Cassiano Telles

Formado em Educação Física Licenciatura, Especialista em Educação Física Escolar, Mestre em Educação Física e Doutorando em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria/UFSM. Possui experiência na área de Educação Física, tendo ênfase em Educação Física Escolar, atuando com os temas de: Educação Física, Formação Inicial e Continuada de Professores,Educação, Ação Pedagógica, Avaliação Pedagógica em Educação Física, Estágio Curricular Supervisionado, Didática, Atividades Circenses no Âmbito Pedagógico e Crenças Educacionais. Atualmente é professor da disciplina de Metodologia de Pesquisa da FAHOR.

Informações coletadas do Lattes em 23/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Educação

2015 - 2019

Universidade Federal de Santa Maria
Título: PERCEPÇÕES NA DOCÊNCIA EM EDUCAÇÃO FÍSICA: A FORMAÇÃO DO SER PROFESSOR COMO FOCO DE ESTUDO
Luiz Gilberto Kronbauer. Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Mestrado em EDUCAÇÃO FÍSICA

2013 - 2015

Universidade Federal de Santa Maria
Título: SER PROFESSOR: AS CRENÇAS E DESCOBERTAS DO SER PROFESSOR NO ESTÁGIO PEDAGÓGICO,Ano de Obtenção: 2015
Hugo Norberto Krug.Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: Formação de Professores; Formação inicial; Crenças Educacionais; Ser-Professor.Grande área: Ciências da SaúdeGrande Área: Ciências Humanas / Área: Educação. Setores de atividade: Educação.

Especialização em Educação Física Escolar

2011 - 2012

Universidade Federal de Santa Maria
Título: A FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA: A AVALIAÇÃO DAS DISCIPLINAS TEÓRICO-PRÁTICAS NA LICENCIATURA DO CEFD/UFSM
Orientador: Hugo Norberto Krug

Graduação interrompida em 2016 em Sociologia

2012 - Atual

Universidade Federal de Santa Maria
Ano de interrupção: 2016

Graduação em Educação Fisica

2007 - 2010

Centro Universitário de Brusque
Título: PARTE FINAL DO DESENVOLVIMENTO DAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA: SERÁ ESTE TEMPO NECESSÁRIO?
Orientador: André de Oliveira Braz
Bolsista do(a): Programa de Bolsas de Iniciação à Pesquisa do Estado de Santa Catarina, ART. 170, Brasil.

Curso técnico/profissionalizante em Técnico Mecanico

1999 - 2002

Colégio Frederico Jorge Logemann

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2009 - 2009

Programa de Pós-Graduação em Educação - Mestrado. (Carga horária: 18h). , Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.

2002 - 2003

Extensão universitária em Auxiliar de Mecânico Industrial. (Carga horária: 400h). , SENAI - Departamento Regional do Rio Grande do Sul, SENAI/DR/RS, Brasil.

2002 - 2003

Extensão universitária em Mecânico Multifuncional. (Carga horária: 800h). , SENAI - Departamento Regional do Rio Grande do Sul, SENAI/DR/RS, Brasil.

2002 - 2003

Extensão universitária em Mecânica Industrial. (Carga horária: 400h). , SENAI - Departamento Regional do Rio Grande do Sul, SENAI/DR/RS, Brasil.

2000 - 2002

Extensão universitária em Aprendizagem Industrial. (Carga horária: 800h). , SENAI - Departamento Regional do Rio Grande do Sul, SENAI/DR/RS, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Italiano

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Formação de Professores.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Educação Física / Subárea: Avaliação Física/Especialidade: Educação Física Escolar.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Educação Física / Subárea: Avaliação Escolar.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

TELLES, C. . CE - PPGE - II Seminário Integrador. 2017. (Outro).

ZOBOLI, Fabio ; TELLES, C. ; LARANGEIRA, R. S. . Jogos Estudantis de Balneário Camburiú - JEBC. 2009. (Festival).

TELLES, C. ; LARANGEIRA, R. S. ; BUEMO, D. G. . Sábado na Praça. 2009. (Outro).

TELLES, C. . VIVA 24 Horas NON STOP 'Desafio de Natação 24 horas sem parar". 2007. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

CE - PPGE - II Seminário Integrador. 2017. (Seminário).

CE - PPGE - II Seminário Integrador.Mini-Curso Currículo Lattes. 2017. (Seminário).

Palestra Sobre Educação Física Infantil.A Educação Física Infantil e a curiosidade da Criança. 2017. (Encontro).

Como Reduzir o Estresse e a Ansiedade na Vida Estudantil - Unidade de Apoio Pedagógico CCR. 2016. (Encontro).

IX Simpósio Nacional de Educação e III Colóquio Internacional de Políticas Educacionais e Formação de Professores.ESTÁGIO NA FORMAÇÃO INICIAL EM EDUAÇÃO FÍSICA: UM OLHAR A PARTIR DA PERSPECTIVA HERMENÊUTICA FILOSÓFICA. 2016. (Simpósio).

Seminário Temático Avançado: Educação, Intercultura e Direitos Humanos. 2016. (Seminário).

VI Fórum de Pós-Graduação do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte e III Fórum de Pesquisadores das Subáreas Sociocultural e Pedagógica da Educação Física.O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO NO CEFD/UFSM: PARA ONDE A PRODUÇÃO APONTA? ELEMENTOS INICIAIS. 2016. (Outra).

VII Mostra de Educação Profissional e Tecnológica (VII MEPT) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha/RS.consultor ad hoc sob registro(s) de cadastro N°693 e 711. 2016. (Outra).

XXXI Jornada Acadêmica - JAI.CRENÇAS E SABERES NA APRENDIZAGEM DA DOCÊNCIA. 2016. (Seminário).

III Seminário Latino-Americano de Praxiologia Motriz e III Seminário Brasileiro de Praxiologia Motriz.Autenticação: 79E1.E010.CB09.4797.AABC.AC1D.839C.2058 consulte em http://www.ufsm.br/autenticacao. 2015. (Seminário).

I Seminário Integrador do PPGE. 2015. (Seminário).

I Seminário Integrador do Programa de Pós-Graduação em Educação. 2015. (Seminário).

VI Fórum Internacional de Pedagogia - FIPED. 2014. (Seminário).

VI Fórum Internacional de Pedagogia - FIPED.A relação entre universidades e a escola de educação básica: as aprendizagens mediadas pelas ações do PIBID. 2014. (Seminário).

VI Fórum Internacional de Pedagogia - FIPED.Modos de Pensamento dos sujeitos da pedagogia. 2014. (Seminário).

VI Fórum Internacional de Pedagogia - FIPED.Fiar a Escrita: exercícios e experimentações para um escrever ciência. 2014. (Seminário).

VI Fórum Internacional de Pedagogia - FIPED.CONTEXTO CIRCENSE NA ESCOLA: IMPRESSÕES DOS PROFESSORES. 2014. (Outra).

lVSeminário em Epistemologa e Educação Física e ll Seminário em Formação de Professores. 2013. (Seminário).

II CIFPEF / VI SEPEF. A Educação Física escolar e sua (des)valorização com a implementação do vestibular na UFSM. 2012. (Congresso).

II Congresso de Formação Profissional em Educação Física e VI Seminário de Estudos e Pesquisas em Formação Profissional na Campo da Educação Física. A Educação Física Escolar e sua (des) valorização com a implementação do vestibular na UFSM. 2012. (Congresso).

XIV Seminário Internacional de Educação no Mercosul. O diário de campo como instrumento de reflexão no Estágio Curricular Supervisionado na percepção dos acadêmicos da Licenciatura em Educação Física do CEFD/UFSM.. 2012. (Congresso).

XIV Seminário Internacional de Educação no Mercosul.Diario de Campo de profissionais da educação Física. 2012. (Seminário).

26ª Jornada Acadêmica Integrada. AVALIAÇÃO NA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: REFLEXÕES SOBRE SUA APLICABILIDADE. 2011. (Congresso).

I Congresso de Educação, Pesquisa e Contemporaneidade. 2011. (Congresso).

I Seminário Internacional de Educação Física e Desportos da UFSM. 2011. (Seminário).

XI Congresso Internacional de Educação Popular e XX Seminário Internacional de Educação Popular. 2011. (Congresso).

ENPEX.A Educação Inclusiva: Um dos Maiores Desafios do Sistema Educacional. 2010. (Encontro).

VII Congresso Científico Latino-Americano e VII Congresso Científico Brasileiro da FIEP, 25 Congresso Internacional de Educação Física - FIEP 2010 e Primeiro Congresso Internacional de Ciências da Saúde, Meio Ambiente e Educação. Desempenho Motor, Nível de Atividade Física e Estado Nutricional de Escolares da Rede Municipal de Brusque/SC no Contexto Escolar e Extra-Escolar. 2010. (Congresso).

ENPEX 2009.AVALIAÇÃO NAS AULAS PRÁTICAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA: O ENSINO SUPERIOR DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRUSQUE-UNIFEBE COMO FOCO DE ANÁLISE. 2009. (Encontro).

Formação Continuada UNIFEBE/SC.Formação Continuada 2009/2 - O Ensino na Unifebe: Compromisso com a Qualidade. 2009. (Oficina).

Formação Continuada UNIFEBE/SC. 2009. (Oficina).

IV Semana Acadêmica do Curso de Educação Física - A Importância das Capacidades Coordenativas na Formação. 2009. (Seminário).

