Laura Denise Mendes da Silva

Possui graduação em Biomedicina(bacharel/biomédico)pela Universidade de Marília.Pós Graduação latu-sensu em Hematologia,Hemoterapia com ênfase em Biologia Molecular.Atuou na área de Imunologia de Moléstias Infecciosas,pelo PRAT-Programa de Aprendizagem e Treinamento na Faculdade de Medicina da Unesp-Botucatu.Mestre na área de Doenças Tropicais na UNESP-Faculdade de Medicina de Botucatu.Tem experiência em práticas de Patologia Clínica,Análises Clínicas e Imunologia de Moléstias Infecciosas e Parasitárias. Biomédico no Instituto Adolfo Lutz de Marília-SP.

Informações coletadas do Lattes em 09/04/2022

Acadêmico

Formação acadêmica

Mestrado em Doenças Tropicais

2013 - 2016

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Título: Papel dos receptores TLR-2 e TLR-4 na produção de citocinas em pacientes chagásicos crônicos,Ano de Obtenção: 2016
Sueli Aparecida Calvi.Coorientador: Ângela Maria Victoriano de Campos Soares. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: citocina; Toll like receptors; doença de Chagas.Grande área: Ciências BiológicasGrande Área: Ciências Biológicas / Área: Imunologia / Subárea: Imunologia Aplicada.

Especialização em Hematologia,Hemoterapia ,Biologia Molecular

2009 - 2010

Faculdades ESEFAP de Tupã
Título: Anemia Falciforme
Orientador: Ms Larissa Barbosa Lopes

Graduação em Biomedicina(Ciências Biológicas Mod-Médica)

2000 - 2004

Universidade de Marília

Formação complementar

2019 - 2019

Curso de Biossegurança. (Carga horária: 1h). , Instituto Adolfo Lutz, IAL, Brasil.

2018 - 2018

Treinamento técnico e operacional Abbot RealTime HIV-1. (Carga horária: 24h). , Instituto Adolfo Lutz, IAL, Brasil.

2017 - 2017

INTRODUÇÃO Á ANÁLISE ESTATÍSTICA E BANCO DE DADOS DE PESQUISA CIENTÍFICA. , Faculdade de Medicina de Botucatu, FMB, Brasil.

2014 - 2014

Extensão universitária em Difundindo e Popularizando a Ciência na UNESP. (Carga horária: 48h). , Faculdade de Medicina de Botucatu, FMB, Brasil.

2014 - 2014

? CURSO DE NOÇÕES DE BIOSSEGURANÇA: LEGISLAÇÃO, EP. (Carga horária: 2h). , Faculdade de Medicina de Botucatu, FMB, Brasil.

2012 - 2012

Extensão universitária em Do amarelão às picadas de cobra.. (Carga horária: 60h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

2012 - 2012

Extensão universitária em Técnicas Imunológicas Aplicadas a Inv Científica. (Carga horária: 60h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

2012 - 2012

Espectometria de massas para estudo de metabólicos. (Carga horária: 4h). , Centro de Estudos de Venenos e Animais Peçonhentos, CEVAP, Brasil.

2012 - 2012

RNA de Interferência. (Carga horária: 8h). , Faculdade de Medicina de Botucatu, FMB, Brasil.

2011 - 2011

Extensão universitária em Avanços em Biologia Molecular. (Carga horária: 40h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

2011 - 2011

Extensão universitária em Interação Parasita-Hosp Amb.,Toxoplas,Leish,Chagas. (Carga horária: 45h). , Faculdade de Medicina de Botucatu, FMB, Brasil.

2007 - 2007

Biossegurança. (Carga horária: 3h). , Faculdade de Medicina de Marília, FAMEMA, Brasil.

2007 - 2007

Ciclo de Conferências sobre Hemostasia. (Carga horária: 3h). , Faculdade de Medicina de Marília, FAMEMA, Brasil.

2007 - 2007

Formação de Brigada de Incêndio. (Carga horária: 36h). , Faculdade de Medicina de Marília, FAMEMA, Brasil.

