JOSÉ MANOEL MARTINS

Possui Graduação em Ciência e Tecnologia de Laticínios, Mestrado e Doutorado em Ciência e Tecnologia de Alimentos pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). Foi Professor Substituto da UFV e Assessor Técnico Administrativo da EMATER/MG, desenvolvendo e coordenando projetos na área de leite e derivados com enfoque na agricultura familiar. É Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais - Campus Rio Pomba e Coordenador do Curso Superior de Ciência e Tecnologia de Laticínios. Foi Diretor de Extensão e Gerente Educacional de Tecnologia em Alimentos do Campus Rio Pomba. Atualmente é o Coordenador da Empresa Júnior do curso de Ciência e Tecnologia de Laticínios (Nova Lácteos). Além de Professor, é Extensionista e Pesquisador com experiência em Química, Física, Físico-Química, Bioquímica e Microbiologia de Leite e Derivados, desenvolvendo projetos de parceria público/privada na área de queijos industriais e artesanais.

Informações coletadas do Lattes em 14/11/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Ciência e Tecnologia de Alimentos

2002 - 2006

Universidade Federal de Viçosa
Título: Características físico-químicas e microbiológicas durante a maturação do queijo Minas artesanal da região do Serro.
Célia Lúcia de Luces Fortes Ferreira.. Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais, FAPEMIG, Brasil. Palavras-chave: Queijo artesanal do Serro; Maturação; Microbiologia; Físico-química; Boas práticas de fabricação; Microscopia. Grande área: Ciências AgráriasSetores de atividade: Desenvolvimento Rural; Qualidade e Produtividade; Outro.

Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos

1999 - 2001

Universidade Federal de Viçosa
Título: Mussarela semi fundida: uma nova alternativa de produção.,Ano de Obtenção: 2001
Mauro Mansur Furtado..Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Doble Crema; Escurecimento não-enzimático; Fermentação; Filagem; Propriedades funcionais; Queijo Mussarela. Grande área: Ciências AgráriasSetores de atividade: Qualidade e Produtividade; Ensaios de Materiais e de Produtos; Análise de Qualidade.

Graduação em Tecnologia de Laticínios

1994 - 1999

Universidade Federal de Viçosa
Título: Queijo Mussarela: uma alternativa tecnológica para se evitar o escurecimento não-enzimático.
Orientador: Mauro Mansur Furtado.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais, FAPEMIG, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2018 - 2018

Curso de Mestre Queijeiro. (Carga horária: 30h). , GlobalFood Advanced Food Technology, GLOBALFOOD, Brasil.

2017 - 2017

Curso de formação em cura de queijos artesanais. (Carga horária: 16h). , Sindicato dos Produtores Rurais do Serro, SPRS, Brasil.

2014 - 2014

Estatística aplicada a ciência de alimentos.. (Carga horária: 28h). , Instituto Federal de Educação Ciên. e Tec. do SE de MG, Campus Rio Pomba., IFSEMG-RIO POMBA, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Tecnologia de Alimentos/Especialidade: Tecnologia de Produtos de Origem Animal.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Ciência de Alimentos/Especialidade: Química, Física, Fisico-Química e Bioquímica dos Alim. e das Mat-Primas Alimentares.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Ciência de Alimentos/Especialidade: Avaliação e Controle de Qualidade de Alimentos.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Engenharia de Alimentos/Especialidade: Instalações Industriais de Produção de Alimentos.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Ciência de Alimentos/Especialidade: Microbiologia de Alimentos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

MARTINS, J. M. . Curso de Mestre Queijeiro. 2018. (Outro).

MARTINS, J. M. . XII Dia do Leite. 2018. (Outro).

MARTINS, J. M. . III Mesa Redonda: Abordagem acadêmica, profissional e pessoal de um laticinista recém-formado.. 2018. (Outro).

MARTINS, J. M. . XI Dia do Leite. 2017. (Outro).

MARTINS, J. M. ; MARTINS, A. O. D. ; MARTINS, M. L. ; BENEVENUTO, W. C. A. N. ; MARTINS, E. M. F. ; SOARES, B. G. ; SILVA, R. R. ; SILVA, M. H. L. ; SILVA, V. R. O. . VIII Fórum de Laticínios, VII Fórum Regional de Alimentos e II Simpósio do Program de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos. 2017. (Outro).

MARTINS, J. M. . Concurso de Desenvolvimento de Novos Produtos do VIII Fórum de Laticínios, VII Fórum Regional de Alimentos e II Simpósio do Program de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos. 2017. (Concurso).

MARTINS, J. M. . Campanha do agasalho. 2017. (Outro).

MARTINS, J. M. . III SIMEPE (Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão) do IF Sudeste MG.. 2016. (Outro).

MARTINS, J. M. . III Mostra de Projetos de Extensão da Diretoria de Extensão do IF Sudeste MG - Câmpus Rio Pomba. 2014. (Outro).

MARTINS, J. M. . VII Fórum de Laticínios, VI Fórum de Alimentos, VIII Simpósio do Dia do Leite e I Simpósio do Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos. 2014. (Outro).

MARTINS, J. M. . II Mostra de Projetos de Extensão da Diretoria de Extensão do IF Sudeste MG - Câmpus Rio Pomba. 2013. (Outro).

MARTINS, J. M. . I Mostra de Projetos de Extensão da Diretoria de Extensão do IF Sudeste MG - Câmpus Rio Pomba. 2012. (Outro).

MARTINS, J. M. . I Concurso Regional de Produtos Lácteos e I Ciclo de Palestras. 2011. (Concurso).

MARTINS, J. M. . III Fórum Regional de Laticínios, II Fórum Regional de Alimentos e V Simpósio do dia do leite - "Influência da Tecnologia de Alimentos na Qualidade de Vida do Consumidor".. 2009. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Palestra: Currículo integrado: aproximar, conhecer e construir, durante o Planejamento pedagógico.. 2018. (Encontro).

Palestra: Diversidade escolar e inclusão, durante o Planejamento pedagógico.. 2018. (Outra).

31º Congresso Nacional de Laticínios. Painel Tecnologia Láctea - A indústria de Laticínios na era dos startups. 2017. (Congresso).

Campanha do agasalho.Campanha do agasalho. 2017. (Outra).

Curso de formação em cura de queijos artesanais. 2017. (Oficina).

I Seminário de Vigilância Sanitária de Rio Pomba. 2017. (Seminário).

Minicurso de Tecnologia de Queijos Especiais. 2017. (Outra).

2ª Jornada de Capacitação Extensionista do IF Sudeste MG - O Projeto de Extensão na Perspectiva do Fomento.. 2016. (Outra).

Curso: Encapsulação de compostos bioativos e aplicação em alimentos. 2016. (Outra).

X CIGR Section VI International Technical Symposium - Food: the tree that sustains life.. 2016. (Simpósio).

XXV Congresso Brasileiro de Cência e Tecnologia de Alimentos - CBCTA - Alimentação: a árvore que sustenta a vida.. 2016. (Congresso).

XXV Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos - CBCTA - Alimentação: a árvore que sustenta a vida.. Caracterização físico-química, microbiológica e sensorial de iogurte grego produzido por uma agroindústria do município de Guarani - MG.. 2016. (Congresso).

XXV Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos - CBCTA - Alimentação: a árvore que sustenta a vida.. Queijo Minas artesanal da Serra da Canastra - influência do ambiente na maturação. 2016. (Congresso).

Curso - Introdução ao uso do software estatístico R. 2014. (Outra).

IV Congresso do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Frutos Tropicais. 2014. (Congresso).

Palestra: "Reflexão sobre o que é extensão: limites, desafios e potencialidades em Instituições Federais de Ensino". III Mostra de Projetos da Diretoria de Extensão - IF Sudeste MG - Câmpus Rio Pomba. 2014. (Outra).

VII Fórum de Laticínios, VI Fórum de Alimentos, VIII Simpósio do Dia do Leite e I Simpósio do Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos. 2014. (Outra).

XXIV Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos. Influência do tipo de fermento nas características físico-químicas e, microbiológicas e sensoriais de queijo Minas artesanal do Serro maturado sob refrigeração.. 2014. (Congresso).

Minicurso: Detecção de Listeria monocytogenes em alimentos. VI Fórum Regional de Laticínios, V Fórum Regional de Alimentos, VIII Simpósio do Dia do Leite. 2013. (Outra).

VI Fórum Regional de Laticínios, V Fórum Regional de Alimentos, VIII Simpósio do Dia do Leite. 2013. (Outra).

Curso de Alimentação na qualidade do leite. 2012. (Olimpíada).

I Encontro de Políticas Públicas para o Ensino do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologias do Sudeste de Minas Gerais. 2012. (Encontro).

II Encontro Internacional de Inovação Tecnológica Sustentável. I Feira de Produção Limpa..Agronegócio.. 2012. (Encontro).

V Fórum Regional de Laticínios e IV Fórum Regional de Alimentos. "Ciência e Tecnologia na Produção Consciente de Alimentos"..Mesa redonda: "Alimentos Artesanais ou Industriais: a Visão Ideal.. 2012. (Outra).

V Fórum Regional de Laticínios e IV Fórum Regional de Alimentos. "Ciência e Tecnologia na Produção Consciente de Alimentos".. 2012. (Outra).

VII Simpósio do Dia do Leite. 2012. (Simpósio).

XXVIII Concurso Regional do Queijo do Serro.XXVIII Concurso Regional do Queijo Minas Artesanal do Serro. 2012. (Outra).

XXXIX Concurso Nacional de Lácteos.Juiz do Concurso Nacional de Lácteos. 2012. (Outra).

I Concurso Regional de Produtos Lácteos e I Ciclo de Palestras. 2011. (Outra).

II Seminário de Educação do Campus Rio Pomba e Sinasefe.II Seminário de Educação do Campus Rio Pomba e Sinasefe. 2011. (Seminário).

II Workshop Franco-brasileiro - Ciência e Tecnologia do Leite.Pesquisas em leite e derivados no Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais - Campus Rio Pomba. 2011. (Seminário).

Projeto Rondon - Coordenador do Campus Rio Pomba - Operação Tuiuiú.Operação Tuiuiú. 2011. (Outra).

XXVII Concurso Regional do Queijo do Serro.XXVII Concurso Regional do Queijo do Serro. 2011. (Outra).

XXXVII Concurso Nacional de Lácteos.Juiz do Concurso Nacional de Lácteos. 2011. (Outra).

1 Seminário de Educação do campus Rio Pomba e Sinasef. 2010. (Seminário).

Encontro de Prefeitos e Secretários municipais. 2010. (Encontro).

IV Fórum Regional de Laticínios, III Fórum regional de Alimentos e VI Simpósio do dia do leite - Tendências e uso racional de tecnologia na indústria de alimentos..IV Fórum Regional de Laticínios, III Fórum Regional de Alimentos e VI Simpósio do dia do leite -. 2010. (Outra).

XXVII Congresso Nacional de Laticínios.. 2010. (Congresso).

XXXVII Concurso Nacional de Produtos Lácteos.Juiz do Concurso Nacional de Lácteos. 2010. (Outra).

Curso: produtos lácteos concentrados e desidratados.. 2009. (Outra).

Curso de formação de multiplicadores em BPF, PPHO/POP e sistema APPCC.. 2009. (Outra).

III Fórum regional de Laticínios, II Fórum Regional de Alimentos e V Simpósio do Dia do Leite.. 2009. (Outra).

XXV Congresso Nacional de Laticínios.. Perfil das unidades produtoras e diagnóstico das boas práticas de fabricação de queijos Minas artesanais da região do Serro.. 2008. (Congresso).

Processamento Mínimo de Frutas e Hortaliças. 2007. (Simpósio).

XXIV congresso Nacional de Laticínios.. Perfil sensorial de queijo Minas Padrão.. 2007. (Congresso).

II Ciclo de Palestras de Ciências e Tecnologia de Laticínios..Sistemas europeus de proteção e valorização de produtos agroalimentares.. 2006. (Outra).

II Simpósio de Tecnologia em Laticínios: aspectos qulitativos e tecnológicos no setor lácteo.Certificação de origem de produtos agroalimentares.. 2006. (Simpósio).

Seminário de aprimoramento tecnológico..Sistemas europeus de proteção e valorização de produtos agroalimentares.. 2006. (Seminário).

XXII Congresso Nacional de Laticínios.. Modulação de parâmetros microbiológicos e do pH pelo cloreto de sódio no fermento endógeno utilizado na produção de queijo Minas artesanal do Alto Paranaíba.. 2005. (Congresso).

Curso de Boas Práticas de Fabricação. 2004. (Outra).

XXI Congresso Nacional de Laticínios. XXI Congresso Nacional de Laticínios.. 2004. (Congresso).

Curso de Estabilizantes para Produtos Lácteos.. 2003. (Outra).

Curso de Reologia.. 2003. (Outra).

Curso Tecnologia e Avaliação de Probióticos.. 2003. (Outra).

I Simpósio Internacional Prebióticos e Probióticos. Atualização e Prospecção.. 2003. (Simpósio).

I Simpósio Mineiro de Microbiologia de Alimentos.. 2003. (Simpósio).

XVI Semana acadêmica de Engenharia de Alimentos - IV Semana acadêmica de Tecnologia de Laticínios e I Semana Acadêmica de Engenharia de Produção.. 2003. (Outra).

Curso de Bacteriologia, Proteólise, Lipólise e Maturação Acelerada de Queijos.. 2002. (Outra).

Curso Saber Rural: Administrando uma Empresa Rural Familiar - SEBRAE - MG. 2002. (Outra).

I Workshop: Garantia da Qualidade e Higienização na Indústria de Laticínios.. 2002. (Outra).

XIX Congresso Nacional de Laticínios.. Mussarela semifundida: uma nova alternativa de produção.. 2002. (Congresso).

II Congresso da Cadeia Produtiva do Leite. 2001. (Congresso).

XVII Congresso nacional de Laticínios.. 2000. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Juliana Maria Villanova Flisch

VICENTINI, N. M.; SOBRAL, D.; COSTA, R. G. B.;MARTINS, J. M.. Elaboração do plano de análises de perigos e pontos críticos para controle microbiológico do processo de produção do queijo Reino.. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado Prof. em Ciência e Tec. do Leite e Deriv.) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

Aluno: Gabriel Gomes Bastos

PAULA, J. C. J. D.; SILVA, P. H. F. D.; MONTEIRO, P. S.;MARTINS, J. M.. ELABORAÇÃO E ESTABILIDADE DE BEBIDA LÁCTEA ACIDIFICADA, CARBONATADA, AROMATIZADA E ENRIQUECIDA COM LUTEÍNA.. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado Prof. em Ciência e Tec. do Leite e Deriv.) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

Aluno: Wallas Miranda Ferraz

MARTINS, J. M.; CORTEZ, M. A. S.; BENEVENUTO, W. C. A. N.; SILVA, C. A. S.; CAMPOS, A. N. R.. Queijo Minas artesanal da Serra da Canastra: influência do ambiente sobre a maturação.. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais.

Aluno: Camila Sampaio Cutrim

MARTINS, J. M.; CORTES, M. A. S.; FRANCO, R. M.; CONTE JUNIOR, C. A.. Sobrevivência de Escherichia coli O157:H7 em iogurte com baixo teor de lactose.. 2015. Dissertação (Mestrado em Medic.Veterin.(Hig.Veter.Proc.Tecn.Prod.Orig.Animal)) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Raphael Ferreira de Barros

MARTINS, J. M.; CORTEZ, M. A. S.; SILVA, A. C. O.. Hidrólise enzimática da lactose e influência na elaboração e estocagem de iogurtes com teores reduzidos de lactose.. 2015. Dissertação (Mestrado em Medic.Veterin.(Hig.Veter.Proc.Tecn.Prod.Orig.Animal)) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Bárbara Bara De Martin Gama

MARTINS, J. M.; BENEVENUTO, W. C. A. N.; MARTINS, M. L.; SOARES, C. F.; MARTINS, A. O. D.. IMPLANTAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE E APOIO AO CREDENCIAMENTO NO SERVIÇO DE INSPEÇÃO SANITÁRIA INDUSTRIAL EM UMA AGROINDÚSTRIA FAMILIAR DE LEITE E DERIVADOS.. 2015. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais.

Aluno: José Alcides Pereira

JUNIOR, L. C. G. C.;MARTINS, J. M.; SILVA, M. R.. Efeitos da composição físico-química e higiênico-sanitária do leite na produção de queijo Minas Padrão. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado Prof. em Ciência e Tec. do Leite e Deriv.) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

Aluno: Aquileine Mainomy Benício de Carvalho

BELL, M. J. V.; COSTA JUNIOR., L. C. G.;MARTINS, J. M.. Análises do leite em pó de vaca e de cabra por métodos físicos.. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência e tecnologia do leite e derivados.) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

Aluno: Maria Angélica Alves da Silva

COSTA, L. R.; SILVA, D. M.;MARTINS, J. M.. Informalidade e Redes Sociais: Famílias Produtoras de Cachaça do Município de Rio Pomba - MG.. 2012. Dissertação (Mestrado em Extensão Rural) - Universidade Federal de Viçosa.

Aluno: Cleuber Raimundo da Silva

ABREU, L. R.;MARTINS, J. M.; LOUZADA, M. H.; PINTO, S. M.. . Desenvolvimento de Um Produto Análogo ao Queijo Minas Frescal Elaborado com Leite de Cabra e Extrato de Soja,. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciências dos Alimentos) - Universidade Federal de Lavras.

Aluno: Adbeel dos Santos Lima

LIMA, A. S.; COSTA JUNIOR., L. C. G.; MAGALHAES, F. A. R.;MARTINS, J. M.; COSTA, R. G. B.. Implantação de um procedimento de higienização em uma unidade produtora de queijo Minas artesanal na região da Canastra e avaliação pelo método de ATP-Bioluminescência.. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciência e tecnologia do leite e derivados.) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

Aluno: Jakline Magela dos Santos

SANTOS, J. M.; PIRES, C. V.;MARTINS, J. M.; SOBRINHO, P. S. C.; BOARI, C. A.; VILLELA, S. D. J.. Leite cru refrigerado: características físico-químicas, microbiológicas e desenvolvimento de microrganismos psicrotróficos.. 2010. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Zootecnia - UFVJM) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

Aluno: Aline Silva Santos

SANTOS, A. S.; PIRES, C. V.; SOBRINHO, P. S. C.;MARTINS, J. M.; BOARI, C. A.; SANTOS, R. A.. Queijo Minas Artesanal da Microrregião do Serro - MG: efeito da sazonalidade na microbiota do leite cru e comportamento microbiológico durante a maturação.. 2010. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Zootecnia - UFVJM) - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

Aluno: Mateus Ottomar da Silva

FURTADO., M. M.; CARVALHO, A. F.;FERREIRA, C. L. L. F.; COIMBRA, J. S. R.;MARTINS, J. M.. . Características físico-químicas e sensoriais de queijo Musarela fabricada com diferentes concentrações de amido.. 2007. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal de Viçosa.

Aluno: ELIANE MAURICIO FURTADO MARTINS

RAMOS, A. M.;MARTINS, J. M.; STRINGHETA, P. C.. Viabilidade do uso de salada de frutas minimamente processada como veículo de micro-organismos probióticos.. 2012. Tese (Doutorado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal de Viçosa.

Aluno: Geruza Dias

DIAS, G.;MARTINS, J. M.; FURTADO, M. M.; CARVALHO, A. F.;FERREIRA, C. L. L. F.. Microfiltração como alternativa na produção de queijo com olhaduras e utilização de sua fase aquosa para avaliação das características físico-químicas.. 2011. Tese (Doutorado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal de Viçosa.

Aluno: Márcio Reis Pereira de Souza

SOUZA, M. R. P.; CORTEZ, M. A. S.;MARTINS, J. M.. Perfil dos pequenos produtores no Estado do Rio de Janeiro e avaliação de metodologias rápidas para monitoramento da qualidade do leite.. 2010. Tese (Doutorado em Medic.Veterin.(Hig.Veter.Proc.Tecn.Prod.Orig.Animal)) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: ELIANE MAURICIO FURTADO MARTINS

RAMOS, A. M.; STRINGHETA, P. C.; VANZELA, H. S. L.;MARTINS, J. M.. . Microrganismos probióticos: benefícios e aplicações em produtos lácteos e não lácteos.. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal de Viçosa.

Aluno: Juliana Escarião da Nóbrega

NOBREGA, J. E.FERREIRA, C. L. L. F.MARTINS, J. M.. Queijos artesanais no Brasil: características, ameaças e desafios.. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal de Viçosa.

Aluno: Rosana Campos do Vale

BENEVENUTO, W. C. A. N.; SOBRAL, D.;MARTINS, J. M.. Influência do tipo de fermento nas características de queijo Minas artesanal do Serro, maturado em condições controladas.. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Prof. em Ciência e Tecnol. de alimentos) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus Rio Pomba.

Aluno: Samya Petrina Pessoa Oliveira

SILVA, V. R. O.; MAGALHAES, F. A. R.;MARTINS, J. M.. Influência do tipo de fermento nas características de queijo Minas artesanal do Serro, maturado em fazenda. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Prof. em Ciência e Tecnol. de alimentos) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus Rio Pomba.

Aluno: Valério Mendes Resende

SILVA, J. G.;MARTINS, J. M.; ALMEIDA, E. F. L.. . Educação ambiental: uma contribuição aos produtores de queijo Minas artesanal da Serra da Canastra.. 2008 - Instituto Federal Minas Gerais.

Aluno: Leandro Tadeu Torres da Gama

NEIVA JUNIOR, A. P.;MARTINS, J. M.; SILVA, C. R.; CAPPELLE, E. R.; LOPES, D. S.. .Influência da adição de diferentes condimentos na aceitação sensorial do queijo Minas Frescal, elaborado a partir de leite de cabra.. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Zootecnia) - Instituto Federal de Educação do Sudeste de Minas Gerais - Campus Rio Pomba.

Aluno: Thaiza Teixeira de Almeida e Luan Rodrigo Marciano

MARTINS, J. M.; BENEVENUTO, W. C. A. N.; SILVA, C. A. S.. .Caracterização físico-química e sensorial de queijo do Serro, revestido com biopolímeros.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal de Educação do Sudeste de Minas Gerais - Campus Rio Pomba.

Aluno: Beatriz Lourdes de Souza e Laise de Freitas Laurindo

BENEVENUTO, W. C. A. N.; SOARES, B. G.;MARTINS, J. M.. Efeito da aplicação de biopolímeros sobre as características físico-químicas do queijo Minas artesanal do Serro.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Instituto Federal de Educação do Sudeste de Minas Gerais - Campus Rio Pomba.

Aluno: ELISANDRO M

MARTINS, E. M. F.; BENEVENUTO, W. C. A. N.;MARTINS, J. M.. S. SILVA; MATEUS J.L. NEVES; RAFAEL D.V. VIEIRA..Elaboração de ricota fermentada em pasta potencialmente simbiótica.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal de Educação Ciên. e Tec. do SE de MG, Campus Rio Pomba..

