Daniel Basílio Zandonadi

Doutor em Biociências e Biotecnologia pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, Engenheiro Agrônomo, Mestre em Produção Vegetal. Doutorado Sandwich na Texas A&M University sob supervisão da Dra. Marla Binzel. Tem experiência na área de Bioquímica e Fisiologia Vegetal, atuando principalmente nos seguintes temas: Atividade biológica de hormônios vegetais, Bioestimulantes; Sistemas orgânicos de produção e agriculutura urbana; Microorganismos promotores de crescimento vegetal. Revisor de três periódicos, possui 16 artigos publicados em periódicos especializados com 204 citações no ISI (h-index=6). Destaca-se a publicação no periódico Planta de 2007 premiada no Faculty of 1000 Biology como "must read". Foi professor Titular da Universidade Vila Velha (Graduação em Biologia e Pós-graduação em Ecologia de Ecossistemas) onde liderou projetos de recuperação ambiental de áreas degradadas de manguezais em parceria com Prefeitura de Vitória. Foi professor Adjunto I (Bioquímica) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) no Núcleo em Ecologia e Desenvolvimento Socioambiental (Nupem) em 2010. Posteriormente trabalhou na Embrapa Hortaliças na área de fisiologia vegetal, em projetos relacionados a produção de bioestimulantes, fertilizantes e agricultura orgânica por mais de 5 anos. Atualmente é professor do Nupem/UFRJ na área de Processos Biotecnológicos para Restauração Ambiental.

Informações coletadas do Lattes em 19/12/2018

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Biociências e Biotecnologia

2006 - 2009

Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro
Título: Energização e sinalização dos mecanismos de regulação do desenvolvimento radicular via modulação das bombas de H+ por ácidos húmicos e fitohormonios
Arnoldo R. Façanha. Bolsista do(a): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ, FAPERJ, Brasil. Palavras-chave: Ácido húmico; ATPase; auxin; Atividade hormonal; Bioatividade; Bombas de H+.

Mestrado em Produção Vegetal

2004 - 2006

Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro
Título: Bioatividade de substâncias húmicas: promoção do desenvolvimento radicular e atividade das bombas de H+.,Ano de Obtenção: 2006
Luciano Pasqualoto Canellas.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Matéria orgânica; Substâcias húmicas; Ácidos húmicos; Efeitos fisiológicos; H+-ATPase; H+-PPase. Grande área: Ciências AgráriasGrande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Ciência do Solo. Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Ciência do Solo / Especialidade: Matéria Orgânica e Fisiologia Vegetal. Setores de atividade: Produção Vegetal.

Graduação em Agronomia

1999 - 2004

Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro
Título: Avaliação do efeito de substâncias húmicas sobre a H+-ATPase de membrana plamática
Orientador: Luciano Pasqualoto Canellas
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2014 - 2014

Curso de Cromatografia Líquida de Alta Eficiência. (Carga horária: 24h). , Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, EMBRAPA, Brasil.

2013 - 2013

Patentes na área Agrícola: Biotecnologia, alimento. (Carga horária: 8h). , Instituto Nacional da Propriedade Industrial, INPI, Brasil.

2012 - 2012

Espectrometro de Plasma Simultâneo - ICPE. (Carga horária: 18h). , Shimadzu do Brasil Comércio, SBC, Brasil.

2012 - 2012

Proteção Patentária de Resultados de Pesquisas. (Carga horária: 16h). , Instituto Nacional da Propriedade Industrial, INPI, Brasil.

2012 - 2012

Redação em Divulgação Científica. (Carga horária: 20h). , Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, EMBRAPA, Brasil.

2012 - 2012

Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. (Carga horária: 16h). , Centro Nacional de Educação a Distância, CENED, Brasil.

2012 - 2012

Curso Básico de Segurança em Laboratório. (Carga horária: 12h). , Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, EMBRAPA, Brasil.

2011 - 2011

Curso de Agroecologia para Extensionistas Rurais. (Carga horária: 72h). , Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do DF, EMATER/DF, Brasil.

2007 - 2007

Treinamento de usuários do equipamento LghtCycler. (Carga horária: 15h). , Roche Applied Science, ROCHE, Brasil.

2006 - 2007

Biologia molecular do estresse vegetal. , Texas A&M University, TAMU, Estados Unidos.

2006 - 2006

Extensão universitária em Adubação orgânica. vermicompost. e adubo or liquid. (Carga horária: 8h). , Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, UENF, Brasil.

2006 - 2006

Extensão universitária em Caracteri. fiisco-quimica e estudos metabolicos. (Carga horária: 20h). , Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, UENF, Brasil.

2003 - 2003

Extensão universitária em Gestão e Legislação Ambiental. (Carga horária: 16h). , Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, UENF, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Metabolismo e Bioenergética.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fisiologia Vegetal.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Ciência do Solo/Especialidade: Matéria Orgânica.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Biologia Molecular.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

Zandonadi, Daniel B. ; Pinheiro, J.B. . III Curso Internacional sobre Produção Sustentável de Hortaliças. 2014. (Outro).

Zandonadi, Daniel B. ; Pinheiro, J.B. . II Curso Internacional sobre Produção Sustentável de Hortaliças. 2013. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

XII Encontro Brasileiro de Substâncias Húmicas Húmicas e Matéria Orgânica Natural.Produtos a base de SH: do laboratório ao campo, o que se sabe?. 2017. (Encontro).

16th World Fertilizer Congress of CIEC. Guidelines to access plant physiology modification by fertilizers claimed as biostimulants. 2014. (Congresso).

XEBSH: 10º ENCONTRO BRASILEIRO DE SUBSTÂNCIAS HÚMICAS.PRODUÇÃO ORGÂNICA DE ALFACE ROMANA COM BIOFERTILIZANTES ENRIQUECIDOS COM SUBSTÂNCIAS HÚMICAS. 2013. (Encontro).

6th International Symposium on Seed, Transplant and Stand Establishment of Horticultural Crops.Growth Analysis of Sweet Potato Cultivars using the Float System Greenhouse. 2012. (Simpósio).

4 Encontro Capixaba de Biossegurança. 2010. (Encontro).

Manguezais Capixabas: De olho no futuro.Manguezal de Vitória: Data marcada para morrer?. 2010. (Seminário).

Oficina para Criação de Mosaico de Áreas Protegidas do Manguezal da Baía de Vitória. 2010. (Oficina).

VIII Jornada Científica e Cultural da UVV.Avaliação da Degradação e Recuperação do Manguezal da Estação Ecológica Municipal Ilha do Lameirão (Vitória, ES). 2010. (Simpósio).

XXI Feira do Verde.Experiências dos Municípios para Preservação do Manguezal. 2010. (Simpósio).

Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal. Enraizamento e modulação das bombas de H+ por ácidos húmicos e auxina em plantas com superexpressão da H+-pirofosfatase. 2009. (Congresso).

I Reunião de trabalho do núcleo de desenvolvimento de insumos Biológicos para Agricultura. 2009. (Outra).

XXXVIII Reunião Anual da Sociedade de Bioquimica e Biologia Molecular (SBBq). Indole Acetic and Humic Acids Regulates Lateral Root Formation and Plasma Membrane H+-ATPase Using Nitric Oxide as Messenger. 2009. (Congresso).

XXXVII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular - SBBq e XI Congresso da PABMB. Ethylene and Abscisic acid integrated control of cell wall hydrolysis in tomatoes ripening. 2008. (Congresso).

Plant and Animal Genome XV. 2007. (Congresso).

XXXVI Reunião Anual - X Conferência da IUBMB. Humic Acid Restores Root Growth In An Aba-Deficient Tomato (Sitiens). 2007. (Congresso).

XXXV Reunião Anual da SBBq. Plasmalemma and Tonoplast H+ Pumps Regulates Indolacetic and Humic Acids-Mediate Plant Development. 2006. (Congresso).

I Semana do Produtor Rural na Uenf.Adubação Orgânica através da vermicompostagem e de adubos orgânicos líquidos. 2005. (Encontro).

VI ENCONTRO BRASILEIRO DE SUBSTÂNCIAS HÚMICAS.VI ENCONTRO BRASILEIRO DE SUBSTÂNCIAS HÚMICAS. 2005. (Encontro).

