Iago Camargo Silveira

Graduado em Engenharia Mecânico pela UFSM entre 2011 e 2015. Neste período, fui Estagiário em Engenharia Mecânica durante 3 anos no Instituto Nacional de Pesquisa Espaciais, onde fui responsável pelo desenvolvimento de análises estruturais do satélite Nanosatc-Br1 e Br2, via simulações computacionais (CAE) pelo Método dos Elementos Finitos; determinação dos componentes do satélite e suporte a análises térmicas e reengenharia do projeto. Além disso, fui Estagiário em Engenharia Mecânica, na Cecrisa Revestimentos Cerâmicos, onde desenvolvi projetos de sistemas mecânicos automatizados e especificações de manutenções preventivas, preditivas e corretivas, a fim de mitigar e/ou eliminar os defeitos das máquinas da linha de produção. Terminei a graduação em 2015 recebendo o prêmio de DESTAQUE UNIVERSITÁRIO SEASM de melhor currículo entre os graduandos em Engenharia Mecânica e o Título fornecido pelos Gerentes dos Projetos NANOSATC-BR1 & NANOSATC-BR2 como: ?Primeiro estudante Universitário de Graduação e/ou Pós-graduação Brasileiro, a fazer parte, como um trabalho técnico-cientifico individual, da aprovação técnica formal de lançamento de um satélite ? o NANOSATC-BR1?; Realizei o mestrado em Engenharia Mecânica na UFRGS entre 2016 e 2018, onde desenvolvi um manipulador robótico cilíndrico de cinco eixos, acionado por motores elétricos, para solucionar um problema de automação para uma empresa da região metropolitana de Porto Alegre. Tive experiência com projeto mecânico, dimensionamento e especificação de componentes, projeto de controladores e simulações computacionais do sistema controlado. Ainda neste período, fui professor substituto do magistério superior (bacharelado em Engenharia Mecânica) pela UFSM, onde fui o responsável pelas disciplinas de Metrologia, Programação de Máquinas CNC e Metodologia Científica. Tive experiência com equipamentos e métodos de medição de componentes, verificação do controle geométrico, estatística e a sua aplicação na determinação do resultado de medição e cálculos de incertezas na medição. Tive experiência com programação de máquinas CNC, com programação de tornos, fresadoras e centro de usinagens CNC?s, e com usinagem de componentes. Tive experiência em critérios de cientificidade, métodos científicos, tipos de pesquisa, organização do projeto de pesquisa, definição do tema, delimitação do assunto, pesquisa bibliográfica, formulação dos problemas, proposição de hipóteses, definição da forma e do cronograma da pesquisa, execução e elaboração de trabalhos acadêmicos. Atualmente, sou projetista mecânico na Thor Máquinas e Montagens, onde sou responsável pelo desenvolvimento de máquinas e equipamentos para a indústria de graxaria, entre os principais equipamentos: Roscas Transportadoras, Prensas, Trocadores de Calor, Evaporadores, Moinhos, Sistemas Pneumáticos e Hidráulicos de atuação, Acessos e Estruturas para Máquinas. Experiência em projeto de máquinas, inspeção de máquinas, definição de métodos de fabricação e montagem, dimensionamento de componentes, software de gerenciamento e gestão de projetos, softwares de CAM, softwares CAD.

Informações coletadas do Lattes em 23/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Engenharia Mecânica

2016 - 2018

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Título: Projeto de Manipulador robótico de cinco eixos atuado por motores elétricos de passo,Ano de Obtenção: 2018
Rafael Antônio Comparsi Laranja.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: manipulador robótico; projeto mecânico; modelagem matemática; projeto de controlador; testes computacionais.Grande área: EngenhariasGrande Área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Mecânica dos Sólidos / Especialidade: Dinâmica dos Corpos Rígidos, Elásticos e Plásticos. Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Projetos de Máquinas / Especialidade: Controle de Sistemas Mecânicos.

Graduação em Engenharia Mecânica

2011 - 2015

Universidade Federal de Santa Maria
Título: ANÁLISE DE AUMENTO DE EFICIÊNCIA DE FRENAGEM PARA FREIOS DE VEÍCULO DE PASSEIO
Orientador: Leandro de Oliveira
Bolsista do(a): Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - Centro Regional Sul de Pesquisa, INPE/CRS, Brasil.

