Hugo Alexandre Soares Guedes

Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2007). Mestrado (2009) e Doutorado (2013) em Engenharia Agrícola (Recursos Hídricos e Ambientais) pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). Atualmente é Professor Adjunto da Universidade Federal de Pelotas (Centro de Engenharias - Engenharia Civil), atuando nas áreas de Hidráulica, Sistemas Urbanos de Água e Drenagem Urbana. Membro permanente e coordenador adjunto (2019-2021) do Programa de Pós-Graduação em Recursos Hídricos (Mestrado e Doutorado) da UFPel. Pesquisador inserido nos Grupos de Pesquisa cadastrados no CNPq: Planejamento e Manejo Integrado dos Recursos Hídricos para o Desenvolvimento Sustentável da Agricultura (UFV), Hidrologia e Modelagem Hidrológica em Bacias Hidrográficas (UFPel), Rede Temática de Bio-óptica Aquática (UFPel) e Análise Ambiental (UFPel). Revisor de periódicos nacionais e internacionais, tais como: Water Resources Management, Remote Sensing, Annual Research & Review in Biology, Revista Mineira de Recursos Hídricos, Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Environmental Monitoring and Assessment, Revista Ambiente & Água, Engenharia Agrícola, Ciência Rural, Engenharia Sanitária e Ambiental, Revista Brasileira de Recursos Hídricos e Revista Brasileira de Ciências Ambientais. Membro da Associação Brasileira de Recursos Hídricos (ABRH). Concluiu orientações e co-orientações de alunos de graduação, mestrado e doutorado (UFPel e UFV) nas áreas de Recursos Hídricos e Meio Ambiente. Atualmente, suas linhas de pesquisa concentram-se na modelagem da qualidade de água em bacias hidrográficas, dispersão de poluentes em ambientes aquáticos, autodepuração, modelagem hidrológica, sistemas de informações geográficas e sensoriamento remoto aplicado aos recursos hídricos, planejamento e gestão sustentável dos recursos hídricos e modelagem ecológica em ecossistemas aquáticos. E-mail: hugo.guedes@ufpel.edu.br.

Informações coletadas do Lattes em 23/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Engenharia Agrícola

2009 - 2013

Universidade Federal de Viçosa
Título: MODELAGEM HIDRODINÂMICA DO ECOSSISTEMA AQUÁTICO VISANDO À DETERMINAÇÃO DO HIDROGRAMA ECOLÓGICO NO RIO FORMOSO-MG
Demetrius David da Silva. Coorientador: Jorge Abdala Dergam dos Santos. Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: ecohidrologia; vazão ecológica; gestão sustentável dos recursos hídricos.Grande área: EngenhariasGrande Área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária / Subárea: Saneamento Ambiental / Especialidade: Ecologia Aplicada a Engenharia Sanitária. Setores de atividade: Atividades ligadas ao patrimônio cultural e ambiental.

Mestrado em Engenharia Agrícola

2007 - 2009

Universidade Federal de Viçosa
Título: MODELAGEM DA QUALIDADE DA ÁGUA E DA CAPACIDADE DE AUTODEPURAÇÃO DO RIO POMBA,Ano de Obtenção: 2009
Demetrius David da Silva.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Modelos de Qualidade de Água; Capacidade de autodepuração de cursos d'água; Gestão de Recursos Hídricos.Grande área: EngenhariasGrande Área: Ciências Agrárias / Área: Engenharia Agrícola / Subárea: Engenharia de Água e Solo / Especialidade: Gestão de Recursos Hídricos. Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária / Subárea: Saneamento Ambiental / Especialidade: Controle da Poluição. Setores de atividade: Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado.

Graduação em Engenharia Civil

2002 - 2007

Universidade Federal de Juiz de Fora
Título: Avaliação da Capacidade de Transporte e dispersão de Poluentes no Rio Paraibuna. Trecho: Distrito Industrial - UHE Marmelos Zero
Orientador: José Homero Pinheiro Soares
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais, FAPEMIG, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2016 - 2016

Análise Multivariada. (Carga horária: 27h). , Universidade Federal de Juiz de Fora, UFJF, Brasil.

2014 - 2014

Plataforma Web of Science e EndNote Web. (Carga horária: 3h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2014 - 2014

Ferramentas Web. (Carga horária: 34h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2013 - 2013

Plataforma Moodle. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2010 - 2010

Captação de Recursos para Projetos de P, D & I. (Carga horária: 4h). , Funarpós/UFV, FUNARBE, Brasil.

2010 - 2010

Software Statistics 7.0. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.

2010 - 2010

Tratamento de Águas Residuárias. (Carga horária: 3h). , Intec Sistemas, INTEC, Brasil.

2010 - 2010

Ecohidrologia. (Carga horária: 3h). , Intec Sistemas, INTEC, Brasil.

2009 - 2009

Hidrossedimentologia Fluvial. (Carga horária: 2h). , Universidade Federal de Juiz de Fora, UFJF, Brasil.

2009 - 2009

Ambientação: Saúde e Segurança. (Carga horária: 24h). , Companhia Vale do Rio Doce, CVRD, Brasil.

2008 - 2008

Extensão universitária em Course for Reading Skills - Para Ler em Inglês. (Carga horária: 60h). , Number One Idiomas, NO, Brasil.

2008 - 2008

Extensão universitária em Energias Renováveis no Meio Rural e Impac. no Amb.. (Carga horária: 60h). , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.

2008 - 2008

Loc. Cartográfica de Projetos usando Receptor GPS. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.

2007 - 2007

Modelagem de Banco de Dados Geográficos. (Carga horária: 16h). , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária / Subárea: Recursos Hídricos/Especialidade: Planejamento Integrado dos Recursos Hídricos.

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geologia/Especialidade: Geocronologia.

Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária / Subárea: Saneamento Ambiental/Especialidade: Qualidade do Ar, das Águas e do Solo.

Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária / Subárea: Saneamento Ambiental/Especialidade: Controle da Poluição.

Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Civil / Subárea: Engenharia Hidráulica/Especialidade: Hidrologia.

Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Civil / Subárea: Engenharia Hidráulica/Especialidade: Hidráulica.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

I Oficina Pedagógica de Pós-Graduação do Centro de Desenvolvimento Tecnológico da. 2019. (Oficina).

XXIII SBRH - Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos.DETERMINAÇÃO DOS PARÂMETROS DA IDF DE TALBOT PARA O MUNICÍPIO DE PELOTAS, RS. 2019. (Simpósio).

XX Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos.OBTENÇÃO DO REGIME DE VAZÕES ECOLÓGICAS NO RIO FORMOSO - MINAS GERAIS. 2013. (Simpósio).

26 Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental. Comparação de métodos para determinação do Coeficiente de Desoxigenação (K1). 2011. (Congresso).

XIX Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos.AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DA ÁGUA DO MÉDIO RIO POMBA (MG) UTILIZANDO ANÁLISE DE AGRUPAMENTO. 2011. (Simpósio).

XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto.Análise da precisão entre os métodos de interpolação Krigagem Ordinária e Topo to Raster na geração de modelos digitais de elevação. 2011. (Simpósio).

Encontro Nacional Universidades Renovadas.EVANGELHO DA VIDA. 2010. (Encontro).

V Ciclo de Palestras - Meio Ambiente: Desafios Atuais. 2010. (Oficina).

XXXIX Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola / IX Congresso Latinoamericano e do Caribe de Engenharia Agrícola. COMPARAÇÃO DE DIFERENTES MÉTODOS DE CLASSIFICAÇÃO DE IMAGEM DIGITAL: ESTUDO DE CASO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA, MG. 2010. (Congresso).

II Fórum das Águas dos Comitês de Bacias Hidrográficas dos Rios Preto e Paraibuna, Pomba e Muriaé. 2009. (Encontro).

Seminário Ambiental APA Krambeck - Estratégias para sua Conservação. 2007. (Seminário).

XIII Seminário de Iniciação Científica.Avaliação da Capacidade de Transporte e Dispersão do Rio Paraibuna Utilizando Traçadores Fluorescentes. Trecho: Distrito Industrial I a UHE Mamelos.. 2007. (Seminário).

I Seminário Gestão e Reciclagem de Resíduos de Construção Civil de Juiz de Fora. 2006. (Seminário).

I Simpósio de Recursos Hídricos do Sul - Sudeste.Avaliação de Parâmetros Hidrodinâmicos do Rio Paraibuna Utilizando Traçadores Fluorescentes. Trecho: Distrito Industrial a UHE Marmelos Zero - Juiz de Fora. 2006. (Simpósio).

Gerenciamento de Projetos Internacionais.Gerenciamento de Projetos Internacionais. 2005. (Seminário).

I Seminário de Petróleo, Gás e Bionergia.I Seminário de Petróleo, Gás e Bioenergia. 2005. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Thaís Magalhãens Possa

COLLARES, G. L.; COLLISCHONN, W.; FAN, F. M.;Guedes, Hugo A. S.. Modelagem hidrológica e hidrodinâmica integrada da bacia hidrográfica Mirim-São Gonçalo com influência do vento. 2019. Dissertação (Mestrado em Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Cassia Brocca Caballero

Guedes, Hugo A. S.; ZANOTTA, D. C.; TERRA, F. S.; ANDREAZZA, R.. Modelagem empírica de Clorofila-a e Oxigênio Dissolvido combinando sensoriamento remoto orbital e dados in situ na Lagoa Mirim, RS, Bras. 2019. Dissertação (Mestrado em Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Jéssica Fernanda Ogassawara

BESKOW, S.MELLO, C. R.Guedes, Hugo A. S.; TAVARES, V. E. Q.. Modelagem de cotas de cheias a partir de vazões de projeto derivadas de hidrogramas unitários instantâneos geomorfológicos. 2019. Dissertação (Mestrado em Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Bettina Rodrigues Machado

BUSKE, D.; SIQUEIRA, T. M.; QUADROS, R. S.; WEYMAR, G. J.;Guedes, Hugo A. S.. Modelagem da dispersão de poluentes em rios e canais sob a perspectiva das abordagens GILTT e separação de variáveis. 2019. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Diego Reginatto de Lima

FAN, F. M.; BRAVO, J. M.; CAVALCANTI, J. R. A.;Guedes, Hugo A. S.. CALIBRAÇÃO AUTOMÁTICA DO MODELO DE QUALIDADE DE ÁGUA HEC-RAS NSM-I INTEGRADO AO SCE-UA. 2019. Dissertação (Mestrado em Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Kássia Regina Bazzo

GOMES, J.;Guedes, Hugo A. S.; DETZEL, D. H. M.; SANTOS, I.. ANÁLISE DA INFLUÊNCIA DAS CARACTERÍSTICAS GEOMORFOLÓGICAS SOBRE AS VAZÕES MÁXIMAS EM BACIAS HIDROGRÁFICAS NO ESTADO DO PARANÁ. 2019. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Recursos Hídricos e Ambiental) - Universidade Federal do Paraná.

Aluno: Maíra Martim de Moura

BESKOW, S.; LEANDRO, D.;Guedes, Hugo A. S.; DURAES, M. F.. Influência de diferentes fontes e escalas de informação de relevo sobre a estimativa de cheias a partir do Hidrograma Unitário Instantâneo de Nasch. 2018. Dissertação (Mestrado em Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Carina Krüger Bork

Guedes, Hugo A. S.; VIEIRA, B. M.; TEIXEIRA-GANDRA, C. F. A.; TERRA, F. S.. Regionalização de vazões mínimas para o estado do Rio Grande do Sul. 2018. Dissertação (Mestrado em Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Luana Nunes Centeno

Guedes, Hugo A. S.; SA, J. S.; SIQUEIRA, T. M.; ANDREAZZA, R.. Proposta metodológica para a construção de índices de qualidade da água na bacia hidrográfica do Piratini-São Gonçalo-Mangueira, RS. 2017. Dissertação (Mestrado em Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Marília Guidotti Corrêa

RIBEIRO, A. S.;Guedes, Hugo A. S.; LISBOA, M. T.. Determinação de Metais em Águas Superficiais por MIP OES com Sistema Multimode. 2017. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Juliana Ávila Contreira

BUSKE, D.; BODMANN, B. E. J.; PETERSEN, C. Z.; WEYMAR, G. J.;Guedes, Hugo A. S.. Solução da equação de condução de calor não estacionária em meios multicompostos. 2017. Dissertação (Mestrado em Modelagem Matemática) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Anderson Tiago Decker

ANDREAZZA, R.; MAEHLER, A. E.; ANJOS, F. S.;Guedes, Hugo A. S.. Gestão Socioambiental de Comunidade de Pescadores Artesanais: Colônia de Pescadores Z3, Pelotas/RS. 2016. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Territorial e Sistemas Agroindustriais) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Renata Engrácio de Oliveira

QUADROS, R. S.; HARTER, F. P.; BUSKE, D.;Guedes, Hugo A. S.; PETERSEN, C. Z.; WEYMAR, G. J.. Dispersão de contaminantes em rios e canais através do método GILTT. 2015. Dissertação (Mestrado em Modelagem Matemática) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Pamela Bihafan Disconzi

TEIXEIRA-GANDRA, C. F. A.; RIZZI, R.;GUEDES, H. A. S.; SOSINSKI JUNIOR, E. E.. Modelagem da geração de sedimentos por meio da MEUPS na bacia hidrográfica do Arroio Santa Bárbara, Pelotas, RS. 2014. Dissertação (Mestrado em Manejo e Conservação do Solo e da Água) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Rosiméri da Silva Fraga Pelotas,

GUEDES, H. A. S.RIBEIRO, C. B. M.; MILANI, I. C. B.; LOBO, F. L.. Modelagem empírica e mapeamento de parâmetros de qualidade de água em uma lagoa subtropical utilizando dados de sensoriamento remoto. 2020. Tese (Doutorado em Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Emanuele Baifus Manke

TEIXEIRA-GANDRA, C. F. A.;SOARES GUEDES, HUGO ALEXANDRE; CASTRO, A. S.; CORREA, H. C.. Simulação sazonal da precipitação mediante o uso do Modelo de Bartlett-Lewis do Pulso Retangular Modificado em duração sub-horárias. 2019. Tese (Doutorado em Manejo e Conservação do Solo e da Água) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Jéssica Bandeira de Melo Carvalho Passos

PRUSKI, F. F.; CECON, P. R.; AMORIM, R. S. S.;GUEDES, H. A. S.; MELO, M. C.. PROPOSTA METODOLÓGICA PARA DEFINIÇÃO DE FAIXAS DE CRITÉRIOS DE OUTORGA. 2020. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa.

