Ronaldo Costa Fernandes

Possui graduação em Letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro(1976), mestrado em Letras Neolatinas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro(1983) e doutorado em Literatura pela Universidade de Brasília(2000). Atualmente é estatutário do Ministério da Cultura e funcionário da Faculdade de Letras. Atuando principalmente nos seguintes temas:O personagem da literatura brasileira, A ideologia do personagem brasileiro, Mito e História na narrativa brasileira, Narratologia - o personagem da literatura brasilei, Semiótica do personagem brasileiro e Ideologia e narratologia na semiótica do personage.

Informações coletadas do Lattes em 31/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Literatura

1998 - 2000

Universidade de Brasília
Título: Cabo de Guerra da Imaginação
Orientador: Prof Dr. Hermenegildo J. De Menezes Bastos
Palavras-chave: O personagem da literatura brasileira; A ideologia do personagem brasileiro; Mito e História na narrativa brasileira; Narratologia - o personagem da literatura brasilei; Semiótica do personagem brasileiro; Ideologia e narratologia na semiótica do personage. Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Teoria Literária / Especialidade: Literatura Brasileira. Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Teoria Literária. Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Língua Portuguesa / Especialidade: Literatura Portuguesa. Setores de atividade: Educação superior; Outro; Outros.

Mestrado em Letras Neolatinas

1980 - 1983

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Orientador: Bella Josef
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Literatura Hispano-Americana; Teoria da Literatura; Narratologia; Narrador-personagem.

Graduação em Letras

1972 - 1976

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Francês

Compreende Razoavelmente, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Brasileira/Especialidade: História Literária Semiologia e Narratologia.

    Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Teoria Literária.

    Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Teoria da Literatura e Literatura Brasileira.

    Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Brasileira.

    Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literaturas Estrangeiras Modernas.

    Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Comparada.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Rodas de Leituras do CCBB.Rodas de Leitura do CCBB. 2002. (Seminário).

Colóquio Brasília, futuro do Pretérito.Colóquio Brasília, futuro do pretérito. 2002. (Seminário).

III Encontro de Escritores de Língua Portuguesa.III Encontro de Escritores de Língua Portuguesa. 2002. (Encontro).

II Jornada de Literaturaa Contemporânea.II Jornada de Literatura Contemporânea. 2001. (Seminário).

A ficção do espaço e o espaço da ficção. BRASA V. 2000. (Congresso).

Simpósio Internacional 500 anos de descobertas literárias.Simpósio internacional 500 anos de descobertas literárias. 2000. (Simpósio).

51ª SBPC. 51ª Reunião SBPC. 1999. (Congresso).

Abrindo para balanço: a literatura brasileira no século XX. Narrador, cidade, literatura ( trabalho ). 1999. (Congresso).

II Encontro de Escritores de Língua Portuguesa.II Encontro de Escritores de Língua Portuguesa. 1999. (Encontro).

Semana de Letras da Universidade Católica de Brasília.Palestra. 1998. (Seminário).

Federico Garcia Lorca - Comemoração centenário.Garcia Lorca - Centenário. 1998. (Encontro).

Oficina de literatura sobre o narrador do romance.Oficina de literatura sobre o narrador do romance. 1997. (Oficina).

Mercado editorial e distribuição.Mesa-redonda no Correio Braziliense. 1997. (Encontro).

Tropicalismo: 30 anos.Mesa-redonda na UnB. 1997. (Encontro).

O narrador do romance.Palestra. 1997. (Outra).

Homenagem a Nelson Rodrigues.Palestra sobre Nelson Rodrigues. 1994. (Outra).

Semana de Letras.Palestra sobre la sensualidad en la literatura brasileña. 1994. (Outra).

Literatura brasileña contemporanea.Palestra no Centro Romulo Gallegos. 1990. (Outra).

La poesía de Manuel Bandeira.Palestra na Biblioteca Central. 1989. (Outra).

La vanguardia literaria de los años 20.Palestra no Museo del Teclado. 1987. (Outra).

O papel da editoração estatal na divulgação do livro e da literatura.Mesa-redonda sobre editoração estatal. 1983. (Simpósio).

Palestra sobre o livro João Rama.Palestra em universidade. 1980. (Outra).

Palestra.Palestra em universidade. 1980. (Outra).

Palestra.Palestra em universidade. 1980. (Outra).

