Ismael Gonçalves Alves

Doutor em História, pela Universidade Federal do Paraná, UFPR (2014); Mestre em História pela Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC (2009) e graduado em História (Bacharelado e Licenciatura) pela Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC (2006). Na Universidade do Extremo Sul Catarinense é docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socioeconômico (PPGDS) junto a linha de pesquisa Desenvolvimento e Gestão Social, e do Curso de Licenciatura de História. Ainda na UNESC, é coordenador adjunto do curso licenciatura em História e coordena a área de Humanidades, Ciências e Educação. É Colíder do Núcleo Interdisciplinar de Estudos de Gênero (UNESC), membro do Grupo de Pesquisa História Econômica e Social de Santa Catarina (UNESC), do Grupo de Pesquisa em História da Assistência à Saúde (FIOCRUZ), da Red Iberoamericana de Investigación en Historia, Mujeres y Archivos (RIIHMA-Argentina) e da Red de Estudios de Historia de las Infancias en America Latina (REHIAL). Foi membro do Grupo de Trabalho Desarrollo, Espacio y Capitalismo Global no Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais (CLACSO) entre 2016-2019. É editor chefe da Revista Desenvolvimento Socioeconômico em Debate (RDSD) e membro do corpo editorial da Editora Prismas para a Coleção Teoria da História e Historiografia, da Revista Revista Ejes de Economía y Sociedad (UNER-Argentina), da Revista de Ciencias Sociales Ambos Mundos (Universidad de Alicante - Espanha). É filiado a Associação Nacional de História (ANPUH) na qual é membro do conselho fiscal (2020-2022) e vice-coordenador do GT de História da Infância e Juventude (2016-2018) e (2020-2022), da seção Santa Catarina. Em 2017 foi pesquisador visitante no Instituto Universitario de Investigación de Estudios de las Mujeres y de Género da Universidad de Granada (Espanha) com bolsa da Fundación Carolina e, em 2020, foi professor visitante na Facultad de Trabajo Social da Universidad de Granada (Espanha) com apoio do CNPq. Orienta (doutorado, mestrado e iniciação cientifica) e desenvolve pesquisas relacionadas à História Contemporânea, História Regional e Políticas Assistenciais no Brasil com ênfase particular para os impactos socieconômicos das políticas assistenciais sobre o desenvolvimento regional. Tem experiência na área de História Contemporânea e Regional, Sistemas Assistenciais, Estado e Políticas Públicas atuando principalmente nos seguintes temas: Família; Grupos Populares Urbanos; Assistência à mulher e à criança; Estado de Bem-Estar; Políticas Assistenciais e Desenvolvimento Regional; Gênero, Filantropia e Assistência.

Informações coletadas do Lattes em 25/05/2022

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em História

2010 - 2014

Universidade Federal do Paraná
Título: (Re)construindo a maternidade: as políticas públicas materno-infantis brasileiras e suas implicações na Região Carbonífera Catarinense (1920-1960)
Orientador: em Universidad de Murcia ( Lucía Provencio Garrigós)
com Ana Paula Vosne Martins. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Políticas Públicas; História Regional; Santa Catarina; Desenvolvimento; Políticas Públicas Materno-Infantis; Gênero. Grande área: Ciências HumanasGrande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil / Especialidade: Políticas Publicas. Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economia do Bem-Estar Social / Especialidade: Economia dos Programas de Bem-Estar Social.

Mestrado em História

2007 - 2009

Universidade do Estado de Santa Catarina
Título: Faces da assistência social do setor carbonífero catarinense: (Criciúma, 1930-1960),Ano de Obtenção: 2009
Silvia Maria Fávero Arend.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Políticas Públicas; Família; Infância; História Regional; Políticas Assistenciais; Planejamento. Grande área: Ciências HumanasGrande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil / Especialidade: História Regional do Brasil. Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economia do Bem-Estar Social / Especialidade: Economia dos Programas de Bem-Estar Social.

Graduação em História

2002 - 2006

Universidade do Extremo Sul Catarinense
Título: O processo de Normatização e Moralização das Famílias Mineiras da Vila Operária Próspera
Orientador: Lucy Cristina Ostetto

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2020 - 2020

Historia de la sexualidad. (Carga horária: 48h). , Universidad Del Norte, U.DEL NORTE, Colômbia.

2020 - 2020

Violencia de Género. Una mirada multidisciplinar. (Carga horária: 25h). , Universitat de Lleida, UDL, Espanha.

2019 - 2019

El Bosco en el Museo del Prado. (Carga horária: 20h). , Museo Nacional Del Prado, MNP, Espanha.

2014 - 2014

Pensamiento Científico. (Carga horária: 40h). , Universidad Nacional Autónoma de Mexico, UNAM, México.

2014 - 2014

Representaciones Culturales de las Sexualidades. (Carga horária: 40h). , Universitat Autònoma de Barcelona - UAB, UAB, Espanha.

2012 - 2012

Discurso Igualitario de Género en el Siglo XXI. (Carga horária: 75h). , Universidad de Murcia, UM, Espanha.

2010 - 2010

Papel do Senado como estrutura de poder político. (Carga horária: 15h). , Instituto Legislativo Brasileiro, IBL, Brasil.

2006 - 2006

Extensão universitária em Múltiplas linguagens para o ensino de história. (Carga horária: 10h). , Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Francês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Humanas / Área: História.

Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil.

Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História Regional do Brasil.

Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História Social da Família.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

ALVES, I. G. ; GOMEZ, M. L. R. ; GEA, A. I. P. ; RABELO, G. ; SALVARO, Giovana Ilka Jacinto ; ZAPATA, Y. G. ; GIRALDO, D. P. ; AVILA, A. M. S. . II Seminario Iberoamericano Educación, Historia y Memoria: Políticas, Pedagogías y Prácticas Educativas (siglos XX y XXI). 2022. (Congresso).

ALVES, I. G. ; RABELO, G. ; FELDHAUS, M. ; HARTER-MARQUES, B. ; GIACOMAZZO, G. F. ; LEAL, J. S. ; BITENCOURT, L. T. G. ; HONORATO, A. R. S. ; COLOMBO, B. D. ; FREITAS, C. B. F. . IV Congresso Ibero-Americano de Humanidades, Ciências e Educação: Desafios Contemporâneos das Sociedades Ibero-Americanas. 2021. (Congresso).

ALVES, I. G. ; SALVARO, Giovana Ilka Jacinto ; RABELO, G. ; GOMEZ, M. L. R. ; GEA, A. I. P. . I Seminario Internacional Género, Educación y Trabajo. 2021. (Congresso).

ALVES, I. G. ; SALVARO, Giovana Ilka Jacinto ; CORTINA, M. O. C. ; BALDESSAR, J. S. ; SA, A. C. ; BIANCO, L. M. ; DUTRA, P. . I Seminário do Núcleo Interdisciplinar de Estudos de Gênero - NIEGEN. 2020. (Congresso).

ALVES, I. G. ; COELHO, T. S. ; CARDOSO, M. G. ; CECHINEL, Michelle Maria Stakonski ; ZANELATTO, J. H ; OSÓRIO, P. S. . XVIII Encontro Estadual de História da ANPUH-SC. 2020. (Congresso).

ALVES, I. G. ; CARDOSO, M. G. . Escola de Inverno: História em tempos de pandemia. 2020. (Outro).

ALVES, I. G. ; GOULARTI FILHO, A. ; QUEIROZ, P. R. C. ; MESSIAS, T. A ; ZANELATTO, J. H ; RONÇANI, Liara D. ; MAZON, Gabriel Crozetta . XIII Congresso Brasileiro de História Econômica e a 14ª Conferência Internacional de História de Empresas. 2019. (Congresso).

ALVES, I. G. ; ASSUNÇÃO, V. K. ; BACK, Angela Cristina Di Palma ; COELHO, T. S. ; OSÓRIO, P. S. ; CAROLA, Carlos Renato . III Congresso Ibero-americano de Humanidades, Ciências e Educação: Produção e democratização do conhecimento na Ibero-América. 2018. (Congresso).

ALVES, I. G. ; ASSUNÇÃO, V. K. ; BACK, Angela Cristina Di Palma ; COELHO, T. S. ; OSÓRIO, P. S. ; CAROLA, Carlos Renato . III Congresso Ibero-americano de Humanidades, Ciências e Educação: Produção e democratização do conhecimento na Ibero-América. 2018. (Congresso).

ALVES, I. G. ; ZANELATTO, J. H ; SALVARO, Giovana Ilka Jacinto ; GIANEZINI, K ; ESTEVAM, Dimas de O ; MUELLER, Rafael Rodrigo ; VIEIRA, R. S. ; WATANABE, M. ; GIANEZINI, M. . II Jornada Nacional de Desenvolvimento e Políticas Públicas. 2018. (Outro).

ALVES, I. G. ; ZANELATTO, J. H ; GOULARTI FILHO, A. ; BALDESSAR, J. S. ; OLIVEIRA, T. ; SCHNEIDER, M. S. . II Colóquio de História Econômica e Social de Santa Catarina: Santa Catarina na Segunda República. 2018. (Outro).

ALVES, I. G. ; GIANEZINI, K ; CIZESCK, F. ; LOPES, G. C. . VIII A Semana de Ciência e Tecnologia (SCT). 2017. (Congresso).

ALVES, I. G. ; CIZESCK, F. ; LOPES, G. C. ; GIANEZINI, K . VIII A Semana de Ciência e Tecnologia (SCT). 2017. (Congresso).

ALVES, I. G. ; GOULARTI FILHO, A. ; ZANELATTO, J. H . I Colóquio de História Econômica e Social de Santa Catarina: história e economia: aproximações e perspectivas. 2016. (Congresso).

ALVES, I. G. ; RABELO, G. ; COSTA, M. O. ; CARDOSO, M. G. ; COELHO, T. S. . IV Colóquio de História da Educação: patrimônio cultural, lugares, memórias e identidades. 2016. (Outro).

ALVES, I. G. ; GIANEZINI, K ; RABELO, G. ; JACQUES, Caroline da Graça ; MUELLER, Rafael Rodrigo . I Jornada Nacional de Desenvolvimento e Políticas Públicas - V Seminário de Ciências Sociais Aplicadas - Debates para a superação das desigualdades socioeconômicas. 2016. (Outro).

ALVES, I. G. ; RABELO, G. ; COSTA, M. O. ; CARDOSO, M. G. ; PLACIDO, G. D. ; MARTINS, C. G. ; MASSIROLI, V. . História, Memória e Educação: O civismo nas escolas do CEMESSC - Centro de Memória da Educação do Sul de Santa Catarina. 2015. (Exposição).

ALVES, I. G. ; VIRTUOSO, Tatiane dos Santos ; LOURENÇO, Leila ; RABELO, G. . II Colóquio de História da Educação: História e memória Docente. 2009. (Outro).

ALVES, I. G. ; RABELO, G. . I Encontro Interdisciplinar Gênero e Educação: Diversidade e Sexualidade. 2009. (Outro).

ALVES, I. G. . I Colóquio História da Educação: História da Infância na Educação em Santa Catarina. 2007. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Dimensões Contemporâneas: Infâncias e Juventudes.Infâncias e Cidades. 2021. (Seminário).

III Encuentro de la Red de Estudios de Historia de las Infancias en América Latina ? REHIAL & I Seminário do Grupo de Trabalho História da Infância e da Juventude ? ANPUH/Brasil.ST 6 - Saúde, trabalho e lazer para infâncias e juventudes latino-americanas. 2021. (Seminário).

III Encuentro de la Red de Estudios de Historia de las Infancias en América Latina ? REHIAL & I Seminário do Grupo de Trabalho História da Infância e da Juventude ? ANPUH/Brasil.Assistência materno-infantil no sul da Santa Catarina: as instituições médico-sociais e a reprodução da força de trabalho no espaço carbonífero. 2021. (Seminário).

III Encuentro de la Red de Estudios de Historia de las Infancias en América Latina ? REHIAL & I Seminário do Grupo de Trabalho História da Infância e da Juventude ? ANPUH/Brasil.Painel 6 - Saúde, trabalho e lazer para infâncias e juventudes latino-americanas. 2021. (Seminário).

I Seminario Internacional Género, Educación y Trabajo.Políticas da Emoção e do Gênero no Cone Sul. 2021. (Seminário).

I Seminario Internacional Género, Educación y Trabajo.Género, Educación y Trabajo: reflexión/categorización teórica. 2021. (Seminário).

IV Seminário Estudos sobre Relações Étnico-Raciais e Outros Marcadores Sociais da Diferença,.Perspectivas históricas das vulnerabilidades: assistência médico-social às famílias operárias na região carbonífera catarinense. 2021. (Seminário).

Programação especial dos 52 anos da Unesc.Educação como direito de todos. 2020. (Outra).

XVIII Encontro Estadual de História da ANPUH-SC: Direitos Humanos, sensibilidades e resistências..A Sociedade de Assistência aos Trabalhadores do Carvão e o controle materno-infantil na Região Carbonífera (1959-1980). 2020. (Seminário).

XVIII Encontro Estadual de História da ANPUH-SC: Direitos Humanos, sensibilidades e resistências..30 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente: desafios e avanços na promoção dos direitos humanos. 2020. (Simpósio).

30 Simpósio Nacional de História: História e o Futuro da Educação no Brasil.Departamento Nacional da Criança: a institucionalização da infância e a instrumentalização da maternidade. 2019. (Simpósio).

III Colóquio Nacional de Estudos de Gênero e História: Epistemologias, interdições e justiça social. GÊNERO, NARRATIVAS E HISTÓRIAS DE VIDA. 2018. (Congresso).

III Congresso Ibero-Americano de Humanidades, Ciências e Educação: Produção e democratização do conhecimento na Ibero-América. Maternidade e Infância na Primeira República:Filantropia, Caridade e Assistência Social na Cidade do Rio de Janeiro. 2018. (Congresso).

III Congresso Ibero-Americano de Humanidades, Ciências e Educação: Produção e democratização do conhecimento na Ibero-América. Relações de Gênero, Família, Infância e Juventude: em foco práticas discursos e direitos. 2018. (Congresso).

II Jornada Catarinense de História da Infância e da Juventude.Os problemas da maternidade e da infância no Brasil: as políticas sociais e de saúde na Primeira República. 2018. (Outra).

II Jornada Nacional de Desenvolvimento e Políticas Públicas.- Desigualdades de Gênero nos Mundos do Trabalho: permanências e rupturas. 2018. (Outra).

XV Corredor de las Ideas del Cono Sur, X Coloquio Internacional de Filosofía Política. Demandas y peticiones públicas de mujeres en el pasado y el presente: prácticas, discursos y categorías conceptuales. 2018. (Congresso).

XV Corredor de las Ideas del Cono Sur - X Coloquio Internacional de Filosofía Política Nuestra América ante el centenario de la reforma universitaria: Visiones críticas. Demandas y peticiones públicas de mujeres en el pasado y el presente: prácticas, discursos y categorías conceptuales. 2018. (Congresso).

13 Congresso Mundos de Mulheres (MM) e 11 Fazendo Gênero. Madrinhas dos Combatentes: Os discursos de feminilidade nas campanhas da Legião Brasileira de Assistência. 2017. (Congresso).

13 Congresso Mundos de Mulheres (MM) e 11 Fazendo Gênero. Legião Brasileira de Assistência em Impressos: Pobreza e assistência no discurso jornalístico brasileiro (1940-1950). 2017. (Congresso).

13 Congresso Mundos de Mulheres (MM) e 11 Fazendo Gênero. Sección Femenina de la Falange Espaola e as políticas feminizadoras do Primeiro Franquismo: o Servicio Social de la Mujer como possibilidade de ação na esfera pública. 2017. (Congresso).

VIII Semana de Ciência e Tecnologia (SCT).Madrinhas dos Combatentes: o sagrado dever das mulheres brasileiras materializado nas campanhas da Legião Brasileira de Assistência. 2017. (Seminário).

VIII Semana de Ciência e Tecnologia (SCT).Violência de Gênero e a Lei Maria Da Penha (Lei 11.340/2006): A Construção de Indicadores de Violência Contra as Mulheres na Comarca de Criciúma/SC.. 2017. (Seminário).

VIII Semana de Ciência e Tecnologia (SCT).Legião Brasileira de Assistência: Pobreza e Assistência no Discurso Jornalístico Brasileiro (1950-1960). 2017. (Seminário).

XXIX Simpósio Nacional de História: Contra os Preconceitos: História e Democracia.Assistência materno-infantil na Primeira República: entre o discurso médico e a ação estatal. 2017. (Simpósio).

XVI Encontro Estadual de História da ANPUH-SC: História e Movimentos sociais."Entre chás, salões e caridade: as organizações de mulheres e a assistência em Criciúma (1950-1960). 2016. (Encontro).

4 Simpósio de Integração Científica e Tecnológica do Sul Catarinense (SICT-Sul).? A assistência no extremo sul catarinense: a Sociedade de Assistência aos Trabalhadores do Carvão e o amparo à maternidade e à infância pobre na segunda metade do século XX. 2015. (Simpósio).

IV Congreso Internacional Ciencias, Tecnologías y Culturas. Diálogo entre as Disciplinas del Conocimiento. Hacia el futuro de América Latina y el Caribe. Federação Brasileira pelo Progresso Feminino: assistência social e ativismo político em favor da maternidade e infância. 2015. (Congresso).

XXVIII Simpósio Nacional de História: Lugares dos historiadores: velhos e novos desafios.Filantropia e Assistência no extremo sul catarinense: Sociedade de Assistência aos Trabalhadores do Carvão (SATC) e a tutela médico-sanitária das relações materno-infantis.. 2015. (Simpósio).

Congresso Ibero-Americano de Humanidades, Ciências e Educação: perspectivas contemporâneas. Maternalismo: as contribuições da feminismo para a análise dos Estados de Bem-Estar.. 2014. (Congresso).

Fazendo Gênero 10: desafios atuais dos feminismos.La Sección Femenina de la Falange e assistência social no Primeiro Franquismo. 2013. (Seminário).

XXVI Simpósio Nacional de História.Primeiras análises: um breve inventário sobre a produção de políticas públicas materno-infantis no complexo carbonífero catarinense. 2011. (Simpósio).

Fazendo Gênero 9: Diásporas, Diversidades e Deslocamentos. Breves considerações: memórias da maternidade na região carbonífera catarinense. 2010. (Congresso).

Mesa Redonda Gêneros da História. 2010. (Outra).

V Simpósio Nacional de História Cultural Brasilia 50 anos:Ler e ver: paisagens subjetivas e paisagens culturais.Reflexos de um espelho opaco: a construção da feminilidade através das multiplas sexualidades de Vênus e Maria. 2010. (Simpósio).

XIII Encontro Estadual de História; IV Encontro Estadual do GT Gênero de Santa Catarina; I Encontro Estadual do GT Estudos Africanos e da Diáspora: História: desafios para o Tempo Presente.Cuidar, cozinhar e lavar: a construção do feminino nas vilas operárias de Criciúma (1950-1960). 2010. (Encontro).

II Colóquio de História da Educação: História e Memória Docente. 2009. (Outra).

XII Encontro Estadual de História: História, Ensino e Pesquisa; III Encontro Estadual do Grupo de Trabalho Gênero de Santa Catarina; IV Jornada Nacional de História do Trabalho.Meninas e meninos em notícias: protagonista de um dantesco espetáculo, onde a miséria possui papel preponderante - (Criciúma 1950 - 1960). 2008. (Encontro).

I Colóquio de História da Educação: A História da Infância na Educação em Santa Catarina. 2007. (Outra).

XXIV Simpósio Nacional de História - História e Multidisciplinariedade: territórios e deslocamentos.O Projeto moralizador das famílias mineiras na Vila Operária Próspera - Criciúma. 2007. (Simpósio).

Simpósio Nacional Dimensões do Urbano.O Processo de Moralização e Disciplinarização das Famílias Mineiras da Vila Operária Próspera (1950 - 1960). 2006. (Simpósio).

Simpósio Nacional Dimensões do Urbano.Processo de moralização e disciplinarização das famílias mineiras da Vila Operária Próspera (1950-1960). 2006. (Simpósio).

