MONIK MARIANO PINTO

Possui graduação - Luiza de Marillac - São Camilo (2010). Tem experiência na área de Enfermagem, com especialização em Pós Graduação em Enfermagem Oncológica.Universidade Estácio de Sá. Possui Diploma de Conclusão do Curso de Capacitação em Pesquisa Clínica - Curso de Pós ? Graduação em Pesquisa Clínica, promovido por Invitare Pesquisa Clínica Auditoria e Consultoria Ltda. No período de março a Julho de 2012.Foi enfermeira de pesquisa clínica no Centro de Pesquisa Clínica do Instituto Nacional de Câncer (CPQ - INCA/ MS- RJ) de Setembro -2011 a Outubro de 2014. Atualmente atuo como enfermeira de pesquisa clínica no Hospital Pró Cardíaco - Rio de Janeiro desde Nov -2014.

Informações coletadas do Lattes em 02/02/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Especialização em Pós Graduação em Enfermagem Oncológica

2013 - 2015

Universidade Estácio de Sá
Título: PACIENTES ADULTOS COM LINFOMA NÃO HODKING DE GRANDE CELULAS B COM USO DA DROGA RITUXIMABE
Orientador: Erika Maria Monteiro Santos

Aperfeiçoamento em Curso de Capacitação em Pesquisa Clínica

2012 - 2012

Invitare Pesquisa Clínica Auditoria e Consultoria
Título: Não teve monografia. Ano de finalização: 2012

Graduação

2006 - 2010

Luiza de Marillac - São Camilo
Título: Transtorno Alimentares:Anorexia Nervosa
Orientador: Marietta buttiman

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2013 - 2013

CURSO DE TRANSPORTE AÉREO DE MATERIAIS BIOLÓGICOS. (Carga horária: 8h). , Instituto Nacional de Câncer, INCA, Brasil.

2013 - 2013

Curso de Registradores de Câncer. (Carga horária: 80h). , Instituto Nacional de Câncer, INCA, Brasil.

2012 - 2012

Curso em Boas Práticas Clínicas/Documento das Amér. (Carga horária: 4h). , Instituto Nacional de Câncer, INCA, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Enfermagem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

32º Congresso da SOCERJ. ontrole Glicêmico intra-hospitalar de pacientes admitidos com insuficiência cardíaca descompensada. 2015. (Congresso).

XIV Congresso Brasileiro de Insuficiência Cardiáca. Controle glicêmico intra- hospitalar em pacientes admitidos com insuficiência cardíaca descompensada - Leonardo Baumworcel, Marcelo Westerlund Montera, Denise Prado Momesso, Ingrid de Sousa Marouco, Monik Mariano Pinto, Andre Volschan. 2015. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Marieta Silva Burdman

ANOREXIA NERVOSA: UM OLHAR DA ENFERMAGEM SOBRE OS TRANSTORNOS ALIMENTARES; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM) - UNIÃO SOCIAL CAMILIANA FACULDADE DE ENFERMAGEM LUIZA DE MARILLAC; Orientador: Marieta Silva Burdman;

Claudio Gustavo Stefanoff

Implementação do registro prospectivo de informações clínicas de pacientes admitidos no Instituto Nacional de Câncer como parte da Rede de Instituições Sediadas no Estado do Rio de Janeiro para a Implantação do Registro de Linfomas - RELINFO; 2014; Orientação de outra natureza; (Programa de Bolsa de Desenvolvimento Institucional) - INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER, INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER; Orientador: Claudio Gustavo Stefanoff;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • RAJO, V.L.P. ; Monik Mariano Pinto ; SANTOS, R. A. P ; SCHELIGA, A. A. S. ; STEFANOFF, C. G. . R-CHOP treatment for the very elderly patients (over 80 years) with DLBCL: clinical characteristics and outcome. In: Congresso Brasileiro de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular - HEMO 2012, 2012, Rio de Janeir. Revista Brasileira de Hematologia e Hemoterapia, 2012. v. 33. p. 293.

  • SANTOS, R. A. P ; SCHELIGA, A. A. S. ; NEVES, A. ; RAJO, V.L.P. ; Monik Mariano Pinto ; PEREIRA, I. G. A. ; STEFANOFF, C. G. . Secondary malignancies after treatment for follicular lymphoma: a retrospective analysis in a single cancer center.. In: Congresso Brasileiro de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular - HEMO 2012, 2012, Rio de Janeiro. Revista Brasileira de Hematologia e Hemoterapia (Impresso), 2012. v. 34. p. 291., 2012.

