Thiago Jacobino Honório

Mestre em Estudos Estratégicos da Defesa e da Segurança pela Universidade Federal Fluminense. Bacharel em Relações Internacionais. É especialista em Ciber Relações Internacionais. Atua como Líder de pesquisa no Laboratório de Simulações e Cenários da Escola de Guerra Naval na qual desenvolve pesquisas relacionadas a Cenários Prospectivos. Membro do Projeto Prospecta do Laboratório de Simulações e Cenários da Escola de Guerra Naval. Entre as áreas de atuação destaca-se Ciber Política, Segurança Internacional, Teoria Política e Cenários Prospectivos. Tem experiência na elaboração de clippings, artigos e outros tipos de produções acadêmicas.

Informações coletadas do Lattes em 31/05/2022

Acadêmico

Formação acadêmica

Mestrado em Estudos Estratégicos da Defesa e da Segurança

2013 - 2016

Universidade Federal Fluminense
Título: Segurança na era da informação: Reflexões teóricas sobre a Ciber Política Internacional,Ano de Obtenção: 2016
Thomas Ferdinand Heye.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Ciber Relações Internacionais; Segurança da Informação; Teoria Política Internacional; Segurança em Rede.Grande área: Outros

Graduação em Relações Internacionais

2007 - 2011

Centro Universitário da Cidade, UniverCidade
Título: A Contribuição de Kenneth Waltz na transição do Realismo para o Neorealismo
Orientador: Ricardo da Silva Gomes
Bolsista do(a): Governo Federal, GOV, Brasil.

Formação complementar

2013 - 2013

Extensão universitária em Laboratório de Prática de Avaliação em Programas Governamentais. (Carga horária: 60h). , Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.

2009 - 2009

Extensão universitária em A ECONOMIA POLÍTICA E A ORDEM INTERNACIONAL. (Carga horária: 16h). , Centro Universitário da Cidade, UniverCidade, Brasil.

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional/Especialidade: Relações Internacionais, Bilaterais e Multilaterais.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Teoria Política/Especialidade: Teoria Política Internacional.

Grande área: Outros / Área: Defesa / Subárea: Segurança e Defesa.

Organização de eventos

HONÓRIO, THIAGO JACOBINO ; CORREA, C. R. . Introdução à Cenários Prospectivos. 2017. (Outro).

HONÓRIO, T .J ; MEDEIROS, S. E. ; OSORIO, F. M. S. ; BRANCO, J. F. C. ; FLOR, C. R. A. ; MONFREDO, C. S. ; PAIVA, A. L. B. E. ; LEITE, A. P. M. R. ; SILVA, D. D. . Simulação em manobra de Crise - Desastre humanitário./ Curso Avançado de Defesa Sul-Americano. 2012. (Outro).

HONÓRIO, T .J ; MEDEIROS, S. E. ; OSORIO, F. M. S. ; BRANCO, J. F. C. ; FLOR, C. R. A. . VI MUN - TEMPO/ UFRJ/ EGN. 2012. (Outro).

HONÓRIO, T .J ; MEDEIROS, S. E. ; BRANCO, J. F. C. ; OSORIO, F. M. S. ; FLOR, C. R. A. . Curso de Capacitação de Operadores em Segurança de Grandes Eventos e Segurança Turística 1ª Turma - COGEST. 2012. 2012. (Outro).

HONÓRIO, THIAGO JACOBINO . II Semana de Defesa e Gestão Estratégica Internacional. 2012. (Outro).

Participação em eventos

Dia do Administrador.O contexto mundial e os reflexos para entorno estratégico brasileiro. 2015. (Outra).

V Semana do curso de graduação em Defesa e Gestão Estratégica Internacional.V Semana do curso de graduação em Defesa e Gestão Estratégica Internacional. 2015. (Outra).

1964/2014: Ontem, Hoje e Amanhã. 2014. (Simpósio).

O Fim da Era dos Impérios e o Novo Mundo Desenhado. 2014. (Outra).

VIII Encontro Nacional da Associação Brasileira de Estudos de Defesa. 2014. (Encontro).

I Seminário Internacional de Estudos Marítimos. 2013. (Seminário).

Laboratório Prática de Avaliação de Programas Governamentaius. 2013. (Outra).

XII ENEE - Encontro Nacional de Estudos Estratégicos. 2013. (Encontro).