Aluno: Rosiméri da Silva Fraga

Guedes, Hugo A. S.; MILANI, I. C. B.; LOBO, F. L.. Monitoramento de sólidos em suspensão na Lagoa Mirim, RS, Brasil, utilizando dados de sensoriamento remoto. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Viviane Rodrigues Dorneles

BESKOW, S.Guedes, Hugo A. S.; AQUINO, L. S.. Aplicabilidade de curvas-chave para modelagem de produção de sedimentos a partir da Modified Universal Soil Loss Equation (MUSLE). 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Emanuele Baifus Manke

DAME, R. C. F.; SILVEIRA, A. L. L.;Guedes, Hugo A. S.. Desagregação da chuva diária mediante o uso do Modelo de Bartlett-Lewis do Pulso Retangular Modificado em durações sub-horárias. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Manejo e Conservação do Solo e da Água) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Ana Flavia Brancalion Costa

FAN, F. M.; COLLISCHONN, W.; SILVA, M. C. A.;GUEDES, H. A. S.. Sistema de previsão de lançamentos acidentais em cursos hídricos na América do Sul. 2020. Exame de qualificação (Mestrando em Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Iulli Pitone Cardoso

SIQUEIRA, T. M.; TIMM, L. C.;Guedes, Hugo A. S.; SUZUKI, L. E. A. S.; SILVEIRA, V. C.. Impactos das mudanças climáticas sobre as demandas de água para irrigação na região Sul e Campanha do Rio Grande do Sul. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Ambientais) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Bettina Rodrigues Machado

BUSKE, D.; SIQUEIRA, T. M.;Guedes, Hugo A. S.; QUADROS, R. S.; WEYMAR, G. J.. Um estudo de caso aplicado à modelagem da dispersão de poluentes em rios e canais. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Ambientais) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Carolina Faccio Demarco

MACHADO, F. M.;Guedes, Hugo A. S.; ANDREAZZA, R.. Fitorremediação de Ambiente Aquático Contaminado por Atividades Antrópicas em Pelotas/RS. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Ambientais) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Samanta Tolentino Cecconello

ANDREAZZA, R.; MAEHLER, A. E.;Guedes, Hugo A. S.. Análise Ambiental dos Processos de Urbanização no Município de Pelotas, RS. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Desenvolvimento Territorial e Sistemas Agroindustriais) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Juliana Ávila Contreira

BODMANN, B. E. J.; PETERSEN, C. Z.;Guedes, Hugo A. S.; WEYMAR, G. J.; BUSKE, D.. Solução da Equação de Condução de Calor Não Estacionária em Meios Multicompostos. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Modelagem Matemática) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Renata Engrácio de Oliveira

QUADROS, R. S.; HARTER, F. P.; BUSKE, D.;Guedes, Hugo A. S.; WEYMAR, G. J.. Análise da dispersão de contaminantes em rios e canais pela técnica da transformada integral. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Modelagem Matemática) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Marlon Heitor kunst Valentini

VIEIRA, B. M.; ROMANI, R. F.;Guedes, Hugo A. S.. Análise da qualidade das águas da Lagoa Mirim através do IQA e de métodos estatísticos. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: André Ramos Faria

Guedes, Hugo A. S.; TEIXEIRA-GANDRA, C. F. A.;DAME, R. C. F.. Projeto de microdrenagem do Balneário Valverde, Pelotas - RS. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: WALTER BRENO THEVES

Guedes, Hugo A. S.FARIA, L. C.; CALDEIRA, T. L.. Otimização de redes de distribuição de água: Aplicação dos métodos Hardy-Cross, Granados e PNL2000 nas redes Two-Loop e NY Tunnel. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Luisa Barbosa Pinto da Silva

Guedes, Hugo A. S.; TEIXEIRA-GANDRA, C. F. A.; VIEIRA, B. M.. Alocação de estações para monitoramento da qualidade da água na bacia hidrográfica do Rio Camaquã ? RS. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Gislaine Franciele de Souza Salmin

Guedes, Hugo A. S.; VIEIRA, B. M.; CORREA, E. K.. Sistema híbrido para o tratamento simplificado de efluentes domésticos. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Cristiano Oscar da Costa

Guedes, Hugo A. S.BESKOW, S.; TERRA, F. S.. Vazão Ecológica: utopia ou realidade? Estudo de Caso da Bacia Hidrográfica do Arroio Pelotas - RS. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Fernanda Pires Pinto

Guedes, Hugo A. S.; PORCIUNCULA, G. S.; CALDEIRA, T. L.. DIAGNÓSTICO PRELIMINAR DO LADO BRASILEIRO DA BACIA HIDROGRÁFICA MIRIM-SÃO GONÇALO COMO SUPORTE AO PLANO DE RECURSOS HÍDRICOS. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Renata Klein Moraes

BUSKE, D.;Guedes, Hugo A. S.; WEYMAR, G. J.; QUADROS, R. S.. Comparação entre duas Soluções Analíticas para a Modelagem da Dispersão de Poluentes Aplicada a Rios e Canais. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Hídrica) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Carlos Gabriel Grzegorczyk Dias

POLIDORI, M. C.;Guedes, Hugo A. S.; PERES, O. M.. Impactos da Urbanização sobre a ocorrência de alagamentos na Bacia Hidrográfica do Arroio Pepino em Pelotas-RS. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Hídrica) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Alan da Costa Viegas

Guedes, Hugo A. S.; QUADRO, M. S.; TEIXEIRA-GANDRA, C. F. A.. Modelagem hidrológica de reservatórios para o controle de inundações na Bacia Hidrográfica do Arroio Lourenço - RS. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Hídrica) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Mylena Feitosa Tormam

Guedes, Hugo A. S.DAME, R. C. F.; CALDEIRA, T. L.. Regionalização e estimativa das vazões mínimas da curva de permanência para a Região Hidrográfica do Rio Uruguai, RS. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Victor Garcia Neves

CALDEIRA, T. L.;FARIA, L. C.Guedes, Hugo A. S.. Análise da viabilidade económica da implantação de um sistema de captação de águas pluviais no campus Porto, Pelotas-RS. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Miguel Gomes Venzke

Guedes, Hugo A. S.; QUADRO, M. S.; CALDEIRA, T. L.. ANÁLISE DA SITUAÇÃO ATUAL DO CANAL DO PEPINO ? PELOTAS/RS RELACIONADA AO DESPEJO DE EFLUENTES E DE RESÍDUOS SÓLIDOS. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Tiago Pohren Reis

Guedes, Hugo A. S.; MOURA, M. M.; FRAGA, R. S.. Modelagem Hidrológica da Bacia Hidrográfica do Rio Caí visando o desenvolvimento de propostas para o controle de inundações. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Hídrica) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Eduardo Peixoto de Oliveira

CALDEIRA, T. L.; NUNES, A. B.;Guedes, Hugo A. S.. Impacto das projeções climáticas sobre chuvas intensas: estudo de caso para o município de Pelotas/RS. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Samuel Lucas Schierholt

Guedes, Hugo A. S.; CASTRO, A. S.; BUSKE, D.. Determinação dos Parâmetros da Equação de Talbot utilizando Simulação Numérica. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Vitor Marques Lopes

Guedes, Hugo A. S.; CASTRO, A. S.; TEIXEIRA-GANDRA, C. F. A.. Taxas de Permeabilidade na Geração de Escoamento Superficial em uma Microbacia Hidrográfica no município de Pelotas, RS. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Arthur Sperotto Peruzzo

LEANDRO, D.;Guedes, Hugo A. S.; CASTRO, A. S.. Proposta metodológica para simulação de inundações na Bacia do Santa Bárbara. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Sara Helena Raupp Gomes

MELO, T. M.; HUFFNER, A. N.; ANDREAZZA, R.;Guedes, Hugo A. S.. Modelagem da qualidade de água na bacia hidrográfica do Rio dos Sinos/RS utilizando o QUAL-UFMG. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Antônio Guimarães de Mello

Guedes, Hugo A. S.; MANETTI, A. G. S.; CORREA, E. K.. Avaliação de desempenho da Estação de Tratamento de Esgoto do Laranjal em Pelotas - RS. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Paloma Pereyra Soares

DAME, R. C. F.Guedes, Hugo A. S.; TEIXEIRA-GANDRA, C. F. A.. Interceptação pluvial em fragmento de floresta de Mata Atlântica no município de Santa Maria/RS. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Nathália Silva Chites

HORN, J. F. C.;Guedes, Hugo Alexandre Soares; BARTELS, G. K.. Avaliação do modelo MPB2 para estimativa da disponibilidade hídrica de duas pequenas bacias hidrográficas com diferentes usos do solo. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Hídrica) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Jane de Vasconcellos Campelo Gonçalves

GUEDES, H. A. S.; BERTONI, E. Q.; CASTRO, A. S.. Reúso de águas cinza e pluvial visando o aproveitamento domiciliar e condominial. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Vítor Zanatta

GUEDES, H. A. S.; MELO, T. M.;DAME, R. C. F.. Drenagem urbana em área da região central de Pelotas-RS: pré-dimensionamento de estruturas sustentáveis. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Priscila Ribeiro Gregolin

CORREA, E. K.; GARCEZ, E. O.;Guedes, Hugo A. S.. Estudo de Viabilidade Técnica para Disposição Final de Resíduos Sólidos Urbanos em Aterro Sanitário no Município de Pelotas. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Sarah Veeck

Guedes, Hugo A. S.; LEANDRO, D.; MILANI, I. C. B.. Delimitação de Áreas de Preservação Permanente na Bacia Hidrográfica do Arroio Pelotas ? Pelotas ? RS. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Ederson dos Santos Moraes

Guedes, Hugo A. S.; TEIXEIRA-GANDRA, C. F. A.; MANETTI, A. G. S.. Tratamento de efluentes domésticos por sistema wetlands. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Maíra Martim de Moura

Guedes, Hugo A. S.DAME, R. C. F.BESKOW, S.. Modelagem hidrológica para o dimensionamento de reservatórios de retenção visando o controle de cheias na bacia hidrográfica do arroio São Lourenço - RS. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Tamara Leitzke Caldeira

BESKOW, S.; TAVARES, V. E. Q.;GUEDES, H. A. S.. Regionalização de chuvas intensas no estado do Rio Grande do Sul. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Hídrica) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Elisa Ferreira Bueno

Guedes, Hugo A. S.; HORN, J. F. C.; CASTRO, A. S.. Validação do Modelo Digital de Elevação (MDE) para parte da região central do município de Pelotas - RS. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Vinícius Casagrande Gasparini da Silva

TABARELLI, A.; MICHELON, R. C.;Guedes, Hugo A. S.. Comparação entre sistemas construtivos com foco nos custos e tempo de execução. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Juliana Ávila Contreira

BUSKE, D.; QUADROS, R. S.;Guedes, Hugo A. S.. Estudo do choque térmico em fachadas de revestimentos cerâmicos das edificações. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Daniel Ludwig Sphor

Guedes, Hugo A. S.; TEIXEIRA-GANDRA, C. F. A.;DAME, R. C. F.. Análise geoespacial e pluviométrica na bacia hidrográfica do rio Ijuí, noroeste do Rio Grande do Sul. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Alice Alonzo Steinmetz

Guedes, Hugo A. S.; CASTRO, A. S.; THEISEN, K. M.. Viabilidade técnica de um canal de desvio para controle de cheias na bacia do Arroio São Lourenço. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas.

QUADRO, M. S.;Guedes, Hugo Alexandre Soares; CORSEUIL, C. W.. Professor Assistente A - Área: Abastecimento e Tratamento de Água. 2013. Universidade Federal de Pelotas.

SILVA, D. D.Guedes, Hugo Alexandre Soares; OLIVEIRA, R. A.. Concurso para Monitor I - ENG 341 - Hidráulica. 2011. Universidade Federal de Viçosa.

Guedes, Hugo A. S.; COUTO, E. C.; POUEY, M. T.. Apresentação do Relatório final de Estágio do acadêmico Vitor Borges Osório. 2016. Universidade Federal de Pelotas.

Guedes, Hugo A. S.; AZEVEDO, A. A.; COUTO, E. C.. Apresentação do Relatório final de Estágio da acadêmica Sarah Veeck. 2015. Universidade Federal de Pelotas.

Guedes, Hugo A. S.; AZEVEDO, A. A.; COUTO, E. C.. Apresentação do Relatório final de Estágio da acadêmica Priscila Ribeiro Gregolin. 2015. Universidade Federal de Pelotas.

Guedes, Hugo A. S.; COUTO, E. C.; TABARELLI, A.. Apresentação do Relatório final de Estágio do acadêmico Éderson dos Santos Moraes. 2015. Universidade Federal de Pelotas.

Guedes, Hugo A. S.; FERREIRA, M. F.; MANETTI, A. G. S.; DAI PRÁ, M.. Comissão examinadora dos trabalhos do XXIII Congresso de Iniciação Científica - CIC / Área : Engenharias. 2014. Universidade Federal de Pelotas.

AZEVEDO, A. A.;Guedes, Hugo A. S.; COSTA, R.. Apresentação do Relatório final de Estágio do acadêmico Carlos Eduardo Silva Sanchez Roman. 2014. Universidade Federal de Pelotas.

AZEVEDO, A. A.;Guedes, Hugo A. S.; MARASCHIN, L.. Apresentação do Relatório final de Estágio da acadêmica Francielle Loiuze Papini. 2014. Universidade Federal de Pelotas.

Guedes, Hugo A. S.; SCHMALFUSS, L.; AZEVEDO, A. A.. Apresentação do Relatório final de Estágio da acadêmica Alice Alonzo Steinmetz. 2014. Universidade Federal de Pelotas.

SOARES, A. A.; CANTARUTTI, R. B.;Guedes, Hugo Alexandre Soares. Comissão examinadora dos trabalhos do Simpósio de Integração Acadêmica - SIA / Área Temática: Agroindústria: processamento e armazenamento. 2011. Universidade Federal de Viçosa.

CANTARUTTI, R. B.; SOARES, A. A.;Guedes, Hugo Alexandre Soares. Comissão examinadora dos trabalhos do Simpósio de Integração Acadêmica - SIA / Área Temática:Agricultura, agroecologia e meio ambiente. 2011. Universidade Federal de Viçosa.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Sílvio Bueno Pereira

SILVA, Demetrius David da; RIBEIRO, C. B. M.;PEREIRA, Silvio Bueno; REZENDE, A. A. P.; MOREIRA, M. C.. Modelagem hidrodinâmica do ecossistema aquático visando à determinação do hidrograma ecológico no rio Formoso - MG. 2013. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa.

