Juliano Alexandre Chaker

Possui graduação em Quimica pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1997), mestrado em Química pela mesma instituição (2000), doutorado em regime de co-tutela na área de Science des Materiaux, pela Universite de Paris XI (Paris-Sud) (2004) e doutorado em Química pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2004). Tem experiência na área de Química, com ênfase em Ciência de Materiais, atuando principalmente nos temas: síntese e caracterização de nanomateriais, polímeros híbridos, sol-gel, análise e controle de qualidade. Desde de 2010 é professor adjunto da Universidade de Brasília e atua na graduação e pós-graduação. Leciona as disciplinas de Química Geral e Química Farmacêutica. mail: chaker@unb.br

Informações coletadas do Lattes em 11/03/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Química

2000 - 2004

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Título: Estudo de condutores iônicos siloxano-poli(propileno)oxido preparados pelo processo sol-gel
Orientador: em Université Paris-Sud 11 ( Patrick Judeinstein)
com Celso Valentim Santilli. Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil. Palavras-chave: hibridos condutores iônicos; Eletrolitos solidos; processo sol-gel.Grande área: Ciências Exatas e da TerraSetores de atividade: Desenvolvimento de Novos Materiais.

Mestrado em Química

1998 - 2000

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Título: Estudo da gelatinização e secagem de hibridos silica-polipropilenoglicol preparados pelo processo sol-gel,Ano de Obtenção: 2000
Celso Valetim Santilli.Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil. Palavras-chave: hibridos; secagem; SAXS; condutores ionicos.Grande área: Ciências Exatas e da TerraSetores de atividade: Desenvolvimento de Novos Materiais.

Graduação em Quimica

1994 - 1997

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Título: Obtenção de particulas esfericas de hidroxocarbonato de lantanio
Orientador: Prof ª Drª. Elizabeth Berwerth Stucchi
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2005 - 2010

Pós-Doutorado. , Universidade de Brasília, UnB, Brasil. , Grande área: Ciências Exatas e da Terra

2005 - 2005

Pós-Doutorado. , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil. , Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. , Grande área: Ciências Exatas e da Terra

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Francês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Físico-Química/Especialidade: Ciência de Materiais.

    Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Química Inorgânica/Especialidade: Físico Química Inorgânica.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

FIGUEIRO, G. A. J. ; SOUSA, M. H. ; CHAKER, J. A. ; MUEHLMANN, L. A. . I Simpósio de Nanotecnologia do Distrito Federal - SINANODF. 2018. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

II Simpósio de Ciências e Tecnologias em Saúde.O método sol-gel no preparo e funcionalização de nanomateriais. 2018. (Simpósio).

I Simpósio de Nanotecnologia do Distrito Federal.O método sol-gel no preparo e funcionalização de nanomateriais. 2018. (Simpósio).

XXVI International Materials Reserarch Congress. Nanostructure and drug release mechanisms of hydrogel@siloxane-polyether composite cross-linked matrix. 2017. (Congresso).

III Encontro Regional SBQ-DF.Nanocompósitos polimpericos visando aplicações como matrizes de liberação sustentada de fármacos. 2016. (Encontro).

10th International Conference on the Scientific and Clinical Application of Magnetic Carriers. Assisted Formation of alkoxysilanes on the surface of ferrite nanoparticles and their magnetic properties. 2014. (Congresso).

Workshop on Multiferroic and Multifunctional Materials.Incorporation of antitumor compound on magnetic nanoparticles with potential application in cancer therapy. 2012. (Simpósio).

9 th International Symposium on Crystallization in Glasses and Liquids.Spectroscopic investigation of PPO/Siloxane hybrids doped with KCF3SO3. 2009. (Simpósio).

9 th International Symposium on Crystallization in Glasses and Liquids.Organic-Inorganic electrolytes: local and ano structure and physical chemistry properties. 2009. (Simpósio).

Commemorative Conference: 20th Anniversary of the ICCMP. 2009. (Simpósio).

I Semana Universitária - V Jornada de Farmácia do Centro Universitário UNIEURO. Nanocompósitos híbridos organico-inorgânicos: perspectivas e elaboração. 2009. (Congresso).

Advances in Physics and Applications of Low-Dimentsional Systems. 2007. (Outra).

Quantum Hall Effects. 2007. (Outra).

Workshop on Fuel Cells. 2007. (Simpósio).

10th International Symposium on Polymer Electrolytes.KSCN-doped siloxane-poly(propylene oxide) hybrid eletrolytes: structure-properties relationship. 2006. (Simpósio).

Seminário Internacional de Biocombustíveis. 2006. (Seminário).

XIV Reunião anual de Usuários do LNLS.xxx. 2004. (Encontro).

1o Congresso Internacional de Biodiesel ?Um salto para o Futuro: Dos combustíveis fósseis aos Biocombustíveis. 2003. (Congresso).

First International Meeting on Applied Physics.xxx. 2003. (Encontro).

VI Brazilian Symposium on Glass and Related Materials.xxx. 2003. (Simpósio).

XIII Reunião anual de Usuários do LNLS.xxx. 2003. (Encontro).

I Encontro da Sociedade Brasileira de Pesquisa em Materiais.xxx. 2002. (Encontro).

XII International Conference on Small Angle Scattering. xxx. 2002. (Congresso).

11th International Workshop On Glasses, Ceramics, Hybrids and Nanocomposites From Gels. xxx. 2001. (Congresso).

Análise de dados de espectroscopia de absorção de raios X. 2001. (Outra).

23a Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química. xxx. 2000. (Congresso).

School on Synchrotron Radiation. 2000. (Outra).

X Reunião anual de Usuários do LNLS.xxx. 2000. (Encontro).

22a Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, Poços de Caldas. xxx. 1999. (Congresso).

43o Congresso Brasileiro de cerâmica. xxx. 1999. (Congresso).

13 Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência de Materiais - 13 CBECIMAT. Estudo da secagem de Híbridos siloxano-poliéter de classe I e II.. 1998. (Congresso).

1a Escola de Vidros ? Fundamentos e Aplicações. 1998. (Outra).

9 Congresso de Iniciação científica. Estudo de partículas esféricas de hidroxicarbonato de lantânio. 1997. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Estelle Silva Diorato

DIAS, J. A.; PRAUCHNER, M. J.; BRAGA, P. R. S.;CHAKER, J. A.. Síntese e Caracterzação de Nanopartículas à Base de Ferro Encapsuladas por Sílica. 2016. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade de Brasília.

Aluno: Mariana Pereira da Silva

SOUSA, M. H.CHAKER, J. A.; GOMES, C. N. L.. Estudo da síntese e avaliação das propriedades magneto-térmicas de nanopartículas não esféricas de magnetita. 2015. Dissertação (Mestrado em Nanociência e Nanobiotecnologia) - Universidade de Brasília.

Aluno: Marco Antonio Rodríguez Martinez

CHAKER, J. A.. Síntese e Caracterização das propriedades estruturais, icroscópicas e hiperfinas de nanoestruturas a base de TI-Fe-Ni e as modificações produzidas pela absorvição de hidrogênio. 2014. Dissertação (Mestrado em Física) - Universidade de Brasília.

Aluno: Marly Monteiro Muñoz

CHAKER, J. A.. Síntese e Caracterização das Propriedades Estruturais e morfológicas de nanopartículas de ZnO. 2013. Dissertação (Mestrado em Física) - Universidade de Brasília.

Aluno: Mayté Parades Zaldivar

PULCINELLI, Sandra Helena; MARQUES, R. F. C.; CHORILLI, M.; CIUFFI, K. J.;CHAKER, J. A.. Materiais híbridos ureasil-polióxido de etileno/quitosana para aplicação na liberação controlada de fármacos. 2015. Tese (Doutorado em Quimica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Aluno: Fermin Fidel Herrera Aragón

CHAKER, J. A.. Estudo da origem do Magnetismo não Convencional em Nanopartículas de óxido de estanho dopada com metais. 2013. Tese (Doutorado em Física) - Universidade de Brasília.

Aluno: Paulo Celso Leventi Guimarães

SANTOS, M. F. M. A.;CHAKER, J. A.; SOUZA, P. E. N.;COAQUIRA, J. A. H.. Preparação e Caracterização de Material Funcional para Utilização em Processos inflamatórios. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Física) - Universidade de Brasília.

Aluno: Breno Cunha Pinto Coelho

SOUSA, M. H.CHAKER, J. A.; GOMES, J. A.. Elaboração de sistemas multicomponentes de nanopartículas magnéticas elepsoidais recobertas com ouro (FeOx@Au) visando aplicações em nanobiotecnologia. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências e Tecnologias em Saúde) - Universidade de Brasília.

Aluno: Alicia Simalie Ombredane

FIGUEIRO, G. A. J.;CHAKER, J. A.. NANOESTRUTURAS DE QUITOSANA CONTENDO NANOPARTÍCULAS DE PRATA SINTETIZADAS A PARTIR DE EXTRATO DA RAIZ DE CURCUMA LONGA PARA O TRATAMENTO IN VITRO DE CÂNCER DE PELE NÃO MELANOMA (LINHAGEM A431). 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós Graduação em Nanociência e Nanotec) - Universidade de Brasília.

Aluno: Gabriela Santos Fabrício

CHAKER, J. A.SOUSA, M. H.; BARRETO, L. C. S.. Estudo de Matrizes Nanocompósitas Poliméricas para Liberação Modificada do Anti-Inflamatório Não Esterioidas Piroxicam. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade de Brasília.

Aluno: Geises Bel Costa dos Santos

CHAKER, J. A.SOUSA, M. H.; BARRETO, L. C. S.. Nanopartículas Mesoporosas de Óxido de Silício como Dispositivos para Liberação Modificada de Anti-Hipertensivo Captropil. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade de Brasília.

Aluno: Aiessa Pagliarini Balest

CHAKER, J. A.; CONCEIÇÃO, M. H.; SILVA, E. C.. Caracterização e Estudo de estabilidade de suspensões de nanocápsulas poliméricas contendo óleo de pequi (Caryocar brasiliense Camb). 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade de Brasília.

Aluno: Lorena de Sousa Moreira

MEINERS, M. M. M. A.;CHAKER, J. A.; SILVA, E. C.. Intervenções Efetivas para Racionalizar a Polimedicação entre Idosos na Amárica Latina. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade de Brasília.

Aluno: Graciane Costa

SILVA, E. C.; AREDA, C. A.;CHAKER, J. A.. Desenvolvimento e Avaliação da estabilidade Física de um Condicionador Capilar Contendo Óleo de Pequi. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade de Brasília.

CHAKER, J. A.SOUSA, M. H.; CONCEIÇÃO, M. H.. Concurso Público para cargo de Professor Substituto da área de Química. 2013. Universidade de Brasília.

CHAKER, J. A.. Prêmio Mercosul de Ciência e Tecnologia. 2010. Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Antonio Eduardo Mauro

SANTILLI, Celso Valentin; JUDEINSTEIN, Patrick; BRIOIS, Valérie; FANTINI, Marcia Carvalho de Abreu;MAURO, A. E.. Correlações entre estrutura e propriedade de condução iônica em materiais híbridos siloxano-poli(oxipropiletno), dopados com sais de sódio e potássio, em 13/11/. 2004. Tese (Doutorado em Química) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Celso Valentim Santilli

SANTILLI, C V; JUDEINSTEIN, P; MAURO, A e; FANTINI, M C de A; BRIOIS, V. Correlações entre estrutura e propriedades de condução iônica em materiais híbridos siloxano-poli(propileno óxido), dopados com sais de sódio e potássio. 2004. Tese (Doutorado em Química) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Celso Valentim Santilli

SANTILLI, C VRIBEIRO, S J LBENEDETTI, A V. Estudo de Híbridos Condutores Iônicos Sílica-Polipropilenoglicol, Preparados pelo Processo Sol-Gel. 2003. Exame de qualificação (Doutorando em Quimica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Assis Vicente Benedetti

BENEDETTI, A. V.. Estudo de híbridos condutores iônicos sílica-polipropilenoglicol, preparados pelo processo sol-gel. 2003. Exame de qualificação (Doutorando em Química) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Kissia Batista Ferreira

Reações antígeno-anticorpo: Estudo do efeito SERS em nanopartículas de Cu e Ag auto suportadas em matrizes de vidro fosfato, visando aplicações para detecção precoce de câncer colorretal; Início: 2018; Dissertação (Mestrado em Nanociência e Nanobiotecnologia) - Universidade de Brasília; (Orientador);

Bruno Ribeiro Freire

FERMENTAÇÃO ALCOÓLICA DA SACCHAROMYCES CEREVISIAE IMOBILIZADA EM MICRO/NANOSISTEMAS NA PRODUÇÃO DE CERVEJAS ARTESANAIS; Início: 2015; Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Ciências e Tecnologias em Saúde) - Universidade de Brasília; (Orientador);

Mac-Kedson Medeiros Salviano Santos

MAGNETIC FIELD ACTIVATED SILOXANE-POLYETHER NANOCOMPOSITES FOR STIMULI-RESPONSIVE DRUG RELEASED; Início: 2017; Tese (Doutorado em Nanociência e Nanobiotecnologia) - Universidade de Brasília; (Orientador);

Mac-Kedson Medeiros Salviano Santos

ESTUDO DE NANOCOMPÓSITOS SILOXANO-POLIÉTER COMO DISPOSITIVOS DE LIBERAÇÃO MODIFICADA DE PRINCÍPIOS ATIVOS; 2015; Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Ciências e Tecnologias em Saúde) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Juliano Alexandre Chaker;

Victor Braga Coelho Vieira

ESTUDO DA INFLUÊNCIA DA MORFOLOGIA DE NANOPARTÍCULAS MESOPOROSAS DE SILICATOS NA LIBERAÇÃO DO ANTICANCERÍGENO INDOL-3-CARBINOL; 2015; Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Ciências e Tecnologias em Saúde) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Juliano Alexandre Chaker;