  • SCHELIGA, A. A. S. ; PEREIRA, I. G. A. ; BIGNI, R. S. ; ROMANO, S. O. ; Monik Mariano Pinto ; RAJO, V.L.P. ; CASTRO, T. M. ; FERREIRA, C. G. ; STEFANOFF, C. G. . Clinical characterization and survival of patients with follicular lymphoma: a retrospective analysis of a single center in the pre-rituximab era. In: Congresso Brasileiro de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular - HEMO 2012, 2012, Rio de Janeiro. Revista Brasileira de Hematologia e Hemoterapia (Impresso), 2012. v. 34. p. 290-291., 2012.

  • NEVES, A. ; PEREIRA, I. G. A. ; OLIVEIRA, I. M. ; SANTOS, R. A. P ; RAJO, V.L.P. ; Monik Mariano Pinto ; SCHELIGA, A. A. S. ; STEFANOFF, C. G. . Simultaneous Occurrence of Gastric Adenocarcinoma and Low-Grade Gastric Lymphoma of Mucosa-Associated Lymphoid Tissue: a case report.. In: Congresso Brasileiro de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular - HEMO 2012, 2012, Rio de Janeiro. Revista Brasileira de Hematologia e Hemoterapia (Impresso), 2012. v. 34. p. 296., 2012.

  • André Volschan ; MAROUCO, I. S. ; MORAES, I. C. V. ; Pinto MM . A Percepção Médica no uso das redes sociais na relação Médico - Paciente. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Marcelo Bueno da Silva Rivas ; Adriano Velloso Meireles ; Marcelo Iorio Garcia ; André Volschan ; Evandro Tinoco Mesquita ; Marcus Vinicius Ribeiro de Souza Martins ; Ana Amaral Ferreira ; Rayana Lameira dos Santos ; Isabela Starling ; Pinto MM . Variação da Apresentação Clínica em adultos Jovens na Unidade de Dor Torácica. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Marcelo Bueno da Silva Rivas ; Adriano Velloso Meireles ; Marcelo Iorio Garcia ; André Volschan ; Evandro Tinoco Mesquita ; Marcus Vinicius Ribeiro de Souza Martins ; Ana Amaral Ferreira ; Rayana Lameira dos Santos ; Isabela Starling ; Monik Mariano Pinto . Comparação da estratégia de estratificação invasiva entre gêneros na Unidade de dor torácica: Existem diferenças na indicação de coronário grafia entre Homens e Mulheres?. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Denise Momesso ; BEZERRA, D. C. ; MAMFRIM, A. ; CARVALHO, V. ; PICANCO, M. R. ; MAROUCO, I. S. ; MORAES, I. C. V. ; Pinto MM ; André Volschan . Controle glicêmico intra-hospitalar em pacientes admitidos com Acidente Vascular Cerebral. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Marcelo Bueno da Silva Rivas ; Adriano Velloso Meireles ; Marcelo Iorio Garcia ; André Volschan ; Evandro Tinoco Mesquita ; Marcus Vinicius Ribeiro de Souza Martins ; Ana Amaral Ferreira ; Rayana Lameira dos Santos ; Isabela Starling ; Pinto MM . Ocorrência de Síndromes Coronarianas Agudas e Perfil Epidemiológico de Idosos com mais de 80 anos na Unidade de Dor Torácica. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Denise Momesso ; MORAES, I. C. V. ; MAROUCO, I. S. ; Monik Mariano Pinto ; André Volschan . Controle glicêmico intra-hospitalar em pacientes admitidos com Insuficiência Cardíaca Descompensada. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Adriano Velloso Meireles ; Marcelo Bueno da Silva Rivas ; Marcelo Iorio Garcia ; André Volschan ; Evandro Tinoco Mesquita ; Marcus Vinicius Ribeiro de Souza Martins ; Ana Amaral Ferreira ; Isabela Starling ; Monik Mariano Pinto ; Ticiana Pacheco e Silva ; Rayana Lameira dos Santos . Associação entre disfunção sistólica ao ecocardiograma e ocorrência de síndrome coronariana aguda na unidade de dor torácica. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2014 - Atual

    Projeto no Projeto de Pesquisa Estudo de qualidade de vida em pacientes portadores de MielOma Múltiplo Tratados com Bortezomibe no InstitutO Nacional do Câncer, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Monik Mariano Pinto - Integrante / Adriana Alves de Souza Scheliga - Coordenador.

