Elzimar de Oliveira Gonçalves

Possui graduação em Engenharia Florestal pela Universidade Federal de Viçosa (2000), assim como Mestrado (2002) e Doutorado (2007) em Ciência Florestal também pela Universidade Federal de Viçosa. Atua nas áreas de: viveiros, propagação (sexuada e assexuada) de espécies florestais, implantação de povoamentos florestais e práticas silviculturais. Atualmente é Professora Associada I do Departamento de Ciências Florestais e da Madeira da Universidade Federal do Espírito Santo e integra o quadro permanente de professores do Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais, atuando na linha de pesquisa em Silvicultura, sub-área "Propagação de espécies florestais", e do Programa em Agroecologia do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Estado do Espírito Santo - Campus Alegre.

Informações coletadas do Lattes em 05/04/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Ciência Florestal

2002 - 2007

Universidade Federal de Viçosa
Título: EFEITO DE MACRONUTRIENTES NO CRESCIMENTO E NA NUTRIÇÃO MINERAL DE MUDAS DE ANGICO VERMELHO (Anadenanthera macrocarpa (Benth.) Brenan), E SANSÃO DO CAMPO (Mimosa caesalpiniaefolia Benth.)
Haroldo Nogueira de Paiva. Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: nutrição mineral; sansão do campo; angico vermenlho (A. peregrina); espécie florestal nativa.Grande área: Ciências AgráriasGrande Área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Silvicultura / Especialidade: Nutrição Florestal.

Mestrado em Ciência Florestal

2000 - 2002

Universidade Federal de Viçosa
Título: Diagnóstico dos viveiros municipais no Estado de Minas Gerais e avaliação da qualidade de mudas destinadas à arborização urbana,Ano de Obtenção: 2002
Haroldo Nogueira de Paiva.Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Graduação

1995 - 2000

Universidade Federal de Viçosa

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2008 - 2008

Micropropagação de Plantas. (Carga horária: 40h). , EMBRAPA Fruticultura Tropical, EMBRAPA - FRUTIC, Brasil.

1997 - 1997

Agrossilvicultura. (Carga horária: 12h). , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Lê Bem.

Espanhol

Compreende Bem, Lê Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Silvicultura/Especialidade: Produção de mudas.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Silvicultura/Especialidade: Nutrição Florestal.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Silvicultura/Especialidade: Florestamento e Reflorestamento.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Silvicultura/Especialidade: Sementes Florestais.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Silvicultura.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

GALVEAS, P. A. O. ; CARVALHO, P. L. P. T. ; DADALTO, G. G. ; CALDEIRA, M. V. W. ; GONCALVES, E. O. . Congresso Brasileiro de Reflorestamento Ambiental. 2011. (Congresso).

Barrella, T. P. ; GONCALVES, F. C. ; FONTANETTI, A. ; GONCALVES, E. O. . 10° SEMINÁRIO MINEIRO DE PRODUÇÃO ORGÂNICA. 2007. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

II Simpósio sobre espécies florestais nativas. 2018. (Simpósio).

24ª HORTITEC 2017. 2017. (Feira).

3º Encontro Brasileiro de Silvicultura. 2014. (Encontro).

Simpósio sobre produção de sementes e mudas. 2014. (Simpósio).

Congresso florestal no cerrado e 3º Simpósio sobre eucaliptocultura. 2013. (Congresso).

Simpósio sobre tecnologia de produção florestal. 2013. (Simpósio).

Congresso Brasileiro do Eucalipto. 2012. (Congresso).

2º Encontro Brasileiro em Silvicultura. 2011. (Encontro).

Congresso Brasileiro de Reflorestamento Ambiental. Painel : Uso de florestas Sustentáveis -" Floresta Piloto'. 2011. (Congresso).

Congresso Brasileiro de Reflorestamento Ambiental. 2011. (Congresso).

IV Seminário sobre Silvicultura em Florestas Plantadas. 2010. (Seminário).

Universidade em Ação: Práticas florestais. 2010. (Outra).

Workshop " Estudos relativos a produção de madeira de eucalipto para produtos sólidos". 2010. (Outra).

Workshop Rede de Sementes Florestais do Entorno do Caparaó e Bacia do Rio Itapemirim. 2010. (Outra).

I Worshop Tendências Ambientais. 2005. (Outra).

XIV Simpósio de iniciação científica, IV mostra Científica da Pós-graduação e II simpósio de extensão universitária - "Pesquisa, extensão e desenvolvimento".Efeito da adubação nitrogenada no crescimento de mudas de sabiá (Mimosa caesalpineasefolia). 2004. (Simpósio).

XIV Simpósio de iniciação científica, IV mostra Científica da Pós-graduação e II simpósio de extensão universitária - "Pesquisa, extensão e desenvolvimento".Diversidade de espécies na produção de mudas destinadas `sa arborização urbana no estado de Minas Gerais. 2004. (Simpósio).

III Seminário de Gestão Integrada e Certificação Florestal - GEstão para certificação, licenciamenteo ambiental e sequestro de carbono. 2002. (Seminário).

I Seminário de Gestão Integrada e Certificação Florestal. 1999. (Seminário).

IX Simpósio de iniciação científica: "A Ciência e a realidade Nacional".?Produção de adesivos de madeira a partir de taninos obtidos da casca de E. grandis?. 1999. (Simpósio).

Workshop !Técnicas de abate , processamento e utilização da madeira de eucalipto". 1999. (Outra).

I Seminário internacional sobre produtos sólios de madeira de alta tecnologia e I Encontro de tecnologias apropriadas de desdobro, secagem e utilização da madeira de eucalipto. 1998. (Seminário).

XXVIII Congresso Brasileiro de Estudantes de Engenharia florestal. 1998. (Congresso).

I Encontro para conservação da natureza. 1997. (Encontro).

XXVII Congresso Brasileiro de Estudantes de Engenharia Florestal. 1997. (Congresso).

10º Encontro Regional da Sociedade Brasileira de Quimica. 1996. (Encontro).

VI Seminário Mineiro de Ciência e Tecnologia - " Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento do Agribusines". 1996. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Renata de Deus Silva

BARROSO, D. G;GONCALVES, E. O.; RODRIGUES , L. A.; GOMES, M. M. A.. Miniestaquia de Paratecoma peroba: capacidade de enraizamento e utilização de brassinosteróide. 2019. Dissertação (Mestrado em Produção Vegetal) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

Aluno: Elayne Katia dos Santos Galvão

PEZZOPANE, J. E. M.; TOLEDO, J. V.; XAVIER, T. M. T.;GONÇALVES, ELZIMAR DE OLIVEIRA. Condições climáticas e comportamento ecofisiológico de espécies florestais. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

Aluno: Adelson Lemes da Silva Júnior

CALDEIRA, M. V. W.; MIRANDA, F. D.;GONCALVES, E. O.; ROSADO, C. C. G.. Diversidade Genética de Schizolobium parahyba var, amazonicum (Huber ex. Ducke) Barneby, em área de plantio no Espírito Santo. 2016. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento) - Universidade Federal do Espírito Santo.

Aluno: Estevão Giacomin Alves

FIEDLER, N. C.;GONCALVES, E. O.; Silva, G. F.; AMARAL, J. F. T.. Análise comparativa da colheita florestal em regimes de manejo de alto fuste e talhadia. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

Aluno: Siléia de Oliveira /guimarães

PEZZOPANE, J. E. M.;GONCALVES, E. O.; CAVATTE, P. C.. Crescimento de Schizolobium Amazonicum (Huber Ex Ducke) em diferentes condições de sombreamento e de demanda atmosférica. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

Aluno: Sanderléia de Oliveira dos Santos

PEZZOPANE, J. E. M.;GONCALVES, E. O.; PEZZOPANE, J. R. M.. Crescimento inicial de Joannesia princeps Vell. sob diferentes condições microclimáticas associadas à deficiência hídrica. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

Aluno: Alcides Pereira Santos Neto

PEZZOPANE, J. E. M.;GONCALVES, E. O.; ALEXANDRE, R. S.. Crescimento inicial de mogno africano (Kaya spp.) sob diferentes condições microclimáticas associadas a disponibilidade hídriuca. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

Aluno: CARLOS EDUARDO MORAES

LOPES, J. C.;GONCALVES, E. O.; ALEXANDRE, R. S.. Qualidade fisiológica de sementes e crescimento incial de mudas de Tabernaemontana fuchsiaefolia A. DC. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

Aluno: Alan Henrique Marques de Abreu

LELES, P. S. S.;GONÇALVES, ELZIMAR DE OLIVEIRA; CHAER, G. M.. Biossólido na produção de mudas florestais da Mata Atlântica. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais e Florestais) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Aluno: Daniele Rodrigues Gomes

SILVA, A. G.; PENCHEL, R. M.; REIS, E. F.;GONCALVES, E. O.; PEZZOPANE, J. E. M.. Resposta de mudas clonais de eucalipto cultivadas com hidroretentor rm diferentes níveis de disponibilidade hídrica. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

Aluno: Robertino Domingues da Silva

CALDEIRA, M. V. W.; RANGEL, O. J. P.;SILVA, A. G.GONCALVES, E. O.. Indicadores de recuperação ambiental em diferentes coberturas florestais, Alegre - ES. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espirito Santo.

Aluno: Robertino Domingues da Silva

CALDEIRA, M. V. W.; KUNZ, S. H.;GONCALVES, E. O.. ANÁLISE DE INDICADORES DE RECUPERAÇÃO AMBIENTAL NA ÁREA DE RELEVANTE INTERESSE ECOLÓGICO LAERTH PAIVA GAMA, ALEGRE - ES. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

Aluno: Paulo André Trazzi

CALDEIRA, M. V. W.SILVA, A. G.; REIS, E. F.;GONCALVES, E. O.; Wendling, I. Substratos renováveis na produção de mudas de Tectona grandis Linn. F. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

Aluno: Tiago de Oliveira Godinho

CALDEIRA, M. V. W.; WATZLAWICK, L. F.; KUNZ, S. H.;GONCALVES, E. O.. Quantificação de biomassa e de nutrientes na serapilheira em trecho de floresta estacional semidecidual submontada, Cachoeiro de Itapemirim. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espirito Santo.

Aluno: Ariana de Lima Cardoso

SILVA, A. G.GONCALVES, E. O.; MENDONCA, A. R.; REIS, E. F.; ROSADO, A. M.. Desrama artificial em eucalipto e seu efeito na resistência a danos por ventos e nós da madeira. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

Aluno: Radagasio Hugo Vervloet Filho

SILVA, A. G.; PENCHEL, R. M.; REIS, E. F.;GONCALVES, E. O.. Utilização de hidroretentor em substrato semi-saturado na produção de mudas de eucalipto. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espirito Santo.

Aluno: Marcela Silva Lougon

GARCIA, G. O.; CECILIO, R. A.;CALDEIRA, M. V. W.GONCALVES, E. O.; Monoco, P. A.. Crescimento de mudas de eucalipto irrigadas com água de diferentes qualidades.. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

Aluno: Flávia Pandolfi

SILVA, A. G.; NAPPO, M. E.; PENCHEL FILHO, R. M.; REIS, E. F.;GONCALVES, E. O.. Avaliação de parâmetros de rusticidade de mudas clonais de eucalipto e suas influências no crescimento inicial do povoamento. 2009. Dissertação (Mestrado em Produção vegetal) - Universidade Federal do Espirito Santo.

Aluno: Talita Miranda Teixeira Xavier

PEZZOPANE, J. E. M.; JESUS JUNIOR, W. C.; PENCHEL, R. M.;GONCALVES, E. O.; PEZZOPANE, J. R. M.. Crescimento de mudas clonais de eucalipto sob diferentes condições microclimáticas associadas à deficiência hídrica. 2014. Tese (Doutorado em Produção Vegetal) - Universidade Federal do Espírito Santo.

Aluno: Kelly Ribeiro Lamônica

BARROSO, D. G; RODRIGUES, L.A;GONCALVES, E. O.; FIGUEIREDO, F. A. M M. A.. Produtividade de minicepas de clones de cedro australiano (Toona ciliata) e produção de mudas por miniestaquia. 2013. Tese (Doutorado em Produção Vegetal) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

Aluno: Genilda Canuto Amaral

PEZZOPANE, J. E. M.; TOLEDO, J. V.; CAVATTE, P. C.;GONÇALVES, ELZIMAR DE OLIVEIRA. As condições atmosféricas e a produção de pilocarpina em mudas de Jaborandi. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

Aluno: Luciana de Souza Lorenzoni Paschoa

PEZZOPANE, J. E. M.; CAVATTE, P. C.; XAVIER, T. M. T.;GONCALVES, E. O.. As mudanças climáticas e o futuro da castanha-do-Brasil. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

Aluno: William Macedo Delarmelina

CALDEIRA, M. V. W.GONÇALVES, ELZIMAR DE OLIVEIRA; RANGEL, O. J. P.; GODINHO, T. O.; Silva, G. F.. Biomassa e estoque de carbono em povoamento de Schizolobium parahyba var. amazonicum (Huber ex Ducke) Barneby em função de diferentes espaçamentos. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo.

Aluno: Marcilene Favalessa

CALDEIRA, M. V. W.GONCALVES, E. O.; PERONI, L.. Substratos renováveis e não renováveis na produção de mudas de Acacia mangium Willd.. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espirito Santo.

Aluno: Douglas Almeida Caçador

GONCALVES, E. O.SILVA, A. G.SPERANDIO, H. V.. Crescimento de mudas de sombreiro (Clitoria farichildiana Howard) em substratos contendo diferentes materiais orgânicos. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espirito Santo.

Aluno: Fagner Luciano Moreira

GONCALVES, E. O.CALDEIRA, M. V. W.; MENDONCA, A. R.. Crescimento inicial de espécies nativas e exóticas em Jerônimo Monteiro. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espirito Santo.

Aluno: Lais Gonçalves da Costa

SILVA, A. G.GONCALVES, E. O.CALDEIRA, M. V. W.. Germinação de sementes em diferentes substratos e caracterização morfológica de plântulas de Anadenanthera macrocarpa (Benth.) Brena. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espirito Santo.

Aluno: Caio Cesar Paiva

GONCALVES, E. O.; MENDONCA, A. R.;SPERANDIO, H. V.. Crescimento inicial de eucalipto em Alegre, Espírito Santo. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espirito Santo.

Aluno: Leandro Minete do Rosário

ARANTES, M. D. C.; VIDAURRE, G. B.;GONCALVES, E. O.. Estudo da viabilidade econômica da briquetagem de resíduos provenientes de uma serraria.. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Industrial Madeireira) - Universidade Federal do Espirito Santo.

Aluno: Daniele Rodrigues Gomes

CALDEIRA, M. V. W.SILVA, A. G.GONCALVES, E. O.TRAZZI, P. A.. Uso de biossólido para produção de mudas de Tectona grandis L. (Teca).. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo.

DIAS, H. M.;GONCALVES, E. O.; ABREU, K. M. P.. Concurso público de provas e título para professor efetivo da Universidade Federal do Espírito Santos, área: Dendrologia. 2015. Universidade Federal do Espírito Santo.

CECILIO, R. A.; ARANTES, M. D. C.;GONCALVES, E. O.. Concurso público para professor substituto na área de estruturas de madeira. 2009. Universidade Federal do Espirito Santo.

GONCALVES, E. O.. Avaliação da Prova Didática do Processo Seletivo Simplificado para Prof. Substituto. 2006. Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais.

GONCALVES, E. O.. Avaliação da Prova Didática do Processo Seletivo Simplificado para Prof. Substituto. 2006. Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Wantuelfer Gonçalves

PAIVA, H. N.; GONÇALVES, E. O.;GONÇALVES, W.; JACOVINE, L. A. G.; SANTOS, E.; TRINDADE, C.. Avaliação quali-quantitativa de viveiros e de mudas destinadas a arborização urbana do Estado de Minas Gerais. 2002. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa.

Wantuelfer Gonçalves

PAIVA, H. N.; GONÇALVES, E. O.;GONÇALVES, W.; NEVES, J. C. L.; GOMES, J. M.; DIAS, H. C. T.. Determinação de nível crítico de macronutrientes em cinco espécies florestais.. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa.

Edinilson dos Santos

SANTOS, E.; GONÇALVES, W.; TRINDADE, C.; PAIVA, H.N.; JACOVINE, L.A.G.. Avaliação quali-quantitativa de viveiros e de mudas destinadas à arborização urbana do Estado de Minas Gerais.. 2002. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestal) - Universidade Federal de Viçosa.

Celso Trindade

TRINDADE, C.JACOVINE, L. A. G.; GONCALVES, W.; SANTOS, E.. Diagnostico dos viveiros Municipais no estado de MInas Gerais e Avaliação da Qualidade de Mudas Destinadas a Arborização Urbana. 2002. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa.

José Mauro Gomes

GOMES, J. M.; DIAS, Herly Carlos Teixeira; GONÇALVES, Wantuelfer. Dterminação de nível crítico de macronutrientes em cinco espéies florestais. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa.

Laércio Antônio Gonçalves Jacovine

GONÇALVES, E. O.; PAIVA, Haroldo Nogueira de; GONÇALVES, Wantuelfer;JACOVINE, LAÉRCIO ANTÔNIO GONÇALVES.; SANTOS, E.;TRINDADE, C.. Diagnóstifco dos viveiros municipais no Estado de Minas Gerais e avaliação da qualidade de mudas destinadas à arborização urbana. 2002. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa.

Laércio Antônio Gonçalves Jacovine

PAIVA, H. N.; DIAS, Herly Carlos Teixeira; NEVES, Júlio César Lima;JACOVINE, LAÉRCIO ANTÔNIO GONÇALVES.; CARVALHO, J.G.. Efeito de macronutrientes sobre o crescimento e a nutrição mineral de mudas de angico vermelho (Anadenanthera macrocarpa (Benh.) Brenan) e sansão do campo (mimosa caesalpiniaefolia Benth.). 2007. Tese (Doutorado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa.

