Eduardo Garcia Fontoura

Possui graduação em Medicina Veterinária pela Faculdade de Veterinária da Universidade Federal de Pelotas (2011), Mestrado em Ciências Veterinária pelo Programa de Pós-Graduação em Veterinária da UFPel (2014). Doutorado em Ciências Veterinária pelo PPGV/UFPel (2018). Atua desenvolvendo atividades de pesquisa relacionadas à clínica médica de pequenos animais e produtos naturais com aplicabilidade na medicina veterinária. Ademais, está cursando especialização na área de Ultrassonografia de pequenos animais pelo Instituto Qualittas. Atualmente é professor do curso de Medicina Veterinária da Universidade da Região da Campanha, Campus Alegrete, e membro na Comissão de Ética no Uso de Animais na mesma instituição.

Informações coletadas do Lattes em 21/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Veterinária

2014 - 2018

Universidade Federal de Pelotas
Título: Caracterização toxicológica e funcional do extrato aquoso de Waltheria douradinha
Márcia de Oliveira Nobre. Coorientador: Samuel Rodrigues Felix. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: douradinha-do-cmapo; anti-inflamatório; otite externa; wistar.Grande área: Ciências AgráriasGrande Área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Clínica e Cirurgia Animal / Especialidade: Farmacologia e Terapêutica Animal.

Mestrado em Veterinária

2012 - 2014

Universidade Federal de Pelotas
Título: Rosmarinus officinalis L. e Triticum aestivum no tratamento da otite externa infecciosa,Ano de Obtenção: 2014
Márcia de Oliveira Nobre.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Grande área: Ciências Agrárias

Especialização em andamento em Ultrassonografia em Pequenos Animais

2018 - Atual

Faculdade Quallitas
Orientador: Sergio Farias Vargas Junior

Graduação em Medicina Veterinária

2006 - 2011

Universidade Federal de Pelotas
Orientador: Cristiano Silva da Rosa

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2017 - 2018

Capacitação em Metodologias Ativas. (Carga horária: 20h). , Universidade da Região da Campanha, URCAMP, Brasil.

2013 - 2013

Cardiologia Clínica em Pequenos Animais. (Carga horária: 18h). , MedVep Cursos e Eventos, MEDVEP, Brasil.

2013 - 2013

Urgência e Emergências em Pequenos Animais. (Carga horária: 18h). , MedVep Cursos e Eventos, MEDVEP, Brasil.

2012 - 2012

I Ciclo de Palestras em Pequenos Animais. (Carga horária: 8h). , Associação dos Médicos Veterinários da Zona Sul, VETESUL, Brasil.

2012 - 2012

Coleta de Material Botânico. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2012 - 2012

Curso de Ultra-Sonografia em Pequenos Animais. (Carga horária: 60h). , Portal da Educação, ABED, Brasil.

2011 - 2011

Curso de Dermatologia em Cães e Gatos. (Carga horária: 20h). , Associação dos Médicos Veterinários da Zona Sul, VETESUL, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Clínica e Cirurgia Animal.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Clínica e Cirurgia Animal/Especialidade: Clínica Veterinária.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

Fontoura, Eduardo Garcia . I Simpósio de Bioética e Bem-estar Animal da URCAMP. 2018. (Outro).

Fontoura, Eduardo Garcia . XII MOSTRA DE CÃES e III PARACÃO. 2018. .

FONTOURA, E. G. . Mini Curso de Bioterismo e Experimentação Animal. 2015. (Outro).

FONTOURA, E. G. . Curso Cinotécnico. 2014. (Outro).

FONTOURA, E. G. . 1º Minicurso de Atualização em Cardiologia e Nefrologia de Pequenos Animais. 2014. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Cuidados e Manejo de Animais de Experimentação. 2015. (Outra).

Minicurso de Bioterismo e Experimentação Animal. 2015. (Outra).

1º Minicurso de Atualização em Cardiologia e Nefrologia de Pequenos Animais. 2014. (Seminário).

Curso Cinotécnico. 2014. (Outra).

34º Congresso Brasileiro da Anclivepa. UTILIZAÇÃO DO MÉTODO OSCILOMÉTRICO PARA AFERIÇÃO DA PRESSÃO ARTERIAL SISTÊMICA E SUA CORRELAÇÃO COM A IDADE DE CÃES HÍGIDOS. 2013. (Congresso).

34º Congresso Brasileiro da Anclivepa. 2013. (Congresso).

I Ciclo de Palestras em Nutrição de Pequenos Animais. 2013. (Simpósio).

Seminário de Responsabilidade Técnica em Medicina Veterinária - Módulo Básico. 2013. (Seminário).

Teoria dos Germes. 2013. (Seminário).

Curso de dermatologia em cães e gatos. 2011. (Simpósio).

Simpósio de Nefrologia Veterinária. 2011. (Simpósio).

X Ciclo de Atualização em Pecuária de Corte da Região Sul.X Ciclo de Atualização em Pecuária de Corte da Região Sul. 2011. (Simpósio).

Curso de atualização em felinos. 2010. (Seminário).

Produção de bovinos de corte no oeste norte-americano: Pesquisa e Tecnologia. 2010. (Encontro).

Projeto de difusão do ensino e conhecimento em veterinária. 2010. (Encontro).

XVIII Congresso de iniciação científica. O abate de equinos na opinião de estudantes da UFPel... 2009. (Congresso).

Desenvolvimento e avaliação de alimentos funcionais.Desenvolvimento e avaliação de alimentos funcionais. 2008. (Outra).

XXVIII Semana acadêmica de medicina veterinária. 2008. (Seminário).

VI Seminário em Ovinocultura da Região Sul. 2007. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Aurélio Luciano Costa

FONTOURA, E. G.; GRECCO, F. B.; FERNANDES, C. G.; NOBRE, Márcia de Oliveira. Utilização de formas farmacêuticas otológicas contendo extratos vegetais no tratamento da otite externa experimentalmente induzida em modelo murino. 2019. Dissertação (Mestrado em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Claudia Pillar Maggio

FONTOURA, E. G.; FERRANTI, J. P. S.; Carvalho, N.. Participação em banca de avaliação de estágio curricular supervisionado. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Francieli Viana Lamas

FONTOURA, E. G.; FERRANTI, J. P. S.; Carvalho, N.. Participação em banca de avaliação de estágio curricular supervisionado. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Larissa Lopes Félix

FONTOURA, E. G.; FERRANTI, J. P. S.; Carvalho, N.. Participação em banca de avaliação de estágio curricular supervisionado. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Lucas Sampaio de Souza

FONTOURA, E. G.; Carvalho, N.; FERRANTI, J. P. S.. Participação em banca de avaliação de estágio curricular supervisionado. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Mariane Antunes dos Santos

FERRANTI, J. P. S.; Carvalho, N.;Eduardo G. F.. Participação em banca de avaliação de estágio curricular supervisionado. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Thalia Crestani Carvalho

Eduardo G. F.; FERRANTI, J. P. S.; Carvalho, N.. Participação em banca de avaliação de estágio curricular supervisionado. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Vitor Afonso Rodrigues Uberti

FONTOURA, E. G.; FERRANTI, J. P. S.; Carvalho, N.. Participação em banca de avaliação de estágio curricular supervisionado. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Andressa Pereira Murari

FERRANTI, J. P. S.; Carvalho, N.;FONTOURA, E. G.. Participação em banca de avaliação de estágio curricular supervisionado. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Rodrigo da Silva Guterres

FONTOURA, E. G.; VARGAS JUNIOR, S. F.; FERRANTI, J. P. S.. Participação em banca de avaliação de estágio curricular supervisionado. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Rodrigo da Silva Guterres

FONTOURA, E. G.; VARGAS JUNIOR, S. F.; FERRANTI, J. P. S.. Participação em banca de avaliação de estágio curricular supervisionado. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Paula da Silva Rosa

FONTOURA, E. G.; PORCIUNCULA, M.; FERRANTI, J. P. S.. Participação em banca de avaliação de estágio curricular supervisionado. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Leonardo Furtado da Rosa

FONTOURA, E. G.; FERRANTI, J. P. S.; PORCIUNCULA, M.. Participação em banca de avaliação de estágio curricular supervisionado. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Julianne Lemes Morin

FONTOURA, E. G.; STIGGER, A. L.; SILVA, C. A.. Participação em banca de avaliação de estágio curricular supervisionado. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Daniele da Rosa Dorneles

FONTOURA, E. G.; FERRANTI, J. P. S.; Carvalho, N.. Participação em banca de avaliação de estágio curricular supervisionado. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: André Bianchi Antunes

FONTOURA, E. G.; STIGGER, A. L.; QUADRO, J. L. G.. Participação em Banca de Avaliação de Estágio Curricular Supervisionado. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: CAMILA GONÇALVES DORNELES

FONTOURA, E. G.; STIGGER, A. L.; SILVA, C. A.. Participação em Banca de Avaliação de Estágio Curricular Supervisionado. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Cleto Germano De Oliveira Souza

FONTOURA, E. G.; CORREA, L. F. D.; FERRANTI, J. P. S.. Participação em Banca de Avaliação de Estágio Curricular Supervisionado. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Frederico Fortes de Lima

FONTOURA, E. G.; FERRANTI, J. P. S.; CORREA, L. F. D.. Participação em Banca de Avaliação de Estágio Curricular Supervisionado. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Gabriela Sabino Trindade

FONTOURA, E. G.; FERRANTI, J. P. S.; CORREA, L. F. D.. Participação em Banca de Avaliação de Estágio Curricular Supervisionado. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Iasmin Alves Ribeiro Medeiros

FONTOURA, E. G.; CORREA, L. F. D.; FERRANTI, J. P. S.. Participação em Banca de Avaliação de Estágio Curricular Supervisionado. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Martina Dorneles Nunes

FONTOURA, E. G.; CORREA, L. F. D.; FERRANTI, J. P. S.. Participação em Banca de Avaliação de Estágio Curricular Supervisionado. 2017 - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Patrick Lima Silva

Eduardo G. F.; FERRANTI, J. P. S.; CORREA, L. F. D.. Participação em Banca de Avaliação de Estágio Curricular Supervisionado. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Aline de Moura Jacques

FONTOURA, E. G.. Banca de avaliação de estágio curricular supervisionado. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Natielly Zacarias Dorneles

FONTOURA, E. G.. Banca de avaliação de estágio curricular supervisionado. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Rafael Goulart Bochi

FONTOURA, E. G.. Banca de avaliação de estágio curricular supervisionado. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Natália Kern Nunes

FONTOURA, E. G.; BRUHN, F. R. P.; ZAUK, N. H. F.. Banca de avaliação de estágio curricular supervisionado. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Helena Pi[uma Gonçalves

Fontoura, Eduardo Garcia; RIBEIRO, C. L.; BRAGA, F. V. A.. Banca de avaliação de estágio curricular supervisionado. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Mirele Silveira Vieira

FONTOURA, E. G.. Banca de avaliação de estágio curricular supervisionado. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Andressa Nogueira Ferreira

Eduardo G. F.; FERRANTI, J. P. S.; CORREA, L. F. D.. Banca de avaliação de estágio curricular supervisionado. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Natacha Gonzales Luttjohann

FONTOURA, E. G.; QUADRO, J. L. G.; FERNANDES, H. D.. Banca de avaliação de estágio curricular supervisionado. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Pedro Menezes Monego

FONTOURA, E. G.; SILVA, C. A.; STIGGER, A. L.. Banca de avaliação de estágio curricular supervisionado. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Tamires da Fonseca Acosta

FONTOURA, E. G.; CORREA, L. F. D.; FERRANTI, J. P. S.. Banca de avaliação de estágio curricular supervisionado. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Vanessa da Silva Minetti

FONTOURA, E. G.; FERRANTI, J. P. S.; CORREA, L. F. D.. Banca de avaliação de estágio curricular supervisionado. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha.

