Uwe Horst Schulz

possui graduação em Biologia - Universität Bielefeld (1985) e doutorado em Biologia - Universität Bielefeld (1995). Atualmente é professor titular da Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em ecologia aquática, atuando principalmente nos seguintes temas: impactos ambientais em corpos hídricos, educação ambiental, migração de peixes, radiotelemetria de peixes e uso de habitat de peixes.

Informações coletadas do Lattes em 21/12/2018

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Biologia

1989 - 1995

Universitat Bielefeld
Título: INVESTIGACAO DA ECOLOGIA DA TRUTA DO LAGO (SALMO TRUTTA F. LACUSTRIS) NO LAGO DE CONSTANCA
Orientador: PROF. DR. SOSSINKA
Palavras-chave: SALMO TRUTTA; REPRODUCAO; MIGRACAO.Grande área: Ciências Agrárias

Graduação em Biologia

1983 - 1985

Universitat Bielefeld
Título: INVESTIGACAO DO RITMO DIURNO DA BREMA (ABRAMIS BRAMA) COM TELEMETRIA DE ULTRASOM NO LAGO DE CONSTANCA
Orientador: PROF. DR. SAUER

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

1995 - 1996

Pós-Doutorado. , Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil. , Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. , Grande área: Ciências Biológicas

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Francês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.

Alemão

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia de Ecossistemas.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Comportamento Animal.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca / Subárea: Recursos Pesqueiros de Águas Interiores.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca / Subárea: Aqüicultura.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária / Subárea: Saneamento Ambiental.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

SCHULZ, Uwe Horst ; NABINGER, Viviane ; da Silva . Seminário dos Multiplicadores do Projeto Dourado. 2008. (Outro).

SCHULZ, Uwe Horst ; SOUTO, C. M. ; KONRAD, H. . XIV Encontro Brasileiro de Ictiologia. 2001. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Construindo soluções em Unidades de Conservação. 2017. (Seminário).

2 Workshop de reavaliação da Lista da Fauna Ameaçada de Extinção no Rio Grande do Sul.Discussão do Grau da Ameaça de Extinção de Espécies de Peixes. 2013. (Outra).

IV Oficina de Avaliação do Estado de Conservação de Actinopterigii Continentais.Conservação das espécies de peixes na região sul. 2013. (Oficina).

Semana Acadêmica do Instituto de Ciências da Saúde.Conservação. 2013. (Simpósio).

Workshop Monitoramento participativo de Bacias Hidrograficas: Experiências e Metodologias em Atividades de Mobilização Social.Monitoramento por Voluntários: Projeto Monalisa ba bacia do Rio dos Sinos. 2013. (Simpósio).

1 Workshop de reavaliação da Lista da Fauna Ameaçada de Extinção no Rio Grande do Sul.Discussão do Grau de Ameaça de Extinção de Espécies de Peixes. 2012. (Outra).

5° Simpósio Brasil-Alemanha de desenvolvimento sustentável.Stream Walk Surveys As Environmental Assessment Tools In The Sinos River Basin. 2011. (Simpósio).

Ciclo de Filmes e Debates: Sociedade Sustentável no Cinema.Exibição de Filme: A última hora. 2011. (Oficina).

Encontro dos Coordenadores da EMATER.Projeto VerdeSinos. 2011. (Seminário).

Oficina de Desenvolvimento Sustentável da Graduação em Gestão para Inovação e Liderança.Questões da gestão das águas para a categoria da industria na bacia hidrográfica do Rio dos Sinos. 2011. (Oficina).

Semana de meio-ambiente da Refap: Capaciatação dos funcionários.Restauração da vegetação ciliar na bacia hidrográfica do Rio dos Sinos. 2011. (Oficina).

Semana de Meio-Ambiente da Térmeletrica Sepê-Tiaraju.Recuperação da vegetação ciliar na bacia do Rio dos Sinos. 2011. (Oficina).

Semana do Mei-ambienta da Refap: Capacitação dos membros do Forum do Arroio Sapucaia.Recuperação da vegetação ciliar na bacia do Rio dos Sinos. 2011. (Oficina).

Seminários Comitesinos: Troca de experiências para a delegação inglesa do Rotary.Mobilização social: A cooperação entre Unisinos e Comitesinos. 2011. (Seminário).

Workshop de Gestão de Bacias Hidrográficas: bases teóricas, política pública e ações transdisciplinares.Integridade biótica na bacia hidrográfica do Rio dos Sinos. 2011. (Outra).

XXVIII Congresso Brasileiro de Zoologia. Simposio de radiotelemetria: 2 Técnicas e Equipamentos para Coleta de Dados. 2010. (Congresso).

XII Congresso de Limnologia. Avaliação do sucesso da introdução do dourado (Salminus brasiliensis) nas cabeceiras do Rio dos Sinos. 2009. (Congresso).

XVIII Encontro Brasileiro de Ictiologia. Transposição de Peixes. 2009. (Congresso).

Encontro da Associação para Projeto, Pesquisa e Ação Ambiental e Social.A situação ambiental da bacia do Rio dos Sinos. 2008. (Encontro).

Mostra Unisinos de Iniciação Científica.Amostragens da ictiofauna com a pesca elétrica. 2008. (Simpósio).

Situação atual e estratégias de conservação das espécies de peixes de Minas Gerais.Empreendimentos agropastoris e seus impactos sobre a ictiofauna. 2008. (Simpósio).

23 Semana dp Meio ambiente de Porto Alegre.O desastre do Rio dos Sinos. 2007. (Simpósio).

Comissão especial sobre o rio Gravataí e Sinos da Assembleia Legislativa RS.Trabalhos científicos na Bacia hidrográfica do Rio dos Sinos em cooperação com o comitê da bacia. 2007. (Outra).

I Seminário Regional: desafios ambientais do cotidiano.Identificação dos pontos de impacto da bacia hidrográfica do Rio dos Sinos. 2007. (Seminário).

Oficina - Os Impactos da bacia Hidrográfica do Rio dos Sinos.Levantamento dos impactos da bacia hidrográfica do Rio dios Sinos. 2007. (Oficina).

Semana de meio ambiente de Porto Alegre.A situação ambiental do Rio dos Sinos. 2007. (Seminário).

Seminarios da Engenharia da UFRGS.A mortandade de peixes e as conseqüências ecologicas para o ecossitema do Rio dos Sinos. 2007. (Seminário).

Seminários do Intituto Humanitas.O destre do Rio dos Sinos: um ano depois. 2007. (Seminário).

Workshop de Biomonitoramento.Biomonitoramento na Bacia Hidrografica do Rio dos Sinos. 2007. (Outra).

XI Reunião Academica da Biologia Unisinos (RABU).Indice de Integridade Biológica em riachos. 2007. (Simpósio).

Entrevista.Entrevista do jornal NH sobre os efeitos da seca no Vale do Rio dos Sinos. 2006. (Outra).

II Conferência Internacional de Gestão Social.Projeto Dourado e Projeto Monalisa: Exemplos de transferências de conhecimento científico pela integração da socieda na pesquisa. 2006. (Simpósio).

I Seminário - CEGS Saneamento do Arroio Pampa.Projeto Monalisa: Os resultados de monitoramento do Arroio Pampa, Novo Hamburgo. 2006. (Seminário).

Oficina de capacitação de funcionários.Responsabilidade e cidadania no Gerenciamento de Hidrobacias. 2006. (Oficina).

Uni News.A escassez da água na hidrobacia do Rio dos Sinos. 2006. (Outra).

VIII Seminário Regional de Educação Ambiental da Bacia Sinos.Desenvolvimento sustentável: Ficção ou Realidade. 2006. (Seminário).

VIII Seminário Regional de Educação Ambiental da Bacia Sinos.Ecossistemas aquáticos e seu papel no uso sustentável do recurso água. 2006. (Oficina).

VII Seminário regional de educação ambiental - Desenvolvimento sustentável: Há caminhos entre ficção e realidade.Biomonitoramento na Bacia Hidrografica do Rio dos Sinos. 2006. (Seminário).

Lançamento do Projeto Monalisa no município de Canela.A participação da comunidade em projetos de pesquisa: fator de motivação. 2005. (Outra).

Lançamento do Projeto Monalisa no município de Canoas.A participação da comunidade em projetos de pesquisa: fator de motivação. 2005. (Outra).

Lançamento do Projeto Monalisa no município de Estância Velha.A participação da comunidade em projetos de pesquisa: fator de motivação. 2005. (Outra).

Lançamento do Projeto Monalisa no municipio de Gramado.A participação da comunidade em projetos de pesquisa: fator de motivação. 2005. (Outra).

Lançamento do Projeto Monalisa no município de Nova Hartz.A participação da comunidade em projetos de pesquisa: fator de motivação. 2005. (Outra).

Lançamento do Projeto Monalisa no município de Novo Hamburgo.A participação da comunidade em projetos de pesquisa: fator de motivação. 2005. (Outra).

Lançamento do Projeto Monalisa no município de Portão.A participação da comunidade em projetos de pesquisa: fator de motivação. 2005. (Outra).

Lançamento do Projeto Monalisa no município de São Francisco de Paula.A participação da comunidade em projetos de pesquisa: fator de motivação. 2005. (Outra).

Lançamento do Projeto Monalisa no município de São Leopoldo.A participação da comunidade em projetos de pesquisa: fator de motivação. 2005. (Outra).

Lançamento do Projeto Monalisa no município de Sapiranga.A participação da comunidade em projetos de pesquisa: fator de motivação. 2005. (Outra).

Lançamento do Projeto Monalisa no município de Sto. Antônio da Patrulha.A participação da comunidade em projetos de pesquisa: fator de motivação. 2005. (Outra).

Lançamento do Projeto Monalisa no município de Taquara.A participação da comunidade em projetos de pesquisa: fator de motivação. 2005. (Outra).

Lançamento do Projeto Monalisa no município de Tres Coroas.A participação da comunidade em projetos de pesquisa: fator de motivação. 2005. (Outra).

Lançamento do Projeto Monalisa no município Igrejinha.A participação da comunidade em projetos de pesquisa: fator de motivação. 2005. (Outra).

12a Semana Municipal do Meio Ambiente de Estançia Velha.O dourado-Icone e bioindicador da qualidade da água do Rio dos Sinos. 2004. (Simpósio).

6. Encontro nacional de Comitês de Hidrobacias.Palestra: A espécie bandeira como ferramenta para mobilização social. 2004. (Encontro).

II Forum Internacional das Águas. Etica, Educação e Cidadania no Gerenciameno dos Recursos Hídricos. 2004. (Congresso).

Lançamento do Projeto Monalisa. A participação da comunidade em projetos de pesquisa: fator de motivação. 2004. (Congresso).

Lançamento do Projeto Monalisa no município de Caraá.A participação da comunidade em projetos de pesquisa: fator de motivação. 2004. (Outra).

Lançamento do Projeto Monalisa no município de Sapucaia.A participação da comunidade em projetos de pesquisa: fator de motivação. 2004. (Outra).

Óficina para a reformulação da Portaria 145-N do IBAMA sobre o uso de espécies exóticas na aqüicultura.Óficina para a reformulação da Portaria 145-N do IBAMA sobre o uso de espécies exóticas na aqüicultura. 2004. (Oficina).

Plenário do Comitésinos.Stream Walk Surveys: MONALISA, versão brasileira. 2004. (Outra).

A Piscicultura no Rio Grande do Sul com espécies exóticas: catfish e tilapia.O efeito Frankenstein: conseqüências da introdução de espécies exóticas. 2003. (Oficina).

Primeira conferência estadual de Aqüicultura e Pesca.Alternativas para a piscicultura gaúcha. 2003. (Simpósio).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Daniela da Costa e Silva

KNAAK, N.; Alexandro Marques Tozetti;SCHULZ, Uwe Horst. BIOPROSPECÇÃO DE AGENTES DE CONTROLE BIOLÓGICO DE Pomacea canaliculata (LAMARCK, 1804). 2017. Dissertação (Mestrado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Camila Doebber

Silvano, R. A. M.; MARCHINI, S.;SCHULZ, Uwe Horst. ?Dimensões humanas do conflito entre pescadores artesanais e uma unidade de conservação de proteção integral, o Parque Nacional da Lagoa do Peixe: em busca de soluções?. 2017. Dissertação (Mestrado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Sabrina Bertolazzi

Oliveira, L. R.; Siciliano, S.;SCHULZ, Uwe Horst. Análise de poluentes em cetáceos e pinipedes do litoral norte do Rion Grande do Sul. 2016. Dissertação (Mestrado em Conservação e Manejo da Vida Silvestre) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Cecília Decarli

MALTCHIK, Leonardo; Rolon, A. S.;Schulz, Uwe Horst. Índice multimétrico de qualidade de água de áreas úmidas baseado em populações de macrófitas aquáticas. 2016. Dissertação (Mestrado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Bruna Arbo Meneses

Brum, F. T.; GUADAGNIN, Demetrio;SCHULZ, Uwe Horst. Presão ambiental em bacias hidrográficas do Pampa e sua relação com a ictiofauna. 2016. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Graziela Rodriguez Ramalho

Lehmann A., Pablo C.; PEREIRA, E. H. L.;SCHULZ, Uwe Horst. Biologia reprodutiva de Astyanax jacuihensis, Bryconamericus iheringii, Cyanocharax alburnus e Corydoras paleatus na parte baixa do Rio Piratini/RS. 2015. Dissertação (Mestrado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Raquel Costa da Silva

PINTO, M. P.; CARAMASCHI, E. M. P.;SCHULZ, Uwe Horst. Movimento longitudinal de peixes: uma análise cienciométrica, manutenção de comunidade e implicação de um riacho costeiro. 2013. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Evolução) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Aluno: Brites Fraga Perreira

BECKER, F. G.;Lehmann A., Pablo C.Schulz, Uwe Horst. A vegetação ripária natural e sua importância para a manutenção e conservação da biodiversidade de peixes da bacia do rio Piratini, RS, Brasil. 2013. Dissertação (Mestrado em Conservação e Manejo da Vida Silvestre) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Marianna Albrecht

SCHULZ, Uwe Horst; FONTOURA, Nelson Ferreira; Alexandro Marques Tozetti. Influência da mata ciliar nas interações tróficas de quatro espécies de peixes em riachos no sul do Brasil. 2012. Dissertação (Mestrado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: José Ricardo de Souza Barradas

SCHULZ, Uwe Horst. Revisão de modelos probabilísticos de distribuição: uma aplicação para peixes migradores. 2012. Dissertação (Mestrado em Biociências (Zoologia)) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Aluno: Paula Vanessa Bervian

VIEIRA, João; Streit, Danilo P.;SCHULZ, Uwe Horst. Aspectos do gerenciamento flexivel de estoques pesqueiros do Delta do Jacui. 2010. Dissertação (Mestrado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Theo Larrateia

Oliveira, L. R.; GODINHO, A.;SCHULZ, Uwe Horst. Influência da vazão sobre o movimento de peixes no trecho inferior do Rio dos Sinos, RS. 2010. Dissertação (Mestrado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Greice Francisco Klein

SCHWARZBOLD, Albano; STRIEDER, Milton Norberto;SCHULZ, Uwe Horst. INFLUÊNCIA DA VAZÃO SOBRE A DERIVA DE MACROINVERTEBRADOS NO TRECHO INFERIOR DO RIO DOS SINOS, RS. 2010. Dissertação (Mestrado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Mateus Evagelista Leal

BECKER, F. G.; POMPEO, P. S.;SCHULZ, Uwe Horst. Re-introdução do dourado (Salminus brasiliensis) na cabeceira do Rio dos Sinos: o efeito da densidade sobre dispersão. 2009. Dissertação (Mestrado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Patricia Fernandes da Costa

Stenert, C.; Vono, V.;SCHULZ, Uwe Horst. Efeitos da poluição crônica e aguda sobre a composição da ictiofauna do Rio dos Sinos, RS. 2009. Dissertação (Mestrado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Jaqueline Brummelhaus

M. V. Petry; GOERCK, J. M.;SCHULZ, Uwe Horst. Índice de biointegridade biotica para comunidades de aves em ambientes ciliares na bacia hidrografica do Rio dos Sinos, RS. 2008 - Universidadade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Israel Alberto Fick

SCHULZ, Uwe Horst; FONSECA, Carlos Roberto da; PARDINI, Renata. Influência da Estrutura de habitat e disponibilidade de aliment no padrão de uso de espaço de Lontra longicaudis em dois rios do Sul do Brasil. 2006. Dissertação (Mestrado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Isabel Cristina Ferreira Gravato

SCHULZ, Uwe Horst; GUADAGNIN, Demétrio Luís; CRUZ, Rafael Cabral. A legislação ambiental protege as áreas prioritárias para a conservação da biodiversidade urbana? Um estudo de caso em Porto Alegre, RS. 2006. Dissertação (Mestrado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Paulo Melani

SCHULZ, Uwe Horst; GOMES, Luiz Carlos; AGOSTINHO, Angelo Antonio; FONTOURA, Nelson Ferreira. Diagnóstico da pesca artesanal na lagoa do Casamento, sistema nordeste da laguna dos Patos: uma proposta de manejo. 2005. Dissertação (Mestrado em Biociências (Zoologia)) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Aluno: Benjamin Carvalho teixeira Pinto

SCHULZ, Uwe Horst; ARAÚJO, Francisco Gerson; SILVA, Jorge Xavier da. Aplicação do índice de integridade biótica, baseado em assembleias de peixes, para a avaliação de qualidade do trecho médio-inferior do rio Paraíba do Sul e a relação com indicadores de habitats e de uso da terra. 2003. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Aluno: Márcia Mozetti Moreira

SCHULZ, Uwe Horst; REIS, Roberto Esser dos; ARAÚJO, F. G.. Adaptação do índice de integridade biótica de peixes para riachos das bacias dos rios do Sinos e Gravataí, Santo Antônio da Patrulha, RS. 2002. Dissertação (Mestrado em Conservação e Manejo da Vida Silvestre) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Dorinha Wueller

GARCIA, L. M.;SCHULZ, Uwe Horst; CHELLAPPA, S.. Efeitos das Variações Hidrológicas na Diversidade, Tamanho e Biomassa de Peixes uma Lagoa Associada a uma Planície de Inundação do Rio Dos Sinos - RS - Brasil. 2002. Dissertação (Mestrado em Conservação e Manejo da Vida Silvestre) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Dagoberto Port

VIEIRA, E. M.;SCHULZ, Uwe Horst; SCHNEIDER, M.. Partilha de Recursos entre duas Espécies de Canídeos (Cerdocyon thous e Pseudalopex gymnocercus) Simpátricas no Sul do Brasil. 2002. Dissertação (Mestrado em Conservação e Manejo da Vida Silvestre) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Alice Pozza Rodrigues

Rosa Farias, N. A.; Silveira, E. F.;MALTCHIK, LeonardoSCHULZ, Uwe Horst. ?DIVERSIDADE DE HELMINTOS ICTIOPARASITOS DA BACIA DO RIO TRAMANDAÍ, SUL DO BRASIL: ASPECTOS PATOLÓGICOS E SANITÁRIOS. 2018. Tese (Doutorado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Tatiane Bertuzzi

MALTCHIK, Leonardo; JARENKOW, J. A.; SILVA, C. P.; Schmidt, L. E. C.;SCHULZ, Uwe Horst. Determinantes da diversidade de macrófitas aquáticas no sul do Brasil. 2018. Tese (Doutorado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Jeremias Pakulski Panizzon

SILVA, S. B.; RAMOS, R. C. S.; FIUZA, L.; KNAAK, N.;SCHULZ, Uwe Horst. ?Arroz Puitá Inta CL Cultivado na Planície Costeira do Rio Grande do Sul: Comunidades bacterianas, características físico-química dos solos e valor nutricional. 2017. Tese (Doutorado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Rafael Gomes de Moura

SCHULZ, Uwe Horst; FONTOURA, Nelson Ferreira; GUADAGNIN, Demétrio Luís; Mendes C. A.; Schmidt, L. E. C.. Analise espacial da Bacia Hidrográfica do Rio dos Sinos. 2016. Tese (Doutorado em Conservação e Manejo da Vida Silvestre) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Cibele Boeira Batista Rosemberg

BENEDITO, E.; Garcia, A.; FONTOURA, Nelson Ferreira;SCHULZ, Uwe Horst. Análise da variação da variação espacial e temporal da dinâmica trófica e razão isotópica de carbono e nitrogênio de Cyanocharax alburnus (Pisces, Characiformes). 2016. Tese (Doutorado em Biociências (Zoologia)) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Aluno: José Ricardo de Souza Barradas

BECKER, F. G.; VIEIRA, João; FONTURA, Nelson Ferreira;SCHULZ, Uwe Horst. CRESCIMENTO POLIFÁSICO DE PEIXES: RELAÇÕES ECOLÓGICAS E TAXONÔMICAS. 2016. Tese (Doutorado em Biociências (Zoologia)) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Aluno: Lacina Maria Freitas

BECKER, V.; SILVA, S. M. A.; FERMINO, F. S.; SALOMONI, S. E.;SCHULZ, Uwe Horst. Influência da heterogeneidada espacial e da escala de tempo da estrutura e dinâmica da comunidade fitoplanctônica em um lago raso subtropical (lagoa Mangeira, RS). 2015. Tese (Doutorado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Mateus Evangelista Leal

FONTOURA, Nelson Ferreira; BECKER, F. G.;Lehmann A., Pablo C.; Oliveira, J. M.;SCHULZ, Uwe Horst. Associações entre a estrutura física da paisagem e o uso da terra sobre a assembleia de peixes de riachos da Mata Atlântica, Sul do Brasil. 2014. Tese (Doutorado em Curso de pós Graduação Stricto Sensu - Doutorado - da UNISINOS) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Joele Schmitt Baumart

SANTOS, S.; CASTIGLIONI, D.; AYRES-PERES, L.; Fransozo Negreiros, M. L.;SCHULZ, Uwe Horst. DINÂMICA ESPACIAL, MIGRAÇÃO E PREFERÊNCIA DE MICRO-HABITAT DE AEGLA LONGIROSTRI BOND-BUCKUP E BUCKUP, 1994 (CRUSTACEA, ANOMURA, AEGLIDAE). 2014. Tese (Doutorado em Biodiversidade Animal) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Thiago Cotta Ribeiro

