Nora Manoukian Forones

possui graduação em Medicina pela Universidade Federal de Sao Paulo (1977), mestrado em pela Universidade Federal de São Paulo (1982) e doutorado em Gastroenterologia pela Universidade Federal de São Paulo (1985). Desenvolveu Livre-docência em 2002. Atualmente é professor associado da Universidade Federal de São Paulo. Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Gastroenterologia e Cancerologia. Atuou na pesquisa de polimorfismos que possam aumentar o risco de câncer ou indicar pior prognóstico. Atualmente estuda 1. métodos de diagnóstico de câncer pelo exame de fezes com pesquisa de alterações genéticas e epigenéticas dos genes envolvidos na carcinogênese 2.métodos mais sensíveis de avaliação nuticional e hormônios envolvidos na caquexia; 3. qualidade de vida e aderência dos pacientes a quimioterapia.4. alterações de lipídeos dos pacientes com cãncer colorretal assim como de marcadores de resposta a quimioterapia 5.pesquisa de substâncias que possam influenciar na carcinogênese (estudo experimental) 6. pesquisa de resposta terapêutica a drogas após silenciamento de siRNA (estudo em cultura de células) 7. pesquisa de alterações epigenéticas que possam estar envolvidas no câncer do aparelho digestivo

Informações coletadas do Lattes em 23/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Gastroenterologia

1983 - 1985

Universidade Federal de São Paulo
Título: CONTIBUIÇÃO AO ESTUDO DO COMPORTAMENTO DA PROTROMBINA NA ESQUISTOSSOMOSE E NA CIRROSE HEPATICA
DURVAL ROSA BORGES. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Cirrose; Esquistossomose; Protrombina.Grande área: Ciências da SaúdeSetores de atividade: Saúde Humana.

Mestrado em Gastroenterologia

1980 - 1982

Universidade Federal de São Paulo
Título: CONTRIBUICAO AO COMPORTAMENTO DO FATOR VII, DE ALGUNS INIBIDORES PLASMATICOS E DO SUBSISTEMA DE CONTATO DA COAGULACAO NA FORMA HEPATOESPLENICA DA ESQUISTOSSOMOSE MANSONICA,Ano de Obtenção: 1982
DURVAL ROSA BORGES.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Antiku; Autoimune; Cancer; Coagulacao; Esquistossomose; Fator Vii. Grande área: Ciências da SaúdeSetores de atividade: Cuidado À Saúde das Pessoas.

Especialização - Residência médica

1978 - 1979

Universidade Federal de São Paulo
Residência médica em: Gastroenterologia ClinicaNúmero do registro: . Bolsista do(a): residencia medica, RM, Brasil. Grande área: Ciências da SaúdeGrande Área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Clínica Médica. Setores de atividade: Atividades de atenção à saúde humana.

Graduação em Medicina

1972 - 1977

Universidade Federal de São Paulo

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2002

Livre-docência. , Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil. , Título: Marcadores Tumorais no Cãncer Gástrico e Colorretal: Análise de Alguns Estudos, Ano de obtenção: 2002., Palavras-chave: Cancer Colorretal; Cancer de Estomago; Marcadores Tumorais; Oncogenes; prognóstico., Grande área: Ciências da Saúde, Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Clínica Médica / Especialidade: Cancerologia. , Setores de atividade: Saúde Humana.

1988 - 1989

Pós-Doutorado. , Instituto Ludwig de Pesquisa sobre o Câncer, ILPC, Brasil. , Grande área: Ciências da Saúde

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Fala Bem, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Francês

Fala Bem, Lê Bem, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Clínica Médica/Especialidade: Gastroenterologia.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Clínica Médica/Especialidade: Cancerologia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

ASCO Annual Meeting. 2020. (Congresso).

2019 ASCO Annual Meetimg. Integrating endogenous peptides analysis and protease mapping for identification of potential serum biomarkers in gastric adenocarcinoma.. 2019. (Congresso).

3 SIMPÓSIO INTERNACIONAL DO GRUPO BRASILEIRO DE TUMORES GASTROINTESTINAIS. 2019. (Congresso).

Jornada de CIrurgia Oncológica ABCG 20 anos.Highlights do International Gastric Cancer Congress. 2019. (Outra).

Next Frontiers to Cure Cancer. TUMORES COLORRETAIS BRAF. 2019. (Congresso).

Science and Innovation. 2019. (Simpósio).

V SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE TUMORES GASTROINTESTINAIS. 2019. (Simpósio).

Unressectable HCC treatment landscape. 2018. (Encontro).

2 Simpósio Internacional do Grupo Brasileiro de Tumores Gastrointestinais. 2017. (Simpósio).

44th International Congress of Oncology and Biomarkers. Tumor markers in the monitoring of gastrointestinal cancer. (CEA, CA19-9, CA125, AFP).. 2017. (Congresso).

III Simpósio Internacional de Terapia Nutricional e II Encontro de Nutrição em Pacientes Graves e I Simpósio de Nutrição em Oncologia.Presença de sarcopenia em pacientes com câncer colorretal no período pré cirúrgico e o impacto no estado nutricional. 2017. (Simpósio).

Top 10 gastrointestinal. 2017. (Encontro).

XIII Congresso Brasileiro de Cirurgia Oncológica. Qual o melhor esquema de quimioterapia? FLOT4 para todos?. 2017. (Congresso).

XIII Congresso Brasileiro de Cirurgia Oncológica. Câncer Esôfago-gástrico. 2017. (Congresso).

XIII Congresso Brasileiro de Cirurgia Oncológica". Qual o melhor esquema de quimioterapia? FLOT4 para todos?. 2017. (Congresso).

Congresso Brasileiro de Câncer do Aparelho Digestivo. Câncer Gástrico Metastático. 2016. (Congresso).

ESMO 18th World Congress on Gastrointestinal Cancer. Plasma lipidome of patients with advanced colorectal cancer. 2016. (Congresso).

ESMO 18th World Congress on Gastrointestinal Cancer. Nutritional status and survival in elderly patients with colorectal cancer. 2016. (Congresso).

Semana Paulista do Aparelho Digestivo. Doença de Crohn e Câncer. 2016. (Congresso).

SP ONCO III. Discussão de caso clínico - meta hepática CCR. 2016. (Congresso).

SP ONCO III. 2016. (Congresso).

XX Cueros de Cpacitação para voluntários em Saúde Mamaria.Metástases do câncer de mama no aparelho digestivo. 2016. (Simpósio).

19o. Congresso Brasileiro de Oncologia Clinica. Brain metatases of gastrointestinal tract. 2015. (Congresso).

19o. Congresso Brasileiro de Oncologia Clinica. Câncer colorretal mestastático no Hospital São Paulo - UNIFESP. 2015. (Congresso).

19o. Congresso Brasileiro de Oncologia Clinica. Retrospective date of bone metastasis in gastrointestinal cancer. 2015. (Congresso).

19o. Congresso Brasileiro de Oncologia Clinica. Adjuvância em câncer gástrico em hospital de referência do estado de São Paulo. 2015. (Congresso).

19o. Congresso Brasileiro de Oncologia Clinica. Expressão de HER2 como fator prognóstico de pacientes portadores de câncer gástrico metastático tratados com quimioterapia convencional. 2015. (Congresso).

2o Congreso paulista de Oncologia. GastroIntestinal-GI Alto. 2015. (Congresso).

30o Congresso Brasileiro de Patologia. Visão do clínico sobre os aspectos patológicos e moleculares. 2015. (Congresso).

ASCO. Reversal of multidrug resistance by silencing ABCB1 using RNAi in the epirubicin-resistant gastric cancer cell subline AGS/EPI. 2015. (Congresso).

Curso de Técnicas de Apresentação em Público. 2015. (Encontro).

Curso Gastro 2015.Comunicação de más notícias. 2015. (Outra).

Intersection II. 2015. (Simpósio).

Speaker Training da Roche. 2015. (Encontro).

VIII Congresso Franco Brasileiro de Oncologia. Associação entre os níveis séricos de vitamina D, os polimorfismos dos receptores APAI, BSMI e dos genes CYP27B1 e CYP24AI ao risco de câncer colorretal. 2014. (Congresso).

VIII Congresso Franco Brasileiro de Oncologia. Estudo do polimorfismo genético dos receptores de vitamina D, APA1, BSM1 e dos genes CYP27B1 e CYP24A1 e a suscetibilidade de câncer colorretal. 2014. (Congresso).

VIII Congresso Franco Brasileiro de Oncologia. Câncer gástrico metastático: a experiência de um hospital geral universitário. 2014. (Congresso).

ASCO. Detection of DNA stool mutations in colorectal cancer patients. 2013. (Congresso).

ESMO 15th World Congress on Gastrointestinal Cancer. Detection of stool DNA mutations in colorectal cancer patients. 2013. (Congresso).

XXV Congresso Brasileiro de Genética Médica. Efetividade do encaminhamento para aconselhamento genético oncológico a partir de uma ambulatório de gastrooncologia de um serviço público universitário. 2013. (Congresso).

14th World Congress on Gastrointestinal Cancer. ADHERENCE OF CAPECITABINE IN COLORECTAL OR METASTATIC BREAST CANCER. 2012. (Congresso).

Avanços em nutrição: nutrição clínica e epidemiologia nutricionariv.Influência do câncer na nutrição. 2012. (Outra).

Congresso Paulista de Cirurgia e XVIII Assembleia Cirúrgica do CBCSP. Quimioterapia no câncer do aprelho digestivo abordando o tema: estômago. 2012. (Congresso).

Reuniões Científicas Conjuntas das Disciplinas de Gastroenterologia Cirúrgica e Gastroenterologia Clínica).Câncer de Vesícula: epidemiologia. 2012. (Encontro).

13th world congress of gastrointestinal cancer. AGRP, CART, GHRELIN and LEPTIN IN COLORECTAL CANCER PATIENTS. 2011. (Congresso).

2011 European Muldisciplinary Cancer Congress. 2011. (Congresso).

Curso Gastro 2011.Câncer de esôfago Adjuvância e Neoadjuvância. 2011. (Outra).

European Muldisciplinary Cancer Congress. 2011. (Congresso).

III Forum Integrador de Pesquisas da UNIFESP.Pesquisas em Câncer Colorretal. 2011. (Outra).

IV Simposio do Centro Oncológico de Florianópolis. 2011. (Simpósio).

Semana Brasileira do Aparelho Digestivo. GIST : Aspectos Terapêuticos. 2011. (Congresso).

Tumores do Sistema Digestório.Câncer Colorretal. 2011. (Outra).

XVII Congresso Brasileiro de Oncologia Clínica. Polimorfismo de COX-2 em pacientes com câncer colorretal. 2011. (Congresso).

12th World Congress Gastrointestinal Cancer. Genetic polymorphisms of NAT-2 and risk of colorectal cancer. 2010. (Congresso).

I de Câncer Gástrico.Indicações e regimes de quimioterapia neoadjuvante. 2010. (Encontro).

II International Conference of Nutritional Oncology. Relação entre o estado nutricional e a dosagem sérica de grelina e leptina em pacientes oncológicos. 2010. (Congresso).

II International Conference of Nutritional Oncology. Estado nutricional de pacientes com câncer de esôfago, estômago e colorretal durante tratamento quimioterápico, antes e após orientação nutricional e suplementação oral. 2010. (Congresso).

ll CONGRESSO INTERNACIONAL DE ONCOLOGIA GASTROINTESTINAL. 2010. (Congresso).

Multidisciplinary Approach to Managing Neuroendocrine Tumours. 2010. (Simpósio).

The American Society of Clinical Oncology Annual Meeting. 2010. (Congresso).

Congresso Brasileiro de Cancerologia. 2009. (Congresso).

Curso Pre-congresso Biologia molecular e genetica. 2009. (Congresso).

IV Jornada Internacional de Nutrição Oncológica. Avaliação do percentual de gordura corporal e do angulo de fase em pacientes com câncer colorretal. 2009. (Congresso).

The American Socity of Clinical Oncology. 2009. (Congresso).

XVI Congresso Brasileiro de Patologia. Imunoexpression of Ki67 and p53 in rectal cancer after treatment with neoadjuvant chemoradiotherapy. 2009. (Congresso).

Curso de Atualização em Pesquisa de Câncer.Pesquisa em Câncer Colorretal I. 2008. (Seminário).

Curso Gastroenterologia Cirúrgica e Clínica.Avanços no Tratamento do Câncer de Pâncreas. 2008. (Encontro).

The American Society of Clinical Oncology 2008 Annual Meeting. 2008. (Congresso).

VI Jornada e I Encontro do Clube Benedito Montenegro Litoral do Colégio Brasileiro de Cirurgiões.Tratamento neoadjuvante e Adjuvante do Câncer colo-retal. 2008. (Simpósio).

XV Congresso Brasileiro de Oncologia. Imunoexpressão de Ki67 e p53 em pacientes portadores de cãncer de reto. 2007. (Congresso).

Reuniao cientifica conjunta das Disciplinas de Gastroenterologia Clínica e Cirurugica.Discussaõ Anátomo-clínica radiológica Modulo II: Estômago. 2006. (Outra).

Avanços na Abordagem das Lesões Tumorais das Vias Biliares.Abordagem Terapêutica Adjuvante. 2005. (Seminário).

Cuurso de pós-gradução do Departamento de Patologia da UNIFESP.Pesquisa em Câncer Colorretal. 2005. (Outra).

XIV Congresso Brasileiro de Oncologia Clínica. Evolução nutricional em portadores de cãncer gástrico após intervenção dietoterápica. 2005. (Congresso).

Forty Annual meeting. 2004. (Congresso).

Grandes Sindrome Clínicas do Programa de Pós-Graduação em Clínica Médica.Neoplasia Gástricas. 2004. (Outra).

VI Semana Brasileira do Aparelho Digestivo. 2004. (Congresso).

I Congresso Roche de Oncologia. 2003. (Congresso).

Thirty nine annual meeting. 2003. (Congresso).

XVI Jornada de Oncologia APM.Cancer de Pancreas e Vias Biliares- Aspectos Clínicos. 2003. (Outra).

39 Annual Meeting. 2002. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: José Eduardo Nunes Rodriguez

RIECKERLMANN, R.; Costa Jr WL;FORONES NM. Avaliação dos subtipos histológicos de câncer gástrico em pacientes brasileiros e peruanos: análise clinica e patológica. 2019. Dissertação (Mestrado em Oncologia) - Fundação Antônio Prudente.

Aluno: Rafaela Tonini Destr

Forones NM; Stanich P; Domenico E. Evolução do estado nutricional e da sarcopenia na qualidade de vida do paciente em tratamento paliativo. 2019. Dissertação (Mestrado em Medcina Translacional) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Luis Roberto Manzione Ndala

Coy CS;Forones NM; Waisberg J. Comparação entre métodos de detecção de lesões precursoras de carcinoma espincelular anal após tratamento de condilomas acuminados anais. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciencia Cirurgica Interdisciplinar) - Universidade Federal de Sao Paulo.

Aluno: Roberta Kazan Tannús

Massarollo PCB; Mota CFMGPM;Forones NM. Avaliação de sobrevida dos portadores de carcinoma hepatocelular: análise comparativa entre sistemas prognósticos. 2018. Dissertação (Mestrado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de Sao Paulo.

Aluno: Tiago Costa de Pádua

Forones NM; Nascimento LA; Segreto RA. Avaliação dos marcadores hematológicos como possíveis fatores prognósticos no câncer de cabeça e pescoço. 2018. Dissertação (Mestrado em Tecnologias de atenção à saúde) - Universidade Federal de Sao Paulo.

Aluno: Pamela Carvalho Muniz

Carvalho MP; TADOKORO, H.; Melo CAL;Forones NM. Estudo de pacientes com câncer colorretal. 2018. Dissertação (Mestrado em MEPAREM) - Universidade Federal de Sao Paulo.

Aluno: Diego Mateus de Souza

Ribeiro Jr U; Araujo SEA;Forones NM. Analise de polimorfismo da enzima metilenotetrahidrofolato redutase no câncer colorretal. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciencias em Gastroenterologia) - Faculdade de Medicina da Universidade de Sao Paulo.

Aluno: Hagamenon de Alencar Junior

Marcantonio C; Barcellos D;Forones NM. Detecção das variações genéticas R702W e L1007finsC no gene NOD2/CARD15 e sua relação com a microbiota intestinal de pacientes com Doença de Crohn. 2017. Dissertação (Mestrado em Patologia) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Luis Renato Messias

Ferraz RRN; Novaretti MCZ;Forones NM; CAPALBO, J. L.. Proposta de novo modelo de governanaça no setor de quimioterapia. 2016. Dissertação (Mestrado em Curso no nivel de Mestrado) - Universidade Nove de Julho.

Aluno: Evelise Pelegrinelli Zaidan

FORONES, N. M.; Ribeiro Jr U; Sallun RAA. Analise de polimorfismos das enzimas ciclooxigenase-2 e metilenotetrahidrofolato redutase em pacientes com câncer de esôfago. 2016. Dissertação (Mestrado em Gastroenterologia) - Faculdade de Medicina da Universidade de Sao Paulo.

Aluno: Diego Mateus de Souza

NAHAS, S. C.; Jorge JMN;Forones NM. Análise de polimorfismos das enzimas MTHFR e mutação da DPD em pacientes com câncer colorretal submetidos á tratamento quimioterápico com 5FU. 2015. Dissertação (Mestrado em Gastroenterologia) - Faculdade de Medicina da Universidade de Sao Paulo.

Aluno: Thiago Simão Gomes

CTF Oshima;Forones NM. Imunoexpressão de FASL, FAS, FADD, caspase 8 clivada e caspase 3 em tecidos de câncer gástrico preparados em arranjo tecidual em matrix (TMA)o. 2008. Dissertação (Mestrado em Patologia) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Maria de Lourdes Alves Cepeda

Forones NM; CTF Oshima. p53, p21 e p27 em adenocarcinoma gástrico. 2007. Dissertação (Mestrado em Patologia) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: DANIEL BEKHOR

Forones NM. . Estudo radiológico. 1997. Dissertação (Mestrado em Medicina (Radiologia Clínica)) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Heber Salvador de Castro Ribeiro

Mello ES; Freitas HC;Forones NM; Costa Jr WL; Dias Neto E. Expressão Proteica de PD-L1 em Pacientes com Adenocarcinoma Gástrico e de Transição Esofago-Gástrica antes e após Tratamento Neoadjuvante e Correlação com Desfechos Clínicos?. 2020. Tese (Doutorado em Curso de Pós-Graduação em Ciências da Fundação Antônio Prudente ? Área de O) - AC Camargo Cancer Center.

Aluno: Roberto Nery Dantas

Castro OAP; Dias AR; KASSAB, P.;Forones NM. Associação de polimorfismos nos genes PARP-1, MUC 1, TNF-a, PSCA, NQO1, TP53e COX-2 com o desenvolvimento do adenocarcinoma gástrico,. 2019. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Aluno: Talita Mendes

Forones NM; Lo Turco EG; Santos FWC; Mendes MA; Ribeiro Jr \u. Biomarcadores a partir do peptidoma sérico e mapeamento de proteases de pacientes com câncer gástrico. 2019. Tese (Doutorado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Cesar Osório de Oliveira

Forones NM; Prado GM. Opióides para síndrome de pernas inquietas. 2019. Tese (Doutorado em Medicina Tranlacional) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Joselmo Williamys Duarte

Forones NM. Padronização dos metabólitos 6-TGNe 6-MMpr no monitoramento terapêutico da azatioprina na doença inflamatória intestinal. 2018. Tese (Doutorado em Patologia) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Célia Aparecida Marques Pimenta

ROSSI, B. M.; TADOKORO, H.; Latim FRM; Palmero EI;Forones NM. Estudo das mutações germinativas nos genes de reparo e EPCAM em pacientes com suspeita de síndrome de Lynch. 2018. Tese (Doutorado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: TATIANE KATSUE FURUYA

Chammas R; RIECKERLMANN, R.; Ribeiro Jr U; Passos C;Forones NM. Associação entre polimorfismos em genes relacionados à resposta inflamatória e a suscetibilidade, progressão e prognóstico do câncer gástrico. 2017. Tese (Doutorado em Oncologia) - Faculdade de Medicina da Universidade de Sao Paulo.