Aluno: Marcela Mendonça Gaudereto; Maria Paula Jensen Rodrigues

DOMINGO, E. C.; MARTINS, A. D. O.;MARTINS, J. M.. Composição e valor nutricional do queijo petit suisse adicionado de culturas probióticas.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal de Educação Ciên. e Tec. do SE de MG, Campus Rio Pomba..

Aluno: Jean V

BENEVENUTO JUNIOR, A. A.;MARTINS, J. M.; BENEVENUTO, W. C. A. N.. S. Emiliano; Sebastião M. Júnior; Jéssica C.S. Silva.Efeito da utilização de substitutos comerciais de sódio em ricota. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal de Educação Ciên. e Tec. do SE de MG, Campus Rio Pomba..

Aluno: Ana C

MARTINS, M. L.; BENEVENUTO, W. C. A. N.;MARTINS, J. M.. da Silva Giovannetti e Luiz Guilherme de Freitas.Queijo Minas frescal comercializado na Zona da Mata de Minas Gerais: Características Microbiológicas.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais.

Aluno: Dairo C

MARTINS, J. M.; MARTINS, M. L.; BENEVENUTO, W. C. A. N.. de Oliveira, John W. Canuto e Nádjla Goulart.Efeito antagônico de bactéria lática isolada de queijo Minas artesanal do Serro contra Staphylococcus aureus inoculado em queijo tipo Minas Frescal.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais.

Aluno: Marcelo Toledo Rodrigues e Matheus da Silva Oliveira

MARTINS, J. M.; BENEVENUTO, W. C. A. N.; BENEVENUTO JUNIOR, A. A.. Redução de CCS e CBT de leite captado por uma indústria de laticínios: uma alternativa vinculada ao programa de leite saudável.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais.

Aluno: Fábio Lúcio Silva Sandim

SANDIM, F. L. S.; MARTINS, A. O. D.;MARTINS, J. M.; BENEVENUTO, W. C. A. N.. Implicações tecnológicas causadas por bacteriófagos na indústria de alimentos. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus Rio Pomba.

Aluno: Arthur Alves

ALVES, A.; MARTINS, A. O. D.;MARTINS, J. M.; SILVA, C. A. S.. Qualidade microbiológica do leite produzido no município de Quissamã - RJ.. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus Rio Pomba.

Aluno: João Luiz Nascimento Andrade

MARTINS, F. O.;MARTINS, J. M.; MARTINS, M. L.. Trabalho de Conclusão de Curso - Elaboração e caracterização de doce de leite e barra com soro de leite adicionado de polpa de marcujá e de sementes de chia.. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus Rio Pomba.

Aluno: Josemário G

MARTINS, J. M.; MARTINS, M. L.; SILVA, C. R.. da Silva, Raíssa M. Groppo, Willian J. de Faria.Influência do uso de pingo e rala durante a maturação de queijo minas artesanal do Serro.. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais.

Aluno: Aline S

SILVA, V. R. O.; MARTINS, A. D. O.;MARTINS, J. M.. Montorsi; Marilândia R. R Reis; Natália R. Mendes.Características físico-químicas e sensoriais de chantilly adicionado de soro em pó. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais.

Aluno: Tayara Bizoto Vieira; Vitor Ibrahim Brandão

SOARES, B. G.;MARTINS, J. M.; MARTINS, M. L.. Implementação funcional ao queijo Ritagee. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais.

Aluno: Eliane D

MARTINS, M. L.;MARTINS, J. M.; MARTINS, A. D. O.. Callegaro; Lázaro O. Prates; Nisael, B. N. Silva.Avaliação da qualidade da água utilizada na higienização dos tanques de granelização de leite cru do município de Rio Pomba. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais.

Aluno: Arielle Fontes Barbosa; Letícia Maria

MARTINS, M. L.;MARTINS, J. M.; MARTINS, A. D. O.. .Desenvolvimento de caderno didático de processamento de leite e derivados. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais.

Aluno: João A

SILVA, R. R.;MARTINS, J. M.; PINHEIRO, F.. da Silva; Paulo J. de Freitas.Elaboração e implantação do programa APPCC na indústria de iogurte Paulo Junior de Freitas - ME (Digudinho). 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais.

Aluno: Ana Camila F

DORES, M. T.; MARTINS, A. D. O.;MARTINS, J. M.. Miranda; Flaviana C. Pinto; Marcos B. G. Silva.Características físico-químicas de queijo Mussarela produzido no município de Rio Pomba e Guarani e os principais fatores que afetam o seu rendimento.. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais.

Aluno: BRUNO S

SILVA, C. A. S.;MARTINS, J. M.; DORES, M. T.. Noé; Fernanda M. Martins; Regiane F. Batista.Revisão dos manuais de boas práticas laboratoriais para análises de leite e derivados nos laboratórios de físico-química e microbiologia do IF Sudeste MG - Campus Rio Pomba. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais.

Aluno: Fabricio J

SILVA, V. R. O.; MARTINS, A. D. O.;MARTINS, J. M.. F. Cardoso; Samuel B. M. Lima.Uso de homeopatia no tratamento de efluentes da indústria de laticínios. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais.

Aluno: Daniela C

SILVA, C. A. S.; MARTINS, A. D. O.;MARTINS, J. M.. F. Vieira; Vitor R. Dias; Viviane C. Dias.Estudo do comportamento microbiano e físico-químico de leites fermentados em condições de armazenamento em temperatura inadequada, um subsídeo para possível aplicação de embalagem inteligente. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais.

Aluno: Diego R

SILVA, C. A. S.;MARTINS, J. M.; MARTINS, A. D. O.. Silva; Eliane C. Silva.Desenvolvimento de embalagem incorporada com antimicrobiano para queijo Minas Frescal. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais.

MARTINS, J. M.; Thielman, C.. Concurso público para Professor na área de Química. 2009. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - Campus Rio Pomba..

SILVA, J. G.;MARTINS, J. M.; RAMOS, A. L. S.. Concurso público para docentes EBTT do IFMG - Câmpus Bambuí.. 2014. Instituto Federal Minas Gerais.

MARTINS, M. L.; MARTINS, F. O.;MARTINS, J. M.. Concurso para seleção de professor substituto da área de processamento de leite e derivados. 2014. Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais.

MARTINS, J. M.. Avaliação de pôsteres no X Simpósio de Ciência, Inovação e Tecnologia.. 2018. Instituto Federal de Educação do Sudeste de Minas Gerais - Campus Rio Pomba.

MARTINS, J. M.. Juíz - 43º Concurso Nacional de Produtos Lácteos. 2017.

MARTINS, J. M.. Avaliador de Projetos do Programa Institucional de Apoio à Extensão (PIAEX 2017).. 2017. Instituto Federal de Educação do Sudeste de Minas Gerais - Campus Rio Pomba.

BENEVENUTO JUNIOR, A. A.; MARTINS, A. D. O.; SILVA, C. A. S.; MARTINS, E. M. F.;MARTINS, J. M.; SILVA, M. H. L.; MARTINS, M. L.; SILVA, V. R. O.; BENEVENUTO, W. C. A. N.. Comissão responsável pela seleção e análise de documentos (correção de questões de prova escrita, avaliação de projetos e análise de documentos). 2017. Instituto Federal de Educação do Sudeste de Minas Gerais - Campus Rio Pomba.

MARTINS, J. M.. Parecerista de projetos no VIII Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica 2017/2018 - Fapemig. 2017. Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais.

PAULA, J. C. J.;FERREIRA, C. L. L. F.; ROUSTEL, S.; CZAR, A. S.; PEREIRA, D. C.; MUCHETTI, G.; WOLFSHOON-POMBO, A. F.; GEHANT, D.;MARTINS, J. M.. Moderador do debate do painel Tecnologia Láctea, no 31º Congresso Nacional de Laticínios - A indústria de Laticínios na era dos startups.. 2017. Instituto de Laticínios Cândido Tostes.

MARTINS, J. M.. Avaliador de resumos expandidos no VIII Fórum de Laticínios, VII Fórum Regional de Alimentos e II Simpósio do Program de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos. 2017. Instituto Federal de Educação do Sudeste de Minas Gerais - Campus Rio Pomba.

MARTINS, J. M.. Revisor do IV Simpósio de Produção Animal. 2017. Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - Campus JK.

MARTINS, J. M.. Avaliador de processo seletivo - PRONATEC/EAD. 2017. Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais.

MARTINS, J. M.. Membro de comissão de seleção para ingresso de estudantes de pós-graduação stricto sensu em Ciência e Tecnologia de Alimentos. 2017. Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais.

MARTINS, J. M.. Juíz - 42º Concurso Nacional de Produtos Lácteos. 2016. Instituto de Laticínios Cândido Tostes.

MARTINS, J. M.. Avaliação de trabalhos apresentados oralmente no III SIMEPE (Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão) do IF Sudeste MG.. 2016. Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais.

MARTINS, J. M.. Parecerista de trabalhos submetidos para publicação no III SIMEPE (Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão) do IF Sudeste MG.. 2016. Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais.

MARTINS, J. M.. Juíz - 41º Concurso Nacional de Produtos Lácteos. 2015. Instituto de Laticínios Cândido Tostes.

CRUZ, J. S.;MARTINS, J. M.; SILVA, R. R. A.; SOUZA, R. G.; BORGES, E. S. M.. Membro da Comissão responsável por discutir estratégias e propostas de metodologia de realização de pesquisa de demanda para abertura de cursos novos.. 2015. Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais.

MARTINS, J. M.. Avaliador de pôster no VII Simpósio de Ciência, Inovação e Tecnologia.. 2014.

MARTINS, J. M.. Avaliador de pôster na III Mostra de Projetos de Extensão da Diretoria de Extensão. 2014. Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus Rio Pomba.

MARTINS, J. M.. Membro do comitê interno de avaliação de projetos da Diretoria de Extensão do IF Sudeste MG - Campus Rio Pomba. 2014. Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus Rio Pomba.

SILVA, C. R.; ALMEIDA NETO, O. B.;MARTINS, J. M.; SOUZA, R. F. E.; Gonçalves, F. C.. Membro da Comissão eleitoral responsável pela escolha dos novos membros da Subcomissão Permanente de Pessoal Docente (SPPD).. 2014. Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus Rio Pomba.

MARTINS, J. M.. Avaliador de pôster na II Mostra de Projetos de Extensão da Diretoria de Extensão. 2013. Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus Rio Pomba.

MARTINS, J. M.. Avaliador de pôster na I Mostra de Projetos de Extensão da Diretoria de Extensão. 2012. Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus Rio Pomba.

MARTINS, J. M.. II Concurso de produtos alimentícios inovadores da Fórum Regional de Laticínios e Alimentos do IFSEMG - Campus Rio Pomba.. 2009. Instituto Federal de Educação Ciên. e Tec. do SE de MG, Campus Rio Pomba..

MARTINS, J. M.; Capelle, E. R.; Gonçalves, F. C.; PINTO, W. J.; MARTINS, M. L.. Membro do comitê interno de avaliação do programa institucional de bolsas de iniciação científica e tecnológica. 2009. Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais.

MARTINS, J. M.. Consultor "ad hoc" - II Congresso Nacional de Extensão Universitária e 11 Encontro de Atividades Científicas da UNOPAR. 2008. Universidade Norte do Paraná.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Nélio José de Andrade

PRESIDENTE, M. M. F.; MARTINS, J. M.; SOARES, Cláudio Furtado;Andrade, N. J.FERREIRA, Célia Lúcia de Luces FortesCECON, Paulo Roberto. Mussarela semi-fundida: uma nova alternativa de produção. 2001. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal de Viçosa.

Celia Lucia de Luces Fortes Ferreira

FERREIRA, C. L. L. F.FURTADO, Mauro Mansur. Mussarela semi-fundida:uma nova alternativa de produção. 2001. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal de Viçosa.

Cláudio Furtado Soares

SOARES, C. F.; FURTADO, M. M.;ANDRADE, N. J.FERREIRA, C. L. L. F.; CECON, P. R.. Mussarela semi-fundida: uma nova alternativa de produção.. 2001. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal de Viçosa.

Leorges Moraes da Fonseca

RIBEIRO JUNIOR, J. I.;FERREIRA, C. L. L. F.; CARVALHO, A. F.; FURTADO, M. M.; FONSECA, L. M.. Evolução dos parâmetros físico-químicos e microbiológicos durante a maturação do queijo Minas artesanal da região do Serro e diagnóstico das boas práticas agropecuárias nas unidades produtoras. 2006. Tese (Doutorado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal de Viçosa.

José Ivo Ribeiro Júnior

FERREIRA, Célia Lúcia de Luces Fortes;RIBEIRO JÚNIOR, J. I.FURTADO, Mauro MansurCARVALHO, Antônio Fernandes de; FONSECA, Leorges Moraes da. Evolução dos parâmetros físico-químicos e microbiológicos durante a maturação do queijo Minas artesanal da região do Serro e diagnóstico das boas práticas agropecuárias nas unidades produtoras. 2006. Tese (Doutorado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal de Viçosa.

Antonio Fernandes de Carvalho

MARTINS, José ManoelFERREIRA, Célia Lúcia de Luces FortesCARVALHO, A. F.RIBEIRO JUNIOR, José IvoFURTADO, M. M.. Características físico-químicas e microbiológicas durante a maturação do queijo Minas artesanal da região do Serro. 2006. Tese (Doutorado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal de Viçosa.

Antonio Fernandes de Carvalho

MARTINS, José ManoelCARVALHO, A. F.FERREIRA, Célia Lúcia de Luces FortesANDRADE, N. J.. Queijo Minas artesanal. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal de Viçosa.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Maria Paula Jensen Rodrigues

Queijo Minas artesanal do Serro: influência do ambiente durante a maturação; Início: 2016; Iniciação científica (Graduando em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais; (Orientador);

Estudantes dos cursos técnicos

Coordenador da ATEC - Empresa Jr dos cursos técnicos do IF Sudeste MG, Câmpus Rio Pomba; Início: 2011; Orientação de outra natureza; Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus Rio Pomba; (Orientador);

Estudantes do curso de Tecnologia em Laticínios

Empresa Júnior de Tecnologia em Laticínios; Início: 2011; Orientação de outra natureza; Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais; (Orientador);

Samya Petrina Pessoa Oliveira

; Influência do tipo de fermento nas características físico-químicas e microbiológicas do queijo Minas artesanal do Serro, maturados nas fazendas; ; 2018; Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia de Alimentos; ) - Instituto Federal de Educação do Sudeste de Minas Gerais - Campus Rio Pomba,; Orientador: José Manoel Martins;

Rosana Campos do Vale

INFLUÊNCIA DO TIPO DE FERMENTO NAS CARACTERÍSTICAS DE QUEIJO MINAS ARTESANAL DO SERRO MATURADO EM CONDIÇÕES CONTROLADAS; 2018; Dissertação (Mestrado em Mestrado Prof; em Ciência e Tecnol; de alimentos) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus Rio Pomba,; Orientador: José Manoel Martins;

Wallas Miranda Ferraz

Queijos Minas artesanal da Serra da Canastra: influência do ambiente sobre a maturação; ; 2016; Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais,; Orientador: José Manoel Martins;

Bárbara Bara De Martin Gama

Implantação de sistemas de gestão da qualidade e apoio ao credenciamento no serviço de inspeção sanitária industrial em uma agroindústria processadora de leite e derivados; ; 2015; Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Instituto Federal de Educação Ciên; e Tec; do SE de MG, Campus Rio Pomba; ,; Orientador: José Manoel Martins;

Maria Angélica Alves da Silva

Informalidade e redes sociais: famílias produtoras de cachaça do município de Rio Pomba, MG; ; 2011; Dissertação (Mestrado em Extensão Rural) - Universidade Federal de Viçosa,; Coorientador: José Manoel Martins;

Dairo C

de Oliveira, John W; Canuto e Nádjla Goulart; Efeito antagônico de bactéria lática isolada de queijo Minas artesanal do Serro contra Staphylococcus aureus inoculado em queijo tipo Minas Frescal; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais; Orientador: José Manoel Martins;

ELISANDRO M

S; Silva; Mateus J; L; Neves; Rafael D; V; Vieira; Elaboração de ricota fermentada em pasta potencialmente simbiótica; ; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal de Educação Ciên; e Tec; do SE de MG, Campus Rio Pomba; ; Orientador: José Manoel Martins;

Carlos R

Bento, Paulo V; S; Ferreira, Talita C; Nascimento; Caracterização físico-química, microbiológica e sensorial de iogurte grego e desenvolvimento de roltulagem para uma indústria de laticínios do município de Guarani, MG; ; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus Rio Pomba; Orientador: José Manoel Martins;

Josemário G

Silva, Raíssa M; Groppo, Willian J; de Faria; Influência do uso de pingo e rala durante a maturação de queijo Minas artesanal do Serro; ; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus Rio Pomba; Orientador: José Manoel Martins;

Hellen Moretto Bicalho e Dalila Pereira Linhares

; Detecção de fraude em requeijão cremoso através do índice de maturação e verificação da rotulagem para atendimento à legislação; ; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais; Orientador: José Manoel Martins;

Allan C

Oliveira; Júlio M; Oliveira; Jonathan H; Pereira; Desenvolvimento de bebida láctea simbiótica funcional à base de soro de leite; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais; Orientador: José Manoel Martins;

Ben-Hur A

O; Silva; Ricardo C; Alves; e Roney V; A; Lopes; Elaboração de bebida simbiótica à base de extrato hidrossolúvel de soja; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus Rio Pomba; Orientador: José Manoel Martins;

Francislaine R

Pinto; Rafaela Siqueira; e Raquel S; Freitas; Influência da concentração de cloreto de cálcio na composição, rendimento e aceitação de queijo Minas Frescal; ; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus Rio Pomba; Orientador: José Manoel Martins;

Paula Mariano Floresta e Sheila de Andrade

Avaliação das características físico-químicas, microbiológicas e sensoriais de diferentes ricotas cremosas condimentadas; ; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus Rio Pomba; Orientador: José Manoel Martins;

Maycon Stael, Paulo Vicente e Leandro Vieira

; Elaboração do manual de boas práticas de fabricação da sorveteria Sibéria; ; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus Rio Pomba; Orientador: José Manoel Martins;

Jussara do Carmo Magalhães

Propriedades nutracêuticas e terapêuticas do leite de cabra e seu potencial de consumo na cidade de Viçosa - MG; ; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - Campus Rio Pomba; ; Orientador: José Manoel Martins;

Arielle Fontes Barbosa

Desenvolvimento de caderno didático de processamento de leite e derivados; ; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais; Orientador: José Manoel Martins;

Daniel Marotta; Kleryton Oliveira; Rosana Rodrigues

Análise Microbiológica, físico-química e perfil do consumidor de leite informal na cidade e Rio Pomba; ; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal de Educação Ciên; e Tec; do SE de MG, Campus Rio Pomba; ; Orientador: José Manoel Martins;

Camila Fernandes Silva; Miriam Aparecida Silva de Oliveira

; Influência da matéria-prima na qualidade sensorial, físio-química e microbiológica dos queijos Minas Frescal, Minas Padrão e Mussarela; ; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais; Orientador: José Manoel Martins;

Isabella Fiebig Gonçalves

Queijo Minas artesanal da Serra da Canastra: influência do ambiente durante a maturação; ; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: José Manoel Martins;

Mariane L

F; de Freitas; Natan Campos Soares; ; Implantação de sistemas de gestão da qualidade e apoio ao credenciamento no serviço de inspeção sanitária industrial em uma agroindústria processadora de leite e derivados; ; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Ciência e Tecnologia de Laticínios / Alimentos) - Instituto Federal de Educação Ciên; e Tec; do SE de MG, Campus Rio Pomba; , Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: José Manoel Martins;

Pamela Oliveira Vargas; Leonardo Justino Carioca

Queijo Minas artesanal do Serro - influência da maturação controlada nas caraterísticas físico-químicas, microbiológicas e sensoriais; ; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus Rio Pomba, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: José Manoel Martins;

Raíssa Motta Groppo

Perfil da agroindústria familiar produtora de lácteos no município de Rio Pomba - MG; ; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus Rio Pomba; Orientador: José Manoel Martins;

Maíssa Gonçalves da Silva

Características físico-químicas de requeijão cremoso comercializado na microrregião de Rio Pomba e verificação dos parâmetros de legislação; ; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus Rio Pomba, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: José Manoel Martins;

Wanessa Oliveira Ribeiro

Determinação dos principais agentes causadores de mastite bovina no rebanho leiteiro do Departamento de Zootecnia do IF Sudeste MG, Campus Rio Pomba e avaliação do uso de extrato de aroeira na prevenção da mastite bovina; ; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: José Manoel Martins;

Fernanda Marília Araújo Ferreira

Influência do tipo de ácido e da temperatura nas características físico-químicas e no rendimento de requeijão cremoso; ; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus Rio Pomba, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: José Manoel Martins;

Daniela Cristina Faria Vieira

Diagnóstico da cadeia produtiva de queijos artesanais produzidos no município de Rio Pomba; ; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais; Orientador: José Manoel Martins;

Vitor Rubim Dias

Elaboração de materiais técnicos e implementação de boas práticas agropecuárias (BPA) para a melhoria da qualidade do leite produzido no município de Rio Pomba, MG; ; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: José Manoel Martins;

Fernanda Marília Araújo Ferreira

Influência do tipo de ácido e da temperatura nas características físico-químicas e no rendimento de requeijão cremoso; ; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais; Orientador: José Manoel Martins;

Viviane Corrêa Dias

Uso da análise multivariada na detecção de fraude de leite cru por adição de soro de leite; ; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais; Orientador: José Manoel Martins;

Raniere Teixeira

Uso da análise multivariada na detecção de fraude de leite cru por adição de soro de leite; ; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Técnico em Alimentos) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus Rio Pomba, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: José Manoel Martins;

Maira P

Magalhães; Júlia T; Silva; Orientação de estágio supervisionado; 2017; Orientação de outra natureza; (Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais; Orientador: José Manoel Martins;

Vinilson S

Silva; Deiverson S; Pacheco; Orientação de estágio supervisionado; 2017; Orientação de outra natureza; (Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais; Orientador: José Manoel Martins;

Vinilson dos Santo Silva

Orientação de monitoria; 2017; Orientação de outra natureza; (Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal de Educação do Sudeste de Minas Gerais - Campus Rio Pomba; Orientador: José Manoel Martins;

Marcelo T

Rodrigues; Mateus S; Oliveira; Mário, S; Salvador; Orientação de estágio supervisionado; 2016; Orientação de outra natureza; (Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais; Orientador: José Manoel Martins;