A segurança cooperativa e defesa no Atlântico Sul: Imperativos de mudança ou a força da tradição. 2012. (Seminário).

II Semana de Defesa e Gestão Estratégica Internacional da UFRJ.Minicurso - Revolução da Informação e Defesa. 2012. (Outra).

IX Conferência do Forte de Copacabana. 2012. (Congresso).

XI Ciclo de Estudos Estratégicos - 2012. 2012. (Seminário).

I Fórum Regional Brasileiro de Relações Internacionais. 2010. (Outra).

"Sete anos de 11 de setembro de 2001: Da guerra ao terror à Estratégia Antiterrorista. 2008. (Seminário).

Seminário CEBRI 10 anos:. 2008. (Seminário).

Participação em bancas

Aluno: Felipe Marques Lucas Correia

HONÓRIO, T .J; MISSES, D. G.; LUZ, V. C.. ARMAS IMPRESSAS ECONTROLE ESTATAL: novas perspectivas sobre o controle de armas de fogo. 2021. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Segurança Pública) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Bianca Da Silva Porto

HONÓRIO, THIAGO JACOBINO; SILVA, D. D.; PAIVA, H.. Anonymous e Primavera Árabe. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Defesa e Gestão Estratégica Internacional) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Daniele de Oliveira França

HONÓRIO, THIAGO JACOBINO; SILVA, D. D.; PAIVA, H.. A Guerra Esquecida: Como a vulnerabilidade do Estado promoveu a inserção do Iêmen em uma Crise Humanitária. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Defesa e Gestão Estratégica Internacional) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Comissão julgadora das bancas

Márcio Rocha

ROCHA, M.; Thomas; MEDERIOS, S.. Segurança na Era da Informação: Reflexões Teóricas sobre a Cyber Política Internacional. 2016. Dissertação (Mestrado em Estudos Estratégicos da Defesa e da Segurança) - Universidade Federal Fluminense.

André Luiz Varella Neves

NEVES, André Luiz Varella; FREITAS, T.S.S.. A contribuição de K. Waltz na transição do Realismo para o Neo Realismo. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Centro Universitário da Cidade.

Thomas Ferdinand Heye

HEYE, T. F.; HEYE, T. F.;HEYE, Thomas. Segurança na Era da Informação: Reflexões Teoricas Sobre a ciber politica internacional. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Estudos Estratégicos da Defesa e da Segurança) - Universidade Federal Fluminense.

Sabrina Evangelista Medeiros

HEYE, Thomas;MEDEIROS, Sabrina E.; ROCHA, M.. "Segurança na Era da Informação: reflexões teóricas sobre a ciber política internacional.. 2016. Dissertação (Mestrado em Estudos Estratégicos da Defesa e da Segurança) - Universidade Federal Fluminense.

Foi orientado por

Thomas Ferdinand Heye

Segurança na Era da Informação: reflexões teóricas sobre a ciber política internacional; 2016; Dissertação (Mestrado em ESTUDOS ESTRATÉGICOS) - INSTITUTO DE ESTUDOS ESTRATÉGICOS, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Thomas Ferdinand Heye;

Thomas Ferdinand Heye

SEGURANÇA NA ERA DA INFORMAÇÃO: REFLEXÕES TEÓRICAS SOBRE A CIBER POLÍTICA INTERNACIONAL; 2013; Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graudação em Estudos Estratégicos) - Universidade Federal Fluminense, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Thomas Ferdinand Heye;

Produções bibliográficas

  • CORREA, C. R. ; LAURO, A. ; HONÓRIO, T .J . THE POTENTIAL IMPACTS OF COVID-19 PANDEMIC ON INTERNATIONAL DEFENSE AND SECURITY. REVISTA DA ESCOLA DE GUERRA NAVAL , v. 26, p. 579-608, 2020.

  • HONÓRIO, THIAGO JACOBINO . O uso de ciberataques em eleições e as Relações Internacionais | The use of cyberattacks in elections and International Relations. REVISTA MURAL INTERNACIONAL , v. 9, p. 85-98, 2018.

  • HONÓRIO, T .J ; CORREA, C. R. ; SILVA, J. G. L. . Atualização do planejamento estratégico na Amazul. In: Vinicius Janick; Jéssica Leite; Cesar C. B. Martins. (Org.). Explorando Futuros Possíveis - fundamentos e práticas sobre ferramentas prospectivas. 1eded.Rio de Janeiro: Alpheratz, 2021, v. 1, p. 181-201.