MAURO APARECIDO MARTINEZ

SILVA, Demétrius David da; Ribeiro, Celso Bandeira de Melo;Santos, Jorge Abdala DergamMARTINEZ, Mauro AparecidoBorges, Alisson Carraro. Modelagem hidrodinâmica do ecossistema aquáitco.. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa.

Ana Augusta Passos Rezende

SILVA, D. D.; MOREIRA, M. C.; RIBEIRO, C. B. M.;REZENDE, A. A. P.; PEREIRA, S. B.. Modelagem hidrodinâmica do ecossistema aquático visando a determinação do hidrograma ecológico no Rio Formoso-MG. 2013. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa.

Celso Bandeira de Melo Ribeiro

SILVA, D. D.RIBEIRO, C. B. M.; MOREIRA, M. C.; REZENDE, A. A. P.; PEREIRA, S. B.. Modelagem Hidrodinâmica do Ecossistema Aquático como Suporte aos Estudos de Determinação do Hidrograma Ecológico. 2013. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa.

Celso Bandeira de Melo Ribeiro

SILVA, D. D.; MARTINEZ, M. A.;BORGES, A. C.RIBEIRO, C. B. M.; SANTOS, J. A. D.. Modelagem Ecohidrológica Como Ferramenta de Gestão de Recursos Hídricos. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa.

Antônio Teixeira de Matos

SILVA, Demetrius David daMATOS, A. T.Borges, A.C.; RAMOS, Márcio Mota; MENDONÇA, A.S.F.. Modelagem da qualidade da água e da capacidade de autodepuração do Rio Pomba. 2009. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa.

Alisson Carraro Borges

Borges, A. C.Matos, A. T.; Mendonça, A. S. F.; Ramos, M. M.;Silva, D. D.. Modelagem da qualidade da água e da capacidade de autodepuração do rio Pomba. 2009. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa.

Alisson Carraro Borges

Borges, A. C.Martinez, M. A.Ribeiro, C. B. M.; Santos, J. A. D.;Silva, D. D.. Exame de qualificação de doutorado. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa.

Demetrius David da Silva

Silva, Demetrius D.MATOS, Antonio Teixeira deMartinez, Mauro A.RAMOS, Marcio Mota; MENDONÇA, Antônio Sérgio Ferreira. Modelagem da qualidade da água e da capacidade de autodepuração do Rio Pomba. 2009. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa.

Demetrius David da Silva

DAVID DA SILVA, DEMETRIUSPEREIRA, Silvio BuenoRIBEIRO, Celso Bandeira de Melo; Rezende, A.A.P.;MOREIRA, M. C.. Modelagem hidrodinâmica do ecossistema aquático visando à determinação do hidrograma ecológico no Rio Formoso - MG. 2013. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa.

Demetrius David da Silva

SILVA, Demetrius David daRIBEIRO, Celso Bandeira de MeloBorges, A. C.MARTINEZ, Mauro AparecidoSantos, J.A.D.. Modelagem Ecohidrológica como ferramenta para a gestão de recursos hídricos. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Elisandra Hernandes da Fonseca

Sensoriamento Remoto aplicado a ecossistemas aquáticos; Início: 2020; Dissertação (Mestrado profissional em Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Pelotas; (Orientador);

Karen Gularte Peres Mendes

Sensoriamento Remoto aplicado a ecossistemas aquáticos; Início: 2020; Tese (Doutorado em Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Pelotas; (Orientador);

Mauren Costa da Silva

A definir; Início: 2020; Tese (Doutorado em Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Pelotas; (Coorientador);

Caroline de Oliveira Nunes

Monitoramento da qualidade de agua na Lagoa Mirim, RS, Brasil, utilizando dados de sensoriamento remoto; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; (Orientador);

Cassia Brocca Caballero

Modelagem empírica de Clorofila-a e Oxigênio Dissolvido combinando sensoriamento remoto orbital e dados in situ na Lagoa Mirim, RS, Bras; 2019; Dissertação (Mestrado em Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Pelotas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Carina Krüger Bork

Regionalização de vazões mínimas para o estado do Rio Grande do Sul; 2018; Dissertação (Mestrado em Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Pelotas,; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Luana Nunes Centeno

Proposta metodológica para a construção de índices de qualidade da água na bacia hidrográfica do Piratini-São Gonçalo-Mangueira, RS; 2017; Dissertação (Mestrado em Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Pelotas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Rosiméri da Silva Fraga

Modelagem empírica e mapeamento de parâmetros de qualidade de água em uma lagoa subtropical utilizando dados de sensoriamento remoto; 2020; Tese (Doutorado em Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Pelotas,; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Micael Souza Fraga

Proposta metodológica para avaliação e otimização de redes de monitoramento de qualidade da água; 2019; Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Coorientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

André Ramos Faria

Projeto de microdrenagem do Balneário Valverde, Pelotas - RS; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

WALTER BRENO THEVES

Otimização de redes de distribuição de água: Aplicação dos métodos Hardy-Cross, Granados e PNL2000 nas redes Two-Loop e NY Tunnel; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Gislaine Franciele de Souza Salmin

Sistema híbrido para o tratamento simplificado de efluentes domésticos; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Luisa Barbosa Pinto da Silva

Alocação de estações para monitoramento de qualidade da água na bacia do Rio Camaquã ? RS; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Cristiano Oscar da Costa

Vazão Ecológica: utopia ou realidade? Estudo de Caso da Bacia Hidrográfica do Arroio Pelotas - RS; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Mylena Feitosa Tormam

Regionalização e estimativa das vazões mínimas da curva de permanência para a Região Hidrográfica do Rio Uruguai; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Fernanda Pires Pinto

Diagnóstico preliminar do lado brasileiro da Bacia Hidrográfica Mirim-São Gonçalo como suporte ao Plano de Recursos Hídricos; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Miguel Gomes Venzke

ANÁLISE DA SITUAÇÃO ATUAL DO CANAL DO PEPINO ? PELOTAS/RS RELACIONADA AO DESPEJO DE EFLUENTES E DE RESÍDUOS SÓLIDOS; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Alan da Costa Viegas

Modelagem hidrológica de reservatórios para o controle de inundações na Bacia Hidrográfica do Arroio Lourenço - RS; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Hídrica) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Tiago Pohren Reis

Modelagem Hidrológica da Bacia Hidrográfica do Rio Caí visando o desenvolvimento de propostas para o controle de inundações; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Hídrica) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Samuel Lucas Schierholt

Determinação dos Parâmetros da Equação de Talbot utilizando Simulação Numérica; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Vitor Marques Lopes

Taxas de permeabilidade na geração de escoamento superficial em uma microbacia hidrográfica no município de Pelotas, RS; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Antônio Guimarães de Mello

Avaliação de desempenho da Estação de Tratamento de Esgoto do Laranjal em Pelotas - RS; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Sara Helena Raupp Gomes

Modelagem da qualidade da água do Rio dos Sinos/RS utilizando o modelo QUAL-UFMG; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Jane de Vasconcellos Campelo Gonçalves

Reúso de águas cinza e pluvial visando o aproveitamento domiciliar e condominial; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Ederson dos Santos Moraes

Tratamento de efluentes domésticos por sistema wetlands; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Vítor Zanatta

Drenagem urbana em área da região central de Pelotas-RS: pré-dimensionamento de estruturas sustentáveis; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Sarah Veeck

Delimitação de Áreas de Preservação Permanente na Bacia Hidrográfica do Arroio Pelotas ? Pelotas ? RS; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Maíra Martim de Moura

Modelagem hidrológica para o dimensionamento de reservatórios de retenção visando o controle de cheias na bacia hidrográfica do arroio São Lourenço - RS; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Kássia Regina Bazzo

Regionalização de vazões de permanência para bacias hidrográficas do estado do Rio Grande do Sul; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Alice Alonzo Steinmetz

Viabilidade técnica de um canal de desvio para controle de cheias na bacia do Arroio São Lourenço; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Elisa Ferreira Bueno

Validação do Modelo Digital de Elevação (MDE) para parte da região urbana do município de Pelotas - RS; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Daniel Ludwig Sphor

Análise geoespacial e pluviométrica na bacia hidrográfica do rio Ijuí, noroeste do Rio Grande do Sul; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Wactor Sell Timm

Modelagem empírica de Clorofila-a combinando sensoriamento remoto orbital e dados in situ na Lagoa Mirim, RS, Brasil; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Julia Souza Manzke

Análise estatística multivariada como suporte para o estudo de qualidade de água na Bacia Hidrográfica da Lagoa Mirim - RS; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Fernanda Pires Pinto

Análise estatística e geoestatística da precipitação total média no Estado do Rio Grande do Sul; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Mozzara Oliveira da Fonseca

Análise estatística multivariada como suporte para o estudo de qualidade de água na Bacia Hidrográfica da Lagoa Mirim - RS; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas, Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Mylena Feitosa Tormam

Regionalização de vazões mínimas para o Estado do Rio Grande do Sul utilizando análise estatística multivariada; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Luisa Barbosa Pinto da Silva

Análise estatística e geoestatística da precipitação total média no Estado do Rio Grande do Sul; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Mylena Feitosa Tormam

Análise estatística multivariada como suporte para o estudo de qualidade de água na Bacia Hidrográfica da Lagoa Mirim - RS; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Ana Luísa Lopes da Cunha Ferrão

Análise estatística multivariada como suporte para o estudo de qualidade de água na Bacia Hidrográfica da Lagoa Mirim - RS; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Ambiental e Sanitária) - Universidade Federal de Pelotas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Nícolas Augusto Carvalho Correia

Tendências na precipitação no estado do Rio Grande do Sul e suas relações com a temperatura do oceano; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Eduardo Peixoto de Oliveira

Tendências na precipitação no estado do Rio Grande do Sul e suas relações com a temperatura do oceano; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Kayoma Karpinski da Silva

Tendências na precipitação no estado do Rio Grande do Sul e suas relações com a temperatura do oceano; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Ambiental e Sanitária) - Universidade Federal de Pelotas, Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Vitor Borges Osorio

Modelagem hidrológica chuva-vazão e propagação de cheias na Bacia Hidrográfica do Arroio São Lourenço - RS; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Kássia Regina Bazzo

Estudo geoespacial da bacia hidrográfica do Arroio Pelotas (RS) utilizando a ferramenta ArcHydro; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Ambiental e Sanitária) - Universidade Federal de Pelotas, Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Sarah Veeck

Desenvolvimento de Modelo Digital de Elevação Hidrograficamente Condicionado para a Bacia Hidrográfica do Arroio Pelotas (RS); 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Gislaine Franciele de Souza Salmin

Monitoria nas disciplinas de Mecânica dos Fluidos e Hidráulica; 2018; Orientação de outra natureza; (Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas, Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Vitor Borges Osorio

Relatório Final de Estágio Curricular Profissionalizante; 2016; Orientação de outra natureza; (Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Michael Lopes Honscha

Monitoria nas disciplinas de Mecânica dos Fluidos e Hidráulica; 2015; Orientação de outra natureza; (Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas, Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Carina Krüger Bork

Monitoria nas disciplinas de Mecânica dos Fluidos e Hidráulica; 2014; Orientação de outra natureza; (Engenharia Ambiental e Sanitária) - Universidade Federal de Pelotas, Programa de Bolsas Acadêmicas/UFPEL; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Alice Alonzo Steinmetz

Relatório Final de Estágio Curricular Profissionalizante; 2014; Orientação de outra natureza; (Engenharia Civil) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Hugo Alexandre Soares Guedes;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

José Homero Pinheiro Soares

Avaliação da Capacidade de Transporte e dispersão de Poluentes no Rio Paraibuna; Trecho: Distrito Industrial - UHE Marmelos Zero; 2006; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Juiz de Fora, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Jose Homero Pinheiro Soares;

MAURO APARECIDO MARTINEZ

Modelagem hidrodinâmica do ecossistema aquáitco visando a dterminação do hidrograma ecológico no rio Formoso, MG; ; 2013; Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Coorientador: Mauro Aparecido Martinez;

Celso Bandeira de Melo Ribeiro

MODELAGEM DA QUALIDADE DA ÁGUA E DA CAPACIDADE DE AUTODEPURAÇÃO DO RIO POMBA; 2009; Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Celso Bandeira de Melo Ribeiro;

Celso Bandeira de Melo Ribeiro

Modelagem Hidrodinâmica do Ecossistema Aquático como Suporte aos Estudos de Determinação do Hidrograma Ecológico; 2013; Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Coorientador: Celso Bandeira de Melo Ribeiro;

Antônio Teixeira de Matos

Modelagem da qualidade da água e da capacidade de autodepuração do Rio Pomba; 2009; Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Coorientador: Antonio Teixeira de Matos;

Demetrius David da Silva

Modelagem da qualidade da água e da capacidade de autodepuração do Rio Pomba; 2009; Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Demetrius David da Silva;

Demetrius David da Silva

Modelagem hidrodinâmica do ecossistema aquático visando à determinação do hidrograma ecológico no Rio Formoso - MG; 2013; Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Demetrius David da Silva;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • FRAGA, MICAEL DE SOUZA ; Silva, Demetrius David da ; Guedes, Hugo Alexandre Soares ; BORGES, ALISSON CARRARO ; REIS, GUILHERME BARBOSA ; MOREIRA, MICHEL CASTRO . Modelagem sazonal da qualidade da água do rio Piracicaba para o cenário atual e futuro. Revista Ibero-americana de Ciências Ambientais , v. 11, p. 145-160, 2020.

  • GUEVARA, M. D. F. ; MELLO, A. ; CORREA, E. K. ; Guedes, Hugo A. S. ; CORREA, L. B. ; NAZARI, M. . Fitotoxicidade em águas residuárias domésticas utilizando sementes como bioindicadores. REVISTA DAE , v. 67, p. 44-51, 2019.

  • DE SOUZA FRAGA, MICAEL ; DA SILVA, DEMETRIUS DAVID ; ALDEN ELESBON, ABRAHÃO ALEXANDRE ; SOARES GUEDES, HUGO ALEXANDRE . Methodological proposal for the allocation of water quality monitoring stations using strategic decision analysis. ENVIRONMENTAL MONITORING AND ASSESSMENT , v. 191, p. 776-795, 2019.

  • PRIEBE, P. S. ; MANKE, E. B. ; Guedes, Hugo A. S. . Tendências em Séries Temporais de Precipitação no Norte do Estado do Rio Grande do Sul, Brasil. REVISTA BRASILEIRA DE METEOROLOGIA , v. 34, p. 283-291, 2019.

  • CECCONELLO, S. T. ; CENTENO, L. N. ; Guedes, Hugo A. S. . Índice de qualidade de água modificado pela análise multivariada: estudo de caso do Arroio Pelotas, RS, Brasil. ENGENHARIA SANITÁRIA E AMBIENTAL (ONLINE) , v. 23, p. 973-978, 2018.

