Maria Clara Eugênia de Oliveira

Doutoranda em Fisioterapia pelo Programa de Pós-Graduação em Fisioterapia na UFRN. Mestre em Fisioterapia pelo Programa de Pós-Graduação em Fisioterapia na UFRN. Especialização em Fisioterapia Materno-Infantil - Lato Sensu na UFRN. Graduada em Fisioterapia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Faz parte Grupo de Estudo na Saúde da Mulher (GESM) da UFRN.

Informações coletadas do Lattes em 23/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Fisioterapia

2017 - Atual

Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Maria Thereza Albuquerque Barbosa Cabral Micussi.

Mestrado em Fisioterapia

2015 - 2017

Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Título: AVALIAÇÃO DA INCONTINÊNCIA URINÁRIA EM MULHERES COM SOBREPESO E OBESIDADE ANTES E APÓS TRATAMENTO COM CINESIOTERAPIA E REEDUCAÇÃO ALIMENTAR: Ensaio clínico randomizado.,Ano de Obtenção: 2017
Maria Thereza Albuquerque Barbosa Cabral Micussi.Palavras-chave: Assoalho pélvico; Reabilitação; Fisioterapia; Hábitos alimentares.

Especialização em andamento em Especialização em Fisioterapia Dermatofuncional

2018 - Atual

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR BLAURO CARDOSO DE MATTOS

Especialização em Fisioterapia Materno-Infantil

2016 - 2017

Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Título: COMPARAÇÃO DA EFICÁCIA DE UM PROTOCOLO DE FORTALECIMENTO MUSCULAR DO ASSOALHO PÉLVICO ISOLADO E ASSOCIADO À PERDA DE PESO: UM ENSAIO CONTROLADO RANDOMIZADO.
Orientador: Maria Thereza Albuquerque Barbosa Cabral Micussi

Graduação em Fisioterapia

2009 - 2013

Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Título: Análise de jogos de realidade virtual na excitabilidade cerebral a curto e longo prazo de indivíduos jovens saudáveis.
Orientador: Fabrícia de Azevedo Costa Cavalcanti

Ensino Médio (2º grau)

2006 - 2008

Centro de Educação Integrada

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2016 - 2016

Workshop atualidade no tratamento fisioterapêutico de prolapsos. (Carga horária: 8h). , Faculdade Inspirar, INSPIRAR, Brasil.

2016 - 2016

Workshop de Fisioterapia obstétrica. (Carga horária: 8h). , Faculdade Inspirar, INSPIRAR, Brasil.

2015 - 2015

Formação completa em fisioterapia uroginecológica. (Carga horária: 200h). , Trainee Vip cursos e treinamentos, TRAINEE VIP, Brasil.

2014 - 2014

Pilates Clínico. (Carga horária: 200h). , Pilates Contemporâneo, PILATES CONT., Brasil.

2013 - 2013

Fisioterapia em UTI. (Carga horária: 20h). , Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.

2012 - 2012

Introdução à Wiihab na atenção fisioterapêutica. (Carga horária: 15h). , Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.

2010 - 2010

Work-shop "Drenagem Linfática Manual". (Carga horária: 4h). , Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Fisioterapia e Terapia Ocupacional.

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Fisioterapia e Terapia Ocupacional / Subárea: Saúde da mulher.

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Fisioterapia e Terapia Ocupacional / Subárea: Materno-infantil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

ENAFIRN.Avaliador dos trabalhos científicos na categoria Pôster. 2017. (Encontro).

I Encontro Internacional de Fisioterapia na Saúde da Mulher: A prática baseada em evidência..Monitor(a) do Encontro.. 2017. (Encontro).

4° CONGRESSO INTERNACIONAL/ INSPIRAR DE FISIOTERAPIA PÉLVICA. 2016. (Congresso).

I Mostra Universitária da Escola de Saúde.Atuação interprofissional na atenção à saúde de participantes com síndrome de infecção congênita causada por Zika Vírus.. 2016. (Outra).

XVI Simpósio Internacional de Fisioterapia Respiratória e Fisioterapia em terapia Intensiva.Comparação entre valores das pressões respiratórias de pico sustentado em crianças.. 2012. (Simpósio).

II Congresso Científico de Fisioterapia. 2010. (Congresso).

V Jornada Acadêmica de Fisioterapia da UFRN. 2010. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Joé Cassemiro Silva Melo e Mônica da Silva Paulino

Cavalcanti J D;OLIVEIRA, M. C. E.. Abordagem fisioterapêutica frente a doença da hialina: revisão de literatura. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Faculdade Maurício de Nassau - Natal.

Aluno: Ana Laura dos Santos

Cavalcanti J D;OLIVEIRA, M. C. E.. Alterações hormonais no aparelho respiratório em mulheres ativas ou atletas de alto rendimento: revisão de literatura.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Faculdade Maurício de Nassau - Natal.

Aluno: Florizza Vanessa b

Araújo, A.M.P.H.;OLIVEIRA, M. C. E.. da Silva e Mayara da Cunha Brito.Análise da função sexual e sintomatologia depressiva em homens pós-AVC: relato de casos.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Faculdade Estácio do Rio Grande do Norte.

