Teresinha Maria Gonçalves

Possui mestrado em Psicologia (Psicologia Social) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e doutorado em Meio Ambiente e Desenvolvimento pela Universidade Federal do Paraná. Pós Doutorado em Naturaleza. Espacio y Sociedad pela Universidad de Chile-UCHILE ( 2015) . Especialista em Metodologia da Pesquisa de Campo pela Fundación Konrad Adenauer - México . Especialista em Filosofia Política pela UFPR . Especialista em Saúde Pública pela FIOCRUZ. Atualmente é professor titular da Universidade do Extremo Sul Catarinense, atuando no Programa de Pós Graduação em Ciências Ambientais ( mestrado e doutorado e no curso de Psicologia). Coordena o Grupo Interdisciplinar e Interinstitucional de Estudos e Pesquisas sobre Meio Ambiente e Espaço Urbano-GIPMAUR e dirige o Laboratório de Pesquisa sobre Meio Ambiente, Desenvolvimento Urbano e Psicologia Ambiental que agrega estudantes de Iniciação Científica, Mestrado e Doutorado . Tem experiência em Ciências Ambientais atuando nos seguintes temas; meio ambiente e desenvolvimento,, ética, natureza e sociedade. meio ambiente urbano, gestão ambiental e gestão ambiental urbana,os espaços públicos da cidade, sustentabilidade urbana, urbanidade. Em Psicologia tem experiência em Psicologia Social e Ambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: a produção da subjetividade.O processo de subjetivação na sociedade contemporânea, os impactos do mundo virtual no processo de subjetivação.Apropriação do espaço, percepção, a ética e os valores que orientam a relação sociedade/natureza. A sociedade pós-moderna e as desigualdades socioculturais. .Consultora..ad hoc da CAPES na área de Psicologia Social.

Informações coletadas do Lattes em 24/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Meio Ambiente e Desenvolvimento

1998 - 2002

Universidade Federal do Paraná
Título: O Processo de Apropriação do Espaço Através dos Modos de Morar e Habitar o Lugar
Orientador: Francisco de Assis Mendonça
Palavras-chave: espaço; Meio Ambiente; Apropriação; Morar e Habitar.Grande área: Outros

Mestrado em Psicologia (Psicologia Social)

1980 - 1989

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Título: Estereotipia da Relação Profissional / Paciente e Inibição do Processo Terapêutico,Ano de Obtenção: 1989
Orientador: Sueli Belinha Rounick
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: relação; estereotipia.Grande área: Ciências Humanas

Especialização em Filosofia Política

1992 - 1994

Universidade Federal do Paraná
Título: A Noção de Sociedade em Habermas
Orientador: Maria Inês Lacerda Araújo

Especialização em Saúde Pública

1985 - 1987

Fundação Oswaldo Cruz
Título: Saúde e Saneamento
Orientador: Luiz Fernando Nicz

Aperfeiçoamento em Pós doutorado

2015 - 2015

Universidad de Chile
Título: Para Analisar os conflitos Socioambientais.. Ano de finalização: 2015
Orientador: Enrique Aliste

Graduação em Serviço Social

1968 - 1972

Pontifícia Universidade Católica do Paraná
Título: Educação Psicossocial Informal
Orientador: Carmem Kriger Wachowiski

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2015 - 2015

Pós-Doutorado. , Universidad de Chile, UC, Chile.

2015 - 2015

Pós-Doutorado. , Universidad de Chile, UC, Chile. , Grande área: Ciências Humanas, Grande Área: Ciências Humanas / Área: Psicologia. , Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2008 - 2008

A Cooperação Descentralizada. (Carga horária: 3h). , Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.

2007 - 2007

Formação Continuada: Avaliação de Desempenho. (Carga horária: 12h). , Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC, Brasil.

2005 - 2005

Extensão universitária em A questão ambiental urb. no Brasil. (Carga horária: 33h). , Universidade de Brasília, UnB, Brasil.

2004 - 2004

A docência no ensino superior. (Carga horária: 16h). , Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC, Brasil.

2003 - 2003

Programa de formação permanente para os docentes. (Carga horária: 16h). , Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC, Brasil.

2001 - 2001

Programa de formação permanente para os docentes. (Carga horária: 16h). , Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC, Brasil.

2000 - 2000

Curso básico de fotografia. (Carga horária: 16h). , Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC, Brasil.

1999 - 1999

Promoção de saúde. (Carga horária: 12h). , Associação Paulista de Saúde Pública, APSP, Brasil.

1997 - 1997

Metodologia de análise de dados sócio-ecnonômicos. (Carga horária: 16h). , Associação Paulista de Saúde Pública, APSP, Brasil.

1997 - 1997

Formação básica de pesquisadores. (Carga horária: 30h). , Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC, Brasil.

1972 - 1972

Metodologia da Pesquisa de Campo. (Carga horária: 200h). , Fundación Konrad Adenauer, FKA, Alemanha.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Italiano

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Francês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Outros / Área: Ciências Ambientais.

Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Planejamento Urbano e Regional / Subárea: Desenvolvimento Urbano.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia Ambiental.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia Social.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

GONÇALVES, T. M. . VIII Seminário em Planejamento Urbano Territorial. 2017. (Outro).

GONÇALVES, T. M. ; ALISTE, E. . Primer Congreso Iberoamericano de Historia Urbana. 2016. (Congresso).

GONÇALVES, T. M. ; ALMUNA, E. A. . CULTURA, TIEMPO Y SUBJETIVIDADAD: POÉTICAS, NARRATIVAS E IMAGINARIOS URBANOS DE LA VIDA COTIDIANA.. 2016. (Congresso).

GONÇALVES, T. M. . Semana do Meio Ambiente da Universidade do Extremo Sul Catarinense - UNESC. 2011. (Outro).

GONÇALVES, T. M. ; LADWIG, N. I. ; SCHWALM, H. ; BAY, M. I. D. ; RODRIGUES, V. . I Seminário de Pesquisa e Planejamento e Gestão Territorial. 2010. (Outro).

GONÇALVES, T. M. . II Workshop: Interdisciplinaridade e Meio Ambiente. 2009. (Congresso).

GONÇALVES, T. M. . III Semana Acadêmica de Psicologia e I Seminário de Iniciação Científica em Psicologia. 2008. (Congresso).

GONÇALVES, T. M. . WORKSHOP: Interdisciplinaridade e Meio Ambiente.. 2007. (Outro).

GONÇALVES, T. M. ; VIANA, Ednilson ; NAZÁRIO, Tatiane Gomes . I Seminário de Resíduos Sólidos do Extremo Sul Catarinense. 2005. (Congresso).

GONÇALVES, T. M. . Curso Básico de Fotografia. 2000. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

IX ENCONTRO NACIONAL DA ANPAS.GT: Cidade e Cidadania-uma análise sobre o plano diretor da cidade de Criciúma-SC. 2019. (Encontro).

III Simpósio Internacional de Direito da Região Nordeste Ambiental.Direito á Cidade e a construção do Imaginário Urbano. 2017. (Simpósio).

Lançamento do doutorado Território,Sociedade e Natureza.TERRITÓRIO SOCIEDE E NATUREZA. 2017. (Simpósio).

VIII Seminário de Pesquisa em Planejamento Urbano e Gestão Territorial-A Sustentabilidade dos Ecossistemas Urbanos.Participou como moderador de mesa. 2017. (Seminário).

VIII Seminário de Pesquisa em Planejamento Urbano e Gestão Territorial-A Sustentabilidade dos Ecossistemas Urbanos.MARIANA-o maior desastre ambiental do Brasil.. 2017. (Seminário).

VIII Seminário de Planejamento e Gestão Territorial-Ecossistemas Urbanos.MARIANA O MAIOR DESASTRE AMBIENTAL DO BRASIL-uma análise do conflito socioambiental.. 2017. (Seminário).

II CONGRESSO IBEROAMERICANO DE HUMANIDADES, CIÊNCIA E EDUCAÇÃO. Coordenador e valiador do Grupo de Trabalho-GT "Educação para a cidadania na formação do professor".. 2016. (Congresso).

Primer Congreso Iberoamericano de historia urbana. Cultura, tempo y subjetividade:poéticas, narrativas y imaginários urbanos de la vida cotidiana.. 2016. (Congresso).

Conferência de la Tierra-Fórum Internacional de Meio Ambiente.RISCOS SOCIOAMBIENTAIS DE RIO MAIOR ? URUSSANGA/SC/BRASIL. 2015. (Outra).

Justicia social y equidad en el hábitat.Indicadores de Urbanidad. 2015. (Seminário).

VI JORNADA DO CURSO DE PSICOLOGIA-UNESC.MINISTRANTE DE PALESTERA. 2015. (Outra).

XIX SIMPÓSIO iNTERNACIONAL-REVOLUÇÕES TECNOCIENTÍFICAS,CULTURAS, INDIVÍDUOS E SOCIEDADE..Sustentabilidade urbana; O DESAFIO DAS CIDADES. 2015. (Simpósio).

I Congresso Sul Catarinense de Psicologia Social. 2014. (Congresso).

VI Jornada de Psicologia.O PROCESSO DE REFORMA PSIQUIÁTRICA E SUAS IMPLICAÇÕES NA ATUAL POLÍTICA.. 2014. (Simpósio).

XI SEMINÁRIO DE INVESTIGACIÕN URBANA Y REGIONAL. 2014. (Seminário).

XXVI Congresso Brasileiro de Cartografia-XXV Exposicarta. Apresentação Oral. 2014. (Congresso).

Colóquio de Educação, Formação Cultural e Sociedade.Design Social e o resgate de culturas precolombinas colombianas. 2013. (Outra)..GONCALVES, T. M. . O design social e o resgate de culturas precolombinas colombianas. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).. 2013. (Outra).

Quarto Seminário em Pesquisa e Planejamento e Gestão Territorial.Planejamento do território e índice de urbanidade. 2013. (Seminário).

SIIEPE-Simpósio Internacional sobre Interdisciplinaridade no Ensino, na Pesquisa e na Extensão-Região Sul..Avaliador. 2013. (Simpósio).

II Seminário internacional da RE-SOA.Cidade e qualidade de vida. 2012. (Seminário).

X Seminario Investigación Urbana y Regional: políticas de vivienda y derecho habitacionales.Determinantes Sociais e Ambientais dos Riscos Socioambientais Urbanos. 2012. (Seminário).

Coloquio INJAVIU 2011.Habitação como exigência da condição humana; O conceito de urbanidadade como estratégia para a discussão e reflexão do direito à cidade. 2011. (Outra).

I CONGRESSO SUL MINEIRO DE PSICOLOGIA-desafios para a subjetividade e sustentabilidadec humana no século XXI. A produção da subjetividade e os desafios do século XXI. 2011. (Congresso).

I Seminário internacional da RE-SOA. 2010. (Seminário).

IV Encontro de Economia Catarinense.Jovens do campo: o processo de construção da identidade de lugar. 2010. (Encontro).

Programa de Formação Continuada dos Docentes da UNESC.Oficinas. 2010. (Encontro).

V Encontro Nacional da ANPPAS.Os valores que orientam a relação sociedade/natureza: uma refleção sobre sociedade de consumo, ética e sustentabilidade. 2010. (Encontro).

1ª Conferência Municipal de Saúde Ambiental - Saúde e Meio Ambiente: Vamos cuidar da Gente.Políticas para a construção de territórios saudáveis. 2009. (Outra).

Colóquio Internacional Ano da França no Brasil.Produção Informal e produção social do habitat. 2009. (Simpósio).

I Fórum da Comissão de Meio Ambiente e Valores Humanos da UNESC.O conceito de ecodesenvolvimento: possibilidades para o enfrentamento da atual crise ambiental. 2009. (Seminário).

II Jornada de Produção Científica em Direitos Fundamentais e Estado.Uma reflexão sobre o princípio da equidade no sistema único de saúde. 2009. (Outra).

II Workshop: Interdisciplinaridade e Meio Ambiente.Coordenadora da mesa Gestão Ambiental Urbana. 2009. (Outra).

II Workshop: Interdisciplinaridade e Meio Ambiente. 2009. (Outra).

Semana de Meio Ambiente.O sujeito ecológico e o meio ambiente. 2009. (Simpósio).

V Seminário Educação, Imaginação e Linguagens Artístico-culturais.Arte e Cidade. 2009. (Seminário).

XIII Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional (ANPUR). 2009. (Encontro).

Conferência Mundial sobre Desenvolvimento de Cidades. 2008. (Outra).

III Conferëncia Estadual do Meio Ambiente. 2008. (Outra).

II Simpósio Internacional V Fórum Nacional de Educação.Crise Ambiental ou Crise Moral? Uma reflexão sobre os valores humanos na sociedade contemporânea. 2008. (Simpósio).

I Seminário das Ciências Sociais Aplicadas.Equidade social e sustentabilidade urbana: uma análise do acesso aos serviços públicos de saúde, educação e transporte, na cidade de Criciúma-SC. 2008. (Seminário).

I Simpósio de Psicologia Ambiental.Cidade e Poética: um estudo da Psicologia Ambiental sobre o ambiente urbano. 2008. (Simpósio).

IV Encontro da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade.Psicologia Ambiental e Ambiente Urbano: O Morar e a Poética. 2008. (Encontro).

IV Semana Acadêmica de Psicologia.Debate do livro Cidade e Poética - Um Estudo de Psicologia Ambiental sobre o Ambiente Urbano. 2008. (Encontro).

Lançamento do livro: "Cidade e Poética" FNAC.Lançamento do livro: "Cidade e Poética" FNAC. 2008. (Outra).

II Seminário Nacional Sobre Regeneração Ambiental de Cidades. 2007. (Seminário).

II Seminário Nacional Sobre Regeneração Ambiental de Cidades - Águas Urbanas II.Ambiente Urbano - Um estudo sobre o uso das calçadas como espaços públicos na cidade de Criciúma - SC. 2007. (Seminário).

V Seminário de EJA: Educando para uma consciência do ser na EJA.A produção da Subjetividade no Mundo Contemporâneo. 2007. (Outra).

WORKSHOP: INTERDISCIPLINARIDADE E MEIO AMBIENTE. 2007. (Outra).

WORKSHOP: INTERDISCIPLINARIDADE E MEIO AMBIENTE.Meio ambiente e Espaço Urbano. 2007. (Outra).

WORKSHOP: INTERDISCIPLINARIDADE E MEIO AMBIENTE.MEIO AMBIENTE E ESPAÇO URBANO. 2007. (Outra).

XII Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional (ANPUR). 2007. (Encontro).

XII Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional (ANPUR).Psicologia Ambiental - A expressão estética das periferias urbanas. 2007. (Encontro).

Ética na pesquisa: um diálogo sobre o comitê de ética, parecer consubstanciado e consentimento informado um olhar metodológico-ético-jurídico. 2006. (Outra).

III Encontro da Associação Nacional de Pós Graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade - ANPPAS.Meio Ambiente e Saúde - Iniqüdades e chances de saúde e chances de vida. 2006. (Encontro).

III Encontro da Associação Nacional de Pós Graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade - ANPPAS. 2006. (Encontro).

I Simpósio Nacional Dimensões do Urbano.O processo de apropriação do espaço: uma contribuição para novas metodologias de gestão urbana e análise de risco. 2006. (Simpósio).

Seminário Internacional Planejamento urbano no Brasil e na Europa: um diálogo ainda possível?.O processo de apropriação do espaço: uma contribuição da Psicologia Ambiental para novas metodologia de Planejamento Urbano. 2006. (Seminário).

Seminário Internacional Planejamento Urbano no Brasil e na Europa: um diálogo ainda possível?. 2006. (Seminário).

30 Congreso Interamericano de Psicologia. O processo de apropriação do espaço: uma contribuição da psicologia ambiental para novas metodologias de gestão urbana. 2005. (Congresso).

A questão ambiental urbana no Brasil: Experiências e Perspectivas.O processo de apropriação do espaço: uma contribuição para novas metodologias de gestão urbana e análise de risco. Um estudo sobre o bairro Renascer/Mina Quatro de Criciúma/SC. 2005. (Outra).

Aula Inaugural de Psicologia e Turismo.Meio Ambiente e Desenvolvimento: O que a psicologia e o turismo têm a dizer?. 2005. (Outra).

Ética na Pesquisa: um diáologo sobre o comitê de ética, parecer consubstanciado e consentimento informado (um olhar metodológico-ético-jurídico). 2005. (Outra).

II Congresso Mundial de Transdisciplinaridade. 2005. (Congresso).

XXI Conferencia Latinoamericana de Escuelas y Facultades de Arquitectura. Psicologia Ambiental - Um estudo sobre a expressão estética das populações de periferias urbanas (um ensaio poético sobre o bairro Renascer/Criciúma/SC - Brasil). 2005. (Congresso).

XXV Encontro Nacional de Engenharia de Produção.A Gestão dos Resíduos dos Resíduos Sólidos de Serviço de Saúde na cidade de Criciúma/SC. 2005. (Encontro).

A docência do ensino superior. 2004. (Outra).

Disciplina: Tópicos Especiais.Psicologia ambiental aplicada à Educação Ambiental. 2004. (Outra).

I Seminário de Luta Antimanicomial: Por uma sociedade sem manicômios.A perspectiva Antimanicomial e a sua Relação com os Direitos Humanos. 2004. (Seminário).

Seminário A questão ambiental urbana: Experiencias e Perspectivas.O processo de apropriação do espaço: Uma contribuição para novas metodologias de gestão urbana e análise de risco, um estudo sobre o bairro Renascer/ Mina Quatro de Criciúma-SC. 2004. (Seminário).

Seminário Internacional - Interdisciplinariedade, Meio Ambiente e Desenvolvimento: Desafios do ensino e da pesquisa. 2004. (Seminário).

1 Encontro catarinense universitário de psicologia: integração do conhecimento e práticas clínicas.O olhar da psicologia na relação homem/natureza: na perspectiva da psicologia ambiental - As diversas concepções do ser nas abordagens psicanalítica, transpessoal, comportamental e humanista. 2003. (Encontro).

5 encontro de estudantes de design de Curitiba.A influência da manifestação estética no processo de apropriação do espaço. 2003. (Encontro).

Grupo de Extensão em Saúde - GEPeS.Psicologia Ambiental (A influência da manifestação estética no processo de apropriação do espaço em periferias urbanas). 2003. (Outra).

I Encontro Universitário de Psicologia.O olhar da psicologia na relação homem/natureza: na perspectiva da Psicologia Ambiental. 2003. (Encontro).

I Encontro Universitário de Psicologia: Integração do conhecimento e práticas clínicas.As diversas concepções do ser nas abordagens psicanalítica, transpessoal, comportamental e humanista. 2003. (Encontro).

IV Seminário interdisciplinar dos cursos de licenciatura da UNESC - Inclusão e Exclusão Social na Educação.O processo de apropriação do espaço em periferias urbanas. 2003. (Seminário).

