Flávia Constância de Los Santos de Camargo

Médica Veterinária, com graduação concluída pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) no ano de 2018. Atualmente é mestranda do Programa de Pós-Graduação em Zootecnia da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), na área de Produção Animal, com ênfase em Fisiologia de Peixes.

Informações coletadas do Lattes em 21/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em andamento em Zootecnia

2018 - Atual

Universidade Federal de Santa Maria
Título: Utilização do óleo essencial de Aloysia triphylla em Jundiás intoxicados experimentalmente por Ocratoxina,Orientador: Mauro Alves da Cunha
Coorientador: Carla Cristina Zeppenfeld. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Fisiologia de Peixes.

Graduação em Medicina Veterinária

2013 - 2017

Universidade Federal de Santa Maria
Título: Controle de qualidade e inspeção de carnes em frigorífico de abate de aves e suínos
Orientador: Luis Fernando Vilanni de Pelegrin

Ensino Médio (2º grau)

2010 - 2012

Escola Estadual de Ensino Médio Bossoroca

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2015 - 2015

Produção na Suinocultura. (Carga horária: 40h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, SENAR, Brasil.

2005 - 2008

Informática nivel intermediário. (Carga horária: 96h). , Systen's Profissional Center, SPC, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Reprodução Animal.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Inspeção de Alimentos.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Garantia de Controle de Qualidade.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

CAMARGO, F. C. S. . XX SEMANA ACADÊMICA DE MEDICINA VETERINÁRIA DA UFSM. 2016. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Minicurso de nutrição de cães e gatos. 2016. (Outra).

Minicurso de Produção in Vitro de embriões bovinos. 2016. (Outra).

XI Simpósio Brasileiro de Melhoramento Animal. 2015. (Simpósio).

XXX Jornada Acadêmica Integrada - UFSM.Ocorrência de Anticorpos anti-Brucella abortus em equinos abatidos no estado do Rio Grande do Sul. 2015. (Outra).

Semana Acadêmica de Medicina Veterinária - UFSM. 2014. (Simpósio).

Círculo de qualidade CPQMVET - UFSM. 2013. (Encontro).

IV Simpósio em Produção Leiteira‏- UFSM. 2013. (Simpósio).

Jornada Acadêmica integrada - UFSM. 2013. (Seminário).

Minicurso em dermatopatias em cães, gatos e equinos. 2013. (Outra).

Semana Acadêmica de Medicina Veterinária - UFSM. 2013. (Simpósio).

X Ciclo de Palestras Pecuária de Corte- UFSM. 2013. (Simpósio).

XI Ciclo de Palestras Pecuária de Corte- UFSM. 2013. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Geni Salete Pinto de Toledo

TOLEDO, GENI SALETE PINTO DE; PELEGRINI, L. F. V.; Paulo Cesar Campagnol. Banca em Defesa de Estágio Curricular Supervisionado em Medicina Veterinária.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Santa Maria-RS.

Luis Fernando Vilani de Pelegrini

Toledo, G. S. P.;Pellegrin, Luis Fernando Vilani deCAMPAGNOL, Paulo Cézar Bastianello. Banca de defesa de Estágio Curricular Supervisionado. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Santa Maria.

Paulo Cezar Bastianello Campagnol

TOLEDO, G. S. P.;PELEGRINI, Luis Fernando Vilani deCAMPAGNOL, P. C. B.. Estágio Curricular Supervisionado em Medicina Veterinária. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Santa Maria.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Luis Fernando Vilani de Pelegrini

Estágio Supervisionado; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Santa Maria; Orientador: Luis Fernando Vilani de Pelegrini;

Sônia de Ávila Botton

; Clonagem, expressão e purificação do produto do gene exo-1,3-ß Glucanase de Pythium insidiosum; ; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Santa Maria, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Sônia de Avila Botton;

Alfredo Quites Antoniazzi

Respostas endócrinas do Interferon-tau; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Santa Maria, Fundo de Incentivo a Pesquisa _ UFSM; Orientador: Alfredo Quites Antoniazzi;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SERRANO MUJICA, LADY KATERINE ; BERTOLIN, KALYNE ; BRIDI, ALESSANDRA ; GLANZNER, WERNER GIEHL ; RISSI, VITOR BRAGA ; DE CAMARGO, FLÁVIA DE LOS SANTOS ; ZANELLA, RENATO ; PRESTES, OSMAR DAMIAN ; MORESCO, RAFAEL NOAL ; ANTONIAZZI, ALFREDO QUITES ; DIAS GONÇALVES, PAULO BAYARD ; PREMAOR, MELISSA ORLANDIN ; COMIM, FABIO VASCONCELLOS . The impact of postnatal leuprolide acetate treatment on reproductive characteristics in a rodent model of polycystic ovary syndrome. Molecular and Cellular Endocrinology (Print) , v. 442, p. 125-133, 2017.

