Maíra Carneiro Proietti

Possui graduação em Oceanologia pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG, 2006), mestrado (2009) pelo Programa de Pós-Graduação em Oceanografia Biológica da FURG, e doutorado (2014) pelo mesmo programa, com período sanduíche no Ocean's Institute da University of Western Australia. Atualmente (desde 2014) é professora adjunta do Instituto de Oceanografia da FURG e professora permanente do Programa de Pós-graduação em Oceanografia Biológica (conceito CAPES 7), atuando no ensino e pesquisa na linha ecologia molecular de organismos marinhos e poluição plástica em ambientes costeiros e marinhos. Tem experiência nas áreas de oceanografia biológica, ecologia, conectividade, genética populacional, ecologia molecular e poluição plástica. Busca também levar informações quanto a este tema para a comunidade não-científica. Bolsista de Produtividade em Pesquisa 2 do CNPq.

Informações coletadas do Lattes em 24/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Oceanografia Biológica

2009 - 2014

Universidade Federal do Rio Grande
Título: Genética populacional e mudanças ecológicas ontogenéticas de tartarugas-de-pente (Eretmochelys imbricata) imaturas na costa do Brasil
Orientador: em The University of Western Australia ( Charitha Pattiaratchi)
com Eduardo Resende Secchi. Coorientador: Luis Fernando Marins. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: mtDNA; hibridização; estrutura genética; origens natais; padrões de dispersão; isótopos estáveis. Grande área: Ciências Exatas e da TerraGrande Área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Genética populacional / Especialidade: Genética Populacional de Animais Marinhos.

Mestrado em Oceanografia Biológica

2007 - 2009

Universidade Federal do Rio Grande
Título: Genética populacional de tartarugas-verdes (Chelonia mydas) em duas áreas de forrageio sul-brasileiras: Ilha do Arvoredo e Praia do Cassino,Ano de Obtenção: 2009
Eduardo Resende Secchi.Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: genética populacional; tartaruga-verde; haplótipo; área de forrageio; Análise de Estoque Misto.

Graduação em Oceanologia

2002 - 2006

Universidade Federal do Rio Grande
Título: Diversidade genética das tartarugas-verdes (Chelonia mydas) da Ilha do Arvoredo (SC): evidências através da análise da região controle (D-Loop) do DNA mitocondrial
Orientador: Luis Fernando Marins

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2019 - 2019

Encontro de Educação Ambiental Costeira e Marinha. (Carga horária: 16h). , Núcleo de Educação e Monitoramento Ambiental, NEMA, Brasil.

2019 - 2019

Oficina sobre lixo no mar: Vida Secreta dos Objetos. (Carga horária: 8h). , Núcleo de Educação e Monitoramento Ambiental, NEMA, Brasil.

2015 - 2015

Curso de Genética para la Conservación. (Carga horária: 105h). , Red Latino Americana de Genetica de la Conservacion, REGENEC, Chile.

2015 - 2015

Marine Evolutionary and Environmental Genomics. (Carga horária: 80h). , Station Biologique de Roscoff, SBR, França.

2011 - 2011

Reabilitação de fauna atingida por óleo. (Carga horária: 24h). , Centro de Recuperação de Animais Marinhos, CRAM, Brasil.

2011 - 2011

Emergency First Response/Rescue Diver. , Professional Association of Diving Instructors, PADI, Brasil.

2011 - 2011

Redação Científica. (Carga horária: 16h). , Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.

2007 - 2007

Curso de Veterinária de Tartarugas Marinhas. (Carga horária: 10h). , Jornada de Conservación e Invertigación de Tortugas Marinas, ASO III, Uruguai.

2005 - 2005

Marcadores Moleculares. (Carga horária: 10h). , Universidade Federal do Espírito Santo, UFES, Brasil.

2005 - 2005

Técnicas aplicadas a biologia molecular. (Carga horária: 40h). , Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.

2004 - 2004

Estatística aplicada à oceanografia e biologia.. (Carga horária: 15h). , Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.

2004 - 2004

Fotografia Submarina. , Universidade do Vale do Itajaí, UNIVALI, Brasil.

2002 - 2002

Nitrox Diver. (Carga horária: 40h). , Professional Diving Instructors Corporation, PDIC, Estados Unidos.

1998 - 1998

Dive Equipment. , Professional Diving Instructors Corporation, PDIC, Estados Unidos.

1998 - 1998

Advanced Open Water Diver. (Carga horária: 40h). , Professional Diving Instructors Corporation, PDIC, Estados Unidos.

1997 - 1997

Wreck Diver. (Carga horária: 40h). , Professional Diving Instructors Corporation, PDIC, Estados Unidos.

1996 - 1996

Open Water Diver. , Professional Diving Instructors Corporation, PDIC, Estados Unidos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Italiano

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Biológica.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Genética populacional/Especialidade: Genética Populacional de Animais Marinhos.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Ecologia molecular.

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Plásticos marinhos.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biologia Geral / Subárea: Biologia e ecologia de animais marinhos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

Proietti, MC . Somos do Mar apresenta: um mar de soluções. 2019. (Outro).

Proietti, MC . IV Encontro Científico da Pós-graduação em Oceanografia Biológica - ENCOB. 2019. (Outro).

Proietti, MC ; CARDOSO, L. G. ; DUMONT, LUIZ FELIPE CESTARI . II Encontro Científico da Pós-graduação em Oceanografia Biológica - ENCOB. 2017. (Outro).

Proietti, MC ; DUMONT, F. C. . I Encontro Científico da Pós-graduação em Oceanografia Biológica - ENCOB. 2016. (Outro).

PROIETTI, M. C. . III Simpósio Gaúcho de Herpetologia. 2016. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

46a Feira do Livro da Universidade Federal do Rio Grande. Lixo no Mar. 2019. (Exposição).

Encontro do Grupo Ribombo de formação com a Rede Municipal de Ensino sobre lixo nos oceanos.Lixo nos oceanos. 2019. (Encontro).

Feira de Ciências Escola Municipal Wanda Rocha. Lixo no mar: vamos solucionar?. 2019. (Exposição).

IX Fórum Internacional de Gestão Ambiental.A poluição dos oceanos por plásticos e seus impactos no ambiente marinho. 2019. (Outra).

45a Feira do Livro da Universidade Federal do Rio Grande. Lixo no mar. 2018. (Exposição).

