previamente reabilitados, será mensurada a eficiência visual com o(s) recurso(s) óptico(s) de magnificação adaptado(s). O questionário de funcionamento visual VFQ-20 será aplicado em entrevistas individuais para mensuração da qualidade de vida relacionada à visão. O instrumento abarca preguntas sobre os seguintes domínios: visão geral (questão 1), dor (questão 2), visão para longe (questões 3, 4, 11 e 13), visão para perto (questões 8, 9, 12 e 15), adaptação sensorial (questões 5, 6, 7 e 14), atividades sociais (questões 10, 16 e 17) e saúde mental (questões 18, 19 e 20). As respostas de classificação ordinal são atribuídas pelo participante numa escala de 1 a 5, posteriormente pontuada de zero a 100 pontos em intervalo de 25 pontos, para cálculo do escore final. Quanto maior o escore, menor o impacto da baixa visão na qualidade de vida. Considerando a acuidade visual no melhor olho com a melhor correção óptica para longe, os pacientes serão agrupados em 3 grupos de deficiência visual: baixa visão moderada (0,60 a 1,04logMAR), baixa visão grave (1,06 a 1,34logMAR) ou cegueira (1,36logMAR ou pior). Os escores de qualidade de vida relacionada à visão serão avaliados de acordo com idade, sexo, categoria de deficiência visual, anos vividos com a baixa visão e tempo de reabilitação visual.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Nívea Nunes Ferraz - Coordenador / Paula Yuri Sacai - Integrante / Ariadne Stavare Leal - Integrante / Carla Ribeiro da Silva Santos - Integrante / Hye Lim Oh - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Estudo ocular da região amazônica brasileira (the Brazilian Amazon Region Eye Survey - BARES): prevalência e causas de deficiência de visão para perto e longe e cegueira, Descrição: Este estudo epidemiológico observacional transversal de base populacional engloba três objetivos específicos: a) estimativa da prevalência e causas de deficiência de visão para longe/cegueira em adultos com 45 anos ou mais de idade; b)estimativa da prevalência de deficiência de visão para perto em adultos com 45 anos ou mais de idade e c)estimativa da prevalência e dos resultados de cirurgia de catarata em adultos com 45 anos ou mais de idade. Ao identificar a população de estudo serão consideradas características socioeconômicas e demográficas que sejam amplamente representativas da região amazônica brasileira. O estudo será realizado numa amostra populacional de adultos de 45 anos ou mais de idade residentes em distritos aleatoriamente selecionados da cidade de Parintins, AM. Adultos de 45 anos ou mais de idade de cada domicílio identificado serão convidados para um exame ocular básico. A informação clínica obtida será a base para a estimativa da prevalência de deficiência na visão para longe/cegueira em adultos e sua respectiva causa. A mesma população será estudada para estimar a prevalência da deficiência de visão para perto. Como um indicador geral para o desempenho do sistema de assistência ocular em adultos mais velhos, a prestação e resultados dos serviços cirúrgicos de catarata serão avaliados, incluindo a cobertura cirúrgica de catarata e o estado da acuidade visual em indivíduos previamente operados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Nívea Nunes Ferraz - Integrante / Rubens Belfort Jr - Integrante / Solange Rios Salomão - Coordenador / Adriana Berezovsky - Integrante / Paula Yuri Sacai - Integrante / Márcia Regina Kimie Higashi Mitsuhiro - Integrante / Paulo Henrique de Ávila Morales - Integrante / Mauro Silveira de Queiroz Campos - Integrante / Flávio Eduardo Hirai - Integrante / Jacob Moysés Cohen - Integrante / Sérgio Muoz-Navarro - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Cooperação.