IV Semana Acadêmica do Curso de Educação Física - Basquetebol e Projetos Sociais. 2009. (Seminário).

IV Semana Acadêmica do Curso de Educação Física - Educação Infantil. 2009. (Seminário).

ENPEX.Desempenho Motor de Escolares. 2008. (Encontro).

III Semana Acadêmica do Curso de Educação Física da UNIFEBE. 2008. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Thais Machado Costa

KRUG, H. N.SAWITZKI, R.; GUNTHER, M. C. C.;TELLES, C.. PIBID/ Cultura Esportiva da Escola e o Processo Formativo dos Estudantes de Educação Física.. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação Física Escolar) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Cícera Andréia de Souza

HATJE, M. H.MARQUES, C. L. S.IVO, A. A.TELLES, C.. Mídias no contexto pessoal e profissional do professor de Educação Física.. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação Física Escolar) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Rodrigo de Moraes Valter

TELLES, C.SAWITZKI, R.; COSTA, T. M.;CARAMES, A. S.. O desafio dos bolsistas di PIBID no enfrentamento da indisciplina Escolar. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Universidade Federal de Santa Maria.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Marta Nascimento Marques

KRUG, H. N.; KRUGER, L. G.;MARQUES, Marta Nascimento. Formação de professores de Educação Física licenciatura e a avaliação das disciplinas teórico-práticas.. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em EDUCAÇÃO FÍSICA) - Universidade Federal de Santa Maria.

Ana Paula da Rosa Cristino Zimmermann

KRÜGER, Leonardo GermanoCRISTINO-ZIMMERMANN, A. P. da R.ILHA, Franciele Roos da SilvaMARQUES, M. N.. A formação inicial de professores de Educação Física: como avaliar a prática nas disciplinas teórcio-práticas. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Educação Física Escolar) - Universidade Federal de Santa Maria.

Luiz Gilberto Kronbauer

KRONBAUER, L. G.; Zoboli, Fabio; Barcelos, Valdo; Antunes, Helenise Sangoi; KRUG, Hugo N.. Percepções na Docência em educação Física: A formação do ser professor como foco de estudo. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Educação) - Universidade Federal de Santa Maria.

Rosalvo Luis Sawitzki

SAWITZKI, R. L.; KRUG, H.N.; AFONSO, M. R.; CONCEICAO, V. J. S.. O ser professor: As crenças e descobertas do ser professor no estágio pedagógico. 2015. Dissertação (Mestrado em EDUCAÇÃO FÍSICA) - Universidade Federal de Santa Maria.

Valdo Hermes de Lima Barcelos

BARCELOS, V. H. L.; Luiz Gilberto Kronbauer;ANTUNES, Helenis S; KRUG, Hugo Norberto; Fábio Zoboli; Anemari Vieira. PERCEPÇÕES NA DOCÊNCIA EM EDUCAÇÃO FÍSICA: A FORMAÇÃO DO SER PROFESSOR COMO FOCO DE ESTUDO. 2019. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Santa Maria.

Hugo Norberto Krug

KRUG, H. N.; AFONSO, Mariângela da Rosa; SAWITZKI, R. L.;CONCEIÇÃO, Victor Julierme Santos da. O ser professor: as crenças e descobertas do ser professor no estágio pedagógico. 2015. Dissertação (Mestrado em EDUCAÇÃO FÍSICA) - Universidade Federal de Santa Maria.

Hugo Norberto Krug

KRONBAUER, L. G.; ZOBOLI, F.; ANTUNES, H. S.;KRUG, HUGO NORBERTO; BARCELOS, V. H. L.; LOPES, A. R. L. V.; SAWITZKI, R. L.. Percepções na docência em Educação Física: a formação do ser professor como foco do estudo. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Educação) - Universidade Federal de Santa Maria.

Hugo Norberto Krug

KRUG, H. N.; AFONSO, Mariângela da Rosa; SAWITSKI, R.L.; FERREIRA, L.S.. Ser professor: crenças e descobertas no Estágio Curricular Supervisionado na Licenciatura em Educação Física. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em EDUCAÇÃO FÍSICA) - Universidade Federal de Santa Maria.

Hugo Norberto Krug

KRUG, H. N.KRÜGER, Leonardo GermanoMARQUES, Marta NascimentoCRISTINO, Ana Paula da Rosa. A formação de professores de Educação Física: a avaliação das disciplinas teórico-práticas na Licenciatura do CEFD/UFSM. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação Física Escolar) - Universidade Federal de Santa Maria.

Fabio Zoboli

ZOBOLI, F.; KRONBAUER, L. G.; ANTUNES, H. S.; BARCELLOS, V. H. L.; KRUG, H. N.; SAWITZKI, R. L.. PERCEPÇÕES E SABERES NA DOCÊNCIA EM EDUCAÇÃO FÍSICA: A FORMAÇÃO DO SER PROFESSOR COMO FOCO DE ESTUDO. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Educação) - Universidade Federal de Santa Maria.

Victor Julierme Santos da Conceição

CONCEIÇÃO, V. J. S.KRUG, H. N.; AFONSO, M. R.; SAWITZKI, R. L.. O ser professor: as crenças e descobertas do ser professor no estágio pedagógico. 2015. Dissertação (Mestrado em EDUCAÇÃO FÍSICA) - Universidade Federal de Santa Maria.

Victor Julierme Santos da Conceição

KRONBAUER, L. G.; ANTUNES, H. S.;KRUG, H. N.; BARCELOS, V.;CONCEIÇÃO, V.J.S.. Percepção na Docência em Educação Física: A Formação do Ser Professor a partir de Merleau-Ponty. 2019. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Santa Maria.

Leonardo Germano Krüger

KRUG, Hugo NorbertoKRÜGER, L.G.CRISTINO, Ana Paula da Rosa. Banca de defesa de projeto - A FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA: COMO AVALIAR A PRÁTICA NAS DISCIPLINAS TEÓRICO-PRÁTICAS. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Educação Física Escolar) - Universidade Federal de Santa Maria.

Helenise Sangoi Antunes

Kronbauer, Luiz Gilberto; Zoboli, Fabio;ANTUNES, Helenise Sangoi; KRUG, H. N.; de Lima Barcelos, Valdo; LOPES, A. R. L. V.; Sawitzki, Rosalvo Luis. Percepções na Docência em Educação Física: a formação do professor como foco de estudo. 2019. Tese (Doutorado em Doutorado em Educação) - UFSM.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Luiz Gilberto Kronbauer

PERCEPÇÕES NA DOCÊNCIA EM EDUCAÇÃO FÍSICA: A FORMAÇÃO DO SER PROFESSOR COMO FOCO DE ESTUDO; Início: 2017; Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Educação) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Hugo Norberto Krug

O ser professor: as crenças e descobertas do ser professor no estágio pedagógico; 2015; Dissertação (Mestrado em EDUCAÇÃO FÍSICA) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Hugo Norberto Krug;

Hugo Norberto Krug

A formação de professores de Educação Física: a avaliação das disciplinas teórico-práticas na Licenciatura do CEFD/UFSM; 2013; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação Física Escolar) - Universidade Federal de Santa Maria; Orientador: Hugo Norberto Krug;

André Luiz de Oliveira Braz

Avaliação das aula práticas de Educação Física: o ensino superior do Centro Universitário de Brusque-UNIFEBE como foco de análise; 2010; Iniciação Científica - Centro Universitário de Brusque; Orientador: André Luiz de Oliveira Braz;

André Luiz de Oliveira Braz

Desempenho motor, nível de atividade física e estado nutricional de escolares na rede municipal de Brusque-SC; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Licenciatura em Educação Física) - Centro Universitário de Brusque; Orientador: André Luiz de Oliveira Braz;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • KRUG, H. N. ; KRUG, R. R. ; KRUG, M. R. ; KRUG, M. M. ; TELLES, C. . As dificuldades pedagógicas no cotidiano educacional em diferentes fases da carreira de professores de Educação Física da educação básica (ISSN:2318-1540)-(Submetido:Aguardando Designação). HORIZONTES - REVISTA DE EDUCAÇÃO , v. 7, p. 223-246, 2019.

  • KRUG, H. N. ; KRUG, M. R. ; KRUG, R. R. ; TELLES, C. . A cultura do recreio escolar (ISSN:2238-9024). Diálogo (UNILASALLE) , v. 41, p. 103-114, 2019.

  • KRUG, H. N. ; KRUG, M. R. ; KRUG, R. R. ; KRUG, M. M. ; TELLES, C. . As percepções de professores de Educação Física da educação básica sobre as contribuições e os obstáculos do uso das tecnologias de informação e comunicação (ISSN:1809-3264). Revista Querubim (Online) , v. 37, p. 43-51, 2019.

  • KRUG, H. N. ; KRUG, M. R. ; KRUG, R. R. ; KRUG, M. M. ; TELLES, C. . Os desafios docentes no cotidiano educacional em diferentes fases da carreira de professores de Educação Física da educação básica (ISSN:1809-3264). Revista Querubim (Online) , v. 37, p. 34-42, 2019.

  • KRUG, H. N. ; KRUG, M. R. ; KRUG, R. R. ; KRUG, M. M. ; TELLES, C. . A marginalização da Educação Física nas séries/anos iniciais do ensino fundamental ministrada pelos professores unidocentes (ISSN:1809-3264). Revista Querubim (Online) , v. 37, p. 52-59, 2019.

