Samanta Tolentino Cecconello

Tecnóloga em Saneamento Ambiental formada pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Pelotas e mestre em Desenvolvimento Territorial e Sistemas Agroindustriais pela UFPel. Atualmente é docente dos Cursos Superiores de Tecnologia em Gestão e Saneamento Ambiental do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense, Câmpus Pelotas e atua nos grupos de pesquisa: Tecnologias Ambientais (IFSul) e Ecologia de Paisagem Costeira (FURG). Possui experiência nas linhas de pesquisas: obras e redes de saneamento, esgotamento sanitário, sensoriamento remoto, análises ambientais com uso de geoprocessamento, gestão de recursos hídricos e modelagem da qualidade da água.

Informações coletadas do Lattes em 03/06/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Ciências Ambientais

2017 - 2019

Universidade Federal de Pelotas
Título: Análise e Mapeamento da Fragilidade Ambiental para o município de Pelotas/RS,Ano de Obtenção: 2019
Diuliana Leandro.

Mestrado em Desenvolvimento Territorial e Sistemas Agroindustriais

2015 - 2017

Universidade Federal de Pelotas
Título: Análise ambiental dos processos dinâmicos do uso e cobertura da terra sobre as áreas de preservação permanente no município de Pelotas entre os anos de 1985 e 2015.,Ano de Obtenção: 2017
Robson Andreazza.Coorientador: Rogério Campos; Maurízio Quadro.

Especialização em Saneamento Ambiental

2012 - 2014

AVM EDUCACIONAL LTDA.
Título: Monitoramento das características bacteriológicas das águas de poços rasos na Colônia Santa Eulália, 5º distrito do município de Pelotas-RS.
Orientador: Eliana Fortis Silveira Anjos

Graduação em Tecnologia em Saneamento Ambiental

2004 - 2008

Centro federal de Educacao tecnológica de pelotas
Título: Aplicação de Resíduo Industrial como Fertilizante Orgânico.
Orientador: Prof. Dr. Jocelito Saccol de Sá.

Curso técnico/profissionalizante

2000 - 2003

Centro federal de Educacao tecnológica de pelotas

Ensino Médio (2º grau)

1999 - 2002

Centro federal de Educacao tecnológica de pelotas

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2018 - 2018

Planejamento, Manejo e Gestão de Bacias. (Carga horária: 40h). , Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.

2018 - 2018

Outorga do Direito de Uso dos Recursos Hídricos,. (Carga horária: 20h). , Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.

2018 - 2018

Monitoramento da Qualidade da Água de Rios e Reservatórios. (Carga horária: 40h). , Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.

2018 - 2018

Qualidade da Água em Reservatórios. (Carga horária: 60h). , Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.

2018 - 2018

Cobrança pelo Uso dos Recursos Hídricos. (Carga horária: 30h). , Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.

2018 - 2018

Gestão Territorial para Recursos Hídricos com Software Livre de Código Aber. (Carga horária: 40h). , Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.

2018 - 2018

Medindo as Águas do Brasil ? Noções de Plu e Fluviometria. (Carga horária: 10h). , Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.

2018 - 2018

Hidrologia Geral,. (Carga horária: 40h). , Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.

2018 - 2018

Manejo fluvial sustentável: conceito de conectividade e hidrossistemas fluv. (Carga horária: 1h). , Editora Oficina de Textos, OFICINA DE TEXTO, Brasil.

2016 - 2016

Educação Patrimonial: Relação entre teoria e prática. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2016 - 2016

Introdução às Técnicas Multivariadas e suas Aplicações. (Carga horária: 15h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2016 - 2016

Curso de Capacitação para o Cadastro Ambiental Rural (CAR). (Carga horária: 40h). , Universidade Federal de Lavras, UFLA, Brasil.

2015 - 2015

Monitoramento da Qualidade da Água. (Carga horária: 40h). , Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.

2015 - 2015

Codificação de Bacias pelo Método Otto Pfafstetter. (Carga horária: 20h). , Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.

2015 - 2015

Quimiometria: Planejamento de Técnicas Experimentais. (Carga horária: 12h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2013 - 2013

Estradas Municipais. (Carga horária: 14h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2012 - 2012

Outorga de Direito de uso de Recusrsos Hídricos. (Carga horária: 10h). , Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.

2012 - 2012

Outorga de Direito de uso de Recusrsos Hídricos. (Carga horária: 10h). , Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.

2012 - 2012

Inglês Pre Intermediate. (Carga horária: 54h). , You and Me Language Center, YOU AND ME, Brasil.

2012 - 2012

Inglês Básico. (Carga horária: 54h). , You and Me Language Center, YOU AND ME, Brasil.

2012 - 2012

Workshop de pesquisa científica em Agricultura Fam. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2011 - 2011

Capacitação em Recursos Hídricos.. (Carga horária: 120h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2011 - 2011

Capacitação ATER Manejo e Conservação dos Solos. (Carga horária: 88h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2011 - 2011

Curso de Espanhol Básico I. (Carga horária: 80h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2010 - 2010

Licenciamento Ambiental. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2009 - 2009

Técnicas de coleta e preservação de amostras. (Carga horária: 4h). , Laborquímica Laboratório de Análises Químicas LTDA, LABORQUÍMICA, Brasil.

2008 - 2008

Formação de Técnicos para melhoria do solo.. (Carga horária: 20h). , Universidade Católica de Pelotas, UCPEL, Brasil.

2007 - 2007

Fundamentos teóricos, operação e controle de Lodos. (Carga horária: 20h). , ECOSYSTEMAS - Consultoria Claas Maia LTDA., ECOSYSTEMAS, Brasil.

2007 - 2007

Prevenção de Acidentes e Doença do Trabalho.. (Carga horária: 20h). , SESI - Departamento Regional do Estado do Rio Grande do Sul, SESI-DRRS, Brasil.

2004 - 2004

Prevenção de Acidentes e Doença do Trabalho.. (Carga horária: 20h). , SESI - Departamento Regional do Estado do Rio Grande do Sul, SESI-DRRS, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária / Subárea: Recursos Hídricos.

    Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geoprocessamento.

    Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Sensoriamento Remoto..

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária / Subárea: Obras e Redes de abastecimento de água e esgotamento sanitário.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária / Subárea: Qualidade do Ar, das Águas e do Solo.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária / Subárea: Ciências Ambientais.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

CECCONELLO, S. T. . Barragem Santa Bárbara. 2012. (Outro).

CECCONELLO, S. T. ; SA, J. S. . Feira Internacional de Tecnologia para o Meio Ambiente. 2012. (Outro).

CECCONELLO, S. T. ; ALMEIDA, G. R. . Fórum CICB de Sustentabilidade. 2012. (Outro).

CECCONELLO, S. T. ; ALMEIDA, G. R. . Departamento Municipal de Água e Esgoto de Porto Alegre. 2012. (Outro).

CECCONELLO, S. T. . Visita técnica Estação de Tratamento de Efluentes Domésticos ETE Laranjal. 2012. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

1°Congresso Brasileiro de Geotecnologias para o Meio Ambiente (CBGEO). 2018. (Congresso).

10º Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental.AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DA ÁGUA ORIUNDA DE FONTES INDIVIDUAIS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA NA ZONA RURAL DO MUNICÍPIO DE PELOTAS-RS. 2016. (Simpósio).

III Seminário do Programa de Pós-Graduação em Geografia/UFPel: ?A Geografia frente ao atual cenário Político, Socioambiental e Educacional brasileiro?.. 2016. (Seminário).

9º Simpósio Sul-rio-grandense de Professores de Ciências e Matemáticatica. 2013. (Simpósio).

A Responsabilidade dos Municípios na Política Nacional de Resíduos Sólidos. 2013. (Seminário).

Curso Estradas Municipais. 2013. (Outra).

Fórum de políticas Públicas na educação Básica.Estudos de Educação Ambiental. 2013. (Outra).

8º Simpósio Sul-Rio-Grandense de professores de Ciências e Ma Matemática. 2012. (Simpósio).

Curso Outorga de direito de uso de recursos hídricos. 2012. (Outra).

I Workshop de pesquisa científica em Agricultura Familiar. 2012. (Encontro).

Capacitação de Agentes de ATER em Manejo Sustentável e Conservação dos Solo e da Água.. 2011. (Outra).

Capacitação e Difusão em Conhecimentos e práticas em Recursos Hídricos. 2011. (Outra).

Curso Saneamento Básico Rural.Panorama do Saneamento Básico e do Tratamento de Água no Meio Rural.. 2011. (Encontro).

Curso de Licenciamento Ambiental. 2010. (Outra).

I Semana Acadêmica do Curso Superior de Tecnologia em Agroindústria.Tratamento de Efluentes.. 2010. (Outra).

Minicurso "Noções Básicas sobre Emissões Atmosféricas". 2010. (Oficina).

Minicurso "Uso de Resíduos Orgânicos na Agricultura". 2010. (Oficina).

Treinamento de "Boas Práticas de Fabricação". 2010. (Outra).

V Semana Acadêmica de Tecnologia Ambiental. 2010. (Outra).

Curso "Técnica de coleta e preservação de amostras de efluentes industriais". 2009. (Outra).

V Seminário de Estudos Urbanos Regionais e III Colóquio Internacional sobre Comércio e Consumo Urbano. 2009. (Simpósio).

Curso Básico II - Formação de Técnicos para melhoria da Qualidade do Solo em Países em vias de Desenvolvimento. 2008. (Outra).

Terceira Semana Acadêmica de Pelotas. 2008. (Outra).

Treinamento para colaboradores.Resíduos Sólidos Industriais. 2008. (Outra).

Treinamento para colaboradores.Impactos Ambientais na Indústria de Alimentos. 2008. (Outra).

VIII Semana do Meio Ambiente da Agronomia. 2008. (Outra).

Prevenção de Acidentes e Doenças do Trabalho. 2007. (Outra).

Princípios Teóricos Fundamentais, Operação e Controle de Sistemas de Lodos Ativados. 2007. (Outra).

Simpósio Gaúcho de Tecnologia em Gestão Ambiental. 2007. (Simpósio).

X Semana Acadêmica de Engenharia de Alimentos.Tratamento de Efluentes na Indústria de Alimentos. 2007. (Outra).

Cilco de Palestra de Química. 2006. (Outra).

VI Semana do Meio Ambiente da Agronomia.Tratamento de Efluentes da Agroindústria. 2006. (Outra).

IV Semana Acadêmica dos Cursos de Bacharelado em Química Ambiental e Licenciatura em Química. 2005. (Outra).

Prevenção de Acidentes/Doenças do Trabalho. 2004. (Outra).

2ª Semana Acadêmica de Tecnologia Ambiental. 2003. (Outra).

Minicurso " Erosão" - Cláudia Almeida Teixeira. 2003. (Oficina).

Minicurso " Polêmica sobre trangênicos" - Adriana Menezes. 2003. (Oficina).

Minicurso "Reciclagem de Resíduos Sólidos para a produção de materiais de construção" - Marisa Potter. 2003. (Oficina).

Minicurso " Valores e atitudes relacionadas à educação ambiental" - Maurício Vieira e Giane Bohm. 2003. (Encontro).

VI Semana de Química. 2002. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Marcela Reinhardt Bender

BENDER, M. R.; CRUZ, J. A. W.;CECCONELLO, S. T.; ESTRELA, C. C.. DINÂMICA FLUVIAL EM DUAS MICROBACIAS HIDROGRÁFICAS CONTRASTANTES QUANTO AO ESTADO DA MATA CILIAR NAS ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em PÓS-GRADUAÇÃO EM CONSULTORIA E LICENCIAMENTO AMBIENTAL) - Universidade Católica de Pelotas.

Aluno: Vania Maria Brenner

LIMA, E. P. P.;CECCONELLO, S. T.; HARTWIG, M. P.. A produção de oliva e o processamento de azeite extra virgem na metade sul do Rio Grande do Sul: o desafio de transformar o resíduo da agroindústria em coproduto rentável.. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Gestão Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense.