Herly carlos Teixeira Dias

PAIVA, Haroldo Nogueira deDIAS, Herly Carlos Teixeira; NEVES, Júlio César Lima; JACOVINE, Laércio Antônio Gonçalves; CARVALHO, J. G.. Efeito de macronutrientes sobre o crescimento e a nutrição mineral de mudas de angico vermelho (Anadenanthera macrocarpa (Benth.) Brenan) e sansão do campo (Mimosa caesalpiniaefolia Benth.). 2007. Tese (Doutorado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa.

Herly carlos Teixeira Dias

PAIVA, Haroldo Nogueira deDIAS, Herly Carlos Teixeira; NEVES, Júlio César Lima; GOMES, José Mauro; GONÇALVES, Wantuelfer. Importância da Água na Produtividade Florestal e sua relação com a Absorção de Nutrientes. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa.

Júlio César Lima Neves

NEVES, J. C. L.PAIVA, Haroldo Nogueira de; GOMES, Jose Mauro. Nutricao e Fertilizacao de Especies Florestais Nativas do Brasil. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa.

Haroldo Nogueira de Paiva

PAIVA, H. N.GONÇALVES, Elzimar de OliveiraGONÇALVES, WantuelferJACOVINE, Laércio Antônio Gonçalves; SANTOS, E.;TRINDADE, C.. Diagnóstico dos viveiros municipais no Estado de Minas Gerais e avaliação da qualidade das mudas destinadas à arborização urbana. 2002. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa.

Haroldo Nogueira de Paiva

PAIVA, H. N.NEVES, Júlio César LimaCARVALHO, Janice Guedes deJACOVINE, Laércio Antônio GonçalvesDIAS, Herly Carlos Teixeira. Efeito de macronutrientes sobre o crescimento e a nutrição mineral de mudas de angico vermelho (Anadenanthera macrocarpa (Benth.) Brenan) e sansão do campo (Mimosa caesalpiniaefolia Benth.). 2007. Tese (Doutorado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa.

Haroldo Nogueira de Paiva

PAIVA, H. N.GONÇALVES, Elzimar de OliveiraNEVES, Júlio César LimaGOMES, José MauroDIAS, Herly Carlos TeixeiraGONÇALVES, Wantuelfer. Determinação de nível crítico de macronutrientes em cinco espécies florestais. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Leonard Campos Avellar Machado

Fase créditos; Início: 2017; Dissertação (Mestrado profissional em Mestrado profissional em agroecologia) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo; (Orientador);

Bruna Tomaz Santa'ana

Fase créditos; Início: 2017; Tese (Doutorado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo; (Orientador);

Emanuel França Araújo

APTIDÃO DE Paratecoma peroba À PROPAGAÇÃO VEGETATIVA POR MEIO DA TÉCNICA DE MINIESTAQUIA; Início: 2016; Tese (Doutorado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo; (Orientador);

Lunalda Aparecida Vaz Pola

Relação entre sazonalidade, tipos de substratos e reguladores no enraizamento de Paratecoma peroba (Record) Kuhlm; Início: 2018; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, UFES; (Orientador);

Gabriela Pedrini Rezende

Substratos e reguladores no enraizamento e na qualidade de mudas de Melanoxylon brauna Schott; Início: 2018; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo; (Orientador);

Lara Arêas Tertuliano

Relação entre sazonalidade, tipos de substratos e de estacas no enraizamento de Dalbergia nigra (Vell; ) Allem; Ex Benth; ; Início: 2018; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo; (Orientador);

Elbya Leão Gibson

PROPAGAÇÃO SEXUADA, VEGETATIVA E DIVERSIDADE GENÉTICA DE MINICEPAS DE Melanoxylon brauna; 2019; Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo,; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Aline Ramalho dos Santos

PROPAGAÇÃO SEXUADA, VEGETATIVA E DIVERSIDADE GENÉTICA DE Dalbergia nigra EM MINIJARDIM CLONAL; 2019; Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Marciana Christo Berude

PROPAGAÇÃO VEGETATIVA POR ESTAQUIA E MINIESTAQUIA DE Inga edulis Mart; ; 2018; Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Tamyris de Mello

Estabelecimento e multiplicação in vitro de Lecythis pisonis CAMBESS; 2018; Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Carla Basilio Monteiro

Biossólido e diferentes luminosidades na produção de mudas de palmeira juçara; 2018; Dissertação (Mestrado em Agroecologia) - Instituto Federal de Ed; , Ciência e Tec; do Espírito Santo - Campus Alegre, Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Fernanda Emanuele Silva Costa

Composto e resíduo de pescado na produção de mudas de Apeiba tibourbou Aubl; ; 2018; Dissertação (Mestrado em Agroecologia) - Instituto Federal de Ed; , Ciência e Tec; do Espírito Santo - Campus Alegre,; Coorientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Bruna Tomaz Santa'ana

Propagação vegetativa de sapucaia e ingá por miniestaquia de matrizes seminais; 2017; Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

RAY LUIZ BABILON CARREÇO

CRESCIMENTO INICIAL E FERTILIDADE DO SOLO EM PLANTIO DEPlatymenia reticulata Benth; , EM FUNÇÃODE DOSES DE N, P E K; 2017; Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo; Coorientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Márcia Cristina Paulucio

Germinação ex vitro e potencial organogênico e embriogênico in vitro de Lecythis pisonis; 2016; Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Vanessa Pimentel Bernardes

Resgate e propagação vegetativa por estaquia de Lecythis pisonis Cambess; 2016; Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

William Macedo Delarmelin

Fertilidade e estoque de carbono orgânico do solo e serapilheira em uma Floresta Estacional Semidecidual Submontana; 2015; Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Coorientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Estevão Giacomin Alves

ANÁLISE COMPARATIVA DA COLHEITA FLORESTAL EM REGIMES DE MANEJO DE ALTO FUSTE E TALHADIA; 2015; Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo,; Coorientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Roberto Rorras dos Santos Moura

Fertilidade do solo, serapilheira e decomposição de resíduos em plantios de eucalipto no Espírito Santo; 2015; Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Fagner Luciano Moreira

Ciclagem de nutrientes em área de restauração de Floresta Ombrófila Densa das Terras Baixas; 2014; Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo,; Coorientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Leonardo Peroni

SUBSTRATOS RENOVÁVEIS NA PRODUÇÃO DE MUDAS DE Eucalyptus grandis W; Hill ex Maiden; 2012; Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espirito Santo,; Coorientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

William Macedo Delarmelina

Biomassa e estoque de carbono em povoamento de Schizolobium parahyba var; amazonicum sob diferentes espaçamentos em área de pastagem; 2019; Tese (Doutorado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo,; Coorientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Paulo Henrique de Souza

Biomassa e estoque de carbono em povoamento de Anadenanthera peregrina (L; ) Speg sob diferentes espaçamentos; ; 2018; Tese (Doutorado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo,; Coorientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Thais Arão Feletti

QUALIDADE DE MUDAS DE PARATECOMA PEROBA SUBMETIDAS A DIFERENTES FONTES E DOSES DE ADUBAÇÃO EM DIFERENTES TAMANHOS DE RECIPIENTES; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Cristina Valory da Silva

Enraizamento de miniestacas de sapucaia (Lecythis pisonis) tratadas com ácido indol butírico e acido indol acético; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Naiara Bitti Vilela

Crescimento de mudas de Cecropia pachystachya Trécul em substratos a base de resíduos sob compostagem parcial; ; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Marília Braz de Carvalho

Crescimento inicial do vinhático (Plathymenia foliolosaBenth) sob diferentes doses de fertilização com N, P e K; ; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Monique de Souza Mota

Crescimento e de espécies do gênero Khaya, Cariniana, Astronium e Handroanthus sob diferentes espaçamentos; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Lomanto Zogaib Neves

CARACTERIZAÇÃO EDAFO-CLIMÁTICA E CRESCIMENTO DE ESPÉCIES FLORESTAIS NA REGIÃO SUL DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO; ; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Kelly Nery Bighi

Crescimento de Vinhático (Plathymenia foliolosa) sob diferentes doses de fósforo em Sooretama, ES; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Tatiana Torezani Dalmaso

Análise de crescimento inicial de paricá (Schyzolobium amazonicum (Huber) Ducke) sob diferentes doses de NPK, em Alegre-ES; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Maiara Rodrigues Miranda

Uso de resíduos alternativos na produção de mudas de Paineira rosa; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Ludmila Bergamini Thomaz

Crescimento Inicial do Angico-vermelho (Anadenanthera peregrina (L; ) Speg) sob diferentes doses de NPK; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espirito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Gabrieli Moschen Petri

Crescimento de mudas de Timbó em substratos contendo diferentes materiais Orgânicos; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espirito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Natalia Manhães de Figueiredo Côrtes

Diagnóstico sócio econômico e ambiental em propriedades rurais do Município de Jerônimo Monteiro, ES; ; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espirito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Caio Cesar Paiva

Crescimento inicial de eucalipto em Alegre, Espirito Santo; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espirito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Fagner Luciano Moreira

Crescimento inicial de espécies arbóreas nativas e exóticas em Jerônimo Monteiro - ES; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espirito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Douglas Almeida Caçador

Crescimento de mudas de Sombreiro (Clitoria fairchildiana Howard; ) em substratos contendo diferentes materiais orgânicos; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espirito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Douglas Paganini de Oliveira

Efeito da casca de café carbonizada em diferentes intervalos de tempos, no crescimento de mudas de eucalipto ?urograndis? e citriodora; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espirito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Anderson Reis Vieira

CRESCIMENTO DA CRINDIÚVA (Trema micrantha L; Blume) SOB INFLUÊNCIA DE DIFERENTES AMBIENTES E COMPOSIÇÕES DE ADUBOS ORGÂNICOS; ; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Tecnologia em Agroecologia) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Thais Arão Feletti

Propagação vegetativa de sapucaia por miniestaquia de matrizes seminais; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, UFES; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Lara Arêas Tertuliano

Propagação vegetativa de Melanoxylon brauna Schott por miniestaquia de matrizes seminais; ; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Lunalda Aparecida Vaz Pola

Propagação vegetativa de Paratecoma peroba por miniestaquia; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Thais Arão Feletti

Propagação vegetativa de Dalbergia nigra por técnica de miniestaquia; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, UFES; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Cristina Valory da Silva

Seleção e resgate de genótipos de sapucaia (Lecythis pisonis Cambess), espécie da Mata Atlântica com potencial para produção comercial de castanhas; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Aline Vianna Belisario

Superação de dormência, estudo da morfologia de sementes e plântulas de Adenanthera pavonina L; e germinação em condições de estresse hídrico; ; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Tamyris de Mello

Resíduos in natura na composição de substratos produção de mudas de Plathymenia foliolosa; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, UFES; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Lomanto Zogaib Neves

Planejamento do uso do solo e aproveitamento da propriedade para obtenção de multi-produtos nas condições do Sul do ES; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Egenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, Fundação Ceciliano de Abreu Almeida - Convênio Fibria; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Bianca Fernandes Darissi

Cascas de arroz e café in natura e carbonizadas, na composição de substratos para produção de mudas de espécies florestais; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Jessica Martins dos Reis

Aparas de gramas, serragem e borra de café como componentes de substratos para produção de mudas de espécies florestais; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, UFES; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Tamyris de Mello

Resíduos in natura na composição de substratos para produção de mudas de espécies florestais; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Jessica Martins dos Reis

Crescimento de mudas de espécies florestais ocorrente na Floresta Ombrófila Densa do Parque Nacional do Caparaó, Espírito Santo, em diferentes recipientes; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Egenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Tamyris Mello

Uso de diferentes recipientes na produção de mudas de espécies florestais ocorrente na Floresta Ombrófila Densa do Parque Nacional do Caparaó, Espírito Santo; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Tatiana Torezani Dalmaso

Crescimento inicial de paricá (Schyzolobium amazonicum (Huber) Ducke) e angico vermelho (Anadenanthara peregrina (L; ) Speg) sob diferentes doses de NPK; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Gabrieli Moschen Petri

Crescimento de mudas de timbó (Ateleia glazioveana Baill; ) em Substratos orgânicos; 2011; Iniciação Científica - Universidade Federal do Espírito Santo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Douglas Almeida Caçador

Crescimento de mudas de Sombreiro (Clitoria racemosa Benth; ) em substratos contendo diferentes materiais orgânicos; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Natalia Manhães de Figueiredo Côrtes

Diagnóstico organizacional do uso solo em propriedades rurais do Município de Jerônimo Monteiro, ES; ; 2010; Iniciação Científica - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Gabrieli Moschen Petri

Crescimento de mudas de Acacia sp em substratos contendo diferentes materiais orgânicos; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Doulgas Almeida Caçador

Efeito da casca de arroz carbonizada em diferentes intervalos de tempos, no crescimento de mudas de eucalipto ?urograndis? e citriodora; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espirito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Douglas Paganini de Oliveira

Efeito da casca de café carbonizada em diferentes intervalos de tempos, no crescimento de mudas de eucalipto ?urograndis? e citriodora; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espirito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Anderson Reis Vieira

CRESCIMENTO DE INGÁ( Inga edulis sp; ) E CRINDIÚVA (Trema micrantha l; Blume) SOB INFLUÊNCIA DE DIFERENTES AMBIENTES E COMPOSIÇÕES DE ADUBOS ORGÂNICOS; 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Tecnologia em Agroecologia) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Bruna Tomaz Santa'ana

Estágio em docência; 2016; Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Sabrina Batista de Oliveira

Monitoria em Silvicultura; 2016; Orientação de outra natureza; (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, UFES; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Daniela Minini

Monitoria em Silvicultura; 2016; Orientação de outra natureza; (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, UFES; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Vanessa Pimentel Bernardes

Estágio em docência; 2015; Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Sillas Ramos Mariano

Monitoria em Arborização Urbana; 2015; Orientação de outra natureza; (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, UFES; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Marília Braz de Carvalho

Monitoria em Silvicultura; 2014; Orientação de outra natureza; (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, UFES; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Verilma Amparo Barbosa

Estágio em docência; 2014; Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Siléia Oliveira Guimarães

Estágio em Docência; 2014; Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Larissa Groberio Braga

Monitoria em Silvicultura I; 2013; Orientação de outra natureza; (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, UFES; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Kelly Nery Bighi

Monitoria em Silvicultura II; 2012; Orientação de outra natureza; (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo, UFES; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Maísa Buffon Scardini

Monitoria em Silvicultura; 2011; Orientação de outra natureza; (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espirito Santo, Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Fagner Luciano Moreira

Monitoria em Silvicultura; 2011; Orientação de outra natureza; (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espirito Santo, Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Danilo Baldo Lima

Estágio curricular supervisionado no viveiro florestal do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Espírito Santo; 2011 (1º Semestre); 2011; Orientação de outra natureza; (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Rafael Pecinatte Prezílius

Estágio curricular supervisionado no viveiro florestal do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Espírito Santo; ; 2011; Orientação de outra natureza; (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Maisa Buffon Scardini Portella

Estágio curricular supervisionado no viveiro florestal do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Espírito Santo; 2011; Orientação de outra natureza; (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Natalia Manhães de Figueiredo Côrtes

Estágio curricular supervisionado no viveiro florestal do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Espírito Santo; 2011; Orientação de outra natureza; (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Rená Porto Pizzeta

Estágio curricular supervisionado no viveiro florestal do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Espírito Santo; 2011; Orientação de outra natureza; (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Davi Simossi Junior

Estágio curricular supervisionado no viveiro florestal do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Espírito Santo; 2011; Orientação de outra natureza; (Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Huezer Vinganô Sperandio

Estágio em docência; 2011; Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Espírito Santo; Orientador: Elzimar de Oliveira Goncalves;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Wantuelfer Gonçalves

Avaliação quali-quantitativa de viveiros e de mudas destinadas a arborização urbana do Estado de Minas Gerais; 2002; 0 f; Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Wantuelfer Gonçalves;

Laércio Antônio Gonçalves Jacovine

Diagnóstico dos viveiros municipais no Estado de Minas Gerais e avaliação da qualidade de mudas destinadas à arborização urbana; 2002; 0 f; Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Laércio Antônio Gonçalves Jacovine;

Júlio César Lima Neves

EFEITO DE MACRONUTRIENTES NO CRESCIMENTO E NA NUTRIÇÃO MINERAL DE MUDAS DE ANGICO VERMELHO (Anadenanthera macrocarpa (Benth; ) Brenan), E SANSÃO DO CAMPO (Mimosa caesalpiniaefolia Benth; ); 2007; Tese (Doutorado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Coorientador: Júlio César Lima Neves;

Haroldo Nogueira de Paiva

Diagnóstico dos viveiros municipais no Estado de Minas Gerais e avaliação da qualidade de mudas destinadas à arborização urbana; 2002; 67 f; Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Haroldo Nogueira de Paiva;

Haroldo Nogueira de Paiva

Efeito de macronutrientes sobre o crescimento e a nutrição mineral de mudas de angico vermelho (Anadenanthera macrocarpa (Benth; ) Brenan) e sansão do campo (Mimosa caesalpiniaefolia Benth; ); 2007; Tese (Doutorado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Haroldo Nogueira de Paiva;

Benedito Rocha Vital

Utilização de angico na elaboração de adesivos para madeira; 1999; 0 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Viçosa; Orientador: Benedito Rocha Vital;

Benedito Rocha Vital

Produção de adesivos de madeira com taninos extraídos da casca de angico vermelho; 1999; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Viçosa, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Benedito Rocha Vital;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • CALDEIRA, M.V.W. ; FAVALESSA, MARCILENE ; DELARMELINA, William Macedo ; GONCALVES, E. O. ; SANTOS MOURA, ROBERTO RORRAS DOS . Sewage sludge assessment on growth of Acacia mangium seedlings by principal components analysis and orthogonal contrasts. JOURNAL OF PLANT NUTRITION , v. 1, p. 1-9, 2018.

  • ALVES, E. G. ; FIEDLER, N. C. ; GONCALVES, E. O. ; BERUDE, L. C. . Análise comparativa da colheita florestal em regime de manejo de alto fuste e talhadia. NATIVA , v. 6, p. 288-292, 2018.