SCHULZ, Uwe Horst; GODINHO, A.; Hahn, L.; Carvalho, D. C.; Godinho, H. P.. Migração de peixes neotropicais em rio com barramentos sucessivos. 2013. Tese (Doutorado em Ecologia, Conservacao e Manejo da Vida Silvestre) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Tiago Closs de Marchi

Waechter, J. L.;M. V. Petry; Oliveira, L. R.; Oliveira, M. L. A. A.;SCHULZ, Uwe Horst. Influência do gado e da monocultura de Eucalypus sp. em florestas ripárias do sul do Brasil. 2011. Tese (Doutorado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Nicolle Albornoz Pesoa

Casatti, Lilian;SCHULZ, Uwe Horst; FONTOURA, Nelson Ferreira; Lucena, C.. Uso de Assembléia de Peixes para Desenvolvimento de um Índice de Integridade Biótica (IBI) Padrão em diferentes Ecossistemas. 2011. Tese (Doutorado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Aloisio Sirangelo Braun

SCHULZ, Uwe Horst; FONTURA, Neldon Ferreira; FIALHO, Clarice; AGOSTINHO, Angelo. Biologia reprodutiva e identificação do uso de lagoa marginal como sitio de reprodução para espécies dominantes da ictiofauna da lagoa de Casamento, sistema nordeste da laguna dos Patos, RS. 2005. Tese (Doutorado em Biociências (Zoologia)) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Aluno: Juan Carlos Ticona Gutierrez

MOTTA-MARQUES, D.; Andrade e Santos, H.;Schulz, Uwe Horst. Estimativa do impacto das mudanças climáticas em lagos subtropicais com base de modelagem baseada em agentes. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Débora Alessandra Antonetti

SCHULZ, Uwe Horst; Lucena, C.; SIMOES, P. I.. Identificação de áreas reprodutivas de três espécies migradoras na bacia Jacuí (RS) através da modelagem estatística de distribuição de ovos e larvas. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Biociências (Zoologia)) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Aluno: Amanda Saldanha Barbosa

VALIATI, V. H.; BECKER, F. G.;MALTCHIK, LeonardoSCHULZ, Uwe Horst. Efeito da dispersão sobre a estrutura de populações de pequenos peixes neotropicais. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Rafael Gomes de Moura

Schulz, Uwe Horst; FONTOURA, Nelson Ferreira;MALTCHIK, Leonardo; RODRIGUES, E. N. L.. Influência do uso de solo sobre a qualidade da água e das comunidades de macroinvertebrados e peixes. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Mateus Evangelista Leal

FONTOURA, Nelson Ferreira;SCHULZ, Uwe HorstLehmann A., Pablo C.; Oliveira, L. R.. Influencia da paisagem em macro, médio e micro-escala na assembléia de peixes de arroios de cabeceiras em ambiente subtropical, no Sul do Brasil. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Walter de Nisa e Castro Neto

SCHULZ, Uwe Horst; REIS, Roberto Esser dos; FONTURA, Nelson Ferreira. Dinâmica populacional de Carcharias taurus Rafinesque, 1810 (Chondrichthyes, Odontaspididae) na costa do Brasil a partir de sua biologia reprodutiva.. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em Biociências (Zoologia)) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Aluno: GLENDA JÉSSICA SILVA VILLARROEL ANÁLISE

Oliveira, L. R.;SCHULZ, Uwe Horst; TOZETTI, A. M.. ANÁLISE DOS FATORES QUE POTENCIALMENTE INFLUENCIAM A OCORRÊNCIA DA LONTRA NEOTROPICAL (LONTRA LONGICAUDIS (OLFERS,1818) (CARNIVORA: MUSTELIDAE) EM UM CURSO HÍDRICO DEGRADADO NO SUL DO BRASIL. SÃO LEOPOLDO 2018. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Vanessa Souza Silva

VALIATI, V. H.; Oliveira, L. R.;SCHULZ, Uwe Horst. DNA barcode: uma ferramenta molecular para identificação de carcaças de cetáceos encalhados na costa brasileira. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Priscila Audibert

SCHULZ, Uwe Horst; Schmidt, L. E. C.. PREDADORES MARINHOS DE TOPO COMO TESTEMUNHAS DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS: BUSCA DE PADRÕES DIAGNÓSTICOS EM DENTES DO LEÃO-MARINHO (Otaria flavescens) E DO LOBO-MARINHO-SULAMERICANOS (Arctocephalus australis) NAS BACIAS DOS OCEANOS ATLÂNTICO E PACÍFICO. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Robson Godoy

Oliveira, J. M.;SCHULZ, Uwe Horst. VARIAÇÃO SAZONAL DO ESTRESSE OXIDATIVO EM UM PEIXE ANUAL NEOTROPICAL. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Greicy Fernández Ruenes

M. V. Petry; Oliveira, L. R.;SCHULZ, Uwe Horst. Análise da estrutura etária e dos padrões de crescimento coporal da população do golfinho-nariz-de-garrafa, Tursiops truncatus, em Cuba. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Laís Möller

Oliveira, L. R.;SCHULZ, Uwe Horst. DESCARTE DE SERINGAS E LANCETAS POR PACIENTES DIABÉTICOS EM USO DE INSULINA: Uma Abordagem sobre a Produção deste Lixo Domiciliar e uma Proposta de Descarte Correto. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Grasiela Chies Muller

MULLER, Jackson;SCHULZ, Uwe Horst; Oliveira, L. R.. PERCEPÇÕES E ATITUDES DE DIFERENTES GRUPOS DE INTERESSE SOBRE A POPULAÇÃO DE MACACOS-PREGO, Sapajus nigritus (Goldfuss, 1809), NA ÁREA DO MORRO DO MARTIN, EM SÃO SEBASTIÃO DO CAÍ, RIO GRANDE DO SUL, BRASIL. São Leopoldo 2018. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Natalia Procksch

SCHULZ, Uwe Horst; Alexandro Marques Tozetti. ABUNDÂNCIA E OCUPAÇÃO ESPACIAL DE PINÍPEDES NO REFÚGIO DE VIDA SILVESTRE DA ILHA DOS LOBOS, TORRES, BRASIL. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: REJANE DE SOUSA LEHNEN

Alexandro Marques Tozetti;SCHULZ, Uwe Horst. REVISÃO SOBRE A UTILIZAÇÃO DO CÃO DOMÉSTICO (Canis lupus familiaris Linnaeus 1758) NAS ATIVIDADES E TERAPIAS ASSISTIDAS POR ANIMAIS. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Patricia Kolb

Oliveira, J. M.;SCHULZ, Uwe Horst. RIQUEZA DE AVES NOS BUTIAZAIS E NAS MATAS ASSOCIADAS A ESSAS FORMAÇÕES NA CIDADE DE TAPES - RS. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Fernanda Cristina Schwarz

SCHULZ, Uwe Horst; MULLER, Jackson; FIORENTIN, G.. A RELAÇÃO DA ATITUDE E PERCEPÇÃO AMBIENTAL COM AS PRÁTICAS DIÁRIAS DA EDUCAÇÃO. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Tomas Fleck

SCHULZ, Uwe Horst; VIEIRA, E. M.; FONSECA, C.. Sobreposição do nicho alimentar e uso de habitat em Characidium pterostictum e C. tenue no Arroio Grande, Santo Antônio da Patrulha, RS. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Maria Rosa Pinheiro Machado

MULLER, Jackson;SCHULZ, Uwe Horst; FONSECA, C.. Criadouros conservacionistas como instrumento de proteção da fauna: aspectos legais, adminitsrativos e operacionais. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Gabriela Paise

SCHULZ, Uwe Horst; FONSECA, C.. Ritmo de atividade diária de Oxymycterus sp. (Rodentia: Muridae) em área de campo de altitude no sul do Brasil. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Aloisio Sirangelo Braun

SCHULZ, Uwe Horst; VIEIRA, João; FIALHO, Clarisse. Identificação do uso da lagoa marginal como sítio de reprodução para espécies dominantes da ictiofauna da Lagoa do Casamento, subsitema norte da Lagoa dos Patos, RS. 2003. Outra participação, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

WURDIG, N.; EISINGER, S.; OLIVEIRA, J.;SCHULZ, Uwe Horst. Processo para Promoção a Professor Titular da Carreira do Magistério Superior. 2016. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

VIEIRA, E. M.; REZENDE, C. E.;SCHULZ, Uwe Horst. Ecologia de Águas Continentais. 2015. Universidade de Brasília.

SCHULZ, Uwe HorstStenert, C.Crossetti, L. O.. Efeitos da mata ciliar sobre as interações tróficas em riachos na bacia hidrografica do Rio dos Sinos. 2010. Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Crossetti, L. O.SCHULZ, Uwe HorstMALTCHIK, Leonardo. A comunidade fitoplantonica como bioindicadora de qulidade de água em ecossistemas lóticos sob influência da vegetação ciliar. 2010.

M. V. PetrySCHULZ, Uwe Horst; Oliveira, L. R.. Ecologia reprodutiva de Catharacta antartica lonnbergi e Catharacta maccormicki, na Ilha Elefante e na Baia do Almirantado, Ilha Rei George - Antártica. 2010.

SCHULZ, Uwe HorstMALTCHIK, LeonardoStenert, C.. O efeito da abertura artificial da barra sob a comunidade de macroinvertebrados nas planícies de inundação de um estuário do Sul do Brasil. 2010.

M. V. PetryStenert, C.; da Costa Allgeyer, M.;SCHULZ, Uwe Horst. Distribuição e monitoramento de Marconectes giganteus e detecção de virus influenza na Antárctica. 2010. Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Oliveira, J. M.;SCHULZ, Uwe Horst; Fadigas de Souza, Alexandre. Determinantes da invasibilidade biológica em áreas de preservação permanente. 2010.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Amanda Saldanha Barbosa

EFEITO DA DISPERSÃO SOBRE A ESTRUTURA DE POPULAÇÕES DE PEQUENOS PEIXES NEOTROPICAIS; Início: 2015; Tese (Doutorado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Márlon Ferraz da Rosa

Microplástico: quantificação e impactos nos ecossistemas aquáticos; Início: 2018; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; (Orientador);

Martina Crippa

A pegada de carbono do transporte dos alunos da Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Início: 2018; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; (Orientador);

Amanda Leticia Bauer

Microplástico na Rio dos Sinos; Início: 2018; Iniciação científica (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidadade do Vale do Rio dos Sinos; (Orientador);

Victor Castro de Souza

Characidium pterostictum: marcação e recaptura; Início: 2018; Iniciação científica (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Jennifer Tainara Amaral de Mello

Microplástico no Rio dos Sinos; Início: 2018; Iniciação científica (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidadade do Vale do Rio dos Sinos; (Orientador);

Daniela da Costa e Silva

BIOPROSPECÇÃO DE AGENTES DE CONTROLE BIOLÓGICO DE Pomacea canaliculata (Lamarck, 1804); 2017; Dissertação (Mestrado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Camila Doebber

A FUNÇÃO SÓCIOECOLÓGICA DOS PESCADORES NO PARQUE NACIONAL DA LAGOA DO PEIXE; 2017; Dissertação (Mestrado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Michela Vieira

A ictiofauna como indicador da qualidade ambiental de áreas úmidas; 2016; Dissertação (Mestrado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Petrobras; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Amanda Saldanha Barbosa

A influência da paisagem na estrutura na ictiocenose da bacia hidrográfica do Rio dos Sinos; 2013; Dissertação (Mestrado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Marianna Albrecht

Influência da mata ciliar em parâmetros da ictiocenose e em aspectos populacionais de quatro espécies de peixes em riachos no sul do Brasil; 2012; Dissertação (Mestrado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Petrobras; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Paula Vanessa Bervian

Aspectos do gerenciamento flexivel de estoques pesqueiros do delta do Jacui; 2010; Dissertação (Mestrado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos,; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Mariana Albrecht

A influencia da vegetação ciliar sobre a densidade da ictiocenose; 2010; Dissertação (Mestrado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Petrobras; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Greice Francisco Klein

INFLUÊNCIA DA VAZÃO SOBRE A DERIVA DE MACROINVERTEBRADOS NO TRECHO INFERIOR DO RIO DOS SINOS, RS; 2010; Dissertação (Mestrado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundo Nacional de Meio Ambiente; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Theo Larrateia

Influência da vazão sobre os movimentos de peixes no trecho inferior do Rio dos Sinos, RS; 2010; Dissertação (Mestrado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundo Nacional de Meio Ambiente; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Mateus Evangelista Leal

Re-introdução do Dourado (Salminus brasiliensis) nas cabeceiras do Rio dos Sinos: O efeito da densidade sobre a dispersão; 2009; Dissertação (Mestrado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidadade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Patricia Fernandes da Costa

Efeitos da poluição crônica e aguda sobre a composição da ictiofauna do Rio dos Sinos,RS; 2009; Dissertação (Mestrado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidadade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Theo Larrateia

A influencia da vazão sobre os movimentos de peixes no Rio dos Sinos; 2008; Dissertação (Mestrado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundo Nacional de Meio Ambiente; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Greice Francisco Klein

A infdluencia da vazão sobre a deriva de macroinvertebrados; 2008; Dissertação (Mestrado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundo Nacional de Meio Ambiente; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Mateus Evangelista Leal

Movimentos e uso de habitat de alevinos de dourado (Salminus brasiliensis); 2007; Dissertação (Mestrado em Conservação e Manejo da Vida Silvestre) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidadade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Marcelo Dias de Mattos Burns

Migração e uso de Habitat do Dourado, Salminus brasiliensis, no Rio dos Sinos, RS; ; 2004; 35 f; Dissertação (Mestrado em Conservação e Manejo da Vida Silvestre) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Nicolle Albornoz Pesoa

Investigação dos movimentos do Grumatã (Prochilodus lineatus) no Rio dos Sinos, RS; 2004; 0 f; Dissertação (Mestrado em Conservação e Manejo da Vida Silvestre) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Marcia Bozetti

Adaptação do Índice de Intergridade Biótica de Peixes para Riachos das Bacias dos Rios dos Sinos e Gravataí, Santo Antônio de Patrulha, RS; 2002; 45 f; Dissertação (Mestrado em Conservação e Manejo da Vida Silvestre) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Prefeitura de Santo Antônio da Patrulha; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Joana Jordão Pereira

MODELAGEM DE DISTRIBUIÇÃO DE PEIXES NA BACIA DO RIO DOS SINOS (RS) ? BRASIL, COM VISTAS AO DESENVOLVIMENTO DE UM MODELO DE INTEGRIDADE BIÓTICA; 2018; Tese (Doutorado em Biociências (Zoologia)) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Pesquisa; Coorientador: Uwe Horst Schulz;

Silvia Martins de Salles

Diversidade de Lepidópteros e seus Inimigos Naturais em Áreas de Cultivo de Soja Bt; 2017; Tese (Doutorado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Jeremias Pakulski Panizzon

ARROZ PUITÁ INTA CL CULTIVADO NA PLANÍCIE COSTEIRA DO RIO GRANDE DO SUL: COMUNIDADES BACTERIANAS, CARACTERÍSTICAS FÍSICO-QUÍMICAS DOS SOLOS E VALOR NUTRICIONAL; 2017; Tese (Doutorado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Rafael Gomes de Moura

Uso do solo e qualidade da água nos municípios da bacia hidrográfica do Rio dos Sinos; 2015; Tese (Doutorado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Lacina Maria Freitas Teixeira

INFLUÊNCIA DA HETEROGENEIDADE ESPACIAL E DA ESCALA DE TEMPO NA ESTRUTURA E DINÂMICA DA COMUNIDADE FITOPLANCTÔNICA EM UM LAGO RASO SUBTROPICAL (LAGOA MANGUEIRA, RS); 2015; Tese (Doutorado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Mateus Evangelista Leal

A Influencia da vegetação sobre a dinâmica da ictiocenose; 2014; Tese (Doutorado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Petrobras; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Jeremias Pakulski Panizzon

Rastreabilidade de bactérias heterotróficas, aspectos funcionais e interações na cultura do arroz; 2013; Tese (Doutorado em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Nicolle Albornoz Pesoa

Influências antrópicas sobre a ictiocenose; 2007; Tese (Doutorado em Conservação e Manejo da Vida Silvestre) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidadade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Lilian Terese Winckler Sosinski

Impacto da introdução da truta (Oncorhynchus mykiss) sobre a ictiofauna dos riachos da área de São José dos Ausentes; 2004; 248 f; Tese (Doutorado em Biologia Animal) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Pesquisa; Coorientador: Uwe Horst Schulz;

Fernanda Schwarz

A influência do contato com o ambiente natural na infância na formação da consciência sustentável do indivíduo adulto; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Valéria Bandeira Vigne

QUALIDADE DO EFLUENTE DE UMA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO COM SISTEMA REATOR ANAERÓBIO DE LEITO FLUIDIZADO; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Claudia Simone da Silva Fontana

AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE DE RECOLONIZAÇÃO DA ICTIOFAUNA EM ARROIOS NO SUL DO BRASIL; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Eliza Dalence Sperb

FITOPLÂNCTON COMO BIOINDICADOR DO ESTADO AMBIENTAL DE ÁREAS ÚMIDAS NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO DOS SINOS, RS; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Camila Doebber

ESTIMATIVA DA BIOMASSA DE MACROINVERTEBRADOS BENTÔNICOS EM ARROIOS DE CABECEIRA NO SUL DO BRASIL; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Conselho Nacional de Pesquisa; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Alessandra Peil

BIOLOGIA REPRODUTIVA DE Astyanax laticeps (COPE, 1894) E SUA INTERAÇÃO COM O HABITAT, EM RIACHOS DOS CAMPOS DE CIMA DA SERRA, RS; ; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Debora Antonetti

INFLUÊNCIA DOS DIFERENTES USOS DA TERRA NA DISTRIBUIÇÃO DA ICTIOCENOSE EM ARROIOS DE CABECEIRAS NO SUL DO BRASIL; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Petrobras; Orientador: Uwe Horst Schulz;

KATIANE MARA FREDERES ALMEIDA

Parâmetros Populacionais de Rhamdella eriarcha na Bacia do Rio dos Sinos, Rio Grande do Sul, Brasil; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Sabrina Spindler

PARÊMETROS POPULACIONAS DE Crenicichla puncatata (HENSEL, 1870), EM QUATRO ARROIOS DE CABECEIRA DA BACIA DO RIO DOS SINOS, RS ? BRASIL; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Gabriel Vianna Ferreira

ESTRATÉGIAS ECOLÓGICAS E REPRODUTIVAS DO CASCUDO - VIOLA RINELORICARIA MICROLEPIDOGASTER (SILURIFORMES, LORICARIDAE) EM RIACHOS NO SUL DO BRASIL; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em biologia) - (UNISINOS) Universidadade do Vale do Rio dos Sinos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Emanuel Bruno Neuhaus

ANÁLISE DA ALIMENTAÇÃO DE Astyanax sp; aff; fasciatus NA REGIÃO DE PLANÍCIE DO RIO DOS SINOS; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Amanda Saldanha Barbosa

IDADE E CRESCIMENTO DE Loricariichthys anus (Valenciennes, 1840) EM UM LAGO ARTIFICIAL NO SUL DO BRASIL; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidadade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Cíntia de Lorenzo

DETERMINAÇÃO DA TOXICIDADE CRÔNICA PARA PEIXES BASEADA APENAS NA SOBREVIVÊNCIA É SUFICIENTE?; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Daniela Martins Toniolli

Estudo da abundância e aspectos reprodutivos do Loricariichthys anus (Siluriformes, Loracariidae) na bacia do Rio dos Sinos, RS, Brasil; 2009; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Marianna Albrecht

RITMO NICTIMERAL DE PROCHILODUS LINEATUS (VALENCIENNES, 1836) EM UM LAGO NO SUL DO BRASIL; 2009; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Gabriela Hoff

Aspecto Reprodutivo de Astyanax fasciatus ao longo do gradiente lótico do Rio dos Sinos, Rio Grande do Sul, Brasil; 2009; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Miguel Romano Lorenzi

COMPARAÇÃO DA DISTRIBUIÇÃO VERTICAL DA ICTIOFAUNA EM DOIS FOTO-PERÍODOS EM UM RIACHO NO SUL DO BRASIL; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

CAMILA DE QUEIROZ BREMM

ATLAS DE OTÓLITOS DOS PEIXES DO RIO DOS SINOS; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Mateus Evagelista Leal

Guia ilustrado de peixes da bacia do Rio dos Sinos; 2007; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Patricia Fernandes da Costa

A ICTIOFAUNA COMO INDICADOR DA INTEGRIDADE BIÓTICA DOS ARROIOS DA BACIA DO RIO DOS SINOS; 2007; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Greice Francisco Klein

Deriva de macroinvertebrados no Rio dos Sinos; 2007; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidadade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Camila Saraiva dos Anjos

A influencia da diversidade estrutural de arroios sobre a diversidade da ictiofauna; 2007; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Petrobras; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Tiago Moreira

A INFLUÊNCIA DOS MÉTODOS DE CAPTURA PEIXES NA AVALIAÇÃO GENOTÓXICA UTILIZANDO DIFERENTES TECIDOS DE Astyanax fasciatus (OSTEICHTHYES, CHARACIDAE); ; 2007; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Mauricio Cardoso

Distribuição de Characideos em ambientes lênticos e lôticos na bacia hidrográfica do Rio dos Sinos; 2005; 18 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Cristine Monteiro da Silva

Dinâmica populacional de Jenynsia multidentata (Jenyns, 1842) (Telestei, Anablepidae) no estuário do rio Tramandaí; 2005; 18 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Alex Sandro Trombini e Silva

Comparação de crescimento de Carassius auratus (Pisces; Cyprinidae) em tanques com ou sem abrigo; 2005; 14 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Gustavo Leite

Dinâmica populacional do mexilhão dourado Limnoperna fortunei (Dunker 1857) em uma captação de água bruta no lago Guaíba, RS, Brasil; 2005; 18 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Cristine Monteiro da Silva

DINÂMICA POPULACIONAL DE JENYNSIA MULTIDENTATA (JENYNS, 1842) (TELEOSTEI, ANABLEPIDAE) NO ESTUÁRIO DO RIO TRAMANDAÍ ? RS ? BRASIL; 2005; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Rodrigo Silva da Costa

