Georg Otte

Professor Titular na Faculdade de Letras da UFMG. Possui mestrado em Letras Germânicas e Letras Românicas - Universität Trier/Alemanha (1985), doutorado em Estudos Literários pela Universidade Federal de Minas Gerais (1994); pós-doutorado pela Universidade Humboldt de Berlim (2003), pelo Centro de Pesquisas Literárias e Culturais (ZfL; 2011) em Berlim e, pela Universidade Livre de Berlim (2018). É membro do Grupo de Pesquisa "Mito e Modernidade" e membro do Comitê Gestor do Centro de Estudos Europeus da UFMG. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Teoria Literária e Teorias modernas do mito, trabalhando, principalmente, sobre os seguintes autores e temas: Walter Benjamin, Hans Blumenberg, Estética e Cultura, Mito e Modernidade.

Informações coletadas do Lattes em 01/02/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Estudos Literários

1990 - 1994

Universidade Federal de Minas Gerais
Título: Linha, choque e mônada. Tempo e espaço na obra tardia de Walter Benjamin
Orientador: Maria Zilda Ferreira Cury
Palavras-chave: Walter Benjamin; Estética; Crítica Literária; Tempo e História; Narrador; Aura. Grande área: Lingüística, Letras e ArtesSetores de atividade: Educação.

Mestrado em Letras Germânicas e Letras Românicas

1977 - 1985

Universitat Trier
Título: Form und Inhalt der Identitätssuche bei Carlos Fuentes,Ano de Obtenção: 1985
Orientador: Karl Hölz
Palavras-chave: Carlos Fuentes; Identidade; México.Grande área: Lingüística, Letras e ArtesGrande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literaturas Estrangeiras Modernas. Setores de atividade: Educação Superior.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2018

Pós-Doutorado. , Freie Universität Berlin, FUB, Alemanha. , Grande área: Lingüística, Letras e Artes, Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Teoria Literária. , Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Comparada.

2011 - 2012

Pós-Doutorado. , Centro de Pesq em Literatura e Cultura de Berlim, ZfL, Alemanha. , Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. , Grande área: Lingüística, Letras e Artes

2003 - 2004

Pós-Doutorado. , Universidade Humboldt de Berlim, HU, Alemanha. , Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Francês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Alemão

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Teoria Literária.

    Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Comparada.

    Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Línguas Estrangeiras Modernas/Especialidade: Literatura Alemã.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

JANZ, R. P. ; BRANDAO, J. J. L. ; CORNELSEN, E. L. ; DEGACHE, C. J. M. R. ; AVILA, M. C. A. ; OTTE, G. . A Europa e o Outro. 2017. (Congresso).

OTTE, G. ; PINTO, A. M. ; CALDEIRA, R. C. ; GOUDINHO, J. . I Colóquio Internacional "Modernidade, Mito e Religião". 2017. (Congresso).

OTTE, G. ; SEDLMAYR, S. ; CORNELSEN, E. L. . III Colóquio Internacional do Núcleo Walter Benjamin - Nachleben - Escrita e imagem em Walter Benjamin e Aby Warburg. 2012. 2012. (Outro).

OTTE, G. ; SEDLMAYR, S. ; CORNELSEN, E. L. ; Brandão, L.A. . II Colóquio Internacional do Núcleo Walter Benjamin "Spuren: Traços Rastros Vestígios". 2010. (Congresso).

OTTE, G. ; MARQUES, R. M. . IV Colóquio Internacional "A invenção do Arquivo LIterário - Resíduos". 2009. (Congresso).

OTTE, G. ; SEDLMAYR, S. ; CORNELSEN, E. L. . I Colóquio Internacional do Núcleo Walter Benjamin - "O Limiar". 2008. (Congresso).

OTTE, G. . 39o Festival de Inverno da UFMG. 2007. (Festival).

OTTE, G. . 38o Festival de Inverno da UFMG. 2006. (Festival).

OTTE, G. . 37o Festival de Inverno da UFMG. 2005. (Festival).

OTTE, G. . 36o Festival de Inverno da UFMG. 2004. (Festival).

OTTE, G. ; PAIVA, V. L. M. O. E. ; ALVES, F. . VI Congresso Brasileiro de Lingüística Aplicada. 2001. (Congresso).

OTTE, G. ; SEDLMAYR, S. ; CORNELSEN, E. L. . III Colóquio Internacional do Núcleo Walter Benjamin - Nachleben - Escrita e imagem em Walter Benjamin e Aby Warburg. 2012. 2012. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Colóquio "Walter Benjamin e a tradução".Tradução e sobrevivência. Sobre ?A tarefa do tradutor?, de Walter Benjamin. 2017. (Outra).

II Congresso da Associação Brasileira de Estudos Germanísticos. O mito em Benjamin e Blumenberg. 2017. (Congresso).

XI SEPEL.Altos e baixos da experiência - ?O narrador? de Walter Benjamin. 2017. (Seminário).

XVI Encontro Abralic. Metáfora e conceito ? os dois eixos da linguagem. 2017. (Congresso).

XV Encontro Abralic.Não existe aquivo morto - A história da literatura e a questão da sobrevivência. 2016. (Simpósio).

XXXI Encontro ANPOLL.A resistência das palavras na literatura de Herta Müller. 2016. (Simpósio).

I Congresso da Associação Brasileira de Estudos Germanísticos (ABEG). A força da palavras - a questão da linguagem em "Atemschaukel", de Herta Müller. 2015. (Congresso).

I Encontro do GT de Literaturas Estrangeiras da ANPOLL.A resistência das palavras na literatura de Herta Müller. 2015. (Encontro).

II Encontro Nacional em Estética, Literatura e Filosofia. O romantismo alemão e a Nova Mitologia. 2015. (Congresso).

Jornada Calvino e seus clássicos.As palavras e seus sentidos em Calvino. 2014. (Encontro).

Walter Benjamin - les métaphores de la critique.Les constellations de Walter Benjamin. 2014. (Simpósio).

Coleções literárias: Textos/Imagens. O tratado e o mosaico - Texto e imagem em Walter Benjamin. 2013. (Congresso).

II Seminário Internacional de Diálogos Interculturais: Brasil e países de língua alemã.Litografias florestais: a questão da mediação em Benjamin e Adorno. 2013. (Seminário).

Internationaler Walter-Benjamin-Kongress - Über den Begriff der Geschichte / Geschichte schreiben. Zur Frage des Kontinuums in der Wissenschaftsgeschichte ? Benjamin und Fleck. 2013. (Congresso).

Jornada "Sobrevivência e devir da leitura".A letra morta como garantia da sobrevivência. 2013. (Simpósio).

Anomalien, Krisen des Nicht-Verstehens.?Der Elefant ist schon da? ? Das Interview mit Rainer Zawatzky durch die Brille von Ludwik Fleck gelesen. 2012. (Oficina).

Aura und Experiment - Wissenschaftsgeschichte mit Walter Benjamin. Kontinuität und Diskontinuität bei Ludwik Fleck und Walter Benjamin. 2012. (Congresso).

Schrift - Writing and Image Character in the Work of Walter Benjamin. Zwischen Vermittlung und Darstellung - Zu Benjamins Umgang mit der Schrift. 2011. (Congresso).

Colóquio Walter Benjamin e a literatura brasileira.Natureza e história em Walter Benjamin. 2010. (Seminário).

Recordando a Walter Benjamin. Justicia, Historia y Verdad. Escrituras de la Memoria. O dinâmico e o estático nas teses ?Sobre o conceito de história?. 2010. (Congresso).

"Walter Benjamins Treue - True to Walter Benjamin". Seitensprünge des Zitats. Zu Benjamins 'verräterischer' Dialektik. 2009. (Congresso).

Aesthetics of Modernity from Schiller to Marcuse.Walter Benjamin zwischen marxistischer Ethik und 'bürgerlicher' Ästhetik. 2009. (Simpósio).

Colóquio Internacional "Memória e Sabedoria".Oralidade, memória e sabedoria no 'Narrador' de Walter Benjamin. 2009. (Simpósio).

Deslocamentos na arte. Tão longe, tão perto - as distâncias e sua superação em Walter Benjamin. 2009. (Congresso).

Fifth International and Interdisciplinary Alexander von Humboldt Conference: Travels between Europe and the Americas. ?Zwischen Goethe und Hitler ? Die Verdrängung des NS-Regimes im Deutschland-Tagebuch von João Guimarães Rosa?. 2009. (Congresso).

IV Colóquio Internacional "A invenção do arquivo literário - Resíduos".A preciosidade dos farrapos - a transvaloração dos valores em Walter Benjamin. 2009. (Simpósio).

Le Proche.La proximité inquiétante chez Walter Benjamin. 2008. (Simpósio).

XXXVe Congrès de la SFLGC - Société Française de Littérature Générale et Comparée. L'éloquence des choses et la matérialité des mots - "Le livre des passages" de Walter Benjamin comme précurseur des approches culturalistes. 2008. (Congresso).

As flores do mal: 150 anos.Arquiteto de minhas fantasmagorias. 2007. (Seminário).

Estéticas do Deslocamento. O resgate dos sentidos em Walter Benjamin. 2007. (Congresso).

Colóquio "Passagens da Modernidade" - Centenário Cyro dos Anjos.Mostrar e dizer - o fragmento em "Passagens", de Walter Benjamin. 2006. (Outra).

Seminário Internacional 50 anos de Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa.Seminário Internacional 50 anos de Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa. 2006. (Seminário).

VI SEVFALE - Mesa redonda "Interfaces culturais Brasil-Alemanha". Notas sobre Walter Benjamin. 2006. (Congresso).

X Congresso Abralic. A moda, a mudança e as metamorfoses de Walter Benjamin. 2006. (Congresso).

Encontro Regional da Abralic. Palavra e imagem em Walter Benjamin. 2005. (Congresso).