Aluno: Lidiane Bastos Dorneles

SA, J. S.; CARDOSO, S. S.;CECCONELLO, S. T.; GALLI, R.. Bancada didática para monitoramento hidráulico de bombas centrífugas, utilizando sensores analógicos-digitais acionados por microcontroladores de programação livre Arduíno. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Saneamento Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense.

Aluno: Natália Golin

VIEIRA, B. M.;CECCONELLO, S. T.; ROMANI, R. F.. Avaliação da eficiência do método SODIS na desinfecção da água para consumo humano em Pelotas-RS. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Eduardo Medeiros de Medeiros

HARTWIG, M. P.; PINTO, J. R.;CECCONELLO, S. T.; GERBER, M. D.. Análise da adequabilidade do Câmpus Pelotas- Visconde da Graça aos ditames do novo código florestal. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Gestão Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense.

Aluno: Denise dos Santos Vieira

CECCONELLO, S. T.; CASTRO, A. S.;LEANDRO, D.; CORREA, L. B.. Diagnóstico, localização, mapeamento das bocas de lobo e análise dos resíduos sólidos urbanos das bocas de lobo da Avenida Saldanha Marinho, Pelotas/RS. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Fernanda Wickboldt stark

SA, J. S.; FABIAO, B. R.;CECCONELLO, S. T.; SCHIAVON, G. N.. Implantação de um sistema de tratamento de esgoto doméstico por meio de raízes. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Saneamento Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense.

Aluno: John Kelvin dos Santos

CECCONELLO, S. T.; PINTO, A. M. T. P.; MILANI, I. C. B.. Avaliação da qualidade da água consumida em uma instituição de ensino no município de Pelotas, como ferramenta de gestão. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Hídrica) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Mayara Zanchin

LEANDRO, D.CECCONELLO, S. T.ANDREAZZA, R.. Modelagem para Estimativa da Perda de Solo através de Técnicas de Geoprocessamento no Município de São Lourenço do Sul/RS. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Iulli Pittone Caroso

CAROSO, I. P.; MILANI, I. C. B.;CECCONELLO, S. T.; SOUZA, M.; PRIEBE, P.. Águas subterrâneas utilizadas no município de Jaguarão-RS. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Hídrica) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Priscila Maltzahn Wille

WILLE, P. M.; SANTOS, M. K.; OTTO, I. M.;CECCONELLO, S. T.; LIMA, E. P. P.. Estudo preliminar para identificação da viabilidade de transformação de resíduos orgânicos de restaurantes em ração para cães. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Gestão Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense.

Aluno: Bethânia Bersch Schellin

SCHELLIN, B. B.;SA, J. S.; FABIAO, B. R.;CECCONELLO, S. T.; HOLZ, F. P.. Análise das condições de potabilidade da água de poços rasos na zona rural do município de Canguçu-RS. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Gestão Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense.

Aluno: Diógenes Silva da Rosa

ROSA, D. S.; HARTWIG, M. P.;CECCONELLO, S. T.; FABIAO, B. R.. As alterações ambientais na ocupação territorial da cidade de Pelotas/RS desde sua formação: Área urbana da bacia hidrográfica do Arroio Santa Bárbara.. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Saneamento Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense.

Aluno: Janaína Novicki Obadowski

ARSAND, D. R.; GERBER, M. D.;SA, J. S.CECCONELLO, S. T.. Estimativa da geração de biogás através da digestão anaeróbia de resíduos sólidos provenientes de restaurante industrial. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Saneamento Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense.

Aluno: Daiani Milech

SA, J. S.CECCONELLO, S. T.; HARTWIG, M. P.. Caracterização dos resíduos sólidos retidos no sistema de drenagem pluvial urbana. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Saneamento Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense.

Aluno: Camila Heidrich Medeiros

BOHN, G. B.;CECCONELLO, S. T.; HARTWIG, M. P.. Efeito da adição de lodo proveniente do reator anaeróbio de leito fluidizado em um argissolo cultivado com "acácia sp". 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Saneamento Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense.

Aluno: Giuliana Chaves Moreira

SA, J. S.CECCONELLO, S. T.; HARTWIG, M. P.. Análise do desempenho de materiais recicláveis no aquecimento de água por meio da energia solar. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Saneamento Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense.

Aluno: Tatiana Petiz Oreques

SA, J. S.; SILVA, H. C;CECCONELLO, S. T.. Análise quali-quantitativa dos resíduos sólidos da construção civil gerados em sistemas construtivos de alvenarias e paredes de concreto.. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Saneamento Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense.

Aluno: Raquel da Rosa Pinheiro

SA, J. S.; HARTWIG, M. P.;CECCONELLO, S. T.. O uso da bacia de amortização para minimizar os impactos do processo de urbanização: o caso do baixo curso do Arroio Pepino.. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Saneamento Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense.

Aluno: Andressa Reis da Luz

GERBER, W. D; HARTWIG, M. P.;CECCONELLO, S. T.. Avaliação dos Benefícios Consequentes da Certificação de Empresas nas Áreas de Qualidade, Meio Ambiente, Saúde e Segurança Ocupacional e Responsabilidade Social, nos Municipios de Pelotas e Rio Grande.. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Saneamento Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense.

Aluno: Aline Morales de Oliveira

HARTWIG, M. P.;SA, J. S.CECCONELLO, S. T.. Identificação das áreas de risco à inundação de Pelotas/RS, através de Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto.. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Saneamento Ambiental) - Instituto Federal Sul-Rio-Grandense.

Aluno: Andressa Cristiane Schiavon Pinto

SANCHES FILHO, P. J.;CECCONELLO, S. T.; ALMEIDA, G. R.. Determinação de chumbo em tinturas e em efluentes de Salão de beleza.. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Gestão Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense.

Aluno: Ivana Kruger Tuchtenhagen

SANTOS, M. K.;CECCONELLO, S. T.; HARTWIG, M. P.. Consumo Sutentável: o desafio da conscientização ambiental na compra de calçados. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Saneamento Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense.

Aluno: Camila Liske Kuhn

SA, J. S.CECCONELLO, S. T.; HARTWIG, M. P.. Fumicultura em Arroio do Padre: impactos ambientais e socioeconômicos - Uma análise geral a partir da visão do produtor. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Saneamento Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense.

CECCONELLO, S. T.SA, J. S.. Concurso Professor Temporário Edital nº 196. 2014. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul.

ARSAND, D. R.;CECCONELLO, S. T.; ROSTAS, M.; KATREIN, B.. Professor Temporário Edital 150/2013. 2013. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense.

CECCONELLO, S. T.SA, J. S.. Concurso Professor Temporário Edital nº 19. 2012. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul.

CECCONELLO, S. T.. Avaliador(a) Ad Hoc. 2019. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense.

CECCONELLO, S. T.. 6º Seminário de Iniciação Científica. 2018. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul.

CECCONELLO, S. T.. 6ª MOSTRAROB - MOSTRA DE ROBÓTICA, CIÊNCIA E TECNOLOGIA,. 2017. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense.

CECCONELLO, S. T.. VIII Jornada de Iniciação Científica e Tecnológica e IV Mostra de Extensão e Cultura. 2015. Instituto Federal Sul-Rio-Grandense.

CECCONELLO, S. T.. II Mostra de Extensão do IFSul Câmpus Pelotas. 2013. Instituto Federal Sul-Rio-Grandense.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Tirzah Moreira de Melo

LEANDRO, D.;SIQUEIRA, T. M; MEURER, M.. PROPOSTA METODOLÓGICA PARA ELABORAÇÃO DE UM MODELO ESPACIAL DE FRAGILIDADE AMBIENTAL PARA O MUNICÍPIO DE PELOTAS, RS. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Ambientais) - Universidade Federal de Pelotas.

Maurício Meurer

LEANDRO, D.; SIQUEIRA, T. M.;MEURER, M.. Proposta Metodológica para Elaboração de um Modelo Espacial de Fragilidade Ambiental para o Município de Pelotas, RS. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Ambientais) - Universidade Federal de Pelotas.

Alisson Eduardo Maehler

ANDREAZZA, R.;MAEHLER, Alisson Eduardo; LEANDRO, D.. Análise ambiental dos processos dinâmicos do uso e cobertura da terra sobre as áreas de preservação permanente no município de Pelotas entre os anos de 1985 e 2015. 2017. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Territorial e Sistemas Agroindustriais) - Universidade Federal de Pelotas.

Alisson Eduardo Maehler

MAEHLER, Alisson Eduardo; ANDREAZZA, R.. Análise ambiental dos processos de urbanização no município de Pelotas-RS. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Desenvolvimento Territorial e Sistemas Agroindustr) - Universidade Federal de Pelotas.

Robson Andreazza

ANDREAZZA, R.; Leandro, D.; Alisson Eduardo Maehler. ANÁLISE AMBIENTAL DOS PROCESSOS DINÂMICOS DO USO E COBERTURA DA TERRA SOBRE AS ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE NO MUNICÍPIO DE PELOTAS ENTRE OS ANOS DE 1985 E 2015. 2017. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Territorial e Sistemas Agroindustriais) - Universidade Federal de Pelotas.

Robson Andreazza

ANDREAZZA, R.; Hugo Alexandre Soares Guedes; Alisson Eduardo Maehler. Análise Ambiental dos Processos de Urbanização do Município de Pelotas. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Desenvolvimento Territorial e Sistemas Agroindustriais) - Universidade Federal de Pelotas.

Hugo Alexandre Soares Guedes

ANDREAZZA, R.; MAEHLER, A. E.;Guedes, Hugo A. S.. Análise Ambiental dos Processos de Urbanização no Município de Pelotas, RS. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Desenvolvimento Territorial e Sistemas Agroindustriais) - Universidade Federal de Pelotas.

Diuliana Leandro

LEANDRO, D.; MAEHLER, A. E.;ANDREAZZA, R.. Análise ambiental dos processos dinâmicos do uso e cobertura da terra sobre as áreas de preservação permanente no município de Pelotas entre os anos de 1985 e 2015. 2017. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Territorial e Sistemas Agroindustriais) - Universidade Federal de Pelotas.

Diuliana Leandro

LEANDRO, D.; MEURER, M.;SIQUEIRA, T. M.. Proposta metodológica para elaboração de um modelo espacial de fragilidade ambiental para o município de Pelotas, RS. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Ambientais) - Universidade Federal de Pelotas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Aline Gonçalves

Avaliação dos impactos gerados pela instalação e operação de uma ETA compacta na Colônia Z3 em Pelotas/RS; Início: 2018; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Gestão Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense; (Orientador);

Melise Douglas Laner

Modelagem da qualidade da água do rio Camaquã no estado do Rio Grande do Sul; ; Início: 2018; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Saneamento Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense; (Orientador);

Bruno da Silva Teixeira

Análise da vulnerabilidade natural à contaminação das águas subterrâneas do COREDE Sul; Início: 2018; Iniciação científica (Graduando em Saneamento Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense; (Orientador);

Lidiane Bastos Dorneles

Orientação de Estágio Obrigatório; Início: 2018; Orientação de outra natureza; Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense; (Orientador);

Júlia Celestino Luçardo

Orientação de Estágio Não-Obrigatório; Início: 2018; Orientação de outra natureza; Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense; (Orientador);

Alana Branco Bandeira

Estágio não obrigatório; Início: 2018; Orientação de outra natureza; Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense; (Orientador);

Camila de Moraes Machado

Orientação de Estágio Não-Obrigatório; Início: 2018; Orientação de outra natureza; Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense; (Orientador);

Chaiana Moura dos Santos

Orientação de Estágio Não-Obrigatório; Início: 2018; Orientação de outra natureza; Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense; (Orientador);

Alexsandro de Carvalho Duarte

Orientação de Estágio Não-Obrigatório; Início: 2018; Orientação de outra natureza; Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense; (Orientador);

Ândria da Silva Pereira

MAPEAMENTO DA VULNERABILIDADE NATURAL À CONTAMINAÇÃO DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS DO MUNICÍPIO DE CANGUÇU/RS; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Saneamento Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense; Orientador: Samanta Tolentino Cecconello;