  • CALDEIRA, M. V. W. ; SANTOS, F. E. V. ; KUNZ, S. H. ; KLIPPEL, V. H. ; DELARMELINA, William Macedo ; GONCALVES, E. O. . Solid urban waste in the production of Aegiphila sellowiana Cham. seedlings. Revista Brasileira de Engenharia Agricola e Ambiental , v. 22, p. 831-836, 2018.

  • FARIA, JÚLIO CÉZAR TANNURE ; GONÇALVES, ELZIMAR OLIVEIRA ; DELARMELINA, William Macedo ; ASSUMPÇÃO, CHRISTINE RIBEIRO MOREIRA DE ; CALDEIRA, MARCOS VINICIUS WINCKLER . Influência da matocompetição de capim-braquiária no crescimento inicial de espécies florestais em plantio misto. REVISTA DE CIÊNCIAS AGRO-AMBIENTAIS (ONLINE) , v. 16, p. 62-71, 2018.

  • ARAUJO, E. F. ; AGUIAR, A. S. ; ARAUCO, A. M. S. ; GONCALVES, E. O. ; ALMEIDA, K. N. S. . Crescimento e qualidade de mudas de paricá produzidas em substratos à base de resíduos orgânicos. Nativa , v. 05, p. 16-23, 2017.

  • CALDEIRA, M.V.W. ; MOREIRA, FAGNER LUCIANO ; GONCALVES, E. O. ; CAMPANHARO, ÍTALO FAVORETO ; CASTRO, Kallil Chaves . Teor e redistribuição de nutrientes nas folhas de Bixa arborea Huber. e Joannesia princeps Vell. em área de restauração florestal. Scientia Forestalis , v. 45, p. 1-18, 2017.

  • GONCALVES, E. O. ; PETRI, G. M. ; DALMASO, T. T. ; CALDEIRA, M. V. W. ; SILVA, A. G. . Crescimento de mudas de Ateleia glazioviana, em substratos contendo diferentes materiais orgânicos. FLORAM , v. 21, p. 339-348, 2014.

  • GONCALVES, E. O. ; PAIVA, HAROLDO NOGUEIRA DE ; NEVES, J. C. L. ; KLIPPEL, V. H. ; CALDEIRA, M. V. W. . Crescimento de Dalbergia nigra (Vell.) Allemão ex Benth sob diferentes doses de cálcio, magnésio e enxofre. Revista Árvore (Impresso) , v. 38, p. 251-260, 2014.

  • DELARMELINA, WILLIAM MACEDO ; CALDEIRA, MARCOS VINICIUS WINCKLER ; FARIA, JÚLIO CÉZAR TANNURE ; GONÇALVES, ELZIMAR DE OLIVEIRA ; ROCHA, RAFAEL LUIZ FRINHANI . Diferentes Substratos para a Produção de Mudas de Sesbania virgata. Floresta e Ambiente , v. 21, p. 224-233, 2014.

  • CALDEIRA, MARCOS VINICIUS ; GONÇALVES, ELZIMAR DE OLIVEIRA ; TRAZZI, P. A. ; DELARMELINA, W. M. ; ROCHA, R. L. F. . CRESCIMENTO DE MUDAS DE Eucalyptus grandis UTILIZANDO LODO DE ESGOTO, FIBRA DE COCO E PALHA DE CAFÉ IN NATURA. Floresta (Online) (Curitiba) , v. 44, p. 195-206, 2014.

  • GONCALVES, E. O. ; PAIVA, H. N. ; Neves, J.C.L. ; CALDEIRA, M. V. W. ; KLIPPEL, V. H. . Crescimento de jacarandá-da-bahia (Dalbergia nigra((Vell.) Fr. All. ex Benth)) sob diferentes doses de NPK. CERNE (UFLA) , v. 20, p. 493-500, 2014.

  • CALDEIRA, MARCOS VINICIUS WINCKLER ; FAVALESSA, M. ; GONCALVES, E. O. ; DELARMELINA, W. M. ; SANTOS, F. E. V. ; VIERA, M. . Lodo de esgoto como componente de substrato para produção de mudas de Acacia mangium Wild.. Comunicata Scientiae (Online) , v. 5, p. 34-43, 2014.

  • GONCALVES, E. O. ; PAIVA, H.N. ; Neves, J.C.L. ; GOMES, J. M. . NUTRIÇÃO DE MUDAS DE Mimosa caesalpiniaefolia Benth. SOB DIFERENTES DOSES DE N, P, K, Ca e Mg. Ciência Florestal (UFSM. Impresso) , v. 23, p. 273-286, 2013.

  • TRAZZI, P. A. ; CALDEIRA, M. V. W. ; PASSOS, R. R. ; GONCALVES, E. O. . SUBSTRATOS DE ORIGEM ORGÂNICA PARA PRODUÇÃO DE MUDAS DE TECA (Tectona grandis Linn. f.). Ciência Florestal (UFSM. Impresso) , v. 23, p. 401-409, 2013.

  • FARIA, J. C. T. ; CALDEIRA, M. V. W. ; DELARMELINA, W. M. ; LACERDA, L. C. ; GONCALVES, E. O. . Substratos à base de lodo de esgoto na produção de mudas de Senna alata.. Comunicata Scientiae (Online) , v. 4, p. 342-351, 2013.

  • GOMES, DANIELE RODRIGUES ; CALDEIRA, MARCOS VINICIUS WINCKLER ; DELARMELINA, WILLIAM MACEDO ; GONÇALVES, ELZIMAR DE OLIVEIRA ; TRAZZI, PAULO ANDRÉ . Lodo de esgoto como substrato para produção de mudas de Tectona grandis L.. CERNE (UFLA) , v. 19, p. 123, 2013.

  • CALDEIRA, MARCOS VINICIUS ; DELARMELINA, WILLIAM MACEDO ; PERONI, LEONARDO ; GONÇALVES, ELZIMAR DE OLIVEIRA ; SILVA, ADERBAL GOMES DA . Lodo de esgoto e vermiculita na produção de mudas de eucalipto. Pesquisa Agropecuária Tropical (Online) , v. 43, p. 155-163, 2013.

  • DELARMELINA, W. M. ; CALDEIRA, M. V. W. ; FARIA, J. C. T. ; GONCALVES, E. O. . Uso de lodo de esgoto e resíduos orgânicos no crescimento de mudas de Sesbania virgata (Cav.) Pers. Agro@mbiente On-line , v. 7, p. 184-192, 2013.

  • FARIA, J. C. T. ; CALDEIRA, M. V. W. ; DELARMELINA, W. M. ; GONCALVES, E. O. . Uso de resíduos orgânicos no crescimento de mudas de Mimosa setosa. Pesquisa Florestal Brasileira (Online) , v. 33, p. 411-420, 2013.

  • GONÇALVES, ELZIMAR DE OLIVEIRA ; PETRI, G. M. ; CACADOR, D. A. ; CALDEIRA, M. V. W. ; DELARMELINA, W. M. . Crescimento de mudas de Acacia farnesiana (L.) Willd em substratos contendo diferentes materiais orgânicos. Enflo , v. 1, p. 110, 2013.

  • GONCALVES, E. O. ; PAIVA, H. N. ; NEVES, JULIO CESAR LIMA ; GOMES, José Mauro . Nutrição de mudas de Mimosa caesalpiniaefolia Benth. sob diferentes doses de N, P, K, Ca e Mg. http://dx.doi.org/10.5902/198050987550 , v. 23, p. 273-286, 2013.

  • CALDEIRA, M. V. W. ; DELARMELINA, W. M. ; LUBE, S. G. ; GOMES, D. R. ; GONCALVES, E. O. ; ALVES, A.F. . Biossólido na composição de substrato para a produção de mudas de Tectona grandis. Floresta (Online) (Curitiba) , v. 42, p. 77-84, 2012.

  • TRAZZI, P. A. ; CALDEIRA, M. V. W. ; COLOMBI, R. ; GONCALVES, E. O. . QUALIDADE DE MUDAS DE Murraya paniculata PRODUZIDAS EM DIFERENTES SUBSTRATOS. Floresta (UFPR. Impresso) , v. 42, p. 621-630, 2012.

  • CALDEIRA, MARCOS VINICIUS WINCKLER ; GOMES, DANIELE RODRIGUES ; GONÇALVES, ELZIMAR DE OLIVEIRA ; DELARMELINA, WILLIAM MACEDO ; SPERANDIO, HUEZER VIGANÔ ; TRAZZI, PAULO ANDRÉ . Biossólido como substrato para produção de mudas de Toona ciliata var. australis. Revista Árvore (Impresso) , v. 36, p. 1009-1018, 2012.

  • GONÇALVES, ELZIMAR DE OLIVEIRA ; PAIVA, HAROLDO NOGUEIRA DE ; NEVES, JULIO CESAR LIMA ; GOMES, José Mauro . Nutrição de mudas de angico-vermelho (Anadenanthera macrocarpa (Benth.) Brenan) submetidas a doses de N, P, K, Ca E Mg. Revista Árvore (Impresso) , v. 36, p. 219-228, 2012.

  • SPERANDIO, H. V. ; CALDEIRA, M. V. W. ; GOMES, D. R. ; SILVA, A. G. ; GONCALVES, E. O. . Qualidade de mudas de Eucalyptus urophylla X Eucalyptus grandis produzidas em diferentes substratos. Engenharia Ambiental (UNIPINHAL. Impresso) , v. 8, p. 214-221, 2011.

  • GONCALVES, E. O. ; PAIVA, H.N. ; Neves, J.C.L. ; GOMES, J. M. . Crescimento de mudas de sansão-do-campo (Mimosa caesalpiniaefolia Benth.) sob diferentes doses de macronutrientes. Scientia Forestalis (IPEF) , v. 88, p. 599-609, 2010.

  • GONCALVES, E. O. ; PAIVA, H.N. ; Neves, J.C.L. ; GOMES, J. M. . Crescimento de mudas de angico-vermelho (Anadenanthera macrocarpa (Benth.) Brenan) sob diferentes doses de macronutrientes. Revista Árvore (Impresso) , v. 32, p. 1029-1040, 2008.

  • Soares, T. S ; CARNEIRO, A. C. O. ; GONCALVES, E. O. ; LELLES, J. G. . Uso da biomassa florestal na geração de energia. Revista Científica Eletronica de Engenharia Florestal , v. 08, p. 1-9, 2006.

  • GONCALVES, E. O. ; PAIVA, H.N. ; Gonçalves, W. ; JACOVINE, L..A. G. . Avaliação qualitativa de mudas destinadas à arborização urbana no Estado de Minas Gerais. Revista Árvore (Impresso) , v. 28, p. 479-486, 2004.

  • GONCALVES, E. O. ; PAIVA, H.N. ; JACOVINE, L..A. G. ; Gonçalves, W. . Diagnóstico dos viveiros municipais no estado de Minas Gerais.. Ciência Florestal (UFSM. Impresso) , Santa Maria, v. 14, n.2, p. 1-12, 2004.

  • CALDEIRA, M. V. W. (Org.) ; GARCIA, G. O. (Org.) ; GONCALVES, E. O. (Org.) ; ARANTES, M. D. C. (Org.) ; FIEDLER, N. C. (Org.) . Contexto e Perspectivas da Área Florestal no Brasil. 1. ed. Visconde do Rio Branco, MG: Suprema, 2011. v. 1. 418p .

  • BIGHI, K. N. ; GONÇALVES, ELZIMAR DE OLIVEIRA ; PAULUCIO, M. C. ; CANZIAN, W. P. . INFLUÊNCIA DO VOLUME DO RECIPIENTE NO CRESCIMENTO DE MUDAS DE Peltophorum dubium. In: Marcos Vinicius Winckler Caldeira; Tamires Partelli Correia; Márcia Rodrigues de Moura Fernandes; Evandro Ferreira da Silva; Luandson Araújo de Souza; Taíse Severo Aozan. (Org.). Tecnologia, Ciência e Extensão: como otimizar a produção florestal no Brasil?. 1ªed.Alegre: , 2015, v. 1, p. 288-293.

  • CALDEIRA, M. V. W. ; GONCALVES, E. O. ; Wendling, I ; MARTINS, R. C. C. . Produção de mudas. In: Mauro Valdir Schumacher; Mário Viera. (Org.). Silvicultura do eucalipto no Brasil. 1ed.Santa Maria: Editora da UFSM, 2015, v. 1, p. 49-82.

  • GONCALVES, E. O. ; MATHEUS, M. T. ; ABAD, J. I. M. ; CALDEIRA, M. V. W. ; SILVA, A. G. . Mudas originadas de sementes x mudas originadas de clone. In: Elizabeth Neire da Silva, Nilton Cesar Fiedler, Daniel Pena Pereira, Marcos Oliveira Paula. (Org.). Florestas de Produção. 1ed.Viçosa: Suprema, 2014, v. 01, p. 21-35.

  • GONCALVES, E. O. ; CALDEIRA, M. V. W. ; SHUMACHER, M. V. ; VIEIRA, M. ; GODINHO, T. O. . Exportação de nutrientes pela colheita florestal. In: Marcos Vinicius Winckler Caldeira; Giovanni de Oliveira Garcia; Elzimar de Oliveira Gonçalves; Marina Donária Chaves Arantes; Nilton Cesar Fiedler. (Org.). Contexto e Perspectivas da Área Florestal no Brasil. 1ed.Visconde do Rio Branco, MG: Suprema, 2011, v. 1, p. 117-140.

  • CALDEIRA, M. V. W. ; Wendling, I ; PENCHEL, R. M. ; GONCALVES, E. O. ; KRATZ, D. ; TRAZZI, P. A. . Propriedades de substratos para produção de mudas florestais.. In: Marcos Vinicius Winckler Caldeira; Giovanni de Oliveira Garcia; Elzimar de Oliveira Gonçalves; Marina Donária Chaves Arantes; Nilton Cesar Fiedler. (Org.). Contexto e Perspectivas da Área Florestal no Brasi. Viconde do Rio Branco: , 2011, v. 1, p. 141-160.

  • CALDEIRA, M. V. W. ; Wendling, I ; PENCHEL, R. M. ; GONCALVES, E. O. ; KRATZ, D. ; TRAZZI, P. A. . Principais tipos e componentes de substratos para ´produção de mudas de espécies florestais. Contexto e perspectivas da área florsetal no Brasil. Visconde do Rio Branco: , 2011, v. 1, p. 51-100.

  • SILVA, A. G. ; GONCALVES, E. O. ; VERVLOET FILHO, R. H. . Inventário da arborização urbana. Contexto e perspectivas da a´rea florestal no Brasil. Visconde do Rio Branco: , 2011, v. 1, p. 355-374.

  • CALDEIRA, M. V. W. ; SHUMACHER, M. V. ; VIEIRA, M. ; GONCALVES, E. O. ; GODINHO, T. O. . Ciclagem de nutrientes, via deposição e acúmulo de serapilheira, em ecossistemas florestais. In: José Franklin Chichorro; Giovanni de Oliveira Garcia;Maristela de Oliveira Bauer; Marcos Vinícius Winckler Caldeira. (Org.). Tópicos em Ciências Florestais. : , 2010, v. , p. -.

  • SILVA, A. G. ; PANDOLFI, F. ; PENCHEL, R. M. ; GONCALVES, E. O. . Qualidade de mudas de essências florestais. Tópicos em Ciências Florestais. : , 2010, v. , p. -.

  • GONCALVES, E. O. ; ARANTES, M. D. C. ; FANTUZZI NETO, H. ; SILVA, A. G. ; CALDEIRA, M. V. W. . Nutrição mineral e qualidade da madeira. Tópicos em Ciências Florestais. : , 2010, v. , p. -.

  • GONCALVES, E. O. . Mudas clonadas: maior produtividade e melhor qualidade do produto final. Campo & Negócios : Florestas, Uberlândia / MG, p. 10 - 12, 01 jan. 2014.

  • FRANK, H. O. ; FAVORETO, F. C. ; TRUGILHO, G. A. ; SENA, G. C. ; NOGUEIRA, E. U. ; GONCALVES, E. O. ; LIMA, A. B. P. . Germinação in vitro de sementes de cedro australiano (Toona ciliata - Meliaceae). In: XIII Encontro Latino americano de Iniciação Científica e IX Encontro Latino Americano de Pós-graduação - Universidade Vale do paraíba, 2009, São José dos Campos. XIII Encontro Latino americano de Iniciação Científica e IX Encontro Latino Americano de Pós-graduação - Universidade Vale do paraíba, 2009.

  • SANTANA, B. T. ; MELLO, T. ; BERUDE, M. C. ; GONCALVES, E. O. ; CACADOR, D. A. . Resíduos orgânicos na produção de mudas de Clitoria fairchildiana Howard.. In: IX Simpósio Brasileiro de Pós-Graduação em Ciências Florestais, 2016, Guarapari. IX Simpósio Brasileiro de Pós-Graduação em Ciências Florestais, 2016.

  • MELLO, T. ; BERUDE, M. C. ; SANTANA, B. T. ; GONCALVES, E. O. ; CORTES, N. M. F. . Diagnóstico ambiental em propriedades rurais do Município de Jerônimo Monteiro, ES. In: IX Simpósio Brasileiro de Pós-Graduação em Ciências Florestais, 2016, Guarapari. IX Simpósio Brasileiro de Pós-Graduação em Ciências Florestais, 2016.

  • MELLO, T. ; SANTANA, B. T. ; BERUDE, M. C. ; GONCALVES, E. O. . Resíduos in natura na composição de substratos para produção de mudas de Schinus terebinthifolius.. In: Simpósio Brasileiro de Pós-Graduação em Ciências Florestais, 2016, Guarapari. Simpósio Brasileiro de Pós-Graduação em Ciências Florestais, 2016.

  • BERUDE, M. C. ; MELLO, T. ; SANTANA, B. T. ; GONCALVES, E. O. ; MOREIRA, F. L. . Crescimento inicial de espécies arbóreas nativas em talhões demonstrativos.. In: IX Simpósio Brasileiro de Pós-Graduação em Ciências Florestais, 2016, Guarapari. IX Simpósio Brasileiro de Pós-Graduação em Ciências Florestais, 2016.