Geises Bel Costa Santo

Membranas anidras de condução protônica contendo líquidos iônicos e óxido de silício mesoporoso para células combustível tipo PEM; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Juliano Alexandre Chaker;

José Vitor de Aguiar Vieira

Nanopartículas magnéticas recobertas com precursores organometálicos tipo siloxano como carreadores para fármacos - bioconjugados de Clorambucil; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Juliano Alexandre Chaker;

Gabriela Santos Fabrício

Estudo com nanocompósitos siloxano-poliéter e derivados celulósicos como formadores filmes para bandagens líquidas; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade de Brasília; Orientador: Juliano Alexandre Chaker;

Flaviane Beatriz Lara

Identificação dos produtos de degradação da Losartana Potássica e do Cloridrato de Subitramina por Espectrometria de Massa; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Juliano Alexandre Chaker;

Geises Bel Costa Santos

Incremento da condutividade e da estabilidade da membrana comercial Nafion® com nanopartículas mesoporosas e líquidos iônicos; ; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Juliano Alexandre Chaker;

Larissa Ranny Santos Oliveira

Análise dos produtos de degradação e dos metais residuais da Zidovudina; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade de Brasília; Orientador: Juliano Alexandre Chaker;

Thayná Moreira Gomes

Nanopartículas magnéticas recobertas com ouro como carreadores para fármacos: Bioconjugados de Melfalana; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade de Brasília; Orientador: Juliano Alexandre Chaker;

Vinícius Rodrigues de Carvalho

Membranas anidras de condução protônica: Líquidos Iônicos ligados covalentemente à matriz inorgânica; ; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade de Brasília; Orientador: Juliano Alexandre Chaker;

Geises Bel Costa Santos

Novas membranas de condução protônica baseada em líquidos iônicos para células combustível tipo PEM; ; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade de Brasília; Orientador: Juliano Alexandre Chaker;

Flaviane Beatriz Marcelino Lara

Estudo de metodologia de análise dos produtos de degradação do anti-hipertensivo comercial Losartana Potássica para fins de regulamentação; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade de Brasília; Orientador: Juliano Alexandre Chaker;

Mac-Kedson Medeiros Salviano Santos

ESTUDO DA INCORPORAÇÃO E LIBERAÇÃO DE FÁRMACOS POR MATRIZES ATIVAS; 2011; Iniciação Científica - Universidade de Brasília; Orientador: Juliano Alexandre Chaker;

Raiane Diniz Oliveira

Nanopartículas Magnéticas de Distribuição Uniforme de Tamanho e Forma; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade de Brasília, Financiadora de Estudos e Projetos; Orientador: Juliano Alexandre Chaker;

Hudson Willer Alves de Oliveira

Estudo da Incorporação e Liberação de Fármacos por Matrizes Ativas; 2010; Iniciação Científica - Universidade de Brasília; Orientador: Juliano Alexandre Chaker;

Wellen Feitosa Castro

Precursores Híbridos Orgânico-Inorgânicos como Matrizes de Fármacos; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade de Brasília, Financiadora de Estudos e Projetos; Orientador: Juliano Alexandre Chaker;

Katherine de Souza Rodrigues

Estudo e otimização Do Moodle como ferramenta de construção colaborativa do conhecimento; 2013; Orientação de outra natureza; (Farmácia) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Juliano Alexandre Chaker;

Laércio Silvano de Oliveira Júnior

Monitoria da Disciplina Química Farmacêutica; 2013; Orientação de outra natureza - Universidade de Brasília; Orientador: Juliano Alexandre Chaker;

Adriele Johner

Monitoria da Disciplina Química Farmacêutica; 2013; Orientação de outra natureza - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Juliano Alexandre Chaker;

Jéssica Silva Souza

Monitoria da Disciplina Do Átomo a Vida 1; 2013; Orientação de outra natureza - Universidade de Brasília; Orientador: Juliano Alexandre Chaker;

Anna Catarina Muniz

Estudo e otimização Do Moodle como ferramenta de construção colaborativa do conhecimento; 2012; Orientação de outra natureza - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Juliano Alexandre Chaker;

Anna Catarina Ferreira Muniz

Monitoria da Disciplina Química Farmacêutica; 2012; Orientação de outra natureza - Universidade de Brasília; Orientador: Juliano Alexandre Chaker;

Karoline Rayssa de Alcantara

Monitoria da Disciplina Do Átomo a Vida 1; 2012; Orientação de outra natureza - Universidade de Brasília; Orientador: Juliano Alexandre Chaker;

João Bosco Ferreira da Conceição

Monitoria da Disciplina Química Farmacêutica; 2012; Orientação de outra natureza - Universidade de Brasília; Orientador: Juliano Alexandre Chaker;

Aline Da Silva Santos Fernandes

Monitoria da Disciplina Do átomo a Vida 1; 2012; Orientação de outra natureza - Universidade de Brasília; Orientador: Juliano Alexandre Chaker;

Anna Paula Oliveira Faria

Monitoria da Disciplina Química Farmacêutica; 2011; Orientação de outra natureza - Universidade de Brasília; Orientador: Juliano Alexandre Chaker;

Thamires Duarte Gonçalves

Monitoria da Disciplina Do Átomo a Vida 1; 2011; Orientação de outra natureza - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Juliano Alexandre Chaker;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Elizabeth Berwerth Stucchi

Estudo de hidroxicarbonatos de lantânio dopados com térbio como precursores para materiais luminescentes; 1997; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Em Química) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Programa Institucional de Bolsistas de Inicação Científica; Orientador: Elizabeth Berwerth Stucchi;

Celso Valentim Santilli

Estudo da Secagem de Géis; 2000; Dissertação (Mestrado em Quimica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Celso Valentim Santilli;

Celso Valentim Santilli

Correlações entre estrutura e propriedades de condução iônica em materiais híbridos siloxano-poli(propileno óxido), dopados com sais de sódio e potássio; 2004; 0 f; Tese (Doutorado em Quimica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Celso Valentim Santilli;

Celso Valentim Santilli

2005; Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Celso Valentim Santilli;

Sandra Helena Pulcinelli

2005; Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Capes; Sandra Helena Pulcinelli;

Karim Dahmouche

Estudo da Gelatinização e Secagem de Materiais Híbridos Sílica-Polipropilenoglicol; 2000; 0 f; Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Coorientador: Karim Dahmouche;

Karim Dahmouche

Correlações entre a estrutura e propriedades de condução iônica em materiais híbridos Siloxano-Polipropileno(óxido) dopados com sais de sódio e potássio (Co-orientador); 2004; 0 f; Tese (Doutorado em Química) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Coorientador: Karim Dahmouche;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • COSTA, FÁBIO T. ; JARDIM, KATIÚSCIA V. ; PALOMEC-GARFIAS, ABRAHAM F. ; CÁCERES-VÉLEZ, PAOLIN R. ; CHAKER, J. A. ; MEDEIROS, ANDERSON M. M. S. ; MOYA, SERGIO E. ; SOUSA, M. H. . Highly Magnetizable Crosslinked Chloromethylated Polystyrene-Based Nanocomposite Beads for Selective Molecular Separation of 4-Aminobenzoic Acid. ACS Omega , v. 4, p. 5640-5649, 2019.

  • CHAKER, J. A. . Hot Melt Extrudates Formulated Using Design Space: One Simple Process for Both Palatability and Dissolution Rate Improvement. JOURNAL OF PHARMACEUTICAL SCIENCES , v. 107, p. 286-296, 2018.

  • JARDIM, KATIÚSCIA VIEIRA ; GARFIAS, ABRAHAM FRANCISCO PALOMEC ; ANDRADE, BÁRBARA YASMIN GARCIA ; CHAKER, J. A. ; BÁO, SÔNIA NAIR ; MÁRQUEZ-BELTRÁN, CÉSAR ; MOYA, SERGIO ENRIQUE ; PARIZE, ALEXANDRE LUIS ; SOUSA, M. H. . Novel magneto-responsive nanoplatforms based on MnFe 2 O 4 nanoparticles layer-by-layer functionalized with chitosan and sodium alginate for magnetic controlled release of curcumin. Materials Science & Engineering C-Materials for Biological Applications , v. 92, p. 184-195, 2018.

  • REIS PIMENTA, BRUNA CABRAL ; DE SOUZA CARDOSO QUINTÃO, TATYANE ; CHAKER, JULIANO ALEXANDRE ; DE OLIVEIRA, PAULA MARTINS ; GELFUSO, GUILHERME MARTINS ; DE OLIVEIRA KARNIKOWSKI, MARGÔ GOMES ; GRIS, ELIANA FORTES . Improving stability of antioxidant compounds from Plinia cauliflora (jabuticaba) fruit peel extract by encapsulation in chitosan microparticles. JOURNAL OF FOOD ENGINEERING , v. 238, p. 195-201, 2018.

  • COELHO, B. C. P. ; SIQUEIRA, E. R. ; OMBREDANE, A. S. ; JOANITTI, G. A. ; CHAVES, S. B. ; DA SILVA, S. W. ; CHAKER, J. A. ; LONGO, J. P. F. ; AZEVEDO, R. B. ; MORAIS, P. C. ; SOUSA, M. H. . Maghemite-gold core-shell nanostructures (γ-Fe 2 O 3 @Au) surface-functionalized with aluminium phthalocyanine for multi-task imaging and therapy. RSC Advances: an international journal to further the chemical sciences , v. 7, p. 11223-11232, 2017.

  • REIS, THAIENE A. ; MATOS, BRENO N. ; LIMA, ELIANA M. ; CHAKER, JULIANO A. ; GRATIERI, TAIS ; CUNHA-FILHO, MARCÍLIO S. S. ; GELFUSO, GUILHERME M. . Oxaliplatin preformulation studies for the development of innovative topical drug delivery systems. JOURNAL OF THERMAL ANALYSIS AND CALORIMETRY , v. 129, p. 1-11, 2017.

  • RODOVALHO, FERNANDA L. ; CAPISTRANO, GUSTAVO ; GOMES, JULIANO A. ; SODRÉ, FERNANDO F. ; CHAKER, J. A. ; CAMPOS, ALEX F.C. ; BAKUZIS, ANDRIS F. ; SOUSA, M. H. . Elaboration of magneto-thermally recyclable nanosorbents for remote removal of toluene in contaminated water using magnetic hyperthermia. Chemical Engineering Journal (1996) , v. 302, p. 725-732, 2016.

  • PEREIRA, ANDERSON ; GOMES, JOAQUIM P. ; LENZ, GUILHERME FELIPE ; SCHNEIDER, RICARDO ; CHAKER, JULIANO ALEXANDRE ; SOUZA, PAULO EDUARDO NARCISO DE ; FELIX, JORLANDIO FRANCISCO . Facile Shape-Controlled Fabrication of Copper Nanostructures on Borophosphate Glasses: Synthesis, Characterization, and Their Highly Sensitive Surface-Enhanced Raman Scattering (SERS) Properties. Journal of Physical Chemistry. C , v. 120, p. acs.jpcc.6b02881-12272, 2016.

  • FEITOZA, N. C. ; GONCALVES, T. D. ; MESQUITA, J. J. ; MENEGUCCI, J. S. ; SANTOS, M. M. ; CHAKER, J. A. ; CUNHA, R. B. ; MEDEIROS, A. M. ; RUBIM, J. C. ; SOUSA, M. H. . Fabrication of glycine-functionalized maghemite nanoparticles for magnetic removal of copper from wastewater. Journal of Hazardous Materials (Print) , v. 264, p. 153-160, 2014.

  • LEÓN-FÉLIX, L. ; CHAKER, J. ; PARISE, M. ; COAQUIRA, J. A. H. ; SANTOS VALLADARES, L. ; BUSTAMANTE, A. ; GARG, V. K. ; OLIVEIRA, A. C. ; MORAIS, P. C. . Synthesis and characterization of uncoated and gold-coated magnetite nanoparticles. Hyperfine Interactions , v. 224, p. 179-188, 2014.

  • PÉRES, EDUARDO ULISSES XAVIER ; SOUZA, FERNANDO GOMES DE ; SILVA, FABRICIO MACHADO ; CHAKER, JULIANO ALEXANDRE ; SUAREZ, PAULO ANSEMO ZIANI . Biopolyester from ricinoleic acid: Synthesis, characterization and its use as biopolymeric matrix for magnetic nanocomposites. Industrial Crops and Products (Print) , v. 59, p. 260-267, 2014.

  • SANTOS MENEGUCCI, JUCÉLY DOS ; SANTOS, MAC-KEDSON MEDEIROS SALVIANO ; DIAS, DIEGO JUSCELINO SANTOS ; CHAKER, JULIANO ALEXANDRE ; SOUSA, MARCELO HENRIQUE . One-step synthesis of magnetic chitosan for controlled release of 5-hydroxytryptophan. Journal of Magnetism and Magnetic Materials , v. 1, p. 1, 2014.

  • SOUSA, M. H. ; CHAKER, J. A. . Reducing Size-Dispersion in One-Pot Aqueous Synthesis of Maghemite Nanoparticles. Journal of Nanoscience and Nanotechnology (Print) , v. 12, p. 8061-8066, 2012.

  • BINI, RAFAEL A. ; MARQUES, RODRIGO FERNANDO C. ; SANTOS, FRANCISCO J. ; CHAKER, JULIANO A. ; JAFELICCI, MIGUEL . Synthesis and functionalization of magnetite nanoparticles with different amino-functional alkoxysilanes. Journal of Magnetism and Magnetic Materials , v. 324, p. 534-539, 2012.

