Eduardo Jorge Valadares Oliveira

Possui graduação em engenharia elétrica pela Universidade de Alfenas (1998) é mestre em engenharia biomédica e doutor em engenharia biomédica pela Universidade Estadual de Campinas. É Professor do Núcleo de Tecnologias Estratégicas em Saúde (NUTES/UEPB) da Universidade Estadual da Paraíba e Professor Visitante da Universidade da Califórnia em San Diego (UCSD). Exerceu o cargo de Cargo de Coordenador de Infraestrutura Física e Tecnológica da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH/MEC). Foi Diretor de Administração e Infraestrutura da EBSERH/MEC. Exerceu o cargo de Diretor do Departamento do Complexo Industrial e Inovação em Saúde (DECIIS), na Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos (SCTIE), do Ministério da Saúde. Foi especialista em Projetos de Cooperação Industrial da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), desenvolvendo atividades e projetos de cooperação técnica com a Alemanha e Suécia. Tem experiência na área de Regulação em Saúde, com ênfase em Vigilância Sanitária, atuando principalmente nos seguintes temas: Inovação e Transferência de Tecnologias, Engenharia Clínica, Engenharia Biomédica, Instrumentação Biomédica, ANVISA, BPF - Boas Práticas de Fabricação de Produtos Médicos, Regulação de Mercado, Estabelecimentos de Saúde (EAS), Equipamentos Médicos e Manutenção de Equipamentos Médicos.

Informações coletadas do Lattes em 26/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Engenharia Biomédica

2005 - 2010

Universidade Estadual de Campinas
Título: ENGENHARIA CLÍNICA APLICADA À DEFINIÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DE UMA PROPOSTA DESENVOLVIMENTISTA PARA O SISTEMA NACIONAL DE INOVAÇÃO DE PRODUTOS MÉDICOS
Vera Lúcia da Silveira Nantes Button. Palavras-chave: Inovação Tecnológica; Engenharia Clínica; Economia da Saúde; Equipamento Médico; Desenvolvimento Tecnológico; Gestão em Saúde. Grande área: EngenhariasGrande Área: Engenharias / Área: Engenharia Biomédica / Subárea: Engenharia Clínica. Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economia da Saúde. Setores de atividade: Fabricação de Equipamentos de Instrumentação Médico-Hospitalares, Instrumentos de Precisão e Ópticos, Equipamentos Para Automação Industrial, Cronômetros e Relógios; Política Econômica e Administração Pública em Geral; Políticas, Planejamento e Gestão em Saúde.

Mestrado em Engenharia Biomédica

2000 - 2002

Universidade Estadual de Campinas
Título: Nova Técnica para Medição de Fluxo Sangüíneo com Ultra-som Doppler,Ano de Obtenção: 2003
Orientador: Vera Lúcia da Silveira Nantes Button
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Equipamentos Eletromédicos; Ultra-som Doppler; Transdutores; Fluxometria.Grande área: EngenhariasGrande Área: Engenharias / Área: Engenharia Biomédica / Subárea: Engenharia Médica / Especialidade: Transdutores para Aplicações Biomédicas. Setores de atividade: Desenvolvimento de Produtos Tecnológicos Voltados Para A Saúde Humana; Fabricação de Equipamentos de Instrumentação Médico-Hospitalar, Odontológico e de Laboratórios.

Especialização em Engenharia Clínica

1999 - 2000

Universidade Estadual de Campinas
Título: Metodologia para Avaliação de Acidentes com Unidades Eletrocirúrgicas
Orientador: Saide Jorge Calil

Graduação em Engenharia Elétrica

1994 - 1998

Universidade de Alfenas
Título: Projeto de Instalação Elétrica, Telefônica e SPDA
Orientador: Silvio Bottrel Guimarães

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2018 - 2018

International Visitor Leadership Program. (Carga horária: 120h). , USA Department of State Bureau of Educational and Cultural Affairs, USDSBEA, Estados Unidos.

2008 - 2008

Elaboração e Gerenciamento de Projetos. (Carga horária: 40h). , Escola Nacional de Administração Pública, ENAP, Brasil.

2006 - 2006

Quality System Regulation. (Carga horária: 40h). , Association for The Advancement of Medical Instrumentation, AAMI, Estados Unidos.

2004 - 2004

Extensão universitária em College On Medical Physics. (Carga horária: 160h). , The Abdus Salam International Centre For Theoretical Physics, ICTP, Itália.

2003 - 2003

Extensão universitária em Treinamento Em Avaliação de Serviços Licenciamento. (Carga horária: 120h). , Organização Nacional de Acreditação, ONA, Brasil.

2002 - 2003

Extensão universitária em Gerenciamento da Manutenção de Equipamentos Médico. (Carga horária: 120h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2002 - 2002

Boas Práticas de Fabricação de Produtos Médicos. (Carga horária: 40h). , Agência Nacional de Vigilância Sanitária, ANVISA, Brasil.

2001 - 2001

Projeto e Administração de Websites Profissionais. (Carga horária: 15h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2000 - 2000

Surdez Visão Subnormal e Cegueira Questões Relativ. (Carga horária: 8h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Biomédica / Subárea: Indústria de Equipamentos e Materiais Médico Hospitalar.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Biomédica / Subárea: Inovação Tecnológica/Especialidade: Sistemas Nacionais de Inovação.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Biomédica / Subárea: Engenharia Clínica.

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Pública/Especialidade: Vigilância Sanitária de Produtos Para a Saúde.

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Farmácia / Subárea: Indústria Farmacêutica.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Biomédica.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares . Missão Técnica e Empresarial a Alemanha e Suíça. 2010. (Outro).

OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares . Missão técnica e Empresarial a Suécia. 2010. (Outro).

OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares ; BIERDUMPEL, Eckart . Workshop Internacional "Innovation and Opportunities for Cooperative Projects Brazil-Germany". 2010. (Outro).

OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares ; VASQUEZ, Ciro . Workshop Internacional: 1 Laboratório de Aprendizagem em Inovação Brasil-Suécia. 2010. (Outro).

OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares ; BARRETO, Ana Paula Teles Ferreira . Incubadoras de Empresas e Regulação Sanitária. 2010. (Outro).

OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares ; BIERDUMPEL, Eckart . "Brasil - Germany Workshop on Innovation Promotion anda Technological Systems". 2010. (Outro).

OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares . Missão Técnica Brasil-Alemanha para o Setor de Produtos Médicos e Odontológicos. 2006. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

6 CONGRESSO DE INOVAÇÃO DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS PARA SAÚDE. 6 CONGRESSO DE INOVAÇÃO DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS PARA SAÚDE. 2017. (Congresso).

I Simpósio de Engenharia Clínica do Hospital Albert Einsten.Aquisição de Equipamentos Médicos de Grande Porte Usando a Metodologia Turn Key. 2016. (Simpósio).

V Encontro Sul Brasileiro de Engenharia Clínica.Tecnologias da Saúde. 2016. (Encontro).

Brazil-Germany Strategic Partnerships.Brazilian Health Industrial Complex. 2010. (Seminário).

Incubadoras de Empresas e Regulação Sanitária.Desafios para novos empreendimentos na indústria de produtos médicos. 2010. (Oficina).

Oficina de Trabalho no Karolinska Institutet Science Park.Brazilian Health Industrial Complex - Technical Cooperation in The Medical Device Sector.. 2010. (Oficina).

Workshop Internacional: 1 Laboratório de Aprendizagem em Inovação Brasil-Suécia.Innovation Opportunities on Live Science Sector. 2010. (Oficina).

Workshop Internacional: Brazil-Germany Workshop on Innovation Promotion and Technological Systems. 2010. (Oficina).

Workshop Internacional: Innovation and Opportunities for Cooperative Projects Brazil-Germany.Contextualização do Complexo Industrial da Saúde.. 2010. (Oficina).

?World Congress on Medical Physics and Biomedical Engineering (WC2009)?. ?Mapping the Brazilian Medical Device Innovation System: A Wide Field for Biomedical Engineering Development?. 2009. (Congresso).

II Workshop da Rede Multicêntrica da Avaliação de Implantes Ortopédicos (REMATO). 2009. (Oficina).

V Congresso Brasileiro de Engenharia Clínica. A relação ABNT x IEC. 2009. (Congresso).

21 Congresso Brasileiro de Engenharia Biomédica. Programa Nacional para Qualificação, Produção e Inovação no Complexo Industrial da Saúde, com ênfase em Equipamentos e Materiais de Uso em Saúde. 2008. (Congresso).

I Curso de Especialização em Engenahria Clínica - Turma 2007.Engenharia Clínica Além do Hospital: Desafios e Oportunidades. 2008. (Outra).

IEncontro Sul Brasileiro de Engenharia Clínica.Enhenharia Clínica Além do Hospital: Desafios e Oportunidades. 2008. (Encontro).