  • BERUDE, M. C. ; SANTANA, B. T. ; MELLO, T. ; GONCALVES, E. O. ; MOREIRA, F. L. . Crescimento inicial de Eucalyptus grandis e do híbrido Eucalyptus urophylla x Eucalyptus camaldulensis em Jerônimo Monteiro-ES.. In: IX Simpósio Brasileiro de Pós-Graduação em Ciências Florestais, 2016, Guarapari. IX Simpósio Brasileiro de Pós-Graduação em Ciências Florestais, 2016.

  • MELLO, T. ; GONCALVES, E. O. ; REIS, J. M. ; CALDEIRA, M. V. W. ; DARISSI, B. F. . Crescimento de Erytrina verna Vell em diferentes recipientes. In: 3º Encontro Brasileiro de Silvicultura, 2014, Campinas. 3º Encontro Brasileiro de Silvicultura - Anais - resumos expandidos. Curitiba: Malinovski, 2014. v. II. p. 107-110.

  • MIRANDA, M. R. ; GONCALVES, E. O. ; TEIXEIRA, A. G. ; BIGHI, K. N. ; NEVES, L. Z. . Resíduos alternativos na composição de substratos para o crescimento inicial de mudas de Ceiba boliviana Britton & Baker. In: 3º Encontro Brasileiro de Silvicultura, 2014, Campinas. 3º Encontro Brasileiro de Silvicultura - Anais - resumos expandidos. Curitiba: Malinovski, 2014. v. II. p. 287-289.

  • REIS, J. M. ; GONCALVES, E. O. ; DARISSI, B. F. ; BIGHI, K. N. ; NEVES, L. Z. . Influência do Recipiente da produção de mudas de Piptadenia gonoacantha. In: 3º Encontro Brasileiro de Silvicultura, 2014, Campinas. 3º Encontro Brasileiro de Silvicultura - Anais - resumos expandidos. Curitiba: Malinovski, 2014. v. II. p. 238-241.

  • CALDEIRA, M. V. W. ; DELARMELINA, W. M. ; LUBE, S. G. ; GOMES, D. R. ; GONCALVES, E. O. . Uso de biossólido em substratos para produção de Murraya paniculata. In: 2º Encontro Brasileiro de Silvicultura, 2011, Campinas. 2º Encontro Brasileiro de Silvicultura, 2011. p. 203-204.

  • SPERANDIO, H. V. ; PENCHEL, R. M. ; CALDEIRA, M. V. W. ; GOMES, D. R. ; GONCALVES, E. O. . Avaliação do padrão de qualidade de mudas clonais de eucalipto em diferentes substratos. In: 2º Encontro Brasileiro de Silvicultura, 2011, Campinas. II Encontro Brasileiro de Silvicultura, 2011. p. 309-310.

  • GONCALVES, E. O. ; PAIVA, H.N. ; NEVES, J. C. L. ; KLIPPEL, V. H. ; XAVIER, T. M. T. . Indices de qualidade de mudas de jacarandá-da-bahia sob diferentes doses de NPK em um Latossolo Vermelho-amarelo distrófico. In: II Encontro Brasileiro de Silvicultura., 2011, Campinas. II Encontro Brasileiro de Silvicultura., 2011. p. 183-184.

  • GONCALVES, E. O. ; PAIVA, H.N. ; NEVES, J. C. L. ; XAVIER, T. M. T. ; KLIPPEL, V. H. . Índices de qualidade de mudas de jacarandá-da-bahia sob diferentes doses de Ca, Mg e S em Latossolo Vermelho-amarelo distrófico. In: 2º Encontro Brasileiro de Silvicultura., 2011, Campinas. II Encontro Brasileiro de Silvicultura., 2011. p. 185-186.

  • MOREIRA, F. L. ; GONCALVES, E. O. ; PORTELLA, M. B. S. ; FIEDLER, N. C. ; DIAS, H. M. . Crescimento inicial de Anadenanthera colubrina em talhões demonstrativos. In: Congresso Brasileiro de Reflorestamento Ambiental, 2011, Guarapari. Congresso Brasileiro de Reflorestamento Ambiental, 2011.

  • MOREIRA, F. L. ; GONCALVES, E. O. ; PORTELLA, M. B. S. ; PAIVA, C. C. ; THOMAZ, L. B. . Crescimento inicial de Caesalpinia echinata em talhões demonstrativos. In: Congresso Brasileiro de Reflorestamento Ambiental, 2011, Guarapari. Congresso Brasileiro de Reflorestamento Ambiental, 2011.

  • GONCALVES, E. O. ; MOREIRA, F. L. ; PORTELLA, M. B. S. ; DALMASO, T. T. ; PIZZETTA, R. P. . Crescimento inicial de Cedrela fissilis em talhões demonstrativos. In: Congresso Brasileiro de Reflorestamento Ambiental, 2011, Guarapari. Congresso Brasileiro de Reflorestamento Ambiental, 2011.

  • TRAZZI, P. A. ; CALDEIRA, M. V. W. ; REIS, E. F. ; PERONI, L. ; GONCALVES, E. O. . Esterco de codorna como componente de substrato na produção de mudas de teca. In: VI Simpósio de Pós-Graduação em Ciências Florestais e II Simpósio de Ciência e Tecnologia da Madeira do RJ, 2010, Rio de Janeiro. VI Simpósio de Pós graduação em Ciência Florestal e II Simpósio em Ciência e Tecnologia da Madeira do RJ, 2010.

  • GONCALVES, E. O. ; PAIVA, H.N. ; Neves, J.C.L. ; XAVIER, T. M. T. ; KLIPPEL, V. H. ; CURTO, R. A. . Índices de qualidade de mudas de jacarandá da bahia cultivadas em Latossolo vermelho - amarelo álico. In: VI Simpósio de Pós graduação em Ciência Florestal e II Simpósio em Ciência e Tecnologia da Madeira do RJ, 2010, Rio de Janeiro. VI Simpósio de Pós graduação em Ciência Florestal e II Simpósio em Ciência e Tecnologia da Madeira do RJ, 2010.

  • VIEIRA, A. R. ; PEREIRA, A. J. ; GONCALVES, E. O. . Crescimento de mudas de Trema micrantha L. Blume em diferentes substratos orgânicos. In: VI Congresso Brasileiro de Agroecologia e II Congresso Latinoamericano de Agroecologia, 2009, Curitiba. Revista Brasileira de Agroecologia, 2009. v. 4. p. 597-600.

  • GIBSON, E. L. ; SANTOS, A. R. ; ARAUJO, E. F. ; TERTULIANO, L. A. ; GONCALVES, E. O. . Emergência de procedências de Melanoxylon brauna Schott em substrato adubados com fertilizante de liberação controlada. In: CONFLAT- VII CONGRESSO FLORESTAL LATINO- AMERICANO, 2018, Vitória. VII Congresso Florestal Latino-Americano, 2018.

  • GIBSON, E. L. ; SANTOS, A. R. ; ARAUJO, E. F. ; MACHADO, M. D. ; GONCALVES, E. O. . CRESCIMENTO INICIAL DE MUDAS Melanoxylon brauna SCHOTT ADUBADAS COM FERTILIZANTE DE LIBERAÇÃO CONTROLADA. In: CONFLAT- CONFLAT- VII CONGRESSO FLORESTAL LATINO- AMERICANO, 2018, Vitoria. CONFLAT- VII CONGRESSO FLORESTAL LATINO- AMERICANO, 2018.

  • SANTOS, A. R. ; GIBSON, E. L. ; ARAUJO, E. F. ; FELETTI, T. A. ; GONCALVES, E. O. . BIOMASSA DE MUDAS DE DALBERGIA NIGRA (VELL.) FR. ALLEM. EX BENTH EM SUBSTRATO ADUBADOS COM FERTILIZANTE DE LIBERAÇÃO CONTROLADA. In: CONFLAT- VII CONGRESSO FLORESTAL LATINO- AMERICANO, 2018, Vitoria. CONFLAT- VII CONGRESSO FLORESTAL LATINO- AMERICANO, 2018.

  • SANTOS, A. R. ; GIBSON, E. L. ; ARAUJO, E. F. ; FELETTI, T. A. ; GONCALVES, E. O. . EMERGÊNCIA DE SEMENTES DE DALBERGIA NIGRA (VELL.) FR. ALLEM. EX BENT EM RESPOSTA A DIFERENTES DOSES DE FERTILIZANTE DE LIBERAÇÃO CONTROLADA EM CONDIÇÕES DE VIVEIRO. In: CONFLAT- VII CONGRESSO FLORESTAL LATINO- AMERICANO, 2018, Vitória. CONFLAT- VII CONGRESSO FLORESTAL LATINO- AMERICANO, 2018.

  • GONCALVES, E. O. ; NEVES, L. Z. ; CALDEIRA, M. V. W. ; BIGHI, K. N. ; MIRANDA, M. R. . CARACTERIZAÇÃO EDAFO-CLIMÁTICA E CRESCIMENTO DE ESPÉCIES FLORESTAIS NA REGIÃO SUL DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO. In: CONFLAT- VII CONGRESSO FLORESTAL LATINO- AMERICANO, 2018, Vitória. CONFLAT- VII CONGRESSO FLORESTAL LATINO- AMERICANO, 2018.

  • SILVA, C. V. ; MELLO, T. ; SANTANA, B. T. ; GONCALVES, E. O. . ENRAIZAMENTO DE MINIESTACAS DE LECYTHIS PISONIS CAMBESS TRATADAS COM ÁCIDO INDOLBUTÍRICO E ÁCIDO NAFTALENO ACÉTICO. In: CONFLAT- VII CONGRESSO FLORESTAL LATINO- AMERICANO, 2018, Vitória. CONFLAT- VII CONGRESSO FLORESTAL LATINO- AMERICANO, 2018.

  • ARAUJO, E. F. ; GONCALVES, E. O. ; SANTOS, A. R. ; GIBSON, E. L. ; POLA, L. A. V. ; BERUDE, M. C. . FERTILIZANTE DE LIBERAÇÃO CONTROLADA NO CRESCIMENTO INICIAL DE TRÊS ESPÉCIES ARBÓREAS DA FLORESTA ATLÂNTICA. In: CONFLAT- VII CONGRESSO FLORESTAL LATINO- AMERICANO, 2018, Vitória. CONFLAT- VII CONGRESSO FLORESTAL LATINO- AMERICANO, 2018.

  • PINTO, T. A. ; COSTA, F. E. S. ; GONCALVES, E. O. . GERMINAÇÃO DE SEMENTES DE APEIBA TIBOURBOU AUBL. EM COMPOSTO ORGÂNICO PRODUZIDO COM RESIDUOS DE PESCADO. In: CONFLAT- VII CONGRESSO FLORESTAL LATINO- AMERICANO, 2018, Vitória. CONFLAT- VII CONGRESSO FLORESTAL LATINO- AMERICANO, 2018.

  • GONCALVES, E. O. ; KUNZ, R. S. ; CALDEIRA, M. V. W. ; SOUZA, P. H. ; DELARMELINA, W. M. . CRESCIMENTO INICIAL DE ANADENANTHERA PEREGRINA(L.) SPEG E SCHIZOLOBIUM PARAHYBA VAR. AMAZONICUM (HUBER EX DUCKE) BARNEBY EM RESPOSTA À ADUBAÇÃO FOSFATADA. In: CONFLAT- VII CONGRESSO FLORESTAL LATINO- AMERICANO, 2018, Vitória. CONFLAT- VII CONGRESSO FLORESTAL LATINO- AMERICANO, 2018.

  • CAPRONI, A. L. ; CALDEIRA, M. V. W. ; FOLLE, F. A. ; GONCALVES, E. O. . Quebra de dormência e germinação de sementes de Schizolobium amazonicum (Huber ex Ducke) em diferentes substratos.. In: XVI Congresso Brasileiro de Sementes - Qualidade: Desafio Permanente, 2009, Curitiba. XVI Congresso Brasileiro de Sementes, 2009.

  • CAPRONI, A. L. ; CALDEIRA, M. V. W. ; DIAS, J. R. M. ; GRANHA, J. R. D. O. ; GONCALVES, E. O. . Quebra de dormência dos frutos e germinação das sementes de Tectona grandis L.f.. In: XVI Congresso Brasileiro de Sementes - Qualidade: Desafio Permanente, 2009, Curitiba. XVI Congresso Brasileiro de Sementes, 2009.

  • GONCALVES, E. O. ; PAIVA, H.N. ; Gonçalves, W. ; JACOVINE, L..A. G. . Diversidade de espécies na produção de mudas destinadas à arborização urbana no estado de Minas Gerais. In: IV Mostra científica de Pós-graduação, 2004, Viçosa. Anais do XIV Simpósio de Iniciação Científica, IV Mostra Científica da Pós-graduação e II Simpósio de Extensão Universitária, 2004.

  • MARQUES, V. B. ; PAIVA, H.N. ; GONCALVES, E. O. . Efeito de doses de nitrogênio sobre o crescimento de mudas de jacarandá- da- bahia (Dalbergia nigra (Vell.) Fr. All. ex Benth.). In: Anais do XIV Simpósio de Iniciação Científica, IV Mostra Científica da Pós-graduação e II Simpósio de Extensão Universitária, 2004, Viçosa. Anais do XIV Simpósio de Iniciação Científica, IV Mostra Científica da Pós-graduação e II Simpósio de Extensão Universitária, 2004.

  • MARQUES, V. B. ; PAIVA, H.N. ; GONCALVES, E. O. . Efeito de fontes e doses de nitrogênio sobre o crescimento de mudas de angico vermelho (Anadenanthera macrocarpa (Benth. ) Brenan). In: Anais do XIV Simpósio de Iniciação Científica, IV Mostra Científica da Pós-graduação e II Simpósio de Extensão Universitária, 2004, Viçosa. Anais do XIV Simpósio de Iniciação Científica, IV Mostra Científica da Pós-graduação e II Simpósio de Extensão Universitária, 2004.

  • GONCALVES, E. O. ; MARQUES, V. B. ; PAIVA, H.N. . Efeito de fontes e doses de nitrogênio sobre o crescimento de sabiá (Mimosa caesalpiniaefolia Benth.). In: Anais do XIV Simpósio de Iniciação Científica, IV Mostra Científica da Pós-graduação e II Simpósio de Extensão Universitária, 2004, Viçosa. Anais do XIV Simpósio de Iniciação Científica, IV Mostra Científica da Pós-graduação e II Simpósio de Extensão Universitária, 2004.

  • GONCALVES, E. O. ; MARQUES, V. B. ; PAIVA, H.N. . Efeito da adubação nitrogenada no crescimento de mudas de sabiá (Caesalpineaefolia Benth). In: XIV Simpósio de iniciação científica, IV mostra Científica da Pós-graduação e II simpósio de extensão universitária -, 2004. XIV Simpósio de iniciação científica, IV mostra Científica da Pós-graduação e II simpósio de extensão universitária -, 2004.

  • GONCALVES, E. O. ; VITAL, B. R. . Utilização de taninos de Angico Vermelho (Anadenanthera peregrina), na elaboração de Adesivos para Madeira. In: Simpósio de Iniciação Científica, 1999, Viçosa. IX Simpósio de Iniciação Científica da Universidade Federal de Viçosa. Viçosa: Editora da UFV, 1999. v. 1. p. 186-186.

  • GONCALVES, E. O. ; VITAL, B. R. . Produção de adesivos de madeira a partir de taninos estraídos da casca de E.grandis. In: VIII Simpósio de Iniciação Científica da Universidade Federal de Viçosa, 1998, Viçosa/MG. Produção e a´propriação da pesquisa. Viçosa: Editora UFV, 1998. v. 1. p. 356-356.

  • GIBSON, E. L. ; SANTOS, A. R. ; ARAUJO, E. F. ; CALDEIRA, M. V. W. ; GONCALVES, E. O. . Controlled-release fertilizer on growth of Melanoxylon brauna Schott seedlings. FLORAM , 2019.

  • BERNARDES, V. P. ; SANTANA, B. T. ; ALEXANDRE, R. S. ; Wendling, I ; GONCALVES, E. O. . VEGETATIVE RESCUE AND CLONAL PROPAGATION OF Lecythis pisonisCAMBESS. FLORAM , 2019.