VI Semana Acadêmica de História - América Latina: ditaduras militares e experiências socialistas. 2006. (Seminário).

V Maio Negro - Racismo: conceitos, consequências e resitências!. 2006. (Congresso).

XI Encontro Estadual de História: Mídia e Cidadania.Outras Linguagens para o Ensino de História. 2006. (Outra).

II Seminário Integrado de Ensino, Pesquisa e Extensão / V Seminário de Iniciação Científica.Programa de Capacitação para Professores da rede Pública, Visando ao Trabalho com Novas linguagens. 2005. (Seminário).

IV Maio Negro. 2005. (Seminário).

IX Semana Acadêmica de Estudos históricos - História e Historiadores : Possibilidades e Desafios.Multiplas linguagens para o ensino de História. 2005. (Seminário).

III Maio Negro. 2004. (Seminário).

VIII Semana de Estudos Históricos e IV Semana Acadêmica de História. 2004. (Seminário).

V Seminário Interdisciplinar dos Cursos de licenciatura da UNESC. 2004. (Seminário).

IV Seminário Interdisciplinar dos Cursos de Licenciatura da UNESC. 2003. (Seminário).

IV Seminário Interdisciplinar dos Cursos de licenciatura da UNESC - Inclusão e Exclusão Social na Educação. 2003. (Seminário).

V EREH/Sul: Encontro Regional dos Estudantes de História - Teorias da História e Transformação Social. 2003. (Encontro).

A Pré-História na Região Sul de Santa Catarina. 2002. (Oficina).

III Seminário interdisciplinar dos Cursos de Licenciatura da UNESC. 2002. (Seminário).

VI Semana de Estudos Históricos e III Semana Acadêmica. 2002. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Daniela Tezza Canever

ALVES, I. G.SALVARO, Giovana Ilka JacintoESTEVAM, Dimas de OGOMES, R. C. M.. Relações de trabalho e de gênero na produção de tabaco no município de Orleans/SC. 2021. Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Juliana Natal da Silva

ALVES, I. G.RABELO, G.ALMEIDA, D. B.. ?Pintando Criciúma - Arte, Memória e Educação: Evocando Memórias e (Re) Construindo Identidades. 2020. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Rita de Cássia Vieira Ronconi

ALVES, I. G.COSTA, M. O.GIL, C. Z. V.. Arte e docência: a artista ceramista Jussara Guimarães. 2020. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Suzane Grimm

ALVES, I. G.ESTEVAM, Dimas de OSALVARO, Giovana Ilka JacintoMIOR, C.. Cooperativa de mulheres agricultoras e artesãs de São Ludgero/SC: desconstrução e continuidades nas desigualdades de gênero em contextos de divisão sexual do trabalho. 2020. Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Vandreça Vigarani Dorregão

ALVES, I. G.; CORDEIRO, R. L. M.;ESTEVAM, Dimas de OSALVARO, Giovana Ilka Jacinto. A participação de mulheres na atividade leiteira: um estudo do município de Orleans/SC. 2018. Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Cíntia Gonçalves Martins

ALVES, I. G.SILVA, V. L. G.RABELO, G.. As representações de mulher, mãe e maternidade à luz de Simone de Beauvoir no jornal escolar o estudante orleanense (1949-1973). 2017. Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Liara Darabas Ronçani

ALVES, I. G.GOULARTI FILHO, A.RABELO, G.BASTOS, P. P. Z.. Planejamento, desenvolvimento e gastos de governo estadual com educação em Santa Catarina (1955-2010). 2017. Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Janaina Damásio Vitório

ALVES, I. G.HOSTINS, R. C. L.SALVARO, Giovana Ilka JacintoRABELO, G.. Trajetórias de mulheres com deficiência: do ensino superior ao mercado de trabalho sob o olhar de gênero. 2017. Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Fábia Alberton da Silva Galvane

ALVES, I. G.SALVARO, Giovana Ilka JacintoMUELLER, Rafael RodrigoRABELO, G.GUIMARAES, V. N.. Trabalhadoras da indústria plásticas: políticas de gestão de RH na (re)produção de normas de gênero. 2016. Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Ana Cláudia Figueiredo

ALVES, I. G.MUELLER, Rafael RodrigoESTEVAM, Dimas de OGUIMARAES, V. N.SALVARO, Giovana Ilka Jacinto. Programa nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC): a interseção entre a base legal e a oferta no município de Criciúma/SC. 2016. Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Gabriele Dutra Bernardes Ongaratto

ALVES, I. G.SALVARO, Giovana Ilka JacintoVIEIRA, R. S.MUELLER, Rafael RodrigoSPAREMBERGER, R. F. L.. Regulamentação do trabalho feminino no Brasil: em busca de um novo discurso jurídico. 2016. Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Gilvan Felipe de França

ALVES, I. G.ZANELATTO, J. HGOULARTI FILHO, A.MIRANDA, A. L.ESTEVAM, Dimas de O. Trajetória do Sindicato dos Trabalhadores nas empresas das indústrias plásticas, químicas e farmacêuticas de Criciúma e região. 2016. Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Ana Laura Crispim

ALVES, I. G.MUELLER, Rafael RodrigoSALVARO, Giovana Ilka JacintoRABELO, G.GUIMARAES, V. N.. Trabalho e gênero: análise de feminização e feminilização na docência do ensino superior na Universidade do Extremo Sul Catarinense. 2016. Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Luiz Cláudio de Freitas

ALVES, I. G.GOULARTI FILHO, A.ZANELATTO, J. HQUEIROZ, P. R. C.ESTEVAM, Dimas de O. Transformação do Porto de Laguna em Terminal Pesqueiro e o desenvolvimento das atividades pesqueiras locais: padrão de acumulação e (des)integração produtiva. 2016. Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Raquel de Souza Felício

ALVES, I. G.ZANELATTO, J. HMUELLER, Rafael RodrigoMIRANDA, A. L.ESTEVAM, Dimas de O. Sindicalismo no Serviço Público: a experiência do município de Criciúma/SC (1979 - 2014). 2015. Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Giancarlo Moser

ALVES, I. G.TRICARICO, L. T.TRIGO, L. G. G.PIRES, P. S.KRAUSE, R. W.. Políticas públicas municipais para o patrimônio cultural edificado em Blumenau (SC) como fomento para o turismo cultural: um estudo comparativo com Munique, na Alemanha. 2019. Tese (Doutorado em Administração e Turismo) - Universidade do Vale do Itajaí.

Aluno: Daniel Alves Boeira

ALVES, I. G.AREND, S. M. F.ROSSATO, L.JOFFILY, MarianaMORELLI, A. J.. Comissão Parlamentar de Inquérito do Menor: Infância, Ditadura e Políticas Públicas (1975-1976). 2018. Tese (Doutorado em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

Aluno: Michele Tupich Barbosa

ALVES, I. G.Martins, A. P. VBREPOHL DE MAGALHAES, M. DTAMANINI, M.FREIRE, Maria Martha de Luna. Legião Brasileira de Assistência (LBA): o protagonismo feminino nas políticas de assistência em tempo de guerra (1942-1946). 2017. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal do Paraná.

Aluno: Giancarlo Moser

ALVES, I. G.TRICARICO, L. T.TRIGO, L. G. G.PIRES, P. S.KRAUSE, R. W.. Políticas públicas municipais para o patrimônio cultural edificado em Blumenau (SC) como fomento para o turismo cultural: um estudo comparativo com Munique, na Alemanha. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Turismo e Hotelaria) - Universidade do Vale do Itajaí.

Aluno: Patrícia Mariano

GOMES, R. C. M.ALVES, I. G.SALVARO, Giovana Ilka JacintoRABELO, G.. Trabalho de cuidados e COVID-19: efeitos socioeconômicos e psicossociais da pandemia a trabalhadoras das áreas da saúde no município de Criciúma/SC. 2022. Exame de qualificação (Mestrando em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Chirley Beatriz da Silva Vieira,

ALVES, I. G.AREND, S. M. F.; RANGEL, S. O. C.;CARMINATI, C. J.. Instrução como processo, ensino como método, educação como resultado: a formação educacional das meninas e jovens do Asilo de Órfãs São Vicente de Paulo (Florianópolis, 1930-1945). 2021. Exame de qualificação (Mestrando em Educação) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

Aluno: Karoline Cipriano dos Santos

ALVES, I. G.SILVA, A. S.; PEREIRA, J. S.. Pensando o contraturno em diferentes contextos para as infâncias: experiências educativas no Programa Jornada Ampliada Escolar no município de Criciúma. 2021. Exame de qualificação (Mestrando em Educação) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Daniela Tezza Canever

ALVES, I. G.SALVARO, Giovana Ilka JacintoESTEVAM, Dimas de OGOMES, R. C. M.. Condições de saúde de agricultores/as familiares produtores/as de fumo em Orleans/SC: uma análise das relações de gênero e de trabalho. 2020. Exame de qualificação (Mestrando em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Alisson Tomaz Comin

ALVES, I. G.ZANELATTO, J. HGOULARTI FILHO, A.; CAMPOS, P. H. P.. Embates entre moradores e Carbonífera Metropolitana em Treviso: uma disputa nos Tribunais. 2020. Exame de qualificação (Mestrando em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Suzane Grimm

ALVES, I. G.ESTEVAM, Dimas de OSALVARO, Giovana Ilka JacintoMIOR, L. C.. Protagonismo Feminino na cooperativa e mulheres agricultoras e artesãs de São Ludgero/SC. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Juliana Natal da Silva

ALVES, I. G.RABELO, G.ALMEIDA, D. B.. Recortes da cidade: a arte como lugar de memória e construção de identidades. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Educação) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Eliane Vanildo da Silva

ALVES, I. G.SALVARO, Giovana Ilka JacintoRABELO, G.VALENTIM, A. F.. Gênero e ensino superior: a inserção das mulheres nos cursos de engenharias da UNESC. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Ismael de Códoba

SALVARO, Giovana Ilka JacintoMartins, A. P. VVIEIRA, R. S.ALVES, I. G.. Os novos arranjos familiares e políticas sociais:impactos dos programas de transferência condicionada de renda em Criciúma/SC. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Henrique Rabello Serafim

ALVES, I. G.VIEIRA, R. S.GOULARTI FILHO, A.LIMA, Fernanda da Silva. Desenvolvimento e política social: o processo de gestão e implementação do Programa Bolsa Família na cidade de Criciúma (2005-2014). 2016. Exame de qualificação (Mestrando em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Liara

ALVES, I. G.GOULARTI FILHO, A.RABELO, G.BASTOS, P. P. Z.. Estado, Planejamento e financiamento da educação em Santa Catarina (1955-2010). 2016. Exame de qualificação (Mestrando em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Janaina Damásio Vitório

ALVES, I. G.RABELO, G.SALVARO, Giovana Ilka JacintoHOSTINS, R. C. L.. Trajetórias de mulheres com deficiência: do ensino superior ao mercado de trabalho sob o olhar de gênero. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Cíntia Gonçalves Martins

ALVES, I. G.RABELO, G.SILVA, V. L. G.. Ser muher e mãe no jornal escolar "O Estudante Orleanense": uma análise da maternidade à lu dos Escritos de Simone de Beauvoir (1949-1973). 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Educação) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Raquel de Souza Felício

ALVES, I. G.ZANELATTO, J. HCOSTA, M. O.MIRANDA, A. L.. Sindicalismo no Serviço Público: a experiência do município da Criciúma/SC. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Luiz Cláudio de Freitas

ALVES, I. G.ZANELATTO, J. HGOULARTI FILHO, A.QUEIROZ, P. R. C.. Terminal Pesqueiro de Laguna no processo produtivo da pesca no município de Laguna. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Leonardo Gedeon

ALVES, I. G.COSTA, M. O.MOREIRA, J.. Educação Patrimonial e Paulo Freire: Análises de Experiências do Sul do Brasil. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Educação) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Vanessa Vicente

ALVES, I. G.OSTETTO, L. C.PESSOA, S. A.. intitulado Abandonos e ausências: o processo educacional das mulheres provadas de liberdade na região de Criciúma pelo olhar das educadoras. 2020. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Camila Ghesi Alves

ALVES, I. G.OSTETTO, L. C.CECHINEL, Michelle Maria Stakonski. Mito da maternidade, instinto materno e roubei um bebê: análise dos periódicos da revista Pais & Filhos entre 1971 E 1986. 2020. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Lucene Cândido Magnus,

ALVES, I. G.ZANELATTO, J. HCOELHO, T. S.. A Revista Veja na desconstrução da imagem da presidente Dilma Rousseff e na construção do golpe em 2016. 2020. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Geórgia Lais Cabral

ALVES, I. G.CECHINEL, A.CARVALHO, Richarles S.. Um teto todo seu: as relações entre habitus, dominação masculina e literatura feminina no ensaio de Virginia Woolf. 2020. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Jennifer Constantino dos Santos

ALVES, I. G.CARDOSO, M. G.WERLE, B.. O feminino (in)visível enquanto personagem histórico no museu municipal histórico e geográfico Augusto Casagrande. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Maria Luciene de Barros

ALVES, I. G.OSTETTO, L. C.CARDOSO, M. G.. Yaa, Boakyer, Akwasi, Acheampong: narrativas diaspóricas ganesas em Criciúma. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Jodoel Gonçalves Cardoso

ALVES, I. G.CAROLA, Carlos RenatoCOSTA, M. O.. Os cursos de partos, o médico e as parteiras na sociedade torrense (1930-1960). 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Luana Josephino de Melo

ALVES, I. G.COELHO, T. S.SOARES, F. A. A.. Um intelectual a serviço da fé: o discurso político e religioso de Edir Macedo no livro Plano de Poder. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Camila Luiz Pacheco

ALVES, I. G.CIZESCKI, F.MONTEIRO, J. F. M.. A influência das peças publicitárias de perfumes na construção da identidade feminina. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Elizandra das Graças Luiz Vilpert

ALVES, I. G.COSTA, M. O.MARTINS, C. G.. Escola, educação e memória: a implantação da Escola de Educação Básica Luiz Lazzarin (Rio Maina - Criciúma). 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Filipe Ricardo

ALVES, I. G.COELHO, T. S.CECHINEL, Michelle Maria Stakonski. O verbo se fez carne - representações e entidades cristãs evangélicas em Criciúma: escatologia bíblica histórica e interpretações da Assembleia de Deus, Pentecostal e Adventistas do Sétimo Dia, Protestante (2016). 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Jéssica da Conceição Gomes

ALVES, I. G.CECHINEL, Michelle Maria StakonskiCARVALHO, Richarles S.. O papel da mulher na sociedade do século XVIII: uma análise da ironia utilizada por Jane Austien na obra Persuasão. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Carla Cristina Santos da Silva

ALVES, I. G.OSTETTO, L. C.MÉLLO, M. A. S.. O Ensino nos anos iniciais e a abordagem das relações de gênero: refletindo com os/as professores/as sobre o currículo. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Bruna Xavier de Souza

ALVES, I. G.CARDOSO, M. G.CAMPOS, E. C.. Migrações contemporâneas: a presença das mulheres angolanas na Universidade do Extremo Sul Catarinense (2006-2012). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Marilene Maximiano Virtuoso

ALVES, I. G.CARDOSO, M. G.MATIAS, C. P. P. Samba: malandragem e nacionalismo na ideologia trabalhista no Brasil na Era Vargas (1930-1945). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Priscila Souza da Silva Cunha

ALVES, I. G.CAROLA, Carlos RenatoCOSTA, M. O.. Infância silenciada: a mortalidade infantil nas vilas operárias mineiras de Criciúma (1945-1960). 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Laura Gleissy de Souza Lima

CUNHA, M. T. S.AREND, S. M. F.ALVES, I. G.. "A Infância Roubada": discursos da imprensa escrita acerca da violência sexual infanto-juvenil (1986-2000). 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado e Licenciatura em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

Aluno: Marilia Acordi Corrêa Possamai

ALVES, I. G.COSTA, M. O.RABELO, G.. Gênero e História: considerações sobre o trabalho feminino no brasil (1970-1990). 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Raquel Pereira Ferreira

ALVES, I. G.COSTA, M. O.MICHELS, D. M. A vida das crianças como problema médico social: reflexões sobre o caso brasileiro (final do século XIX-1930). 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Aluno: Jaqueline Viana Alves

ALVES, I. G.LOURENÇO, Leila. "Menor Abandonado" como construção social na história - o caso brasileiro. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

ALVES, I. G.VIEIRA, Adriana Carvalho Pinto. VI Semana de Ciência e Tecnologia. 2015. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

ALVES, I. G.BEGHETTO, L.SEREZA, L. C.. Programa de Iniciação Científica da Universidade Federal do Paraná - 18 Evento de Iniciação Científica - EVINCI. 2010. Universidade Federal do Paraná.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Marlene de Fáveri

FÁVERI, M.de; AREND, S. M. F.; MARTINS, A. P. V.. Faces da assistência social do setor carbonífero ctarinense (Criciúma, 1930-1960). 2009. Dissertação (Mestrado em Mestrado em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

Marli de Oliveira Costa

RABELO, G.; OSTETTO, L. C.;COSTA, M. O.. O processo de moralização e disciplinarização das famílias mineiras da Vila Operária Próspera (1930-1960). 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Giani Rabelo

RABELO, G.. O processo de moralização e disciplinarização das famílias mineiras da Vila Operária Próspera (1930-1690).. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Roseli Terezinha Boschilia

MARTINS, A. P. V.; GARRIGOS, L. P.; FERREIRA, L. O.; AREND, S. M. F.;BOSCHILIA, R. T.. Reconstruindo a maternidade: as políticas públicas materno-infantis brasileiras e suas implicações na Região Carbonífera Catarinense (1920-1960). 2014. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal do Paraná.

Roseli Terezinha Boschilia

MARTINS, A. P. V.;BOSCHILIA, R. T.; MENDONÇA, J.M.N.. Pedagogia materna: memórias da maternidade na região carbonífera catarinense. (1960-1980). 2013. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal do Paraná.

Joseli Maria Nunes Mendonça

MENDONÇA, Joseli Maria Nunes; MARTINS, Ana Paula Vosne; BOSCHILIA, Roseli. (Re)construindo a maternidade: as políticas públicas materno-infantis brasileiras e suas implicações naRegião Carbonífera Catarinense (1920-1960). 2013. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal do Paraná.