Biotechnology Entrepreneurship Bootcamp 2007. 2007. (Seminário).

III Congresso Brasileiro de Engenharia Clínica. Ações, Estraégia e Planejamento do Ministério da Saúde. 2007. (Congresso).

Seminário "Perspectivas da Ciência, Inovação e Tecnologia em Saúde".Mesa Redonda: Ciência, Inovação e Tecnologia em Saúde como Estratégia de Desenvolvimento Regional.. 2007. (Seminário).

Seminário Mineiro de Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde.Transferência de Tecnologiae Propriedade Intelectual no setor Saúde. 2007. (Outra).

DECIT +2 - Atuação do Ministério da Saúde em Ciência Tecnologia e Inovação. 2006. (Seminário).

IV Congresso Internacional Brasil competitivo. 2006. (Congresso).

Painel Setorial: Avaliação da Qualidade de Implantes Ortopédicos e Odontológicos.Avaliação da Qualidade dos Implantes Médicos Importados. 2005. (Outra).

I Simpósio Brasileiro de Vigilância Sanitária 2002.I Simpósio Brasileiro de Vigilância Sanitária 2002. 2002. (Simpósio).

Simpósio Internacional de Tecnologia Hospitalar 2002. 2002. (Simpósio).

SPIE International Symposium on Medical Imaging 2002.SPIE International Symposium on Medical Imaging 2003. 2002. (Simpósio).

SPIE International Symposium on Medical Imaging 2003.SPIE International Symposium on Medical Imaging 2003. 2002. (Simpósio).

XVIII Congresso Brasileiro de Engenharia Biomédica 2002. XVIII Congresso Brasileiro de Engenharia Biomédica 2002. 2002. (Congresso).

III Encontro UNICAMP sobre Comunicação e Mobilidade Aumentativa e Alternativa. 2001. (Encontro).

Seminário de Certificação de Equipamentos Eletromédicos. 1999. (Seminário).

V Simpósio de Ventilação Mecânica. 1999. (Simpósio).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Ramon Cravo Fernandes

COSTA, Eduardo Tavares; BASSANI, J. W. M.;OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares. ARES: Um Processo Centrado em Modelagem para Pesquisa Aplicada em Engenharia. 2019. Dissertação (Mestrado em Engenharia Biomédica) - Universidade Estadual de Campinas.

Aluno: Ingrid Wutke Oliveira

ARENCIBIA, R. V.; REISR, R. P.; MILAGRE, S. T.;OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares. Viabilização Técnico-Econômica da Calibração de Bomba de Infusão Volumétrica Peristáltica Linear utilizando um Analisador de Vazão. 2019. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Uberlândia.

Aluno: Gabriela de Oliveira Silva

SILVA, G. O.; ELIAS, F. T. S.; MARTINS, W. J.; OLIVEIRA, A. S.; GADELHA, C. A. G.;OLIVEIRA, E. J. V.. Parcerias para o Desenvolvimento Produtivo e a produção pública de medicamentos: uma proposta de monitoramento estratégico. 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Políticas Públicas em Saúde) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Cristina Akemi Shimoda Uechi

SILVA, J. F.; MATEUS, S. R. M.;OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares. Confiabilidade metrológica de ventiladores pulmonares para cuidados críticos. 2012. Dissertação (Mestrado em Engenharia Biomédica) - Universidade de Brasília.

Aluno: Oscar Fernando Gaidos Rosero

DOS SANTOS, Ícaro; CARVALHO, J. L. A.;OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares. Sistema móvel de monitoramento e treinamento para ciclista com smartphone android. 2012. Dissertação (Mestrado em ENGENHARIA DE SISTEMAS ELETRÔNICOS E DE AUTOMAÇÃO) - Universidade de Brasília.

Aluno: Kedson Lopes de Queiroz

DOS SANTOS, Ícaro;OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares; BORGES, G. A.; ISHIHARA, J. Y.. Sistema baseado em vídeo para detecção de sonolência em motoristas. 2011. Dissertação (Mestrado em ENGENHARIA ELÉTRICA) - Universidade de Brasília.

Aluno: Raphael Hideki Matsunaga

OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares; DOS SANTOS, Ícaro. Medição In Vitro do Tempo de Relaxamento Térmico de Tecidos Biológicos. 2011. Dissertação (Mestrado em ENGENHARIA ELÉTRICA) - Universidade de Brasília.

Aluno: Rafael Gomes Fernandes

CALIL, Saide Jorge; MUHLEN, S. S.;OLIVEIRA, E. J. V.; HOLSBACH, L. R.; BUTTON, Vera Lúcia da Silveira Nantes. Sistematização da Avaliação de Equipamentos Médicos Emergentes Usando Multicritérios. 2018. Tese (Doutorado em Doutorado em Engenharia Elétrica - UNICAMP) - Universidade Estadual de Campinas.

Aluno: Pio Antonio de Figueiredo

CALIL, Saide Jorge; BASSANI, J. W. M.;OLIVEIRA, E. J. V.; HERMINI, A. H.; ELIAS, G. A.. Proposta de Modelo para Valoração do Impacto Regulatório de Regulamentos Técnicos para Equipamentos Médicos. 2017. Tese (Doutorado em Doutorado em Engenharia Elétrica - UNICAMP) - Universidade Estadual de Campinas.

Aluno: Thiago Bizerra Fideles

FOOK, M. V. L.;OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares; OLIVEIRA, H. M. L.; NEVES, G. A.; THOMAZINI, A. H. A.. Desenvolvimento de Scaffolds de Quitosana para Aplicação na Engenharia de Tecidos. 2014. Tese (Doutorado em Ciência e Engenharia de Materiais) - Universidade Federal de Campina Grande.

Aluno: Wagner de Jesus Martins

OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares; GUIMARÃES, Arthur O.; LIMA, Juliano C.; BARBOSA, Pedro R.; RIVERA, Francisco J. U.. Gestão estratégica das redes cooperativas de ciência, tecnologia e inovação em saúde: um modelo para o desenvolvimento socioeconômico e a sustentabilidade do SUS. 2013. Tese (Doutorado em Saúde Pública) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Amauri Amorin Assef

MAIA, Joaquim MiguelOLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares; COSTA, Eduardo T.; CARNEIRO, Antônio Adilton O.; SCHNEIDER, Fabio K.. Arquitetura de Hardware Multicanal Reconfigurável com Excitação Multinível para Desenvolvimento e Testes de Novos Métodos de Geração de Imagens por Ultrassom. 2013. Tese (Doutorado em Engenharia Elétrica e Informática Industrial) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

Aluno: Priscila Almeida Andrade

CARVALHO, D. B. B.; OLIVEIRA, L. G.;Oliveira, Eduardo Jorge Valadares; GOLDBAUM, M.; MOREL, C. M.; SILVA, E. N.; MARINHO, M. E. P.. Análise da Dinâmica de Inovação em Vacinas Humanas no Brasil e na Índia: Perspectivas de uma Agenda de Cooperação Internacional (2005-2015). 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Políticas Sociais) - Universidade de Brasília.

Aluno: Thâmmara Lariane Henriques Tito

TITO, T. L. H.;OLIVEIRA, E. J. V.. Protocolo de Identificação do Comportamento do Usuário para suporte à Avaliação de Usabilidade de Produtos para a Saúde. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em MESTRADO PROFISSIONAL EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA) - Universidade Estadual da Paraíba.

Aluno: Mônica Cristina Antunes Figueirêdo Duarte

DUARTE, M. C. A. F.; VARANI, Marcio Luiz;OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares. Complexo Industrial da Saúde: Fabricação Nacional de Produtos para diagnóstico In Vitro.. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especializaçõ em Vigilância Sanitária) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Augusto Bencke Geyer

GEYER, Augusto Bencke; VARANI, Marcio Luiz;OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares. Plano de Intervenção: Atualização das Ferramentas de Peticionamento Eletrônico, Análise de Processos e Consulta de Produtos para Diagnóstico de Uso In Vitro. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especializaçõ em Vigilância Sanitária) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Débora Cristina Fernandes Pereira

DOS SANTOS, Ícaro;OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares. Sistema de Telemedicina para Monitoramento de Doentes Cardíacos Crônicos. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade de Brasília.

Aluno: Inajara Hayata de Azevedo

DOS SANTOS, Ícaro;OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares. Escopo de Laboratório de Certificação de Equipamentos Eletromédicos. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade de Brasília.

MULLER JUNIOR, E. L.;Oliveira, Eduardo Jorge Valadares; CINTRA, E. R. F.. Comissão Julgadora do Concurso Público, Edital n°: 17/2013, Classe Auxiliar, nível 1, área: INSTRUMENTAÇÃO BIOMÉDICA. 2013. Universidade Federal de Itajubá.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Vera Lúcia da Silveira Nantes Button

BUTTON, Vera Lúcia da Silveira NantesMAIA, Joaquim MiguelCOSTA, Eduardo Tavares; CALIL, Saide Jorge. Nova Técnica para Medição da Velocidade do Fluxo Sangüíneo com Ultra-Som Doppler. 2003. Dissertação (Mestrado em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Campinas.