  • 2013 - Atual

    Desempenho de leitura em pacientes com degeneração macular relacionada à idade, Descrição: A degeneração macular relacionada à idade (DMRI) é uma doença ocular caracterizada por uma degeneração progressiva dos fotorreceptores da retina, principalmente da região macular, que resulta na perda irreversível da visão central. É a principal causa de deficiência visual irreversível em adultos a partir dos 50 anos de idade em países desenvolvidos. O tratamento disponível é limitado e visa impedir o desenvolvimento e retardar a progressão da doença para minimizar a perda visual, não existindo possibilidade de restaurar a visão a níveis pré-mórbidos. A inexistência de tratamento efetivo enfatiza a importância da reabilitação visual na DMRI. No Setor de Baixa Visão e Reabilitação Visual do Departamento de Oftalmologia da Universidade Federal de São Paulo/Escola Paulista de Medicina, a DMRI representa a principal demanda de pacientes adultos para reabilitação visual. A manutenção da habilidade de leitura é o principal objetivo na reabilitação visual destes pacientes, pois esta atividade impacta diretamente no aumento da independência, comunicação, agilidade mental e na qualidade de vida. As alterações da acuidade visual e da sensibilidade ao contraste na DMRI são bem descritas na literatura, entretanto permanecem os questionamentos sobre a correlação entre estas funções e a habilidade de leitura nestes pacientes. O objetivo deste estudo é avaliar a associação entre desempenho na leitura, acuidade visual e sensibilidade ao contraste em pacientes com degeneração macular relacionada à idade. Serão incluídos pacientes com diagnóstico prévio de DMRI, hábito pregresso de leitura de material impresso e ausência de opacidades importantes de meios oculares ou outras doenças oculares.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Nívea Nunes Ferraz - Coordenador / Paula Yuri Sacai - Integrante / Célia Regina Nakanami - Integrante / MARIANA GONÇALVES DE MORAES - Integrante / Ariadne Stavare Leal - Integrante.

  • 2009 - 2011

    Avaliação da progressão e de fatores de risco para erros refrativos em escolares de região de baixa renda do município de São Paulo, Descrição: A deficiência visual causada por erro refrativo não corrigido é reconhecida mundialmente como uma causa evitável de incapacidade visual, sendo uma das áreas prioritárias do Programa de Prevenção da Cegueira da Organização Mundial da Saúde (OMS). Estudos populacionais realizados em diferentes regiões do mundo, inclusive no Brasil, utilizando um protocolo denominado Refractive Error in School Children (RESC) mostraram que erro refrativo é a principal causa de deficiência visual/cegueira considerando a acuidade visual não corrigida em escolares. Este estudo foi proposto pela OMS dentro da realização de estudos de progressão e de fatores de risco para erros refrativos a serem executados simultaneamente em cinco países: Austrália, Brasil, China, Cingapura e Nepal, tendo cada país metas específicas. O estudo brasileiro terá por objetivo avaliar longitudinalmente a deficiência de visão, erros refrativos associados, o uso de óculos corretivos e fatores de risco de progressão de erros refrativos em escolares previamente incluídos no estudo RESC. Neste estudo prospectivo longitudinal de base populacional, serão re-contatados todos os escolares identificados com deficiência de acuidade visual não corrigida que usavam ou receberam óculos, e para compor o grupo controle, todos os escolares que frequentavam a 5ª série do ensino fundamental no ano letivo de 2005. Serão administrados questionários para avaliação de fatores de risco para erros refrativos, para caracterização demográfica do núcleo familiar e do ambiente escolar dos participantes. Será feita avaliação oftalmológica em todos os participantes. Exames de refração, biometria e fundo de olho serão feitos. Os dados obtidos servirão de base para análise da progressão e fatores de risco de erros refrativos em escolares de baixa renda.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Nívea Nunes Ferraz - Integrante / Rubens Belfort Jr - Integrante / Solange Rios Salomão - Coordenador / Adriana Berezovsky - Integrante / Paula Yuri Sacai - Integrante / Josenilson Martins Pereira - Integrante / Célia Regina Nakanami - Integrante / Márcia Regina Kimie Higashi Mitsuhiro - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Organização Mundial da Saúde - Auxílio financeiro / Pan-American Ophthalmological Foundation - Auxílio financeiro.