2006 - 2006

Variáveis Pré Analíticas em Exames laboratoriais. (Carga horária: 2h). , Faculdade de Medicina de Marília, FAMEMA, Brasil.

2003 - 2003

Imunoterapia. (Carga horária: 4h). , Universidade de Marília, UNIMAR, Brasil.

2003 - 2003

Anatomia da Imagem do Crânio por RM e TM. (Carga horária: 4h). , Associação Paulista de Biomedicina, APBM, Brasil.

2003 - 2003

Citologia Oncótica. (Carga horária: 8h). , Universidade de Marília, UNIMAR, Brasil.

2003 - 2003

Anatomia da Coluna Vertebral e Joelho,RM e TM. (Carga horária: 4h). , Associação Paulista de Biomedicina, APBM, Brasil.

2003 - 2003

Hemostasia. (Carga horária: 8h). , Universidade de Marília, UNIMAR, Brasil.

2003 - 2003

Diagnóstico Laboratorial em Reumatologia. (Carga horária: 4h). , Associação Paulista de Biomedicina, APBM, Brasil.

2002 - 2002

Doenças Infecciosas e Saúde Pública. (Carga horária: 8h). , Universidade de Marília, UNIMAR, Brasil.

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Parasitologia.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Imunologia.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Hematologia.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Hematologia/Especialidade: Hemoterapia.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biologia Geral / Subárea: Histologia.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Análises Clínicas.

Organização de eventos

COLETTA, A. M. D. ; PINTO, G. V. S. ; SILVA, L. D. M. ; MARTIN, L. F. ; ABRAAO, L. M. ; ABREU, M. M. ; NODA, N. M. ; SILVA, R. A. C. ; GARCIA, T. . VIII Encontro de Pós-Graduação da Faculdade de Medicina de Botucatu. 2014. (Congresso).

Participação em eventos

Mesa redonda em comemoração ao dia do Biomédico.Mesa redonda em comemoração ao dia do Biomédico. 2017. (Outra).

Palestra-Nova Intranet-Instituto Adolfo Lutz- Laboratório Central. 2017. (Outra).

CAIPIRÃO-Encontro de Infectologia do Interior Paulista. 2014. (Encontro).

VIII Encontro da Pós Graduação. 2014. (Encontro).

11th World Congress on Inflamation and XXXVIII Congress of the Brazilian Society of Immunology, 2013. TLR-2 AND TLR-4 EXPRESSION IN PATIENTS WITH CARDIAC FORM OF CHAGAS DISEASES- PRELIMINARY RESULTS. 2013. (Congresso).

Ciência ao Cair da Tarde. 2012. (Congresso).

Ciência ao cair da tarde-Experiência com Clinical Trials. 2012. (Outra).

Ciência ao cair da tarde-Publicação de Artigos Científicos em Inglês. 2012. (Congresso).

VII Encontro de Pós Graduação. 2012. (Encontro).

X Jornada dos Programas de Aprimoramento Profissional - JAPA. DIAGNÓSTICOS PARASITOLÓGICOS REALIZADOS NO LABORATÓRIO DE PESQUISA DE DOENÇAS TROPICAIS DO DEPARTAMENTO DE DOENÇAS TROPICAIS E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM. 2012. (Congresso).

Ciência ao cair da Tarde.Participação da atividade promovida pela Comissão de pesquisa com carga horária total de 2 horas.. 2011. (Outra).

Ciência ao cair da Tarde. 2011. (Outra).

II Simpósio de Hematologia e Hemoterapia(Socihem). 2007. (Simpósio).

I Simpósio de Hematologia e Hemoterapia (Socihem). 2006. (Simpósio).

I Simpósio de Iniciação Científica.Participação como palestrita, num total de 5 horas e 45 minutos.. 2005. (Simpósio).

Seminário de Atualização Científica em Sorologia.Evento realizado no hemocentro da FAMEMA com carga horária total de 4 horas.. 2005. (Seminário).