Movimentação diurna e área de vida do Dourado (Salminus maxillosus, Valenciennes, 1840) durante o período pre-reprodutivo no Rio dos Sinos, RS, determinado por radiotelemetria; 2002; 0 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Conselho Nacional de Pesquisa; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Tomas Fleck

Sobreposição do nicho alimentar e uso de habitat em Characidium pterostictum e C; tenue no Arroio Grande, Santo Antônio da Patrulha, RS; 2001; 0 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Heitor Martins Jr

O uso do Astyanax fasciatus (Cuvier, 1819)(Pisces, Characiformes) como indicador nde qualidade de água do Rio dos Sinos, RS, Brasil; 2000; 0 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Ana Cristina Petry

Distribuição longitudinal da ictiofauna do Rio do Sinos, RS; 1999; 0 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Conselho Nacional de Pesquisa; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Aléxia Vitória Thomé Dorneles

Efeitos de lagoas marginais sobre a comunidade de peixes; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Leonardo Andre Mumbach da Silva

Biologia reprodutiva de Characidum pterostictum; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Mariana Philereno

Characidium pterostictum, marcação e recaptura; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidadade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Thaina Leonardi

Characidium pterostictum: dispersão e genética; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidadade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Elizandra Boeira Pires

Avaliação dos atributos da paisagem em relação a caracterização da ictiofauna da bacia do Rio dos Sinos; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidadade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Márlon Ferraz da Rosa

Uso de habitat de áreas de vida do Dourado (Salminus brasiiensis) no Rio dos Sinos; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Mariana Philereno

Avaliação da validade de IBIs para arroios de baixa ordem; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Maicon André França

Cuidado parental de de Sula leucogaster; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Michele Machado Gonçalves

A composição da comunidade de peixes nos poços e corredeiras em um arroio de baixa ordem na bacia do Rio dos Sinos; ; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Márlon Ferraz da Rosa

Avaliação dos atributos da paisagem em relação a caracterização da ictiofauna da bacia do Rio dos Sinos; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidadade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Maicon André França

Influência do uso do solo na diversidade de peixes em áreas úmidas na bacia do Rio dos Sinos; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Petrobras; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Leonardo Andre Mumbach da Silva

Avaliação dos atributos da paisagem em relação a caracterização da ictiofauna da bacia do Rio dos Sinos; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Cláudia Fontana

A ictiofauna como bioindicador da qualidade ambiental em área úmidas; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Petrobras; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Débora Alessandra Antonetti

Avaliação dos atributos da paisagem em relação a caracterização da ictiofauna da bacia do Rio dos Sinos; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Ana Clara Carlotto

Avaliação dos atributos da paisagem em relação a caracterização da fauna da macroinvertebrados da bacia do Rio dos Sinos; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Camila Doebber

Avaliação dos atributos da paisagem em relação a caracterização da bentofaunas da bacia do Rio dos Sinos; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Conselho Nacional de Pesquisa; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Laura Andréa Lindenmeyer de Sousa

Verdesinos - Recomposição da Mata Ciliar na Bacia do Rio dos Sinos; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Alessandra Peil

Influência de diferentes fragmentos de mata ciliar sobre peixes bentônicos em riachos no sul do Brasil; ; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Petrobras; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Debora Antonetti

Influência de diferentes fragmentos de mata ciliar sobre peixes de coluna de água em riachos no sul do Brasil; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Petrobras; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Juliana Allgeier

Influência da mata ciliar sobre a dieta alimentar de pimelodídios em riachos no sul do brasil; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Laura Lindemeier

Influência da mata ciliar sobre a dieta alimentar de ciclídios em riachos no sul do Brasil; ; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Amanda Saldanha Barbosa

Influência da mata ciliar sobre a abundância de peixes em arroios de cabeceiras; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidadade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Fernanda Pavai

Influência da mata ciliar sobre a dieta alimentar de loricarídios em riachos no sul do Bras; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Sabina Cruz

Utilização de estações fixas de radiotelemetria para avaliar o sucesso da reintrodução de dourados (Salminus brasiliensis); 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Amanda Barbosa

Utilização de estações fixas de radiotelemetria para avaliar o sucesso da reintrodução de dourados (Salminus brasiliensis); 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Camila Doebber

Diversidade ictiológica no Saco do Quilombo, Delta do Jacuí, RS; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Debora Antonetti

Diversidade ictiológica no Saco do Quilombo, Delta do Jacuí, RS; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Alessandra Peil

Aplicação do índice de integridade biótica utilizando a diversidade de peixes na região do planalto sul-riograndense, Brasil; ; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Mariana Albrecht

Indice da Integridade Biológica em riachos dos Campos acima da Serra, RS; 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Uwe Horst Schulz;

CAMILA DE QUEIROZ BREMM

Atlas dos otólitos de peixes da bacia do Rio dos Sinos; 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Petrobras; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Emanuel Bruno Neuhaus

Conteudo estomacal dos peixes mais abundantes na bacia do Rio dos Sinos; 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidadade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Gabriela de Fátima dos Reis Ávila

Reprodução em Characideos do Rio dos Sinos; 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Camila Bremm

Projeto Monalisa; 2006; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Secretaria Estadual de Meio Ambiente; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Adriano Duarte

Projeto MONALISA; 2006; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Secretaria Estadual de Meio Ambiente; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Sandro de Souza Saraiva

Projeto Monalisa; 2006; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Secretaria Estadual de Meio Ambiente; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Débora Cristina da Silva

Projeto Monalisa; 2006; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Secretaria Estadual de Meio Ambiente; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Ana Paula Bertoldi Carneiro

Projeto Monalisa; 2006; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Secretaria Estadual de Meio Ambiente; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Jamile Queiroz Pereira

Projeto Monalisa; 2006; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Secretaria Estadual de Meio Ambiente; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Greice Francisco Klein

Projeto Monalisa; 2006; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Carla Andrea Nascher

Projeto Monalisa; 2006; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Gustavo Duval Leite

Projeto Monalisa; 2006; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Compania Riograndense de Saneamento; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Denise Silveira

Projeto Monalisa; 2006; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Compania Riograndense de Saneamento; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Miguel Lorenzi

Monitoramento Ambiental Local dos Impactos sobre Arroios da Bacia do Rio dos Sinos; 2005; 4 f; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Secretaria de Meio Ambiente; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Pietra Graebin

Projeto Dourado; 2005; 10 f; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Andressa Wielizko

Projeto Dourado; 2005; 9 f; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Aline Cristina Scheffler

Monitoramento Ambiental Local dos Impactos sobre Arroios da Bacia do Rio dos Sinos; 2005; 4 f; Iniciação Científica; (Graduando em Geologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Secretaria de Meio Ambiente; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Camila Bremm

Monitoramento ambiental local de impactos sobre arroios da bacia do Rio dos Sinos (MONALISA); 2005; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Secretaria de Meio Ambiente; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Gustavo Leite

Monitoramento ambiental local de impactos sobre arroios da bacia do Rio dos Sinos; 2005; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Compania Riograndense de Saneamento; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Pietra Graebin

Monitoramento ambiental local de impactos sobre arroios da bacia do Rio dos Sinos; 2005; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Compania Riograndense de Saneamento; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Jamile Queiroz

Monitoramento ambiental local de impactos sobre arroios da bacia do Rio dos Sinos; 2005; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Compania Riograndense de Saneamento; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Carla Nascher

Monitoramento ambiental local de impactos sobre arroios da bacia do Rio dos Sinos; 2005; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Denise Silveira

Monitoramento ambiental local de impactos sobre arroios da bacia do Rio dos Sinos; 2005; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Compania Riograndense de Saneamento; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Sandro de Souza Saraiva

Monitoramento ambiental local de impactos sobre arroios da bacia do Rio dos Sinos; 2005; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Compania Riograndense de Saneamento; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Patricia Fernandes

Projeto MONALISA; 2005; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Compania Riograndense de Saneamento; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Graziele Mendes Dorneles

Projeto Monalisa; 2005; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Secretaria Estadual de Meio Ambiente; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Cristiane Stefenon

Projeto Monalisa; 2005; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Secretaria Estadual de Meio Ambiente; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Patricia Fernades

Investigação do Crescimento do Dourado (Salminus maxillosus); 2004; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Caroline Leuchtenberger

Uso de Habitat do Dourado (Salminus brasiliensis); 2004; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Patricia Fernades

Monitoramento Ambiental Local de Impactos Sobre Arroios da bacia do rio dos Sinos (Monalisa; 2004; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Secretaria de Meio Ambiente; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Greice Klein

Monitoramento Ambiental Local de Impactos sobre Arroios da Bacia do Rio dos Sinos; 2004; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Secretaria de Meio Ambiente; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Adriano Duarte

Monitoramento ambiental local de impactos sobre arroios da bacia do Rio dos Sinos; 2004; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Secretaria de Meio Ambiente; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Camila Saraiva dos Anjos

Projeto Dourado; 2004; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Cristiane Stefenon

Monitoramento Ambiental Local dos Impactos sobre Arroios da Bacia do Rio dos Sinos; 2004; 3 f; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Secretaria de Meio Ambiente; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Graziele Mendes Dorneles

Monitoramento Ambiental Local dos Impactos sobre Arroios da Bacia do Rio dos Sinos; 2004; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Secretaria de Meio Ambiente; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Mateus Leal

Crescimento do Black Bass (Micropterus salmoides) no Lago da Unisinos; 2003; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Gabriel José Hauschild

Projeto Dourado; 2002; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Caroline Leuchtenberger

Estudo de impacto da hidrelétrica de Itá sobre as migrações de peixes no alto rio Uruguai; 2002; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Centrais Elétricas do Sul do Brasil; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Odimar Lorini da Costa

Atividade e movimentos do dourado (Salminus maxillosus) no rio dos Sinos; 2001; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Márcia Ferrugem Schneider

Avaliação da ictiofauna da Lagoa dos Quadros, RS; 1998; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Luis Ernesto Pertovt

Projeto Monalisa; 2006; Orientação de outra natureza; (Biologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Secretaria Estadual de Meio Ambiente; Orientador: Uwe Horst Schulz;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • Camila Doebber ; Antonetti, D. A. ; SCHULZ, Uwe Horst . Length-weight relationships for 19 headwater fish species from streams in the Sinos River basin, southern Brazil. JOURNAL OF APPLIED ICHTHYOLOGY , v. 33, p. 628-630, 2017.

  • ROSA, MARLON FERRAZ DA ; Schulz, Uwe Horst . Resposta da comunidade íctica de Lagoas Marginais às alterações do uso do solo em seu entorno. Revista Eletrônica Científica da UERGS , v. 3, p. 821, 2017.

  • FONTOURA, Nelson Ferreira ; VIEIRA, J. P. ; BECKER, F. G. ; Rodrigues, L. R. ; SCHULZ, Uwe Horst ; Malabarba, L. R. ; MOLLER JR., O. O. ; Garcia, A. M. ; VILELLA, F. S. . Aspects of fish conservation in the upper Patos Lagoon basin. Journal of Fish Biology , v. 89, p. 315-336, 2016.

  • FREITAS-TEIXEIRA, L. M. ; BOHNENBERGER, J. E. ; Rodrigues, L. R. ; SCHULZ, Uwe Horst ; MOTTA-MARQUES, D. ; CROSSETTI, L. . Temporal variability determines phytoplankton structure over spatial organization in a large shallow heterogeneous subtropical lake. Inland Waters , v. 6, p. 325-335, 2016.

  • NEUHAUS, E. B. ; Antonetti, D. A. ; SCHULZ, Uwe Horst . The invasive fish Acestrorhynchus pantaneiro Menezes, 1992 in Southern Brazil: Occurrence and food niche overlap with two native species. Journal of Applied Ichthyology , p. 1107-1112, 2016.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; COSTA, Patricia Fernandes da . The effects of press and pulse disturbance by long and short-term pollution on the fish community in the Sinos River, RS, Brazil. Brazilian Journal of Biology (Online) , v. 75, p. 36-44, 2015.

  • BREMM, C. Q. ; SCHULZ, Uwe Horst . Otolith atlas of fish of the Sinos River. Brazilian Journal of Biology (Impresso) , v. 74, p. 274-282, 2014.

  • VIEGAS, G. ; Stenert, C. ; SCHULZ, Uwe Horst ; MALTCHIK, Leonardo . Dung beetle communities as biological indicators of riparian forest widths in southern Brazil. Ecological Indicators , v. 36, p. 703-710, 2014.

  • PERESIN, D. ; Torgan, L. ; SCHULZ, Uwe Horst ; Crossetti, L. O. . Structure of potamoplankton along a gradient of preservation of riparian vegetation in subtropical streams. Anais da Academia Brasileira de Ciências (Impresso) , v. 86, p. 841-853, 2014.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; Krüger, L. ; M. V. Petry . Southern Giant Petrel Macronectes giganteus Nest Attendance Patterns under Extreme Weather Conditions Full Access. Zoological Science , v. 31, p. 501-506, 2014.

  • MORAES, A. ; Wilhelm, A. E. ; Boelter, T. ; Stenert, C. ; Schulz, Uwe Horst ; MALTCHIK, Leonardo . Reduced riparian zone width compromises aquatic macroinvertebrate communities in streams of southern Brazil. Environmental Monitoring and Assessment (Dordrecht. Online) , v. 186, p. 7063-7074, 2014.

  • Leal, Mateus Evangelista ; SCHULZ, Uwe Horst ; Lehmann A., Pablo C. ; MACHADO, R. ; OTT, P. H. . First record of partial albinism in two species of Genidens (Siluriforms: Ariidae) in a estuary of Southern Brazil. Brazilian Archives of Biology and Technology (Impresso) , v. 56, p. 237-240, 2013.

  • ARENZON, A. ; De LORENZO, C. ; COIMBRA, J. ; SCHULZ, Uwe Horst . A determinação da toxicidade crônica para peixes baseada apenas na sobrevivência é suficiente?. Ecotoxicology and Environmental Contamination , v. 8, p. 65-68, 2013.

  • Antonetti, D. A. ; LEAL, M. E. ; SCHULZ, Uwe Horst . Length-weight relationships for 19 fish species from the Jacuí Delta, RS, Brazil. Journal of Applied Ichthyology , v. 1-2, p. n/a-n/a, 2013.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; LEAL, Mateus Evagelista ; BARBOSA, A. . Uso de Implante Visual Fluorescente de Elastômero (VIFE) na marcação de pequenos peixes de água doce tropicais. Biotemas , v. 25, p. 311-315, 2012.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; Leal, Mateus Evangelista . Effects of stocking density on dispersal behavior of Brazilian freshwater dourado (Salminus brasiliensis) in a subtropical river headwater. Neotropical Ichthyology (Impresso) , v. 10, p. 409-415, 2012.

  • SPINDLER, S. ; LEAL, M. E. ; Lehmann A., Pablo C. ; SCHULZ, Uwe Horst . First record od the exotic channel catfish Ictalurus punctatus (Rafinesque 1818) in the Rio dos Sinos basin, RS, Brazil. Biota Neotropica (Edição em Português. Online) , v. 12, p. 64-67, 2012.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; PESOA, N. A. ; Diel and seasonal movements of grumatã Prochilodus lineatus (Valenciennes 1836) (Characiformes: Prochilodontidae) in the Sinos River, Southern Brazil. Brazilian Journal of Biology (Impresso) , v. 70, p. 1169-1177, 2010.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; COSTA, Patricia Fernandes da ; The fish community as an indicator of biotic integrity of the streams in the Sinos River basin, Brazil. Brazilian Journal of Biology (Impresso) , v. 70, p. 1195-1205, 2010.

  • LEAL, Mateus Evagelista ; KLEIN, G. F. ; SCHULZ, Uwe Horst ; Lehmann A., Pablo C. . Primeiro registro e aspectos ecológicos de Hoplerythrinus unitaeniatus (Agassiz, 1829) (Characiformes, Erythrinidae) como espécie introduzida na Bacia do RioRio dos Sinos, RS, Brasil. Biota Neotropica (Edição em Português. Online) , v. 10, p. bn00710032010, 2010.

  • MOREIRA, T. N. ; NUNES, E. A. ; Leal, Mateus Evangelista ; SCHULZ, Uwe Horst ; de LEMOS, C. T. . Influência dos Métodos de Captura de Peixes na Avaliação Genotóxica Utilizando Diferentes Tecidos de Astyanax fasciatus (Osteichthyes, Characidae). Journal of the Brazilian Society of Ecotoxicology , v. 5, p. 1-7, 2010.

  • PERINI, A ; VIEIRA, E ; SCHULZ, Uwe Horst . Evaluation of methods used for diet analysis of the neotropical otter Lontra longicaudis (Carnivora, Mustelidae) based on spraints. Mammalian Biology , p. 1, 2009.

  • LEAL, Mateus Evagelista ; BREMM, C. Q. ; SCHULZ, Uwe Horst . Lista da ictiocenose da bacia do Rio dos Sinos, Sul do Brasil. Boletim do Instituto de Pesca (Online) , v. 35, p. 307-317, 2009.

  • WINCKLER-SOSINSKI, Lilian ; SCHWARZBOLD, Albano ; SCHULZ, Uwe Horst . Fish assemblage structure in altitude rivers under the effect of exotic species introduction, north east of Rio Grande do Sul, Brazil. Acta Limnológica Brasiliensia , v. 21, p. 473-482, 2009.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; WINCKLER-SOSINSKI, Lilian ; SILVEIRA, Tiago Cesar ; SCHWARZBOLD, Albano . Interactions between benthic macroinvertebrates and fishes in a low order stream in Campos de Cima da Serra, RS, Brazil. Brazilian Journal of Biology (Impresso) , v. 68, p. 695-701, 2008.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; PETRY, Ana Cristina ; Longitudinal changes and indicator species of the fish fauna in the subtropical Sinos River, Brazil. Journal of Fish Biology , v. 69, p. 272-290, 2006.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; LEUCHTENBERGER, Caroline . Activity patterns of South American silver catfish (Rhamdia quelen). Brazilian Journal of Biology (Impresso) , São Carlos, v. 66, n.(2A), p. 565-574, 2006.

  • WINCKLER-SOSINSKI, Lilian ; SCHWARZBOLD, Albano ; SCHULZ, Uwe Horst . Survival of Rainbow Trout (Oncorhynchus mykiss) Eggs in an Altitude Stream in South Brazil. Acta Limnologica Brasiliensia , v. 17, n.4, p. 465-472, 2006.

  • SILVA, Alex Sandro Trombini e ; SCHULZ, Uwe Horst . COMPARAÇÃO DO CRESCIMENTO DE CARASSIUS AURATUS (PISCES; CYPRINIFORMES) EM TANQUES COM E SEM ABRIGO. Acta Biologica Leopoldensia , v. 28, p. 43-46, 2006.

  • SOSINSKI, Lilian Terese Winckler ; SILVEIRA, Tiago Cesar ; SCHULZ, Uwe Horst ; SCHWARZBOLD, Albano . Viabilidade da reprodução de truta arco-íris (Oncorhynchus mykiss) em rios de altitude do nordeste do Rio Grande do Sul. Boletim do Instituto de Pesca (Online) , São Paulo, v. 32, n.1, p. 101-105, 2006.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; LEAL, Mateus Evagelista . Growth and mortality of black bass, Micropterus salmoides (Pisces, Centrachidae; Lacapède, 1802) in a reservoir in southern Brazil. Brazilian Journal of Biology (Impresso) , v. 65, n.3, p. 363-369, 2005.

  • MACHADO, Vilmar ; SCHULZ, Uwe Horst ; PALMA, Lenise Pichsenmeister ; RODRIGUES, Jaqueline Josi Sama . MITOCHONDRIAL DNA VARIATION AND GENETIC POPULATION STRUCTURE OF THE MIGRATORY FRESHWATER FISH DOURADO Salminus brasiliensis (CHARACIDAE). Acta Biologica Leopoldensia , São Leopldo, RS, v. 27, n.2, p. 107-113, 2005.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; BOZETTI, Márcia ; An index of biotic integrity based on fish assemblages for subtropical streams in southern Brazil. Hydrobiologia (The Hague. Print) , Holanda, v. 529, p. 133-144, 2004.

  • SCHULZ, Uwe Horst . Effects of surgically implanted dummy transmitters on the South American catfish Jundiá (Rhamdia quelen). Brazilian Journal of Biology (Impresso) , São Carlos, SP, v. 63, n.3, p. 345-348, 2003.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; MARTINS JR, H. . Astyanax fasciatus as bioindicator of water pollution of Rio dos Sinos, Brazil. Brazilian Journal of Biology, São Carlos, SP, v. 61, n.4, p. 1-8, 2001.

  • PETRY, Ana Cristina ; SCHULZ, Uwe Horst . Inventário da comunidade de peixes do Rio dos Sinos, Rio Grande do Sul, Brasil. Acta Biologica Leopoldensia , São Leopoldo, v. 23, n.1, p. 49-58, 2001.

  • PETRY, Ana Cristina ; SCHULZ, Uwe Horst . Ritmo de alimentação de juvenis de Loricariichthys anus (Siluriformes, Loricariidae) na Lagoa dos Quadros, RS, Brasil. Iheringia - Série Zoologia, Porto Alegre, v. 89, p. 171-176, 2000.

  • SCHULZ, Uwe Horst . Downstream migration of European lake trout, Salmo trutta f. lacustris L., and resident brown trout, Salmo trutta f. fario L., progeny in a Lake Constance affluent river. Fisheries Management and Ecology (Print) , v. 6, n.3, p. 187-194, 1999.

  • SCHULZ, Uwe Horst . DIE NAHRUNG DER BODENSEE-SEEFORELLEN. OESTERREICHS FISCHEREI - AUSTRIA, v. 50, p. 14-19, 1997.

  • SCHULZ, Uwe Horst . MARK RETENTION IN FIN-CLIPPED PACU, PIARACTUS MESOPOTAMICUS (HOLBERG, 1887) AND E SHORT REVIEW OF BATCHMARKING TECHNIQUES. REVISTA UNIMAR, v. 19, n.2, p. 413-419, 1997.

  • SCHULZ, Uwe Horst . UNTERSUCHUNGEN ZUR BIOLOGIE DES WANDERVERHALTENS DER BODENSEE- SEEFORELLE: JUNGFISCHE. MITTEILUNGEN ZUR FISCHEREI, Bern, v. 55, p. 73-87, 1995.