XII Congresso Latino Americano de Fisiologia Vegetal e X Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal. Inibidores de Auxina alteram a ação de ácidos húmicos em plântulas de milho. 2005. (Congresso).

XXIV Reunião Anual da SBBq. 34a. Reunião Anual da SBBq. 2005. (Congresso).

4º Mostra de Pós da UENF.4º Mostra de Pós da UENF. 2004. (Encontro).

55º Reunião Anual da SBPC.55º Reunião Anual da SBPC. 2003. (Outra).

8º Encontro de iniciação científica da UENF.8º Encontro de iniciação científica da UENF. 2003. (Encontro).

III Semana da Agronomia da UENF.III Semana da Agronomia da UENF. 2003. (Outra).

Semana do estudante unversitário - Florestas e meio ambiente.Semana do estudante unversitário - Florestas e meio ambiente. 2003. (Seminário).

V Encontro Brasileiro de substância Húmicas.V Encontro Brasileiro de substância Húmicas. 2003. (Encontro).

4º Encontro sobre manejo intergrado: doenças e pragas de fruteiras tropicais.4º Encontro sobre manejo intergrado: doenças e pragas de fruteiras tropicais. 2002. (Encontro).

Fertibio 2002. Fertibio 2002. 2002. (Congresso).

II Semana da Agronomia da UENF - SEAGRO.II Semana da Agronomia da UENF. 2002. (Seminário).

I Seminário sobre Agricultura e Meio Ambiente.Agricultura e Meio Ambiente. 2002. (Seminário).

VII Encontro de Iniciação Científica da UENF.VII Encontro de Iniciação Científica da UENF. 2002. (Encontro).

44º CONEA (Congresso Nacional dos Estudantes de Agronomia). 44º CONEA (Congresso Nacional dos Estudantes de Agronomia). 2001. (Congresso).

4º Encontro Brasileiro de Substâncias Húmicas.4º Encontro Brasileiro de Substâncias Húmicas. 2001. (Encontro).

Agrishow 2001.Agrishow 2001. 2001. (Outra).

III Semana do meio ambiente.III Semana do meio ambiente - Biodiversidade regional e conservação da flora e fauna local. 2001. (Simpósio).

I Semana da Agronomia da UENF.I Semana da Agronomia da UENF. 2001. (Seminário).

VI Encontro de Iniciação Científica da UENF.VI Encontro de Iniciação Científica da UENF. 2001. (Encontro).

Ø I Workshop sobre o Manejo Biológico dos Solos da Região Norte Fluminense.I Workshop sobre o Manejo Biológico dos Solos da Região Norte Fluminense. 2001. (Seminário).

Agricoffee 2000. 1º Congresso sobre o Café da Montanha / Agricoffee. 2000. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Bruno Paulo Moschini

SILVA, C. A.; MELO. L.C.A.;Zandonadi, D.B.. Nutrição e crescimento do tomateiro em função da interação de substâncias húmicas com B, fontes de Ca e formas de N mineral. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Lavras.

Aluno: Bruno Paulo Moschini

SILVA, C. A.; MELO, L. C. A.; ZANDONADI, D. B.. NUTRIÇÃO E CRESCIMENTO DO TOMATEIRO EM FUNÇÃO DA INTERAÇÃO DE SUBSTÂNCIAS HÚMICAS COM B, FONTES DE Ca E FORMAS DE N MINERAL. 2015. Dissertação (Mestrado em Mestrado e Doutorado em Agronomia/Fitotecnia-UFLA - Universidade Federal) - Universidade Federal de Lavras.

Aluno: Cesar Abel Krohling

ZANDONADI, D. B.; Campostrini, E; Cruz, Z.M.A.. Efeitos da Mistura de Chlorantraniliprole + Thiamethoxan nos Aspectos Enzimáticos e Fisiológicos de Plantas de Café Conilon e na Microbiota do Solo. 2010. Dissertação (Mestrado em Ecologia de Ecossistemas) - Universidade Vila Velha.

Aluno: Daniela Nicoli Estevam da Silva Soares

Zandonadi, D.B.; Cruz, Z.M.A.. Bases microbiológicas da qualidade ambiental da água e areia da orla de Manguinhos-Serra, Espírito Santo, Brasil. 2009. Dissertação (Mestrado em Ecologia de Ecossistemas) - Universidade Vila Velha.

Aluno: Flávia de Azevedo Lobão

Bressan-Smith, R;Zandonadi, D.B.Okorokova-Façanha, Anna L.; CARVALHO, A. O.. Modulação de transição dimórfica de Yarrowia lipolytica via sistemas de transporte primário de prótons: regulação por auxina e alumínio.. 2012. Tese (Doutorado em Biociências e Biotecnologia) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

Aluno: Eduardo Barros Marinho

Zandonadi, Daniel BasílioDE FIGUEIREDO, CÍCERO CÉLIO. Reservatórios de Carbono e Ciclagem de Nutrientes Num Latossolo Sob Diferentes Sistemas de Produção de Café no Cerrado Brasielrio. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade de Brasília.

Aluno: Izadora Mendes

Zandonadi, Daniel B.BUSATO, Jader Galba. USO DE BIOFERTILIZANTE ASSOCIADO A EXTRATO HIDROSSOLÚVEL DE VERMICOMPOSTO NA PRODUÇÃO DE MUDAS DE Callophyllum Brasilienses Cambee. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade de Brasília.

Aluno: Rafaela de Assis Neves

Zandonadi, Daniel B.. Caracterização de biofertilizantes a base de vermicomposto e seus efeitos sobre a fisiologia de alface (Lactuca sativa L.). 2013.

Aluno: Josefa Neiane Goulart Batista

Zandonadi, D.B.; Resende, F.V.. Desempenho Agronômico de Híbridos e de Níveis de Adubação para o Cultivo Orgânico do Pepino no Peródo Chuvoso do Cerrado. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em agronomia) - Universidade de Brasília.

Aluno: Antônio Jesus Darighetto Cogo

ZANDONADI, D. B.; Marquezini, A. J.; Cruz, Z.M.A.. Efeitos dos metais pesados sobre a atividade de enzimas antioxidantes em Holoturia grisea (Selenka, 1867). 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Vila Velha.

Aluno: Lázaro Augusto Sant'Anna Antunes

ZANDONADI, D. B.; Marquezini, A. J.; Cruz, Z.M.A.. Parâmetros cinéticos de hexoquinase e lactato deshidrogenase em Holoturia grisea (Selenka, 1867) expostos a cobre, chumbo e cádmio.. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Vila Velha.

Aluno: Amanda Azevedo Bertolazi e Gabriela Chaves Canton

Azevedo, I.G.; ZANDONADI, D. B.; RAMOS, Alessandro Coutinho. Envolvimento da glicose na tolerância do fungo Psilithus microcarpus aos metais zinco, cobre, cádmio e manganês. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Vila Velha.

Aluno: caroline de abreu Primo Silveira e Rafaela Bertoani Fieni

Ogliari, J.; ZANDONADI, D. B.; RAMOS, Alessandro Coutinho. Efeito do lodo de esgoto no crescimento e acumulação de nutrientes em plantas de girassol (helianthus annuus l.). 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Vila Velha.

Aluno: Ana Paula Corguinha

ZANDONADI, D. B.;REZENDE, C. E.; BERNINI, E.. Sistemas primários de transporte de H+ como marcadores bioquímicos da ação de ácidos húmicos sobre estabelecimento de plantas de mangue. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biologia) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

Aluno: Ariane Fabres Jesus

OLIVEIRA, C. J. L.; SILVEIRA, V.; ZANDONADI, D. B.. Envolvimento de Quinases no Processo de Divisão e Diferenciação Celular em Embriões de Ouriço-do-Mar. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biologia) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

Zandonadi, D.B.DE FIGUEIREDO, CÍCERO CÉLIO; KATO, E.. Biochar de lodo de esgoto: efeitos no solo e na planta no cultivo de rabanete. 2015. Universidade de Brasília.

