Reisla Silva de Oliveira

Concluí a graduação em Ciências Biológicas, com ênfase em ecologia, pela Universidade Federal de Minas Gerais (1997), mestrado (2001) e doutorado (2010) em Ciências Biológicas, com ênfase em zoologia, pela Universidade Federal da Paraíba. Entre 2008 e 2010, enquanto bolsista do DAAD, realizei estágio de doutorado sanduíche na Universidade de Ulm, Alemanha. Atualmente, sou pós-doutoranda no Programa de Pós graduação em Ecologia, Conservação e Manejo da Vida Silvestre (ECMVS) na UFMG. Minha pesquisa integra estudos em ecologia comportamental e ecologia da polinização. Maternidade em 2008.

Informações coletadas do Lattes em 25/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Ciências Biológicas (Zoologia)

2006 - 2010

Universidade Federal da Paraíba
Título: Reprodução em abelhas solitárias: estratégias, conflitos e comunicação entre os sexos
Orientador: em Ulm University ( Manfred Ayasse)
com Clemens Peter Schlindwein. Bolsista do(a): Deutscher Akademischer Austauschdienst, DAAD, Alemanha. Palavras-chave: Comportamento animal; Estratégias de acasalamento; Comunicação química; Abelhas solitárias.Grande área: Ciências BiológicasGrande Área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Reprodução Animal / Especialidade: Estratégias de Acasalamento. Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Evolução / Especialidade: Evolução.

Mestrado em Ciências Biológicas (Zoologia)

1998 - 2001

Universidade Federal da Paraíba
Título: Polinização de Hancornia speciosa (Gomes- Apocynaceae) e comunidade de esfingídeos e plantas esfingófilas no Tabuleiro Paraibano, Nordeste do Brasil.,Ano de Obtenção: 2001
Orientador: Clemens Peter Schlindwein
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Polinização; Sphingidae; tabuleiro; Hancornia speciosa.Grande área: Ciências BiológicasGrande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Aplicada. Setores de atividade: Produção Vegetal.

Graduação em Ciências Biológicas

1993 - 1997

Universidade Federal de Minas Gerais
Título: Influência de um gradiente de urbanização na composção, riqueza em espécies e densidade populacional de abelhas (Hymenoptera: APOIDEA) em Belo Horizonte (MG).
Orientador: Fernando Amaral da Silveria
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2017

Pós-Doutorado. , Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil. , Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. , Grande área: Ciências Biológicas, Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Comportamento Animal. , Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia de Ecossistemas / Especialidade: Polinização.

2014 - 2017

Pós-Doutorado. , Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil. , Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. , Grande área: Ciências Biológicas, Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia de Ecossistemas / Especialidade: Polinização.

2010 - 2014

Pós-Doutorado. , Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil. , Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. , Grande área: Ciências Biológicas, Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Comportamento Animal.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2010 - 2010

Etologia Humana. (Carga horária: 6h). , Universidade Federal de Alfenas, UNIFAL/MG, Brasil.

2000 - 2000

Biologia Reprodutiva de Plantas. (Carga horária: 5h). , Universidade de Brasília, UnB, Brasil.

2000 - 2000

Biologia da Conservação. (Carga horária: 16h). , Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.

1999 - 1999

Fenologia de Espécies Arbóreas e Lianescentes. (Carga horária: 8h). , Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.

1998 - 1998

Curso Básico de Fotografia P&B: Foto Revelação e. (Carga horária: 108h). , Escola de Artes Abaporu, EA, Brasil.

1997 - 1997

Extensão universitária em Introdução ao Estudo da Cronobiologia.. (Carga horária: 10h). , Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.

1997 - 1997

Curso de Curta Duração. , Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.

1996 - 1996

Curso de Curta Duração. , Universidade de Brasília, UnB, Brasil.

1995 - 1995

Extensão universitária. , Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.

1995 - 1995

Curso de Curta Duração. , Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.

1994 - 1994

Curso de Curta Duração. , Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Francês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Alemão

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Comportamental.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Biologia da polinização.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

ARABE, L. B. ; BORGES, C. ; DINIZ, C. ; CRISTINA, R. ; ISNARDIS, A. ; MARIANA, M. ; MATTIOLI, J. ; MARA, L. ; Oliveira, Reisla . II Congresso de Mulheres na Ciência da UFMG. 2019. (Congresso).

Oliveira, R. . VI Congresso Brasileiro de Ornitologia. 1997. (Congresso).

Oliveira, R. . 7º Semana de Estudos de Biologia. 1994. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Ciclo de palestras Biologia e conservação de cactos e seus polinizadores nas Guaritas..Biologia e conservação de cactos e seus polinizadores nas Guaritas. 2018. (Seminário).

Ciclo de palestras Biologia e conservação de cactos e seus polinizadores nas Guaritas..Minha flor, minha vida: o papel das flores na reprodução de abelhas oligoléticas.. 2018. (Seminário).

I Congresso de Mulheres na Ciência da UFMG. 2018. (Congresso).

IX Encuentro Colombiano sobre Abejas Silvestres: Abejas nativas, Cambio Climático y Bienestar humano en Colombia; V Congresso Colobiano de Zoologia. INFLUENCIA DE LA DISPONIBILIDAD DE RECURSOS FLORALES Y DEL RIESGO DE DEPREDACIÓN EN EL COMPORTAMIENTO REPRODUCTIVO DE UNA ABEJA SOLITARIA (HYMENOPTERA, APOIDEA). 2018. (Congresso).

XII Encontro sobre Abelhas.Endangered Parodia cacti depend on specialist bee pollinators to reproduce. 2018. (Encontro).

XII Encontro sobre Abelhas.Pollinator effectiveness of male bees in Parodia neohorstii (Cactaceae) is tied to their mating strategy. 2018. (Encontro).

XII Encontro sobre Abelhas,.Nesting biology of Ptilothrix fructifera (Apidae), a solitary bee oligolectic in Opuntia (Cactaceae). 2018. (Encontro).

I Workshop da Base de Dados de Interações Planta-Polinizador?.Workshop da Base de Dados de Interações Planta-Polinizador. 2017. (Outra).

Symposium and Workshop on Ecology and Evolution of Plant Reproduction.Partitioned pollen presentation in melittophilous Loasaceae and the influence of competition on pollen foraging in oligolectic bee pollinator. 2017. (Simpósio).

XII Encontro sobre Abelhas.Endangered Parodia cacti depend on specialist bee pollinators to reproduce. 2017. (Encontro).

IX Encontro Brasileiro de Ecologia Química.New approaches to chemical ecology. 2015. (Encontro).

XI Encontro sobre abelhas.POLLINATION OF RED LIST PETUNIA MANTIQUEIRENSIS (SOLANACEAE) BY TWO LOYAL SPECIES OF PSEUDAGAPOSTEMON (HALICTIDAE). 2015. (Encontro).

XI Encontro sobre abelhas.EFFECTS OF PREDATION RISK ON TERRITORIAL BEHAVIOR OF MALE Ptilothrix fructifera (HYMENOPTERA, APIDAE). 2015. (Encontro).

XXXII Encontro Anual de Etologia e V Simpósio Latino-Americano de Etologia.Biologia reprodutiva e territorialidade em artrópodes. 2014. (Encontro).

XXIX Congresso Brasileiro de Zooloiga. Beija-flores (Aves, Trochilidae) discriminam a qualidade do recurso alimentar?. 2012. (Congresso).

Treffen Chemisch-Ökologischer Arbeitsgruppen aus Baden-Württemberg. 2010. (Encontro).

XXVII Encontro Anual de Etologia.Machos de Ptilothrix fructifera (Hymenoptera, Apidae, Emphorini) adotam táticas de acasalamento alternativas. 2009. (Encontro).

Treffen Chemisch-Ökologischer Arbeitsgruppen aus Baden-Württemberg. 2008. (Encontro).

VIII Congresso de Ecologia do Brasil. Conservação dos polinizadores - Palestra: Rede de interações esfingídeos-plantas e sua relação com a produção de mangabas. 2007. (Congresso).

VIII Congresso de Ecologia do Brasil. Polilectia em Tetrapédia (Apidae, Tetrapediini): fêmeas buscam pólen de numerosas espécies na Floresta Atlântica de Pernambuco. 2007. (Congresso).

19th Annual Meeting of the Society for Tropical Ecology;.Euglossine bees (Apidae, Euglossini) in the Northern Atlantic Rainforest of Brazil: Diversity, habitat requirements and importance as specialized pollinators.. 2006. (Simpósio).

VI Encontro sobre abelhas.Diagnóstico e Manejo dos Polinizadores de Mangabeira e Aceroleira. 2006. (Encontro).

XXI Congresso Brasileiro de Entomologia. XXI Congresso Brasileiro de Entomologia. 2006. (Congresso).

Annual Meeting of the Association for Tropical Biology and Consaervation.Repetitive floral visits diminsh fruit set in Hancornia speciosa Gomes (Apocynaceae)?.. 2005. (Encontro).