Workshop de Urinálise.Evento realizado no hemocentro da FAMEMA com total de 4 horas.. 2005. (Outra).

VII Simpósio de Análises Clínicas de S.J.R Preto.. 2002. (Simpósio).

V Jornada de Biomedicina. 2002. (Outra).

Comissão julgadora das bancas

Ângela Maria Victoriano de Campos Soares

OLIVEIRA, Sílvio Luis de; CABRERA, Wafa Hanna Koury;SOARES, A. M. V. C.. Papel dos receptores TLR2 e TLR4 na produção de citocinas em pacientes chagásicos crônicos. 2016. Dissertação (Mestrado em Doenças Tropicais) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Ângela Maria Victoriano de Campos Soares

SOARES, A. M. V. C.OLIVEIRA, Silvio Luis deRODRIGUES, Daniela Ramos. Papel dos TLR2 e TLR4 na produção de citocinas em pacientes chagásicos crônicos. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Doenças Tropicais) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Silvio Luis de Oliveira

SOARES, A. M. V. C.;OLIVEIRA, S. L.; CABRERA, W. H. K.. Papel dos receptores TLR2 e TLR4 naprodução de citocinas em pacientes chagásicos crônicos. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Doenças Trocipais) - Faculdade de Medicina de Botucatu.

Silvio Luis de Oliveira

SOARES, A. M. V. C.;OLIVEIRA, S. L.; RODRIGUES, D. R.; SANTOS, R. M.; SARTORI, Alexandrina. Papel dos TLR2 e TLR4 na produção de citocinas em pacientes chagásicos crônicos. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Doenças Trocipais) - Faculdade de Medicina de Botucatu.

Daniela Ramos Rodrigues

SOARES, A. M. V. C.; OLIVEIRA, S. L.;RODRIGUES, D. R.. Papel dos TLR2 e TLR4 na produção de citocinas em pacientes chagásicos crônicos. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais) - Faculdade de Medicina - Unesp/Botucatu-SP.

Foi orientado por

Sueli Aparecida Calvi

Papel dos TLR-2 e TLR-4 na produção de citocinas em pacientes chagásicos crônicos; Início: 2013; Dissertação (Mestrado em Doenças Tropicais) - Faculdade de Medicina de Botucatu/UNESP, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Sueli Aparecida Calvi

Técnicas Imunológicas aplicadas a Doenças Infecciosas e Parasitárias; 2013; Orientação de outra natureza; (Programa de Aprendizagem e Treinamento (PRAT)) - Faculdade de Medicina de Botucatu/UNESP; Orientador: Sueli Aparecida Calvi;

Ângela Maria Victoriano de Campos Soares

Papel dos receptores TLR2 e TLR4 na produção de citocinas em pacientes chagásicos crônicos; 2016; Dissertação (Mestrado em Doenças Tropicais) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Angela Maria Victoriano de Campos Soares;

Márjorie de Assis Golim

Estágio optativo em Citometria de Fluxo como parte do Programa de Aprimoramento em Doenças Tropicais; 2013; Orientação de outra natureza - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho; Orientador: Marjorie de Assis Golim;

Doroti de Oliveira Garcia

Caracterização de bacilos Gram-negativos multirresistentes isolados de hospitais do estado de São Paulo; 2019; Orientação de outra natureza - Instituto Adolfo Lutz; Orientador: Doroti de Oliveira Garcia;

Produções bibliográficas

  • MENDES DA SILVA, L. D. ; GATTO, M. ; MIZIARA DE ABREU TEODORO, M. ; DE ASSIS GOLIM, M. ; PELISSON NUNES DA COSTA, É. A. ; CAPEL TAVARES CARVALHO, F. ; RAMOS RODRIGUES, D. ; CÂMARA MARQUES PEREIRA, P. ; VICTORIANO DE CAMPOS SOARES, Â. M. ; CALVI, S. A. . Participation of TLR2 and TLR4 in Cytokines Production by Patients with Symptomatic and Asymptomatic Chronic Chagas Disease. SCANDINAVIAN JOURNAL OF IMMUNOLOGY , v. 85, p. 58-65, 2017.