  • SCHULZ, Uwe Horst . ELEKTROFISCHEREI UNTER TIERSCHUTZASPEKTEN. DEUTSCHE TIERAERZTLICHE WOCHENZEITSCHRIFT - ALEMANHA, v. 102, n.3, p. 125-127, 1995.

  • SCHULZ, Uwe Horst . BOOK REVIEW OF WILDLIFE TELEMETRY: REMOTE MONITOURING AND TRACKING OF ANIMALS. REVIEWS IN FISH BIOLOGY AND FISHERIES - ENGLAND, v. 3, n.284, p. 284-285, 1993.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; BERG, R. . Movements of ultrasonically tagged brown trout (Sulmo trutta L.) in Lake Constance. Journal of Fish Biology , v. 40, p. 909-917, 1992.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; KESSLER, W. . PILOTSTUDIE FISCHAKUSTIK. Deutsche Dornier Aerospace, Friedrichshafen, v. 8, p. 1-78, 1990.

  • HAGEMANN, H. ; SCHULZ, Uwe Horst . FISCHEREI AM SOBRADINHO: SUBSISTENZPRODUKTION , MARKT UND OEKOLOGIE. FACULTY OF SOCIOLOGY WORKING PAPERS SERIES - ALEMANHA, Bielefeld, v. 122, n.1, p. 1-27, 1987.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; BERG, R. . The migration of ultrasonic-tagged bream, Abramis brama (L), in Lake Constance (Bodensee-Untersee). Journal of Fish Biology , v. 31, p. 409-414, 1987.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; BERG, R. . ERSTE ERGEBNISSE TELEMETRISCHER UNTERSUCHUNGEN ZUM WANDERVERHALTEN DERSEEFORELLE (SALMO TRUTTA F. LACUSTRIS). OESTERREICHS FISCHEREI - AUSTRIA, v. 40, p. 295-302, 1987.

  • VALIATI, V. H. ; Lehmann A., Pablo C. ; SCHULZ, Uwe Horst ; MACHADO, Vilmar ; MULLER, M. J. ; ORMAZABAL, A. G. ; DORNELLES, T. F. K. ; ALTENHOFEN, R. J. ; NABINGER, Viviane ; DAUDT, M. . Diversidade genética e conservação de Salminus brasiliensis nas bacias hidrográficas do Paraná, Uruguai e Guaíba. 1. ed. São Leopolo, RS: OIKOS, 2014. 39p .

  • SCHULZ, Uwe Horst ; Albrecht. M (Org.) ; Becker jr., C. (Org.) ; Crossetti, L. O. (Org.) ; FAGUNDES, M. (Org.) ; Leal, Mateus Evangelista (Org.) ; MALABARBA, J. (Org.) ; MALTCHIK, Leonardo (Org.) ; MAUS, J. (Org.) ; MORAES, A. (Org.) ; de Moura, R. G. (Org.) ; NABINGER, Viviane (Org.) ; Oliveira, J. M. (Org.) ; PERESIN, D. (Org.) ; PINHEIRO, C. C. (Org.) ; Stenert, C. (Org.) ; VIEGAS, G. (Org.) ; Vieira, M. L. (Org.) . Projeto VerdeSinos: Resultados das Pesquisas científicas. 1. ed. São Leopoldo, RS: C5 News-Press LTDA-ME, 2013. v. 1. 86p .

  • SCHULZ, Uwe Horst ; NABINGER, Viviane . Cadernos de Extensão VI. 6. ed. São Leopoldo: Editora Unisinos, 2012. 6p .

  • Becker jr., C. (Org.) ; Machado, I. F. (Org.) ; MALTCHIK, Leonardo (Org.) ; M. V. Petry (Org.) ; MULLER, E. S. (Org.) ; Oliveira, L. R. (Org.) ; Abreu, M. S. (Org.) ; Tomasi, P. (Org.) ; LEAL, M. E. (Org.) ; SCHULZ, Uwe Horst (Org.) ; Lehmann A., Pablo C. (Org.) ; De Marchi, T. C. (Org.) ; Vieira, M. L. (Org.) ; Oliveira, J. M. (Org.) ; VALIATI, V. H. (Org.) . Almanaque do Rio dos Sinos. 1. ed. Novo Hamburgo: Grupo Editorial Sinos, 2011. v. 1. 90p .

  • SCHULZ, Uwe Horst ; NABINGER, Viviane ; STRIEDER, Milton Norberto ; BREMM, Camila ; BREMM, C. Q. ; LORENZI, Miguel Romano . Programa permanente de Educação ambiental da Bacia Sinos: Etapa: Formação de multiplicadores, Projeto Dourado. 2. ed. São Leopoldo: OIKOS, 2008. v. 500. 28p .

  • SCHULZ, Uwe Horst . UNTERSUCHUNGEN ZUR OEKOLOGIE DER SEEFORELLE (SALMO TRUTTA F. LACUSTRIS) IM BODENSEE. CONSTANCA - ALEMANHA: HARTUNG-GORRE-VERLAG, 1995. 116p .

  • PROKSCH, N. ; DIAS, C. ; Torres, M. ; TOMASI, P. ; SCHULZ, Uwe Horst ; Oliveira, L. R. . Potenciais áreas de ?encontros" humano-fauna no campus: quem, onde, como e o que fazer?. In: Leal-Zanchet, Ana Maria; Raguse-Quadros, Mateus. (Org.). Biodiversidade do Campus da Unisinos. 1ed.Porto Alegre, RS: Editora Fi, 2018, v. 1, p. 59-79.

  • Lehmann A., Pablo C. ; SCHULZ, Uwe Horst ; LIMA, F. ; BONO, A. ; PEIXOTO, P. ; BORSOI, J. ; FRAGA, K. ; HASS, M. ; BARTZEN, C. ; FABRIS, G. ; SOUZA, R. ; TROES, B. ; FERRAZ, M. . Diversidade de Peixes. In: Leal-Zanchet, A. M.; Raguse-Quadros, M.. (Org.). Biodiversidade do Campus da Unisinos. 1ed.Porto Alegre: Editora Fi, 2018, v. 1, p. 115-137.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; Albrecht. M ; LEAL, M. E. . Ecologia de Peixes. Projeto VerdeSinos: Resultados das Pesquisas científicas. 1ed.São Leopoldo, RS: C5 News-Press LTDA-ME, 2013, v. 1, p. 48-56.

  • LEAL, Mateus Evagelista ; SCHULZ, Uwe Horst ; Lehmann A., Pablo C. . Peixes. In: Castor becker Junior; PPG Biologia Unisinos; Instituto Martim Pescador. (Org.). Almanaque do Rio dos Sinos. Novo Hamburgo: Grupo Editorial Sinos, 2011, v. , p. 44-57.

  • SCHULZ, Uwe Horst . Estudos acadâmicos na bacia hidrográfica do Rio dos Sinos - Qualidade da água e meio ambiente -. In: Daniel Bordignon. (Org.). Comissão Espececial sobre a Recuperação Ambiental das Bacias dos Rio dos Sinos e Gravataí. Porto Alegre: Assembleia Legislativa, 2008, v. 1, p. 240-260.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; FERNANDES, Patricia . Projeto Peixe Dourado. In: Ion Trinidade Martins. (Org.). Vida: Uma abordagem ambientalista. Porto Alegre: Editora Platano, 2004, v. , p. 19-28.

  • ZANIBONI FILHO, E. ; SCHULZ, Uwe Horst . Migratory Fishes of ther Uruguay River. In: Joachim Carolsfeld; Brian Harvey; Carmen Ross; Anton Baer. (Org.). Migratory Fishes of South America: Biology, Social Importance and Conservation Status. Washington, DC, USA: World Bank, 2003, v. , p. 157-194.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; KOCH, Walter Rudolf . Estudo de aspectos biológico-pesqueiros de quatro espécies de peixes da Lagoa dos Quadros, Rio Grande do Sul, Brasil. In: Paulo Freire Vieira. (Org.). Conservação da diversidade biológica e cultural em zonas costeiras: Enfoques e experiências na America Latina e no Caribe. Florianópolis: Associação Brasileira de Pesquisa e Ensino em Ecologia e Desenvolvimento, 2003, v. , p. 427-445.

  • SCHULZ, Uwe Horst . KOSTENSCHAETZUNG DER SANIERUNG VON KLEINWASSERKRAFTANLAGEN IN BADEN-WUERTTEMBERG. In: BOHL,E.; HASS, H.; RATHKE, P.; SCHULTZE, D.; SCHULZ, U.; STEMMER, B.; WETZLAR, H.. (Org.). GEWAESSEROEKOLOGISCHE FRAGESTELLUNGEN DURCH BAU UND BETRIEB VON KLEINWASSERKRAFTANLAGEN. OFFENBACH - ALEMANHA: VERBAND DEUTSCHER FISCHEREIVERWALTUNGSBEAMTEN, 1995, v. , p. 81-89.

  • de Moura, R. G. ; Chites, B. ; Schulz, Uwe Horst . ANÁLISE MULTITEMPORAL DAS MUDANÇAS NO USO DO SOLO OCORRIDAS ENTRE OS ANOS DE 1985 A 2011 NO RIO DOS SINOS - RIO GRANDE DO SUL - BRASIL. In: Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, 2013, Bento Gonçalves. Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, 2013.

  • Débora Antonetti ; LEAL, M. E. ; de Moura, R. G. ; SCHULZ, Uwe Horst . INFLUÊNCIA DE DIFERENTES MOSAICOS DE PAISAGEM SOBRE A ICTIOFAUNA EM ARROIOS DE CABECEIRAS NO SUL DO BRASI. In: XVI Simpósio Nacional de Sensoreamento Remoto, 2013, Foz Iguaçu. Anais do XVI Simpósio Nacional de Sensoreamento Remoto. São José dos Campos: INPE, 2013. v. 1. p. 4117-4122.

  • Chites, B. ; KLEIN, G. F. ; de Moura, R. G. ; SCHULZ, Uwe Horst . ANÁLISE DA ESTRUTURA DA PAISAGEM DOS MUNICÍPIOS INTEGRANTES DA MICRO BACIA DO ARROIO PORTÃO. RS, BRASIL. In: XVI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2013, Foz Iguaçu. Anais do XVI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto. São José dos Campos: INPE, 2013. v. 1. p. 3932-3938.

  • de Moura, R. G. ; Débora Antonetti ; SCHULZ, Uwe Horst . QUANTIFICAÇÃO DE MATA CILIAR DOS TRÊS PRINCIPAIS AFLUENTES DA BACIA DO RIO DOS SINOS. In: XVI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2013, Foz Iguaçu. Anais de XVI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto. São José dos Campos: INPE, 2013. v. 1. p. 5008-5015.

  • Antonetti, D. A. ; NEUHAUS, E. B. ; SCHULZ, Uwe Horst . ANÁLISE DA DIETA E SOBREPOSIÇÃO DE NICHO ALIMENTAR DE Oligosarcus jenynsii (GÜNTHER, 1864), O. robustus MENEZES, 1969 E Acestrorhynchus pantaneiro MENEZES, 1992 NO RIO DOS SINOS E DELTA DO JACUÍ, RIO GRANDE DO SUL, BRASIL. In: XXI ENCONTRO BRASILEIRO DE ICTIOLOGIA, 2015, Olinda. Resumos do XXI ENCONTRO BRASILEIRO DE ICTIOLOGIA, 2015.

  • Schulz, Uwe Horst ; KLEIN, G. F. . A DERIVA CATASTRÓFICA EM CHIRONOMIDAE É RELACIONADA COM A EMERGÊNCIA?. In: XV Congresso Brasileiro de Limnologia, 2015, Maringá. Resumos do XV Congresso Brasileiro de Limnologia. Maringá: UEM, 2015.

  • BARBOSA, A. ; Camila Doebber ; SCHULZ, Uwe Horst . TRANSFERÊNCIA DE ENERGIA ENTRE CONSUMIDORES PRIMÁRIOS E SECUNDÁRIOS EM ARROIOS DE BAIXA ORDEM DO SUL DO BRASIL. In: XV Congresso Brasileiro de Limnologia, 2015, Maringá. Resumos do XV Congresso Brasileiro de Limnologia. Maringá: UEM, 2015.

  • de Moura, R. G. ; SCHULZ, Uwe Horst . ANÁLISE MULTITEMPORAL DAS MUDANÇAS NO USO DO SOLO OCORRIDAS ENTRE OS ANOS DE 1985 A 2011 NO RIO DOS SINOS ? RS. In: XV Congresso Brasileiro de Limnologia, 2015, Maringá. Resumos do XV Congresso Brasileiro de Limnologia. Maringá: UEM, 2015.

  • FERRAZ, M. ; FRANCA, M. A. ; VIEIRA, M. R. S. ; SCHULZ, Uwe Horst . A INTERAÇÃO DAS COMUNIDADES DE PEIXES ENTRE O RIO DOS SINOS E AS ÁREAS ÚMIDAS DA SUA PLANÍCIE DE INUNDAÇÃO. In: XV Congresso Brasileiro de Limnologia, 2015, Maringá. Resumos do XV Congresso Brasileiro de Limnologia. Maringá: UEM, 2015.

  • SPERB, E. D. ; FERRAZ, M. ; SCHULZ, Uwe Horst . INFLUÊNCIA DO USO DA TERRA EM COMUNIDADES DE FITOPLÂNCTON EM ÁREAS ÚMIDAS NA BACIA DO RIO DOS SINOS. In: XV Congresso Brasileiro de Limnologia, 2015, Maringá. Resumos do XV Congresso Brasileiro de Limnologia. Maringá: UEM, 2015.

  • CARLOTTO, A. ; Camila Doebber ; SCHULZ, Uwe Horst . DISTRIBUIÇÃO LONGITUDINAL DE GRUPOS FUNCIONAIS DE MACROINVERTEBRADOS AQUÁTICOS EM ARROIOS DE BAIXA ORDEM NO SUL DO BRASIL.. In: XV Congresso Brasileiro de Limnologia, 2015, Maringá. Resumos do XV Congresso Brasileiro de Limnologia. Maringá: UEM, 2015.

  • Camila Doebber ; Allgayer, J. ; Schulz, Uwe Horst . Avaliação da capacidade de recolonização da espécie Rineloricaria microlepidogaster em arroios de cabeceira no sul do Brasil. In: IV Seminário sobre Estudos Limnológicos em Clima Subtropical, 2014, Florianópolis. IV Seminário sobre Estudos Limnológicos em Clima Subtropical Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópilis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2014. v. 1. p. 53-53.

  • CARLOTTO, A. ; Camila Doebber ; BARBOSA, A. ; Schulz, Uwe Horst . Influência de variáveis estruturais na diversidade de macroinvertebrados aquáticos em arroios de cabeceira no Sul do Brasil. In: IV SEMINÁRIO SOBRE ESTUDOS LIMNOLÓGICOS EM CLIMA SUBTROPICAL (SELCS), 2014, Florianópolis. SEMINÁRIO SOBRE ESTUDOS LIMNOLÓGICOS EM CLIMA SUBTROPICAL Universidade federal de Santa Catarina. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2014. v. 1. p. 60-60.

  • Schulz, Uwe Horst ; COSTA, Patricia Fernandes da . Recuperação da ictiofauna após uma mortandade severa no Rio dos Sinos, RS. In: IV SEMINÁRIO SOBRE ESTUDOS LIMNOLÓGICOS EM CLIMA SUBTROPICAL (SELCS), 2014, Florianópolis. IV Seminário sobre Estudos Limnológicos em Clima Subtropical Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2014. v. 1. p. 97-97.

  • de Moura, R. G. ; BARBOSA, A. ; Schulz, Uwe Horst . Avaliação do Efeito da Topografia Sobre a Ictiofauna em Arroios de Baixa Ordem da Bacia Hidrografia do Rio dos Sinos ? RS Brasil. In: IV SEMINÁRIO SOBRE ESTUDOS LIMNOLÓGICOS EM CLIMA SUBTROPICAL (SELCS), 2014, Florianópolis. IV Seminário sobre Estudos Limnológicos em Clima Subtropical Universidade Federal de Santa Catarina. Florianopolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2014. v. 1. p. 42-42.

  • Schulz, Uwe Horst ; NABINGER, Viviane . Stream walk surveys by volunteers in river basin management: an example from Brazil. In: 8. Symposium for European Freshwater Sciences, 2013, Münster. Abstracts of the 8. Symposium for European Freshwater Sciences, 2013. v. 8.

  • KLEIN, G. F. ; SCHULZ, Uwe Horst . Is catastrophic drift that catastrophic for Chironomidae (Diptera-Insecta)?. In: 8. Symposium for European Freshwater Sciences, 2013, Münster. Abstracts of the 8. Symposium for European Freshwater Sciences, 2013. v. 8.

  • SCHULZ, Uwe Horst . Projeto Dourado. In: II Conferência Internacional de Gestão Social, 2006, Porto Alegre. Anais. Porto Alegre: FIERGS, 2006.

  • SCHULZ, Uwe Horst . Movement and migration patterns of Prochilodus lineatus (Prochilodontidae; Characiformes) in Rio dos Sinos, Brazil. In: 6 th Conference on Fish Telemetry, 2005, Sesimbra, Portugal. Book of Abstracts, 2005. v. 1. p. 53-53.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; ANJOS, Camila Saraiva dos ; LEAL, Mateus . Flag species concept and radiotelemetry in Rio dos Sinos watershed conservation in South Brazil. In: 6 th Conference on Fish Telemetry, 2005, Sesimbra, Portugal. Book of Abstracts, 2005. v. 1. p. 134-134.

  • PESOA, Nicole ; CRISTIANE, Stefenon ; SCHULZ, Uwe Horst . Atividade Nictimeral do Grumatã (Prochilodus lineatus, Valenciennes, 1836) no Rio dos Sinos, RS, Brasil,. In: XXV CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOLOGIA, 2004, Brasilia. Livro dos Resumos, 2004. p. 1386.

  • PESSOA, Nicolle ; STEFENON, Cristiane ; SCHULZ, Uwe Horst . Idade e Crescimento de Prochilodus lineatus (Prochilodontidae: Characiformes) no Rio dos Sinos, RS, Brasil. In: XXV CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOLOGIA, 2004, Barsilia. Livro de resumos, 2004. p. 1385.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; LEUCHTENBERGER, Caroline . Daily movement pattern of the Silver catfish (Rhamdia quelen) as determined by radiotracking in South Brazil. In: 83rd Annual Meeting of the American Society of Ichthyologists and Herpotologists, 2003, Manaus. Program Book, 2003.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; SILVA, Rodrigo da Costa ; MACEDO, Tiago Barbosa ; LEUCHTENBERGER, Caroline . Daily movement pattern, habitat use and spawning migration of radio tagged Dourado (Salminus brasiliensis) in Rio dos Sinos, Brazil. In: 83rd Annual Meeting of the American Society of Ichthyologists and Herpotologists, 2003, Manaus. Program Book, 2003.

  • BOZETTI, M. ; SCHULZ, Uwe Horst . Variação sazonal na ictiofauna de riachos das bacias do rio dos Sinos e do rio Gravataí, em Santo Antônio da Patrulha, RS, Brasil. In: XXIV Congresso Brasileiro de Zoologia, 2002, Itajaí. Livro de Resumos, 2002. v. 24. p. 599-599.

  • FLECK, Tomás ; SCHULZ, Uwe Horst . Preferência da profundidade e velocidade da correnteza por Characidium pterostictum no Arroio Grande, Santo Antônio da Patrulha, RS. In: XXIV Congresso Brasileiro de Zoologia, 2002, Itajaí, SC. Livro de Resumos, 2002. v. 24. p. 380-380.

  • LEUCHTENBERGER, Caroline ; LEIS, C. M. ; HÜBEL, I. ; SCHULZ, Uwe Horst . Área de vida e ritmo de movimentação do jundiá (Rhamdia quelen) no Lago da Universidade do Vale do Rio dos Sinos-UNISINOS, RS. In: XXIV Congresso Brasileiro de Zoologia, 2002, Itajaí, SC. Livro de Resumos, 2002. v. 24. p. 360-360.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; MACEDO, Tiago Barbosa ; COSTA, R. S. . Habitat Use, Home Ranges and Spawning Migration of Dourado (Salminus maxillosus) in Rio dos Sinos, South Brazil. In: Annual meeting of the American Fisheries Society, 2002, Baltimore. Abstracts. Bethesda: AFS, 2002. v. 1. p. 0-0.

  • BOZETTI, M. ; SCHULZ, Uwe Horst . Development of an Index of Biotic Integrity for subtropical streams in South Brazil. In: Annual meeting of the American Fisheries Society, 2002, Baltimore. Anais do Annual meeting of the American Fisheries Society, 2002. v. 1. p. 0-0.

  • COSTA, R. S. ; SCHULZ, Uwe Horst ; SOUTO, C. M. . Proposta de flexibilização da pesca na Lagoa dos Quadros, RS.. In: XIV Encontro Brasileiro de Ictiologia, 2001, São Leopoldo. Resumos do XIV Encontro Brasileiro de Ictiologia em CD, 2001.

  • MACEDO, Tiago Barbosa ; SOUTO, C. M. ; SCHULZ, Uwe Horst . Biologia e recrutamento da traíra, Hoplias malabaricus (Bloch, 1794), da Lagoa dos Quadros, Terra de Areia, RS. In: XIV Encontro Brasileiro de Ictiologia, 2001, São Leopoldo. Resumos do XIV Encontro Brasileiro de Ictiologia em CD, 2001.

  • MACEDO, Tiago Barbosa ; LEANDRO, L. ; FUHRO, D. ; SCHULZ, Uwe Horst . Investigações radiotelemétricas dos movimentos de Rhamdia quelen (Pisces, Pimelodidae). In: XIV Encontro Brasileiro de Ictiologia, 2001, São Leopoldo. Resumos do XIV Encontro Brasileiro de Ictiologia em CD, 2001.

  • FUHRO, D. ; LAUCK, L. ; MACEDO, T. B. ; SCHULZ, Uwe Horst . Investigação da influência de fatores físico-químicos da água nos locais da estadia de Rhamdia quelen (Pisces, Pimelodidae). In: XIV Encontro Brasileiro de Ictiologia, 2001, São Leopoldo. Resumos do XIV Encontro Brasileiro de Ictiologia em CD, 2001.