  • 2009 - 2011

    Utilização de protótipo nacional de eletrodo descartável para eletrorretinografia em diversas doenças oculares, Descrição: A proposta deste estudo é avaliar a utilização clínica do protótipo de eletrodo monopolar descartável de micro-fibra condutiva nacional em forma de filamento de fibra de prata em diversas doenças oculares. Este protótipo foi desenvolvido na UNIFESP (registro de patente no INPI número PI0602186-7). Para tanto, os procedimentos clínicos de eletrorretinograma de campo total (ERG) serão realizados para avaliação da função retiniana em diversas doenças oculares em pacientes encaminhados para o Laboratório de Eletrofisiologia Visual Clínica do Departamento de Oftalmologia da UNIFESP. Será utilizado o eletrodo bipolar Burian-Allen (visita 1) para confirmação funcional do diagnóstico prévio de doença retiniana e posteriormente será utilizado o protótipo de eletrodo monopolar descartável de micro-fibra condutiva nacional em forma de filamento de fibra de prata (visita 2) em 100 olhos de 50 pacientes com idades entre 18 e 60 anos, seguindo o protocolo padrão recomendado pela International Society for clinical Electrophysiology of Vision (ISCEV). Na visita 3 será utilizado o eletrodo monopolar DTL para comparação dos resultados obtidos. Serão estabelecidos parâmetros mínimos para aquisição, interpretação e posteriores comparações de exames realizados. A comprovação da utilidade clínica do protótipo nacional de eletrodo descartável permitirá a utilização do mesmo em larga escala como uma alternativa que reduzirá o custo do procedimento de eletrorretinografia.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Nívea Nunes Ferraz - Integrante / Solange Rios Salomão - Integrante / Adriana Berezovsky - Coordenador / Paula Yuri Sacai - Integrante / Josenilson Martins Pereira - Integrante / Sung Eun Song Watanabe - Integrante / Arthur Gustavo Fernandes - Integrante / Vagner Rogério dos Santos - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2018

2 melhor trabalho 4 Dia da Pesquisa do Mestrado Profissional, orientadora do trabalho "Avaliação da usabilidade de apps de smartphone como recurso digital para leitura em pacientes com baixa visão", Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais - UNIFESP.

2018

1 melhor trabalho 4 Dia da Pesquisa do Mestrado Profissional, co-orientadora do trabalho "Rastreamento visual em crianças da educação infantil e fundamental I: acuidade visual e visão binocular", Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais - UNIFESP.

2018

Melhor poster 4 Dia da Pesquisa do Mestrado Profissional, orientadora do trabalho "Indicadores psicológicos do impacto do glaucoma congênito primário na qualidade de vida de crianças e suas famílias", Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais - UNIFESP.

2017

1 melhor trabalho 3 Dia da Pesquisa do Mestrado Profissional, orientadora do trabalho "Usabilidade de apps gratuitos de smartphone como recurso de leitura em pacientes com baixa visão", Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais - UNIFESP.

2017

3 melhor trabalho 3 Dia da Pesquisa do Mestrado Profissional, co-orientadora do trabalho "Avaliação da acuidade visual, da motilidade extrínseca ocular e da visão binocular em escolares", Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais - UNIFESP.

2017

Post-Graduation award (master degree) 19th Research Days, co-supervisor of the paper "A comparison of the Bayley scale development and grating acuity measured by Teller acuity cards in children", Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais - UNIFESP.

2017

Post-Graduation award (doctoral degree) 19th Research Days, co-author of the paper "High prevalence of pterygium contributing to vision impairment and blindness in the Brazilian Amazon Region", Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais - UNIFESP.

2015

Post-Graduation award (master degree) 17th Research Days, co-author of the paper "Interobserver agreement of anterior chamber angle measurements with OCT in older adults from urban areas of Parintins", Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais - UNIFESP.

2015

Paraninfa da 15 turma do Curso de Tecnologia Oftálmica, UNIFESP.

2012

Vencedor do Prêmio BRAVO/Allergan (ARVO International Chapter Travel Grant), autora do trabalho "Grating acuity maturation measured by sweep-VEP in children with cerebral visual impairment", FeSBE.

2011

Vencedor do Prêmio BRAVO/Allergan (ARVO International Chapter Travel Grant), co-autora do trabalho "Grating acuity deficit measured by sweep-VEP in preverbal/non-verbal children with nystagmus", FESBE.

2010

Menção honrosa, co-autora do trabalho "Avaliação da progressão e de fatores de risco para miopia em escolares de baixa renda na cidade de São Paulo", FeSBE.

2010

Finalista do Prêmio BRAVO/Allergan, co-autora do trabalho "Avaliação da progressão e de fatores de risco para miopia em escolares de baixa renda na cidade de São Paulo", FeSBE.

2010

Finalista do Prêmio BRAVO/Allergan, autora do trabalho "Programa Visão do Futuro: rastreamento visual em escolares da primeira sériedo ensino fundamental da rede pública do município de São Paulo", FeSBE.

2009

Post-Graduation award XI Research Days, author of the paper "Grating acuity deficit measured by sweep-VEP in children with cortical visual impairment", Departamento de Oftalmologia - UNIFESP.