Aluno: Andreza Morais da Silva

SOUSA, V. P. S.;OLIVEIRA, M. C. E.; BEZERRA, I. F. D.. Influência da qualidade de vida e estado depressivo sobre a função sexual de mulheres grávidas. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Brenda de Andrade Rodrigues

MICUSSI, M. T. A. B. C.; BEZERRA, L. O.;OLIVEIRA, M. C. E.. Avaliação da incontinência urinária e qualidade de vida antes e após um protocolo de gamterapia.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Evelyn Capistrano Teixeira da Silva

MICUSSI, M. T. A. B. C.; BEZERRA, L. O.;OLIVEIRA, M. C. E.. Avaliação da capacidade funcional de mulheres com incontinência urinária utilizando o teste de mobilidade timed up and go (TUG). 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Mylla Victtoria Nascimento de Oliveira

SOUSA, V. P. S.;OLIVEIRA, M. C. E.; RIBEIRO, S. O.. Percepção das participantes de um curso para gestantes sobre a abordagem multiprofissional em saúde. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Ruthe de Góes Xavier do Nascimento

MICUSSI, M. T. A. B. C.; VIANA, E. S. R.;OLIVEIRA, M. C. E.. Avaliação da pressão da musculatura do assolho pélvico de acordo com o índice de massa corporal em mulheres climatéricas.. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Fabrícia Azevedo da Costa

COSTA, Fabrícia Azevêdo da; CAMPOS, Tania; MENDES, L. A.. ANALISE DE JOGOS DE REALIDADE VIRTUAL NA EXCITABILIDADE CEREBRAL A CURTO E LONGO PRAZO DE INDIVÍDUOS JOVENS SAUDÁVEIS.. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Elizabel de Souza Ramalho Viana

Micussi MTABCViana ESR; Fayh APT. Avaliação da incontinência urinária em mulheres com sobrepeso e obesidade antes e após tratamento com cinesioterapia e reeducação alimentar: Ensaio clínico randomizado.. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Fisioterapia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Ana Paula Trussardi Fayh

MICUSSI, M. T. A. B. C.; VIANA, E. S. R.;Fayh, Ana Paula Trussardi. AVALIAÇÃO DA INCONTINÊNCIA URINÁRIA EM MULHERES COM SOBREPESO E OBESIDADE ANTES E APÓS TRATAMENTO COM CINESIOTERAPIA E REEDUCAÇÃO ALIMENTAR: Ensaio clínico randomizado. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Fisioterapia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

MARIA THEREZA ALBUQUERQUE BARBOSA CABRAL MICUSSI

MICUSSI, Maria Thereza Albuquerque Barbosa Cabral; FAYH, Ana Paula Trussardi; SOUSA, Vanessa Patrícia Soares. Avaliação da incontinência urinária em mulheres com sobrepeso e obesidade antes e após tratamento com cinesioterapia e reeducação alimentar: ensaio clínico randomizado. 2017.

MARIA THEREZA ALBUQUERQUE BARBOSA CABRAL MICUSSI

MICUSSI, Maria Thereza Albuquerque Barbosa Cabral; VIANA, Elizabel; FAYH, Ana Paula Trussardi. Avaliação da incontinência urinária em mulheres com sobrepeso e obesidade antes e após tratamento com cinesioterapia e reeducação alimentar: ensaio clínico randomizado. 2017.

Vanessa Patricia Soares de Sousa

MICUSSI, M. T. A. B. C.; FAYH, A. P. T.;SOUSA, V. P. S.. Avaliação da incontinência urinária em mulheres com sobrepeso e obesidade antes e após tratamento com cinesioterapia e reeducação alimentar: ensaio clínico randomizado. 2017. Dissertação (Mestrado em Fisioterapia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aline Braga Galvão Silveira Fernandes

CAVALCANTE, F. A. C.;CAMPOS, Tania FernandesFERNANDES, Aline Braga Galvão Silveira. Análise de jogos de realidade virtual na excitabilidade cerebral a curto e longo prazo de indivíduos jovens saudáveis. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Fabrícia Azevedo da Costa

ANALISE DE JOGOS DE REALIDADE VIRTUAL NA EXCITABILIDADE CEREBRAL A CURTO E LONGO PRAZO DE INDIVÍDUOS JOVENS SAUDÁVEIS; ; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Fisioterapia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; Orientador: Fabrícia Azevêdo da Costa Cavalcanti;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • VARELLA, LARISSA RAMALHO DANTAS ; ANGELO, PRISCYLLA HELOUYSE ; OLIVEIRA, MARIA CLARA EUGÊNIA DE ; BEZERRA, LÍVIA OLIVEIRA ; MELO, ROBEILZA TRINDADE DE ; MICUSSI, MARIA THEREZA ALBUQUERQUE BARBOSA CABRAL . Atividade física e função da musculatura do assoalho pélvico em mulheres climatéricas: um estudo transversal. ConScientiae Saúde , v. 17, p. 239-247, 2018.

  • ANGELO, PRISCYLLA HELOUYSE ; VARELLA, LARISSA RAMALHO DANTAS ; DE OLIVEIRA, MARIA CLARA EUGÊNIA ; MATIAS, MONAYANE GRAZIELLY LEITE ; DE AZEVEDO, MARIA ANEILMA RIBEIRO ; DE ALMEIDA, LUZINETE MEDEIROS ; DE AZEVEDO, PAULO ROBERTO MEDEIROS ; MICUSSI, MARIA THEREZA ; FERREIRA, CRISTINE HOMSI JORGE . A manometry classification to assess pelvic floor muscle function in women. PLoS One , v. 12, p. e0187045, 2017.