Aluno: Mariana Abe Vicente

Garófalo A; Aquino RC; Saad SS; Carvalho MP;Forones NM. Relações entre indicadores nutricionais e mutações genicas em pacientes com câncer colorretal. 2017. Tese (Doutorado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Maria de Fátima de Lima Kauffman

Sampaio AS; Rego MJB; Salomão R; Montenegro SML;Forones NM. Perfil do Agregado plaquetário circulante e da expressão de OX40 e CD40L nos idosos oncológicos com infecção bacteriana aguda. 2017. Tese (Doutorado em Medicina Translacional) - Universidade Federal de Sao Paulo.

Aluno: Adiel Goes de Figueiredo Júnior

Forones NM; Lo Turco E. Análise do perfil lipidômico de pacientes com câncer colorretal avançado. 2017. Tese (Doutorado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Patricia Valeria Pereira Serafim

Forones NMSILVA, I. D. C. G.. Estudo de biomarcadores lipídicos de pacientes portadores de câncer colorretal. 2016. Tese (Doutorado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Alexandra Khichfy Alex

Forones NM; RIECKERLMANN, R.; Sabaga J. A influência da instabilidade de microssatelites e outros biomarcadores nos desfechos clínicos de pacientes com câncer colorretal. 2016. Tese (Doutorado em Oncologia) - Faculdade de Medicina da Universidade de Sao Paulo.

Aluno: Roberto de Moraes Cordis Filho

LOURENCO, L. G.; KASSAB, P.; Lopes LR; Jacob E;Forones NM. avaliação da expressão do receptor epitelial humano 2 (HER2) no carcinoma gástrico. 2016. Tese (Doutorado em PESQUISA EM CIRURGIA) - Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Aluno: Katia Barão

Stanich P; Aquino RC; SAAD, SARHAN SYDNEY; Carvalho MP;Forones NM. Avaliação da sobrevida segundo o estado nutricional de pacientes com câncer do aparelho digestório. 2016. Tese (Doutorado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Allan Anderson Lima Pereira

RIECKERLMANN, R.; Pilar M; CASTRO, G.;FORONES NM. Impacto da parada completa do tratamento de primeira-linha de pacientes com câncer colorretal metastático. 2015. Tese (Doutorado em Oncologia) - Faculdade de Medicina da Universidade de Sao Paulo.

Aluno: Nilciza Maria de Carvalho Tavares Calux

Forones NM; Facina G; Uemura G; SANTOS, C. C.; Carvalho CV. Avaliação de metabólitos da via de sinalização do receptor do fator de crescimento epidermal (EGFR) na predição de resposta a quimioterapia neoadjuvante com paclitaxel semanal em pacientes co câncer de mama. 2015. Tese (Doutorado em Ginecologia) - Universidade Federal de Sao Paulo.

Aluno: Verônica Marques Vidigal

Forones NM; PAIOTTI, Ana Paula Ribeiro; RIECKERLMANN, R.; Moraes AA; KASSAB, P.. ?Estudo do Polimorfismo Genético dos Receptores de Vitamina D BsmI, ApaI e dos Genes CYP27B1 e CYP24A1 e sua relação com os níveis séricos da Vitamina D e a susceptibilidade de Câncer Colorretal?. 2015. Tese (Doutorado em MEDICINA TRANSLACIONAL) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Tiago Dinizetti Silva

Forones NM; SAAD, SARHAN SYDNEY. Estudo de alterações epigenéticas como biomarcadores no diagnóstico não invasivo do câncer colorretal. 2014. Tese (Doutorado em MEDICINA TRANSLACIONAL) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Carolina Meloni Vicente

Forones Nora Manoukian; Pavao M; Tersariol ILS; Porto CS; Toma L. Consequências da superexpressão de 6-O-endosulfatases de heparan sulfato em linhagens celulares de cânceres colorretal e de próstata. 2014. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biologia Molecular)) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: ALEDSON VITOR FELIPE

FORONES NM; KASSAB, P.. Efeito do siRNA como modulador de resistência a múltiplas drogas sobre os níveis de expressão do gene MDR1 em linhagem de células de câncer gástrico quimiorresistentes a epirrubicina.. 2014. Tese (Doutorado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Jacqueline Miranda de Lima

Forones NMSILVA, I. D. C. G.. Estudo de mutações genéticas por microarrays e quantificação de DNA humano em DNA fecal como métodos de rastreamento não invasivo de pólipo ou câncer colorretal. 2013. Tese (Doutorado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: José Pedro Areosa Ferreira

FORONES, N. M.; Chinzon D. Helicobacter pylori e câncer gástrico. 2011. Tese (Doutorado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de Sao Paulo.

Aluno: Juliana Franceschini Pereira

FORONES, N. M.. Avaliação da reprodutibilidade e da validade de critério das versões em portugues do Brasil dos questionarios de qualidade de vida para câncer de pulmão: EORTC< QLQ C-30, QLQ-LC13, FACT-l e FLSIt. 2010. Tese (Doutorado em Pneumologia) - Universidade Federal de Sao Paulo.

Aluno: Rachel Simões Pimenta Riechemann

FORONES, N. M.. Risco de Interações Medicamentosas em Pacientes com Cãncer e Recebendo Cuidados de Suporte Exclusivo. 2010. Tese (Doutorado em Clinica Médica) - Universidade Federal de Sao Paulo.

Aluno: Henrique de Oliveira Costa

CTF Oshima;Forones NM. Imunoexpressão de proteínas da familia Bcl-2 em carcinomas colorretais e sua correlação com índice apoptótico, proliferação celular e prognóstico. 2008. Tese (Doutorado em Patologia) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Luciana Zaia Povegliano

Forones NM; CTF Oshima. Imunoexpressão da proteina galectina-3 no câncer colorretal e sua relação com sobrevida. 2008. Tese (Doutorado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Natália Torres

Forones NM. Marcadores genéticos e adenocarcinoma de cólon em população de risco. 2008. Tese (Doutorado em Clinica Médica) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

Aluno: Marcelo Betim Paes Leme

MATOS, D.Forones NM. A relação da angiogênese e da expressão da caderina-E com o prognóstico e o estadiamento de doentes operados por adenocarcinoma colorretal. 2003. Tese (Doutorado em Medicina (Gastroenterologia Cirúrgica)) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Cesar Osório de Oliveira

Prado GF;Forones NM. Opioides para síndrome das pernas inquietas. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Medicina Translacional) - Universidade Federal de Sao Paulo.

Aluno: Joselmo Williams Duarte

CTF Oshima;Forones NM. Padronização dos metabólitos 6-TGN e 6-MMP no monitoramento terapêutico da azatioprina na doença inflamatória intestinal. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Patologia) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Angelica Rocha de Freitas Melhem

Forones NM; LIBERA, E. D.. Determinação e evolução do ângulo de fase em pacientes com pancreatite crônica: estudo caso-controle. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Gastroenterologia) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Adiel Goes de Figueiredo Júnior

SILVA, I. D. C. G.Forones NM. Estudo do Perfil Lipidico em pacientes portadores de câncer de colorretal. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em MEDICINA TRANSLACIONAL) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Alexandra Khichfy Alex

Forones NM; RIECKERLMANN, R.. A influência da instabilidade de microssatelites e outros biomarcadores nos desfechos clínicos de pacientes com câncer colorretal. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Oncologia) - Faculdade de Medicina da Universidade de Sao Paulo.

Aluno: Denise Bracelos

Forones NMLOURENCO, L. G.. Avaliação das mutações KIT e PDGFRA em tumores estromais gastrointestinais -GIST de amostras fixadas em formalina e incluídas em parafina. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Patologia) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Augusto Leite Cangucú

Forones NM. Avaliação prognóstica da intensidade de achados de tumor budding em pacientes com câncer de cólon de estádio II. 2020 - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Isis Vanessa Ferreira dos Santos

Forones NM; CTF Oshima. Efeitos do suco de maça concentrado sobre o mecanismo de apoptose durante a colite induzida por TNBS e ácido acético em ratos wistar.. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Patologia) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Evelise Pelegrinelli Zaidan

Forones NM; Sallun RAA; Folgueira MAAK. Analise de polimorfismos das enzimas ciclooxigenase-2 e metilenotetrahidrofolato redutase em pacientes com câncer de esôfago. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Gastroenterologia) - Faculdade de Medicina da Universidade de Sao Paulo.

Ortiz V; Ribeiro CA; Ferraz AAB; Lima AS;Forones NM. Professor adjunto classe A nível 1 campus São Paulo, área medicina, sub-área Medicina III/ cirurgia/ gastroenterologia cirúrgica. 2014. Universidade Federal de São Paulo.

Forones NM; Nery LE; Ribeiro AB. Processo seletivo simplificado de Professor Adjunto A, substituto, nivel I, do Campus São Paulo, na área / subárea Medicina/nefrologia. 2014. Universidade Federal de São Paulo.

Forones NM; Zanella MT; Almeida EA; Okoshi MP; Cendorolo Neto M. Professor Adjunto do Campus São Paulo na área de medicina , sub-área Semiologia do Adulto. 2012. Universidade Federal de São Paulo.

MANOUKIAN FORONES, NORA; CORTELAZZO, A. L.; OLIVEIRA CPM; BUZALAF MAR; DÁLMEIDA V. Papel dos sistema cinina e renina-angiotensina na lesão por isquemia e reperfusão de fígado de ratos. 2019. Universidade Federal de Sao Paulo.

Forones NM; Pereira LMB; Martinelli ALC; Noronha IL. concurso a Livre-Docência do Departamento de Gastroenterologia. 2012. Faculdade de Medicina da Universidade de Sao Paulo.

Silva AEB; Ambrogini Jr O;Forones NM. Banca de avaliação de residentes Gastroenterologia. 2020. Universidade Federal de Sao Paulo.

Forones NM. Banca de Concurso de residência médica em hepatologia. 2010. Universidade Federal de São Paulo.

Forones NM. banca de concurso de residência em gastroenterologia. 2010. Universidade Federal de São Paulo.

Forones NM. da Comissão Examinadora, do IX Congresso de Iniciação Científica. 2001. Universidade Federal de Sao Paulo.

Forones NM. 1. Participou da Comissão Examinadora, do VIII Congresso de Iniciação Científica. 2000. Universidade Federal de Sao Paulo.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Marília Pereira da Silva

Rastreamento populacional de famílias com predisposição de câncer gastrointestinal hereditário; Início: 2019; Dissertação (Mestrado em Medicina Translacional) - Universidade Federal de Sao Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Lilian N Rosa

Estudo de qualidade de vida do cuidador do cancro gastrointestinal; Início: 2019; Dissertação (Mestrado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de Sao Paulo; (Orientador);

Rebeca de Barros Tadokoro

DEK e FOSFO-P38 em tecidos tumorais de câncer de reto pré e pós o tratamento neoadjuvante; Início: 2019; Dissertação (Mestrado em Medicina Translacional) - Universidade Federal de Sao Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Aline

Relação Entre Estado Nutricional e Super Crescimento Bacteriano Intestinal em Pacientes com Câncer Colorretal em Tratamento Quimioterápico; Início: 2018; Dissertação (Mestrado profissional em Medicina Translacional) - Universidade Federal de Sao Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Francine Maria Agostinho Luz

FATORES PROGNÓSTICOS NO ADENOCARCINOMA DUCTAL DE PÂNCREAS LOCALMENTE AVANÇADO E METASTÁTICO; Início: 2017; Dissertação (Mestrado profissional em Gastroenterologia) - Universidade Federal de São Paulo; (Orientador);

Nathalia Viana e Silva

Relação neutrófilos/linfócitos como fator prognóstico no câncer colorretal, em pacientes com instabilidade de microssatélites e doença de Lynch; ; Início: 2017; Dissertação (Mestrado profissional em Gastroenterologia) - Universidade Federal de São Paulo; (Orientador);

Juliana de Oliveira

Estudo da expressão de APC em tumores colorretais; Início: 2019; Tese (Doutorado em MEDICINA TRANSLACIONAL) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Aline Rufino Silva

Supercrescimento bacteriano e intolerãncia a lactose em pacientes com câncer gastrointestinal em tratamento quimioterápico; 2020; Dissertação (Mestrado em MEDICINA TRANSLACIONAL) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Jefferson Martins

Avaliação de alterações bioquímicas em saliva de pacientes diagnosticados com câncer gastrintestinal submetidos a regime terapêutico quimioterápico contendo Oxaliplatina; 2019; Dissertação (Mestrado em MEDICINA TRANSLACIONAL) - Universidade Federal de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Rafaela Tonin Destri

Evolução do estado nutricional e da sarcopenia na qualidade de vida e sobrevida do paciente em tratamento paliatiivo; 2019; Dissertação (Mestrado em Medicina Translacional) - Universidade Federal de Sao Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Gislaine Fernandes Silva

ESTUDO DE LIPIDÔMICA DE PACIENTES COM CÂNCER GÁSTRICO; 2019; Dissertação (Mestrado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de São Paulo,; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Pamela Carvalho Muniz

Estudo lipidômico de pacientes com câncer colorretal; 2018; Dissertação (Mestrado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de São Paulo,; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Ronaldo Eliezer Mamelli

RNAm, MLH1, MLH3, MSH2, MSH3, MSH6, EPCAM nos tumores colorretais; 2018; Dissertação (Mestrado em Medicina Translacional) - Universidade Federal de Sao Paulo,; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Tais Fernandes Santos Marcolino

Estudo das proteínas p53, Ciclina-D1, -catenina, APC e c-myc em tecido tumoral de pacientes com câncer colorretal e suspeita de Síndrome de Lynch pelos critérios de Bethesda; 2018; Dissertação (Mestrado em Medicina Translacional) - Universidade Federal de Sao Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Raelson Miranda

High Resolution Melting versus sequenciamento genético de nova geração na detecção de mutação do gene KRAS em câncer colorretal; 2017; Dissertação (Mestrado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de Sao Paulo,; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Carla Caroline Dias Ribeiro

Efeitos antioxidantes do suco de uva concentrado em focos de criptas aberrantes induzidas por azoximetano em cólon de ratos Wistar; 2017; Dissertação (Mestrado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de Sao Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Pedro Nazareth Aguiar Júnior

Individualização do tratamento quimioterápico do câncer gástrico metastático, custo-efetividade e a expressão tumoral de HER 2 como fator prognóstico; 2015; Dissertação (Mestrado em MEPAREM) - Universidade Federal de Sao Paulo,; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Gislaine Ozório

Análise do estágio da caquexia em pacientes com câncer gastrointestinal atendidos no ambulatório gastroenterologia; 2014; Dissertação (Mestrado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de São Paulo,; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Juliana de Oliveira

O polimorfismo C3435T do gene de resistência multidroga humano (MDR1) e o risco de câncer gástrico em uma população brasileira; Estudo caso-controle; 2013; Dissertação (Mestrado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de Sao Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Mariana Abe Vicente

Analise de métodos e indicadores de estado nutricional em pacientes com câncer gástrico e colorretal; 2013; Dissertação (Mestrado em Medicina Translacional) - Universidade Federal de Sao Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

ROSEANE MENDES SILVA

Efeitos do suco de uva no câncer colorretal: Estudo em ratos wistar; 2012; Dissertação (Mestrado em MEDICINA TRANSLACIONAL) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Adiel Goes de Frederico Junior

Estudo de aderencia a capecitabina em pacientes com câncer colorretal e câncer de mama metastático; 2012; Dissertação (Mestrado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de São Paulo,; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Célia Aparecida Marques Pimenta

Estudo do polimorfismo de COX-2 em pacientes com câncer colorretal; 2012; Dissertação (Mestrado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de Sao Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Vanessa Maria Pazine Campanholo

Efeitos do Tratamento Oral com Suco de Uva Concentrado na Expressão de NF-KAPPA B, TNF- e INOS na Carcinogênese de Cólon Induzida por Azoximetano em Ratos; 2012; Dissertação (Mestrado em Medicina Translacional) - Universidade Federal de Sao Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Lêssileia Gomes de Souza

Estudo de Polimorfismos nos Genes de TP53 E CDH1 em Câncer Gástrico; 2011; Dissertação (Mestrado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de Sao Paulo,; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Gisele Vieira

Estudo da Qualidade de Vida e Estado Nutricional de pacientes com câncer de esôfago, gástrico e colorretal antes e após orientação nutricional e suplementação oral; ; 2011; Dissertação (Mestrado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Katia Barão

Ângulo de Fase, Leptina e Grelina em Pacientes com Câncer; 2011; Dissertação (Mestrado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

ALEDSON VITOR FELIPE

Polimorfismo da Interleucina 8 em pacientes com câncer gástrico; 2010; Dissertação (Mestrado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de São Paulo,; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Tiago Donizetti Silva

Polimorfismo da NAT-2 em pacientes com câncer colorretal; 2010; Dissertação (Mestrado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Jaqueline MIranda Lima

Polimorfismos dos genes p53 e risco de câncer colorretal; 2009; Dissertação (Mestrado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de Sao Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Nara Rosana Andrade Santos

Ki67 e p53 em pacientes com câncer de reto após tratamento neoadjuvante; 2007; Dissertação (Mestrado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de Sao Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Lidiane Pereira da Silva

Variação de peso, grau de escolaridade, saneamento básico, etilismo, tabagismo e hábito alimentar pregresso em pacientes portadores de câncer de estômago; 2006; Dissertação (Mestrado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de Sao Paulo,; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Patricia Valeria Pereira Serafim

Estudo do polimorfismo Ile 462 Val do gene CYP1A1 em pacientes com câncer colorretal; 2006; Dissertação (Mestrado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de Sao Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Vanessa Maria Nunes Roque

Avaliação da toxicidade e qualidade de vida de pacientes com câncer colorretal tratados com quimoterapia e o impacto da doença sobre a qualidade de vida; 2004; Dissertação (Mestrado em Ensino em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de São Paulo,; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Esther Abrahmo G

Eidelchtein; Estudo da personalidade de pacientes em tratamento quimioterápico para cäncer gastrointestinal; 2001; Dissertação (Mestrado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de Sao Paulo,; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Marta Medeiros

Influência do tratamento psicoterápico em doentes com câncer colorretal; 2001; Dissertação (Mestrado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Sandra Vaismann Mandrowsky

CEA, CA19-9 e CA72-4 no soro e no lavado perotoneal de pacientes com câncer gástrico; 2000; Dissertação (Mestrado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de Sao Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Luis Alberto Queiiros

Risco de Câncer Em Parentes de Primeiro Grau de Pacientes Com Câncer; 1994; Dissertação (Mestrado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

VINICIUS FONTANESI BLUM

CEA, CA19-9 e Gastrina em Neoplasias de Colon e Reto Cea, Ca19-9 e Gastrina Em Neoplasia de Colon e Reto; ; 1993; Dissertação (Mestrado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Talita Mendes Oliveira

investigação de biomarcadores a partir do peptidoma sérico e mapeamento de proteases de pacientes com câncer gástrico; 2019; Tese (Doutorado em Medicina Translacional) - Universidade Federal de Sao Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Célia Aparecida Marques Pimenta

Estudo das alterações das mutações germinativas nos genes de reparo e EPCAM EPCAM EM PACIENTES COM SUSPEITA SÍNDROME DE LYNCH; 2018; Tese (Doutorado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de Sao Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Adiel Goes de Figueiredo Júnior

Analise do Perfil Lipidômico em Pacientes com Cancer Colorrretal em Estágios Avançados; 2017; Tese (Doutorado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de Sao Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Petrus Moreira de Andrade Lima

Avaliação do perfil de agregado plaquetário circulante e de da expressão de OX40, CD40L e 4-1BB em pacientes idosos com Câncer Colorretal; 2017; Tese (Doutorado em Medicina Translacional) - Universidade Federal de Sao Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Mariana Abe Vicente

Relação entre marcadores nutricionais e mutações gênicas em pacientes com câncer colorretal; 2017; Tese (Doutorado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de Sao Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Patricia Valeria Pereira Serafim

Estudo de biomarcadores lipídicos de pacientes portadores de câncer colorretal; 2016; Tese (Doutorado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de Sao Paulo,; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Katia Barão

