Marcela Gimenes Tanaka

Doutoranda e mestre em Ciência Política pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência Política (IFCH/Unicamp). Graduada em Ciências Sociais pela mesma Universidade. Trabalha, principalmente, com comportamento eleitoral e político brasileiro, recrutamento partidário e formação de preferências, sobretudo na área da relação entre religião e política. Faz parte do Grupo de Estudos em Política Brasileira (PolBras) que é vinculado ao Centro de Estudos de Opinião Pública - CESOP/Unicamp e do Grupo de Estudos e Pesquisa em Geografia Eleitoral (GEPEGE/Unicamp). Também escreve para o blog Legis-Ativo do Estadão.

Informações coletadas do Lattes em 19/02/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Ciência Política

2018 - Atual

Universidade Estadual de Campinas
Título: Política, religião e mídia: a formação de preferências do eleitor confessional na era da comunicação de massas.,
Rachel Meneguello. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Religião e política; Experimentos; Política brasileira.Grande área: Ciências HumanasGrande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Experimentos. Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Religião e Política.

Mestrado em Ciência Política

2016 - 2018

Universidade Estadual de Campinas
Título: O Voto da Fé: comportamento eleitoral e recrutamento partidário dos deputados estaduais evangélicos em São Paulo (2002-2014),Ano de Obtenção: 2018
Orientador: Rachel Meneguello
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil. Palavras-chave: Comportamento eleitoral; Recrutamento Partidário; Política Paulista.Grande área: Ciências Humanas

Graduação em Ciências Sociais

2012 - 2015

Universidade Estadual de Campinas
Título: Padrões de Votação e Bases Sociais Partidárias Locais em São Paulo (1996 e 2014)
Orientador: Rachel Meneguello
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2019 - 2019

Como conduzir e usar entrevistas?. (Carga horária: 9h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2018 - 2018

Métodos Qualitativos para Ciência Política. (Carga horária: 16h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2018 - 2018

Métodos de Utilização do Software R. (Carga horária: 32h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2017 - 2017

Multilevel Analysis for the Social Sciences. (Carga horária: 20h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2017 - 2017

Introduction to Game Theory. (Carga horária: 20h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2016 - 2016

Parlamentos Comparados - Timonthy Power (University of Oxford). (Carga horária: 9h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2016 - 2016

Survey e Construção de Questionários. (Carga horária: 6h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

2016 - 2016

Análise de Dados Categóricos. (Carga horária: 8h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2016 - 2016

Introdução ao uso do R. (Carga horária: 8h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2015 - 2015

Introdução à Analise de Regressão (Módulo II). (Carga horária: 20h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

2015 - 2015

Montagem de Banco de Dados no Access. (Carga horária: 16h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2014 - 2014

Partidos y Sistemas de Partidos.. (Carga horária: 16h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2014 - 2014

Introdução ao Software TerraView Política Social. (Carga horária: 20h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

2013 - 2013

Como acompanhar legislativo/mandatos parlamentares. (Carga horária: 3h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2013 - 2013

Fundamentos e práticas com o Software Terraview. (Carga horária: 6h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2013 - 2013

Métodos Quantitativos: uso do software SPSS.. (Carga horária: 26h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Bem, Lê Bem.

Francês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Comportamento Político/Especialidade: Estudos Eleitorais e Partidos Políticos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

TANAKA, M . VI Fórum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciência Política. 2019. (Congresso).

TANAKA, M ; ALMEIDA, M. V. ; CURI, H. ; MAGALHAES, A. F. ; CATELANO, O. Z. . Oficina de Eleições - Grupo de Estudos em Política Brasileira (Polbras) na UPA. 2018. (Exposição).

TANAKA, M . V Fórum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciência Política. 2017. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

VI Fórum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciência Política. 2019. (Congresso).

11 Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política. A Política da Fé: comportamento eleitoral e recrutamento partidário dos deputados estaduais evangélicos em São Paulo. 2018. (Congresso).

42 Encontro Anual da ANPOCS. Toma lá da cá: recrutamento partidário dos deputados estaduais evangélicos em São Paulo. 2018. (Congresso).

XIX Jornadas sobre Alternativas Religiosas en America Latina. Reclutamiento partidista de los diputados estaduales evangélicos em São Paulo (Brasil). 2018. (Congresso).

41 Encontro Anual da ANPOCS. O Voto da Fé: comportamento eleitoral e recrutamento partidário dos deputados estaduais evangélicos em São Paulo (2002-2014). 2017. (Congresso).

V Fórum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciência Política. 2017. (Congresso).

40 Encontro Anual da ANPOCS. O Financiamento Eleitoral e seu Impacto na Arena Eleitoral. 2016. (Congresso).

X Encontro da ABCP. O voto para o Governo de São Paulo: transformações do comportamento eleitoral no estado (2002-2014). 2016. (Congresso).