Seminário Integrado de Pesquisa em Saúde.Psicologia Ambiental: A influência da manifestação estética no processo do espaço em periferias urbanas. 2003. (Seminário).

VI Simpósio Sul Catarinense Infanto Juvenil de Ensino de Ciências.Meio Ambiente e espaço urbano desenvolvimento e sociedade - algumas reflexões em voz alta. 2003. (Simpósio).

XII Encotnro Nacional da ABRAPSO.O processo de construção de identidade no meio urbano. 2003. (Encontro).

4 Congresso Internacional sobre Planejamento e Gestão Ambiental em Centros Urbanos - ECO URBS 2002. 2002. (Congresso).

Curso de Problemas do Mundo Contemporâneo - PPP - PRHAE/UFPR.A poética: o homem histórico e a apropriação do espaço. 2002. (Outra).

Discutindo as Forças - O desafio da diversidade.Psicologia Ambiental. 2002. (Outra).

2ª Semana de Estudos Jurídicos - Direito Civil e Direito Penal no Século XXI.Direito Penal e Relações de Gênero: Adultério, Sedução, Estupro e Aborto. 2001. (Outra).

I Encontro dos cursos de sáude da UNESC e II Jornada de Fisioterapia.Diagnóstico de Saúde em Criciúma e Região. 2000. (Encontro).

VI Congresso Paulista de Saúde Pública. 1999. (Congresso).

VI Congresso Paulista de Saúde Pública. Diagnóstico de saúde da região carbonífera de Santa Catarina. 1999. (Congresso).

X Encontro Nacional da Associação Brasileira de Psicologia Social.O olhar da Psicologia Social para o Meio Ambiente. 1999. (Encontro).

X Encontro Nacional da Associação Brasileira de Psicologia Social.Identidade e Cultura. Perplexidade do "Dekassegui" Brasileiro frente ao outro (japonês) que não o reconhece como dos seus. 1999. (Encontro).

VI Encontro Regional Sul da Associação Brasileira de Psicologia Social (ABRAPSO).Psicologia Social Comunitária: Dos excluídos aos incluídos. 1998. (Encontro).

V Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva e V Congresso Paulista de Saúde Pública. 1997. (Congresso).

Seminário: Busca do nó crítico na dinâmica institucional.Elaboração e apresentação da pesquisa. 1996. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Grasiele da Costa Scarduelli

GONÇALVES, T. M.; ASSUNCAO, V. K.; FELIPPE, M. L.. A PRAÇA,PAISAGEM URBANA E SEUS PROCESSOS DE IDENTIDADE. 2020. Dissertação (Mestrado em PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Renar Francione Pacheco

AMARAL, P.GONÇALVES, T. M.; OLIVEIRA, W. F.. Análise da Percepção do rofissionalde Saúde no sudo de Florais como alternativa de tratamento e controle de qualidadaede Florais Clae.. 2019 - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Jamile Rosane Zanette

GONÇALVES, T. M.; MILIOLI, G.; SIERVI, E. M. C.. A Rua como Espaço Público Formador do Imaginário coletivo-um estudo na cidade de Criciúma-SC. 2018. Dissertação (Mestrado em PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Gabriele Obersteiner Sheibler

LADWIG, N. I.; SIERVI, E.;GONÇALVES, T. M.. A rede integrada de espaços públicos e suas conexões- um estudo na cidade de Criciúma-SC. 2018. Dissertação (Mestrado em PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Haron Cardoso Fabre

ASSUNCAO, V. K.;GONÇALVES, T. M.; SIERVI, E.. Um estudo da paisagem urbana no Balneário Rincão-SC. 2018. Dissertação (Mestrado em PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Michele Waterkemper Casagrande Matos

MILIOLI, Geraldo;GONÇALVES, T. M.; SIERVI, E.. O desafio da arquitetura frente aos desastres naturais: projetos comunitários de habitação para populações atingidas.. 2017. Dissertação (Mestrado em PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Marlon Domingos Cury

LADUWIG, N. I.;GONÇALVES, T. M.; GOERL, R. F.. Análise de risco e vulnerabilidade à Inundação na Bacia Hidrográfica do rio Urussanga. 2017. Dissertação (Mestrado em PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Alice Maccari

GONÇALVES, T. M.; LADUWIG, N. I.;FOLLMANN, J. I.. Verticalização Urbana-um estudo sobre percepção ambiental na cidade de Criciúma-SC. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Cienências Ambientai) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Flavio Gomes Ferreira

MILIOLI, G.; MENEZES, C. B.;GONÇALVES, T. M.. Direitos dos animais não humanos-nosso futuro pós-moderno: perspectivas e antagonismos da consideração moral, ética e legal. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Cienências Ambientai) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Elenice de Freitas Sais

MILIOLI, G.;GONÇALVES T.M; SERAFIM, A.. Contribuições da visão transdisciplinar e holística para uma educação e sociedade sustentáveis:um estudo de caso na Escola Caminho do Meio-Viamão/RS. 2016. Dissertação (Mestrado em PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Giselly Possamai

GONÇALVES T.M; ASSUNCAO, V. K.;FOLLMANN, J. I.. O Código Florestal Brasileiro de 2012 e suas contradiçoes. 2016. Dissertação (Mestrado em PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Giselly Possamai

GONÇALVES, T. M.; ASSUNCAO, V. K.;FOLLMANN, J. I.. O Código Florestal Brasileiro e Suas Contradições. 2016. Dissertação (Mestrado em PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Jacinéia Scaini Dutra Nobre

MILIOLI, G.;GONÇALVES, T. M.; CASTILHOS, F. A.. Limites e desafios da educação ambiental numa abordagem interdisciplinar no ensino médio em escolas estaduais de Criciúma-SC. 2016. Dissertação (Mestrado em PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Alice Maccari

GONÇALVES, T. M.LADWIG, N. I.; MENDONCA, F. A.. Verticalização Urbana na cidade de Criciúma-contexto e possíveis consequênncias.. 2015. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Cleunice Geleski Mesquita

GONÇALVES, T. M.; ASSUNCAO, V. K.; SILVEIRA, N. L. D.. A PRAÇA COMO ESPAÇO PÚBLICO:UM ESTUDO DE CASO NA CIDADE DE TUBARÃO-sc. 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Cienências Ambientai) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Cleunice Geleski Mesquita

GONÇALVES, T. M.LADWIG, N. I.; ASSUNCAO, V. K.. A praça como espaço público-um estudo de caso na cidade de Tubarão-SC. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Ana Isabel Pereira Cardoso

GONÇALVES, T. M.; MILIOLI, Geraldo; ZWIEREWICZ, M.. A Transdisciplinaridade da Água. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Mauricio Colle de Figueiredo

GONÇALVES, T. M.; MILIOLI, Geraldo; VIEIRA, R. S.. VIsão antropocëntrica do Direito POsitivo. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Cheiene Damázio

MILIOLI, Geraldo;GONÇALVES, T. M.; BIZ, A. A.. Impactos Socioambientais do Turismo Religioso sobre o Município de Imaruí, SC. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Giselly Possami

GONÇALVES T.M; SANTOS, Robson dos; CAROLA, C. R.. O Novo Código Florestal Brasileiro e suas Contradições. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: VANESSA SOUSA DA SILVA

GONÇALVES, T. M.; MENEZES, C. B.; CAROLA, C. R.. Educação ambiental no contexto do pensamento crítico. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Cheiene Damázio

MILIOLI, Geraldo;GONÇALVES, T. M.LADWIG, N. I.. Manifestações religiosas em áreas de preservação permanente: um olhar da geografia cultural nos municípios catarinenses de Imaruí e Treze de Maio. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Luciléia Marcon

ZOCCHE, Jairo;GONÇALVES, T. M.LADWIG, N. I.. Análise da expansão urbana de Araranguá - SC e as implicações ambientais: abordagem interdisciplinar com o uso de sistemas de inormações geográficas. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Rudnei Joaquim Martins

GONÇALVES, T. M.; MOREIRA, J.; RENK, A. A.. O Processo de Apropriação do Espaço em uma pré-escola de Balneário Comboriú Santa Catarina-Um estudo de caso. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Kelly Daiane Savariz Bôlla

MILIOLI, Geraldo;GONÇALVES, T. M.. Perspectivas da visão transdisciplinar holística e suas contribuições para a construção de uma sociedade ecológica: o caso da Ecovila Terra Una ,liberdade-MG. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Pedro Luiz Kestering Medeiros

GONÇALVES, T. M.; MILIOLI, Geraldo;FOLLMANN, J. I.. A apropriação do Espaço público de convívio no ambiente universitário: um estudo de caso com olhar interdisciplinar sobre a UNESC-Universidade do Extremo Sul Catarinense. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Izes Regina de Oliveira

GONÇALVES, T. M.; LERÍPIO, Alexandre de Ávila; MILIOLI, Geraldo. O municipio de Criciúma como referência problematizadora aos desafios conceituais do ecossistema e sustentabilidade urbanos. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Rosevane Arcaro

GONÇALVES, T. M.; MENEZES, C. B.; RENK, A. A.. Identidade de Lugar; um estudo sobre um grupo de moradores atingidos por barragem no município de Timbé do Sul-SC. 2011. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Gláucia Cardoso de Souza

SOUZA, G. C.; MILIOLI, Geraldo;GONÇALVES, T. M.; MENEZES, C. B.. A Emergência de Novas Áreas do Conhecimento Ciêntifico para a Problemática socioambiental. 2010. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Joyde Giacomini Martínez

MARTINEZ, J. G.;GONÇALVES, T. M.; MILIOLI, Geraldo;FOLLMANN, J. I.. As Representações sociais de natureza: Um Estudo de caso na Cidade de Criciúma/SC. 2010. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Walbert Gomes Pinheiro

PINHEIRO, W. G.; MILIOLI, Geraldo;GONÇALVES, T. M.; MONTIBELLER FILHO, G.. A Importância e a contribuição da História, enquanto disciplina científica, para um programa de educação ambiental interdisciplinar na região carbonífera catarinense. 2010. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Fábio Boeing

MENDONCA, F. A.; SANTOS, Robson dos; NASCIMENTO, D.;GONÇALVES, T. M.. O processo de urbanização - um estudo sobre a ocupação em áreas de risco sócioambientais no bairro Alto Paraná em Orleans-SC.. 2009. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Tatiane Gomes Nazário

GONÇALVES, T. M.; MENDONCA, F. A.; NASCIMENTO, D.; SANTOS, Robson dos. O homem e seu entorno sócio-físico: um estudo sobre o processo de morar e habitar de moradores de edifícios residenciais em Criciúma,SC. 2009. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Vanessa Scheffer Bauer

GONÇALVES, T. M.ZANETTE, V. C.; RENK, A. A.. Preservação de matas ciliares e educação ambiental: Um estudo de caso na bacia hidrográfica do rio mampituba, em São João do Sul, SC.. 2009. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Davis Rogério Lucio

MILIOLI, Geraldo;ZANETTE, V. C.; Possa, M. V.;GONÇALVES, T. M.. Ecossistema e Sustentabilidade: Perspectivas conceituais e possibilidades para a região carbonífera de Santa Catarina. 2009. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Caroline Benvenuti

GONÇALVES, T. M.FOLLMANN, J. I.; MILIOLI, Geraldo. Desenvolvimento humano sustentável: um estudo de caso sobre a Cooperativa de Produção Agropecuária Terra e Vida - COOPERVITA Ltda. 2009. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Joanna Caznok

GONÇALVES, T. M.. Arborização urbana no município de Criciúma, Santa Catarina: potencialidades das espécies nativas. 2008. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Andre Antonio Bernardo

GONÇALVES, T. M.. O uso de radições não ionizantes na compostagem em pequena escala. 2008. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Marilda Ghellere

GONÇALVES, T. M.FOLLMANN, J. I.; CAROLA, C. R.. A simbologia da água no imaginário dos moradores do entorno do Rio Criciúma-SC: Um estudo de Caso. 2008. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Claudio Castelan Minatto

MILIOLI, Geraldo;GONÇALVES, T. M.. Conflito de competência entre órgãos na aplicação da legislação ambiental: o caso da ocupação territorial sobre o patrimônio natural entre os municípios de Laguna e Paço de Torres, zona costeira do sul de Santa Catarina.. 2007. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: André Ghisi Ortigosa

PEREIRA, E. B.;GONÇALVES, T. M.VIANA, Ednilson. Influência da sazonalidade na geração de resíduos sólidos de serviços de saúde produzidos nas Unidades de Saúde 24 horas de Criciúma/SC". 2007. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Thomaz Henrique Thomsen

GONÇALVES, T. M.. Habitação e qualidade de vida no espaço urbano de Joinville, SC - Um estudo sobre urbanidade no bairro Bucarein. 2006. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Solange Therezinha Barreto de Oliveira

OLIVEIRA, Solange Therezinha Barreto de;GONÇALVES, T. M.. Meio ambiente urbano e saúde. Fatores que interferem no processo de amamentação. Unidade de Saúde Santa Luzia, Criciúma, SC. 2006. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Aldo Fernando Assuncao

GONÇALVES, T. M.. Contribuição ao desenvolvimento sustentável em zona costeira: usos e ocupações da Lagoa de Santa Marta e entorno, município de Laguna, SC. 2005. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Gerson Luis de Boehr Philomena

GONÇALVES, T. M.. Cultura do Carvão em Criciúma - SC: A história que não se conta. 2005. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Giuliano Elias Colossi

GONÇALVES, T. M.; MILIOLI, Geraldo; COLEHO, Maria Cecília de Oliveira. O processo de apropriação do espaço em loteamentos populares: um estudo de caso no loteamento Cidade dos Mineiros em Criciúma-SC. 2005. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Vilma Aguiar Pereira

PEREIRA, V. A.;GONÇALVES, T. M.. O turismo na perspectiva da preservação da cultura e do meio ambiente: unidade de análise no distrito de Morro Azul, Três Cachoeiras - RS. 2005. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Tarciso Pereira

PEREIRA, T.;GONÇALVES, T. M.. As áreas de preservação ambiental do município de Criciúma: um estudo sobre sua importância e utilização como referência à educação ambiental. 2005. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Rosane Cardoso Pereira

GONÇALVES, T. M.; MILIOLI, Geraldo; LERÍPIO, Alexandre de Ávila. Areas de Proteção Ambiental no litoral norte do Rio Grande do Sul: um estudo de caso sobre o bairro Riacho Doce e o Parque Estadual de Itapeva, Torres, RS. 2004. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Viviann de Almeida Pereira

GONÇALVES, T. M.; MILIOLI, Geraldo; FLORIANI, Dimas. Percepção, meio ambiente e desenvolvimento: uma abordagem da ótica dos catadores de lixo enquanto novos atores sociais no município de Torres - RS. 2004. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: José Carlos Virtuoso

GONÇALVES, T. M.. Da Implantação do sistema de telefonia celular aos impactos socioambientais: o caso de Criciúma e Içara, sul de Santa Catarina. 2004. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Pedro Rosso

ROSSO, P.;GONÇALVES, T. M.. Moradores de Áreas de risco Sócioambiental em Criciúma - SC (um estudo das condições de vida e saúde). 2004. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Volnei João Meller

GONÇALVES, T. M.. A agricultura familiar e sua sustentabilidade no espaço rural catarinense: o caso de São Miguel do Oeste. 2004. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Kelly Daiane Savariz Bôlla

CARVALHO, M. A. B.; MILIOLI, Geraldo;GONÇALVES, T. M.; FLORIANI, Dimas; PEREIRA, A. S.. A NATUREZA PRECISA DAS CRIANÇAS E AS CRIANÇAS PRECISAM DA NATUREZA. 2019. Tese (Doutorado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Aline Hilsendeger Pereira Oliveira

GONÇALVES T.M; SANTOS, R.; LADUWIG, N. I.; ALISTE, E. A.; GADEA, C. A. C.. Suastentabilidade Urbana e Desenvolvimento Socioeconômico: o desafio do município de Criciúma-SC. 2017. Tese (Doutorado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Gilvana da Silva Machado

GONÇALVES, T. M.; KUHNEN, A.; MORE, C. O. O.; BOEIRA, S. L.; BONFIM, Z. A. C.. A qualidade de vida é sustentável? Um estudo de caso em Florianópolis. 2016. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Aluno: Aline Hilsendeger Pereira Oliveira

MENDONCA, F. A.;GONÇALVES, T. M.; SANTOS, Robson dos; ETEVAN, D.. SUSTENTABILIDADE URBANA- o DESAFIO DAS CIDADES. 2015. Tese (Doutorado em Doutorado em Ciencias Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Carlos dos Passos Matias

GONÇALVES T.M; SANTOS, Robson dos; ASSUNCAO, V. K.. Gestão do Patrimônio Cultural no Extremo Sul Catarinense.. 2014. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Aldo Fernando Assuncao

ASSUNCAO, V. K.;GONÇALVES T.M; SANTOS, Robson dos. Políticas Publicas, Gestão Sist~emica e Democrática em territórios marinhos costeiros de Santa Catarina. 2014. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: José Carlos Virtuoso

GONÇALVES T.M; BACK, A. J.; SANTOS, Robson dos. A GESTÃO DA ÁGUA. 2014. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Paulo Ernandorema

GONÇALVES, T. M.. A Mediaçáo Emancipatória nas Audiéncias Públicas e a Gestáo do Conheciemnto.. 2013. Tese (Doutorado em Engenharia e Gestão do Conhecimento) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Aluno: Paulo Ricardo Bavaresco

BAVARESCO, P. R.;GONÇALVES, T. M.FOLLMANN, J. I.; RUSCHEINKY, A.; RENK, A. A.; LOPES, J. R.. O individuo Urbano: Contidiano, resistência e políticas públicas em pequenas cidades do oeste de Santa Catarina. 2010. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: Jose Henrique Volpi

GONÇALVES, T. M.; FLORIANI, Dimas. Fundamentos Epistemológicos em Direção a Uma Ecopsicologia. 2007. Tese (Doutorado em Doutorado em Meio Ambiente e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Paraná.

Aluno: Lucileyde Feitosa Sousa

KOZEL, S.; SILVA, M. G. S. N.; SAHR, Wolf Dietrich;GONÇALVES, T. M.. Análise da poética do rio Madeira sob a perspectiva dos barqueiros: leituras das espacialidades em áreas ribeirinhas de Rondônia. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Meio Ambiente e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Paraná.

Aluno: Thaise Ceron

GONÇALVES, T. M.; MOREIRA, J.; SILVESTRE, N.. Realidades e Possibilidades do serviço socioassistencial no município de urussanga-SC. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Marcia Liandra Fernandes Bronzatti

GONÇALVES T.M; CAROLA, C. R.; SANTOS, Robson dos. A Pessoa na relação com seu entorno sóciofísico. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Adriel Giordani Christ

MOREIRA, J.; MAEHERIE, K.;GONÇALVES T.M. A constituição da identidade de uma webcelebridade. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Abel Dimer Reck

JERÔNIMO, R. N. T.;GONÇALVES T.M; SAIS, E.. O papel do psicólogo na prevenção dos desastres naturais. 2014.