BRESSAN-SMITH, R. E.; CARVALHO, A. O.;Zandonadi, D.B.. Modulação da transição dimórfica de Yarrowia lipolytica via sistemas de transporte primário de prótons: regulação por auxina e alumínio.. 2012. Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

CAMPOSTRINI, E.;Zandonadi, Daniel Basílio; Cruz, Z.M.A.. Efeitos da mistura de chlorantraniliprole + thiamethoxan nos aspectos enzimáticos e fisiológicos de plantas de café conilon (Coffea canephora) e na microbiota do solo. 2010. Universidade Vila Velha.

Okorokova-Façanha; Okorokov, L.A;FACANHA, A. R.; ZANDONADI, D. B.. Transição Dimórfica em leveduras Ação da Auxina e Aluminio (projeto de dissertação de mestrado). 2009. Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

Zandonadi, D.B.; Cruz, Z.M.A.; RAMOS, A. C.. Bases microbiológicas da qualidade ambiental da água e areia da orla de Manguinhos-Serra, Espírito Santo, Brasil.. 2009. Universidade Vila Velha.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

FABIO LOPES OLIVARES

FAÇANHA, A. R.Olivares, Fábio Lopes; BRESSAN, R. S.; Silveira, V.. Exame de Qualificação daniel Basílio Zandonadi. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em Biociências e Biotecnologia) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

MARCIO ALVES FERREIRA

ALVES-FERREIRA, M.. Modulação de bombas de H+ por ácidos húmicos e fitohomônios: energização e sinalização dos mecanismos de regulação do desenvolvimento radicular em plantas mutantes em vias hormonais. 2009. Tese (Doutorado em Biociências e Biotecnologia) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

Vanildo Silveira

FACANHA, Arnoldo Rocha; CANELLAS, Luciano Pasqualoto; OLIVARES, Fábio Lopes;SILVEIRA, VanildoSILVEIRA, Vanildo; BRESSAN-SMITH, Ricardo Enrique. Energização e sinalização dos mecanismos de regulação do desenvolvimento radicular via modulação das bombas de H+ por ácidos húmicos e fitohormonios. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em Biociências e Biotecnologia) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

Leonardo Oliveira Medici

FACANHA, A. R.MEDICI, L. O.; Ferreira MA; Façanha AO. Modulação de bombas de H+ por ácidos húmicos e fitormônios: energização e sinalização dos mecanismos de regulação do desenvolvimento radicular em plantas mutantes em vias hormonais. 2009. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Biociências e Biotecnologia) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

Ricardo Enrique Bressan-Smith

FAÇANHA, ARBRESSAN-SMITH R. Exame de qualificação. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em Biociências e Biotecnologia) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

Arnoldo Rocha Façanha

Façanha, A.R.. -. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em Biociências e Biotecnologia) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

Anna Lvovna Okorokova Façanha

CANELLAS, L. P.FAÇANHA, Arnoldo RochaOkorokova-Façanha, AL; PERES, L. E. P.; MEDICI, L. O.. Bioatividade de substâncias húmicas: promoção dodesenvolvimento radicular e ativação das bombas de H+. 2006. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

Anna Lvovna Okorokova Façanha

Okorokova-Façanha, AL; Façanha AR; MEDICI, L. O.. Modulação de bombas de H(+) por ácidos húmicos e fitohormônois: energização e sinalização dos mecanismos de regulação do desenvolvimento radicular em plantas mutantes em vias hormonais.. 2009. Tese (Doutorado em Biociências e Biotecnologia) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

Luciano Pasqualoto Canellas

CANELLAS, L. P.FAÇANHA, A. O.MEDICI, L. O.PERES, L. E. P.. Bioatividade de susbtâncias húmicas: promoção do desenvolvimento radicular e ativação das bombas de H+. 2006. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

Lázaro Eustáquio Pereira Peres

CANELLAS, Luciano PasqualotoPERES, L. E. P.MEDICI, Leonardo Oliveira; FAÇANHA, Anna Lvovna Okorokova. Bioatividade de substâncias húmicas: promoção do desenvolvimento radicular e atividade das bombas de H+. 2006. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Luiz Carlos Felizberto Ribeiro

Substâncias húmicas e fisiologia vegetal: aspectos bioquímicos e anatômicos; Início: 2017; Iniciação científica (Graduando em Abi - Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; (Orientador);

Ana Carolina Fernandes

Biostimulantes vegetais: arquitetura radicular e bioquímica; Início: 2016; Iniciação científica (Graduando em Abi - Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; (Orientador);

Beatriz Teixeira Nunes Samezima

PRODUÇÃO DE ALFACE ROMANA SOB FORMULAÇÕES DIFERENTES DE FERTILIZANTES ORGANOMINERAIS; 2016; Dissertação (Mestrado em MESTRADO PROFISSIONAL EM OLERICULTURA) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás,; Orientador: Daniel Basílio Zandonadi;

Diego Apelfeler Rodrigues

POTENCIAL DE REGENERAÇÃO NO CULTIVO DE ÁPICES CAULINARES E BULBOS EM MICROPROGAÇÃO DE ALLIUM SATIVUM; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Uni-Anhanguera, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Daniel Basílio Zandonadi;

ANA PAULA BRANCO CORGUINHA

Sistemas primários de H+ como marcadores bioquimicos da ação de ácidos húmicos sobre estabelecimento de plantas de mangue; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biologia) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Daniel Basílio Zandonadi;

Nicole-Marie Dos Santos Butruille

Ácidos Fúlvicos Estimulam o Crescimento de Radículas e Folíolos de Alface Romana; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Daniel Basílio Zandonadi;

Eduardo Barros Marinho

Avaliação de Fertilizantes Organominerais em Tomateiro Micro Tom; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade de Brasília, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária; Orientador: Daniel Basílio Zandonadi;

Anaíse Amaral Coelho Alves

Formulação dos fertilizantes a base de inóculo microbiano e dos fertilizantes a base de húmus e outras fontes orgânicas; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Ambiental e Sanitária) - Universidade Católica de Brasília, embrapa Hortaliças; Orientador: Daniel Basílio Zandonadi;

Lisanne Santos Caixeta

RESPOSTA DE DIFERENTES GENÓTIPOS DE TOMATEIRO MICRO-TOM À ADUBAÇÃO COM FERTILIZANTE ORGANOMINERAL; 2015; Iniciação Científica - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Daniel Basílio Zandonadi;

Raquel Cassimiro Alves

Elaboração e avaliação de métodos para detecção e certificação da atividade de regulação de crescimento de fertilizantes organominerais e bioetimulantes; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Católica de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Daniel Basílio Zandonadi;

Rafaela de Assis Neves

Caracterização química de lixiviados de vermicomposto e seus efeitos sobre a fisiologia de alface (Lactuca sativa L; ); 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Católica de Brasília, Embrapa; Orientador: Daniel Basílio Zandonadi;

Tarcio Takanori Takaki

Biofertilizantes e substâcias húmicas: crescimento e produção de tomateiro e alface; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Daniel Basílio Zandonadi;

Cássio Binda Simões

Utilização de Bioindicadores em áreas degradadas da Estação Ecológica Municipal Ilha do Lameirão, Vitória - ES; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Vila Velha, Fundação de Amparao a Pesquisa do Espírito Santo; Orientador: Daniel Basílio Zandonadi;

André Luiz Paier Barroso

Monitoramento do crescimento de mudas de mangue para introdução em áreas degradas; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Vila Velha, Fundação Nacional de Desenvolvimento do Ensino Superior Particular; Orientador: Daniel Basílio Zandonadi;

Sávio Bastos de Souza

Avaliação da atividade da H+-ATPase de mague branco; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Vila Velha, Fundação Nacional de Desenvolvimento do Ensino Superior Particular; Orientador: Daniel Basílio Zandonadi;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Arnoldo Rocha Façanha

Bioatividade de substâncias húmicas: promoção do desenvolvimento radicular e ativação das bombas de H+; 2006; Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro; Coorientador: Arnoldo Rocha Façanha;

Arnoldo Rocha Façanha

Modulação de bombas de H(+) por ácidos húmicos e fitohormônois: energização e sinalização dos mecanismos de regulação do desenvolvimento radicular em plantas mutantes em vias hormonais; 2009; Tese (Doutorado em Biociências e Biotecnologia) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro; Orientador: Arnoldo Rocha Façanha;

Luciano Pasqualoto Canellas

Bioatividade de substâncias húmicas: promoção do desenvolvimento radicular e ativação das bombas de H+; 2006; Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Luciano Pasqualoto Canellas;

Luciano Pasqualoto Canellas

Efeito de humatos sobre as bombas de H+; 2004; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Luciano Pasqualoto Canellas;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • BUSATO, Jader Galba ; DE CARVALHO, CAROLINE MOREIRA ; ZANDONADI, DANIEL BASILIO ; SODRÉ, FERNANDO FABRIZ ; MOL, ALAN RIBEIRO ; DE OLIVEIRA, ALINE LIMA ; NAVARRO, RODRIGO DIANA . Recycling of wastes from fish beneficiation by composting: chemical characteristics of the compost and efficiency of their humic acids in stimulating the growth of lettuce. Environmental Science and Pollution Research , v. 1, p. 1, 2017.