IV Fórum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciência Política. São Paulo em perspectiva: transformações do comportamento eleitoral no estado entre 2002 e 2014. 2015. (Congresso).

XXXIII Congresso de Iniciação Científica da Unicamp. São Paulo em perspectiva: transformações do comportamento eleitoral no estado entre 2002 e 2014.. 2015. (Congresso).

38º Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS. 2014. (Encontro).

Depois de junho de 2013: qualidade da democracia, debilidades institucionais e as novas formar de ativismo político no Brasil. 2014. (Outra).

I Encontro de Pesquisa da Graduação - IFCH/Unicamp.Padrões de Votação e Bases Sociais Partidárias em São Paulo (1996 e 2014). 2014. (Encontro).

XXII Congresso Interno de Iniciação Científica da Unicamp. PADRÕES DE VOTAÇÃO E BASES SOCIAIS PARTIDÁRIAS LOCAIS EM SÃO PAULO (1996 E 2014). 2014. (Congresso).

37º Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS. 2013. (Congresso).

Por uma nova forma de ensinar - Por José Pacheco, idealizador da Escola da Ponte (Portugal). 2013. (Outra).

SemanaCS 2013 - Brasis: novos olhares, velhos problemas?. 2013. (Outra).

Semana de Ciências Sociais - SEMANACS, e agora?. 2012. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Zara Rego de Souza

Ribeiro, A. C.; Silame, T.;TANAKA, M. Redes de coligações eleitorais municipais nas 10 maiores cidades do sul de minas. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal de Alfenas.

TANAKA, M; TAKAHASHI, F.; CUSTODIO, T.. Bolsa Volt Data Lab - Investigando a ALESP. 2018. Volt Data Lab.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Maria do Socorro Sousa Braga

MENEGUELLO, R.;BRAGA, M. S. S.; ALMEIDA, R. R. M.. O Voto da Fé: Comportamento eleitoral e recrutamento partidário dos deputados estaduais evangélicos em São Paulo (2002-2014). 2018. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade Estadual de Campinas.

Oswaldo Martins Estanislau do Amaral

AMARAL, Oswaldo E. do.; MENEGUELLO, R.; BOAS, T.. Política, religião e mídia: a formação de preferências do eleitor evangélico. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Estadual de Campinas.

Ronaldo Rômulo Machado de Almeida

Almeida, Ronaldo. Religião e política: recrutamento partidário e comportamento eleitoral. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade Estadual de Campinas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • AMARAL, O. E. ; TANAKA, M . Como os brasileiros escolhem os governadores? Desvendando as razões do voto para os executivos estaduais no Brasil em 2014. OPINIÃO PÚBLICA , v. 22, p. 675-701, 2016.

  • TANAKA, M ; Fernandes, J.L. . IDEOLOGIA, ORGANIZAÇÃO E VOTO: APONTAMENTOS SOBRE O COMPORTAMENTO DOS PARTIDOS NOS MUNICÍPIOS PAULISTAS (2000 - 2012). Revista Florestan , v. 2, p. 212-235, 2014.

  • DANTAS, H. ; MESQUITA, L. ; TANAKA, M . Governabilidade e Sistema Eleitoral. In: Humberto Dantas. (Org.). Governabilidade. 1ed.Rio de Janeiro: Konrad Adenaur Stiftung, 2018, v. , p. 1-.

  • TANAKA, M . 'Esquece esse cara, esquece o partido' - Tá, mas e agora?. Estadão. Blog Legis-Ativo, 10 out. 2019.

  • TANAKA, M . O que pensam os cidadãos sobre nossas instituições? A avaliação de uma década entre Mensalão e Lava Jato. Estadão. Blog Legis-Ativo, 30 jul. 2019.

  • TANAKA, M . O 15M, suas crônicas e o projeto que se tem de País. Estadão.Blog Legis-Ativo, 21 maio 2019.

  • TANAKA, M . O Brasil funciona antes do carnaval? Um raio-x do primeiro mês do Legislativo. Estadão. Blog Legis-Ativo, 07 mar. 2019.

  • TANAKA, M . Onde o rico cada vez fica mais rico e o pobre cada vez fica mais pobre. Estadão. Blog Legis-Ativo, 04 dez. 2018.

  • TANAKA, M . Os nomes de urna e a escolha eleitoral. Estadão. Blog Legis-Ativo, São Paulo, 27 set. 2018.

  • TANAKA, M ; MAGALHAES, A. F. . A janela partidária 'extra' e o dinheiro de campanha. Blog Legis-Ativo. Estadão, 26 jul. 2018.