Ana Paula Vosne Martins

AREND, S. M. F.;MARTINS, A. P. V.; FAVERI, M.. Faces da assistência social do setor carbonífero catarinense. Criciúma, 1930-1960.. 2009. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

Ana Paula Vosne Martins

MARTINS, A. P. V.; MENDONCA, J.; BOSCHILIA, R. T.. (Re)construindo a maternidade: as políticas públicas materno-infantis brasileiras e suas implicações na Região Carbonífera Catarinense. 1920-1960. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal do Paraná.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Ana Carolina de Sá

Sujeitos de direitos?: o discurso sobre a infância e as políticas assistenciais no Projeto Criciúma Criança (1990-1992); Início: 2022; Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina; (Orientador);

Gilk da Silva Santos

A violência doméstica contra a mulher no contexto de isolamento social da pandemia de COVID 19 no Município de Sobral (CE); ; Início: 2021; Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; (Orientador);

Samylle Barbosa Veras Ferro

Aspectos da políticas públicas materno-infantis no cotidiano das usuárias dos serviços de saúde no município de Itapipoca- CE; ; Início: 2021; Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; (Orientador);

Julia Sabino Baldessar

A Sociedade de Assistência aos Trabalhadores do Carvão e o amparo à maternidade e à infância pobre na segunda metade do século XX; Início: 2021; Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Cristiane Dias

Juventude negra de Criciúma: pautas políticas e mobilização social entre os anos de 1980 e 1990; ; Início: 2021; Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; (Orientador);

Taiana de Oliveira

Mulheres e Políticas: as primeiras-damas nacionais e o desenvolvimento de políticas públicas no Brasil; Início: 2020; Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Thayara Heitich Pedro

Trabalho (re)produtivo e projeto de vida de mulheres beneficiárias do Programa Bolsa Família de Urussanga/SC; Início: 2020; Tese (Doutorado em Desenvolvimento Socieconômico) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Coorientador);

Maristela Quartiero de Faveri

As trabalhadoras domésticas na Região Carbonífera Catarinense: reflexos da Emenda Constitucional n 72/2013 e da Lei Complementar n 150/2015 no trabalho renumerado; Início: 2019; Tese (Doutorado em Desenvolvimento Socieconômico) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Thaíse Arnold Policarpo

Escola do Campo e Escola Rural: interfaces das políticas públicas para a diversidade; Início: 2019; Tese (Doutorado em Desenvolvimento Socieconômico) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Ismael de Córdova

A democracia participativa como elemento estruturante do controle social: uma análise da atuação do CEAS/SC; Início: 2019; Tese (Doutorado em Desenvolvimento Socieconômico) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Juliana de Souza Vieira

Cuidando das famílias pobres: a assistência social materno-infantil na região carbonífera catarinense (1930-1980) (Fase III); Início: 2021; Iniciação científica (Graduando em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Francinéli Becker Benetti

Limites e possibilidades na participação de jogadoras no time de futebol do Criciúma Esporte Clube: uma análise de gênero e da divisão sexual do trabalho; 2022; Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense,; Coorientador: Ismael Gonçalves Alves;

Marina da Silva Schneider

Pedagogia materna e assistência: cuidados e formação das camadas populares em Criciúma a partir das trajetórias do CEDIP (1983-1998); 2021; Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Isabela Bez Batti Da Silva

Políticas Sociais materno-infantis e problemas médico-sanitários: assistência social em Lauro Muller (1930-1960); 2021; Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense,; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Roberta Adamoli Santin Leal

Maternidade e Infância na Relação Capital-Trabalho: Uma Análise Discursiva de Gênero em Políticas Sócio-Médicas-Assistenciais na Região Carbonífera Catarinense (1930-1980); 2021; Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense,; Coorientador: Ismael Gonçalves Alves;

Leandro Alfredo da Rosa

Lei 11; 340/2006 e políticas de atendimento a mulheres em situação de violência doméstica e familiar no âmbito das Delegacias Especializadas em Santa Catarina; 2019; Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense,; Coorientador: Ismael Gonçalves Alves;

Ismael de Córdova

A Política Nacional de Assistência Social e o Programa Bolsa Família em Criciúma-SC: aspectos regionais do combate a pobreza no Brasil; 2018; Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Marjorry Calumby Gomes da Silva

Rede de Comunicação Eldorado: conexões entre política e poder no sul de Santa Catarina; 2018; Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense,; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Thaíse Arnold Policarpo

Política sociais e desenvolvimento regional em Santa Catarina; 2018; Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense,; Coorientador: Ismael Gonçalves Alves;

Eliane Vanildo da Silva

Gênero e ensino superior: a inserção das mulheres nos cursos de engenharias da UNESC; 2018; Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense,; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Henrique Rabello Serafim

Desenvolvimento e política social: o processo de gestão e implementação do Programa Bolsa Família na cidade de Criciúma (2005-2014); 2017; Dissertação (Mestrado em DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO) - Universidade do Extremo Sul Catarinense,; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Ana Carolina de Sá

1; Sujeitos de direitos: o discurso sobre a infância na construção das políticas assistenciais no Projeto Criciúma Criança (1990-1992); 2021; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Bruna Picolli Marcos

A legião Brasileira de Assitência (LBA) e os concursos de robustez infantil para classe operária no governo Vargas; 2021; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Jéssica Mendes Duarte

Violência simbólica presente nas publicações do jornal Lampião da Esquina (1978-1981); 2020; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Samira Ferreira Rampinelli

A violência sexual como arma do estado: os crimes sexuais cometidos contra as mulheres nas prisões da ditadura civil-militar brasileira; 2020; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Julia Sabino Baldessar

Rompendo com o ciclo da ignorância: a Sociedade de Assistência aos Trabalhadores do Carvão e o amparo à maternidade e à infância pobre na Região Carbonífera Catarinense; 2020; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Jéssica Mendes Duarte

Violência contra as mulheres nas publicações do jornal Lampião da Esquina (1978-1981); 2020; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Samira Ferreira Rampinelli

A violência sexual como arma do estado: os crimes sexuais cometidos as mulheres nas prisões da ditadura civil-militar brasileira; 2020; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Cintia Magnus Gomes

Cantando o gênero: naturalização da violência contra a mulher na música sertaneja universitária; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Bianca Wollenschllager Teixeira

As mães de ontem e de hoje: o discurso puericultor e a educação das mulheres nas paginas dos jornais (1930-1950); 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Marina da Silva Schneider

Os discursos da boa mulher araranguaense: os estereótipos de feminilidade nos jornais Campinas (1936) e Tribuna do Sul (1955); 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Taiana de Oliveira

Relações de gênero e primeiro-damismo: as experiências da Legião Brasileira de Assistência (1940-1950); 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Marcos Guerreiro

Caminhos da teologia da libertação: a opção pelos mais pobres; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Sabrina dos Santos Frausino

Saartjie Baartman: a criação como Vênus (deusa) negra no século XIX; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Fernando LaFuente

Anticlericalismo nas músicas de Raul Seixas: As críticas religiosas em suas músicas anos 70 e 80; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Fernando LaFuente

Anticlericalismonas músicas de Raul Seixas: as críticas religiosas em suas músicas nos anos 70 e 80; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Patricia Francisconi Locks

Ensinando as mães: educação e maternidade na Revista A Mãi de Familia (1879-1888); 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Junior César de Oliveira Lopes

Os discursos da Era Vargas nos livros didáticos; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Lívia Pereira Mendes

Filantropia no Sul de Santa Catarina: a institucionalização da assistência à saúde na Região Carbonífera; 2021; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Patrick Dutra

CUIDANDO DAS FAMÍLIAS POBRES: A ASSISTÊNCIA SOCIAL MATERNO-INFANTIL NA REGIÃO CARBONÍFERA CATARINENSE (1930- 1980) (FASE II); 2020; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Ana Carolina de Sá

Assistência Social e Filantropia no Sul de Santa Catarina; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Programa de Bolsas Universitárias de Santa Catarina; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Julia Sabino Baldessar

Cuidando das famílias pobres: o acervo Centro de Estudos, Documentação e Informação Popular de Criciúma e a assistência social materno-infantil na região carbonífera catarinense (1983-1998); 2019; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Patrick Dutra

Memória e cultura do carvão: organização e catalogação do acervo do CEDOC/UNESC; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Bruna Picolli Marcos

A Legião Brasileira de Assistência e os concursos de robustez infantil; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Programa de Bolsas Universitárias de Santa Catarina; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Ana Carolina de Sá

A Sección Femenina de la Falange Espaola: gênero e assistência social no Primeiro Franquismo; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Programa de Bolsas Universitárias de Santa Catarina; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Bianca Wollenschllager Teixeira

O modelo assistencial da Sección Femenina de la Falange no primeiro franquismo: possíveis relações Brasil-Espanha; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Taiana de Oliveira

Gênero, maternalismo e as ações empreendidas pela Legião Brasileira de Assistência no Brasil (1940-1950); 2018; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Igor de Mattia Buogo

Há uma raça de pessoas que chamamos Donestre?: um estudo de uma maravilha medieval; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Governo do Estado de Santa Catarina; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Bruna Picolli Marcos

A Legião Brasileira de Assistência e os concursos de robustez infantil; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Governo do Estado de Santa Catarina; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Bianca Wollenschllager Teixeira

Cuidando dos necessitados: assistência social em Santa Catarina e a Legião Brasileira de Assistência (1940-1950); 2017; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Taiana de Oliveira

Violência de gênero e a Lei Maria da Penha (Lei 11; 340/2006): a construção de indicadores de violência contra as mulheres na comarca de Criciúma/SC; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Marina da Silva Schneider

Violência de gênero e a Lei Maria da Penha (Lei 11; 340/2006): a construção de indicadores de violência contra as mulheres na comarca de Criciúma/SC; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Patrícia Machado Martins

Violência de gênero e a Lei Maria da Penha (Lei 11; 340/2006): a construção de indicadores de violência contra as mulheres na comarca de Criciúma/SC; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Direito) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Madalena Antonelli Arroyo

Sección Femenina de la Falange Espaola: casamento e conjugalidade nas páginas da Revista Y; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Taiana de Oliveira

Os cuidados aos necessitados na Era Vargas: a Legião Brasileira de Assistência e suas ações em Santa Catarina; ; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, PROGRAMA DE BOLSAS UNIVERSITÁRIAS DE SANTA CATARINA; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Julia Sabino Baldessar

Legião Brasileira de Assistência nas páginas dos jornais: pobreza e assistência no discurso jornalístico brasileiro; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Julia Sabino Baldessar

A assistência no extremo sul catarinense: a Sociedade de Assistência aos Trabalhadores do Carvão e o amparo à maternidade e à infância pobre na segunda metade do século XX; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Ismael Gonçalves Alves;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Sílvia Maria Fávero Arend

Faces da assistência social do setor carbonífero catarinense - (Criciúma 1930-1960); 2009; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Silvia Maria Favero Arend;

Lucy Cristina Ostetto

O Processo de Moralização e Disciplinarização das Famílias Mineiras da Vila Operária Próspera (1930-1690); 2005; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense; Orientador: Lucy Cristina Ostetto;

Ana Paula Vosne Martins

(Re)construindo a maternidade: as políticas públicas materno-infantis brasileiras e suas implicações na Região Carbonífera Catarinense (1920-1960); 2014; Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Ana Paula Vosne Martins;

João Batista Bitencourt

Programa de capacitação e atualização para professores de história da rede pública visando o trabalho com novas linguagens no ensino; 2005; Orientação de outra natureza; (História) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Universidade do Estremo Sul Catarinense; Orientador: Joao Batista Bitencourt;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • GOMES, C. M. ; ALVES, I. G. . Cantando o gênero:. Cadernos do Tempo Presente / UFS , v. 12, p. 45-59, 2022.

  • BIANCO, L. M. ; SALVARO, Giovana Ilka Jacinto ; ALVES, I. G. . O Lingote e a produção de subjetividades femininas (1953-1957). CADERNOS CAJUÍNA , v. 7, p. 01-18, 2022.

  • SALVARO, Giovana Ilka Jacinto ; ALVES, I. G. ; CORTINA, M. O. C. ; OLIVEIRA, T. ; SCHNEIDER, M. S. ; MARTINS, P. M. . Violência de gênero e a lei 11.340/2006. REVISTA BRASILEIRA DE SEGURANÇA PÚBLICA , v. 15, p. 96-111, 2021.

  • LEAL, R. A. S. ; SALVARO, Giovana Ilka Jacinto ; ALVES, I. G. . Produção discursiva de gênero em cursos populares mediados pela SATC (1960-1980): disciplina e controle dos corpos das mulheres. AEDOS: REVISTA DO CORPO DISCENTE DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA DA UFRGS (ONLINE) , v. 13, p. 323-354, 2021.

  • OLIVEIRA, T. ; ALVES, I. G. . Legião Brasileira de Assistência e políticas sociais: primeiro-damismo, gênero e assistência social. BOLETIM HISTORIAR , v. 07, p. 16-32, 2020.

  • MULLER, R. R. ; CECHINEL, A. ; ALVES, I. G. . Aspectos formativos e socio-constitutivos a partir da tríade ?coração, cabeça e mãos? em J. H. Pestalozzi e no filme Metrópolis, de Fritz Lang. EDUCAÇÃO EM REVISTA (ONLINE) , v. 36, p. 1-16, 2020.

  • SERAFIM, HENRIQUE RABELLO ; ALVES, I. G. . El Programa Bolsa Família: una oportunidad para combatir la pobreza en Brasil. CUADERNOS AMERICANOS , v. 1, p. 159-181, 2019.

  • ALVES, I. G. . Neoliberalismo sexual: o mito e a sedução da liberdade nas sociedades formalmente igualitárias. REVISTA ESTUDOS FEMINISTAS , v. 27, p. 01-04, 2019.

  • CORDOVA, I. ; ALVES, I. G. . Programas de transferência condicionada de renda na ótica dos direitos sociais: uma opção para o combate das vulnerabilidades brasileiras. POLIS (SANTIAGO. EN LÍNEA) , v. 18, p. 111-126, 2019.

  • ROSA, L. A. ; SALVARO, Giovana Ilka Jacinto ; ALVES, I. G. . Violência doméstica e familiar contra as mulheres, políticas públicas e delegacias especializadas em Santa Catarina. INTERTHESIS (FLORIANÓPOLIS) , v. 16, p. 95-113, 2019.

  • WASCHINEWESKI, S. C. ; RABELO, G. ; ALVES, I. G. . GÊNERO E A INVISIBILIDADE DA MULHER NOS LIVROS DIDÁTICOS DE GEOGRAFIA DO ENSINO MÉDIO NO SUL DE SANTA CATARINA. INTER-AÇÃO (UFG. ONLINE) , v. 42, p. 574-589, 2018.

  • SERAFIM, HENRIQUE RABELLO ; ALVES, I. G. . A Constituição de 1988 no Brasil e assistência social: trajetórias da inclusão social e do combate à pobreza. Acta Scientiarum. Human and Social Sciences (Impresso) (Cessou em 2007. Cont. ISSN 1983-4675 Acta Scientiarum. Language and Culture (Impresso)) , v. 40, p. 01-11, 2018.

  • SCHNEIDER, M. S. ; ALVES, I. G. . Relações de gênero e representações na mídia impressa: visões do feminino nas páginas do Jornal Campinas (1936). REVISTA CARIBEA DE CIENCIAS SOCIALES , v. 12, p. 01-12, 2018.

  • ALVES, I. G. . INFÂNCIA E MORTE NA REGIÃO CARBONÍFERA: OS DISCURSOS MÉDICOS SANITÁRIOS SOBRE A MORTALIDADE INFANTIL NO SUL DE SANTA CATARINA. HISTÓRIA. QUESTÕES E DEBATES , v. 65, p. 119-143, 2017.

  • ZANELATTO, J. H ; MIRANDA, A. L. ; ALVES, I. G. . Relações de trabalho nas indústrias do setor cerâmico de Criciúma - 1960 ? 1980. ESTUDIOS HISTÓRICOS (RIVERA) , v. 2, p. 01, 2017.

  • ALVES, I. G. ; RABELO, G. . Sociedade de Assistência aos Trabalhadores do Carvão (SATC) e a tutela médico-sanitária das relações materno-infantis. Delaware Review of Latin American Studies , v. 17, p. 01-15, 2016.

  • ALVES, I. G. . Bem aventurada é a serva do senhor: a construção da feminilidade através do discurso Mariano. ESTUDIOS HISTÓRICOS (RIVERA) , v. 8, p. 01-18, 2016.

  • ALVES, I. G. . Da caridade ao welfare state: um breve ensaio sobre os aspectos históricos dos sistemas de proteção social ocidentais. CIÊNCIA E CULTURA , v. 67, p. 52-55, 2015.

  • ALVES, I. G. . La Sección Femenina de la Falange e Assistência na Espanha do Primeiro Franquismo. Hispanista (Edição em Português) , v. 16, p. 01-10, 2015.

  • ALVES, I. G. . A assistência nos anos iniciais da Primeira República brasileira: a maternidade e a infância como problema social. Biblio3w , v. XX, p. 01-22, 2015.

  • ALVES, I. G. . Entre chás e salões:as organizações de mulheres de classe média e assistência social no sul de Santa Catarina. Gênero (Niterói) , v. 15, p. 71-90, 2015.

  • ALVES, I. G. . Aproximações e perspectivas: um breve inventário sobre a produção de Políticas Públicas Materno-Infantis no sul de Santa Catarina. OPSIS , v. 12, p. 223-248, 2012.

  • ALVES, I. G. . Da soberania às biopolíticas: a medicina como instrumento de governo e a inserção da vida biológica na contemporaneidade. Contemporâneos: Revista de Artes e Humanidades (Online) , v. 09, p. 01-26, 2011.

  • ALVES, I. G. . Alô, alô, Joinville! Está no ar a rádio difusora! A radiodifusão em Joinville/SC (1941-1961). História e-História , v. 1, p. 01-01, 2011.

  • ALVES, I. G. . Reconstrução da maternidade: os discursos da pediatria e obstetrícia nas revistas femininas na década de 1920. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Impresso) , v. 18, p. 322-325, 2011.

  • ALVES, I. G. ; SANFELICE, P. P. . Sexualidade Mítica: as multiplas faces da feminilidade em Vênus e Maria. Revista Brasileira de História das Religiões , v. 4, p. 17-42, 2011.

  • ALVES, I. G. . Pequenos desventurados meninas e meninos em notícias: protagonistas de um dantesco espetáculo, onde a miséria possui papel preponderante ? (Criciúma 1950-1960).. História e-História , v. 01, p. 01-14, 2010.

  • ALVES, I. G. . Uma obra meritória, humana e patriótica: Faces do assistencialismo social na região carbonífera de Santa Catarina (1930-1950). Delaware Review of Latin American Studies - DeLARS , v. 11, p. 01-13, 2010.

  • ALVES, I. G. . Cozinhar, costurar, lavar e passar: a remodelação do modelo familiar e a institucionalização do feminino na Vila Operária Próspera (1950-1960).. Blumenau em Cadernos , v. 51, p. 40-57, 2010.

  • ALVES, I. G. . Divisão sexual dos espaços: práticas e sociabilidades femininas e masculinas nas vilas operárias do sul de Santa Catarina (Brasil 1930-1960). NUEVO MUNDO-MUNDOS NUEVOS , v. 01, p. 01-13, 2010.

  • ALVES, I. G. . História da infância em Pernambuco. Revista Eletrônica História em Reflexão (UFGD) , v. 4, p. 01-04, 2010.

  • ALVES, I. G. . Famílias Operárias Mineiras e Relações de Gênero: a construção do feminino através de cursos populares na Região Carbonífera Catarinense (1950-1960). Tempo e Argumento , v. 02, p. 21-43, 2010.

  • ALVES, I. G. . Crianças em notícias: uma perspectiva sob a analise do discurso. Cadernos UniFOA (Online) , v. 14, p. 41-46, 2010.

  • ALVES, I. G. ; MENDES, Luana Wassileski ; POSSOLI, Thais . A disciplinarização fabril: uma questão política. Revista Tempos Acadêmicos , Criciúma, v. 2, p. 75-80, 2004.

  • ZANELATTO, J. H (Org.) ; ALVES, I. G. (Org.) . Histórias de Santa Catarina na Segunda República (1930-1945). 1. ed. Criciúma: EdUnesc, 2017. v. 1. 272p .

  • MENDES, L. P. ; DUTRA, P. ; ALVES, I. G. . Análise e catalogação do acervo Memória e Cultura do Carvão (CEDOC/UNESC): um estudo de gênero. In: Augusto César Acioly Paz Silva; Fernando Amed; Edson H. Silva. (Org.). A persistência da história: fontes, pesquisa, ensino e educação. 1ed.Maceió: Editora Olyver, 2021, v. 1, p. 74-84.

  • ROCHA, L. A. ; CARDOSO, M. G. ; ALVES, I. G. . Rio Criciúma: uma janela para a cidade. In: Ceretta, Luciane Bisognin (org.); Preve, Daniel Ribeiro (org.); Toreti, Indianara Reynaud (org.); Fabris, Thiago Rocha (org.); Montedo, Oscar Rubem Klegues (org.); Sônego, Fernanda Guglielmi Faustini (org.); Feldhaus, Marcelo (org.); Garcia, Merisandra Cô. (Org.). O saber e o fazer dos docentes. 1ed.Criciúma: EdiUnesc, 2019, v. 5, p. 54-66.

  • SCHNEIDER, M. S. ; ALVES, I. G. ; CARDOSO, M. G. . A invisibilidade do trabalho no espaço doméstico e as representações de feminilidade nos jornais Campinas e Tribuna do sul em Araranguá no século XX. In: Ceretta, Luciane Bisognin (org.); Preve, Daniel Ribeiro (org.); Toreti, Indianara Reynaud (org.); Fabris, Thiago Rocha (org.); Montedo, Oscar Rubem Klegues (org.); Sônego, Fernanda Guglielmi Faustini (org.); Feldhaus, Marcelo (org.); Garcia, Merisandra Cô. (Org.). O saber e o fazer dos docentes. 1ed.Criciúma: EdiUnesc, 2019, v. 5, p. 67-75.