Avaliação da sobrevida segundo o estado nutricional de pacientes com câncer do aparelho digestório; 2016; Tese (Doutorado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de Sao Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Verônica Marques Vidigal

?Estudo do Polimorfismo Genético dos Receptores de Vitamina D BsmI, ApaI e dos Genes CYP27B1 e CYP24A1 e sua relação com os níveis séricos da Vitamina D e a susceptibilidade de Câncer Colorretal?; 2015; Tese (Doutorado em Medicina Translacional) - Universidade Federal de Sao Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

ALEDSON VITOR FELIPE

Efeito do siRNA como modulador de resistência a múltiplas drogas sobre os níveis de expressão do gene MDR1 em linhagem de células de câncer gástrico quimiorresistentes a epirrubicina; ; 2014; Tese (Doutorado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Tiago Donizetti da Silva

Estudo de alterações epigenéticas como biomarcadores no diagnóstico não invasivo do câncer colorretal; 2014; Tese (Doutorado em MEDICINA TRANSLACIONAL) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Jacqueline de Miranda de Lima

?Estudo de Alterçãoes Genéticas em DNA Fecal e Tecidual de Pacientes com Cãncer Colorretal; 2013; Tese (Doutorado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de Sao Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Mariana Abe Vicente

Relações entre indicações nutricionais e mutações gênicas em pacientes com câncer colorretal; 2013; Tese (Doutorado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de Sao Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Luciana Zaia Povegliano

Imunoexpressão da proteína galectina-3 no cãncer colorretal e sua relação com sobrevidas; 2008; Tese (Doutorado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de Sao Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Marta Medeiros

Avaliação da depressão e ansiedade em pacientes com diagnóstico de cãncer colorretal antes e após quimioterapia adjuvante; 2007; Tese (Doutorado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de Sao Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

SEVERINO MARCOS BORBA DE ARRUDA

Infecção pelo Helicobacter pylori, Tabaco, àlcool e alterações do gene p53 no adenocarcinoma gástrico; 2002; Tese (Doutorado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Celina Tisuko Oshima

Presença de Helicobacter pylori e determinação de AgNORs, Ki-67,CerbB-2 e p53 no adenocarcinoma gástrico; ; 1999; Tese (Doutorado em Gastroenterologia) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Yolanda Teixeira

Quantificação de DNA fecal humano no rastreamento de câncer colorretal; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal de Sao Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Lúcio Roberto de Oliveira das Neves

Expressão de KI67 e p53 nos pacientes com GIST; 2006; Iniciação Científica - Universidade Federal de Sao Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Jacqueline Miranda de Lima

Estudo do polimorfismo genético no gene p53 (codon 72) em câncer colorretal; 2004; Iniciação Científica; (Graduando em Biomedicina) - Universidade Federal de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Josimar Lidio de Matos

Eosinofilia no Câncer Colorretal; 2003; Iniciação Científica - Universidade Federal de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Karen Kawamura

Expressão da proteínas ciclina D1 e p53 em adenocarcinoma gástrico; 2003; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal de São Paulo; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Juliana Matsumoto

Estudo da apoptose no câncer colorretal estádio II pelo método do túnel; 2002; Iniciação Científica - Universidade Federal de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Carolina Paiva

Evolução dos doentes com câncer colorretal avançado; 2001; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Ana Paula Souza Carvalho

Estudo da apoptose dos doentes com câncer gástrico e metaplasia intestinal; 2000; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Carolina Paiva

Estudo da Apoptose em doentes com Hepatocarcinoma em relação a cirrose hepática; 2000; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal de Sao Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Beatriz Pinho Rocha

Presença de Helicobacter Pylori no Soro e no Tecido de Doentes com Cancer Gastrico; 1999; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal de São Paulo; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Carolina Paiva

PCNA, p53 e apoptose em doentes com hepatocarcinoma; 1999; Iniciação Científica - Universidade Federal de São Paulo; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Marcelo Tanaka

Açao Anti-proliferativa das vitaminas (A,C,D), calcio e 5Fluorouracil na linhagem celular de cancer de colon; 1998; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal de São Paulo; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Beatriz Pinho Rocha

Frequencia de polipos no acompanhamento de doentes com cancer colorretal; 1998; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal de São Paulo; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Adriano Biondi Monteiro Carneiro

Avaliação do padrão alimentar de pacientes portadores de câncer colorretal; 1998; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal de Sao Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Marcelo Tanaka

p53 in Epidermoid cancer of the esophagus; 1997; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal de São Paulo; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Rafael A

K; Guendelmann; CA 72-4, CA 19-9 e CEA no Câncer Gástrico; 1995; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal de Sao Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Carlos A

Machado; Alfafetoproteina nos tumores de fígado e nas hepatopatias benignas; 1995; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Ingrid A Mayer

CEA nos tumores do aparelho digestivo; 1993; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nora Manoukian Forones;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SHIRAIWA, DANIEL K. ; CARVALHO, PARISINA F. D. C. ; MAEDA, CARLOS T. ; SILVA, LUCIANA C. ; FORONES, NORA M. ; LOPES'FILHO, GASPAR J. ; LINHARES, MARCELO M. ; ARAUJO, RAPHAEL L. C. . The role of minimally invasive hepatectomy for hilar and intrahepatic cholangiocarcinoma: A systematic review of the literature. JOURNAL OF SURGICAL ONCOLOGY , v. 2020, p. jso.25821-10, 2020.

  • DE OLIVEIRA, TALITA MENDES ; DE LACERDA, JOSÉ THALLES JOCELINO GOMES ; LEITE, GIUSEPPE GIANINI FIGUEIREDO ; DIAS, MERIELLEN ; MENDES, MARIA ANITA ; KASSAB, PAULO ; E SILVA, CLISLEYD GLAUCIELLY SALES ; JULIANO, MARIA APARECIDA ; FORONES, NORA MANOUKIAN . Label-free peptide quantification coupled with in silico mapping of proteases for identification of potential serum biomarkers in gastric adenocarcinoma patients. CLINICAL BIOCHEMISTRY , v. 2020, p. 1-10, 2020.

  • MARCOLINO, TAIS FERNANDA ; PIMENTA, CELIA APARECIDA MARQUES ; ARTIGIANI NETO, RICARDO ; CASTELO, PAULA ; SILVA, MARCELO SOUZA ; FORONES, NORA MANOUKIAN ; Oshima, Celina Tizuko Fujiyama . p53, Cyclin-D1, -catenin, APC and c-myc in Tumor Tissue from Colorectal and Gastric Cancer Patients with Suspected Lynch Syndrome by the Bethesda Criteria. Asian Pacific Journal of Cancer Prevention , v. 21, p. 343-348, 2020.

  • CAVAGNARI, MARIANA ABE VICENTE ; SILVA, TIAGO DONIZETTI ; PEREIRA, MARCO ANTONIO HADDAD ; SAUER, LUÍSA JACQUES ; SHIGUEOKA, DAVID ; SAAD, SARHAN SYDNEY ; BARÃO, KATIA ; RIBEIRO, CARLA CAROLINE DIAS ; FORONES, NORA MANOUKIAN . Impact of genetic mutations and nutritional status on the survival of patients with colorectal cancer. BMC CANCER , v. 19, p. 644, 2019.

  • DELLA VALLE, ADRIANA ROSSI, BENEDITO MAURO PALMERO, EDENIR INÊZ ANTELO, MARINA VACCARO, CARLOS ALBERTO LÓPEZ-KOSTNER, FRANCISCO ALVAREZ, KARIN CRUZ-CORREA, MARCIA BRUNO, LUISINA INÉS FORONES, NORA MANOUKIAN MINDIOLA, JORGE ANDRES RUGELES BULEJE, JOSÉ SPIRANDELLI, FLORENCIA BOHORQUEZ, MABEL COCK-RADA, ALICIA MARIA SULLCAHUAMAN, YASSER NASCIMENTO, IVANA ABE-SANDES, KIYOKO LINO-SILVA, LEONARDO S. PETRACCHI, FLORENCIA MAMPEL, ALEJANDRA RODRIGUEZ, YENI ROSSI, NORMA TERESA YAEZ, CLAUDIO BENAVIDES RUBIO, CLADELIS , et al. PETTA-LAJUS, TIRZAH BRAZ SILVEIRA-LUCAS, ELIZABETH LEMOS JIMÉNEZ, GEINER PEA, CARLOS MARIO MUETON REYES-SILVA, CARLOS AYALA-MADRIGAL, MARÍA DE LA LUZ DEL MONTE, JULIO SÁNCHEZ QUISPE, RICHARD RECALDE, ALCIDES NEFFA, FLORENCIA SARROCA, CARLOS DE CAMPOS REIS GALVÃO, HENRIQUE GOLUBICKI, MARIANO PIERO, TAMARA A. KALFAYAN, PABLO G. FERRO, FABIANA ALEJANDRA GONZALEZ, MARIA LAURA PÉREZ-MAYORAL, JULYANN PIMENTA, CELIA APARECIDA MARQUES UYABAN, SANDRA PATRICIA BELLO PROTZEL, ANA CHÁVEZ, GUILIANA DUEAS, MILAGROS GIL, MARÍA LUISA GUEVARA SPIRANDELLI, ENRIQUE CHIALINA, SERGIO ECHEVERRY, MAGDALENA FUENMAYOR, LUIS JOSÉ PALACIOS TORRES, MARIELA PALMA, THAIS F.BONFIM HÉRITAS, NADIA CAMBADOS MARTIN, CLAUDIA SUÁREZ, ALFONSO VALLEJO, MICHAEL RAFAELA DE SOUZA TIMOTEO, ANA AYALA, CARLOS AFANADOR JARAMILLO-KOUPERMANN, GABRIELA HERNÁNDEZ-SANDOVAL, JESÚS ARTURO GUERRERO, ANGÉLICA HERNANDEZ DOMINGUEZ-BARRERA, CONSTANTINO BAZO-ALVAREZ, JUAN CARLOS WERNHOFF, PATRIK PLAZZER, JOHN-PAUL BALAVARCA, YESILDA HOVIG, EIVIND MLLER, PL DOMINGUEZ-VALENTIN, MEV ; A snapshot of current genetic testing practice in Lynch syndrome: The results of a representative survey of 33 Latin American existing centres/registries. EUROPEAN JOURNAL OF CANCER , v. 119, p. 112-121, 2019.

  • CAVAGNARI, MARIANA ABE VICENTE ; VIDIGAL, VERÔNICA MARQUES ; SILVA, TIAGO DONIZETTI ; BARÃO, KATIA ; FORONES, NORA MANOUKIAN . ADIPONECTIN, VITAMIN D AND NUTRITIONAL STATUS IN PATIENTS WITH ADVANCED COLORECTAL CANCER OR DURING FOLLOW-UP. ARQUIVOS DE GASTROENTEROLOGIA (ONLINE) , v. 56, p. 172-177, 2019.

  • LIMA, JACQUELINE ; TEIXEIRA, YOLANDA ; PIMENTA, CÉLIA ; FELIPE, ALEDSON VITOR ; SILVA, TIAGO DONIZETTI ; JUNIOR, ERMELINDO ERMELINDO DELLA LIBERA ; SAAD, SARHAN SYDNEY ; DEAK, ELISABETH ; MURRAY, HELENA ; MANOUKIAN FORONES, NORA . Fecal Genetic Mutations and Human DNA in Colorectal Cancer and Polyps Patients. Asian Pacific Journal of Cancer Prevention , v. 20, p. 2929-2934, 2019.

  • MIRANDA, RAELSON ; SILVA, TIAGO ; FORONES, NORA . High-resolution melting for detecting KRAS mutations in colorectal cancer. BIOMEDICAL REPORTS , v. 11, p. 269-273, 2019.

  • SERAFIM, PATRICIA VALERIA PEREIRA ; FIGUEIREDO JR, ADIEL GOES DE ; FELIPE, ALEDSON VITOR ; TURCO, EDSON GUIMARAES LO ; SILVA, ISMAEL DALE COTRIM GUERREIRO DA ; FORONES, NORA MANOUKIAN . STUDY OF LIPID BIOMARKERS OF PATIENTS WITH POLYPS AND COLORECTAL CÂNCER. ARQUIVOS DE GASTROENTEROLOGIA (ONLINE) , v. 56, p. 399-404, 2019.

  • LIMA, PETRUS M. A. ; TORRES, LEURIDAN C. ; MARTINS, MÁRIO R. ; MATTA, MARINA C. ; LIMA, JUREMA T. O. ; MELLO, MARIA J. G. ; SILVA, LUCIANA M. ; CINTRA, EVANDRO B. ; LIRA, CLARA C. R. ; FONTE, EDUARDO J. A. ; FORONES, NORA M. . Soluble levels of sCD40L and s4-1BB are associated with a poor prognosis in elderly patients with colorectal cancer. JOURNAL OF SURGICAL ONCOLOGY , v. 2019, p. jso.25813-5, 2019.

  • DE CASTRO JUNIOR, GILBERTO ; SEGALLA, JOSÉ GETÚLIO ; DE AZEVEDO, SÉRGIO JOBIM ; ANDRADE, CARLOS JOSÉ ; GRABARZ, DANIEL ; DE ARAÚJO LIMA FRANÇA, BRUNO ; DEL GIGLIO, AURO ; LAZARETTI, NICOLAS SILVA ; ÁLVARES, MARIA NUNES ; PEDRINI, JOSÉ LUIZ ; KUSSUMOTO, CELIO ; DE MATOS NETO, JOÃO NUNES ; FORONES, NORA MANOUKIAN ; FERNANDES JÚNIOR, HEZIO JADIR ; BORGES, GIULIANO ; GIROTTO, GUSTAVO ; DA SILVA, ISMAEL DALE COTRIM GUERREIRO ; MALUF-FILHO, FAUZE ; SKARE, NILS GUNNAR . A randomised phase II study of chemoradiotherapy with or without nimotuzumab in locally advanced oesophageal cancer: NICE trial. EUROPEAN JOURNAL OF CANCER , v. 88, p. 21-30, 2018.

  • FIGUEIREDO JR, A. ; SERAFIM, P. V. P. ; AZZOLINI, A. ; Felipe AV ; Lo Turco E ; SILVA, I. D. C. G. ; Forones NM . Analysis of the Lipid Profile in Patients with Colorectal Cancer in Advanced Stages. Asian Pacific Journal of Cancer Prevention , v. 19, p. 1287-1293, 2018.

  • Felipe AV ; Oliveira J ; Moraes AA ; Silva TD ; Forones NM . Reversal of Multidrug Resistance in an Epirubicin-Resistant Gastric Cancer Cell Subline. Asian Pacific Journal of Cancer Prevention , v. 19, p. 1237-42, 2018.

  • VICENTE, CAROLINA MELONI ; DA SILVA, DAIANA APARECIDA ; SARTORIO, PRISCILA VERONICA ; SILVA, TIAGO DONIZETTI ; SAAD, SARHAN SYDNEY ; NADER, HELENA BONCIANI ; FORONES, NORA MANOUKIAN ; TOMA, LENY . Heparan Sulfate Proteoglycans in Human Colorectal Cancer. Analytical Cellular Pathology , v. 2018, p. 1-10, 2018.

  • V, BUENO ; AL, MANDALITI ; NM, FORONES . Colorectal cancer: Ageing, myeloid-derived suppressor cells, and treatment: Report of two cases. Journal of Cancer Research & Therapy , v. 6, p. 25-31, 2018.

  • VACCARO, CARLOS ALBERTO LÓPEZ-KOSTNER, FRANCISCO VALLE, ADRIANA DELLA PALMERO, EDENIR INEZ ROSSI, BENEDITO MAURO ANTELO, MARINA SOLANO, ANGELA CARRARO, DIRCE MARIA FORONES, NORA MANOUKIAN BOHORQUEZ, MABEL LINO-SILVA, LEONARDO S BULEJE, JOSE SPIRANDELLI, FLORENCIA ABE-SANDES, KIYOKO NASCIMENTO, IVANA SULLCAHUAMAN, YASSER SARROCA, CARLOS GONZALEZ, MARIA LAURA HERRANDO, ALBERTO IGNACIO ALVAREZ, KARIN NEFFA, FLORENCIA CAMPOS REIS GALVÃO, HENRIQUE ESPERON, PATRICIA GOLUBICKI, MARIANO CISTERNA, DANIEL , et al. CARDOSO, FLORENCIA C. TORREZAN, GIOVANA TARDIN JUNIOR, SAMUEL AGUIAR PIMENTA, CÉLIA APARECIDA MARQUES DA CRUZ FORMIGA, MARIA NIRVANA SANTOS, ERIKA SÁ, CAROLINE U. OLIVEIRA, EDITE P. FUJITA, RICARDO SPIRANDELLI, ENRIQUE JIMENEZ, GEINER GUINDALINI, RODRIGO SANTA CRUZ DE AZEVEDO, RENATA GONDIM MEIRA VELAME BUENO, LARISSA SOUZA MARIO DOS SANTOS NOGUEIRA, SONIA TEREZA LOARTE, MARIELA TORRES PADRON, JORGE DEL CARMEN CASTRO-MUJICA, MARIA DEL MONTE, JULIO SANCHEZ CABALLERO, CARMELO PEA, CARLOS MARIO MUETON PINTO, JOSEPH BARLETTA-CARRILLO, CLAUDIA ANGULO, MELVA GUTIÉRREZ PIERO, TAMARA BELTRAN, PAOLA MONTENEGRO ASHTON-PROLLA, PATRICIA RODRIGUEZ, YENNI QUISPE, RICHARD ROSSI, NORMA TERESA MARTIN, CLAUDIA CHIALINA, SERGIO KALFAYAN, PABLO GERMAN BAZO-ALVAREZ, JUAN CARLOS CAETE, ALCIDES RECALDE DOMINGUEZ-BARRERA, CONSTANTINO NUEZ, LINA DA SILVA, SABRINA DANIELA BALAVARCA, YESILDA WERNHOFF, PATRIK PLAZZER, JOHN-PAUL MLLER, PL HOVIG, EIVIND DOMINGUEZ-VALENTIN, MEV ; From colorectal cancer pattern to the characterization of individuals at risk: picture for genetic research in Latin America. INTERNATIONAL JOURNAL OF CANCER , v. 10, p. Oct 10. doi: 10, 2018.

  • APPEL, FLAVIA ; M FORONES, NORA ; D?IPPOLITO, GIUSEPPE ; P LANZONI, VALERIA ; AL DE MATOS, CARLA ; M MONTEIRO, MIRELA ; W PEREIRA, GREGORIO ; AH PEREIRA, MARCO ; DEC FILHO, ROBERTO ; L FERRAZ, MARIA ; SOUZA E SILVA, IVONETE S DE . Combined primary neuroendocrine carcinoma and hepatocellular carcinoma of the liver in chronic hepatitis C: Case report and literature review. Gastroenterology, Hepatology and Endoscopy , v. 3, p. 1-4, 2018.

  • RIBEIRO, CARLA CAROLINE DIAS ; PAIOTTI, A. P. R. ; Silva RM ; Pazine VML ; Ribeiro DA ; Forones NM . Effects of Grape Juice in Superoxide Dismutase and Catalase in Colorectal Cancer Carcinogenesis Induced by Azoxymethane. Asian Pacific Journal of Cancer Prevention , v. 2018, p. 2839-2844, 2018.

