Guilherme de Souza Papini

Possui graduação em Engenharia Mecânica pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (1993), graduação em Programas Especiais de Formação Pedagógica de Docente em Física pela Fundação de Educação Para o Trabalho de Minas Gerais (2001), Mestrado (1999) e Doutorado (2009) em Acústica, pelo Programa de Pós-Graduação do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade Federal de Minas Gerais. Foi sócio da empresa Isoacústica Ltda. Teve experiência como Engenheiro e Gerente de Tecnologia na empresa Isobrasil Ltda. Tem experiência como professor do ensino médio, profissional e universitário. No ensino médio, a ênfase foi em Física. No ensino profissional e universitário as ênfases foram em metrologia, elementos de máquinas, dinâmica de corpos rígidos, mecânica dos fluidos e termodinâmica clássica. Como engenheiro mecânico e gerente de tecnologia a ênfase dos trabalhos realizados foram em projetos de controle de ruído industrial, tratamento acústico e de Vibrações, bem como a pesquisa e o desenvolvimento tecnológico de sistemas de controle de ruído. Tem experiência como pesquisador e coordenador de projetos outorgados pela FAPEMIG e CNPq, nas áreas de controle de ruído e energia eólica, respectivamente. Foi avaliador-especialista na Rede Metrológica de Minas Gerais de 2009 a 2012. Atualmente é efetivado como professor adjunto IV, no regime de dedicação exclusiva, no curso de Engenharia Aeroespacial do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade Federal de Minas Gerais, ministrando as matérias de Aerodinâmica de Alta Velocidade, Aerodinâmica, Aerodinâmica Experimental , Acústica Geral e Estágio Obrigatório. Coordena o Laboratório de Aerodinâmica Experimental do Deparamento de Engenharia Mecânica da UFMG e é professor efetivo no Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica da UFMG, orientando alunos no mestrado. Foi orientador no Programa INOVAR FCA-Universidades pelo Programa de Pós-graduação em Engenharia Mecânica da UFMG (PPGMEC). Através da portaria Nº 542, de 23/01/2019 assumiu a coordenação do curso de Engenharia Aeroespacial da UFMG. Membro da Câmara Departamental do Departamento de Engenharia Mecânica.

Informações coletadas do Lattes em 21/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Engenharia Mecânica

2005 - 2009

Universidade Federal de Minas Gerais
Título: DESENVOLVIMENTO DE PROCEDIMENTOS DE PROJETO ÓTIMO HÍBRIDOS PARA O CONTROLE DE RUÍDO EM DUTOS DE SISTEMAS DE EXAUSTÃO INDUSTRIAIS
Ricardo Luiz Utsch de Freitas Pinto. Palavras-chave: Otimização; Silenciadores reativos; Silenciadores resistivos; Controle Ativo de Ruído; Procedimentos de Projeto Ótimo Híbridos.

Mestrado em Engenharia Mecânica

1996 - 1998

Universidade Federal de Minas Gerais
Título: Estudo Numérico de Barreiras Acústicas,Ano de Obtenção: 1999
Orientador: Marcos Vinicius Bortolus
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: Barreiras de Ruído; Método dos Elementos de Contorno; Métodos Semi-empíricos.Grande área: EngenhariasGrande Área: Engenharias / Área: Engenharia de Transportes / Subárea: Veículos e Equipamentos de Controle / Especialidade: Acústica. Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Arquitetura e Urbanismo / Subárea: Tecnologia de Arquitetura e Urbanismo / Especialidade: Adequação Ambiental. Setores de atividade: Assessoria Ou Consultoria de Arquitetura Ou Engenharia; Desenvolvimento Urbano; Indústria Metal-Mecânica.

Graduação em Programas Especiais de Formação Pedagógica de Doce

2000 - 2001

FUNDAÇÃO DE EDUCAÇÃO PARA O TRABALHO DE MINAS GERAIS

Graduação em Engenharia Mecânica

1988 - 1993

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2007 - 2007

LabVIEW Básico I & II. (Carga horária: 40h). , National Instruments, NI, Brasil.

2007 - 2007

CompactRIO. (Carga horária: 24h). , National Instruments, NI, Brasil.

2007 - 2007

LabVIEW Intermediário I & II. (Carga horária: 40h). , National Instruments, NI, Brasil.

2006 - 2006

Revisão de Processos. (Carga horária: 80h). , Ferrari & Associados, F&A, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Italiano

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Calor e Fluidos/Especialidade: Acústica.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Calor e Fluidos.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Aeroespacial / Subárea: Aerodinâmica.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Mecânica dos Sólidos/Especialidade: Dinâmica dos Corpos Rígidos, Elásticos e Plásticos.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Mecânica dos Sólidos/Especialidade: Mecânica dos Corpos Sólidos, Elásticos e Plásticos.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Fenômenos de Transporte/Especialidade: Mecânica dos Fluídos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

PAPINI, GUILHERME DE SOUZA ; PEREIRA, M. C. ; PEGADO, H. A. . Mostra Sua UFMG 2019. 2019. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Educação inclusiva no ensino superior. 2019. (Outra).

Grand Challenges Scholars Program Workshop - Brasil. 2019. (Encontro).

XX Semana da Graduação.PMG 028 - Departamento de Engenharia Mecânica. 2016. (Outra).

16 COMPETIÇÃO SAE BRASIL AERODESIGN.16 COMPETIÇÃO SAE BRASIL AERODESIGN. 2014. (Outra).

XVIII Semana da Graduação.PMG-028 MONITORIA DO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA. 2014. (Outra).

X SIMMEC.COORDENADOR DE SESSÃO TÉCNICA. 2012. (Simpósio).

XVI SEMANA DA GRADUAÇÃO.AVALIADOR DA XVI SEMANA DA GRADUAÇÃO. 2012. (Outra).

ENGENIO - 2ª Semana do Núcleo de Engenharia e Computação.Control de Ruído Industrial no Contexto das Engenharias. 2010. (Seminário).

Meio Ambiente "Ferramentas Inovadoras para Gerenciamento da poluição Sonora". 2008. (Seminário).

XXII Encontro da Sociedade Brasileira de Acústica. Controle Ativo de Ruído para Sistemas de Exaustão Utilizando Filtragem Adaptativa. 2008. (Congresso).

COBEM. Active Noise Control for Small-Diameter Exhaust System. 2007. (Congresso).

I Workshop Mineiro em Engenharia Acústica e Vibrações.O Controle do Ruído Industrial. 2007. (Encontro).

COBEM. The Performance of Reflective and Absorptive Noise Barrier in Citrosuco´s Industry in Matão (SP) - Brazil. 2005. (Congresso).

CILAMCE. Uma Técnica para a Otimização de Barreiras de Ruído Baseada no Método dos Elementos de Contorno. 2000. (Congresso).

XIX Encontro da Sociedade Brasileira de Acústica.Apoio. 2000. (Encontro).

COBEM. Numerical Study of Acoustics Barriers. 1999. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Rogerio de Assis Dias Guahy

MEDEIROS, E. B.; PEGADO, H. A.;PAPINI, GUILHERME DE SOUZA. Análise Comparativa de Metodologias para Cálculos em Efeito Solo, Empregando Três Configurações Alares Retangulares. 2019. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica (UFMG)) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: wagner Ferreira Lima

HUEBNER, R.;PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; PEREIRA, L. B.. Análise da Distribuição e Ar em um Filtro de Mangas Utilizando Dinâmica de Fluidos Computacional. 2019. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica (UFMG)) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Valdson Henrique Prado Gonçalves

HUEBNER, R.;PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; TREVIZOLI, P. V.. Análise Numérica da Aplicação do Controle Ativo de Arrasto em um Modelo Automobilístico Simples. 2019. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica (UFMG)) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Matheus Quintino Palhares

PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; HUEBNER, R.; TREVIZOLI, P. V.; MEDEIROS, E. B.. Avaliação Teórica de um Mecanismo Passivo de Controle de Arrasto Abordando o Ruído Aerodinâmico Aplicado ao Corpo de Ahmed com Traseira Quadrada. 2019. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica (UFMG)) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Bruno Garkauskas neto

Donadom, L. V.; MACHADO, W. D.;PAPINI, Guilherme de Souza. Metodologia de Avaliação da Performance Acústica Experimental e Virtual do Sistema de Exaustão Automotivo. 2019. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica (UFMG)) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Bernardo Oliveira Hargreaves

PINTO, R. L. U. F.; Ricardo Poley Martins Ferreira;PAPINI, GUILHERME S.. Otimização Aerodinâmica e Estrutural de Asas de Elevado Alongamento para Veículos Aéreos Não Tripulados. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica (UFMG)) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Arthur Ferreira Rezende Delfim

MEDEIROS, E. B.; GUIMARAES, G. P.; Donadom, L. V.;PAPINI, GUILHERME S.. Desenvolvimento de Metodologia Integrada para Definição de Objetivos de Desempenho Vibro-Acústicos a Partir do Estudo de Caso de Booming Noise. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica (UFMG)) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Fagner Patricio Lucas

HUEBNER, R.;PAPINI, GUILHERME S.; Matheus Pereira Porto. Análise Numérica de Escoamento em Vasos Separadores Verticais de Compressores Alternativos do Tipo Pistão. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica (UFMG)) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Rafael Morais Cunha

MEDEIROS, E. B.;PAPINI, GUILHERME S.; HERRERA, C. G.. Modelagem Numérica de Sistemas de Áudio em Habitáculo Veicular. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica (UFMG)) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Guilherme Henrique Godoi

Donadom, L. V.; MEDEIROS, E. B.;PAPINI, GUILHERME S.. Avaliação do Ruído de Rolagem a partir da Análise de Resposta em Frequência do Conjunto Roda Pneu. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica (UFMG)) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Jefferson Ataide de Souza Oliveira

PAPINI, Guilherme de Souza; MEDEIROS, E. B.; MAGALHAES, M. C.. Sobre o Uso da Técnica da Matriz de Transferência no Estudo da Propagação Acústica em Tubulações do Sistema de Ar-Condicionado Automotivo. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica (UFMG)) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Daniel Henrique Nunes Peixoto

MAGALHAES, M. C.;PAPINI, Guilherme de Souza; Donadom, L. V.; CAMPOS, R. M. V.. Desenvolvimento de um Protótipo de Sonda de Intensidade Sonora de Baixo Custo. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Estruturas) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Matheus Silveira de Almeida Rodrigues

HUEBNER, R.; LUCAS, T. C.; NAVARRO, T. P.;PAPINI, Guilherme de Souza. Simulação Numérica de Escoamento Pulsátil na Aorta Torácica e Aneurisma. 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica (UFMG)) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Leandro Neves Pedreiro

HUEBNER, R.; Fernando Diogo de Carvalho Grossi;PAPINI, GUILHERME S.; Catalano, F. M.. Estudo e Otimização de uma Asa Sob Efeito de Hélice na Configuração Tractor para Redução de Arrasto. 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica (UFMG)) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Hugo Sampaio Líbero

MAGALHAES, M. C.; DINIZ, S. M. C.; DUARTE, M. L. M.;PAPINI, GUILHERME S.. Avaliação de Desempenho Vibroacústico de Unidades Residenciais. 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Estruturas) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Marcelo de Souza Lima Guerra

BARROS, J. E. M.; SIGNORETTI, V. T.;PAPINI, Guilherme de Souza. Desenvolvimento de um Novo Processo de Corte de Materiais Metálicos Baseado no Conceito de Motor Foguete. 2015. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Rafaella Cristina Oliveira

PAPINI, Guilherme de Souza; SANTOS, J. N.; MAGALHAES, M. C.; RODRIGUES, F.. Análise das Condições Acústicas de Unidades de Suporte Móveis: um enfoque na Saúde do Trabalhador. 2013. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Estruturas) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Clinton Andre Merlo

MEDEIROS, E. B.; PASQUAL, A. M.; GOES, L. C. S.; GUIMARAES, G. P.; BORGES, E. N. M.;PAPINI, Guilherme de Souza. Síntese de Campos Sonoros Através dos Modos de Radiação Ativos e Reativos de Arranjos de Planares de Fontes Acústicas. 2018. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica - UFMG) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Rafael Augusto Magalhães Ferreira

Matheus Pereira Porto; OLIVEIRA, L. G. M.; HUEBNER, R.; Braz de Jesus Cardoso Filho;PAPINI, Guilherme de Souza. Metodologia para Avaliação do Desempenho de Painéis Fotovoltaicos Utilizando um Modelo Elétrico-Térmico e Termografia Quantitativa. 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica - UFMG) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Wagner Duarte Machado

MEDEIROS, E. B.; SALES, L. C. M.; GUIMARAES, G. P.; DUARTE, H. V.; PASQUAL, A. M.;PAPINI, GUILHERME DE SOUZA. Estudo Experimental e Simulação de Fontes de Ruído Aerodinâmico Veicular. 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Artur Henrique De Freitas Avelar

HUEBNER, R.; ANDRADE, A. J. P.; NAVARRO, T. P.; ANDRADE, R. M.;PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; LUCAS, T. C.. Estudo Analítico e Experimental do Fenômeno de Flutter em Válvulas Cardíacas Prostéticas Biológicas. 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Carlos Antonio Rennó

Ricardo Poley Martins Ferreira; II, E. J. L.; PINTO, R. L. U. F.;PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; ROSSI, R. D. F.; GARCIA, E. B.. Uma Contribuição ao Projeto Modelagem Matemática e ao Controle Não-Convencional Baseado em Inteligência Artificial de Sistemas Dinâmicos Não-Lineares Inerentemente Instáveis. 2014. Tese (Doutorado em Programa de Pós Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: LUIZ HENRIQUE JORGE MACHADO

FARIA, M. T. C.; Medeiros, E. B.; PUJATTI, F. J. P.;PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; SOUZA, J. P. B.. Dynamic Behavior of Turbochargers Supported by Fluid Film Compliant and Non-Compliant Bearings: Numerical and Experimental Analysis. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica - UFMG) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Danilo Cesar Rodrigues Azevedo

PINTO, R. L. U. F.;PAPINI, GUILHERME S.; Ricardo Poley Martins Ferreira; MEDEIROS, E. B.. Determinação da Circulação em Hélices com Mínimo Ruído. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Clinton Andre Merlo

MEDEIROS, E. B.; PASQUAL, A. M.;PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; VIEIRA, M. N.. Síntese de Campos Sonoros Incidentes em Painéis para Estudos de Transparência Acústica. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Pedro Augusto Xavier Viana

DUARTE, M. L. M.;PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; Donadom, L. V.. Influência da Transmissibilidade de Vibrações no Desempenho Cognitivo. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Hudson Haendel Moreira Costa

PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; DUTRA, D. A.; AZEVEDO, D. C. R.. Dimensionamento de Placa de Orifício para Teste de Ruído em Escoamento Compressível. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Agnes Braune Guedes

MEDEIROS, E. B.;PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; BORTOLUS, Marcos Vinicius. Estimativa de Nível de Ruído da Aeronave A320 em Decolagem e Subida Inicial. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Vinícius Bastos Resende

MEDEIROS, E. B.;PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; MAGALHAES, M. G.. Utilização da D-Measure para a Análise de Falhas Aleatórias em Redes Complexas Aplicada a Malhas Aéreas. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Lucas Pereira da Fonseca

CIMINI JUNIOR, C. A.; REIS, J. L. C.;PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; ALVES, M. P.. Projeto Estrutural de uma Asa para uma Aeronave Acrobática. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Beatriz Timm

VICTORINO, A. C.;PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; UTSCH, Ricardo L; JESUS, G. A. R.. Introdução de Sistemas de Transporte Inteligente nos Meios Urbanos Terrestres e Aéreos: modelo de desenvolvimento, tendências e normas. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: André Mandelik Bethonico

HUEBNER, R.; MAGALHAES, F. C.;PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; ABREU, G. S.. Análise Computacional para a Determinação das Cargas de Vento Atuantes em um Arranjo de Painéis Fotovoltaicos. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Gabriel Sgaria Comarella

CORTEZ, M. F. B.; MACHADO, L.;PAPINI, GUILHERME DE SOUZA. Análise de Viabilidade Econômica de Implantação de Sistemas de Condicionamento de Ar no Bloco 04 da Escola de Engenharia. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Davi Barros Frossard

PAPINI, GUILHERME S.. Automação das Mesas Giratórias da Seção de Ensaios em um Túnel de Vento de Circuito Fechado com Integração ao seu Sistema de Operação. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Bruno Pena Modesto

MEDEIROS, E. B.;PAPINI, GUILHERME S.; GUAHY, R. A. D.. Caracterização de Projetos de Aeronaves de Combate. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Marco Antonio Georges Malatrasi

BARROS, J. E. M.;PAPINI, GUILHERME S.; MEDEIROS, E. B.. Projeto Aerodinâmico de um Míssil Elétrico. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Matheus Gasparini de Magalhaes