  • GOMES, S. H. R. ; Guedes, Hugo A. S. ; MELO, T. M. ; CORREA, L. B. ; ANDREAZZA, R. . Modelagem sazonal da qualidade da água do Rio dos Sinos/RS utilizando o modelo QUAL-UFMG. ENGENHARIA SANITÁRIA E AMBIENTAL (ONLINE) , v. 23, p. 275-285, 2018.

  • DECKER, A. ; PACHECO, M. ; QUADRO, M. S. ; Guedes, Hugo A. S. ; NADALETI, W. C. ; ANDREAZZA, R. . ANÁLISE AMBIENTAL E QUALIDADE DA ÁGUA DA LAGOA DOS PATOS NAS PROXIMIDADES DE UMA TRADICIONAL COMUNIDADE DE PESCADORES. Revista Gestão e Sustentabilidade Ambiental , v. 7, p. 105-123, 2018.

  • CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; Guedes, Hugo A. S. ; LEANDRO, D. . Utilização da estatística multivariada como ferramenta para identificação das possíveis fontes de poluição do Arroio Lavras do Sul/RS, Brasil. Tecno-lógica (Santa Cruz do Sul . Online) , v. 21, p. 24-29, 2017.

  • BAZZO, KÁSSIA REGINA ; Guedes, Hugo Alexandre Soares ; CASTRO, ANDRÉA SOUZA ; SIQUEIRA, TIRZAH MOREIRA ; TEIXEIRA-GANDRA, CLAUDIA FERNANDA ALMEIDA . Regionalização da vazão Q95: comparação de métodos para a bacia hidrográfica do Rio Taquari-Antas, RS. Revista Ambiente e Agua , v. 12, p. 855-870, 2017.

  • TORMAM, M. F. ; BORK, C. K. ; Guedes, Hugo A. S. ; MANZKE, J. S. ; FERRAO, A. L. L. C. . Variabilidade sazonal da qualidade da água na Lagoa Mirim, RS, Brasil. Revista Brasileira de Engenharia e Sustentabilidade , v. 4, p. 54-59, 2017.

  • CALDEIRA, T. L. ; BESKOW, S. ; MELLO, C. R. ; VARGAS, M. M. ; Guedes, Hugo A. S. ; FARIA, L. C. . DAILY RAINFALL DISAGGREGATION: AN ANALYSIS FOR THE RIO GRANDE DO SUL STATE - DESAGREGAÇÃO DE CHUVA DIÁRIA: UMA ANÁLISE PARA O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Scientia Agraria (Online) , v. 16, p. 1-21, 2016.

  • DAME, R. C. F. ; TEIXEIRA-GANDRA, C. F. A. ; Guedes, Hugo A. S. ; SILVA, G. M. ; SILVEIRA, S. C. R. . Intensity-Duration-Frequency relationships: stochastic modeling and disaggregation of daily rainfall in the lagoa Mirim watershed, Rio Grande do Sul, Brazil. Engenharia Agrícola (Online) , v. 36, p. 492-502, 2016.

  • Guedes, Hugo A. S. ; SILVA, D. D. ; Dergam, J. A. ; MARTINS, V. S. . Habitat de cinco espécies de peixes nativos do rio Formoso, Minas Gerais. Revista Brasileira de Engenharia e Sustentabilidade , v. 1, p. 33-42, 2016.

  • OLIVEIRA, I. de C. e ; SILVA, D. D. ; Guedes, Hugo A. S. ; Dergam, J. A. ; RIBEIRO, C. B. M. . ONE- AND TWO-DIMENSIONAL ECOHYDRAULIC MODELING OF FORMOSO RIVER (MG). Engenharia Agrícola (Online) , v. 36, p. 1050-1062, 2016.

  • CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; Guedes, Hugo A. S. ; TIMM, L. C. ; ANDREAZZA, R. ; LEANDRO, D. . Análise multivariada aplicada aos parâmetros de qualidade da água do rio Piratini/RS. Revista Brasileira de Engenharia e Sustentabilidade , v. 2, p. 45-51, 2016.

  • CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; MORAES, P. B. ; Guedes, Hugo A. S. ; CENTENO, A. N. ; CECCONELLO, S. T. . Análise temporal da qualidade da água de um arroio no sul do Rio Grande do Sul. Revista Thema , v. 14, p. 109-119, 2016.

  • CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; Guedes, Hugo A. S. ; LEANDRO, D. ; MORAES, P. B. . Monitoramento da qualidade da água do arroio São Lourenço/RS. Revista de Ciência e Inovação , v. 1, p. 67-76, 2016.

  • Guedes, Hugo A. S. ; SILVA, DEMETRIUS D. ; DERGAM, JORGE A. ; ELESBON, ABRAHÃO A. A. . Ecohydrological modeling and environmental flow regime in the Formoso River, Minas Gerais State, Brazil. Anais da Academia Brasileira de Ciências (Online) , v. 88, p. 2429-2440, 2016.

  • ELESBON, A. A. A. ; SILVA, D. D. ; Guedes, Hugo A. S. ; RIBEIRO, C. B. M. ; SEDIYAMA, G. C. ; RIBEIRO, C.A.A.S. . Multivariate statistical analysis to support the minimum streamflow regionalization. Engenharia Agrícola (Online) , v. 35, p. 838-851, 2015.

  • CALDEIRA, T. L. ; BESKOW, S. ; MELLO, C. R. ; FARIA, L. C. ; SOUZA, M. R. ; Guedes, Hugo A. S. . Modelagem probabilística de eventos de precipitação extrema no estado do Rio Grande do Sul. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental (Online) , v. 19, p. 197-203, 2015.

  • BESKOW, S. ; CALDEIRA, T. L. ; MELLO, C. R. ; FARIA, L. C. ; GUEDES, H. A. S. . Multiparameter probability distributions for heavy rainfall modeling in extreme southern Brazil. JOURNAL OF HYDROLOGY: REGIONAL STUDIES , v. 4, p. 123-133, 2015.

  • ELESBON, A. A. A. ; SILVA, D. D. ; SEDIYAMA, G. C. ; MONTENEGRO, A. A. A. ; RIBEIRO, C.A.A.S. ; Guedes, Hugo Alexandre Soares . Proposta metodológica para projeto de redes hidrométricas: parte I- espacialização não tendenciosa dos dados hidrológicos. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental (Online) , v. 18, p. 980-985, 2014.

  • ELESBON, A. A. A. ; SILVA, D. D. ; SEDIYAMA, G. C. ; MONTENEGRO, A. A. A. ; RIBEIRO, C.A.A.S. ; Guedes, Hugo Alexandre Soares . Proposta metodológica para projeto de redes hidrométricas: parte II - exclusão, rearranjo e inclusão de estações. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental (Online) , v. 18, p. 1023-1030, 2014.

  • Guedes, Hugo A. S. ; SILVA, D. D. ; Dergam, J. A. ; Elesbon, Abrahão Alexandre Alden . Estabelecimento do Regime de Vazões Ecológicas no Rio Formoso/MG com base em Espécies Neotropicais. Revista Brasileira de Recursos Hídricos , v. 19, p. 72-82, 2014.

  • BELICO, J. C. B. ; LISBOA, L. ; Guedes, Hugo A. S. ; Silva, Demetrius David da . Comparação entre vazões mínimas de referência para o Rio Formoso - MG. Enciclopédia Biosfera , v. 9, p. 718-733, 2013.

  • GUEDES, H. A. S. ; Silva, Demetrius David da ; ELESBON, A. A. A. ; Ribeiro, Celso B. de M. ; MATOS, A. T. ; SOARES, J. H. P. . Aplicação da análise estatística multivariada no estudo da qualidade da água do Rio Pomba, MG. REVISTA BRASILEIRA DE ENGENHARIA AGRÍCOLA E AMBIENTAL (IMPRESSO) , v. 16, p. 558-563, 2012.

  • GUEDES, H. A. S. ; Silva, Demetrius David da . Comparison between hydrographically conditioned digital elevation models in the morphometric charaterization of watersheds. Engenharia Agrícola (Impresso) , v. 32, p. 932-943, 2012.

  • GUEDES, H. A. S. ; Elesbon, Abrahão Alexandre Alden ; Silva, Demetrius David da ; Oliveira, Iara de Castro e . Uso de dados SRTM e plataforma SIG na caracterização morfométrica da bacia hidrográfica do Braço Norte do Rio São Mateus - Brasil. REM. Revista Escola de Minas (Impresso) , v. 64, p. 281-288, 2011.

  • Ribeiro, Celso B. de M. ; Silva, Demétrius D. da ; Soares, José H. P. ; Guedes, Hugo A. S. . Warning system based on theoretical-experimental study of dispersion of soluble pollutants in rivers. Engenharia Agrícola (Impresso) , v. 31, p. 985-997, 2011.

  • RIBEIRO, C. B. M. ; SILVA, D. D. ; SOARES, J. H. P. ; GUEDES, H. A. S. . Desenvolvimento e validação de equação para determinação do coeficiente de dispersão longitudinal em rios de médio porte. Engenharia Sanitária e Ambiental , v. 15, p. 393-400, 2010.

  • SOARES, J. H. P. ; GUEDES, H. A. S. ; RIBEIRO, A. C. J. . Avaliação da Capacidade de Transporte e Dispersão do Rio Paraibuna Utilizando Traçadores Fluorescentes. Trecho: Distrito Industrial a UHE Marmelos ? Juiz de Fora/MG. Revista Brasileira de Recursos Hídricos , v. 15, p. 45-56, 2010.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

GUEDES, H. A. S. ; ARRIGHI, T. D. . Estudos hidrológicos de 31 travessias do 3 mineroduto da SAMARCO MINERAÇÃO S/A. 2012.

GUEDES, H. A. S. . Estudo hidrológico para implantação da PCH João Camilo Penna - MG. 2011.

GUEDES, H. A. S. . Programa de Monitoramento da Regra Operativa - PCH Ervália - MG. 2011.

ELESBON, A. A. A. ; GUEDES, H. A. S. . Balanço hídrico para o município de Dona Euzébia - MG. 2011.

GUEDES, H. A. S. ; SILVA, D. D. ; MARQUES, E.A.G. . Outorga de água superficial - Barramento sem captação no Ribeirão Congonhas/MG. 2010.

GUEDES, H. A. S. ; SILVA, D. D. ; MARQUES, E.A.G. . Outorga de água superficial - Empilhamento drenado no Córrego Padre Domingos/MG. 2010.

GUEDES, H. A. S. . Diagnóstico dos recursos hídricos para elaboração de EIA-RIMA da Ampliação da Barragem Sul da Mina Brucutu. 2010.

GUEDES, H. A. S. ; SILVA, D. D. . Outorga de água superficial - Dique de contenção de sedimentos no córrego Seco/MG. 2009.

SOARES, J. H. P. ; GUEDES, H. A. S. ; RIBEIRO, A. C. J. . Hydrus. 2007.

Guedes, Hugo A. S. . Revisão de artigo científico - Revista Brasileira de Ciências Ambientais (RBC 431). 2019.

Guedes, Hugo A. S. . Revisão de artigo científico - Revista Brasileira de Engenharia e Sustentabilidade (16006-54375-2). 2019.

Guedes, Hugo A. S. . Revisão de artigo científico - Revista Mineira de Recursos Hídricos. 2019.

Guedes, Hugo A. S. . Revisão de artigo científico - Revista Brasileira de Ciências Ambientais (RBC 322). 2018.

Guedes, Hugo A. S. . Revisão de artigo científico - Revista Brasileira de Engenharia e Sustentabilidade (13231-45827). 2018.

Guedes, Hugo A. S. . Revisão de artigo científico - Revista Brasileira de Engenharia e Sustentabilidade (12557-43488). 2017.

Guedes, Hugo A. S. . Revisão de artigo científico - Revista Engenharia Sanitária e Ambiental (128313-641137).. 2016.

Guedes, Hugo A. S. . Revisão de artigo científico - Revista Engenharia Sanitária e Ambiental (142354-706558).. 2016.

Guedes, Hugo A. S. . Revisão de artigo científico - Revista Engenharia Sanitária e Ambiental (167115-812441).. 2016.

Guedes, Hugo A. S. . Revisão de artigo científico - Revista Brasileira de Engenharia e Sustentabilidade (8408-27482). 2016.

Guedes, Hugo A. S. . Revisão de artigo científico - Revista Brasileira de Engenharia e Sustentabilidade (9360-31192). 2016.

Guedes, Hugo A. S. . Revisão de artigo científico - Revista Brasileira de Recursos Hídricos (RBRH-2016-0028). 2016.

Guedes, Hugo A. S. . Revisão de artigo científico - Revista Brasileira de Engenharia e Sustentabilidade (6130-19400). 2015.

Guedes, Hugo A. S. . Revisão de artigo científico - Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental (419-2014). 2014.

Guedes, Hugo A. S. . Revisão de artigo científico - Revista Ambiente & Água (1392). 2014.

Guedes, Hugo A. S. . Revisão de artigo científico - Revista Ambiente & Água (1416). 2014.

Guedes, Hugo A. S. . Revisão de artigo científico - Revista Ambiente & Água (1475). 2014.

Guedes, Hugo A. S. . Revisão de artigo científico - Environmental Monitoring and Assessment. 2014.

Guedes, Hugo A. S. . Revisão de artigo científico - Ciência Rural (CR-2014-1341). 2014.

Guedes, Hugo A. S. . Revisão de artigo científico - Revista Engenharia Agrícola. 2014.

Guedes, Hugo A. S. . Revisão de artigo científico - Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental (42-2013). 2013.

Guedes, Hugo A. S. . Revisão de artigo científico - Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental (98-2013). 2013.

Guedes, Hugo A. S. . Revisão de artigo científico - Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental (195-2013). 2013.

SILVA, D. D. ; MARQUES, E.A.G. ; GUEDES, H. A. S. . Outorga de Água Superficial - Dique de contenção de sedimentos - Dique 1 - PDE Retiro das Almas - Mina de Fábrica. 2011.

SILVA, D. D. ; MARQUES, E.A.G. ; GUEDES, H. A. S. . Outorga de Água Superficial - Dique de contenção de sedimentos - Dique 2 - PDE Retiro das Almas - Mina de Fábrica. 2011.

SILVA, D. D. ; GUEDES, H. A. S. ; MARQUES, E.A.G. . Outorga de Água Superficial - Barramento em curso d'água para contenção de sedimentos - Barragem Prata II - Mina de Fábrica. 2011.

GUEDES, H. A. S. ; SILVA, B. M. B. da . Laudo Técnico-Pericial - Processo 0713 09 092.387-9 Comarca de Viçosa/MG. 2011.