  • RIECHELMANN, RACHEL P WESCHENFELDER, RUI F COSTA, FREDERICO P CHAVES ANDRADE, ALINE BERSCH OSVALD, ALESSANDRO QUIDUTE, ANA ROSA P DOS SANTOS, ALLAN HOFF, ANA AMÉLIA O GUMZ, BRENDA BUCHPIGUEL, CARLOS VILHEINA PEREIRA, BRUNO S MUNIZ LOURENÇO JUNIOR, DELMAR REIS DA ROCHA FILHO, DUILIO ANTUNES FONSECA, EDUARDO LINHARES RIELLO MELLO, EDUARDO FERRARI MAKDISSI, FABIO LUIZ WAECHTER, FABIO CARNEVALE, FRANCISCO CESAR COURA-FILHO, GEORGE B ANDRADE DE PAULO, GUSTAVO COLAGIOVANNI GIROTTO, GUSTAVO EVANGELISTA BEZERRA NETO, JOÃO GLASBERG, JOÃO CASALI-DA-ROCHA, JOSE CLAUDIO FLORINDA M REGO, JULIANA , et al. RODRIGUES DE MEIRELLES, LUCIANA HAJJAR, LUDHMILA MENEZES, MARCO BRONSTEIN, MARCELLO D TATIT SAPIENZA, MARCELO BARISSON VILLARES FRAGOSO, MARIA CANDIDA ALBERGARIA PEREIRA, MARIA ADELAIDE BARRAS, MILTON MANOUKIAN FORONES, NORA GALVÃO DO AMARAL, PAULO CEZAR SALLES SCORTEGAGNA DE MEDEIROS, RAPHAEL ARAUJO, RAPHAEL L C FRANÇA BEZERRA, REGIS OTAVIANO D?ALPINO PEIXOTO, RENATA AGUIAR JR, SAMUEL RIBEIRO JR, ULYSSES PFIFFER, TULIO HOFF, PAULO M COUTINHO, ANELISA K ; Guidelines for the management of neuroendocrine tumours by the Brazilian gastrointestinal tumour group. ECANCERMEDICALSCIENCE , v. 11, p. 716, 2017.

  • OZORIO, GISLAINE APARECIDA ; BARÃO, KATIA ; FORONES, NORA MANOUKIAN . Cachexia Stage, Patient-Generated Subjective Global Assessment, Phase Angle, and Handgrip Strength in Patients with Gastrointestinal Cancer. NUTRITION AND CANCER-AN INTERNATIONAL JOURNAL , v. 19, p. 1-8, 2017.

  • BARAO, KATIA ; ABE VICENTE CAVAGNARI, MARIANA ; SILVA FUCUTA, PATRICIA ; MANOUKIAN FORONES, NORA . Association Between Nutrition Status and Survival in Elderly Patients With Colorectal Cancer. NUTRITION IN CLINICAL PRACTICE , v. 10, p. 088453361770689, 2017.

  • MARQUES VIDIGAL, VERÔNICA ; AGUIAR JUNIOR, PEDRO NAZARETH ; DONIZETTI SILVA, TIAGO ; DE OLIVEIRA, JULIANA ; MARQUES PIMENTA, CÉLIA APARECIDA ; VITOR FELIPE, ALEDSON ; MANOUKIAN FORONES, NORA . Genetic polymorphisms of vitamin D metabolism genes and serum level of vitamin D in colorectal cancer. INTERNATIONAL JOURNAL OF BIOLOGICAL MARKERS , v. xx, p. 19.0, 2017.

  • SILVA, TIAGO D ; FELIPE, ALEDSON V ; Vidigal VM ; SAAD, S. S. ; Forones NM . DNA methylation profile of the DKK2 gene as a biomarker in patients with colorectal cancer. GENETICS AND MOLECULAR RESEARCH , v. 16, p. gmr16039816, 2017.

  • AGUIAR, PEDRO NAZARETH ; MUNIZ, THIAGO PIMENTEL ; MIRANDA, RAELSON RODRIGUES ; TADOKORO, HAKARU ; FORONES, NORA MANOUKIAN ; MONTEIRO, INES-DE-PAULA ; CASTELO-BRANCO, PEDRO ; JANJIGIAN, YELENA Y ; DE MELLO, RAMON ANDRADE . Current advances in targeted therapies for metastatic gastric cancer: improving patient care. Future Oncology , v. 12, p. 839-54, 2016.

  • Aguiar Jr P ; ARTIGGIANI NETO, R. ; FORONES NM . HER2 EXPRESSION AS A PROGNOSTIC FACTOR IN METASTATIC GASTRIC CANCER. Arquivos de Gastroenterologia (Online) , v. 53, p. 62-67, 2016.

  • Aguiar Jr P ; Stock G ; Barao K ; Forones NM . Chemotherapy for elderly patients with gastric cancer: experience of a brazilian center. GERIATRICS, GERONTOLOGY AND AGING , v. 10, p. 71-79, 2016.

  • BERGEROT, C. D. ; PHILIP, E. J. ; BERGEROT, P. G. ; ELIAS, S. ; GUIMARAES, D. P. ; FORONES, N. M. ; BAIOCCHI, O. C. C. G. ; BATISTA, N. A. ; DE DOMENICO, E. B. L. . Quality Oncology Practice Initiative Can Guide and Improve Oncology Providers Training in Brazil. Journal of Global Oncology , v. 1, p. jgo. 2016.00614, 2016.

  • VIDIGAL, VERÔNICA MARQUES ; SILVA, TIAGO DONIZETTI ; DE OLIVEIRA, JULIANA ; PIMENTA, CÉLIA APARECIDA MARQUES ; FELIPE, ALEDSON VITOR ; FORONES, NORA MANOUKIAN . Genetic polymorphisms of vitamin D receptor (VDR), CYP27B1 and CYP24A1 genes and the risk of colorectal cancer. The International Journal of Biological Markers (Testo stampato) , v. 22, p. 231-5, 2016.

  • DUARTE, J. W. ; MISZPUTEN, Sender Jankiel ; PASTRELO, M. M. ; AMBROGINI JR., ORLANDO ; VISNIAUSKAS, B. ; CHAGAS, J. R. ; PIMENTAA, C. A. M. ; FORONES, N. M. ; PAIOTTI, A. P. R. . TPMT gene polymorphisms and drug interactions: the influence on the axathioprine therapeutic response in IBD. JOURNAL OF PHARMACEUTICAL BIOLOGY , v. 6, p. 103-110, 2016.

  • PAZINE, VANESSA LIMA ; Silva RM ; SILVA, T. D. ; ARTIGIANI NETO, R. ; RIBEIRO, D. A. ; FORONES, N. M. . Oral Concentrated Grape Juice Suppresses Expression of NF-kappa B, TNF- and iNOS in Experimentally Induced Colorectal Carcinogenesis in Wistar Rats. Asian Pacific Journal of Cancer Prevention , v. 16, p. 947-952, 2015.

  • AGUIAR, PEDRO NAZARETH ; TADOKORO, HAKARU ; FORONES, NORA MANOUKIAN ; DE MELLO, RAMON ANDRADE . Treating operable patients with gastric cancer: Macdonald's protocol versus adjuvant chemotherapy. Future Oncology , v. 11, p. 2247-2249, 2015.

  • AGUIAR, PEDRO NAZARETH ; Ribas C ; FORONES NM . Individualized Chemotherapy for Metastatic Gastric Cancer: Retrospective Data from a University Hospital in Brazil. Asian Pacific Journal of Cancer Prevention , v. 16, p. 5289-5296, 2015.

  • Teixeira Y ; Lima, J. M. ; Souza ALAPO ; AGUIAR, PEDRO NAZARETH ; SILVA, TIAGO D ; FORONES NM . HUMAN DNA QUANTIFICATION IN THE STOOLS OF PATIENTS WITH COLORECTAL CANCER. Arquivos de Gastroenterologia (Online) , v. 52, p. 293-298, 2015.

  • SILVA, ROSEANE MENDES ; CAMPANHOLO, VANESSA MARIA DE LIMA PAZINE ; PAIOTTI, ANA PAULA RIBEIRO ; NETO, RICARDO ARTIGIANI ; Oshima, Celina Tizuko Fujiyama ; Ribeiro, Daniel Araki ; FORONES, NORA MANOUKIAN . Chemopreventive activity of grape juice concentrate (G8000TM) on rat colon carcinogenesis induced by azoxymethane. Environmental Toxicology and Pharmacology , v. 40, p. 870-875, 2015.

  • AGUIAR, PEDRO NAZARETH ; TADOKORO, HAKARU ; FORONES, NORA MANOUKIAN ; DE MELLO, RAMON ANDRADE . MMR deficiency may lead to a high immunogenicity and then an improvement in anti-PD-1 efficacy for metastatic colorectal cancer. Immunotherapy (Print) , v. nov16, p. imt.15.84, 2015.

  • HOFF, P. M. ; SARAGIOTTO, D. F. ; BARRIOS, C. H. ; DEL GIGLIO, A. ; COUTINHO, A. K. ; ANDRADE, A. C. ; DUTRA, C. ; FORONES, N. M. ; CORREA, M. ; PORTELLA, M. D. S. O. ; PASSOS, V. Q. ; CHINEN, R. N. ; VAN EYLL, B. . Randomized Phase III Trial Exploring the Use of Long-Acting Release Octreotide in the Prevention of Chemotherapy-Induced Diarrhea in Patients With Colorectal Cancer: The LARCID Trial. Journal of Clinical Oncology , v. 32, p. 1006-1011, 2014.

  • CAMPANHOLO, VANESSA MARIA DE LIMA PAZINE ; FELIPE, ALEDSON VITOR ; LIMA, JACQUELINE MIRANDA DE ; PIMENTA, CÉLIA APARECIDA MARQUES ; VENTURA, ROGÉRIA MARIA ; FORONES, NORA MANOUKIAN . -765 G>C POLYMORPHISM OF THE COX-2 GENE AND GASTRIC CANCER RISK IN BRAZILIAN POPULATION. Arquivos de Gastroenterologia (Impresso) , v. 51, p. 79-83, 2014.

  • FELIPE, ALEDSON V ; OLIVEIRA, J. ; CHANG, P. ; MORAES, A. A. F. S. ; Silva TD ; TUCCI-VIEGAS, V. M. ; FORONES NM . Establishment and Partial Characterization of an Epirubicin-Resistant Gastric Cancer Cell Line with Upregulated ABCB1. Asian Pacific Journal of Cancer Prevention , v. 15, p. 6849-6853, 2014.

  • GOMES, T. S. ; CTF Oshima ; Forones NM ; LIMA, F. O. ; Ribeiro DA . Expression of galectin 3 in gastric cancer. Indian Journal of Medical Research , v. 140, p. 26-33, 2014.

  • Vicente MA ; Silva TD ; Barao K ; Felipe AV ; OYAMA, L. M. ; Manoukian N . The influence of nutritional status and disease on adiponectin and TNF-; levels in colorectal cancer patients. Nutrición Hospitalaria , v. 30, p. 140-6, 2014.

  • FELIPE, ALEDSON VITOR ; OLIVEIRA, JULIANA DE ; CHANG, PAULA YUN JOO ; MORAES, ANDREA APARECIDA DE FATIMA SOUZA ; SILVA, TIAGO DONIZETTI DA ; TUCCI-VIEGAS, VANINA MONIQUE ; FORONES, NORA MANOUKIAN . RNA Interference: a Promising Therapy for Gastric Cancer. Asian Pacific Journal of Cancer Prevention , v. 15, p. 5509-5515, 2014.

  • FIGUEIREDO JUNIOR, ADIEL GOES DE ; FORONES, NORA MANOUKIAN . STUDY ON ADHERENCE TO CAPECITABINE AMONG PATIENTS WITH COLORECTAL CANCER AND METASTATIC BREAST CANCER. Arquivos de Gastroenterologia (Impresso) , v. 51, p. 186-191, 2014.

  • Oshima, Celina Tizuko Fujiyama ; LANDMAN, GILLES ; PAIOTTI, ANA PAULA RIBEIRO ; ARTIGIANI NETO, RICARDO ; SILVA, ROSEANE MENDES ; CAMPANHOLO, VANESSA MARIA DE LIMA PAZINE ; GOLLUCKE, ANDREA PITELLI BOIAGO ; Ribeiro, Daniel Araki ; FORONES, NORA MANOUKIAN . Grape Juice Concentrate (G8000tm) Modulates Apoptosis but not Oxidative Stress following Rat Colon Carcinogenesis induced by Azoxymethane. TOXICOLOGY MECHANISMS AND METHODS , v. 25, p. 1-25, 2014.

  • DE OLIVEIRA, JULIANA ; FELIPE, ALEDSON VITOR ; NETO, RICARDO ARTIGIANI ; OSHIMA, CELINA TIZUKO ; DE SOUZA SILVA, MARCELO ; FORONES, NORA MANOUKIAN . Association between ABCB1 Immunohistochemical Expression and Overall Survival in Gastric Cancer Patients. Asian Pacific Journal of Cancer Prevention , v. 15, p. 6935-6938, 2014.

  • Silva LC ; FORONES, N. M. ; Ribeiro DA ; Ihara SSM ; ARTIGGIANI NETO, R. ; GOMES, Thiago Simão ; CTF Oshima . Immunoexpression of DIABLO, AIF and cytochrome C in gastric adenocarcinoma assessed by tissue Microarray. ANTICANCER RESEARCH , v. 33, p. 647-53, 2013.

  • Vicente MA ; Barao K ; Silva TD ; FORONES, N. M. . WHAT ARE THE MOST EFFECTIVE METHODS FOR ASSESSMENT OF NUTRITIONAL STATUS IN OUTPATIENTS WITH GASTRIC AND COLORECTAL CANCER?. Nutrición Hospitalaria , v. 28, p. 585-91, 2013.

  • GOMES, Thiago Simão ; Noguti, Juliana ; FORONES, N. M. ; LIMA, FLAVIO OLIVEIRA ; DOBO, Cristine ; FERNANDES JUNIOR, JOÃO ANTÃO ; Oshima, Celina Tizuko Fujiyama ; OSHIMA, C. T. F. ; Ribeiro, Daniel Araki . Correlation analysis of c-myc, p21WAF/CIP1, p53, C-erbB-2 and COX-2 proteins in esophageal squamous cell carcinoma. Pathology, Research and Practice (Print) , v. 209, p. 6-9, 2013.

  • FORONES, NORA . DNA methylation as an epigenetic biomarker in colorectal cancer. Oncology Letters , v. 6, p. 1687-1692, 2013.

  • FORONES, NORA . Study of the polymorphisms of cyclooxygenase-2 (-765G>C) and 5-lipoxygenase (1708G>A) in patients with colorectal cancer. ONCOLOGY LETTERS , v. 7, p. 513-518, 2013.

  • FORONES, N. M. ; Barao K ; Body mass index: different nutritional status according to WHO, OPAS and Lipschitz classifications in gastrointestinal cancer patients. Arquivos de Gastroenterologia (Impresso) , v. 49, p. 169-171, 2012.

  • SILVA, T.D. ; FELIPE, A.V. ; PIMENTA, C.A.M. ; BARÃO, K. ; FORONES, N. M. . CYP2E1 RsaI and 96-bp insertion genetic polymorphisms associated with risk for colorectal cancer. Genetics and Molecular Research , v. 11, p. 3138-3145, 2012.

  • Oliveira J ; Felipe AV ; Pimenta CAM ; Chang P ; Massud J ; FORONES, N. M. . Association between the C3435T single-nucleotide polymorphism of multidrug resistance 1 gene and risk of gastric cancer. Molecular Medicine Reports , v. 6, p. 395-398, 2012.

  • FELIPE, ALEDSON V ; SILVA, TIAGO D ; PIMENTA, CÉLIA A ; KASSAB, PAULO ; Forones, Nora M . lnterleukin-8 gene polymorphism and susceptibility to gastric cancer in a brazilian population. Biological Research (Print) , v. 45, p. 369-374, 2012.

  • FORONES, N. M. ; POVEGLANO, L. Z. ; CTF Oshima ; LIMA, F. O. . Immunoexpression of Galectin-3 in Colorectal Cancer and its Relationship with Survival. Journal of Gastrointestinal Cancer (Print) , v. 42, p. 217-221, 2011.

  • FORONES, N. M. ; Santos NRA ; Gomes TS ; CTF Oshima ; ARGENTINI, R. ; ARTIGGIANI NETO, R. . Imunoexpression of Ki-67 and p53 in Rectal Cancer Tissue After Treatment with Neoadjuvant Chemoradiation. Journal of Gastrointestinal Cancer (Print) , v. 42, p. 34-39, 2011.

  • Silva TD ; Felipe AV ; LIMA, J. M. ; CTF Oshima ; FORONES, N. M. . N-Acetyltransferase 2 genetic polymorphisms and risk of colorectal cancer. World Journal of Gastroenterology , v. 17, p. 760-765, 2011.

  • FORONES, N. M. ; Gomes TS ; CTF Oshima ; SEGRETO, H. ; COSTA, H. ; LIMA, F. O. ; Ribeiro DA . The extrinsic apoptotic signaling pathway in gastric adenocarcinomas assessed by tissue microarray. Pathology, Research and Practice (Print) , v. 207, p. 613-617, 2011.

  • Bang YJ ; Van Cutsem E ; Feyereislova A ; Chung HC ; Shen L ; Sawaki A ; Lordick F ; Ohtsu A ; Omuru Y ; Sato H ; Aprile G ; Kulikov E ; Hill J ; Lehle M ; J, R. ; Kang YK ; Toga Trial Investigators ; FORONES, N. M. . Trastuzumab in combination with chemotherapy versus chemotherapy alone for treatment of HER2-positive advanced gastric or gastro-oesophageal junction cancer (ToGA): a phase 3, open-label, randomised controlled trial.. The Lancet (North American edition) , v. 376, p. 687-697, 2010.

  • MEDEIROS, MARTA ; Oshima, Celina Tizuko Fujiyama ; FORONES, NORA MANOUKIAN . Depression and Anxiety in Colorectal Cancer Patients. Journal of Gastrointestinal Cancer (Print) , v. 41, p. 179-184, 2010.

  • FORONES, N. M. ; NEVES, L. R. ; CTF Oshima ; ARTIGGIANI NETO, R. ; Yagannibashia G ; LOURENCO, L. G. . Ki67 and p53 in gastrointestinal stromal tumors - GIST. ARQUIVOS DE GASTROENTEROLOGIA (IMPRESSO) , v. 46, p. 116-120, 2009.

  • LIMA, J. M. ; Souza LG ; SILVA, I. D. C. G. ; FORONES, N. M. . E-cadherin and metaloproteinase-1 and -7 polymorphism in colorectal cancer. The International Journal of Biological Markers (Testo stampato) , v. 24, p. 99-106, 2009.

  • FORONES, N. M. ; ARRUDA, S. M. ; Juca NT ; Barros KSC . Could gastric histology be a useful marker for making decision on Helicobacter pylori eradication therapy in patients with dyspepsia?. Arquivos de Gastroenterologia (Impresso) , v. 46, p. 209-213, 2009.

  • FORONES, N. M. ; Souza LG ; LIMA, J. M. ; SILVA, I. D. C. G. . P53 Arg72Pro Polymorphism in Gastric Cancer Patients. Journal of Gastrointestinal Cancer (Print) , v. 40, p. 41-45, 2009.

  • FORONES, N. M. ; ROQUE, V. ; Variação de peso, grau de escolaridade, saneamento básico, etilismo, tabagismo e hábito alimentar pregresso em pacientes com cancêr de estômago. Arquivos de Gastroenterologia (Impresso) , v. 45, p. 111-116, 2008.

  • SERAFIM, P. V. P. ; SILVA, I. D. C. G. ; FORONES, N. M. . Relationship between genetic polymorphism of CYP1A1 at codon 462 (Ile/Val) in colorectal cancer. The International Journal of Biological Markers (Testo stampato) , v. 23, p. 18-23, 2008.

  • FORONES, N. M. ; KAWAMURA, K. ; SEGRETO, H. ; ARTIGGIANI NETO, R. ; CTF Oshima . Expression of COX-2 in Stomach Carcinogenesis. Journal of Gastrointestinal Cancer (Print) , v. 39, p. 4-10, 2008.

  • FORONES, N. M. ; LIMA, J. M. ; Souza LG ; SILVA, I. D. C. G. . Cyclin D1 A870G Polymorphism in Brazilian Colorectal Cancer Patients. Journal of Gastrointestinal Cancer (Print) , v. 39, p. 118-123, 2008.

  • FORONES, N. M. ; PAIOTTI, A. O. ; ARTIGGIANI NETO, R. ; CTF Oshima ; MISZPUTEN, S. J. ; FRANCO M . Immunoexpression of cyclooxygenase-1 and -2 in ulcerative colitis. Brazilian Journal of Medical and Biological Research on line , v. 40, p. 911-918, 2007.