Ensino Médio (2º grau)

2008 - 2010

Escola Estadual Técnica José Cañellas

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Projetos de Máquinas.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Aeroespacial / Subárea: Sistemas Aeroespaciais/Especialidade: Satélites e Outros Dispositivos Aeroespaciais.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

1st Latin American IAA CubeSat Workshop. STUDY OF THE NANOSATC-BR1 MECHANICAL STRUCTURE BEHAVIOR THROUGH THE LAUNCH ENVIRONMENT. 2014. (Congresso).

CREEM. Congresso Completo. 2014. (Congresso).

SICCRS 2013. PROJETO MECÂNICO ESTRUTURAL DO CUBESAT NANOSATC-BR2. 2013. (Congresso).

PROFITECS. Segunda amostra Integrada de Profissões, Tecnologias, Cultura e Serviços. 2012. (Feira).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

FLAVIO JOSE LORINI

LORINI, F. J.; SOBCZYK SOBRINHO, M. R.; PERONDI, E. A.. Projeto de um manipulador robótico cilíndrico de cinco eixos acionado por motores de passo. 2019. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Nelson Jorge Schuch

Estudo de Estruturas Interplanetárias utilizando Observações de Satélites e Observações de Raios Cósmicos; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Mecanica) - Universidade Federal de Santa Maria, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Nelson Jorge Schuch;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SILVEIRA, I. C. ; LARANJA, R. A. C. . Hybrid Bipolar Stepper Motor Control By Variable Gain PID Controller. In: International Congress of Mechanical Engineering, 2017, Curitiba. International Congress of Mechanical Engineering - COBEM 2017, 2017.

  • SILVEIRA, I. C. ; LARANJA, R. A. C. . Desenvolvimento de um manipulador robótico de 5 eixos de atuadores elétricos. In: CIBEM, 2017, Lisboa. CIBEM 2017, 2017.

  • PIAZ, M. A. D. ; SILVEIRA, I. C. ; Franke L.L.C. ; BALESTRIN, M. R. ; Jaenish G.P. ; FARIAIS T.T. ; DURÃO O.S.C. ; SCHUCH N.J. . Risk Analysis Comparison between the Mission NANOSATC-BR1 and NANOSATC-BR2. In: Journal of Mechanics Engineering and Automation, 2015. Journal of Mechanics Engineering and Automation, 2015. v. 5.

  • SILVEIRA, I. C. ; BALESTRIN, M. R. ; Franke L.L.C. ; Jaenish G.P. ; FARIAIS T.T. ; PIAZ, M. A. D. ; SCHUCH N.J. . Análise mecânico/estrutural do Cubesat NANOSATC-BR2 submetido ao ambiente de lançamento espacial. In: Congresso Nacional de Estudantes de Engenharia Mecânica, 2014, Rio de Janeiro. CREEM 2014, 2014.

  • PIAZ, M. A. D. ; SILVEIRA, I. C. ; BALESTRIN, M. R. ; Franke L.L.C. ; Jaenish G.P. ; FARIAIS T.T. ; SCHUCH N.J. . Comparação de Análise de Riscos das Missões NANOSATC-BR1 e NANOSATC-BR2. In: Congresso Nacional de Estudantes de Engenharia Mecânica, 2014, Rio de Janeiro. CREEM 2014, 2014.

  • BALESTRIN, M. R. ; SILVEIRA, I. C. ; Franke L.L.C. ; Jaenish G.P. ; PIAZ, M. A. D. ; FARIAIS T.T. ; SCHUCH N.J. . Plano de AI&T (Assembly, Integration and Test) do primeiro Cubesat brasileiro: NANOSATC-BR1. In: Congresso Nacional de Estudantes de Engenharia Mecânica, 2014, Rio de Janeiro. CREEM 2014, 2014.

  • FARIAIS T.T. ; SILVEIRA, I. C. ; Franke L.L.C. ; BALESTRIN, M. R. ; Jaenish G.P. ; PIAZ, M. A. D. ; SCHUCH N.J. . Plano de Engenharia de Sistemas aplicado ao Projeto NANOSATC-BR2. In: Congresso Nacional de Estudantes de Engenharia Mecânica, 2014, Rio de Janeiro. CREEM 2014, 2014.

  • Franke L.L.C. ; SILVEIRA, I. C. ; FARIAIS T.T. ; Jaenish G.P. ; BALESTRIN, M. R. ; PIAZ, M. A. D. ; SCHUCH N.J. . Simulação Térmica do primeiro Cubesat brasileiro: NANOSATC-BR1. In: Congresso Nacional de Estudantes de Engenharia Mecânica, 2014, Rio de Janeiro. CREEM 2014, 2014.