  • CAMARGO, F. C. S. ; HERMANN, G. P. ; GOELZER, A. L. ; OSMARI, V. . Ocorrência da Anticorpos Anti-Brucella abortus em equinos abatidos no estado do Rio Grande do Sul. In: 30ª Jornada Acadêmica Integrada, 2015, Santa Maria. Anais 30ª Jornada Acadêmica Integrada, 2015.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2016 - Atual

    EFEITOS DA INIBIÇÃO DA DESACETILAÇÃO SOBRE A ESTRUTURA E FUNÇÃO NUCLEAR EM EMBRIÕES CLONADOS POR TRANSFERÊNCIA NUCLEAR, Descrição: A clonagem por transferência nuclear de células somáticas (SCNT) têm sido utilizada nos últimos anos para diversos fins, tanto para a produção de cópias de animais geneticamente superiores quanto para a produção de animais geneticamente modificados. Além disso, a SCNT tem sido usada principalmente como ferramenta de pesquisa básica, buscando compreender aspectos relacionados a reprogramação celular. Apesar de passados vários anos desde o nascimento do primeiro animal clonado a partir de uma célula somática, a eficiência da técnica ainda permanece baixa. As causas são multifatoriais, podem envolver características da espécie com que se está trabalhando bem como o tipo de célula utilizada como doadora de núcleo e citoplasto utilizado como receptor. Atualmente sabe-se que um dos principais problemas encontrados em embriões provenientes de clonagem estão relacionados a uma incompleta reprogramação da célula utilizada como doadora de núcleo, o que acaba por comprometer a expressão de genes necessários ao desenvolvimento embrionário normal. A proposta do presente projeto consiste em avaliar os efeitos do tratamento com inibidores de deacetilase sobre cromatina de embriões produzidos por transferência nuclear. Embora já tenha sido demonstrado que o principal efeito dos inibidores de deacetilase seja promover a hiperacetilação das histonas sabe-se que durante a reprogramação celular outros eventos epigenéticos devem ocorrer para que a célula doadora de núcleo seja reprogramada a um estágio totipotente. Desta maneira nossa proposta consiste em estudar os efeitos do inibidor de deacetilase, scriptaid, em associação com um inibidor de transcrição durante as primeiras horas de cultivo embrionário. Objetiva-se ainda avaliar o efeito do scriptaid, sobre a histona H1 de ligação durante o desenvolvimento embrionário, e sobre o processo de reclonagem.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Flávia Constância de Los Santos de Camargo - Integrante / ALESSANDRA BRIDI - Integrante / ALFREDO QUITES ANTONIAZZI - Integrante / FABIO VASCONCELLOS COMIM - Integrante / JOÃO RICARDO MALHEIROS DE SOUZA - Integrante / LADY KATERINE SERRANO MUJICA - Integrante / PAULO BAYARD DIAS GONÇALVES - Coordenador / VITOR BRAGA RISSI - Integrante / RICARDO DELLA MEA - Integrante / AMANDA LUIZA PRANTE - Integrante / FABRICIO AMADORI MACHADO - Integrante / GABRIELLE REBECA EVERLING CORREA - Integrante / JOAO FURTADO COLOMBO - Integrante / ROBERTA DELLA MEA - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Métodos de ativação para produção de embriões bovinos por Injeção Intracitoplasmática de Espermatozoide., Descrição: A producao in vitro de embrioes (PIVE) e uma tecnologia que consiste na manipulacao dos gametas masculino e feminino fora do trato reprodutivo. Considerada a terceira geracao de biotecnologia da reproducao, apos a inseminacao artificial (IA) e a transferencia de embrioes (TE), a PIVE proporciona, entre suas vantagens, um aumento do numero de individuos geneticamente superiores ao diminuir o intervalo e ampliar o numero de descendentes por geracoes. Embora a PIVE seja utilizada em especies como o suinos, equinos, caprinos e ovinos, a sua