  • HONÓRIO, T .J . Hyper-personalização da guerra e vigilância. In: VI Encontro Brasileiro de Estudos Estratégicos e Relações internacionais, 2020, Niterói. ESTUDOS ESTRATÉGICOS & RELAÇÕES INTERNACIONAIS O Protagonismo da China no Século 21. Niterói: Luzes, 2019.

  • HONÓRIO, T .J ; MELLO, C. V. ; SAMPAIO, T. R. . O Poder no Ciberespaço: o uso da força através da tecnologia da informação. In: Encontro Nacional da Associação Brasileira de Estudos de Defesa, 2014, Brasília. Defesa e Segurança no Atlântico, 2014.

  • HONÓRIO, THIAGO JACOBINO . Segurança Cibernética Internacional. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • HONÓRIO, T .J . PERSPECTIVAS TEÓRICAS PARA AS CIBER RELAÇÕES INTERNACIONAIS. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • HONÓRIO, T .J ; DIAS, L. M. H. S. . Desdobramentos da vigilância em massa: Brasil e a segurança digital. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • HONÓRIO, T .J . Setor Cibernético. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • HONÓRIO, T .J ; SARRO, T. J. . O contexto mundial e os reflexos para o entorno estratégico brasileiro. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • HONÓRIO, T .J . O caso Hacking Team e as companhias privadas hackers. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • HONÓRIO, T .J . 'A natureza da Guerra na era da Revolução em assuntos militares. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • HONÓRIO, THIAGO JACOBINO . O Poder no Ciberespaço: O uso da força através da Tecnologia da Informação. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • HONÓRIO, T .J ; BRANCO, J. F. C. ; SAMPAIO, H. S. ; SARRO, T. J. . A geopolítica do Petróleo: uma análise conjuntural e estratégica da Fonte 2012 (Artigo).

  • HONÓRIO, T .J ; MEDEIROS, S. E. ; BRANCO, J. F. C. . Resumo Analítico - Maio/2012 2012 (Resumo analítico).

Outras produções

HONÓRIO, T .J ; MATTOS, T. C. L. . ESTADOS UNIDOS E CHINA FECHAM ACORDO SOBRE CIBERESPIONAGEM. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Projetos de pesquisa

  • 2020 - 2021

    Prospecta Defesa FASE 2, Descrição: Descrição: O projeto objetiva elaborar um RADAR de Impactos Futuros sobre Segurança Internacional e Defesa (RIFSID), contando com pesquisas de doutores, doutorandos, mestres, mestrandos e graduandos. Possui financiamento da Fundação de Estudos do Mar (FEMAR)... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Thiago Jacobino Honório - Coordenador / Claudio Rodrigues Corrêa - Integrante / NATHALIE TORREAO SERRAO - Integrante / Caroline Rocha Travassos Colbert - Integrante / Thauan dos Santos - Integrante / Ana Paula M. Rodriguez - Integrante / Cesar Castello Branco Martins - Integrante / Nathalia Vasconcelos - Integrante / Marcelo Andrade de Barros - Integrante., Financiador(es): Fundação de Estudos do Mar - Bolsa.

  • 2018 - 2018

    Prospecta Defesa FASE 1, Descrição: O projeto PROSPECTA tem como objetivo primordial fornecer subsídios de curto, médio e longo prazo aos tomadores de decisão e, para isso, propõe-se a realização de estudos futuros realizados pelas Forças Armadas por meio de pesquisas bibliográficas. Como objetivo secundário, após a obtenção dos resultados do estudo, buscar-se-á sensibilizar a sociedade brasileira para as questões de Defesa, especialmente na área de cenários prospectivos, divulgando-os no meio acadêmico civil e com o objetivo de integração civil. e os militares.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Especialização: (4) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (3) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Thiago Jacobino Honório - Integrante / Claudio Rodrigues Corrêa - Coordenador / Monah Marins Pereira Carneiro - Integrante., Financiador(es): Fundação de Estudos do Mar - Bolsa.