  • KRUG, H. N. ; KRUG, M. M. ; TELLES, C. . Os sentimentos expressos pelos professores de Educação Física da Educação Básica frente às dificuldades da prática pedagógica (ISSN:2317-3467). REVISTA BIOMOTRIZ , v. 13, p. 68-84, 2019.

  • KRUG, H. N. ; KRUG, M. R. ; KRUG, R. R. ; KRUG, M. M. ; TELLES, C. . A docência em Educação Física na Educação Básica: os fatores indicativos de (in)satisfação profissional em diferentes fases da carreira (ISSN:1809-3264).. Revista Querubim (Online) , v. 4, p. 13-22, 2019.

  • KRUG, H. N. ; KRUG, M. R. ; KRUG, R. R. ; KRUG, M. M. ; TELLES, C. . Necessidades formativas de professores de Educação Física iniciantes na Educação Básica (ISSN:1809-3264).. Revista Querubim (Online) , v. 4, p. 23-31, 2019.

  • KRUG, H. N. ; KRUG, M. R. ; KRUG, R. R. ; KRUG, M. M. ; TELLES, C. . O papel/função do professor de Educação Física diante da inclusão escolar nas aulas de Educação Física (ISSN:1809-3264).. Revista Querubim (Online) , v. 4, p. 4-12, 2019.

  • TELLES, C. ; KRUG, H. N. ; KRONBAUER, L. G. . Crença dogmática e sua relação com o ser professor na formação inicial em Educação Física. REVISTA COCAR (UEPA) , v. 12, p. 273-289, 2018.

  • MAZZOCATO, A. P. F. ; TELLES, C. ; KRUG, R. R. ; KRUG, H. N. . Estágio Curricular Supervisionado em Educação Física: as relações de ensino e aprendizagem na visão do professor-colaborador da educação básica. BIOMOTRIZ (UNICRUZ) , v. 12, p. 45-71, 2018.

  • KRUG, H. N. ; KRUG, M. R. ; KRUG, R. R. ; TELLES, C. . A inclusão de alunos com deficiência nas aulas de Educação Física: vantagens e desvantagens. REVISTA FORMAÇÃO@DOCENTE , v. 10, p. 58-69, 2018.

  • KRUG, H. N. ; KRUG, M. R. ; KRUG, R. R. ; TELLES, C. . AS DIFICULDADES NA PRÁTICA PEDAGÓGICA DE PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA NA EDUCAÇÃO BÁSICA NA PERCEPÇÃO DA GESTÃO ESCOLAR. e-Mosaicos , v. 7, p. 121-136, 2018.

  • KRUG, H. N. ; CONCEICAO, V. J. S. ; KRUG, M. R. ; KRUG, R. R. ; TELLES, C. ; FLORES, P. P. . SER FUTURO PROFESSOR SURDO-MUDO DE EDUCAÇÃO FÍSICA: ESCOLHA COMPRENSÕES E PERSPECTIVAS. ITINERARIUS REFLECTIONIS (ONLINE) , v. 14, p. 1-19, 2018.

  • KRUG, H. N. ; KRUG, R. R. ; TELLES, C. ; FLORES, P. P. . O esporte amador: o futebol de campo de veteranos de Santa Maria (RS) representado pela 28ª Copa Amizade. Revista Querubim (Online) , v. 2, p. 73-81, 2018.

  • KRUG, H. N. ; KRUG, M. R. ; KRUG, R. R. ; KRUG, M. M. ; TELLES, C. . Implicações dos baixos salários para o trabalho docente na percepção de professores de Educação Física na educação básica. Revista Querubim (Online) , v. 3, p. 28-34, 2018.

  • MAZZOCATO, A. P. F. ; KRUG, H. N. ; KRUG, R. R. ; TELLES, C. . A visão dos professores-colaboradores da educação básica sobre o Estágio Curricular Supervisionado em Educação Física. ALMANAQUE MULTIDISCIPLINAR DE PESQUISA , v. 1, p. 37-63, 2018.

  • MALLMANN, H. G. ; ROHDEN, R. ; TELLES, C. . Fatores Críticos de Sucesso de Empresas Incubadas em Horizontina. Revista Querubim (Online) , v. 2, p. 67-72, 2018.

  • ZINGLER, C. R. ; GRANICH, E. ; SEIDEL, J. ; TELLES, C. . Gestão Estratégica: sua importância na constituição das empresas. GESTÃO UNIVERSITÁRIA , v. 9, p. 1-11, 2018.

  • KRUG, H. N. ; KRUG, M. R. ; KRUG, R. R. ; KRUG, M. M. ; TELLES, C. . A marginalização da Educação Física na educação básica (ISSN:1809-3264)-(Submetido:Aguardando Confirmação). Revista Querubim (Online) , v. 3, p. 45-51, 2018.

  • KRUG, H. N. ; KRUG, M. R. ; KRUG, R. R. ; KRUG, M. M. ; TELLES, C. . As implicações da aposentadoria na vida pessoal de um ex-professor universitário (ISSN:1809-3264)-(Submetido:Aguardando Confirmação).. Revista Querubim (Online) , v. 3, p. 35-44, 2018.

  • KRUG, H. N. ; KRUG, M. R. ; KRUG, R. R. ; TELLES, C. . PLANEJAMENTO DE CARREIRA DOCENTE: UM ESTUDO COM FORMANDOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA. BIOMOTRIZ (UNICRUZ) , v. 12, p. 140-159, 2018.

  • KRUG, H. N. ; KRUG, M. R. ; KRUG, R. R. ; KRUG, M. M. ; TELLES, C. . As representações sociais de educação escolar e Educação Física escolar de professores da área na educação básica. Revista Querubim (Online) , v. 3, p. 52-60, 2018.

  • KRONBAUER, L. G. ; KRUG, Hugo N. ; TELLES, C. . A CRENÇA DOGMÁTICA E SUA RELAÇÃO COM O SER PROFESSOR NA FORMAÇÃO INICIAL EM EDUCAÇÃO FÍSICA. REVISTA COCAR (ONLINE) , v. 12, p. 273-289, 2018.

  • KRUG, Hugo N. ; KRUG, R. R. ; TELLES, C. . Encantos e desencantos na profissão de professores de Educação Física na educação básica (ISSN:2358-0801). TEXTURA - ULBRA , v. 20, p. 289-306, 2018.

  • KRUG, H. N. ; TELLES, C. ; KRUG, R. R. . As percepções de futuros professores sobre a Educação Física Escolar que temos e queremos. REVISTA FACISA ON-LINE , v. 6, p. 92-108, 2017.

  • SILVA, D. O. ; CARAMES, A. S. ; TELLES, C. ; KRUG, H. N. . ATIVIDADES CIRCENCES NA ESCOLA: O CENÁRIO PEDAGÓGICO DAS ATIVIDADES CIRCENSES A PARTIR DA CRIANÇA. FUCAMP Cadernos , v. 15, p. 91-104, 2017.

  • SILVA, W. M. ; TELLES, C. ; KRONBAUER, L. G. . EDUCAÇÃO E NEOLIBERASMO NO BRASIL: REFLEXÕES SOBRE AS IMPLICAÇÕES NA PROFISSÃO DOCENTE. QUAESTIO: REVISTA DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO , v. 19, p. 145-159, 2017.

  • KRUG, H. N. ; CONCEICAO, V. J. S. ; TELLES, C. ; KRUG, R. R. ; FLORES, P. P. ; KRUG, M. R. . O curso de licenciatura em Educação Física nas representações sociais de estudantes em formação. DEBATES EM EDUCAÇÃO , v. 9, p. 129-153, 2017.

  • KRUG, H. N. ; KRUG, R. R. ; TELLES, C. . Pensando a docência em Educação Física: percepções dos professores de Educação Básica. DI@LOGUS , v. 6, p. 23-43, 2017.

  • KRUG, H. N. ; CONCEICAO, V. J. S. ; TELLES, C. ; KRUG, R. R. ; FLORES, P. P. ; KRUG, M. R. . A (in)satisfação com a escolha profissional de acadêmicos de licenciatura em Educação Física em diversos momentos da formação inicial. GESTÃO UNIVERSITÁRIA , v. 1, p. 1-20, 2017.

  • KRUG, H. N. ; CONCEICAO, V. J. S. ; TELLES, C. ; KRUG, R. R. ; FLORES, P. P. ; KRUG, M. R. . As dificuldades enfrentadas pelos acadêmicos de Educação Física em situação de Estágio Curricular Supervisionado frente aos alunos com deficiência. ITINERARIUS REFLECTIONIS (ONLINE) , v. 13, p. 1-13, 2017.

  • KRUG, H. N. ; TELLES, C. ; KRUG, R. R. . Os significados do futebol de campo de veteranos na percepção de seus praticantes. Revista Querubim (Online) , v. 02, p. 89-94, 2017.

  • KRUG, H. N. ; KRUG, M. R. ; KRUG, R. R. ; TELLES, C. . As percepções de acadêmicos de Licenciatura em Educação Física sobre a importância dos professores formadores. Revista Querubim (Online) , v. 02, p. 95-100, 2017.

  • KRUG, H. N. ; KRUG, M. R. ; TELLES, C. ; KRUG, R. R. . A importância do Estágio Curricular Supervisionado no processo de formação profissional docente em Educação Física. Revista Querubim (Online) , v. 02, p. 101-106, 2017.

  • KRUG, H. N. ; KRUG, R. R. ; KRUG, M. R. ; TELLES, C. ; FLORES, P. P. . As marcas docentes no início da carreira de professores de Educação Física na educação básica. REV. TRIANGULO , v. 10, p. 56-72, 2017.