Saide Jorge Calil

Button, Vera Lucia da Silveira Nantes; Miguel Maia, Joaquim;Costa, Eduardo TavaresCALIL, Saide Jorge. Nova Técnica para Medição da Velocidade do Fluxo Sangüíneo com Ultra-Som Doppler.. 2003. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Campinas.

Léria Rosane Holsbach

BUTTON, V. L. S. N.;Holsbch, LR. Engenharia Clínica Aplicada a Definição e Implementação de uma Proposta Desenvolvimentista para o Sistema Nacional de Inovação de Produtos Médicos. 2010. Tese (Doutorado em Doutorado em Engenharia Elétrica - UNICAMP) - Universidade Estadual de Campinas.

Joaquim Miguel Maia

BUTTON, V. L. S. N.; CALIL, S. J.;COSTA, E. T.MAIA, J. M.. Nova Técnica para Medição da Velocidade do Fluxo Sangüíneo com Ultra-som Doppler. 2003. Dissertação (Mestrado em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Campinas.

Joaquim Miguel Maia

BUTTON, V. L. S. N.;MAIA, J. M.; HOLSBACH, L. R.;COSTA, E. T.; Bassani, J. W. M.. Engenharia Clínica Aplicada à Definição e Implementação de uma Proposta Desenvolvimentista para o Sistema Nacional de Inovação de Produtos Médicos. 2010. Tese (Doutorado em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Campinas.

Joaquim Miguel Maia

BUTTON, V. L. S. N.COSTA, E. T.MAIA, J. M.. Técnica melhorada para medição de velocidade de sangue utilizando o efeito doppler. 2002. Outra participação, Universidade Estadual de Campinas.

JOSE WILSON MAGALHAES BASSANI

Bassani, JWM. Engenharia Clínica Aplicada à Definição e Implementação de uma Proposta Desenvolvimentista para o Sistema Nacional de Inovação de Produtos Médicos. 2010. Tese (Doutorado em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Campinas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Fábio Francisco Evangelista Leal

Guia para implantação de sistema de gestão da qualidade em setores de engenharia clínica de hospitais ? Atendimento aos requisitos das normas ABNT NBR ISO 9001:2015 e ABNT NBR 15943:2011; 2018; Dissertação (Mestrado em MESTRADO PROFISSIONAL EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA) - Universidade Estadual da Paraíba,; Orientador: Eduardo Jorge Valadares Oliveira;

Eduardo Frota Oliveira

Proposta de modelo para o dimensionamento do quadro de profissionais para o serviço de engenharia clínica dos hospitais universitários da Universidade Federal do Ceará; 2018; Dissertação (Mestrado em MESTRADO PROFISSIONAL EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA) - Universidade Estadual da Paraíba,; Orientador: Eduardo Jorge Valadares Oliveira;

Henrique de Almeida Veras

Modelo de proposta de implantação do serviço próprio de ressonância magnética em hospital universitário federal; 2018; Dissertação (Mestrado em MESTRADO PROFISSIONAL EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA) - Universidade Estadual da Paraíba,; Orientador: Eduardo Jorge Valadares Oliveira;

Manoel Pereira de Andrade Filho

PROPOSTA DE METODOLOGIA PARA IMPLANTAÇÃO DA TECNOLOGIA DE RFID-CHIP NO CONTROLE DA EVASÃO DE ENXOVAL HOSPITALAR; 2016; Dissertação (Mestrado em MESTRADO PROFISSIONAL EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA) - Universidade Estadual da Paraíba,; Orientador: Eduardo Jorge Valadares Oliveira;

Juliano Accioly Tesser

Avaliação da Produtividade dos Serviços de Radioterapia do Brasil no âmbito do SUS; 2013; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Vigilância Sanitária) - Fundação Oswaldo Cruz; Orientador: Eduardo Jorge Valadares Oliveira;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Vera Lúcia da Silveira Nantes Button

Engenharia Clínica Aplicada à definição e implementação de uma proposta desenvolvida para o sistema nacional de inovação de produtos médicos; 2010; Tese (Doutorado em Doutorado em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Campinas,; Orientador: Vera Lúcia da Silveira Nantes Button;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares ; VIVAN, Ana Luiza ; ALBUQUERQUE, Flávia Caixeta ; SILVA, Gabriela de Oliveira ; REZENDE, Kellen Santos ; BARBOSA, Luciana Pimenta . A consolidação do marco regulatório das parcerias para o desenvolvimento produtivo. REVISTA GESTÃO & SAÚDE (BRASÍLIA) , v. 6, p. 3175, 2015.

  • OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares ; BUTTON, Vera Lúcia da Silveira Nantes . Uma estratégia de desenvolvimento para o sistema nacional de inovação de produtos médicos. Revista brasileira de engenharia biomédica , p. 124-139, 2012.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares . Advisory Services to Strengthen the Capacity of APEX-Brasil to Upgrade its Trade Intelligence Unit. 2009.

OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares ; OLIVEIRA, Eduardo Frota ; JÚNIOR, Zich Moysés . Proposta de Política Nuclear para o Setor Saúde. 2009.

OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares . Lista de Produtos Médicos Estratégicos ao SUS (PORTARIA No- 978, DE 16 DE MAIO DE 2008). 2008.

LEÃO, Rafael ; OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares ; ALBORNOZ, Leo Janner Cartana . Estudo Setorial ? Setor de Equipamentos e Materiais de Uso em Saúde. 2008.

OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares . Relatório Técnico sobre Equipamentos Eletromassageadores. 2003.

OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares . Introdução ao Gerenciamento de Riscos de Produtos Médicos. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares . Relatório de Atividades do Projeto de Cooperação Brasil-Alemanha. 2011. (Relatório de pesquisa).

OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares . Introdução ao Gerenciamento de Riscos de Produtos Médicos. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares . Controle de Projetos de Produtos Médicos (Parte C) da RDC ANVISA n. 59/2000. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares . Relatório de Atividades do Projeto de Cooperação Brasil-Suécia. 2010. (Relatório de pesquisa).

OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares . Componentes e Produtos Não-Conformes (Parte I) , Ação Corretiva (Parte J) e Arquivo de reclamações (Parte M.4 ) da RDC ANVISA n. 59/2000da RDC ANVISA n. 59/2000. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares . Componentes e Produtos Não-Conformes (Parte I) , Ação Corretiva (Parte J) e Arquivo de reclamações (Parte M.4 ) da RDC ANVISA n. 59/2000da RDC ANVISA n. 59/2000. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares . Componentes e Produtos Não-Conformes (Parte I) e Ação Corretiva (Parte J) da RDC ANVISA n. 59/2000. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

OLIVEIRA, Eduardo Jorge Valadares . Componentes e Produtos Não-Conformes (Parte I) e Ação Corretiva (Parte J) da RDC ANVISA n. 59/2000. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2007 - 2015

    Elaboração da Lista de Produtos Médicos Estratégicos ao SUS, Descrição: Estudo e levantamento das tecnologias e produtos médicos estratégicos ao Sistema Único de Saúde (SUS), considerando as demandas tecnológicas do setor público, capacidade e interesse nacional de produção e capacidade de CT&I do País.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Eduardo Jorge Valadares Oliveira - Coordenador / Paulo Henrique Dantas Antonino - Integrante / Marcos Roberto Signori - Integrante / Marco Aurelio de Carvalho Nascimento - Integrante / Carlos Augusto Grabois Gadelha - Integrante / Leonardo Batista Paiva - Integrante., Financiador(es): Ministério da Saúde - Outra.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2011 - Atual

    PROJETO INTERNORMA, Descrição: Projeto para consolidação da cultura normativa na industrialização / utilização de produtos para a saúde no Brasil e das atuações nacional e internacional do CB-26/ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas no Setor de Produtos para a Saúde. Engloba as normas da ISO - International Organization for Standardization, IEC - The International Electrotechnical Commission e ASTM - American Society for Testing and Materials.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Eduardo Jorge Valadares Oliveira - Integrante / José Carlos T. de Barros Moraes - Coordenador / Márcio Bottaro - Integrante / Lídia Vasconcellos de Sá - Integrante / Cristina de Moraes Almeida - Integrante / Lucas Maurício Rodrigues - Integrante / Cláudio Pinheiro Fernandes - Integrante / Willian Mateucci - Integrante / Sára Elizabeth S. B. de Oliveira - Integrante / Clóvis Avellar Pires Neto - Integrante / Darlan Dallacosta - Integrante / Silvio Duailibi - Integrante / Rafael Mello Trommer - Integrante / Carlos Rodrigo Roesler - Integrante / Heitor Luz Neto - Integrante / Rogério Zarza - Integrante / Fátima Leone Martins - Integrante / Nestor Fernando Bustamante - Integrante / Cid Torquato - Integrante / Roque Eduardo Cruz - Integrante / Zemar M. Soares - Integrante / Nancy M. R. B Lopes - Integrante / Alberto Fossa - Integrante / Marcelo Antunes - Integrante.

