Tamara Barbosa Gomes

Graduada em Ciências Biomédicas pela Universidade Estadual Paulista - UNESP. Egressa do Programa de Educação Tutorial do Ministério da Educação (Bolsista). Mestranda no programa de Ciências Biológicas (Genética) do Instituto de Biociências de Botucatu - UNESP.

Informações coletadas do Lattes em 24/02/2022

Acadêmico

Formação acadêmica

Mestrado em andamento em Programa de Pós Graduação em Ciências Biológicas (Genética)

2021 - Atual

Instituto de Biociencias de Botucatu
Orientador: Rafael Henrique Nóbrega;

Graduação em Ciências Biomédicas

2015 - 2018

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Formação complementar

2018 - 2018

DE ONDE E PARA ONDE? NCRNAS: ESTRUTURA, FUNÇÃO E EVOLUÇÃO. (Carga horária: 3h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

2018 - 2018

VII CURSO DE INVERNO Respostas a danos no DNA. (Carga horária: 40h). , ICB-USP, USP, Brasil.

2018 - 2018

Desafios e estratégias em pesquisas com microRNAs. (Carga horária: 1h). , BR4 Science, BR4S, Brasil.

2015 - 2018

Programa de Educação Tutorial. (Carga horária: 2000h). , Ministério da Educação, MEC, Brasil.

2017 - 2017

Biomédico e a Indústria no Brasil. (Carga horária: 3h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética.

Organização de eventos

GOMES, T. B. ; PET Agronomia ; PET Ciências Biológicas de Botucatu ; PET Engenharia Florestal ; PET Medicina Veterinária e Zootecnia . V EPU - Encontro dos grupos PET da Unesp. 2018. (Outro).

PET Ciências Biológicas de Botucatu ; PET Medicina Veterinária e Zootecnia ; PET Engenharia Florestal ; PET Agronomia ; GOMES, T. B. . V EPU - Encontro dos Grupos PET da UNESP. 2018. (Outro).

GOMES, T. B. . I Feira de Profissões - PET Botucatu. 2017. .

GOMES, T. B. . PET Discute: Universidade. 2017. (Outro).

GOMES, T. B. . PET Discute: Terras. 2016. (Outro).

GOMES, T. B. . PET Discute: Consciência. 2015. (Outro).

GOMES, T. B. ; PET Agronomia ; PET Ciências Biológicas de Botucatu ; PET Engenharia Florestal ; PET Medicina Veterinária e Zootecnia . V EPU - Encontro dos grupos PET da Unesp. 2018. (Outro).

Participação em eventos

Frontiers of Molecular Oncology. 2018. (Congresso).

II Darwin Day. 2018. (Seminário).

XVIII Workshop de Genética. 2018. (Outra).

20 ENBM Encontro Nacional de Biomedicina. 2017. (Encontro).

III EPU - Encontro de grupos PET da UNESP.PET Discute: Consciência. 2016. (Encontro).

Foi orientado por

Daisy Maria Fávero Salvadori

Avaliação toxicogenética da exposição crônica ao corante têxtil C; I; Disperse Red 1 em camundongos Swiss; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biomédicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho; Orientador: Daisy Maria Fávero Salvadori;

Willian Fernando Zambuzzi

Atividade de Formação Complementar; 2018; Orientação de outra natureza; (Ciências Biomédicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho; Orientador: Willian Fernando Zambuzzi;

Cláudia Aparecida Rainho

Estágio Observacional em Genética Humana e Médica; 2016; Orientação de outra natureza; (Graduação em Ciências Biomédicas) - Instituto de Biociências - UNESP - Botucatu/SP; Orientador: Claudia Aparecida Rainho;

Produções bibliográficas

  • GOMES, T. B. ; SALVADORI, D. M. F. ; FERNANDES, F. H. . AVALIAÇÃO TOXICOGENÉTICA DO CORANTE TÊXTIL C.I. DISPERSE RED 1 EM CAMUNDONGOS SWISS EM EXPOSIÇÃO CRÔNICA. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • GOMES, T. B. ; PET Ciências Biológicas de Botucatu . PET Discute: Consciência. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Projetos de pesquisa

  • 2018 - 2018

    AVALIAÇÃO TOXICOGENÉTICA DO CORANTE TÊXTIL C.I. DISPERSE RED 1 EM CAMUNDONGOS SWISS APÓS 14 DIAS DE EXPOSIÇÃO, Descrição: A indústria têxtil é uma das maiores poluidoras aquáticas, especialmente pelo descarte inapropriado de compostos corantes. O azo corante têxtil Disperse Red 1 (DR1) é amplamente utilizado e pode ser encontrado em rios mesmo após tratamento convencional. Dados na literatura sugerem que o DR1 apresenta potencial mutagênico tanto em sistemas in vitro como in vivo. Assim, o presente estudo foi delineado com o objetivo de contribuir para a definição da atividade toxicogenética e dos possíveis mecanismos de ação do DR1 em células do sague periférico de camundongos após múltipla exposição ao corante. Para isso, os animais foram tratados por via oral (gavage) com o corante, por 14 dias consecutivos, nas doses de 0,5, 50 e 500 g/kg p.c. Todos os animais receberam água filtrada e dieta comercial ad libitum durante todo o período experimental. Após 6 e 48 horas do último tratamento, da veia facial foram coletados 10L de sangue periférico para a realização, respectivamente, dos testes do cometa e do micronúcleo. Para o teste do cometa foram analisados 100 nucleoides/animal (tail intensity) e para o teste do micronúcleo de 1000 a 2000 células por animal. Os dados foram estatisticamente analisados utilizando-se a distribuição de Poisson (teste do micronúcleo) e o Modelo Linear Generalizado com distribuição gama (teste do cometa). Os resultados mostraram que, em ambos os testes, não houve diferenças significativas (p > 0,05) nos níveis de danos genéticos entre os grupos de expostos ao DR1 e os respectivos grupos controle negativo. Concluindo, o DR1, nas concentrações testadas, não induziu danos primários no DNA (teste do cometa) e aberrações cromossômicas (teste do micronúcleo) em células do sangue periférico de camundongos após exposição múltipla. Novos estudos devem ser realizados para elucidar o possível potencial mutagênico do corante, bem como seu mecanismo de ação.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Tamara Barbosa Gomes - Integrante / Fabio Henrique Fernandes - Integrante / Daisy Maria Favero Salvadori - Coordenador.