Aluno: Tomás Mambo Seda Francisco

MOREIRA, J.;GONÇALVES T.M; SALVARO, G.. Subjetividade Social-Movimentos sociais:um estudo do Movimento "Vem para a Rua CRICIÚMA". 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Ramilho Fernades Rodrigues

LADWIG, N. I.; PREIS, E.;GONÇALVES, T. M.. Os Espaços Públicos na contemporaneidade da cidade: um estudo de caso do Bairro Santa Luzia-SC. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Cíntia Joana kemzcenski

RIETH, J. L. S.; HONORATO, A. R. S.;GONÇALVES, T. M.. O Ecodesign como fator transformador da sociedade. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Artes Visuais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Clayton Nunes da Silva

GONÇALVES, T. M.; GOULART, P. M.; ESTEVAN, D.. Jovens do campo: a construção da identidade de lugar. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Tatiane Gomes Nazário

NAZÁRIO, Tatiane GomesGONÇALVES, T. M.. A expressão da subjetividade no ambiente construído. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Flavio Nardon

NARDON, Flavio;GONÇALVES, T. M.. A relação interpessoal dos adolescentes no mundo virtual e no mundo concreto. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Departamento de Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Marilene Dassoler

DASSOLER, Marilene;GONÇALVES, T. M.. A fragmentação da subjetividade do imigrante brasileiro. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Departamento de Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Guacyara Marangoni

GONÇALVES, T. M.; VARELA, Ana Paula Gramacho; FORNAZARI, Sandro Kobol. A Falta que Constitui O Homem Psicanalítico E O Amor Como Possibilidade de Preenchimento. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Marilda Ghellere Olivo

GHELLERE, M.;GONÇALVES, T. M.. Psicologia Ambiental - O processo de apropriação do espaço e identidade de lugar (um estudo sobre a comunidade de São Pedro, Município de Siderópolis - SC). 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Departamento de Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Eliziane Martins Bernardo

GONÇALVES, T. M.. Compreensão da loucura para os profissionais de serviços de saúde.. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Departamento de Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Janete dos Santos Moraes

GONÇALVES, T. M.. Cidade Fantasma: Efeitos Psicossociais da Desapropriação Econômica e Cultural. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Departamento de Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

MILIOLI, Geraldo; MENEZES, C. B.;GONÇALVES, T. M.. Contribuições para uma nova visão do mundo e o meio ambiente a partir do pensamento sistêmico. 2014. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

MILIOLI, Geraldo;GONÇALVES, T. M.; MONTIBELLER FILHO, G.. Educação Ambiental Crítica: A formação do sujeito ecológico para o ecodesenvolvimento. 2012. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

MARTINEZ, J. G.;GONÇALVES, T. M.; MILIOLI, Geraldo;FOLLMANN, J. I.. Banca julgadora de defesa de dissertação de mestrado de Joyde Giacomini Martínez- As Representações Sociais da Natureza: um estudo de caso na cidade de Criciúma-SC. 2010. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação do mestrando Fabio Boeing, cujo projeto de pesquisa intitula-se: "O processo de urbanização - um estudo sobre a ocupação em áreas de risco sócioambientais no bairro Alto Paraná em Orleans-SC".. 2008. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação da mestranda Maria Inês Bay Frydberg, cujo projeto de pesquisa intitula-se:. 2008. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação da mestranda Giana Remus, cujo projeto de pesquisa intitula-se: "Coleópteros e Hemípteros (Insecta) associados à vegetação arbustivo - arbórea na área urbana de Criciúma, Santa Catarina, Brasil".. 2007. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação da mestranda Caroline Benvenuti, cujo projeto de pesquisa intitula-se: "Desenvolvimento humano sustentável: um estudo de caso sobre a Cooperativa de Produção Agropecuária Terra e Vida - COOPERVITA Ltdal".. 2007. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação da mestranda Vanessa Scheffer Bauer, cujo projeto de pesquisa intitula-se: "Preservação de matas ciliares e educação ambiental: um estudo de caso da mata ciliar do rio Mapituba, em São João do Sul, SC".. 2007. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação da mestranda Tatiane Gomes Nazário, cujo projeto de pesquisa intitula-se: "O homem e seu entorno sócio-físico: um estudo sobre o processo de morar e habitar de moradores de edifícios residenciais em Criciúma,SC".. 2007. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.; MILIOLI, Geraldo; SANTOS, Robson dos. Banca Examinadora do Exame de Qualificação da mestranda Maria Inês Bay, cujo projeto de pesquisa intitula-se: "Meio Ambiente e Interdisciplinariedade na arquitetura e urbanismo: um estudo de caso sobre o CAU - UNESC"(Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade do Extremo Sul Catarinense). 2007. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação da mestrando Cláudio Castelan Minatto, cujo projeto de pesquisa intitula-se: Conflito de competência entre órgãos na aplicação da legislação ambiental na ocupação territorial sobre o patrimônio natural (zona costeria) entre os municípios de Laguna e Balneário Gaivota.. 2006. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação da mestrando Décio Escobar de Oliveira Ladislau, cujo projeto de pesquisa intitula-se: Similaridade e contrastes na educação ambiental no sistema escolar e nas organizações produtivas certificadas com a ISO 14001: estudo sobre sua aplicabilidade no município de Criciúma, Sul de Santa Catarina. 2006. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação da mestranda Rosa Nadir Teixeira Jerônimo, cujo projeto de pesquisa intitula-se: O processo de apropriação do espaço dos habitantes da comunidade de Ibiraquera, em Imbituba, SC.. 2006. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação do mestrando Henrique Flávio Ferreira Schnitzspahn, cujo projeto de pesquisa intitula-se: Uso das calçadas: uma análise da sociedade na relação pessoa-ambiente. 2006. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

LÚCIO, Davis Rogério;GONÇALVES, T. M.. Banca examinadora do exame de qualificação do mestrando Davis Rogério Lúcio cujo projeto de pesquisa intitula-se: "Possibilidades de dinamização sócio-econômica de uma área invadida segundo as proposições da população invasora: o caso do Bairro Cidade Alta. 2006.

CAZNOK, Joana;GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação da mestranda Joanna Caznok, cujo projeto de pesquisa intitula-se: "Fragmentos florestais urbanos como subsídio para arborização no Município de Criciúma, Santa Catarina".. 2006. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GHELLERE, M.;GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação da mestranda Marilda Ghellere, cujo projeto de pesquisa intitula-se: "A simbologia da água: um estudo de caso sobre o Rio Criciúma".. 2006. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de qualificação do mestrando André Antônio Bernardo cujo projeto de pesquisa intitula-se: O uso de radiações não ionizantes em sistemas de compostagem. 2006. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Parecerista de um artigo intitulado: Cidade e Cultura: Representações da Estrada de Ferro Dona Teresa Cristina na cidade de Maracajá-SC. 2005. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação do mestrando Thomaz Henrique Thomsen, cujo projeto de pesquisa intitula-se: Habitação e qualidade de vida no espaço urbano de Joinville-SC: um estudo sobre urabanidade no bairro Bucarein. 2005. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação da mestranda Solange Therezinha Barreto de Oliveira, cujo projeto de pesquisa intitula-se: Meio ambiente urbano e saúde: estudo sobre aleitamento materno na Unidade de Saúde Santa Luzia, Criciúma, SC. 2005. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação do mestrando André Ghisi Ortigossa, cujo projeto de pesquisa intitula-se: Influência da sazonalidade na geração de resíduos sólidos de serviços de saúde produzidos nas unidades 24 horas de Criciúma/SC. 2005. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Parecerista do artigo: Cidade Combativa: a construção de um imaginário em Criciúma (1945-1964). 2005. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Parecerista do projeto de pesquisa: A concepção dos conselheiros sobre o papel no conselho municipal de saúde em Chapecó. 2005. Universidade Comunitária Regional de Chapecó.

GONÇALVES, T. M.. Parecerista da proposta intitulada: O processo de gestão da política de assistência social na região da AMOSC. 2004. Universidade Comunitária Regional de Chapecó.

GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação da mestrando Aldo Fernando Assunção, cujo projeto de pesquisa intitula-se: Uma contribuição ao desenvolvimento sustentável em zonas costeiras: estudo do uso e ocupação da Lagoa de Santa Marta e área de entorno - Laguna, SC. 2004. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação da mestranda Vilma Aguiar Pereira, cujo projeto de pesquisa intitula-se: Turismo e Sustentabilidade. 2004. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação da mestrando Gerson Luís de Böer Philomena, cujo projeto de pesquisa intitula-se: Resgate da memória do carvão mediante o imaginário coletivo. 2004. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação da mestranda Sandra Regina Medeiros Romansini, cujo projeto de pesquisa intitula-se: Análise da relação do catador x lixo sob o aspecto sócio-ambiental do microcosmo do lixão de Içara. 2004. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Parecerista do projeto de pesquisa intitulado: As diversas faces da loucura: um estudo sobre as concepções de loucura existentes em um hospital psiquiátrico. 2004. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação do mestrando Giuliano Elias Colossi, cujo projeto de pesquisa intitula-se: Análise urbano-ambiental do processo de apropriação em loteamentos populares (um estudo de caso no loteamento Cidade dos Mineiros, Criciúma, SC). 2004. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação do mestrando Tarciso Pereira, cujo projeto de pesquisa intitula-se: As áreas de preservação ambiental no município de Criciúma: um estudo sobre sua importância e utilização como referência à educação ambiental. 2004. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Parecerista referente à publicação de artigo para a Revista de Tecnologia e Ambiente da UNESC, v.10, n.1, jan./jul. 2004. 2004. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação da mestranda Vivian de Almeida Pereira, cujo projeto de pesquisa intitula-se :Percepção, Meio Ambiente e Desenvolvimento: Uma abordagem da ótica dos catadores de lixo - Município de Torres, RS.. 2003. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação do mestrando Pedro Rosso, cujo projeto de pesquisa intitula-se: Moradores de Áreas de Risco Ambiental em Criciúma ( Um estudo das condições de vida e saúde). 2003. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação da mestranda Rosane Cardoso Pereira, cujo projeto de pesquisa intitula-se: Áreas de Preservação no litoral Norte do RS - Um estudo sobre o Bairro Riacho Doce e o Parque Estadual de Itapeva. 2003. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação do mestrando Volnei João Meller, cujo projeto de pesquisa intitula-se: A Estruturação Sócio-Familiar-Agrícola e sua Sustentabilidade no Espaço Rural Catarinense: O caso de São João D'Oeste.. 2003. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Parecer do trabalho intitulado: Urbanização e Sustentabilidade: análise de indicadores de qualidade de vida da população em Manaus - AM. 2003. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Parecer do trabalho intitulado: Metodologia de Avaliação de Potencial Econturístico: Estudo de Caso no Município de UMA-BA. 2003. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Parecerista do artigo intitulado: Urbanização e sustentabilidade: análise de indicadores de qualidade de vida da população em Manaus (AM). 2003. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Parecerista do projeto intitulado: Gestão Ambiental participativa em Bairro: Projeto Nossa Rua - Vila Manaus, Criciúma - SC. 2002. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

SIERVI, E.;LADWIG, N. I.GONÇALVES, T. M.. A Rede Integrada de Espaços Públicos de Criciúma e Suas Conexões. 2018. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

MILIOLI, G.;GONÇALVES, T. M.; LADUWIG, N. I.. A Construção de Cidades Inteligentes em cidades de riscos:o olhar da gestão ambiental sobre a cidade de Capivari de Baixo-SC.. 2017. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.; MILIOLI, Geraldo;FOLLMANN, J. I.. A Apropriação do Espaço Público de Convívio no Ambiente Universitário: Um estudo de caso com o olhar interdisciplinar sobre a UNESC- Universidade do Extremo Sul Catarinense, em Criciúma, Santa Catarina. 2012. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.; MENEZES, C. B.; CAROLA, C. R.. Banca Examinadora de Qualificação para o Mestrado de Ciências Ambientais. 2012. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.; MILIOLI, Geraldo; MONTIBELLER FILHO, G.. Banca Examinadora de Qualificação do Mestrado em Ciências Ambientais. 2012. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Prêmio Iberoamericano de teses de investigación sobre Vivienda Sustentable Infonavit - Redalyc. 2012. Universidad Nacional Autonoma de Mexico.

GONÇALVES, T. M.; MENEZES, C. B.; RENK, A. A.. Banca julgadora de defesa de Dissertação de mestrado de Rosivane Arcaro-IDENTIDADE DE LUGAR-um estudo sobre um grupo de moradores atingidos por barragens no município de Timbé do Sul-SC. 2011. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

MILIOLI, Geraldo;GONÇALVES, T. M.; MONTIBELLER FILHO, G.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação do mestrando Walbert Gomes Pinheiro, cujo projeto de pesquisa intitula-se: "A IMPORTÂNCIA E A CONTRIBUIÇÃO DA HISTÓRIA, ENQUANTO DISCIPLINA CIENTÍFICA, PARA UM PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL INTERDISCIPLINAR NA REGIÃO CARBONÍFERA CATARINENSE".. 2010. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação da mestranda Rosivane Arcaro, cujo projeto de pesquisa intitula-se: "Identidade de lugar: um estudo sobre um grupo de moradores que terão suas terras desapropriadas para a construção de uma barragem em Areias Brancas, no município de Timbé do Sul, SC". 2009. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação da mestranda Izes Regina de Oliveira, cujo projeto de pesquisa intitula-se:. 2009.

GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação da mestrando Andrei Antunes Vicente, cujo projeto de pesquisa intitula-se: "Meio Ambiente e avifauna em áreas urbanas: estudo sobre a interação entre arborização, presença de pássaros e qualidade de vida nas cidades".. 2009.

MARTINEZ, J. G.;GONÇALVES, T. M.. Banca Examinadora do Exame de Qualificação da mestranda Joyde Giacomini Martinez, cujo projeto de pesquisa intitula-se: "As representações sociais da natureza: um estudo de caso na cidade de Criciúma, SC".. 2008. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.. Avaliadora ad hoc dos projetos de pesquisa submetidos ao Edital 05/2005 - Programa Integrado de Pós-Graduação e Graduação - PIPG. 2006. Universidade do Vale do Itajaí.

GONÇALVES, T. M.. Parecerista do trabalho intitulado: Trabalho, cotidiano e trajetórias de famílias usuárias de programas de geração de trabalho e renda em Chapecó - SC. 2004. Universidade Comunitária Regional de Chapecó.

GONÇALVES, T. M.. Parecerista do Conselho Editorial da Revista Tecnologia e Ambiente.. 2002. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.; MOREIRA, J.; GOULART, A.; SANTOS, H.. A diretoria de pesquisa da UNESC seleciona grupos de pesquisa nas modalidades, PIC(Projetos de Iniciação Científica) e GPE (Grupo de Pesquisas Emergentes). 2002. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

GONÇALVES, T. M.; BULGACOV, Y.; ZANDONÁ, N.. Análise de currículos de outras universidades para verificação de equivalência e carga horária dos alunos que pleteiam a transferência de curso para a UFPR. 1996. Universidade Federal do Paraná.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Mary Jane Paris Spink

SPINK, M. J. P.. Estereotipia da relação profissional-paciente e inibição do processo terapêutico (Análise de uma experiência em instituição Psiquiátrica). 1989. Dissertação (Mestrado em Psicologia (Psicologia Social)) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Salete Kozel Teixeira

GONÇALVES, T. M.;KOZEL TEIXEIRA, S.. O processo de apropriação do espaço através dos modos de morar e habitar o lugar ( uma abordagem psico-sócio-ambiental do Bairro Renascer/mina Quatro de criciúma-SC. 2002. Tese (Doutorado em Curso de Doutorado Em Meio Ambiente e Desenvolvime) - Universidade Federal do Paraná.

José Ivo Follmann

FOLLMANN, J. I.. O processo de apropriação do espaço através dos modos de morar e habitar o lugar (uma abordagem psico-sócio-ambiental do Bairro Renascer/Mina Quatro de Crisciúma, SC). 2002. Tese (Doutorado em Meio Ambiente e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Paraná.