  • TANAKA, M . Religião e Política em São Paulo. Estadão. Blog Legis-Ativo, São Paulo, 22 mar. 2018.

  • TANAKA, M . Representar para resistir. Estadão. Blog Legis-Ativo.

  • TANAKA, M . A Política da Fé: comportamento eleitoral e recrutamento partidário dos deputados estaduais evangélicos em São Paulo. In: 11 Encontro da ABCP, 2018, Curitiba. Anais do 11o Encontro da ABCP, 2018.

  • TANAKA, M . Reclutamiento partidista de los diputados estaduales evangélicos em São Paulo (Brasil). In: XIX Jornadas sobre Alternativas Religiosas en America Latina, 2018, Santiago. Anais da XIX Jornada sobre Alternativas Religiosas en America Latina, 2018.

  • TANAKA, M . Toma lá da cá: recrutamento partidário dos deputados estaduais evangélicos em São Paulo. In: 42 Encontro Anual da Anpocs, 2018, Caxambu. Anais do 42 Encontro Anual da ANPOCS, 2018.

  • TANAKA, M . O voto para o Governo de São Paulo: transformações do comportamento eleitoral no estado (2002-2014). In: X Encontro da ABCP, 2016, Belo Horizonte. Anais Eletrônicos X Encontro ABCP, 2016.

  • DOLANDELI, R ; TANAKA, M . O Financiamento Partidário e seu Impacto na Arena Eleitoral. In: 40 Encontro Anual da ANPOCS, 2016, Caxambu. 40 Encontro Anual da ANPOCS, 2016.

  • TANAKA, M . Padrões de Votação e Bases Sociais Partidárias em São Paulo (1996 e 2014). In: XXII Congresso Interno de Iniciação Científica, 2014, Campinas. Cadernos de Resumos do XXII Congresso Interno de Iniciação Científica da Unicamp. Campinas: Unicamp, 2014.

  • TANAKA, M . A Política da Fé: comportamento eleitoral e recrutamento partidário dos deputados estaduais evangélicos em São Paulo. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • TANAKA, M . Toma lá da cá: recrutamento partidário dos deputados estaduais evangélicos em São Paulo. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • TANAKA, M . Reclutamiento partidista de los diputados estaduales evangélicos em São Paulo (Brasil). 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • TANAKA, M . O Voto da Fé: comportamento eleitoral e recrutamento partidário dos deputados estaduais evangélicos em São Paulo (2002-2014). 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • DOLANDELI, R ; TANAKA, M . O Financiamento Eleitoral e seu Impacto na Arena Eleitoral. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • TANAKA, M . O voto para o Governo de São Paulo: transformações do comportamento eleitoral no estado (2002-2014). 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • TANAKA, M . São Paulo em perspectiva: transformações no comportamento eleitoral no estado entre 2002 e 2014. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • TANAKA, M . São Paulo em perspectiva: transformações do comportamento eleitoral no estado entre 2002 e 2014.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

VALLE, V. ; TANAKA, M ; MELO, S. . Lançamento do livro 'Entre a religião e o Lulismo' de Vinicius do Valle. 2019. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

TANAKA, M . Eleiçoes 2018 - Resultados do segundo turno. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

TANAKA, M . O Voto da Fé. Comportamento Eleitoral e Recrutamento Partidário dos Deputados Estaduais Evangélicos em São Paulo (2002-2014). 2017. (Relatório de Pesquisa).

TANAKA, M . Padrões de Votação e Bases Sociais Partidárias Locais em São Paulo (1996-2012). 2015. (Relatório de Pesquisa).

TANAKA, M . Padrões de Votação e Bases Sociais Partidárias Locais em São Paulo (1996 e 2012). 2014. (Relatório de Pesquisa).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    Política, religião e mídia: a formação de preferências do eleitor confessional na era da comunicação de massas., Descrição: A pergunta que orienta a pesquisa é que se a religião atua como um atalho cognitivo para a tomada de decisão política do eleitor confessional, como o eleitor escolhe o que escolhe? Qual o impacto da religião no processo de formação de preferências? Ou seja, como o eleitor confessional forma suas preferências políticas e em que medida os meios de comunicação de massa influenciam nesse processo? Parto dos pressupostos teóricos de que a preferência é endógena ao indivíduo e uma avaliação rankeada de objetos (WILDAVSKY, 1987; DRUCKMAN; LUPIA, 2002). Também é contextualmente dependente de experiências de aprendizado diferentes (culturais e ambientais) e do desenho institucional (formal e informal) que atuam como constrangimentos na ordenação das relações interpessoais (DENZAU E NORTH, 1994; NORTH, 1990). E que, por fim, o efeito do controle dos meios de comunicação de massa têm impactos na política local e nos resultados eleitorais (BOAS, 2014; BOAS, HIDALGO, 2011) e que a maior visibilidade dos líderes religiosos na mídia tradicional teve como consequência a validação de sua autoridade e credibilidade (VINSON, 2009). Além disso, a mídia religiosa garantiu o sucesso na mobilização de eleitores e ativistas políticos (ABELMAN; HOOVER, 1990), como também funciona como pista para a tomada de decisão eleitoral (NEWMAN; SMITH, 2007), em especial entre os evangélicos (SMIDT et al. 2005). A hipótese de pesquisa é de que o processo de formação de preferências políticas do eleitor confessional é contextualmente dependente dos processos de socialização e sofre influência dos meios de comunicação de massa. Assim, o processo de formação de preferências do eleitor confessional se daria a partir de um continuum de memória e informação desenvolvidos ao longo do tempo (os processos de socialização), cujo papel do religioso, em sentido amplo, é crucial. A metodologia de pesquisa compreende mecanismos qualitativos e quantitativos com o uso de grupos focais e experimentos, respectivamente.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Marcela Gimenes Tanaka - Coordenador / Rachel Meneguello - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2016 - 2018