  • OLIVEIRA, MARIA ; MICUSSI, MARIA ; VARELLA, LARISSA ; ANGELO, PRISCYLLA . The relationship between the presence of lower urinary tract symptoms and waist circumference. Diabetes, Metabolic Syndrome and Obesity: targets and therapy , v. Volume 9, p. 207-211, 2016.

  • VARELLA, LARISSA RAMALHO DANTAS ; TORRES, VANESSA BRAGA ; ANGELO, PRISCYLLA HELOUYSE MELO ; EUGÊNIA DE OLIVEIRA, MARIA CLARA ; MATIAS DE BARROS, ALEF CAVALCANTI ; VIANA, ELIZABEL DE SOUZA RAMALHO ; BARBOSA CABRALMICUSSI, MARIA THEREZA DE ALBUQUERQUE . Influence of parity, type of delivery, and physical activity level on pelvic floor muscles in postmenopausal women. Journal of Physical Therapy Science , v. 28, p. 824-830, 2016.

  • VARELLA, LARISSA RAMALHO DANTAS ; BEZERRA DA SILVA, ROSSÂNIA ; EUGÊNIA DE OLIVEIRA, MARIA CLARA ; MELO, PRISCYLLA HELLOUYSE ANGELO ; MARANHÃO, TÉCIA MARIA DE OLIVEIRA ; BARBOSA CABRAL MICUSSI, MARIA THEREZA ALBUQUERQUE . Assessment of lower urinary tract symptoms in different stages of menopause. Journal of Physical Therapy Science , v. 28, p. 3116-3121, 2016.

  • ANGELO, P. M. ; DUTRA, L. R. D. V. ; EUGÊNIA DE OLIVEIRA, MARIA CLARA ; MICUSSI, M. T. A. B. C. . Confiabilidade interexaminador da perineometria. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • EUGÊNIA DE OLIVEIRA, MARIA CLARA ; RIBEIRO, S. O. ; VIANA, E. S. R. . Análise da Associação entre dor lombopélvica e perda urinária em mulheres grávidas. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SOUSA, V. P. S. ; SILVA, R. B. ; EUGÊNIA DE OLIVEIRA, MARIA CLARA ; DUTRA, L. R. D. V. ; MICUSSI, M. T. A. B. C. . Avaliação da presença da incontinência urinária nas diferentes fases do climatério. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • EUGÊNIA DE OLIVEIRA, MARIA CLARA ; MATIAS DE BARROS, ALEF CAVALCANTI ; ANGELO, P. M. ; MICUSSI, M. T. A. B. C. . Avaliação da qualidade de vida nas diferentes fases do climatério através do Utian Quality od Life Scale - UQOL. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • ANGELO, P. M. ; DUTRA, L. R. D. V. ; EUGÊNIA DE OLIVEIRA, MARIA CLARA ; MICUSSI, M. T. A. B. C. . Procedimento de normalização de perineometria em mulheres de meia idade. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • TAVARES, N. S. A. ; OLIVEIRA, M. C. E. ; REGO, I. A. O. ; VIEIRA, C. S. F. ; CAVALCANTI, F. A. C. ; SOUZA, W. H. ; FERREIRA, T. B. ; SOARES, M. D. . ANÁLISE DE JOGOS DE REALIDADE VIRTUAL NA EXCITABILIDADE CEREBRAL A CURTO E LONGO PRAZO DE INDIVÍDUOS JOVENS SAUDÁVEIS. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • REGO, I. A. O. ; VIEIRA, C. S. F. ; CAVALCANTI, F. A. C. ; OLIVEIRA, M. C. E. ; TAVARES, N. S. A. ; SOUZA, W. H. ; FERREIRA, T. B. ; SOARES, M. D. . PERSPECTIVA DA ADESÃO EM JOGOS DE EQUILÍBRIO BASEADO NA REALIDADE VIRTUAL EM ADULTOS JOVENS SAUDÁVEIS. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • OLIVEIRA, M. C. E. ; OLIVEIRA, L. C. ; CAMPOS, T. F. ; BORJA, R. O. ; CHAVES, G. S. S. ; DELGADO, R. N. ; MENDES, R. E. F. ; MENDONCA, K. M. P. P. . Comparação entre valores das pressões respiratórias de pico sustentado em crianças.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    Avaliação termográfica estática e dinâmica da região do assoalho pélvico, Descrição: ntrodução: A termografia infravermelha é uma técnica segura e não invasiva para gravar a radiação infravermelha, frequentemente utilizada na fisiologia do exercício para inferir sobre produção de calor e dissipação de uma determinada região. Objetivo: Este estudo objetiva avaliar a temperatura da região do assoalho pélvico por meio da termografia de superfície. Métodos: A pesquisa será caracterizada como observacional com corte transversal e participará do estudo mulheres de 25 a 80 anos recrutadas nos ambulatórios de ginecologia e climatério, da Maternidade Escola Januário Cicco, no período de outubro de 2018 a junho de 2019. Estima-se uma amostra final de 120 voluntárias. Todas as voluntárias que concordem em participar do estudo assinarão o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Para execução do estudo, será aplicada a ficha de avaliação da pesquisa e, posteriormente, realizado o exame físico, contemplando a avaliação funcional do assoalho pélvico (teste de força manual e manometria vaginal) e a análise termográfica. A termografia será realizada durante o repouso (estática) e no momento da contração (dinâmica). Os dados serão analisados através do software estatístico SPSS 20.0 atribuindo-se o nível de significância de 5%. O teste de Kolmogorov Smirnov será utilizado para testar a normalidade dos dados. A estatística descritiva será utilizada para apresentação dos dados sociodemográficos e clínicos. De acordo com a distribuição dos dados, poderão ser utilizados a correlação de Pearson ou Sperman para relacionar as variáveis. Resultados Esperados: Espera-se que a termografia seja uma ferramenta adicional para avaliação clínica e em pesquisas científicas envolvendo a região do assoalho pélvico.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Maria Clara Eugênia de Oliveira - Integrante / Maria Thereza Albuquerque Barbosa Cabral Micussi - Coordenador / Rodrigo Pegado de Abreu Freitas - Integrante / Halana Karolina Vicente da Silva - Integrante / Gabriela Ferreira Menezes de Oliveira - Integrante / Maiara Costa de Oliveira - Integrante / Matheus Vinícius Ribeiro Araújo - Integrante / Gésio de Moura - Integrante.