VI Encontro Brasileiro de Ecologia Química. 2005. (Encontro).

8th International Conference on Tropical Bees and VI Encontro sobre Abelhas.Proceedings of the 8th International Conference on Tropical Bees and VI Encontro sobre Abelhas. 2004. (Encontro).

Simpósio Brasileiro Sobre a cultrua da mangaba..Polinização de Hancornia speciosa (Apocynaceae). 2003. (Simpósio).

VI Congresso de Ecologia do Brasil. Diferentes demandas ambientais em Eulaema (Apidae, Euglossini) da Mata Atlântica Nordestina.. 2003. (Congresso).

52 Congresso de Ecologia do Brasil: Ambiente X Sociedade. Esfingídeos (Lepidotpera, Sphingidae) no Tabuleiro Paraibano: espécies generalistas como polinizadores efetivo. 2001. (Congresso).

XXIII Reunião Nordestina de Botância. 2000. (Outra).

50 Congresso Nacional de Botânica. 50 Congresso Nacional de Botânica. 1999. (Congresso).

I Seminário de Pós-Graduação e I Encontro de Pós-Graduandos da UFPB..I Seminário de Pós-Graduação e I Encontro de Pós-Graduandos da UFPB.. 1999. (Seminário).

3 Encontro Sobre Abelhas.Influência de um gradiente de urbanização na composição, riqueza em espécies e densidade populacional de abelhas (Hymenoptera: APOIDEA) em Belo Horizonte (MG).. 1998. (Encontro).

4 Congresso de Ecologia do Brasil. O sistema reprodutivo de Diplusodon hirsutus (Lytraceae) na Serra do Cipó.. 1998. (Congresso).

IV Congreso Latinoamericano de Ecologia e II Congreso peruano de Ecologia. IV Congreso Latinoamericano de Ecologia e II Congreso peruano de Ecologia. 1998. (Congresso).

XXII Congresso Brasileiro de Zoologia. Distribuição espacial e substratos utilizados para construção de teias de Porrimosa lagotis (Lycosidae) em áreas de cerrado e mata de galeria em Sete Lagoas (MG).. 1998. (Congresso).

49a Reunião Anual da SBPC. 1997. (Outra).

ASLO-Aquatics Sciences Meeting.Proximate causes for a collapse of Daphinia laevis population in Pampulha.. 1997. (Encontro).

III Eugene Warming Lectures In Evolutionary Ecology. 1997. (Seminário).

VI CongressoBrasileiro de Limnologia. Possíveis causas para o colapso de uma população de Daphinia laevis no Reservatório da Pampulha, MG- Brasil: um estudo de 24 hs.. 1997. (Congresso).

VI Congresso Brasileiro de Ornitologia. Táticas de forrageamento do bacurau rupestre, Caprimulgus longirostris, na Serra do Curral (MG).. 1997. (Congresso).

VI Semana de Iniciação Científica da UFMG.Influência de um gradiente de urbanização na composição, riqueza em espécies e densidade populacional de abelhas (Hymenoptera: APOIDEA) em Belo Horizonte.. 1997. (Outra).

3 Congresso de Ecologia do Brasil. 1996. (Congresso).

4 Simpósio Internacional Sobre Ecossistemas Florestais - FOREST'96. 1996. (Simpósio).

II Encontro Sobre Abelhas. 1996. (Encontro).

XXI Congresso Brasileiro de Zoologia. 1996. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: ALINE UNES NEGROMONTE LIMA

Antonini, Y.; Martins, Cristiane;Oliveira, Reisla. O papel das abelhas nativas na polinização do morango (Fragaria x ananassa) em cultivos orgânicos. 2019. Dissertação (Mestrado em Ecologia de Biomas tropicais) - Universiadade Federal de Ouro Preto.

Aluno: Vivian Heloise Tavares de Sousa

PEIXOTO, P. E. C.; GALDINO, C. A. B.;Oliveira, R.. Tudo pra ficar com ela: a experiência prévia com cópulas determina a tática de acasalamento adotada por machos de uma espécie de libélula. 2018. Dissertação (Mestrado em Zoologia) - Universidade Estadual de Feira de Santana.

Aluno: Amanda Rodrigues Vieira

MOTA, T. R.; Moraes, G.S.P.; Baron, J;OLIVEIRA, R. Modulação da aprendizagem visual por aminas biogênicas e sensibilidade espectral da fototaxia positiva em Apis mellifera. 2018. Dissertação (Mestrado em Neurociências) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Fernanda de Souza Sá

AZEVEDO, C. S.;Oliveira, R.; RODRIGUES, F.. Forrageio social em catetos: táticas, dominância, habilidade competitiva e sucesso.. 2017. Dissertação (Mestrado em Ecologia de Biomas Tropicais) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Aluno: João Victor Saraiva Raimondi Lopes

AZEVEDO, C. S.;Oliveira, R.; FONTENELLE, J. C. R.. Efeitos do uso do detergente doméstico neutro no comportamento e personalidade do guppy Poecilia reticulata (Peters, 1859) (Osteicthyes: Poeciilidae).. 2017. Dissertação (Mestrado em Ecologia de Biomas Tropicais) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Aluno: Rachel Anne Alencar Martins

MARTINS, C.F.SCHLINDWEIN, C.Oliveira, R.. Interações entre abelhas e flores de pólen do gênero Senna. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Zoologia)) - Universidade Federal da Paraíba.

Aluno: Jaqueline Alves Pereira

Souza, H.C.; CORNELLISSEN, T.;Oliveira, R.. Herbivoria foliar em populações e espécies arbóreas cogenéricas entre flroestas paludosas e de encosta. 2015. Dissertação (Mestrado em Ecologia de Biomas Tropicais) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Aluno: Ana Laura de araújo Franco Dutra Pimentel

Alves dos Santos, I.; FONTENELLE, J. C. R.;Oliveira, R.. Acasalar demais é uma perda de tempo? Custos da cópula para fêmeas de duas espécies de abelhas solitárias.. 2015. Dissertação (Mestrado em Ecologia de Biomas Tropicais) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Aluno: Lívia Soares Furtado

Oliveira, R.; Vilela, D.. Treinamento antipredação de papagaios verdadeiros ? Amazona aestiva (Linaeus, 1758).. 2013. Dissertação (Mestrado em Ecologia de Biomas Tropicais) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Aluno: Juliana Aparecida Pereira da Silva

Paiva, E.; Avila, R.S.;Oliveira, R.. Polinização de Philodendron adamantinum (Araceae) no Parque Estadual Rio Preto. 2012. Dissertação (Mestrado em Ecologia de Biomas Tropicais) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Aluno: Valdir Lamim Guedes Junior

Oliveira, R.; Mendonça-Filho;Antonini, Y.. Especialização em sistemas planta-polinizador: características florais e oferta de recursos florais. 2011. Dissertação (Mestrado em Ecologia de Biomas Tropicais) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Aluno: Adauto Alex dos Santos

MARTINS, C.F.Oliveira, R.; ZANELLA, F.C. V.. Composição e diversidde de abelhas e vespas solitárias em agroecossitemas no estado de Pernambuco. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Zoologia)) - Universidade Federal da Paraíba.

Aluno: Ricardo Marcelino Claudino

Oliveira, Reisla; COSTA, F. V.; BRAGA, E. M.; LEITE, L. O.; SILVA, P. G.. Como diferentes guildas de avifauna respondem a dois mecanismos de estruturação da comunidade na Mata Atlântica: estrutura da vegetação e disponibilidade de recurso alimentar".. 2019. Tese (Doutorado em Ecologia (Conservação e Manejo da Vida Silvestre)) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Nelson Silva Pinto

GALDINO, C. A. B.; PEIXOTO, P. E. C.; ETEROVICK, P. C.; KLOSS, T. G.;Oliveira, R.. Animais fantásticos e como eles resolvem conflitos.. 2018. Tese (Doutorado em Ecologia e Biomonitoramento) - Universidade Federal da Bahia.

Aluno: Leonardo Henrique Dias da Silva

PAGLIA, A. P.; AGUIAR, LUDMILLA M.S.; PASCHOAL, A. M. O.;OLIVEIRA, R. Diversidade, uso da paisagem e distribuição espacial de morcegos em um ecótone Cerrado Mata Atlântica. 2017. Tese (Doutorado em Ecologia (Conservação e Manejo da Vida Silvestre)) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Paulo Milet Pinheira

FREITAS, L.; Imperatriz Fonseca, V.L.;Navarro, DanielaOliveira, R.SCHLINDWEIN, C.. Abelhas oligolétics e plantas hospedeiras: ecologia cognitiva e da polinização. 2010. Tese (Doutorado em Biologia Vegetal) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Gracielle de Fátima Braga Pereira

SILVERIA, F. A.; SANTOS, A. J.; PEIXOTO, P. E. C.;Oliveira, R.. Seleção sexual críptica em artrópodes. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Zoologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Priscila de Cássia Souza Araújo

SANTOS, A. J.; Baron, J;OLIVEIRA, R. ORIGEM E EVOLUÇÃO DOS OLHOS DOS ARTHROPODA. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Zoologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: WAGNER PEREIRA SILVA

OLIVEIRA, R; MACEDO, R. H. F.; FRIZZAS, M. R.. Comportamento e adaptações morfológicas para cópula nos machos das abelhas coletoras de óleo das tribos Tetrapediini e Tapinotaspidini (Hymenoptera, Apidae). 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Zoologia) - Universidade de Brasília.