SCHIEBER, T.;PAPINI, GUILHERME S.; MEDEIROS, E. B.. Logística de Transporte Aéreo Europeu - Estabilidade da Malha Aérea. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Ricardo Stary Rodrigues

Ricardo Poley Martins Ferreira;PAPINI, GUILHERME S.; BORTOLUS, Marcos Vinicius. Modelos de Previsão de Demanda e Análise do Cenário Aeronáutico Brasileiro. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Hermano Lopes Naves

FARIA, M. T. C.;PAPINI, GUILHERME S.; AMARAL, D.. Um Estudo sobre a Aplicação de Mancais Filme Fluido em Transmissão de Turbinas Eólicas. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Diego Jonathan Heer

PEGADO, H. A.;PAPINI, GUILHERME S.; BARROS, J. E. M.. O Efeito Coanda Empregado em Helicópteros NOTAR. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: João Vitor Lazarino de Souza Campos

PINTO, R. L. U. F.;PAPINI, GUILHERME S.; MEDEIROS, E. B.. Estudo da Estabilidade e Controle Látero - Direcional da Aeronave Braco 700. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Gabriel Burgareli de Assis

BARROS, J. E. M.;PAPINI, GUILHERME S.; DUTRA, D. A.. Análise de Desempenho de Hélices de Passo Fixo para Motores Elétricos. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: André Andrade Soares

PAPINI, Guilherme de Souza; MEDEIROS, E. B.; ANDRADE, A. C.. Método e Cálulo de Incertezas na Calibração de Anemômetro de Fio Quente em Túnel de Vento. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Breno Leite Celidonio de Pinho Martins

PAPINI, Guilherme de Souza; MACHADO, L.; MEDEIROS, E. B.. Análise de Modelos para Predição de Propagação Sonora em Dutos Industriais. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Lucas Antunes Orsini

PAPINI, Guilherme de Souza. Desenvolvimento de Metodologia para Análise Aerodinâmica de Aerofólios Subsônicos. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Arthur Henriques Lorentz Godinho Amaral

PAPINI, Guilherme de Souza; BARROS, J. E. M.; MEDEIROS, E. B.. Development of fast analytical methods for the reconstruction of 3D shock structures generated by bodies travelling at supersonic and hypersonic speeds. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Guilherme Faria Freitas

PAPINI, Guilherme de Souza; MEDEIROS, E. B.; BARROS, J. E. M.. Fluidodinâmica computacional para análise de hidrofólios. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Victor de Melo Araujo Goulart

AUXILIADORA, M.; MICHEL, H.;PAPINI, GUILHERME S.. Projeto e Implementação do Controle da Velocidade de Escoamento do Ar em um Túnel de Vento de Circuito Fechado. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Bruno Leonhardt Palmieri

HUEBNER, R.;PAPINI, Guilherme de Souza; Santos, A. A. C.. Uso de CFD para Estudo de Coeficientes Aerodinâmicos de um Conjunto Perfil e Flap Externo. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Enner Sampaio Duarte

PAPINI, GUILHERME S.; PINTO, R. L. U. F.; SOUZA, G. X.. Turbinas Eólicas de Eixo Vertical e Aplicabilidade no Estado de Minas Gerais. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Pedro Henrique Araujo

PAPINI, GUILHERME S.; ZOLET, T. L.; ROSA, S. C.; PUJATTI, F. J. P.. Projeto Via CFD de Componentes Aerodinâmicos para um Veículo de Fórmula SAE. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Humberto Garrido Favato

MEDEIROS, E. B.; ARAUJO, A. M.; ROGÉRIO PINTO RIBEIRO;PAPINI, GUILHERME S.. Eficiência Aerodinâmica de Asa Fechada para um Planador. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Igor Rafael Souza de Brito

BORTOLUS, Marcos Vinicius; REIS, F. R. F.;PAPINI, GUILHERME S.; ARAUJO, A. M.. Desenvolvimento da Rotina de Cálculo de Arrasto Induzido pelo Método Trefftz Plane parab o Programa PANPRO 3D Desenvolvido pelo CEA-UFMG. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Rogerio de Assis Dias Guahy

MEDEIROS, E. B.;PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; NASCIMENTO FILHO, J.. Projeto preliminar de um WIG-C para transporte de passageiros na hidrovia Solimões-Amazonas. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Igor De Almeida Aguiar

HUEBNER, R.;PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; PEDREIRO, L. N.. Simulação dos Perfis Aerodinâmicos RAE 101 e NACA 65(3) - 218 Através de Fluido Dinâmica Computacional (CFD). 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: César Caixeta Ferreira

PINTO, R. L. U. F.;PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; MEDEIROS, E. B.. Procedimento para o Cálculo de Correção Aerodinâmica Devido aos Efeitos da Aeroelasticidade Estática para Aeronaves Flexíveis. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Saulo de Freitas Gonçalves

MEDEIROS, E. B.;PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; CAVALCANTE, K. V.. Análise Metodológica de Impacto Acústico Ambiental. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Ivan César Vieira Gomes

BARROS, J. E. M.;PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; PASQUAL, A. M.. Estudo de Técnica de Impressão 3D Utilizando Materiais Compósitos. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Tayrini da Cruz Beligoli Eufrasio

BRACARENSE, A. Q.;PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; JULIANI, L.. Inserção por Fricção de Material Não Metálico em Metal. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Guilherme Franco Monteiro

PINTO, R. L. U. F.;PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; Ricardo Poley Martins Ferreira. Um Estudo sobre a Aerodinâmica de Turbinas Eólicas de Eixo Vertical Tipo H. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Felipe Salzgeber Coutinho

BARROS, J. E. M.;PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; Ricardo Poley Martins Ferreira. Projeto de Desenvolvimento de Motor de Manobra de Baixo Impacto Ambiental para Pequenos Satélites. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Matheus Quintino Palhares

PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; MEDEIROS, E. B.; BARROS, J. E. M.. Ensaio em Túnel de Vento do Conceito de Propulsão de Goldschmied-Skaleski Aplicado à Polaina do Trem de Pouso Principal da Aeronave Anequim. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Thiago Barbosa Hermogenes

PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; PASQUAL, A. M.; SILVA, L. F. A. T. E.. Análise das Condições de Operação do Túnel de Vento do Laboratório de Aerodinâmica Experimental da UFMG por Análise de Vibrações. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Evandro Dias Miranda

PASQUAL, A. M.;PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; SILVA, B. C.. Avaliação de Algoritmos de Processamento de Sinais em Caracterização Acústica de Home Studio. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Stephano Joviano Miranda

PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; PINTO, R. L. U. F.; ROGÉRIO PINTO RIBEIRO. Estudo de Viabilidade Técnica de Turbinas Eólicas de Baixa Potência no Norte de Minas Gerais. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Fred Aride Moulin

BORTOLUS, Marcos Vinicius;PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; DUTRA, D. A.. Estimativa da Polar de Arrasto de um Perfil Aerodinâmico 2D em Túnel de Vento. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Filipe Rodrigues Mendes

PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; PINTO, R. L. U. F.; ROGÉRIO PINTO RIBEIRO. Caracterização de Regime de Ventos em uma Cidade da Região Norte do Estado de Minas Gerais. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Arthur Henrique Izumi de Abreu

Bortolus;PAPINI, Guilherme de Souza. Gestão de Habilidades. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Renan Marques Zacche

PASQUAL, A. M.;PAPINI, Guilherme de Souza; VIEIRA, M. N.. Desenvolvimento de um Tubo de Impedância para Caracterização Experimental de Materiais. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Filipe Briann Gomes Coelho

PAPINI, Guilherme de Souza; UTSCH, Ricardo L; SILVA, L. F. A. T. E.. Desenvolvimento de Supervisório para Aquisição de Dados Visando a Caracterização da Potência de Operação Requerida pelo Ventilador do Túnel de Vento de Circuito Fechado da UFMG. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Wagner Kim Amaral Silva

BARROS, J. E. M.;PAPINI, Guilherme de Souza; NASCIMENTO FILHO, J.. Otimização de Turbina Axial para Geração de Eletricidade. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Igor Pompeu dos Anjos

PAPINI, Guilherme de Souza; BARROS, J. E. M.; HUEBNER, R.. Estudo de Viabilidade Técnica para Aproveitamento de Bocal Convergente-Divergente em um Túnel de Vento Supersônico. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Julliardy Daniel Matoso Santos

OLIVEIRA, P. H. I.;PAPINI, Guilherme de Souza; UTSCH, Ricardo L. Ensaio Aerodinâmico do Perfil Multi-Elementos da Asa do Avião Double Ender. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Leandra Isabel de Abreu

MEDEIROS, E. B.;PAPINI, Guilherme de Souza; PASQUAL, A. M.. Implementação do Método de Segmentação para Estimar Curvas de Níveis Sonoros de uma Aeronave. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Guido Emmanuel Dutra Marioza dos Santos

MEDEIROS, E. B.;PAPINI, Guilherme de Souza; BORTOLUS, Marcos Vinicius. Análise da Influência do Efeito Solo em um UAV Agrícola. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Paulo Humberto de Moura Ramos

FARIA, M. T. C.;PAPINI, Guilherme de Souza; MEDEIROS, E. B.. Análise de Desempenho de Mancais Radiais de Lâminas Lubrificadas a Ar Utilizando-se o Método das Diferenças Finitas. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Henrique Seabra Canaverde

PAPINI, Guilherme de Souza; ROGÉRIO PINTO RIBEIRO. Análise de Vibração e Ruído no Difusor de um Túnel de Vento em Circuitoo Fechado. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Thiago Borges Oliveira Silva

PAPINI, Guilherme de Souza. Projeto Aerodinâmico de um Veículo de Competição do Tipo Fórmula SAE. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Mateus Augusto Malta Teixeira

PAPINI, Guilherme de Souza. Otimização Evolutiva Multiobjetivo de Winglets. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Artur Velten Mendes

PINTO, R. L. U. F.;PAPINI, Guilherme de Souza. Detalhamento de uma Plataforma de Testes Reconfigurável para Aerogeradores de Pequeno Porte. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Klertton Macieira Batista

HUEBNER, R.;PAPINI, Guilherme de Souza. Modelagem de Escoamento Compressível em Bocais Convergentes Utilizando a Fluidodinâmica Computacional. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Janaina Macêdo Rodrigues da Cunha

HUEBNER, R.;PAPINI, Guilherme de Souza. Avaliação Numérica do Escoamento em Cabos de Energia com Geometria Não Convencional. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Rodrigo de Araújo Simões

PASQUAL, A. M.;PAPINI, Guilherme de Souza. ANÁLISE DINÂMICA DE SISTEMAS ROTATIVOS EM BALANÇO. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Victor Couri Sabioni

UTSCH, Ricardo L;PAPINI, Guilherme de Souza. METODOLOGIA PARA CERTIFICAÇÃO DE GRANDES MODIFICAÇÕES EM AERONAVES ATRAVÉS DA CERTIFICAÇÃO SUPLEMENTAR DE TIPO. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Joel Laguárdia Campos Reis

PAPINI, Guilherme de Souza; UTSCH, Ricardo L. PROJETO E CONSTRUÇÃO DE MODELO PARA TÚNEL DE VENTO DA ASA DA AERONAVE DOUBLE ENDER. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Filipe Cotta Lanna Castro Queiroz

PAPINI, Guilherme de Souza; BARBOSA, L. M. F.. PROJETO AERONÁUTICO DE UM VANT TILT-ROTOR. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Rodrigo Chaia da Silveira Moreira

PAPINI, Guilherme de Souza; MARCIO, R.. Análise de Incerteza de Medições de Parâmetros de Escoamento em Túnel de Vento Aberto. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Ricardo Dadalto Duca Santos

PAPINI, Guilherme de Souza; ROGÉRIO PINTO RIBEIRO. Sistema para Controle do Consumo de Óleo em Motores PW127. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Gabriella Medeiros Lemes e Silva

PAPINI, Guilherme de Souza. Projeto Mecânico de um Dispositivo de Ensaio Aerodinâmico de Pás Isoladas em Túnel de Vento. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Lucas Breder Teixeira

PAPINI, Guilherme de Souza. Análise Aerodinâmica e Otimização do Ângulo de Passo Coletivo de Pás de Turbinas Eólicas baseada no método BEM. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Pedro Mota de Paiva

PAPINI, Guilherme de Souza. Dimensionamento e Análise por Elementos Finitos de Grampo Compressor de Molas Utilizado no Comando de Válvulas de Motores de Combustão Interna. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Ingo Specht

PAPINI, Guilherme de Souza. Avaliação Experimental do Campo de Escoamento ao Redor de Cabos Condutores. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Filipe Adão de Carvalho

PAPINI, Guilherme de Souza; Ricardo Poley Martins Ferreira; BORTOLUS, Marcos Vinicius. Colheita de Energia - estudo da prática. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Luiz Felipe Barretta Rizola

BORTOLUS, Marcos Vinicius;PAPINI, Guilherme de Souza; PERTENCE, Antônio. Projeto Mecânico de equipamentos para Barco à Vela Adaptada. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Guilherme Xavier de Souza

Bortolus;PAPINI, Guilherme de Souza. Tecnologia assistiva para ambiente de trabalho - motorização de uma cadeira de escritório. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Yuri Reno Xavier

Bortolus;PAPINI, Guilherme de Souza. Análise de alterações no desempenho de perfis aerodinâmicos devido ao processo de fabricação. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Cesar Augusto Costa Dias

PAPINI, Guilherme de Souza; Ricardo Poley Martins Ferreira. Projeto preliminar de veículos não tripulados com asa em efeito solo (U-WIG). 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Fernanda Pereira Guimarães

ISCOLD, P.;PAPINI, Guilherme de Souza. Análise estrutural de asas de aeronaves leves. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Fernanda Pereira Guimarães

ISCOLD, P.; ROGÉRIO PINTO RIBEIRO;PAPINI, Guilherme de Souza. PROJETO DE UM SISTEMA DE MEDIÇÃO DIRETA DO TORQUE DESENVOLVIDO POR MOTORES DE COMBUSTÃO INTERNA. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Régis Leonardo de Andrade Milagres

PAPINI, Guilherme de Souza; Ricardo Poley Martins Ferreira; MEDEIROS, E. B.. Estudo da Técnica de Formação de Feixes com Matriz de Microfones na Otimização de uma Gravação de Som. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Estenio Cruz

Estênio Cruz;PAPINI, Guilherme de Souza. Modelagem Matemática da Suspensão de um Veículo. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Rafael Cunha Gonçalves

Rafael Cunha Gonçalves;PAPINI, Guilherme de Souza. Ruído de Tráfego Veicular em Corredores de Transporte Urbano - Um Estudo de Caso. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

CAMARA, M. A.;PAPINI, Guilherme de Souza; NASCIMENTO FILHO, J.. Comissão Examinadora para Processo Seletivo de Professor Substituto. 2015. Universidade Federal de Minas Gerais.

PAPINI, Guilherme de Souza. Comissão Avaliadora do Processo Seletivo para preenchimento de uma vaga de Professor Substituto. 2013. Universidade Federal de Minas Gerais.

MELO, C. F.;PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; II, E. J. L.. Avaliação Parcial de Estágio Probatório do Prof. Pedro Bastos Costa. 2019. Universidade Federal de Minas Gerais.

MAIA, A. A. T.;PAPINI, GUILHERME DE SOUZA; FARIA, M. T. C.. Comissão do Processo Seletivo Mestrado. 2018. Universidade Federal de Minas Gerais.

ANDRADE, A. C.; MARQUES, P. V.;PAPINI, Guilherme de Souza. Comissão de Avaliação para o Exame de Seleção de Bolsistas no Programa de Monitoria de Graduação. 2016. Universidade Federal de Minas Gerais.

ANDRADE, A. C.;PAPINI, Guilherme de Souza; DUTRA, D. A.; MAIA, A. A. T.; MEDEIROS, E. B.; HUEBNER, R.. Comissão para elaboração de projeto do DEMEC para pedido de auxílio à Pró-Reitoria de Graduação. 2015. Universidade Federal de Minas Gerais.

PAPINI, Guilherme de Souza; HUEBNER, R.; ANDRADE, A. C.. Comissão de Seleção de Bolsistas no Programa de Monitoria de Graduação. 2015. Universidade Federal de Minas Gerais.

PAPINI, Guilherme de Souza; Medeiros, E. B.; PASQUAL, A. M.. Comissão de Seleção de bolsistas para PROGRAD. 2013. Universidade Federal de Minas Gerais.

PAPINI, Guilherme de Souza. Comissão avaliadora dos trabalhos apresentados na XXII Semana de Iniciação Científica. 2013. Universidade Federal de Minas Gerais.

