Carolina Nunes França

Graduação em Fisioterapia pela Universidade Federal de São Carlos (2003), Mestrado em Biologia Celular e Molecular pela Universidade de São Paulo (2006), Doutorado em Cardiologia pela Universidade Federal de São Paulo (2011), Pós-doutorado em Cardiologia pela Universidade de Bonn (Alemanha - 2012) e pela Universidade Federal de São Paulo (2013). Atualmente é Coordenadora, orientadora e docente do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, Membro do Núcleo Docente Estruturante e docente dos cursos de Graduação em Fisioterapia, Educação Física e Tecnologia em Estética e Cosmética da Universidade Santo Amaro. Além disso, atua como pesquisadora associada do laboratório de Biologia Celular e Molecular da UNIFESP (Setor de Lípides, Aterosclerose e Biologia Vascular), co-orientando dissertações e teses. Atua principalmente nos seguintes temas: cardiologia, hipertensão, biomarcadores da doença cardiovascular, vias de sinalização celular, cultivo celular, morfologia, histologia, imunocitoquímica, citometria de fluxo, real time-PCR e Western Blot.

Informações coletadas do Lattes em 23/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Medicina (Cardiologia)

2007 - 2011

Universidade Federal de São Paulo
Título: Influência da terapia hipolipemiante no recrutamento de células progenitoras endoteliais e na liberação de micropartículas
Francisco Antonio Helfenstein Fonseca. Coorientador: Maria Cristina de Oliveira Izar. Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil. Palavras-chave: progenitoras; micropartículas; hipolipemiante.Grande área: Ciências da SaúdeSetores de atividade: Atividades de atenção à saúde humana.

Mestrado em Biologia Celular e Molecular

2004 - 2006

Universidade de São Paulo
Título: Caracterização de Precursores de Mastócitos (AA4-/BGD6+) identificados em embriões de ratos,Ano de Obtenção: 2006
Maria Célia Jamur.Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa e Ensino do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil. Palavras-chave: embriões; mastócitos.Grande área: Ciências BiológicasSetores de atividade: Outros.

Graduação em Fisioterapia

2000 - 2003

Universidade Federal de São Carlos
Título: O Efeito do Alongamento por imobilização do músculo Tibial anterior
Orientador: Tania de Fátima Salvini
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2012 - 2013

Pós-Doutorado. , Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil. , Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa e Ensino do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil. , Grande área: Ciências da Saúde, Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Cardiologia.

2011 - 2012

Pós-Doutorado. , Universidade de Bonn - Alemanha, BONN, Alemanha. , Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa e Ensino do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil. , Grande área: Ciências da Saúde

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2017 - 2017

Fundamentos e aplicação da PCR Quantitativa em Tempo Real (qPCR). (Carga horária: 16h). , Thermofisher, TF, Brasil.

2014 - 2014

CBA em FACSCalibur. (Carga horária: 24h). , BD Biosciences, BD, Brasil.

2011 - 2012

Curso de Alemão. , Rheinische Friedrich-Wilhelms-Universität Bonn, UNI-BONN, Alemanha.

2009 - 2009

Treinamento em FACSCalibur. (Carga horária: 18h). , BD Biosciences, BD, Brasil.

2009 - 2009

Formação Profissional em Pesquisa Clínica. (Carga horária: 160h). , Invitare Pesquisa Clínica Auditoria e Consultoria, INVITARE, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Cardiologia.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biologia Geral.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Fisiologia / Subárea: Fisiologia.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Fisiologia / Subárea: Morfologia.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Fisiologia / Subárea: Imunologia.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Fisiologia / Subárea: Bioquímica.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

40 Semana de Estudos do Curso de Educação Física. 2019. (Encontro).

I Workshop SISGEN. 2019. (Oficina).

Seminário de Meio Termo da Área de Medicina II Capes. 2019. (Seminário).

Simpósio de Biomarcadores em Cardiologia da SBPC.Infarto do Miocárdio - Nova abordagem diagnóstica (Pesquisa Básica). 2019. (Simpósio).

Workshop Media Training. 2019. (Oficina).

XIII Encontro Nacional de PG nas Áreas Medicina I, II e III Capes. 2019. (Encontro).

21 Congresso de Iniciação Científica, 15 Mostra de Pós Graduação e 4 Encontro PIBID. 2018. (Congresso).

52 Congresso Brasileiro de Patologia Clínica e Medicina Laboratorial. A Doença Arterial Coronariana da pesquisa básica ao diagnóstico do Infarto Agudo do Miocárdio. 2018. (Congresso).

7th Baltic Atherosclerosis Congress. Endothelial progenitor cells, circulating microparticles and chemokine receptors in the evolution of acute myocardial infarction. 2018. (Congresso).

Aula Inaugural Medicina Universidade Santo Amaro. 2018. (Outra).

Semana de Planejamento Pedagógico. 2018. (Outra).

XII Encontro dos Programas de Pós-Graduação da Capes. 2018. (Encontro).

XXIX Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo. Presença no sangue de células progenitoras endoteliais e micropartículas celulares estão associadas ao excesso de consumo de oxigênio pós-exercício (EPOC). 2018. (Congresso).

XXXIX Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo. Efeitos do consumo de biomassa da banana verde em pacientes com pré-diabetes e diabetes: um ensaio clínico randomizado. 2018. (Congresso).

72 Congresso Brasileiro de Cardiologia. Os benefícios do consumo de biomassa de banana verde em portadores de pré diabetes e diabetes mellitus. 2017. (Congresso).

Palestra Universidade Santo Amaro.Células-tronco de polpas dentais como vértice da Medicina Regenerativa. 2017. (Outra).

Workshop Universidade Santo Amaro.Metodologias Ativas - Problematização. 2017. (Oficina).

Workshop Universidade Santo Amaro.Tecnologia na Educação - Office 365. 2017. (Oficina).

Workshop Universidade Santo Amaro.O aluno como protagonista de sua formação. 2017. (Oficina).

XI Encontro Nacional de Pós-Graduação na Área Médica. 2017. (Encontro).

XVI Congresso Brasileiro de Aterosclerose. Os benefícios do consumo de biomassa de banana verde em portadores de pré diabetes e diabetes mellitus. 2017. (Congresso).

19 Congresso de Iniciação Científica, 13 Mostra de Pós-Graduação. 2016. (Congresso).

23 Congresso Brasileiro de Perinatologia. Prognóstico de sobrevida de recém-nascidos de uma UTI neonatal por meio de um estudo das variáveis que compõem o SNAP-PE II. 2016. (Congresso).

23 Congresso Brasileiro de Perinatologia. Aspectos materno-infantis relevantes de pacientes admitidos em uma UTI neonatal de um hospital público estadual.. 2016. (Congresso).

International Conference on Cardiovascular Medicine. Endothelial microparticles in patients with chronic kidney disease and cardiovascular disease. 2016. (Congresso).

X Encontro nacional de pós-graduação na área de Ciências Médicas. 2016. (Encontro).

11a. Mostra de Trabalhos de Pesquisa da Pós-Graduação. A avaliação dos cursos universitários brasileiros pede novos parâmetros para estabelecer o que é qualidade. 2014. (Congresso).

17 Congresso de Iniciação Científica e 11 Mostra de Trabalhos de Pesquisa de Pós-Graduação. 2014. (Congresso).

69 Congresso Brasileiro de Cardiologia. O comportamento de biomarcadores em dois esquemas terapêuticos hipolipemiantes. 2014. (Congresso).

EAS Congress. Microparticles and hypertensive cardiovascular disease: effects of anti-hypertensive and lipid-lowering therapy on circulating microparticles. 2014. (Congresso).

ESH-ISH Hypertension Athens. Microparticles and hypertensive cardiovascular disease: Effects of antihypertensive and lipid-lowering therapy on circulating microparticles. 2014. (Congresso).

XXXV Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de SP SP. Efeito da associação sinvastatina/ezetimiba nas micropartículas, células endoteliais progenitoras e função endotelial em pacientes com Doença Coronariana Estável. 2014. (Congresso).

54. Kongress der Deutschen Gesellschaft für Pneumologie und Beatmungsmedizin e.V.. Intermittent hypoxia-associated vascular and extravascular changes; improvement of endothelial function under application of anti-inflammatory and anti-oxidative drugs. 2013. (Congresso).

Herbsttagung und Jahrestagung der Arbeitsgruppe Rhythmologie. Intermittent hypoxia-associated endothelial dysfunction; therapeutic application of anti-inflammatory and anti-oxidative drugs. 2013. (Congresso).

SOLACI SBHCI. Uso concomitante de sinvastatina/ezetimiba com clopidogrel não interfere com as propriedades hipolipemiantes ou antiplaquetárias observadas com os fármacos isoladamente. 2013. (Congresso).

XIV Congresso Brasileiro de Aterosclerose. 2013. (Congresso).

XXXIV Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo. Ezetimiba compromete o balanço de células endoteliais progenitoras e micropartículas em pacientes estáveis de alto risco e com níveis elevados de proteína C-reativa. 2013. (Congresso).

XXXIV Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo. Efeitos da ezetimiba nos marcadores de síntese e absorção de colesterol em pacientes de alto risco e com proteína C-reativa elevada. 2013. (Congresso).

22nd Annual Congress. Impairment of endothelial function by chronic intermittent hypoxia in ApoE-/- mice - Implications for anti-inflammatory and anti-oxidative treatment. 2012. (Congresso).

80th EAS Congress. Pharmacokinetic interactions between clopidogrel and rosuvastatin: Effects on vascular protection in subjects with coronary heart disease. 2012. (Congresso).

American College of Cardiology - 61st Annual Scientific Session. Endothelial progenitor cells mobilization and platelet microparticle release are influenced by clopidogrel plasma levels in stable coronary heart disease. 2012. (Congresso).

American College of Cardiology - 61st Annual Scientific Session. Pharmacokinetic interactions between clopidogrel and rosuvastatin: Effects on vascular protection in subjects with coronary heart disease. 2012. (Congresso).

ESC Congress. Pharmacokinetic interactions between clopidogrel and rosuvastatin: Effects on vascular protection in subjects with coronary heart disease. 2012. (Congresso).

ESC Congress. The beneficial effects of infliximab and L-glutathione on the intermittent hypoxia-induced endothelial dysfunction in apolipoprotein E-deficient mice. 2012. (Congresso).

The 4th World Congress on Controversies to Consensus in Diabetes, Obesity and Hypertension (CODHy). MICROPARTICLES IN HYPERTENSIVE PATIENTS: EFFECTS OF HYPOLIPIDEMIC THERAPIES COMBINED OR NOT WITH CLOPIDOGREL. 2012. (Congresso).

World Congress of Cardiology. Comparison between two highly effective lipid-lowering therapies on markers of cholesterol synthesis and absorption. 2012. (Congresso).

World Congress of Cardiology. Inverse relationship between clopidogrel serum levels and endothelial and platelet microparticles in subjects with coronary heart disease. 2012. (Congresso).

XXXIII Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo. Aumento dos níveis de Mieloperoxidase em duas estratégias hipolipemiantes. 2012. (Congresso).

XXXIII Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo. Exercício de alto desempenho promove mobilização de células progenitoras endoteliais e ótimo perfil bioquímico. 2012. (Congresso).

17th Annual Scandinavian Atherosclerosis Conference and International Meeting.Role of rosuvastatin and clopidogrel alone and combined in endothelial progenitor cells and endothelial microparticles. 2011. (Encontro).

66 Congresso Brasileiro de Cardiologia. Maior mobilização de células progenitoras endoteliais em corredores de elite. 2011. (Congresso).

66 Congresso Brasileiro de Cardiologia. Efeitos de terapias hipolipemiantes muito efetivas na síntese e absorção de esteróis. 2011. (Congresso).

79 EAS Congress. Role of rosuvastatin and clopidogrel alone and combined in endothelial progenitor cells and endothelial microparticles. 2011. (Congresso).

79 EAS Congress. Evaluation of endothelial progenitor cells and microparticles after hipolipemiant treatment in patients with subclinical atherosclerosis. 2011. (Congresso).

79 EAS Congress. Endothelial progenitor cell mobilization is enhanced in high preformance runners. 2011. (Congresso).

European Society of Cardiology Congress. Endothelial progenitor cells mobilization is increased in high-performance runners. 2011. (Congresso).

WG Myocardial Function & Cellular Biology of the Heart Annual Meeting.Effect of rosuvastatin and clopidogrel alone and combined in endothelial progenitor cells and endothelial microparticles. 2011. (Encontro).

WG Myocardial Function & Cellular Biology of the Heart Annual Meeting.Influence of different hypolipidemic therapies on endothelial progenitor cells and microparticles levels in patients with subclinical carotid disease. 2011. (Encontro).

XXXII Congresso da SOCESP. Efeitos de duas terapias hipolipemiantes de similar efetividade nas células progenitoras e microártículas endoteliais. 2011. (Congresso).

XXXII Congresso da SOCESP. Avanços na fisiopatologia e tratamento da doença cardiovascular ? Células Progenitoras Endoteliais, Micropartículas Endoteliais e Plaquetárias. 2011. (Congresso).

XXXII Congresso da SOCESP. Maior mobilização de células progenitoras endoteliais em corredores de elite. 2011. (Congresso).

14th International Congress on Infectious Diseases. Endothelial progenitor cells and microparticles in HIV-infected patients. 2010. (Congresso).

65 Congresso Brasileiro de Cardiologia. Efeito da associação entre atorvastatina e clopidogrel no recrutamento de células progenitoras endoteliais e liberação de micropartículas. 2010. (Congresso).

EAS European Congress of Atherosclerosis. Early effects of atorvastatin and clopidogrel alone or combined on endothelial progenitor cells and microparticles in subjects with coronary disease. 2010. (Congresso).

I Curso de Extensão Avançado sobre Dislipidemias e Aterosclerose.Células progenitoras e micropartículas. 2010. (Outra).

Universidade de Bonn Alemanha - Seminário.Endothelial progenitor cells and microparticles. 2010. (Seminário).

Workshop de aterosclerose e biologia vascular.Desbalanço endotelial em pacientes HIV+ sem exposição a TARV. 2010. (Outra).

World Congress of Cardiology. Changes in circulating endothelial progenitor cells and in platelet and endothelial-derived microparticles following atorvastating and clopidogrel therapy. 2010. (Congresso).

XXXI Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo. Efeitos da atorvastatina associada ou não ao clopidogrel nos níveis de células progenitoras endoteliais e micropartículas em coronarianos. 2010. (Congresso).

64 Congresso Brasileiro de Cardiologia. Células inflamatórias residentes no peritôneo são cruciais no desenvolvimento da aterosclerose experimental. 2009. (Congresso).

XII Congresso Brasileiro de Aterosclerose. 2009. (Congresso).

Liga de Fisioterapia em Terapia Intensiva (UTI) - FMUSP. 2008. (Outra).

Workshop em Biologia Vascular. 2008. (Outra).

Curso de Atualização em Cardiologia da Escola Paulista de Medicina - UNIFESP. 2007. (Outra).

Curso de Espirometria - Hospital do Servidor Público Estadual. 2007. (Outra).

I Panamerican Congress of Atherosclerosis. 2007. (Congresso).

Princípios e aplicações da citometria de fluxo. 2006. (Congresso).

II Curso de Verão em Biologia Celular e Molecular.mini-curso "Aspectos morfológicos e funcionais de mastócitos e sua relação com processos alérgicos. 2005. (Outra).

I SEAPA - Simpósio Euro Americano de Podologia Aplicada. 2003. (Simpósio).

Workshop:. 2002. (Outra).

XI Simpósio de Fisioterapia da UFSCar.Ultra-som e Terapia-Laser de Baixa Intensidade: princípios, técnicas e atualizações clínicas. 2002. (Simpósio).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Cinthia Maria de Brito Eid Ferro

FRANÇA, C N; Wilbert DD; de Souza PC. Consciência Postural: relação com estado nutricional e postura em população adulta. 2018. Dissertação (Mestrado em Pós Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Santo Amaro.