Aluno: Fernanda Gasparin dos Reis

FONTOURA, E. G.. Banca de Avaliação de Estágio Curricular Supervisionado. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Estela Deunisio

AGUIAR, E. S. V.; RAPPETI, J. C. S.;FONTOURA, E. G.. Banca de Avaliação de Estágio Curricular Supervisionado. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Taina dos Santos Alberti

BRAGA, F. V. A.; RABASSA, V. R.;FONTOURA, E. G.. Banca de Avaliação de Estágio Curricular Supervisionado. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Gabriela de Almeida Capella

CAVALCANTI, G. A. O.; ROSA, C. S.;FONTOURA, E. G.. Banca de Avaliação de Estágio Curricular Supervisionado. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Leonardo Alves Souza

FONTOURA, E. G.; BONEL, J.;NOBRE, M. O.. Banca de Avaliação de Estágio Curricular Supervisionado. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Aline Dias Camargo

FONTOURA, E. G.. Banca de Avaliação de Estágio Curricular Supervisionado. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Andreia Nobre Anciuti

FONTOURA, E. G.. Banca de Avaliação de Estágio Curricular Supervisionado. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

FONTOURA, E. G.. Banca de avaliação da Disciplina de Seminário Científico. 2018. Universidade da Região da Campanha.

Eduardo G. F.. XXIV Congresso de Iniciação Científica, da I Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão, realizado na Universidade Federal de Pelotas. 2015. Universidade Federal de Pelotas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Ana Raquel Mano Meinerz

MEINERZ, A. R. M.. Estágio curricular supervisionado do curso de Veterinária-UFPel. 2011.

Anelize de Oliveira Campello Felix

NOBRE, MÁRCIA DE OLIVEIRA;FELIX, A.O.C.; FERNANDES, C. G.; MUELLER, EDUARDO NEGRI. Caracterização toxicológica e funcional do extrato aquoso de LCEA206. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Samuel Rodrigues Félix

FELIX, Samuel Rodrigues; FERNANDES, CRISTINA GEVEHR. Rosmarinus officinalis L. e Triticum aestivum no tratamento de otite externa infecciosa. 2014. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Samuel Rodrigues Félix

FELIX, Samuel Rodrigues. Caracterização toxicológica e funcional do extrato aquoso de Waltheria douradinha. 2018. Tese (Doutorado em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Samuel Rodrigues Félix

FÉLIX, SAMUEL RODRIGUES. Caracterização Toxicológica e Funcional do Extrato Aquoso de LCEA206. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Márcia de Oliveira Nobre

Nobre, Márcia OliveiraFERNANDES, Cristina GevehrMUELLER, E.N.FELIX, A. O. C.. Caracterização toxicológica e funcional do extrato aquoso de Waltheria douradinha. 2018. Tese (Doutorado em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Márcia de Oliveira Nobre

MUELLER, Eduardo NegriFERNANDES, C. G.FELIX, A. O. C.NOBRE, M. Caracterização toxicológica e funcional do extrato aquoso de LCEA206. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Márcia de Oliveira Nobre

NOBRE, Márcia de Oliveira. Estágio curricular supervisionado na área de clínica médica e cirúrgica de pequenos animais. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Rosema Santin

NOBRE, M. O.; FERNANDES, C. G.;SANTIN, Rosema; FELIX, S. R.. Rosmarinus officinalis L. e Triticum aestivum no tratamento de otite externa infecciosa. 2014. Dissertação (Mestrado em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Eduardo Negri Mueller

NOBRE, M.O.MUELLER, Eduardo NegriFERNANDES, C. G.; FELIX, A. O. C.. Caracterização toxixológica e funcional do extrato aquoso de Waltheria douradinha. 2018. Tese (Doutorado em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Eduardo Negri Mueller

NOBRE, Márcia de Oliveira; FELIX, A. O. C.;Gevehr Fernandes, CristinaMUELLER, Eduardo Negri; FELIX, S. R.. Caracterização toxicológica e funcional do extrato aquoso de LCEA206. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Cristina Gevehr Fernandes

NOBRE, Márcia de OliveiraMUELLER, E. N.; FÉLIX, A.O.C;FERNANDES, CG. Caracterização toxicológica e funcional do extrato aquoso de LCEA206. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós Graduação em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Cristiano Silva da Rosa

ROSA, C. S.. Estágio Curricular Obrigatório - área: Clínica Médica de Pequenos Animais. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Iuri Severo

Trabalho de Conclusão de Curso em Medicina Veterinária; Início: 2019; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha; (Orientador);

Milene Baccin

Estágio Curricular Supervisionado em Clínica Médica de Pequenos Animais; Início: 2019; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha; (Orientador);

Ingrid Corrêa

Trabalho de Conclusão de Curso em Medicina Veterinária; Início: 2019; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha; (Orientador);

Bruna Menegel

Estágio Curricular Supervisionado em Clínica Médica de Pequenos Animais; Início: 2019; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha; (Orientador);

Tassiano Oliveira

Trabalho de Conclusão de Curso em Medicina Veterinária; Início: 2019; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha; (Orientador);

Juliano Schilling Lima

Urolitíase canina; 2016; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em clínica médica de pequenos animais) - Equalis - Ensino e Qualificação Superior; Orientador: Eduardo Garcia Fontoura;

Matheus Alves Teixeira

Demodicose em caninos; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em clínica médica de pequenos animais) - Equalis - Ensino e Qualificação Superior; Orientador: Eduardo Garcia Fontoura;

Manoela Vicenzo Figueiredo Paz

Trabalho de Conclusão de Curso em Medicina Veterinária; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha; Orientador: Eduardo Garcia Fontoura;

Fernando Salles

Manejo de bovinos de corte; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha; Orientador: Eduardo Garcia Fontoura;

Gustavo Gioda Bianchini

Relatório de Estágio Curricular Supervisionado em Medicina Veterinária; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha; Orientador: Eduardo Garcia Fontoura;

Larissa Rodrigues de Lima

Estágio Curricular Supervisionado em Clínica Médica de Pequenos Animais; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha; Orientador: Eduardo Garcia Fontoura;

Tanize da Silva Rumpel

Relatório de Estágio Curricular Supervisionado em Manejo de Bovinos de Corte; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha; Orientador: Eduardo Garcia Fontoura;

Gregório Osório Silveira

Estágio Curricular Supervisionado em Clínica Médica e Cirúrgica de Bovinos de Leite; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha; Orientador: Eduardo Garcia Fontoura;

Marcio Vargas Silveira

Estágio Curricular Supervisionado em Clínica Médica e Cirúrgica de Bovinos de Leite; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha; Orientador: Eduardo Garcia Fontoura;

Natália Pereira

Trabalho de Conclusão de Curso; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha; Orientador: Eduardo Garcia Fontoura;

Igor Lunardi

Monitoria da disciplina de Doenças Parasitárias II; 2016; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade da Região da Campanha; Orientador: Eduardo Garcia Fontoura;

Eduarda Santos Bierhals

ClinPet - Grupo de Pesquisa, Ensino e Extensão em Clínica de Pequenos Animais; 2015; Orientação de outra natureza - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Eduardo Garcia Fontoura;

Rodrigo Franco Bastos

ClinPet - Grupo de Pesquisa, Ensino e Extensão em Clínica de Pequenos Animais; 2014; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Eduardo Garcia Fontoura;

Fabíola Vieira

ClinPet - Grupo de Pesquisa, Ensino e Extensão em Clínica de Pequenos Animais; 2014; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Eduardo Garcia Fontoura;

Claúdia Beatriz de Mello Mendes

ClinPet - Grupo de Pesquisa, Ensino e Extensão em Clínica de Pequenos Animais; 2014; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Eduardo Garcia Fontoura;

Taís Teixeira Zambarda

ClinPet - Grupo de Pesquisa, Ensino e Extensão em Clínica de Pequenos Animais; ; 2012; Orientação de outra natureza - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Eduardo Garcia Fontoura;

Bruna Daniela dos Santos Valle

ClinPet - Grupo de Pesquisa, Ensino e Extensão em Clínica de Pequenos Animais; ; 2012; Orientação de outra natureza - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Eduardo Garcia Fontoura;

Tassiane Brasil de Moraes

ClinPet - Grupo de Pesquisa, Ensino e Extensão em Clínica de Pequenos Animais; ; 2012; Orientação de outra natureza - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Eduardo Garcia Fontoura;

Aurélio Luciano Costa

ClinPet - Grupo de Pesquisa, Ensino e Extensão em Clínica de Pequenos Animais; ; 2012; Orientação de outra natureza - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Eduardo Garcia Fontoura;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Márcia de Oliveira Nobre

Rosmarinus officinalis L; e Triticum aestivum no tratamento de otite externa infecciosa; 2014; Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Márcia de Oliveira Nobre;

Márcia de Oliveira Nobre

Componentes etno farmacológicos do bioma do pampa: avaliação do potencial terapêutico e da segurança para uso em clínica de pequenos animais; 2018; Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Márcia de Oliveira Nobre;

Eduardo Negri Mueller

Tratamento da otite externa por Staphylococcus aureus com Rosmarinus officinalis e Triticum vulgare (co-orientador); 2012; Dissertação (Mestrado em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Eduardo Negri Mueller;

Cristiano Silva da Rosa

Estágio Curricular Obrigatório - área: Clínica Médica de Pequenos Animais; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Cristiano Silva da Rosa;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • FERNANDES, C. P. M. ; HIJANO, A. ; LIMA, C. S. ; FONTOURA, E. G. ; SCHRAMM, R. C. ; FELIX, S. R. ; NOBRE, M. O. . A randomized, double-blind, placebo-controlled study to assess the effect of an aqueous extract of Triticum aestivum on canine outer ear inflammation. PESQUISA VETERINÁRIA BRASILEIRA (ONLINE) , v. 37, p. 1270-1274, 2017.

  • CAPELLA, S. O. ; TILLMANN, M. T. ; FELIX, A. O. C. ; FONTOURA, E. G. ; FERNANDES, C. G. ; FREITAG, R. A. ; SANTOS, M. A. Z. ; FELIX, S. R. ; NOBRE, M. O. . Potencial cicatricial da Bixa orellana L. em feridas cutâneas: estudo em modelo experimental. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia (Online) , v. 68, p. 104-112, 2016.