PAPINI, Guilherme de Souza. Avaliador dos trabalhos apresentados na XVI Semana da Graduação. 2012. Universidade Federal de Minas Gerais.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Gilva Altair Rossi de Jesus

Rossi, G. A.; MEDEIROS, Eduardo Bauzer; FARIA, M. T. C.; DUARTE, Maria Lúcia Machado. Estudo dos Parâmetros Físicos para Controle Ativo de ruído e vibrações para Estruturas Delgadas. 2001. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Ricardo Luiz Utsch de Freitas Pinto

BORTOLUS, M. V.;PINTO, R. L. U. F.; MEDEIROS, E. B.. Estudos Numéricos de Barreiras Acústicas. 1999. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Ricardo Luiz Utsch de Freitas Pinto

PINTO, R. L. U. F.; DONADON, L. V.; MEDEIROS, E. B.; Duarte, M. L. M.; FLEURY, A. T.; DUARTE, M. A. V.. Desenvolvimento de Procedimentos de Projeto Ótimo Híbridos para o Controle de Ruído em Dutos de Sistemas de Exaustão Industriais. 2009. Tese (Doutorado em Programa de Pós Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Ricardo Luiz Utsch de Freitas Pinto

PINTO, R. L. U. F.; DONADON, L. V.; MEDEIROS, E. B.; Duarte, M. L. M.. Desenvolvimento de um Sistema de Controle Ativo de Ruído em Dutos e Sistemas de Exaustão Industriais. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Maria Lucia Machado Duarte

PINTO, Ricardo Luiz Utsch de Freitas; Fleury, A.T.; DUARTE, M. A. V.;MEDEIROS, Eduardo BauzerDONADON, L. V.DUARTE, M.L.M.. Desenvolvimento de Procedimentos de Projeto Ótimo Híbridos para o Controle de Ruído em Dutos de Sistemas de Exaustão Industriais. 2009. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica - UFMG) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Maria Lucia Machado Duarte

PINTO, Ricardo Luiz Utsch de Freitas;MEDEIROS, Eduardo BauzerDUARTE, M.L.M.DONADON, L. V.. Desenvolvimento de um Sistema de Controle Ativo de Ruído em Dutos e Sistemas de Exaustão Industriais. 2008 - Programa de Pós Graduação em Engenharia Mecânica da UFMG.

Maria Lucia Machado Duarte

MEDEIROS, Eduardo BauzerFARIA, Marco Túlio Correa deDUARTE, M.L.M.JESUS, G. A. R.. Estudo dos Parâmetros Físicos para Controle Ativo de Ruído e Vibrações para Estruturas Delgadas. 2001. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Marco Túlio Corrêa de Faria

FARIA, M. T. C.; JESUS, G. A. R.;DUARTE, Maria Lúcia Machado; MEDEIROS, Eduardo Bauzer. Estudo de Parâmetros Físicos para Controle Ativo de Ruído e Vibrações para Estruturas Delgadas. 2001. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Diogo Cortez Ferraz e Glória

Caracterização Aeroacústica de Perfil para Aeronave Elétrica; Início: 2019; Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica (UFMG)) - Universidade Federal de Minas Gerais; (Orientador);

Rogério Rodrigues da Silva Filho

ANÁLISE AERODINÂMICA DE UMA ASA DE BAIXO ALONGAMENTO AFETADA PELA INTERAÇÃO COM A PROPULSÃO, UTILIZANDO DIFERENTES MODELOS DE TURBULÊNCIA; Início: 2018; Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica (UFMG)) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

André Barroin

Modelagem de Discos Atenuadores de Ruído Proveniente de Válvulas de Controle em Escoamentos Superaquecidos; Início: 2018; Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica (UFMG)) - Universidade Federal de Minas Gerais; (Orientador);

Fernando Basilio Felix

Controle Ativo de Ruído em Difusor de Túnel de Vento Subsônico; Início: 2014; Tese (Doutorado em Engenharia de Estruturas) - Universidade Federal de Minas Gerais; (Coorientador);

Thiago Aguiar Martins de Oliveira

Fabricação e caracterização de um túnel de vento de circuito fechado subsônico em escala visando a validação do modelo em CFD - Parte II; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; (Orientador);

Thiago Aguiar Martins de Oliveira

Fabricação e caracterização de um túnel de vento de circuito fechado subsônico em escala visando a validação do modelo em CFD - Parte II; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; (Orientador);

Lucas Ramos e Silva

Fabricação e caracterização de um túnel de vento de circuito fechado subsônico em escala visando a validação do modelo em CFD - Parte II; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; (Orientador);

Romero Moreira Silva

Fabricação e caracterização de um túnel de vento de circuito fechado subsônico em escala visando a validação do modelo em CFD - Parte II; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; (Orientador);

Wender Goncalves dos Santos

Fabricação e caracterização de um túnel de vento de circuito fechado subsônico em escala visando a validação do modelo em CFD - Parte II; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; (Orientador);

Rafael Alves Boutros

Fabricação e Caracterização de um Túnel de Vento de Circuito Fechado Subsônico em Escala Visando a Validação de um Modelo em CFD Parte I; Início: 2018; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; (Orientador);

Wender Goncalves dos Santos

Fabricação e Caracterização de um Túnel de Vento de Circuito Fechado Subsônico em Escala Visando a Validação de um Modelo em CFD Parte I; Início: 2018; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; (Orientador);

Lucas Ramos e Silva

Fabricação e Caracterização de um Túnel de Vento de Circuito Fechado Subsônico em Escala Visando a Validação de um Modelo em CFD- Parte I; Início: 2018; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; (Orientador);

Romero Moreira Silva

Fabricação e Caracterização de um Túnel de Vento de Circuito Fechado Subsônico em Escala Visando a Validação de um Modelo em CFD Parte I; Início: 2018; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; (Orientador);

Thiago Aguiar Martins de Oliveira

Fabricação e Caracterização de um Túnel de Vento de Circuito Fechado Subsônico em Escala Visando a Validação de um Modelo em CFD Parte I; Início: 2018; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; (Orientador);

Wagner Otoni Carvalho Junior

Projeto, fabricação, montagem e caracterização em túnel de vento de uma planta experimental para aerogeradores de eixo horizontal; Início: 2017; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; (Orientador);

Humberto Martins Tavares Pereira

INSTRUMENTAÇÃO DO TÚNEL DE VENTO SUBSÔNICO DE CIRCUITO FECHADO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS VISANDO SUA CALIBRAÇÃO; Início: 2016; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; (Orientador);

Humberto Martins Tavares Pereira

INSTRUMENTAÇÃO DO TÚNEL DE VENTO SUBSÔNICO DE CIRCUITO FECHADO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS VISANDO SUA CALIBRAÇÃO; Início: 2016; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; (Orientador);

Rafael Silva Reghin

INSTRUMENTAÇÃO DO TÚNEL DE VENTO SUBSÔNICO DE CIRCUITO FECHADO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS VISANDO SUA CALIBRAÇÃO; Início: 2016; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; (Orientador);

Humberto Martins Tavares Pereira

INSTRUMENTAÇÃO DO TÚNEL DE VENTO SUBSÔNICO DE CIRCUITO FECHADO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS VISANDO SUA CALIBRAÇÃO; Início: 2016; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; (Orientador);

Rodrigo de Oliveira Almeida

INSTRUMENTAÇÃO DO TÚNEL DE VENTO SUBSÔNICO DE CIRCUITO FECHADO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS VISANDO SUA CALIBRAÇÃO; Início: 2016; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; (Orientador);

Eduardo Cardoso Mendes

INSTRUMENTAÇÃO DO TÚNEL DE VENTO SUBSÔNICO DE CIRCUITO FECHADO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS VISANDO SUA CALIBRAÇÃO; Início: 2014; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; (Orientador);

Matheus Quintino Palhares

Avaliação Teórica de um Mecanismo Passivo de Controle de Arrasto Abordando o Ruído Aerodinâmico Aplicado ao Corpo de Ahmed com Traseira Quadrada; 2019; Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica (UFMG)) - Universidade Federal de Minas Gerais,; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Daniel Henrique Nunes Peixoto

Desenvolvimento de um Protótipo de Sonda de Intensidade Sonora de Baixo Custo; 2018; Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Estruturas) - Universidade Federal de Minas Gerais,; Coorientador: Guilherme de Souza Papini;

Jefferson Ataide de Souza Oliveira

Sobre o Uso da Técnica da Matriz de Transferência no Estudo da Propagação Acústica em Tubulações do Sistema de Ar-Condicionado Automotivo; 2018; Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica (UFMG)) - Universidade Federal de Minas Gerais, Fiat Chrysler Automotive; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Daniel Henrique Nunes Peixoto

Modelagem e Simulação Computacional do Campo Sonoro de um Galpão Industrial Utilizando Acústica Geométrica; 2016; Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Estruturas) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Guilherme de Souza Papini;

Jefferson Ataide de Souza Oliveira

Desenvolvimento de Tecnologia de Diagnose e Soluções de Controle do Ruído Gerado pelo Sistema de Ar Condicionado; 2016; Dissertação (Mestrado em INOVAR AUTO) - Universidade Federal de Minas Gerais, Fiat Chrysler Automotive; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Matheus de Mello Cruz

Análise Experimental de uma Sonda Aerodinâmica Multi-Furos; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Ricardo Mauricio Ferreira

Implementação do Programa de Melhoria no Setor Aeronáutico: um Estudo de Caso na Empresa Advantage Engenharia; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Guilherme Faria Freitas

Fluidodinâmica Computacional para Análise de Hidrofólios; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Arthur Henriques Lorentz Godinho Amaral

Development of Fast Analytical Methods for the Reconstruction of 3D Shock Structures Generated by Bodies Traveling at Supersonic and Hypersonic Speeds; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Lucas Antunes Orsini

Desenvolvimento de Metodologia para Análise Aerodinâmica de Aerofólios Subsônicos; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Breno Leite Celidonio de Pinho Martins

Análise de Modelos para Predição de Propagação Sonora em Dutos Industriais; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

André Andrade Soares

Método de Cálculo de Incerteza na Calibração de Anemômetro de Fio Quente em Túnel de Vento; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Rafael Silva Reghin

Caracterização do escoamento na seção de testes do túnel de vento de circuito fechado da UFMG; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Thiago Barbosa Hermogenes

Análise das Condições de Operação do Túnel de Vento do Laboratório de Aerodinâmica Experimental da UFMG por Análise de Vibrações; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Stephano Joviano Miranda

Estudo de Viabilidade Técnica de Turbinas Eólicas de Baixa Potência no Norte de Minas Gerais; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Filipe Rodrigues Mendes

Caracterização de Regime de Ventos em uma Cidade da Região Norte do Estado de Minas Gerais; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Matheus Quintino Palhares

Ensaio em Túnel de Vento do Conceito de Propulsão de Goldschmied-Skaleski Aplicado à Polaina do Trem de Pouso Principal da Aeronave Anequim; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Filipe Briann Gomes Coelho

Desenvolvimento de supervisório para aquisição de dados e instrumentação visando a caracterização da potência de operação do túnel de vento de circuito fechado da UFMG; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Igor Pompeu dos Anjos

Projeto de Túnel de Vento Supersônico em Escala Didática; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Ricardo Dadalto Duca Santos

SISTEMA PARA CONTROLE DO CONSUMO DE ÓLEO EM MOTORES PW 127; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Rodrigo Chaia da Silveira Moreira

ANÁLISE DE INCERTEZA DE MEDIÇÕES DE PARÂMETROS DE ESCOAMENTO EM TÚNEL DE VENTO ABERTO; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Thiago Borges

PROJETO AERODINÂMICO DE UM VEÍCULO DE COMPETIÇÃO DO TIPO FÓRMULA SAE; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Warlley Gabriel de Sousa

Elaboração de uma Metodologia para Dimensionamento e Análise de Tensões em Vasos de Pressão Modificados; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Henrique Seabra Canaverde

ESTUDO DE CASO: ANÁLISE DE VIBRAÇÕES E RUÍDO NO DIFUSOR DE UM TÚNEL DE VENTO EM CIRCUITO FECHADO; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Estenio Cruz

Modelagem matemática da suspensão de um veículo; 2006; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Lílian Elizabeth Rodrigues Passos

Estágio Supervisionado; 2018; Orientação de outra natureza; (Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Matheus de Mello Cruz

Estágio Supervisionado; 2018; Orientação de outra natureza; (Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Frederico Monteiro Pinheiro Cassaro

Estágio obrigatório na Embraer S/A; 2017; Orientação de outra natureza; (Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Hans Muller Franco Rocha

Estágio Obrigatório na Claro Comércio, Representações e Manutenção Aeronáutica Ltda; 2017; Orientação de outra natureza; (Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Lucas Coelho e Silva

Estágio na Embraer S/A; 2017; Orientação de outra natureza; (Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Equipe Aerodesign UAI SÔ Fly

Aerodesign; 2016; Orientação de outra natureza; (Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Lílian Passos

Programa de Moniotoria; 2016; Orientação de outra natureza; (Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais, Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Lucas Monteiro Rosado

Estágio Supervisionado; 2016; Orientação de outra natureza; (Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Wagner Otoni Carvalho Junior

Estágio Supervisionado; 2016; Orientação de outra natureza; (Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Hans Muller Franco Rocha

Estágio Supervisionado; 2016; Orientação de outra natureza; (Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Rodrigo Bem Toledo

Estágio Supervisionado; 2016; Orientação de outra natureza; (Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Eder Santos

Estágio Supervisionado; 2016; Orientação de outra natureza; (Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Humberto Martins

Estágio Supervisionado; 2016; Orientação de outra natureza; (Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Sthefani Martinelli

Estágio Supervisionado; 2016; Orientação de outra natureza; (Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Henrique Boaventura Medeiros

Monitoria de Aerodinâmica Experimental; 2016; Orientação de outra natureza; (Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais, Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

João Vitor Lazarino de Souza Campos

Monitoria de Aerodinâmica Experimental; 2015; Orientação de outra natureza; (Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais, Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Rafael Rocha Daniel Moreira

Aerodinâmica Experimental; 2014; Orientação de outra natureza; (Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Eduardo Mendes

INSTRUMENTAÇÃO DO TÚNEL DE VENTO SUBSÔNICO DE CIRCUITO FECHADO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS VISANDO SUA CALIBRAÇÃO; 2014; Orientação de outra natureza; (Engenharia Aeroespacial) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Heitor Werneck Weiss de Andrade

Orientação de monitoria em aerodinâmica; 2013; Orientação de outra natureza; (Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Nicollas Alexandre Vieira de F Pereira

Orientação de monitoria em aerodinâmica experimental; 2013; Orientação de outra natureza; (Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Guilherme de Souza Papini;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Ricardo Luiz Utsch de Freitas Pinto

Desenvolv imento de Procedimentos de Projeto Ótimo Híbridos para o Controle de Ruído em Dutos de Sistemas de Exaustão Industriais; 2009; Tese (Doutorado em Programa de Pós Graduação em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais,; Orientador: Ricardo Luiz Utsch de Freitas Pinto;

Marcos Vinícius Bortolus

Análise Numérica de Barreiras Acústicas; 1999; 0 f; Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Marcos Vinicius Bortolus;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • PAPINI, GUILHERME S. ; PINTO, RICARDO L.U.F. ; MEDEIROS, EDUARDO B. ; COELHO, FILIPE B.G. . Hybrid approach to noise control of industrial exhaust systems. APPLIED ACOUSTICS , v. 125, p. 102-112, 2017.

  • PEREIRA, MATEUS DE FREITAS VIRGILIO ; PASQUAL, ALEXANDER MATTIOLI ; PAPINI, GUILHERME DE SOUZA . Numerical and theoretical analysis of sound absorption by an actively controlled electrodynamic loudspeaker. Journal of the Brazilian Society of Mechanical Sciences and Engineering , v. 38, p. 1-7, 2016.

  • HENRIQUE NUNES PEIXOTO, DANIEL ; DE CASTRO MAGALHÃES, MAX ; DE SOUZA PAPINI, GUILHERME . DESENVOLVIMENTO DE UM PROTÓTIPO DE SONDA DE INTENSIDADE SONORA DE BAIXO CUSTO. In: XXVIII ENCONTRO DA SOBRAC, 2018, Porto Alegre. XXVIII Encontro da SOBRAC, 2018.

  • VILELA, S. R. ; VILLAR, L. F. S. ; MENDONCA, A. A. ; SIMOES, G. F. ; PINTO, R. L. U. F. ; PAPINI, GUILHERME DE SOUZA . VARIAÇÃO NA CAPACIDADE DE CARGA DE ELEMENTOS DE FUNDAÇÃO DIRETA CONSIDERANDO A NÃO SATURAÇÃO DE UM SOLO COLUVIONAR DO MUNICÍPIO DE BELO HORIZONTE. In: XVIII Congresso Brasileiro de Mecânica dos Solos e Engenharia Geotécnica, 2016, Belo Horizonte. Congresso Brasileiro de Mecânica dos Solos e Engenharia Geotécnica, 2016.