  • CHAKER, J. A. ; DAHMOUCHE, Karim ; SANTILLI, C. V. ; PULCINELLI, Sandra Helena ; CRAIEVICH, Aldo ; BRIOIS, Valerie ; JUDEINSTEIN, Patrick . Multi-scale structural description of siloxane?PPO hybrid ionic conductors doped by sodium salts. Journal of Materials Chemistry (Print) , v. 17, p. 744, 2007.

  • CHAKER, J. A. ; DAHMOUCHE, Karim ; SANTILLI, C. V. ; PULCINELLI, Sandra Helena ; CRAIEVICH, Aldo ; BRIOIS, Valerie ; JUDEINSTEIN, Patrick ; GONCALVES, M. ; CORREIA, S.M. ; BERMUDEZ, V. de Zea . Local and nanoscopic structure of potassium triflate-doped siloxane-polyoxyethylene ormolytes. Journal of Non-Crystalline Solids , v. 352, p. 3457-3462, 2006.

  • CHAKER, J. A. ; DAHMOUCHE, Karim ; BRIOIS, Valerie ; SANTILLI, Celso Valentim ; PULCINELLI, Sandra Helena ; JUDEINSTEIN, Patrick . Correlation Between Local Structure and Ionic Conductivity of PotassiumDoped Siloxane Polypropyleneoxyde Ormolytes. Physica Scripta (Print) , p. 516-519, 2005.

  • CHAKER, J. A. ; DAHMOUCHE, Karim ; SANTILLI, Celso Valentim ; PULCINELLI, Sandra Helena ; CRAIEVICH, Aldo ; BRIOIS, Valerie ; JUDEINSTEIN, Patrick . Effect of salt nature on structure and ionic conductivity of sodium-doped siloxane-PPO ormolytes. Journal of the European Ceramic Society , HOL, v. 25, n.12, p. 2617-2621, 2005.

  • CHAKER, J. A. ; DAHMOUCHE, Karim ; SANTILLI, Celso Valentim ; PULCINELLI, Sandra Helena ; BRIOIS, Valerie ; JUDEINSTEIN, Patrick . Structure and Electrical Properties of Potassium-Doped Siloxane-PPO Hybrid Ormolytes. Journal of Sol-Gel Science and Technology , v. 26, p. 1075-1080, 2003.

  • CHAKER, J. A. ; DAHMOUCHE, Karim ; SANTILLI, Celso Valentim ; PULCINELLI, Sandra Helena ; CRAIEVICH, Aldo . Gelation and drying of weakly bonded silica-PPO nanocomposites. Journal of Applied Crystallography , v. 36, p. 689-693, 2003.

  • CHAKER, J. A. ; DAHMOUCHE, Karim ; PULCINELLI, Sandra Helena ; BRIOIS, Valerie ; FLANK, Anne Marie ; JUDEINSTEIN, Patrick . Siloxane-polypropyleneoxide hybrid ormolytes: structure-ionic conductivity relationships. Journal of Non-Crystalline Solids , v. 304, p. 109-115, 2002.

  • CHAKER, J. A. ; DAHMOUCHE, Karim ; CRAIEVICH, Aldo ; SANTILLI, Celso Valentim ; PULCINELLI, Sandra Helena . Structure of weakly bonded PPG-silica nanocomposites. Journal of Applied Crystallography , v. 33, p. 700-703, 2000.

  • CHAKER, J. A. ; DAHMOUCHE, Karim ; PULCINELLI, Sandra Helena ; SANTILLI, Celso Valentim . Drying Study of Siloxane-PPG Nanocomposites. Journal of Sol-Gel Science and Technology , v. 19, p. 137-144, 2000.

  • DAHMOUCHE, Karim ; CHAKER, J. A. ; CRAIEVICH, Aldo ; SANTILLI, Celso Valetim ; PULCINELLI, Sandra Helena . SAXS Study of Gelation, Aging and Drying of Silica-Polypropyleneglycol Hybrid Materials. Japanese Journal of Applied Physics , v. 38, p. 172, 1999.

  • CHAKER, J. A. ; SANTILLI, Celso Valentim ; PULCINELLI, Sandra Helena ; DAHMOUCHE, Karim ; CRAIEVICH, Aldo . Class I siloxane-polypropyleneoxide ormosils: Gelation and drying mechanisms. In: XII International Conference on Small Angle Scattering, 2002, Venice, 2002.

  • CHAKER, J. A. ; DAHMOUCHE, Karim ; SANTILLI, Celso Valentim ; PULCINELLI, Sandra Helena ; BRIOIS, Valerie ; JUDEINSTEIN, Patrick . Structure and Eletrical Properties of Sodium-Doped Siloxane-PPO Hybrid Ormolytes. In: First International Symposium on Non-Crystalline Solids in Brazil and Fifth Brasilian Symposium on Glass and Related Materials, 2001, Foz do Iguaçu. First International Symposium on Non-Crystalline Solids in Brazil and Fifth Brasilian Symposium on Glass and Related Materials, 2001. v. 1. p. 61-61.

  • CHAKER, J. A. ; DAHMOUCHE, Karim ; SANTILLI, Celso Valentim ; PULCINELLI, Sandra Helena ; CRAIEVICH, Aldo . Effect of Polymer molecular weight and lithium doping on drying of siloxane polypropyleneglycol hybrids xerogels. In: Sixth International Conference on Frontiers of Polymers and Advanced Materials, 2001, Recife-PE, 2001.

  • CHAKER, J. A. ; DAHMOUCHE, Karim ; CRAIEVICH, Aldo ; SANTILLI, Celso Valentim ; PULCINELLI, Sandra Helena . Análise Estrutural da Cinética de Gelatinização de híbridos Fracamente Ligados siloxano-Polipropilenoglicol. In: 23a Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 2000, Poços de Caldas, 2000.

  • CHAKER, J. A. ; SANTILLI, Celso Valetim ; PULCINELLI, Sandra Helena ; DAHMOUCHE, Karim ; CRAIEVICH, Aldo . Estudo de Materiais Hibridos Silica-polipropilenoglicol Preparados pelo Processo Sol-Gel. In: 22a Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 1999, Poços de Caldas. 22a Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 1999.

  • CHAKER, J. A. . Estudo da secagem de materiais hibridos silica-polipropilenoglicol preparados pelo processo sol-gel. In: 13o Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciencia de Materiais - 13o CBECIMAT, 1998, Curitiba-PR, 1998.

  • LARA, F. B. M. ; CHAKER, J. A. . Identificação dos produtos de degradação da Losartana Ptássica e do Cloridrato de Subitramina por Espectroscopia de Massas. In: 18 Congresso de Iniciação Científica da UnB - 9 Congresso de Iniciação Científica do DF, 2012, Brasília. 18 Congresso de Iniciação Científica da UnB - 9 Congresso de Iniciação Científica do DF, 2012.

  • OLIVEIRA, L. R. S. ; CHAKER, J. A. . Análise dos produtos de degradação e dos etais residuais da Zidovudina. In: 18 Congresso de Iniciação Científica da UnB - 9 Congresso de Iniciação Científica do DF, 2012, Brasília. 18 Congresso de Iniciação Científica da UnB - 9 Congresso de Iniciação Científica do DF, 2012.

  • SANTOS, G. B. C. ; CHAKER, J. A. . Incremento da Condutividade e da Estabilidade da membrana comercial Nafion com nanopartículas mesoporosas e líquidos iônicos. In: 18 Congresso de Iniciação Científica da UnB - 9 Congresso de Iniciação Científica do DF, 2012, Brasília. 18 Congresso de Iniciação Científica da UnB - 9 Congresso de Iniciação Científica do DF, 2012.

  • VIEIRA, J. V. A. ; CHAKER, J. A. . Nanopartículas magnéticas recobertas com ouro como carreadores para fármacos: Bioconjugados de Melfalana. In: 18 Congresso de Iniciação Científica da UnB - 9 Congresso de Iniciação Científica do DF, 2012, Brasília. 18 Congresso de Iniciação Científica da UnB - 9 Congresso de Iniciação Científica do DF, 2012.

  • SANTOS, M. M. S. ; CHAKER, J. A. . Incorporação de compostos antitumorais em nanopartículas magnéticas biodegradáveis com potencial aplicação na terapia do câncer. In: II Congresso Farmacêutico da UNESP, 2012, Araraquara-SP. Anais do II Congresso Farmacêutico da UNESP, 2012.

  • SANTOS, M. M. S. ; CHAKER, J. A. . Estudo da incorporação e liberação de Fármacos por Matrizes Ativas. In: 18 Congresso de Iniciação Científica da UnB - 9 Congresso de Iniciação Científica do DF, 2012, Brasília-DF. Anais do 18 Congresso de Iniciação Científica da UnB e 9 Congresso de Iniciação Científica do DF, 2012.

  • CHAKER, J. A. ; DAHMOUCHE, Karim ; SANTILLI, Celso Valentim ; PULCINELLI, Sandra Helena ; JUDEINSTEIN, Patrick . Organic-Inorganic electrolytes: local and ano structure and phisical chemistry properties. In: 9 th International Symposium on Crystallization in Glasses and Liquids, 2009, Foz do Iguaçu. 9 th International Symposium om Crystallization in Glasses and Liquids - BOOK OF ABSTRACTS, 2009. v. I.

  • CHAKER, J. A. ; BERMUDEZ, V. de Zea ; BRIOIS, Valerie ; SANTILLI, Celso Valentim ; PULCINELLI, Sandra Helena . Spectroscopic investigation of PPO/Siloxane hybrids doped with KCF3SO3. In: 9 th International Symposium on Crystallization in Glasses and Liquids, 2009, Foz do Iguaçu. 9 th International Symposium om Crystallization in Glasses and Liquids - BOOK OF ABSTRACTS, 2009.

  • CHAKER, J. A. ; SANTILLI, C. V. ; PULCINELLI, Sandra Helena ; DAHMOUCHE, Karim ; CRAIEVICH, Aldo . KSCN-doped siloxane-poly(propylene oxide) hybrid electrolytes: structure-properties relationships. In: 10th International Symposium on Polymer Electrolytes, 2006, Foz do Iguaçu. Anais 10th ISPE, 2006.

  • CHAKER, J. A. ; SANTILLI, Celso Valentim ; PULCINELLI, Sandra Helena ; DAHMOUCHE, Karim ; BERMUDEZ, V. de Zea ; GONCALVES, M.C. ; JUDEINSTEIN, Patrick ; BRIOIS, Valerie ; CRAIEVICH, Aldo . Correlation between structure and electrical properties of siloxane-PEO ormolytes doped by potassium triflate. In: XIV reunião Anual de Usuarios do LNLS, 2004, Campinas. Anais da XIV reunião Anual de Usuarios do LNLS, 2004. p. 212.

  • CHAKER, J. A. ; DAHMOUCHE, Karim ; PULCINELLI, Sandra Helena ; SANTILLI, Celso Valentim ; CRAIEVICH, Aldo . Gelation and Drying of weakly Bonded Silica-PPO Nanocomposites. In: XVI Reunião da Sociedade Brasilira de Cristalografia, 2003, São Carlos, 2003.

  • CHAKER, J. A. ; DAHMOUCHE, Karim ; SANTILLI, Celso Valentim ; PULCINELLI, Sandra Helena ; CRAIEVICH, Aldo ; CORREIA, S.M. ; BERMUDEZ, V. de Zea ; GONCALVES, M.C. ; JUDEINSTEIN, Patrick ; BRIOIS, Valerie . LOCAL AND NANOSCOPIC STRUCTURE OF SILOXANE-PEO ORMOLYTES DOPED BY POTASSIUM TRIFLATE. In: First International Meeting on Applied Physics, 2003, Badajoz, 2003.

  • CHAKER, J. A. ; BRIOIS, Valerie ; SANTILLI, Celso Valentim ; PULCINELLI, Sandra Helena ; CRAIEVICH, Aldo ; JUDEINSTEIN, Patrick . Local And Nanoscopic Structure Of Sodium-Doped Siloxane-Ppo Transparent Ionic Conductors. In: VI Brazilian Symposium on Glass and Related Materials, 2003, Campos do Jordão, 2003.

  • CHAKER, J. A. ; SANTILLI, Celso Valentim ; DAHMOUCHE, Karim ; JUDEINSTEIN, Patrick ; PULCINELLI, Sandra Helena . Local and Nanoscopic Structure Of Siloxane-PEO Ormolytes Doped by Potassium Triflate. In: XIII reunião Anual de Usuarios do LNLS, 2003, Campinas, 2003.

  • CHAKER, J. A. ; DAHMOUCHE, Karim ; SANTILLI, Celso Valentim ; PULCINELLI, Sandra Helena ; BRIOIS, Valerie ; JUDEINSTEIN, Patrick . Structure and Eletrical Properties of Potassium Doped Siloxane-Poly(oxypropylene) ormolytes. In: I Encontro da Sociedade Brasileira de Pesquisa em Materiais - SBPMat, 2002, Rio de Janeiro.

  • CHAKER, J. A. ; DAHMOUCHE, Karim ; SANTILLI, Celso Valentim ; PULCINELLI, Sandra Helena ; BRIOIS, Valerie ; JUDEINSTEIN, Patrick . Siloxane-PPO Hybrid Ormolytes: Structure-Ionic conduction Properties RelationShips. In: International Workshop on Glasses, Ceramics, Hybrids and Nanocomposites from Gels, 2001, Padova. 11th International Workshop on Glasses, Ceramics, Hybrids and Nanocomposites from Gels, 2001. v. 1. p. 169-170.

  • CHAKER, J. A. ; DAHMOUCHE, Karim ; SANTILLI, Celso Valentim ; PULCINELLI, Sandra Helena ; CRAIEVICH, Aldo . Structure of Weakly Bonded PPG-Silica nanocomposites. In: X Reuniao Anual de Usuarios do LNLS, 2000, Campinas. Anais da X Reuniao Anual de Usuarios do LNLS, 2000. v. 1. p. 143.