Aluno: Juliana Ordones Rego

FIGUEIRA, J. E.; TEIXIDO, A. L.;Oliveira, R.. Danos às flores por Trigona fulviventris (Apidae, Meliponini) diminui o sucesso reprodutivo de Eriocnema fulva (Melastomataceae), espécie ameaçada de extinção.. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Ecologia (Conservação e Manejo da Vida Silvestre)) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Renata Marinho Cruz

MARTINS, C.F.; Lpes, L.C.S.;Oliveira, R.. COMUNIDADES DE ABELHAS EM PAISAGENS COM DIFERENTES NÍVEIS DE URBANIZAÇÃO. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Zoologia)) - Universidade Federal da Paraíba.

Aluno: William Oliveira Sabino

SHIMIZU, R. M.; GAROFALO., C. A.;Oliveira, R.. ?Sistema de acasalamento e local não usual de dormitório de machos e fêmeas de Centris (Paracentris) burgdorfi Friese (Apidae, Centridini). 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Ecologia) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Danilo Vieira

Oliveira, R.S.; KOZOVITS, A.. Historia de vida de Arthrocereus glaziovii (Cactaceae) no Quadrilátero Ferrífero, Minas Gerais.. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ecologia de Biomas Tropicais) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Aluno: Carlos Magnu de Faria

AZEVEDO, C. S.; VASCONCELLOS, A.;Oliveira, R.. Projeto catetos: subsídios para reintrodução. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Ecologia de Biomas Tropicais) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Aluno: BREHNA TEIXEIRA DE MELO

FONTENELLE, J. C. R.; Leandro, C.M;Oliveira, R.. O papel da coloração floral na polinização Byrsonima variabilis (Malpighiaceae). 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Ecologia de Biomas tropicais) - Universiadade Federal de Ouro Preto.

Aluno: Gustavo Junios de Araújo

Antonini, Y.; Mucci, G.;Oliveira, R.. Diversidade de abelhas e vespas em ninhos-armadilhas nas matas ciliares da Estação ambietal de Volta Grande: riqueza e abundância em áreas com diferentes estágios sucessiocnais.. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Ecologia de Biomas Tropicais) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Aluno: Márcia Fontes de Figueiredo Lima

AZEVEDO, C. S.; Palhares, C.;Oliveira, R.. Diferenças entre comportmantos e hormônios fecais de estresse em emas (Rhea americana, Rheidae, aveas) antes, durante e após a aplicação de técnicas de enriquecimentos ambiental e frente a modelos de predadores e não predadores. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Ecologia de Biomas Tropicais) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Aluno: Grazielli di Franci Dueli

FONTENELLE, J. C. R.;Oliveira, R.; RIBEIRO, S. P.. Comportamento reprodutivo da Sarginae (Diptera stratiomyidae) em diferentes fisionomias vegetais.. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Ecologia de Biomas Tropicais) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Aluno: Lívia Soares Furtado

FONTENELLE, J. C. R.;Oliveira, R.; AZEVEDO, C. S.. Treinamento pré-soltura de papagaios verdadeiros - Amazona aestiva - (Linnaeus, 1958). 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Ecologia de Biomas Tropicais) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Aluno: Letícia Carvalho Boratto

MELLO, M. A. R.;OLIVEIRA, R. Ecologia da comunicação visual na polinização de Banksia (Proteaceae). 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Bartira Gomes Franco

OLIVEIRA, R. S.; AZEVEDO, C. S.; Faria, C.M.. Etograma parcial e orçamento temporal do veado catingueiro (Mazama gouazoubira) em cativeiro. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Aluno: Déborah Maria Moreira da Silva

AZEVEDO, C. S.; Barçante, L.;Oliveira, R.. Influência do enriquecimento ambiental no comportamento de camundongos infectados por Trypanosoma cruzi. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Aluno: Júlia Rocha Caldeira

AZEVEDO, C. S.; Souza, M.S.;Oliveira, R.. Efeitos do enriquecimento ambiental no comportamento de arara-azul-de-Lear (Anodorhynchus leare, Psitacidae) no zoológico da Fundação Zoo Botância de Belo Horizonte. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Aluno: Bianca Vidigal Mendes

Pires, M.R.S.; FONTENELLE, J. C. R.;Oliveira, R.. História natural de Hypsiboas faber (Wied-Neuwied, 1821) (Anura, Hylidae) ao longo de uma estação reprodutiva.. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Aluno: Ana Laura Franco Dutra Pimentel

FONTENELLE, J. C. R.;Antonini, Y.Oliveira, R.. Defesa induzida por herbivoria na planta mirmecófila Stachtarpheta glabra Cham. (Verbenaceae). 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Aluno: Lucas Lopes Lanna

AZEVEDO, C. S.; Barçante, L.;Oliveira, R.. Preferência e comportamento alimentar de beija-flores (Trochilidae, Aves) em manchas artificiais de recursos alimentares. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Aluno: Poliana Yumi Ojima

Oliveira, R.; CARVALHO, A. T.;SCHLINDWEIN, C.. As abelhas (Hymenoptera, Apidae) e suas flores das bordas de Mata Atlântica em Pernambuco, Brasil. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Airton Torres Carvalho

Oliveira, R.SCHLINDWEIN, C.; Primo, L.. Polinização e Biologia Reprodutiva de uma espécie de Bignoniaceae no Parque Nacional do Catimbau. 2006 - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Roberta Pereira Ferreira

MARTINS, C.F.; Madeira-da-Silva, M.C.;Oliveira, R.; ZANELLA, F.C. V.; DUARTE, A. J. C.. Hymenoptera nidificantes em cavidades preexistentes em João Pessoa, PB: Biologia da nidificação e recursos utilizados.. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal da Paraíba.

Aluno: Martin Duarte de Oliveira

SCHLINDWEIN, C.; ALVES, M.V,;Oliveira, R.; PICK, R. A.. Avaliação dos polinizadores de Malpighia emarginata (acerola - Malpighiaceae) na Zona da Mata de Pernambuco.. 2005 - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Carlos Eduardo Pinto da Silva

Oliveira, R.; SCHESSL, M.. Visitas florais consecutivas diminuem a produção de frutos em Hancornia speciosa?. 2005 - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Paulo Milet Pinheiro

Oliveira, R.SCHLINDWEIN, C.; MACHADO, I.C.. Machos de Euglossini (Hymenoptera, Apidae) saem da mata fechada para coletar fragrâncias dentro de um canavial?.. 2004 - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Suiá Kafure

Oliveira, R.; ELIANE;SCHLINDWEIN, C.. Flora apícola, Descrição Polínica e Tipificação de Amostras de Méis da Caatinga nos Arredores de Ouricuri, Pernambuco.. 2004 - Universidade Federal de Pernambuco.

Antonini, Y.; AZEVEDO, C. S.; FONTENELLE, J. C. R.; KOZOVITS, A. R.;Oliveira, R.; PEREZ, A. P. F.. Seleção de alunos para ingresso no Programa de Pós Graduação em Ecologia de Biomas Tropicais, nível mestrado. 2012. Universidade Federal de Ouro Preto.

Antonini, Y.; AZEVEDO, C. S.;Oliveira, R.; PEREZ, A. P. F.. Seleção de alunos para ingresso no Programa de Pós Graduação em Ecologia de Biomas Tropicais, nível mestrado. 2011. Universidade Federal de Ouro Preto.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Isabel Cristina Sobreira Machado

SCHLINDWEIN, C.MACHADO, I. C.MARTINS, C. F.. Polinização de Hanchornia speciosa (Apocynaceae) e comunidade de esfingídeos e plantas esfingófilas no tabuleiro paraibano, Nordeste do Brasil. 2001. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Zoologia)) - Universidade Federal da Paraíba.

Celso Feitosa Martins

OLIVEIRA, R. S.MARTINS, C. F.Schlindwein, C.; MACHADO, I.S.C.. Polinização de Hancornia speciosa (Apocynaceae) e comunidades de esfingídeos e plantas esfingófilas no tabuleiro paraibano, Nordeste do Brasil. 2001. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Zoologia)) - Universidade Federal da Paraíba.

Celso Feitosa Martins

MARTINS, C. F.Schlindwein, C.ZANELLA, F. C. V.; LANGGUTH, A. R. B.; Blochtein, B.. Reprodução em abelhas solitárias: estratégias, conflitos e comunicação entre os sexos. 2010. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Zoologia)) - Universidade Federal da Paraíba.