  • ALVES, I. G. . Assistência à infância e à maternidade na Primeira República: as experiências médicos-filantrópicas de proteção materno-infantil na cidade do Rio de Janeiro. In: AREND, Silvia Maria de Favero; MOURA, Esmeralda Blanco Bolsonaro de Moura; SOSENSKI, Susana. (Org.). Infâncias de Juventudes na século XX: histórias Latino-Americanas. 1ed.Ponta Grossa: Todapalavra, 2018, v. , p. 45-92.

  • ALVES, I. G. ; VILLENA, A. M. . Sección Femenina de la Falange Espaola e Assistência Social: o Servicio Social de la Mujer e a política feminizadora na Espanha do Primeiro Franquismo. In: Claudia Priori; Cleusa Gomes da Silva; Georgiane Garabely Heil Vázquez. (Org.). Perspectivas transculturais e transnacionais de gênero. 1ed.Porto Alegre: Editora Fi, 2018, v. 1, p. 137-163.

  • ALVES, I. G. ; SALVARO, Giovana Ilka Jacinto . Los archivos de la Federação Brasileira pelo Progresso Feminino: la protección de la maternidad y la infancia como elementos del activismo político feminista. In: e Yolanda de Paz Trueba; Paula Caldo; Jaqueline Vassallo. (Org.). Actas de las III Jornadas de Investigación y Reflexión sobre Historia, Mujeres y Archivos. 1ed.Tandil: Universidad Nacional del Centro de la Provincia de Buenos Aires,, 2017, v. , p. 177-181.

  • SERAFIM, HENRIQUE RABELLO ; ALVES, I. G. . Formulação, Implantação e Adequação do Bolsa Família: Uma Visão Interdisciplinar. In: Gisele Silveira Coelho Lopes; Kelly Gianezini; Maria Aparecida da Silva Méllo. (Org.). O saber e o fazer dos docentes no âmbito da Unesc. 1ed.Curitiba: Multideia, 2017, v. 2, p. 55-68.

  • RABELO, G. ; ALVES, I. G. . Lugares de Beneficência: indícios da assistência social às famílias mineiras. In: Marli de Oliveira Costa; Paulo Sergio Osório. (Org.). Memórias e identidade: as estruturas carboníferas como patrimônio cultural de Santa Catarina. 1ed.Criciúma: Ediunesc, 2017, v. 1, p. 41-50.

  • RABELO, G. ; ALVES, I. G. . Lugares de Beneficência: indícios da assistência social às famílias operárias. In: Marli de Oliveira Costa; Paulo Sérgio Osório. (Org.). Memórias e identidade: as estruturas carboníferas como patrimônio cultural de Santa Catarina. 1ed.Criciúma: Ediunesc, 2017, v. 1, p. 41-50.

  • OLIVEIRA, T. ; ALVES, I. G. . Corações solitários: os cuidados da Legião Brasileira de Assistência aos combatentes da Segunda Guerra Mundial. In: Zanelatto, João Henrique; Alves, Ismael Gonçalves. (Org.). Histórias de Santa Catarina na Segunda República (1930-1945). 1ed.Criciúma: EdUnesc, 2017, v. 1, p. 83-107.

  • BALDESSAR, J. S. ; ALVES, I. G. . Assistência no Extremo Sul Catarinense: a Sociedade dos Trabalhadores do Carvão e o amparo à maternidade e infância pobre na segunda metade do século XX. In: Gisele Silveira Coelho Lopes; Kelly Gianezini; Luciane Bisogin Ceretta. (Org.). Temas contemporâneos em pesquisa: as diferentes áreas do conhecimento na Unesc. 1ed.Curitiba: Multideia, 2017, v. 5, p. 141-150.

  • ALVES, I. G. . (Re)criando infâncias e forjando futuros cidadãos. Revista História Catarina, Lages, p. 44 - 51, 01 maio 2013.

  • DUTRA, P. ; ALVES, I. G. . Políticas sociais frente às infâncias ?desvalidas? da Região Carbonífera Catarinense (1930-1960). In: III Encuentro de la Red de Estudios de Historia de las Infancias en America Latina e I Seminário do Grupo de Trabalho História da Infância e da Juventude: Infâncias e juventudes nos (con)textos da América Latina: desafios do passado para o presente., 2021, Florianópolis. Anais do III Encuentro de la Red de Estudios de Historia de las Infancias en America Latina e I Seminário do Grupo de Trabalho História da Infância e da Juventude: Infâncias e juventudes nos (con)textos da América Latina. Florianópolis: Editora UDESC, 2021. v. 2. p. 181-188.

  • FARIAS, M. G. ; ALVES, I. G. . Teologia da libertação: o despertar dos oprimidos. In: III Jornada de Desenvolvimento e Políticas Públicas, 2021, Criciúma. Anais da III Jornada de Desenvolvimento e Políticas Públicas. Criciúma: Ediunesc, 2021. v. 7. p. 01-16.

  • GUIMARAES, P. R. V. ; GOULARTI FILHO, A. ; ALVES, I. G. . Programas de transferência de renda condicionada - ptrc: uma breve revisão. In: III Jornada de Desenvolvimento e Políticas Públicas, 2021, Criciúma. Anais da III Jornada de Desenvolvimento e Políticas Públicas. Criciúma: Ediunesc, 2021. v. 7. p. 01-15.

  • MARTINS, C. G. ; ALVES, I. G. . A naturalização da violência contra a mulher na música sertaneja universitária. In: I Congresso Brasileiro Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia: um mundo em constante transformação, 2020, Dimantina. Anais do I Congresso Brasileiro Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia: um mundo em constante transformação. Recife: Even3, 2020. v. 1. p. 01-08.

  • SA, A. C. ; BALDESSAR, J. S. ; DUTRA, P. ; ALVES, I. G. . As atribuições de gênero através dos discursos da Sección Femenina de la Falange: a restauração da subalternidade das mulheres espanholas. In: I Congresso Brasileiro Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia: um mundo em constante transformação, 2020, Diamantina. Anais do I Congresso Brasileiro Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia: um mundo em constante transformação. Recife: Even3, 2020. v. 1. p. 01-04.

  • FAVERI, M. Q. ; ALVES, I. G. . Interdisciplinaridade na escola: uma revisão bibliográfica. In: I Congresso Brasileiro Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia: um mundo em constante transformação, 2020, Diamantina. Anais do I Congresso Brasileiro Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia: um mundo em constante transformação. Recife: Even3, 2020. v. 1. p. 01-05.

  • FARIAS, M. G. ; ALVES, I. G. . Teologia da Libertação: a luta dos pobres no contexto brasileiro e o despertar dos oprimidos. In: I Congresso Brasileiro Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia: um mundo em constante transformação, 2020, Diamantina. Anais do I Congresso Brasileiro Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia: um mundo em constante transformação. Recife: Even3, 2020. v. 1. p. 01-08.

  • BALDESSAR, J. S. ; DUTRA, P. ; SA, A. C. ; ALVES, I. G. . Políticas assistenciais na região carbonífera catarinense (1930-1980): investigações acerca do acervo Memória e Cultura do Carvão (CEDOC/UNESC). In: I Congresso Brasileiro Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia: um mundo em constante transformação, 2020, Diamantina. Anais do I Congresso Brasileiro Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia: um mundo em constante transformação. Recife: Even3, 2020. v. 1. p. 01-05.

  • DUTRA, P. ; BALDESSAR, J. S. ; SA, A. C. ; ALVES, I. G. . Acervo Memória e Cultura do Carvão e as políticas de proteção materno-infantis sul catarinenses sob a ótica do gênero como categoria de análise. In: XI Jornada Científica do IFRJ Campus Volta Redonda, 2020, Volta Redonda. Anais da XI Jornada Científica do IFRJ Campus Volta Redonda. Volta Redonda: IFRJ, 2020. v. 1. p. 03-13.

  • BALDESSAR, J. S. ; ALVES, I. G. . Legião Brasileira de Assistência em Impressos: Pobreza e assistência no discurso jornalístico brasileiro (1940-1950). In: 13 Congresso Mundos de Mulheres (MM) e Seminário Internacional Fazendo Gênero 11 (FG), 2018, Florianópolis. Anais do XI Seminário Internacional Fazendo Gênero. Florianópolis: UFSC, 2017. v. 1. p. 01-01.

  • OLIVEIRA, T. ; ALVES, I. G. . Madrinhas dos Combatentes: Os discursos de feminilidade nas campanhas da Legião Brasileira de Assistência.. In: 13 Congresso Mundos de Mulheres (MM) e Seminário Internacional Fazendo Gênero 11 (FG), 2018, Florianópolis. Anais do XI Seminário Internacional Fazendo Gênero. Florianópolis: UFSC, 2017. v. 1. p. 1-1.

  • NUNES, H. B. S. ; ALVES, I. G. . Sección Femenina de la Falange Espaola e o Discurso sobre a Maternidade: a mulher mãe na Espanha do Primeiro Franquismo. In: III Congresso Ibero-Americano de Humanidades, Ciências e Educação, 2018, Criciúma. Anais do III Congresso Ibero-Americano de Humanidades, Ciências e Educação. Criciúma: EdiUnesc, 2018. v. 3. p. 8-8.

  • TEIXEIRA, B. W. ; ALVES, I. G. . Legião Brasileira de Assistência (LBA) e os cuidados: a ação social das mulheres e as múltiplas possibilidades de atuação na esfera pública (1940-1950). In: III Congresso Ibero-americano de Humanidades, Ciências e Educação: Produção e democratização do conhecimento na Ibero-América, 2018, Criciúma. Anais do III Congresso Ibero-americano de Humanidades, Ciências e Educação. Criciúma: EdiUnesc, 2018. v. 3. p. 9-9.

  • OLIVEIRA, T. ; BALDESSAR, J. S. ; ALVES, I. G. . Legião Brasileira de Assistência em impressos: gênero, classe e etnia no discurso jornalístico durante a Segunda Grande Guerra. In: III Congresso Ibero-americano de Humanidades, Ciências e Educação: Produção e democratização do conhecimento na Ibero-América, 2018, Criciúma. Anais do III Congresso Ibero-americano de Humanidades, Ciências e Educação. Criciúma: EdiUnesc, 2018. v. 3. p. 11-11.

  • MARCOS, B. P. ; ALVES, I. G. . A Legião Brasileira de Assistência e os Concursos de Robustez Infantil. In: III Congresso Ibero-americano de Humanidades, Ciências e Educação: Produção e democratização do conhecimento na Ibero-América, 2018, Criciúma. Anais III Congresso Ibero-americano de Humanidades, Ciências e Educação. Ciricúma: EdiUnesc, 2018. v. 3. p. 9-9.

  • MARCOS, B. P. ; ALVES, I. G. . A difusão da puericultura entre as camadas pobres do Brasil: concursos de robustez infantil e o trabalho de cuidado das mulheres (1940-1960). In: II Jornada Nacional de Desenvolvimento e Políticas Públicas, 2018, Criciúma. Anais da II Jornada Nacional de Desenvolvimento e Políticas Públicas. Criciúma: EdiUnesc, 2018. v. 6. p. 01-07.

  • TEIXEIRA, B. W. ; ALVES, I. G. . Legião Brasileira de Assistência (LBA) e os cuidados: a puericultura e a moralização da maternidade. In: II Jornada Nacional de Desenvolvimento e Políticas Públicas, 2018, Criciúma. Anais da II Jornada Nacional de Desenvolvimento e Políticas Públicas. Criciúma: EdiUnesc, 2018. v. 6. p. 1-8.

  • BALDESSAR, J. S. ; OLIVEIRA, T. ; SCHNEIDER, M. S. ; ALVES, I. G. . Legião Brasileira de Assistência nas páginas dos jornais: pobreza e assistência no discurso jornalístico brasileiro (1940-1960). In: II Jornada Nacional de Desenvolvimento e Políticas Públicas, 2018, Criciúma. Anais da II Jornada Nacional de Desenvolvimento e Políticas Públicas. Criciúma: EdiUnesc, 2018. v. 6. p. 1-7.

  • BALDESSAR, J. S. ; OLIVEIRA, T. ; SCHNEIDER, M. S. ; CARDOSO, M. G. ; ALVES, I. G. . Gênero e trabalho doméstico em perspectiva: o museu Augusto Casagrande e a memória de Cecília Darós. In: II Jornada Nacional de Desenvolvimento e Políticas Públicas, 2018, Criciúma. Anais da II Jornada Nacional de Desenvolvimento e Políticas Públicas. Criciúma: EdiUnesc, 2018. v. 6. p. 1-7.

  • ARROYO, M. A. ; SA, A. C. ; ALVES, I. G. . A Sección Femenina de la Falange Espaola: o lugar das mulheres no regime franquista. In: II Jornada Nacional de Desenvolvimento e Políticas Públicas, 2018, Criciúma. Anais da II Jornada Nacional de Desenvolvimento e Políticas Públicas. Criciúma: EdiUnesc, 2018. v. 6. p. 1-8.

  • OLIVEIRA, T. ; BALDESSAR, J. S. ; SCHNEIDER, M. S. ; ALVES, I. G. . Legião Brasileira de Assistência nos periódicos nacionais: a assistência social e os cuidados com a pobreza como problemas da pátria (1940-1960). In: IX Semana de Ciência e Tecnologia: Ciência para a redução das desigualdades, 2018, Criciúma. Anais da IX Semana de Ciência e Tecnologia. Criciúma: EdiUnesc, 2018. v. 9. p. 99-104.

  • TEIXEIRA, B. W. ; ALVES, I. G. . Legião Brasileira de Assistência (LBA) e os cuidados: a puericultura e a moralização da maternidade. In: IX Semana de Ciência e Tecnologia: Ciência para a redução das desigualdades, 2018, Criciúma. Anais da IX Semana de Ciência e Tecnologia. Criciúma: EdiUnesc, 2018. v. 9. p. 117-124.

  • MARCOS, B. P. ; ALVES, I. G. . Concursos de robustez infantil e as políticas públicas de assistência da Legião Brasileira de Assistência. In: IX Semana de Ciência e Tecnologia: Ciência para a redução das desigualdades, 2018, Criciúma. Anais da IX Semana de Ciência e Tecnologia. Criciúma: EdiUnesc, 2018. v. 9. p. 164-168.

  • ROCHA, L. A. ; MEDEIROS, A. A. ; CARDOSO, M. G. ; ALVES, I. G. . Rio Criciúma: uma janela para a cidade. In: IX Semana de Ciência e Tecnologia: Ciência para a redução das desigualdades, 2018, Criciúma. Anais IX Semana de Ciência e Tecnologia: Ciência para a redução das desigualdades. Criciúma: EdiUnesc, 2018. v. 9. p. 325-333.

  • SCHNEIDER, M. S. ; ALVES, I. G. ; CARDOSO, M. G. . A invisibilidade do trabalho no espaço doméstico e as representações de feminilidade nos jornais Campinas e Tribuna do sul em Araranguá no século XX. In: IX Semana de Ciência e Tecnologia: Ciência para a redução das desigualdades, 2018, Criciúma. Anais da IX Semana de Ciência e Tecnologia. Criciúma: EdiUnesc, 2018. v. 9. p. 344-349.

  • BALDESSAR, J. S. ; ALVES, I. G. . A Assistência no extremo Sul Catarinense: A Sociedade dos Trabalhadores do Carvão e o amparo à maternidade e infância pobre na segunda metade do século XX. In: VII Semana de Ciência e Tecnologia (SCT), 2016, Criciúma. Anais da VI Semana de Ciência e Tecnologia. Criciúma: EdiUnesc, 2016. v. 7. p. 02-11.

  • ALVES, I. G. . Filantropia e Assistência no extremo sul catarinense: Sociedade de Assistência aos Trabalhadores do Carvão (SATC) e a tutela médico-sanitária das relações materno-infantis. In: XXVIII Simpósio Nacional de História: lugares dos historiadores: velhos e novos desafios, 2015, Florianópolis. Anais do XXVIII Simpósio Nacional de História: lugares dos historiadores: velhos e novos desafios. Criciúma: ANPUH, 2015. v. 1. p. 01-08.

  • ALVES, I. G. . La Sección Femenina de la Falange e Assistência Social: a atuação das mulheres no Primeiro Franquismo. In: IV Seminário de Ciências Sociais Aplicadas-Desenvolvimento Socioeconômico: Uma abordagem interdisciplinar, 2014, Criciúma. Anais IV Seminário de Ciências Sociais Aplicadas. Criciúma: UNESC, 2014. v. 1. p. 01-13.

  • ALVES, I. G. . La Sección Femenina de la Falange e assistência social no Primeiro Franquismo. In: Seminário Internacional Fazendo Gênero 10 - Desafios Atuais dos Feminismos, 2013, Florianópolis. Anais Eletrônicos Fazendo Gênero 10. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2013. v. 1. p. 1-13.

  • ALVES, I. G. . Primeiras análises: um breve inventário sobre a produção de políticas públicas materno-infantis no complexo carbonífero catarinense. In: XXVI Simpósio Nacional de História, 2011, São Paulo. Anais do XXVI simpósio nacional da ANPUH - Associação Nacional de História. São Paulo: ANPUH_SP. v. 1. p. 1-17.

  • ALVES, I. G. ; SANFELICE, P. P. . Reflexos de um espelho opaco: a construção através das múltiplas sexualidades de Vênus e Maria. In: V Simpósio Nacional de História Cultural Brasilia 50 anos:Ler e ver: paisagens subjetivas e paisagens culturais, 2010, Brasília. Anais do V Simpósio Nacional de História Cultural. Brasília: UNB, 2010. v. 01. p. 01-09.

  • ALVES, I. G. . Cuidar, cozinhar e lavar: a construção do feminino nas vilas operárias de Criciúma (1950-1960). In: XIII Encontro Estadual de História; IV Encontro Estadual do GT Gênero de Santa Catarina; I Encontro Estadual do GT Estudos Africanos e da Diáspora: História: desafios para o Tempo Presente, 2010, Chapeço. Anais História: desafios para o Tempo Presente. Chapecó: UnoChapecó, 2011. v. 1. p. 01-05.

  • ALVES, I. G. . A Divina Providência vai a Vila Operária: o projeto normalizador das famílias mineiras na Vila Operária Próspera.. In: IX Encontro Nacional de História Oral: Testemunhos e Conhecimentos, 2008, São Leopoldo. Anais eletrônicos do IX Encontro Nacional de História Oral: Testemunhos e Conhecimentos. São Leopoldo: OIKOS, 2008.

  • ALVES, I. G. . Meninas e meninos em notícias: protaganistas de um dantesco espetáculo, onde a miséria possui papel preponderante. In: XII Encontro Estadual de História: História, Ensino e Pesquisa; III Encontro Estadual do Grupo de Trabalho Gênero de Santa Catarina; IV Jornada Nacional de História do Trabalho, 2008. Anais do XII Encontro Estadual de História: Hitória, Ensino e Pesquisa, 2008.

  • ALVES, I. G. . O projeto moralizador das famílias mineiras na Vila Operária Próspera-Criciúma. In: XXIV Simpósio Nacional de História - História e Multidisciplinariedade: territórios e deslocamentos., 2007, São Leopoldo. Anais Eletrônico do XXIV Simpósio Nacional de História - História e Multidisciplinariedade: territórios e deslocamentos, 2007, São Leopoldo. Sâo Leopoldo: Unisinos, 2007. p. 001-008.

  • ALVES, I. G. . O Processo de Moralização e Disciplinarização das Famílias Mineiras da Vila Operária Próspera (1950 - 1960). In: III Simpósio Nacional de História Cultural - Mundos da Imagem: Do Texto ao Visual, 2006, Florianópolis. Anais Digital do III Simpósio Nacional de História Cultural - Mundos da Imagem: Do Texto ao Visual. Florianopolis: Cliccdata Multimídia, 2006. p. 2044-2051.