  • FORONES, N. M. ; Martins F ; ARTIGGIANI NETO, R. ; CTF Oshima ; AP, F. . Over-expression of cyclooxygenase-2 in endoscopic biopsies of ectopic gastric mucosa. Brazilian Journal of Medical and Biological Research , v. 40, p. 1447-1454, 2007.

  • FORONES, N. M. ; SILVA, I. D. C. G. ; LIMA, J. M. ; SERAFIM, P. V. P. . Estudo do polimorfismo genético no gene p53 (códon 72) em câncer colorretal. Arquivos de Gastroenterologia (Impresso) , Sao Paulo, v. 43, n.1, p. 8-13, 2006.

  • FORONES, N. M. ; THULER, FP ; FERRARI, A. P. . Neoplasia avançada de esôfago: diagnóstico ainda muito tardio. Arquivos de Gastroenterologia (Impresso) , v. 43, p. 206-211, 2006.

  • ROQUE, VANESSA MARIA NUNES ; FORONES, NORA MANOUKIAN . Avaliação da qualidade de vida e toxicidades em pacientes com câncer colorretal tratados com quimioterapia adjuvante baseada em fluoropirimidinas. Arquivos de Gastroenterologia (Impresso) , v. 43, p. 94-101, 2006.

  • FORONES, N. M. ; CATARINO, R. M. ; PARISE, E. R. ; LOPES, D. . Laminin concentration in ascites of patients with hepatic cirrhosis and peritoneal carcinomatosis. Brazilian Journal of Medical and Biological Research , Sao Paulo, v. 38, n.2, p. 271-276, 2005.

  • FORONES, N. M. ; O Giannotti Fo. ; LOURENCO, L. G. ; CTF Oshima ; AP Carvalho . Cell proliferation and apoptosis in gastric cancer and intestinal metaplasia. Arquivos de Gastroenterologia (Impresso) , Sao Paulo, v. 42, n.1, p. 30-34, 2005.

  • FORONES, N. M. ; CTF Oshima ; YRIA, K. . Ki67 as a prognostic cancer in colorectal cancer but not in gastric cancer. NEOPLASMA , Polonia, v. 52, n.5, p. 420-424, 2005.

  • FORONES, N. M. ; SILVA, C. B. ; EIDELCHTEIN, E. A. G. ; MEDEIROS, M. ; GOMES, M. R. R. . Qualidade de vida em pacientes com câncer gastrointestinal. Revista da Sociedade Brasileira de Psicologia Hospitalar (Belo Horizonte) , Belo horizonte, v. 6, n.1, p. 3-8, 2003.

  • FORONES, N. M. ; LOURENCO, L. G. ; MANDOWISKI, S. . CA72-4 e CEA no soro e no lavado peritonial de doentes com câncer gástrico. Arquivos de Gastroenterologia (Impresso) , Sao Paulo, v. 39, p. 17-21, 2002.

  • C paiva ; CTF Oshima ; O Giannotti Fo. ; FORONES, N. M. . Apotosis, PCNA, and p53 in hepatocellular carcinoma. Hepato-Gastroenterology , Grecia, v. 49, p. 1058-1061, 2002.

  • FORONES, N. M. ; FERRARI, A. P. ; MACEDO, E. P. ; LIBERA, E. D. ; FALCAO, J. ; CARVALHO, L. ; MORAIS, M. . Terapêutica endoscópica paliativa de baixo custo no tumor avançado de esôfago: injeção de álcool, colocação de prótese plástica ou gastrostomia percutânea?. GED, Sao Paulo, v. 21, n.4, p. 159-66, 2002.

  • FORONES, N. M. ; MATTOS, D. ; TANAKA, M. . Relationship between mesenteric and peripheral blood levels of CA19-9 patientes with colorectal cancer. International Journal of Biological Markers , Italia, v. 16, p. 27-30, 2001.

  • FORONES, N. M. ; MANDOWISKI, S. ; LOURENCO, L. G. . Serum levels of interleukin 2 and tumor necrosis factor alfa correlate to tumor progression in gastric cancerro. Hepato-Gastroenterology , Atenas, v. 48, p. 1199-1201, 2001.

  • FORONES, N. M. ; AP Carvalho ; MATOS, D. ; SEGRETO, R. . Carcinoma espinocelular de canal anal: análise de 11 casos. Arquivos de Gastroenterologia (Impresso) , Sao Paulo, v. 38, p. 9-13, 2001.

  • CTF Oshima ; LANZONI, V. ; YRIA, K. ; FORONES, N. M. . C-erb- B2 in gastric carcinoma. The International Journal of Biological Markers (Testo stampato) , Itália, v. 16, p. 250-254, 2001.

  • FORONES, N. M. ; CTF Oshima . AgNOR em câncer gástrico. Arquivos de Gastroenterologia (Impresso) , Sao Paulo, v. 38, p. 89-93, 2001.

  • Forones NM . Estrogen receptors in gastric cancer. HEPATO-GASTROENTEROLOGY , v. 48, p. U19-U19, 2001.

  • FORONES, N. M. ; FERRARI, A. P. ; BP Rocha . Freqüência de pólipos em doentes operados de câncer colorretal. Arquivos de Gastroenterologia (Impresso) , Sao Paulo, v. 37, p. 31-34, 2000.

  • FORONES, N. M. ; CURY, M. . Neoplasias primárias múltiplas em pacientes com câncer colorretal. Arquivos de Gastroenterologia (Impresso) , Sao Paulo, v. 37, p. 89-92, 2000.

  • FORONES, N. M. ; MATTOS, D. ; GIL, J. Z. ; TANAKA, M. ; SAAD, S. ; GIOVANONI, M. . Tratamento adjuvante do câncer colorretal. Coloproctologia, Sao Paulo, v. 20, p. 162-167, 2000.

  • FORONES, N. M. ; GIL, J. Z. ; CRUZ, E. . Aspectos clinicos e epidemiologicos dos pacientes com câncer colorretal no Hospital Sao Paulo. GED, Sao Paulo, v. 19, p. 133-136, 2000.

  • FORONES, N. M. ; TANAKA, M. . p53 in the epidermoid cancer of the esophagus. Hepato-Gastroenterology , Grécia, v. 46, p. 1765-1768, 1999.

  • FORONES, N. M. ; TANAKA, M. . CEA and CA 19-9 as Prognostic Indexes in Colorectal Cancer. Hepato-Gastroenterology , Grécia, v. 26, p. 905-908, 1999.

  • FORONES, N. M. ; TRIVINO, T. ; Honório, R . Tratamento de carcinoma hepatocelular. Arquivos de Gastroenterologia (Impresso) , São Paulo, v. 36, p. 68-71, 1999.

  • FORONES, N. M. ; G Colleoni ; JC Del Grande ; JS Oloiveira ; J Kerbauy . Clinical evolution of twelve patients with B cell Lymphoma of stomach, duodenum and jejunum.. Cancer Res. Therapy and Control, EUA, v. 7, p. 253-257, 1999.

  • FORONES, N. M. ; OSHIMA, C. ; TANAKA, M. ; NANOGAKI, S. ; VP Barbosa . Determinação da atividade proliferativa pelo Ki67 e p53 em doentes com câncer colorretal. Arquivos de Gastroenterologia (Impresso) , São Paulo, v. 3, p. 889-890, 1999.

  • OSHIMA, C. T. F. ; Wonraht DR ; CATARINO, R. M. ; MATOS, D. ; Forones NM . Estrogen and progesterone receptors in gastric and colorectal cancer. Hepato-Gastroenterology , v. 46, p. 3155-8, 1999.

  • FORONES, N. M. ; GIL, J. Z. L. V. ; NM, F. . Câncer Colorretal Hereditário não relacionado a polipose. Relato de casoso.. GED, São Paulo, v. 17, p. 73-78, 1998.

  • FORONES, N. M. ; CARNEIRO, A. ; CARVALHO, L. B. A. M. B. F. ; NM, F. . Avaliação do Padrão Alimentar de Pacientes Portadores de Câncer Colorretal. GED, São Paulo, v. 17, n.3, p. 96-98, 1998.

  • FORONES, N. M. . Câncer Colorretal. Diagnóstico e Tratamento, São Paulo, v. 3, n.2, p. 33-36, 1998.

  • FORONES, N. M. ; MATOS, D. F. N. F. J. ; BARONE, B. . Cholesterolemia In Colorectal Cancer. Hepato-Gastroenterology , São Paulo, v. 45, p. 1531-4, 1998.

  • FORONES, N. M. ; Malheiros, SM ; Stavale, JN ; Gabbai, A . Hemorragic cerebral metastasis as a first manifestation of a hepatocellular carcinoma. Arquivos de Neuro-Psiquiatria (Impresso) , Estados Unidos, v. 56, p. 658-660, 1998.

  • FORONES, N. M. ; TANAKA, M. F. N. ; MACHADO, D. ; GIOVANONI, M. F. J. . Antígeno Carcinoembrionário no Diagnóstico e Acompanhamento do Câncer Colorretal. ARQUIVOS DE GASTROENTEROLOGIA (IMPRESSO) , SAO PAULO, v. 34, n.1, p. 3-6, 1997.

  • FORONES, N. M. ; FORONS, N. M. ; TANAKA, M. . CEA as a Prognostic Index In Colorectal Cancer. São Paulo Medical Journal (Impresso) , SÃO PAULO, v. 115, n.6, p. 1586-1589, 1997.

  • CURVELO, L. ; TRIVINO, T. ; FORONES, N. M. . Tumor Sólido Cístico de Pancreas. Arquivos de Gastroenterologia (Impresso) , SÃO PAULO, v. 34, p. 3-6, 1997.

  • FORONES, N. M. ; MATTOS, D. B. V. ; BARONE, B. ; NM, F. . Gastrin Levels In patients with colorectal cancer. HEPATO-GASTROENTEROLOGY , ATENAS- GRÉCIA, v. 44, p. 1082-1084, 1997.

  • QUEIROZ, L. A. ; FALCÃO, L. A. ; FORONES, N. M. . Neoplasias Primárias Extra-Intestinais Em Pacientes Com Câncer Colorretal. CLINICA E TERAPÊUTICA, SÃO pAULO, v. 22, n.2, p. 57-61, 1996.

  • FORONES, N. M. ; TERESA, D. F. N. M. L. L. S. M. ; CARLOS, H. G. G. J. . Schwanoma de Duodeno. Arquivos de Gastroenterologia (Impresso) , SÃO PAULO, v. 33, n.4, p. 221-224, 1996.

  • FORONES, N. M. ; LUIS, ALBERTO QUEIROZ ; FERRAZ, M. L. ; PARISE, E. R. . Alfafetoproteina nas neoplasias de figado e hepatopatias não malignas. Revista da Associação Médica Brasileira (1992. Impresso) , SÃO PAULO, v. 41, n.2, p. 91-93, 1995.

  • FORONES, N. M. ; QUEIROZ, L. A. ; BLUM, V. F. ; PARISE, E. R. ; SZEINFELD, J. ; TRIVINO, T. ; BARBOSA, V. . Hepatocarcinoma. Análise de 14 Casos. REVISTA DA ASSOCIAÇÃO MÉDICA BRASILEIRA, SÃO PAULO, v. 40, n.4, p. 300-303, 1994.

  • FORONES, N. M. ; MANOUKIAN, N. . Tratamento Adjuvante No Câncer Colorretal. Revista da Associacao Medica Brasileira , SÃO PAULO, v. 40, n.1, p. 70-71, 1994.

  • FORONES, N. M. . Marcadoes Tumorais No Câncer Colorretal. REVISTA BRASILEIRA DE PATOLOGIA CLÍNICA, SÃO PAULO, v. 30, p. 61-63, 1994.

  • FORONES, N. M. ; FERRARI, A. P. ; CAMACHO, L. ; MANOUKIAN, N. ; BAFUTTO, S. G. M. . Carcinossarcoma de Esofago;Importancia Diagnostica de Polipectomia En Doscopica Parcial.. Arquivos de Gastroenterologia (Impresso) , v. 29, p. 106-109, 1992.

  • FORONES, N. M. ; MANOUKIAN, N. ; NEVES, M. ; CHEHTER, L. ; AMBROGINI, O. ; OLIVEIRA, J. C. V. ; FERRARI, A. P. ; BLUM, J. V. F. . Pseudomixoma Peritoneal. GED, v. 11, p. 131-132, 1992.

  • FORONES, N. M. . Tumores Malignos do Aparelho Digestivo. ARS CURANDI, v. 24, p. 90-106, 1991.

  • FORONES, N. M. ; MANOUKIAN, N. ; BLUM, V. F. . CEA nos Tumores Colorretais e Gastricos. GED, v. 10, p. 41-43, 1991.

  • FORONES, N. M. ; MANOUKIAN, N. . Oncogenes: Sua Importancia nos Tumores do Aparelho Digestivo.. GED. GASTROENTEROLOGIA E ENDOSCOPIA DIGESTIVA , v. 9, p. 18-20, 1990.

  • FORONES, N. M. ; MANOUKIAN, N. ; BORGES, D. R. . Hypoprotombrinemia in the compensated form of hepatosplenic schistosomiasis: Further Studies. Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo (Impresso) , v. 30, p. 274-280, 1988.

  • FORONES, N. M. ; BORGES, D. R. ; MANOUKIAN, N. . Avaliacao da Funcao Hepatica de Sintese Proteica Na Hepatopatia Esqui.. Revista da Associação Médica Brasileira (1992. Impresso) , v. 33, p. 3-6, 1987.

  • FORONES, N. M. ; DURVAL ROSA, MANOUKIAN, NORA BORGES ; TOLEDO, C. F. . Protein C Deficiency In The Compensated Form Or Hepatoesplenic Schists. BRAZILIAN J. MED.BIOL.RES, v. 20, p. 557-560, 1987.

  • FORONES, N. M. ; Maciel R ; Russo ME ; BORGES, D. R. . High T4 Syndrome In Schistosomiasis. DIG.DIS. AND SCI, v. 31, p. 269-272, 1986.

  • FORONES, N. M. ; MANOUKIAN, N. ; BORGES, D. R. . Hypoprotrombina In Schistosomiasis. DIG.DIS. AND SCI, v. 31, p. 187-187, 1986.

  • AP, F. ; Yamasaki NS ; Garcia L ; Manoukian N ; BARBOSA, V. . Sindrome de Dubin Johnson. GED. Gastroenterologia e Endoscopia Digestiva , v. 1986, p. 112, 1986.

  • BORGES, D. R. ; Manoukian N ; TOLEDO, C. F. . Alfafetoroteina na esquistossomose mansonica. Revista Paulista de Medicina (Cessou em 1993. Cont. ISSN 1516-3180 São Paulo Medical Journal (Impresso)) , v. 104, p. 247-9, 1986.

  • FORONES, N. M. ; BORGES, N. . Hepatic Synthetic Capahlity In Hepatosplenic Achistosomiasis Patients.. BRAZILIAN J.MED.BIOL. RES, v. 4, p. 125-128, 1985.

  • BORGES, D. R. ; Manoukian N . Hperatividade do Fator VII no plasma de portadores de hepatopatia esquistossomótica. GED. Gastroenterologia e Endoscopia Digestiva , v. 4, p. 125-8, 1985.

  • MANOUKIAN, NORA ; BORGES, DURVAL R. . Prealbumin, prekallikrein and prothrombin in hepatosplenic schistosomiasis: increased turnover of the clotting proteins?. Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo (Impresso) , v. 26, p. 237-240, 1984.

  • FORONES, N. M. ; MANOUKIAN, N. ; BORGES, D. R. . Pre-Albumina e Fator VII na Forma Hepatoesplênica da Esquistossomose Mansonica. REV.BRAS.PATOL.CLIN., v. 19, n.2, p. 52-55, 1983.

  • FORONES, N. M. ; ALVES, L. C. C. ; MANOUKIAN, N. . Avaliacao da Pre-Calicreina Plasmatica Na Forma Hepato-Esplenica da Esquistossomose Mansonica. REV.BRAS.PATOL.CLIN., v. 19, n.1, p. 8-10, 1983.

  • FORONES, N. M. ; MANOUKIAN, N. . Avaliacao Funcional e Imunologica da Protrombina Na Forma Hepato-Esplenica da Esquistossomose e Na Cirrose Hepatica. REV.PAUL.MED., v. 101, p. 182-185, 1983.

  • FORONES, N. M. ; MANOUKIAN, N. ; COLELA, R. ; LOPES, E. A. ; SUSTOVICH, K. . Mixoma Biatrial. Apresentacao de Um Caso. AN.PAUL.MED.CIR., v. 108, p. 51-55, 1981.

  • FORONES, N. M. ; OSHIMA, C. ; MATTOS, D. ; CATARINO, R. . Estradiol and progesterone receptors in gastric and colorectal cancer.. hepatogastroenterology, Atenas/Stuttgar, v. 46, p. 31555-3158, 1999.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

FORONES, N. M. . Cancer Colorretal. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    Estudo da qualidade de vida do cuidador de pacientes com câncer gastrintestinal, Descrição: INTRODUÇÃO: O câncer colorretal, de estômago, esofágico, hepático e pancreático estão entre os cânceres mais comuns no Brasil. Esses tumores geralmente afetam os pacientes após o sexto dia. década de vida. Embora estejamos cientes de todas as dificuldades do cuidador em relação ao paciente com câncer, é necessário investigar quais domínios foram afetados na relação entre a família e o paciente com câncer em tratamento com câncer do aparelho digestivo. OBJETIVO: Estudar os aspectos epidemiológicos e a qualidade de vida de cuidadores de pacientes com câncer gastrointestinal. MÉTODO: Estudo descritivo com análise quantitativa da qualidade de vida de cuidadores em tempo integral de pacientes com diagnóstico de câncer gastrointestinal (CIV) durante o tratamento quimioterápico e / ou radioterápico. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética sob CAAE n 04338518.2.0000.5505 e foi realizado no Ambulatório de Oncologia Tumoral Gastrointestinal UNIFESP-EPM. Todos os cuidadores responderam aos questionários do questionário SF - 36, que é uma ferramenta de avaliação de qualidade de vida genérica, de fácil administração e compreensível. Consiste em um questionário multidimensional composto por 36 itens, englobados em 8 escalas ou domínios, quais sejam: capacidade funcional, aspectos físicos, dor, estado geral de saúde, vitalidade, aspectos sociais, aspectos emocionais e saúde mental. Apresenta uma pontuação final de 0 (zero) a 100 (obtida através do cálculo da Escala Bruta), onde 0 é o pior e 100 é o melhor. CBS caregiver burden scale constituido por 5 dominios. Quamto maior o valor, maior a sobrecarga.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / Lilian N Rosa - Integrante.

  • 2018 - 2020

    Sobrecrescimento bacteriano intestinal e intolerância à lactose em pacientes com câncer colorretal em quimioterapia, Descrição: Mundialmente, o câncer colorretal (CCR) e o câncer gástrico (CG) são o terceiro e o quinto tipo mais incidente, respectivamente. Além de ressecções cirúrgicas e quimioterapia, alterações na flora intestinal que podem levar a intolerância à lactose e supercrescimento bacteriano do intestino delgado (SBID), podem causar diarreia. Objetivo: Avaliar a incidência de SBID e de intolerância a lactose nos pacientes com CCR e gástrico em tratamento quimioterápico e sua relação com o estado nutricional e presença de diarreia. Casuísticas e Métodos: Estudo descritivo e observacional realizado com pacientes atendidos no ambulatório de Gastro-Oncologia e Oncologia Clínica da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) e aprovado sob CAAE de n 81597517.0.0000.5505. Foram coletados número e aspecto de evacuações e grau de toxicidade. Foi avaliado o estado nutricional através do cálculo do IMC e o risco nutricional pela avaliação subjetiva global pelo próprio paciente (ASG-PPP). Para os testes respiratórios, foram utilizados lactulose e lactose para diagnóstico de SBID e intolerância à lactose, respectivamente. Resultados: Ao todo, 33 pacientes participaram do estudo, 30 com CCR e 3 com CG. A maioria era do sexo masculino (57,6%) com média de idade de 60,03 anos. A maioria estava em quimioterapia com fluoropirimidina e oxaliplatina (54,5%). A diarreia esteve presente em 54,5% dos casos, 30,3% apresentaram toxicidade grau II. Segundo o IMC 78,9% estavam eutróficos, em sobrepeso ou com obesidade, mas segundo a ASG-PPP, 84,9% apresentavam risco nutricional moderado ou grave B. Entre os pacientes, 9% tinham SBID e 45% intolerância à lactose. Conclusão: A diarreia foi um sintoma frequente nos pacientes em quimioterapia tanto para aqueles com SBID e intolerância à lactose positivos quanto àqueles com resultados negativos. A cirurgia e o tratamento quimioterápico impactaram no hábito intestinal dos pacientes. O diagnóstico da etiologia da diarreia pode contribuir para uma melhor tolerância ao tratamento e qualidade de vida.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / Aline R Gonçalves - Integrante., Financiador(es): CAPES - Centro Anhanguera de Promoção e Educação Social - Bolsa.

