Pedro Wongtschowski

Natural de São Paulo, é Engenheiro Químico, Mestre e Doutor em Engenharia pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Profissionalmente passou pela PROMON Engenharia (1972-1977) e ULTRA, como Diretor de Desenvolvimento e Diretor Superintendente da Oxiteno S.A. (1992-2006). Entre janeiro de 2007 e dezembro de 2012 foi Presidente da ULTRAPAR Participações S.A. É Presidente do Conselho de Administração da EMBRAPII. Presidente do Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial ? IEDI. É Presidente do Conselho Superior da ANPEI - Associação Nacional de Pesquisa, Desenvolvimento e Engenharia das Empresas Inovadoras. Membro do Conselho Superior da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo ? FAPESP. Presidente do Conselho de Administração da ULTRAPAR Participações S.A. e Membro dos Conselhos de Administração da EMBRAER S.A., do Centro de Tecnologia Canavieira S.A. e da Votorantim S.A. Membro do Conselho Consultivo e da Universidade de São Paulo é é Pesquisador Associado do Núcleo de Política e Gestão Tecnológica da USP, desde 2012. Autor do livro "Indústria Química - Riscos e Oportunidades" (Editora Edgard Blücher, SP, 2002 ? 2ª Edição), agraciado com a Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito Científico e agraciado com a Ordem Nacional Barão de Mauá Classe Grã-Cruz (MDIC) em 2018.

Informações coletadas do Lattes em 20/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Engenharia

1994 - 1998

Escola Politécnica da Universidade de São Paulo
Título: TÉCNICAS DE REDUÇÃO DE VULNERABILIDADE NA INDÚSTRIA QUÍMICA
GIL ANDERI DA SILVA. Palavras-chave: indústria Química; Tecnologia Química.Grande área: EngenhariasSetores de atividade: Fabricação de Produtos Químicos Orgânicos.

Mestrado em Engenharia

1976 - 1978

Escola Politécnica da Universidade de São Paulo
Título: NITROFOSFATOS - Uma Análise Técnico-Econômica para a Situação Brasileira,Ano de Obtenção: 1978
Orientador: FERNANDO ARCURI JÚNIOR
Grande área: EngenhariasSetores de atividade: Fabricação de Produtos Químicos; Fabricação de Produtos Químicos Inorgânicos.

Graduação em Engenharia Química

1966 - 1970

Escola Politécnica da Universidade de São Paulo

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2017 - 2017

Executive Program. (Carga horária: 24h). , Singularity University, SU, Estados Unidos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Alemão

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Tecnologia Química/Especialidade: Indústria Química.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Processos Industriais de Engenharia Química/Especialidade: Processos Orgânicos.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Gestão de Negócios da Indústria de Processos Químicos/Especialidade: Gestão de Negócios da Indústria de Processos Químicos.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Tecnologia Química.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

WONGTSCHOWSKI, P . I TECNIQ - SEMINÁRIO SOBRE TECNOLOGIA NA INDÚSTRIA QUÍMICA. 2006. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

15º Fórum de Economia da FGV SP.Como agir em 2019 diante do teto de gastos?. 2018. (Outra).

Global Innovation Index (GII) 2018 Press Conference.lançamento do Índice Global de Inovação 2018 e 22º Diálogos da MEI. 2018. (Seminário).

Programa de Pós-Graduação em Química da UNESP.A Indústria no Brasil - Uma Visão Geral e um Olhar Especial para o Setor Químico. 2018. (Outra).

Seminário IQ-Unicamp.A importância da indústria no Brasil ? o caso da indústria química. 2018. (Seminário).

30 ANOS DA ABIFINA.O Brasil: A Química e a Indústria. 2016. (Encontro).

AULA MAGNA.ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO AULA MAGNA DE ABERTURA DOS CURSOS DE ENGENHARIA 15/02/16. 2016. (Outra).

Congresso de Inovação 2016 Megatendências 2050. IoT Transformando nossa maneira de viver. 2016. (Congresso).

Dia da Engenharia Brasil-Alemanha.Os desafios da engenharia no Brasil. 2015. (Encontro).

FÒRUM NACIONAL DE EDUCAÇÃO SUPERIOR.DESAFIOS E PE PERSPECTIVAS DA UNIVERSIDADE PÚBLICA BRASILEIRA NO MARCO DO PNE. 2015. (Outra).

GERMAN BRAZILIAN INNOVATION DIALOGUE.Kick-off speech: German-Brazilian industry cooperation on innovation. 2015. (Encontro).

GOVERNANÇA UNIVERSITÁRIA.O QUE SE ESPERA DA UNIVERSIDADE. 2015. (Encontro).

WORKSHOP SCIENCE, TECHNOLOGY AND INNOVATION SYSTEMS: DYNAMICS, GOVERNANCE AND PUBLIC POLICY.ROUND TABLE: PRACTITIONERS X ACADEMIC: BIG CHALLENGES IN SCIENCE, TECHNOLOGY AND INNOVATION POLICY DESIGN AND DEVELOPMENT. 2015. (Encontro).

XVI Seminário de Economia Industrial "Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Sustentado no Brasil?".O papel da Ciência e Tecnologia no desenvolvimento brasileiro. 2015. (Seminário).

AULA MAGNA ITA.Inovação. 2014. (Outra).

DIÁLOGO DA INDÚSTRIA COM CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA.DIÁLOGO DA INDÚSTRIA COM CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA. 2014. (Encontro).

Diálogos da MEI ? Inovação para Inserir o Brasil nas Cadeias Globais de Valor?.A Agenda MEI de Inovação Empresarial: Cadeias Globais de Valor (CGV). 2014. (Outra).

Diálogo sobre Política Externa.Ciência e Tecnologia. 2014. (Seminário).

Reunião Magna da Academia Brasileira de Ciências.Da Ciência Básica à tecnologia e Inovação nas Empresas. 2014. (Outra).

Workshop Inovar na Inovação.Discussão conclusiva, avaliação da Oficina e próximos passos. 2014. (Encontro).

16ª REUNIÃO DO COMITÊ DE COOPERAÇÃO ECONÔMICA BRASIL-JAPÃO.ENERGIA E DESENVOLVIMENTO DA CADEIA DE. 2013. (Outra).

80ª Semana da Escola de Química.O Futuro da Indústria Química - O que a universidade tem a ver com isso?. 2013. (Encontro).

AMCHAM: Seminário " Momento político: Como impacta o seu Negócio".Reação da iniciativa privada e impacto nos investimentos privados nacional e internacional. 2013. (Seminário).

INDÚSTRIA QUÍMICA:Essencial para o desenvolvimento nacional".A Importância da Inovação para a Indústria Química. 2013. (Seminário).

I Seminário e cerimônia de entrega do Prêmio Brasil-Alemanha de Inovação..Inovação como estratégia para o crescimento econômico sustentável: ações do governo brasileiro de incentivo à inovação. 2013. (Seminário).

Reunião Preparativa para o fòrum Mundial de Ciência 2013.O dispêndio privado em P&D. 2013. (Outra).

Seminário Investimento em Inovação para a Competitividade.Painel 3 - Como o governo e as empresas podem influenciar os investimentos em inovação no curto prazo?. 2013. (Seminário).

15ª Semana de Engenharia Química Unicamp.O papel do engenheiro químico no caminho da evolução. 2012. (Encontro).