Marcia Farias Aguiar

SANEAMENTO BÁSICO versus DOENÇAS DE VEICULAÇÃO HÍDRICA NO MUNICÍPIO DE PELOTAS/RS; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Saneamento Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense; Orientador: Samanta Tolentino Cecconello;

GISELE SOUZA

Redes ociosas: um estudo de caso sobre a percepção da população do bairro Laranjal quanto a obrigatoriedade da ligação dos ramais prediais à rede pública coletora de esgotos; ; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Saneamento Ambiental) - Instituto Federal Sul-Rio-Grandense; Orientador: Samanta Tolentino Cecconello;

LILIANE VILLELA DA SILVA

AVALIAÇÃO MICROBIOLÓGICA DA ÁGUA CONSUMIDA EM RESIDÊNCIAS DO MUNICIPIO DE PELOTAS/RS; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Saneamento Ambiental) - Instituto Federal Sul-Rio-Grandense; Orientador: Samanta Tolentino Cecconello;

Natali Hackbart Rockenbach

Gerenciamento de Resíduos dos Serviços de Saúde das Unidades Básicas do município de Morro Redondo ? RS; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Saneamento Ambiental) - Instituto Federal Sul-Rio-Grandense; Orientador: Samanta Tolentino Cecconello;

Luana Nunes Centeno

AVALIAÇÃO DE MUDAS DE COUVE MANTEIGA (Brassica oleracea) EM DIFERENTES SUBSTRATOS ORGÂNICOS; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Saneamento Ambiental) - Instituto Federal Sul-Rio-Grandense; Orientador: Samanta Tolentino Cecconello;

Juliana de Moraes Guerra

Analise do desenvolvimento de mudas de alface sob diferentes substratos orgânicos; ; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Saneamento Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense; Orientador: Samanta Tolentino Cecconello;

Melina dos Santos Hall

Gerenciamento de Resíduos Sólidos de uma indústria do ramo de alimentos no município de Pelotas/RS; ; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Gestão Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense; Orientador: Samanta Tolentino Cecconello;

Marcela Reinhardt Bender

Monitoramento da qualidade da água oriunda de poços rasos na Colônia Santa Eulália, 5º distrito do municipio de Pelotas/RS; ; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Saneamento Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense; Orientador: Samanta Tolentino Cecconello;

Priscila Tonini Simmermann

Reaproveitamento da água de lavagem dos filtros de areia da ETA do municipio de Jaguarão/RS; ; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Saneamento Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense; Orientador: Samanta Tolentino Cecconello;

Andressa Edon Lopes

Avaliação da potencialidade do lodo proveniente da Estação de Tratamento de Efluentes Sanitários como adubo em solos degradadosResidencial Porto como adubo em solos degradados; ; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Saneamento Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense; Orientador: Samanta Tolentino Cecconello;

Elisandra Falcão Perlemberg

Compostagem: um estudo de caso com diferentes famílias do município de pelotas/RS; ; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Saneamento Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense; Orientador: Samanta Tolentino Cecconello;

Mariane de Lima Campos

USO E OCUPAÇÃO DA TERRA VERSUS VULNERABILIDADE DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS NO MUNICÍPIO DE SÃO LOURENÇO DO SUL/RS; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Gestão Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense; Orientador: Samanta Tolentino Cecconello;

Élido Juarez Buttow

Uso das geotecnologias para mapeamento das áreas inundáveis de Pelotas; ; 2018; Orientação de outra natureza; (Saneamento Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense; Orientador: Samanta Tolentino Cecconello;

Natali Hackbart Rockenbach

Estágio não obrigatório - nível superior; 2016; Orientação de outra natureza; (Saneamento Ambiental) - Instituto Federal Sul-Rio-Grandense; Orientador: Samanta Tolentino Cecconello;

Luis Otávio Pereira Cardozo

Estágio não obrigatório - nível superior; 2014; Orientação de outra natureza; (Engenharia Química) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense; Orientador: Samanta Tolentino Cecconello;

Angélica dos Santos Timm

Estágio não obrigatório - nível superior; 2014; Orientação de outra natureza; (Saneamento Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense; Orientador: Samanta Tolentino Cecconello;

Diego Gonçalves Gonçalves

Estágio obrigatório - nível superior; 2014; Orientação de outra natureza; (Saneamento Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense; Orientador: Samanta Tolentino Cecconello;

Marcela Reinhardt Bender

Estagio obrigatório - nível superior; 2014; Orientação de outra natureza; (Saneamento Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense; Orientador: Samanta Tolentino Cecconello;

Ivo Botelho Corrêa

Estágio obrigatório - nível superior; 2014; Orientação de outra natureza; (Saneamento Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense; Orientador: Samanta Tolentino Cecconello;

Natali Hackbart Rockenbach

Estagio obrigatório - nível superior; 2014; Orientação de outra natureza; (Saneamento Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense; Orientador: Samanta Tolentino Cecconello;

Luana Nunes Centeno

Avaliação agronômica de mudas de hortaliças produzidas em diferentes compostos orgânicos usados como substratos alternativos; 2014; Orientação de outra natureza; (Saneamento Ambiental) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense; Orientador: Samanta Tolentino Cecconello;

Janerlete de Lima Peres

Estágio Obrigatório; 2012; Orientação de outra natureza; (Saneamento Ambiental) - Instituto Federal Sul-Rio-Grandense; Orientador: Samanta Tolentino Cecconello;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Robson Andreazza

ANÁLISE AMBIENTAL DOS PROCESSOS DINÂMICOS DO USO E COBERTURA DA TERRA SOBRE AS ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE NO MUNICÍPIO DE PELOTAS ENTRE OS ANOS DE 1985 E 2015; 2017; Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Territorial e Sistemas Agroindustriais) - Universidade Federal de Pelotas,; Orientador: Robson Andreazza;

Diuliana Leandro

ANÁLISE E MAPEAMENTO DA FRAGILIDADE AMBIENTAL DO MUNICÍPIO DE PELOTAS, RS; 2019; Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade Federal de Pelotas,; Orientador: Diuliana Leandro;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • CENTENO, LUANA NUNES ; CECCONELLO, SAMANTA TOLENTINO . Análise da qualidade da água:um estudo de caso do Arroio Bolacha - RS. Revista de Ciência e Inovação , v. 2, p. 105, 2018.

  • CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. . Análise temporal da qualidade da água do rio Tramandaí/RS. Revista Ibero-americana de Ciências Ambientais , v. 9, p. 1-20, 2018.

  • ZANCHIN, M. ; LEANDRO, D. ; QUADRO, M. S. ; CECCONELLO, S. T. ; NADALETTI, W. C. ; CASTRO, A. S. . Comparação de mapeamentos do uso da terra por técnicas de geoprocessamento no município de São Lourenço do Sul/RS. Revista Ibero-americana de Ciências Ambientais , v. 9, p. 1-20, 2018.

  • DEMARCO, C. F. ; AFONSO, T. F. ; CECCONELLO, S. T. ; SANTOS, N. R. ; DIESEL, T. N. ; CORTEZ, A. ; ANDREAZZA, R. ; QUADRO, M. S. . Determinação de substâncias húmicas em diferentes tipos de compostos. Revista Ibero-americana de Ciências Ambientais , v. 9, p. 1-20, 2018.

  • SOUZA, G. S. ; CECCONELLO, S. T. ; CENTENO, L. N. . Redes ociosas: um estudo de caso sobre a percepção da população do bairro Laranjal quanto à obrigatoriedade da ligação dos ramais prediais à rede pública coletora de esgotos. REVISTA THEMA , v. 15, p. 1499-1510, 2018.

  • CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; GUEDES, H. A. ; LEANDRO, D. . Utilização da estatística multivariada como ferramenta para identificação das possíveis fontes de poluição do Arroio Lavras do Sul/RS, Brasil. Tecno-lógica (Santa Cruz do Sul . Online) , v. 21, p. 24, 2017.

  • SILVA, M. N. ; CECCONELLO, S. T. ; ALTEMBURG, S. G. N. ; SILVA, F. N. ; BECKER, C. . A agricultura familiar e os circuitos curtos de comercialização de alimentos: estudo de caso da feira livre do município de Jaguarão, RS. Revista Espacios , v. 48, p. 7-21, 2017.

  • CENTENO, LUANA NUNES ; GUEVARA, MIGUEL DAVID FUENTES ; CECCONELLO, SAMANTA TOLENTINO ; SOUSA, ROGÉRIO OLIVEIRA DE ; TIMM, LUÍS CARLOS . TEXTURA DO SOLO: CONCEITOS E APLICAÇÕES EM SOLOS ARENOSOS. Revista Brasileira de Engenharia e Sustentabilidade , v. 4, p. 31, 2017.

  • CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; GUEDES, H. A. S. ; TIMM, L. C. ; ANDREAZZA, R. ; LEANDRO, D. . Aplicação da análise multivariada nos parâmetros de qualidade da água do Rio Piratini ? RS. Revista Brasileira de Engenharia e Sustentabilidade , v. 2, p. 45-51, 2016.

  • CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; GUEDES, H. A. S. ; LEANDRO, D. ; MORAES, P. . Monitoramento da qualidade da água do arroio São Lourenço/RS. Revista de Ciência e Inovação , v. 1, p. 67, 2016.

  • CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. . Modificação de um índice de qualidade da água. REVISTA CIENTÍFICA RURAL , v. 18, p. 65-82, 2016.

  • TOLENTINO CECCONELLO, SAMANTA ; NUNES CENTENO, LUANA . Avaliação de diferentes dosagens de vermicomposto produzido a partir de frutas, legumes e verduras na produção de rabanete (Raphanus Sativus L). REVISTA THEMA , v. 13, p. 93-102, 2016.

  • CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; BRAGA, P. ; GUEDES, H. A. S. ; CECCONELLO, S. T. ; CENTENO, A. N. . Análise temporal da qualidade da água de um arroio no sul do Rio Grande do Sul. REVISTA THEMA , v. 13, p. 109-119, 2016.

  • CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; SA, J. S. . Avaliação do crescimento vegetativo de mudas de couve manteiga em substratos orgânicos alternativos. Revista Científica Rural , v. 17, p. 1-18, 2015.

  • CECCONELLO, S. T. ; MARQUES, G. N. ; MORSELLI, Tânia B A . Avaliação de mudas de alface em diferentes substratos. Revista Científica Rural , v. 15, p. 22-31, 2014.

  • CECCONELLO, SAMANTA TOLENTINO ; CENTENO, LUANA NUNES ; Leandro, Diuliana ; Castro, Andréa Souza . ECOEFICIÊNCIA NA MUDANÇA DOS PADRÕES DE CONSUMO DE ÁGUA: ESTUDO DE CASO DO MUNICÍPIO DE PELOTAS/RS. In: Alan Mario Zuffo. (Org.). Engenharia Sanitária e Ambiental: Tecnologias para a Sustentabilidade 3. 3ed.Ponta Grossa (PR): Atena Editora, 2019, v. 3, p. 88-98.

  • CECCONELLO, S. T. ; CENTENO, L. N. ; LEANDRO, D. ; SIQUEIRA, T. M. ; AGUIAR, M. F. . Aplicação de análise multivariada em parâmetros de qualidade da água no estuário Laguna dos Patos, na Ilha da Torotama. In: 11º Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental, 2018, Porto Alegre. Meio Ambiente, Política e Economia. Porto Alegre: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária (ABES/RS), 2018.

  • CECCONELLO, S. T. ; CENTENO, L. N. . Conflitos entre a legislação ambiental e o uso da terra: estudo de caso do banhado do Pontal da Barra em Pelotas/RS. In: 11º Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental, 2018, Porto Alegre. Meio Ambiente, Política e Economia. Porto Alegre: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária (ABES/RS), 2018.

  • CECCONELLO, S. T. ; CENTENO, L. N. . Mudança do uso e ocupação da Bacia Hidrográfica do Litoral no município de Pelotas/RS entre os anos de 2000 e 2015. In: 11º Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental, 2018, Porto Alegre. Meio Ambiente, Política e Economia. Porto Alegre: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária (ABES/RS), 2018.