GUEDES, H. A. S. . Programa de Monitoramento da Regra Operativa - PCH Ormeu Junqueira Botelho (PCH Cachoeira Encoberta) - MG. 2011.

GUEDES, H. A. S. . Programa de Monitoramento da Regra Operativa - PCH Túlio Cordeiro de Melo (PCH Granada) - MG. 2011.

GUEDES, H. A. S. . Programa de Monitoramento da Regra Operativa - PCH Ivan Botelho II (PCH Palestina) - MG. 2011.

GUEDES, H. A. S. . Programa de Monitoramento da Regra Operativa - PCH Ivan Botelho I (PCH Ponte) - MG. 2011.

GUEDES, H. A. S. . Programa de Monitoramento da Regra Operativa - PCH Ivan Botelho III (PCH Triunfo) - MG. 2011.

GUEDES, H. A. S. ; SILVA, D. D. ; MARQUES, E.A.G. . Outorga de Água Superficial - Dreno Longitudinal Profundo - Mina de Brucutu (VALE). 2011.

GUEDES, H. A. S. ; SILVA, D. D. ; MARQUES, E.A.G. . Outorga de Água Superficial - Canalização de curso d'água - Mina de Brucutu (VALE). 2011.

GUEDES, H. A. S. ; SILVA, D. D. ; MARQUES, E.A.G. . Outorga de Água Superficial - Canalização de nascente - Mina de Brucutu (VALE). 2011.

GUEDES, H. A. S. . Programa de Monitoramento da Regra Operativa - PCH Ivan Botelho I - MG para composição do RADA (Período de 2008 a 2011)). 2011.

SILVA, D. D. ; MARQUES, E.A.G. ; GUEDES, H. A. S. . Outorga de Água Superficial - Desvio de curso d'água afluente da margem direita do Ribeirão da Prata - Mina de Fábrica (VALE). 2011.

SILVA, D. D. ; MARQUES, F. de A. ; GUEDES, H. A. S. . Outorga de Água Superficial - Desvio de curso d'água afluente da margem esquerda do Ribeirão da Prata - Mina de Fábrica (VALE). 2011.

GUEDES, H. A. S. ; SILVA, D. D. ; MARQUES, E.A.G. . Outorga de Água Superficial - Dreno Longitudinal Profundo - Mina de Brucutu (VALE). 2011.

GUEDES, H. A. S. ; SILVA, D. D. . Relatório técnico da determinação in loco da vazão no ribeirão Congonhas/MG. 2009.

GUEDES, H. A. S. ; SILVA, D. D. . Relatório técnico da determinação in loco da vazão no córrego Padre Domingos/MG. 2009.

PEREIRA, S. B. ; Silva, Demétrius D. da ; Guedes, Hugo Alexandre Soares . Outorga de Direito de Uso da Água. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

PEREIRA, S. B. ; Silva, Demétrius D. da ; Guedes, Hugo Alexandre Soares . Outorga de Direito de Uso da Água. 2012. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila).

GUEDES, H. A. S. . Sistema de Informações Geográficas para Estudos Hidrológicos - 4ª Versão. 2011. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Curso de extensão).

GUEDES, H. A. S. ; LISBOA, L. . Sistemas de Informações Geográficas para Estudos Hidrológicos. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

GUEDES, H. A. S. . Sistemas de Informações Geográficas para Estudos Hidrológicos. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

GUEDES, H. A. S. ; LISBOA, L. . Sistema de Informações Geográficas para Estudos Hidrológicos - 2ª Versão. 2010. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Curso de extensão).

GUEDES, H. A. S. . Sistemas de Informações Geográficas para Estudos Hidrológicos - 3ª Versão. 2010. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Curso de extensão).

GUEDES, H. A. S. ; ELESBON, A. A. A. . Sistema de Informações Geográficas. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

GUEDES, H. A. S. ; ELESBON, A. A. A. . Sistema de Informações Geográficas para Estudos Hidrológicos. 2009. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Curso de extensão).

SILVA, D. D. ; SOARES, J. H. P. ; MATOS, A. T. ; RIBEIRO, C. B. M. ; GUEDES, H. A. S. ; NUNES, D. G . Gestão Integrada da Quantidade e Qualidade de Água na Bacia Hidrográfica do Rio Pomba. 2008. (Relatório de pesquisa).

GUEDES, H. A. S. ; RIBEIRO, A. C. J. ; SOARES, J. H. P. ; ROCCA, F. L. . Avaliação da Capacidade de Transporte e Dispersão do Rio Paraibuna utilizando Traçadores Fluorescentes através da Convolução de Taylor. Trecho: Distrito Industrial a UHE Marmelos. 2007. (Relatório de pesquisa).

SOARES, J. H. P. ; GUEDES, H. A. S. ; RIBEIRO, A. C. J. ; SOARES, V. J. M. . Avaliação da Capacidade de Transporte e Dispersão do Rio Paraibuna utilizando Traçadores Fluorescentes. Trecho: Distrito Industrial a UHE Marmelos - Juiz de Fora. 2006. (Relatório de pesquisa).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    Mapeamento de florações de cianobactérias usando imagens de satélite em um importante manancial de abastecimento de água no município de Pelotas, RS. Edital PqG 05/2019. Valor financiado: R$30.000,00, Descrição: A proliferação de algas representa uma ameaça significativa e crescente para os sistemas aquáticos, uma vez que deteriora a qualidade de água para usos humanos e ecológicos. O florescimento algal em um manancial usado para abastecimento pode alterar a qualidade da água tratada e causar problemas operacionais em várias etapas de tratamento. Todos esses problemas elevam o custo de produção da água e aumentam a necessidade de monitoramento da sua qualidade com maior frequência e em mais pontos do manancial. O processo natural de urbanização associado ao incremento de matéria orgânica traz como consequência a alteração do estado natural da água do ?lago?, ocasionando transtornos ao SANEP durante o tratamento da água para consumo, e à população pelo consequente sabor e odor resultante da decomposição de cianobactérias. Atualmente, o monitoramento, identificação e controle das florações de cianobactérias na barragem é feita pela ETA Santa Bárbara, localizado a jusante do empreendimento, a qual trata um volume diário de 40.000 m3 de água. Os pontos de monitoramento são localizados nos principais afluentes e no ponto de captação, mas são insuficientes para se ter uma visão global do sistema. Há uma falta de informação sobre a distribuição espacial dessas florações, em função da grande área do manancial, altos custos envolvidos no monitoramento e limitações de tempo em análises. Desta forma, o objetivo principal do estudo é desenvolver um sistema de monitoramento de floração de algas para a barragem Santa Bárbara, Pelotas -RS, usando imagens MSI/Sentinel-2.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Hugo Alexandre Soares Guedes - Coordenador / Vitor Souza Martins - Integrante / ROSIMÉRI DA SILVA FRAGA - Integrante / Felipe de Lucia Lobo - Integrante / Karen Gularte Peres Mendes - Integrante / Alice César Fassoni de Andrade - Integrante / Letícia Vianna do Nascimento - Integrante / João Antônio Amaral Xavier - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2018 - 2019

    Análise Ambiental de Ambientes Aquáticos Degradados, Descrição: A proposta pretende fortalecer vários projetos que estão em andamento dentro do Programa de Pós Graduação em Ciências Ambientais PPGCAmb e o Programa de Pós Graduação em Modelagem Matemática, ambos da UFPel, e em outros programas em que os professores tem participação em projetos e em outros grupos de Pesquisa aos quais os Professores são pesquisadores, e ou Professores permanentes e ou colaboradores. Uma das linhas de pesquisa do PPGCAmb é Gestão e Avaliação de Ambientes Naturais e Antrópicos, a qual visa á realização de estudos interdisciplinares das dinâmicas em ambientes naturais e antropizados, bem como suas relações com a sociedade, educação ambiental sustentável, buscando alternativas e estratégias para á gestão e recuperação estas áreas. Além disso, visa analisar a estrutura do meio físico dos diversos ambientes, bem como os processos de análise e avaliação de impactos ambientais, processos de poluição e desperdícios de recursos naturais, aos sistemas de abastecimento de água potável, biotecnológicas, epidemiológicas e suas relações com as políticas públicas e gestão ambiental. Temos vários projetos em andamento dentro do PPGCAmb e nesta área com participações de outras Universidades parceiras (UFRGS e UFSM), projetos como 'Análise Ambiental, biorremediação e tratamento dos resíduos pesqueiros da região sul do Brasil'; 'Análise dos Aspectos Quali-quantitativo das águas Pluviais na cidade de Pelotas-RS'; 'Apoio ao desenvolvimento do Saneamento nos municípios da Zona Sul'; 'Determinação de Índices de Fragilidade Ambiental do entorno do Canal São Gonçalo'; 'Estudos Aplicados em Ciências Ambientais'; 'Fitorremediação de ambientes aquáticos contaminados por atividades antrópicas em Pelotas/RS'; 'Fortalecimento da Defesa Civil nos municípios da Região Sul'; 'Impactos das mudanças climáticas sobre a Agricultura no Estado do Rio Grande do Sul'; 'Prevenção e Mitigação de Inundações no Município de São Lourenço do Sul'; 'Qualidade de água e regionalização de vazões mínimas para o Estado do Rio Grande do Sul utilizando análise estatística'; 'Simulação analítica tridimensional da dispersão de poluentes em rios e canais utilizando transformadas integrais'. A sonda monitora parâmetros diferentes de qualidade da água, seu microprocessador permite medir simultaneamente vários parâmetros, e a Sonda analisa: Oxigênio dissolvido, condutividade, pH, turbidez, redox e temperatura, entre outros indicadores que são importantes ao meio ambiente. O PPGCAmb está em seu segundo ano de funcionamento; e tem hoje 10 Professores Permanentes. O PPG possui 16 alunos matriculados na primeira turma, e mais 17 alunos entrarão a partir de 27 de Março de 2018 (segunda turma do PPGCAmb). Então a nossa planilha está desatualizada a que enviamos, pois todos os nossos alunos não estarão no Sucupira até a submissão da Proposta. Ainda Contamos Caráter Multiusuário O Equipamento é utilizado para várias análises de vários projetos com relação a análise ambiental de todos os tipos de ambientes degradados ou impactados. O aparelho é portátil e analisa vários parâmetros em tempo real. Todos os pesquisadores e programas envolvidos terão acesso ao equipamento. O equipamento será compartilhado e com a tendência em ficar no Programa, e com a utilização a ser realizada com agendamento e cronograma de utilização, justificado com o projeto, se serão feitas análises semanalmente, mensalmente, etc.. Além disso, vários órgãos ambientais como a PATRAN, FEPAM e o IBAMA, corriqueiramente solicitam ajuda em análises físico-químicas de ambientes com atividade antrópica, e em muitas vezes fizemos outras análises possíveis e não conseguimos em algumas situações apontar a causa exata da contaminação ambiental, o qual os órgãos de fiscalização necessitam. Este equipamento fortalece estas atividades também.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Hugo Alexandre Soares Guedes - Integrante / Maurizio Silveira Quadro - Integrante / Andréa Souza Castro - Integrante / Daniela Buske - Integrante / Érico Kunde Corrêa - Integrante / Robson Andreazza - Coordenador / LUCIARA BILHALVA CORREA - Integrante / Tirzah Moreira Siqueira - Integrante / Simone Pieniz - Integrante / Gizele Ingrid Gadotti - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2018 - Atual

    Modelagem empírica de Clorofila-a combinando sensoriamento remoto orbital e dados in situ na Lagoa Mirim, RS, Brasil. Código COCEPE: 9064, Descrição: Os recursos hídricos são fundamentais para a manutenção da vida terrestre e dos serviços ecossistêmicos. Nesse sentido, as águas interiores representam uma importante fonte desses recursos, fornecendo habitats para animais e vegetais, formando componentes essenciais no ciclo global do carbono e outros nutrientes. No entanto, como diversos outros ecossistemas, lagos e rios estão ameaçados pelos efeitos sinérgicos de pressões antrópicas, como o enriquecimento de nutrientes e outras poluições orgânicas e inorgânicas, alterações climáticas, acidificação, estabelecimento e disseminação de espécies invasoras, entre diversos outros. Uma das principais ameaças às águas interiores é a eutrofização, que ocorre devido à poluição pelo excesso de nutrientes na água, que causam o afloramento de algas no corpo hídrico. Assim como as alterações morfológicas nos lagos, a eutrofização influencia a transparência da água, que por sua vez, influencia diretamente na disponibilidade de luz. A disponibilidade luminosa é fundamental para os processos biológicos, químicos e físicos em lagos, como a produção primária e a formação de macrófitas, as quais servirão como bioindicadores dos eventos de mudanças climáticas e alterações da qualidade da água. O esquema de amostragem baseado na coleta pontual de medições é um método que consome tempo, dinheiro e recursos humanos, não representando a variabilidade espacial de maneira contínua. Dessa forma, uma maneira de superar essas limitações é usando o sensoriamento remoto. O sensoriamento remoto oferece uma fonte significativa de informações que podem ser usadas em métodos para o monitoramento operacional em larga escala da qualidade da água. Neste contexto, o sensoriamento remoto óptico tem se tornado uma alternativa para auxiliar estudos de águas interiores, como lagos, devido à ampla faixa de imageamento e alta frequência de aquisição de dados para um contínuo monitoramento, tendo o potencial de complementar as abordagens convencionais de monitoramento in situ. Diante do exposto, torna-se importante o desenvolvimento de metodologias que otimizem o monitoramento da qualidade das águas interiores. A extensão da Lagoa Mirim favorece a utilização de dados de sensoriamento remoto para estudos de qualidade de água e, nesse contexto, o presente trabalho tem o objetivo de desenvolver um modelo empírico para o monitoramento da clorofila-a nesse local. Sendo assim, o projeto proposto tem como objetivo geral modelar empiricamente a clorofila-a combinando imagens dos sensores OLI/Landasat-8 e MSI/Sentinel-2 com dados in situ na Lagoa Mirim, localizada no extremo sul do Estado do Rio Grande do Sul, Brasil.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Hugo Alexandre Soares Guedes - Coordenador / ROSIMÉRI DA SILVA FRAGA - Integrante / Cássia Brocca Caballero - Integrante / MOZZARA OLIVEIRA DA FONSECA - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2018 - Atual