Rafael D

V; Vieira; Mateus S; Oliveira; Marcelo T; Rodrigues; Orientação de estágio supervisionado; 2016; Orientação de outra natureza; (Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais; Orientador: José Manoel Martins;

Ana Paula Vitor Martins

Tecnologia em Laticínios: um desafio da escola à indústria; ; 2015; Orientação de outra natureza; (Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal de Educação Ciên; e Tec; do SE de MG, Campus Rio Pomba; ; Orientador: José Manoel Martins;

Rafael D

V; Vieira; Mateus J; L; Neves; João V; N; Costa; Orientação de estágio supervisionado; 2015; Orientação de outra natureza; (Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais; Orientador: José Manoel Martins;

Ana F

G; Teixeira; Thaiza T; Almeida; Orientação de estágio supervisionado; 2015; Orientação de outra natureza; (Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais; Orientador: José Manoel Martins;

Josemário G

Silva, Raíssa M; Groppo, Willian J; de Faria; Características físico-químicas de queijo Minas artesanal do Serro durante a maturação à temperatura ambiente de queijo Minas artesanal do Serro fabricado com pingo e com rala; ; 2013; Orientação de outra natureza; (Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus Rio Pomba; Orientador: José Manoel Martins;

Francislaine R

Pinto; Rafaela Siqueira; Marcela F; Esteves; Consumo de lácteos e divulgação de seus benefícios na cidade de Rio Pomba; 2012; Orientação de outra natureza; (Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus Rio Pomba; Orientador: José Manoel Martins;

Estudantes dos cursos de Tecnologia em Laticínios

Orientação de estágio (88 horas); 2010; Orientação de outra natureza; (Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais; Orientador: José Manoel Martins;

Estudantes do Departamento de Ciência e Tec

Alimentos; Orientação de estágio (88 horas); 2010; Orientação de outra natureza; (Cursos do DCTA) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais; Orientador: José Manoel Martins;

Estudantes dos cursos de Tecnologia em Laticínios

Orientação de estágio (78 horas); 2009; Orientação de outra natureza; (Tecnologia em Laticínios) - Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais; Orientador: José Manoel Martins;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Mauro Mansur Furtado

Mussarela semi-fundida: uma nova alternativa de produção; ; 2001; 85 f; Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal de Viçosa, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Mauro Mansur Furtado;

Mauro Mansur Furtado

Características físico-químicas e microbiológicas durante a maturação do queijo Minas artesanal da região do Serro; 2006; Tese (Doutorado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal de Viçosa, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Coorientador: Mauro Mansur Furtado;

Celia Lucia de Luces Fortes Ferreira

Alternativa na produção de mussarela semi fundida; 2001; Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal de Viçosa, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Coorientador: Celia Lucia de Luces Fortes Ferreira;

Celia Lucia de Luces Fortes Ferreira

aceleração na maturação de mussarela; 2001; Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal de Viçosa, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Coorientador: Celia Lucia de Luces Fortes Ferreira;

Celia Lucia de Luces Fortes Ferreira

Caracterização fisico quimica e miceobiológica durante a maturação do queijo minas artesanal da região do serro; 2006; Tese (Doutorado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal de Viçosa, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Celia Lucia de Luces Fortes Ferreira;

José Ivo Ribeiro Júnior

Química, física e bioquímica dos alimentos; 2006; 0 f; Tese (Doutorado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Universidade Federal de Viçosa, Conselho Nacional de Pesquisa; Coorientador: José Ivo Ribeiro Júnior;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • MARTINS, I. B. A. ; DELIZA, R. ; DOS SANTOS, K. M. O. ; WALTER, E. H. M. ; MARTINS, J. M. ; ROSENTHAL, A. . Viability of Probiotics in Goat Cheese During Storage and Under Simulated Gastrointestinal Conditions. Food and Bioprocess Technology , v. 1, p. 1-11, 2018.

  • MIRANDA, G. R. ; MARTINS, A. D. O. ; COCARO, E. S. ; MARTINS, J. M. . Queijos artesanais: Qualidade físico-química e microbiológica e avaliação das condições higienicosanitárias dos manipuladores e ambiente de produção.. Extensão Rural (Santa Maria) , v. 23, p. 78-92, 2016.

  • MAGALHAES, J. C. ; MARTINS, A. D. O. ; MARTINS, J. M. ; SILVA, C. A. S. . Perfil do Consumidor de leite de cabra na cidade de Viçosa, MG.. Higiene Alimentar , v. 30, p. 01, 2016.

  • MARTINS, JOSÉ M. ; GALINARI, ÉDER ; PIMENTEL-FILHO, NATAN J. ; RIBEIRO JR, JOSÉ I. ; FURTADO, MAURO M. ; FERREIRA, CÉLIA L.L.F. . Determining the minimum ripening time of artisanal Minas cheese, a traditional Brazilian cheese. Brazilian Journal of Microbiology (Online) , v. 46, p. 219-230, 2015.

  • ANDRADE, S. ; FLORESTA, P. M. M. ; MARTINS, A. D. O. ; MARTINS, M. L. ; MARTINS, J. M. . Avaliação das características físico-químicas, microbiológicas e sensoriais de ricotas em pasta condimentadas. Vértices , v. 16, p. 85-97, 2014.

  • OLIVEIRA RIBEIRO, WANESSA ; LEORTINA DE OLIVEIRA, RENATA ; LOPES MARTINS, MAURILIO ; MANOEL MARTINS, JOSÉ ; HERBET MOREIRA ARCANJO, ANGELO ; BARROCA DE ALMEIDA NETO, ONOFRE . Enumeração de microrganismos causadores da mastite bovina e estudo da ação de antimicrobianos. Revista do Instituto de Latícinios Cândido Tostes , v. 69, p. 45-52, 2014.

  • Lempk, M. W ; PINTO, M. S. ; MARTINS, J. M. ; ALMEIDA, A. C. ; Paiva, P. H. C. . Diagnóstico socioeconômico e cultural dos produtores de Queijo Minas Artesanal da microrregião de Montes Claros, MG. Informe Agropecuário (Belo Horizonte) , v. 34, p. 99-107, 2013.

  • MARTINS, J. M. ; Lempk, M. W ; Felício, B. A. ; PINTO, M. S. ; Brandi, I, V . Queijo Minas Artesanal: aspectos produtivos, físico-químicos, microbiológicos e legislação. Informe Agropecuário (Belo Horizonte) , v. 34, p. 90-98, 2013.

  • MARQUES, K. A. ; MARTINS, A. O. D. ; SOARES, B. G. ; MARTINS, M. L. ; MARTINS, J. M. ; BITTENCOURT, F. . Inibição de microrganismos bioindicadores em queijo Minas Padrão com culturas lácticas adicionadas.. Tecnologia & Ciência Agropecuária , v. 7, p. 69-74, 2013.

  • PRATES, L. O. ; CALLEGARO, E. D. ; SILVA, N. B. N. ; MARTINS, M. L. ; MARTINS, A. D. O. ; MARTINS, J. M. ; SILVA, R. R. ; MARTINS, E. M. F. . Qualidade da água utilizada na higienização dos tanques de granelização de leite cru do município de Rio Pomba, MG.. Higiene Alimentar , v. 27, p. 145-150, 2013.

  • MONTORSI, A. S. ; REIS, M. R. R. ; MENDES, N. R. ; SILVA, V. R. O. ; MARTINS, A. D. O. ; MARTINS, J. M. . Características físico-químicas e sensorial de chantilly adicionado de soro de leite em pó.. Tecnologia & Ciência Agropecuária , v. 7, p. 45-50, 2013.

  • MARTINS, ELIANE M. FURTADO ; RAMOS, AFONSO MOTA ; VANZELA, ELLEN SILVA LAGO ; STRINGHETA, PAULO CÉSAR ; DE OLIVEIRA PINTO, CLÁUDIA LÚCIA ; MARTINS, JOSÉ MANOEL . Products of vegetable origin: A new alternative for the consumption of probiotic bacteria. Food Research International , v. 51, p. 764-770, 2013.

  • MARQUES, K. A. ; FERREIRA, R. P. ; MARTINS, A. D. O. ; SOARES, B. G. ; MARTINS, M. L. ; MARTINS, J. M. . Características físico-químicas e sensorial de queijo Minas Padrão Probiótico.. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes , v. 66, p. XX-XX, 2011.

  • PIMENTEL FILHO, N. J. ; MARTINS, J. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Identificação de materiais estranhos em queijo Minas Artesanal da região do Serro, MG.. Higiene Alimentar , v. 23, p. 266-297, 2009.

  • PINTO, M. S. ; FERREIRA, C. L. L. F. ; MARTINS, J. M. ; TEODORO, V. A. M. ; PIRES, A. C. S. ; FONTES, L. B. A. ; VARGAS, P. I. R. . Segurança alimentar do queijo Minas artesanal do Serro, Minas Gerais, em função da adoção de boas práticas de fabricação.. Agropecuária Tropical , v. 39, p. 342, 2009.

  • MARTINS, J. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. ; PIMENTEL FILHO, N. J. ; RIBEIRO JR., J. I. ; CARVALHO, A. F. ; PINTO, M. S. . Perfil das unidades produtoras e diagnóstico das boas práticas de fabricação de queijos Minas artesanais da região do Serro, MG.. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes , v. 63, p. 220-224, 2008.

  • PINTO, M. S. ; SOUZA, A. C. C. ; TEODORO, V. A. M. ; SANTOS, A. L. ; MARTINS, J. M. . Comparação entre métodos de diagnóstico de colifomes totais, Escherichia coli e Staphylococcus aureus em queijo Minas artesanal.. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes , v. 65, p. 1-6, 2008.

  • SOUZA, P. H. M. ; MARTINS, J. M. ; COELHO, S. B. ; ARRUDA, A. C. ; MINIM, V. P. R. . Perfil sensorial de queijo Minas Padrão. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes , v. 62, p. 181-188, 2007.

  • GOMES, L. M. ; OLIVEIRA, F. ; GONCALVES, J. F. ; MARTINS, J. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Desenvolvimento de quefir concentrado, tipo boursin.. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes , v. 61, p. 124-127, 2006.

  • PIMENTEL FILHO, N. J. ; MARTINS, J. M. ; FERREIRA, R. T. ; COLOMBARI, D. S. ; NOBREGA, J. E. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Microscopia em queijos artesanais do Serro, Minas Gerais.. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes , v. 61, p. 264-267, 2006.

  • NOBREGA, J. E. ; MARTINS, J. M. ; PIMENTEL FILHO, N. J. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Perfil do fermento endógeno utilizado na produção de queijo Minas artesanal na Serra da Canastra, Minas Gerais.. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes , v. 61, p. 427-429, 2006.

  • MARTINS, J. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Sistemas de proteção e valorização de produtos agro-alimentares.. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes , v. 60, p. 325-328, 2005.

  • MARTINS, J. M. ; PIMENTEL FILHO, N. J. ; CORREIA, L. O. ; FERREIRA, D. S. ; CUNHA, L. R. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Parâmetros microbiológicos de leite e água utilizados na fabricação de queijos Minas artesanais da região do Alto Paranaíba.. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes , v. 60, p. 321-324, 2005.

  • PIMENTEL FILHO, N. J. ; MARTINS, J. M. ; CUNHA, L. R. ; LOPES, J. P. ; FERNANDES, P. E. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Modulação de parâmetros microbiológicos e do pH pelo cloreto de sódio, no fermento endógeno utilizado na produção de queijo Minas artesanal do Alto Paranaíba.. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes , v. 60, p. 295-298, 2005.

  • PIMENTEL FILHO, N. J. ; MARTINS, J. M. ; RAMOS, M. P. P. ; ROSADO, M. S. ; Oliveira, N. P. ; CUNHA, L. R. ; COSTA, K. F. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Características microscópicas de queijo Minas artesanal da região do Alto Paranaíba.. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes , v. 60, p. 298-301, 2005.

  • LUIZ, L. M. P. ; ROSADO, M. S. ; BERNARDES, P. C. ; MARTINS, J. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Bebida láctea fermentada com grãos de Quefir.. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes , v. 60, p. 317-320, 2005.

  • ALVES, F. F. ; OLIVEIRA, H. V. ; ARRUDA, C. C. ; MARTINS, J. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Leite fermentado probiótico tipo sundae contendo Lactobacillus acidophilus.. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes , v. 60, p. 314-317, 2005.

  • LEANDRO, E. S. ; JUNCAL, L. F. ; ROSADO, M. S. ; RAMOS, M. P. P. ; MARTINS, J. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Produto lácteo simbiótico fermentado com cultura termofílica.. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes , v. 60, p. 304-308, 2005.

  • CUNHA, L. R. ; RAMOS, M. P. P. ; MARTINS, J. M. ; PIMENTEL FILHO, N. J. ; MOTA, F. B. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Tolerância in vitro ao estresse digestivo de bactérias propiônicas endógenas isoladas do Campo das Vertentes, Minas Gerais.. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes , v. 60, p. 308-311, 2005.

  • ARAUJO, R. A. B. M. ; MARTINS, J. M. ; PINTO, M. S. ; CUNHA, L. R. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Parâmetros físico-químicos de queijo Minas artesanal da região de Araxá, Minas Gerais.. Indústria de Laticínios , v. 56, p. 45-51, 2005.

  • PINTO, M. S. ; MARTINS, J. M. ; ARAUJO, R. A. B. M. ; SILVA, M. C. C. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Queijo Minas artesanal da região do Serro: avaliação de Staphylococcus aureus e suas enterotoxinas.. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes , v. 59, p. 82-86, 2004.

  • MARTINS, J. M. ; PINTO, M. S. ; BARBOSA, T. S. ; OLIVEIRA, F. A. ; OLIVEIRA, R. C. ; RIBEIRO JR., J. I. ; FURTADO, M. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Características físico-químicas dos queijos Minas artesanais produzidos na região do Serro.. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes , v. 59, p. 331-334, 2004.

  • MARTINS, J. M. ; PINTO, M. S. ; ARAUJO, R. A. B. M. ; CUNHA, L. R. ; FURTADO, M. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Características físico-química dos queijos Minas artesanais produzidos na região de Araxá.. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes , v. 59, p. 317-320, 2004.

  • MARTINS, J. M. ; PINTO, M. S. ; BARBOSA, T. S. ; SILVA, T. T. ; OLIVEIRA, R. C. ; FURTADO, M. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Características físico-química dos queijos Minas artesanais produzidos na cidade de Serra do Salitre.. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes , v. 59, p. 320-324, 2004.

  • PINTO, M. S. ; MARTINS, J. M. ; ARAUJO, R. A. B. M. ; PIRES, A. C. S. ; DUARTE, G. K. ; CUNHA, L. R. ; FURTADO, M. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Programa de apoio ao queijo Minas artesanal produzido no Estado de Minas Gerais. Diagnóstico sócio-econômico e cultural dos produtores e avaliação microbiológica do queijo Minas artesanal da região do Serro - MG.. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes , v. 59, p. 86-92, 2004.

  • ARAUJO, R. A. B. M. ; MARTINS, J. M. ; PINTO, M. S. ; Oliveira, N. P. ; OLIVEIRA, R. C. ; FURTADO, M. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Avaliação microbiológica do queijo Minas artesanal da região de Araxá.. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes , v. 59, p. 93-96, 2004.

  • PINTO, M. S. ; MARTINS, J. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. ; BARBOSA, I. N. ; CUNHA, L. R. ; PIRES, A. C. S. ; SOUZA, J. G. . Estudo da viabilidade de Lactobacilli em leites fermentados no mercado brasileiro.. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes , v. 58, p. 198-201, 2003.

  • BARBOSA, I. N. ; PINTO, M. S. ; CUNHA, L. R. ; MARTINS, J. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. . O aproveitamento do soro na elaboração de bebidas lácteas.. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes , v. 58, p. 194-198, 2003.

  • CUNHA, L. R. ; BARBOSA, I. N. ; PINTO, M. S. ; MARTINS, J. M. ; DRUMOND, G. F. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Bactérias propiônicas endógenas na formação de olhaduras, em queijo de massa semi-cozida.. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes , v. 58, p. 191-194, 2003.

  • MARTINS, J. M. ; FURTADO, M. M. ; VIANA, G. A. . Mussarela semifundida: uma nova alternativa de produção.. Revista do Instituto de Latícinios Cândido Tostes , v. 57, p. 107-110, 2002.

  • VIANA, G. A. ; FURTADO, M. M. ; MARTINS, J. M. . Produção de queijo tipo Cottage por acidificação direta do leite com ácido lático como coadjuvante no processo de fermentação.. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes , v. 57, p. 1-7, 2002.

  • CORTEZ, M. A. S. ; FURTADO, M. M. ; MOSQUIM, M. C. A. V. ; MARTINS, J. M. . Métodos de avaliação da qualidade das propriedades funcionais de queijo Mussarela.. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes , v. 54, p. 16-20, 1999.

  • BENEVENUTO, W. C. A. N. ; BENEVENUTO JUNIOR, A. A. ; MARTINS, J. M. ; MOREIRA JUNIOR, S. ; EMILIANO, J. V. S. ; SILVA, J. C. S. . Redução de Sódio em Alimentos. In: André Narvaes da Rocha Campos, Sérgio de Miranda Pena, Larissa Mattos Trevizano, Franciano Benevenuto Caetano, Lenice Alves Moreira, Luciana Narciso de Mattos. (Org.). Redução de Sódio em Alimentos. 1ed.Juiz de Fora: , 2016, v. , p. 128-145.

  • VALE, R. C. ; RODRIGUES, M. P. J. ; MARTINS, J. M. . Influência do tipo de fermento nas características físico-químicas de queijo Minas artesanal do serro - Minas Gerais, maturado em condições controladas.. Revista do Instituto de Laticínios Cândido Tostes, ILCT - Juiz de Fora, p. 82 - 90, 18 set. 2018.

  • TRINDADE, L. C. A. ; MARTINS, M. L. ; MARTINS, J. M. ; MARTINS, A. D. O. . Qualidade do leite cru comercializado informalmente no município de Rio Pomba.. Revista Higiene Alimentar, , v. 32, p. 72 - 76, 03 set. 2018.

  • MAGALHÃES, J. C. ; MARTINS, A. O. D. ; MARTINS, J. M. ; SILVA, C. A. S. . Perfil do Consumidor de leite de cabra na cidade de Viçosa, MG.. Higiene Alimentar, , v. 30, p. 70 - 75, 02 jan. 2017.

  • ANDRADE, S. ; FLORESTA, P. M. M. ; MARTINS, A. O. D. ; MARTINS, M. L. ; MARTINS, J. M. . Avaliação das características físico-químicas, microbiológicas e sensoriais de ricotas em pasta condimentadas.. Revista Vértice, Campos dos Goytacazes/RJ, , v. 16, p. 87 - 99, 05 maio 2014.

  • RIBEIRO, W. O. ; OLIVEIRA, R. L. ; MARTINS, M. L. ; MARTINS, J. M. ; ARCANJO, A. H. M. ; ALMEIDA NETO, O. B. . Enumeração de microrganismos causadores da mastite bovina e estudo da ação de antimicrobianos.. Revista do Instituto de Latícinios Cândido Tostes, Juiz de Fora / MG., , v. 69, p. 45 - 52, 03 mar. 2014.

  • MONTORSI, A. S. ; REIS, M. R. R. ; MENDES, N. R. ; SILVA, V. R. O. ; MARTINS, A. D. O. ; MARTINS, J. M. . Características físico-químicas e sensorial de chantilly adicionado de soro de leite em pó.. Tecnologia & Ciência Agropecuária., João Pessoa / PB., , v. 7, p. 45 - 49, 05 dez. 2013.

  • PRATES, L. O. ; CALLEGARO, E. D. ; SILVA, N. B. N. ; MARTINS, M. L. ; MARTINS, A. D. O. ; MARTINS, J. M. ; SILVA, R. R. ; MARTINS, E. M. F. . Qualidade da água utilizada na higienização dos tanques de granelização de leite cru do município de Rio Pomba, MG.. Revista Higiene Alimentar, Mirandópolis / SP., , v. 27, p. 145 - 150, 02 set. 2013.

  • MARQUES, K. A. ; MARTINS, A. D. O. ; SOARES, B. G. ; MARTINS, M. L. ; MARTINS, J. M. ; BITTENCOURT, F. . Inibição de microrganismos bioindicadores em queijo Minas Padrão com culturas lácticas adicionadas.. Tecnologia & Ciência Agropecuária, João Pessoa / PB., , v. 7, p. 69 - 74, 02 jun. 2013.

  • MARTINS, J. M. ; Lempk, M. W ; Felício, B. A. ; PINTO, M. S. ; Brandi, I, V . Queijo Minas Artesanal: aspectos produtivos, físico-químicos, microbiológicos e legislação. Informe Agropecuário, Belo Horizonte / MG., , v. 34, p. 90 - 98, 06 maio 2013.

  • Lempk, M. W ; PINTO, M. S. ; MARTINS, J. M. ; ALMEIDA, A. C. ; Paiva, P. H. C. . Diagnóstico socioeconômico e cultural dos produtores de Queijo Minas Artesanal da microrregião de Montes Claros, MG.. Revista Informe Agropecuário, Belo Horizonte / MG., , v. 34, p. 99 - 107, 06 maio 2013.

  • CARVALHAES, J. F. ; MARTINS, M. L. ; MARTINS, A. D. O. ; PINTO., C. O. ; MARTINS, J. M. . Avaliação da atividade deterioradora da microbiota psicotrófica do leite cru granelizado da região de Rio Pomba - MG sobre o rendimento de produção de queijo Minas padrão.. In: IV Simpósio de Ciência, Inovação & Tecnologia, 2011, Rio Pomba. IV Simpósio de Ciência, Inovação & Tecnologia, 2011.

  • MARQUES, K. A. ; FERREIRA, R. P. ; MARTINS, A. D. O. ; SOARES, B. G. ; MARTINS, M. L. ; MARTINS, J. M. . Composição físico-química de queijo minas padrão probiótico inoculado com Enterobacter aerogenes.. In: III Simpósio de Ciência, Inovação e Tecnologia., 2011, Rio Pomba. III Simpósio de Ciência, Inovação e Tecnologia., 2010.

  • SOUZA, A. C. C. ; PINTO, M. S. ; TEODORO, V. A. M. ; SANTOS, A. L. ; MARTINS, J. M. . Comparação entre métodos de diagnóstico de Colifomes totais, Escherichia coli e Staphylococcus aureus em queijo Minas artesanal.. In: xxv Congresso Nacional de Laticínios., 2008, Juiz de Fora. xxv Congresso Nacional de Laticínios., 2008. v. 65.

  • FERREIRA, C. L. L. F. ; MARTINS, J. M. ; NOBREGA, J. E. . Queijos artesanais do estado de Minas Gerais: Passado, Presente e Futuro.. In: III simposio mineiro de microbiologia de alimentos e III Forum de debates sobre vigilância sanitária, 2008, Viçosa. Quyalidade , Segurança alimentar e sustentabilidade:Quando? Onde? Como? Por que?, 2008. v. 1. p. 1-21.