  • CECCONELLO, S. T. ; CENTENO, L. N. ; SA, J. S. ; AGUIAR, M. F. ; SOUZA, G. S. . Mudanças nos padrões de consumo de água: estudo de caso com alunos do Curso Superior de Tecnologia em Saneamento Ambiental do IFSul Câmpus Pelotas. In: 11º Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental, 2018, Porto Alegre. Meio Ambiente, Política e Economia. Porto Alegre: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária (ABES/RS), 2018.

  • CECCONELLO, S. T. ; CENTENO, L. N. . Vulnerabilidade natural à contaminação de aquíferos: um estudo de caso de São Lourenço do Sul/RS. In: 11º Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental, 2018, Porto Alegre. Meio Ambiente, Política e Economia. Porto Alegre: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária (ABES/RS), 2018.

  • CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; SIQUEIRA, T. M. ; TIMM, L. C. ; AGUIAR, M. F. . Estatística multivariada como métrica para inferir sobre fontes de poluição um aquífero. In: 11º Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental, 2018, Porto Alegre. Meio Ambiente, Política e Economia. Porto Alegre: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária (ABES/RS), 2018.

  • CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; TIMM, L. C. . Análise de correlação canônica entre parâmetros de qualidade da água do rio Tramandaí/RS. In: 11º Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental, 2018, Porto Alegre. Meio Ambiente, Política e Economia. Porto Alegre: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária (ABES/RS), 2018.

  • CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; CAMPOS, A. D. S. ; SILVA, T. P. ; GUEVARA, M. D. F. . Clusterização para redução do número de variáveis de qualidade da água. In: 11º Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental, 2018, Porto Alegre. Meio Ambiente, Política e Economia. Porto Alegre: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária (ABES/RS), 2018.

  • CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; TIMM, L. C. ; SIQUEIRA, T. M. ; AGUIAR, M. F. . Fatores de influência à poluição do Arroio Chuí. In: 11º Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental, 2018, Porto Alegre. Meio Ambiente, Política e Economia. Porto Alegre: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária (ABES/RS), 2018.

  • CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; TIMM, L. C. . Criação de um índice de qualidade da água para o rio Camaquã/RS. In: 11º Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental, 2018, Porto Alegre. Meio Ambiente, Política e Economia. Porto Alegre: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária (ABES/RS), 2018.

  • CECCONELLO, S. T. ; CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; CENTENO, A. N. . AVALIAÇÃO DAS CARACTERÍSTICAS FÍSICO-QUÍMICAS E MICROBIOLÓGICAS DAS ÁGUAS ORIUNDAS DE POÇOS RASOS DA ZONA RURAL DO MUNICÍPIO DE PELOTAS/RS. In: IV Congresso Baiano de Engenharia Sanitária e Ambiental COBESA, 2016, CRUZ DAS ALMAS. Qualidade Ambiental: integrando água, saneamento, energias, alimento, saúde e sociedade, 2016.

  • CECCONELLO, S. T. ; CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; LEANDRO, D. ; GUEDES, H. A. . ESTATÍSTICA MULTIVARIADA COMO SUPORTE PARA IDENTIFICAÇÃO DE POSSÍVEIS FONTES DE POLUIÇÃO DA ÁGUA DO ARROIO PELOTAS, RS. In: 10º Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental, 2016, Porto Alegre. Regulamentação Ambiental, Desenvolvimento e Inovação, 2016.

  • CECCONELLO, S. T. ; CENTENO, L. N. . Estatística multivariada como suporte para a avaliação temporal da qualidade da água do Arroio Pelotas, no município de Pelotas-RS. In: XVII SIMPÓSIO LUSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA SANITÁRIA E AMBIENTAL, 2016, Florianópolis. Soluções para um melhor Saneamento Ambiental, 2016.

  • MORAES, P. ; CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; GUEDES, H. A. . QUALIDADE DAS ÁGUAS DA LAGOA DOS BARROS - RS. In: XIII Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste, 2016, Aracajú- Sergipe. XIII Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste, 2016.

  • CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; GUEDES, H. A. ; MORAES, P. ; CENTENO, A. N. . UTILIZAÇÃO DA ANÁLISE DE AGRUPAMENTO PARA REDUZIR O NÚMERO DE VARIÁVEIS LIMINOLÓGICAS EM UM RIO NO SUL DO RIO GRANDE DO SUL. In: 10º Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental, 2016, Porto Alegre. Regulamentação ambiental, desenvolvimento e inovação, 2016.

  • CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; GUEDES, H. A. ; ANDREAZZA, R. ; LEANDRO, D. . IDENTIFICAÇÃO DE POSSÍVEIS FONTES DE POLUIÇÃO DO RIO JAGUARÃO - RS ATRAVÉS DA ANÁLISE DE COMPONENTES PRINCIPAIS E ANÁLISE FATORIAL.. In: 10º Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental, 2016, Porto Alegre. Regulamentação ambiental, desenvolvimento e inovação, 2016.

  • CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; TIMM, L. C. ; GUEDES, H. A. . Adequabilidade de um índice de qualidade da água para o arroio São Lourenço, RS através de uma técnica estatística multivariada. In: 10º Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental, 2016, Porto Alegre. Regulamentação ambiental, desenvolvimento e inovação, 2016.

  • CECCONELLO, S. T. ; CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; LEANDRO, D. ; ANDREAZZA, R. . AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DA ÁGUA ORIUNDA DE FONTES INDIVIDUAIS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA NA ZONA RURAL DO MUNICÍPIO DE PELOTAS, RS. In: 10º Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental, 2016, Porto Alegre. Regulamentação ambiental, desenvolvimento e inovação, 2016.

  • CECCONELLO, S. T. ; CENTENO, L. N. ; LEANDRO, D. ; CASTRO, A. S. ; NADALETTI, W. C. . SENSORIAMENTO REMOTO EMPREGADO NA ANÁLISE DA VARIAÇÃO DA COBERTURA DO SOLO DO MUNICÍPIO DE PELOTAS, RS.. In: 10º Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental, 2016, Porto Alegre. Regulamentação ambiental, desenvolvimento e inovação, 2016.

  • TEXEIRA, B. S. ; CENTENO, L. N. ; AGUIAR, M. F. ; SOUZA, G. S. ; CECCONELLO, S. T. . Análise das inter-relações existentes entre variáveis limnológicas pertencentes ao rio Santa Rosa. In: XXVII Congresso de Iniciação Científica, 2018, Pelotas. XXVII Congresso de Iniciação Científica UFPel. Pelotas: Universidade Federal de Pelotas, 2018.

  • BANDEIRA, N. B. ; CENTENO, L. N. ; CAMPOS, M. L. ; RODRIGUES, T. N. ; PEREIRA, A. S. ; CECCONELLO, S. T. . Análise espacial da qualidade da água do rio Camaquã/RS. In: XXVII Congresso de Iniciação Científica, 2018, Pelotas. XXVII Congresso de Iniciação Científica UFPel. Pelotas: Universidade Federal de Pelotas, 2018.

  • RODRIGUES, T. N. ; CENTENO, L. N. ; BANDEIRA, N. B. ; CAMPOS, M. L. ; PEREIRA, A. ; CECCONELLO, S. T. . Avaliação da qualidade da água do arroio São Lourenço, através de um índice de qualidade da água. In: XXVII Congresso de Iniciação Científica, 2018, Pelotas. XXVII Congresso de Iniciação Científica UFPel. Pelotas: Universidade Federal de Pelotas, 2018.

  • SOUZA, G. S. ; CENTENO, L. N. ; AGUIAR, M. F. ; TEXEIRA, B. S. ; CECCONELLO, S. T. . Ligações prediais à rede pública de esgotamento sanitário em Pelotas: um estudo de caso do bairro Laranjal. In: XXVII Congresso de Iniciação Científica, 2018, Pelotas. XXVII Congresso de Iniciação Científica UFPel. Pelotas: Universidade Federal de Pelotas, 2018.

  • CAMPOS, M. ; CENTENO, L. N. ; BANDEIRA, N. B. ; RODRIGUES, T. N. ; PEREIRA, A. S. ; CECCONELLO, S. T. . Uso e ocupação da terra versus vulnerabilidade das águas subterrâneas no município de São Lourenço do Sul/RS. In: XXVII Congresso de Iniciação Científica, 2018, Pelotas. XXVII Congresso de Iniciação Científica UFPel. Pelotas: Universidade Federal de Pelotas, 2018.

  • PEREIRA, A. S. ; CENTENO, L. N. ; CAMPOS, M. ; BANDEIRA, N. B. ; RODRIGUES, T. N. ; CECCONELLO, S. T. . Urbanização versus área de preservação permanente: estudo de caso do canal São Gonçalo. In: XXVII Congresso de Iniciação Científica, 2018, Pelotas. XXVII Congresso de Iniciação Científica UFPel. Pelotas: Universidade Federal de Pelotas, 2018.

  • AGUIAR, M. F. ; CENTENO, L. N. ; SOUZA, G. S. ; TEXEIRA, B. S. ; CECCONELLO, S. T. . Principais doenças de veiculação hídrica relacionadas à falta de saneamento básico: um estudo de caso do município de Pelotas/RS. In: XXVII Congresso de Iniciação Científica, 2018, Pelotas. XXVII Congresso de Iniciação Científica UFPel. Pelotas: Universidade Federal de Pelotas, 2018.

  • DORNELES, L. B. ; CARDOSO, S. S. ; CECCONELLO, S. T. ; SA, J. S. . Viabilidade do sensoriamento eletrônico de baixo custo no monitoramento hidráulico de bombas centrífugas. In: II Congresso de Inovação Tecnológica, 2018, Pelotas. II Congresso de Inovação Tecnológica. Pelotas: Universidade Federal de Pelotas, 2018.

  • PAULA, L. S. ; ARAUJO, M. E. M. F. ; CECCONELLO, S. T. ; QUADRO, M. S. ; CASTRO, A. S. ; LEANDRO, D. . Comparação da linha de costa do ano de 2014 com a de 2016 do Balneário do Hermenegildo. In: XX Encontro de Pós-Graduação, 2018, Pelotas. XX Encontro de Pós-Graduação da Universidade Federal de Pelotas. Pelotas: Universidade Federal de Pelotas, 2018.

  • AGUIAR, M. F. ; CENTENO, L. N. ; LEANDRO, D. ; MAJADA, D. S. ; CECCONELLO, S. T. . Indicadores de qualidade da água: um estudo de caso do canal São Gonçalo localizado no municípiuo de Pelotas, RS. In: XXVI Congresso de Iniciação Científica, 2017, Pelotas. XXVI CIC. Pelotas: UFPel, 2017.

  • CECCONELLO, S. T. ; CENTENO, L. N. ; NADALETTI, W. C. ; QUADRO, M. S. ; CASTRO, A. S. ; LEANDRO, D. . Determinação da vulnerabilidade natural á contaminação das águas subterrâneas no município de Pelotas/RS. In: XIX Encontro de Pós-Graduação, 2017, Pelotas. XIX Encontro de Pós-Graduação. Pelotas: UFPel, 2017.

  • CENTENO, L. N. ; BARROS, W. S. ; FERREIRA, A. S. ; CECCONELLO, S. T. ; SIQUEIRA, T. M. ; TIMM, LUÍS CARLOS . Avaliação quantitativa das hipóteses de estacionáriedade de 1ª e 2ª ordem em atributos físicos-hrícos do solo coletados em uma transeção espacial. In: XIX Encontro de Pós-Graduação, 2017, Pelotas. XIX Encontro de Pós-Graduação. Pelotas: Universidade Federal de Pelotas, 2017.

  • CECCONELLO, S. T. ; CENTENO, L. N. ; LEANDRO, D. ; QUADRO, M. S. ; CAMPOS, R. ; ANDREAZZA, R. . UTILIZAÇÃO DA ESTATÍSTICA MULTIVARIADA COMO FERRAMENTA DE MONITORAMENTO DA QUALIDADE DA ÁGUA DO CANAL SÃO GONÇALO. In: XVIII Encontro de Pós-Graduação (Enpos) da Universidade Federal de Pelotas, 2016, Pelotas. XVIII Encontro de Pós-Graduação (Enpos) da Universidade Federal de Pelotas 2016, 2016.

  • CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; TIMM, L. C. ; GANDRA, C. F. A. T. ; MORAES, P. ; GUEDES, H. A. . ADAPTAÇÃO DE UM ÍNDICE DE QUALIDADE DA ÁGUA PARA O CANAL SÃO GONÇALO UTILIZANDO TÉCNICAS ESTATÍSTICA MULTIVARIADA. In: XVIII Encontro de Pós-Graduação (Enpos) da Universidade Federal de Pelotas, 2016, Pelotas. XVIII Encontro de Pós-Graduação (Enpos) da Universidade Federal de Pelotas 2016, 2016.

  • MORAES, P. ; CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; GUEDES, H. A. . AVALIAÇÃO TEMPORAL DA QUALIDADE DA ÁGUA DO ARROIO PELOTAS, RS ATRAVÉS DA APLICAÇÃO DE UM ÍNDICE DE QUALIDADE DA ÁGUA.. In: 25º Congresso de Iniciação Científica (CIC) UFPel, 2016, Pelotas. 25º Congresso de Iniciação Científica (CIC) UFPel, 2016.

  • PINHEIRO, R. R. ; SA, J. S. ; CECCONELLO, S. T. . Influência da supressão de áreas verdes na drenagem urbana: Estudo de caso do Arroio Pepino, Pelotas, RS.. In: 28º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, 2015, Rio de Janeiro. 28º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, 2015.

  • CECCONELLO, S. T. ; SA, J. S. ; LOPES, A. E. ; CENTENO, L. N. . Avaliação agronômica do lodo proveniente de uma ETE usado como adubo orgânico no cultivo do milheto Pennisetum glaucum (L).. In: 28º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, 2015, Rio de Janeiro. 28º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, 2015.

  • STARK, F. W. ; CECCONELLO, S. T. ; ALMEIDA, G. R. . Quantificação dos Resíduos Sólidos produzidos no refeitório do IFSUL Campus Pelotas para aplicação nos processos de compostagem e vermicompostagem.. In: XXII Congresso de Iniciação Científica, 2013, Pelotas. XXII CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 2013.

  • MOREIRA, G. C. ; CORREA, C. F. ; OBADOWSKI, J. N. ; CECCONELLO, S. T. . Cenário atual do abastecimento de água tratada na área urbana do município de Pelotas (RS). In: XXI CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA e IV MOSTRA CIENTÍFICA, 2012, Pelotas. XXI CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA. Pelotas: UFPel, 2012.

  • VALADAO, L. S. ; MORALES, A. O. ; ROSA, D. S. ; PERES, J. L. ; CECCONELLO, S. T. . Atual situação de coleta e tratamento do Esgoto urbano no municipio de Pelotas/RS. In: XXI CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA e IV MOSTRA CIENTÍFICA, 2012, Pelotas. XXI CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA. Pelotas: UFPel, 2012.

  • KUHN, C. L. ; MEDEIROS, C. ; TUCHTENHAGEM, I. K. ; SA, P. ; CECCONELLO, S. T. . Panorama atual do esgoto na zona rural de Pelotas/RS. In: XXI CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA e IV MOSTRA CIENTÍFICA, 2012, Pelotas. IV MOSTRA CIENTÍFICA. Pelotas: UFPel, 2012.

  • CENTENO, L. N. ; KUHN, C. L. ; CHAVES, M. ; CECCONELLO, S. T. . Panorama atual do abastecimento de água na zona rural de Pelotas/RS. In: XXI CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA e IV MOSTRA CIENTÍFICA, 2012, Pelotas. XXI CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA. Pelotas: UFPel, 2012.

  • GUEDES, H. A. ; CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; SILVA, D. ; BESKOW, S. ; DAME, R. C. F. . TEMPORAL ASSESSMENT OF THE ARROYO PELOTAS WATER QUALITY, SOUTH OF THE RIO GRANDE DO SUL STATE, BRAZIL. (Paper 162461062). In: ASABE 2016 Annual International Meeting, 2016, Orlando-EUA. Anais do ASABE 2016 Annual International Meeting. St Joseph, MI: ASABE, 2016, 2016. v. 1. p. 1-1.

  • CECCONELLO, S. T. ; CENTENO, L. N. ; SA, J. S. . Uso do composto lodo e cinza da casca de arroz na produção de milheto Pennisetum glaucum (L).. In: II Workshop Agricultura Familiar, 2014, Pelotas. II Workshop Agricultura Familiar, 2014.

  • AMARAL, Q. F. ; CECCONELLO, S. T. ; SA, J. S. . Fertilizante orgânico a base de biossólidos.. In: XVII Congresso de Iniciação Científica e X Encontro de Pós-Graduação, 2008, Pelotas/RS. Anais do XVII CIC e X ENPOS. Pelotas/RS: UFPEL, 2008.

  • AMARAL, Q. F. ; CECCONELLO, S. T. ; SA, J. S. . Aplicação de resíduo industrial como fertilizante orgânico.. In: II Jornada da Produção Científica da Educação Profissional e Tecnológica da Região Sul., 2008, Pelotas. Anais II Jornada da Produção Científica da Educação Profissional e Tecnológica da Região Sul.. Pelotas/RS: CEFET-RS, 2008.

  • CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; TIMM, L. C. ; LEANDRO, D. . Adequabilidade de um índice de qualidade da água para o rio Camaquã/RS. REVISTA DAE , 2018.

  • AGUIAR, M. F. ; CECCONELLO, S. T. ; CENTENO, L. N. . ANÁLISE TEMPORAL DA QUALIDADE DA ÁGUA DO ARROIO CHUÍ. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • HORWATH, A. ; SANTOS, M. K. ; CECCONELLO, S. T. . Análise do novo Sistema de Cobrança da Água na Cidade de Pelotas. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • CECCONELLO, S. T. ; CENTENO, L. N. ; NADALETTI, W. C. ; QUADRO, M. S. ; CASTRO, A. S. ; LEANDRO, D. . Determinação da vulnerabilidade natural á contaminação das águas subterrâneas no município de Pelotas/RS. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • AGUIAR, M. F. ; CENTENO, LUANA NUNES ; LEANDRO, D. ; MAJADA, D. S. ; CECCONELLO, S. T. . Indicadores de qualidade da água: um estudo de caso do canal São Gonçalo localizado no municípiuo de Pelotas, RS. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • CENTENO, L. N. ; BARROS, W. S. ; FERREIRA, A. S. ; CECCONELLO, S. T. ; SIQUEIRA, T. M. ; TIMM, L. C. . Avaliação quantitativa das hipóteses de estacionáriedade de 1ª e 2ª ordem em atributos físicos-hrícos do solo coletados em uma transeção espacial. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; TIMM, L. C. ; GANDRA, C. F. A. T. ; MORAES, P. ; GUEDES, H. A. S. . ADAPTAÇÃO DE UM ÍNDICE DE QUALIDADE DA ÁGUA PARA O CANAL SÃO GONÇALO UTILIZANDO TÉCNICAS ESTATÍSTICA MULTIVARIADA. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • CECCONELLO, S. T. ; CENTENO, L. N. ; LEANDRO, D. ; QUADRO, M. S. ; CAMPOS, R. ; ANDREAZZA, R. . UTILIZAÇÃO DA ESTATÍSTICA MULTIVARIADA COMO FERRAMENTA DE MONITORAMENTO DA QUALIDADE DA ÁGUA DO CANAL SÃO GONÇALO. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; GUEDES, H. A. ; MORAES, P. ; CENTENO, A. N. . UTILIZAÇÃO DA ANÁLISE DE AGRUPAMENTO PARA REDUZIR O NÚMERO DE VARIÁVEIS LIMINOLÓGICAS EM UM RIO NO SUL DO RIO GRANDE DO SUL. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; GUEDES, H. A. ; ANDREAZZA, R. ; LEANDRO, D. . IDENTIFICAÇÃO DE POSSÍVEIS FONTES DE POLUIÇÃO DO RIO JAGUARÃO - RS ATRAVÉS DA ANÁLISE DE COMPONENTES PRINCIPAIS E ANÁLISE FATORIAL. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. . AVALIAÇÃO AGRONÔMICA DE MUDAS DE MOSTARDA PRODUZIDAS EM DIFERENTES COMPOSTOS ORGÂNICOS USADOS COMO SUBSTRATOS ALTERNATIVOS. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; SA, J. S. . USO DO COMPOSTO LODO E CINZA DA CASCA DE ARROZ NA PRODUÇÃO DE MILHETO Pennisetum glaucum (L). 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • CECCONELLO, S. T. . Saneamento Rural. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CECCONELLO, S. T. . Panorama do Saneamento Básico e do Tratamento de Água no Meio Rural.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CECCONELLO, S. T. . Tratamento de Efluentes na Agroindústria.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • AMARAL, Q. F. ; CECCONELLO, S. T. ; SA, J. S. . Aplicação de resíduo industrial como fertilizante orgânico.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • AMARAL, Q. F. ; CECCONELLO, S. T. ; SA, J. S. . Cultivo do milheto (pennisetum glaucum L.) com biossólidos industriais.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • CECCONELLO, S. T. . Resíduos Sólidos Industriais.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CECCONELLO, S. T. . Impactos Ambientais na Indústria de Alimentos.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CECCONELLO, S. T. . Tratamento de Efluentes na Indústria de Alimentos.. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

CECCONELLO, S. T. . avaliador ad hoc de projetos de pesquisa por demanda. 2018.

CECCONELLO, S. T. . Avaliador de projetos científicos no Edital PROEPI/IFPR 07/2017 - Programa Institucional de Apoio à Pesquisa do Instituto Federal do Paraná. 2017.

CECCONELLO, S. T. . avaliador ad hoc de projetos de pesquisa submetidos aos processos seletivos dos Programas Institucionais de Bolsas do CNPq. 2017.

CECCONELLO, S. T. . Parecer técnico para a Revista Engenharia Sanitária e Ambiental - RESA. 2016.

CECCONELLO, S. T. . Parecer técnico para a Revista Brasileira de Engenharia e Sustentabilidade - RBES. 2016.

CECCONELLO, S. T. . REGULARIZAÇÃO DO TANQUE DE EQUALIZAÇÃO INSTALADO NA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE EFLUENTES.. 2010.

CECCONELLO, S. T. . LAUDO QUALI-QUANTITATIVO DA COBERTURA VEGETAL E ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE.. 2010.

CECCONELLO, S. T. . Saneamento Rural. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

CECCONELLO, S. T. . Redes de distribuição em malhas. 2012. (Maquete).

CECCONELLO, S. T. . Panorama do Saneamento Básico e do Tratamento de Água no Meio Rural.. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

CECCONELLO, S. T. ; MORSELLI, Tânia B A . Panorama do Saneamento Básico e do Tratamento de Água no Meio Rural.. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

CECCONELLO, S. T. . Resíduos Sólidos Industriais. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

CECCONELLO, S. T. . Impactos Ambientais na Indústria de Alimentos.. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    Mapeamento da vulnerabilidade natural à contaminação das águas subterrâneas dos municípios pertencentes ao COREDE Sul, Descrição: As águas subterrâneas apresentam-se como um recurso natural de extrema importância para o abastecimento humano, porém, devido as atividades antrópicas, os mananciais subterrâneos apresentam grandes riscos à contaminação. Deste modo, este estudo tem o objetivo de identificar e mapear a vulnerabilidade natural à contaminação das águas subterrâneas dos municípios pertencentes ao COREDE Sul. Para isso serão utilizados dados de poços cadastrados no CPRM/SIAGAS para cada município do COREDE Sul. Será aplicada a metodologia GOD proposta por Foster et al. (2006), será utilizada a superfície potenciométrica para determinação do sentido e direção de fluxo subterrâneo. Como resultados espera-se que sejam identificadas áreas de maior vulnerabilidade natural à contaminação das águas subterrâneas, as quais merecem maior atenção dos órgãos gestores nas políticas de gestão e planejamento territorial e ambiental. Projeto cadastrado na PROPESP sob o número: PE06180818/119.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Samanta Tolentino Cecconello - Coordenador / Jocelito Saccol de Sá - Integrante / Luana Nunes Centeno - Integrante / Lucio Almeida Hecktheuer - Integrante / Nantyara Borges - Integrante / Ândria Pereira - Integrante / Thaís Noble - Integrante / Mariane Campos - Integrante.