  • SILVEIRA, I. C. ; Jaenish G.P. ; Franke L.L.C. ; BALESTRIN, M. R. ; FARIAIS T.T. ; PIAZ, M. A. D. ; SCHUCH N.J. ; DURÃO O.S.C. . Study of the NANOSATC-BR1 Mechanical Structure Behavior through the Launch Environment. In: 1st Latin American IAA CubeSat Workshop‏, 2014, Brasília. IAA CubeSat 2014, 2014.

  • Jaenish G.P. ; SILVEIRA, I. C. ; Franke L.L.C. ; BALESTRIN, M. R. ; FARIAIS T.T. ; PIAZ, M. A. D. ; SCHUCH N.J. ; DURÃO O.S.C. . NANOSATC-BR2 Thermal Simulation. In: 1st Latin American IAA CubeSat Workshop‏, 2014, Brasília. IAA CubeSat 2014, 2014.

  • SCHUCH N.J. ; SILVEIRA, I. C. ; DURÃO O.S.C. ; Jaenish G.P. ; BALESTRIN, M. R. ; Franke L.L.C. ; FARIAIS T.T. ; PIAZ, M. A. D. . NANOSATC-BR CUBESAT DEVELOPMENT & CAPACITY BUILDING PROGRAMS: NANOSATC-BR1& NANOSATC-BR2. In: 1st Latin American IAA CubeSat Workshop, 2014, Brasília. 1st Latin American IAA CubeSat Workshop, 2014.

  • ALVES F.L. ; SCHUCH N.J. ; DURÃO O.S.C. ; Franke L.L.C. ; BALESTRIN, M. R. ; Jaenish G.P. ; SILVEIRA, I. C. . Pesquisa e Desenvolvimento de Tecnologias Eletromecânicas de Movimentação de Antenas. In: SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CRS-SICCRS, 2012, Santa Maria, RS. LIVRO DE RESUMOS SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CRS SICCRS 2012, 2012.

  • SILVEIRA, I. C. ; SCHUCH N.J. ; Jaenish G.P. ; BALESTRIN, M. R. ; Franke L.L.C. . Projeto Mecânico Estrutural do CubeSat NANOSATC-BR2. In: SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CRS-SICCRS, 2013, Santa Maria, RS. LIVRO DE RESUMOS SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CRS SICCRS 2013, 2013.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

SILVEIRA, I. C. . Revisão do projeto Nanosatc-BR no INPE-SJK. 2012.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2013 - 2014

    Análise Estrutural do Projeto do NANOSATC-BR1 para autorização ao Lançamento Espacial, Descrição: O NANOSATC-BR1 é o primeiro CubeSat do Programa NANOSATC-BR Desenvolvimento de CubeSats, Projeto oriundo do convênio entre o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais INPE/MCTI e a Universidade Federal de Santa Maria UFSM, através do Laboratório de Ciências Espaciais de Santa Maria LACESM/UFSM. O NANOSATC-BR1 tinha data prevista para lançamento no dia dezenove de junho desse ano na Rússia, além disso até a primeira semana de abril o satélite deveria estar na ISIS - Innovative Solution In Space, empresa holandesa que manufaturou o Cubesat, para se realizar a devida organização do CubeSat, além de testes e questões burocráticas para posterior envio do mesmo para a Rússia. Com isso se necessitou realizar os testes mecânico-estruturais e térmicos para certificação do CubeSat para o lançamento espacial. Os testes foram realizados durante as duas últimas semanas de março desse ano no Laboratório de Integração e Testes (LIT) no INPE/MCTI em São José dos Campos. Um dos testes mecânico-estruturais requeridos para qualificação e certificação do CubeSat para o lançamento espacial pelo foguete russo DNIPER era o de aceleração, conhecido como teste quase-estático, porém o LIT não possui máquinas apropriadas para realizar esse teste, além disso se necessitava enviar o satélite para a Holanda. Devido a isso, se necessitou realizar o teste de carga quase-estática do NANOSATC-BR1 por análise computacional. A análise estrutural realizada computacionalmente é realizada pelo Método dos Elementos Finitos (MEF), sendo baseado na modelagem em elementos finitos do modelo computacional do NANOSATC-BR1. Com isso, foi necessário modelar todos os sistemas do CubeSat em Elementos Finitos e realizar a análise quase-estática nas três posições possíveis de fixação do satélite no foguete. As cargas gravitacionais utilizadas na análise se baseiam no documento Environment Levels Auxiliary Payloads ISILaunch07 da ISIS, sendo estas as cargas requeridas pelo foguete lançador. Os resultados apresentados nesse trabalho mostram que as tensões encontradas nos sistemas do CubeSat durante as três análises quase-estática, nos três eixos de referência do satélite, são menores do que vinte e cinco por cento da tensão de escoamento do material de cada sistema, conferindo grande margem de segurança para o CubeSat. O trabalho apresentado foi utilizado como certificador do teste de carga quase-estática para qualificação do primeiro CubeSat brasileiro, o NANOSATC-BR1, para o lançamento espacial pelo foguete DNIPER, rendendo ao autor a honra de ser o primeiro estudante brasileiro de graduação e/ou pós-graduação a ter um trabalho aceito como certificador para o lançamento de um satélite.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Iago Camargo Silveira - Integrante / Maurício Ricardo Balestrin - Integrante / Lucas Lourencena Caldas Franke - Integrante / Guilherme Paul Jaenish - Integrante / Tiago Travi Farias - Integrante / Marcos Antonio Dal Piaz - Integrante / Nelson Jorge Schuch - Coordenador / Otávio Santos Cupertino Durão - Integrante.