  • GATTO, MARIANA ; DE ABREU, MARIANA MIZIARA ; TASCA, KAREN INGRID ; DE ASSIS GOLIM, MARJORIE ; DA SILVA, LAURA DENISE MENDES ; SIMÃO, JOSÉ CLÁUDIO ; FORTALEZA, CARLOS MAGNO CASTELO BRANCO ; DE CAMPOS SOARES, ÂNGELA MARIA VICTORIANO ; CALVI, SUELI APARECIDA . The Involvement of TLR2 and TLR4 in Cytokine and Nitric Oxide Production in Visceral Leishmaniasis Patients before and after Treatment with Anti-Leishmanial Drugs. Plos One , v. 10, p. e0117977, 2015.

  • SILVA, L. D. M. ; GATTO, M. ; ABREU, M. M. ; SANTOS, R. M. ; GOLIM, M. A. ; COSTA, E. A. P. N. ; PEREIRA, P. C. M. ; CALVI, S. A. . TLR-2 AND TLR-4 EXPRESSION IN PATIENTS WITH CARDIAC FORM OF CHAGAS DISEASES- PRELIMINARY RESULTS. In: 11th World Congress on Inflamation and XXXVIII Congress of the Brazilian Society of Immunology, 2013, Natal,RN. 11th World Congress on Inflamation and XXXVIII Congress of the Brazilian Society of Immunology, 2013, 2013.

  • GATTO, M. ; ABREU, M. M. ; TASCA, K. I. ; GOLIM, M. A. ; SILVA, L. D. M. ; SIMAO, J. C. ; PEREIRA, P. C. M. ; CALVI, S. A. . Expression of TLR2 and TLR4 and cytokine production in patients with visceral leishmaniasis pre and post-treatment. In: In: XXXVIII Congress of the Brazilian Society of Immunology, 2013, Natal. Parasitic and Infectious Diseases, 2013, 2013, Natal. XXXVIII Congress of the Brazilian Society of Immunology, 2013, Natal. Parasitic and Infectious Diseases, 2013, 2013.

  • ABREU, M. M. ; GATTO, M. ; SILVA, L. D. M. ; TAVARES, F. C. ; ARAUJO JUNIOR, J. P. ; LIMA, C. R. G. ; CALVI, S. A. . The role of TLR4 in the production of TNF-alpha, IFN-gamma, IL-10 IL-17 and in the expression of Foxp3 in a Toxoplasma gondii experimental infection. In: XXXVII Congress of the Brazilian Society of Immunology, 2012, Campos do Jordão. IMMUNOLOGY OF INFECTIOUS AND PARASITIC DISEASES, 2012. p. 92-92.