  • 2011 - Atual

    Riscos Ocupacionais e Linfoma não-Hodgkin em adultos (Prot. CEP INCA N 135/11), Descrição: O objetivo desse projeto é avaliar a associação e entre riscos ocupacionais e o desenvolvimento de Linfomas Não-Hodgkin em pacientes atendidos pelos hospitais do Instituto Nacional do Câncer e residentes no Estado do Rio de Janeiro. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Monik Mariano Pinto - Coordenador / Ubirani Barros Otero - Integrante / Adriana Alves de Souza Scheliga - Integrante / Claudio Gustavo Stefanoff - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Projeto dataLINFO: Criação de uma base de dados clínicos de pacientes com linfoma no Instituto Nacional de Câncer (Prot. CEP INCA N 101/10), Descrição: Descrição: Estes prévios internacionais demonstram a grande importância dos registros prospectivos e retrospectivos, para uma analise critica e responsável da melhor conduta terapêutica para os diferentes subgrupos de pacientes com linfoma, principalmente no cenário atual, onde drogas-alvo promissoras, vêm sendo cada mais utilizadas Objetivo: Consolidar uma estrutura informatizada que apóie o registro e a análise de dados demográficos, clínicos, histopatológicos, moleculares, terapêuticos e de acompanhamento de pacientes adultos com diagnóstico de linfoma não Hodgkin na instituição, subsidiando estudos de sobrevida com pelo menos cinco anos de seguimento... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Monik Mariano Pinto - Integrante / Adriana Alves de Souza Scheliga - Integrante / Claudio Gustavo Stefanoff - Coordenador / Isabela GonçalvesAntunes Pereira - Integrante / ISABELE AVILA SMALL - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Estabelecimento e caracterização de linhagens celulares derivadas de linfomas (Prot. CEP INCA N 100/10), Descrição: Descrição: Objetivos: a) Estabelecer linhagens celulares de crescimento contínuo derivadas de pacientes com linfoma diagnosticados no Instituto Nacional de Câncer (INCA); b) Caracterizar as linhagens celulares estabelecidas a nível citogenético, imunofenotípico e molecular e c) Validar a origem celular das linhagens estabelecidas por autenticação molecular (PCR-STR) e análise de perfis imunogenéticos (análise da região variável dos genes de imunoglobulinas). O estabelecimento de linhagens celulares derivadas de linfomas utilizando amostras primárias de pacientes diagnosticado e tratados no INCA representa uma excelente oportunidade para fortalecer o desenvolvimento da pesquisa pré-clínica de novas drogas na instituição, contemplando a diversidade genética local. .. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Monik Mariano Pinto - Integrante / Adriana Alves de Souza Scheliga - Integrante / Claudio Gustavo Stefanoff - Coordenador / rocio hassan - Integrante / Luize Otero - Integrante / ROBERTO ANDRE DE VASCONCELOS - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Avaliação de biomarcadores preditivos de resistência ao tratamento com anticorpo monoclonal anti-CD20 Rituximab no linfoma difuso de células grandes B (Prot. CEP INCA 092/10), Descrição: O linfoma difuso de células grandes B (LDCGB) é o linfoma mais comum no adulto e representa um grupo heterogêneo de neoplasias quanto às características clínicas, alterações moleculares e desfecho clínico. O anti-CD20 rituximab foi o primeiro anticorpo monoclonal a ser aprovado para o tratamento de linfomas B. A pesar do avanço que a incorporação do rituximab teve na sobrevida dos pacientes com LDCGB, uma fração ainda significante de pacientes não respondem aos esquemas terapêuticos combinados com CHOP, sugerindo que mecanismos de resistência e/ou de não resposta não completamente conhecidos podem ser responsáveis por estas falhas no tratamento. Atualmente não existe para estes pacientes um marcador prognóstico que possa predizer a resposta individual ao rituximab. O melhor conhecimento destes fenômenos poderá contribuir no desenvolvimento de estratégias terapêuticas que limitem e/ou superem as vias moleculares envolvidas na resistência ao rituximab e permitirá identificar marcadores de prognóstico que possam predizer a resposta clínica em pacientes com LDCG.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Monik Mariano Pinto - Integrante / Adriana Alves de Souza Scheliga - Integrante / Claudio Gustavo Stefanoff - Coordenador / rocio hassan - Integrante / AManda Brandão Moraes - Integrante / Regina F. de Menezes Fernandes - Integrante / Isabela Gonçalves Antunes Pereira - Integrante / Marcos Vidal Miguez - Integrante.