2009

Menção honrosa, co-autora do trabalho "Estudo do eletrorretinograma por reversão de padrões (PERG) em carreadores da mutação 11778 do DNA mitocondrial da neuropatia óptica hereditária de Leber (NOHL)", FeSBE.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de São Paulo, Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais. , Rua Pedro de Toledo, 781, 2o andar, Vila Clementino, 04039032 - São Paulo, SP - Brasil, Telefone: (11) 55764848, Ramal: 2256, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2014 - Atual

Universidade Federal de Sao Paulo/Escola Paulista de Medicina

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Adjunto AI, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2010 - 2014

Universidade Federal de Sao Paulo/Escola Paulista de Medicina

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Técnico-Administrativo em Educação, Carga horária: 40

Atividades

  • 08/2019

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Curso de Tecnologia Oftálmica - UNIFESP, .,Cargo ou função, Membro do Núcleo Docente Estruturante.

  • 10/2018

    Direção e administração, Curso de Tecnologia Oftálmica - UNIFESP, .,Cargo ou função, Vice-coordenação.

  • 10/2018

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Câmara de Graduação da Escola Paulista de Medicina - UNIFESP, .,Cargo ou função, Membro suplente da Coordenação do Curso de Tecnologia Oftálmica.

  • 10/2018

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho de Graduação - UNIFESP, .,Cargo ou função, Membro suplente da Coordenação do Curso de Tecnologia Oftálmica.

  • 10/2018

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Comissão Curricular do Curso de Tecnologia Oftálmica, .,Cargo ou função, Membro (vice-coordenação de curso).

  • 08/2017

    Ensino, Reabilitação Visual - Visão Subnormal, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, Coordenador

  • 01/2017

    Ensino, Tecnologia Oftálmica, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Atualização Continuada em Tecnologia Oftálmica II, Motilidade Extrínseca Ocular Aplicada I, Motilidade Extrínseca Ocular Aplicada II, Reabilitação Visual I: Baixa Visão e Lente de Contato, Reabilitação Visual II: Baixa Visão e Lente de Contato

  • 01/2016

    Ensino, Tecnologia Oftálmica, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Professora responsável pela Unidade Curricular de Fisiologia Especializada

  • 06/2015

    Ensino, Medicina, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Colaboração na Unidade Curricular: Oftalmologia

  • 03/2015

    Pesquisa e desenvolvimento , Mestrado Profissional em Tecnologia, Gestão e Saúde Ocular, .,Linhas de pesquisa

  • 03/2015

    Ensino, Mestrado Profissional em Tecnologia, Gestão e Saúde Ocular, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Visão: desenvolvimento, funções e deficiência, Orientadora credenciada

  • 04/2014

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais, .,Cargo ou função, Membro do Conselho do Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais.

  • 09/2012

    Outras atividades técnico-científicas , Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais, Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais.,Atividade realizada, Membro do Núcleo de Epidemiologia Ocular do Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais.

  • 03/2012

    Ensino, Residência Médica em Oftalmologia, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, Orientador responsável pelo ambulatório de Visão Subnormal (Setor de Baixa Visão e Reabilitação Visual) do Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais - Programa de Residência Médica em Oftalmologia

  • 02/2012

    Ensino, Reabilitação Visual - Visão Subnormal, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, Orientador responsável pelo ambulatório de Visão Subnormal (Setor de Baixa Visão e Reabilitação Visual) do Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais - Programa de Especialização em Reabilitação Visual e Visão Subnormal

  • 12/2010

    Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais, .,Linhas de pesquisa

  • 12/2010

    Ensino, Tecnologia Oftálmica, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Colaboração nas Unidades Curriculares: Bases da Tecnologia Oftálmica, Doenças Oculares e Neuroftalmológicas, Motilidade Extrínseca Ocular, Observação da Prática Tecnológica

  • 12/2010

    Serviços técnicos especializados , Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais, .,Serviço realizado, Assistência no ambulatório de Ambliopia do Setor de Oftalmopediatria; Assistência no ambulatório de Visão Subnormal do Setor de Baixa Visão e Reabilitação Visual; Rastreamento de problemas visuais em escolares da Escola Paulistinha de Educação Infantil; Assistência no Laboratório de Eletrofisiologia Visual Clínica.

  • 06/2016 - 08/2019

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Curso de Tecnologia Oftálmica - UNIFESP, .,Cargo ou função, Membro do Núcleo Docente Estruturante.