  • CHAKER, J. A. ; DAHMOUCHE, Karim ; SANTILLI, Celso Valentim ; PULCINELLI, Sandra Helena ; CRAIEVICH, Aldo . Drying Study of Siloxane-PPG nanocomposites. In: X reunião Anual de Usuarios do LNLS, 2000, Campinas. Anais da X reunião Anual de Usuarios do LNLS, 2000. v. 1. p. 141.

  • CHAKER, J. A. ; DAHMOUCHE, Karim ; SANTILLI, C. V. ; PULCINELLI, Sandra Helena ; CRAIEVICH, Aldo . Class I and Class II Siloxane-Polypropileneglycol Ormolysils: Comparing Gelation, Aging and Drying Mechanisms. In: 4th Brasilian Symposium on Glassesand Related Materials, 1999, Ouro Preto. 4th Brasilian Symposium on Glassesand Related Materials, 1999. v. 1. p. 65.

  • CHAKER, J. A. ; SANTILLI, Celso Valentim ; DAHMOUCHE, Karim ; PULCINELLI, Sandra Helena ; CRAIEVICH, Aldo . Estudo da secagem de materiais hibridos silica-polipropilenoglicol preparados pelo processo sol-gel. In: 43o Congresso Brasileiro de Ceramica, 1999, Florianopolis. 43o Congresso Brasileiro de Ceramica, 1999. v. 1. p. 8-8.

  • CHAKER, J. A. ; DAHMOUCHE, Karim ; SANTILLI, Celso Valentim ; PULCINELLI, Sandra Helena ; CRAIEVICH, Aldo . Structural Effects of Drying in Silica-Polypropileneglicol Hybrid materials Prepared by Sol-Gel procedure. In: 10th International Workshop on Glasses, Ceramics Hybrids and Nanocomposites from Gels, 1999, Yokahama, 1999. v. 1. p. 21.

  • CHAKER, J. A. ; SANTILLI, Celso Valentim ; DAHMOUCHE, Karim ; PULCINELLI, Sandra Helena ; CRAIEVICH, Aldo . Structural Study of Sol-Gel Derived Class I Nanocomposites by Small Angle X-Ray Scattering. In: XIth International Conference on Small-Angle Scattering, 1999, Upton. XIth International Conference on Small-Angle Scattering - SAS99, 1999.

  • COSTA, F. ; CHAKER, J. A. . Highly magnetizable cross-linked chloromethylated Polystyrene-based Nanocomposite beads for selective molecular separation of 4-aminobenzoic acid. ACS Omega , 2019.

  • CHAKER, J. A. . O processo sol-gel no Desenvolvimento de novos materiais: elaboração e perspectivas de aplicação. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

CHAKER, J. A. . Células Combustíveis para Geração Alternativa de Energia Elétrica. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

CHAKER, J. A. . CÉLULAS COMBUSTÍVEIS PARA GERAÇÃO ALTERNATIVA DE ENERGIA ELÉTRICA. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

CHAKER, J. A. . Capacitação em Química Geral. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    Medidas de transporte elétrico sob pressão em plugues de Rocha, Descrição: No projeto utiliza-se técnicas de medidas elétricas visando aplicação em poços de perfuração para extração de petróleo. Apesar de ser uma metodologia com mais de cinco décadas de existência, somente recentemente ela vem sendo desenvolvida em laboratório, mas somente no âmbito da pesquisa básica. Nesse projeto será realizada pela primeira vez uma adequação no sistema de medida elétrica em rochas por indução em condições simuladas de poços profundos. Nesse sentido, as informações obtidas por essa técnica em laboratório poderão ser de extrema utilidade para as empresas prestadoras de serviços. Com o exposto, são imprescindíveis novas medidas de condutividade elétrica de rochas saturadas com fluídos, em laboratório, para entender a contribuição de cada processo de condução em função das condições físicas (pressão, temperatura, presença de fluido). Além disso, é necessário buscar cada vez mais novas ferramentas acuradas e como alta tecnologia embarcada, pois a demanda por petróleo no mundo cresce a cada dia, consequência dos diversos campos de aplicação do petróleo existentes e os que estão em desenvolvimento. Não existem equipamentos comerciais para medida de resistividade elétrica por indução e nenhum para medida de constante dielétrica em plugues, sendo essas grandezas medidas em poços e fornecidas pelas empresas de serviço. A resistividade elétrica por indução é uma propriedade pretrofísica medida em poços, entretanto, há uma necessidade de se intensificar a pesquisa dessas propriedades na escala laboratorial de plugues extraídos dos poços de perfuração.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Integrante / Jorlândio Francisco Felix - Coordenador., Financiador(es): Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Leopoldo Américo Miguêz de Mello - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Copolímeros acrílicos aplicados em sistemas microencapsulados para terapia tópica da alopecia., Descrição: Os produtos à base de minoxidil ou sulfato de minoxidil apresentam-se no mercado como soluções ou espumas que provocam alguns efeitos colaterais e certos incômodos durante aplicação. A administração destes fármacos através de sistema de liberação prolongada e fixação eficiente no couro cabeludo são desejadas pelos pacientes com alopecia, sobretudo com a intenção de melhora em sua eficácia terapêutica. Sendo assim, o presente projeto pretende desenvolver sistemas contendo copolímeros acrílicos Eudragit, comumente utilizados em sistemas de liberação modificada destinados à administração oral, porém com promissora aplicação para veiculação de ativos por via tópica. Serão avaliadas as variedades aniônicas e catiônicas de Eudragit (L e E, respectivamente), assim como outros insumos otimizadores da fórmula. Estudos de pré-formulação serão realizados através da correlação entre análises térmicas (DSC e TG) e espectrométricas (FTIR) de misturas binárias do fármaco e excipiente. Sistemas microparticulados serão elaborados por atomização (Spray drying) e caracterizados quanto a eficiência de encapsulação, granulometria, características de fluxo, liberação e permeação. A análise dos resultados possibilitará inferir sobre a formulação mais adequada à veiculação tópica de minoxidil ou seu sal com uso da iontoforese, possibilitando, assim, o desenvolvimento de um produto inovador para aplicação na clínica dermatológica. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Integrante / Camila Alves Areda - Integrante / Lívia Cristina de Sá Barreto - Coordenador / Guilherme Martins Gelfuso - Integrante / Marcilio Sérgio Soares da Cunha Filho - Integrante., Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal - Auxílio financeiro.

  • 2016 - 2018

    COMPOSTOS BIOATIVOS, ATIVIDADE ANTIOXIDANTE E MICROENCAPSULAÇÃO DE FRUTAS TROPICAIS CULTIVADAS NO CERRADO DO DISTRITO FEDERAL, Descrição: o objetivo do projeto é microencapsular, caracterizar e avaliar a atividade antioxidante de compostos bioativos provenientes de frutas tropicais exóticas, mangaba (Hancornia speciosa), taperabá (Spondias mombin), ariticum do cerrado (Annona crassiflora), umbuguela (Spondias sp), araçá (Psidium sp) e passiflora (Passiflora sp). , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Integrante / Eliana Fortes Gris - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal - Auxílio financeiro.

  • 2016 - Atual

    Rede EDUTEC-água: gerenciamento sustentável-saúde, educação e remediação, Descrição: Edital FAPDF nº 05/2016- Pesquisa sobre Água (193.000.718/2016). Esta iniciativa da Universidade de Brasília e parceiros apresenta proposta de nucleação e fortalecimento de rede de pesquisa sobre água, envolvendo tópicos de agricultura e do uso de tecnologias inovadoras para remoção de agrotóxicos e tratamento de águas contaminadas, visando promover o bem-estar da população e a defesa do meio ambiente. Esta rede é formada por pesquisadores das Universidades de Brasília (UnB), de Mato Grosso (UFMT), de Goiás (UFG) e de Minas Gerais (UFTM) e por representantes das Secretarias de Meio Ambiente e da Saúde do Distrito Federal, além de outros centros engajados com a pesquisa em água, na região. Um dos aspectos singulares dessa rede é a integração de pesquisadores e colaboradores de diferentes áreas ? envolve químicos, físicos, biólogos, médicos, farmacêuticos e outros especialistas, somando esforços na criação de uma equipe com caráter inter e multidisciplinar. Não obstante possuírem especialidades distintas, todos os integrantes trabalham em temáticas envolvendo água, fazem parte de entidades e órgãos de fiscalização e monitoramento da qualidade da água e saúde, e também têm experiência em tecnologias de inovação para remediações ambientais. Neste sentido, o objetivo da criação rede EDUTEC-SAÚDE é o de atuar em regiões-alvo estratégicas de recursos hídricos com impactos da agricultura e da mineração. É importante destacar que Brasília foi escolhida pelo Conselho Mundial da Água (WWC) como cidade-sede do 8º Fórum Mundial da Água de 2018. Esta será a primeira edição deste Fórum no hemisfério sul do Planeta e Brasília está se posicionando, não somente como a cidade que recepciona o Fórum, mas como um centro irradiador de conhecimentos, boas práticas e pesquisas no campo da água e da sustentabilidade. Neste sentido, no planejamento estratégico do GDF para o período 2015-2018, foi criado um objetivo específico chamado ?Capital das Águas? que visa estimular programas e projetos visando esta preparação. Mais especificamente, pretende-se identificar e quantificar a presença de agrotóxicos e de metais pesados em áreas de abastecimento dos estados do MT, GO, MG e DF. Serão analisadas amostras de água em áreas de assentamento, escolas, unidades de abastecimento, regiões rurais e municípios das proximidades das regiões-alvo. Serão coletadas informações clínico-demográficas e os dados serão cruzados para estabelecer as principais relações tipos de cultura agrícola/contaminantes de maior potencial lesivo à saúde e a sociedade. Serão selecionados agrotóxicos e metais pesados com maior incidência nas regiões-alvo para o desenvolvimento de protótipos, com base em nanotecnologia, visando o tratamento e a remediação das áreas atingidas. Além disso, estão previstas ações de educação sócio ambiental visando contribuir para redução dos danos à saúde, sociedade e ao meio ambiente das regiões-alvo. Trata-se de uma proposta inovadora, pois converge áreas de conhecimento distintas, que associam estudos sociais, de meio ambiente e de saúde, com tecnologias avançadas para o tratamento e a remediação de recursos hídricos em diferentes estados e no Distrito Federal. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Coordenador / Marcelo Henrique Sousa - Integrante., Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal - Auxílio financeiro.

  • 2015 - 2018

    Compósitos Orgânicos Inorgânicos de Condução Protônica: Uma abordagem com líquidos iònicos, Descrição: A presente proposta visa dar continuidade ao projeto intitulado: ?Estudo piloto de produção de energia elétrica. Célula a combustível tipo PEM, produção e armazenamento de biohidrogênio: uma visão sustentável? apoiado pelo CNPq pela chamada CT-energy, processo Nº 554590/2010-7. Com a execução do projeto foram alcançados avanços significativos no estudo de membranas condutoras de prótons para aplicações em células combustível. Pôde-se obter membranas poliméricas de elevada condutividade protônica utilizando líquidos iônicos mediando o processo de condução. O estudo, em estágio avançado, permitiu conhecer a nanoestrutura das membranas obtidas e correlacionar tais características às propriedades de condução protônica. Foram instalados equipamentos eletroquímicos e outros instrumentos dedicados ao desenvolvimento do projeto. A proposta atual visa aumentar as colaborações já alcançadas com os projetos anteriores, além de avançar no entendimento das questões fundamentais da condução protônica por líquidos iônicos em membranas poliméricas, contribuir na formação de recursos humanos e consolidar essa linha de pesquisa na região do Distrito Federal ? Universidade de Brasília.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Coordenador / Marcelo Henrique Sousa - Integrante / Graziella Anselmo Joanitti Figueiró - Integrante / Ronaldo Mota - Integrante / Paulo Anselmo Ziani Suarez - Integrante / Giancarlo Espósito de Souza Brito - Integrante / Marly Eiko Osugi - Integrante., Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal - Auxílio financeiro.