maior representatividade e relacionada a especie bovina. Entre as tecnicas utilizadas, a Injecao Intracitoplasmatica de Espermatozoides (ICSI) consiste na microinjecao de um unico espermatozoide no interior do citoplasma do oocito a ser fertilizado. Por ultrapassar as barreiras do oocito e da membrana plasmatica, e comumente utilizada quando se trata de graves alteracoes seminais ou em especies que ocorre um insucesso da tecnica convencional, como por exemplo em suinos e equinos. Um dos grandes problemas encontrados ao realizar a tecnica, e o ausencia da ativacao oocitaria fisiologica, obtida pela fecundacao (espermatozoide-oocito) e determinante para o aumento dos niveis intracelulares de Ca2+ seguida da transgressao do segundo bloqueio meiotico. Atualmente, tem se ampliado a busca por alternativas capazes de auxiliar na cascata de eventos responsaveis pela ativacao oocitaria. Nesse contexto, a inibicao de cinase dependente de ciclinas (CDK) ligadas ao Fator Promotor da Maturacao (MPF) e a ativacao de Porteina Cinase C (PKC) torna-se um grande foco de estudo. Durante o primeiro experimento, sera estudada a capacidade de extrusao do segundo corpusculo polar (2oCP) de oocitos bovinos ativados pelos tratamentos associados ou nao. Para tal sera realizada a fixacao dos oocitos tratados em uma solucao de 4% paraformaldeido e lavagem em solucao de Phosphate-Buffered Saline (PBS) acrescida de 1% Triton X-100. Posteriormente, serao corados com Hoechst 33342 (10 ?Êg/mL) e fixados em laminas histologicas com Vinyl-Alcohol (Mowiol). As laminas serao analisadas em microscopia de epifluorescencia, mediante a contagem de extrusoes do 2o corpusculo polar em cada tratamento. Enquanto no segundo experimento, sera estudada a capacidade de desenvolvimento embrionario de oocitos bovinos ativados pelos tratamentos associados ou nao. Para isso, sera realizada a ativacao partenogenetica dos oocitos tratados com adicao de Citocalasina B (CB) no meio de cultivo durante as primeiras horas (1h, 2h, 3h e 4h) apos o inicio da ativacao. Os embrioes serao avaliados segundo a taxa de Clivagem (Dia 2) e Blastocisto (Dia 7), a partir da ativacao oocitaria (Dia 0). Desta maneira, espera-se contribuir com a formacao de um protocolo mais eficiente de ativacao oocitaria, capaz de melhorar as taxas de embrioes bovinos produzidos por ICSI.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Flávia Constância de Los Santos de Camargo - Integrante / ALESSANDRA BRIDI - Integrante / BERNARDO AUGUSTO GUILARDI - Integrante / CAROLINA DOS SANTOS AMARAL - Integrante / IGOR GABRIEL ZAPPE - Integrante / JOÃO RICARDO MALHEIROS DE SOUZA - Integrante / KALYNE BERTOLIN - Integrante / LADY KATERINE SERRANO MUJICA - Integrante / MONIQUE TOMAZELE ROVANI - Integrante / PAULO BAYARD DIAS GONÇALVES - Coordenador / Vilceu Bordignon - Integrante / VITOR BRAGA RISSI - Integrante / WERNER GIEHL GLANZNER - Integrante / JULIANA GERMANO FERST - Integrante / KARINE CAMPAGNOLO - Integrante / RICARDO DELLA MEA - Integrante / PAULO ROBERTO ANTUNES DA ROSA - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Produção in vitro e caracterização da atividade do interferon-tau em cultivo celular para utilização em pesquisa básica e aplicada em medicina veterinária., Descrição: O reconhecimento materno da gestação é o processo pelo qual o concepto sinaliza sua presença no útero materno com a finalidade de manter a gestação. Um melhor conhecimento dos eventos que ocorrem nessa fase é de grande importância, visto que, as perdas gestacionais na bovinocultura leiteira neste período podem chegar até 40%. A sinalização responsável pelo reconhecimento materno da gestação em