Suely Belinha Rolnik

ROLNIK, S.; MEZAN, R.. Estereotipia da relação profissional/paciente e inibição do processo terapêutico (análise de uma experiência em instituição psiquiátrica). 1989. Dissertação (Mestrado em Psicologia (Psicologia Social)) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Giselly Possamai

O Código Florestal Brasileiro e suas Contradições; Início: 2014; Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Cienências Ambientai) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; (Orientador);

Alice Maccari

Verticalização Urbana: contexto e possíveis consequências; Início: 2014; Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Cienências Ambientai) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; (Orientador);

Maurício Colle

A legislação ambiental e o direito positivo; Início: 2013; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; (Orientador);

Aline Hilsendeger Pereira de Oliveira

Meio Ambiente e Desenvolvimrento Urbano-Um estudo na região do Extremo Sul Catarinense; Início: 2014; Tese (Doutorado em Programa de Pós Graduação em Ciëncias Ambientais () - unversidade do extremo sul catarinense, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Guilherme Alves Elias

Palmeiras Nativas do Estado de Santa Catarina:aspectos ecológicos e socioculturais; ; ; Início: 2013; Tese (Doutorado em Doutorado em Ciencias Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Coorientador);

Leopoldo Pedro Guimaráes

Estudos de Gerenciamento de Resíduos da Construçáo CIvil; ; Início: 2013; Tese (Doutorado em Doutorado em Ciencias Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; (Coorientador);

Samuel Carlos da Rosa de Oliveira

Cidade e Psicologia Social; Início: 2015; Iniciação científica (Graduando em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; (Orientador);

Bruna Constantino Batista

A Percepção de Riscos socioambientais em moradores de área de risco em Criciúma-SC; Início: 2014; Iniciação científica (Graduando em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; (Orientador);

Aline da Rosa Paganini

A Prática da Urbanidade na cidade de Criciúma; Início: 2014; Iniciação científica (Graduando em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; (Orientador);

Camila Pedro Guimnarães

BROWFILDS- riscos e resiliência urbana sob o olhar da gestão ambiental; 2018; Dissertação (Mestrado em PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Alice Maccari

Verticalização Urbana na cidade de Criciúma-SC: contexto e possíveis conseqênciass; 2016; Dissertação (Mestrado em PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS) - Universidade do Extremo Sul Catarinense,; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Giselly Possamai

O Código Florestal Brasileiro e suas contradições; 2016; Dissertação (Mestrado em PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS) - Universidade do Extremo Sul Catarinense,; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Ana Isabel Pereira Cardoso

Educação ambientaA Problemática da Água- uma análise interdisciplinar; ; 2015; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense,; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Cleunice Geleski Mesquita

A praça como espaço público; 2015; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense,; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Vanessa Sousa Silva

A Eduçáo Ambiental no Contexto do Pensamento Crítico; 2013; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense,; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Pedro Luiz Kestering Medeiros

A apropriação do espaço público de convívio no ambiente universitário: um estudo de caso com olhar interdisciplinar sobre a UNESC - Universidade do Extremo Sul Catarinense, em Criciúma - SC; ; 2012; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Rosevane Arcaro

Identidade de Lugar-um estudo sobre um grupo de moradores atingidos por barragem no município de Timbá do Sul-SC; 2011; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense,; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Joyde Giacomini Martínez

As representações sociais da natureza: um estudo de caso na cidade de Criciúma/SC; 2010; Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Pedro Luiz Kestering Medeiros

Espaços públicos no campus da Universidade do Extremo Sul Catarinense; 2010; Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Rudnei Joaquim Martins

A criança no espaço da pré-escola; 2010; Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Caroline Benvenuti

Desenvolvimento humano sustentável na agricultura; 2009; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense,; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Rosevane Arcaro

Identidade de Lugar; 2009; Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense,; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Fábio Boeing

O processo de urbanização - um estudo sobre a ocupação em áreas de risco sócioambientais no bairro Alto Paraná em Orleans-SC; ; 2009; Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense,; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Vanessa Scheffer Bauer

Preservação de matas ciliares e educação ambiental: Um estudo de caso na bacia hidrográfica do rio mampituba, em São João do Sul, SC; ; 2009; Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense,; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Tatiane Gomes Nazário

O homem e seu entorno sóciofísico - Um estudo sobre o processo de Morar e Habitar de Moradores de edifícios residenciais na cidade de Criciúma-SC; 2009; Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Marilda Ghellere

A simbologia da água no imaginário dos moradores do entorno do rio Criciúma/SC: um estudo de caso; 2008; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense,; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Solange Therezinha Barreto de Oliveira

Saúde e Meio Ambiente - Um estudo sobre Aleitamento Materno; 2006; 0 f; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense,; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Thomaz Henrique Thomsen

Habitação e qualidade de vida no espaço urbano de Joinville; 2006; 0 f; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense,; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Giuliano Colossi

O processo de Apropriação do Espaço em loteamentos populares: um estudo de caso no loteamento Cidade dos Mineiros, em Criciúma, SC; 2005; 0 f; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense,; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Gérson Luis de Boer Philomena

Cultura do carvão em Criciúma - SC: A história que não se conta; ; 2005; 0 f; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense,; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Rosa Nadir Teixeira Jerônimo

Apropriação do Espaço dos nativos do Bairro Ibiraquera em Imbituba - SC; 2005; Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense,; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Pedro Rosso

Moradores de área de risco sócioambiental em Criciúma-SC - Um estudo das condições de vida e de saúde nos bairros Renascer e São João; 2004; 0 f; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense,; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Vilma Aguiar Pereira

O turismo sustentável como propulsor do desenvolvimento integrado em pequenos municípios do litoral norte gaúcho; 2004; 0 f; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense,; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Teresinha Maria Gonçalves

Guilherme Alves Elias; 2018; Tese (Doutorado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Leopoldo Pedro Guimarães Filho

; Estudos de gerenciamento na construção civil; 2017; Tese (Doutorado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense,; Coorientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Aline Heilzenber Pereira Oliveira

Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano; 2017; Tese (Doutorado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Eduardo Preis

A Relação Homem e natureza no meio urbano de Criciúma; 2005; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão em Recursos Naturais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Pedro Rosso

Meio Ambiente e Saúde; 1999; 0 f; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização Em Gestão Ambiental) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Clayton Nunes da Silva

Jovens do campo: a construção da identidade de lugar; 2009; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Lilian Motta Gomes

Apropriação da casa; Um estudo de Psicologia Ambiental na Periferia Urbana de Criciúma; ; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Tereza Gregório

Os Desafios da Vida Cotidiana na Pós Modernidade - Uma Revisão Bibliográfica; 2007; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Marilene de Lima Dassoler

A fragmentação da subjetividade do emigrante brasilerio - um estudo de caso sobre a emigração Criciúma - Brasil X Estados Unidos; 2006; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Departamento de Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Tatiane Gomes Nazário

A expressão da subjetividade no ambiente construído; 2006; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Departamento de Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Marilda Ghellere

Psicologia Ambiental: Ruptura da Identidade de Lugar; Um estudo de caso sobre os moradores atingidos pela barragem do Rio São Bento - Comunidade de São Pedro - Siderópolis-SC; 2005; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Maria Gliselda De Lucca

Atividades de Teatro na escola como instrumento para o resgate da dignidade de alunos submetidos a violência social; 2005; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Artes Visuais) - Unesc; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Bruno da Silva da Silveira

vulnerabilidade social-um estudo sobre trabalho precário de moradores do Conjunto Habitacional San Diego na cidade de Criciúma-SC; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Samuel Carlos Rosa de liveira

Imigrantes africanos em Criciúma-SC- uma análise do processo de apropriação do Espaço da cidade pelos imigrantes ganeses chegados á Criciúma a partir de 2014; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Leonardo da Costa Bernardo

IDENTIDADE URBANA- a construção da identidade urbana pelas pessoas vindas do meio rural à cidade de Criciúma- um estudo específico no âmbito do projeto de pesquisa A prática de urbanidade na cidade de Criciúma-SC; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Bruna Constatino Batista

Pesquisas de Indicadores de Urbanidade; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Aline da Rosa Paganini

Comportamento urbano na perspectiva do conceito de urbanidade; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

André Silva Martins

A Percepçáo de riscos socioambientais pelos moradores do bairro Cristo Redentor da cidade de Criciúma-SC; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Erik Quados

Desenvolvimento de indicadores para a construçao do índice de Desenvolvimento das Relaçoes espaciais; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Departamento de Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Marília Davila

O PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE ? Um estudo sobre identidade de papéis com um grupo de detentos do presídio Santa Augusta de Criciúma ? SC; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Hellen dos Santos Dias

PRODUÇÃO GRÁFICA DE APOIO AO PROJETO DE INDICADORES DE RISCOS NATURAIS E RISCOS SOCIAIS; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Tomás Mambo Seda

Identidade urbana; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Hellen Dias

Administração de projetos de pesquisa na área de ciências ambientais; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Secretariado executivo) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Marília Davila

Desastres Naturais Urbanos e Subjetividade; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Departamento de Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Francieli Miranda

Estudo sobre áreas de risco socioambientais na cidade de Criciúma-SC; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Departamento de Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Marília Davila

O PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE ? Um estudo sobre identidade de papéis com um grupo de detentos do presídio Santa Augusta de Criciúma ? SC; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Dóres Borges

Políticas Públicas para a pessoa idosa: uma dádiva do governo ou um direito a ser revindicad?; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Departamento de Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Andrea Camargo Pereira

A formação de valores na sociedade contemporânea: Os valores que orientam a vida cotidiana de jovens universitários; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Departamento de Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Adriel Giordani Christ

O processo de construção da identidade ? Um estudo de Psicologia Social com mulheres arrimo de família em Criciúma-SC; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Departamento de Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Dóres Borges

O idoso produtivo e o mercado de trabalho; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Diandra Jora

Um estudo sobre os espaços de convivência no campus universitário da UNESC; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Dóres Borges

O idoso produtivo e o mercado de trabalho; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Departamento de Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Andrea Camargo Pereira

A Formação de Valores na Sociedade Contemporânea; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Departamento de Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Diego Destro

Apropriação do Espaço Escolar; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia e Arquitetura e Urbanismo) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Amanda Ely

Eqüidade Social e Sustentabilidade Urbana: Uma análise do acesso à serviços públicos de saúde, educação e transporte na cidade de Criciúma/SC; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia e Direito) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Silvana Policarpi

Apropriação do Espaço Escolar; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia e Arquitetura e Urbanismo) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Rosane Karine Ribeiro

Equidade Social e Sustentabilidade Urbana: Uma análise dos serviços de saúde, educação e transporte na cidade de Criciúma-SC; 2009; Iniciação Científica - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Andrea Camargo Pereira

Pesquisa sobre o destino do lixo doméstico como um dos fatores que interferem na qualidade da vida urbana; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Bruna Vencato

Qualidade da Vida Urbana; 2008; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Lilian Motta Gomes

PSICOLOGIA AMBIENTAL ? Um estudo sobre o processo de apropriação do espaço e a produção da subjetividade na periferia urbana; 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Diego Destro; Maick de Souza Rocha

Ambiente Urbano - Um estudo sobre o uso das calçadas como espaços públicos na cidade de Criciúma/SC; 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Arquitetura) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Morgana

O sentimento de exclusão: um olhar sobre um grupo de participantes do Projeto Ação Adolescente da UNESC; 2005; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Departamento de Psicologia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Teresinha Maria Gonçalves

Guilherme Alves Elias; 2018; Tese (Doutorado em Ciências Ambientais) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Teresinha Maria Gonçalves;

Dimas Floriani

O PROCESSO DE APROPRIAÇÃO DO ESPAÇO ATRAVÉS DOS MODOS DE MORAR E HABITAR O LUGAR; 2002; Tese (Doutorado em Meio Ambiente e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Dimas Floriani;

Suely Belinha Rolnik

Estereotipia da Relação Profissional/Paciente e Inibição do Processo Terapêutico (Análise de uma experiência em Instituição Psiquiátrica); 1989; Dissertação (Mestrado em Psicologia (Psicologia Social)) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo,; Orientador: Suely Belinha Rolnik;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SILVEIRA, B. S. ; GONÇALVES, T. M. ; ARRUDA, D. B. ; AMBONI, G. . A Precarizacão do Trabalho e da Moradia no Contexto da Vulnerabilidade Social- um estudo interdisciplinar-um estudo interdisciplinar. SOCIEDADE EM DEBATE , v. 26, p. 42-55, 2020.

  • ELIAS, G. A. ; GONÇALVES, T. M. ; GUISLON, A. V. ; SANTOS, R. . Traditional Use of Palms (Arecaceae) in the Atlantic Forest in Southern Santa Catarina, Brazil. FLORAM , v. 26, p. 1/9, 2019.

  • SILVEIRA, B. S. ; BROGNOLI, M. O. ; GONÇALVES, T. M. . A PEREGRINAÇÃO EM BUSCA DA CASA. Revista Tecnologia e Ambiente , v. 25, p. 262-276, 2019.

  • OLIVEIRA, R. V. ; GONÇALVES, T. M. . O ESPAÇO SOCIOFÍSICO DA ESCOLA COMO FACILITADOR DAS RELAÇÕES NO AMBIENTE ESCOLAR: UM ESTUDO DE PSICOLOGIA AMBIENTAL. Revista Tecnologia e Ambiente , v. 25, p. 189-202, 2019.

  • OLIVEIRA, I. ; GONÇALVES, T. M. . A EXPANSÃO DA ESPACIALIDADE URBANA: onde está a área natural?. Revista Tecnologia e Ambiente , v. 25, p. 1-22, 2019.

  • GONÇALVES, TERESINHA MARIA . O trabalho interdisciplinar em Educação Ambiental: reflexão sobre a prática docente. REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL (IMPRESSO) , v. 14, p. 41-49, 2019.

  • ACOSTA, S. A. ; CAMPOS, J. B. ; GONÇALVES, T. M. . ESPAÇOS PÚBLICOS E AMBIÊNCIAS URBANAS: UM DIÁLOGO INTERDISCIPLINAR SOB A PERSPECTIVA DO DESIGN SOCIAL E DA PSICOLOGIA AMBIENTAL. Revista Tecnologia e Ambiente , v. 24, p. 01-13, 2018.

  • ELIAS, G. A. ; SANTOS, Robson dos ; LIMA, J. M. T. ; GONÇALVES T.M . PALMEIRAS (ARECACEAE ) EM SANTA CATARINA, SUL DO BRASIL. Revista Brasileira de Agroecologia (Online) , v. 13, p. 262-263, 2018.

  • SILVEIRA, A. H. ; GONÇALVES T.M . Globalização, desenvolvimento econômico e desenvolvimento urbano: O compasso desigual. ESPACIOS (CARACAS) , v. 28, p. 24-48, 2017.

  • GONÇALVES, T. M. ; OLIVEIRA, S. R. P. ; BERNARDO, L. C. ; SUTIL, T. ; CONTO, D. . ESPAÇO, SUBJETIVIDADE E DESENRAIZAMENTO CULTURAL: UMA ANÁLISE DO PROCESSO DE APROPRIAÇÃO DO ESPAÇO DA CIDADE PELOS IMIGRANTES GANESES CHEGADOS A CRICIÚMA A PARTIR DE 2014. Tecnologia e Ambiente , v. 23, p. 16-28, 2017.

  • GONÇALVES, T. M. ; FOLLMANN, J. I. . RELAÇÕES ENTRE SER HUMANO E NATUREZA: UMA REFLEXÃO SOBRE A SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA. CRIAR EDUCAÇÃO REVISTA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO UNESC , v. 6, p. 15-22, 2017.

  • MACCARI, A. ; GONÇALVES, T. M. . A MORADIA VERTICAL ? UM ESTUDO SOBRE O PROCESSO DE APROPRIAÇÃO DA CASA E SEU ENTORNO SOCIOFÍSICO. Revista Ra'e Ga Espaço Geográfico em Análise , v. 42, p. 179-191, 2017.

  • POSSAMAI, G. ; GONÇALVES, T. M. . Código Florestal brasileiro de 2012: contexto e cenário de sua aprovação: uma análise sociopolítica. REVISTA DIREITO AMBIENTAL E SOCIEDADE , v. 7, p. 231-264, 2017.

  • GONÇALVES, T. M. . A CONTRIBUIÇÃO DO PENSAMENTO DIALÉTICO DE HENRI LEFEBVRE PARA A PESQUISA INTERDISCIPLINAR SOBRE A QUESTÃO URBANA. Revista de Tecnologia e Ambiente , v. 21, p. 1-14, 2016.

  • GONÇALVES, T. M. ; OLIVEIRA, A. H. P. . A busca da sustentabilidade urbana em uma cidade de riscos socioambientais:o arranjo tecnoeconômico de Criciúma-SC. Espacios (Caracas) , v. 36, p. 10, 2015.

  • OLIVEIRA, A. H. P. ; GONÇALVES, T. M. . Sustentabilidade Urbana: o arranjo técnicoeconômico de Criciúma-SC. Simpósio Internacional IHU , v. 01, p. 99-100, 2015.

  • JERÔNIMO, R. N. T. ; GONÇALVES, T. M. . Identidade e Personificaçáo do lugar na apropriaçáo do Espaço pelos nativos de Ibiraquera-SC.. Revista de Ciências Humanas (UFSC) , v. 47, p. 4, 2014.

  • GONÇALVES, T. M. . Habitar- A casa Como Contingéncia da Condição Humana. Revista INVI , v. 29, p. 83-108, 2014.

  • SEDA T,M. ; GONÇALVES T.M ; GIOVANI, E. N. ; FOLLMANN, J. I. . A Praça , a Poética e os Processos de Identidade. RA'E GA: o Espaço Geográfico em Análise , v. 31, p. 91-116-116, 2014.

  • LUCCA, V. D. ; NICOLAU, V. R. ; GONÇALVES T.M ; MARQUES, B. H. ; ZANETTE, V. C. ; AMARAL, P. . . Utilização de plantas medicinais no entorno do Parque Estadual da Serra Furada, Santa Catarina: uma abordagem etnobotânica. Revista Brasileira de Biociências (Online) , v. 12, p. 59-65, 2014.

  • MARTINS, R. ; GONÇALVES, T. M. . A APROPRIAÇÃO DO ESPAÇO NA PRÉ-ESCOLA SEGUNDO A PSICOLOGIA AMBIENTAL. Psicologia e Sociedade (Impresso) , v. 26, p. 622-631, 2014.

  • GONÇALVES, T. M. ; DAVILA, M. . A Face do Espaço Prisional. Tecnologia e Ambiente , v. 20, p. 34, 2014.

  • GONÇALVES, T. M. ; FOLLMANN, J. I. ; CHRIST, A. G. ; PRUM, M. B. S. V. ; RICKEN, L. S. ; SILVA, I. S. . Desvelando identidades através de retalhos de uma história de vida: práticas de psicologia social. Revista Ciências Sociais Unisinos , v. 49, p. 164-173, 2013.

  • GONÇALVES, T. M. ; PREIS, Eduardo ; DIAS, H. S. ; RIBEIRO, V. M. ; MARTINS, A. . Ciudades de riesgos- los desafios de las ciudades vunerables y más resilientes-Determinantes sociales y ambientales de los riesgos socioambientales urbanoss. Cuadernos de Vivienda y Urbanismo (Instituto Javeriano de Vivienda y Urbanismo) , v. 01, p. 03, 2013.

  • GONÇALVES, T. M. ; CARDOSO, A. I. P. . A TRANSDISCIPLINARIDADE DA ÁGUA NA LÓGICA DO TERCEIRO iNCLUÍDO. Revista Terceiro Incluído , v. 3, p. 104-117, 2013.

  • ARCARO, R. ; GONÇALVES, T. M. . Identidade de lugar: Um estudo sobre um grupo de moradores atingidos por barragens no município de Timbé do Sul, Santa Catarina. Ra'e ga (UFPR) , v. 25, p. 38-63, 2012.

  • GONÇALVES, T. M. ; PHILOMENA, G. B. ; FOLLMANN, J. I. ; GONÇALVES, T. M. . Aspectos da cultura do carvão em Criciúma (SC): a história que não se conta. História Unisinos , v. 16, p. 244, 2012.

  • GONÇALVES, T. M. . Habitação e Sustentabilidade Urbana. Revista INVI , v. 24, p. 113-136, 2009.

  • NAZÁRIO, Tatiane Gomes ; GONÇALVES, T. M. . Vivências de moradores de edifícios residenciais na cidade de Criciúma-SC: apropriação do espaço urbano. Gaia scientia (UFPB) , v. 3, p. 41-54, 2009.

  • JERÔNIMO, R. N. T. ; GONÇALVES, T. M. . O processo de apropriação do espaço pelos elementos constitutivos da produção da subjetividade, auto-estima e sentimento de pertença. Psicologia: Teoria e Pesquisa (UnB. Impresso) , v. 24, p. 195-200, 2008.

  • GONÇALVES, T. M. . Preservação da vida e do trabalho na atualidade: o caso do pólo carbonífero do sul de Santa Catarina. Inovação Uniemp , v. 1, p. 18-19, 2007.

  • GONÇALVES, T. M. ; MENDONCA, F. A. . Impactos, Riscos e Vulnerabilidade Socioambientais da Produção do Carvão em Criciúma/SC. Ra'e ga (UFPR) , v. 14, p. 38-59, 2007.

  • NAZÁRIO, Tatiane Gomes ; GONÇALVES, T. M. . A Gestão dos Resíduos Sólidos dos Serviços de Saúde na cidade de Criciúma/SC. REVISA. Revista Brasileira de Vigilância Sanitária , v. 2, p. 122-131, 2006.