    Monitoramento da qualidade de água na Lagoa Mirim, RS, Brasil, utilizando dados de sensoriamento remoto. Código COCEPE: 9065, Descrição: A Lagoa Mirim está localizada na fronteira do Brasil com Uruguai, no sul do Rio Grande do Sul, tendo um regime de águas compartilhadas entre os dois países. A relevância dessa lagoa para a região sul decorre de sua utilização para navegação, irrigação, principalmente de arroz e utilização das margens com atividades de pecuária entre outras. A Lagoa Mirim é considerada a segunda maior lagoa do Brasil, e possui uma grande importância no aspecto econômico, social e ambiental. Em geral, dentre os fatores mais nocivos à saúde dos habitats estão a eutrofização, os contaminantes orgânicos e inorgânicos, as alterações morfológicas e os efeitos das mudanças climáticas, como acidificação e aumento da temperatura da água. A eutrofização, assim como as alterações morfológicas nos lagos, influência na transparência da água que é uma propriedade essencial e relaciona-se com a disponibilidade de luz. Considerando todos esses aspectos, é de suma importância a realização do monitoramento da qualidade da água sobre os mananciais. O sensoriamento remoto óptico tem se tornado uma alternativa para auxiliar estudos de águas interiores, como lagos, devido à ampla faixa de imageamento e alta frequência de aquisição de dados para um contínuo monitoramento. Os sensores orbitais ópticos como OLI/Landsat-8 e MSI/Sentinel-2, apresentam uma ótima oportunidade para pesquisas nas águas interiores. As características espectrais e espaciais aprimoradas dos dados destes sensores servem como base para aplicação no monitoramento da qualidade de água com grande êxito, visto que são aplicadas em várias pesquisas cientificas na atualidade. A Lagoa Mirim é relativamente rasa, em alguns locais no norte da lagoa a profundidade vária de 1 a 2 metros e mais ao sul pode chegar até 6 metros. Em decorrência da utilização para navegação, em alguns locais ocorre o processo de dragagem de sólidos, o que justifica o monitoramento de sólidos em suspensão nesse importante manancial. O monitoramento do fósforo é muito importante para controlar a eutrofização nas águas superficiais, embora na maioria dos estudos com uso do sensoriamento remoto esse elemento não seja considerado um constituinte opticamente ativo. No entanto, a concentração de fósforo pode estar correlacionada com as concentrações dos sólidos suspensos, matéria orgânica dissolvida colorida e com a clorofila-a. Sendo assim, é necessário o uso da correlação e regressão para estimar o valor do fósforo total, com o uso da análise multivariada. Desta forma, o projeto proposto tem como objetivo geral desenvolver um sistema para o monitoramento de parâmetros de qualidade de água na Lagoa Mirim, localizada no extremo sul do Estado do Rio Grande do Sul, utilizando os sensores OLI/Landsat-8 e MSI/Sentinel-2.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Hugo Alexandre Soares Guedes - Coordenador / ROSIMÉRI DA SILVA FRAGA - Integrante / Cássia Brocca Caballero - Integrante.

  • 2017 - 2018

    Regionalização de vazões mínimas para o Estado do Rio Grande do Sul utilizando análise estatística multivariada. Código COCEPE: 7658, Descrição: O projeto proposto tem como objetivo geral regionalizar as vazões mínimas Q90 e Q95, de referência para os processos de outorga, no Estado do Rio Grande do Sul, aplicando técnicas estatísticas multivariadas a partir de um conjunto de dados contendo variáveis fisiográficas: área de drenagem ? Ad, perímetro ? P, maior distância percorrida pela água ? L, comprimento total dos cursos d?água ? L, e declividade média ? SL na bacia e precipitação total anual ? Pa. Os objetivos específicos do projeto são: ? Verificar se as estações fluviométricas e pluviométricas localizadas no Estado do Rio Grande do Sul apresentam tendência temporal nos dados. ? Verificar a aplicabilidade da análise estatística multivariada na delimitação de regiões hidrologicamente homogêneas no Estado do Rio Grande do Sul. ? Identificar quais variáveis fisiográficas da bacia hidrográfica possuem mais interferência nas regiões homogêneas e, consequentemente, na estimativa das vazões mínimas no estado. ? Identificar por meio de regressões múltiplas, o melhor modelo de regionalização para cada região hidrologicamente homogênea.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Hugo Alexandre Soares Guedes - Coordenador / Samuel Beskow - Integrante / CARINA KRÜGER BORK - Integrante.

  • 2017 - 2018

    Análise estatística e geoestatística da precipitação total média no Estado do Rio Grande do Sul. Código COCEPE: 7659, Descrição: O projeto proposto tem como objetivo geral espacializar a precipitação pluvial anual e mensal, no Estado do Rio Grande do Sul, utilizando a krigagem como técnica geoestatística. Os objetivos específicos do projeto são: ? Verificar se as estações pluviométricas localizadas no Estado do Rio Grande do Sul apresentam tendência temporal nos dados. ? Verificar a aplicabilidade da análise geoestatística para a espacialização dos dados de precipitação no Estado do Rio Grande do Sul.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Hugo Alexandre Soares Guedes - Coordenador / Luis Carlos Timm - Integrante / CARINA KRÜGER BORK - Integrante / Tirzah Moreira Siqueira - Integrante.

  • 2016 - 2018

    Análise estatística multivariada como suporte para o estudo de qualidade de água na Bacia Hidrográfica da Lagoa Mirim - RS. Código COCEPE: 6686, Descrição: A qualidade da água de um rio pode ser influenciada por vários fatores, motivo pelo qual apresenta grande variabilidade. O desenvolvimento de diversas atividades antrópicas vem ocasionando uma elevada geração de águas residuais que, muitas vezes, são lançadas sem prévio tratamento em cursos hídricos em quantidades superiores ao seu potencial de autodepuração. A Bacia Hidrográfica da Lagoa Mirim está localizada entre os paralelos 31°30' e 34°30'S e entre os meridianos 52° e 56°O, correspondendo a uma superfície de aproximadamente 62.250 km2, dos quais 29.250 km2 (47%) em território brasileiro e 33.000 km2 (53%) em território uruguaio, constituindo uma bacia transfronteiriça onde prevalece o regime de águas compartilhadas. Nesta bacia é encontrada uma infinidade de usos dos recursos hídricos, os quais podem ser resumidos: drenagem, aterramento, retirada de água para irrigação de agricultura, reflorestamento, contaminação com esgotos domésticos e industriais, agrotóxicos e fertilizantes, utilização para navegação, sobre-pesca e ainda por invasão de espécies exóticas. O intenso uso da água e a poluição gerada na Bacia Hidrográfica da Lagoa Mirim contribuem para agravar sua escassez e resulta na necessidade crescente do acompanhamento das alterações da qualidade da água. Desta forma, conhecer a qualidade da água disponível é fundamental para a gestão dos recursos hídricos. Este conhecimento pode ser representado por meio de diversas variáveis de qualidade as quais traduzem suas principais características. A maneira geralmente utilizada pelos órgãos reguladores para tal é a realização periódica de campanhas de monitoramento. Entretanto, a continuidade e a periodicidade das campanhas são restritas em função dos custos e dificuldades envolvidas na operação e na manutenção de um sistema de monitoramento da qualidade da água. Normalmente, as campanhas de monitoramento analisam muitas variáveis e geram grandes quantidades de dados que são difíceis de analisar e interpretar, uma vez que as relações entre as variáveis são complexas. Diante da situação, abordagens multivariadas como Análise Fatorial (AF) e Análise de Componentes Principais (ACP), por exemplo, vêm sendo utilizadas para apoiar a gestão dos recursos hídricos e extrair informações significativas a partir dessas bases de dados. Sendo assim, o projeto proposto tem como objetivo geral aplicar técnicas estáticas multivariadas a partir de um conjunto de dados contendo parâmetros físicos, químicos e biológicos, a fim de avaliar a qualidade da água e identificar os grupos de poluição presentes na Bacia Hidrográfica da Lagoa Mirim. Os objetivos específicos do projeto são: ?Verificar se é possível a redução do número de variáveis qualitativas usando a técnica multivariada de Análise de Componente Fatorial (ACP). ?Verificar se existem grupos de poluição bem característicos na bacia a partir da Análise Fatorial e Análise de Agrupamento. ?Gerar um índice qualitativo por meio da Análise Fatorial e compará-lo com os demais índices consagrados na literatura.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Hugo Alexandre Soares Guedes - Coordenador / Rita de Cássia Fraga Damé - Integrante / Maurizio Silveira Quadro - Integrante / Cláudia Fernanda Almeida Teixeira Gandra - Integrante / Luana Nunes Centeno - Integrante / Robson Andreazza - Integrante / Samanta Tolentino Cecconello - Integrante / JOSIANE PINHEIRO FARIAS - Integrante / Mylena Feitosa Tormam - Integrante / Ana Luísa Lopes da Cunha Ferrão - Integrante.

  • 2016 - Atual

    Prevenção e Mitigação de Inundações no Município de São Lourenço do Sul. Código COCEPE: 7172, Descrição: O município de São Lourenço do Sul vêm sofrendo com eventos extremos continuamente, principalmente inundações. Parte da área urbana é suscetível as consequências desses eventos e com isso tem perdido sua qualidade de vida. Os eventos extremos não podem ser evitados, no entanto, pode-se buscar medidas preventivas e de minimização aos danos que esses possam causar. Essa pesquisa busca propor medidas preventivas e de mitigação de Inundações nesse município que venham a intervir no amortecimento de cheias principalmente na área urbana. Dessa forma, o objetivo geral é: propor medidas preventivas e delineamento de projetos de mitigação de Inundações no Município de São Lourenço do Sul. Os objetivos específicos são: a) Aquisição de dados planialtimétricos, geológicos, climáticos, de solo, de uso e ocupação do solo, hidrográficos, imagens de satélites da área de estudo, área e população atingida por inundações; b) Gerar mapas de índice de fragilidade ambiental do Município de São Lourenço do Sul.; c) Analise temporal das áreas identificadas com maior índice de fragilidade ambiental; d) Diagnóstico da situação da área urbana; e) Estudos Hidrológicos e Hidráulicos; f) Estudo de Alternativas de mitigação para inundação no município; e g) Preposição de projetos de revitalização das áreas problemáticas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) . , Integrantes: Hugo Alexandre Soares Guedes - Integrante / Maurizio Silveira Quadro - Integrante / TIRZAH MOREIRA DE MELO - Integrante / DIULIANA LEANDRO - Coordenador / Érico Kunde Corrêa - Integrante / Robson Andreazza - Integrante / AMAURI ANTUNES BARCELOS - Integrante / BRUNO MULLER VIEIRA - Integrante / LUCIARA BILHALVA CORREA - Integrante / WILLIAN CEZAR NADALETI - Integrante / GISANÁRA DORS - Integrante / GUSTAVO FARIAS LIMA - Integrante / LUIZA SOUZA DE PAULA - Integrante / MAYARA ZANCHIN - Integrante / MÉLORY MARIA FERNANDES DE ARAUJO - Integrante.

  • 2016 - Atual

    Simulação analítica tridimensional da dispersão de poluentes em rios e canais utilizando transformadas integrais. Código COCEPE: 10104013, Descrição: O objetivo do presente trabalho está na solução de um modelo tridimensional em regime permanente de dispersão de poluentes em rios e canais. A solução deste problema será obtida analiticamente pela técnica GILTT (do inglês ?Generalized Integral Laplace Transform Technique?), técnica esta que está bem estabelecida na literatura e tem sido aplicada com grande sucesso para modelar a dispersão de poluentes na atmosfera. Neste trabalho apresentaremos uma solução para um problema em regime permanente que modela a dispersão de poluentes em rios e canais. Este tipo de modelo tridimensional de transporte é normalmente utilizado para rios ou canais cuja profundidade tem um papel relevante no processo de difusão e advecção de massa. O poblema proposto será resolvido de forma totalmente analítica, com perfil de velocidade e coeficientes de difusão variáveis, utilizando as técnicas da transformada de Laplace e a técnica GILTT. Após a nova solução ser encontrada esta deverá ser testada com dados experimentais existentes na literatura. Atingindo os objetivos acima teremos disponível na literatura um modelo mais realístico para analisar a dispersão de poluente em rios e canais o que é de suma importância nos dias de hoje.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) . , Integrantes: Hugo Alexandre Soares Guedes - Integrante / Daniela Buske - Integrante / Régis Sperotto de Quadros - Coordenador.

  • 2016 - Atual

    Modelo hidrológico LASH: desenvolvimento e avaliação da segunda versão, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Samuel Beskow em 26/10/2016., Descrição: Tem sido presenciado no Brasil um panorama de crescimento pronunciado na população nas últimas décadas, podendo ser considerado como preocupante no que concerne a recursos naturais. Visando acompanhar esta tendência e não prejudicar a continuidade do crescimento econômico do país, torna-se necessário o aproveitamento dos recursos hídricos de forma sustentável, evidenciando a importância da gestão da água em bacias hidrográficas. A área de Hidrologia é essencialmente dependente de informações hidrológicas, visto que estas permitem avaliar o comportamento da bacia hidrográfica e, consequentemente, tomar decisões referentes ao planejamento, aproveitamento e controle de recursos hídricos. A realidade brasileira, no contexto de monitoramento hidrológico, é de uma quantidade insuficiente de postos e séries de curta extensão. Todavia, é bastante comum a necessidade de gestão em bacias não monitoradas. Neste aspecto, os profissionais que atuam na área de recursos hídricos necessitam dispor de ferramentas, condizentes com a realidade da região em questão e com a disponibilidade de informações. Uma área que tem sido explorada nas últimas décadas é a de desenvolvimento de modelos de simulação hidrológica, bastante impulsionada pela carência de dados hidrológicos no mundo, tendo estes modelos inúmeras aplicações. Dentre os existentes na literatura, deve ser dado destaque para o modelo hidrológico LASH, desenvolvido através de uma parceria entre a Universidade Federal de Lavras e a Purdue University, por intermédio do National Soil Erosion Research Laboratory, onde o coordenador do referido projeto trabalhou no seu doutorado sanduíche no desenvolvimento deste modelo. O LASH foi aplicado com sucesso em bacias hidrográficas das regiões sudeste e norte do Brasil, sendo os resultados destes estudos publicados em periódicos nacionais e internacionais de alto fator de impacto na área de Hidrologia. Com os resultados promissores oriundos do modelo hidrológico LASH e a amplitude de aplicações do modelo, tem havido o interesse de outros pesquisadores na aplicação para bacias hidrográficas de diferentes localidades. Sob estes aspectos, considera-se haver fortes razões para dar continuidade ao desenvolvimento e aplicação do LASH. O objetivo deste projeto é aprimorar o modelo LASH, incorporando diversos módulos que o tornarão aplicável por profissionais, empresas, instituições públicas, associações de usuários e comitês de bacias. Do ponto de vista computacional, serão empregados a linguagem de programação Delphi, o Sistema de Informações Geográficas (SIG) ArcGIS, bem como a linguagem de programação Python. A avaliação da segunda versão do LASH será realizada a partir de informações de duas importantes bacias hidrográficas do sul do Rio Grande do Sul, no contexto social e econômico: as bacias hidrográficas dos arroios Pelotas e Fragata. Serão consideradas, nestas duas bacias, as etapas de calibração, validação e simulação dos impactos de mudanças de uso do solo e de mudanças climáticas sobre os principais processos hidrológicos. Ainda será avaliado o desempenho do LASH em duas sub-bacias da bacia hidrográfica do arroio Pelotas. Espera-se constituir uma ferramenta para simulação hidrológica passível de ser empregada na tomada de decisões e gestão de recursos hídricos em bacias hidrográficas brasileiras, permitindo o desenvolvimento sustentável, especialmente em regiões com carência de monitoramento hidrológico.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Hugo Alexandre Soares Guedes - Integrante / Samuel Beskow - Coordenador / Vitor Emanuel Quevedo Tavares - Integrante / Luis Carlos Timm - Integrante / Carlos Rogério de Mello - Integrante / Lessandro C. Faria - Integrante / ADILSON L BAMBERG - Integrante / Alberto Colombo - Integrante / Marcelo R. Viola - Integrante / Luís Eduardo Akiyoshi Sanches Suzuki - Integrante / Reginaldo Galski Bonczynski - Integrante / Matheus F. Durães - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2015 - 2018