Escrever a vida.Infância em Berlim, a autobiografia anônima de Walter Benjamin. 2005. (Simpósio).

36o Festival de Inverno da UFMG.Contra a banalização do sofrimento: as fronteiras entre Imprensa. 2004. (Oficina).

36o Festival de Inverno da UFMG.Políticas e Poéticas do Espaço: Argentina e Brasil. 2004. (Outra).

Colóquio Literatura e Infância.As brechas do tempo: comentários sobre. 2004. (Outra).

I Simpósio Internacional - Comunicação e Experiência Estética.Comunicação e Recepção em Walter Benjamin. 2004. (Simpósio).

Treffen am 10. September.Freud virtuell. 2004. (Encontro).

V Semana de eventos da Faculdade de Letras - SEVFALE.Berlin: Geschichte - Literatur - Wissenschaft / Berlim: História - Literatura - Ciência. 2004. (Encontro).

V Semana de eventos da Faculdade de Letras - SEVFALE.Traduções Poéticas. 2004. (Outra).

VIII Congresso Abralic. A mediação pelos vestígios - os comentários de Beatriz Sarlo sobre. 2002. (Congresso).

Colóquio Internacional 'Kátharsis'.Colóquio Internacional 'Kátharsis'. 2001. (Outra).

II Seminário Internacional Guimarães Rosa.O Diário Alemão de João Guimarães Rosa. 2001. (Seminário).

Border-Crossings - International Walter Benjamin Conference. 2000. (Congresso).

Terras & Gentes - VII Congresso ABRALIC. A Alemanha do século XVIII enquanto cultura emergente. 2000. (Congresso).

VIII Simpósio da Associação Junguiana do Brasil.VII Simpósio da Associação Junguiana do Brasil. 2000. (Simpósio).

Colóquio Internacional "Mimesis e Expressão".Vestígios de um materialismo estético em Walter Benjamin. 1999. (Outra).

Comemoração dos 250 anos de nascimento de Johann Wolfgang von Goethe.Teoria cinzenta e vida verde - a questão do saber em "Fausto", de Goethe. 1999. (Seminário).

VI Congresso ABRALIC. O conceito de história em Walter Benjamin e Octavio Paz. 1998. (Congresso).

V Congresso ABRALIC. V Congresso ABRALIC. 1996. (Congresso).

1º Encontro de Estudos Românicos.Alteridade e universalismo - a busca de identidade na obra de Carlos Fuentes. 1988. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Raimundo Fábio Gomes Carneiro

OTTE, G.; Cunha, R. B.; Oliveira, I. T.. Literatura e desvendamento: uma leitura de "Avalovara", de Osman Lins. 2017. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal do Ceará.

Aluno: Arthur Antunes Guerra

OTTE, G.; NOBRE, R. F.; MEDEIROS, C. L.. Figuras de uma antimodernidade pelo ócio: Ocioidade, preguiça e nada-fazer. 2017. Dissertação (Mestrado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: André de Souza Pinto

NASCIMENTO, L. S.; MAIA, C. C.;OTTE, G.. Genealogias e histórias de antepassados em "Galileia", de Ronaldo Correia de Brito. 2016. Dissertação (Mestrado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Bianka Teixeira de Andrade Silva

Marli de Oliveira Fantini Scarpelli; SÜSSEKIND, Pedro;OTTE, G.. Literatura para brincar: "Último Round", de Júlio Cortázar. 2015. Dissertação (Mestrado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Rodrigo Vieira Ávila de Agrela

OTTE, G.; Fernandes, M. R. C.; Peloggio, M.A.. A ordem panteísta de José de Alencar: uma incursão estético-filosófica. 2015. Dissertação (Mestrado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Juan Silveira Maia Cordeiro da Silva

OTTE, G.; Silva, O.C.; BARBOSA, T. V. R.. Romance e viagem em "As cidades invisíveis", de Italo Calvino. 2014. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Augusto Bruno de Carvalho Dias Leite

OTTE, G.; Reis, J. C.; FREITAS, R. A.. A ideia da história em Walter Benjamin. 2013. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Cristiano Rodrigues Batista

OTTE, G.; Said, R. A. C.; Ribeiro, G. S.. Bernardo Carvalho, Jorge Luis Borges e as poéticas do artifício. 2013. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Bruna Fontes Ferraz

OTTE, G.; Said, R. A. C.; LOMBARDI, A.. O universo em um livro: as "Cosmicômicas", de Italo Calvino. 2013. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Beatriz Fam de Sousa Lima

OTTE, G.; SEDLMAYR, S.; LEAL, I. G. G.. Entre a ruptura e o contínuo: a poética da fragmentação em 'Photomaton & Vox', de Herberto Helder. 2013. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: GERCIANO MACIEL PEREIRA

CORNELSEN, E. L.;OTTE, G.; Galle, H. P. E.. Estética melancólica: o estético ante o traumático em W. G. Sebald. 2012. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Guilherme Fóscolo de Moura Gomes

Silva, E.S.N.; SÜSSEKIND, Pedro;OTTE, G.. Filosofia e poesia: da unidade entre estética e gnosiologia em Friedrich Schlegel. 2010. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Marília Nogueira Carvalho

MACIEL, M. E.; COUTINHO, F. M. A.;OTTE, G.. Jorge Luis Borges e as histórias do sem fim: do espaço e seus desdobramentos. 2010. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Janine Resende Rocha

Brandão, L.A.; Marques, I.F.;OTTE, G.. Limites do sentido: hermenêutica literária e o papel do leitor na contemporaneidade. 2009. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Mariana Camilo de Oliveira

OTTE, G.; SILVA, M. S.; Carvalho, A. C.. "A dor dorme com as palavras": a poesia de Paul Celan nos territórios do indizível e da catástrofe. 2008. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Dênis Leandro Francisco

OTTE, G.; OLIVEIRA, S. M. P.; PINTO, P. R. M.. A ficção em ruínas: "Relato de um certo Oriente", de Milton Hatoum. 2007. Dissertação (Mestrado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Luciano Neves de Sousa

BORGES, M. E. M. O.; SILVA, R. G.;OTTE, G.. Os rastros do silêncio - o diálogo entre literatura e loucura em "Armadilha para Lamartine", de Carlos & Carlos Sussekind. 2007. Dissertação (Mestrado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Marilaine Lopes Silva

BRANCO, L. C.; GUIMARAES, C.;OTTE, G.. Texto, lugar que viaja: território, comunidade e transmissão em Franz Kafka e Maria Gabriela Llansol. 2007. Dissertação (Mestrado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Francis Da Silveira Firmo

GOMEZ, G. I. R.;OTTE, G.; MOREIRA, T. T.. "Libro de Manuel", de Julio Cortázar - O hipertexto avant la lettre. 2007. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Imara Bemfica Mineiro

ALEXANDRE, M. A.; GOMEZ, G. I. R.;OTTE, G.. Tempo e Legibilidade em Macedonio Fernandez: uma análise de tudo e nada pequena antologia dos papéis de um recém chegado. 2007. Dissertação (Mestrado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Carolina Alves Magaldi

ROCHA, E. A.; FERREIRA, R. S. S.;OTTE, G.. Kalevala: literatura, história e formação nacional. 2006. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

Aluno: Daniel Nehmy de Almeida

OTTE, G.; DUARTE, R. A. P.; KANGUSSU, I. M. G.. Queda e imanência: linguagem, alegoria e história em Walter Benjamin. 2005. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Alexandrina Angela da Silva Neta

OTTE, G.; LEAO, A. V.; AVILA, M. C. A.. Leituras da mimese. 2005 - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Luciene Guimarães de Oliveira

OTTE, G.; WALTY, I. L. C.; QUEIROZ, S. M. M.. "A Bela e a Fera ou a Ferida Grande Demais" de Clarice Lispector. 2005 - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Carla Carvalho Alves

OTTE, G.; OLIVEIRA, P. F. M.; BARBOSA, T. V. R.. "Um deus passando pela brisa da tarde": vestígios da ficção, ruínas da história. 2005 - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: João Gonçalves Vilela Leandro

OTTE, G.; PERES, A. M. C.; OLIVEIRA, S. R.. O tempo em Clarice Lispector: uma leitura de "A paixão segundo G.H.". 2005 - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Maria das Graças Fernandes Nogueira

OTTE, G.; WALTY, I. L. C.; PEREIRA, M. A.. Literatura e marginalidade: o escritor como falsário. 2004 - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Josane Fátima Barbosa

OTTE, G.; PEREIRA, M. A.; SILVA, D. L.. Entre dobradiças e dobraduras: a construção da personagem em Stella Manhattan de Silviano Santiago e "Brazil", de John Updike. 2004 - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Viviane Madureira Zica Vasconcelos

VASCONCELOS, V. M. Z.;OTTE, G.; PEREIRA, M. A.; NASCIMENTO, L. S.. Conto em vídeo: rastros da literatura em outro sistema semiótico. 2002. Dissertação (Mestrado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Patricia Vanessa da Silva Valle

VALLE, P. V. DA S.;OTTE, G.; OLIVEIRA, S. M. P.; BUENO, A. S.. Carlos Drummond de Andrade - leitor-crítico de poesia. 2002. Dissertação (Mestrado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Nelson Ricardo Guedes dos Reis

OTTE, G.; OLIVEIRA, L. C. V.; FIGUEIREDO, M. C. L.. A estética expressionista na obra de Lúcio Cardoso: uma luz no subsolo da casa assassinada. 2002 - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Marconi Freire Martins

OTTE, G.; SEDLMAYR, S.; NOVA, V. C.. O Homem e o O Ateneu: Loucura e literatura no fin de siècle. 2002 - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: ROSELY SANTOS GUIMARÃES