Conferência PLANETA.DOC.Projeto Lixo Marinho. 2018. (Outra).

X Encontro Nacional de Gerenciamento Costeiro.INGESTÃO DE LIXO PLÁSTICO MARINHO POR TARTARUGAS MARINHAS NO SUL DO BRASIL: ABUNDÂNCIA, CARACTERÍSTICAS E SELETIVIDADE. 2018. (Encontro).

16 Mostra da Produção Universitária da Universidade Federal do Rio Grande.Avaliação de apresentações. 2017. (Encontro).

1o Encontro sobre Lixo Marinho do Atlântico Sul. 2017. (Encontro).

44a Feira do Livro da Universidade Federal do Rio Grande. Polvixo e o lixo no mar. 2017. (Exposição).

Conferência Rufford Foundation Brasil ?2017. GENÉTICA POPULACIONAL DE TARTARUGAS MARINHAS NA COSTA BRASILEIRA. 2017. (Congresso).

OTN-Br Workshop 2017 Launching of the Data Portal and Structuring the Brazilian Ocean Tracking Network.Acoustic tracking as a research tool for sea turtles. 2017. (Outra).

X Encontro Nacional de Gerenciamento Costeiro. 2017. (Congresso).

15 Mostra da Produção Universitária da Universidade Federal do Rio Grande.Avaliador de apresentações. 2016. (Encontro).

36th ANNUAL SYMPOSIUM ON SEA TURTLE BIOLOGY AND CONSERVATION.Hawksbill x loggerhead hybrids at Brazilian feeding grounds. 2016. (Simpósio).

14 Mostra da Produção Universitária da Universidade Federal do Rio Grande.RELAÇÕES FILOGENÉTICAS ENTRE ESPÉCIES PERTENCENTES AO GRUPO GENÉRICO ZYGOTHRICA (DIPTERA: DROSOPHILIDAE. 2015. (Encontro).

EURAXESS Science Slam Brazil.Tartarugas marinhas híbridas da costa brasileira. 2015. (Outra).

Western Australian Marine Turtle Symposium. 2012. (Simpósio).

V Jornada de Conservação e Pesquisa de Tartarugas Marinhas no Atlântico Sul Ocidental. OCORRÊNCIA DE TARTARUGAS-DE-PENTE (Eretmochelys imbricata) NOS ARQUIPÉLAGOS DE ABROLHOS (BA) E SÃO PEDRO E SÃO PAULO (RN), BRASIL. 2011. (Congresso).

IVJornada de Conservação e Pesquisa de Tartarugas Marinhas no Atlântico Sul Ocidental. Estoques mistos da tartaruga-verde (Chelonia mydas) no sul do Brasil, revelados por DNA mitocondrial e correntes oceânicas. 2009. (Congresso).

54o Congresso Brasileiro de Genética. CARACTERIZAÇÃO DA REGIÃO CONTROLE DO DNA MITOCONDRIAL E ANÁLISE DE ESTOQUE MISTO DE TARTARUGAS-VERDES (CHELONIA MYDAS) DA ILHA DO ARVOREDO, SC. 2008. (Congresso).

VII Mostra de Produção Universitária.Tartarugas marinhas da Ilha do Arvoredo, SC: resultados de três anos de pesquisa.. 2008. (Outra).

III Jornada de Conservación e Investigación de Tortugas marinas en el Atlantico Sur Occidental. 2007. (Congresso).

V Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação/Simpósio Internacional de Áreas Protegidas. Ocorrência de fibropapilomatose em tartarugas-verdes na Reserva Biológica Marinha do Arvoredo, SC. 2007. (Congresso).

XII Congresso Latino-Americano de Ciências do Mar. AVALIAÇÃO PRELIMINAR DA OCORRÊNCIA DE FIBROPAPILOMATOSE EM TARTARUGAS-VERDES (CHELONIA MYDAS) INCIDENTES NA RESERVA BIOLÓGICA MARINHA DO ARVOREDO, SC. 2007. (Congresso).

1a Semana Acadêmica de Oceanografia.Genética populacional de tartarugas-verdes (Chelonia mydas) da Ilha do Arvoredo, SC. 2006. (Outra).

Semana Acadêmica de Oceanografia.Genética populacional de tartarugas-verdes (Chelonia mydas) da Ilha do Arvoredo, SC. 2006. (Outra).

V Mostra de Produção Universitária e XV Congresso de Iniciação Científica. Ocorrência de fibropapilomatose em tartarugas-verdes (Chelonia mydas) da Ilha do Arvoredo, Reserva Biológica Marinha do Arvoredo, SC. 2006. (Congresso).

II Congresso Brasileiro de Oceanografia. Tartarugas Marinhas da Ilha do Arvoredo. 2005. (Congresso).

II Jornada de Conservação e Pesquisa de Tartarugas Marinhas no Atlântico Sul Ocidental. Tartarugas Marinhas da Ilha do Arvoredo, Reserva Biológica Marinha do Arvoredo, SC. 2005. (Congresso).

I Congresso Brasileiro de Oceanografia. 2004. (Congresso).

Semana Acadêmica do Museu Oceanográfico Eliézer C. Rios. 2003. (Outra).

XIII Semana Nacional de Oceanografia. 2003. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Amanda Bungi Zaluski

Proietti, MC. INVESTIGAÇÃO DE MECANISMOS DA DETERMINAÇÃO E DA DIFERENCIAÇÃO SEXUAL DEPENDENTE DE TEMPERATURA EM ZEBRAFISH (Danio rerio) E EM DUAS ESPÉCIES DE TARTARUGAS MARINHAS (Caretta caretta e Eretmochelys imbricata). 2019. Dissertação (Mestrado em PÓS-GRADUAÇÃO EM ECOLOGIA E EVOLUÇÃO DA BIODIVERSIDADE) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Aluno: Ana Luzia de Figueiredo Lacerda

DINCAO, F.;Proietti, MaíraMARINS, L. F.; MAGGIONI, R.. Estrutura populacional de Callinectes sapidus na costa ocidental do Atlântico Sul, inferida por marcadores microssatélites. 2015. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Biológica) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Rodrigo Cezar Genoves