  • Zandonadi, Daniel Basílio ; Santos, Mirella Pupo ; CAIXETA, LISANNE SANTOS ; MARINHO, EDUARDO BARROS ; PERES, Lázaro Eustáquio Pereira ; Façanha, Arnoldo Rocha . Plant proton pumps as markers of biostimulant action. Scientia Agricola , v. 73, p. 24-28, 2016.

  • BUSATO, JADER G ; ZANDONADI, DANIEL B ; MÓL, ALAN R ; SOUZA, RAFAELA S ; AGUIAR, KAMILLA P ; REIS JÚNIOR, FÁBIO B ; OLIVARES, FÁBIO L . Compost biofortification with diazotrophic and P-solubilizing bacteria improves maturation process and P-availability. Journal of the Science of Food and Agriculture , v. 1, p. 1, 2016.

  • DOBBSS, L. B. ; BARROSO, A. L. P. ; RAMOS, A. C. ; Zandonadi, D.B. . Bioactivity of mangrove humic materials on Rizophora mangle and Laguncularia racemosa seedlings, Brazil. African Journal of Biotechnology , v. 15, p. 1168-1176, 2016.

  • BUSATO, Jader Galba ; Zandonadi, D.B. ; Souza, I. M. ; MARINHO, EDUARDO BARROS ; DOBBSS, Leonardo Barros ; MÓL, ALAN R . Efeito do extrato húmico solúvel em água e biofertilizante sobre o desenvolvimento de mudas de Callophyllum brasiliense. Pesquisa Florestal Brasileira (Online) , v. 36, p. 161-168, 2016.

  • BARBIRATO, JULIANO DE OLIVEIRA ; CONCEIÇÃO, JULIANA MELO ; CABRAL, DANDARA SILVA ; BARROSO, ANDRÉ LUIZ PAIER ; Zandonadi, Daniel Basílio ; DOBBSS, Leonardo Barros . Microbiological monitoring in two areas with different levels of conservation in the mangroves of an Ecological Station, Vitoria, ES . Acta Scientiarum. Biological Sciences (Online) , v. 38, p. 333-339, 2016.

  • R. FONTENELLE, MARIANA ; A. LOPES, CARLOS ; E. P. LIMA, CARLOS ; SOARES, DAIANE C. ; B. SILVA, LUCIANA R. ; Zandonadi, Daniel B. ; B. SOUZA, RONESSA ; W. MOITA, ANTÔNIO . Microbial Attributes of Infested Soil Suppressive to Bacterial Wilt by Bokashi Amendments. Agricultural Sciences , v. 06, p. 1239-1247, 2015.

  • LIMA, CARLOS EDUARDO PACHECO ; FONTENELLE, MARIANA RODRIGUES ; SILVA, LUCIANA RODRIGUES BORBA ; SOARES, DAIANE COSTA ; MOITA, ANTÔNIO WILLIAMS ; Zandonadi, Daniel Basílio ; SOUZA, RONESSA BARTOLOMEU ; LOPES, CARLOS ALBERTO . Short-Term Changes in Fertility Attributes and Soil Organic Matter Caused by the Addition of EM Bokashis in Two Tropical Soils. International Journal of Agronomy , v. 2015, p. 1-9, 2015.

  • Zandonadi, D.B. ; SANTOS, M. P. ; MEDICI, L. O. ; SILVA, J. . Ação da matéria orgânica e suas frações sobre a fisiologia de hortaliças. Horticultura Brasileira (Impresso) , v. 32, p. 14-20, 2014.

  • MARINHO, EDUARDO BARROS ; DE OLIVEIRA, ALINE LIMA ; Zandonadi, D.B. ; BENEDITO, LUIZ EDUARDO CELINO ; DE SOUZA, RONESSA BARTOLOMEU ; DE FIGUEIREDO, CÍCERO CÉLIO ; BUSATO, Jader Galba . Organic matter pools and nutrient cycling in different coffee production systems in the Brazilian Cerrado. Agroforestry Systems (Print) , v. 88, p. 767-778, 2014.

  • Zandonadi, D.B. ; BUSATO, Jader Galba ; Santos, Mirella Pupo ; PERES, L. E. P. ; Façanha, Arnoldo Rocha . Plant physiology as affected by humified organic matter. Theoretical and Experimental Plant Physiology , v. 25, p. 13-25, 2013.

  • Zandonadi, D.B. ; BUSATO, Jader Galba . Vermicomposting humic substances: technology for converting pollution into plant growth regulators. International Journal of Environmental Science and Engineering Research , v. 03, p. 73-84, 2012.

  • 2010 Canellas, Luciano P. ; Piccolo, Alessandro ; Dobbss, Leonardo B. ; Spaccini, Riccardo ; Olivares, Fábio L. ; Zandonadi, D.B. ; Façanha, Arnoldo R. . Chemical composition and bioactivity properties of size-fractions separated from a vermicompost humic acid. Chemosphere (Oxford) , v. 78, p. 457-466, 2010.

  • 2010 BUSATO, Jader Galba ; Zandonadi, Daniel Basílio ; Dobbss, Leonardo Barros ; CANELLAS, Luciano Pasqualoto . Humic substances isolated from residues of sugar cane industry as root growth promoter. Scientia Agrícola (USP. Impresso) , v. 67, p. 206-212, 2010.

  • Zandonadi, Daniel B. ; Santos, Mirella P. ; Dobbss, Leonardo B. ; Olivares, Fábio L. ; Canellas, Luciano P. ; Binzel, Marla L. ; Okorokova-Façanha, Anna L. ; Façanha, Arnoldo R. . Nitric oxide mediates humic acids-induced root development and plasma membrane H+-ATPase activation. Planta (Heidelberg , v. 231, p. 1025-1036, 2010.

  • 2009 Aguiar, Natália de Oliveira ; CANELLAS, Luciano Pasqualoto ; Dobbss, Leonardo Barros ; Zandonadi, Daniel Basílio ; OLIVARES, Fábio Lopes . Distribuição de massa molecular de ácidos húmicos e promoção do crescimento radicular. Revista Brasileira de Ciência do Solo (Impresso) , v. 33, p. 1613-1623, 2009.

  • 2008 CANELLAS, L. P. ; TEIXEIRA JUNIOR, L. R. L. ; DOBBSS, L. B. ; SILVA, C. A. ; MEDICI, L. O. ; Zandonadi, D.B. ; FACANHA, A. R. . Humic acids crossinteractions with root and organic acids. Annals of Applied Biology , v. 153, p. 157-166, 2008.

  • 2008 CANELLAS, L. P. ; ZANDONADI, D. B. ; BUSATO, Jader Galba ; BALDOTTO, Marihus Altoé ; SIMOES, M. L. ; MARTIN-NETO, L. ; FACANHA, A. R. ; SPACCINI, R. ; PICCOLO, A. . BIOACTIVITY AND CHEMICAL CHARACTERISTICS OF HUMIC ACIDS FROM TROPICAL SOILS SEQUENCE. Soil Science , v. 173, p. 624-637, 2008.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

Zandonadi, D.B. ; NUNES, B. T. ; SILVA, J. ; PONTES, N. C. ; GOLYNSKI, J. ; Busato, J.G. . Effect of organomineral fertilizer on production indexes of Romaine lettuce. 2018.