  • GONÇALVES, T. M. . Saúde e Meio Ambiente - O ecológico na epidemiologia. Revista de Tecnologia e Ambiente , v. 12, p. 07-17, 2006.

  • GONÇALVES, T. M. . A dinâmica de uma equipe de saúde mental pautada em relações estereotipadas como inibidora do processo terapêutico. Revista Pesquisa e Extensão em Saúde (UNESC) , Criciúma, p. 15-25, 2005.

  • GONÇALVES, T. M. ; VIANA, Ednilson ; ROMANCINI, S. R. M. . O catador de resíduos sólidos recicláveis e a desigualdade social. Ciências sociais Unisinos , São Leopoldo/RS, v. 41, n.2, p. 74-81, 2005.

  • GONÇALVES, T. M. . As nocões de espaço em Psicologia Ambiental sobre meio ambiente urbano. Revista de Tecnologia e Ambiente , Criciúma, v. 10, n.1, p. 67-78, 2004.

  • GONÇALVES, T. M. . Psicologia Ambiental. Revista Pesquisa e Extensão em Saúde (UNESC) , Criciúma, v. 01, n.01, p. 17-21, 2004.

  • GONÇALVES, T. M. . Psicologia Ambiental. Revista de Saúde e Qualidade de Vida, Criciúma / Santa Catarina, v. 1, n.1, 2003.

  • GONÇALVES, T. M. . Meio ambiente e a questão urbana. Revista de Ciencias Sociais, São Leopoldo, v. 39, n.263, p. 257-267, 2003.

  • GONÇALVES, T. M. . Meio Ambiente e Espaço Urbano. Ciências Sociais Unisinos , São Leopoldo- RS, v. 39, n.163, p. 257-267, 2003.

  • GONÇALVES, T. M. . O Espaço Hospitalar: A busca do nó crítico na dinâmica hospitalar. Revista de Tecnologia e Meio Ambiente da Unesc, Cricúma - SC, v. 2, n.2, p. 73-97, 1999.

  • GONÇALVES, T. M. . Para Abrir as Ciências Sociais. Revista de Ciências Humanas da Unesc, Criciúma - SC, v. 5, n.2, p. 07-14, 1999.

  • GONÇALVES, T. M. . Estereotipia: A relação estereotipada profissional/paciente e inibição do processo terapêutico. Revista do Departamento de Psicologia da Ufpr, Curitiba, v. 1, p. 153-177, 1997.

  • GONÇALVES, T. M. . Os Heróis da Resistência. Boletim da Pastoral Popular dos Jesuítas do Brasil, Porto Alegre - RS, v. 39, 1995.

  • GONÇALVES, T. M. . Vendo o Insisível Através das Imagens. Diário Catarinense Diário de Cultura, Florianópolis - SC, p. 4, 1995.

  • GONÇALVES, T. M. . A AçãoTécnica e a Ação Política da Vigilância Sanitária. Boletim da Secretaria de Estado da Saúde do Paraná, Curitiba - PR, p. 2-7, 1990.

  • GONÇALVES, T. M. . Pesquisa Sobre as Condições de Vida da População Beneficiária do Programa de Módulos Sanitários. Anais da Sbpc 41a Reunião, Fortaleza - Ceará, v. 1, 1989.

  • GONÇALVES, T. M. . O Desafio no Aparelho de Estado, de uma Prática Comprometida com os interesses Populares.. Revista da Emater Pr, Curitiba, v. 1, 1986.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

GONÇALVES, T. M. . Consultora ad hoc em Psicologia Social-CAPES. 2014.

GONÇALVES, T. M. . La comunidad de Estudios Territoriales Redalyc de Iberoamerica. 2012.

GONÇALVES, T. M. ; SANTOS, Robson dos ; COLOSSI, Giuliano ; CAZNOK, Joana ; CAMPOS, Luis Alexandre ; PEREIRA, E. B. . Intervenções Urbanas: Arborização da Cidade de Criciúma. 2009.

BOECK, C. R. ; GONÇALVES, T. M. ; PECK, G. M. F. ; SILVA, M. A. ; LOGEN, W. C. . Integrante de Comissão para apresentar proposta de regulamentação para participação da Unidade Acadêmica de Saúde da UNESC em eventos científicos externos. 2008.

GONÇALVES T.M ; SANTOS, Robson dos ; LADWIG, N. I. ; ELIAS, G. A. . índice de urbanidade. 2014.

GONÇALVES, T. M. . Tecnica de pesquisapsicossocial. 1984.

GONÇALVES, T. M. . História de vida para análise do processo de identidade. 2019.

GONÇALVES, T. M. ; ALISTE, E. . Metodologia para analizar conflictos socioambientales. 2016.

GONÇALVES, T. M. ; ALISTE, E. . Metodologia para analizar conflictos socioambientales. 2016.

GONÇALVES, T. M. ; LADWIG, N. I. ; PREIS, Eduardo ; CRIST, J. ; SANTOS, Robson dos . Indicadores de Urbanidade. 2014.

GONÇALVES, T. M. . GAMOC-percepção. 2009.

GONÇALVES, T. M. ; MILIOLI, Geraldo . A Prática da Urbanidade na cidade de Criciúma-SC. 2014.

GONÇALVES, T. M. ; SANTOS, Robson dos . Planejamento Urbano e Cidade de Risco. 2011.

GONÇALVES, T. M. . Meio ambiente, gestão urbana e direito às cidades sustentáveis. 2008.

GONÇALVES, T. M. . Perfil Psicossocial do portador de neoplasias maíignas do município de Criciúma Santa Catarina. 1999.

GONÇALVES, T. M. . Diagnóstico de Saúde. 1997.

GONÇALVES, T. M. . A Percepção da Cidadania em Curitiba - PR. 1996.

GONÇALVES, T. M. . Reelaboração da cozinha do hospital municipal Henrique Lage de Lauro Müller - SC. 1995.

GONÇALVES, T. M. . Projeto para a construção da ala de dependentes químicos do hospital municipal de Lauro Müller. 1994.

GONÇALVES, T. M. . Plano Plurianual de Saúde do Município de Lauro Müller. 1994.

GONÇALVES, T. M. . Projeto para a criação do setor de Vigilância Sanitária da secretaria Municipal de Lauro Müller. 1994.

GONÇALVES, T. M. . Readequação da rede física dos serviços de Saúde. 1993.

GONÇALVES, T. M. . Projeto para a construção do sistema simplificado de abastecimento de água do distrito de Guatá do município de Lauro Müller SC. 1993.

GONÇALVES, T. M. ; ALISTE, E. . Cultura, tempo y subjetividade:poéticas, narrativas y imaginários urbanos de la vida cotidiana.. 2016. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

GONÇALVES, T. M. ; PATRICIO, R. S. . Representação do Bioma da Mata Atlãntica. 2016. (Maquete).

GONÇALVES, T. M. . Coordenadora do Laboratório de Meio Ambiente, Desenvolvimento Urbano e Psicologia Ambientalgia Ambiental. 2014. (Pesquisa).

GONÇALVES, T. M. ; DESTRO, D. ; GIOVANI, E. N. . Metodologia para a elaboração de cartografia das calçadas como elemento de ligação entre o espaço público e o espaço privado. 2011. (Cartas, mapas ou similares/Outra).

GONÇALVES, T. M. ; ROCHA, A. L. . Dilemas Sócio Ambientais e a subjetividade humana-revendo a cidadadnia. 2011. (Pesquisa).

GONÇALVES, T. M. . A contribuição da Psicologia Ambiental para o Planejamento Urbano: Métodos de Pesquisa. 2008. .

GONÇALVES, T. M. . O sentimento de exclusão: um olhar sobre um grupo de participantes do Projeto Ação Adolescente da UNESC.. 2005. (Relatório de pesquisa).

GONÇALVES, T. M. . Relatório de Pesquisa: Diagnóstico de Saúde da região carbonífera de Santa Catarina e da Região do Extremo Sul Catarinense. 2000. (Relatório de pesquisa).

GONÇALVES, T. M. . Psicologia, Espaço Urbano e Meio Ambiente. 1998. .

GONÇALVES, T. M. . Liderança Comunitária. 1992. .

GONÇALVES, T. M. . Atualização e supervisão em serviço social. 1975. .

GONÇALVES, T. M. . A Poética da cidade. 2013 (Crônica Poética).

GONÇALVES, T. M. . Diferentes olhares estéticos sobre a natureza. 2009 (Fotografia).

GONÇALVES, T. M. . O Amor da Codilheira. 2001 (Conto).

GONÇALVES, T. M. . Vendo o Invisível Através das Imagens. 1995 (Literatura).

GONÇALVES, T. M. . Os heróis da resistência. 1995 (Literatura).

GONÇALVES, T. M. . Consultora ad hoc do Programa Iberoamericano de Ciência y Tecnología para el Desarrollo (CYTED). 2010 (Comissão Técnica) .

GONÇALVES, T. M. ; LISBOA, Henrique de Melo . Comissão verificadora para a autorização do curso Sequencial de Formação Específica em Gestão Ambiental. 2003 (Comissão Técnica) .

GONÇALVES, T. M. . Ética: Porque precisamos dela?. 2003 (Demais trabalhos relevantes) .

GONÇALVES, T. M. . O processo de Construção de identidade no meio urbano. 2003 (Comunicações Orais) .

GONÇALVES, T. M. . Psicologia Ambiental: A influência da manifestação estética no processo de apropriação do espaço em periferias urbanas. 2003 (Palestra) .

GONÇALVES, T. M. . Membro do Grupo Consultivo do Institudo de Pesquisa Ambiental e Tecnológica. 1999 (Administração da Pesquisa) .

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    SEGURANÇA URBANA E ESPAÇOS PÚBLICOS-UM ESTUDO SOBRE A RELAÇÃO DA OFERTA DE ESPAÇOS PÚBLICOS EFICIENTES E A DIMINUIÇÃO DA VIOLÊNCIA NAS CIDADES, Descrição: Nos últimos anos a violência vem sendo foco da atenção dos moradores das pequenas, médias e grandes cidades. O tamanho da cidade não interfere para que delitos de variados tipos ocorram. A mídia televisiva diariamente noticia casos de violência ocorridos nas cidades. Por outro lado, ao andarmos a pé pelas ruas dos grandes centros urbanos, percebemos nas conversas dos transeuntes assuntos relacionados à crimes e fatos delituosos. Platt (2017) ao analisar a sociedade contemporânea e a perda de valores básicos como agravante da falta de ética nos traz o conceito de capitalismo criminoso uma vez que, para obtenção cada vez maior de lucros o mercado utiliza a máxima de Maquiavel, ou seja, ?os fins justificam os meios?. A corrupção instaura-se em todas as instâncias da sociedade, prevalecendo o individualismo em detrimento do coletivo e da solidariedade. Indo mais a fundo, Graham (2016) fala de cidades sitiadas ao trazer a tragédia da criminalidade no comando das cidades. Caso emblemático está aqui mesmo no Brasil, se tomarmos como exemplo a cidade do Rio de Janeiro. Lefebvre (1991) em o Direito à cidade, imagina uma cidade para promover a cidadania, a preservação dos direitos sociais e ampliação da consciência política. No entanto, ao fim das duas primeiras décadas do século XXI, estamos muito próximos da barbárie. Estudar as cidades, examinar a violência urbana não como um caso de polícia, mas como um fato social, é um dever da academia e dos pensadores da área das ciências humanas e sociais. O medo instaura-se nas ruas. As pessoas repetem o mantra da mídia relatando crimes introjetando para dentro de si toda a impotência diante dessa situação. Pari passo ao medo que se instaura na cidade, abre-se na sociedade de consumo o nicho de mercado para a segurança urbana: empresas de monitoramento, câmeras instaladas por toda parte, cerca elétrica sobrepondo-se aos muros das casas e dos condomínios para dar a sensação de uma segurança que, segundo Jane Jacobs, só viria com a apropriação do espaço urbano pelos moradores quando sentirem-se pertencentes a este espaço. As ruas, as praças, os parques, seriam os locais onde as pessoas pudessem perder o medo, se a elas fosse oferecido espaços saudáveis, arborizados, seguros, bem iluminados, com atrativos. A cidade dominada pelos cidadãos não seria dominada pelos criminosos, Sennet (1994), vem nos dizer que forasteiros e diferentes podem conviver e enriquecer a identidade urbana nos espaços públicos e/ou livres de uma cidade que cuida de seus cidadãos. Criciúma, segundo a prefeitura municipal, possui 42 praças, dessas, somente três, fazem jus ao nome: Praça Nereu Ramos, Praça do Congresso, Praça da Bíblia. Gonçalves, Destro e Souza, em pesquisa de 2009, analisaram outro espaço público da cidade de Criciúma, as calçadas. Estas não são consideradas espaço público, nem pela população nem pela municipalidade. Uma vez que estão degradadas, sem manutenção, com obstáculos, principalmente (em parte da área central e bairros periféricos). No índice de violência urbana em Santa Catarina, SC, Criciúma apresentou o pior desempenho, com uma taxa de 29 mortes a cada 100 mil habitantes, no ano de 2015. (ALVES, 2017). A pesquisa pretende correlacionar os espaços públicos (praças, parques e calçadas) na cidade de Criciúma, com o índice de violência urbana especializados por bairros da cidade.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Guilherme Alves Elias - Integrante / Nilzo Ivo Laduwig - Integrante / Geraldo Milioli - Integrante / Danilo Barbosa Arruda - Integrante / Elizabeth Maria Campanella de Siervi - Integrante / Ricardo Tapia Zarricueta - Integrante / Bruno silveira de oliveira - Integrante / Jaqueline Souveral - Integrante / Mikael Caetano - Integrante.

  • 2016 - 2018

    Análise Socioambiental de Conjuntos Habitacionais do programa Minha -Casa Minha Vida na cidade de Criciúma-SC, Descrição: O conceito de habitação social foi tomado da experiência chilena. Ricardo Tapia Zarricueta (2011) utilizou esse conceito nos seus projetos de Habitação Social. Para ele, a casa não pode ser vista apenas como um investimento econômico. Nesse contexto, fala-se casa em oposição à ?casa biológica?, aquela que, mais especificamente, se expressa com a Revolução Industrial, no fim do século XVIII, e que estabelece a casa funcional, ou seja, a casa com a função específica de abrigar um corpo que deveria ser preservado para o trabalho nas fábricas. Do cortiço no entorno das fábricas na Inglaterra até a casa popular destinada às classes trabalhadoras, houve uma evolução, mas permaneceu a mesma função, qual seja: a casa serve para abrigar o corpo; um lugar para dormir, comer, banhar-se, entre outras coisas (GONÇALVES, 2014). Gonçalves (2015), estudiosa do assunto, afirma que os programas de habitação popular têm seguido esse padrão da casa biológica e sustenta a tese da casa para além do corpo, ou seja, a casa simbólica. A casa como contingência da condição humana nos remete a Heidegger (2006), quando, em sua obra intitulada Ser e Tempo, o autor fala da busca constante do lugar essencial. O ambiente é considerado a vivência concreta do sujeito, na qual ele trabalha, constrói sua casa, faz sua poética, constrói laços e apega-se àquele lugar, sentindo-se pertencente a ele; o espaço não significa apenas o meio físico circundante, vai além, assumindo uma dimensão sociocultural que o sujeito internaliza e representa. Esse simbolismo relacionado ao espaço aparece ligado ao sentimento de pertença, de apropriação do espaço como processo de identificação, um agente transformador, pois mediante a ação sobre o entorno, a pessoa e a comunidade transformam o espaço, deixam suas marcas e o incorporam a seus processos cognitivo e afetivo.Essa situação foi percebida pelo GIPMAUR em 2014, quando da pesquisa Planejamento Urbano e Cidade de Risco, no Bairro Cristo Redentor, em Criciúma, SC. Percebemos o aterramento de córregos e nascentes em uma região já sem infraestrutura social adequada, ou seja, com problemas de transporte, carências na unidade de saúde e na escola, insegurança social pela criminalidade e tráfico de drogas, entre outros.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Robson dos Santos - Integrante / Francisco de Assis Mendonça - Integrante / Nilzo Ivo Ladwig - Integrante / Viviane Kraieski Assunção - Integrante / Guilherme Alves Elias - Integrante / Aline Hilsendeger Pereira de Oliveira - Integrante / Geraldo Milioli - Integrante / Clóvis Ultramari - Integrante / Leonardo da Costa Bernardo - Integrante / Samuel Oliveira - Integrante / Leopoldo Pedro Guimarães - Integrante / Marcilon de Souza - Integrante / Gustavo De Lucca - Integrante / Camila Guimarães - Integrante.

  • 2015 - 2018

    A Psicologia Ambiental e a Humanização das cidades, Descrição: O estudo, por maeio de várias estratégias desde o ensino de psicologia, de Arquitetura e Urbanismo e do Programa de Pós Graduação em Ciências Ambientais ( mestrado e doutorado), tem como objetivo a prática da urbanidade na perspectiva da Psicologia Ambiental para a humanização do do ambiente urbano e do comportamento urbano.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Robson dos Santos - Integrante / Aline da Rosa Pagnani - Integrante / Nilzo Ivo Laduwig - Integrante / Alice Maccari - Integrante / Giselly Possamai - Integrante / Geraldo Milioli - Integrante / Samuel da Rosa P. Oliveira - Integrante.