  • 2015 - 2018

    Nanocompósitos orgânico inorgânicos visando aplicações como bandagens líquidas de liberação sustentada de moléculas ativas, Descrição: A associação de polímeros para o desenvolvimento de novos dispositivos de liberação sustentada de compostos ativos é um tema crescente entre os desenvolvimentos de tecnologias aplicadas à área da saúde. Compósitos poliméricos orgânico-inorgânicos formados por siloxano-poliéter estão entre os mais estudados recentemente visando estas aplicações. As vantagens, frente as matrizes poliméricas de liberação sustentada convencionais, estão associadas à capacidade de formação de filme sobre a pele com elevada bioadesão, a capacidade de incorporação de princípios ativos e o controle de sua liberação. Dependendo do composto ativo utilizado, o filme assume funções bacteriostáticas, antipruriginosa, antálgica e de propriedades curativas. O trabalho proposto neste projeto envolve o estudo de uma matriz nanocompósita polimérica formada por um polímero orgânico-inorgânico incorporado com hidrogéis resultando em um dispositivo híbrido, com alta taxa de intumescimento, com possibilidade de ajuste de mecanismos de liberação de moléculas. O estudo envolve a obtenção de amostras de diferentes composições, variando as frações da fase inorgânica, do tipo e quantidade de hidrogel. O objetivo é compreender os mecanismos de liberação para diferentes compostos ativos. Pretende-se avaliar a influência da composição da matriz nas propriedades de liberação, bioadesão, citotoxicidade e propriedades nanoestruturais e visco-elásticas das amostras. O estudo deve contribuir para o avanço das tecnologias aplicadas na da área da saúde, promover a formação de recursos humanos especializados no Distrito Federal e a consolidar grupo de pesquisa em nanotecnologia na Faculdade de Ceilândia.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Coordenador / Marcelo Henrique Sousa - Integrante / Graziella Anselmo Joanitti Figueiró - Integrante / Lívia Cristina de Sá Barreto - Integrante / Jorlândio Francisco Felix - Integrante / Taís Gratieri - Integrante., Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1

  • 2015 - Atual

    Elaboração de bioadsorventes magnéticos para remediação ambiental, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Marcelo Henrique Sousa em 07/03/2019., Descrição: FAPDF Edital 03/2015 - Demanda Espontânea: Trata-se de projeto de pesquisa que visa contribuir para o desenvolvimento científico e tecnológico e inovação, por meio da utilização de nanomateriais magnéticos biotecnologicamente modificados, para remediação ambiental. A contaminação de ambientes aquáticos por metais pesados, moléculas orgânicas e microrganismos tem sido alvo de preocupação por entidades de saude pública e de meio ambiente. Essa problemática, de caráter mundial, tem feito com que consideráveis esforços se direcionem ao desenvolvimento de metodologias efetivas e ?ambientalmente amigáveis? para remediação ambiental e detecção de poluentes. Nessa direção, várias técnicas de descontaminação ambiental têm sido utilizadas: adsorção, precipitação, troca iônica, osmose reversa, tratamentos eletroquímicos, filtração, evaporação, flotação, oxidação, biossorção, etc. Sem dúvida, entre essas técnicas, a adsorção é a mais efetiva e a mais empregada. Vários são os materiais usados como adsorbatos, e vão desde inorgânicos, como óxidos e argilas, e até mesmo orgânicos, como polímeros e biomassa. Ainda, a última tendência é a utilização de nanomateriais adsorventes, já que apresentam maior relação superfície/massa que pode ser traduzida em maior eficiência de remoção. Entretanto, esses métodos são bastante dispendiosos e tendem a funcionar melhor em pequena escala já que, apesar de grande capacidade adsorptiva, devido à escala reduzida, os nanomateriais são dificilmente recuperáveis e raramente podem ser reutilizados. É nessa direção que o trabalho aqui proposto visa modificar, biotecnologicamente, nanomateriais magnéticos com biomassa, polímeros e moléculas específicas ? de conhecida aplicação em remediação ambiental ? para remoção de poluentes em águas contaminadas. Essa combinação permite a manipulação do adsorbato pela aplicação de um campo magnético externo: é possível direcionar, separar e recuperar esses nanomateriais impregnados com os poluentes e, depois de remover esses poluentes, reutilizar os nanomagnetos modificados. É importante salientar que parte desse trabalho já está em andamento e, particularmente, visa sintetizar nanopartículas magnéticas para então serem modificadas por impregnação em matéria vegetal e por modificação superficial com polímeros e moléculas polifuncionais. Em todos os casos, visa-se potencializar a utilização desses adsorbatos para remediação ambiental e agregar valor a produtos de biomassa, muitas vezes sem destinação, como massa vegetal, animal e carvão, oriundos de processos de industrialização. É notório que o tema a ser desenvolvido nesse projeto incorpora não apenas a relevância científica, mas também elevada importância social e econômica. Portanto, é um projeto que não está puramente centralizado na área da pesquisa básica, mas sim no desenvolvimento de produtos e processos com apelo importante em biotecnologia. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Integrante / Marcelo Henrique Sousa - Coordenador.

  • 2014 - 2018

    MICROENCAPSULAÇÃO DE COMPOSTOS BIOATIVOS DE CASCAS DE FRUTAS TROPICAIS EXÓTICAS E SUA APLICAÇÃO EM COSMIATRIA, Descrição: Descrever a composição fenólica, avaliar a atividade antioxidante bem como verificar a correlação entre esses dados, das frutas de jabuticaba e seriguela cultivadas no Cerrado do Distrito Federal e entorno, bem como desenvolvimento de micropartículas de extrato etanólico de cascas desses extratos utilizando o polímero quitosana de médio peso molecular por meio do método de spray drying. Após os estudos de caracterização desses sistemas, as microcápsulas sao estudadas quanto sua estabilidade durante o armazenamento em diferentes temperaturas, bem como aplicação em cosmiatria. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Coordenador / Eliana Fortes Gris - Integrante., Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal - Auxílio financeiro.

  • 2012 - 2014

    Elaboração sistemas multicomponentes de nanopartículas magnéticas recobertas com ouro (FeOx@Au) visando aplicações em nanodispositivos e nanobiotecnologia, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Marcelo Henrique Sousa em 07/03/2019., Descrição: Este projeto visa à elaboração, em larga escala, de nanoestruturas magnéticas do tipo core-shell de ferritas esféricas e elipsoidais recobertas com ouro metálico [FeOx@Au] ? assim como a sua funcionalização com moléculas biológicas ? para aplicações em nanobiotecnologia. As nanoestruturas híbridas multicomponentes com domínios discretos de diferentes materiais, como as propostas nesse trabalho, apresentam potenciais aplicações que se projetam além daquelas já observadas para nanomateriais convencionais e vão desde o domínio de tecnologia de ponta em dispositivos plasmônicos, até aplicações em nanobiotecnologia, como bionanossensores e em biomanipulações. A obtenção dessas estruturas híbridas envolve a síntese de nanopartículas magnéticas de ferritas com tamanho e morfologia controlada, precursoras para o seu recobrimento com camadas de ouro de espessuras variáveis e, finalmente, sua funcionalização com moléculas biológicas de interesse. Esse conjunto será avaliado quanto à sua nanotoxicidade e quanto ao potencial para aplicações em nanodispositivos biosensores, em magneto-hipertermia, especialmente visando o tratamento de câncer. Chamada MCTI/CNPq N º 16/2012.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Integrante / Marcelo Henrique Sousa - Coordenador.

  • 2011 - Atual

    CAPACITAÇÃO LABORATORIAL EM METROLOGIA FÍSICO-QUÍMICA E FARMACÊUTICA A FIM DE VIABILIZAR ESTUDOS PARA VALIDAÇÃO METODOLÓGICA DE ANÁLISE DE PRODUTOS DE DEGRADAÇÃO E DE METAIS EM FÁRMACOS, Descrição: As análises requeridas para o registro, pós-registro e renovação de registro de medicamentos, dentre as mais importantes, envolvem 6/20 as determinações do teor do princípio ativo, ensaios de dissolução, fotoestabilidade, biodisponibilidade e bioequivalência, e mais recentemente a análise dos produtos de reações de degradação [27]. Segundo a regulamentação vigente produtos de degradação são impurezas resultantes de alterações químicas que surgem durante a síntese do IFA e/ou durante o armazenamento desse ou do medicamento devido aos efeitos da luz, temperatura, pH, umidade, ou pela reação com um excipiente e/ou devido ao contato com a embalagem primária [28] Apesar da Resolução - RES n° 1, de 29 de julho de 2005 exigir a análise dos produtos de degradação para o registro de medicamentos, apenas em 2008, com a publicação do Informe Técnico nº 1, de 15 de julho de 2008, foram indicados quais índices e parâmetros deveriam ser descritos. Atualmente, são exigidas das empresas farmacêuticas, nas documentações de registro, pós-registro e renovação de registro de produtos farmacêuticos e IFA?s, estudos iniciais onde estes são submetidos a condições de estresse e análise crítica. A carência de adequações e capacitações técnicas específicas para validações de métodos de análise para produtos de degradação de IFA?s associados à tendência regulatória das Farmacopéias Americanas e Européias sobre resíduos de metais em fármacos gera uma demanda de pesquisa e desenvolvimento nesta área e são os agentes motivadores dessa proposta. O objetivo geral da proposta envolve o estudo novas metodologias de análise de produtos de degradação e de impurezas metálicas em fármacos, a validação dos métodos análise utilizados e formação de recursos humanos especializados em tecnologias de metrologia analítica. Deve-se estudar métodos de análise para produtos de degradação em fármacos por cromatografia líquida de alta eficiência, corroboradas por técnicas de análise térmica diferencial, esp. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Coordenador / Marcelo Henrique Sousa - Integrante., Financiador(es): Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações - Cooperação.

  • 2010 - 2014

    INCORPORAÇÃO DE COMPOSTOS ANTI-TUMORAIS EM NANOPARTÍCULAS MAGNÉTICAS E BIODEGRADÁVEIS COM POTENCIAL APLICAÇÃO NA TERAPIA DO CÂNCER, Descrição: Câncer é o nome dado a um conjunto de mais de 100 doenças que têm em comum o crescimento desordenado (maligno) de células que invadem os tecidos e órgãos, podendo espalhar-se (metástase) para outras regiões do corpo World Health Organizatin (WHO). O câncer é o líder mundial em causas de morte; somente no ano de 2007 foi responsável por 7,9 milhões de óbitos (WHO). Alguns tipos de câncer tais como o cervical e colo-retal têm uma alta taxa de cura quando diagnosticados precocemente e tratados de acordo com as melhores práticas médicas (WHO). Os principais métodos de tratamento são: cirurgia, radioterapia e quimioterapia. Para alguns tipos de câncer nenhum destes métodos são eficazes no tratamento e cura da doença. A quimioterapia do câncer se esforça em causar um evento citotóxico na célula cancerosa que possa inibir a evolução do tumor. O ataque é geralmente direcionado contra um passo metabólico essencial à multiplicação celular ? por exemplo, a disponibilidade de purinas e pirimidinas que são os componentes para a síntese de DNA e RNA. Na verdade, esses fármacos anticâncer devem interferir somente nos processos celulares que são próprios das células malignas. Infelizmente, a maioria dos fármacos anticâncer disponíveis não reconhece as células neoplásicas, mas afeta todas as células em proliferação. O uso de nanotecnologia tem sido uma grande oportunidade de desenvolver novos quimioterápicos mais seletivos e eficazes. O potencial da nanotecnologia aplicada ao câncer esta na construção de veículos com propriedades terapêuticas únicas que podem penetrar profundamente nos tumores com um alto grau de especificidade. O uso de sistemas nanoestruturados poderá também desenvolver novas tecnologias para: agentes de imagem e diagnóstico que poderá permitir aos médicos detectar o câncer em estágios precoces; sistemas que poderão fornecer dados em tempo real da eficácia de tratamentos e cirurgias; ferramentas de pesquisa que poderão fornecer evidências de novos alvos terapêutic. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Integrante / Claure Nalin Lunardi Gomes - Coordenador / Anderson de Jesus Gomes - Integrante / Marcelo Henrique Sousa - Integrante / Luciano Paulino da Silva - Integrante., Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2013

    ESTUDO PILOTO DE PRODUÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA: CÉLULA A COMBUSTÍVEL TIPO PEM, PRODUÇÃO E ARMAZENAMENTO DE BIOHIDROGÊNIO: UMA VISÃO SUSTENTÁVEL., Descrição: Neste projeto, estão sendo realizadas atividades de pesquisa experimentais com o objetivo principal de desenvolver um protótipo para a produção de energia elétrica tendo como base uma célula combustível de membrana protônica, PEM (Polymeric Electrolyte Membrane). O combustível (hidrogênio) para o funcionamento do dispositivo será obtido de metabolismo de bactérias hidrogeniônicas após uma previa purificação. O armazenamento do hidrogênio, como fonte auxiliar de combustível, será feito em matrizes intermetálicas volumosas e nanoparticuladas previamente caracterizadas para otimizar a capacidade de armazenagem. Este projeto de pesquisa envolve varias áreas de concentração como Física, Química e Biologia e propõe encarar o problema inicialmente em três frentes independentes: i) identificando e posicionando taxonomicamente bactérias produtoras de gás hidrogênio com potencial energético; ii) Desenvolvendo novas membranas poliméricas de condução protônica mediante fluxo em meios líquidos iônicos; iii) Selecionando matrizes intermetálicas de alto índice de armazenamento do hidrogênio produzido. Na etapa final do projeto será realizado o teste do conjunto protótipo para produzir energia elétrica contendo: gás hidrogênio purificado, armazenado e catalisado em célula PEM.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Integrante / José A. H. Coaquira - Coordenador / Luis I. Barros Kanzaki - Integrante / Lindomar B. Carvalho - Integrante / Roberto Messias Bezerra - Integrante / Aldo Aparecido Proietti Junior - Integrante / Germano Tremiliosi Filho - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2013

    COMPLEMENTAR A CAPACITAÇÃO LABORATORIAL EM METROLOGIA QUÍMICA E FARMACÊUTICA NA FACULDADE DE CEILÂNDIA DA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA (FCE-UNB) AFIM DE VIABILIZAR ESTUDOS ANALÍTICOS PARA ANÁLISE DE PRODUTOS DE DEGRADAÇÃO EM FÁRMACOS., Descrição: O controle e a diminuição dos efeitos colaterais de fármacos são pontos principais que garantem segurança na terapia medicamentosa. Como os efeitos colaterais são propriedades inerentes aos fármacos, a metrologia farmacêutica desempenha papel fundamental na qualidade dos princípios ativos e medicamentos consumidos no país. Os fatores principais avaliados no controle de qualidade dos fármacos são as determinações da estabilidade, toxicidade e dos produtos de degradação (i.e., avaliar o comportamento dos fármacos função do tempo, e pela interferência externa de uma variedade de fatores como a temperatura, umidade e luz) e são exigências para o registro, pós-registro e renovação de registro de medicamentos no país. Entretanto, apesar das exigências pelas agências reguladoras da análise dos produtos de degradação existir desde 2002, apenas em 2008 foram publicados informes técnicos sobre os parâmetros neste tipo de análise. A carência de adequações e capacitações técnicas específicas associadas às validações dos métodos de análise em fármacos gera uma demanda dês pesquisa e desenvolvimento em metodologia analítica dos produtos de degradação de fármacos. A formação recursos humanos o desenvolvimento e a validação de metodologias analíticas sobre o tema, são aspectos motivadores desta proposta.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Coordenador / Claure Nalin Lunardi Gomes - Integrante / Anderson de Jesus Gomes - Integrante / Marcelo Henrique Sousa - Integrante / Maria Hosana Conceição - Integrante / Paulo Gustavo Barboni - Integrante., Financiador(es): Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações - Cooperação.

