Vera Maria Quecini

possui graduação em Engenharia Agronômica pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, mestrado em Microbiologia Agrícola e doutorado em Genética e Melhoramento de Plantas pela ESALQ/USP. Realizou pós-doutoramento junior na Universidade de Wageningen (Holanda), sob a supervisão do Dr. Richard E. Kendrick e do Dr. Maarten Koornneef, estudando fotopercepção e ritmos circadianos em plantas. Realizou pós-doutoramento senior na Universidade do Missouri, Columbia (USA), sob a supervisão do Dr. Emmanuel Liscum, investigando a função biológica das proteínas da família NRL (NPH3-, RPT2-like), envolvidas nas respostas fototrópicas de Arabidopsis. Foi pesquisador científico do Instituto Agronômico de Campinas, Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Recursos Genéticos Vegetais e atualmente é pesquisador na área de biologia avançada, genômica funcional e estrutural, na Embrapa Uva e Vinho.

Informações coletadas do Lattes em 01/02/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Genética e Melhoramento de Plantas

1995 - 1999

Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Título: Transferência direta de genes para plantas de Stylosanthes guianensis (Aubl.) Sw.
Orientador: Maria Lúcia Carneiro Vieira
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: estilosantes; leguminosa forrageira; albumina 2S; biobalística; Eletroporação de protoplastos.Grande área: Ciências AgráriasGrande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Genética / Especialidade: Biotecnologia. Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Genética / Especialidade: Biologia Molecular. Setores de atividade: Produção Vegetal; Produtos e Processos Biotecnológicos Vinculados À Agricultura.

Mestrado em Microbiologia Agrícola

1991 - 1995

Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Título: Efeito da presença do vírus do vira-cabeça" do tomateiro e de ribavirina sobre a cinética de crescimento de protoplastos do mesófilo de fumo (Nicotiana tabacum L.) em cultivo de suspensão e sobre isoformas de peroxidases, shiquimato desidrogenases e ami,Ano de Obtenção: 1995
Orientador: Darcy Martins da Silva
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: vírus do "vira-cabeça" do tomateiro TSWV; protoplastos; proteínas associadas à patogênese; isoenzimas; tissue print.Grande área: Ciências AgráriasGrande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitossanidade / Especialidade: Fitopatologia. Setores de atividade: Produção Vegetal.

Aperfeiçoamento em Genetics

1992 - 1992

Landbowuniversiteit Te Wageningen
Título: Genetic analysis of mutants of Aspergillus niger transformed by recombinant DNA technology" / "Isolation and characterization of Aspergillus spp. mutant strains". Ano de finalização: 1992
Orientador: Klaas Swart
Bolsista do(a): Landbowuniversiteit Te Wageningen, WAU, Holanda.

Graduação em Engenharia Agronômica

1987 - 1991

Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz

Curso técnico/profissionalizante

1983 - 1986

COLEGIO SALESIANO DOM BOSCO

Ensino Fundamental (1º grau)

1975 - 1982

Escola Estadual de Primeiro Grau Barão do Rio Branco

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2001 - 2004

Pós-Doutorado. , University Of Missouri Columbia, MU, Estados Unidos. , Bolsista do(a): National Science Foundation, NSF, Estados Unidos. , Grande área: Ciências Agrárias, Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Genética / Especialidade: Biologia Molecular. , Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Genética / Especialidade: Genômica Funcional.

2000 - 2001

Pós-Doutorado. , Landbowuniversiteit Te Wageningen, WAU, Holanda. , Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil. , Grande área: Ciências Agrárias, Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Genética / Especialidade: Biologia Molecular.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2011 - 2011

Galaxy Workflow System. (Carga horária: 40h). , La Recherche Agronomique pour le Développement, CIRAD, França.

2004 - 2004

Annual Meeting. (Carga horária: 120h). , Max Planck Institut Für Züchtungsforschung, MIPZ, Alemanha.

2001 - 2001

Plant Development. (Carga horária: 180h). , Cold Spring Harbor, CSH, Estados Unidos.

2000 - 2000

Bioinformatics. (Carga horária: 32h). , Landbowuniversiteit Te Wageningen, WAU, Holanda.

1999 - 1999

Plant Biochemistry. (Carga horária: 130h). , Washington State University, WSU, Estados Unidos.

1998 - 1998

Anticorpos Monoclonais na Agricultura. (Carga horária: 16h). , Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, ESALQ, Brasil.

1998 - 1998

Análise de Risco na Introdução de Cultivares Resis. (Carga horária: 16h). , Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, ESALQ, Brasil.

1996 - 1996

Métodos de Transferência e Análise da Expressão de. (Carga horária: 96h). , Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, EMBRAPA, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fisiologia Vegetal/Especialidade: Fotobiologia.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Genética/Especialidade: Biologia Molecular.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Genética/Especialidade: Biotecnologia.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Fisiologia / Subárea: Fisiologia Geral/Especialidade: Transdução de Sinais.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Genética/Especialidade: Genômica Funcional.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

MELO, G. W. B. ; SCANAGATTA, V. ; SINSKI, I ; SGANZERLA, V. M. A. ; GUERRA, C. C. ; QUECINI, V ; Revers, LF ; SULZBACH, A. ; BITTARELLO, G. ; TAFFAREL, J. C. ; PRADO, L. E. M. ; SEBBEN, S. S. ; LIMA, S. S. ; FRONZA, T. M. . Encontro Nacional sobre Metodologias e Gestão de Laboratórios da Embrapa. 2011. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Congresso Brasileiro de Genética. The Phytochrome-Interacting Factor genes in grapevine and their association to the gibberellin signal transduction pathway. 2011. (Congresso).

Simpósio Brasileiro de Genética Molecular de Plantas.In silico analysis of the ETHYLENE RESPONSE FACTOR (ERF) gene family in Malus. 2009. (Simpósio).

XII Congresso Brasileiro de Viticultura e Enologia. Agrobacterium-mediated genetic transformation of Vitis sp. via somatic embryogenesis, Gene transfer to Vitis sp. via co-cultivation of shoot apices with. 2008. (Congresso).

XX Congresso Brasileiro de Fruticultura, 54th Annual Meeting of the Interamerican Society for Tropical Horticulture. Bioinformatic analysis of the genes controlling developmental transitions in grapevine.. 2008. (Congresso).

53o Congresso Brasileiro de Genética. OVER-EXPRESSION OF ANION CHANNEL CODING GENES IN FORAGE CROPS Neonotonia wightii AND Brachiaria brizantha LEADS TO ECTROPIC ROOT DEVELOPMENT. 2007. (Congresso).

Congresso Brasileiro de Genética. "Novas Metodologias" no Melhoramento Genético. 2006. (Congresso).

I Encontro sobre Transgênicos na Agricultura.Obtenção e Utilização de Organismos Geneticamente Modificados / Biossegurança e a Legislação de Organismos Geneticamente Modificados. 2006. (Encontro).

8a. Semana Temática da Biologia.curso Biotecnologia Vegetal. 2005. (Outra).

congresso brasileiro de genética. 2005. (Congresso).

International Plant Photobiology Meeting. International Plant Photobiology Meeting. 2004. (Congresso).

International Meeting on Arabidopsis Research.Functional Genomics of the Arabidopsis NPH3/RPT2 family. 2003. (Encontro).

Lifesciences Week.Determination of the biological function of the NPH3/RPT2 family in Arabidopsis. 2003. (Encontro).

Plant Biochemistry Symposium.Determination of the biological functions of the Arabidopsis NPH3/RPT2, a plant-specific superfamily encoding putative scaffold proteins. 2003. (Simpósio).

Plant Protein Phosphorylation-Dephosphorylation.Determination of the biological function of the NPH3/RPT2 family in Arabidopsis. 2003. (Simpósio).

International Meeting on Arabidopsis Research. Multinational Functional Genomics - Determination of the biological function of the NPH3/RPT2 family in Arabidopsis. 2002. (Congresso).

Life Sciences Week.Determinatin of the biological function of NPH3/RPT2: a plant specific superfamily encoding putative scaffold proteins. 2002. (Encontro).

Multinational Functional Genomics Workshop.Functional Genomics of the NPH3/RPT2 family in Arabidopsis. 2002. (Oficina).

Nodulation and Nitrogen Fixation. 2002. (Congresso).

47o Congresso Brasileiro de Genética. Circadian and light regulation of heterologous Arabidopsis CAB2-Luciferase reporter gene in tomato. 2001. (Congresso).

Plant Photobiology.Study of photoreceptor signaling in tomato using the circadian-regulated Arabidopsis CAB2:Luciferase reporter system. 2001. (Simpósio).

Plant Sciences Meeting. 2001. (Encontro).

Roots, nutrients and water: molecular and cellular aspects of plant survival and growth.Functional Genomics of the Arabidopsis NPH3/RPT2 family. 2001. (Simpósio).

Plant Sciences Summer Meeting. 2000. (Encontro).

45o Congresso Brasileiro de Genética. Stable transformation of Stylosanthes guianensis with a methionine-rich 2S albumin gene from Bertholletia excelsa by microparticle bombardment. 1999. (Congresso).

Encontro da Sociedade Brasileira de Genética - Regional São Paulo. 1999. (Encontro).

44o Congresso Brasileiro de Genética. A methionine rich 2S albumin from Bertholletia excelsa is correctly expressed, processed and targeted in electroporation transformed Stylosanthes guianensis plants. 1998. (Congresso).

XXVI Semana de Bio-Estudos.Clonagem e Transformação de Plantas. 1998. (Outra).

II Encontro Brasileiro de Biotecnologia Vegetal.Optimizing biological and physical parameters for biolistic transformation of Stylosanthes guianensis, a legume forage plant / Influence of microparticle bombardment on Agrobacterium tumefaciens infection of soybean (Glycine max) embryos and cotiledonary. 1997. (Encontro).

International Workshop on Agricultural Biotechnology. 1997. (Oficina).