  • 2007 - 2009

    Programa Nacional para Qualificação, Produção e Inovação no Complexo Industrial da Saúde, com ênfase em Equipamentos e Materiais de Uso em Saúde, Descrição: O Ministério da Saúde estabeleceu como uma das estratégias prioritárias da atual gestão, o desenvolvimento e inovação do Complexo Produtivo de Bens e Serviços de Saúde no país, ficando a cargo da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, por intermédio do Departamento de Economia da Saúde, a consolidação de programas e ações que levem ao cumprimento desta estratégia nacional de fomento, desenvolvimento e inovação para os insumos industriais na área da saúde. A defasagem tecnológica verificada no País e, conseqüentemente, a enorme dependência de importações, configura uma situação de vulnerabilidade para o Sistema Único de Saúde (SUS) que pode ser extremamente danosa para o bem-estar da população, e torna urgente o estabelecimento de estratégias nacionais na área de produção e desenvolvimento tecnológico de insumos estratégicos para saúde, visando adquirir capacidade tecnológica e produtiva para atender às necessidades do SUS. Neste contexto, foi estruturado o Programa Nacional para Qualificação, Produção e Inovação em Equipamentos e Materiais de Uso em Saúde no Complexo Industrial da Saúde, que tem como público alvo a indústria de produtos médicos, que engloba uma grande variedade de produtos e tecnologias presente de forma intensiva nos programas de assistência do SUS, que não podem ficar sujeitos à dependência de importações, às oscilações do mercado financeiro internacional e, conseqüentemente, refém de estratégias competitivas descoladas do interesse nacional. Além de representar um passo importante para diminuir as fragilidades do SUS, o programas vêm de encontro a uma série de prioridades estabelecidas por um conjunto de políticas nacionais estratégicas para o Pais, com destaque para a Política de Desenvolvimento Produtivo (PDP), o Programa Mais Saúde e o Plano de Ação em Ciência e Tecnologia 2007-2010. O programa é executado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, por intermédio do DECIIS.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Eduardo Jorge Valadares Oliveira - Coordenador., Financiador(es): Ministério da Saúde - Outra.

  • 2002 - 2005

    Elaboração de regulamentações técnicas para Produtos para a Saúde, Descrição: Elaboração de normas técnicas para equipamentos eletromédicos da série IEC 60601, destinadas a avaliação da conformidade de produtos e verificação de sua segurança e eficácia.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Eduardo Jorge Valadares Oliveira - Integrante / Newton Guilherme Wiederhecker - Coordenador.

  • 2007 - 2009

    Programa Nacional para Qualificação, Produção e Inovação no Complexo Industrial da Saúde, com ênfase em Equipamentos e Materiais de Uso em Saúde, Descrição: O Ministério da Saúde estabeleceu como uma das estratégias prioritárias da atual gestão, o desenvolvimento e inovação do Complexo Produtivo de Bens e Serviços de Saúde no país, ficando a cargo da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, por intermédio do Departamento de Economia da Saúde, a consolidação de programas e ações que levem ao cumprimento desta estratégia nacional de fomento, desenvolvimento e inovação para os insumos industriais na área da saúde. A defasagem tecnológica verificada no País e, conseqüentemente, a enorme dependência de importações, configura uma situação de vulnerabilidade para o Sistema Único de Saúde (SUS) que pode ser extremamente danosa para o bem-estar da população, e torna urgente o estabelecimento de estratégias nacionais na área de produção e desenvolvimento tecnológico de insumos estratégicos para saúde, visando adquirir capacidade tecnológica e produtiva para atender às necessidades do SUS. Neste contexto, foi estruturado o Programa Nacional para Qualificação, Produção e Inovação em Equipamentos e Materiais de Uso em Saúde no Complexo Industrial da Saúde, que tem como público alvo a indústria de produtos médicos, que engloba uma grande variedade de produtos e tecnologias presente de forma intensiva nos programas de assistência do SUS, que não podem ficar sujeitos à dependência de importações, às oscilações do mercado financeiro internacional e, conseqüentemente, refém de estratégias competitivas descoladas do interesse nacional. Além de representar um passo importante para diminuir as fragilidades do SUS, o programas vêm de encontro a uma série de prioridades estabelecidas por um conjunto de políticas nacionais estratégicas para o Pais, com destaque para a Política de Desenvolvimento Produtivo (PDP), o Programa Mais Saúde e o Plano de Ação em Ciência e Tecnologia 2007-2010. O programa é executado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, por intermédio do DECIIS.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Eduardo Jorge Valadares Oliveira - Coordenador., Financiador(es): Ministério da Saúde - Outra.

  • 2002 - 2005

    Elaboração de regulamentações técnicas para Produtos para a Saúde, Descrição: Elaboração de normas técnicas para equipamentos eletromédicos da série IEC 60601, destinadas a avaliação da conformidade de produtos e verificação de sua segurança e eficácia.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Eduardo Jorge Valadares Oliveira - Integrante / Newton Guilherme Wiederhecker - Coordenador.

  • 2007 - 2009

    Programa Nacional para Qualificação, Produção e Inovação no Complexo Industrial da Saúde, com ênfase em Equipamentos e Materiais de Uso em Saúde, Descrição: O Ministério da Saúde estabeleceu como uma das estratégias prioritárias da atual gestão, o desenvolvimento e inovação do Complexo Produtivo de Bens e Serviços de Saúde no país, ficando a cargo da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, por intermédio do Departamento de Economia da Saúde, a consolidação de programas e ações que levem ao cumprimento desta estratégia nacional de fomento, desenvolvimento e inovação para os insumos industriais na área da saúde. A defasagem tecnológica verificada no País e, conseqüentemente, a enorme dependência de importações, configura uma situação de vulnerabilidade para o Sistema Único de Saúde (SUS) que pode ser extremamente danosa para o bem-estar da população, e torna urgente o estabelecimento de estratégias nacionais na área de produção e desenvolvimento tecnológico de insumos estratégicos para saúde, visando adquirir capacidade tecnológica e produtiva para atender às necessidades do SUS. Neste contexto, foi estruturado o Programa Nacional para Qualificação, Produção e Inovação em Equipamentos e Materiais de Uso em Saúde no Complexo Industrial da Saúde, que tem como público alvo a indústria de produtos médicos, que engloba uma grande variedade de produtos e tecnologias presente de forma intensiva nos programas de assistência do SUS, que não podem ficar sujeitos à dependência de importações, às oscilações do mercado financeiro internacional e, conseqüentemente, refém de estratégias competitivas descoladas do interesse nacional. Além de representar um passo importante para diminuir as fragilidades do SUS, o programas vêm de encontro a uma série de prioridades estabelecidas por um conjunto de políticas nacionais estratégicas para o Pais, com destaque para a Política de Desenvolvimento Produtivo (PDP), o Programa Mais Saúde e o Plano de Ação em Ciência e Tecnologia 2007-2010. O programa é executado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, por intermédio do DECIIS.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Eduardo Jorge Valadares Oliveira - Coordenador., Financiador(es): Ministério da Saúde - Outra.

  • 2002 - 2005

    Elaboração de regulamentações técnicas para Produtos para a Saúde, Descrição: Elaboração de normas técnicas para equipamentos eletromédicos da série IEC 60601, destinadas a avaliação da conformidade de produtos e verificação de sua segurança e eficácia.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Eduardo Jorge Valadares Oliveira - Integrante / Newton Guilherme Wiederhecker - Coordenador.