Aluno: Ricardo Destra Lievirisci

Konstantyner T; D, D.;FRANÇA CN. Prevalência e fatores de risco para estilo de vida sedentário de escolares brasileiros: Análise de inquérito nacional de saúde. 2017. Dissertação (Mestrado em Pós Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Santo Amaro.

Aluno: [Nome removido após solicitação do usuário]

Pereira LL; Guerra GM; de Souza PC;FRANÇA CN. A compreensão da equipe multiprofissional de uma unidade de terapia intensiva sobre o significado de promoção da saúde. 2017. Dissertação (Mestrado em Pós Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Santo Amaro.

Aluno: DENIS ALVES TANNURI

JULIANO, Y.; Barreiros GF;FRANÇA CN. Promoção de saúde na escola: percepções de alunos de escolas públicas, municipais e estaduais da prefeitura regional de Capela do Socorro. 2017. Dissertação (Mestrado em Pós Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Santo Amaro.

Aluno: Anali Del Milagro Bernabe Garnoque

Santelli GMM; Niero ELO; Colquhoun A;FRANÇA CN. Efeito de inibidores de telomerase sobre células tumorais de pulmão humano e sobre células imortalizadas com hTERT. 2017. Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e Molecular) - Universidade de São Paulo.

Aluno: VALÉRIA ARRUDA MACHADO

Santos Filho, RD; Bertolami, MC;FRANÇA CN. HIPERCOLESTEROLEMIA FAMILIAR: EFEITOS DA SUPLEMENTACAO DE FITOESTEROIS A TERAPIA HIPOLIPEMIANTE. 2012. Dissertação (Mestrado em Medicina (Cardiologia)) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Guilherme /augusto Linzmeyer

FRANÇA CN; Novo NF; Nali LHS. A qualidade de vida de dependentes químicos sob a ótica da previdência: a sobriedade da reabilitação. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Santo Amaro.

Aluno: Cinthia Maria de Brito Eid Ferro

FRANÇA, C N; Wilbert DD; de Souza PC. Consciência Postural: relação com postura corporal e estado nutricional em população adulta. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Santo Amaro.

Aluno: Raquel Fernandes Batista

Rosa EF; Pereira LL;FRANÇA CN. O impacto do diabetes na qualidade de vida e imagem corporal de idosos que frequentam núcleo de convivência. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Santo Amaro.

Aluno: Edineia Dias Caetano Ribeiro

Konstantyner T; Armond JE;FRANÇA CN. Assistência ao lactente internado em enfermaria pediátrica: Fatores associados ao grau de satisfação familiar. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Santo Amaro.

Aluno: Ricardo Destra Lievirisci

Konstantyner T; Armond JE;FRANÇA CN. Prevalência e fatores de risco para estilo de vida sedentário de escolares brasileiros: análise de inquérito nacional de saúde. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Santo Amaro.

Aluno: DENIS ALVES TANNURI

JULIANO, Y.; Barreiros GF;FRANÇA CN. Programa Saúde na Escola: desempenho dos escolares na Região Sul da cidade de São Paulo. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Santo Amaro.

Aluno: Anali del Milagros Bernabe Garnique

FRANÇA CN; Colquhoun A; Bevilacqua E. Efeito de inibidores de telomerase sobre células tumorais de pulmão humano: interferência na proliferação celular, seu efeito na indução de apoptose ou senescência celular e na alteração da instabilidade cromossômica e ploidia do DNA. 2016 - Universidade de São Paulo.

Aluno: Renato Oliveira de Lima

Armond JE; Colombo-Souza P;FRANÇA CN. Predição da morbimortalidade de uma UTI neonatal através do Score SNAP-PE II. 2015.

Aluno: Ana Paula Malheiros Knopp

Armond JE; Colombo-Souza P;FRANÇA CN. A representação social e a educação nutricional como estratégias na saúde educacional do idoso. 2015.

Aluno: Flavio Koiti Kanazawa

Armond JE; JULIANO, Y.;FRANÇA CN. Saúde e segurança no ambiente laboral: percepção dos trabalhadores na identificação dos fatores organizacionais do trabalho. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências da Saúde) - Universidade de Santo Amaro.

Aluno: Lorany Steffani Gomes de Paula

FRANÇA CN; Reis G; Batista R. REAVALIAÇÃO DA PERSPECTIVA ACADÊMICA SOBRE A REABILITAÇÃO E O ENSINO EM FISIOTERAPIA. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Universidade Santo Amaro.

Aluno: Roberta Vanalli Baroni

FRANÇA CN; Freitas FRSE; Vinagre CGM. Associação entre periodontite e alterações no perfil lipídico e diâmetro da lipoproteína de alta densidade (HDL). 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade de Santo Amaro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Eliane de Lima Coutinho

COUTINHO, E. L.. Efeito de sessões de encurtamento no músculo tibial anterio de ratos imobilizados em posição de alongamento. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia) - Universidade Federal de São Carlos.

Rui Fernando Ramos

MAGALHÃES, C.C; FALUDI, A.A; COLOMBO, F.C; FONSECA, F. A. H.;RAMOS, Rui Fernando; FRANÇA, C.N. Efeito agudos e crônicos da terapia hipolipemiante nos níveis circulantes de células progenitoras endoteliais e micropartículas. 2011. Tese (Doutorado em Medicina (Cardiologia)) - Universidade Federal de São Paulo.

Valdir Ambrósio Moisés

FONSECA, F. A. H.; COLOMBO, F.; RAMOS, R. F.; MAGALHAES, C. C.; FALLUD, A. A.;Moises, Valdir A.. Efeitos agudos e crônicos da terapia hipolipemiante nos níveis circulantes de células progenitoras endoteliais e micropartículas - suplente. 2011. Tese (Doutorado em Medicina (Cardiologia)) - Universidade Federal de São Paulo.

Maria Célia Jamur

JAMUR, M. C.; RAMOS, Ricardo Guelerman Pinheiro;FACCIOLI, L. H.. Caracterização de precursores de mastócitos (AA+/BGD6+) identificados em embriões de ratos. 2006. Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e Molecular) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, USP.

LUCIA HELENA FACCIOLI

JAMUR, M. C.; RAMOS, R. G. P.;FACCIOLI, L. H.. Caracterização de precursores de mastócitos (AA4-/BGD6+) identificados em embriões de ratos. 2006. Dissertação (Mestrado em biologia celular e molecular) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Usp.

Fernanda Marciano Consolim-Colombo

Consolim-Colombo, FM; MAGALHAES, C. C.; FALUDI, A. A.; RAMOS, R. F.; FONSECA, F. A. H.. Efeito agudos e crônicos da terapia hipolipemiante nos niveis circulantes de celulas progenitoras endoteliais e microparticulas. 2011. Tese (Doutorado em Medicina (Cardiologia)) - Universidade Federal de São Paulo.

Francisco Antonio Helfenstein Fonseca

Carlos MagalhãesFernanda Consolin ColomboFonseca FAFALUDI, AndreRui Ramos. Efeitos agudos e crônicos da terapia hipolipemiante nos níveis circulantes de células progenitoras endoteliais e micropartículas. 2011. Tese (Doutorado em Ciências) - Universidade Federal de São Paulo.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Letícia Carolinni

Estudo das lipoproteínas e subclasses envolvidas no Infarto Agudo do Miocárdio; Início: 2018; Dissertação (Mestrado em Medicina (Cardiologia)) - Universidade Federal de São Paulo; (Coorientador);

Thiago Tavares de Freitas

Análise da microbiota intestinal de indivíduos com Diabetes Mellitus após o consumo de biomassa da banana verde; Início: 2016; Dissertação (Mestrado em Medicina (Cardiologia)) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Coorientador);

Edna Costa Silva

Efeitos do consumo de biomassa da banana verde em pacientes com pré-diabetes e diabetes: um ensaio clínico randomizado; Início: 2018; Tese (Doutorado em Medicina (Cardiologia)) - Universidade Federal de São Paulo; (Coorientador);

Larissa Namie Chiba

Modulação da expressão fenotípica do receptor de quimiocinas CCR2 no infarto agudo do miocárdio por estatinas; Início: 2018; Iniciação científica (Graduando em Biomedicina) - Universidade Santo Amaro; (Orientador);

Danielle Borges Germano

FATORES DE RISCO ASSOCIADOS À INSUFICIÊNCIA VENOSA CRÔNICA EM PACIENTES SUBMETIDOS À CIRURGIA DE VARIZES NA SANTA CASA DE SANTO AMARO; Início: 2018; Iniciação científica (Graduando em Biomedicina) - Universidade Santo Amaro, Universidade Santo Amaro; (Orientador);

Ana Paula A C Ballerini

Fatores associados à doença arterial obstrutiva periférica em população assistida por hospital de referência na Zona Sul de São Paulo; 2018; Dissertação (Mestrado em Pós Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Santo Amaro,; Orientador: Carolina Nunes França;

Marcio Martins de Melo

ANÁLISE COMPARATIVA DOS PROCESSOS PEDAGÓGICOS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA NAS MODALIDADES PRESENCIAL E A DISTÂNCIA; 2018; Dissertação (Mestrado em Pós Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Santo Amaro, Universidade Santo Amaro; Orientador: Carolina Nunes França;

Suzana Alves Avezum

Avaliação da disposição para o perdão em pacientes com Infarto Agudo do Miocárdio; 2017; Dissertação (Mestrado em Pós Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Santo Amaro,; Orientador: Carolina Nunes França;

Tatiana Oliveira de Lima

Residência Multiprofissional em Saúde: Limites e possibilidades da preceptoria; 2016; Dissertação (Mestrado em Pós Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Santo Amaro,; Orientador: Carolina Nunes França;

Lilian Elizabeth Cassia Leite Ladessa

Fatores psicológicos identificados em idosos internados e mecanismo de enfrentamento na relação saúde-doença; 2016; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade de Santo Amaro,; Orientador: Carolina Nunes França;

Ricardo Itria Moraes

Avaliação de alunos ingressantes em um instituto de treinamento personalizado, ensino e pesquisa de São Paulo, quanto à força e resistência do Core; 2015; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade de Santo Amaro,; Orientador: Carolina Nunes França;

Arthur Siqueira Jorge Neto

Impactos do treinamento intervalado de alta intensidade de curta e longa duração; 2015; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade de Santo Amaro,; Orientador: Carolina Nunes França;

Marinella Nogueira da Silva Hortencio

EFEITOS DE UM PROGRAMA DE EXERCICIOS NO CONTROLE DOS FATORES DE RISCO CARDIOVASCULAR EM INDIVÍDUOS HIPERTENSOS; 2015; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade de Santo Amaro,; Orientador: Carolina Nunes França;

Edna Silva Costa

Os benefícios do consumo de biomassa de banana verde em portadores de Diabetes Mellitus; 2015; Dissertação (Mestrado em Medicina (Cardiologia)) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Carolina Nunes França;

Marcelo Henrique Ferreira dos Santos

Cobertura vacinal da população idosa contra gripe nas macrorregiões brasileiras; 2014; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade de Santo Amaro,; Orientador: Carolina Nunes França;

Rafael Rodrigues da Costa

Queda em idosos no município de São Paulo: análise dos fatores associados ao planejamento do administrador de hospitalidade em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI); ; 2014; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade de Santo Amaro,; Coorientador: Carolina Nunes França;

Nayara Dantas Massunaga

Micropartículas e doença hipertensiva - efeito do tratamento anti-hipertensivo e hipolipemiante em diferentes biomarcadores da doença cardiovascular; 2013; Dissertação (Mestrado em Medicina (Cardiologia)) - Universidade Federal de São Paulo,; Coorientador: Carolina Nunes França;

Márcia Lilla

Fatores relacionais que podem cooperar para a reconfiguração saudável do organismo em processo de estresse; 2013; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade de Santo Amaro,; Orientador: Carolina Nunes França;

Claudia Viegas Tricate Malta

A ação dos professores e a influência da inclusão no aumento da medicalização da educação em escolas públicas de educação básica da zona sul de São Paulo; 2013; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade de Santo Amaro,; Orientador: Carolina Nunes França;

Célia Regina de Oliveira Bittencourt

Perfil de Risco Cardiovascular em Corredores de Elite Efeitos da Terapia com Estatinas: Benefícios, Segurança e Desempenho Físico; 2010; Dissertação (Mestrado em Medicina (Cardiologia)) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Carolina Nunes França;

Luciano Camargo Monteiro

MODIFICAÇÕES NA FUNÇÃO ENDOTELIAL INDUZIDAS POR ESTATINAS EM PACIENTES CORONARIANOS; 2010; Dissertação (Mestrado em Medicina (Cardiologia)) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Carolina Nunes França;

Lívia Campos do Amaral S Lins

Efeito de diferentes estratégias hipolipemiantes nos níveis de células progenitoras endoteliais e micropartículas em pacientes de alto risco cardiovascular; 2010; Dissertação (Mestrado em Medicina (Cardiologia)) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Carolina Nunes França;

Soraia Hani Kasmas

Efeitos da rosuvastatina ou da associação ezetimiba/sinvastatina nos precursores da síntese, marcadores da absorção do colesterol e na fitosterolemia; 2009; Dissertação (Mestrado em Medicina (Cardiologia)) - Universidade Federal de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Coorientador: Carolina Nunes França;

Carlos Eduardo dos Santos Ferreira

O comportamento de biomarcadores e a progressão anatômica da aterosclerose em duas estratégias hipolipemiantes; 2011; Tese (Doutorado em Medicina (Cardiologia)) - Universidade Federal de São Paulo,; Coorientador: Carolina Nunes França;

Tamara Alves Sebastião

Avaliação da qualidade de vida em pacientes renais crônicos e seus impactos; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós graduação em Nutrição Clínica) - Universidade de Guarulhos; Orientador: Carolina Nunes França;

Flávia Cristina Mendes dos Santos

Avaliação do Índice de Qualidade da Dieta (IQD) em portadores de HIV em uso de TARV; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós graduação em Nutrição Clínica) - Universidade de Guarulhos; Orientador: Carolina Nunes França;

Edinalva Alves da Silva

Adesão de pacientes cardiopatas ao tratamento nutricional; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós graduação em Nutrição Clínica) - Universidade de Guarulhos; Orientador: Carolina Nunes França;

Erika Maria da Silva

Associação entre sedentarismo e excesso de peso em escolares; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Fisioterapia) - Universidade Santo Amaro; Orientador: Carolina Nunes França;

Gylliane Reis

Perspectivas do processo de reabilitação, das práticas reabilitadoras e do ensino em Fisioterapia; ; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Fisioterapia) - Universidade de Santo Amaro; Orientador: Carolina Nunes França;

Nayara Correa Rocha

Modulação da expressão fenotípica do receptor de quimiocinas CCR5 no infarto agudo do miocárdio por estatinas; 2018; Iniciação Científica - Universidade Santo Amaro; Orientador: Carolina Nunes França;

Rita de Cássia Oliveira Sousa

Modulação da expressão fenotípica do receptor de quimiocinas CCR2 no infarto agudo do miocárdio por estatinas; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Biomedicina) - Universidade Santo Amaro; Orientador: Carolina Nunes França;

Carine Roberta Eufrazio Silva

Prevalência e correlação de dores musculoesqueléticas e hábitos posturais em acadêmicos de Fisioterapia; 2014; Orientação de outra natureza; (Fisioterapia) - Universidade de Santo Amaro; Orientador: Carolina Nunes França;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Maria Célia Jamur

Caracterização de precursores de mastócitos AA-/BGD6 + identificados em embriões de ratos; ; 2006; 0 f; Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e Molecular) - Faculdade de Medicina de Ribeirao Preto/USP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Maria Celia Jamur;

Maria Célia Jamur

Estudo da origem e recrutamento de mastócitos para sítios periféricos; 2004; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Fisiterapia) - Universidade Federal de São Paulo; Orientador: Maria Celia Jamur;

Maria Cristina de Oliveira Izar

Efeitos da atorvastatina na mobilização de células endoteliais progenitoras e micropartículas na doença coronária estável; 2011; Tese (Doutorado em Medicina (Cardiologia)) - Universidade Federal de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Coorientador: Maria Cristina de Oliveira Izar;

Francisco Antonio Helfenstein Fonseca

Influência da terapia hipolipemiante na migração de células progenitoras endoteliais e na liberação de micropartículas; 2008; Tese (Doutorado em Ciencias da Saúde Cardiologia) - Universidade Federal de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Francisco Antonio Helfenstein Fonseca;

Francisco Antonio Helfenstein Fonseca

2013; Universidade Federal de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Francisco Antonio Helfenstein Fonseca;

Francisco Antonio Helfenstein Fonseca

2011; Universidade Federal de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Francisco Antonio Helfenstein Fonseca;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • Amaral, JB ; ALENCAR, A. M. ; FRANÇA CN ; PEREZ-NOVO, C. ; MACHADO-SANTELLI, G. M. ; BLOISE JUNIOR, A. C. ; PEZATO, R. . Alterations in cellular force parameters and cell projections in Nasal polyps-derived fibroblasts Journal: Auris Nasus Larynx. AURIS NASUS LARYNX , v. 47, p. 98-104, 2020.