  • SILVA, L. F. A. T. ; AZEVEDO, D. ; FRAZIO, T. ; PAPINI, GUILHERME DE SOUZA ; ISCOLD, P. . DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE CONTROLE E AUTOMA ÇÃO PARA UM T UNEL DE VENTO. In: XXI Congresso Brasileiro de Automática ? CBA2016, 2016, Vitória. XXI Congresso Brasileiro de Automática ? CBA2016, 2016.

  • PASQUAL, A. M. ; PEREIRA, M. F. V. ; PAPINI, Guilherme de Souza . NUMERICAL AND THEORETICAL ANALYSIS OF THE SOUND ABSORPTION BY AN ACTIVELY CONTROLLED ELECTRODYNAMIC LOUDSPEAKER. In: MecSol 2015 - International Symposium on Solid Mechanics, 2015, Belo Horizonte. MecSol 2015, 2015.

  • SILVA, T. B. O. ; PAPINI, Guilherme de Souza . Estudo Aerodinâmico de um Veículo de Competição do tipo Fórmula SAE. In: CONEM 2014, 2014, Uberlândia. VIII Congresso Nacional de Engenharia Mecânica - CONEM2014, 2014.

  • PAPINI, Guilherme de Souza . Hybrid Optimum Design of Industrial Noise Control Devices. In: COBEM 2009, 2009, Gramado. COBEM 2009 Engineering for the Future, 2009.

  • PAPINI, Guilherme de Souza ; UTSCH, Ricardo L . CONTROLE ATIVO DE RUÍDO PARA SISTEMAS DE EXAUSTÃO UTILIZANDO FILTRAGEM ADAPTATIVA. In: XXII SOBRAC, 2008, BELO HORIZONTE. XXII ENCONTRO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ACÚSTICA, 2008. p. 305-311.

  • PAPINI, Guilherme de Souza ; UTSCH, Ricardo L . ACTIVE NOISE CONTROL FOR SMALL-DIAMETER EXHAUST SYSTEM. In: COBEM 2007, 2007, BRASÍLIA. COBEM 2007, 2007.

  • PAPINI, Guilherme de Souza . The Performance of Reflective and Absorptive Noise Barrier In Citrosuco's Industry in Matão (SP) - Brazil. In: COBEM 2005, 2005, Ouro Preto. Proceedings of COBEM 2005 - 18th International Congress of Mechanical Engineering, 2005.

  • PAPINI, Guilherme de Souza ; BORTOLUS, Marcos Vinicius ; UTSCH, Ricardo L . Uma Técnica para a Otimização de Barreiras de Ruído Baseada no Método dos Elementos de Contorno. In: CILAMCE2000 - 21st Iberian Latin American Congress on Computational Methods in Engineering, 2000, Rio de Janeiro. CILAMCE2000 - 21st Iberian Latin American Congress on Computational Methods in Engineering, 2000.

  • PAPINI, Guilherme de Souza ; BORTOLUS, Marcos Vinicius . Numerical Study of Acoustics Barriers. In: COBEM 99 - XV Congresso Brasileiro de Engenharia Mecânica, 1999, Campinas. COBEM 99 - XV Congresso Brasileiro de Engenharia Mecânica, 1999.

  • PAPINI, Guilherme de Souza ; BORTOLUS, Marcos Vinicius . Formulação do Método dos Elementos de Contorno para Equação de Helmholtz em Domínios Bidimensionais. In: Congresso Ibérico de Acústica, XXIX Jornadas Tecniacústica 98, I Simpósio Ibero-americano de Acústica, 1998, Lisboa - Portugal. Congresso Ibérico de Acústica, XXIX Jornadas Tecniacústica 98, I Simpósio Ibero-americano de Acústica, 1998.

  • PAPINI, GUILHERME DE SOUZA ; PINTO, R. L. U. F. ; MEDEIROS, E. B. ; COELHO, F. B. G. . Hybrid Approach to Noise Control of Industrial Exhaust Systems. APPLIED ACOUSTICS , 2017.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

PAPINI, Guilherme de Souza ; UTSCH, Ricardo L . Diagnóstico de falhas em sistema de fixação de placa de desgaste no rotor do Ventilador BV35, da Usina II da Samarco Mineração S.A.. 2012.

PAPINI, Guilherme de Souza ; UTSCH, Ricardo L . Sugestões de melhoria do sistema de fixação das placas de desgaste do rotor do ventilador da Vale/Samarco, Usina II, Unidade de Ubu, Anchieta (ES). 2012.

PAPINI, Guilherme de Souza . Controle ativo para chaminés de sistemas de exaustão. 2007.

França, G. A. C. ; Medeiros, E. B. ; PAPINI, Guilherme de Souza ; Brizon, C. J. S. . Discos Atenuadores de Ruído. 2007.

PAPINI, Guilherme de Souza . Avaliação do Laboratório Powdertech Serviços e Consultoria Ltda. 2011.

PAPINI, Guilherme de Souza . Avaliação do Laboratório AVEN Engenharia Ltda. 2011.

PAPINI, Guilherme de Souza . Avaliação do Laboratório Aqua Ambiental Ltda. 2010.

PAPINI, Guilherme de Souza . Avaliação do Laboratório MEAN Ltda. 2010.

PAPINI, Guilherme de Souza . Avaliação do Laboratório Engequisa Ltda. 2010.

PAPINI, Guilherme de Souza . Avaliação do Laboratório AVEN Engenharia Ltda. 2010.

PAPINI, Guilherme de Souza . Avaliação do Laboratório JRR Serviços de Meio Ambiente Ltda. 2010.

PAPINI, Guilherme de Souza . ART 50738426. 2009.

PAPINI, Guilherme de Souza . Avaliação do Laboratório Ecoar Monitoramento Ambiental Ltda. 2009.

PAPINI, Guilherme de Souza . ART 50519872. 2008.

PAPINI, Guilherme de Souza . ART 50509107. 2008.

PAPINI, Guilherme de Souza . ART 50491227. 2008.

PAPINI, Guilherme de Souza . ART 50653306. 2008.

PAPINI, Guilherme de Souza . ART 50628089. 2008.

PAPINI, Guilherme de Souza . ART 50613778. 2008.

PAPINI, Guilherme de Souza . Monitoramento de Ruído. 2008.

PAPINI, Guilherme de Souza . ART 40502008. 2008.

PAPINI, Guilherme de Souza . ART 50304390. 2007.

PAPINI, Guilherme de Souza . ART 50304424. 2007.

PAPINI, Guilherme de Souza . ART 50321695. 2007.

PAPINI, Guilherme de Souza . ART 50359394. 2007.

PAPINI, Guilherme de Souza . ART 50402926. 2007.

PAPINI, Guilherme de Souza . ART 50239449. 2007.

PAPINI, Guilherme de Souza . ART 50304477. 2007.

PAPINI, GUILHERME DE SOUZA . Acústica Ambiental. 2019. .

França, G. A. C. ; Medeiros, E. B. ; PAPINI, Guilherme de Souza ; Brizon, C. J. S. . DESENVOLVIMENTO E AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE DISCOS DE ATENUAÇÃO DE RUÍDO PARA VÁLVULAS DE CONTROLE ELETRO-ELETRÔNICO. 2007. (Relatório de pesquisa).

PAPINI, Guilherme de Souza . DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE CONTROLE ATIVO DE RUÍDO EM DUTOS E SISTEMAS DE EXAUSTÃO INDUSTRIAIS. 2007. (Relatório de pesquisa).

PAPINI, Guilherme de Souza ; MAGRIOTIS, Zuy Maria . Entrevista para o programa Retratos. 2005.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - 2018

    Testes de pás de ventiladores axiais em Túnel de Vento, Descrição: Construção de um dispositivo para fixação de 05 primeiras pás impressas 3D, a fim de ajudar nos testes a serem feitos no Túnel de Vent. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Integrante / Hudson Assis - Integrante / Flávio Robson de Freitas - Coordenador / Edson Pires Silva - Integrante / Murilo Brandão - Integrante.

  • 2018 - Atual

    Fabricação e Caracterização de um Túnel de Vento de Circuito Fechado Subsônico em Escala Visando a Validação de modelos em CFD, Descrição: Este projeto de pesquisa tem como objetivo principal a validação de um modelo numérico-computacional do túnel de vento de circuito fechado subsônico existente. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) . , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Coordenador / Lucas Ramos e Silva - Integrante / Rafael Alves Boutros - Integrante / Romero Moreira Silva - Integrante / Wender Gonçalves dos Santos - Integrante / Thiago Aguiar - Integrante.

  • 2017 - Atual

    Estratégias de Controle Robusto Sujeito a Restrições para VANTs Convertíveis, Descrição: Nos últimos anos, a tecnologia de veículos aéreos não tripulados (VANTs) está sendo especialmente útil em missões de busca e resgate, graças as suas capacidades de resposta rápida, operação remota, transporte, monitoramento e implantação de sensores. As possibilidades de atuação dos serviços de busca e resgate se tornam reduzidas dadas as limitações do tipo de VANT escolhido: as aeronaves de asa fixa possuem um maior alcance, autonomia e capacidade de carga, mas não possuem capacidade de decolagem e aterrissagem vertical; já as aeronaves de asa rotatória possuem capacidade VTOL, porém tem menor alcance e autonomia. Portanto, as limitações de espaço disponível de emergência e a incerteza de que tipo de aeronave escolher nos primeiros momentos de uma situação desse tipo justificam a necessidade de explorar novas ferramentas que possam proporcionar uma solução ao problema. Este projeto propõe explorar o uso de aeronaves de asa fixa convertíveis, com capacidade VTOL, combinando as vantagens das aeronaves de asa fixa e asa rotatória. Para desenvolver os sistemas de controle para estes tipos de VANTs serão desenvolvidos estratégias de controle preditivo (MPC) robusto. Dentro dessa abordagem existem problemas em aberto que serão tratados neste projeto: i) formulação do MPC robusto baseado em tubos para sistemas variantes no tempo com o objetivo de resolver o problema de seguimento de trajetórias; ii) inclusão de termos econômicos no problema de otimização do MPC, em particular a consideração de custos econômicos referentes ao consumo de bateria pelo VANT e ao planejamento de trajetória e evitação de obstáculos. Com este último custo econômico, pretende-se resolver o planejamento de rota e cálculo do sinal de controle utilizando um único problema de otimização. Por outro lado, serão consideradas também falhas que podem ocorrer nos atuadores e sensores. Por fim, as estratégias serão implementadas em simulação 3D baseado no CAD do VANT com hardware-in-the-loop (HIL).. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Integrante / Guilherme Vianna Raffo - Coordenador / Luciano Cunha de Araújo Pimenta - Integrante / Armando Alves - Integrante / Brenner Santana Rego - Integrante / Marcelo Alves dos Santos - Integrante / Janier Arias - Integrante / DANIEL NERI CARDOSO - Integrante / inicius Mariano Gonçalves - Integrante.

  • 2017 - Atual

    Desenvolvimento de um Veículo Aéreo Não Tripulado Convertível com Fontes de Energia Renovável, Descrição: Nos últimos anos, a tecnologia de veículos aéreos não tripulados (VANTs) está sendo especialmente útil em missões de busca e resgate (SAR, do inglês Search and Rescue), graças as suas capacidades de resposta rápida, operação remota, transporte, monitoramento e implantação de sensores. Apesar de existirem vários exemplos recentes do uso de VANTs em missões SAR, especialmente em catástrofes naturais e missões humanitárias, ainda são muitos os desafios para seu uso corriqueiro em emergências. Em particular, nos casos quando se necessita chegar rapidamente nas zonas de desastres usando Veículos de Intervenção Rápida. De fato, as possibilidades de atuação dos serviços de busca e resgate se tornam reduzidas dadas as limitações do tipo de VANT escolhido: as aeronaves de asa fixa possuem um maior alcance, autonomia e capacidade de carga, mas não possuem capacidade de decolagem e aterrissagem vertical (VTOL, Vertical Take-Off and Landing); já as aeronaves de asa rotatória possuem capacidade VTOL, porém tem menor alcance e autonomia. Portanto, as limitações de espaço disponível nos Veículos de Intervenção Rápida e a incerteza de que tipo de aeronave escolher nos primeiros momentos de uma situação de emergência justificam a necessidade de explorar novas ferramentas que possam proporcionar uma solução ao problema. Este projeto propõe explorar o uso de aeronaves de asa fixa convertíveis, com capacidade VTOL, combinando as vantagens das aeronaves de asa fixa e asa rotatória. Isto permitiria a um posto de comando rápido transportar um único VANT polivalente, que poderia estar integrado, regularmente, dentro das ações coordenadas de resposta rápida em situações de emergência. Esta aeronave será de simples operacionalização e de rápida implantação, dado o desenvolvimento de estratégias de controle e guiamento autônomo, de maneira que um profissional de saúde possa utilizá-la sem necessitar de formação técnica especializada. Através de fontes de energia renováveis (solar), juntamente com uma adequada e inovadora estratégia de gestão da energia em tempo real, se aumentará consideravelmente a autonomia da aeronave. O sistema computacional a ser embarcado na aeronave será desenvolvido modularmente no escopo do projeto, possibilitando executar algoritmos de controle, guiamento e navegação de maneira robusta e eficiente... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Integrante / Guilherme Vianna Raffo - Integrante / Brenner Santana Rego - Integrante / Marcelo Alves dos Santos - Integrante / DANIEL NERI CARDOSO - Integrante / Julio Elias Normey Rico - Coordenador / Manuel Gil Linares Ortega - Integrante / Leandro Buss Becker - Integrante / Manuel Vargas - Integrante / Fernando Silvano Gonçalves - Integrante / Sergio Esteban - Integrante / Gabriela M. T. Miranda - Integrante / Carlos Bordons - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2016 - Atual

    Projeto, fabricação, montagem e caracterização em túnel de vento de uma planta experimental para aerogeradores de eixo horizontal, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Coordenador / Ricardo L. Utsch de Freitas Pinto - Integrante.

  • 2013 - 2016

    Absorvedores Sonoros Ativos, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Integrante / Alexander Mattioli Pasqual - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2013 - 2014

    Desenvolvimento de Metodologia para Controle de Ruído em Galpões Industriais, Descrição: Projeto apresentado em resposta ao Edital PRPq 01/2013, referente ao Programa de Auxílio à Pesquisa de Doutores Recém-Contratados da UFMG, contemplando R$7.000,00 de apoio financeiro.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Coordenador.

  • 2010 - 2015

    PROJETO, CONSTRUÇÃO E TESTES DE UM AEROGERADOR DE PEQUENO PORTE RECONFIGURÁVEL, Descrição: O objetivo do trabalho é o projeto, construção e teste de um sistema completo de aerogerador de pequeno porte (entre 8 kW e 12 kW), cuja a principal característica será servir como plataforma para experimentação de configurações alternativas de pás, derivas, geradores, sistemas elétricos e outros componentes (Barros, 2001; Burton, 2001; Ribeiro, 2006; Ribeiro e Bortolus, 2005; Oliveira et al, 1998). O aerogerador servirá para pesquisar o efeito de alterações de projeto no desempenho dos aerogeradores. Entende-se por alterações de projeto, mudanças no perfil das pás, na forma em planta, na torção das pás, no número de pás, no acabamento superficial, na geometria da deriva, no tipo de gerador, etc.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Integrante / Marcos Vinicius Bortolus - Integrante / Ricardo Poley Martins Ferreira - Integrante / Paulo Iscold - Integrante / Ricardo Luiz Utsch de Freitas Pinto - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 3

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2014 - Atual

    PROJETO PARA OPERACIONALIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE AERODINÂMICA EXPERIMENTAL, Descrição: A convite dos professores Paulo Iscold, Ramon Molina, Marcos Vinicius Bortolus e Ricardo Luiz Utsch de Freitas Pinto assumi, a partir de minha nomeação, a gestão do Laboratório de Aerodinâmica Experimental com o intuito de, principalmente, prepara o túnel de vento de circuito fechado para receber toda a instrumentação necessária à caracterização de modelos aeronáuticos, veiculares e pás eólicas, contribuído com a docência e o desenvolvimento de pesquisas científicas. Do início de minhas atividades até o momento já escrevi dois projetos de pesquisa visando à instrumentação do túnel de vento de circuito fechado para os seguintes órgão de fomento à pesquisa: i) Instrumentação do túnel de Vento Subsônico de Circuito Fechado da Universidade Federal de Minas Gerais Visando sua Calibração , em parceria com a empresa EMBRAER, para o edital Chamada 22 do CNPq (não aprovado); ii) Instrumentação do túnel de Vento Subsônico de Circuito Fechado da Universidade Federal de Minas Gerais Visando sua Calibração para o edital Universal 2014 da FAPEMIG (aguardando resultado); No decorrer da operacionalização do túnel de vento de circuito fechado, que se deu efetivamente a partir de julho de 2013, após a finalização de obras mecânicas e elétricas, foram constatados sérios problemas de vibrações mecânicas (amplitudes muito acima do recomendado pela norma ISO 10816 para máquinas rotativas) provenientes do conjunto motor elétrico/ventilador/chassi e, também, a existência de acoplamento fluido-estrutura, especialmente, em frequências operacionais deste equipamento. Desde então, foram realizadas uma série de medições de vibrações e de ruído sonoro com o intuito de diagnosticar as causas fundamentais de tais fenômenos, que foram registradas em relatório técnico já entregue ao coordenador do curso, Prof. Ricardo Luiz Utsch de Freitas Pinto, e ao Prof. Horácio (colaborador do estudo) para conhecimento. Com isso, atualmente, num primeiro momento, estou realizando o redimensionamento do chassi de sustentação do conjunto motor elétrico/ventilador, tendo em vista métodos analíticos e numéricos computacionais para análises dinâmicas. Num segundo momento, após a conclusão das análises elaborarei o projeto executivo de uma nova base (chassi) mais propícia (mais rígida e inercial) para o conjunto motor elétrico/ventilador existente. Num terceiro momento, projetarei o tratamento acústico e uma solução para o desacoplamento de modos acústicos, ambos, no difusor a jusante do conjunto motor elétrico/ventilador. Por fim, ao final de tais projetos providenciarei, juntamente a empresas de fabricação mecânica, orçamentos técnico-comerciais visando a execução desses projetos. Tais obras complementares serão essenciais ao funcionamento pleno do túnel de vento de circuito fechado deste laboratório. . , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Coordenador / Marcos Vinicius Bortolus - Integrante / Ricardo L Utsch - Integrante / Paulo Iscold - Integrante / ROGÉRIO PINTO RIBEIRO - Integrante.