SECCHI, E.R.; MOLLER, L.; BOTTA, S.; FRUET, P.; DAURA-JORGE, F.;PROIETTI, M. C.. Estrutura Genética e Social do Boto (Tursiops truncatus gephyreus) no Estuário da Lagoa dos Patos e Águas Costeiras Adjacentes. 2019. Tese (Doutorado em Oceanografia Biológica) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Larissa Souza Arantes

Santos, F.;PROIETTI, M. C.; Mazzoni, C. J.; LOBO-RADJU, G.; MORAS, L. M.; PERINI, F.. Filogeografia genômica e hibridização em tartarugas marinhas. 2019. Tese (Doutorado em Genética) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Sandra Isabel Moreno Abril

Proietti, MC. Análise genética das populações de peixes Hyphessobrycon luetkenii na área de influência das Minas do Camaquã como idicador adaptativo frente à contaminação por metais. 2018. Tese (Doutorado em Ciências Fisiológicas - Fisiologia Animal Comparada) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Sandra Isabel Moreno Abril

Proietti, MC. Qualificação de doutorado. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Fisiológicas - Fisiologia Animal Comparada) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Flávia da Silva Macedo

Proietti, MC; POHREN, RS; LACERDA, A. L. F.. Microplásticos na Praia do Cassino e Estuário da Lagoa dos Patos (RS): abundância, características e ingestão. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Ademir da Silva Maruyama

Monteiro, DS; MEDEIROS, LUCIANA; BOTTA, SILVINA;Proietti, MC. Ecologia trófica da tartaruga-oliva (Lepidochelys olivacea) no Rio Grande do Sul. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Larissa Midori Konishi Britz

PINHO, G.; PINHEIRO, L. M.;Proietti, MC; MACHADO, E.. CONTAMINAÇÃO POR MICROPLÁSTICOS EM SEDIMENTO DE UMA MARISMA NO SUL DO BRASIL. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Vitória Muraro

BUGONI, L.; FREGONEZI, A.; Marins, LF;Proietti, MC. Diversidade e estruturação genética de Sula sula em ilhas oceânicas brasileiras: a população extinta na ilha da Trindade representava uma unidade distinta?. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Renata Portis

Proietti, MC. ESTUDO PRELIMINAR DA CONTAMINAÇÃO POR RESÍDUOS SÓLIDOS NA PRAIA GRANDE - ILHA ELEFANTE, ANTÁRTICA. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Pablo Fernando Del Mestre da Rocha

Proietti, MC. Interação e percepção dos pescadores artesanais com as principais espécies guarda-chuva e espécies-bandeira da conservação marinhas do molhe oeste na Praia do Cassino - RS. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Jessica Leiria Schattschneider

Proietti, MC. Análise do perfil de mergulho da tartaruga-cabeçuda (Caretta caretta) no Atlântico Sul Ocidental utilizando telemetria por satélite. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Milena Rizzi

PROIETTI, M. C.. Captura Incidental de Tartarugas Marinhas na Pescaria com Espinhel Pelágico no Sul do Brasil. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Maria Nunes

Proietti, MC; BUGONI, L.. Descrição e análise da dieta de Chelonia mydas (Linnaeus, 1758) na região sul do Rio Grande do Sul. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Pâmela Soares de Castro Echevenguá

Proietti, MC. Uso de habitats por Lepidochelys olivacea antes e durante o período de reprodução, determinado através de análise de isótopos estáveis. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Melina Ruzzene

Proietti, MC; Secchi, ER; Bugoni, L. Tartarugas verdes (Chelonia mydas) recebidas no Centro de Recuperação de Animais Marinhos (CRAM/FURG) e a ingestão de resíduos sólidos. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Nayara Bucair

PROIETTI, M. C.; SECCHI, E.R.. O Grande Ecossistema do Leste do Brasil e as migrações alimentares e reprodutivas de tartarugas marinhas Caretta caretta. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande.

Proietti, MC. Concurso público para professor do magistério superior de Biogeografia Marinha - Instituto de Oceanografia. 2017. Universidade Federal do Rio Grande.

Gava, A.; Kersanach, R.;Proietti, MC. Seleção simplificada de professor substituto: Genética Geral e Biologia Molecular, Instituto de Ciências Biológicas. 2014. Universidade Federal do Rio Grande.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Luiz Eduardo Maia Nery

NERY, L. E. M.MARINS, L. F.; SECHI, E.. Diversidade genetica das tartarugas-verdes (Chelonia mydas) da ilha do arvoredo (SC): evidências através da analise da região controle (D-loop) do DNA mitocondrial. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande.

Alexandre Miranda Garcia

SECCHI, E.; BIANCHINI, A.;GARCIA, A. M.; MARINS, L. F.; BONATTO, S. L.. Genética populacional e mudanças ecológicas ontogenéticas de tartarugas-de-pente imaturas em águas brasileiras. 2014. Tese (Doutorado em Oceanografia Biológica) - Universidade Federal do Rio Grande.

Eduardo Resende Secchi

SECCHI, E. R.; Marin.s, L.F; Maia, L.E.N.. Diversidade genetica das tartarugas-verdes (Chelonia mydas) da Ilha do Arvoredo (SC): evidencias atraves da analise da regiao controle (D-loop) do DNA mitocondrial.. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande.

Paul Gerhard Kinas

SECCHI, E. R.; BONATO, S. L.; MARINS, L. F.;KINAS, P. G.. Estoques mistos da tartaruga-verde (Chelonia mydas) no sul do Brasil, revelados por DNA mitocondrial e correntes oceânicas. 2009. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Biológica) - Universidade Federal do Rio Grande.

SANDRO LUIS BONATTO

Bonatto, Sandro L.. Estoques mistos da Tartaruga-verde (Chelonia mydas) no sul do Brasil, revelados por DNA mitocondrial e correntes oceânicas.. 2009. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Biológica) - Universidade Federal do Rio Grande.