  • 2007 - 2009

    Programa Nacional para Qualificação, Produção e Inovação no Complexo Industrial da Saúde, com ênfase em Equipamentos e Materiais de Uso em Saúde, Descrição: O Ministério da Saúde estabeleceu como uma das estratégias prioritárias da atual gestão, o desenvolvimento e inovação do Complexo Produtivo de Bens e Serviços de Saúde no país, ficando a cargo da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, por intermédio do Departamento de Economia da Saúde, a consolidação de programas e ações que levem ao cumprimento desta estratégia nacional de fomento, desenvolvimento e inovação para os insumos industriais na área da saúde. A defasagem tecnológica verificada no País e, conseqüentemente, a enorme dependência de importações, configura uma situação de vulnerabilidade para o Sistema Único de Saúde (SUS) que pode ser extremamente danosa para o bem-estar da população, e torna urgente o estabelecimento de estratégias nacionais na área de produção e desenvolvimento tecnológico de insumos estratégicos para saúde, visando adquirir capacidade tecnológica e produtiva para atender às necessidades do SUS. Neste contexto, foi estruturado o Programa Nacional para Qualificação, Produção e Inovação em Equipamentos e Materiais de Uso em Saúde no Complexo Industrial da Saúde, que tem como público alvo a indústria de produtos médicos, que engloba uma grande variedade de produtos e tecnologias presente de forma intensiva nos programas de assistência do SUS, que não podem ficar sujeitos à dependência de importações, às oscilações do mercado financeiro internacional e, conseqüentemente, refém de estratégias competitivas descoladas do interesse nacional. Além de representar um passo importante para diminuir as fragilidades do SUS, o programas vêm de encontro a uma série de prioridades estabelecidas por um conjunto de políticas nacionais estratégicas para o Pais, com destaque para a Política de Desenvolvimento Produtivo (PDP), o Programa Mais Saúde e o Plano de Ação em Ciência e Tecnologia 2007-2010. O programa é executado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, por intermédio do DECIIS.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Eduardo Jorge Valadares Oliveira - Coordenador., Financiador(es): Ministério da Saúde - Outra.

  • 2002 - 2005

    Elaboração de regulamentações técnicas para Produtos para a Saúde, Descrição: Elaboração de normas técnicas para equipamentos eletromédicos da série IEC 60601, destinadas a avaliação da conformidade de produtos e verificação de sua segurança e eficácia.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Eduardo Jorge Valadares Oliveira - Integrante / Newton Guilherme Wiederhecker - Coordenador.

  • 2007 - 2009

    Programa Nacional para Qualificação, Produção e Inovação no Complexo Industrial da Saúde, com ênfase em Equipamentos e Materiais de Uso em Saúde, Descrição: O Ministério da Saúde estabeleceu como uma das estratégias prioritárias da atual gestão, o desenvolvimento e inovação do Complexo Produtivo de Bens e Serviços de Saúde no país, ficando a cargo da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, por intermédio do Departamento de Economia da Saúde, a consolidação de programas e ações que levem ao cumprimento desta estratégia nacional de fomento, desenvolvimento e inovação para os insumos industriais na área da saúde. A defasagem tecnológica verificada no País e, conseqüentemente, a enorme dependência de importações, configura uma situação de vulnerabilidade para o Sistema Único de Saúde (SUS) que pode ser extremamente danosa para o bem-estar da população, e torna urgente o estabelecimento de estratégias nacionais na área de produção e desenvolvimento tecnológico de insumos estratégicos para saúde, visando adquirir capacidade tecnológica e produtiva para atender às necessidades do SUS. Neste contexto, foi estruturado o Programa Nacional para Qualificação, Produção e Inovação em Equipamentos e Materiais de Uso em Saúde no Complexo Industrial da Saúde, que tem como público alvo a indústria de produtos médicos, que engloba uma grande variedade de produtos e tecnologias presente de forma intensiva nos programas de assistência do SUS, que não podem ficar sujeitos à dependência de importações, às oscilações do mercado financeiro internacional e, conseqüentemente, refém de estratégias competitivas descoladas do interesse nacional. Além de representar um passo importante para diminuir as fragilidades do SUS, o programas vêm de encontro a uma série de prioridades estabelecidas por um conjunto de políticas nacionais estratégicas para o Pais, com destaque para a Política de Desenvolvimento Produtivo (PDP), o Programa Mais Saúde e o Plano de Ação em Ciência e Tecnologia 2007-2010. O programa é executado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, por intermédio do DECIIS.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Eduardo Jorge Valadares Oliveira - Coordenador., Financiador(es): Ministério da Saúde - Outra.

  • 2002 - 2005

    Elaboração de regulamentações técnicas para Produtos para a Saúde, Descrição: Elaboração de normas técnicas para equipamentos eletromédicos da série IEC 60601, destinadas a avaliação da conformidade de produtos e verificação de sua segurança e eficácia.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Eduardo Jorge Valadares Oliveira - Integrante / Newton Guilherme Wiederhecker - Coordenador.

  • 2007 - 2009

    Programa Nacional para Qualificação, Produção e Inovação no Complexo Industrial da Saúde, com ênfase em Equipamentos e Materiais de Uso em Saúde, Descrição: O Ministério da Saúde estabeleceu como uma das estratégias prioritárias da atual gestão, o desenvolvimento e inovação do Complexo Produtivo de Bens e Serviços de Saúde no país, ficando a cargo da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, por intermédio do Departamento de Economia da Saúde, a consolidação de programas e ações que levem ao cumprimento desta estratégia nacional de fomento, desenvolvimento e inovação para os insumos industriais na área da saúde. A defasagem tecnológica verificada no País e, conseqüentemente, a enorme dependência de importações, configura uma situação de vulnerabilidade para o Sistema Único de Saúde (SUS) que pode ser extremamente danosa para o bem-estar da população, e torna urgente o estabelecimento de estratégias nacionais na área de produção e desenvolvimento tecnológico de insumos estratégicos para saúde, visando adquirir capacidade tecnológica e produtiva para atender às necessidades do SUS. Neste contexto, foi estruturado o Programa Nacional para Qualificação, Produção e Inovação em Equipamentos e Materiais de Uso em Saúde no Complexo Industrial da Saúde, que tem como público alvo a indústria de produtos médicos, que engloba uma grande variedade de produtos e tecnologias presente de forma intensiva nos programas de assistência do SUS, que não podem ficar sujeitos à dependência de importações, às oscilações do mercado financeiro internacional e, conseqüentemente, refém de estratégias competitivas descoladas do interesse nacional. Além de representar um passo importante para diminuir as fragilidades do SUS, o programas vêm de encontro a uma série de prioridades estabelecidas por um conjunto de políticas nacionais estratégicas para o Pais, com destaque para a Política de Desenvolvimento Produtivo (PDP), o Programa Mais Saúde e o Plano de Ação em Ciência e Tecnologia 2007-2010. O programa é executado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, por intermédio do DECIIS.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Eduardo Jorge Valadares Oliveira - Coordenador., Financiador(es): Ministério da Saúde - Outra.

  • 2002 - 2005

    Elaboração de regulamentações técnicas para Produtos para a Saúde, Descrição: Elaboração de normas técnicas para equipamentos eletromédicos da série IEC 60601, destinadas a avaliação da conformidade de produtos e verificação de sua segurança e eficácia.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Eduardo Jorge Valadares Oliveira - Integrante / Newton Guilherme Wiederhecker - Coordenador.

  • 2007 - 2009

    Programa Nacional para Qualificação, Produção e Inovação no Complexo Industrial da Saúde, com ênfase em Equipamentos e Materiais de Uso em Saúde, Descrição: O Ministério da Saúde estabeleceu como uma das estratégias prioritárias da atual gestão, o desenvolvimento e inovação do Complexo Produtivo de Bens e Serviços de Saúde no país, ficando a cargo da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, por intermédio do Departamento de Economia da Saúde, a consolidação de programas e ações que levem ao cumprimento desta estratégia nacional de fomento, desenvolvimento e inovação para os insumos industriais na área da saúde. A defasagem tecnológica verificada no País e, conseqüentemente, a enorme dependência de importações, configura uma situação de vulnerabilidade para o Sistema Único de Saúde (SUS) que pode ser extremamente danosa para o bem-estar da população, e torna urgente o estabelecimento de estratégias nacionais na área de produção e desenvolvimento tecnológico de insumos estratégicos para saúde, visando adquirir capacidade tecnológica e produtiva para atender às necessidades do SUS. Neste contexto, foi estruturado o Programa Nacional para Qualificação, Produção e Inovação em Equipamentos e Materiais de Uso em Saúde no Complexo Industrial da Saúde, que tem como público alvo a indústria de produtos médicos, que engloba uma grande variedade de produtos e tecnologias presente de forma intensiva nos programas de assistência do SUS, que não podem ficar sujeitos à dependência de importações, às oscilações do mercado financeiro internacional e, conseqüentemente, refém de estratégias competitivas descoladas do interesse nacional. Além de representar um passo importante para diminuir as fragilidades do SUS, o programas vêm de encontro a uma série de prioridades estabelecidas por um conjunto de políticas nacionais estratégicas para o Pais, com destaque para a Política de Desenvolvimento Produtivo (PDP), o Programa Mais Saúde e o Plano de Ação em Ciência e Tecnologia 2007-2010. O programa é executado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, por intermédio do DECIIS.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2002 - 2005

    Elaboração de regulamentações técnicas para Produtos para a Saúde, Descrição: Elaboração de normas técnicas para equipamentos eletromédicos da série IEC 60601, destinadas a avaliação da conformidade de produtos e verificação de sua segurança e eficácia.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Eduardo Jorge Valadares Oliveira - Integrante / Newton Guilherme Wiederhecker - Coordenador.

