Tiago Gualberto Morais

Tiago Gualberto é Mestre em Artes Visuais pela Escola de Comunicação e Artes - USP (2018) e Bacharel em Têxtil e Moda pela Escola de Artes, Ciência e Humanidades - Each - USP Leste (2015). Entre os anos de 2002 e 2005 foi aluno do curso de Belas Artes na Universidade Federal de Minas Gerais. Em paralelo a prática artística, atuou como pesquisador de conteúdos no Museu Afro Brasil entre 2015 e 2017. Sua recente pesquisa artística investiga a produção de instalações e objetos interativos, vídeos digitais e performances aliadas a técnicas tradicionais das artes plásticas. Entre os prêmios recebidos, foi finalista Mundial do Concurso de Criação de Padronagem para produção de Furoshiki (tecido de embrulho tradicional japonês) promovido pela Fundação Japão/Tóquio e Ministério das Relações Exteriores do Japão, em 2009; artista residente no Tamarind Institute, integrado a New Mexico University durante o programa Afro: Black Identity in America and Brazil, em 2012. Neste mesmo ano se destacou como finalista da categoria Artes Visuais do Programa Nascente, promovido pela Pró-reitoria de Cultura e Extensão USP e, em 2015, ganhou a Bolsa Funarte de Fomento aos Artistas e Produtores Negros - MinC, prêmio destinado a artistas afro-brasileiros.   

Informações coletadas do Lattes em 24/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em andamento em Mestrado em Artes Visuais

2015 - Atual

Universidade de São Paulo
Título: Da terra como troféu: Passagens sobre territorialidades, memórias e produções visuais contemporâneas,Orientador:
Dária Gorete Jaremtchuk.

Graduação em andamento em Têxtil e Moda

2009 - Atual

Universidade de São Paulo
Título: Moda e consciência Afro: a questão da roupa de capoeira
Orientador: Antonio Takao Kanamaru

Graduação interrompida em 2005 em Artes Visuais - Desenho e Plástica

2002 - Interrompido

Universidade Federal de Minas Gerais
Ano de interrupção: 2005

Curso técnico/profissionalizante

1997 - 1999

SENAI - Departamento Regional de Minas Gerais

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2004 - 2004

Extensão universitária em Relações Raciais na Sociedade Brasileira. (Carga horária: 30h). , Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.

2004 - 2004

Extensão universitária em Processo Serigráfico na Gravura em Metal. (Carga horária: 55h). , Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.

2004 - 2004

Extensão universitária em História, Educação, Cultura Afro-Brasileira. (Carga horária: 40h). , Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.

2004 - 2004

Extensão universitária em Tópicos de Arte Contemporânea. (Carga horária: 20h). , Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.

2004 - 2004

Extensão universitária em Competência Informacional em pesquisa. (Carga horária: 30h). , Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.

2003 - 2003

Extensão universitária em Curso de Leitura e Produção de Textos Acadêmicos. (Carga horária: 45h). , Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.

2003 - 2003

Extensão universitária em Elaboração de Projetos de Pesquisa. (Carga horária: 45h). , Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Artes.

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Fundamentos e Crítica das Artes/Especialidade: História da Arte.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

"Para Além das Vitrines: Arte Africana e Afro-brasileira nos Museus".A Arte Afro-brasileira nos Museus: relatos de uma trajetória.. 2013. (Seminário).

Brasileiros e Americanos na Litografia do Tamarind Institute.Encontro com os Artistas. 2013. (Encontro).

I Seminário Educação, Arte e Cidadania: Educação para a Diversidade na Contemporaneidade..Ouvindo histórias: diversidade cultural e arte contemporânea. 2013. (Seminário).

I Simpósio Internacional da ABHR - Diversidades e (In) Tolerâncias Religiosas.Magia Negra, 2013. 2013. (Simpósio).

Noite Ilustrada- Museu Afro Brasil.Encontro com o artista Tiago Gualberto no Museu Afro Brasil. 2013. (Encontro).

Arte Contemporanea Afro Brasileira.Encontro com os Artistas no Museu Afro Brasil. 2012. (Encontro).