  • CARVALHO, T. B. ; TAVARES, F. C. ; PERESI, E. ; DA SILVA, LAURA DENISE MENDES ; COSTA, E. A. P. N. . CITOCINAS PRÓ E ANTI-INFLAMATÓRIAS EM PACIENTES CHAGÁSICOS CRÔNICOS ANTES E APÓS O TRATAMENTO COM BENZONIDAZOL. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • TAVARES, F. C. ; PERESI, E. ; SILVA, L. D. M. ; CALVI, S. A. . PRODUÇÃO DE CITOCINAS PRÓ E ANTI-INFLAMATÓRIAS E ÓXIDO NÍTRICO EM PACIENTES CHAGÁSICOS INDETERMINADOS PRÉ E PÓS-TRATAMENTO COM BENZONIDAZOL. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • TAVARES, F. C. ; Corrêa, C R ; GATTO, M. ; SANTOS, R. M. ; AMARAL, A. O. ; SILVA, L. D. M. ; COSTA, E. A. P. N. ; Pierini,D T ; CALVI, S. A. . DANOS NO DNA E ESTRESSE OXIDATIVO EM PACIENTES COM DOENÇA DE CHAGAS CRÔNICA. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • TAVARES, F. C. ; SILVA, L. D. M. ; GATTO, M. ; ABREU, M. M. ; GOLIM, M. A. ; COSTA, E. A. P. N. ; CALVI, S. A. . EXPRESSÃO DE RECEPTORES TLR2 E TLR4 EM LINFÓCITOS E MONÓCITOS EM PACIENTES COM DOENÇA DE CHAGAS CRÔNICA. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • ANDRADE, J. C. B. N. ; DE ABREU, MARIANA MIZIARA ; GATTO, MARIANA ; GOLIM, M. A. ; PELISSON NUNES DA COSTA, É. A. ; DA SILVA, LAURA DENISE MENDES ; CALVI, S. A. . Frequência de Células TH17 e produção de IL-17 em pacientes com doença de Chagas Crônica Digestiva. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • GATTO, MARIANA ; ABREU, M. M. ; TASCA, K. I. ; GOLIM, M. A. ; MENDES DA SILVA, L. D. ; FORTALEZA, CARLOS MAGNO CASTELO BRANCO ; CALVI, S. A. . PARTICIPAÇÃO DE TLRS NA PRODUÇÃO DE TNF-ALFA,IL-6 E IL-10 EM PACIENTES COM LEISHMANIOSE VISCERAL ANTES E APÓS O TRATAMENTO. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • ANDRADE, J. C. B. N. ; MIZIARA DE ABREU TEODORO, M. ; GATTO, M. ; DA SILVA, LAURA DENISE MENDES ; SANTOS, R. M. ; CALVI, S. A. . AVALIAÇÃO DA EXPRESSÃO DE TLR9 E TLR11 NA INFECÇÃO EXPERIMENTAL POR TOXOPLASMA GONDII. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SILVA, L. D. M. ; GATTO, M. ; ABREU, M. M. ; GOLIM, M. A. ; TAVARES, F. C. ; COSTA, E. A. P. N. ; CALVI, S. A. . TLR-2 AND TLR-4 EXPRESSION IN PATIENS WITH CHRONIC FORM CHAGAS DISEASES. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • TAVARES, F. C. ; PERESI, E. ; SILVA, L. D. M. ; COSTA, E. A. P. N. ; CALVI, S. A. . PRO-AND ANTI-INFLAMMATORY CYTOKINES IN CHRONIC CHAGAS DISEASE PATIENTS BEFORE AND AFTER TREATMENT WITH BENZNIDAZOLE. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • ABREU, M. M. ; GATTO, M. ; GOLIM, M. A. ; COSTA, E. A. P. N. ; ANDRADE, J. C. B. N. ; SILVA, L. D. M. ; CALVI, S. A. . ANALYSIS OF TH17 AND TREG CELLS IN THE DIFFERENT FORMS OF CHAGAS CHRONIC DIGESTIVE DISEASE. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • GATTO, M. ; ABREU, M. M. ; TASCA, K. I. ; GOLIM, M. A. ; SILVA, L. D. M. ; FORTALEZA, C. M. C. B. ; CALVI, S. A. . RELATION BETWEEN THE INFLAMMATORY IMMUNE RESPONSE AND LIPOPROTEINS IN PATIENTS WITH VISCERAL LEISHMANIASIS. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SILVA, L. D. M. ; GATTO, M. ; ABREU, M. M. ; GOLIM, M. A. ; TAVARES, F. C. ; COSTA, E. A. P. N. ; CALVI, S. A. . EXPRESSÃO DE TLR-2 E TLR-4 EM PACIENTES COM A FORMA MISTA (CARDÍACA E DIGESTIVA) DA DOENÇA DE CHAGAS. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SILVA, L. D. M. ; GATTO, M. ; ABREU, M. M. ; GOLIM, M. A. ; TAVARES, F. C. ; COSTA, E. A. P. N. ; CALVI, S. A. . DOENÇA DE CHAGAS CRÔNICA E RECEPTORES DA IMUNIDADE INATA: UMA ANÁLISE DA EXPRESSÃO DE TLR2 E TLR4. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • AMARAL, A. O. ; ABREU, M. M. ; GATTO, M. ; SILVA, L. D. M. ; TAVARES, F. C. ; LIMA, C. R. G. ; CALVI, S. A. . Produção de citocinas e expressão do FOXP3 na infecção experimental por toxoplasma gondii. 2013.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SILVA, L. D. M. ; TAVARES, F. C. ; ABREU, M. M. ; GATTO, M. ; PERESI, E. ; CALVI, S. A. . DIAGNÓSTICOS PARASITOLÓGICOS REALIZADOS NO LABORATÓRIO DE PESQUISA DE DOENÇAS TROPICAIS DO DEPARTAMENTO DE DOENÇAS TROPICAIS E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • ABREU, M. M. ; SILVA, L. D. M. ; TAVARES, F. C. ; ARAUJO JUNIOR, J. P. ; LIMA, C. R. G. ; CALVI, S. A. . PRODUÇÃO DAS CITOCINAS TNF-, IFN-, IL-10 E IL-17 ESTÁ RELACIONADA COM EXPRESSÃO DO TLR4 NA INFECÇÃO EXPERIMENTAL POR TOXOPLASMA GONDII. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • ABREU, M. M. ; GATTO, M. ; SILVA, L. D. M. ; TAVARES, F. C. ; ARAUJO JUNIOR, J. P. ; LIMA, C. R. G. ; CALVI, S. A. . THE ROLE OF TLR4 IN THE PRODUCTION OF TNF-, IFN-, IL-10, IL-17 AND IN THE EXPRESSION OF FOXP3 IN A TOXOPLASMA GONDII EXPERIMENTAL INFECTION ? PRELIMINARY RESULTS. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SILVA, L. D. M. ; LIMA, A. C. . Anemia Falciforme 2011 (Trabalho de Conclusão de Curso da Pós Graduação latu-sensu Hematologia,Hemoterapia,Biologia Molecula).