FERNANDO CÉSAR VIEIRA ZANELLA

SCHLINDWEIN, Clemens; BLOCHTEIN, B.;MARTINS, Celso Feitosa; LANGUTH, A.;ZANELLA, F. C. V.. Reprodução em abelhas solitárias: estratégias dos machos, conflitos e comunicação entre os sexos. 2010. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Zoologia)) - Universidade Federal da Paraíba.

Clemens Peter Schlindwein

Oliveira, ReislaSchlindwein, C.Machado, Isabel CristinaMartins, C. F.. Polinização de Hancornia speciosa (Apocynaceae) e comunidade de esfingídeos e plantas esfingófilas no Tabuleiro Paraibano, Nordeste do Brasil. 2001. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Zoologia)) - Universidade Federal da Paraíba.

Clemens Peter Schlindwein

Schlindwein, C.; Langguth, A.;Blochtein, BetinaMartins, C. F.Zanella, Fernando Cêsar Vieira. Reprodução em abelhas solitárias: estratégias, conflitos e comunicação entre os sexos. 2010. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Zoologia)) - Universidade Federal da Paraíba.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Amanda Vieira da Silva

Machos de Nephila clavipes usam o forrageio da fêmea como janela de oportunidade para cópula?; Início: 2018; Dissertação (Mestrado profissional em Ecologia (Conservação e Manejo da Vida Silvestre)) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Coorientador);

Letícia Cândida Pataca

Interações entre Calibrachoa elegans (Solanaceae) e machos de Hexantheda (Colletidae, Neopasiphaeninae): impacto na polinização, preferências florais e comportamento; ; Início: 2018; Dissertação (Mestrado profissional em Biologia Vegetal) - Universidade Federal de Minas Gerais; (Coorientador);

Ana Laura Araujo Franco Dutra Pimentel

Comportamento reprodutivo em abelhas solitárias: territorialidade e sinalização química; Início: 2016; Tese (Doutorado em Ecologia (Conservação e Manejo da Vida Silvestre)) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Coorientador);

Ana Luisa Cordeiro Vieira

Polinização de Calibrachoa elegans (Solanaceae) e comportamento de abelhas oligoléticas; 2019; Dissertação (Mestrado em Biologia Vegetal) - Universidade Federal de Minas Gerais,; Coorientador: Reisla Silva de Oliveira;

BREHNA TEIXEIRA DE MELO

A influência da coloração floral na polinização de Byrsonima variabilis (Malpighiaceae); ; 2018; Dissertação (Mestrado em Ecologia de Biomas Tropicais) - Universidade Federal de Ouro Preto, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Reisla Silva de Oliveira;

Estefane N

L; Siqueira; Abelhas noturnas e suas relações com plantas de floração maciça: um estudo de caso em Papilionoidae/Fabaceae; ; 2016; Dissertação (Mestrado em Ecologia (Conservação e Manejo da Vida Silvestre)) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Reisla Silva de Oliveira;

Fernanda Figueiredo

Interação entre Petunia mantiqueirensis (Solanaceae) e polinizadores; ; 2016; Dissertação (Mestrado em Ecologia (Conservação e Manejo da Vida Silvestre)) - Universidade Federal de Minas Gerais,; Coorientador: Reisla Silva de Oliveira;

Ana Laura de araújo Franco Dutra Pimentel

Acasalar demais é uma perda de tempo? Custos da cópula para fêmeas de duas espécies de abelhas solitárias; 2015; Dissertação (Mestrado em Ecologia de Biomas Tropicais) - Universidade Federal de Ouro Preto,; Orientador: Reisla Silva de Oliveira;

Rodrigo Assunção Silveira

Biologia reprodutiva e distribuição espacial de duas espécies do gênero Discocactus (Cactaceae) no Parque Estadual do Rio Preto, Minas Gerais; ; 2012; Dissertação (Mestrado em Ecologia de Biomas Tropicais) - Universidade Federal de Ouro Preto, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Reisla Silva de Oliveira;

Cristiane Martins

Sistemas Reprodutivos e Biologia Floral de Cipocereus minensis (Quiabo da Lapa) e Hancornia speciosa (Mangaba), Duas Espécies Frutíferas Nativas do Cerrado, em áreas do Parque Estadual do Rio Preto, São Gonçalo do Rio Preto, Minas Gerais; ; 2011; Dissertação (Mestrado em Ecologia de Biomas Tropicais) - Universidade Federal de Ouro Preto,; Coorientador: Reisla Silva de Oliveira;

Juliana Aparecida Pereira da Silva

Polinização de Philodendron adamantinum (Araceae) no Parque Estadual Rio Preto, MG; 2011; Dissertação (Mestrado em Ecologia de Biomas Tropicais) - Universidade Federal de Ouro Preto,; Orientador: Reisla Silva de Oliveira;

Hernando de Barros Siqueira Neto

USO DE NINHOS-ARMADILHA POR ABELHAS Tetrapedia (APIDAE) NA MATA ATLÂNTICA: COMPORTAMENTO DE NIDIFICAÇÃO E APROVISIONAMENTO LARVAL; 2007; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Reisla Silva de Oliveira;

Carlos Eduardo Pinto da Silva

Visitas florais consecutivas diminuem a produção de frutos em Hancornia speciosa Gomez (Apocynaceae)?; 2006; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Pernambuco; Orientador: Reisla Silva de Oliveira;

Ariadna de Sousa Assis

Influência da visitação no tempo de vida de flores Schlumbergera truncata (Cactaceae); ; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Abi - Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Reisla Silva de Oliveira;

Christiane Rodrigues Pereira

Machos territoriais de Ptilothrix fructifera (Hymenoptera, Apidae) alteram seu comportamento frente à iminência de predação?; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Ouro Preto, Universidade Federal de Ouro Preto; Orientador: Reisla Silva de Oliveira;

Katia Vieira da Silva

Mudanças de cores florais alteram o padrão de visitas às flores de Byrsonima variabilis (Malpighiaceae)?; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universiadade Federal de Ouro Preto, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Reisla Silva de Oliveira;

Christiane Rodrigues Pereira

Investimento parental em Megachile anthidioides (Apoidea, Megachilidae): o tamanho corporal da mãe influencia no sexo da prole?; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Ouro Preto, Universiadade Federal de Ouro Preto; Orientador: Reisla Silva de Oliveira;

Luana Ferreira de Jesus

Esfingídeos e plantas esfingófilas no Parque Estadual do Rio Preto, MG; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Ouro Preto, Universiadade Federal de Ouro Preto; Orientador: Reisla Silva de Oliveira;

Betrice Grieb

Relação entre o peso do fruto e o número de sementes e o sucesso de germinação de mangabas (Hancornia speciosa 0 Apocynaceae) no Paruqe Estadual do Rio Preto, MG; 2011; Orientação de outra natureza - Universidade Federal de Ouro Preto; Orientador: Reisla Silva de Oliveira;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Celso Feitosa Martins

Reprodução em abelhas solitárias: estratégias, conflitos e comunicação entre os sexos; 2010; Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Zoologia)) - Universidade Federal da Paraíba, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Coorientador: Celso Feitosa Martins;

Fernando Amaral da Silveira

Influência de um gradiente de urbanização na abundância, riqueza e composição em espécies de abelhas em Belo Horizonte (MG); 1997; 0 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado Em Ciências Biológicas Ênfase Em Ecolo) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Fernando Amaral da Silveira;

Fernando Amaral da Silveira

Levantamento da Fauna de Abelhas Silvestres da Zona Metalúrgica de Minas Gerais - A fauna das áreas urbanas de Belo Horizonte; ; 1997; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas Ênfase Em Ecologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Fernando Amaral da Silveira;

Clemens Peter Schlindwein

Reprodução em abelhas solitárias: estratégias, conflitos e comunicação entre os sexos; 2010; Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Zoologia)) - Universidade Federal da Paraíba, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Clemens Peter Schlindwein;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • Martins, Cristiane ; Oliveira, R. ; AGUIAR, LUDMILLA M.S. ; Antonini, Y. . Pollination biology of the endangered columnar cactus Cipocereus crassisepalus: a case of close relationship between plant and pollinator. ACTA BOTANICA BRASILICA , v. 34, p. 177-184, 2020.

  • DE ARAUJO, FERNANDA FIGUEIREDO ; Oliveira, Reisla ; MOTA, THEO ; STEHMANN, JOÃO RENATO ; Schlindwein, Clemens . Solitary bee pollinators adjust pollen foraging to the unpredictable flower opening of a species of Petunia (Solanaceae). BIOLOGICAL JOURNAL OF THE LINNEAN SOCIETY , v. 129, p. 273-287, 2020.

  • CERCEAU, I. ; OLIVEIRA, S. S. ; DUTRA, A. L. ; OLIVEIRA, R ; SCHLINDWEIN, C. . The cost of fidelity: foraging oligolectic bees gather huge amounts of pollen in a highly specialized cactus-pollinator association. BIOLOGICAL JOURNAL OF THE LINNEAN SOCIETY , v. 128, p. 30-43, 2019.