  • 2007 - 2013

    OBTENÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA POR CÉLULAS A COMBUSTÍVEL A PARTIR DE BIOMASSA AMAZÔNICA, Descrição: 1. Analisar os gases produzidos pelo metabolismo de microorganismos de solos da Amazônia quanto a sua composição química e potencial energético. 2. Isolar e caracterizar bioquimicamente os microorganismos do solo com potencial energético na produção de gás hidrogênio. 3. Identificar e posicionar taxonomicamente os microrganismos produtores de gases com potencial energético. 4. Estudar o armazenamento de hidrogênio produzido a partir de biogás amazônico por materiais sólidos. 5. Desenvolver membranas reticuladas de condução protônica de alta estabilidade térmica, alta condutividade que permitam aumentar os tempos de operação e eficácia da célula.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Integrante / Luis I. Barros Kanzaki - Coordenador., Financiador(es): Centrais Elétricas do Norte do Brasil - Auxílio financeiro.

  • 2000 - 2004

    Estudo de híbridos condutores sílica-polipropilenoglicol preparados pelo processo sol-gel, Descrição: Materiais híbridos orgânicos-inorgânicos são materiais bifásicos onde a interpenetração das fases em uma escala nanométrica permite preparar materiais com propriedades inéditas. Este é o caso dos eletrólitos sólidos transparentes siloxano-poli(propileno óxido) estudados neste trabalho de doutorado. Este trabalho visou estabelecer correlações entre as propriedades de condução iônica e as características estruturais destes híbridos que são preparados pelo processo sol-gel. Os objetivos específicos propostos no projeto original incluem os seguintes itens: (a) estabelecer correlações entre a estrutura e as propriedades determinantes da condutividade iônica; (b) analisar a estrutura local do dopante, sua localização no sistema, e assim determinar os sítios de adsorção bem como sua participação na formação da ligação O-Na-O ou O-K-O envolvendo oxigênios tipo éter da cadeia polimérica; (c) determinar o efeito da retração e da formação de domínios com correlação espacial em função dos diferentes sais dopantes estudados sobre as propriedades de condução iônica; (d) comparar as propriedades e estrutura dos híbridos preparados com polímeros de diferentes massas moleculares e concentrações de dopante. Para isto, estudos das propriedades microestruturais, foram realizados através das técnicas de espalhamento de raios X, e análises da estrutura local por absorção de raios X (XANES e EXAFS), e RMN 23Na e 19F, corroborados com as propriedades de condução iônica dos materiais, além de medidas de espectroscopia Raman. Foram estabelecidas diversas correlações entre a estrutura e as propriedades dos materiais. Foi verificado, para amostras dopadas com KCF3SO3, que as amostras mais condutoras são aquelas que possuem um maior número de oxigênios ao redor do potássio. Paralelo a isto, ficou estabelecido seqüências de solubilidade baseado na analise dos espectros XANES. Ficou claro a preferência de coordenação do KI e do NaBF4 pelos agrupamentos tipo uréia do híbrido.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 1998 - 2000

    Estudo do envelhecimento e secagem de géis híbridos silica-polipropilenoglicol e géis a base de sulfato de zircônio, proparados pelo processo sol-gel., Descrição: Nanocompósitos constituídos por sistemas poliméricos híbridos orgânico - inorgânicos tem despertado grande interesse nos últimos anos devido as propriedades inéditas resultantes da mistura homogênea das duas fases em escala macromolecular. Esses materiais são geralmente preparados pelo processo sol-gel e apresentam uma forte tendência a formação e propagação de trincas durante a secagem. Nesta dissertação estudou-se a evolução estrutural durante a gelatinização e a secagem de duas classe de materiais híbridos silica-polipropilenoglicol não dopados ou dopados com perclorato de lítio (LiClO4): os de classe II, que apresentam ligações covalentes entre as fases orgânica e inorgânica, e os de classe I onde as fases são unidas por interações físicas. O efeito do peso molecular do polímero orgânico, da adição de eletrólito e da fração em massa da fase inorgânica na gelatinização e na secagem dos híbridos sílica-polipropilenoglicol (PPG) de classe I e II foi analisado. As amostras foram analisadas "in-situ" por espalhamento de raios X a baixo ângulo (SAXS) e pelo acompanhamento da perda de massa e retração linear dos géis durante a secagem. Os resultados obtidos demostraram processos distintos de gelatinização e de secagem para os diferentes híbridos de classe I e II. Durante a transformação sol-gel nos híbridos de classe II ocorre o crescimento de agregados fractais enquanto nos de classe I observa-se a presença de dois níveis de heterogeneidades atribuídos a rápida formação de pequenos oligômeros e grandes agregados a base de sílica. Este tipo de estrutura, observada nas amostras preparadas com PPG de peso molecular 2000 e 4000 g/mol permanece praticamente invariante durante a transformação sol-gel. Por outro lado, nos híbridos de classe I preparados com PPG de peso molecular 1000g/mol observou-se a formação de agregados fractais durante a gelatinização. Os três períodos clássicos que ocorrem na secagem de géis inorgânicos foram também observados nos híbridos de class. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Coordenador.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2011 - Atual

    CAPACITAÇÃO LABORATORIAL EM METROLOGIA FÍSICO-QUÍMICA E FARMACÊUTICA A FIM DE VIABILIZAR ESTUDOS PARA VALIDAÇÃO METODOLÓGICA DE ANÁLISE DE PRODUTOS DE DEGRADAÇÃO E DE METAIS EM FÁRMACOS, Descrição: A carência de adequações e capacitações técnicas específicas para validações de métodos de análise para produtos de degradação de IFA s associados à tendência regulatória das Farmacopéias Americanas e Européias sobre resíduos de metais em fármacos gera uma demanda de pesquisa e desenvolvimento nesta área e são os agentes motivadores dessa proposta. O objetivo geral da proposta envolve o estudo novas metodologias de análise de produtos de degradação e de impurezas metálicas em fármacos, a validação dos métodos análise utilizados e formação de recursos humanos especializados em tecnologias de metrologia analítica. Deve-se estudar métodos de análise para produtos de degradação em fármacos por cromatografia líquida de alta eficiência, corroboradas por técnicas de análise térmica diferencial, espectroscópicas no ultravioleta-visível e no infravermelho (médio e próximo) e também por ressonância magnética nuclear (de carbono e hidrogênio). Deve-se estudar igualmente métodos para análise de metais residuais por espectrometria de emissão atômica com plasma indutivamente acoplado e corroborar os resultados com dados de espectrometria de absorção atômica com chama e técnicas titulométricas. Ambos os estudos devem ser conduzidos priorizando a inovação metodológica e a validação dos métodos analíticos envolvidos. Propõe-se priorizar medicamentos de interesse das indústrias farmacêuticas. Contatos iniciais com as indústrias farmacêuticas estão sendo estabelecidos visando firmar contratos Empresa-Universidade impulsionados pelos incentivos da Lei do Bem.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Coordenador / Marcelo Henrique Sousa - Integrante., Financiador(es): Ministério da Ciência e Tecnologia - Cooperação.

  • 2010 - Atual

    ESTUDOS ANALÍTICOS PARA ANÁLISE DE PRODUTOS DE DEGRADAÇÃO EM FÁRMACOS., Descrição: O controle e a diminuição dos efeitos colaterais de fármacos são pontos principais que garantem segurança na terapia medicamentosa. Como os efeitos colaterais são propriedades inerentes aos fármacos, a metrologia farmacêutica desempenha papel fundamental na qualidade dos princípios ativos e medicamentos consumidos no país. Os fatores principais avaliados no controle de qualidade dos fármacos são as determinações da estabilidade, toxicidade e dos produtos de degradação (i.e., avaliar o comportamento dos fármacos função do tempo, e pela interferência externa de uma variedade de fatores como a temperatura, umidade e luz) e são exigências para o registro, pós-registro e renovação de registro de medicamentos no país. Entretanto, apesar das exigências pelas agências reguladoras da análise dos produtos de degradação existir desde 2002, apenas em 2008 foram publicados informes técnicos sobre os parâmetros neste tipo de análise. A carência de adequações e capacitações técnicas específicas associadas às validações dos métodos de análise em fármacos gera uma demanda dês pesquisa e desenvolvimento em metodologia analítica dos produtos de degradação de fármacos. A formação recursos humanos o desenvolvimento e a validação de metodologias analíticas sobre o tema, são aspectos motivadores deste projeto. . , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Coordenador / Claure Nalin Lunardi Gomes - Integrante / Anderson de Jesus Gomes - Integrante / Marcelo Henrique Sousa - Integrante / Maria Hosana Conceição - Integrante / Paulo Gustavo Barboni - Integrante / Bruna Rodrigues Rhein - Integrante., Financiador(es): Ministério da Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro.

  • 2011 - Atual

    CAPACITAÇÃO LABORATORIAL EM METROLOGIA FÍSICO-QUÍMICA E FARMACÊUTICA A FIM DE VIABILIZAR ESTUDOS PARA VALIDAÇÃO METODOLÓGICA DE ANÁLISE DE PRODUTOS DE DEGRADAÇÃO E DE METAIS EM FÁRMACOS, Descrição: A carência de adequações e capacitações técnicas específicas para validações de métodos de análise para produtos de degradação de IFA?s associados à tendência regulatória das Farmacopéias Americanas e Européias sobre resíduos de metais em fármacos gera uma demanda de pesquisa e desenvolvimento nesta área e são os agentes motivadores dessa proposta. O objetivo geral da proposta envolve o estudo novas metodologias de análise de produtos de degradação e de impurezas metálicas em fármacos, a validação dos métodos análise utilizados e formação de recursos humanos especializados em tecnologias de metrologia analítica. Deve-se estudar métodos de análise para produtos de degradação em fármacos por cromatografia líquida de alta eficiência, corroboradas por técnicas de análise térmica diferencial, espectroscópicas no ultravioleta-visível e no infravermelho (médio e próximo) e também por ressonância magnética nuclear (de carbono e hidrogênio). Deve-se estudar igualmente métodos para análise de metais residuais por espectrometria de emissão atômica com plasma indutivamente acoplado e corroborar os resultados com dados de espectrometria de absorção atômica com chama e técnicas titulométricas. Ambos os estudos devem ser conduzidos priorizando a inovação metodológica e a validação dos métodos analíticos envolvidos. Propõe-se priorizar medicamentos de interesse das indústrias farmacêuticas. Contatos iniciais com as indústrias farmacêuticas estão sendo estabelecidos visando firmar contratos Empresa-Universidade impulsionados pelos incentivos da Lei do Bem.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Coordenador / Marcelo Henrique Sousa - Integrante., Financiador(es): Ministério da Ciência e Tecnologia - Cooperação.

  • 2010 - Atual

    ESTUDOS ANALÍTICOS PARA ANÁLISE DE PRODUTOS DE DEGRADAÇÃO EM FÁRMACOS., Descrição: O controle e a diminuição dos efeitos colaterais de fármacos são pontos principais que garantem segurança na terapia medicamentosa. Como os efeitos colaterais são propriedades inerentes aos fármacos, a metrologia farmacêutica desempenha papel fundamental na qualidade dos princípios ativos e medicamentos consumidos no país. Os fatores principais avaliados no controle de qualidade dos fármacos são as determinações da estabilidade, toxicidade e dos produtos de degradação (i.e., avaliar o comportamento dos fármacos função do tempo, e pela interferência externa de uma variedade de fatores como a temperatura, umidade e luz) e são exigências para o registro, pós-registro e renovação de registro de medicamentos no país. Entretanto, apesar das exigências pelas agências reguladoras da análise dos produtos de degradação existir desde 2002, apenas em 2008 foram publicados informes técnicos sobre os parâmetros neste tipo de análise. A carência de adequações e capacitações técnicas específicas associadas às validações dos métodos de análise em fármacos gera uma demanda dês pesquisa e desenvolvimento em metodologia analítica dos produtos de degradação de fármacos. A formação recursos humanos o desenvolvimento e a validação de metodologias analíticas sobre o tema, são aspectos motivadores deste projeto.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Coordenador / Claure Nalin Lunardi Gomes - Integrante / Anderson de Jesus Gomes - Integrante / Marcelo Henrique Sousa - Integrante / Maria Hosana Conceição - Integrante / Paulo Gustavo Barboni - Integrante / Bruna Rodrigues Rhein - Integrante., Financiador(es): Ministério da Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro.

  • 2011 - Atual

    CAPACITAÇÃO LABORATORIAL EM METROLOGIA FÍSICO-QUÍMICA E FARMACÊUTICA A FIM DE VIABILIZAR ESTUDOS PARA VALIDAÇÃO METODOLÓGICA DE ANÁLISE DE PRODUTOS DE DEGRADAÇÃO E DE METAIS EM FÁRMACOS, Descrição: A carência de adequações e capacitações técnicas específicas para validações de métodos de análise para produtos de degradação de IFA?s associados à tendência regulatória das Farmacopéias Americanas e Européias sobre resíduos de metais em fármacos gera uma demanda de pesquisa e desenvolvimento nesta área e são os agentes motivadores dessa proposta. O objetivo geral da proposta envolve o estudo novas metodologias de análise de produtos de degradação e de impurezas metálicas em fármacos, a validação dos métodos análise utilizados e formação de recursos humanos especializados em tecnologias de metrologia analítica. Deve-se estudar métodos de análise para produtos de degradação em fármacos por cromatografia líquida de alta eficiência, corroboradas por técnicas de análise térmica diferencial, espectroscópicas no ultravioleta-visível e no infravermelho (médio e próximo) e também por ressonância magnética nuclear (de carbono e hidrogênio). Deve-se estudar igualmente métodos para análise de metais residuais por espectrometria de emissão atômica com plasma indutivamente acoplado e corroborar os resultados com dados de espectrometria de absorção atômica com chama e técnicas titulométricas. Ambos os estudos devem ser conduzidos priorizando a inovação metodológica e a validação dos métodos analíticos envolvidos. Propõe-se priorizar medicamentos de interesse das indústrias farmacêuticas. Contatos iniciais com as indústrias farmacêuticas estão sendo estabelecidos visando firmar contratos Empresa-Universidade impulsionados pelos incentivos da Lei do Bem.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Coordenador / Marcelo Henrique Sousa - Integrante., Financiador(es): Ministério da Ciência e Tecnologia - Cooperação.