O livro e a criação literária.Palestras em seis escolas de 1º grau. 1980. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Tereza Ramos de Carvalho

CARVALHO, T. R.;FERNANDES, R. C.. A voz narrativa nos contos: A mulher que comeu o amante, Ontem, como hoje, como depois e A enxada, de Bernardo Élis. 2003. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

Aluno: Patrícia Mendonça Jorge Rocha

ROCHA, P. M. J.;FERNANDES, R. C.. Participação em banca. 2002. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Universidade de Brasília.

FERNANDES, R. C.. Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade. 2002. Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

FERNANDES, R. C.. Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade. 2001. Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

FERNANDES, R. C.. Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade. 1999. Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

FERNANDES, R. C.. Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade. 1998. Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

FERNANDES, R. C.. Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade. 1997. Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

FERNANDES, R. C.. Jurado do Prêmio de Literatura Alfredo Armas Alfonzo. 1994. Fundación Alfredo Armas Alfonzo.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Henryk Siewierski

SIEWIERSKI, H.; BASTOS, H.; BRUNETI, A. C.; WEBER, J. E.; PATRIORA, M. A.; FONSECA, J. L. J. S.. Cabo de Guerra da Imaginação. 2000. Tese (Doutorado em Literatura) - Universidade de Brasília.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Bella Karacuchansky Jozef

A Oralidade Em Tres Tristes Tigres; ; 1984; Dissertação - Universidade Federal do Rio de Janeiro,; Orientador: Bella Karacuchansky Jozef;

Hermenegildo José de Menezes Bastos

Cabo de guerra da imaginação: posição do personagem no imaginário do leitor brasileiro e sua criação como forma ideológica; 2000; Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Literatura) - Universidade de Brasília,; Orientador: Hermenegildo José de Menezes Bastos;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • FERNANDES, R. C. . Prazer da dor. Correio Braziliense, Brasília, v. Pensar, 2003.

  • FERNANDES, R. C. . O fraque e o chinelo. Correio Braziliense, Brasília, v. Pensar, 2003.

  • FERNANDES, R. C. . O mal e o mar. Correio Braziliense, Brasília, v. Pensar, 2003.

  • FERNANDES, R. C. . O prazer de ler Londres. Correio Braziliense, Caderno Pensar, 2003.

  • FERNANDES, R. C. . A cidade das letras. Correio Braziliense, Brasília, 2002.

  • FERNANDES, R. C. . O ciúme e o nouveau-roman, de Alain Robbe-Grillet. Site da Fundação Espaço Cultural da Paraíba , João Pessoa, 2002.

  • FERNANDES, R. C. . A saga de Saraminda. O Estado do Maranhão, São Luís, Maranhão, 2001.

  • FERNANDES, R. C. . O fantástico em Aurélia, de Nerval. Site da Fundação Espaço Cultural da Paraíba , João Pessoa, 2001.

  • FERNANDES, R. C. . Malícias do pós-moderno. Gazeta Mercantil, Brasília, 1999.

  • FERNANDES, R. C. . Cem anos de Dom Casmurro. Jornal de Brasília, Brasília, 1999.

  • FERNANDES, R. C. . A poesia hoje. Cadernos da Católica , Brasília, 1998.

  • FERNANDES, R. C. . A morte do poeta trágico. Gazeta Mercantil, Brasília, 1998.

  • FERNANDES, R. C. . Choque do passado com olhos do presente. Jornal de Brasília, Brasília, 1997.

  • FERNANDES, R. C. . Provincianos de todo mundo, uni-vos. Gazeta Mercantil, Brasília, 1997.

  • FERNANDES, R. C. . O crime do poeta. Correio Braziliense, Brasília, 1997.

  • FERNANDES, R. C. . El cuento en Brasil. Revista Imagem , caracas, 1993.

  • FERNANDES, R. C. . El nacionalismo en la modernidad en Mário de Andrade. El Nacional, Caracas, 1993.

  • FERNANDES, R. C. . La pasión por la palabra. Revista Imagem , Caracas, 1992.

  • FERNANDES, R. C. . La dignidad de escritor. El Globo, Caracas, 1992.

  • FERNANDES, R. C. . El escritor como testigo. El Nacional, Caracas, 1992.

  • FERNANDES, R. C. . A sensualidade das idéias. O Estado do Maranhão, São Luís, 1992.

  • FERNANDES, R. C. . El gran arte de Rubem Fonseca. El Nacional, Caracas, 1991.

  • FERNANDES, R. C. . La literatura brasileña hoy. El Nacional, Caracas, 1991.

