Delmo Roncarati Vilela

Possui graduação em Engenharia Florestal pela Universidade Federal de Viçosa (UFV 1995-2000), mestrado em Ciências Biológicas (concentração em Ecologia Humana) pelo Programa de Pós-Graduação em Biologia Tropical e Recursos Naturais do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA/UFAM 2001-2003) e doutorado em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos (concentração em Saneamento e linha de pesquisa em Políticas Públicas e Gestão em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos) pelo Programa de Pós-Graduação em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental da Universidade Federal de Minas Gerais (SMARH/DESA/UFMG 2011-2016). Foi Coordenador de Departamentos em três ONGs em Manaus/AM (FVA 2003-2005; IPI 2005-2006; SARES 2006-2009). Bolsista Fulbright da Hubert H. Humphrey Fellowship do Programa Especial para Estudos Urbanos e Regionais no Departamento de Estudos Urbanos e Planejamento Regional do Massachusetts Institute of Technology (SPURS/DUSP/MIT 2009-2010). Atua como Consultor de WASH (Water, Sanitation and Hygiene - Água, Saneamento e Higiene). Possui experiência na área de levantamentos de uso de recursos florestais, planejamento ambiental rural e urbano com ênfase em conservação de áreas silvestres, tratamento e abastecimento de água, tratamento de esgotos e gerenciamento de resíduos sólidos, tendo atuado principalmente nos seguintes temas: diagnósticos rurais participativos, pesquisa e mapeamento participativos, agroecologia em áreas indígenas, uso sustentável de recursos naturais em unidades de conservação, gerenciamento de resíduos sólidos e implantação participativa de sistemas de tratamento e abastecimento de água e tratamento de esgotos em comunidades rurais e em abrigos de refugiados.

Informações coletadas do Lattes em 18/06/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos

2011 - 2016

Universidade Federal de Minas Gerais
Título: Metodologia Participativa na Instalação de Sistemas de Abastecimento e Tratamento de Água em Áreas Rurais: O caso da Comunidade Quilombola de Lagedo, São Francisco, Minas Gerais
Válter Lúcio de Pádua. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Tratamento de água para consumo humano; Tecnologia social.Grande área: EngenhariasGrande Área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária / Subárea: Tratamento de Águas de Abastecimento e Residuárias. Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária / Subárea: Tratamento de Águas de Abastecimento e Residuárias / Especialidade: Processos Simplificados de Tratamento de Águas. Setores de atividade: Captação, tratamento e distribuição de água; Descontaminação e outros serviços de gestão de resíduos.

Mestrado em Biologia (Ecologia)

2001 - 2003

Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Título: Análise Sócio-Ambiental do Assentamento Rio Pardo, Município de Presidente Figueiredo, AM,Ano de Obtenção: 2003
Regina Celi Costa Luizão.Palavras-chave: Assentamentos rurais; Qualidade Sócio-ambiental; Projetos para Desenvolvimento Sócio-ambiental; Políticas Públicas; Indicadores ambientais; Microbacias. Grande área: Ciências AgráriasGrande Área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Conservação da Natureza / Especialidade: Conservação de Áreas Silvestres. Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Conservação da Natureza / Especialidade: Recuperação de Areas Degradadas. Setores de atividade: Silvicultura, Exploração Florestal e Serviços Relacionados; Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado; Desenvolvimento Rural.

Graduação em Engenharia Florestal

1995 - 2000

Universidade Federal de Viçosa
Título: A Utilização do Diagnóstico Rápido Participativo (DRP) com Comunidades Rurais em Unidades de Conservação
Orientador: Guido Assunção Ribeiro

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2017 - 2017

Introdução à Gestão de Lodos Fecais. (Carga horária: 25h). , Ecole Polytechnique Fédérale de Lausanne, EPFL, Suiça.

2017 - 2017

Planejamento e Projeto de Sistemas e Tecnologias de Saneamento. (Carga horária: 25h). , Ecole Polytechnique Fédérale de Lausanne, EPFL, Suiça.

2017 - 2017

Gestão Municipal de Resíduos Sólidos nos Países em Desenvolvimento. (Carga horária: 25h). , Ecole Polytechnique Fédérale de Lausanne, EPFL, Suiça.

2017 - 2017

Introdução à Engenharia de Saúde Pública em Contextos Humanitários. (Carga horária: 25h). , Ecole Polytechnique Fédérale de Lausanne, EPFL, Suiça.

2017 - 2017

Introdução ao Tratamento Doméstico de Água e seu Armazenamento Seguro. (Carga horária: 25h). , Ecole Polytechnique Fédérale de Lausanne, EPFL, Suiça.