13 Encontro sobre Temas de Genética e Melhoramento. 1996. (Encontro).

42o Congresso Brasileiro de Genética. 1996. (Congresso).

12 Encontro sobre temas de Genética e Melhoramento. 1995. (Encontro).

41o Congresso Brasileiro de Genético. A guanosine analogue recovers growth kinectic ability of TSWV-infected plant protoplasts. 1995. (Congresso).

XXVII Congresso Brasileiro de Fitopatologia. Efeito do vírus do vira cabeça do tomateiro (VVCT) e de virazole sobre a cinética de crescimento de protoplastos do mesófilo de fumo / Construção e uso de sondas de RNA para a detecção do vírus do anel do pimentão (VAP). 1994. (Congresso).

10 Encontro sobre Temas de Genética e Melhoramento. 1993. (Encontro).

Simpósio Internacional de Biotecnologia de Plantas. 1988. (Simpósio).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Joceani Dal Cero

GIRARDI, C. L.; ROMBALDI, C. V.;QUECINI, V. Análise in silico e de expressão de genes da família ETHYLENE RESPONSE FACTORS (ERF) no gênero Malus. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia Agroindustrial) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Gisele Passaia

Margis-Pinheiro, M; PASQUALI, G.; WELTER, L. J.;QUECINI, V. Perfil transcricional comparativo de genes associados ao desenvolvimento do fruto das cultivares de uva Isabel e Isabel precoce (Vitis labrusca L.). 2009. Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e Molecular) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: STELLA MARIS NUCCI

Azevedo Filho, J.A. de; OLIVEIRA, G. C. X.;QUECINI, V. Desenvolvimento e caracterização de marcadores microssatélites e análise da diversidade genética em macaúba. 2007. Dissertação (Mestrado em Agricultura Tropical e Sub Tropical) - Instituto Agronômico de Campinas.

Aluno: Mariana Madruga Krüger

PEGORARO, CAMILA; COSTA DE OLIVEIRA, ANTONIO; ALBI, F. M.; MARINI, N.;Quecini, V.. Análise funcional dos genes VOZ em ervilha e arroz. 2017. Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: ROSELAINE FACANALI

MARQUES, Márcia Ortiz M;ZUCCHI, Maria ImaculadaQUECINI, V; BOARO, C; RODRIGUES, JD. Estudo da Biologia Reprodutiva, Diversidade Genética e Química de Populações de Ocimum selloi Benth.. 2008. Tese (Doutorado em Agronomia (Horticultura)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Aluno: Rogério Falleiros Carvalho

KERBAUY, GB; TAKAKI, M; ZAIDAN, LBP; Peres, LEP;QUECINI, V. Estudo da interação entre fitocromo e hormônios vegetais no controle do desenvolvimento. 2008. Tese (Doutorado em Fisiologia e Bioquímica de Plantas) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Andrea Akemi Hoshino

GIMENES, Marcos A; Chabregas, SM;QUECINI, V; Silva Filho, MC; RIBOLLA, PEM. Isolamento e caracterização de promotores tecido-específicos a partir das informações do SUCEST ( Sugarcane Expressed Sequence Tags ). 2007. Tese (Doutorado em Biociências) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Aluno: Andrea Akemi Hoshino

GIMENES, Marcos A; BRAZ, A. S. K.;QUECINI, V. Identificação de genes relacionados à tolerância ao estresse hídrico em cana-de-açúcar. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Ciencias Biologicas (Genetica)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Aluno: Fernanda Roberta Rech

MACIEL, F. L.;Ritschel, PSQUECINI, V. Confirmação da condição híbrida de genótipos oriundos do cruzamento entre as cultivares de pera Housui x Abate Fetel. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia) - Universidade Estadual do Rio Grande do Sul.

GONÇALVES, Paulo; MAGLIO, Cecília Pinto; CARBONELL, Sérgio; PATTERNIANI, Maria Elisa;ZUCCHI, Maria ImaculadaQUECINI, V. seleção e classificação de candidatos ao Mestrado em Agricultura Tropical - IAC. 2006. Instituto Agronômico de Campinas.

Reis, M. S. dos; DUARTE, J. B.;QUECINI, V. Prêmio Alcides Carvalho, tema "Melhoramento Genético Vegetal". 2006. Sociedade Brasileira de Genética.

QUECINI, V; CANTARELLA, Heitor; DEUBER, Robert. seleção e classificação de candidatos a bolsa PIBIC. 2005. Instituto Agronômico de Campinas.

QUECINI, V; PALMIERI, Dario A; STUCHI, Eduardo Sanches. Prêmio Jovem Talento da Pesquisa Citrícola. 2005. Instituto Agronômico de Campinas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

MARCIO DE CASTRO SILVA FILHO

QUECINI, V. M.;SILVA FILHO, M. C.; VIEIRA, M. L. C.; GOLDMAN, M. H. S.; ARAGÃO, F. J. L.; GANDER, E. S.. Transferência direta de genes para plantas de Stylosanthes guianensis (Aubl.) Sw.. 1999. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Plantas) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Francisco José Lima Aragão

QUECINI, V. M.;Aragão, FJL. Transferência direta de genes para plantas de Stylosanthes guianensis (Aubl.) Sw.. 1999. Tese (Doutorado em Agronomia (Genética e Melhoramento de Plantas)) - Universidade de São Paulo.

Jorge Alberto Marques Rezende

REZENDE, J. A. M.. Efeito da presença do vírus do vira-cabeça do tomateiro e de ribavirina sobre a cinética de crescimento de protoplastos do mesófilo de fumo (Nicotiana tabacum L.) em cultivo de suspensão e sobre isoformas de peroxidases, shiquimato desidrogenases e amilases. 1995. Dissertação (Mestrado em Agronomia (Microbiologia Agrícola)) - Universidade de São Paulo.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Gabriel Dequigiovanni

Detecção de SNPs em genes estruturais da biossíntese de antocianinas e resveratrol em Vitis spp; ; Início: 2009 - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária; (Orientador);

Amanda Springer Berenschot

Mutagênese visando à aplicação da genética reversa em petúnia (Petunia x hybrida); 2008; 0 f; Dissertação (Mestrado em Agricultura Tropical e Subtropical) - Instituto Agronômico de Campinas,; Orientador: Vera Maria Quecini;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • Dal Bosco, Daniela ; SINSKI, IRACI ; RITSCHEL, PATRÍCIA S. ; CAMARGO, UMBERTO A. ; FAJARDO, THOR V. M. ; HARAKAVA, RICARDO ; Quecini, Vera . Expression of disease resistance in genetically modified grapevines correlates with the contents of viral sequences in the T-DNA and global genome methylation. Transgenic Research , v. 27, p. 379-396, 2018.

  • STORCH, TATIANE TIMM ; FINATTO, TACIANE ; BRUNEAU, MARYLINE ; ORSEL-BALDWIN, MATHILDE ; RENOU, JEAN-PIERRE ; ROMBALDI, CESAR V ; Quecini, Vera ; LAURENS, FRANÇOIS ; GIRARDI, CÉSAR L . Contrasting transcriptional programs control post-harvest development of apples ( Malus x domestica Borkh.) submitted to cold storage and ethylene blockage. JOURNAL OF AGRICULTURAL AND FOOD CHEMISTRY , v. nd, p. 10.1021/ac, 2017.

  • PERIGO, CRISLENE VAZ ; TORRES, ROSELI B. ; BERNACCI, LUÍS C. ; GUIMARÃES, ELSIE F. ; HABER, LENITA L. ; FACANALI, ROSELAINE ; VIEIRA, MARIA A.R. ; Quecini, Vera ; MARQUES, MÁRCIA. ORTIZ M. . The chemical composition and antibacterial activity of eleven Piper species from distinct rainforest areas in Southeastern Brazil. Industrial Crops and Products (Print) , v. 94, p. 528-539, 2016.

  • STORCH, TATIANE TIMM ; FINATTO, TACIANE ; PEGORARO, CAMILA ; DAL CERO, JOCEANI ; LAURENS, FRANÇOIS ; ROMBALDI, CESAR VALMOR ; Quecini, Vera ; GIRARDI, CÉSAR LUÍS . Ethylene-dependent regulation of an α-l-arabinofuranosidase is associated to firmness loss in `Gala’ apples under long term cold storage. Food Chemistry , v. 182, p. 111-119, 2015.

  • STORCH, TATIANE TIMM ; PEGORARO, CAMILA ; FINATTO, TACIANE ; Quecini, Vera ; ROMBALDI, CESAR VALMOR ; GIRARDI, CÉSAR LUIS . Identification of a Novel Reference Gene for Apple Transcriptional Profiling under Postharvest Conditions. Plos One , v. 10, p. e0120599, 2015.

  • PEGORARO, CAMILA ; TADIELLO, ALICE ; GIRARDI, CÉSAR L. ; CHAVES, FÁBIO C. ; Quecini, Vera ; COSTA DE OLIVEIRA, ANTONIO ; TRAINOTTI, LIVIO ; ROMBALDI, CESAR VALMOR . Transcriptional regulatory networks controlling woolliness in peach in response to preharvest gibberellin application and cold storage. BMC Plant Biology (Online) , v. 15, p. 279, 2015.

  • GIRARDI, CÉSAR LUÍS ; ROMBALDI, CÉSAR VALMOR ; DAL CERO, JOCEANI ; Nobile, Paula M. ; LAURENS, FRANÇOIS ; BOUZAYEN, MONDHER ; Quecini, Vera . Genome-wide analysis of the AP2/ERF superfamily in apple and transcriptional evidence of ERF involvement in scab pathogenesis. Scientia Horticulturae , v. 151, p. 112-121, 2013.

  • SINSKI, IRACI ; BOSCO, DANIELA ; PIEROZZI, NEIVA IZABEL ; MAIA, JOÃO DIMAS GARCIA ; RITSCHEL, PATRÍCIA SILVA ; Quecini, Vera . Improving in vitro induction of autopolyploidy in grapevine seedless cultivars. Euphytica (Dordrecht. Online) , v. 196, p. 299-311, 2013.