GUIMARÃES, R. S.;OTTE, G.; GOMEZ, G. I. R.; SILVA, G.. Corpo negro: entre a história e a ficção. O caso de Rosa Maria Egipcíaca da Vera Cruz. 2001. Dissertação (Mestrado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Francirene Gripp de Oliveira

OTTE, G.; PEREIRA, M. A.. Ancoras ao vento - ensaios da desconstrução em Ana Cristina Cesar. 2001 - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Terezinha de Jesus Dias Pacheco

OTTE, G.; MAFRA, J. J.; GOMEZ, G. I. R.. Vidas encenadas de Bruno de Menezes. 2001 - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Lucia das Graças Santana da Silva

OTTE, G.. Narrativas orais e a memória das crianças da cidade de Belém no final do século XX. 2001 - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Eliana Rocha Vierno Zanforlin

OTTE, G.; COELHO, H. R.; MARQUES, R. M.. História e Literatura: as teses de Walter Benjamin sobre o conceito da história e a Estética da Recepção. 2000 - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Maria Imaculada Teixeira de Souza

SOUZA, M. I. T. DE;OTTE, G.; DUARTE, R. A. P.; FIGUEIREDOO, V. A.. A formação do homem pleno através da estética em Friedrich Schiller. 1999. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Lívia Cristina Guimarães

GUIMARÃES, L. C.;OTTE, G.; COELHO, H. R.; WALTY, I. L. C.. Estrangeiro de mim - Viagens, viajantes e suas estranhas identidades. 1997. Dissertação (Mestrado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Imaculada Maria Guimarães Kangussu

KANGUSSU, I. M. G.;OTTE, G.; DUARTE, R. A. P.; GAGNEBIN, J. M.. Passagens: Imagem e História em Walter Benjamin. 1996. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Romero Alves Freitas

FREITAS, R. A.;OTTE, G.; DUARTE, R. A. P.; BOTIN, F. J. H.. Beleza, Sublimidade, Natureza - Subjetividade e Objetividade nas Analíticas Kantianas do Belo e do Sublime. 1995. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Sandra Loureiro de Freitas Reis

REIS, S. L. DE F.;OTTE, G.; DUARTE, R. A. P.; SANTOS, J. H.. Elementos para uma Filosofia da Educação Musical em Theodor Wiesengrund Adorno. 1995. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Verlaine Freitas

FREITAS, V.;OTTE, G.; DUARTE, R. A. P.; SANTOS, J. H.. Unidade Instável. O conceito de forma da Teoria Estética de Theodor Adorno. 1995. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Silke Kapp

KAPP, S.;OTTE, G.; DUARTE, R. A. P.. Arte radical e heteronomia. Para uma interpretação da arquitetura moderna a partir de Theodor W. Adorno. 1994. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Juliana Serôa da Motta Lugão

OTTE, G.; LAGES, S. K.; FARINACCIO, P.; MÜLLER, A.; LAVELLE, P. G.. "... uma ou outra expedição às profundezas da memória": arquivo, fotografia, memória e modos de escrita em 'Crônica Berlinense e Infância de Berlim por volta de 1900', de Walter Benjamin. 2019. Tese (Doutorado em ESTUDOS DE LITERATURA) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Augusto Bruno de Carvalho Dias Leite

OTTE, G.; BOLLE, Stefan Willi; Starling, H. M. M.; JASMIN, Marcelo Gantus; DUTRA, E. R. F.. História do passado: da conceitualização tradicional à reconfiguração em Walter Benjamin, Martin Heidegger e Sigmund Freud. 2017. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Janine Resende Rocha

OTTE, G.; Brandão, L.A.; AMARAL, S. A. P.; ROCHA, J. C. C.; SOUZA, N. A.. Wolfgang Iser, Leitor da Modernidade: Interpretação e Teoria da Literatura. 2017. Tese (Doutorado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Rafael Lovisi Prado

OTTE, G.; SOUZA, E. M.; BORGES, M. E. M. O.; Cardoso, M. R.; SCRAMIM, Susana. Transescritas: fluxos entre o poético e o filosófico. 2017. Tese (Doutorado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Josué Borges de Araújo Godinho

OTTE, G.; SOARES, C. C.; SCARPELLI, M. O. F.; SOBRINHO, J. B. S.; AMARAL, R. A. P.. Violência e indeterminação da violência em "Grande Sertão: Veredas" e "Outras Estórias", de Guimarães Rosa. 2017. Tese (Doutorado em Letras: estudos literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Raquel Alves Mota

OTTE, G.; GOMEZ, G. I. R.; CURY, M. Z. F.; ABATH, A.J.; GONZALEZ, E. C. P.; COSTA, W. C.. O conceito de ficção de Juan José Saer: a leitura do espaço ficcional a partir de "La grande" em diálogo com a ideia de apreensão máxima em Merleau-Ponty. 2016. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Alex Alves Fogal

OTTE, G.; Fernandes, M. R. C.; OLIVEIRA, S. M. P.; WERKEMA, A. S.; RABELLO, I. D.. O 'Eu' de Augusto dos Anjos: a ciência, a filosofia e o prosaico como elementos de fatura estética. 2016. Tese (Doutorado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Viviane Monteiro Maroca

OTTE, G.; COELHO, H. R.; GOMEZ, G. I. R.; Carrizo, S. L.; QUINTANA, S. F.. Reescritas da nação: uma leitura de "Cuando ya no importe". 2016. Tese (Doutorado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Vitor Cei Santos

Freitas, M. V.; Fernandes, M. R. C.; SALGUEIRO, W. C. F.; Pimenta, O. J.;OTTE, G.. A voluptuosidade do nada - o niilismo na prosa de Machado de Assis. 2015. Tese (Doutorado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Margarida Maria Alacoque Chaves de Sousa

PERES, A. M. C.; CURY, M. Z. F.; Paraizo, M. A.; Menezes. R. S.; Resende, M. A. A.;OTTE, G.. Catando a poesia derramada no chão: constelações femininas na obra de Chico Buarque. 2015. Tese (Doutorado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Carolina Junqueira dos Santos

HUCHET, S. D. A. R. P.; ANDRADE, P. F.; ENTLER, R.;OTTE, G.; BIASIZZO, M. A. M.. O corpo, a morte, a imagem: a invenção de uma presença nas fotografias memoriais e post-mortem. 2015. Tese (Doutorado em Artes) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Everton Almeida Barbosa

Marli de Oliveira Fantini Scarpelli; MORAIS, M. M.; FONSECA, J. L. J. S.; LEITE, M. C. S.;OTTE, G.. Narrador, tempo e memória em Cerimônias do esquecimento?, de Ricardo Guilherme Dicke. 2014. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Letras da UFMG) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Mirella Guidotti

MAAS, W. P. M. D.; VOLOBUEF, K.; ANTUNES, J. P.; MOURA, M. S.;OTTE, G.. Zweckmäßigkeit ohne Zweck: ideias kantianas presentes na estética de Goethe. 2014. Tese (Doutorado em Estudos Literários) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Aluno: Lucas Drummond Matosinhos

OTTE, G.; FIGUEIREDO, V. A.; Franco, G. N.; VERAS, E. H. N.; TEIXEIRA, M. J. G.. "Ondulações do devaneio" - a criação sublime entre Kant e Baudelaire. 2014. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Eduardo Horta Nassif Veras

OTTE, G.; ARBEX, M. M. V.; SEDLMAYR, S.; Ribeiro, G. S.; Amaral, G. C.. A encenação tediosa do imortal pecado - Baudelaire e o mito da Queda. 2013. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Carolina Alves Magaldi

Carrizo, S. L.; FERREIRA, R. S. S.;OTTE, G.; Oliveira, M. C. C.; Cardoso, M. R.. Paratextos das traduções brasileiras da 'Kalevala' e do 'Popol Vuh' ao longo do espaço e do tempo. 2013. Tese (Doutorado em Letras: Estudos Literários) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

Aluno: Carmen Cristiane Borges Losano

VIEIRA, E. R. P.; ALEXANDRE, M. A.; PEIXOTO, S. A.; BRAGA, C. M.;OTTE, G.. Jetztzeit: A aura da obra dinâmica a partir dos retratos de Poe e Wilde. 2013. Tese (Doutorado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Vivian Bernardes Margutti

Brandão, L.A.; JEHA, J. C.; SOETHE, P. A.; PEN, Marcelo;OTTE, G.. Peregrinos em busca: alegoria, utopia e distopia em Paul Auster, Nathaniel Hawthorne e John Bunyan. 2010. Tese (Doutorado em Letras: estudos literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Alexandre Sobreira Martins

ROSA, S. R.; ASSUNCAO, T. R.; RAMOS, L. F.; COSTA, A. R.;OTTE, G.. A recepção de Wagner na contemporaneidade. 2008. Tese (Doutorado em Letras: estudos literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Jacqueline Leão Jácome Ferreira

CURY, M. Z. F.; SOUZA, G. M. G. M. A.; MARTINS, L. M.; COELHO, O. V. S.;OTTE, G.. "Either/or" - Jogo em Kierkegaard. Kierkegaard em jogo. 2008. Tese (Doutorado em Letras: estudos literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Rita de Cássia Lucena Velloso

FIGUEIREDO, V. A.; MONTE-MOR, R. L. M.; AQUINO, J. E. F.; DAMIAO, C. M.;OTTE, G.. Distração e choque: a experiência da arquitetura na vida cotidiana. 2007. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Eduardo Soares Neves Silva

OTTE, G.; DUARTE, R. A. P.; BARBOSA, R. J. C.; FREITAS, V.; ALMEIDA, J. M. B.. Filosofia e arte em Theodor W. Adorno: A categoria de constelação. 2006. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Daniel Moraes Neves

OTTE, G.; AGUIAR, M. S.; LOBO, S. M. P. E. S.; TELES, G. M.; DUARTE, L. M. P.. Alegorias da modernidade em Murilo Mendes. 2006. Tese (Doutorado em Letras) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Aluno: Fabíola Simão Padilha Trefzger