2010 - 2010

Francês Básico. (Carga horária: 60h). , Centro Acadêmico Afonso Pena, CAAP-UFMG, Brasil.

2010 - 2010

Infra-Estrutura de Água e Saneamento em Países em. (Carga horária: 20h). , Massachusetts Institute of Technology, MIT, Estados Unidos.

2010 - 2010

Introdução a Lei Humanitária Internacional. (Carga horária: 5h). , American Red Cross of Massachusets Bay, ARC, Estados Unidos.

2010 - 2010

Curso para Pronúncia de Inglês. (Carga horária: 22h). , Harvard University Institute for English Language Programs, IELP, Estados Unidos.

2009 - 2010

Escrita Acadêmica Americana. (Carga horária: 20h). , Massachusetts Institute of Technology, MIT, Estados Unidos.

2009 - 2010

Planejamento Americano. (Carga horária: 20h). , Massachusetts Institute of Technology, MIT, Estados Unidos.

2009 - 2009

Análise de projetos e Organizações. (Carga horária: 27h). , Massachusetts Institute of Technology, MIT, Estados Unidos.

2009 - 2009

Gestão de Recursos Humanos: Respondendo Conflitos. (Carga horária: 24h). , American Management Association, AMA, Estados Unidos.

2009 - 2009

Água e Bem-estar Humano. (Carga horária: 27h). , Harvard School of Public Health, HSPH, Estados Unidos.

2007 - 2007

Renovação de Exame da CNH. (Carga horária: 15h). , Departamento Nacional de Trânsito, DENATRAN, Brasil.

2006 - 2006

Capacitação de proponentes do Edital 01/2006. (Carga horária: 16h). , Ministério do Meio Ambiente e da Amazonia Legal, MMA, Brasil.

2004 - 2004

Empresas Comunitárias de Produtos da Floresta Anál. (Carga horária: 16h). , Food And Agricultural Organization - Agencia Brasil, FAO, Brasil.

2004 - 2004

Ferramentas Econômicas Para a Conservação. (Carga horária: 88h). , Instituto Internacional de Educação do Brasil, IEB*, Brasil.

2002 - 2002

Adaptação à Selva. (Carga horária: 40h). , Centro de Instrução de Guerra na Selva, CIGS, Brasil.

2000 - 2000

Inglês Intermediário. (Carga horária: 130h). , Instituto Cultural Brasil Estados Unidos, ICBEU, Brasil.

1999 - 1999

Diagnóstico Rural Participativo. (Carga horária: 20h). , Centro de Tecnologias Alternativas da Zona da Mata, CTA-ZM, Brasil.

1999 - 1999

Técnicas de Montanhismo Aplicadas a Área Científic. (Carga horária: 18h). , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.

1998 - 1998

Básico de Compostagem. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.

1998 - 1998

Identificação de Plantas Medicinais. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.

1997 - 1997

Como Elaborar Um Projeo de Pesquisa e Desenvolvê L. (Carga horária: 12h). , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.

1997 - 1997

Agrossilvicultura. (Carga horária: 12h). , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.

1996 - 1996

Atualização de Motosserra e Roçadeira. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.

1995 - 1996

Língua Espanhola. (Carga horária: 42h). , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.

1995 - 1995

Básico de Minhocultura. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.

1995 - 1995

Básico de Piscicultura. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.

1995 - 1995

Bonsai. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.

1994 - 1994

Francês Básico. (Carga horária: 60h). , Serviço Social do Comércio (MG), SESC, Brasil.

1993 - 1993

Desenhista de Propaganda. (Carga horária: 150h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial/RJ, SENAC/RJ, Brasil.

1992 - 1992

Filmagem em VHS. (Carga horária: 10h). , SEGME, SEGME, Brasil.

1992 - 1992

Câmera e Vídeo. (Carga horária: 20h). , Escola Mineira de Vídeo, EMV, Brasil.

1988 - 1989

Inglês Básico. (Carga horária: 180h). , CCAA, CCAA, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Francês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Extensão Rural.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Sistemas Agroflorestais.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Engenharia Florestal.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Conservação de Áreas Silvestres.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Residuos Sólidos, Domésticos e Industriais.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

VILELA, D. R. . Curso de Monitoramento e Controle de Formigas Cortadeiras em Povoamentos Florestais. 1997. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Conferência Repensando a Água: Um Recurso Crítico. 2010. (Seminário).

Depois de Copenhagen: Mudança Climática Global. 2010. (Simpósio).

