Severina Alice da Costa Uchôa

Graduada em medicina com mestrado em Sociologia pela Universidade Federal da Paraíba (1994) e doutorado em Saúde Coletiva pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2003). Em 2016 concluiu Estágio de Pós-doutorado no Exterior do CNPq, na área de Avaliação de Políticas de Saúde no Instituto de Higiene e Medicina Tropical da Universidade Nova de Lisboa, Portugal. É Professora Titular do Departamento de Saúde Coletiva - da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Lidera o Grupo de Estudos em Avaliação de Políticas, Programas e Serviços de Saúde /UFRN, e é orientadora dos programas de pós-graduação em Ciências da Saúde. Saúde Coletiva e Saúde da Família a da UFRN. Colabora com o Núcleo de Estudos em Saúde Coletiva-UFRN. Foi coordenadora da Avaliação Externa do Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade na Atenção Básica (PMAQ-AB/UFRN 2012-2018), do Ministério da Saúde, nos Estados do Rio Grande do Norte e Ceará e integrou a coordenação Programa Nacional de Avaliação dos Serviços de Saúde (PNASS- UFRN) em estados do nordeste brasileiro. Foi tutora do Programa Mais Médicos para o Brasil (2014-2015). Desde 2013 integra o Comitê Gestor da Rede de Pesquisa em Atenção Primária à Saúde. Atualmente é Pesquisadora PQ do CNPq, coordena o projeto "Avaliação da Avaliação Externa do Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ- AB)" do Brasil, na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, integra o Grupo de Trabalho (GT) de Avaliação de Políticas na Associação Brasileira de Saúde Coletiva (ABRASCO) e é Editora Associada da ?Revista Brasileira de Medicina da Família e Comunidade? e ?APS em Revista? Atua nas áreas de Avaliação e Meta-avaliação de Políticas e Programas de Saúde; Atenção Primária à Saúde e Metodologia da Pesquisa Qualitativa.

Informações coletadas do Lattes em 28/03/2022

Acadêmico

Formação acadêmica

Doutorado em Saúde Coletiva

1999 - 2003

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Título: OS PROTOCOLOS E A DECISÃO MÉDICA: EVIDÊNCIAS OU VIVÊNCIAS?
KENNETH ROCHEL DE CAMARGO JR. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: PRÁTICA MÉDICA; MEDICINA E CIÊNCIA; MEDICINA TECNOLÓGICA E PADRONIZAÇÃO DAS ESCOHAS; VALORES E DECISÃO MÉDICA; ETNOGRAFIA.Grande área: Ciências da SaúdeGrande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia. Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia. Setores de atividade: Educação Superior; Formação Permanente e Outras Atividades de Ensino, Inclusive Educação À Distância e Educação Especial; Políticas, Planejamento e Gestão em Saúde.

Mestrado em Sociologia

1990 - 1994

Universidade Federal da Paraíba
Título: ERRO MÉDICO: DE SENHOR DA VIDA À SENHOR DA MORTE: UM ESTUDO SOBRE REPRESENTAÇÃO DO ERRO NA PRÁTICA MÉDICA,Ano de Obtenção: 1994
JACOB CARLOS DE LIMA.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: ERRO MÉDICO; ÉTICA E PRÁTICA MÉDICA; TRABALHO MÉDICO.

Especialização - Residência médica

1988 - 1990

Universidade Federal da Paraíba
Residência médica em: Medicina Preventiva e SocialNúmero do registro: . Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Especialização - Residência médica

1979 - 1981

Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais
Residência médica em: PediatriaNúmero do registro: . Bolsista do(a): Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais, FCM- MG, Brasil.

Pós-doutorado

2015 - 2016

Pós-Doutorado. , Instituto de Higiene e Medicina Tropical da Universidade Nova de Lisboa, IHMT, Portugal. , Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. , Grande área: Ciências da Saúde

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Francês

Compreende Pouco, Lê Pouco.

Áreas de atuação

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Enfermagem.

Organização de eventos

UCHOA, ALICE COSTA . III CONGRESSO DE CIENCIAS HUMANAS E SOCIASI EM SAÚDE. 2005. (Congresso).

UCHOA, ALICE COSTA . III CONFERENCIA ESTADUAL DE SAÚDE BUCAL. 2004. (Congresso).

UCHOA, ALICE COSTA . Simpósio Nacional De Ciências Humanas E Sociais Em Saúde. 2004. (Congresso).

UCHOA, ALICE COSTA . CONFERÊNCIA ESTADUAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA E INOVAÇÃO EM SAÚDE. 2004. (Congresso).

Participação em eventos

"8 Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde. O PROGRAMA NACIONAL DE MELHORIA DO ACESSO E DA QUALIDADE DA ATENÇÃO BÁSICA: A INTERFACE ENTRE A INOVAÇÃO E A UTILIDADE DA AVALIAÇÃO EXTERNA. 2019. (Congresso).

EUROPEAN CONGRESS OF EPIDEMIOLOGY. EUROPEAN CONGRESS OF EPIDEMIOLOGY. 2013. (Congresso).

XV ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UEPB.Estruturação de Projeto de Pesquisa. 2008. (Encontro).

XVIII CONGRESSO MUNDIAL E VII CONGRESSO BRASILEIRO DE EPIDEMIOLOGIA. AVALIAÇÃO DOS ERROS DE PRESCRIÇÃO DE UM HOSPITAL PÚBLICO E DE ENSINO E A CONSTRUÇÃO DA RETÓRICA SOBRE MUDANÇA DO ESTILO DE PENSAMENTO CLÍNICO PARA O EPIDEMIOLÓGICO NO JOURNAL OF THE AMERICAN MEDICAL ASSOCIATION -JAMA. 2008. (Congresso).

III CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS HUMANA E SOCIAIS EM SAÚDE. A RETÓRICA E O CARÁTER CIENTÍFICO DA PRÁTICA MÉDICA 1945-200. 2005. (Congresso).

VI CONGRESSO NACIIONAL DA REDE UNIDA. O OLHAR DAS NOVAS FORMAS DE CUIDADO NA PERSPECTIVA DA INTEGRALIDADE. 2005. (Congresso).

Participação em bancas

Aluno: Ítalo Vinícius Albuquerque Diniz

UCHOA, S A C.. META-AVALIAÇÃO DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE: ENFOQUE NO PADRÃO DE FACTIBILIDADE. 2020. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Universidade Estadual da Paraíba.

Aluno: Juliana Ferreira Lemos

Uchôa,Severina A.C,; SOUSA, C. S. M.; ROCHA, P. M.; MACEDO, M. R. C.. Programa Mais Médicos para o Brasil: validação de conteúdo de indicadores para avaliação. 2016. Dissertação (Mestrado em PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA NO NORDESTE) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Juliana Gonçalves

NORO, L. R.;UCHOA, S A C.. Formação do Profissional Sanitarista: caminhos e perclaços. 2014. Dissertação (Mestrado em PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Maria Betânia de Morais

AMORIM, K. P. C.;UCHOA, S A C.. Pet- Saúde na percepção de estudantes: Contribuições para formação da Área de Saúde. 2014. Dissertação (Mestrado em MESTRADO PROFISSIONAL EM SAÚDE DA FAMILIA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Francisco Glériston Vieira

ROCHA, P. M.;UCHOA, S A C.. Avaliação da Satisfação das Usuárias sobre a Atenção à Saúde da Mulher no Rio Grande do Norte. 2014. Dissertação (Mestrado em PROGRAMA PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Lyane Ramalho Cortez

FERREIRA, M. A. F.; CARVALHO, M. S.;UCHOA, ALICE COSTA. Análise Espacial da Gravidez na Adolescência no Rio Grande do Norte. 2013. Dissertação (Mestrado em PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Marcia Vunha Silva Pellense

UCHOA, S A C.. Satisfação dos Usuários e a Qualidade da Atenção Primária à Saúde no Rio Grande do Norte. 2013. Dissertação (Mestrado em MESTRADO PROFISSIONAL EM SAÚDE DA FAMILIA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Marsilene Gomes Freitas

UCHOA, S A C.. Avaliação da Qualidade da Atenção Primária à Saúde da Criança no Rio Grande do Norte: visão das usuárias. 2013. Dissertação (Mestrado em PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA NO NORDESTE) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Luanna Kellen Godinho

GAZZINELLI, M. F. C.;UCHOA, S A C.. Práticas Educativas na Atenção Básica: um estudo sobre métodos de ensino. 2011. Dissertação (Mestrado em Pós- graduação em Enfermagem,) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Louisiana Regadas de Macedo Quinino

UCHOA Severina Alice; CESSA, EAP; BARBOSA, CCG. Análise da Implantação do Programa de Controle da Esquistosomose em dois municípios da zona da mata de Pernambuco, Brasil. 2009. Dissertação (Mestrado em MESTRADO ACADEMICO EM SAÚDE PÚBLICA) - Centro de Pesquisa Aggeu Magalhães/FIOCRUZ/PE.

Aluno: VIVIANE LIMA DE SOUZA

UCHOA, ALICE COSTA. O PROCESSO DE ALIMENTAÇÃO DO SITEMA HIPERDIA. 2008. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Érica Simone Galvão Pinto

UCHOA, ALICE COSTA. CARACTERÍSTICAS SÓCIO-DEMOGRÁFICAS E PERCEPÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA SOBRE AÇÕES DESENVOLVIDAS. 2007. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: CARMEM OLIVEIRA MEDERIROS MELO

UCHOA, ALICE COSTA. VIOLÊNCIA INSTITUCIONAL NO ÂMBITO DA SAÚDE REPRODUTIVA: A PERCEPÇÃO DAS MULHERES USUÁRIAS DO SUS NA CIDADE DE NATAL/RN. 2007. Dissertação (Mestrado em Ciencias da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Greyce Gondim Guimarães

TRAVERSO, M; FERNANDES, A. F. C.;UCHOA, S A C.. Atenção precoce do cancer de mama: uma olhar sobre o cotidiano institucional de uma unidade de saúde de Natal. 2006. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Osvaldo de Goes Bay Júnior

UCHOA, S A C.. A Incorporação Da Tecnologia Da Informação Na Avaliação Da Atenção Primária À Saúde No Brasil: Um Estudo De Meta-Avaliação. 2021. Tese (Doutorado em PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Erico Gurgel Amorim

UCHOA, S A C.. FLUXOS DE INTERDEPENDÊNCIA: REABILITAÇÃO INCLUSIVA DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA VISUAL. 2020. Tese (Doutorado em PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: LANNUZYA VERÍSSIMO DE OLIVEIRA

UCHOA, S A C.. Avaliação da Assistência em Saúde Mental Prestaa às Pessoas com Transtornos Mentais em Conflito com a lei no Estado do Rio Grande do Norte,. 2019. Tese (Doutorado em PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Fernanda Julyanna Silva dos Santos

SAMPAIO, L. M. B.;UCHOA, S A C.. O Programa Mais Médicos: uma avaliação de impacto sobre indicadores de saúde no Brasil. 2018 - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Juliana Teixeira Jales Menescal

FREITAS, C. H. S. M.;UCHOA, S A C.. Acesso de crianças e adolescente com Tuberculose aos serviços de saúde. 2017. Tese (Doutorado em PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Ana Angélica Rêgo de Queiroz

ARCENCIO, R. A.UCHOA, S A C.. Distribuição espacial e espaço- temporal da mortalidade por tuberculose e sua relação com os marcadores de desenvolvimento social em Natal/RN. 2017. Tese (Doutorado em Pós- Graduação Interunidades em Enfermagem) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Bianca Nunes do Amaral Rocha

UCHOA, S A C.. Avaliação da Atenção Humanizada ao Abortamento em Serviço de Referência do SUS - RN. 2014. Tese (Doutorado em PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: LARISSA GRACE NOGUEIRA SERAFIM DE MELO

UCHOA, S A C.. Avaliação das Condicionalidades em saúde do Programa Bolsa Família. 2014. Tese (Doutorado em PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Valdecir Carneiro da Silva

UCHOA, S A C.. "A força da Atenção Primária à Saúde na garantia da equidade para população vulnerável em sofrimento psíquico no Brasil'. 2020. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Maísa Paulino Rodrigues

UCHOA, A.C.; LIMA, KENIO COSTA. UMA REFLEXÃO SOBRE O PROCESSO DE TRABALHO NO PROGRAMA DE SAUDE DA FAMILIA. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Maísa Paulino Rodrigues

UCHOA, ALICE COSTA. A representação social do cuidado no Programa Saúde da Família. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Halline Pereira de Oliveira

UCHOA, S A C.. Avaliabilidade do Plano de Ação para Enfrentamento da pandemia Covid-19 no Rio De Janeiro. 2021. Exame de qualificação (Mestrando em PÓS- GRADUAÇÃO EM SAÚDE DA FAMILIA) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: BRUNO HENRIQUE SOARES PESSOA

UCHÔA, SEVERINA A.C.. Modelos de preceptoria de residencia em Medicina da Familia e Comunidade no cenário de aprendizagem em Atenção Primária à Saúde no Brasil. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em MESTRADO PROFISSIONAL EM SAÚDE DA FAMILIA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Niedje Karoline de Spuza Andrade

UCHOA, S A C.. Alta compartilhada do recém-nascido por equipes de saúde da família e maternidade. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em MESTRADO PROFISSIONAL EM SAÚDE DA FAMILIA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Danylo do Nascimento Silva Júnior

UCHOA, S A C.. Qualidade do Atendimento Hospitalar no Rio Grande do Norte : avaliação de usuários e acompanhantes. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Fátima Maria de Lucena dos Santos

UCHOA, S A C.; ROCHA, P. M.; CASTRO,JL. Vínculos de TRabalho na Atenção Primária à Saúde : uma análise a partir do PMAQ- AB. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em MESTRADO PROFISSIONAL EM SAÚDE DA FAMILIA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: KARINE CORDEIRO LEMOS

UCHOA, ALICE COSTA. DENGUE HEMORRÁGICA:PRCEPÇÃO DOS ENFERMEIROS EM SERVIÇOS DE SAÚDE. 2008. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em CURSO DE ESEPCIALIZAÇÃO EM EPIDEMIOLOGIA HOSPITALA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: SUZANA VIEIRA DA CUNHA FERRAZ

UCHOA, ALICE COSTA. ROPOSTA DE AVALIAÇÃO DOS PROGRAMAS DE EPIDEMIOLOGIA, PREVENÇÃO E CONTROLE DAS INFECÇÕES RELACIONADAS À ASSSITENCIA À SAÚDE NOS RECÉM NASCIDOS EM MATERNIDADES DO RECIFE -PERNAMBUCO. 2008. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em CURSO DE ESEPCIALIZAÇÃO EM EPIDEMIOLOGIA HOSPITALA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: MARIA DA LUZ FONSECA

UCHOA, ALICE COSTA. RESPONSABILIDADE DO PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA: RISCOS ADVERSOS EM ACADEMIAS. 2008. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em CURSO DE ESEPCIALIZAÇÃO EM EPIDEMIOLOGIA HOSPITALA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: AVALIAÇÃO DE CRITÉRIOS LEGAIS E INSTITUCIONAIS DA PRESENCRIÇ

UCHOA, ALICE COSTA. AVALIAÇÃO DE CRITÉRIOS LEGAIS E INSTITUCIONAIS DA PRESCRIÇÃO EM HOSPITAL DE ENSINO. 2008. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em CURSO DE ESEPCIALIZAÇÃO EM EPIDEMIOLOGIA HOSPITALA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: DEborah Dinorá de Sá Mororó

UCHOA, ALICE COSTA. A infecção hospitalar na percepção do acompanahante da criança hospitalizada. 2008. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em CURSO DE ESEPCIALIZAÇÃO EM EPIDEMIOLOGIA HOSPITALA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Lisiane Santos de Albuquerque

UCHOA, S A C.. Avaliação da Implantação do PSF de Macaíba -RN na perspectiva da Equipe de Saúde da Familia. 2005.

Aluno: RITA DE CÁSSIA DANTAS

UCHOA, S A C.. Percepção dos indivíduos com hipertensão arterial sbre o tratamento não medicamentoso em Santaré - Natal/RN. 2004. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em ESPECIALIZAÇÃO EM SÁUDE DA FAMÍLIA) - UNIVERSIDA FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE.

Aluno: KATIA MARIA BARBALHO D CARVALHO

UCHOA, ALICE COSTA. Percepção Do Dentista Do PSF Quanto Às Mudanças Ocorridas No Processo De Trabalho No Distrito Sanitário Norte-Natal/RN. 2004. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em SAUDE DA FAMILIA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

UCHOA, S A C.. CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR TITULAR UFJF. 2019. Universidade Federal de Juiz de Fora.

UCHOA, ALICE COSTA. CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTE UERN. 2008. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

VASCONCELOS, E. M.;UCHOA, ALICE COSTA. CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR ADJUNTO I ÁREA DE SAÚDE COLETIVA -UFPB. 2008. Universidade Federal da Paraíba.

VASCONCELOS, E. M.;UCHOA, S A C.; FREITAS, C. H. S. M.. CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR ADJUNTO I ÁREA DE SAÚDE COLETIVA -UFPB. 2006. Universidade Federal da Paraíba.

UCHOA, S A C.. 44 CONGRESSO BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO MÉDICA. 2006.

UCHOA, S A C.. III CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS EM SAÚDE. 2005. Associação Brasileira de Saúde Coletiva.

Comissão julgadora das bancas

CARLOS ALBERTO PLASTINO

UCHÔA, S. A. C.;PLASTINO, C. A.. Entre o domínio da razão e a paixão das escolhas: os dilemas éticos na prática médica tecnológica. 2000 - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Claudia Caminha Escosteguy

ESCOSTEGUY, C. C.. Os Protocolos e a Decisão Médica: Evidências ou Vivências?. 2003. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Jacob Carlos Lima

LIMA, J. C.; MIRANDA, O. P.; MALDONADO, S. C.. Erro médico:de senhor da vida a senhor da morte(Um estudo sobre a representação do erro na prática médica). 1994. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal da Paraíba.