OTTE, G.; BRANDAO, R. J. S.; MIRANDA, W. M.; SALGUEIRO, W. C. F.; NASCIMENTO, E. B.. Expedições, Ficções: Sob o signo da melancolia. 2006. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Delzi Alves Laranjeira

OTTE, G.; JEHA, J. C.; SOETHE, P. A.; OLIVEIRA, S. F. A.. Reescrituras: O evangelho segundo Norman Mailer e Gore Vidal. 2005 - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Josalba Fabiana dos Santos

OTTE, G.; MIRANDA, W. M.; MARQUES, R. M.; CAMARGO, L. G. B.; PEREIRA, M. L. S.. Fronteiras da nação em Cornélio Penna. 2004 - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Rafael Cordeiro Silva

OTTE, G.; MATTOS, O.; BARBOSA, R. J. C.; DUARTE, R. A. P.; VIEIRA, L. A.. A percepção da barbárie: construção e desmoronamento da Teoria Crítica de Max Horkheimer. 2002. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Verlaine Freitas

FREITAS, V.;OTTE, G.; DUARTE, R. A. P.; MATTOS, O.; BARBOSA, R. J. C.; FIGUEIREDO, V. A.. Para uma dialética da alteridade: a constituição do sujeito, da razão e do tempo em Th. Adorno. 2001. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Imaculada Maria Guimarães Kangussu

KANGUSSU, I. M. G.;OTTE, G.; DUARTE, R. A. P.; JARDIM, E.; BARBOSA, R. J. C.; FIGUEIREDO, V. A.. Leis da liberdade - a relação entre estética e política na obra de Herbert Marcuse. 2001. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Leonardo Barci Castriota

CASTRIOTA, L. B.;OTTE, G.; DUARTE, R. A. P.; LIMA, L. C.; SILVA, M. S.; FIGUEIREDO, V. A.. Nome e mimesis: experiência e linguagem em Walter Benjamin. 2000. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Marco Aurélio Werle

WERLE, M. A.;OTTE, G.; KNOLL, V.; MATTOS, L. F. B. F.; SUZUKI, M.; MACHADO, C. E. J.. A forma de representação poética: filosofia e poesia em Hegel. 2000. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Marcelo Chiaretto

CHIARETTO, M.;OTTE, G.; MARQUES, R. M.; MIRANDA, W. M.. Sonhos nacionais entre a Luz e a Tempestade: o 'Volksgeist'no Brasil. 2000. Tese (Doutorado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Gabriel Alonso Guimarães

OTTE, G.; LAGES, S. K.; ROSENFIELD, K. H. L.. Sobre o 'Konvolut 1920', de Franz Kafka: Tradução e comentário. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em ESTUDOS DE LITERATURA) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Bruna Fontes Ferraz

MIRANDA, W. M.; Said, R. A. C.;OTTE, G.. Sapore, Sapere: por uma poética dos cinco sentidos em Italo Calvino. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: André Pereira de Souza

VIEIRA, E. M. A.; MANDIL, R. A.;OTTE, G.. Espectros de Eros na metrópole: urbe melancólica. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Geanneti Silva Tavares Salomon

OTTE, G.; Freitas, M. V.; OLIVEIRA, M. C. D.. Fantasmagorias benjaminianas na modernidade: "Summer crossing" e "Breakfast at Tiffany's", de Truman Capote a Blake Edwards. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Rafael Lovisi Prado

BORGES, M. E. M. O.; SOUZA, E. M.;OTTE, G.. Transescritas - fluxos entre o poético e o filosófico. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Guilherme Zubaran de Azevedo

OTTE, G.; MIRANDA, W. M.; MARQUES, R. M.. Narrar das tramas os avessos: encenações da memória e da violência em 'Grande sertão: veredas' e 'A menina morta'. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Elder João Teixeira Mourão

OTTE, G.; ARBEX, M. M. V.; Casa Nova, V. L. C.. O impasse da modernidade na crítica de arte de Charles Baudelaire. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Alex Alves Fogal

OTTE, G.; Fernandes, M. R. C.; OLIVEIRA, S. M. P.. O organismo do "EU", de Augusto dos Anjos e sua composição. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Yara dos Santos Augusto Silva

OTTE, G.; Brandão, L.A.; NOVA, V. C.. Plasticidades poéticas, escrituras picturais. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Letras: estudos literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Janine Resende Rocha

Brandão, L.A.; AMARAL, S. A. P.;OTTE, G.. Wolfgang Iser, leitor da modernidade. Interpretação e teoria da literatura. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Michel Mingote Ferreira de Azara

OTTE, G.; CURY, M. Z. F.; GUIMARÃES, C. G.. Perambulações urbanas: do olhar à visão. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Letras: estudos literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Manuela Ribeiro Barbosa

CORNELSEN, E. L.;OTTE, G.; FUX, J.. K. no Brasil. Kafka, Aníbal Machado e Murilo Rubião. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Letras: estudos literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Lucas Drumond Matosinhos

FIGUEIREDO, V. A.; TEIXEIRA, M. J. G.;OTTE, G.. A imaginação entre Kant e Baudelaire. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Eduardo Horta Nassif Veras

OTTE, G.; ARBEX, M. M. V.; SEDLMAYR, S.. Baudelaire e o mito da queda. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Letras: estudos literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Andréa Sirihal Werkema

OTTE, G.; MARTINS, L. M.; BOECHAT, M. C. B.. "Macário", ou do drama romântico em Álvares de Azevedo. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em Letras: estudos literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Sueli de Melo Miranda

PERES, A. M. C.; MANDIL, R. A.;OTTE, G.. A comunhão do opaco - o legível e o ilegível em Amilcar de Castro. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Fabíola Simão Padilha Trefzger

OTTE, G.; MIRANDA, W. M.; BRANDAO, R. J. S.. O limiar do silêncio e da escrita: a melancolia no horizonte da ficção. 2006 - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Rita de Cássia Lucena Velloso

FIGUEIREDO, V. A.; MONTE-MOR, R. L. M.;OTTE, G.. Distração e choque: a experiência da arquitetura na vida cotidiana. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Alexandre Sobreira Martins

OTTE, G.; ROSA, S. R.; ASSUNCAO, T. R.. A recepção contemporânea de Wagner: Problemáticas de encenação. 2006 - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Junia Regina de Faria Barreto

OTTE, G.; NOVA, V. L. C. C.; JEHA, J. C.. A figura do monstro na obra teatral e romanesca de Victor Hugo. 2004 - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Alexandre Rodrigues da Costa

OTTE, G.; BORGES, M. E. M. O.; BRANCO, L. C.; CORNELSEN, E. L.. Olhares transfigurados: Rainer Maria Rilke e Clarice Lispector. 2004 - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Ana Maria Portugal Maia Saliba

SALIBA, A. M. P. M.;OTTE, G.; BRANCO, L. C.; MACIEL, M. E.. O estranho: objeto-limite entre a literatura e a psicanálise. 2002. Exame de qualificação (Doutorando em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Jailane Pereira da Silva

OTTE, G.; COSTA, A. S. M.; SARTORI, V. B.. Direito e "reine Gewalt" no limiar do pensamento: com a tradição dos oprimidos por um real estado de exceção. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Direito) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Augusto Bruno de Carvalho Dias

Reis, J. C.; FREITAS, R. A.;OTTE, G.. O novo conceito de história de Walter Benjamin. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Minas Gerais.

SPINASSE, K. P.; AUGUSTIN, G. H.; SCHRÖDER, U.A.; Meireles, Selma Martins;OTTE, G.. Banca Examinadora do Concurso Público de Provas e Títulos para Prof. Adjunto de Língua Alemã. 2009. Universidade Federal de Minas Gerais.

OTTE, G.; RONDINELLLI, M.; HARDEN, H. T.; BATTAGLIA, M. H. V.; FISCHER, E. G.. Concurso Público de Provas e Títulos para LÍNGUA ALEMÃ E PRÁTICA DE ENSINO DE ALEMÃO. 2017. Universidade Federal de Minas Gerais.

JAECKEL, Volker; SPINASSE, K. P.; FISCHER, E. G.; SAVEDRA, M. M. G.;OTTE, G.. Concurso para prof. Adjunto A na área de Língua Alemã. 2015. Universidade Federal de Minas Gerais.

OTTE, G.; SALGUEIRO, W. C. F.; Pucheu, A.; Acízelo, R.; Melo, A. C.. Concurso público de provas e títulos, prof. adjunto A, na área de Literatura Comparada e Teoria da Literatura. 2015. Universidade Federal de Minas Gerais.

Barth, Klaus M.; MARCUSCHI, E.;OTTE, G.. Classe Adjunto na área de Língua Alemã e Literaturas. 2010. Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Barth, Klaus M.; MARCUSCHI, E.;OTTE, G.. Concurso público para Professor Adjunto na área de Língua Alemã e Literaturas. 2010. Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Maas, W. P. M. D.; Huber, V.; SOUZA, Celeste Ribeiro de; CASTRO, M.A.;OTTE, G.. Concurso público para Professor Adjunto de Língua e Literatura Alemãs. 2010. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

OTTE, G.; IBLER, V. B.; SILVA JR, F. A.; FREITAS, I. I. A.; NOMURA, M.. Concurso público de provas e títulos para professor adjunto de língua e didática do alemão do Departamento de Letras Anglo-Germânicas. 2002. Universidade Federal de Minas Gerais.

OTTE, G.; SILVA JR, F. A.; IBLER, V. B.. Banca Examinadora do Concurso Público de Provas e Títulos para Professor Adjunto de Língua e Didática do Alemão. 2002. Universidade Federal de Minas Gerais.

OTTE, G.. Concurso Público de Provas e Títulos para Professor Assistente de Língua Alemã do Departamento de Letras Anglo-Germânicas da FALE-UFMG. 1999. Universidade Federal de Minas Gerais.