Outras produções

SILVA, L. D. M. . Campanha Pólio Plus. 2003.

SILVA, L. D. M. ; GATTO, M. . 'Prática Demonstrativa- Chagas' Ministrou aula. 2011. (Aula Prática).

Projetos de pesquisa

  • 2013 - Atual

    Papel dos receptores Toll-like 9 e 11 e produção de citocinas na infecção experimental aguda por Toxoplasma gondii, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Laura Denise Mendes da Silva - Integrante / Mariana Gatto - Integrante / Francilene Capel Tavares - Integrante / Sueli Aparecida Calvi - Coordenador / Rodrigo Mattos dos Santos - Integrante / Andréia de Oliveira Amaral - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Papel dos receptores Toll-like 2 e 4 e do estado nutricional em pacientes com leishmaniose visceral, Descrição: A leishmaniose visceral é um problema emergente de saúde pública, sendo uma das principais doenças negligenciadas no Brasil e no mundo, onde 88 países são afetados com 500.000 casos novos anualmente sendo que no Brasil a prevalência nos últimos cinco anos foi de 3.500 casos. É causada pelo agente etiológico L. donovani e L. infantum/chagasi e é uma doença letal se não for tratada. A resistência à infecção está associada à produção de citocinas de perfil Th1 e a suscetibilidade às citocinas do perfil Th2. Para que ocorra o desenvolvimento de resposta adaptativa é necessário que as células, através dos receptores, reconheçam o patógeno e desempenhem mecanismos efetores diretos contra o protozoário. Apesar dos mecanismos celulares e moleculares desse processo não estarem completamente entendidos, trabalhos têm mostrado de forma consistente o envolvimento dos receptores Toll-like (TLRs). O projeto pretende avaliar a expressão dos TLR2 e TLR4 bem como a importância desses receptores na produção de citocinas em pacientes com leishmaniose visceral, antes e após o tratamento e relacionar esses fatores com o estado nutricional dos pacientes... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (5) . , Integrantes: Laura Denise Mendes da Silva - Integrante / Mariana Gatto - Integrante / Mariana Miziara de Abreu - Integrante / Sueli Aparecida Calvi - Coordenador / Marjorie de Assis Golim - Integrante / Paulo Câmara Marques Pereira - Integrante / Karen Ingrid Tasca - Integrante / José Cláudio Simão - Integrante / Carlos Magno Castelo Branco Fortaleza - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Análise do padrão de resposta Th17, de células T regulatórias e do proteoma em pacientes com doença de Chagas digestiva crônica, Descrição: A doença de Chagas (DC) é causada pelo protozoário Trypanosoma cruzi (T. cruzi). É uma doença negligenciada e considerada um grave problema de saúde pública. É endêmica na América Latina, onde ainda existem aproximadamente 10 milhões de pessoas infectadas e mais de 25 milhões vivendo em áreas de risco. A DC possui duas fases, a aguda, que dura de 2 à 4 meses e é caracterizada pela alta parasitemia. Na maioria das vezes não apresenta sinais e sintomas específicos, porém se descoberta e tratada a tempo pode ser curada; e a fase crônica caracterizada pela baixa parasitemia, que persiste por toda a vida e pode ser dividida em três formas clínicas: indeterminada, cardíaca e digestiva. As manifestações da forma digestiva da DC são atribuídas à destruição de nervos do plexo mioentérico. O megaesôfago e o megacólon são as maiores causas de morbidade na forma clínica digestiva da DC crônica. Patologicamente, ambos os órgãos, esôfago e cólon, exibem um grande alargamento luminal e hipertrofia muscular. As células T usam diferentes mecanismos para regular a resposta imune durante a doença de Chagas, e as interações parasita-hospedeiro