  • SOUZA, P. H. M. ; MARTINS, J. M. ; COELHO, S. B. ; FARAONI, A. S. ; ARRUDA, A. C. ; MINIM, V. P. R. . Perfil sensorial de queijo Minas Padrão.. In: XXIV congresso Nacional de Laticínios., 2007, Juiz de Fora. XXIV Congresso Nacional de Laticínios., 2007. v. 62. p. 181-188.

  • NOBREGA, J. E. ; DORES, M. T. ; MARTINS, J. M. ; PIMENTEL FILHO, N. J. ; FERREIRA, R. T. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Características de segurança microbiológica do queijo artesanal produzido na Serra da Canastra, Minas Geras - Brasil. In: XIV SEMINARIO LATINO-AMERICANO CARIBE de CIENCIA e TECNOLOGIA dos ALIMENTOS, 2006, Havana. XIV SEMINARIO LATINOAMERICANO E DO CARIBE DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS 2006., 2006.

  • GOMES, L. M. ; OLIVEIRA, F. ; GONCALVES, J. F. ; MARTINS, J. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Desenvolvimento de quefir concentrado, tipo boursin.. In: XXIII Congresso Nacional de Laticínios., 2006, Juiz de Fora.. Anais do XXIII Congresso Nacional de Laticínios., 2006. v. 61. p. 124-127.

  • PIMENTEL FILHO, N. J. ; MARTINS, J. M. ; FERREIRA, R. T. ; COLOMBARI, D. S. ; NOBREGA, J. E. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Microscopia em queijos artesanais do Serro, Minas Gerais.. In: XXIII Congresso Nacional de Laticínios., 2006, Juiz de Fora.. Anais do XXIII Congresso Nacional de Laticínios., 2006. v. 61. p. 264-267.

  • NOBREGA, J. E. ; MARTINS, J. M. ; PIMENTEL FILHO, N. J. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Perfil do fermento endógeno utilizado na produção de queijo Minas artesanal na Serra da Canastra, Minas Gerais.. In: XXIII Congresso Nacional de Laticínios., 2006, Juiz de Fora.. Anais do XXIII Congresso Nacional de Laticínios., 2006. v. 61. p. 427-429.

  • LEAL, P. F. G. ; RICARDO, L. N. ; MACÊDO, I. S. ; SOUZA, L. M. ; MARTINS, J. M. . Diagnóstico sanitário e sócio-econômico do Distrito de Dom Silvério, Guiricema, Minas Gerais.. In: XVIII Congresso Brasileiro, VI Encontro Latino Americano e IX Simpósio Estadual de Economia Doméstica., 2005, Francisco Beltrão. XVIII Congresso Brasileiro, VI Encontro Latino Americano e IX Simpósio Estadual de Economia Doméstica. Segurança alimentar e suas interfaces: responsabilidade, controle social e políticas públicas., 2005.

  • LEANDRO, E. S. ; JUNCAL, L. F. ; ROSADO, M. S. ; RAMOS, M. P. P. ; MARTINS, J. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Produto lácteo simbiótico fermentado com cultura termofílica.. In: XXII Congresso Nacional de Laticínios, 2005, Juiz de Fora. XXII Congresso Nacional de Laticínios, 2005. v. 60. p. 304-308.

  • CUNHA, L. R. ; RAMOS, M. P. P. ; MARTINS, J. M. ; PIMENTEL FILHO, N. J. ; MOTA, F. B. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Tolerância in vitro ao estresse digestivo de bactérias propiônicas endógenas isoladas do Campo das Vertenges, Minas Gerais.. In: XXII Congresso Nacional de Laticínios, 2005, Juiz de Fora. XXII Congresso Nacional de Laticínios, 2005. v. 60. p. 308-311.

  • ARAUJO, R. A. B. M. ; MARTINS, J. M. ; PINTO, M. S. ; CUNHA, L. R. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Parâmetros físico-químicos de queijo Minas artesanal da região de Araxá, Minas Gerais.. In: XXII Congresso Nacional de Laticínios, 2005, Juiz de Fora. XXII Congresso Nacional de Laticínios, 2005. v. 60. p. 45-51.

  • PIMENTEL FILHO, N. J. ; MARTINS, J. M. ; CUNHA, L. R. ; LOPES, J. P. ; FERNANDES, P. E. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Modulação de parâmetros microbiológicos e do pH pelo cloreto de sódio no fermento endógeno utilizado na produção de queijo Minas artesanal da região do Alto Paranaíba.. In: XXII Congresso Nacional de Laticínios., 2005, Juiz de Fora. XXII Congresso Nacional de Laticínios., 2005. v. 60. p. 295-298.

  • MARTINS, J. M. ; PIMENTEL FILHO, N. J. ; CORREIA, L. O. ; FERREIRA, D. S. ; CUNHA, L. R. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Parâmetros microbiológicos de leite e água utilizados na fabricação de queijos Minas artesanais da região do Alto Paranaíba.. In: XXII Congresso Nacional de Laticínios., 2005. XXII Congresso Nacional de Laticínios., 2005. v. 60. p. 321-324.

  • PIMENTEL FILHO, N. J. ; MARTINS, J. M. ; RAMOS, M. P. P. ; ROSADO, M. S. ; Oliveira, N. P. ; CUNHA, L. R. ; COSTA, K. F. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Características microscópicas de queijo Minas artesanal da região do Alto Paranaíba.. In: XXII Congresso Nacional de Laticínios., 2005. XXII Congresso Nacional de Laticínios., 2005. v. 60. p. 298-301.

  • LUIZ, L. M. P. ; ROSADO, M. S. ; BERNARDES, P. C. ; MARTINS, J. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Bebida láctea fermentada com grãos de quefir.. In: XXII Congresso Nacional de Laticínios., 2005. XXII Congresso Nacional de Laticínios., 2005. v. 60. p. 317-320.

  • ALVES, F. F. ; OLIVEIRA, H. V. ; ARRUDA, C. C. ; RAMOS, M. P. P. ; MARTINS, J. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Leite fermentado probiótico tipo sundae contendo Lactobacillus acidophilus.. In: XXII Congresso Nacional de Laticínios., 2005. XXII Congresso Nacional de Laticínios., 2005. v. 60. p. 314-317.

  • PINTO, M. S. ; MARTINS, J. M. ; ARAUJO, R. A. B. M. ; SILVA, M. C. C. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Queijo Minas artesanal da região do Serro: avaliação de Staphylococcus aureus e suas enterotoxinas.. In: XXI Congresso Nacional de Laticínios, 2004, Juiz de Fora. XXI Congresso Nacional de Laticínios, 2004. v. 59. p. 82-86.

  • MARTINS, J. M. ; PINTO, M. S. ; BARBOSA, T. S. ; OLIVEIRA, F. A. ; RIBEIRO JR., J. I. ; FURTADO, M. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Características físico-químicas dos queijos Minas artesanais produzidos na região do Serro.. In: XXI Congresso Nacional de Laticínios, 2004, Juiz de Fora. XXI Congresso Nacional de Laticínios, 2004. v. 59. p. 331-334.

  • MARTINS, J. M. ; PINTO, M. S. ; ARAUJO, R. A. B. M. ; CUNHA, L. R. ; FURTADO, M. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Características físico-químicas dos queijos Minas artesanais produzidos na região de Araxá.. In: XXI Congresso Nacional de Laticínios, 2004. XXI Congresso Nacional de Laticínios, 2004. v. 59. p. 317-320.

  • MARTINS, J. M. ; PINTO, M. S. ; BARBOSA, T. S. ; SILVA, T. T. ; OLIVEIRA, R. C. ; FURTADO, M. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Características físico-químicas dos queijos Minas artesanais produzidos na cidade de Serra do Salitre.. In: XXI Congresso Nacional de Laticínios, 2004, Juiz de Fora. XXI Congresso Nacional de Laticínios, 2004. v. 59. p. 320-324.

  • ARAUJO, R. A. B. M. ; MARTINS, J. M. ; PINTO, M. S. ; Oliveira, N. P. ; OLIVEIRA, R. C. ; FURTADO, M. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Avaliação microbiológica do queijo Minas artesanal da região de Araxá.. In: XXI Congresso Nacional de Laticínios, 2004, Juiz de Fora. XXI Congresso Nacional de Laticínios, 2004. v. 59. p. 93-96.

  • PINTO, M. S. ; MARTINS, J. M. ; ARAUJO, R. A. B. M. ; PIRES, A. C. S. ; DUARTE, G. K. ; CUNHA, L. R. ; FURTADO, M. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Programa de apoio ao queijo Minas artesanal produzido no estado de Minas Gerais. Diagnóstico sócio-econômico e cultural dos produtores e avaliação microbiológica do queijo Minas artesanal da região do Serro-MG.. In: XXI Congresso Nacional de Laticínios, 2004, Juz de Fora. XXI Congresso Nacional de Laticínios, 2004. v. 59. p. 86-92.

  • PINTO, M. S. ; MARTINS, J. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. ; BARBOSA, I. N. ; CUNHA, L. R. ; PIRES, A. C. S. ; SOUZA, J. G. . Estudo da viabilidade de Lactobacilli em leites fermentados no mercado brasileiro.. In: XX Congresso Nacional de Laticínios., 2003, Juiz de Fora.. Anais do XX Congresso Nacional de Laticínios., 2003. v. 58. p. 198-201.

  • BARBOSA, I. N. ; PINTO, M. S. ; CUNHA, L. R. ; MARTINS, J. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. . O aproveitamento do soro na elaboração de bebidas lácteas.. In: XX Congresso Nacional de Laticínios., 2003, Juiz de Fora.. Anais do XX Congresso Nacional de Laticínios., 2003. v. 58. p. 194-198.

  • CUNHA, L. R. ; BARBOSA, I. N. ; PINTO, M. S. ; MARTINS, J. M. ; DRUMOND, G. F. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Bactérias propiônicas endógenas na formação de olhaduras em queijo de massa semi-cozida.. In: XX Congresso Nacional de Laticínios., 2003, Juiz de Fora.. Anais do XX Congresso Nacional de Laticínios., 2003. v. 58. p. 191-194.

  • VIANA, G. A. ; FURTADO, M. M. ; MARTINS, J. M. . Produção de queijo tipo Cottage por acidificação direta do leite com ácido lático como coadjuvante no processo de fermentação.. In: XIX Congresso Nacional de Laticínios, 2002, Juiz de Fora. XIX Congresso Nacional de Laticínios, 2002. v. 57. p. 1-7.

  • TRINDADE, L. C. A. ; MARTINS, A. D. O. ; MARTINS, M. L. ; MARTINS, J. M. ; BENEVENUTO, W. C. A. N. . QUALIDADE DE LEITE CRU COMERCIALIZADO INFORMALMENTE NO MUNICÍPIO DE RIO POMBA.. In: VIII Fórum de Laticinios e Alimentos; VII Fórum Regional de Alimentos e II Simpósio do Programa de Pós Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos, 2017, Rio Pomba. Indústria de Alimentos: perspectivas de mercado e tendências tecnológicas, 2017.

  • GAMA, B. B. M. ; FREITAS, M. L. F. ; SOARES, N. C. ; CORTES, M. A. S. ; BENEVENUTO, W. C. A. N. ; MARTINS, M. L. ; MARTINS, J. M. . DIAGNÓSTICO DE IMPLANTAÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO EM UMA AGROINDÚSTRIA FAMILIAR PRODUTORA DE LEITE E DERIVADOS. In: VIII Fórum de Laticinios e Alimentos; VII Fórum Regional de Alimentos e II Simpósio do Programa de Pós Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos, 2017, RIO POMBA. Indústria de Alimentos: perspectivas de mercado e tendências tecnológicas, 2017.

  • MARTINS, I. B. A. ; ROSENTHAL, A. ; SANTOS, K. M. O. ; MARTINS, J. M. ; DELIZA, R. . Desenvolvimento de queijo de cabra tipo 'Boursin' baseado na avaliação do consumidor.. In: XXV Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos (XXV CBCTA) e X CIGR (Section International Technical Symposium - Food: the tree that sustain life)., 2016, Gramado. XXV Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos (XXV CBCTA) e X CIGR (Section International Technical Symposium - Food: the tree that sustain life)., 2016.

  • FERRAZ, W. M. ; GONCALVES, I. F. ; SOARES, I. C. ; FRANCO, M. T. A. ; FREITAS, M. L. F. ; MARTINS, J. M. . Queijo Minas artesanal da Serra da Canastra - influência do ambiente na maturação.. In: XXV Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos - CBCTA, 2016, Gramado - RS. XXV Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos - CBCTA - Alimentação: a árvore que sustenta a vida., 2016.

  • NASCIMENTO, T. C. ; FERREIRA, P. V. S. ; BENTO, C. R. ; VALE, R. C. ; OLIVEIRA, S. P. P. ; MARTINS, J. M. . Caracterização físico-química, microbiológica e sensorial de iogurte grego produzido por uma agroindústria do município de Guarani, MG.. In: XXV Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos - CBCTA., 2016, Gramado - RS.. XXV Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos - CBCTA - Alimentação: a árvore que sustenta a vida., 2016.

  • RODRIGUES, M. P. J. ; GAUDERETO, M. M. ; DOMINGO, E. C. ; MARTINS, A. D. O. ; MARTINS, J. M. ; BENEVENUTO, W. C. A. N. . Queijo petit suisse probiótico sabor açaí com abacaxi.. In: XXV Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos, X CIGR Section e VI International Technical Symposium, 2016, Gramado. Alimentação: árvore que sustenta a vida., 2016.

  • EMILIANO, J. V. S. ; MOREIRA JUNIOR, S. ; SILVA, J. C. S. ; BENEVENUTO, W. C. A. N. ; BENEVENUTO JUNIOR, A. A. ; MARTINS, J. M. . Efeito de diferentes substitutos comerciais de sódio nas características microbiológicas de ricota. In: XXV Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos, 2016, Gramado. Alimentação: a árvore que sustenta a vida, 2016.

  • RIBEIRO, W. O. ; OLIVEIRA, R. L. ; MARTINS, M. L. ; ARCANJO, A. H. M. ; MARTINS, J. M. ; Capelle, E. R. . Enumeração de micro-organismos causadores de mastite bovina em amostras de leite cru.. In: 29° Congresso Nacional de Laticínios, 2012, Juiz de Fora. 29° Congresso Nacional de Laticínios, 2012.

  • MARTINS, J. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. ; PIMENTEL FILHO, N. J. ; RIBEIRO JR., J. I. ; CARVALHO, A. F. ; PINTO, M. S. . Perfil das unidades produtoras e diagnóstico das boas práticas de fabricação de queijos Minas artesanais da região do Serro, MG. In: Congresso Nacional de Laticínios, 2008, Juiz de Fora. XXV Congresso Nacional de Laticínios.. Juiz de Fora.

  • ARAUJO, R. A. B. M. ; MARTINS, J. M. ; PINTO, M. S. ; CUNHA, L. R. ; SILVA, M. C. C. ; Oliveira, N. P. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Avaliação de Staphylococcus aureus em queijo Minas Artesanal Produzido na Região de Araxá.. In: XIV Encontro Nacional de Analistas de Alimentos., 2005, Goiânia. Anais do XIV Encontro Nacional de Analistas de Alimentos (ENNAL): Qualidade, Segurança de Alimentos e Capacitação Profissional., 2005.

  • ARAUJO, R. A. B. M. ; CUNHA, L. R. ; MARTINS, J. M. ; RAMOS, M. P. P. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Determinação de enterotoxinas e contagem de Staphylococcus aureus em queijo Minas artesanal produzido na região de Araxá.. In: II Simpósio Mineiro de Microbiologia de Alimentos e II Fórum de Debates sobre Vigilância Sanitária., 2005, Viçosa. Anais do II Simpósio Mineiro de Microbiologia de Alimentos e II Fórum de Debates sobre Vigilância Sanitária., 2005. p. 225-226.

  • MARTINS, I. B. A. ; ROSENTHAL, A. ; SANTOS, K. ; MARTINS, J. M. ; DELIZA, R. . Resistence to in vitro simulated gastrointestinal digestion of probiotics added to 'Boursin' type goat cheese. In: 4th International ISEKI_Food Conference, 2016, Vienna (Áustria). Responsible Research and Innovation in the Food Value Chain, 2016.

  • MARTINS, I. B. A. ; ROSENTHAL, A. ; SANTOS, K. ; MARTINS, J. M. ; DELIZA, R. . Sensory Chraracterization of unifamiliar product by consumers: the goat cheese example. In: 4th International ISEKI_Food Conference, 2016, Vienna (Áustria). Responsible Research and Innovation in the Food Value Chain, 2016.

  • GONCALVES, I. F. ; MARTINS, J. M. ; FERRAZ, W. M. ; FREITAS, M. L. F. ; SOARES, I. C. ; FRANCO, M. T. A. ; RODRIGUES, M. P. J. . Influência do ambiente nas características microbiológicas de queijos Minas artesanais da Serra da Canastra durante a maturação. In: III SIMEPE (Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão) do IF Sudeste MG., 2016, Rio Pomba. Ensino, Pesquisa e Extensão, 2016.

  • MOREIRA JUNIOR, S. ; EMILIANO, J. V. S. ; BENEVENUTO, W. C. A. N. ; BENEVENUTO JUNIOR, A. A. ; MARTINS, J. M. . Avaliação microbiológica de ricota condimentada elaborada com a utilização de substitutos de sódio disponíveis no mercado.. In: VIII Simpósio de Ciência, Inovação & Tecnologia, 2015, Rio Pomba. Luz, Ciência e Vida., 2015.

  • CANCADO, C. M. ; SOUZA, F. A. C. ; SILVA, C. R. ; MARTINS, J. M. ; SILVA, V. R. O. . Elaboração de iogurte labneh condimentado a partir do leite de cabra.. In: VIII Simpósio de Ciência, Inovação & Tecnologia - Luz, Ciência e Vida., 2015, Rio Pomba. VIII Simpósio de Ciência, Inovação & Tecnologia, 2015.

  • SOARES, N. C. ; FREITAS, M. L. F. ; MARTINS, J. M. . Credenciamento ao Serviço de Inspeção Sanitária Industrial - estudo de caso de uma agroindústria processadora de leite e derivados.. In: VIII Simpósio de Ciência, Inovação & Tecnologia - Luz, Ciência e Vida, 2015, Rio Pomba. VIII Simpósio de Ciência, Inovação & Tecnologia, 2015.

  • FREITAS, M. L. F. ; SOARES, N. C. ; MARTINS, J. M. . Sistemas de gestão da qualidade - estudo de caso de uma agroindústria processadora de leite e derivados. In: VIII Simpósio de Ciência, Inovação & Tecnologia - Luz, Ciência e Vida, 2015, Rio Pomba. VIII Simpósio de Ciência, Inovação & Tecnologia., 2015.

  • MOREIRA, R. M. ; MARTINS, M. L. ; MARTINS, J. M. ; MARTINS, E. M. F. ; PINHEIRO, P. S. . Elaboração de geleiada de pimenta com adição de inulina: uma nova opção em benefício à saúde.. In: VIII Simpósio de Ciência, Inovação & Tecnologia, 2015, RIO POMBA. Ciência para o desenvolvimento sustentável, 2015.

  • MARTINS, J. M. ; FREITAS, M. L. F. ; SOARES, N. C. . Sistemas de gestão da qualidade: estudo de caso de uma agroindústria procesadora de leite e derivados. In: VIII Simpósio de Ciência, Inovação e Tecnologia, 2015, Rio Pomba. Luz, Ciência e Vida, 2015.

  • MARTINS, J. M. ; FREITAS, M. L. F. ; SOARES, N. C. . Credenciamento ao serviço de inspeção sanitária industrial: estudo de caso de uma agroindústria processadora de leite e derivados. In: VIII Simpósio de Ciência, Inovação e Tecnologia, 2015, Rio Pomba. Luz, Ciência e Vida, 2015.

  • SILVA., M. G. ; COSTA, J. A. R. ; GAMA, B. B. M. ; MARTINS, J. M. . Extensão e profundidade de proteólise: subsídios de discussão para avaliação de fraude em requeijão cremoso.. In: XXIV Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos (XXIV CBCTA) e IV Congresso Nacional de Ciência e Tecnologia de Frutos Tropicais., 2014, Aracaju. XXIV Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos (XXIV CBCTA) e IV Congresso Nacional de Ciência e Tecnologia de Frutos Tropicais., 2014.

  • FARIA, W. J. ; SILVA, J. G. ; GROPPO, R. M. ; MARTINS, J. M. . Influência do tipo de fermento nas características físico-químicas, microbiológicas e sensoriais de queijo Minas Artesanal do Serro, maturado sob refrigeração.. In: XXIV Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos (XXIV CBCTA) e IV Congresso Nacional de Ciência e Tecnologia de Frutos Tropicais., 2014, Aracaju. XXIV Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos (XXIV CBCTA) e IV Congresso Nacional de Ciência e Tecnologia de Frutos Tropicais., 2014.

  • REIS, D. J. ; FREITAS, V. V. ; CARIOCA, L. J. ; MARTINS, E. M. F. ; MARTINS, A. O. D. ; MARTINS, J. M. ; BENEVENUTO, W. C. A. N. . Reaproveitamento de frutas e hortaliças do comércio hortifrutícola do município de Rio Pomba.. In: I Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão do IF Sudeste MG (SIMEPE), 2014, Muriaé. I Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão do IF Sudeste MG, 2014.

  • ANDRADE, J. L. N. ; MARTINS, F. O. ; MARTINS, J. M. ; MARTINS, M. L. . Alternative to the use of whe y in the e laboration of doce de leite adde d fruit pulp and seeds chia (Salvia hispânica L.).. In: XXIV Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos, 2014, Aracajú. XXIV Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos, 2014.

  • VARGAS, P. O. ; MARTINS, J. M. ; CARIOCA, L. J. ; OLIVEIRA, A. L. ; MARTINS, M. L. ; MARTINS, E. M. F. . Queijo minas artesanal do Serro-MG: influência da maturação controlada nas características físico-químicas e microbiológicas.. In: VII Simpósio de Ciência, Inovação & Tecnologia, 2014, Rio Pomba. Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento Social, 2014.

  • CARIOCA, L. J. ; MARTINS, J. M. ; VARGAS, P. O. ; SILVA., M. G. ; MARTINS, A. O. D. ; MARTINS, M. L. . Influência da maturação nas características sensoriais de queijo Minas artesanal do Serro-MG.. In: VII Simpósio de Ciência, Inovação & Tecnologia, 2014, RIO POMBA. Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento Social, 2014.

  • CARIOCA, L. J. ; MARTINS, J. M. ; VARGAS, P. O. ; SILVA., M. G. ; MARTINS, A. O. D. ; MARTINS, M. L. . Influência da maturação nas características sensoriais de queijo Minas artesanal do Serro-MG.. In: VII Simpósio de Ciência, Inovação & Tecnologia, 2014, RIO POMBA. Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento Social, 2014.