VIDAL, M. C. ; RESENDE, F. V. ; SOUZA, R. B. ; FREITAS, V.M.T. ; Zandonadi, Daniel Basílio . Portfólio de tecnologias de agricultura orgânica e agroecologia da Embrapa Hortaliças. 2013.

Zandonadi, D.B. . Meio Ambiente por Inteiro - Minhocultura. 2015.

Zandonadi, D.B. . Vendas de bioestimulantes em expansão no país. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Zandonadi, D.B. . Humus de minhoca liquido pode aumentar a producao de hortalicas e frutas. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Zandonadi, D.B. . Húmus produzido por minhocas aumenta produtividade de lavouras. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Zandonadi, Daniel B. ; PIOVESAN, L. . Prefeitura inicia plantio de mudas de mangue na Estação Ecológica do Lameirão. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

CRUZ, E. M. ; Zandonadi, D.B. ; RODRIGUES, P. F. ; SALGADO, R. R. . Documento Orientador para Bolsistas e Estagiários de Graduação da Embrapa Hortaliças. 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Documento).

Zandonadi, Daniel Basílio . Substâncias Húmicas como ferramentas biotecnológicas. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

ZANDONADI, D. B. ; FERREIRA, R. D. . Avaliação do Declínio e Recuperação de Manguezal da Estação Ecológica Municipal Ilha do Lameirão, Vitória-ES. 2011. (Relatório de pesquisa).

ZANDONADI, D. B. . Replantio de mangue em áreas degradadas de Vitória-ES. 2010. (Palestra).

Canellas, L.P. ; Zandonadi, Daniel Basílio . Adubação Orgânica através da vermicompostagem e de adubos orgânicos líquidos. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2015 - Atual

    Avaliação comparativa de atributos físicos, químicos e biológicos de solos e do estado nutricional de hortaliças, Descrição: O projeto tem como área de abrangência a região do Distrito Federal. E como ponto central, em resumo, a avaliação das variáveis físicas, químicas e biológicas de solos de áreas hortícolas e a subsequente comparação com as variáveis de solo sob vegetação natural.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

  • 2015 - Atual

    Bioestimulantes: efeitos sobre a fisiologia e produção de hortaliças., Descrição: Diante da preocupante dependência da agricultura do Brasil em relação a importação de fertilizantes minerais, alternativas viáveis para a promoção de crescimento e nutrição de plantas devem ser empregadas. As opções para dirimir este problema precisam ter eficiência comprovada e menor impacto aos ecossistemas. Produtos de ação supostamente fisiológica ou bioestimulante capazes de otimizar o uso de fertilizantes convencionais, e ainda, promover crescimento vegetal e alívio de estresses abióticos formam um mercado nascente e ainda não regulado no Brasil. A partir de estudos realizados durante a vigência de projeto previamente financiado pelo CNPq, o presente grupo de pesquisa identificou avanços do estado da arte sobre biofertilizantes e substâncias húmicas por demonstrar diferentes formas de associação desses e seus efeitos sobre hortaliças, tanto em termos de mecanismos de ação como de produção orgânica satisfatória a campo e em cultivo protegido. A eficácia dos fertilizantes orgânicos depende da dose utilizada, momento de aplicação e fontes de materiais no preparo. Quanto aos métodos para auxiliar a tomada de decisão na regulação da produção e fiscalização de fertilizantes orgânicos proclamados como bioestimulantes, a detecção de compostos indólicos associadas a ensaios expeditos de crescimento e acidificação radicular parece ser promissora, pois resultou em medidas consistentes, sendo mais indicada que a quantificação de substâncias húmicas em si. Apesar dos avanços, ainda existem lacunas científicas a serem preenchidas. Com base nos resultados obtidos emergem também algumas questões: 1. A simplificação da formulação atual do biofertilizante Hortbio poderia manter seus efeitos positivos?; 2. O manejo da aplicação do húmus líquido e biofertilizante poderia ser modificado de forma a gerar resultados sobre a produtividade ainda maiores?; 3. A auxina e compostos indólicos detectados em ambos os casos são de origem microbiana ou provenientes da associação química de moléculas orgânicas de suas formulações?; 4. A presença de moléculas promotoras de crescimento garante efeito hormonal sobre as plantas? e ; 5. É possível formular um produto com garantias mínimas de nutrientes e efeitos fisiológicos? As resposta destas questões poderiam melhorar ainda mais os processos de produção destes insumos orgânicos e auxiliar no entendimento dos mecanismos de ação dos mesmos. Assim nesta segunda fase de pesquisa com bioestimulantes o objetivo geral é desenvolver bioensaios padronizados com o tomateiro (cultivar Micro Tom) passíveis de adoção pela comunidade científica para facilitar o entendimento de parte dos mecanismos de ação dos bioestimulantes e os impactos destes bioestimulantes sobre a fisiologia e a produção comercial. Pretende-se atingir os seguintes objetivos específicos: (1) Identificar os grupos de microrganismos potencialmente envolvidos na produção de moléculas promotoras de crescimento, assim como a identificação dessas moléculas (AIA, GA e ABA) nos produtos testados; (2) Realizar novos ensaios in vivo com auxílio de ferramentas como os tomateiro de porte anão, Micro Tom, cuja coleção permite os estudos de diferentes via hormonais associadas ao controle do desenvolvimento vegetal; (3) Aplicar ferramentas da bioquímica e biologia molecular para o entendimento dos mecanismos de ação dos bioestimulantes estudados, fundamentando bioensaios simples para ampla utilização; (4) Aplicar em condições de campo em tomateiro comercial, os produtos selecionados como eficientes no laboratório e; (5) Melhorar a formulação dos fertilizantes a base de inóculo microbiano e dos fertilizantes a base de húmus e outras fontes orgânicas. Com a execução do presente projeto espera-se melhorar/desenvolver uma tecnologia simples de produção de um bioestimulante a base de inóculo microbiano e outro a base de húmus (ou outras fontes orgânicas), avaliando seus. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (3) . , Integrantes: Daniel Basílio Zandonadi - Coordenador / Leonardo Barros Dobbss - Integrante / Anna OKOROKOVA-FAÇANHA - Integrante / Sávio Bastos de Souza - Integrante / ricardo borges pereira - Integrante / Lisanne Santos Caixeta - Integrante / Mariana Rodrigues Fontenelle - Integrante / Juscimar da Silva - Integrante / Gustavo Schiedeck - Integrante / Jader Galba Busato - Integrante / Francisco Vilela Resende - Integrante / Cristiane Jerônimo da Silva - Integrante / Maria Esther de Noronha Fonseca - Integrante / Alessandro Coutinho Ramos - Integrante / Beatriz Teixeira Nunes - Integrante / José Euripedes Suliano de Lima - Integrante / Adriana Moreira Cardoso - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2015 - Atual

    Tecnologias para o desenvolvimento e validação de novos fertilizantes e fontes de nutrientes para a agricultura brasileira - Rede FertBrasil Fase II, Descrição: O projeto tratará do avanço do conhecimento em bases tecnológicas em fertilizantes como estratégia para a geração de tecnologias e produtos com potencial de inovação e alavancar uma nova indústria nacional de fertilizantes e aumentar a eficiência de uso e minimizar o impacto ambiental negativo dos fertilizantes e as novas fontes de nutrientes. Um cenário de baixa disponibilidade de matérias-primas e alta de preços pode comprometer seriamente, e até inviabilizar, alguns setores da agropecuária nacional a médio prazo. O prejuízo para o país seria grande, uma vez que o agronegócio foi responsável por 30% do PIB brasileiro na última década. Atualmente, os fertilizantes podem representar, em média de 25 a 40 % do custo variável dos principais sistemas de produção agrícolas brasileiros e são responsáveis entre 30 e 50% do potencial de produção agrícola. Além disso, grandes quantidades de nutrientes aplicados via fertilizantes são perdidas, pois a eficiência do uso desses insumos ainda é muito baixa: entre 50 a 70% para o nitrogênio, de 15 a 30% para fósforo e de 50 a 70% para o potássio. Por isso, o desenvolvimento de fontes de fertilizantes utilizando matérias-primas disponíveis no país e que apresentem alta eficiência pode representar uma grande contribuição ao setor. Esse processo resultará em novos fertilizantes e fontes de nutrientes que serão validados na rede nacional de experimentos para a avaliação agronômica e validação agronômica de fertilizantes, que se consolidará como referência em aplicação de métodos científicos eficientes onde a aplicação e protocolos robustos gerará resultados confiáveis para que a indústria e o agronegócio brasileiro se apropriem adequadamente das tecnologias e produtos. Estudos de mitigação de emissões de gases de efeito estufa, e outros impactos negativos que o uso de fertilizantes pode causar no ambiente, terão seus resultados compilados em análises de ciclo de vida, o que ajudará o País a consolidar o plano ABC ? Programa para Redução da Emissão de Gases na Agricultura, contribuindo para cumprir metas mundiais de redução de GEEs no convenção de Copenhague, em 2009, bem como ajudar a melhorar ainda mais a imagem da agricultura brasileira no Brasil e no exterior.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

