Nathalia dos Santos Oliveira

Tem experiência na área de Bioinformática com ênfase em micologia, cursando Biotecnologia, com ênfase em Biotecnologia em Saúde Humana e Animal. Atualmente faz parte de um projeto de inicial científica (PIVIC) na área de bioinformática e biologia molecular no laboratorio de Bioquimica de Microorganismos na Universidade Federal de Goiás. Trainer na empresa By Technology Jr, Assessora da liga nacional de acadêmicos de biotecnologia (LINA) no polo da Universidade Federal de Goiás.

Informações coletadas do Lattes em 18/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em andamento em Biotecnologia

2018 - Atual

Universidade Federal de Goiás

Ensino Médio (2º grau)

2012 - 2015

Colégio Prime

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2019 - 2019

Curso de Inverno em Programação e Análise de Dados em R. (Carga horária: 60h). , Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.

2019 - 2019

Oratória. (Carga horária: 40h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - GO, SENAC/GO, Brasil.

2012 - 2012

Introdução a informatica e multimidia. windows seven, office 2010, internet. (Carga horária: 80h). , Centro de Educação Profissional em Informática, CEPI, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biotecnologia / Subárea: Bioinformática.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biotecnologia / Subárea: Biotecnologia em Saúde Humana e Animal.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia / Subárea: Biologia e Fisiologia dos Microorganismos/Especialidade: Micologia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

OLIVEIRA, N. S. . Nucleo'19. 2019. (Congresso).

Georg. R. C ; OLIVEIRA, N. S. . "Ciência em Todo Lugar". 2019. (Exposição).

Georg. R. C ; OLIVEIRA, N. S. . "Ciência em Todo Lugar". 2019. (Exposição).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Raphaela de Castro Georg

Análise da região promotora de genes induzidos em resposta a presença de metais em Trichoderma harzianum; ; Início: 2018; Iniciação científica (Graduando em Biotecnologia) - Universidade Federal de Goiás; (Orientador);

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    Análise in silico do perfil de secreção de proteínas de Trichoderma harzianum em resposta ao estresse pelos metais pesados cádmio e alumínio, Descrição: Devido a crescentes problemas ambientais causados por métodos químicos de proteção contra patógenos em plantas, o biocontrole se tornou uma alternativa crescente nas plantações modernas. Um dos fungos utilizados como biocontrole são espécies do gênero Trichoderma, devido a sua presença em uma grande variedade de ecossistemas e o sua alta capacidade de micoparasitismo em fitopatógenos (NAUOM et al., 2019). Além disso, fungos do gênero Trichoderma podem influenciar positivamente o crescimento de plantas, auxiliando seu priming dando a planta uma maior resistência contra parasitas (BROTMAN, KAPUGANTI & VITERBO, 2010). A grande utilização de Trichoderma como biocontrole se dá também devido a sua presença em uma variabilidade de ecossistemas além da sua resistência em mudanças de temperatura (MCBEATH & ADELMA, 1991). Somado a isso, fungos da espécie Trichoderma harzianum possuem resistência a alguns metais pesados como o alumínio e o cádmio podendo crescer em solos com elevadas concentrações desses metais (SANTOS, 2017; OSHIQUIRI, 2019). A presença de alumínio e cádmio no solo pode influenciar a expressão gênica de T. harzianum estimulando a expressão de alguns genes e inibindo a de outros podendo, inclusive, influenciar a secreção de proteínas (SANTOS, 2017; OSHIQUIRI, 2019). A secreção de proteínas é de extrema importância no processo de micoparasitismo em Trichoderma spp, sendo que, várias dessas proteínas, para terem função biológica necessitam sofrer mudanças pós-traducionais, como a glicosilação (NAUOM et al., 2019). Cádmio é um metal pesado com alto grau de toxicidade, tendo propriedade de alterar estruturalmente proteínas (SHARMA, GOLOUBINOFF & CHRISTEN, 2008). Em estudos do nosso grupo observou-se que a presença de T. harzianum em meio contendo cádmio altera a quantidade de proteínas secretadas, aumentando sua quantidade de acordo com o aumento da concentração de cádmio (OSHIQUIRI, 2019). Alumínio é um metal pesado comumente encontrado nos solos do cerrado, podendo ter efeito acumulativo em plantas, comprometendo a saúde dos seres humanos, além de provocar a acidificação do solo (SANTOS, 2017). T. harzianum tem a capacidade de se desenvolver nas raízes das plantas auxiliando em seu crescimento, aumentando sua resistência contra fitopatógenos e além disso é capaz de eliminar metais pesados do solo por meio de biossorção (OSHIQUIRI, 2019). Avaliar o efeito de metais sobre o processo de secreção de proteínas de T. harzianum se faz de suma importância, uma vez que pode auxiliar no entendimento do seu mecanismo de tolerância à esse tipo de estresse, além de otimizar a aplicação do fungo no biocontrole de fitopatógenos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Nathalia dos Santos Oliveira - Integrante / Raphaela de Castro Georg - Coordenador.

  • 2018 - 2019

    Análise da região promotora de genes induzidos em resposta a presença de matérias em Trichoderma harzianum, Descrição: Este trabalho teve como objetivo analisar regiões promotoras de genes do fungo Trichoderma harzianum diferencialmente expressos em resposta a concentrações de alumínio, afim de identificar possíveis regiões reguladoras desses genes. Materiais e métodos Foram selecionados os genes diferencialmente expressos em distintas concentrações de alumínio e feita uma associação com diferentes bancos de dados utilizando o programa RStudio. Em seguida, foram identificadas as funções biológicas mais significativamente relevantes e as sequências dos genes que compunham esse conjunto de dados foram selecionadas utilizando o banco de dados do JGI. Seguidamente foi utilizado o programa DREME suite para a predição de regiões motivos dentro das regiões promotoras desses genes. Resultados: Para a análise da região promotora foram selecionados inicialmente os genes diferencialmente expressos comuns à todas as concentrações de alumínio analisadas e também aqueles exclusivos de cada concentração. Os três motivos mais estatisticamente significativos encontrados na soma dos genes exclusivos e comuns foram: TACWNGTA; TTYTYTT; AARAAARA. Analisamos também as regiões promotoras de sete grupos de genes, correspondentes às sete funções biológicas mais relevantes entre os genes induzidos pelo alumínio. Observamos na região promotora destes genes alguns outros motivos, além dos observados no conjunto de genes exclusivos e comuns, tais como: TACATRYA e DACTCCG, nos genes classificados como da função biológica Zinc ion binding e Regulation of transcription DNA-dependent, respectivamente. Conclusão: Observamos na região promotora dos genes induzidos por alumínio várias sequências que podem ser utilizadas por fatores de transcrição para a regulação da resposta em T. harzianum ao estresse por esse metal.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Nathalia dos Santos Oliveira - Integrante / Raphaela de Castro Georg - Coordenador.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de Goiás, Instituto de Patologia Tropical e Saúde Publica. , Rua 226, Setor Leste Universitário, 74610130 - Goiânia, GO - Brasil, Telefone: (62) 991694023

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2018 - Atual

Universidade Federal de Goiás

Vínculo: , Enquadramento Funcional: