Luana Miranda de Queiroz

Bacharel em Serviço Social pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (2013). Mestre em Serviço Social e Direitos Sociais pela referida universidade (2017). Coordenadora de uma Casa de Acolhimento pra Criança e Adolescente no Município de Areia Branca- RN. Interessa-se particularmente, pelos debates nas áreas de Criança e Adolescente, Violência, Medidas Socioeducativas, Poder, Família, Direitos Sociais, Movimentos Sociais e Estado e Politicas Sociais. Conselheira suplente na gestão do CRESS- RN 14° Região no triênio 2017-2020

Informações coletadas do Lattes em 24/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Serviço Social e Direitos Sociais

2015 - 2017

Universidade do Estado do Rio Grande do Norte
Título: Adolescentes Autores de Atos Infracionais: dinheiro e cultura da violência,Ano de Obtenção: 2017
Gláucia Helena de Araújo Russo.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Grande área: Ciências Sociais Aplicadas

Graduação em Serviço Social

2009 - 2013

Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Ensino Médio (2º grau)

2006 - 2008

Eliseu Viana

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2016 - 2016

I Seminário Estadual Serviço Social e Direitos Sociais. (Carga horária: 12h). , uern, UERN, Brasil.

2009 - 2013

Extensão universitária em extensão universitária na área da infância e Adolescência. (Carga horária: 700h). , uern, UERN, Brasil.

2012 - 2012

Controle Social e Direito a Saúde em Mossoró. (Carga horária: 8h). , uern, UERN, Brasil.

2012 - 2012

Poder Local, Desenvolvimento e Políticas Públicas. (Carga horária: 45h). , uern, UERN, Brasil.

2011 - 2012

Extensão universitária em Formação Continuada dos. (Carga horária: 160h). , Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.

2011 - 2011

serviço social e formação profissional. (Carga horária: 45h). , uern, UERN, Brasil.

2010 - 2010

Encontro Nacional de Estudantes de Serviço Social. (Carga horária: 60h). , Universidade Federal do Piauí, UFPI, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Serviço Social.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

QUEIROZ, L. M. . III Conferência Municipal da Juventude. 2015. (Outro).

RUSSO, G.H.A. ; QUEIROZ, L. M. . Violência contra crianças e adolescentes: construindo ações de combate. 2013. (Outro).

QUEIROZ, L. M. . XXXIII Encontro Regional de Estudantes de Serviço Social. 2010. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Congresso Brasileiro de Assistentes Sociais - CBAS. 2019. (Congresso).

Encontro descentralizado do Nordeste CFESS- CRESS. 2019. (Encontro).

Encontro Nacional do Conjunto CFESS- CRESS. 2019. (Encontro).

II TALK SHOW - IMPACTOS SOCIAIS E LEGAIS DA REFORMA TRABALHISTA.IMPACTOS SOCIAIS E LEGAIS DA REFORMA TRABALHISTA. 2018. (Outra).

XXVI ENCONTRO DESCENTRALIZADO NORDESTE DO CONJUNTO CFESS-CRESS. 2017. (Outra).

XXVI ENCONTRO DESCENTRALIZADO NORDESTE DO CONJUNTO CFESS-CRESS.CONFERÊNCIA "A VOZ RESISTE, A LUTA INSISTE": O SERVIÇO SOCIAL EM TEMPOS DE RETROCESSOS E DESMONTE DE DIREITOS. 2017. (Outra).

Semiárido e desigualdade sociais no nodeste. 2012. (Seminário).

1 Conferência Muncipal do Direitos da Criança e do Adolescente. 2011. (Outra).

Avaliação de politicas públicas. 2011. (Seminário).

Compromisso de Classe por uma Sociedade Emancipada. 2011. (Encontro).

direito a convivência familiar e comunitária. 2011. (Encontro).

Por que Lutamos?. 2011. (Encontro).

Serviço Social e formação profissional. 2011. (Seminário).

V colóquio de Extensão da UERN. 2011. (Encontro).

XXXV Conselho Regional de Estudantes de Serviço Social - CORESS.. 2011. (Encontro).

1 Encontro do Ciclo de Debates na área da Criança e do Adolescente, com o tema: Faça Bonito Proteja Nossas Crianças e Adolescentes - A Violencia Sexual em Debate. 2010. (Encontro).

1 Encontro do Ciclo de Debates na área da Criança e do Adolescente, com o tema: Faça Bonito Proteja Nossas Crianças e Adolescentes - A Violencia Sexual em Debate. 2010. (Encontro).

2 Encontro do Ciclo de Debates na Área da Criança e do Adolencente com o tema: '' Trabalho infantil: educação ou negação de direitos?''. 2010. (Encontro).

Aspectos e impactosndo consumo de álcool e outras drogas na infância e adolescência. 2010. (Encontro).

Direitos Violados de Crianças e Adolescentes em Conflito com a Lei: O caso dos Centros Educacionais da FUNDAC. 2010. (Encontro).

Discursos e Imagens Midiáticas: Uma proposta de reflexão sobre sexualidade entre jovens e adolescentes. 2010. (Encontro).

Encontro Nacional de Estudantes de Serviço Social. 2010. (Encontro).

Jornada Feminista pela não criminalização das mulheres e legalização do aborto. 2010. (Encontro).

Planejamento da Faculdade de Serviço Social. 2010. (Encontro).

Trabalho com Direitos pelo fim da Desigualdade. 2010. (Encontro).

Véu- uma poética do só. 2010. (Oficina).

X CONEUERN. 2010. (Congresso).

1 Encontro do Ciclo de Debates na Área da Cerinça e do Adolescente. 2009. (Encontro).

2 Encontro do Ciclo de Debates na Área da Criança e do Adolescente. 2009. (Encontro).

Semana do Assistente Social. 2009. (Outra).

Socializar riquezas para romper desigualdades. 2009. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: PATRICIA ANTONIA DANTAS DA SILVA

QUEIROZ, L. M.; ROSADO, I. V. M.. SERVIÇO SOCIAL E CONTROLE SOCIAL: UMA ANÁLISE DA ATUAÇÃO DAS ASSISTENTES SOCIAIS RESIDENTES DO PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE DA FAMÍLIA E COMUNIDADE DA UERN/PMM. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

Aluno: Karla Luana da Costa e Ana Clara Fernandes da Silva

QUEIROZ, L. M.; Marwyla Lima; LIRA, H. T.. O Fazer Profissional do Assistente Social no CEDUC-Mossoró: Uma análise da Atuação Profissional. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social) - Universidade Potiguar.

Aluno: Clarisse Rebouças de Souza e Sabrina Fernanda Góis

QUEIROZ, L. M.; LIRA, H. T.; Marwyla Lima. O Papel da Família na Ressocialização dos Adolescentes em conflito com a lei mediante o cumprimento das medidas socioeducativas. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social) - Universidade Potiguar.

Aluno: Cristian Almeida Silva e Hingrid Braga

QUEIROZ, L. M.; LIRA, H. T.; Marwyla Lima. Sua mãe é uma puta: um debate sobre a degradação da imagem da mulher na face da alienação parental. 2015.

Aluno: Emanuela Fernanda de Souza Figueredo

QUEIROZ, L. M.. Sonhos interrompidos:adolescentes em conflitos com a lei. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

Aluno: Luana dos Dantos da Silva

QUEIROZ, L. M.. As pessoas me vê como vagabundo, marginal: a percepção dos adolescentes internados no Centro Educacional de Mossoró sobre sua relação com a sociedade. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

AIONE MARIA DA COSTA SOUSA

RUSSO, G. H. A.;SOUSA. Aione; Lopes, E.. Adolescente em conflito com a lei: dinheiro e cultura da violência. 2016. Dissertação (Mestrado em Pós-graduação em Serviço Social e Direitos Sociais) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

Andréia Lucena de Góis Nascimento

Lucena, A. L. N.. Adolescente em conflito com a lei e a construção da cultura da violência. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Glaucia Helena Araujo Russo

Adolescente em conflito com a lei, sociabilidade e ato infracional; 2015; Dissertação (Mestrado em Serviço Social e Direitos Sociais) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Gláucia Helena Araújo Russo;

Glaucia Helena Araujo Russo

ADOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI E A CONSTRUÇÃO DA CULTURA DA VIOLÊNCIA; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Serviço Social) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte; Orientador: Gláucia Helena Araújo Russo;

Glaucia Helena Araujo Russo

Programa de Educação pelo trabalho para Saúde - PET-Saúde; 2012; Orientação de outra natureza; (Serviço Social) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Ministério da Saúde; Orientador: Gláucia Helena Araújo Russo;

Glaucia Helena Araujo Russo

Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-Saúde); 2012; Orientação de outra natureza; (Serviço Social) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Ministério da Saúde; Orientador: Gláucia Helena Araújo Russo;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

QUEIROZ, L. M. . CURSO DE FORMAÇÃO, CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DA GUARDA CIVIL MUNICIPAL. 2017. .

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2017 - Atual

    Estado da Arte: a produção sobre infância, adolescência e juventude na Revista Serviço Social e Sociedade, Descrição: Com a promulgação da Constituição Cidadã em 1998, posteriormente o Estatuto da Criança e do Adolescente em 1990 e mais recentemente o Estatuto da Juventude, em 2013, a temática da infância, adolescência e juventude vem ganhando destaque em nossa sociedade. Em que pese a importância de tais ordenamentos jurídicos o Serviço Social, desde sua gênese vem se deparando com tais discussões, tendo em vista se constituir em uma profissão generalista que atua em diversas áreas sócio ocupacionais e dentro dela com diferentes populações e expressões da questão social. Diante disso, crianças, adolescentes e jovens em diferentes situações vêm se constituindo como objeto/sujeito de ação e reflexão do Serviço Social, nos levando a questionar como esse debate vem sendo construído na história da profissão, que características adotou e quais perspectivas teórico-metodológicas dão aporte a essa discussão. Nesse sentido, e diante de tais inquietações, nossa investigação objetiva, por meio da construção do estado da arte, refletir sobre a produção do Serviço Social em torno dos temas relativos à crianças, adolescentes e juventude, de maneira a perceber a visibilidade de tais temáticas, bem como os principais paradigmas que dão suporte a tais discussões. Para tanto, escolhemos como fonte documental a Revista Serviço Social e Sociedade, tanto por sua capilaridade, quanto por ser um dos principais espaços de publicação do Serviço Social, bem como por sua inegável qualidade, estando atualmente inscrita no qualis Capes no extrato A. Para construção do estado da arte realizaremos levantamentos de dados quantitativos e qualitativos, para que possamos ter um retrato geral de tais produções, de maneira a perceber a distribuição dos temas ao longo dos anos, a área geográfica dos autores, os principais assuntos abordados, as perspectivas adotadas, dentre outros aspectos. Espera-se, dessa maneira, conhecer o conhecimento, realizando uma reflexão aprofundada sobre as tendências e vazios existentes nas discussões da criança, adolescente e juventude, bem como apontando para novas discussões a serem realizadas no futuro.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) Doutorado: (1) . , Integrantes: Luana Miranda de Queiroz - Integrante / Gláucia Helena Araújo Russo - Coordenador / JESSICA NOGUEIRA DE LIMA - Integrante / KYSLANE RODRIGUES DE AGUIAR - Integrante / JULIANA GRASIELA DA SILVA DANTAS - Integrante / MIZZAELY SUIANNY LACERDA DE SALES - Integrante.

  • 2016 - 2017

    Adolescência, dinheiro e consumo: um estudo de famílias de classe média alta da cidade de Mossoró-RN, Descrição: Em nossa sociedade o consumo e o dinheiro vêm cada vez mais ganhando destaque e centralidade em nossas vidas, fazendo com que muitas vezes compremos o amor e a presença e ressignifiquemos o afeto. Tal percepção nos levou a questionar qual a relação que pais e filhos constroem em torno dele, particularmente na adolescência, tendo em vista ser esta uma fase de construção, transformação e afirmação das identidades pessoais e sociais desses sujeitos. Nesse sentido, a investigação objetiva, por meio da sistematização e análise de dados quantitativos e qualitativos, conhecer a realidade das relações familiares de adolescentes pertencentes a famílias de classe média alta da cidade de Mossoró-RN , de maneira a perceber o lugar do dinheiro e do consumo em suas vidas e os principais valores ligados a essa relação, além disso, buscamos conhecer também até que ponto as recompensas materiais são utilizadas como compensação de negligência emocional por parte dos seus pais. O lócus da pesquisa será o Colégio Diocesano Santa Luzia, um dos mais tradicionais e que atualmente se configura como uma das maiores mensalidades dos colégios existentes na cidade de Mossoró-RN. Destarte, por meio da escola serão aplicados questionários com os adolescentes do primeiro ano do ensino médio, momento em que as identidades estão sendo consolidadas e os conflitos e mudanças aparecem de forma mais contundente. Por meio destes, ansiamos compreender a situação socioeconômica, as relações pais e filhos e a caracterização geral da família. Para a produção/coleta dos dados qualitativos realizar-se-ão entrevistas norteadas por questionamentos que consigam desvelar aspectos que nos permitam conhecer as relações familiares, os conflitos que a cercam e a relação dinheiro/consumo que o(a) adolescente vivencia. Espera-se, dessa maneira, que as investidas e os esforços teórico-metodológicos elegidos, consigam favorecer o entendimento da realidade estudada, em suas dimensões complexas e contraditórias, possibilitando-nos avançar no alcance de uma visão de totalidade do real.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Luana Miranda de Queiroz - Integrante / Gláucia Helena Araújo Russo - Coordenador / JESSICA NOGUEIRA DE LIMA - Integrante / KYSLANE RODRIGUES DE AGUIAR - Integrante / FABRICIA ARIADINA MEDEIROS DE OLIVEIRA - Integrante / JULIANA GRASIELA DA SILVA DANTAS - Integrante / MIZZAELY SUIANNY LACERDA DE SALES - Integrante.

  • 2015 - 2016

    Relações Familiares e Condições Socioeconômicas de Crianças de 3 a 6 anos do Colégio Diocesano de Santa Luzia de Mossoró-RN, Descrição: A violência, e mais especificamente a negligência como uma das suas faces, repercute negativamente no desenvolvimento de crianças e adolescentes, acarretando danos físicos, psicológicos e sociais extremamente graves. Vale destacar que no âmbito dessa pesquisa, mesmo cientes das diferentes expressões da violência, iremos nos referir especificamente a intrafamiliar, ou seja, aquela que remete as relações familiares. Posto isso, a investigação objetiva, por meio da sistematização a análise dos dados, conhecer a realidade das relações familiares de crianças de 3 a 6 anos, pertencentes à famílias financeiramente abastadas, particularmente aquelas que sofrem abandono emocional por parte dos seus pais. O lócus da pesquisa será o Colégio Diocesano Santa Luzia, um dos mais tradicionais e que atualmente se configura como uma das maiores mensalidades dos colégios existentes na cidade de Mossoró-RN. Nossa hipótese é que muitas dessas crianças por terem tudo, do ponto de vista material, acabam sofrendo processos de negligência emocional, nos quais o carinho, a atenção e o afeto dos seus pais são muitas vezes substituídos por compensações materiais, que se constituiria como negligência. Destarte, por meio da escola serão enviados questionários a todos os pais e/ou responsáveis pelos estudantes que estejam na faixa etária de 3 a 6 anos, abarcando a situação socioeconômica, as relações pais e filhos e a caracterização geral da família. Para a produção/coleta dos dados qualitativos tomaremos por base um roteiro de entrevista a ser elaborado pela equipe da pesquisa, após a sistematização das informações quantitativas, devendo o mesmo ser discutido, analisado e formulado durante o processo de realização da investigação, de maneira que esteja em consonância com os objetivos a serem alcançados. No processo de análise dos dados produzidos durante a fase de coleta de dados, buscaremos construir uma avaliação crítica acerca da realidade estudada, sem, contudo, desconsiderar os próprios limites dos instrumentos utilizados.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Luana Miranda de Queiroz - Integrante / Gláucia Helena Araújo Russo - Coordenador / JESSICA NOGUEIRA DE LIMA - Integrante / KYSLANE RODRIGUES DE AGUIAR - Integrante / FABRICIA ARIADINA MEDEIROS DE OLIVEIRA - Integrante / JULIANA GRASIELA DA SILVA DANTAS - Integrante / MIZZAELY SUIANNY LACERDA DE SALES - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2017 - Atual

Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Vínculo: Gestão 2017-2020, Enquadramento Funcional: Conselheira

Outras informações:
O Conselho Regional de Serviço Social é regulamentado pela Lei 8.662/1993 e constitui uma entidade de personalidade jurídica de direito público, com o objetivo básico de fiscalizar e defender o exercício da profissão de Assistente Social, conforme os princípios do Código de Ética e as deliberações do Encontro Nacional CFESS/CRESS.

2011 - 2013

Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Vínculo: Estagiaria, Enquadramento Funcional: Estagiaria de serviço social

2019 - Atual

Aldeias Infantis SOS Brasil

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Coordenadora, Carga horária: 44

Outras informações:
A Aldeias Infantis é uma instituição do Terceiro Setor que trabalha com Acolhimento Institucional de crianças e adolescentes e fortalecimento de vinculo.