Workshop de Aperfeiçoamento: Sustentabilidade, Recursos Naturais e Segurança Humana. 2010. (Oficina).

Congresso da NGWA sobre Águas Subterrâneas. 2009. (Congresso).

Fórum de Lideranças Globais.Millenium Goals budget spredsheet. 2009. (Encontro).

Encontro dos Pesquisadores dos Projetos: Nova Cartografia Social da Amazônia/dos Povos e Populações Tradicionais do Brasil/ Processos de Territorialização, Movimentos Sociais e Conflitos."Ocupações Urbanas". 2007. (Encontro).

I Reunião Amazônica de Agroecologia. 2007. (Encontro).

Cartografia Social da Amazônia: Movimento Ribeirinho e Preservação de Lagos.Cartografia Social da Amazônia: Movimento Ribeirinho e Preservação de Lagos. 2006. (Oficina).

Oficina de Capacitação de Proponentes do Edital 01/2006.Oficina de Capacitação de Proponentes do Edital 01/2006. 2006. (Oficina).

III Workshop Sobre Biodiversidade na Bacia do Lago Tupé.Uso da Biodiversidade para a Geração de Renda. 2004. (Oficina).

Oficina para Adaptação de Metodologias de Extensão Rural e de Transferência de Tecnologias Agropecuárias.Diagnóstico Participativo nas Comunidades Ribeirinhas do Parque Nacional do Jaú e entorno. 2004. (Oficina).

Seminário Empresas Comunitárias de Produtos da Floresta - Análise e Desenvolvimento de Mercados. 2004. (Seminário).

Encontro Amazônia de Experiências Sociais Inovadoras. 2003. (Encontro).

I Oficina Sobre Uso Adequado de Recursos Naturais. 2003. (Oficina).

I Encontro de Etnobiologia e Etnoecologia da Região Norte - Etnoconservação e Ética: Dialogando Entre os Saberes. 2001. (Encontro).

Simpósio Parque Estadual da Serra do Brigadeiro e Entorno - Contribuições para a Elaboração do Plano de Manejo Integrado e Participativo. 2000. (Simpósio).

I Seminário Brasileiro sobre Homeopatia na Agropecuária Orgânica. 1999. (Seminário).

Seminário Internacional sobre Políticas públicas, Turismo Sustentável e Qualidade de Vida. 1999. (Seminário).

Subsídios Agroecológicos para a Sustentabilidade dos Assentamentos Rurais em Minas Gerais. 1998. (Seminário).

II Conferência Nacional de Permacultura.Grupo Apêti de Agroflorestas. 1997. (Encontro).

II Simpósio Brasileiro de Pesquisa Florestal. 1996. (Simpósio).

IV Simpósio Internacional sobre Ecossistemas Florestais (FOREST´96). 1996. (Simpósio).

Semana do Meio Ambiente - O Meio Ambiente na Cidade. 1995. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Guido Assunção Ribeiro

Ribeiro, G. A.. A utilização do diagnóstico rápido participativo (DRP) com comunidade rurais em unidades de conservação. 1999. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Viçosa.

Regina Celi Costa Luizão

LUIZAO, Regina Celi Costa; MESQUITA, R.; NODA, H.; WAICHMAN, A.; DARWICH, A.. Análise sócio-ambiental do Assentamento Rio Pardo, Município de Presidente Figueiredo, Amazonas. 2003. Dissertação (Mestrado em Biologia (Ecologia)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.

Assad José Darwich

DARWICH, A. J.. Análise Sócio-Ambiental do Assentamento Rio Pardo, Município de Presidente Figueiredo ? AM. 2003. Dissertação (Mestrado em Biologia de Água Doce e Pesca Interior) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.

João Batista de Almeida Costa

COSTA, João Batista de Almeida; Nascimento, N. Metodologia participativa na instalação de sistemas de abastecimento de água em áreas rurais: o caso da comunidade quilombola de Lagedo, São Francisco, Minas Gerais. 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Léo Heller

Heller, Léo. Metodologia participativa na instalação de sistemas de abastecimento de água em áreas rurais: o caso da comunidade quilombola de Lagedo, São Francisco, Minas Gerais. 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Léo Heller

HELLER, L.. Implantação e operação participativas de instalações de abastecimento de água em comunidades rurais: análise do produto e do processo em uma comunidade quilombola ribeirinha. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Andrea Viviana Waichman

WAICHMAN, A. V.; LUIZÃO, Regina Celi C; MILLER, Roberto; MESQUITA, Rita de Cássia; NODA, Hiroshi; WAICHMAN, Andrea. ANálise sócio ambiental do assentamento Rio Pardo, Município de Presidente Figueiredo, AM. 2003. Dissertação (Mestrado em Biologia (Ecologia)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.