  • 2017 - 2019

    Investigação de biomarcadores a partir do peptidoma sérico de pacientes com câncer gástrico, Descrição: Introdução: O câncer gástrico (CG) é a quinta neoplasia maligna mais diagnosticada e a terceira principal causa de morte associada a câncer, mundialmnte. No Brasil, foi estimado 21.000 novos casos para o biênio 2018-2019. O CG é freqüentemente diagnosticado em estádio avançado ocasionando redução nos índices de eficácia terapêutica e, portanto, a identificação de biomarcadoes que possibilitem um diagnóstico precoce pode resultar em uma melhor sobrevida. O objetivo deste estudo foi realizar uma análise comparativa dos peptídeos endógenos (peptidoma) sérico de pacientes diagnósticados com adenocarcinoma gástrico (ACG) e indivíduos sem tumor (controle), tal qual realizar o mapeamento das proteases envolvidas na produção destes peptídeos. Método: Foram utilizadas 15 amostras séricas tumorais (estádio I-IV) e 15 de controles, dos quais os peptídeos extraídos foram, posteriormente, agrupados randomicamente em 5 replicatas biológicas (n = 3) por grupo. As amostras foram submetidas à análise de cromatografia liquida acoplada à espectrometria de massas in tandem (LC-ESI-MS/MS), seguido pela predição das proteases baseada no peptidoma. A partir da análise de principais componentes (PCA) baseado na intensidade dos íons resultantes, foi possível evidenciar a correlação entre os pools das amostras de cada grupo e diferenciação entre os mesmos. Resultados: Um total de 191 peptídeos foram identificados correspondendo à produtos de clivagem de 36 proteínas envolvidas principalmente na degranulação de plaquetas e neutrófilos, regulação de exocitose, atividade proteolítica e resposta imune. Foram preditas 29 serino-, 19 metalo-, 8 cisteino- e 3 aspartil-protease, em que a protrombina, plasminogênio, MMP14, MMP7 e MMP3 foram associadas ao maior número de clivagens. A partir da quantificação relativa dos peptídeos (metódo label-free quantification), 33 peptídeos apresentaram diferenças significativas (fold change 1.5; p-value < 0.05), sendo 19 aumentados e 14 reduzidos em amostras de ACG. As sequências identificadas com aumento relativo em ACG pertencem ao receptor Poli-Ig, Cistatina S e Complemento C3, enquanto as reduzidas são oriundas da Protrombina, Apolipoproteina-AI, Fator de coagulação XIII, Inibidor de cadeia pesada da alfa tripsina, Alfa-2-HS-glicoproteína e Transtirretina. Além destas, os Fibrinogênios A e B originaram a maioria dos peptídeos, tendo diferenças significativas em ambos os grupos variando de acordo com o tamanho. As sequências de maior comprimento foram reduzidas em amostras de ACG e as menores aumentadas. Usando esses peptídeos, 8 proteases tiveram atividades preditas aumentadas em ACG. Adicionalmente, foi verificado o aumento do fosfopeptídeo 20ADpSGEGDFLAEGGGVR35 (Fibrinopeptídeo A) nas amostras de ACG, enquanto a forma não fosforilada foi mensurada de forma reduzida. Conclusões: A comparação entre os peptidomas permitiu constatar a presença de peptídeos que podem ser usados como possíveis indicadores de tumorigênese. Aumentos da atividade proteólitica e fosforilação do fibrinopeptídeo A podem ser marcadores séricos tumorais.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / Talita Mendes - Integrante / Maria Juliano - Integrante / Maria Anita Mendes - Integrante.

  • 2017 - 2019

    Avaliação de alterações bioquímicas em saliva de pacientes diagnosticados com câncer gastrintestinal submetidos a regime terapêutico quimioterápico contendo Oxaliplatina, Descrição: A saliva é um componente biológico que pode ser empregada na determinação de substâncias e seu uso pode ser ampliado na detecção de alterações bioquímicas causadas por doenças sistêmicas, como o câncer, por exemplo. Por ser de fácil coleta e análise, pode representar um importante caminho tanto na identificação de novos marcadores, bem como em alterações bioquímicas relacionadas ao uso de medicamentos, que possa estar relacionada a reações adversas a medicamentos, como no uso da oxaliplatina. Se identificadas alterações significativas, pode ser estendido o estudo para outros medicamentos utilizados na terapia antineoplásica em trabalhos futuros, além de estratégias de manejo de reações adversas a medicamentos empregados na terapia contra o câncer. Não encontramos alterações hidroeletrolíticas em indivíduos com câncer em uso de quimioterápicos com base em fluoropirimidina e oxaliplatina. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / Jefferson Martins - Integrante.

  • 2017 - 2019

    Expressão do RNAm e metilação do gene DKK2 em tecidos tumorais de câncer colorretal, Descrição: Introdução: O câncer colorretal (CCR) é a terceira neoplasia mais comum no mundo. A metilação de alguns genes nas ilhas CpG podem causar silenciamento gênico e estar envolvida no desenvolvimento de câncer. O potencial papel de DKK2 como um biomarcador no diagnóstico precoce de CCR permanece incerto. O objetivo do estudo foi avaliar o perfil de metilação e expressão de RNAm do gene DKK2 para identificar preditores de diagnóstico e prognóstico de CCR. Casuística e Método: A expressão de mRNAs que codificam DKK2 em 35 tecidos de CRC foi quantificada por reação em cadeia da polimerase em tempo real e a metilação do DNA foi verificada por análise de alta resolução (HRM). As características gerais dos pacientes e os fatores clinicopatológicos foram coletados. A metilação e expressão de DKK2 foram comparadas aos aspectos clínicos, patológicos e a sobrevida global. Resultados: Entre os 35 pacientes estudados, 18 eram do sexo masculino, 10 tumores eram do cólon ascendente ou transverso e 25 do descendente ou reto. Entre os 20 pacientes com hipermetilação, 12 deles apresentaram baixa expressão de RNAm do gene DKK2. Não houve associação significativa entre a metilação do promotor de DKK2 e a expressão de RNAm de DKK2 e características clínicas ou patológicas. A metilação do promotor de DKK2 e a expressão do RNA de DKK2 não mostraram correlação com sobrevida global dos pacientes com CCR. Conclusão: A metilação do gene promotor e a expressão do RNAm do gene DKK2 parecem ser biomarcadores de diagnóstico de câncer, envolvidos na carcinogênese precoce, mas não se mostraram úteis na avaliação prognóstica.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / Aledson Vitor Felipe - Integrante / Tiago Donizetti da Silva - Integrante / Celia Aparecida Marques Pimenta - Integrante / Ronaldo Eliezer Mamelli - Integrante., Número de produções C, T & A: 1

  • 2017 - Atual

    A influência do estado nutricional e da sarcopenia na qualidade de vida, da toxicidade e na tolerância do paciente com câncer durante o tratamento quimioterápicos., Descrição: Introdução O câncer é uma doença crônica e catabólica. A perda de peso no câncer do aparelho digestório é muito comum e está associada ao desenvolvimento de complicações nutricionais causando a desnutrição. Essa condição pode evoluir para caquexia e consequentemente sarcopenia, devido a redução da capacidade funcional e muscular. A caquexia afeta a resposta ao tratamento, aumenta a toxicidade, diminui a qualidade de vida e sobrevida do paciente. A avaliação nutricional precoce permite estimar o risco nutricional para determinar uma intervenção ao quadro, melhorando a resposta clínica e o prognóstico. Existem parâmetros antropométricos e bioquímicos que podem ser utilizados para identificar o estado nutricional e avaliar a mobilidade física do paciente oncológico. Objetivos: avaliar o estado nutricional do paciente em tratamento quimioterápico paliativo com câncer avançado do sistema digestório e correlacionar o estado nutricional e a sarcopenia ao prognóstico. Método: Serão incluídos aproximadamente 100 pacientes com câncer do sistema digestório irressecável com indicação de tratamento quimioterápico antes do primeiro ciclo e após o 3ciclo. Serão avaliados o estado e o risco nutricional pelo IMC, ASG-PPP, força de aperto da mão e o ângulo de fase. Serão também estudados o tempo de marcha, a qualidade de vida pelo EORTC QLQ-C30 e a sarcopenia pelas medidas do tecido adiposo visceral na tomografia computadorizada de abdome.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / BARÃO, K. - Integrante / Rafaela Tonini Destri - Integrante., Financiador(es): CAPES - Centro Anhanguera de Promoção e Educação Social - Bolsa.

  • 2016 - 2019

    Perfil lipidômico de pacientes com câncer gástrico, Descrição: A incidência e moralidade mundiais do câncer gástrico apresentaram uma queda drástica nos últimos 70 anos. Isso, em parte, pode ser explicado por algumas hipóteses relacionadas a introdução da refrigeração, às mudanças nas técnicas de preservação de alimentos; ao aumento no consumo de frutas e vegetais frescos e à diminuição da prevalência da infecção por H. pylori. A incidência é maior em homens, por volta dos 70 anos. No Brasil, No Brasil, o câncer gástrico ocupa o terceiro lugar na incidência entre homens e em quinto, entre as mulheres. A taxa de sobrevida em cinco anos para os pacientes com câncer gástrico no estádio I completamente ressecados é de aproximadamente 70 a 75% e para os estádios II ou mais cai para 35% ou menos. Estes dados preocupantes geraram esforços para melhorar as técnicas de diagnóstico e evidenciam a necessidade e importância de buscar biomarcadores para o diagnóstico precoce da doença. As técnicas de lipidômica podem ampliar o conhecimento dos mecanismos envolvidos no início e progressão do câncer gástrico com potencial aplicação na prática clínica. Dessa forma, sugere-se neste trabalho uma comparação entre o perfil lipidômico sanguíneo dos pacientes com diagnóstico de câncer gástrico a um grupo controle, na tentativa de identificar possíveis biomarcadores lipídicos que possam contribuir para o diagnóstico precoce dessa doença.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / Paulo Kassab - Integrante / Gislaine Fernandes Silva - Integrante.

  • 2015 - 2017

    Avaliação do perfil de agregado plaquetário circulante e da expressão de OX40, CD40L e 4-1BB em pacientes idosos com câncer colorretal, Descrição: A cada ano, mais de 1,2 milhões de pessoas são diagnosticadas com câncer colorretal (CCR) e cerca de 600.000 pessoas morrem por causa dessa doença. A incidência do câncer de cólon aumenta com a idade. O prognóstico dos portadores de câncer colorretal tem melhorado nas últimas décadas, contudo persiste uma sobrevida global menor nos idosos. O ambiente tumoral é composto por células do sistema imune, que refletem a tentativa desse sistema em promover uma resposta antitumoral. Complexas interações entre células e mediadores imunes no microambiente tecidual regulam o crescimento de tumores, progressão, metástase e angiogênese. O entendimento das alterações da imunidade na população idosa com CCR permitirá a intervenção terapêutica para melhorar a resposta à cirurgia e quimioterapia. Objetivo: avaliar o perfil de agregado plaquetário circulante e da expressão de OX40, CD40L e 4-1BB em idosos com câncer colorretal. Métodos: foi realizado um estudo de corte transversal, translacional e prospectivo com grupo de comparação interna, envolvendo 41 idosos portadores de CCR e 77 idosos saudáveis. Foi realizada a análise dos valores percentuais de leucócitos, de agregado de plaquetas ativadas aos linfócitos, monócitos e neutrófilos no sangue periférico. Níveis percentuais de expressão de OX40, selectina-p e CD40L em células T, B, neutrófilo e plaquetas por citometria de fluxo e a dosagem no plasma de s4-1BB e sCD40L através de ELISA. A análise estatística foi realizada através do programa Graphpad v6,0. Resultados: verificou-se níveis percentuais diminuídos de plaquetas/OX40+ e nos pacientes com CCR. Os níveis percentuais de linfócitos B/OX40+ esteveá aumentado nos pacientes metastáticos. Na análise do agregado de plaquetas em leucócitos no sangue periférico, verificou-se que os pacientes apresentaram níveis percentuais reduzidos de AGP-neutrófilos. Os pacientes apresentaram um elevado percentual de plaquetas expressando selectina-p quando comparado aos controles. Observou-se nos pacientes valores percentuais reduzidos de expressão de CD40L em plaquetas e agregado de plaquetas a leucócitos. Os pacientes apresentaram níveis séricos reduzidos de sCD40L quando comparado aos controles. Conclusões: Os idosos com CCR possuem uma imunossupressão que favorece a progressão da doença. Esse conhecimento reveste-se de importância pela possibilidade de imunoterapias que possam ativar os mecanismos da resposta imune frente aos antígenos tumorais no CCR.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / Petrus Moreira de Andradde Lima - Integrante / Leuridan Torres - Integrante.

  • 2014 - 2017

    Genômica e Epigenômica do Câncer Colorretal, Descrição: Introdução: O câncer colorretal (CCR) é uma doença causada por alterações genéticas. No entanto, existe atualmente um interesse crescente em explorar como as variações não genéticas, como os fatores epigenéticos, poderiam influenciar na etiologia de doenças complexas, como o câncer, principalmente mudanças envolvendo a metilação do DNA. Hoje em dia alterações na expressão genica dependentes de metilação do DNA demonstram contribuir com eventos típicos do câncer, silenciando, por exemplo, genes supressores tumorais. Embora a base genética completa para qualquer doença complexa humana ainda não seja conhecida, o re-sequenciamento de genomas e epigenomas inteiros é uma promessa para identificar as causas restantes de variações genéticas envolvidas em doenças como o câncer. Objetivo: Analisar alterações epigenéticas (metilação do DNA) de todo o genoma humano nos CCRs. Analisar o perfil de mutação genética dos genes KRAS, BRAF e PIK3CA buscando formações de painéis genéticos juntamente com epigenéticos que auxiliem na classificação do tumor. Casuística: Será realizado um estudo caso-controle onde os pacientes serão convidados a participar do estudo logo após a internação no Hospital São Paulo, com indicação cirúrgica para ressecção do tumor. Farão parte do estudo 50 pacientes com CCR submetidos a procedimento cirúrgico. Será estudado o tumor colorretal e a mucosa normal adjacente ao tumor. Método: O DNA será extraído do tecido utilizando kits comerciais específicos. O DNA será tratado com bissulfito de sódio utilizando o kit específico para metilação do DNA (Cells-to-CpGTM Bisulfite Conversion Kit Reagents - Applied Biosystems). A análise de metilação será realizada utilizando a tecnologia Infinium Human Methylation 450 BeadChip (Illumina Inc.), A pesquisa de mutações nos genes KRAS, BRAF e PIK3CA será realizada com o Kit desenvolvido pela RANDOX.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / Tiago Donizetti da Silva - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2013 - 2019

    Estudo do Perfil Lipidico em pacientes portadores de câncer de colorretal, Descrição: Introdução: O câncer colorretal (CCR) é, mundialmente, uma das principais causas de câncer. Métodos de diagnóstico precoce através de biomarcadores séricos são necessários. O estudo das ômicas, mais recentemente a lipidômica, tem a finalidade de analisar os lipídeos para melhor compreensão do lipidoma humano. A evolução dos métodos de espectrometria de massa, como a tecnologia por MALDI-MS e de electrospray, possibilitou a detecção e a identificação de uma ampla variedade de lipídeos com grande potencial para abrir novos caminhos para a medicina preditiva e preventiva. Objetivo: determinar o perfil lipidômico de pacientes com câncer colorretal e pólipos. Avaliar alterações após um período de acompanhamento. Casuística e método: Foram selecionados pacientes com CCR estádio I-III, com pólipos adenomatosos e indivíduos com colonoscopia normal. Todos os pacientes foram submetidos a coleta do sangue periférico para extração do lipídeo. As amostras foram analisadas por técnica de MALDI-MS para a identificação dos lipídeos. Análise estatística: para análise univariada e multivariada foram utilizados a análise de componentes principais (PCA) e a análise discriminante pelos quadrados mínimos (PLS-DA). Os íons foram identificados de acordo com a classe de lipídeos usando-se o Lipid Maps (http://www.lipidmaps.org). Resultados: Foram incluídos 88 indivíduos, 40 com CCR, 12 com pólipos e 32 controles. A análise de boxbolt evidenciou 8 íons VIP nos 3 grupos. Observou-se diferenças entre os grupos câncer e controle, assim como entre câncer e pólipo, mas não entre pólipos e controle. O policetídeo (810,1) foi o lipídeo hipo-representado no câncer e hiperrepresentado no pólipo e controle. Entre os pacientes com CCR observamos diferenças entre os lipídeos com invasão linfonodal (N1-2) comparados aos sem invasão linfonodal (N0). Numa análise posterior de um subgupo de indivíduos com CCR observamos alteração significativa em relação as observadas na ocasião do diagnóstico, onde os glicerofosfolipídeos estiveram hiperrepresentados entre estes pacientes. Conclusões: Foram identificados possíveis biomarcadores lipidicos entre os pacientes com câncer comparados aos grupos controle e pólipo. O lipídeo policetídeo (810,1) foi o melhor biomarcador para diferenciar o grupo câncer do controle e pólipo. Não encontramos diferença entre os biomarcadores no grupo pólipo em relação ao controle.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / Patricia Valeria Pereira Serafim - Integrante / Ismael Dale Cotrim Guerreiro da Silva - Integrante / Adiel Figueiredo Jr - Integrante / Edson lo Turco - Integrante / Pamela Muniz - Integrante / Diogo de Oliveira Silva - Integrante.

  • 2013 - 2017

    Correlação entre as mutações genéticas e composição corporal de pacientes com câncer colorretal, Descrição: A terapia tradicional do câncer é composta por quimioterapia, radioterapia e cirurgia, terapias essas que podem limitar a ingestão e absorção dos nutrientes com consequente comprometimento do estado nutricional de pacientes oncológicos, principalmente os tumores do trato gastrintestinal, que podem causar obstrução e redução alimentar, levando à perda de peso. A incidência de acometimento do estado nutricional será influenciada de acordo com o tipo, estágio do câncer e do organismo envolvido . Pacientes oncológicos com perda ponderal superior a 10% do peso corporal possuem menor sobrevida que indivíduos com o mesmo tipo e estádio da doença que se mantém eutróficos. Bosaeus corrobora tal fato, ao concluir, em seu estudo, que o hipermetabolismo e a perda de peso significante predispõem ao pior prognóstico, enquanto o aumento da ingestão energética se associa ao aumento da sobrevida. Nesse contexto a periódica avaliação nutricional para monitorar a composição corporal deve fazer parte da rotina do tratamento do paciente com câncer, pois a alteração dessa composição corporal influenciará na susceptibilidade a infecções, resposta terapêutica e no prognóstico do indivíduo. A identificação de uma degeneração de um tecido normal até o surgimento de um câncer ocorre em consequência a um acúmulo de mutações de genes que expressam proteínas com ação sobre o ciclo celular. A presença dessas mutações influencia na resposta a terapêutica e ao prognóstico do indivíduo. Associado a essa evidência a patogênese do câncer também pode ser influenciada pela composição corporal do indivíduo, conforme já descrito. No entanto até o momento os estudos que relacionados ao estado nutricional dos pacientes oncológicos e as mutações genéticas, foi limitado ao Índice de Massa Corporal, método esse que pode mascar o estado nutricional de indivíduos. Nesse sentido, ao considerar a estreita relação entre CCR, mutações genéticas, composição corporal, resposta terapêutica e sobrevida do paciente, verifica-se a necessidade de identificação das mutações genéticas presentes no câncer colorretal associado à de identificação e monitorização da composição corporal do paciente. Serão nossos objetivos: Analisar a composição corporal de pacientes com câncer colorretal por meio da bioimpedância elétrica, ASGPP, IMC. Avaliar a presença de mutações genéticas em tecido tumoral de pacientes com câncer colorretal. Determinar potenciais inter-relações entre composição corporal e mutações genéticas em pacientes com câncer colorretal. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / Tiago Donizetti da Silva - Integrante / Mariana Abe Vicente - Integrante.