  • 2017 - 2018

    AVALIAÇÃO DA INCONTINÊNCIA URINÁRIA EM MULHERES COM EXCESSO DE PESO ANTES E APÓS TRATAMENTO COM CINESIOTERAPIA E PROGRAMA DE PERDA DE PESO., Descrição: Introdução: O excesso de peso é o principal fator de risco para uma série de doenças crônicas como diabetes, doenças cardiovasculares e câncer. Entre as patologias afetadas pelo excesso de peso, estão também as disfunções no assoalho pélvico (AP), como a presença de incontinência urinária (IU). Objetivo: Avaliar a incontinência urinária mista em mulheres com excesso de peso antes e após tratamento da cinesioterapia do assoalho pélvico versus cinesioterapia do assoalho pélvico associada à programa de perda de peso. Metodologia: Estudo do tipo ensaio clínico, randomizado e simples-cego, Participarão do estudo, 23 mulheres com Incontinência Urinária Mista, IMC entre 25 e 40kg/m2, divididas em 2 grupos: Grupo Cinesioterapia associado a programa de perda de peso (GCP: n= 12) e Grupo Cinecioterapia (GC: n=11). A coleta de dados acontecerá em três etapas: Avaliação, com aplicação da ficha de avaliação, dos questionários e exame físico; Intervenção, com aplicação do protocolo da cinesioterapia ou protocolo para perda de peso associado à cinesioterapia; e Reavaliação, Aplicação da ficha de avaliação, dos questionários e exame físico ao final do tratamento, após 2 meses de intervenção. Serão realizados dois atendimentos por semana, totalizando 16 atendimentos em ambos os grupos, com duração de 30 minutos por atendimento. Os dados serão analisados através do software estatístico SPSS 20.0 atribuindo-se o nível de significância de 5%. O teste de Shapiro-Wilk será utilizado para testar a normalidade dos dados. De acordo com a distribuição dos dados, poderão ser utilizado o teste t?Student ou Mann-Whitney para comparar as médias intergrupos, e teste t pareado ou Wilcoxon para verificar diferenças intragrupos. Resultados Esperados: Espera-se que seja possível identificar que a reducação alimentar contribuia para a diminuição da incontinência urinária, no que se refere a quantidade e/ou severidade.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) . , Integrantes: Maria Clara Eugênia de Oliveira - Integrante / Maria Thereza Albuquerque Barbosa Cabral Micussi - Coordenador / Priscylla Helouyse Melo Angelo - Integrante / Maria Helena Vieira de Melo - Integrante / Livia Oliveira Bezerra - Integrante / Ana paula Trussardi Fayh - Integrante / Vanessa Cristina Oliveira de Lima - Integrante.