  • 2012 - 2013

    Projeto e Análise Mecânico Estrutural do CubeSat NANOSATC-BR2, Descrição: O NANOSATC-BR2 é o segundo CubeSat do Programa NANOSATC-BR Desenvolvimento de CubeSats, Projeto oriundo do convênio entre o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais INPE/MCTI e a Universidade Federal de Santa Maria UFSM, através do Laboratório de Ciências Espaciais de Santa Maria LACESM/UFSM. O nanosatélite foi desenvolvido e fornecidos pela ISIS - Innovative Solution In Space, Empresa Holandesa especializada no desenvolvimento de nanosatélite e CubeSats. Porém para habilitar o satélite para lançamento espacial, faz-se necessário a certificação da integridade mecânica estrutural do satélite perante o ambiente e circunstâncias de lançamento, caracterizado, principalmente, por vibrações randômicas e acelerações elevadas. Apesar de menos crítica no desenvolvimento de projetos espaciais, análises estruturais mecânicas simulando o ambiente de lançamento orbital demonstram importante papel no que diz respeito à avaliação de projetos mecânico/estruturais de novas plataformas, assim como, modificações em plataformas anteriormente lançadas. Para a realização das análises estruturais, requisitos impostos à CubeSats, na fase de lançamento foram levantados, determinando-se, a efeito de exemplos, o foguete indiano PSLV como veículo lançador espacial. As análises mecânicas estruturais são realizadas utilizando-se o Método dos Elementos Finitos MEF. Cargas gravitacionais, baseadas nos requisitos de lançamento espacial e projeto, foram impostas ao modelo matemático, sendo avaliados os comportamentos da estrutura mecânica perante as sobrecargas quando em lançamento orbital. Resultados das análises estática são pós-processadas com o auxílio de planilhas de cálculo aliadas a programação. Em conclusão, resultados demonstram deslocamentos inferiores a 1,0mm e Margens de Segurança superiores a 2,0 para uma estrutura de 100x100x227mm e aproximadamente 2Kg, submetida a carregamentos de 10x10x(-20)g.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Iago Camargo Silveira - Integrante / Maurício Ricardo Balestrin - Integrante / Lucas Lourencena Caldas Franke - Integrante / Guilherme Paul Jaenish - Integrante / Nelson Jorge Schuch - Coordenador / Otávio Santos Cupertino Durão - Integrante.

  • 2015 - 2015

    ANÁLISE DE AUMENTO DE EFICIÊNCIA DE FRENAGEM PARA VEÍCULOS DE PASSEIO, Descrição: Dos tipos de transportes existentes atualmente, o transporte rodoviário é o mais utilizado no Brasil, sendo ocupado mais de cinquenta por cento de todo o transporte de carga nacional. Aliado a isso, vem os acidentes de trânsito, que causam além de prejuízos para a economia brasileira, mortes dos passageiros envolvidos nessas. Motivado por essas razões, o trabalho de conclusão de curso tem como objetivo o projeto de um sistema mecânico para aumento da eficiência de frenagem de veículos automotivos e/ou o projeto de freio de emergência. Esse projeto será realizado seguindo estudos dos principais sistemas de frenagem utilizados atualmente em automóveis, das características dos automóveis atuais, das teorias envolvendo o dimensionamento de freios, entre outros. Aliado a isso, será utilizado métodos de projetos de produtos para condução e orientação do projeto conceitual do mecanismo. Com o trabalho se chegou no limitante dos freios automotivos atuais, se propôs um novo conceito de freio automotivo na qual a capacidade de frenagem, com carro vazio, aumentaria 158,10%. . , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Iago Camargo Silveira - Coordenador.