  • 2015 - Atual

    Indução ao crescimento de espécie florestal com ocorrência nativa no cerrado pelo uso bioinsumo à base de substâncias húmicas e microrganismos, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

  • 2014 - Atual

    Bases tecnológicas para o desenvolvimento e validação de fertilizantes organominerais a partir de resíduos agrícolas e agroindustriais no Brasil, Descrição: Os setores agrícola e agroindustrial brasileiros produzem uma grande quantidade de resíduos orgânicos, de origem vegetal e animal. Esses resíduos contêm macro e micronutrientes que foram extraídos dos solos agrícolas pelas colheitas ou pelo pastejo. Estima-se que a quantidade de nutrientes contida somente nos resíduos da produção animal no Brasil, supere a quantidade de nutrientes utilizada na agricultura brasileira na forma de fertilizantes. Logo, considerando a forte dependência brasileira pela importação de fertilizantes, estratégias para o reaproveitamento desses nutrientes e para a disposição ordenada e ecologicamente correta dos resíduos agrícolas e agroindustriais é uma estratégia de suma importância para o Brasil. Recentemente a Embrapa lançou a tecnologia de produção de fertilizantes organominerais granulados como forma de aproveitamento e uso de resíduos. Essa tecnologia envolve processo industrial de mistura de resíduos com fertilizantes minerais e posterior granulação. Dessa forma, o produto final apresenta características propícias ao seu uso em equipamentos de aplicação de fertilizantes tradicionais, facilitando a adoção da tecnologia pelos produtores rurais. Estudos prévios mostraram de forma empírica, que os fertilizantes organominerais têm eficiência agronômica similar ou ligeiramente maior que os fertilizantes minerais de mesma composição nutricional. No atual cenário, a produção industrial de fertilizante organomineral é tecnicamente viável, porém sua viabilidade econômica depende de uma série de fatores regionais como oferta de resíduos, custos com logística, demanda por fertilizantes, etc. A agregação de valor aos fertilizantes organominerais, produzindo produtos com maior eficiência em relação aos fertilizantes minerais daria um impulso na adoção dessa tecnologia no Brasil, o que resultaria em impactos ambientais e sociais positivos. Novos conhecimentos sobre substâncias orgânicas bioestimulantes e sobre o papel de microorganismos na nutrição fisiológica de plantas mostram que é possível incorporar novas tecnologias em fertilizantes organominerias. A produção de enzimas, ácidos orgânicos e hormônios por microorganismos, interage diretamente com a absorção de nutrientes pelas plantas. No caso do uso de fertilizantes organominerais, pouco se sabe sobre o efeito desse produto sobre o ambiente radicular das plantas e sobre como manipular esse ambiente pela introdução de novos microorganismos ou de bioestimulantes. Estratégias para a introdução de compostos orgânicos e microorganismos no processo industrial de produção de fertilizantes, de forma a preservar sua bioatividade, também são desafios que devem ser superados para se chegar ao produto comercial. A dinâmica de liberação de nutrientes e a eficiência de uso desses nutrientes pelas plantas devem ser melhor compreendidos e avaliados, para a validação dessas novas formulações e para subsidiar os estudos sócio econômicos e o processo de transferência de tecnologia. O objetivo desse projeto é o desenvolvimento das bases tecnológicas para novas formulações de fertilizantes organominerais, considerando o papel dos microorganismos e de substâncias bioestimulantes sobre a dinâmica e eficiência do uso de absorção de nutrientes pelas plantas, buscando agregar valor ao fertilizante e viabilizar seu uso em escala industrial, como estratégia para a reciclagem de resíduos agrícolas e agroindustriais no Brasil.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

  • 2014 - Atual

    Caracterização biológica do biofertilizante Hortbio® e seu efeito na qualidade ambiental e de hortaliças cultivadas em sistema orgânico de produção, Descrição: Vários biofertilizantes têm sido amplamente usados na agricultura orgânica, no entanto, poucas pesquisas comprovando a eficiência e caracterizando a composição biológica de biofertilizantes estão disponíveis na literatura. O biofertilizante Hortbio®, desenvolvido e registrado pela Embrapa Hortaliças, tem apresentado bons resultados na produção de diversas hortaliças, conforme observado experimentalmente ou relatado por agricultores. Este fato tem aumentado a procura pelo produto, porém, algumas informações ainda desconhecidas são fundamentais para a finalização dessa tecnologia. Exemplos são as necessidades de estudos detalhados de sua composição biológica, seu efeito na qualidade de solo e seu ciclo de vida. Dessa forma, o agricultor poderá usar o produto de forma segura e sustentável e garantir a segurança biológica do alimento produzido com esse insumo.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (3) . , Integrantes: Daniel Basílio Zandonadi - Coordenador / Mariana Rodrigues Fontenelle - Integrante / Juscimar da Silva - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Biofertilizante Hortbio : características microbiológicas, efeitos na qualidade e na sustentabilidade ambiental de cultivos orgânicos de hortaliças folhosas, Descrição: É crescente a preocupação da sociedade com as questões ambientais, refletindo na elaboração das mais diversas políticas públicas que tratam do tema, as quais visam à busca por sistemas produtivos sustentáveis ambientalmente, economicamente e socialmente. Adicionalmente, cada vez mais consumidores buscam produtos saudáveis, livres de agrotóxicos e sustentáveis. Pesquisas nessa área são, portanto, desejáveis, e devem procurar, com bases científicas, aprimorar a agricultura orgânica, que vem crescendo anualmente no Distrito Federal. Vale ressaltar que a demanda por produtos orgânicos é maior em classes com maior poder aquisitivo e, como o DF apresenta e deve continuar a apresentar no futuro próximo uma das mais elevadas rendas per capta do país, é de se esperar que esse seja um potencial mercado para tais produtos, com tendência de manutenção ou mesmo de crescimento da procura por esses produtos. Vários biofertilizantes têm sido amplamente usados na agricultura orgânica, no entanto, poucas pesquisas comprovando a eficiência e caracterizando a sua composição biológica estão disponíveis na literatura. O biofertilizante Hortbio , desenvolvido e registrado pela Embrapa Hortaliças, tem apresentado resultados satisfatórios na produção de diversas hortaliças, conforme observado experimentalmente ou relatado por agricultores. Esse fato tem aumentado a procura pelo produto, porém, algumas informações fundamentais para a caracterização dessa tecnologia ainda deverão ser elucidadas, tais como o detalhamento de sua composição biológica, seu efeito na qualidade do solo e seu desempenho ambiental. Dessa forma, o agricultor poderá usar o produto por meio de recomendação técnica, de forma segura e sustentável, e ainda garantir a segurança biológica do alimento produzido com esse insumo. Objetiva-se, portanto, com essa proposta, caracterizar biológica e bioquimicamente o biofertilizante Hortbio , avaliar o seu efeito em hortaliças cultivadas em sistema orgânico e na qualidade do solo, além de determinar os impactos ambientais associados ao ciclo de vida desse produto. Os resultados dessa investigação determinarão a composição microbiológica do biofertilizante Hortbio , visando possíveis adequações do produto à legislação e normas técnicas vigentes e a identificação de importantes microrganismos na fertilização das plantas, bem como de hormônios e ácidos orgânicos capazes de agir positivamente sobre o desenvolvimento vegetal, reduzindo a necessidade de aplicação de fertilizantes. Além disso, poderão ser introduzidas novas aplicações específicas do Hortbio , como uso para biocontrole de doenças de solo. Espera-se ainda obter informações a respeito do tempo de viabilidade do produto, atendendo uma forte demanda do setor produtivo. As avaliações da qualidade do solo elucidarão os efeitos do Hortbio nas características químicas, físicas e biológicas desse compartimento ambiental. Os efeitos da utilização do Hortbio na qualidade pós-colheita também serão avaliados, bem como a segurança das hortaliças pela investigação de presença de possíveis microrganismos patogênicos oriunda do biofertilizante para posteriores ajustes do produto. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (1) . , Integrantes: Daniel Basílio Zandonadi - Integrante / Mariana Rodrigues Fontenelle - Coordenador / Juscimar da Silva - Integrante.