  • KRUG, H. N. ; KRUG, M. R. ; KRUG, R. R. ; TELLES, C. ; FLORES, P. P. . A REPRESENTAÇÃO SOCIAL DE SI MESMO E DA PROFISSÃO DOCENTE DE PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA EDUCAÇÃO BÁSICA. Revista de Estudos Aplicados em Educação , v. 2, p. 49-63, 2017.

  • KRUG, H. N. ; CONCEICAO, V. J. S. ; TELLES, C. ; KRUG, R. R. . DIVERSIDADE HUMANA E INCLUSÃO SOCIAL NA ESCOLA NA PERCEPÇÃO DE ACADÊMICOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA EM SITUAÇÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO. Cadernos de Educação, Tecnologia e Sociedade , v. 10, p. 366-375, 2017.

  • SOUZA, C. A. ; MARQUES, C. L. S. ; TELLES, C. . Teoria Crítica e Educação Física: aproximações a partir da abordagem critico-emancipatória e didática comunicativa. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação , v. 11, p. 231-244, 2016.

  • KRUG, H. N. ; KRUG, R. R. ; TELLES, C. ; CONCEICAO, V. J. S. . Vozes e memória no/do cotidiano escolar: o primeiro dia de escola e de aula de acadêmicos de Educação Física em situação de Estágio Curricular Supervisionado. REVISTA IBERO-AMERICANA DE ESTUDOS EM EDUCAÇÃO , v. 11, p. 1539-1556, 2016.

  • SILVA, D. O. ; CARAMES, A. S. ; TELLES, C. ; KRUG, H. N. ; KUNZ, E. . ATIVIDADE CIRCENSE NA ESCOLA: CAMINHOS À ORGANIZAÇÃO DIDÁTICA A PARTIR DA CONCEPÇÃO CRÍTICO-EMANCIPATÓRIA. Licere (Centro de Estudos de Lazer e Recreação. Online) , v. 19, p. 306-326, 2016.

  • KRUG, H. N. ; CONCEICAO, V. J. S. ; TELLES, C. ; KRUG, R. R. ; FLORES, P. P. ; KRUG, M. R. . O ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA E SUAS MARCAS DOCENTES POSITIVAS E NEGATIVAS. Revista Querubim , v. 02, p. 51-57, 2016.

  • SILVA, W. M. ; TELLES, C. . O LUGAR DA MEMORIA NA CONSTRUÇÃO DA PROFISSÃO DOCENTE (aceito). Revista Querubim , v. 04, p. 87-95, 2016.

  • KRUG, H. N. ; CONCEICAO, V. J. S. ; TELLES, C. ; KRUG, R. R. ; FLORES, P. P. ; KRUG, M. R. . Educação Física escolar inclusiva: dilemas e perspectivas. Revista Querubim , v. 02, p. 58-64, 2016.

  • KRUG, H. N. ; CONCEICAO, V. J. S. ; KRUG, M. R. ; TELLES, C. ; FLORES, P. P. . A prática pedagógica de professores de Educação Física na educação básica: os seus dilemas e sua gestão. Revista Querubim , v. 02, p. 19-24, 2016.

  • KRUG, H. N. ; CONCEICAO, V. J. S. ; KRUG, M. R. ; TELLES, C. ; FLORES, P. P. . A formação inicial em Educação Física: a concepção de licenciandos sobre o ensino/ensinar. Revista Querubim , v. 02, p. 25-31, 2016.

  • KRUG, H. N. ; CONCEICAO, V. J. S. ; KRUG, R. R. ; TELLES, C. . A complexidade da docência nos anos iniciais do ensino fundamental: a percepção dos acadêmicos de Educação Física em situação de Estágio Curricular Supervisionado. Série-Estudos (UCDB) , v. 1, p. 117-136, 2015.

  • TELLES, C. ; KRUG, H. N. ; KRUG, R. R. ; CONCEICAO, V. J. S. . As contribuições do Estágio Curricular Supervisionado para a aprendizagem docente dos professores-colaboradores na percepção de acadêmicos da Licenciatura em Educação Física do CEFD/UFSM. Revista Eletrônica Fafit/Facic , v. 6, p. 1-7, 2015.

  • TELLES, C. ; KRUG, R. R. ; CONCEICAO, V. J. S. ; KRUG, H. N. . OS SABERES NECESSÁRIOS AO BOM PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR NA PERCEPÇÃO DOS ACADÊMICOS INGRESSANTES DA GRADUAÇÃO. Gestão Universitária , v. 2015, p. 1-16, 2015.

  • KRUG, H. N. ; TELLES, C. ; KRUG, R. R. ; CONCEICAO, V. J. S. . Estágio curricular supervisionado em Educação Física: os saberes experenciais dos estagiários. Revista Querubim , v. 2, p. 79-84, 2015.

  • KRUG, H. N. ; TELLES, C. ; KRUG, R. R. ; CONCEICAO, V. J. S. . OS MOTIVOS DOS SENTIMENTOS DE BEM E MAL-ESTAR DOCENTE NO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA: PERCEPÇÕES EM DIFERENTES CENÁRIOS. Biomotriz (UNICRUZ) , v. 9, p. 20-37, 2015.

  • KRUG, H. N. ; TELLES, C. ; KRUG, R. R. ; CONCEICAO, V. J. S. . Marcas docentes na formação inicial em Educação Física. Revista Querubim , v. 01, p. 101-112, 2015.

  • KRUG, H. N. ; CONCEICAO, V. J. S. ; TELLES, C. ; KRUG, R. R. ; FLORES, P. P. ; KRUG, M. R. . O SER PROFESSOR NA PERCEPÇÃO DE ACADÊMICOS INGRESSANTES NA LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA. Gestão Universitária , v. 1, p. 1, 2015.

  • KRUG, H. N. ; CONCEICAO, V. J. S. ; TELLES, C. ; KRUG, R. R. ; FLORES, P. P. ; KRUG, M. R. . A FORMAÇÃO PARA A ATUAÇÃO DOCENTE EM EDUCAÇÃO FÍSICA NAS SÉRIES/ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL: AS PERCEPÇÕES DE ACADÊMICOS EM SITUAÇÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO. Gestão Universitária , v. 1, p. 1-15, 2015.

  • MAZZOCATO, A. P. F. ; TELLES, C. ; KRUG, H. N. . Entre temas e reflexões: o BLOG/GEPEF/UFSM na formação continuada de professores de Educação Física. Educação & Tecnologia , v. 18, p. 36-47, 2014.

  • TELLES, C. ; KRUG, H. N. . Prática docente: a corporeidade como processo de inclusão. Práxis Educacional (Online) , v. 10, p. 147-165, 2014.

  • CARAMES, A. S. ; TELLES, C. ; IVO, A. A. ; KRUG, H. N. . Legislação e formação de professores: os reflexos no meio educacional (Impresso). Conhecimento & Diversidade , v. 05, p. 118-129, 2014.

  • TELLES, C. ; KRUGER, L. G. ; MARQUES, M. N. ; KRUG, H. N. . A formação de professores de Educação Física: a avaliação das disciplinas teórico-práticas na Licenciatura do CEFD/UFSM. Revista Contexto & Educação , v. 29, p. 190-214, 2014.

  • TELLES, C. ; KRUG, H. N. . Prática docente: a corporeidade como processo de inclusão. Práxis Educacional , v. 10, p. 147-165, 2014.

  • CARAMES, A. S. ; TELLES, C. ; IVO, A. A. ; KRUG, H. N. . Legislação e formação de professores: os reflexos no meio educacional (on-line). Conhecimento & Diversidade , v. 5, p. 120-131-131, 2014.

  • TELLES, C. ; KRUG, H. N. . A Inclusão de Alunos com Deficiência na Educação Física Escolar. Gestão Universitária , v. 07, p. 01-12, 2014.

  • TELLES, C. ; KRUG, R. R. ; CONCEICAO, V. J. S. ; KRUG, H. N. . O bom professor de Educação Física Escolar na percepção de acadêmicos iniciantes da graduação. Revista Querubim , v. 2, p. 18/3-24, 2014.

  • TELLES, C. ; KRUG, H. N. . Os Estágios Curriculares Supervisionados de Educação Física em Dia De Chuva: Um Estudo de Caso na Licenciatura do CEFD/UFSM. Gestão Universitária , v. 2014, p. 1-10, 2014.

  • KRUG, H. N. ; KRUG, R. R. ; TELLES, C. ; MEDEIROS, C. R. ; CONCEICAO, V. J. S. . A docência na visão de futuros professores de Educação Física. Saberes (Natal) , v. 1, p. 186-212, 2014.

  • SILVA, D. O. ; CARAMES, A. S. ; TELLES, C. ; KRUG, H. N. . O circo na escola: um relato de experiência dos professores. Revista Didática Sistêmica , v. 16, p. 84-92, 2014.

  • SILVA, D. L. ; MOURA FILHO, J. L. ; TELLES, C. . O Surgimento da Identidade Gaúcha no Contexto do Platino e Disputa Cultural. Gestão Universitária , v. 1, p. 05/05/14-16, 2014.

  • TELLES, C. ; CARAMES, A. S. ; IVO, A. A. ; KRUG, H. N. . Reflexões sobre a formação de professores na Educação Física - Licenciatura. Itinerarius Reflectionis (Online) , v. 1, p. 1-18, 2013.