  • WILHELM, G. ; PEREIRA, I. C. ; VALLE, B. D. S. ; FONTOURA, E. G. ; MUELLER, E. N. ; TILLMANN, M. T. ; FERNANDES, C. G. ; NOBRE, M. O. . UTILIZAÇÃO DE ADESIVOS NA SÍNTESE DA RESSECÇÃO LATERAL DO CONDUTO AUDITIVO EXTERNO EM MODELO EXPERIMENTAL. MEDVEP. REVISTA CIENTÍFICA DE MEDICINA VETERINÁRIA. PEQUENOS ANIMAIS E ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO , v. 45, p. 1-5, 2016.

  • PEREIRA, S. B. ; LIMA, C. M. ; FONTOURA, E. G. ; SOARES, G. F. ; Seixas Neto, A.C.P. ; NOBRE, Márcia de Oliveira ; SILVA, E. F. ; FELIX, A. O. C. ; FELIX, SAMUEL RODRIGUES . Influência Da Inclusão De Isolado Local Na Sensibilidade Do Ensaio De Soro Aglutinação Microscópica Para Leptospirose: Um Estudo Em Cães. Revista Interdisciplinar de Ensino, Pesquisa e Extensão , v. 3, p. 208-2015, 2016.

  • WILHELM, G. ; PEREIRA, I. C. ; CIMA, I. ; FONTOURA, E. G. ; MUELLER, E. N. ; RAPPETI, J. C. S. ; NOBRE, M. O. . Acompanhamento Clínico de Cães com Otite Externa Crônica Estenosante Após Terapia Cirúrgica de Ressecção Lateral do Conduto Auditivo. Revista Nosso Clínico - Medicina Veterinária para Animais de Companhia , v. 3, p. 44-46, 2015.

  • FERNANDES, C. P. M. ; LOPES, T. V. ; CAPELLA, S. O. ; FONTOURA, E. G. ; TILLMANN, M. T. ; FELIX, S. R. ; NOBRE, M. O. . Comparing open wound measuring methods popularly used in experimental studies. BRAZILIAN JOURNAL VETERINARY RES. AND ANIMAL SCIENCE , v. 52, p. 106, 2015.

  • FONTOURA, E. G. ; VALLE, B. D. S. ; COSTA, A. L. ; CAPELLA, S. O. ; FELIX, S. R. ; MUELLER, E. N. ; NOBRE, M. O. . Otite Externa em Pequenos Animais: Artigo de Revisão. MEDVEP. Revista Científica de Medicina Veterinária. Pequenos Animais e Animais de Estimação , v. 12, p. 398-404, 2015.

  • FONTOURA, E. G. ; FELIX, S. R. ; FERNANDES, C. P. M. ; GRECCO, F. B. ; GONCALVES, V. M. ; FELIX, A. O. C. ; NOBRE, M. O. . Ensaio toxicológico do extrato aquoso de Waltheria douradinha (douradinha do campo) em modelo ex vivo. Revista da Sociedade Brasileira de Ciência em Animais de Laboratório , v. 2, p. 264-272, 2014.

  • VALLE, B. D. S. ; FONTOURA, E. G. ; MUELLER, E. N. ; ALVES, G. H. ; NOBRE, M. O. . Avaliação Clínica da Administração de Rosmarinus officinalis no conduto auditivo externo. MEDVEP Dermato. Revista de Educação Continuada em Dermatologia e Alergologia Veterinária , v. 3, p. 39-40, 2014.

  • FONTOURA, E. G. ; FERRO, A. G. ; FELIX, A. O. C. ; MUELLER, E. N. ; NOBRE, M. O. . Correlação entre a pressão arterial sistêmica aferida por método oscilométrico com a idade e o nível sérico de sódio em cães hígidos. Semina. Ciências Agrárias (Online) , v. 34, p. 1253-1258, 2013.

  • FONTOURA, E. G. ; FERRO, A. G. ; FELIX, A. O. C. ; MUELLER, E. N. ; NOBRE, M. O. . UTILIZAÇÃO DO MÉTODO OSCILOMÉTRICO PARA AFERIÇÃO DA PRESSÃO ARTERIAL SISTÊMICA E SUA CORRELAÇÃO COM A IDADE DE CÃES HÍGIDOS. ACTA VETERINARIA BRASILICA (UFERSA) , v. 7, p. 98-100, 2013.

  • COUTO, G. S. ; SANTOS, A. S. ; ROBERTO, D. A. ; BENETT, S. S. ; AREBALO, S. B. ; Fontoura, Eduardo Garcia . Doença do Trato Urinário Inferior dos Felinos: Relato de Caso. In: 10º SALÃO INTERNACIONAL DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO E FÓRUM INTERNACIONAL DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO DO PAMPA, 2018, SANT`ANA DO LIVRAMENTO. 10º SALÃO INTERNACIONAL DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO E FÓRUM INTERNACIONAL DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO DO PAMPA, 2018.

  • BENETT, S. S. ; ROBERTO, D. A. ; COUTO, G. S. ; COSTA, S. L. ; AREBALO, S. B. ; Fontoura, Eduardo Garcia . ENDOCARDIOSE E CARDIOMIOPATIA DILATADA EM CÃO. In: 10º SALÃO INTERNACIONAL DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO E FÓRUM INTERNACIONAL DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO DO PAMPA, 2018, SANT´ANA DO LIVRAMENTO. 10º SALÃO INTERNACIONAL DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO E FÓRUM INTERNACIONAL DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO DO PAMPA, 2018.

  • AREBALO, S. B. ; ROBERTO, D. A. ; COUTO, G. S. ; BENETT, S. S. ; FONTOURA, E. G. . Sialocele e Sialolitíase em cão: Relato de Caso. In: Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão e Fórum internacional de instituições de ensino do Pampa, 2018, Santana do Livramento. 10º SALÃO INTERNACIONAL DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO E FÓRUM INTERNACIONAL DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO DO PAMPA, 2018.

  • MARTINS, M. P. ; CAPELLA, S. O. ; FONTOURA, E. G. ; TILLMANN, M. T. ; FELIX, S. R. ; NOBRE, M. O. . Otite externa em cães: tratamento com solução otológica a base de Triticum vulgare.. In: 35º Congresso Brasileiro da ANCLIVEPA, 2014, Belo Horizonte/MG. 35º Congresso Brasileiro da ANCLIVEPA, 2014.

  • VALLE, B. D. S. ; FONTOURA, E. G. ; MUELLER, E. N. ; ALVES, G. H. ; NOBRE, M. O. . Avaliação clínica da administração de Rosmarinus officinalis no conduto auditivo externo. In: I CONGRESSO DE DERMATOLOGIA VETERINÁRIA - MedVep, 2014, Águas de Lindória. I Congresso de Dermatologia Veterinária - MedVep. Curitiba: MedVep, 2014. v. 3. p. 39-40.

  • FONTOURA, E. G. ; FERRO, A. G. ; FELIX, A. O. C. ; MUELLER, E. N. ; NOBRE, M. O. . UTILIZAÇÃO DO MÉTODO OSCILOMÉTRICO PARA AFERIÇÃO DA PRESSÃO ARTERIAL SISTÊMICA E SUA CORRELAÇÃO COM A IDADE DE CÃES HÍGIDOS. In: 34º Congresso Brasileiro da Anclivepa, 2013, Natal. 34º Congresso Brasileiro da Anclivepa, 2013.

  • BIERHALS, E. S. ; FONTOURA, E. G. ; FELIX, A. O. C. ; NOBRE, M. O. . Potencial Anti-inflamatório do Extrato Aquoso de LCEA206. In: XXVI CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 2017, Pelotas. XXVI CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 2017.

  • SALAME, J. P. ; FONTOURA, E. G. ; FELIX, S. R. ; NOBRE, M. O. . AÇÃO ANTIINFLAMATÓRIA DO EXTRATO AQUOSO DE LCEA206. In: 16º MOSTRA DE PRODUÇÃO UNIVERSITÁRIA, 2017, Rio Grande. 16º MOSTRA DE PRODUÇÃO UNIVERSITÁRIA, 2017.

  • BIERHALS, E. S. ; FONTOURA, E. G. ; LADEIRA, S. ; NOBRE, M. O. . Potencial de ação do extrato aquoso de LCEA206 junto a fármacos antimicrobianos frente a cepas bacterianas.. In: II Semana Integrada de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Federal de Pelotas. XXV Congresso de Iniciação Científica, 2016, Pelotas. II Semana Integrada de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Federal de Pelotas. XXV Congresso de Iniciação Científica, 2016.

  • SALAME, J. P. ; BIERHALS, E. S. ; FONTOURA, E. G. ; FISCHER, G. ; FELIX, S. R. ; NOBRE, M. O. . Citotoxicidade in vitro do extrato aquoso de LCEA206. In: II Semana Integrada de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2016. XXV Congresso de Iniciação Científica (UFPel)., 2016, Pelotas. II Semana Integrada de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2016. XXV Congresso de Iniciação Científica (UFPel)., 2016.

  • FORLANI, G. ; VALLE, B. D. S. ; FONTOURA, E. G. . Úlcera colagenolítica secundária ao Herpes Vírus em Felino - Relato de caso. In: Congresso da Associação Nacional de Clínicos de Pequenos Animais, 2016, Goiania. Congresso da Associação Nacional de Clínicos de Pequenos Animais, 2016.

  • PEREIRA, S. B. ; SILVA, E. F. ; FONTOURA, E. G. ; FORLANI, G. ; FELIX, A. O. C. ; FELIX, S. R. . Avaliação Sorológica de Leptospira spp. em Cães Domiciliados em Dois Bairros no Município de Pelotas, Rio Grande do Sul.. In: XXV Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas, 2016, Pelotas. XXV Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas, 2016.

  • MENDES, C. B. M. ; SALAME, J. P. ; FONTOURA, E. G. ; FERREIRA, P. A. ; NOBRE, M. O. . Avaliação da atividade antimicrobiana do extrato aquoso de LCEA206. In: XXIV Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas, 2015, Pelotas. I Semana Integrada de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Federal de Pelotas; XXIV Congresso de Iniciação Científica da UFPel, 2015.

  • BIERHALS, E. S. ; OSIELKI, M. ; Eduardo G. F. ; FELIX, A. O. C. ; NOBRE, M. O. . Utilização de vídeo-otoscópio no diagnóstico da otite externa em cães. In: I Congresso de Ensino de Graduação, 2015, Pelotas. I Congresso de Ensino de Graduação.

  • OSIELSKI, M. S. ; FERNANDES, C. P. M. ; FONTOURA, E. G. ; NOBRE, M. O. . Grupo de estudos em medicina felina como atividade complementar a medicina veterinária. In: I Congresso de Ensino de Graduação, 2015, Pelotas. I Congresso de Ensino de Graduação da Universidade Federal de Pelotas, 2015.

  • PALHANO, M. B. ; BOCK, N. ; SCHUCH, L. F. D. ; Eduardo G. F. ; FERREIRA, P. A. ; NOBRE, M. O. . Avaliação dos efeitos da educação assistida por animais em alunos do centro de reabilitação de pelotas. In: II Congresso de Extensão e Cultura, 2015, Pelotas. I Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFPel, 2015.