  • 2014 - Atual

    Cenários prospectivos para Segurança e Defesa, Descrição: Levantar metodologias de elaboração de cenários e outros métodos prospectivos e, sobretudo, o seu desenvolvimento e adaptação aos interesses do Estado, visando fornecer subsídios de curto, médio e longo prazo aos tomadores de decisão (sejam da Marinha do Brasil e outras Forças Armadas, do Estado brasileiro ou de um agente público ou privado) que lhes permitam se antecipar, aprender e decidir mais rapidamente. Publicação de relatórios e artigos dos resultados obtidos. Este amplo tema abarca seis grupos de pesquisa: Abordagens Quanti e Quali em Métodos Prospectivos.; Benchmarking de Estudos Prospectivos em Defesa e Segurança; Biossegurança no Futuro; Escassez de Água no Futuro; Guerra do Futuro; e IoT e Defesa. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (2) . , Integrantes: Thiago Jacobino Honório - Integrante / Claudio Rodrigues Corrêa - Coordenador / NATHALIE TORREAO SERRAO - Integrante.

  • 2013 - 2016

    Ciber Relações Internacionais e Segurança, Descrição: A revolução trazida pelas tecnologias da informação tem mudado de forma significativa a sociedade. Os computadores e suas respectivas redes tornaram o funcionamento de várias atividades que vão desde a produção de bens até a comunicação entre indivíduos otimizada. Em uma sociedade informatizada fábricas, usinas e uma vasta gama de serviços públicos e privados operam através de sistemas e programas de computadores. Em termos militares o emprego de tais tecnologias resultou no uso de sistemas de posicionamento global (GPS), armas inteligentes e a capacidade de levantar e processar grandes quantidades de dados que vêm alterando o funcionamento das operações contemporâneas. Se por um lado a tecnologia da informação proporciona benesses, por outro cria novas vulnerabilidades que podem afetar diretamente setores chave do Estado. Um caso recente foi a explosão das centrífugas de enriquecimento do Irã atribuídas ao vírus Stuxnet em 2010. Dois anos depois, foi descoberto que o vírus Flame havia roubado dados por anos sem ser descoberto no respectivo país. Em decorrência de tais possibilidades o ciberespaço passa a fazer parte da agenda de segurança dos Estados. Concomitantemente um novo campo de estudo as ?Ciber Relações Internacionais? surge no intuito de preencher a lacuna entre o ciberespaço e a Política Internacional. Em um contexto de constante mudança o presente projeto busca compreender e analisar a Revolução da Informação e seus desdobramentos para as Relações Internacionais e a Segurança.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Thiago Jacobino Honório - Coordenador / Louise Marie Hurel Silva Dias - Integrante / Nicolle Miranda Araújo - Integrante.