  • FERNANDES, R. C. . La ciudad en la novela. Revista Imagem , Caracas, 1991.

  • FERNANDES, R. C. . La tercera orilla de la novela. El Diario de Caracas, Caracas, 1991.

  • FERNANDES, R. C. . La iglesia, la plaza y la cancha de fútbol. El Diario de Caracas, Caracas, 1989.

  • FERNANDES, R. C. . El genial Machado de Assis. El Universal, Caracas, Venezuela, 1987.

  • FERNANDES, R. C. . A oralidade. O Estado de Minas Gerais, Belo Horizonte, 1985.

  • FERNANDES, R. C. . A paródia lingüística em João Miramar. O Estado de Minas Gerais, Suplemento Literário, 1984.

  • FERNANDES, R. C. . Notas para uma teoria do conto. O Estado de Minas Gerais, Suplemento Literário, 1984.

  • FERNANDES, R. C. . O amanuense Belmiro. Suplemento Literário de O Estado de Minas Gerais, Belo Horizonte, 1982.

  • FERNANDES, R. C. . A propósito de uma literatura chamada cubana. Tribuna da Imprensa, Rio de Janeiro, 1975.

  • FERNANDES, R. C. . Conto sob medida. Tribuna da Imprensa, Rio de Janeiro, 1975.

  • FERNANDES, R. C. . Vamos filmar Raul Bopp. Tribuna da Imprensa, Rio de Janeiro, 1975.

  • FERNANDES, R. C. . Andarilho. 1. ed. Rio de Janeiro: 7 Letras, 2000. v. 1. 90p .

  • FERNANDES, R. C. ; LIMA, R. . O imaginário da cidade. 1. ed. Brasília: Editora da UnB, 2000. v. 1. 194p .

  • FERNANDES, R. C. . Terratreme. 1. ed. Brasília: Fundação Cultural da Secretaria de Cultura do Distrito Federal, 1998. v. 1. 93p .

  • FERNANDES, R. C. . O morto solidário. 1. ed. Rio de Janeiro: Revan, 1998. v. 1. 158p .

  • FERNANDES, R. C. . Estrangeiro. 1. ed. Rio de Janeiro: Sette Letras, 1997. v. 1. 108p .

  • FERNANDES, R. C. . Concerto para flauta e martelo. 1. ed. Rio de Janeiro: Revan, 1997. v. 1. 158p .

  • FERNANDES, R. C. . O narrador do romance. 11. ed. Rio de Janeiro: Sette Letras, 1996. v. 1. 173p .

  • FERNANDES, R. C. . Noticias del Horto. 1. ed. Caracas: Monte Avila, 1991. v. 1. 100p .

  • FERNANDES, R. C. . El muerto solidario. 1. ed. Havana: Casa de las Américas, 1991. v. 1. 108p .

  • FERNANDES, R. C. . Retratos Falados. 1. ed. Rio de Janeiro: Philobiblion, 1984. v. 1. 177p .

  • FERNANDES, R. C. . O ladrão de cartas. 1. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1981. v. 1. 86p .

  • FERNANDES, R. C. . João Rama. 1. ed. Rio de Janeiro: Editora Codecri, 1979. v. 1. 146p .

  • FERNANDES, R. C. . Jogos de azar. Correio Braziliense, Brasília.

  • FERNANDES, R. C. . A prisão de Homero. Correio Braziliense, Brasília.

  • FERNANDES, R. C. . Potemkim-Kursk. Correio Braziliense, Brasília.

  • FERNANDES, R. C. . Caminhos de ferro. Correio Braziliense, Brasília.

  • FERNANDES, R. C. . 4 Poemas. Correio Braziliense, Brasília.

  • FERNANDES, R. C. . A estrada. Correio Braziliense, Brasília.

  • FERNANDES, R. C. . Narrador, cidade, literatura. In: BRASA V, 2000, Recife, 2000.

  • FERNANDES, R. C. . A contaminação ideológica em Iracema, de José de Alencar. In: 51ª Reunião Anual da SBPC, 1999, Porto Alegre, 1999.

  • FERNANDES, R. C. . Solilóquio e O tempo. Rio de Janeiro: Revista Poesia Sempre, da Biblioteca Nacional, Ano 9, nº15, 2001 (Poesia).

  • FERNANDES, R. C. . Enciclopédia da Literatura Brasileira, de Afrânio Coutinho. Rio/Brasília: Global, Academia Brasileira de Letras e Ministério da Cultura, 2001 (Citação).