  • 2014 - 2016

    Identidade Urbana-Um Estudo sobre o comportamento urbano na cidade de Cricciúma -SC, Descrição: A cidade é uma grande concentração populacional no mínimo espaço ? o máximo de sociedade ? esta concentração irá estimular relações sociais. Oliva (2003) afirma que a cidade é um ator social, ela é um cenário ativo. A cidade interfere no destino social e na cultura urbana, influencia nos processos sociais, ao mesmo tempo em que muda é mudada, sendo assim, o espaço é uma dimensão social, sem claro negar o verdadeiro sujeito dos processos sociais, a saber, o homem. Os comportamentos produzem a cidade, a sua materialidade e a sua imaterialidade, ao mesmo tempo em que são produzidos; os sujeitos são adaptados à cidade, ou seja, o homem tende para o urbano ao mesmo tempo em que internaliza sua representação, reproduzindo um estilo de vida e uma cultura. Os processos sociais são espaciais. Acontecem numa estrutura material do espaço, sendo assim sendo influenciados por ele ocorrem de uma forma e não de outra. A cidade concentra uma grande quantidade demográfica, exemplo está na cidade de Criciúma contendo uma área de 235,628 km (IBGE, 2010) tem uma população de 193 988 habitantes, maior do que a Microrregião de Araranguá, com 180.877 habitantes numa área de 2.962,214 km, cerca de 13 vezes maior que a área criciumense. Por conter grande número populacional, o ambiente urbano é uma concentração de diversidade e impulsiona as relações sociais. A urbanidade é sustentada por esta diversidade (de classe, de escolaridade, de religião, culturas), e refere-se à convivência pacífica e da prática de valores e direitos instituídos ? o plano ético. A cidade, nesse sentido, é o ?encontro da diferença?, riqueza urbana, propiciando a produção de conhecimento. Quando esta produtividade decai, sinaliza-se a existência da padronização e uniformização, rebaixando a urbanidade. Um exemplo é a retirada dos intelectuais americanos dos centros urbanos, onde viviam o cotidiano da cidade e tinham fácil acesso a população. Indo para as universidades, onde facilitados pela a academia, perdiam sua autonomia e criticidade, sendo submetidos a modismos, a um padrão social e com únicas metas: a produção de artigos e livros. ?Fugindo? para o campus o intelectual perde o essencial: viver a experiência social. O resultado dessa fuga dos intelectuais para as universidade foi o ?declínio da inteligência urbana?. Pois esta inteligência não é nada mais do que o saber viver em comunidade. A urbanidade se constrói no cotidiano da cidade, nas relações entre a diferença, na justa produtividade e nas ações valorosas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (6) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Geraldo Milioli - Integrante / Robson dos Santos - Integrante / Eduardo Preis - Integrante / Francisco de Assis Mendonça - Integrante / Pedro Luiz Kestering Medeiros - Integrante / Nilzo Ivo Ladwig - Integrante / Viviane Kraieski Assunção - Integrante / Teresinha Maria Gonçalves-coordenador - Integrante / Alarcon Acosta Santiago - Integrante / Guilherme Alves Elias - Integrante.

  • 2012 - 2014

    Planejamento Urbano e Cidade de Risco, Descrição: Trabalhar uma nova noção de ciência do urbano, que inclua as questões socioambientais no planejamento urbano levando em consideração as implicações socioculturais e psicossociais, é a missão desse grupo. A tentativa é trabalhar a noção de ciência direcionada ao ambiente urbano, já que o debate sobre as questões ambientais fraciona o conhecimento entre sociedade e natureza, deixando à margem da discussão as implicações socioculturais, psicossociais e políticas que envolvem essas questões. Para tanto, o grupo elaborou uma agenda comum de estudos para alargar a discussão sobre as cidades e as ambiências urbanas na tentativa de repensar o solo epistemológico de suas práticas, dando ênfase à relação entre ambiente construído e as relações sociais urbanas.Com esse escopo, o GIPMAUR promove o diálogo entre os saberes na perspectiva da produção de um novo conhecimento sobre o ambiente urbano. O grupo reúne pesquisadores das várias áreas da ciência, como Antropologia, Biologia, Psicologia Ambiental, Sociologia, Engenharia, Arquitetura e Urbanismo, Geografia e Filosofia. Agrega pesquisadores de outras universidades como a UnB, UFPR e UNISINOS. Atualmente, finalizou em 02 de maio de 2014 o projeto ?Planejamento Urbano e Cidade de Risco?, financiado pelo CAPES/CNPq, de acordo com o edital n 07/2011, que teve como produto final a construção de um software com a metodologia para identificar, em cidades de médio porte, riscos geotécnicos, socioambientais e os ligados à vulnerabilidade social.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Dimas Floriani - Integrante / Eduardo Preis - Integrante / Francisco de Assis Mendonça - Integrante / José Ivo Follmann - Integrante / Marília Dávila - Integrante / Állvaro José Back - Integrante / André da Silva Martins - Integrante / Erik Quadros - Integrante / Hellen dos Santos Dias - Integrante / Nilzo Ivo Laduwig - Integrante / Leopoldo pedro Guimartães - Integrante.

  • 2011 - 2015

    A prática da urbanidade na cidade de Criciúma-SC, Descrição: Este Projeto resulta da atuação do Grupo Interdisciplinar e Interinstitucional de Estudos e Pesquisas sobre Meio Ambiente e Espaço Urbano (GIPMAUR), iniciado em 2003, cadastrado no CNPq, cuja líder é a professora Teresinha Maria Gonçalves da UNESC (Universidade do Extremo Sul Catarinense). Durante os 11 anos de existência do grupo, o debate sobre ciência, sociedade e natureza deu-se na perspectiva da produção de um novo conhecimento, tendo como estratégia a reflexão e o debate sobre as práticas das diversas abordagens científicas relacionadas ao espaço e ao desenvolvimento urbanos. Os resultados das pesquisas que vêm sendo realizadas pelo grupo têm sido publicados em anais de congresso, encontros e seminários nacionais e internacionais, periódicos, capítulos de livro e livro. Trabalhar uma nova noção de ciência do urbano, que inclua as questões socioambientais no planejamento urbano levando em consideração as implicações socioculturais e psicossociais, é a missão desse grupo. A tentativa é trabalhar a noção de ciência direcionada ao ambiente urbano, já que o debate sobre as questões ambientais fraciona o conhecimento entre sociedade e natureza, deixando à margem da discussão as implicações socioculturais, psicossociais e políticas que envolvem essas questões. Para tanto, o grupo elaborou uma agenda comum de estudos para alargar a discussão sobre as cidades e as ambiências urbanas na tentativa de repensar o solo epistemológico de suas práticas, dando ênfase à relação entre ambiente construído e as relações sociais urbanas. Coordenador: Teresinha Maria Gonçalves. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Dimas Floriani - Integrante / Robson dos Santos - Integrante / Francisco de Assis Mendonça - Integrante / Pedro Luiz Kestering Medeiros - Integrante / André Martins - Integrante / Guilherme Alves Elias - Integrante / Aline Hilsendeger Pereira de Oliveira - Integrante / Nilzo Ivo Laduwig - Integrante / Alice Maccari - Integrante / Giselly Possamai - Integrante / Geraldo Milioli - Integrante / Alline Pagnani - Integrante / Leopoldo pedro Guimartães - Integrante.

  • 2011 - 2015

    Planejamento Urbano e Cidade de Risco, Descrição: Este projeto tem como principal objetivo identificar as áreas de riscos geotécnicos e sociais em dois bairros da cidade de Criciúma ? SC. As drenagens ácidas das minas de carvão e as lixiviações são responsáveis pelo comprometimento da qualidade do solo, com efeitos danosos sobre seu uso: a inversão de camadas do solo e subsolo. Agregado a essa situação do ambiente natural a cidade de Criciúma é geograficamente dividida pela desigualdade social, apresentando vulnerabilidade ambiental social, essa vulnerabilidade ocasiona os ricos sociais nos bairros periféricos como violência urbana, alto índice de criminalidade, grande índice de usuário de drogas, precariedade das habitações e falta de infraestrutura urbana nas áreas periféricas. O projeto pretende construir um software com indicadores que possam determinar os índices de riscos geotécnicos e riscos sociais. Dessa forma tem potencial e possibilidade de inovação tecnológica.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Alvaro Back - Integrante / Dimas Floriani - Integrante / Robson dos Santos - Integrante / Francisco de Assis Mendonça - Integrante / Vanilde Citadin Zanette - Integrante / Eduardo Nogueira Giovani - Integrante / Birgit Herter Marques - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2011 - 2012

    Riscos socioambientais urbanos, Descrição: Trabalhar uma nova noção de ciência do urbano que inclua as questões ambientais no planejamento urbano levando em consideração as implicações socioculturais, psicossociais e políticas que o envolve, é o objetivo maior do projeto proposto e em andamento pelo GIPMAUR, financiado pela UNESC. O trabalho se desenvolve nas seguintes linhas de pesquisa: planejamento urbano e recursos naturais; gestão ambiental urbana e cidade de risco; processo de apropriação do espaço urbano e Psicologia Ambiental.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Integrante / Robson dos Santos - Integrante / Eduardo Preis - Integrante / Francisco de Assis Mendonça - Integrante / Nilzo Ivo Ladwig - Coordenador / Eduardo Nogueira Giovani - Integrante / Birgit Herter Marques - Integrante., Financiador(es): Universidade do Extremo Sul Catarinense - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 3

  • 2010 - 2012

    Espaços de Convivência no Campus da UNESC, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Pedro Luiz Kestering Medeiros - Integrante.

  • 2010 - 2012

    PROGRAMA INTERDICIPLINAR DE PESQUISA E O TRABALHO DO GRUPO INTERDISCIPLINAR E INTERINSTITUCIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS SOBRE MEIO AMBIENTE E ESPAÇO URBANO - GIPMAUR, Descrição: Este projeto pretende em dois anos desenvolver as atividades de pesquisa ligadas ao meio ambiente urbano e à complexidade das cidades: 1. Investigação e criação de indicadores de gestão ambiental urbana para cidades de médio porte; 2. Políticas públicas e sustentabildiade urbana; 3. Pesquisa teórica sobre os ecossistemas naturais no contexto das cidades de médio porte; 4. Elaboração de material didático/científico para arborização de cidades; 5. Espaços de convivência; 6. Identidade urbana no contexto das cidades de risco; 7. A situação climática no sul do Brasil e as catástrofes urbanas; 8. Catástrofes urbanas e subjetividade; 9. Seminários científicos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Pedro Rosso - Integrante / Geraldo Milioli - Integrante / Tatiane Gomes Nazário - Integrante / Robson dos Santos - Integrante / Francisco de Assis Mendonça - Integrante / Amanda Ely - Integrante / Joyde Giacomini Martinéz - Integrante / José Ivo Follmann - Integrante / Andréa Camargo Pereira - Integrante / Dimas Estevan - Integrante / Pedro Luiz Kestering Medeiros - Integrante / Rudnei Martins - Integrante., Financiador(es): Universidade do Extremo Sul Catarinense - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2012

    A Apropriação do Espaço Escolar em uma Pré-escola no munícipio de Balneário Camboriú/SC, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Rudnei Martins - Integrante.

  • 2010 - 2011

    O processo de construção da identidade ? Um estudo de psicologia social com mulheres arrimo de família em Criciúma-SC, Descrição: Este projeto de Pesquisa surge das discussões e seminários do Grupo Interdisciplinar e Interinstitucional de Estudos e Pesquisas sobre Meio Ambiente e Espaço Urbano - GIPMAUR. O projeto está ligado a uma das linhas de pesquisa do grupo: produção da subjetividade e políticas de identidade, da qual o acadêmico faz parte. O grupo está inserido na área de Ciências Humanas/Psicologia Social, e na UNESC localiza-se na Unidade Acadêmica de Humanidades, Ciências e Educação HCE. Visa o entendimento do processo de construção da identidade de mulheres chefes de família, ou seja, aquelas que além do papel de gênero comumente delegado a elas, também são as provedoras de suas respectivas famílias. As analises feitas pelo DIEESE/SE, com base em dados da PNAD/IBGE/2008, mostram que das cerca de 60,1 milhões de famílias no Brasil aproximadamente 21,3 milhões (34,91%) eram chefiadas por mulheres. Na Região Nordeste (envolvendo os nove Estados inclusive o Sergipe) de um total de cerca de 16,2 milhões de Famílias cerca de 5,9 milhão (36,27%) eram chefiados por mulheres no Estado do Sergipe de um total de cerca de 612 mil de Famílias cerca de 245 mil (40,03%) eram chefiados por mulheres. Brasil: 60,1 milhões de famílias. 21,3 milhões chefiadas por mulheres. DIEESE/SE ? PNAD/IBGE 2008. Composição da amostra: A amostra será composta por 08 sujeitos de um universo de mulheres, arrimo de família, sendo 04 participantes dos programas da Associação de Assistência Social da Prefeitura Municipal de Criciúma e 04 do quadro de funcionárias da UNESC. As mulheres serão convidadas a participar da pesquisa por meio de convite individual com permissão das instituições envolvidas. Biografia e singularidade, segundo Goldenberg (2005) estão estreitamente ligadas. O indivíduo é resultante do entrecruzamento de seu ser singular e de seu contexto sócio-histórico-cultural. Para Ferrarotti (apud GOLDENBERG, 2005), cada vida pode ser vista como sendo, ao mesmo tempo, singular e universal, no sentido de q. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Adriel Giordani Christ - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Universidade do Extremo Sul Catarinense - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2011

    Desastres naturais e subjetiviadade, Descrição: Este projeto trabalha a questão dos agravos psicológicos relacionados às pessoaas atingindas por desastres naturais no estado de Santa Catarina.A pesquisa de campo será reliazada com moradores de uma área de risco na cidade de Ararangúá-SC. (moradores das barrancas do rio Araranguá).. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Marília Dávila - Integrante., Financiador(es): Universidade do Extremo Sul Catarinense - Bolsa.

  • 2010 - 2011

    O idoso produtivo e o mercado de trabalho, Descrição: Este estudo enfoca a questão da reinserção do idoso no mercado de trabalho, com satisfação e dignidade. A experiência adquirida pelo idoso poderá ser um fator de desenvolvimento na medida que poderá ser um difusor de conhecimento tanto para as empresas como para a comunidade. Pretende demonstrar, por meio de pesquisas documentais e de campo, a participação dos idosos no mercado de trabalho, mostrando diferenciais importantes segundo atributo tais como escolaridade, formas de ocupação e história de vida. No mundo, em 2050, segundo IBGE (2000), 1/5 da população será de idosos. O crescimento dessa população, em números absolutos e relativos, é um fenômeno mundial está ocorrendo a nível sem precedentes. As projeções indicam que, em 2050 a população idosa será de 1.900 milhões de pessoas, montante equivalente à população infantil de 0 á 14 anos de idade. Uma das explicações para esse fenômeno é o aumento, verificado desde de 1950, de 19 anos na esperança de vida ao nascer em todo mundo. E, segundo as projeções o numero de pessoas com 100 anos ou mais aumentará quinze vezes, passando de 145 mil pessoas em 1999 passando para 2,2 milhões em 2050. Os centenários, no Brasil somavam 13.865 em 1981 e, já em 2000 chegam a 24.576 pessoas, ou seja, um aumento de 77%. São Paulo, segundo IBGE 2000, tem o maior numero de pessoas com 100 anos ou mais (4.457), seguido pela Bahia (2.808), Minas Gerais (2.765) e Rio de Janeiro (2.029). O jornal Folha Informativa Terceira Idade e Desenvolvimento(1999) traz que neste século XXI haverá um envelhecimento sem precedentes da população mundial. No Brasil, 62,4% dos idosos são responsáveis pelos domicílios. É importante destacar que no conjunto de domicílios brasileiros (44.795,101), 8.964,850 tinham idosos como responsáveis do contingente total. No Brasil, uma pessoa é considerada idosa com 60 anos ou mais. Destaca-se ainda que a idade média do idoso responsável pelo domicilio, em 2000, estava em torno de 69,4 anos, segundo IBGE (2000).. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Dóres Borges - Integrante., Financiador(es): Universidade do Extremo Sul Catarinense - Bolsa.

  • 2010 - 2011

    Um estudo sobre os espaços de convivência no campus universitário da UNESC, Descrição: Considerando que a UNESC tem como missão, "Educar, por meio do ensino, pesquisa e extensão, para promover a qualidade e a sustentabilidade do ambiente de vida". Considerando ainda que, uma das funções da educação é promover o convívio, e que, assim como nas cidades, o convívio se dá nos espaços públicos. Considerando finalmente que os gestores da universidade reconhecem a importância e a emergência do assunto, uma vez que criaram a comissão de meio ambiente e valores humanos com o intuito de dar apoio à gestão nas questões relativas à qualificação dos espaços da instituição. Faz-se necessário um estudo que contribua para a compreensão de como se dá a apropriação dos espaços de convivência produzidos no campus.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Diandra Jora - Integrante., Financiador(es): Universidade do Extremo Sul Catarinense - Bolsa.

  • 2010 - 2011

    A formação de valores na sociedade contemporânea: os valores que orientam a vida cotidiana de jovens universitários, Descrição: Este projeto visa conhecer os valores que orientam a vida cotidiana de jovens universitários, sendo que a pesquisa se refere aos acadêmicos da UNESC. O nível de degradação subjetiva, na sociedade contemporânea, segundo Veronese (2007) pode chegar ao ponto em que os parâmetros do ser feliz ou do sofrer não mais estão separados e discriminados para poderem ser vividos diferentemente pelos indivíduos confundidos pela banalização da dor e do sofrimento. Segundo a autora percebemos, na sociedade do século XXI a solidão de jovens de todas as classes sociais, o vazio existencial que procura ser preenchido por horas a fio diante da tela do computador em busca de uma interlocução com um possível amigo no âmbito das diversas comunidades virtuais, além da busca de entretenimento pelos jogos que, na maior parte deles, os incitam à violência, à competição e ou até à crueldade. Por outro lado, há toda uma literatura incrustada nas diferentes áreas da ciência que produzem uma ideologia, quase como se fosse uma ?catequização? de que estamos numa sociedade tecnológica. Esse é o cenário que se apresenta às Ciências Sociais, principalmente à Psicologia Social neste início de século. Segundo Damergian (2001), a produção da subjetividade se dá na relação pessoa/ambiente. O grande problema para essa autora está na forma materialista e tecnocrática que se constrói a racionalidade da sociedade tecnológica que estende seus ?tentáculos? a todos os domínios da vida inclusive à moralidade. ?O afastamento do mundo dos sentimentos, a falta de estimulação ao aspecto amoroso, libera o lado negativo do ser humano: sua destrutividade, seu egoísmo, sua inveja e sua ambição?(p.105).. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Andréa Camargo Pereira - Integrante., Financiador(es): Universidade do Extremo Sul Catarinense - Bolsa.

  • 2009 - 2012

    Pesquisa do Grupo Interdisciplinar e Interinstitucional de Estudos e Pesquisas sobre Meio Ambiente e Espaço Urbano - GIPMAUR, Descrição: Aprovado pelo edital 135/2009, este plano de constitui um plano de trabalho do grupo. Esta em andamento desenvolvimento várias pesquisas setoriais entre elas: indicadores de getsão e sustentabilidade urbana em cidades de médio porte, politicas públicas e sustentabilidade urbana, pesquisa teórica sobre os ecossistemas naturas no contexto urbano, elaboração de um manual didatico/cientifico para arborização de cidades espaços de convivencia, identidade urbana no contexto das cidades de riscos, a cituação climatica no sul do Brasil e as catástrofes urbanas, biodiversidade urbana e problemas socioambientais, catatrofes urbanas e subjetividade. Estas pesquisas envolvem. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador.

  • 2009 - 2010

    Pesquisa sobre o destino do Lixo Doméstico como um dos fatores que interferem na Qualidade da Vida Urbana, Descrição: Este projeto faz parte da pesquisa:qualidade da vida urbana que foi desenvolvida com o apoio do CNPq, pelo edital 15/2007. O objetivo é conhecer as práticas de coleta seletiva e destinação do lixo doméstico da população do entorno da Universidade do Extremo Sul Catarinense. O projeto envolvve alunos do curso de psicologia e farmácia que trabalham no Bioresol ( núcleo de resíduos sólidos ) da UNESC. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Andréa Camargo Pereira - Integrante., Financiador(es): Universidade do Extremo Sul Catarinense - Auxílio financeiro.