  • NETO, Adílio Luiz da Silveira ; ALVES, I. G. . Programa de Capacitação e Atualização para Professores de História da rede pública Visando o Trabalho com Novas Linguagens no Ensino. In: XI Encontro Estadual de História: Mídia e Cidadania, 2006, Florianópolis. Anais Eletrônicos do XI Encontro Estadual de História: Mídia e Cidadania. Florianópolis: Anpuh-SC, 2006.

  • SA, A. C. ; ALVES, I. G. . A Sección Femenina de La Falange e Franquismo: a construção da subalternidade feminina em regimes autoritários. In: Seminário Internacional Fazendo Gênero 12, 2021, Florianópolis. Anais do Seminário Internacional Fazendo Gênero 12. Florianópolis: UFSC, 2021. v. 1. p. 1-1.

  • BALDESSAR, J. S. ; DUTRA, P. ; ALVES, I. G. . Cuidando das Famílias Pobres: a assistência social materno-infantil na região carbonífera catarinense (1930-1980). In: Seminário Internacional Fazendo Gênero 12, 2021, Florianópolis. Anais do Seminário Internacional Fazendo Gênero 12. Florianópolis: UFSC, 2021. v. 1. p. 1-1.

  • GOMES, C. M. ; ALVES, I. G. . Entre rimas: a música sertaneja universitária e a naturalização da violência contra a mulher. In: II Semana Científica do Agreste Pernambucano: educação, ciência e sociedade em tempo de mudanças: perspectivas e desafios, 2020, Garanhuns. Anais da II Semana Científica do Agreste Pernambucano: educação, ciência e sociedade em tempo de mudanças: perspectivas e desafios. Garanhuns: Universidade de Pernambuco, 2020. v. 2. p. 1097-1100.

  • SCHNEIDER, M. S. ; ALVES, I. G. . Discursos de gênero: representações de feminilidade na mídia impressa (1936 e 1955). In: II Semana Científica do Agreste Pernambucano: educação, ciência e sociedade em tempo de mudanças: perspectivas e desafios, 2020, Garanhuns. Anais da II Semana Científica do Agreste Pernambucano: educação, ciência e sociedade em tempo de mudanças: perspectivas e desafios. Garanhuns: Universidade de Pernambuco, 2020. v. 2. p. 1524-12527.

  • SA, A. C. ; BALDESSAR, J. S. ; DUTRA, P. ; ALVES, I. G. . Os discursos empreendidos pela Sección Femenina de la Falange: a reconstrução da subordinação feminina. In: II Semana Científica do Agreste Pernambucano: educação, ciência e sociedade em tempo de mudanças: perspectivas e desafios, 2020, Garanhuns. Anais da II Semana Científica do Agreste Pernambucano: educação, ciência e sociedade em tempo de mudanças: perspectivas e desafios. Garanhuns: Universidade de Pernambuco, 2020. v. 2. p. 1670-1673.

  • DUTRA, P. ; BALDESSAR, J. S. ; SA, A. C. ; ALVES, I. G. . A assistência social materno-infantil na Região Carbonífera Catarinense (1930-1980): incursões sobre o acervo Memória e Cultura do Carvão (CEDOC/UNESC). In: II Semana Científica do Agreste Pernambucano: educação, ciência e sociedade em tempo de mudanças: perspectivas e desafios, 2020, Garanhuns. Anais da II Semana Científica do Agreste Pernambucano: educação, ciência e sociedade em tempo de mudanças: perspectivas e desafios. Garanhuns: Universidade de Pernambuco, 2020. v. 2. p. 1627-1730.

  • FAVERI, M. Q. ; ALVES, I. G. . Trabalhadoras domésticas: uma revisão sobre a emenda constitucional n 72/2013 e a lei complementar n 150/2015. In: II Semana Científica do Agreste Pernambucano: educação, ciência e sociedade em tempo de mudanças: perspectivas e desafios, 2020, Garanhuns. Anais da II Semana Científica do Agreste Pernambucano: educação, ciência e sociedade em tempo de mudanças: perspectivas e desafios. Garanhuns: Universidade de Pernambuco, 2020. v. 2. p. 1937-1940.

  • ALVES, I. G. . Maternalismo: as contribuições da feminismo para a análise dos Estados de Bem-Estar.. In: Congresso Ibero-Americano de Humanidades, Ciências e Educação: Perspectivas, 2014, Criciúma. Anais do Congresso Ibero-Americano de Humanidades, Ciências e Educação. Criciúma: EdUnesc, 2014. v. 1. p. 118-119.

  • DUTRA, P. ; ALVES, I. G. . Fazer viver e deixar morrer: os discursos médico-sanitários na região carbonífera catarinense. In: I Simpósio de Divulgação Científica, 2021, Niterói. Caderno de Resumos do I Simpósio de Divulgação Científica. Niterói: UFF, 2021. v. 1. p. 70-71.

  • ALVES, I. G. ; SCHNEIDER, M. S. . O lugar das mulheres: políticas sociais de assistência a maternidade e infância em Criciúma/SC. In: III Seminário (Des)Fazendo Saberes na Fronteira: Lutas e (RE)Existências, 2021, Bagé. Anais III Seminário (Des)Fazendo Saberes na Fronteira: Lutas e (RE)Existências. Bagé: Unipampa, 2021. v. 3. p. 56-56.

  • SCHNEIDER, M. S. ; ALVES, I. G. . ?Quem forma o lar é o coração da mulher?: a construção dos discursos hegemônicos sobre as mulheres na mídia impressa. In: III Seminário (Des)Fazendo Saberes na Fronteira: Lutas e (RE)Existências., 2021, Bagé. Anais do III Seminário (Des)Fazendo Saberes na Fronteira: Lutas e (RE)Existências. Bagé: Unipampa, 2021. v. 3. p. 51-51.

  • PEDRO, T. H. ; SALVARO, Giovana Ilka Jacinto ; ALVES, I. G. . Trabalho (re)produtivo e projeto de vida de mulheres beneficiárias do programa bolsa família de Urussanga/SC. In: III Jornada de Desenvolvimento e Políticas Públicas, 2021, Criciúma. Anais da III Jornada de Desenvolvimento e Políticas Públicas. Criciúma: Ediunesc, 2021. v. 7. p. 01-02.

  • LEAL, R. A. S. ; SALVARO, Giovana Ilka Jacinto ; ALVES, I. G. . Maternidade e infância na relação capital-trabalho: uma análise discursiva de gênero em políticas sócio-médicoassistenciais na Região Carbonífera Catarinense (1960-1980). In: III Jornada de Desenvolvimento e Políticas Públicas, 2021, Criciúma. Anais da III Jornada de Desenvolvimento e Políticas Públicas. Criciúma: Ediunesc, 2021. v. 7. p. 01-02.

  • FAVERI, M. Q. ; ALVES, I. G. . trabalho doméstico remunerado. In: III Jornada de Desenvolvimento e Políticas Públicas, 2021, Criciúma. Anais da III Jornada de Desenvolvimento e Políticas Públicas. Criciúma: Ediunesc, 2021. v. 7. p. 01-02.

  • SCHNEIDER, M. S. ; ALVES, I. G. . Pedagogia materna e assistência: formação de mulheres no Centro de Estudos, Documentação e Informação Popular de Criciúma. In: III Jornada de Desenvolvimento e Políticas Públicas, 2021, Criciúma. Anais da III Jornada de Desenvolvimento e Políticas Públicas. Criciúma: Ediunesc, 2021. v. 7. p. 01-02.

  • OLIVEIRA, T. ; ALVES, I. G. . Assistência social, gênero e benevolência estatal: o primeirodamismo como instrumento de estado (1995-2020). In: III Jornada de Desenvolvimento e Políticas Públicas, 2021, Criciúma. Anais da III Jornada de Desenvolvimento e Políticas Públicas. Criciúma: Ediunesc, 2021. v. 7. p. 01-02.

  • BALDESSAR, J. S. ; ALVES, I. G. . A Sociedade de Assistência aos Trabalhadores Do Carvão e o amparo à maternidade e à infância pobre na segunda metade do século XX. In: III Jornada de Desenvolvimento e Políticas Públicas, 2021, Criciúma. Anais da III Jornada de Desenvolvimento e Políticas Públicas. Criciúma: Ediunesc, 2021. v. 7. p. 01-02.

  • BECKER, F. ; SALVARO, Giovana Ilka Jacinto ; ALVES, I. G. . Limites e possibilidades na participação de jogadoras no time de futebol do Criciúma Esporte Clube: uma análise de gênero e da divisão sexual do trabalho. In: III Jornada de Desenvolvimento e Políticas Públicas, 2021, Criciúma. Anais da III Jornada de Desenvolvimento e Políticas Públicas. Criciúma: Ediunesc, 2021. v. 7. p. 01-02.

  • SA, A. C. ; BIANCO, L. M. ; ALVES, I. G. . Cuidando das famílias pobres: a assistência social materno-infantil na região carbonífera catarinense (1930-1980). In: IV Congresso Ibero-Americano de Humanidades, Ciências e Educação: Desafios Contemporâneos das Sociedades Ibero-Americanas, 2020, Criciúma. Caderno de Resumos do IV Congresso Ibero-Americano de Humanidades, Ciências e Educação. Criciúma: EdiUnesc, 2020. v. 1. p. 1-1.

  • SA, A. C. ; ALVES, I. G. . A Sección Femenina de La Falange e Franquismo: a construção da subalternidade feminina em regimes autoritários. In: Seminário Internacional Fazendo Gênero 12, 2020, Florianópolis. Caderno de Resumos do Seminário Internacional Fazendo Gênero 12. Florianópolis: UFSC, 2021. v. 1. p. 1-1.

  • BALDESSAR, J. S. ; DUTRA, P. ; ALVES, I. G. . Cuidando das Famílias Pobres: A assistência social materno-infantil na região carbonífera catarinense (1930-1980). In: Seminário Internacional Fazendo Gênero 12, 2020, Florianópolis. Caderno de Resumos do Seminário Internacional Fazendo Gênero 12. Florianópolis: UFSC, 2021. v. 1. p. 1-1.

  • ALVES, I. G. . Filantropia, gênero e assistência: a Sociedade de Assistência aos Trabalhadores do Carvão e o controle materno-infantil na Região Carbonífera (1960-1980). In: Seminário Internacional Fazendo Gênero 12, 2020, Florianópolis. Caderno de Resumos do Seminário Internacional Fazendo Gênero 12. Florianópolis: UFSC, 2021. v. 1. p. 1-1.

  • SCHNEIDER, M. S. ; ALVES, I. G. . Pedagogia Materna: Cuidados e Trabalho Reprodutivo na Formação Política do Centro de Estudos, Documentação e Informação Popular de Criciúma (CEDIP) ? 1983 -1998.. In: IV Congresso Ibero-Americano de Humanidades, Ciências e Educação: Desafios Contemporâneos das Sociedades Ibero-Americanas, 2020, Criciúma. Caderno de Resumos IV Congresso do Ibero-Americano de Humanidades, Ciências e Educação. Criciúma: EdiUnesc, 2021. v. 1. p. 1-1.

  • SILVA, I. B. B. ; ALVES, I. G. . Políticas materno-infantis e problemas médico-sanitários: assistência social em Lauro Müller (1930-1960). In: IV Congresso Ibero-Americano de Humanidades, Ciências e Educação:, 2020, Criciúma. Desafios Contemporâneos das Sociedades Ibero-Americanas. Criciúma: EdiUnesc, 2021. v. 1. p. 1-1.

  • FAVERI, M. Q. ; ALVES, I. G. . Teoria feminista e o trabalho: Aspectos teóricos da visibilidade do trabalho reprodutivo. In: Seminário Internacional Fazendo Gênero 12, 2020, Florianópolis. Caderno de Resumos do Seminário Internacional Fazendo Gênero 12. Florianópolis: UFSC, 2021. v. 1. p. 1-1.

  • SA, A. C. ; BALDESSAR, J. S. ; ALVES, I. G. . O primeiro franquismo na Espanha: a reconstrução da subalternização das mulheres espanholas. In: I Seminário Interdisciplinar Linguagens, Culturas e Educação: Novo Normal (?): Artes e Diversidades em isolamentos, 2020, Palmas/Iporá. Livro de Resumos do I Seminário Interdisciplinar Linguagens, Culturas e Educação: Novo Normal (?): Artes e Diversidades em isolamentos. Porto Alegre: Editora Fi, 2020. v. 1. p. 39-39.

  • BALDESSAR, J. S. ; SA, A. C. ; ALVES, I. G. . As políticas da assistência social materno-infantil na região carbonífera catarinense (1930-1980). In: I Seminário Interdisciplinar Linguagens, Culturas e Educação: Novo Normal (?): Artes e Diversidades em isolamentos, 2020, Palmas/Iporá. Livro de Resumos do I Seminário Interdisciplinar Linguagens, Culturas e Educação: Novo Normal (?): Artes e Diversidades em isolamentos. Porto Alegre: Editora Fi, 2020. v. 1. p. 97-98.

  • GOMES, C. M. ; ALVES, I. G. . A naturalização da violência contra a mulher na música sertaneja universitária. In: I Seminário Interdisciplinar Linguagens, Culturas e Educação: Novo Normal (?): Artes e Diversidades em isolamentos, 2020, Palmas/Iporá. Livro de Resumos do I Seminário Interdisciplinar Linguagens, Culturas e Educação: Novo Normal (?): Artes e Diversidades em isolamentos. Porto Alegre: Editora Fi, 2020. v. 1. p. 268-269.

  • SCHNEIDER, M. S. ; ALVES, I. G. . Gênero e assistência: a pedagogia materna nas práticas de um centro de estudos, documentação e informação popular em Criciúma-SC (1983/1998). In: I Seminário Interdisciplinar Linguagens, Culturas e Educação: Novo Normal (?): Artes e Diversidades em isolamentos, 2020, Palmas/Iporá. Livro de Resumos do I Seminário Interdisciplinar Linguagens, Culturas e Educação: Novo Normal (?): Artes e Diversidades em isolamentos. Porto Alegre: Editora Fi, 2020. v. 1. p. 316-317.

  • FAVERI, M. Q. ; ALVES, I. G. . Trabalhadoras domésticas: aspectos sobre a emenda constitucional n 72/2013 e a Lei Complementar n150/2015. In: I Seminário Interdisciplinar Linguagens, Culturas e Educação: Novo Normal (?): Artes e Diversidades em isolamentos, 2020, Palmas/Iporá. Livro de Resumos do I Seminário Interdisciplinar Linguagens, Culturas e Educação: Novo Normal (?): Artes e Diversidades em isolamentos. Porto Alegre: Editora Fi, 2020. v. 1. p. 318-319.

  • SCHNEIDER, M. S. ; ALVES, I. G. . Gênero e maternidade em foco: assistência as camadas populares em um Centro de Estudos, Documentação e Informação Popular de Criciúma ? SC (1983-1998). In: I Congresso Brasileiro Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia: um mundo em constante transformação, 2020, Diamantina. Anais do I Congresso Brasileiro Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia: um mundo em constante transformação. Recife: Even3, 2020. v. 1. p. 01-01.

  • SILVA, I. B. B. ; ALVES, I. G. . O desenvolvimento das políticas materno-infantis e suas implicações no município de Lauro Muller (1930- 1960). In: I Seminário do Núcleo Interdisciplinar de Estudos de Gênero, 2020, Criciúma. Caderno de Resumos do I Seminário do Núcleo Interdisciplinar de Estudos de Gênero. Criciúma: NIEGEN, 2020. v. 1. p. 15-15.

  • FAVERI, M. Q. ; ALVES, I. G. . ?PEC das domésticas?: um estudo com trabalhadoras da Região Carbonífera Catarinense. In: I Seminário do Núcleo Interdisciplinar de Estudos de Gênero, 2020, Criciúma. Caderno de Resumos do I Seminário do Núcleo Interdisciplinar de Estudos de Gênero. Criciúma: NIEGEN, 2020. v. 1. p. 10-10.

  • OLIVEIRA, T. ; ALVES, I. G. . A representação social das primeiras-damas nacionais como instrumento político-ideológico de estado. In: I Seminário do Núcleo Interdisciplinar de Estudos de Gênero, 2020, Criciúma. Caderno de Resumos do I Seminário do Núcleo Interdisciplinar de Estudos de Gênero. Criciúma: NIEGEN, 2020. v. 1. p. 13-13.

  • GOMES, C. M. ; ALVES, I. G. . A intervenção das políticas assistenciais na maternidade e infância pobres na Região Carbonífera Catarinense (1930-1980). In: I Seminário do Núcleo Interdisciplinar de Estudos de Gênero, 2020, Criciúma. Caderno de Resumos do I Seminário do Núcleo Interdisciplinar de Estudos de Gênero. Criciúma: NIEGEN, 2020. v. 1. p. 05-05.

  • BALDESSAR, J. S. ; DUTRA, P. ; ALVES, I. G. . A intervenção das políticas assistenciais na maternidade e infância pobres na Região Carbonífera Catarinense (1930-1980). In: I Seminário do Núcleo Interdisciplinar de Estudos de Gênero, 2020, Criciúma. Caderno de Resumos do I Seminário do Núcleo Interdisciplinar de Estudos de Gênero. Criciúma: NIEGEN, 2020. v. 1. p. 16-16.

  • SCHNEIDER, M. S. ; ALVES, I. G. . Gênero e Formação Pedagógica: A Construção da Maternidade através das Políticas Sociais em Criciúma (1983-1998). In: I Seminário do Núcleo Interdisciplinar de Estudos de Gênero, 2020, Criciúma. Caderno de Resumos do I Seminário do Núcleo Interdisciplinar de Estudos de Gênero. Criciúma: NIEGEN, 2020. v. 1. p. 09-09.

  • OLIVEIRA, T. ; ALVES, I. G. . Mulheres, assistência social e relações de poder: a instrumentalização do primeiro-damismo pelo estado (1995-2020). In: XIV Colóquio de História da Unicap / IV Colóquio de História do PPGH: América Latina: narrativas, culturas e resistências, 2020, Recife. Caderno de Resumos do XIV Colóquio de História da Unicap / IV Colóquio de História do PPGH América Latina: narrativas, culturas e resistências. Recife: UNICAP, 2020. v. 1. p. 59-60.

  • SCHNEIDER, M. S. ; ALVES, I. G. . ?Quem forma o lar é o coração da mulher?: a construção dos discursos hegemômicos sobre as mulheres na mídia impressa. In: III Seminário (Des)Fazendo Saberes na Fronteira: Lutas e (RE)Existências, 2020, Criciúma. Anais do III Seminário (Des)Fazendo Saberes na Fronteira: Lutas e (RE)Existências. Bagé: Unipampa, 2020. v. 3. p. 51-51.

  • SCHNEIDER, M. S. ; ALVES, I. G. . O lugar das mulheres: políticas sociais de assistência a maternidade e infância em Criciúma/SC. In: III Seminário (Des)Fazendo Saberes na Fronteira: Lutas e (RE)Existências, 2020, Criciúma. Anais do III Seminário (Des)Fazendo Saberes na Fronteira: Lutas e (RE)Existências. Bagé: Unipampa, 2020. v. 3. p. 56-56.

  • ALVES, I. G. . Departamento Nacional da Criança: a institucionalização da infância e a instrumentalização da maternidade. In: 30 Simpósio Nacional de História: História e o Futuro da Educação no Brasil, 2019, Recife. Caderno de Resumos 30 Simpósio Nacional de História. Recife: UFPE, 2019. v. 1. p. 1-1.

  • SA, A. C. ; ALVES, I. G. . A Sección Femenina de la Falange Espaola: gênero e assistência social no Primeiro Franquismo. In: X Semana de Ciência e Tecnologia UNESC, 2019, Criciúma. Anais da X Semana de Ciência e Tecnologia UNESC. Criciúma: EdiUnesc, 2019. v. 10. p. 349-349.