Valéria Amorim do Carmo

CARMO, V. A.; PADUA, V. L.; PATERNIANI, J. E. S.; COSTA, J. B. O.; HELLER, L.. Metodologia Participativa na instalação de sistemas de abastecimento de água em áreas rurais: o caso da comunidade quilombola de Lagedo, São Francisco, MG. 2016. Tese (Doutorado em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Valéria Amorim do Carmo

PADUA, V. L.;CARMO, V. A.. Metodologia Participativa na instalação de sistemas de abastecimento de água em áreas rurais: o caso da comunidade quilombola de Lagedo, São Francisco, MG. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Sanitária) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Guido Assunção Ribeiro

A utilização do diagnóstico rápido participativo (DRP) com comunidade rurais em unidades de conservação; 1999; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em ENGENHARIA FLORESTAL) - Universidade Federal de Viçosa; Orientador: Guido Assunção Ribeiro;

Regina Celi Costa Luizão

Análise sócio-ambiental do assentamento Rio Pardo, Município de Presidente Figueiredo, Amazonas; ; 2003; 98 f; Dissertação (Mestrado em Biologia (Ecologia)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, National Aero Space Agency; Orientador: Regina Celi Costa Luizao;

Válter Lúcio de Pádua

Metodologia participativa na instalação de sistemas de abastecimento de água em áreas rurais: o caso da comunidade quilombola de Lagedo, São Francisco, Minas Gerais; 2016; Tese (Doutorado em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Valter Lúcio de Pádua;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • FRANCO, F. S. ; TROVATTO, C. M. ; ITO, M. I. ; VILELA, D. R. . Implantação de Sistemas Agroflorestais para Conservação dos Recursos Naturais na Zona da Mata de Minas Gerais.. Folha Florestal, Viçosa/MG, 10 mar. 1999.

  • ITO, M. I. ; FRANCO, F. S. ; TROVATTO, C. M. ; VILELA, D. R. . Levantamento e Caracterização de Experiências Agroflorestais com Café na Zona da Mata de Minas Gerais. In: V Congresso e Exposição Internacional sobre Florestas - Forest 99, 1999, Curitiba/PR. V Congresso e Exposição Internacional sobre Florestas - Forest 99, 1999.

  • ITO, M. I. ; FRANCO, F. S. ; TROVATTO, C. M. ; VILELA, D. R. . Levantamento de Sistemas Agroflorestais com Café no município de Viçosa/MG. In: XXVI Congresso Brasileiro de Iniciação Científica em Ciências Agrárias, 1997, Goiânia. XXVI Congresso Brasileiro de Iniciação Científica em Ciências Agrárias, 1997.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

VILELA, D. R. . Curso de Gestão Ambiental para Assentamentos do MST. 2000.

VILELA, D. R. ; PEREIRA, K. J. C. . Diagnóstico Participativo das Comunidades Urbanas do Alto da Boa Vista/RJ. 2000.

VILELA, D. R. ; MÁRCIA . Diagnóstico Rural Participativo para Plano de Manejo do Parque Nacional da Serra da Bocaina. 1998.

VILELA, D. R. . Curso de Agroecologia e Estudos Ambientais para Povos Indígenas. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

VILELA, D. R. . Curso de Planejamento Espacial do Meio Ambiente em Assentamentos do MST. 2000. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

VILELA, D. R. . Curso de Sistemas Agroflorestais do Grupo Apêti1999. 1999. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2012 - 2014

    Tratamento simplificado de águas superficiais com alta turbidez para abastecimento de pequenas comunidades localizadas em várzeas., Descrição: Projetar, implantar, monitorar e avaliar um sistema simplificado para tratamento de água com alta turbidez em condições de laboratório, em escala piloto e em uma Comunidade Remanescente de Quilombo Regularizada pelo INCRA (escala real) que sejam de fácil construção, operação e manutenção, e avaliar seus aspectos técnicos, econômicos, culturais e de sustentabilidade no abastecimento domiciliar de pequenas comunidades.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Delmo Roncarati Vilela - Integrante / Válter Lúcio de Pádua - Coordenador.Financiador(es): Fundação Nacional de Saúde - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2011