  • 2018 - Atual

    Produção de bioenergia empregando resíduos sólidos e líquidos via co-digestão anaeróbia, Descrição: A maior parte da energia utilizada no planeta é advinda de origem não renovável e diante disso, muitas pesquisas vêm sendo desenvolvidas buscando novas e alternativas fontes de energia, visando diminuir os impactos ambientais causados pelos combustíveis fósseis e propiciando maior segurança energética frente às grandes variações no preço do petróleo. biocombustível pode ser definido como todo produto útil para a geração de energia, obtido total ou parcialmente de biomassa. Seu processo de industrialização teve início na Europa nos anos 90, tornando-se o principal mercado produtor e consumidor de biocombustível puro ou em mistura com o óleo diesel. Também outros países como os Estados Unidos, a Argentina, a Austrália, o Canadá, as Filipinas, o Japão, a Índia, a Malásia, Taiwan, assim como o Brasil empregam significativos esforços para o desenvolvimento de suas indústrias, estimulando o uso e a produção de biocombustíveis. Nesse sentido, resíduos industriais e domésticos podem ser empregados para gerar biocombustíveis, como por exemplo resíduos orgânisoc, efluentes industriais, etc. Assim, o Rio Grande do Sul por exemplo é um dos maiores produtores mundiais de arroz. A parboilização de arroz gera em torno de 2 a 4 litros de efluente por quilo de arroz beneficiado, resultando em pelo menos 504 bilhões de litros por ano. Sendo este efluente caracterizado principalmente por conter altas cargas de substâncias orgânicas e nutrientes como nitrogênio e fósforo. Esse efluente pode ser utilizado em processos de digestão e codigestão anaeróbia com resíduos sólidos orgânicos para geração de biogás, que pode ser aproveitado como energia para produzir eletricidade e calor. Assim, esse projeto visa o aproveitamento energético de resíduos tanto de indústrias arrozeiras da região como outros setores industriais e resíduos orgânicos domésticos para produção de bioenergia. O projeto será desenvolvido no laboratório 201 do centro de engenharias em parceria com o laboratório 102 e 200, contando com a participação de alunos de graduação e mestrado da UFPel. Os gases gerados no processo de digestão serão aproveitados como energia para eletricidade ou combustível, por exemplo, além da construção de cenários energéticos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Samanta Tolentino Cecconello - Integrante / Robson Andreazza - Integrante / Diuliana Leandro - Integrante / Maurízio Silveira Quadro - Integrante / Willian César Nadaletti - Coordenador / BRUNO MULLER VIEIRA - Integrante / Érico Kunde Correa - Integrante / Vitor Alves Lourenço - Integrante / GABRIEL GIRARDI PAN - Integrante / RENAN DE FREITAS SANTOS - Integrante / Luciana Correa - Integrante / GIZELE INGRID GADOTTI - Integrante / RAFAELA DORIGON MARTINS - Integrante / Matheus Araujo Vanzillotta Bottini - Integrante.

  • 2017 - Atual

    MONITORAMENTO HIDRÁULICO DE BOMBAS CENTRÍFUGAS UTILIZANDO SENSORES ANALÓGICOS COMANDADOS POR MICROPROCESSADOR DE PROGRAMAÇÃO LIVRE ARDUINO, Descrição: As bombas centrífugas são amplamente utilizadas no saneamento ambiental. Porém alterações na natureza do fluido bombeado podem causar modificações no desempenho das bombas acarretando em consumo excessivo de energia; sobrecarga no motor e ocorrência de cavitação, diminuição no rendimento e na vida útil da bomba. Dessa forma, observa-se a necessidade de monitoramento instantâneo das condições de pressão e de vazão de bombas centrífugas no recalque de fluido com características variáveis como efluentes oriundos de atividades agrícolas ou industriais. Esse projeto tem como objetivo geral avaliar o uso de sensores analógicos comandados por microprocessador de programação livre Arduino, visando o monitoramento de parâmetros hidráulicos como pressão hidrostática e vazão de bombas centrífugas. O projeto será desenvolvido em estrutura constituída por um reservatório de 100L, tubulações, registros e conexões de PVC de 32mm. Serão utilizadas duas bombas de 1CV de potência, monofásica de 220 V e de 3500 rpm. Serão analisadas as seguintes curvas de características: Vazão(Q) versus Altura manométrica (Hman); Vazão (Q) versus Potência (P); Vazão (Q) versus rendimento (h); As curvas serão obtidas para as bombas recalcando água em sistema de associação em série e em paralelo. O monitoramento desses parâmetros será realizado por meio de sensores analógicos de pressão e de vazão conectados a uma central de aquisição de dados que utilizará uma plataforma de prototipagem eletrônica de hardware livre (Arduino) com alimentação de 5 Vcc. O modelo utilizado será o Arduino Mega 2560, permitindo a interface eletrônica com um microcontrolador programável com portas de entradas e saídas, digitais e analógicas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Samanta Tolentino Cecconello - Integrante / Jocelito Saccol de Sá - Coordenador / Lidiane Bastos Dorneles - Integrante / Lucio Almeida Hecktheuer - Integrante.

  • 2017 - Atual

    Estudos Aplicados em Ciências Ambientais, Descrição: O desenvolvimento da civilização humana sustenta-se em uma importante ligação entre o homem e o meio ambiente, sendo o homem o usuário dos recursos ambientais e o ambiente como fornecedor e receptor dos rejeitos provenientes do uso destes recursos (CAPAZ; NOGUEIRA, 2014). Por outro lado, o meio ambiente é também o meio que abriga todas as relações do homem, sejam elas sociais, econômicas ou culturais. Em suas interações com o meio que o cerca, o homem introduz diversas substâncias no ambiente em níveis que levam à perda dos benefícios de um recurso ou à degradação da saúde humana, da vida selvagem ou dos ecossistemas (MIHELCIC; ZIMMERMAN, 2012). Desta forma, pesquisas focadas em questões de poluição ambiental e avaliação de risco à saúde humana formam a base para compreender a extensão da influência do homem na qualidade ambiental, incluindo ele mesmo. Além disso, entre os principais instrumentos jurídicos que compõem a legislação ambiental no Brasil, destacase o Código Florestal que institui as regras gerais de exploração do território brasileiro e estabelece onde e de que forma isto pode ocorrer, através da determinação das áreas de vegetação nativa que devem ser preservadas e das regiões legalmente autorizadas a receber os diferentes tipos de produção rural. É, portanto, um campo a ser explorado para determinar as consequências ambientais passíveis de acontecerem diante das novas regras do Código Florestal de 2012. O desenvolvimento urbano se acelerou na segunda metade do século XX com grande concentração de população em pequenos espaços urbanos (TUCCI, 2005). Isso resulta em excessiva impermeabilização do solo, gerando grandes áreas de alagamentos nos eventos de precipitação mais intensos, trazendo danos ao tráfego, às moradias e ao comércio (HANSMANN, 2013). Neste sentindo, problemas de drenagem urbana configuram um dos pilares das questões acerca da proteção ambiental em regiões urbanas. Outros tópicos, tais como o mapeamento de áreas degradadas ou de fragilidades ambientais, análise de questões jurídicas da aplicação de políticas ambientais no Brasil, controle de poluentes em águas superficiais e subterrâneas, entre outros, constituem a problemática ambiental para a execução de diversas pesquisas de grande interesse científico. Desta forma, este projeto de pesquisa visa desenvolver pesquisas em diversos tópicos da área de ciências ambientais, fomentando a busca por soluções que possam impactar positivamente a sociedade local ou regional.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Samanta Tolentino Cecconello - Integrante / Diuliana Leandro - Integrante / Tirzah de Melo - Coordenador / ANDREA SOUZA CASTRO - Integrante / RITIELLE RODRIGUES ANJOS - Integrante / FERNANDO DA SILVA MOREIRA - Integrante.

  • 2016 - Atual

    Análise estatística multivariada como suporte para o estudo de qualidade de água na Bacia Hidrográfica da Lagoa Mirim - RS, Descrição: A qualidade da água de um rio pode ser influenciada por vários fatores, motivo pelo qual apresenta grande variabilidade. O desenvolvimento de diversas atividades antrópicas vem ocasionando uma elevada geração de águas residuais que, muitas vezes, são lançadas sem prévio tratamento em cursos hídricos em quantidades superiores ao seu potencial de autodepuração. A Bacia Hidrográfica da Lagoa Mirim está localizada entre os paralelos 31°30' e 34°30'S e entre os meridianos 52° e 56°O, correspondendo a uma superfície de aproximadamente 62.250 km2, dos quais 29.250 km2 (47%) em território brasileiro e 33.000 km2 (53%) em território uruguaio, constituindo uma bacia transfronteiriça onde prevalece o regime de águas compartilhadas. Nesta bacia é encontrada uma infinidade de usos dos recursos hídricos, os quais podem ser resumidos: drenagem, aterramento, retirada de água para irrigação de agricultura, reflorestamento, contaminação com esgotos domésticos e industriais, agrotóxicos e fertilizantes, utilização para navegação, sobre-pesca e ainda por invasão de espécies exóticas. O intenso uso da água e a poluição gerada na Bacia Hidrográfica da Lagoa Mirim contribuem para agravar sua escassez e resulta na necessidade crescente do acompanhamento das alterações da qualidade da água. Desta forma, conhecer a qualidade da água disponível é fundamental para a gestão dos recursos hídricos. Este conhecimento pode ser representado por meio de diversas variáveis de qualidade as quais traduzem suas principais características. A maneira geralmente utilizada pelos órgãos reguladores para tal é a realização periódica de campanhas de monitoramento. Entretanto, a continuidade e a periodicidade das campanhas são restritas em função dos custos e dificuldades envolvidas na operação e na manutenção de um sistema de monitoramento da qualidade da água. Normalmente, as campanhas de monitoramento analisam muitas variáveis e geram grandes quantidades de dados que são difíceis de analisar e interpretar, uma vez que as relações entre as variáveis são complexas. Diante da situação, abordagens multivariadas como Análise Fatorial (AF) e Análise de Componentes Principais (ACP), por exemplo, vêm sendo utilizadas para apoiar a gestão dos recursos hídricos e extrair informações significativas a partir dessas bases de dados. Sendo assim, o projeto proposto tem como objetivo geral aplicar técnicas estáticas multivariadas a partir de um conjunto de dados contendo parâmetros físicos, químicos e biológicos da Bacia Hidrográfica da Lagoa Mirim.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (4) . , Integrantes: Samanta Tolentino Cecconello - Integrante / Luana Nunes Centeno - Integrante / Robson Andreazza - Integrante / Diuliana Leandro - Integrante / Maurízio Silveira Quadro - Integrante / Josiane Farias - Integrante / HUGO ALEXANDRE SOARES GUEDES - Coordenador / claudia FERNANDA ALMEIDA Teixeira Gandra - Integrante / RITA DE CASSIA FRAGA DAME - Integrante.