Cristiana Facchinetti

CAMARGO JR, K. R.FACCHINETTI, C.ESCOSTEGUY, C. C.; SAYD, J. D.; MATTOS, R. A.. Os protocolos e a decisão médica:evidências ou vivências?. 2003. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Orientou

Isis Siqueira Silva

Formas de organização e suporte ao cuidadores de pessoas em atendimento domiciliar: Scoping Review; Início: 2021; Dissertação (Mestrado em PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; (Orientador);

Aguinaldo José de Araújo:

Avaliação da qualidade da telemedicina em Natal/RN: um estudo de caso; Início: 2021; Tese (Doutorado em PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; (Orientador);

Renan Cabral de Figueirêdo

; Adesão, qualidade técnica e desafios da telemedicina na Atenção Primária à Saúde entre capitais do nordeste brasileiro; Início: 2021; Tese (Doutorado em PÓS- GRADUAÇÃO EM SAÚDE DA FAMILIA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; (Orientador);

Thaissa THAISSA HAMANA DE MACEDO DANTAS SOARES

Gestão da atenção à saúde e do cuidado nos Centros Especializados em Reabilitação: estudo ecológico do território; Início: 2019; Tese (Doutorado em PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; (Orientador);

Cícera Regina Diniz

Atenção Primária à Saúde em tempos de COVID-19: Protagonismo e perspectivas da saúde digital; Início: 2018; Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; (Orientador);

AVALIAÇÃO DO PROGRAMA NACIONAL DE VIGILÂNCIA DA QUALIDADE DA

Rayssa Horacio Lopes; Início: 2018; Tese (Doutorado em PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; (Orientador);

Danila Augusta Accioly Varella Barca

Meta-avaliação da Atenção Primária a Saúde: o caso da Avaliação Externa do PMAQ-AB; Início: 2017; Tese (Doutorado em PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; (Orientador);

Valdecir Carneiro da Silva

CONTEXTO SOCIOECONÔMICO E TRANSTORNO MENTAL NO BRASIL: A AVALIAÇÃO DO PROGRAMA DE MELHORIA DO ACESSO E DA QUALIDADE DA ATENÇÃO BÁSICA; Início: 2016; Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; (Orientador);

Erika Mardia de Medeiros Rocha

NECESSIDADES DE SAÚDE DE MULHERES EM PROCESSI DE ENVELHECIMENTO E A ATENÇÃO BÁSICA; Início: 2016; Tese (Doutorado em CIENCIAS E TECNOLOGIAS DA SAÚDE) - UNIVERSIDADE DE AVEIROS; (Coorientador);

THIAGO EMMANUEL ARAÚJO DOS SANTOS

AVALIAÇÃO DA UTILIDADE DA ?AUTOAVALIAÇÃO PARA MELHORIA DO ACESSO E DA QUALIDADE DA ATENÇÃO BÁSICA - AMAQ; 2019; Dissertação (Mestrado em MESTRADO PROFISSIONAL EM SAÚDE DA FAMILIA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte,; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

Juliana Ferreira Lemos

Programa Mais Médicos para o Brasil: construção e validação de instrumento para avaliação; 2016; Dissertação (Mestrado em PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA NO NORDESTE) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte,; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

Renata Melo Maroto

AVALIAÇÃO DO PRÉ-NATAL NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE NO RIO GRANDE DO NORTE: VISÃO DAS USUÁRIAS; 2014; Dissertação (Mestrado em PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

Marsilene Gomes Freitas

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE DA CRIANÇA NO RIO GRANDE DO NORTE: VISÃO DAS USUÁRIAS; 2013; Dissertação (Mestrado em PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA NO NORDESTE) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte,; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

Márcia Cunha da Silva Pellense

Satisfação dos Usuários e a Qualidade da Atenção Primária à Saúde no Rio Grande do Norte; 2013; Dissertação (Mestrado em PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA NO NORDESTE) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte,; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

Osvaldo de Goes Bay Junior

AVALIAÇÃO DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE E A INCORPORAÇÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PARA A MELHORIA DA QUALIDADE DA AVALIAÇÃO; 2021; Tese (Doutorado em PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte,; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

Claudia Santos Martiniano Sousa

A prescrição de medicamentos por enfermeiros na Atenção Primária à Saúde no Brasil; 2015; Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte,; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

Marize Barros de Souza

O TRABALHO EM EQUIPE NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE: situação de Portugal e do Brasil; 2015; Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte,; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

Ardigleusa Alves Coelho

Avaliação do controle da tuberculose na Atenção Primária à Saúde; 2015; Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte,; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

Bianca Nunes Guedes do Amaral Rocha

AVALIACAO DA ATENCAO HUMANIZADA AO ABORTAMENTO EM MATERNIDADE - ESCOLA EM NATAL, RIO GRANDE DO NORTE; 2015; Tese (Doutorado em PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

Ewerton William Gomes Brito

AVANÇOS E DESAFIOS DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À TUBERCULOSE NO RIO GRANDE DO NORTE/BRASIL; 2015; Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte,; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

Oswaldo Gomes Corrêa Negrão

AVALIAÇÃO DO SERVIÇO DE ATENDIMENTO MÓVEL DE URGENCIA ÀS VÍTIMAS DE VIOLENCIA EM NATAL, BRASIL; 2015; Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte,; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

LARISSA GRACE NOGUEIRA SERAFIM DE MELO

Avaliação das condicionalidades em saúde do Programa Bolsa Família; 2014; Tese (Doutorado em PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

PATRICIA TAVEIRA BRITO ARAÚJO

AVALIAÇÃO DE CRITÉRIOS LEGAIS E INSTITUCIONAIS DA PRESENCRIÇÀO EM HOSPITAL DE ENSINO; 2008; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em CURSO DE ESEPCIALIZAÇÃO EM EPIDEMIOLOGIA HOSPITALA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

DEborah Dinorá de Sá Mororó

A infecção hospitalar na percepção do acompanahante da criança hospitalizada; 2008; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em CURSO DE ESEPCIALIZAÇÃO EM EPIDEMIOLOGIA HOSPITALA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

ANA FLÁVIA SOUZA SPINELLI DÉBORA CRISTINA DE SOUZA PEIXOTO R

Satisfação dos usuários da zona rural em relação ao trabalho desenvolvido pelos profissionais do PS em dois municípios de pequeno porte do Rio Grande do Norte; 2007; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em V CURSO DE ESEPCIALIZAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

RITA DE CÁSSIA DANTAS

Percepção dos individuos com hipertensão arterial sobre tratmento não medicamentoso Santarém-Natal/RN; 2004; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em SAUDE DA FAMILIA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

KATIA MARIA BARBALHO D CARVALHO

Percepção do dentista do PSF QUANTO ÀS MUDAÇAS OCORRIDAS NO PROCESSO DE TRABALHO NO DISTRITO SANITÁRIO NORTE-NATAL/RN; 2004; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em SAUDE DA FAMILIA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

CRISTINA MARIA LOPES

PERCEPÇÃO DOS CUIDADORES SOBRE O CUIDADO DO IDOSO NO AMBIENTE FAMILIAR SOLEDADE II-NATAL/RN; 2004; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em SAUDE DA FAMILIA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

HAMILTON SERAFIM DE MELO

PERFIL DOS HIPERTENSOS NO MUNICIPIO DE PARÁU/RN; 2003; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em SAUDE DA FAMILIA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

Júlia Serafim Fernandes

AVALIAÇÃO DO PERFIL SÓCIO-DEMOGRÁFICO, REPRODUTIVO E OBSTÉTRICO DO ABORTAMENTO EM MATERNIDADE DE REFERENCIA DO SUS EM NATAL/RN; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em MEDICINA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN- REUNI; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

Thainá Alves Marques

Fatores associados ao aborto induzido em mulheres atendidas de todas as faixas etárias na Maternidade Escola Januário Cicco, Natal-RN; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Gestão em Sistemas e Serviços de Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

RENATA VIEIRA DE MAGALHÃES

O TRABALHO INTERDISCIPLINAR EM EQUIPE NO CONTEXTO DA REABILITAÇÃO INFANTIL; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina) - UNIVERSIDA FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

Michelle Rafaelle Andrade Gurgel

AVALIAÇÃO DO PERFIL SÓCIO-EPIDEMIOLÓGICO E CLÍNICO DO ABORTAMENTO EM HOSPITAL DE REFERÊNCIA DO SUS NO RN; 2009; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em MEDICINA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

ANELLYSA PEREIRA CAVALCANTE DE ARAUJO

Avaliação do Programa da Atenção Humanizada ao Abortamento no SUS-RN: o Estudo de Avaliabilidade; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina) - UNIVERSIDA FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

João Paulo Fernandes Lira de Holanda

EXPERIÊNCIAS INOVADORAS NO PROGRAMA SAÚDE DA FAMÍLIA EM NATAL/RN; 2007; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina) - UNIVERSIDA FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

DENNY GLENN BARROS RODRIGUES

VIVÊNCIA SOCIAL SOB A PERSPECTIVA DE SAÚDE NO BAIRRO DE FELIPE CAMARÃO (UNIDADE III), NATAL/RN; 2007; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina) - UNIVERSIDA FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

Thais Noel Miasato

AVALIAÇÃO DA INFLUENCIA DOS CUIDADOS PRIMÁRIOS A HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA SOBRE INDICADORES DE COMPLICAÇÕES CARDIO-VASCULARES; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

WESLEY BRUNO NUNES IZÍDIO

Caracterização do abortamento na Maternidade Escola Januário Cicco 2008-2009; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN- REUNI; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

ANNY KARINE FREIRE DA SILVA

PERCEPÇÃO DO ABORTO PARA A VIDA DE MULHERES ATENDIDAS NA MATERNIDADE ESCOLA JANUÁRIO CICCO; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN- REUNI; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

Renata Melo Maroto

PERCEPÇÃO DO ABORTO PARA A VIDA DE MULHERES ATENDIDAS NA MATERNIDADE ESCOLA JANUÁRIO CICCO; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN- REUNI; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

george anderson da penha andrade

Práticas Inovadoras de Cuidado no PSF em Natal: a visão dos usuários; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - UNIVERSIDA FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

Lidiane de Araújo Torres

AVALIAÇÃO DA INTEGRALIDADE DA ORGANIZAÇÃO DA ATENÇÃO E DO CUIDADO AO ABORTAMENTO EM MATERNIDADE DE REFERÊNCIA DO SUS DO RIO GRANDE DO NORTE; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em MEDICINA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

Michelle Rafaelle Andrade Gurgel

AVALIAÇÃO DA INTEGRALIDADE DA ORGANIZAÇÃO DA ATENÇÃO E DO CUIDADO AO ABORTAMENTO EM MATERNIDADE DE REFERÊNCIA DO SUS DO RIO GRANDE DO NORTE; 2008; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - UNIVERSIDA FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Severina Alice da Costa Uchoa;

Foi orientado por

Jacob Carlos Lima

Erro médico: do senhor da vida a senhor da morte( um estudo sobre a percepção do médico sobre sua prática); 1994; 0 f; Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal da Paraíba, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Jacob Carlos Lima;

Produções bibliográficas

  • SILVA, CÍCERA RENATA DINIZ VIEIRA ; LOPES, RAYSSA HORÁCIO ; JÚNIOR, OSVALDO DE GOES BAY ; FUENTEALBA-TORRES, MIGUEL ; ARCÊNCIO, RICARDO ALEXANDRE ; DA COSTA UCHÔA, SEVERINA ALICE . Telemedicine in primary healthcare for the quality of care in times of COVID-19: a protocol. BMJ Open , v. 11, p. e046227, 2021.

  • SILVA, CÍCERA RENATA DINIZ VIEIRA ; BAY JÚNIOR, OSVALDO GOES ; MARTINIANO, CLAUDIA SANTOS ; UCHOA, SEVERINA ALICE DA COSTA . Risk communication in the fight against COVID-19 in Brazil: A rhetorical analysis. PHYSIS. REVISTA DE SAÚDE COLETIVA (ONLINE) , v. 31, p. e310204-2021, 2021.

  • OLIVEIRA, LANNUZYA VERÍSSIMO E ; COELHO, ARDIGLEUSA ALVES ; Uchôa, Severina Alice da Costa ; SALVADOR, PÉTALA TUANI CÂNDIDO DE OLIVEIRA ; FREITAS, CLÁUDIA HELENA SOARES DE MORAIS . Modelo lógico e matriz de critérios para avaliação da assistência à pessoa com transtorno mental em conflito com a lei. Ciência & Saúde Coletiva , v. 26, p. 5671-5680, 2021.

  • LOPES, RAYSSA HORACIO ; DANTAS, JANMILLI DA COSTA ; Silva, Richardson Augusto Rosendo da ; UCHOA, SEVERINA ALICE DA COSTA . National Health Systems and the pandemic by COVID-19: actions to cope with Brazil and Italy. PHYSIS. REVISTA DE SAÚDE COLETIVA (ONLINE) , v. 31, p. e310419-e310419, 2021.

  • LIMA, KENIO COSTA ; DANTAS, VMA ; ROCHA, N. S. P. D. ; ROCHA, P. M. ; Andrade, I de ; Uchoa, Severina Alice da Costa ; CORTEZ, L. R. . A pessoa idosa domiciliada sob distanciamento social: possibilidades de enfrentamento à covid 19. REVISTA BRASILEIRA DE GERIATRIA E GERONTOLOGIA , v. 23, p. 1-3, 2020.

  • BERRA, THAÍS ZAMBONI ; ASSIS, IVANELIZA SIMIONATO DE ; ARROYO, LUIZ HENRIQUE ; ARCOVERDE, MARCOS AUGUSTO MORAES ; ALVES, JOSILENE DÁLIA ; CAMPOY, LAURA TERENCIANI ; ALVES, LUANA SELES ; CRISPIM, JULIANE DE ALMEIDA ; BRUCE, ALEXANDRE TADASHI INOMATA ; ALVES, YAN MATHIAS ; LIMA DOS SANTOS, FELIPE ; DA COSTA UCHÔA, SEVERINA ALICE ; FIORATI, REGINA CELIA ; LAPÃO, LUIS ; ARCÊNCIO, RICARDO ALEXANDRE . Social determinants of deaths from pneumonia and tuberculosis in children in Brazil: an ecological study. BMJ Open , v. 10, p. e034074, 2020.

  • ROCHA, E. M. F. M. ; SOUSA, L. X. M. ; Uchoa, Severina Alice da Costa ; NUNES, V. M. A. . Atenção Básica à Saúde. As Mulheres de mais-idade em Caicó (RN). Revista Longeviver , v. 4, p. 61-67, 2019.

  • NASCIMENTO, WEZILA GONÇALVES DO ; Uchôa, Severina Alice da Costa ; COÊLHO, ARDIGLEUSA ALVES ; CLEMENTINO, FRANCISCO DE SALES ; COSME, MARIA VALÉRIA BESERRA ; ROSA, RAYONE BASTOS ; BRANDÃO, ISABEL CRISTINA ARAÚJO ; MARTINIANO, CLAUDIA SANTOS . Medication and test prescription by nurses: contributions to advanced practice and transformation of care. Revista Latino-Americana de Enfermagem , v. 26, p. e3062-e3062, 2018.

  • UCHOA, S A C. ; MARTINIANO, C. S. ; QUEIROZ, A. A. R. ; BAY JUNIOR, O. G. ; NASCIMENTO, Wezila Gonçalves do ; DINIZ, Italo Vinícius Albuquerque ; HARTZ, Z. M. A. . Inovação e utilidade: Avaliação Externa do Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade do Brasil. Saúde em Debate , v. 42, p. 100-113, 2018.

  • PIMENTEL GOMES FERNANDES VIEIRA-MEY, ANYA ; DE MEDEIROS ROCHA, PAULO ; DE ALBUQUERQUE PINHEIRO, THEMIS XAVIER ; DA COSTA UCHOA, SEVERINA ALICE ; ANTERO S MACHADO, MARIA DE FÁTIMA ; LOPES SAMPAIO SAMPAIO, ANA TÂNIA . A National Programme for Improving Access and Quality of a multiprofessional Primary Care system. International Journal of Integrated Care , v. 18, p. 52, 2018.

  • MELO, R. H. V. ; PELLENSE, M. C. S. ; ALMEIDA, M. S. ; PEREIRA, A. K. A. M. ; FREITAS, M. G. ; CUNHA, N. M. Q. C. ; LIMA, R. M. F. M. ; ROCHA, P. M. ; UCHOA, S A C. . PROPOSTA DE UM INSTRUMENTO DE AUTOAVALIAÇÃO PARA MELHORIA DO ACOMPANHAMENTO DAS CONDICIONALIDADES DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA. Revista Brasileira de Inovação Tecnologica em Saúde , v. 8, p. 54-68, 2018.

  • SANTOS, A. M. BARBOSA, A. C. Q. SILVA JR, A. G. FEHN, A. QUEIROZ, A. A. R. CASTRO, A. L. B. VILASBOAS, A. L. Q. FONSECA, A. F. COELHO, A. A. BOUSQUAT, A. TESSER, C. MARTINIANO, C. S. MENDONCA, C. S. SPADACIO, C. MACHADO, C. V. CARCERERI, D. MELO, E. THUME, E. TOMASI, E. CASOTTI, E. FASSA, E. CARNEIRO, F. F. ANDRADE, G. MATTA, G. SOUSA, I. M. C. , et al. BARRETO, I. RIBEIRO, J. GIOVANELLA, L. MIRANDA, L. LIMA, L. D. FACCHINI, L. A. ALMEIDA, M. COSTA, M. V. FAUSTO, M. ALVES, M. G. M. TEIXEIRA, M. MOROSINI, M. V. MEDINA, M. G. MENDONCA, M. H. M. NASCIMENTO, M. C. LOPES, M. S. BARROS, N. F. PRADO, N. M. B. L. BAY JUNIOR, O. G. ALMEIDA, P. F. CHUERI, P. ROCHA, P. M. AQUINO, R. BATISTA, S. R. Uchoa, Severina Alice da Costa PESSOA, V. M. ACIOLI, S. ; Contribuição para uma agenda política estratégica para a Atenção Primária à Saúde no SUS. SAÚDE EM DEBATE , v. 42, p. 406-430, 2018.

  • RAMOS, ANTÔNIO CARLOS VIEIRA ; YAMAMURA, MELLINA ; ARROYO, LUIZ HENRIQUE ; POPOLIN, MARCELA PASCHOAL ; CHIARAVALLOTI NETO, FRANCISCO ; PALHA, PEDRO FREDEMIR ; Uchoa, Severina Alice da Costa ; PIERI, FLÁVIA MENEGUETTI ; PINTO, IONE CARVALHO ; FIORATI, REGINA CÉLIA ; QUEIROZ, ANA ANGÉLICA RÊGO DE ; BELCHIOR, AYLANA DE SOUZA ; DOS SANTOS, DANIELLE TALITA ; GARCIA, MARIA CONCEBIDA DA CUNHA ; CRISPIM, JULIANE DE ALMEIDA ; ALVES, LUANA SELES ; BERRA, THAÍS ZAMBONI ; ARCÊNCIO, RICARDO ALEXANDRE . Spatial clustering and local risk of leprosy in SÃo Paulo, Brazil. PLoS Neglected Tropical Diseases (Online) , v. 11, p. e0005381, 2017.

  • ARROYO, LUIZ HENRIQUE ; YAMAMURA, MELLINA ; PROTTI-ZANATTA, SIMONE TEREZINHA ; FUSCO, ALCIONE PEREIRA BIFFI ; PALHA, PEDRO FREDEMIR ; RAMOS, ANTÔNIO CARLOS VIEIRA ; UCHOA, SEVERINA ALICE ; ARCÊNCIO, RICARDO ALEXANDRE . Identificação de áreas de risco para a transmissão da tuberculose no município de São Carlos, São Paulo, 2008 a 2013*. EPIDEMIOLOGIA E SERVICOS DE SAUDE , v. 26, p. 525-534, 2017.

  • YAMAMURA, MELLINA ; SANTOS NETO, MARCELINO ; CHIARAVALLOTI NETO, FRANCISCO ; ARROYO, LUIZ HENRIQUE ; RAMOS, ANTÔNIO CARLOS VIEIRA ; DE QUEIROZ, ANA ANGÉLICA RÊGO ; BELCHIOR, AYLANA DE SOUZA ; DOS SANTOS, DANIELLE TALITA ; CRISPIM, JULIANE DE ALMEIDA ; PINTO, IONE CARVALHO ; Uchôa, Severina Alice da Costa ; FIORATI, REGINA CÉLIA ; ARCÊNCIO, RICARDO ALEXANDRE . Areas with evidence of equity and their progress on mortality from tuberculosis in an endemic municipality of southeast Brazil. Infectious Diseases of Poverty , v. 6, p. 134, 2017.

  • COÊLHO, ARDIGLEUSA ALVES ; SOUZA, MARIZE BARROS DE ; LEÃO, NILMA DIAS COSTA ; PIUVEZAM, GRASIELA ; ARCÊNCIO, RICARDO ALEXANDRE ; Uchôa, Severina Alice da Costa . Tuberculose no Brasil: relação entre porte populacional, estrutura e processo [Tuberculosis in Brazil: the relationship between population size, structure and process] [Tuberculosis en Brasil: relación entre el tamao de la población, la estructura y el proceso]. REVISTA ENFERMAGEM UERJ , v. 25, p. e17284, 2017.

  • COELHO, A. A. ; COBUCCI, RICARDO NEY OLIVEIRA ; FREITAS, E. M. N. ; LIMA, P. H. ; BRITO, E. W. G. ; FIGUEIREDO, T. M. R. M. ; GONCALVES, A. K. ; Uchoa, Alice da Costa . A Meta-Analysis of Directly Observed Treatment vs. Self- Administered Therapy Outcomes in Pulmonary Tuberculosis Patients. Journal of Infectious Diseases and Epidemiology , v. 3, p. 1-7, 2017.

  • POPOLIN, MARCELA PASCHOAL ; TOUSO, MICHELLE MOSNA ; YAMAMURA, MELLINA ; RODRIGUES, LUDMILA BARBOSA BANDEIRA ; DA CUNHA GARCIA, MARIA CONCEBIDA ; ARROYO, LUIZ HENRIQUE ; RAMOS, ANTÔNIO CARLOS VIEIRA ; BERRA, THAIS ZAMBONI ; SANTOS NETO, MARCELINO ; DE ALMEIDA CRISPIM, JULIANE ; CHIARAVALOTTI NETO, FRANCISCO ; PINTO, IONE CARVALHO ; PALHA, PEDRO FREDEMIR ; DA COSTA UCHOA, SEVERINA ALICE ; LAPÃO, LUÍS VELEZ ; FRONTEIRA, INÊS ; ARCÊNCIO, RICARDO ALEXANDRE . Integrated health service delivery networks and tuberculosis avoidable hospitalizations: is there a relation between them in Brazil?. BMC Health Services Research (Online) , v. 16, p. 78, 2016.

  • Uchôa, Severina Alice da Costa ; ARCÊNCIO, RICARDO ALEXANDRE ; FRONTEIRA, INÊS SANTOS ESTEVINHO ; COÊLHO, ARDIGLEUSA ALVES ; MARTINIANO, CLAUDIA SANTOS ; BRANDÃO, ISABEL CRISTINA ARAÚJO ; YAMAMURA, MELLINA ; MAROTO, RENATA MELO . Potential access to primary health care: what does the National Program for Access and Quality Improvement data show?. Revista Latino-Americana de Enfermagem , v. 24, p. 2672, 2016.

  • DE MELO, LARISSA GRACE NOGUEIRA SERAFIM ; DA COSTA UCHOA, SEVERINA ALICE ; COBUCCI, RICARDO NEY OLIVEIRA ; COSTA, JOSÉ VILTON ; COSTA, ANTONIO JOSÉ DO NASCIMENTO GOUVEIA ; DE GOIS, ISABELLA TARCIANA PINHEIRO ; GOMES, MIRELLA CRISTINA SILVEIRA . Conditional Cash Transfer Program Effects on Anthropometric Index from Children in Latin America: A Systematic Review. Health (Irvine. Print) , v. 08, p. 664-671, 2016.