  • 2012 - 2013

    Geopolítica do Petróleo, Descrição: O petróleo, para além de suas capacidades e potencias energéticas, se consolida como uma ferramenta politica e econômica. Estima-se que 60% da energia mundial provenham do Petróleo e Gás Natural. Por ser uma fonte energética não renovável, a possibilidade de esgotamento e de escassez iria desestruturar todo o sistema ora erguido. Muitos cenários e previsões sobre a escassez deste recurso vêm sendo construídos desde a década de 50, mas desde então novas reservas vem sendo encontradas permitindo, assim, o uso continuo desta mercadoria. A descoberta do Pré Sal no Brasil é um exemplo disto. Um dos maiores desafios que o Brasil enfrentará será a legitimação e a consolidação de sua soberania dentro da área que ultrapassa a faixa de 12 até 200 milhas da costa como pertencente ao domínio econômico exclusivo do país. Apesar de muitos países já terem ratificado este Tratado, os EUA ainda não o fizeram. Os países mais desenvolvidos são, atualmente, os que mais se fazem valer do uso do petróleo seja para movimentação de sua economia e indústria nacional. Neste sentido, o não reconhecimento deste tratado, se consolida como uma questão que podem gerar dilemas de segurança e crises que necessitarão ser gerenciadas pelo Brasil. Apesar de uma ferramenta estratégica, o petróleo pode gerar um retrocesso econômico para os seus países produtores e, ainda, trazer grande vulnerabilidades devidos aos crescentes interesses pela dominação da região. Dessa forma o projeto de pesquisa pretende desenvolver estudos acerca da temática do petróleo e sua influência no contexto internacional.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Thiago Jacobino Honório - Integrante / Juliana Foguel Castelo Branco - Coordenador / Henriqueta Souza Sampaio - Integrante / Guilherme Monteiro Santos - Integrante / Whilla Castelhano Coimbra - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Projeto Cenários - Guerra do Futuro, Descrição: Por que tentarmos nos antecipar a guerra? Por que tentarmos antever suas causas e claro, quais serão as tecnologias empregadas? Estas são as perguntas que este projeto se propõe a fazer. No entanto, no esforço de tal tarefa faz necessário o uso de ferramentas metodológicas. Tais ferramentas permitem que através de criatividade e pluralidade técnica, possamos gerar possibilidades de futuros plausíveis. Tais futuros são baseados em sinais, elementos que são considerados relevantes e que devem ser observados com especial atenção e, para a possibilidade de cada um deles, estratégias previamente desenvolvidas deverão ser colocadas em ação. Para evita-lo, ou para beneficiar-se. Assim, um cenário prospectivo difere-se como ferramenta metodológica de qualquer tipo de especulação desvinculada de base racional (adivinhação). Busca-se antecipar tendências da guerra por meio da formulação de possibilidades logicamente plausíveis. A arma nuclear, por exemplo, foi um divisor de águas. O medo da aniquilação total gerou consequências que foram além das simples capacidades de destruição. Instituiu uma nova ordem de equilíbrio, baseada em um embate que nunca aconteceu de verdade, mas que gerou uma explosão de conflitos pelas periferias do Sistema Internacional. Aos olhos do observador de 1920 no qual o átomo começava a ser desvendado no campo da física, mesmo o homem mais perspicaz daquela época não poderia imaginar que as implicações da pesquisa de físicos em laboratórios (bomba nuclear) seria o vetor de uma guerra de meio século que nunca aconteceu. No entanto, já era sabido que pesquisas estavam avançando neste campo e que desenvolvimentos nesta área poderiam ser muito relevantes nos anos vindouros. O presente projeto visa em primeiro lugar especular quais causas poderão ser vetores para guerras e quais meios de emprego (tecnologia) poderão ser usados daqui a vinte ou trinta anos. Em segundo lugar como um antecedente ao estudo, precisa compreender a relação da guerra com a política, a ciência e a tecnologia. É importante para aqueles que pretendem estudar o futuro a compreensão de que a guerra por ser um fenômeno político está sujeita a mudanças nem sempre materiais. A Revolução Francesa mudou drasticamente a forma como organização militar funcionava na Europa, impulsionou o ?Levée en masse? nas guerras napoleônicas e mesmo com seu fim seus efeitos perduraram: os sistemas de promoções a oficiais por mérito e não por título, o aumento de número de combatentes são apenas exemplos de seu alcance. Ao mesmo tempo a ciência e a tecnologia apontam novas oportunidades e desafios. O futuro da guerra pode estar em novas dimensões que ainda estão nos laboratórios e universidades pelo mundo. Um aumento na expectativa de vida pode levar a um aumento no tempo de atividade de militares, robôs podem tornar a necessidade de soldados menor. Talvez lutemos as guerras do futuro de nossas casas em nossos computadores. O projeto pretende ser teórico/empírico. Em parte as atividades versarão de autores que estudam os fenômenos da guerra. Por outro lado os participantes deverão formular, participar e produzir Cenários Prospectivos. Os resultados obtidos serão expressos na forma de artigos científicos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Thiago Jacobino Honório - Integrante / Claudio Rodrigues Corrêa - Coordenador / Vinicius de Moraes Roland - Integrante / Nicolle Miranda Araújo - Integrante / Daniel Pimenta Gonçalves da Fonte - Integrante / Luiz Carlos Pinheiro de Mello Filho - Integrante / Bruna de Andrade Campos - Integrante.

Histórico profissional

Endereço profissional

  • Escola de Guerra Naval, Marinha do Brasil. , Av. Pasteur, 480, Urca, 22290240 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil, Telefone: (21) 38200055, URL da Homepage:

Experiência profissional

2013 - Atual

Escola de Guerra Naval

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador Associado

2012 - Atual

Laboratório de Simulações e Cenarios

Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Pesquisador associado, Carga horária: 8

Outras informações:
Atuação como pesquisador nas áreas de Cenários prospectivos e Geopolítica do Petróleo além de participar na organização simulações de jogos de crise.

2018 - 2018

Fundação de Estudos do Mar

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Consultor

Outras informações:
Consultor no projeto de revisão de Cenários Prospectivos da em Empresa Amazônia Azul Tecnologias S.A através do Laboratório de Simulações e Cenários da Escola de Guerra Naval e financiado pela FEMAR.