ruminantes é feita por uma proteína secretada pelo concepto chamada de interferon-tau (IFNT). A principal função desta citocina é a manutenção do corpo lúteo para síntese de progesterona, necessária para o reconhecimento, estabelecimento e manutenção da gestação. Inicialmente acreditava-se que a ação do IFNT nesse período era exclusivamente parácrina, porém hoje sabe-se que existe um componente endócrino. Inicialmente o IFNT produzido pelo concepto age no útero evitando pulsos luteolíticos de prostaglandina F2 alfa, hormônio responsável pelo início da luteólise. Além do reconhecimento materno da gestação, o IFNT é responsável por induzir a expressão de genes, denominados de genes estimulados por interferons (ISGs). Uma das proteínas expressas por estes genes em resposta ao IFNT é a ISG15, que possui função semelhante à ubiquitina. A expressão dessa proteína já foi descrita em várias células extra uterinas, mas foi inicialmente detectada em células mononucleares sanguíneas durante a gestação. Baseado nesse achado, foi sugerido que o IFNT possui um componente endócrino durante a gestação precoce. A hipótese é que o IFNT secretado pelo concepto passe para a circulação geral através da veia uterina. Ainda, foi identificada a presença de ISG15 em células luteais grandes do corpo lúteo no dia 15 da gestação em ovinos. Esses achados sustentam a hipótese de que o IFNT possui um componente endócrino durante o período do reconhecimento da gestação em ruminantes. Portanto, o objetivo deste projeto é validar um sistema de produção in vitro de IFNT utilizando um sistema de cultivo in vitro de células de embriões. Resultados obtidos anteriormente, sustentam a hipótese específica de que o IFNT tem um componente endócrino e ações em tecidos extra-uterinos, principalmente no corpo lúteo. As ações diretamente no corpo lúteo são principalmente aquelas que evitam a luteólise funcional (produção de progesterona) e estrutural (apoptose). Inicialmente, será realizado um sistema de cultivo de células do trofoblasto bovino para produção de IFNT in vitro. Logo após o estabelecimento do cultivo, será avaliado a atividade biológica do IFNT para a utilização primeiramente em experimentos in vitro e posteriormente in vivo. Também serão avaliadas as ações diretas do IFNT no corpo lúteo em cultivo celular, e em um segundo momento no modelo in vivo. Após a validação da ação in vitro, espera-se que o IFNT produzido in vitro sirva de alternativa ao recombinante para a utilização em pesquisas básicas e aplicadas em medicina veterinária. Além de gerar conhecimento para pesquisa básica, com a finalidade de um melhor entendimento dos eventos que compreendem o período de reconhecimento materno da gestação, o conhecimento gerado também proporcionará o desenvolvimento tecnológico.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (4) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Flávia Constância de Los Santos de Camargo - Integrante / ALESSANDRA BRIDI - Integrante / ALFREDO QUITES ANTONIAZZI - Coordenador / AMANDA KRUMMENAUER - Integrante / ANDRESSA MINUSSI PEREIRA DAU - Integrante / BERNARDO AUGUSTO GUILARDI - Integrante / CAROLINA DOS SANTOS AMARAL - Integrante / FABIO VASCONCELLOS COMIM - Integrante / IGOR GABRIEL ZAPPE - Integrante / JOÃO RICARDO MALHEIROS DE SOUZA - Integrante / JULIANA FELIPETTO CARGNELUTTI - Integrante / KALYNE BERTOLIN - Integrante / LADY KATERINE SERRANO MUJICA - Integrante / MARIANA PRIOTTO DE MACEDO - Integrante / MONIQUE TOMAZELE ROVANI - Integrante / PAULO BAYARD DIAS GONÇALVES - Integrante / Vilceu Bordignon - Integrante / VITOR BRAGA RISSI - Integrante / WERNER GIEHL GLANZNER - Integrante.