  • 2008 - Atual

    Estudo multidisciplinar retrospectivo dos fatores clínicos e biológicos com valor prognóstico no linfoma folicular - GELINFO (Prot. CEP INCA 078/08), Descrição: Projeto do GELINFO (Grupo de Estudo do Linfoma Folicular)Os linfomas não-Hodgkin constituem um grupo heterogêneo de neoplasias dentro do qual o linfoma follicular (LF) é o tipo mais comum. O LF representa um importante dilema clínico, já que estes pacientes respondem a diferentes terapias, porém são considerados incuráveis. A transformação histológica para linfoma difuso de células grandes B (LDCGB), caracterizada por uma pior resposta ao tratamento e curta sobrevida, observa-se em 20-60% destes pacientes. A heterogeneidade de resposta ao tratamento dos pacientes com LF pode refletir diferenças nos mecanismos patogênicos envolvidos na transformação maligna das células tumorais (como alterações cromossômicas) assim como diferentes características imunes e inflamatórias do microambiente tumoral. OBJETIVO: Caracterizar retrospectivamente, a nível morfológico, cito-molecular e clínico uma série de pacientes com LF, diagnosticados e tratados no Instituto Nacional de Câncer (INCA), no intuito de identificar subgrupos de tumores com características particulares de resposta ao tratamento.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Monik Mariano Pinto - Integrante / Adriana Alves de Souza Scheliga - Integrante / Claudio Gustavo Stefanoff - Coordenador / rocio hassan - Integrante / Isabela Gonçalves Antunes Pereira - Integrante / Denize Azambuja - Integrante / Mário Henrique Magalhães Barros - Integrante / Ricardo de Sá Bigni - Integrante / Carlos Gil Moreira Ferreira - Integrante / Sergio de Oliveira Romano - Integrante / Ellen Cristina Ferreira-de-Deus - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2011 - Atual

    RELINFO - Rede de Instituições Sediadas no Estado do Rio de Janeiro para a Implantação do Registro de Linfomas - Programa Pesquisa para o SUS: Gestão Compartilhada em Saúde 2010 - Edital FAPERJ/SESDC/MS/CNPQ/Nº 27/2010, Descrição: Atualmente não existem dados oficiais sobre a incidência, evolução e prognóstico dos pacientes com linfoma no Brasil. Esta realidade não é diferente no estado do Rio de Janeiro. O objetivo do presente projeto é identificar o cenário atual dos linfomas, através da implantação de um Registro de Linfomas (RELINFO) em instituições de referencia sediadas no estado do Rio de Janeiro, tendo o Instituto Nacional de Câncer (INCA) como centro coordenador. Inicialmente participarão desta proposta cinco instituições fluminenses: INCA/MS, HUPE/UERJ, HEMORIO, HUGG/UNIRIO e HUAP/UFF. Pretende-se desenvolver, validar e implantar um sistema informatizado de entrada e gerenciamento de dados de pacientes com linfomas (SISLINFO) nos moldes do DATASUS. Com isto será possível criar um registro virtual de dados demográficos, clínicos, epidemiológicos, histopatológicos, moleculares, terapêuticos e de acompanhamento de pacientes com linfoma, atrelado a uma plataforma de diagnóstico histopatológico e molecular, permitindo o acesso de instituições que funcionam no contexto do sistema público de saúde às novas tecnologias de diagnóstico precoce do câncer. Estima-se que na base de dados retrospectiva (a partir de ano de 2000) serão incluídos cerca de 3.500 pacientes adultos com linfoma e na base de dados prospectiva estima-se incluir cerca de 300 novos casos ao ano. A expectativa é que este registro retrate de forma confiável a doença no nosso estado e se converta em um modelo de gestão que possa ser replicado a nível nacional. A implantação do RELINFO no estado do Rio de Janeiro fortalecerá o diagnóstico multidisciplinar, promoverá a normatização do registro de informações clínicas dos pacientes com linfomas e subsidiará a projetos cooperativos de pesquisa entre as instituições participantes.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Monik Mariano Pinto - Integrante / Ubirani Barros Otero - Integrante / Adriana Alves de Souza Scheliga - Integrante / Claudio Gustavo Stefanoff - Coordenador / rocio hassan - Integrante / ISABELE AVILA SMALL - Integrante / Mário Henrique Magalhães Barros - Integrante / Ricardo de Sá Bigni - Integrante / Sergio de Oliveira Romano - Integrante / Liz Maria Almeida - Integrante / Claudete Esteves Nogueira P Klumb - Integrante / Ilana Zalcberg Renault - Integrante / Paulo Camanho - Integrante / Eduardo Vichi - Integrante / Paola Alejandra Cappellett - Integrante / Beatriz Cordeiro Jardim - Integrante / Marise Souto Rebelo - Integrante / Antonio Augusto Gonçalves - Integrante / Mônica Kopschitz Praxedes Lusis - Integrante / Adilson José de Almeida - Integrante / Cláudia de Alvarenga Máximo - Integrante / Stella Beatriz Gonçalves de Lucena - Integrante / Cristiana Solza - Integrante / Juliane Garcez Musacchio - Integrante., Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.