  • 2013 - 2015

    ANÁLISE ESTRUTURAL DO PROJETO DO NANOSATC-BR1 PARA AUTORIZAÇÃO AO LANÇAMENTO ESPACIAL, Descrição: O NANOSATC-BR1 é o primeiro CubeSat do Programa NANOSATC-BR Desenvolvimento de CubeSats, Projeto oriundo do convênio entre o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais INPE/MCTI e a Universidade Federal de Santa Maria UFSM, através do Laboratório de Ciências Espaciais de Santa Maria LACESM/UFSM. O NANOSATC-BR1 tinha data prevista para lançamento no dia dezenove de junho desse ano na Rússia, além disso até a primeira semana de abril o satélite deveria estar na ISIS - Innovative Solution In Space, empresa holandesa que manufaturou o Cubesat, para se realizar a devida organização do CubeSat, além de testes e questões burocráticas para posterior envio do mesmo para a Rússia. Com isso se necessitou realizar os testes mecânico-estruturais e térmicos para certificação do CubeSat para o lançamento espacial. Os testes foram realizados durante as duas últimas semanas de março desse ano no Laboratório de Integração e Testes (LIT) no INPE/MCTI em São José dos Campos. Um dos testes mecânico-estruturais requeridos para qualificação e certificação do CubeSat para o lançamento espacial pelo foguete russo DNIPER era o de aceleração, conhecido como teste quase-estático, porém o LIT não possui máquinas apropriadas para realizar esse teste, além disso se necessitava enviar o satélite para a Holanda. Devido a isso, se necessitou realizar o teste de carga quase-estática do NANOSATC-BR1 por análise computacional. A análise estrutural realizada computacionalmente é realizada pelo Método dos Elementos Finitos (MEF), sendo baseado na modelagem em elementos finitos do modelo computacional do NANOSATC-BR1. Com isso, foi necessário modelar todos os sistemas do CubeSat em Elementos Finitos e realizar a análise quase-estática nas três posições possíveis de fixação do satélite no foguete. As cargas gravitacionais utilizadas na análise se baseiam no documento Environment Levels Auxiliary Payloads ISILaunch07 da ISIS, sendo estas as cargas requeridas pelo foguete lançador. Os resultados apresentados nesse trabalho mostram que as tensões encontradas nos sistemas do CubeSat durante as três análises quase-estática, nos três eixos de referência do satélite, são menores do que vinte e cinco por cento da tensão de escoamento do material de cada sistema, conferindo grande margem de segurança para o CubeSat. O trabalho apresentado foi utilizado como certificador do teste de carga quase-estática para qualificação do primeiro CubeSat brasileiro, o NANOSATC-BR1, para o lançamento espacial pelo foguete DNIPER, rendendo ao autor a honra de ser o primeiro estudante brasileiro de graduação e/ou pós-graduação a ter um trabalho aceito como certificador para o lançamento de um satélite.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Iago Camargo Silveira - Integrante / Maurício Ricardo Balestrin - Integrante / Lucas Lourencena Caldas Franke - Integrante / Guilherme Paul Jaenish - Integrante / Tiago Travi Farias - Integrante / Marcos Antonio Dal Piaz - Integrante / Nelson Jorge Schuch - Coordenador / Otávio Santos Cupertino Durão - Integrante.