  • LAUCK, L. ; FUHRO, D. ; MACEDO, Tiago Barbosa ; SCHULZ, Uwe Horst . Avaliação da implantação de radiotransmissores em Rhamdia quelen (Pisces, Pimelodidae) para estudos de biotelemetria. In: XIV Encontro Brasileiro de Ictiologia, 2001, São Leopoldo. Resumos do XIV Encontro Brasileiro de Ictiologia em CD, 2001.

  • CARDOSO, M. ; SOUTO, C. M. ; SCHULZ, Uwe Horst . Aspectos da biologia do birú Cyphocharax voga (Hensel 1869) na Lagoa dos Quadros, Terra de Areia, RS, durante o periodo de agosto 1999 e agosto 2000. In: XIV Encontro Brasileiro de Ictiologia, 2001, São Leopoldo. Resumos do XIV Encontro Brasileiro de Ictiologia em CD, 2001.

  • LEIS, C. M. ; SOUTO, C. M. ; SCHULZ, Uwe Horst . Aspectos da biologia do tambicú Oligosarcus robustus (Menezes 1969) na Lagoa dos Quadros, Terra de Areia, RS. In: XIV Encontro Brasileiro de Ictiologia, 2001, São Leopoldo. Resumos do XIV Encontro Brasileiro de Ictiologia em CD, 2001.

  • SOUTO, C. M. ; MACEDO, Tiago Barbosa ; CARDOSO, M. ; SCHULZ, Uwe Horst . Abundância e diversidade da ictiofauna da Lago da dos Quadros em Terra de Areia, RS, durante o período de agosto 1999 e agosto 2000. In: XIV Encontro Brasileiro de Ictiologia, 2001, São Leopoldo. Resumos do XIV Encontro Brasileiro de Ictiologia em CD, 2001.

  • SOUTO, C. M. ; MACEDO, Tiago Barbosa ; CARDOSO, M. ; SCHULZ, Uwe Horst . Aspectos da biologia da viola Loricariichthys anus (Valencienne 1840) na Lagoa dos Quadros, Terra de Areia, RS, durante o periodo de agosto 1999 e agosto 2000. In: XIV Encontro Brasileiro de Ictiologia, 2001, São Leopoldo. Resumos do XIV Encontro Brasileiro de Ictiologia em CD, 2001.

  • BOZETTI, M. ; SCHULZ, Uwe Horst . AVALIAÇÃO DA APLICABILIDADE DO ÍNDICE DE INTEGRIDADE BIÓTICA (IBI) PARA RIACHOS SUBTROPICAIS DO SUL DO BRASIL E SUGESTÕES INICIAIS PARA SUA ADAPTAÇÃO. In: XIV Encontro Brasileiro de Ictiologia, 2001, São Leopoldo. Resumos do XIV Encontro Brasileiro de Ictiologia em CD, 2001.

  • PETRY, Ana Cristina ; SCHULZ, Uwe Horst . Diversidade ictiofaunistica do Rio dos Sinos. In: XIV Encontro Nacional de Ictiologia, 2001, São Leopoldo. Resumos do XIV Encontro Brasileiro de Ictiologia em CD, 2001.

  • MARTINS JR, H. ; SCHULZ, Uwe Horst . Astyanax fasciatus como Bioindicador da poluição da água do Rio dos Sinos, RS, Brasil. In: XIV Encontro Brasileiro de Ictiologia, 2001, São Leopoldo. Resumos do XIV Encontro Brasileiro de Ictiologia em CD, 2001.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; COSTA, R. S. ; MACEDO, Tiago Barbosa . Homeranges and daily movements of dourado (Salminus maxillosus) in Rio dos Sinos, South Brazil. In: X European Congress of Ichhtyology, 2001, Praga. Book of Abstracts, 2001. p. 95-95.

  • COSTA, R. S. ; SCHULZ, Uwe Horst ; MACEDO, Tiago Barbosa ; LEAL, M. E. . Investigação radiotelemetrica da área de estadia e movimentação diurna do Dourado (Salminus maxillosus) no Rio dos Sinos, RS. In: V Congresso Nacional de Ecologia do Brasil, 2001, Porto Alegre. Ambiente e Sociedade: Resumos, 2001. v. V. p. 73.

  • FLECK, Tomás ; SCHULZ, Uwe Horst . Sobreposição do nicho trófico de Characidium pterostictum e C. tenue no Aroio Grande, Santo Antônio de Patrulha, RS. In: V Congresso de Ecologia do Brasil, 2001, Porto Alegre. Ambiente e Sociedade: Resumos, 2001. v. V. p. 159.

  • BOZETTI, M. ; SCHULZ, Uwe Horst . Comparação entre as comunidades ícticas de riachos de duas bacias hidrográficas no município de Santo Antõnio da Patrulha, RS, Brasil. In: V Congresso de Ecologia do Brasil, 2001, Porto Alegre. Ambiente e Sociedade: Resumo, 2001. v. V. p. 159.

  • COSTA, R. S. ; MARTINS JR, H. ; SCHULZ, Uwe Horst . Proposta de manejo sobre a pesca de Loricariichthys anus (Pisces, Loricariidae) na Lagoa dos Quadros, RS. In: XXIII Congresso Brasileiro de Zoologia, 2000, Cuiabá. Programa e Resumos, 2000. p. 398-389.

  • MARTINS JR, H. ; SCHULZ, Uwe Horst . Relação peso-comprimento do Loricariichthys anus, Hoplias malabaricus, Oligosarcus robustus, e Cyphocarax voga na Lagoa dos Quadros, RS. In: XXIII Congresso Brasileiro de Zoologia, 2000, Cuiabá. Programa e Resumos, 2000. p. 399.

  • PETRY, Ana Cristina ; SCHULZ, Uwe Horst . Distribuiçaõ longitudinal da ictiofauna dos Rio dos Sinos, RS. In: XXIII Congresso de Brasileiro de Ictiologia, 2000, Cuiabá. Programa e Resumos, 2000. p. 399.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; COSTA, R. S. . Gerenciamento da pesca em lagoas costeiras: conceitos flexíveis. In: Workshop internacional sobre desenvolvimento local e conservação e desenvolvimento de zonas costeiras no litoral este da América Latina, 2000, Florianópolis, 2000.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; ZANIBONI FILHO, E. . Comparação da ocorrência, dos parâmatros populacionais e da alimentação entre Oligosarcus jenynsii e Galeocharax humeralis. In: 13. Encontro Brasileiro de Ictiologia, 1999, São Carlos, SP. Resumos do 13. Encontro Brasileiro de Ictiologia, 1999. p. 454-454.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; PETRY, Ana Cristina . Gerenciamento flexivel e pesca sustentável da Lagoa dos Quadros. In: 13 Econtro Brasileiro de Ictiologia, 1999, São Carlos, SP. Resumos 13. Encontro Brasileiro de Ictiologia, 1999. p. 671-671.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; PETRY, Ana Cristina ; SILVA, C. . Avaliação do impacto causado pela Hidrelétrica de Canastra sobre o macrozoobentos do Rio Paranhana, Canela, RS. In: 7. Congresso Brasileiro de Limnologia, 1999, Florianopolis. Resumos 7. Congresso Brasileiro de Limnologia, 1999. p. 196-196.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; FRICKE, R. ; TROSCHEL, H. J. . Levantamento da piscifauna de água doce da Ilha de Santa Catarina, Sc e do continente adjacente. In: 4. Congresso de Ecologia do Brasil, 1998, Belém, PR. Resumos, 1998. v. 1. p. 584-584.

  • PETRY, Ana Cristina ; SCHULZ, Uwe Horst . Ritmo de alimentação do cascudo viola (Loricariichtys anus) na Lagoa dos Quadros, RS. In: 4. Congresso de Ecologia do Brasil, 1998, Belém, 1998.

  • SCHULZ, Uwe Horst . Investigation of downstream migration of juvenile brown trout. In: 9. Congresso Internacional dos Iciologos Europeus, 1997, Trieste. Book of Abstracts, 1997. p. 82-83.

  • BRUGGER, P. ; VINATEA, L. ; CASSINI, C. ; MUEDAS, W. ; SCHULZ, Uwe Horst ; PEREIRA, T. ; MAGALHÃES, A. ; SCHERE, M. ; FERREIRA, J. ; BELTRAME, E. . O CASO DO PROJETO PORTO DA BARRA. In: 3. REUNIAO ESPECIAL DA SBPC, 1996, FLORIANOPOLIS, SC. ECOSSISTEMAS COSTEIROS, 1996. p. 451-452.

  • TROSCHEL, H. J. ; SCHULZ, Uwe Horst ; BERG, R. . SEASONAL ACTIVITY OF STONECRAYFISH AUSTROPOTAMOBIUS TORRENTIUM. In: X SYMPOSIUM OF THE INTERNATIONAL ASSOCIACION OF ASTACOLOGY, 1994, ADELAIDE - AUSTRALIA. Abtsracts of the X Symposium of the International Association of Astacology, 1994. p. 215-215.

  • SCHULZ, Uwe Horst ; COSTA, R. S. ; SOUTO, C. M. . Management of Brazilian Fresh Water Fish Stocks: Flexible Concepts are needed. South South Perspectives , Montevideo, Uruguai, v. 8, p. 29-29, 2001.

  • Crossetti, L. O. ; FREITAS-TEIXEIRA, L. M. ; BOHNENBERGER, J. E. ; SCHULZ, Uwe Horst ; RODRIGUES, L. R. ; MOTTA-MARQUES, D. . Responses of the phytoplankton functional structure to the spatial and temporal heterogeneity in a large subtropical shallow lake. ACTA LIMNOLÓGICA BRASILIENSIA , 2018.

  • SCHULZ, Uwe Horst . Ciência e mobilização social: 20 anos de experiências na bacia do Rio dos Sinos. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SCHULZ, Uwe Horst . Vou mudar o mundo, sim!. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SCHULZ, Uwe Horst ; Oliveira, L. R. . Novas práticas na edução ambiental. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • FERRAZ, M. ; SCHULZ, Uwe Horst . A COMUNIDADE DE PEIXES É UM INDICADOR CONFIÁVEL PARA AVALIAR INTEGRIDADE BIOLÓGICA EM ECOSSISTEMAS LÓTICOS?. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SCHULZ, Uwe Horst ; de Moura, R. G. . MUDANÇAS NO USO TERRA NA BACIA DO RIO DOS SINOS E AS CONSEQUÊNCIAS PARA A GESTÃO. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • GONCALVES, M. M. ; BARBOSA, A. ; SCHULZ, Uwe Horst . Influência da estrutura de pequenos arroios de cabeceira sobre a composição e estruturação da comunidade de peixes. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • FRANCA, M. A. ; BRUM, A. ; FINGER, J. ; M. V. Petry ; SCHULZ, Uwe Horst . Aspectos comportamentais no cuidado parental de Sula leucogaster (Boddaert) (Aves, Pelecaniformes, Sulidae) no Arquipélago de São Pedro e São Paulo. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • FRANCA, M. A. ; FERRAZ, M. ; PHILERENO, M. ; BARBOSA, A. ; SCHULZ, Uwe Horst . A integridade ambiental de ecossistemas lóticos de Mata Atlântica entre inverno e verão no sul do Brasil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • PHILERENO, M. ; FRANCA, M. A. ; BARBOSA, A. ; SCHULZ, Uwe Horst . Avaliação da integridade ambiental de arroios de baixa ordem do sul do Brasil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • DORNELES, A. ; FERRAZ, M. ; BARBOSA, A. ; SCHULZ, Uwe Horst . EFEITO DAS LAGOAS MARGINAIS ARTIFICIAIS SOBRE A COMUNIDADE DE PEIXES DE PLANÍCIE DE INUNDAÇÃO. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • FERRAZ, M. ; SCHULZ, Uwe Horst . INFLUÊNCIA DO USO DO SOLO SOBRE A COMUNIDADE DE PEIXES DE LAGOAS MARGINAIS DE PLANÍCIES DE INUNDAÇÃO. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • SCHULZ, Uwe Horst . Aspectos básicos da limnologia de arroios. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • MUMBACH, L. ; BARBOSA, A. ; SCHULZ, Uwe Horst . Biologia reprodutiva do Characidium pterostictum Gomes 1947 (Characiformes, Crenuchidae) no arroio Padilha, no sul do Brasil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SCHULZ, Uwe Horst . Importância ecológica dos banhados na bacia do Rio dos Sinos. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SCHULZ, Uwe Horst ; de Moura, R. G. . O uso do solo na bacia hidrográfica do Rio dos Sinos entre 1985 e 2015. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SCHULZ, Uwe Horst . Conservação e manejo de peixes migradores: Desafios para a ciência. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • BARBOSA, A. ; VIANA, G. ; Leal, Mateus Evangelista ; SCHULZ, Uwe Horst . Influência da mata ciliar sobre indicadores reprodutivos de Bryconamericus iheringii em um arroio do sul do Brasil.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • Débora Antonetti ; Camila Doebber ; LEAL, M. E. ; de Moura, R. G. ; SCHULZ, Uwe Horst . Diferentes fragmentos de paisagem e sua influência na distribuição de Characiformes em quatro arroios no Sul do Brasil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • Camila Doebber ; Débora Antonetti ; LEAL, M. E. ; de Moura, R. G. ; SCHULZ, Uwe Horst . Influência da paisagem na distribuição de Siluriformes no Sul do Brasil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SCHULZ, Uwe Horst . Integridade Biótica em bacias hidrográficas no Estado do Rio Grande do Sul. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SCHULZ, Uwe Horst ; NABINGER, Viviane . Stream Walk Surveys As Environmental Assessment Tools In The Sinos River Basin. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • SCHULZ, Uwe Horst . Studien zum Gewässerschutz im südbrasilianischen Sinos-Einzugsgebiet. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SCHULZ, Uwe Horst . Studien zum Gewässerschutz in Südbrasilien. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • Peil, A. ; LEAL, M. ; SCHULZ, Uwe Horst . DIFERENÇAS ENTRE COORTES DA ESPÉCIE (Rineloricaria microlepidogaster, REGAN, 1904) EM RELAÇÃO AO GRAU DE COBERTURA VEGETAL. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • SPINDLER, S. ; Schraml, A. ; Albrecht. M ; SCHULZ, Uwe Horst . Diet of Characidium pterostictum in different stream habitats in Rio dos Sinos, Rio Grande do Sul, Brazil. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • SPINDLER, S. ; Vieira, C. E. S. ; Albrecht. M ; SCHULZ, Uwe Horst . INFLUÊNCIA DA MATA CILIAR NA DIETA DE HEPTAPTERUS MUSTELINOS (VALENCIENNES, 1835) EM TRÊS ARROIOS DE CABECEIRA NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO DOS SINOS, RS, BRASIL. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • SCHULZ, Uwe Horst . Pesquisa Científica e Mobilização Social para a Gestão da Bacia Hidrográfica do Rio dos Sinos. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • Débora Antonetti ; LEAL, M. E. ; de Moura, R. G. ; SCHULZ, Uwe Horst . INFLUÊNCIA DA PAISAGEM NA DISTRIBUIÇÃO DE CHARACIFORMES NO SUL DO BRASIL. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • Schmidt, J. F. ; Allgayer, J. ; Albrecht. M ; SCHULZ, Uwe Horst . AVALIAÇÃO DO NÚMERO DE PASSADAS DE PESCA ELÉTRICA NA AMOSTRAGEM DE DIFERENTES ORDENS DE PEIXES EM ARROIOS NO SUL DO BRASIL. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • LEAL, M. E. ; de Moura, R. G. ; SCHULZ, Uwe Horst . INFLUENCIA DA PAISAGEM NA ESTRUTURA DE GUILDAS TRÓFICAS DE PEIXES DE CABECEIRAS NO SUL DO BRASIL. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • Sousa, L. A. L. ; KLEIN, G. F. ; LEAL, Mateus Evagelista ; SCHULZ, Uwe Horst . Uso de macroinvertebrados a deriva na avaliação ambiental temporal da qualidade da água do Rio dos Sinos, RS, Brasil. 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • Camila Doebber ; Débora Antonetti ; Bervian, Paula Vanessa ; SCHULZ, Uwe Horst . Estimativa do comprimento da primeira maturação gonadal de Astyanax fasciatus e Astyanax eigenmanniorum em ambiente lêntico. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • Débora Antonetti ; Camila Doebber ; Bervian, Paula Vanessa ; SCHULZ, Uwe Horst . Estrutura populacional de Pimelodus maculatus em ambiente lêntico. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • Sousa, L. A. L. ; KLEIN, G. F. ; Leal, Mateus Evangelista ; Schulz, Uwe Horst . Uso de macroinvertebrados a deriva na avaliação temporal da qualidade da água no Rio dos Sinos, RS, Brasil. 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • KLEIN, G. F. ; SCHULZ, Uwe Horst . Padrão de deriva de macroinvertebrados no Rio dos Sinos, RS, Brasil. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Camila Doebber ; Débora Antonetti ; Bervian, Paula Vanessa ; SCHULZ, Uwe Horst . Estimativa do comprimento da primeira maturação sexual para a captura de Cyphocharax voga e Pimelodus maculatus. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • BARBOSA, A. ; SPINDLER, S. ; LEAL, M. E. ; SCHULZ, Uwe Horst . Avaliação do sucesso da introdução do dourado (Salminus brasiliensis) nas cabeceiras do Rio dos Sinos. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Débora Antonetti ; Camila Doebber ; Bervian, Paula Vanessa ; SCHULZ, Uwe Horst . Diversidade ictiológica no Saco de Quilombo, delta do rio Jacuí, RS. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Peil, A. ; SCHULZ, Uwe Horst . Diversidade da fauna de peixes da regia do planalto sul-riograndense e a sua resposta a alteração de habitat. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SCHULZ, Uwe Horst ; NABINGER, Viviane . Monitoramento das alterações ambientais em arroios da bacia hidrografica do Rio dos Sinos. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • PESOA, N. A. ; SCHULZ, Uwe Horst . Diversidade de peixes em arroios dos campos de cima da serra, planalto Rio Grandense, Brasil. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Albrecht. M ; PESOA, N. A. ; Ávila, G. ; SCHULZ, Uwe Horst . Ocorrência de peixes parasitados por metacercarias (Digenea: Trematoda) Na regiã dos campos de cima da serra. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Bervian, Paula Vanessa ; Paese, L. R. ; LEAL, M. E. ; SCHULZ, Uwe Horst . Parametros populacionais de Pimelodus maculatus. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Bervian, Paula Vanessa ; Débora Antonetti ; Camila Doebber ; SCHULZ, Uwe Horst . Aspectos da biologia reprodutiva em Cyphocharax voga. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Neuhaus, E. ; COSTA, Patricia Fernandes da ; SCHULZ, Uwe Horst . Analise do conteúdo estomacal de Acestrorhynchus pantaneiro, Oligosarcus robustus e O. jenynsii no Rio dos Sinos, RS. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Ávila, G. ; SCHULZ, Uwe Horst ; COSTA, Patricia Fernandes da . Distribuição da familia Cichlidae ao longo do gradiente lótico do Rio dos Sinos, RS. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Bervian, Paula Vanessa ; Camila Doebber ; Débora Antonetti ; SCHULZ, Uwe Horst . Biologia Reprodutiva de Hyphessobrycon luetkenii. In: XII Reunião Acadêmica da Biologia. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • Débora Antonetti ; Camila Doebber ; Bervian, Paula Vanessa ; SCHULZ, Uwe Horst . Comparação entre dois métodos de captura de peixes: redes de espera e pesca elétrica. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • Camila Doebber ; Débora Antonetti ; Bervian, Paula Vanessa ; SCHULZ, Uwe Horst . Fator de condição alométrico para populações de Astyanax aff. fasciatus em sistemas lóticos e lênticos do RS. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SCHULZ, Uwe Horst . Projeto Delta Sustantável: Repovoamento com Grumata. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SCHULZ, Uwe Horst . Programa Delta sustentavel: Repovoamento do Saca de Quilombo. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SCHULZ, Uwe Horst . Introdução na limnologia das cabeceiras do Rio dos Sinos. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SCHULZ, Uwe Horst . Introdução na limnologia da planicie do Rio dos Sinos. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SCHULZ, Uwe Horst . O papel de peixes no Biomonitoramento. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SCHULZ, Uwe Horst ; NABINGER, Viviane . Projeto Peixe Dourado. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SCHULZ, Uwe Horst ; Bervian, Paula Vanessa . Delta sustentável - Projeto Grumatã. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SCHULZ, Uwe Horst . A situação ambiental do Rio dos Sinos. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SCHULZ, Uwe Horst . Empreendimentos agrosilvopastotoris e seus impactos sobre a ictiofauna. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • NEUHAUS, E. B. ; SCHULZ, Uwe Horst . Criação de Salminus brasiliensis e analise estomacal dos alevinos em sistema de rizipiscicultura. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SCHULZ, Uwe Horst . Resultados preliminares do projeto MONALISA. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SCHULZ, Uwe Horst . Efeitos de impactos ambientais sobre a a fauna e qualidade de água em ambientes lóticos. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SCHULZ, Uwe Horst . Resultados do Projeto Monalisa. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SCHULZ, Uwe Horst . O recurso água na bacia do Rio dos Sinos. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SCHULZ, Uwe Horst . Gerenciamento de Bacias Hidrográficas. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SCHULZ, Uwe Horst . Resultados do Projeto Peixe Dourado. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SCHULZ, Uwe Horst . O Projeto Monalisa. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SCHULZ, Uwe Horst . O Projeto Monalisa: A fase piloto. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SCHULZ, Uwe Horst . Educação, Etica e Cidadania em projetos de pesquisa. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SCHULZ, Uwe Horst . Projeto Monalisa: Educação Ética e Cidanania em projetos de pesquisa. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SCHULZ, Uwe Horst . Projeto Monalisa: Educação Ética e Cidanania em projetos de pesquisa. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SCHULZ, Uwe Horst . Projeto Monalisa: Educação Ética e Cidanania em projetos de pesquisa. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SCHULZ, Uwe Horst . Projeto Monalisa: Educação Ética e Cidanania em projetos de pesquisa. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SCHULZ, Uwe Horst . Projeto Monalisa: Educação Ética e Cidanania em projetos de pesquisa. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SCHULZ, Uwe Horst . Projeto Monalisa: Educação Ética e Cidanania em projetos de pesquisa. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SCHULZ, Uwe Horst . O projeto Peixe dourado: Radiotelemetria com uma espécie bandeira. 2003. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SCHULZ, Uwe Horst . Biotelemetria com transmissores de radio e ultrasom: possibilidades e limitações. 2003. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SCHULZ, Uwe Horst . TRUTICULTURA: PROBLEMAS DE PEQUENOS PRODUTORES NA EUROPA E NO BRASIL. 1995. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SCHULZ, Uwe Horst . AUSWIRKUNGEN DER FISCHEREI MIT ELEKTRISCHEM STROM. 1994. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SCHULZ, Uwe Horst . DIE ABWANDERUNG VON JUNGFISCHEN AUS DEN ZUFLUESSEN DES BODENSEES. 1994. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SCHULZ, Uwe Horst . BIOLOGIE DER BODENSEE-SEEFORELLE. 1994. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SCHULZ, Uwe Horst . UNTERSUCHUNGEN ZUR ABWANDERUNG VON JUNGFISCHEN DER BODENSEE-SEEFORELLE. 1994. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SCHULZ, Uwe Horst . ARBEITSTECHNIKEN DER BIOTELEMETRIE. 1992. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SCHULZ, Uwe Horst . TELEMETRIC TRACKING OF BROWN TROUT IN LAKE CONSTANCE. 1987. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SCHULZ, Uwe Horst . DIURNALE MIGRATION VON BRACHSEN IM BODENSEE. 1987. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SCHULZ, Uwe Horst . MIGRATION OF ULTRASONICALLY TAGGED BREAM IN LAKE CONSTANCE. 1985. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • de Moura, R. G. ; SCHULZ, Uwe Horst . Peixes da Bacia Hidrográfica do Rio dos Sinos. Porto Alegre: Banrisul, 2015 (Painel: Exposição "Diagnósticos Socioambientais: da Universidade às Comunidades").