SANDRO LUIS BONATTO

Bonatto, Sandro L.. Genética populacional e mudanças ecológicas ontogenéticas de tartarugas-de-pente imaturas em águas brasileiras. 2014. Tese (Doutorado em Oceanografia Biológica) - Universidade Federal do Rio Grande.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Tainah Barcat

INTERAÇÕES DE CEFALÓPODES COM O LIXO NO MAR; Início: 2019; Dissertação (Mestrado em Oceanografia Biológica) - Universidade Federal do Rio Grande, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

DAVI DE VASCONCELLOS MACHADO

DIVERSIDADE GENÉTICA E ESTRUTURA POPULACIONAL DA CASTANHA (Umbrina canosai, Sciaenidae) NO ATLÂNTICO SUDOESTE, INFERIDA POR MICROSSATÉLITES; Início: 2018; Dissertação (Mestrado em Oceanografia Biológica) - Universidade Federal do Rio Grande, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Coorientador);

Bruna de Ramos

DIAGNÓSTICO, ANÁLISE E ESTRATÉGIAS PARA A PROBLEMÁTICA DO LIXO MARINHO NO BALNEÁRIO CASSINO, RIO GRANDE - RS; Início: 2017; Dissertação (Mestrado em GERENCIAMENTO COSTEIRO) - Universidade Federal do Rio Grande, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Coorientador);

Ana Carolina Tatsch

Epigenética populacional de mamíferos marinhos no sul do Brasil; Início: 2016; Tese (Doutorado em Oceanografia Biológica) - Universidade Federal do Rio Grande, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Coorientador);

Isabela Senna Nigro

DIVERSIDADE GENÉTICA E CONECTIVIDADE POPULACIONAL DA GAROUPA-VERDADEIRA (Epinephelus marginatus) AO LONGO DE SUA DISTRIBUIÇÃO NA COSTA BRASILEIRA; Início: 2018; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande, Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza; (Orientador);

Igor Puertas

Diversidade genética, conectividade e hibridização de tartarugas-oliva (Lepidochelys olivacea) em áreas de alimentação da costa brasileira; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; (Orientador);

Leonardo Soares

Resíduos sólidos antropogênicos (RSA) no Estuário da Lagoa dos Patos: concentrações e características; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio Grande, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Gisele Guedes

Trabalho voluntário no Projeto Lixo Marinho; Início: 2019; Orientação de outra natureza; Universidade Federal do Rio Grande; (Orientador);

José Gabriel Barbosa Neto

Ingestão de microplásticos por peixes marinhos no RS; 2019; Dissertação (Mestrado em Oceanografia Biológica) - Universidade Federal do Rio Grande, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maíra Carneiro Proietti;

Milena Rizzi

Ingestão de resíduos sólidos antropogênicos por tartarugas marinhas na Praia do Cassino, RS; 2018; Dissertação (Mestrado em Oceanografia Biológica) - Universidade Federal do Rio Grande, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maíra Carneiro Proietti;

Renan Costa Macahdo

CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR DOS ESTOQUES DE MIRAGAIA (POGONIAS CROMIS, SCIAENIDAE), NO ATLÂNTICO SUL OCIDENTAL COM SUBSÍDIO PARA A GESTÃO DA PESCA; 2018; Dissertação (Mestrado em GERENCIAMENTO COSTEIRO) - Universidade Federal do Rio Grande,; Coorientador: Maíra Carneiro Proietti;

Cintia Brito

USO COMBINADO DE MARCADORES GENÉTICOS DO DNA MITOCONTRIAL E NUCLEAR NO ESTUDO DE TARTARUGAS MARINHAS HÍBRIDAS IMATURAS AO LONGO DA COSTA BRASILEIRA; 2018; Dissertação (Mestrado em Oceanografia Biológica) - Universidade Federal do Rio Grande, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maíra Carneiro Proietti;

Lucas Rodrigues

ABUNDÂNCIA, COMPOSIÇÃO E RESPOSTA A VARIÁVEIS AMBIENTAIS DA ASSEMBLEIA DE TIPULOIDEA (INSECTA: DIPTERA) EM MARISMAS DO ESTUÁRIO DA LAGOA DOS PATOS; 2017; Dissertação (Mestrado em Oceanografia Biológica) - Universidade Federal do Rio Grande, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maíra Carneiro Proietti;

Luciana Medeiros Silva

Estrutura populacional e ecologia trófica da tartaruga-cabeçuda Caretta caretta no Atlântico Sul Ocidental; 2019; Tese (Doutorado em Oceanografia Biológica) - Universidade Federal do Rio Grande, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Maíra Carneiro Proietti;

Ana Luzia de Figueiredo Lacerda

CARACTERIZAÇÃO QUALI-QUANTITATIVA DE RESÍDUOS PLÁSTICOS E SUAS COMUNIDADES EPIPLÁSTICAS EM ÁGUAS SUPERFICIAIS DO ATLÂNTICO SUL OCIDENTAL; 2019; Tese (Doutorado em Oceanografia Biológica) - Universidade Federal do Rio Grande, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maíra Carneiro Proietti;

Elisa Brod Decker

Ocorrência de fibropapilomatose em tartarugas-verdes (Chelonia mydas) na Reserva Biológica Marinha do Arvoredo, SC; 2012; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Biologia de ambientes aquáticos continentais) - Universidade Federal do Rio Grande; Orientador: Maíra Carneiro Proietti;

Andrea Maltchik Zamora

CARACTERIZAÇÃO GENÉTICA DE TARTARUGAS-VERDES (Chelonia mydas) IMATURAS DOS MOLHES DA BARRA DO RIO GRANDE E DO ARQUIPÉLAGO DOS ABROLHOS; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande; Orientador: Maíra Carneiro Proietti;

Cíntia Brito Prudente da Silva

Hibridização entre tartarugas-de-pente (Eretmochelys imbricata) e tartarugas-cabeçudas (Caretta caretta) imaturas no litoral brasileiro; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande, Programa Institucional de Desenvolvimento do Estudante; Orientador: Maíra Carneiro Proietti;

Flávia da Silva Macedo

MICROPLÁSTICOS EM ECOSSISTEMAS COSTEIROS NO SUL DO BRASIL: ABUNDÂNCIA, CARACTERÍSTICAS E INGESTÃO POR INVERTEBRADOS; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Maíra Carneiro Proietti;

[Nome removido após solicitação do usuário]

ABUNDÂNCIA, DISTRIBUIÇÃO E CARACTERÍSTICAS DE RESÍDUOS SÓLIDOS DEPOSITADOS NA PRAIA DO CASSINO, RS; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Maíra Carneiro Proietti;

Vinícius Azevedo

Caracterização genética dos estoques mistos de tartarugas-oliva (Lepidochelys olivacea) do sul do Brasil; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande, Programa Institucional de Desenvolvimento do Estudante; Orientador: Maíra Carneiro Proietti;