  • DA CUNHA GARCIA, MARIA CONCEBIDA ; RÊGO DE QUEIROZ, ANA ANGÉLICA ; PASCHOAL POPOLIN, MARCELA ; YAMAMURA, MELLINA ; SANTOS NETO, MARCELINO ; ARROYO, LUIZ HENRIQUE ; VIEIRA RAMOS, ANTÔNIO CARLOS ; SELES ALVES, LUANA ; CHIARAVALLOTI NETO, FRANCISCO ; NUNES, CARLA ; CRUZ ENDERS, BERTHA ; CARVALHO PINTO, IONE ; DA COSTA UCHÔA, SEVERINA ALICE ; ARCÊNCIO, RICARDO ALEXANDRE . Hospitalizations and re-hospitalizations due to tuberculosis: economic costs and spatial distribution analysis in an endemic Northeastern city, Brazil. International Archives of Medicine , v. 9, p. 333, 2016.

  • SANTOS NETO, MARCELINO ; YAMAMURA, MELLINA ; POPOLIN, MARCELA PASCHOAL ; RÊGO DE QUEIROZ, ANA ANGÉLICA ; ARROYO, LUIZ HENRIQUE ; DE ALMEIDA CRISPIM, JULIANE ; MENEGHETI PIERI, FLÁVIA ; CHIARAVALLOTI NETO, FRANCISCO ; DA CUNHA GARCIA, MARIA CONCEBIDA ; BARBOSA BANDEIRA RODRIGUES, LUDMILA ; FREDEMIR PALHA, PEDRO ; DA COSTA UCHÔA, SEVERINA ALICE ; DE SOUZA BELCHIOR, AYLANA ; ARCÊNCIO, RICARDO ALEXANDRE . The impact of social inequities on mortality due to pulmonary tuberculosis in São Luis, Maranhão, Brazil. International Archives of Medicine , v. 9, p. 219, 2016.

  • SOUSA, C. S. M. ; COELHO, A. A. ; SOUZA, M. B. ; BRANDAO, I. C. A. ; SILVA, A. K. F. ; Uchôa, Severina Alice da Costa . Caracterização da prescrição de medicamentos por enfermeiros nos protocolos de Atenção Primária à Saúde. Revista Enfermagem UERJ , v. 24, p. e13923, 2016.

  • SOUSA, A. N. A. ; ESCOVAL, A. M. S. ; MACHADO, A. T. G. M. ; NASCIMENTO, C. A. L. ; TOMASI, E. ; CASTRO, J. L. ; PEREIRA, M. J. B. ; MEDINA, M. G. ; Uchôa,Severina A.C, ; HARTZ, Z. . I Simpósio Internacional de Meta-Avaliação e Gestão do Conhecimento em Políticas de Saúde (Natal-Brasil, 2016). ANAIS DO INSTITUTO DE HIGIENE E MEDICINA TROPICAL , v. 15, p. S55-S66, 2016.

  • RODRIGUES, LUDMILA BARBOSA BANDEIRA ; DOS SANTOS, CLAUDIA BENEDITA ; GOYATÁ, SUELI LEIKO TAKAMATSU ; POPOLIN, MARCELA PASCHOAL ; YAMAMURA, MELLINA ; DEON, KEILA CHRISTIANE ; LAPÃO, LUIS MIGUEL VELES ; SANTOS NETO, MARCELINO ; Uchoa, Severina Alice da Costa ; ARCÊNCIO, RICARDO ALEXANDRE . Assessment of the coordination of integrated health service delivery networks by the primary health care: COPAS questionnaire validation in the Brazilian context. BMC Family Practice , v. 16, p. 87, 2015.

  • MARTINIANO, CLAUDIA SANTOS ; ANDRADE, PAULA STEFÂNIA DE ; MAGALHÃES, FERNANDA CARLA ; SOUZA, FERNANDA FERREIRA DE ; CLEMENTINO, FRANCISCO DE SALES ; Uchôa, Severina Alice da Costa . LEGALIZATION OF NURSE PRESCRIBING OF MEDICATION IN BRAZIL: HISTORY, TRENDS AND CHALLENGES. Texto e Contexto. (UFSC Impresso) , v. 24, p. 809-817, 2015.

  • SANTOS MARTINIANO, CLAUDIA ; DE CASTRO MARCOLINO, EMANUELLA ; BARROS DE SOUZA, MARIZE ; ALVES COELHO, ARDIGLEUSA ; ARCÊNCIO, RICARDO ALEXANDRE ; FRONTEIRA, INÊS ; DA COSTA UCHÔA, SEVERINA ALICE . The gap between training and practice of prescribing of drugs by nurses in the primary health care: a case study in Brazil. Nurse Education Today , v. 36, p. 304-309, 2015.

  • BRITO, E. W. G. ; DA SILVA, ANNY KARINE ; TEIXEIRA, G. C. A. ; DIAS, G. B. S. ; COSTA, NDL ; Uchôa, Severina Alice da Costa . CARE ORGANIZATION FOR TUBERCULOSIS IN THE PRIMARY CARE OF RIO GRANDE DO NORTE. Revista de Enfermagem UFPE on line , v. 9, p. 8643-8652, 2015.

  • Cabral, Patrícia Uchôa Leitão ; GONCALVES, A. K. ; UCHOA, S A C. . Physical activity and sexual function in middle-aged women. Revista da Associação Médica Brasileira (1992. Impresso) , v. 60, p. 47-52, 2014.

  • YAMAMURA, M. ; SANTOS NETO, M. ; FREITAS, I. M. ; RODRIGUES, L. B. B. ; POPOLIN, M. P. ; UCHOA, S A C. ; FRONTEIRA, I. ; ARCENCIO, R. A. . Tuberculose e iniquidade social em saúde: uma análise ecológica utilizando técnicas estatísticas multivariadas, São Paulo, Brasil. Revista Panamericana de Salud Publica (Print) , v. 35, p. 270-277, 2014.

  • COELHO, A. A. ; MARTINIANO, C. S. ; BRITO, E. W. G. ; NEGRAO, O. G. C. ; ARCENCIO, R. A. ; UCHOA, S A C. . Tuberculosis care: an evaluability study. Revista Latino-Americana de Enfermagem (USP. Ribeirão Preto. Impresso) , v. 22, p. 792-800, 2014.

  • CABRAL, PATRÍCIA U.L. ; CANÁRIO, ANA C.G. ; SPYRIDES, MARIA H.C. ; UCHÔA, SEVERINA A.C. ; ELEUTÉRIO, JOSÉ ; GONÇALVES, ANA K. . Determinants of sexual dysfunction among middle-aged women. International Journal of Gynaecology and Obstetrics , v. 120, p. 271-274, 2013.

  • SOUZA, MARIZE BARROS DE ; ROCHA, PAULO DE MEDEIROS ; SÁ, ARMANDO BRITO DE ; Uchoa, Severina Alice da Costa . Trabalho em equipe na atenção primária: a experiência de Portugal. Revista Panamericana de Salud Pública (Impresa) / Pan American Journal of Public Health (Impresa) , v. 33, p. 190-195, 2013.

  • ROCHA, BIANCA NUNES GUEDES DO AMARAL ; Uchoa, Severina Alice da Costa . Avaliação da atenção humanizada ao abortamento: um estudo de avaliabilidade. Physis (UERJ. Impresso) , v. 23, p. 109-127, 2013.

  • MARTINIANO, CLAUDIA SANTOS ; COÊLHO, ARDIGLEUSA ALVES ; LATTER, SUE ; Uchôa, Severina Alice da Costa . Medication prescription by nurses and the case of the Brazil: what can we learn from international research?. International Journal of Nursing Studies , v. ., p. ., 2013.

  • UCHOA, ALICE COSTA ; VIEIRA, RM ; ROCHA, P. M. ; ROCHA, N. S. P. D. ; MAROTO, R. M. . Trabalho em equipe no contexto da reabilitação infantil. Physis (UERJ. Impresso) , v. 22, p. 385-400, 2012.

  • Cabral, Patrícia Uchôa Leitão ; Canário, Ana Carla Gomes ; Spyrides, Maria Helena Constantino ; Uchôa, Severina Alice da Costa ; Eleutério Júnior, José ; Amaral, Rose Luce Gomes ; Gonçalves, Ana Katherine da Silveira . Influência dos sintomas climatéricos sobre a função sexual de mulheres de meia-idade. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (Impresso) , v. 34, p. 329-334, 2012.

  • Rodrigues,LM ; MARTINIANO, C. S. ; CHAVES,A.E.P ; AZEVEDO, E. B. ; UCHOA, S A C. . ABORDAGEM ÀS DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS EM UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE DA FAMÍLIA. Cogitare Enfermagem (UFPR) , v. 16, p. 63-69, 2011.

  • MARTINIANO, C. S. ; BRANDAO, I. C. A. ; DAVI, J ; MEDEIROS JUNIOR, G. ; SILVA, S. S. S. ; UCHOA, S A C. ; SILVA, A. L. M. A. . A problemática do financiamento da saúde pública no contexto da seguridade social brasileira: elementos para o debate. Saúde em Debate , v. 35, p. 14-26, 2011.

  • Araujo, PTB ; UCHOA, S A C. . Avaliação da qualidade da prescrição de medicamentos de um hospital de ensino. Ciência e Saúde Coletiva (Impresso) , v. 16, p. 1107-1114, 2011.

  • Uchoa, Alice da Costa ; Souza, Evania Leiros ; Spinelli, Ana Flávia Souza ; Medeiros, Rosiane Gomes de ; Peixoto, Débora Cristina de Souza ; Silva, Richardson Augusto Rosendo da ; Rocha, Nadja de Sá Pinto . Avaliação da satisfação do usuário do Programa de Saúde da Família na zona rural de dois pequenos municípios do Rio Grande do Norte. Physis (UERJ. Impresso) , v. 21, p. 1061-1076, 2011.

  • UCHOA, S. A. ; NILMA, C. ; CELIA, F. M. ; HELENA, S. M. ; RUDGY, F. . P1-362 Characterisation of abortion cases at a public maternity in Natal, Brazil. JOURNAL OF EPIDEMIOLOGY AND COMMUNITY HEALTH , v. 65, p. A167-A167, 2011.

  • UCHOA, S A C. ; CAMARGO JR, K. R. . Os protocolos e a decisão médica: medicina baseada em vivências e ou evidências?. Ciência e Saúde Coletiva (Impresso) , v. 15, p. 2241-2249, 2010.

  • GÓIS, PS ; LOPES JUNIOR, E. ; MEDEIROS, S. ; UCHOA, S A C. . INTEGRALIDADE E CAPITAL SOCIAL: REFLEXÕES NO CENÁRIO DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE. Inter-legere (UFRN) , v. 7, p. JUL/DEZ 2010, 2010.

  • COSTA, I. K. F. ; UCHOA, S A C. ; COSTA, I. K. F. ; DANTAS, R. A. N. . OS SENTIDOS DA INTEGRALIDADE DA ASSISTÊNCIA À SAÚDE: UMA REVISÃO DA LITERATURA. InterScience Place , v. 3, p. 78-91, 2010.

  • UCHOA, A.C. . Experiências inovadoras de cuidado no Programa Saúde da Família (PSF): potencialidades e limites. INTERFACE (BOTUCATU. IMPRESSO) , v. 13, p. 299-311, 2009.

  • SOUZA, E. C. F. ; VILAR, R. A. ; ROCHA, N. S. ; UCHOA, ALICE COSTA ; ROCHA, P. M. . Acesso e acolhimento na atenção básica: uma análise da percepção dos usuários e profissionais de saúde. Cadernos de Saúde Pública (ENSP. Impresso) , v. 24, p. s100-s110, 2008.

  • ROCHA, P. M. ; UCHOA, ALICE COSTA ; ROCHA, N. S. ; SOUZA, E. C. F. ; ROCHA, M. L. ; PINHEIRO, T. X. A. . Avaliação do Programa Saúde da Família em municípios do Nordeste brasileiro: velhos e novos desafios. Cadernos de Saúde Pública (ENSP. Impresso) , v. 24, p. s69-s78, 2008.

  • TIMOTEO, R. P. S. ; UCHOA, S A C. ; MONTEIRO, A. I. . Saúde da Família e Projetos Políticos e Pedagógicos: intenção e gesto na inserção do tema no cotidiano dos cursos de Enfermagem, Medicina e Odontologia. www.observatorio.nesc.ufrn.br, p. 01-64, 2006.

  • UCHOA, S A C. . ARGUMENTAÇÃO E EVIDÊNCIA NO DIA A DIA DA PRÁTICA MÉDICA TECNOLÓGICA. Política & Trabalho , UFPB - JOÃO PESSOA, v. 20, p. 159-180, 2004.

  • LEWCOVITZ, E. ; WARGAS, T. ; UCHOA, S A C. ; NESPOLI, G. ; MARIANE, M. . SABERES E POLÍTICAS - A CONTRIBUIÇÃO DO CAMPO DA SAÚDE COLETIVA NA ORGANIZAÇÃO DA POLÍTICA DE SAÚDE BRASILEIRA. Estudos em Saúde Coletiva , RIO DE JANEIRO, n.1, p. 3-34, 2000.

  • SILVA, W.C.da ; SILVEIRA, M. F. A. ; Uchoa, Alice da Costa . O paciente e o direito à informação: a representação de médicos e enfermeiros acerca do direito do paciente pediátrico. Rev Rene , v. 1, p. 57-63, 2000.

  • SOUZA, E. L. ; PIUVEZAM, G. ; ROCHA, P. M. ; UCHOA, S A C. ; PINHEIRO, T. X. A. . Pesquisa em Saúde Coletiva. 1. ed. NATAL: EDUFRN, 2018. v. 01. 296p .

  • ROCHA, P. M. ; UCHOA, S A C. ; PINHEIRO, T. X. A. . Avaliação da Atenção Básica no 3o ciclo do Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB). 1. ed. , 2018. 66p .

  • SOUZA, E. L. (Org.) ; LIRA, CO (Org.) ; COSTA, NDL (Org.) ; ROCHA, P. M. (Org.) ; Uchôa, Severina Alice da Costa (Org.) . METODOLOGIA DA PESQUISA: Aplicabilidade em trabalhos científicos na área da saúde. 1. ed. NATAL: EDUFRN, 2012. v. 1. 196p .

  • LEWCOVITZ, E. ; WARGAS, T. ; UCHOA, S A C. ; MARIANE, M. . PRODUÇÃO DE CONHECIMENTO EM POLÍTICA PLANEJAMENTO E GESTÃO EM SAÚDE E POLÍTICAS DE SAÚDE NO BRASIL (1974-2000). BRASILIA: OPAS, 2003. 71p .

  • PELLENSE, M. C. S. ; UCHOA, S A C. . SATISFAÇÃO DOS USUÁRIOS E A QUALIDADE DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE NO RIO GRANDE DO NORTE. In: Rodrigues MP; Amorim KPC; Vilar RLA de;Silva JA da; Melo RHV de. (Org.). Flores de mandacarus: produções cultivadas no mestrado profissional em saúde da família da RENASF/UFRN. 1ed.NATAL: EDUFRN, 2021, v. 1, p. 268-287.

  • SANTOS, J. S. ; MEDEIROS, F. A. L. ; FREITAS, C. H. S. M. ; UCHOA, S A C. ; COELHO, A. A. . .Um olhar sobre a hipertensão e diabetes no contexto da atenção primária à saúde sob o prisma do usuário.. In: Altamira Pereira da Silva Reichert; Ana Claudia Cavalcanti Peixoto de Vasconcelos; Ardigleusa Alves Coêlho; Franklin Delano Soares Forte; Geraldo Eduardo Guedes de Brito; Talitha Rodrigues Ribeiro Fernandes Pessoa. (Org.). Cuidado, atenção e avaliação na APS: reflexões para a prática.. 1ed.João Pessoa: UFPB, 2020, v. 1, p. 62-72.

  • UCHOA, S A C. . Pesquisa Qualitativa. In: Evânia Leiros de Souza; Clélia de Oliveira Lyra; Nilma Dias Leão Costa; Paulo de Medeiros Rocha; Alice da Costa Uchoa;. (Org.). METODOLOGIA DA PESQUISA: Aplicabilidade em trabalhos científicos na área da saúde. 1ed.NATAL: EDUFRN, 2012, v. 1, p. 141-155.

  • UCHOA, S A C. . Elaborando Artigos de Periódicos. In: Evânia Leiros de Souza; Clélia de Oliveira Lyra; Nilma Dias Leão Costa; Paulo de Medeiros Rocha; Alice da Costa Uchoa;. (Org.). METODOLOGIA DA PESQUISA: Aplicabilidade em trabalhos científicos na área da saúde. 1ed.NATAL: EDUFRN, 2012, v. 1, p. 173-181.

  • UCHOA, A.C. . Os caminhos da biomedicina:vivencias dos protocolos e eveidencias da clínica. In: Camargo Jr, KR; Nogueira,M I. (Org.). Os caminhos da biomedicina. In:.Camargo Jr. e Nogueira,M I. Por Uma Filosofia Empírica da Atenção à Saúde: observando o campo biomédico. 1ed.RIO DE JANEIRO: FIOCRUZ/, 2009, v. , p. 47-64.

  • UCHOA, ALICE COSTA ; GONDIM, Grácia Maria ; BARRETO, Márcia de Araújo ; ROCHA, P. M. . Utilizando Técnicas De Consenso: Potencialidades E Limites Na Avaliação Da Informação Em Saúde. In: : Hartz, Z; Felisberto, E; Vieira da Silva, L. (Org.). Meta-avaliação da atenção básica em saúde: teoria e prática.. Rio de Janeiro: FIOCRUZ, 2008, v. , p. 253-282.

  • TIMOTEO, R. P. S. ; MONTEIRO, A. I. ; UCHOA, S A C. . SAUDE DA FAMÍLIA E PROJETOS POLITICOS PEDAGÓGICOS: INTENÇÃO E GESTO NA INSERÇÃO DO TEMA NO COTIDIANO DOS CURSOS DE ENFERMAGEM, MEDICINA E ODONTOLOGIA DA UFRN. In: JANETE LIMA CASTRO. (Org.). GESTÃO DO TRABALHO NO SUS: ENTRE O VISÍVEL E O OCULTO. NATAL: EDITORA OBSERVATÓRIO RH NESC/UFRN, 2007, v. , p. 43-104.

  • UCHOA, S A C. . Vivendo a medicina e contando estórias do coração. In: Eymard Mourão de VAsconcelo; Lya Haykal Frota; Eduardo Simon. (Org.). Perplexidade na Universidade:vivências nos cursos de saúde. : , 2006, v. , p. 31-40.

  • PINHEIRO, T. X. A. ; ROCHA, P. M. ; SOUSA, A. N. A. ; ESCOVAL, A. M. S. ; MACHADO, A. T. G. M. ; NASCIMENTO, C. A. L. ; CASTRO,JL ; TOMASI, E. ; PEREIRA, M. J. B. ; MEDINA, M. G. ; Uchoa, Alice da Costa ; HARTZ, Z. M. A. . I Simpósio Internacional de Meta-Avaliação e Gestão do Conhecimento em Políticas de Saúde. In: I Simpósio Internacional de Meta-Avaliação e Gestão do Conhecimento em Políticas de Saúde, 2016, Natal. Anais do instituto de Higiene e Medicina Tropical. LISBOA, Biblioteca do Instituto de Higiene e Medicina Tropical. LISBOA, 2016. v. 15. p. 55-66.

  • PASSOS, A. F. M. S. ; LACERDA, A. R. ; COELHO, A. A. ; SOUSA, C. S. M. ; Uchoa, Alice da Costa . AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA EM IDOSOS PARTICIPANTES DE UM GRUPO DE CONVIVÊNCIA: ABORDAGEM DA FISIOTERAPIA. In: XVI Encontro Latino Americano de Iniciação Científica. XII Encontro Latino Americano de Pós Graduação, 2012, SÃO JOSÉ DOS CAMPOS. Ciências sem Fronteiras. Desafio para Século XXI, 2012. v. 1. p. 1-6.

  • COELHO, A. A. ; Martiniano, CS ; SILVA, V. C. ; FIGUEIREDO, T. M. R. M. ; PASSOS, A. F. M. S. ; LACERDA, A. R. ; Uchoa, Alice da Costa . PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS CASOS NOTIFICADOS DE TUBERCULOSE EM CAMPINA GRANDE, PARAÍBA, BRASIL, 2001 A 2011.. In: XVI Encontro Latino Americano de Iniciação Científica. XII Encontro Latino Americano de Pós Graduação, 2012, SÃO JOSÉ DOS CAMPOS. Ciências sem Fronteiras. Desafio para Século XXI, 2012. v. 1. p. 1-4.

  • UCHOA, S A C. . OESTILO DE PENSAMENTO EPIDEMIOLOGICO: TRANSPOSIÇÃO E AMBIVALENCIA. In: VI CONGRESSO BRASILEIRO DE EPIDEMIOLOGIA, 2004, VI CONGRESSO BRASILEIRO DE EPI. ANAIS DO VI CONGRESSO DE EPIDMIOLOGIA, 2004.