OTTE, G.. Concurso de Provas e Títulos para Professor Adjunto da disciplina Língua Alemã do Departamento de Letras Anglo-Germânicas no dia 20/10/97. 1997. Universidade Federal de Minas Gerais.

OTTE, G.; Azenha, J.; LEITE, G. M. M. L.; MAZZARI, M. V.; DORNBUSCH, C. S.. Concurso Público de Livre-Docência em Literatura Alemã. 2017. Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho".

OTTE, G.; MATTOS, L. F. B. F.; WAIZBORT, L. G. P.; ZILLY, B.; FIGUEIREDO, V. A.. A partilha do Absoluto e outros estudos sobre forma, mito e sentido. 2017. Universidade de São Paulo.

OTTE, G.. Comissão de especialistas do MEC para avaliar o curso de Letras da Universidade Federal do Maranhão. 2000. Universidade Federal do Maranhão.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

MARIA ZILDA FERREIRA CURY

OTTE, G.;CURY, M. Z. F.. Linha, choque e mônada. A questão do tempo na obra tardia de Walter Benjamin. 1994. Tese (Doutorado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Rodrigo Antônio de Paiva Duarte

DUARTE, R. A. P.; GAGNEBIN, Jeanne Marie; CURY, Maria Zilda; SOUZA, Eneida Maria de. Linha, choque e mônada. Tempo e espaço na obra tardia de Walter Benjamin. 1994. Tese (Doutorado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Rodrigo Antônio de Paiva Duarte

DUARTE, R. A. P.; CURY, Maria Zilda. Linha, choque e mônada. Tempo e espaço na obra tardia de Walter Benjamin. 1994. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Viviane Cristina Bitencourt dos Santos

Uma aproximação entre o processo literário kafkiano e as práticas judiciárias no Brasil contemporâneo; Início: 2015; Dissertação (Mestrado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Bianka Teixeira de Andrade Silva

O conhecimento mítico nas obras As Américas e a Civilização e O mulo, de Darcy Ribeiro; Início: 2018; Tese (Doutorado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais; (Orientador);

Michelle Evangelina Fonseca de Campos

"O Castelo", de Franz Kafka: uma leitura sob a perspectiva do poder microfísico; 2017; Dissertação (Mestrado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Georg Otte;

Bianka Teixeira de Andrade

O jogo em jogo: uma proposta de análise do lúdico na literatura de Júlio Cortázar; 2013; Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Georg Otte;

Paula Carolina Betereli

A face do discurso em Robert Walser; 2013; Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais,; Orientador: Georg Otte;

Bruna Fontes Ferraz

O universo em um livro: as "Cosmicômicas", de Italo Calvino; 2011; Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais,; Orientador: Georg Otte;

Cristiano Batista Rodrigues

Bernardo Carvalho, Borges e as poéticas do artifício; 2011; Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais,; Orientador: Georg Otte;

Michel Mingote Ferreira de Azara

Nomadismos:; 2008; Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais,; Orientador: Georg Otte;

Mariana Camilo de Oliveira

A poesia de Paul Celan: os territórios do exílio, o indizível e a catástrofe; 2006; Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Georg Otte;

Imara Bemfica Mineiro

Tempo e Legibilidade em Macedonio Fernandez: uma análise de tudo e nada pequena antologia dos papéis de um recém chegado; 2005; 0 f; Dissertação (Mestrado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Georg Otte;

Francis Da Silveira Firmo

Cortázar à luz de Benjamin: politização da arte e poética da destruição; 2004; Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais,; Orientador: Georg Otte;

Maria Eugênia Castelo Branco Albinati

A oferenda literária - referências musicais na obra de Julio Cortázar; 2002; 100 f; Dissertação (Mestrado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais,; Orientador: Georg Otte;

Maria das Graças Fernandes Nogueira

Literatura e marginalidade: o escritor como falsário; 2002; Dissertação - Universidade Federal de Minas Gerais,; Orientador: Georg Otte;

Terezinha de Jesus Dias Pacheco

Vidas encenadas de Bruno de Menezes; 2001; 0 f; Dissertação (Mestrado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais,; Orientador: Georg Otte;

Lucia das Graças Santana da Silva

Narrativas orais e a memória das crianças de Belém: final do século XX; 2001; 0 f; Dissertação (Mestrado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais,; Orientador: Georg Otte;

Zélia Amador de Deus

Dalcídio Jurandir: regionalismo, relações raciais e de poder, em MARAJÓ e TRÊS CASAS E UM RIO; 2001; 0 f; Dissertação (Mestrado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais,; Orientador: Georg Otte;

Eliana Rocha Vierno Zanforlin

História e literatura: as teses de Walter Benjamin 'Sobre o conceito de história e a estética da recepção; 2000; 120 f; Dissertação (Mestrado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Georg Otte;

Marconi Freire Martins

O Homem e O Ateneu:; 2000; 0 f; Dissertação (Mestrado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais,; Orientador: Georg Otte;

Geanneti Silva Tavares Salomon

Moda e fantasmagoria: Truman Capote entre texto e tela; 2015; Tese (Doutorado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais,; Orientador: Georg Otte;

André Pereira de Souza

Urbe melancólica: espectros de Eros na metrópole; ; 2014; Tese (Doutorado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais,; Orientador: Georg Otte;

Bruna Fontes Ferraz

Sapore, Sapere: por uma poética dos cinco sentidos em Italo Calvino; 2014; Tese (Doutorado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais,; Orientador: Georg Otte;

Lucas Drumond Matosinhos

A teoria do dandismo entre Baudelaire e Camus; 2010; Tese (Doutorado em Letras: estudos literários) - Universidade Federal de Minas Gerais,; Orientador: Georg Otte;

Elder João Teixeira Mourão

O impasse da modernidade na crítica de arte de Charles Baudelaire; 2010; Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais,; Orientador: Georg Otte;

Carmen Cristiane Borges Losano

Jetztzeit: A aura da obra dinâmica a partir dos retratos de Poe e Wilde; 2009; Tese (Doutorado em Letras: estudos literários) - Universidade Federal de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Georg Otte;

Eduardo Horta Nassif Veras

A encenação tediosa do imortal pecado: Baudelaire e o mito da Queda; 2009; Tese (Doutorado em Letras: estudos literários) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Georg Otte;

Nelson Ricardo Guedes dos Reis

A crítica impressionista brasileira como gênero literário de criação; 2005; Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais,; Orientador: Georg Otte;

Sueli de Melo Miranda

A exatidão do sonho: o objeto e o nome em Amilcar de Castro e Affonso Ávila; 2004; Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais,; Orientador: Georg Otte;

Ana Maria Portugal Maia Saliba

O estranho: objeto-limite entre a literatura e a psicanálise; 2000; 0 f; Tese (Doutorado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais,; Orientador: Georg Otte;

Flávia Morato dos Santos

A estética do estático; A 'virada espacial' em Walter Benjamin; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Letras) - Universidade Federal de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Georg Otte;

Gabriel Schünemann Dantas

Tradução interlingual e tradução intersemiótica; 2006; Iniciação Científica - Universidade Federal de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Georg Otte;

Ianá Costa de Andrade

A questão da identidade em Roberto Schwarz; 2002; Iniciação Científica; (Graduando em Teoria da Literatura) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Georg Otte;

Tânia Liparini Campos

O ALEMÃO VIA MAX WEBER - Método de Alemão Instrumental para alunos iniciantes da área de Ciências Humanas; 2001; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Letras Habilitação Alemão) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Georg Otte;

Adriana Castilho de S

Rogedo; MICHAEL KOHLHAAS de Heinrich von Kleist ou a crise do narrador; 1997; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Letras Habilitação Alemão) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Georg Otte;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

MARIA ZILDA FERREIRA CURY

Linha, Choque e Mônada: A Questão do Tempo Na Obra Tardia de Walter Benjamin; 1994; Tese (Doutorado em Estudos Literários) - Universidade Federal de Minas Gerais,; Orientador: Maria Zilda Ferreira Cury;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • OTTE, G. . Continuidade e correspondência - dois princípios conflitantes na obra de Walter Benjamin. Artefilosofia , v. 26, p. 179-194, 2019.

  • OTTE, GEORG . A tradução como -exposição- do texto original. LINGUAGEM & ENSINO (UCPEL. IMPRESSO) , v. 22, p. 421-433, 2019.

  • OTTE, GEORG ; SILVA, BIANKA TEIXEIRA DE ANDRADE . Indications of mythical thought in Walter Benjamin. PANDAEMONIUM GERMANICUM (IMPRESSO) , v. 21, p. 99-114, 2018.

  • OTTE, GEORG . Entre Goethe e Hitler: O Diário de Guerra de João Guimarães Rosa. O EIXO E A RODA (UFMG) , v. 27, p. 135, 2018.

  • OTTE, G. . A autobiografia e a 'segunda natureza' - notas sobre móbile da memória de Davi Arrigucci Jr.. Ensaios de Semiótica - Cadernos de Teoria da Literatura , Belo Horizonte, v. 13, p. 159, 2016.

  • OTTE, G. . Walter Benjamins Umgang mit der Schrift. Pandaemonium Germanicum (Online) , v. 18, p. 57-68, 2015.

  • OTTE, G. . Hermetismo e provocação: sobre -A tarefa do tradutor-, de Walter Benjamin. ALETRIA: REVISTA DE ESTUDOS DE LITERATURA , v. 25, p. 209, 2015.

  • OTTE, G. . Do mito do ?bom selvagem? à Nova Mitologia. A crise da cultura em Rousseau e Schiller. IPOTESI (JUIZ DE FORA. ONLINE) , v. 19, p. 10-18, 2015.