  • 2007 - 2009

    Programa Nacional para Qualificação, Produção e Inovação no Complexo Industrial da Saúde, com ênfase em Equipamentos e Materiais de Uso em Saúde, Descrição: O Ministério da Saúde estabeleceu como uma das estratégias prioritárias da atual gestão, o desenvolvimento e inovação do Complexo Produtivo de Bens e Serviços de Saúde no país, ficando a cargo da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, por intermédio do Departamento de Economia da Saúde, a consolidação de programas e ações que levem ao cumprimento desta estratégia nacional de fomento, desenvolvimento e inovação para os insumos industriais na área da saúde. A defasagem tecnológica verificada no País e, conseqüentemente, a enorme dependência de importações, configura uma situação de vulnerabilidade para o Sistema Único de Saúde (SUS) que pode ser extremamente danosa para o bem-estar da população, e torna urgente o estabelecimento de estratégias nacionais na área de produção e desenvolvimento tecnológico de insumos estratégicos para saúde, visando adquirir capacidade tecnológica e produtiva para atender às necessidades do SUS. Neste contexto, foi estruturado o Programa Nacional para Qualificação, Produção e Inovação em Equipamentos e Materiais de Uso em Saúde no Complexo Industrial da Saúde, que tem como público alvo a indústria de produtos médicos, que engloba uma grande variedade de produtos e tecnologias presente de forma intensiva nos programas de assistência do SUS, que não podem ficar sujeitos à dependência de importações, às oscilações do mercado financeiro internacional e, conseqüentemente, refém de estratégias competitivas descoladas do interesse nacional. Além de representar um passo importante para diminuir as fragilidades do SUS, o programas vêm de encontro a uma série de prioridades estabelecidas por um conjunto de políticas nacionais estratégicas para o Pais, com destaque para a Política de Desenvolvimento Produtivo (PDP), o Programa Mais Saúde e o Plano de Ação em Ciência e Tecnologia 2007-2010. O programa é executado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, por intermédio do DECIIS.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Eduardo Jorge Valadares Oliveira - Coordenador., Financiador(es): Ministério da Saúde - Outra.

  • 2002 - 2005

    Elaboração de regulamentações técnicas para Produtos para a Saúde, Descrição: Elaboração de normas técnicas para equipamentos eletromédicos da série IEC 60601, destinadas a avaliação da conformidade de produtos e verificação de sua segurança e eficácia.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Eduardo Jorge Valadares Oliveira - Integrante / Newton Guilherme Wiederhecker - Coordenador.

  • 2007 - 2009

    Programa Nacional para Qualificação, Produção e Inovação no Complexo Industrial da Saúde, com ênfase em Equipamentos e Materiais de Uso em Saúde, Descrição: O Ministério da Saúde estabeleceu como uma das estratégias prioritárias da atual gestão, o desenvolvimento e inovação do Complexo Produtivo de Bens e Serviços de Saúde no país, ficando a cargo da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, por intermédio do Departamento de Economia da Saúde, a consolidação de programas e ações que levem ao cumprimento desta estratégia nacional de fomento, desenvolvimento e inovação para os insumos industriais na área da saúde. A defasagem tecnológica verificada no País e, conseqüentemente, a enorme dependência de importações, configura uma situação de vulnerabilidade para o Sistema Único de Saúde (SUS) que pode ser extremamente danosa para o bem-estar da população, e torna urgente o estabelecimento de estratégias nacionais na área de produção e desenvolvimento tecnológico de insumos estratégicos para saúde, visando adquirir capacidade tecnológica e produtiva para atender às necessidades do SUS. Neste contexto, foi estruturado o Programa Nacional para Qualificação, Produção e Inovação em Equipamentos e Materiais de Uso em Saúde no Complexo Industrial da Saúde, que tem como público alvo a indústria de produtos médicos, que engloba uma grande variedade de produtos e tecnologias presente de forma intensiva nos programas de assistência do SUS, que não podem ficar sujeitos à dependência de importações, às oscilações do mercado financeiro internacional e, conseqüentemente, refém de estratégias competitivas descoladas do interesse nacional. Além de representar um passo importante para diminuir as fragilidades do SUS, o programas vêm de encontro a uma série de prioridades estabelecidas por um conjunto de políticas nacionais estratégicas para o Pais, com destaque para a Política de Desenvolvimento Produtivo (PDP), o Programa Mais Saúde e o Plano de Ação em Ciência e Tecnologia 2007-2010. O programa é executado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, por intermédio do DECIIS.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Eduardo Jorge Valadares Oliveira - Coordenador., Financiador(es): Ministério da Saúde - Outra.

  • 2002 - 2005

    Elaboração de regulamentações técnicas para Produtos para a Saúde, Descrição: Elaboração de normas técnicas para equipamentos eletromédicos da série IEC 60601, destinadas a avaliação da conformidade de produtos e verificação de sua segurança e eficácia.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Eduardo Jorge Valadares Oliveira - Integrante / Newton Guilherme Wiederhecker - Coordenador.

  • 2007 - 2009

    Programa Nacional para Qualificação, Produção e Inovação no Complexo Industrial da Saúde, com ênfase em Equipamentos e Materiais de Uso em Saúde, Descrição: O Ministério da Saúde estabeleceu como uma das estratégias prioritárias da atual gestão, o desenvolvimento e inovação do Complexo Produtivo de Bens e Serviços de Saúde no país, ficando a cargo da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, por intermédio do Departamento de Economia da Saúde, a consolidação de programas e ações que levem ao cumprimento desta estratégia nacional de fomento, desenvolvimento e inovação para os insumos industriais na área da saúde. A defasagem tecnológica verificada no País e, conseqüentemente, a enorme dependência de importações, configura uma situação de vulnerabilidade para o Sistema Único de Saúde (SUS) que pode ser extremamente danosa para o bem-estar da população, e torna urgente o estabelecimento de estratégias nacionais na área de produção e desenvolvimento tecnológico de insumos estratégicos para saúde, visando adquirir capacidade tecnológica e produtiva para atender às necessidades do SUS. Neste contexto, foi estruturado o Programa Nacional para Qualificação, Produção e Inovação em Equipamentos e Materiais de Uso em Saúde no Complexo Industrial da Saúde, que tem como público alvo a indústria de produtos médicos, que engloba uma grande variedade de produtos e tecnologias presente de forma intensiva nos programas de assistência do SUS, que não podem ficar sujeitos à dependência de importações, às oscilações do mercado financeiro internacional e, conseqüentemente, refém de estratégias competitivas descoladas do interesse nacional. Além de representar um passo importante para diminuir as fragilidades do SUS, o programas vêm de encontro a uma série de prioridades estabelecidas por um conjunto de políticas nacionais estratégicas para o Pais, com destaque para a Política de Desenvolvimento Produtivo (PDP), o Programa Mais Saúde e o Plano de Ação em Ciência e Tecnologia 2007-2010. O programa é executado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, por intermédio do DECIIS.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Eduardo Jorge Valadares Oliveira - Coordenador., Financiador(es): Ministério da Saúde - Outra.

  • 2002 - 2005

    Elaboração de regulamentações técnicas para Produtos para a Saúde, Descrição: Elaboração de normas técnicas para equipamentos eletromédicos da série IEC 60601, destinadas a avaliação da conformidade de produtos e verificação de sua segurança e eficácia.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (0) Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Eduardo Jorge Valadares Oliveira - Integrante / Newton Guilherme Wiederhecker - Coordenador.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2016

1o Colocado no 20o Concurso Inovação na Gestão Pública Federal, Escola Nacional de Administração Públicas.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Estadual da Paraíba, Núcleo de Tecnologias Estratégicas em Saúde - NUTES. , Rua Baraúnas 351, Universitário, 58429500 - Campina Grande, PB - Brasil, Telefone: (83) 33153336, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2012 - Atual

    Universidade Estadual da Paraíba

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 02/2013

      Ensino, MESTRADO PROFISSIONAL EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Metodologia de Projetos Tecnológicos de Dispositivos Médicos, Instrumentação Biomédica, Engenharia Clínica

    • 04/2012

      Pesquisa e desenvolvimento , Núcleo de Tecnologias Estratégicas em Saúde - NUTES, .,Linhas de pesquisa