  • UCHOA, S A C. . LOS PRPOTOCOLOS Y LA TOMADA DE DECISIÓN MÉDICA. In: XIII CONGRESSO DE ALASS, 2002, TOLEDO. EPÍSTULA ALASS, 2002. v. 48.

  • UCHOA, S A C. . MEDICINA BASEADA EM VIVÊNCIA. In: III CONGRSSO BRASILERIO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS EM SAÚDE, 2005, FLORIANÓPOLIS. ANAIS DO III CONGRESSO BRASILEIRO DE EPIDMIOLOGIA, 2005.

  • UCHOA, S A C. ; BAY JÚNIOR, OSVALDO GOES . O PROGRAMA NACIONAL DE MELHORIA DO ACESSO E DA QUALIDADE DA ATENÇÃO BÁSICA: A INTERFACE ENTRE A INOVAÇÃO E A UTILIDADE DA AVALIAÇÃO EXTERNA. In: 8 Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas de Saúde, 2019, João Pessoa. Anais do 8 Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas de Saúde, 2019.

  • ARCÊNCIO, RICARDO ALEXANDRE ; POPOLIN, MARCELA PASCHOAL ; TOUSO, MICHELLE MOSNA ; YAMAMURA, MELLINA ; RODRIGUES, LUDMILA BARBOSA BANDEIRA ; BERRA, THAIS ZAMBONI ; PINTO, IONE CARVALHO ; BELCHIOR, A. S. ; Uchôa, Severina Alice da Costa . Spatial analysis of the relationship between social indicators and mortality due to tuberculosis in two priority municipalities to control the disease. In: Epidemiology Congress of the Americas, 2016, Florida. Abstract Book, 2016. p. 837-837.

  • VIEIRA-MEYER, A. P. G. F. ; PINHEIRO, T. X. A. ; Uchoa, Alice da Costa ; MACHADO, M. F. A. S. ; SAMPAIO, A. T. L. ; COELHO, A. A. ; SOUSA, C. S. M. ; ROCHA, P. M. . External evaluation of the Brazilian Primary Health Care Program. Are improvements being observed?. In: 9th European Public Health Conference, 2016, VIENNA, AUSTRIA. All for Health, Health for All, 2016. v. 26. p. 264-264.

  • PINHEIRO, T. X. A. ; Uchoa, Alice da Costa ; SAMPAIO, A. T. L. ; COELHO, A. A. ; SOUSA, C. S. M. ; ROCHA, P. M. . The 3rd cycle of the Brazilian National Programme for Improving Access and Quality of Primary Care. In: 9th European Public Health Conference: All for Health, Health for All, 2016, VIENNA, AUSTRIA. European Journal of Public Health, 2016. v. 26. p. 452-452.

  • MAROTIO,RM ; Uchoa, Alice da Costa ; ROCHA, B. N. A. ; MELO, L. G. N. S. ; SILVA, A. K. F. ; SOUSA, C. S. M. ; COELHO, A. A. ; COSTA, N. D. L. ; MEDEIROS JR ; MENESES, RMV ; MAROTO, F. M. ; FERNANDES, J.S. . Percepção sobre aborto e atenção humanizada no SUS em Natal, Rio Grande do Norte. In: 2 Congresso Brasileiro de Política, Planejamento e Gestão em Saúde,, 2013, BELO HORIZONTE. Universalidade, Igualdade e Integralidade da Saúde: Um projeto possível,, 2013.

  • Uchoa, Alice da Costa ; ROCHA, P. M. ; SOUSA, C. S. M. ; COELHO, A. A. ; PASSOS, A. F. M. S. ; LACERDA, A. R. ; ARAÚJO,MB ; EMILIANO, A. C. D. ; PELLENSE, M. C. S. ; FREITAS, M. G. . ANALYSIS OF THE USE OF PROTOCOLS FOR PRIMARY CARE TEAMS IN BRAZIL. In: European Congress of Epidemiology, 2013, Aarhus. Non-communicable disease epidemic: epidemiology in action, 2013.

  • Uchoa, Alice da Costa ; COSTA, J. G. ; FERNANDES, J.S. ; ARAÚJO,MA ; FORMIGA, M. C. ; SPYRIDES, M. H. C. ; ARAÚJO,MB ; COSTA, N. D. L. ; ROCHA, P. M. ; MAROTO, R. M. . Relationship between profile and procedures to abortation in public maternity in Natal Brasil. In: European Congress of Epidemiology, 2013, Aarhus. Non-communicable disease epidemic: epidemiology in action, 2013.

  • MAROTO, RENATA MELO ; Uchoa, Alice da Costa ; ROCHA, BNGA ; DA SILVA, ANNY KARINE ; MEDEIROS JR . AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO POR MULHERES ATENDIDAS EM SITUAÇÃO DE ABORTAMENTO, NA MATERNIDADE ESCOLA JANUÁRIO CICCO, EM NATAL RIO GRANDE DO NORTE. In: 10 Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2012, Porto Alegre. 10 Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2012.

  • Uchoa, Alice da Costa ; ROCHA, BNGA ; FERNANDES, J.S. ; ARAÚJO,MA . Avaliação da satisfação das usuárias atendidas por abortamento em serviço de saúde em Natal-RN/BRA. In: V Congresso Ibero-Americano de Pesquisa Qualitativa em Saúde, 2012, Lisboa, Portugal. V Congresso Ibero-Americano de Pesquisa Qualitativa em Saúde, 2012.

  • FERNANDES, KALLIL MONTEIRO ; Uchoa, Alice da Costa ; COSTA, NDL ; ROCHA, BNGA ; DA SILVA, ANNY KARINE . AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DO CUIDADO AO ABORTAMENTO NA MATERNIDADE JANUÁRIO CICCO-UFRN. In: 23 CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE, 2012, Natal. 23 CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE, 2012.

  • ALVES, RICARDO LUIZ OLIVEIRA ; FERNANDES, J.S. ; FERNANDES, KALLIL MONTEIRO ; AMORIM, MÁRIO GRUIMARÃES ; IZIDIO, W. B. N. ; Uchoa, Alice da Costa ; COSTA, NDL . ANÁLISE DA QUALIDADE DE PREENCHIMENTO DOS PRONTUÁRIOS DE MULHERES COM DIAGNÓSTICO DE ABORTAMENTO NA MATERNIDADE ESCOLA JANUÁRIO CICCO. In: I Jornada Norte-Riograndense de Saúde da Mulher, 2012, Natal. I Jornada Norte-Riograndense de Saúde da Mulher, 2012.

  • AMORIM, MÁRIO GRUIMARÃES ; COSTA, NDL ; Uchoa, Alice da Costa ; ROCHA, BNGA ; MAROTO, RENATA MELO ; DA SILVA, ANNY KARINE ; FERNANDES, J.S. ; IZIDIO, W. B. N. ; ALVES, RICARDO LUIZ OLIVEIRA ; FERNANDES, KALLIL MONTEIRO ; FORMIGA, M. C. ; SPYRIDES, M. H. C. . ABORTAMENTO EM ADOLESCENTES E ADULTAS JOVENS: ANÁLISE DEMOGRÁFICA E EPIDEMIOLÓGICA EM MATERNIDADE DE REFERÊNCIA DO SUS NO RIO GRANDE DO NORTE. In: 10 Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2012, Porto Alegre. 10 Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2012.

  • Uchoa, Alice da Costa ; COSTA, NDL ; FORMIGA, M. C. ; SPYRIDES, M. H. C. ; FIGUEIREDO, R. P. . CHARACTERIZATION OF ABORTION CASES AT A PUBLIC MATERNITY IN NATAL, BRAZIL. In: IEA World Congresso of Epidemiology, 2011, Royal Society for Public Healt. J Epidemiol Community Health. Edinburgh, Scotland., 2011. v. Vol 65. p. A167-A167.

  • MAROTO, RENATA MELO ; Uchoa, Alice da Costa . AVALIAÇÃO DA INTEGRALIDADE DO CUIDADO AO ABORTAMENTO EM MATERNIDADE DE REFERÊNCIA DO SUS DO RIO GRANDE DO NORTE. In: XXII CIC Congresso de Iniciação Científica da UFRN - CIC 2011, 2011, Natal. XXII CIC Congresso de Iniciação Científica da UFRN. Natal, 2011.

  • BRANDAO, I. C. A. ; SOUSA, C. S. M. ; MEDEIROS JUNIOR, G. ; UCHOA, S A C. ; ROCHA, P. M. . O ESTADO DA PARAÍBA A LUZ DO PROCESSO DE DESCENTRALIZAÇÃO E REGIONALIZAÇÃO. In: I CONGRESSO BRASILEIRO DE POLÍTICA, PLANEJAMENTO E GESTÃO DE SAÚDE, 2010, SALVADOR. CAMINHO E DESCAMINHOS DA POLÍTICA DE SAÚDE BRASILEIRA, 2010.

  • BRANDAO, I. C. A. ; MARTINIANO, C. S. ; UCHOA, S A C. ; ROCHA, P. M. . PERFIL DA FILANTROPIA HOSPITALAR NA ASSISTÊNCIA À SAÚDE EM CAMPINA GRANDE-PB. In: I CONGRESSO BRASILEIRO DE POLÍTICA, PLANEJAMENTO E GESTÃO DE SAÚDE, 2010, SALVADOR. CAMINHO E DESCAMINHOS DA POLÍTICA DE SAÚDE BRASILEIRA, 2010.

  • UCHOA, ALICE COSTA . OS USUÁRIOS E O PSF DA ZONA RURAL DE PEQUENOS MUNICÍPIOS. In: I CONGRESSO BRASILEIRO DE POLÍTICA, PLANEJAMENTO E GESTÃO DE SAÚDE, 2010, SLAVADOR. CAMINHO E DESCAMINHOS DA POLÍTICA DE SAÚDE BRASILEIRA, 2010.

  • UCHOA, ALICE COSTA . A SOCIOLOGIA DAS AUSÊNCIAS E EMERGÊNCIAS E A AVALIAÇÃO DAS EXPERIÊNCIAS INOVADORAS DE CUIDADO NO SUS. In: I CONGRESSO BRASILEIRO DE POLÍTICA, PLANEJAMENTO E GESTÃO DE SAÚDE, 2010, SALVADOR. CAMINHO E DESCAMINHOS DA POLÍTICA DE SAÚDE BRASILEIRA, 2010.

  • PAIVA, L C ; UCHOA, ALICE COSTA . DIREITOS, DEVERES E DIFICULDADES DO ACOMPANHANTE DE PACIENTA ADULTO HOSPITALIZADO. In: II CONGRESSO IMIP DE SAÚDE INTEGRAL, 2010, RECIFE. II CONGRESSO IMIP DE SAÚDE INTEGRAL, 2010.

  • UCHOA, S A C. ; SOUZA, E. L. . BIBLIOTECA ITINERANTE: A LEITURA COMO TÉCNICA TERAPÊUTICA PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES INTERNADOS NO HOSPED-UFRN. In: 9o Congresso Nacional da Rede Unida, 2010, Porto Alegre. Saúde é construção da vida no cotidiano: educação, trabalho e cidadnia, 2010.

  • UCHOA, AC. ; ARAUJO, P. T. B. . AVALIAÇÃO DOS ERROS DE PRESCRIÇÃO DE UM HOSPITAL PÚBLICO E DE ENSINO. In: XVIII CONGRESSO MUNDIAL E VII CONGRESSO BRASILEIRO DE EPIDEMIOLOGIA, 2008, PORTO ALEGRE. ANAIS DO XVIII CONGRESSO MUNDIAL E VIII CONGRESSO BRASILEIRO DE EPIDEMIOLOGIA. PORTO ALEGRE, 2008.

  • UCHOA, A.C. ; CAMARGO JR, K. R. . A CONSTRUÇÃO DA RETÓRICA SOBRE MUDANÇA DO ESTILO DE PENSAMENTO CLÍNICO PARA O EPIDEMIOLÓGICO NO JOURNAL OF THE AMERICAN MEDICAL ASSOCIATION -JAMA. In: XVIII CONGRESSO MUNDIAL E VII CONGRESSO BRASILEIRO DE EPIDEMIOLOGIA, 2008, PORTO ALEGRE. XVIII CONGRESSO MUNDIAL E VII CONGRESSO BRASILEIRO DE EPIDEMIOLOGIA. PORTO ALEGRE, 2008.

  • UCHOA, S A C. ; NUNES, R. A. S. . VIVÊNCIA DOS ALUNOS DE MEDICINA NA ASSISTÊNCIA PRIMÁRIA À SAÚDE: EVENTO SENTINELA. In: VIII CONGRESSO BRASILEIRO DE MEDICINA DA FAMÍLIA E DA COMUNIDADE, 2006, SÃO PAULO. VIII CONGRESSO BRASILEIRO DE MEDICINA DA FAMÍLIA E DA COMUNIDADE, 2006.

  • UCHOA, S A C. ; SILVA, C. A. N. E. ; SILVA, T. D. C. E. . VIVÊNCIA DOS DOUTORANDOS DE MEDICINA NA ASSISTÊNCIA PRIMÁRIA À SAÚDE: EXPERIÊNCIA COM PRÉ-NATAL. In: VIII CONGRESSO BRASILEIRO DE MEDICINA DA FAMÍLIA E DA COMUNIDADE, 2006, SÃO PAULO. VIII CONGRESSO BRASILEIRO DE MEDICINA DA FAMÍLIA E DA COMUNIDADE, 2006.

  • UCHOA, ALICE COSTA ; ROCHA, P. M. . Avaliação da integralidade do cuidado em capital metropolitana: estudo de caso. In: 11o Congresso Mundial de Saúde Pública e 8o Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2006, Rio de Janeiro. 1o Congresso Mundial de Saúde Pública e 8o Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2006.

  • UCHOA, ALICE COSTA . Acesso, acolhimento e vínculo na atenção básica: uma análise na perspectiva da construção do cuidado integral em saúde.. In: 11o Congresso Mundial de Saúde Pública e 8o Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2006, Rio de Janeiro. 11o Congresso Mundial de Saúde Pública e 8o Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2006.

  • UCHOA, S A C. . A RETÓRICA E O CARÁTER CIENTÍFICO DA PRÁTICA MÉDICA. In: III CONGRSSO BRASILEIRO DE CINECIAS HUMANAS E SOCIAIS, 2005, FLORIANÓPOLIS. ANIS DO III CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS HUMANS E SOCIS EM SAÚDE, 2005.

  • UCHOA, S A C. . NOVAS FORMAS DE CUIDADO E SOLIDARIEDADE EM SAÚDE. In: XII ENCONTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS NORTE NORDESTE, 2005, BELÉM. III CONGRESSO BRASILEIRO DE CIENCIAS HUMANAS E SOCIAIS EM SAÚDE, 2005.

  • UCHOA, S A C. ; MEDEIROS, S. ; SILVA, M. A. N. ; HOLANDA, J. P. ; SOUZA, W. . O OLHAR DAS NOVAS FORMAS DE CUIDADO NA PERSPECTIVA DA INTEGRALIDADE. In: VI CONGRESSO NACIONAL DA REDE UNIDA, 2005. ANAIS DO VI CONGRESSO NACIONAL DA REDE UNIDA.

  • UCHOA, ALICE COSTA . A RETÓRICA E O CARÁTER CIENTÍFICO DA PRÁTICA MÉDICA 1945-200. In: III CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS HUMANA E SOCIAIS EM SAÚDE, 2005, RIO DE JANEIRO. III CONGRESSO BRASILEIRO DE CIENCIAS SOCIAIS E HUMANAS EM SAÚDE, 2005.

  • UCHOA, ALICE COSTA . O OLHAR DAS NOVAS FORMAS DE CUIDADO NA PERSPECTIVA DA INTEGRALIDADE. In: VI CONGRESSO NACIIONAL DA REDE UNIDA, 2005. VI CONGRESSO NACIIONAL DA REDE UNIDA, 2005.

  • UCHOA, S A C. . PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO EM POLTICA PLANEJAMENTO E GESTÃO EM SAÚDE E POLÍTICAS DE SAÚDE NO BRASIL(1974-2000). In: VII CONGRESSO BRASILEIRO DE SAUDE COLETIVA, 2003, BRASILIA. ANAIS DO VII CONGRESSO BRAILEIRO DE SAUDE CLETIVA. BRASILIA, 2003.

  • UCHOA, S A C. . A RACIONALIZACAO DA PRATICA MEDICA ATUAL. In: VII CONGRESSO LUSO AFRO-BRASILEIRO DE CIENCIAS SOCIAIS, 2002, RIO DE JANEIRO. AS LINGUAGENS DA LUSOFONIA. RIO DE JANEIRO: ACSHELP/UCAM/IUPERJ, 2002.

  • UCHOA, S A C. . A ÉTICA MÉDICA E A INTENCIONALIDADE DA VIDA. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE SAÚDE COLETIVA, 2000, BAHIA. ANAIS. RIO DE JANEIRO: ABRASCO, 2000. v. 1. p. 139-139.

  • UCHOA, S A C. ; UCHÔA, S. A. C. . ENTRE AS RAZÕES DA PRÁTICA E AS PAIXÕES DAS ESCOLHAS. In: II CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS EM SAÚDE, 1999, SÃO PAULO. II CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS. RIO DE JANEIRO: ABRASCO, 1999. v. 1. p. 49-49.

  • UCHOA, S A C. . A INTERDISCIPLINARIDADE CIÊNCIAS SOCIAIS E SAÚDE. In: 50a REUNIÃO ANUAL DO SBPC, 1998, NATAL, 1998.

  • UCHOA, S A C. . AS CIÊNCIAS SOCIAIS NA PÓS-GRADUAÇÃO NA UFPB. In: V ENCONTRO DE INTERAÇÃO ACADÊMICA DA SAÚDE, 1997, CAMPINA GRANDE, 1998.

  • UCHOA, S A C. . AS CIÊNCIAS SOCIAIS E A PÓS GRADUAÇÃO NA UFPB. In: VIII CONGRESSO BRASILEIRO DE SAÚDE COLETIVA, 1997, ÁGUAS DE LINDÓIA, 1997.

  • UCHOA, S A C. . SISTEMA DE INFORMAÇÕES E AS COMUNICAÇÒES DE ACIDENTE DE TRABALHO NA FUNADAÇÃO DE SAÚDE NO MUNICÍPIO DE JÃO PESSOA. In: V CONGRESSO BRASILEIRO DE SAÚDE COLETIVA, 1997, AÁGUAS DE LINDÓIA, 1997.

  • UCHOA, S A C. . O ENSINO DA ÉTICA NAS CIÊNCIAS DA SAÚDE DA UFPB. In: I ENSINO DA ÉTICA NAS CIÊNCIAS DA SAÚDE NA UFPB, 1996, BAHIA, 1996.

  • UCHOA, S A C. . ERRO MÉDICO: A AUTOREPRESENTAÇÃO DA CATEGORIA. In: I JORNADA DE MEDICINA LEGAL E DEONTOLOGIA DA BAHIA, 1996, SALVADOR.

  • ARCENCIO, R. A. ; BELCHIOR, A. S. ; ARROYO, LUIZ HENRIQUE ; SANTOS NETO, MARCELINO ; YAMAMURA, MELLINA ; QUEIROZ, ANA ANGÉLICA RÊGO DE ; UCHOA, S A C. . Distribuição e dependência espacial da mortalidade por tuberculose em um município da região Amazônica.. CADERNOS SAÚDE COLETIVA (UFRJ) , 2021.

  • BAY JUNIOR, O. G. ; UCHOA, S A C. . 'Instrumento Meta-avaliativo para a Avaliação Externa da Atenção Primária à Saúde. REVISTA DE SAÚDE PÚBLICA (ONLINE) , 2021.