  • 2016 - 2018

    Desenvolvimento de um sistema de aquisição de sinal perineométrico para avaliação da musculatura do assoalho pélvico antes e após de um programa de cinesioterapia e perda de peso, Descrição: Introdução: O peso em excesso é causador de várias disfunções e comorbidades, dentre elas a incontinência urinária (IU). Embora a IU não seja uma condição que coloque diretamente a vida das pessoas em risco, pode trazer sérias implicações médicas, sociais, psicológicas e econômicas. É esperado que a perda de peso melhore o quadro de incontinência urinária em mulheres obesas. No entanto, não há estudos clínicos que mostrem o comportamento da musculatura do assoalho pélvico (MAP) após um programa de fortalecimento muscular associado a perda de peso. Além disso, observa-se os equipamentos comerciais atuais destinados para avaliar a MAP são limitados e não dispõem de tecnologia sem fio. Objetivo: Desenvolver um sistema de aquisição de sinal perineométrico (SASP) capaz de avaliar a musculatura do assoalho pélvico em mulheres incontinentes com sobrepeso e obesidade antes e após programa de reabilitação do assoalho pélvico associado a perda de peso. Metodologia: No primeiro momento, o projeto será destinado a construção do SASP, com o intuito de fornecer dados da pressão de pico, média de pressão, pressão de base, análise da fadiga e que permita a análise gráfica temporal dessas variáveis e da atividade muscular de fibras tônicas e fásicas. Posteriormente, será desenvolvida uma interface entre o perineômetro e uma máquina (computador) através da transferência de dados sem fios. No segundo momento, através de um estudo clínico randomizado e controlado, serão recrutadas mulheres com sobrepeso ou obesidade e que apresentem incontinência urinária aos esforços. Todas as pacientes recrutadas serão usuárias dos serviços do ambulatório da Maternidade-Escola Januário Cicco. As mulheres serão distribuídas igualmente em dois grupos: GCN ? composto por mulheres que farão cinesioterapia para MAP e acompanhamento nutrional e GC ? formado por mulheres que realizarão a cinesioterapia para MAP. A coleta ocorrerá em três etapas: Avaliação: Aplicação da ficha de avaliação, dos questionários (WHOQOL e ICIQ-SF) e exame físico/complementares composto por estudo urodinâmico, ultrassonografia, SASP, avaliação funcional do MAP, eletromiografia e bioimpedância; Intervenção: aplicação do protocolo de cinesioterapia e nutricional ocorrendo o acompanhamento no durante dois me; e por fim, a Reavaliação: mesmos procedimentos da avaliação inicial. Todos os dados da amostra serão analisados através do software estatístico SPSS 20.0, atribuindo-se o nível de significância de 5%. Resultados esperados: 1) Criação, validação e registro do sistema de aquisição do sinal perineométrico; 2) Melhora significativa da incontinência urinária aos esforços após os tratamentos conservadores, fisioterapia e nutrição; 3) Melhora na qualidade de vida das mulheres incontinentes com sobrepeso ou obesidade após tratamentos conservadores; 4) Diminuição dos custos de exames pré-operatórios e de cirurgias pelo Sistema Único de Saúde; 5) Formação intelectual de profissionais envolvidos no cuidado à saúde da mulher; 6) Divulgação dos resultados no âmbito nacional e internacional.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Maria Clara Eugênia de Oliveira - Integrante / Maria Thereza Albuquerque Barbosa Cabral Micussi - Coordenador / Elizabel de Souza Ramalho Viana - Integrante / ANGELO, PRISCYLLA - Integrante / Maria Helena Vieira de Melo - Integrante / Livia Oliveira Bezerra - Integrante / Técia Maria de Oliveira Maranhão - Integrante / Marcio Valério de Araujo - Integrante / Ana paula Trussardi Fayh - Integrante.

  • 2016 - 2018

    Desenvolvimento de sistema sem fio de aquisição de sinal perineométrico, Descrição: O assoalho pélvico é um conjunto de partes moles que se localiza entre o osso púbis e o cóccix e reveste a pelve inferiormente, formado por músculos, ligamentos e fáscias. Dentre suas funções, destaca-se: dar suporte aos órgãos pélvicos, melhorar a função sexual, atuar na estabilização do tronco e manter a pressão responsável pelo fechamento de uretra e ânus durante as diferentes atividades. A avaliação da força e resistência muscular são de grande importância, uma vez que permitem identificar o grau de fraqueza muscular e assim realizar o planejamento de um programa de tratamento específico para cada sujeito. Dos meios de avaliação da musculatura do assoalho pélvico (MAP), o perineômetro é um instrumento simples, minimamente invasivo e pouco dispendioso. Ele se propõe a medir a pressão exercida pela contração perineal, aferindo, de forma indireta, a força da MAP. Os perineômetros atuais não fornecem alguns dados ou recursos de grande importância para a avaliação da musculatura pélvica. Neste sentido, este estudo tem o objetivo de desenvolver um sistema de aquisição de sinal perineométrico (SASP) que seja capaz de fornecer dados remotamente de pressão de pico, média de pressão, pressão de base e que permita a análise gráfica temporal dessas variáveis e da atividade muscular de fibras tônicas e a avaliação de fadiga. Neste projeto, será também desenvolvida uma interface entre o perineômetro um dispositivo móvel, como smartphones, tablets, notebook, ou até mesmo um computador de mesa, de modo que a transferência de dados aconteça sem necessidade de fios. O sistema de aquisição de sinal utilizará sensores de pressão com sinal elétrico compatível com a aplicação. Os dados dos sensores serão processados por uma plataforma de prototipagem eletrônica de hardware livre que utiliza um microcontrolador, que por sua vez se comunica remotamente com a interface homem-máquina (IHM).. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Maria Clara Eugênia de Oliveira - Integrante / Maria Thereza Albuquerque Barbosa Cabral Micussi - Coordenador / Priscylla Melo Angelo - Integrante / Maria Helena Vieira de Melo - Integrante / Livia Oliveira Bezerra - Integrante / Marcio Valério de Araujo - Integrante.