6º edição do Encontro Nacional Indústria - ENAI.Debatedor no painel "Transformações e desafios da Indústria Globalizada". 2012. (Encontro).

Summit 2012.Tendências: Um olhar sobre o Brasil: Futuro Emergente em um Mundo em Transformação. 2012. (Seminário).

VII Semana de Engenharia Química.O Futuro da Indústria Química no Brasil. 2012. (Outra).

XII Conferência ANPEI de Inovação Tecnológica.Inovar agora:CompetiçãoGlobal e Sobrevivência Local. 2012. (Encontro).

78ª Semana da Escola Química.O Futuro da Química. 2011. (Encontro).

4ª CNCTI - Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação.Inovação na Sociedade e na Empresa. 2010. (Outra).

Agenda Desafio 2009-2015: Recursos Humanos para Inovação e Competitividade.Painel 2: A Formação e Capacitação de Recursos Humanos frente à Política de Desenvolvimento Produtivo. 2010. (Encontro).

Aula com Certificado expedido pela FGV - Universidade de Berkeley.Programa Pensando e Agindo como um CEO. 2010. (Outra).

CONFERÊNCIA PAULISTA DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO,.P&D no setor privado em SP. 2010. (Outra).

Curso de Relações Internacionais da USP, como parte das atividades da disciplina.Tecnologia e Inovação: Os Desafios Globais e o Brasil. 2010. (Outra).

PROGRAMA PENSANDO E AGINDO COMO CEO.GOVERNANÇA CORPORATIVA. 2010. (Outra).

2º CONGRESSO INTERNACIONAL DE INOVAÇÃO - FIEGRS. PERSPECTIVAS DO AMBIENTE BRASILEIRO DE INOVAÇÃO. 2009. (Congresso).

IX CONFERÊNCIA ANUAL - ANPEI.INOVAÇÃO E COMPETITIVIDADE: O CASO BRASILEIRO. 2009. (Outra).

10 anos do Curso de Engenharia Química da Universidade UNOCHAPECÓ.Indústria Química - Riscos e Oportunidades. 2008. (Encontro).

21st Annual Young & Partners Senior Executive Conference.Petrochemicals in Latin America: An Evolving Picture. 2008. (Outra).

4º Encontro Brasileiro dos Distribuidores de Produtos Químicos e Petroquímicos (EBDQUIM).O Futuro da Indústria Química Brasileira. 2008. (Encontro).

Fornecimento de Álcool a longo prazo (Aggrego Consultores). 2008. (Encontro).

MESTRADO PROFISSIONAL IPT.ENTREGA DOS DIPLOMAS AOS ALUNOS DO CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL DO IPT. 2008. (Encontro).

MUDANÇAS NA BALANÇA DE PODER GLOBAL: PERSPECTIVAS ECONÔMICAS E GEOPOLÍTICAS. 2008. (Seminário).

O PÓLO PRÉ-SAL DA BACIA DE SANTOS (IBP). 2008. (Seminário).

Shell Global Solutions - Executive Summit. 2008. (Simpósio).

UBS Pactual Ninth Annual CEO Conference.Brazil 2008. 2008. (Encontro).

12º Encontro Anual da Indústria Química - ABIQUIM.Situação da indústria química brasileira. 2007. (Encontro).

20th Annual Senior Chemical Executiva Seminar. 2007. (Outra).

27ª Reunión Anual Latinoamericana de Petroquímica. 2007. (Outra).

Agenda de Competitividade para a Indústria Paulista - FIESP.Agenda de Competitividade para a Indústria Paulista. 2007. (Encontro).

Comemoração dos 50 anos do IBP. 2007. (Encontro).

CONFERÊNCIA. BRAZIL 2007. 2007. (Congresso).

FUNDAÇÃO DOM CABRAL.A Evolução da Economia Global e o Cenário Sócio Político Regional: Bases e Perspectivas para as Multinacionais Latino-Americanas. 2007. (Seminário).

IEE - Instituto de Estudos Empresariais.Desafios na gestão de uma empresa brasileira. 2007. (Encontro).

Núcleo de Política e Gestão Tecnológica da USP/FEA.MUDANÇAS CLIMÁTICAS E ESTRATÉGIAS EMPRESARIAIS. 2007. (Seminário).

Tá na Mesa.Crescimento das empresas brasileiras. 2007. (Encontro).

Tecnológia para o Futuro da Produção de Etanol no Brasil. 2007. (Seminário).

X Seminário de Administração - Globalização e Internacionalização de Empresas.Internacionalização de Empresas Brasileiras: Como, quando e por que?. 2007. (Seminário).

I TECNIQ DRMINÁRIO SOBRE TECNOLOGIA NA INDÚSTRIA QUÍMICA.SUBSTITUIÇÃO COMPETITIVA DE IMPORTAÇÕES. 2006. (Seminário).

I TECNIQ - SEMINÁRIO SOBRE TECNOLOGIA NA INDÚSTRIA QUÍMICA.SUBSTITUIÇÃO COMPETITIVA DE IMPORTAÇÕES. 2006. (Seminário).

SEMANA DE ENGENHARIA QUÍMICA DA ESCOLA POLITÉCNICA DA USP -.A INDÚSTRIA QUÍMICA BRASILEIRA. 2006. (Encontro).

19º Fórum de Debates Projeto Brasil: A Reforma da Universidade Brasileira.19º Fórum de Debates Projeto Brasil: A Reforma da Universidade Brasileira. 2005. (Seminário).

III SEMANA DE ENGENHARIA QUÍMICA. III SEMANA DE ENGENHARIA QUÍMICA. 2005. (Congresso).

.Palestra AN ALTERNATIVE VIEW OF THE CHEMICAL INDUSTRY - REALITIES AND MYTHS -, proferida para a American Section of the Société de Chimie Industrielle, em New York, USA. 2004. (Outra).

- A Indústria Química e a Economia Nacional - Centro de Extensão Universitária do Instituto de Química da USP.Aula Curso de Professores - Módulo Química e Sociedade - A Indústria Química e a Economia Nacional - Centro de Extensão Universitária do Instituto de Química da USP. 2004. (Outra).

AULA INAUGURAL DO CURSO DE ENGENHARIA DA ESCOLA POLITÉCNICA DA USP, EM SÃO PAULO.AULA INAUGURAL DO CURSO DE ENGENHARIA DA ESCOLA POLITÉCNICA DA USP, EM SÃO PAULO. 2004. (Outra).

.Palestrante do Simpósio Internacional ISTEC (Ibero American Science e Tecnology Education Consortum)/IEEE em Educação Continuada Avançada: Política e Tendências em Formação Continuada em Engenharia, realizado na UNICAMP. 2003. (Simpósio).

.Palestra A INOVAÇÃO TECNOLÓGICA NO SETOR PETROQUÍMICO, por ocasião da III Conferência ANPEI Alavancagem da Inovação Tecnológica, Campinas, São Paulo.. 2003. (Outra).

.Palestra de Abertura do evento PANORAMA ATUAL DO SETOR QUÍMICO E A ALCA, realizado pelo SIQUIRJ no RJ. 2003. (Outra).

.Palestra A PETROQUÍMICA NA BAHIA - UMA VISÃO PROSPECTIVA, como parte do Seminário: Perspectivas da Petroquímica na Bahia, promovido pelo Governo do Estado da Bahia. 2002. (Seminário).