  • BERENSCHOT, AMANDA S. ; Quecini, Vera . A reverse genetics approach identifies novel mutants in light responses and anthocyanin metabolism in petunia. Physiology and Molecular Biology of Plants , v. 20, p. 1-13, 2013.

  • DEQUIGIOVANNI, G. ; RECH, F. ; GOMES, F. G. G. ; CEROTTI, I. S. ; FAORO, I. ; Oliveira, PRD ; QUECINI, V ; Ritschel, PS . Identification of a Simple Sequence Repeat molecular-marker set for. Crop Breeding and Applied Biotechnology (Impresso) , v. 12, p. 118-125, 2012.

  • SOMAVILLA, LÚCIA ; GOMES, CESAR BAUER ; Quecini, Vera Maria . Registro da ocorrência de Meloidogyne incognita no porta-enxerto 'IAC 766-Campinas' no estado de Pernambuco e reação de porta-enxertos e de cultivares copa de videira a Meloidogyne spp.. Revista Brasileira de Fruticultura (Impresso) , v. 34, p. 750-756, 2012.

  • NOBILE, P. M. ; Wattebled, F. ; QUECINI, V ; GIRARDI, C. L. ; LORMEAU, M. ; LAURENS, F. . Identification of a novel alpha-L-arabinofuranosidase gene associated with mealiness in apple. Journal of Experimental Botany (Online) , v. May, p. 1-13, 2011.

  • Nobile, Paula M. ; QUECINI, V ; Bazzo, Barbara ; Quiterio, Gabriela ; MAZZAFERA, Paulo ; Colombo, Carlos A. . Transcriptional Profile of Genes Involved in the Biosynthesis of Phytate and Ferritin in. Journal of Agricultural and Food Chemistry , v. 58, p. 3479-3487, 2010.

  • Carvalho, Rogério Falleiros ; Quecini, Vera ; Peres, Lázaro Eustáquio Pereira . Hormonal modulation of photomorphogenesis-controlled anthocyanin accumulation in tomato (Solanum lycopersicum L. cv Micro-Tom) hypocotyls: Physiological and genetic studies. Plant Science (Limerick) , v. 178, p. 258-264, 2010.

  • Dal Bosco, Daniela ; SINSKI, I ; Ritschel, PS ; Quecini, Vera . Residues of 2,4-Dichlorophenoxyacetic Acid in Plant-Tissue Culture Glassware: Their Effects and A Decontamination Protocol. International Journal of Biotechnology & Biochemistry , v. 6, p. 617-624, 2010.

  • Mulato, Bruno Mello ; Möller, Milene ; ZUCCHI, Maria Imaculada ; Quecini, Vera ; Baldin J . Genetic diversity in soybean germplasm identified by SSR and EST-SSR markers. Pesquisa Agropecuária Brasileira (1977. Impressa) , v. 43, p. 276-283, 2010.

  • Pino, Lilian E ; Lombardi-Crestana, Simone ; Azevedo, Mariana S ; Scotton, Danielle C ; Borgo, Lucelia ; Quecini, Vera ; Figueira, Antonio ; Peres, Lazaro E P . The Rg1 allele as a valuable tool for genetic transformation of the tomato Micro-Tom model system. Plant Methods , v. 6, p. 23, 2010.

  • QUECINI, V ; ZUCCHI, Maria I ; Baldin J ; VELLO, Natal A . In silico analysis of candidate genes involved in light sensing and signal transduction pathways in soybean. Plant Biotechnology Reports , v. 2, p. 1, 2008.

  • BERENSCHOT, Amanda Springer ; TULMANN NETO, A. ; ZUCCHI, Maria I. ; QUECINI, V . Mutagenesis in Petunia x hybrida Vilm. and isolation of a novel morphological mutant. Brazilian Journal of Plant Physiology , v. 20, p. 95-103, 2008.

  • QUECINI, V . In silico analysis of the endogenous time-keeping mechanism in citrus. Genetics and Molecular Biology , Ribeirão Preto, SP, v. 30, p. 780-793, 2007.

  • QUECINI, V ; TORRES, Gisele A M ; ROSA JR, Vicente e de ; GIMENES, Marcos A ; MACHADO, Jeanne M ; FIGUEIRA, Antônio V de O ; BENEDITO, Vagner ; TARGON, Maria Luisa P. N. ; CRISTOFANI, Mariângela . In silico analysis of phytohormone metabolism and communication pathways in citrus transcriptome. Genetics and Molecular Biology , Ribeirão Preto, v. 30, p. 713-733, 2007.

  • QUECINI, V ; LOPES, Mario Lucio ; PACHECO, Flavia T H ; ONGARELLI, Maria das G . Tomato spotted wilt virus triggers specific and shared defense mechanisms in hypersensitive and susceptible Solanaceae hosts. Physiological and Molecular Plant Pathology , v. 70, p. 75, 2007.

  • NOBILE, P. M. ; LOPES, C. R. ; BARSALOBRES-CAVALLARI, C. ; QUECINI, V ; COUTINHO, L. L. ; HOSHINO, A. A. ; GIMENES, Marcos A . Peanut genes identified during initial phase of Cercosporidium personatum infection. Plant Science (Limerick) , v. 171, p. 123-115, 2007.

  • QUECINI, V . Identification of photoperception and light signal transduction pathways in citrus. Genetics and Molecular Biology , v. 30, p. 780-793, 2007.

  • TORRES, Gisele A M ; GIMENES, Marcos A ; ROSA JR, Vicente e de ; QUECINI, V . Identifying water stress-response mechanisms in citrus by in silico transcriptome analysis. Genetics and Molecular Biology , v. 30, p. 888-905, 2007.

  • QUECINI, V ; ZUCCHI, Maria I ; Baldin J ; VELLO, Natal A . Identification of Soybean Genes Involved in Circadian Clock Mechanism and Photoperiodic Control of Flowering Time by In Silico Analyses. Journal of Integrative Plant Biology , v. 49, p. 1640-1653, 2007.

  • QUECINI, V ; LOPES, Mário L. ; PACHECO, Flávia T. H. ; ONGARELLI, Maria das G. . Ribavirin, a Guanosine Analogue Mammalian Antiviral Agent, Impairs Tomato spotted wilt virus Multiplication in Tobacco Cell Cultures. Archives Of Phytopathology And Plant Protection , England, v. 39, n.4, p. 19-23, 2006.

  • QUECINI, V ; ALVES, Adriana C ; OLIVEIRA, Carlos A C de ; ARAGÃO, Francisco J F L ; RECH, Elibio L ; ALMEIDA, Elionor R P de ; GANDER, Eugen S ; VIEIRA, Maria Lucia C . Microparticle bombardment of Stylosanthes guianensis: transformation parameters and expression of a methionine-rich 2S albumin gene. Plant Cell, Tissue and Organ Culture , v. 87, p. 167-179, 2006.

  • QUECINI, V ; OLIVEIRA, Carlos Alberto de ; ALVES, Adriana Cristina ; VIEIRA, Maria Lúcia Carneiro . Factors influencing electroporation-mediated gene transfer to Stylosanthes guianensis (Aubl.) Sw. protoplasts. Genetics and Molecular Biology (Impresso) , Ribeirão Preto, SP, Brasil, v. 25, n.1, p. 73-80, 2002.

  • QUECINI, V ; VIEIRA, Maria Lúcia Carneiro . Transient gene expression in electroporated intact tissue of Stylosanthes guianensis (Aubl.) Sw.. Scientia Agrícola (USP. Impresso) , Piracicaba, SP, Brasil, v. 58, n.4, p. 759-765, 2001.

  • ALVES, Adriana Cristina ; QUECINI, V ; VIEIRA, Maria Lúcia Carneiro . Plant Transformation: Advances and Perspectives. Scientia Agrícola (USP. Impresso) , Piracicaba, SP Brasil, v. 56, n.1, p. 1-7, 1999.

  • Oliveira, PRD ; FAORO, I. ; QUECINI, V . Melhoramento genético e biotecnologia. In: João Caetano Fioravanço; Lucimara Rogéria Antoniolli. (Org.). Pera - 500 perguntas, 500 respostas - O produtor pergunta, a Embrapa responde. 1ed.Brasília, DF: Embrapa Informação Tecnológica, 2016, v. 37, p. 31-43.

  • Maia JDG ; Ritschel, PS ; QUECINI, V . O papel da epigenética na diversidade vegetal e suas implicações para o uso e conservação dos recursos fitogenéticos. In: Renato Ferraz de Arruda Veiga; Manoel Abílio de Queiróz. (Org.). Recursos Fitogenéticos: base da agricultura sustentável no Brasil. 1ed.Viçosa: Editora UFV, 2015, v. 1, p. 342-345.

  • Maia, J.D.G. ; Camargo, U.A. ; Tonietto, J. ; Zanus, M.C. ; Quecini, V. ; Ferreira, M.E. ; Ritschel, P. . Grapevine breeding programs in Brazil. In: Reynolds, G.A.. (Org.). Grapevine Breeding Programs for the Wine Industry. 1ed.: Elsevier, 2015, v. 1, p. 247-271.

  • Ritschel, PS ; QUECINI, V . Suco de uva. In: Francisco J. B. Reifschneider; Luciano L. Nass; Gilmar P. Henz. (Org.). Uma pitada de biodiversidade na mesa dos brasileiros. 1ed.: , 2015, v. 1, p. 107-123.

  • QUECINI, V . Light and circadian control of development in perennial horticultural crops. In: Ashwani Kumar, Shikha Roy. (Org.). Plant Tissue Culture And Applied Plant Biotechnology. 1ed.New Dheli: Aavishkar Publishers' Distributors, 2011, v. 1, p. 323-349.