  • 2016 - 2017

    Protocolo de tratamento para incontinência urinária de esforço através da cinesioterapia e da gameterapia, Descrição: Introdução: A Incontinência Urinária (IU) é caracterizada como uma perda involuntária de urina, condição encontrada com grande frequência em mulheres e responsável por sentimentos que interferem negativamente na qualidade de vida. Geralmente surge no avançar da idade, iniciando no período em torno da menopausa. O tratamento da IU pode ser cirúrgico ou conservador, e dentre as diversas abordagens, destaca-se a utilização da Realidade Virtual (RV) através da gameterapia. No entanto, a RV tem sido utilizada na área da fisioterapia uroginecológica, mas sem comprovação científica a cerca de um tratamento que inclua essa nova vertente às possibilidades de técnicas usadas para a reabilitação dos músculos do assoalho pélvico. Objetivo: Avaliar a eficácia de um protocolo de tratamento da incontinência urinária de esforço através de exercício do assoalho pélvico e da gametarapia - Wii fit plus®. Metodologia: Trata-se de um ensaio clínico, randomizado duplo-cego. Será composto por mulheres entre 45 e 70 anos, com incontinência urinária de esforço dividida igualmente em dois grupos: GG (grupo gameterapia) e GC (grupo exercícios). A coleta de dados se dará em três etapas: 1) Avaliação - aplicação da ficha de avaliação, avaliação sanguínea, aplicação dos questionários e exame físico; 2) Intervenção - aplicação do protocolo de gameterapia ou exercícios; e, 3) Reavaliação - aplicação da ficha de avaliação, avaliação sanguínea, aplicação dos questionários e exame físico. Todos os dados serão analisados através do software estatístico SPSS 20.0 atribuindo-se o nível de significância de 5%. Resultados esperados: 1) Espera-se que o quadro de perda de urina seja debelado ou apresente redução. 2) Espera-se que que os marcadores bioquímicos mostrem a efetividade do fortalecimento muscular. 3) Espera-se que os benefícios da gameterapia sejam maiores que o grupo de exercícios.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Maria Clara Eugênia de Oliveira - Integrante / Maria Thereza Albuquerque Barbosa Cabral Micussi - Coordenador / Larissa Ramalho Dantas Varella Dutra - Integrante / Priscylla Melo Angelo - Integrante / Elizabel de Souza Ramalho Viana - Integrante / Maria Helena Vieira de Melo - Integrante / Livia Oliveira Bezerra - Integrante.

  • 2015 - 2016

    Avaliação da bexiga neurogênica e da destrea motora em crianças com paralisia cerebral, Descrição: Esta pesquisa tem o objetivo de avaliar os sinais e sintomas de bexiga neurogênica e a destreza motora em crianças com paralisia cerebral (PC). Através de um estudo observacional, serão estudada 239 crianças com o diagnóstico de PC, com idade entre 4 e 12 anos, independente da apresentação clínica. Após a aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa e concordância da participação dos pais ou responsáveis legais das crianças mediante a assinatura do Termo de consentimento Livre e Esclarecido (TCLE), a pesquisa será iniciada e realizada em três etapas: avaliação clínica, aplicação do GMFCS (Gross Motor Function System), e avaliação funcional com aplicação do PEDI (pediatric evaluation of disability inventory). A estatística descritiva será utilizada para interpretação dos dados descritivos e será utilizado testes de correlação para relacionar as variáveis, adotando nível de significância, de 5%.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Maria Clara Eugênia de Oliveira - Integrante / Ana Raquel Rodrigues Lindquist - Integrante / Maria Thereza Albuquerque Barbosa Cabral Micussi - Coordenador / Larissa Ramalho Dantas Varella Dutra - Integrante / Elizabel de Souza Ramalho Viana - Integrante / ANGELO, PRISCYLLA - Integrante / Vanessa Patricia Soares de Sousa - Integrante.

  • 2015 - 2016

    Avaliação da percepção da imagem corporal e sexualidade em mulheres submetidas à mastectomia e quadrantectomia, Descrição: Dentre os tipos de neoplasias malignas, o câncer de mama é o segundo tipo que mais acomete as mulheres em todo o mundo. Diante da amputação de um órgão completo de simbolismo para aquelas que sofreram a mastectomia ou mesmo a quadrantectomia, frente à sua feminilidade e maternidade, estes procedimentos podem influenciar negativamente na construção de percepção de imagem corporal e ocasionar alterações de ordem de físicas, psíquicas, sexuais e sociais na vida dessas mulheres. Para melhor assistência, é importante entender os fatores que estão intimamente ligados e que alimentam as alterações trazidas pela doença. Esta pesquisa objetiva avaliar e comparar a percepção da imagem corporal e sexualidade de mulheres com câncer de mama submetidas à mastectomia radical e quadrantectomia. O objetivo dessa pesquisa é avaliar e comparar a percepção da imagem corporal e sexualidade de mulheres com câncer de mama submetidas à mastectomia radical ou quadrantectomia. Trata-se de um estudo descritivo, observacional do tipo transversal. A amostra será constituída por 60 mulheres com diagnóstico de câncer de mama, submetidas à mastectomia (n=30) e quadrantectomia (n=30), seguindo os pré-determinados critérios de inclusão e exclusão. Será utilizado o Questionário de Imagem Corporal após o Câncer de Mama (QICCM) e o Índice da Função Sexual Feminina (FSFI) como instrumentos de avaliação. Espera-se encontrar alteração da imagem corporal da mulher com câncer de mama já submetida a alguma das cirurgias referidas, com possível diminuição de suas limitações e estigma corporal, bem como a provável correlação desta alteração de percepção do corpo com alguma mudança restritiva na vida sexual dessas mulheres. Espera-se também encontrar resultados que mostrem quanto maior o tempo da intervenção cirúrgica e de anos de vida da mulher, menos provável será que ela apresente alterações em sua qualidade de vida provenientes de sua percepção corporal. Os resultados desta pesquisa podem enfatizar a importância de atuação precoce sob os aspectos de imagem corporal e sexualidade das mulheres com câncer de mama, independente do tipo de cirurgia submetida.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Maria Clara Eugênia de Oliveira - Integrante / Maria Thereza Albuquerque Barbosa Cabral Micussi - Coordenador / Larissa Ramalho Dantas Varella Dutra - Integrante / ANGELO, PRISCYLLA - Integrante / Rosemary Araujo Monteiro - Integrante.