  • UCHOA, S A C. . PARADIGMAS DA AVALIAÇÃO, SUA TRANSLAÇÃO E IMPLICAÇÕES PARA QUALIFICAÇÃO DAS PRÁTICAS EM SERVIÇOS E EQUIDADE. 2020. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • VIEIRA-MEYER, A. P. G. F. ; PINHEIRO, T. X. A. ; Uchoa, Alice da Costa ; MACHADO, M. F. A. S. ; SAMPAIO, A. T. L. ; ROCHA, P. M. . A National Programme for Improving Access and Quality of a multiprofessional Primary Care system. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • BRANDAO, I. C. A. ; RÊGO DE QUEIROZ, ANA ANGÉLICA ; SOUSA, C. S. M. ; BAY JUNIOR, O. G. ; NASCIMENTO, Wezila Gonçalves do ; ARCENCIO, RA ; Uchoa, Severina Alice da Costa . CUIDADOS PRIMÁRIOS À HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA E INTERNAÇÕES POR COMPLICAÇÕES CARDIOVASCULARES EM CAPITAIS BRASILEIRAS. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • BRANDAO, I. C. A. ; SILVA, W.C.da ; MARTINIANO, C. S. ; COELHO, A. A. ; Uchoa, Alice da Costa . ?PMAQ-AB: melhoria do acesso e suficiência de recursos??. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • PINHEIRO, T. X. A. ; Uchoa, Alice da Costa ; MACHADO, M. F. A. S. ; SAMPAIO, A. T. L. ; COELHO, A. A. ; Martiniano, CS ; ROCHA, P. M. . The 3rd cycle of the Brazilian National Programme for Improving Access and Quality of Primary Care (PMAQ-AB). 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • PINHEIRO, T. X. A. ; VIEIRA-MEYER, A. P. G. F. ; Uchoa, Alice da Costa ; COELHO, A. A. ; SOUSA, C. S. M. . External evaluation of the Brazilian Primary Health Care Program. Are improvements being observed?. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • BRANDAO, I. C. A. ; MONTEIRO, A. I. ; Uchôa, Severina Alice da Costa ; SOUSA, C. S. M. ; SOUSA, I. C. A. ; COELHO, A. A. . O ENFERMEIRO E A PRESCRIÇÃO DE MEDICAENTOS NO AIDPI: ELEMENTOS PARA O DEBATE. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • BRANDAO, I. C. A. ; LEITE, V. M. C. ; Uchoa, Alice da Costa ; ALVES, A. K. T. M. ; RODRIGUES, E. H. F. ; MOLTALVAO, R. P. P. ; CORTEZ, L. R. . RODA DE CO-GESTÃO E MÉTODO ALTADIR DE PLANIFICAÇÃO POPULAR: VIVÊNCIA DE ACADÊMICOS DE MEDICINA NO INTERNATO DE SAÚDE COLETIVA. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • ROCHA, P. M. ; Uchoa, Alice da Costa ; PINHEIRO, T. X. A. . PLANNING AND USABILITY IN THE CONSTRUCTION OF THE DISTANCE EDUCATION: THE USE OF TECHNOLOGICAL INNOVATION IN THE TEACHING OF HEALTH. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • ROCHA, P. M. ; Uchoa, Alice da Costa ; PINHEIRO, T. X. A. . TECHNOLOGICAL INNOVATIONS APPLIED TO EVOLUATIVE RESEARCH. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • ARAÚJO,MB ; ROCHA, P. M. ; Martiniano, CS ; COELHO, A. A. ; Uchoa, Alice da Costa . REFORMA NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE NO BRASIL: O PROGRAMA DE MELHORIA DO ACESSO E DA QUALIDADE NA ATENÇÃO BÁSICA. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MAROTIO,RM ; Uchôa, Severina Alice da Costa ; ROCHA, B. N. A. ; MELO, L. G. N. S. ; SILVA, A. K. F. ; SOUSA, C. S. M. ; COELHO, A. A. ; COSTA, N. D. L. ; MEDEIROS JR ; MENESES, RMV ; MAROTO, F. M. ; FERNANDES, J.S. . PERCEPÇÃO SOBRE ABORTO E ATENÇÃO HUMANIZADA NO SUS EM NATAL, RIO GRANDE DO NORTE. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MAROTIO,RM ; Uchoa, Alice da Costa ; ROCHA, BNGA ; SILVA, A. K. F. ; FERNANDES, J.S. ; COSTA, N. D. L. . CARACTERIZAÇÃO DO ATENDIMENTO PRESTADO A MULHERES EM ABORTAMENTO NO RIO GRANDE DO NORTE, BRASIL. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MENESES, RMV ; Uchoa, Alice da Costa ; MAROTIO,RM ; COSTA, N. D. L. . PERFIL DOS ATENDIMENTOS DE UM HOSPITAL DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAS, NO RIO GRANDE DO NORTE, BRASIL.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • UCHOA, ALICE COSTA ; ROCHA, BNGA ; MAROTO, RENATA MELO ; FERNANDES, J.S. ; ARAÚJO,MA . Avaliação da satisfação das usuárias atendidas por abortamento em serviço de saúde em Natal-RN/BRA. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MAROTO, RENATA MELO ; UCHOA, ALICE COSTA ; ROCHA, BNGA ; DA SILVA, ANNY KARINE ; MEDEIROS JR . AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO POR MULHERES ATENDIDAS EM SITUAÇÃO DE ABORTAMENTO, NA MATERNIDADE ESCOLA JANUÁRIO CICCO, EM NATAL RIO GRANDE DO NORTE. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FERNANDES, KALLIL MONTEIRO ; UCHOA, ALICE COSTA ; COSTA, NDL ; ROCHA, BNGA ; DA SILVA, ANNY KARINE . AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DO CUIDADO AO ABORTAMENTO NA MATERNIDADE JANUÁRIO CICCO-UFRN. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • AMORIM, MÁRIO GRUIMARÃES ; COSTA, NDL ; UCHOA, ALICE COSTA ; ROCHA, BNGA ; MAROTO, RENATA MELO ; DA SILVA, ANNY KARINE ; FERNANDES, J.S. ; ALVES, RICARDO LUIZ OLIVEIRA ; IZIDIO, W. B. N. ; FERNANDES, KALLIL MONTEIRO ; FORMIGA, M. C. ; SPYRIDES, M. H. . ABORTAMENTO EM ADOLESCENTES E ADULTAS JOVENS: ANÁLISE DEMOGRÁFICA E EPIDEMIOLÓGICA EM MATERNIDADE DE REFERÊNCIA DO SUS NO RIO GRANDE DO NORTE. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • ALVES, RICARDO LUIZ OLIVEIRA ; FERNANDES, J.S. ; FERNANDES, KALLIL MONTEIRO ; AMORIM, MÁRIO GRUIMARÃES ; IZIDIO, W. B. N. ; UCHOA, ALICE COSTA ; COSTA, NDL . ANÁLISE DA QUALIDADE DE PREENCHIMENTO DOS PRONTUÁRIOS DE MULHERES COM DIAGNÓSTICO DE ABORTAMENTO NA MATERNIDADE ESCOLA JANUÁRIO CICCO. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SILVA, A. K. F. ; BRITO, E. W. G. ; Uchoa, Alice da Costa ; MAROTIO,RM ; TEIXEIRA, J. C. M. . PUNTOS PRINCIPALES TEMAS TRATADOS EN LA MATERIA DE LA TUBERCULOSIS EN LAS PUBLICACIONES CIENTÍFICAS. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MORAIS, C. H. S. ; Uchoa, Alice da Costa ; FORTE, F. D. S. ; -, M. B. F. C. ; MAROTIO,RM . A INTEGRALIDADE DO CUIDADO NO SISTEMA DE SAÚDE INDÍGENA: A PERCEPÇÃO DE PROFISSIONAIS E USUÁRIOS. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MAROTO, RENATA MELO ; UCHOA, ALICE COSTA . AVALIAÇÃO DA INTEGRALIDADE DO CUIDADO AO ABORTAMENTO EM MATERNIDADE DE REFERÊNCIA DO SUS DO RIO GRANDE DO NORTE. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Uchoa, Alice da Costa ; COSTA, NDL ; FORMIGA, M. C. ; SPYRIDES, M. H. ; FIGUEIREDO, R. P. . Charecterization of Abortion Cases at a Public Maternity in Natal, Brazil. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Uchoa, Alice da Costa . CHARACTERIZATION OF ABORTION CASES AT A PUBLIC MATERNITY IN NATAL, BRAZIL. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • COELHO, A. A. ; Uchoa, Alice da Costa ; FIGUEIREDO, T. M. R. M. ; PORTO, R. F. ; BRASIL, S. K. D. . O ACESSO E UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE EM CAMPINA GRANDE-PB. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • Uchoa, Alice da Costa ; CHINA, E. L. C. P. ; VITORINO, T. K. G. ; AVELINO, T. V. C. ; SILVA, A. M. F. ; MINEIRO, F. H. G. R. ; MEDEIROS, L. P. . DIREITOS, DEVERES E DIFICULDADES DO ACOMPANHANTE DE PACIENTE ADULTO HOSPITALIZADOS. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • COELHO, A. A. ; UCHOA Severina Alice ; FIGUEIREDO, T. M. R. M. ; PORTO, R. F. ; BRASIL, S. K. D. . O ACESSO E A UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE EM CAMPINA GRANDE-PB. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • UCHOA, A.C. . Estruturação de Projeto de Pesquisa. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • UCHOA, A.C. ; GURGEL,MRA ; TORRES, LA ; ARAÚJO,MA . Investigando o perfil do aborto em Maternidade ? escola da UFRN. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • UCHOA, ALICE COSTA . VIVENCIAS DOS DOUTORANDOS DE MEDICINA NA ASSISTENCIA PRIMARIA A SAÚDE: EXPERIÊNCIA COM PRÉ-NATAL. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • UCHOA, ALICE COSTA . AVALIAÇÃO SOBRE OS CONHECIMENTOS BÁSICOS DO ACIDENTE VASCULAR ENCEFÁLICO. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • UCHOA, ALICE COSTA ; ROCHA, P. M. . Avaliação da integralidade do cuidado em capital metropolitana: estudo de caso. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • UCHOA, ALICE COSTA ; ROCHA, P. M. . Acesso, acolhimento e vínculo na atenção básica: uma análise na perspectiva da construção do cuidado integral em saúde.. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • UCHOA, ALICE COSTA . NOVAS FORMAS DE CUIDADO E SOLIDARIEDADE EM SAÚDE. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • UCHOA, ALICE COSTA . OS PROTOCOLOS E A EXPERIÊNCIA CLÍNICA. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • UCHOA, ALICE COSTA . OLHAR DAS NOVAS FORMAS DE CUIDADO NA PERSPECTIVA DA INTEGRALIDADE. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • UCHOA, ALICE COSTA . MEDICINA BASEADA EM VIVÊNCIA. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • UCHOA, ALICE COSTA . A RETÓRICA E O CARÁTER CIENTÍFICO DA PRÁTICA MÉDICA 1945-200. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • UCHOA, ALICE COSTA . OESTILO DE PENSAMENTO EPIDEMIOLOGICO: TRANSPOSIÇÃO E AMBIVALENCIA. 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • UCHOA, ALICE COSTA . O OLHAR DAS NOVAS FORMAS DE CUIDADO NA PERSPECTIVA DA INTEGRALIDADE. 2003. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • UCHOA, ALICE COSTA . Produção, conhecimento em política, planejamento , gestão em sáude pública (1974-2000). 2003. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • UCHOA, ALICE COSTA . O debate sobre a racionalização da Prática Clínica No Journal American Medical Association (JAMA)1945-2000. 2003. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • UCHOA, ALICE COSTA . Medicina baseada em vivência ou evidências?. 2003. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • ROCHA, P. M. ; UCHOA, S A C. . Relatório final: Projeto de Expansão e Consolidação (PROESF) ? Estudo de linha de base - Pesquisa Avaliativa): Lote 1 ? Nordeste (21 municípios da Bahia, Ceará e Sergipe) / Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Núcleo de Estudos em Saúde Coletiva; Coordenador Paulo de Medeiros Rocha; pesquisadores Paulo de Medeiros Rocha ... [et al.] ? Natal, RN: UFRN, 2006.Estudo da Implantação (síntese. Natal: UFRN, 2006 (relatório).

Outras produções

Uchôa, Severina Alice da Costa . Consultor ad-hoc - Capes - Saúde Coletiva. 2013.

UCHOA, A.C. . PROJETO DE PESQUISA AVALIAÇÃO DA REDE DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS EM VIGILÂNCIA EM SAÚDE. 2009.

UCHOA, ALICE COSTA . TERMO DE REFERÊNCIA PARA PESQUISA AVALIATIVA DO PROFORMAR. 2008.

UCHOA, S A C. . Vice coordenadora do NESC/UFRN. 2004.

UCHOA, S A C. . COMISSAO DE AVALIAÇAO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇAO EM SAUDE DA FAMILIA. 2003.

Uchôa, Severina Alice da Costa . MODELO DE AVALIAÇÃO PARA ATENÇÃO HUMANIZADA AO ABORTAMENTO. 2013.

UCHOA, ALICE COSTA . TUTORA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA (EAD) - IMIP - CURSO AVALIAÇÃO DA ATENÇÃO BÁSICA-. 2008.

UCHOA, S A C. . COORDENAÇAO DO POLO DE EDUCAÇAO PERMANENTE PARA SAUDE DA FAMILIA. 2003.

UCHOA, S A C. . PROJETO DE MESTRADO INTERINSTITUCIONAL EM SAUDE COLETIVA IMS-UERJ/ UFJF. 2002.

UCHOA, S A C. . ANALISE DA REESTRUTURAÇAO DOS MODELOS ASSISTENCIAIS DE SAUDE EM GRANDES CIDADES NO PROGRAMA DE SAUDE DA FAMILIA NO BRASIL. 2002.

UCHOA, S A C. . . Item Matrix for Evaluating the External Evaluation of Primary Health Care. 2021. (Banco de Dados).

UCHOA, S A C. . Lições aprendidas com a organização do suporte ao cuidador domiciliar de pessoas funcionalmente dependentes no mundo e no Brasil: Protocolo de revisão de escopo. 2021. (Protocolo de Revisão de Escopo).

UCHOA, S A C. . Telemedicine in primary health care for the quality of care in times of COVID-19: a scoping review protocol. 2021. (Protocolo de Revisão de Escopo).

UCHOA, S A C. ; MARTINIANO, C. S. ; BAY JUNIOR, O. G. ; COELHO, A. A. . ): PRIMARY CARE EVALUATION IN THE 3rd CYCLE OF THE PRIMARY CARE ACCESS AND QUALITY IMPROVEMENT PROGRAM (PMAQ-AB): meta-evaluation study. 2021. (Banco de Dados).

UCHOA, S A C. . Uses of the Primary Health Care meta-evaluation: Scoping review.. 2020. (Protocolo de Revisão de Escopo).

UCHOA, S A C. . Manual para Análise de Constúdo com o Atals TI para o proejteo :Avaçiação da Avalição Ezterna do PMAQ- AB. 2019. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - MANUAL).

UCHOA, S A C. . OFICINA II: PACTUAÇÃO DO PROJETO DE PESQUISA ?META-AVALIAÇÃO DO PROGRAMA DE MELORIA DO ACESSO E DA QUALIDADE DA ATENÇÃO BÁSICA DO BRASIL: Um Estudo de Caso. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

UCHOA, S A C. . OFICINA DE CALIBRAÇÃO DE PESQUISADORES PARA O TRABALHO DE CAMPO: Meta-avaliação PMAQ - AB. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

UCHOA, S A C. . MODELO DE ANÁLISE QUANTITATIVA A PARTIR DOS DADOS DA AVALIAÇÃO EXTERNA DO PROGRAMA DE MELHORIA DO ACESSO E DA QUALIDADE DA ATENÇÃO BÁSICA ? PMAQ-AB. 2018. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - MANUAL).

ROSENDO, T. M. S. S. ; QUEIROZ, A. A. R. ; UCHOA, S A C. . MODELO DE ANÁLISE QUANTITATIVA A PARTIR DOS DADOS DA AVALIAÇÃO EXTERNA DO PROGRAMA DE MELHORIA DO ACESSO E DA QUALIDADE DA ATENÇÃO BÁSICA ? PMAQ-AB. 2018. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - TEXTODIDÁTICO).

UCHOA, S A C. . Tecnologia da Informação na Avaliação Externa do Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica do Ministério da Saúde do Brasil: um Estudo de Caso. 2016. (Relatório de pesquisa).

UCHOA, S A C. . Avaliação da Atenção Humanizada ao Abortamento em Serviço de Referência do SUS-RN. 2012. (Relatório de pesquisa).

UCHOA Severina Alice . Estruturação de Projeto de Pesquisa. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

UCHOA, S A C. . INOVAÇÃO OU MARGINALIDADE:O OLHAR DAS NOVAS FORMAS DE CUIDADO NA PERSPECTIVA DA INTEGRALIDADE EM SAÚDE.. 2007. (Relatório de pesquisa).

ROCHA, P. M. ; UCHOA, S A C. ; FAGUNDES, E. C. F. E. C. ; ROCHA, N. S. P. D. ; PINHEIRO, T. X. A. . Aspectos Teórico-Metodológicos em Pesquisa Avaliativa. 2006. (Relatório de pesquisa).

ROCHA, P. M. ; UCHOA, S A C. ; SOUZA, E. C. F. ; ROCHA, M. L. ; ROCHA, N. S. ; PINHEIRO, T. X. A. . Estudo da Implantação (Síntese). 2006. (Relatório de pesquisa).

ROCHA, P. M. ; FAGUNDES, E. C. F. E. C. ; UCHOA, S A C. . Estudo do Cuidado Integral. 2006. (Relatório de pesquisa).

SOUZA, E. L. ; UCHOA, ALICE COSTA . Manual para elaboração de projeto de pesquisa). 2005. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - TEXTO DIDÁTICO).

UCHOA, S A C. . INOVAÇÃO OU MARGINALIDADE: O OLHAR DAS NOVAS FORMAS DE CUIDADO NA PERSPECTIVA DA INTEGRALIDADE EM SAÚDE. 2004. (Relatório de pesquisa).

Projetos de pesquisa

  • 2020 - Atual

    AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DA TELEMEDICINA NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE NO CONTEXTO DA COVID 19, Descrição: O objetivo desta pesquisa é avaliar o contexto de implantação e a qualidade das intervenções de cuidado mediado por Tecnologias da Informação e Comunicação implementadas pelo Ministério da Saúde, que estão sendo adotadas pela gestão municipal de saúde e profissionais para enfrentamento da COVID-19 pela Atenção Primária à Saúde no Brasil. Trata-se de uma Pesquisa Avaliativa formativa de abordagem qualitativa com triangulação de Pesquisa Bibliográfica, Análise Documental e Estudo de Caso. Como contribuições almeja-se desenhar o panorama inicial aplicação pelas TICs no cuidado na APS no enfrentamento do COVID 19 como subsídio às futuras decisões dos gestores e profissionais acerca especialmente de sua utilidade apontando usos e influencias para sua continuidade, expansão e ou correções de rumo, além de propor recomendações baseadas em evidencias.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (5) . , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Coordenador / Themis Xavier de Albuquerque Pinheiro - Integrante / Nadja de Sá Pinto Dantas Rocha - Integrante / Claudia Santos Martiniano Sousa - Integrante / Marize Barros de Souza Araújo - Integrante / Ewerton William Gomes Brito - Integrante / ARCÊNCIO, RICARDO ALEXANDRE - Integrante / ALVES COELHO, ARDIGLEUSA - Integrante / Ewerton Wiliam Gomens Brito - Integrante / DE MELO, LARISSA GRACE NOGUEIRA SERAFIM - Integrante / Cícera Regina Diniz - Integrante / Lygia Maria de Figueiredo Melo - Integrante / Osvaldo Goes Bay Júnior - Integrante / Ana Angélica Rego de Queiroz - Integrante / DE MEDEIROS ROCHA, PAULO - Integrante / CECILIA NOGUEIRA VALENCA - Integrante / FRANCISCO DE SALES CLEMENTINO - Integrante / RAYSSA HORACIO LOPES - Integrante / THAISSA HAMANA DE MACEDO DANTAS SOARES - Integrante / TATYANA MARIA SILVA DE SOUZA ROSENDO - Integrante / Miguel Fuentealba-Torres - Integrante / Sonia Dias - Integrante., Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 4

  • 2018 - Atual

    AVALIAÇÃO DA AVALIAÇÃO EXTERNA DO PROGRAMA DE MELHORIA DO ACESSO E DA QUALIDADE DA ATENÇÃO BÁSICA (PMAQ- AB) DO BRASIL: UM ESTUDO DE CASO, Descrição: Esse projeto de meta-avaliação dará continuidade ao projeto ?Avaliação da Atenção Básica no 3 ciclo do Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica?, desenvolvido, como apoio do Ministério da Saúde, pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, nos estados do Rio Grande do Norte e Ceará entre 2015 e 2018. A meta-avaliação objetiva avaliar a qualidade da ?Avaliação Externa Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica? nacional quanto à coerência entre seus pressupostos teóricos, metodológicos e políticos e padrões de qualidade internacionalmente reconhecidos. O trabalho de campo ocorrerá entre julho de 2019 a julho de 2020 nos campus centrais das instituições condutoras da avaliação como Universidade Federal de Pelotas, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Bahia, Piauí. Sergipe, e Fundação Oswaldo Cruz/ Rio de Janeiro, excluindo a Universidade Federal do Rio Grande do Norte. A amostra intencional constará 88 sujeitos com 01 coordenador e 10 técnicos da Comissão Geral de Acompanhamento e Avaliação da Atenção Básica do Ministério da Saúde, 01 coordenador e 07 pesquisadores do grupo de condução da Avaliação Externa nas 07 universidades participantes. Serão excluídos pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. As técnicas serão entrevista semiestruturadas com coordenadores; Grupo Focal com as equipes de técnicos e pesquisadores e Análise Documental. A versão inicial dos roteiros foi elaborada a partir da matriz de indicadores dos padrões de qualidade do Joint Committee on Standards for Educational Evaluation (utilidade, propriedade, factibilidade e acurácia) ao contexto da ?Avaliação Externa?. A matriz em formulário on-line será enviada à validação por 10 experts pela Técnica Delphi e validação de face por 50 pesquisadores participantes da Avaliação Externa de instituições de pesquisa não condutoras da avaliação. Os roteiros serão ajustados em Estudo Piloto com pesquisadores da avaliação na Universidade Federal do Rio Grande do Norte. A análise dos dados considerará os padrões como indicadores e os passos os de uma avaliação do Centers for Disease Control and Prevention (envolvimentos dos interessados, descrição do programa, desenho da avaliação, credibilidade das evidencias, conclusões justificáveis, compartilhamento dos resultados e lições aprendidas) como categorias de análise. Utilizará como método a Análise de Conteúdo de Bardin. O projeto foi aprovado 2018 pelo ?Comitê de Ética em Pesquisa? do Hospital Onofre Lopes, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Como resultados espera-se a criação de Grupo de Pesquisa em Avaliação de Políticas e Programas; produção de artigos, teses dissertações e monografias; discussão das lições apreendidas e incorporação nos próximos ciclos avaliativos. Como impacto almeja-se corroborar com argumentos cientificamente fundados em defesa da avaliação do desempenho dos sistemas de saúde como indispensável para melhoria da sua qualidade fomentando a institucionalização da avaliação da Atenção Básica no Brasil. Palavras Chave: Meta-avaliação, Avaliação, Padrões de Qualidade, Atenção Primária à Saúde.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (5) . , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Coordenador / Paulo de Medeiros Rocha - Integrante / Nadja de Sá Rocha - Integrante / Themis Xavier de Albuquerque Pinheiro - Integrante / ISABEL CRISTINA ARAÚJO BRANDÃO - Integrante / Marize Barros de Souza Araújo - Integrante / CLÁUDIA Santos Martiniano - Integrante / Ardigleusa A Coêlho - Integrante / Ricardo A Arcêncio, - Integrante / Osvaldo de Goes Bay Júnior - Integrante / Danila Augusta Accioly Varella Barca. - Integrante / Cícera Regina Diniz - Integrante / Daiane Angélica dos Santos Viana. - Integrante / Lygia Maria de Figueiredo Melo - Integrante / Monique da Silva Lopes - Integrante / Thiago Emanuel Araújo dos Santos. - Integrante / Thais Noel Miasato, - Integrante / Valdecir Carneiro da Silva - Integrante.