  • Quecini, Vera ; LISCUM, Emmanuel . SIGNAL TRANSDUCTION IN BLUE LIGHT-MEDIATED RESPONSES. In: Ebehardt Schaefer; Ferenc Nagy. (Org.). PHOTOMORPHOGENESIS IN PLANTS AND BACTERIA. 3ed.Dordrecht, The Netherlands: Kluwer Academic Publishers, 2006, v. 1, p. 305-327.

  • QUECINI, V ; VIEIRA, Maria Lúcia Carneiro . Plantas Transgênicas. In: Luciana Atti Serafini; Neiva Monteiro de Barros; João Lúcio de Azevedo. (Org.). Biotecnologia na agricultura e agroindústria. 1ed.Guaíba, RS: Livraria e Editora Agropecuária Ltda., 2001, v. 1, p. 279-331.

  • QUECINI, V ; Ritschel, PS ; GIRARDI, C. L. ; Camargo, UA . BIOINFORMATIC ANALYSIS OF THE GENES CONTROLLING DEVELOPMENTAL TRANSITIONS IN GRAPEVINE. In: XX Congresso Brasileiro de Fruticultura, 54th Annual Meeting of the Interamerican Society for Tropical Horticulture, 2008, Vitória. XX Congresso Brasileiro de Fruticultura, Anais. Vitória: Incaper, 2008. v. 20.

  • NOBILE, P. M. ; QUECINI, V ; Bazzo, B ; QUITERIO, G ; MAZZAFERA, Paulo ; COLOMBO, Carlos . Transcriptional analyses of phytate metabolism and ferritin isoforms genes in Coffea seeds.. In: 22nd International Scientific Colloquium on Coffee, 2008, Campinas, SP. Proceedings of the 22nd International Scientific Colloquium on Coffee. Paris: International Scientific Association on Coffee, 2008.

  • NOBILE, P. M. ; QUECINI, V ; COLOMBO, Carlos ; MAZZAFERA, Paulo . Análise in silico do metabolismo do fitato e da ferritina em Coffea. In: V Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil, 2007, Águas de Lindóia. Anais do V Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil. Brasília. Brasília: Consórcio Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento do Café, 2007.

  • NOBILE, P. M. ; QUECINI, V ; COLOMBO, Carlos ; MAZZAFERA, Paulo . Análise in silico da via biossintética do tetrahidrofolato em Coffea. In: V Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil, 2007, Águas de Lindóia. Anais do V Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil. Brasília: Consórcio Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento do Café, 2007.

  • Dal Bosco, Daniela ; SINSKI, I ; GIRARDI, C. L. ; Maia JDG ; Ritschel, PS ; QUECINI, V . The Phytochrome-Interacting Factor genes in grapevine and their association to the gibberellin signal transduction pathway. In: Congresso Brasileiro de Genética, 2011, Águas de Lindóia. Resumos do 57º Congresso Brasileiro de Genética. Ribeirão Preto: Sociedade Brasileira de Genética, 2011.

  • GIRARDI, C. L. ; QUECINI, V ; NOBILE, P. M. ; CERO, J. D. ; BOUZAYEN, M ; LAURENS, F. . In silico analysis of the ETHYLENE RESPONSE FACTOR (ERF) gene family in Malus. In: Simpósio Brasileiro de Genética Molecular de Plantas, 2009, Búzios, RJ. Simpósio Brasileiro de Genética Molecular de Plantas. Ribeirão Preto: Sociedade Brasileira de Genética, SBG, 2009. p. TS006.

  • CERO, J. D. ; GIRARDI, C. L. ; ROMBALDI, C. V. ; SILVA, J. A. ; QUECINI, V . Transfer fo the antisense ACC-SYNTHASE gene to Malus x domestica cv. Royal Gala via Agrobacterium co-cultivation. In: Simpósio Brasileiro de Genética Molecular de Plantas, 2009, Búzios. Resumos Simpósio Brasileiro de Genética Molecular de Plantas. Ribeirão Preto: Sociedade Brasileira de Genética, 2009. p. DV040.

  • QUECINI, V ; SINSKI, I ; Dal Bosco, Daniela ; Revers, LF ; BERND, R. B. ; Ritschel, PS ; Camargo, UA . Agrobacterium-mediated genetic transformation of Vitis sp. via somatic embryogenesis. In: XII Congresso Brasileiro de Viticultura e Enologia, 2008, Bento Gonçalves. Anais / XII Congresso Brasileiro de Vitivinicultura e Enologia. Bento Gonçalves: Embrapa, 2008. v. XII. p. 143-143.

  • QUECINI, V ; SINSKI, I ; Dal Bosco, Daniela ; Revers, LF ; Ritschel, PS ; Camargo, UA . Gene transfer to Vitis sp. via co-cultivation of shoot apices with. In: XII Congresso Brasileiro de Viticultura e Enologia, 2008, Bento Gonçalves. Anais / XII Congresso Brasileiro de Vitivinicultura e Enologia,. Bento Gonçalves: Embrapa, 2008. v. XII. p. 148-148.

  • QUECINI, V ; Moreti, RMR ; DUARTE, K. M. R. ; de LUCENA, MAC ; COLOMBO, Carlos C ; SIQUEIRA, Walter J ; BARDAUIL, P. A. . OVER-EXPRESSION OF ANION CHANNEL CODING GENES IN FORAGE CROPS Neonotonia wightii AND Brachiaria brizantha LEADS TO ECTROPIC ROOT DEVELOPMENT. In: 53o Congresso Brasileiro de Genética, 2007, Águas de Lindóia. Resumos do 53o Congresso Brasileiro de Genética. Ribeirão Preto: Sociedade Brasileira de Genética, 2007. v. 1. p. 21634-21634.

  • QUECINI, V ; HARRIS, Johanna ; LISCUM, Emmanuel . Biological functions of the NPH3/RPT2 family. In: Life Sciences Week, 2003, Columbia, MO. http://www.biotech.missouri.edu/mbp/exchange/mbw03/, 2003.

  • QUECINI, V ; ESMON, C Alex ; HARRIS, Johanna ; HARPER, Renee ; LISCUM, Emmanuel . Biological functions of the NPH3/RPT2 family. In: International Conference on Arabidopsis Research, 2003, Madison, WI. http://www.arabidopsis.org/news/abstractsArab2003.pdf, 2003.

  • QUECINI, V ; WANG, Xi Qing ; HARRIS, Johanna ; LISCUM, Emmanuel . Functional genomics of the NPH3/RPT2 gene family in Arabidopsis: a plant specific superfamily encoding putative scaffold proteins. In: Molecular Biology Week, 2002, Columbia, MO. http://www.biotech.missouri.edu/mbp/exchange/mbw02/, 2002.

  • QUECINI, V ; WANG, Xi Qing ; HARRIS, Johanna ; ZENSER, Nathan ; LISCUM, Emmanuel . Determination of the biological functions of the NPH3/RPT2 family. In: International Conference on Arabidopsis Research, 2002, Seville, Spain. XII International Conference on Arabidopsis Research, 2002. v. W10. p. 1-28-1-96.

  • QUECINI, V ; WELLER, James L ; KROL, Alexander R Van Der ; KENDRICK, Richard e . Circadian and light regulation of a heterologous Arabidopsis CAB2-luciferase reporter gene in tomato. In: Congresso Brasileiro de Genética, 2001, Águas de Lindóia, SP, 2001.

  • QUECINI, V ; WELLER, James L ; KROL, Alexander R Van Der ; KENDRICK, Richard e . Study of photoreceptor signalling in tomato using the circadian-regulated Arabidopsis CAB2-luciferase reporter gene. In: Plant Photobiology, 2000, Columbia, MO. The Plant Cell, 2001. v. 13. p. 1704-1710.

  • QUECINI, V ; OLIVEIRA, Carlos Alberto de ; ALVES, Adriana Cristina ; ALMEIDA, Elionor R P de ; GANDER, Eugen Silvano ; ARAGÃO, Francisco José Lima ; RECH, Elíbio Leopoldo ; VIEIRA, Maria Lúcia Carneiro . Transgenic Stylosanthes guianensis plants obtained by microprojectile bombardment express a methionine-rich 2S albumin from Brazil nut. In: Congresso Brasileiro de Genética, 1999, Gramado, RS. Genetics and Molecular Biology (Impresso), 1999. v. 22. p. 722-722.

  • QUECINI, V ; OLIVEIRA, Carlos Alberto de ; ALVES, Adriana Cristina ; ALMEIDA, Elionor R P de ; GANDER, Eugen Silvano ; VIEIRA, Maria Lúcia Carneiro . A methionine-rich 2S albumin from Bertholletia excelsa is correctly expressed, processed and targeted in electroporation transformed Stylosanthes guianensis plants. In: Congresso Brasileiro de Genética, 1999, Gramado, RS. Genetics and Molecular Biology (Impresso), 1999. v. 22. p. 734-734.

  • QUECINI, V ; ALVES, Adriana Cristina ; GANDER, Eugen Silvano ; ALMEIDA, Elionor R P de ; VIEIRA, Maria Lúcia Carneiro . Optimizing biological and physical parameters for biolistic transformation of Stylosanthes guianensis, a legume forage plant. In: Encontro Brasileiro de Biotecnologia Vegetal, 1997, Gramado, RS, 1997.

  • ALVES, Adriana Cristina ; QUECINI, V ; GERALDI, Isaías Olívio ; GANDER, Eugen Silvano ; ALMEIDA, Elionor R P de ; VIEIRA, Maria Lúcia Carneiro . Influence of microparticle bombardment on Agrobacterium tumefaciens infection of soybean (Glycine max) embryos and cotiledornary nodes. In: Encontro Brasileiro de Biotecnologia Vegetal, 1997, Gramado, RS, 1997.

  • QUECINI, V ; SILVA, Darcy Martins da ; LOPES, Mário Lúcio ; PACHECO, Flávia Teresa Hansen . A guanosine analogue recovers growth kinetics ability of TSWV-infected plant protoplasts. In: Congresso Brasileiro de Genética, 1996, Caxambu, MG. Revista Brasileira de Genética, 1996. v. 19. p. 317-317.