  • Coste MER ; FRANÇA CN ; Izar, MCO ; Teixeira D ; Ishimura M ; Maugeri IML ; Bacchin AS ; Bianco HT ; MOREIRA, FT ; Pinto IFM ; Szarf G ; Caixeta A ; Berwanger O ; Gonçalves Júnior I ; Fonseca, FAH . Early Changes in Circulating Interleukins and Residual Inflammatory Risk After Acute Myocardial Infarction. Arquivos Brasileiros de Cardiologia , v. na, p. na, 2020.

  • Pandolfi MM ; Machado HM ; FRANÇA CN ; Higashi LSF ; da Silva MVL ; da Silva LFG ; JULIANO, Y. ; Amaral, JB ; Rodrigues CL ; Colombo-Souza P . Possíveis fatores associados à autopercepção da imagem corporal. REVISTA DE ATENÇÃO À SAÚDE , v. na, p. na, 2020.

  • de Lima RO ; Ribeiro, AP ; JULIANO, Y. ; FRANÇA CN ; Colombo-Souza P . Survival prognosis of newborns from an intensive care unit through the SNAP-PE II risk score. CLINICS , v. na, p. na, 2020.

  • Piber LS ; Armond JE ; JULIANO, Y. ; Ribeiro, AP ; FRANÇA CN ; Colombo-Souza P . Concordância entre métodos antropométricos, índice de massa corpórea e circunferência da cintura no diagnóstico de sobrepeso e obesidade em escolares. ARQUIVOS CATARINENSES DE MEDICINA (IMPRESSO) , v. na, p. na, 2020.

  • Rodrigues C ; Novo NF ; Brant CQ ; Colombo-Souza P ; FRANÇA CN ; JULIANO, Y. . EVOLUÇÃO NUTRICIONAL DE PACIENTES HOSPITALIZADOS APÓS ACIDENTE VASCULAR ENCEFÁLICO ISQUÊMICO COM PRESENÇA OU AUSÊNCIA DE DISFAGIA. REVISTA BRASILEIRA DE OBESIDADE, NUTRIÇÃO E EMAGRECIMENTO , v. na, p. na, 2020.

  • de Aranda, VF ; Derogis, PBM ; Sanches, PR ; Mangueira, CLP ; Katz, M ; FAULHABER, A. C. L. ; Mendes, CEA ; Ferreira, CES ; FRANÇA, C N ; Guerra, JCC . Diagnostic accuracy of thromboelastometry and its correlation with the HPLC-MS/MS quantification test. Brazilian Journal of Medical and Biological Research (on line) , v. n/a, p. n/a, 2019.

  • Da Silva, EM ; Da Silva, R ; FRANÇA CN . Associação entre sedentarismo e excesso de peso em escolares da periferia de São Paulo. REVISTA BRASILEIRA DE OBESIDADE, NUTRIÇÃO E EMAGRECIMENTO , v. 13, p. 73-78, 2019.

  • Costa, ES ; FRANÇA CN ; Fonseca, FAH ; Kato JT ; Bianco, HT ; de Freitas TT ; FONSECA, H. A. R. ; Neto AMF ; Izar, MCO . Beneficial Effects of Green Banana Biomass Consumption in Patients with Pre-diabetes and Diabetes: a Randomized Controlled Trial. BRITISH JOURNAL OF NUTRITION , v. 121, p. 1365-1375, 2019.

  • Ferreira, MS ; Franco FGM ; Rodrigues PS ; Correa VMSP ; Akopian STG ; Cucato GG ; Dias RMR ; Cendoroglo MS ; FRANÇA CN ; de Carvalho JAM . Impaired chair to bed transfer ability leads to longer hospital stays among elderly patients. BMC Geriatrics , v. na, p. na, 2019.

  • de Lima RO ; FRANÇA CN ; Avezum Júnior A ; Colombo-Souza P . Snappe II as a Useful Score to Evaluate Mortality among Newborns. Annals of Pediatrics & Child Health , v. 7, p. 1-2, 2019.

  • FRANÇA CN ; Massunaga, ND ; Bianco HT ; Ferreira, CES ; Kato JT ; Póvoa, RMS ; Neto AMF ; Izar, MCO ; Fonseca, FAH . Circulating microparticles and central blood pressure according to antihypertensive strategy. CLINICS , v. 74, p. 1, 2019.

  • Ferreira, CES ; Guerra, JCC ; Slhessarenko N ; Scartezini M ; FRANÇA CN ; Colombini MP ; Berlitz F ; Machado AMO ; Campana GA ; Faulhaber ACL ; Galoro CA ; Dias CM ; Shcolnik W ; Martino MDV ; César KR ; Sumita NM ; Mendes ME ; Faulhaber MHW ; Pinho JRR ; Barbosa IV ; Batista MC ; Khawali C ; Pariz VM ; Andriolo A . Point-of-care Testings: General Aspects. Clinical Laboratory , v. 64, p. 1-9, 2018.

  • FRANÇA CN ; Mendes, CC ; Ferreira, CES . Time collection and storage conditions in lipid profile. Brazilian Journal of Medical and Biological Research (on line) , v. 51, p. e6955, 2018.

  • Hortencio, MNS ; da Silva JKS ; Zonta MA ; de Melo CPA ; FRANÇA, C N . Efeitos de exercícios físicos sobre fatores de risco cardiovascular em idosos hipertensos. REVISTA BRASILEIRA EM PROMOÇÃO DA SAÚDE (ONLINE) , v. 31, p. 1-9, 2018.

  • Sumita NM ; Ferreira, CES ; Martino MDV ; FRANÇA CN ; Faulhaber ACL ; Scartezini M ; Pinho JRR ; Dias CM ; César KR ; Pariz VM ; Guerra, JCC ; Barbosa IV ; Faulhaber MHW ; Batista MC ; Andriolo A ; Mendes ME ; Machado AMO ; Colombini, MP ; Slhessarenko N ; Shcolnik W ; Khawali C ; Campana GA ; Berlitz F ; Galoro CA . Clinical applications of Point-of-Care testing in different conditions. Clinical Laboratory , v. n/a, p. n/a, 2018.

  • Izar, MCO ; FONSECA, H. A. R. ; Machado VA ; Szarf G ; Lederman HM ; Schaefer EJ ; Caran EMM ; FRANÇA CN ; Ferreira, CES ; Fonseca, FAH . Rare presentation of Dercum?s disease in a child with abnormalities in lipoprotein metabolism. Arquivos Brasileiros de Cardiologia , v. n/a, p. n/a, 2018.

  • de Melo VCP ; Ferreira PRS ; Ricardi LO ; Batista MC ; FRANÇA CN ; Ferreira, CES . Definition of reference ranges for -isomerized Carboxy-terminal telopeptide collagen type I for children and adolescents. Journal of Pediatric Endocrinology and Metabolism , v. n/a, p. n/a, 2018.

  • Bittencourt, CRO ; Izar, MCO ; FRANÇA CN ; Schwerz VL ; Póvoa, RMS ; Fonseca, FAH . Efeitos do treinamento de alta intensidade de corredores profissionais em células progenitoras endoteliais e micropartículas. Arquivos Brasileiros de Cardiologia , v. 108, p. 212-216, 2017.

  • Derogis, PBM ; Sanches, PR ; de Aranda, VF ; Colombini, MP ; Mangueira, CLP ; Katz, M ; FAULHABER, A. C. L. ; Mendes, CEA ; Ferreira, CES ; FRANÇA CN ; Guerra, JCC . Determination of Rivaroxaban in patient's plasma samples by anti-Xa chromogenic test associated to high performance liquid chromatography tandem mass spectrometry (HPLC-MS/MS). Plos One , v. 12, p. e0171272, 2017.

  • Ferreira, CES ; Scartezini M ; FRANÇA CN . Lipid profile, the world needs to change. Journal of Clinical Lipidology , v. 11, p. 769-770, 2017.

  • MARQUES, A. G. ; Doi, AM ; Pasternak J ; Damascena MS ; FRANÇA CN ; Martino MDV . Performance of the dipstick screening test as a predictor of negative urine culture. EINSTEIN (SÃO PAULO) , v. 15, p. 34-39, 2017.

  • FRANÇA CN ; Izar, MCO ; Hortencio, MNS ; Amaral, JB ; Ferreira, CES ; Tuleta, ID ; Fonseca, FAH . Monocyte subtypes and the CCR2 chemokine receptor in cardiovascular disease. CLINICAL SCIENCE , v. 131, p. 1215-1224, 2017.

  • da Costa RR ; FRANÇA CN ; Rodrigues CL ; de Souza PC . Fatores de risco associados a quedas em idosos que influenciam o planejamento de assistência ao idoso institucionalizado. REDE DE CUIDADOS EM SAÚDE , v. 11, p. 1-11, 2017.

  • Fonseca, FAH ; Izar, MCO ; Maugeri IML ; Berwanger O ; Damiani LP ; Pinto IM ; Szarf G ; FRANÇA CN ; Bianco HT ; MOREIRA, FT ; Caixeta A ; Alves CMR ; Lopes AS ; Klassen A ; Tavares MFM ; Carvalho, ACC . Effects of four antiplatelet/statin combined strategies on immune and inflammatory responses in patients with acute myocardial infarction undergoing pharmacoinvasive strategy: Design and rationale of the B and T Types of Lymphocytes Evaluation in Acute Myocardial Infarction (BATTLE-AMI) study. Trials , v. n/a, p. n/a, 2017.

  • Lilla M ; Tuleta, ID ; Amaral, JB ; de Souza PC ; FRANÇA, C N . Estresse em Estudantes do Quarto Ano de Graduação Expostos à Realização do Trabalho de Conclusão de Curso. REVISTA BRASILEIRA CIÊNCIAS DA SAÚDE , v. 21, p. 307-312, 2017.

  • Neto ASJ ; JULIANO, Y. ; Novo NF ; Konstantyner T ; Zonta MA ; de Melo CPA ; FRANÇA CN . Impactos do treinamento intervalado de alta intensidade de curta e longa duração em adultos jovens. Revista de Pesquisa em Saúde / Journal of Health Research , v. 18, p. 162-167, 2017.

  • Moraes RI ; Guiselini MA ; de Souza PC ; FRANÇA CN . Avaliação de alunos ingressantes em um instituto de treinamento quanto à força e resistência dinâmica do core. Revista Brasileira de Qualidade de Vida (RBQV) , v. 9, p. 63-79, 2017.

  • Ferreira, MS ; FRANÇA CN . Rehabilitation after stroke: the patient as the center.. Geriatrics and Gerontology International , v. 16, p. 283-284, 2016.

  • FRANÇA CN ; Amaral, JB ; Tuleta, ID ; Siviero F ; Ferreira, CES ; Izar, MCO ; Fonseca, FAH . Challenges facing the use of endothelial progenitor cells in stem cell therapies. CRITICAL REVIEWS IN EUKARYOTIC GENE EXPRESSION , v. 26, p. 161-162, 2016.

  • de Lucas RC ; Taglialegna R ; FRANÇA CN ; Segato F ; Cazzaniga RA ; da Fonseca, CK ; Maffei CML . Immune Response, Detection of IgE and PGE2 during Vaginal Candidiasis in Mice. American Journal of Immunology , v. 12, p. 29-36, 2016.

  • BITENCOURT, CRO ; Izar, MCO ; Schwerz VL ; Póvoa, RMS ; FONSECA, H. A. R. ; Fonseca, MIH ; FRANÇA CN ; Ferreira, CES ; Fonseca, FAH . Effects of High-Intensity Training of Professional Runners on Myocardial Hypertrophy and Subclinical Atherosclerosis. Plos One , v. 11, p. e0166009, 2016.

  • ALMEIDA, B.C. ; KLEINE, J.P.F.O. ; CAMARGO-KOSUGI, C.M. ; LISBOA, M.R. ; FRANÇA, C.N. ; FRANÇA, J.P. ; SILVA, I.D.C.G. . Analysis of polymorphisms in codons 11, 72 and 248 of TP53 in Brazilian women with breast cancer. Genetics and Molecular Research , v. 15, p. n/a, 2016.

  • FIGUEIREDO, THAIS PANDINI ; LUCAS, ROSYMAR COUTINHO DE ; CAZZANIGA, RODRIGO ANSELMO ; FRANÇA, CAROLINA NUNES ; SEGATO, FERNANDO ; TAGLIALEGNA, RAFAEL ; MAFFEI, CLAUDIA MARIA LEITE . ANTIFUNGAL SUSCEPTIBILITY TESTING AND GENOTYPING CHARACTERIZATION OF Cryptococcus neoformans AND gattii ISOLATES FROM HIV-INFECTED PATIENTS OF RIBEIRÃO PRETO, SÃO PAULO, BRAZIL. Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo , v. 58, p. 1-8, 2016.

  • Ferreira, MS ; Chamlian, TR ; FRANÇA CN ; Massaro, AR . Non-motor factors associated with the attainment of community ambulation after stroke. Clinical Medicine & Research , v. 13, p. 58-64, 2015.

  • FRANÇA CN ; Izar, MCO ; Amaral, JB ; Fonseca, FAH . Microparticles as potential biomarkers of cardiovascular disease. Arquivos Brasileiros de Cardiologia (Impresso) , v. 104, p. 169-174, 2015.

  • FRANÇA CN ; FERREIRA, C. E. S. ; Izar, MCO ; Camargo LM ; Roman RM ; Fonseca, FAH . High-Intensity Statin Monotherapy Versus Moderate-Intensity Statin plus Ezetimibe Therapy: Effects on Vascular Biomarkers.. International Journal of Cardiology (Print) , v. 180, p. 78-79, 2015.

  • Pandolfi MM ; CHOW, C. Y. Z. ; HIGASHI, L. S. F. ; FONSECA, A. T. ; CUNHA, M. A. ; FRANÇA CN ; Colombo-Souza P . Taste sensibility to phenylthiocarbamide and its relationship to food preferences. Universidade Federal do Ceará. Centro de Ciências da Saúde. Revista de Medicina , v. 55, p. 7-12, 2015.

  • Malina DM ; FONSECA, F. A. H. ; BARBOSA, SA ; KASMAS, S. H. ; Machado VA ; FRANÇA CN ; Borges NC ; Moreno RA ; Izar, MCO . Additive Effects of Plant Sterols Supplementation in Addition to Different Lipid-lowering Regimens. Journal of Clinical Lipidology , v. 9, p. 542-552, 2015.