  • ZAMBARDA, T. T. ; FONTOURA, E. G. ; COSTA, A. L. ; SCHRAMM, R. C. ; GONCALVES, V. M. ; NOBRE, M. O. . AVALIAÇÃO DO EFEITO ANTIMICROBIANO DO EXTRATO AQUOSO DE Triticum aestivum FRENTE À BACTÉRIAS DA CAVIDADE ORAL DE CÃES. In: 35° Congresso Brasileiro da Anclivepa, 2014, Belo Horizonte. 35° Congresso Brasileiro da Anclivepa, 2014.

  • MARTINS, M. P. ; CAPELLA, S. O. ; FONTOURA, E. G. ; TILLMANN, M. T. ; FELIX, S. R. ; NOBRE, M. O. . Efeito de Tratamento FItoterapico na Otite Externa. In: 13ª Mostra de Produção Universitária - FURG, 2014, RIo Grande-RS. 13ª Mostra de Produção Universitária, 2014.

  • COSTA, A. L. ; ZAMBARDA, T. T. ; CASCADAN, A. ; NOGUEIRA, M. T. D. ; CAPELLA, S. O. ; FONTOURA, E. G. ; NOBRE, M. O. . Análise comportamental de cães por registro áudio-visual. In: 35º Congresso Brasileiro da ANCLIVEPA, 2014, Belo Horizonte/MG. 35º Congresso Brasileiro da ANCLIVEPA, 2014.

  • ZAMBARDA, T. T. ; LIMA, C. S. ; CASTRO, L. M. ; FONTOURA, E. G. ; NOBRE, M. O. . Tumor venéreo transmissível na cavidade oral de cão: relato de caso. In: XXIII Congresso de Iniciação Científica - UFPel, 2014, Pelotas/RS. XXIII Congresso de Iniciação Científica - UFPel, 2014.

  • FORLANI, G. ; FELIX, S. R. ; FELIX, A. O. C. ; FONTOURA, E. G. ; NOBRE, M. O. . PREVALÊNCIA DE AFECÇÕES CARDÍACAS NAS DIFERENTES CONFORMAÇÕES CRANIANAS DOS CÃES. In: Encontro de Pós-Graduação da Universidade Federal de Pelotas, 2014, Pelotas. Encontro de Pós-Graduação da Universidade Federal de Pelotas, 2014.

  • VALLE, B. D. S. ; FONTOURA, E. G. ; GASPAR, L. F. J. ; PINTO, J. C. P. . Utilização do ácido ascórbico no tratamento não invasivo de cálculo renal em cão.. In: XXII Jornadas Veterinarias en Pequeños Animales., 2013, Buenos Aires. XXII Jornadas Veterinarias en Pequeños Animales, 2013.

  • ZAMBARDA, T. T. ; COSTA, A. L. ; FONTOURA, E. G. . Pesquisa por Mórulas de Ehrlichia spp. em Esfregaço Sanguíneo de Cães da Cidade de Santa Cruz do Sul/RS. In: II Congresso MedVep de Especialidades Veterinárias, 2013, Bento Gonçalves/RS. II Congresso MedVep de Especialidades Veterinárias, 2013.

  • ZAMBARDA, T. T. ; COSTA, A. L. ; SCHRAMM, R. C. ; FONTOURA, E. G. ; NOBRE, M. O. . Avaliação da Presença de Bactérias no Sulco Gengival de Cães Hígidos, Antes e Após a Escovação Dentária. In: II Congresso MedVep de Especialidades Veterinárias, 2013, Bento Gonçalves/RS. II Congresso MedVep de Especialidades Veterinárias, 2013.

  • COSTA, A. L. ; ZAMBARDA, T. T. ; FONTOURA, E. G. ; NOBRE, M. O. . Relação Entre Pressão Arterial Aferida por Método Oscilométrico com a Idade em Cães. In: II Congresso MedVep de Especialidades Veterinárias, 2013, Bento Gonçalves/RS. II Congresso MedVep de Especialidades Veterinárias, 2013.

  • VALLE, B. D. S. ; BENEDETTI, F. G. ; FONTOURA, E. G. ; PINTO, J. C. P. ; NOBRE, M. O. . OCORRÊNCIA DE CASOS DE OTITE EXTERNA EM AULAS PRÁTICAS REALIZADAS NO HOSPITAL VETERINÁRIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS. In: XXI Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas, 2013, Pelotas. XXI Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas, 2013.

  • COSTA, A. L. ; MENDES, C. B. M. ; LIMA, C. M. ; FONTOURA, E. G. ; COSTA, C. O. ; NOBRE, M. O. . Avaliação de Parâmetros Indicadores de Estresse em Cães Realizadores de Terapia Assistida por Animais (TAA). In: XXI Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas, 2013, pelotas. XXI Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas, 2013.

  • COSTA, A. L. ; ZAMBARDA, T. T. ; FONTOURA, E. G. ; MUELLER, E. N. ; NOBRE, M. O. . Ehrlichia spp. EM CÃES ADULTOS NA REGIÃO DE PELOTAS/RS. In: XXI Congresso de Iniciação Científica, 2012, Pelotas. XXI Congresso de Iniciação Científica, 2012.

  • ZAMBARDA, T. T. ; COSTA, A. L. ; FONTOURA, E. G. ; MUELLER, E. N. ; NOBRE, M. O. . TRATAMENTO DA OTITE EXTERNA INFECCIOSA EXPERIMENTAL COM Triticum aestivum - RESULTADOS PARCIAIS. In: XXI Congresso de Iniciação Científica, 2012, Pelotas. XXI Congresso de Iniciação Científica, 2012.

  • MACHADO, C. ; FONTOURA, E. G. ; ALVES, G. H. ; MUELLER, E. N. ; NOBRE, M. O. . Extrato aquoso de Rosmarinus officinalis L. 25% no tratamento da otite externa infecciosa experimental resultados parciais. In: XXI Congresso de Iniciação Científica - UFPel, 2012, Pelotas. XXI Congresso de Iniciação Científica - UFPel, 2012.

  • Fontoura, Eduardo Garcia ; STARK, C. B. ; OLIVEIRA, F. C. ; CASTRO, L. M. ; AZEVEDO, L. A. ; SILVA, L. G. C. ; VARGAS JUNIOR, S. F. ; ROLL, V. F. B. . O ABATE DE EQUINOS NA OPINIÃO DE ESTUDANTES DA UFPEL. In: XVIII Congresso de Iniciação Científica, 2009, Pelotas. XVIII Congresso de Iniciação Científica, 2009.

  • TOLFO, F. ; BRITO, M. A. ; FONTOURA, E. G. ; SILVA, C. A. . AVALIAÇÃO DE BEM-ESTAR ANIMAL EM VACAS LEITEIRAS DURANTE A EXPOINTES 2018. In: Congrega 2018: Educação e Desenvolvimento Regional, 2018, Bagé. Congrega 2018: Educação e Desenvolvimento Regional, 2018.

  • COUTO, G. S. ; MACHADO, I. P. ; ROBERTO, D. A. ; BENETT, S. S. ; AREBALO, S. B. ; FONTOURA, E. G. . Botulismo em cães: Relato de caso. In: 14º Mostra de Iniciação Científica - Congrega URCAMP, 2017, Bagé. 14º Mostra de Iniciação Científica - Congrega URCAMP, 2017.

  • GOMES, A. B. ; ROSADO, A. R. ; VIEIRA, M. R. ; PAHIM, B. H. R. ; CARVALHO, T. C. ; FONTOURA, E. G. . Estudo direcionado sobre brucelose: Doença de importância na saúde pública. In: 14º Mostra de Iniciação Científica - Congrega URCAMP, 2017, Bagé. 14º Mostra de Iniciação Científica - Congrega URCAMP, 2017.

  • MACHADO, I. P. ; COUTO, G. S. ; BENETT, S. S. ; FONTOURA, E. G. . Importância do real diagnóstico e tratamento para otite externa em cães: Relato de caso. In: 14º Mostra de Iniciação Científica - Congrega URCAMP, 2017, Bagé. 14º Mostra de Iniciação Científica - Congrega URCAMP, 2017.

  • PALHANO, M. B. ; BOCK, N. ; SCHUCH, L. F. D. ; Eduardo G. F. ; FERREIRA, P. A. ; NOBRE, M. O. . Avaliação dos efeitos da educação assistida por animais em alunos do centro de reabilitação de Pelotas - RS. In: II Congresso de Extensão e Cultura da Universidade Federal de Pelotas, 2015, Pelotas. II Congresso de Extensão e Cultura da Universidade Federal de Pelotas, 2015. v. VI. p. 368-371.

  • TRENTIN, G. ; MUELLER, E. N. ; BERNO, C. J. ; ALLIEV, K. P. ; PEREIRA, W. A. B. ; FONTOURA, E. G. . Morfologia bacteriana em casos de otite externa canina antes e após limpeza auditiva. In: IV Mostra de Iniciação Científica, Instituto Federal Catarinense - Campus Concórdia, 2014, Concórdia-SC. Anais do IV MIC, 2014.

  • MUNDSTOCK, C. P. ; MUCCILLO, G. B. ; ANCIUTI, A. N. ; Eduardo G. F. ; FERREIRA, P. A. ; FELIX, A. O. C. ; TILLMANN, M. T. ; NOBRE, M. O. . DETERMINAÇÃO DA CONTRAÇÃO DE FERIDAS CUTÂNEAS TRATADAS COM ÓLEO DE COPAÍBA 0,1%. In: 23º Congresso de Iniciação Científica, 2014, Pelotas. 23º Congresso de Iniciação Científica da Universidade Católica de Pelotas, 2014.

  • COSTA, A. L. ; ZAMBARDA, T. T. ; VALLE, B. D. S. ; FONTOURA, E. G. ; MUELLER, E. N. ; FREITAG, R. A. ; NOBRE, M. O. . Triticum aestivum 25% NO TRATAMENTO DA OTITE EXTERNA INFECCIOSA EXPERIMENTAL ? RESULTADOS PARCIAIS. In: 12º Mostra da Produção Universitária, 2013, Rio Grande. 12º Mostra da Produção Universitária, 2013.

  • ZAMBARDA, T. T. ; FERRO, A. G. ; FONTOURA, E. G. ; FELIX, A. O. C. ; MUELLER, E. N. ; NOBRE, M. O. . AVALIAÇÃO DOS NÍVEIS DE SÓDIO SÉRICO EM CÃES HÍGIDOS ALIMENTADOS COM RAÇÃO. In: 12º Mostra da Produção Universitária, 2013, Rio Grande. 12º Mostra da Produção Universitária, 2013.

  • FONTOURA, E. G. ; MUELLER, E. N. ; MACHADO, C. ; ALVES, G. H. ; NOBRE, M. O. . ATIVIDADE DO ÓLEO ESSENCIAL DE Rosmarinus officinalis L. EM ORELHAS HÍGIDAS. In: 40º CONGRESSO BRASILEIRO DE MEDICINA VETERINÁRIA, 2013, Salvador. 40º CONGRESSO BRASILEIRO DE MEDICINA VETERINÁRIA, 2013.