  • 2009 - 2010

    A pessoa idosa e seu contexto: Um estudo sobre a situação do idoso em Criciúma-SC, Descrição: Estudos recentes mostram que a população com mais de 60 anos está crescendo em todo mundo. Esses mesmos estudos demonstram que a pessoa idosa possui limitações, mas também potenciais a serem explorados. Nossa preocupação é conhecer pessoas com mais de 60 anos que estejam produtivas, com independência financeira e residências própria e pessoas nessa mesma faixa etária que estejam em habitações asilares. Quem são estas pessoas? Como vivem? Qual seu projeto de vida? Por outro lado perguntamos às áreas envolvidas nesse projeto: Arquitetura e Psicologia: quais contribuições que poderão dar para a formulação e implementação de políticas publicam que considerem a pessoa idosa como produtiva e aptas para dar sua contribuição social? Também perguntamos que contribuições darão essas pessoas com limitações físicas, emocionais e sociais? Que poderá fazer por elas a Arquitetura e Psicologia?. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Diego Destro - Integrante / Silvana de Souza Policarpi - Integrante., Financiador(es): Universidade do Extremo Sul Catarinense - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2011

    Identidade de lugar: um estudo sobre um grupo de moradores atingidos por barragem no municipio de Timbé do Sul, Santa Catarina, Descrição: A pesquisa se insere no campo da psicologia ambiental e na antropologia, foi realizada no municipio de Timbé do Sul Santa Catarina com moradores desalojados pela construção de uma barragem para abastecimento de água na agricultura. O estudo foi realizado por meio de uma pesquisa qualitativa, abordabndo pesquisa de campo, pesquisa documental, inventario fotográfico e o método historia de vida com os referidos moradores sendo o coletivo da pesquisa composto por 8 moradores na faixa hetaria de 40 à 80 anos. A Companhia de Água e Saneamento de Santa Catarina - CASAN, responsavel pela pesquisa também foi abordada por meio de uma entrvista com o seu dirigente. A apropriação do lugar pelos moradores foi compreendida pelos conceitos de identidade de lugar e apego ao lugar. Os relatos mostraram-se reploetos de simbologias, significados e afetividades ao espaço fisico e social. A pesquisa comprovou que houve a ruptura de identidade de lugar nestes moradores.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador.

  • 2008 - 2010

    QUALIDADE DA VIDA URBANA - Um Estudo Interdisciplinar sobre as praças, parques e calçadas como espaços públicos da cidade de Criciúma/SC, Descrição: Este Projeto resultou da atuação do Grupo Interdisciplinar e Interinstitucional de Estudos e Pesquisas sobre Meio ambiente e Espaço Urbano-GIPMAUR, iniciado em 2003, cadastrado no CNPq cuja líder é a professora Teresinha Maria Gonçalves da UNESC. Mais, especificamente, do projeto Intervenções Urbanas-pensando a arborização da cidade de Criciúma-SC-INTERURB cuja coordenação é da professora acima citada, iniciado em 2005 com previsão de finalização para outubro de 2007 estando na fase de relatório final. O projeto Qualidade da vida urbana-um estudo interdisciplinar sobre praças, parques e calçadas na cidade de Criciúma-SC propõe a continuidade do trabalho de pesquisa do GIPMAUR agora focando seu olhar para a questão dos espaços públicos conectados com a condição da qualidade de vida do ser urbano. Até agora o diálogo entre os saberes, nesse grupo, está acontecendo entre várias áreas da ciência como: a biologia, a psicologia ambiental, a sociologia, a engenharia química, a arquitetura/urbanismo, a geografia e a filosofia. Durante os quatro anos de existência do grupo, o debate sobre ciência, sociedade e natureza se deu na perspectiva da produção de um novo conhecimento tendo como estratégia a reflexão e o debate sobre as práticas das diversas abordagens científicas em tela. Os resultados das pesquisas que vêm sendo realizadas pelo grupo foram publicados em anais de congresso, encontros e seminários nacionais e internacionais, periódicos, capítulos de livro e livro. A tentativa do grupo é trabalhar a noção de ciência que, nas questões ambientais, fraciona o conhecimento entre sociedade e natureza deixando à margem da discussão, as implicações socioculturais, psicossociais e políticas que envolvem essas questões. Para tanto o grupo elaborou uma agenda comum de estudos para alargar a discussão sobre ciências ambientais na tentativa de repensar o solo epistemológico de suas práticas, dando ênfase à relação sociedade & natureza. Dessa forma a preocupação do grupo é compr. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (5) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Pedro Rosso - Integrante / Geraldo Milioli - Integrante / Luis Alexandre Campos - Integrante / Tatiane Gomes Nazário - Integrante / Robson dos Santos - Integrante / Priscila Daros de Melo - Integrante / Diego Destro - Integrante / Maick de Souza da Rocha - Integrante / Lilian Motta Gomes - Integrante / Francisco de Assis Mendonça - Integrante / Ernandes Benedito Pereira - Integrante / Bárbara Freitag - Integrante / Silvana de Souza Policarpi - Integrante / Amanda Ely - Integrante / Rosane Karine Ribeiro - Integrante / Joyde Giacomini Martinéz - Integrante / Carlos Renato Carola - Integrante / Dilton Pacheco - Integrante / Fabio Boeing - Integrante / Caroline Benvenuti - Integrante / Andréa Camargo Pereira - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2009

    Eqüidade Social e Sustentabilidade Urbana: Uma análise do acesso à serviços públicos de saúde, educação e transporte na cidade de Criciúma/SC, Descrição: A busca pela sustentabilidade urbana passa pela compreensão da relação das pessoas com seus entornos sócio-físicos no qual são considerados os sentimentos de pertença, cultivação e defesa dos espaços próximos. Essa perspectiva altera o foco de projetos urbanos que servem ao discurso da competividade no cenário global deixando em segundo plano a perspectiva de alteração qualitativa das políticas públicas e das práticas sociais. O projeto é parte de um projeto maior, ou seja, Qualidade da vida Urbana, financiado pelo CNPq, ora em desenvolvimento. O laboratório de pesquisa sobre Meio Ambiente, Desenvolvimento Urbano e Psicologia Ambiental da UNESC e sob a coordenação da professora Dra. Teresinha Maria Gonçalves. Os estudos empíricos existentes no Brasil sugerem a presença da desigualdade social no acesso aos serviços de saúde. Uma pesquisa realizada por Almeida et al (2001) apontou uma significativa iniqüidade no acesso e utilização dos serviços de saúde, gerando uma desigualdade social na distribuição de cuidados médicos que favorecem de maneira extremamente desigualas classes sociais, privilegiando, os mais favorecidos. Por sua vez Magalhães (2006) em sua pesquisa sobre tranporte público constatou uma separação clara entre aqueles que têm acesso ao automóvel e aqueles que dependem do transporte público, correspondendo a cada um desses modelos de circulação urbana, condições desiguais para o deslocamento e para a acessibilidade do cidadão. Da mesma forma o acesso à escola de boa qualidade ainda é uma meta e não uma realidade para o Brasil. A escola pública brasileira, segundo Alves (2004) tem vivido problemas de toda ordem o que configura conflitos sociais e funcionais no cotidiano da escola. Mendonça (2004), afirma que mesmo através da expansão das matrículos no ensino fundamental nas últimas décadas, estima-se que um grande contingente de crianças e adolescentes estejam fora da escola. Por outro lado, o aumento expressivo das matrículas não veio acompanhado da capac. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Amanda Ely - Integrante / Rosane Karine Ribeiro - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2008 - 2009

    Apropriação do Espaço Escolar, Descrição: O projeto se inscreve na área interdisciplinar cuja as ciências básicas em questão são a Psicologia e a Arquitetura e Urbanismo. Gradualmente a Psicologia ampliou sua área de ação para além do indivíduo contextualizando-o social e ambientalmente, de modo a abarcar as interações ambiente/comportamento para o conhecimento mais amplo da realidade por meio de um enfoque ecológico e humanamente consistente. Por sua vez a Arquitetura observa do deslocamento da ênfase na análise de aspectos estéticos/construtivos/funcionais das edificações para a preocupação e o bem-estar do sujeito. Isso implica numa mudança de olhar para a questão dos espaços construídos, propiciando a elaboração de propostas mais centradas nas pessoas ou nas comunidades que irão utilizar esses espaços. Sabemos dos muito problemas que ocorrem nos espaços das escolas no Brasil: depredação do ambiente físico, dificuldade das crianças de permanecer em sala de aula, comportamentos agressivos, isso somado aos professores desmotivados, mal remunerados quando se fala de escola pública. Nesse contexto, temos uma situação caótica que se constitui um fato preocupante em relação à educação. A Psicologia Ambiental e a Arquitetura, neste projeto realizarão uma pesquisa sobre a apropriação do espaço escolar, contribuindo, assim, para o debate da qualidade do ensino em nosso país e, particularmente, para o papel da Psicologia e da Arquitetura na percepção e criação dos espaços da escola. Objetivo do Projeto: Investigar o processo de apropriação do espaço escolar por alunos de 4ª série (quinto ano) e 5ª série (sexto ano) de uma escola pública e de uma escola privada da cidade de Criciúma/SC. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Diego Destro - Integrante / Silvana de Souza Policarpi - Integrante., Financiador(es): Universidade do Extremo Sul Catarinense - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2008

    Ambiente Urbano - Um estudo sobre o uso das calçadas como espaços públicos na cidade de Criciúma - SC, Descrição: O projeto visa os estudos dos espaços públicos da cidade como possibilidade do resgate do direito à cidade e à cidadania. O recorte é feito com o estudo detalhado das calçadas como elemento de ligação entre a casa e a rua, entre o transeunte e seu destino no espaço da cidade. O projeto foi gerado em função da apropriação privada das calçadas em Criciúma-SC. Está relacionado com a linha de pesquisa Ambientes Construídos/Meio Ambiente e Espaço Urbano, envolvendo a área de arquitetura e urbanismo focado na ação da arquitetura social. Envolve dois estudantes do curso de graduação de arquitetura e urbanismo. O projeto é desenvolvido no laboratório de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano do Mestrado em Ciências Ambientais, sob a coordenação da Professora Teresinha Maria Gonçalves. O projeto passou por um processo seletivo interno da UNESC e conta com recursos dessa instituição. Espera-se que esse projeto consiga produzir um conhecimento que possa subsidiar os órgãos de planejamento urbano locais e regionais.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Diego Destro - Integrante / Maick de Souza da Rocha - Integrante., Financiador(es): Universidade do Extremo Sul Catarinense - Auxílio financeiro.

  • 2005 - 2007

    INTERVENÇÕES URBANAS - Uma abordagem interdisciplinar pensando a arborização da cidade de Criciúma/SC, Descrição: O projeto se caracteriza como multidisciplinar tendo a arquitetura como área básica. É resultante de uma discussão que vem se dando no grupo interdisciplinar e interinstitucional de estudos e pesquisas sobre meio ambiente e espaço urbano cadastrado no CNPq e ancorado na Universidade do Extremo Sul Catarinense - UNESC. Um dos principais problemas urbanos de Criciúma é a degradação sócio-ambiental provocada pela atividade carbonífera que se dá na região desde o início do século passado. Essa degradação sócio-ambiental alimenta um conflito que interfere diretamente no desejo urbano e na qualidade de vida da cidade. O público e o privado é um paradoxo que se dá em Criciúma e uma de suas expressões concretas é a utilização do espaço das calçadas para a extensão do jardim do espaço privado das casas. A poluição da atmosfera resultante da emissão de gases e de material particulado contribui para a má qualidade do ar, agravando o quadro das doenças respiratórias e alérgicas. A pesquisa pretende realizar um estudo sobre a dificuldade da relação pessoa meio-ambiente na cidade de Criciúma/SC dado que as pessoas têm dificuldade em se relacionar com a natureza na medida que impermeabiliza todo o terreno para manter limpo, longe das folhas das árvores e, na medida em que destroem as árvores plantadas pela prefeitura. O estudo também pretende fazer um levantamento do uso das calçadas e das praças, assim como da biodiversidade local no que diz respeito a fauna e a flora. Também se constitui objetivo da pesquisa o levantamento das áreas de preservação ambiental, parques e praças existentes na cidade. Por tratar-se de um projeto multidisciplinar serão utilizadas várias metodologias como as próprias das ciências sociais: representação social, estudo de caso, inventário etnográfico; às da arquitetura: aspectos estéticos/ergonômicos, epaços funcionais, espaços de informação; às próprias das ciências naturais como: levantamento detalhado de espécies localmente extintas, em extinção e a. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Luis Alexandre Campos - Integrante / Giuliano Colossi - Integrante / Tatiane Gomes Nazário - Integrante / Robson dos Santos - Integrante / Eduardo Preis - Integrante / Priscila Daros de Melo - Integrante / Giana Remos - Integrante / Joana Caznok - Integrante / Juçara Maria Silvano Gonçalves - Integrante / Margarete Oliveira - Integrante / Rosimar Tertuliano da Silva - Integrante / Guilherme Medeiros Amante - Integrante., Financiador(es): Universidade do Extremo Sul Catarinense - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2008

    Psicologia Ambiental: Estudo sobre a expressão estética das populações de periferias urbanas (um ensaio poético sobre o bairro Renascer - Criciúma-SC), Descrição: O projeto visa o estudo da percepção do sujeito sobre o seu espaço sócio-físico, ou seja, como esse sujeito compreende, reage e modifica o seu entorno. O objetivo do projeto é identificar o significado simbólico do espaço e a compreensão dos processos psico-sociais que resultam das relações do sujeito com seus entornos sócio-físicos. Considera-se que o processo de identificação, a apropriação do espaço é, em determinado sentido, um agente transformador, pois, ao se apropriar do espaço, o sujeito o transforma e, ao recriá-lo simbolicamente, é transformado por ele porque a relação pessoa-sociedade-meio tem uma dimensão vivenciada e simbólica. Este processo de apropriação está diretamente relacionado com a identidade de lugar, ou seja, o lugar passa a ter o significado para a pessoa que o incorpora à identidade do eu, isto é, à sua própria identidade por meio do processamento de idéias conscientes e inconscientes, sentimentos, valores, objetivos, preferências, habilidades e tendênciais. Dessa forma, a Psicologia Ambiental contribui, oferecendo novas perspectivas e novas metodologias para o planejamento urbano, para melhoria da qualidade da vida urbana e para a humanização das cidades.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Maria Gliselda De Luca - Integrante / Lilian Motta Gomes - Integrante., Financiador(es): Universidade do Extremo Sul Catarinense - Bolsa.

  • 2003 - 2006

    O cenário da Gestão dos Resíduos Sólidos na cidade de Criciúma para coleta Informal, Resíduos de Serviço de Saúde e Resíduos da Construção Civil, Descrição: Sabe-se que a gestão inadequada dos resíduos sólidos pode gerar sérias conseqüências tanto para o meio ambiente quanto para a saúde da população. Por outro lado, propor melhorias ou formular um plano de gestão para tais resíduos depende do conhecimento prévio da realidade de tratamento e disposição em que se encontram estes resíduos. Para a cidade de Criciúma/SC, objeto deste estudo, com uma população de aproximadamente 172.000 habitantes e localizada no Extremo Sul Catarinense, sabe-se que não há esgotamento sanitário (GONÇALVES, 2000). Se não existe esgotamento sanitário, que é parte fundamental em saneamento básico, como será que estão sendo tratados e dispostos os resíduos sólidos? A câmara municipal de Criciúma tem manifestado vontade política para o debate do tema resíduos sólidos mas faltam informações em todos os níveis do gerenciamento. Faltam trabalhos que mostrem com clareza a realidade da gestão dos resíduos de serviço de saúde, que se não tiverem tratamento condizente com o grau de periculosidade que representam, podem comprometer a saúde de toda uma comunidade. Além disso, o desconhecimento e/ou desconsideração do valor da coleta informal na economia de recursos naturais, aumento de vida útil do aterro controlado da cidade, economia de recursos financeiros em coleta e transporte de lixo e na remediação de impactos que poderiam ser causados por estes resíduos, principalmente pelos orgânicos, é desvalorizar o trabalho e o valor da atividade dos muitos "agentes sociais" que atuam na informalidade. Como muitos tipos de resíduos apresentam tempo de degradação muito longo e até infinito como é o caso do vidro, conhecer a realidade deste tipo de coleta torna-se aqui fundamental no processo de tratamento e disposição adequado dos resíduos sólidos de Criciúma. Paralelamente, não existe reciclagem dos resíduos da construção civil (entulho), do tipo de reutilização ou reaproveitamento adotado e tão pouco da quantidade e qualidade gerada. Além disso, segun. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Integrante / Tatiane Gomes Nazário - Integrante / Edinilson Viana - Coordenador / Daiane Trombim - Integrante., Financiador(es): Universidade do Extremo Sul Catarinense - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2011 - 2014

    Criação de indicadores para compor o índice de cidade de risco., Descrição: O projeto Planejamento Urbano e cidade de risco, financiado pela CAPES/CNPq edital 07/2011 desenvolveu um software onde indicadores geotécnicos, sociais (vulnerabilidade social e urbanidade) compõem o índice de CIDADE DE RISCO. O software será disponibilizado äs prefeituras da região carbonífera de Santa Catarina, como ferramenta para o planejamento urbano regional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Robson dos Santos - Integrante / Eduardo Preis - Integrante / Pedro Luiz Kestering Medeiros - Integrante / Nilzo Ivo Ladwig - Integrante / Jorge Crist - Integrante / Michelle Bez Fontana Gonçalves - Integrante / André da Silva Martins - Integrante / Erik Quadros - Integrante.

  • 2011 - 2014

    Criação de indicadores para compor o índice de cidade de risco., Descrição: O projeto Planejamento Urbano e cidade de risco, financiado pela CAPES/CNPq edital 07/2011 desenvolveu um software onde indicadores geotécnicos, sociais (vulnerabilidade social e urbanidade) compõem o índice de CIDADE DE RISCO. O software será disponibilizado äs prefeituras da região carbonífera de Santa Catarina, como ferramenta para o planejamento urbano regional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Robson dos Santos - Integrante / Eduardo Preis - Integrante / Pedro Luiz Kestering Medeiros - Integrante / Nilzo Ivo Ladwig - Integrante / Jorge Crist - Integrante / Michelle Bez Fontana Gonçalves - Integrante / André da Silva Martins - Integrante / Erik Quadros - Integrante.