    Análise ambiental da bacia do Arroio Pelotas. Código COCEPE: 6315, Descrição: A Bacia Hidrográfica do Arroio Pelotas (BHAP) está localizada entre os municípios de Canguçu, Arroio do Padre, Morro Redondo e Pelotas, apresentando uma área total de aproximadamente 910 Km. Assim como todas as bacias hidrográficas, a BHAP sofre interferência antrópica e apresenta alterações das suas condições naturais provocadas pelo processo de urbanização em áreas de preservação permanente (APP), da expansão dos cultivos de arroz e pecuária, da extração de areia, da pesca e lazer e da poluição dos corpos d`água, através do despejo de esgotos domésticos e industriais. O Arroio Pelotas é o manancial que mais fornece água bruta para o Serviço Autônomo de Saneamento de Pelotas ? SANEP para abastecer o município de Pelotas através da ETA Sinnott a qual abastece os bairros: Pestano, Sanga Funda, Areal, Jardim Europa, COHAB Tablada, COHAB Lindóia, Santa Rita de Cássia, Getúlio Vargas e Balneário Santo Antônio. Dessa maneira, torna-se de suma importância a pesquisa ambiental voltada à fragilidade ambiental e a qualidade da água, pois a descarga de esgotos e lançamento de resíduos sólidos, assim como o uso de agroquímicos nas lavouras contribuem para a contaminação do ambiente aquático com uma gama de substâncias tóxicas como os poluentes orgânicos persistentes e metais pesados que provocam a biomagnificação na cadeia trófica (ARNDT, 2011). A análise ambiental dos ambientes impactados pelos processos de ocupação pelo homem, tanto urbanos quanto rurais, influenciam diretamente na qualidade ambiental da região. Para uma análise destas áreas, uma análise criteriosa de imagens de satélite proporciona muitas informações importantes para avaliar a ocupação e uso do solo e da água. Além disso, a análise físico-química da água pode identificar alguns tipos de contaminantes específicos que as análises de imagem não conseguem determinar. A análise multivariada e com o máximo de informações sobre as áreas da Bacia do Arroio Pelotas pode identificar vários pontos de fragilidade, e com isso, nos dar subsídios técnicos e científicos para a recuperação das áreas degradadas e melhorar a ocupação dos recursos naturais, tanto do solo e da água. Assim, o objetivo deste projeto é analisar a qualidade ambiental da Bacia do Arroio Pelotas, RS, para propor uma avaliação das áreas de preservação permanente e recuperação de áreas degradadas quando necessário.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Hugo Alexandre Soares Guedes - Integrante / Maurizio Silveira Quadro - Integrante / Andréa Souza Castro - Integrante / TIRZAH MOREIRA DE MELO - Integrante / DIULIANA LEANDRO - Integrante / Robson Andreazza - Coordenador / AMAURI ANTUNES BARCELOS - Integrante.

  • 2015 - 2017

    Impactos das Mudanças Climáticas sobre a Agricultura no Estado do Rio Grande do Sul. Código COCEPE: 5492, Descrição: Este projeto de pesquisa visa à realização de estudos das influências das mudanças climáticas sobre a agricultura no Estado do Rio Grande do Sul. Estes efeitos serão avaliados através da estimativa das demandas de água futuras para irrigação. Para tanto, serão utilizadas técnicas de simulação com um modelo agro-hidrológico em conjunto com projeções de variáveis climáticas para o período de 2011-2100 geradas por modelos climáticos consolidados pelo Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC). Assim sendo, o produto final desta pesquisa pretende não somente responder se a tendência futura de demanda de água pela agricultura é de aumento ou diminuição, mas também colaborar nos processos de gestão e tomada de decisões, bem como de adaptação do setor agrícola frente a um clima em mudança. Objetivo: Detectar evidências de mudanças climáticas previstas sobre a agricultura no Rio Grande do Sul até o final do século, indicando se é provável de ter impactos positivos ou negativos e em que intensidade poderão ocorrer. Esta avaliação será feita por meio das estimativas das demandas futuras de água para irrigação e outras análises que venham a ser necessárias.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (11) . , Integrantes: Hugo Alexandre Soares Guedes - Integrante / Andréa Souza Castro - Integrante / TIRZAH MOREIRA DE MELO - Coordenador / DIULIANA LEANDRO - Integrante / CARINA KRÜGER BORK - Integrante / DAIANA FONSECA BIERHALS - Integrante.

  • 2015 - 2017

    Tendências na precipitação no estado do Rio Grande do Sul e suas relações com a temperatura do oceano. Código COCEPE: 7045, Descrição: As alterações climáticas e as suas implicações para a humanidade tem sido alvo de grandes pesquisas da comunidade científica nos últimos anos, principalmente em relação à variabilidade climática e ao possível aumento de eventos de precipitações intensas. O conhecimento da existência, ou inexistência, de tendências nas séries de precipitação no estado do Rio Grande do Sul tem se mostrado cada vez mais importante, principalmente devido às ocorrências de enchentes e secas ocorridas nos últimos anos. Dessa forma, o objetivo do trabalho é analisar dados de séries temporais advindos de estações climatológicas no estado do Rio Grande do Sul buscando identificar tendências na precipitação associando-as com as anomalias de temperatura provocadas pelos eventos de El-Nio e La-Nia. Este trabalho é de fundamental importância para o estado do Rio Grande do Sul, uma vez que alterações no clima poderão influenciar o setor socioeconômico, a produção agrícola, a população, assim como, causar sérios impactos ambientais. As informações das estações pluviométricas, distribuídas em todo o estado do Rio Grande do Sul, serão obtidas junto ao banco de dados hidrometeorológicos da Agência Nacional de Águas (ANA), disponibilizado pelo HidroWeb ? Sistema de Informações Hidrológicas. Após o condicionamento dos dados no software PROCEDA, as séries pluviométricas serão submetidas à análise estatística utilizando o teste não paramétrico de Mann-Kendall. Para isso será utilizado o software TREND. A influência das anomalias de temperatura provocadas pelos efeitos de El Nio e La Nia será feita correlacionando os dados de chuva com os dados de temperatura do Oceano Pacífico Equatorial, disponibilizados pelo National Oceanic and Atmospheric Administration (NOAA). Espera-se com esse trabalho Identificar as estações pluviométricas que tiveram durante o período de dados utilizados tendência monotônica e como elas se distribuem no estado do Rio Grande do Sul, gerando um mapa ilustrativo, além de Verificar as correlações positivas e negativas da relação entre as anomalias de temperatura com os dados de chuva, interpretando se essas correlações estão relacionadas com as mudanças climáticas ou se são eventos naturais causados na região.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Hugo Alexandre Soares Guedes - Coordenador / Rita de Cássia Fraga Damé - Integrante / Cláudia Fernanda Almeida Teixeira Gandra - Integrante / Andréa Souza Castro - Integrante / TIRZAH MOREIRA DE MELO - Integrante / Luana Nunes Centeno - Integrante.

  • 2015 - 2016

    Modelagem hidrológica chuva-vazão e propagação de cheias na Bacia Hidrográfica do Arroio São Lourenço - RS. Código COCEPE: 5645, Descrição: O grande crescimento das cidades, as alterações dos cursos d?águas e o acelerado processo de urbanização vêm agravando, cada vez mais, os problemas como inundações e enchentes. As altas ocorrências de eventos chuvosos, associadas aos sistemas de drenagem incapazes de transportar as vazões geradas no escoamento superficial vêm revelando a necessidade de medidas que amortecem os grandes problemas causados durante esses períodos. Para retardar a propagação de cheias no sistema de drenagem, vem se tornando comum a implantação de dispositivos de controle como canais de desvio, reservatórios de detenção e retenção de água. Com objetivo de analisar a viabilidade técnica da implantação de uma bacia de detenção na bacia do Arroio São Lourenço será utilizado o modelo hidrológico chuva-vazão para estimar o hidrograma de escoamento superficial. Posteriormente, o amortecimento do pico de cheias será calculado por meio do método de Pulz, de propagação de cheias em reservatórios. Espera-se com os resultados encontrados obter os parâmetros calibráveis que caracterizam o solo e o escoamento na bacia do Arroio São Lourenço, conseguir o amortecimento satisfatório das ondas de cheia pelo método utilizado e, com isso, tornar viável a aplicação da bacia de detenção na área de estudo.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Hugo Alexandre Soares Guedes - Coordenador / Rita de Cássia Fraga Damé - Integrante / Maurizio Silveira Quadro - Integrante / Samuel Beskow - Integrante / Cláudia Fernanda Almeida Teixeira Gandra - Integrante / Andréa Souza Castro - Integrante / Maíra Martim de Moura - Integrante / Vitor Borges Osório - Integrante.

  • 2014 - 2015

    Estudo geoespacial da bacia hidrográfica do Arroio Pelotas (RS) utilizando a ferramenta ArcHydro. Código COCEPE: 4184, Descrição: O projeto tem como objetivo principal modelar o relevo e os padrões de hidrografia da bacia do Arroio Pelotas (RS) utilizando a ferramenta ArcHydro, do software ArcGIS, visando armazenar as informações obtidas em um banco de dados geográficos. A modelagem será capaz de viabilizar os estudos ambientais futuros a serem realizados no Arroio Pelotas (RS). O produto principal será a implementação do cadastro de informações de relevo e hidrografia da bacia em um banco de dados geográfico podendo ser consultado em diversos estudos hidrológicos, de qualidade de água, monitoramento quali-quantitativo dos recursos hídricos, licenciamentos ambientais, que apresentem a necessidade de dados espaciais nas suas abordagens. Além disso, serão gerados mapas altimétricos, de declividade, hidrográficos entre outros.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Hugo Alexandre Soares Guedes - Coordenador / Rita de Cássia Fraga Damé - Integrante / Cláudia Fernanda Almeida Teixeira Gandra - Integrante / Kássia Regina Bazzo - Integrante., Financiador(es): Universidade Federal de Pelotas - Bolsa., Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1

  • 2014 - Atual

    Predição Sazonal da Seca para Suporte às Decisões Agrícolas no Estado do RS. Código COCEPE: 6469, Descrição: O presente projeto tem como objetivo geral identificar e caracterizar o comportamento da seca, com fins de predição sazonal, para servir de apoio a decisões no que tange as safras agrícolas do estado do Rio Grande do Sul. Objetivos específicos: a) Realizar o levantamento das estações climatológicas existentes no estado do RS, que contenham informações de precipitação e de clima, com um período comum. b) Analisar as séries de dados diários de precipitação (P) a partir da contagem de dias secos (P = 0 mm). c) Estabelecer regiões no estado de mesmo comportamento hidrológico em relação ao número de dias de P = 0 mm, caracterizando-as como homogêneas. d) Aplicar metodologias de identificação de tendência e de independência às séries de dados. e) Avaliar a sensibilidade do Índice Padronizado de Precipitação (SPI) e do Índice de Severidade de Seca de Palmer (PDSI) à capacidade de água disponível do solo e à evapotranspiração potencial. f) Ajuste das séries de precipitações mínimas diárias anuais aos modelos teóricos de probabilidade. g) Ajuste dos parâmetros da cadeia de Markov de dois estados (seco/úmido) para simular as séries de precipitação, com N simulações, e a partir destas confirmar as regiões homogêneas no RS com o mesmo comportamento hidrológico, em relação ao número de dias de P = 0 mm. h) Ajustar um modelo de probabilidade às séries de dados de precipitação mínima diária anual e simuladas. i) Realizar o zoneamento agrícola das três principais culturas de produção significativa no estado, com base em informações de classes de seca.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Hugo Alexandre Soares Guedes - Integrante / Rita de Cássia Fraga Damé - Integrante / Maurizio Silveira Quadro - Integrante / Cláudia Fernanda Almeida Teixeira Gandra - Coordenador / Rodrigo Rizzi - Integrante / Marcelo Hartwig - Integrante / Luis Carlos Timm - Integrante / Fioravante Jaekel dos Santos - Integrante / Jacira Porto dos Santos - Integrante / Pamela Bilhafan Disconzi - Integrante / Gisele Machado da Silva - Integrante., Financiador(es): Universidade Federal de Pelotas - Bolsa.