    Análise do Potencial de Gestão Integrada e Sustentável de Resíduos Sólidos na Região Metropolitana de Belo Horizonte, Descrição: A questão do gerenciamento do lixo urbano é ainda recente e pouco estudada no Brasil. No caso específico da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), o porte da capital e de outras cidades (notadamente Betim, com mais de 400 mil, e Contagem, com mais de 500 mil habitantes) exige uma atenção e recursos humanos e financeiros de tal monta que os demais municípios ficam a reboque de quaisquer iniciativas de intervenção pública no tocante às questões sanitárias. Este trabalho visa inicialmente conhecer a situação do gerenciamento dos resíduos sólidos dos municípios da RMBH e analisar prospectivamente condições de trabalho conjunto que ensejem o avanço na gestão destes resíduos. Objetivos - facilitar a articulação entre os municípios da RMBH, funcionando como um catalisador de um processo absolutamente necessário de integração institucional - contribuir para com a comunidade, num esforço de cooperação técnica que contribua para a melhoria da qualidade de vida e para a proteção do meio ambiente.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Delmo Roncarati Vilela - Integrante / Raphael Tobias de Vasconcelos Barros - Coordenador / Camila Moreira de Assis - Integrante / Claudia de Almeida Sampaio - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Outra.

  • 2003 - 2004

    Diagnóstico do Uso de Recursos e Potencialidades econômicas de Comunidades do Parque Nacional do Jaú e entorno, Descrição: Objetivos Gerais: - Identificar o uso de recursos naturais pela população ribeirinha, de comunidades do interior do Parque Nacional do Jaú e entorno, bem como suas potencialidades para novas atividades econômicas. - Iniciar, em conjunto ao levantamento de dados quantitativos, discussões e reflexões que, através de técnicas participativas, promovam um processo de mobilização comunitária e possibilitem identificar e discutir as potencialidades econômicas e características de organização destas comunidades. Objetivos Específicos: - Diagnóstico das formas de uso de recursos e análise de seus aspectos sociais, econômicos e ecológicos; - Identificação dos recursos usados e seu potencial como fonte de geração de renda em bases sustentáveis; - Caracterização da cadeia comercial e o sistema de produção existente. Para alcançar estes objetivos em uma área tão grande e diversa como a proposta, foram utilizadas duas estratégias de diagnóstico: uma para as áreas rurais e outra para a zona urbana de Novo Airão. O DRP é parte integrante de uma estratégia de intervenção que visa o desenvolvimento comunitário sustentável em todos os seus aspectos, portanto além de fornecer informações qualitativas e quantitativas essenciais, prepara a população para participar efetivamente das etapas subsequentes do projeto.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Delmo Roncarati Vilela - Coordenador / André Luiz Soler de Oliveira - Integrante.Financiador(es): Fundação Vitória Amazônica - Remuneração.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2005 - 2005

    Conservação e Manejo da Biodiversidade na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Piagaçu-Purus - Recursos Não madeireiros, Descrição: A Reserva de Desenvolvimento Sustentável Piagaçu-Purus (RDS-PP) foi criada em agosto de 2003 pelo Governo do Estado do Amazonas. Esta Reserva está localizada no baixo rio Purus, o segundo tributário da margem direita do rio Solimões. A reserva ocupa uma área total de 1.008 km (cerca de 626 mi ), sendo sua fisionomia composta de 40% de áreas periodicamente alagáveis e o restante por terra firme. A RDS-PP faz limite ao sul com a REBIO Abufari, uma reserva biológica criada principalmente para preservar as praias e tabuleiros de desova de tartarugas. O rio Purus é detentor de um alto valor biológico e por isso, de grande significado para a conservação. A região é considerada de alta biodiversidade ("hot spot") devido englobar vasta complexidade de ambientes, o que confere habitats propícios para o desenvolvimento de diferentes espécies de mamíferos, aves quelônios, peixes, anfíbios e répteis em geral. A região do baixo rio Purus faz parte das rotas migratórias de pelo menos três espécies de tartaruga do gênero Podocnemis, principalmente da tartaruga da amazônia (Podocnemis expansa) que utilizam a área também como sítios de alimentação. A região é conhecida também pela produção e comércio ilegal de carne de jacaré, além da alta produção de peixes comerciais, fonte principal de abastecimento de pescado para a cidade de Manaus. A área da RDS-PP, originariamente constituía-se em uma unidade de conservação do tipo Área de Proteção Ambiental - APA, criada em 1990, com 610 km (379 mi ). Entretanto, desde a criação desta APA até os dias atuais, nenhum trabalho havia sido desenvolvido na área. O Governo de Estado não implementou nenhum programa de desenvolvimento para a região. Isto apenas incitou para que conflitos entre moradores e exploradores externos, índios e não índios, e outros problemas sociais se agravassem na área. Com a realização da 1ª Expedição científica ocorrida em junho de 2001, deu-se início ao processo de reconhecimento da potencialidade da área e de sua i. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Delmo Roncarati Vilela - Integrante / Maria do carmo Gomes Pereira - Integrante / Jomber Inuma Chota - Coordenador / Mario Garcia - Integrante., Financiador(es): Instituto Piagaçu - Remuneração.