  • SCHULZ, Uwe Horst ; NABINGER, Viviane ; GOMES, Luciana Paulo ; LORENZI, Miguel Romano ; COSTA, Patricia Fernandes da . MONALISA: Monitoramento das Alterações Ambientais em Arroios: Manual de Campo. São Leopoldo, RS: Comitesinos, 2004 (Manual de campo).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

SCHULZ, Uwe Horst . Avaliação de artigo científico_Neotropical Biology and Conservation. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Avaliação de artigo científico-Neotropical Biology and Conservation. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Avaliação de artigo cientifico - Neotropical Ichthyology. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Avaliação de artigo cientifico _ Ocean & Coastal Management. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Avaliação de artigo cientifico _ Copeia. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Avaliação de artigo cientifico _ Brazilian Journal of Biology. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Avaliação de artigo cientifico _ Neotropical Biology and Conservation. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2018.

SCHULZ, Uwe Horst . Revisão de artigo científico-BJB. 2017.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2017.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2017.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2017.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2017.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2017.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2017.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2017.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2017.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2017.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2017.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2017.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2017.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2017.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2017.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CAPES. 2017.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CAPES. 2017.

SCHULZ, Uwe Horst . Revisão de ms para a revista Zoologia. 2017.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2017.

SCHULZ, Uwe Horst . Avaliação de ms para a revista neotropical Conservation. 2017.

SCHULZ, Uwe Horst . Avaliação de ms para a revista Iheringia. 2017.

SCHULZ, Uwe Horst . Revisão de artigo cientifico-Zoologia. 2016.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer FAPERO. 2016.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2016.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2016.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2016.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2016.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2016.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2016.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2016.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2016.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2016.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer. 2016.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Paracer CNPq. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Revisão de artigo cientifico - Iheringia. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Revisão de artigo cientifico -Neotropical Biology and Conservation. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Revisão de artigo científico - Acta Scientiarum Biological Sciences. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Revisão de artigo - Neotropical Biology and Conservation. 2015.

SCHULZ, Uwe Horst . Avaliação de artigo cientifico _ Zoologia. 2015.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Revisão de artigo científico - Boletim do Instituto de Pesca. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Revisão de artigo científico. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Revisão de artigo científico-Journal of Neotropical Biology and Conservation. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Revisão de artigo científico - Brazilian Journal of Biology. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Revisão de artigo científico. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Revisão de artigo científico -Acta Scientiarum - UEM. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Revisão de artigo científico. 2014.

Schulz, Uwe Horst . Revisão de artigo científico-International Journal of Tropical Biology and Conservation. 2013.

Schulz, Uwe Horst . Revisão de artigo científico-Pan-American Journal of Aqutatic Sciences. 2013.

Schulz, Uwe Horst . Revisão de artigo científico-Journal of Neotropical Biology and Conservation. 2013.

Schulz, Uwe Horst . Revisão de artigo científico-Ciência Rural. 2013.

Schulz, Uwe Horst . Revisão de artigo científico-BioMed Research International. 2013.

Schulz, Uwe Horst . Revisão de artigo científico-Acta Amazônica. 2013.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2013.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2013.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2013.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2013.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2013.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2013.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2013.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2013.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2013.

Schulz, Uwe Horst . Parecer CNPq. 2013.

Schulz, Uwe Horst . Parecer. 2013.

SCHULZ, Uwe Horst . Membro do Conselho Permanente da Assessoria Técnica (CPA) do Comitesinos. 2011.

SCHULZ, Uwe Horst ; LEAL, Mateus Evagelista . Avaliação da Atividade de Mineração de Areia do Rio Jacuí sobre o Estado da Ictiofauna. 2010.

SCHULZ, Uwe Horst . Monitoramento da Ictiofauna na área de influência da UHE São Domingos no rio verde, MS. 2009.

LEITE, Gustavo ; SCHULZ, Uwe Horst ; MOREIRA, J. S. . Estado da Ictiofauna no rio Verde, MS. 2009.

SCHULZ, Uwe Horst ; COSTA, Patricia Fernandes da ; Albrecht. M . Avaliação da ictiofauna do Arroio Feitoria no município de Dois Irmãos, RS. 2008.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer par Iheringia. 2004.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer para Acta Scientiarium. 2003.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer para Acta Biologica Leopoldense. 2003.

SCHULZ, Uwe Horst . Os peixes dormen?. 2002.

PERES, L. F. B. ; SANTOS, C. R. ; BRÜGGER, P. ; ARANA, L. V. ; SCHULZ, Uwe Horst ; MELO FILHO, E. ; ARROYO, N. A. . Construção de uma Marina no Canal da Barra da Lagoa, Florianópolis, Santa CatarinaPorto da Barra. 2002.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer sobre relatório técnico. 2012.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer para a revista Neotropical Biology and Conservation. 2012.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer para a revista Neotropical Ichthyology. 2012.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer para a revista International Review of Hydrobiology. 2011.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer para a revista International Review of Hydrobiology. 2011.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer para a revista Neotropical Ichthyology. 2011.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer sobre projeto de pesquisa. 2011.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer sobre o planejamento de um evento. 2011.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer sobre Projeto de Pesquisa. 2011.

MALTCHIK, Leonardo ; SCHULZ, Uwe Horst ; Crossetti, L. O. ; Stenert, C. ; Oliveira, J. M. ; Larocca, J. . Relatório de execução do Projeto Verdesinos Outubro 2010 - Janeiro 2011. 2011.

SCHULZ, Uwe Horst ; MALTCHIK, Leonardo ; Crossetti, L. O. ; Larocca, J. ; Oliveira, J. M. . Relatório de execução do Projeto Verdesinos Fevereiro 2011 -Abril 2011. 2011.

SCHULZ, Uwe Horst ; MALTCHIK, Leonardo ; Crossetti, L. O. ; Oliveira, J. M. ; Larocca, J. . Relatório de execução do Projeto Verdesinos Maio 2011 - Julho 2011. 2011.

SCHULZ, Uwe Horst . Entrevista para a revista Manuelzão. 2011.

Magalhães, Thamiris ; SCHULZ, Uwe Horst . Entrevista para o Jornal IHU. 2011.

SCHULZ, Uwe Horst . Avaliação dos níveis de água do Rio dos Sinos entre 2006 e 2011. 2011.

SCHULZ, Uwe Horst . Palestra: Projeto VerdeSinos. 2010.

SCHULZ, Uwe Horst . Palestra: Apresentação do Projeto VerdeSinos. 2010.

SCHULZ, Uwe Horst . Palestra: Apresentação do Projeto VerdeSinos. 2010.

SCHULZ, Uwe Horst . Palestra: Projeto VerdeSinos. 2010.

SCHULZ, Uwe Horst . Palestra: Impactos ambientais sobre a rede hídrica da bacia do Rio dos Sinos. 2010.

SCHULZ, Uwe Horst . International Review of Hydrobiology. 2010.

SCHULZ, Uwe Horst . Pan-American Journal of Aquatic Sciences. 2010.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer para a revista PANJAS. 2010.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer sobre projeto de pesquisa. 2010.

LEAL, Mateus Evagelista ; BREMM, C. Q. ; SCHULZ, Uwe Horst . Ictiofauna da bacia do Rio dos Sinos, Sul do Brasil. 2008.

SCHULZ, Uwe Horst ; COSTA, Patricia Fernandes da . LEVANTAMENTO DA ICTIOFAUNA OCORRENTE NO RIO DO FRADE, NA ÁREA DE ABRANGÊNCIA DA PCH BRUNA E NICOLE, NO MUNICÍPIO DE ESMERALDA, RS.. 2008.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer sobre projeto de pesquisa. 2007.

Perini, A. ; SCHULZ, Uwe Horst . Evaluation of methods used for diet analysis of the neotropical otter Lontra longicaudis (Olfers) (Carnivora, Mustelidae) based on spraints.. 2007.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer para a revista Water Research. 2006.

SCHULZ, Uwe Horst ; NABINGER, Viviane ; STRIEDER, Milton Norberto . Projeto Peixe Dourado. 2006.

SCHULZ, Uwe Horst ; HANSEN, Antônio Fontura ; MALTCHIK, Leonardo ; GUADAGNIN, Demetrio ; COELHO, Osmar . Gerenciamento da bacia hidrográfica do médio e baixo rio dos Sinos: Preservação das áreas dos banhados para conservação da qualidade e quantidade da água. 2006.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer para a Acta Biológica Leopoldense. 2005.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer para Brazilian Arquives of Biology and Technology. 2005.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer para a revista científica Hydrobiology. 2005.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer para a revista científica Iheringia. 2005.

SCHULZ, Uwe Horst ; NABINGER, Viviane ; LORENZI, Miguel ; COSTA, Patricia Fernandes da . Manual de Campo: Monitoramento das Alteraçõess Ambientais em Arroios da Bacia do Rio dos Sinos. 2004.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer para Acta Biologica Leopoldense. 2004.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer para Journal of Fish Biology. 2004.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer para a SEMA sobre licenciamento do bagre americano (Ictalurus punctatus) para a piscicultura de Estado Rio Grande do Sul. 2003.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer para o IBAMA sobre a moratória da pesca com redes no Rio dos Sinos. 2003.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer para Editora da Universidade Federal de Santa Maria. 2003.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer para Acto Biologica Leopoldense. 2003.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer para Acta Biologica Leopoldense. 2003.

SCHULZ, Uwe Horst ; NABINGER, Viviane ; ZANIBONI FILHO, E. . Relatório Final Projeto Peixe Dourado. 2002.

SCHULZ, Uwe Horst ; CAMARGO, S. . Plano de emergência para eventos de poluição do Rio dos Sinos. 2002.

SCHULZ, Uwe Horst . Parecer para Acta Scientiarum. 2002.

SCHULZ, Uwe Horst ; NABINGER, Viviane ; ZANIBONI FILHO, E. . Relatório parcial Projeto Dourado. 2002.

SCHULZ, Uwe Horst . As águas do Rio dos Sinos. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst ; ROTH, N. T. . Mudanças climáticas. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst . Relatório da Fundação SOS Atlantica sobre qualidade da água no Brasil em 2016. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

de Moura, R. G. ; SCHULZ, Uwe Horst . Ocupação dos banhados do Rio dos Sinos. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

de Moura, R. G. ; MULLER, Jackson ; SCHULZ, Uwe Horst . Mapeamento mostra redução de 75% em áreas de banhados de bacia do RS. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst . Roda de Chima. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

GOMES, Luciana Paulo ; MULLER, Jackson ; SCHULZ, Uwe Horst . O amanhã, hoje: o futuro da água. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst . Espécies ameaçadas de extinção. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Schulz, Uwe Horst . Conexão - TV Unisinos. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Schulz, Uwe Horst . Programa do Aluno. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst . O Rio dos Sinos no dias internacional da água. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst . A situação da qualidade da água no Rio dos Sinos. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Schulz, Uwe Horst ; KAISER, A. . O Plano da bacia - O significância para o futuro do Rio dos Sinos. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst . A situação da escassez da água no Rio dos Sinos. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst . Mata ciliar na bacia do Rio dos Sinos. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst . Projeto Verdesinos. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst ; Scharlau, L. H. ; Zanini, D. ; Naime, R. . Revista ABC. 2012. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

SCHULZ, Uwe Horst . Conexão-TV Unisinos. 2012. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

VARGAS, P. ; BLOCH, A. ; SCHULZ, Uwe Horst . Sustentabilidade ambiental da agricultura familiar. 2012. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

M. V. Petry ; Wagner, P. ; SCHULZ, Uwe Horst . Conexão-TV Unisinos. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst ; KURZ, H. ; FERNANDO, J. . Escassez da água no Rio dos Sinos. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst . Medidas para economizar água. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst . O projeto Verdesinos. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst . O projeto verdesinos. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst . Jornal TVcom. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst ; Dietrich, M. . Radio ABC - Novo Hamburgo. 2011. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

SCHULZ, Uwe Horst . Escassez da água do Rio dos Sinos. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst . Escassez da água do Rio dos Sinos. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst . Abastecimento público na bacia do Rio dos Sinos. 2011. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

SCHULZ, Uwe Horst . Jornal do Vale. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst . Bibo Nunes Show. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

LEAL, Mateus Evagelista ; SCHULZ, Uwe Horst . Jornal RBS. 2009. (Programa de rádio ou TV/Outra).

LEAL, Mateus Evagelista ; SCHULZ, Uwe Horst . Jornal Bande News. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst . Mortandade de Peixes no Rio dos Sinos: 3 anos depois. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst ; Klein ; Leite ; Fernando . Hora atual. 2008. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

SCHULZ, Uwe Horst . Qualidade do pescado do Rio dos Sinos. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst . O futuro das águas do Rio dos Sinos. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst . O plano da bacia do Rio dos Sinos. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst . Ambiente em foco. 2008. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst . Situação atual do Rio dos Sinos. 2007. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst . Situação atual do Rio dos Sinos. 2007. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst . Importância da água. 2007. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

SCHULZ, Uwe Horst . UNI News. 2007. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst . A situação ambiental na bacia do Rio dos Sinos. 2007. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

SCHULZ, Uwe Horst . Impactos ambientais na bacia do Arroio Pampa. 2006. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst . Mortanidade de Peixes no Rio dos Sinos. 2006. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

SCHULZ, Uwe Horst . Conseqüências da mortalidade de peixes no Rio dos Sinos. 2006. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst . Conseqüencias da poluição do Rio do Sinos. 2006. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst ; NABINGER, Viviane . Projetos ambientais no Rio dos Sinos. 2004. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHULZ, Uwe Horst ; MULLER, Jackson ; COELHO, Osmar . Impactos ambientais na hidrobacia do Rio dos Sinos. 2004. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Schulz, Uwe Horst . relatório técnico Verdesinos2-Novembro 2014. 2014. (Relatório de pesquisa).

Schulz, Uwe Horst . Relatório técnico Projeto Versinos2- Junho 2014. 2014. (Relatório de pesquisa).

Albrecht. M ; Becker jr., C. ; Costa, L. J ; Crossetti, L. O. ; FAGUNDES, M. V. ; Leal, Mateus Evangelista ; MALABARBA, J. ; MALTCHIK, Leonardo ; MAUHS, J. ; MORAES, A. ; de Moura, R. G. ; NABINGER, Viviane ; Oliveira, J. M. ; PERESIN, D. ; PINHEIRO, C. C. ; SCHULZ, Uwe Horst ; Stenert, C. ; VIEGAS, G. ; Vieira, M. L. . VerdeSinos-Resultados Científicos. 2013. (Editoração/Livro).

SCHULZ, Uwe Horst ; Crossetti, L. O. ; Stenert, C. ; MALTCHIK, Leonardo ; Oliveira, J. M. . Relatório técnico projeto VerdeSinos Novembro 2010 - Janeiro 2011. 2011. (Relatório de pesquisa).

SCHULZ, Uwe Horst ; Crossetti, L. O. ; Stenert, C. ; MALTCHIK, Leonardo ; Oliveira, J. M. . Relatório técnico do projeto VerdeSinos fev - Abr 2011. 2011. (Relatório de pesquisa).

SCHULZ, Uwe Horst ; Crossetti, L. O. ; Stenert, C. ; MALTCHIK, Leonardo ; Oliveira, J. M. ; Larocca, J. . Relatório técnico projeto VerdeSinos Maio -Julho 2011. 2011. (Relatório de pesquisa).

SCHULZ, Uwe Horst ; Crossetti, L. O. ; Stenert, C. ; MALTCHIK, Leonardo ; Oliveira, J. M. . Relatório técnico do projeto VerdeSinos Agosto -outubro 2011. 2011. (Relatório de pesquisa).

SCHULZ, Uwe Horst . Dourado telemetria. 2011. (Filme, vídeo ou audiovisual de divulgação científica realizada.).

SCHULZ, Uwe Horst ; Crossetti, L. O. ; Stenert, C. ; MALTCHIK, Leonardo ; Oliveira, J. M. . Relatorio técnico projeto VerdeSinos Julho - Setembro 2010. 2010. (Relatório de pesquisa).

Bervian, Paula Vanessa ; SCHULZ, Uwe Horst . GERENCIAMENTO FLEXÍVEL DE ESTOQUES PESQUEIROS NA BACIA HIDROGRAFICA DA LAGOA DOS PATOS. 2009. (Relatório de pesquisa).

SCHULZ, Uwe Horst ; LEAL, Mateus Evagelista ; Larratéa, Theo Vieira . Levantamento da ictiofauno do rio Verde, Agua Clara, MS. 2009. (Relatório de pesquisa).

SCHULZ, Uwe Horst ; NABINGER, Viviane ; STRIEDER, Milton Norberto . Formação de multiplicadores do projeto Dourado. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

SCHULZ, Uwe Horst ; NABINGER, Viviane ; STRIEDER, Milton Norberto ; BREMM, C. Q. ; KLEIN, G. F. ; LORENZI, Miguel Romano . Água para beber, água para viver. 2008. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Video 1 - Projeto Peixe Dourado).

SCHULZ, Uwe Horst ; NABINGER, Viviane ; STRIEDER, Milton Norberto ; BREMM, C. Q. ; KLEIN, G. F. ; LORENZI, Miguel Romano . A nascente do Rio dos Sinos. 2008. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Video 2 - Projeto Peixe Dourado).

SCHULZ, Uwe Horst ; NABINGER, Viviane ; STRIEDER, Milton Norberto ; BREMM, C. Q. ; KLEIN, G. F. ; LORENZI, Miguel Romano . O Rio dos Sinos na planicie. 2008. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Video 3 - Projeto Peixe Dourado).

SCHULZ, Uwe Horst ; NABINGER, Viviane ; STRIEDER, Milton Norberto ; BREMM, C. Q. ; KLEIN, G. F. ; LORENZI, Miguel Romano . A qualidade das águas. 2008. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Video 4 Projeto Peixes Dourado).

SCHULZ, Uwe Horst ; NABINGER, Viviane ; STRIEDER, Milton Norberto ; BREMM, C. Q. ; KLEIN, G. F. ; LORENZI, Miguel Romano . O papel da comunidade. 2008. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Video 6 - Projeto Peixe Dourado).

SCHULZ, Uwe Horst ; NABINGER, Viviane ; STRIEDER, Milton Norberto ; BREMM, C. Q. ; KLEIN, G. F. ; LORENZI, Miguel Romano . Recursos hidricos. 2008. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Video 5 - Projeto Peixe Dourado).

SCHULZ, Uwe Horst ; COSTA, Patricia Fernandes da . Avaliação dos estoques remanescentes de peixes do Rio dos Sinos. 2008. (Relatório de pesquisa).

SCHULZ, Uwe Horst ; NABINGER, Viviane . Projeto Peixe Dourado - 2 relatorio parcial. 2008. (Relatório de pesquisa).

SCHULZ, Uwe Horst ; NABINGER, Viviane ; da Silva ; STRIEDER, Milton Norberto . 3. Relatório parcial do Projeto Dourado. 2008. (Relatório de pesquisa).

SCHULZ, Uwe Horst . IHU Ideas - Março _O desastre do Rio dos Sinos. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

SCHULZ, Uwe Horst ; NABINGER, Viviane ; GOMES, Luciana Paulo . Relatório final do Projeto Monalisa. 2007. (Relatório de pesquisa).

SCHULZ, Uwe Horst ; NABINGER, Viviane . Projeto Peixe Dourado - 1. Relatório parcial. 2007. (Relatório de pesquisa).

SCHULZ, Uwe Horst . Oficina Ecologia de Rios e Riachos. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

SCHULZ, Uwe Horst . Curso temático: Manutenção dos ecossistemas - A estrutura dos corpos hidricos e a importância das áreas úmidas. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

SCHULZ, Uwe Horst . Peixes migradores na bacia hidrografica do Rio dos Sinos. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

SCHULZ, Uwe Horst . Oficina temática - As águas da bacia hidrográfica do Rio dos Sinos. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

SCHULZ, Uwe Horst ; GOMES, Luciana Paulo ; NABINGER, Viviane . I. Curso de capacitação para os voluntarios do Projeto MONALISA. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

SCHULZ, Uwe Horst ; GOMES, Luciana Paulo ; NABINGER, Viviane . II. Curso de capacitação para os voluntarios do Projeto Monalisa. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

SCHULZ, Uwe Horst ; KOCH, W. . Estudo dos aspectos biologico-pesqueiros de quatro espécies de peixes na Lagoa dos Quadros, RS. 2002. (Relatório de pesquisa).

SCHULZ, Uwe Horst ; WALSER, R. . DAS SEEFORELLENPROJEKT. 1992. (Filme, vídeo ou audiovisual de divulgação científica realizada.).