  • LOPES, Mario Lúcio ; SILVA, Darcy Martins da ; PACHECO, Flávia Teresa Hansen ; QUECINI, V . Construção e uso de sondas de RNA para a detecção do vírus do anel do pimentão (VAP). In: Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 1994, Itajaí, SC. Fitopatologia Brasileira, 1994. v. 19. p. 313-313.

  • QUECINI, V ; SILVA, Darcy Martins da ; LOPES, Mário Lúcio ; PACHECO, Flávia Teresa Hansen . Efeitos do vírus do vira-cabeça do tomateiro (TSWV) e de virazole na cinética de crescimento de protoplastos do mesófilo de fumo. In: Congresso Brasileiro de Fitopatologia, 1994, Itajaí, SC. Fitopatologia Brasileira, 1994. v. 19. p. 313-313.

  • QUECINI, V . Light and circadian developmental control in perennial species. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Quecini, V. ; SINSKI, I ; Ritschel, PS ; Fajardo, TV . Aiming at grapevines with increased resistance to pathogens, reaching structural genome modifications 2019 (Wine and Science Blog).

  • QUECINI, V . Alimentos IV 2005 (Programa de Televisão).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

QUECINI, V . Plantas Geneticamente Modificadas. 2005. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

QUECINI, V . Regulação do Metabolismo Secundário em Plantas. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

QUECINI, V . Biotecnologia Vegetal. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

QUECINI, V . Iluminando o caminho: fotopercepção e regulação do desenvolvimento em plantas. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

VIEIRA, Maria Lúcia Carneiro ; QUECINI, V . Clonagem e Transformação de Plantas. 1998. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2017 - Atual

    Abordagens integrativas para o estudo da fisiologia de plantas de videira in vitro em resposta à iluminação por light emitting diodes (LEDs), Descrição: A luz é um dos fatores ambientais mais importantes para as plantas, pois é fonte de energia para o crescimento pela fotossíntese, e fornece informação espacial e temporal para o controle do desenvolvimento, nas respostas mediadas por fotorreceptores. Nesses organismos fotoautotróficos e sésseis, as condições luminosas são determinantes para a captação de energia e adequação do desenvolvimento pós-embriônico maximizando a sobrevivência, adaptação e propagação. A manipulação de parâmetros da luz permite o aumento da eficiência fotossintética, alteração da composição química e da morfologia das plantas, modulação das respostas a estresses e controle do desenvolvimento. Entretanto, em sistemas convencionais de iluminação a dissipação de energia na forma de calor reduz a durabilidade, uniformidade e sustentabilidade dos processos para manipulação das condições luminosas. O desenvolvimento de fontes de luz baseadas em semicondutores sólidos empregando light-emitting diodes (LEDs) é considerado um dos avanços mais significativos nas tecnologias de iluminação para a agricultura sob condições controladas. As principais vantagens desta tecnologia são a sua capacidade de fornecimento de alta irradiância luminosa sem dissipação por calor, com robustez, durabilidade e o melhor controle da composição do espectro luminoso. A produção de espécies frutíferas frequentemente emprega tecnologias de cultivo in vitro para a obtenção de materiais com qualidade fitossanitária superior, aceleração da obtenção de mudas, conservação ex situ de germoplasma, recuperação de genótipos ancestrais, produção de sistema radicular vigoroso, geração de mutantes e poliplóides, engenharia genética, entre outras aplicações. Os efeitos da iluminação por LED sobre o crescimento, desenvolvimento e fisiologia de plantas perenes cultivadas in vitro permanecem pouco estudados. A presente proposta visa investigar os efeitos da iluminação branca e monocromática fornecida por LED sobre o crescimento e desenvolvimento de videira, empregando uma abordagem integrativa composta da análise de perfis transcricionais em larga escala, caracterização metabólica e análise de parâmetros fisiológicos e anatômicos. A determinação da influência da iluminação LED sobre características fisiológicas e de desenvolvimento da videira fornecerá subsídios para a elaboração sistemas de iluminação mais econômicos com características espectrais adequadas ao cultivo in vitro e permitirá o desenvolvimento de condições adequadas às diferentes finalidades dos materiais micropropagados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Vera Maria Quecini - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2014 - 2017

    Indução de poliploidia in vitro em porta enxertos de videira visando à redução do crescimento da copa, Descrição: A viticultura é a cultura frutífera que ocupa maior extensão de área no mundo, estendendo-se por aproximadamente oito milhões de hectares, distribuídos pelos cinco continentes. A maior parte da produção comercial de uvas no mundo é baseada na espécie Vitis vinifera e seus híbridos, sendo que sua susceptibilidade ao inseto de solo filoxera faz com que a cultura dependa do uso de porta enxertos resistentes, derivados de espécies selvagens americanas de Vitis, que coevoluiram com o inseto. A rusticidade das espécies selvagens, aliada às interações epigenéticas entre os genomas nos híbridos, faz com que esses materiais tenham uma alta taxa de produção biomassa. A grande velocidade de crescimento do sistema radicular dos porta enxertos promove a absorção contínua de água e nutrientes do solo, favorecendo a produção de fotoassimilados pela copa e o crescimento vegetativo, em detrimento da floração e frutificação. O vigor vegetativo afeta o microclima na planta, reduzindo a exposição à luz solar e promovendo o aumento da temperatura, o que favorece o ataque por patógenos e insetos. Durante o período reprodutivo, essas condições levam à queda e abortamento de flores e redução na biossíntese de compostos associados às propriedades sensoriais das uvas. Atualmente, a produção de frutas com características adequadas ao mercado depende do emprego de práticas culturais complexas, como: restrição do crescimento radicular, manejo da irrigação, raleio de flores e bagas, desponte de ápices vegetativos e aplicações exógenas de reguladores de crescimento. Essas práticas reduzem a sustentabilidade da produção, aumentando os custos e preocupações dos consumidores com a segurança alimentar. Assim, alternativas genéticas para a redução do vigor dos porta enxertos resistentes são desejáveis. A estratégia de ação propõe a duplicação de conjuntos genômicos completos (poliploidização) para a geração de novos genótipos exibindo redução na velocidade de crescimento e retendo as características de interesse de porta enxertos elite. Na história evolutiva das plantas, a poliploidização é generalizada, inclusive em videira, onde o genoma atual é resultante de eventos de duplicação genômica, seguidos de rearranjos e perdas de material genético até o presente estado diploide. A presença de quantidades elevadas de DNA no núcleo dos poliploides reduz a velocidade de progressão do ciclo celular devido às interações sinápticas complexas e ao atraso nas passagens entre os pontos de checagem na divisão. Materiais autopoliploides apresentam raízes mais curtas e espessas, reduzindo a área de contato das raízes com o solo, diminuindo a taxa de absorção de água e nutrientes e seu transporte para as copas. Esse mecanismo é distinto da reprogramação da expressão gênica na região meristemática da copa, promovida por porta enxertos indutores de nanismo em algumas espécies de Rosaceae. A indução artificial de poliploidia emprega agentes antimitóticos, que interferem com a polimerização das fibras do fuso nas divisões celulares, impedindo a separação dos conjuntos cromossômicos e originando células que contêm um número maior de genomas. As vias de regeneração in vitro, a partir de poucas ou de uma única célula, permitem a formação de indivíduos uniformemente poliploidizados com frequências elevadas. O presente projeto visa ao desenvolvimento de plantas autotetraplóides de porta enxertos de videira pelo tratamento in vitro de meristemas com agente antimitótico. Os materiais genéticos autopoliploides podem contribuir com o programa de melhoramento da videira conduzido pela Embrapa Uva e Vinho na geração de novos genótipos de porta enxertos, com crescimento mais lento e sistema radicular compacto, levando à redução do vigor das copas e diminuição da necessidade de práticas culturais complexas e dispendiosas. O emprego de alternativas genéticas às práticas culturais e aplicações de r. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Vera Maria Quecini - Coordenador / João Dimas Garcia Maia - Integrante / Sinski, Iraci - Integrante / Dal Bosco, Daniela - Integrante / PIEROZZI, NEIVA IZABEL - Integrante / RITSCHEL, PATRÍCIA SILVA - Integrante., Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.

  • 2011 - 2014

    Identificação e Análise Funcional de Determinantes Genéticos da Adaptação Climática em Videira, Descrição: A produção de uvas é a cultura frutífera que ocupa maior extensão de área no mundo, se estendendo por aproximadamente oito milhões de hectares, distribuídos pelos cinco continentes. No Brasil, a distribuição das áreas produtoras de uva também é ampla, distribuindo-se pelas Regiões Sul, Sudeste e Nordeste em pólos vitícolas com grandes diferenças climáticas. As respostas adaptativas constituem um conjunto de processos de percepção e interpretação das condições ambientais e sua integração com mecanismos endógenos que controlam o desenvolvimento permitindo que as plantas exibam uma plasticidade fenotípica, adequando o fenótipo a uma dada condição ambiental. Os circuitos regulatórios que controlam estas respostas nas plantas superiores são complexos e envolvem um grande número de genes, proteínas, as modificações das proteínas e a composição em metabólitos, que respondem às condições do ambiente, além de fatores epigenéticos, como as modificações na distribuição das histonas, as modificações das histonas, a metilação de DNA e os RNAs não codificadores de proteínas. A identificação dos genes responsáveis pela variação fenotípica nas plantas tem implicações práticas significativas, pois fornece ferramentas para se conseguir o aumento da produtividade e qualidade das culturas no contexto agronômico. Entretanto, devido à arquitetura genética complexa destas características nas plantas superiores, os estudos anteriores à pós-genômica permitiram um entendimento apenas parcial dos determinantes genéticos da adaptação climática. A integração de conhecimentos derivados de estudos integrativos aos programas de melhoramento genético e à caracterização da diversidade genética em bancos de germoplasma e populações naturais pode contribuir com a aceleração da geração de materiais exibindo características favoráveis de adaptação climática. A presente proposta visa gerar ferramentas pós-genômicas, que integradas ao programa de melhoramento genético da videira, permitam acelerar a gera. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Vera Maria Quecini - Coordenador / Paulo Mazzafera - Integrante / Patrícia Silva Ritschel - Integrante / João Dimas Garcia Maia - Integrante / Peres, Lazaro E P - Integrante / Marcos Antônio Machado - Integrante / Kátia Castanho Scortecci - Integrante / Juliana Aparecida Fernando - Integrante., Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2013