  • 2017 - Atual

    Contexto Sócio ? econômico e Desempenho dos Municípios na Oferta de Cuidados Primários às Pessoas com Hipertensão Arterial no Brasil: o que revelam os dados do Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Coordenador / ISABEL CRISTINA ARAÚJO BRANDÃO - Integrante / DE QUEIROZ, ANA ANGÉLICA RÊGO - Integrante / Thais Noel Miasato - Integrante., Número de produções C, T & A: 1

  • 2015 - 2018

    Implementação de ações de controle, regulação e avaliação dos serviços de saúde (Programa Nacional de Avaliação de Serviços de Saúde/PNASS), Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Coordenador / Paulo de Medeiros Rocha - Integrante / Themis Xavier de Albuquerque Pinheiro - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Avaliação da Atenção Básica no 3 ciclo do Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da AB (PMAQ), Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (5) . , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Coordenador / Paulo de Medeiros Rocha - Integrante / Themis Xavier de Albuquerque Pinheiro - Integrante / Claudia Santos Martiniano Sousa - Integrante / ISABEL CRISTINA ARAÚJO BRANDÃO - Integrante / Marize B Souza - Integrante / ALVES COELHO, ARDIGLEUSA - Integrante / Ana Amgélica Rego queiroz - Integrante / Osvaldo de Goes Bay Júnior - Integrante / Valdecir Carneiro da Silva - Integrante / Thiago Emanuel Araújo dos Santos - Integrante., Financiador(es): Ministério da Saúde Departamento de Atenção Básica - Cooperação., Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 2

  • 2015 - Atual

    Tecnologia da Informação na Avaliação Externa do Programa De Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica do Ministério Da Saúde Do Brasil: Um Estudo De Caso, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Coordenador / Inês Fronteira - Integrante / Zulmira Maria de Araújo Hartz - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2013 - 2015

    Avaliação da Atenção Básica no Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB) no Rio Grande do Norte e Ceará, Descrição: No cenário de qualificação da Atenção Básica em Saúde, destaca-se o Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB). O programa foi criado pelo Ministério da Saúde (MS) em 2011. Seu principal objetivo é induzir a ampliação do acesso e a melhoria da qualidade da Atenção Básica e criar padrões comparáveis nacional, regional e local de modo a permitir maior transparência e efetividade das ações governamentais. Além da certificação das equipes de saúde, o PMAQ conta avaliação externa, ou seja, um processo avaliativo que contempla a avaliação da rede local de saúde pelas equipes de atenção básica e processos complementares de avaliação da satisfação do usuário e da utilização dos serviços. O primeiro ciclo da avaliação externa foi realizado em 2012 em todo território nacional. Com o propósito de ampliar e apoiar as ações já implementadas pelo PMAQ, o Departamento de Atenção Básica ? DAB/MS induziu o 2 ciclo do programa que contará também com a avaliação externa. Nesta etapa o Grupo de Estudos em Saúde Coletiva da UFRN, com expertise acumulada no ciclo anterior, coordenará sua execução nos estados do Rio Grande do Norte e Ceará. O objetivo desta pesquisa avaliativa é realizar a verificação in loco do conjunto de padrões de qualidade dos processos de trabalho das referidas Equipes de Unidades de Atenção Básica (EAB) e dos Núcleos de Apoio a Saúde da Família (NASF), com vistas a subsidiar os processos de certificação de qualidade e a tomada de decisão na definição de parâmetros de qualidade para melhoria e expansão das ações de atenção e prevenção, particularmente nos estados do Rio Grande do Norte (RN) e do Ceará (CE). Com relação à metodologia, trata-se de um inquérito (survey), multicêntrico. Será aplicado um mesmo questionário nacional e que tomará como parâmetro aquele aplicado no 1° ciclo do PMAQ. O mesmo será previamente validado por Técnica de Consenso (Delfos) com cerca de 100 especialistas indicados pelos DAB/MS e 8 centros de pesquisa, além de Estudo Piloto. O questionário será aplicado em cerca de 2610 EAB e 215 NASF, totalizando aproximadamente 2825 nos dois estados. Para cada equipe serão arrolados 4 usuários. O questionário será organizado em 3 grande eixos: condições de infraestrutura; processo de trabalho das equipes e organização do cuidado; satisfação e percepção dos usuários sobre acesso e utilização dos serviços. Todos os questionários serão aplicados com o uso de tablets enviados via internet para um sistema centralizado no MS. O DAB/MS também ficará responsável pela validação dos questionários respondidos de forma automatizada e em tempo real. Para o trabalho de campo no RN e CE serão recrutados 150 avaliadores de qualidade que serão capacitados de forma semipresencial pela Secretaria de Educação à Distância (SEDIS-UFRN), com base em diretrizes comuns a todos os centros de pesquisa participantes. Cada grupo de quatro avaliadores terá um supervisor de campo. As análises dos dados serão realizadas pela equipe de pesquisadores da UFRN, com uso de estatística descritiva e análise multivariada.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (4) . , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Coordenador / Paulo de Medeiros Rocha - Integrante / Themis Xavier de Albuquerque Pinheiro - Integrante / Claudia Santos Martiniano Sousa - Integrante / ISABEL CRISTINA ARAÚJO BRANDÃO - Integrante / Ardigleusa Alves Coelho - Integrante / Renata Melo Maroto - Integrante / Ricardo Alexsandro de Medeiros Valentim - Integrante / Ana Tânia Lopes Sampaio - Integrante / LARISSA GRACE NOGUEIRA SERAFIM DE MELO - Integrante / FRANKLIN DELANO SOARES FORTE - Integrante / CLÁUDIA HELENA SOARES DE MORAIS - Integrante / JOSE VILTON COSTA - Integrante / NILMA DIAS LEAO COSTA - Integrante / ZENEWTON ANDRE DA SILVA GAMA - Integrante / GRASIELA PIUVEZAM - Integrante / MARIZE BARROS DE SOUZA - Integrante / ANNY KARINE FREIRE DA SILVA - Integrante / ANNA FERLA MONTEIRO SILVA PASSOS - Integrante / LARISSA GRACE SERAFIM DE MELO - Integrante / BIANCA NUNES DO AMARAL ROCHA - Integrante., Financiador(es): Ministério da Saúde - Bolsa.

  • 2008 - 2012

    Avaliação da Atenção Humanizada ao Abortamento em Serviço de Referência do SUS-RN, Descrição: Este estudo a aborda a Atenção Humanizada ao Abortamento em maternidade de referência do SUS do Rio Grande do Norte. A pesquisa será realizada no período de dois anos entre agosto de 2008 a agosto de 2010, e maternidade-escola da UFRN, em Natal. O método a ser utilizado será o Estudo de Caso que triangulará diferentes unidades de análise, fontes de informação e técnicas de coleta de dados. Nesta direção, será inicialmente levantado a ocorrência e o perfil epidemiológico e clínico do abortamento partindo dos prontuários da maternidade. Seguido da elaboração de um Estudo de Avaliabilidade (EA) que fará uma pré-avaliação do programa e explicitará os pressupostos, objetivos, metas, resultados esperados do programa através de Revisão Sistemática da Literatura (documentos e consensos); elaboração do modelo lógico e matriz das perguntas avaliativas e de relevância dos indicadores do programa. Após a pré-avaliação será desenvolvida a pesquisa avaliativa com o recurso metodológico do estudo de caso. Incluirá gestores do programa no nível das secretarias e da maternidade; profissionais da maternidade diretamente envolvidos na prestação da assistência ao abortamento e mulheres jovens internadas com diagnóstico de aborto independente do tipo clínico da condição de legalidade. Utilizará as técnicas de observação com roteiro do setor da maternidade (infra-estrutura), entrevistas semi-estruturada com gestores da Saúde da Mulher no estado e município, profissionais e usuárias jovens da maternidade (processos) e observação etnográfica das ações de prevenção e promoção. Para percepção dos gestores considerará as dimensões da organização da atenção com as seguintes categorias de análise práticas de gestão (mecanismos de participação em organizações e fóruns sobre inclusão social das mulheres e direitos reprodutivos, mecanismos e instrumentos de planejamento sobre atenção integral à saúde da mulher com especificação à atenção ao abortamento; qualificação dos gestores da área de a. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Coordenador / Paulo de Medeiros Rocha - Integrante / Nadja de Sá Pinto Dantas Rocha - Integrante / Nilma Dias Leão Costa - Integrante / Antonio Medeiros jr - Integrante / MARIA CÉLIA FORMIGA - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2008 - 2010

    Avaliação da Integralidade do cuidado no Programa Saúde da Família - Subsistema Saúde Indígena/Paraíba, Descrição: A política Nacional de Saúde Indígena seguindo as diretrizes do Sistema Único de Saúde preconiza o modelo de atenção integral à saúde, onde haja a integração progressiva das ações de promoção, proteção e recuperação da saúde. O Subsistema de Atenção à Saúde Indígena reporta a um modelo de atenção específica para esses povos, considerando seus aspectos culturais, necessitando de cuidados de cunho antropológico, quanto à implantação e aplicação das práticas de um modelo de atenção à saúde, buscando um entendimento na comunicação-ação entre o usuário indígena e o profissional de saúde. Apesar da existência de estudos na área temática, destaca-se que considerando o Sub-sistema Indígena da Paraíba não há estudos que enfatizam percepções e experiências vividas, além disso não é usual avaliação a partir de critérios subjetivos, com base em estudos empíricos que busquem re-significar vivências e valores, ao mesmo tempo que amplia o sentido de resultados para além de metas de desempenho mensuráveis. Tal estudo poderá contribuir para o conhecimento da realidade da política de saúde indígena dos povos potiguara no Estado e a reorientação do modelo de atenção. Este trabalho tem como objetivo Avaliar a Integralidade do cuidado da população indígena usuária do Programa Saúde da Família - Subsistema Saúde Indígena- Paraíba. É um estudo com abordagem qualitativa de avaliação da integralidade do cuidado na população usuária indígena residentes nas aldeias dos três pólos base do Distrito Sanitário Especial Indígena /PB nos municípios de Rio Tinto, Marcação e Baia da Traição. A avaliação da integralidade do cuidado tomará como marcador a satisfação dos usuários indígenas a partir da percepção destes e dos profissionais. Na análise qualitativa será utilizado como técnica de pesquisa o grupo focal.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Integrante / CLÁUDIA HELENA SOARES DE MORAIS FREITAS - Coordenador / Franklin Delano Soares Forte- - Integrante / Mónica Lourdes Franch Gutiérrez - Integrante / Matilde Barbosa de Farias Cabral - - Integrante / Ana Thereza Machado - Integrante / Ana Tereza de Azevêdo Lacerda - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2005 - 2005

    Saúde da Família e Projetos Políticos Pedagógicos:Intenção e gesto na inserção do tema no cotidiano dos cursos de Enfermagem, Medicina e Odontologia da UFRN, Descrição: O propósito deste estudo é analisar a inserção do tema saúde da família no cotidiano pedagógico dos cursos de graduação em Enfermagem, Medicina e Odontologia da Universidade Federal do Rio grande do Norte, a fim de contribuir na adequação cada vez mais real, do Projeto Político Pedagógico(PPP) na formação dos profissionais na região. A Estratégia Saúde da Família(ESF) vem se conformando no contexto de saúde local e nacional, pois visa atender as demandas em potencial das comunidades e unidades básicas de saúde, a partir do novo paradigma de promoção na área da saúde. A pesquisa foi realizada em duas etapas pela metodologia qualitativa do tipo descritiva exploratória: na primeira foi realizada uma análise documental dos projetos políticos pedagógicos dos três cursos, para verificar se ocorreu a inserção do enfoque a saúde da família. Na segunda, foram realizadas as entrevistas com professores e alunos, mas não relatada neste resumo. Inicialmente foi feita a leitura integral dos documentos, os quais foram analisados através de um roteiro previamente elaborado em relação à missão do curso, os objetivos, o perfil profissional esperado, as ementas das áreas temáticas ou disciplinas e a carga horária destinada à luz do contexto histórico descrito no documento. Os currículos analisados foram aqueles reformulados, mediante a necessidade de adequar seus currículos no novo modelo de saúde proposto pela Constituição de 1989. Tendo sido o currículo de enfermagem em 1996 e atualizado em 2000., Medicina em 2001 e Odontologia em 2002. Os resultado analisados do PPP da enfermagem trás no seu conteúdo curricular quatro disciplinas que são: Enfermagem Saúde Coletiva,Enfermagem na Atenção à Saúde da Criança e do Adolescente e Saúde da Mulher e Estágio Supervisionado,as quais focalizam o tema família de forma pontual e fragmentado. No curso de Medicina existe uma disciplina que contempla o tema sob a denominação de ?Família Brasileira?, embora existam outras que apontem a perspec. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Integrante / Rosalba Pessoa de Souza Timóteo - Coordenador / AKEMI IWATA MONTEIRO - Integrante., Financiador(es): NÚCLEO DE ESTUDOS EM SAÚDE COLETIVA - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2005 - 2005

    Estudo de caso- análise qualitativa do cuidado integral nos municípios de Aracaju, Salvador e Fortaleza, Descrição: A integralidade do cuidado, nas suas várias subdimensões, foi priorizada como dimensão central na análise da implantação da Atenção Básica/Saúde da Família. O enfoque será o cuidado e suas possíveis aproximações e distanciamentos, consensos e discensos entre as principais questões que emergiram das categorias percepção de necessidades de saúde, acolhimento, acesso, vínculo e processo de trabalho, evidenciadas através do Grupo Focal (usuários e equipe) e Grupo de Discussão (equipes das Secretarias Estaduais e Municipais). Destaca-se o modo como elas se traduzem no impacto de alguns problemas, expressos em alguns indicadores a elas referenciadas e no processo de gestão da política de monitoramento e avaliação da atenção básica, nos casos das capitais Fortaleza/CE, Salvador/BA e Aracaju/SE. Busca-se, com seus resultados, contribuir para qualificar esta política, incorporando a avaliação do cuidado como eixo norteador da gestão, na perspectiva de sua institucionalização. Palavras chave: Cuidado Integral; Avaliação e Monitoramento; Institucionalização.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Coordenador / Nadja de Sá Rocha - Integrante / Elizabethe Cristina Fagundes de Souza - Integrante / Rosana Alves Vilar - Integrante., Financiador(es): Ministério da Saúde - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 3

  • 2005 - 2005

    Efetividade da Informação: Análise do Monitoramento e Avaliação na Bahia, Ceará e Sergipe, Descrição: Este estudo discute a efetividade da informação para o M&A. Para isso a pesquisa buscou responder algumas questões que subsidiassem o processo avaliativo: 1.A conversão do modelo assistencial está baseado na perspectiva da promoção da saúde e da integralidade da atenção?; 2. O PROESF está sendo indutor da reorganização da AB integrada aos demais níveis do sistema de saúde?; 3. Os objetivos e as metas do PROESF foram alcançados?; 4. Ocorreram variações e/ou mudanças efetivas na realidade de saúde?; 5. Ocorreram mudanças nas práticas e processos de trabalho em saúde?; 6. Quais efeitos foram produzidos no sistema municipal de saúde e como foram percebidos pelos distintos atores implicados na implementação do PROESF?, e 7. Quais fatores facilitaram e dificultaram a implementação do PROESF? Foram ouvidos 145 ESPECIALISTAS da informação das SES e das SMS das 03 capitais e de 01 município de pequeno porte dos 03 Estados, utilizando-se a técnica de consenso e o grupo nominal para conhecer o processo de produção, gestão e pactuação de 43 indicadores, e as condições de trabalho dos produtores de informações. A triangulação de métodos quanti e quali no imbricamento dos casos possibilitou a detecção de questões relevantes quanto ao alcance das metas pactuadas (2003-2004) e os resultados obtidos com os indicadores nos 03 estados estudados. As evidências encontradas acerca dos Indicadores Pactuados na AB e no PROESF, entre os municípios dos 03 Estados e MS, revelaram a pouca robustez e qualidade dos dados e informações produzidas pelos SIS para explicar o desempenho e a situação de saúde de cada um desses territórios-população. Identificaram-se no momento da pesquisa (2004-2005), fatores impulsores para efetividade da informação no M&A, e fatores restritivos ao processo de produção, gestão e pactuação de indicadores.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Coordenador., Número de produções C, T & A: 1

  • 2004 - 2005

    PESQUISA AVALIATIVA -ESTUDOS DE LINHA DE BASE -PROESF/Ministério da Saúde, Descrição: Trata-se de pesquisa avaliativa da implantação do PROESF. Esta investigação tem como objetivo avaliar a sustentabilidade dos processos de mudanças e a viabilização de instrumentos de transformação pactuados no início da execução do componente 1 do PROESF, bem como, o impacto do desempenho dos sistemas de saúde, com vistas a tornar a Estratégia de Saúde da Família o eixo estruturante da Atenção Básica. O universo da pesquisa compreende 21 (vinte e um) municípios distribuídos nos estados da Bahia, Sergipe e Ceará. O estudo está delineado para analisar quatro dimensões: contextos político institucional sócio-epidemiológico;organização da atenção; desempenho dos sistemas de saúde. A pesquisa será composta de dados primários oriundos de questionários, entrevistas com gestores, profissionais e usuários do PSF; observação direta; e de dados secundários provenientes de bancos de dados dos sistemas de informações do Ministério da Saúde, IBGE e instituições estaduais. Para dar suporte e compor uma base de referência conceitual será também realizada pesquisa bibliográfica. Os produtos da pesquisa constarão de: banco de bibliografia sobre a expansão do saúde da família nas grandes cidades; relatórios por municípios; relatório-síntese dos municípios estudados.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (10) . , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Coordenador / Paulo de Medeiros Rocha - Integrante / Themis Xavier de Albuquerque Pinheiro - Integrante / Marconi de Lima Rocha - Integrante / Nadja de Sá Pinto Dantas Rocha - Integrante / Maria do Socorro Quirino Escoda - Integrante / Elizabethe Cristina Fagundes de Souza - Integrante., Financiador(es): Ministério da Saúde - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2001 - 2003

    Análise da Reestruturação dos modelos assistenciais da saúde em grandes cidades, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (3) . , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Integrante / SULAMIS DAIN - Coordenador.