  • SCHNEIDER, M. S. ; ALVES, I. G. . Construindo feminilidades: as mulheres nos discursos do jornal Campinas (1936) e Tribuna do sul (1955). In: X Semana de Ciência e Tecnologia da UNESC, 2019, Criciúma. Anais da X Semana de Ciência e Tecnologia. Criciúma: EdiUnesc, 2019. v. 10. p. 350-350.

  • TEIXEIRA, B. W. ; ALVES, I. G. . O modelo assistencial da Sección Femenina de la falange no Primeiro Franquismo: possíveis relações Brasil-Espanha. In: X Semana de Ciência e Tecnologia, 2019, Criciúma. Anais da X Semana de Ciência e Tecnologia. Criciúma: EdiUnesc, 2019. v. 10. p. 358-358.

  • MARCOS, B. P. ; ALVES, I. G. . O trabalho de cuidado das mulheres e os concursos de robustez infantil no Brasil que difundiam a puericultura entre as camadas pobres (1940-1960). In: X Semana de Ciência e Tecnologia, 2019, Criciúma. Anais da X Semana de Ciência e Tecnologia. Criciúma: EdiUnesc, 2019. v. 10. p. 360-360.

  • ROCHA, L. A. ; ALVES, I. G. ; CRISPIM, C. S. ; NUNES, H. B. S. ; LIMA, J. P. S. ; GOMES, C. M. . Residência Pedagógica: relatos de experiências e a abordagem dos Direitos Humanos em sala de aula. In: X Semana de Ciência e Tecnologia, 2019, Criciúma. Anais da X Semana de Ciência e Tecnologia. Criciúma: EdiUnesc, 2019. v. 10. p. 680-680.

  • OLIVEIRA, T. ; ALVES, I. G. . Face e feitio da Legião Brasileira de Assistência: bondade e benevolência à exemplo de Darcy Vargas (1940-1950). In: X Semana de Ciência e Tecnologia, 2019, Criciúma. Anais da X Semana de Ciência e Tecnologia. Criciúma: EdiUnesc, 2019. v. 10. p. 353-353.

  • ALVES, I. G. ; VILLENA, A. M. . La cuestión social en Concepción Arenal: la asistencia social en Espaa decimonónica. In: XV Corredor de las Ideas del Cono Sur, X Coloquio Internacional de Filosofía Política, 2018, Bahia Blanca. Libro de Resúmenes del XV Corredor de las Ideas del Cono Sur, X Coloquio Internacional de Filosofía Política. Bahia Blanca: CEINA Humanidades, 2018. v. 1. p. 04-05.

  • ALVES, I. G. . Maternidade e Infância na Primeira República: Filantropia, Caridade e Assistência Social na Cidade do Rio de Janeiro. In: III Congresso Ibero-Americano de Humanidades, Ciências e Educação, 2018, Criciúma. Anais do III Congresso Ibero-Americano de Humanidades, Ciências e Educação. Criciúma: EdiUnesc, 2018. v. 1. p. 1-1.

  • CORDOVA, I. ; ALVES, I. G. . Políticas Sociais: Impactos dos Programas de Transferência de Renda Condicionada em Criciúma - SC. In: III Congresso Ibero-Americano de Humanidades, Ciências e Educação, 2018, Criciúma. Anais do III Congresso Ibero-Americano de Humanidades, Ciências e Educação. Criciuma: EdiUnesc, 2018. v. 1. p. 1-1.

  • ALVES, I. G. . Assistência materno-infantil na Primeira República: entre o discurso médico e a ação estatal. In: XXIX Simpósio Nacional de História: Contra os Preconceitos: História e Democracia, 2017, Brasília. Caderno de Resumos do XXIX Simpósio Nacional de História: Contra os Preconceitos: História e Democracia. Brasília: UNB, 2017. v. 1. p. 1364-1365.

  • ALVES, I. G. . Sección Femenina de la Falange Espaola e as políticas feminizadoras do Primeiro Franquismo: o Servicio Social de la Mujer como possibilidade de ação na esfera pública. In: 13 Congresso Mundos de Mulheres (MM) e 11 Fazendo Gênero, 2017, Criciúma. Carderno de Resumos do 13 Congresso Mundos de Mulheres (MM) e 11 Fazendo Gênero. Florianópolis: UFSC, 2017. v. 1. p. 01-01.

  • CORDOVA, I. ; ALVES, I. G. . Programas de Transferência Condicionada de Renda em Criciúma: transformações sociais e novos arranjos familiares. In: I Jornada Nacional de Desenvolvimento e Políticas Públicas V Seminário de Ciências Sociais Aplicadas, 2016, Criciúma. Anais da Jornada Nacional de desenvolvimento e Políticas Públicas. Criciúma: EdiUnesc, 2016. v. 5. p. 1-1.

  • OLIVEIRA, T. ; ALVES, I. G. . Os cuidados aos necessitados na Era Vargas: Legião Brasileira de Assistência e suas ações em Santa Catarina. In: I Jornada Nacional de Desenvolvimento e Políticas Públicas V Seminário de Ciências Sociais Aplicadas, 2016, Criciúma. Anais da Jornada Nacional de desenvolvimento e Políticas Públicas. Criciúma: EdiUnesc, 2016. v. 5. p. 1-1.

  • CORDOVA, I. ; ALVES, I. G. . Os programas de transferência condicionada de renda em Criciúma: transformações sociais e novos arranjos familiares. In: VII Semana de Ciência e Tecnologia (SCT), 2016, Criciúma. Anais da VII Semana de Ciência e Tecnologia (SCT). Criciúma: EdiUnesc, 2016. v. 7. p. 7-7.

  • ALVES, I. G. . Entre chás, salões e caridade: as organizações de mulheres e a assistência em Criciúma (1950-1960). In: XVI Encontro Estadual de História da ANPUH-SC: História e Movimentos Sociais, 2016, Chapecó. Anais do Encontro Estadual de História da ANPUH-SC. Chapecó: UFFS, 2016. v. 1. p. 1-2.

  • ALVES, I. G. . Filantropia e Assistência no extremo sul catarinense: Sociedade de Assistência aos Trabalhadores do Carvão (SATC) e a tutela médico-sanitária das relações materno-infantis.. In: XXVIII Simpósio Nacional de História: lugares dos historiadores: velhos e novos desafios, 2015, Florianópolis. Caderno de Resumos do XXVIII Simpósio Nacional de História. Florianópolis: ANPUH, 2015. v. 1. p. 340-341.

  • ALVES, I. G. . Federação Brasileira pelo Progresso Feminino: assistência social e ativismo político em favor da maternidade e infância. In: IV Congreso Internacional Ciencias, Tecnologías y Culturas: Dialogos entre las Disciplinas del Conocimiento: Hacia uma Internacional del Conocimiento, 2015, Santiago de Chile. Anais do IV Congreso Internacional Ciencias, Tecnologías y Culturas: Dialogos entre las Disciplinas del Conocimiento: Hacia uma Internacional del Conocimiento. Santiago de Chile: USACH, 2015. v. 1. p. 07-07.

  • SERAFIM, HENRIQUE RABELLO ; ALVES, I. G. . Formulação, implantação e adequação do Bolsa Família: uma visão interdisciplinar. In: VI Semana de Ciência e Tecnologia, 2015, Criciúma. Anais da VI Semana de Ciência e Tecnologia. Criciúma: EdiUnesc, 2015. v. 6. p. 1-1.

  • BALDESSAR, J. S. ; ALVES, I. G. . A assistência no extremo sul catarinense: a Sociedade de Assistência aos Trabalhadores do Carvão e o amparo à maternidade e à infância pobre na segunda metade do século XX. In: VI Semana de Ciência e Tecnologia, 2015, Criciúma. Anais da VI Semana de Ciência e Tecnologia. Criciúma: EdiUnesc, 2015. v. 6. p. 1-1.

  • ALVES, I. G. . Maternalismo e políticas públicas: uma possibilidade interpretativa para análise do Estado de Bem-Estar Brasileiro. In: II Seminário Internacional História do Tempo Presente, 2014, Florianópolis. Caderno de resumos II Seminário Internacional História do Tempo Presente. Florianópolis: UDESC, 2014. v. 1.

  • ALVES, I. G. . La Sección Femenina de la Falange e assistência social no Primeiro Franquismo. In: Seminário Internacional Fazendo Gênero 10 - Desafios Atuais dos Feminismos, 2013, Florianópolis. Anais Eletrônicos do Seminário Internacional Fazendo Gênero 10 - Desafios Atuais dos Feminismos. Florianópolis: UFSC, 2013. v. 1. p. 612-612.

  • ALVES, I. G. . Primeiras análises: um breve inventário sobre a produção de políticas públicas materno-infantis no complexo carbonífero catarinense. In: XXVI Simpósio Nacional de História, 2011, São Paulo. Resumos Eletronicos. São Paulo, 2011. v. 1. p. 1-1.

  • ALVES, I. G. . Breves considerações: memórias da maternidade na região carbonífera catarinense. In: Fazendo Gênero 9: Diásporas, Diversidades, deslocamentos, 2010, Florianópolis. Anais eletronicos Fazendo Gênero 9. Florianópolis, 2010. v. 1. p. 1-1.

  • ALVES, I. G. . Cuidar, cozinhar e lavar: a construção do feminino nas vilas operárias de Criciúma (1950-1960). In: XIII Encontro Estadual de História; IV Encontro Estadual do GT Gênero de Santa Catarina; I Encontro Estadual do GT Estudos Africanos e da Diáspora: História: desafios para o Tempo Presente, 2010, Chapecó. Cadernos de Resumo: História: desafios para o Tempo Presente. Chapecó: Unochapecó, 2010. v. 1. p. 18-18.

  • ALVES, I. G. . Proteger e educar: a construção da família sadia através de cursos populares na região carbonífera catarinense. In: XII Encontro Regional de História da Anpuh-Pr. e da VI Semana de História: Regiões, imigrações, identidades, 2010, Irati. Caderno de programas e resumos do XII Encontro Regional de História da Anpuh-Pr. Unicentro: Irati, 2010. v. 01. p. 65-65.

  • ALVES, I. G. ; SANFELICE, P. P. . Reflexos de um espelho opaco: a construção através das múltiplas sexualidades de Vênus e Maria. In: V Simpósio Nacional de História Cultural Brasilia 50 anos:Ler e ver: paisagens subjetivas e paisagens culturais, 2010, Brasília. Caderno de Resumos do V Simpósio Nacional de História Cultural Brasilia 50 anos:Ler e ver: paisagens subjetivas e paisagens culturais. Brasília: UNB, 2010. v. 1. p. 117-118.

  • ALVES, I. G. . Meninas e meninos em notícias: protaganistas de um dantesco espetáculo, onde a miséria possui papel preponderante. In: XII Encontro Estadual de História: História, Ensino e Pesquisa; III Encontro Estadual do Grupo de Trabalho Gênero de Santa Catarina; IV Jornada Nacional de História do Trabalho, 2008, Criciúma. Caderno de resumos do XII Encontro Estadual de História: História, Ensino e Pesquisa; III Encontro Estadual do Grupo de Trabalho Gênero de Santa Catarina; IV Jornada Nacional de História do Trabalho. Criciúma: UNESC, 2008. p. 128-128.

  • ALVES, I. G. . A Divina Providência vai a Vila Operária: o projeto normalizador das famílias mineiras na Vila Operária Próspera.. In: IX Encontro Nacional de História Oral: Testemunhos e Conhecimentos, 2008, São Leopoldo. Caderno de Resumos do IX Encontro Nacional de História Oral: Testemunhos e Conhecimentos. São Leopoldo: OIKOS, 2008. p. 208-208.

  • ALVES, I. G. . O projeto moralizador das famílias mineiras na Vila Operária Próspera - Criciúma. In: XXIV Simpósio Nacional de História - História e Multidisciplinariedade: territórios e deslocamentos, 2007, São Leopoldo. Caderno de Resumos do XXIV Simpósio Nacional de História:História e multidisciplinaridade: territórios e deslocamentos, 2007. p. 429-429.

  • ALVES, I. G. . O Processo de Moralização e Disciplinarização das Famílias Mineiras da Vila Operária Prospera (1950 - 1960). In: Simpósio Nacional Dimensões do Urbano, 2006, Criciúma. Caderno de Resumos do Simpósio Nacional Dimensões do Urbano. Criciúma: UNESC, 2006.

  • NETO, Adílio Luiz da Silveira ; ALVES, I. G. . Outras Linguagens para o Ensino de História. In: XI Encontro Estadual de História: Mídia e Cidadania, 2006, Florianópolis. Caderno de Resumos do XI Encontro Estadual de História: Mídia e Cidadania. Florianóplois: Anpuh-SC, 2006. p. 79-79.

  • ALVES, I. G. . O Processo de Moralização e Disciplinarização das Famílias Mineiras da Vila Operária Prospera (1950 - 1960). In: III Simpósio Nacional de História Cultural - Mundos da Imagem: Do Texto ao Visual, 2006, Florianópolis. Caderno de Resumos III Simpósio Nacional de História Cultural - Mundos da Imagem: Do Texto ao Visual. Florianópolis: UFSC, 2006. p. 74-74.

  • NETO, Adílio Luiz da Silveira ; ALVES, I. G. ; BITENCOURT, João Batista ; ZANELATTO, J. H . Programa de Capacitação e Atualização para Professores de História da rede Pública, Visando ao Trabalho com Novas linguagens. In: II Seminário Integrado de Ensino, Pesquisa e Extensão / V Seminário de Iniciação Científica, 2005, Criciúma. Caderno de Resumos do II Seminário Integrado de Ensino, Pesquisa e Extensão / V Seminário de Iniciação Ciêntifica. Criciúma: UNESC, 2005. p. 110-111.

  • ALVES, I. G. ; RABELO, G. . Álbum/Relatório das Pequenas Irmãs da Divina Providência: registros da assistência médico-social na Região Carbonífera Catarinense (1955-1957). História, Ciências, Saúde-Manguinhos , 2022.

  • SA, A. C. ; ALVES, I. G. . ?Sujeitos de direitos?: o discurso sobre a infância na construção das políticas assistenciais no projeto Criciúma Criança (1990-1992). Ejes de economía y sociedad , 2022.