    Indução de poliploidia in vitro em cultivares apirênicas de videira, Descrição: Mundialmente, há uma demanda crescente por uvas sem semente para o consumo in natura, o que tem direcionado o melhoramento genético ao desenvolvimento de materiais apirênicos. As cultivares apirênicas tradicionais apresentam problemas graves de adaptação às condições brasileiras de produção, exibindo características que podem inviabilizar seu cultivo; como o excesso de vigor vegetativo e baixa fertilidade de gemas. O programa de melhoramento genético de videira conduzido pela Embrapa Uva e Vinho é responsável pelo desenvolvimento de três cultivares apirênicas de uva, duas brancas BRS Clara e BRS Linda, e uma escura BRS Morena, adaptadas às condições de produção em climas tropicais e sub-tropicais. Estas cultivares exibem características agronômicas, produtivas e sensoriais que fazem com que tenham excelente aceitação em mercados consumidores exigentes para uvas de mesa, para consumo in natura. Nestes materiais, a apirenia é uma característica genética decorrente do abortamento do embrião após a fertilização, num processo biológico denominado estenospermocarpia. O impedimento do desenvolvimento do embrião em videiras estenospermocáripicas prejudica o crescimento e maturação das bagas devido à ausência da sinalização hormonal controlada pela presença de um embrião funcional na semente. Para que frutos produzidos por materiais apirênicos de videira atinjam as características exigidas pelos consumidores, há necessidade do emprego de técnicas de manejo de cacho para o aumento do tamanho de bagas por meio de aplicações exógenas de reguladores de crescimento. Estas práticas encarecem a produção, exigindo mão de obra especializada. Além disso, o consumidor moderno tem apresentado sérias restrições ao consumo de produtos in natura, desenvolvidos com uso de substâncias exógenas com ação hormonal, seja por preocupações relacionadas à saúde ou ao potencial de contaminação ambiental. Portanto, alternativas genéticas para o aumento do tamanho e da qualidade de bagas são altamente. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Vera Maria Quecini - Coordenador / Patrícia Silva Ritschel - Integrante / João Dimas Garcia Maia - Integrante., Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.

  • 2009 - 2013

    Desenvolvimento de novas cultivares para a competitividade e sustentabilidade da vitivinicultura brasileira, Descrição: A diversidade edafoclimática dos pólos vitivinícolas brasileiros permite a oferta de uvas (Vitis spp.) para consumo in natura durante o ano inteiro, e possibilita produção de sucos e vinhos em grande escala em pequenas plantas industriais, o que representa uma oportunidade para o Brasil competir no mercado globalizado de uvas e derivados. Entretanto, a falta de adaptação e susceptibilidade das cultivares disponíveis restringem a produção de uvas e podem prejudicar sua qualidade. De outro lado, a susceptibilidade dos porta-enxertos à pérola-da-terra tem inviabilizado áreas de produção no Sul do Brasil. O objetivo deste projeto é criar novas cultivares de uvas para mesa, vinho, suco e porta-enxertos que apresentem adaptação, produtividade, resistência às doenças e pragas e qualidade, indispensáveis à competitividade e à sustentabilidade da cultura. A estratégia de ação combina um programa de melhoramento genético clássico com ferramentas biotecnológicas na busca por alternativas para o controle de doenças e pragas na videira, visando à redução do uso de insumos agrícolas na cultura. Seleções em fase inicial, intermediária e avançada estão sendo conduzidas e as avançadas estão sendo multiplicadas para testes de validação em condições experimentais e de produção. Catorze seleções avançadas já estão sendo avaliadas em áreas de produtores. Híbridos entre Vitis rotundifolia, resistente à pérola-da-terra (Eurhizococcus brasiliensis), e diversas espécies de Vitis spp. estão sendo avaliados, visando o desenvolvimento de porta-enxertos resistentes. O perfil transcricional de cultivares de videira susceptível e resistente a míldio (Plasmopara viticola) e oídio (Uncinula necator) será avaliado na busca por seqüências gênicas que codifiquem peptídeos com atividade antimicrobiana para utilização em transformação. Serão estabelecidos protocolos para transformação, seleção e expressão de genes marcadores. Espera-se definir um protocolo para a micropropagação in vitro de híbridos d. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Vera Maria Quecini - Integrante / Patrícia Silva Ritschel - Coordenador / João Dimas Garcia Maia - Integrante / Paulo Ricardo Dias de Oliveira - Integrante / Luis Fernando Revers - Integrante / Umberto Almeida Camargo - Integrante / Jair Nachtigal - Integrante., Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2013

    Melhoramento genético de maçã estratégias inovadoras no desenvolvimento de cultivares adaptadas às condições climáticas sul-brasileiras, Descrição: Fruteiras de clima temperado (FCT) são estimuladas pelo frio a apresentarem queda de folhas no final do ciclo e a entrarem em dormência hibernal. Após o desencadear desse processo, as plantas necessitam que ocorra acúmulo de frio intenso e regular para que as gemas brotem e se estabeleça um novo ciclo vegetativo e reprodutivo. Todavia, para a macieira e outras FCT cultivadas na Região Sul do Brasil, é comum ser observada redução da produção atribuída à insuficiência de acúmulo de frio ou flutuação de temperatura no período de repouso hibernal. Esta situação desfavorável tende a tornar-se mais intensa, considerando as projeções de aquecimento global (Lima et al., 2001). A concretização desse cenário colocará em risco a sustentabilidade da cadeia produtiva da maçã brasileira. Em 1986, ou seja, após 10 anos de expansão até atingir a auto-suficiência, o setor iniciou um ciclo exportador. A produção brasileira de maçã está concentrada, em mais de 95%, nas cultivares Gala e Fuji e seus mutantes para coloração de epiderme, altamente exigentes em frio. Os programas de melhoramento de macieira conduzidos pela Epagri tem objetivado, ao longo dos últimos 30 anos, conjugar boa adaptação climática, múltipla resistência a doenças e alta produtividade, qualidade e capacidade de conservação de frutos, seguindo as etapas típicas do melhoramento convencional. Em espécies perenes, estratégias que consigam aliar o uso de ferramentas biotecnológicas ao melhoramento genético clássico podem acelerar o desenvolvimento e disponibilização, para a sociedade, de novos genótipos e tecnologias adequados à diminuição do risco de perda de competitividade, associado a diversos fatores. O projeto propõe a utilização de uma abordagem transdisciplinar no desenvolvimento de materiais adaptados ao clima, via realização de estudos interdependentes que buscam conhecer, em profundidade, o processo de dormência e o seu controle genético. Para tanto, serão utilizadas populações segregantes já existentes no p. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Vera Maria Quecini - Integrante / Paulo Ricardo Dias de Oliveira - Coordenador / Luis Fernando Revers - Integrante / Luciano Cônsoli - Integrante / Frederico Denardi - Integrante / César L Girardi - Integrante.

  • 2007 - 2009

    Fotopercepção e a regulação do desenvolvimento pela luz em petúnia (Petunia hybrida), Descrição: A luz influencia todos os aspectos do desenvolvimento vegetal, desde a germinação de sementes até a transição para o estágio reprodutivo. Atualmente, o conhecimento sobre a função das principais famílias fotorreceptoras de plantas superiores, o fitocromo e o criptocromo, é derivado principalmente de estudos com plantas modelo, enquanto que as informações provenientes de outras espécies são escassas. O surgimento de abordagens genômicas para diversas plantas permite que o conhecimento adquirido em estudos com Arabidopsis thaliana seja rapidamente expandido para outras espécies vegetais. Em petúnia, a luz regula os programas genéticos de desenvolvimento responsáveis pelo controle de várias características de interesse comercial como arquitetura da planta, emissão de odor, desenvolvimento da corola e biossíntese de antocianina e flavonóides. As funções fotossensoras e fisiológicas dos fitocromos do tipo B e do criptocromo 2 em Petunia hybrida serão investigadas em mutantes ganho e perda de função, por superexpressão e silenciamento em plantas transgênicas. Essa abordagem fornecerá indicações sobre a função dos fotorreceptores endógenos e servirá como ferramenta para análises estruturais e funcionais das moléculas fotorreceptoras em petúnia.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Vera Maria Quecini - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2005 - 2007

    Genoma Funcional do Café - Propriedades Nutracêuticas da Bebida, Descrição: A presente proposta emprega a comparação de transcriptomas de café associados a um determinado fenótipo de interesse. Para isto, um conjunto "Unigene" contendo apenas o clone mais significativo de um determinado grupo de transcritos altamente similares (normalmente alelos) será construído a partir da análise dos dados do projeto Genoma Café. O Unigene, que deverá conter aproximadamente 20 mil genes, será arranjado em membranas de nylon (Macroarranjos) que serão utilizadas em experimentos de hibridização com sondas marcadas radiotivamente, sintetizadas a partir de mRNA obtido de genótipos contrastantes ou submetidos a diferentes tratamentos. Estes experimentos serão realizados por grupos de pesquisadores distribuídos em pólos de pesquisa em melhoramento genético e biotecnologia do cafeeiro, com membros situados em quatro estados: MG, SP e PR, os maiores produtores de café do Brasil, e DF. O projeto é focado na caracterização do transcriptoma de café associado a processos fisiológicos de relevada importância à cafeicultura brasileira, incluindo a resposta da planta ao ataque de pragas e patógenos (nematóides, fungos, bactéria e insetos), aos estresses abióticos (déficit hídrico), a fisiologia de sementes (tolerância à dessecação e frio), qualidade nutracêutica da bebida, etc.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Vera Maria Quecini - Integrante / Carlos Colombo - Coordenador / Marcos A Takita - Integrante / Marcos A Gimenes - Integrante / Gisele A M Torres - Integrante / Vicente de Rosa J - Integrante / Maria I Zucchi - Integrante / Walter J Siqueira - Integrante., Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.