  • 2007 - 2008

    DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE CONTROLE ATIVO DE RUÍDO EM DUTOS E SISTEMAS DE EXAUSTÃO INDUSTRIAIS, Descrição: No presente trabalho, é analisado o mecanismo de geração de ruído em sistemas de exaustão bem como a capacidade de atenuação acústica deste ruído utilizando-se sistemas de controle ativo de ruído. A eficiência de um sistema de controle ativo de ruído acústico depende, sobretudo, do projeto e da harmonia de operação entre dois subsistemas principais; o sistema físico e o sistema de controle eletrônico, também conhecido como caminho secundário. O sistema físico engloba os transdutores requeridos, as fontes de controle, responsáveis pela perturbação secundária, e os sensores de erro, que monitoram o desempenho do sistema de controle ativo, proporcionando alguma medição do ruído acústico residual. Logo, o sistema físico proporciona a interface acústica para o sistema de controle ativo e o sistema de controle eletrônico dirige o sistema físico de tal maneira que os sons indesejados, provenientes da fonte primária, sejam atenuados. Os primeiros sistemas de controle ANC comercialmente disponíveis envolveram a propagação de uma onda plana em dutos de ar, em baixa freqüência. Sistemas para outros problemas de controle de ruído e vibração estão atualmente em desenvolvimento; entretanto, cada tipo de aplicação apresenta seus próprios problemas, com soluções individuais. Porém, independentemente do sucesso obtido em uma aplicação arbitrária utilizando-se controladores com um único canal ou ainda com múltiplos canais, o arranjo eletroacústico, envolvendo as fontes de controle, os sensores de referência e os sensores de erro, necessita ser analisado mais detalhadamente do ponto de vista qualitativo. Assim, as principais motivações deste trabalho são: permitir uma análise detalhada dos algoritmos de controle ativo de ruído mais utilizado na atualidade; programar uma estratégia de controle ativo de ruído para chaminés de sistemas de exaustão; realizar simulações, experimentos e análises quanto à eficiência da estratégia de controle ativo de ruído proposta para chaminés de sistem. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2006 - 2007

    DESENVOLVIMENTO E AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE DISCOS DE ATENUAÇÃO DE RUÍDO PARA VÁLVULAS DE CONTROLE ELETRO-ELETRÔNICO, Descrição: Neste trabalho foram analisados os mecanismos de geração de ruído em escoamentos internos bem como a capacidade de atenuação do ruído por discos perfurados. Para isto, foram especificados e montados equipamentos e acessórios necessários para essa análise, no laboratório de Calor e Fluidos / Pesquisa I, localizado na sala 1923 do curso de pós-graduação do departamento de engenharia mecânica da UFMG. Por praticidade, a válvula foi substituída neste estudo por uma placa com um orifício simulando o estrangulamento criado pela válvula. Este estrangulamento dissipa altos níveis de energia através da geração de intensa turbulência a jusante. Essa turbulência é convertida em calor por efeito viscoso e energia acústica que é propagada através do escoamento, sendo uma pequena fração transmitida pela parede da tubulação e radiada para o ambiente. A montagem permite substituir facilmente a placa de orifício por outra de diâmetro diferente e ajustar a pressão a montante de modo a criar escoamentos com números de Mach variados, da condição de incompressível, Mach inferior a 0,3, até a condição sônica com Mach igual a 1. Quando a queda de pressão através do orifício excede uma queda de pressão crítica, aproximadamente igual à metade da pressão absoluta a montante do estrangulamento, são geradas condições de escoamento bloqueado e ondas de choques podem se formar a jusante do estrangulamento. Neste estudo, a montagem é utilizada como referência para se entender os fenômenos de geração de ruído associando-os às perdas no sistema fluido. Simultaneamente, é feita uma simulação computacional preliminar para o escoamento incompressível para verificar a capacidade do modelo de turbulência k-epsilon de simular bem escoamentos através de orifícios. . , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Integrante / Geraldo Augusto Campolina França (Coordenador UFMG) - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2014 - Atual

    PROJETO PARA OPERACIONALIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE AERODINÂMICA EXPERIMENTAL, Descrição: A convite dos professores Paulo Iscold, Ramon Molina, Marcos Vinicius Bortolus e Ricardo Luiz Utsch de Freitas Pinto assumi, a partir de minha nomeação, a gestão do Laboratório de Aerodinâmica Experimental com o intuito de, principalmente, prepara o túnel de vento de circuito fechado para receber toda a instrumentação necessária à caracterização de modelos aeronáuticos, veiculares e pás eólicas, contribuído com a docência e o desenvolvimento de pesquisas científicas. Do início de minhas atividades até o momento já escrevi dois projetos de pesquisa visando à instrumentação do túnel de vento de circuito fechado para os seguintes órgão de fomento à pesquisa: i) Instrumentação do túnel de Vento Subsônico de Circuito Fechado da Universidade Federal de Minas Gerais Visando sua Calibração , em parceria com a empresa EMBRAER, para o edital Chamada 22 do CNPq (não aprovado); ii) Instrumentação do túnel de Vento Subsônico de Circuito Fechado da Universidade Federal de Minas Gerais Visando sua Calibração para o edital Universal 2014 da FAPEMIG (aguardando resultado); No decorrer da operacionalização do túnel de vento de circuito fechado, que se deu efetivamente a partir de julho de 2013, após a finalização de obras mecânicas e elétricas, foram constatados sérios problemas de vibrações mecânicas (amplitudes muito acima do recomendado pela norma ISO 10816 para máquinas rotativas) provenientes do conjunto motor elétrico/ventilador/chassi e, também, a existência de acoplamento fluido-estrutura, especialmente, em frequências operacionais deste equipamento. Desde então, foram realizadas uma série de medições de vibrações e de ruído sonoro com o intuito de diagnosticar as causas fundamentais de tais fenômenos, que foram registradas em relatório técnico já entregue ao coordenador do curso, Prof. Ricardo Luiz Utsch de Freitas Pinto, e ao Prof. Horácio (colaborador do estudo) para conhecimento. Com isso, atualmente, num primeiro momento, estou realizando o redimensionamento do chassi de sustentação do conjunto motor elétrico/ventilador, tendo em vista métodos analíticos e numéricos computacionais para análises dinâmicas. Num segundo momento, após a conclusão das análises elaborarei o projeto executivo de uma nova base (chassi) mais propícia (mais rígida e inercial) para o conjunto motor elétrico/ventilador existente. Num terceiro momento, projetarei o tratamento acústico e uma solução para o desacoplamento de modos acústicos, ambos, no difusor a jusante do conjunto motor elétrico/ventilador. Por fim, ao final de tais projetos providenciarei, juntamente a empresas de fabricação mecânica, orçamentos técnico-comerciais visando a execução desses projetos. Tais obras complementares serão essenciais ao funcionamento pleno do túnel de vento de circuito fechado deste laboratório. . , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Coordenador / Marcos Vinicius Bortolus - Integrante / Ricardo L Utsch - Integrante / Paulo Iscold - Integrante / ROGÉRIO PINTO RIBEIRO - Integrante.

  • 2007 - 2008

    DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE CONTROLE ATIVO DE RUÍDO EM DUTOS E SISTEMAS DE EXAUSTÃO INDUSTRIAIS, Descrição: No presente trabalho, é analisado o mecanismo de geração de ruído em sistemas de exaustão bem como a capacidade de atenuação acústica deste ruído utilizando-se sistemas de controle ativo de ruído. A eficiência de um sistema de controle ativo de ruído acústico depende, sobretudo, do projeto e da harmonia de operação entre dois subsistemas principais; o sistema físico e o sistema de controle eletrônico, também conhecido como caminho secundário. O sistema físico engloba os transdutores requeridos, as fontes de controle, responsáveis pela perturbação secundária, e os sensores de erro, que monitoram o desempenho do sistema de controle ativo, proporcionando alguma medição do ruído acústico residual. Logo, o sistema físico proporciona a interface acústica para o sistema de controle ativo e o sistema de controle eletrônico dirige o sistema físico de tal maneira que os sons indesejados, provenientes da fonte primária, sejam atenuados. Os primeiros sistemas de controle ANC comercialmente disponíveis envolveram a propagação de uma onda plana em dutos de ar, em baixa freqüência. Sistemas para outros problemas de controle de ruído e vibração estão atualmente em desenvolvimento; entretanto, cada tipo de aplicação apresenta seus próprios problemas, com soluções individuais. Porém, independentemente do sucesso obtido em uma aplicação arbitrária utilizando-se controladores com um único canal ou ainda com múltiplos canais, o arranjo eletroacústico, envolvendo as fontes de controle, os sensores de referência e os sensores de erro, necessita ser analisado mais detalhadamente do ponto de vista qualitativo. Assim, as principais motivações deste trabalho são: permitir uma análise detalhada dos algoritmos de controle ativo de ruído mais utilizado na atualidade; programar uma estratégia de controle ativo de ruído para chaminés de sistemas de exaustão; realizar simulações, experimentos e análises quanto à eficiência da estratégia de controle ativo de ruído proposta para chaminés de sistem. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2006 - 2007

    DESENVOLVIMENTO E AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE DISCOS DE ATENUAÇÃO DE RUÍDO PARA VÁLVULAS DE CONTROLE ELETRO-ELETRÔNICO, Descrição: Neste trabalho foram analisados os mecanismos de geração de ruído em escoamentos internos bem como a capacidade de atenuação do ruído por discos perfurados. Para isto, foram especificados e montados equipamentos e acessórios necessários para essa análise, no laboratório de Calor e Fluidos / Pesquisa I, localizado na sala 1923 do curso de pós-graduação do departamento de engenharia mecânica da UFMG. Por praticidade, a válvula foi substituída neste estudo por uma placa com um orifício simulando o estrangulamento criado pela válvula. Este estrangulamento dissipa altos níveis de energia através da geração de intensa turbulência a jusante. Essa turbulência é convertida em calor por efeito viscoso e energia acústica que é propagada através do escoamento, sendo uma pequena fração transmitida pela parede da tubulação e radiada para o ambiente. A montagem permite substituir facilmente a placa de orifício por outra de diâmetro diferente e ajustar a pressão a montante de modo a criar escoamentos com números de Mach variados, da condição de incompressível, Mach inferior a 0,3, até a condição sônica com Mach igual a 1. Quando a queda de pressão através do orifício excede uma queda de pressão crítica, aproximadamente igual à metade da pressão absoluta a montante do estrangulamento, são geradas condições de escoamento bloqueado e ondas de choques podem se formar a jusante do estrangulamento. Neste estudo, a montagem é utilizada como referência para se entender os fenômenos de geração de ruído associando-os às perdas no sistema fluido. Simultaneamente, é feita uma simulação computacional preliminar para o escoamento incompressível para verificar a capacidade do modelo de turbulência k-epsilon de simular bem escoamentos através de orifícios. . , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Integrante / Geraldo Augusto Campolina França (Coordenador UFMG) - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2014 - Atual

    PROJETO PARA OPERACIONALIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE AERODINÂMICA EXPERIMENTAL, Descrição: A convite dos professores Paulo Iscold, Ramon Molina, Marcos Vinicius Bortolus e Ricardo Luiz Utsch de Freitas Pinto assumi, a partir de minha nomeação, a gestão do Laboratório de Aerodinâmica Experimental com o intuito de, principalmente, prepara o túnel de vento de circuito fechado para receber toda a instrumentação necessária à caracterização de modelos aeronáuticos, veiculares e pás eólicas, contribuído com a docência e o desenvolvimento de pesquisas científicas. Do início de minhas atividades até o momento já escrevi dois projetos de pesquisa visando à instrumentação do túnel de vento de circuito fechado para os seguintes órgão de fomento à pesquisa: i) Instrumentação do túnel de Vento Subsônico de Circuito Fechado da Universidade Federal de Minas Gerais Visando sua Calibração , em parceria com a empresa EMBRAER, para o edital Chamada 22 do CNPq (não aprovado); ii) Instrumentação do túnel de Vento Subsônico de Circuito Fechado da Universidade Federal de Minas Gerais Visando sua Calibração para o edital Universal 2014 da FAPEMIG (aguardando resultado); No decorrer da operacionalização do túnel de vento de circuito fechado, que se deu efetivamente a partir de julho de 2013, após a finalização de obras mecânicas e elétricas, foram constatados sérios problemas de vibrações mecânicas (amplitudes muito acima do recomendado pela norma ISO 10816 para máquinas rotativas) provenientes do conjunto motor elétrico/ventilador/chassi e, também, a existência de acoplamento fluido-estrutura, especialmente, em frequências operacionais deste equipamento. Desde então, foram realizadas uma série de medições de vibrações e de ruído sonoro com o intuito de diagnosticar as causas fundamentais de tais fenômenos, que foram registradas em relatório técnico já entregue ao coordenador do curso, Prof. Ricardo Luiz Utsch de Freitas Pinto, e ao Prof. Horácio (colaborador do estudo) para conhecimento. Com isso, atualmente, num primeiro momento, estou realizando o redimensionamento do chassi de sustentação do conjunto motor elétrico/ventilador, tendo em vista métodos analíticos e numéricos computacionais para análises dinâmicas. Num segundo momento, após a conclusão das análises elaborarei o projeto executivo de uma nova base (chassi) mais propícia (mais rígida e inercial) para o conjunto motor elétrico/ventilador existente. Num terceiro momento, projetarei o tratamento acústico e uma solução para o desacoplamento de modos acústicos, ambos, no difusor a jusante do conjunto motor elétrico/ventilador. Por fim, ao final de tais projetos providenciarei, juntamente a empresas de fabricação mecânica, orçamentos técnico-comerciais visando a execução desses projetos. Tais obras complementares serão essenciais ao funcionamento pleno do túnel de vento de circuito fechado deste laboratório. . , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Coordenador / Marcos Vinicius Bortolus - Integrante / Ricardo L Utsch - Integrante / Paulo Iscold - Integrante / ROGÉRIO PINTO RIBEIRO - Integrante.