  • KRONBAUER, C. P. ; SILVEIRA, J. S. ; TELLES, C. ; KRUG, H. N. . A inserção das Tecnologias de Informação e Comunicação no processo de ensino e aprendizagem na escola: valorizando a interdisciplinaridade. Psicopedagogia On Line , v. 2013, p. 1-11, 2013.

  • TELLES, C. ; SOUZA, C. A. . ?Discurso da Servidão Voluntária? de Etienne la Boétie. P@rtes (São Paulo) , v. 15, p. 1-4, 2013.

  • SOUZA, C. A. ; TELLES, C. . O Espaço: Sistemas de Objetos, Sistemas de Ação. Livro: A natureza do Espaço: Técnica e Tempo, Razão e Emoção ? Milton Santos.. Revista Querubim , v. 01, p. 173-174, 2013.

  • TELLES, C. ; SOUZA, C. A. . O que é Educação Física? Resenhando a Obra de Vítor Marinho de Oliveira. Gestão Universitária , v. 331, p. 1-9, 2013.

  • TELLES, C. ; SOUZA, C. A. . Obra '?Enigmas da modernidade-mundo? de Octávio Ianni. P@rtes (São Paulo) , v. 10, p. 1-4, 2013.

  • TELLES, C. ; SOUZA, C. A. . ?O Homem e a Cultura ? Obra de Leontiev, O desenvolvimento do psiquismo?. P@rtes (São Paulo) , v. 2013, p. 1-5, 2013.

  • KRUG, H. N. ; ANTUNES, F. R. ; TEMP, H. ; MAZZOCATO, A. P. F. ; CARAMES, A. S. ; TELLES, C. ; CASAROTTO, V. J. . O que anima e o que desanima na docência em situação de Estágio Curricular Supervisionado na Licenciatura em Educação Física do CEFD/UFSM: registro dos fatores geradores da satisfação e da insatisfação. Lecturas Educación Física y Deportes (Buenos Aires) , v. 170, p. 1-8, 2012.

  • CARAMÊS, A. de S. ; KRUG, H. N. ; TELLES, C. ; SILVA, D. O. . Atividades Circenses no âmbito escolar enquanto manifestação de ludicidade e lazer. Motrivivência (Florianópolis) , v. 02, p. 177-185, 2012.

  • TELLES, C. ; DUARTE, Z. S. ; CALHEIROS, V. C. ; SANTOS, A. M. ; CARVALHOS, R. C. . Teoria Crítica e Educação: Os Pensadores Frankfurtianos e suas Contribuições. P@rtes (São Paulo) , v. out, p. 1-7, 2011.

  • TELLES, C. ; KRUG, H. N. . Reflexões sobre a avaliação no âmbito da Educação Física Escolar. Lecturas Educación Física y Deportes (Buenos Aires) , v. out, p. 1-5, 2011.

  • ZOBOLI, Fabio ; PRETI, L. ; TELLES, C. . Educação Física escolar e o desafio na presença de um aluno com deficiência auditiva. Lecturas Educación Física y Deportes (Buenos Aires) , v. Jul, p. 158-10, 2011.

  • ZOBOLI, Fabio ; FURTUOSO, M. S. ; TELLES, C. . O brinquedo cantado na escola: uma ferramenta no processo de aprendizagem. Lecturas Educación Física y Deportes (Buenos Aires) , v. Ago, p. 159-10, 2011.

  • TELLES, C. ; ZOBOLI, Fabio ; TARGINO, Antony. de F. . A importância da pesquisa na universidade. Lecturas Educación Física y Deportes (Buenos Aires) , v. Ago, p. 159-10, 2011.

  • FLORES, P. P. ; KRONBAUER, C. P. ; CONTREIRA, C. B. ; TELLES, C. ; MAZZOCATO, A. P. F. ; MATTNER, V. C. ; ANTUNES, F. R. ; KRUG, H. N. . A importância da didática para a formação inicial na percepção dos acadêmicos da Licenciatura em Educação Física do CEFD/UFSM. Lecturas Educación Física y Deportes (Buenos Aires) , v. Jul, p. 158-7, 2011.

  • TELLES, C. ; KRUG, H. N. . Analisando a Obra ?Pensar não Dói e é Grátis: Vivendo Filosoficamente?. P@rtes (São Paulo) , v. Out, p. 1-7, 2011.

  • FLORES, P. P. ; KRONBAUER, C. P. ; CONTREIRA, C. B. ; TEMP, H. ; TELLES, C. ; MAZZOCATO, A. P. F. ; ANTUNES, F. R. ; LEHNHARD, G. R. ; MATTNER, V. C. . A compreensão de acadêmicos da licenciatura do CEFD/UFSM sobre as contribuições da Educação Física na educação básica. Lecturas Educación Física y Deportes (Buenos Aires) , v. out, p. 1-14, 2011.

  • KRONBAUER, C. P. ; TELLES, C. ; ANTUNES, F. R. ; LEHNHARD, G. R. ; KRUG, H. N. . A futura intencionalidade pedagógica na Educação Física escolar de acadêmicos da licenciatura do CEFD/UFSM. Lecturas Educación Física y Deportes (Buenos Aires) , v. Nov, p. 1-11, 2011.

  • TELLES, C. ; ZOBOLI, Fabio ; BRAZ, A. L. O. ; TARGINO, Antony. de F. . Influência da parte final nas aulas de Educação Física e sua objetividade através de variáveis. Lecturas Educación Física y Deportes (Buenos Aires) , v. Nov, p. 1-10, 2011.

  • ZOBOLI, Fabio ; BRAZ, A. L. O. ; TELLES, C. . Desempenho motor, atividade física e estado nutricional de escolares na rede municipal de Brusque, SC. Lecturas Educación Física y Deportes (Buenos Aires) , v. Dez, p. 151-7, 2010.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    Razão Moderna, Liberalismo e a Formação da consciência moral - Do sujeito epistemológico desprendido ao sujeito moral indiferente., Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Luiz Gilberto Kronbauer em 28/11/2019., Descrição: Supondo que a educação é o processo no qual e pelo qual cada ser humano se torna o que ele vem a ser, através de sua própria ação e pela mediação do mundo cultural já disponível, pretendo neste projeto de pesquisa reler clássicos do pensamento moderno que propuseram as bases filosóficas da constituição do Self contemporâneo. Mostrarei que o modelo de racionalidade procedimental e o uso instrumental da razão, em todos os campos, estão presente tanto nos racionalistas quanto nos empiristas, pese as diferenças entre eles quanto à origem e verificação do conhecimento. Tentarei interpretar como essa racionalidade se legitima e como ela fundamenta o sujeito epistemológico ?desprendido? e moralmente ?indiferente? com relação à vigência da tradição anterior. Parafraseando Charles TAYLOR, o desprendimento não entrou para a cultura pelos textos de Descartes e de Locke, mas eles souberam articular o que estava em andamento com o advento da nova visão de mundo e de ser humano. Desenvolverei a noção de ?Self pontual? para mostrar que o desprendimento (TAYLOR, 2005, P. 229) requer uma ?postura de primeira pessoa? para poder dominar seus desejos, moldar sua vontade e suas tendências, na direção dos objetivos de seu projeto pessoal. Na primeira parte traçarei uma linha de continuidade entre o projeto de constituição do sujeito desprendido e do Self pontual com a proposta do utilitarismo de Jeremy Bentham e John Stuart Mill, supondo que aí estão as bases da consciência que se encaminha do desprendimento epistemológico para a indiferença moral diante do outro, legitimada pelo postulado liberal da escassez econômica. Para chegar a esse ponto do desenvolvimento da racionalidade moderna terei que percorrer um longo caminho, desde a origem deste racionalismo no século XVII, com Descartes, através da atitude de distanciamento de si mesmo, de sua própria experiência na primeira pessoa (Taylor, p. 213) para poder trata-la como objeto, isto é, para poder lidar com ela como se fosse experiência de outra pessoa. Assim, distanciado de sua própria experiência, o sujeito ?desprendido? pode sair da condição de primeira pessoa e supor que assim se instalou num lugar de objetividade, que lhe possibilita uma abordagem impessoal acerca de como as coisas em geral funcionam. Essa será a primeira tarefa desta pesquisa: mostrar como se produz essa atitude de ?desprendimento? de si na filosofia cartesiana e de como essa atitude de suspensão, de epochê, suprime a dimensão ?intencional? da experiência para torna-la ?experiência de alguma coisa? e que, como tal, já não interfere sobre as normas de condução do pensamento. A ideia de ?desprendimento?, juntamente com a busca de autodomínio, vai dispondo as coisas para um modelo de controle instrumental, que Michel Foucault denominou de neo-estoicismo, aplicado a uma série de campos, na forma de disciplina. Terei que desenvolver esse aspecto e, pelo menos considerar que, no caso de Descartes, esse controle de si mesmo passa pela influência dos ?exercícios espirituais? que visavam certa indiferença com relação ao nosso lugar e função no ?mundo?. Em Descartes eles preparam para a condição de sujeito desprendido e sua predisposição em adotar uma postura instrumental. (cf. Taylor, p. 210). Mostrarei ainda que para Descartes o ?desprendimento? é condição para que o sujeito possa adotar uma postura instrumental em relação às suas propriedades, desejos, inclinações, tendências, hábitos de pensamento e sentimentos e que esse controle por meio do desprendimento, por vezes também denominado de desinteresse, tornou-se algo recorrente na modernidade, principalmente nas elites políticas e militares da época, que desenvolviam a capacidade de adotar uma postura instrumental em relação aos desejos e sentimentos morais, etc. para terem condições de discriminar e excluir alguns e de fortalecer outros, até chegar ao que projetaram ser..... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Cassiano Telles - Integrante / Luiz Gilberto Kronbauer - Coordenador.