SCHULZ, Uwe Horst . Rio dos Sinos: Causas do desastre não foram completamente eliminadas. 2010 (Entrevista para o jornal do Instituto Humanitas).

SCHULZ, Uwe Horst . O uso da espécie bandeira do peixe Dourado como ferramenta na mobilização social. 2004 (Palestras) .

SCHULZ, Uwe Horst . O projeto peixe Dourado. 2002 (Palestras) .

SCHULZ, Uwe Horst . Coordenação geral do XIV Encontro Brasileiro de Ictiologia. 2001 (Oragnização de Congresso) .

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    Concentrações de microplástico na bacia do Rio dos Sinos: Água bruta, sedimento e peixes, Descrição: A contaminação dos oceanos e da água doce com plásticos ocorre em escala global. Estudos recentes mostram a presença de microplástico em quase todos corpos de água, na água potável em residências e mesmo em água mineral engarrafada. Micro- e nanofragmentos podem passar pela cadeia alimentar, podem ser incorporados em tecido de peixes, como em musculo e cérebro, e causar alterações comportamentais. Os efeitos sobre a saúde humana ainda não são conhecidos. Mas a situação é tão grave que a União Europeia elaborou propostas de banir plásticos de uso único. No Brasil o nível da contaminação dos mananciais hídricos com plástico ainda não é conhecido. Considerando a baixa eficiência dos sistemas de tratamento de esgoto pode-se esperar altas concentrações na água bruta e na biota. O objetivo deste estudo é diagnosticar a presença de partículas de plástico na água do Rio dos Sinos, no sedimento e no intestino e na carne de três espécies de peixes de níveis tróficos diferentes. A metodologia das análises segue os protocolos publicados em revistas científicas internacionais. Os procedimentos laboratoriais já foram testados em fase piloto do projeto. Os resultados esperados são de importância para a saúde pública da população da bacia. Espera-se o desenvolvimento de diretrizes/recomendações sobre futuras emissões e imissões de partículas de plástico no esgoto e na água potável pelas categorias dos usuários da água representados no Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica do Rio dos Sinos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) . , Integrantes: Uwe Horst Schulz - Coordenador / Victor Hugo Valiati - Integrante / Marlon Ferraz - Integrante / Jorge Otávio Trierweiler - Integrante / Jennifer Tainara de Amaral Mello - Integrante / Amanda Letícia Bauer - Integrante / Gabriel Klein - Integrante / Víctor Castro de Souza - Integrante.Número de orientações: 1

  • 2015 - Atual

    Poluentes orgânicos persistentes em aves marinhas da Ilha da Trindade e do Arquipélago de São Pedro e São Paulo: influência de fatores ecológicos nos padrões de contaminação e na dispersão de poluentes em regiões oceânicas, Descrição: Determinação do cuidado parental de atobá (Sula leucogaster) No arquipélago São Pedro São Paulo serão marcados 20 indivíduos de atobás pardos (Sula leucogaster) com radiotransmissores VHF. Serão escolhidos 10 ninhos na próximidade da estação. Ambos os pais serão marcados para testar os padrões temporais da presença e ausência dos adultos no ninho. O método de marcação e rastreamento segue Schulz et al. (2014). A presença dos indivíduos marcados será rastreada automaticamente através de um sistema receiver/datalogger Lotek SRX 400 durante um período de aproximadamente seis meses. Espera-se observar uma diferença de investimento temporal durante o período do choco entre os sexos e uma mudança de comportamento dos pais depois a eclosão dos filhotes. Através da radiotelemetria com VHS é possível de calcular o investimento temporal durante o forrageiro na fase do choco dos ovos e durante o cuidado dos filhotes com alta precisão.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Uwe Horst Schulz - Coordenador / Maria Virginia Petry - Integrante / Rosalinda Carmela Montone - Integrante / Satie Taniguchi - Integrante / Fernanda Imperatrice Colabuono - Integrante / Paula Baldassin Jorge - Integrante / Patrick Simões Dias - Integrante.Financiador(es): Universidade de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2015 - Atual

    Characidum pterostictum (Gomes, 1947) (Characiformes, Crenuchidae): espécie bentônica como modelo do efeito da dispersão sobre a estrutura genética de populações, Descrição: A dispersão de indivíduos é uma predeterminante para a persistência de populações de peixes. A separação espacial de sítios de reprodução, alevinagem, alimentação, repouso e proteção durante situações desfavoráveis como enchentes ou períodos secos, demanda mobilidade alta dos indivíduos de uma população, para percorrer as distâncias entre os fragmentos dos habitas funcionais do ciclo da vida. O conhecimento desta mobilidade é uma variável básica para o estabelecimento de estratégias de conservação, considerando que as redes hídricas em paisagens de uso do solo intensivo sofrem um processo continuo de degradação. Uma das consequências graves da fragmentação dos habitats apropriados é que as populações também serão fragmentadas e que a heterogeneidade genética destas diminui. Este processo é agravado, se as distâncias entre os fragmentos aumentam tanto, que as taxas baixas de imigração limitam a troca gênica. Os movimentos de peixes, inclusive a dispersão, em arroios de baixa ordem são pouco conhecidos, em mananciais tropicais e subtropicais menos ainda. Estudos de movimentos e migrações no Brasil concentram-se em espécies de porte médio e grande usando o método telemétricos. O projeto pretende investigar a dispersão através da marcação e recaptura e estrutura genética de um organismo modelo. Characidium pterostictum é uma espécie bentônica que vive no fundo dos arroios de cabeceiras. O corpo é alongado e fino com nadadeiras pequenas, uma adaptação ao microhabitat. Supostamente é uma espécie de baixa capacidade natatória com baixo potencial de dispersão. Não existem dúvidas em relação à identificação da espécie. A soma destas características recomenda esta espécie como espécie modelo para estudos demográficos (captura e recaptura) e genéticos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Uwe Horst Schulz - Coordenador / Amanda Barbosa - Integrante / Larissa Rosa de Oliveira - Integrante / Victor Hugo Valiati - Integrante / Pedro Manoel Galetti Junior - Integrante / Luiz Alves Rocha - Integrante.

  • 2015 - Atual

    A FUNÇÃO SÓCIO-ECOLÓGICA DOS PESCADORES NO PARQUE NACIONAL DA LAGOA DO PEIXE, Descrição: O estudo pretende avaliar a função social e ecológica de pescadores para o Parque Nacional da Lagoa do Peixe, situado nos municípios de Tavares e Mostardas, no Rio Grande do Sul, propondo soluções cabíveis para as tensões socioeconômicas e ambientais ocorrentes na área através da elaboração de um acordo entre as partes envolvidas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Uwe Horst Schulz - Coordenador / Camila Doebber - Integrante / Larissa Rosa de Oliveira - Integrante / Hellen José Florez Rocha - Integrante.

  • 2014 - Atual

    Verdesinos II, Descrição: Caracterização das áreas úmidas através do biomonitoramento As áreas úmidas como os charcos e banhados são importantes ecossistemas para proteção da biodiversidade, pois apresentam alta riqueza de espécies de todos níveis tróficos, incluindo aves, mamíferos, répteis, anfíbios, peixes, invertebrados e plantas aquáticas, e altos níveis de endemismo, especialmente para as comunidades de peixes e invertebrados. Além disso, são fontes de recursos naturais para a humanidade e estão entre os ecossistemas mais produtivos do mundo. Em vista de sua grande diversidade biológica e produtividade, além de suas múltiplas funções e valores, as áreas úmidas são ecossistemas prioritários para a conservação. Nesse sentido, o monitoramento da qualidade ambiental das áreas úmidas é fundamental para garantir o funcionamento do ecossistema em relação a manutenção da qualidade e armazenamento da água, da recarga ao lençol freático, bem como a sobrevivência das espécies que dependem desses ecossistemas. Programas de ?biomonitoramento? utilizam respostas biológicas para avaliar mudanças ambientais principalmente originadas por impactos humanos. A partir disto, a biota aquática começou a ser utilizada como uma ferramenta importante na busca de informações sobre a integridade e qualidade ambiental dos ecossistemas aquáticos. Existe uma ampla variedade de organismos utilizados como bioindicadores da qualidade da água. Bancos de macrófitas aquáticas, reduzem a turbidez da água e estabilizam as margens dos corpos d?água evitando a erosão e a mobilização dos nutrientes associados ao sedimento. O uso de índices biológicos baseados em macrófitas aquáticas tem sido frequente na Europa. A comunidade de macroinvertebrados aquáticos é um dos grupos mais utilizados na avaliação da qualidade da água, já que respondem de forma diferente ao grau de contaminação e alteração dos ecossistemas aquáticos. Nesse sentido, os macroinvertebrados são classificados de acordo com seu grau de tolerância e sensibilidade à contaminação da água. Os mesmos procedimentos de avaliação ambiental existem para o grupo dos anfíbios, peixes e aves. Nesse sentido, o objetivo geral desse projeto será o de avaliar a qualidade ambiental das áreas úmidas na Bacia Hidrográfica do Rio dos Sinos utilizando medidas bioindicadoras. O projeto é apoiado pelo edital Petrobras Ambiental. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (9) / Mestrado acadêmico: (9) . , Integrantes: Uwe Horst Schulz - Integrante / Leonardo Maltchik - Integrante / Maria Virginia Petry - Integrante / Cristina Stenert - Integrante / Tozetti - Integrante / Luciana Paulo Gomes - Coordenador.Financiador(es): Petrobras - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Avaliação dos atributos da paisagem em relação a caracterização da ictiofauna na Bacia do Rio dos Sinos, Descrição: A bacia hidrográfica do Rio dos Sinos abriga aproximadamente 2.000.000 de habitantes, que dependem do manancial para o abastecimento com água potável. A urbanização intensa, a industrialização e a agricultura são causadores de uma alta demanda de água potável. Concomitantemente ocorre a degradação dos mananciais aquáticos pelas mesmas categorias. Para assegurar quantidade e qualidade do recurso água e seu uso sustentável é necessário de identificar as maiores fontes de impacto. O objetivo do projeto é de identificar e quantificar os vários tipos do uso de solo na bacia hidrográfica do Rio dos Sinos e desenvolver sugestões para um futuro manejo destas áreas. Desta forma o projeto pretende apoiar tecnicamente o desenvolvimento do plano da bacia, que esta em estado de elaboração. Através de imagens de satélite será avaliado o uso de solo na bacia e através do levantamento da fauna peixes as conseqüências deste sobre a ictiofauna. A participação do Comitesinos no projeto garante a transferência dos resultados para a comunidade do Vale do Rio dos Sinos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Uwe Horst Schulz - Coordenador / Amanda Barbosa - Integrante / Fernando Gertum Becker - Integrante / Cristina Stenert - Integrante / Pablo Cesar Lehmann Albornoz - Integrante / Rafael G. de Moura - Integrante / Jeferson Fabricio Schmidt - Integrante / Marcia Da Pieve - Integrante / Julia Paes - Integrante / Ana Carlotto - Integrante.Financiador(es): Companhia Riograndense de Saneamento - Auxílio financeiro.Número de orientações: 2

  • 2013 - Atual

    Influência do Uso do Solo Sobre a Qualidade da Água e as Comunidades de Macroinvertebrados e Peixes, Descrição: O Rio dos Sinos é entre os mais poluídos do Brasil. Mesmo assim, abastece uma população de mais do que 1 milhão de habitantes. Diagnósticos ambientais mostram que a maior parte das intervenções ambientais não ocorre na calha principal do rio, mas na rede dos seus tributários. Foi constatado que a diminuição da vegetação ciliar é um dos problemas mais graves, causando aumento do nível da poluição difusa com aporte de nutrientes, da erosão e sedimentação dos arroios. Estes impactos podem causar alterações profundas na qualidade da água, no fluxo de energia e na rede alimentar dos ecossistemas lóticos. O objetivo do projeto é identificar as áreas mais degradadas da bacia através das ferramentas do geoprocessamento e identificar a influência dos diferentes usos de solo sobre a qualidade da água e a comunidade aquática em dois níveis tróficos, macroinvertebrados e peixes. Além de gerar conhecimento sobre os efeitos do uso do solo sobre os processos limnológicos da bacia o projeto subsidiará o Plano da Bacia, que esta em elaboração pelo Comitê da Bacia, Comitê Sinos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Uwe Horst Schulz - Coordenador / Camila Doebber - Integrante / Amanda Barbosa - Integrante / Rafael G. de Moura - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Avaliação da Influência de modificações no leito do rio da Ilha sobre a ictiocenose, Descrição: A remoção da vegetação ciliar e o uso intensivo do solo pela agricultura nas áreas adjacentes do Rio da Ilha (município de Taquara, RS) causaram efeitos fortes de erosão e sedimentação. As consequências são degradações dos barrancos e a formação de bancos de arreia e cascalho no leito do rio. Durante enchentes, alagamentos são freqüentes. Para amenizar a situação dos moradores da área, a prefeitura de Taquara apóia um projeto de re-estruturação física do leito, com o objetivo de diminuir as áreas sedimentadas e estabilizar os barrancos. As modificações físicas do leito do rio e a movimentação do sedimento através de um maquinário pesado causará com alta probabilidade alterações na ictiocenose presente. O projeto prevê investigar estas modificações antes e depois das obras e comparar com a situação anterior.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Uwe Horst Schulz - Coordenador / Amanda Barbosa - Integrante / Bruna Chites - Integrante.Financiador(es): Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio dos Sinos - Bolsa.

  • 2010 - 2013

    Verdesinos, Descrição: O projeto prevê a recuperação de 330ha de vegetação ciliar ao longo da rede hidrica da bacia hidrografica do Rio dos Sinos. A recuperação será acompanhada por pesquisas que investigam a influência da mata ciliar ( composição, densidade, extensão) sobre qualidade da água e a biocenose (algas, macroinvertebrados e peixes).. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Uwe Horst Schulz - Coordenador / Leonardo Maltchik - Integrante / Cristina Stenert - Integrante / Juliano Morales de Oliveira - Integrante / Luciane Oliveira Crossetti - Integrante / João Larocca - Integrante.Financiador(es): Petrobras - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 16 / Número de orientações: 2

  • 2009 - 2011

    Rítmo de atividade do petrel gigante (Macronectes giganteus) durante o periodo de nidificação, Descrição: Foram marcados 14 petreis com radiotransmissores durante o período de incubação dos ovos na Ilha Elefante, Antarctica. Foram medidos os períodos da presença e ausência dos machos e das fêmeas no ninho. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Uwe Horst Schulz - Coordenador / Maria Virginia Petry - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Pesquisa - Auxílio financeiro.

  • 2009 - 2009

    Estudos complementares sobre a ecologia de ictiofauna na Bacia do rio Verde/MS, UHE São Domingos, Descrição: O presente estudo teve como objetivo de levantar a ictiofauna na área de influencia da barragem projetada São Domingos no rio Verde, município de Água Clara, Mato Grosso do Sul e desenvolver propostas para a transposição de peixes migradores. Durante duas campanhas de amostragem, abrangendo a época de piracema e o inverno 2009, foram capturadas 70 espécies e 2087 indivíduos. Seis destas espécies constam na ?Lista vermelha de espécies ameaçadas do Estado de Paraná?. Em ambas as campanhas foram capturadas espécies migradoras, tanto no leito principal do rio Verde, quanto no rio São Domingos. A ocorrência de ovos e o fato que muitas fêmeas migradoras tinham desovadas mostram, que a reprodução destas espécies ocorre na área. Porém, na base dos resultados deste estudo, não foi claro, se as populações de peixes migradores encontradas são presentes durante todo o ano ou se elas transpõem a barreira da cachoeira branca, local previsto para a construção do eixo da barragem. Como esta incerteza implica na decisão sobre a construção de dispositivos de transposição, recomenda-se mais uma rodada de monitoramento, incluindo marcações durante a pirecema.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Uwe Horst Schulz - Coordenador / Mateus Evagelista Leal - Integrante / Leomar Rodrigo Paese - Integrante / Theo Vieira Larratéa - Integrante.Financiador(es): Ecossis Soluções Ambientais - Remuneração.

  • 2009 - 2009

    Avaliação da Atividade de Mineração de Areia do Rio Jacuí sobre o Estado da Ictiofauna, Descrição: As demandas condicionadas pelo crescimento econômico intensificam o uso dos recursos naturais, muitas vezes, em detrimento da fauna natural. A mineração de areia fluvial é um desses vários usos. O presente laudo investiga a influência desta atividade sobre a fauna aquática, especialmente de peixes, na base da bibliografia internacional. Quatro principais categorias de impacto são descritas: -A alteração hidromorfológica do sistema hídrico, causando erosão e desmoronamentos de barrancos, desligamento do leito principal com as estruturas laterais como, lagoas marginais, banhados, braços mortos etc., e diminuição das áreas rasas, onde ocorrem os maiores processos produtivos; - A remobilização de substâncias contaminantes depositadas no sedimento; - O aumento da turbidez; - O aumento de ruídos causado pelas dragas. Na situação atual da mineração de areia no rio Jacuí não espera-se maiores impactos sobre a fauna de peixes pela alteração das estruturas hidromorfológicas, quando são respeitadas distâncias de segurança para as margens e das atividades mineradoras que ocorrem na calha principal do rio. A base alimentar de macroinvertebrados de muitas espécies não parece alterada. A diminuição da abundância de peixes com valor comercial não é monocausal e pode ser atribuída a um conjunto de vários fatores. Não espera-se a possibilidade de remobilização de substâncias contaminantes pelas atividades da mineração de areia no rio Jacuí, devido ao baixo número de indústrias com potencial poluidor alto e pela composição geológica do sedimento. O aumento local da turbidez pela ação das dragas provavelmente não exerce um impacto significativo sobre a fauna de peixes, a qual é adaptada a situações de turbidez elevada. Não é provável que a emissão dos ruídos produzidos durante a operação de dragas ocasione um impacto significativo sobre a fauna de peixes, considerando que, o ambiente subaquático é naturalmente ruídoso. Caso exista algum efeito, este provocaria o afastame. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

  • 2008 - 2010

    Plano Sinos, Descrição: A demanda alta da água na hidrobacia urbanisada do Rio dos Sinos causa conflitos no uso da água. A determinação da vazão mínima, que mantêm os processos ecológicos durante todas as fases do hidrograma é de suma importância para a gestão do recurso água. Movimentos de peixes e a deriva de macroinvertebrados em relação com a vazão são usados como indicadores da vazão ecológica.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Uwe Horst Schulz - Coordenador / Greice Francisco Klein - Integrante / Theo Vieira Larratéa - Integrante.Financiador(es): Fundo Nacional de Meio Ambiente - Bolsa.Número de orientações: 2

  • 2008 - 2008

    Levantamento da ictiofauna no Rio do Frade na área de influência da PCH Nicole, Rio do Frade, RS, Descrição: Avaliação da Ictiofauna e desenvolvimento de um plano de manejo dos estoques de peixes para o licenciamento ambiental da PCH Nicole, Rio do Frade, RS. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Uwe Horst Schulz - Coordenador / Patricia Fernandes - Integrante / Theo Vieira Larratéa - Integrante.Financiador(es): RIO DO FRADE GERAÇÃO DE ENERGIA S/A - Remuneração., Número de produções C, T & A: 1

  • 2008 - 2008

    Avaliação da fauna de peixes e plano de manejo para o arroio feitoria, Município de Dois Irmãos, RS, Descrição: Foi avaliada a ictiofauna do arroio Feitoria no município de Dois Irmãos. Foram desenvolvidas praticas de manejo dos estoques como alternativas de um programa de repovoamente permanente, que não resultou num aumento dos estoques de peixes.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Uwe Horst Schulz - Coordenador / Patricia Fernandes - Integrante.Financiador(es): Secretaria de Meio Ambiente Dois irmãos - Remuneração., Número de produções C, T & A: 1

  • 2008 - 2008

    Levantamento da ictiofauna no Rio do Frade na área de influência da PCH Bruna, Rio do Frade, RS, Descrição: Avaliação da Ictiofauna e desenvolvimento de um plano de manejo dos estoques de peixes para o licenciamento ambiental da PCH Bruna, Rio do Frade, RS. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Uwe Horst Schulz - Coordenador / Patricia Fernandes - Integrante / Theo Vieira Larratéa - Integrante.Financiador(es): RIO DO FRADE GERAÇÃO DE ENERGIA S/A - Remuneração., Número de produções C, T & A: 1

  • 2007 - 2010

    Preservação das áreas dos banhados para conservação da qualidade e quantidade da água, Descrição: A qualidade da água do Rio dos Sinos, que abastece uma população de aproximadamente 1,6 milhões habitantes da bacia hidrográfica, vem sofrendo degradações de várias origens e atinge na parte baixa a classe 4, que é a mais inferior na escala CONAMA. Pela capacidade das áreas de banhados de reter e oxidar substâncias poluidoras de origem municipal e industrial e pela capacidade de armazenar água na época de cheia, a conservação destas áreas é de suma importância para o gerenciamento do recurso água. O projeto proposto visa 1) Inventariar as áreas úmidas remanescentes na área do Coredes Sinos; 2) Avaliar a contribuição das áreas úmidas para o aumento da disponibilidade e melhoria da qualidade das águas, através de uma modelagem hidrológica; 3) Avaliar o estado atual de conservação através de indicadores biológicos e químicos; 4) Estabelecer critérios para priorizar a manutenção e a restauração de áreas úmidas. O projeto foi desenhado em cooperação com o Comitesinos para garantir a transformação dos resultados em avanço para a população do vale do Rio dos Sinos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Uwe Horst Schulz - Coordenador / Leonardo Maltchik - Integrante / Osmar Coelho - Integrante / Demétrio Luís Guadagnin - Integrante / Antônio Fontura Hansen - Integrante.