  • Tuleta, ID ; FRANÇA CN ; Wenzel, D ; Fleischmann B ; NICKENIG, G. ; Werner, NS ; Skowasch, D . Intermittent Hypoxia Impairs Endothelial Function in Early Preatherosclerosis.. Advances in Experimental Medicine and Biology , v. 858, p. 1-7, 2015.

  • FERREIRA, CARLOS EDUARDO DOS SANTOS ; FRANÇA, CAROLINA NUNES ; CORRER, CASSYANO JANUÁRIO ; ZUCKER, MÁRCIA L. ; ANDRIOLO, ADAGMAR ; SCARTEZINI, MARILEIA . Clinical correlation between a point-of-care testing system and laboratory automation for lipid profile. Clinica Chimica Acta (Print) , v. 446, p. 263-266, 2015.

  • PANDOLFI, MARCELA MARIA ; ARMOND, JANE DE ESTON ; NOVO, NEIL FERREIRA ; FRANÇA, CAROLINA NUNES ; COLOMBO-SOUZA, PATRÍCIA . Timing of school meals as a predisposing factor for childhood overweight and obesity. Nutrition and Dietetics , v. n/a, p. n/a-n/a, 2015.

  • DOS SANTOS FERREIRA, CARLOS EDUARDO ; FRANÇA, CAROLINA NUNES ; HELFENSTEIN FONSECA, FRANCISCO ANTONIO . Why Not Use a High-sensitivity Troponin Assay as an End Point in Clinical Trials?. The American Journal of Medicine , v. 128, p. e29, 2015.

  • COLOMBO-SOUZA, P ; FRANÇA, C N . Should neck circumference be used as an indicator of obesity and overweight in children?. European Journal of Clinical Nutrition , v. 69, p. 1373, 2015.

  • FRANÇA CN ; Monteiro, LC ; Izar, MCO ; Lins L ; Barbosa, SPM ; PINHEIRO, L. F. M. ; FONSECA, F. A. H. . Effects of Simvastatin/Ezetimibe on Microparticles, Endothelial Progenitor Cells and Platelet Aggregation in Subjects with Coronary Heart Disease under Antiplatelet therapy. Brazilian Journal of Medical and Biological Research (Impresso) , v. 47, p. 432-437, 2014.

  • DE CAMPOS GUERRA, J C ; MOURÃO, M A ; FRANÇA, C N ; DA ROSA, C D P ; BURATTINI, M N . Impact of coagulation in the development of thromboembolic events in patients with spinal cord injury. Spinal Cord , v. 52, p. 327-332, 2014.

  • Toledo, EO ; Amaral, JB ; FRANÇA CN ; JULIANO, Y. . Perfil de famílias de adolescentes em conflito com a lei atendidas nos núcleos de medida socioeducativa. Revista Brasileira Adolescência e Conflitualidade , v. 10, p. 44-60, 2014.

  • Tuleta, ID ; Fadini, G ; FRANÇA CN ; Wenzel, D ; Fleischmann B ; NICKENIG, G. ; Werner, NS ; Skowasch, D . Hypoxia-induced endothelial dysfunction in apolipoprotein E-deficient mice; effects of infliximab and L-glutathione Atherosclerosis. Atherosclerosis (Amsterdam) , v. 236, p. 400-410, 2014.

  • FRANÇA CN ; Lins L ; Fonseca, FAH ; Barbosa, SPM ; Matos L ; Aguirre AC ; Bianco HT ; Amaral, JB ; Izar, MCO . Effects of Ezetimibe on Endothelial Progenitor Cells and Microparticles in High-Risk Patients. Cell Biochemistry and Biophysics , v. 70, p. 687-696, 2014.

  • Barbosa, SPM ; Lins, L ; FONSECA, F. A. H. ; Matos L ; Aguirre AC ; Bianco HT ; Amaral, JB ; FRANÇA CN ; Santana JM ; Izar, MCO . Effects of Ezetimibe on Markers of Synthesis and Absorption of Cholesterol in High-risk Patients with Elevated C-Reactive Protein. Life Sciences (1973) , v. 92, p. 845-851, 2013.

  • FRANÇA CN ; Izar, MCO ; Amaral, JB ; FONSECA, F. A. H. . Micropartículas e Células Progenitoras: Novos Marcadores da Disfunção Endotelial. Revista da Sociedade de Cardiologia do Estado de Sao Paulo , v. 23, p. 33-39, 2013.

  • Lima ZS ; FRANÇA CN ; JULIANO, Y. ; Amaral, JB ; Colombo-Souza P ; Lopes LA . Avaliação do peso corporal em portadores de cardiopatias congênitas. ConScientiae Saúde (Impresso) , v. 12, p. 555-562, 2013.

  • GUIRALDELLI, MICHEL FARCHI ; FRANÇA, CAROLINA NUNES ; DE SOUZA, DEVANDIR ANTONIO ; DA SILVA, ELAINE ZAYAS MARCELINO ; TOSO, VANINA DANUZA ; CARVALHO, CELIANE CARDOSO ; JAMUR, MARIA CÉLIA ; OLIVER, CONSTANCE . Rat Embryonic Mast Cells Originate in the AGM. Plos One , v. 8, p. e57862, 2013.

  • FRANÇA CN ; Izar, MCO ; PINHEIRO, L. F. M. ; Brunialti MKC ; Bianco, HT ; KASMAS, S. H. ; Barbosa, SPM ; Salomão R ; de Nucci G ; Fonseca, FAH . Endothelial progenitor cells mobilization and platelet microparticles release are influenced by clopidogrel plasma levels in stable coronary heart disease. Circulation Journal , v. 76, p. 729-736, 2012.

  • KASMAS, S. H. ; Izar, MCO ; FRANÇA CN ; FONSECA, F. A. H. . Differences on synthesis and absorption of cholesterol between two effective lipid-lowering therapies. Brazilian Journal of Medical and Biological Research (Impresso) , v. 45, p. 1095-1101, 2012.

  • PINHEIRO, L. F. M. ; FRANÇA CN ; Izar, MCO ; Fonseca, FAH . Pharmacokinetic interactions between clopidogrel and rosuvastatin: Effects on vascular protection in subjects with coronary heart disease. International Journal of Cardiology (Print) , v. 158, p. 125-129, 2012.

  • Hoyer FF ; Giesen, MK ; FRANÇA CN ; Werner, NS ; NICKENIG, G. . Monocytic microparticles promote atherogenesis by modulating inflammatory cells in mice. Journal of Cellular and Molecular Medicine (Print) , v. 16, p. 2777-2788, 2012.

  • FRANÇA CN ; Amaral, JB ; Izar, MCO ; Fonseca, FAH . Avaliação morfológica de células endoteliais cultivadas. ConScientiae Saúde (Impresso) , v. 10, p. 609-613, 2011.

  • SILVA, EFR ; Fonseca, FAH ; FRANÇA CN ; Izar, MCO ; Lewi, DS . Imbalance between endothelial progenitors cells and microparticles in HIV-infected patients naive for antiretroviral therapy. AIDS (London) , v. 25, p. 1595-1601, 2011.

  • PINHEIRO, L. F. M. ; Izar, MCO ; KASMAS, S. H. ; FRANÇA CN ; Barbosa, SPM ; Carvalho, ACC ; FONSECA, F. A. H. . Efeitos da Terapia Combinada Atorvastatina e Clopidogrel na Biodisponibilidade da Estatina e na Função Plaquetária em Pacientes com Doença Coronária Estável. Revista Brasileira de Cardiologia Invasiva , v. 18, p. 185-192, 2010.

  • FRANÇA CN ; Fonseca, FAH ; Izar, MCO . Células endoteliais circulantes, progenitoras endoteliais e micropartículas. Revista da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo , v. 20, p. 158-165, 2010.

  • Fonseca, FAH ; FRANÇA CN ; Póvoa, R ; Izar, MCO . Statins and stroke: potential mechanisms for neurovascular protection. Revista de Neurología (Ed. Impresa) , v. 51, p. 551-560, 2010.

  • FONSECA, F. A. H. ; FRANÇA CN ; Póvoa, R ; Izar, MCO . Estatinas e acidente vascular encefálico. Mecanismos potenciais de proteção cerebrovascular. Kardia , v. 13, p. 8-11, 2010.

  • COUTINHO, Eliane Lima ; GOMES, Anna Raquel Silveira ; FRANÇA CN ; SALVINI, Tânia de Fátima . Effect of passive stretching on the immobilized soleus muscle fiber morphology. Brazilian Journal of Medical and Biological Research (Impresso) , v. 37, n.12, p. 1853-1861, 2004.

  • COUTINHO, Eliane Lima ; POLÔNIO, Juliana ; FRANÇA CN ; SALVINI, Tania de Fátima . Effect of one stretch a week applied to the immobilized soleus muscle on rat muscle fiber morphology. Brazilian Journal of Medical and Biological Research (Impresso) , v. 37, n.10, p. 1473-1480, 2004.

  • Russo, TL ; FRANÇA CN ; CASTRO, Carlos Eduardo ; SALVINI, Tania de Fátima . Alterações da cronaxia, da reobase e da acomodação no músculo esquelético desnervado submetido à eletroestimulação. Revista Brasileira de Fisioterapia , v. 8, p. 169-175, 2004.

  • GOMES, Anna Raquel Silveira ; SALVINI, Tânia de Fátima ; FRANÇA CN . A new model for the immobilization of the rat hind limb. Brazilian Journal of Medical and Biological Research (Impresso) , FMRP- RIbeirão Preto, v. 35, n.11, p. 1329-1332, 2002.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

Neto AJP ; Neto ASJ ; FRANÇA CN ; Garcia CL ; Araújo MP ; Branquinho RS . Núcleo Docente Estruturante. 2015.

FRANÇA CN . Plano de disciplina - Bases Fisiológicas aplicadas à Educação Física I. 2015.

FRANÇA CN . Plano de disciplina - Fisiologia Básica da Nutrição. 2015.

FRANÇA CN . Plano de disciplina - Bioquímica Básica. 2015.

FRANÇA CN . Plano de disciplina - Bases Morfológicas aplicadas à Educação Física. 2014.

FRANÇA CN . Plano de disciplina - Fisiologia do Exercício. 2014.

FRANÇA CN . Plano de disciplina - Fisioterapia baseada em evidências II. 2014.

FRANÇA CN ; Amaral, JB . Plano de disciplina - Didática do Ensino Superior. 2013.

FRANÇA CN . Journal of Religion and Health. 2020. (Revisor de periódico).

FRANÇA CN ; Ribeiro, AP ; Neves LM ; Novo NF . Membro do Conselho de Curso do Mestrado em Ciências da Saúde da Unisa. 2019. (Conselho de Curso).

FRANÇA CN . Células progenitoras endoteliais e micropartículas - ILIB. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

FRANÇA CN . Aspectos morfológicos e funcionais de mastócitos e sua relação com processos alérgicos. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    Avaliação do anidrido de hematina como nanopartícula: mecanismos de interação com as células e uso para entrega de drogas contra os protozoários do gênero Leishmania, Descrição: A pesquisa por novos sistemas de entrega de fármacos tem aumentado, principalmente para o ambiente intracelular, diminuindo a dose do medicamento e reutilização de antibióticos que desenvolveram resistência. O presente projeto tem como objetivo utilizar o anidrido de hematina como um carreador de fármacos. Durante a síntese do anidrido de hematina é possível incluir substâncias/fármacos que podem entrar nos espaços formados pelos domínios de nanocristais. A hemozoína sintetizada tem propriedades anfifílicas que permitem a incorporação de várias substâncias no cristal já formado. Este nanocristal, quando injetado intraperitonealmente acumula-se nos órgãos como a medula óssea, o baço e o fígado. Coincidentemente, estes órgãos são os mesmos acometidos pela leishmaniose visceral. Os parasitos do gênero Leishmania infectam os macrófagos, estas são também as células que fagocitam hemozoína nativa quanto a sintética. A fagocitose resulta na produção de várias moléculas microbicidas e pró-inflamatórias, como por exemplo a IL-1 de maneira dependente da ativação do complexo proteico intracelular - o inflamassomo. O presente projeto tem como objetivo avaliar os receptores de superfície ativados pelo anidrido de hematina e o impacto da adsorção de drogas no cristal no reconhecimento e ativação das cascatas de ativação intracelular, bem como avaliar propriedade do anidrido de hematina para entrega de fármacos in vitro em macrófagos infectados com Leishmania infantum chagasi e para o tratamento de leishmaniose visceral experimental. Os resultados do projeto podem contribuir para a melhora no tratamento da leishmaniose canina e, indiretamente, diminuir a fonte de transmissão da doença.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Carolina Nunes França - Integrante / Marina Tiemi Shio - Coordenador / Arlei Marcili - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2019 - Atual

    Papel dos subtipos de monócitos, micropartículas circulantes e quimiocinas na Doença Periodontal associada ao Diabetes, Descrição: A Doença Periodontal é causada por microrganismos que acometem os tecidos de proteção e suporte dos dentes, podendo levar à perda dentária. Dentre os fatores de risco associados, o Diabetes é o mais prevalente e há evidências mostrando que existe uma relação bidirecional entre as duas doenças, tendo o processo inflamatório como característica principal. Este projeto visa um maior entendimento da relação entre biomarcadores cardiovasculares e a Doença Periodontal, bem como possíveis modificações nesses biomarcadores induzidas pelo tratamento periodontal.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Coordenador / Francisco Antonio Helfenstein Fonseca - Integrante / Maria Cristina de Oliveira Izar - Integrante / Jônatas Bussador do Amaral - Integrante / Izabela Dorota Tuleta - Integrante / Carlos Eduardo dos Santos Ferreira - Integrante / Marina Tiemi Shio - Integrante / Débora Pallos - Integrante / Yeon Jung Kim - Integrante / Danielle Borges Germano - Integrante / Larissa Namie Chiba - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa e Ensino do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2018 - 2020

    FATORES ASSOCIADOS À DOENÇA VARICOSA DE MEMBROS INFERIORES EM PACIENTES SUBMETIDOS À CIRURGIA DE VARIZES EM HOSPITAL DE REFERÊNCIA NA ZONA SUL DE SÃO PAULO, Descrição: Objetivos: Esse trabalho visa avaliar os seguintes fatores associados em pacientes submetidos à cirurgia de varizes de membros inferiores na Santa Casa de Santo Amaro: Idade, Sexo, Obesidade, Sedentarismo, ortostatismo por mais de oito horas ao dia, história de Tromboembolismo Venoso, Doenças Associadas; e, individualmente, as diferenças entre pacientes eutróficos e não eutróficos. Além disso, verificaram-se os fatores sociodemográficos da população estudada. Casuística e Métodos: Foram selecionados pacientes submetidos à cirurgia de varizes de membros inferiores na Santa Casa de Santo Amaro de maio a novembro de 2018. Os participantes responderam um instrumento de pesquisa semiestruturado sobre características sociodemográficas, socioeconômicas e fatores associados. Para análise dos dados foram utilizados os testes qui-quadrado de Pearson e Teste Exato de Fisher, além do Teste de Concordância de Kendall.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Coordenador / Ana Paula A C Ballerini - Integrante / Lucas Melo Neves - Integrante.