  • 2010 - Atual

    ESTUDOS ANALÍTICOS PARA ANÁLISE DE PRODUTOS DE DEGRADAÇÃO EM FÁRMACOS., Descrição: O controle e a diminuição dos efeitos colaterais de fármacos são pontos principais que garantem segurança na terapia medicamentosa. Como os efeitos colaterais são propriedades inerentes aos fármacos, a metrologia farmacêutica desempenha papel fundamental na qualidade dos princípios ativos e medicamentos consumidos no país. Os fatores principais avaliados no controle de qualidade dos fármacos são as determinações da estabilidade, toxicidade e dos produtos de degradação (i.e., avaliar o comportamento dos fármacos função do tempo, e pela interferência externa de uma variedade de fatores como a temperatura, umidade e luz) e são exigências para o registro, pós-registro e renovação de registro de medicamentos no país. Entretanto, apesar das exigências pelas agências reguladoras da análise dos produtos de degradação existir desde 2002, apenas em 2008 foram publicados informes técnicos sobre os parâmetros neste tipo de análise. A carência de adequações e capacitações técnicas específicas associadas às validações dos métodos de análise em fármacos gera uma demanda dês pesquisa e desenvolvimento em metodologia analítica dos produtos de degradação de fármacos. A formação recursos humanos o desenvolvimento e a validação de metodologias analíticas sobre o tema, são aspectos motivadores deste projeto.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Coordenador / Claure Nalin Lunardi Gomes - Integrante / Anderson de Jesus Gomes - Integrante / Marcelo Henrique Sousa - Integrante / Maria Hosana Conceição - Integrante / Paulo Gustavo Barboni - Integrante / Bruna Rodrigues Rhein - Integrante., Financiador(es): Ministério da Ciência e Tecnologia - Auxílio financeiro.

  • 2011 - Atual

    CAPACITAÇÃO LABORATORIAL EM METROLOGIA FÍSICO-QUÍMICA E FARMACÊUTICA A FIM DE VIABILIZAR ESTUDOS PARA VALIDAÇÃO METODOLÓGICA DE ANÁLISE DE PRODUTOS DE DEGRADAÇÃO E DE METAIS EM FÁRMACOS, Descrição: A carência de adequações e capacitações técnicas específicas para validações de métodos de análise para produtos de degradação de IFA?s associados à tendência regulatória das Farmacopéias Americanas e Européias sobre resíduos de metais em fármacos gera uma demanda de pesquisa e desenvolvimento nesta área e são os agentes motivadores dessa proposta. O objetivo geral da proposta envolve o estudo novas metodologias de análise de produtos de degradação e de impurezas metálicas em fármacos, a validação dos métodos análise utilizados e formação de recursos humanos especializados em tecnologias de metrologia analítica. Deve-se estudar métodos de análise para produtos de degradação em fármacos por cromatografia líquida de alta eficiência, corroboradas por técnicas de análise térmica diferencial, espectroscópicas no ultravioleta-visível e no infravermelho (médio e próximo) e também por ressonância magnética nuclear (de carbono e hidrogênio). Deve-se estudar igualmente métodos para análise de metais residuais por espectrometria de emissão atômica com plasma indutivamente acoplado e corroborar os resultados com dados de espectrometria de absorção atômica com chama e técnicas titulométricas. Ambos os estudos devem ser conduzidos priorizando a inovação metodológica e a validação dos métodos analíticos envolvidos. Propõe-se priorizar medicamentos de interesse das indústrias farmacêuticas. Contatos iniciais com as indústrias farmacêuticas estão sendo estabelecidos visando firmar contratos Empresa-Universidade impulsionados pelos incentivos da Lei do Bem.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Coordenador / Marcelo Henrique Sousa - Integrante., Financiador(es): Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação - Cooperação.

  • 2010 - Atual

    ESTUDOS ANALÍTICOS PARA ANÁLISE DE PRODUTOS DE DEGRADAÇÃO EM FÁRMACOS., Descrição: O controle e a diminuição dos efeitos colaterais de fármacos são pontos principais que garantem segurança na terapia medicamentosa. Como os efeitos colaterais são propriedades inerentes aos fármacos, a metrologia farmacêutica desempenha papel fundamental na qualidade dos princípios ativos e medicamentos consumidos no país. Os fatores principais avaliados no controle de qualidade dos fármacos são as determinações da estabilidade, toxicidade e dos produtos de degradação (i.e., avaliar o comportamento dos fármacos função do tempo, e pela interferência externa de uma variedade de fatores como a temperatura, umidade e luz) e são exigências para o registro, pós-registro e renovação de registro de medicamentos no país. Entretanto, apesar das exigências pelas agências reguladoras da análise dos produtos de degradação existir desde 2002, apenas em 2008 foram publicados informes técnicos sobre os parâmetros neste tipo de análise. A carência de adequações e capacitações técnicas específicas associadas às validações dos métodos de análise em fármacos gera uma demanda dês pesquisa e desenvolvimento em metodologia analítica dos produtos de degradação de fármacos. A formação recursos humanos o desenvolvimento e a validação de metodologias analíticas sobre o tema, são aspectos motivadores deste projeto.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Coordenador / Claure Nalin Lunardi Gomes - Integrante / Anderson de Jesus Gomes - Integrante / Marcelo Henrique Sousa - Integrante / Maria Hosana Conceição - Integrante / Paulo Gustavo Barboni - Integrante / Bruna Rodrigues Rhein - Integrante., Financiador(es): Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação - Auxílio financeiro.

  • 2011 - Atual

    CAPACITAÇÃO LABORATORIAL EM METROLOGIA FÍSICO-QUÍMICA E FARMACÊUTICA A FIM DE VIABILIZAR ESTUDOS PARA VALIDAÇÃO METODOLÓGICA DE ANÁLISE DE PRODUTOS DE DEGRADAÇÃO E DE METAIS EM FÁRMACOS, Descrição: A carência de adequações e capacitações técnicas específicas para validações de métodos de análise para produtos de degradação de IFA?s associados à tendência regulatória das Farmacopéias Americanas e Européias sobre resíduos de metais em fármacos gera uma demanda de pesquisa e desenvolvimento nesta área e são os agentes motivadores dessa proposta. O objetivo geral da proposta envolve o estudo novas metodologias de análise de produtos de degradação e de impurezas metálicas em fármacos, a validação dos métodos análise utilizados e formação de recursos humanos especializados em tecnologias de metrologia analítica. Deve-se estudar métodos de análise para produtos de degradação em fármacos por cromatografia líquida de alta eficiência, corroboradas por técnicas de análise térmica diferencial, espectroscópicas no ultravioleta-visível e no infravermelho (médio e próximo) e também por ressonância magnética nuclear (de carbono e hidrogênio). Deve-se estudar igualmente métodos para análise de metais residuais por espectrometria de emissão atômica com plasma indutivamente acoplado e corroborar os resultados com dados de espectrometria de absorção atômica com chama e técnicas titulométricas. Ambos os estudos devem ser conduzidos priorizando a inovação metodológica e a validação dos métodos analíticos envolvidos. Propõe-se priorizar medicamentos de interesse das indústrias farmacêuticas. Contatos iniciais com as indústrias farmacêuticas estão sendo estabelecidos visando firmar contratos Empresa-Universidade impulsionados pelos incentivos da Lei do Bem.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Coordenador / Marcelo Henrique Sousa - Integrante., Financiador(es): Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações - Cooperação.

  • 2010 - Atual

    ESTUDOS ANALÍTICOS PARA ANÁLISE DE PRODUTOS DE DEGRADAÇÃO EM FÁRMACOS., Descrição: O controle e a diminuição dos efeitos colaterais de fármacos são pontos principais que garantem segurança na terapia medicamentosa. Como os efeitos colaterais são propriedades inerentes aos fármacos, a metrologia farmacêutica desempenha papel fundamental na qualidade dos princípios ativos e medicamentos consumidos no país. Os fatores principais avaliados no controle de qualidade dos fármacos são as determinações da estabilidade, toxicidade e dos produtos de degradação (i.e., avaliar o comportamento dos fármacos função do tempo, e pela interferência externa de uma variedade de fatores como a temperatura, umidade e luz) e são exigências para o registro, pós-registro e renovação de registro de medicamentos no país. Entretanto, apesar das exigências pelas agências reguladoras da análise dos produtos de degradação existir desde 2002, apenas em 2008 foram publicados informes técnicos sobre os parâmetros neste tipo de análise. A carência de adequações e capacitações técnicas específicas associadas às validações dos métodos de análise em fármacos gera uma demanda dês pesquisa e desenvolvimento em metodologia analítica dos produtos de degradação de fármacos. A formação recursos humanos o desenvolvimento e a validação de metodologias analíticas sobre o tema, são aspectos motivadores deste projeto.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Coordenador / Claure Nalin Lunardi Gomes - Integrante / Anderson de Jesus Gomes - Integrante / Marcelo Henrique Sousa - Integrante / Maria Hosana Conceição - Integrante / Paulo Gustavo Barboni - Integrante / Bruna Rodrigues Rhein - Integrante., Financiador(es): Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações - Auxílio financeiro.

  • 2011 - Atual

    CAPACITAÇÃO LABORATORIAL EM METROLOGIA FÍSICO-QUÍMICA E FARMACÊUTICA A FIM DE VIABILIZAR ESTUDOS PARA VALIDAÇÃO METODOLÓGICA DE ANÁLISE DE PRODUTOS DE DEGRADAÇÃO E DE METAIS EM FÁRMACOS, Descrição: A carência de adequações e capacitações técnicas específicas para validações de métodos de análise para produtos de degradação de IFA?s associados à tendência regulatória das Farmacopéias Americanas e Européias sobre resíduos de metais em fármacos gera uma demanda de pesquisa e desenvolvimento nesta área e são os agentes motivadores dessa proposta. O objetivo geral da proposta envolve o estudo novas metodologias de análise de produtos de degradação e de impurezas metálicas em fármacos, a validação dos métodos análise utilizados e formação de recursos humanos especializados em tecnologias de metrologia analítica. Deve-se estudar métodos de análise para produtos de degradação em fármacos por cromatografia líquida de alta eficiência, corroboradas por técnicas de análise térmica diferencial, espectroscópicas no ultravioleta-visível e no infravermelho (médio e próximo) e também por ressonância magnética nuclear (de carbono e hidrogênio). Deve-se estudar igualmente métodos para análise de metais residuais por espectrometria de emissão atômica com plasma indutivamente acoplado e corroborar os resultados com dados de espectrometria de absorção atômica com chama e técnicas titulométricas. Ambos os estudos devem ser conduzidos priorizando a inovação metodológica e a validação dos métodos analíticos envolvidos. Propõe-se priorizar medicamentos de interesse das indústrias farmacêuticas. Contatos iniciais com as indústrias farmacêuticas estão sendo estabelecidos visando firmar contratos Empresa-Universidade impulsionados pelos incentivos da Lei do Bem.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Coordenador / Marcelo Henrique Sousa - Integrante., Financiador(es): Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações - Cooperação.

  • 2010 - Atual

    ESTUDOS ANALÍTICOS PARA ANÁLISE DE PRODUTOS DE DEGRADAÇÃO EM FÁRMACOS., Descrição: O controle e a diminuição dos efeitos colaterais de fármacos são pontos principais que garantem segurança na terapia medicamentosa. Como os efeitos colaterais são propriedades inerentes aos fármacos, a metrologia farmacêutica desempenha papel fundamental na qualidade dos princípios ativos e medicamentos consumidos no país. Os fatores principais avaliados no controle de qualidade dos fármacos são as determinações da estabilidade, toxicidade e dos produtos de degradação (i.e., avaliar o comportamento dos fármacos função do tempo, e pela interferência externa de uma variedade de fatores como a temperatura, umidade e luz) e são exigências para o registro, pós-registro e renovação de registro de medicamentos no país. Entretanto, apesar das exigências pelas agências reguladoras da análise dos produtos de degradação existir desde 2002, apenas em 2008 foram publicados informes técnicos sobre os parâmetros neste tipo de análise. A carência de adequações e capacitações técnicas específicas associadas às validações dos métodos de análise em fármacos gera uma demanda dês pesquisa e desenvolvimento em metodologia analítica dos produtos de degradação de fármacos. A formação recursos humanos o desenvolvimento e a validação de metodologias analíticas sobre o tema, são aspectos motivadores deste projeto.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Coordenador / Claure Nalin Lunardi Gomes - Integrante / Anderson de Jesus Gomes - Integrante / Marcelo Henrique Sousa - Integrante / Maria Hosana Conceição - Integrante / Paulo Gustavo Barboni - Integrante / Bruna Rodrigues Rhein - Integrante., Financiador(es): Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações - Auxílio financeiro.