  • 2012 - 2013

    Substâncias húmicas e bactérias promotoras do crescimento vegetal na produção de mudas de espécies florestais de Cerrado, Descrição: O uso de substâncias húmicas provenientes de resíduos agroindustriais associado com bactérias promotoras do crescimento vegetal pode interferir no desenvolvimento de espécies agrícolas. Esta tecnologia apresenta resultados promissores em nível de campo, constituindo uma possibilidade real de desenvolvimento de modelos agrícolas com menor dependência em insumos gerados a partir de fontes não renováveis e obtidos por processos cuja demanda energética é elevada. A exploração desta tecnologia visando a obtenção de mudas de espécies florestais para uso em programas de recomposição vegetal, entretanto, tem sido discreta. O presente projeto pretende avaliar o uso de substâncias húmicas obtidas de resíduos agroindustriais em associação com bactérias produtoras do crescimento vegetal no desenvolvimento de espécies florestais nativas de Cerrado, visando a recuperação de áreas degradadas. Características químicas e espectroscópicas das substâncias húmicas serão avaliadas, bem seus efeitos sobre características fisiológicas das espécies florestais. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Daniel Basílio Zandonadi - Integrante / Jader Galba Busato - Coordenador / Marihus Altoé Baldotto - Integrante / Leonardo Barros Dobbss - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    Disponibilização de cultivares e tecnologias para a produção de sementes de hortaliças em sistemas orgânicos, Descrição: A demanda por produtos orgânicos cresceu substancialmente nos últimos anos, induzida, principalmente, pela exigência dos consumidores por produtos isentos de resíduos de agrotóxicos. Como resposta, houve o aumento significativo das áreas sob manejo orgânico, em espaços de tempo relativamente curtos. Os resultados obtidos pela Embrapa Hortaliças até o momento indicam a viabilidade de um sistema de produção orgânica de sementes de diferentes espécies de hortaliças que vem garantindo retorno econômico aos produtores. Esse projeto propõe ações para apropriação de conhecimentos e tecnologias por parte dos produtores, como a validação e adaptação de cultivares de hortaliças disponibilizadas pela Embrapa, no sistema de produção local. Para isso, parceiros externos à Unidade irão colaborar nas diferentes regiões propostas, incluindo não só outros centros da Embrapa, como também universidades e empresas/produtores orgânicos. Objetiva ainda desenvolver ações de pesquisa para potencializar, caracterizar, dimensionar e analisar este sistema de produção de sementes num universo constituído por agricultores orgânicos. Estudos relacionados com o tratamento alternativo e conservação das sementes de diversas hortaliças também serão realizados. Parte das ações de pesquisa, desenvolvimento e transferência serão embasadas em metodologias participativas. Espera-se que a cadeia de produção orgânica de sementes torne mais competitiva para atender um nicho de mercado em expansão no Brasil, propiciando a melhoria da qualidade de vida dos agricultores familiares envolvidos neste processo.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Daniel Basílio Zandonadi - Coordenador / WARLEY MARCOS NASCIMENTO - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Substâncias húmicas e Biofertilizantes: efeitos na produção e na segurança biológica de hortaliças, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Daniel Basílio Zandonadi - Coordenador / Alessandro coutinho Ramos - Integrante / Jader Galba Busato - Integrante / Marihus Altoé Baldotto - Integrante / Mirella Pupo Santos - Integrante / Anna OKOROKOVA-FAÇANHA - Integrante / Sávio Bastos de Souza - Integrante / Francisco Vilela Resende - Integrante / ricardo borges pereira - Integrante / Ronessa Bartolomeu de Souza - Integrante / Patricia Goncalves Baptista de Carvalho - Integrante / Mariane Carvalho Vidal - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2011 - Atual

    Contribuição do manejo do solo e da biomassa em sistemas orgânicos de produção para o fortalecimento da economia verde no Brasil, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) José Antonio Azevedo Espindola em 04/03/2015., Descrição: A economia verde pode ser definida como aquela que resulta em melhoria do bem-estar das pessoas devido a uma maior preocupação com a equidade social, com os riscos ambientais e com a escassez dos recursos naturais. Representa uma proposta que busca conciliar o desenvolvimento econômico com soluções para a melhoria ambiental. Dentre os temas relacionados à economia verde, a agricultura merece local de destaque. Isso ocorre porque diversos sistemas de produção agrícola podem acarretar problemas de degradação ambiental. Por outro lado, a agricultura orgânica oferece um conjunto de práticas e técnicas capazes de contribuir para o aumento da sustentabilidade. No contexto da agricultura orgânica, o manejo do solo recebe especial atenção. A conservação e melhoria do solo são fundamentais para garantir padrões de produção para a competitividade dos sistemas orgânicos, os quais estão baseados em processos biológicos, no aporte de matéria orgânica e na gestão da biomassa nas unidades agrícolas. O manejo da biomassa vegetal merece destaque dentre as estratégias de manejo e conservação do solo, envolvendo práticas como adubação verde, emprego de plantas de cobertura, rotações de culturas e consórcios . O presente projeto apresenta como objetivo geral desenvolver tecnologias de manejo do solo e da biomassa para a agricultura orgânica, de forma a contribuir com o fortalecimento da economia verde no Brasil. Por sua vez, os objetivos específicos consistem em avaliar práticas conservacionistas e técnicas capazes de promover melhorias na fertilidade do solo em sistemas orgânicos, além de avaliar seus efeitos sobre a qualidade do alimento e na população de insetos pragas e de fitopatógenos. Os aspectos fisiológicos da resistência das plantas ao estresse ambiental e a doenças e pragas estão intimamente relacionados ao status nutricional das plantas e refletem em modificações no ambiente nutricional dos patógenos, como a produção e acúmulo de compostos inibidores da patogênese. Finalmente, conhecimentos e tecnologias serão validados junto a agricultores orgânicos ou em transição agroecológica, em diferentes biomas brasileiros. Dentre os resultados esperados, destacam-se: práticas/processos agropecuários (15), cultivares recomendados para sistemas orgânicos de produção (40) e insumos para o manejo orgânico do solo (5). Dessa forma, espera-se colaborar com o aumento da sustentabilidade em ambientes agrícolas, favorecendo a conservação de recursos naturais e reduzindo a necessidade de uso de recursos externos às propriedades rurais.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