  • OLIVEIRA, A. L. ; RIBEIRO, L. R. ; MARTINS, M. L. ; MARTINS, A. D. O. ; MARTINS, J. M. . Elaboração de cartilha para capacitação de colaboradores de uma agroindústria de laticínios do município de Rio Pomba-MG.. In: I SIMEPE (Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão) do IF Sudeste MG, 2014, Muriaé. I SIMEPE (Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão) do IF Sudeste MG, 2014.

  • SILVA., M. G. ; MARTINS, J. M. ; MARTINS, A. O. D. ; MARTINS, F. O. ; REIS, J. S. . Características físico-químicas de requeijão cremoso da microrregião de Rio Pomba e verificação dos parâmetros de legislação.. In: VI Simpósio de Ciência, Inovação & Tecnologia do IF Sudeste MG - Campus Rio Pomba, 2013, Rio Pomba. Economia Verde, Sustentabilidade e Erradicação da Pobreza, 2013.

  • VARGAS, P. O. ; MARTINS, A. O. D. ; MARTINS, J. M. ; BITTENCOURT, F. ; OLIVEIRA, A. L. ; VANELI, N. R. . Elaboração de pettit suisse sabor morango com baixo teor de lactose.. In: VI Simpósio de Ciência, Inovação & Tecnologia do IF Sudeste MG - Campus Rio Pomba, 2013, Rio Pomba. Economia Verde, Sustentabilidade e Erradicação da Pobreza, 2013.

  • SILVA, J. G. ; MARTINS, J. M. ; GROPPO, R. M. ; FARIA, W. J. . Características físico-químicas de queijo Minas artesanal do Serro, maturado sob temperatura ambiente.. In: VI Simpósio de Ciência, Inovação e Tecnologia, 2013, Rio Pomba. Ciência, saúde e esporte, 2013.

  • SILVA, J. G. ; MARTINS, J. M. ; GROPPO, R. M. ; FARIA, W. J. ; MARQUES, P. F. G. ; MARTINS, M. L. . Caracterização físico-química e microbiológica de fermentos endógenos utilizados na produção de queijo minas artesanal do Serro.. In: VI Simpósio de Ciência, Inovação e Tecnologia, 2013. Ciência, saúde e esporte, 2013.

  • FARIA, W. J. ; MARTINS, J. M. ; SILVA, J. G. ; GROPPO, R. M. ; MARTINS, M. L. ; BITTENCOURT, F. . Características microbiológicas de queijo minas artesanal do Serro, maturado sob refrigeração.. In: VI Simpósio de Ciência, Inovação e Tecnologia, 2013, Rio Pomba. Ciência, saúde e esporte, 2013.

  • SILVA, T. J. ; SOARES, A. B. ; OLIVEIRA, M. V. ; MARTINS, A. D. O. ; MARTINS, J. M. ; SILVA, V. R. O. . Aceitação sensorial de bebida láctea fermentada simbiótica.. In: V Fórum Regional de Laticínios e IV Fórum Regional de Alimentos, 2012, Rio Pomba. V Fórum Regional de Laticínios e IV Fórum Regional de Alimentos, 2012.

  • MAGALHAES, J. C. ; MARTINS, A. D. O. ; MARTINS, J. M. ; SILVA, C. A. S. . Fatores que afetam o consumo de leite de cabra na cidade de Viçosa -MG.. In: V Fórum Regional de Laticínios e IV Fórum Regional de Alimentos, 2012, Rio Pomba. V Fórum Regional de Laticínios e IV Fórum Regional de Alimentos, 2012.

  • MENDES, N. S. ; MIRANDA, G. R. ; LINHARES, D. P. ; MARTINS, J. M. ; MARTINS, A. D. O. . Perfil das agroindústrias de frutas, hortaliças e derivados na região de Rio Pomba - MG.. In: V Fórum Regional de Laticínios e IV Fórum Regional de Alimentos, 2012, Rio Pomba. V Fórum Regional de Laticínios e IV Fórum Regional de Alimentos, 2012.

  • RIBEIRO, W. O. ; MARTINS, M. L. ; MARTINS, J. M. ; Capelle, E. R. . Enumeração, isolamento e identificação de micro-organismos causadores de mastite bovina.. In: Congresso Mineiro de Engenharia de Alimentos, 2012, Lavras. Congresso Mineiro de Engenharia de Alimentos, 2012.

  • SANTOS, A. S. ; PIRES, C. V. ; COSTA SOBRINHO, P. S. ; CAMPOS, G. C. C. ; MARTINS, J. M. . Count lactic acid and mesophilic bacteria in endogenous yeast used in the manufacture of artisanal Minas cheese produced in the region of Serro - MG.. In: XVI World Congress of Food Science and Technology-IUFoST, 2012, Foz do Iguaçú. Anais do XVI World Congress of Food Science and Technology-IUFoST, 2012.

  • MENDES, N. S. ; DANIEL, T. R. ; MIRANDA, G. R. ; MARTINS, A. O. D. ; MARTINS, J. M. . Evaluation microbiological of Minas Frescal cheese commercialized in city Rio Pomba.. In: I Internarional Symposium on Microbiology and Biotechnology, 2012, Viçosa. I Internarional Symposium on Microbiology and Biotechnology, 2012.

  • MENDES, N. S. ; LATINI, P. O. ; MIRANDA, G. R. ; MARTINS, A. D. O. ; MARTINS, J. M. . Diagnostico das agroindústrias familiares produtoras de leite e derivados da região de Rio Pomba-MG.. In: Congresso Mineiro de Engenharia de Alimentos - CMEA, 2012, Lavras. Congresso Mineiro de Engenharia de Alimentos - CMEA, 2012.

  • MARQUES, K. A. ; FERREIRA, R. P. ; MARTINS, A. D. O. ; SOARES, B. G. ; MARTINS, M. L. ; MARTINS, J. M. . Desenvolvimento de queijo minas padrão probiótico.. In: IV Fórum Regional de Laticínios, III Fórum Regional de Alimentos e VI Simpósio do Dia do Leite., 2010, Rio Pomba. IV Fórum Regional de Laticínios, III Fórum Regional de Alimentos e VI Simpósio do Dia do Leite., 2010. v. xx. p. xx-xx.

  • NOBREGA, J. E. ; DORES, M. T. ; MARTINS, J. M. ; PIMENTEL FILHO, N. J. ; FERREIRA, R. T. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Evolução das características microbiológicas durante a maturação de queijos artesanais produzidos na Serra da Canastra, Minas Gerais.. In: XVI Simpósio de Iniciação Científica, VI Mostra Científica da Pós-Graduação e IV Simpósio de Extensão Universitária, 2007, Viçosa. Anais do XVI Simpósio de Iniciação Científica, VI Mostra Científica da Pós-Graduação e IV Simpósio de Extensão Universitária, 2007, Viçosa. XVI Simpósio de Iniciação Científica, VI Mostra Científica da Pós-Graduação e IV Simpósio de Extensão Universitária, 2007, Viçosa. Anais do XVI Simpósio de Iniciação Científica, VI Mostra Científica da Pós-Graduação e IV Simpósio de Extensão Universitária, 2007.

  • PIMENTEL FILHO, N. J. ; MARTINS, J. M. ; NOBREGA, J. E. ; DORES, M. T. ; CARVALHO, A. F. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Capacidade de acidificação de fermentos endógenos utilizados na fabricação de queijo artesanal do Serro em sistemas de leite desnatado reconstituído esterilizado.. In: 9º Congresso Pan-americano do Leite., 2006, Porto Alegre, RS.. Anais do 9º Congresso Pan-americano do Leite.. p. 397-397.

  • PIMENTEL FILHO, N. J. ; MARTINS, J. M. ; RAMOS, M. P. P. ; ROSADO, M. S. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Características microscópicas de queijo Minas artesanal da região do Alto Paranaíba, Minas Gerais.. In: XV Simpósio de Iniciação Científica, V Mostra Científica da Pós-Graduação e III Simpósio de Extensão Universitária, 2006, Viçosa. Anais do XV Simpósio de Iniciação Científica, V Mostra Científica da Pós-Graduação e III Simpósio de Extensão Universitária, 2006, Viçosa. XV Simpósio de Iniciação Científica, V Mostra Científica da Pós-Graduação e III Simpósio de Extensão Universitária, 2006, Viçosa. Anais do XV Simpósio de Iniciação Científica, V Mostra Científica da Pós-Graduação e III Simpósio de Extensão Universitária, 2006.

  • PIMENTEL FILHO, N. J. ; MARTINS, J. M. ; CUNHA, L. R. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Efeito do NaCl e do pH na microbiota de fermento endógeno.. In: XV Simpósio de Iniciação Científica, V Mostra Científica da Pós-Graduação e III Simpósio de Extensão Universitária, 2006, Viçosa. Anais do XV Simpósio de Iniciação Científica, V Mostra Científica da Pós-Graduação e III Simpósio de Extensão Universitária., 2006, Viçosa. XV Simpósio de Iniciação Científica, V Mostra Científica da Pós-Graduação e III Simpósio de Extensão Universitária, 2006, Viçosa. Anais do XV Simpósio de Iniciação Científica, V Mostra Científica da Pós-Graduação e III Simpósio de Extensão Universitária, 2006.

  • MARTINS, J. M. . Maturação de queijos: alterações na composição e na microbiota. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • MARTINS, J. M. . Influência do ambiente durante a maturação de queijo Minas artesanal. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • MARTINS, J. M. . Fatores determinantes para a maturação de queijo. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • NASCIMENTO, T. C. ; FERREIRA, P. V. S. ; BENTO, C. R. ; VALE, R. C. ; OLIVEIRA, S. P. P. ; MARTINS, J. M. . Caracterização físico-química, microbiológica e sensorial de iogurte grego produzido por uma agroindústria do município de Guarani, MG.. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FERRAZ, W. M. ; GONCALVES, I. F. ; FREITAS, M. L. F. ; SOARES, I. C. ; FRANCO, M. T. A. ; MARTINS, J. M. . Queijo Minas artesanal da Serra da Canastra: influência do ambiente na maturação.. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MARTINS, J. M. . Produção de queijo artesanal. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • MARTINS, J. M. . Queijos artesanais do estado de Minas Gerais - desafios e oportunidades. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • FARIA, W. J. ; SILVA, J. G. ; GROPPO, R. M. ; GAMA, B. B. M. ; MARTINS, J. M. . Influência do tipo de fermento nas características físico-químicas, microbiológicas e sensoriais de queijo Minas artesanal do Serro maturado sob refrigeração.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SILVA., M. G. ; REIS, J. S. ; GAMA, B. B. M. ; MARTINS, J. M. . Extensão e profundidade de proteólise: subsídios de discussão para avaliação de fraude em requeijão cremoso.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MARTINS, J. M. . Exemplos de sucesso com o leite de qualidade.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • MARTINS, J. M. . Queijos artesanais: características de produção e segurança alimentar.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • MARTINS, J. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. ; PIMENTEL FILHO, N. J. ; RIBEIRO JR., J. I. ; CARVALHO, A. F. ; PINTO, M. S. . Perfil das unidades produtoras e diagnóstico das boas práticas de fabricação de queijos Minas artesanais da região do Serro. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MARTINS, J. M. . Engenharia de Alimentos. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • MARTINS, J. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Sistemas de proteção e valorização de produtos agroalimentares. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • PIMENTEL FILHO, N. J. ; MARTINS, J. M. ; RAMOS, M. P. P. ; ROSADO, M. S. ; Oliveira, N. P. ; CUNHA, L. R. ; COSTA, K. F. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Características microscópicas de queijo Minas artesanal da região do Alto Paranaíba.. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MARTINS, J. M. ; PIMENTEL FILHO, N. J. ; CORREIA, L. O. ; FERREIRA, D. S. ; CUNHA, L. R. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Parâmetros microbiológicos de leite e água utilizados na fabricação de queijos Minas artesanais da região do Alto Paranaíba.. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • PIMENTEL FILHO, N. J. ; MARTINS, J. M. ; CUNHA, L. R. ; LOPES, J. P. ; FERNANDES, P. E. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Modulação de parâmetros microbiológicos e do pH pelo cloreto de sódio, no fermento endógeno utilizado na produção de queijo Minas artesanal do Alto Paranaíba.. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MARTINS, J. M. ; PINTO, M. S. ; BARBOSA, T. S. ; OLIVEIRA, F. A. ; OLIVEIRA, R. C. ; RIBEIRO JR., J. I. ; FURTADO, M. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Características físico-química dos queijos Minas artesanais produzidos na região do Serro.. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MARTINS, J. M. ; PINTO, M. S. ; ARAUJO, R. A. B. M. ; CUNHA, L. R. ; FURTADO, M. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. . Características físico-química dos queijos Minas artesanais produzidos na região de Araxá. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MARTINS, J. M. . Características físico-química dos queijos Minas artesanais produzidos na cidade de Serra do Salitre.. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MARTINS, J. M. ; FURTADO, M. M. ; VIANA, G. A. . Mussarela semifundida: uma nova alternativa de produção. 2002. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

MARTINS, M. L. ; SILVA, V. R. O. ; SILVA, M. H. L. ; MARTINS, A. D. O. ; MARTINS, E. M. F. ; MARTINS, J. M. ; SILVA, C. A. S. . Projeto de implantação do curso de mestrado profissional em Ciência e Tecnologia de Alimentos no Campus Rio Pomba do IF Sudeste MG.. 2012.

FERREIRA, C. L. L. F. ; MARTINS, J. M. ; MARTINS, J. M. . Orientações técnicas para a produção de queijo Minas artesanal. 2006.

MARTINS, J. M. ; MARTINS, M. L. ; SOARES, B. G. ; ALMEIDA, E. F. L. ; CORREIA, L. F. M. ; SILVA, C. A. S. . Alimentos Artesanais ou Industriais: a Visão Ideal.. 2012. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

MARTINS, J. M. . Preço do leite longa vida para 2008.. 2008. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

MARTINS, J. M. . Tecnologia da fabricação de queijo Provolone.. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

MARTINS, J. M. . Influência do ambiente durante a maturação de queijo Minas artesanal. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

MARTINS, J. M. . Oficina de produção de queijos - III SIMEPE (Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão). 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

MARTINS, J. M. . Queijos artesanais do estado de Minas Gerais: desafios e oportunidades.. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

MARTINS, J. M. . Queijos artesanais do estado de Minas Gerais: uma tradição em risco. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

MARTINS, J. M. . Curso de Boas Práticas de Fabricação de queijo artesanal.. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

MARTINS, J. M. . Sustentabilidade na cadeia produtiva de queijos artesanais. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

MARTINS, J. M. . Princípios da fabricação de queijos - uma revisão.. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

MARTINS, J. M. . Queijo Minas artesanal: desafios e oportunidades da cadeia produtiva. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

MARTINS, J. M. ; FERREIRA, C. L. L. F. ; PIMENTEL FILHO, N. J. . Queijo Minas Artesanal: guia técnico para a implantação de boas práticas de fabricação em unidades de produção do queijo Minas artesanal.. 2011. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Cartilha).

MARTINS, J. M. . Curso Técnico em Agropecuária - Processamento de produtos de origem animal. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

MARTINS, J. M. . Boas práticas de fabricação. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

MARTINS, J. M. . Queijos artesanais: características de produção e segurança alimentar. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

MARTINS, J. M. . Aplicações e implantação de APPCC no processamento de lácteos. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

MARTINS, J. M. . Boas práticas de fabricação. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

MARTINS, J. M. . Processamento artesanal de derivados do leite - 20 semana da família rural. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

BRAGANÇA, M. G. L. ; PALHA, K. ; MARTINS, J. M. ; CASTRO, L. P. . Fabricação de produtos lácteos - Processamento artesanal.. 2008. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila).

MARTINS, J. M. . Elaboração de queijo Minas frescal, fabricação de doce de leite cremoso e em barra. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

CARVALHO, A. F. ; MARTINS, J. M. . Elaboração de queijo Minas Frescal. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

CARVALHO, A. F. ; MARTINS, J. M. . IN 51: Legislação Federal para a produção, identidade e qualidade do leite, transporte a granel e beneficiamento - Programa Nacional da Melhoria da Qualidade do Leite.. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

FERREIRA, C. L. L. F. ; MARTINS, J. M. . Produção de queijo Minas artesanal com qualidade.. 2006. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Cartilha).

CARVALHO, A. F. ; PIRES, A. C. S. ; ARAUJO, E. A. ; MARTINS, J. M. . Elaboração de queijo Minas Frescal.. 2006. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila).

FERREIRA, C. L. L. F. ; MARTINS, J. M. . Tecnologia de Fabricação de Iogurte e Quefir Artesanal. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

FERREIRA, C. L. L. F. ; MARTINS, J. M. . Processamento Artesanal de Iogurte e Quefir. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2017 - Atual

    Apoio à caracterização e reconhecimento da região das Serras de Ibitipoca como produtora de queijo artesanal., Descrição: A produção de queijos artesanais no Brasil tem sido impulsionada pela valorização das coisas do campo e pela gastronomia brasileira, que vê neste produto um grande potencial de sabores e aromas, atraindo cada vez mais o interesse dos consumidores. Minas Gerais é o maior produtor de queijos artesanais do Brasil, com estimativa de produção superior a 50 mil toneladas anuais. Dentre os principais queijos artesanais do Estado podemos citar o Minas artesanal, o queijo Cabacinha e o queijo tipo Parmesão, responsáveis pela movimentação da economia e ocupação do homem do campo em diversas regiões de Minas. As principais regiões produtoras de queijos artesanais do Estado são o Serro, Canastra, Araxá, Campo das Vertentes, Triângulo Mineiro, Serra do Salitre e Cerrado (queijo Minas artesanal), Vale do Suaçuí e Alagoa (queijo tipo Parmesão) e Vale do Jequitinhonha (queijo Cabacinha), todas consideradas tradicionais e reconhecidas legalmente pelo IMA (Instituto Mineiro de Agropecuária), órgão de inspeção sanitária dos produtos de origem animal do estado de Minas Gerais. Para que uma região seja devidamente reconhecida como produtora de queijo artesanal, é necessário que a mesma consiga atender a uma série de exigências capazes de diferenciá-la de outras regiões, em razão de suas peculiaridades, como clima, relevo, vegetação, umidade relativa do ar e principalmente a qualidade do produto. A região das Serras de Ibitipoca é tradicionalmente conhecida como produtora de queijos artesanais, pelo fato de ser uma das principais responsáveis pela chegada de queijos ao estado do Rio de Janeiro e até mesmo à mesa da Coroa Portuguesa, no período colonial, quando Minas Gerais ganhou a fama de ter os melhores queijos do Brasil. O principal objetivo deste projeto é apoiar a caracterização e reconhecimento da região das Serras de Ibitipoca como produtora de queijo artesanal, com foco na sua caracterização social, cultural, econômica e de produção, gerando importantes subsídios que possam ser utilizados no processo de reconhecimento.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Wellingta Cristina Almeida do Nascimento Benevenuto - Integrante / Júlia Tavares Silva - Integrante / Maíra Pereira Magalhães - Integrante.

  • 2016 - Atual

    Queijo Minas artesanal do Serro: proposta de pagamento por qualidade., Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado profissional: (2) . , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Maurílio Lopes Martins - Integrante / Augusto Aloisio Benevenuto Jùnior - Integrante / Rosana Campos do Vale - Integrante / Sâmya Petrina Pessoa Oliveira - Integrante.

  • 2016 - Atual

    Queijo Minas Artesanal do Serro: influência do ambiente durante a maturação., Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (2) . , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Aurélia de Oliveira Dornelas Martins - Integrante / Wellingta Cristina de Almeida Nascimento Benevenuto - Integrante / Rosana Campos do Vale - Integrante / Sâmya Petrina Pessoa Oliveira - Integrante.

  • 2016 - Atual

    Avaliação de fatores de risco para patógenos específicos em queijos artesanais (QA) e do tempo de maturação adequado para assegurar a inocuidade deste alimento., Descrição: O projeto objetiva: i) determinar os patógenos mais prevalentes no produto fresco (presença de patógenos), ii) avaliar os fatores a eles associados (fatores de risco para a presença de cada patógeno) e iii) analisar o tempo de maturação necessário para eliminá-los (sobrevivência de patógenos). O projeto envolve 4 regiões produtoras de queijo Coalho do Nordeste, 2 de QMA de MG, 1 produtora de Nicola no Pantanal, 2 produtoras de Serrano e 1 produtora do Colonial. Serão selecionados 384 produtores de nas regiões envolvidas, sendo os mesmos entrevistados e duas amostras de queijo de um mesmo lote coletadas por propriedade. Os queijos passarão por análises físico-químicas (determinação de umidade, pH e teor de cloreto de sódio) e pelas análises microbiológicas: Coliformes, Staphylococcus aureus (e toxinas), Salmonella sp., Listeria monocytogenes, Streptococcus equi subsp. zooepidemicus, Mycobacterium bovis, Brucella spp. e Mycobacterium avium subsp. paratuberculosis (MAP), Campylobacter jejuni e Coxiella burnetii. Diversos desses patógenos serão analisados no Laboratório Central do IMA, com excessão de M. bovis, Brucella spp., MAP, C. jejuni e C. burnetii, que serão analisados com participação da Embrapa Gado de Corte, Lanagro MG, UFV, UFJF e Fiocruz/Adolfo Lutz, respectivamente. Este é o mais amplo levantamento já realizado no Brasil, seja em abrangência espacial, em número de microrganismos estudados, bem como em tipos de QA representados, e para cumprir este propósito e atingir os objetivos estabelecidos contará com uma extensa rede de pesquisa com a participação de equipes de diversas unidades da Embrapa, institutos de pesquisa, como IF Rio Pomba e Cândido Tostes, e órgãos de defesa como o IMA. Os seguintes produtos e resultados são esperados: 1) modelos explicativos: i) para a presença de patógenos nos QA (fatores de risco) e ii) efeito do tempo de maturação na sobrevivência dos patógenos; 2) conhecimento dos patógenos mais prevalentes; 3) apoio ao MAPA e órgãos de defesa estaduais como o IMA na tomada de decisão sobre normas e legislações específicas tomando como base no conhecimento gerado sobre a prevalência, fatores de risco e tempo de maturação ideal; 4) Esses conhecimentos poderão ser também aplicados a Manuais de BPA e BPF e cursos direcionados a multiplicadores e extensionistas, de forma a controlar possíveis patógenos detectados e tornar os QA mais seguros ao consumidor.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: José Manoel Martins - Integrante / Márcio Roberto Silva - Coordenador.