  • 2011 - Atual

    RELINFO - Rede de Instituições Sediadas no Estado do Rio de Janeiro para a Implantação do Registro de Linfomas - Programa Pesquisa para o SUS: Gestão Compartilhada em Saúde 2010 - Edital FAPERJ/SESDC/MS/CNPQ/Nº 27/2010, Descrição: Atualmente não existem dados oficiais sobre a incidência, evolução e prognóstico dos pacientes com linfoma no Brasil. Esta realidade não é diferente no estado do Rio de Janeiro. O objetivo do presente projeto é identificar o cenário atual dos linfomas, através da implantação de um Registro de Linfomas (RELINFO) em instituições de referencia sediadas no estado do Rio de Janeiro, tendo o Instituto Nacional de Câncer (INCA) como centro coordenador. Inicialmente participarão desta proposta cinco instituições fluminenses: INCA/MS, HUPE/UERJ, HEMORIO, HUGG/UNIRIO e HUAP/UFF. Pretende-se desenvolver, validar e implantar um sistema informatizado de entrada e gerenciamento de dados de pacientes com linfomas (SISLINFO) nos moldes do DATASUS. Com isto será possível criar um registro virtual de dados demográficos, clínicos, epidemiológicos, histopatológicos, moleculares, terapêuticos e de acompanhamento de pacientes com linfoma, atrelado a uma plataforma de diagnóstico histopatológico e molecular, permitindo o acesso de instituições que funcionam no contexto do sistema público de saúde às novas tecnologias de diagnóstico precoce do câncer. Estima-se que na base de dados retrospectiva (a partir de ano de 2000) serão incluídos cerca de 3.500 pacientes adultos com linfoma e na base de dados prospectiva estima-se incluir cerca de 300 novos casos ao ano. A expectativa é que este registro retrate de forma confiável a doença no nosso estado e se converta em um modelo de gestão que possa ser replicado a nível nacional. A implantação do RELINFO no estado do Rio de Janeiro fortalecerá o diagnóstico multidisciplinar, promoverá a normatização do registro de informações clínicas dos pacientes com linfomas e subsidiará a projetos cooperativos de pesquisa entre as instituições participantes.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Monik Mariano Pinto - Integrante / Ubirani Barros Otero - Integrante / Adriana Alves de Souza Scheliga - Integrante / Claudio Gustavo Stefanoff - Coordenador / rocio hassan - Integrante / ISABELE AVILA SMALL - Integrante / Mário Henrique Magalhães Barros - Integrante / Ricardo de Sá Bigni - Integrante / Sergio de Oliveira Romano - Integrante / Liz Maria Almeida - Integrante / Claudete Esteves Nogueira P Klumb - Integrante / Ilana Zalcberg Renault - Integrante / Paulo Camanho - Integrante / Eduardo Vichi - Integrante / Paola Alejandra Cappellett - Integrante / Beatriz Cordeiro Jardim - Integrante / Marise Souto Rebelo - Integrante / Antonio Augusto Gonçalves - Integrante / Mônica Kopschitz Praxedes Lusis - Integrante / Adilson José de Almeida - Integrante / Cláudia de Alvarenga Máximo - Integrante / Stella Beatriz Gonçalves de Lucena - Integrante / Cristiana Solza - Integrante / Juliane Garcez Musacchio - Integrante., Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.