podem ser influenciadas pela relação células T efetoras/reguladoras. As células CD4+ quando cultivadas na presença de TGF-, IL-6, IL-1 B, IL-23 e IL-21 passam a expressar o fator de transcrição RORt e transformam-se na subpopulação Th17. Essas células, que produzem IL-17A, IL-17F, IL-21, IL-22 e TNF-, promovem um processo inflamatório intenso mediado por neutrófilos e estão associadas a doenças autoimunes e à resistência contra várias infecções bacterianas e parasíticas, mas também podem correlacionar-se com imunopatologia em diversas outras infecções. As células T regulatórias (Tregs) foram descritas como uma população de células T CD4+CD25+Foxp3+, que regula as respostas imune inata e adaptativa e possuem a capacidade de controlar resposta imune excessiva. As Tregs através da expressão de IL-10 e TGF- atuam beneficiando os pacientes com a forma indeterminada da DC, mantendo o equilíbrio entre células efetoras que matam os parasitas e evitando o desenvolvimento da imunopatologia tecidual. As células Treg e Th17 têm os mesmos precursores de células T, porém efeitos opostos na inflamação e tolerância imunológica. Além disso, o desequilíbrio Treg/Th17 tem sido demonstrado em várias infecções. Proteômica clínica é definida como a análise de proteoma que se destina a melhorar a prática médica, por exemplo, em relação ao diagnóstico, prevenção, prognóstico ou terapia. Vários biomarcadores proteômicos têm sido descritos para uma variedade de doenças, e vários biomarcadores têm mostrado um grande valor em relação a abordagens atuais de gestão de doença, com base em estudos de validação. Em pacientes chagásicos a progressão da gravidade da doença, apresentada por uma ordem crescente de lesão cardíaca ou digestiva e morte celular, pode resultar na liberação de proteínas intracelulares no sistema periférico, e assim, alterar o perfil de proteoma. Até o momento, não existem marcadores que predizem o risco do desenvolvimento do megacólon ou megaesôfago em pacientes com DC crônica assintomática, e ainda existe a suspeita de que falhas nos mecanismos que controlam a resposta imune podem estar envolvidas no desenvolvimento da doença digestiva. Baseado na ausência destas informações, nossa hipótese é que pacientes com doença digestiva crônica apresentando megacólon e megaesôfago produzam altos níveis de IL-17, e possuam reduzidas frequência ou atividade supressora de Treg, além de um proteoma com padrão diferente, quando comparado com aqueles pacientes com a forma indeterminada da doença. Desta forma, o objetivo do presente trabalho será analisar a participação da resposta de padrão Th17, Treg e do proteoma no desenvolvimento das manifestações clínicas da doença de Chagas crônica digestiva... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (4) . , Integrantes: Laura Denise Mendes da Silva - Integrante / Mariana Gatto - Integrante / Mariana Miziara de Abreu - Integrante / Francilene Capel Tavares - Integrante / Sueli Aparecida Calvi - Coordenador / Rodrigo Mattos dos Santos - Integrante / Marjorie de Assis Golim - Integrante / Erika Alessandra Pellison Nunes da Costa - Integrante / Paulo Câmara Marques Pereira - Integrante / Lucilene Delazari dos Santos - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Papel dos receptores Toll-like 2 e 4 na produção de citocinas nos perfis Th1, Th2 e Th17 e na expressão do Foxp3 na infecção experimental aguda por Toxoplasma gondii, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Laura Denise Mendes da Silva - Integrante / Mariana Gatto - Integrante / Mariana Miziara de Abreu - Integrante / Francilene Capel Tavares - Integrante / Sueli Aparecida Calvi - Coordenador.