  • OLIVEIRA, S. S. ; Oliveira, R. ; Schlindwein, Clemens . Pollination of Blumenbachia amana (Loasaceae): flower morphology and partitioned pollen presentation guarantee a private reward to a specialist pollinator. BIOLOGICAL JOURNAL OF THE LINNEAN SOCIETY , v. XX, p. 1-13, 2018.

  • MELO, B. ; MOTA, T. R. ; Schlindwein, Clemens ; Antonini, Y. ; OLIVEIRA, R . Floral colour change in Byrsonima variabilis (Malpighiaceae) as a visual cue for pollen but not oil foraging by oil-collecting bees. Science of Nature , v. 105, p. 46-., 2018.

  • SIQUEIRA, E. N. L. ; OLIVEIRA, R ; DOTTERL, S. ; Cordeiro, G.D. ; Alves dos Santos, I. ; ROLLA, T. ; Schlindwein, Clemens . Pollination of Machaerium opacum (Fabaceae) by nocturnal and diurnal bees. Arthropod-Plant Interactions , v. ., p. .-., 2018.

  • KRUG, CRISTIANE ; CORDEIRO, GUARACI D. ; SCHÄFFLER, IRMGARD ; SILVA, CLAUDIA I. ; Oliveira, Reisla ; Schlindwein, Clemens ; Dötterl, Stefan ; ALVES-DOS-SANTOS, ISABEL . Nocturnal Bee Pollinators Are Attracted to Guarana Flowers by Their Scents. Frontiers in Plant Science , v. 9, p. 1072, 2018.

  • LANA, L. L. ; AZEVEDO, C. S. ; CLAUDINO, R. M. ; Oliveira, Reisla ; Antonini, Y. . Feeding behavior by hummingbirds (Aves: Trochilidae) in artificial food patches in an Atlantic Forest remnant in southeastern Brazil. ZOOLOGIA (CURITIBA. ONLINE) , v. 34, p. 1-9, 2017.

  • DUTRA, A L ; OLIVEIRA, R . A New Technique for Preserving the Form of Artificially Inflated Endophalli of Bees. NEOTROPICAL ENTOMOLOGY , v. 46, p. 231-234, 2017.

  • REGO, JULIANA ORDONES ; Oliveira, Reisla ; JACOBI, CLAUDIA MARIA ; Schlindwein, Clemens . Constant flower damage caused by a common stingless bee puts survival of a threatened buzz-pollinated species at risk. APIDOLOGIE , v. 48, p. 1-11, 2017.

  • LANA, L. L. ; AZEVEDO, C. S. ; CLAUDINO, R. M. ; Oliveira, R. ; Antonini, Y. . Perch Usage by Hummingbirds in a Fragment of Atlantic Forest in Brazil. Wilson Journal of Ornithology , v. 128, p. 453-459, 2016.

  • Martins, Cristiane ; Oliveira, Reisla ; FILHO, CARLOS VICTOR MENDONÇA ; LOPES, LILIANE TEIXEIRA ; SILVEIRA, RODRIGO ASSUNÇÃO ; DE SILVA, JULIANA APARECIDA PEREIRA ; AGUIAR, LUDMILLA M.S. ; ANTONINI, YASMINE . Reproductive biology of Cipocereus minensis (Cactaceae)-A columnar cactus endemic to rupestrian fields of a Neotropical savannah. Flora (Jena) , v. 218, p. 62-67, 2016.

  • Oliveira, R. ; PEREIRA, C. R. ; DUTRA, A. L. ; Schlindwein, C. . The Consequences of Predation Risk on the Male Territorial Behavior in a Solitary Bee. Ethology , v. 122, p. 1-8, 2016.

  • ANTONINI, YASMINE ; SILVEIRA, RODRIGO ASSUNÇÃO ; OLIVEIRA, MÁRCIO ; Martins, Cristiane ; Oliveira, Reisla . Orchid bee fauna responds to habitat complexity on a savanna area (Cerrado) in Brazil.. Sociobiology , v. 63, p. 819-825, 2016.

  • Oliveira, R. ; SILVA, C.E.P. ; SCHLINDWEIN, C. . Two common species dominate the species-rich Euglossine bee fauna of an Atlantic Rainforest remnant in Pernambuco, Brazil. Brazilian Journal of Biology (Online) , p. 1-8, 2015.

  • Pereira, J ; SCHLINDWEIN, C. ; Antonini, Y. ; Maia, A.C.D. ; DOTTERL, S. ; Leandro, C.M ; Navarro, Daniela ; Oliveira, R. . Philodendron adamantinum (Araceae) lures its single cyclocephaline scarab pollinator with specific dominant floral scent volatiles. Biological Journal of the Linnean Society , v. 111, p. 679-691, 2014.

  • Oliveira, R. ; CARVALHO, A. T. ; SCHLINDWEIN, C. . Plasticity in male territoriality of a solitary bee under different environmental conditions. JOURNAL OF INSECT BEHAVIOR , v. 26, p. 690-694, 2013.

  • Oliveira, R. ; CARVALHO, A. T. ; SCHLINDWEIN, C. . Territorial or wandering: how males of Protodiscelis palpalis (Colletidae, Paracolletinae) behave in searching for mates. Apidologie (Celle) , v. 43, p. 674-684, 2012.

  • Oliveira, Reisla ; Schlindwein, Clemens . Experimental demonstration of alternative mating tactics of male Ptilothrix fructifera (Hymenoptera, Apidae). Animal Behaviour , v. 80, p. 241-247, 2010.

  • Oliveira, R. ; SCHLINDWEIN, C. . Searching for a Manageable Pollinator for Acerola Orchards: The Solitary Oil-Collecting Bee Centris analis (Hymenoptera: Apidae: Centridini). Journal of Economic Entomology , v. 102, p. 265-273, 2009.

  • SILVA, C.E.P. ; Oliveira, R. ; SCHLINDWEIN, C. . Do consecutive flower visits within a crown diminish fruit set in mass-flowering Hancornia speciosa (Apocynaceae)?. Plant Biology (Stuttgart) , v. 10, p. 408-412, 2008.

  • DARRAULT, R.O. ; SCHLINDWEIN, C. . Limited Fruit Production in Hancornia speciosa (Apocynaceae) and Pollination by Nocturnal and Diurnal Insects1. Biotropica (Lawrence, KS) , Lawrence, v. 37, n.3, p. 381-388, 2005.

  • Oliveira, R. ; SCHLINDWEIN, C. . Esfingídeos (Lepidoptera, Sphingidae) no Tabuleiro Paraibano, nordeste do Brasil: abundância, riqueza e relação com plantas esfingófilas. revista landa , Curitiba, v. 19, p. 429-443, 2002.

  • JACOBI, C. M. ; CARMO, R. M. ; OLIVEIRA, R. S. . The Reproductive Biology of Two Species of Diplusodon Pohl (Lythraceae) from Serra do Cipó, Southeastern Brazil. Plant Biology (Stuttgart) , Stuttgart, v. 2, p. 670-676, 2000.

  • VASCONCELOS, M. F. ; FIGUEREDO, C. C. ; Oliveira, R. . Táticas de forrageamento do bacurau-da-telha Caprimulgus longirostris (Aves, Caprimulgidae) na serra do Curral, MInas Gerais, Brasil. Bol Mus Mello Leitão Nova Série, Espírito Santo, v. 10, p. 33-38, 1999.

  • VASCONCELOS, M. F. ; FIGUEREDO, C. C. ; Oliveira, R. . Padrão temporal de vocalização do bacurau-da-telha Caprimulgus ongirostris (Aves, Caprimulgidae) ao longo de quatro noites na SErra do Curral, Minas Gerais, Brasil.. Bol Mus Biol Mello Leitão Nova Ssérie, Espírito Santo, v. 9, p. 13-17, 1998.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

Oliveira, R. . Introdução ao estudo de aves noturnas. 1995. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Oliveira, Reisla . Fotografia ilustrativa no Calendário da Sociedade Brasileira de Zoologia. 2015. Fotografia.