  • 2016 - Atual

    Determinação de Índices de Fragilidade Ambiental do entorno do Canal São Gonçalo, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Diuliana Leandro em 17/06/2018., Descrição: Atualmente as áreas estudadas com maior profundidade situam-se na foz do canal. É de extrema importância que se possa realizar as análises correlacionando os índices de fragilidade com eventos extremos no canal como um todo. Essas análises exigem uma quantidade significativas de mapeamentos, exigindo um tempo maior para seu desenvolvimento. Delimitar áreas de índices de Fragilidade Alto e Muito Alto no município de Pelotas e correlacionar com eventos extremos dez/2016 Validar a Modelagem março/2017 Interpretação dos resultados junho/2017 Gerar produtos que permitam os estudos ambientais e sociais julho/2017 Gerar Mapas de Índices de Fragilidade Parcial para o município de Rio Grande setembro/2017 Gerar Mapas de Índices de Fragilidade para o município de Rio Grande dezembro/2017 Delimitar áreas de índices de Fragilidade Alto e Muito Alto no município de Rio Grande e correlacionar com eventos extremos março/2018 Validar a Modelagem junho/2018 Interpretação dos resultados setembro/2018.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Samanta Tolentino Cecconello - Integrante / Luana Nunes Centeno - Integrante / Diuliana Leandro - Coordenador / Wilian Cézar Nadaletti - Integrante / TIRZAH MOREIRA SIQUEIRA - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Análise ambiental da bacia do Arroio Pelotas, Descrição: A Bacia Hidrográfica do Arroio Pelotas (BHAP) está localizada entre os municípios de Canguçu, Arroio do Padre, Morro Redondo e Pelotas, apresentando uma área total de aproximadamente 910 Km². Assim como todas as bacias hidrográficas, a BHAP sofre interferência antrópica e apresenta alterações das suas condições naturais provocadas pelo processo de urbanização em áreas de preservação permanente (APP), da expansão dos cultivos de arroz e pecuária, da extração de areia, da pesca e lazer e da poluição dos corpos d`água, através do despejo de esgotos domésticos e industriais. O Arroio Pelotas é o manancial que mais fornece água bruta para o Serviço Autônomo de Saneamento de Pelotas ? SANEP para abastecer o município de Pelotas através da ETA Sinnott a qual abastece os bairros: Pestano, Sanga Funda, Areal, Jardim Europa, COHAB Tablada, COHAB Lindóia, Santa Rita de Cássia, Getúlio Vargas e Balneário Santo Antônio. Dessa maneira, torna-se de suma importância a pesquisa ambiental voltada à fragilidade ambiental e a qualidade da água, pois a descarga de esgotos e lançamento de resíduos sólidos, assim como o uso de agroquímicos nas lavouras contribuem para a contaminação do ambiente aquático com uma gama de substâncias tóxicas como os poluentes orgânicos persistentes e metais pesados que provocam a biomagnificação na cadeia trófica (ARNDT, 2011). A análise ambiental dos ambientes impactados pelos processos de ocupação pelo homem, tanto urbanos quanto rurais, influenciam diretamente na qualidade ambiental da região. Para uma análise destas áreas, uma análise criteriosa de imagens de satélite proporciona muitas informações importantes para avaliar a ocupação e uso do solo e da água. Além disso, a análise físico-química da água pode identificar alguns tipos de contaminantes específicos que as análises de imagem não conseguem determinar. A análise multivariada e com o máximo de informações sobre as áreas da Bacia do Arroio Pelotas pode identificar vários pontos de fragilidade, e com isso, nos dar subsídios técnicos e científicos para a recuperação das áreas degradadas e melhorar a ocupação dos recursos naturais, tanto do solo e da água. Assim, o objetivo deste projeto é analisar a qualidade ambiental da Bacia do Arroio Pelotas, RS, para propor uma avaliação das áreas de preservação permanente e recuperação de áreas degradadas quando necessário.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (8) . , Integrantes: Samanta Tolentino Cecconello - Integrante / Robson Andreazza - Coordenador / Diuliana Leandro - Integrante / Hugo Alexandre Guedes - Integrante / Tirzah de Melo - Integrante / Amauri Antunes Barcelos - Integrante / ANDREA SOUZA CASTRO - Integrante / Maurízio Silveira Quadro - Integrante / Charles Froes - Integrante / Josiane Farias - Integrante / Milena Pacheco - Integrante / FERNANDA DIAS DE AVILA - Integrante / Mariana Pereira - Integrante / FELIPE CUNHA DA ROCHA - Integrante / CAROLINA FACCIO DEMARCO - Integrante / DANIELA CERBARO - Integrante.

  • 2014 - 2015

    Cultivo de mudas de alface em substrato alternativo, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Samanta Tolentino Cecconello - Coordenador / Giane Mariza Barwald Bohm - Integrante.

  • 2014 - 2015

    Comportamento hidráulico de bombas centrífugas no recalque de efluente industria, Descrição: Descrição: As bombas centrífugas são amplamente utilizadas em estações de tratamento de água, estações de tratamento de esgotos domésticos, de efluentes industriais, lodos e em drenagem pluvial urbana. Porém em muitos casos as características hidráulicas do fluido recalcado são variáveis ao longo do tempo, acarretando sérios problemas no dimensionamento dos sistemas de bombeamento. Esse projeto tem como objetivo avaliar o desempenho de bombas centrífugas de diferentes potências sob o regime de bombeamento de água limpa e efluente industrial visando avaliar as características hidráulicas como vazão, altura manométrica, potencia e rendimento em relação às características físicas e químicas do fluido bombeado. Inicialmente a condução do projeto consistirá de pesquisa bibliográfica sobre o tema, montagem da bancada de ensaio, medição e análise dos parâmetros de vazão, pressão, altura manométrica, potência absorvida e rendimento. A bancada de testes será montada em uma estrutura de aço, constituída de dois reservatórios de 100L, tubulações, registros e conexões de PVC de 32 mm e medidores de vazão e de pressão. Serão utilizadas bombas disponíveis nas potências de CV e de 1 CV, ambas de 3500 rpm, rotor fechado motor monofásico com frequência de 60 Hz. Serão obtidas curvas características para as bombas recalcando água e efluente industrial na concentração de 25%, 50%, 75% e 100%, sendo a diluição realizada em água limpa. Serão analisadas as seguintes curvas de características de motobombas de potência nominal de CV e de 1 CV: Vazão(Q) versus Altura manométrica (Hman); Vazão (Q) versus Potência (P) e Vazão (Q) versus rendimento; O efluente será obtido do processamento de uma industrial de óleo vegetal do município de Pelotas, RS. Desta forma será utilizado delineamento estatístico totalmente casualizado em arranjo fatorial 2 x 5, sendo os fatores: potencia (1/2 e 1 cv) e concentração de efluentes (0% - água limpa; efluente diluído em água à 25%, 50%, 75% e efluente bruto - 100%) com três repetições... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Samanta Tolentino Cecconello - Integrante / Jocelito Saccol de Sá - Coordenador / Beatriz Regina Fabião - Integrante / Ivo Botelho Corrêa - Integrante / Andressa Freitas - Integrante., Financiador(es): Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense - Auxílio financeiro.

  • 2014 - 2015

    Determinação do coeficiente de atrito de perda de carga em coletores solares de baixo custo, Descrição: Descrição: A utilização da energia solar em sistemas de aquecimento de água residencial significa uma economia de energia elétrica para o consumidor final, e também um incentivo ao uso de energias renováveis. Para a instalação hidráulica dos coletores solares é necessário o conhecimento das características hidráulica do escoamento do fluido no interior dos coletores solares como a velocidade do fluxo, a perda de carga e o fator de atrito. Esse projeto faz parte de uma série de estudos que vêm sendo realizados desde 2011, com objetivos de avaliar o uso de coletores solares de baixo custo em residências populares nas condições climáticas de Pelotas, RS. Nesse projeto, pretende-se determinar o coeficiente de perda de carga (f) da fórmula Universal em modelos distintos de coletores variando o material, o diâmetro da tubulação e das conexões de PVC. A equação de Darcy-Weisbach considera que a perda de carga (hf) depende da velocidade média do escoamento (V), do diâmetro do conduto (D); do comprimento do conduto (L), da aceleração da gravidade (g) e de um coeficiente adimensional de perda de carga (f), que depende do regime de escoamento. O projeto será conduzido no Laboratório de Hidráulica do Curso de Tecnologia em Saneamento Ambiental do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Campus Pelotas. Os coletores solares serão instalados em uma bancada de testes onde será monitorada a perda de carga (hf) por meio de um manômetro diferencial digital de múltipla escala, modelo AK205 com precisão de 0,001 psi. A bancada será constituída por reservatórios de alimentação de 20 litros e tubos de PVC de 20 mm, alimentado por uma bomba centrifuga monofásica de cv de potência. O controle da vazão será realizado por um registro de gaveta de 20 mm de diâmetro e a vazão será determinado pelo método volumétrico.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Samanta Tolentino Cecconello - Integrante / Jocelito Saccol de Sá - Coordenador / Marcelo Peske Hartwig - Integrante / Ivo Botelho Corrêa - Integrante.

  • 2014 - 2015

    Utilização de substratos alternativos na produção de mudas de grama, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Samanta Tolentino Cecconello - Integrante / Giani Berwald Bohn - Coordenador.

  • 2014 - 2014

    ANÁLISE DE REVESTIMENTOS PARA RESERVATÓRIOS TÉRMICOS DE SISTEMAS DE AQUECIMENTO SOLAR DE BAIXO CUSTO, Descrição: O projeto tem como objetivo avaliar a aplicabilidade e a eficiência de materiais de baixo custo utilizados como isolante térmico em reservatórios de água aquecida em coletores solares constituídos por materiais recicláveis visando a obtenção de um sistema de aquecimento de água por energia solar de baixo custo de aquisição, manutenção e operação.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Samanta Tolentino Cecconello - Integrante / Jocelito Saccol de Sá - Coordenador / Marcelo Peske Hartwig - Integrante / Susane Beatriz Seus - Integrante.

  • 2014 - 2014

    Uso de revestimentos térmicos de baixo custo em reservatórios de água de sistemas de aquecimento solar, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Samanta Tolentino Cecconello - Integrante / Jocelito Saccol de Sá - Coordenador / Susane Beatriz Seus - Integrante.

  • 2014 - 2014

    Avaliação agronômica de mudas de hortaliças produzidas em diferentes compostos orgânicos usados como substratos alternativos., Descrição: O crescimento populacional e os hábitos de consumo da população brasileira tem contribuído para um aumento na geração de resíduos sólidos urbanos além do aumento na produção agroindustrial e seus resíduos. Grande parte destes resíduos são constituídos por material orgânico, os quais podem ser reciclados evitando a destinação em aterros ou até mesmo lixões. Neste sentido, o presente trabalho objetiva avaliar as respostas agronômicas de mudas de hortaliças produzidas em diferentes compostos orgânicos usados como substratos alternativos. Será realizado experimento a campo e o delineamento experimental será de blocos ao acaso distribuídos em cinco tratamentos com três repetições. Serão avaliados o percentual de emergência; índice de velocidade de emergência; altura da parte aérea; comprimento da raiz; diâmetro do colo; matéria fresca da parte aérea e raiz; matéria seca da parte aérea e raiz; relação parte aérea/sistema radicular das hortaliças usadas no experimento. Esperamos obter resultados positivos com a utilização dos resíduos estudados comparados ao substrato comercial, pois poderemos incentivar a produção destes substratos utilizando os resíduos do município de Pelotas, bem como das agroindústrias da região. Registrado na Pró-reitoria de Pesquisa sob nº PD001114/129 .. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (1) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Samanta Tolentino Cecconello - Coordenador / Jocelito Saccol de Sá - Integrante / Luana Nunes Centeno - Integrante / Beatriz Regina Fabião - Integrante / Iliane Muller Otto - Integrante / Endrigo Pino Pereira Lima - Integrante.