Bárbara Bernardes

Genética de tartarugas marinhas; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maíra Carneiro Proietti;

Alexsander Tarouco

Resíduos sólidos antropogênicos na Praia do Cassino - RS; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia de Automação) - Universidade Federal do Rio Grande, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Maíra Carneiro Proietti;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Luis Fernando Fernandes Marins

Estoques mistos da tartaruga-verde (Chelonia mydas) no sul do Brasil, revelados por DNA mitocondrial e correntes oceânicas; 2009; Dissertação (Mestrado em Oceanografia Biológica) - Universidade Federal do Rio Grande, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Coorientador: Luis Fernando Fernandes Marins;

Luis Fernando Fernandes Marins

Genética populacional das tartarugas-verdes (Chelonia mydas) incidentes na Ilha do Arvoredo: evidências através da análise de DNA mitocondrial; 2006; 0 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em OCEANOLOGIA) - Universidade Federal do Rio Grande; Orientador: Luis Fernando Fernandes Marins;

Eduardo Resende Secchi

ESTOQUES MISTOS DA TARTARUGA-VERDE (Chelonia mydas) NO SUL DO BRASIL, REVELADOS POR DNA MITOCONDRIAL E CORRENTES OCEÂNICAS; 2009; Dissertação (Mestrado em Pos-Graduacao em Oceanografia Biologica) - Universidade Federal do Rio Grande, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Eduardo Resende Secchi;

Eduardo Resende Secchi

Genética populacional e mudanças ecológicas ontogenéticas de tartarugas-de-pente imaturas em águas brasileiras; 2014; Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Oceanografia Biológica) - Universidade Federal do Rio Grande, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Eduardo Resende Secchi;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • TEODORO, S. S. A. ; DA SILVA CORTINHAS, MARIA CRISTINA ; Proietti, MC ; COSTA, R. ; DUMONT, LUIZ FELIPE CESTARI . High genetic connectivity among pink shrimp Farfantepenaeus paulensis (Pérez-Farfante, 1967) groups along the south-southeastern coast of Brazil. ESTUARINE COASTAL AND SHELF SCIENCE , v. 232, p. 106488, 2020.

  • LACERDA, ANA L.D.F. ; PROIETTI, MAÍRA C. ; SECCHI, EDUARDO R. ; TAYLOR, JOE D. . Diverse groups of Fungi are associated with plastics in the surface waters of the Western South Atlantic and the Antarctic Peninsula. MOLECULAR ECOLOGY , v. 1, p. 1, 2020.

  • BRITO, CÍNTIA ; VILAÇA, SIBELLE TORRES ; LACERDA, ANA LUZIA ; MAGGIONI, RODRIGO ; MARCOVALDI, MARIA ÂNGELA ; VÉLEZ-RUBIO, GABRIELA ; PROIETTI, MAÍRA CARNEIRO . Combined use of mitochondrial and nuclear genetic markers further reveal immature marine turtle hybrids along the South Western Atlantic. GENETICS AND MOLECULAR BIOLOGY (ONLINE VERSION) , v. 43, p. e20190098, 2020.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

SLAT, B. ; Proietti, M . The Ocean Cleanup Project: Feasibility Study. 2014.

Proietti, MC . Praia do Cassino tem nove mil pedaços de lixo a cada dois quilômetros, diz estudo da Furg. 2020. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Proietti, MC . Quantidade de plásticos que chega aos mares e fontes de água doce é assustadora. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SILVEIRA, E. ; PROIETTI, M. C. ; VARGAS, S. . Cientistas brasileiras derrubam mito de que tartarugas marinhas são ?fiéis?. 2018. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

Proietti, MC ; Lameiro, FR ; Canabarro, P . Lixo Marinho. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Proietti, MC . Praia do Cassino tem 2 mil pedaços de lixo a cada km. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Proietti, MC . Projeto busca solução para lixo na Praia do Cassino. 2017.

Proietti, MC . Projeto Lixo Marinho. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Proietti, MC . Pesquisa realizada no RS revela acúmulo de plástico descartado incorretamente nos oceanos. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Proietti, MC . Projetos buscam reduzir o problema do lixo em oceanos. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Proietti, MC . Poluentes Emergentes - Lixo Marinho. 2017. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

Proietti, MC . Particulas do esfoliante poluem meio ambiente saiba como fazer o seu. 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

Proietti, Maíra . As viagens das tartarugas marinhas. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Proietti, Maíra . Brazil's Hybrid Turtles. 2014. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

PROIETTI, M. C. . Expedição Abrolhos. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Proietti, MC . Projeto Lixo Marinho - FURG (Instagram). 2019; Tema: Lixo no Mar. (Rede social).

PROIETTI, M. C. . Projeto Lixo Marinho - FURG (Facebook). 2016; Tema: Lixo no Mar. (Rede social).

Proietti, MC ; RAMOS, B . LIXO MARINHO - PROBLEMÁTICA E SOLUÇÕES. 2019. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Proietti, MC . Revisão de projetos para órgão internacional de financiamento. 2019. (Revisão de projetos para órgão internacional de financiamento).

Proietti, MC ; RAMOS, B ; BARBOSA, G . LIXO MARINHO - PROBLEMÁTICA E SOLUÇÕES. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Proietti, MC ; Lameiro, FR ; RAMOS, B . Resíduos sólidos antropogênicos na Praia do Cassino - 2016. 2016. (Relatório técnico).

ARTICO, L. O. ; DEAZEVEDOFIGUEIREDO, M ; NORNBERG, B. ; Proietti, M ; STUDZINSKI, A.L.M. . Biologia molecular e suas aplicações. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

ALMEIDA, D.V. ; ARTICO, L. O. ; FIGUEREDO, M.A. ; LANES, C.F.C. ; PROIETTI, M. C. ; STUDZINSKI, A.L.M. . Curso de Biologia Molecular Aplicado à Transgenia e Genética da Conservação.. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

PROIETTI, M. C. ; REISSER, J. W. . Exposição de fotos - Projeto Tartarugas Marinhas do Arvoredo. 2007 (Exposição de fotos).

PROIETTI, M. C. . Logotipo do Centro Acadêmico de Oceanologia, FURG. 2007 (Criação de Logotipo).

PROIETTI, M. C. . A oceanologia e o mundo. 2005 (Pintura).