  • 2007 - 2008

    DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE CONTROLE ATIVO DE RUÍDO EM DUTOS E SISTEMAS DE EXAUSTÃO INDUSTRIAIS, Descrição: No presente trabalho, é analisado o mecanismo de geração de ruído em sistemas de exaustão bem como a capacidade de atenuação acústica deste ruído utilizando-se sistemas de controle ativo de ruído. A eficiência de um sistema de controle ativo de ruído acústico depende, sobretudo, do projeto e da harmonia de operação entre dois subsistemas principais; o sistema físico e o sistema de controle eletrônico, também conhecido como caminho secundário. O sistema físico engloba os transdutores requeridos, as fontes de controle, responsáveis pela perturbação secundária, e os sensores de erro, que monitoram o desempenho do sistema de controle ativo, proporcionando alguma medição do ruído acústico residual. Logo, o sistema físico proporciona a interface acústica para o sistema de controle ativo e o sistema de controle eletrônico dirige o sistema físico de tal maneira que os sons indesejados, provenientes da fonte primária, sejam atenuados. Os primeiros sistemas de controle ANC comercialmente disponíveis envolveram a propagação de uma onda plana em dutos de ar, em baixa freqüência. Sistemas para outros problemas de controle de ruído e vibração estão atualmente em desenvolvimento; entretanto, cada tipo de aplicação apresenta seus próprios problemas, com soluções individuais. Porém, independentemente do sucesso obtido em uma aplicação arbitrária utilizando-se controladores com um único canal ou ainda com múltiplos canais, o arranjo eletroacústico, envolvendo as fontes de controle, os sensores de referência e os sensores de erro, necessita ser analisado mais detalhadamente do ponto de vista qualitativo. Assim, as principais motivações deste trabalho são: permitir uma análise detalhada dos algoritmos de controle ativo de ruído mais utilizado na atualidade; programar uma estratégia de controle ativo de ruído para chaminés de sistemas de exaustão; realizar simulações, experimentos e análises quanto à eficiência da estratégia de controle ativo de ruído proposta para chaminés de sistem. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2006 - 2007

    DESENVOLVIMENTO E AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE DISCOS DE ATENUAÇÃO DE RUÍDO PARA VÁLVULAS DE CONTROLE ELETRO-ELETRÔNICO, Descrição: Neste trabalho foram analisados os mecanismos de geração de ruído em escoamentos internos bem como a capacidade de atenuação do ruído por discos perfurados. Para isto, foram especificados e montados equipamentos e acessórios necessários para essa análise, no laboratório de Calor e Fluidos / Pesquisa I, localizado na sala 1923 do curso de pós-graduação do departamento de engenharia mecânica da UFMG. Por praticidade, a válvula foi substituída neste estudo por uma placa com um orifício simulando o estrangulamento criado pela válvula. Este estrangulamento dissipa altos níveis de energia através da geração de intensa turbulência a jusante. Essa turbulência é convertida em calor por efeito viscoso e energia acústica que é propagada através do escoamento, sendo uma pequena fração transmitida pela parede da tubulação e radiada para o ambiente. A montagem permite substituir facilmente a placa de orifício por outra de diâmetro diferente e ajustar a pressão a montante de modo a criar escoamentos com números de Mach variados, da condição de incompressível, Mach inferior a 0,3, até a condição sônica com Mach igual a 1. Quando a queda de pressão através do orifício excede uma queda de pressão crítica, aproximadamente igual à metade da pressão absoluta a montante do estrangulamento, são geradas condições de escoamento bloqueado e ondas de choques podem se formar a jusante do estrangulamento. Neste estudo, a montagem é utilizada como referência para se entender os fenômenos de geração de ruído associando-os às perdas no sistema fluido. Simultaneamente, é feita uma simulação computacional preliminar para o escoamento incompressível para verificar a capacidade do modelo de turbulência k-epsilon de simular bem escoamentos através de orifícios. . , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Integrante / Geraldo Augusto Campolina França (Coordenador UFMG) - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2014 - Atual

    PROJETO PARA OPERACIONALIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE AERODINÂMICA EXPERIMENTAL, Descrição: A convite dos professores Paulo Iscold, Ramon Molina, Marcos Vinicius Bortolus e Ricardo Luiz Utsch de Freitas Pinto assumi, a partir de minha nomeação, a gestão do Laboratório de Aerodinâmica Experimental com o intuito de, principalmente, prepara o túnel de vento de circuito fechado para receber toda a instrumentação necessária à caracterização de modelos aeronáuticos, veiculares e pás eólicas, contribuído com a docência e o desenvolvimento de pesquisas científicas. Do início de minhas atividades até o momento já escrevi dois projetos de pesquisa visando à instrumentação do túnel de vento de circuito fechado para os seguintes órgão de fomento à pesquisa: i) ?Instrumentação do túnel de Vento Subsônico de Circuito Fechado da Universidade Federal de Minas Gerais Visando sua Calibração?, em parceria com a empresa EMBRAER, para o edital Chamada 22 do CNPq (não aprovado); ii) ?Instrumentação do túnel de Vento Subsônico de Circuito Fechado da Universidade Federal de Minas Gerais Visando sua Calibração? para o edital Universal 2014 da FAPEMIG (aguardando resultado); No decorrer da operacionalização do túnel de vento de circuito fechado, que se deu efetivamente a partir de julho de 2013, após a finalização de obras mecânicas e elétricas, foram constatados sérios problemas de vibrações mecânicas (amplitudes muito acima do recomendado pela norma ISO 10816 para máquinas rotativas) provenientes do conjunto motor elétrico/ventilador/chassi e, também, a existência de acoplamento fluido-estrutura, especialmente, em frequências operacionais deste equipamento. Desde então, foram realizadas uma série de medições de vibrações e de ruído sonoro com o intuito de diagnosticar as causas fundamentais de tais fenômenos, que foram registradas em relatório técnico já entregue ao coordenador do curso, Prof. Ricardo Luiz Utsch de Freitas Pinto, e ao Prof. Horácio (colaborador do estudo) para conhecimento. Com isso, atualmente, num primeiro momento, estou realizando o redimensionamento do chassi de sustentação do conjunto motor elétrico/ventilador, tendo em vista métodos analíticos e numéricos computacionais para análises dinâmicas. Num segundo momento, após a conclusão das análises elaborarei o projeto executivo de uma nova base (chassi) mais propícia (mais rígida e inercial) para o conjunto motor elétrico/ventilador existente. Num terceiro momento, projetarei o tratamento acústico e uma solução para o desacoplamento de modos acústicos, ambos, no difusor a jusante do conjunto motor elétrico/ventilador. Por fim, ao final de tais projetos providenciarei, juntamente a empresas de fabricação mecânica, orçamentos técnico-comerciais visando a execução desses projetos. Tais obras complementares serão essenciais ao funcionamento pleno do túnel de vento de circuito fechado deste laboratório.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Coordenador / Marcos Vinicius Bortolus - Integrante / Ricardo L Utsch - Integrante / Paulo Iscold - Integrante / ROGÉRIO PINTO RIBEIRO - Integrante.

  • 2007 - 2008

    DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE CONTROLE ATIVO DE RUÍDO EM DUTOS E SISTEMAS DE EXAUSTÃO INDUSTRIAIS, Descrição: No presente trabalho, é analisado o mecanismo de geração de ruído em sistemas de exaustão bem como a capacidade de atenuação acústica deste ruído utilizando-se sistemas de controle ativo de ruído. A eficiência de um sistema de controle ativo de ruído acústico depende, sobretudo, do projeto e da harmonia de operação entre dois subsistemas principais; o sistema físico e o sistema de controle eletrônico, também conhecido como caminho secundário. O sistema físico engloba os transdutores requeridos, as fontes de controle, responsáveis pela perturbação secundária, e os sensores de erro, que monitoram o desempenho do sistema de controle ativo, proporcionando alguma medição do ruído acústico residual. Logo, o sistema físico proporciona a interface acústica para o sistema de controle ativo e o sistema de controle eletrônico dirige o sistema físico de tal maneira que os sons indesejados, provenientes da fonte primária, sejam atenuados. Os primeiros sistemas de controle ANC comercialmente disponíveis envolveram a propagação de uma onda plana em dutos de ar, em baixa freqüência. Sistemas para outros problemas de controle de ruído e vibração estão atualmente em desenvolvimento; entretanto, cada tipo de aplicação apresenta seus próprios problemas, com soluções individuais. Porém, independentemente do sucesso obtido em uma aplicação arbitrária utilizando-se controladores com um único canal ou ainda com múltiplos canais, o arranjo eletroacústico, envolvendo as fontes de controle, os sensores de referência e os sensores de erro, necessita ser analisado mais detalhadamente do ponto de vista qualitativo. Assim, as principais motivações deste trabalho são: permitir uma análise detalhada dos algoritmos de controle ativo de ruído mais utilizado na atualidade; programar uma estratégia de controle ativo de ruído para chaminés de sistemas de exaustão; realizar simulações, experimentos e análises quanto à eficiência da estratégia de controle ativo de ruído proposta para chaminés de sistem. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2006 - 2007

    DESENVOLVIMENTO E AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE DISCOS DE ATENUAÇÃO DE RUÍDO PARA VÁLVULAS DE CONTROLE ELETRO-ELETRÔNICO, Descrição: Neste trabalho foram analisados os mecanismos de geração de ruído em escoamentos internos bem como a capacidade de atenuação do ruído por discos perfurados. Para isto, foram especificados e montados equipamentos e acessórios necessários para essa análise, no laboratório de Calor e Fluidos / Pesquisa I, localizado na sala 1923 do curso de pós-graduação do departamento de engenharia mecânica da UFMG. Por praticidade, a válvula foi substituída neste estudo por uma placa com um orifício simulando o estrangulamento criado pela válvula. Este estrangulamento dissipa altos níveis de energia através da geração de intensa turbulência a jusante. Essa turbulência é convertida em calor por efeito viscoso e energia acústica que é propagada através do escoamento, sendo uma pequena fração transmitida pela parede da tubulação e radiada para o ambiente. A montagem permite substituir facilmente a placa de orifício por outra de diâmetro diferente e ajustar a pressão a montante de modo a criar escoamentos com números de Mach variados, da condição de incompressível, Mach inferior a 0,3, até a condição sônica com Mach igual a 1. Quando a queda de pressão através do orifício excede uma queda de pressão crítica, aproximadamente igual à metade da pressão absoluta a montante do estrangulamento, são geradas condições de escoamento bloqueado e ondas de choques podem se formar a jusante do estrangulamento. Neste estudo, a montagem é utilizada como referência para se entender os fenômenos de geração de ruído associando-os às perdas no sistema fluido. Simultaneamente, é feita uma simulação computacional preliminar para o escoamento incompressível para verificar a capacidade do modelo de turbulência k-epsilon de simular bem escoamentos através de orifícios.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Integrante / Geraldo Augusto Campolina França (Coordenador UFMG) - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2014 - Atual

    PROJETO PARA OPERACIONALIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE AERODINÂMICA EXPERIMENTAL, Descrição: A convite dos professores Paulo Iscold, Ramon Molina, Marcos Vinicius Bortolus e Ricardo Luiz Utsch de Freitas Pinto assumi, a partir de minha nomeação, a gestão do Laboratório de Aerodinâmica Experimental com o intuito de, principalmente, prepara o túnel de vento de circuito fechado para receber toda a instrumentação necessária à caracterização de modelos aeronáuticos, veiculares e pás eólicas, contribuído com a docência e o desenvolvimento de pesquisas científicas. Do início de minhas atividades até o momento já escrevi dois projetos de pesquisa visando à instrumentação do túnel de vento de circuito fechado para os seguintes órgão de fomento à pesquisa: i) ?Instrumentação do túnel de Vento Subsônico de Circuito Fechado da Universidade Federal de Minas Gerais Visando sua Calibração?, em parceria com a empresa EMBRAER, para o edital Chamada 22 do CNPq (não aprovado); ii) ?Instrumentação do túnel de Vento Subsônico de Circuito Fechado da Universidade Federal de Minas Gerais Visando sua Calibração? para o edital Universal 2014 da FAPEMIG (aguardando resultado); No decorrer da operacionalização do túnel de vento de circuito fechado, que se deu efetivamente a partir de julho de 2013, após a finalização de obras mecânicas e elétricas, foram constatados sérios problemas de vibrações mecânicas (amplitudes muito acima do recomendado pela norma ISO 10816 para máquinas rotativas) provenientes do conjunto motor elétrico/ventilador/chassi e, também, a existência de acoplamento fluido-estrutura, especialmente, em frequências operacionais deste equipamento. Desde então, foram realizadas uma série de medições de vibrações e de ruído sonoro com o intuito de diagnosticar as causas fundamentais de tais fenômenos, que foram registradas em relatório técnico já entregue ao coordenador do curso, Prof. Ricardo Luiz Utsch de Freitas Pinto, e ao Prof. Horácio (colaborador do estudo) para conhecimento. Com isso, atualmente, num primeiro momento, estou realizando o redimensionamento do chassi de sustentação do conjunto motor elétrico/ventilador, tendo em vista métodos analíticos e numéricos computacionais para análises dinâmicas. Num segundo momento, após a conclusão das análises elaborarei o projeto executivo de uma nova base (chassi) mais propícia (mais rígida e inercial) para o conjunto motor elétrico/ventilador existente. Num terceiro momento, projetarei o tratamento acústico e uma solução para o desacoplamento de modos acústicos, ambos, no difusor a jusante do conjunto motor elétrico/ventilador. Por fim, ao final de tais projetos providenciarei, juntamente a empresas de fabricação mecânica, orçamentos técnico-comerciais visando a execução desses projetos. Tais obras complementares serão essenciais ao funcionamento pleno do túnel de vento de circuito fechado deste laboratório.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Coordenador / Marcos Vinicius Bortolus - Integrante / Ricardo L Utsch - Integrante / Paulo Iscold - Integrante / ROGÉRIO PINTO RIBEIRO - Integrante.

  • 2007 - 2008

    DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE CONTROLE ATIVO DE RUÍDO EM DUTOS E SISTEMAS DE EXAUSTÃO INDUSTRIAIS, Descrição: No presente trabalho, é analisado o mecanismo de geração de ruído em sistemas de exaustão bem como a capacidade de atenuação acústica deste ruído utilizando-se sistemas de controle ativo de ruído. A eficiência de um sistema de controle ativo de ruído acústico depende, sobretudo, do projeto e da harmonia de operação entre dois subsistemas principais; o sistema físico e o sistema de controle eletrônico, também conhecido como caminho secundário. O sistema físico engloba os transdutores requeridos, as fontes de controle, responsáveis pela perturbação secundária, e os sensores de erro, que monitoram o desempenho do sistema de controle ativo, proporcionando alguma medição do ruído acústico residual. Logo, o sistema físico proporciona a interface acústica para o sistema de controle ativo e o sistema de controle eletrônico dirige o sistema físico de tal maneira que os sons indesejados, provenientes da fonte primária, sejam atenuados. Os primeiros sistemas de controle ANC comercialmente disponíveis envolveram a propagação de uma onda plana em dutos de ar, em baixa freqüência. Sistemas para outros problemas de controle de ruído e vibração estão atualmente em desenvolvimento; entretanto, cada tipo de aplicação apresenta seus próprios problemas, com soluções individuais. Porém, independentemente do sucesso obtido em uma aplicação arbitrária utilizando-se controladores com um único canal ou ainda com múltiplos canais, o arranjo eletroacústico, envolvendo as fontes de controle, os sensores de referência e os sensores de erro, necessita ser analisado mais detalhadamente do ponto de vista qualitativo. Assim, as principais motivações deste trabalho são: permitir uma análise detalhada dos algoritmos de controle ativo de ruído mais utilizado na atualidade; programar uma estratégia de controle ativo de ruído para chaminés de sistemas de exaustão; realizar simulações, experimentos e análises quanto à eficiência da estratégia de controle ativo de ruído proposta para chaminés de sistem. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2006 - 2007

    DESENVOLVIMENTO E AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE DISCOS DE ATENUAÇÃO DE RUÍDO PARA VÁLVULAS DE CONTROLE ELETRO-ELETRÔNICO, Descrição: Neste trabalho foram analisados os mecanismos de geração de ruído em escoamentos internos bem como a capacidade de atenuação do ruído por discos perfurados. Para isto, foram especificados e montados equipamentos e acessórios necessários para essa análise, no laboratório de Calor e Fluidos / Pesquisa I, localizado na sala 1923 do curso de pós-graduação do departamento de engenharia mecânica da UFMG. Por praticidade, a válvula foi substituída neste estudo por uma placa com um orifício simulando o estrangulamento criado pela válvula. Este estrangulamento dissipa altos níveis de energia através da geração de intensa turbulência a jusante. Essa turbulência é convertida em calor por efeito viscoso e energia acústica que é propagada através do escoamento, sendo uma pequena fração transmitida pela parede da tubulação e radiada para o ambiente. A montagem permite substituir facilmente a placa de orifício por outra de diâmetro diferente e ajustar a pressão a montante de modo a criar escoamentos com números de Mach variados, da condição de incompressível, Mach inferior a 0,3, até a condição sônica com Mach igual a 1. Quando a queda de pressão através do orifício excede uma queda de pressão crítica, aproximadamente igual à metade da pressão absoluta a montante do estrangulamento, são geradas condições de escoamento bloqueado e ondas de choques podem se formar a jusante do estrangulamento. Neste estudo, a montagem é utilizada como referência para se entender os fenômenos de geração de ruído associando-os às perdas no sistema fluido. Simultaneamente, é feita uma simulação computacional preliminar para o escoamento incompressível para verificar a capacidade do modelo de turbulência k-epsilon de simular bem escoamentos através de orifícios.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Integrante / Geraldo Augusto Campolina França (Coordenador UFMG) - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2014 - Atual