  • 2013 - 2013

    PRODUÇÃO E AVALIAÇÃO DE COMPOSTOS ORGÂNICOS ATRAVÉS DA COMPOSTAGEM E VERMICOMPOSTAGEM DE RESÍDUOS DO REFEITÓRIO DO IFSUL ? CAMPUS PELOTAS., Descrição: O presente trabalho objetiva avaliar a produção de compostos orgânicos através dos processos de vermicompostagem e compostagem, a partir de resíduos orgânicos do refeitório do IFSUL Campus Pelotas e sua utilização como adubo para recuperação de áreas degradadas. Será realizado experimento a campo com os dois processos e serão realizadas análises físico-químicas dos compostos produzidos, afim de comparação dos resultados e verificar sua viabilidade técnica e econômica.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Samanta Tolentino Cecconello - Integrante / Marcelo Peske Hartwig - Coordenador / Gabriel Rockembach de Almeida - Integrante / Fernanda Wickboldt Stark - Integrante., Financiador(es): Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense - Outra., Número de produções C, T & A: 1

  • 2010 - 2012

    O ENSINO DA GEOGRAFIA NA EDUCAÇÃO DO CAMPO: ANÁLISE DO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO FRENTE À ADEQUAÇÃO DAS DIRETRIZES OPERACIONAIS PARA EDUCAÇÃO BÁSICA NAS ESCOLAS DO CAMPO, Descrição: O presente tema de pesquisa surge da necessidade da escola proporcionar a sustentação das necessidades intelectuais e sociais dos sujeitos emergentes e emergidos do campo. A qualificação política, pedagógica e intelectual dos professores do campo é o primeiro desafio a ser enfrentado, já que a educação continuada está cada vez mais presente nos movimentos sociais A educação do campo precisa desenvolver uma nova proposta pedagógica para as escolas do meio rural, que ajude a solucionar os problemas do dia-a-dia e contribua para a manutenção dos trabalhadores do campo; rever os currículos (conteúdos e metodologia de formação profissional) e educar para a produção e para a cooperação, preparando sujeitos capazes de intervenção e transformação prática da realidade. Partindo desse pressuposto, o projeto de pesquisa analisará o projeto político pedagógico das escolas rurais dos municípios de abrangência da 5ª Coordenadoria Regional de Educação frente à adequação das Diretrizes Operacionais para Educação Básica nas Escolas do Campo. A sua importância na formação continuada e orientação em sala de aula do professor de geografia do ensino fundamental, bem como suscitar debates em torno de políticas educacionais para o campo dos municípios do sul da região Sul do RS e um novo olhar para a Grade Curricular do Curso de Licenciatura de Geografia da UFPel. Para concretizar os objetivos propostos será realizada uma pesquisa participativa com abordagem qualitativa, tendo como procedimentos uma pesquisa bibliográfica, documental e o trabalho de campo.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (16) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Samanta Tolentino Cecconello - Integrante / Rosa Elane Antoria Lucas - Coordenador / José Álvaro Quincozes Martins - Integrante / Paulo Roberto Quintana Rodrigues - Integrante / Rosalina Burgos - Integrante / Sidney Gonçalves Vieira - Integrante / Adriana Barboza Roschild - Integrante / Andréa Venzke - Integrante / Arlete Ávila - Integrante / Beatriz Bartz das Neves - Integrante / Daniel Brum Corrêa - Integrante / Elenice Crochemore Rutz - Integrante / Everson Gabriel Mesquita - Integrante / Fábio Castilhos Arruda - Integrante / Liliane Redu Knuth - Integrante / Luciana Venzke Pranke - Integrante / Mari Cristiane Vieiera Maciel - Integrante / Mauricio Ferreira da Silva - Integrante / Lisiane Vidal Lima - Integrante / Henrique Silva Gorziza - Integrante / Carine Raquel Heck - Integrante.

  • 2007 - 2009

    Utilização de lodo industrial como fertilizante agrícola em áreas degradadas, Descrição: O reaproveitamento dos resíduos de produtos agrícolas e industriais não é uma prática recente. Atualmente, ela se tornou uma opção para agregar valor aos produtos e, principalmente, minimizar os impactos ao meio ambiente. O lodo gerado no tratamento de efluentes industriais, por exemplo, pode se constituir em um importante adubo orgânico devido à atuação como condicionador das propriedades físicas, químicas e biológicas do solo. A casca de arroz é outro resíduo industrial que ocasiona sérias preocupações em relação à sua disposição final. O que leva a busca constante de alternativas visando minimizar esse problema. Algumas indústrias vêem utilizando a casca de arroz como insumo energético para geração de vapor através de sua combustão. Porém, as cascas de arroz após a carbonização tornam-se um resíduo que deve ser disposto de forma adequada onerando o processo. Pesquisas realizadas destacam opções de reaproveitamento desse resíduo, como uso em substrato para a formação de mudas. Este trabalho tem como objetivo avaliar os efeitos da aplicação de lodo industrial e cinza da casca de arroz no desenvolvimento e na produtividade de plantas em áreas degradadas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Samanta Tolentino Cecconello - Integrante / Queila Daiane Fonseca do Amaral - Integrante / Jocelito Saccol de Sá - Coordenador / Letícia de Magalhães Bandeira - Integrante., Número de produções C, T & A: 3

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2018

Melhor trabalho apresentado no 11º Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental, Associação Brasileira de Engenharia Sanitária - ABES/RS.

2018

DESTAQUE na sessão "Multidisciplinar" do XXVII Congresso de Iniciação Científica, da 4ª Semana Integrada de Inovação, Ensino, Pesquisa e Extensão, realizado na UFPel, Universidade Federal de Pelotas.

2018

DESTAQUE na sessão "Engenharias I" do XXVII Congresso de Iniciação Científica, da 4ª Semana Integrada de Inovação, Ensino, Pesquisa e Extensão, realizado na UFPel, Universidade Federal de Pelotas.

2014

Professor Paraninfo, IFSul Câmpus Pelotas: Curso Superior de Tecnologia em Saneamento Ambiental.

2013

Professor Paraninfo, IFSUL Campus Pelotas: Curso Superior de Tecnologia em Saneamento Ambiental, Turma 2013_1.

2012

Professor Paraninfo, IFSUL Campus Pelotas: Curso Superior de Tecnologia em Saneamento Ambiental, Turma 2012_1.

2012

Professor Paraninfo, IFSul: Curso Superior de Tecnologia em Saneamento Ambiental, Turma 2012_2.

2011

Professor Homenageado, Curso Superior de Tecnologia em Saneamento Ambiental, Turma 2011_2.

2009

Aprovado na 2a. colocação em concurso público para Técnico em Saneamento-UFPel publicado no Diário Oficial da União de 28 de abril de 2009., Universidade Federal de Pelotas.

2008

Medalha de Ouro - Média mais alta dentre os formandos., Centro Federal de Educação Tecnológica de Pelotas..

2006

Funcionário Destaque Setor ETE (Estação de Tratamento de Efluentes), IRGOVEL Industria Riograndense de Óleos Vegetais Ltda..

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense, Coordenadoria dos cursos de Tecnologia em Saneamento e Gestão Ambiental.. , Praça Vinte de Setembro nº 455, Centro, 96015360 - Pelotas, RS - Brasil, Telefone: (053) 21231000, Ramal: 1046

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2018 - Atual

    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenadora do Curso de Saneamento Ambiental, Carga horária: 12

  • 2017 - Atual

    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Avaliador IFFar/IFRS/IFSul/IFSC/IFC/IFPR, Carga horária: 4

  • 2014 - Atual

    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Avaliador RSC, Carga horária: 4

    Outras informações:
    Avaliador cadastrado no SIMEC para avalia~]ao docente para fins de Reconhecimento de Saberes e Competência- RSC na Carreira do Magistério da Educação Básica, Técnica e Tecnológica EBTT.

  • 2012 - Atual

    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Efetivo, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Diciplinas ministradas (Graduação): - Obras e Redes de Abastecimento - Projeto de Esgotos - Controle de Efluentes - Tecnologia dos Materiais de Construções, Geotecnia Ambiental e Projeto de Pesquisa. Disciplinas ministradas (Curso Técnico em Edificações): - Materiais Básicos.

  • 2017 - 2017

    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Avaliador 6ª Mostra de Robótica

  • 2013 - 2015

    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Coordenadora de Área Fisica TGA e TSA, Carga horária: 12

  • 2013 - 2013

    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Professor Temporário, Carga horária: 4

    Outras informações:
    Professora da disciplina de Estrutura e Funcionamento da Usina de Triagem e Compostagem de Resíduos Orgânicos no curso Operador de Usina de triagem e Compostagem no Programa Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego) do IFSul Campus Pelotas. Carga horária total de 40 horas aula.

  • 2013 - 2013

    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Membro de Comissão, Carga horária: 4

    Outras informações:
    Membro da Comissão de Revisão do Regulamento de Coordenadores do Câmpus Pelotas, do IFSul, segundo a Portaria nº 2383/2013.

  • 2013 - 2013

    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Avaliadora da II Mostra de Extensão do IFSull, Carga horária: 8

    Outras informações:
    O evento foi realizado no período de 1/10/2013 a 19/10/2013, tendo avaliado 3 pôsteres e 9 apresentações orais.

  • 2011 - 2012

    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense

    Vínculo: Contrato por tempo determinado, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Diciplinas ministradas (Graduação): - Obras e Redes de Abastecimento - Projeto de Esgotos - Controle de Efluentes - Tecnologia das Construções - Tecnologia dos Materiais de Contruções. Disciplinas ministradas (Curso Técnico em edificações): Materiais Básicos.

  • 2011 - 2012

    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Tutor, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Tutora da disciplina de Disposição Final de Resíduos no Projeto de Fomento ao uso das Tecnologias da Informação e Comunicação - UAB - IFSul.

  • 2011 - 2012

    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Tutor, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Tutora da disciplina de Tecnologia das Construções no Projeto de Fomento ao uso das Tecnologias da Informação e Comunicação - UAB - IFSul.

    Atividades

    • 04/2018

      Direção e administração, Coordenadoria dos cursos de Tecnologia em Saneamento e Gestão Ambiental., .,Cargo ou função, Coordenadora do Curso Superior de Tecnologia em Saneamento Ambiental.

    • 02/2012

      Ensino, Gestão Ambiental, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Avaliação de Impactos Ambientais, Projeto de Pesquisa

    • 02/2011

      Pesquisa e desenvolvimento , Coordenadoria dos cursos de Tecnologia em Saneamento e Gestão Ambiental., .,Linhas de pesquisa

    • 02/2011

      Ensino, Saneamento Ambiental, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Controle de Efluentes, Obras e Redes de Saneamento, Projeto de Esgotos, Projeto de Pesquisa, Tecnologia das Construções, Tecnologia dos Materiais de Construções, Avaliação de Impactos Ambientais

    • 04/2013 - 04/2015

      Direção e administração, Coordenadoria dos cursos de Tecnologia em Saneamento e Gestão Ambiental., .,Cargo ou função, Coordenadora de Área Física dos Cursos Superiores de Tecnologia em Gestão e Saneamento Ambiental.

  • 2003 - 2011

    Indústria Riograndense de Óleos Vegetais Ltda

    Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Encarregada da ETE, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Era a responsável técnica pela Estação de Tratamento de Efluentes junto ao órgão fiscalizador. Organizava, gerenciava e coordenava o sistema de coleta, armazenamento e destinação dos resíduos sólidos industriais. Elaborava relatórios periódicos para a FEPAM como: planilhas de resíduos sólidos, efluentes líquidos e relatórios de operação (Programa SISAUTO/SIGECORS). Controlava a qualidade do tratamento, sugerindo e buscando melhorias no processo, através de testes laboratoriais e ou em planta. Realizava contatos com empresas fornecedoras de produtos químicos, empresas de consultoria ambiental e com o órgão fiscalizador a fim de trocar informações e experiências, para melhorar o tratamento dos efluentes industriais gerados e a minimização dos impactos ambientais. Ajustava o sistema de tratamento na ETE de acordo com os laudos, através de cálculos, para uma melhor eficiência nas diversas etapas de tratamento. Recebia vários grupos de estudantes das universidades da região, que buscavam conhecer o processo de tratamento e funcionamento de uma ETE, proporcionando um contato da teoria com a prática. Representava a IRGOVEL em palestras e eventos na área ambiental. Realizou o estudo para o licenciamento de atividades industriais ILAI para LO/LI de ampliação do parque indutrial.

  • 2011 - 2011

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estudante

    Outras informações:
    tividades de Participação em Projeto, Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel, PPGSPAF. Projetos de pesquisa Projeto de extensão: COCEPE: 52100002

  • 2011 - 2012

    Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Palestrante Curso Saneamento Rural

    Outras informações:
    Colaboradora do Projeto de Extensão em Saneamento Básico Rural.