  • 2018 - 2020

    PROCESSOS PEDAGÓGICOS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO NAS MODALIDADES PRESENCIAL E A DISTÂNCIA: ANÁLISE COMPARATIVA SOB A ÓTICA DISCENTE, Descrição: Introdução: O ensino vem sofrendo transformações em função das novas demandas educacionais, no ensino superior não é diferente, as atuais modalidades de ensino-aprendizagem necessitam de ressignificação. Desse modo, são muitos os desafios, mas também, já se apresentam tendências que passaram a serem aplicadas no ambiente formativo. Contudo, a presença dos recursos tecnológicos na educação é eficaz somente quando o profissional faz deles um aliado no processo de ensino-aprendizagem. A educação a distância permite, por meio do uso de tecnologias, que os atores dispersos no tempo desenvolvam o seu processo formativo, o ensino passa a ser democratizado, levando educação para populações antes inacessíveis ao processo tradicional. Objetivos: Comparar os métodos e os recursos pedagógicos utilizados no curso presencial e na modalidade a distância do curso de Educação Física, Bacharelado, da Universidade Santo Amaro (UNISA) sob a perspectiva do discente. Métodos: Foi realizada pesquisa de campo exploratória, transversal e quantitativa. A amostragem foi por conveniência, os participantes foram graduandos do segundo e do terceiro semestres, sendo 42 no Grupo I Educação Física na modalidade presencial e 26 no Grupo II curso de Educação Física na modalidade EaD. Para análise dos dados, foram utilizados os testes de Mann-Whitney (comparações entre os dois grupos) e Friedman (comparações intragrupos).. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Coordenador / Yara Juliano - Integrante / Eloi Francisco Rosa - Integrante / Márcio Martins de Melo - Integrante / Luiz Henrique da Silva Nali - Integrante / Paulo Nobre - Integrante.

  • 2018 - 2019

    REAVALIAÇÃO DA PERSPECTIVA ACADÊMICA SOBRE A REABILITAÇÃO E O ENSINO EM FISIOTERAPIA, Descrição: Introdução: O Fisioterapeuta é reconhecido como profissional indispensável na área da saúde, porém ele ainda é visto, muitas vezes, como reabilitador, ocultando uma de suas importantes funções que é a atuação no campo preventivo e de promoção à saúde. O Fisioterapeuta tem uma formação acadêmica que o destaca entre as outras áreas da saúde, sendo um profissional generalista que é capaz de atuar em todos os níveis da saúde. Entretanto, o modelo da formação adotado tem sido o curativo-reabilitador privatista, inadequado à nova realidade epidemiológica e ao atual modelo de atenção à saúde. Com o crescimento da Fisioterapia, a discussão da formação universitária e da reorganização do processo de trabalho dos profissionais da área de saúde é necessária, a partir do conhecimento das reais necessidades associadas à formação dos acadêmicos. Objetivos: Descrever as perspectivas do graduando de primeiro e último ano do curso de Fisioterapia quanto ao processo de reabilitação, práticas reabilitadoras e ensino durante e ao final da formação acadêmica de como é ser um profissional reabilitador em Fisioterapia. Métodos: Trata-se de uma pesquisa quantitativa, composta por alunos de primeiro e último ano de graduação em Fisioterapia, avaliados por meio de questionário de coleta de dados. O questionário foi elaborado pela pesquisadora para um grupo composto de 90 acadêmicos do curso de Fisioterapia da Universidade Santo Amaro.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Coordenador / Lorany Steffany Gomes de Paula - Integrante.

  • 2018 - Atual

    Estudo das lipoproteínas e subclasses envolvidas no Infarto Agudo do Miocárdio, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Francisco Antonio Helfenstein Fonseca em 14/06/2018., Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Integrante / Francisco Antonio Helfenstein Fonseca - Coordenador / Maria Cristina de Oliveira Izar - Integrante / Letícia Carolini - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de SP - Auxílio financeiro.

  • 2018 - Atual

    Avaliação dos níveis de micropartículas e da efetividade do Ácido Acetilsalicílico sobre marcadores de disfunção vascular em pacientes com Esclerose Sistêmica, Descrição: Introdução: A esclerose sistêmica (ES) é uma doença autoimune crônica, caracterizada por dano vascular, desregulação imune e fibrose tecidual, com elevada morbidade, importante prejuízo funcional e da qualidade de vida, e alta mortalidade. As alterações da microcirculação são as manifestações mais precoces da doença, expressas principalmente pelo fenômeno de Raynaud, podendo preceder o acometimento cutâneo e visceral por anos. Ativação plaquetária e mais recentemente as micropartículas, pequenas vesículas derivadas da membrana liberadas durante a ativação e apoptose celular, parecem estar envolvidas na patogênese da doença. Embora diversas classes de medicamentos sejam utilizados no tratamento da vasculopatia da ES, não há opção terapêutica até o momento que reverta a injúria vascular. O ácido acetilsalicílico (AAS) é uma droga com ação anti-inflamatória e antiplaquetária que pode ter ação benéfica sobre as manifestações vasculares da ES. Objetivos: Neste estudo, pretendemos avaliar os níveis de micropartículas e a efetividade do AAS sobre marcadores séricos de ativação plaquetária e de dano endotelial e sobre o fluxo sanguíneo da microcirculação em pacientes com ES. Métodos: Realizaremos ensaio clínico randomizado, duplo-cego e placebo controlado, em 70 pacientes com ES, que serão alocados em dois grupos de 35 pacientes: um grupo receberá AAS 100 mg/dia por quatro semanas e o outro grupo receberá placebo 01 comprimido/dia (comprimidos idênticos) por quatro semanas. Os pacientes com ES serão avaliados antes da intervenção e quatro semanas após, mediante dosagem de níveis de micropartículas derivadas de plaquetas, células endoteliais e monócitos pelo método de citometria de fluxo, e fator de von Willebrand e tromboxano B2 por ELISA. Será realizada também medida do fluxo sanguíneo da microcirculação por meio do método de laser Doppler imaging (LDI) antes e após estímulo frio nas semanas 0 e 4. Dados clínicos e de capilaroscopia periungueal dos pacientes serão coletados no início do estudo. Um grupo controle composto por 35 indivíduos saudáveis será também incluído para comparação dos níveis séricos de micropartículas entre estes e os pacientes com ES. Será realizada correlação entre os marcadores séricos e as variáveis clínicas e capilaroscópicas entre os patientes estudados. Resultados esperados: Esperamos encontrar redução dos níveis séricos dos marcadores de ativação plaquetária e dano endotelial em pacientes com ES em uso de AAS em relação ao grupo placebo, mostrando assim um possível benefício desse agente antiplaquetário sobre a vasculopatia da ES. Pretendemos também encontrar diferença significativa nos níveis séricos de micropartículas de pacientes com ES em relação a controles saudáveis.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Coordenador / Maria Cristina de Oliveira Izar - Integrante / Cristiane Kayser - Integrante / Sandra Maximiano de Oliveira - Integrante.

  • 2018 - Atual

    Rigidez arterial, análise genética, concentração de citocinas inflamatórias, micropartículas e transferência de lipídeos em indivíduos com Acidente Vascular Encefálico Isquêmico por emergência hipertensiva, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Coordenador / Jose Fernando Vilela Martin - Integrante / Days Oliveira de Andrade - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de SP - Auxílio financeiro.

  • 2017 - 2019

    Modulação da expressão fenotípica de subtipos de monócitos e receptores de quimiocinas no infarto agudo do miocárdio por estatinas, Descrição: A aterosclerose é uma doença de caráter progressivo, caracterizada pelo acúmulo de lipídeos e elementos fibrosos nas artérias de grande calibre. Condições que levam ao desenvolvimento da aterosclerose, como dislipidemia, hipertensão, diabetes e tabagismo são todas associadas à disfunção endotelial. Existe grande recorrência de desfechos cardiovasculares após o infarto do miocárdio e, neste sentido, ciclos de mobilização dos subtipos de monócitos (clássicos, intermediários e não clássicos) secundários ao infarto podem determinar colonização de placas ateroscleróticas em diferentes estágios de desenvolvimento, contribuindo para recorrência precoce de desfechos isquêmicos. O recrutamento dos diferentes subtipos de monócitos durante o processo inflamatório requer a expressão dos receptores de quimiocinas CCR2, CCR5 e CX3CR1, para promover a migração de monócitos para o sítio inflamatório. Este projeto visa maior entendimento dos mecanismos envolvidos na recuperação do miocárdio isquêmico e progressão da doença coronária. Especificamente, estudaremos os subtipos de monócitos (identificação, quantificação e caracterização fenotípica) envolvidos na evolução precoce e tardia de pacientes com infarto agudo do miocárdio. O projeto ainda envolverá a análise da expressão dos receptores CCR2, CCR5 e CX3CR1 que estão associados ao desenvolvimento da placa aterosclerótica. Terapêuticas farmacológicas serão examinadas desde a fase aguda do infarto do miocárdio até seis meses de evolução clínica. O maior entendimento do papel diferenciado dos subtipos de monócitos na evolução da doença coronária poderá se constituir em novo alvo estratégico para compreensão e terapia do infarto agudo do miocárdio.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Coordenador / Francisco Antonio Helfenstein Fonseca - Integrante / Maria Cristina de Oliveira Izar - Integrante / Jônatas Bussador do Amaral - Integrante / Maria Esther Rochael Coste - Integrante / Marina Tiemi Shio - Integrante / Juliana Tieko Kato - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Efeitos de antiplaquetários e estatinas em marcadores inflamatórios após Infarto Agudo do Miocárdio, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Francisco Antonio Helfenstein Fonseca em 14/06/2018., Descrição: Objetivos: Avaliar os efeitos da terapia baseada em antiplaquetários e estatinas sobre o perfil de citocinas após o infarto agudo do miocárdio na fase aguda e após 30 e 180 dias. Métodos: Estudo prospectivo, aberto, aleatório e com análise cega de desfechos com quatro braços de terapias: ticagleror e rosuvastatina (TR), Ticaglelor e Sinvastatina (TS), Clopidogrel e Rosuvastatina (CR) e Clopidogrel e Sinvastatina (CS). Foi avaliada a resposta inflamatória por meio das concentrações das interleucinas IL-6, IL-10 e IL-18, pela técnica de ELISA. Foram incluídos 138 pacientes de ambos os sexos, na fase aguda do infarto do miocardio com supradesnível do segmento ST sob estratégia farmacoinvasiva. A análise estatistica examinou os efeitos entre os grupos de tratamento no periódo basal e durante o seguimento aos 30 e 180 dias após o infarto.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Integrante / Francisco Antonio Helfenstein Fonseca - Coordenador / Maria Cristina de Oliveira Izar - Integrante / Maria Esther Rochael Coste - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de SP - Auxílio financeiro.

  • 2016 - 2019

    Modulação da expressão fenotípica de linfócitos e da expressão de CCR2 no infarto agudo do miocárdio por estatinas, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Francisco Antonio Helfenstein Fonseca em 14/12/2016., Descrição: Durante centenas de milhares de anos, parte de nosso patrimônio genômico foi primariamente desenvolvido para combate a agentes infecciosos. Entretanto, a participação de nosso sistema imune modulando a evolução da aterosclerose foi um desafio muito mais recentemente reconhecido. O fascinante e diferenciado papel de subtipos de linfócitos na evolução da doença coronária poderá se constituir em novo alvo estratégico para compreensão e terapia do infarto do miocárdio. A perda muscular nas primeiras horas da oclusão coronária determina importante papel prognóstico e a reperfusão coronária com trombolíticos ou intervenção percutânea constituem estratégias de eleição para estes pacientes. Entretanto, ao redor da área necrótica, forma-se uma área isquêmica que evolui para extensão do infarto ou se recupera, principalmente nas três semanas seguintes ao insulto isquêmico. São desconhecidos os determinantes da viabilidade celular, postulando-se que decorram de fatores não apenas relacionados à microcirculação ou gasto energético, mas dependente da resposta inflamatória e imune. Além disso, ciclos de mobilização de linfócitos secundários ao infarto determinam colonização de placas ateroscleróticas em diferentes estágios de desenvolvimento, contribuindo para recorrência precoce de desfechos isquêmicos. Além disso, alguns biomarcadores têm sido considerados úteis na avaliação da doença cardiovascular, dentre eles o receptor da quimiocina de monócitos/macrófagos CCR2. O recrutamento de monócitos inflamatórios durante o processo inflamatório requer a estimulação do receptor CCR2, para promover a migração de monócitos para o sítio inflamatório. Este projeto visa maior entendimento dos mecanismos envolvidos na recuperação do miocárdio isquêmico e progressão da doença coronária. Especificamente, estudaremos a imunidade inata e adaptativa, com ênfase em subtipos de linfócitos envolvidos na evolução precoce e tardia de pacientes com infarto agudo do miocárdio. O projeto ainda envolve a análise da expressão do receptor CCR2, que pode ser um biomarcador útil na Doença Cardiovascular. Terapêuticas farmacológicas serão examinadas desde a fase aguda do infarto do miocárdio até seis meses de evolução clínica.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Carolina Nunes França - Integrante / Francisco Antonio Helfenstein Fonseca - Coordenador / Maria Cristina de Oliveira Izar - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2016 - 2018

    AVALIAÇÃO DA DISPOSIÇÃO PARA O PERDÃO EM PACIENTES COM INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO, Descrição: Introdução: Estudos prévios sugerem associação da disposição para o perdão ao processo de adoecimento, incluindo a doença cardiovascular. Torna-se necessário avaliar como se processa o perdão naquele que o concede, bem como no que o recebe. Estratégias de pesquisa experimentais e observacionais fornecem informações sugestivas que o perdão atua positivamente na saúde emocional. Objetivos: Avaliar a associação da disposição ao perdão e Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) e sua associação com espiritualidade e religiosidade. Metodologia: Trata-se de um estudo observacional analítico caso-controle, ajustado para idade e sexo, em pacientes após IAM, comparados com indivíduos sem doença cardiovascular (DCV). Foram aplicadas três escalas: EDP (Escala de Disposição para o Perdão), DUREL (Duke Religious Index), BMMRS (Medida Multidimensional Breve de Religiosidade e Espiritualidade). Para análise dos dados, utilizou-se o Teste Exato de Fisher e considerou-se nível de significância p< 0,05.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Coordenador / Álvaro Avezum Júnior - Integrante / Suzana Garcia Pacheco Avezum - Integrante.

  • 2016 - 2018

    RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE: LIMITES E POSSIBILIDADES DA PRECEPTORIA, Descrição: Introdução: A Residência Multiprofissional em Saúde foi instituída no Brasil na década de 1970, porém a regularização ocorreu apenas em 30 de junho de 2005, com o decreto da Lei Federal n° 11.129, estabelecendo as residências em área profissional da saúde, na modalidade de pós-graduação Lato Sensu, tendo como finalidade a formação dos trabalhadores da saúde. Os Ministérios da Saúde e da Educação, bem como o Conselho Nacional de Saúde têm na implantação das residências da área profissional da saúde o interesse em capacitar recursos humanos direcionados para o atendimento disponibilizado pelo Sistema Único de Saúde - SUS. Objetivo: Identificar a percepção do preceptor em relação à sua atuação na residência multiprofissional. Métodos: Trata-se de uma pesquisa qualitativa, descritiva de caráter exploratório, envolvendo preceptores dos Programas de Residência Multiprofissional em saúde de um hospital público do município de São Paulo. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista semi- estruturada com 08 preceptores. Os dados foram analisados conforme o referencial teórico de Bardin.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Coordenador / Luciane Lúcio Pereira - Integrante / Tatiana de Oliveira Lima - Integrante.

  • 2016 - 2017

    Fatores psicológicos identificados em idosos internados e mecanismo de enfrentamento na relação saúde-doença, Descrição: Diversos são os fatores que podem ser estudados para que se possa fazer uma análise do contexto vivenciado pelo sujeito na relação saúde-doença. Por conta disso, fatores como estresse e enfrentamento devem ser devidamente compreendidos, pois influenciam tanto o âmbito ocupacional, como familiar ou social do indivíduo, dentre outros. Ainda que considerada como uma decorrência natural do envelhecimento, há que se investigar a ansiedade e a depressão em idosos. Além do que, tais enfermidades, se negligenciados e, portanto, não devidamente tratados, podem ser os indicadores de uma morbidade que causa danos não apenas aos idosos, mas também aos seus familiares. O resultado disso é um alto custo para toda a sociedade. . , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Coordenador / Yara Juliano - Integrante / Neil Ferreira Novo - Integrante / Lilian Elizabeth Cassia Leite - Integrante / Lúcio Garcia de Oliveira - Integrante.