  • FONTOURA, E. G. ; MUELLER, E. N. ; MACHADO, C. ; CLEFF, M. B. ; FREITAG, R. A. ; NOBRE, M. O. . Óleo essencial de alecrim: perspectiva para tratamento da otite externa não infecciosa. In: VI Simpósio Iberoamericano de Plantas Medicinais, 2012, Ponta Grossa. VI Simpósio Iberoamericano de Plantas Medicinais, 2012.

  • MUELLER, E. N. ; FONTOURA, E. G. ; MORAES, T. B. ; ALVES, G. H. ; NOBRE, M. O. . Óleo essencial de alecrim em orelhas hígidas: resultados parciais.. In: XXII Simpósio de Plantas Medicinais do Brasil., 2012, Bento Gonçalves/RS. XXII Simpósio de Plantas Medicinais do Brasil., 2012.

  • MORAES, T. B. ; VALLE, B. D. S. ; FONTOURA, E. G. ; SANTIN, R. ; MUELLER, E. N. ; NOBRE, M. O. . Potencial Efeito Fungicida de Ceruminolítico em Cães. In: 11º Mostra da Produção Universitária - FURG, 2012, Rio Grande/RS. 11º Mostra da Produção Universitária - FURG, 2012.

  • SILVA, T. Z. ; MACHADO, C. ; FERNANDES, C. P. M. ; FONTOURA, E. G. ; NOBRE, M. O. . MENSURAÇÃO DA PRESSÃO ARTERIAL DE CÃES ATRAVÉS DE ESFIGMOMANÔMETRO OSCILOMÉTRICO DIGITAL HUMANO. In: 21 Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas, 2012, Pelotas. 21 Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de Pelotas, 2012.

  • Fontoura, Eduardo Garcia . Fitoterápicos: Da Pesquisa a Aplicabilidade Prática. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Fontoura, Eduardo Garcia . Zoonoses Prevalentes e Emergentes no Meio Urbano. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Fontoura, Eduardo Garcia . Otite externa: Welcome to the jungle. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • FONTOURA, E. G. . Otopatias em Pequenos Animais. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • FONTOURA, E. G. . Capacitação em Manejo de Pequenos Animais. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

REINIGER, R. C. P. ; STIGGER, A. L. ; FONTOURA, E. G. . Caderno Acadêmico: Histologia Básica. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Caderno Acadêmico).

REINIGER, R. C. P. ; STIGGER, A. L. ; FONTOURA, E. G. ; CORREA, L. F. D. ; ALVARES, C. . Manual de Segurança e Boas Práticas de Laboratório (BPL). 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila informativa).

REINIGER, R. C. P. ; STIGGER, A. L. ; FONTOURA, E. G. . Caderno Acadêmico: Histologia Animal. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Caderno Acadêmico).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2017 - Atual

    Núcleo de Pesquisa em Pequenos Animais, Descrição: A clínica médica de pequenos animais possui uma inserção de extrema importância dentro do curso de medicina veterinária, tanto pela procura por seus discentes, quanto pelo mercado de trabalho posterior. Ainda, quando levamos em consideração a crescente taxa de animais domiciliados, o papel do médico veterinário como protagonista direto na maior longevidade, no desenvolvimento de novas tecnologias, na prevenção de doenças, no manejo nutricional, no diagnóstico e tratamento de enfermidades, entre outros; fica claro o quão importante é este nicho da medicina veterinária. Embasados nessa premissa, o aprimoramento do discente que almeja este espaço é de grande importância. Este projeto (Núcleo de Pesquisa em Pequenos Animais), visa acrescer e aprimorar conhecimentos relacionados a clínica médica de pequenos animais, formando médicos veterinários aptos e capacitados ao máximo com a rotina e particularidades destes animais e seus tutores. Os animais de companhia estão cada vez mais presentes na rotina das famílias brasileiras, tal fato faz com que o mercado Pet cresça e torne-se um dos propulsores da economia, na atualidade. Aliado a isso, temos a presença dos Pets dentro do domicílio como um fator de impacto social, ademais, contamos ainda com a participação do médico veterinário de pequenos animais no controle de diversas zoonoses. A importância do clínico é destacada a cada momento em que se faz alusão aos animais de companhia. Com a formação do Núcleo de Pesquisa em Pequenos Animais, almejamos fomentar a prática de projetos de ensino, extensão pesquisa na área de pequenos animais, com participação dos alunos; iniciar, dinamizar e alavancar a pesquisa na área de clínica médica de pequenos animais formulando projetos de pesquisa e extensão, para, por fim, aumentar a qualificação dos integrantes e da instituição.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (16) . , Integrantes: Eduardo Garcia Fontoura - Coordenador / Graciéle dos Santos Couto - Integrante / Dandara do Amaral Roberto - Integrante / Sabrina dos Santos Benett - Integrante / Scarlete Bardim Arebalo - Integrante / Renan Rossi - Integrante / Thalissa Moura de Lima - Integrante / Roberta Fortes - Integrante / Julia Almeida - Integrante.

  • 2016 - 2018

    Caracterização Toxicológica e Funcional do Extrato Aquoso de LCEA 206, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Márcia de Oliveira Nobre em 27/02/2019., Descrição: Há milhares de anos as plantas são observadas como um componente essencial à vida, não só por sua participação na alimentação, mas também na manutenção da saúde humana e animal. Diversos relatos, por várias gerações, tratam da utilização das plantas como fitoterápicos. Contudo, na grande maioria das vezes a abrangência da utilização ultrapassa o conhecimento científico sobre o método correto de uso, sendo baseado apenas nas formas empírica e em formas de administração que podem não causar o efeito desejado ou, muitas vezes, causar malefícios a saúde do usuário. Neste contexto, a vasta extensão territorial brasileira faz com que o país receba destaque por seu potencial medicinal. Sendo que neste espaço, o bioma Pampa aparece de forma única. A planta a qual denominados de LCEA206, é amplamente difundida neste bioma. Com recomendações empíricas diversificadas, esta planta da família Malvaceae, segundo a medicina popular, pode tratar diversas enfermidades. Transpondo para a medicina veterinária, encontramos a otite externa como uma das doenças de maior ocorrência em cães. Diversos fatores podem ocasionar tal afecção, sendo que por diversas vezes o tratamento errôneo, além da negligencia por parte dos médicos veterinários e proprietários, tem elevado os índices de recidivas desta enfermidade ao ponto de ocasionarem complicações irreversíveis aos pacientes. Com base nisso objetivamos caracterizar de forma toxicológica e funcional o extrato aquoso de LCEA206, com a pretensão do desenvolvimento de uma formulação medicamentosa, a qual deve ser capaz de tratar otite externa canina com elevada eficácia. Para que se cumpram as etapas legais previstas pela legislação brasileira, foi traçado um plano estratégico através de ensaios de toxicidade in vitro, ex vivo, além de ensaios clínicos in vivo, os quais devem culminar com o desenvolvimento do tratamento inovador para a otite externa canina.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Eduardo Garcia Fontoura - Integrante / Anelize de Oliveira Campello Felix - Integrante / Márcia de Oliveira Nobre - Coordenador / Rogério Antônio Freitag - Integrante / Patricia Almeida Ferreira - Integrante / Mariana Teixeira Tillmann - Integrante / Sabrina de Oliveira Capella - Integrante / Samuel Rodrigues Felix - Integrante / Fabiane Borelli Grecco - Integrante / Laura Michelon - Integrante / Paula Diele Fonseca Lages - Integrante / Cristina gevehr Fernandes - Integrante / Jéssica Paola Salame - Integrante / Alana Hijano - Integrante / Silvia Ladeira - Integrante / Gefferson Fischer - Integrante / FÁBIO CLASEN CHAVES - Integrante.

  • 2016 - 2018

    Mensuração da interleucina-10 sérica de gatos com esporotricose, Descrição: Amplamente distribuída pelo mundo, a esporotricose é considerada a micose subcutânea mais frequente na América Latina, e é encontrada acometendo humanos, cães e, principalmente, gatos. Atualmente a doença é considerada endêmica no estado do Rio Janeiro, com uma dimensão praticamente inestimável, e bastante relatada no estado do Rio Grande do Sul, sendo a maioria dos casos zoonótica e decorrente do contato com felinos que também desenvolveram a doença. São escassos os trabalhos na literatura que discutem se há alguma particularidade imunológica que faz com que a doença seja mais intensa nos felinos domésticos que em outras espécies, sendo que nunca foram avaliadas as citocinas envolvidas nesse processo, evidenciando a necessidade de mais estudos acerca do assunto para elucidar a resposta imunológica do felino ao fungo. Dessa forma, torna-se necessário estudar os aspectos imunológicos do gato para elucidar a agressividade da doença nessa espécie, o que interfere diretamente no seu potencial como transmissor inter espécie e com o desenvolvimento de casos zoonóticos dessa morbidade no Brasil. Neste projeto serão estudados gatos (Felis catus) com lesões de pele compatíveis com esporotricose, a qual deverá ser confirmada por análise micológica ou por diagnóstico terapêutico; e gatos saudáveis (sem doenças clínicas aparentes) como grupo controle. A interleucina-10 sérica de todos os gatos será mensurada, bem como todos serão submetidos ao diagnóstico das retroviroses felinas. Os resultados obtidos serão comparados conforme a presença de esporotricose, a gravidade da doença, a apresentação clínica das lesões e a coinfecção pelos vírus da FIV e/ou da FeLV.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Eduardo Garcia Fontoura - Integrante / Anelize de Oliveira Campello Felix - Integrante / Márcia de Oliveira Nobre - Coordenador / Patricia Almeida Ferreira - Integrante / Sabrina de Oliveira Capella - Integrante / Samuel Rodrigues Felix - Integrante / Gustavo Forlani - Integrante / Laura Michelon - Integrante / Fernanda Dagmar Martins krug - Integrante / Mariane Osielki - Integrante / MARIO CARLOS DE ARAÚJO MEIRELES - Integrante / RENATA OSÓRIO DE FARIA - Integrante / ISABEL MARTINS MADRID - Integrante / CARLA DA SILVA CANIELLES - Integrante / FELIPE ROSA CUNHA - Integrante / JESSICA HELLEN BASTOS LAVADOURO - Integrante / MARTA ZIELKE - Integrante / THALANTY MAYARA GALLEGO - Integrante.