  • 2011 - Atual

    RELINFO - Rede de Instituições Sediadas no Estado do Rio de Janeiro para a Implantação do Registro de Linfomas - Programa Pesquisa para o SUS: Gestão Compartilhada em Saúde 2010 - Edital FAPERJ/SESDC/MS/CNPQ/Nº 27/2010, Descrição: Atualmente não existem dados oficiais sobre a incidência, evolução e prognóstico dos pacientes com linfoma no Brasil. Esta realidade não é diferente no estado do Rio de Janeiro. O objetivo do presente projeto é identificar o cenário atual dos linfomas, através da implantação de um Registro de Linfomas (RELINFO) em instituições de referencia sediadas no estado do Rio de Janeiro, tendo o Instituto Nacional de Câncer (INCA) como centro coordenador. Inicialmente participarão desta proposta cinco instituições fluminenses: INCA/MS, HUPE/UERJ, HEMORIO, HUGG/UNIRIO e HUAP/UFF. Pretende-se desenvolver, validar e implantar um sistema informatizado de entrada e gerenciamento de dados de pacientes com linfomas (SISLINFO) nos moldes do DATASUS. Com isto será possível criar um registro virtual de dados demográficos, clínicos, epidemiológicos, histopatológicos, moleculares, terapêuticos e de acompanhamento de pacientes com linfoma, atrelado a uma plataforma de diagnóstico histopatológico e molecular, permitindo o acesso de instituições que funcionam no contexto do sistema público de saúde às novas tecnologias de diagnóstico precoce do câncer. Estima-se que na base de dados retrospectiva (a partir de ano de 2000) serão incluídos cerca de 3.500 pacientes adultos com linfoma e na base de dados prospectiva estima-se incluir cerca de 300 novos casos ao ano. A expectativa é que este registro retrate de forma confiável a doença no nosso estado e se converta em um modelo de gestão que possa ser replicado a nível nacional. A implantação do RELINFO no estado do Rio de Janeiro fortalecerá o diagnóstico multidisciplinar, promoverá a normatização do registro de informações clínicas dos pacientes com linfomas e subsidiará a projetos cooperativos de pesquisa entre as instituições participantes.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Monik Mariano Pinto - Integrante / Ubirani Barros Otero - Integrante / Adriana Alves de Souza Scheliga - Integrante / Claudio Gustavo Stefanoff - Coordenador / rocio hassan - Integrante / ISABELE AVILA SMALL - Integrante / Mário Henrique Magalhães Barros - Integrante / Ricardo de Sá Bigni - Integrante / Sergio de Oliveira Romano - Integrante / Liz Maria Almeida - Integrante / Claudete Esteves Nogueira P Klumb - Integrante / Ilana Zalcberg Renault - Integrante / Paulo Camanho - Integrante / Eduardo Vichi - Integrante / Paola Alejandra Cappellett - Integrante / Beatriz Cordeiro Jardim - Integrante / Marise Souto Rebelo - Integrante / Antonio Augusto Gonçalves - Integrante / Mônica Kopschitz Praxedes Lusis - Integrante / Adilson José de Almeida - Integrante / Cláudia de Alvarenga Máximo - Integrante / Stella Beatriz Gonçalves de Lucena - Integrante / Cristiana Solza - Integrante / Juliane Garcez Musacchio - Integrante., Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Centro de Ensino e Pesquisas do Pró-Cardíaco. , Rua Dona Mariana, Botafogo, 22280020 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil, Telefone: (21) 21311310, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2014 - Atual

    Centro de Ensino e Pesquisas do Pró-Cardíaco

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Enfermeira de Pesquisa Clinica, bando de Dado, Carga horária: 44, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Enfermeira de pesquisa Clínica e Analista Técnica em Banco .