  • 10/2016 - 10/2018

    Direção e administração, Curso de Tecnologia Oftálmica - UNIFESP, .,Cargo ou função, Coordenação.

  • 10/2016 - 10/2018

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Câmara de Graduação da Escola Paulista de Medicina - UNIFESP, .,Cargo ou função, Membro representante da Coordenação do Curso de Tecnologia Oftálmica.

  • 10/2016 - 10/2018

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho de Graduação - UNIFESP, .,Cargo ou função, Membro representante da Coordenação do Curso de Tecnologia Oftálmica.

  • 10/2016 - 10/2018

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Comissão Curricular do Curso de Tecnologia Oftálmica, .,Cargo ou função, Presidente (coordenação de curso).

  • 10/2014 - 07/2017

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Comissão Curricular do Curso de Tecnologia Oftálmica, .,Cargo ou função, Representante do 1 ano.

  • 07/2015 - 12/2016

    Ensino, Tecnologia Oftálmica, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Professora responsável pela Unidade Curricular de Motilidade Extrínseca Ocular II

  • 01/2015 - 12/2016

    Ensino, Tecnologia Oftálmica, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Professora responsável pela Unidade Curricular de Motilidade Extrínseca Ocular III

  • 07/2014 - 12/2016

    Ensino, Tecnologia Oftálmica, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Professora responsável pela Unidade Curricular de Intrumentação Cirúrgica Oftalmológica II

  • 06/2013 - 06/2016

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Curso de Tecnologia Oftálmica - UNIFESP, .,Cargo ou função, Membro do Núcleo Docente Estruturante.

  • 08/2014 - 11/2014

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Câmara de Graduação, .,Cargo ou função, Representante do curso de Tecnologia Oftálmica na Comissão de Reforma Curricular dos cursos de tecnologia em saúde da UNIFESP.

  • 07/2013 - 03/2014

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais, .,Cargo ou função, Membro do Conselho do Departamento de Oftalmologia e Ciências Visuais - representante Técnico-Administrativo.

  • 12/2011 - 12/2012

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Cursos Superiores de Tecnologias em Saúde, .,Cargo ou função, Membro da Comissão Curricular dos Cursos Superiores de Tecnologias em Saúde - representante Técnico-Administrativo/Preceptor suplente.

2008 - 2010

Instituto da Visão da Universidade Federal de São Paulo

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Tecnóloga Oftálmica e Assistente de Pesquisa

Atividades

  • 02/2008 - 12/2010

    Serviços técnicos especializados , Laboratório de Eletrofisiologia Visual Clínica, .,Serviço realizado, Exames eletrofisiológicos: potencial visual evocado, eletrorretinografia, eletro-oculografia.

  • 01/2008

    Ensino, Tecnologia Oftálmica, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Atualização Tecnológica I, Atualização Tecnológica II, Bases da Tecnologia Oftálmica

2006 - 2010

Hospital do Servidor Público Estadual

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Tecnóloga Oftálmica

Atividades

  • 08/2006 - 12/2010

    Serviços técnicos especializados , Oftalmologia, .,Serviço realizado, Exames complementares em oftalmologia.

2004 - 2008

Lar das Mocas Cegas

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Tecnóloga Oftálmica

Atividades

  • 05/2004 - 01/2008

    Serviços técnicos especializados , Serviço de Baixa Visão, .,Serviço realizado, Reabilitação Visual - Visão Subnormal.

2003 - 2007

Departamento de Oftalmologia da Universidade Federal de São Paulo

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Tecnóloga Oftálmica

Atividades

  • 01/2006

    Ensino, Tecnologia Oftálmica, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Administração em Consultório Oftalmológico

  • 07/2004 - 10/2006

    Outras atividades técnico-científicas , Núcleo de Epidemiologia Ocular, Núcleo de Epidemiologia Ocular.,Atividade realizada, Integrante da equipe de atendimento clínico do projeto de pesquisa "Avaliação dos serviços de assistência ocular e o impacto negativo da deficiência visual/cegueira na cidade de São Paulo".

  • 03/2004 - 02/2005

    Estágios , Laboratório de Eletrofisiologia Visual Clínica, .,Estágio realizado, Potencial visual evocado, eletrorretinografia, eletro-oculografia.

  • 03/2003 - 02/2004

    Estágios , Setor de Visão Subnormal, .,Estágio realizado, Reabilitação Visual.