  • 2005 - 2005

    Conservação e Manejo da Biodiversidade na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Piagaçu-Purus - Recursos Não madeireiros, Descrição: A Reserva de Desenvolvimento Sustentável Piagaçu-Purus (RDS-PP) foi criada em agosto de 2003 pelo Governo do Estado do Amazonas. Esta Reserva está localizada no baixo rio Purus, o segundo tributário da margem direita do rio Solimões. A reserva ocupa uma área total de 1.008 km (cerca de 626 mi ), sendo sua fisionomia composta de 40% de áreas periodicamente alagáveis e o restante por terra firme. A RDS-PP faz limite ao sul com a REBIO Abufari, uma reserva biológica criada principalmente para preservar as praias e tabuleiros de desova de tartarugas. O rio Purus é detentor de um alto valor biológico e por isso, de grande significado para a conservação. A região é considerada de alta biodiversidade ("hot spot") devido englobar vasta complexidade de ambientes, o que confere habitats propícios para o desenvolvimento de diferentes espécies de mamíferos, aves quelônios, peixes, anfíbios e répteis em geral. A região do baixo rio Purus faz parte das rotas migratórias de pelo menos três espécies de tartaruga do gênero Podocnemis, principalmente da tartaruga da amazônia (Podocnemis expansa) que utilizam a área também como sítios de alimentação. A região é conhecida também pela produção e comércio ilegal de carne de jacaré, além da alta produção de peixes comerciais, fonte principal de abastecimento de pescado para a cidade de Manaus. A área da RDS-PP, originariamente constituía-se em uma unidade de conservação do tipo Área de Proteção Ambiental - APA, criada em 1990, com 610 km (379 mi ). Entretanto, desde a criação desta APA até os dias atuais, nenhum trabalho havia sido desenvolvido na área. O Governo de Estado não implementou nenhum programa de desenvolvimento para a região. Isto apenas incitou para que conflitos entre moradores e exploradores externos, índios e não índios, e outros problemas sociais se agravassem na área. Com a realização da 1ª Expedição científica ocorrida em junho de 2001, deu-se início ao processo de reconhecimento da potencialidade da área e de sua i. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Delmo Roncarati Vilela - Integrante / Maria do carmo Gomes Pereira - Integrante / Jomber Inuma Chota - Coordenador / Mario Garcia - Integrante., Financiador(es): Instituto Piagaçu - Remuneração.

  • 2005 - 2005

    Conservação e Manejo da Biodiversidade na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Piagaçu-Purus - Recursos Não madeireiros, Descrição: A Reserva de Desenvolvimento Sustentável Piagaçu-Purus (RDS-PP) foi criada em agosto de 2003 pelo Governo do Estado do Amazonas. Esta Reserva está localizada no baixo rio Purus, o segundo tributário da margem direita do rio Solimões. A reserva ocupa uma área total de 1.008 km (cerca de 626 mi ), sendo sua fisionomia composta de 40% de áreas periodicamente alagáveis e o restante por terra firme. A RDS-PP faz limite ao sul com a REBIO Abufari, uma reserva biológica criada principalmente para preservar as praias e tabuleiros de desova de tartarugas. O rio Purus é detentor de um alto valor biológico e por isso, de grande significado para a conservação. A região é considerada de alta biodiversidade ("hot spot") devido englobar vasta complexidade de ambientes, o que confere habitats propícios para o desenvolvimento de diferentes espécies de mamíferos, aves quelônios, peixes, anfíbios e répteis em geral. A região do baixo rio Purus faz parte das rotas migratórias de pelo menos três espécies de tartaruga do gênero Podocnemis, principalmente da tartaruga da amazônia (Podocnemis expansa) que utilizam a área também como sítios de alimentação. A região é conhecida também pela produção e comércio ilegal de carne de jacaré, além da alta produção de peixes comerciais, fonte principal de abastecimento de pescado para a cidade de Manaus. A área da RDS-PP, originariamente constituía-se em uma unidade de conservação do tipo Área de Proteção Ambiental - APA, criada em 1990, com 610 km (379 mi ). Entretanto, desde a criação desta APA até os dias atuais, nenhum trabalho havia sido desenvolvido na área. O Governo de Estado não implementou nenhum programa de desenvolvimento para a região. Isto apenas incitou para que conflitos entre moradores e exploradores externos, índios e não índios, e outros problemas sociais se agravassem na área. Com a realização da 1ª Expedição científica ocorrida em junho de 2001, deu-se início ao processo de reconhecimento da potencialidade da área e de sua i. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Delmo Roncarati Vilela - Integrante / Maria do carmo Gomes Pereira - Integrante / Jomber Inuma Chota - Coordenador / Mario Garcia - Integrante., Financiador(es): Instituto Piagaçu - Remuneração.