    PROJETO PARA OPERACIONALIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE AERODINÂMICA EXPERIMENTAL, Descrição: A convite dos professores Paulo Iscold, Ramon Molina, Marcos Vinicius Bortolus e Ricardo Luiz Utsch de Freitas Pinto assumi, a partir de minha nomeação, a gestão do Laboratório de Aerodinâmica Experimental com o intuito de, principalmente, prepara o túnel de vento de circuito fechado para receber toda a instrumentação necessária à caracterização de modelos aeronáuticos, veiculares e pás eólicas, contribuído com a docência e o desenvolvimento de pesquisas científicas. Do início de minhas atividades até o momento já escrevi dois projetos de pesquisa visando à instrumentação do túnel de vento de circuito fechado para os seguintes órgão de fomento à pesquisa: i) ?Instrumentação do túnel de Vento Subsônico de Circuito Fechado da Universidade Federal de Minas Gerais Visando sua Calibração?, em parceria com a empresa EMBRAER, para o edital Chamada 22 do CNPq (não aprovado); ii) ?Instrumentação do túnel de Vento Subsônico de Circuito Fechado da Universidade Federal de Minas Gerais Visando sua Calibração? para o edital Universal 2014 da FAPEMIG (aguardando resultado); No decorrer da operacionalização do túnel de vento de circuito fechado, que se deu efetivamente a partir de julho de 2013, após a finalização de obras mecânicas e elétricas, foram constatados sérios problemas de vibrações mecânicas (amplitudes muito acima do recomendado pela norma ISO 10816 para máquinas rotativas) provenientes do conjunto motor elétrico/ventilador/chassi e, também, a existência de acoplamento fluido-estrutura, especialmente, em frequências operacionais deste equipamento. Desde então, foram realizadas uma série de medições de vibrações e de ruído sonoro com o intuito de diagnosticar as causas fundamentais de tais fenômenos, que foram registradas em relatório técnico já entregue ao coordenador do curso, Prof. Ricardo Luiz Utsch de Freitas Pinto, e ao Prof. Horácio (colaborador do estudo) para conhecimento. Com isso, atualmente, num primeiro momento, estou realizando o redimensionamento do chassi de sustentação do conjunto motor elétrico/ventilador, tendo em vista métodos analíticos e numéricos computacionais para análises dinâmicas. Num segundo momento, após a conclusão das análises elaborarei o projeto executivo de uma nova base (chassi) mais propícia (mais rígida e inercial) para o conjunto motor elétrico/ventilador existente. Num terceiro momento, projetarei o tratamento acústico e uma solução para o desacoplamento de modos acústicos, ambos, no difusor a jusante do conjunto motor elétrico/ventilador. Por fim, ao final de tais projetos providenciarei, juntamente a empresas de fabricação mecânica, orçamentos técnico-comerciais visando a execução desses projetos. Tais obras complementares serão essenciais ao funcionamento pleno do túnel de vento de circuito fechado deste laboratório.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Coordenador / Marcos Vinicius Bortolus - Integrante / Ricardo L Utsch - Integrante / Paulo Iscold - Integrante / ROGÉRIO PINTO RIBEIRO - Integrante.

  • 2007 - 2008

    DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE CONTROLE ATIVO DE RUÍDO EM DUTOS E SISTEMAS DE EXAUSTÃO INDUSTRIAIS, Descrição: No presente trabalho, é analisado o mecanismo de geração de ruído em sistemas de exaustão bem como a capacidade de atenuação acústica deste ruído utilizando-se sistemas de controle ativo de ruído. A eficiência de um sistema de controle ativo de ruído acústico depende, sobretudo, do projeto e da harmonia de operação entre dois subsistemas principais; o sistema físico e o sistema de controle eletrônico, também conhecido como caminho secundário. O sistema físico engloba os transdutores requeridos, as fontes de controle, responsáveis pela perturbação secundária, e os sensores de erro, que monitoram o desempenho do sistema de controle ativo, proporcionando alguma medição do ruído acústico residual. Logo, o sistema físico proporciona a interface acústica para o sistema de controle ativo e o sistema de controle eletrônico dirige o sistema físico de tal maneira que os sons indesejados, provenientes da fonte primária, sejam atenuados. Os primeiros sistemas de controle ANC comercialmente disponíveis envolveram a propagação de uma onda plana em dutos de ar, em baixa freqüência. Sistemas para outros problemas de controle de ruído e vibração estão atualmente em desenvolvimento; entretanto, cada tipo de aplicação apresenta seus próprios problemas, com soluções individuais. Porém, independentemente do sucesso obtido em uma aplicação arbitrária utilizando-se controladores com um único canal ou ainda com múltiplos canais, o arranjo eletroacústico, envolvendo as fontes de controle, os sensores de referência e os sensores de erro, necessita ser analisado mais detalhadamente do ponto de vista qualitativo. Assim, as principais motivações deste trabalho são: permitir uma análise detalhada dos algoritmos de controle ativo de ruído mais utilizado na atualidade; programar uma estratégia de controle ativo de ruído para chaminés de sistemas de exaustão; realizar simulações, experimentos e análises quanto à eficiência da estratégia de controle ativo de ruído proposta para chaminés de sistem. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2006 - 2007

    DESENVOLVIMENTO E AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE DISCOS DE ATENUAÇÃO DE RUÍDO PARA VÁLVULAS DE CONTROLE ELETRO-ELETRÔNICO, Descrição: Neste trabalho foram analisados os mecanismos de geração de ruído em escoamentos internos bem como a capacidade de atenuação do ruído por discos perfurados. Para isto, foram especificados e montados equipamentos e acessórios necessários para essa análise, no laboratório de Calor e Fluidos / Pesquisa I, localizado na sala 1923 do curso de pós-graduação do departamento de engenharia mecânica da UFMG. Por praticidade, a válvula foi substituída neste estudo por uma placa com um orifício simulando o estrangulamento criado pela válvula. Este estrangulamento dissipa altos níveis de energia através da geração de intensa turbulência a jusante. Essa turbulência é convertida em calor por efeito viscoso e energia acústica que é propagada através do escoamento, sendo uma pequena fração transmitida pela parede da tubulação e radiada para o ambiente. A montagem permite substituir facilmente a placa de orifício por outra de diâmetro diferente e ajustar a pressão a montante de modo a criar escoamentos com números de Mach variados, da condição de incompressível, Mach inferior a 0,3, até a condição sônica com Mach igual a 1. Quando a queda de pressão através do orifício excede uma queda de pressão crítica, aproximadamente igual à metade da pressão absoluta a montante do estrangulamento, são geradas condições de escoamento bloqueado e ondas de choques podem se formar a jusante do estrangulamento. Neste estudo, a montagem é utilizada como referência para se entender os fenômenos de geração de ruído associando-os às perdas no sistema fluido. Simultaneamente, é feita uma simulação computacional preliminar para o escoamento incompressível para verificar a capacidade do modelo de turbulência k-epsilon de simular bem escoamentos através de orifícios.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Integrante / Geraldo Augusto Campolina França (Coordenador UFMG) - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2014 - Atual

    PROJETO PARA OPERACIONALIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE AERODINÂMICA EXPERIMENTAL, Descrição: A convite dos professores Paulo Iscold, Ramon Molina, Marcos Vinicius Bortolus e Ricardo Luiz Utsch de Freitas Pinto assumi, a partir de minha nomeação, a gestão do Laboratório de Aerodinâmica Experimental com o intuito de, principalmente, prepara o túnel de vento de circuito fechado para receber toda a instrumentação necessária à caracterização de modelos aeronáuticos, veiculares e pás eólicas, contribuído com a docência e o desenvolvimento de pesquisas científicas. Do início de minhas atividades até o momento já escrevi dois projetos de pesquisa visando à instrumentação do túnel de vento de circuito fechado para os seguintes órgão de fomento à pesquisa: i) ?Instrumentação do túnel de Vento Subsônico de Circuito Fechado da Universidade Federal de Minas Gerais Visando sua Calibração?, em parceria com a empresa EMBRAER, para o edital Chamada 22 do CNPq (não aprovado); ii) ?Instrumentação do túnel de Vento Subsônico de Circuito Fechado da Universidade Federal de Minas Gerais Visando sua Calibração? para o edital Universal 2014 da FAPEMIG (aguardando resultado); No decorrer da operacionalização do túnel de vento de circuito fechado, que se deu efetivamente a partir de julho de 2013, após a finalização de obras mecânicas e elétricas, foram constatados sérios problemas de vibrações mecânicas (amplitudes muito acima do recomendado pela norma ISO 10816 para máquinas rotativas) provenientes do conjunto motor elétrico/ventilador/chassi e, também, a existência de acoplamento fluido-estrutura, especialmente, em frequências operacionais deste equipamento. Desde então, foram realizadas uma série de medições de vibrações e de ruído sonoro com o intuito de diagnosticar as causas fundamentais de tais fenômenos, que foram registradas em relatório técnico já entregue ao coordenador do curso, Prof. Ricardo Luiz Utsch de Freitas Pinto, e ao Prof. Horácio (colaborador do estudo) para conhecimento. Com isso, atualmente, num primeiro momento, estou realizando o redimensionamento do chassi de sustentação do conjunto motor elétrico/ventilador, tendo em vista métodos analíticos e numéricos computacionais para análises dinâmicas. Num segundo momento, após a conclusão das análises elaborarei o projeto executivo de uma nova base (chassi) mais propícia (mais rígida e inercial) para o conjunto motor elétrico/ventilador existente. Num terceiro momento, projetarei o tratamento acústico e uma solução para o desacoplamento de modos acústicos, ambos, no difusor a jusante do conjunto motor elétrico/ventilador. Por fim, ao final de tais projetos providenciarei, juntamente a empresas de fabricação mecânica, orçamentos técnico-comerciais visando a execução desses projetos. Tais obras complementares serão essenciais ao funcionamento pleno do túnel de vento de circuito fechado deste laboratório.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Coordenador / Marcos Vinicius Bortolus - Integrante / Ricardo L Utsch - Integrante / Paulo Iscold - Integrante / ROGÉRIO PINTO RIBEIRO - Integrante.

  • 2007 - 2008

    DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE CONTROLE ATIVO DE RUÍDO EM DUTOS E SISTEMAS DE EXAUSTÃO INDUSTRIAIS, Descrição: No presente trabalho, é analisado o mecanismo de geração de ruído em sistemas de exaustão bem como a capacidade de atenuação acústica deste ruído utilizando-se sistemas de controle ativo de ruído. A eficiência de um sistema de controle ativo de ruído acústico depende, sobretudo, do projeto e da harmonia de operação entre dois subsistemas principais; o sistema físico e o sistema de controle eletrônico, também conhecido como caminho secundário. O sistema físico engloba os transdutores requeridos, as fontes de controle, responsáveis pela perturbação secundária, e os sensores de erro, que monitoram o desempenho do sistema de controle ativo, proporcionando alguma medição do ruído acústico residual. Logo, o sistema físico proporciona a interface acústica para o sistema de controle ativo e o sistema de controle eletrônico dirige o sistema físico de tal maneira que os sons indesejados, provenientes da fonte primária, sejam atenuados. Os primeiros sistemas de controle ANC comercialmente disponíveis envolveram a propagação de uma onda plana em dutos de ar, em baixa freqüência. Sistemas para outros problemas de controle de ruído e vibração estão atualmente em desenvolvimento; entretanto, cada tipo de aplicação apresenta seus próprios problemas, com soluções individuais. Porém, independentemente do sucesso obtido em uma aplicação arbitrária utilizando-se controladores com um único canal ou ainda com múltiplos canais, o arranjo eletroacústico, envolvendo as fontes de controle, os sensores de referência e os sensores de erro, necessita ser analisado mais detalhadamente do ponto de vista qualitativo. Assim, as principais motivações deste trabalho são: permitir uma análise detalhada dos algoritmos de controle ativo de ruído mais utilizado na atualidade; programar uma estratégia de controle ativo de ruído para chaminés de sistemas de exaustão; realizar simulações, experimentos e análises quanto à eficiência da estratégia de controle ativo de ruído proposta para chaminés de sistem. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2006 - 2007

    DESENVOLVIMENTO E AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE DISCOS DE ATENUAÇÃO DE RUÍDO PARA VÁLVULAS DE CONTROLE ELETRO-ELETRÔNICO, Descrição: Neste trabalho foram analisados os mecanismos de geração de ruído em escoamentos internos bem como a capacidade de atenuação do ruído por discos perfurados. Para isto, foram especificados e montados equipamentos e acessórios necessários para essa análise, no laboratório de Calor e Fluidos / Pesquisa I, localizado na sala 1923 do curso de pós-graduação do departamento de engenharia mecânica da UFMG. Por praticidade, a válvula foi substituída neste estudo por uma placa com um orifício simulando o estrangulamento criado pela válvula. Este estrangulamento dissipa altos níveis de energia através da geração de intensa turbulência a jusante. Essa turbulência é convertida em calor por efeito viscoso e energia acústica que é propagada através do escoamento, sendo uma pequena fração transmitida pela parede da tubulação e radiada para o ambiente. A montagem permite substituir facilmente a placa de orifício por outra de diâmetro diferente e ajustar a pressão a montante de modo a criar escoamentos com números de Mach variados, da condição de incompressível, Mach inferior a 0,3, até a condição sônica com Mach igual a 1. Quando a queda de pressão através do orifício excede uma queda de pressão crítica, aproximadamente igual à metade da pressão absoluta a montante do estrangulamento, são geradas condições de escoamento bloqueado e ondas de choques podem se formar a jusante do estrangulamento. Neste estudo, a montagem é utilizada como referência para se entender os fenômenos de geração de ruído associando-os às perdas no sistema fluido. Simultaneamente, é feita uma simulação computacional preliminar para o escoamento incompressível para verificar a capacidade do modelo de turbulência k-epsilon de simular bem escoamentos através de orifícios.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2014 - Atual

    PROJETO PARA OPERACIONALIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE AERODINÂMICA EXPERIMENTAL, Descrição: A convite dos professores Paulo Iscold, Ramon Molina, Marcos Vinicius Bortolus e Ricardo Luiz Utsch de Freitas Pinto assumi, a partir de minha nomeação, a gestão do Laboratório de Aerodinâmica Experimental com o intuito de, principalmente, prepara o túnel de vento de circuito fechado para receber toda a instrumentação necessária à caracterização de modelos aeronáuticos, veiculares e pás eólicas, contribuído com a docência e o desenvolvimento de pesquisas científicas. Do início de minhas atividades até o momento já escrevi dois projetos de pesquisa visando à instrumentação do túnel de vento de circuito fechado para os seguintes órgão de fomento à pesquisa: i) ?Instrumentação do túnel de Vento Subsônico de Circuito Fechado da Universidade Federal de Minas Gerais Visando sua Calibração?, em parceria com a empresa EMBRAER, para o edital Chamada 22 do CNPq (não aprovado); ii) ?Instrumentação do túnel de Vento Subsônico de Circuito Fechado da Universidade Federal de Minas Gerais Visando sua Calibração? para o edital Universal 2014 da FAPEMIG (aguardando resultado); No decorrer da operacionalização do túnel de vento de circuito fechado, que se deu efetivamente a partir de julho de 2013, após a finalização de obras mecânicas e elétricas, foram constatados sérios problemas de vibrações mecânicas (amplitudes muito acima do recomendado pela norma ISO 10816 para máquinas rotativas) provenientes do conjunto motor elétrico/ventilador/chassi e, também, a existência de acoplamento fluido-estrutura, especialmente, em frequências operacionais deste equipamento. Desde então, foram realizadas uma série de medições de vibrações e de ruído sonoro com o intuito de diagnosticar as causas fundamentais de tais fenômenos, que foram registradas em relatório técnico já entregue ao coordenador do curso, Prof. Ricardo Luiz Utsch de Freitas Pinto, e ao Prof. Horácio (colaborador do estudo) para conhecimento. Com isso, atualmente, num primeiro momento, estou realizando o redimensionamento do chassi de sustentação do conjunto motor elétrico/ventilador, tendo em vista métodos analíticos e numéricos computacionais para análises dinâmicas. Num segundo momento, após a conclusão das análises elaborarei o projeto executivo de uma nova base (chassi) mais propícia (mais rígida e inercial) para o conjunto motor elétrico/ventilador existente. Num terceiro momento, projetarei o tratamento acústico e uma solução para o desacoplamento de modos acústicos, ambos, no difusor a jusante do conjunto motor elétrico/ventilador. Por fim, ao final de tais projetos providenciarei, juntamente a empresas de fabricação mecânica, orçamentos técnico-comerciais visando a execução desses projetos. Tais obras complementares serão essenciais ao funcionamento pleno do túnel de vento de circuito fechado deste laboratório.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Coordenador / Marcos Vinicius Bortolus - Integrante / Ricardo L Utsch - Integrante / Paulo Iscold - Integrante / ROGÉRIO PINTO RIBEIRO - Integrante.