  • 2014 - 2017

    Ações Extensionistas de Assessoramento às Redes Escolares Públicas na Organização do Trabalho Escolar (AEA) - Parte II, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Eduardo Adolfo Terrazzan em 27/04/2016., Descrição: As Escolas de Educação Básica (EEB) têm investido em ações, na maioria das vezes, orientadas pelas instâncias superiores de ensino, que visam inovar suas formas de gestão escolar e de organização das práticas docentes, o que envolve um repensar de diversas ações, tais como elaboração de planejamentos de ensino, de projetos interdisciplinares, de modelos de avaliação, aplicação de planos de obtenção de recursos financeiros, bem como estruturação e realização de Processos de Formação Continuada de Professores em Serviço. Contudo, nem sempre estas ações atendem às demandas que emergem das realidades escolares, pois vêm sendo planejadas a partir de conhecimentos que se aproximam de um certo senso comum e refletem uma certa tradição pedagógica, poucas vezes embasadas nos resultados, nas conclusões e nas recomendações das produções acadêmico-científicas da área de Educação, o que poderia, em princípio, levar tais ações a explorar melhor as potencialidades, profissionais e técnicas das unidades escolares de uma maneira geral, possibilitando a superação das limitações que costumam impedir avanços nas práticas escolares existentes. Apesar deste desencontro extremo entre as práticas formativas de professores e o campo científico da área de educação, estas práticas vêm se mostrando como um campo fértil para novas propostas, pois as EEB têm buscado, com regularidade, ao longo dos últimos anos, elaborar e desenvolver tais processos com consciente autonomia. Fica, então, explícita uma realidade que necessita superar os modelos vigentes e inovar em suas propostas para que elas possam representar mecanismos de mudanças e qualificação da educação básica. Desta forma, este projeto tem como objetivo geral assessorar as Redes Escolares Públicas (Secretarias de Educação e Escolas de Educação Básica), divulgando resultados, consensos e proposições das produções acadêmico-científicas da área de Educação e colaborando para a elaboração e o desenvolvimento, nas escolas, de propostas inovadoras para a organização do trabalho escolar, em especial, no contexto de implementação de Políticas Educacionais. Para atender o objetivo proposto, focamos os seguintes objetivos específicos: (1) Assessorar Escolas de Educação Básica na elaboração e no desenvolvimento de propostas de Formação Continuada de Professores em Serviço; (2) Assessorar Escolas de Educação Básica na leitura, no debate e na compreensão das proposições e prescrições presentes nas Políticas Educacionais, com vistas à (re)organização do trabalho escolar. A metodologia de trabalho de nossas ações extensionistas está baseada na articulação, desde o planejamento das ações, com as Escolas de Educação Básica, no sentido de desenvolver propostas que se coadunem com as necessidades específicas de cada contexto escolar. Está baseada, ainda, na realização contínua de encontros formativos com as equipes de professores, desenvolvidas nos próprios espaços escolares, nos quais será privilegiada a articulação da teoria (resultados, consensos e proposições das produções acadêmico-científicas da área de Educação) com a prática (elaboração de planejamentos didático-pedagógicos, de instrumentos de avaliação, projetos de pesquisa escolar, etc.). Esperamos, com o desenvolvimento deste projeto de extensão, alcançar os seguintes resultados: (1) Fomento a uma política de cooperação entre a UFSM e as Escolas Públicas de Ensino Médio na organização e desenvolvimento do trabalho escolar; (2) Articulação de ações de Formação Continuada de Professores entre a UFSM e as Escolas Públicas de Ensino Médio; (3) Colaboração com o processo de implementação de Políticas Educacionais nas Escolas de Educação Básica, mediante. O projeto está previsto para ser desenvolvido no período cinco anos, ou seja de 2014 a 2018.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (4) . , Integrantes: Cassiano Telles - Integrante / Weliton Martins da Silva - Integrante / Eduardo Adolfo Terrazzan - Coordenador / ANA CAROLINA NOLASCO COLLA - Integrante / CARMEM JANAÍNA DUTRA FERREIRA RODRIGUES - Integrante / DANIELE FIALHO PELIZZARO - Integrante / ELEN BEATRIZ DUARTE DA ROCHA - Integrante / FERNANDA KERBER - Integrante / KAUANA MARTINS BONFADA - Integrante / LIANE NAIR MUCH - Integrante / LUCIANA BAGOLIN ZAMBON - Integrante.

  • 2013 - 2016

    Desafios para a Consolidação de Melhorias decorrentes da Incidência de Políticas Educacionais em Práticas Escolares e em Processos Formativos de Professores (DECOM), Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Eduardo Adolfo Terrazzan em 27/04/2016., Descrição: Buscamos, com este projeto, a consolidação de conhecimentos amplos já construídos por nossa equipe sobre as incidências de algumas políticas educacionais dirigidas para Educação Básica em práticas escolares desenvolvidas em escolas da região de Santa Maria/RS e, em particular, buscamos a compreensão das relações que se estabelecem entre as mudanças decorrentes da implementação dessas políticas nas escolas e a noção de Inovação Educacional. Para tanto, estabelecemos como nosso objetivo principal de pesquisa o estudo da incidência de Políticas Educacionais voltadas à melhoria dos Processos Formativos de Professores e à melhoria da Organização e do Desenvolvimento das Escolas Públicas de Educação Básica, no sentido de identificar e caracterizar os elementos estruturantes e os fatores condicionantes envolvidos nos processos de implantação e implementação dessas políticas em Instituições de Ensino Superior e em Redes Escolares Públicas. Pretendemos desenvolver uma investigação de caráter qualitativo, com o uso de quantificações que possibilitem dimensionar e aprofundar os resultados apurados. O universo potencial no qual iremos desenvolver nossas ações de pesquisa abarca a Rede Escolar Pública Municipal de Santa Maria/RS e as Escolas Públicas de Educação Básica da Rede Escolar Estadual do RS, abrangida pela 8ªCRE/SEDUC/RS. Temos a previsão de utilizar como fontes de informação diversos tipos de sujeitos, espaços e documentos. Para a coleta de informações nessas fontes, definimos, inicialmente, como instrumentos de pesquisa adequados e previstos: questionários e entrevistas de vários tipos, grupos focais, observações acompanhadas de gravações e/ou filmagens, e roteiros para análise textual/documental.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (3) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (4) . , Integrantes: Cassiano Telles - Integrante / Weliton Martins da Silva - Integrante / Eduardo Adolfo Terrazzan - Coordenador / ANA CAROLINA NOLASCO COLLA - Integrante / CARMEM JANAÍNA DUTRA FERREIRA RODRIGUES - Integrante / DANIELE FIALHO PELIZZARO - Integrante / ELEN BEATRIZ DUARTE DA ROCHA - Integrante / FERNANDA KERBER - Integrante / KAUANA MARTINS BONFADA - Integrante / LIANE NAIR MUCH - Integrante / LUCIANA BAGOLIN ZAMBON - Integrante.

  • 2013 - 2015

    NÚCLEO DE ESTUDOS EM MEDIDAS E AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO FÍSICA - NEMAEF, Descrição: Grande parte das atividades do homem primitivo girava em torno do desenvolvimento da eficiência física, integração de grupos e divertimento. Uma prova de eficiência física do homem primitivo era sua capacidade para enfrentar o desafio representado pela sobrevivência, pois ele dependia de sua forma física para superar as dificuldades da vida cotidiana e competir com o seu meio ambiente. Não apenas sua sobrevivência individual dependia de seus atributos físicos de agilidade, força e velocidade, mas até a sobrevivência do próprio grupo humano dependia da eficiência física de seus membros (HARROW, 1983). O movimento humano, no princípio, era um fenômeno puramente emocional e de sobrevivência, posteriormente, o movimento evoluiu devido ao fato das atividades motoras serem essenciais, tanto à sobrevivência quanto à comunicação. O homem, portanto, começou a estruturar suas experiências motoras em formas utilitárias precisas e conscientes. No decorrer desta evolução, a atividade física foi essencial à sobrevivência pelo fato que foi e continua sendo de fundamental importância para o crescimento e desenvolvimento humano. Hoje, as pessoas participam de uma grande variedade de atividades por uma série de razões, como: recreação, saúde, prazeres intrínsecos derivados do movimento e benefício econômico proveniente do trabalho profissional. No início do século passado, houve um grande incentivo ao estudo do desenvolvimento humano com o objetivo de melhor compreender o homem e tornar seus desempenhos mais eficientes. Para dar o suporte necessário a este pretenso desenvolvimento, foram elaborados instrumentos de medidas para a área de desenvolvimento motor e cognitivo. Destes instrumentos, poucos foram validados e reconhecidos pela comunidade científica internacional. A avaliação do gesto motor, tanto para verificar habilidades atléticas como para identificar problemas com a saúde, se destina a acompanhar o desenvolvimento harmônico dos indivíduos e sempre foi uma preocupação da Educação Física. De acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais (1998), os instrumentos de avaliação da Educação Física poderão ser tão variados quantos forem os conteúdos e seus objetivos, no entanto, mais do que nunca é importante que sejam claros para o aluno. Esses instrumentos poderão estar inseridos nos conteúdos de aprendizagem, como uma forma sistemática de valoração e de reflexão sobre os recortes possíveis de serem observados. Ao selecionar os instrumentos de medidas que serão empregados professor e aluno poderão discutir qual recorte do conhecimento estará sendo observado. Por exemplo, ao se aplicar instrumentos de medidas do desenvolvimento de uma habilidade esportiva poderão ser levantados além de valores mensuráveis, os aspectos motivacionais e subjetivos relacionados ao resultado, suas relações com diferentes contextos de aplicação e o significado que esses dados trarão para a construção do conhecimento pessoal do aluno e para a coletividade que pertence. A área de medidas e avaliação é de extrema importância para qualquer curso de Licenciatura e Bacharelado. Na área da Educação Física que precisa, rotineiramente de medidas, testes e avaliações coerentes de acompanhamento do desempenho motor, sua importância se mostra mais forte ainda. Sendo assim, quando Sócrates adotou o lema apolíneo "conhece-te a ti mesmo", possibilitou, com o tempo, o surgimento da idéia de avaliação. É a partir desta idéia que devemos procurar entender o significado e a importância pedagógica da avaliação. Se os professores e os alunos vivenciassem o "conhece-te a ti mesmo" a avaliação não seria tão repudiada e difamada. Para muitos, nota significa ser inteligente ou ignorante. Para o sistema escolar nota representa o saber, o conhecimento e para outros a nota não passa de um verdadeiro engodo que enfeita o boletim do inocente e incauto aluno. Dessa forma, o ato de avaliar a. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Cassiano Telles - Coordenador / LUCIANE SANCHOTENE ETCHEPARE DARONCO - Integrante / ANA CAROLINA VALE FERNANDES - Integrante / ANDRESSA FERREIRA DA SILVA - Integrante / LEONARDO FERNANDES DE SOUZA - Integrante / NADYNE RUBIN - Integrante / TIAGO DE SOUZA BOHRER - Integrante.