  • ALVES, I. G. . Assistência materno-infantil no sul da Santa Catarina: as instituições médico-sociais e a reprodução da força de trabalho no espaço carbonífero. 2021. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • DUTRA, P. ; ALVES, I. G. . Fazer viver e deixar morrer: os discursos médico-sanitários na região carbonífera catarinense. 2021. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • BALDESSAR, J. S. ; ALVES, I. G. . A Sociedade de Assistência aos Trabalhadores do Carvão e o amparo à Maternidade e à Infância na Região Carbonífera Catarinense (1959-1984). 2021. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • DUTRA, P. ; MENDES, L. P. ; ALVES, I. G. . Políticas sociais frente às infâncias ?desvalidas? da Região Carbonífera Catarinense: 1930 à 1960. 2021. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • BALDESSAR, J. S. ; SA, A. C. ; ALVES, I. G. . As políticas da Assistência Social materno-infantil na região carbonífera catarinense (1930-1980). 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • FAVERI, M. Q. ; ALVES, I. G. . Trabalhadoras Domésticas: Aspectos sobre a Emenda Constitucional n 72/2013 e a Lei Complementar n150/2015. 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SCHNEIDER, M. S. ; ALVES, I. G. . Gênero e assistência: a pedagogia materna nas práticas de um centro de estudos, documentação e informação popular em Criciúma-SC (1983/1998). 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SA, A. C. ; BALDESSAR, J. S. ; ALVES, I. G. . O Primeiro Franquismo na Espanha: a reconstrução da subalternização das mulheres espanholas. 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • GOMES, C. M. ; ALVES, I. G. . A naturalização da violência contra a mulher na música sertaneja universitária. 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • MARTINS, C. G. ; ALVES, I. G. . A naturalização da violência contra a mulher na música sertaneja universitária. 2020. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SA, A. C. ; BALDESSAR, J. S. ; DUTRA, P. ; ALVES, I. G. . As atribuições de gênero através dos discursos da Sección Femenina de la Falange: a restauração da subalternidade das mulheres espanholas. 2020. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SCHNEIDER, M. S. ; ALVES, I. G. . Gênero e maternidade em foco: assistência as camadas populares em um Centro de Estudos, Documentação e Informação Popular de Criciúma ? SC (1983-1998). 2020. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FAVERI, M. Q. ; ALVES, I. G. . Interdisciplinaridade na escola: uma revisão bibliográfica. 2020. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • BALDESSAR, J. S. ; DUTRA, P. ; SA, A. C. ; ALVES, I. G. . Políticas assistenciais na região carbonífera catarinense (1930-1980): investigações acerca do acervo Memória e Cultura do Carvão (CEDOC/UNESC). 2020. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FARIAS, M. G. ; ALVES, I. G. . Teologia da Libertação: a luta dos pobres no contexto brasileiro e o despertar dos oprimidos. 2020. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SILVA, I. B. B. ; ALVES, I. G. . O desenvolvimento das políticas materno-infantis e suas implicações no município de Lauro Muller (1930- 1960). 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • FAVERI, M. Q. ; ALVES, I. G. . ?PEC das domésticas?: um estudo com trabalhadoras da Região Carbonífera Catarinense. 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • OLIVEIRA, T. ; ALVES, I. G. . A representação social das primeiras-damas nacionais como instrumento político-ideológico de estado. 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • BALDESSAR, J. S. ; DUTRA, P. ; ALVES, I. G. . A intervenção das políticas assistenciais na maternidade e infância pobres na Região Carbonífera Catarinense (1930-1980). 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • GOMES, C. M. ; ALVES, I. G. . Cantando o gênero: a música sertaneja universitária e a naturalização da violência contra a mulher. 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SCHNEIDER, M. S. ; ALVES, I. G. . Gênero e Formação Pedagógica: A Construção da Maternidade através das Políticas Sociais em Criciúma (1983-1998). 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SCHNEIDER, M. S. ; ALVES, I. G. . A construção da maternidade e os estereótipos de gênero nas práticas de um centro de Estudos e Documentação em Criciúma (83-98). 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SA, A. C. ; ALVES, I. G. . Políticas sociais nas terras do carvão: uma análise da assistência social na Região Carbonífera Catarinense a partir da categoria de gênero. 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SILVA, I. B. B. ; ALVES, I. G. . Os reflexos das políticas públicas de saúde sobre a mortalidade infantil no município de Lauro Müller (1930- 1960). 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SCHNEIDER, M. S. ; ALVES, I. G. . A Mulher nos Olhares da Mídia Impressa: A Construção de Estereótipos e a Naturalização das Desigualdades. 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • OLIVEIRA, T. ; ALVES, I. G. . As primeiras-damas e benesse estatal: instrumentalização da feminilidade e gestão social. 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • GOMES, C. M. ; ALVES, I. G. . Gênero, Rimas e Melodias: Construção de feminilidades e violência contra as mulheres nas canções do Sertanejo Universitário. 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • ALVES, I. G. . Educação como direito de todos. 2020. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • GOMES, C. M. ; ALVES, I. G. . Entre rimas: a música sertaneja universitária e a naturalização da violência contra a mulher. 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SA, A. C. ; BALDESSAR, J. S. ; DUTRA, P. ; ALVES, I. G. . Os discursos empreendidos pela Sección Femenina de la Falange: a reconstrução da subordinação feminina. 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • DUTRA, P. ; BALDESSAR, J. S. ; SA, A. C. ; ALVES, I. G. . A assistência social materno-infantil na Região Carbonífera Catarinense (1930-1980): incursões sobre o acervo Memória e Cultura do Carvão (CEDOC/UNESC). 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • FAVERI, M. Q. ; ALVES, I. G. . Trabalhadoras domésticas: uma revisão sobre a emenda constitucional n 72/2013 e a lei complementar n 150/2015. 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SCHNEIDER, M. S. ; ALVES, I. G. . O Lugar das Mulheres: Políticas Sociais de Assistência a Maternidade e Infância em Criciúma/SC. 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • DUTRA, P. ; BALDESSAR, J. S. ; SA, A. C. ; ALVES, I. G. . Uma análise do acervo memória e cultura do carvão e as políticas de proteção materno-infantis do sul catarinense (1930-1980). 2020. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • SILVA, I. B. B. ; ALVES, I. G. . Maternidade e infância em risco: problemas médico-sanitários e as ações profiláticas na cidade de Lauro Muller (1940 ? 1960). 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SILVA, I. B. B. ; ALVES, I. G. . Os reflexos das políticas públicas de saúde sobre a mortalidade infantil no município de Lauro Müller (1930- 1960). 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • ALVES, I. G. . A Sociedade de Assistência aos Trabalhadores do Carvão e o controle materno-infantil na Região Carbonífera (1959-1980). 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • BALDESSAR, J. S. ; ALVES, I. G. . Cuidando das famílias pobres: o acervo Centro de estudos, Documentação e Informação Popular de Criciúma e a assistência social materno-infantil na região carbonífera. 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • OLIVEIRA, T. ; ALVES, I. G. . Permanências e rupturas do primeiro-damismo brasileiro (1995-2020). 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SA, A. C. ; ALVES, I. G. . Assistência social e filantropia no sul de Santa Catarina. 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • FAVERI, M. Q. ; ALVES, I. G. . Trabalhadoras domésticas e os reflexos da Lei Complementar n150/2015. 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • GOMES, C. M. ; ALVES, I. G. . Sertanejo universitário: relações de gênero e a naturalização da violência contra a mulher no discurso musical. 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SCHNEIDER, M. S. ; ALVES, I. G. . Representações do Feminino: Relações entre Maternidade e Gênero em um Centro de Articulação Social. 2020. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • DUTRA, P. ; ALVES, I. G. . Memória e Cultura do Carvão: organização e catalogação do acervo do CEDOC/UNESC. 2020. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • ALVES, I. G. . Departamento Nacional da Criança: a institucionalização da infância e a instrumentalização da maternidade. 2019. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SA, A. C. ; ALVES, I. G. . A Sección Femenina de la Falange Espaola: gênero e assistência social no Primeiro Franquismo. 2019. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SCHNEIDER, M. S. ; ALVES, I. G. . Construindo feminilidades: as mulheres nos discursos do jornal Campinas (1936) e Tribuna do sul (1955). 2019. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • TEIXEIRA, B. W. ; ALVES, I. G. . O modelo assistencial da Sección Femenina de la falange no Primeiro Franquismo: possíveis relações Brasil-Espanha. 2019. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MARCOS, B. P. ; ALVES, I. G. . O trabalho de cuidado das mulheres e os concursos de robustez infantil no Brasil que difundiam a puericultura entre as camadas pobres (1940-1960). 2019. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • ROCHA, L. A. ; ALVES, I. G. ; CRISPIM, C. S. ; NUNES, H. B. S. ; LIMA, J. P. S. ; GOMES, C. M. . Residência Pedagógica: relatos de experiências e a abordagem dos Direitos Humanos em sala de aula. 2019. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • OLIVEIRA, T. ; ALVES, I. G. . Face e feitio da Legião Brasileira de Assistência: bondade e benevolência à exemplo de Darcy Vargas (1940-1950). 2019. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • TEIXEIRA, B. W. ; ALVES, I. G. . Legião Brasileira de Assistência (LBA) e os cuidados: a ação social das mulheres e as múltiplas possibilidades de atuação na esfera pública (1940-1950). 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • BALDESSAR, J. S. ; OLIVEIRA, T. ; ALVES, I. G. . Legião Brasileira de Assistência em impressos: gênero, classe e etnia no discurso jornalístico durante a Segunda Grande Guerra. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • NUNES, H. B. S. ; ALVES, I. G. . Sección Femenina de la Falange Espaola e o Discurso sobre a Maternidade: a mulher mãe na Espanha do Primeiro Franquismo. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MARCOS, B. P. ; ALVES, I. G. . A Legião Brasileira de Assistência e os concursos de robustez infantil. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • CORDOVA, I. ; ALVES, I. G. . Políticas Sociais: Impactos dos Programas de Transferência de Renda Condicionada em Criciúma - SC. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • ALVES, I. G. . Maternidade e Infância na Primeira República:Filantropia, Caridade e Assistência Social na Cidade do Rio de Janeiro. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SALVARO, Giovana Ilka Jacinto ; CORTINA, M. O. C. ; ALVES, I. G. . A (re)produção da violência de gênero em ?tempos? da Lei Maria da Penha (Lei 11.340/2006): reflexões a partir de indicadores da Comarca de Criciúma/SC. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • ALVES, I. G. . Os problemas da maternidade e da infância no Brasil: as políticas sociais e de saúde na Primeira República. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • BALDESSAR, J. S. ; OLIVEIRA, T. ; ALVES, I. G. ; CARDOSO, M. G. . A casa de Cecília, o museu de Augusto: as representações de gênero e trabalho nos discursos identitários de Criciúma. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • ALVES, I. G. . Os discursos médicos sanitários sobre a mortalidade infantil no sul de Santa Catarina. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SA, A. C. ; ARROYO, M. A. ; ALVES, I. G. . A Sección Femenina de la Falange Espaola: as mulheres na Espanha franquista. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • OLIVEIRA, T. ; ALVES, I. G. . As legionárias da Legião Brasileira de Assistência sob a perspectiva do maternalismo político. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • TEIXEIRA, B. W. ; ALVES, I. G. . Legião Brasileira de Assistência (lba) e os cuidados: a ação social das mulheres e as múltiplas possibilidades de atuação na esfera pública (1940-1950). 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • DIAS, C. ; ALVES, I. G. . Juventude negra de Criciúma: pautas políticas e mobilização social entre os anos de 1980 e 1990. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • BALDESSAR, J. S. ; OLIVEIRA, T. ; SCHNEIDER, M. S. ; ALVES, I. G. . Legião Brasileira de Assistência nas páginas dos jornais: pobreza e assistência no discurso jornalístico brasileiro (1940-1960). 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • OLIVEIRA, T. ; BALDESSAR, J. S. ; SCHNEIDER, M. S. ; ALVES, I. G. ; CARDOSO, M. G. . Gênero e trabalho doméstico em perspectiva: o museu Augusto Casagrande e a memória de Cecília Darós. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • ARROYO, M. A. ; SA, A. C. ; ALVES, I. G. . A Sección Femenina de la Falange Espaola: o lugar das mulheres no regime franquista. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • TEIXEIRA, B. W. ; ALVES, I. G. . Legião Brasileira de Assistência (LBA) e os cuidados: a puericultura e a moralização da maternidade. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • MARCOS, B. P. ; ALVES, I. G. . A difusão da puericultura entre as camadas pobres do Brasil: concursos de robustez infantil e o trabalho de cuidado das mulheres (1940-1960). 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • ALVES, I. G. . Los archivos de la Federação Brasileira pelo Progresso Feminino: la protección de la maternidad e infancia como elementos del activismo político feminista. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • ALVES, I. G. . História e Trajetorias dos Feminismos. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • CORDOVA, I. ; ALVES, I. G. . Os programas de transferência condicionada de renda em Criciúma: transformações sociais e novos arranjos familiares. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • BALDESSAR, J. S. ; ALVES, I. G. . A Assistência no extremo Sul Catarinense: A Sociedade dos Trabalhadores do Carvão e o amparo à maternidade e infância pobre na segunda metade do século XX. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • ALVES, I. G. . 'Entre chás, salões e caridade: as organizações de mulheres e a assistência em Criciúma (1950-1960). 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • ALVES, I. G. . Filantropia e Assistência no extremo sul catarinense: Sociedade de Assistência aos Trabalhadores do Carvão (SATC) e a tutela médico-sanitária das relações materno-infantis. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • ALVES, I. G. . Federação Brasileira pelo Progresso Feminino: assistência social e ativismo político em favor da maternidade e infância. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • BALDESSAR, J. S. ; ALVES, I. G. . ? A assistência no extremo sul catarinense: a Sociedade de Assistência aos Trabalhadores do Carvão e o amparo à maternidade e à infância pobre na segunda metade do século XX.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • ALVES, I. G. . Maternalismo: as contribuições da feminismo para a análise dos Estados de Bem-Estar. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • ALVES, I. G. . Pesquisas Acadêmicas em História do Tempo Presente. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVES, I. G. . La Sección Femenina de la Falange e assistência social no Primeiro Franquismo. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • ALVES, I. G. . Maternidades. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVES, I. G. . Questões de Gênero e Educação. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVES, I. G. . Gênero, feminismos e educação. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVES, I. G. . Primeiras análises: um breve inventário sobre a produção de políticas públicas materno-infantis no complexo carbonífero catarinense. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • ALVES, I. G. . Breves considerações: memórias da maternidade na região carbonífera catarinense. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • ALVES, I. G. . Cuidar, cozinhar e lavar: a construção do feminino nas vilas operárias de Criciúma (1950-1960). 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • ALVES, I. G. ; SANFELICE, P. P. . Reflexos de um espelho opaco: a construção através das múltiplas sexualidades de Vênus e Maria. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • ALVES, I. G. . Meninas e meninos em notícias: protaganistas de um dantesco espetáculo, onde a miséria possui papel preponderante. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • ALVES, I. G. . Crianças ou pequenos(as) adultos(as)? Experiências infanto-juvenis no Brasil no Tempo Presente. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVES, I. G. . História da Infância. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVES, I. G. . O projeto moralizador das famílias mineiras da Vila Operária Próspera - Criciúma. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • ALVES, I. G. . O Processo de moralização e disciplinarização das famílias mineiras da Vila Operária Próspera (1950-1960). 2006. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • ALVES, I. G. ; NETO, Adílio Luiz da Silveira ; MACHIESKI, E. S. . Outras linguagens para o ensino de história. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVES, I. G. ; NETO, Adílio Luiz da Silveira ; BITENCOURT, João Batista ; ZANELATTO, J. H ; MACHIESKI, E. S. . Múltiplas linguagens para o ensino de História. 2005. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • ALVES, I. G. ; ZANELATTO, J. H ; CARDOSO, M. G. . Apresentação do Dossiê Direitos humanos, sensibilidades e resistências. Chapecó, 2020. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

  • ALVES, I. G. . Prefácio da obra: Mundos do trabalho em Santa Catarina. Criciúma, 2019. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

  • ALVES, I. G. ; SOUZA, Christiane M. C. de . Apresentação do Dossiê História da Assistência. Curitiba, 2017. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

  • ALVES, I. G. ; TRUEBA, Y. P. ; RABELO, G. ; BRACAMONTE, L. . Delaware Review of Latin American Studies. Newark: University of Delaware, 2016 (Org. Dossiê: Historia de la Asistencia en Brasil y Argentina: saberes, experiencias y practicas).

  • ALVES, I. G. ; GIANEZINI, K . Anais da Jornada Nacional de desenvolvimento e Políticas Públicas e V Seminário de Ciências Sociais Aplicadas. Criciúma: EdiUnesc, 2016 (Organização Anais:).

  • ALVES, I. G. ; GIANEZINI, K . Revista Desenvolvimento Socioeconômico em Debate. Criciúma: Ediunesc, 2016 (Organização Dossiê: Debates para a superação das desigualdades socioeconômicas).

  • ALVES, I. G. ; GIANEZINI, K . Debates para a superação das desigualdades socioeconômicas. Criciúma, 2016. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

  • ALVES, I. G. ; TRUEBA, Y. P. ; RABELO, G. ; BRACAMONTE, L. . Historia de la Asistencia en Brasil y Argentina: saberes, experiencias y prácticas . Newark, 2016. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

ALVES, I. G. . Parecer Projetos de Extensão. 2018.

ALVES, I. G. . Parecer sobre originais de livro submetido à editora. 2018.

ALVES, I. G. . Parecerista de projeto de extensão. 2016.

ALVES, I. G. . Parecer sobre originais de livro submetido à editora. 2015.

ALVES, I. G. . Parecer Ad Hoc a Revista Topoi. 2021.

ALVES, I. G. . Parecer Ad Hoc Fundação e Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina. 2021.

ALVES, I. G. . Parecer Ad Hoc a Fronteiras: Revista Catarinense de História. 2021.

ALVES, I. G. . Parecer Ad Hoc a Revista Avances del CESOR. 2021.

ALVES, I. G. . Parecer Ad Hoc a Revista História, Ciências, Saúde - Manguinhos. 2021.

ALVES, I. G. . Parecer Ad Hoc a Revista Tempo e Argumento. 2020.

ALVES, I. G. . Parecer Ad Hoc a Revista História: Questões e Debates. 2020.

ALVES, I. G. . Parecer Ad Hoc a Revista Brasileira de História & Ciências Sociais 11901-36421-1-RV. 2020.

ALVES, I. G. . Parecer Ad Hoc a Fronteiras: Revista Catarinense de História. 2020.

ALVES, I. G. . Parecer Ad Hoc a Fronteiras: Revista Catarinense de História. 2020.

ALVES, I. G. . Parecer Ad Hoc a Revista História: Questões e Debates 56186-218457-2-RV. 2019.

ALVES, I. G. . Parecer Ad Hoc a Revista História: Questões e Debates 61356-241327-3-RV. 2019.

ALVES, I. G. . Parecer Ad Hoc a Fronteiras: Revista Catarinense de História. 2019.

ALVES, I. G. . Parecer Ad Hoc Fundação e Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina. 2019.

ALVES, I. G. . Parecer Ad Hoc Fundação e Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina. 2019.

ALVES, I. G. . Parecer Ad Hoc Fundação e Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina. 2019.

ALVES, I. G. . Parecer Ad Hoc a Revista História: Questões e Debates 67209-264770-1-RV. 2019.

ALVES, I. G. . Parecer Ad Hoc a Revista Temporalidades 10320-23643-2-RV. 2018.

ALVES, I. G. . Parecer Ad Hoc a Revista Acta Scientiarum. Human and Social Sciences 36958-164555-1-RV. 2018.

ALVES, I. G. . Parecer Ad Hoc a Revista Estudos Ibero-Americanos 30471-126363-2-RV. 2018.

ALVES, I. G. . Parecer Ad Hoc a Revista História: Questões e Debates 56186-218457-1-RV. 2018.

ALVES, I. G. . Parecer Ad Hoc a Revista Gênero 1089-2904-2-RV. 2018.

ALVES, I. G. . Parecer Ad Hoc a Revista Gênero Niterói. 2017.

ALVES, I. G. . Parecer Ad Hoc a Revista História: Questões & Debates. 2017.

ALVES, I. G. . Parecer Ad Hoc à Revista História e Cultura. 2017.

ALVES, I. G. . Parecer Ad Hoc a Revista Acta Scientiarum. Human and Social Sciences. 2017.

ALVES, I. G. . Parecer Ad Hoc a Revista Acta Scientiarum. Human and Social Sciences. 2016.

ALVES, I. G. . Parecer Ad Hoc a Revista História Econômica & História de Empresas. 2016.

ALVES, I. G. . Assistência e filantropia no sul da Santa Catarina. 2020. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

ALVES, I. G. . O Voto das mulheres no Brasil. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

ALVES, I. G. . Marco na política brasileira, voto feminino completa 84 anos. 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

ALVES, I. G. . Civismo no Brasil. 2015.

ALVES, I. G. ; OSTETTO, L. C. . Educação em Direitos Humanos: intersecções com a história. 2020. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

ALVES, I. G. ; ZANELATTO, J. H ; CARDOSO, M. G. . Dossiê Direitos humanos, sensibilidades e resistências In: Fronteiras: Revista Catarinense de História. 2020. (Editoração/Periódico).

ALVES, I. G. . Preenchimento do currículo Lattes; pesquisa em base de dados; qualificação das revistas. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

ALVES, I. G. ; CIZESCKI, F. . Anais VIII Semana de Ciência e Tecnologia. 2018. (Editoração/Anais).

ALVES, I. G. ; ASSUNÇÃO, V. K. . Anais do III Congresso Ibero-Americano de Humanidades, Ciências e Educação. 2018. (Editoração/Anais).

ALVES, I. G. ; SALVARO, Giovana Ilka Jacinto . Gênero, Narrativas e Histórias de Vida. 2018. (Coordenação de Simpósio Temático: III Colóquio Nacional de Estudos de Gênero e História).

ALVES, I. G. ; SOUZA, Christiane M. C. de . Dossiê História da Assistência In: Revista História: Questões e Debates. 2017. (Editoração/Periódico).

ALVES, I. G. ; ZANELATTO, J. H . Histórias de Santa Catarina na Segunda República (1930-1945). 2017. (Editoração/Livro).

ALVES, I. G. ; TRUEBA, Y. P. ; RABELO, G. ; BRACAMONTE, L. . Delaware Review of Latin American Studies. 2016. (Editoração/Periódico).

ALVES, I. G. ; SALVARO, Giovana Ilka Jacinto . Gênero e Biopolítica. 2016. (Coordenação de Simpósio Temático: II Colóquio Nacional de Estudos de Gênero e História).

ALVES, I. G. ; REIS, A. . Infância e juventude no tempo presente: debates e perspectivas. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

BITENCOURT, João Batista ; ZANELATTO, J. H ; ALVES, I. G. ; NETO, Adílio Luiz da Silveira . Programa de Capacitação e Atualização para Professores de História da Rede Pública Visando o Trabalho com Novas Linguagens no Ensino. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

ALVES, I. G. . Múltiplas Linguagens do Ensino de História. 2005 (Oficina) .