  • 2011 - 2014

    Criação de indicadores para compor o índice de cidade de risco., Descrição: O projeto Planejamento Urbano e cidade de risco, financiado pela CAPES/CNPq edital 07/2011 desenvolveu um software onde indicadores geotécnicos, sociais (vulnerabilidade social e urbanidade) compõem o índice de CIDADE DE RISCO. O software será disponibilizado äs prefeituras da região carbonífera de Santa Catarina, como ferramenta para o planejamento urbano regional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Robson dos Santos - Integrante / Eduardo Preis - Integrante / Pedro Luiz Kestering Medeiros - Integrante / Nilzo Ivo Ladwig - Integrante / Jorge Crist - Integrante / Michelle Bez Fontana Gonçalves - Integrante / André da Silva Martins - Integrante / Erik Quadros - Integrante.

  • 2011 - 2014

    Criação de indicadores para compor o índice de cidade de risco., Descrição: O projeto Planejamento Urbano e cidade de risco, financiado pela CAPES/CNPq edital 07/2011 desenvolveu um software onde indicadores geotécnicos, sociais (vulnerabilidade social e urbanidade) compõem o índice de CIDADE DE RISCO. O software será disponibilizado äs prefeituras da região carbonífera de Santa Catarina, como ferramenta para o planejamento urbano regional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Robson dos Santos - Integrante / Eduardo Preis - Integrante / Pedro Luiz Kestering Medeiros - Integrante / Nilzo Ivo Ladwig - Integrante / Jorge Crist - Integrante / Michelle Bez Fontana Gonçalves - Integrante / André da Silva Martins - Integrante / Erik Quadros - Integrante.

  • 2011 - 2014

    Criação de indicadores para compor o índice de cidade de risco., Descrição: O projeto Planejamento Urbano e cidade de risco, financiado pela CAPES/CNPq edital 07/2011 desenvolveu um software onde indicadores geotécnicos, sociais (vulnerabilidade social e urbanidade) compõem o índice de CIDADE DE RISCO. O software será disponibilizado äs prefeituras da região carbonífera de Santa Catarina, como ferramenta para o planejamento urbano regional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Robson dos Santos - Integrante / Eduardo Preis - Integrante / Pedro Luiz Kestering Medeiros - Integrante / Nilzo Ivo Ladwig - Integrante / Jorge Crist - Integrante / Michelle Bez Fontana Gonçalves - Integrante / André da Silva Martins - Integrante / Erik Quadros - Integrante.

  • 2011 - 2014

    Criação de indicadores para compor o índice de cidade de risco., Descrição: O projeto Planejamento Urbano e cidade de risco, financiado pela CAPES/CNPq edital 07/2011 desenvolveu um software onde indicadores geotécnicos, sociais (vulnerabilidade social e urbanidade) compõem o índice de CIDADE DE RISCO. O software será disponibilizado äs prefeituras da região carbonífera de Santa Catarina, como ferramenta para o planejamento urbano regional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Robson dos Santos - Integrante / Eduardo Preis - Integrante / Pedro Luiz Kestering Medeiros - Integrante / Nilzo Ivo Ladwig - Integrante / Jorge Crist - Integrante / Michelle Bez Fontana Gonçalves - Integrante / André da Silva Martins - Integrante / Erik Quadros - Integrante.

  • 2011 - 2014

    Criação de indicadores para compor o índice de cidade de risco., Descrição: O projeto Planejamento Urbano e cidade de risco, financiado pela CAPES/CNPq edital 07/2011 desenvolveu um software onde indicadores geotécnicos, sociais (vulnerabilidade social e urbanidade) compõem o índice de CIDADE DE RISCO. O software será disponibilizado äs prefeituras da região carbonífera de Santa Catarina, como ferramenta para o planejamento urbano regional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Robson dos Santos - Integrante / Eduardo Preis - Integrante / Pedro Luiz Kestering Medeiros - Integrante / Nilzo Ivo Ladwig - Integrante / Jorge Crist - Integrante / Michelle Bez Fontana Gonçalves - Integrante / André da Silva Martins - Integrante / Erik Quadros - Integrante.

  • 2011 - 2014

    Criação de indicadores para compor o índice de cidade de risco., Descrição: O projeto Planejamento Urbano e cidade de risco, financiado pela CAPES/CNPq edital 07/2011 desenvolveu um software onde indicadores geotécnicos, sociais (vulnerabilidade social e urbanidade) compõem o índice de CIDADE DE RISCO. O software será disponibilizado äs prefeituras da região carbonífera de Santa Catarina, como ferramenta para o planejamento urbano regional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Robson dos Santos - Integrante / Eduardo Preis - Integrante / Pedro Luiz Kestering Medeiros - Integrante / Nilzo Ivo Ladwig - Integrante / Jorge Crist - Integrante / Michelle Bez Fontana Gonçalves - Integrante / André da Silva Martins - Integrante / Erik Quadros - Integrante.

  • 2011 - 2014

    Criação de indicadores para compor o índice de cidade de risco., Descrição: O projeto Planejamento Urbano e cidade de risco, financiado pela CAPES/CNPq edital 07/2011 desenvolveu um software onde indicadores geotécnicos, sociais (vulnerabilidade social e urbanidade) compõem o índice de CIDADE DE RISCO. O software será disponibilizado äs prefeituras da região carbonífera de Santa Catarina, como ferramenta para o planejamento urbano regional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Robson dos Santos - Integrante / Eduardo Preis - Integrante / Pedro Luiz Kestering Medeiros - Integrante / Nilzo Ivo Ladwig - Integrante / Jorge Crist - Integrante / Michelle Bez Fontana Gonçalves - Integrante / André da Silva Martins - Integrante / Erik Quadros - Integrante.

  • 2011 - 2014

    Criação de indicadores para compor o índice de cidade de risco., Descrição: O projeto Planejamento Urbano e cidade de risco, financiado pela CAPES/CNPq edital 07/2011 desenvolveu um software onde indicadores geotécnicos, sociais (vulnerabilidade social e urbanidade) compõem o índice de CIDADE DE RISCO. O software será disponibilizado äs prefeituras da região carbonífera de Santa Catarina, como ferramenta para o planejamento urbano regional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Robson dos Santos - Integrante / Eduardo Preis - Integrante / Pedro Luiz Kestering Medeiros - Integrante / Nilzo Ivo Ladwig - Integrante / Jorge Crist - Integrante / Michelle Bez Fontana Gonçalves - Integrante / André da Silva Martins - Integrante / Erik Quadros - Integrante.

  • 2011 - 2014

    Criação de indicadores para compor o índice de cidade de risco., Descrição: O projeto Planejamento Urbano e cidade de risco, financiado pela CAPES/CNPq edital 07/2011 desenvolveu um software onde indicadores geotécnicos, sociais (vulnerabilidade social e urbanidade) compõem o índice de CIDADE DE RISCO. O software será disponibilizado äs prefeituras da região carbonífera de Santa Catarina, como ferramenta para o planejamento urbano regional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Robson dos Santos - Integrante / Eduardo Preis - Integrante / Pedro Luiz Kestering Medeiros - Integrante / Nilzo Ivo Ladwig - Integrante / Jorge Crist - Integrante / Michelle Bez Fontana Gonçalves - Integrante / André da Silva Martins - Integrante / Erik Quadros - Integrante.

  • 2011 - 2014

    Criação de indicadores para compor o índice de cidade de risco., Descrição: O projeto Planejamento Urbano e cidade de risco, financiado pela CAPES/CNPq edital 07/2011 desenvolveu um software onde indicadores geotécnicos, sociais (vulnerabilidade social e urbanidade) compõem o índice de CIDADE DE RISCO. O software será disponibilizado äs prefeituras da região carbonífera de Santa Catarina, como ferramenta para o planejamento urbano regional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Robson dos Santos - Integrante / Eduardo Preis - Integrante / Pedro Luiz Kestering Medeiros - Integrante / Nilzo Ivo Ladwig - Integrante / Jorge Crist - Integrante / Michelle Bez Fontana Gonçalves - Integrante / André da Silva Martins - Integrante / Erik Quadros - Integrante.

  • 2011 - 2014

    Criação de indicadores para compor o índice de cidade de risco., Descrição: O projeto Planejamento Urbano e cidade de risco, financiado pela CAPES/CNPq edital 07/2011 desenvolveu um software onde indicadores geotécnicos, sociais (vulnerabilidade social e urbanidade) compõem o índice de CIDADE DE RISCO. O software será disponibilizado äs prefeituras da região carbonífera de Santa Catarina, como ferramenta para o planejamento urbano regional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Robson dos Santos - Integrante / Eduardo Preis - Integrante / Pedro Luiz Kestering Medeiros - Integrante / Nilzo Ivo Ladwig - Integrante / Jorge Crist - Integrante / Michelle Bez Fontana Gonçalves - Integrante / André da Silva Martins - Integrante / Erik Quadros - Integrante.

  • 2011 - 2014

    Criação de indicadores para compor o índice de cidade de risco., Descrição: O projeto Planejamento Urbano e cidade de risco, financiado pela CAPES/CNPq edital 07/2011 desenvolveu um software onde indicadores geotécnicos, sociais (vulnerabilidade social e urbanidade) compõem o índice de CIDADE DE RISCO. O software será disponibilizado äs prefeituras da região carbonífera de Santa Catarina, como ferramenta para o planejamento urbano regional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Robson dos Santos - Integrante / Eduardo Preis - Integrante / Pedro Luiz Kestering Medeiros - Integrante / Nilzo Ivo Ladwig - Integrante / Jorge Crist - Integrante / Michelle Bez Fontana Gonçalves - Integrante / André da Silva Martins - Integrante / Erik Quadros - Integrante.

  • 2011 - 2014

    Criação de indicadores para compor o índice de cidade de risco., Descrição: O projeto Planejamento Urbano e cidade de risco, financiado pela CAPES/CNPq edital 07/2011 desenvolveu um software onde indicadores geotécnicos, sociais (vulnerabilidade social e urbanidade) compõem o índice de CIDADE DE RISCO. O software será disponibilizado äs prefeituras da região carbonífera de Santa Catarina, como ferramenta para o planejamento urbano regional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Robson dos Santos - Integrante / Eduardo Preis - Integrante / Pedro Luiz Kestering Medeiros - Integrante / Nilzo Ivo Ladwig - Integrante / Jorge Crist - Integrante / Michelle Bez Fontana Gonçalves - Integrante / André da Silva Martins - Integrante / Erik Quadros - Integrante.

  • 2011 - 2014

    Criação de indicadores para compor o índice de cidade de risco., Descrição: O projeto Planejamento Urbano e cidade de risco, financiado pela CAPES/CNPq edital 07/2011 desenvolveu um software onde indicadores geotécnicos, sociais (vulnerabilidade social e urbanidade) compõem o índice de CIDADE DE RISCO. O software será disponibilizado äs prefeituras da região carbonífera de Santa Catarina, como ferramenta para o planejamento urbano regional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Robson dos Santos - Integrante / Eduardo Preis - Integrante / Pedro Luiz Kestering Medeiros - Integrante / Nilzo Ivo Ladwig - Integrante / Jorge Crist - Integrante / Michelle Bez Fontana Gonçalves - Integrante / André da Silva Martins - Integrante / Erik Quadros - Integrante.

  • 2011 - 2014

    Criação de indicadores para compor o índice de cidade de risco., Descrição: O projeto Planejamento Urbano e cidade de risco, financiado pela CAPES/CNPq edital 07/2011 desenvolveu um software onde indicadores geotécnicos, sociais (vulnerabilidade social e urbanidade) compõem o índice de CIDADE DE RISCO. O software será disponibilizado äs prefeituras da região carbonífera de Santa Catarina, como ferramenta para o planejamento urbano regional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Robson dos Santos - Integrante / Eduardo Preis - Integrante / Pedro Luiz Kestering Medeiros - Integrante / Nilzo Ivo Ladwig - Integrante / Jorge Crist - Integrante / Michelle Bez Fontana Gonçalves - Integrante / André da Silva Martins - Integrante / Erik Quadros - Integrante.

  • 2011 - 2014

    Criação de indicadores para compor o índice de cidade de risco., Descrição: O projeto Planejamento Urbano e cidade de risco, financiado pela CAPES/CNPq edital 07/2011 desenvolveu um software onde indicadores geotécnicos, sociais (vulnerabilidade social e urbanidade) compõem o índice de CIDADE DE RISCO. O software será disponibilizado äs prefeituras da região carbonífera de Santa Catarina, como ferramenta para o planejamento urbano regional.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Teresinha Maria Gonçalves - Coordenador / Robson dos Santos - Integrante / Eduardo Preis - Integrante / Pedro Luiz Kestering Medeiros - Integrante / Nilzo Ivo Ladwig - Integrante / Jorge Crist - Integrante / Michelle Bez Fontana Gonçalves - Integrante / André da Silva Martins - Integrante / Erik Quadros - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2009

Paraninfa dos formandos de Psicologia da Universidade do Extremo Sul Catarinense - UNESC - 2009/02, Universidade do Extremo Sul Catarinense.

2005

Melhor artigo na categoria apresentação oral, XXV Encontro Nacional de Engenharia de Produção.

2005

Professor homenageado "Nome de turma" dos formandos de Psicologia da Universidade do Extremo Sul Catarinense - UNESC - 2005/02, Universidade do Extremo Sul Catarinense.

2005

Professor homenageado dos formandos de Psicologia da Universidade do Extremo Sul Catarinense - UNESC - 2005/01, Universidade do Extremo Sul Catarinense.

2005

Mérito acadêmico em pesquisa, Union de Escuelas e Facultades de Arquitectura de Latinoamerica - UDEFAL - Ecuador.

2003

Professor homenageado dos formandos de Psicologia da Universidade do Extremo Sul Catarinense - UNESC - 2003, Universidade do Extremo Sul Catarinense.

2002

Distinção Acadêmica, UFPR.

1985

Conselheira do Conselho Municipal da Condição Feminina de Curitiba, Prefeitura Municipal de Curitiba.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade do Extremo Sul Catarinense, Mestrado em Ciências Ambientais. , Av. Universitária, 1105, Universitário, 88806000 - Criciúma, SC - Brasil - Caixa-postal: 3167, Telefone: (48) 34312588, Ramal: 2588, Fax: (48) 34312625, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

1995 - 1997

Universidade Federal do Paraná

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor colaborador, Carga horária: 40

Atividades

  • 01/1995

    Ensino, Psicologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Psicologia Social

1996 - Atual

Universidade do Extremo Sul Catarinense

Vínculo: Outro (especifique) Orientador, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40

1985 - 1990

Universidade do Contestado, UnC

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor assistente, Carga horária: 10

Atividades

  • 01/1985 - 12/1990

    Ensino, Psicologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Psicologia Social

2008 - 2011

Universidade do Extremo Sul Catarinense

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: professor titular V, Carga horária: 40

1977 - 1990

Faculdade de Ciências Humanas e Sociais de Curitiba

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor auxiliar, Carga horária: 10

Atividades

  • 03/1977 - 11/1991

    Outras atividades técnico-científicas , Departamento de Serviço Social, Departamento de Serviço Social.,Atividade realizada, Orientação de Estágio e Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC).

  • 01/1977 - 12/1990

    Ensino, Psicologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Psicologia Social

1978 - 1994

Hospital Colônia Adauto Botelho

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Assistente Social, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Fundadora da Pensão Protegida que se constituia em uma casa de apoio para pacientes que estavam com alta hospitalar e sem apoio familiar.

1975 - 1983

Hospital Pinel de Curitiba

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Assistente Social, Carga horária: 20

Atividades

  • 01/1975 - 12/1983

    Direção e administração, Administração, .,Cargo ou função, Assistente Social.

1978 - 1994

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DO PARANÁ

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Assistente Social, Carga horária: 40

Atividades

  • 07/1978 - 02/1994

    Direção e administração, Vigilância Sanitária, .,Cargo ou função, Administrativa.

2010 - Atual

Universidade do Extremo Sul Catarinense

Vínculo: Membro do NED PSICO., Enquadramento Funcional: Professor Titular V, Carga horária: 40

2009 - Atual

Universidade do Extremo Sul Catarinense

Vínculo: Membro, Enquadramento Funcional: Membro

Outras informações:
Membro do Conselho Editorial da Editora da Universidade do Extremo Sul Catarinense - UNESC

2008 - Atual

Universidade do Extremo Sul Catarinense

Vínculo: Membro da Comissão, Enquadramento Funcional: Membro

Outras informações:
Membro da Comissão de Meio Ambiente e Valores Humanos de assessoramento à REITORIA DA UNESC

2004 - Atual

Universidade do Extremo Sul Catarinense

Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor Titular V, Carga horária: 40

2003 - Atual

Universidade do Extremo Sul Catarinense

Vínculo: Membro da Comissão, Enquadramento Funcional: Membro

Outras informações:
Membro da Comissão Interna de Avaliação do processo seletivo do PIC

1996 - Atual

Universidade do Extremo Sul Catarinense

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Coordenadora do Laboratório de Meio Ambiente, Desenvolvimento Urbano e Psicologia Ambiental. Docente do Mestrado em Ciências Ambientais. Docente dos cursos de Psicologia e Arquitetura e Urbanismo. Membro da comissão de Meio Ambiente e Valores Humanos. Membro do corpo editorial da editora da UNESC. Membro do Núcleo Estruturador do curso de Psicologia.

2007 - 2010

Universidade do Extremo Sul Catarinense

Vínculo: Membro do Colegiado, Enquadramento Funcional: Membro

Outras informações:
Membro do Colegiado de Coordenação da Unidade Acadêmica Ciências da Saúde

2003 - 2009

Universidade do Extremo Sul Catarinense

Vínculo: Membro, Enquadramento Funcional: Membro

Outras informações:
Membro do Colegiado de Coordenação do Mestrado em Ciências Ambientais

Atividades

  • 08/2008

    Ensino, Ciências Ambientais, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Sociedade, Meio Ambiente e Desenvolvimento, Metodologia Cientifica, Gestão Ambiental

  • 05/2008

    Ensino, Psicologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Psicologia Ambiental - Credenciamento permanente desde março de 2009, Psicologia Social II - Credenciamento permanente desde 13 de outubro de 2008, Estrutura Social e Ecossistema - Credenciamento permanente desde 23 de abril de 2008, Trabalho de Conclusão de Curso - TCC (orientação)

  • 02/2004

    Ensino, Arquitetura e Urbanismo, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Psicologia

  • 03/2003

    Ensino, Ciências Ambientais, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Psicologia Ambiental

  • 03/2002

    Ensino, Ciências Ambientais, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Psicologia Ambiental

  • 02/2008 - 07/2008

    Ensino, Ciências Ambientais, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Sociedade, Meio Ambiente e Desenvolvimento, Metodologia Científica

  • 03/2007 - 04/2007

    Ensino, Gestão em Recursos Naturais, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano

  • 09/2004 - 10/2004

    Ensino, Gestão em Recursos Naturais, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano

  • 02/2002 - 06/2004

    Ensino, Direito, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Psicologia Aplicada ao Direito

  • 02/2001 - 06/2003

    Ensino, Enfermagem, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Psicologia Social

  • 02/1998 - 06/2000

    Ensino, Fisioterapia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Psicologia