.Palestra PERSPECTIVAS DE INTEGRAÇÃO ALCA - POSSÍVEIS EFEITOS, Instituto Brasileiro do Petróleo, no Rio de Janeiro. 2002. (Outra).

.Aula magna da 1ª Turma do Mestrado Profissional em Processos Industriais, intitulada A INDÚSTRIA QUÍMICA BRASILEIRA, realizada no IPT. 2002. (Outra).

. Palestra do Painel: GLOBALIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO MERCOSUL, como parte do 2º Congresso da Indústria Química do Mercosul e 7º Congresso Brasileiro de Petroquímica, realizado pelo IBP, ABIQUIM, CQyP, ACIQUR, no Rio de Janeiro.. 2001. (Congresso).

.PROGRAMA OPINIÃO BRASIL, TV CULTURA, SOBRE A LEI DE INOVAÇÃO.. 2001. (Outra).

.Palestra INDÚSTRIA QUÍMICA - RISCOS E OPORTUNIDADES, CRQ - XIII, em Florianópolis, SC.. 2001. (Outra).

.Palestra no Painel: Desenvolvimento Econômico - A Indústria Química e Fármacos, como parte do Workshop Ciência Tecnologia e Inovação: Desafios Institucionais, promovido pelo Ministério de Ciência e Tecnologia, em Brasília.. 2001. (Outra).

.Curso Análise de Investimento na Indústria Petroquímica - A Petroquímica Brasileira - Competitividade. Local: Pathernon Q.I. Inttelligent Flat (Av. Ibijaú 368 - Moema, Evento do IBP.. 2001. (Outra).

. Palestra: MERGERS AND ACQUISITIONS IN THE CHEMICAL AND PETROCHEMICAL INDUSTRY - IMPACT IN LATIN AMERICA, apresentada durante a 20th Latin-American Petrochemical Annual Meeting - APLA, no Rio de Janeiro.. 2000. (Congresso).

.Palestrante do Painel: REINDUSTRIALIZAÇÃO E FORMAÇÃO DE COMPETÊNCIAS como parte da programação do XXI Simpósio de Gestão da Inovação Tecnológica, realizado pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP, em São Paulo.. 2000. (Simpósio).

.67ª Semana da Escola de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Forum de Estudos sobre a Indústria Química Brasileira, Coordenador do Painel PERSPECTIVAS DA INDÚSTRIA QUÍMICA BRASILEIRA, no Rio de Janeiro.. 2000. (Outra).

.Conferencista no Programa de Tecnologia e Exportação, no Encontro com Empresários, promovido pelo Ministério da Ciência e Tecnologia, na FIESP em São Paulo.. 2000. (Outra).

. Palestra: FACING THE PRESENT SITUATION IN LATIN AMERICA, apresentada durante a 19th Latin-American Petrochemical Annual Meeting - APLA, em Isla de Margarita, Venezuela.. 1999. (Congresso).

.Palestra: Petroquímica de Base¸ apresentado durante o Seminário: A RETOMADA DO CRESCIMENTO DA INDÚSTRIA QUÍMICA: A CONTRIBUIÇÃO DO RIO DE JANEIRO, organizado pelo Instituto Brasileiro de Petróleo - IBP e Sindicato da Indústria de Produtos Químicos para Fins Industriais do Estado do Rio de Janeiro - SIQUIRJ, em 19 de outubro de 1999, no Rio de Janeiro.. 1999. (Seminário).

.Palestra: A INDÚSTRIA QUÍMICA - PERSPECTIVAS ATUAIS E FUTURAS, promovida pela Faculdade de Engenharia Industrial - FEI, durante o I Encontro de Professores e Estudantes do Departamento de Química, no período de 21 a 23 de julho de 1999. São Bernardo do Campo, SP, em 23 de julho de 1999.. 1999. (Encontro).

.Palestra: A INDÚSTRIA QUÍMICA E A INSERÇÃO DO PROFISSIONAL, promovida pela Escola Química da UFRJ. Rio de Janeiro, RJ, em 5 de julho de 1999. 1999. (Outra).

.Mesa Redonda: TECNOLOGIAS DE PROCESSOS E PRODUTOS do 2º Simpósio de Pesquisa da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. 1997. (Outra).

.Conferência sobre A INDÚSTRIA QUÍMICA E O ENSINO DA QUÍMICA como parte da 2ª Conferência Internacional de Cooperação entre a Indústria e a Educação do Instituto de Química da Universidade de São Paulo e Escola SENAI Mario Amato. São Bernardo do Campo, SP.. 1997. (Outra).

. Palestra: MECANISMOS DE COOPERAÇÃO ENTRE UNIVERSIDADE E EMPRESA, promovida pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, RJ.. 1996. (Congresso).

. Palestra: TEMAS DE PESQUISA NA INDÚSTRIA QUÍMICA superior do Instituto de Química, Cidade Universitária, promovida pelo Instituto de Química da USP. São Paulo, SP.. 1996. (Congresso).

. Painel Setorial de Petroquímica. Palestra A COMPETITIVIDADE DAS EMPRESAS BRASILEIRAS DE SEGUNDA GERAÇÃO NO CENÁRIO INTERNACIONAL, promovido pela ABAMEC-SP. São Paulo.. 1995. (Congresso).

.Palestra Seminário O SETOR PETROQUÍMICO NO BRASIL - A VISÃO ESTRATÉGICA DOS PRINCIPAIS GRUPOS. Rio de Janeiro, 22 de junho de 1995.. 1995. (Seminário).

.Palestra no Seminário SOUTH AMÉRICA - OPPORTUNITIES FOR THE CHEMICAL INDUSTRY IN THE 21ST CENTURY, promovido por Chemicalweek. Rio de Janeiro, 22 e 23 maio de 1995.. 1995. (Seminário).

.Patrono Cursos de Engenharia Química/Farmácia - Bioquímica/Farmácia Industrial/Química Industrial da FACULDADES OSWALDO CRUZ. 1995. (Outra).

.Conferência FREE TRADE PROSPECTS FOR SOUTH AMERICA. Houston.. 1995. (Outra).

.Palestra no Seminário Internacional BENCHMARKING NA INDÚSTRIA QUÍMICA, promovido pela ABEQ. São Paulo, 22 de junho de 1994.. 1994. (Seminário).

.Painel PANORAMA DA UTILIZAÇÃO DO CÓDIGO ANTI-DUMPING PELA INDÚSTRIA QUÍMICA BRASILEIRA, promovido pela ABIQUIM. São Paulo, 23 de junho de 1994.. 1994. (Outra).

.Paraninfo do Curso Cooperativo - Engenharia Química (1ª Turma) ESCOLA POLITÉCNICA - USP. 1994. (Outra).

.Dia Nacional do Químico. Painel CRISE NACIONAL E O MERCADO DE TRABALHO DO PROFISSIONAL DE QUÍMICA, promovido pelo Conselho Regional de Química - 3ª Região RJ. Rio de Janeiro, 15 de julho de 1994.. 1994. (Outra).

.Patrono do Curso de Engenharia Química da UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS. 1994. (Outra).

. II Escola de Química Fina ABERTURA DO MERCADO INTERNACIONAL. Friburgo, 12 de fevereiro de 1993.. 1993. (Congresso).