  • 2005 - 2005

    Conservação e Manejo da Biodiversidade na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Piagaçu-Purus - Recursos Não madeireiros, Descrição: A Reserva de Desenvolvimento Sustentável Piagaçu-Purus (RDS-PP) foi criada em agosto de 2003 pelo Governo do Estado do Amazonas. Esta Reserva está localizada no baixo rio Purus, o segundo tributário da margem direita do rio Solimões. A reserva ocupa uma área total de 1.008 km² (cerca de 626 mi²), sendo sua fisionomia composta de 40% de áreas periodicamente alagáveis e o restante por terra firme. A RDS-PP faz limite ao sul com a REBIO Abufari, uma reserva biológica criada principalmente para preservar as praias e tabuleiros de desova de tartarugas. O rio Purus é detentor de um alto valor biológico e por isso, de grande significado para a conservação. A região é considerada de alta biodiversidade ("hot spot") devido englobar vasta complexidade de ambientes, o que confere habitats propícios para o desenvolvimento de diferentes espécies de mamíferos, aves quelônios, peixes, anfíbios e répteis em geral. A região do baixo rio Purus faz parte das rotas migratórias de pelo menos três espécies de tartaruga do gênero Podocnemis, principalmente da tartaruga da amazônia (Podocnemis expansa) que utilizam a área também como sítios de alimentação. A região é conhecida também pela produção e comércio ilegal de carne de jacaré, além da alta produção de peixes comerciais, fonte principal de abastecimento de pescado para a cidade de Manaus. A área da RDS-PP, originariamente constituía-se em uma unidade de conservação do tipo Área de Proteção Ambiental - APA, criada em 1990, com 610 km² (379 mi²). Entretanto, desde a criação desta APA até os dias atuais, nenhum trabalho havia sido desenvolvido na área. O Governo de Estado não implementou nenhum programa de desenvolvimento para a região. Isto apenas incitou para que conflitos entre moradores e exploradores externos, índios e não índios, e outros problemas sociais se agravassem na área. Com a realização da 1ª Expedição científica ocorrida em junho de 2001, deu-se início ao processo de reconhecimento da potencialidade da área e de sua i. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Delmo Roncarati Vilela - Integrante / Maria do carmo Gomes Pereira - Integrante / Jomber Inuma Chota - Coordenador / Mario Garcia - Integrante., Financiador(es): Instituto Piagaçu - Remuneração.

  • 2005 - 2005

    Conservação e Manejo da Biodiversidade na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Piagaçu-Purus - Recursos Não madeireiros, Descrição: A Reserva de Desenvolvimento Sustentável Piagaçu-Purus (RDS-PP) foi criada em agosto de 2003 pelo Governo do Estado do Amazonas. Esta Reserva está localizada no baixo rio Purus, o segundo tributário da margem direita do rio Solimões. A reserva ocupa uma área total de 1.008 km² (cerca de 626 mi²), sendo sua fisionomia composta de 40% de áreas periodicamente alagáveis e o restante por terra firme. A RDS-PP faz limite ao sul com a REBIO Abufari, uma reserva biológica criada principalmente para preservar as praias e tabuleiros de desova de tartarugas. O rio Purus é detentor de um alto valor biológico e por isso, de grande significado para a conservação. A região é considerada de alta biodiversidade ("hot spot") devido englobar vasta complexidade de ambientes, o que confere habitats propícios para o desenvolvimento de diferentes espécies de mamíferos, aves quelônios, peixes, anfíbios e répteis em geral. A região do baixo rio Purus faz parte das rotas migratórias de pelo menos três espécies de tartaruga do gênero Podocnemis, principalmente da tartaruga da amazônia (Podocnemis expansa) que utilizam a área também como sítios de alimentação. A região é conhecida também pela produção e comércio ilegal de carne de jacaré, além da alta produção de peixes comerciais, fonte principal de abastecimento de pescado para a cidade de Manaus. A área da RDS-PP, originariamente constituía-se em uma unidade de conservação do tipo Área de Proteção Ambiental - APA, criada em 1990, com 610 km² (379 mi²). Entretanto, desde a criação desta APA até os dias atuais, nenhum trabalho havia sido desenvolvido na área. O Governo de Estado não implementou nenhum programa de desenvolvimento para a região. Isto apenas incitou para que conflitos entre moradores e exploradores externos, índios e não índios, e outros problemas sociais se agravassem na área. Com a realização da 1ª Expedição científica ocorrida em junho de 2001, deu-se início ao processo de reconhecimento da potencialidade da área e de sua i. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Delmo Roncarati Vilela - Integrante / Maria do carmo Gomes Pereira - Integrante / Jomber Inuma Chota - Coordenador / Mario Garcia - Integrante.Financiador(es): Instituto Piagaçu - Remuneração.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2009