  • 2007 - 2009

    Efeitos da poluição crônica e aguda sobre a fauna de peixes do Rio dos Sinos, RS, Descrição: A descarga contínua de efluentes de várias origens no Rio dos Sinos caracteriza a poluição crônica e ocasiona mortalidades de pequena extensão que ocorrem principalmente em situações de baixa vazão. Além dessas mortalidades que expressam o estresse crônico do sistema, ocorrem impactos agudos por lançamentos esporádicos e isolados. No mês de outubro de 2006 ocorreu a mortalidade em massa de peixes. A mortalidade de aproximadamente 100 toneladas de peixes, apontou para uma (ou várias) substâncias (s) extremamente tóxicas advindas de um dos afluentes localizado do trecho inferior, o arroio Portão. Considerando a descarga crônica e aguda de efluentes no Rio dos Sinos os objetivos do presente relatório foram (1) verificar as respostas das comunidades de peixes sobre o evento de mortalidade aguda que ocorreu em outubro de 2006 e (2) verificar os efeitos da poluição crônica sobre os peixes, comparando o estudo atual com um realizado a dez anos atrás. As amostragens foram realizadas sazonalmente no período de setembro de 2007 a março de 2009, em seis locais do Rio dos Sinos: Fraga, Caraá, Parobé, São Leopoldo, Sapucaia do Sul e Canoas. A metodologia aplicada para as capturas consistiu em uma bateria de sete redes de espera e pesca elétrica. Um total de 10.465 indivíduos foi amostrado no presente estudo. As abundâncias dos pontos estudados há dez anos atrás e atualmente foram semelhantes (4979 atualmente e 4769 dez anos atrás). As comparações das comunidades de peixes, do trecho localizado à montante do local da mortalidade com o trecho à jusante, onde houve o evento, demonstraram maior riqueza de espécies para o trecho a montante. A análise do teste t de diversidade demonstrou que existe diferença espacial significativa (P>0,001) entre os dois trechos. Diferenças temporais significativas na diversidade entre o levantamento atual e o histórico para os P1, P3 e P4 (P < 0,001), indicou que o número e a abundância de espécies nas comunidades modificaram no decorrer de dez anos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Uwe Horst Schulz - Coordenador / Patricia Fernandes - Integrante.Financiador(es): Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 1

  • 2007 - 2009

    Projeto Dourado II, Descrição: O Projeto Dourado II é uma cooperação entre a Unisinos e Comitesinos na área da gestão das àguas. O projeto prevê a capacitação de 900 pessoas pelo sistema de multiplicador. A pesquisa radiotelemetrica de dourados juvenis reentroduzidos nas cabeceiras do Rio dos Sinos é a ferrementa de motivação.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Uwe Horst Schulz - Coordenador.Financiador(es): Petrobras - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 11 / Número de orientações: 2

  • 2007 - 2009

    GERENCIAMENTO FLEXÍVEL DE ESTOQUES PESQUEIROS NA BACIA HIDROGRAFICA DA LAGOA DOS PATOS, Descrição: A degradação ambiental em conjunto com manejo da pesca não adequada causou uma diminuição dos estoques de peixes no Lago Guaíba e nos trechos adjacentes do rio Jacuí. Esta diminuição é um processo crônico que ocorre em etapas pequenas, pouco percebido pelo público. A alteração do ecossistema demonstra conseqüências econômicas negativas para a comunidade, que vive do recurso pesqueiro: os pescadores. No lago Guaíba, como em outros corpos de água doce do mundo, existe a possibilidade que a profissão do pescador desaparece nos próximos 20 anos. O projeto tem como objetivo de desenvolver um modelo de gerenciamento flexível para otimizar o uso sustentável do recurso pesqueiro existente. Para tal será estimada a biomassa existente do estoque na área do Lago Guaíba, através de ecossondagem digital e de capturas com redes de arrasto e espera. Serão identificados os comprimentos mínimos para a captura das espécies principais. Adicionalmente será avaliada a seletividade de várias artes de pesca e a viabilidade econômica e ecológica de repovoamento.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Uwe Horst Schulz - Coordenador.Financiador(es): Ministério da Pesca e Aquicultura - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1

  • 2004 - 2007

    Monitoramento Ambiental Local de Impactos Sobre Arroios da bacia do rio dos Sinos (Monalisa), Descrição: Monalisa (Monitoramento Ambiental Local de Impactos Sobre Arroios da bacia do rio dos Sinos) visa avaliar impactos ambientais sobre a rede hídrica da bacia do rio dos Sinos. Na primeira etapa serão treinadas equipes de campo provenientes de todos os municípios da bacia. Estas equipes atuarão nos arroios e riachos dos seus próprios municípios aplicando o sistema de diagnóstico visual de impactos, baseado na metodologia dos Stream walk surveys da Agencia de Proteção ambiental (EPA) dos Estados Unidos (segunda etapa). O produto final desta etapa é um banco de dados georreferenciados com as categorias dos impactos e uma classificação da severidade deles, que sirva para o futuro gerenciamento dos recursos hídricos da bacia. Numa terceira etapa equipes interdisciplinares de pesquisa da UNISINOS investigarão, com base nos resultados da etapa dois, os efeitos dos impactos sobre qualidade da água, sedimento e fauna aquática (diversidade de peixes e macroinvertebrados), incluindo avaliações de concentrações de metais pesados em peixes. Com estas informações será possível direcionar os esforços e verbas estaduais e municipais priorizando a recuperação das áreas mais críticas. Monalisa é um desdobramento do projeto Peixe Dourado, visando a conscientização da população do Vale do rio dos Sinos através da participação em projetos de pesquisa relacionados com métodos da gestão das águas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Uwe Horst Schulz - Coordenador / Viviane Nabinger - Integrante / Walter Rudolf Koch - Integrante / Diego Herba - Integrante / Luciana Paulo Gomes - Integrante.Financiador(es): Secretaria de Meio Ambiente - Auxílio financeiro / Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Auxílio financeiro / Secretaria de Meio Ambiente - Bolsa.

  • 2001 - 2003

    Projeto Peixe Dourado: Ecologia, Descrição: O Projeto peixe dourado no Rio dos Sinos foi desenvolvido através de conceitos de uma espécie bandeira, criada na Europa e nos Estados Unidos, usando salmões e trutas migratórias, para envolver a população de uma hidrobacia nas atividades de restauração de rios. O dourado tem um ciclo de vida semelhante aos salmonídeos do hemisfério norte: migra longas distâncias, desova nas cabeceiras dos rios e se alimenta e cresce nas partes baixas. Para fechar o ciclo de vida ele depende que todas as partes do rio estejam em boas condições. Dessa forma ele é um bioindicador para o estado do ecossistema. A pesquisa ecológica é necessária para investigar o comportamento da espécie nas diferentes fases da vida. São aplicados métodos de tecnologia de ponta (biotelemetria, ecossondagem, levantamento automatizado dos fatores fisico-químicos da água, marcações) que fornecem a base científica para o futuro gerenciamento dos estoques (implantação cirúrgica de rádiotransmissor), estas investigações são encontradas no sub-projeto ecologia do dourado http://www.saude.unisinos.br/laboratorios/ecopeixes. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Uwe Horst Schulz - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Secretaria de Meio Ambiente - Auxílio financeiro / Secretaria de Meio Ambiente - Bolsa / Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Auxílio financeiro / Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Bolsa / Ministério do Meio Ambiente e da Amazonia Legal - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 10 / Número de orientações: 5

  • 2001 - 2003

    Projeto Peixe Dourado: Aqüicultura, Descrição: A piscicultura regional, como fonte de renda, atualmente é sustentada pela criação de espécies exóticas (estrangeiras), como a carpa e a tilápia. O valor comercial dessas espécies, porém, tem diminuído dada a existência de uma grande concorrência do mercado. Por outro lado, a piscicultura do dourado, ou seja, a criação dessa espécie em cativeiro, a partir do treinamento e da aplicação de técnicas adequadas, abre uma nova possibilidade de incremento da renda dos produtores da região do vale do Rio dos Sinos. Isso porque o Dourado tem alto potencial de crescimento, é um peixe nativo e, como tal, ajustado às condições regionais de sobrevivência. Ele possui um bom valor comercial tanto para a finalidade de engorda - comércio para a alimentação - como para o repovoamento dos rios e barragens. O sub-projeto aqüicultura tem por objetivo oferecer aos produtores rurais da bacia do Sinos o treinamento e repasse de técnicas para o desenvolvimento da piscicultura do dourado.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Uwe Horst Schulz - Coordenador.Financiador(es): Ministério do Meio Ambiente e da Amazonia Legal - Auxílio financeiro / Secretaria de Meio Ambiente - Auxílio financeiro / Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Auxílio financeiro / Secretaria de Meio Ambiente - Bolsa.

  • 2000 - 2002

    Investigação da biointegridade de riachos no município de Santo Antônio de Patrulha através de protocolos de biomonitoramento rápido da comunidade de peixes, Descrição: A investigação dos riachos será baseada nos protocolos de biomonitoramento rápido da EPA (Enviromental Protection Agency) dos Estados Unidos. Esses protocolos (Rapid Bioassessment Protocols) foram desenvolvidos com a intenção de criar ferramentas padronizadas, rápidas e de baixo custo para o biomonitoramento de ambientes lóticos, aplicando os conceitos de bioindicação e biointegridade da comunidade de peixes. Estes protocolos serão adaptados para a aplicação em condições brasileiras e usados para avaliar o impacto antrópico em riachos da hidrobacia dos rios dos Sinos e Gravataí no município de Santo Antônio de Patrulha. O projeto enquadra-se na área de "Conservação e Manejo" nas atividades de pesquisa do PPG em Biologia: Diversidade e Manejo de Vida Silvestre e integra a linha de pesquisa que visa promover o gerenciamento de águas interiores. Este subprojeto é parte integrante do projeto intitulado " Proposta e Verificação de Metodologia para Gestão Ambiental visando a Elaboração de Plano Diretor Ambiental.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Uwe Horst Schulz - Coordenador.Financiador(es): Prefeitura de Santo Antônio da Patrulha - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 2

  • 2000 - 2002

    Investigações radiotelemétricas dos movimentos e do uso de habitat do jundiá (Rhamdia quelen), Descrição: O jundiá (Rhamdia quelen) é um peixe com distribuição ampla no Brasil e de importância econômica no Rio Grande do Sul, envolvendo a espécie em programas de piscicultura. Seu comportamento em habitats naturais, tamanho da área de vida, ritmo de atividade e fatores que controlam sua atividade não são conhecidos. O método de radiotelemetria permite rastrear permanentemente animais, estudando seus movimentos em relação aos fatores ambientais. Na primeira fase do projeto foi testada a influência da implantação de modelos de radiotransmissores sobre o crescimento da espécie. Uma experiência durante 70 dias em tanques monstrou que não houve diferença significativa (p>0,05; Student-T) entre um grupo de peixes marcados (n=10) e um grupo de controle (n=10). Porém, três jundiás expulsaram os transmissores através do tecido ventral. A segunda fase da pesquisa foi desenvolvida no lago (2,3 ha) da Universidade do Vale do Rio dos Sinos, durante o período de agosto de 2000 a dezembro de 2001. Foram analisados os movimentos de 17 peixes durante 14 ciclos de 24 horas, com intervalos de medição de 2 horas. A área diária e o deslocamento médio variaram significativamente (p < 0,001 ) com a temperatura, sendo que o intervalo de 17 - 20oC apresentou as maiores áreas (502 m2/dia) e distâncias médias (278 m/dia). Foram identificadas três áreas de uso mais intenso (p=0,03; c2). Estas áreas acompanham as margens do lago, onde encontramos vegetação ciliar desenvolvida com profundidades que variam entre 0m e 2m e abrigos submersos em forma de seixos. Aproximadamente 5687,26 m2 (21%) da área total não foram ocupados em nenhum momento dos rastreamentos. Ocorreram variações altas na atividade entre estações e indivíduos diferentes. A distância percorrida no dia (19,1m/12horas) e noite (22,2m/12horas) mostrou uma tendência de atividade noturna, porém não significativa.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Uwe Horst Schulz - Coordenador.Financiador(es): Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa., Número de produções C, T & A: 4

  • 1999 - 2001

    Avaliação dos resultados de estudos sobre a qualidade da água do Rio dos Sinos a partir do ano 1980, Descrição: A FEPAM monitora a qualidade da água do rio dos Sinos desde 1980. O objetivo principal deste projeto é a comparação dos resultados das análises físico-químicas do período de 1980 até 1983 com os resultados mais recentes do período entre 1993 até 1996 com o fim de identificar as variações significativas nos parâmetros. Foram escolhidas as estações de amostragem de Canoas, Esteio, Sapucaia do Sul e Campo Bom. Estas mostram a seqüência de analises mais completas. Os dados nos períodos referidos foram analisados comparando as médias aritméticas dos parâmetros físico-químicos através do teste-t num nível de significância a=0,05. Na classe dos metais pesados observou-se uma diminuição significativa nas médias das concentrações em mg l-1 dos elementos cádmio (6,07x10-3 3,313x10-3; 3,33x10-3 0,8x10-3), chumbo (0,6.43x10-2 4,01x10-2; 1,67x10-2 6,97x10-2); cromo (7,88x10-2 0,162; 0,011x10-2 9x10-3), cobre (2,19x10-2 2,82x10-2; 0,623x10-2 0,32x10-2) e niquel (0,035 0,0175; 0,013 0,0047). A diminuição das médias do zinco não eram significativas (0,081 0,18; 0,0358 0,0168; p=0,08). As médias de mercúrio (em mg l-1) aumentaram significativamente (1,098 10-4 1,35 10-4; 8,95 10-2 6,833 10-2). Na classe dos parâmetros ligados à poluição orgânica não houve alteração significativa nas contagens dos coliformes fecais (21856 45176; 19837 40013), na Demanda Química de Oxigênio (17,4 8.5; 15,3 5,6), a Demanda Biológica de Oxigênio (2,44 2,27; 2,2 1,6), nas concentrações de nitrato (0,34 0,522; 0,35 0,37), nitrogênio total (1,67 1,48; 1,78 1,32) e oxigênio (5,27 1,81; 5,24 1,8). A concentração de fósforo total aumentou significativamente (0,138 0,155; 0,284 0,202; todas as concentrações em mg l-1). Os resultados indicam que os investimentos da indústria no tratamento de esgoto químico contribuiram na dimunuição dos metais pesados. A poluição oriunda do esgoto municipal permanece sem tendência de melhora desde 1980.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Uwe Horst Schulz - Coordenador / Leonardo Maltchik - Integrante.Financiador(es): Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Auxílio financeiro.

  • 1997 - 2001

    Aspectos biológico-pesqueiros de quatro espécies de peixes da Lagoa dos Quadros, Descrição: Aspectos biológico-pesqueiros de quatro espécies de peixes da Lagoa dos Quadros A pesca nas lagoas costeiras do Rio Grande do Sul é uma das atividades econômicas de fundamental importância para região. Nos últimos anos, verifica-se uma diminuição no número de espécies comercialmente importantes e um decréscimo acentuado nos estoques pesqueiros na Lagoa dos Quadros. Atualmente, a espécie Loricariichthys anus (Valenciennes, 1840) é a mais abundante nas capturas, correspondendo a 51% da biomassa total. Foram realizadas amostragens bimestrais no período de maio de 1997 a novembro de 1999, utilizando-se duas baterias de redes de espera de malha simples, de 15 a 60mm de entre-nós e malha feiticeira de 30 a 45mm de entre-nós. Foram capturados 851 indivíduos da espécie L. anus (53% do total de indivíduos capturados). De cada espécime registrou-se peso e comprimento total, sexo e estágio de maturação. Utilizando a freqüência relativa de adultos por classes de comprimento, determinou-se o tamanho médio da primeira maturação em 26,5cm . A mediana da malha 30mm (31,7cm) demonstra que o tamanho dos espécimes capturados nesta malha é superior ao comprimento de primeira maturação sexual da espécie. Com base nos resultados deste estudo, existe a possibilidade de considerar-se uma redução no tamanho das malhas legalizadas na Lagoa dos Quadros, passando de 35mm para 30mm entre-nós, sem que afete o recrutamento de juvenis. Entretanto, esta possibilidade é invalidada se o esforço pesqueiro não for diminuído, limitando-se a quantidade de redes por pescador e restringindo o acesso à lagoa daqueles que não dependem da pesca. Esta ação reverteria o quadro de distribuição dos comprimentos que, no momento, mostra uma sub-representação dos peixes com tamanhos superiores a 40cm.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Uwe Horst Schulz - Coordenador / Cláudio Motta Souto - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa / Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária - Cooperação / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 10

  • 1997 - 2000

    Investigação da ictiocenose do Rio dos Sinos, Descrição: Espécies de peixes não se encontram distribuídas de forma aleatória ao longo de um rio. Um padrão recorrente é o aumento da riqueza e abundância ao longo do gradiente lótico. Características físicas do habitat como largura, profundidade, velocidade da correnteza e substrato encontram-se relacionadas à esse processo. Modelos como a zonação de taxocenoses, sucessão e o conceito de continuidade de Rios foram propostos a fim de explicar a distribuição longitudinal das comunidades aquáticas de zonas temperadas. Localizado numa área sub-tropical, o Rio dos Sinos, com 190km de extensão, constitui-se num dos principais afluentes do Lago Guaíba. Os impactos relativos à concentração de grandes cidades e complexos industriais que lançam seus efluentes no rio refletem na baixa qualidade de suas águas. Trabalhos enfocando a ictiofauna do rio praticamente não existem. Este estudo foi realizado com o objetivo de caracterizar as comunidades de peixes presentes ao longo do Rio dos Sinos e investigar o padrão de distribuição espacial das mesmas. Durante o período de março de 1998 a outubro de 1999 foram realizadas amostragens sazonais em cinco pontos. Qualidades geomorfológicas permitiram caracterizar a localização de Fraga e Caraá no ritral, porção superior, e Monjolo, Parobé e São Leopoldo no potamal, região inferior do rio. Observou-se um aumento na riqueza e na abundância ao longo do eixo longitudinal. Um processo de adição longitudinal de espécies foi observado ao longo do Rio dos Sinos. O percentual de similaridade entre as comunidades adjacentes revelou a existência da formação de duas zonas distintas: uma superior, abrangendo os pontos Fraga e Caraá, e outra inferior, a partir de Monjolo. Dessa forma, a distribuição das comunidades de peixes do Rio dos Sinos é caracterizada pela zonação e pela adição longitudinal de espécies.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Uwe Horst Schulz - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa., Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 2

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2010

Homenagem ao Dia Mundial do Meio Ambiente para o Projeto Dourado, Câmara Municipal de São Leopoldo.

2003

Defensor do Rio do Sinos, Câmara Municipal de Novo Hamburgo.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade do Vale do Rio dos Sinos. , Av. UNISINOS, 950, Cristo Rei, 93022000 - São Leopoldo, RS - Brasil - Caixa-postal: 275, Telefone: (51) 35908160, Fax: (51) 5908122, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 1996 - Atual

    Universidade do Vale do Rio dos Sinos

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40

    Atividades

    • 09/1996

      Direção e administração, Centro das Ciências de Saúde, Laboratório de Ecologia de Peixes.,Cargo ou função, Membro de colegiado superior.

    • 09/1996

      Pesquisa e desenvolvimento , Centro das Ciências de Saúde, Laboratório de Ecologia de Peixes.,Linhas de pesquisa

    • 09/1996

      Ensino, Biologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, ECOLOGIA AMBIENTAL (UNISINOS), ECOLOGIA AMBIENTAL EXPERIMENTAL (UNISINOS), Ecologia de populações, Gerênciamento ambiental, Ecologia aquática

    • 09/1996

      Serviços técnicos especializados , Centro de Ciências da Saúde, .,Serviço realizado, CONSULTORIAS NA AREA DE AQUICULTURA E GERENCIAMENTO DA PESCA EM AGUA DOCE.

    • 11/2005 - 11/2005

      Extensão universitária , Centro das Ciências de Saúde, Laboratório de Ecologia de Peixes.,Atividade de extensão realizada, Curso de capacitação dos voluntários do Projeto Monalisa em São Francisco da Paula.

    • 11/2005 - 11/2005

      Extensão universitária , Centro das Ciências de Saúde, Laboratório de Ecologia de Peixes.,Atividade de extensão realizada, Curso de capacitação dos voluntários do Projeto Monalisa em Portão.

    • 10/2005 - 10/2005

      Extensão universitária , Centro das Ciências de Saúde, Laboratório de Ecologia de Peixes.,Atividade de extensão realizada, Curso de capacitação dos voluntários do Projeto Monalisa em Nova Santa Rita.

    • 09/2005 - 09/2005

      Extensão universitária , Centro das Ciências de Saúde, Laboratório de Ecologia de Peixes.,Atividade de extensão realizada, Curso de capacitação dos voluntários do Projeto Monalisa em Araricá.

    • 03/2005 - 03/2005

      Extensão universitária , Centro das Ciências de Saúde, Laboratório de Ecologia de Peixes.,Atividade de extensão realizada, Curso de capacitação dos voluntários do Projeto Monalisa.

    • 10/2004 - 10/2004

      Extensão universitária , Centro das Ciências de Saúde, Laboratório de Ecologia de Peixes.,Atividade de extensão realizada, 1. Curso de capacitação de voluntários do Projeto Monalisa.

    • 10/2004 - 10/2004

      Extensão universitária , Centro das Ciências de Saúde, Laboratório de Ecologia de Peixes.,Atividade de extensão realizada, 2. Curso de capacitação de voluntários do Projeto Monalisa para técnicos da EMATER.

    • 05/2000 - 03/2004

      Ensino, Conservação e Manejo da Vida Silvestre, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Avaliação e monitoramento biológico de impactos ambientais, Ecologia de populações, Biologia de peixes

    • 08/1999 - 07/2001

      Pesquisa e desenvolvimento , Centro das Ciências de Saúde, Laboratório de Ecologia de Peixes.,Linhas de pesquisa

  • 1995 - 1996

    Universidade Federal de Santa Catarina

    Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: BIOLOGO PESQUISADOR, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 03/1996 - 08/1996

      Ensino, Aquicultura, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Ecossistemas aquáticos de Santa Catarina

    • 03/1996 - 08/1996

      Serviços técnicos especializados , Departamento de Aquicultura, .,Serviço realizado, Consultoria para CASAN: A rampa aspera para substituir escada de peixe.

    • 09/1995 - 06/1996

      Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Aquicultura, .,Linhas de pesquisa

  • 1989 - 1995

    Fischereiforschungss Des Landes Baden Württemberg

    Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40

    Outras informações:
    trabalhou no gerenciamento da pesca do Lago de Constança e outros problemas relacionados com gerenciamento de estoques de peixes em águas interiores

  • 1986 - 1989

    Universitat Konstanz

    Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: BIOLOGO PEQUISADOR, Carga horária: 40

    Atividades

    • 03/1986 - 12/1988

      Pesquisa e desenvolvimento , Universität Konstanz, .,Linhas de pesquisa