  • 2012 - 2016

    Ministério da Saúde

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Diretor do DECIIS/SCTIE, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Atribuições: - Consolidar programas e ações que permitam a definição de uma estratégia nacional de fomento, desenvolvimento e inovação para os insumos industriais na área de saúde; - Subsidiar a SCTIE na formulação de políticas, diretrizes e metas para as áreas e temas relativos ao Complexo Industrial da Saúde (CIS), necessários à implementação da Política Nacional de Saúde (PNS); - Coordenar a organização e o desenvolvimento de programas, projetos e ações que visem induzir o desenvolvimento, a difusão e a incorporação de novas tecnologias no SUS; - Formular, propor diretrizes e coordenar o desenvolvimento de ações voltadas à produção de insumos para a saúde de interesse nacional; - Definir estratégias de atuação no campo da biossegurança, da biotecnologia, do patrimônio genético e da propriedade intelectual; - Prestar cooperação técnica para o aperfeiçoamento da capacidade gerencial, assim como orientar, capacitar e promover ações de suporte aos agentes de Estados, de Municípios e do Distrito Federal; - Elaborar, divulgar e fomentar a observância de diretrizes de desenvolvimento tecnológico, transferência de tecnologias, produção e inovação no CIS; - Formular e coordenar as ações de fomento à produção pública de medicamentos e outros insumos industriais na área de saúde como suporte às ações governamentais em saúde; - Propor acordos e convênios com entidades e órgãos da administração pública, direta e indireta, do terceiro setor e do setor privado para a implementação das diretrizes e consolidação da PNS; - Promover a articulação intersetorial da PNS no âmbito do Sistema Nacional de Inovação e da Política Industrial; - Promover, em articulação com ICT, bancos e agências de fomento, a realização de projetos estratégicos para desenvolvimento tecnológico, transferências de tecnologia, produção e inovação em saúde; - Analisar a viabilidade de empreendimentos públicos no CIS; - Participar de ações de regulação de mercado e analisar dados econômicos.

  • 2011 - 2012

    Ministério da Saúde

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenador Geral de Equipamentos e Materiais, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Atribuições (PORTARIA MS N 3.965, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2010): I - Acompanhar e avaliar a implementação da Lei de Inovação, bem como desenvolver instrumentos para seu aperfeiçoamento no que se refere ao tema Equipamentos e Materiais de Uso em Saúde; II - Apoiar o fomento a projetos de desenvolvimento tecnológico, produção e inovação no setor de equipamentos e materiais no Complexo Industrial da Saúde; III - Desenvolver ações em articulação com órgãos públicos e/ou privados que promovam o incremento da produção de equipamentos e materiais no Complexo Industrial da Saúde; IV - Planejar, dirigir, coordenar e supervisionar as atividades e processos relativos à produção de insumos críticos para a saúde no Complexo Industrial da Saúde; V - Promover a integração e a articulação dos órgãos públicos e privados para desenvolver a regulação e a metrologia no setor de equipamentos e materiais no Complexo Industrial da Saúde; e VI - Promover o estabelecimento de parcerias com instituições públicas e privadas, com vistas ao desenvolvimento de termos de cooperação técnica e econômica para o incremento da dinâmica tecnológica do setor de equipamentos e materiais no Complexo Industrial da Saúde.

  • 2007 - 2009

    Ministério da Saúde

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenador Geral de Equipamentos e Materiais, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Atribuições (PORTARIA MS N 3.965, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2010): I - acompanhar e avaliar a implementação da Lei de Inovação, bem como desenvolver instrumentos para seu aperfeiçoamento no que se refere ao tema Equipamentos e Materiais de Uso em Saúde; II - apoiar o fomento a projetos de desenvolvimento tecnológico, produção e inovação no setor de equipamentos e materiais no Complexo Industrial da Saúde; III - desenvolver ações em articulação com órgãos públicos e/ou privados que promovam o incremento da produção de equipamentos e materiais no Complexo Industrial da Saúde; IV - planejar, dirigir, coordenar e supervisionar as atividades e processos relativos à produção de insumos críticos para a saúde no Complexo Industrial da Saúde; V - promover a integração e a articulação dos órgãos públicos e privados para desenvolver a regulação e a metrologia no setor de equipamentos e materiais no Complexo Industrial da Saúde; e VI - promover o estabelecimento de parcerias com instituições públicas e privadas, com vistas ao desenvolvimento de termos de cooperação técnica e econômica para o incremento da dinâmica tecnológica do setor de equipamentos e materiais no Complexo Industrial da Saúde.

    Atividades

    • 04/2012

      Pesquisa e desenvolvimento , Universidade Estadual da Paraíba - UEPB, Núcleo de Tecnologias Estratégicas em Saúde - NUTES.,Linhas de pesquisa

    • 04/2012

      Ensino, Computação, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Planejamento e Gestao de Projetos em Informatica

    • 09/2012 - 02/2016

      Direção e administração, Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos - SCTIE, .,Cargo ou função, Diretor do Departamento do Complexo Industrial e Inovação em Saúde.

    • 06/2007 - 09/2012

      Direção e administração, Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos - SCTIE, .,Cargo ou função, Coordenador Geral de Economia da Saúde.

  • 2002 - 2005

    Agência Nacional de Vigilância Sanitária

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Consultor Técnico, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    1- Atividades Desenvolvidas: - Parecer tecnico em processos; - Participacao de reunioes tecnicas e elaboracao de relatorios sobre os trabalhos desenvolvidos; - Elaboracao de normas tecnicas sobre equipamentos e materiais de uso em saude; - Elaborar e digitar oficios e memorandos relativos a procedimentos tecnicos internos; - Manter-se atualizado sobre a legislacao basica e os instrumentos tecnicos para o funcionamento do setor; - Emitir pareceres sobre documentos, expedientes, processos de registros, notificacoes e peticoes de interesse do setor, com base na legislacao vigente; - Supervisionar as instrucoes sobre processos de registros, notificacoes e peticoes de interesse do setor com base na legislacao vigente; - Propor normas e regulamentos de interesse do setor; - Participar em reunioes e eventos do setor com outros setores da ANVISA; - Elaborar relatorios sobre planilhas, graficos e relatorios estatisticos de processos internos realizados no setor; - Subsidiar as informacoes a serem inseridas na homepage e na intravisa; - Sugerir melhorias aos sistemas corporativos utilizados pelo setor; - Sugerir melhorias aos processos de modernizacao gerencial do setor; - Analisar proposicoes resultantes de levantamentos de informacoes, pesquisas e estudos especificos a serem utilizadas pelo setor; - Sugerir modelos de atendimento a consultas do publico interno e externo sobre assuntos relativos ao setor; - Monitorar contratos e convenios com pessoas juridicas de interesse do setor; - Elaborar minutas de editais, convenios, contratos, planilhas de custos e rotinas tecnicas; - Desenvolver programas de avaliacao setoriais.

    Atividades

    • 06/2002 - 04/2005

      Treinamentos ministrados , Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde, Unidade de Inspeção de Produtos Para a Saúde.,Treinamentos ministrados, Instrutor do Curso de Boas Práticas de Fabricação de Produtos Médicos

    • 06/2002 - 04/2005

      Outras atividades técnico-científicas , Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde, Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde.,Atividade realizada, Auditorias de Boas Práticas de Fabricação em Empresas Produtoras de Produtos Médicos;.

    • 06/2002 - 04/2005

      Outras atividades técnico-científicas , Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde, Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde.,Atividade realizada, Registro de produtos para saúde da Unidade de Equipamentos conforme RDC n 185/01;.

    • 06/2002 - 04/2005

      Outras atividades técnico-científicas , Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde, Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde.,Atividade realizada, Participação de reuniões técnicas e elaboração de relatórios sobre os trabalhos desenvolvidos;.

    • 06/2002 - 04/2005

      Outras atividades técnico-científicas , Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde, Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde.,Atividade realizada, Emitir pareceres sobre documentos, expedientes, processos de registros, notificações e petições de interesse do setor, com base na legislação vigente;.

    • 06/2002 - 04/2005

      Outras atividades técnico-científicas , Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde, Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde.,Atividade realizada, Propor normas e regulamentos de interesse do setor;.

    • 06/2002 - 04/2005

      Outras atividades técnico-científicas , Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde, Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde.,Atividade realizada, Elaborar relatórios sobre planilhas, gráficos e relatórios estatísticos de processos internos realizados no setor..

    • 06/2002 - 04/2005

      Outras atividades técnico-científicas , Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde, Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde.,Atividade realizada, Subsidiar as informações a serem inseridas na homepage e na intravisa;.

    • 06/2002 - 04/2005

      Outras atividades técnico-científicas , Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde, Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde.,Atividade realizada, Sugerir melhorias aos sistemas corporativos utilizados pelo setor;.

    • 06/2002 - 04/2005

      Outras atividades técnico-científicas , Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde, Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde.,Atividade realizada, Analisar proposições resultantes de levantamentos de informações, pesquisas e estudos específicos a serem utilizadas pelo setor;.

    • 06/2002 - 04/2005

      Outras atividades técnico-científicas , Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde, Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde.,Atividade realizada, Sugerir modelos de atendimento a consultas do público interno e externo sobre assuntos relativos ao setor;.

    • 06/2002 - 04/2005

      Outras atividades técnico-científicas , Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde, Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde.,Atividade realizada, Monitorar contratos e convênios com pessoas jurídicas de interesse do setor;.