  • 2005 - 2007

    Bioprospecção do potencial aromático de espécies nativas do bioma Mata Atlântica no estado de São Paulo: Ocorrência, Taxonomia, Caracterização Química, Genética e Fisiológica da População, Descrição: O projeto a seguir descrito embasa-se nos seguintes aspectos e características. O referido projeto trata do oferecimento de novos materiais e/ou ativos da biodiversidade brasileira, para elaboração de novos produtos de maior valor agregado ao mercado de perfumaria e cosmética. Mercado este altamente competitivo onde o oferecimento de novos produtos ao consumidor se faz cada vez mais necessário. Esse fator associado a crescente demanda por produtos naturais e exóticos pelo consumidor tem demonstrado a potencialidade econômica da biodiversidade brasileira no lançamento de novos Produtos Cosméticos no mercado. O enquadramento nessa modalidade 2 ocorreu por ser projeto de inovação incremental, que atende demanda pelo mercado, envolvendo etapas desde o levantamento de espécies vegetais potencialmente interessantes, o desenvolvimento de conhecimentos científico e tecnológico, visando a desenvolver inovação associada a baixos riscos tecnológicos e de comercialização. Os benefícios sócio-econômicos previstos e decorrentes do êxito do Projeto poderão ser sentidos sobre o setor de produção - produção sustentada de matéria prima e industrialização; meio ambiente - preservação e conservação; e geração de empregos na produção e no setor de serviços - comercialização. Por consistirem produtos oriundos da biodiversidade é imprescindível que, em conjunto com o benefício econômico, seja levado em conta o uso sustentável e a preservação do meio ambiente. Nesse sentido tem-se como objetivos parciais no projeto o oferecimento de subsídios para o manejo e uso sustentável desses recursos naturais. A inovação tecnológica do projeto resultará da utilização dos óleos essenciais e /ou bioativos na formulação na de xampus, perfumes, condicionadores, cremes hidratantes e aromatizadores de ambiente, entre outros produtos, atendendo importante procura pelo mercado consumidor. Os usuários diretos dos resultados do projeto serão especialmente as empresas do setor de higiene pessoal, p. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Vera Maria Quecini - Integrante / Gisele A M Torres - Integrante / Carlos C Colombo - Integrante / Márcia Ortiz M Marques - Coordenador / João Paulo Feijão Teixeira - Integrante / Roseli Buzanelli Torres - Integrante / Luís Carlos Bernacci - Integrante / Marta Dias Scott - Integrante / Marco Aurélio Takita - Integrante / Marcos A. Gimenes - Integrante / Luciana L. Benchimol - Integrante / Maria I. Zucchi - Integrante / Vicente de Rosa Jr. - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2005 - 2007

    Tolerância ao Alumíno em Forrageiras, Descrição: A produção agrícola em solos ácidos, que constituem quase a metade do total da superfície arável da Terra, tem como principal limitação à toxidez por Alumínio (Al), que se manifesta na redução do crescimento radicular, impedindo a absorção de nutrientes e água do solo. Estes solos estão localizados principalmente no Sudeste Asiático, na América Latina e na região próxima ao Saara na África. Coincidindo com a localização de áreas em que a utilização de insumos agrícolas, como a aplicação de calagem para a neutralização do solo e, conseqüente insolubilização de Al, é restrita. O uso de variedades tolerantes ao Al restaura a capacidade produtiva de regiões de solos ácidos com altos teores de Al. Estudos recentes mostraram que a introdução de determinados genes promoveu aumento moderado a elevado na tolerância ao Al em mono e dicotiledôneas susceptíveis. O objetivo deste trabalho é incorporar mecanismos de tolerância a Al em cultivares susceptíveis de forrageiras, mono (Brachiaria brizantha) e dicotiledôneas (Neonotonia wightii), realizar a caracterização molecular do material obtido e avaliar a resposta a níveis tóxicos de Al.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Vera Maria Quecini - Integrante / Walter J Siqueira - Coordenador / Carlos C Colombo - Integrante., Financiador(es): Fundação de Apoio à Pesquisa Agrícola - Auxílio financeiro.

  • 2001 - 2004

    Determination of the biological function of the NPH3/RPT2 family in Arabidopsis, Descrição: Because of their sessile nature, plants have evolved a wide range of strategies to respond to changes in their environment. For a number of these responses plants have co-opted (or co-evolved) signal-response systems that are shared with other eukaryotes, and in some cases even prokaryotes. However, many of the environmental (both biotic and abiotic) response systems plants utilize are apparently specific to plants and are often comprised of novel molecular components. With the recent completion of the Arabidopsis genome sequencing project we are now in a unique position to ask fundamental questions about the functions of these latter set of regulatory proteins in plants. Of the ~11,000 protein families formed by the 25,498 predicted genes of Arabidopsis, only ~150 families appear to be plant-specific (The Arabidopsis Genome Initiative, 2000). One of these plant-specific families is the NPH3/RPT2 family. This family, which is comprised of 32 novel proteins, was first identified with the cloning of NPH3 (NONPHOTOTROPIC HYPOCOTYL 3) (Motchoulski and Liscum, 1999) and RPT2 (ROOT PHOTOTROPISM 2) (Sakai et al., 2000); genes identified in screens for mutants with altered phototropic responses. NPH3 and RPT2 function in early phototropic signaling and appear to act as modular scaffold proteins to recruit or activate enzymatic components of the transduction chains mediating low and high fluence rate phototropic responses, including the respective photoreceptors themselves. Given the high degree of similarity in primary sequence and secondary structure between all members of the NPH3/RPT2 family it seems appropriate to hypothesize that these plant-specific proteins may act as scaffolds for sensor-containing signaling complexes utilized in a variety of abiotic and/or biotic responses. The major goals proposed for the project described here are to determine mRNA and protein expression patterns, and biological functions for each member of the NPH3/RPT2 family. The expression. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Vera Maria Quecini - Integrante / Emmanuel Liscum - Coordenador / Xi Qing Wang - Integrante / C Alex Esmon - Integrante / Renee Harper - Integrante / Johanna H Morrow - Integrante., Financiador(es): National Science Foundation - Bolsa / National Science Foundation - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 4

  • 2000 - 2001

    Genetic interactions between blue/UVA and phytochrome photoreceptors in tomato (Solanum lycopersicum L.) and Arabidopsis thaliana, Descrição: A radiação luminosa no ambiente influencia o crescimento e desenvolvimento das plantas durante todo seu ciclo de vida, incluindo germinação, de-estiolamento e crescimento da plântula, regulação da arquitetura vegetal e início do florescimento. As moléculas mediadoras das respostas à luz são fotorreceptores regulatórios pertencentes a três classes principais : (i) receptores de UV-B, (ii) receptores de luz azul (B) e UV-A, o criptocromo e a flavoproteína responsável pelo fototropismo, fototropina; (iii) a família de receptores de vermelho (R) / vermelho extremo (FR), o fitocromo. Atualmente, os receptores melhor caracterizados são o fitocromo e o criptocromo. A fotomorfogênese é um processo complexo envolvendo dois fotorreceptores de luz azul e UV A e cinco de R/FR , em Arabidopsis. Os fotorreceptores de R/FR também têm a capacidade de absorver e responder à luz B. Estas duas classes de fotorreceptores sobrepõem-se em função, pois ambas estão envolvidas na inibição da elongação do hipocótilo, na produção de antocianina e no início do florescimento em resposta ao fotoperíodo, podendo agir de forma antagônica ou sinergística. O estabelecimento dos rítmos circadianos também é mediado por fitocromo e criptocromo e o fototropismo, além de fitocromo e criptocromo, envolve a flavoproteína fotorreceptora NPH1. O mecanismo de ação e a interdependência destas proteínas ainda não estão caracterizados embora tenham sido exaustivamente investigados em Arabidopsis. As informações referentes a outras espécies são praticamente inexistentes. Tomate (Solanum lycopersicum L.) oferece inúmeras vantagens para o estudo de fotomorfogênese : a existência de mutantes bem caracterizados para fotorreceptores (Kendrick et al., 1997); presença de sementes relativamente grandes, facilidade de análise das plântulas, hábito de crescimento caulinar típico de angiosperma, ou seja, diferente da forma de roseta de Arabidopsis (Kerckhoffs, 1996), cultura economicamente importante e com. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Vera Maria Quecini - Coordenador / James L Weller - Integrante / Richard E Kendrick - Integrante / Alexander A R van der Krol - Integrante / Linus H W van der Plas - Integrante / Said Hussin - Integrante / Rosan Kok - Integrante., Financiador(es): European Community - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa., Número de produções C, T & A: 2