Hubert H. Humphrey Fellowship, Fulbright / Departamento de Estado Americano.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Engenharia, Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental. , Av. Antônio Carlos, 6627, 4º andar, Pampulha, 31270-901 - Belo Horizonte, MG - Brasil, Telefone: (31) 34091926, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2010 - Atual

    Universidade Federal de Minas Gerais

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2006 - 2009

    SERVIÇO DE AÇÃO, REFLEXÃO E EDUCAÇÃO SOCIAL

    Vínculo: Contrato (CLT), Enquadramento Funcional: Coordenador de Departamento, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2003 - 2005

    Fundação Vitória Amazônica

    Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Coordenador Programa Alternativas Econômicas, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Responsável pelo Diagnóstico Rural Participativo em 16 comunidades ribeirinhas dos rios Negro, Unini e Jaú; elaboração de projetos para atividades relacionadas à geração de renda nas comunidades rurais e urbanas da região.

    Atividades

    • 06/2005 - 06/2005

      Serviços técnicos especializados , Fundação Vitória Amazônica, .,Serviço realizado, Capacitação inicial de pequenos produtores ribeirinhos para o aprimoramento de atividades produtivas, em comunidades dos rios Jaú e negro/AM.

  • 2010 - 2010

    Metropolitan Area Planning Council (EUA)

    Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Foco em planejamento urbano participativo, uso sustentável da terra, modelos e ferramentas para planejamento regional.

  • 1997 - 1999

    Centro de Tecnologias Alternativas da Zona da Mata

    Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Acompanhamento de experimentos com agrossilvicultura em pequenas propriedades rurais da Zona da Mata de Minas Gerais.

  • 1997 - 1997

    Centro de Tecnologias Alternativas da Zona da Mata

    Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Atividades em Agroecologia e Desenvolvimento Local de Comunidades Rurais

  • 2000 - 2000

    EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUARIA (AM)

    Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Centro de Pesquisa Agroflorestal da Amazônia Ocidental/ Distrito Agropecuário da SUFRAMA

  • 1999 - 1999

    Instituto Estadual de Florestas (MG)

    Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Documentação, legislação, viveiro, fiscalização.

  • 1995 - 1996

    Universidade Federal de Viçosa

    Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Programa de melhoramento do Cafeeiro do Departamento de Fitopatologia.

  • 2002 - 2002

    Centro de Instrução de Guerra na Selva (AM)

    Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Estágio de adaptação à selva

  • 2005 - 2006

    Instituto Piagaçu

    Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Coordenador Programa Recursos Não Madeireiros, Carga horária: 40

  • 2017 - 2018

    Federação Humanitária Internacional (Fraternidade)

    Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Voluntário, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Infraestrutura de saneamento básico para abrigos do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) em parceria com a Federação Humanitária Internacional ?Fraternidade?). Estado de Roraima, Brasil. Apoio à gestão de abrigos no estado brasileiro de Roraima (refugiados venezuelanos nas cidades de Boa Vista e Pacaraima); projeto e dimensionamento de estruturas de tratamento de esgoto; acompanhamento da construção, operação e manutenção de estruturas para tratamento de esgotos e abastecimento de água; organização participativa de grupos de limpeza e desenvolvimento de cronograma de limpeza; planejamento participativo de atividades de limpeza coletiva; reuniões sobre educação para a higiene pessoal e coletiva. Atuação também em suporte logístico, controle de estoques, distribuição de alimentos, distribuição de materiais de higiene e limpeza, criação de planilhas para censo populacional e controle de estoque (MS Excel) e no escritório do departamento de compras da instituição (Fraternidade).