Oliveira, R. . Mesa Redonda - Meio Ambiente em Debate: Apicultura. 2000.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    Interações entre plantas e abelhas oligoléticas: polinização, comportamento e sinais florais, Descrição: Entre as inúmeras associações que flores apresentam com abelhas, o entendimento das interações com abelhas oligoléticas ainda carece de explicações convincentes. Abelhas oligoléticas coletam pólen somente em flores da mesma família de planta podendo a especialização se restringir, em alguns casos, a apenas uma espécie de planta. No Brasil, a oligoletia ocorre em pelo menos 12 tribos de abelhas solitárias, e interações com essas abelhas são documentadas em pelo menos 16 famílias de plantas. Vários estudos revelaram abelhas oligoléticas como polinizadoras efetivas das suas plantas hospedeiras, e, em alguns casos, como as únicas polinizadoras revelando interdependência reprodutiva. Frequentemente, foram encontradas adaptações morfológicas e comportamentais nessas abelhas para coletar pólen e até sinalização específica das flores as quais guiam abelhas até elas. O estudo tem como objetivo caracterizar relações entre abelhas oligoléticas e plantas, com ênfase em representantes de Cactaceae (Parodia, Frailea, Opuntia), Loasaceae (Blumenbachia, Aosa, Loasa) e Solanaceae (Calibrachoa, Petunia). A questão central da proposta é o entendimento de adaptações dos parceiros que lhes permitem se selecionar, o que envolve (1) análises de morfologia e biologia floral, mecanismos de polinização e estratégias que favorecem polinização cruzada; (2) padrões de apresentação de pólen e estratégias de forrageio por pólen nas abelhas oligoléticas; (3) biologia reprodutiva e de nidificação das abelhas; e (4) mediação olfativa e visual flor-polinizador. Com essa abordagem abrangente que integra pesquisadores de diversas áreas biológicas esperamos caracterizar associações entre plantas e abelhas oligoléticas... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (6) . , Integrantes: Reisla Silva de Oliveira - Integrante / Fernando Amaral da Silveria - Integrante / Clemens Schlindwein - Coordenador / FLÁVIA SANTOS FARIA - Integrante / Stefan Dötterl - Integrante / Fernanda Figueiredo de Araujo - Integrante / Samuel Siriani de Oliveira - Integrante / José Neiva Mesquita - Integrante / Ana Laura Dutra - Integrante / Isabelle Cerceau - Integrante / Theo Rolla - Integrante / Marcelo Gustavo Lorenzo - Integrante / Diogo Monte Vidal - Integrante / Vitor Hugo Monzon Godoy - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2018 - Atual

    Polinização por abelhas crepusculares: efetividade, sinalização visual e olfativa, Descrição: endo a capacidade de voar em condições de baixa luz, abelhas crepusculares são capazes de explorar flores no crepúsculo, antes do forrageio de abelhas competidoras. Como suas relações com plantas noturnas ainda são pouco compreendidas, não se sabe se elas são visitantes oportunistas ou se formam associações específicas com plantas. Estudos pioneiros indicam que abelhas crepusculares (Colletidae e Halictidae) mantêm relações com numerosas espécies da flora neotropical. Elas apresentam visão adaptada para navegar em condições de pouca luz e, como demonstramos recentemente, usam voláteis florais para localizar suas flores. O objetivo da presente proposta é caracterizar a interação entre abelhas crepusculares e suas flores, avaliar o papel dessas abelhas como polinizadores e analisar se usam pistas olfativas e visuais para encontrar flores. Para determinar a contribuição dessas abelhas na polinização em Myrtaceae, Malvaceae, Passifloraceae e Sapindaceae, abelhas serão inventariadas em flor, serão quantificados o pólen depositado nos estigmas e no corpo das abelhas e a produção de sementes a partir de flores com acesso aos visitantes experimentalmente controlado. O padrão de refletância espectral das flores e dos ambientes associados às abelhas crepusculares será caracterizado através de espectroradiometria. Em estudos morfofisológicos, pretendemos identificar adaptações do sistema visual para a visão em ambientes de baixa luminosidade. Outro foco da proposta será a análise dos voláteis emitidos pelas flores. Para identificar quais dos compostos encontrados são pistas olfativas usadas pelas abelhas para localizar as flores, aplicaremos eletroantenografia (GC-EAD). Experimentos de atração olfativa e visual serão conduzidos no campo e em gaiola experimental com estímulos controlados. Com essa abordagem abrangente que integra pesquisadores de diversas áreas biológicas esperamos caracterizar as abelhas as associações entre flores e abelhas crepusculares.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Reisla Silva de Oliveira - Integrante / Fernando Amaral da Silveria - Integrante / Stefan Dötterl - Integrante / Fernanda Figueiredo de Araujo - Integrante / Isabel Alves dos Santos - Integrante / Clemens Peter Schlindwein - Coordenador / Ana Laura Dutra - Integrante / Marcelo Lorenzo - Integrante / Theo Rolla - Integrante / Priscila de Cássia Souza Araújo - Integrante.

  • 2017 - Atual

    Biologia e conservação de cactos ameaçados e seus polinizadores: implementando ações previstas no PAN Cactáceas, Descrição: O Brasil é o terceiro centro mundial de diversidade de cactáceas, com mais de 200 espécies, 78% delas endêmicas e 40% ameaçadas de extinção. Diante da condição critica de ameaça do táxon, através do PAN Cactáceas, o ICMBio e colaboradores sugeriram estratégias para conservação do grupo. Porém, devido à limitação financeira, diversas propostas não foram concretizadas. Este projeto propõe executar cinco ações do PAN, que envolvem conservação ex situ e in situ de espécies ameaçadas no Pampa. Utilizaremos como modelo Parodia neohorstii, uma espécie em declínio populacional, endêmica e criticamente ameaçada. Seu principal polinizador, Arhysosage cactorum (Andrenidae), é uma das cinco espécies de abelhas ameaçadas do Brasil. Como estratégia, faremos o diagnóstico do estado da reprodução in situ da planta, discrição da estrutura populacional, mapeamento de populações da cactácea e polinizadores, inserção de espécies ameaçadas em coleções e divulgação de informações sobre cactáceas ameaçadas. Como resultados para conservação, executaremos ações propostas no PAN consideradas ?prioridade alta?. Iremos implementar estratégias de conservação ex situ (banco de sementes e coleçãoviva), propor áreas prioritárias para conservação in situ, produzir um diagnóstico de possíveis falhas na reprodução de P. neohorstii. Para concretizar atividades desenvolvidas, faremos um workshop junto às autoridades ambientais apresentando os resultados obtidos na execução das ações do PAN Cactáceas... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Reisla Silva de Oliveira - Integrante / Samuel Siriani de Oliveira - Integrante / Clemens Peter Schlindwein - Coordenador / Ana Laura Dutra - Integrante / Isabelle Cerceau - Integrante / Andréia Maranhão Carneiro - Integrante / João Felisberto Larocca e Silva - Integrante / Ricardo Aranha Ramos - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Interações entre abelhas e plantas polinizadas por vibração, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Clemens Peter Schlindwein em 18/06/2015., Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Reisla Silva de Oliveira - Integrante / Cláudia Maria Jacobi - Integrante / Clemens Schlindwein - Coordenador / João Renato Stehmann - Integrante / FLÁVIA SANTOS FARIA - Integrante / Juliana Ordones Rego - Integrante / Estefane do Nascimento Leoncini Siqueira - Integrante / José Neiva Mesquita - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2015 - Atual

    Reconhecimento de flores por abelhas noturnas, Descrição: Algumas espécies de abelhas têm hábitos noturnos e iniciem suas atividades de forrageamento logo após o pôr do sol e/ou antes do alvorecer. Evolutivamente a possibilidade de explorar os recursos a noite ou no crepúsculo pode ser vantajoso para abelhas, pois evitam competidores nas flores e minimizam ações dos inimigos como predadores e parasitas em seus ninhos. As abelhas noturnas têm visão adaptada para baixa intensidade luminosa. Os olhos compostos e os ocelos são maiores do que em abelhas diurnas, com maior número de omatídeos e maior ângulo de abertura dos fotoreceptores nos ocelos. Mas, para encontrar as flores, além de sinais florais visuais, os sinais olfatórios são extraordinariamente importantes principalmente para abelhas noturnas, como demonstrado recentemente e característico para sistemas noturnos de polinização que envolvem morcegos, mariposas e besouros. O projeto tem como objetivo identificar os voláteis emitidos por flores que são visitadas por abelhas noturnas, identificar os compostos voláteis responsáveis por atrair essas abelhas e avaliar seu papel como polinizadoras efetivas na reprodução das plantas envolvidas. Na região Neotropical e no Brasil ocorrem representantes das 4 famílias que possuem espécies de abelhas noturnas. Algumas delas recentemente reveladas como polinizadoras efetivas de plantas nativas com interesse econômico. Com a identificação dos compostos emitidos pelas plantas focais, com destaque para aqueles mais eminentes, será possível testar a atratividade que estes exercem sobre as abelhas, através de biostestes e eletro-antenogramas. Espera-se obter novidades acerca de abelhas noturnas de Augochlorini e Colletidae, que possuem espécies tipicamente noturnas/crepusculares... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (6) . , Integrantes: Reisla Silva de Oliveira - Integrante / Stefan Dötterl - Integrante / Claudia Inês da Silva - Integrante / Cristiane Krug - Integrante / Isabel Alves dos Santos - Coordenador / Guaraci Duran Cordeiro - Integrante / Clemens Peter Schlindwein - Integrante.