  • 1995 - 1999

    Transferência direta de genes para plantas de Stylosanthes guianensis (Aubl.) Sw., Descrição: O gênero Stylosanthes (família Leguminosae, subfamília Papilinoidae, tribo Stylosanthinae ou Aeschynomenae) é amplamente utilizado como pastagem consorciada com gramíneas, banco de proteínas e adubo verde devido a seu crescimento vigoroso, formação de raízes profundas e alta resistência a estresses nutricionais e climáticos. Embora a rusticidade das espécies de Stylosanthes seja altamente vantajosa para condições de pastagens tropicais e subtropicais a quantidade e principalmente a qualidade protéica impedem seu uso como única fonte de proteína para criações extensivas e intensivas. Atualmente, o comportamento in vitro de Stylosanthes é bem conhecido (Cônsoli et al., 1996; Dornelas et al., 1992; Dornelas et al., 1991; Vieira et al., 1990a e b) o que viabiliza a aplicação da tecnologia do DNA recombinante no melhoramento da cultura. A albumina 2S proveniente de sementes da castanha do Pará possui um alto teor de aminoácidos sulfurados, sendo que os resíduos de metionina representam 18% do total de seus resíduos aminoacil (Gander et al., 1991). Dois genes da família multigênica que codifica esta proteína (BE2S1 e BE2S2) foram sequenciados e clonados (Gander et al., 1991), possibilitando o seu uso, através da transformação de plantas, visando a correção dos baixos teores de enxofre nas proteínas produzidas por leguminosas. Embora a regeneração de plantas a partir de calos provenientes de diversos explantes (revisão em Meijer & Szabados, 1990) e a partir de protoplastos de três espécies de Stylosanthes (Vieira et al., 1990b) e tenha sido relatada, até o momento somente Agrobacterium tumefaciens e A. rhizogenes foram utilizados para transformação genética (Manners, 1987; Manners, 1988; Manners & Way, 1989), sendo que plantas transgênicas de Stylosanthes foram obtidas apenas recentemente (Sarria et al., 1994). Este método, dependente das complexas interações planta patógeno, resulta em eficiência de transformação muito baixa em leguminosas, quer devid. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Vera Maria Quecini - Integrante / Adriana Cristina Alves - Integrante / Elíbio Leopoldo Rech - Integrante / Carlos A C de Oliveira - Integrante / Francisco J F L Aragão - Integrante / Eugen S Gander - Integrante / Maria Lucia C Vieira - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 6

  • 1992 - 1995

    Efeito da presença do vírus do"vira cabeça" do tomateiro e de ribavirina sobre a cinética de crescimento de protoplastos do mesófilo de fumo (Nicotiana tabacum L.) em cultivo de suspensão e sobre isoformas de peroxidases, shiquimato desidrogenases e amila, Descrição: The antiviral activity of a mammalian guanosine analogue agent; ribavirin, was evaluated in cultures of plant cells infected with Tomato spotted wilt virus (TSWV). The growth kinetics of the cultured cells was analyzed by direct counting and by an indirect correlation method. TSWV infection significantly reduced the overall growth rate and increased the duration of the lag phase of cell growth. The impairment of cell growth was partially reduced by the application of ribavirin to the plants prior to cell isolation and, as observed in mammalian systems, the effectiveness of the compound increased with time in an asymptotic manner. A slight negative effect of ribavirin was observed in non infected cells, suggesting that its action is not completely selective in plants. The viral load decay profiles matched the growth kinetics analysis in both evaluation methods. Taken together, these results indicate that ribavirin triggered an "error catastrophe" mechanism that reduced TSWV infection providing subsides to further investigation of the molecular basis of guanosine analogue antiviral activity in plants. Plants have developed a complex network of inducible defense responses to the infection by pathogens in compatible and incompatible interactions. Pathogen induced changes in gene expression and protein activity are involved in cell wall structure, chloroplast function, reactive oxygen metabolism and mechanical stresses responses. The timing of the response induction and its location in the plant body are important mechanisms to promote host resistance and/or tolerance. Virus induced changes in gene expression and protein activity remain poorly understood, comparing to bacteria and fungi elicited responses. In this study, we have investigated virus induced changes in pathogenesis related enzyme activity using a tissue print assay. This technique has allowed to colorimetrically detect the local induction of plant defense associated enzymes in distinct hosts due to Toma. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Vera Maria Quecini - Integrante / Darcy Martins da Silva - Integrante / Mário L. Lopes - Integrante / Flavia T H Pacheco - Integrante / Maria das G Ongarelli - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2003

2nd. place - best post-doctoral presentation Life Sciences Week, University of Missouri, Columbia.

1995

Distinção e Louvor (dissertação mestrado), ESALQ/USP.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, CNPUV. , Rua Livramento, 515, Conceição, 95701008 - Bento Gonçalves, RS - Brasil - Caixa-postal: 130, Telefone: (54) 34558000, Ramal: 8034, Fax: (54) 34512792, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2017 - Atual

    Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária

    Vínculo: , Enquadramento Funcional:

  • 2007 - Atual

    Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Docente Colaborador PG Ciências Agronômicas

  • 2000 - 2001

    Landbowuniversiteit Te Wageningen

    Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: pesquisadora em pós doutoramento, Carga horária: 60

    Outras informações:
    Financiamento FAPESP

  • 1992 - 1992

    Landbowuniversiteit Te Wageningen

    Vínculo: estagiária, Enquadramento Funcional: estagiária, Carga horária: 60

    Outras informações:
    Temas: Genetic analysis of new mutants of Aspergillus niger Genetic analysis of recombinant DNA transformed A. niger strains Isolation and characterization of Aspergillus mutants Orientador: Prof. Dr. Klaas Swart

    Atividades

    • 01/2001 - 06/2001

      Ensino, Plant Physiology, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Light regulation of plant development - photoperception systems, light signal transduction and the endogenous clock in plants

    • 01/2000 - 06/2001

      Pesquisa e desenvolvimento , Department Of Plant Physiology, Laboratory Of Photoperception And Light Signal Transduction.,Linhas de pesquisa

    • 06/1992 - 09/1992

      Estágios , Department Of Genetics, Laboratory Of Microorganisms Genetics.,Estágio realizado, Genetic analysis of new mutants of Aspergillus niger.

    • 06/1992 - 09/1992

      Estágios , Department Of Genetics, Laboratory Of Microorganisms Genetics.,Estágio realizado, Genetic analysis of recombinant DNA transformed A. niger strains.

    • 06/1992 - 09/1992

      Estágios , Department Of Genetics, Laboratory Of Microorganisms Genetics.,Estágio realizado, Isolation and characterization of Aspergillus mutants.

  • 1990 - 1990

    Usina Costa Pinto S A Açucar e Alcool

    Vínculo: estagiária, Enquadramento Funcional: estágio, Carga horária: 60

    Outras informações:
    Temas: Controle biológico de pragas da cana de açúcar (laboratório de entomologia) Controle Microbiológico de processos de fermentação alcoólica (laboratório de microbiologia industrial)

    Atividades

    • 07/1990 - 08/1990

      Estágios , Setor de Produção Industrial, Laboratório de Microbiologia Industrial.,Estágio realizado, Controle Microbiológico de processos de fermentação alcoólica.

    • 07/1990 - 08/1990

      Estágios , Setor de Produção Agrícola, Laboratório de Entomologia.,Estágio realizado, Controle biológico de pragas da cana de açúcar.

  • 2007 - Atual

    Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: pesquisador científico, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 11/2007

      Pesquisa e desenvolvimento , CNPUV, .,Linhas de pesquisa

  • 2007 - Atual

    Instituto Agronômico de Campinas

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Docente colaborador pós-graduação

  • 2004 - 2007

    Instituto Agronômico de Campinas

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Pesquisador Científico, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 03/2006

      Ensino, Agricultura Tropical e Subtropical, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Biologia Molecular Aplicada ao Melhoramento - colaborador

    • 10/2005 - 10/2007

      Pesquisa e desenvolvimento , Divisão de Biologia Fitotécnica, Seção de Genética.,Linhas de pesquisa

    • 01/2006 - 01/2006

      Treinamentos ministrados , Divisão de Biologia Fitotécnica, Seção de Genética.,Treinamentos ministrados, atendimento da delegação National Academy of Natural Sciences of China, atendimento visita pós-graduação em Genética e Melhoramento de Plantas da UFLA

    • 06/2005 - 07/2005

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Divisão de Biologia Fitotécnica, Seção de Genética.,Cargo ou função, participante da comissão avaliadora de candidatos a bolsa do programa PIBIC / IAC.

  • 2001 - 2004

    University Of Missouri Columbia

    Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: pesquisadora de pós doutoramento, Carga horária: 60

    Outras informações:
    Tema: Determination of the biological function of the NPH3/RPT2 family in Arabidopsis Supervisores: Prof. Dr. Emmanuel Liscum Bolsa: National Scientific Foundation, NSF

    Atividades

    • 10/2001 - 12/2004

      Pesquisa e desenvolvimento , University Of Missouri Columbia, Department Of Biological Sciences.,Linhas de pesquisa

    • 01/2003 - 05/2003

      Ensino, Plant Developmental Biology Bio434, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Plant Developmental Biology (BIO434 -W03)

  • 1995 - 1999

    Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz

    Vínculo: aluna de doutoramento, Enquadramento Funcional: pós graduada, Carga horária: 60

    Outras informações:
    executora do projeto "Transferência direta de genes para plantas de Stylosanthes guianensis (Aubl.) Sw." Orientadora: Profa. Dra. Maria Lúcia Carneiro Vieira

  • 1992 - 1995

    Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz

    Vínculo: aluna de mestrado, Enquadramento Funcional: pós graduada, Carga horária: 60

    Outras informações:
    executora do projeto "Efeito da presença do vírus do"vira cabeça" do tomateiro e de ribavirina sobre a cinética de crescimento de protoplastos do mesófilo de fumo (Nicotiana tabacum L.) em cultivo de suspensão e sobre isoformas de peroxidases, shiquimato desidrogenases e amilases" Orientador: Prof. Dr. Darcy Martins da Silva

  • 1990 - 1991

    Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz

    Vínculo: estagiária, Enquadramento Funcional: estagiária, Carga horária: 60

    Outras informações:
    Isolamento e caracterização de bactérias lácticas do leite da região de Piracicaba, SP Orientador: Prof. Dr. Antônio Joaquim de Oliveira

    Atividades

    • 07/1995 - 06/1999

      Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Genética, Laboratório de Biologia Molecular de Plantas.,Linhas de pesquisa

    • 01/1992 - 04/1995

      Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Química, Seção de Bioquímica.,Linhas de pesquisa

    • 08/1990 - 12/1991

      Estágios , Departamento de Ciência e Tecnologia de Alimentos, Laboratório de Microbiologia de Laticínos.,Estágio realizado, Isolamento e caracterização de bactérias lácticas do leite da região de Piracicaba, SP.