  • FERNANDES, R. C. ; LIMA, R. . Narrador, cidade, literatura. Brasília: Editora da UnB, 2000 (Artigo em livro).

  • FERNANDES, R. C. . A catedral. Brasília: Revista literária DF Letras, 2000 (Poema).

  • FERNANDES, R. C. . A prisão de Homero e Setembro. Brasília: Ed. Thesaurus, 2000 (Conto e poesia).

  • FERNANDES, R. C. . 4 poemas. Brasília: Revista da Academia Brasiliense de Letras, Ano XVIII, nº 16, 2000 (Poema).

  • FERNANDES, R. C. . Diccionario Enciclopédico de las Letras de América Latina. Caracas: Monte Avila Editores/Biblioteca Ayacucho, 1998 (Verbete sobre Graciliano Ramos).

  • FERNANDES, R. C. . Poemas na Antologia da Poesia de Brasília. Rio de Janeiro: Sette Letras, 1998 (Participação em antologias).

  • FERNANDES, R. C. . Fugindo do quintal, empreendedores e incubadoras de empresas de base tecnológica no Brasil, de autoria de Marco Antonio T. Furtado. Brasília: SEBRAE, 1998 (Tratamento redacional).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

FERNANDES, R. C. ; LIMA, R. . 17 entrevistas para a televisão. 2000. (Apresentação de obra artística/Outra).

FERNANDES, R. C. . Editor. 1990. (Apresentação de obra artística/Literária).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

1998

Prêmio Bolsa Brasília de Literatura - Poesia, Fundação Cultural do DF-Secretaria de Cultura do DF.

1997

Prêmio Austregésilo de Athayde, União Brasileira de Escritores - Seção Rio de Janeiro.

1996

Medalha La Ravardiere, Prefeitura da cidade de São Luís, Maranhão.

1992

Prêmio Otávio de Farias, União Brasileira de Escritores - Seção Rio de Janeiro.

1991

Prêmio Cidade de Belo Horizonte, Prefeitura de Belo Horizonte - Minas Gerais.

1990

Prêmio Casa de las Américas, Casa de las Américas - Havana, Cuba..

1979

Prêmio Revelação de Autor da APCA ( Associação Paulista de Críticos de Arte ), Associação Paulista de Críticos de Arte.

1979

Prêmio Guimarães Rosa, Governo do Estado de Minas Gerais.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2002 - Atual

    Faculdade de Letras

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Outro, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Dá aulas de Literatura Brasileira, Literatura Portuguesa e Teoria Literária. Participa de banca de exame de monografias. Orienta monografias.

    Atividades

    • 02/2002

      Ensino, Letras, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Literatura brasileira, Literatura portuguesa, Teoria literária

  • 1997 - 1998

    Universidade Católica de Brasília

    Vínculo: contratado, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Chefe do Setor de Arte e Cultura da Universidade Católica de Brasília. Coordenava eventos culturais e tinha sob sua coordenação o coral e o grupo teatral.

    Atividades

    • 08/1997 - 11/1998

      Extensão universitária , Pró Reitoria de Extensão, Setor de Arte e Cultura.,Atividade de extensão realizada, Chefe do Setor de Arte e Culltura da Universidade Católica de Brasília.

  • 1991 - 1994

    Instituto de Letras

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor convidado, Carga horária: 12

    Outras informações:
    Professor de Literatura Brasiliera.

    Atividades

    • 08/1991 - 12/1991

      Ensino, Literatura Brasileira, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Literatura brasileira

  • 1984 - 1995

    Ministério das Relações Exteriores do Brasil

    Vínculo: Contratado, Enquadramento Funcional: Diretor do Centro de Estudos Brasileiros, Carga horária: 40

  • 1980 - 1985

    Ministério da Cultura

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: celetista, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Entrada no serviço público federal como celetista. A partir de 1990, no governo Collor, passa a ser regido pelo regime jurídico único, logo estatutário.

    Atividades

    • 01/1990

      Direção e administração, Fundação Biblioteca Nacional, Biblioteca Demonstrativa de Brasília.,Cargo ou função, Técnico em Pesquisa II.

    • 02/1995 - 01/2003

      Direção e administração, Fundação Nacional de Arte Funarte, Coordenação de Difusão Cultural da Funarte Em Brasília.,Cargo ou função, Coordenador.