.Seminário ATUALIZAÇÃO TECNOLÓGICA BRASILEIRA E A IMPORTÂNCIA DOS MATERIAIS AVANÇADOS, promovido pela UFSCarlos. São Carlos 20 a 22 de outubro de 1993.. 1993. (Seminário).

.Ciclo de Palestras OTIMIZAÇÃO GERENCIAL NA INDÚSTRIA PETROQUÍMICA, promovido pelo IBP. São Paulo, 04 de novembro de 1993.. 1993. (Outra).

.Mesa Redonda III CONGRESSO NACIONAL DE ENGENHARIA QUÍMICA - CONEEQ da UNICAMP. Campinas, 31 de janeiro de 1993.. 1993. (Outra).

. 9º Congresso Brasileiro de Engenharia Química A COMPETITIVIDADE DA INDÚSTRIA QUÍMICA NOS ANOS 90. Conferência de abertura. Salvador, 8 de setembro de 1992.. 1992. (Congresso).

. 5º Congresso Brasileiro de Petroquímica. PAINEL REESTRUTURAÇÃO DA INDÚSTRIA PETROQUÍMICA BRASILEIRA. Rio de Janeiro, 19 de outubro de 1992.. 1992. (Congresso).

.Seminário A QUÍMICA NO BRASIL DE HOJE E OS DESAFIOS AOS PROFISSIONAIS DE AMANHÃ. Painel Química, Meio Ambiente e Competitividade. Promovido por Sindicato dos Químicos, Químicos Industriais, Químicos Industriais Agrícolas e Engenheiros Químicos do Estado de São Paulo. São Paulo. 1992. (Seminário).

.Mesa Redonda ENCONTRO DAS INDÚSTRIAS DE QUÍMICA FINA NO BRASIL promovido pela ABIFINA/ABQ/ABEQ. Rio de Janeiro. 1992. (Outra).

.Patrono do Curso de Engenharia Química da UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Patrono. 1992. (Outra).

. Mesa Redonda: AVALIAÇÃO DA QUÍMICA E DA ENGENHARIA QUÍMICA NO BRASIL. XXXI Congresso Brasileiro de Química - VI Semana de Química Fundamental e Tecnologica - IV Jornada Brasileira de Iniciação Científica em Química.. 1991. (Congresso).

.Chem Systems Chemical Conference COMPETITIVE ADVANTAGE IN THE 1990's. Export Policies of NIC's and LDC's. Houston. 1991. (Outra).

.Patrono do Curso de Engenharia Química/Química Industrial das FACULDADES OSWALDO CRUZ Cursos de Engenharia Química/Química Industrial Formatura 1991 Patrono. 1991. (Outra).

.Palestra O PERFIL DO ENGENHEIRO QUÍMICO NOS NOVOS TEMPOS, promovida pela Escola de Engenharia Mackenzie.. 1991. (Outra).

. IV Congresso Brasileiro de Química Fina. O DESENVOLVIMENTO DA INDÚSTRIA DE QUÍMICA FINA NO BRASIL. Rio de Janeiro.. 1990. (Congresso).

.Seminário COMPETITIVIDADE TECNOLOGIA NA EMPRESA - PRESENTE E FUTURO. O SETOR QUÍMICO E PETROQUÍMICO promovido por ANPEI/PADCTO-IA-USP/SCTDE-SP/FINEP-PROT. São Paulo. 1989. (Seminário).

. IV Congresso Brasileiro de Petroquímica. A COMPETITIVIDADE DA PETROQUÍMICA BRASILEIRA. São Paulo. 1988. (Congresso).

. Conferência de Abertura do 8º Congresso Brasileiro de Engenharia Química. A ENGENHARIA QUÍMICA EM TEMPO DE MUDANÇAS. São Paulo. 1988. (Congresso).

. VIII Congresso Brasileiro de Engenharia Química. TENDÊNCIA DA PETROQUÍMICA BRASILEIRA QUANTO AO MODELO EMPRESARIAL. São Paulo. 1988. (Congresso).

.Palestra no Seminário: A PETROBRÁS E A QUÍMICA BRASILEIRA - 35 ANOS. Rio de Janeiro. 1988. (Seminário).

.Palestra MERCADO INTERNO E EXTERNO PARA A PETROQUÍMICA BRASILEIRA. Painel O PÓLO PETROQUÍMICO DO RIO DE JANEIRO. Rio de Janeiro. 1988. (Outra).

.55ª Semana da Escola de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro. A ESTRATÉGIA TECNOLÓGICA PARA O PÓLO PETROQUÍMICO DO RIO DE JANEIRO. Rio de Janeiro. 1988. (Outra).

.Palestra no I Seminário Nacional de Comércio Exterior de Produtos químicos e Petroquímicos. ATUALIZAÇÃO TECNOLÓGICA E COMPETITIVIDADE INTERNACIONAL. Salvador. 1986. (Seminário).

.II Semana de Engenharia Química da Escola de Engenharia Mauá. TECNOLOGIA E DESENVOLVIMENTO DE PROCESSOS. São Paulo. 1985. (Outra).

. XXIV Congresso Brasileiro de Química. A SOBREVIVENCIA DAS ASSOCIAÇÕES TÉCNICAS NO BRASIL. São Paulo. 1983. (Congresso).

.Palestra na Carbocloro S.A. Indústrias Químicas. PESQUISA E DESENVOLVIMENTO NA INDÚSTRIA QUÍMICA. São Paulo. 1983. (Outra).

.Palestra sobre O ENGENHEIRO QUÍMICO E A LEI 2800 Conselho Regional de Química - 3ª região - Sindicato dos Químicos do Rio de Janeiro. Associação dos Ex-Alunos da Escola de Química. Rio de Janeiro. 1983. (Outra).

.Seminário sobre Carreira Profissional na Engenharia. Painel - Alternativas, Oportunidades e Perspectivas da Carreira na Engenharia Química. São Paulo. 1982. (Seminário).

.Palestra sobre A INDÚSTRIA PETROQUÍMICA NO BRASIL na Universidade Federal de Uberlândia. Uberlândia.. 1981. (Outra).

.Palestra sobre ENGENHARIA QUÍMICA E A INDÚSTRIA QUÍMICA NO BRASIL no Primeiro Encontro Brasileiro sobre o Ensino de Engenharia Química. Campinas.. 1981. (Outra).

.Palestra sobre LEGISLAÇÃO PROFISSIONAL DO ENGENHEIRO QUÍMICO no Primeiro Encontro dos Engenheiros Químicos do Rio Grande do Sul. Porto Alegre.. 1981. (Outra).

.Palestra sobre A TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA NA INDÚSTRIA PETROQUÍMICA BRASILEIRA para a Divisão de Engenharia Química do Instituto de Engenharia. São Paulo.. 1978. (Outra).

Conferências sobre Avaliação de Projetos Petroquímicos promovido pelo IBP/BADESUL/BRDE/CONPETRO. Porto Alegre..Conferência sobre DESENVOLVIMENTO DE PROJETO BÁSICO E DETALHADO. 1976. (Outra).