  • 2016 - Atual

    Análise da microbiota intestinal de indivíduos com Diabetes Mellitus após o consumo de biomassa da banana verde, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Maria Cristina de Oliveira Izar em 04/12/2016., Descrição: Introdução: O Diabetes Mellitus é uma doença crônica não transmissível, que juntamente com a doença cardiovascular, câncer e as doenças crônicas respiratórias são responsáveis por 38 milhões (68%) das 56 milhões de mortes em todo o mundo em 2012. Portanto medidas eficazes para o controle glicêmico se fazem necessárias. Paralelamente, os alimentos prebióticos são classificados como carboidratos não digeríveis de origem vegetal que são utilizados como substrato para a fermentação no intestino grosso, estimulando o crescimento e atividade de alguns microrganismos específicos que estão relacionados com a melhora da saúde do hospedeiro. O amido resistente é considerado uma fibra não viscosa que também é fermentável e atua principalmente em nível intestinal por não ser digerido de forma plena pelo estômago e pelo intestino delgado. O consumo do amido resistente está relacionado com a diminuição pós-prandial glicêmica ou insulinêmica, com a melhora da sensibilidade da insulina. Objetivo: Verificar se o consumo de biomassa de banana verde modifica a microbiota intestinal de pacientes com Diabetes Mellitus tipo 2 e pré-diabéticos e se esta alteração guarda relação como os dados metabólicos e antropométricos analisados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Integrante / Francisco Antonio Helfenstein Fonseca - Integrante / Maria Cristina de Oliveira Izar - Coordenador / Edna Silva Costa - Integrante / Thiago Tavares de Freitas - Integrante.

  • 2015 - 2017

    EFEITOS DE UM PROGRAMA DE EXERCICIOS NO CONTROLE DOS FATORES DE RISCO CARDIOVASCULAR EM INDIVÍDUOS HIPERTENSOS, Descrição: Introdução: As doenças cardiovasculares causam redução significativa da produtividade, incapacidades, efeitos adversos na qualidade de vida e custos materiais diretos aos pacientes e familiares, além de um importante impacto financeiro sobre o sistema de saúde. Os programas de atividades físicas sistematizadas representam uma importante estratégia na prevenção e tratamento dessas doenças, pois agem diretamente nos fatores de risco associados, como diabetes, hipertensão arterial, hipercolesteremia e obesidade abdominal. Objetivos: Avaliar os efeitos de um programa de exercícios nos fatores de risco cardiovascular em indivíduos previamente sedentários e hipertensos. Métodos: Trata-se de um ensaio clínico com uma amostra de aproximadamente 60 indivíduos. Os sujeitos realização um programa de exercícios de 60 minutos, duas vezes por semana, durante um período de 6 meses. As variáveis avaliadas serão: glicemia em jejum, frações de colesterol, colesterol total e triglicérides, pressão arterial em repouso, índice de massa corporal e circunferência abdominal. Os dados serão comparados em dois momentos, antes do início do programa e ao término do programa de exercícios (após seis meses). Análise Estatística: Para análise dos dados será utilizado o programa SPSS versão 20.0, utilizando-se testes paramétricos e não paramétricos conforme a natureza das variáveis. O nível de significância será p < 0,05.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Coordenador / Marinella Nogueira da Silva Hortencio - Integrante.

  • 2015 - 2017

    IMPACTOS DO TREINAMENTO INTERVALADO DE ALTA INTENSIDADE EM CURTA E LONGA DURAÇÃO, Descrição: Introdução: O treinamento intervalado surgiu como forma de intensificar os treinamentos de corrida entre as décadas de 30 e 40. Desde então, este método vem se tornando cada vez mais utilizado, aprimorado e pesquisado por atletas, técnicos e cientistas. O treinamento intervalado se baseia no modo de exercício intermitente, ou seja, a realização de sucessivos períodos com intervalos de recuperação, sem razão fixa entre a duração e intensidade da atividade e da recuperação. Objetivos: Avaliar e comparar os impactos do Treinamento Intervalado de Alta Intensidade de curta e longa duração. Métodos: Trata-se de um ensaio clínico com alocação randômica com uma amostra de aproximadamente 120 universitários de Educação Física dos períodos diurno e noturno da Universidade de Santo Amaro ? UNISA. Os sujeitos serão divididos em três grupos: Grupos A e B = realizarão os treinamentos intervalados de curta e longa duração, respectivamente; Grupo C = será o controle, sem treinamento. Definidos os sujeitos e após avaliação clínica por médico da equipe do presente projeto, serão realizadas duas visitas (basal e final - após três meses) para avaliação física com testes antropométricos, teste de flexibilidade, VO2 - testes de campo para avaliar a resistência aeróbica, avaliação da resistência anaeróbica alática e o teste de resistência anaeróbica lática. Forma de análise dos resultados: Para análise dos dados será utilizado o programa SPSS versão 20.0, utilizando-se testes paramétricos e não paramétricos conforme a natureza das variáveis. O nível de significância será p < 0,05.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Coordenador / Túlio Konstantyner - Integrante / Arthur Siqueira Jorge Neto - Integrante / Marco Antonio Zonta - Integrante / Carlos Pereira Araújo de Melo - Integrante.

  • 2015 - 2015

    Perspectivas do processo de reabilitação, das práticas reabilitadoras e do ensino em Fisioterapia., Descrição: Introdução: A reabilitação como processo global e dinâmico é orientado para a recuperação total ou parcial da saúde física e mental, destinado a restabelecer as funções do indivíduo prejudicadas por determinadas doenças, acidentes ou outros eventos, propiciando seu retorno ao ambiente familiar, social e de trabalho. A reabilitação tem grande impulso e desenvolvimento no século XX, sobretudo nos períodos subsequentes às grandes catástrofes mundiais, como foram as guerras, tendo sido imputados aos governos os custos econômicos, familiares e sociais decorrentes das lesões e sequelas dos seus cidadãos e exigidas medidas de reparação e integração. No contexto reabilitador insere-se a fisioterapia, cujo objeto de trabalho compreende a execução de métodos e técnicas terapêuticas com a finalidade de restaurar, desenvolver e conservar a condição física do individuo. Atualmente a formação em fisioterapia permite a atuação do profissional em diversas áreas do setor de saúde, sendo investidos anos de formação em ensino de teorias e práticas, que levarão ao desenvolvimento de um profissional cuja essência é reabilitadora. Objetivos: avaliar e descobrir quais são as perspectivas do processo de reabilitação, das práticas reabilitadoras e do ensino durante e após a formação acadêmica. Métodos: Estudo de campo, com levantamento de dados de natureza descritiva e comparativa. Com uma amostra de 60 acadêmicos (dentre eles 30 do primeiro ano do curso e 30 do último ano) e 20 profissionais já formados.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Coordenador / Gylliane Reis - Integrante.

  • 2015 - 2015

    Avaliação de alunos ingressantes quanto à força e resistência do core em uma academia de São Paulo, Descrição: O objetivo deste trabalho é verificar o impacto da musculatura do Core, em relação à postura global, ao padrão de estabilidade, força e mobilidade de membros inferiores. Além disso, comparar a força de membros inferiores, principalmente por meio dos movimentos de extensão e flexão de joelhos e quadril, com a força e resistência do Core, por meio de testes funcionais que mensuram e avaliam a força e resistência dos músculos profundos do tronco e testes de força, estabilidade e mobilidade das articulações do quadril, joelhos e tornozelos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Coordenador / Ricardo Itria - Integrante.

  • 2014 - 2017

    Papel da resposta imune inata e adaptativa na doença coronária aterosclerótica em portadores de hipercolesterolemia familiar, Descrição: Durante centenas de milhares de anos, parte de nosso patrimônio genômico foi primariamente desenvolvido para combate a agentes infecciosos. Entretanto, a participação de nosso sistema imune modulando a evolução da aterosclerose foi muito mais recentemente reconhecida. O fascinante e diferenciado papel de subtipos de linfócitos na evolução da doença coronária poderá se constituir em novo alvo estratégico para compreensão e terapia da doença arterial coronária. Linfócitos B1 podem ter importante papel antiaterogênico, pela produção de IgM que pode contribuir para a depuração plasmática de epítopos oxidados da apolipoproteína B da lipoproteína de baixa densidade (LDL). Por outro lado, linfócitos B2 podem contribuir para maior desenvolvimento da aterosclerose por permitir a interação de células dendríticas com a LDL oxidada, favorecendo a apresentação de antígenos para linfócitos T, que podem se diferenciar em fenótipo Th1 e contribuírem não apenas para a deposição de imunocomplexos na íntima vascular, mas para a instabilidade de lesões ateroscleróticas. Além disso, temos estudado a imunidade inata e adaptativa por meio de anticorpos classes IgM e IgG contra a LDL oxidada ou epítopos específicos da apolipoproteína B. Este projeto busca maior entendimento dos mecanismos imunes e celulares envolvidos no desenvolvimento da aterosclerose coronária em pacientes com hipercolesterolemia familiar (HF). Estima-se que 1:500 indivíduos possuam HF em nosso país, determinando complicações da doença coronária em idade prematura em homens e mulheres. Entretanto, a despeito da exposição a níveis muito elevados de LDL-colesterol, parte dos pacientes apresenta modesta aterosclerose coronária, que não pode ser explicada apenas por menor prevalência de fatores de risco clássicos. Pacientes com HF são considerados de alto risco para desfechos coronários e recebem doses, geralmente, combinadas de hipolipemiantes, expondo-se a maiores riscos de eventos adversos. O projeto examinará a gravidade da doença coronária por meio da tomografia coronária e os linfócitos classificados por citometria de fluxo por marcadores específicos, além da relação títulos de anticorpos para LDL oxidada. Assim, um elo entre subtipos de linfócitos, resposta da imunidade inata e adaptativa com a expressão anatômica da aterosclerose será estabelecida. O estudo faz parte de plataforma em que examinamos epítopos da apolipoproteína B destinada a elaboração futura de uma vacina.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Integrante / Francisco Antonio Helfenstein Fonseca - Integrante / Maria Cristina de Oliveira Izar - Coordenador / Waléria Toledo - Integrante / Henrique de Andrade Fonseca - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2014 - 2016

    Os benefícios do consumo de biomassa de banana verde aos portadores de Diabetes Mellitus, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Maria Cristina de Oliveira Izar em 14/11/2014., Descrição: De acordo com a Diretriz da Sociedade Brasileira de Diabetes, o Diabetes Mellitus (DM) é definido por sua associação com complicações microvasculares hiperglicemia-específicas e também implicação de risco, de duas a quatro vezes maior, de doenças cardiovasculares. A doença cardiovascular é a causa de morte de aproximadamente 17 milhões de pessoas por ano, sendo 75% em países com baixa e média renda. No Diabetes Control and Complications Trial e UK Prospective DM Study, demonstraram que o controle glicêmico intensivo (HbA1c ~ 7,0%) reduz complicações microvasculares crônicas. O amido resistente (AR) é definido como amido e produtos de sua hidrólise que não são absorvidos no intestino delgado. A banana verde apresenta níveis significativos de AR, sendo considerada uma fonte para ingestão desta substância. Esses alimentos têm funções fisiológicas na regulação intestinal, no controle da glicemia e no retardo do esvaziamento gástrico. Até onde se sabe, não há estudos de longo prazo com portadores de DM para provar o benefício do uso de amido resistente. O objetivo deste estudo é verificar os benefícios do consumo de biomassa de banana verde pelos pacientes com Pré DM e DM. Desta forma, são necessários estudos em indivíduos com Pré DM e DM para avaliar os benefícios do consumo de Amido Resistente, tendo em vista a possibilidade de melhora do perfil glicêmico, lipídico e função intestinal.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Integrante / Francisco Antonio Helfenstein Fonseca - Integrante / Maria Cristina de Oliveira Izar - Coordenador / Edna Silva Costa - Integrante.

  • 2014 - 2016

    Possíveis mecanismos associando a doença renal crônica com a doença cardiovascular., Descrição: A prevenção primária da doença cardiovascular constitui uma opção de grande relevância pelos seus impactos na saúde. Paralelamente, a doença renal crônica é decorrente da perda de capacidade excretória pelos rins, geralmente lenta e progressiva, e atualmente também constitui um grande problema de saúde pública. Vários fatores de risco têm sido descritos na literatura que levam tanto ao desenvolvimento da doença cardiovascular quanto à progressão da doença renal crônica. Além disso, em pacientes com doença renal crônica, ocorre maior probabilidade de infarto agudo do miocárdio, acidente vascular encefálico e mortalidade quando se compara à população em geral. Alguns biomarcadores têm sido considerados úteis na avaliação da doença cardiovascular, dentre eles micropartículas e o receptor da quimiocina de monócitos/macrófagos CCR2. Micropartículas são estruturas liberadas pela membrana de diferentes tipos celulares após ativação ou apoptose. O recrutamento de monócitos inflamatórios durante uma infecção requer a estimulação do receptor CCR2, para promover a migração de monócitos a partir da medula óssea para o sítio inflamatório. O objetivo principal deste trabalho é avaliar micropartículas e CCR2 na doença renal crônica. Pacientes portadores de doença cardiovascular serão estratificados nos estágios de 1 a 4 da doença renal, com base no clearance de creatinina e proteinúria, e serão avaliados os biomarcadores micropartículas e CCR2 por citometria de fluxo e PCR em tempo real, respectivamente. Os aspectos a serem avaliados neste estudo são originais e contemplam aspectos ainda pouco estudados na literatura mundial.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Carolina Nunes França - Coordenador / Francisco Antonio Helfenstein Fonseca - Integrante / Maria Cristina de Oliveira Izar - Integrante / Jônatas Bussador do Amaral - Integrante / Patrícia Colombo-Souza - Integrante / Izabela Dorota Tuleta - Integrante / Carlos Eduardo dos Santos Ferreira - Integrante / Henrique Tria Bianco - Integrante / Darwin L M Oliveira - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2014 - 2015

    A ação dos professores e a influência da inclusão no aumento da medicalização da educação em escolas públicas de ensino fundamental da Zona Sul de São Paulo, Descrição: Trabalhos mostraram um real aumento dos alunos considerados casos de INCLUSÃO na rede pública, assim como estudos comprovam um crescente aumento dos diagnósticos médicos nas escolas, justificando o ?não aprender? como demanda biológica. Surge o conceito de medicalização da Educação, a ser descrito e explorado por este trabalho.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Coordenador / Cláudia Viégas Tricate Malta - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2014 - Atual

    Papel da imunidade adaptativa na evolução da cardiopatia isquêmica após infarto agudo do miocárdio (projeto temático), Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Francisco Antonio Helfenstein Fonseca em 22/02/2015., Descrição: Este projeto visa maior entendimento dos mecanismos imunes e metabólicos envolvidos na recuperação do miocárdio isquêmico e progressão da doença coronária. Especificamente, estudaremos a imunidade inata e adaptativa, com ênfase em subtipos de linfócitos envolvidos na evolução precoce e tardia de pacientes com infarto agudo do miocárdio e relacionados com a oxidação da LDL. O projeto ainda envolve a quantificação de biomarcadores identificados por estudos de metabolômica, bem como vias de sinalização celular envolvidas na evolução da doença. Terapêuticas farmacológicas e mudanças na flora intestinal serão examinadas desde a fase aguda do infarto do miocárdio até seis meses de evolução clínica, com base em resultados de estudos de ressonância nuclear magnética com realce tardio na fase aguda e tardia do infarto do miocárdio.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (2) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Integrante / Francisco Antonio Helfenstein Fonseca - Coordenador / Maria Cristina de Oliveira Izar - Integrante / Ana Carolina Aguirre - Integrante / Juliana Kato - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2013 - 2015