  • 2016 - 2018

    Avaliação toxicológica do extrato vegetal LCEO302, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Márcia de Oliveira Nobre em 27/02/2019., Descrição: A vasta flora brasileira estimula o interesse científico sobre o potencial de extratos oriundos de plantas culturalmente conhecidas como medicinais. Contudo a ideia difundida de que fitoterápicos são naturais e não causam danos à saúde resulta em uma falta de estudos toxicológicos em plantas medicinais. Essa análise independe dos resultados farmacológicos e é imprescindível para o uso seguro dos extratos vegetais que se conheça as informações toxicológicas de cada fitoterápico. Neste contexto, o extrato vegetal LCEO 302 é descrito pelo nosso grupo de pesquisa como alternativa promissora aos tratamentos farmacológicos tradicionais. Assim, seguindo as recomendações da Agencia Nacional de Vigilância Sanitária, propõe-se determinar os possíveis efeitos adversos do extrato vegetal LCEO 302, através de ensaios toxicológicos de curta e longa duração, além de ensaio de sensibilidade ocular. Permitindo assim o desenvolvimento de um produto fitoterápico aplicável na rotina clínica veterinária.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Eduardo Garcia Fontoura - Integrante / Anelize de Oliveira Campello Felix - Integrante / Márcia de Oliveira Nobre - Coordenador / Rogério Antônio Freitag - Integrante / Sabrina de Oliveira Capella - Integrante / Gustavo Forlani - Integrante / Laura Michelon - Integrante / Paula Diele Fonseca Lages - Integrante / CARLA DA SILVA CANIELLES - Integrante / FÁBIO CLASEN CHAVES - Integrante / MARTHA BRAVO CRUZ PIÑEIRO - Integrante / MARCOS ANTONIO ANCIUTI - Integrante / ARTHUR DE LIMA ESPINOSA - Integrante / Milena Cleff de Oliveira - Integrante.

  • 2016 - 2018

    Ensaio clínico da atividade cicatricial de extrato vegetal para o tratamento de lesões cutâneas em pequenos animais, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Márcia de Oliveira Nobre em 27/02/2019., Descrição: O presente projeto tem como objetivo avaliar a ação cicatrizante de um produto experimental a base de extratos vegetal. Serão acompanhados casos de lesões cutâneas abertas em pequenos animais atendidos no hospital de clínicas veterinárias ? UFPel. Os animais receberão o atendimento básico necessário, como anamnese, exame clínico geral e exames complementares, para cada caso. Estabelecendo as diretrizes do tratamento geral de cada caso, os pacientes receberão quando necessário tratamento anti-inflamatório e de analgesia. As lesões cutâneas serão limpas com solução fisiológica. Os animais serão divididos em quatro grupos dos respectivos tratamento, produto cicatrizante amplamente utilizado na rotina veterinária, produto a base do extrato vegetal LCEO302 e produto a base de LCEO 302 e LCEA 201 com e sem conservantes. Logo se dará início ao tratamento com aplicação diária do tratamento proposto, de forma que cubra toda a superfície da lesão e confecção de curativo. Serão realizadas avaliações clínicas quanto a presença/ausência de exsudato, crosta e epitelização. O processo cicatricial também será classificado em normotrófico ou hipertrófico após a completa epitelização. Além disso será efetuado registro fotográfico das lesões para determinar a área da lesão em mm2. Estás avaliações serão executadas duas vezes por semana, até a total reepitelização do tecido cutâneo.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Eduardo Garcia Fontoura - Integrante / Márcia de Oliveira Nobre - Coordenador / Rogério Antônio Freitag - Integrante / Patricia Almeida Ferreira - Integrante / Mariana Teixeira Tillmann - Integrante / Sabrina de Oliveira Capella - Integrante / Laura Michelon - Integrante / Fernanda Dagmar Martins krug - Integrante / Cristina gevehr Fernandes - Integrante / CARLA DA SILVA CANIELLES - Integrante / FELIPE ROSA CUNHA - Integrante / JESSICA HELLEN BASTOS LAVADOURO - Integrante / FÁBIO CLASEN CHAVES - Integrante / CAROLINA DA FONSECA SAPIN - Integrante / MARTHA BRAVO CRUZ PIÑEIRO - Integrante / MARCOS ANTONIO ANCIUTI - Integrante / ARTHUR DE LIMA ESPINOSA - Integrante / Milena Cleff de Oliveira - Integrante / Renato vianna - Integrante / Márcio Brito - Integrante.

  • 2016 - 2017

    Obesidade Felina: Avaliação Metabólica e Estresse Oxidativo, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Márcia de Oliveira Nobre em 27/02/2019., Descrição: Neste estudo serão incluídos cinqüenta gatos oriundos de amostras de conveniências através de consulta clinica no Hospital de Clínicas Veterinárias da Universidade Federal de Pelotas (HCV/UFPEL) e em clinicas veterinárias particulares do município de Pelotas/RS e região, independente de raça, sexo e idade, que não apresentem doenças por um período de seis meses e sejam alimentados com ração. Condições de prenhez, histórico de doença crônica, tratamento ou convalescença serão consideradas como critério de exclusão. Todos animais incluídos no estudo deverão ser submetidos a avaliação clínica geral para verificação dos parâmetros de temperatura, freqüência cardíaca, freqüência respiratória, hidratação, exame clinico geral. Também serão pesados e medidos, e estes parâmetros serão analisados a partir da classificação determinada por HAWTHORNE et al. (2005), que descreve uma medição com fita métrica da patela ao calcâneo e da circunferência torácica dos animais.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Eduardo Garcia Fontoura - Integrante / Márcia de Oliveira Nobre - Coordenador / Patricia Almeida Ferreira - Integrante / Mariana Teixeira Tillmann - Integrante / Sabrina de Oliveira Capella - Integrante / Gustavo Forlani - Integrante / Laura Michelon - Integrante / Paula Diele Fonseca Lages - Integrante / CARLA DA SILVA CANIELLES - Integrante / FELIPE ROSA CUNHA - Integrante / JESSICA HELLEN BASTOS LAVADOURO - Integrante / MARTA ZIELKE - Integrante / CAROLINA DA FONSECA SAPIN - Integrante / ANTONIO SERGIO VARELA JUNIOR - Integrante.

  • 2015 - 2017

    Efeito de extratos vegetais como adjuvantes na terapia antineoplásica, Descrição: Os tumores mamários representam um problema de largo impacto na medicina veterinária e humana. Cada vez surgem mais evidências sobre os benefícios da associação da quimioterapia no combate a diversos tipos de neoplasias, principalmente devido a essas medicações atenuarem a proliferação de células neoplásicas, reduzirem o potencial metastático, aumentando assim a sobrevida desses pacientes. Entre os fármacos utilizados destaca-se a Carboplatina utilizado em diversos protocolos quimioterápicos, porém apresenta diversos efeitos colaterais. O organismo humano e animal possui vários mecanismos capazes de minimizar estes efeitos. Dentre eles, encontram-se a Capacidade Antioxidante Total e a enzima Paraoxanase, que atuam reduzindo as lesões causadas pelos radicais livres no organismo. O uso de substâncias consideradas antioxidantes vem sendo uma alternativa para o combate ao estresse oxidativo. A utilização de extratos vegetais tem aumentado muito nos últimos tempos, sendo uma opção barata e de fácil acesso pela população. Dentre os extratos com potencial antioxidante, escolhemos trabalhar com o Triticum aestivum, o Hibuiscus rosa-sinensis e a Waltheria douradinha. Estes foram escolhidos para este estudo pois, além de haverem relatos na literatura de apresentarem a ação desejada, são comuns na nossa região e de fácil aquisição. O objetivo deste estudo é Determinar as alterações relacionadas ao estresse oxidativo, parâmetros hematológicos e bioquímicos decorrentes do protocolo monoquimioterápico com Carboplatina em modelo biológico (ratos Wistar), bem como a atuação dos extratos de Triticum aestivum; Hibiscus rosa-sinensis e Waltheria douradinha frente a essas alterações. Para isso, serão conduzidos estudos com animais recebendo quimioterápico e algum extrato e outros recebendo apenas placebo. Serão avaliadas as funções renal e hepática, hemograma completo, além de marcadores de estresse oxidativo (CAT, PON1 e TBARS). Serão analisados histopatologicamente diversos órgãos à procura de possíveis lesões causadas pelo quimioterápico. Espera-se, ao final do experimento, que possamos estimular o uso de extratos vegetais como terapia adjuvante no tratamento do câncer de mama e às metástases por ele causadas, minimizando as lesões causadas às células por danos oxidativos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Eduardo Garcia Fontoura - Integrante / Márcia Oliveira Nobre - Coordenador / Samuel Rodrigues Felix - Integrante / Gustavo Forlani - Integrante / Mariana Pereira Martins - Integrante / Laura Michelon - Integrante / Sergiane Baes Pereira - Integrante.

  • 2015 - 2016

    Avaliação de um produto experimental na cicatrização de feridas cutâneas em modelo experimental, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Márcia de Oliveira Nobre em 26/04/2016., Descrição: Serão utilizados 189 ratos (rattus novergicus), machos, divididos aleatoriamente em grupos de tratamento: grupo experimental PDP Ciclo P19, grupo controle positivo e grupo controle negativo de acordo com o período experimental (quatro, sete, 14, 21 e 40 dias). Os animais serão submetidos a anestesia para realização do procedimento cirúrgico, e confecção de feridas, contaminadas e não contaminadas. Os animais com feridas não contaminadas serão tratados imediatamente a confecção das lesões, enquanto as outras receberão primeiramente a inoculação na superfície da lesão de Staphylococcus aureus em escala 3 de MacFarland e o tratamento iniciará 24h após a inoculação. Diariamente todas as feridas, serão cobertas com 0,1mL do tratamento correspondente a cada grupo. Ao final de cada período experimental (4,7,14,21 e 40) os animais serão anestesiados e eutanasiados, sendo coletados sangue para análises bioquímicas de metabolismo hepático e renal. Também serão coletadas as amostras de pele, rins e fígado para avaliações histopatológicas. Além disso, também serão coletadas amostras de pele aos 21 e 40 dias para análise de resistência cicatricial. Amostras de pele serão coletadas dos grupos de feridas contaminadas para avaliação da ação antimicrobiana.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Eduardo Garcia Fontoura - Integrante / Márcia de Oliveira Nobre - Coordenador / Patricia Almeida Ferreira - Integrante / Mariana Teixeira Tillmann - Integrante / Sabrina de Oliveira Capella - Integrante / Samuel Rodrigues Felix - Integrante / Laura Michelon - Integrante / Sergiane Baes Pereira - Integrante / Fernanda Dagmar Martins krug - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Atividade Assistida por Animais: Os Efeitos para os Humanos e Cães Terapêutas, Descrição: Os programas de Terapia Assistida por Animais como de Atividade Assistida por Animais tem sido eficaz para diferentes deficiências e problemas de desenvolvimento, como paralisia cerebral, Síndrome de Down, distúrbios de comportamento, autismo, esquizofrenia e psicoses; comprometimentos emocionais, deficiências visual e/ou auditiva, distúrbio de atenção, de aprendizagem, de percepção, de comunicação e de linguagem, de hiperatividade, além de problemas como insônia e estresse. Os benefícios nos pacientes submetidos a estes programas podem ser físicos, sociais e psicológicos, tais como: inibição da dor, estímulo à memória, de comunicação, segurança, confiança, socialização, motivação, aprendizagem, diminuição da solidão e a ansiedade, recuperação da autoestima, desenvolvimento de sentimentos de compaixão, estimulo a prática de exercícios, entre outros. A presente pesquisa busca identificar os efeitos para os seres humanos e cães submetidos à Atividade Assistida por Animais em cinco diferentes tipos de populações, ou seja, crianças com comprometimento neurológico, adultos com comprometimento neurológico, adultos com transtornos mentais internados em instituição psiquiátrica, adultos portadores de sofrimento mental moradores da Pensão Assistida e crianças internadas em hospital geral. Tal atividade baseia-se no uso de animais chamados co-terapeutas, os quais devem apresentar boa saúde física e mental visando ao bem-estar do animal e à segurança do paciente assistido. Este estudo também norteará os efeitos desta prática sobre os cães terapeutas, através de uma avaliação mais objetiva possível, e o conhecimento do real grau de estresse que a atividade de AAA possa vir a diminuir nas pessoas assistidas e nos cães. As atividades serão realizadas de forma específica em cada local atendido e orientada pela equipe de profissionais envolvidos no projeto como psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, enfermeiros e educadores, entre outros. Com a utilização dos cães como mediadores para o desenvolvimento de afetividade, interação social, lazer. educação e minimizadoras de estresse. Os resultados seão avaliados de forma individual em cada atividade.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Eduardo Garcia Fontoura - Integrante / Márcia Oliveira Nobre - Coordenador / Mariana Teixeira Tillmann - Integrante / Sabrina de Oliveira Capella - Integrante / Laura Michelon - Integrante / Maria Teresa Duarte Nogueira - Integrante / Fernanda Dagmar Martins krug - Integrante / Paula Diele Fonseca Lages - Integrante.