    • 06/2002 - 04/2005

      Outras atividades técnico-científicas , Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde, Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde.,Atividade realizada, Elaborar minutas de editais, convênios, contratos, planilhas de custos e rotinas técnicas;.

    • 06/2002 - 04/2005

      Outras atividades técnico-científicas , Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde, Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde.,Atividade realizada, Desenvolver programas de avaliação e consolidação de dados de inspeção do setor;.

    • 06/2002 - 04/2005

      Outras atividades técnico-científicas , Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde, Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde.,Atividade realizada, Elaborar planos de trabalho, projetos básicos, manuais instrucionais e textos para folders;.

    • 06/2002 - 04/2005

      Outras atividades técnico-científicas , Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Agência Nacional de Vigilância Sanitária.,Atividade realizada, Sugerir melhorias aos processos de modernização gerencial do setor;.

    • 06/2002 - 04/2005

      Outras atividades técnico-científicas , Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde, Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde.,Atividade realizada, Elaboração de normas técnicas sobre equipamentos e materiais de uso em saúde;.

    • 06/2002 - 04/2005

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Gerência Geral de Tecnologia de Produtos Para Saúde, Unidade de Tecnologia Em Equipamentos.,Cargo ou função, Consultor Técnico.

  • 2016 - 2018

    Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coord. de Infraestrutura Física e Tecnológica, Carga horária: 40

  • 2016 - 2016

    Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Diretor de Administração e Infraestrutura, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Compete à Diretoria de Administração e Infraestrutura: I. planejar, implementar e controlar as políticas e diretrizes de gestão administrativa, Patrimonial e de infraestrutura no âmbito da Sede da Ebserh, filiais e unidades descentralizadas; II. planejar, estabelecer diretrizes e normas, em articulação com as demais Diretorias, para as atividades de compras, aquisições e contratações de bens e serviços necessários ao pleno funcionamento da Sede da Ebserh, filiais e unidades descentralizadas, assim como executar os procedimentos para a consecução dessas atividades; III. planejar, estabelecer diretrizes e normas de gerenciamento e fiscalização de contratos e convênios no âmbito da Sede da Ebserh, filiais e unidades descentralizadas; IV. gerenciar o patrimônio da Sede da Ebserh e monitorar sua manutenção nas filiais e unidades descentralizadas; V. gerenciar o almoxarifado, a infraestrutura física e os serviços administrativos da Sede da Ebserh; VI. planejar, estabelecer diretrizes e normas, avaliar e controlar a emissão de passagens e diárias necessárias para a realização de trabalhos no âmbito da Sede da Ebserh, filiais e unidades descentralizadas; VII. articular com a DGPTI o desenvolvimento e a implantação do Sistema nformatizado de Gestão Hospitalar da Ebserh, no tocante a processos e procedimentos, infraestrutura, tecnologias da informação e serviços, assim como indicadores para monitoramento; VIII. planejar, coordenar e implementar, em conjunto com as Diretoriasda Ebserh, o processo de especificação técnica para o provimento de infraestrutura física da Sede, filiais e unidades descentralizadas, de acordo com normas e legislação vigentes; IX. monitorar e avaliar a gestão de infraestrutura física da sede, filiais e unidade descentralizadas, de forma orientada para a qualificação das áreas físicas e instalações prediais; e X. exercer outras atribuições determinadas pela Presidência.

    Atividades

    • 08/2016

      Direção e administração, Diretoria de Administração e Infraestrutura, Coordenadoria de Infraestrutura Física e Tecnológica.,Cargo ou função, Coordenador.

    • 03/2016 - 07/2016

      Direção e administração, Diretoria de Administração e Infraestrutura, .,Cargo ou função, Diretor.

  • 2010 - 2011

    Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Esp. em Projetos de Cooperação Industrial, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Atribuições: 1- Promover e apoiar a execução das políticas de desenvolvimento industrial, concebendo, desenvolvendo, executando e/ou liderando projetos finalísticos da ABDI; 2- Garantir a representação e defesa das decisões da ABDI junto às instituições externas; defendendo uma postura ou linha de ação ou relatando procedimentos adotados; participando dos congressos, fóruns, seminários, reuniões quando convidados como expositores ou como participantes solicitados a esclarecer questões relacionadas à missão da ABDI; 3- Certificar-se de estar informado com relação às ações de Governo e de mercado, mantendo-se atualizado com o conjunto de leis que afetam a execução da PDP e seus projetos e acompanhando os indicadores de produção industrial e as movimentações nacionais e internacionais relacionadas ao assunto; 4- Apoiar interna e externamente as ações e projetos da ABDI, identificando possíveis parceiros, promovendo reuniões para exposição de objetivos e sensibilização para os resultados esperados; 5- Assegurar o atendimento eficiente da demanda de elaboração de Notas Técnicas em geral, emitindo pareceres ou apresentando sugestões de ações corretivas ou preventivas sobre assuntos relacionados à Política Industrial, analisando o contexto histórico do tema da demanda e identificando gargalos e soluções, agindo de modo rápido a fim de proporcionar um resultado positivo. 6- Estruturar e detalhar projetos de promoção do desenvolvimento industrial e tecnológico, incluindo todas as etapas do ciclo de projetos e aspectos envolvidos (definição de escopo, prazo e recursos; estruturação lógica; planejamento e desdobramento de atividades; redação e detalhamento das ações; análise de impactos econômicos, sociais etc.; articulação/negociação com organizações parceiras etc.). 7- Organizar de missões empresariais e técnicas, bem como eventos e outras atividades de promoção de negócios, investimentos e do desenvolvimento tecnológico. 8- Analisar projetos industriais.

  • 2006 - 2007

    Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Coordenador de Projetos, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Coordenação dos Planos de Desenvolvimento Setorial (PDS) para os Setores de Automação Bancária e Industrial e Equipamentos Médicos. 1- Objetivo Geral: Apoiar empresas brasileiras de base tecnológica de porte pequeno ou médio, para torná-las competidores internacionais, desenvolvendo marcas e tecnologia próprias. 2- Objetivos Específicos: ? Incrementar a competitividade das empresas do setor; ? Manter contínuo intercâmbio de informações; ? Promover geração de negócios e o investimento através da identificação de projetos de interesse potencial mútuo; ? Utilizar o poder de compra do Estado, das empresas de economia mista e das autarquias para que, em condições isonômicas, as empresas brasileiras de base tecnológica, de porte pequeno e médio, participem mais ativamente; ? Elaborar projetos setoriais específicos voltados à: - Capacitação e formação; - Disseminação de informações; - Desenvolvimento tecnológico; - Inovação; - Garantia da qualidade de produtos e processo de fabricação; - Desenvolvimento da produção das empresas deste setor nos mercados interno e externo; - Articulação de mecanismos de financiamento; - Estruturação de empreendimentos; - Promoção de ações cooperadas entre empresas; - Previsão de recursos para atingir aos objetivos.

    Atividades

    • 05/2006

      Direção e administração, Diretoria Técnica - DT, .,Cargo ou função, Gestão de Projetos com os setores de Produtos Médicos (ABIMO) e Automação Industrial (ABINEE).

    • 05/2006

      Serviços técnicos especializados , Diretoria Técnica - DT, .,Serviço realizado, Coordenador e Organizador de Missão Técnica do Governo a Alemanha para o Setor Odonto-Médico Hospitalar e de Laboratórios, objetivando: Agregar representantes do Estado, Sociedade Civil e Universidades para conhecer, avaliar e discutir os mecanismos.

    • 05/2006

      Outras atividades técnico-científicas , Diretoria Técnica - DT, Diretoria Técnica - DT.,Atividade realizada, Estudo sobre Regulação Sanitária de Equipamentos Médicos no Âmbito do MERCOSUL: Entraves para a Re-estruturação da Certificação de Produtos e Processos Produtivos, o qual discute o modelo de regulação sanitária para produtos médicos no Brasil..

    • 05/2006 - 05/2007

      Direção e administração, Diretoria Técnica - DT, .,Cargo ou função, Monitorar contratos e convênios com pessoas jurídicas de interesse do setor..

  • 2005 - 2006

    Johnson Johnson Produtos Profissionais

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Coordenador de Assuntos Regulatórios, Carga horária: 44

    Outras informações:
    Responsável na América Latina pelas atividades regulatórias e de acompanhamento de mercado de equipamentos médicos e implantes ortopédicos.

  • 2011 - 2012

    Universidade Estadual de Campinas

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Prof. do Curso de Esp. em Engenharia Clínica

    Outras informações:
    Professor do Curso de Especialização em Engenharia Clínica, responsável pela disciplina: "Segurança no ?Trabalho? (Regulatória/Jurídica) e Normas".

  • 2011 - 2012

    Universidade de Brasília, UnB

    Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Visitante, Carga horária: 4