  • 2014 - Atual

    Expressão e papel funcional do receptor ativado por proliferador de peroxissomo (PPARgamma) na divergência folicular em bovinos., Descrição: Durante o desenvolvimento folicular apenas uma pequena parte dos foliculos chegam ao periodo pre-ovulatorio. Contudo, para que o foliculo atinja este estadio e necessario que haja um equilibrio entre a proliferacao celular e a nao reprogramacao da morte celular ou apoptose. Sabe-se que PPARs desenvolvem papeis na regulacao da apoptose, controle do ciclo celular, sintese e metabolismo de estradiol. Em ovelhas a expressao deste receptor e restrita primariamente as celulas da granulosa de foliculos em desenvolvimento sendo maior em foliculos menores quando comparado a foliculos maiores. No entanto, pouco se sabe sobre a participacao deste receptor na especie bovina no periodo da divergencia folicular. O presente trabalho tem como objetivo estudar a atuacao do receptor ativado por proliferador de peroxissomo (PPARgamma) nas celulas da granulosa durante o periodo da divergencia folicular usando o bovino como modelo animal. Foi estabelecido no nosso laboratorio um sistema de injecao intrafolicular que permite estudar, in vivo, a acao de fatores locais em eventos foliculares. Com este modelo, pretende-se estudar a participacao do PPARgamma no crescimento folicular em bovinos, atraves da injecao do seu agonista Thiazolidinedionas (TZD) no foliculo dominante. Para investigar se a expressao deste receptor e alterada durante o crescimento e divergencia folicular e, entre foliculo dominante e subordinado, sera avaliada a expressao de RNAm do PPARgamma nas celulas da granulosa de foliculos que se encontram nesta fase do ciclo. Ainda, serao realizados experimentos in vitro atraves do cultivo de celula da granulosa de foliculos durante o periodo da divergencia folicular para determinar se os fatores que estimulam o crescimento folicular influenciam na expressao de RNAm deste receptor, bem como avaliar o papel do TZD em genes que estimulam o crescimento folicular. Com estes estudos objetiva-se testar a hipotese de que PPARgamma participa da selecao do foliculo subordinado, induzindo apoptose e diminuindo a producao de estradiol do foliculo. Com a realizacao deste projeto pretende-se demonstrar, atraves de experimentos in vitro e in vivo, que o PPARgamma possui papel importante no processo de selecao do foliculo dominante, mais especificamente em bovinos. Alem disso, pretende-se mostrar que PPARgamma atua na inducao da atresia folicular atraves de estimulo a apoptose e diminuicao na producao de estradiol.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Flávia Constância de Los Santos de Camargo - Integrante / ALFREDO QUITES ANTONIAZZI - Integrante / ANDRESSA MINUSSI PEREIRA DAU - Integrante / FABIO VASCONCELLOS COMIM - Integrante / MONIQUE TOMAZELE ROVANI - Integrante / PAULO BAYARD DIAS GONÇALVES - Coordenador / JULIANA GERMANO FERST - Integrante / BERNARDO GARZIERA GASPERIN - Integrante / BRUNO MEZZOMO PASQUAL - Integrante / JOABEL TONELLOTTO DOS SANTOS - Integrante / MANUELA WOLKER MANTA - Integrante / ROGERIO FERREIRA - Integrante.