  • 2015 - 2016

    A percepção da image, corporal e dos aspectos sexuais de mulheres submetidas à mastectomias e quadrantectomia, Descrição: Dentre os tipos de neoplasias malignas, o câncer de mama é o segundo tipo que mais acomete as mulheres em todo o mundo. Diante da amputação de um órgão completo de simbolismo para aquelas que sofreram a mastectomia ou mesmo a quadrantectomia, frente à sua feminilidade e maternidade, estes procedimentos podem influenciar negativamente na construção de percepção de imagem corporal e ocasionar alterações de ordem de físicas, psíquicas, sexuais e sociais na vida dessas mulheres. Para melhor assistência, é importante entender os fatores que estão intimamente ligados e que alimentam as alterações trazidas pela doença. Esta pesquisa objetiva avaliar e comparar a percepção da imagem corporal e sexualidade de mulheres com câncer de mama submetidas à mastectomia radical e quadrantectomia. O objetivo dessa pesquisa é avaliar e comparar a percepção da imagem corporal e sexualidade de mulheres com câncer de mama submetidas à mastectomia radical ou quadrantectomia. Trata-se de um estudo descritivo, observacional do tipo transversal. A amostra será constituída por 60 mulheres com diagnóstico de câncer de mama, submetidas à mastectomia (n=30) e quadrantectomia (n=30), seguindo os pré-determinados critérios de inclusão e exclusão. Será utilizado o Questionário de Imagem Corporal após o Câncer de Mama (QICCM) e o Índice da Função Sexual Feminina (FSFI) como instrumentos de avaliação. Espera-se encontrar alteração da imagem corporal da mulher com câncer de mama já submetida a alguma das cirurgias referidas, com possível diminuição de suas limitações e estigma corporal, bem como a provável correlação desta alteração de percepção do corpo com alguma mudança restritiva na vida sexual dessas mulheres. Espera-se também encontrar resultados que mostrem quanto maior o tempo da intervenção cirúrgica e de anos de vida da mulher, menos provável será que ela apresente alterações em sua qualidade de vida provenientes de sua percepção corporal. Os resultados desta pesquisa podem enfatizar a importância de atuação precoce sob os aspectos de imagem corporal e sexualidade das mulheres com câncer de mama, independente do tipo de cirurgia submetida.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Maria Clara Eugênia de Oliveira - Integrante / Maria Thereza Albuquerque Barbosa Cabral Micussi - Coordenador / Larissa Ramalho Dantas Varella Dutra - Integrante / ANGELO, PRISCYLLA - Integrante / Rosemary Araujo Monteiro - Integrante.

  • 2015 - 2016

    Avaliação dos sintomas do trato urinário inferior no puerpério imediato, remoto e tardio, Descrição: Esta pesquisa tem o objetivo de avaliar a presença dos sintomas do trato urinário inferior (STUIs) em mulheres no pós-parto imediato, tardio e remoto. Será realizado um estudo observacional, longitudinal, de coorte prospectivo, recrutando 115 mulheres na Maternidade das Quintas, com idade de 18 a 35 anos. Após a concordância das voluntárias em participar mediante a assinatura do Termo de consentimento Livre e Esclarecido (TCLE), a pesquisa será iniciada e realizada em três etapas: a primeira avaliação ocorrerá no 2º dia após o parto, com aplicação de uma ficha de avaliação contendo dados socioeconômicos e sobre a história ginecológica e obstétrica, investigando também a presença dos STUIs. As segunda e terceira avaliações serão realizadas aos 15º e 60º dias de pós-parto, com o intuito de avaliar a presença dos STUIs. Caso a mulher apresente incontinência urinária (IU), serão aplicados dois questionários de qualidade de vida específicos para perda urinária, o KHQ (King?s Health Questionnaire) e o ICIQ-SF (International Consultation on Incontinence Questionnaire - Short Form). A estatística descritiva será utilizada para interpretação dos dados descritivos e serão utilizados testes de correlação para relacionar as variáveis. Palavra-Chave: Sintomas do Trato Urinário Inferior; Incontinência Urinária; Período pós-parto.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Maria Clara Eugênia de Oliveira - Integrante / Maria Thereza Albuquerque Barbosa Cabral Micussi - Coordenador / Larissa Ramalho Dantas Varella Dutra - Integrante / Priscylla Melo Angelo - Integrante / Monayane Grazielly Leite Matias - Integrante / Maria Aneilma Ribeiro de Azevedo - Integrante / Ingrid Bezerra - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2018

Melhor pesquisa Científica - Categoria saúde da mulher, Maternidade Escola januário Cicco - MEJC.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2019 - Atual

    Hospital Regional Dr. Mariano Coelho

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Fisioterapeuta, Carga horária: 30

    Outras informações:
    Fisioterapeuta da UTI Adulto.

  • 2017 - 2019

    Universidade Federal do Rio Grande do Norte

    Vínculo: Professor substituto, Enquadramento Funcional: Professor substituto, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Professor da disciplina de Fisioterapia na Saúde da Criança. Ministrou também Deficiência no Contexto da Sociedade, Prática Supervisionada II e Estágio Supervisionado na Saúde da Criança.

  • 2016 - 2017

    Universidade Federal do Rio Grande do Norte

    Vínculo: Monitor, Enquadramento Funcional: Aluna de Mestrado, Carga horária: 10

    Outras informações:
    Monitora da Especialização em Fisioterapia Materno-Infantil.