Cátedra em Multiculturalismo. Encontro para exposição de ideias e construção de projetos".. 2009. (Simpósio).

4ª Bienal de Arte e Cultura da UNE. Preto, 2005; Sem Título, 2004; Pardos, 2005. 2005. (Exposição).

2° Seminário Nacional Ações Afirmativas na UFMG. 2004. (Seminário).

5° Ciclo de Debates pelo Programa Ações Afirmativas na UFMG.Desigualdades Raciais e Políticas Públicas. 2004. (Simpósio).

5º Ciclo de Debates pelo Programa Ações Afirmativas na UFMG. 2004. (Encontro).

Arte, Ensino e Sociedade - II Fórum Arte das Américas. 2004. (Seminário).

II Forum Artes das Américas. 2004. (Oficina).

II Forum Artes das Américas. 2004. (Oficina).

I Semana da Consciência Negra: Da Discriminação à Ação."Zambis: Percurso e Trajetórias para a Construção de uma Arte Afrodescendente". 2004. (Encontro).

Teorias Raciais Como Teoria Das Diferenças.O contato com a alteridade: as teorias raciais na sociedade brasileira.. 2004. (Encontro).

Universidade e Ação Afirmativa no Coração do Brasil.A auto-estima do estudante negro na sala de aula. 2003. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Liliane Benetti

BENETTI, LILIANE; BAHIA, Dora Longo; RAMOS, Cecila Maria Antonacci. Lembranças de Nhô Tim. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais) - Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo.

Liliane Benetti

BENETTI, LILIANE; BAHIA, Dora Longo.; JAREMTCHUK, Dária. Da terra como troféu: Passagens sobre territorialidade, memórias e produções visuais. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais) - Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo.

María Angélica Melendi de Biasizzo

JAREMTCHUK, D.;MELENDI, Maria Angélica; BAHIA, D. L.; BENETTI, L.. Da terra como troféu: Passagens sobre territorialidades, memórias e produções visuais. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Artes) - Universidade de São Paulo.

Dora Longo Bahia

JAREMTCHUK, D. G.;BAHIA, D. L.; BENETTI, L.. Da terra como troféu: Passagens sobre territorialidades, memória e prodições visuais. 2016 - Universidade de São Paulo.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Dora Longo Bahia

Lembrança de Nhô Tim; 2018; Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais) - Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo,; Orientador: Dora Longo Bahia;

Antonio Takao Kanamaru

Moda e consciência Afro: a questão da roupa de capoeira; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado Têxtil e Moda) - Escola de Artes, Ciências e Humanidades - USP; Orientador: Antonio Takao Kanamaru;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • GUALBERTO, T. . Os Caminhos e Descaminhos da Arte Afro-brasileira. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

GUALBERTO, T. . Panorama da Arte Contemporânea Africana. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

GUALBERTO, T. . A xilogravura como estratégia de compreensão dos conceitos de reprodutibilidade no mundo digital. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

RATTS, A. ; GUALBERTO, T. . Perspectivas e posturas acadêmicas do ponto de vista dos (as) estudantes negros (as). 2004. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

GUALBERTO, T. . Navio Negreiro. 2009. Instalação.

GUALBERTO, T. . Côlonia Selvagem Show Room. 2008. Pintura.

GUALBERTO, T. . O espelho e a máscara. 2008. Pintura.

GUALBERTO, T. . Brancos. 2007. Instalação.

GUALBERTO, T. . Navio Negreiro. 2007. Instalação.

GUALBERTO, T. . Brancos. 2007. Instalação.

GUALBERTO, T. . Autoretratos. 2006. Gravura.