  • 2014 - Atual

    PRORENINA E RECEPTOR DE (PRO)RENINA NA OVULAÇÃO, ESTEROIDOGÊNESE E LUTEINIZAÇÃO EM BOVINOS, Descrição: A ação de gonadotrofinas (LH/FSH), durante o período peri-ovulatório, desencadeia uma ativação de rotas intracelulares a partir da mediação de fatores autócrinos e/ou parácrinos culminando em modificações morfológicas e funcionais nas células foliculares. Dentre outros eventos reprodutivos, o pico de hormônio luteinizante (LH) induz a esteroidogenese, a ovulação e, consequentemente, a formação do corpo lúteo (CL). Entretanto, os mediadores do LH nestes processos reprodutivos não estão completamente elucidados. Nosso grupo tem evidenciado uma participação efetiva do sistema renina-angiotensina (RAS), principalmente pela Ang II através do seu receptor (AGTR2) na ovulação de bovinos. A hipótese de uma participação direta da prorenina (componente do RAS) no período peri-ovulatório, incluindo a produção de progesterona (P4), evidenciada na década de 80, foi reforçada pela recente identificação do receptor de (pro)renina [(P)RR] nas células da teca e da granulosa na espécie bovina. Dessa forma, os objetivos deste projeto consistem em determinar a participação efetiva da prorenina/ (P)RR na ovulação, na esteroidogenese das células da teca e da granulosa, e portanto, na síntese de P4 durante a luteinização. Experimentos in vivo na espécie bovina serão utilizados para além da caracterização fisiológica da prorenina/(P)RR durante o período pré-ovulatório, luteinização e luteólise em espécie mono-ovular; estudar a possível ação da Ang II sobre o (P)RR estimulado pelo LH e o efeito do bloqueio do (P)RR intrafolicular sobre a síntese de P4 durante a formação do CL. Para avaliação do envolvimento da prorenina/(P)RR na ativação da cascata EGF induzida pelo LH nas células da granulosa, bem como para verificar sua implicação na esteroidogenese será utilizado diferentes modelos de cultivo de células da teca e da granulosa in vitro. Portanto, os resultados fornecerão subsídios para demonstrar que além da Ang II, a prorenina via ligação ao (P)RR também atua como efetor do RAS durante o período peri-ovulatório, trazendo, assim, uma nova perspectiva em relação ao papel fisiológico, farmacológico e terapêutico do RAS na ovulação, formação do corpo lúteo e luteólise.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Flávia Constância de Los Santos de Camargo - Integrante / ALFREDO QUITES ANTONIAZZI - Integrante / ANDRESSA MINUSSI PEREIRA DAU - Integrante / BERNARDO AUGUSTO GUILARDI - Integrante / FABIO VASCONCELLOS COMIM - Integrante / LADY KATERINE SERRANO MUJICA - Integrante / MARIANA PRIOTTO DE MACEDO - Integrante / PAULO BAYARD DIAS GONÇALVES - Coordenador / WERNER GIEHL GLANZNER - Integrante / JULIANA GERMANO FERST - Integrante / RICARDO DELLA MEA - Integrante / PAULO ROBERTO ANTUNES DA ROSA - Integrante / BRUNO MEZZOMO PASQUAL - Integrante / JOABEL TONELLOTTO DOS SANTOS - Integrante / MANUELA WOLKER MANTA - Integrante / AMANDA LUIZA PRANTE - Integrante / FABRICIO AMADORI MACHADO - Integrante / JOAO FURTADO COLOMBO - Integrante / RENE VALMOR THEOBALD - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de Santa Maria, Laboratório de Fisiologia de Peixes. , AC Universitária, Camobi, 97105970 - Santa Maria, RS - Brasil, Telefone: (55) 97101863

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2016 - Atual

    Universidade Federal de Santa Maria

    Vínculo: , Enquadramento Funcional:

  • 2014 - 2015

    Laboratório de Microbiologia Veterinária

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Perfazendo um total de 640 horas. Orientada pelo professor Geder Paulo Herrmann.

  • 2014 - 2014

    Hospital Veterinário de Santa Maria

    Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estagiária da UIPA, Carga horária: 60

    Outras informações:
    Perfazendo um total de 144 horas.

  • 2013 - 2014

    Laboratorio de Pesquisas Micologicas

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Bolsista do Programa de bolsas de Iniciação Científica da Fapergs, perfazendo um total de 640 horas.

  • 2017 - Atual

    Laboratório de Biotecnologia e Reprodução Animal

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista PROBIC/FAPERGS, Carga horária: 2, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Bolsista do projeto: PRORENINA E RECEPTOR DE (PRO)RENINA NA OVULAÇÃO, ESTEROIDOGÊNESE E LUTEINIZAÇÃO EM BOVINOS. Sob orientação do professor Paulo Bayard Dias Gonçalves.

  • 2016 - 2016

    Laboratório de Biotecnologia e Reprodução Animal

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista PROBITI/FAPERGS, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Bolsista do Projeto: Expressão e papel funcional do receptor ativado por proliferador de peroxissomo (PPARgamma) na divergência folicular em bovinos. Sob orientação do professor Paulo Bayard Dias Gonçalves.

  • 2016 - 2016

    Laboratório de Biotecnologia e Reprodução Animal

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista FIPE-UFSM, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Bolsista do projeto: Produção in vitro e caracterização da atividade do interferon-tau em cultivo celular para utilização em pesquisa básica e aplicada em medicina veterinária. Sob orientação do professor Alfredo Quites Antoniazzi.

  • 2015 - 2015

    Laboratório de Biotecnologia e Reprodução Animal

    Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 20

  • 2016 - 2016

    Diretório Acadêmico de Medicina Veterinária - UFSM

    Vínculo: voluntária, Enquadramento Funcional: Coordenadora de eventos

    Outras informações:
    Atuou como coordenadora de eventos, perfazendo um total de 90 horas, durante o ano de 2016.

  • 2017 - 2017

    Avisui Alimentos

    Vínculo: Estagiária curricular, Enquadramento Funcional: Inspeção e controle de qualidade, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.