  • 2014 - Atual

    Interações especializadas entre polinizadores e plantas, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Clemens Peter Schlindwein em 18/06/2015., Descrição: Numerosas interações entre polinizadores e flores são constituídas por um número restrito de parceiros que frequentemente apresentam adaptações mútuas. A proposta visa o estudo de interações entre abelhas oligoléticas e flores, abelhas que coletam pólen por vibração em flores com anteras poricidas, e associações entre besouros Cyclocephalini e Araceae. Serão analisadas associações que envolvem abelhas oligoléticas de Neopasiphaeinae (Colletidae) e determinadas espécies de Loasaceae, Solanaceae e Alismataceae. Os estudos de caso enfatizam adaptações morfológicas e comportamentais e o papel de compostos voláteis específicos do buquê floral na atração dos polinizadores específicos. Para avaliar diversos aspectos sobre especificidade das interações entre Cyclocephalini e plantas hospedeiras, serão testadas vários compostos de voláteis florais conhecidamente bioativos no Cerrado Mineiro e em São Paulo. Além disso, será estudada a comunidade de plantas com anteras poricidas com abelhas que exploram seu pólen numa área do Cerrado, determinado a rede de interações com espécies-chave de plantas e polinizadores. Serão conduzidos estudos de caso de polinização por vibração em representantes de Solanum, Fabaceae e Melastomataceae, abordando também o papel de heteranteria. Finalmente, será conduzido um estudo para definir, avaliar a polinização e cultivar espécies de plantas nativas que fornecem recursos florais para polinizadores-chave, abelhas grandes das tribos Euglossini, Centridini e Xylocopini. Serão elaborados protocolos de cultivo dessas espécies para produção de sementes para que possam ser testadas e utilizadas em medidas de recuperação de áreas degradadas. .. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Reisla Silva de Oliveira - Integrante / Fernando Amaral da Silveria - Integrante / Clemens Schlindwein - Coordenador / João Renato Stehmann - Integrante / Juliana Ordones Rego - Integrante / Stefan Dötterl - Integrante / Estefane do Nascimento Leoncini Siqueira - Integrante / Fernanda Figueiredo de Araujo - Integrante / Samuel Siriani de Oliveira - Integrante / José Neiva Mesquita - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - 2014

    Catalogação e atualização da coleção de abelhas e avaliação de ninhos no hotel de abelhas do MHNJB da UFMG, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Clemens Peter Schlindwein em 18/06/2015., Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Reisla Silva de Oliveira - Integrante / Clemens Schlindwein - Coordenador / FLÁVIA SANTOS FARIA - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Plantas para polinizadores-chave em áreas degradadas recursos florais para abelhas nativas em declínio., Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Clemens Peter Schlindwein em 17/09/2013., Descrição: A destruição dos habitats naturais resultou em um forte declínio das populações de polinizadores responsáveis pela formação de frutos e sementes e, desta maneira, importantes para a manutenção da diversidade biológica. Abelhas grandes das tribos Euglossini, Centridini e Xylocopini, elementos típicos das florestas neotropicais, possuem papel de polinizadores-chave por interagirem com numerosas espécies de árvores, lianas, epífitas, arbustos e ervas. Como generalistas, polinizam efetivamente não apenas espécies fornecedoras de pólen, mas também fontes de recursos florais específicos como perfumes, óleos e resinas. Propomos definir, avaliar e reproduzir espécies de plantas nativas que fornecem recursos florais para esses polinizadores-chave e que sejam apropriadas para serem utilizadas na recuperação de áreas degradadas. Esperamos que a utilização das plantas selecionadas em reflorestamentos aumente a população destas abelhas em declínio. O estudo é centrado em espécies herbáceas e arbustivas de Fabaceae, Solanaceae, Melastomataceae e Passifloraceae e inclui a avaliação, em campo, da interação dessas plantas com polinizadores-chave, a colheita de sementes e seu plantio em sementeiras experimentais do Jardim Botânico da Fundação Zoobotânica de Belo Horizonte e do Museu de História Natural e Jardim Botânico da UFMG. Serão elaborados protocolos de cultivo dessas espécies para produção de sementes para que possam ser testadas e utilizadas em medidas de recuperação de áreas degradadas... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Reisla Silva de Oliveira - Integrante / Clemens Schlindwein - Coordenador / João Renato Stehmann - Integrante / FLÁVIA SANTOS FARIA - Integrante / James Cane - Integrante / Míriam Pimentel Mendonça - Integrante / Juliana Ordones Rego - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    As Cactáceas ameaçadas de extinção no Espinhaço mineiro: biologia reprodutiva, fenologia e distribuição espacial, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Reisla Silva de Oliveira - Integrante / Yasmine Antonini - Coordenador / Cristiane Martins Leandro - Integrante / Carlos Victor Mendonça Filho - Integrante / Rodrigo Silveira - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2011 - 2013

    Interações especializadas entre abelhas e flores - oligoletia e polinização por vibração, Descrição: Nos numerosos sistemas especializados de polinização envolvendo insetos e flores podem ser observadas diversas adaptações entre os parceiros. Estas se expressam na morfologia e fisiologia dos animais e plantas e, muitas vezes, no próprio comportamento dos polinizadores. Serão estudadas associações entre abelhas oligoléticas e flores e entre abelhas que vibram flores para coletar pólen e plantas com anteras poricidas, focando adaptações morfológicas, comportamentais e comunicação químico-olfativa. Em estudos de caso serão analisadas associações que envolvem plantas das famílias Alismataceae, Limnocharitaceae, Loasaceae e Solanaceae. Será dada ênfase na comunicação entre flores e abelhas polinizadoras. Ainda é pouco compreendido o papel dos voláteis florais na atração de fêmeas e machos das abelhas envolvidas, em especial, se as plantas associadas produzem voláteis florais específicos que atuam na atração desses insetos. Será analisada a composição dos odores florais das plantas envolvidas e a percepção de sinais químico-olfativos das abelhas polinizadoras. Em associações de abelhas oligoléticas e abelhas que vibram flores, pólen é o único ou mais importante recurso oferecido aos visitantes florais. Será determinada a quantidade de pólen fluindo para reprodução das plantas, coletada pelas diferentes espécies de abelhas coletoras de pólen e restante nas flores no fim da antese. Nas flores polinizadas por vibração serão determinadas as características da liberação de pólen, a quantidade de pólen coletada por visita e a capacidade das abelhas em detectar a disponibilidade de pólen... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (2) . , Integrantes: Reisla Silva de Oliveira - Integrante / Fernando Amaral da Silveria - Integrante / Airton Torres Carvalho - Integrante / Schlindwein, Clemens - Coordenador / Artur Campos Dália Maia - Integrante / João Renato Stehmann - Integrante / Milson Batista - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2010 - Atual

    Contribuição para a ampliação do conhecimento sobre a biodiversidade do cerrado: utilizando os protocolos do PPBio para estudos ecológicos na Serra do Espinhaço, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Reisla Silva de Oliveira - Integrante / Yasmine Antonini - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.Número de orientações: 4

  • 2006 - 2010

    Inventário de insetos antófilos no semi-arido brasileiro, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (3) . , Integrantes: Reisla Silva de Oliveira - Integrante / Clemens Schlindwein - Coordenador / Paulo Milet Pinheiro - Integrante / Calos Eduardo Pinto da Silva - Integrante / Raquel Andréa PIck - Integrante / Airton Torres Carvalho - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2006 - 2008

    Há sucesso reprodutivo mútuo em sistemas de polinização planta-abelha oligolética?, Descrição: Em discussões sobre polinização, a troca de serviços entre plantas - fontes de alimento - e abelhas - transportadoras de material genético - é considerada o pivô desta relação animal-planta. Considerando que a manutenção de sistemas de polinização especializados envolva co-adaptações que garantam o sucesso reprodutivo mútuo, propomos que nas relações planta-abelha oligolética há um ajuste das estratégias reprodutivas, sendo as plantas cruciais na reprodução de seus polinizadores não apenas na nutrição das crias, mas também na execução de estratégias reprodutivas dos machos. Estes, por utilizarem as plantas de pólen das fêmeas como sítios de procura e acesso às parceiras, seriam tão ou mais importantes que as fêmeas na reprodução das plantas associadas. Para verificar esta hipótese, escolhemos três sistemas de polinização altamente especializados, envolvendo espécies oligoléticas em que também machos participam ou podem participar na polinização: Convolvulaceae-Emphorini, Limnocharitaceae-Paracolletini e Cactaceae?Calliopsini. Os dois primeiros na Caatinga (RN e AL) e o último na Serra do Sudeste (RS).. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (2) . , Integrantes: Reisla Silva de Oliveira - Integrante / Clemens Schlindwein - Coordenador / Raquel Andréa PIck - Integrante / Airton Torres Carvalho - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Universidade Federal de Pernambuco - Outra.