Palestra sobre ORGANIZAÇÃO DE PROJETOS INDUSTRIAIS em seminário para professores do Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia Industrial..Palestra sobre ORGANIZAÇÃO DE PROJETOS INDUSTRIAIS em seminário para professores do Departamento de Engenharia de Produção da Faculdade de Engenharia Industrial.. 1975. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Flavio Destri Lobo

WONGTSCHOWSKI, P. Adoção tecnológica:fatores de decisão de adoção da internet das coisas em ambiente empresarial. 2016. Dissertação (Mestrado em Administração) - Faculdade de Economia e Administração.

Aluno: Paula Salomão Martins

WONGTSCHOWSKI, P; PLONSKI, G. A.. SPIN-OFFS DA CIÊNCIA:TERRAS RARAS DO EMPREENDEDORISMO ACADÊMICO BRASILEIRO?. 2014. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

Aluno: Luciana Rodrigues Oriqui

WONGTSCHOWSKI, P. Guia de Estabilidade para a Indústria Química - Definição de Prazo de Validade e Proposição de Prazo de Reteste. 2012. Tese (Doutorado em Engenharia Química) - Universidade Estadual de Campinas.

Aluno: Marcos Paixão Garcez

WONGTSCHOWSKI, P. Os fatores condicionantes da seleção de parceiros nos projetos de alianças estratégicas tecnológicas bilaterais sem participação acionária em empresas industriais do setor químico. 2010. Tese (Doutorado em Administração) - Faculdade de Economia e Administração.

Aluno: Antonio Umberto Benetti Queiroz

QUEIROZ, D. S. R. R.; PACHECO, P. D. C. A.;ANTUNES, Adelaide Maria de SouzaWONGTSCHOWSKI, P. Contribuições para os estudos prospectivos em ambientes complexos: o caso dos bioplásticos. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Pós graduação em Ciência Política) - Universidade Estadual de Campinas.

Aluno: Nícia Maria Henrique Mourão

WONGTSCHOWSKI, P. Comércio Internacional e seu Impacto na Cadeia do Couro do Brasil. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Química) - ESCOLA DE QUÍMICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO.

WONGTSCHOWSKI, P. Lobby e Proteção Comercial: o caso da Indústria Química. 2015. Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

WONGTSCHOWSKI, P; PLONSKI, G. A.; ZANCUL, E. S.. Membro da Banca Julgadora de Paula Salomão Martins - Spin-offs da ciência: terras raras do empreendedorismo acadêmico brasileiro. 2014. Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

Pedro Wongtschowski;WONGTSCHOWSKI, P. Membro da Banca de defesa de tese de Doutorado Giácoma Frasson Manhães - Elasticidade de Substituição: Contribuição à Análise de Cpmpetitividade da Indústria Brasileira de Celulose. 2011. Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

WONGTSCHOWSKI, P. Membro da Banca de defesa de tese de Doutorado de Rodrigo Pio Borges de Menezes - As Tendencias Mundiais da Regulamentação Técnica e a Competitividade da Indústria Química Brasileira. 2005. Escola de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

WONGTSCHOWSKI, P. Membro da Banca do Exame de Qualificação de Nícia Maria Mourão Henrique - O Impacto dos Acordos Comerciais na Indústria Química Brasileira: Analisando o Passando, Projetando as Perspectivas Futuras. 2005. Escola de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

WONGTSCHOWSKI, P. Membro da Banca de Exame de Qualificação de Gabriela Maria Amorim Padilha, Desafios do Crescimento Corporativo na Indústria de Transformação de Plásticos, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Escola de Química, Programa de Pós-graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos 28 de abril de 2005. 2005. Escola de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

WONGTSCHOWSKI, P. Banca de defesa de tese de Doutorado de Paulo Luiz de Andrade Coutinho (Orientador Profº José Vitor Bontempo). 2004. Escola de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

WONGTSCHOWSKI, P. Co-orientador de Tese de Suzana Borschiver apresentada ao Curso de Pós-Graduação em Tecnologia e Processos Químicos e Bioquímicos para obtenção do Grau de Doutor em Ciências - O Estudo do Impacto da Indústria Química na Economia através do Sistema de Contas Nacionais do IBGE. 2002. Escola de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

WONGTSCHOWSKI, P. Membro da Banca do Exame de Qualificação de Gleciane Porto, título: Cooperação Empresa Universidade: Decisão Empresarial Escola Politécnica da USP 19 de junho de 2000. 2000. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

WONGTSCHOWSKI, P. Membro da Banca de defesa de Tese de Doutorado de Carmen Dolores Straube - Efeitos da reestruturação produtiva sobre as competências necessárias aos profissionais: o caso do engenheiro químico no Brasil.. 1999. Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

WONGTSCHOWSKI, P. Membro da Banca do Exame de Qualificação de Luís Guilherme de Sá - Fusões e Aquisições na Indústria Química.. 1998. Escola de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Luciana Oriqui

Estudos de Estabilidade no Brasil ? Análise da Temperatura Cinética Média definida para Zona Climática IV-B; Início: 2011; Tese (Doutorado em Engenharia Química) - Universidade Estadual de Campinas, Oxiteno S; A; Indústria e Comércio; (Orientador);

Suzana Borschiver

Co-orientador de Tese de Suzana Borschiver apresentada ao Curso de Pós-Graduação em Tecnologia e Processos Químicos e Bioquímicos para obtenção do Grau de Doutr em Ciências - O Estudo do Impacto da Indústria Química na Economia através do Sistema de Contas Nacionais do IBGE; 2002; 0 f; Tese (Doutorado em Tecnologia e Processos Químicos e Bioquímicos) - Escola de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro,; Coorientador: Pedro Wongtschowski;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • WONGTSCHOWSKI, P . Mobilização Empresarial pela Inovação MEI. Locus (ANPROTEC) , v. 74, p. 6-11, 2014.

  • WONGTSCHOWSKI, P . THE IMPORTANCE OF THE CLASSIFICATION SYSTEMS USED BY THE CHEMICAL INDUSTRY. Chimica Oggi Chemistry Today, v. 23, n.4, p. 35-41, 2005.

  • WONGTSCHOWSKI, P ; BORSCHIVER, Suzana ; ANTUNES, Adelaide Maria de Souza . A CLASSIFICAÇÃO INDUSTRIAL E A SUA IMPORTÂNCIA NA ANÁLISE SETORIAL em co-autoria com Suzana Borschiver e Adelaide Maria de Souza Antunes.. Ciência da Informação , v. 33, p. 9-21, 2004.

  • WONGTSCHOWSKI, P . O IMPACTOS DAS RESINAS NA ECONOMIA: PRINCIPAIS INDICADORES ECONÔMICOS, em co-autoria com Suzana Borschiver e Adelaide Maria de S. Antunes - Revista Polímeros: Ciência e Tecnologia - ISSN-0104-1428. Polímeros, v. 12, n.1, p. 28-33, 2002.

  • WONGTSCHOWSKI, P . INDÚSTRIA QUÍMICA - RISCOS E OPORTUNIDADES - 2ª EDIÇÃO - Editora Edgard Blücher. , 2002.

  • WONGTSCHOWSKI, P ; CAVALCANTI, F. C. B. ; PELLEGRINI, F. I. . Inserção do Bioetanol em um novo paradigma da industria química brasileira. In: Telma Teixeira Franco. (Org.). Perspectivas Industriais para o Bietanol. São Paulo: INSTITUTO UNIEMP, 2006, v. 1, p. 33-56.