  • 2011 - Atual

    CAPACITAÇÃO LABORATORIAL EM METROLOGIA FÍSICO-QUÍMICA E FARMACÊUTICA A FIM DE VIABILIZAR ESTUDOS PARA VALIDAÇÃO METODOLÓGICA DE ANÁLISE DE PRODUTOS DE DEGRADAÇÃO E DE METAIS EM FÁRMACOS, Descrição: A carência de adequações e capacitações técnicas específicas para validações de métodos de análise para produtos de degradação de IFA?s associados à tendência regulatória das Farmacopéias Americanas e Européias sobre resíduos de metais em fármacos gera uma demanda de pesquisa e desenvolvimento nesta área e são os agentes motivadores dessa proposta. O objetivo geral da proposta envolve o estudo novas metodologias de análise de produtos de degradação e de impurezas metálicas em fármacos, a validação dos métodos análise utilizados e formação de recursos humanos especializados em tecnologias de metrologia analítica. Deve-se estudar métodos de análise para produtos de degradação em fármacos por cromatografia líquida de alta eficiência, corroboradas por técnicas de análise térmica diferencial, espectroscópicas no ultravioleta-visível e no infravermelho (médio e próximo) e também por ressonância magnética nuclear (de carbono e hidrogênio). Deve-se estudar igualmente métodos para análise de metais residuais por espectrometria de emissão atômica com plasma indutivamente acoplado e corroborar os resultados com dados de espectrometria de absorção atômica com chama e técnicas titulométricas. Ambos os estudos devem ser conduzidos priorizando a inovação metodológica e a validação dos métodos analíticos envolvidos. Propõe-se priorizar medicamentos de interesse das indústrias farmacêuticas. Contatos iniciais com as indústrias farmacêuticas estão sendo estabelecidos visando firmar contratos Empresa-Universidade impulsionados pelos incentivos da Lei do Bem.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Coordenador / Marcelo Henrique Sousa - Integrante., Financiador(es): Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações - Cooperação.

  • 2010 - Atual

    ESTUDOS ANALÍTICOS PARA ANÁLISE DE PRODUTOS DE DEGRADAÇÃO EM FÁRMACOS., Descrição: O controle e a diminuição dos efeitos colaterais de fármacos são pontos principais que garantem segurança na terapia medicamentosa. Como os efeitos colaterais são propriedades inerentes aos fármacos, a metrologia farmacêutica desempenha papel fundamental na qualidade dos princípios ativos e medicamentos consumidos no país. Os fatores principais avaliados no controle de qualidade dos fármacos são as determinações da estabilidade, toxicidade e dos produtos de degradação (i.e., avaliar o comportamento dos fármacos função do tempo, e pela interferência externa de uma variedade de fatores como a temperatura, umidade e luz) e são exigências para o registro, pós-registro e renovação de registro de medicamentos no país. Entretanto, apesar das exigências pelas agências reguladoras da análise dos produtos de degradação existir desde 2002, apenas em 2008 foram publicados informes técnicos sobre os parâmetros neste tipo de análise. A carência de adequações e capacitações técnicas específicas associadas às validações dos métodos de análise em fármacos gera uma demanda dês pesquisa e desenvolvimento em metodologia analítica dos produtos de degradação de fármacos. A formação recursos humanos o desenvolvimento e a validação de metodologias analíticas sobre o tema, são aspectos motivadores deste projeto.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Coordenador / Claure Nalin Lunardi Gomes - Integrante / Anderson de Jesus Gomes - Integrante / Marcelo Henrique Sousa - Integrante / Maria Hosana Conceição - Integrante / Paulo Gustavo Barboni - Integrante / Bruna Rodrigues Rhein - Integrante., Financiador(es): Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações - Auxílio financeiro.

  • 2011 - Atual

    CAPACITAÇÃO LABORATORIAL EM METROLOGIA FÍSICO-QUÍMICA E FARMACÊUTICA A FIM DE VIABILIZAR ESTUDOS PARA VALIDAÇÃO METODOLÓGICA DE ANÁLISE DE PRODUTOS DE DEGRADAÇÃO E DE METAIS EM FÁRMACOS, Descrição: A carência de adequações e capacitações técnicas específicas para validações de métodos de análise para produtos de degradação de IFA?s associados à tendência regulatória das Farmacopéias Americanas e Européias sobre resíduos de metais em fármacos gera uma demanda de pesquisa e desenvolvimento nesta área e são os agentes motivadores dessa proposta. O objetivo geral da proposta envolve o estudo novas metodologias de análise de produtos de degradação e de impurezas metálicas em fármacos, a validação dos métodos análise utilizados e formação de recursos humanos especializados em tecnologias de metrologia analítica. Deve-se estudar métodos de análise para produtos de degradação em fármacos por cromatografia líquida de alta eficiência, corroboradas por técnicas de análise térmica diferencial, espectroscópicas no ultravioleta-visível e no infravermelho (médio e próximo) e também por ressonância magnética nuclear (de carbono e hidrogênio). Deve-se estudar igualmente métodos para análise de metais residuais por espectrometria de emissão atômica com plasma indutivamente acoplado e corroborar os resultados com dados de espectrometria de absorção atômica com chama e técnicas titulométricas. Ambos os estudos devem ser conduzidos priorizando a inovação metodológica e a validação dos métodos analíticos envolvidos. Propõe-se priorizar medicamentos de interesse das indústrias farmacêuticas. Contatos iniciais com as indústrias farmacêuticas estão sendo estabelecidos visando firmar contratos Empresa-Universidade impulsionados pelos incentivos da Lei do Bem.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Coordenador / Marcelo Henrique Sousa - Integrante., Financiador(es): Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações - Cooperação.

  • 2010 - Atual

    ESTUDOS ANALÍTICOS PARA ANÁLISE DE PRODUTOS DE DEGRADAÇÃO EM FÁRMACOS., Descrição: O controle e a diminuição dos efeitos colaterais de fármacos são pontos principais que garantem segurança na terapia medicamentosa. Como os efeitos colaterais são propriedades inerentes aos fármacos, a metrologia farmacêutica desempenha papel fundamental na qualidade dos princípios ativos e medicamentos consumidos no país. Os fatores principais avaliados no controle de qualidade dos fármacos são as determinações da estabilidade, toxicidade e dos produtos de degradação (i.e., avaliar o comportamento dos fármacos função do tempo, e pela interferência externa de uma variedade de fatores como a temperatura, umidade e luz) e são exigências para o registro, pós-registro e renovação de registro de medicamentos no país. Entretanto, apesar das exigências pelas agências reguladoras da análise dos produtos de degradação existir desde 2002, apenas em 2008 foram publicados informes técnicos sobre os parâmetros neste tipo de análise. A carência de adequações e capacitações técnicas específicas associadas às validações dos métodos de análise em fármacos gera uma demanda dês pesquisa e desenvolvimento em metodologia analítica dos produtos de degradação de fármacos. A formação recursos humanos o desenvolvimento e a validação de metodologias analíticas sobre o tema, são aspectos motivadores deste projeto.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Coordenador / Claure Nalin Lunardi Gomes - Integrante / Anderson de Jesus Gomes - Integrante / Marcelo Henrique Sousa - Integrante / Maria Hosana Conceição - Integrante / Paulo Gustavo Barboni - Integrante / Bruna Rodrigues Rhein - Integrante., Financiador(es): Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações - Auxílio financeiro.

  • 2011 - Atual

    CAPACITAÇÃO LABORATORIAL EM METROLOGIA FÍSICO-QUÍMICA E FARMACÊUTICA A FIM DE VIABILIZAR ESTUDOS PARA VALIDAÇÃO METODOLÓGICA DE ANÁLISE DE PRODUTOS DE DEGRADAÇÃO E DE METAIS EM FÁRMACOS, Descrição: A carência de adequações e capacitações técnicas específicas para validações de métodos de análise para produtos de degradação de IFA?s associados à tendência regulatória das Farmacopéias Americanas e Européias sobre resíduos de metais em fármacos gera uma demanda de pesquisa e desenvolvimento nesta área e são os agentes motivadores dessa proposta. O objetivo geral da proposta envolve o estudo novas metodologias de análise de produtos de degradação e de impurezas metálicas em fármacos, a validação dos métodos análise utilizados e formação de recursos humanos especializados em tecnologias de metrologia analítica. Deve-se estudar métodos de análise para produtos de degradação em fármacos por cromatografia líquida de alta eficiência, corroboradas por técnicas de análise térmica diferencial, espectroscópicas no ultravioleta-visível e no infravermelho (médio e próximo) e também por ressonância magnética nuclear (de carbono e hidrogênio). Deve-se estudar igualmente métodos para análise de metais residuais por espectrometria de emissão atômica com plasma indutivamente acoplado e corroborar os resultados com dados de espectrometria de absorção atômica com chama e técnicas titulométricas. Ambos os estudos devem ser conduzidos priorizando a inovação metodológica e a validação dos métodos analíticos envolvidos. Propõe-se priorizar medicamentos de interesse das indústrias farmacêuticas. Contatos iniciais com as indústrias farmacêuticas estão sendo estabelecidos visando firmar contratos Empresa-Universidade impulsionados pelos incentivos da Lei do Bem.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Coordenador / Marcelo Henrique Sousa - Integrante., Financiador(es): Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações - Cooperação.

  • 2010 - Atual

    ESTUDOS ANALÍTICOS PARA ANÁLISE DE PRODUTOS DE DEGRADAÇÃO EM FÁRMACOS., Descrição: O controle e a diminuição dos efeitos colaterais de fármacos são pontos principais que garantem segurança na terapia medicamentosa. Como os efeitos colaterais são propriedades inerentes aos fármacos, a metrologia farmacêutica desempenha papel fundamental na qualidade dos princípios ativos e medicamentos consumidos no país. Os fatores principais avaliados no controle de qualidade dos fármacos são as determinações da estabilidade, toxicidade e dos produtos de degradação (i.e., avaliar o comportamento dos fármacos função do tempo, e pela interferência externa de uma variedade de fatores como a temperatura, umidade e luz) e são exigências para o registro, pós-registro e renovação de registro de medicamentos no país. Entretanto, apesar das exigências pelas agências reguladoras da análise dos produtos de degradação existir desde 2002, apenas em 2008 foram publicados informes técnicos sobre os parâmetros neste tipo de análise. A carência de adequações e capacitações técnicas específicas associadas às validações dos métodos de análise em fármacos gera uma demanda dês pesquisa e desenvolvimento em metodologia analítica dos produtos de degradação de fármacos. A formação recursos humanos o desenvolvimento e a validação de metodologias analíticas sobre o tema, são aspectos motivadores deste projeto.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Juliano Alexandre Chaker - Coordenador / Claure Nalin Lunardi Gomes - Integrante / Anderson de Jesus Gomes - Integrante / Marcelo Henrique Sousa - Integrante / Maria Hosana Conceição - Integrante / Paulo Gustavo Barboni - Integrante / Bruna Rodrigues Rhein - Integrante., Financiador(es): Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações - Auxílio financeiro.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade de Brasília, UNB - Campus Ceilândia. , Setor Campus Universitário Centro Metropolitano, Ceilândia Sul (Ceilândia), 72220275 - Brasília, DF - Brasil, Telefone: (61) 31078938, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2000 - 2004

    Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

    Vínculo: Doutorando, Enquadramento Funcional: Pesquisa e desenvolvimento, Carga horária: 0

    Outras informações:
    Estudo de híbridos condutores sílica-polipropilenoglicol preparados pelo processo sol-gel

  • 1998 - 2000

    Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

    Vínculo: Bolsista mestrado, Enquadramento Funcional: pesquisador, Carga horária: 0, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 04/2000 - 03/2004

      Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Química de Araraquara, Departamento de Físico-Química.,Linhas de pesquisa

    • 11/1998 - 02/2000

      Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Química de Araraquara, Departamento de Físico-Química.,Linhas de pesquisa

  • 2000 - 2001

    Universite de Paris-SUD

    Vínculo: Doutorando, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 0, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 10/2000 - 09/2001

      Pesquisa e desenvolvimento , Institut de Chimie Molecularie d Orsay, .,Linhas de pesquisa

  • 2009 - Atual

    Universidade de Brasília, UnB

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2005 - 2009

    Universidade de Brasília, UnB

    Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: pesquisador, Carga horária: 40

    Atividades

    • 06/2018

      Direção e administração, UNB - Campus Ceilândia, .,Cargo ou função, Membro integrante do Comitê Gestor de laboratórios Multidisciplinares.

    • 06/2017 - 03/2019

      Conselhos, Comissões e Consultoria, UNB - Campus Ceilândia, .,Cargo ou função, Membro do conselho de pós graduação do PPGCTS.

    • 06/2016 - 05/2018

      Conselhos, Comissões e Consultoria, UNB - Campus Ceilândia, .,Cargo ou função, Presidente do Comitê gestor de Laboratórios Multidisciplinares.

    • 08/2011 - 12/2011

      Ensino, Farmácia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Do átomo a vida I (química Geral), Química Farmacêutica

    • 03/2011 - 07/2011

      Ensino, Farmácia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Do átomo a Vida I (Química Geral), Química Farmacêutica

    • 08/2010 - 12/2010

      Ensino, Farmácia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Do Átomo a Vida I, Química Farmacêutica

    • 06/2010 - 11/2010

      Extensão universitária , Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, .,Atividade de extensão realizada, Residência em Extensão Universitária.

    • 06/2010 - 11/2010

      Extensão universitária , Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, .,Atividade de extensão realizada, Projeto Rondon - Operação Casa Velha.

    • 06/2010 - 11/2010

      Extensão universitária , Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, .,Atividade de extensão realizada, Construção de Projetos Sociais Multidisciplinares.

    • 02/2010 - 07/2010

      Ensino, Farmácia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Do Átomo a Vida I, Química Farmacêutica

    • 09/2005 - 11/2009

      Pesquisa e desenvolvimento , Centro Internacional de Física da Matéria Condensada, .,Linhas de pesquisa