Projetos de desenvolvimento

  • 2004 - 2007

    O OLHAR DAS NOVAS FORMAS DE CUIDADO NA PERSPECTIVA DA INTEGRALIDADE EM SAÚDE., Descrição: Esta pesquisa, aprovada pelo CNPq na linha qualidade e humanização no SUS, teve como objetivo avaliar as potencialidades e limites das práticas inovadoras na mudança do eixo da cura para o cuidado na atenção à saúde em Natal/RN. Especificamente, buscou compreender os sentidos da integralidade do cuidado destas práticas; discutir o papel da criatividade e sensibilidade dos profissionais e analisar as possibilidades de sustentabilidade das experiências. O sentido da inovação adotado tem como base o conceito de inovação emancipatória ou edificante trazido por Santos, nas obras Um discurso sobre as ciências (1987), Introdução a uma ciência pós-moderna (1989) e Pela mão de Alice (1997). Santos diferencia a inovação técnica ou regulatória da emancipatória ou edificante A primeira deixa de fora quem inova, e, portanto, não é afetado por ela. Há uma separação entre fins e meios, em que se escamoteiam os eventuais conflitos e silenciam as definições alternativas. Inovar seria produzir o novo em relação ao pré-existente para produzir uma mudança descontextualizada e o não-desenvolvimento de e novas relações entre o ser, o saber e o agir.Com este direcionamento foram incluídas as práticas inovadoras destacadas na II Mostra Nacional de Saúde da Família realizada em julho de 2004 e indicadas pelos gestores do PSF em Natal. As estratégias de pesquisa foram: análise documental (documentos institucionais, artigos e trabalhos publicados); entrevista semi-estruturada com profissionais participantes; observação simples (unidades e experiências). Utilizou-se análise de conteúdo. As experiências mapeadas foram: Projeto Pastoril, Guarartes, Roda de Conversa, Projeto Nove Luas, Biodança, Valorizarte, Promovendo Saúde através da Arte. Nas motivações dos profissionais destacam-se: reconhecimento da insuficiência das ações de promoção tradicionais; desejo de romper com a impotência diante da multiplicidade de causas sociais do adoecimento e valorização do potencial humano. As. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Coordenador / SORAIA MEDEIROS - Integrante / Isa Maria Hetzel de Macedo - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2004 - 2007

    O OLHAR DAS NOVAS FORMAS DE CUIDADO NA PERSPECTIVA DA INTEGRALIDADE EM SAÚDE., Descrição: Esta pesquisa, aprovada pelo CNPq na linha qualidade e humanização no SUS, teve como objetivo avaliar as potencialidades e limites das práticas inovadoras na mudança do eixo da cura para o cuidado na atenção à saúde em Natal/RN. Especificamente, buscou compreender os sentidos da integralidade do cuidado destas práticas; discutir o papel da criatividade e sensibilidade dos profissionais e analisar as possibilidades de sustentabilidade das experiências. O sentido da inovação adotado tem como base o conceito de inovação emancipatória ou edificante trazido por Santos, nas obras Um discurso sobre as ciências (1987), Introdução a uma ciência pós-moderna (1989) e Pela mão de Alice (1997). Santos diferencia a inovação técnica ou regulatória da emancipatória ou edificante A primeira deixa de fora quem inova, e, portanto, não é afetado por ela. Há uma separação entre fins e meios, em que se escamoteiam os eventuais conflitos e silenciam as definições alternativas. Inovar seria produzir o novo em relação ao pré-existente para produzir uma mudança descontextualizada e o não-desenvolvimento de e novas relações entre o ser, o saber e o agir.Com este direcionamento foram incluídas as práticas inovadoras destacadas na II Mostra Nacional de Saúde da Família realizada em julho de 2004 e indicadas pelos gestores do PSF em Natal. As estratégias de pesquisa foram: análise documental (documentos institucionais, artigos e trabalhos publicados); entrevista semi-estruturada com profissionais participantes; observação simples (unidades e experiências). Utilizou-se análise de conteúdo. As experiências mapeadas foram: Projeto Pastoril, Guarartes, Roda de Conversa, Projeto Nove Luas, Biodança, Valorizarte, Promovendo Saúde através da Arte. Nas motivações dos profissionais destacam-se: reconhecimento da insuficiência das ações de promoção tradicionais; desejo de romper com a impotência diante da multiplicidade de causas sociais do adoecimento e valorização do potencial humano. As. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Coordenador / SORAIA MEDEIROS - Integrante / Isa Maria Hetzel de Macedo - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2004 - 2007

    O OLHAR DAS NOVAS FORMAS DE CUIDADO NA PERSPECTIVA DA INTEGRALIDADE EM SAÚDE., Descrição: Esta pesquisa, aprovada pelo CNPq na linha qualidade e humanização no SUS, teve como objetivo avaliar as potencialidades e limites das práticas inovadoras na mudança do eixo da cura para o cuidado na atenção à saúde em Natal/RN. Especificamente, buscou compreender os sentidos da integralidade do cuidado destas práticas; discutir o papel da criatividade e sensibilidade dos profissionais e analisar as possibilidades de sustentabilidade das experiências. O sentido da inovação adotado tem como base o conceito de inovação emancipatória ou edificante trazido por Santos, nas obras Um discurso sobre as ciências (1987), Introdução a uma ciência pós-moderna (1989) e Pela mão de Alice (1997). Santos diferencia a inovação técnica ou regulatória da emancipatória ou edificante A primeira deixa de fora quem inova, e, portanto, não é afetado por ela. Há uma separação entre fins e meios, em que se escamoteiam os eventuais conflitos e silenciam as definições alternativas. Inovar seria produzir o novo em relação ao pré-existente para produzir uma mudança descontextualizada e o não-desenvolvimento de e novas relações entre o ser, o saber e o agir.Com este direcionamento foram incluídas as práticas inovadoras destacadas na II Mostra Nacional de Saúde da Família realizada em julho de 2004 e indicadas pelos gestores do PSF em Natal. As estratégias de pesquisa foram: análise documental (documentos institucionais, artigos e trabalhos publicados); entrevista semi-estruturada com profissionais participantes; observação simples (unidades e experiências). Utilizou-se análise de conteúdo. As experiências mapeadas foram: Projeto Pastoril, Guarartes, Roda de Conversa, Projeto Nove Luas, Biodança, Valorizarte, Promovendo Saúde através da Arte. Nas motivações dos profissionais destacam-se: reconhecimento da insuficiência das ações de promoção tradicionais; desejo de romper com a impotência diante da multiplicidade de causas sociais do adoecimento e valorização do potencial humano. As. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Coordenador / SORAIA MEDEIROS - Integrante / Isa Maria Hetzel de Macedo - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2004 - 2007

    O OLHAR DAS NOVAS FORMAS DE CUIDADO NA PERSPECTIVA DA INTEGRALIDADE EM SAÚDE., Descrição: Esta pesquisa, aprovada pelo CNPq na linha qualidade e humanização no SUS, teve como objetivo avaliar as potencialidades e limites das práticas inovadoras na mudança do eixo da cura para o cuidado na atenção à saúde em Natal/RN. Especificamente, buscou compreender os sentidos da integralidade do cuidado destas práticas; discutir o papel da criatividade e sensibilidade dos profissionais e analisar as possibilidades de sustentabilidade das experiências. O sentido da inovação adotado tem como base o conceito de inovação ?emancipatória? ou ?edificante? trazido por Santos, nas obras Um discurso sobre as ciências (1987), Introdução a uma ciência pós-moderna (1989) e Pela mão de Alice (1997). Santos diferencia a inovação técnica ou regulatória da ?emancipatória? ou edificante A primeira deixa de fora quem inova, e, portanto, não é afetado por ela. Há uma separação entre fins e meios, em que se escamoteiam os eventuais conflitos e silenciam as definições alternativas. Inovar seria produzir o ?novo? em relação ao pré-existente para produzir uma mudança descontextualizada e o não-desenvolvimento de e novas relações entre o ser, o saber e o agir.Com este direcionamento foram incluídas as práticas inovadoras destacadas na II Mostra Nacional de Saúde da Família realizada em julho de 2004 e indicadas pelos gestores do PSF em Natal. As estratégias de pesquisa foram: análise documental (documentos institucionais, artigos e trabalhos publicados); entrevista semi-estruturada com profissionais participantes; observação simples (unidades e experiências). Utilizou-se análise de conteúdo. As experiências mapeadas foram: Projeto Pastoril, Guarartes, Roda de Conversa, Projeto Nove Luas, Biodança, Valorizarte, Promovendo Saúde através da Arte. Nas motivações dos profissionais destacam-se: reconhecimento da insuficiência das ações de promoção tradicionais; desejo de romper com a impotência diante da multiplicidade de causas sociais do adoecimento e valorização do potencial humano. As. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Coordenador / SORAIA MEDEIROS - Integrante / Isa Maria Hetzel de Macedo - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2004 - 2007

    O OLHAR DAS NOVAS FORMAS DE CUIDADO NA PERSPECTIVA DA INTEGRALIDADE EM SAÚDE., Descrição: Esta pesquisa, aprovada pelo CNPq na linha qualidade e humanização no SUS, teve como objetivo avaliar as potencialidades e limites das práticas inovadoras na mudança do eixo da cura para o cuidado na atenção à saúde em Natal/RN. Especificamente, buscou compreender os sentidos da integralidade do cuidado destas práticas; discutir o papel da criatividade e sensibilidade dos profissionais e analisar as possibilidades de sustentabilidade das experiências. O sentido da inovação adotado tem como base o conceito de inovação ?emancipatória? ou ?edificante? trazido por Santos, nas obras Um discurso sobre as ciências (1987), Introdução a uma ciência pós-moderna (1989) e Pela mão de Alice (1997). Santos diferencia a inovação técnica ou regulatória da ?emancipatória? ou edificante A primeira deixa de fora quem inova, e, portanto, não é afetado por ela. Há uma separação entre fins e meios, em que se escamoteiam os eventuais conflitos e silenciam as definições alternativas. Inovar seria produzir o ?novo? em relação ao pré-existente para produzir uma mudança descontextualizada e o não-desenvolvimento de e novas relações entre o ser, o saber e o agir.Com este direcionamento foram incluídas as práticas inovadoras destacadas na II Mostra Nacional de Saúde da Família realizada em julho de 2004 e indicadas pelos gestores do PSF em Natal. As estratégias de pesquisa foram: análise documental (documentos institucionais, artigos e trabalhos publicados); entrevista semi-estruturada com profissionais participantes; observação simples (unidades e experiências). Utilizou-se análise de conteúdo. As experiências mapeadas foram: Projeto Pastoril, Guarartes, Roda de Conversa, Projeto Nove Luas, Biodança, Valorizarte, Promovendo Saúde através da Arte. Nas motivações dos profissionais destacam-se: reconhecimento da insuficiência das ações de promoção tradicionais; desejo de romper com a impotência diante da multiplicidade de causas sociais do adoecimento e valorização do potencial humano. As. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Coordenador / SORAIA MEDEIROS - Integrante / Isa Maria Hetzel de Macedo - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2004 - 2007

    O OLHAR DAS NOVAS FORMAS DE CUIDADO NA PERSPECTIVA DA INTEGRALIDADE EM SAÚDE., Descrição: Esta pesquisa, aprovada pelo CNPq na linha qualidade e humanização no SUS, teve como objetivo avaliar as potencialidades e limites das práticas inovadoras na mudança do eixo da cura para o cuidado na atenção à saúde em Natal/RN. Especificamente, buscou compreender os sentidos da integralidade do cuidado destas práticas; discutir o papel da criatividade e sensibilidade dos profissionais e analisar as possibilidades de sustentabilidade das experiências. O sentido da inovação adotado tem como base o conceito de inovação ?emancipatória? ou ?edificante? trazido por Santos, nas obras Um discurso sobre as ciências (1987), Introdução a uma ciência pós-moderna (1989) e Pela mão de Alice (1997). Santos diferencia a inovação técnica ou regulatória da ?emancipatória? ou edificante A primeira deixa de fora quem inova, e, portanto, não é afetado por ela. Há uma separação entre fins e meios, em que se escamoteiam os eventuais conflitos e silenciam as definições alternativas. Inovar seria produzir o ?novo? em relação ao pré-existente para produzir uma mudança descontextualizada e o não-desenvolvimento de e novas relações entre o ser, o saber e o agir.Com este direcionamento foram incluídas as práticas inovadoras destacadas na II Mostra Nacional de Saúde da Família realizada em julho de 2004 e indicadas pelos gestores do PSF em Natal. As estratégias de pesquisa foram: análise documental (documentos institucionais, artigos e trabalhos publicados); entrevista semi-estruturada com profissionais participantes; observação simples (unidades e experiências). Utilizou-se análise de conteúdo. As experiências mapeadas foram: Projeto Pastoril, Guarartes, Roda de Conversa, Projeto Nove Luas, Biodança, Valorizarte, Promovendo Saúde através da Arte. Nas motivações dos profissionais destacam-se: reconhecimento da insuficiência das ações de promoção tradicionais; desejo de romper com a impotência diante da multiplicidade de causas sociais do adoecimento e valorização do potencial humano. As. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Coordenador / SORAIA MEDEIROS - Integrante / Isa Maria Hetzel de Macedo - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2004 - 2007

    O OLHAR DAS NOVAS FORMAS DE CUIDADO NA PERSPECTIVA DA INTEGRALIDADE EM SAÚDE., Descrição: Esta pesquisa, aprovada pelo CNPq na linha qualidade e humanização no SUS, teve como objetivo avaliar as potencialidades e limites das práticas inovadoras na mudança do eixo da cura para o cuidado na atenção à saúde em Natal/RN. Especificamente, buscou compreender os sentidos da integralidade do cuidado destas práticas; discutir o papel da criatividade e sensibilidade dos profissionais e analisar as possibilidades de sustentabilidade das experiências. O sentido da inovação adotado tem como base o conceito de inovação ?emancipatória? ou ?edificante? trazido por Santos, nas obras Um discurso sobre as ciências (1987), Introdução a uma ciência pós-moderna (1989) e Pela mão de Alice (1997). Santos diferencia a inovação técnica ou regulatória da ?emancipatória? ou edificante A primeira deixa de fora quem inova, e, portanto, não é afetado por ela. Há uma separação entre fins e meios, em que se escamoteiam os eventuais conflitos e silenciam as definições alternativas. Inovar seria produzir o ?novo? em relação ao pré-existente para produzir uma mudança descontextualizada e o não-desenvolvimento de e novas relações entre o ser, o saber e o agir.Com este direcionamento foram incluídas as práticas inovadoras destacadas na II Mostra Nacional de Saúde da Família realizada em julho de 2004 e indicadas pelos gestores do PSF em Natal. As estratégias de pesquisa foram: análise documental (documentos institucionais, artigos e trabalhos publicados); entrevista semi-estruturada com profissionais participantes; observação simples (unidades e experiências). Utilizou-se análise de conteúdo. As experiências mapeadas foram: Projeto Pastoril, Guarartes, Roda de Conversa, Projeto Nove Luas, Biodança, Valorizarte, Promovendo Saúde através da Arte. Nas motivações dos profissionais destacam-se: reconhecimento da insuficiência das ações de promoção tradicionais; desejo de romper com a impotência diante da multiplicidade de causas sociais do adoecimento e valorização do potencial humano. As. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Coordenador / SORAIA MEDEIROS - Integrante / Isa Maria Hetzel de Macedo - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2004 - 2007

    O OLHAR DAS NOVAS FORMAS DE CUIDADO NA PERSPECTIVA DA INTEGRALIDADE EM SAÚDE., Descrição: Esta pesquisa, aprovada pelo CNPq na linha qualidade e humanização no SUS, teve como objetivo avaliar as potencialidades e limites das práticas inovadoras na mudança do eixo da cura para o cuidado na atenção à saúde em Natal/RN. Especificamente, buscou compreender os sentidos da integralidade do cuidado destas práticas; discutir o papel da criatividade e sensibilidade dos profissionais e analisar as possibilidades de sustentabilidade das experiências. O sentido da inovação adotado tem como base o conceito de inovação ?emancipatória? ou ?edificante? trazido por Santos, nas obras Um discurso sobre as ciências (1987), Introdução a uma ciência pós-moderna (1989) e Pela mão de Alice (1997). Santos diferencia a inovação técnica ou regulatória da ?emancipatória? ou edificante A primeira deixa de fora quem inova, e, portanto, não é afetado por ela. Há uma separação entre fins e meios, em que se escamoteiam os eventuais conflitos e silenciam as definições alternativas. Inovar seria produzir o ?novo? em relação ao pré-existente para produzir uma mudança descontextualizada e o não-desenvolvimento de e novas relações entre o ser, o saber e o agir.Com este direcionamento foram incluídas as práticas inovadoras destacadas na II Mostra Nacional de Saúde da Família realizada em julho de 2004 e indicadas pelos gestores do PSF em Natal. As estratégias de pesquisa foram: análise documental (documentos institucionais, artigos e trabalhos publicados); entrevista semi-estruturada com profissionais participantes; observação simples (unidades e experiências). Utilizou-se análise de conteúdo. As experiências mapeadas foram: Projeto Pastoril, Guarartes, Roda de Conversa, Projeto Nove Luas, Biodança, Valorizarte, Promovendo Saúde através da Arte. Nas motivações dos profissionais destacam-se: reconhecimento da insuficiência das ações de promoção tradicionais; desejo de romper com a impotência diante da multiplicidade de causas sociais do adoecimento e valorização do potencial humano. As. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Coordenador / SORAIA MEDEIROS - Integrante / Isa Maria Hetzel de Macedo - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2004 - 2007

    O OLHAR DAS NOVAS FORMAS DE CUIDADO NA PERSPECTIVA DA INTEGRALIDADE EM SAÚDE., Descrição: Esta pesquisa, aprovada pelo CNPq na linha qualidade e humanização no SUS, teve como objetivo avaliar as potencialidades e limites das práticas inovadoras na mudança do eixo da cura para o cuidado na atenção à saúde em Natal/RN. Especificamente, buscou compreender os sentidos da integralidade do cuidado destas práticas; discutir o papel da criatividade e sensibilidade dos profissionais e analisar as possibilidades de sustentabilidade das experiências. O sentido da inovação adotado tem como base o conceito de inovação ?emancipatória? ou ?edificante? trazido por Santos, nas obras Um discurso sobre as ciências (1987), Introdução a uma ciência pós-moderna (1989) e Pela mão de Alice (1997). Santos diferencia a inovação técnica ou regulatória da ?emancipatória? ou edificante A primeira deixa de fora quem inova, e, portanto, não é afetado por ela. Há uma separação entre fins e meios, em que se escamoteiam os eventuais conflitos e silenciam as definições alternativas. Inovar seria produzir o ?novo? em relação ao pré-existente para produzir uma mudança descontextualizada e o não-desenvolvimento de e novas relações entre o ser, o saber e o agir.Com este direcionamento foram incluídas as práticas inovadoras destacadas na II Mostra Nacional de Saúde da Família realizada em julho de 2004 e indicadas pelos gestores do PSF em Natal. As estratégias de pesquisa foram: análise documental (documentos institucionais, artigos e trabalhos publicados); entrevista semi-estruturada com profissionais participantes; observação simples (unidades e experiências). Utilizou-se análise de conteúdo. As experiências mapeadas foram: Projeto Pastoril, Guarartes, Roda de Conversa, Projeto Nove Luas, Biodança, Valorizarte, Promovendo Saúde através da Arte. Nas motivações dos profissionais destacam-se: reconhecimento da insuficiência das ações de promoção tradicionais; desejo de romper com a impotência diante da multiplicidade de causas sociais do adoecimento e valorização do potencial humano. As. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Coordenador / SORAIA MEDEIROS - Integrante / Isa Maria Hetzel de Macedo - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2004 - 2007

    O OLHAR DAS NOVAS FORMAS DE CUIDADO NA PERSPECTIVA DA INTEGRALIDADE EM SAÚDE., Descrição: Esta pesquisa, aprovada pelo CNPq na linha qualidade e humanização no SUS, teve como objetivo avaliar as potencialidades e limites das práticas inovadoras na mudança do eixo da cura para o cuidado na atenção à saúde em Natal/RN. Especificamente, buscou compreender os sentidos da integralidade do cuidado destas práticas; discutir o papel da criatividade e sensibilidade dos profissionais e analisar as possibilidades de sustentabilidade das experiências. O sentido da inovação adotado tem como base o conceito de inovação ?emancipatória? ou ?edificante? trazido por Santos, nas obras Um discurso sobre as ciências (1987), Introdução a uma ciência pós-moderna (1989) e Pela mão de Alice (1997). Santos diferencia a inovação técnica ou regulatória da ?emancipatória? ou edificante A primeira deixa de fora quem inova, e, portanto, não é afetado por ela. Há uma separação entre fins e meios, em que se escamoteiam os eventuais conflitos e silenciam as definições alternativas. Inovar seria produzir o ?novo? em relação ao pré-existente para produzir uma mudança descontextualizada e o não-desenvolvimento de e novas relações entre o ser, o saber e o agir.Com este direcionamento foram incluídas as práticas inovadoras destacadas na II Mostra Nacional de Saúde da Família realizada em julho de 2004 e indicadas pelos gestores do PSF em Natal. As estratégias de pesquisa foram: análise documental (documentos institucionais, artigos e trabalhos publicados); entrevista semi-estruturada com profissionais participantes; observação simples (unidades e experiências). Utilizou-se análise de conteúdo. As experiências mapeadas foram: Projeto Pastoril, Guarartes, Roda de Conversa, Projeto Nove Luas, Biodança, Valorizarte, Promovendo Saúde através da Arte. Nas motivações dos profissionais destacam-se: reconhecimento da insuficiência das ações de promoção tradicionais; desejo de romper com a impotência diante da multiplicidade de causas sociais do adoecimento e valorização do potencial humano. As. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Coordenador / SORAIA MEDEIROS - Integrante / Isa Maria Hetzel de Macedo - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2004 - 2007