    Estresse em estudantes do quarto ano de graduação expostos à realização do Trabalho de Conclusão de Curso, Descrição: Há indícios de que a etapa finalizadora de um curso de graduação, com inúmeras pressões vividas pelos alunos, tanto de ordem acadêmica, como profissionais, inevitavelmente acarretam conflitos que podem vir a configurar o estresse propriamente dito.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Coordenador / Márcia Lilla - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2013 - 2014

    Cobertura vacinal da população idosa contra gripe nas macrorregiões brasileiras, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Coordenador / Patrícia Colombo-Souza - Integrante / Túlio Konstantyner - Integrante / Marcelo Henrique Ferreira dos Santos - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2011 - 2013

    Micropartículas e Doença Cardiovascular Hipertensiva, Descrição: Hipertensão é a principal causa de morte no mundo atualmente. A disfunção endotelial tem sido descrita tanto em estudos clínicos quanto experimentais, porém os mecanismos envolvidos não estão ainda bem estabelecidos. Embora já esteja descrito na literatura que a dislipidemia e a ativação do sistema reninaangiotensina (SRA) possam levar ao desenvolvimento da aterosclerose de forma independente, há pouca informação com relação ao efeito da terapia combinada (estatinas associadas a bloqueadores do SRA) nos mecanismos de restauração da função endotelial bem como na prevenção da hipertensão. Serão feitas análises buscando maior compreensão sobre resultados de estudos clínicos sugerindo diferenças em desfechos cardiovasculares em pacientes sob similares níveis pressóricos atingidos por diferentes anti-hipertensivos. Os aspectos a serem avaliados neste estudo são originais e contemplam aspectos ainda pouco estudados na literatura mundial.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Carolina Nunes França - Integrante / Maria Cristina de Oliveira Izar - Integrante / Francisco A H Fonseca - Coordenador / Nikos Sebastian Werner - Integrante / Jônatas Bussador do Amaral - Integrante / Friedrich Felix Hoyer - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2011 - 2012

    Intermittent hypoxia-induced endothelial dysfunction in apolipoprotein E-deficient mice; effects of infliximab and L-glutathione, Descrição: Obstructive sleep apnoea (OSA) has been implicated as a risk factor for atherosclerosis. However, the pathomechanisms are incompletely understood. Thus, the aim of our study was to examine the effects of chronic intermittent hypoxia in apoE-/- mice serving as model of OSA on central atherosclerotic processes such as endothelial dysfunction and oxidative stress and to evaluate the reversibility of hypoxia-induced changes under anti-inflammatory infliximab and antioxidative L-glutathione.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Carolina Nunes França - Integrante / Nikos Sebastian Werner - Integrante / George Nickenig - Integrante / Izabela Dorota Tuleta - Integrante / Daniela Wenzel - Integrante / Bernd Fleischm - Integrante / Dirk Skowasch - Coordenador.

  • 2010 - 2013

    MODIFICAÇÕES NA FUNÇÃO ENDOTELIAL INDUZIDAS POR ESTATINAS EM PACIENTES CORONARIANOS, Descrição: As estatinas são fármacos que reduzem os níveis de colesterol e a mortalidade por doença cardiovascular. Foi mostrado que estes fármacos podem atenuar múltiplos mecanismos relacionados à aterosclerose e complicações aterotrombóticas e parte destes benefícios ocorrem em período anterior às mudanças no perfil lipídico. Em registros de pacientes com infarto agudo do miocárdio, a prescrição de estatinas nas primeiras 24 horas, tanto em usuários crônicos, como entre os que as utilizam pela primeira vez se acompanha de redução expressiva de mortalidade hospitalar. E mais, em pacientes com síndromes coronarianas agudas ou crônicas, o uso de uma dose efetiva de estatina reduz marcadores de necrose miocárdica pós-intervenção percutânea. Estes benefícios não podem ser explicados por redução do colesterol e são denominados efeitos pleiotrópicos das estatinas. Com a inibição da enzima HMG-CoA redutase por estes fármacos é diminuída não apenas a síntese de colesterol, mas a transcrição de pequenas proteínas envolvidas na sinalização celular, diminuindo a transcrição de genes relacionados a hemostasia, inflamação, proliferação celular e função endotelial. Entretanto, estatinas podem apresentar interação farmacocinética com fármacos utilizados na fase aguda das doenças coronarianas como o clopidogrel. Modificações na função endotelial decorrentes destas interações são menos descritas. Assim, nosso objetivo será o de avaliar a rosuvastatina, que possui exposição microssomal pelas isoenzimas 2C9 e 2C19, na presença ou não de clopidogrel, que também compartilha sítios comuns de biotransformação hepática com curtos períodos de interrupção da terapia com a estatina para se avaliar a função endotelial, sem modificações nos níveis de colesterol. O estudo poderá esclarecer aspectos importantes da contribuição da função endotelial e possíveis interações com o clopidogrel, um agente antiplaquetário amplamente utilizado na fase aguda das doenças coronarianas. Serão examinados pacientes com. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Integrante / Maria Cristina de Oliveira Izar - Integrante / Francisco A H Fonseca - Coordenador / Camargo, Luciano M - Integrante.

  • 2010 - 2012

    Efeito de diferentes estratégias hipolipemiantes nos níveis de células progenitoras endoteliais e micropartículas em pacientes de alto risco cardiovascular, Descrição: Na prevenção da aterosclerose a redução do nível de colesterol associado a LDL (LDL-C) tem sido proposta. Nesse sentido foram desenvolvidos fármacos como as estatinas e a ezetimiba, para a redução dos níveis de LDL-C. As estatinas são inibidoras da síntese endógena de colesterol, pois são inibidores competitivos da HMG-CoA redutase. O objetivo deste estudo é avaliar o efeito de diferentes estratégias hipolipemiantes sobre células progenitoras endoteliais, micropartículas endoteliais e plaquetárias em pacientes de alto risco cardiovascular.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Integrante / Maria Cristina de Oliveira Izar - Coordenador / Francisco A H Fonseca - Integrante / Lins, L - Integrante / Simone Pinto Melo Barbosa - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2009 - 2013

    Efeitos de duas estratégias hipolipemiantes na progressão anatômica da aterosclerose extra-coronária e modificações em biomarcadores da doença cardiovascular, Descrição: A progressão da aterosclerose tem sido associada com eventos cardiovasculares. Por outro lado, terapia hipolipemiante pode impedir a progressão ou mesmo regredir a aterosclerose já estabelecida e reduzir as taxas de desfechos cardiovasculares. A redução dos eventos parece não somente atribuída à diminuição dos níveis de LDL-C, mas também aos chamados efeitos pleiotrópicos produzidos pelas estatinas. Objetivos: este projeto é delineado para comparar os efeitos de duas estratégias hipolipemiantes de similar efetividade na redução do LDL-C, na progressão da aterosclerose em carótidas e artérias periféricas e em relevantes biomarcadores da doença cardiovascular. Métodos: serão incluidos pacientes com estabelecida aterosclerose carotídea, definida por espessamento médio-intimal (cIMT) > 1 mm ou pela presença de placa aterosclerótica (n=200). Estes pacientes serão aleatoriamente alocados para tratamento com atorvastatina 80 mg ou a combinação de atorvastatina 20 mg + ezetimiba 10 mg por dois anos. Os biomarcadores e novos marcadores de risco cardiovascular que serão examinados são: proteína C-reativa de alta sensibilidade, troponina, pró-BNP, células progenitoras endoteliais e micropartículas derivadas do endotélio (determinadas por citometria de fluxo). Objetivo primário será composto por modificações na aterosclerose carotídea avaliado por ultra-sonografia 2D e na doença vascular periférica avaliada por índice tornozelo/braquial a partir do basal até dois anos do tratamento. Os objetivos secundários incluirão alterações nos mencionados biomarcadores plasmáticos. Em conclusão: o estudo irá comparar duas das mais empregadas estratégias hipolipemiantes na progressão da aterosclerose extra-coronária e em biomarcadores relacionados com desfechos cardioavasculares.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (2) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Integrante / Francisco Antonio Helfenstein Fonseca - Coordenador / Maria Cristina de Oliveira Izar - Integrante / Carlos Eduardo dos Santos Ferreira - Integrante.

  • 2009 - 2013

    Efeitos de duas estratégias hipolipemiantes nos títulos de células progenitoras endoteliais e micropartículas em pacientes com aterosclerose carotídea, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Francisco Antonio Helfenstein Fonseca em 29/10/2012., Descrição: Estudo do tipo PROBE (Prospective Randomized Open Blinded End-point) em que estão sendo avaliados pacientes com aterosclerose carotídea evidenciada pelo espessamento médio-intimal carotídeo maior que 1.0 mm. Os indivíduos são submetidos à run in de 30 dias com atorvastatina 10 mg, e recebem por seis meses tratamento com atorvastatina 80 mg ou atorvastatina 20 mg + ezetimiba 10 mg.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Integrante / Francisco Antonio Helfenstein Fonseca - Coordenador / Maria Cristina de Oliveira Izar - Integrante / Carlos Eduardo dos Santos Ferreira - Integrante / Luciano Camargo Monteiro - Integrante.

  • 2009 - 2013

    Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia - Fluidos Complexos, Descrição: Este projeto envolve o estudo de nanopartículas em aterotrombose e oxidação de lipoproteinas pela varredura Z (laser) pós tratamento de hipertensão arterial, diabetes e dislipidemias.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (3) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Integrante / Francisco Antonio Helfenstein Fonseca - Coordenador / Maria Cristina de Oliveira Izar - Integrante / Tatiana Helfenstein - Integrante / Luiz Fernando Muniz Pinheiro - Integrante / Monteiro, Carlos Manoel - Integrante / Sílvia Cristina Ramos Gonzales - Integrante.

  • 2009 - 2012

    Como o tratamento hipolipemiante modifica a expressão e níveis da proteína C reativa e possíveis implicações clínicas, Descrição: A aterosclerose é uma doença inflamatória associada ao acúmulo de lípides na parede vascular. Reações imunes atraem células inflamatórias para a íntima vascular e estas modificam a expressão de várias substâncias, determinando um contínuo processo inflamatório desde o início de formação das placas até suas complicações isquêmicas. Assim, a aterosclerose tem sido associada a aumentos de marcadores inflamatórios, sendo a proteína C reativa (PCR), o biomarcador mais utilizado, com determinação laboratorial e valor prognóstico para desfechos cardiovasculares, estabelecidos. As estatinas interferem no processo de isoprenilação de pequenas proteínas, entre as quais a proteína Rho, relacionada à transcrição da PCR, uma condição que pode estar associada à diminuição de seus níveis séricos. A ezetimiba, um inibidor da absorção de colesterol, embora isoladamente não modifique os níveis da PCR, em adição às estatinas promove expressiva redução adicional desta proteína por mecanismo desconhecido. De forma interessante, os níveis séricos de LDL-C apresentam baixa correlação com os níveis da PCR, após tratamento com estatinas. Objetivos: examinar os efeitos do tratamento com estatina e ezetimiba isolados ou combinados na expressão da PCR. Métodos: pacientes de ambos os sexos, em prevenção secundária da aterosclerose (n=180) e com níveis de PCR 2 mg/L serão aleatorizados para tratamento com atorvastatina (40 mg), ezetimiba (10 mg) ou a combinação desses fármacos, por um mês. Serão examinados os efeitos do tratamento na expressão da PCR e da proteína Rho em monócitos do sangue (RT-PCR), na síntese de colesterol (latosterol e desmosterol séricos) e em sua absorção (beta-sitosterol e campesterol séricos) determinados por cromatografia gasosa e espectrometria de massa no período basal e ao término do estudo, ao lado da quantificação sérica da PCR de alta sensibilidade (nefelometria) e do perfil lipídico. Assim, o estudo pretende elucidar mecanismos de redução da PCR pelo trata. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Integrante / Maria Cristina de Oliveira Izar - Coordenador / Francisco A H Fonseca - Integrante / Simone Pinto Melo Barbosa - Integrante., Financiador(es): CAPES - Centro Anhanguera de Promoção e Educação Social - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2009 - 2011

    Efeitos da rosuvastatina ou da associação ezetimiba/sinvastatina nos precursores da síntese, marcadores da absorção do colesterol e na fitosterolemia., Descrição: O aumento moderado na fitosterolemia está associado com aumento de risco de desfechos coronarianos principais. Alguns estudos também sugeriram um aumento na absorção intestinal de fitosteróis em pacientes sob terapia com estatinas. Objetivos: este projeto visa comparar os efeitos de um tratamento com rosuvastatina 40 mg ou a associação de sinvastatina 40 mg + ezetimiba 10 mg no grau de inibição da síntese endógena de colesterol e nos níveis séricos de fitosteróis. Métodos: serão incluídos 300 pacientes em prevenção primária ou secundária da doença coronariana, de acordo com as recomendações do NCEP/ATP III, tratados aleatoriamente com os medicamentos mencionados durante o período de 1 a 12 meses. Os níveis séricos de precursores da síntese de colesterol (desmosterol e latosterol) e de fitosteróis (sitosterol e campesterol) serão analisados e quantificados por cromatografia gasosa e espectrometria de massa, no período basal, 30, 45 e 90 dias e ao final do tratamento. O perfil lipídico e o recordatório alimentar serão obtidos nos mesmos períodos. Conclusões: o estudo irá comparar modificações na fitosterolemia, sua associação com a inibição da síntese de colesterol, em pacientes com níveis similares de LDL-C, na condição basal e ao longo do estudo. O estudo poderá revelar se uma menor redução (%) no LDL-C em relação à média esperada estaria associada com aumento na fitosterolemia, sugerindo que a associação com o inibidor de absorção intestinal seria mais adequada, neste caso, do que a titulação para doses mais elevadas da estatina. O aumento progressivo na fitosterolemia com o uso isolado da estatina poderá sugerir que a associação seria mais adequada ao tratamento de longo prazo.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Integrante / Francisco Antonio Helfenstein Fonseca - Coordenador / Maria Cristina de Oliveira Izar - Integrante / Soraia Hani Kasmas - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2008 - 2011

    Efeitos do tratamento com estatinas ou inibidor da absorção de esteróis na fitosterolemia: efeitos pleiotrópicos, na mobilização de células progenitoras, no efluxo de colesterol e influência de polimorfismos dos genes ABC G5/G8 e NPC1L, Descrição: Estão sendo avaliados os efeitos do tratamento por um ano com rosuvastatina 40 mg, sinvastatina/ezetimiba 10/40 mg, no controle do perfil lipídico, na absorção de colesterol e fitosteróis, na síntese de colesterol endógena, na mobilização de células progenitoras e no efluxo de colesterol em 300 indivíduos portadores de dislipidemia de alto, médio ou baixo risco (NCEP III), diabéticos ou com aterosclerose manifesta após intervenção nutricional durante um ano. Serão avaliados efeitos pleiotrópicos na aterosclerose, como a dilatação mediada pelo fluxo e o espessamento médio intimal de carótidas. Além disso, serão avaliadas as influências dos polimorfismos dos genes ABC G5/G8 e NPC1L sobre as respostas analisadas... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Integrante / Maria Cristina de Oliveira Izar - Integrante / Francisco A H Fonseca - Coordenador / Sérgio Augusto Bueno Brandão - Integrante / Antonio Figueiredo - Integrante / Magnus Gidlund - Integrante / Simone Matheus Fisher - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2010