  • WONGTSCHOWSKI, P . FOLHA DE SÃO PAULO. Governo desperdiça alavancas para gerar crescimento econômico, São Paulo, p. A22 - A22, 11 out. 2015.

  • WONGTSCHOWSKI, P . INDÚSTRIA QUÍMICA PODEMOS VIVER SEM ELA?. REVISTA CIÊNCIA HOJE, São Paulo, p. 36 - 39, 02 abr. 2013.

  • Luciana R Oriqui ; Milton Mori ; WONGTSCHOWSKI, P . GUIA PARA A DETERMINAÇÃO DA ESTABILIDADE DE PRODUTOS QUÍMICOS. REVISTA QUÍMICA NOVA, São Paulo, p. 340 - 347, 06 fev. 2013.

  • WONGTSCHOWSKI, P . ESTAGNAÇÃO OU CRESCIMENTO?. O ESTADO DE SÃO PAULO, SÃO PAULO, 23 abr. 2012.

  • WONGTSCHOWSKI, P . PARCERIAS ESTRATÉGICAS - EDIÇÃO ESPECIAL CNCTI. Parcerias Estratégicas (Impresso), BRASÍLIA, p. 67 - 72, 01 dez. 2010.

  • WONGTSCHOWSKI, P ; Sá, Luís Guilherme de . Estratégias competitivas da indústria petroquímica. Bahia Análise & Dados - petroquímica na Bahia, Salbador/BA, p. 865 - 875, 01 jul. 2007.

  • WONGTSCHOWSKI, P . DEFINIÇÃO DE SHELF LIFE PARA PRODUTOS QUÍMICOS. Química Nova (Online) , 2015.

  • WONGTSCHOWSKI, P . Definição de Prazo de Validade de Produtos Químicos. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

WONGTSCHOWSKI, P . Indústria química ? podemos viver sem ela?. 2011. (Editoração/Periódico).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2000 - 2000

    Identificação dos Gargalos Tecnológicos Determinantes da Importação de Produtos Químicos, Descrição: O Escopo do estudo era analisar, do ponto de vista tecnológico e industrial, os itens de maior relevância na pauta de importações da indústria química do país, que apresentaram valor de importação superior a US$ 5 milhões no ano de 1999. O objetivo central era identificar os gargalos tecnológicos, industriais e econômicos determinantes da importação de produtos químicos e as possibilidades de superação desses entraves ao desenvolvimento da indústria química no país.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Pedro Wongtschowski - Coordenador / Suzana Borschiver - Integrante / Adelaide Maria de Souza Antunes - Integrante / Nicia Maria Mourão Henrique - Integrante / Renato Endres - Integrante / Gabriela Padilha - Integrante / Paulo Galdino - Integrante.

  • 2000 - 2000

    Identificação dos Gargalos Tecnológicos Determinantes da Importação de Produtos Químicos, Descrição: O Escopo do estudo era analisar, do ponto de vista tecnológico e industrial, os itens de maior relevância na pauta de importações da indústria química do país, que apresentaram valor de importação superior a US$ 5 milhões no ano de 1999. O objetivo central era identificar os gargalos tecnológicos, industriais e econômicos determinantes da importação de produtos químicos e as possibilidades de superação desses entraves ao desenvolvimento da indústria química no país.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Pedro Wongtschowski - Coordenador / Suzana Borschiver - Integrante / Adelaide Maria de Souza Antunes - Integrante / Nicia Maria Mourão Henrique - Integrante / Renato Endres - Integrante / Gabriela Padilha - Integrante / Paulo Galdino - Integrante.

  • 2000 - 2000

    Identificação dos Gargalos Tecnológicos Determinantes da Importação de Produtos Químicos, Descrição: O Escopo do estudo era analisar, do ponto de vista tecnológico e industrial, os itens de maior relevância na pauta de importações da indústria química do país, que apresentaram valor de importação superior a US$ 5 milhões no ano de 1999. O objetivo central era identificar os gargalos tecnológicos, industriais e econômicos determinantes da importação de produtos químicos e as possibilidades de superação desses entraves ao desenvolvimento da indústria química no país.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Pedro Wongtschowski - Coordenador / Suzana Borschiver - Integrante / Adelaide Maria de Souza Antunes - Integrante / Nicia Maria Mourão Henrique - Integrante / Renato Endres - Integrante / Gabriela Padilha - Integrante / Paulo Galdino - Integrante.

  • 2000 - 2000

    Identificação dos Gargalos Tecnológicos Determinantes da Importação de Produtos Químicos, Descrição: O Escopo do estudo era analisar, do ponto de vista tecnológico e industrial, os itens de maior relevância na pauta de importações da indústria química do país, que apresentaram valor de importação superior a US$ 5 milhões no ano de 1999. O objetivo central era identificar os gargalos tecnológicos, industriais e econômicos determinantes da importação de produtos químicos e as possibilidades de superação desses entraves ao desenvolvimento da indústria química no país.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Pedro Wongtschowski - Coordenador / Suzana Borschiver - Integrante / Adelaide Maria de Souza Antunes - Integrante / Nicia Maria Mourão Henrique - Integrante / Renato Endres - Integrante / Gabriela Padilha - Integrante / Paulo Galdino - Integrante.

  • 2000 - 2000

    Identificação dos Gargalos Tecnológicos Determinantes da Importação de Produtos Químicos, Descrição: O Escopo do estudo era analisar, do ponto de vista tecnológico e industrial, os itens de maior relevância na pauta de importações da indústria química do país, que apresentaram valor de importação superior a US$ 5 milhões no ano de 1999. O objetivo central era identificar os gargalos tecnológicos, industriais e econômicos determinantes da importação de produtos químicos e as possibilidades de superação desses entraves ao desenvolvimento da indústria química no país.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Pedro Wongtschowski - Coordenador / Suzana Borschiver - Integrante / Adelaide Maria de Souza Antunes - Integrante / Nicia Maria Mourão Henrique - Integrante / Renato Endres - Integrante / Gabriela Padilha - Integrante / Paulo Galdino - Integrante.

  • 2000 - 2000

    Identificação dos Gargalos Tecnológicos Determinantes da Importação de Produtos Químicos, Descrição: O Escopo do estudo era analisar, do ponto de vista tecnológico e industrial, os itens de maior relevância na pauta de importações da indústria química do país, que apresentaram valor de importação superior a US$ 5 milhões no ano de 1999. O objetivo central era identificar os gargalos tecnológicos, industriais e econômicos determinantes da importação de produtos químicos e as possibilidades de superação desses entraves ao desenvolvimento da indústria química no país.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Pedro Wongtschowski - Coordenador / Suzana Borschiver - Integrante / Adelaide Maria de Souza Antunes - Integrante / Nicia Maria Mourão Henrique - Integrante / Renato Endres - Integrante / Gabriela Padilha - Integrante / Paulo Galdino - Integrante.