  • 2004 - 2006

    Diagnóstico e Manejo dos Polinizadores de Mangabeira e Aceroleira., Descrição: O objetivo do projeto é realizar um diagnóstico dos polinizadores efetivos da mangabeira (Hancornia speciosa) e da aceroleira (Malpighia emarginata) em cultuvios em Pernambuco e na Paraíba. Serão avaliadas as necessidades ambientais dos polinizadores efetivos, como recursos alimentares e locais de nidificação, e a disponibilidade desses recursos no local de estudo. Baseando-se nestas informações serão avaliados o ambiente dos cultivos e as medidas usuais do seu manejo. Meu plano, "Uso de ninhos-armadilha para incremento da abundância de polinizadores da aceroleira", tem como objetivos principais o estudo da biologia de nidificação de algumas espécies de Centris e a obtenção de abelhas solitárias que nidificam em cavidades pré-existentes com potencial para criação em ninhos racionais. A reunião dos resulttados de vários planos de trabalho inseridos no projeto constituirão um plano de manejo dos polinizadores da aceroleria e da mangabeira.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Reisla Silva de Oliveira - Coordenador / Clemens Schlindwein - Integrante / Celso Feitosa MArtins - Integrante / Fernando César V. Zanella - Integrante / Marccus Vinícius Alves - Integrante / José Araújo Duarte Junior - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2002 - 2003

    Composição, riqueza e diversidade de espécies do Centro de Endemismo Pernambuco., Descrição: Subprojeto:Riqueza e diversidade de Euglosisni (Hymenoptera: Apidae) na Reserva Ecológica de Gurjaúi e RPPN Frei Caneca. Atividades: Levantamento de abelhas Euglossini e análise da diversidade dessas abelhas em fragmentos de diferentes tamanhos na Mata Atlântica em Pernambuco.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Reisla Silva de Oliveira - Integrante / Clemens Schlindwein - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 1

  • 2001 - 2002

    Pólen de plantas melitófilas e esfingófilas do nordeste do Brasil: Montagem de uma coleção de referência e de um banco de dados com imagens digitais, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Reisla Silva de Oliveira - Integrante / Clemens Schlindwein - Coordenador / Petrúcio Medeiros - Integrante., Financiador(es): Universitaet Stuttgart Hohenheim - Auxílio financeiro.

  • 1998 - 1998

    Biologia Reprodutiva de duas espécies de Diplusodon (Lytraceae) na Serra do Cipó., Descrição: Testes de sistema reprodutivo de plantas, coleta, observação dos polinizadores. Avaliação do sucesso reprodutivo e formação híbridos entre espéices sintópicas de plantas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Reisla Silva de Oliveira - Coordenador., Número de produções C, T & A: 4

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2019

2ª colocação Melhor apresentação oral (aluna Amanda Vieira da Silva), XIV Congresso de Ecologia do Brasil.

2018

3ª colocação no IV Mostra Interativa Pós-Graduação (apresentação da autora Ana Luisa Cordeiro), ICB- UFMG.

2013

3ª colocação no Prêmio Jabuti, com capítulo em livro ?Polinizadores no Brasil?,, Câmara Brasileira do Livro..

2006

1ª colocação na Sessão Oral do Concurso de Estudantes, XXI Congresso Brasileiro de Entomologia.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de Minas Gerais, Instituto de Ciências Biológicas. , Av. Presidente Antônio Carlos, 6627 Instituto de Ciências Biológicas - Departamento de Biologia Geral - Laboratório de Ecologia de Interações Animal-Planta, Pampulha, 31270901 - Belo Horizonte, MG - Brasil, Telefone: (31) 34093026

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2019 - Atual

Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte

Vínculo: , Enquadramento Funcional:

2017 - Atual

Universidade Federal de Minas Gerais

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós doutorado, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Disciplinas ministradas no Programa de Pós Graduação em Ecologia, Conservação e Manejo da Vida Silvestre Curso de campo para mestrado (BIG 882-A - 60 H) Topicos Especiais I: Ecologia Comportamental (BIG 863 ? 30H)

2016 - 2016

Universidade Federal de Minas Gerais

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Docente disciplina pós-graduaçao, Carga horária: 30

Outras informações:
Disciplina TÓPICOS EM BIOLOGIA VEGETAL II: Práticas em ecologia da polinização (30H)

1995 - 1998

Universidade Federal de Minas Gerais

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiária e participação em projeto, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Bolsista PIBIC-CNPq Estudo de comportametno de nidificação em abelhas; levantametno da fauna de abelhas em áreas naturais e urbanas; ecologia de comunidadades e da polinização.

Atividades

  • 05/2017

    Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Ciências Biológicas, .,Linhas de pesquisa

  • 05/2018 - 05/2018

    Ensino, Ecologia (Conservação e Manejo da Vida Silvestre), Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Ecologia Comportamental (30H)

  • 07/2017 - 07/2017

    Ensino, Ecologia (Conservação e Manejo da Vida Silvestre), Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Curso de Campo (60H)

  • 08/1996 - 02/1997

    Estágios , Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Zoologia.,Estágio realizado, Influência de um gradiente de urbanização sobre a abundância, composição e riqueza de abelhas na cidade de Belo Horizonte (MG)..

  • 08/1995 - 02/1996

    Estágios , Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Biologia Geral.,Estágio realizado, Comportamento de nidificação de Pseudagapostemon brasilienses.

2014 - 2017

Universidade Federal de Ouro Preto

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-doutorado (PNPD-CAPES), Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Disciplina ministrada - BEV001 - Curso de Campo 30H (2011), 60H (2012, 2013) BEV019 - Fundamentos do Comportamento Animal 16H (2011); 30H (2013,2014,2015, 2017) BEV035 - Tópicos Especiais I: práticas em ecologia a polinização (30H) (2016)

2010 - 2017

Universidade Federal de Ouro Preto

Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: Membro permanente Pós Graduação, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Membro colegiado do Programa de Põs Graduação em Ecologia de Biomas Tropicais

2010 - 2014

Universidade Federal de Ouro Preto

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-doutorado (PRODOC-CAPES), Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Técnicas Básicas de Campo (30h) Ecologia de Populações e de Comunidades (30h)

Atividades

  • 01/2011

    Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Departamento de Biodiversidade, Evolução e Meio Ambiente.,Linhas de pesquisa

  • 09/2016 - 09/2016

    Ensino, Ecologia de Biomas Tropicais, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Teoria ecológica aplicada aos estudos das interações planta-polinizador (30h)

  • 12/2015 - 12/2015

    Ensino, Ecologia de Biomas Tropicais, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Curso de Campo (60h)

  • 04/2015 - 04/2015

    Ensino, Ecologia de Biomas Tropicais, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Fundamentos do Comportamento Animal (30Hs)

  • 08/2012 - 04/2013

    Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Ecologia de Populações e de Comunidades (30H)

  • 08/2012 - 04/2013

    Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Ecologia de Populações e de Comunidades (30H)

  • 08/2012 - 04/2013

    Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Ecologia de Comunidades (8H)

  • 03/2013 - 03/2013

    Ensino, Ecologia de Biomas Tropicais, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Fundamentos do Comportamento Animal (10H)

  • 01/2011 - 01/2013

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Departamento de Biodiversidade, Evolução e Meio Ambiente.,Cargo ou função, Membro Colegiado do Programa de Pós Graduação em Ecologia de Biomas Tropicais.

  • 03/2012 - 08/2012

    Ensino, Ecologia de Biomas Tropicais, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Curso de Campo (60H)

  • 03/2012 - 08/2012

    Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Técnicas Básicas de Campo (30H)

  • 08/2011 - 12/2011

    Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Ecologia Geral (4H)

  • 08/2011 - 11/2011

    Ensino, Ecologia de Biomas Tropicais, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Ecologia Evolutiva: Comunidades (4H), Curso de Campo (30H)

  • 03/2011 - 07/2011

    Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Fundamentos do Comportamento Animal (16H)

  • 03/2011 - 07/2011

    Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Ecologia de Comunidades (15H)

2004 - 2005

Universidade Federal de Pernambuco

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Outro - Bolsista DTI, Carga horária: 0, Regime: Dedicação exclusiva.

2002 - 2003

Universidade Federal de Pernambuco

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Outro - Bolsista DTI, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Fim de vigência da bolsa DTI 7G: abril de 2003.

Atividades

  • 10/2003 - 10/2003

    Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Sistemática e Biogeografia (2H)

  • 08/2003 - 09/2003

    Ensino, Ciências Ambientais, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Ecologia Geral I (4,5H)

  • 09/2002 - 09/2002

    Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Sistemática e Biogeografia (2H)

2001 - 2001

Universidade Estadual Vale do Acaraú

Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 9

Outras informações:
Disciplina ministrada: Biologia da Educação

Atividades

  • 07/2001 - 11/2001

    Ensino, Pedagogia Em Regime Especial, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Biologia (60H)

2018 - 2018

Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia

Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor

Outras informações:
Professor na disciplina de pós-graduação - Ecologia da Floresta Amazônica

Atividades

  • 10/2018 - 10/2018

    Ensino, Biologia (Ecologia), Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Ecologia da Floresta Amazônica