  • 2011 - Atual

    Alterações genotóxicas na leishmaniose visceral antes e após o tratamento, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Laura Denise Mendes da Silva - Coordenador / Mariana Gatto - Integrante / Mariana Miziara de Abreu - Integrante / Francilene Capel Tavares - Integrante / Sueli Aparecida Calvi - Integrante.

Prêmios

2011

Especialista em Hematologia,Hemoterapia com ênfase em Biologia Molecular, Faculdades ESEFAP de Tupã.

Histórico profissional

Experiência profissional

2006 - 2010

Fundação Municipal de Ensino Superior de Marília

Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Analista de Patologia Clínica

Atividades

  • 08/2008 - 07/2009

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Comissão de Biossegurança do Hemocentro/Famema.,Cargo ou função, Membro da Comissão de Biossegurança Hemocentro/FAMEMA.

2005 - 2005

Faculdade de Medicina de Marília

Vínculo: Estágio Voluntário, Enquadramento Funcional: Estagiária

Outras informações:
Estágio voluntário na área de Parasitologia (415 horas)

2020 - Atual

Instituto Adolfo Lutz

Vínculo: Contrato por tempo determinado, Enquadramento Funcional: ATAS-Biomédico, Carga horária: 30

Outras informações:
Contrato por tempo determinado

2019 - 2019

Instituto Adolfo Lutz

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: bolsista, Carga horária: 8

Outras informações:
Programa de Formação para a Investigação Científica do Instituto Adolfo Lutz - FEDIAL, no Projeto: ?Caracterização de Bacilos Gram-negativos Multirresistentes Isolados de Hospitais do Estado de São Paulo??

2017 - 2018

Instituto Adolfo Lutz

Vínculo: Contrato por tempo determinado, Enquadramento Funcional: ATAS-Biomédico, Carga horária: 30

2013 - Atual

Faculdade de Medicina de Botucatu

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Mestrado em Doenças Tropicais, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Projeto de pesquisa:Papel dos TLR-2 e TLR-4 na produção de citocinas em pacientes chagásicos crônicos

2005 - 2005

instituto tecnologico de rio preto

Vínculo: Docente, Enquadramento Funcional: Docente

Outras informações:
Docência no curso de Auxiliar de Laboratório de Análises Clínicas.(32 horas aula)

2003 - 2004

Universidade de Marília

Vínculo: Estagiária e Monitora, Enquadramento Funcional: Estagiária e Monitora

Outras informações:
Monitora e Estagiária do Laboratório eSetor de Histologia da Faculdade de Ciências da Saúde(total de 236 horas)

2011 - 2012

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiaria do PRAT-Doenças Tropicais

Outras informações:
Carga horária total de 2.880 horas em Imunologia de Moléstias Infecciosa