  • 2012 - 2016

    Formação Inicial em Educação Física na percepção dos acadêmicos da Licenciatura do CEFD/UFSM, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Hugo Norberto Krug em 25/10/2012., Descrição: Esta investigação objetivou analisar a formação inicial em Educação Física na percepção dos acadêmicos da Licenciatura do CEFD/UFSM. A investigação justifica-se porque a partir da Resolução CNE/CP N 01/2002, muitas mudanças curriculares ocorreram nos cursos de Licenciatura, principalmente no que diz respeito a sua carga horária e em relação aos seus componentes curriculares e por isso torna-se necessário estudos que englobem esta nova Licenciatura. Neste sentido, algumas questões são emergentes na área da Licenciatura em Educação Física, e, assim, cabe a este etudo tentar abordar alguns pontos, para que, desta forma, se consiga mais subsídios para uma discussão sobre estas temáticas e um maior conhecimento sobre o que está ocorrendo no curso de Licenciatura em Educação Física do Centro de Educação Física e Desportos da Universidade Federal de Santa Maria. A metoodologia caracteriza-se-á peloenfoque fenomenológico sob a forma de estudo de caso com abordagem qualitativa. O instrumento utilizado para a coleta de informações será através de questionário com perguntas abertas. A interpretação das informações será a análise de conteúdo. Os participantes serão acadêmicos do curso de Licenciatura em Educação Física do CEFD/UFSM.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (8) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Cassiano Telles - Integrante / Hugo Norberto Krug - Coordenador / Patric Paludett Flores - Integrante / Carla Prado Kronbauer - Integrante / Clairton Balbueno Contreira - Integrante / Haury Temp - Integrante / Ana Paula Facco Mazzocato - Integrante / Fabiana Ritter Antunes - Integrante / Aline de Souza Caramês - Integrante / Verônica Jocasta Casarotto - Integrante / Juliana da Silva Silveira - Integrante.

  • 2011 - 2013

    O Estágio Curricular Supervisionado na formação inicial de professores de Educação Física: um estudo de caso na Licenciatura do CEFD/UFSM, Descrição: Esta investigação objetivou analisar o Estágio Curricular Supervisionado na percepção dos acadêmicos da Licenciatura em Educação Física do CEFD/UFSM. Justifica-se a realização deste estudo porque a partir da Resolução CNE/CP N 01/2002, muitas mudanças curriculares ocorreram nos cursos de Licenciatura, principalmente no que diz respeito a sua carga horária e em relação aos seus componentes curriculares, em particular o Estágio Curricular Supervisionado e por isso torna-se necessários estudos que englobem a Licenciatura, dando maioe ênfase ao Estágio Curricular Supervisionado. Neste sentido, algumas questões são emergentes na área da Licenciatura em Educação Física, e, assim, cabe a este estudo tentar abordar alguns pontos, para que, desta forma, se consiga mais subsídios para uma discussão sobre estas temáticas e um maior conhecimento sobre o que está ocorrendo no curso de Licenciatura em Educação Física do CEFD/UFSM, mais particularmente no Estágio Curricular Supervisionado, assim como conhecer o que está acontecendo em relação às alterações das diretrizes curriculares. A metoodologia caracterizar-se-á pelo enfoque fenomenológico sob a forma de estudo de caso com abordagem qualitativa. O instrumento utilizado para a coleta de informações será um questionário com perguntas abertas. A interpretação das informações será a análise de conteúdo. Os partiicipantes serão acadêmicos do curso de Licenciatura em Educação Física do CEFD/UFSM em situação de estágio.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (3) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Cassiano Telles - Integrante / Hugo Norberto Krug - Coordenador / Patric Paludett Flores - Integrante / Carla Prado Kronbauer - Integrante / Clairton Balbueno Contreira - Integrante / Haury Temp - Integrante / Ana Paula Facco Mazzocato - Integrante / Fabiana Ritter Antunes - Integrante / Vinicius Casarotto Mattner - Integrante.

  • 2011 - 2012

    A formação inicial de professores de Educação Física: um estudo de caso na Licenciatura do CEFD/UFSM, Descrição: Esta investigação objetivou analisar a formação inicial em Educação Física na percepção dos acadêmicos da Licenciatura do CEFD/UFSM. A investigação justifica-se porque a partir da Resolução CNE/CP N 01/2002, muitas mudanças curriculares ocorreram nos cursos de Licenciatura, principalmente no que diz respeito a sua carga horária e em relação aos seus componentes curriculares e por isso torna-se necessário estudos que englobem esta nova Licenciatura. Neste sentido, algumas questões são emergentes na área da Licenciatura em Educação Física, e, assim, cabe a este etudo tentar abordar alguns pontos, para que, desta forma, se consiga mais subsídios para uma discussão sobre estas temáticas e um maior conhecimento sobre o que está ocorrendo no curso de Licenciatura em Educação Física do Centro de Educação Física e Desportos da Universidade Federal de Santa Maria. A metoodologia caracteriza-se-á peloenfoque fenomenológico sob a forma de estudo de caso com abordagem qualitativa. O instrumento utilizado para a coleta de informações será através de questionário com perguntas abertas. A interpretação das informações será a análise de conteúdo. Os participantes serão acadêmicos do curso de Licenciatura em Educação Física do CEFD/UFSM.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (3) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Cassiano Telles - Integrante / Hugo Norberto Krug - Coordenador / Patric Paludett Flores - Integrante / Carla Prado Kronbauer - Integrante / Clairton Balbueno Contreira - Integrante / Haury Temp - Integrante / Ana Paula Facco Mazzocato - Integrante / Fabiana Ritter Antunes - Integrante / Vinicius Casarotto Mattner - Integrante.

  • 2009 - 2010

    Produção científica em Educação Física no Nordeste do Brasil: os impactos do sistema de pós-graduação - região sudeste- na produção de docentes, mestres e doutores e na implementação da pesquisa nas instituições formadoras da região nordeste., Descrição: Este projeto de pesquisa temática tem como base os resultados de estudos anteriores sobre a produção de pesquisas em Educação Física da região nordeste que realizaram um balanço crítico da produção de mestres e doutores que atuam nos Estados de Alagoas, Bahia, Pernambuco e Sergipe, visando identificar tendências, perspectivas e desafios para a consolidação da produção científica na Educação Física na região (CHAVES, 2005). A efetiva divulgação dos resultados em eventos nacionais, como o Congresso Nacional de Ciências do Esporte - CONBRACE, e na forma de livro e capítulos de livros motivou o apoio do GTT Epistemologia do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte CBCE e de diversos pesquisadores da região para ampliar o estudo para os nove (9) Estados do Nordeste. Assim, os resultados dessa pesquisa regional servem de indicadores e ponto de partida para este novo estudo sobre a produção do conhecimento em Educação Física na região. O novo estudo deve responder às seguintes necessidades: a) atualizar os registros e análises dos quatro Estados já estudados (Alagoas, Bahia, Pernambuco e Sergipe), além dos obtidos até 2004; e, b) incluir nas análises a produção dos outros cinco Estados do Nordeste (Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte, Ceará e Maranhão); c) identificar os impactos dos programas de pós-graduação de outras regiões, particularmente do sudeste, onde se concentram 54% dos programas de pós-graduação do país e, em especial do Estado de São Paulo que produz a maior parte das dissertações (47.1%) e teses (72.1%) na área. Este novo projeto tem por objetivo consolidar o banco de dados já existente e identificar os pesquisadores (mestres e doutores) que atuam na região, realizar balanços da produção valendo-se de matrizes científicas já desenvolvidas no campo da epistemologia e história da ciência, identificar tendências temáticas e teórico-metodológicas, caracterizar o impacto do sistema de pós-graduação nacional, concentrado na região sudeste na produção dos Estado. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (4) . , Integrantes: Cassiano Telles - Integrante / João Derli de Souza Santos - Integrante / Antony Marcio Targino de Freitas - Integrante / Silvio Ancisar Sánchez Gamboa - Coordenador / Adolfo Ramos Lamar - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2009 - 2010