GUALBERTO, T. . Pretos, pardos e brancos. 2005. Instalação.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2005 - 2007

    A ação Cultura Digital, no Programa Cultura Viva, Descrição: Este projeto atua na área de inclusão digital a partir de uma metodologia que visa a apropriação tecnológica. Este conceito vai além da simples capacitação tecnológica porque gera autonomia através de um processo de conscientização da importância do trabalho em rede (colaborativo) e do compartilhamento, dois pilares fundamentais da Sociedade da Informação. O projeto Cultura Digital foi desenvolvido pelo IPTI ao longo do período de 2005 a 2007, como parte do Programa Cultura Viva, do Ministério da Cultura, e é baseada na disponibilização de estúdios multimídia em software livre, no acesso à banda larga, em conceitos como compartilhamento, generosidade intelectual e trabalho em rede, como meios de desenvolvimento local. O principal elemento do Cultura Digital é a motivação pela participação e protagonismo que ele desencadeia nos usuários. Além de compartilharem seus conteúdos, os usuários podem avaliar conteúdos publicados por outras pessoas, discutir e construir conteúdos colaborativamente, criar novas comunidades, e assim por diante. Do ponto de vista da metodologia empregada, o projeto Cultura Digital baseou-se na realização de oficinas e no desenvolvimento e manutenção dos sistemas de apoio à colaboração e trabalho em rede e na publicação da produção multimídia... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Tiago Gualberto Morais - Integrante / Saulo Faria Almeida Barreto - Coordenador.

  • 2004 - 2005

    PAD- Programa de Aprimoramento Discente ?O CONTATO COM A ALTERIDADE: AS TEORIAS RACIAIS NA SOCIEDADE BRASILEIRA?, Descrição: No Programa de Aprimoramento Discente (PAD) desenvolvia-se o Projeto de Ensino intitulado O Contato com a Alteridade: estudos críticos sobre o negro na sociedade brasileira , este era sediado na Escola de Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais (ECI/UFMG) sob a responsabilidade de Maria Aparecida Moura. O Projeto integrava o Programa Ações Afirmativas na UFMG enquanto modalidade de ensino. O projeto, possibilitou aos jovens graduandos da área das ciências humanas o estudo das produções dos autores representativos das principais teorias raciais formuladas no Brasil no final do século XIX até meados do século XX e o desenvolvimento de estratégias de produção textual em diversos gêneros, principalmente os gêneros acadêmicos. Este pretende ainda estimular a ampliação de uma competência informacional específica no campo das relações raciais que possibilite ao/a aluno/a construir habilidades na busca e uso da informação; produzir uma revista virtual de resenhas voltada para a graduação focalizando cada um dos autores estudados e, por fim, construir um grupo de estudos com alunos da graduação que trabalhe a produção científica sobre as relações raciais no Brasil, numa perspectiva interdisciplinar e interunidades. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Tiago Gualberto Morais - Integrante / Maria Aparecida Moura - Coordenador.

  • 2003 - 2005

    Programa Ações Afirmativas na UFMG, Descrição: O Programa Ações Afirmativas na UFMG é sediado da FaE/UFMG, e, trata-se de uma proposta que apresenta estratégias de intervenção - como cursos, palestras, oficinas, ciclos de debates, etc - com vistas a reduzir os efeitos antidemocráticos dos processos de exclusão social de afro-brasileiros. Visa oferecer aos seus bolsistas um instrumental que possibilite a permanência bem sucedida na universidade, a entrada na pós-graduação e, simultaneamente, propiciar a ampliação da compreensão da questão racial na sociedade brasileira, a partir de uma proposta pedagógica voltada para valorização da cultura negra. É sediado na Faculdade de Educação e trata-se de um programa que congrega docentes e alunos de diferentes departamentos e unidades da UFMG e tem como coordenadora a Profª Drª Nilma Lino Gomes- FAE/UFMG.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Tiago Gualberto Morais - Integrante / GOMES, Nilma Lino - Coordenador.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2012

20° Programa Nascente - Categoria Artes Visuais, Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da USP.

2012

Bolsa como artista residente no Tamarind Institute, Tamarind Institute - New Mexico University-USA.

2009

Concurso Mundial de Design de Furoshiki, The Japan Fundation.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2005 - 2006

Instituto de Pesquisa em Tecnologia da Informação

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estudante, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

2004 - 2005

Universidade Federal de Minas Gerais

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estudante, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

2015 - Atual

Associação Museu Afro Brasil

Vínculo: Pesquisador de Conteúdo, Enquadramento Funcional: CLT, Carga horária: 40