  • 2015 - Atual

    Ocorrência e fatores associados à presença de Campylobacter jejuni e Coxiella burnetti no queijo artesanal do Serro, Descrição: Esse plano de trabalho tem como projeto base ?Fatores de produção e fabricação associados à presença de patógenos específicos no queijo artesanal do Serro e avaliação do tempo de maturação adequado para assegurar sua inocuidade".. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: José Manoel Martins - Integrante / Márcio Roberto Silva - Coordenador.

  • 2014 - 2016

    Queijo Minas Artesanal da Serra da Canastra: influência do ambiente durante a maturação., Descrição: Os queijos artesanais do Estado de Minas Gerais tornaram-se alvo de intensas e polêmicas discussões em razão dos riscos que eles oferecem à saúde do consumidor. No final da década de 90, o ministério público exigiu dos produtores e do próprio governo de Minas alternativas capazes de garantir a segurança alimentar deste produto. A partir de então, a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SEAPA) do Estado de Minas, em parceria com instituições de pesquisa, Cooperativas e Associações de Produtores, organizações Não Governamentais (ONGs) e o Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA), criaram, em 2000, o Programa de Apoio aos Queijos Artesanais de Fabricação Artesanal do Estado de Minas Gerais. Uma das principais etapas do programa, o diagnóstico da qualidade dos queijos, verificou que as características físico-químicas e microbiológicas dos produtos frescos não atendiam à legislação, com riscos à saúde do consumidor. Após o diagnóstico, trabalhos envolvendo maturação (MARTINS, 2015; DORES, 2007) foram realizados com o objetivo de verificar a sua influência nas características físico-químicas e microbiológicas dos queijos artesanais, buscando a redução de micro-organismos contaminantes e a eliminação de patógenos. Em 2013, foram construídos no Estado dois Centros de Qualidade de queijos Minas artesanais, um no município de Medeiros (região da Serra da Canastra), e outro no município de Rio Paranaíba (região do Cerrado). No caso de Medeiros, a Associação dos Produtores de Queijo Canastra de Medeiros (APROCAME) obteve a concessão de uso do Centro de Qualidade por 10 anos, podendo ser renovado em novo contrato por período determinado. Os Centro de Qualidade recebem, classificam, maturam, rotulam e expedem o queijo oriundo de queijarias devidamente cadastradas no Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA). Têm ainda como objetivo garantir a qualidade do produto e incentivar a legalidade da comercialização, promovendo uma melhor padronização do mesmo. Atualmente o Centro de Qualidade de Medeiros recebe em média 3,5 toneladas de queijos por mês, permanecendo armazenados por um período de 3 semanas antes de irem para o mercado, sendo cuidados por profissionais treinados em boas práticas de manipulação. Acredita-se que o conhecimento das condições de armazenamento dos queijos Minas artesanais da Canastra adotadas pelo Centro de Qualidade poderá contribuir com respostas importantes a respeito dos parâmetros físico-químicos e microbiológicos, buscando a padronização e a segurança alimentar destes produtos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado profissional: (1) . , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Cleuber Antônio de Sá Silva - Integrante / Wallas Miranda Ferraz - Integrante / Wellingta Cristina de Almeida Nascimento Benevenuto - Integrante / Isabella Fiebig Gonçalves - Integrante / Igor campos soares - Integrante / MILENA TEREZINHA ANDRADE FRANCO - Integrante.

  • 2013 - 2015

    Implantação de sistemas de gestão da qualidade e apoio ao credenciamento no serviço de inspeção sanitária industrial em uma agroindústria processadora de leite e derivados., Descrição: Em 2011, o governo de Minas criou a Lei Estadual nº 19.476 (MINAS GERAIS, 2011), que dispõe sobre a habilitação sanitária de estabelecimento agroindustrial rural de pequeno porte, encorajando os microempresários a se credenciarem e a saírem da clandestinidade, tendo como um de seus facilitadores a possibilidade do próprio agricultor familiar ser o responsável pela qualidade dos alimentos que produz, desde que o mesmo passe por capacitação em boas práticas de fabricação. Esta legislação permite ainda o comércio interestadual de produtos lácteos, mediante o reconhecimento oficial da equivalência dos serviços oficiais de inspeção, em conformidade com os preceitos legais e as normas complementares que regem o Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária ? SUASA e o Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal ? SISBI/POA (MINAS GERAIS, 2013). Dessa forma, muitas oportunidades poderão surgir para as agroindústrias familiares em razão do credenciamento nos serviços industriais de inspeção sanitária, com a ampliação de novos mercados e a possibilidade de melhores vendas, atrelados a uma visão empreendedora e gerencial do negócio. Criado há cerca de 10 anos pela família Pereira, o laticínios Vovô Zely do município de Astolfo Dutra, é um exemplo típico da agroindústria familiar processadora de leite e derivados presente na região da Zona da Mata mineira. Com uma produção de aproximadamente 800 litros de leite diários, o laticínios fabrica uma variedade interessante de produtos, entre eles o leite pasteurizado, o queijo Minas Frescal, a manteiga e o iogurte, comercializados exclusivamente no município de origem com o selo do SIM (serviço de inspeção municipal). Pensando em ampliar seus horizontes por meio do seu credenciamento no Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) e melhorar constantemente a qualidade de seus produtos, com a implantação de sistemas de gestão da qualidade, o laticínios Vovô Zely busca uma parceria com o Departamento de Ciência e Tecnologia de Alimentos do Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Câmpus Rio Pomba, que possui expertise na área de leite e derivados, por meio da formatação e execução de um projeto que possa atender aos seus anseios e, consequentemente servir de modelo para as demais agroindústrias da região.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado profissional: (1) . , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Bárbara Bara De Martin Gama - Integrante / Wellingta Cristina Almeida do Nascimento Benevenuto - Integrante / Aurélia de Oliveira Dornelas Martins - Integrante / Nathan C Soares - Integrante / Mariane Floripedes Laureano - Integrante.

  • 2013 - 2015

    Influência do fermento natural sobre as características físico-químicas, microbiológicas e perfil de textura do queijo Minas artesanal., Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Maximiliano Soares Pinto em 13/09/2017., Descrição: Vários trabalhos mostram grande variabilidade das características físico-químicas dos queijos Minas artesanais, ainda que quando comparados os pertencentes a uma mesma região. Além da supracitada, as características sensoriais e reológicas são determinantes para conferir a identidade do queijo. Até a presente data, não há consenso na comunidade científica demonstrando que os queijos produzidos na região do Serro, por exemplo, possuem características únicas quando comparado aos queijos de todos os municípios que compõem a região. No entanto, há respaldo científico para se afirmar que no Serro existem vários grupos de queijos com características distintas entre si. A comunidade científica deve, por meio de estudos disponibilizar tecnologia adequada para a fabricação de queijos de modo a preservar suas características originais. No entanto deve também considerar a preferência do mercado e a segurança da população, estudando maneiras alternativas de tornar os queijos atualmente demandados, passíveis de serem consumidos. O uso do fermento natural é prática comum em pelo menos quatro das cinco tradicionais regiões produtoras de queijo em Minas Gerais. Entretanto, não existem estudos científicos comprovando a necessidade do uso desse fermento. Qualquer fermento microbiano é utilizado para direcionar uma fermentação se o mesmo contiver maiores concentrações de culturas daquelas contidas no meio onde será adicionado. Estudos recentes mostraram que a maior concentração de bactérias fica retina no queijo e não no soro. Sendo o fermento natural o soro coletado dos queijos, teoricamente não há necessidade adicioná- lo ao leite já que as concentrações microbianas são equivalentes. Diante disso, o objetivo desta proposta é investigar o efeito da adição do fermento natural sobre as características supracitadas dos queijos Minas artesanais da Região do Serro.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: José Manoel Martins - Integrante / Maximiliano Soares Pinto - Coordenador / Ana Clarissa Santos Pires - Integrante / Luiz Carlos Gonçalves Costa Júnior. - Integrante / Paulo Henrique Costa Paiva - Integrante / Gisela de Magalhães Machado Moreira - Integrante / Daniel Arantes Pereira - Integrante.

  • 2013 - 2014

    Queijo Minas Artesanal do Serro: influência da maturação controlada nas características físico-químicas, microbiológicas e sensoriais., Descrição: O queijo Minas artesanal do Serro é um dos queijos mais tradicionais do Brasil, onde a maturação é uma das exigências legais para a sua comercialização. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a influência da temperatura de maturação nas características físico-químicas, microbiológicas e sensoriais do queijo Minas artesanal do Serro. Queijos de três produtores foram coletados nas propriedades de origem, município do Serro, MG e transportados até o Departamento de Alimentos do IF Sudeste MG, Campus Rio Pomba, onde foram maturados a uma umidade relativa do ar de 85% e a 3 temperaturas diferentes: 10°C, 15°C e 20°C. Foram realizadas análises físico-químicas (proteína, umidade, cloretos, gordura, pH e acidez titulável), microbiológicas (Coliformes a 30ºC e a 45ºC, Salmonella sp. e Listeria monocytogenes) e sensorial (teste de aceitação) dos queijos nos tempos 4, 11, 18 e 25 dias de maturação. Durante a maturação observou-se diminuição do teor de umidade dos queijos, com média de 36,88%, 33,58% e 29,12% para as temperaturas de 10ºC, 15ºC e 20ºC, respectivamente. Consequentemente, houve um aumento da concentração de sólidos, como proteína, gordura e cloretos. Em todas as amostras foi observada a ausência de Listeria monocytogenes e Salmonella sp., enquanto as contagens de Coliformes a 30ºC e 45ºC só atenderam à legislação a partir dos 18 dias de maturação para as três temperaturas analisadas. O tempo de maturação não influenciou a preferência dos provadores, onde as amostras apresentaram escores variando de gostei ligeiramente a gostei moderadamente. Por sua vez, a temperatura de maturação que resultou em melhores notas foi 10ºC, principalmente para o atributo impressão global, que obteve classificação variando de gostei moderadamente a gostei muito. Conclui-se que o tempo e a temperatura de maturação influenciam as características físico-químicas, microbiológicas e sensoriais dos queijos, contribuindo com a redução de micro-organismos a níveis seguros.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Maurílio Lopes Martins - Integrante / Eliane Maurício Furtado Martins - Integrante / Pamela Oliveira Vargas - Integrante / Leonardo Justino Carioca - Integrante.

  • 2013 - 2013

    Influência do tipo de fermento nas características físico-químicas, microbiológicas e sensoriais de queijo Minas artesanal do Serro maturado sob refrigeração., Descrição: O Serro é uma das regiões mineiras mais tradicionais na produção de queijos artesanais, onde o uso do pingo, soro fermento, tem sido substituído pela rala, outro tipo de fermento obtido por meio da ralação do queijo artesanal. O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência do pingo e da rala nas características físico-químicas, microbiológicas e sensoriais de queijos Minas artesanais do Serro maturados sob refrigeração. As análises foram realizadas no Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus Rio Pomba, nos tempos 3, 10, 17 e 27 dias após a fabricação, com 3 repetições, à exceção da análise sensorial, realizada em uma única repetição. Não houve diferença (p>0,05) entre os queijos fabricados com pingo e rala para nenhuma característica físico-química analisada (proteína, umidade, gordura, cinzas, cloretos, acidez e pH). Os queijos não apresentaram diferença (p>0,05) de contagem para mesófilos aeróbios, Lactobacillus sp. e Staphylococcus aureus, com médias de 8,43, 8,41 e 4,37 ciclos log, respectivamente. A contagem de mesófilos aeróbios decresceu (p<0,05) até o 17º dia de maturação e a de Staphylococcus aureus diminuiu (p<0,05) a partir do 17º dia. Para Coliformes a 30ºC, mesmo com 27 dias de cura, pouco mais da metade dos queijos fabricados com pingo e 66,70% fabricados com rala atenderam à legislação. Para Coliformes a 45°C, os queijos fabricados com os dois tipos de fermento apresentaram 88,89% de conformidade com a legislação aos 27 dias. Os queijos fabricados com rala apresentaram melhor aceitação (p<0,05) que os fabricados com pingo para sabor, textura, impressão global, cor e acidez. Conclui-se que o tipo de fermento influenciou na aceitação dos queijos, o que não ocorreu com as características físico-químicas e microbiológicas. A maturação sob refrigeração (8ºC) não diminuiu a contagem microbiana dos queijos aos valores de legislação, para os dois tipos de fermento.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Maurílio Lopes Martins - Integrante / Raíssa Motta Groppo - Integrante / William José de Faria - Integrante / Edivaldo José da Costa Júnior - Integrante / Josemário Gonçalves da Silva - Integrante / Paula de Figueiredo Gonçalves Marques - Integrante / Cleuber Raimundo da Silva - Integrante., Financiador(es): Cooperativa dos Produtores Rurais do Serro - Outra.

  • 2013 - 2013

    Características físico-químicas durante a maturação à temperatura ambiente de queijo Minas artesanal do Serro fabricado com pingo e rala., Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (1) . , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Maurílio Lopes Martins - Integrante / Raíssa Motta Groppo - Integrante / Flávio Bittencourt - Integrante / Josemário Gonçalves da Silva - Integrante / Paula de Figueiredo Gonçalves Marques - Integrante / Willian José de Faria - Integrante.

  • 2012 - 2013

    Características físico-químicas de requeijão cremoso comercializado na microrregião de Rio Pomba e verificação dos parâmetros de legislação., Descrição: O requeijão possui baixo índice de proteólise, mas sabor marcante pelo seu alto teor de gordura. Sua produção vem apresentando modificações que podem não atender aos padrões estabelecidos pelo seu Regulamento Técnico. A adição indiscriminada de produtos de devolução não é permitida na fabricação do requeijão, porém suspeita-se que algumas indústrias realizam essa prática como forma de aproveitar tais produtos. O objetivo deste trabalho foi avaliar a composição e os índices de maturação de requeijão cremoso comercializado na microrregião de Rio Pomba, MG, como forma de subsidiar discussão para avaliação de fraude. Foram adquiridas cinco marcas diferentes de requeijão cremoso comercializadas na microrregião de Rio Pomba, com data de fabricação recente (menor que uma semana), para realização das análises físico-químicas de acordo com a Instrução Normativa n° 68 (BRASIL, 2006) e SILVA et al., (1997), em 3 repetições. As amostras foram comparadas com o requeijão controle, fabricado no Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus Rio Pomba. O teor de umidade dos requeijões variou de 53,50% a 66,16%, com apenas uma marca fora dos padrões legais. A gordura no extrato seco apresentou valores entre 49,04% e 61,29%, com duas marcas fora dos limites da legislação. A porcentagem de nitrogênio solúvel em pH 4,6 (extensão de maturação) variou de 0,01% a 0,09%, constatando-se diferença (p<0,05) de todas as marcas analisadas em relação ao controle. Os teores de nitrogênio solúvel em TCA 12% (profundidade de maturação) variaram de 0,02% a 0,27%, onde duas amostras diferiram (p<0,05) do controle, sugerindo uma possível adição de produtos com grau de maturação mais avançados, ou seja, mais proteolisados, como queijos devolvidos do mercado. As marcas de requeijão cremoso analisadas não apresentaram homogeneidade físico-química entre si, indicando falta de padronização na produção. Trabalhos complementares deverão ser realizados para que índices de proteólise sirvam de parâmetro para detecção de fraude em requeijão cremoso.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado profissional: (1) . , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Aurelia Dornelas de Oliveira Martins - Integrante / Fabiana de Oliveira Martins - Integrante / Maísa Gonçalves da Silva. - Integrante / Jéssica da SIlva Reis - Integrante / Bárbara Bara De Martin Gama - Integrante.

  • 2012 - 2013

    Influência de diferentes tipos de amido nas características físico-químicas, funcionais e sensoriais de queijo Mussarela., Descrição: O queijo Mussarela é um importante derivado lácteo que vem apresentando crescente aumento no consumo. Este aumento se deve à sua utilização como ingrediente em vários pratos, sendo os restaurantes e as grandes redes de pizzarias os principais consumidores (CORTEZ, 2003). A composição média esperada no produto final possui umidade entre 43% a 46%, gordura entre 22% a 24%, sal entre 1,6% a 1,8% e pH entre 5,1 à 5,3 (FURTADO, 1994). Como principais características, a Mussarela apresenta peso e formato variáveis, crosta fina, consistência suave a semidura, textura compacta e fechada, cor branco creme, homogênea, sabor láctico, pouco desenvolvido ou ligeiramente picante, odor láctico pouco perceptível e textura fibrosa e elástica (BRASIL, 1997). Apesar de ser um queijo de ótima aceitação por parte da população, as indústrias sempre buscam alternativas de reduzir gastos com sua produção. Uma alternativa que vem despertando interesse da indústria é o uso de amidos para o aumento do rendimento na produção do queijo, contudo tais aditivos devem favorecer o maior rendimento ao produto final sem alterarem as suas características físico-químicas, microbiológicas, funcionais e sensoriais. O amido fornece 70 a 80% das calorias consumidas pelo homem e os processos industriais permitem que ele seja extraído com elevada pureza. Trata-se de uma matéria-prima renovável, biodegradável e não tóxica (VAN DER BURGT et al., 2000). As fontes mais comuns de amidos são: o milho, a batata, o trigo, a mandioca e o arroz. Dessa forma, nesta pesquisa, foi realizada a aplicação de 5 tratamento com uso de amidos de diferentes variedades, além do controle, para comparação de características físico-químicas, funcionais e de rendimento.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Matheus Reis - Integrante / Renata Leotirna de Oliveira - Integrante / Meire Cardoso - Integrante / Flávio Bittencourt - Integrante / Rosélio Martins - Integrante.

  • 2012 - 2012

    Perfil da agroindústria familiar produtora de lácteos no município de Rio Pomba, MG., Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Maurílio Lopes Martins - Integrante / Eliane Maurício Furtado Martins - Integrante / Raíssa Motta Groppo - Integrante.

  • 2011 - 2012

    Influência do tipo de ácido e da temperatura nas características físico-químicas e no rendimento de requeijão cremoso, Descrição: Dentro do universo dos queijos, o requeijão é um dos produtos que mais sofreram modificações nos últimos anos, sendo desenvolvidas tecnologias alternativas que hoje, parte destes produtos passaram a ser classificados como especialidades lácteas por não atenderem ao RTIQ do requeijão (BRASIL, 1997), dando um indicativo de que as indústrias estão mais preocupadas com os custos de produção e aumento da vida de prateleira deste queijo do que a manutenção da sua tradição e valor nutricional. Há de se considerar que devido à presença no mercado de uma grande variedade de produtos, o requeijão tradicional, é considerado hoje, tanto por alguns laticínios quanto por consumidores, um produto de considerável valor agregado, onde muitas marcas mantém a sua originalidade, atendendo a uma parcela da população que se mantém fiel a este produto. Ainda considerando a necessidade de redução de custos de produção na indústria de laticínios, outras alternativas para se atingir este objetivo poderão ser adotadas sem que haja a perda da originalidade do produto. A literatura (FURTADO e LOURENÇO NETO, 1994) indica para a fabricação do requeijão cremoso uma tecnologia que mantém as suas características físico-químicas e sensoriais dentro do RTIQ (BRASIL, 1997), sendo uma importante referência para o setor produtivo. Entretanto, algumas indústrias já vêm adotando tecnologias alternativas com resultados interessantes na produção de requeijão. Exemplo disso ocorre com a utilização de ácido cítrico na obtenção da massa proteica para a fabricação do requeijão cremoso e em barra. Relatos de funcionários que trabalham na indústria de derivados do leite, e lidam diretamente com este produto, indicam melhoria em vários aspectos, como rendimento, rapidez na obtenção da massa, diminuição do tempo de processamento e diminuição do sabor residual. Avaliar a influência do tipo de ácido e da temperatura usados durante a fabricação do requeijão cremoso é um importante passo para o aprimoramento da sua qua. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador.

  • 2011 - 2012

    Determinação dos principais agentes causadores de mastite bovina no rebanho leiteiro do Departamento de Zootecnia do IF Sudeste MG, Campus Rio Pomba e avaliação do uso de extrato de aroeira na prevenção da mastite bovina., Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador.

  • 2011 - 2012

    Características físico-químicas de ?requeijão culinário? e requeijão em barra comercializados na microrregião de Rio Pomba e verificação dos parâmetros de legislação., Descrição: O requeijão é um produto de rápido e fácil processamento, podendo ser destinado ao mercado logo após a sua fabricação e mesmo possuindo um baixo índice de proteólise, possui sabor marcante devido principalmente ao elevado teor de gordura que possui. Entretanto, a fabricação de requeijão vem sofrendo modificações bastante significativas, que chegam inclusive a extrapolar os critérios estabelecidos no seu regulamento técnico de identidade e qualidade (RTIQ), com a adição de ingredientes diversos, como as gorduras de origem vegetal, e até mesmo o aproveitamento de produtos, como queijos e massas, para atendimento principalmente a redução de custos de produção, praticados geralmente por indústrias de pequeno porte, onde o controle de qualidade ainda não se faz presente. A adição de produtos como queijos e massas, usados na formulação do requeijão, não é permitida na sua fabricação, mas quando usados, o produto resultante deve ser chamado de queijo processado ou fundido. Porém, na prática, as indústrias utilizam desses produtos para a fabricação do requeijão, provocando assim um ferimento ao direito do consumidor em adquirir produtos legítimos, não tendo ele condições de diferenciar um produto legal do fraudado, pois visualmente os dois não possuem diferença entre si, considerando a avaliação realizada por um consumidor comum. Supõe-se que os queijos usados na fabricação do requeijão, supostamente devolvidos pelo mercado, ou mantidos no estoque por um longo período, possuem um grau de proteólise mais avançado, gerando assim uma extensão e profundidade de maturação mais elevadas no produto. Dessa forma, o conhecimento do índice de proteólise presente no requeijão, por meio de análises de nitrogênio solúvel em pH 4,6 (extensão de maturação) e nitrogênio solúvel em TCA 12% (profundidade de maturação), poderá diferenciar um produto fabricado dentro das exigências da legislação daqueles que fazem uso de aproveitamento de produtos (Mussarela, Minas Padrão, Minas Frescal, etc),. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador.