  • OTTE, G. . Entre a mediação e a exposição - sobre o idioleto de Walter Benjamin. CADERNOS BENJAMINIANOS , p. 89, 2013.

  • OTTE, G. . Natureza e história em Walter Benjamin. Literatura e Autoritarismo (UFSM) , v. 5, p. 40-51, 2010.

  • OTTE, G. . 'Dizem-me que sou louco': as epistemologias poéticas de Baudelaire e Benjamin. Alea: Estudos Neolatinos (Impresso) , v. 9, p. 230-238, 2007.

  • OTTE, G. . Uma pequena história do espaço (e do tempo): o conceito de espaço em Kant, Lessing, Foucault e Benjamin. ALETRIA: REVISTA DE ESTUDOS DE LITERATURA , v. 15, p. 230, 2007.

  • OTTE, G. . Infância em Berlim - uma autobiografia anônima de Walter Benjamin. Revista do Centro de Estudos Portugueses (UFMG) , v. 26, p. 19, 2006.

  • OTTE, G. . Zitieren und Antizipieren - Die Frage der Lesbarkeit der Welt im. Zeitschrift für Kritische Theorie , Springe/Alemanha, v. 18/19, p. 133-149, 2004.

  • OTTE, G. . A questão da legibilidade do mundo na "Obra das Passagens" de Walter Benjamin. Ipotesi (UFJF) , Juiz de Fora, v. 8, n.1, p. 25-38, 2004.

  • OTTE, G. . A reprodutibilidade técnica da obra cinematográfica - representação ou clonagem?. Revista de Estudos de Literatura , Belo Horizonte, v. 8, n.Dez 2001, p. 287-300, 2002.

  • OTTE, G. . Um olhar constelar sobre o pensamento de Walter Benjamin. Fragmentos (Florianópolis) , UFSC-Florianópolis, v. 18, p. 35-47, 2002.

  • OTTE, G. . A destruição da obra de arte na era de suja reprodutibilidade técnica. Coleção Ensaios (Santa Maria) , Santa Maria, v. 4, p. 65-77, 2002.

  • OTTE, G. . Teoria cinzenta e vida verde - a questão do saber em 'Fausto' de Goethe. Boletim - Centro de Letras e Ciências Humanas (UEL) , Universidade Estadual Londrina, v. 41, p. 39-56, 2001.

  • OTTE, G. . Baudelaire desabrigado: a questão do espaço em «Paris do Segundo Império» de Walter Benjamin. CALIGRAMA: REVISTA DE ESTUDOS ROMÂNICOS , Belo Horizonte, v. 2, p. 51, 1997.

  • OTTE, G. . Rememoração e citação em Walter Benjamin. ALETRIA: REVISTA DE ESTUDOS DE LITERATURA , Belo Horizonte, v. 4, p. 211, 1996.

  • OTTE, G. . O romantismo de Walter Benjamin. Revista do Centro de Estudos Portugueses (UFMG) , Belo Horizonte, v. 15, n.19, p. 151, 1995.

  • OTTE, G. . O Narrador sem aura ou pensando a reprodutibilidade oral em Benjamin. ALETRIA: REVISTA DE ESTUDOS DE LITERATURA , Belo Horizonte, v. 2, p. 123, 1994.

  • OTTE, G. . Linha, Choque e Mônada - Tempo e espaço na obra tardia de Walter Benjamin. Teses, Belo Horizonte, v. 1994, p. 65-78, 1994.

  • OTTE, G. . Facetas da identidade em de Julio Cortázar. Anuario Brasileño de Estudios Hispánicos , Brasília, v. 2, p. 117-124, 1992.

  • OTTE, G. . Erkenntnis und Vertrauen bei Kleist - Am Beispiel der . Projekt (Curitiba) , São Paulo, v. 3, p. 14-19, 1991.

  • OTTE, G. . A ironia em Morte em Veneza de Thomas Mann. Estudos Germânicos , Belo Horizonte, v. 10, p. 22, 1989.

  • OTTE, G. ; SEDLMAYR, S. (Org.) ; CORNELSEN, E. L. (Org.) . Limiares e passagens em Walter Benjamin. 1. ed. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2010. v. 1. 279p .

  • SEDLMAYR, S. (Org.) ; GUIMARAES, C. (Org.) ; OTTE, G. (Org.) . O comum e a experiência da linguagem. 1. ed. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2007. v. 1. 214p .

  • OTTE, G. ; OLIVEIRA, S. P. (Org.) . Mosaico crítico. 1. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 1999. v. 1. 118p .

  • VIEIRA, E. R. P. (Org.) ; REIS, E. L. L. (Org.) ; ALMEIDA, S. R. G. (Org.) ; BURNS, T. L. (Org.) ; OTTE, G. (Org.) . Revista de Estudos Literários. 1. ed. Belo Horizonte: Centro de Estudos Literários da FALE-UFMG, 1997. v. 1. 309p .

  • OTTE, G. ; MARQUES, R. M. (Org.) ; MACIEL, M. E. (Org.) . Revista de Estudos Literários. 4. ed. Belo Horizonte: Centro de Estudos Literários da Faculdade de Letras-UFMG, 1996. v. 1. 294p .

  • MARQUES, R. M. (Org.) ; OTTE, G. (Org.) . Revista de Estudos Literáriios. 3. ed. Belo Horizonte: Centro de Estudos Literários da FALE-UFMG, 1995. v. 1. 208p .

  • OTTE, G. ; MARQUES, R. M. (Org.) . Revista de Estudos de Literatura. 2. ed. Belo Horizonte: Centro de Estudos Literários da Faculdade de Letras, 1994. v. 1. 171p .

  • OTTE, G. . A resistência das palavras: a questão da linguagem em 'Atemschaukel', de Herta Müller. In: Lyslei Nascimento; Neide Nagae. (Org.). Desafios críticos. Literaturas estrangeiras em pauta. 1ed.Belo Horizonte: Quixote; Do Editoras Associadas, 2018, v. 1, p. 100-128.

  • OTTE, G. . A letra morta como garantia de sobrevivência. In: Eneida Maria de Souza; Dylia Lysardo-Dias; Gustavo Moura Bragança. (Org.). Sobrevivência e devir da leitura. 1ed.Belo Horizonte: Autêntica, 2014, v. , p. 34-42.

  • OTTE, G. . Vestígios da experiência e índices da modernidade. In: Sedlmayer, Sabrina; Ginzburg, Jaime. (Org.). Rastro, aura e história. 1ed.Belo Horizonte: Editora UFMG, 2012, v. , p. 61-85.

  • OTTE, G. . Fato e pensamento em Ludwik Fleck. In: Condé, Mauro. (Org.). LUDWIK FLECK: ESTILOS DE PENSAMENTO NA CIENCIA. 1ed.Belo Horizonte: Fino Traço, 2012, v. , p. 109-119.

  • OTTE, G. . A preciosidade dos farrapos - a transvaloração dos valores em Walter Benjain. In: Eneida Maria de Souza; Wander Melo Miranda. (Org.). Crítica e Coleção. 1ed.Belo Horizonte: Editora UFMG, 2011, v. , p. 298-307.

  • OTTE, G. . Le proche inquiétant chez Walter Benjamin. In: Michel Collomb; Philippe Marty. (Org.). Le Proche - Notion d'esthétique et de sociologie à partir de Georg Simmel. 1ed.Paris: Honoré Champion Éditeur, 2010, v. , p. 39-44.

  • OTTE, G. . Mostrar e dizer - O fragmento em 'Passagens', de Walter Benjamin. In: Eneida Maria de Souza; Reinaldo Marques. (Org.). Modernidades alternativas na América Latina. 1ed.Belo Horizonte: Editora UFMG, 2009, v. , p. 212-221.

  • OTTE, G. . Kant, Nietzsche, Agamben - Notas sobre. In: Sabrina Sedlmayer; César Guimarães; Georg Otte. (Org.). O comum e a experiência da linguagem. 1ed.Belo Horizonte: Editora UFMG, 2007, v. , p. 81-90.

  • OTTE, G. . A questão da representação em Walter Benjamin. In: Veronika Benn-Ibler. (Org.). Interfaces culturias Brasil-Alemanha. Belo Horizonte: Faculdade de Letras, 2006, v. , p. 151-161.

  • OTTE, G. . Comunicação e recepção em Walter Benjamin. In: César Guimarães; Bruno Souza Leal; Carlos Camargos Mendonça. (Org.). Comunicação e experiência estética. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2006, v. , p. 64-75.

  • OTTE, G. . A questão do estilo em. In: Ana Maria Clark Peres; Sérgio Alves Peixoto; Silvana Pessôa de Oliveira. (Org.). O estilo na contemporaneidade. 1ed.Belo Horizonte: Faculdade de Letras da UFMG, 2005, v. , p. 17-28.

  • OTTE, G. . O "Diário Alemão" de João Guimarães Rosa. In: Lélia Parreira Duarte. (Org.). Veredas de Rosa II. Belo Horizonte: Editora PUC Minas, 2003, v. , p. 285-290.

  • OTTE, G. . Vestígios de um materialismo estético em Walter Benjamin. In: Rodrigo Duarte; Virgínia Figueiredo. (Org.). Mimesis e Expressão. 1ed.Belo Horizonte: Editora UFMG, 2001, v. , p. 402-411.

  • OTTE, G. . O texto e a feira - uma leitura de Hugo Achugar. In: Luis Alberto Brandão Santos; Maria Antonieta Pereira. (Org.). Trocas culturais na América Latina. 1ed.Belo Horizonte: Pós-Lit FALE-UFMG; Nelam FALE-UFMG, 2000, v. , p. 241-250.

  • OTTE, G. . Algumas afinidades entre Octavio Paz e Walter Benjamin. In: Maria Esther Maciel. (Org.). A palavra inquieta. 1ed.Belo Horizonte: Autêntica, 1999, v. , p. 195-202.