    O OLHAR DAS NOVAS FORMAS DE CUIDADO NA PERSPECTIVA DA INTEGRALIDADE EM SAÚDE., Descrição: Esta pesquisa, aprovada pelo CNPq na linha qualidade e humanização no SUS, teve como objetivo avaliar as potencialidades e limites das práticas inovadoras na mudança do eixo da cura para o cuidado na atenção à saúde em Natal/RN. Especificamente, buscou compreender os sentidos da integralidade do cuidado destas práticas; discutir o papel da criatividade e sensibilidade dos profissionais e analisar as possibilidades de sustentabilidade das experiências. O sentido da inovação adotado tem como base o conceito de inovação ?emancipatória? ou ?edificante? trazido por Santos, nas obras Um discurso sobre as ciências (1987), Introdução a uma ciência pós-moderna (1989) e Pela mão de Alice (1997). Santos diferencia a inovação técnica ou regulatória da ?emancipatória? ou edificante A primeira deixa de fora quem inova, e, portanto, não é afetado por ela. Há uma separação entre fins e meios, em que se escamoteiam os eventuais conflitos e silenciam as definições alternativas. Inovar seria produzir o ?novo? em relação ao pré-existente para produzir uma mudança descontextualizada e o não-desenvolvimento de e novas relações entre o ser, o saber e o agir.Com este direcionamento foram incluídas as práticas inovadoras destacadas na II Mostra Nacional de Saúde da Família realizada em julho de 2004 e indicadas pelos gestores do PSF em Natal. As estratégias de pesquisa foram: análise documental (documentos institucionais, artigos e trabalhos publicados); entrevista semi-estruturada com profissionais participantes; observação simples (unidades e experiências). Utilizou-se análise de conteúdo. As experiências mapeadas foram: Projeto Pastoril, Guarartes, Roda de Conversa, Projeto Nove Luas, Biodança, Valorizarte, Promovendo Saúde através da Arte. Nas motivações dos profissionais destacam-se: reconhecimento da insuficiência das ações de promoção tradicionais; desejo de romper com a impotência diante da multiplicidade de causas sociais do adoecimento e valorização do potencial humano. As. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Coordenador / SORAIA MEDEIROS - Integrante / Isa Maria Hetzel de Macedo - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2004 - 2007

    O OLHAR DAS NOVAS FORMAS DE CUIDADO NA PERSPECTIVA DA INTEGRALIDADE EM SAÚDE., Descrição: Esta pesquisa, aprovada pelo CNPq na linha qualidade e humanização no SUS, teve como objetivo avaliar as potencialidades e limites das práticas inovadoras na mudança do eixo da cura para o cuidado na atenção à saúde em Natal/RN. Especificamente, buscou compreender os sentidos da integralidade do cuidado destas práticas; discutir o papel da criatividade e sensibilidade dos profissionais e analisar as possibilidades de sustentabilidade das experiências. O sentido da inovação adotado tem como base o conceito de inovação ?emancipatória? ou ?edificante? trazido por Santos, nas obras Um discurso sobre as ciências (1987), Introdução a uma ciência pós-moderna (1989) e Pela mão de Alice (1997). Santos diferencia a inovação técnica ou regulatória da ?emancipatória? ou edificante A primeira deixa de fora quem inova, e, portanto, não é afetado por ela. Há uma separação entre fins e meios, em que se escamoteiam os eventuais conflitos e silenciam as definições alternativas. Inovar seria produzir o ?novo? em relação ao pré-existente para produzir uma mudança descontextualizada e o não-desenvolvimento de e novas relações entre o ser, o saber e o agir.Com este direcionamento foram incluídas as práticas inovadoras destacadas na II Mostra Nacional de Saúde da Família realizada em julho de 2004 e indicadas pelos gestores do PSF em Natal. As estratégias de pesquisa foram: análise documental (documentos institucionais, artigos e trabalhos publicados); entrevista semi-estruturada com profissionais participantes; observação simples (unidades e experiências). Utilizou-se análise de conteúdo. As experiências mapeadas foram: Projeto Pastoril, Guarartes, Roda de Conversa, Projeto Nove Luas, Biodança, Valorizarte, Promovendo Saúde através da Arte. Nas motivações dos profissionais destacam-se: reconhecimento da insuficiência das ações de promoção tradicionais; desejo de romper com a impotência diante da multiplicidade de causas sociais do adoecimento e valorização do potencial humano. As. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Coordenador / SORAIA MEDEIROS - Integrante / Isa Maria Hetzel de Macedo - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2004 - 2007

    O OLHAR DAS NOVAS FORMAS DE CUIDADO NA PERSPECTIVA DA INTEGRALIDADE EM SAÚDE., Descrição: Esta pesquisa, aprovada pelo CNPq na linha qualidade e humanização no SUS, teve como objetivo avaliar as potencialidades e limites das práticas inovadoras na mudança do eixo da cura para o cuidado na atenção à saúde em Natal/RN. Especificamente, buscou compreender os sentidos da integralidade do cuidado destas práticas; discutir o papel da criatividade e sensibilidade dos profissionais e analisar as possibilidades de sustentabilidade das experiências. O sentido da inovação adotado tem como base o conceito de inovação ?emancipatória? ou ?edificante? trazido por Santos, nas obras Um discurso sobre as ciências (1987), Introdução a uma ciência pós-moderna (1989) e Pela mão de Alice (1997). Santos diferencia a inovação técnica ou regulatória da ?emancipatória? ou edificante A primeira deixa de fora quem inova, e, portanto, não é afetado por ela. Há uma separação entre fins e meios, em que se escamoteiam os eventuais conflitos e silenciam as definições alternativas. Inovar seria produzir o ?novo? em relação ao pré-existente para produzir uma mudança descontextualizada e o não-desenvolvimento de e novas relações entre o ser, o saber e o agir.Com este direcionamento foram incluídas as práticas inovadoras destacadas na II Mostra Nacional de Saúde da Família realizada em julho de 2004 e indicadas pelos gestores do PSF em Natal. As estratégias de pesquisa foram: análise documental (documentos institucionais, artigos e trabalhos publicados); entrevista semi-estruturada com profissionais participantes; observação simples (unidades e experiências). Utilizou-se análise de conteúdo. As experiências mapeadas foram: Projeto Pastoril, Guarartes, Roda de Conversa, Projeto Nove Luas, Biodança, Valorizarte, Promovendo Saúde através da Arte. Nas motivações dos profissionais destacam-se: reconhecimento da insuficiência das ações de promoção tradicionais; desejo de romper com a impotência diante da multiplicidade de causas sociais do adoecimento e valorização do potencial humano. As. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Coordenador / SORAIA MEDEIROS - Integrante / Isa Maria Hetzel de Macedo - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2004 - 2007

    O OLHAR DAS NOVAS FORMAS DE CUIDADO NA PERSPECTIVA DA INTEGRALIDADE EM SAÚDE., Descrição: Esta pesquisa, aprovada pelo CNPq na linha qualidade e humanização no SUS, teve como objetivo avaliar as potencialidades e limites das práticas inovadoras na mudança do eixo da cura para o cuidado na atenção à saúde em Natal/RN. Especificamente, buscou compreender os sentidos da integralidade do cuidado destas práticas; discutir o papel da criatividade e sensibilidade dos profissionais e analisar as possibilidades de sustentabilidade das experiências. O sentido da inovação adotado tem como base o conceito de inovação ?emancipatória? ou ?edificante? trazido por Santos, nas obras Um discurso sobre as ciências (1987), Introdução a uma ciência pós-moderna (1989) e Pela mão de Alice (1997). Santos diferencia a inovação técnica ou regulatória da ?emancipatória? ou edificante A primeira deixa de fora quem inova, e, portanto, não é afetado por ela. Há uma separação entre fins e meios, em que se escamoteiam os eventuais conflitos e silenciam as definições alternativas. Inovar seria produzir o ?novo? em relação ao pré-existente para produzir uma mudança descontextualizada e o não-desenvolvimento de e novas relações entre o ser, o saber e o agir.Com este direcionamento foram incluídas as práticas inovadoras destacadas na II Mostra Nacional de Saúde da Família realizada em julho de 2004 e indicadas pelos gestores do PSF em Natal. As estratégias de pesquisa foram: análise documental (documentos institucionais, artigos e trabalhos publicados); entrevista semi-estruturada com profissionais participantes; observação simples (unidades e experiências). Utilizou-se análise de conteúdo. As experiências mapeadas foram: Projeto Pastoril, Guarartes, Roda de Conversa, Projeto Nove Luas, Biodança, Valorizarte, Promovendo Saúde através da Arte. Nas motivações dos profissionais destacam-se: reconhecimento da insuficiência das ações de promoção tradicionais; desejo de romper com a impotência diante da multiplicidade de causas sociais do adoecimento e valorização do potencial humano. As. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Coordenador / SORAIA MEDEIROS - Integrante / Isa Maria Hetzel de Macedo - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2004 - 2007

    O OLHAR DAS NOVAS FORMAS DE CUIDADO NA PERSPECTIVA DA INTEGRALIDADE EM SAÚDE., Descrição: Esta pesquisa, aprovada pelo CNPq na linha qualidade e humanização no SUS, teve como objetivo avaliar as potencialidades e limites das práticas inovadoras na mudança do eixo da cura para o cuidado na atenção à saúde em Natal/RN. Especificamente, buscou compreender os sentidos da integralidade do cuidado destas práticas; discutir o papel da criatividade e sensibilidade dos profissionais e analisar as possibilidades de sustentabilidade das experiências. O sentido da inovação adotado tem como base o conceito de inovação ?emancipatória? ou ?edificante? trazido por Santos, nas obras Um discurso sobre as ciências (1987), Introdução a uma ciência pós-moderna (1989) e Pela mão de Alice (1997). Santos diferencia a inovação técnica ou regulatória da ?emancipatória? ou edificante A primeira deixa de fora quem inova, e, portanto, não é afetado por ela. Há uma separação entre fins e meios, em que se escamoteiam os eventuais conflitos e silenciam as definições alternativas. Inovar seria produzir o ?novo? em relação ao pré-existente para produzir uma mudança descontextualizada e o não-desenvolvimento de e novas relações entre o ser, o saber e o agir.Com este direcionamento foram incluídas as práticas inovadoras destacadas na II Mostra Nacional de Saúde da Família realizada em julho de 2004 e indicadas pelos gestores do PSF em Natal. As estratégias de pesquisa foram: análise documental (documentos institucionais, artigos e trabalhos publicados); entrevista semi-estruturada com profissionais participantes; observação simples (unidades e experiências). Utilizou-se análise de conteúdo. As experiências mapeadas foram: Projeto Pastoril, Guarartes, Roda de Conversa, Projeto Nove Luas, Biodança, Valorizarte, Promovendo Saúde através da Arte. Nas motivações dos profissionais destacam-se: reconhecimento da insuficiência das ações de promoção tradicionais; desejo de romper com a impotência diante da multiplicidade de causas sociais do adoecimento e valorização do potencial humano. As. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Severina Alice da Costa Uchoa - Coordenador / SORAIA MEDEIROS - Integrante / Isa Maria Hetzel de Macedo - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

Prêmios

1996

PRÊMIO ESTÁCIO DE LIMA, I JORNADA DE MEDICINA LEGAL DO NORDESTE.

Histórico profissional

Endereço profissional

  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Centro de Ciências da Saúde, Departamento de Saúde Coletiva e Nutrição. , RUA GEN CORDEIRO DE FARIA SN, PETROPÓLIS, 59000000 - Natal, RN - Brasil, Telefone: (084) 2154324, URL da Homepage:

Experiência profissional

2014 - 2015

Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: TUTOR - PROJETO MAIS MÉDICOS PARA O BRASIL

2013 - 2015

Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultoria de Pesquisa- PROFORMAR

Outras informações:
Pesquisa Avaliativa do Curso Técncio de Vigilância em Saúde - PROFORMAR - RIO Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio - EPSJV- FIOCRUZ

2009 - 2010

Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultoria de Pesquisa-GEAS/IMIP

Outras informações:
Grupo de Estudos de Gestão e Avaliação em Saúde do Instituto de Medicina Integral Prof Fernandes Figueira - GEAS/IMIP. Projeto de Avaliação da Rede de Formação em Recursos Humanos da Secretaria de Vigilância em Saúde/Ministério da Saúde

2009 - 2009

Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultoria de Pesquisa- PROFORMAR

Outras informações:
TERMO DE REFERÊNCIA PARA PESQUISA AVALIATIVA DO PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE AGENTES LOCAIS DE VIGILÂNCIA DA SAÚDE (PROFORMAR)/ Escola Politécnica Joaquim Venâncio - FUNDAÇÃO OSVALDO CRUZ

2007 - 2008

Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: TUTOR CURSO AVALIAÇÃO DA ATENÇÃO BÁSICA, Carga horária: 5

Atividades

  • 10/2007 - 03/2008

    Ensino, EAD-IMIP CURSO BÁSICO DE AVALIAÇÃO EM SAÚDE, Nível: Aperfeiçoamento,Disciplinas ministradas, AVALIAÇÃO DA ATENÇÃO BÁSICA

2007 - 2008

Universidade Federal da Paraíba

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: pesquisador, Carga horária: 2

1997 - Atual

Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 01/2013

    Ensino, MESTRADO PROFISSIONAL EM SAÚDE DA FAMILIA, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Avaliação em Saúde, Seminários de Acompanhamento

  • 03/2011

    Ensino, PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Atenção Primária a Saúde, Introdução a Metodolgia da Pesquisa, Pesquisa Qualitativa em Saúde

  • 03/2010

    Ensino, Ciencias da Saúde, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Avaliação de Políticas e Programas de Saúde

  • 06/2006

    Conselhos, Comissões e Consultoria, ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PÓS-GRAUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA/ABRASCO.,Cargo ou função, CONSULTORA Ad HOC REVISTA CIÊNCIA E SAÚDE COLETIVA.

  • 04/2006

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências da Saúde.,Cargo ou função, MEMBRO DA COMISSÃO DE PESQUISA DO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO MÉDICA DA UFRN.

  • 12/2004

    Pesquisa e desenvolvimento, DEPARTAMENTO DE SAÚDE COLETIVA.,Linhas de pesquisa

  • 03/2004

    Pesquisa e desenvolvimento, NUCLEO DE ESTUDOS EM SAUDE COLETIVA.,Linhas de pesquisa

  • 03/2004

    Conselhos, Comissões e Consultoria, DEPARTAMENTO DE SAÚDE COLETIVA.,Cargo ou função, COORDENADOR DA BASE DE PESQUISA ESTUDOS EM SAÚDE COLETIVA - DEPARTAMENTO DE SAÚDE COLETIVA/UFRN.

  • 03/2000

    Pesquisa e desenvolvimento, Instuto de Medicina Social -UERJ.,Linhas de pesquisa

  • 03/2004 - 12/2009

    Ensino, Enfermagem, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, POLÍTICAS DESAÚDE

  • 03/2006 - 03/2008

    Estágios , Centro de Ciências da Saúde.,Estágio realizado, COORDENAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO E SAÚDE COLETIVA.

  • 12/2004 - 12/2007

    Serviços técnicos especializados , NUCLEO DE ESTUDOS EM SAUDE COLETIVA.,Serviço realizado, CONSULTOR TÉCNICO - CENTRO COLABORADOR EM MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO DA ATENÇÃO BÁSICA - SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE- RN.

  • 01/2006 - 01/2007

    Pesquisa e desenvolvimento, Centro de Ciências da Saúde.,Linhas de pesquisa

  • 06/2006 - 12/2006

    Conselhos, Comissões e Consultoria, ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENSINO MÉDICO.,Cargo ou função, REVISORA DE TRABALHOS CIENTÍFICOS DO 44 CONGRESSO BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO MÉDICA.

  • 12/2004 - 12/2006

    Serviços técnicos especializados , NUCLEO DE ESTUDOS EM SAUDE COLETIVA.,Serviço realizado, PESQUISADOR SENIOR PESQUISA AVALIATIVA - PROGRAMA DE EXPASÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA LOTE 1 NORDESTE.

  • 09/2004 - 12/2006

    Conselhos, Comissões e Consultoria, NUCLEO DE ESTUDOS EM SAUDE COLETIVA.,Cargo ou função, COMISSÃO DE ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO DO CURSO DE POLÍTICAS E GESTÃO ESTRATÉGICA PARA O SUS.

  • 03/2006 - 05/2006

    Conselhos, Comissões e Consultoria, ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PÓS-GRAUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA/ABRASCO.,Cargo ou função, REVISOR DOS TRABALHOS APRESENTADOS NO CONGRESSO ABRASCO 2006.

  • 08/2004 - 07/2005

    Conselhos, Comissões e Consultoria, ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PÓS-GRAUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA/ABRASCO.,Cargo ou função, MEMBRO DA COMISSÃO CIENTÍFICA DO III CONGRESSO DE CIENCIAS HUMANAS E SOCIAIS EM SAÚDE.

  • 04/2004 - 04/2005

    Direção e administração, NUCLEO DE ESTUDOS EM SAUDE COLETIVA.,Cargo ou função, VICE COORDENADOR.

  • 10/2004 - 03/2005

    Conselhos, Comissões e Consultoria, NUCLEO DE ESTUDOS EM SAUDE COLETIVA.,Cargo ou função, TUTORA DO CURSO DE ESPECAILIZAÇÃO EM VIGILNACIA SANITARIA.

  • 08/2004 - 03/2005

    Extensão universitária , Centro de Ciências da Saúde.,Atividade de extensão realizada, atenção não medicamentosa aso idosos do Instituto Juvino Bareto.

  • 08/2004 - 03/2005

    Extensão universitária , Centro de Ciências da Saúde.,Atividade de extensão realizada, ASSISTENCIA FARMACEUTIDA NO INSTITUTO JUVINO BARRETO.

  • 04/2004 - 03/2005

    Conselhos, Comissões e Consultoria, NUCLEO DE ESTUDOS EM SAUDE COLETIVA.,Cargo ou função, COMISSÃO DE ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO DO CURSO DE ESEPCIALIZAÇÃO EM EPIDEMIOLOGIA HOSPITALAR.

  • 03/2004 - 03/2005

    Ensino, CURSO DE ESEPCIALIZAÇÃO EM EPIDEMIOLOGIA HOSPITALA, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, METODOLOGIA DA PESQUISA

  • 03/2004 - 03/2005

    Serviços técnicos especializados .,Serviço realizado, CONSELHO CONSULTIVO REVISTA APS.

  • 07/2004 - 07/2004

    Serviços técnicos especializados .,Serviço realizado, RELATOR ADJUNTO I CONFERENCIA ESTADUAL DE CIENCIA E TECNOLOGIA.

  • 12/2003 - 03/2004

    Conselhos, Comissões e Consultoria, ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PÓS-GRAUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA/ABRASCO.,Cargo ou função, MEMEBRO DA COMISSÃO NACIONAL DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS DA ABRASCO.

  • 03/2003 - 03/2004

    Ensino, SAUDE DA FAMILIA, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, metodologia da pesquisa, saude coletiva

  • 03/2003 - 03/2004

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências da Saúde.,Cargo ou função, MEMBRO DA COMISSSÃO DEACOMPNHAMENTO E PRECEPTORIA E AVALIAÇÃO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA.

  • 03/2003 - 03/2004

    Conselhos, Comissões e Consultoria, NUCLEO DE ESTUDOS EM SAUDE COLETIVA.,Cargo ou função, coordenadora do Pólo de Educação Permanente para as Equipes do PSF- SESAP-RN /UFRN.

  • 03/2003 - 03/2004

    Conselhos, Comissões e Consultoria, NUCLEO DE ESTUDOS EM SAUDE COLETIVA.,Cargo ou função, COMISÃO DE ACOMPANHAMENTO DO CURSO DE ESEPCIALIZAÇÃO EM SAUDE DA FAMILIA.

  • 03/2003 - 03/2003

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências da Saúde.,Cargo ou função, COORDENAÇÃO DO 14.o Congresso de Iniciação Científica da UFRN.

  • 10/2001 - 03/2002

    Serviços técnicos especializados .,Serviço realizado, CONSULTORA E RELATORA TÉCNICA DO PROJETO DE PESQUISA -aNÁLISE DA REESTRUTURAÇÃO DOS MODELOS ASSISTENCIASNDENSAUDE EM GRANDES CIDADES- ENSP/IMS.

  • 07/2000 - 05/2001

    Serviços técnicos especializados .,Serviço realizado, CONSULTORIA DO PROJETO DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS ASSISTENCIASI E GERENCIAIS PARA CONSOLIDAÇÃO DE REDES REGIONALIZADAS E HIERARQUIZADAS DE SERVIÇOS - OPAS/MS.

2012 - Atual

Universidade de São Paulo - Ribeirão

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador Colaborador