  • SANTANA, B. T. ; MELLO, T. ; BERUDE, M. C. ; GONCALVES, E. O. ; CACADOR, D. A. . Resíduos orgânicos na produção de mudas de Clitoria fairchildiana Howard. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • BERUDE, M. C. ; SANTANA, B. T. ; MELLO, T. ; GONCALVES, E. O. ; MOREIRA, F. L. . Crescimento inicial de Eucalyptus grandis e do híbrido Eucalyptus urophylla x Eucalyptus camaldulensis em Jerônimo Monteiro-ES. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • BERUDE, M. C. ; MELLO, T. ; SANTANA, B. T. ; GONCALVES, E. O. ; MOREIRA, F. L. . Crescimento inicial de espécies arbóreas nativas em talhões demonstrativos. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • MELLO, T. ; BERUDE, M. C. ; SANTANA, B. T. ; GONCALVES, E. O. ; CORTES, N. M. F. . Diagnóstico ambiental em propriedades rurais do Município de Jerônimo Monteiro, ES. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • MELLO, T. ; BERUDE, M. C. ; SANTANA, B. T. ; GONCALVES, E. O. . Resíduos in natura na composição de substratos para produção de mudas de Schinus terebinthifolius Raddi. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • GONÇALVES, ELZIMAR DE OLIVEIRA ; CALLEGARO, R. M. . Implantação e Manutenção de Pinus elliottii. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • REIS, J. M. ; GONCALVES, E. O. ; CALDEIRA, M. V. W. ; BIGHI, K. N. ; DARISSI, B. F. . Resíduos alternativos na composição de substratos para produção de mudas de Peltophorum dubium. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MELLO, T. ; GONCALVES, E. O. ; CALDEIRA, M. V. W. ; REIS, J. M. ; CAMPOS, L. C. . Resíduos in natura na composição de substratos para produção de mudas de Dalbergia nigra. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MELLO, T. ; GONCALVES, E. O. ; CALDEIRA, M. V. W. ; VILELA, N. B. ; FAVALESSA, M. . Crescimento de Cecropia pachystachia Trécul em substratos a base de resíduos sob compostagem parcial. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MELLO, T. ; DARISSI, B. F. ; GONCALVES, E. O. ; CALDEIRA, M. V. W. ; REIS, J. M. . Cascas de arroz e café in natura e carbonizadas na composição de substratos para produção de mudas de Peltophorum dubium. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • NEVES, L. Z. ; BIGHI, K. N. ; GONCALVES, E. O. ; MOREIRA, F. L. ; CANZIAN, W. P. . Crescimento inicial de Swietenia mahagoni em Jerônimo Monteiro, ES. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • BIGHI, K. N. ; NEVES, L. Z. ; GONÇALVES, ELZIMAR DE OLIVEIRA ; FREIRE, K. S. F. ; VILELA, N. B. . Avaliação do crescimento de Toona ciliata em talhões demonstrativos na região Sul do Espírito Santo. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • BIGHI, K. N. ; NEVES, L. Z. ; GONCALVES, E. O. ; FREIRE, K. S. F. ; VILELA, N. B. . Crescimetno inicial de Swietenia macrophylla em Jerônimo Monteiro, ES. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • GONÇALVES, ELZIMAR DE OLIVEIRA . Rede de sementes florestais do entorno do Caparaó e Bacia do Rio Itapemirim. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • GONCALVES, E. O. ; PAIVA, H.N. ; NEVES, J. C. L. ; XAVIER, T. M. T. ; KLIPPEL, V. H. . Índices de qualidade de mudas de jacarandá-da-bahia sob diferentes doses de CA, Mg e S em Latossolo Vermelho-amarelo distrófico. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • GONCALVES, E. O. ; PAIVA, H.N. ; NEVES, J. C. L. ; KLIPPEL, V. H. ; XAVIER, T. M. T. . Índices de qualidade de mudas de jacarandá-da-bahia sob diferentes doses de NPK em um Latossolo Vermelho-amarelo distrófico. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • GONCALVES, E. O. ; MOREIRA, F. L. ; PORTELLA, M. B. S. ; DALMASO, T. T. ; PIZZETA, R. P. . Crescimento incial de Cedrella fissilis em talões demosntrativos. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MATHEUS, M. T. ; VIEIRA, B. C. ; GONCALVES, E. O. ; CALDEIRA, M. V. W. ; GARCIA, Q. S. . Efeito da temperatura na germinação de sementes de Dimorphandra exaltata Schott. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

GONCALVES, E. O. . Ufes no campo. 2016.

GONCALVES, E. O. . A estrutura curricular dos cursos de Engenharia Florestal no Brasil. 2013. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

GONÇALVES, ELZIMAR DE OLIVEIRA ; CALLEGARO, R. M. . Implantação e Manutenção de Pinus elliottii. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

GONCALVES, E. O. . Noções de clonagem em eucalipto. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

GONCALVES, E. O. . Colheita de Sementes Florestais. 2008. (Palestra).

GONCALVES, E. O. . Instalação de viveiros para produção de mudas de espécies florestais. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

GONCALVES, E. O. . Noçoes de arborização. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

GONCALVES, E. O. . Interpretação de análise de solos. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

GONCALVES, E. O. . Noções de arborização urbana. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

GONCALVES, E. O. . Reflorestamento. 2005. (Palestra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    MINIESTAQUIA E DIVERSIDADE GENÉTICA DE MINIJARDIM CLONAL DE BRAÚNA (MELANOXYLON BRAUNA SCHOTT), Descrição: A Melanoxylon brauna é uma espécie arbórea nativa da Mata Atlântica que apresenta grande potencial para reflorestamentos e arborização urbana. Diante de sua exploração, à falta de replantios e as dificuldades de germinação encontra-se na lista de espécies da flora brasileira ameaçadas de extinção, na categoria vulnerável, despertando o interesse por estudos que visam sua conservação. Desta forma, objetiva-se caracterizar a diversidade genética do minijardim clonal e avaliar o potencial propagativo da braúna por meio da técnica de miniestaquia a partir de matrizes de origem seminal. As matrizes serão produzidas em tubetes de 280 cm3, em delineamento experimental em blocos casualizados, com quatro repetições, no esquema fatorial 2 x 4, duas procedências (Viçosa - MG e Linhares - ES) e quatro doses, 0; 2,0; 4,0; e 8,0 g dm-3, do fertilizante de liberação controlada (FLC) Basacote® Mini 6M. Após 120 dias, serão avaliadas as qualidades morfológicas das mudas com o intuito de selecionarem-se as duas melhores doses de FLC dentro de cada procedência. Serão selecionadas 120 matrizes de cada procedência e de cada dose, formando um minijardim clonal. Após o período de adaptação, pós-transplante, as mudas serão podadas na parte apical, a uma altura de 15-20 cm da base. O experimento de enraizamento será conduzido em delineamento inteiramente casualizado (DIC), em esquema fatorial 2 x 2 x 4, com quatro repetições, testando-se duas procedências, duas doses de FLC e quatro concentrações de AIB, em tubetes de 55 cm3 preenchidos com substrato comercial. Serão avaliados a porcentagem de enraizamento, sobrevivência, altura da parte aérea e diâmetro do colo, comprimento, área superficial e diâmetro das raízes, teor de clorofila e teor nutricional das miniestacas. Os dados serão analisados por meio de análise de variância, utilizando-se o teste de Tukey em nível de 5% de probabilidade e os tratamentos quantitativos por regressão. Para a diversidade genética do minijardim clonal será coletado material vegetal de 60 indivíduos, em seguida serão selecionados 11 primes para amplificação do DNA, os quais serão separados por meio de eletroforese em gel de agarose a uma concentração de 2%, com tampão TBE 1X (10,8 g L-1 Tris-base; 5,5 g L-1 Ácido Bórico; 0,83 g L-1 EDTA e água miliq) numa voltagem de 100 Volts, por aproximadamente 5 horas. Após a obtenção dos dados os mesmos serão submetidos a análises estatísticas, com aplicações a nível intrapopulacional. Considerando que a Melanoxylon brauna apresenta dificuldades nos processos convencionais de propagação vegetativa, este projeto permitirá verificar a viabilidade da propagação vegetativa por meio da técnica de miniestaquia para a produção de mudas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador / Marcos Vincius Winckler Caldeira - Integrante / FABIO DEMOLINARI DE MIRANDA - Integrante / Elbya Leão Gibson - Integrante., Número de produções C, T & A: 1

  • 2018 - Atual

    AVALIAÇÃO DA ARBORIZAÇÃO VIÁRIA EM ALEGRE - ES, Descrição: maximização dos benefícios obtidos a partir da arborização existente em uma cidade demanda o conhecimento do patrimônio arbóreo local. Neste caso, inventários quali-quantitativos podem ser utilizados visando à obtenção de informações que embasem o diagnóstico da arborização e, por conseguinte, do planejamento e do manejo e monitoramento necessários. Isso subsidiará práticas que melhorem a arborização em diferentes ambientes urbanos onde está inserida como vias públicas, praças e parques, melhorando também a ambiência para a população humana. A pesquisa avaliará a arborização viária dentro do perímetro urbano da cidade de Alegre - ES, onde as árvores urbanas têm diferentes portes e funções. O inventário terá caráter quali-quantitativo e incluirá a coleta de dados sobre a localização do vegetal, características do vegetal, condições fitossanitárias, do sistema radicular, características do meio e necessidade de manejo, bem como fenologia das espécies arbóreas mais frequentes. As avaliações dendrológicas serão realizadas em uma ocasião, exceto a fenologia que demanda um período mínimo de dois anos de avaliação com medições mensais.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) . , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Integrante / Rafael Marian Callegaro - Coordenador / José Franklim Chichorro - Integrante.

  • 2018 - Atual

    PROPAGAÇÃO VEGETATIVA POR MINIESTAQUIA DE DALBERGIA NIGRA (VELL.) ALLEM. EX BENTH, Descrição: O jacarandá-da-bahia é uma espécie endêmica do Brasil, que possui uma das mais valiosas madeiras brasileiras. Submetida a um intenso processo de exploração, encontra-se na lista de espécies ameaçadas de extinção. A necessidade de preservação, bem como de plantios de reflorestamento, o crescimento lento e a dificuldade de localizar matrizes são condições que justificam o estudo de técnicas de propagação vegetativa, como a miniestaquia. Dessa forma, objetiva-se avaliar o potencial da miniestaquia como método de propagação vegetativa para o jaracandá-da-bahia, sob diferentes doses de fertilizante de liberação controlada e a influência da aplicação de diferentes concentrações de ácido indolbutírico (AIB) no enraizamento. A produção das matrizes será em tubetes de 280 cm3, em delineamento experimental em blocos casualizados, com quatro repetições, no esquema fatorial 2 x 4, duas procedências e quatro doses, 0; 2,0; 4,0; e 8,0 g dm-3, do fertilizante de liberação controlada (FLC) Basacote® Mini 6M. Após 180 dias, será realizada a seleção das duas melhores doses de FLC dentro de cada procedência, com base na análise da qualidade morfológica. Serão 150 matrizes de cada procedência e de cada dose, conduzidas em tubetes num jardim miniclonal. Ao atingirem altura de 20 cm, serão podadas na parte apical, a uma altura de 10 cm da base. O experimento será conduzido em delineamento inteiramente casualizado (DIC), em esquema fatorial 2 x 2 x 4, com quatro repetições, testando-se duas procedências, duas melhores doses de FLC e quatro concentrações de AIB, em tubetes de 55 cm3 preenchidos com substrato comercial. Após o período de enraizamento serão avaliados: porcentagem de enraizamento, sobrevivência, altura da parte aérea e diâmetro do colo, comprimento, área superficial e diâmetro das raízes, teor de clorofila e teor nutricional das miniestacas. Os dados serão analisados por meio de análise de variância, utilizando o teste de Tukey a 5% de probabilidade e os tratamentos quantitativos por regressão. Conforme objetivo e metodologia descrita esperase: quantificar a produção de miniestacas a partir de minicepas sob diferentes doses de FLC; que ocorra enraizamento e sobrevivência das estacas; definir a concentração de AIB mais adequada; que miniestaquia seja uma técnica viável para propagação da espécie. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador / Marcos Vincius Winckler Caldeira - Integrante / FABIO DEMOLINARI DE MIRANDA - Integrante / ALINE RAMALHO DOS SANTOS - Integrante., Número de produções C, T & A: 2

  • 2018 - Atual

    APTIDÃO DE PARATECOMA PEROBA À PROPAGAÇÃO VEGETATIVA POR MEIO DA TÉCNICA DE MINIESTAQUIA, Descrição: Diante do constante agravamento de problemas ambientais, relacionados ao desmatamento, assoreamento de corpos d?água superficiais, extinção e perda de biodiversidade têm-se aumentado o interesse na multiplicação de espécies florestais da flora brasileira. Assim, objetiva-se neste trabalho avaliar a eficiência da técnica da miniestaquia na propagação de mudas de peroba-amarela (Paratecoma peroba). O trabalho será estruturado em duas etapas. Na primeira, objetiva-se verificar o efeito do tipos de estaca (apicais e intermediárias), da redução foliar (0 e 50%) e de ácido indol-3-butírico (AIB) em diferentes concentrações (0, 1000, 2000, 4000 e 8000 ml L-1) no enraizamento de Paratecoma peroba produzidas de minicepas de origem seminal, além da qualidade da mudas formadas. O delineamento experimental será inteiramente casualisado em esquema fatorial 2 x 2 x 5, com quatro repetições, compostas de parcelas de oito miniestacas. No segundo, serão avaliados as respostas a sobrevivência, produtividade, ecofisiológia e nutrição de minicepas de Paratecoma peroba em quatro níveis de fósforo (P), fungos micorrízicos arbusculares (FMAs) em dois ambientes (minijardim clonal protegido com estufim e sem estufim). Para isso, serão instalados dois experimentos em canaletões, em cada ambiente será implantado um delineamento em blocos inteiramente casualizado (DBC), com oito repetições, em esquema de parcela subdividida, adotando-se nas parcelas principais os tratamentos destinados ao tipos de inoculação com fungos micorrízicos arbusculares (com e sem). Nas subparcelas será avaliado o efeito da aplicação de quatro doses de P: 0, de P (0, 2, 4 e 8 g planta-1). Com os resultados obtidos nesse projeto espera-se verificar a possibilidade de propagação da espécie Paratecoma peroba por meio da técnica miniestaquia. Conhecer a melhor forma de manejo e qual(is) os tipos de propágulos mais indicado no preparo das ministacas. Espera-se ainda constatar o efeito positivo de doses crescentes de P em associação com FMAs em uma ambiente com concentração mais elevadas de CO2 atmosférico em minijardim clonal de Paratecoma peroba possa aumentar a produtividade de brotações por minicepa. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador / Marcos Vincius Winckler Caldeira - Integrante / Emanuel França Araújo - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2017 - Atual

    Propagação assexuada de espécies arbóreas nativas da Floresta Atlântica, Descrição: É crescente a necessidade de plantios de espécies nativas tanto em áreas de empresas quanto em propriedades particulares, para os mais diversos fins. No entanto, o fornecimento de mudas, em quantidade e variedade é escasso. A propagação de espécies florestais nativas é realizada basicamente via sexuada, devido em grande parte, ao maior domínio desta técnica. Porém, a propagação via seminal tem limitado a produção comercial de mudas, visto que as sementes de algumas espécies são recalcitrantes, além de outros fatores, peculiares a determinadas espécies, como a pequena produção de sementes, dificuldade na definição da época ideal de colheita, o que tem dificultado o suprimento adequado de sementes para a produção de mudas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador / Ivar Wendling - Integrante / Rafael Marian Callegaro - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo - Auxílio financeiro.Número de orientações: 9

  • 2017 - Atual

    MAPEAMENTO E RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS NO SUL DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO, Descrição: Segundo a Lei nº 9.985, no artigo 2º, recuperação é a ?restituição de um ecossistema ou de uma população silvestre degradada a uma condição não degradada, que pode ser diferente de sua condição original.? A recuperação pode então ser entendida como um conjunto de ações necessárias para que a área volte a estar apta para algum uso produtivo em condições de equilíbrio ambiental. A degradação é causada tanto por ocorrências naturais ou por ação inadequada do homem, levando o solo à infertilidade ou deixando-o com baixas concentrações de nutrientes, o que dificulta as práticas de agricultura. A pesquisa será realizada na zona rural em municípios do sul do estado do Espírito Santo, onde os solos degradados abrangem áreas de nascentes, cultivos de café, estradas, solos abandonados e pastagens, tornando de grande importância o mapeamento e recuperação dessas áreas. Os Sistemas de Informações Geográficas (SIGs), o Sensoriamento Remoto e visitas a campo serão empregados em técnicas de mapeamento e monitoramento dos recursos naturais terrestres, aplicando-as em estudos relacionados ao uso e ocupação da terra com finalidades diversas, como auxilio a ações de recuperação de áreas degradadas, ordenação espacial e identificação dos usos perante a legislação ambiental em vigor.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Integrante / Nilton César Fiedler - Coordenador / Rafael Marian Callegaro - Integrante.

  • 2017 - Atual

    MORFOGÊNESE IN VITRO DE EXPLANTES JUVENIS E ADULTOS DE BRAÚNA (MELANOXYLON BRAUNA) E JACARANDÁ CAVIÚNA (DALBERGIA Nigra), Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Marcos Vinicius Winckler Caldeira em 13/11/2018., Descrição: Na Floresta Atlântica encontra-se nas Matas de encosta a braúna (Melanoxylon brauna Schott) e nas Florestas de Tabuleiros quatro formações vegetais distintas: Floresta Alta De Terra Firme, Floresta de Mussununga, Floresta de Várzea e os Campos Nativos. Esta floresta é bastante rica e diversificada, apresentando algumas espécies arbóreas como o jacarandá caviúna ou jacarandá da Bahia (Dalbergia nigra (Vell.) Fr. All. Ex Benth), em risco de extinção. A braúna e o jacarandá caviúna pertencem à família Fabaceae, a primeira espécie apresenta uma madeira muita densa e a casca é utilizada em curtumes, para a extração de tintura negra e, a seiva, na medicina e indústria; a segunda é muito utilizada na marcenaria de luxo, construção de instrumentos de corda, e na fabricação de pianos. É notória a degradação da Floresta Atlântica, pela ação antrópica e, a cada instante aumenta a preocupação com este bioma, a considerar a enorme biodiversidade nele contida. Para isto algumas estratégias precisam avançar com o objetivo da conservação, como a preservação das espécies em que no ambiente natural torna-se impossível. Desta forma algumas técnicas podem ser utilizadas, como o armazenamento de fontes de propágulos, como as sementes em ambientes controlados; bancos de germoplasmas in vitro e a multiplicação in vitro em larga escala utilizando explantes juvenis e adultos. Com a cultura de células e tecidos vegetais, é possível produzir industrialmente materiais propagativos; manter massas pró-embriogênicas em estado de repouso para depois ativar a emissão de embriões somáticos e até mesmo a produção de sementes sintéticas. Nesse sentido, o objetivo geral do presente projeto é a multiplicação in vitro em larga escala através da organogênese e produção de sementes sintéticas pela embriogênese somática de explantes juvenis e adultos de espécies nativas da Floresta Atlântica.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Integrante / Marcos Vincius Winckler Caldeira - Coordenador / Rodrigo Sobreira Alexandre - Integrante.