    Perfil de Risco Cardiovascular em Corredores de Elite - Efeitos da Terapia com Estatinas: Benefícios, Segurança e Desempenho Físico, Descrição: Na prevenção da doença cardiovascular, a orientação de atividade física regular tem sido universalmente recomendada. Entretanto, além de doenças valvares, miocardiopatias e arritmias cardíacas, a aterosclerose também ocorre em atletas, associada a fatores de risco como hipercolesterolemia de base genética. Avanços na prevenção do desenvolvimento e das complicações da aterosclerose vêm sendo obtido com o uso de estatinas, entretanto sua segurança não foi avaliada neste grupo populacional, especialmente em maratonistas, atletas que podem apresentar substancial elevação de creatinofosfoquinase em decorrência da intensa atividade física. As estatinas diferem em suas propriedades farmacocinéticas, entre as quais a lipofilicidade, aspecto que pode ser relevante para estes atletas. Além disso, ao lado do gasto energético incomum, estes indivíduos possuem dieta diferenciada, com alto consumo de carboidratos simples, proteínas e colesterol. Assim, iremos examinar em atletas de alto desempenho, o perfil de risco cardiovascular, a presença de aterosclerose subclínica, mecanismos de aterosclerose (oxidação de lipoproteínas, função endotelial, mobilização de células progenitoras endoteliais e micropartículas), além de exame ergoespirométrico. Os pacientes com hipercolesterolemia e indicação de terapia hipolipemiante receberão terapia com atorvastatina 20 mg/dia ou rosuvastatina 10 mg/dia, estatinas com similar efetividade na redução de LDL-C nestas doses, mas com diferenças farmacocinéticas, como a menor lipofilicidade da rosuvastatina. As contribuições esperadas pelo estudo serão a descrição do perfil de risco coronariano, de mecanismos relacionados à aterosclerose e a efetividade e segurança do tratamento hipolipemiante, não apenas em relação a enzimas musculares, mas no desempenho destes atletas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Integrante / Francisco Antonio Helfenstein Fonseca - Coordenador / Maria Cristina de Oliveira Izar - Integrante / Célia Regina de Oliveira Bitencourt - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2007 - 2012

    Interação farmacocinética entre clopidogrel e hipolipemiantes, Descrição: As estatinas diferem entre si em várias propriedades farmacocinéticas, sendo, de potencial relevância clínica, sua biotransformação hepática. Enquanto a rosuvastatina possui pequena exposição microssomal pelas isoenzimas 2C9 e 2C19, a sinvastatina possui extensa metabolização 3A4. Vários medicamentos são metabolizados pelo CYP 3A4, entre eles o clopidogrel, antiplaquetário amplamente empregado em pacientes com síndromes coronarianas agudas, especialmente quando submetido à intervenção percutânea com utilização de stents. Objetivos: Este subprojeto irá comparar os efeitos farmacocinéticos da interação do clopidogrel com a rosuvastatina em comparação à associação ezetimiba / sinvastatina, ambas com similar redução de LDL-C. Métodos: serão incluídos pacientes com síndromes coronarianas agudas, com programação para intervenção percutânea, que irão receber 600 mg de clopidogrel (dose de ataque) e a seguir 75 mg diários. Os pacientes (n=60) receberão de maneira aleatória o tratamento com rosuvastatina 40 mg ou a associação ezetimiba 10 mg + sinvastatina 40 mg, com início antes da intervenção percutânea. O estudo terá o delineamento PROBE (Prospective Randomized Open-Label Blinded Endpoints), portanto com tratamento aberto e análise cega dos objetivos do estudo. Serão examinados os níveis séricos do clopidogrel, rosuvastatina e sinvastatina ao longo das primeiras 24 h de randomização, no quinto e 30 dias da intervenção percutânea. Será obtida a curva de concentração destes medicamentos por meio de cromatografia gasosa e espectrometria de massa. Além disso, serão comparadas as respostas no perfil lipídico (colesterol total, frações, triglicérides, apoB, apoA1), além de parâmetros de hemostasia (agregabilidade plaquetária, fibrinogênio, dímero-D, inibidor do ativador do plasminogênio e fator Von Willebrand). Este subprojeto irá avaliar se a escolha do agente hipolipemiante modifica as ações do antiplaquetário, por interferência em sua biotransformação, bem como na resposta. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Integrante / Maria Cristina de Oliveira Izar - Integrante / Francisco A H Fonseca - Coordenador / Luiz Fernando Muniz Pinheiro - Integrante / Soraia Hani Kasmas - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2007 - 2011

    Influência da terapia hipolipemiante na migração de células progenitoras endoteliais e na liberação de micropartículas, Descrição: A disfunção endotelial está associada ao desenvolvimento e às complicações da aterosclerose. Embora a evidência experimental seja consistente, a informação decorrente de estudos clínicos de intervenção, sobretudo sobre mobilização de células progenitoras endoteliais (EPC) e alteração da função endotelial é bastante limitada. Estudos com estatinas têm mostrado que seus efeitos benéficos não parecem restritos à redução de LDL-C, mas incluem efeitos pleiotrópicos, como a melhora da função endotelial via migração de EPC e aumento de biodisponibilidade de óxido nítrico. Os efeitos têm sido associados a menor expressão de proteínas sinalizadores (Rho) e maior fosforilação da óxido nítrico sintase constitutiva (via Akt). A medula óssea é a principal fonte de EPC no adulto e a mobilização prejudicada destas células para a corrente sangüínea foi relacionada com desfechos clínicos relevantes, incluindo maior mortalidade cardiovascular. As EPC expressam diferentes marcadores de superfície, dependendo do seu estado de diferenciação. Quando imaturas expressam CD133, CD34 e KDR e quando maduras, passam a expressar CD31, além de outros marcadores típicos de células endoteliais, como vWF, VE-caderina, Tie-2, CD146 e E-selectina. Micropartículas são liberadas pelas células endoteliais (EMP) após ativação ou apoptose, através de vesículas de membrana medindo entre 0,1 a 1 m, constituindo uma nova condição de risco cardiovascular. Este estudo foi delineado para comparar a influência da rosuvastatina com a associação ezetimiba + sinvastatina na migração de EPC e na liberação de EMP por células endoteliais apoptóticas. Assim, duas estratégias hipolipemiantes de similar efetividade na redução do LDL-C serão examinadas. Os efeitos do tratamento serão avaliados em pacientes com síndromes coronarianas agudas e na fase crônica da doença coronária.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Integrante / Francisco Antonio Helfenstein Fonseca - Coordenador / Maria Cristina de Oliveira Izar - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2007 - 2011

    Avaliação de Aterosclerose Subclínica em pacientes infectados pelo HIV, Descrição: Após o advento da terapia anti-retroviral (TARV) no final da década de 90, a infecção pelo HIV/AIDS adquiriu um caráter de cronicidade e não mais letal. A TARV suprimiu marcadamente a atividade viral, melhorou a saúde e a longevidade nos pacientes com aids. Entretanto, uma variedade de alterações metabólicas relacionadas ao tratamento foi reconhecida logo após a introdução da TARV combinada. Nos pacientes infectados pelo HIV, principalmente naqueles em tratamento ocorrem uma série de mudanças na silhueta corpórea, distribuição de gordura e no metabolismo dos lípides. Atualmente, existe muita controvérsia na literatura sobre a real conseqüência destas mudanças, principalmente em relação ao risco cardiovascular. Acredita-se que não apenas os medicamentos, mas também o próprio vírus, por causar um estado de inflamação crônica possa ser responsável pela maior prevalência de aterosclerose e conseqüentemente maior risco cardiovascular nesta população. Independentemente do efeito potencialmente aterogênico da TARV, em particular dos inibidores da protease (IP), existem evidências, algumas bem recentes, os quais sugerem que a infecção pelo HIV-1, seja por si só ou através dos seus efeitos no sistema imune, também possa contribuir para a aceleração do processo de aterosclerose. Pela falta de dados nacionais e a crescente preocupação com a doença cardiovascular, a proposta deste estudo é de aferir o risco cardiovascular na população infectada pelo HIV por meio da Escala de Risco de Framingham (ERF) e da escala de PROCAM, a incidência de síndrome metabólica e caracterizar a aterosclerose subclínica através de exames de imagens como a medida do espessamento da artéria carótida. Além disso, avaliar novos marcadores biológicos relacionados com o risco de DCV (doença cardiovascular) como a dosagem da proteína C reativa e a contagem de células endoteliais progenitoras. Os resultados deste estudo irão contribuir para um diagnóstico precoce de aterosclerose. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (2) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Integrante / Francisco Antonio Helfenstein Fonseca - Coordenador / Maria Cristina de Oliveira Izar - Integrante / Érika Ferrari Rafael da Silva - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2004 - 2006

    Caracterização de precursores de mastócitos (AA4-/BGD6+) identificados em embriões de ratos., Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Carolina Nunes França - Integrante / Maria Célia Jamur - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2002 - 2003

    Alterações da cronaxia, reobase e acomodação no músculo-esquelético desnervado submetido à eletroestimulação, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Integrante / Tania de Fátima Salvini - Coordenador / Thiago Luiz de Russo - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2001 - 2002

    O efeito do alongamento por imobilização no músculo tibial anterior de ratos, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carolina Nunes França - Integrante / Anna Raquel Silveira Gomes - Integrante / Eliane Lima Coutinho - Integrante / Tania de Fátima Salvini - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2014

Auxílio viagem (Capes - AEX) para o Joint meeting ESH-ISH hypertension athens, .

2012

Terceiro lugar Prêmio Sérgio Diogo Gianinni, Sociedade Brasileira de Cardiologia.

2011

Finalista Prêmio Jovem Pesquisador José Fehér, SOCESP.

2011

Grant for participation on the 17th Annual Scandinavian Atherosclerosis Conference April 13?16, 2011, Scandinavian Society for Atherosclerosis Research.

2011

Grant for participation on the Meeting Report "Signal transduction and beyond: from targets to new treatments in cardiac disease", Varenna Italy, European Society of Cardiology.

2010

Terceiro Lugar Prêmio Sérgio Diogo Giannini, Sociedade Brasileira de Cardiologia.

2010

Finalista Prêmio Jovem Pesquisador Josef Fehér, SOCESP.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade de Santo Amaro, Universidade Santo Amaro. , Rua Professor Enéas de Siqueira Neto, Jardim das Imbuias, 04829300 - São Paulo, SP - Brasil, Telefone: (11) 21418702

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2018 - Atual

Hospital Israelita Albert Einstein

Vínculo: , Enquadramento Funcional:

2018 - Atual

Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto

Vínculo: , Enquadramento Funcional:

2019 - Atual

Universidade de Santo Amaro

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Coordenadora do Mestrado em Ciências da Saúde, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2013 - Atual

Universidade de Santo Amaro

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Orientadora e docente da pós graduação, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2016 - 2019

Universidade de Santo Amaro

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Coordenadora Adjunta Mestrado Ciências Saúde, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 02/2019

    Pesquisa e desenvolvimento , Universidade Santo Amaro, .,Linhas de pesquisa

  • 02/2019

    Pesquisa e desenvolvimento , Universidade Santo Amaro, .,Linhas de pesquisa

  • 09/2016

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Universidade de Santo Amaro - Campus I, .,Cargo ou função, Coordenadora Adjunta do Mestrado em Ciências da Saúde.

  • 08/2016

    Ensino, Educação Física, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Seminários em Educação Física

  • 08/2016

    Ensino, Ciências da Saúde, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Doença Cardiovascular, mudanças no estilo de vida e controle dos fatores de risco associados

  • 02/2015

    Ensino, Estética e Cosmética, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Bioquímica

  • 02/2015

    Ensino, Educação Física, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Bases Fisiológicas aplicadas à Educação Física I e II

  • 02/2015

    Ensino, Educação Física, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Fisiologia Básica da Nutrição

  • 10/2014

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho Universitário, .,Cargo ou função, Membro do Conselho do Curso de Educação Física.

  • 07/2014

    Ensino, Fisioterapia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Fisioterapia baseada em evidências

  • 07/2014

    Ensino, Educação Física, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Bases Morfológicas aplicadas à Educação Física

  • 05/2014

    Ensino, Fisioterapia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Mercado de trabalho em Fisioterapia

  • 11/2013

    Ensino, Fisioterapia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Fisiologia do Exercício

  • 10/2013

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão.,Cargo ou função, Membro do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da pós-graduação em Ciências da Saúde.

  • 05/2013 - 02/2019

    Pesquisa e desenvolvimento , Universidade de Santo Amaro - Campus I, .,Linhas de pesquisa

  • 05/2013 - 02/2019

    Pesquisa e desenvolvimento , Universidade de Santo Amaro - Campus I, .,Linhas de pesquisa

  • 05/2013 - 06/2015

    Ensino, Ciências da Saúde, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Didática do Ensino Superior

2013 - Atual

Universidade Federal de São Paulo

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador associado

2011 - 2013

Universidade Federal de São Paulo

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós doutoranda, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2008 - 2011

Universidade Federal de São Paulo

Vínculo: Pós-graduação, Enquadramento Funcional: Doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 06/2013

    Outras atividades técnico-científicas , Departamento de Medicina, Departamento de Medicina.,Atividade realizada, Co-orientação de dissertações e teses.

  • 06/2007

    Pesquisa e desenvolvimento , Setor de Lípides, Aterosclerose e Biologia Vascular, .,Linhas de pesquisa

2011 - 2012

Rheinische Friedrich-Wilhelms-Universität Bonn

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista Pós doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 10/2011 - 04/2012

    Pesquisa e desenvolvimento , Oberarzt der Medizinischen Klinik und Poliklinik II, .,Linhas de pesquisa

2013 - 2015

Universidade de Guarulhos

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Profa e orientadora pós-graduação lato sensu, Carga horária: 4

Atividades

  • 05/2013 - 12/2015

    Outras atividades técnico-científicas , Associação Paulista de Educação e Cultura, Associação Paulista de Educação e Cultura.,Atividade realizada, Orientação de trabalhos de conclusão de curso lato sensu.

  • 04/2013 - 12/2015

    Ensino, Nutrição Clínica, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Bioquímica (lato sensu)

2004 - 2006

Universidade de São Paulo

Vínculo: Mestrado, Enquadramento Funcional: Mestre, Carga horária: 0, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 07/2004 - 10/2006

    Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, .,Linhas de pesquisa

  • 02/2006 - 07/2006

    Treinamentos ministrados , Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, .,Treinamentos ministrados, Monitoria na Disciplina de Histologia

  • 01/2004 - 07/2004

    Estágios , Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, .,Estágio realizado, Estágio no lab de Biologia Celular e Molecular dos Mastócitos.

2004 - 2007

Curso SEI - Sistema de Ensino Integrado

Vínculo: Professora horista, Enquadramento Funcional: Professora

Outras informações:
Professora em curso pré-vestibular, ministrando as disciplinas de Matemática, Física, Química e Biologia.

2001 - 2001

HOSPITAL DR. HÉLIO ANGOTTI

Vínculo: Estágio voluntário, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2003 - 2003

Universidade Federal de São Carlos

Vínculo: Estágio voluntário, Enquadramento Funcional: Estagiária

2003 - 2003

Universidade Federal de São Carlos

Vínculo: Estágio voluntário, Enquadramento Funcional: Estagiária

2003 - 2003

Universidade Federal de São Carlos

Vínculo: Estágio voluntário, Enquadramento Funcional: Estagiária

2000 - 2003

Universidade Federal de São Carlos

Vínculo: Graduação em Fisioterapia, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica, Carga horária: 40

2002 - 2002

Universidade Federal de São Carlos

Vínculo: Monitoria voluntária, Enquadramento Funcional: Monitora

Atividades

  • 02/2000 - 12/2003

    Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, .,Linhas de pesquisa