  • 2014 - 2016

    Ensaio de toxicidade aguda e de longa duração dos extratos de andiroba (Carapa guianensis), copaíba (Copaifera spp.), trigo (Triticum aestivum), hibisco (Hibiscus rosa-sinensis), douradinha do campo (Waltheria douradinha) e carrapicho (Xanthium cavanilles, Descrição: Os produtos isolados de plantas compõem uma vasta gama de compostos orgânicos naturais, produtos do metabolismo primário e secundário, que podem exercer efeitos benéficos ou maléficos sobre o organismo. Ainda assim, a população em geral adere á ideia errônea de que produtos fitoterápicos, por serem naturais, são isentos de efeitos tóxicos ou adversos. Com isso, estudos toxicológicos são essenciais para garantir o uso seguro de fitoterápicos para promoção da saúde. De acordo com a ANVISA, deve-se submete-los a testes de toxicidade aguda e toxicidade de doses repetidas através dos métodos recomendados pela legislação vigente do país, sendo as informações toxicológicas obtidas através da realização de pesquisas em animais experimentais previamente padronizadas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Eduardo Garcia Fontoura - Integrante / Anelize de Oliveira Campello Felix - Integrante / Márcia de Oliveira Nobre - Coordenador / Rogério Antônio Freitag - Integrante / Ciciane Pereira Marten Fernandes - Integrante / Patricia Almeida Ferreira - Integrante / Mariana Teixeira Tillmann - Integrante / Sabrina de Oliveira Capella - Integrante / Thiago Vaz Lopes - Integrante / Samuel Rodrigues Felix - Integrante / Gustavo Forlani - Integrante.

  • 2014 - Atual

    Determinação de fatores de risco associados a soro-reatividade para leptospirose animal através de estudos de coorte e incidência e seu impacto em saúde pública, Descrição: A leptospirose é uma doença de distribuição mundial com ocorrência em humanos estimada em mais de 500.000 casos por ano. A leptospirose canina possui sintomatologia similar à leptospirose humana, como icterícia, mialgia, êmese e morte. De acordo com a doença clínica e o sorovar causador, são descritas quatro síndromes associadas à leptospirose canina: ictérica, urêmica, hemorrágica e reprodutiva. Além de sofrer a moléstia, cães são importantes transmissores da doença para humanos em zonas urbanas, estando atrás apenas dos roedores nessa função. Sendo assim, o conhecimento epidemiológico da doença nestes animais pode ser de grande valia, não só pra controlar a leptospirose canina, mas também do ponto de vista da saúde pública. Neste projeto propomos um estudo de coorte retrospectiva, o que permitirá, com apenas uma coleta, descrever fatores de risco associados à doença, bem como suas implicações em saúde pública. Para tanto, se incluirá no estudo, cães domiciliados da cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul, independente de raça, sexo ou idade. Será solicitado aos proprietários que assinem um termo de consentimento e respondam um questionário epidemiológico. Os cães serão submetidos à coleta de sangue e este será encaminhando ao laboratório, onde se realizará a separação do soro e seu armazenamento a -20 °C até que se procedam as análises. Para determinar a soro-reatividade contra leptospiras, os soros serão submetidos ao teste de aglutinação microscópica (MAT), realizado conforme recomendação da organização mundial da saúde (OMS). Os resultados dos ensaios laboratoriais serão cruzados com os dados epidemiológicos para revelar possíveis relações. Para análise estatística e busca de correlação será utilizado o programa Epi Info? 7, onde se avaliará as seguintes medidas de efeito dos fatores de risco: Risco relativo; risco atribuível; risco atribuível na população; fração atribuível na população; e razão de chance. A partir dos resultados obtidos espera-se determinar os principais fatores de risco associados à leptospirose canina na cidade de Pelotas. Da mesma forma, se determinará os sorovares mais prevalentes na cidade, bem como os mais importantes fatores para incidência da doença. Com isso, os resultados gerados nesse projeto vão auxiliar veterinários e agentes de saúde pública no controle da leptospirose animal e humana.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Eduardo Garcia Fontoura - Integrante / Anelize de Oliveira Campello Felix - Integrante / Márcia de Oliveira Nobre - Integrante / Samuel Rodrigues Felix - Coordenador / Odir Dellagostin - Integrante / Amilton Clair Pinto Seixas Neto - Integrante / Éverton Fagonde da Silva - Integrante.

  • 2014 - Atual

    Avaliação da Síndrome de Disfunção Cognitiva em Cães, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Márcia de Oliveira Nobre em 27/02/2019., Descrição: Serão abordados tutores de cães adultos/maduros através de um questionário observacional disponibilizado online. As questões foram adaptadas de OSELLA et al. (2007). Após o preenchimento do questionário, será realizado o somatório e atribuídas uma escala de valores que fornecerá um resultado de alteração ou não no comportamento do animal. Os cães que apresentarem alterações de comportamento e residirem na cidade de Pelotas ou região, serão convidados a participar da segunda fase do estudo que será realizada no HCV ? UFPel. Os animais serão avaliados através de exame clínico, exames laboratoriais e testes cognitivos para avaliar a memória e aprendizagem dos mesmos. A terceira fase consiste em avaliações histopatológicas dos cérebros de cães com idade a cima de 7 anos que vierem a óbito por morte natural, tanto aqueles avaliados anteriormente, como animais provenientes da rotina do HVC-UFPel ou de clínicas particulares com ou sem sinais de disfunção cognitiva. Os mesmos, serão encaminhados ao Departamento de Patologia Animal FV/UFPel, mediante termo de consentimento livre e esclarecido, com o objetivo de verificar alterações histopatológicas de disfunção cognitiva.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Eduardo Garcia Fontoura - Integrante / Márcia de Oliveira Nobre - Coordenador / Patricia Almeida Ferreira - Integrante / Mariana Teixeira Tillmann - Integrante / Sabrina de Oliveira Capella - Integrante / Gustavo Forlani - Integrante / Fabiane Borelli Grecco - Integrante / Laura Michelon - Integrante / Fernanda Dagmar Martins krug - Integrante / Paula Diele Fonseca Lages - Integrante / Cristina gevehr Fernandes - Integrante / Carmen Lúcia Ribeiro - Integrante / CARLA DA SILVA CANIELLES - Integrante / FELIPE ROSA CUNHA - Integrante / MARTA ZIELKE - Integrante / CAROLINA DA FONSECA SAPIN - Integrante / LIANNA FERNANDES DE CARVALHO - Integrante / MARTHA BRAVO CRUZ PIÑEIRO - Integrante.

  • 2013 - 2017

    Atividade cicatricial da Copaifera sp, Croton Lecheleri e Bixa Orellana L., Descrição: Os fitoterápicos são utilizados desde os tempos ancestrais para a cura de diversas enfermidades, sendo nesse período utilizado empiricamente. A vasta quantidade de plantas com propriedades farmacológicas disponível no Brasil estimula o interesse científico sobre o potencial destes compostos, sendo importante determinar a presença e intensidade desses nos extratos vegetais.O objetivo desse trabalho será avaliar o efeito cicatricial do óleo de copaíba (Copaifera sp), sangue de dragão (Croton lechleri) e do urucum (Bixa orellana L.). Para isso será obtido o extrato das plantas e realizada a avaliação cromatográfica dos constituintes majoritários de cada um dos fitoterápicos. Após serão realizadas feridas cutâneas em ratos Wistar e essas serão tratadas com os extratos dos fitoterápicos durante 21 dias. Aos 4, 7, 14 e 21 dias serão realizadas análises clinicas ( presença e ausência de crosta, tipo de exsudato e tecido de epitelização), planimetria digital, histopatológica e histológica de fibras colágenas e elásticas. Aos 21 dias além das avaliações já citadas serão realizadas análise tensiométrica e avaliação do metabolismo hepático e renal através de dosagens de alanina aminotransferase, aspartato aminotransferase, fosfatase alcalina, uréia e creatinina e estudo histopatológico dos órgãos. Espera-se que com o desenvolvimento do projeto seja caracterizado a composição química dos extratos vegetais identificando os compostos majoritários. Além da formação in vivo de tecido epitelial organizado de acordo com as fases da cicatrização, formando uma cicatriz resistente a tensão, normotrófica e nos padrões morfológicos estruturais da epiderme. Assim como a determinação do metabolismo hepático e renal desses animais.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Eduardo Garcia Fontoura - Integrante / Anelize de Oliveira Campello Felix - Integrante / Márcia de Oliveira Nobre - Coordenador / Ciciane Pereira Marten Fernandes - Integrante / Patricia Almeida Ferreira - Integrante / Mariana Teixeira Tillmann - Integrante.

  • 2013 - 2015

    Avaliação do metabolismo de carboidratos e lipídios de animais experimentais submetidos a dieta hipercalórica tratados com extrato de Hibiscus rosa-sinensis, Descrição: Descrição: A obesidade e o aumento dos ácidos graxos livres resultam na indução de estresse oxidativo, inflamação, reatividade vascular subnormal e resistência a insulina. A utilização do hibisco demonstrou atividade anti-diabética em humanos e resultados similares foram obtidos em ratos hiperglicêmicos. A obesidade é uma epidemia mundial e quanto antes tratarmos, menos danos ocorrerão ao organismo. O objetivo deste projeto é avaliar o metabolismo dos carboidratos e lipídios frente a dieta hipercalórica em animais experimentais, utilizando como tratamento o Hibiscus rosa-sinensis. Será realizado um experimento in vivo com 80 ratos; separados por dieta: normal ou hipercalórica, e novamente por tratamento: extrato aquoso de hibisco nas concentrações 125 (GI), 250 (GII), 500 (GIII) e 750 (GIV) mg/kg e solução fisiológica. Após 90 dias de tratamento, os animais serão eutanasiados e as amostras sanguíneas enviadas para análise bioquímica da função hepática, renal, metabolismo lipídico e glicídico. Os tecidos hepático, renal, muscular, pancreático e adiposo serão encaminhados para análise histopatológica e celular. O experimento in vitro utilizará tecido adiposo perilombar, proveniente dos animais experimentais. Esperamos caracterizar os componentes majoritários e bioativos do extrato aquoso do hibisco, definir as doses indicadas para obtenção do efeito desejado, demonstrar que ratos tratados apresentam menos alterações decorrentes da ingesta da dieta hipercalórica e descrever a atividade/expressão em receptores específicos celulares e de interesse. O projeto permitirá a divulgação dos resultados em periódicos internacionais e congressos, bem como o treinamento de alunos de iniciação cientifica e pós-graduação, compondo dissertações e teses.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Eduardo Garcia Fontoura - Integrante / Anelize de Oliveira Campello Felix - Integrante / Márcia de Oliveira Nobre - Coordenador / Patricia Almeida Ferreira - Integrante / Samuel Rodrigues Felix - Integrante.