  • 2012 - 2015

    Estudo do Polimorfismo Genético dos Receptores de Vitamina D BsmI, ApaI e dos Genes CYP27B1 e CYP24A1 e sua relação com os níveis séricos da Vitamina D e a susceptibilidade de Câncer Colorretal, Descrição: Mundialmente, o câncer colorretal (CCR) é o terceiro câncer mais comum entre os homens eo segundo tipo de câncer mais comum entre as mulheres. Factores genéticose ambientais e doenças inflamatórias aumentam o risco de CCR.. Em contraste, a vitamina D juntamente com o cálcio exerce um efeito proteto.. A exposição da pele à luz solar é a principal fonte de vitamina D, durante o qual precursores de vitamina D são convertidas em pré-vitamina D e são transportados a diferentes órgãos, onde são convertidas em 25-OH vitamina D e, em seguida, a 1,25 - (OH) 2-vitamina D3 pelar CYP27B1. Após ação da CYP24A1, a forma ativa da vitamina D se liga ao receptor da vitamina D (VDR) e é transportado para o núcleo onde se liga a sequências de DNA específicas. Objetivos: Este estudo investigou a relação de polimorfismos em VDR (BsmI e Apal), CYP27B1 e CYP24A1; estilo de vida; e hábitos alimentares com o risco de CRC. Métodos: O estudo incluiu 152 pacientes com CCR e 321 controles sem câncer. Todos os participantes responderam a um questionário sobre os seus hábitos alimentares, consumo de álcool e tabagismo. Seus registros médicos foram analisados, e as suas amostras de sangue periférico foram coletadas para extração de DNA genômico. Os polimorfismos foram identificados através da realização de PCR-RFLP e por sequenciação genética. Os resultados foram analisados através da realização do teste exato de Fisher; Teste t de Student, ANOVA; Correlação de Pearson; análise de sobrevida pelo método e log-rank Kaplan-Meier teste; e, mutlivariate, e regressão ponderada análises univariadas. Um valor de p inferior a 0,05 foi considerado estatisticamente significativo. Resultados: A idade média dos participantes foi de 62,8 anos. Baixo ou nenhum consumo de frutas, cereais e produtos lácteos; tabagismo; e o consumo de álcool foram associadas com um risco aumentado de CRC. Aa genótipo heterozigoto ou associação genótipo aa + Aa do polimorfismo VDR Apal aumentou o risco de CRC. O VDR BsmI, o polimorfismo não foi significativamente associada com o risco de CRC. A análise multivariada mostrou que o genótipo heterozigoto e associação AT + AA do polimorfismo rs6013897, genótipos CT do polimorfismo rs158552, associação genótipo CT + CC e os genótipos AA e GG do polimorfismo rs17217119 e heterozigotos genótipo GT e GT associação genótipo + TT do polimorfismo rs10877012 em CYP27B1 foram associados com um maior risco de CRC. Conclusões: Nossos resultados mostraram que os hábitos alimentares; estilo de vida; e polimorfismos em VDR (Apal), CYP24A1 (rs6013897, rs158552, rs17217119 e), e CYP27B1 (rs10877012) foram associados com um risco elevado de CRC. Não foi observada correlação entre os genótipos de SNP do VDR, CYP24A1, CYP27B1 e polimorfismos e sobrevivência entre os pacientes com CCR.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (2) . , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / Tiago Donizetti da Silva - Integrante / Veronica Marques Vidigal - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2011 - 2015

    Efeito do siRNA sob a via transcricional NF-B como silenciador do gene da Interleucina-8 em linhagem de células de câncer gástrico infectadas por Helicobacter pylori, Descrição: Introdução: Apesar do declínio na incidência mundial, o câncer gástrico (CG), é a principal causa de mortalidade por câncer. Os efeitos inflamatórios estão presentes na carcinogênese gástrica. O câncer e a inflamação estão atrelados por duas vias distintas: via intrínseca que é ativada por eventos genéticos que causam neoplasia e a via extrínseca por doenças inflamatórias ou infecciosas. A persistência da colonização do H. pylori na região gástrica induz a liberação de citocinas de quimiotaxia como a Interleucina 8 (IL-8), estimulando a infiltração de neutrófilos na mucosa gástrica, levando a gastrite crônica, displasia e câncer. Os pequenos RNAs de interferência (siRNAs) são sintéticos exógenos que podem possuir um enorme potencial na terapia epigenética, por reprimir a transcrição dos genes causadores de diversas doenças. Objetivo: silenciar o gene IL-8 em linhagem de células de câncer gástrico, ASG, infectadas por Helicobacter pylori, via siRNA. Material e Método: Será induzida a transcrição do mRNA do gene IL-8 via Infecção por Helicobacter pylori, CagA ou lipopolissacarídeos (LPS) em células de adenocarcinoma gástrico ASG, assim como em células parietais gástricas normais. A expressão do gene da IL-8 será avaliada antes e após infecção. As células dos dois grupos serão transfectadas com o siRNA específico para o mRNA do gene IL-8 e obtidas as curvas de proliferação celular. Análise Estatística: Todos os ensaios serão realizados em triplicata e expressos como a média e o desvio padrão. A avaliação estatística será realizada pelo teste de ANOVA de uma via com o software SPSS 13.0 (SPSS Inc, EUA) ou similar. Valores de p<0,05 serão considerados estatisticamente significativos e valores de p 0,05 a 0,10 serão considerados marginalmente significativo.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / Aledson Vitor Felipe - Integrante / Juliana de Oliveira - Integrante / Andrea Aparecida de Moraes - Integrante., Financiador(es): Universidade Federal de Sao Paulo - Cooperação.Número de orientações: 1

  • 2011 - 2013

    Efeitos do tratamento oral com suco de uva concentrado na expressão de NF-Kappa B, TNF- e iNOS no carcinoma induzido experimentalmente em ratos wistar, Descrição: Introdução: O câncer colorretal ocupa o terceiro lugar em incidência mundial em ambos os sexos e a segunda causa em países desenvolvidos. O tratamento preventivo, dirigido ao consumo de alimentos que tenham propriedades anti-neoplásicas, podem ajudar na diminuição destes índices. A uva é uma fruta largamente investigada na prevenção de doenças cardio-vasculares e recentemente em pesquisas com câncer. A quantidade de fenólicos presentes na uva tem múltiplos efeitos biológicos, tais como atividade antioxidante, antiinflamatória antimicrobiana e anticarcinogênica. O resveratrol uma das substancias existentes nessa fruta tem propriedades antiinflamatórias podendo atuar na inibição de NF-Kappa B, TNF-alfa e iNOS. Essa situação nos remete a uma investigação para detectar a eficácia do suco de uva concentrado no câncer colorretal, na displasia e no câncer já presente. O intuito desta pesquisa experimental é mostrar a eficácia das possíveis propriedades existentes na uva no câncer colorretal. Objetivo: Avaliar os efeitos do xarope de uva no câncer de cólon induzido em ratos wistar, através do estudo da expressão de NF-Kappa B, TNF-alfa e iNOS. Material e Métodos: Serão utilizados 60 ratos machos com idade de 5-7 semanas com peso aproximadamente de 200-280g, divididos em 6 grupos com (n=10) animais cada, onde o grupo controle SHAM receberá solução salina. No grupo experimental todos receberão azoximetano (AOM) 15mg/kg por peso corporal 1 vez por semana por 2 semanas e divididos em 4 grupos: G-O2 que após receber AOM não receberá tratamento, G-03 receberá dieta padrão mais xarope de uva a 2% a cada 2 dias duas semanas antes de receber a primeira aplicação de AOM e continuará recebendo até o final do experimento; G-04 após 1 semana da ultima aplicação de AOM será tratado com 1% de xarope de uva a cada 2 dias; G-05 após 1 semana da última aplicação de AOM será tratado com 1% de xarope de uva a cada 2 dias; O G-06 será tratado com xarope de uva a 2% sem receber aplicação de AOM.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / Daniel Lopes - Integrante / Vanessa Maria de Lima Pazine - Integrante / Daniel Araki Ribeiro - Integrante / Roseane Mendes Silva - Integrante / ana paula paiotti - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2011 - 2013

    Estudo de alterações epigenéticas como possíveis biomarcadores no diagnóstico não invasivo do câncer colorretal, Descrição: O câncer colorretal (CCR) é o segundo câncer mais frequente na Europa e Estado Unidos (Tänzer et al., 2010). O número de casos novos de câncer de cólon e reto em estudos de estimativa para o Brasil no ano de 2010 publicados pelo INCA é de 13.310 casos para homens e de 14.800 em mulheres (INCA,2010). Apesar de indiscutíveis melhoras nas práticas médicas e cirúrgicas, a taxa de mortalidade por câncer colorretal se mantém em cerca de 40% (Ferreira et al., 2004). O CCR resulta do acúmulo de múltiplas mutações somáticas em uma célula (Ferreira et al., 2004). Evidências tem demonstrado que tanto alterações genéticas como epigenéticas tem igual importância na patogenicidade do CCR. Em particular, genes supressores tumorais podem ser silenciados pela metilação da ilhas CpG que são encontradas na região 5' em aproximadamente metade dos genes em humanos (Gonzalo et al., 2010). O CCR pode ser curável em até 90% dos casos quando detectado em estádio precoce. Não há crescente expectativa de que a nova geração de testes de rastreio com base na detecção sanguínea de marcadores devam melhorar o diagnóstico precoce de CCR como evidenciado em outras doenças como hipercolesterolemia, câncer de próstata. A determinação de eventos epigenéticos é um forte candidato para detecção precoce da doença, já que a regulação da expressão gênica por metilação aberrante do DNA é um evento bem caracterizado na biologia tumoral e amplamente descrito para CCR (Gonzalo et al., 2010). O intuito desta pesquisa é estudar a sensibilidade e especificidade do método no diagnóstico de câncer colorretal e na detecção de lesões neoplásicas baseadas em marcadores epigenéticos, uma vez que métodos invasivos não são acessíveis devido a seu alto custo além de vários outros fatores.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (2) . , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / Aledson Vitor Felipe - Integrante / Tiago Donizetti da Silva - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2012

    Estudo caso-controle de alterações genéticas em DNA fecal e tecidual em pacientes com câncer colorretal, Descrição: O câncer colorretal (CCR) representa o terceiro câncer mais incidente em todo o mundo, incluindo o Brasil. O risco estimado para a população brasileira é de 13 novos casos em 100000 homens e de 15, em 100000 mulheres. Na carcinogênese colorretal ocorrem várias alterações gênicas. A perda de função da proteína APC, decorrente de mutação genética no gene supressor de tumor APC, estimula a proliferação celular e é descrita como a primeira alteração na carcinogênese colorretal. Nos genes K-ras ou BRAF, as mutações podem ativar permanentemente a expressão das proteínas transcritas e promover a progressão da lesão no epitélio colônico com formação do adenoma. Mutações do gene TP53 ("Guardião do Genoma"), podem ocorrer com inativação da proteína, impede sua ação no ciclo celular e indução de apoptose. Estas alterações que ocorrem no tumor podem também ser encontradas nas fezes. O objetivo deste estudo é detectar mutações destes genes nas fezes e comparar com a presença dos mesmos no tumor. Serão estudados 150 indivíduos com indicação de colonoscopia e divididos em 3 sub-grupos conforme os achados: normal, pólipo e câncer. Nestes pacientes será realizada a análise de mutações nos genes TP53, K-ras, APC e BRAF em DNA nas fezes e nos tecidos pela metodologia RANPLEXCRC (Randox Clinical Diagnostic Solutions), baseada na detecção simultânea de 28 mutações nesses genes através de microarray. O procedimento para identificação tem como inicio o pré-enriquecimento do DNA, com primers contendo as mutações, através de duas reações MPCR (Reações de Cadeia de Polimerase Multiplex). Uma primeira MPCR permite amplificar simultaneamente os genes K-ras, BRAF e TP53 e a segunda, o gene APC. Posteriormente serão realizados a hibridização, ligação e amplificação de probes para análise por microarray (Biochip Array Technology). O intuito desta pesquisa é estudar a sensibilidade e especificidade de uim método diagnóstico não invasivo no diagnóstico de câncer colorretal e de pólipos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (3) . , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / Jacqueline Miranda de Lima - Integrante / Aledson Vitor Felipe - Integrante / Tiago Donizetti da Silva - Integrante / Celia Aparecida Marques Pimenta - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2010 - Atual

    Análise da eficácia de métodos e indicadores de estado nutricional em pacientes com câncer gástrico, colorretal e esôfago, Descrição: ntrodução: A desnutrição em pacientes com câncer é multifatorial, advinda de substâncias produzidas pelo tumor ou pelo hospedeiro, obstrução do trato ou ainda conseqüência do tratamento quimioterápico. Pesquisadores sugerem que o estado nutricional de pacientes oncológicos pode influenciar na recidiva, na taxa de sobrevivência, ou seja, pode ser um fator de prognóstico. Por isso verifica-se a necessidade de encontrar métodos que predizem o estado nutricional do paciente oncológico. Objetivos: Avaliar o estado nutricional de pacientes com câncer gástrico, colorretal e esôfago, por meio da Avaliação Subjetiva Global produzida pelo próprio paciente (ASG-PPP), pelos níveis séricos das proteínas plasmáticas (albumina, pré-albumina, transferrina), pelo Nutritional Risk Index (NRI), adiponectina e bioimpedância elétrica. Casuística e Método: Serão estudados 80 pacientes com recente diagnóstico de câncer colorretal, gástrico e esôfago; 80 em acompanhamento por mais de 3 anos e 80 sem diagnóstico de qualquer tipo de câncer para grupo controle. A todos serão aplicados os questionários de: Avaliação Subjetiva Global Produzida pelo próprio paciente (ASG-PPP), o Índice de risco nutricional (Nutritional Risk Index -NRI), medidos o IMC, a bioimpedância. Serão também determinados os níveis plasmáticos de albumina, pré-albumina, transferrina e adiponectina.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (2) . , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / Katia Barao - Integrante / Mariana Abe Vicente - Integrante / Gislaine Andrade Ozorio - Integrante / Rafaela Tonini Destri - Integrante.

  • 2009 - 2011

    Ângulo de fase, grelina e leptina em pacientes com câncer colorretal, Descrição: Introdução: A depleção nutricional está associada a um prognóstico negativo em pacientes com câncer. Por outro lado, o aumento do índice de massa corporal (IMC) e da adiposidade também são fatores de risco. A alteração do IMC pode ocorrer tanto por perda de massa magra ou gorda, escondendo assim o verdadeiro estado nutricional. A bioimpedância elétrica consegue determinar a distribuição de massa magra, gorda e água, além de fornecer o valor do ângulo de fase, índice recomendado como uma ferramenta prognóstica. Avaliar, manter e/ou melhorar o estado nutricional em pacientes com doenças catabólicas como o câncer é um desafio que exige maiores conhecimentos. Dentre as regulações existentes, a leptina é um hormônio anorexígeno produzido principalmente pelos adipócitos, em proporção à quantidade de tecido adiposo. Em casos de perda significativa de peso, as concentrações da grelina, um hormônio orexígeno produzido pelas células da mucosa parietal do estômago, aumentam ocorrendo sinais de fome e de economia de energia, tornando o metabolismo mais lento. Objetivo: avaliar e correlacionar a grelina, leptina e o ângulo de fase, verificando se suas alterações são influenciadas pela presença do tumor e/ou IMC. Casuística e método: Pacientes com câncer gástrico e colorretal foram divididos em grupo Caso (pacientes em tratamento) e grupo Controle (pacientes em acompanhamento clínico) para a avaliação do índice de massa corpórea, do percentual de gordura e do ângulo de fase. Níveis séricos de leptina e a grelina foram determinados por ELISA. Resultados: 101 pacientes fizeram parte do grupo Caso e 113 do grupo Controle,166 com câncer colorretal 48 com câncer gástrico. A média do IMC foi menor no grupo Caso sendo a desnutrição prevalente entre os homens, os pacientes com câncer gástrico e os do grupo Caso. O ângulo de fase e a concentração de leptina sérica foram mais baixos nos pacientes do grupo Caso e entre os desnutridos enquanto que a concentração de grelina foi mais alta. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / Katia Barao - Integrante / Celia Aparecida Marques Pimenta - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2009 - 2011

    Estudo da qualidade de vida e estado nutricional de pacientes com câncer gastrintestinal, Descrição: Introdução: As neoplasias de esôfago, estômago e colorretal podem comprometer o estado nutricional e levar a perda de peso grave e caquexia. O tratamento quimio e radioterápico agregam reações e sintomatologia ao paciente, comprometendo o andamento do mesmo, qualidade de vida e sobrevida do doente. Objetivos: Avaliar o estado nutricional de portadores de câncer de esôfago, gástrico e colorretal, durante tratamento quimioterápico, através de critérios antropométricos antes e após orientação nutricional e suplementação oral e alterações na qualidade de vida. Casuística e Método: foram analisados de forma seqüencial e prospectiva, portadores de câncer de esôfago, estômago e colorretal, do Ambulatório de Oncologia da Disciplina de Gastroenterologia da UNIFESP/EPM, de ambos os sexos, acima de 18 anos. A avaliação constou: antropometria (peso e altura), bioimpedanciometria, aplicação de questionário EORTC para mensuração da qualidade de vida, orientação dietoterápica com adequação da dieta ingerida (oral) ou administrada (enteral) e, se necessário, suplementação via oral. Resultados: Foram avaliados 35 pacientes; 7 portadores de câncer de esôfago (CE), 8 de câncer gástrico (CG) e 20 colorretal (CCR). A média de idade variou entre 55,6 e 61 anos. Todos foram submetidos a 2 ou 3 avaliações, e a maioria apresentava doença não-metastática. O peso foi maior no grupo colorretal e não houve diferença no comparativo longitudinal nos grupos, igualmente observado em relação ao índice de massa corporal nos três grupos, não havendo diferença estatística na avaliação transversal. Na massa magra, na avaliação transversal, se verificou menores valores na primeira e última avaliação, sendo ambas menores no colorretal em relação ao esôfago. Na avaliação longitudinal, não se observou diferença estatística entre os grupos. Na variável massa gorda verificou-se diferença significante entre os períodos; o grupo colorretal obteve valores maiores que o esôfago tanto na primeira (p=0,01) quanto n. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / Gisele Vieira - Integrante.