  • OTTE, G. . A obra de arte e a narrativa - reflexões em torno do cânone em Walter Benjamin. In: Georg Otte; Silvana Pessôa de Oliveira. (Org.). Mosaico crítico. 1ed.Belo Horizonte: Autêntica, 1999, v. , p. 9-16.

  • OTTE, G. . História, cultura e identidade: o caso do México. In: Maria Esther Maciel; Myriam Ávila; Paulo Motta Oliveira. (Org.). América em Movimento. 1ed.Rio de Janeiro: Sette Letras, 1999, v. , p. 129-146.

  • OTTE, G. . A passagem de Walter Benjamin. Estado de Minas, Belo Horizonte, p. 2 - 2, 15 nov. 2008.

  • OTTE, G. . O "Diário Alemão" de João Guimarães Rosa. Revista Piauí, 15 dez. 2006.

  • OTTE, G. . Passagens de Benjamin. Estado de Minas - Caderno "Pensar", Belo Horizonte, p. 1 - 1, 25 nov. 2006.

  • OTTE, G. . O "Diário de Guerra" de João Guimarães Rosa. Suplemento - Edição Especial - Guimarães Rosa - 50o Grande Sertão: Veredas, Belo Horizonte, p. 34 - 35, 15 maio 2006.

  • OTTE, G. . Walter Benjamin. Estado de Minas, Belo Horizonte, p. 2 - 2, 29 mar. 2003.

  • OTTE, G. . O tambor do pícaro. Folha de São Paulo - Suplemento Jornal de Resenhas, São Paulo, p. 5 - 5, 09 set. 2000.

  • OTTE, G. . L?éloquence des choses et la matérialité des mots ? « Le livre des passages » comme précurseur de la pensée culturaliste. In: XXXVe Congrès de la Société Française de Littérature Générale et Comparée, 2010, Dijon. Études culturelles - anthropologie culturelle et comparatisme. Dijon: Les éditions du Murmure, 2008. v. 1. p. 87-95.

  • OTTE, G. . O dinâmico e o estático nas teses ?Sobre o conceito de história?. In: III Seminário Internacional "Políticas de la Memória", 2010, Buenos Aires. Recordando a Walter Benjamin. Justicia, Historia y Verdad. Escrituras de la Memoria. Buenos Aires: Centro Cultural de la Memoria Haroldo Conti, 2010.

  • OTTE, G. . O Diário de Guerra de João Guimarães Rosa. In: Seminário Guimarães Rosa, 2006, Belo Horizonte. Seminário Guimarães Rosa. Belo Horizonte: O Lutador, 2006. p. 51-52.

  • OTTE, G. . A moda, a mudança e as metamorfeses de Walter Benjamin. In: X Congresso Internacional Abralic, 2006, Rio de Janeiro. Lugares dos discursos, 2006.

  • OTTE, G. . Palavra e imagem em Walter Benjamin. In: Encontro Regional Abralic - 2005, 2005, Rio de Janeiro. Encontro Regional Abralic - 2005, 2005.

  • OTTE, G. . O "diário alemão" de João Guimarães Rosa. In: II Seminário Internacional Guimarães Rosa, 2003, Belo Horizonte. Veredas de Rosa. Belo Horizonte: Editora PUC Minas, 2001. v. II. p. 285-290.

  • OTTE, G. . A Alemanha do século XVIII enquanto cultura emergente. In: VII Congresso Abralic, 2000, Salvador, BA. Anais VII Congresso Abralic, 2000.

  • OTTE, G. . O Apolíneo e o dionisiaco em Nietzsche. In: VIII Simpósio da Associação Junguiana do Brasil, 2000, Belo Horizonte, 2000.

  • OTTE, G. . O conceito de história em Walter Benjamin e Octavio Paz. In: VI Congresso Abralic, 1998, Florianópolis. VI Congresso Abralic, 1998.

  • OTTE, G. . A questão do cânone em Walter Benjamin. In: 5º Congresso ABRALIC, 1996, Rio de Janeiro. Cânones & Contextos. Anais do 5º Congresso ABRALIC, 1996. p. 1207-1212.

  • OTTE, G. . Redigir em alemão. In: 1º Encontro de Professores de Alemão, 1990, Belo Horizonte. Anais do 1º Encontro de Professores de Alemão, 1990. p. 46-59.

  • OTTE, G. . Alteridade e universalismo - A busca de identidade na obra de Carlos Fuentes. In: 1º Encontro de Estudos Românicos, 1988, Belo Horizonte. Anais do 1º Encontro de Estudos Românicos, 1988. p. 52-63.

  • OTTE, G. . Trauma und Chock - Die Zerstörung der Erfahrung bei Walter Benjamin. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • OTTE, G. . O mito em Benjamin e Blumenberg. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • OTTE, G. . Metáfora e conceito ? os dois eixos da linguagem. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • OTTE, G. . Altos e baixos da experiência ? ?O narrador? de Walter Benjamin. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • OTTE, G. . Tradução e sobrevivência. Sobre ?A tarefa do tradutor?, de Walter Benjamin. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • OTTE, G. . Não existe aquivo morto - A história da literatura e a questão da sobrevivência. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • OTTE, G. . A força das palavras ? a questão da linguagem em Atemschaukel, de Herta Müller. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • OTTE, G. . Benjamins Begriff der Moderne. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • OTTE, G. . As palavras e seus sentidos em Calvino. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • OTTE, G. . O tratado e o mosaico - Texto e imagem em Walter Benjamin. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • OTTE, G. . Benjamin e Adorno. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • OTTE, G. . A letra morta como garantia da sobrevivência. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • OTTE, G. . "Der Elefant ist schon da" - Das Interview mit Rainer Zawatzky durch die Brille von Ludwik Fleck gelesen. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • OTTE, G. . Schrift als Fixierung - Fixierung als Schrift. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • OTTE, G. . Zwischen Vermittlung und Darstellung - Zu Benjamins Umgang mit der Schrift. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • OTTE, G. . O leitor de Benjamin. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • OTTE, G. . Por que não temos mais tempo na era digital. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • OTTE, G. . Continuidade e descontinuidade em Ludwik Fleck e Walter Benjamin. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • OTTE, G. . A Literatura Comaparada e a questão da cultura em Walter Benjamin. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • OTTE, G. . Os vestígios da memória em Walter Benjamin. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • OTTE, G. . Sophie Scholl - os últimos dias. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • OTTE, G. . La culture chez Walter Benjamin: le Livre des passages comme précurseur de la pensée culturaliste'. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • OTTE, G. . Restos e ruínas em Walter Benjamin: uma questão de estilo?. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • OTTE, G. . Walter Benjamin e o surrealismo. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • OTTE, G. . Infância em Berlim, a autobiografia anônima de Walter Benjamin. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • OTTE, G. . A questão da legibilidade do mundo em Walter Benjamin. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • OTTE, G. . A mediação pelos vestígios - os comentários de Beatriz Sarlo sobre 'Shoah', de Claude Lanzmann. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • OTTE, G. . Prefácio. Belo Horizonte, 2013. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

  • Salles, Carlos Alberto Corrêa ; OTTE, G. . Wir sind aus demselben Stoff, aus dem auch die Träume sind. Frankfurt: Fischer, 2012. (Tradução/Livro).

  • OTTE, G. ; OLIVEIRA, M. C. DE . Gênese e desenvolvimento de um fato científico. Belo Horizonte: Fabrefactum, 2010. (Tradução/Livro).

  • OTTE, G. . Prefácio. Belo Horizonte, 2006. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

  • OTTE, G. . As funcoes da retórica parlamentar na Revlucao Francesa. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2003. (Tradução/Livro).

  • OTTE, G. . Introdução aos diálogos de Platão. Reinbek: Rowohlt, 2002. (Tradução/Livro).

  • OTTE, G. . Deveres de responsabilidade para com a natureza? Uma nova tentativa de fundamentar uma Ética da natureza na perspectiva da Ética do discurso, 2002. (Tradução/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

OTTE, G. . Parecer de artigo científico - 12631-37885-1-RV - Aletria: Revista de Estudos Literários. 2017.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    Nome e conceito ? Mito e esclarecimento em Walter Benjamin, Theodor W. Adorno e Hans Blumenberg, Descrição: O projeto é parte integrante do projeto de produtividade "A mediação e o imediato ? Teoria e estética do mito na modernidade", focalizando a questão da linguagem no contexto das modernas teorias do mito. Partindo da filosofia da linguagem de Walter Benjamin, será elaborada a oposição entre o uso instrumental (comunicativo) da linguagem e seu uso "mítico", que se resume na denominação.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Georg Otte - Coordenador.

  • 2017 - Atual

    A mediação e o imediato ? Teoria e estética do mito na modernidade, Descrição: O projeto parte da diferença entre duas formas de abordagem da realidade: a racional-lógica-científica por um lado e a mítica-estética-artística, por outro lado. Enquanto a primeira passa pela mediação do conceito, a segunda se baseia na percepção imediata, também chamada de intuição (na acepção filosófica do termo). Todavia, o preço pago pelo inegável progresso do pensamento científico é alto, pois é operado pela redução da grande variedade de objeto reais a conceitos niveladores, representados por uma linguagem simbólica, enquanto a linguagem das artes ? incluindo-se aí o uso estético da linguagem na literatura ?, se caracteriza pelo apelo à percepção sensorial (ou imaginativo) do seu receptor. É o mérito do filósofo alemão Ernst Cassirer (1874-1945) ter apresentado o ?pensamento mítico? como uma forma legítima de pensamento e de ter rompido, assim, com a visão moderna segundo a qual esse pensamento tivesse sido superado pelos procedimento lógico das ciências. Esse rompimento passou a ser reforçado pelas reflexões de Horkheimer e Adorno em sua ?Dialética do Esclarecimento? (1944), cujo objetivo consistiu em evidenciar a relação dialética entre as duas formas de pensamento, revelando, entre outras coisas, que as próprias ciências são marcadas por mitos. Depois dessa revaloração do mito no campo filosófico, a discussão do mito ganha novo impulso também no âmbito da Teoria Literária com a publicação do livro ?Arbeit am Mythos? (?Trabalho sobre o mito?), de Hans Blumenberg, em 1979. É com base na oposição entre a mediação e o imediato que este projeto procura tecer reflexões em torno do mito como base do fenômeno literário.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Georg Otte - Coordenador / Aline Magalhães Pinto - Integrante.