  • 2012 - 2015

    Comportamento de neoplasmas mamários frente ao uso de antioxidantes, Descrição: Os tumores mamários são as neoplasias mais freqüentes em cadelas e têm sidorelacionados com uma alta percentagem de causa de morte em animais idosos. Os antioxidantes exercem papel fundamental na terapia adjuvante de pacientes oncológicos. O selênio já demonstrou boa capacidade como auxiliar no tratamento destes pacientes. A copaíba é utilizadaem larga escala para tratamento de feridas cutâneas, alergias, entre outros.Porém estudos comprovando suas propriedades ainda são escassos.Considerando estes aspectos, objetivou-se estudar o comportamento deneoplasmas mamários, induzidos quimicamente em modelos experimentais,utilizando o selênio e o óleo de copaíba como tratamento. Para isso serão realizados dois experimentos. O primeirocontará com 30 animais divididos em três grupos que serão divididosem três grupos, cada um com 10 animais. Os grupos experimentais serão tratados com selênio, óleo de copaíba ou NaCl 0,9%. Os tratamentos serão administrados por gavagem a cada dois dias, até a exérese tumoral. Após 60 dias do início do traramento será realizada indução tumoral utilizando N-Nitroso-N-methylurea (Isopac ; Sigma) por injeção intraperitoneal, nadose de 50mg/kg diluído em 1ml de solução salina 0,9%, com pH 5,0. Os animaisserão acompanhados sendo avaliado as formações tumorais, após 42 dias daindução tumoral será realizado PAAF (punção aspirativa por agulha fina) de todosos nódulos formados e o estadiamento tumoral. Em seguida será realizada a exérese tumoral onde será realizada análise histopatológica e imunohhistoquimica. A verificação das dosagens de marcadores moleculares séricos e estresse oxidativo serão realizadas nos dia da cirurgia (dia 0) e nos dias 30 e 60 pós-cirúrgicos, quando os animais serão eutanasiados e avaliado a formação de novos nódulos e metástases e estudo histopatológico. No segundo experimento os animais sofrerão indução tumoral e após a remoção cirúrgicaserão tratados com selênio, óleo de copaíba ou NaCl 0,9%, por 60 dias. Serão analisados as dosagens dos marcadores moleculares séricos e estresse oxidativo nos dias 0, 30 e 60, pós-cirurgia e no final do período experimental os animais serão eutanasiados para verificação e estudo de novos nódulos e metástases.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Eduardo Garcia Fontoura - Integrante / Anelize de Oliveira Campello Felix - Integrante / Márcia de Oliveira Nobre - Coordenador / Ciciane Pereira Marten Fernandes - Integrante / Patricia Almeida Ferreira - Integrante / Sabrina de Oliveira Capella - Integrante.

  • 2010 - 2012

    Tratamento da otite externa por Staphylococcus aureus com Rosmarinus officinalis e Triticum vulgare, Descrição: Estudos in vivo são necessários para avaliar as propriedades cicatrizantes, antissépticas e antiinflamatórias do Triticum vulgare e do Rosmarinus officinalis nos casos de otite externa, inicialmente em animais de laboratório, buscando resultados satisfatórios potencialmente aplicáveis para as espécies de animais domésticos e para o ser humano. Objetivo geral: Determinar a eficácia dos extratos vegetais no tratamento da otite externa em animais experimentais. Objetivos específicos: Determinar a Concentração Inibitória Mínima do Rosmarinus officinalis L. e Triticum vulgare frente a isolados de Staphylococcus aureus; Avaliar a eficácia do Rosmarinus officinalis L. e Triticum vulgare no tratamento da otite externa infecciosa e não infecciosa; Analisar a morfologia tecidual do meato acústico externo após o tratamento com Rosmarinus officinalis L e Triticum vulgare.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Eduardo Garcia Fontoura - Integrante / Eduardo Negri Mueller - Integrante / Márcia de Oliveira Nobre - Coordenador.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade da Região da Campanha, Fundação Átila Taborda. , Praça Presidente Getúlio Vargas, Centro, 97542570 - Alegrete, RS - Brasil, Telefone: (55) 96862202, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2014 - 2018

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Discente, Enquadramento Funcional: Doutorando, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Veterinária, Faculdade de Veterinária, Universidade Federal de Pelotas.

  • 2015 - 2016

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro Representante Discente da CEEA - UFPel

    Outras informações:
    Membro Representante Discente de Doutorado da Comissão de Ética em Experimentação Animal da Universidade Federal de Pelotas.

  • 2012 - 2014

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Mestrando, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Programa de Pós-Graduação em Veterinária da Universidade Federal de Pelotas.

  • 2010 - 2010

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitoria, Carga horária: 10

    Outras informações:
    Bolsista do Programa de Bolsas de Graduação na Disciplina de Imunologia Veterinária do Departamento de Veterinária Preventiva, Faculdade de Veterinária da Universidade Federal de Pelotas.

  • 2008 - 2008

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador, Carga horária: 10

    Outras informações:
    Etapa de avaliação biológica do projeto "Desenvolvimento e avaliação de alimentos funcionais"

    Atividades

    • 03/2012

      Extensão universitária , Faculdade de veterinária, .,Atividade de extensão realizada, Zooterapia: Cães como auxiliares na reabilitação de pessoas com necessidades especiais..

    • 03/2012

      Extensão universitária , Faculdade de veterinária, .,Atividade de extensão realizada, ClinPet - Grupo de Pesquisa, Ensino e Extensão em Clínica de Pequenos Animais..

    • 09/2015 - 10/2015

      Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Clínica Médica de Pequenos Animais - Doenças do trato respiratório inferior de pequenos animais

    • 05/2015 - 06/2015

      Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Clínica Médica de Pequenos Animais - Doenças do trato respiratório inferior de pequenos animais

    • 03/2015 - 06/2015

      Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Semiologia - Exame clínico específico do sistema cardiovascular de pequenos animais, Semiologia - Exame clínico específico do sistema digestório de pequenos animais, Semiologia - Exame clínico específico do sistema respiratório de pequenos animais , Semiologia - Exame clínico específico do sistema urinário e genital de pequenos animais, Semiologia - Introdução a semiologia e exame clínico geral

    • 08/2014 - 09/2014

      Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Clínica Médica de Pequenos Animais - Doenças do trato respiratório inferior de pequenos animais

    • 05/2014 - 06/2014

      Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Clínica Médica de Pequenos Animais - Doenças do trato respiratório inferior de pequenos animais

    • 10/2013 - 11/2013

      Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Disciplina de Semiologia - Introdução a semiologia e exame clínico geral de pequenos animais; Exame clínico específico do sistema digestório de pequenos animais (6 horas)

    • 05/2013 - 08/2013

      Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Clínica Médica de Pequenos Animais I (0510022) - Dermatopatias Alérgicas em Pequenos Animais (2 horas)., Clínica Médica de Pequenos Animais I (0510022) - Pneumonia Viral em Cães (2 horas)., Clínica Médica de Pequenos Animais I (0510022) - Otopatias em Pequenos Animais (2 horas)., Clínica Médica de Pequenos Animais I (0510022) - Distúrbios do Trato Digestório de Pequenos Animais (2 horas).

    • 05/2013 - 08/2013

      Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Disciplina ministrada -Clínica Médica de pequenos Animais I (0510022) - Doenças do Trato Respiratório Inferior de Pequenos Animais (4h).

    • 08/2012 - 01/2013

      Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Clínica Médica de Pequenos Animais I (0510022) - Bronquite Alérgica Felina (2 horas)., Clínica Médica de Pequenos Animais I (0510022) - Doenças do Trato Urinário Inferior dos Felinos (2 horas)., Clínica Médica de Pequenos Animais I (0510022) - Neoplasmas Mamários em Pequenos Animais (2 horas)., Clínica Médica de pequenos Animais I (0510022) - Otopatias em Pequenos Animais (2 horas).

    • 08/2012 - 01/2013

      Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Clínica Médica de Pequenos Animais I (0510022) - Doenças do Trato Respiratório Inferior de Pequenos Animais (4 horas).

    • 01/2012 - 07/2012

      Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Clínica Médica de Pequenos Animais I (0510022) - Otopatias em Pequenos Animais (2 horas)., Clínica Médica de Pequenos Animais I (0510022) - Enterite Canina por Parvovírus (2 horas).

  • 2011 - 2011

    Universidade Estadual de Londrina

    Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário

    Outras informações:
    Nesta instituição foi realizado o estágio curricular supervisionado, sob orientação do Médico Veterinário Prof. Dr.Pedro Luiz de Camargo. Durante este período foi acompanhada toda rotina clínica do Hospital Veterinário de Pequenos Animais..

  • 2019 - Atual

    Universidade da Região da Campanha

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Vice-presidente, Carga horária: 4

    Outras informações:
    Vice-presidente da Comissão de Ética no Uso de Animais da Universidade da Região da Campanha

  • 2018 - Atual

    Universidade da Região da Campanha

    Vínculo: Membro componente, Enquadramento Funcional: Membro do Núcleo Docente Estruturante, Carga horária: 1

  • 2016 - Atual

    Universidade da Região da Campanha

    Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 39

  • 2016 - 2019

    Universidade da Região da Campanha

    Vínculo: Componente, Enquadramento Funcional: Membro componente, Carga horária: 2

    Outras informações:
    Membro componente da Comissão de Ética no Uso de Animais

    Atividades

    • 06/2018

      Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Clínica de Pequenos Animais - 685

    • 06/2017

      Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Imunologia - 296046

    • 01/2017

      Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Parasitologia Animal - 261604

    • 01/2017

      Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Microbiologia Veterinária - 261607

    • 07/2016

      Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, 261488 - Fisiologia Animal

    • 07/2016

      Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, 670 - Epidemiologia

    • 07/2016

      Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, 656 - Doenças Parasitárias

    • 01/2017 - 12/2017

      Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Toxicologia Animal - 677

    • 07/2016 - 01/2017

      Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, 261485 - Histologia Animal

    • 06/2016 - 01/2017

      Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, 261351 - Histologia Básica

    • 06/2016 - 01/2017

      Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, 1653 - Farmacologia Veterinária

    • 06/2016 - 01/2017

      Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, 1702 - Anestesiologia veterinária