  • 2009 - 2011

    Elaboração de materiais técnicos e implementação de boas práticas agropecuárias (BPA) para a melhoria da qualidade do leite produzido no município de Rio Pomba, MG., Descrição: A produção de leite no Brasil vem passando por transformações significativas nos últimos anos, principalmente após a implementação da instrução normativa n° 51 (BRASIL, 2002), que estabelece critérios para a produção e beneficiamento dos diferentes leites no país. Minas Gerais, maior produtor nacional, possui regiões bastante heterogêneas quanto à produção e qualidade do leite, em função de fatores diversos como econômicos, sociais e até mesmo culturais. A Zona da Mata mineira, uma das grandes bacias leiteiras do Estado, é responsável por cerca de 10% de toda produção, com destaque para as microrregiões de Leopoldina, Manhuaçú e Rio Pomba. Atualmente, o município de Rio Pomba produz cerca de 60 mil litros de leite diários, com participação efetiva da agricultura familiar que representa cerca de 70% dessa produção (EMATER/MG, 2009). Estudos realizados por TALMA (2009) indicam que a produção de leite do município de Rio Pomba atende parcialmente às recomendações da Instrução Normativa n° 51 quanto ao armazenamento e transporte do leite, e ainda se encontra comprometida com elevadas contagens microbiológicas, com destaque para os microrganismos do grupo psicrotrófico, potenciais produtores de enzimas lipolíticas e proteolíticas responsáveis por diversos defeitos em derivados do leite. Uma das formas de minimizar a má qualidade microbiológica do leite produzido em Rio Pomba é por meio do uso de sistemas de gestão da qualidade nas unidades de produção, como as boas práticas agropecuárias (BPA), que são normas de procedimentos, processos, controles e precauções para atingir um determinado padrão de identidade e qualidade de um produto e/ou de um serviço realizado no campo, cuja eficácia e efetividade devem ser avaliadas por meio da inspeção e/ou da investigação (ROBBS e CAMPELO, 2002). O principal objetivo deste projeto é elaborar materiais técnicos e implementar boas práticas agropecuárias (BPA) em unidades produtoras de leite do município de Rio Pomba,. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Maurílio Lopes Martins - Integrante / Vitor Rubim Dias - Integrante.

  • 2009 - 2011

    Diagnóstico da cadeia produtiva dos queijos artesanais produzidos no município de Rio Pomba, Minas Gerais., Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Maurílio Lopes Martins - Integrante / Daniela Cristina Faria Vieira - Integrante / Aurélia Dornellas Oliveira Martins - Integrante., Financiador(es): Prefeitura Municipal de Rio Pomba - Auxílio financeiro.

  • 2009 - 2010

    Uso da análise multivariada na detecção de fraude de leite cru por adição de soro de leite., Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Alcinéia de Lemos Souza Ramos. - Integrante / Edimar Aperecida Filomeno Fontes - Integrante / Raimundo Alberto Gomes da Silva - Integrante / Viviane Corrêa Dias - Integrante / Raniere Teixeira Pinto - Integrante / Eduardo Mendes Ramos - Integrante.

  • 2007 - 2009

    Potencial da atividade antagonista das bactérias do ácido lático sobre a síntese de entorotoxinas estafilocócicas em queijo Minas artesanal produzido na região do Serro-MG., Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2002 - 2006

    Programa de Apoio aos Queijos Artesanais do Estado de Minas Gerais., Descrição: O referido projeto tem por objetivo diagnosticar os queijos artesanais produzidos nas principais regiões do estado de Minas Gerais (Serro, Araxá, Serra da Canastra e Alto Paranaíba), avaliar por meio de análises microbiológicas e físico-químicas o período de maturação desses queijos, maturados em duas diferentes condições (ambiente e refrigerado), analisá-los microscopicamente, além realizar diagnóstico das boas práticas agropecuárias em unidades produtoras.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado profissional: (4) / Doutorado: (1) . , Integrantes: José Manoel Martins - Integrante / Maximiliano Soares Pinto - Integrante / Romilda Aparecida Bastos Monteiro Araújo - Integrante / Célia Lúcia de Luces Fortes Ferreira - Coordenador / Natan de Jesus Pimentel Filho - Integrante / Rafaella Tereza Ferreira - Integrante / Daniele dos Santos Colombari - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa / Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais - Bolsa / Cooperativa dos Produtores Rurais do Serro - Bolsa., Número de produções C, T & A: 32

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2013 - 2013

    Influência do uso de amido nas características físico-químicas, funcionais e sensoriais do queijo Mussarela., Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Renata Leortina Oliveira - Integrante / Matheus Reis - Integrante / Flávio Bittencourt - Integrante / Rosélio Martins - Integrante.

  • 2010 - 2013

    Núcleo de transferência de tecnologias de produção animal de Rio Preto, Situação: Desativado; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador., Financiador(es): Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2013 - 2013

    Influência do uso de amido nas características físico-químicas, funcionais e sensoriais do queijo Mussarela., Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Renata Leortina Oliveira - Integrante / Matheus Reis - Integrante / Flávio Bittencourt - Integrante / Rosélio Martins - Integrante.

  • 2010 - 2013

    Núcleo de transferência de tecnologias de produção animal de Rio Preto, Situação: Desativado; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador., Financiador(es): Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2013 - 2013

    Influência do uso de amido nas características físico-químicas, funcionais e sensoriais do queijo Mussarela., Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Renata Leortina Oliveira - Integrante / Matheus Reis - Integrante / Flávio Bittencourt - Integrante / Rosélio Martins - Integrante.

  • 2010 - 2013

    Núcleo de transferência de tecnologias de produção animal de Rio Preto, Situação: Desativado; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador., Financiador(es): Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2013 - 2013

    Influência do uso de amido nas características físico-químicas, funcionais e sensoriais do queijo Mussarela., Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Renata Leortina Oliveira - Integrante / Matheus Reis - Integrante / Flávio Bittencourt - Integrante / Rosélio Martins - Integrante.

  • 2010 - 2013

    Núcleo de transferência de tecnologias de produção animal de Rio Preto, Situação: Desativado; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador., Financiador(es): Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2013 - 2013

    Influência do uso de amido nas características físico-químicas, funcionais e sensoriais do queijo Mussarela., Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Renata Leortina Oliveira - Integrante / Matheus Reis - Integrante / Flávio Bittencourt - Integrante / Rosélio Martins - Integrante.

  • 2010 - 2013

    Núcleo de transferência de tecnologias de produção animal de Rio Preto, Situação: Desativado; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador., Financiador(es): Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2013 - 2013

    Influência do uso de amido nas características físico-químicas, funcionais e sensoriais do queijo Mussarela., Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Renata Leortina Oliveira - Integrante / Matheus Reis - Integrante / Flávio Bittencourt - Integrante / Rosélio Martins - Integrante.

  • 2010 - 2013

    Núcleo de transferência de tecnologias de produção animal de Rio Preto, Situação: Desativado; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador., Financiador(es): Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Efeito do teor de lactose na cristalização de soro em pó., Descrição: Tecnologicamente, o aproveito de soro pela indústria é altamente viável, sendo utilizada para redução nos custos de produção de alguns produtos, produção de fórmulas alimentares e desenvolvimento de novos produtos, além de se tornar nova fonte de lucros para indústria e reduzir a poluição causada por esse subproduto da indústria de laticínios (SIQUEIRA, MACHADO e STAMFORD, 2013). Uma das diversas formas de aproveitamento do soro é a produção do soro em pó. A obtenção do soro concentrado para obtenção do pó pode ser realizada empregando a associação de processos de filtração por membranas, evaporação a vácuo e secagem em Spray Dryer (PERRONE, PEREIRA e DE CARVALHO, 2011). A secagem por pulverização ou spray-dryer consiste na atomização de líquidos afim de, criar gotículas, as quais são secas individualmente quando entram em contato com o ar quente (PAULA, 2015). Para fabricação de soro em pó, uma etapa é essencial para o sucesso da produção, essa etapa é a cristalização da lactose que é a formação de partículas sólidas no interior de uma solução homogênea de um soluto e um solvente, o cristal é uma das formas de arranjo espacial de uma substância, cuja característica principal é o arranjo extremamente regular (FINZER e MARTINS, 2011). A cristalização da lactose permite que o soro passe a ser um produto não higroscópico, diminuído drasticamente a absorção de água e assim aumentando a vida de prateleira do produto, o que não ocorre quando a lactose não cristalizada passa pela secagem, nesse processo a lactose é seca e passa a ser amorfa, nesta forma a mesma é altamente instável e higroscópica (KYND, 1980). Com isso a secagem de soro de leite oriundo de queijos deslactosados é um desafio e uma necessidade para a indústria de soro de leite em pó, assim este estudo tem como objetivo avaliar a influência da adição de soro de leite deslactosado ao soro normal durante a cristalização da lactose e secagem da mistura desses soros.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) . , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Maurílio Lopes Martins - Integrante / Cleuber Raimundo da Silva - Integrante / Maria Paula Jensen Rodrigues - Integrante.

  • 2013 - 2013

    Influência do uso de amido nas características físico-químicas, funcionais e sensoriais do queijo Mussarela., Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Renata Leortina Oliveira - Integrante / Matheus Reis - Integrante / Flávio Bittencourt - Integrante / Rosélio Martins - Integrante.

  • 2010 - 2013

    Núcleo de transferência de tecnologias de produção animal de Rio Preto, Situação: Desativado; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador., Financiador(es): Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Fabricação de queijo Minas Padrão com a utilização de culturas lácticas endógenas, isoladas de queijos Minas artesanais do Serro., Descrição: Os queijos artesanais fazem parte da história e tradição do estado de Minas Gerais, sendo produzidos há mais de 2 séculos pela agricultura familiar de 7 principais regiões, que tem nesse produto sua principal fonte de emprego e renda. O Serro é uma das mais tradicionais regiões produtoras do queijo Minas artesanal, conferindo a ela o reconhecimento no livro dos saberes do IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artísitico Nacional), pelo modo de produção, único em todo Brasil. A Cooperativa dos Produtores Rurais do Serro, além de realizar o comércio dos queijos Minas artesanais em benefício aos seus associados, também possui uma indústria de laticínios produtora de 4 variedades de queijos, de leite pasteurizado, sendo uma delas o Minas Padrão. Este, há mais de duas décadas é fabricado utilizando-se fermento lático endógeno, isolado de queijos Minas artesanais da região, o que pode dar a ele sabores e aromas típicos, diferenciando-o dos demais Minas Padrão fabricados em outras regiões e estados. Em 2015, o Departamento de Ciência e Tecnologia de Alimentos, em parceria com a Cooperativa dos Produtores Rurais do Serro, isolou e caracterizou culturas láticas provenientes de queijos Minas artesanais da região do Serro, fazendo hoje parte do banco de culturas do Departamento capazes de serem utilizadas na elaboração de vários derivados lácteos, entre eles o próprio queijo. Assim, a Cooperativa dos Produtores Rurais do Serro manifestou interesse de conhecer os efeitos do uso dos fermentos lácticos isolados pelo Departamento de Alimentos, com os fermentos láticos atualmente utilizados por ela na fabricação do queijo Minas Padrão, confrontando-os em relação às suas principais características físico-químicas e sensoriais, na busca da melhoria da qualidade de seus produtores e, consequentemente, na fidelização de seus consumidores.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Maurílio Lopes Martins - Integrante / Júlia Tavares Silva - Integrante / Maíra Pereira Magalhães - Integrante.

  • 2017 - Atual

    Efeito do teor de lactose na cristalização de soro em pó., Descrição: Tecnologicamente, o aproveito de soro pela indústria é altamente viável, sendo utilizada para redução nos custos de produção de alguns produtos, produção de fórmulas alimentares e desenvolvimento de novos produtos, além de se tornar nova fonte de lucros para indústria e reduzir a poluição causada por esse subproduto da indústria de laticínios (SIQUEIRA, MACHADO e STAMFORD, 2013). Uma das diversas formas de aproveitamento do soro é a produção do soro em pó. A obtenção do soro concentrado para obtenção do pó pode ser realizada empregando a associação de processos de filtração por membranas, evaporação a vácuo e secagem em Spray Dryer (PERRONE, PEREIRA e DE CARVALHO, 2011). A secagem por pulverização ou spray-dryer consiste na atomização de líquidos afim de, criar gotículas, as quais são secas individualmente quando entram em contato com o ar quente (PAULA, 2015). Para fabricação de soro em pó, uma etapa é essencial para o sucesso da produção, essa etapa é a cristalização da lactose que é a formação de partículas sólidas no interior de uma solução homogênea de um soluto e um solvente, o cristal é uma das formas de arranjo espacial de uma substância, cuja característica principal é o arranjo extremamente regular (FINZER e MARTINS, 2011). A cristalização da lactose permite que o soro passe a ser um produto não higroscópico, diminuído drasticamente a absorção de água e assim aumentando a vida de prateleira do produto, o que não ocorre quando a lactose não cristalizada passa pela secagem, nesse processo a lactose é seca e passa a ser amorfa, nesta forma a mesma é altamente instável e higroscópica (KYND, 1980). Com isso a secagem de soro de leite oriundo de queijos deslactosados é um desafio e uma necessidade para a indústria de soro de leite em pó, assim este estudo tem como objetivo avaliar a influência da adição de soro de leite deslactosado ao soro normal durante a cristalização da lactose e secagem da mistura desses soros.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) . , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Maurílio Lopes Martins - Integrante / Cleuber Raimundo da Silva - Integrante / Maria Paula Jensen Rodrigues - Integrante.

  • 2013 - 2013

    Influência do uso de amido nas características físico-químicas, funcionais e sensoriais do queijo Mussarela., Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Renata Leortina Oliveira - Integrante / Matheus Reis - Integrante / Flávio Bittencourt - Integrante / Rosélio Martins - Integrante.

  • 2010 - 2013

    Núcleo de transferência de tecnologias de produção animal de Rio Preto, Situação: Desativado; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador., Financiador(es): Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Fabricação de queijo Minas Padrão com a utilização de culturas lácticas endógenas, isoladas de queijos Minas artesanais do Serro., Descrição: Os queijos artesanais fazem parte da história e tradição do estado de Minas Gerais, sendo produzidos há mais de 2 séculos pela agricultura familiar de 7 principais regiões, que tem nesse produto sua principal fonte de emprego e renda. O Serro é uma das mais tradicionais regiões produtoras do queijo Minas artesanal, conferindo a ela o reconhecimento no livro dos saberes do IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artísitico Nacional), pelo modo de produção, único em todo Brasil. A Cooperativa dos Produtores Rurais do Serro, além de realizar o comércio dos queijos Minas artesanais em benefício aos seus associados, também possui uma indústria de laticínios produtora de 4 variedades de queijos, de leite pasteurizado, sendo uma delas o Minas Padrão. Este, há mais de duas décadas é fabricado utilizando-se fermento lático endógeno, isolado de queijos Minas artesanais da região, o que pode dar a ele sabores e aromas típicos, diferenciando-o dos demais Minas Padrão fabricados em outras regiões e estados. Em 2015, o Departamento de Ciência e Tecnologia de Alimentos, em parceria com a Cooperativa dos Produtores Rurais do Serro, isolou e caracterizou culturas láticas provenientes de queijos Minas artesanais da região do Serro, fazendo hoje parte do banco de culturas do Departamento capazes de serem utilizadas na elaboração de vários derivados lácteos, entre eles o próprio queijo. Assim, a Cooperativa dos Produtores Rurais do Serro manifestou interesse de conhecer os efeitos do uso dos fermentos lácticos isolados pelo Departamento de Alimentos, com os fermentos láticos atualmente utilizados por ela na fabricação do queijo Minas Padrão, confrontando-os em relação às suas principais características físico-químicas e sensoriais, na busca da melhoria da qualidade de seus produtores e, consequentemente, na fidelização de seus consumidores.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Maurílio Lopes Martins - Integrante / Júlia Tavares Silva - Integrante / Maíra Pereira Magalhães - Integrante.

  • 2017 - Atual

    Efeito do teor de lactose na cristalização de soro em pó., Descrição: Tecnologicamente, o aproveito de soro pela indústria é altamente viável, sendo utilizada para redução nos custos de produção de alguns produtos, produção de fórmulas alimentares e desenvolvimento de novos produtos, além de se tornar nova fonte de lucros para indústria e reduzir a poluição causada por esse subproduto da indústria de laticínios (SIQUEIRA, MACHADO e STAMFORD, 2013). Uma das diversas formas de aproveitamento do soro é a produção do soro em pó. A obtenção do soro concentrado para obtenção do pó pode ser realizada empregando a associação de processos de filtração por membranas, evaporação a vácuo e secagem em Spray Dryer (PERRONE, PEREIRA e DE CARVALHO, 2011). A secagem por pulverização ou spray-dryer consiste na atomização de líquidos afim de, criar gotículas, as quais são secas individualmente quando entram em contato com o ar quente (PAULA, 2015). Para fabricação de soro em pó, uma etapa é essencial para o sucesso da produção, essa etapa é a cristalização da lactose que é a formação de partículas sólidas no interior de uma solução homogênea de um soluto e um solvente, o cristal é uma das formas de arranjo espacial de uma substância, cuja característica principal é o arranjo extremamente regular (FINZER e MARTINS, 2011). A cristalização da lactose permite que o soro passe a ser um produto não higroscópico, diminuído drasticamente a absorção de água e assim aumentando a vida de prateleira do produto, o que não ocorre quando a lactose não cristalizada passa pela secagem, nesse processo a lactose é seca e passa a ser amorfa, nesta forma a mesma é altamente instável e higroscópica (KYND, 1980). Com isso a secagem de soro de leite oriundo de queijos deslactosados é um desafio e uma necessidade para a indústria de soro de leite em pó, assim este estudo tem como objetivo avaliar a influência da adição de soro de leite deslactosado ao soro normal durante a cristalização da lactose e secagem da mistura desses soros.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) . , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Maurílio Lopes Martins - Integrante / Cleuber Raimundo da Silva - Integrante / Maria Paula Jensen Rodrigues - Integrante.

  • 2013 - 2013

    Influência do uso de amido nas características físico-químicas, funcionais e sensoriais do queijo Mussarela., Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Renata Leortina Oliveira - Integrante / Matheus Reis - Integrante / Flávio Bittencourt - Integrante / Rosélio Martins - Integrante.

  • 2010 - 2013

    Núcleo de transferência de tecnologias de produção animal de Rio Preto, Situação: Desativado; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador., Financiador(es): Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Fabricação de queijo Minas Padrão com a utilização de culturas lácticas endógenas, isoladas de queijos Minas artesanais do Serro., Descrição: Os queijos artesanais fazem parte da história e tradição do estado de Minas Gerais, sendo produzidos há mais de 2 séculos pela agricultura familiar de 7 principais regiões, que tem nesse produto sua principal fonte de emprego e renda. O Serro é uma das mais tradicionais regiões produtoras do queijo Minas artesanal, conferindo a ela o reconhecimento no livro dos saberes do IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artísitico Nacional), pelo modo de produção, único em todo Brasil. A Cooperativa dos Produtores Rurais do Serro, além de realizar o comércio dos queijos Minas artesanais em benefício aos seus associados, também possui uma indústria de laticínios produtora de 4 variedades de queijos, de leite pasteurizado, sendo uma delas o Minas Padrão. Este, há mais de duas décadas é fabricado utilizando-se fermento lático endógeno, isolado de queijos Minas artesanais da região, o que pode dar a ele sabores e aromas típicos, diferenciando-o dos demais Minas Padrão fabricados em outras regiões e estados. Em 2015, o Departamento de Ciência e Tecnologia de Alimentos, em parceria com a Cooperativa dos Produtores Rurais do Serro, isolou e caracterizou culturas láticas provenientes de queijos Minas artesanais da região do Serro, fazendo hoje parte do banco de culturas do Departamento capazes de serem utilizadas na elaboração de vários derivados lácteos, entre eles o próprio queijo. Assim, a Cooperativa dos Produtores Rurais do Serro manifestou interesse de conhecer os efeitos do uso dos fermentos lácticos isolados pelo Departamento de Alimentos, com os fermentos láticos atualmente utilizados por ela na fabricação do queijo Minas Padrão, confrontando-os em relação às suas principais características físico-químicas e sensoriais, na busca da melhoria da qualidade de seus produtores e, consequentemente, na fidelização de seus consumidores.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Maurílio Lopes Martins - Integrante / Júlia Tavares Silva - Integrante / Maíra Pereira Magalhães - Integrante.

  • 2017 - Atual

    Efeito do teor de lactose na cristalização de soro em pó., Descrição: Tecnologicamente, o aproveito de soro pela indústria é altamente viável, sendo utilizada para redução nos custos de produção de alguns produtos, produção de fórmulas alimentares e desenvolvimento de novos produtos, além de se tornar nova fonte de lucros para indústria e reduzir a poluição causada por esse subproduto da indústria de laticínios (SIQUEIRA, MACHADO e STAMFORD, 2013). Uma das diversas formas de aproveitamento do soro é a produção do soro em pó. A obtenção do soro concentrado para obtenção do pó pode ser realizada empregando a associação de processos de filtração por membranas, evaporação a vácuo e secagem em Spray Dryer (PERRONE, PEREIRA e DE CARVALHO, 2011). A secagem por pulverização ou spray-dryer consiste na atomização de líquidos afim de, criar gotículas, as quais são secas individualmente quando entram em contato com o ar quente (PAULA, 2015). Para fabricação de soro em pó, uma etapa é essencial para o sucesso da produção, essa etapa é a cristalização da lactose que é a formação de partículas sólidas no interior de uma solução homogênea de um soluto e um solvente, o cristal é uma das formas de arranjo espacial de uma substância, cuja característica principal é o arranjo extremamente regular (FINZER e MARTINS, 2011). A cristalização da lactose permite que o soro passe a ser um produto não higroscópico, diminuído drasticamente a absorção de água e assim aumentando a vida de prateleira do produto, o que não ocorre quando a lactose não cristalizada passa pela secagem, nesse processo a lactose é seca e passa a ser amorfa, nesta forma a mesma é altamente instável e higroscópica (KYND, 1980). Com isso a secagem de soro de leite oriundo de queijos deslactosados é um desafio e uma necessidade para a indústria de soro de leite em pó, assim este estudo tem como objetivo avaliar a influência da adição de soro de leite deslactosado ao soro normal durante a cristalização da lactose e secagem da mistura desses soros.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) . , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Maurílio Lopes Martins - Integrante / Cleuber Raimundo da Silva - Integrante / Maria Paula Jensen Rodrigues - Integrante.

  • 2013 - 2013

    Influência do uso de amido nas características físico-químicas, funcionais e sensoriais do queijo Mussarela., Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Renata Leortina Oliveira - Integrante / Matheus Reis - Integrante / Flávio Bittencourt - Integrante / Rosélio Martins - Integrante.