  • 2015 - 2016

    Cultura e natureza em Walter Benjamin e Ludwik Fleck. Um diálogo entre ciências humanas e ciências naturais, Descrição: Projeto de Pesquisador Residente, que tem por objetivo geral a pesquisa sobre a ?naturalização? de fenômenos sociais ou culturais em Walter Benjamin e a ?culturalização? das ciências naturais de Ludwik Fleck. Pretende-se deste modo: a) elaborar uma retrospectiva (seletiva) da distinção entre cultura e natureza na história das ciências humanas e naturais; b) descrever a ?mudança da epistémê? contemporânea em comparação com aquela elaborada por Foucault na passagem da idade clássica para a modernidade; c) estudar a oposição entre uma modernidade progressiva (no âmbito das ciências sociais e naturais) e outra ?regressiva? (no âmbito das ciências humanas), questionadora da ideia de progresso; d) pesquisar a relação recíproca entre literatura e ciência através de exemplos selecionados; e) apresentar Walter Benjamin e Ludwik Fleck como pioneiros do questionamento daquela distinção; e) analisar a discussão contemporânea sobre a temática em autores como Philippe Descola e Eduardo Viveiros de Castro.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Georg Otte - Coordenador.

  • 2014 - 2017

    Mito e modernidade em Walter Benjamin e Hans Blumenberg, Descrição: O projeto procura investigar um dos aspectos mais instigantes no pensamento de Walter Benjamin, a saber, a persistência do mito e o surgimento de novos mitos na modernidade. Diferentemente de Max Weber, que apresenta como características principais da modernidade a racionalização e o concomitante ?desencantamento? da sociedade, Benjamin não se limita á questão da racionalização e se dedica ao estudo dos mitos remanescentes não apenas no âmbito artístico e literário, mas também no ?mundo de sonho? (Traumwelt) capitalista da Paris do século XIX, que se expressa, por exemplo, na arquitetura e na moda. É a própria industrialização, baseada numa ciência rigorosamente racional, que gera seus ?sonhos?, muitas vezes mais ?fantasmagóricas? do que no mundo pré-industrial. Mesmo mantendo o projeto iluminista quando defende o despertar desse mundo através de uma análise rigorosa, Benjamin não se limita a uma defesa da razão para desmascarar o irracional, mas se concentra na análise da sua expressão estética. O projeto procura evitar a circularidade de muitos estudos benjaminianos, isto é, uma argumentação imanentista que explica Benjamin por Benjamin, convocando outros pensadores modernos do mito como Friedrich Nietzsche, Ernst Cassirer, Aby Warburg, Claude Lévi-Strauss, Roland Barthes, Paul Ricoeur, utilizando como ferramenta teórica principal o livro ?Arbeit am Mythos? (?Trabalhando o mito?;1979), de Hans Blumenberg. A pesquisa será complementada pela tradução de outro livro central de Blumenberg, não menos pertinente para a pesquisa em questão, que é ?Die Lesbarkeit der Welt? (?A legibilidade do mundo?; 1981), contribuindo, assim, para uma maior divulgação desse autor no Brasil.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Georg Otte - Coordenador.

  • 2014 - 2016

    A resistência das palavras na literatura de Herta Müller, Descrição: Para Herta Müller, prêmio Nobel de Literatura do ano 2009, as palavras são o único meio de resistência e de sobrevivência numa situação de deslocamento total. Se o deslocamento é um fato consumado devido à situação étnica como descendente de colonos alemães, imigrados nos séculos XVII a XIX, ele se torna mais agudo pelas condições políticas, uma vez que sua mãe foi deportada pelo regime stalinista para um campo de trabalhos forçados e seu pai foi membro da Waffen-SS, a organização nazista que, entre outras tarefas, era responsável pela vigilância nos campos de concentração. Rejeitando qualquer tipo de regime totalitário e negando-se a colaborar, mesmo que informalmente, com a Securitate, a temida polícia secreta romena, Herta Müller ?foge? do total isolamento étnico, familiar e social para a literatura, explorando os limites da expressão verbal como em sua obra prima Tudo que tenho levo comigo (Atemschaukel) e encontrando nas palavras a única âncora para falar de um desamparo existencial que resulta da perda de qualquer enraizamento histórico ou sentimento de pertencimento. Resta a literatura como única ?ação afirmativa?, pois em meio à negação de uma identidade, a afirmação verbal é a única maneira de se afirmar. Escrevendo em alemão, mas não se identificando com a minoria alemã (cujos líderes chegaram a colaborar com a Securitate), nem com o Estado romeno, as duas línguas em questão não representam nenhuma pátria cultural, obrigando a autora a resistir, mesmo que seja mediante neologismos (como o próprio Atemschaukel) contra as usurpações sociais e políticas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Georg Otte - Integrante / Lyslei de Souza Nascimento - Coordenador / Celeste Ribeiro de Souza - Integrante / BERTA WALDMAN - Integrante / CLAUDIA CRISTINA MAIA - Integrante / GRACIA REGINA GONÇALVES - Integrante / KÊNIA MARIA DE ALMEIDA PEREIRA - Integrante / MAGNÓLIA BRASIL BARBOSA DO NASCIMENTO - Integrante / MUNIRA HAMUD MUTRAN - Integrante.

  • 2011 - 2014

    A natureza enquanto espaço da história e da literatura em Walter Benjamin, Descrição: O projeto visa analisar um aspecto ainda pouco estudado em Walter Benjamin, a saber o papel da natureza e das ciências naturais em sua obra. Como um dos pensadores mais citados quando se trata do tema da modernidade, Benjamin costuma ser identificado com o meio urbano, destacando-se seus estudos sobre a Paris do século XIX. Por outro lado, Benjamin questiona ao mesmo tempo as supostas conquistas da civilização moderna, recorrendo a comparações com a natureza. Evidentemente, não se trata das visões bucólicas de uma natureza paradisíaca, mas a ?segunda natureza? da cultura moderna é analisada muito mais sob seu aspecto ameaçador. O sujeito moderno não domina essa natureza através dos seus conhecimentos, mas é dominado por uma natureza ainda amplamente desconhecida.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Georg Otte - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2011 - 2012

    Continuidade e descontinuidade em Ludwik Fleck e Walter Benjamin, Descrição: O projeto parte da tradução do livro ?Gênese e evolução de um fato científico?, feita em colaboração com a ex-mestranda Mariana Camilo de Olvieira, e é concebido como sub-divisão do projeto ?A natureza enquanto espaço da história e da literatura em Walter Benjamin?. Ele foi desenvolvido no ?Zentrum für Literatur- und Kulturforschung ? ZfL? em Berlim durante um estágio pós-doutoral. Ele partiu da hipótese de que os dois pensadores, compartilhando o mesmo viés anti-positivista, questionam os conceitos lineares de continuidade, substituindo-os por continuidades subliminares que se tornam manifestas em épocas muitas vezes distantes.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Georg Otte - Coordenador / Falko Schmieder - Integrante / Birgit Griesecke - Integrante / Peter Berz - Integrante / Marion Herz - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 4

  • 2008 - 2011

    A estética do estático. A ?virada espacial? em Walter Benjamin, Descrição: Desde a ?Origem do drama barroco alemão? (1925) até as chamadas ?Teses? (1940), Walter Benjamin se apresenta como crítico do pensamento linear, seja na sua forma lógica da indução ou dedução, seja na mera sequencialidade do tempo ?homogêneo e vazio?. Questionando a imposição do modelo unidimensional da linha do tempo, ele postula o rompimento com a lógica da continuidade, para substitui-la pela bidimensionalidade da imagem ou mesmo a tridimensionalidade da mônada, cujos elementos se relacionam de forma múltipla. A destruição da linearidade, portanto, tem como objetivo a construção de formas espaciais, que caracterizam também a complexidade do texto literário.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Georg Otte - Coordenador / Sabrina Sedlmayr - Integrante / Élcio Loureiro Cornelsen - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 20 / Número de orientações: 3

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de Minas Gerais, Faculdade de Letras, Departamento de Línguas Anglo-Germânicas. , Av. Presidente Antônio Carlos, 6627, Campus UFMG, 31270901 - Belo Horizonte, MG - Brasil, Telefone: (31) 34096031, Fax: (31) 34995124, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 1987 - Atual

    Universidade Federal de Minas Gerais

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2016 - 2018

    Universidade Federal de Minas Gerais

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenador de Programa de Pós-Graduação

    Outras informações:
    Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários (Poslit)

    Atividades

    • 05/2016

      Direção e administração, Faculdade de Letras, .,Cargo ou função, Coordenador do Programa de Estudos Literários (Pos-Lit).

    • 08/2006 - 07/2008

      Direção e administração, Faculdade de Letras, .,Cargo ou função, Coordenador Adjunto do Colegiado de Graduação.

    • 06/2006 - 05/2008

      Direção e administração, Faculdade de Letras, .,Cargo ou função, Subcoordenador do Colegiado de Graduação.

    • 04/2000 - 07/2002

      Direção e administração, Faculdade de Letras, Departamento de Línguas Anglo-Germânicas.,Cargo ou função, Chefe de Departamento.

  • 2011 - 2012

    Centro de Pesq em Literatura e Cultura de Berlim, ZfL

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador convidado, Carga horária: 40