    Avaliação das Aulas Práticas de Educação Física: O Ensino Superior do Centro Universitário de Brusque - UNIFEBE como Foco de Análise, Descrição: Esta pesquisa vem pensar no profissional de Educação Física, que busca cada vez mais aperfeiçoamento e formação, mas que encontra muitas limitações para avaliar seus alunos nas aulas práticas. Percebemos que a avaliação em Educação Física possuí grandes características e dificuldades encontradas também em outros componentes curriculares, mas isso teoricamente, temos o entendimento que a avaliação deve servir para problematizar a ação pedagógica, e não somente amedrontar o aluno. Apartir disto nosso maior objetivo era compreender de que maneira acontece o processo de avaliação prática das disciplinas teórico/práticas do Curso de Educação Física do Centro Universitário de Brusque ? Unifebe. A pesquisa consiste em um estudo de caso referente à avaliação prática das disciplinas teórico/práticas dos do curso de Educação Física. Inicialmente foi realizado um levantamento bibliográfico a fim de buscar embasamento teórico, também se realizou uma entrevista com os professores que ministram disciplinas teórico/práticas. Após analisarmos os resultados chegamos à conclusão que a maneira que acontece o processo de avaliação nas aulas práticas muitas vezes não passa de uma imposição, na qual os professores impõem o que vão passar e os acadêmicos prontamente devem cumpri-las, sem questionamento, crítica e muitas vezes sem participação. Este método, não pode mensurar grandes capacidades encontradas em um ser humano como a reflexão, pensamento lógico, capacidade de decisões entre outros. Devemos ter uma academia, que nos eduque a sermos críticos, autônomos, termos a consciência do que estamos fazendo ou deixando de fazer, não por determinação de alguém, mas sim porque possuímos o prazer de aprender.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Cassiano Telles - Integrante / Fabio Zoboli - Integrante / André Luiz de Oliveira Braz - Coordenador., Financiador(es): Programa de Bolsas de Iniciação à Pesquisa do Estado de Santa Catarina - Bolsa.

  • 2009 - 2010

    A Formação do Professor de Educação Física: Uma Análise do Ensino Superior, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Cassiano Telles - Integrante / Fabio Zoboli - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2010

    Grupo de Pesquisa Educogitans, Descrição: Vinculado ao Mestrado em Educação da FURB e pesquisa os seguintes temas: Filosofia, Epistemologia e Teoria da Educação, Educação Física e Saúde; Filosofia e Planetarização, Educação Comparada, Educação Indigena e Interculturalidade. Também, o grupo pesquisa o "Planejamento Pedagógico-Didático e formação intercultural de professores para a revitalização da língua e da cultura xokleng nas escolas indígena laklanô e bugio em SC". Esta pesquisa financiada pela CAPES forma parte do Observatório da Educação Indígena. No Mestrado, o grupo participa das disciplinas: Fundamentos Epistemológicos da Educação, Teoria da Educação, Pesquisa em Educação, Ética e Educação, Ecopedagogia e a Filosofia da Libertação e Paulo Freire e os Paradigmas do Oprimido. Desenvolve orientações de Dissertações de Mestrado, Monografias, Trabalhos de Conclusão de Curso e Iniciação Científica. Organizou o Colóquio "Filosofia e Educação" e o Congresso de Educação Comunitária de Blumenau, anualmente, com repercussão regional e nacional. Publica Livros e Artigos em Periódicos e em Anais de eventos nacionais e internacionais. Publica semanalmente um informativo das atividades a ações que promove. Realiza consultorias e assessorias a diversas instituições educacionais. Organiza e coordena Cursos de Extensão e Especialização. Desenvolve atividade de extensão com pessoas Idosas e povos indígenas de Santa Catarina. Desenvolve semanalmente reuniões abertas ao público e gratuitas. Tem relações de colaboração com o Grupo de Pesquisa Paideia da FE/UNICAMP, com o Grupo de Pesquisa "Epistemologia do Educar e Práticas Pedagógicas" da FACED/UFBA, Instituto Paulo Freire, Universidade Livre de Berlim e Alanus Hochschule em After-BONN (Alemanha) e Universidad del Cauca (Colômbia)... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (5) . , Integrantes: Cassiano Telles - Integrante / Fabio Zoboli - Integrante / João Derli de Souza Santos - Integrante / Antony Marcio Targino de Freitas - Integrante / Silvio Ancisar Sánchez Gamboa - Integrante / Adolfo Ramos Lamar - Integrante / ernesto jacob keim - Coordenador.

  • 2008 - 2009

    Desempenho Motor, Nível de Atividade Física e Estado Nutricional de Escolares na Rede Municipal de Brusque - SC no Contexto Escolar e Extra-Escolar, Descrição: O crescimento e desenvolvimento adequado durante a infância são requisitos básicos para uma vida adulta saudável e ativa. O desenvolvimento infantil depende de muitos fatores, sendo eles de ordem genética, endócrina e ambiental. Desta forma o objetivo geral desta pesquisa foi analisar o desempenho motor, nível de atividade física e o estado nutricional de escolares na rede municipal de Brusque-SC. O presente estudo mostra a relevância junto aos profissionais de Educação Física sobre a necessidade de um acompanhamento específico e direcionado as variáveis mencionadas neste estudo, tendo em vista fatores exógenos que interferem de modo negativo no desenvolvimento infantil. Um programa direcionado ao aprimoramento e acompanhamento destas variáveis pode ocupar uma característica evidenciada nas sociedades modernas, que é o sedentarismo causado pelo avanço tecnológico e possíveis doenças e distúrbios nas áreas do desenvolvimento humano. Através deste chegamos à conclusão encontrando uma população com déficit da força muscular nos membros superiores, sendo que não costumam trabalhá-los e estimulá-los. Em contra partida encontrou-se um valor acima do normal para a variável da flexibilidade dos alunos, onde chegamos a observar que devido a grande maioria estar fazendo atividades diversas extra-escolares, ocasionou a este um bom nível de e atividade física. No aspecto nutricional, o nível encontrado da amostra Eutrofia (índice nutricional satisfatório) para os parâmetros nutricionais, pode estar relacionado ao bom nível socioeconômico.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Cassiano Telles - Integrante / André Luiz de Oliveira Braz - Coordenador., Financiador(es): Programa de Bolsas de Iniciação à Pesquisa do Estado de Santa Catarina - Bolsa.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2010

Destaque Em Congresso Internacional, FIEP.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2011 - Atual

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Outro (Integrante), Enquadramento Funcional: Integrante, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 06/2015 - 05/2016

    Outras atividades técnico-científicas , INOVAEDUC, INOVAEDUC.,Atividade realizada, Formação de Profesores.

  • 03/2014 - 03/2015

    Outras atividades técnico-científicas , PPGE/UFSM, PPGE/UFSM.,Atividade realizada, Projeto - SER PROFESSOR: AS CRENÇAS E DESCOBERTAS DO SER PROFESSOR NO ESTÁGIO PEDAGÓGICO.

  • 10/2012 - 03/2015

    Pesquisa e desenvolvimento , PPGE/UFSM, GAP/CEFD/UFSM.,Linhas de pesquisa

  • 10/2012 - 03/2015

    Pesquisa e desenvolvimento , PPGE/UFSM, GAP/CEFD/UFSM.,Linhas de pesquisa

2009 - 2010

Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador Bolsista Convidado, Carga horária: 10

2009 - 2009

Governo do Estado de Santa Catarina

Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Professor Educação Física, Carga horária: 20

2008 - 2010

Fundação Universidade Regional de Blumenau

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 20

2008 - 2009

Centro Universitário de Brusque

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 10

2006 - 2006

Três Passos Atlético Clube

Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Preparador Físico, Regime: Dedicação exclusiva.

2006 - 2006

Academia Performance

Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Instrutor de Musculação, Carga horária: 20

Outras informações:
OBS: Durante o período que atuava de Preparador Físico do Três Passos Atlético Clube, teve que possuir vinculo com esta empresa para que realizar os treinamentos anaeróbicos nos atletas, observando que para ter acesso a mesma como instrutor somente com vinculo.

2006 - 2006

Colégio Cristo Rei

Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Professor das Oficinas de Educação Física, Carga horária: 30

2003 - 2006

John Deere Futsal

Vínculo: Jogador, Enquadramento Funcional: Jogador de Futsal, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
No Período de Agosto de 2005 a Fevereiro de 2006 esteve afastado por motivo de lesão!

2018 - Atual

Faculdade Horizontina

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 5

Outras informações:
Disciplina de Metodologia da Pesquisa; Curso de Engenharia de Produção

2017 - Atual

Prefeitura Municipal de Horizontina

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Secretário Municipal, Carga horária: 40

Outras informações:
Secretário Municipal de Esporte, Cultura, Juventude e Lazer do Município de Horizontina - Rio Grande do Sul