  • 2010 - 2013

    Núcleo de transferência de tecnologias de produção animal de Rio Preto, Situação: Desativado; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador., Financiador(es): Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Fabricação de queijo Minas Padrão com a utilização de culturas lácticas endógenas, isoladas de queijos Minas artesanais do Serro., Descrição: Os queijos artesanais fazem parte da história e tradição do estado de Minas Gerais, sendo produzidos há mais de 2 séculos pela agricultura familiar de 7 principais regiões, que tem nesse produto sua principal fonte de emprego e renda. O Serro é uma das mais tradicionais regiões produtoras do queijo Minas artesanal, conferindo a ela o reconhecimento no livro dos saberes do IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artísitico Nacional), pelo modo de produção, único em todo Brasil. A Cooperativa dos Produtores Rurais do Serro, além de realizar o comércio dos queijos Minas artesanais em benefício aos seus associados, também possui uma indústria de laticínios produtora de 4 variedades de queijos, de leite pasteurizado, sendo uma delas o Minas Padrão. Este, há mais de duas décadas é fabricado utilizando-se fermento lático endógeno, isolado de queijos Minas artesanais da região, o que pode dar a ele sabores e aromas típicos, diferenciando-o dos demais Minas Padrão fabricados em outras regiões e estados. Em 2015, o Departamento de Ciência e Tecnologia de Alimentos, em parceria com a Cooperativa dos Produtores Rurais do Serro, isolou e caracterizou culturas láticas provenientes de queijos Minas artesanais da região do Serro, fazendo hoje parte do banco de culturas do Departamento capazes de serem utilizadas na elaboração de vários derivados lácteos, entre eles o próprio queijo. Assim, a Cooperativa dos Produtores Rurais do Serro manifestou interesse de conhecer os efeitos do uso dos fermentos lácticos isolados pelo Departamento de Alimentos, com os fermentos láticos atualmente utilizados por ela na fabricação do queijo Minas Padrão, confrontando-os em relação às suas principais características físico-químicas e sensoriais, na busca da melhoria da qualidade de seus produtores e, consequentemente, na fidelização de seus consumidores.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Maurílio Lopes Martins - Integrante / Júlia Tavares Silva - Integrante / Maíra Pereira Magalhães - Integrante.

  • 2017 - Atual

    Efeito do teor de lactose na cristalização de soro em pó., Descrição: Tecnologicamente, o aproveito de soro pela indústria é altamente viável, sendo utilizada para redução nos custos de produção de alguns produtos, produção de fórmulas alimentares e desenvolvimento de novos produtos, além de se tornar nova fonte de lucros para indústria e reduzir a poluição causada por esse subproduto da indústria de laticínios (SIQUEIRA, MACHADO e STAMFORD, 2013). Uma das diversas formas de aproveitamento do soro é a produção do soro em pó. A obtenção do soro concentrado para obtenção do pó pode ser realizada empregando a associação de processos de filtração por membranas, evaporação a vácuo e secagem em Spray Dryer (PERRONE, PEREIRA e DE CARVALHO, 2011). A secagem por pulverização ou spray-dryer consiste na atomização de líquidos afim de, criar gotículas, as quais são secas individualmente quando entram em contato com o ar quente (PAULA, 2015). Para fabricação de soro em pó, uma etapa é essencial para o sucesso da produção, essa etapa é a cristalização da lactose que é a formação de partículas sólidas no interior de uma solução homogênea de um soluto e um solvente, o cristal é uma das formas de arranjo espacial de uma substância, cuja característica principal é o arranjo extremamente regular (FINZER e MARTINS, 2011). A cristalização da lactose permite que o soro passe a ser um produto não higroscópico, diminuído drasticamente a absorção de água e assim aumentando a vida de prateleira do produto, o que não ocorre quando a lactose não cristalizada passa pela secagem, nesse processo a lactose é seca e passa a ser amorfa, nesta forma a mesma é altamente instável e higroscópica (KYND, 1980). Com isso a secagem de soro de leite oriundo de queijos deslactosados é um desafio e uma necessidade para a indústria de soro de leite em pó, assim este estudo tem como objetivo avaliar a influência da adição de soro de leite deslactosado ao soro normal durante a cristalização da lactose e secagem da mistura desses soros.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) . , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Maurílio Lopes Martins - Integrante / Cleuber Raimundo da Silva - Integrante / Maria Paula Jensen Rodrigues - Integrante.

  • 2013 - 2013

    Influência do uso de amido nas características físico-químicas, funcionais e sensoriais do queijo Mussarela., Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Renata Leortina Oliveira - Integrante / Matheus Reis - Integrante / Flávio Bittencourt - Integrante / Rosélio Martins - Integrante.

  • 2010 - 2013

    Núcleo de transferência de tecnologias de produção animal de Rio Preto, Situação: Desativado; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador., Financiador(es): Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Fabricação de queijo Minas Padrão com a utilização de culturas lácticas endógenas, isoladas de queijos Minas artesanais do Serro., Descrição: Os queijos artesanais fazem parte da história e tradição do estado de Minas Gerais, sendo produzidos há mais de 2 séculos pela agricultura familiar de 7 principais regiões, que tem nesse produto sua principal fonte de emprego e renda. O Serro é uma das mais tradicionais regiões produtoras do queijo Minas artesanal, conferindo a ela o reconhecimento no livro dos saberes do IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artísitico Nacional), pelo modo de produção, único em todo Brasil. A Cooperativa dos Produtores Rurais do Serro, além de realizar o comércio dos queijos Minas artesanais em benefício aos seus associados, também possui uma indústria de laticínios produtora de 4 variedades de queijos, de leite pasteurizado, sendo uma delas o Minas Padrão. Este, há mais de duas décadas é fabricado utilizando-se fermento lático endógeno, isolado de queijos Minas artesanais da região, o que pode dar a ele sabores e aromas típicos, diferenciando-o dos demais Minas Padrão fabricados em outras regiões e estados. Em 2015, o Departamento de Ciência e Tecnologia de Alimentos, em parceria com a Cooperativa dos Produtores Rurais do Serro, isolou e caracterizou culturas láticas provenientes de queijos Minas artesanais da região do Serro, fazendo hoje parte do banco de culturas do Departamento capazes de serem utilizadas na elaboração de vários derivados lácteos, entre eles o próprio queijo. Assim, a Cooperativa dos Produtores Rurais do Serro manifestou interesse de conhecer os efeitos do uso dos fermentos lácticos isolados pelo Departamento de Alimentos, com os fermentos láticos atualmente utilizados por ela na fabricação do queijo Minas Padrão, confrontando-os em relação às suas principais características físico-químicas e sensoriais, na busca da melhoria da qualidade de seus produtores e, consequentemente, na fidelização de seus consumidores.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Maurílio Lopes Martins - Integrante / Júlia Tavares Silva - Integrante / Maíra Pereira Magalhães - Integrante.

  • 2017 - Atual

    Efeito do teor de lactose na cristalização de soro em pó., Descrição: Tecnologicamente, o aproveito de soro pela indústria é altamente viável, sendo utilizada para redução nos custos de produção de alguns produtos, produção de fórmulas alimentares e desenvolvimento de novos produtos, além de se tornar nova fonte de lucros para indústria e reduzir a poluição causada por esse subproduto da indústria de laticínios (SIQUEIRA, MACHADO e STAMFORD, 2013). Uma das diversas formas de aproveitamento do soro é a produção do soro em pó. A obtenção do soro concentrado para obtenção do pó pode ser realizada empregando a associação de processos de filtração por membranas, evaporação a vácuo e secagem em Spray Dryer (PERRONE, PEREIRA e DE CARVALHO, 2011). A secagem por pulverização ou spray-dryer consiste na atomização de líquidos afim de, criar gotículas, as quais são secas individualmente quando entram em contato com o ar quente (PAULA, 2015). Para fabricação de soro em pó, uma etapa é essencial para o sucesso da produção, essa etapa é a cristalização da lactose que é a formação de partículas sólidas no interior de uma solução homogênea de um soluto e um solvente, o cristal é uma das formas de arranjo espacial de uma substância, cuja característica principal é o arranjo extremamente regular (FINZER e MARTINS, 2011). A cristalização da lactose permite que o soro passe a ser um produto não higroscópico, diminuído drasticamente a absorção de água e assim aumentando a vida de prateleira do produto, o que não ocorre quando a lactose não cristalizada passa pela secagem, nesse processo a lactose é seca e passa a ser amorfa, nesta forma a mesma é altamente instável e higroscópica (KYND, 1980). Com isso a secagem de soro de leite oriundo de queijos deslactosados é um desafio e uma necessidade para a indústria de soro de leite em pó, assim este estudo tem como objetivo avaliar a influência da adição de soro de leite deslactosado ao soro normal durante a cristalização da lactose e secagem da mistura desses soros.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) . , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Maurílio Lopes Martins - Integrante / Cleuber Raimundo da Silva - Integrante / Maria Paula Jensen Rodrigues - Integrante.

  • 2013 - 2013

    Influência do uso de amido nas características físico-químicas, funcionais e sensoriais do queijo Mussarela., Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Renata Leortina Oliveira - Integrante / Matheus Reis - Integrante / Flávio Bittencourt - Integrante / Rosélio Martins - Integrante.

  • 2010 - 2013

    Núcleo de transferência de tecnologias de produção animal de Rio Preto, Situação: Desativado; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador., Financiador(es): Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Fabricação de queijo Minas Padrão com a utilização de culturas lácticas endógenas, isoladas de queijos Minas artesanais do Serro., Descrição: Os queijos artesanais fazem parte da história e tradição do estado de Minas Gerais, sendo produzidos há mais de 2 séculos pela agricultura familiar de 7 principais regiões, que tem nesse produto sua principal fonte de emprego e renda. O Serro é uma das mais tradicionais regiões produtoras do queijo Minas artesanal, conferindo a ela o reconhecimento no livro dos saberes do IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artísitico Nacional), pelo modo de produção, único em todo Brasil. A Cooperativa dos Produtores Rurais do Serro, além de realizar o comércio dos queijos Minas artesanais em benefício aos seus associados, também possui uma indústria de laticínios produtora de 4 variedades de queijos, de leite pasteurizado, sendo uma delas o Minas Padrão. Este, há mais de duas décadas é fabricado utilizando-se fermento lático endógeno, isolado de queijos Minas artesanais da região, o que pode dar a ele sabores e aromas típicos, diferenciando-o dos demais Minas Padrão fabricados em outras regiões e estados. Em 2015, o Departamento de Ciência e Tecnologia de Alimentos, em parceria com a Cooperativa dos Produtores Rurais do Serro, isolou e caracterizou culturas láticas provenientes de queijos Minas artesanais da região do Serro, fazendo hoje parte do banco de culturas do Departamento capazes de serem utilizadas na elaboração de vários derivados lácteos, entre eles o próprio queijo. Assim, a Cooperativa dos Produtores Rurais do Serro manifestou interesse de conhecer os efeitos do uso dos fermentos lácticos isolados pelo Departamento de Alimentos, com os fermentos láticos atualmente utilizados por ela na fabricação do queijo Minas Padrão, confrontando-os em relação às suas principais características físico-químicas e sensoriais, na busca da melhoria da qualidade de seus produtores e, consequentemente, na fidelização de seus consumidores.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Maurílio Lopes Martins - Integrante / Júlia Tavares Silva - Integrante / Maíra Pereira Magalhães - Integrante.

  • 2017 - Atual

    Efeito do teor de lactose na cristalização de soro em pó., Descrição: Tecnologicamente, o aproveito de soro pela indústria é altamente viável, sendo utilizada para redução nos custos de produção de alguns produtos, produção de fórmulas alimentares e desenvolvimento de novos produtos, além de se tornar nova fonte de lucros para indústria e reduzir a poluição causada por esse subproduto da indústria de laticínios (SIQUEIRA, MACHADO e STAMFORD, 2013). Uma das diversas formas de aproveitamento do soro é a produção do soro em pó. A obtenção do soro concentrado para obtenção do pó pode ser realizada empregando a associação de processos de filtração por membranas, evaporação a vácuo e secagem em Spray Dryer (PERRONE, PEREIRA e DE CARVALHO, 2011). A secagem por pulverização ou spray-dryer consiste na atomização de líquidos afim de, criar gotículas, as quais são secas individualmente quando entram em contato com o ar quente (PAULA, 2015). Para fabricação de soro em pó, uma etapa é essencial para o sucesso da produção, essa etapa é a cristalização da lactose que é a formação de partículas sólidas no interior de uma solução homogênea de um soluto e um solvente, o cristal é uma das formas de arranjo espacial de uma substância, cuja característica principal é o arranjo extremamente regular (FINZER e MARTINS, 2011). A cristalização da lactose permite que o soro passe a ser um produto não higroscópico, diminuído drasticamente a absorção de água e assim aumentando a vida de prateleira do produto, o que não ocorre quando a lactose não cristalizada passa pela secagem, nesse processo a lactose é seca e passa a ser amorfa, nesta forma a mesma é altamente instável e higroscópica (KYND, 1980). Com isso a secagem de soro de leite oriundo de queijos deslactosados é um desafio e uma necessidade para a indústria de soro de leite em pó, assim este estudo tem como objetivo avaliar a influência da adição de soro de leite deslactosado ao soro normal durante a cristalização da lactose e secagem da mistura desses soros.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) . , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Maurílio Lopes Martins - Integrante / Cleuber Raimundo da Silva - Integrante / Maria Paula Jensen Rodrigues - Integrante.

  • 2013 - 2013

    Influência do uso de amido nas características físico-químicas, funcionais e sensoriais do queijo Mussarela., Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador / Renata Leortina Oliveira - Integrante / Matheus Reis - Integrante / Flávio Bittencourt - Integrante / Rosélio Martins - Integrante.

  • 2010 - 2013

    Núcleo de transferência de tecnologias de produção animal de Rio Preto, Situação: Desativado; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: José Manoel Martins - Coordenador., Financiador(es): Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2019

Homenageado da turma de Tecnologia em Laticínios (nome da turma)., IF Sudeste MG - Campus Rio Pomba.

2018

Paraninfo da turma de Tecnologia em Laticínios, IF Sudeste MG - Campus Rio Pomba.

2017

Paraninfo da turma de Tecnologia em Laticínios, IF Sudeste MG - Campus Rio Pomba.

2016

Diploma de Honra ao Mérito, Ex-alunos da Escola Agrotécnica de Rio Pomba e Colégio Agrícola de Rio Pomba (EARP - CARP)..

2014

Paraninfo da turma de Tecnologia em Laticínios, IF Sudeste MG - Campus Rio Pomba.

2013

Paraninfo dos formandos das turmas de cursos superiores, IF Sudeste MG - Campus Rio Pomba.

2012

Professor homenageado (com o nome da turma) - formandos do curso de Tecnologia em Laticínios., iF Sudeste MG - Campus Rio Pomba.

2012

Homenagem pela contribuição no processo de valorização e preservação do queijo do Serro., Prefeitura Municipal do Serro.

2011

Professor homenageado (com o nome da turma) - formandos do curso de Tecnologia em Laticínios., IF Sudeste MG - campus Rio Pomba..

2010

Professor homenageado (com o nome da turma) - formandos do curso de Tecnologia em Laticínios., IF Sudeste MG - Campus Rio Pomba.

2009

Professor homenageado da turma de formando do curso de Tecnologia em Laticínios, IF Sudeste MG - Campus Rio Pomba.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - Campus Rio Pomba., Diretoria de Extensão. , Av. Dr. José Sebastião da Paixão, s/n., Lindo Vale, 36180000 - Rio Pomba, MG - Brasil, Telefone: (32) 35715780, Fax: (32) 35715710, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2017 - Atual

    Instituto Federal de Educação do Sudeste de Minas Gerais - Câmpus Rio Pomba

    Vínculo: , Enquadramento Funcional:

  • 2016 - Atual

    Embrapa Gado de Leite - Juiz de Fora

    Vínculo: , Enquadramento Funcional:

  • 2013 - 2015

    Universidade Federal de Minas Gerais

    Vínculo: , Enquadramento Funcional:

  • 2012 - 2012

    Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, Campus Rio Pomba

    Vínculo: Outro (especifique), Enquadramento Funcional: Professor de EBTT, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2009 - Atual

    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - Campus Rio Pomba.

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor ensino básico técnico e tecnológico, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2009 - Atual

    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - Campus Rio Pomba.

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 10, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2011 - 2017

    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - Campus Rio Pomba.

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Diretor de Extensão, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2011 - 2017

    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - Campus Rio Pomba.

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Membro do Conselho de Ensino, Pesquisa e Ext., Carga horária: 4, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2013 - 2013

    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - Campus Rio Pomba.

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor do curso Técnico em Alimentos (EAD)

  • 2010 - 2011

    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - Campus Rio Pomba.

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Gerente Educacional de Tecnologia em Alimento, Carga horária: 20

  • 2009 - 2011

    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - Campus Rio Pomba.

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Coordenador do curso de Tecnol. em Laticínios, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 02/2011

      Direção e administração, Diretoria de Extensão, Diretoria de Extensão - IF Sudeste MG - Campus Rio Pomba.,Cargo ou função, Diretor de Extensão.

    • 02/2011

      Conselhos, Comissões e Consultoria, IF Sudeste MG, .,Cargo ou função, Membro do Conselho de Campus - Campus Rio Pomba.

    • 01/2009

      Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Ciência e Tecnologia de Alimentos, .,Linhas de pesquisa

    • 01/2009

      Ensino, Tecnologia em Laticínios, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Ciência e Tecnologia de queijos I, Ciência e Tecnologia de queijos II, Higiene na indústria de alimentos, Introdução à Tecnologia de Laticínios, Tecnologia de láteos concentrados e desidratados, Tecnologia de produtos lácteos fermentados, Tecnologia de queijos II

    • 01/2009

      Ensino, Ciência e Tecnologia de Alimentos, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Ciência e Tecnologia de Queijos I, Higiene na Indústria de Alimentos, Produtos Lácteos Concentrados e Desidratados

    • 01/2009 - 12/2011

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Processamento de Leite e Derivados (Técnico em Alimentos), Tecnologia de Produtos de Origem Animal (Técnico em Zootecnia)

  • 2007 - 2009

    Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Assessor Técnico Administrativo., Carga horária: 40

    Outras informações:
    Atuou pela EMATER/MG como Assessor Técnico, sendo Coordenador Estadual de um programa de apoio à melhoria da qualidade do leite e derivados produzidos pela agroindústria familiar do Estado de Minas Gerais.

    Atividades

    • 09/2007

      Serviços técnicos especializados , Departamento Técnico Central, .,Serviço realizado, Coordenação de um programa de apoio à melhoria da qualidade do leite e derivados produzidos pela agroindústria familiar do Estado de Minas Gerais..

  • 2007 - 2007

    Universidade Federal de Viçosa

    Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 40

  • 2006 - 2006

    Universidade Federal de Viçosa

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Prof. aula teórica Microscopia de Alimentos., Carga horária: 1

  • 2006 - 2006

    Universidade Federal de Viçosa

    Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Prof. aula prát. Tec. Prod. Láct. Fermentado., Carga horária: 2

  • 2006 - 2006

    Universidade Federal de Viçosa

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Instrutor do curso Elab. queijo Minas Frescal, Carga horária: 4

  • 2006 - 2006

    Universidade Federal de Viçosa

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Instrutor do curso IN 51-legislação de leite, Carga horária: 4

  • 2006 - 2006

    Universidade Federal de Viçosa

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador do curso Agroindústria-CEDAF/UFV., Carga horária: 6

  • 2002 - 2006

    Universidade Federal de Viçosa

    Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Estudante de Doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2005 - 2005

    Universidade Federal de Viçosa

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Prof. aula prát. Tec. Prod. Láct. Fermentado., Carga horária: 4

  • 2004 - 2004

    Universidade Federal de Viçosa

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Prof. aula prát. Tec. Prod. Láct. Fermentado., Carga horária: 4

  • 2004 - 2004

    Universidade Federal de Viçosa

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Instrutor curso Tecnol. de fabr. de iogurte., Carga horária: 8

  • 2003 - 2003

    Universidade Federal de Viçosa

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Prof. aula prát. Tec. Prod. Láct. Fermentado., Carga horária: 4

  • 2003 - 2003

    Universidade Federal de Viçosa

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Instrutor curso Proces. artesanal de iogurte., Carga horária: 8

  • 2002 - 2002

    Universidade Federal de Viçosa

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Prof. aula teórico-prát. Tecnol. de queijos., Carga horária: 6

  • 2001 - 2001

    Universidade Federal de Viçosa

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Prof. aula teórico-prát. Tecnol. de queijos., Carga horária: 6

  • 2001 - 2001

    Universidade Federal de Viçosa

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Prof. aula teór-prát. Tec. Queijos Especiais., Carga horária: 6

  • 1999 - 2001

    Universidade Federal de Viçosa

    Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Estudante de Mestrado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 1994 - 1999

    Universidade Federal de Viçosa

    Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Estudante de Graduação

  • 1997 - 1998

    Universidade Federal de Viçosa

    Vínculo: Iniciação Científica, Enquadramento Funcional: Bolsista Iniciação Científica, Carga horária: 20

    Atividades

    • 04/2007 - 09/2007

      Ensino, Ciência e Tecnologia de Laticínios, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Processamento de Leite de Consumo, Análise de Alimentos, Tecnologia de Produtos de Origem Animal, Microscopia de Alimentos

    • 05/2006 - 09/2006

      Ensino, Ciência e Tecnologia de Laticínios, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Microscopia de Alimentos (Teórica)

    • 08/2002 - 09/2006

      Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Tecnologia de Alimentos, .,Linhas de pesquisa

    • 03/2005 - 06/2005

      Ensino, Ciência e Tecnologia de Laticínios, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Tecnologia de Produtos Lácteos Fermentados (Prática)

    • 03/2004 - 06/2004

      Ensino, Ciência e Tecnologia de Laticínios, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Tecnologia de Produtos Lácteos Fermentados (Prática)

    • 03/2003 - 06/2003

      Ensino, Ciência e Tecnologia de Laticínios, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Tecnologia de Produtos Lácteos Fermentados (Prática)

    • 03/2002 - 06/2002

      Ensino, Ciência e Tecnologia de Laticínios, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Tecnologia de Queijos (Teórico-prática)

    • 08/2001 - 12/2001

      Ensino, Ciência e Tecnologia de Laticínios, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Tecnologia de Queijos Especiais (Teórico-prática)

    • 03/2001 - 06/2001

      Ensino, Ciência e Tecnologia de Laticínios, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Tecnologia de Queijos (Teórico-prática)

  • 2002 - 2002

    Fundação Arthur Bernardes

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Desenvolvimento Tecnológico, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 07/2002 - 10/2002

      Pesquisa e desenvolvimento , Usina de Laticínios, .,Linhas de pesquisa

  • 2007 - 2007

    Cooperativa dos Produtores Rurais do Serro

    Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Prestação de serviços, Carga horária: 70

  • 2005 - 2005

    Cooperativa dos Produtores Rurais do Serro

    Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Prestação de serviços, Carga horária: 20

    Atividades

    • 06/2005 - 03/2007

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Laticínios, .,Cargo ou função, Consultor.

  • 2008 - 2008

    Universidade Norte do Parana

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor "ad hoc"

    Outras informações:
    Consultor "ad hoc" da Coordenadoria de Pesquisa da Universidade do Norte do Paráná - 2º Congresso Nacional de Extensão Universitária / 11º Encontro de Atividades Científicas da UNOPAR.

  • 2001 - 2002

    Laticínios Cantinho de Minas

    Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Prestação de serviços, Carga horária: 15

    Atividades

    • 11/2001 - 04/2002

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Laticínios, .,Cargo ou função, Consultor.