  • 2013 - 2016

    Análise das pressões extremas em bacias de dissipação por ressalto hidráulico com baixo Número de Froude, Descrição: Projeto de Pesquisa aprovado no Edital MCTI/CNPq N 14/2013 - Universal, Faixa A - até R$ 30.000,00 O projeto tem como objetivo geral analisar o comportamento das pressões extremas, com diferentes probabilidades de ocorrência, em bacias de dissipação por ressalto hidráulico com baixo Número de Froude (inferior ou igual a 5,0) na seção de entrada do ressalto. Os objetivos específicos são: a) A partir dos dados obtidos por Souza (2012), determinar os valores amostrais de pressão, com diferentes probabilidades de ocorrência; b) A partir dos ressaltos hidráulicos ensaiados por Souza (2012), estimar os valores de pressões extremas utilizando as metodologias apresentadas por Teixeira (2003) e Dai Prá (2011); e c) Comparar valores extremos de pressão determinados a partir dos ensaios efetuados por Souza (2012) com as estimativas baseadas nas metodologias propostas por Teixeira (2003) e Dai Prá (2011).. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Hugo Alexandre Soares Guedes - Integrante / Eder Daniel Teixeira - Coordenador / Marcelo Giulian Marques - Integrante / Luiz Augusto Magalhães Endres - Integrante / Daniela Guzzon Sanagiotto - Integrante / Carlos Barreira Martinez - Integrante / Edna Maria de Faria Viana - Integrante / Maurício Dai Prá - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - 2014

    Desenvolvimento de Modelo Digital de Elevação Hidrograficamente Condicionado para a Bacia Hidrográfica do Arroio Pelotas (RS). Código COCEPE: 30104009, Descrição: O objetivo principal do projeto proposto se fundamenta no desenvolvimento de um Modelo Digital de Elevação Hidrograficamente Condicionado (MDEHC) capaz de viabilizar os estudos ambientais a serem realizados no Arroio Pelotas (RS). Os objetivos específicos do projeto são: a) Gerar os MDEHCs a partir de dados orbitais e técnicas de geoprocessamento; b) Validar os MDEHCs; c) Analisar a disponibilidade de dados pluviométricos e fluviométricos; e d) Caracterizar fisicamente a bacia hidrográfica do Arroio Pelotas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Hugo Alexandre Soares Guedes - Coordenador / Rita de Cássia Fraga Damé - Integrante / Cláudia Fernanda Almeida Teixeira - Integrante / Sarah Veeck - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 4 / Número de orientações: 1

  • 2011 - 2013

    Modelagem hidrodinâmica e análise ecohidrológica como ferramenta de gestão sustentável dos recursos hídricos, Descrição: Agente Financiador: CNPq (Processo N: 483862/2011-8) . Edital Universal CNPq 14/2011. Valor financiado: R$49.669,26.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Hugo Alexandre Soares Guedes - Integrante / Celso Bandeira de Melo Ribeiro - Integrante / Demetrius David da Silva - Coordenador / Michel Castro Moreira - Integrante / Mauro Aparecido Martinez - Integrante / Jorge Abdala Dergam dos Santos - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 5

  • 2010 - 2011

    Estudo do regime de vazões ecológicas e elaboração do ecohidrograma na bacia do Rio Pomba, Descrição: Agente financiador: CNPq (Processo n 556277/2009-0). Edital MCT/CNPq/CT-HIDRO N 22/2009 - (GM/GD/PDJ). Valor financiado: R$ 28.800,00. O objetivo principal do projeto se fundamenta no desenvolvimento de um modelo capaz de gerenciar, em termos hidrológicos e ecológicos, os recursos hídricos para a bacia do Rio Pomba.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Hugo Alexandre Soares Guedes - Integrante / Demetrius David da Silva - Coordenador / Camila Reis Gomes - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2009 - 2012

    Modelagem Ecohidrológica como Ferramenta de Gestão dos Recursos Hídricos, Descrição: Agente financiador: CNPq (Processo n 554129/2009-4). Edital MCT/CNPq N 70/2008 - Mestrado/Doutorado. Valor financiado: R$ 52.656,00. O objetivo principal do projeto se fundamenta no desenvolvimento de um modelo capaz de gerenciar, em termos hidrológicos e ecológicos, os recursos hídricos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Hugo Alexandre Soares Guedes - Integrante / Demetrius David da Silva - Coordenador / Camila Reis Gomes - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2006 - 2008

    Gestão integrada da Quantidade e Qualidade de Água na Bacia Hidrográfica do Rio Pomba. Agente financiador: CNPq (Processo n 470698/2006-3). Edital Universal MCT/CNPq n 02/2006. Valor financiado: R$ 35.000,00. Integrante do projeto., Descrição: Neste projeto realizou-se uma campanha de campo com coletas de amostras para análises de qualidade de água, no período seco do ano, com intuito de tentar calibrar o modelo matemático QUAL2Kw. A vazão nas seções de coleta foi alcançada por meio das estações fluviométricas encontradas no trecho de estudo. Com isso realizou-se cenários hipotéticos com intuito de planejar e gerenciar os recursos hídricos local em situações extremas de poluição no curso de água.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Hugo Alexandre Soares Guedes - Integrante / José Homero Pinheiro Soares - Integrante / Celso Bandeira de Melo Ribeiro - Integrante / Antônio Teixeira de Matos - Integrante / Demetrius David da Silva - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Universidade Federal de Juiz de Fora - Cooperação / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa., Número de produções C, T & A: 3

  • 2006 - 2007

    Avaliação da Capacidade de Transporte e Dispersão do Rio Paraibuna utilizando Traçadores Fluorescentes através da Convolução de Taylor. Trecho: Distrito Industrial a UHE Marmelos, Descrição: Avaliar a capacidade de transporte e dispersão de poluentes do Rio Paraibuna. Quantificou-se, por meio de traçadores fluorescentes, a velocidade de escoamento, o coeficiente de dispersão longitudinal e a vazão (balanço de massa). Foram realizadas duas campanhas de campo utilizando traçadores fluorescentes para duas condições de vazão do corpo d'água. Com as informações obtidas, modelou-se um software, em plataforma Delphi, para quantificar a velocidade média e o coeficiente de dispersão longitudinal para qualquer seção do Rio Paraibuna.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (1) . , Integrantes: Hugo Alexandre Soares Guedes - Integrante / José Homero Pinheiro Soares - Coordenador / Ana Cristina Junqueira Ribeiro - Integrante / Felipe La Rocca - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa., Número de produções C, T & A: 3

  • 2005 - 2006

    Avaliação da Capacidade de Transporte e Dispersão do Rio Paraibuna utilizando Traçadores Fluorescentes. Trecho: Distrito Industrial a UHE Marmelos - Juiz de Fora, Descrição: Avaliar a capacidade de transporte e dispersão de poluentes do Rio Paraibuna. Quantificou-se, por meio de traçadores fluorescentes, a velocidade de escoamento, o coeficiente de dispersão longitudinal e a vazão (balanço de massa). Foram realizadas duas campanhas de campo utilizando traçadores fluorescentes para duas condições de vazão do corpo d'água.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Hugo Alexandre Soares Guedes - Integrante / José Homero Pinheiro Soares - Coordenador / Ana Cristina Junqueira Ribeiro - Integrante / Vitor José Melo Soares - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa., Número de produções C, T & A: 5

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2020

PATRONO DOS FORMANDOS DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL (Janeiro/2020)., Universidade Federal de Pelotas.

2019

PATRONO DOS FORMANDOS DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL (Fevereiro/2019)., UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS.

2019

Trabalho premiado com a 2ª colocação (Categoria Mestrado) no XXIII SBRH 2019 (Prêmio Jovem Pesquisador Edição Prof. Rubem La Laina Porto), Associação Brasileira de Recursos Hídricos.

2018

PATRONO DOS FORMANDOS DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL (Março/2018)., UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS..

2017

PARANINFO DOS FORMANDOS DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL (janeiro/2017), UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS.

2017

PARANINFO DOS FORMANDOS DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL (setembro/2017), Universidade Federal de Pelotas.

2016

PARANINFO DOS FORMANDOS DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL (fevereiro/2016), UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS.

2015

PROFESSOR HOMENAGEADO DOS FORMANDOS EM ENGENHARIA CIVIL (janeiro/2015), UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS.

2007

ESTUDANTE DESTAQUE DOS FORMANDOS EM ENGENHARIA CIVIL (julho/2007), UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de Pelotas, Unidades e Cursos de Graduação, Centro de Engenharias (CENG). , Rua Benjamin Constant, 989, Porto, 96010020 - Pelotas, RS - Brasil, Telefone: (53) 32841614, Ramal: 1614, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2019 - Atual

Universidade Federal de Pelotas

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto IV, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2017 - 2019

Universidade Federal de Pelotas

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto III, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2015 - 2017

Universidade Federal de Pelotas

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto II, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2013 - 2015

Universidade Federal de Pelotas

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto I, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 08/2015

    Ensino, Recursos Hídricos, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, 1118173 - Qualidade de água em bacias hidrográficas (Regente), 1110097 - Planejamento e Gestão de Recursos Hídricos

  • 05/2015

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Unidades e Cursos de Graduação, Centro de Desenvolvimento Tecnológico (CDTec).,Cargo ou função, Membro integrante do Colegiado do Programa de Pós-Graduação em Recursos Hídricos, segundo a Portaria n. 669, de 13/05/2015..

  • 10/2014

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Unidades e Cursos de Graduação, Centro de Engenharias (CENG).,Cargo ou função, Membro integrante do Colegiado do curso de Engenharia Civil, segundo as Portaria n. 2.044, de 29/10/2014 e n° 2.098, de 07/11/2014 (retificadora)..

  • 08/2014

    Ensino, Engenharia Civil, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, 1640075 - Drenagem Urbana (Regente), 15000389 - Planejamento e Gestão de Recursos Hídricos (Regente)

  • 01/2014

    Pesquisa e desenvolvimento , Unidades e Cursos de Graduação, Centro de Desenvolvimento Tecnológico (CDTec).,Linhas de pesquisa

  • 11/2013

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Unidades e Cursos de Graduação, Centro de Engenharias (CENG).,Cargo ou função, Membro integrante do Núcleo Docente Estruturante (NDE) do curso de Engenharia Civil, segundo a Portaria n. 2.479, de 28/11/2013..

  • 10/2013

    Ensino, Centro de Engenharias, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, 15000301 - Hidráulica (Regente), 15000406 - Sistemas Urbanos de Água (Regente)

  • 07/2013

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Unidades e Cursos de Graduação, Centro de Engenharias (CENG).,Cargo ou função, Membro integrante da Comissão para análise e seleção dos pedidos de Reopção, Reingresso e Transferência para o curso de Eng Civil da UFPel, segundo a Portaria 02, de 04/07/2019..

  • 03/2016 - 07/2019

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Unidades e Cursos de Graduação, Centro de Engenharias (CENG).,Cargo ou função, Membro integrante da Comissão de Estágio em Vivência no curso de Eng Civil da UFPel..

  • 03/2016 - 12/2018

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Unidades e Cursos de Graduação, Centro de Engenharias (CENG).,Cargo ou função, Membro integrante da Comissão de Trabalho de Graduação no curso de Eng Civil da UFPel..

  • 05/2013 - 12/2018

    Ensino, Centro de Engenharias, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, 0570066 - Mecânica dos Fluidos (Regente), 0570150 - Drenagem Urbana e Rural (Colaborador), 1630011 - Tratamento de Água e Esgoto (Regente)

  • 03/2016 - 02/2017

    Pesquisa e desenvolvimento , Unidades e Cursos de Graduação, Instituto de Física e Matemática (IFM).,Linhas de pesquisa

  • 03/2015 - 12/2016

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação.,Cargo ou função, Membro integrante do Comitê Institucional de Bolsas de Iniciação científica/UFPel 2015-2016, segundo a Portaria n 419, de 31/03/2015.

  • 10/2015 - 10/2015

    Treinamentos ministrados , Unidades e Cursos de Graduação, Centro de Engenharias (CENG).,Treinamentos ministrados, Palestra "Utilização de SIG no Gerenciamento Integrado dos Recursos Hídricos" no VI Semana Acadêmica de Engenharia Ambiental e Sanitária, 26 a 30 de Out. em Pelotas (RS)

  • 05/2013 - 07/2015

    Ensino, Recursos Hídricos, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, 1118169 - Hidrometeorologia (Regente)

  • 08/2014 - 06/2015

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Unidades e Cursos de Graduação, Centro de Engenharias (CENG).,Cargo ou função, Membro integrante da Comissão de Avaliação Docente no curso de Eng Civil da UFPel..

  • 09/2014 - 09/2014

    Treinamentos ministrados , Unidades e Cursos de Graduação, Centro de Engenharias (CENG).,Treinamentos ministrados, Palestra "Gestão de Recursos Hídricos" no V Semana Acadêmica de Engenharia Ambiental e Sanitária, 22 a 26 de Set. em Pelotas (RS)

  • 08/2014 - 09/2014

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação.,Cargo ou função, Comissão Organizadora do XVI Encontro de Pós-Graduação realizado na Universidade Federal de Pelotas, no período de 8 a 12 de setembro de 2014, com o total de 80 horas..

2011 - 2013

Universidade Federal de Viçosa

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 40

2009 - 2013

Universidade Federal de Viçosa

Vínculo: Pesquisa e Desenvolvimento, Enquadramento Funcional: Pesquisador doutorando, Carga horária: 40

2007 - 2009

Universidade Federal de Viçosa

Vínculo: Pesquisa e Desenvolvimento, Enquadramento Funcional: Pesquisador mestrando, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 09/2011 - 01/2013

    Ensino, Engenharia Agrícola e Ambiental, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, ENG 341 - Hidráulica, ENG 342 - Hidrologia, ENG 446 - Planejamento e Gestão de Recursos Hídricos

  • 08/2009 - 01/2013

    Ensino, Engenharia Agrícola e Ambiental, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, ENG 341 - HIDRÁULICA PRÁTICA

  • 03/2008 - 12/2008

    Ensino, Engenharia Agrícola e Ambiental, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, ENG 341 - HIDRÁULICA PRÁTICA

2005 - 2007

Universidade Federal de Juiz de Fora

Vínculo: Pesquisa e Desenvolvimento, Enquadramento Funcional: Pesquisador PIBIC/FAPEMIG, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Foi bolsista de iniciação científica no período de março/2006 a fevereiro/2007, no Programa Institucional de Bolsas de Iniação Científica (PROBIC), Convênio FAPEMIG/ UFJF, com carga horária semanal de 20 horas, tendo como orientador o Professor Dr. José Homero Pinheiro Soares. Nesta oportunidade tornou-se possível desenvolver dois Projetos. Título do Primeiro Projeto: AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE DE TRANSPORTE E DISPERSÃO DO RIO PARAIBUNA UTILIZANDO TRAÇADORES FLUORESCENTES - TRECHO: DISTRITO INDUSTRIAL A UHE MARMELOS - JUIZ DE FORA; Título do Segundo Projeto: AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE DE TRANSPORTE E DISPERSÃO DO RIO PARAIBUNA UTILIZANDO TRAÇADORES FLUORESCENTES ATRAVÉS DA CONVOLUÇÃO DE TAYLOR - TRECHO: DISTRITO INDUSTRIAL A UHE MARMELOS.

2007 - 2007

Prefeitura de Juiz de Fora

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 05/2007 - 07/2007

    Estágios , Agência de Gestão Ambiental de Juiz de Fora - AGENDAJF, .,Estágio realizado, Realizado no Departamento de Educação Ambiental e Proteção dos Recursos Naturais.