PROIETTI, M. C. . Logotipo do Projeto Tartarugas Marinhas do Arvoredo, REBIOMAR do Arvoredo, SC. 2004 (Criação de logotipo).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    Respostas do ECOssistema PELÁGicO àS mudanças climáticas no Oceano Austral ? EcoPelagos, Descrição: Embora avanços significativos tenham sido alcançados nos últimos anos, os domínios biológicos e ecológicos do ambiente marinho Antártico permanecem, em grande parte, inexplorados. Os pesquisadores das ciências da vida antártica se dedicam ao entendimento sobre a evolução e a diversidade da vida marinha no Oceano Austral para determinar como esses processos produziram ecossistemas singulares. Porém, como o Oceano Austral é vasto e remoto, a coleta de dados físicos e biológicos in situ torna-se um enorme desafio. Informações provenientes de sensoriamento remoto, flutuadores e/ou fundeios oceanográficos, fornecem informações sinóticas sobre o ambiente físico do Oceano Austral que podem ser integradas em modelos numéricos ou estatísticos, e validados com dados in situ. Esta é uma abordagem eficaz para maximizar a utilidade de dados biológicos esparsos. Desta forma, o projeto EcoPelagos avança, em relação às pesquisas pretéritas do grupo, na qualidade, e diversidade de dados oceanográficos, por meio da ampliação espacial e temporal da coleta utilizando métodos tradicionais e contemporâneos (como a genômica e proteômica). Sua execução permitirá gerar informações fundamentais sobre a relação entre a biota e as variáveis físico-químicas do ecossistema Antártico. Fundamentalmente, permitirá expandir o entendimento sobre a estrutura e função biológica, desde o nível molecular ao ecossistêmico, projetar possíveis respostas e avaliar a capacidade de resiliência dos ecossistemas pelágicos antárticos perante as alterações climáticas. A pesquisa permitirá a detecção e projeção de suas respostas a futuras mudanças a partir da percepção de eventuais alterações nos processos biológicos, que estejam ocorrendo em regiões sob diferentes impactos das mudanças climáticas. Para tal, uma série de objetivos específicos são propostos, com enfoque inter e multidisciplinar, combinando abordagens observacionais, experimentais e in silico (modelagem). Essa abordagem multidisciplinar inovadora e de liderança, somada às parcerias internacionais estabelecidas, fortalecerá e qualificará as pesquisas na área de ciências da vida marinha, globalmente importantes, dentro do Programa Antártico Brasileiro. Este será um projeto ecossistêmico, que levará em consideração as interações entre os principais componentes da teia trófica pelágica, bem como a interação pelágico-bentônica, objetivando compreender como diferentes condições físicoquímicas do ambiente, desencadeadas pelas mudanças climáticas, determinam os padrões de diversidade biológica, incluindo da Plastisfera, as principais vias de fluxo de energia entre seus componentes e a saúde geral do ambiente marinho da PAO. A proposta está em sintonia com os novos programas de pesquisa da área de ciências da vida do Comitê Científico de Pesquisas Antárticas (SCAR). Além da contribuição científica e da formação de recursos humanos, o sucesso desta proposta ampliará a contribuição e o protagonismos da comunidade científica brasileira no cenário internacional de pesquisa polar.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Maíra Carneiro Proietti - Integrante / Secchi, ER - Coordenador / Carlos Rafael Mendes - Integrante.