  • 2016 - 2018

    PROPAGAÇÃO VEGETATIVA DE SAPUCAIA E INGÁ POR MINIESTAQUIA DE MATRIZES SEMINAIS, Descrição: As espécies Lecythis pisonis Cambess e Inga edulis Martius são de grande interesse para uso em restauração de áreas degradadas e para produção comercial de frutos. Entretanto, ambas as espécies, possuem limitação na propagação. Para a sapucaia, o problema é a baixa produção de sementes e a pequena taxa de germinação, além de intensa predação das mesmas, por animais. Em relação ao ingá, a limitação está relacionada à rápida perda de viabilidade das sementes, que são recalcitrantes. Devido a esses problemas, existe interesse no desenvolvimento de técnicas de propagação vegetativa que permitam a clonagem massal de suas mudas.Assim, o objetivo do estudo será avaliar o potencial propagativo das espécies florestais sapucaia e ingá por meio da técnica de miniestaquia a partir de matrizes de origem seminal. O experimento será conduzido em delineamento em blocos casualizados (DBC), utilizando duas espécies (sapucaia e ingá) e quatro concentrações de ácido indol-3-butíricoAIB (0 mg L-1; 2000 mg L-1; 4000 mg L-1 e 6000 mg L-1), com cinco repetições, sendo a unidade experimental constituída por 40 miniestacas.Serão realizadas coletas sucessivas de brotações aos 30, 60, 90 e ao final de 120 dias em casa de vegetação, serão realizadas as seguintes avaliações: Porcentagem de enraizamento e sobrevivência das miniestacas, crescimento em altura da parte aérea e diâmetro do colo das mudas e determinação do comprimento, área superficial e diâmetro das raízes e análise bioquímica de extração de açúcares redutores e amido. Os dados serão interpretados estatisticamente, teste de médias (Teste de Tukey a 5% de probabilidade) e regressão linear (para as concentrações de AIB). O presente estudo será o início das pesquisas com propagação assexuada da sapucaia e do ingá por origem seminal e poderá contribuir na iniciativa de produção de mudas para uso em plantios comerciais e, ou restauração de áreas degradadas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador / Rodrigo Sobreira Alexandre - Integrante / Bruna Tomaz Sant'ana - Integrante / Marciana Christo Berude - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2016 - 2018

    ESTABELECIMENTO E MULTIPLICAÇÃO IN VITRO DE Lecythis pisonis CAMBESS, Descrição: A espécie Lecythis pisonis cambess apresenta grande potencial para uso ornamental, produção de frutos e madeira, sendo indicada para reflorestamento por ser uma espécie clímax e por atrair a fauna local. Porém, apresenta baixa produção e dificuldade na obtenção de sementes, o que limita a propagação sexual da espécie, o que faz com que a propagação vegetativa in vitro se apresenta apresente como uma técnica a ser testada, visto que elaviável, porpossibilita permitir a produção de material vegetal em condições assépticas, para espécies que apresentam dificuldade de germinação. Portanto, o objetivo deste estudo será avaliar o estabelecimento e multiplicação in vitro de sapucaia por meio da técnica de organogênese a partir de matrizes de origem seminal. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador / Tamyris Mello - Integrante / Rodrigo Sobreira Alexandre - Integrante.

  • 2016 - Atual

    PROPAGAÇÃO ASSEXUADA DE ESPÉCIES FLORESTAIS NATIVAS POR ESTAQUIA OU MINIESTAQUIA, Descrição: É crescente a necessidade de plantios de espécies nativas tanto em áreas de empresas quanto em propriedades particulares, para os mais diversos fins. No entanto, o fornecimento de mudas, em quantidade e variedade é escasso. A propagação de espécies florestais nativas é realizada basicamente via sexuada, devido em grande parte, ao maior domínio desta técnica. Porém, essa forma de propagação tem limitado a produção comercial de mudas, visto que as sementes de algumas espécies são recalcitrantes, outras produzem pequena produção de sementes, e ainda dificuldade na definição da época ideal de colheita e a própria colheita. Isso tem dificultado o suprimento adequado de sementes para a produção de mudas. Sendo assim, as técnicas de propagação assexuada, a exemplo da estaquia, e minestaquia, constituem numa alternativa de superação das dificuldades na propagação sexuada de espécies nativas, podendo ser utilizadas para fins comerciais, assim como auxiliar no resgate e conservação de recursos genéticos florestais. Dentre as espécies nativas ocorrentes na flora brasileira, muitas são as opções com potencial para realizar estudos com propagação vegetativa. Este projeto tem como objetivo estudar a viabilidade de propagação assexuada de espécies florestais nativas, de relevante importância para produção de produtos madeireiros e,ou não madeireiros, bem como para a revegetação e regeneração de ecossistemas degradados, levando-se em conta a técnica de propagação assexuada a ser utilizada, a idade da planta matriz, as épocas de coleta, e a aplicação de reguladores vegetais. Como resultado final espera-se conseguir propagar assexuadamente diversas espécies nativas, possibilitando a oferta de mudas destas espécies de forma contínua nos viveiros. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador / Lara Areas Tertuliano - Integrante / Thaís Arão Feletti - Integrante / Lunalda Aparecida Vaz Pola - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2015 - 2017

    Seleção e resgate de genótipos de sapucaia (Lecythis pisonis Cambess), espécie da Mata Atlântica com potencial para produção comercial de castanhas, Descrição: O objetivo deste trabalho é avaliar a germinação e o enraizamento de estacas de diferentes genótipos adultos de sapucaia. A seleção e o resgaste de diferentes genótipos adultos de sapucaia é uma forma de identificar os melhores indivíduos e poder subsequentemente cultivá-los em escala comercial e com isto apresentar uma opção de castanha capixaba.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador / Ivar Wendling - Integrante / Rodrigo Sobreira Alexandre - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo - Auxílio financeiro.

  • 2015 - 2017

    PROPAGAÇÃO VEGETATIVA POR ESTAQUIA DE Ingá edulis e Couratari asterotricha Prance, Descrição: As espécies do gênero Ingá e a imbirema são espécies nativas de grande relevância. Sendo que pesquisas sobre propagação assexuada de ingazeiros são insuficientes e em relação à Imbirema pouco se conhece sobre a espécie, dessa forma a pesquisa visa trazer novos conhecimentos sobre a propagação das espécies. Tendo como objetivo avaliar o potencial da estaquia como método de propagação vegetativa para as espécies, Inga edulis e Couratari asterotricha Prance. O experimento será conduzido em delineamento em blocos casualizados (DBC), testando-se cinco concentrações de AIB (0 mg L-1, 2000 mg L-1, 4000 mg L-1, 6000 mg L-1 e 8000 mg L-1)de amostras coletadas na Flona pacotuba , com quatro repetições, sendo cada unidade experimental formada por 10 estacas, coletadas de duas matrizes pelo menos, totalizando dez tratamentos. Serão realizadas as seguintes avaliações entre o período de 90 a 120 dias após o estaqueamento: Porcentagem de enraizamento das estacas; Sobrevivência das estacas; Crescimento em altura da parte aérea e diâmetro do colo das mudas e determinação do comprimento, área superficial e diâmetro das raízes. As médias de concentração de AIB obtidas serão submetidas à análise de regressão a 5% de probabilidade. Enquanto que o teste de média será aplicado para as médias de percentual de sobrevivência e enraizamento das estacas, número de raízes, número de brotações, número de folhas, massa seca dos brotos de cada tratamento. Esta pesquisa será o princípio dos estudos de propagação assexuada de Inga edulis e Couratari asterotricha Prance utilizando propágulos adultos e poderá contribuir na iniciativa de produção de mudas para uso em plantios comerciais ou restauração de áreas degradadas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador / Rodrigo Sobreira Alexandre - Integrante / Marciana Christo Berude - Integrante.

  • 2015 - 2016

    PROPAGAÇÃO VEGETATIVA DE SAPUCAIA POR MINIESTAQUIA DE MATRIZES SEMINAIS, Descrição: As espécies Lecythis pisonis Cambess e Lecythis lanceolada são de grande interesse para uso em restauração de áreas degradadas e para produção comercial de frutos. Entretanto, possuem limitação na propagação como baixa produção de sementes e a pequena taxa de germinação, além de intensa predação das mesmas, por animais. Devido a esses problemas,existe interesse no desenvolvimento de técnicas de propagação vegetativa que permitam a clonagem massal de suas mudas. Assim, o objetivo do estudo será avaliar o potencial propagativo das espécies florestais sapucaia e ingá por meio da técnica de miniestaquia a partir de matrizes de origem seminal. O presente estudo será o início das pesquisas com propagação assexuada por origem seminal e poderá contribuir na iniciativa de produção de mudas para uso em plantios comerciais e, ou restauração de áreas degradadas. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador / Rodrigo Sobreira Alexandre - Integrante / Bruna Tomaz Sant'ana - Integrante.

  • 2015 - 2016

    PROPAGAÇÃO DE GENÓTIPOS ADULTOS DE Lecythis pisonis Cambess POR ESTAQUIA, Descrição: A sapucaia (Lecythis pisonis Cambess) é uma espécie adequada para plantios, como sistemas agroflorestais e recuperação de áreas degradadas, e apesar, de não existir dados sobre plantios comerciais e oferta de castanhas, pode ser de grande potencial não-madereiro, pois, produz uma castanha comestível e nutritiva, tal como a castanha-do-pará, uma das mais comercializadas no Brasil. A curta viabilidade das sementes ao longo do tempo, e a dificuldade na coleta representam problemas na oferta contínua de mudas de sapucaia. Dessa forma, a propagação assexuada via estaquia pode ser uma alternativa para sua produção em escala comercial. O objetivo do presente trabalho será avaliar o resgaste de seis genótipos adultos de sapucaia por meio da estaquia e o enraizamento das estacas obtidas de galhos adultos e de brotações induzidas com ácido indol-3-butírico (AIB). Para isso, serão escolhidas seis matrizes de árvores adultas localizadas no município de Sooretama, Cachoeiro do Itapemirim e Alegre do estado do Espírito Santo. O presente estudo será o início das pesquisas com propagação assexuada da sapucaia utilizando propágulos adultos e poderá contribuir na iniciativa de produção de mudas para uso em plantios comerciais ou restauração de áreas degradadas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador / Rodrigo Sobreira Alexandre - Integrante / Vanessa Pimentel Bernardes - Integrante.

  • 2014 - 2016

    Germinação ex vitro e in vitro de sementes de Lecythis pisonis Cambess, Descrição: Lecythis pisonis, popularmente conhecida como sapucaia, é uma espécie de grande interesse ornamental,frutífera, madeireira e apresenta castanhas comestíveis de grande valor nutricional. O objetivo desse projeto é caracterizar a qualidade física e fisiológica de sementes e avaliar métodos para promover a germinação ex vitro e in vitrode L.pisonis. Para a análise das sementes será realizada a caracterização do lote, pela análise de pureza, grau de umidade, comprimento, largura, peso de mil sementes e quantidade de sementes por quilo.Para promover maior germinação as sementes passarão por tratamentos pré-germinativos ex vitro e in vitro.O primeiro experimento será conduzido no Laboratório de Sementes Florestais com delineamento experimental em DIC, com 14 tratamentos de quatro repetiçõesde 25 sementes por tratamento. Neste tratamento serão realizadas escarificações mecânicas, químicas, estratificação a frio e com agentes promotores de germinação. Será avaliado o número de sementes germinadas e calculado o índice de velocidade de germinação (IVG), o tempo médio de germinação (TMG) e a frequência relativa da germinação (FR). O segundo experimento com tratamentos pré-germinativos in vitro, será realizado no laboratório de Cultura de Tecidos Vegetais, com sete tratamentos de quatro repetições de 25 sementes, totalizando 100 sementes por tratamento. As sementes serão inoculadas ao meio de cultura WPM (WoodyPlantMedium),em diferentes concentrações de ácido giberélico (0; 10; 20; 30; 40, 50 e 60 μM). Espera-se com este trabalho determinar se a espécie L.pisonis apresenta dormência e qual a causa, além de analisar qual o melhor tratamento para se obter uma maior taxa de germinação para maximizar a propagação da mesma.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador / Aderbal Gomes da Silva - Integrante / Rodrigo Sobreira Alexandre - Integrante / Márcia Cristina Paulucio - Integrante.

  • 2014 - Atual

    Caracterização genética, crescimento e sequestro de carbono em plantios de espécies florestais não tradicionais no sul do ES, Descrição: O projeto em questão (Caracterização genética, crescimento e sequestro de carbono em plantios de espécies florestais não tradicionais no sul do ES), será executado em adendo ao projeto Floresta-Piloto. Este projeto já está implantado e tem como objetivo avaliar o comportamento de espécies florestais nativas e exóticas com potencial econômico e de proteção ambiental no sul do estado do Espírito Santo. Em uma das unidades demonstrativas para avaliação do comportamento das espécies florestais em plantios puros, com finalidade de obtenção de produtos madeiráveis, foram estabelecidos no projeto Floresta-Piloto plantios de florestas de produção, por exemplo, subprojeto 01 ?Avaliação de diferentes níveis de espaçamento e desbaste sobre o crescimento paricá (Schyzolobium amazonicum e angico-curtidor (Anadenanthera peregrina)?. Considerando a importância das duas espécies florestais (paricá e angico-curtidor), a raridade de estudos, bem como os plantios já estabelecido via o projeto Floresta-Piloto, torna se interessante a coleta dos dados de genética populacional, crescimento e sequestro de carbono. A obtenção destas informações possibilitará estimar o potencial das populações para serem utilizadas como bancos de sementes, ou populações base para futuros trabalhos de melhoramento genético.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Integrante / Adriano Ribeiro de Mendonça - Integrante / Marcos Vincius Winckler Caldeira - Coordenador / FABIO DEMOLINARI DE MIRANDA - Integrante / Paulo Henrique de Souza - Integrante.

  • 2013 - 2014

    Resíduos alternativos na composição de substratos para produção de mudas de espécies florestais, Descrição: O uso de mudas de qualidade é fundamental para o sucesso de plantios de povoamentos florestais. E os substratos, no qual as mesmas vão crescer são de grande importância, devendo possuir porosidade, capacidade de aeração e água facilmente assimilável em quantidades adequadas. O objetivo desse trabalho é avaliar o uso dos resíduos como aparas de gramas, borra de café, serragem, e cascas de arroz e de café nas formas in natura e carbonizadas, em diferentes porcentagens na composição de substratos para produção de mudas florestais. Esses resíduos serão misturados em diferentes proporções, em três experimentos distintos, para formarem os substratos que serão utilizados na produção de mudas, de espécies de interesse florestal. Estas serão cultivadas em tubetes com capacidade volumétrica de 180 cm³ em casa de sombra e sol pleno, durante 120 dias aproximadamente. A eficiência dos substratos será determinada pelas suas propriedades físicas e químicas e pela qualidade das mudas, a partir da avaliação de diversas características morfológicas. Os experimentos serão montados num delineamento inteiramente casualisado com quatro repetições e analisados por meio de variância e testes de média. Espera-se ao final, concluir sobre a viabilidade de uso desses diferentes resíduos, como componentes de substratos para produção de mudas de espécies florestais. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador / Marcos Vinícius Wincker caldeira - Integrante., Número de orientações: 3

  • 2013 - Atual

    CICLAGEM BIOGEOQUÍMICA NA FLORESTA OMBRÓFILA DENSA NO PARQUE NACIONAL DO CAPARAÓ, ESPÍRITO SANTO - PARTE II, Descrição: O presente projeto faz parte do projeto aprovado no Edital Universal - CNPq Nº 14/2011 (Processo Nº 475471/2011-3) denominado ?Diversidade Biológica e Funcional da Floresta Ombrófila Densa do Parque Nacional do Caparaó, Espírito Santo?. Este estudo será realizado no Parque Nacional do Caparaó e tem como objetivo estudar parte da ciclagem bioquímica e biogeoquímica na Floresta Ombrófila Densa Montana por meio do estabelecimento de sete parcelas de 20 m x 50 m. Serão realizadas coletas mensais de serapilheira depositada e acumulada nas sete parcelas, bem como os teores e acúmulo de nutrientes e eficiência no uso de nutrientes. Será realizada a coleta de folhas recém-maduras e do folhedo na estação chuvosa e estação seca para comparação e verificação na percentagem de redistribuição de nutrientes nas espécies Vochysia bifalcata, Vochysia thyrsoidea e Chusquea sp. (Bambusoideae). A análise da microbiota do solo será realizada pelo método das taxas de respiração microbiana, carbono e nitrogênio microbiano, carbono total e nitrogênio total do solo. Por meio da análise dos dados e sua correlação com as variáveis climáticas busca-se encontrar padrões de sazonalidade na ciclagem bioquímica e biogeoquímica da Floresta Ombrófila Densa Montana - ES. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Integrante / Sustanis Horn Kunz - Integrante / Henrique M. Dias - Integrante / Marcos Vincius Winckler Caldeira - Coordenador / Eduardo Sá Mendonça - Integrante / Diego Lang Burak - Integrante.