  • 2011 - Atual

    Desempenho agronômico das cultivares de batata-doce de elevada qualidade fitossanitária da Embrapa em diferentes condições edafoclimáticas, Descrição: A batata-doce é uma hortaliça com múltiplos usos, podendo ser utilizada na alimentação humana in natura ou processada industrialmente, na alimentação animal ou na produção de biocombustível. A importância social da cultura da batata-doce é inquestionável, sendo cultivada em grande parte dos pequenos estabelecimentos rurais do país. É uma cultura de fácil manutenção, que apresenta boa tolerância à seca, ampla adaptação e custo de produção relativamente baixo. Entretanto, vários fatores são limitantes para a produção da cultura. No Brasil é comum encontrar baixas produtividades, ocasionadas principalmente pela utilização de variedades locais ultrapassadas e/ou com elevado grau de degenerescência, em sua maioria suscetíveis às pragas e doenças, o que é favorecido pelo fato de a cultura ser propagada comercialmente por meio de reprodução assexuada (ramas), perpetuando a degenerescência dos clones a cada geração. Além desse aspecto, a utilização de tratos culturais de baixa tecnologia e raros investimentos também levam a uma produtividade aquém da mínima desejável. A qualidade fitossanitária de um campo de produção da batata-doce depende da qualidade fitossanitária do material utilizado na propagação. Uma das estratégias para contornar essa limitação é a limpeza clonal e propagação in vitro, pois a cultura de ápices caulinares possibilita a obtenção de plantas livres de vírus e de outros patógenos, viabilizando a produção de grande número de plantas matrizes com todo o potencial genético. São escassos os trabalhos de pesquisa visando selecionar e indicar cultivares para as diferentes regiões do país, e ainda, conhecer as cultivares que venham a garantir maior rentabilidade ao produtor. A Embrapa detém nove cultivares de batata-doce registradas no Registro Nacional de Cultivares (RNC) do Ministério da Agricultura. As cultivares Brazlândia Roxa, Brazlândia Branca, Brazlândia Rosada, Coquinho e Princesa foram lançadas pela Embrapa Hortaliças na década de 1980. Já a cultivar Beauregard foi recentemente recomendada (2010). As cultivares BRS-Amélia, BRS-Cuia e BRS-Rubissol foram recentemente lançadas pela Embrapa Clima Temperado. A presente proposta de pesquisa tem como objetivos promover a limpeza clonal das cultivares de batata-doce lançadas pela Embrapa Hortaliças na década de 1980, que atualmente encontram-se com elevado grau de degenerescência, de modo a disponibilizar à Embrapa Transferência de Tecnologia (SNT) plantas matrizes com elevada qualidade fitossanitária. A partir da obtenção dessas matrizes, serão estabelecidos ensaios de competição das nove cultivares da Embrapa (Hortaliças e Clima Temperado) em várias condições edafoclimáticas (Pelotas-RS, Sorriso-MT, Brasília-DF, Patrocínio-MG, Palmas-TO, Teresina-PI, São Luís-MA , Aracaju-SE e Boa Vista-RR) no Brasil, de modo a selecionar duas cultivares que apresentem melhor desempenho agronômico nas citadas localidades. Posteriormente será contrastado o desempenho destas frente às variedades locais comumente utilizadas pelos agricultores das localidades citadas acima. Adicionalmente será proposta a validação de um sistema de produção de mudas de elevada qualidade fitossanitária, a exemplo do que se obtêm com o alho oriundo de limpeza clonal para pequenos produtores, uma experiência de sucesso que pode ser reproduzida para a batata-doce. Por fim, almeja-se também estabelecer marca de acúmulo de nutrientes para as diferentes cultivares de batata-doce. A presente proposta demonstra o esforço de uma configuração institucional que se estrutura em arranjos multiinstitucionais e multidisciplinares que incluem instituições públicas de pesquisa, ensino e extensão rural, assim como cooperativas, associações e produtores. Este projeto pretende oferecer contribuições significativas para o desenvolvimento sustentável da produção da batata-doce no Brasil, além de ampliar a produtividade, a rentabi. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

  • 2010 - 2012

    Avaliação da estrutura vegetal e indicadores ambientais da degradação do Manguezal da Estação Ecológica Municipal Ilha do Lameirão, Vitória, Espírito Santo, Descrição: Projeto de Mestrado. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Daniel Basílio Zandonadi - Coordenador / Leonardo Barros Dobbss - Integrante / Juliano de Oliveira Barbirato - Integrante.

  • 2010 - 2011

    Isolamento, caracterização e atividade biológica de substâncias húmicas de manguezais: aplicação na formação de mudas de Avicennia germinans e Rhizophora mangle, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

  • 2008 - 2010

    Sinalização Via Sistemas Primários de Transporte de Prótons: Uma via conservada na regulação do desenvolvimento, Descrição: Processo 477559/2008-5 Edital Universal CNPq 2008. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

  • 2008 - 2010

    DESENVOLVIMENTO DE INSUMOS AGRÍCOLAS DE BASE BIOLÓGICA PARA O NORTE FLUMINENSE, Descrição: FAPERJ E-26/112.050-050-2008 Edital 19 Desenvolvimento C & T regional 2008. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2014

BEST POSTER AWARD, International Scientific Center for Fertilizers.

2014

Melhor Trabalho Apresentado IV Jornada Científica da Embrapa Hortaliças, Embrapa Hortaliças.

2009

Melhor trabalho no XII Congresso Brasileiro de Fisiologia Vegetal na área de Fisiologia do Estresse Abiótico, Sociedade Brasileira de Fisiologia Vegetal.

2002

Menção honrosa no 7º Encontro de Iniciação Científica UENF-PIBIC, Universidade Estadual do Norte Fluminense - CNPq.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal do Rio de Janeiro, Núcleo em Ecologia e Desenvolvimento Sócio-Ambiental de Macaé. , Av. São José do Barreto, 764, São José do Barreto, 27965045 - Macaé, RJ - Brasil, Telefone: (22) 9991111111, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2016 - Atual

    Universidade Federal do Rio de Janeiro

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Núcleo em Ecologia e Desenvolvimento Sócio-Ambiental de Macaé

  • 2011 - 2011

    Universidade Federal do Rio de Janeiro

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 06/2016

      Pesquisa e desenvolvimento , Núcleo em Ecologia e Desenvolvimento Sócio-Ambiental de Macaé, .,Linhas de pesquisa

    • 03/2011 - 04/2011

      Ensino, Medicina, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Bioquímica

    • 03/2011 - 04/2011

      Ensino, Nutrição, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Bioquímica

    • 03/2011 - 04/2011

      Ensino, Enfermagem, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Bioquímica

    • 03/2011 - 04/2011

      Ensino, Farmácia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Bioquímica

  • 2011 - 2016

    Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária

    Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Analista de Pesquisa, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Responsável pelo Laboratório de Biologia Celular

    Atividades

    • 04/2011 - 06/2016

      Pesquisa e desenvolvimento , Centro Nacional de Pesquisa de Hortaliças, .,Linhas de pesquisa

  • 1999 - 2009

    Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

    Vínculo: Doutorando, Enquadramento Funcional: Outro (Aluno de Pós graduação), Carga horária: 40

    Atividades

    • 03/2008 - 12/2008

      Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Biologia Celular I

    • 03/2008 - 12/2008

      Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Biologia Celular II

    • 10/2005 - 10/2005

      Extensão universitária , Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, .,Atividade de extensão realizada, Curso de Vermicompostagem.

    • 06/2005 - 07/2005

      Estágios , Centro de Ciências e Tecnologias Agropecuárias, Laboratório de Solos.,Estágio realizado, ESALQ/USP, Laboratório de Controle Hormonal do Desenvolvimento Vegetal.

    • 01/2000 - 02/2000

      Estágios , Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, .,Estágio realizado, Emater - Tanguá / RJ.

  • 2006 - 2007

    Texas A&M University

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: -, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Estágio de Doutorado ?Instute for Plant Genomics and Biotechnology? sob orientação da Doutora Marla L Binzel.

    Atividades

    • 08/2006 - 02/2007

      Pesquisa e desenvolvimento , Instute for Plant Genomics and Biotechnology, .,Linhas de pesquisa

    • 08/2006 - 02/2007

      Estágios , Instute for Plant Genomics and Biotechnology, .,Estágio realizado, Biologia Molecular.

  • 2014 - Atual

    Instituto Federal Goiano, IF Goiano

    Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Docente Permanente, Carga horária: 16

    Outras informações:
    Mestrado Profissional em Olericultura

    Atividades

    • 03/2014

      Pesquisa e desenvolvimento , IF Goiano - Campus Morrinhos, .,Linhas de pesquisa

    • 03/2014

      Ensino, Ciências Agrárias, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Fisiologia Vegetal

  • 2010 - 2010

    Universidade Vila Velha

    Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor Titular I, Carga horária: 40

    Atividades

    • 02/2010 - 12/2010

      Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Biologia Molecular da Célula, Física e Biofísica, Metodologia Científica, Tópicos Especiais em Ciências Biológicas

    • 03/2010 - 07/2010

      Ensino, Ecologia de Ecossistemas, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Biorremediação de Solos Contaminados

  • 2012 - Atual

    Universidade de Brasília, UnB

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Colaborador, Carga horária: 5