  • 2000 - 2000

    Identificação dos Gargalos Tecnológicos Determinantes da Importação de Produtos Químicos, Descrição: O Escopo do estudo era analisar, do ponto de vista tecnológico e industrial, os itens de maior relevância na pauta de importações da indústria química do país, que apresentaram valor de importação superior a US$ 5 milhões no ano de 1999. O objetivo central era identificar os gargalos tecnológicos, industriais e econômicos determinantes da importação de produtos químicos e as possibilidades de superação desses entraves ao desenvolvimento da indústria química no país.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Pedro Wongtschowski - Coordenador / Suzana Borschiver - Integrante / Adelaide Maria de Souza Antunes - Integrante / Nicia Maria Mourão Henrique - Integrante / Renato Endres - Integrante / Gabriela Padilha - Integrante / Paulo Galdino - Integrante.

  • 2000 - 2000

    Identificação dos Gargalos Tecnológicos Determinantes da Importação de Produtos Químicos, Descrição: O Escopo do estudo era analisar, do ponto de vista tecnológico e industrial, os itens de maior relevância na pauta de importações da indústria química do país, que apresentaram valor de importação superior a US$ 5 milhões no ano de 1999. O objetivo central era identificar os gargalos tecnológicos, industriais e econômicos determinantes da importação de produtos químicos e as possibilidades de superação desses entraves ao desenvolvimento da indústria química no país.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Pedro Wongtschowski - Coordenador / Suzana Borschiver - Integrante / Adelaide Maria de Souza Antunes - Integrante / Nicia Maria Mourão Henrique - Integrante / Renato Endres - Integrante / Gabriela Padilha - Integrante / Paulo Galdino - Integrante.

  • 2000 - 2000

    Identificação dos Gargalos Tecnológicos Determinantes da Importação de Produtos Químicos, Descrição: O Escopo do estudo era analisar, do ponto de vista tecnológico e industrial, os itens de maior relevância na pauta de importações da indústria química do país, que apresentaram valor de importação superior a US$ 5 milhões no ano de 1999. O objetivo central era identificar os gargalos tecnológicos, industriais e econômicos determinantes da importação de produtos químicos e as possibilidades de superação desses entraves ao desenvolvimento da indústria química no país.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Pedro Wongtschowski - Coordenador / Suzana Borschiver - Integrante / Adelaide Maria de Souza Antunes - Integrante / Nicia Maria Mourão Henrique - Integrante / Renato Endres - Integrante / Gabriela Padilha - Integrante / Paulo Galdino - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2015

1º Prêmio VDI-Brasil "Destaque de Engenharia Brasil-Alemanha", VDI-Associação de Engenheiros Brasil-Alemanha.

2009

EMPREENDEDOR DO ANO 2009 NA CATEGORIA EXECUTIVO EMPREENDEDOR, ERNEST & YOUNG.

2009

MEDALHA DO MÉRITO INDUSTRIAL DO RIO DE JANEIRO, FIRJAN.

2008

LÍDER EMPRESARIAL DO SETOR QUÍMICO E PETROQUÍMICO, FÓRUM DE LÍDERES EMPRESARIAIS - GAZETA MERCANTIL.

2007

EXECUTIVO DE VALOR 2007, VALOR ECONÔMICO.

2007

LÍDER EMPRESARIAL DO SETOR QUÍMICO E PETROQUÍMICO, FÓRUM DE LÍDERES EMPRESARIAIS DA GAZETA MERCANTIL.

2003

DIPLOMA DE MÉRITO, UFRJ - Escola de Química.

1996

FRITZ FEIGL, Conselho Regional de Química - IV Região.

1983

RETORTA DE OURO, Sindicatos dos Químicos e Engenheiros Químicos do Estado do Rio de Janeiro.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • ULTRAPAR PARTICIPAÇÕES S.A.. , Av. Brigadeiro Luiz Antônio, 1343 - 9º andar, Bela Vista, 01317910 - São Paulo, SP - Brasil, Telefone: (11) 31776073, Fax: (11) 32855925, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2010 - 2011

    Associação Brasileira das Indústrias de Química Fina, Biotecnologia e suas

    Vínculo: Membro Titular do Conselho Con, Enquadramento Funcional: Nenhum

  • 2007 - 2007

    Instituto Empreender Endeavor

    Vínculo: MENTOR, Enquadramento Funcional: Não

  • 2007 - Atual

    Federação das Indústrias do Estado de São Paulo

    Vínculo: Membro do Conselho, Enquadramento Funcional: Membro do Conselho

    Outras informações:
    Membro do Conselho Superior de Tecnologia e Competitividade - CONTEC

  • 2011 - Atual

    Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais

    Vínculo: Presidente, Enquadramento Funcional: Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Mate

  • 2006 - 2011

    Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais

    Vínculo: Membro do Conselho Superior, Enquadramento Funcional: Não

  • 2004 - Atual

    Tequimar Terminal Químico Aratú

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Presidente do Conselho de Administração

    Atividades

    • 01/2004

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Tequimar Terminal Químico Aratú, .,Cargo ou função, Vice Presidente do Conselho de Administração.

  • 2003 - 2009

    Associação Brasileira das Indústrias de Química Fina

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: colaborador

    Atividades

    • 01/2003

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Associação Brasileira das Indústrias de Química Fina, .,Cargo ou função, Conselheiro Benemérito.

  • 2001 - 2003

    International Petrochemical Information Forum

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional:

    Atividades

    • 01/2001

      Conselhos, Comissões e Consultoria, International Petrochemical Information Forum, .,Cargo ou função, Chairman.

  • 1999 - 2007

    Transultra S A Armazenamento E Transporte Especializado

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador

    Atividades

    • 01/1999

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Transultra S A Armazenamento E Transporte Especializado, .,Cargo ou função, Vice Presidente do Conselho de Administração.

  • 1996 - 2008

    Associação Brasileira de Engenharia Química

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador

    Atividades

    • 01/1996

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Associação Brasileira de Engenharia Química, .,Cargo ou função, Presidente do Conselho Superior.

    • 01/1990

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Associação Brasileira de Engenharia Química, .,Cargo ou função, Diretor Presidente.

    • 01/1982

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Associação Brasileira de Engenharia Química, .,Cargo ou função, Membro do Conselho Superior.

    • 01/1976

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Associação Brasileira de Engenharia Química, .,Cargo ou função, Diretor.

  • 1996 - Atual

    Ultragaz Participações S A

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional:

    Atividades

    • 01/1996

      Direção e administração, Ultragaz Participações S A, .,Cargo ou função, Diretor.

  • 2010 - Atual

    Associação Petroquímica e Química Lationamericana

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Presidente

  • 1994 - 2011

    Associação Petroquímica e Química Lationamericana

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Diretor

    Atividades

    • 01/2002

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Associação Petroquímica e Química Lationamericana, .,Cargo ou função, Vice Presidente.

    • 01/1994

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Associação Petroquímica e Química Lationamericana, .,Cargo ou função, Diretor.

    • 01/1998

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Associação Petroquímica e Química Lationamericana, .,Cargo ou função, Presidente da Reunião Anual.

  • 1994 - 2003

    Química da Bahia Indústria e Comércio S/A

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador

    Atividades

    • 01/1994

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Química da Bahia Indústria e Comércio S/A, .,Cargo ou função, Presidente do Conselho de Administração.

  • 1994 - 1994

    5º Congresso Brasileiro de Petroquímica

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador

    Atividades

    • 01/1994

      Conselhos, Comissões e Consultoria, 5º Congresso Brasileiro de Petroquímica, .,Cargo ou função, Membro da Comissão Organizadora.

