Raul Leme Medeiros

Graduado em Letras - Português/Inglês pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS/CPTL) entre 2013-2017, tem interesse na área de ensino de línguas, principalemnte estrangeira. Durante a graduação, participou de projetos de Monitoria e de Inciação Científica que envolviam a Língua Inglesa. Atualmente, é aluno de pós-graduação Lato Sensu no curso de "Metodologia do Ensino de Língua Portuguesa e Estrangeira" pelo Centro Universitário Internacional - UNINTER e também vem atuando como professor de Inglês no Centro de Ensino - FISK em Três Lagoas - MS desde 2013.

Informações coletadas do Lattes em 24/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Especialização em andamento em Metodologia do Ensino de Língua Portuguesa e Estrangeira

2018 - Atual

Centro Universitário Internacional
Título: O uso de memes como ferramenta no ensino de adjetivos em Língua Inglesa
Orientador: Claudia Maria da Costa Archer

Graduação em Letras - Português e Inglês

2013 - 2017

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Ensino Médio (2º grau)

2010 - 2012

Funlec

Ensino Fundamental (1º grau)

2002 - 2009

Funlec

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

63º seminário do GEL - Grupo de Estudos Linguísticos.O uso de marcadores "hedges" na língua inglesa falada. 2015. (Seminário).

3º CIELLI ? Colóquio Internacional de Estudos Linguísticos e Literários. 2014. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Vanessa Hagemeyer Burgo

O PAPEL DOS MARCADORES ?HEDGES? DA LÍNGUA INGLESA EM ENTREVISTAS; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Letras) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Vanessa Hagemeyer Burgo;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • LEME MEDEIROS, Raul . Dados em dados: uma proposta de elemento didático para o ensino de Língua Inglesa. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SILVA. Aline Rodrigues da ; LEME MEDEIROS, Raul . O contexto das disparidades sociais no ensino de Língua Inglesa. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • SILVA. Aline Rodrigues da ; LEME MEDEIROS, Raul . Folhetins e contos: Práticas contextualizadas e multimídias no ensino de literatura. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • MEDEIROS, Raul Leme . O uso de marcadores 'hedges' na língua inglesa falada. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2014 - 2015

    O PAPEL DOS MARCADORES ?HEDGES? DA LÍNGUA INGLESA EM ENTREVISTAS, Descrição: Neste estudo, visamos a discutir o papel dos marcadores "hedges" empregados na língua inglesa falada e suas funções de atenuação do valor ilocutório dos enunciados proferidos durante uma interação verbal. Tendo como embasamento tal perspectiva, o ser humano é tomado como participante de uma sociedade e, para conviver harmonicamente nesse meio, faz-se necessário zelar pela preservação da face, que aqui é definida como a imagem de si delineada segundo certos atributos sociais aprovados. Para isso, há algumas estratégias conversacionais específicas classificadas como marcadores de preservação da face para serem usadas em momentos de resguarda, dentre as quais se enquadram os "hedges". Assim, nesta pesquisa foram utilizados como aporte teórico os conceitos da Análise da Conversação, e como corpus, a transcrição de uma entrevista exibida no Programa Milênio, exibido no canal Globo News, em que o entrevistado em questão, Edward Snowden, comentou e discutiu a situação na qual se encontrava e sua polêmica decisão de revelar ao mundo o esquema de espionagem realizado pelo governo norte-americano. Observamos que essa ocasião exigiu do entrevistado recursos de polidez, inclusive os hedges, para não ameaçar e comprometer sua autoimagem perante aqueles que estariam ouvindo suas declarações. Os resultados sugerem que, como forma de atenuar possíveis ameaças à autoimagem, o falante pode lançar mão da polidez, a qual tange aos comportamentos que dizem respeito à sua necessidade de obter a aprovação dos ouvintes. Portanto, em virtude das acusações recebidas e uma possível chance de um processo jurídico, o entrevistado não hesita em utilizar os "hedges" como forma de diminuir o comprometimento dos enunciados por ele emitidos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Raul Leme Medeiros - Integrante / Vanessa Hagemeyer Burgo - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.