  • 2012 - 2014

    Tecnologia para produção de mudas de espécies florestais da Floresta Ombrófila Densa do Parque Nacional do Caparaó, Espírito Santo, Descrição: A Floresta Ombrófila Densa a ser estudada nesse projeto, está inserida em área do Parque Nacional do Caparaó. Este foi definido pelo Ministério do Meio Ambiente como área de extrema importância e prioritária para conservação da biodiversidade, devido ao elevado endemismo e vulnerabilidade de espécies. Dada sua importância, estudos sobre fitossociologia, dinâmica da floresta e ciclagem de nutrientes se fazem úteis, para melhor entendimento da mesma. Adicionalmente após levantamento florístico, é importante o estudo da tecnologia de produção de sementes e mudas, que visem dar suporte a programas de restauração da própria área. Nesse sentido, o presente projeto objetiva estudar a tecnologia de produção de mudas de espécies maior índice de valor de importância encontradas na floresta. Para tanto, serão testados diversos recipientes, diversos substrato, e diversas doses de nutrientes, para garantir a produção de mudas das espécies em questão, com a melhor qualidade. Pretende-se ao final do projeto, elucidar o melhor recipiente, o melhor substrato e a melhor nutrição para produção de mudas, para que estas possam ser utilizadas com sucesso em programas de restauração na área do Parque, ou mesmo em outros locais de interesse.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador / Marcos Vinícius Wincker caldeira - Integrante / Miele Tallon Matheus - Integrante / Jessica Martins dos Reis - Integrante / Tamyris Mello - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Crescimento e qualidade da madeira de vinhático (Plathymenia foliolosa) sob diferentes fertilizações de N, P e K, Descrição: O presente projeto faz parte do Projeto Biomas - Unidade Mata Atlântica, coordenado pela Embrapa Florestas e fianciado pela CNA. O objetivo do estudo visa: Avaliar desenvolvimento de vinhático (Plathymenia foliolosa) como alternativa de produção de madeira para usos múltiplos. Avaliar a sobrevivência, o crescimento, o desenvolvimento e a qualidade da madeira sob o efeito de diferentes doses de NPK.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador / Marcos Vinícius Wincker caldeira - Integrante / Marina Donária Chaves Arantes - Integrante / Adriano Ribeiro de Mendonça - Integrante / Deborah Guerra Barroso - Integrante / Wendel Sandro de Paula Andrade - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Planejamento do uso do solo e aproveitamento da propriedade para obtenção de multi-produtos nas condições do Sul do ES, Descrição: Este trabalho pretende demonstrar aos produtores rurais, as vantagens ambientais e econômicas representadas pelo planejamento adequado do uso solo e o manejo dos recursos naturais de suas propriedades. Especificamente, pretende-se: ? Propor um zoneamento ambiental (climático e de capacidade de uso do solo), baseado nas características edafoclimáticas observadas, de forma permitir melhor uso do mesmo, quanto aos aspectos legais, ambientais e técnicos ? Implantar modelos de cultivos florestais com manejo diferenciado visando a obtenção de multiprodutos, como energia, celulose, madeira sólida, mel, etc. ? Avaliar a capacidade dos modelos de produção testados na recuperação de solos degradados. ? Análise econômica dos modelos propostos, objetivando atender a questão econômica e ambiental. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador.

  • 2011 - 2015

    Diversidade biológica e funcional da Floresta Ombrófila Densa do Parque Nacional do Caparaó, Espírito Santo, Descrição: Os sistemas biológicos não resumem apenas na mera presença dos organismos, seu funcionamento depende dos tipos e das combinações entre os organismos presentes. Portanto, a biodiversidade possui três componentes fundamentais através dos quais pode ser aferida: a composição, a estrutura e a função. A composição diz respeito a que elementos consistem a unidade biológica; a estrutura, como eles se organizam fisicamente, e a função versa sobre que processos ecológicos ou evolutivos mantém ou são produzidos pela unidade biológica considerada. Assim, a biodiversidade abarca os processos que geram e mantêm as espécies, a variabilidade genética, a diversidade de populações e comunidades, a multiplicidade de ecossistemas e paisagens, bem como todas suas relações com o meio físico e entre si. Levando em conta que estudos dessa natureza são escassos no Brasil, que os resultados oriundos desta pesquisa fornecerão subsídios para trabalhos posteriores relacionados à taxonomia, conservação e evolução das espécies estudadas, bem como para o reflorestamento de áreas degradadas e conexão de fragmentos florestais remanescentes e que o tema diversidade biológica e funcional será avaliado na Floresta Ombrófila Densa do Parque Nacional do Caparaó, Espírito Santo, os principais tópicos que serão abordados são: florística e fitossociologia, fenologia e chuva de sementes, diversidade genética, ciclagem de nutrientes, germinação de sementes e produção de mudas e alfabetização em ecologia florestal.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Integrante / Marcos Vinícius Wincker caldeira - Coordenador / Sustanis Horn Kunz - Integrante / Henrique M. Dias - Integrante / Miele Tallon Matheus - Integrante / José Carlos Lopes - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2011

    Diagnóstico organizacional do uso solo em propriedades rurais do Município de Jerônimo Monteiro, ES., Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador / Valéria Hollunder Klippel - Integrante.

  • 2010 - 2011

    Crescimento e desenvolvimento de espécies florestais em substratos contendo diferentes materiais orgânicos, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador / Marcos vinícios Winckler Caldeira - Integrante / Aderbal Gomes da Silva - Integrante.

  • 2009 - 2013

    Biossólido na Produção de Mudas de Espécies Florestais, Descrição: Na escolha de um substrato para produção de mudas, devem-se observar, principalmente, suas características físicas e químicas, a espécie a ser plantada, além dos aspectos econômicos, que são: baixo custo e grande disponibilidade. Nesse sentido, a utilização de biossólidos na composição de substrato pode propiciar um melhor aproveitamento de nutrientes pela planta em relação à adubação mineral. O objetivo deste projeto é apresentar resultados sobre as alternativas de uso de biossólido em viveiros florestais, visando contribuir para o melhor aproveitamento do mesmo, bem como com obter um meio de crescimento adequado para o desenvolvimento de mudas. O biossólido utilizado será procedente da Estação de Tratamento de Esgoto de Pacotuba, Cachoeiro de Itapemirim-ES. As mudas serão produzidas no viveiro florestal/CCA/UFES em tubetes com compacidade para 280 cm3 de substrato. O experimento será montado em um delineamento inteiramente casualizado com sete tratamentos e trinta repetições, sendo que cinco tratamentos serão compostos por biossólido:solo (v:v); T1 0:100; T2 15:85; T3 30:70; T4 45:70; T5 60:40 e dois tratamentos sem biossólido, ou seja, esterco de bovino curtido:solo: T7 30:70; T8 substrato comercial. No final do desenvolvimento das mudas no viveiro serão avaliados os parâmetros biométricos, avaliação dos índices de qualidade e análise química de cada tratamento.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado profissional: (1) . , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Integrante / Marcos vinícios Winckler Caldeira - Coordenador.

  • 2009 - 2010

    Utilização de casca de arroz e de café carbonizadas na composição de substratos para produção de mudas de espécies florestais, Descrição: A utilização de mudas de qualidade é fundamental para o sucesso da implantação de um povoamento florestal. Um dos fatores que favorece a produção de mudas com qualidade são os substratos. Vários materiais podem ser utilizados na composição dos substratos, visando melhorar suas características físicas e químicas. Dentre esses materiais, citam-se a casca de arroz carbonizada e a casca de café que geralmente é utilizada sem carbonização. Dessa forma, objetiva nesse trabalho testar a influência da casca de arroz e de café carbonizadas em intervalos de tempo diferentes, na produção de mudas de eucalipto. Essas mudas serão produzidas a partir de sementes e em tubetes de polipropileno de capacidade de 55 cm . Para tanto, serão testados 10 tratamentos, variando-se o intervalo de tempo de carbonização (100 %, 75 %, 50 %, 25 % e sem carbonização) versus a porcentagem (20 % e 30 %) desses materiais carbonizados adicionados aos substratos comerciais. Espera-se ao final do experimento, verificar qual a melhor porcentagem desses materiais no substrato, e se há necessidade da carbonização total das cascas, ou se uma carbonização parcial, ou até mesmo ausência de carbonização, não irá interferir no crescimento das mudas. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador.

  • 2008 - 2009

    CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO DE ESPÉCIES FLORESTAIS NATIVAS EM DIFERENTES SUBSTRATOS ORGÂNICOS, Descrição: Projeto de iniciação PIBICJunior com alunos de curso te´cnico, habilitação em florestal. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador.

  • 2008 - 2009

    ESTABELECIMENTO E MULTIPLICAÇÃO IN VITRO DE INGÁ (Inga edulis MART. ) A PARTIR DE EXPLANTES ORIUNDOS DE SEMENTES, Descrição: Projeto de Iniciação científica PIBIC. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador.

  • 2007 - 2008

    CRESCIMENTO E NUTRIÇÃO MINERAL DE INGÁ (INGA SP.) E CRINDIÚVA (TREMA MICRANTHA L. BLUME) SOB DIFERENTES TIPOS DE ADUBAÇÃO, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador.

  • 2003 - 2005

    DETERMINAÇÃO DOS NÍVEIS CRÍTICOS DE MACRONUTRIENTES EM TRÊS ESPÉCIES ARBÓREAS, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Integrante / Haroldo Nogueira de Paiva - Coordenador.

  • 2001 - 2002

    AVALIAÇÃO QUALI-QUANTITATIVA DE VIVEIROS E DE MUDAS DESTINADAS À ARBORIZAÇÃO URBANA NO ESTADO DE MINAS GERAIS, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Integrante / Haroldo Nogueira de Paiva - Coordenador / Wantuelfer Gonçalves - Integrante / Laércio Antônio Gonçalves Jacovine - Integrante.

  • 1999 - 2000

    DETERMINAÇÃO E AVALIAÇÃO DAS PROPRIEDADES DE ADESIVOS A BASE DE TANINOS, EXTRAÍDOS DA CASCA DE ANGICO VERMELHO(Anadenanthera peregrina), Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Integrante / Benedito Rocha Vital - Coordenador / ALEXANDRE SANTOS PIMENTA - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 1998 - 1999

    UTILIZAÇÃO DE TANINO DE ANGICO (Anadenanthera peregrina), NA ELABORAÇÃO DE ADESIVOS PARA MADEIRA, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Integrante / Benedito Rocha Vital - Coordenador / ALEXANDRE SANTOS PIMENTA - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2010 - 2012

    Rede de Sementes Florestais do Entorno do Caparaó-ES e Bacia do Rio Itapemirim, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Integrante / Marcos vinícios Winckler Caldeira - Integrante / Gilson Fernandes da Silva - Coordenador / José Eduardo Macedo Pezzopane - Integrante / Nilton César Fiedler - Integrante.

  • 2010 - 2012

    Rede de Sementes Florestais do Entorno do Caparaó-ES e Bacia do Rio Itapemirim, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Integrante / Marcos vinícios Winckler Caldeira - Integrante / Gilson Fernandes da Silva - Coordenador / José Eduardo Macedo Pezzopane - Integrante / Nilton César Fiedler - Integrante.

  • 2010 - 2012

    Rede de Sementes Florestais do Entorno do Caparaó-ES e Bacia do Rio Itapemirim, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Integrante / Marcos vinícios Winckler Caldeira - Integrante / Gilson Fernandes da Silva - Coordenador / José Eduardo Macedo Pezzopane - Integrante / Nilton César Fiedler - Integrante.

  • 2013 - Atual

    DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES PARA A RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS NO SUL DO ESPÍRITO SANTO, Descrição: No presente projeto serão desenvolvidos estudos de silvicultura tropical, ecologia e produção de mudas florestais e técnicas de recuperação de áreas degradadas, em especial em áreas no entorno de bacias hidrográficas. Os estudos contarão com apoio da Empresa Hidrelétrica Rosal, afiliada a CEMIG, que ao longo de quatro anos financiará a construção de um viveiro florestal e espaço para salas de aula, galpão de apoio e escritórios equipados na área experimental da universidade em Jerônimo Monteiro, além de material de consumo para produção de mudas no futuro viveiro. Além disso, o convênio disponibilizará áreas para experimentação em restauração florestal no município de Guaçui, ES, no entorno do reservatório da própria empresa, na Mata da Rosal. As fontes de colheita de sementes serão os fragmentos florestais próximo ao reservatório e de regiões adjacentes. As mudas serão produzidas no viveiro experimental do departamento de Ciências Florestais e da Madeira.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador / Sustanis Horn Kunz - Integrante / Henrique M. Dias - Integrante / FABIO DEMOLINARI DE MIRANDA - Integrante.

  • 2010 - 2012

    Rede de Sementes Florestais do Entorno do Caparaó-ES e Bacia do Rio Itapemirim, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Integrante / Marcos vinícios Winckler Caldeira - Integrante / Gilson Fernandes da Silva - Coordenador / José Eduardo Macedo Pezzopane - Integrante / Nilton César Fiedler - Integrante.

  • 2013 - Atual

    DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES PARA A RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS NO SUL DO ESPÍRITO SANTO, Descrição: No presente projeto serão desenvolvidos estudos de silvicultura tropical, ecologia e produção de mudas florestais e técnicas de recuperação de áreas degradadas, em especial em áreas no entorno de bacias hidrográficas. Os estudos contarão com apoio da Empresa Hidrelétrica Rosal, afiliada a CEMIG, que ao longo de quatro anos financiará a construção de um viveiro florestal e espaço para salas de aula, galpão de apoio e escritórios equipados na área experimental da universidade em Jerônimo Monteiro, além de material de consumo para produção de mudas no futuro viveiro. Além disso, o convênio disponibilizará áreas para experimentação em restauração florestal no município de Guaçui, ES, no entorno do reservatório da própria empresa, na Mata da Rosal. As fontes de colheita de sementes serão os fragmentos florestais próximo ao reservatório e de regiões adjacentes. As mudas serão produzidas no viveiro experimental do departamento de Ciências Florestais e da Madeira.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador / Sustanis Horn Kunz - Integrante / Henrique M. Dias - Integrante / FABIO DEMOLINARI DE MIRANDA - Integrante.

  • 2010 - 2012

    Rede de Sementes Florestais do Entorno do Caparaó-ES e Bacia do Rio Itapemirim, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Integrante / Marcos vinícios Winckler Caldeira - Integrante / Gilson Fernandes da Silva - Coordenador / José Eduardo Macedo Pezzopane - Integrante / Nilton César Fiedler - Integrante.

  • 2013 - Atual

    DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES PARA A RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS NO SUL DO ESPÍRITO SANTO, Descrição: No presente projeto serão desenvolvidos estudos de silvicultura tropical, ecologia e produção de mudas florestais e técnicas de recuperação de áreas degradadas, em especial em áreas no entorno de bacias hidrográficas. Os estudos contarão com apoio da Empresa Hidrelétrica Rosal, afiliada a CEMIG, que ao longo de quatro anos financiará a construção de um viveiro florestal e espaço para salas de aula, galpão de apoio e escritórios equipados na área experimental da universidade em Jerônimo Monteiro, além de material de consumo para produção de mudas no futuro viveiro. Além disso, o convênio disponibilizará áreas para experimentação em restauração florestal no município de Guaçui, ES, no entorno do reservatório da própria empresa, na Mata da Rosal. As fontes de colheita de sementes serão os fragmentos florestais próximo ao reservatório e de regiões adjacentes. As mudas serão produzidas no viveiro experimental do departamento de Ciências Florestais e da Madeira.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador / Sustanis Horn Kunz - Integrante / Henrique M. Dias - Integrante / FABIO DEMOLINARI DE MIRANDA - Integrante.

  • 2010 - 2012

    Rede de Sementes Florestais do Entorno do Caparaó-ES e Bacia do Rio Itapemirim, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Integrante / Marcos vinícios Winckler Caldeira - Integrante / Gilson Fernandes da Silva - Coordenador / José Eduardo Macedo Pezzopane - Integrante / Nilton César Fiedler - Integrante.

  • 2013 - Atual

    DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES PARA A RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS NO SUL DO ESPÍRITO SANTO, Descrição: No presente projeto serão desenvolvidos estudos de silvicultura tropical, ecologia e produção de mudas florestais e técnicas de recuperação de áreas degradadas, em especial em áreas no entorno de bacias hidrográficas. Os estudos contarão com apoio da Empresa Hidrelétrica Rosal, afiliada a CEMIG, que ao longo de quatro anos financiará a construção de um viveiro florestal e espaço para salas de aula, galpão de apoio e escritórios equipados na área experimental da universidade em Jerônimo Monteiro, além de material de consumo para produção de mudas no futuro viveiro. Além disso, o convênio disponibilizará áreas para experimentação em restauração florestal no município de Guaçui, ES, no entorno do reservatório da própria empresa, na Mata da Rosal. As fontes de colheita de sementes serão os fragmentos florestais próximo ao reservatório e de regiões adjacentes. As mudas serão produzidas no viveiro experimental do departamento de Ciências Florestais e da Madeira.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador / Sustanis Horn Kunz - Integrante / Henrique M. Dias - Integrante / FABIO DEMOLINARI DE MIRANDA - Integrante.

  • 2010 - 2012

    Rede de Sementes Florestais do Entorno do Caparaó-ES e Bacia do Rio Itapemirim, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Integrante / Marcos vinícios Winckler Caldeira - Integrante / Gilson Fernandes da Silva - Coordenador / José Eduardo Macedo Pezzopane - Integrante / Nilton César Fiedler - Integrante.

  • 2013 - Atual

    DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES PARA A RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS NO SUL DO ESPÍRITO SANTO, Descrição: No presente projeto serão desenvolvidos estudos de silvicultura tropical, ecologia e produção de mudas florestais e técnicas de recuperação de áreas degradadas, em especial em áreas no entorno de bacias hidrográficas. Os estudos contarão com apoio da Empresa Hidrelétrica Rosal, afiliada a CEMIG, que ao longo de quatro anos financiará a construção de um viveiro florestal e espaço para salas de aula, galpão de apoio e escritórios equipados na área experimental da universidade em Jerônimo Monteiro, além de material de consumo para produção de mudas no futuro viveiro. Além disso, o convênio disponibilizará áreas para experimentação em restauração florestal no município de Guaçui, ES, no entorno do reservatório da própria empresa, na Mata da Rosal. As fontes de colheita de sementes serão os fragmentos florestais próximo ao reservatório e de regiões adjacentes. As mudas serão produzidas no viveiro experimental do departamento de Ciências Florestais e da Madeira.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador / Sustanis Horn Kunz - Integrante / Henrique M. Dias - Integrante / FABIO DEMOLINARI DE MIRANDA - Integrante.

  • 2010 - 2012

    Rede de Sementes Florestais do Entorno do Caparaó-ES e Bacia do Rio Itapemirim, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Integrante / Marcos vinícios Winckler Caldeira - Integrante / Gilson Fernandes da Silva - Coordenador / José Eduardo Macedo Pezzopane - Integrante / Nilton César Fiedler - Integrante.