  • 2007 - 2008

    DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE CONTROLE ATIVO DE RUÍDO EM DUTOS E SISTEMAS DE EXAUSTÃO INDUSTRIAIS, Descrição: No presente trabalho, é analisado o mecanismo de geração de ruído em sistemas de exaustão bem como a capacidade de atenuação acústica deste ruído utilizando-se sistemas de controle ativo de ruído. A eficiência de um sistema de controle ativo de ruído acústico depende, sobretudo, do projeto e da harmonia de operação entre dois subsistemas principais; o sistema físico e o sistema de controle eletrônico, também conhecido como caminho secundário. O sistema físico engloba os transdutores requeridos, as fontes de controle, responsáveis pela perturbação secundária, e os sensores de erro, que monitoram o desempenho do sistema de controle ativo, proporcionando alguma medição do ruído acústico residual. Logo, o sistema físico proporciona a interface acústica para o sistema de controle ativo e o sistema de controle eletrônico dirige o sistema físico de tal maneira que os sons indesejados, provenientes da fonte primária, sejam atenuados. Os primeiros sistemas de controle ANC comercialmente disponíveis envolveram a propagação de uma onda plana em dutos de ar, em baixa freqüência. Sistemas para outros problemas de controle de ruído e vibração estão atualmente em desenvolvimento; entretanto, cada tipo de aplicação apresenta seus próprios problemas, com soluções individuais. Porém, independentemente do sucesso obtido em uma aplicação arbitrária utilizando-se controladores com um único canal ou ainda com múltiplos canais, o arranjo eletroacústico, envolvendo as fontes de controle, os sensores de referência e os sensores de erro, necessita ser analisado mais detalhadamente do ponto de vista qualitativo. Assim, as principais motivações deste trabalho são: permitir uma análise detalhada dos algoritmos de controle ativo de ruído mais utilizado na atualidade; programar uma estratégia de controle ativo de ruído para chaminés de sistemas de exaustão; realizar simulações, experimentos e análises quanto à eficiência da estratégia de controle ativo de ruído proposta para chaminés de sistem. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2006 - 2007

    DESENVOLVIMENTO E AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE DISCOS DE ATENUAÇÃO DE RUÍDO PARA VÁLVULAS DE CONTROLE ELETRO-ELETRÔNICO, Descrição: Neste trabalho foram analisados os mecanismos de geração de ruído em escoamentos internos bem como a capacidade de atenuação do ruído por discos perfurados. Para isto, foram especificados e montados equipamentos e acessórios necessários para essa análise, no laboratório de Calor e Fluidos / Pesquisa I, localizado na sala 1923 do curso de pós-graduação do departamento de engenharia mecânica da UFMG. Por praticidade, a válvula foi substituída neste estudo por uma placa com um orifício simulando o estrangulamento criado pela válvula. Este estrangulamento dissipa altos níveis de energia através da geração de intensa turbulência a jusante. Essa turbulência é convertida em calor por efeito viscoso e energia acústica que é propagada através do escoamento, sendo uma pequena fração transmitida pela parede da tubulação e radiada para o ambiente. A montagem permite substituir facilmente a placa de orifício por outra de diâmetro diferente e ajustar a pressão a montante de modo a criar escoamentos com números de Mach variados, da condição de incompressível, Mach inferior a 0,3, até a condição sônica com Mach igual a 1. Quando a queda de pressão através do orifício excede uma queda de pressão crítica, aproximadamente igual à metade da pressão absoluta a montante do estrangulamento, são geradas condições de escoamento bloqueado e ondas de choques podem se formar a jusante do estrangulamento. Neste estudo, a montagem é utilizada como referência para se entender os fenômenos de geração de ruído associando-os às perdas no sistema fluido. Simultaneamente, é feita uma simulação computacional preliminar para o escoamento incompressível para verificar a capacidade do modelo de turbulência k-epsilon de simular bem escoamentos através de orifícios.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Integrante / Geraldo Augusto Campolina França (Coordenador UFMG) - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2014 - Atual

    PROJETO PARA OPERACIONALIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE AERODINÂMICA EXPERIMENTAL, Descrição: A convite dos professores Paulo Iscold, Ramon Molina, Marcos Vinicius Bortolus e Ricardo Luiz Utsch de Freitas Pinto assumi, a partir de minha nomeação, a gestão do Laboratório de Aerodinâmica Experimental com o intuito de, principalmente, prepara o túnel de vento de circuito fechado para receber toda a instrumentação necessária à caracterização de modelos aeronáuticos, veiculares e pás eólicas, contribuído com a docência e o desenvolvimento de pesquisas científicas. Do início de minhas atividades até o momento já escrevi dois projetos de pesquisa visando à instrumentação do túnel de vento de circuito fechado para os seguintes órgão de fomento à pesquisa: i) ?Instrumentação do túnel de Vento Subsônico de Circuito Fechado da Universidade Federal de Minas Gerais Visando sua Calibração?, em parceria com a empresa EMBRAER, para o edital Chamada 22 do CNPq (não aprovado); ii) ?Instrumentação do túnel de Vento Subsônico de Circuito Fechado da Universidade Federal de Minas Gerais Visando sua Calibração? para o edital Universal 2014 da FAPEMIG (aguardando resultado); No decorrer da operacionalização do túnel de vento de circuito fechado, que se deu efetivamente a partir de julho de 2013, após a finalização de obras mecânicas e elétricas, foram constatados sérios problemas de vibrações mecânicas (amplitudes muito acima do recomendado pela norma ISO 10816 para máquinas rotativas) provenientes do conjunto motor elétrico/ventilador/chassi e, também, a existência de acoplamento fluido-estrutura, especialmente, em frequências operacionais deste equipamento. Desde então, foram realizadas uma série de medições de vibrações e de ruído sonoro com o intuito de diagnosticar as causas fundamentais de tais fenômenos, que foram registradas em relatório técnico já entregue ao coordenador do curso, Prof. Ricardo Luiz Utsch de Freitas Pinto, e ao Prof. Horácio (colaborador do estudo) para conhecimento. Com isso, atualmente, num primeiro momento, estou realizando o redimensionamento do chassi de sustentação do conjunto motor elétrico/ventilador, tendo em vista métodos analíticos e numéricos computacionais para análises dinâmicas. Num segundo momento, após a conclusão das análises elaborarei o projeto executivo de uma nova base (chassi) mais propícia (mais rígida e inercial) para o conjunto motor elétrico/ventilador existente. Num terceiro momento, projetarei o tratamento acústico e uma solução para o desacoplamento de modos acústicos, ambos, no difusor a jusante do conjunto motor elétrico/ventilador. Por fim, ao final de tais projetos providenciarei, juntamente a empresas de fabricação mecânica, orçamentos técnico-comerciais visando a execução desses projetos. Tais obras complementares serão essenciais ao funcionamento pleno do túnel de vento de circuito fechado deste laboratório.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Coordenador / Marcos Vinicius Bortolus - Integrante / Ricardo L Utsch - Integrante / Paulo Iscold - Integrante / ROGÉRIO PINTO RIBEIRO - Integrante.

  • 2007 - 2008

    DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE CONTROLE ATIVO DE RUÍDO EM DUTOS E SISTEMAS DE EXAUSTÃO INDUSTRIAIS, Descrição: No presente trabalho, é analisado o mecanismo de geração de ruído em sistemas de exaustão bem como a capacidade de atenuação acústica deste ruído utilizando-se sistemas de controle ativo de ruído. A eficiência de um sistema de controle ativo de ruído acústico depende, sobretudo, do projeto e da harmonia de operação entre dois subsistemas principais; o sistema físico e o sistema de controle eletrônico, também conhecido como caminho secundário. O sistema físico engloba os transdutores requeridos, as fontes de controle, responsáveis pela perturbação secundária, e os sensores de erro, que monitoram o desempenho do sistema de controle ativo, proporcionando alguma medição do ruído acústico residual. Logo, o sistema físico proporciona a interface acústica para o sistema de controle ativo e o sistema de controle eletrônico dirige o sistema físico de tal maneira que os sons indesejados, provenientes da fonte primária, sejam atenuados. Os primeiros sistemas de controle ANC comercialmente disponíveis envolveram a propagação de uma onda plana em dutos de ar, em baixa freqüência. Sistemas para outros problemas de controle de ruído e vibração estão atualmente em desenvolvimento; entretanto, cada tipo de aplicação apresenta seus próprios problemas, com soluções individuais. Porém, independentemente do sucesso obtido em uma aplicação arbitrária utilizando-se controladores com um único canal ou ainda com múltiplos canais, o arranjo eletroacústico, envolvendo as fontes de controle, os sensores de referência e os sensores de erro, necessita ser analisado mais detalhadamente do ponto de vista qualitativo. Assim, as principais motivações deste trabalho são: permitir uma análise detalhada dos algoritmos de controle ativo de ruído mais utilizado na atualidade; programar uma estratégia de controle ativo de ruído para chaminés de sistemas de exaustão; realizar simulações, experimentos e análises quanto à eficiência da estratégia de controle ativo de ruído proposta para chaminés de sistem. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2006 - 2007

    DESENVOLVIMENTO E AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE DISCOS DE ATENUAÇÃO DE RUÍDO PARA VÁLVULAS DE CONTROLE ELETRO-ELETRÔNICO, Descrição: Neste trabalho foram analisados os mecanismos de geração de ruído em escoamentos internos bem como a capacidade de atenuação do ruído por discos perfurados. Para isto, foram especificados e montados equipamentos e acessórios necessários para essa análise, no laboratório de Calor e Fluidos / Pesquisa I, localizado na sala 1923 do curso de pós-graduação do departamento de engenharia mecânica da UFMG. Por praticidade, a válvula foi substituída neste estudo por uma placa com um orifício simulando o estrangulamento criado pela válvula. Este estrangulamento dissipa altos níveis de energia através da geração de intensa turbulência a jusante. Essa turbulência é convertida em calor por efeito viscoso e energia acústica que é propagada através do escoamento, sendo uma pequena fração transmitida pela parede da tubulação e radiada para o ambiente. A montagem permite substituir facilmente a placa de orifício por outra de diâmetro diferente e ajustar a pressão a montante de modo a criar escoamentos com números de Mach variados, da condição de incompressível, Mach inferior a 0,3, até a condição sônica com Mach igual a 1. Quando a queda de pressão através do orifício excede uma queda de pressão crítica, aproximadamente igual à metade da pressão absoluta a montante do estrangulamento, são geradas condições de escoamento bloqueado e ondas de choques podem se formar a jusante do estrangulamento. Neste estudo, a montagem é utilizada como referência para se entender os fenômenos de geração de ruído associando-os às perdas no sistema fluido. Simultaneamente, é feita uma simulação computacional preliminar para o escoamento incompressível para verificar a capacidade do modelo de turbulência k-epsilon de simular bem escoamentos através de orifícios.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Guilherme de Souza Papini - Integrante / Geraldo Augusto Campolina França (Coordenador UFMG) - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Engenharia. , Avenida Carlos, nº 6.627, Gutierrez, 31270901 - Belo Horizonte, MG - Brasil, Telefone: (31) 34093516, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2018 - Atual

    SENAI - Departamento Regional de Minas Gerais

    Vínculo: , Enquadramento Funcional:

  • 2017 - Atual

    Universidade Federal de Santa Catarina

    Vínculo: , Enquadramento Funcional:

  • 2019 - Atual

    Universidade Federal de Minas Gerais

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenador de curso, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Coordenador de curso

  • 2018 - Atual

    Universidade Federal de Minas Gerais

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor do Programa de Pós-Graduação

  • 2012 - Atual

    Universidade Federal de Minas Gerais

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenador do Laboratório de Aerodinâmica, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2011 - Atual

    Universidade Federal de Minas Gerais

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto - nível 4, Carga horária: 44, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Professor de Laboratório de Vibrações Mecânicas, Dinâmica Veicular e Metrologia de 2004 a 2005, como professor substituto. Atualmente, professor adjunto - nível 2 do curso de engenharia aeroespacial.

    Atividades

    • 10/2017

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Escola de Engenharia, Departamento de Engenharia Mecânica.,Cargo ou função, Comissão Permanente de Revalidação de Diplomas de Graduação Estrangeiros.

    • 11/2014

      Direção e administração, Escola de Engenharia, Departamento de Engenharia Mecânica.,Cargo ou função, Sub-coordenador do Curso de Engenharia Aeroespacial.

    • 11/2011

      Direção e administração, Escola de Engenharia, Departamento de Engenharia Mecânica.,Cargo ou função, Coordenador do Laboratório de Aerodinâmica Experimental.

    • 01/2018 - 01/2018

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Escola de Engenharia, Departamento de Engenharia Mecânica.,Cargo ou função, Comissão do processo seletivo Mestrado entrada 2018.

    • 01/2018 - 01/2018

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Escola de Engenharia, Departamento de Engenharia Mecânica.,Cargo ou função, Comissão do processo seletivo Mestrado entrada 2018.

    • 04/2016 - 04/2016

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Escola de Engenharia, .,Cargo ou função, Componente de banca de seleção de bolsistas do Programa de Monitoria.

    • 08/2004 - 08/2005

      Ensino, Engenharia Mecânica, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Vibrações Mecânicas, Dinâmica Veicular, Metrologia

  • 2007 - 2009

    Isoacústica Ltda

    Vínculo: Sócio Proprietário, Enquadramento Funcional: Engenheiro Acústico, Carga horária: 20

  • 2010 - 2010

    Faculdades Integradas Pitágoras

    Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 15

    Outras informações:
    Professor das disciplinas de Mecânica Geral, Dinâmica, Mecânica dos Fluidos e Termodinâmica Clássica para o curso de Engenharia Mecânica.

  • 2008 - 2009

    Isobrasil Tecnologia de Isolamentos

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Gerente de Tecnologia, Carga horária: 44, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2005 - 2008

    Isobrasil Tecnologia de Isolamentos

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Engenheiro III e Pesquisador, Carga horária: 44

  • 2004 - 2005

    Isobrasil Tecnologia de Isolamentos

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor de projetos de acústica ambiental, Carga horária: 6

  • 1992 - 1995

    Isobrasil Tecnologia de Isolamentos

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Supervisor Técnico / Engenheiro de Obras, Carga horária: 44

    Atividades

    • 09/2005

      Pesquisa e desenvolvimento , Isobrasil Tecnologia de Isolamentos, .,Linhas de pesquisa

    • 02/2006 - 12/2006

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Isobrasil Ltda, .,Cargo ou função, Consultor interno do projeto de revisão de processos.

    • 06/2005 - 06/2005

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Isobrasil Tecnologia de Isolamentos, .,Cargo ou função, Simulação Computacional de barreira acústica - Obra Millennium.

    • 05/2005 - 05/2005

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Isobrasil Tecnologia de Isolamentos, .,Cargo ou função, Simulação Computacional de barreira acústica - Obra Polibrasil (Mauá).

    • 03/2005 - 03/2005

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Isobrasil Tecnologia de Isolamentos, .,Cargo ou função, Simulação Computacional de barreira acústica - composição de proposta técnica para CVRD (Cais de Paul).

    • 11/2004 - 03/2005

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Isobrasil Tecnologia de Isolamentos, .,Cargo ou função, Simulação Computacional de barreira acústica - Obra Citrosuco - Matão (SP).

    • 11/2004 - 11/2004

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Isobrasil Tecnologia de Isolamentos, .,Cargo ou função, Simulação Computacional de barreira acústica - Obra Metrô de SP.

    • 02/1992 - 02/1995

      Serviços técnicos especializados , Isobrasil Tecnologia de Isolamentos, .,Serviço realizado, Projeto, fabricação e montagem de cabines acústicas / Execução de obras térmicas.

  • 2006 - 2006

    Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas

    Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor Assitente I, Carga horária: 4

    Outras informações:
    Professor de Termodinâmica Clássica

  • 2005 - 2005

    Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas

    Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor Auxiliar, Carga horária: 6

    Outras informações:
    Professor de Mecânica dos Fluidos e de Termodinâmica Clássica

    Atividades

    • 02/2006 - 06/2006

      Ensino, Engenharia Mecânica, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Termodinâmica Clássica

    • 08/2005 - 12/2005

      Ensino, Engenharia Mecânica, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Mecânica dos Fluidos, Termodinâmica Clássica

  • 2002 - 2004

    Centro de Educação Profissional do Sul de Minas

    Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 24

    Atividades

    • 02/2002 - 06/2004

      Ensino, Eletromecânica / Eletrotécnica e Automação, Nível: Aperfeiçoamento,Disciplinas ministradas, Elementos de Máquinas, Metrologia I e II, Mecânica Técnica e Resistência dos Materiais I e II, Eletrostática/Eletrodinâmica, Medidas Elétricas

  • 2010 - Atual

    Cooperativa Nacional de Serviços Técnicos e Científicos Ltda

    Vínculo: Cooperado, Enquadramento Funcional: Consultor Técnico na área de Engenharia

  • 2002 - 2004

    Escola Cenecista Dulce Oliveira Pitágoras

    Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Outro, Carga horária: 13

    Atividades

    • 07/2002 - 01/2004

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Física

  • 2009 - Atual

    Rede Metrológica de Minas Gerais

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Especialista em monitoramento de ruído

    Outras informações:
    Especialista em monitoramento de ruído ambiental em avaliações de laboratórios ambientais.