    O Voto da Fé. Geografia Eleitoral e Recrutamento Partidário dos Deputados Estaduais Evangélicos em São Paulo (2002-2014), Descrição: O projeto tem por objetivo compreender a relação entre religião e política nas eleições proporcionais no estado de São Paulo entre 2002 e 2014. Baseado na literatura sobre clivagens sociais e na abordagem sociológica do voto, são dois os objetivos principais do trabalho: compreender que tipo de contexto é propício à formação de preferências eleitorais por políticos evangélicos e compreender como a relação entre religião e política se desenvolve na dimensão do recrutamento partidário. São duas as hipóteses que orientam esse trabalho: a) A partir de estratégias de recrutamento centradas nos líderes partidários e nas regras informais do jogo eleitoral, as agremiações utilizam-se das "máquinas evangélicas" como atalhos para a seleção de candidatos que possuam apelo eleitoral com o fim de angariar mais votos para a legenda; b) o voto nos candidatos evangélicos em São Paulo está concentrado majoritariamente nos territórios de maior vulnerabilidade social e nos estratos sociais com menor escolaridade e renda. A metodologia utilizada é quantitativa, envolvendo dados agregados do TSE e IBGE, além de uma parte qualitativa que engloba a realização de entrevistas com líderes partidários, religiosos e deputados estaduais.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Marcela Gimenes Tanaka - Coordenador / Rachel Meneguello - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa., Número de produções C, T & A: 1

  • 2013 - 2015

    Organização e Funcionamento da política representativa no Estado de São Paulo (1994-2014), Descrição: O Projeto Temático FAPESP. O objetivo geral é analisar a organização e o funcionamento da política representativa no estado de São Paulo entre 1994 e 2014. O projeto está voltado para a compreensão de três dimensões: a) a organizacional, que objetiva identificar a estrutura organizacional dos partidos políticos, a distribuição de poder intrapartidário, as fontes de financiamento e de recrutamento político, bem como as características das elites partidárias e dos filiados; b) a competitiva, que tem como finalidade compreender o padrão de competição no estado e nas regiões intra-estaduais, identificando as bases das forças políticas e suas estratégias eleitorais e de organização; e c) a representativa, que busca analisar os padrões de votação no estado no período, assim como a qualidade da relação entre os eleitores e o sistema de representação em São Paulo. Sob a coordenação de Rachel Meneguello tem a participação de mais 6 membros: Bruno Speck, Valeriano Mendes Ferreira, Oswaldo Amaral, Maria Teresa Kerbauy, Maria Socorro S.Braga e Pedro Ribeiro.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Marcela Gimenes Tanaka - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 5

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2017

Melhor Painel em Ciência Política no Concurso ANPOCS de Painéis, Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. , Rua Cora Coralina, Cidade Universitária, 13083896 - Campinas, SP - Brasil, Telefone: (13) 991790013

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2018 - Atual

    Universidade Estadual de Campinas

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estudante, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Bolsista CAPES de Doutorado em Ciência Política no Programa de Pós-Graduação em Ciência Política (IFCH/Unicamp)

  • 2016 - 2018

    Universidade Estadual de Campinas

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estudante, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Bolsista FAPESP de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Ciência Política (IFCH/Unicamp)

  • 2017 - 2017

    Universidade Estadual de Campinas

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Programa de Estágio Docente (PED), Carga horária: 8

    Outras informações:
    Bolsista PED na disciplina Teoria e Pesquisa em Ciência Política (Política V) sob orientação do Prof. Dr. Oswaldo Amaral oferecida pelo Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH/Unicamp)

  • 2012 - 2015

    Universidade Estadual de Campinas

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estudante, Carga horária: 20