  • 2013 - Atual

    DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES PARA A RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS NO SUL DO ESPÍRITO SANTO, Descrição: No presente projeto serão desenvolvidos estudos de silvicultura tropical, ecologia e produção de mudas florestais e técnicas de recuperação de áreas degradadas, em especial em áreas no entorno de bacias hidrográficas. Os estudos contarão com apoio da Empresa Hidrelétrica Rosal, afiliada a CEMIG, que ao longo de quatro anos financiará a construção de um viveiro florestal e espaço para salas de aula, galpão de apoio e escritórios equipados na área experimental da universidade em Jerônimo Monteiro, além de material de consumo para produção de mudas no futuro viveiro. Além disso, o convênio disponibilizará áreas para experimentação em restauração florestal no município de Guaçui, ES, no entorno do reservatório da própria empresa, na Mata da Rosal. As fontes de colheita de sementes serão os fragmentos florestais próximo ao reservatório e de regiões adjacentes. As mudas serão produzidas no viveiro experimental do departamento de Ciências Florestais e da Madeira.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador / Sustanis Horn Kunz - Integrante / Henrique M. Dias - Integrante / FABIO DEMOLINARI DE MIRANDA - Integrante.

  • 2010 - 2012

    Rede de Sementes Florestais do Entorno do Caparaó-ES e Bacia do Rio Itapemirim, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Integrante / Marcos vinícios Winckler Caldeira - Integrante / Gilson Fernandes da Silva - Coordenador / José Eduardo Macedo Pezzopane - Integrante / Nilton César Fiedler - Integrante.

  • 2013 - Atual

    DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES PARA A RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS NO SUL DO ESPÍRITO SANTO, Descrição: No presente projeto serão desenvolvidos estudos de silvicultura tropical, ecologia e produção de mudas florestais e técnicas de recuperação de áreas degradadas, em especial em áreas no entorno de bacias hidrográficas. Os estudos contarão com apoio da Empresa Hidrelétrica Rosal, afiliada a CEMIG, que ao longo de quatro anos financiará a construção de um viveiro florestal e espaço para salas de aula, galpão de apoio e escritórios equipados na área experimental da universidade em Jerônimo Monteiro, além de material de consumo para produção de mudas no futuro viveiro. Além disso, o convênio disponibilizará áreas para experimentação em restauração florestal no município de Guaçui, ES, no entorno do reservatório da própria empresa, na Mata da Rosal. As fontes de colheita de sementes serão os fragmentos florestais próximo ao reservatório e de regiões adjacentes. As mudas serão produzidas no viveiro experimental do departamento de Ciências Florestais e da Madeira.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador / Sustanis Horn Kunz - Integrante / Henrique M. Dias - Integrante / FABIO DEMOLINARI DE MIRANDA - Integrante.

  • 2010 - 2012

    Rede de Sementes Florestais do Entorno do Caparaó-ES e Bacia do Rio Itapemirim, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Integrante / Marcos vinícios Winckler Caldeira - Integrante / Gilson Fernandes da Silva - Coordenador / José Eduardo Macedo Pezzopane - Integrante / Nilton César Fiedler - Integrante.

  • 2013 - Atual

    DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES PARA A RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS NO SUL DO ESPÍRITO SANTO, Descrição: No presente projeto serão desenvolvidos estudos de silvicultura tropical, ecologia e produção de mudas florestais e técnicas de recuperação de áreas degradadas, em especial em áreas no entorno de bacias hidrográficas. Os estudos contarão com apoio da Empresa Hidrelétrica Rosal, afiliada a CEMIG, que ao longo de quatro anos financiará a construção de um viveiro florestal e espaço para salas de aula, galpão de apoio e escritórios equipados na área experimental da universidade em Jerônimo Monteiro, além de material de consumo para produção de mudas no futuro viveiro. Além disso, o convênio disponibilizará áreas para experimentação em restauração florestal no município de Guaçui, ES, no entorno do reservatório da própria empresa, na Mata da Rosal. As fontes de colheita de sementes serão os fragmentos florestais próximo ao reservatório e de regiões adjacentes. As mudas serão produzidas no viveiro experimental do departamento de Ciências Florestais e da Madeira.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador / Sustanis Horn Kunz - Integrante / Henrique M. Dias - Integrante / FABIO DEMOLINARI DE MIRANDA - Integrante.

  • 2010 - 2012

    Rede de Sementes Florestais do Entorno do Caparaó-ES e Bacia do Rio Itapemirim, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Integrante / Marcos vinícios Winckler Caldeira - Integrante / Gilson Fernandes da Silva - Coordenador / José Eduardo Macedo Pezzopane - Integrante / Nilton César Fiedler - Integrante.

  • 2013 - Atual

    DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES PARA A RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS NO SUL DO ESPÍRITO SANTO, Descrição: No presente projeto serão desenvolvidos estudos de silvicultura tropical, ecologia e produção de mudas florestais e técnicas de recuperação de áreas degradadas, em especial em áreas no entorno de bacias hidrográficas. Os estudos contarão com apoio da Empresa Hidrelétrica Rosal, afiliada a CEMIG, que ao longo de quatro anos financiará a construção de um viveiro florestal e espaço para salas de aula, galpão de apoio e escritórios equipados na área experimental da universidade em Jerônimo Monteiro, além de material de consumo para produção de mudas no futuro viveiro. Além disso, o convênio disponibilizará áreas para experimentação em restauração florestal no município de Guaçui, ES, no entorno do reservatório da própria empresa, na Mata da Rosal. As fontes de colheita de sementes serão os fragmentos florestais próximo ao reservatório e de regiões adjacentes. As mudas serão produzidas no viveiro experimental do departamento de Ciências Florestais e da Madeira.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2010 - 2012

    Rede de Sementes Florestais do Entorno do Caparaó-ES e Bacia do Rio Itapemirim, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2013 - Atual

    DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES PARA A RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS NO SUL DO ESPÍRITO SANTO, Descrição: No presente projeto serão desenvolvidos estudos de silvicultura tropical, ecologia e produção de mudas florestais e técnicas de recuperação de áreas degradadas, em especial em áreas no entorno de bacias hidrográficas. Os estudos contarão com apoio da Empresa Hidrelétrica Rosal, afiliada a CEMIG, que ao longo de quatro anos financiará a construção de um viveiro florestal e espaço para salas de aula, galpão de apoio e escritórios equipados na área experimental da universidade em Jerônimo Monteiro, além de material de consumo para produção de mudas no futuro viveiro. Além disso, o convênio disponibilizará áreas para experimentação em restauração florestal no município de Guaçui, ES, no entorno do reservatório da própria empresa, na Mata da Rosal. As fontes de colheita de sementes serão os fragmentos florestais próximo ao reservatório e de regiões adjacentes. As mudas serão produzidas no viveiro experimental do departamento de Ciências Florestais e da Madeira.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Coordenador / Sustanis Horn Kunz - Integrante / Henrique M. Dias - Integrante / FABIO DEMOLINARI DE MIRANDA - Integrante.

  • 2010 - 2012

    Rede de Sementes Florestais do Entorno do Caparaó-ES e Bacia do Rio Itapemirim, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Elzimar de Oliveira Goncalves - Integrante / Marcos vinícios Winckler Caldeira - Integrante / Gilson Fernandes da Silva - Coordenador / José Eduardo Macedo Pezzopane - Integrante / Nilton César Fiedler - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2014

Paraninfa da turma de Formandos em Engenharia Florestal 2013/2, .

2013

Paraninfa da turma de Formandos em Engenharia Florestal 2012/II, Universidade Federal do Espírito Santo.

2013

Professora da Aula da Saudade da turma de Formandos em Engenharia Florestal 2012/II, Universidade Federal do Espírito Santo.

2012

Professora homenageada da turma de Formandos em Engenharia Florestal 2011/II, Universidade Federal do Espírito Santo.

2012

Professora da Aula da Saudade dos Formandos em Engenharia Florestal 2011/II, Universidade Federal do Espírito Santo.

2012

Paraninfa da turma de Formandos em Engenharia Florestal 2012/I, Universidade Federal do Espírito Santo.

2012

Professora da Aula da Saudade dos Formandos em Engenharia Florestal 2012/I, Universidade Federal do Espírito Santo.

2011

Professora homenageada pelos Formandos do curso de Engenharia Florestal, turma 2010/II, Universidade Federal do Espírito Santo.

2011

Professora homenageada pelos Formandos do curso de Engenharia Florestal, turma 2011/I, Universidade Federal do Espírito Santo.

2011

Professora da Aula da Saudade dos Formandos do curso de Engenharia Florestal, turma 2011/I, Universidade Federal do Espírito Santo.

2010

Professora homenageada pelos Formandos do curso de Engenharia Florestal, turma 2010/I, Universidade Federal do Espírito Santo - CCA -DEF.

2010

Professora da Aula da Saudade dos Formandos em Engenharia Florestal, turma 2009/II, Universidade Federal do Espírito Santo.

2006

Professora homenageada pelos Formandos do Curso Técnico em Agropecuária, Centro Federal de Educação Tecnológica de Rio Pomba.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal do Espírito Santo, Centro Agropecuário. , Avenida Govenador Lindemberg, nº 316, Centro, 29550000 - Jerônimo Monteiro, ES - Brasil, Telefone: (028) 35582507, Fax: (028) 35582529

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2009 - Atual

    Universidade Federal do Espírito Santo

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 01/2015

      Direção e administração, Centro Agropecuário, Departamento de Ciências Florestais e da Madeira.,Cargo ou função, Coordenadora do Viveiro Florestal Universitário (sede Jerônimo Monteiro).

    • 01/2014

      Ensino, Ciências Florestais, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Crescimento e condução de povoamentos florestais, Propagação de plantas Florestais

    • 09/2012

      Ensino, Engenharia Florestal, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Viveiros Florestais (60 horas), Práticas Silviculturais (60 horas), Silvicultura Clonal (60 Horas)

    • 06/2011

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro Agropecuário, Departamento de Ciências Florestais e da Madeira.,Cargo ou função, Membro do Núcleo docente estruturante do curso de Engenharia Florestal.

    • 04/2011

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro Agropecuário, Departamento de Ciências Florestais e da Madeira.,Cargo ou função, Participar, como representante da UFES, de reunião da Comissão de Sementes e Mudas do estado do Espírito Santo..

    • 08/2010

      Outras atividades técnico-científicas , Centro de Ciências Agrárias, Centro de Ciências Agrárias.,Atividade realizada, Membro representante do DEF/CCA/UFES no desenvolvimento do Projeto Biomas- Mata Atlântica em parceria com a Embrapa Florestas, como participante do comitê gestor regional do projeto.

    • 01/2009

      Pesquisa e desenvolvimento , Centro Agropecuário, Departamento de Ciências Florestais e da Madeira.,Linhas de pesquisa

    • 03/2012 - 09/2012

      Ensino, Engenharia Florestal, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Viveiros Florestais (60 horas) e Silvicultura Clonal (60 horas)

    • 10/2010 - 09/2012

      Direção e administração, Centro Agropecuário, Departamento de Ciências Florestais e da Madeira.,Cargo ou função, Membro do colegiado do curso de Engenharia Florestal.

    • 09/2010 - 08/2012

      Direção e administração, Centro de Ciências Agrárias, Departamento de Engenharia Florestal.,Cargo ou função, Supervisor do Viveiro Florestal do Centro de Ciências Agrárias..

    • 08/2011 - 12/2011

      Ensino, Engenharia Florestal, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Práticasticas Silviculturais - 60 horas e Silvicultura Clonal (60 horas)

    • 03/2011 - 07/2011

      Ensino, Egenharia Florestal, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Práticas Silviculturais (60 hs), Silvicultura clonal (60 hs), Viveiros Florestais (60 hs)

    • 09/2010 - 06/2011

      Direção e administração, Centro de Ciências Agrárias, Departamento de Engenharia Florestal.,Cargo ou função, Coordenador do Laboratório de Sementes Florestais.

    • 08/2010 - 12/2010

      Ensino, Engenharia Florestal, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Cultura de Espécies Nativas e Exóticas (45 horas), Práticas Silviculturais ( 60 horas), Sementes Florestais (60 horas), Viveiros Florestais (60 horas)

    • 08/2010 - 12/2010

      Ensino, Agronomia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Silvicultura (60 horas)

    • 05/2010 - 10/2010

      Direção e administração, Centro de Ciências Agrárias, Departamento de Engenharia Florestal.,Cargo ou função, Comissão sobre a regulamentação e normatização do funcionamento viveiro florestal..

    • 03/2010 - 07/2010

      Ensino, Egenharia Florestal, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Cultura de espécies florestais (60 horas), Cultura de espécies exóticas e nativas (45 horas), Sementes Florestais (60 horas), Viveiros florestais (60 horas)

    • 03/2010 - 07/2010

      Ensino, Agronomia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Silvicultura (60 horas)

    • 08/2009 - 12/2009

      Ensino, Egenharia Florestal, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Cultura de essências nativas e exóticas (45 horas), Práticas Silviculturais (60 hs), Sementes Florestais (60 hs)

    • 08/2009 - 12/2009

      Ensino, Agronomia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Silvicultura (60 hs)

    • 03/2009 - 07/2009

      Ensino, Egenharia Florestal, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Práticas Silviculturais (60 hs), Cultura de Essências Nativas e Exóticas (60 hs)

    • 03/2009 - 07/2009

      Ensino, Agronomia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Silvicutura (60 hs)

  • 2008 - 2009

    Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor de Ensino Básico e Tecnológico, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2006 - 2008

    Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor de 1º e 2º graus, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2005 - 2006

    Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais

    Vínculo: Professor Substituto, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 40

    Atividades

    • 08/2006

      Conselhos, Comissões e Consultoria, CEFET-RP, .,Cargo ou função, Membro de Comissão encarregada da organização do curso "Latu Sensu" à distância em " Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável".

    • 01/2007 - 12/2008

      Outras atividades técnico-científicas , CEFET-RP, CEFET-RP.,Atividade realizada, Coordenador de Biotecnologia e Cultura de Tecidos (Atividade de coordenação do laboratório de cultura de Tecidos da instituição).

    • 07/2007 - 07/2008

      Outras atividades técnico-científicas , CEFET-RP, CEFET-RP.,Atividade realizada, coordenador do curso Técnico Florestal.

    • 02/2008 - 02/2008

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Dendrologia; Silvicultura; Silvicultura Geral; Jardinagem; Certificação Florestal (Disciplinas ministradas para os cursos técnicos em Agropecuária, Florestal e Meio ambiente)

    • 08/2007 - 10/2007

      Conselhos, Comissões e Consultoria, CEFET-RP, .,Cargo ou função, membro da comissão responsável pelo Projeto de desenvolvimento instituicional da instituição (PDI).

    • 08/2007 - 10/2007

      Conselhos, Comissões e Consultoria, CEFET-RP, .,Cargo ou função, Membro da Comissão responsável pelo Exame de seleção de 2008 (Elaboração, aplicação e correção de provas na área de biologia).

    • 02/2007 - 07/2007

      Ensino, Tecnologia em Agroecologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Sistemas Agroflorestais

    • 02/2007 - 07/2007

      Outras atividades técnico-científicas , CEFET-RP, CEFET-RP.,Atividade realizada, Coordenador do curso Técnico em Agropecuária.

    • 02/2007 - 02/2007

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Levantamento da Fertilidade do solo; Jardinagem; Silvicultura; Certificação florestal; Propagação de plantas (Disciplinas ministradas para os curso técnicos em Agropecuária e Meio ambiente)

    • 08/2006 - 12/2006

      Conselhos, Comissões e Consultoria, CEFET-RP, .,Cargo ou função, Membro comissão responsável pelo processo de Exame de seleção e Vestivular 2007 (elaboração, aplicação e correção de provas na área de biologia).

    • 02/2006 - 12/2006

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Educação ambiental; Silvicultura; Jardinagem; Propagação de plantas; Elementos de ciência do solo; Nutrição de plantas (disciplinas ministradas para os cursos técnicos em agropecuária e Meio Ambiente)

    • 02/2006 - 07/2006

      Ensino, Tecnologia em Agroecologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Biologia Vegetal

    • 03/2005 - 12/2005

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Educação ambiental; Elementos de ciência do solo; Nutrição mineral de plantas; Silvicultura (Disciplinas ministradas para os cursos Técnicos em Agropecuária e Meio ambiente)

  • 2002 - 2005

    Universidade Federal de Viçosa

    Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Estudante de Doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2000 - 2002

    Universidade Federal de Viçosa

    Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Estudante de Mestrado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 1995 - 2000

    Universidade Federal de Viçosa

    Vínculo: Estudande, Enquadramento Funcional: Estudante de Graduação

    Atividades

    • 04/2000 - 06/2000

      Estágios , Deparmento de Engenharia Florestal, .,Estágio realizado, Elaboração de um projeto de revitalização e requalificação urbanistico para o entorno da chácara da dona catarina, no município de Cataguazes, MG..

    • 01/2000 - 01/2000

      Estágios , Deparmento de Engenharia Florestal, .,Estágio realizado, Estáfio realizado na empresa Copebrás, sediada no estado de goiás, com duração de 185 horas, onde forama acompanhadas diversas atividades realcionadas a área florestal, tais como: melhroamento genético, produção de mudas, atividades de plantio, contr.

    • 03/1999 - 03/1999

      Estágios , Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, .,Estágio realizado, Estágio realizado na unidade educativa de produção de mudas e jardins, onde foram acompnahadas atividades de produção de mudas por enxertia, bem como tratos culturais em viveiros. Carga horária: 40 hs.

    • 10/1998 - 10/1998

      Estágios , Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, .,Estágio realizado, Participação na 69º Semana no Fazendeiro, exercendo as atividades de acompnahmento e monitoramento dos participantes do evento em diversos cursos da área florestal, perfazendo um total de 45 hs..

    • 06/1996 - 06/1997

      Estágios , laboratório de Painéis e Energia da Madeira, .,Estágio realizado, Realizações de atividades de produção de extratos aquosos a partir da casca de eucalyptus grandis e caracterização de extratos tânicos (Teste de Stiany, tempo de gelificação).