  • 2009 - 2011

    Polimorfismo da COX-2 (-765 G>C) e da 5-LOX (G-1708A) em pacientes com câncer colorretal, Descrição: Introdução: O câncer colorretal (CCR) representa uma das principais causas de morte por neoplasia. Alterações genéticas têm sido associadas ao aumento do risco e agressividade do CCR. Os genes das ciclooxigenases (COX-2) e das lipoxigenases(5-LOX) atuam no ciclo celular, no crescimento tumoral e na produção de prostaglandinas. Objetivo: Avaliar o polimorfismo da COX-2 765G>C e da 5-LOX(1408 G>A) em sangue periférico de pacientes com CCR. Casuística e Método: Estudo caso-controle feito em pacientes com CCR em comparação com indivíduos sem câncer. DNA foi extraído de leucócitos, e a análise do polimorfismo realizado pelas técnicas de PCR-RFLP e sequenciamento genético. Tabagismo, etilismo, dieta e exercícios físicos foram investigados por questionário. Resultados: foram estudados 205 controles e 186 com câncer. A idade média do CCR foi de 62,5 anos sendo 99 mulheres. Não houve diferença entre sexo e idade nos dois grupos. Baixa ingestão de verduras, frituras, ausência de atividade física foram mais frequentes no CCR. O genótipo homozigoto mutado CC aumentou o risco de CCR em aproximadamente 4 vezes (OR:3,738; IC95%=1,419;p=0,008). A baixa atividade física e o genótipo GG aumentaram o risco para CCR em cinco vezes. Genótipos 5-LOX não alteraram o risco de CCR (OR:0,985;IC95%+=0,238-4,081). Conclusões: O genótipo mutado CC foi mais frequente no grupo com câncer, sendo um fator de risco independente para a doença. Não encontramos correlação entre risco de CCR e polimorfismo da 5-LOX.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / Jacqueline Miranda de Lima - Integrante / Aledson Vitor Felipe - Integrante / Tiago Donizetti da Silva - Integrante / Celia Aparecida Marques Pimenta - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2012

    Hormônios e Neuropeptídeos em Pacientes com Câncer Gástrico e Colorretal, Descrição: ntrodução: O hipotalamo e o orgão central da alimentação mediando a regulação da dieta a curto e longo prazo através da síntese de vários hormônios e neuropeptídios orexígenos e anorexígenos. O desequilíbrio nesta regulação pode resultar em desordens no comportamento alimentar levando a caquexia ou obesidade. Pacientes com câncer avançado desenvolvem desnutrição causando efeitos negativos na resposta as terapias. As alterações no metabolismo, nos hormônios e nas citocinas circulantes são conhecidas como fatores que intensificam a síndrome de anorexia e caquexia, o que justificaria a progressiva perda de peso dos pacientes oncológicos. O paciente caquético e mais suscetível a processos infecciosos, complicações pós-operatórias e menor tolerância ao tratamento oncológico.A obesidade e considerada um fator de risco de muita neoplasia, entre elas o câncer colorretal. Estudos apontam a conexão entre obesidade, síndrome metabólica e alterações relacionadas com câncer colorretal. O sobrepeso e obesidade são responsáveis por 14% das mortes causadas por câncer em homens e 20% em mulheres, respectivamente. Os estudos moleculares e fisiológicos dentro do controle neuroendócrino da alimentação através dos hormônios e neuropeptídeos apontam a necessidade de novas estrategias para possibilitar o tratamento de enfermidades relacionadas a regulação do balanco energético. Objetivo: O estado nutricional, níveis hormonais e neuropeptídeos, estadiamento e localização do tumor serão determinados e correlacionados a fim de possibilitar o entendimento das alterações metabólicas que intensificam a síndrome de anorexia e obesidade dos pacientes com tumor gástrico e colorretal. Casuística e Métodos: Serão Avaliados 100 pacientes com câncer gástrico e colorretal. A avaliação do estado nutricional sera realizada através do Índice de massa corporal (IMC) e impedanciometria elétrica (BIA) para determinar o percentual de gordura e massa magra. A analise sanguínea sera realizada através de. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / Katia Barao - Integrante / Lila Missae Oyama** - Integrante / Ana Damaso - Integrante.

  • 2008 - 2010

    Estudo do Polimorfismo genético da N-Acetiltransferase 2 (NAT2) e a susceptibilidade ao câncer colorretal na população brasileira na região de São Paulo., Descrição: Os seres humanos possuem diferentes susceptibilidades a diferentes carcinógenos (Lichtenstein et al, 2000; Vineis et al, 2003). A base bioquímica para tal variação de susceptibilidade aos diversos agressores ambientais está relacionada a polimorfismos genéticos que normalmente ocorrem na população, em especial nos genes envolvidos na predisposição específica para câncer, ativação metabólica ou detoxificação de agentes tóxicos ambientais, controle do reparo de DNA ou dano celular (Vineis, 2003; Lichtenstein et al 2000; Vineis P, 2001; Autrup, 2000; Clapper, 2000). A N-acetiltransferase 2 (NAT2) é uma importante enzima de fase II (grupo de enzimas responsáveis pela conjugação ou catalização de compostos carcinógenos), cuja acetilação cataliza aminas aromáticas heterocíclicas (HAA) e nitrosaminas, encontradas respectivamente em compostos carcinógenos e drogas terapêuticas (Edyta et al,2006). A N-acetiltransferase 2 (NAT) é uma enzima polimórfica essencial envolvida no metabolismo de vários xenobióticos, incluindo carcinógenos potenciais como aminas aromáticas hetrocíclicas. Variantes alélicas no gene NAT 2 são determinadas por SNPs, resultando em baixa, intermediária ou rápida acetilação.(Lilla et al,2006). Indivíduos com o genótipo NAT2 de rápida acetilação podem ter maiores quantidades de ativadores de metabólicos de HAA do que indivíduos com NAT2 de baixa acetilação e os ativadores metabólicos podem ser transmitidos para os tecidos colorretais através da circulação sanguínea causando aductos no DNA e mutação nos genes supressores tumorais que estão envolvidos na formação do câncer colorretal (Pistorius et al, 2005). A associação entre o polimorfismo genético no gene NAT2 e câncer colorretal tem sido estudado extensivamente, no entanto, ainda não se tem resultados conclusivos, sendo as diferenças étnicas, estilo de vida, quantidade de pacientes estudados, algumas das causas das variações encontradas. A proporção de pessoas com fenótipo de acetilação r. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / Aledson Vitor Felipe - Integrante / Tiago Donizetti da Silva - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2010

    O polimorfismo ?251 A/T na região promotora do gene da interleucina 8 e o risco de câncer gástrico em pacientes infectados por Helicobacter pylori: estudo caso-controle, Descrição: O Câncer Gástrico (CG) possui uma alta incidência a nível mundial, o que reflete em cerca de 700.000 mortos por ano. No Brasil em 2006 foi observado 23.200 novos casos entre homens e mulheres; no Estados Unidos a estimativa de novos casos de CG para 2007 será de 21.260 levando a morte 11.210 pessoas. A bactéria Helicobacter pylori é um dos principais fatores de risco por desencadear diversas respostas inflamatórias dentro do epitélio gástrico do hospedeiro. Exemplo disso é a indução da transcrição do fator de ativação da proteína 1 (AP-1), ativando o fator nuclear (NF)-B e por fim a liberação da Interleucina 8 (IL-8), que atrai fagócitos podendo causar danos à mucosa gástrica pela liberação de radicais de oxigênio reativo, além de induzir a proliferação celular e a angiogênese. Alguns autores descrevem o envolvimento do polimorfismo ?251A/T na região promotora do gene da IL-8 com a incidência, prevalência e/ou prognóstico em outras doenças como na tuberculose, síndrome de stress respiratório em neonatos, câncer colorretal, asma brônquica, infecções respiratórias virais e câncer de próstata. Este projeto visa realizar análises comparativas dos genótipos AA, AT e TT na região promotora do gene da IL-8 (?251A/T), entre o grupo caso 1 (pacientes com CG), grupo caso 2 (parentes de 1° grau) e do grupo controle. Sugerir qual alelo desta região promotora da IL-8 aumenta o risco em desenvolver CG. Correlacionar a presença ou não deste polimorfismo nos pacientes com CG com seus respectivos parentes de 1° grau e ao grupo controle. Correlacionar o polimorfismo ?251A/T na região promotora do gene da IL-8 com a infecção por H. pylori. O DNA será extraído de leucócitos, purificado e a análise do polimorfismo ?251A/T na região promotora do gene da IL-8 será genotipado pela técnica de PCR-RFLP e os resultados serão visualizados através da eletroforese em gel de agarose a 5% com brometo de etídio.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / Aledson Vitor Felipe - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2006 - 2008

    Estudo de polimorfismos nos genes cicilina D1, p53, caderina-e e metaloproteinases 1 e 7 em câncer colorretal e gástrico, Descrição: O objetivo geral deste projeto é correlacionar dados clínicos, epidemiológicos e patológicos de pacientes com tumores esofagicos, gástricos e colorretais que participaram do projeto genoma clínico do câncer (FAPESP) a possíveis alterações genéticas que possam aumentar o risco de desenvolvimento de câncer ou influir em seu prognóstico. Para isso estudaremos a correlação entre: 1. risco de câncer e polimorfismos da ciclina D1 e da metaloproteinase 7 2. prognóstico e polimorfismo da ciclina D1 3. prognóstico e polimorfismo da metaloproteinase7 e do p53.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / Jacqueline Miranda de Lima - Integrante / Ismael Dale Cotrim Guerreiro da Silva - Integrante / Lessilea Gomes Souza - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 3

  • 2004 - 2006

    Avaliação do estado e orientação nutricional dos doentes com câncer do aparelho digestivo, Descrição: Cerca de 35% dos casos de câncer estão relacionados a fatores advindos da dieta e entre outros se destacam o álcool, a luz solar, agentes químicos e infecções por vírus. O objetivo do estudo é comparar o peso corpóreo atual e habitual, as diferenças entre a freqüência pregressa e atual de consumo de alimentos entre pacientes portadores de câncer e complementar a dieta dos pacientes desnutridos. Em estudo concluído em doentes com 70 portadores de câncer gástrico pareado com 70 indivíduos sem diagnóstico de neoplasia. Foram coletados dados de peso e altura, informações sobre grau de escolaridade, saneamento básico, tabagismo, etilismo e preenchido um questionário de freqüência alimentar pregressa. Em relação ao grau de escolaridade, verificou-se que no grupo de pacientes com câncer gástrico, 21 indivíduos nunca ingressaram na escola, e dos que estudaram, cerca de 55% não conseguiram concluir o primeiro grau.. Neste grupo 32,9% dos indivíduos tiveram acesso ao saneamento básico e 37,1% à eletricidade no passado, no grupo controle, este percentual foi de 68,6% para as variáveis (p=0,001). No grupo caso 58,6% dos pacientes moraram na roça, enquanto que no grupo controle apenas 7,1% (p<0,001). Dos pacientes com câncer 65,7% declararam ser fumantes, no grupo controle 44,3% (p<0,05). Os grupos não diferiram em relação a quantidade de cigarros consumidos, mas em relação ao tempo de consumo, o grupo de pacientes com câncer fumou por maior tempo. O etilismo também foi mais freqüente no grupo com câncer (p< 0,001). Porém não foi encontrada diferença em relação ao tempo de consumo de álcool e a quantidade de álcool consumida. Verificou-se que entre os pacientes portadores de câncer houve maior consumo de alimentos ricos em sal, condimentos, nitratos, gordura animal saturada, carboidratos complexos, açúcar refinado e salgados fritos comparados ao grupo controle.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / Lidiane Pereira Magalhaes - Integrante., Financiador(es): Universidade Federal de Sao Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2004 - 2005

    Estudo dos polimorfismos genéticos no gene p53 em câncer colorretal, Descrição: Introdução: A enzima Citocromo P450 é integrante de uma superfamília de proteínas organizadas em famílias, subfamília e genes individuais com base na porcentagem de identidade entre as seqüências de aminoácidos. Essas enzimas desempenham o importante papel de metabolisar e detoxificar diversos compostos. A família do gene CYP1 é induzida pelo receptor aril hidrocarboneto hidroxilase (AHH) que acarretará na ativação dos hidrocarbonetos policíclico aromático (PAHs), presente em vários compostos resultando em um aumento da atividade da enzima. Foram descritos na literatura dois polimorfismos associados ao gene CYP1A1, transição TC na região 3? não codificadora, e uma outra transição de A G ( codon 462 Ile -Val, exon 7). Entretanto, apenas o polimorfismo AG demonstra ter associação com o aumento da inducibilidade do gene CYP1A1 e portanto, alvo de interesse para esse estudo. Objetivo: investigar a incidência do polimorfimo A G (Ile462 Val, exon 7) e sua associação com câncer colorretal e com outros fatores de risco da doença . Casuística e Método: Foram selecionados 114 pacientes portadores de câncer colorretal e 114 indivíduos do grupo controle que foram submetidos à entrevista e subseqüentemente coleta de sangue periférico para o procedimento de extração do DNA genômico Investigarmos a presença do polimorfismo do gene CYP1A1 utilizando técnica de reação em cadeia de polimerase (PCR) e reação de genotipagem por técnica de RFLP. As amostras foram analisadas por meio de corrida eletroforética em gel de agarose e gel Low melting a para a identificação da presença do polimorfismo . Resultados: No grupo caso, 64 eram do sexo masculino, 96 eram da raça branca, 10 negros e 8 amarelos, 53 eram etilistas , 68 tabagistas e 59 tinham historia de câncer . Em relação ao polimorfismo estudado 14 eram homozigotos selvagem A/A, 97 heterozigotos A/G e 3 homozigotos mutados: No grupo controle, 61 eram do sexo masculino, 99 eram da raça bra. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / Patricia Valeria Pereira Serafim - Integrante / Jacqueline Miranda de Lima - Integrante / Ismael Dale Cotrim Guerreiro da Silva - Integrante., Financiador(es): Universidade Federal de Sao Paulo - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2004

    Expressão de COX-1 2 COX-2 na evolução da carcinogênese gástrica. Projeto FAPESP no. 02/0814-6, Descrição: A COX-2 está envolvida na carcinogênese gástrica. Nossos resulatdos nos permitiram concluir que estas alterações ocorrem no início da carcinogênes, ja na metaplasia intestinal e na gastrite crônoca. Observamos tambem uma corraleção entre expressão de COX-2 e extensão do tumor.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / C. OSHIMA - Integrante / Roberto Segreto - Integrante / Karen Kawamura - Integrante / Ricardo Artiggiani Neto - Integrante / Helena Segreto - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2002 - 2005

    Projeto genoma clinico Fapesp no. 01/13205-2, Descrição: O estudo teve por finalidade auxiliar na elucidação da importância de exames genéticos no diagnóstico e no tratamento de pacientes portadores de neoplasias de cólon e reto e auxiliar na coleta de tumor e sangue dos doentes com câncer de estômago. Para tal protocolo, amostras sangüíneas e de tecidos foram obtidas do paciente no período pré-operatório e na cirurgia, havendo seguimento pós-operatório. Entre outubro de 2001 e dezembro de 2004 foram cadastrados 85 pacientes com câncer colorretal submetidos à ressecção cirúrgica. A idade média foi de 55 anos. Segundo o estádio clínico, 1 estádio I, 46 II, 28 III e 10 IV. Dezoito pacientes evoluíram a óbito, sendo 8 por evolução da doença, 4 no pós-operatório e 5 por outras doenças. Participamos também na coleta de 29 tumores e 40 amostras de sangue de pacientes com câncer de estômago.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (1) . , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / D. Mattos - Integrante / Laércio Gomes Lourenço - Integrante / Luciana Zaia Poveglano - Integrante / Patricia Valeria Pereira Serafim - Integrante / Jacqueline Miranda de Lima - Integrante / Ismael Dale Cotrim Guerreiro da Silva - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.Número de orientações: 2

  • 2001 - 2003

    Avaliação dos cromossomos 11 e 17 atraves da técnica de FISH nos adenocarcinomas gástricos., Descrição: O câncer é considerado doença genética e sua evolução é a somatória de mutações em oncogenes e genes supressores de tumor (BERNSTEIN et al., 1993), que participam na regulação do ciclo celular, controlando a proliferação, a diferenciação celular e a apoptose ou a morte celular programada. Diversos genes de várias regiões cromossômicas, tais como 11q13 (gene CCND1 que codifica a ciclina D1) e 17p13 (gene supressor de tumor, TP53), estão amplificados em câncer gástrico. FISH (hibridização ?in situ? pela fluorescência) é técnica laboratorial histoquímica que utiliza sondas de DNA (seqüência de DNA complementar a determinado segmento do genoma com tamanho variando de cem a milhões de pares de bases) marcadas com fluorocromos, na investigação diagnóstica de aberrações cromossômicas, tendo como alvo o DNA nuclear das células em metáfase e em intérfase. Estudos de aberrações numéricas do cromossomo 17, através da técnica FISH, tem demonstrado associação com a progressão tumoral, principalmente com metástase em linfonodos (Terada et al. 1999) e a sua independência em relação aos tipos histológicos intestinal e difuso (Fringes et al. 2000). Foi nosso objetivo Identificar o padrão de anomalias cromossômicas das regiões 11q13 e 17p13, através da técnica FISH, e complementar o estudo com análise dos padrões imuno-histoquímicos das proteínas ciclina D1, p53 e Ki-67. Em nosso estudo, com a utilização das sondas LSI cyclin D1 (11q13)/CEP 11 e LSI p53 (11p13), nove casos (22,5%) não hibridizaram com nenhuma destas duas sondas. Destes, oito eram de blocos de anos anteriores a 1996. Este alto número de perdas de casos pode ser devido, em parte, a ineficiência da penetração da sonda devido à ligação intranuclear da proteína induzida pela fixação com a formalina ou perda do DNA (Sun et al., 1993). A hibridização com a sonda LSI cyclin D1 (11q13)/CEP 11 ocorreu em 30 casos (75%) e não houve hibridização em dez casos (25%). O resultado da hibridização, com a sonda LSI p53 (11p. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / Celina Tisuko Fujiyama Oshima - Integrante / Oswaldo Giannotti Filho - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1

  • 2000 - 2002

    Estudo da qualidade de vida e de alguns aspectos psicológicos doentes com câncer do aparelho digestório, Descrição: O câncer é visto ainda hoje de forma negativa pelas pessoas, que se sentem com medo, ansiosas pela possibilidade de morte e ainda se vêem diante de uma doença associada à tratamentos agressivos. É nosso objetivo avaliar a prevalência de depressão e ansiedade, assim como avaliar a qualidade de vida e toxicidade dos doentes e dos tratamentos propostos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (1) . , Integrantes: Nora Manoukian Forones - Coordenador / Marta Medeiros - Integrante / Esther Abrahmo G. Eidelchtein - Integrante / Vanessa Roque - Integrante., Financiador(es): Universidade Federal de Sao Paulo - Auxílio financeiro.Número de orientações: 2

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2003

Melhor Poster, Sociedade Brasileira de Gastroenterologia.

2003

Mençao honrosa, 3o. Congresso Paulista de Doenças Digestivas.

2000

Luiz de Oliveira Neves, XV Congresso Brasileiro de Cancerologia.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de São Paulo, Departamento de Medicina. , Rua Botucatu 740 - 2o. andar, Vila Clementino, 04023900 - São Paulo, SP - Brasil, Telefone: (011) 55764050, Fax: (011) 55764050

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2003 - Atual

Universidade Federal de São Paulo

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: professor associado, Carga horária: 40

1987 - 2002

Universidade Federal de São Paulo

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: professor adjunto, Carga horária: 40

1987 - Atual

Universidade Federal de São Paulo

Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: PROFESSOR ADJUNTO

Atividades

  • 06/1990

    Direção e administração, Departamento de Medicina, .,Cargo ou função, Chefe do setor de oncologia da Disciplina de Gastroenterologia.

  • 01/1990

    Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Medicina, Disciplina de Gastroenterologia.,Linhas de pesquisa

  • 01/1990

    Ensino,,Disciplinas ministradas, Oncologia do Aparelho Digestivo, Gastroenterologia

  • 01/1990

    Ensino, Gastroenterologia, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Oncologia do aparelho digestivo

  • 09/1987

    Extensão universitária , Grupo Multidiscplinar de Oncologia, .,Atividade de extensão realizada, MEMBRO DO GRUPO MULTIDISCIPLINAR DE ONCOLOGIA.

  • 11/2005 - 11/2007

    Direção e administração, Departamento de Medicina, .,Cargo ou função, Chefe de Disciplina de Gastroenterologia Clínica.

  • 11/2004 - 04/2006

    Direção e administração, Departamento de Medicina, Disciplina de Gastroenterologia.,Cargo ou função, Chefe da Disciplina de Gastrorenterologia.

  • 01/2000 - 12/2005

    Direção e administração, Grupo Multidiscplinar de Oncologia, .,Cargo ou função, Tesoureira.

  • 01/1992 - 11/2005

    Direção e administração, Departamento de Medicina, Disciplina de Gastroenterologia.,Cargo ou função, Coordenador do curso do 5o. ano medico.

  • 01/2000 - 12/2004

    Extensão universitária , Departamento de Medicina, .,Atividade de extensão realizada, Coordenador da residência médica de Oncologia Clínica.