  • 2016 - Atual

    Conectividade populacional de uma espécie ameaçada de garoupa Epinephelus marginatus ao longo de sua distribuição na costa brasileira, Descrição: A garoupa-verdadeira Epinephelus marginatus é uma espécie de peixe marinho de grande porte, com lenta taxa de crescimento e de complexo ciclo reprodutivo, que tem sido fortemente explorada pela pesca. Em vista disso, vem ocorrendo nos últimos anos um marcado declínio nas capturas dessa espécie ao longo de toda sua área de distribuição e, atualmente, a espécie é classificada mundialmente como ?Em Perigo? (IUCN). A relevância ecológica e econômica dessa espécie emblemática da costa brasileira se reflete na sua escolha para ilustrar a moeda nacional de maior valor no Brasil, a nota de 100 reais. A bio-ecologia da espécie em algumas regiões do mundo, como no Mar Mediterrâneo, é bem conhecida, o que auxiliou no estabelecimento de dezenas de áreas marinhas protegidas (AMPs), as quais são importantes para garantir a conectividade populacional e a conservação da espécie. No Brasil, os estudos sobre a garoupa-verdadeira estão concentrados no sul do Brasil, especialmente no RS e em SC. Na costa gaúcha, em particular, o conhecimento sobre uso de habitat, reprodução, estrutura de idade e ecologia trófica da espécie avançou bastante desde 2007, graças ao apoio da Fundação O Boticário de Proteção a Natureza (processos 0753-20072, 0831-20091 e 0962-20122). Apesar desses avanços, a conectividade populacional da espécie ao longo da costa brasileira permanece desconhecida. Esse conhecimento é fundamental para realizar avaliações mais adequadas sobre sua dinâmica populacional e subsidiar medidas apropriadas de conservação, bem como ordenamento e manejo da pesca. No âmbito social, o projeto prevê ações de Educomunicação visando conscientizar estudantes e formadores de opinião sobre a importância da conservação da garoupa-verdadeira e dos ecossistemas marinhos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Maíra Carneiro Proietti - Coordenador / Mario Vinicius Condini - Integrante / Alexandre Garcia - Integrante / Isabela Nigro - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Resíduos sólidos antropogênicos (RSA) em praias, águas superficiais e biota do Atlântico Sul Ocidental: concentrações e características, Descrição: Este projeto tem como objetivo geral investigar a poluição por resíduos sólidos antropogênicos (RSA) em praias e águas superficiais do Atlântico Sul Ocidental, assim como sua ingestão pela biota marinha. Os objetivos específicos são divididos de acordo com cada subprojeto: Subprojeto 1. Resíduos sólidos antropogênicos (RSA) na Praia do Cassino, RS i. Caracterizar e quantificar os RSA em um trecho urbanizado e em um trecho não urbanizado da orla da praia do Cassino, focando principalmente nos resíduos plásticos; ii. Identificar as possíveis fontes (marinha e/ou continental) de RSA na orla da praia do Cassino; iii. Avaliar a dinâmica de deposição dos RSA, em razão das estações do ano e graus de uso da praia; iv. Comparar a distribuição espacial de RSA na região de dunas frontais e da linha de deposição próximo à água; v. Comparar no tempo, utilizando estudos pretéritos, a dinâmica de RSA na orla da praia do Cassino. Subprojeto 2. Resíduos sólidos antropogênicos em águas oceânicas superficiais do sudeste/sul do Brasil i. Quantificar a concentração de plásticos nas águas superficiais da região de quebra de plataforma e talude continental da costa sudeste/sul do Brasil; ii. Caracterizar os fragmentos plásticos quanto ao tipo, tamanho, cor e polímero; iii. Identificar e descrever os organismos que colonizam a superfície dos plásticos, através de microscopia e metagenômica; iv. Amplificar os genes 16S, 18S e ITS do rRNA, o que permitirá a identificação de procariotos (16S), algas e diferentes grupos de invertebrados (18S) e fungos (ITS); v. Descrever a composição de espécies associadas aos polímeros de polietileno e polipropileno; vi. Avaliar os efeitos da sazonalidade nos processos de colonização das comunidades epiplásticas no ELP; vii. Inferir rotas de dispersão e possíveis origens destes fragmentos através de modelagem de partículas; Subprojeto 3. Ingestão de resíduos sólidos por animais marinhos i. Caracterizar e quantificar os resíduos sólidos ingeridos pelos organismos; ii. Verificar a frequência de ocorrência de plásticos nos tratos digestórios, e sua proporção em relação ao conteúdo alimentar de origem orgânica; iii. Verificar a influência da espécie, habitat, estratégia alimentar e estágio de vida dos organismos na quantidade dos plásticos ingeridos; iv. Avaliar se os indivíduos selecionam plásticos de acordo com determinadas características (p.e. cor, flexibilidade, etc.).. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Maíra Carneiro Proietti - Coordenador / Fabio Lameiro Rodrigues - Integrante / Ana Luzia Lacerda - Integrante / Milena Rizzi - Integrante / Melanie Vianna Alencar - Integrante / Felipe Kessler - Integrante / Luis Gustavo Cardoso - Integrante / Roberta Barutot - Integrante / Julia Reisser - Integrante / Eduardo Secchi - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    Caracterização genética de tartarugas marinhas imaturas híbridas na costa brasileira, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Maíra Carneiro Proietti - Coordenador / Júlia Wiener Reisser - Integrante / Luis Fernando Marins - Integrante / Eduardo Resende Secchi - Integrante / Danielle Monteiro - Integrante / MARCOVALDI, MARIA A. - Integrante / SOARES, LUCIANO S. - Integrante., Financiador(es): Rufford Small Grants for the Conservation of Nature - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    Diversidade genética, conectividade e hibridização de tartarugas marinhas no litoral brasileiro, Descrição: Todas as espécies de tartarugas marinhas estão atualmente classificadas na lista vermelha da União Internacional pela Conservação da Natureza (IUCN) como em ameaça de extinção (IUCN 2016). Santos et al. (2011) e Marcovaldi et al. 2011 descreveram as populações brasileiras de tartarugas-cabeçudas como ameaçadas, e tartarugas-de-pente criticamente ameaçadas. Este estado de conservação se deve principalmente à sobre-exploração histórica de fêmeas para consumo e/ou comercialização de seus ovos e carne. Embora atualmente as tartarugas marinhas sejam protegidas por lei em grande parte do mundo, o comércio ilegal de produtos destes animais continua ameaçando suas populações. A crescente e desordenada ocupação da costa provoca degradação e até perda de habitats de desova e alimentação. A industrialização e constante crescimento da frota pesqueira mundial vem causando um grande aumento da captura acidental de tartarugas marinhas, especialmente em redes de arrasto, espera e espinhel pelágico. A poluição marinha, principalmente detritos plásticos, também é uma grave ameaça: as tartarugas podem se enredar em materiais descartados de pesca, ou ingerirem material plástico provocando asfixia, fecalomas e/ou falsa sensação de saciedade, podendo levar à morte do animal. Considerando as atuais ameaças à sobrevivência das tartarugas marinhas, e que o sucesso de estratégias de conservação de populações depende da manutenção da diversidade genética a nível de espécies, populações e regiões geográficas, este projeto objetiva avaliar a diversidade genética e conectividade de populações de tartarugas marinhas no litoral brasileiro. Além disso, objetiva entender o processo de hibridização interespecífica entre tartarugas marinhas, que ocorre com elevada frequência na costa brasileira e pode provocar impactos negativos como menor aptidão e sobrevivência destas espécies ameaçadas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Maíra Carneiro Proietti - Coordenador / Rodrigo Maggioni - Integrante / MARCOVALDI, MARIA A. - Integrante / MONTEIRO, DANIELLE S. - Integrante / SECCHI, EDUARDO R. - Integrante / S T Vilaça - Integrante / Luciana Medeiros - Integrante / Cintia Brito - Integrante / Vinicius de Azevedo - Integrante / Andrea Zamora - Integrante., Financiador(es): Rufford Small Grants for the Conservation of Nature - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    Caracterização genética das tartarugas-de-pente (Eretmochelys imbricata) no litoral brasileiro, Descrição: O presente trabalho objetiva caracterizar geneticamente as tartarugas-de-pente (Eretmochelys imbricata) de uma área de desova (Praia de Pipa ? RN) e cinco áreas de alimentação e desenvolvimento (Praia de Pipa e Arquipélago de São Pedro São Paulo ? RN, Abrolhos ? BA, Ilha do Arvoredo ? SC, e Praia do Cassino ? RS) brasileiras, através da análise do DNA mitocondrial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Maíra Carneiro Proietti - Coordenador / Luis Fernando Marins - Integrante / Eduardo Resende Secchi - Integrante., Financiador(es): Rufford Small Grants for the Conservation of Nature - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2013

    Ecologia alimentar da tartaruga-verde (Chelonia mydas) na ilha do Arvoredo, SC., Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Maíra Carneiro Proietti - Integrante / Júlia Wiener Reisser - Coordenador / Paul Gerhard Kinas - Integrante / Ivan Sazima - Integrante / Eduardo Resende Secchi - Integrante.