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    Cuidando das famílias pobres: a assistência social materno-infantil na região carbonífera catarinense (1930-1980), Descrição: (Chamada Universal MCTIC/CNPq n. 28/2018) O objetivo desta investigação é pensar a o campo das políticas públicas de assistência desenvolvidas na Região Carbonífera Catarinense nas suas interconexões entre o público e o privado. A partir da década de 1930 a região sul do estado passou por um potente processo de reorganização socioeconômica que impactou diretamente na vida de trabalhadores e trabalhadoras que se envolveram com as atividades de exploração do carvão. A assistência social e a saúde desenvolveu papel central na harmonização entre capital e trabalho, operando políticas que visavam formar uma classe trabalhadora apta as questões industriais. No desenrolar desta pesquisa nos atentaremos as políticas públicas materno-infantis, pois neste contexto, as mães e as crianças eram entendidas como principais elementos do processo de desenvolvimento socioeconômico do país. Por meio da perspectiva de gênero buscaremos compreender como tais políticas operaram na criação de modelos idealizados de maternidade e infância que incidiram diretamente sob as camadas populares urbanas da região.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Ismael Gonçalves Alves - Coordenador / Michele Gonçalves Cardoso - Integrante / Julia Sabino Baldessar - Integrante / Giovana Ilka Jacinto Salvaro - Integrante / Marina da Silva Schneider - Integrante / Amalia Morales Villena - Integrante / Bianca Wollenschllager Teixeira - Integrante / Ana Carolina de Sá - Integrante / Patrick Dutra - Integrante / Roberta Adamoli Santin Leal - Integrante / Isabela Bez Batti Da Silva - Integrante / Larissa Mazzucco Bianco - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 15

  • 2018 - 2020

    Estudos de gênero e feminismos: perspectivas interdisciplinares e Ibero-Americanas, Descrição: Projeto agregador do Núcleo interdisciplinar de estudos de gênero - NIEGÊN. O projeto tem como objetivo geral realizar estudos de gênero e feminismos por meio de pesquisas interdisciplinares que abordem questões sociais, políticas, econômicas e culturais no contexto Ibero-Americano. EDITAL N 118/2018 - Programa Grupos de Pesquisa (2018-2020).. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Ismael Gonçalves Alves - Integrante / Julia Sabino Baldessar - Integrante / Giovana Ilka Jacinto Salvaro - Coordenador / Mônica Ovinski de Camargo Cortina - Integrante / Patrick Dutra - Integrante / Larissa Mazzucco Bianco - Integrante., Financiador(es): Universidade do Extremo Sul Catarinense - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 14 / Número de orientações: 1

  • 2018 - 2020

    Planejamento, desenvolvimento e políticas públicas em Santa Catarina, Descrição: Edital Fapesc 06/2017. Quantificar e qualificar os resultados do planejamento estadual em Santa Catarina desde 1955 enfocando os aspectos econômico (telecomunicações, energia e estatais) e social (assistência social e proteção ao trabalho) observando as metas previstas em cada plano e o executável em cada governo. 1) Descrever e analisar a trajetória dos setores de energia e telecomunicações em Santa Catarina previstos nos planos de desenvolvimento e sua execução (expansão da rede de energia, construção de centrais geradoras, ampliação dos serviços telefônicos, modernização das estruturas físicas do sistema de telefonia, alcance territorial da rede de energia e telefonia) 2) Pesquisar sobre a constituição e o desempenho das principais estatais catarinenses (CELESC, CIASC, SC GAS e da extinta TELESC) enfocando suas metas de expansão, ampliação e melhorias dos serviços, rentabilidade e abrangência territorial previsto nos planos de desenvolvimento; 3) Averiguar se as metas previstas no diversos planos de desenvolvimento na área econômica (energia, telecomunicações e estatais) foram executadas e se reverteu a infraestrutura logística catarinense (melhoria dos serviços e abrangência territorial)... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Ismael Gonçalves Alves - Integrante / João Henrique Zanellatto - Integrante / Alcides Goularti Filho - Coordenador / Fabio Farias de Moraes - Integrante / Talita Alves de Messias - Integrante / Liara Darabas Ronçani - Integrante / Gabriel Crozetta Mazon - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 3

  • 2018 - Atual

    Modalidades de incorporación de la segunda generación de migrantes peruanos en la ciudad de Córdoba, argentina: patrones espaciales, estructura de clase y movilidad social, Descrição: El devenir de los migrantes y de las ?segundas generación? en sociedades receptoras es un tema con una larga tradición en las ciencias sociales y el discurso público y político en diversas partes del mundo. Sin embargo, en las diferentes perspectivas analíticas y metodológicas no hay consenso sobre la dirección, magnitud e implicancias de estos procesos. En el campo académico el debate gravitó en torno a los conceptos y desarrollos teóricos sobre la integración, asimilación, incorporación, el transnacionalismo, la asimilación segmentada, el multiculturalismo o la incorporación etnoracial estratificada, para explicar estos procesos. Gran parte del cuerpo de investigaciones y modelos analíticos dominantes que se desarrollaron tuvieron como referencia los procesos migratorios cuya direccionalidad es desde el sur global hacia el norte global (Europa y Estados Unidos). Sin embargo, existe un creciente interés en reconocer la magnitud de los flujos sur-sur y las características distintivas en relación a los circuitos sur-norte, tanto en la composición sociodemográfica de los mismos como en los contextos normativos y sociales de recepción. Este proyecto pretende tener una perspectiva comparada con los proceso de incorporación de lo diverso (en sentido étnico/nacional) en diferentes contextos mundiales en general y de Francia en particular. En ese contexto, un campo menos estudiado es el de los hijos de migrantes o segundas generaciones en Argentina. En Córdoba en particular las investigaciones sobre las segundas generaciones de migrantes peruanos con abordajes metodológicos mixtos (cuantitativos y cualitativos) son inexistentes En ese contexto el objetivo de este proyecto es analizar los patrones de incorporación de los hijos de migrantes peruanos en la Ciudad de Córdoba, Argentina. Se pretende dialogar y comparar esos patrones con el conocimiento existente en otros contextos migratorios para identificar patrones globales de incorporación y gestión de lo diverso y especificidades que permitan comprender lo particular de la situación de Argentina. De manera específica se pretende estudiar cómo los hijos de peruanos se incorporan a la sociedad argentina, si experimentan movilidad social, el lugar que ocupan en la estructura social y espacial y qué tipo de procesos identitarios desarrollan. Debemos enfatizar que el presente proyecto se encuentra en curso y se tiene previsto la utilización de los fondos para profundizar en publicaciones y colaboraciones internacionales. Enfatizamos la relevancia de incorporar un investigador francés y otro espaol con diferentes áreas de especialización sobre el tópico propuesto lo que contribuye a la comparabilidad internacional.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ismael Gonçalves Alves - Integrante / Sylvain Souchaud - Integrante / Pablo Sebastián Gómez - Coordenador / Juan de Dios López López - Integrante.

  • 2017 - 2018

    Violência de gênero e a Lei Maria da Penha (Lei 11.340/2006): a construção de indicadores de violência contra as mulheres na comarca de Criciúma/SC, Descrição: O projeto de pesquisa tem como objetivo construir indicadores de violência contra as mulheres na Comarca de Criciúma/SC, com base na discussão acerca da violência de gênero e da Lei Maria da Penha (Lei n. 11.340/2006). , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Ismael Gonçalves Alves - Integrante / Giovana Ilka Jacinto Salvaro - Integrante / Taiana de Oliveira - Integrante / Mônica Ovinski de Camargo Cortina - Coordenador / Marina da Silva Schneider - Integrante / Patrícia Machado Martins - Integrante., Financiador(es): Universidade do Extremo Sul Catarinense - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 6

  • 2017 - Atual

    La Sección Femenina de la Falange y Políticas feminizadoras: la assistencia social como transmisora de valores Morales y políticos en el Primer Franquismo, Descrição: O objetivo geral desta pesquisa é compreender como o trabalho assistencial desenvolvido pela Sección Femenina de la Falange Espaola (SF), durante o Primeiro Franquismo, foi utilizado como um importante instrumento político-cultural na doutrinação das mulheres espanholas, criando e demarcando lugares de gênero para o amplo conjunto de suas assistidas de acordo com as ideologias dominantes do Regime Nacional-sindicalista espanhol. De modo geral, as atividades desenvolvidas pela SF, assomava-se a uma série de outras medidas que visavam construir um determinado tipo de feminilidade útil ao regime. As relações de gênero idealizadas pelo Estado Franquista eram edificadas sobre bases reacionárias e discriminatórias, concebendo a mulher como um ser complementar e subordinado aos homens. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) . , Integrantes: Ismael Gonçalves Alves - Coordenador / Julia Sabino Baldessar - Integrante / MADALENA ANTONELLI ARROYO - Integrante / Amalia Morales Villena - Integrante / Ana Carolina de Sá - Integrante., Financiador(es): FundaciÃn Carolina - Bolsa., Número de produções C, T & A: 12

  • 2016 - 2018

    Santa Catarina na Era Vargas (1930-1945), Descrição: Esta pesquisa busca analisar a Era Vargas (1930-1945) em suas dimensões política, econômica e social com a finalidade de identificar as transformações ocorridas na estrutura de classes, na configuração do Estado e no sistema político e econômico catarinense. A partir da década de 1930 as políticas sociais e econômicas brasileiras sofreram uma substancial ruptura com os antigos sistemas organizados no período que compreendeu a Primeira República. Se num primeiro momento a legislação federal referente às políticas de saúde, educação, assistência e de comunicações estavam circunscritas às maiores cidades brasileiras sob a responsabilidade dos estados federados. Após a Revolução de 30 este cenário mudou consideravelmente. Articulando poderes de diversos setores das camadas urbanas, o governo Vargas pavimentou o caminho para a construção de um governo programático, interventor e centralizador que buscava desmantelar o poder político local das antigas elites agroexportadoras que fragilizavam os poderes da União.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Ismael Gonçalves Alves - Coordenador / João Henrique Zanellatto - Integrante / Alcides Goularti Filho - Integrante / Julia Sabino Baldessar - Integrante / Taiana de Oliveira - Integrante / Bianca Wollenschllager Teixeira - Integrante / Bruna Picolli Marcos - Integrante., Financiador(es): Universidade do Extremo Sul Catarinense - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 23

  • 2016 - 2017

    Memórias e Identidades: As Estruturas Carboníferas como Patrimônio Cultural de Santa Catarina, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Marli de Oliveira Costa em 21/03/2018., Descrição: A proposta dessa investigação surgiu das discussões do Grupo de Pesquisa Patrimônio Cultural: Histórias e Memórias (certificado pelo CNPq) e do Centro de Memória e Documentação da UNESC CEDOC. Consiste na identificação do Patrimônio Cultural Carbonífero de Santa Catarina, buscando contribuir para a salvaguarda de sua memória. Para tanto, propõe-se realizar um levantamento de bens materiais imóveis que dizem respeito às atividades carboníferas e que, ainda encontram-se nos cenários dos municípios que realizaram ou ainda realizam tais atividades. Os trabalhos investigativos utilizarão em um primeiro momento da consulta em acervos consolidados: a) Acervo do Grupo de Pesquisa Memória e Cultura do Carvão, que durante os anos de 2000 a 2010, organizou vasta documentação sobre a temática, atualmente disponível para consulta no CEDOC; b) Documentos digitalizados e disponíveis no Centro de Memória da Educação do Sul de Santa Catarina-CEMESSC, situado no site da UNESC, direcionando a pesquisa para o acervo das escolas dos municípios que receberam direta ou indiretamente a ação das mineradoras. O segundo momento da investigação será retornar a campo, para identificar se as estruturas registradas pelo GP Memória e Cultura do Carvão ainda encontram-se nos locais aferidos anteriormente e quais suas condições, registrando por meio de fotografias sua situação atual. Como resultado dessa investigação propõe-se a publicação de um livro de cunho educativo, com cartografia localizando os pontos do patrimônio imóvel, organizados por temática. A Memória Visual acerca das Estruturas do Carvão em Santa Catarina proporcionará conhecimentos sobre essa atividade econômica, reconhecendo e difundindo esses bens como parte do patrimônio cultural de Santa Catarina associado ao ciclo do carvão. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Ismael Gonçalves Alves - Integrante / João Henrique Zanellatto - Integrante / Marli de Oliveira Costa - Coordenador / Giani Rabelo - Integrante / Michele Gonçalves Cardoso - Integrante / Tiago da Silva Coelho - Integrante / Michelle Maria Stakonski Cechinel - Integrante / Paulo Sérgio Osório - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2015 - 2017

    DESENVOLVIMENTO, EDUCAÇÃO E PLANEJAMENTO EM SANTA CATARINA 1955-2010, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Giani Rabelo em 07/08/2018., Descrição: Descrição: O projeto vem sendo desenvolvido a partir de uma parceria entre o Grupos de Pesquisa História Econômica e Social (GRUPHESC) de Santa Catarina e o Grupo de Pesquisa História e Memória da Educação (GRUPHEME), ambos vinculados ao Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) e Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento sócio Econômico (PPGDS), respectivamente, da Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC). O objetivo geral é analisar a trajetória e a interface entre os planos nacionais e estaduais de educação com os planos nacionais e estaduais de desenvolvimento, bem como suas orientações para a formulação das políticas públicas educacionais em Santa Catarina entre os anos de 1955 a 2010. O referido projeto foi aprovado no edital MCTI/CNPQ/Universal 14/2014. Conta com a participação de Giani Rabelo/PPGE PPGDS (coordenadora e do prof Dr. Alcides Goularti Filho/PPDS. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Ismael Gonçalves Alves - Integrante / Giani Rabelo - Coordenador / Alcides Goularti Filho - Integrante., Número de produções C, T & A: 2

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2020

Menção Honrosa na área temática de Ciências Humanas ao trabalho A naturalização da violência contra a mulher na música sertaneja universitária, I Congresso Brasileiro Interdisciplinar de Ciência e Tecnologia.

2020

Menção Honrosa na área temática de Ciências Humanas ao trabalho Teologia da Libertação: a luta dos pobres no contexto brasileiro e o despertar dos oprimidos, I Congresso Brasileiro Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia: um mundo em constante transformação.

2015

Orientador do 1 Lugar Trabalho Completo - Relato de Ensino, VI Semana de Ciência e Tecnologia da Universidade do Extremo Sul Catarinense.

2013

Aprovação em 1 lugar no concurso para o magistério público municipal de Criciúma, Município de Criciúma.

2012

Aprovação em 6 lugar no concurso para o magistério estadual de Santa Catarina SDR/GERED Criciúma, SED/SC.

2011

Bolsa Doutorado Sanduíche Universidade de Múrcia, CAPES/UFPR/PGHIS.

2010

Bolsa Doutorado, CAPES.

2007

Bolsa Mestrado, CAPES.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade do Extremo Sul Catarinense, Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Socioeconômico. , Avenida Universitária, 1105, Bairro Universitário, 88806000 - Criciúma, SC - Brasil, Telefone: (48) 34312624, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2018 - Atual

Universidad Nacional de Córdoba - Argentina

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 2

Outras informações:
Participação no projeto de pesquisa multi-institucional intitulado: Modalidades de incorporación de la segunda generación de migrantes peruanos en la ciudad de Córdoba, argentina: patrones espaciales, estructura de clase y movilidad social

2015 - Atual

Universidade do Extremo Sul Catarinense

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2005 - 2005

Universidade do Extremo Sul Catarinense

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 10

Outras informações:
Bolsista do Projeto de Extensão Programa de Capacitação e Atualização para Professores de História da Rede Pública, Visando ao Trabalho com Novas Linguagens.

Atividades

  • 07/2021

    Direção e administração, Area de Humanidades, Ciências e Educação.,Cargo ou função, Coordenador da área de Humanidades, Ciências e Educação.

  • 01/2021

    Ensino, História, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio I, Historiografia, História Moderna, Cultura e relações de Gênero

  • 03/2020

    Direção e administração, História.,Cargo ou função, Coordenador-Adjunto.

  • 03/2020

    Ensino, DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Desenvolvimento e Políticas Públicas, Sociedade, Política e Economia no Espaço Ibero-Americano, TADS I: Estudos de Gênero e Desenvolvimento Socioeconômico, TADS II: Sociedade, Cultura e Desenvolvimento em Santa Catarina, TADS II: Trabalho, Movimentos Sociais e Desenvolvimento na América Latina, Epistemologia e Pesquisa Interdisciplinar

  • 07/2018

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Socioeconômico.,Cargo ou função, Colegiado de Coordenação.

  • 03/2015

    Ensino, DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Teorias do Desenvolvimento Socioeconômico, Trabalho e Movimentos Sociais, Políticas Públicas y Desarrollo Social en Latinoamérica, Desenvolvimento, Assistência e Educação, Gênero, Educação e Trabalho, Desenvolvimento e Políticas Públicas, Epistemologia e Pesquisa Interdisciplinar

  • 03/2015

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Comitê de Ética em Pesquisa.,Cargo ou função, Membro Avaliador.

  • 02/2015

    Pesquisa e desenvolvimento, Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Socioeconômico.,Linhas de pesquisa

  • 02/2015

    Ensino, Ciências Econômicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, História Econômica Geral

  • 02/2015

    Ensino, DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Desenvolvimento, Assistência e Educação, Epistemologia e Pesquisa Interdisciplinar, Políticas Públicas y Desarrollo Social en Latinoamérica, Teorias do Desenvolvimento Socioeconômico, Trabalho e Movimentos Sociais, Sociedade, Política e Economia no espaço Ibero-Americano, Gênero, Educação e Trabalho

  • 02/2015 - 02/2020

    Ensino, História, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio II, Estágio III, História do Corpo, História e relações de Gênero, História Moderna I, História Moderna II, Historiografia

  • 02/2005 - 12/2005

    Extensão universitária .,Atividade de extensão realizada, Programa de capacitação e atualização para professores de História da rede pública visando o trabalho com novas linguagens no ensino.

2020 - 2020

Universidad de Granada

Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Visitante, Carga horária: 20

Outras informações:
Junto a Facultad de Trabajo Social desenvolvi atividades de docência e investigação sobre as políticas sociais de assistência social materno-infantil no Brasil.

2017 - 2017

Universidad de Granada

Vínculo: Pesquisador Visitante, Enquadramento Funcional: Pesquisador Visitante, Carga horária: 20

Outras informações:
Junto ao Instituto Universitario de Investigación de Estudios de las Mujeres y de Género de la Universidad de Granada desenvolvi a pesquisa La Sección Femenina de la Falange y Políticas feminizadoras: la assistencia social como transmisora de valores Morales y políticos en el Primer Franquismo. O objetivo geral desta pesquisa é compreender a maneira pela qual o trabalho assistencial desenvolvido pela Sección Femenina de la Falange Espaola (SF), durante o Primeiro Franquismo, foi utilizado como um importante instrumento político-cultural na doutrinação das mulheres espanholas, criando e demarcando lugares de gênero para o amplo conjunto de suas assistidas de acordo com as ideologias dominantes do Regime Nacional-sindicalista espanhol. De modo geral, as atividades desenvolvidas pela SF, assomava-se a uma série de outras medidas que visavam construir um tipo de feminilidade útil ao regime. As relações de gênero idealizadas pelo Estado Franquista eram edificadas sobre bases reacionárias e discriminatórias, concebendo a mulher como um ser complementar e subordinado aos homens, restringindo sua importância social aos papeis de mães e esposas.

2016 - Atual

Red Iberoamericana de Investigación en Historia, Mujeres y Archivos

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador

Outras informações:
La Red Iberoamericana de Investigación en Historia, Mujeres y Archivos (RIIHMA), con sede en la Universidad Nacional de Córdoba, pretende ser un espacio plural y multidisciplinario, que promueva la generación de conocimiento en torno a la temática y que posibilite, en un marco institucional, el sostenimiento y crecimiento de las actividades, la racionalización e intercambio de recursos, además de colaborar con la vinculación de los/as investigadores/as. El fin de la misma, es constituirse en un marco de debate y reflexión en torno al vínculo historiográfico entre Historia, mujeres y unidades de información, que habilite un modo de mirar, y que incluya a las mujeres en los repositorios documentales distinguiendo en ellos las marcas femeninas.

2016 - Atual

Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais

Vínculo: Pesquisador Associado, Enquadramento Funcional: Colaborador

Outras informações:
Membro do Grupo de Trabalho Desarrollo, espacio y capitalismo global

2010 - 2014

Universidade Federal do Paraná

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Doutorado, Regime: Dedicação exclusiva.

2007 - 2009

Universidade do Estado de Santa Catarina

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Mestrado, Regime: Dedicação exclusiva.

2010 - 2014

Núcleo de Estudos de Gênero

Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Livre

2006 - Atual

Associação Nacional de História Núcleo Regional de Santa Catarina (SC)

Vínculo: Associado, Enquadramento Funcional: Livre

2014 - 2015

Secretaria de Estado da Educação de Santa Catarina

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor de História, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

2006 - 2006

Secretaria de Estado da Educação de Santa Catarina

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor de História, Carga horária: 30

Outras informações:
Professor de história do ensino fundamental (5 a 8 série) da Escola de Educação Básica Maria Jósé Hülse Peixoto

2005 - 2005

Secretaria de Estado da Educação de Santa Catarina

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20

Outras informações:
Professor do Ensino Fundamental (5 - 8 série) da Escola de Educação Básica Humberto de Campos

2005 - 2005

Secretaria de Estado da Educação de Santa Catarina

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor de Historia e Estudos Regionais, Carga horária: 20

Outras informações:
Professor de história do Ensino fundamental (5 a 8 série), e Ensino Médio da Escola de Educação Básica Antônio Milanez Neto

2004 - 2004

Secretaria de Estado da Educação de Santa Catarina

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor de História, Carga horária: 10

Outras informações:
Professor de história do ensino fundamental (5 a 8 série) da Escola de Educação Básica Lindolfo Collor

Atividades

  • 03/2006 - 12/2006

    Ensino,,Disciplinas ministradas, História

2009 - 2009

Faculdade SATC

Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20

2009 - 2009

colegio universitario de criciuma

Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor de História, Carga horária: 10

2007 - 2007

colegio universitario de criciuma

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor de História, Carga horária: 12

Atividades

  • 02/2007 - 06/2007

    Ensino,,Disciplinas ministradas, História

2003 - 2005

Fundação Cultural de Criciúma

Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 20

Outras informações:
Monitor do Museu Histórico e Geográfico Augusto Casagrande e do Arquivo Histórico Municipal Antônio Milanez

2006 - 2007

Colégio Cocal

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor de História, Carga horária: 10

Atividades

  • 05/2006 - 12/2006

    Ensino,,Disciplinas ministradas, História

2021 - Atual

Red de Estudios de Historia de las Infancias en América Latina

Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Pesquisador Associado, Carga horária: 2