  • 1992 - 2006

    Oxiteno Nordeste S A Indústria e Comércio

    Vínculo: Empregado, Enquadramento Funcional: Engenheiro Químico

    Atividades

    • 01/1992

      Direção e administração, Oxiteno Nordeste S A Indústria E Comércio, .,Cargo ou função, Diretor Superintendente.

  • 1990 - 2011

    Associação Brasileira da Indústria Química

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador

    Atividades

    • 01/2003

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Associação Brasileira da Indústria Química, .,Cargo ou função, Vice-Presidente do Conselho Diretor.

    • 01/1997

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Associação Brasileira da Indústria Química, .,Cargo ou função, Coordenador da Comissão de Comércio Exterior.

    • 01/1990

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Associação Brasileira da Indústria Química, .,Cargo ou função, Vice-Coordenador da Comissão de Economia.

    • 01/1993

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Associação Brasileira da Indústria Química, .,Cargo ou função, Diretor.

  • 1992 - 1998

    Ultraquímica Participações S A

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador

  • 1989 - 1992

    Ultraquímica Participações S A

    Vínculo: Empregado, Enquadramento Funcional: Engenheiro Químico

    Atividades

    • 01/1989

      Direção e administração, Ultraquímica Participações S A, .,Cargo ou função, Diretor Superintendente.

    • 01/1989

      Direção e administração, Ultraquímica Participações S A, .,Cargo ou função, Membro do Conselho de Administração.

  • 1988 - Atual

    Ultrapar Participações S A

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional:

    Atividades

    • 01/2007

      Direção e administração, ULTRAPAR PARTICIPAÇÕES S.A., .,Cargo ou função, DIRETOR PRESIDENTE.

    • 01/1988

      Direção e administração, Ultrapar Participações S A, .,Cargo ou função, Diretor.

  • 2000 - 2000

    Programa de Apoio Ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional:

  • 1986 - 1990

    Programa de Apoio Ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional:

    Atividades

    • 01/2000 - 07/2000

      Direção e administração, Programa de Apoio Ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico, .,Cargo ou função, Coordenador de Projeto.

    • 01/1988 - 12/1990

      Direção e administração, Programa de Apoio Ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico, .,Cargo ou função, Membro do Comitê Assessor.

    • 01/1986 - 12/1990

      Direção e administração, Programa de Apoio Ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico, .,Cargo ou função, Membro do Grupo Técnico.

  • 1981 - 1981

    Primeiro Congresso Brasileiro de Alcoolquímica

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional:

    Atividades

    • 01/1981

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Primeiro Congresso Brasileiro de Alcoolquímica, .,Cargo ou função, Membro da Comissão Executora.

    • 01/1981

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Primeiro Congresso Brasileiro de Alcoolquímica, .,Cargo ou função, Membro da Comissão Organizadora.

  • 1980 - 1980

    Segundo Congresso Brasileiro de Petroquímica e Terceiro Congresso Latino Am

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional:

    Atividades

    • 01/1980

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Segundo Congresso Brasileiro de Petroquímica e Terceiro Congresso Latino Am, .,Cargo ou função, Membro do Comitê Técnico.

    • 01/1980

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Segundo Congresso Brasileiro de Petroquímica e Terceiro Congresso Latino Am, .,Cargo ou função, Membro da Comissão Organizadora.

  • 1977 - 1989

    Grupo Ultra

    Vínculo: Empregado, Enquadramento Funcional: Engenheiro Químico

    Atividades

    • 01/1986

      Direção e administração, Grupo Ultra, .,Cargo ou função, Diretor de Desenvolvimento da Corporação e Membro do Comitê Executivo.

    • 01/1981

      Direção e administração, Grupo Ultra, .,Cargo ou função, Diretor de Desenvolvimento - Divisão Química.

    • 01/1977

      Direção e administração, Grupo Ultra, .,Cargo ou função, Gerente de Projeto Sênior.

  • 1977 - 1982

    Conselho Federal de Química

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional:

    Atividades

    • 01/1977

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho Federal de Química, .,Cargo ou função, Conselheiro.

  • 1992 - 1994

    Instituto Brasileiro do Petróleo

    Vínculo: Membro da Comissão Coordenação, Enquadramento Funcional:

  • 1992 - 1994

    Instituto Brasileiro do Petróleo

    Vínculo: Membro da Comissão Petroquímic, Enquadramento Funcional:

  • 1978 - 1980

    Instituto Brasileiro do Petróleo

    Vínculo: Coordenador da Comissão de Eng, Enquadramento Funcional:

  • 1977 - 1978

    Instituto Brasileiro do Petróleo

    Vínculo: Coordenador da Assessoria Eng, Enquadramento Funcional:

    Atividades

    • 01/1992

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto Brasileiro do Petróleo, .,Cargo ou função, Membro das Comissões de Coordenação e de Petroquímica.

    • 01/1978

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto Brasileiro do Petróleo, .,Cargo ou função, Coordenador da Comissão de Engenharia.

    • 01/1977

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto Brasileiro do Petróleo, .,Cargo ou função, Coordenador da Assessoria de Engenharia.

  • 1977 - 1977

    Segundo Congresso Brasileiro de Engenharia Química

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional:

    Atividades

    • 01/1977

      Direção e administração, Segundo Congresso Brasileiro de Engenharia Química, .,Cargo ou função, Vice-Presidente da Comissão Organizadora.

  • 1976 - 1981

    Revista Brasileira de Engenharia Química

    Vínculo: Fundador, Enquadramento Funcional:

    Atividades

    • 01/1976

      Direção e administração, Revista Brasileira de Engenharia Química, .,Cargo ou função, Diretor.

  • 1972 - 1977

    Promon Engenharia S/A

    Vínculo: Empregado, Enquadramento Funcional: Engenheiro Químico

    Atividades

    • 01/1972

      Direção e administração, Promon Engenharia S/A, .,Cargo ou função, Engenheiro Sênior - Gerente de Projeto.

  • 1992 - Atual

    Oxiteno S A Indústria e Comércio

    Vínculo: Empregado, Enquadramento Funcional: Engenheiro Químico

  • 1971 - 1972

    Oxiteno S A Indústria e Comércio

    Vínculo: Empregado, Enquadramento Funcional: Engenheiro Químico

    Atividades

    • 01/1992

      Direção e administração, Oxiteno S A Indústria e Comércio, .,Cargo ou função, Diretor Superintendente.

    • 01/1971

      Direção e administração, Oxiteno S A Indústria e Comércio, .,Cargo ou função, Engenheiro Químico.

  • 1970 - 1971

    Ultrafertil S/A Industria e Comercio de Fertilizantes

    Vínculo: Empregado, Enquadramento Funcional: Engenheiro Químico

    Atividades

    • 01/1970

      Direção e administração, Ultrafertil S/A Industria e Comercio de Fertilizantes, .,Cargo ou função, Engenheiro Químico.

  • 1968 - 1970

    Conselho Universitário da Universidade de São Paulo

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional:

    Atividades

    • 01/1968

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho Universitário da Universidade de São Paulo, .,Cargo ou função, Representante Discente.

  • 1968 - 1969

    Associação de Engenharia Química da Epusp

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional:

    Atividades

    • 01/1968

      Direção e administração, Associação de Engenharia Química da Epusp, .,Cargo ou função, Presidente.