  • 2012 - 2013

    PROJETO E ANÁLISE MECÂNICO ESTRUTURAL DO CUBESAT NANOSATC-BR2, Descrição: O NANOSATC-BR2 é o segundo CubeSat do Programa NANOSATC-BR Desenvolvimento de CubeSats, Projeto oriundo do convênio entre o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais INPE/MCTI e a Universidade Federal de Santa Maria UFSM, através do Laboratório de Ciências Espaciais de Santa Maria LACESM/UFSM. O nanosatélite foi desenvolvido e fornecidos pela ISIS - Innovative Solution In Space, Empresa Holandesa especializada no desenvolvimento de nanosatélite e CubeSats. Porém para habilitar o satélite para lançamento espacial, faz-se necessário a certificação da integridade mecânica estrutural do satélite perante o ambiente e circunstâncias de lançamento, caracterizado, principalmente, por vibrações randômicas e acelerações elevadas. Apesar de menos crítica no desenvolvimento de projetos espaciais, análises estruturais mecânicas simulando o ambiente de lançamento orbital demonstram importante papel no que diz respeito à avaliação de projetos mecânico/estruturais de novas plataformas, assim como, modificações em plataformas anteriormente lançadas. Para a realização das análises estruturais, requisitos impostos à CubeSats, na fase de lançamento foram levantados, determinando-se, a efeito de exemplos, o foguete indiano PSLV como veículo lançador espacial. As análises mecânicas estruturais são realizadas utilizando-se o Método dos Elementos Finitos MEF. Cargas gravitacionais, baseadas nos requisitos de lançamento espacial e projeto, foram impostas ao modelo matemático, sendo avaliados os comportamentos da estrutura mecânica perante as sobrecargas quando em lançamento orbital. Resultados das análises estática são pós-processadas com o auxílio de planilhas de cálculo aliadas a programação. Em conclusão, resultados demonstram deslocamentos inferiores a 1,0mm e Margens de Segurança superiores a 2,0 para uma estrutura de 100x100x227mm e aproximadamente 2Kg, submetida a carregamentos de 10x10x(-20)g.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Iago Camargo Silveira - Integrante / Maurício Ricardo Balestrin - Integrante / Lucas Lourencena Caldas Franke - Integrante / Guilherme Paul Jaenish - Integrante / Nelson Jorge Schuch - Coordenador / Otávio Santos Cupertino Durão - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2015

DESTAQUE UNIVERSITÁRIO SEASM de melhor currículo entre os graduandos em Engenharia Mecânica, SEASM.

2014

Primeiro acadêmico brasileiro de graduação e/ou pós-graduação a ter um trabalho aceito como certificador para o lançamento espacial de um satélite, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2011 - 2015

    Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - Centro Regional Sul de Pesquisa

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiário de Inic. Cientifica e Tecnologica, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Desenvolvimento de análises estruturais do satélite Nanosatc-Br1 e Br2, via simulações computacionais (CAE) pelo Método dos Elementos Finitos; determinação dos componentes do satélite e suporte a análises térmicas e reengenharia do projeto.

  • 2016 - 2018

    Universidade Federal do Rio Grande do Sul

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estudante de Pós-Graduação, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Desenvolvimento de um manipulador robótico cilíndrico de cinco eixos, acionado por motores elétricos, para solucionar um problema de automação para uma empresa da região metropolitana de Porto Alegre. Experiência com projeto mecânico, dimensionamento e especificação de componentes, projeto de controladores e simulações computacionais do sistema controlado.

  • 2015 - 2015

    Cecrisa Revestimentos Cerâmicas

    Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário em Engenharia Mecânica, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Desenvolvimento de projetos de sistemas mecânicos automatizados e especificações de manutenções preventivas, preditivas e corretivas, a fim de mitigar e/ou eliminar os defeitos das máquinas da linha de produção.

  • 2017 - 2018

    Universidade Federal de Santa Maria

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor substituto do magistério superior, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Responsável pelas disciplinas de Metrologia, Programação de Máquinas CNC e Metodologia Científica. Experiência com equipamentos e métodos de medição de componentes, verificação do controle geométrico, estatística e a sua aplicação na determinação do resultado de medição e cálculos de incertezas na medição. Experiência com programação de máquinas CNC, com programação de tornos, fresadoras e centro de usinagens CNC?s, e com usinagem de componentes. Experiência em critérios de cientificidade, métodos científicos, tipos de pesquisa, organização do projeto de pesquisa, definição do tema, delimitação do assunto, pesquisa bibliográfica, formulação do problemas, proposição de hipóteses, definição da forma e do cronograma da pesquisa, execução e elaboração de trabalhos acadêmicos.

  • 2018 - Atual

    Thor Máquinas e Montagens

    Vínculo: Projetista Mecânico, Enquadramento Funcional: Projetista Mecânico, Carga horária: 44

    Outras informações:
    Responsável pelo desenvolvimento de máquinas e equipamentos para a indústria de graxaria, entre os principais equipamentos: Roscas Transportadoras, Prensas, Trocadores de Calor, Evaporadores, Moinhos, Sistemas Pneumáticos e Hidráulicos de atuação, Acessos e Estruturas para Máquinas . Experiência em projeto de máquinas, inspeção de máquinas, definição de métodos de fabricação e montagem, dimensionamento de componentes, software de gerenciamento e gestão de projetos, softwares de CAM, softwares CAD.