  • 2011 - 2014

    Instituto Nacional de Câncer

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Enfermeira de Pesquisa Clinica, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Enfermeira de Pesquisa Clínica do DATAlinfo e Relinfo.

  • 2010 - 2010

    Centro municipal de saude Ernesto Zeferino Timbau Júnior

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estágio Curricular - Aluno

    Outras informações:
    Estágio curricular - Acadêmica de Enfermagem Setores: Ginecologia, Curativos, Imunização, Pediatria.: 03/08/2010 a 21/10/2010

  • 2010 - 2010

    Centro municipal de saude Ernesto Zeferino Timbau Júnior

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estágio Curricular- Aluno

    Outras informações:
    Estágio curricular - Acadêmica de Enfermagem Setores: Ginecologia, Curativos, Imunização, Pediatria

  • 2008 - 2008

    Centro municipal de saude Ernesto Zeferino Timbau Júnior

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estágio Curricular - Aluno

    Outras informações:
    Estágio curricular, Visita Técnica - Acadêmica de Enfermagem Enfermagem em Saúde Pública

  • 2010 - 2010

    venerável ordem terceira de são francisco da penitência

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estágio Curricular - Aluno

    Outras informações:
    Estágio curricular - Acadêmica de Enfermagem Setores: Clinica geral e Pré e Pós Cirúrgico

  • 2009 - 2010

    venerável ordem terceira de são francisco da penitência

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Estágio Curricular - Aluno

    Outras informações:
    Estágio curricular - Acadêmica de Enfermagem Setores: Clinica geral e Pré e Pós Cirúrgico: 26/10/2010 a 16/12/2010 Estágio curricular - Acadêmica de Enfermagem Setores: Clinica geral e Pré e Pós Cirúrgico: 29/04/2010 a 30/06/2010 Estágio curricular - Acadêmica de Enfermagem Setores: Clinica geral e Pré e Pós Cirúrgico: 15/10/2009 a 17/12/2009 Estágio curricular - Acadêmica de Enfermagem Setores: Emergência e Saúde do Idoso: 09/02/2009 à 12/03/2009; Centro-cirúrgico e Central de Material e Esterilização: 17/03/2009 à 16/04/2009; CTI: 21/04/2009 à 21/05/2009; Saúde Mental: 26/05/2009 a 25/06/2009.

  • 2008 - 2008

    Centro Municipal de Saúde Clementino Rocha Fraga

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estágio Curricular - Aluno

    Outras informações:
    Estágio curricular, Visita Técnica - Acadêmica de Enfermagem Enfermagem em Saúde Pública: 16/09/2008 a 14/10/2008.

  • 2009 - 2009

    Hospital dos Servidores do Estado do Rio de Janeiro

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estágio Curricular - Aluno

    Outras informações:
    Estágio curricular - Acadêmica de Enfermagem Setores: Maternidade, Berçário, Centro Obstétrico e Enfermaria de Gestantes (Gravidez de alto risco): 04/08/2009 à 10/09/2009; Pediatria: 03/11/2009

  • 2008 - 2008

    Policlínica Hélio Pellegrino

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estágio Curricular - Aluno

    Outras informações:
    Estágio curricular - Acadêmica de Enfermagem - 18/08/2008 a 08/12/2008 Setores: Ginecologia, Obstetrícia, Imunização, Pediatria, Cardiologia, Ultra-sonografia, Endocrinologia, Clínica Médica, Curativo, Cirurgia, Central de Material e Esterilização.

  • 2008 - 2008

    Policlínica Hélio Pellegrino

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estágio Curricular - Aluno

    Outras informações:
    Estágio curricular, Visita Técnica - Acadêmica de Enfermagem Enfermagem em Saúde Pública

  • 2009 - 2009

    Promatre

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estágio Curricular - Aluno

    Outras informações:
    Estágio curricular - Acadêmica de Enfermagem Setores: Maternidade, Emergência obstétrica, Alojamento conjunto, Berçário, Enfermaria ginecológica, Sala de pré-parto e sala de parto e Centro obstétrico (Gravidez de baixo risco):

  • 2014 - Atual

    Hospital Pró Cardíaco

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Enfermeira de Pesquisa Clínica, Banco de Dado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Atuo como enfermeira da área de pesquisa clínica e com bancos de dados institucional.