  • 2007 - 2009

    Genética populacional de tartarugas-verdes (Chelonia mydas) em duas áreas de alimentação sul-brasileiras: Ilha do Arvoredo (SC) e Praia do Cassino (RS)., Descrição: Projeto de Mestrado.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Maíra Carneiro Proietti - Coordenador / Júlia Wiener Reisser - Integrante / Luis Fernando Marins - Integrante / Eduardo Resende Secchi - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Rufford Small Grants for the Conservation of Nature - Auxílio financeiro / People's Trust for Endangered Species - Auxílio financeiro.

  • 2005 - 2007

    Genética populacional das tartarugas-verdes (Chelonia mydas) da Ilha do Arvoredo, SC: evidências através da análise do DNA mitocondrial, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Maíra Carneiro Proietti - Coordenador / Luis Fernando Marins - Integrante.

  • 2004 - Atual

    Projeto Tartarugas Marinhas da Ilha do Arvoredo, Reserva Biológica Marinha do Arvoredo, SC., Descrição: Projeto que objetiva o estudo das tartarugas marinhas ocorrentes na Ilha do Arvoredo, SC, com ênfase em marcação e recaptura, observação, ecologia alimentar, ocorrência de fibropapilomatose, epibiota, foto-identificação e genética populacional.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Maíra Carneiro Proietti - Coordenador / Júlia Wiener Reisser - Integrante / Paul Gerhard Kinas - Integrante / Luis Fernando Marins - Integrante / Ivan Sazima - Integrante / Eduardo Resende Secchi - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / People's Trust for Endangered Species - Auxílio financeiro / Project AWARE Foundation - Auxílio financeiro / Rufford Small Grants for the Conservation of Nature - Auxílio financeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2014

Aprovada em 1o lugar em concurso público para professor do magistério superior na área de ecologia molecular de organismos marinhos, Instituto de Oceanografia - FURG.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal do Rio Grande, Instituto de Oceanografia. , Instituto de Oceanografia - Avenida Itália KM 08, Campus Carreiros, 96203900 - Rio Grande, RS - Brasil, Telefone: (53) 32336742

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2006 - 2006

Projeto Tamar-Ibama

Vínculo: Treinamento, Enquadramento Funcional: Treinamento, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Treinamento na base Ubatuba do Projeto Tamar, em técnicas de manejo e conservação de tartarugas marinhas em áreas de alimentação.

2005 - 2005

Projeto Tamar-Ibama

Vínculo: Treinamento, Enquadramento Funcional: Treinamento, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Treinamento realizado na base do Projeto Tamar localizada no Arquipélago de Fernando de Noronha. As atividades realizadas foram: técnicas de captura durante mergulho livre e autônomo, marcação, biometria e coleta de tecido de tartarugas marinhas, assim como atividades de educação ambiental.

2014 - Atual

Universidade Federal do Rio Grande

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora adjunta, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2009 - 2014

Universidade Federal do Rio Grande

Vínculo: Bolsista da CAPES, Enquadramento Funcional: Estudante de doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2007 - 2009

Universidade Federal do Rio Grande

Vínculo: Bolsista CNPq, Enquadramento Funcional: Estudante de Mestrado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Projeto de mestrado: Genética populacional de tartarugas-verdes (Chelonia mydas) em duas áreas de alimentação sul-brasileiras: Ilha do Arvoredo (SC) e Praia do Cassino (RS).

2005 - 2007

Universidade Federal do Rio Grande

Vínculo: Estudante de graduação, Enquadramento Funcional: Estudante de graduação, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Participação nos projetos de pesquisa: Tartarugas Marinhas na Ilha do Arvoredo, Reserva Biológica Marinha do Arvoredo, SC. Diversidade genética de tartarugas-verdes da Ilha do Arvoredo, SC: evidências através da análise do DNA mitocondrial. Levantamento da Megafauna Marinha da Ilha do Arvoredo, Reseva Biológica Marinha do Arvoredo, SC: Elaboração de um Guia Ilustrado.

Atividades

  • 09/2018

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Oceanografia, .,Cargo ou função, Membro da Coordenação de Curso do Programa de Pós-Graduação em Oceanografia Biológica.

  • 09/2018

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Oceanografia, .,Cargo ou função, Membro da Comissão de Seleção do Programa de Pós-Graduação em Oceanografia Biológica.

  • 04/2018

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Oceanografia, .,Cargo ou função, Coordenadora do Núcleo de Oceanografia Biológica.

  • 08/2015

    Ensino, Oceanografia Biológica, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Ecologia Molecular Marinha, Redação de Artigos Científicos

  • 12/2014

    Pesquisa e desenvolvimento , Programa de Pós-graduação em Oceanografia Biológica, .,Linhas de pesquisa

  • 08/2014

    Ensino, Oceanologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Biologia Molecular

  • 08/2014

    Ensino, Oceanologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Ecologia Molecular Marinha, Redação Científica

  • 08/2014

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Comissão de Avaliação do Acervo da Biblioteca, .,Cargo ou função, Representante do Instituto de Oceanografia.

  • 06/2014

    Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Oceanografia, .,Linhas de pesquisa

  • 05/2016 - 09/2018

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Oceanografia, .,Cargo ou função, Secretária da Comissão de Seleção do Programa de Pós-Graduação em Oceanografia Biológica.

  • 03/2016 - 03/2018

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Oceanografia, .,Cargo ou função, Representante suplente do Núcleo de Oceanografia Biológica.

  • 03/2015 - 01/2018

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Comissão de Ética no Uso de Animais, .,Cargo ou função, Membro suplente do Instituto de Oceanografia.

  • 03/2015 - 01/2018

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Comissão Própria de Avaliação, .,Cargo ou função, Representante do Instituto de Oceanografia.

  • 03/2004 - 06/2004

    Estágios , Laboratório de Tecnologia Pesqueira e Hidroacústica, .,Estágio realizado, Estágio temporário (03 meses), não-remunerado, com destaque para participação do processamento de dados do cruzeiro de pesquisa REVIZEE VII.

  • 10/2003 - 12/2003

    Estágios , Laboratório de Tartarugas e Mamíferos Marinhos, .,Estágio realizado, Estágio temporário (período de 03 meses), não-remunerado..

2016 - Atual

The Ocean Cleanup Foundation

Vínculo: Pesquisadora colaboradora, Enquadramento Funcional: Pesquisadora colaboradora