  • 2016 - 2016

    Universidade Federal do Rio Grande do Norte

    Vínculo: Estágio a docência, Enquadramento Funcional: Estágio a docência, Carga horária: 10

    Outras informações:
    Participação nas aulas práticas na Maternidade-Escola Januário Cicco (CCS-UFRN) junto aos alunos do estágio supervisionado em pediatria, ginecologia e obstetrícia. Supervisão da Profª Maria Thereza Micussi.

    Atividades

    • 03/2018 - 12/2018

      Extensão universitária , Departamento de Fisioterapia, .,Atividade de extensão realizada, Atenção à saúde das mulheres no puerpério imediato e tardio na Maternidade Januário Cicco..

    • 11/2017 - 01/2018

      Extensão universitária , Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi, .,Atividade de extensão realizada, COORDENADOR(A) ADJUNTO(A) na atividade de extensão Assistência Fisioterapêutica à crianças com deficiência: um enfoque centrado na família..

    • 12/2017 - 12/2017

      Extensão universitária , Departamento de Fisioterapia, .,Atividade de extensão realizada, Tradução do conhecimento em reabilitação..

    • 03/2017 - 12/2017

      Extensão universitária , Departamento de Fisioterapia, .,Atividade de extensão realizada, Atenção à saúde das mulheres no puerpério imediato e tardio na Maternidade januário Cicco.

    • 08/2017 - 08/2017

      Outras atividades técnico-científicas , Departamento de Fisioterapia, Departamento de Fisioterapia.,Atividade realizada, I Encontro internacional de Fisioterapia na saúde da mulher: a prática baseada em evidência..

    • 02/2016 - 12/2016

      Extensão universitária , Departamento de Fisioterapia, .,Atividade de extensão realizada, MONITOR(A) na atividade de extensão Atenção Fisioterapêutica ao Puerpério Imediato (60h).

    • 06/2013 - 08/2013

      Estágios , Hospital de Pediatria UFRN, .,Estágio realizado, Nas enfermarias do Hopital de Pediatria/UFRN - Carga horária: 240h.

    • 05/2013 - 05/2013

      Extensão universitária , Hospital de Pediatria UFRN, .,Atividade de extensão realizada, I Jornada de conscientização sobre a mucopolissacaridose do HOSPED - 30h.

    • 11/2012 - 12/2012

      Outras atividades técnico-científicas , Secretaria de Estado do Esporte e do Lazer, Secretaria de Estado do Esporte e do Lazer.,Atividade realizada, Fsioterapeuta voluntário nos XVIII Jogos Sul-Americanos Escolares 2012 - Carga Horária: 30 h.

    • 01/2012 - 12/2012

      Extensão universitária , Departamento de Fisioterapia, .,Atividade de extensão realizada, Atenção Fisioterapêutica Respiratória no Hospital Infantil Varela Santiago - Carga horária: 260h.

    • 04/2012 - 11/2012

      Extensão universitária , Centro de Ciências da Saúde, Departamento de Fisioterapia.,Atividade de extensão realizada, Atenção Multidiciplinar a escolares do Projeto Criança 2000 - Carga horária: 384h.

    • 02/2012 - 11/2012

      Outras atividades técnico-científicas , Centro de Ciências da Saúde, Centro de Ciências da Saúde.,Atividade realizada, Ações integradas Programa de Diagnóstico e Intervenção no AVC - PRODIAVC - Carga Horaria: 800h.

    • 10/2012 - 10/2012

      Extensão universitária , Departamento de Fisioterapia, .,Atividade de extensão realizada, Semana do AVC - Carga Horária: 30h.

    • 07/2012 - 08/2012

      Extensão universitária , Departamento de Fisioterapia, .,Atividade de extensão realizada, Assistência Fisioterapèutica à crianças com disturbios no desenvolvimento motor - Carga horária: 40h.

    • 03/2012 - 06/2012

      Extensão universitária , Hospital Universitário Onofre Lopes, .,Atividade de extensão realizada, Avaliação em Fisioterapia Neurofuncional - Carga horária: 40h.

    • 12/2011 - 02/2012

      Extensão universitária , Departamento de Fisioterapia, .,Atividade de extensão realizada, Atenção Fisioterapêutica em Pacientes com Disturbios Vasculares Periféricos - Carga horária: 108h.

    • 08/2011 - 12/2011

      Extensão universitária , Departamento de Fisioterapia, .,Atividade de extensão realizada, Atenção Fisioterapêuticas em pacientes com sequela de Acidentes vascular Encefálico utilizando a reailidade virtual como recurso terapêutico - Varga horparia: 68h.

    • 02/2011 - 11/2011

      Extensão universitária , Centro de Ciências da Saúde, Departamento de Fisioterapia.,Atividade de extensão realizada, Assistência e cuidados da Pressão Arterial - PACHA - Carga Horária: 800h.

    • 10/2011 - 10/2011

      Extensão universitária , Departamento de Fisioterapia, .,Atividade de extensão realizada, Semana Nacional do Combate do AVC - Carga Horária: 8h.

    • 09/2011 - 09/2011

      Extensão universitária , Hospital Universitário Onofre Lopes, .,Atividade de extensão realizada, Interpretação Neurofuncional de Exames Radiológicos - Carga horária: 30h.

  • 2016 - 2017

    Universidade Potiguar, UnP

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Preceptor, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Preceptora do curso de Fisioterapia da Universidade Potiguar - UnP nas disciplinas de Uroginecologia e Obstetrícia, e Pediatria.